Page 1

Macapá-AP, Sábado, 03 de Agosto de 2013 - Ano XXVI

* Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

•Domingo e Segunda R$ 2,50 •Terça a Sábado R$ 1,50 ELEN COSTA

LIMPEZA E COLETA DE LIXO

TCE suspende licitação para contratação de empresa O Tribunal de Contas suspendeu a licitação da da Prefeitura de Macapá, para a contratação de empresa prestadora de serviços de limpeza

e coleta de lixo. O contrato supera os R$ 88 milhões. A empresa que entrou contra o certame disse que o edital exclui pequenas e médias

empresas. Já a PMM rebateu dizendo que a tal empresa não conhece a realidade de Macapá e que perdeu prazos para recorrer. nB1 DIVULGAÇÃO

PM foi acionada para o local

DIA-DIA

Tentativa de assalto deixa dois feridos no bairro Central Dois homens em uma motocicleta chegaram no estabelecimento para iniciar a ação. Apenas um dos assaltantes entrou na empresa, enquanto o outro prestava apoio. nB3

ATRÁS DAS GRADES

Dupla invade mercantil e acaba detida pela PM nB4 Dez empresas concorreram ao certame licitatório, porém, apenas quatro mandaram representantes para conhecer a realidade da capital

DIVULGAÇÃO

Pesquisa entrevistou 2 mil pessoas

TECNOLOGIA

Estudo indica personalidade conforme smartphone

PESQUISA

DIVULGAÇÃO

Expectativa de vida no Amapá cresceu em mais de 12 anos, aponta IBGE

A expectativa de vida do brasileiro cresceu 11,24 anos entre 1980 e 2010. O crescimento entre as mulheres ficou em 11,69 anos. No Amapá em

1980, a expectativa de vida no Amapá era de 60,13 anos. Em 2010, essa expectativa subiu para 72,47 anos, um aumento de 12,34 anos. nB2 DIVULGAÇÃO

Proposta ainda altera a Lei de Execução Penal para estabelecer que o Conselho Nacional será integrado pelos secretários de Segurança

SEGURANÇA PÚBLICA

Penitenciárias poderão ser reformadas com ajuda da União

Depois de entrevistar 2 mil pessoas, a operadora britânica Talk Talk Mobile fez descobertas (minimamente) curiosas. Quem tem Android costuma ser mais criativo e educado. Veja outras surpresas reveladas. nC1 Informações são da pesquisa Tábuas de Mortalidade divulgada ontem pelo IBGE

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado aprovou o Projeto 3391/12, que estabelece prazo para que a União, por meio de convênios promova adequações nas penitenciárias do país. nB1

NA INTERNET: www.jdia.com.br - REDAÇÃO: 3217.1117 - COMERCIAL: jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO: 3217.1111 - ATENDIMENTO: 3217.1110


Opinião

JD

Poucas & Boas

• GOVERNADOR CAMILO participa de reu-

nião a nível nacional sobre Direitos Humanos, mas esquece de olhar para o próprio umbigo. Denúncia do CRM-AP mostrando em vídeo o caso de um homem atirado ao chão Hospital de Emergência (HE), sendo tentada sua reanimação sem sucesso chocou a todos, menos as comissões de direitos humanos no Meio do Mundo. Caso teve repercussão nacional com veiculação das imagens chocantes pelas TV’s Record e Globo News.

• COMO ERA DE se es-

perar o Governo do Estado através da SESA divulgou nota remetendo toda situação caótica da saúde à administração anterior. Mas se o GEA usasse apenas 1% de honestidade na informação poderia dizer que nos últimos 18 anos – oito de João Capiberibe, oito de Waldez/Pedro Paulo e 30 meses de Camilo –, as entidades médicas do Amapá, incluídas CRM-

-AP e Sindicato Médico, já realizaram mais de 5 mil fiscalizações nas unidades de saúde, com mais de 10 mil fotos. Tudo com cópias aos governos, ministérios públicos, câmaras de vereadores, Assembleia Legislativa e Ministério da Saúde. Seria prevaricação em tonelada?

• FAZ-SE NECESSÁRIO

mudar a matriz econômica no Amapá nos modos urgente urgentíssimo. O problema aflorou ainda mais com muitas lojas vindas de fora para serem implantadas no Amapá Garden Shopping, onde encontraram grandes dificuldades. Todos os acabamentos das lojas, como vidros, plásticos, móveis e até luminárias foram buscados no eixo Rio-São Paulo. Ora, se até fantasias e brilhos de lantejoulas para o carnaval vem de fora imaginem uma fachada de loja.

• ESCREVER E FALAR

se tornam muito complicados quando não se do-

mina o assunto. Para a implantação de uma loja de shopping em qualquer parte do mundo, várias etapas são cumpridas. Escolha do local, projetos (arquitetônico, elétrico, hidráulico, marketing), aprovação pelo conselho técnico e finalmente a execução. Agora associem tudo isso a falta de mão de obra qualificada e materiais de qualidades inexistentes?

• CAP’S DO GRUPO

Center Kennedy, Josevaldo Feitosa e Edvaldo Xavier, recebendo muitos cumprimentos de amigos empresários pela coragem no investimento que fizeram na grande loja do Amapá Garden Shopping. Distribuição adequada de produtos, iluminação de primeira, colaboradores e colaboradoras vestindo uniformes funcionais e de grifes além de atendimento cordial e eficiente. Merecem nossos parabéns!

• UMA IRRESPONSABILIDADE muito grande daqueles que deveriam

tomar conta da Rodovia Tancredo Neves. Não mandam pintar as faixas de pedestres, não sinalizam, e com isso acontecem acidentes a todo momento. Para que se paga IPVA? Se não pagar o imposto os carros são multados e levados para o tão famoso curral, mas pintar as faixas que deveriam fazer não fazem! Eita Amapá!!

• A INFORMAÇAO QUE tivemos foi que mor-

rer em Macapá virou rotina. A Pediatria já convive há bastantes meses com esse problema. Dizem alguns médicos que já cansaram de dizer até para o MPE e nada se resolve. Que é um absurdo disso ninguém tem dúvida!

• OUTRA INFORMAÇAO é que a SESA já rece-

beu nestes 3 anos, nada menos que 600 milhões. Onde colocaram este dinheiro? Resposta que todo mundo gostaria de ter, e nós também!

• A LICITAÇAO DA PMM para a mídia institucional saiu, quem ganhou? Uma agencia de Belém?

deputado estadual

M

ais uma vez a vida nos ensina que precisamos estar atentos a tudo o que nos cerca e com atenção redobrada naquilo somos capazes de fazer. E de pouco adianta esperar pelo tempo ou uma melhor oportunidade, pois tudo isso está fora muitas vezes do nosso controle e longe até da nossa compreensão. Como digo: devemos sempre lutar pelo melhor, mas se preparar para o pior. A vida pode ser um livro de páginas em branco para que as escrevamos, a cada dia, os capítulos que vivemos, mesmo que seja na forma que não planejamos e nem desejávamos. A cada momento uma surpresa, a cada dia uma novidade, a cada dia uma nova janela aberta para nos mostrar a imprevisibilidade que nos está reservada, mesmo que nos seja dada a oportunidade de imaginar situações diferentes para a nossa estrada. Os exemplos estão por ai, todos os dias. Basta observar! O que ainda tinha para fa-

zer por ele mesmo, pela sua família, pela sua profissão, pelos seus negócios, pelo seu povo, pelo seu estado e pelo seu país, esse jovem que nos deixou quando exercia o mandato de deputado estadual, o engenheiro, pai de família, empresário Ocivaldo Gato, carinhosamente também chamado de Gatinho, é uma dessas inexplicáveis provas que nos são aplicadas e nas quais não podemos tirar nota baixa. Compreender isso implica em entender as mensagens subliminares que nos são passadas pela vida, pelas circunstâncias, mas, sobretudo pela necessidade de entender o que precisamos conhecer para não sermos surpreendidos. As interrogações que tomam contam da nossa inteligência começam a fazer sentido e nos colocar em posições que precisam de outras referências que não aquelas, que se mostram viçosas, sob a luta forte nos indicando que precisamos estar atentos contra os insatisfeitos gratuitos, inconformados com nossas con-

quistas e com as conquistas dos guerreiros sem armas. Quem duvida que o deputado Ocivaldo Gato não tivesse muita coisa para fazer por aqui, principalmente pelo povo do Amapá, pelos funcionários de suas empresas, pela sua família, pelos seus amigos e por ele mesmo? Mas teve que travar outra luta. A luta contra o mal do século que tem sido apontado como responsável por tantas idas e muitas delas deforma precoce, bem antes do tempo que imaginávamos, ainda tinha. É uma lição para todos os egoístas, os que imaginam que podem tudo e que precisam descobrir que estão limitados à uma regra superior, bem maior do que as muitas que conhecemos, que são usadas, algumas vezes, para alimentar o inconformismo, a inveja e o desequilíbrio de alguns. O exemplo que deixa o deputado Gatinho serve para todos, inclusive para aqueles que chegam a pensar que são os donos absolutos da verdade, que podem, devido aos poderes que lhes foram atribuídos, usar esses poderes para o mal, para tirar de

suas proximidades aquele que não querem por perto. Na nossa forma de avaliar, o deputado Gatinho foi antes do tempo, deixou a sua família e os seus amigos precocemente, pois, ninguém nega, ainda tinha muito por fazer por aqui, mas nós fazemos os planos e a vontade de Deus. Esse tempo não está sob o nosso controle. Esse tempo está sob o controle divino e obediente às ordens superiores. Essas sim, verdadeiramente superiores! Uma das lições que fica é a da humildade, qualidade que passa por uma crise de raridade por aqui e que tem provocado situações tão difíceis e tão injustas, apenas para que os egos atuais sejam massageados, não pela conquista, mas pelos resultados que só prejudicam a todos. Obrigado ao deputado Gatinho pelo que me deixa como lição: que não devemos perder tempo! Tenho certeza que a sua família, os seus amigos estão sentindo a sua falta e que, mesmo sabendo que foi um chamado superior, entendem que foi cedo demais e que ainda deixou muitas coisas planejadas e por fazer.

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994)

Diretor Executivo: Marcelo Ignacio da Roza Diretora Corporativa: Lúcia Thereza Pereira Ghammachi Assessoria Jurídica e Tributária: Américo Diniz (OAB/AP 194) Eduardo Tavares (OAB/AP 27421) Editor-Chefe: Janderson Cantanhede Gerente Comercial: Andrew Gustavo Cavalcante dos Santos CONSELHO EDITORIAL Presidente: Aldenor Benjamim dos Santos

Secretário Executivo: Marcelo Ignacio da Roza

CONSELHEIROS: Carlos Augusto Tork de Oliveira

José Arcângelo Pinto Pereira

Danieli Amanajás Scapin

Luiz Alberto Pinto Pereira

Janderson Carlos Nogueira Cantanhede

Índice

Opinião - A2 Geral - A3, Geral - A4 Cidade - B1

Maria Inerine Pinto Pereira

Cidade - B2 Geral - B3 Polícia - B4 Geral - C1

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br comercialjd.2011@gmail.com mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representante comercial Grupo Pereira de Souza – GPS Matriz - Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2544.3070; Brasília/DF - Tel.: (61) 3226.6601; São Paulo/SP - Tel.: (11) 3259.6111; Belém/PA Tel.: (91) 3244.4722 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Esporte - C2 Diversão&Cultura - C3 Social - C4 Classidia - 08 Pág

A2

Editor: José Maria Baia - josemaria@jdia.com.br

Coluna

ESPLANADA POR LEANDRO MAZZINI Jornalista

Twitter @leandromazzini

GALO EM CAMPO POLÍTICO

D

ecidido a disputar a Presidência em qualquer cenário, Eduardo Campos ainda não tem palanque forte em Minas, segundo colégio eleitoral do país. Avalizou uma pesquisa, e o PSB de BH fará nova rodada dentro de 15 dias, com um nome mais popular que político. Vai incluir Alexandre Kalil, presidente do Atlético Mineiro, na sondagem estimulada, ao lado do prefeito Marcio de Lacerda e do presidente do diretório mineiro, Júlio Delgado. A ideia é do secretário de Assuntos Urbanos da prefeitura, Daniel Nepomuceno - vice-presidente do time campeão. Kalil pode concorrer ao Senado.

Torcida & urna

Embalado com a popularidade após a conquista da Taça Libertadores, Kalil surgiu com 11% na última rodada na região metropolitana. Mas nega que disputará o governo.

Precedente

Kalil tem inspiração na concorrência. BH já tem um cartola senador: é Zezé Perrella (PDT), cartola do Cruzeiro, que de suplente de Itamar Franco herdou a vaga.

Saladão estrutural Corre nos bastidores que Ministério dos Transportes, DNIT, ANTT, Anac e Antac vão integrar um superministério da Infraestrutura, a ser criado por Medida Provisória.

Sanção, pero no mucho

A OUTRA LUTA EDINHO DUARTE

Macapá-AP, sábado, 03 de agosto de 2013

Edição número

8268

Alertada por advogados e juristas, a despeito da sanção do PLC 3/2013, a presidente Dilma determinou à Casa Civil que envie o quanto antes para o Congresso novo projeto de lei para detalhar o tratamento que deve ser dado a vítimas de violência sexual nos hospitais. Detectou a brecha no texto que poderá render imbróglio sobre aborto.

Gleisi quer saber

A coluna revelou dia 9 de Junho a polêmica que dividiu grupos feministas, pró-sanção, e a bancada cristã, que fez lobby por veto total, sobre o Inciso III, a ‘profilaxia da gravidez’. A ministra Gleisi Hoffmann já pediu levantamento da subchefia jurídica.

‘Deficiências’ ‘O texto contém imprecisões técnicas que podem levar a interpretação equivocada e causar insegurança a respeito das medidas’, explicou a presidente, que pediu outro PL ‘Com o intuito de sanar deficiências e garantir que a nova lei atenda aos objetivos’.

Lá e cá

Deputado Dr. Rosinha propôs ‘moção de repúdio à agressão sofrida’ por Evo Morales, cujo avião foi revistado. Não citou incidente igual com o ministro brasileiro na Bolívia.

Sem teleprompter

Dias antes da visita do Papa, Dilma surpreendeu pela espontaneidade. Gravou no gabinete mensagem de 4 minutos para TV católica com discurso de improviso.

‘Choque’

Manobra populista do governo de Minas. Não se fala em corte estrutural, mas fusão de secretarias. Só muda nomenclatura, todos continuam onde estão. Não se diz demissão, mas ‘redução de cargos de confiança’. Na prática, só vão perder os adicionais.

Vai dar jogo

O presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, desceu em Brasília na Quinta. Ao lado do governador Agnelo Queiroz (botafoguense), visitou o presidente do Senado, Renan Calheiros. O Botafogo terá três jogos na Arena Mané Garrincha.

Segundo lar

Assumpção pediu a Agnelo que incentive a

torcida no DF, para ‘colocar 50 mil pessoas’ no Garrinchão. Não se descarta que a arena se torne a segunda casa do time, já que o estádio Engenhão no Rio está interditado por problemas estruturais.

Casa das..

A deputada Flávia Morais (PDT-GO) propôs audiência pública para depoimentos de prostitutas e ex, sobre regulamentação da profissão. Convidou Gabriela Leite, da ONG Da Vida, da grife Daspu, e presidentes de associações de prostitutas do Pará e Minas.

Do céu

Em acordo com funcionários, a TAM implantou programas de licença não-remunerada e de plano de demissão voluntária. O número de demissões cairá de mil para 811.

‘Exemplo’

Sete meses após a posse, o prefeito de Paranapanema (SP), Márcio Faber (PV), renunciou porque ganha mais como médico. Mas esqueceu de devolver os salários..

Ponto Final

De fato, muitas prefeituras realmente estão numa UTI.

Com Marcos Seabra, Maurício Nogueira e Adelina Vasconcelos

www.colunaesplanada.com.br LM Comunicação Coluna Esplanada contato@colunaesplanada.com.br Caixa Postal 1980 – CEP 70254-970 – Brasília-DF


JD

Repercutindo - O senador João Capiberibe (PSB) usou ontem a tribuna do Senado, para repercutir a desculpa esfarrapada dada pela Secretaria de Saúde, de que a culpa do caos no setor é das administrações passadas. Drama - Capiberibe dramatizando ainda mais o assunto, chegou a fazer um apelo ao Ministério da Saúde que ajude o Amapá em um momento tão delicado. Alô Exército - Ele foi mais além: disse que já pediu auxílio ao Comando do Exército que, segundo ele, tem recursos para atuar em situações como a que está sendo enfrentada pelo Amapá. A culpa é sua - Do jeito que as coisas são no Amapá, se nos próxi-

Geral

Entre Aspas JANDERSON CANTANHEDE Jornalista

mos meses o Ministério da Saúde ou o Exército não derem o apoio solicitado por Capiberibe provavelmente serão acusados, também, de serem os responsáveis pelo caos nos hospitais. Ou seja, a carapuça só serve na cabeça dos outros... O responsável - O que o atual governo do PSB precisa entender é que governo é governo, seja ele administrado pelo PSB, PT, PDT ou qualquer outro. Não vale a história de que Waldez, Pedro Paulo, Dalva ou o próprio Capiberibe não fizeram nada. Quem está com a caneta e sentado no poder é o responsável imediato. Pronto e acabou-se. Papo de que o fulano não fez ou o ciclano não tomou providência é conversa para boi dormir...

Precisa de coragem Quando o então candidato Camilo Capiberibe se candidatou ao governo do Estado tinha a perfeita consciência da situação que estava o Amapá. Lançou seu nome nas eleições porque quis. Ninguém o forçou. Agora, é preciso ter coragem, bater no peito e dizer: a culpa é minha e vou fazer de tudo para melhorar. Será? - Os ministros do STF estão com medo. Essa é a alegação exposta pelo jornalista da Istoé Paulo Moreira Leite, no artigo "Feitiço contra feiticeiros no STF". Possível arrependimento - Segundo Moreira Leite, depois de quatro meses de espetáculo durante o julga-

mento da Ação Penal 470, alguns membros do Supremo mostram arrependimento em seus votos, por pensarem que foram duros demais. "É preocupante e escandaloso", conclui o diretor da sucursal de Brasília da revista. Recuo - O problema, agora, continua Moreira, é recuar sem se desgastar com a opinião pública, principalmente agora, em tempos de manifestações. Chicana - Por fim, Moreira considera perigoso e antidemocrático, embora seja possível, segundo ele, encher a boca e dizer que tudo o que os réus pretendem é ganhar tempo, fazer chicana. Numa palavra, garantir a própria impunidade. Será esse o fim dessa novela? Não acredito... Até amanhã...

Siga: @cantanhede_AP Email: cantanhede@jhotmail.com Blog: jandersoncantanhede.wordpress.com

Bonita por natureza RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com

A

s autoridades precisam tomar cuidado para domar a fera. E a fera é uma pacífica cidade – a Cidade de Macapá. Ruas largas, traçado favorável, canais naturais de drenagem, ventilação frontal, banhada pelo maior rio do mundo, tudo para ser uma das cidades com melhor qualidade de vida do Brasil ou do Mundo. Doutra parte um povo paciente, confiante no futuro, respeitador dos seus dirigentes, com espírito democrático e com vontade imensa de contribuir, provas de que quer ver Macapá como uma cidade em cuidada para que possa oferecer aos seus habitantes a oportunidade do prazer de viver. Dito assim parece até fácil ou se tem a impressão de que não se faz porque não se quer. Nada disso. A pregação de todos os gestores que já passaram pela Prefeitura de Macapá é de amor incondicional à cidade e declarações de confiança na população. E o que é que não tem dado certo? O que é que tem faltado para os gestores demonstrarem que o que desejam é o que realmente querem fazer? O que está se passado? A impressão que se tem é que somos um barco an-

corado e quase abandonado, sujeito às intempéries agressoras que assim se comportam por uma espécie de descaso que, há mais de uma década tomou conta de Macapá. Por isso os moradores da cidade reclamam! Sabem eles que basta um pouco de atenção com as pessoas, um pouco de cuidado com os orçamentos, e um pouco de confiança dos outros gestores para que essa cidade levante os ferros e siga o seu caminho pelas belezas da vida, levando um povo feliz. Convive-se com uma espécie de constrangimento para falar da cidade. Em todos os lugares se percebe que com pouco esforço poderia estar melhor. Quando não são as obras inacabadas, são as ruas e avenidas em precárias condições, o sistema de transporte confuso e a acessibilidade prejudicada por antigas propostas que permanecem intocáveis, apesar das promessas dos agentes públicos e do desejo da população. O importante é que todos acreditam que situação ainda pode ser controlada com o esforço da própria administração municipal. Ninguém ainda está na zona do desespero, muito embora nem todos concordem com isso. Muitos acham até que a

Macapá-AP, sábado, 03 de agosto de 2013

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Dia-Dia

Visão equivocada

F

oi vexatória, para dizer o mínimo, a entrevista da secretária estadual de Saúde, Olinda Consuelo, em telejornal da TV Amapá, esta semana. Confrontada, ao vivo, com os gravíssimos problemas enfrentados pela saúde pública estadual, a secretária seguiu duas linhas de respostas, ambas insuficientes para explicar o quadro dantesco apresentado na TV. Primeiro, a secretária procurou vincular todos os problemas enfrentados pela saúde pública amapaense à gestão passada. Ora, é impossível que qualquer governo seja apenas um amontoado de erros, como o governo do PSB tenta fazer crer que foi o do PDT. Tenta e não consegue, porque todas as pesquisas realizadas no estado mostram a administração passada com melhor avaliação que a atual. Sinal, de que deve ter tido também os seus acertos. E também nenhum governo é apenas virtude, como o PSB parece acreditar que seja a sua administração. Afinal, na própria saúde o atual governo colecionou um monte generoso de erros. Alguns dos quais, a própria secretária atual denunciou ao Ministério Público do Estado. O segundo ponto da linha de argumentação da secretária é a tentativa de negar as evidências que qualquer usuário do sistema de saúde sente na pele diariamente. Mas a secretária insiste em negar essa realidade. Durante a entrevista já mencionada, depois dos problemas terem sido mostrados às claras, ao vivo, direto do Hospital de Emergências, ainda assim ela negou. E esse talvez seja o pior sintoma e o grande problema do atual governo: negar a realidade. Um mal que impede à administração enxergar os seus erros. E se não os enxerga, como irá corrigi-los?

Hora-Hora

Posto sem saúde No dia 31 de julho, o Conselho Regional de Enfermagem do Amapá (Coren-AP) realizou visita de retorno no posto de saúde da comunidade do Ariri, interior de Macapá, com o intuito de fiscalizar o atendimento que o profissional da saúde está realizando na unidade. Primeira visita A primeira visita na unidade ocorreu em 22 de maio de 2012. Durante a fiscalização foi encontrada apenas uma técnica de enfermagem realizando procedimentos de enfermagem sem presença de enfermeiro e a sala de vacina não estava em funcionamento.

linha demarcatória entre o desespero e a satisfação já foi ultrapassada há muito tempo. Macapá é bonita por natureza, toma banho todos os dias com as águas do rio Amazonas e se enxuga com a brisa forte que invade desde onde começou a cidade até aos lugares recentemente ocupados, mostrando que, além de tudo, Macapá é uma cidade viva e predisposta ao desenvolvimento. Nem o passar do tempo e as dificuldades que os administradores têm tido para compreender a importância de Macapá para sua população tem evita que a esperança permaneça no coração de todos,

como se algo repetisse, permanentemente, que tudo é uma questão de tempo, uma questão de paciência. Estamos outra vez, com a janela de agosto aberta para que os trabalhadores entrem, mudem a cara da cidade, restabeleçam o orgulho dos seus moradores e devolva o prazer que faz a gente bater no peito e gritar: eu amo viver aqui! O pedido, ou rogo e a suplicação é da população procurando mostrar para todos que, independente de qualquer argumento, quer ver Macapá tratada com zelo, pode ser até pobre, mas limpa, cheirosa e, se puder, perfumada.

A3

Ainda pior Pois bem, a situação que já era ruim agora ficou pior. A fiscalização do Coren-AP encontrou o posto de saúde fechado, deixando a comunidade sem atendimento. Para tentar resolver a situação, a própria comunidade está fazendo a reforma do prédio, no lugar da prefeitura. Preocupante O Coren classifica a situação de preocupante, pois as instalações de

todo posto de saúde têm que estar de acordo com padrões estabelecidos pelo Ministério da saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Herdeiros O Governo do PSB vive falando em herança maldita deixada pelo Governo Waldez. Esquece, é claro, de falar das sementes benditas, como os principais projetos executados no setor de infra-estrutura. Especialmente na Setrap, inclusive com dinheiro disponível. Estratégia Ciente da pouca musculatura do governador Camilo para a batalha eleitoral que se avizinha, seus aliados torcem, entre outras coisas, para que os principais adversários do PSB fiquem fora da disputa. Em alguns casos, pelas vias políticas. Em outros, pelas judiciais. Palanque Revisão do PPA, por parte do Governo do Estado, está servindo como uma espécie de pré-campanha eleitoral. Com direito a promessas de que daqui pra frente vai dar para fazer o que não foi feito até agora.

MINUTOS Esporte - O Centro Didático Raimundo Adamor Picanço está com matrículas abertas desde o dia 1º de Agosto para as escolinhas de Futebol de Salão, Vôlei, Basquete e Futebol de Campo. Inscrições - As aulas esportivas no educandário são para crianças e adolescentes na faixa etária de 9 a 17 anos. Inscrições podem ser feitas ao lado do Super Fácil do Beirol. Faz de conta - Aulas começaram em algumas escolas públicas na quinta-feira, 1º. Mas só de faz de conta, porque a presença de alunos foi pequena. Pra valer mesmo, só na segunda, dia 5. Infernal - E os santistas, que pensavam que a goleada de 4 a 0 para o Barcelona, na final do mundial, tinha sido um pesadelo! Ontem, conheceram o inferno. Menos Neymar, aliviado por agora estar do outro lado.


JD

Informe Publicitรกrio

Macapรก-AP, sรกbado, 03 de agosto de 2013

A4


CadernoB

Geral

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Macapá-AP, sábado, 03 de agosto de 2013

Tribunal de Contas suspende licitação para contratação de empresa para limpeza da cidade Já a Prefeitura de Macapá disse que empresa que recorreu não conhece a realidade da capital e que perdeu prazo

O

Tribunal de Contas do Estado do Amapá (TCE/AP) suspendeu de forma cautelar o processo licitatório da Prefeitura Municipal de Macapá, para a contratação de empresa prestadora de serviços de limpeza e coleta de resíduos sólidos domiciliares. O conselheiro substituto Antônio Wanderler, relator do Processo nº. 003841/2013, conheceu e deu provimento a Representação formalizada pela empresa Potivias– Empresa Potiguar de Obras Viárias Ltda., contra o Edital da Concorrência Pública 002/201, da Secretaria Municipal de Administração (Semad).

Após a análise técnica realizada no edital pela 3ª Inspetoria de Controle Externo e o parecer do Ministério Público de Contas, o relator do Processo suspendeu, cautelarmente, o edital, até a decisão de mérito pela Corte de Contas do TCE. O prefeito Municipal de Macapá, Clécio Luis Vilhena, o secretário municipal de Administração, Paulo Lemos, e o presidente da Comissão de Licitação responsável pelo processo já foram notificados da decisão que suspende o certame. O julgamento do mérito da questão deve ocorrer na sessão ordinária do TCE, prevista para dia 7 de agosto, próxima

quarta-feira. A Prefeitura de Macapá lançou edital no dia 11 de junho deste ano para contratação de empresa especializada em prestação de serviços de conservação e manutenção urbana, na modalidade Concorrência, sob o nº 002/2013 – Semad/PMM, no valor de R$ 88,3 milhões. O problema, segundo pessoas envolvidas no processo, é que o edital traz em um só objeto todas as atividades relacionadas à coleta de lixo, conservação de logradouros, pavimentação asfáltica e desentupimento de bueiros. Esse formato de contratação praticamente impede que pequenas e médias empresas partici-

pem do certame. A Procuradoria Municipal de Macapá rebateu as acusações feitas pela empresa, dizendo que a Prefeitura foi pega de surpresa com a decisão. Segundo a Procuradoria, a empresa não impugnou em tempo hábil o edital e que não conhece a realidade da cidade de Macapá. Dez empresas concorreram ao certame licitatório, porém, apenas quatro mandaram representantes para conhecer a realidade da capital. Na próxima segunda-feira (5), a Prefeitura de Macapá prometeu entrar com recurso contra a decisão e rebateu qualquer ponto no edital que macule a licitação.

Presos que praticarem esportes poderão ter direito a redução de pena

A

Câmara analisa o Projeto de Lei 5516/13, que estende ao preso que praticar atividades desportivas regulares o benefício da remição de pena. Segundo a Lei de Execução Penal (7.210/84), os condenados em regime fechado ou semiaberto já podem ter parte do tempo de pena reduzido por trabalho ou por estudo. Apresentada pelos deputados Jô Moraes (PCdoB-MG), Paulo Teixeira (PT-SP) e Romário (PSB-RJ), a proposta estabelece que, para cada 12 horas de frequência desportiva dividida, no mínimo, em seis dias alternados, a pena será diminuída em um dia. A legislação atual prevê a mesma redução a cada 12 horas de frequência escolar ou três dias de trabalho. O projeto também determina que as horas diárias de trabalho, de estudo e de desporto serão definidas de forma a se compatibilizarem para a contagem cumulativa de

FOTO DIVULGAÇÃO

A Prefeitura de Macapá lançou edital no dia 11 de junho deste ano para contratação de empresa especializada em prestação de serviços

Motoqueiro colide com ônibus no bairro Pacoval FOTO ROSIVAN SANTOS

FOTO DIVULGAÇÃO

O projeto também determina que as horas diárias de trabalho, de estudo e de desporto serão definidas de forma a se compatibilizarem para a contagem cumulativa de dias para remição

dias para remição, e que o preso que ficar impossibilitado, por acidente, de prosseguir com essas atividades continuará a ter o benefício. Registro Além disso, assim como já ocorre nos casos de trabalho e estudo, as administrações dos presídios terão de encaminhar mensalmente ao juízo da execução cópia do regis-

tro de todos os condenados que estiverem exercendo prática desportiva, com informações sobre as atividades de cada um deles. Os autores da proposta ressaltam que a aplicação das penas deve atender a duas finalidades sociais: a retribuição pelos danos causados pelo crime e a ressocialização dos condenados. E, na avaliação dos deputados, “é notório que a atividade des-

portiva, além de seus benefícios de saúde, suscita a necessidade de criação de ambiente de convívio pacífico entre seus praticantes, o que aprimora, consequentemente, a disciplina dos detentos”. A proposta será analisada pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, antes de ser votada pelo Plenário.

A moto Titan de 125 C, cor preta e placa NEN1349, ficou isolada e aguardava perícia. O condutor da moto teve leve escoriação pelo corpo e foi conduzido ao Hospital de Emergência (HE)

Penitenciárias poderão ser reformadas com ajuda da União que são submetidos aqueles que já se encontram privados de um bem maior que é a liberdade, dão plena justificação à proposta”, disse.

A degradação que ocorre em todos os estabelecimentos penais existentes, ao lado da falta de investimentos

A

Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado aprovou o Projeto de Lei 3391/12, que estabelece prazo de 120 dias para que a União, por meio de convênios com estados, municípios e com o Distrito Federal, promova adequações nos estabelecimentos penais do País. De acordo com a proposta, do deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT), a reestruturação do sistema carcerário do País incluirá a construção de novos presí-

dios. O objetivo das adequações é o cumprimento de dispositivos constitucionais relativos aos direitos dos presos, incluindo o que assegura a eles o respeito à integridade física e moral, e o cumprimento da Lei de Execuções Penais (7.210/84). Essa lei já prevê que a União celebre convênios com unidades da federação para a implantação de estabelecimentos e serviços penais. No entanto, não estabelece prazos para que isso ocorra. O projeto determina que,

após o prazo estabelecido, o procurador-geral da República deverá tomar as providências cabíveis para a responsabilização das autoridades pelo não cumprimento da legislação relativa à execução penal. O parecer do relator, deputado Enio Bacci (PDT-RS), foi pela aprovação do texto. “A degradação que ocorre em todos os estabelecimentos penais existentes, ao lado da falta de investimentos, da superlotação, das condições subumanas a

Conselho de Política Penitenciária A proposta ainda altera a Lei de Execução Penal para estabelecer que o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária será integrado pelos secretários de Segurança dos estados e do Distrito Federal e presidido pelo ministro da Justiça. Atualmente, o conselho é composto por 13 integrantes, entre professores e profissionais da área do Direito, e por representantes da comunidade e dos ministérios da área social. O texto cria também, como órgão de assessoramento do conselho, uma comissão executiva composta de no máximo cinco integrantes, escolhidos e designados pelo ministro da Justiça. Por fim, o projeto estabelece que, de acordo com a classificação do condenado, a pena poderá ser cumprida em estabelecimento fora da comarca onde ocorrer a condenação, ainda que em outra unidade da Federação.

Segundo populares, o acidente poderia ser evitado se houvesse um pouco mais de atenção por parte do motoqueiro que não percebeu que o ônibus estava dobrando

Caroline Mesquita Da Redação

M

acapá é a cidade dos acidentes de trânsito. Não há um dia que não haja ao menos um acidente, causados principalmente por imprudência dos condutores. Na manhã de ontem, 2, por volta de 10h, um motoqueiro que vinha pela faixa direita da Rua Guanabara, bairro Pacoval, não percebeu que o ônibus que estava a sua frente, linha Capital Morena e placa 5780, desviou para a direita na Avenida Piauí, fechando o condutor. Como a manobra do ônibus requer mais espa-

ço do que veículos pequenos, o motoqueiro não teve como reagir. A moto estava em uma velocidade considerável e não havia tempo para parar, apenas saltou do veículo, que terminou embaixo do transporte coletivo. A moto Titan de 125 C, cor preta e placa NEN1349, ficou isolada e aguardava perícia. O condutor da moto teve leve escoriação pelo corpo e foi conduzido ao Hospital de Emergência (HE). Segundo populares, o acidente poderia ser evitado se houvesse um pouco mais de atenção por parte do motoqueiro que não percebeu que o ônibus estava dobrando.


Geral

JD

Expectativa de vida do amapaense subiu 12 anos Informações são da pesquisa Tábuas de Mortalidade divulgada ontem pelo IBGE DIVULGAÇÃO

O crescimento entre as mulheres ficou em 11,69 anos, enquanto entre os homens a elevação atingiu 10,59 anos

A

expectativa de vida do brasileiro cresceu 11,24 anos entre 1980 e 2010. O crescimento entre as mulheres ficou em 11,69 anos, enquanto entre os homens a elevação atingiu 10,59 anos. No mesmo período, na comparação com o restante do Brasil, a Região Nordeste foi a que apresentou maior aumento na expectativa de vida. As informações fazem parte da pesquisa Tábuas de Mortalidade 2010 – Brasil, Grandes Regiões e Unidades da Federação, divulgada ontem (2) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 1980, o nordestino tinha a taxa

mais baixa do país (58,25 anos). No período de 30 anos houve elevação de 12,95 anos e, em 2010, atingiu 71,20 anos. De acordo com o IBGE, o crescimento foi decorrente, principalmente, do aumento de 14,14 anos na expectativa de vida das mulheres nordestinas, que passou de 61,27 anos em 1980 para 75,41, em 2010. No Amapá, a expectativa de vida cresceu 12,34 anos. No ano de 1980, a expectativa de vida no Amapá era de 60,13 anos. Em 2010, essa expectativa subiu para 72,47 anos, um aumento de 12,34 anos. Segundo o gerente de Componentes de Dinâmi-

ca Demográfica do IBGE, Fernando Albuquerque, o Nordeste representava, em 1980, a região com menor índice de expectativa de vida. A aplicação mais eficaz de programas sociais e de projetos de distribuição de renda favoreceram o crescimento da taxa da região. “Todos os programas [geraram impacto positivo na região: houve] aumento na qualidade de atendimento de pré-natal, transferência de renda [propiciada pelo] Bolsa Família e melhor instrução. O programa Saúde da Família não [previne a mortalidade apenas na infância], mas em todas as faixas de idade. São pro-

gramas importantes que representam forte impacto na [redução da] mortalidade. [Há] um aumento maior da expectativa de vida na região Nordeste”, explicou. A elevação da expectativa de vida entre as mulheres foi o fator que favoreceu também o resultado do Rio Grande do Norte, que apontou a maior elevação entre os estados da região (15,85 anos). Lá, a taxa das mulheres ficou em 17,03 anos. “Em 1980, o Rio Grande do Norte também era um dos estados em que a mortalidade era mais elevada, consequentemente com uma expectativa de vida mais baixa. Então de certa forma estes programas aceleraram a diminuição [das taxas de] mortalidade e ganhos na expectativa de vida”, explicou. O pior resultado de crescimento entre as regiões foi no Sul (9,83 anos). Apesar disso, a região ainda registra as mais altas taxas de expectativa de vida do país. Em 1980 era de 66,01 anos, a mais elevada daquele ano. Em 2010 atingiu 75,84 anos, também a maior expectativa entre as regiões. “Os níveis de mortalidade já eram mais baixos. Os aumentos ocorreram, mas com menos intensidade. Essas expectativas de vida já eram elevadas”, disse o gerente. A segunda região a apresentar maior crescimento nos 30 anos compreendidos entre 1980 e 2010 foi a Centro-Oeste com elevação de 10,79 anos (de 62,85 para 73,64 anos). Em terceiro ficou o Sudeste que teve elevação de 10,58 anos (de 64,82 para 75,40 anos). A quarta foi a região Norte, que passou de 60,75 para 70,76 anos, representando um aumento de 10,01 anos na taxa. Na avaliação do gerente do IBGE, no Norte, a dificuldade de acesso aos programas sociais impediu um desempenho melhor na esperança de vida. “Os programas sociais existem, mas há uma maior dificuldade em função da extensão da região e dificuldade de acesso. São populações ribeirinhas, onde o indivíduo tem de viajar vários dias para chegar a um posto de saúde”, explicou. A pesquisa analisa resultados sobre a esperança de vida por sexo e compara informações sobre as regiões do país e dos estados. O trabalho utiliza dados do Censo Demográfico 2010, das estatísticas de óbitos obtidos no Registro Civil e do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) do ministério da Saúde para o mesmo ano.

Brasil ocupa 91º lugar em ranking da ONU sobre expectativa de vida

A

expectativa de vida do brasileiro aumentou 11,24 anos de 1980 (62,52 anos) a 2010 (73,76 anos). O resultado faz parte da pesquisa Tábuas de Mortalidade 2010 – Brasil, Grandes Regiões e Unidades da Federação, divulgada ontem (2), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo o gerente de Componentes de Dinâmica Demográfica do IBGE, Fernando Albuquerque, com o resultado de 2010, o Brasil ocupa o 91º lugar no ranking da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre expectativa de vida. O Chile está na 34ª posição e a Argentina, na 59ª. No grupo Brics (formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), o país fica atrás apenas da China (70º). Depois do Brasil, estão Rússia (134º), Índia (149º) e África

do Sul (179º). Na Região Nordeste, para cada mil pessoas que atingiram 60 anos de idade, 656 não chegaram aos 80 anos em 1980. Trinta anos depois, o número caiu para 503. “É um fato importante porque está ligado ao envelhecimento da população. Cada vez mais as pessoas estão chegando a idades mais avançadas. Isso foi de maneira geral. Na Região Sul, em 1980, para cada mil pessoas que atingiam 60 anos de idade 635 não chegavam aos 80. Em 2010, nesta mesma faixa, 427 não atingiriam os 80.” O gerente destacou que, além dos avanços tecnológicos da medicina, as políticas sociais contribuem para a diminuição da mortalidade. “Os programas de transferência de renda permitem ao idoso ter acesso aos medicamentos.

Nesta faixa etária, as enfermidades são diferentes das do restante da população. São doenças crônicas que têm que ter assistência do governo. Isso está sendo feito”, acrescentou. A maior diferença das expectativas de vida entre homens de mulheres foi registrada no estado de Alagoas. De acordo com a pesquisa, as mulheres vivem 9,37 anos a mais que os homens. O estado foi o que mostrou o maior índice de sobremortalidade (7,4 vezes), resultado da divisão da taxa de mortalidade dos homens pela das mulheres, na faixa entre 20 e 24 anos, determinando a possibilidade de um homem não chegar aos 25 anos. Em 1980 o índice era de 1,7 vez. “Esse crescimento de 1,7 em 1980 para 7,4 em 2010 evidencia um aumento muito

forte dos atos violentos na população masculina em Alagoas. Os óbitos são por causas diversas, homicídios, suicídios acidentes de trânsito. Nesse grupo, entre 20 e 24 anos, a maioria é homicídios e acidentes de trânsito”, explicou. A região com a taxa mais alta de expectativa de vida em 2010 foi a Sul (75,84 anos), seguida da Sudeste (75,40), Centro-Oeste (73,64 anos), Nordeste (71,20 anos) e Norte (70,76 anos). O gerente explicou que o desenvolvimento da Região Sul é um processo percebido ao longo dos anos. Entre os estados, Santa Catarina foi o que teve o maior crescimento tanto em homens (73,73 anos) como em mulheres (79,90). No total, ficou com 76,80 anos. A menor taxa foi encontrada no estado do Maranhão (68,69).

Macapá-AP, sábado, 03 de agosto de 2013

B2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Bastidores da notícia

RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com FEDERAÇÃO DA INDÚSTRIA A Federação das Indústrias do Estado do Amapá vive a expectativa de uma intervenção negociada nos departamentos regionais do SESI e do SENAI. Até agora ainda não foi dado o conhecimento dos detalhes da intervenção, entretanto, as especulações apontam para um levantamento que teria sido feito por uma auditoria especializada, contratada pela própria FIEAP e que teria apontado situações que precisam de análise mais acentuada. ATO DE BRAVURA Na ilha marinha do Sucuriju, no oceano Atlântico, um distrito do município de Amapá, o sargento Pompeu, da Polícia Militar do Estado do Amapá, praticou em julho deste ano, um anto de bravura, quando prendeu, naquele lugar, um fugitivo do Iapen, conhecido por “Boni”, que estava escondido na ilha. O Sargento Pompeu sobe da notícia e observou que a situação causava instabilidade entre os moradores e resolveu investigar. Tendo localizado o fugitivo, sem teme-lo o prendeu em um verdadeiro ato de bravura e coragem. CONSTRUÇÃO CIVIL Apesar do tamanho do projeto de investimento que está assentado para o Estado do Amapá as empresas de construção civil local ainda de ressentem da falta de trabalho ou reclamações de dificuldades para receber as medições de serviços que já se encontram concluídos e medidos bem domo entregues ao contratante, mas que não foram quitados. Há casos em que os operários foram dispensados e até agora não pagos devido ao não recebimento da fatura correspondente ao serviço. UNIFAP/JORNALISTMO A Universidade Federal do Amapá – UNIFAP, através dos alunos do Curso de Jornalismos, está se mobilizando para editar um jornal acadêmico que terá como primeira matéria o impacto provocado pelo aumento de veículos na Rodovia JK devido à inauguração dos empreendimentos privados e de conjuntos habitacionais. Questões como sinalização, rodovia, fluxo, conflitos de usuários e segurança serão abordados na matéria. RODOVIA JK Ainda sobre a Rodovia JK e o impacto causado pelos usuários da via, já é consenso de que, em pouco tempo será necessária construção de vias de acesso à algumas unidades de concentração de pessoas como: a própria Unifap, o Shopping, o Hospital Sara, os conjuntos habitacionais, entre outros. PASSARELA Quando da construção da Unidade do Hospital Sara, às proximidades do campus da Unifap, a empresa foi obrigada a colocar no projeto uma passarela que minimizasse os riscos de acidentes entre os usuários da pista de rolamento da rodovia. Na liberação para instalação e construção do projeto do prédio do shopping, essa mesma condição não foi superada e os riscos de acidentes serão altos. Um descuido, ao que parece! FUTEBOL PROFISSIONAL O Campeonato Amapaense de Futebol Profissio-

nal está sendo disputado com o registro de diminutos públicos. Os torcedores ou não estão acreditando na competição, ou preferindo outro esporte, ou, ainda, deixando o campeonato rolar para ir ao estádio apenas nas partidas decisivas. Nas primeiras rodadas o público tem sido muito pequeno o que não se empolga ninguém, inclusive os próprios torcedores. MOTOR DO BARCO A referência feita sobre o motor do braço, imaginando que o Estado do Amapá é um grande barco, provocou uma série de respostas, algumas esperadas e outras nem tanto, mas todas muito objetivas e deixando a sensação de que houve a compreensão perfeita da imagem. Quem quiser pode opinar sobre o motor, o próprio barco e os seus ocupantes, passageiros e comandantes. FIM DAS FÉRIAS E as férias estão terminando. Foi um mês com focinho e cauda, muito embora não tenha sido um mês cachorro ou comparado a qualquer outro animal. Foi com focinho porque começou no dia 29 de junho, ou seja, dois dias antes de começar o mês das férias, e se estende até domingo, dia 4 de agosto, quatro dias depois de terminar julho. O espaço foi maior e a festa também. INICIO DAS AULAS O início das aulas para este segundo semestre foi bastante diferente dos outros. Havia mais certeza do que incerteza e, por isso, mais confiança do que desconfiança. A rede estadual de ensino procurou melhorar as condições dos prédios onde funcionam as escolas públicas, abastecer as cantinas e a suprir a falta dos professores que ainda foi uma constante no primeiro semestre. SEGURANÇA COMUNITÁRA O Conselho Comunitário de Segurança Pública dos Congós, Novo Buritizal e Laurindo Banha apresentou o projeto Cidadão Comunitário Mirim que será desenvolvido na base da Polícia Militar nos Congós, ao lado do terminal de ônibus. O lançamento acontecerá neste sábado, dia 3, a partir da 18 horas. O Conselho Comunitário dos Congós, Novo Buritizal e Laurindo Banha, que vai completar oito anos, foi fundado no dia 18 de outubro de 2005. SARNEY O estado de saúde do senador José Sarney (PMDB-AP), de 83 anos, é estável, segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio Libanês, de São Paulo, às ontem. Sarney chegou à cidade no início da tarde de quarta-feira, onde continuará um tratamento iniciado no Hospital UDI, de São Luís do Maranhão. ELEIÇÕES 2014 Os eleitores amapaenses vivem a expectativa da relação de nomes que estarão impedidos de concorrer ao pleito de 2014. Entre os nomes citados como prováveis pré-candidatos ao Governo, alguns estão às vésperas de julgamentos que os impediria de concorrer naquelas eleições, pois, entrariam na lista daqueles que não poderão, sequer, ser candidato.


Geral

JD

Macapá-AP, sábado, 03 de agosto de 2013

B3

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Tentativa de assalto deixa dois feridos

Apenas um dos assaltantes entrou na empresa, enquanto o outro permaneceu nas proximidades prestando apoio FOTOS ROSIVAN SANTOS

tes entrou na empresa, enquanto o outro permaneceu as proximidades prestando apoio. A tentativa ocorreu no momento em que um ex-funcionário, João Marcos da Silva Júnior, 28 anos, estaria recebendo o pagamento de uma rescisão. Durante a ocorrência, o ex-funcionário teria reagido, traçando luta corporal contra o assaltante, Evaldo Oliveira Cardoso, 22 anos, que estava portando arma de fogo e acabou atingindo a perna direita de João Marcos Júnior. O assaltante também acabou ferido no rosto durante a briga.

A Polícia Militar apreendeu com o assaltante um revólver calibre 38 e a motocicleta utilizada pelo comparsa, que durante a chegada da polícia, acabou fugindo do local. O assaltante e o ex-funcionário foram levados ao Hospital de Emergências. De acordo com funcionários que abalados, preferiram não se identificar, esta é a primeira vez que a empresa sofre uma tentativa de assalto. O local conta com um sistema de segurança, cujo alarme é acionado apenas quando o estabelecimento está fechado.

A tentativa ocorreu no momento em que um ex-funcionário estaria recebendo um pagamento. Sistema de segurança (ao lado) acionou o alarme

N

a tarde de ontem, 2, a Polícia Militar registrou uma tentati-

va de assalto na empresa AMAP, localizada na avenida Machado de Assis, no

centro da capital. Dois homens em uma motocicleta chegaram no estabeleci-

mento por volta das 15h30 para iniciar a ação. Apenas um dos assaltan-

MEC publica regras para tutoria e supervisão dos residentes de medicina

O

MEC (Ministério da Educação) publicou uma portaria no Diário Oficial da União desta sexta-feira (2) com as regras para adesão das instituições públicas estaduais e municipais de educação superior e de saúde ao Programa Mais Médicos. As instituições, escolas e programas de residência interessados em aderir ao programa devem apresentar ao MEC o termo de pré-adesão no período de 5 a 12 de agosto. Será preciso indicar, no momento da pré-adesão, um tutor acadêmico responsável pelas atividades e, no máximo, três tutores acadêmicos para fins de cadastro de reserva. De acordo com o texto, para o desenvolvimento de suas atividades o tutor acadêmico receberá bolsa-tutoria no valor de R$ 5.000. Veja quais instituições podem aderir ao programa: as instituições públicas estaduais e municipais de educação superior, que ofereçam curso de medicina gratuitamente; os programas de residência em Medicina de Família e Comunidade, de Medicina Preventiva e Social e Clínica Médica que estejam devidamente credenciados pela Comissão Nacional de Residência Médica; as escolas de governo em saúde pública, que possuam no mínimo um programa residência médica ou de pós-gradua-

Projeto que reconhece papiloscopistas como peritos oficiais é vetado integralmente

M Será preciso indicar, no momento da pré-adesão, um tutor acadêmico responsável pelas atividades

ção na área de saúde coletiva ou afins; as secretarias municipais e estaduais de saúde que tenham ao menos um programa de residência médica vinculado às mesmas. Segundo a portaria, serão selecionadas instituições, escolas e programas de residência apenas nas unidades da federação onde não houver adesão de instituição federal de educação superior. Haverá também supervisores que serão selecionados entre os profissionais médicos e serão responsáveis pelo acompanhamento e fiscalização das atividades de ensino-serviço do médico participante, em conjunto com o gestor do SUS no município. Os supervisores também receberão uma bolsa.

Os supervisores deverão realizar visita periódica para acompanhar atividades dos médicos participantes; estar disponível para os médicos participantes, por meio de telefone e internet; aplicar instrumentos de avaliação presencialmente; e acompanhar e fiscalizar, em conjunto com o gestor do SUS, o cumprimento da carga horária de 40 horas semanais prevista pelo programa para os médicos participantes. Mudanças no programa Na última quarta-feira (31), o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou que o governo desistiu de aumentar em dois anos o curso de medicina. No lugar disso, o ciclo de dois anos deve se

tornar um período obrigatório de residência médica no SUS. A proposta inicial era de que o curso de medicina fosse ampliado para oito anos de graduação, dois deles cumpridos em atendimento na rede do SUS. A nova proposta prevê que os médicos, já formados, passem dois anos em residência médica obrigatória na rede pública a partir de 2018 - a nova regra já vale para quem se formar a partir de 2017. Hoje, a residência não é obrigatória. O primeiro ano deverá ser cumprido nas áreas de atenção primária de emergência e urgência nas áreas de clínica médica, cirurgia geral, ginecologia e obstetrícia, pediatria, medicina da família e comunidade e psiquiatria.

esmo depois de uma série de reuniões com ministros e manifestações durante toda a semana, a presidenta Dilma Rousseff vetou integralmente o Projeto de Lei 5.649/09, que reconhecia como perito oficial os profissionais de perícias papiloscópicas e necropapiloscópicas. A justificativa da decisão, publicada na edição desta sexta-feira (2) do Diário Oficial da União, diz que o projeto é inconstitucional uma vez que mesmo não sendo de iniciativa do presidente da República, dispõe sobre o regime jurídico de servidores públicos, contrariando a Constituição Federal. “Também de maneira inconstitucional, o projeto invade competência dos estados, em violação ao princípio federativo, ao tratar de regras relativas à organização da Polícia Civil”, disse a presidenta Dilma Rousseff. Como o Congresso tem prazo de 30 dias para analisar o veto, a partir de agora a categoria promete se mobilizar para conseguir a derrubada dele junto aos parlamentares. Os papiloscopistas são responsáveis pela identificação criminal por impressão digital ou reconstituição facial - retrato falado e projeções de envelhecimento. “Nós estamos absorvendo essa noticia . O vício de inciativa é um absurdo. Isso não é verdade. A própria ministra [da Secretaria de Relações Institucionais], Ideli

[Salvatti], que foi a autora da proposta, disse na época que o reconhecimento se tratava de matéria processual, ou seja, de segurança jurídica da prova que nós produzimos”, disse à Agência Brasil o presidente da Federação Nacional dos Profissionais em Papiloscopia e Identificação (Fenappi), Antônio Maciel Aguiar Filho. Ainda segundo a Fenappi, a aprovação do projeto supria uma lacuna da Lei 12.030/2009, que reconheceu como peritos oficiais apenas os médicos legistas, odontolegistas e peritos criminais. “O governo ainda não entendeu que essa lei, de 2009, que nos deixou de fora do rol de peritos oficiais é um problema para nós”, alertou Maciel. Ele lembrou que no dia 16 de julho uma liminar da 2ª Vara da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) proibiu os papiloscopistas da Polícia Civil da capital federal de emitirem quaisquer documentos oficiais. A decisão evidencia uma rixa antiga entre papiloscopistas e peritos criminais, já que foi tomada com base em um pedido da Associação Brasiliense dos Peritos em Criminalística (ABPC). A Associação Brasiliense dos Papiloscopistas do Distrito Federal (Asbrapp) entrou com o recurso para anular a liminar e aguarda decisão que pode sair ainda hoje.. (Agência Brasil)


Geral

JD

Macapá-AP, sábado, 03 de agosto de 2013

B4

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Adolescentes invadem mercantil e acabam presos Durante interrogatório, um dos suspeitos delatou os demais comparsas FOTOS ELEN COSTA

ELEN COSTA Da Redação

N

a noite de quinta-feira (1) dois bandidos armados com revólver invadiram um minibox localizado no bairro Jardim Marco Zero, na Zona Sul da cidade de Macapá, e roubaram toda a renda do dia. O valor não foi revelado à imprensa. A Polícia Militar (PM) foi acionada e homens do 1º Batalhão imediatamente se deslocaram para o local do crime. No caminho a guarnição chefiada pelo sargento R. Nunes avistou um indivíduo em atitude suspeita às proximidades. No entanto, preferiu ir até o estabelecimento comercial, por acreditar que o roubo ainda estava em andamento. Ao chegar ao mercantil os policiais foram informados que os criminosos já haviam deixado o local. Através das características, descobriram que o jovem visto há instantes atrás era um dos ladrões e deram início as diligências a fim de localizá-lo novamente. Cleuton Luiz Pinto, de 18 anos, foi encontrado no mesmo lugar. Segundo informações do sargento R. Nunes, o jovem estaria procurando a arma de

Com Cleuton Luiz Pinto, de 18 anos o taxista Cleson Dama Alcântara, de 41 anos de idade, acusado dar fuga aos bandidos

fogo que havia jogado em meio a um matagal quando viu os militares. O revólver calibre 32 foi achado e Cleuton recebeu voz de prisão. Ele foi levado até o às vítimas que fizeram o reconhecimento dele. Num breve interrogatório o suspeito delatou os comparsas e levou os militares até o paradeiro dos mesmos. O taxista Cleson Dama Alcântara, de 41 anos de idade, acusado dar fuga aos bandidos foi preso e outros dois adolescentes de 16 e 17 anos apreendidos. Cleuton e Celson foram levados para o Centro In-

Cantor de brega Jomar Nascimento, conhecido também com “Cabeludo”. Ele é o principal acusado de ter assassinado com golpes de faca companheira e o filho dela

Justiça decreta prisão de cantor acusado de matar mãe e filho ELEN COSTA Da Redação

O revólver calibre 32 foi achado e Cleuton recebeu voz de prisão

tegrado de Operações e Segurança Pública (Ciosp) do bairro Congós. Enquanto que os dois me-

nores foram conduzidos para a Delegacia Especializada em Investigação de Atos Infracionais (Deiai).

Bope prende dupla suspeita de assalto ELEN COSTA Da Redação

U

ma equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia militar (PM), chefiada pelo sargento Alan Neves, prendeu por volta das 23h desta quinta-feira (1), dois homens que estavam em uma motocicleta em atitude suspeita. De acordo com o sargento, durante um patrulhamento de rotina pela Rua Jovino de Noá, no bairro beirol – Zona Sul da capital amapaense –, Jedson Elvis Fluran Silva dos Santos, de 22 anos, e o passageiro dele Antônio Trindade Júnior, de 20, demonstraram nervosismo ao avistarem a

viatura do Bope. Ainda segundo informações da polícia, as características física e as vestimentas da dupla eram semelhantes a de dois assaltantes que haviam acabado de praticar um crime na região. Eles foram abordados e durante as buscas pessoais os militares da Tropa de Elite encontraram com um deles uma espécie de arma de fogo caseira conhecida como simulacro. Jedson e Antônio foram encaminhados para a seccional de flagrantes do bairro do Congós para que as devidas providências em relação ao caso fossem adotadas pelo delegado plantonista.

Ronda Policial JOÃO BOLERO Da 99,1 FM

BLOG DO BOLERO ESTATÍSTICA DAS MORTES VIOLENTAS DE 01.01 a 01.08.2013 1º ARMA DE FOGO: com 66 homicídios (4 culposos) 39 em Macapá; 6 em Santana; 2 em Porto Grande, 2 em Ferreira Gomes, 2 em laranjal do Jari, 2 no Igarapé da Fortaleza (Santana), 2 em Oiapoque; 1 no Distrito do Coração, 1 no Distrito de Lourenço (Calçoene); 1 na Rodovia Duca Serra, 1 em Fazendinha, 1 em Vitória do Jari, 1 em Serra do Navio, 1 em Cassiporé (Calçoene), 1 na Rodovia JK, 1 em Itaubal, 1 em Pedra Branca, 1 em Nova Colina (Porto Grande). 64 do sexo masculino e 2 do sexo feminino. Obs.: No mesmo período do ano passado foram 62 homicídios, 41 em Macapá. 2º ARMA BRANCA com 62 homicídios; 23 em Macapá; 8 em Santana;

5 em Laranjal do Jari; 4 em Oiapoque; 3 em Lourenço (Calçoene), 3 no Distrito do Coração (MCP); 2 em Fazendinha, 2 na Ilha de Santana, 2 em Porto Grande; 1 em Calçoene, 1 no Paredão (Ferreira Gomes), 1 em Tartarugalzinho, 1 na Perimetral Norte (Porto Grande), 1 em Amapá, 1 em Mazagão, 1 na BR-210, 1 na Rodovia Duca Serra, 1 em Ipixuna Grande (Itaubal), 1 em Vitória do Jari; 54 do sexo masculino 8 do sexo feminino. Obs.: No mesmo período do ano passado foram 77 homicídios sendo 32 em Macapá. 3º TRÂNSITO: com 61 óbitos 19 em Macapá; 9 na BR-156; 8 em Santana; 5 na Rodovia do Curiaú; 4 na Rodovia Duca Serra e 3 Rodovia JK; 3 na BR-210 e 3 na Rodo-

FOTOS ELEN COSTA

Jedson Elvis Fluran Silva dos Santos, de 22 anos, e o passageiro dele Antônio Trindade Júnior, de 20, demonstraram nervosismo ao avistarem a viatura do Bope

via Alceu Paulo Ramos; 2 no Paredão (Ferreira Gomes); 1 em Ferreira Gomes, 1 em Porto Grande, 1 em Cedro (Amapá), 1 em Oiapoque; 50 do sexo masculino e 11 do sexo feminino. 25 de moto, 19 de carro, 10 de bicicleta e 07 pedestres; Obs.: No mesmo período do ano passado foram 63 óbitos, 19 em Macapá. 4º AFOGAMENTO: 40 óbitos 6 em Santana; 4 em Macapá; 3 em Laranjal do Jari, 3 em Bailique, 3 em Porto Grande; 2 em Cutias do Araguari; 1 em Mazagão, 1 no Abacate da Pedreira, 1 em Amapá, 1 em Pracuuba, 1 em Oiapoque, 1 em Calçoene, 1 Maçaranduba (Tartarugalzinho), 1 no Curiaú Mirim, 1 na Tessalônica, 1 no Rio Macacoary, 1 no Igarapé da Fortaleza, 1 em Fazendinha, 1 na Rodovia Duca Serra, 1 no Torrão do Matapi, 1 em Ilha Bela/Oiapoque, 1 em Ferreira Gomes, 1 em Vitória do Jari, 1 em Cutias, 1 em Itaubal; Todos do sexo masculino; Obs.: No mesmo período

do ano passado 49 óbitos, 12 em Macapá. 5º SUICÍDIO: com 30 casos 15 em Macapá; 2 em Vitória do Jari, 2 em Cutias, 2 em Santana; 1 em Mazagão, 1 em Fazendinha, 1 em Mazagão Velho,1 em Ferreira Gomes e 1 em Porto Grande, 1 em Amapá,1 na BR-210, 1 em Mazagão Velho, 1 em Oiapoque; 21 por enforcamento, 4 por envenenamento, 2 por arma de fogo, 2 por esfaqueamento. 22 do sexo masculino e 5 do sexo feminino; Obs.: No mesmo período do ano passado foram 18 casos, 10 em Macapá. 6º PAULADA: 12 homicídios 11 em Macapá; 1 em Amapá; 11 do sexo masculino e 1 do sexo feminino. Obs.: No mesmo período do ano passado 8 casos, 5 em Macapá. 7º ASFIXIA: 09 óbitos ( 5 por homicídio e 4 por acidente doméstico) 6 em Macapá; 1em Pedra Branca, 1 em Calçoene, 1 em Amapá;

E

stá sendo considerado foragido de Justiça desde a última sexta-feira (26), depois que teve a prisão preventiva decretada, o cantor de brega Jomar Nascimento, conhecido também com “Cabeludo”. Ele é o principal acusado de ter assassinado com golpes de faca a própria companheira Maria Domingas Melo Marques, de 40 anos idade, e o filho dela, Danilo Marques Rodrigues, de 15. O crime que chocou a comunidade do distrito do Coração, no município de Santana, aconteceu no último dia 23. Em entrevista a equipe do Jornal do Dia o delegado Sérgio Grott, titular da 1ª Delegacia de Polícia Civil onde o inquérito para apurar o caso foi instaurado, disse que já ouviu várias pessoas da família das vítimas e alguns vizinhos. “Assim que recebemos o relatório da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Pessoa e que o pai do Danilo veio registrar a ocorrência dos homicídios, nós começamos a intimar testemunhas e parentes da Maria Domingas e do rapaz. Até agora todos foram unânimes em falar que o Jomar era uma pessoa estranha e

Todos do sexo masculino. Obs.: No mesmo período do ano passado 7 casos, 2 em Macapá. 8º CHOQUE ELÉTRICO: 08 óbitos 4 em Macapá; 1 em Itaubal, 1 em Curicaca, 1 em Tartarugalzinho, 1 na Rodovia Duca Serra; 8 do Sexo masculino. Obs.: No mesmo período do ano passado 6 casos, 3 em Macapá. 9º TRAUMATISMOS DIVERSOS: 07 óbitos 3 em Macapá; 1 em Vitoria do Jari, 1 em Santana, 1 em Laranjal do Jari, 1 na Rodovia Duca Serra; Todos do sexo masculino; Obs.: No mesmo período do ano passado foram 16 óbitos com 08 em Macapá 10º AGRESSÃO FÍSICA: 06 óbitos 3 em Macapá; 1 em Vitória do Jari, 1 em Tartarugalzinho, 1 em Santana; Os 5 do sexo masculino 1 do sexo feminino; Obs.: No mesmo período do ano passado nenhum caso. 11º FETO: 02 óbitos

fechada, e que ninguém sabia muita coisa da vida dele como, por exemplo, de onde veio, o que havia feito no passado e etc”, revelou Grott. Ainda segundo a autoridade policial, o crime por ter sido motivado pela venda recente de uma casa que pertencia ao filho de Maria Domingas. “Ela havia vendido a casa onde morava em Santana e comprado essa onde estavam residindo no Coração. Acontece que o antigo imóvel foi deixado pelo ex-marido para o filho do casal, o Danilo. A briga entre a Maria Domingas e o Jomar era porque ele queria parte desse dinheiro, e ela muito sensata dizia que não iria passar nenhuma quantia a ale porque os valores eram do filho dela”, contou o delegado. Sérgio Grott disse que os agentes da 1ª DP estão atuando junto com a Equipe Captura, chefiada pelo delegado Frederico Murta, a fim de prender o mais rápido possível Jomar Nascimento. “Já temos algumas informações que manteremos em sigilo, até mesmo para não atrapalhar as investigações. Mas logo, logo, quem sabe até nos próximos dias, prenderemos o acusado desse crime tão cruel”, finalizou.

1 em Macapá e 1 em Santana; Obs.: No mesmo período do ano passado 01 caso, em Mazagão. 12º QUEIMADURA: 01 óbito 1 em Macapá, Sexo masculino. Obs.: No mesmo período do ano passado nenhum caso. 13º PICADA DE COBRA: 01 óbito 01 em Macapá; Sexo feminino. Obs.: No mesmo período do ano passado nenhum caso. 14º RAIO: 01 óbito 1 em Ferreira Gomes; Sexo masculino. Obs.: No mesmo período do ano passado nenhum caso. 15º POR CAUSA DESCONHECIDA: 03 óbitos ( 1 por homicídio) 1 em Porto Grande e 1 na BR-156, 1 em Macapá. No ano passado foram 7 por causas desconhecidas. No ano passado 2 mortes por acidente aéreo, em Macapá, 1 masculino e 1 feminino. 1 morte por linha de rabiola (semi-degolado)


CadernoC

Geral Macapá-AP, sábado, 03 de agosto de 2013

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Mortalidade de crianças com menos de um ano cai 76% nos últimos anos

Estudo “indica” personalidade conforme smartphone da pessoa FOTO:DIVULGAÇÃO

Isso significa que 16,7 crianças com menos de 1 ano morrem para cada 1.000 nascidos vivos, sendo que em 1980 esse número chegava a 69 FOTO:DIVULGAÇÃO

IBGE destaca que, apesar da melhora expressiva das taxas ao longo dos últimos anos, o Brasil ainda está bem distante de regiões mais desenvolvidas

A

mortalidade infantil no país diminuiu 76% de 1980 a 2010, segundo dados apresentados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) ontem. Isso significa que 16,7 crianças com menos de 1 ano morrem para cada 1.000 nascidos vivos, sendo que em 1980 esse número chegava a 69. Indicador importante para avaliar as condições de vida e de saúde de uma população, os dados de mortalidade infantil ainda apresentam contrastes no país. Enquanto em Santa Catarina – Estado que apresenta a menor taxa – há 9,2 mortes de menores de 1 ano para cada 1.000 nascidos vivos, em Alagoas são registradas 30,2 mortes, número quase 70% mais alto. Até 5 anos Os dados de mortalidade na infância, relativos a crianças com menos de 5 anos, seguem a mesma tendência que os descritos acima. Em 2010, a taxa foi de 19,4 mortes para cada 1.000 nascidos vivos, uma redução de 77% em relação a 1980, quando houve 84 mortes para cada 1.000 nascidos vivos. A menor taxa, em 2010, foi observa-

da em Santa Catarina (11,2 mortes de menores de 5 anos para cada 1.000 nascidos vivos). Já a maior taxa foi encontrada em Alagoas (33,2 mortes por 1.000). A maior redução, entre 1980 e 2010, foi registrada na Paraíba. Em 1980, o Estado tinha taxa de 155 mortes por 1.000 nascidos vivos, passando para 26 mortes por 1.000 em 2010. O IBGE destaca que, apesar da melhora expressiva das taxas ao longo dos últimos anos, o Brasil ainda está bem distante de regiões mais desenvolvidas, como Singapura (que tem 2,5 mortes por 1.000 nascidos vivos) e Hong Kong (2,9 mortes por 1.000). “Metas do Milênio” Vale lembrar que o quarto Objetivo de Desenvolvimento do Milênio (ODM), estipulado pela ONU, tem como meta reduzir em dois terços, até 2015, a mortalidade de crianças menores de 5 anos, tomando 1990 como ano-base. Segundo o IBGE, essa taxa, no Brasil, era de 59,6 mortes por 1.000 nascidos vivos naquele ano. Como o número atual já é mais baixo que o estipulado para 2015, pode-se considerar que o país já cumpriu o compromisso.

É possível conquistar pernas tonificadas apenas com caminhadas regulares

V

erão é temporada de shorts, saias e vestidos. Ou seja, é tempo de deixar as pernas de fora. E para mantê-las bonitas, é preciso fazer alguma atividade física que as deixem mais tonificadas. A falta de tempo não pode e não deve ser considerada uma desculpa! “Algumas mudanças na rotina diária fazem com que haja uma melhora significativa na saúde como, por exemplo, evitar a utilização de elevadores e escadas rolantes, tentar ir a pé ao trabalho ou deixar o carro em uma distância maior para fazer uma caminhada”, orienta o educador físico Rodolpho Súnica, do Spa Sorocaba. São pequenas mudanças que auxiliam a ter um estilo de vida mais ativo, trazem benefícios já comprovados para a saúde e, consequentemente, deixam seu corpo em forma. Fazer caminhadas diárias é uma alternativa que ajuda a manter as pernas bonitas. O educador físico explica que o objetivo principal da caminhada não é tonificar a musculatura, mas sim melhorar o condicionamento cardiovascular. “Mas realizar a caminhada com regularidade, ou seja, pelo menos cinco vezes por semana, fará com que a musculatura das pernas fique mais tonificada”, afirma. Já os que querem optar pela corrida, precisam ter cuidado. “É importante dizer que não se deve começar a realizar corridas se o seu corpo não está preparado para tal atividade, isso pode trazer malefícios ao invés de benefícios”, explica Rodolpho. Ele esclarece que, en-

quanto algumas pessoas não estão preparadas para realizar a corrida, para outras a caminhada já não está sendo mais efetiva na melhora do condicionamento. “Isso é muito individual, pois depende do nível de condicionamento físico de cada um”, finaliza.

Exercício ajuda principalmente a melhorar o condicionamento cardiovascular

D

iga-me a marca do seu smartphone que te direi quem és (ou algo assim): um estudo britânico afirma ser possível apontar traços da personalidade de alguém de acordo com o aparelho usado. Depois de entrevistar 2.000 pessoas, a operadora britânica Talk Talk Mobile fez descobertas (minimamente) curiosas. - Tem iPhone? Então você é mais vaidoso que donos de outros smartphones, além de ambicioso, confiante, ousado, esperto e “xavequeiro”. Também costuma gastar mais com roupas e higiene pessoal. Pensa que seu chefe tem uma boa impressão de você. É “viajado”. Trabalha com mídia. - Já o dono do BlackBerry é, segundo o estudo, o mais rico e também o que mantém relações mais duradouras (algumas vão ler: “bons partidos”). Envia mais SMS e liga mais que outros donos de smartphones. Extrovertido e falante, costuma sair para jantar. Bebe mais café e chá também. Trabalha em finanças, saúde ou imó-

veis. - Quem tem Android costuma ser mais criativo e educado que os demais donos de smartphones, diz a pesquisa. É cozinheiro de mão cheia, mas assiste bastante à TV e exagera na bebida. É o mais ativo nas redes sociais. Também é tímido e calmo. Trabalha em áreas ligadas a artes, cultura e esportes. A pesquisa acertou em cheio no seu caso? Ou você tem uma personalidade mais “Frankenstein” (metade iPhone, metade Android)? Ou você usa Windows Phone? (#fail, já que o grupo foi ignorado pela pesquisa). Claro que definir alguém por um gadget é (altamente) questionável. Claro que os dados lembram aqueles resultados de testes de revistas teens (não, a Capricho não morreu). Mas pelo menos você vai poder zoar seu amigo tipo “iPhone” no próximo encontro (Aeeee, xavequeiro). Ou Android (Véi, cê bebe, hein!). E Blackberry (Cara, casa comigo?). (UOL)

Ciência sem Fronteiras tem mais de 13 mil inscritos em seis países

O

Programa Ciência sem Fronteiras (CsF) teve 13.174 inscrições para bolsas no Reino Unido, Canadá, na Austrália, Nova Zelândia, Finlândia e Coreia do Sul. O balanço foi divulgado no site do programa. As inscrições estão agora em fase de homologação até o dia 9 de agosto. As bolsas terão suas atividades iniciadas no exterior a partir de janeiro de 2014. O processo de homologação é feito pelos coordenadores institucionais do Programa Ciência sem Fronteiras. Eles selecionam os melhores estudantes inscritos. Os candidatos deverão estar regularmente matriculados em cursos de graduação ligados às áreas prioritárias, cumprir com os requisitos das chamadas, ter excelente desempenho acadêmico e proficiência no idioma do país de destino, quando exigido.

As inscrições foram distribuídas da seguinte forma: 4.909 para o Reino Unido, 3.285 para o Canadá, 3.207 para a Austrália, 1.174 para a Nova Zelândia, 377 para a Finlândia e 222 para a Coreia do Sul. O objetivo do CsF é promover a mobilidade internacional de estudantes e pesquisadores e incentivar a visita de jovens pesquisadores qualificados e professores experientes ao Brasil. As áreas prioritárias são: ciências exatas (matemática e química), engenharias, tecnologias e ciências da saúde. O programa mantém parcerias em 35 países. Até o mês de junho, implementou 29.192 bolsas em todas as modalidades de graduação, doutorado e pós-doutorado. A previsão é a distribuição de até 101 mil bolsas, ao longo de quatro anos, para alunos de graduação e pós-graduação. (Agência Brasil)


Esporte

JD

Macapá-AP, sábado, 03 de agosto de 2013

C2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Carlos Eduardo custa R$ 383 mil por jogo e completa seis meses de Fla sem gols Jogador representa até agora um dos maiores fracassos da política de austeridade financeira da diretoria rubro-negra FOTO: DIVULGAÇÃO

Mesmo com apoio de Mano (e), Carlos Eduardo (d) ainda não “decolou” no Flamengo

A

presentado com festa na sede da Gávea, vestido com a camisa 10 e apontado pela diretoria como grande contratação da temporada, Carlos Eduardo completou seis meses de

Flamengo na última semana sem ter o que comemorar. Questionado nos bastidores e nas arquibancadas, o meia disputou apenas 18 partidas e não marcou nenhum gol até o momento.

Mais do que isso, o jogador representa até agora um dos maiores fracassos da política de austeridade financeira da nova diretoria rubro-negra. Com salário de R$ 550 mil, o meia já recebeu cerca de R$ 3,3

milhões aos cofres do clube, custando aproximadamente R$ 383 mil para cada jogo completo (90 minutos) em campo. E em seis meses o tempo de jogo não é dos maiores. Carlos Eduardo

esteve em campo apenas por 780 minutos, o que representa pouco mais de oito jogos completos. E em apenas uma oportunidade iniciou a partida como titular e não foi substituído. E além de só jogar 90 minutos uma única vez, o camisa 20 – o meia não ficou com a 10 recebida durante sua apresentação – esteve em campo por mais de 45 minutos em outras cinco oportunidades apenas. Em 12 dos 18 jogos, o meia não atuou mais que um tempo. Na última quarta-feira, na derrota por 3 a 0 para o Bahia, o jogador de mais de meio milhão de salário não foi bem novamente. Apontado como pior jogador do Flamengo em campo, Carlos Eduardo foi substituído no segundo tempo e ouviu uma enorme vaia da torcida rubro-negra que compareceu em bom nú-

mero à Arena Fonte Nova. E mesmo com todos os números que provam seu fracasso e a falta de paciência da torcida, Carlos Eduardo ainda goza de certo prestígio com a comissão técnica. “Conheço ele, sei de seu potencial e de tudo que ele pode render. Temos que dar tempo ao jogador. Penso que a torcida ainda vai reconhecer o seu valor”, salientou o técnico Mano Menezes, com quem Carlos Eduardo já havia trabalhado no Grêmio no início de sua carreira. Ainda assim, mesmo com todo o apoio de treinador, Carlos Eduardo não está confirmado no time titular do Flamengo para o jogo do próximo domingo, contra o Atlético-MG, em Brasília. Vindo de uma sequência irregular, o meia pode perder a vaga na linha ofensiva do rubro-negro. (UOL)

Sevilla oferece R$ 18 milhões para contratar Ralf, diz jornal

D

epois de Paulinho deixar o Corinthians e ir para o Tottenham, outro jogador fundamental na base do time está na mira de um clube estrangeiro. É o volante Ralf, que tem oferta para atuar na Espanha pelo Sevilla, de acordo com o jornal Diário de S. Paulo. O diário afirma que o clube espanhol pode pagar até R$ 18 mil para contar com o volante. O Sevilla espera uma resposta do Corinthians até este sábado. De acordo com o diretor de futebol do Corinthians, Roberto de Andrade, o clube não pretende vender o jogador, mas isso não impede a negociação. “A gente só cogita vender o Ralf

se ele quiser ser negociado”, disse o dirigente. “Mas, pelo que sabemos, essa chance é pequena”, acrescentou Roberto de Andrade. O Diário de S. Paulo ainda noticia que Ralf teria confidenciado a amigos que a proposta não o encantou quanto às cifras propostas pelos espanhóis. Ele recebe R$ 300 mil e está entre os mais bem pagos do clube alvinegro. Seu salário foi aumentado em 2011, após a Fiorentina fazer uma proposta de R$ 15 milhões. Na ocasião, além do aumento o Corinthians ainda se mexeu para adquirir 90% dos direitos econômicos do volante.

FOTO: DIVULGAÇÃO

Ralf tem oferta do Sevilla, mas não se mostrou empolgado com as cifras propostas

Globo encurta Altas Horas para exibir UFC ao vivo

A

transmissão ao vivo do UFC Rio 4, que acontecerá hoje, motivará mudanças na grade de programação da TV Globo. A emissora cario-

ca precisou encurtar o “Altas Horas”, programa apresentado por Serginho Groisman, que terá um bloco a menos do que o normal.

Card Principal (início às 23h)

Alex é vetado pelo DM do Coritiba e adia seu reencontro com o Cruzeiro

Alex é vetado, desfalca o Coritiba e adia reencontro com Cruzeiro e Mineirão

A

inda não será desta vez que o meia Alex reencontrará Cruzeiro, clube onde é ídolo até hoje graças a uma passagem vitoriosa, que inclui diversos títulos, como Copa do Brasil e Brasileiro, ambos em 2003. O experiente jogador do Coritiba foi vetado pelo departamento médico e não estará em campo na partida de sábado, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. Ele não estará em campo por causa de uma entorse no tornozelo sentida na vi-

tória diante da Ponte Preta por 5 a 3, na quarta-feira. “O Alex sofreu um entorse leve de tornozelo direito. Iremos trabalhar com a fisioterapia para que seja liberado para a próxima partida”, resumiu o médico Walmir Sampaio. Mas ele não será o único desfalque. Além do atacante Geraldo, suspenso, do volante Junior Urso e do atacante Deivid, ambos lesionados, o lateral esquerdo Raul Iberbia não atuará contra o rival de Minas Gerais. “O Iberbia tem uma sus-

peita de lesão de musculatura posterior da coxa esquerda. Iremos acompanhar e aguardar os laudos de exames”, completou o médico do clube paranaense. “São circunstâncias que iremos passar, não há como escapar desta realidade. O que precisamos fazer é trabalhar dedicados para esta partida e contando com o nosso grupo. Faremos um treinamento justamente para acertar estes detalhes”, disse o treinador Marquinhos Santos.


JD

Diversão&Cultura

Macapá-AP, sábado, 03 de agosto de 2013

C3

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Projeto “Circo de Todos” acontece neste domingo no Museu Sacaca Atividade acontece no primeiro domingo de cada mês. Essa edição será no horário das 15h às 17h FOTO DIVULGAÇÃO

O objetivo do projeto é divulgar conhecimentos sobre as técnicas circenses

O

projeto “Circo de Todos”, coordenado pela Gerência do Projeto “Circo, Arte e Ludicidade” do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá - Iepa/Centro de Pesquisas Museológicas - Museu Sacaca, realiza neste domingo, 4, a

etapa mensal referente a agosto. Agora, a atividade acontece no primeiro domingo de cada mês e essa edição será no horário das 15h às 17h, na Maloca Multiuso. A execução do projeto vem assumindo maiores proporções a cada etapa e ganhando mais credibili-

dade junto ao público, além de abrir oportunidade a todos aqueles que desejam participar de atividades circenses. “Em agosto, quando as crianças retornam às aulas, apresenta-se também, de forma simultânea, a oportunidade de sua participação nas atividades de arte circense, que está imperdível”, relatou o gerente Fernando Chaves. O objetivo do projeto é divulgar conhecimentos sobre as técnicas circenses como arte, divertimento, entretenimento e lazer, além de identificá-las como patrimônio cultural e utilizá-las como instrumento de educação e desenvolvimento social. As aulas de circo oportunizam aos participantes momentos de vivência, de experiência e de descoberta de novas formas de expressão e de conhecimento, inspirados na linguagem artística circense, o que possibilita melhoria nas relações interpessoais

Disco de MV Bill tem questões femininas e protesto contra “ditadura do hip-hop”

C

e ainda estimula os sentimentos de cooperação e

solidariedade. Amapá)

(Agência

“Minha Mãe é Uma Peça” alcança marca de 4 milhões de espectadores Essa mãe do comercial de margarina não existe. Não existe uma mãe totalmente equilibrada. A mãe cuida, se preocupa e o filho cresce, mas ela acha que ele ainda é criança”, disse. (uol)

om produção independente e distribuição gratuita, “Monstrão”, o novo EP de MV Bill, traz o rapper e ativista de braços tatuados e cruzados na capa. A imagem de Bob Wolfnson e as primeiras batidas da pesada faixa de abertura, que dá nome ao disco, podem afastar os mais sensíveis. No entanto, por dentro do disco, as questões e a influência femininas estão mais do que presentes. Assim como a voz de sua irmã, Kmilla CDD. Parceria familiar, já conhecida do disco anterior, “Causa e Efeito” (2010). Mas aqui, Kmila participa de seis das nove faixas e divide os vocais, as rimas e o clima por igual com o irmão. “Eu fui criado, no fim da minha infância e na maior parte da adolescência, com 4 mulheres em casa. Tudo era 4 vezes mais, eram quatro de TPM. Eu aprendi a ser mais sensível às questões femininas, embora eu não consiga representar esse universo. (uol)

Horóscopo

Cena da comédia brasileira “Minha Mãe é Uma Peça - O Filme”. Adaptação da peça de mesmo nome, o filme apresenta o cotidiano de Dona Hermínia

O

filme “Minha mãe é uma peça” alcançou a marca de 4 milhões de espectadores e se tornou a segunda maior bilheteria nacional de 2013. Dirigido por André Pellenz, o longa conta com Paulo Gustavo, Ingrid Guimarães, Samantha Schmütz, Mônica Martelli, Herson Capri, Alexandra Richter, Suely Franco, Mariana Xavier e Rodrigo Pandolfo. O filme brasileiro apareceu na terceira colocação das maiores bilheterias do último fim de semana (26 a 28 de julho), de acordo

com dados da consultoria Rentrak. Cento e noventa e quatro mil ingressos para o longa foram vendidos, com um total de R$ 2,5 milhões arrecadados na soma das bilheterias. “Minha Mãe É Uma Peça” saiu dos palcos do teatro para as telas de cinema. Há sete anos em cartaz com a peça homônima, Paulo Gustavo decidiu levá-la ao cinema por ser uma história que “se assemelha à vida de muitas pessoas”, segundo contou. “A mãe que é mostrada na TV não é real. A mãe comum é a minha mãe.

Resumo das Novelas Malhação Toda a família se espanta com a mesa preparada por Sofia. Ben fica sensibilizado com a atitude da menina. Anita afirma a Serguei que só voltará para o casarão quando descobrir que é a paixão de Ben. Ronaldo comenta com Ben sobre a tristeza de Vera por causa do casamento que não aconteceu. Caetano humilha Abelardo e o culpa por ter perdido o negócio de muito dinheiro. Bernardete avisa a Caetano que as riquezas que arrecadou em seu chá beneficente serão doadas para uma creche. Os professores Fábio, Raíssa, João Luiz, Virgílio e Diva se reúnem para fazer o planejamento do ano letivo.

Sangue Bom Amora se revolta com Socorro. Gilson decide contar a verdade para Bento. Renata recebe flores, e Lili a aconselha a viver sua paixão. Natan convida Fabinho para ser seu sócio na Class Mídia. Irene mostra a Plínio a foto que tem de Fabinho quando era bebê. Salma não deixa Gilson contar a Bento que ele é seu sobrinho. Bárbara e Amora rezam para que a troca do material para o DNA tenha sido feita. Fabinho humilha Natan e destrata todos na Class Mídia. Jonas ajuda Douglas a fazer um vídeo para virar celebridade. Érico lamenta ter terminado seu romance com Palmira.

Flor do Caribe Adília mente para Guiomar, afirmando que não sabe quem é o pai de Candinho. Veridiana repreende a filha. Samuel lembra a Lindaura que, em breve, seu amigo Manolo chegará a Vila dos Ventos. Alberto oferece vantagens para Silvestre, em troca do silêncio do mineiro. Juliano e Cassiano desconfiam de que Hélio esteja encobrindo a verdade sobre o sequestro de Samuel. Ester e Cassiano procuram Hélio para conversar.

Amor à Vida César decide marcar uma reunião com os advogados do hospital. Ordália fala para Bruno que ela deu o chapéu de presente para Paulinha. Luciano diz a Bruno que dará um golpe em Joana para conseguir se formar. Eron repreende Patrícia por querer empurrar Rafael para Perséfone. César não aceita que Félix assuma sua orientação sexual e tenta fazer um acordo com Edith. Leila implica com Linda, e Renan a repreende. Lídia fotografa Leila entrando no prédio de Thales. Paulinha conta para Ordália e Gina que está se encontrando com Paloma. Silvia pede para Glauce ajudá-la a reconquistar Michel.

Áries (21 mar. a 20 abr.) Você está mais sensível hoje, captando tudo o que os mais próximos sentem- e pode fazer algo com isto, por exemplo resolver uma pendência doméstica ou dar um jeito definitivo num problema comum. Os amores também caminham bem, num clima de muita intimidade.

Libra (23 set. a 22 out.) Por enquanto você não está sendo devidamente ouvido ou levado em conta e os confrontos porque passa são desafios inevitáveis. Encare como um jeito misterioso do universo contribuir par esclarecer intenções, valores e propósitos diversos entre você e outras pessoas.

Touro (21 abr. a 20 mai.) Desdobramentos de algumas decisões financeiras hoje - é ótimo dia pra tocar pendências de trabalho com colegas ou equipe. Você também pode montar um grupo super eficiente. Boa novidade no campo doméstico, com visitas de amigos ou parentes. Saúde sensível.

Escorpião (23 out. a 21 nov.) Pode ser que você não esteja muito a fim de brilhar no mundo lá fora, mergulhado que está nos seus próprios processos e problemas internos. Mas o momento requer postura digna, autocontrole e domínio perfeito. Revele-se para os mais íntimos apenas.

Gêmeos (21 mai. a 20 jun.) Mantenha um bom espaço em sua agenda pra cuidar da própria vida, sem se apegar muito a assuntos de fora, externos ou mundanos. Você está sensível, e sua saúde pode refletir alterações de humor. Seja como for, sentirá claramente o que precisa cuidar. Inspirações!

Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Sol e Urano trazem animação e novidades em seu cotidiano nestes próximos dias. Esteja aberto para encontros com pessoas novas, e encare com espirito esportivo convites que forem feitos. Noticia feliz em casa alegra o ambiente também. Sua intuição está poderosa.

Câncer (21 jun. a 21 jul.) Necessidade de descanso e recolhimento senão, a cabecinha não para mesmo. Júpiter, Marte e Plutão em ângulo tenso pedem urgência em solucionar problemas relacionados a casa, profissão, mas será uma queda de braço.. Há quem esteja medindo forças com você.

Capricórnio (22 dez. a 20 jan.) Quanto menos você forçar a barra com seus parceiros, melhor. Não despeje sobre eles seu medo da vida, e desista de achar que consegue controlar todas as variáveis da existência. Esteja pronto a negociar, a dar seu carinho e a receber bem as variações de humor de seus queridos.

Leão (22 jul. a 22 ago.) Os amigos atraem, chamam você para conversas privadas, há revelações e decisões a tomar. Tempo bom pra apostar em seu talento criativo no trabalho. Convites devem chegar em breve, talvez para viagens para lugar distante. Presença de espirito em assuntos domésticos.

Aquário (21 jan. a 19 fev.) Você está entre amigos, há conversas interessantes e o entorno está suave para você, revelando afeto e boa acolhida. Literatura, estudos, pesquisas e meditação ajudam a encontrar o equilíbrio interno. Respeite formalidades e burocracias, isso facilitará sua vida.

Virgem (23 ago. a 22 set.) Com um cenário astral que pede paciência com os poderosos, você pode adotar caminhos inovadores, ao invés de se curvar aos caprichos alheios. Papéis e documentos precisam ser arrumados, há pendências do passado. Informação importante muda sua visão sobre um fato.

Peixes (20 fev. a 20 mar.) Clima astral positivo para dar os últimos acabamentos na vida doméstica, familiar. Assuntos de casa estão em primeiro plano também. Você tem agora que sair da zona de conforto e arriscar algo novo neste âmbito também. Simplifique e seja maleável para se entender com todos.


Sociedade

LÚCIA THEREZA @luciathereza

Macapá-AP, sábado, 03 de agosto de 2013

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Shopping realiza programação infantil

I

naugurado no dia 30 de julho, o Amapá Garden Shopping já recebeu mais de 90 mil visitam. Um sucesso de público nunca visto em um evento empresarial no Estado do Amapá. Pensando em agradar a todos os públicos, o Amapá Garden Shopping reservou um espaço no primeiro piso do empreendimento, dedicado às crianças, o “Espaço encanto infantil”, em que o participante é assistido por pedagogos e monitores. Lá, as crianças participam de atividades educativas, pinturas facial, histórias cantadas, entre outras atrações. “Espaço encanto infantil”- no primeiro piso do Amapá Garden Shopping- Crédito Keila Góes “Pensamos em todos os públicos, e, claro não poderíamos deixar o público infantil de fora, criamos uma espaço divertido e educativo, onde os pais podem levar os filhos para brincar de forma gratuita, com responsabilidade e segurança”, explica Joicilene Santos, Gerente de Marketing do Amapá Garden Shopping. O cercadinho funciona das 14h ás 22h, todos os dias. Podem participar crianças de 2 a 11 anos. Neste final de semana, haverá uma programação especial ás 17h com apresentação dos covers da Galinha Pintadinha e Patati Patatá, com muita música e brincadeiras.

A Cegonha acenou para o casal

Curtas pra curtir • SERÁ que um crime como o estupro, pode apagar outro crime, que é o aborto? Antes diziam que a pílula do dia seguinte não era abortiva, agora a mascara caiu e revelaram que sim ! A mentira sempre com pernas curtas!

“Dia dos Pais chegando, e olha oq eu ganho, VOU SER PAPAI, compartilho com todos minha emoção e alegria! Deus nao nos abandona nunca, ESTAMOS GRÁVIDOS EVELLYNE !” A alegria do casal Thiago Assis e Evellyne Santos Assis . Parabens pela grande graça da maternidade!

A alegria de ser mãe

Ser mãe de geemos aos 40 trouxe a Suzy Rego as descobertas e alegrias que ela nem sonhava existir. Descobriu a vocação para a maternidade, aprendeu a ser mais tolerante e ganhou um presentão na vida profissional, o retorno às novelas globais. “Eu aprendi a ser atriz, mas mãe eu descobri que sou por vocação. Descobri como ter tolerância após a maternidade aos 40. Tudo funciona, tudo dá certo. É muito bom”, disse a atriz, que está uns dez quilos acima do peso mas tranquila com as formas.

Viagem

Parabéns da colunista

Diretor de administração e finanças do SEBRAE no Amapá, Waldeir Ribeiro, está ao lado da esposa, Leda Coutinho Ribeiro. O diretor Waldeir, reúne a família para comemorar aniversário hoje

Eterna cidade maravilhosa, o Rio de Janeiro é um destino alegre que combina mar e montanha em uma harmonia perfeita. Cidade badalada que recebe milhões de turistas anulmente e é sede dos maiores eventos mundiais. Passeie pelas ruas do Leblon, almoce nos restaurantes famosos, faça compras em Ipanema à tarde e termine apreciando o pôr do sol no Arpoador. Ande pelas calçadas em pedras portuguesas da praia ou alugue uma bicicleta e percorra a enorme ciclovia que liga boa parte do Rio de Janeiro. Conheça a noite, tome um chopp na Lapa. Visite o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar. Esta cidade não para e nem os cariocas conseguem aproveitar tudo que ela tem para oferecer!

• DESEJAMOS ao senador Jose Sarney, pronto restabelecimento! Ele esta internado no CTI do Sírio Libanês o melhor hospital da America Latina! Nas mãos dos melhores médicos do pais, mas acima de tudo nas mãos de Deus! Estamos rezando e torcendo pela sua recuperação!

• O SHOPPING Villa Nova, vai completar um ano de sucesso e para a grande festa, quem ganha è a população, as lojas estão com 60% de desconto desde o do dia 1 de agosto . Não perca a grande oportunidade!


Jornaldodia03082013  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you