Issuu on Google+

aniversário

sem iluminação

masculino

Comemoração é com ação social

Bairros sofrem em Santana

Sub17 abre calendário 2012

O 4º Batalhão em Santana comemora mais um aniversário com vasta programação. nB4

Um exemplo é a realidade vivida pelos moradores do bairro Jardim de Deus. nB4

Programação começa em fevereiro e encerra somente em dezembro com a premiação do ano. nC1

Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

Quem lê, sabe mais! Macapá-AP, Quinta-feira, 12 de Janeiro de 2012 - Ano XXV

Domingo e Segunda R$ 3,50 - Terça a Sábado R$ 1,50

proposta

Aeroporto empacado pode dar lugar a casas populares Dirigentes da Caixa Econômica Federal disseram em reunião com a bancada amapaense que a área onde está localizado o Aeroporto Internacional de Macapá está es-

trangulando o centro da capital, e sugeriram que a mesma seria suficiente para resolver o restante do déficit habitacional do Amapá que chega a 35 mil moradias. nB3 heverton mendes

captura

2011 fechou com 311 foragidos detidos Mandados de prisão de crimes de violência contra a mulher, embriaguez ao volante e poluição sonora também foram cumpridos pelos agentes daquela especializada. nB2

caesa

Servidores prometem paralisar a partir de hoje A paralisação é uma tentativa de conscientizar a direção da empresa quanto ao atraso no pagamento dos salários dos trabalhadores, prática ocorrida todos os meses. nB3

macapá

divulgação

Prefeitura faz mudanças nas Secretarias

no amapá

Casos de malária cresceram 8%

Apesar da coincidência com o ano eleitoral, o prefeito de Macapá, Roberto Góes, disse que o objetivo das mudanças é dinamizar a relação entre a população e máquina pública. Até agora já foram criadas quatro novas autarquias. nB1

Enquanto que em todo os Estados da Amazônia Legal os números de casos de malária tiveram uma redução, no Amapá apresentou um aumento significativo da doença. nB1 Heverton mendes

em análise

Aposentado que voltar ao mercado de trabalho poderá ter novos direitos Pela proposta, esses profissionais passarão a desfrutar de benefícios que deixaram de receber em razão da aposentadoria. Assim, eles

voltarão a receber o auxíliodoença, o auxílio-acidente e o apoio do serviço social. A proposta está em análise na Câmara Federal. nA7

copa são paulo

Oratório empata e está fora O time amapaense volta pra casa com uma excelente apresentação e elogiado pela crônica paulista, que aproveitou para

criticar o trabalho da diretoria do Bragantino. O Oratório finaliza sua participação com quatro pontos ganhos. nC1 divulgação

detran

Diretor João Gomes nega denúncias de favorecimento Diretor contou que as denúncias feitas por ex-funcionária só deram publicidade a um inquérito aberto desde dezembro, investigação essa que

iniciou após sua própria iniciativa. João ainda disse que tal exposição do assunto à mídia só dificultará as investigações. nB3

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110


JD

“ ” Opinião

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

EntreAspas

Editorial Ao trabalho, Excelência!

JANDERSON CANTANHEDE Jornalista

Desorganização – A coordenação do Malagueta mais uma vez estará realizando evento no Solar das Palmeiras. Desta vez, trazendo o funkeiro Mr. Catra para uma apresentação amanhã. Será que dessa vez vai ser a mesma desorganização que aconteceu na festa de réveillon? Sem condições – Sem área devida para estacionamento, o Solar das Palmeiras recebeu recorde de público na virada do ano e como não tinha ninguém organizando o fluxo de veículos, a festa virou um verdadeiro pandemônio para muita gente que pagou caro para ter comodidade. É pagar para ver no que vai dar!

tem razão. O Aeroporto de Macapá deve ser um dos mais capengas de todas as capitais do Brasil. Imaginem a vergonha de receber um visitante pela primeira vez. Desde 2004 estão tentando construir um novo, mas hoje após oito anos as obras ainda estão empacadas. Negou – O diretor do Detran, João Gomes, negou as acusações sofridas pela ex-funcionária Maria José Girão, tida no órgão como “caxias”. Daquelas de botar a boca no trombone, Girão disse que recebeu vários pedidos de João para favorecer amigos na prova de CNH. João, claro, disse que tudo não passava de invenção.

Aeroporto – A Caixa Econômica Federal resolveu radicalizar de vez ao tratar do Aeroporto Internacional de Macapá. Disse que se o mesmo fosse retirado do centro da cidade para outro lugar mais afastado, poderia amenizar o déficit habitacional no Estado.

Um aviso - Alvo de nove entre dez juízes, e também do ministro Marco Aurélio Mello, do STF, que não aceitam seu estilo e determinação, a ministra Eliana Calmon, corregedora nacional da Justiça, manda um recado àqueles que querem barrar seu caminho. “Eles não vão conseguir me desmoralizar”.

Faz sentido – Pensando bem, até que a Caixa

Atacou pesado - O ministro do STF disparou a

FotodoDia

mais pesada artilharia contra a corregedora desde que ela deu início à sua escalada por uma toga transparente, sem regalias. No programa Roda Viva, da TV Cultura, Marco Aurélio partiu para o tudo ou nada ao falar sobre os poderes dela no CNJ. “Ela tem autonomia? Quem sabe ela venha a substituir até o Supremo.” Ocultando – À imprensa nacional, Eliana Calmon disse que seus críticos querem ocultar mazelas do Judiciário.

Sem regalias – O sacode que a magistratura nacional vem passando parece não ter previsão para encerrar. Os juízes perderão a blindagem que protege seus benefícios e certas regalias, criados em 1979 com a edição da Lei Orgânica da Magistratura (Loman). O presidente do STF, ministro Cezar Peluso, mandará para o Congresso até o final de

abril a proposta de uma nova lei. Não querem - A lei permanece intocada há mais de 30 anos. Não precisa nem dizer que todas as iniciativas de mudança foram combatidas pelas entidades de classe da magistratura. Porém, quando o texto chegar às mãos do Legislativo, o Judiciário perderá o comando do processo político. Um exemplo - O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, voltou à sala de aula. Tema do curso: sinalização e conceitos da legislação de trânsito. Com mais de 30 pontos na carteira de habilitação, apreendida há dois anos, o ministro teve que se submeter à aula de reciclagem. Bem que o exemplo poderia ser seguido no Amapá com tantos despreparados dirigindo no trânsito. Até amanhã...

“Ojornalismoé,antesdetudoesobretudo,aprática diáriadainteligênciaeoexercíciocotidiano do caráter” (Claudio Abramo) Siga: @cantanhede_AP Acesse:jandersoncantanhede.wordpress.com Email: cantanhede@jdia.com.br

Ano político e o que tudo indica é que a Prefeitura de Macapá tem muito trabalho pela frente. A capital está crescendo e com isso os problemas tendem naturalmente aparecer, porém, o que não podemos continuar vendo são locais cheios de lama e mato. HEVERTON MENDES

A2

P

ara quem acredita em um Ser Supremo, para criar o mundo, ele trabalhou seis dias e descansou no sétimo. Até Ele se deu este direito. O simples e mortal trabalhador tem seu descanso, inclusive, remunerado. Ele fica em casa, melhora o tempero do feijão e assa uma carne ou um peixe para rebater com um açaí, do fino, custeado pelo seu suor. Do contrário, o homem público tem mordomias exageradas como alimentação da mais alta qualidade, pois, em sua farta mesa,ricamente decorada de flores, diariamente, são servidas carnes de cortes nobres, camarões do tipo GG sem cabeça, lagostas, caviar, champanhes e água mineral francesas, vinhos argentinos, chilenos e de outras nacionalidades e filés de peixes especiais, tudo, custeados pelo arrecadado dos nossos impostos. Para quem trabalha diariamente, e no final do expediente está com os dois dedos indicadores doloridos de tanto dedilhar um teclado trocando idéias nas mídias virtuais, está custando muito caro para o contribuinte. Enquanto goza um recesso desnecessário, o povo sofre nas filas dos hospitais esperando por uma alma caridosa que lhe consiga uma ampola de analgésico para mitigar a dor. Implora para que a polícia faça ronda

constante no seu bairro para afugentar os bandidos que roubam dos moradores, das moedas do pão ao pagamento dos velhos aposentados, bicicletas e celulares para trocar por drogas, cujas bocas de fumo crescem mais que mato na cidade. As diversas crises que atravessa o Estado, merece que o chefe do executivo esteja a frente, comandando seus auxiliares nas resoluções dos problemas cruciais que atingem a população. Politicamente, o problema do orçamento – batata quente deixada nas mãos de sua vice – que deve mandar publicar ou não os vetos oficiais, para que finalmente possa valer ou não os recursos destinados aos poderes. Grandes homens e/ou mulheres públicas, esta, acometida de uma grave doença cancerígena e devidamente submetida dolorosos tratamentos, interrompem seus curtos descansos de final de ano tanto que algum problema relevante aconteça. Um jovem, cheio de força e saúde, não pode se dar ao luxo de largar o poder que o povo lhe confiou, para curtir uma média temporada de “férias”, justamente, quanto a casa não foi bem arrumada e nem fez o simples dever de casa com competência devida. Ao trabalho, Excelência, honrando o que nós lhe pagamos!

Hora-Hora Rematrícula - O Centro de Educação Profissional de Música Walkíria Lima avisa que o período de rematrículas para o ano letivo de 2012 encerrará no dia 13 de janeiro, impreterivelmente. Madeireiras - O Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Estado do Amapá (Imap) realiza ação de notificação em todas as atividades na área do Igarapé da Fortaleza, Pedrinhas e Canal do Jandiá, principalmente do setor madeireiro.

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994) Diretor Editorial: José Arcângelo Pinto Pereira Diret. Adm. Financeira e Contábil: Maria Inerine Pinto Pereira Diretor de Assuntos Corporativos: Luiz Alberto Pinto Pereira Diretor Executivo: Marcelo Roza Assessoria Jurídica e Tributária: Dr. Américo Diniz — OAB/AP 194 Dr. Eduardo Tavares — OAB/DF - 27421 Editor-Chefe: Janderson Cantanhede Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br josemaria@jdia.com.br mariaruth@jdia.com.br

Índice Opinião - A2, A3 Política - A4 Economia - A5 e A6

Meio Norte - A7 Diversão - A8 Dia Dia - B1, B3

JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representantes comerciais JC Repres. Com. Ltda. - Brasília, DF n Tel. (61) 2262-7469 - Rio de Janeiro, RJ nº Tel. (21) 2223-7551, São Paulo Visão Global Comunicação S/C Ltda. n Rua Alvarenga, 573- Butantã - CEP - 05509-000 - São Paulo, SP Tel. (11) 3032-3595, Fax (11) 3032-4102. New Mídia - Belém-PA (Gil Montalverne) Tel.: (91) 3279-3911 / 8191-2217 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Polícia - B2 Santana - B4 Classidia - 12 Pág

Ediçãonúmero 7797

Cadastro - A campanha é fundamental para o controle da origem da madeira comercializada em todo o Estado. Ficou estabelecido que, no prazo máximo de seis meses, todas as madeireiras amapaenses deverão estar cadastradas e com li-

cença ambiental. Inadimplência - A alta da inflação e o encarecimento do crédito em 2011 fizeram a inadimplência ter a maior alta em nove anos. Analistas dizem, porém, que este cenário não deve se repetir em 2012. Mortos - O Brasil é o terceiro país da América Latina onde mais ocorreram assassinatos de jornalistas em 2011. Segundo ranking elaborado pela SIP (Sociedade Interamericana de Imprensa), 4 das 24 mortes de profissionais de comunicação registradas foram no país, que fica atrás apenas do México (7 mortes) e de Honduras (5). Também estão no ranking Peru (3), Colômbia (1), El Salvador (1), Guatemala (1), Paraguai (1) e República Dominicana (1).

Frases do Dia “Quemquiservencernavidadevefazer comoosseussábios:mesmocomaalma partida,terumsorrisonoslábios.” (Fernando Corrêa) “Noconvíviocomsábioseartistasfacilmentenos enganamosnosentidooposton : ãoéraroencontrarmos pordetrásdumsábionotáveu l mhomemmedíocre, emuitasvezespordetrásdeumartista medíocre-umhomemmuitonotável..” (Friedrich Nietzsche) “Sóamágoadeveriaserainstrutora dos sábios; / Tristeza é saber.” (George [Lord] Byron) “Tantonostornaríamossábiosconservandonopensamentoosdiversosresíduosdetodasasfilosofiashumanasc ,omoteríamossaúdeengolindotodososfundosde garrafa de uma farmácia antiga.” (Victor Hugo) “MaissábiosqueoshomenssãoospássarosE . nfrentam astempestadesnoturnast,ombamdeseusninhoss ,ofremperdasd , ilaceramsuashistóriasP . elamanhãt,em todososmotivosparaseentristecerereclamar,mas cantamagradecendoaDeuspormaisumdia.’’ (Augusto Cury)


JD

Opinião

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

A3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Nomundodalua Omaiorestragodocrack RodrigoWolffApolloni Colunista

RODOLFOJUAREZ Jornalista

O

comportamento de muitos agentes públicos que recebem atribuições na gestão, principalmente aquelas ligadas à execução de atividades que têm direta correspondência com o público, está mal orientado ou disposto a se valer de todas as possibilidades para executar o trabalho nos limites da atribuição, sem importar-se com o resultado, negando um dos princípios básicos da Administração Pública – a eficiência. Para a população, seria o mesmo que torcer por um time que tem um goleiro muito bom, com o melhor uniforme, com departamento técnico e médico à sua disposição e os seus salários em dia e, complementarmente, os demais jogadores sem qualquer amparo médico, com salários atrasados e dispostos a fazer gol contra. Um “time” assim venceria algum jogo? Claro que não. E, principalmente, não poderia ser chamado de time. Pois é isso que está deixando parecer alguns órgãos que tratam de questões de interesse do consumidor. Enquanto de um lado o Instituto de Pesos e Medidas do Amapá – IPEM/ AP deflagra uma ação de combate à fraude da volumetria nos postos de gasolina, a sua frente

pode estar acontecendo outro tipo de fraude, como por exemplo, adulteração na composição do combustível automotivo, que aquela autoridade pública considera que, em não lhe cabendo a atribuição de combater a adulteração da composição do combustível, o que de melhor pode fazer em favor do consumidor é indicar o órgão que teria aquela atribuição. Dá a impressão que não há a compreensão, por parte daqueles agentes públicos, que os organismos de uma engrenagem administrativa só funcionam de forma complementar, isto é, as atividades não se encerram em apenas um órgão e que, para se constatar a eficácia é preciso que todos os órgãos funcionem. Os mundos dos agentes públicos estão separados dos mundos do cidadão que não é agente público. Só pode ser essa a interpretação que predomina entre os agentes públicos, pois sempre informam condições que não são reais e, mais, estão longe da realidade. Ora, afirmar que para vender areia, essa mesma areia que é utilizada para fazer a massa com cimento, o vendedor tem que ter uma “caixa milimetrada”, é ignorar que, na prática não funciona dessa maneira. A areia é comprada ou vendida com medições empíricas, medidas em “pazadas” ou em latas

de 18 litros ou, até, medidas em caçambas de pá carregadeira. Então vive ou não vive em outro mundo quem pensa assim? É claro que os manuais mandam que se tenha outro procedimento. Mas não é porque os manuais mandam que a realidade se modifica. A mesma coisa com relação à medida do litro do açaí. Nem todas as amassadeiras têm a medida e quando têm, não é aquela milimetrada como exige o manual. Existe uma confiança entre o consumidor e o fornecedor, pois este sabe que se perder essa confiança, também perde o cliente. E ainda tem o “litro” da farinha d’água ou da farinha de tapioca, para esses produtos vendidos em feiras-livres ou nas beiradas de calçadas pelas ou nas vias de Macapá. Esse, em regra, é o único litro que mede 900 mililitros, isto é, o “litro” passa a ser apenas o apelido da medida e nada tem a ver com a unidade de medida do sistema de medida adotado entre nós. O que se observa é que há muito para fazer por aqui e para que as peças da gestão pública no Amapá se completem e constitua um corpo e os agentes um time. Como está o patrão (o povo) não pode ficar satisfeito. Reclama do que paga para os agentes públicos, pois alguns deles estão no mundo da lua.

Pedagogiadesafiadora AlexandreSoares Colunista

J

á repararam que quando há uma palestra e o palestrante pede para que os professores que estão na plateia faça algum tipo de ginástica ou movimentos corporais há grande resistência e comentários como: -Ai minha nossa,eu já estou velha para essas coisas! Mais essa ainda! Eu Heim, Vou pagar mico! De fato isso acontece pela simples razão: Professores não são acostumados a encarar desafios como gincanas, quiz entre outros, o que os tornam apenas professores informadores de alunos copistas,que irão digerir tais informações,mas ao chegar em casa darão Graças a Deus dessa aula ter acabado e quando seus pais lhe perguntarem como foi a aula hoje dirão: -A mesma chatice de sempre mãe! Se pudesse nem iria pra lá amanhã! Mãe, Posso jogar Uno ou jogar no computador,tive um dia muito chato hoje? Isso nos mostra que,o desafio o qual o aluno não teve na escola busca no computador.É preciso investir em gincanas divertidas e que podem ser feitas dentro da própria sala de aula,além de usar artifícios desafiadores que podem e devem ser improvisados também pelo professor como a barraca de pesca,a qual os alunos serão desafiados em equipe sendo um de cada vez num tempo de 2 minutos por integrante a pescar o peixe com a palavra VENCEDORES ou uma outra que entusiasme as equipes que podem ser separadas por fileira. E claro,o professor também tem que entrar no espírito da gincana, do

quiz, do desafio seja lá qual for, pois os alunos só sentirão tal sentido se verem seus professores também serem desafiados e o resultado de tudo isso é mais energia,um despertar gostoso para a uma aprendizagem diferenciada de forma dinâmica,simples mas que certamente fará com que este aluno não veja a hora de amanhecer e voltar pra escola! Articulistas da educação atual como a pedagoga Jocineide Ribeiro em relação ao desafio proporcionado pelo lúdico em sala de aula revela: -”Todos temos um lugar específico na sociedade, fazemos parte da natureza. O jogo é uma forma de representar o contexto em que estamos inseridos, independente da época, classe social e outros fatores. No processo evolutivo que caracteriza o desenvolvimento humano, especialistas e estudiosos do assunto, consideram que o potencial lúdico tem função muito importante. A medida que o indivíduo vai se libertando do princípio do prazer, e passa a interagir com a realidade buscando equilíbrio entre a satisfação e não- satisfação de seus impulsos mais primitivos, bem como o equilíbrio de sua emoção, sua afetividade, ele precisará de um elemento que é o brincar. Cuja função permite que se adapte ao meio e passe a valorizar os demais integrantes e respeitar regras e valores”. Já a professora especialista Anne Almeida, professora do curso de Pedagogia e Educação física: -O ato de criar permite uma Pedagogia do Afeto na escola. Permite um ato de amor, de afetividade cujo território é o dos sentimentos, das paixões, das emoções, por onde transitam medos, sofrimentos, interesses e alegrias. Uma rela-

ção educativa que pressupõem o conhecimento de sentimentos próprios e alheios que requerem do educador a disponibilidade corporal e o envolvimento afetivo, como também, cognitivo de todo o processo de criatividade que envolve o sujeito-ser-criança. A afetividade é estimulada por meio da vivência, a qual o educador estabelece um vínculo de afeto com o educando. A criança necessita de estabilidade emocional para se envolver com a aprendizagem. O afeto pode ser uma maneira eficaz de se chegar perto do sujeito e a ludicidade, em parceria, um caminho estimulador e enriquecedor para se atingir uma totalidade no processo do aprender. Na atividade lúdica, o que importa não é apenas o produto da atividade, o que dela resulta, mas a própria ação, o momento vivido. Possibilita a quem a vivencia, momentos de encontro consigo e com o outro, momentos de fantasia e de realidade, de ressignificação e percepção, momentos de autoconhecimento e conhecimento do outro, de cuidar de si e olhar para o outro, momentos de vida. A Pedagogia desafiadora envolve além dos valores coletivos e de equipe,resgatam a auto-estima do professor,principal agente da transformação e participante deste processo de ludo-educação, pois depende dele a abertura para se quebrar velhos paradigmas,como o uso constante do livro didático como instrumento usado pelo professor em sala de aula para dar cópias e mais cópias o que afasta os alunos da escola,os fazem pensar que a escola nada mais é do que um lugar onde os livros são chatos,os professores mais ainda,ninguém é feliz e o aprender menos ainda!

O

maior estrago provocado pelo crack, reflito enquanto caminho pela Travessa Nestor de Castro, é o da desumanização. Não a evidente, dos consumidores, que vemos bestas jogados aqui e ali ou correndo, olhos acelerados, em busca de uma conversa rápida sob um orelhão. Desumanização nossa, nosso próprio receio de caminhar sossegados, relógio virado para dentro no pulso, bolsa agarrada ao subir a escadaria da semimorta galeria Julio Moreira. Pois é: temos medo e, por causa disso, ódio dos espectros que vagam pelo centro velho de Curitiba. Supremo incômodo: gostaríamos, apenas, que eles sumissem, evaporassem/sublimassem sem deixar vestígios.

Percebi meu próprio horror outro dia, quando, em um fim de tarde, fui até a livraria Joaquim buscar uma encomenda. Na falta de vagas e na insurgência contra deixar R$ 8 por 15 minutos de estacionamento, parei a viatura na Rua São Francisco, naquela estranha segunda quadra entre a Riachuelo e a Presidente Faria. Saí, peguei os livros e, quando voltava, percebi, da esquina, uma criatura agachada na frente do carro. Continuei caminhando e, a poucos metros, apertei o botão do alarme, que emitiu um sinal sonoro e acionou o pisca-pisca uma vez. Automaticamente, a criatura – na verdade, um adulto jovem e esquálido – deu um pulo e se colocou de pé. Cachimbo apagado, olhou para mim e falou em voz baixa: “O senhor me desculpe”, para desaparecer em seguida.

Pego de surpresa, me dei conta de que aquela criatura não era, de fato, só uma “criatura”, uma besta. E fiquei encabulado. Gostaria de ter respondido alguma coisa, um solidário “sossegado”, ou coisa parecida. Não deu nem tempo. Fui para casa matutando. No dia seguinte, porém, ao retornar ao Centro, encontrei as mesmas figuras sujas e assustadas. E, mais uma vez, vesti a armadura do medo, da impaciência e do ódio. Onde está a polícia? Por que não prendem os traficantes? Por que não prendem todo mundo? Por que não internam compulsoriamente os viciados? Por que, enfim, não os fazem sumir do mapa? Pois é: a reificação, essa conversão do homem em coisa, parece viciar tanto quanto o crack. E esse, talvez, seja o resultado social mais sério, mais trágico, da droga.

Siga o brasilsemiseria

Saiba como o @BrasilSemMiséria quer fortalecer a parceria entre agricultores familiares e redes de supermercados. Veja.


JD

Informe Publicitรกrio

Macapรก-AP, quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

A4-A5


Economia

JD

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de janeiro de 2012 DIVULGAÇÃO

A6

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Bastidores danotícia RODOLFOJUAREZ Jornalista

IPEM/AP Técnicos do Instituto de Pesos e Medidas do Amapá (Ipem/AP) iniciam, no começo da semana, a verificação periódica de bombas medidoras de combustível líquido nos postos de Macapá e Santana. Durante a ação, as bombas de combustível devem estar de acordo com as normas estabelecidas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).

Consulta pública da ANTT busca sugestões para redução do teto das tarifas ferroviárias De acordo com o superintendente de Serviços de Transporte de Cargas da ANTT, Noboru Ofugi, a consulta ajudará a agência a buscar “sugestões que possibilitem uma redução máxima e justa das tarifas”

A

s tarifas ferroviárias podem ter seu preço teto reduzido em até 70%, caso avance a proposta de reformulação dos contratos de concessões apresentada pela Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT). Há a possibilidade de a redução ser ainda maior, caso sejam apresentadas sugestões “com base técnica convincente” durante o período de consulta pública iniciado. De acordo com o superintendente de Serviços de Transporte de Cargas da ANTT, Noboru Ofugi, a consulta ajudará a agência a buscar “sugestões que possibilitem uma redução máxima e justa das tarifas”. Ele explica que, em função dos reajustes adotados

nos últimos anos, as tarifas teto adquiriram valores que não condizem com a realidade do setor. “As concessionárias já têm cobrado preços bem abaixo do teto, por causa da forma como os reajustes foram calculados. O teto atual não tem nada a ver com o custo, e dá um certo conforto para as concessionárias, que já cobram preço bem abaixo do estipulado. Essa revisão está prevista em contrato, e o que se quer agora é oficializar o preço praticado hoje e induzir as concessionárias a trabalhar dentro de uma melhor produtividade”, disse Ofugi à reportagem. “Na proposta desenvolvida pela ANTT, adotamos uma metodologia que

aponta uma tendência de redução que varia de concessionária para concessionária, entre os patamares de 10% a 70%, dependendo de fatores como produto, trecho e linha”, informou. A ANTT já detalhou a proposta para representantes do setor no último dia 5. “Colocamos em consulta a proposta de reajuste das tarifas teto e nosso objetivo, agora, é receber contribuição, visando a estabelecer um teto tarifário que tenha compromisso com o custo para prover o serviço”, disse. “Claro que isso poderá implicar, também, em uma diminuição do custo Brasil”, lembrou. “Para o cidadão, a consequência serão tarifas mais reais, compromissadas

com custo para prover serviço”, avaliou. Qualquer cidadão pode apresentar sugestões. “Basta entrar no campo Consulta Pública no portal da ANTT. Lá terão acesso à forma como a base metodológica de cálculo foi montada, e a explicação de como os custos foram apurados”, informou Ofugi. “Nossa expectativa é de que muitas pessoas contribuam para a melhoria do processo e da metodologia. Acreditamos que há condições de melhorar ainda mais nossa proposta. Por isso ficaríamos ligeiramente frustrados se ninguém apresentasse nada, ainda que isso signifique que nosso plano tenha sido bem feito”, concluiu.

Venda de veículos importados em 2011 aumenta 87%

O

número de veículos importados emplacados no país em 2011 aumentou 87,4% em relação a 2010. Segundo balanço divulgado ontem

(11) pela Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores (Abeiva), em 2011, foram comercializadas 199.366 unidades

contra 106.360 no ano anterior. A participação dos veículos importados no mercado nacional foi de 5,82%. Os dados mostram ainda que, em dezembro do ano passado, na comparação com novembro, houve crescimento de 26,8%, com a venda de 19.151 unidades contra 15.098. Na comparação com o mês de dezembro de 2010, quando foram emplacadas 13.487 unidades, houve alta de 42%. De acordo com o presidente da Abeiva, José Luiz Gandini, é muito cedo para fazer projeções para 2012, mas na sua avaliação, o

mercado dos importados deve cair em torno de 20%. Segundo ele, será melhor avaliar o desempenho do setor em fevereiro ou março, já que em janeiro muitos dos consumidores estão em período de férias e, por isso, deixam de comprar carro. Só a partir do terceiro mês do ano, pelos cálculos de Gandini, as concessionárias de importados terão uma ideia de como o aumento da alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) que incide sobre os produtos não nacionalizados refletirá nas vendas. “Chegou a hora da realidade. No primeiro momento, o IPI de 15 de setembro mudou para 15 de novembro. Muita gente tinha carro em estoque, nacionalizou antes e está vendendo carro com preço feito com o IPI antigo. Agora, a realidade é que todo mundo está nacionalizando com IPI novo, com 30 pontos a mais. Agora, vamos sentir o mercado, saber até quanto cada marca vai repassar e saber o que o consumidor vai assimilar desse percentual”, analisou. De acordo com Gandini, a Abeiva está analisando a inconstitucionalidade do decreto que determina o aumento do IPI para os veículos não nacionalizados, mas ainda não tomou uma posição definitiva, devido à dificuldade judicial que a questão envolve por ser uma disputa com o governo. “É muito difícil tomarmos uma decisão desse tipo, por isso não tomamos uma decisão contra a validade do decreto, que é inconstitucional. Todo bem quando paga o imposto de importação ao entrar no país, já é considerado nacional. Então, o IPI não pode ser diferenciado entre nacional e importado”.

Curioso O curioso, segundo os consumidores, é que se a medida estiver certa, conforme apuração do Ipem, o posto será considerado como funcionando normalmente, nem que esteja vendendo o combustível com composição adulterada. Segundo Raimundo Gaudêncio, do Ipem/AP, essa é uma atribuição de outro órgão do Governo do Estado e que, por isso, nada lhe compete e “o posto é considerado regular”. Os milionários Esta semana a população foi apanhada de surpresa com a informação de que no Estado do Amapá está o endereço de 476 milionários. Essa novidade, que poderia ser muito boa, não agradou a uma porção de gente, principalmente aquelas que estão no grupo que não se conforma com a atual situação de dificuldades em que vive a população amapaense. Posições O Amapá está muito bem posicionado no 6º lugar, atrás apenas de São Paulo (endereço dos primeiros), Rio de Janeiro (endereço dos que estão em segundo lugar), do Distrito Federal (3º), Rio Grande do Sul (4º) e Paraná (5º). Essa posição foi obtida pela divisão do número de habitantes pelo nº de milionários. Uma relação que relativiza os valores absolutos apresentados. Canal da Mendonça Junior Os moradores da Avenida Mendonça Júnior, do trecho onde está o Canal, estão uma fera com o secretário de Estado da Infraestrutura, o ex-deputado estadual Joel Banha. A ira começou depois que o secretário afirmou, em uma emissora local de televisão, que “não tem plano nenhum para dar continuidade na obra do Canal da Mendonça Júnior este ano”. Os moradores não entenderam mais nada. Aniversário da Cidade Os técnicos da Prefeitura Municipal de Macapá já apresentaram a minuta do Programa que será desenvolvido no dia 4 de fevereiro para marcar os 254 anos da Cidade de Macapá. Está sendo aguardado ainda para esta semana a palavra final do prefeito Roberto Góes para que as providências para a festividade sejam tomadas. A população está aguardando uma grande festa. Pega bem A Rádio Afuá pega bem em Macapá. A Rádio Afuá FM pode ser sintonizada na posição 87,9 na faixa de frequência modulada. Fica na Rua Mariano Cândido de Almeida, nº 41- Centro, Afuá/PA. Telefone: (96) 3689 1225. Adota como marca “uma nova emoção no ar”. A emissora pertence à Associação Comunitária de Desenvolvimento Artístico e Cultural do Afuá – ASCOA. Mudanças O ano de 2012 será marcado por várias mudanças no quadro administrativo da Prefeitura de Macapá. É que anuncia o setor de comunicação da Prefeitura. O intuito é dinamizar a relação entre a população e máquina pública municipal. O objetivo central proposto pelo

prefeito Roberto Góes é diminuir a burocracia nos atendimentos e na resolução dos processos. Além disso, estes novos setores da administração poderão acessar recursos externos, como verbas federais e parlamentares. Rendimentos sujeitos à retenção As pessoas jurídicas que pagaram ou creditaram rendimentos sujeitos à retenção de Imposto de Renda e Contribuições Sociais na Fonte, ainda que em um único mês do ano-calendário a que se referir a Declaração, devem apresentar a DIRF até dia 29.02.2012. Devido a importância dessa obrigação acessória, que visa informar à Receita Federal do Brasil o comprometimento da pessoa jurídica em relação às retenções federais, os contribuintes devem ficar atentos aos detalhes de seu preenchimento. Obesidade infantil Uma campanha de combate à obesidade infantil tem levantado polêmica nos Estados Unidos. Imagens dos alertas veiculados na cidade de Atlanta, no estado da Geórgia, mostram crianças acima do peso com semblantes sérios e dizeres como “é difícil ser uma garota pequena se você não é” ou “minha gordura pode ser engraçada para você, mas está me matando”. RIO + 20 A Organização da Rio+20, cúpula da Organização das Nações Unidas (ONU) que vai debater o desenvolvimento sustentável, divulgou esta semana o primeiro rascunho do texto-base que vai pautar o encontro, previsto para acontecer de 22 a 26 de junho no Rio de Janeiro. Preocupação com a pobreza Elaborado com ajuda de diversos países, o relatório aponta preocupação com a pobreza no mundo, “onde existe 1,4 bilhão de pessoas em situação de miséria, sob ameaça constante de pandemias e epidemias”, e reconhece a necessidade de “redobrar esforços” contra este problema, além de assegurar que as atividades humanas respeitem os ecossistemas da Terra. Pagamento milionário O desembargador Roberto Bellocchi, ex-presidente do TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo, aprovou para si próprio um pagamento milionário, aponta investigação conduzida pela corte paulista. Bellocchi recebeu cerca de R$ 1,5 milhão no biênio 2008-2009, quando presidiu o TJ. De acordo com a investigação, o valor é o maior benefício pago pelo Tribunal a um único desembargador. Novo IPCA Cinco dos nove grupos que compõem o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) perderam peso no cálculo do índice a partir deste ano, mas duas classes de despesa importantes habitação e transportes - vão ter uma relevância maior, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que divulgou as novas ponderações na quartafeira. Valor do indicador Segundo os analistas, o impacto dessas mudanças deverá reduzir os valores do indicador, favorecendo a queda da inflação. O IPCA é usado para o sistema de metas de inflação do governo e as mudanças de ponderação já refletirão no cálculo de janeiro, bem como no INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) deste mês, ambos com divulgação em fevereiro.


JD

Geral

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Aposentado que retornar ao trabalho poderá ter novos direitos e benefícios Segundo o autor da proposta, senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), os aposentados que trabalham sofrem discriminação com as atuais restrições

A

Câmara analisa o Projeto de Lei 2567/11, do Senado, que concede novos direitos aos aposentados que permanecerem ou voltarem ao trabalho em atividades regidas pelo Regime Geral da Previdência Social. Pela proposta, esses profissionais passarão a desfrutar de benefícios que deixaram de receber em razão da aposentadoria. Assim, eles voltarão a receber o auxílio-doença, o auxílio-acidente e o apoio do serviço social. Atualmente,

DIVULGAÇÃO

os aposentados que continuam trabalhando têm direito apenas ao salário-família e à reabilitação profissional. Segundo o autor da proposta, senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), os aposentados que trabalham sofrem discriminação com as atuais restrições. “Eles contribuem como os demais trabalhadores, mas não recebem dois dos auxílios de que mais precisam, já que em função da idade estão mais predispostos a doenças e acidentes”, afirma.

Movimento secundarista critica manifestação estudantil que queimou ônibus no Espírito Santo

A

União dos Estudantes Secundaristas do Espírito Santo (Ueses) fez duras críticas à manifestação “dos cerca de 50 anarquistas” que queimaram um ônibus e interditaram o trânsito em Vitória, em protesto contra o aumento das passagens. Segundo a entidade, esses atos, apesar de praticados por estudantes, não contam nem com a participação e nem com o apoio do movimento estudantil. Na manhã de ontem, os manifestantes interditaram as avenidas Getúlio Vargas e Princesa Isabel no Centro da capital. “Eles colocaram fogo em um ônibus antes mesmo de as pessoas deixarem o veículo, colocando vidas em risco. Foram atos de vandalismo contra as pessoas e contra o patrimônio público”, disse à reportagem o presidente da Ueses, Marcos Paulo Silva. O protesto contra o aumento de 6,5% nas passagens do Sistema Transcol

DIVULGAÇÃO

começou por volta das 7h e só foi encerrado às 10h. A polícia militar usou balas de borracha e bombas de gás e de efeito moral para dispersar os estudantes. Com o aumento, as tarifas dos ônibus seletivos do Transcol terão custo entre R$ 2,45 e R$ 4,25, dependendo da distância e da região onde os ônibus circulam. “O que essa turma está fazendo é colocar contradições que não existem. Os

estudantes são contrários a esse tipo de manifestação. Esses anarquistas representam uma minoria. Eram apenas 50 pessoas que sequer reconhecem a organização estudantil, defendendo, inclusive, a extinção do Conselho Gestor. Não queremos, de forma nenhuma que nossas conquistas sejam revertidas em prejuízos para a comunidade. O que queremos são tarifas justas”, disse Silva. Silva citou como conquis-

A7

tas o transporte público noturno integrado e a mudança na composição do Conselho Gestor do Sistema de Transporte Publico Urbano da Grande Vitória [que era formado quase exclusivamente por técnicos, na maioria ligados ao governo e empresários]. Agora, o novo conselho é paritário entre sociedade civil, governo e empresários. Duas das 15 cadeiras são destinadas aos estudantes.

Proposta prevê transporte intermunicipal para estudante universitário

P

rojeto do Senado, quer inclui no Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate) a assistência financeira ao transporte intermunicipal de alunos do ensino superior que estudam em municípios afastados de onde residem. De acordo com a proposta, os recursos financeiros repassados pela União aos municípios para o transporte de estudante universitário levarão em conta o número de universitários aptos a usar o transporte e a quilometragem percorrida, limitada em 200 km por dia.

Retenção de carta de crédito de consorciado inadimplente pode ser proibida

C

onsorciado precisará, no entanto, estar em dia com suas parcelas. Proibição valerá apenas para inadimplência em outras operações. A Câmara analisa o Projeto de Lei 2392/11, do deputado Francisco Araújo (PSD-RR), que proíbe as administradoras de consórcios de reter carta de crédito de consorciado contemplado que esteja inscrito em cadastro de proteção ao crédito por inadimplência em outras operações. A proposta altera a Lei 11.795/08, que regulamenta o Sistema de Consórcio. Francisco Araújo argumenta que as administradoras de consórcios têm incorrido nessa prática com frequência e se recusam a entregar a carta de crédito ao consorciado contemplado, mesmo que ele esteja em dia com os pagamentos das parcelas do consórcio. Consumidor Essa prática, segundo o

parlamentar, contraria o Código de Defesa do Consumidor. “A inclusão do nome de um cidadão em cadastro ou banco de dados de consumidores não pode ser interpretada como inabilitação para realização de negócios. Muitas vezes, é resultado de inclusões erradas, não comunicadas pelo gestor do cadastro ou pelo agente econômico, ou resultado de falta de adimplemento de valor insignificante”, explicou Araújo. O deputado reforçou que a recusa ou retenção do valor ao consorciado é injustificada, já que, para participar do sorteio em assembleia, ele precisa estar em dia com o pagamento das parcelas. “Além disso, a administradora tem a propriedade do bem adquirido por meio de consórcio, podendo requerer a sua busca e apreensão, caso o consorciado venha a faltar com suas obrigações de pagamento mensal”, argumentou.

Projeto institui normas para a execução de programas de acesso a livros didáticos

A

Câmara analisa o Projeto de Lei 2460/11, da deputada Sandra Rosado (PSBRN), que estabelece normas para a execução do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), do Programa Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio (PNLEM) e do Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE).

Segundo a autora, o objetivo do projeto é aperfeiçoar os procedimentos de aquisição, distribuição e monitoramento do material didático-escolar, oferecido por esses programas de forma universal e gratuita, a alunos e professores de escolas públicas do ensino fundamental e médio em todo o País. Pela proposta, para te-

rem acesso aos materiais didáticos, as escolas deverão estar cadastradas no Censo Escolar, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP). O total a ser adquirido levará em conta projeções de crescimento das matrículas apontadas pelo Censo. “Apesar do surgimento de áudio-livros, livros ele-

trônicos, cds, dvds e da própria internet, o livro didático ainda assume um papel central no desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem nas escolas, sobretudo as da rede pública, que se caracterizam pela carência de outros recursos materiais”, justifica Sandra Rosado. Financiamento De acordo com o projeto, os programas serão financiados com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e executados pela Secretaria de Educação Básica, a quem caberá

coordenar a avaliação pedagógica dos manuais didáticos e dos materiais complementares. Já as secretarias estaduais e municipais de Educação ficarão responsáveis pela escolha e distribuição dos livros, pelo acompanhamento do seu uso e pela orientação de docentes e alunos quanto à conservação. O projeto também cria no Ministério da Educação, em caráter permanente, a Comissão Técnica Nacional do Livro Escolar, que será responsável por assessorar a Secretaria de Educação Básica na supervisão e no acompanha-

DIVULGAÇÃO

mento dos programas. Material didático A inscrição dos livros didáticos será aberta aos titulares de direito autoral, com critérios pedagógicos e físicos estabelecidos pelo executor, que cobrará taxa de inscrição. O processo de avaliação dos livros ficará a cargo de universidades selecionadas pelo Ministério da Educação, com base, entre outros pré-requisitos, na tradição acadêmica da instituição em estudos e pesquisas. De acordo com a proposta, os livros didáticos do 3º ao 9º anos do ensino fundamental deverão ser reutilizados por um período de três anos, a contar de seu recebimento pela escola. Já os relativos à grade curricular do 1º e 2º anos do ensino fundamental serão adquiridos anualmente por se tratarem de livros consumíveis. Tramitação O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Educação e Cultura; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.


JD

Informe Publicitรกrio

Macapรก-AP, quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

A8


JD

DiaDia

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

B1

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Casos de malária no Amapá cresceram 8% Enquanto que na maioria dos estados da Amazônia Legal os casos apresentaram uma queda, no Amapá houve um aumento

N

a região Amazônica onde se concentram 99% dos casos de malária no Brasil, a redução de casos, entre janeiro a outubro de 2011, foi de aproximadamente 23% em relação ao mesmo período de 2010. O número total de notificações foi de 217.298, em 2011 e no mesmo período de 2010 foram registradas 281.586. As internações também diminuíram entre os meses de janeiro a setembro de 2010 em comparação ao mesmo período de 2011, representando redução de 17%. O número de internações passou de 3.859 em 2010 para 3.215, em 2011. “Estamos animados porque vencemos mais uma batalha e conseguimos a diminuição dos casos de malária. Agora, vamos agir antecipadamente para intensificarmos o trabalho nas áreas consideradas endêmicas”, ressaltou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. No Amapá, a variação em relação ao ano passado apresentou um aumento de 8% no número de casos. No entanto, a maioria dos estados da Amazônia Legal os casos apresentaram uma queda. No Acre, a redução foi de 39%, Amazonas redução de 23%, Maranhão 17%, Mato Grosso 28%, Rondônia 30%, Roraima 33%, Tocantins 30% e Pará 18%. Somente no Amapá foi registrado acréscimo de 8%, o número de infecções pelo Plasmodium falciparum passou de 39.978 para 24.634, no período de janeiro a outubro, nos anos de 2010 e 2011, respectivamente. O Plasmodium falciparum é um dos três protozoários do gênero que causam a malária na região, provocando a forma grave da doença. Para o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, a diminuição dos casos de malária é reflexo de três fatores: descentralização das ações de prevenção e controle da doença, a inclusão de derivados de artemisina no tratamento dos pacientes e atendimento até 72 horas depois

DIVULGAÇÃO

NaregiãoAmazônicaondeseconcentram99%doscasosdemalárianoBrasila ,reduçãodecasose ,ntrejaneiroaoutubrode 2011,foideaproximadamente23%emrelaçãoaomesmoperíodode2010

do aparecimento dos primeiros sintomas. “O engajamento de gestores, agentes de saúde e entidades parceiras, também contribuiu para a diminuição desse quadro”, observa Jarbas Barbosa. Reforço extra Os 47 municípios mais vulneráveis a malária irão receber do Ministério da Saúde R$ 15 milhões de repasses financeiros. Os recursos são direcionados à instalação de mais de um milhão de mosquiteiros com inseticidas. Além dos recursos, esses municípios já receberam 194 microscópicos para ampliar a rede de diagnósticos da malária, 39 novas caminhonetes e 250 mil testes rápidos para diagnóstico da doença

subsidiados pelo Fundo Global de Luta Contra Aids, Tuberculose e Malária. Segundo o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, o mosquiteiro é um objeto fundamental para reduzir cada vez mais os casos de malária no Brasil. Mais ações: A Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI) realizou em novembro, treinamento específico para a detecção da malária com a qualificação de 17 técnicos do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Vale do Javari/AM. O treinamento teve o objetivo de garantir o diagnóstico entre a população indígena, mesmo em áreas remotas e de difícil acesso e oferecer o tratamento imediato para os casos positivos de malária.

Prefeitura de Macapá começa 2012 com mudança nas Secretarias

O

prefeito de Macapá, Roberto Góes (PDT), resolveu começar o ano fazendo alterações no quadro administrativo municipal. Apesar da coincidência com o ano eleitoral, ele adiantou que o objetivo das mudanças é dinamizar a relação entre a população e máquina pública. Até agora já foram criadas quatro novas autarquias. Segundo ele, a intenção é diminuir a burocracia nos atendimentos e na resolução dos processos. Além disso, estes novos setores da administração poderão acessar recursos externos, como verbas federais e parlamentares. No último dia 23 de dezembro foi aprovado na Câmara Municipal de Macapá, o projeto de lei que transforma a Empresa Municipal de Transportes Urbanos (EMTU) em autarquia. O projeto já foi sancionado pelo prefeito Roberto Góes. Com a mudança, a empresa passa a ser chamada de Companhia de Trânsito e Trans-

porte de Macapá (CTMAC). A alteração trará autonomia financeira e administrativa para o órgão. Segundo Joselito dos Santos Abrantes, secretário municipal de Planejamento (Sempla), a diminuição da burocracia só trará benefícios à população. “A CTMAC, por exemplo, terá total liberdade para captar recursos externos e possibilidade para aumentar o volume de ações. A companhia poderá parcelar as dívidas, e passar o quadro de funcionários para o regime estatutário”, salientou. O regime estatutário é a denominação para o vínculo jurídico que estabelece os direitos do servidor público. Em meados do mês de julho o prefeito Roberto Góes criou o primeiro Instituto de Igualdade Racial do Brasil. O decreto transformou a Coordenadoria Municipal de Igualdade Racial (COMIR) em autarquia. A iniciativa, inédita no país, foi parabenizada pela ministra de igualdade racial, Luiza Helena de

Bairros. Agora será possível concretizar projetos como a implantação do estudo da história e cultura afro e indígena nas escolas, com o auxílio de recursos federais. No início do mês de outubro do ano passado, a Coordenadoria de Cultura do Município passou a ser Fundação. A partir desta transformação foi possível a implantar projetos culturais para o município e o acesso a recursos da União e menos dependência do tesouro municipal. Já no mês de dezembro foi sancionada a Lei que criou a Coordenadoria de Arrecadação e Dívida Ativa do Município. De acordo com Abrantes, o objetivo foi centralizar os serviços em uma só unidade e assim melhorar o atendimento. “Nós sabemos que várias secretarias do município também arrecadam recursos, então neste caso, a intenção foi concentrar os serviços em um só lugar. Certamente isto trará benefícios à Prefeitura de Macapá e aos usuários”, finalizou

Sobre a malária É uma doença infecciosa aguda, causada por protozoários parasitas do gênero Plasmodium. A transmissão ocorre por meio da picada da fêmea do mosquito do gênero Anopheles, que se infecta ao sugar o sangue de uma pessoa doente. Os criadouros preferenciais do mosquito transmissor da malária são os igarapés, por suas características: água limpa, sombreada e parada. Em humanos, se não for tratada, a malária pode evoluir rapidamente para a forma grave e levar a óbito. Entre os sintomas, os mais comuns são dor de cabeça, dor no corpo, fraqueza, febre alta e calafrios. O período de incubação varia de oito a 17 dias, po-

que fazer? O acesso a direitos básicos como educação, saúde, habitação, transporte, trabalho e lazer, garantidos pela Constituição de 1988, representa ainda uma batalha complexa e laboriosa para muitos brasileiros.

Entre umgole eoutro TULIOPANTOJA Sociólogo tuo il pantoa j @hotma.licom

Festival de Samba de Enredo A Liga das Escolas de Samba do Amapá – LIESA, responsável pela organização do Festival de Samba de Enredo, reuniu com os conselheiros e representantes das agremiações as regras da disputa. O Festival já tem dia marcado para acontecer vai ser no dia 27 de janeiro com a participação das dez agremiações de samba com seus enredos inéditos onde os quesitos serão avaliados por uma banca julgadora especialista em cada item. Ficou pré determinado que somente o item que diz respeito à divisão de grupos foi alterada. A partir de agora haverá somente um grupo. A disputa Promete! Musa do carnaval Já foi definida através de sorteio a ordem do desfile das sete candidatas que disputaram quem é a mais nova Musa do Carnaval Amapaense. A premiação este ano será uma moto para o 1º lugar; uma passagem MCP/RJ/MCP, para a 2ª colocada e uma passagem MCP/FTLZ/MCP para a terceira. O concurso Musa do Carnaval 2012 será no próximo sábado, 14 de janeiro, na sede da Aseel, a partir das 21:00. Vale a pena prestigiar a beleza da mulher amapaense. Investimento de 20 milhões de euros O Programa Áreas Protegidas da Amazônia, que já contribui para a criação e consolidação de quase 20 milhões de hectares em unidades de conservação (UCs) no bioma desde 2003, recebeu a doação de 20 milhões do Banco de Desenvolvimento Alemão (KfW). O dinheiro

dendo, entretanto, chegar a vários meses, em condições especiais. A malária tem cura e o tratamento é eficaz, simples e gratuito. Ainda não existe uma vacina disponível contra a doença. Contudo, algumas medidas de proteção individual contra picadas de insetos devem ser utilizadas, principalmente nas áreas de risco. O uso de mosquiteiro impregnado com inseticida; de telas nas portas e janelas; de repelente e, ainda, evitar locais de banho em horários de maior atividade do mosquito - manhã e final da tarde – são exemplos de medidas que devem ser adotadas para coibir a transmissão.

será aplicado no Fundo de Áreas Protegidas (FAP), a cargo do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio), executor financeiro do Arpa. Saindo do papel O Programa Arpa tem ações previstas para até 2018, com expectativa de promover a consolidação de 60 milhões de hectares, mais de 70% de toda a área protegida no País. A estratégia é garantir que as UCs brasileiras deixem de ser apenas territórios delimitados em mapas e saiam do papel para a realidade. Festividades em louvor a São Sebastião A Comunidade de Abacate da Pedreira, distante cerca de 30 km da capital, começou ontem a sua programação em louvor ao seu padroeiro, a programação se entende até o dia 22. O levantamento do mastro e a novena marcaram o início das festividades, o ponto crucial será no dia 22 com alvorada de fogos a derrubada do mastro, a já tradicional corrida de cavalos, procissão, encerrando com um grande baile dançante.

Madereiras O Instituto de Meio Ambiente e Ordenamento Territorial do Estado do Amapá (IMAP) esta notificando as empresas que comercializam madeira na aréa do Iagarapé da Fortaleza, canais do Jansia e Pedrinhas pricipais locais onde a atividade madereira é exercida. O objetivo da ação é o combate a comecialização do produto extraido de forma ilegal, pois é necessario o documento de origem florestal (DOF) descriminando a procedencia da mesma. Financiamento do FGTS O Conselho Curador do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) aprovou, em reunião extraordinária, a criação de uma nova linha de crédito à classe média. O financiamento pode ser de até R$ 20 mil por pessoa, para aquisição de materiais de construção. Inicialmente, o crédito disponível será de R$ 300 milhões. Caso a demanda seja maior, o valor poderá chegar a R$ 1 bilhão. Claro que vai ter aquela lista imensa de exigências, mas a oportunidade está sendo danda.

Desafios sociais O simples acesso à urna de votação nas eleições é um grande desafio, por exemplo, para portadores de certas deficiências. Uma pesquisa realizada por uma ONG da cidade de São Paulo apontou a impossibilidade de muitas pessoas com deficiência não votarem por conta da falta de acessibilidade aos locais de votação, mesmo com as orientações de atendimento especial.

Logo prazo, juros baixos Os juros cobrados nesta linha de empréstimo serão de 12% ao ano. O valor é metade da menor taxa praticada pelos bancos, que está entre 25% e 45% ao ano. O prazo de pagamento é de até 120 meses. O valor pode ser considerado significativo, haja vista que a média do mercado para pedido de empréstimo nesse segmento é de R$ 8 mil. É um momento muito oportuno para oferecer já que o crédito não está totalmente restabelecido.

Deveres e direitos Quando isso acontece, o

Por hoje é o que há, volto sábado!


JD

Polícia

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

B2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Criança pode ter Somente em 2011 policiais da captura agarraram 311 foragidos morrido de fome As informações são do delegado que assumiu a 5 meses aquela equipe U Alyne Kaiser DaReportagem

T

rezentos e onze mandados de prisão foram cumpridos pela Equipe Captura, comandada pelo delegado Walcely Almeida, somente no ano de 2011. As informações são do delegado que assumiu a 5 meses aquela equipe.

Segundo ele, os crimes mais comuns praticados pelos foragidos são os de roubo, furto e homicídios. Mandados de prisão de crimes de violência contra a mulher, embriaguez ao volante e poluição sonora também foram cumpridos pelos agentes daquela es-

pecializada. Os agentes da Captura atuaram em diversas operações da Polícia Civil executadas em todo o Estado, como a “Game Over” realizada na área portuária do município de Santana, entre outras. Entre várias apreensões a Captura reali-

“Ele tentou nadar até o outro lado, mas quando já estava chegando lá começou a afundar”, contou Tarcisio Vasques, de 19 anos, que ajudou a tirar o corpo do jovem da água. Ele ainda comentou que encontrou o corpo de Misael bem próximo à margem em frente à sede do Pró-Paz. “Como vi que ele tinha afundado por aqui, mergulhei e toquei no corpo dele. Foi nessa hora que resolvi puxar”, explicou Tarcisio. A tia de Misael, que não quis se identificar, afirmou que o sobrinho sabia nadar, mas que desconhecia o costume dele de ir mergulhar no canal. “Ele nem morava aqui perto.

vigilante Daniel Loureiro da Silva Filho, 42 anos, morreu ontem de madrugada no Hospital Metropolitano, para onde foi socorrido depois de ter sido baleado por dois desconhecidos, enquanto bebia com um amigo chamado Rodrigo, no canteiro central do conjunto residencial Jardim Sevilha, na rodovia Augusto Montenegro, bairro Parque Verde. Segundo o que foi apurado pela Polícia, Daniel estava de costas quando os dois homens passaram por ele, estando um deles com um revólver em uma das mãos. Ele se aproximou e deu o primeiro tiro pelas costas. Quando a vítima se virou, recebeu um segundo tiro, no peito. Incontinenti, os dois fugiram. Foi o amigo de Daniel, Rodrigo, quem o socorreu, levando-o para o Hospital Metropolitano e ali ele veio a morrer. O crime foi registrado no posto policial anexo ao hospital e, ontem pela manhã, o Boletim de Ocorrência foi transferido para a Seccional da Marambaia, que já abriu inquérito policial para apurar o delito. Uma equipe de investiga-

zou apreensão de cinco quilos de entorpecentes no bairro Zerão e 200 quilos de animais silvestres abatidos. “Atuamos também no recambiamento de presos de outros Estados do Brasil atuando em conjunto com as polícias de outros locais”, informou Walcely.

Jovem morre afogado Vigilante é morto a no Bairro do Guamá tiros no Jardim Sevilha

O

que era para ser apenas uma brincadeira terminou em tragédia. Misael de Nazaré Castro Brito, de 19 anos, resolveu ir nadar no canal do Tucunduba, no bairro do Guamá, e acabou morrendo afogado. Ele e mais dois amigos se encaminharam no meio da manhã de ontem para o Guamá com o intuito de comprar algumas peças de bicicleta na rua Barão de Igarapé Miri. Por volta do meio-dia, Misael resolveu mergulhar no canal e fazer a travessia até a outra margem. Os populares, na tentativa de ajudar, se jogaram no canal para tentar salvar o jovem.

Homem põe fogo na casa do irmão assassinado

N

o início da madrugada de ontem, um homem ateou fogo na casa onde o irmão morava, de nº 15, quadra 34, do Conjunto Uirapuru, no Icuí – Guajará, em Ananindeua. Segundo informações de moradores da área, ele estaria revoltado com uma suposta negligência dos vizinhos que não teriam ajudado o irmão dele, vítima de latrocínio - roubo seguido de morte -, na noite do último domingo. Com o incêndio, a perda foi total. Segundo uma moradora das proximidades, a funcionária pública Gleyce Marques, 30, “Nero”, identificado pelo nome de “Luciano”, teria chegado ao local no final da noite de anteontem, e chegou a falar para os vizinhos que iria atear fogo na casa onde o irmão morava. “Ele chegou aqui dizendo que ia atear fogo na casa porque estava revoltado com a morte do irmão e que tinha que

destruir a residência. Depois que todos os vizinhos entraram em suas casas, ele pulou o muro e depois só vimos o fogo tomando conta da casa. Ele fugiu pelo quintal e sumiu. Todos os vizinhos começaram a tentar apagar o fogo usando baldes d’água, enquanto os bombeiros não chegavam”, disse. Segundo os moradores, o irmão de “Nero”, que não teve o nome divulgado e que teria sido vítima de um suposto latrocínio, teve a casa invadida por assaltantes no último domingo e, após roubarem objetos, os criminosos feriram o morador com golpes de faca. Ele estaria sozinho no momento do crime. A então viúva da vítima, que é portadora de necessidades especiais, não conseguiu pedir ajuda a ninguém. Bastante ferido e sem poder pedir ajuda, a vítima ficou agonizando dentro da residência até morrer. (DOL)

Ronda Policial JOÃOBOLERO Da 99,1 FM

Foragido do IAPEN que estava preso no Pará chega a Macapá Foi encaminhado ontem (9) pela manhã para o IAPEN, o MAGNO MONTEIRO PEREIRA (34). Ele chegou a Macapá na noite da última segunda-feira escoltado por Policiais Civis de Macapá. Ele estava preso em Altamira/PA, por um crime que praticou aqui em Macapá, um homicídio triplamente qualificado, quando no ano passado, ele matou uma criança na Vila do Curiaú. Na época, após ser preso, ele acabou fugindo meses depois do IAPEN e viajou para o Pará. Como não compareceu ao julgamento marcado no ano passado em face de está foragido, ele acabou pegando 30 anos de prisão.

Catraieiro continua desaparecido O Corpo de Bombeiros de Oiapoque ainda não conseguiu resgatar o corpo do catraieiro BRUNO DE ALMEIDA, que se encontra desaparecido desde às 10h30min da noite de segunda-feira (9), quando ele conduzia uma catraia no Rio Oiapoque e colidiu de frente com outro motor. Com o choque, o Bruno caiu dentro d’água de desapareceu na correnteza. É bom frisar que desde às 07h00min de ontem (10), uma Guarnição do Corpo de Bombeiros está diligenciando a fim e resgatar o corpo da vítima, porém até agora, não foi encontrado. Dupla é presa com crack em santana Denuncia anônima fez com que uma equipe

O

dores da Seccional apurou que Daniel, a vítima, era chefe de uma vigilância que atuava no conjunto Pedro Teixeira, e que combatia os marginais da área, colocando-os para correr, quando entravam no conjunto. Por isso, ele poderia ter inimizades. A Polícia apura que os matadores de Daniel tenham sido justamente bandidos da área que tenham sido expulsos do conjunto por ele. O assassinato de Daniel Loureiro é o segundo em poucos dias no conjunto Jardim Sevilha, que tem a violência local em destaque. O delegado Armando Mourão disse ontem, “que tudo ocorre por causa dos muitos bares existentes no local e inclusive ‘bocas de fumo’ já denunciadas e existentes na área”, disse ainda que vai oficiar para a Divisão de Polícia Administrativa, pedindo providências. (Diário do Pará)

ma das crianças, de apenas cinco anos, foi literalmente esmagada pelas rodas de uma pesada caçamba que manobrava para entregar seixo, fato que aconteceu na manhã de segundafeira, na rua São José, bairro São Félix I. À noite, naquele mesmo dia, uma criança de 11 anos foi encontrada pendurada numa corda, na rua das Castanheiras, 02, bairro Bela Vista, núcleo Cidade Nova. Ambos os casos aconteceram em Marabá. Porém, seguramente o caso que mais chocou a opinião pública aconteceu na manhã de domingo, em São Félix do Xingu, sul do Pará. Uma criança de apenas dois meses de vida deu entrada na Maternidade daquele município, na manhã de domingo, aparentemente morta. O médico ginecologista Eduardo Bayer de pronto constatou que a criança estava morta e conferiu que o bebê apresentava sinais de maus-tratos e desnutrição. O caso foi comunicado imediatamente à delegada Claudiane Maia, que incontinenti diligenciou e prendeu a mãe da criança, Juliana Martins de Sousa, 23. Após ser ouvida, a mulher foi indiciada e autuada por maus-tratos, com base no artigo 136 do Código Penal Brasileiro (CPB). O pai da criança, Valcley Alves Andrade, 31, também pode ser indiciado e preso ao final do processo, uma vez que é responsável pela criança. Para a delegada, não restou nenhuma dúvida quanto aos maus-tratos, porém a policial trabalha na perspectiva de provar que o casal, deliberadamente, ou irresponsavelmente, permitiu que a criança morresse, para assim autuá-lo por homicídio culposo. Pra ser ter uma ideia, a criança quando nasceu, há dois meses, pesava 2,7 quilos e dois meses depois morreu pesando apenas dois quilos. A mãe, Juliana Martins de Sousa, foi autuada e transferida para o Centro de Recuperação Feminino de Redenção, uma vez que em São Félix do

Xingu não há celas femininas e também pelo forte clamor popular que o caso causou diante da opinião pública. A mulher poderia sofrer algum tipo de linchamento, ou agressão física. O marido dela deve ter o mesmo destino, uma vez que também era responsável pela vida da criança, segundo informou a delegada. Abandono A morte por inanição da criança de apenas dois meses, em São Félix do Xingu, revela o quanto o Estado anda distante das pessoas mais pobres. Juliana Martins de Sousa e o marido Valcley Alves Andrade, aparentemente, são exemplos clássicos do quanto o trabalhador rural vive em completo estado de abandono. O casal mora numa fazenda distante cerca de 100 quilômetros do centro de São Félix do Xingu. Pra ser chegar ao centro da cidade é uma verdadeira via-crúcis, diante da falta de estradas vicinais em condições de trafegabilidade. Nessa região é regra esse tipo de situação. Assim, a mulher, segundo fontes da reportagem, não teve acesso às consultas básicas que uma grávida deve ter, o chamado pré-natal, que permite ao médico acompanhar o desenvolvimento da criança. Quando Juliana de Sousa deu à luz a criança, novamente, por ignorância, ou omissão do Estado, não recebeu atendimento médico. Pra se ter uma ideia, a criança recebeu apenas duas vacinas, sendo que deveria tomar outras quatro vacinas obrigatórias. Somado a tudo isso, a mulher não amamentava, simplesmente porque não produzia leite materno, pois também sofria de desnutrição. A criança deveria receber alimentação especial, algo bastante distante da realidade do casal que vive com apenas um salário mínimo e numa casa paupérrima sem o mínimo de conforto. (Diário do Pará)

Homens tentam invadir a Susipe e são presos

N

a madrugada da última quarta-feira (11), dois homens foram detidos depois que tentaram invadir o prédio da Central de Presos Provisórios da Susipe, em Santarém. Os acusados Reginaldo Willes Sousa dos Reis e Fabiano de Sousa Damasceno foram detidos e interrogados pelo delegado que estava de plantão. Com os acusados, foi apre-

da Polícia Civil da DTE comandada pelo Del. Antonio Uberlândio prendesse na Baixada do Ambrósio em Santana, os irmãos IZAQUEL e o GEDIELSON (ambos de sobre nomes Correia). Com eles os policiais apreenderam 20g de crack. O flagra aconteceu na tarde da segunda-feira (9), na casa dos acusados que fica na Av, 15 de Novembro, na Baixada do Ambrósio. Eles foram flagranciados pelo Del. Antonio Urbelândio e encaminhados ao IAPEN. Assaltante foi preso com crak no bolso da calça No início da noite de segunda-feira, o LEANDRO EVANGELISTA DE SOUZA (24) assaltou uma senhora na Zona Norte da Cidade quando armado com uma faca, tomou dois celulares dela. Como ele estava de moto, após praticar o assalto, se mandou. Para azar dele, uma Guarnição da DTE passava naquele local e a vítima pediu socorro. Os Policiais foram atraz e prenderam o Leandro com

endido uma mochila com objetos pessoais da dupla. Segundo o delegado Luiz Paixão, os dois homens estavam próximos da triagem, onde foram abordados pela polícia e detidos por volta de 3h da manhã. Ainda de acordo com o delegado, Fabiano Damasceno está sendo investigado na participação de assaltos em Santarém e de outros crimes. “Vamos fazer os procedi-

os dois celulares, assim como a faca e uma porção de crack que estava no bolso da bermuda dele. Em face disso, foi flagranciado pelo Del. Uberlândio e indiciado em dois crimes. Ele foi encaminhado ontem a noite para o IAPEN. Homem é preso na saída do cemitério O agricultor JURACI BRITO DA COSTA (53), residente na Zona Rural de Macapá, foi preso ontem pela manhã, logo após efetuar o sepultamento do filho dele de nome DEIVID NASCIMENTO DA SILVA (17), que foi vítima de acidente de trânsito. O problema é que o Juraci já vinha sendo procurado pela Polícia, em face de existir contra ele, um mandado de prisão, pelo crime de estupro, que ele teria praticado em Serra do Navio. A prisão foi feita pela Equipe da Captura. Após ser preso ele foi encaminhado a POLITEC para os exames de praxe e ontem foi encaminhado ao IAPEN. Homem é preso após

mentos com muita cautela, até porque não foi encontrado nenhum tipo de arma com eles. Se não for configurado que estava ocorrendo a tentativa de invasão ou facilitação de fuga, eles serão liberados”, garante o delegado. Fabiano é acusado de ter participado do assalto ao taxista Laurimar Sousa de Freitas, em 17 de setembro do ano passado. Na ocasião, o taxista contou

agredir a esposa A noite e madrugada de segunda-feira (9), foram marcadas por várias ocorrências de violência contra a mulher. Em uma delas teve como vítima uma senhora de prenome ELCIONE que foi espancada com cabo de vassoura pelo marido CLEUDO SILVA DE SOUZA (30), que reside no Bairro São Lázaro, cujo delito ele praticou por volta das 10h00min da noite. Uma Guarnição da PM do 2º Batalhão comandada pelo SGT Ivan foi até a casa do conflito, mas quando os policiais chegaram o CLEUDO tufou o pescoço a cantou de galo, aí os policiais o prenderam e levaram o mesmo para a DCCM, onde foi autuado na forma da lei. Nem gari escapa dos assaltantes A MARIA JULIETA ALMEIDA (30) caminhava por volta das 08h20min da noite rumo a casa dela, no Bairro Ilha Mirim, e logo após sair do trabalho, foi surpreendida por um homem armado com uma faca o qual anunciou o assalto e tomou dela bolsa de

que Fabiano e outras duas pessoas pediram para que o taxista os levasse até a vila de Alter do Chão. Já no local, eles anunciaram o assalto. O taxista, foi atingido por golpes de faca e ficou lesionada no pescoço e no braço direito. Populares e policiais chegaram ao local, depois de ouvir os gritos da vítima. Os agressores foram presos em flagrante.

onde continha seus documentos, inclusive o passe livre nos coletivos e a importância de 50 reais. A mesma foi até o CIOSP do Pacoval e registrou um Boletim de Ocorrência. Passeou de taxi não teve dinheiro para pagar e acabou preso Bom de negócio é o SÉRGIO ADALBERTO COSTA (45) que pegou o taxi do CARLOS ALBERTO DE JESUS, no Centro da Cidade, rodou em vários Bairros e finalmente pediu para o taxista que o deixasse na casa dele no Brasil Novo. Só que, quando o taxista mostrou o valor da corrida, que foi de 190 reais, ele disse que não tinha dinheiro. O Carlos pediu auxílio de uma VTR do BRPM comandada pelo SGT Hugo, que passava naquele momento, que tentou ainda uma conversa com o caloteiro que estava embriagado, mas ele não quis diálogo com os policiais. Em face disso, ele foi levado ao CIOSP do Pacoval onde o Del. de plantão elaborou o TC e encaminhou ao Fórum.


JD

DiaDia

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

B3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Diretor do Detran rebate denúncias e diz que não concorda com fraudes no órgão João Gomes disse que a suspeita de fraude foi denunciada por ele próprio à Polícia Civil, que está investigando o caso, em Macapá ANDERSONCALANDRINI Da Redação

O

diretor presidente do Departamento de Trânsito do Amapá (Detran), João Gomes, rebateu ontem as acusações sofridas pela ex-funcionária do órgão, Maria José Girão, que o acusou de um suposto esquema de fraudes nas provas para a retirada das carteiras nacionais de habilitação. João Gomes contou que as denúncias feitas pela a ex-funcionária só deram publicidade a um inquérito que está aberto desde dezembro, investigação essa que iniciou após denúncias. O mesmo ainda disse que tal exposição do assunto à mídia só dificultará as investigações. “Eu fiquei sabendo do caso através de comentários que ouvi no Detran. Disseram-me que o servidor Aldemir da Silva, tinha alterado o resultado de sua prova. Na ocasião

eu duvidei dos comentários. Então chamei o chefe de prova do órgão Auridan Almeida, que me repassou o resultado da prova de Aldemir. Foi nesse momento que tomei a decisão de que os envolvidos iriam esclarecer a situação para a Justiça, pois eu iria denunciar o caso tanto ao Ministério Público, quanto à corregedoria da Policia Civil”, contou João Gomes. Segundo a denunciante, a diretoria do Detran sabia do caso e ainda pedia facilidades para os “apadrinhados” políticos que fossem prestar o exame. Maria Girão ainda disse que procurou o diretor João Gomes para saber por que seu contrato não havia sido renovado, momento em que ficou sabendo que tinha perdido seu emprego por não compactuar com os pedidos da diretoria. João Gomes disse que as denúncias não condizem com à realidade, pois no

momento em que ficou sabendo do esquema procurou a Policia Civil para que fossem tomadas as devidas providências. “A prova para a retirada da CNH sempre foi feita perante a sociedade amapaense. Sempre existiram também comentários maldosos sobre favorecimentos, porém nunca formalizaram uma denúncia, o que dificultava as investigações. No entanto, em novembro do ano passado conseguimos uma prova sobre o possível esquema. Então munidos dessa documentação iniciamos os procedimentos formais” explicou o diretor. João contou que após esse primeiro momento, afastou os funcionários envolvidos no caso e repassou ao delegado responsável as provas que tinha em mãos, para que o inquérito fosse aberto. Hoje, segundo o diretor, o inquérito está em anda-

HEVERTON MENDES

DiretorpresidentedoDepartamentodeTrânsitodoAmapá(Detran),JoãoGomes,rebateuontemasacusações mento e a situação está sendo investigada. Caso o esquema seja comprovado, as provas serão enviadas ao Ministério Público”, explicou. Quanto a Maria Girão, o diretor disse que nada tem

contra ela e que em nenhum momento fez qualquer pedido à servidora. “O que o Detran pode falar é que ela sempre foi uma servidora exemplar, porém, o contrato terminou no final de dezembro e

não foi renovado porque o órgão tem uma nova política que busca a oxigenação do quadro de funcionários. Por isso novos contratos foram feitos para o setor de prova”, concluiu João Gomes.

Sem certeza de inauguração, Aeroporto pode dar espaço a casas populares Da Redação

A

superintendente da Caixa Econômica Federal no Amapá, Maria Celeste Teixeira, e o gerente regional da instituição, Célio Lopes, estiveram no início desta semana reunidos com membros da bancada federal amapaense para discutir a disponibilidade de recursos federais para o Estado este ano. Um dos assuntos de destaque da pauta foi a utilização dos recursos para reforçar a construção de casas populares com o intuito de reduzir o deficit habitacional no Estado. O senador Randolfe Rodrigues (PSOL) recebeu relatório de todos os recursos disponibilizados para o Amapá pelo governo federal para fazer acompanhamento e fiscalizar a aplicação. Foi informado também sobre todos os projetos habitacionais em curso. Grande parte desses recursos, sobretudo os que tem origem no Ministério das Cidades e destinados a obras de abastecimento de água, saneamento e urbanização, passam pela Caixa. Segundo a superintendente Maria Celeste, muitos recursos retornam aos cofres da União porque as

HEVERTON MENDES

emendas que os originam não são elaboradas com critérios técnicos, atendendo a projetos prioritários do governo e das prefeituras. “São valores incompatíveis com o objeto da emenda, que quando chegam não podem ser executados”, explicou Maria Celeste. Segundo ela, muitas vezes os prefeitos acusam a “burocracia” da Caixa, quando o problema está na origem. Habitação Sobre o déficit habitacional do Amapá, Célio Lopes informou que é de 35 mil moradias. Segundo ele, os projetos em curso no Estado serão capazes de impactar em cerca de 21% desse total quando concluídos. Todos eles fazem parte do programa Minha Casa Minha Vida, do governo Federal, em parceria com Estado, municípios e iniciativa privada. São 6.929 unidades contratadas. Desse quantitativo, 2 mil unidades correspondem a projeto da Prefeitura de Macapá no bairro Buritizal; 2.148 unidades são do Macapaba I, lançado semana passada pelo governo do estado, que também será responsável por mais 2.252 unidades do Macapaba II, ambos na zona Norte da

Semprevisãoparaconclusãodasobrasa , eroportopoderiasairdocentrodacidadeparadarlugaraconjuntoshabitacionais capital; o terceiro empreendimento é 100% de iniciativa privada, tendo como responsável a empresa amapaense Vex Construções, com 520 unidades, também na zona Norte. Os dirigentes da Caixa disseram ao senador que a área onde está localizado o Aeroporto Interna-

Inscrições para o Sisu terminam hoje

O

s estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011 têm até hoje (12) para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Para o primeiro semestre de 2012 estão disponíveis 108 mil vagas em 95 instituições públicas de ensino superior, que serão distribuídas a partir das notas dos candidatos no exame. Até as 18h de ontem, o sistema registrou 2,6 milhões de inscrições de 1,3 milhão de participantes – cada candidato pode escolher até dois cursos. O Rio de Janeiro é o estado com o maior número de inscrições até o momento: 321 mil. Ao acessar o sistema, o estudante deve escolher duas opções de curso, indicando a sua prioridade. É necessário informar o número de inscrição e a senha de cadastro do Enem 2011. Diariamente, o sistema divulga a nota de corte preliminar de cada curso com base na nota do Enem dos candidatos que pleiteiam

DIVULGAÇÃO

cional de Macapá está estrangulando o centro da capital, e sugeriram que a mesma seria suficiente para resolver o restante do déficit habitacional do Amapá. Eles comungam da ideia de que o aeroporto deveria ser transferido para área distante do centro. “O déficit habita-

Trabalhadores da Caesa paralisam a partir hoje

O

EstudantesqueparticiparamdoEnemtêmatéhoje(12p ) araseinscrevernoSisu as vagas. Durante esse período, o participante pode alterar essas opções se achar que tem mais chances de ser aprovado em outro curso ou instituição. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 15 de janeiro. Os estudantes aprovados deverão comparecer às instituições de ensino de 19 a 20 para fazer a matrícula. O participante que foi selecionado para a primeira opção de curso é retirado automaticamente do sistema e perde a vaga se não fizer a matrícula. Aqueles que forem selecionados

para a segunda opção ou não atingirem a nota mínima em nenhum dos cursos escolhidos podem participar das chamadas subsequentes. A segunda chamada está prevista para 26 de janeiro, com matrículas nos dias 30 e 31. Caso ainda haja vagas disponíveis, o sistema gera uma lista de espera que será disponibilizada para as instituições de ensino preencherem as vagas remanescentes. O candidato interessado em participar dessa lista deverá pedir a inclusão entre 26 de janeiro e 1° de fevereiro.

cional do Amapá é plenamente solucionável e o Estado pode ser tornar modelo na solução desse problema”, ponderou Maria Celeste. Porém, enquanto a sugestão seria uma solução para o setor habitacional, por outro se tornaria um grande problema a ser re-

solvido, afinal de contas, na área da Infraero não existe apenas um aeroporto, mais dois sendo um em construção e outro em funcionamento. A obra do novo Aeroporto Internacional de Macapá foi iniciada em 2004. O valor total da obra era de R$ 130 milhões que deveria ter sido concluída em 2007, mas o Tribunal de Contas da União (TCU) constatou um desvio de R$ 50 milhões que atrasou o cronograma que foi retomado a passos muito lentos somente em 2010. De lá para cá, pouca coisa mudou. Hoje, integrantes da bancada federal agendaram uma visita às obras do Aeroporto de Macapá. Foi solicitada a presença do superintendente Regional da Infraero, Paulo Roberto Pereira da Costa, para obter explicações sobre o andamento das obras e cobrar celeridade na sua conclusão. Não existe mais nenhum impedimento jurídico para serem concluídas e a previsão de conclusão, informada pela Infraero no ano passado, é 2020. No entanto, a lentidão no andamento leva a crer que esse prazo mais uma vez não será cumprido.

s trabalhadores da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) resolveram em assembléia geral coordenada pelo Sindicato dos Urbanitários do Amapá (STIU-AP), paralisar as atividades a partir de hoje (eira,12. A paralisação é uma tentativa de conscientizar a direção da empresa quanto ao atraso no pagamento dos salários dos trabalhadores, prática ocorrida todos os meses. “Para se ter uma idéia, os trabalhadores ainda não receberam o pagamento referente ao mês de dezembro de 2011, e até agora nem previ-

são. Isso está ficando insustentável”. Advertiu o presidente do STIUAP, Audrey Cardoso. Atrasos Os trabalhadores também questionam atraso no pagamento doo vale-alimentação, benefício que deveria ser pago entre 15 e 25 de cada mês, mas desde dezembro do ano passado que os trabalhadores estão aguardando. Sem salário e sem vale-alimentação os profissionais da companhia começam a entrar em desespero, uma vez que as contas também estão atrasadas e eles começam a ficar sem crédito no mercado.

“Nós não aceitamos essa situação. Isso é irresponsabilidade da direção da CAESA e do governo do Estado. No final do ano passado nós fizemos um ato em comemoração a um ano de atraso nos salários dos trabalhadores que só recebem depois de pressão. Fizemos um bolo e distribuímos para os funcionários, para a imprensa e para a população que passava em frente a empresa”. Ponderou o presidente do STIU-AP. O ato de hoje começa a partir das 7 horas com a presença da diretoria do Sindicato dos Urbanitários e dos trabalhadores.


Santana

JD

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

B4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Moradores do bairro Jardim de Deus sofrem com a falta de iluminação pública Um documento com assinaturas coletadas em protesto pela situação já foi encaminhado a Companhia de Eletricidade do Amapá (Cea) andreza sanches Da Redação

C

erca de 200 famílias que residem no bairro Jardim de Deus em Santana tem se mostrado preocupados com a frequencia de assaltos ocorridos na região. A situação tem sido favorecida pela falta de iluminação nas ruas que dão acesso ao bairro. Um documento com assinaturas coletadas em protesto pela situação já foi encaminhado a Companhia de Eletricidade do Amapá (Cea) que prometeu solucionar o problema. A dona de casa, Gleiciane Pereira não se conforma com o valor da taxa cobrada pela Companhia sobre o serviço de iluminação pública. Segundo ela, a fatura inclui o valor de mais de R$ 11, inadmissível para ela, já que não conta com o serviço em sua rua. “Como pode

acrescentar um valor de um serviço, que é usufruído pelos moradores. É uma exploração, houve faturas, que já ultrapassaram o valor de R$ 600, sendo que eu não consumo tudo isso, quer dizer para cobrar eles estão certos, para serem cobrados, nunca há uma solução” indignou-se a moradora. Ao longo da principal avenida São Paulo que integra o bairro, o posteamento ainda está novo, mas de acordo com os moradores, houve o desligamento da energia, e que nunca voltou foi normalizada, deixando a via as escuras. “Todas as noites, corremos o risco de ser assaltados, porque os bandidos aproveitam a escuridão da avenida para agir e amedrontar os moradores de bem” disse a dona de casa Ana Lúcia. De acordo com o presi-

FOTOSANDREZASANCHES

Duranteanoite,aavenidanãoficatotalmenteescura,emfunçãodailuminaçãodasprópriasresidências

“AAssociaçãotembuscadoresolveroproblemajuntoaCea,queprometeuumaresposta”disseJariSantana

dente da Associação de Moradores do Bairro Jardim de Deus, Jair Santana, um documento já foi entregue a gerencia da Companhia de Eletricidade do Amapá (Cea) em Santana, com a assinatura de dezenas de moradores, pedindo que o órgão tome alguma providencia com relação ao problema. Sobre o assunto, o gerente da Cea em Santana, José Soares, o documento assinado pelos moradores já foi encaminhado ao Departamento de Distribuição de Energia da Companhia

na capital, e aguarda uma resposta para tentar amenizar a situação em que vivem os moradores do bairro Jardim de Deus. A situação também tem prejudicado estudantes no período noturno. “Todas as noites, quando saímos da escola, temos que ficar atentos, porque os marginais têm aproveitado a escuridão para atacar os alunos” reclamou uma estudante que preferiu não se identificar. Vale ressaltar que no inicio de agosto, a Companhia garantiu que iniciaria

os serviços de iluminação pública da cidade, um trabalho que incluiria restauração, manutenção e troca de postes danificados. Para isso, o órgão iniciou um mapeamento para identificar ruas e avenidas que estão sem iluminação, considerados pontos críticos no município. “O problema não atinge somente bairros mais distantes, mas inclui vias principais como a avenida Princesa Isabel, avenida Santana e outras alvo de diversas reclamações” lembrou o gerente da Cea.

Aniversário do 4º Batalhão da Policia Militar em Santana é comemorado com programação social FOTOSANDREZASANCHES

andreza sanches Da Redação

N

o próximo dia 30, o 4º Batalhão da Polícia Militar de Santana comemora 14 anos de ativação. Para celebrar a data, o comando está desenvolvendo durante esta semana uma extensa programação com ações sociais e atividades esportivas. O 4º Batalhão surgiu através do Decreto nº 0188/98 no ano de 1998, com o objetivo de preservar a ordem pública e promover o policiamento ostensivo e preventivo no município. Na ultima segunda-feira (9), os militares participaram do Dia Anti Estresse, com atendimentos de massoterapia, quiropraxia, saúde bucal e consultas psicológicas ao todo, 35 pessoas foram atendidas. Na terça-feira (10), em parceria com o Centro Médico da Policia Militar houve verificação de pressão arterial e glicemia, além de atendimentos psicológicos. Segundo o tenente Obed Batista, responsável pela comunicação social do 4º Batalhão,a proposta era disponibilizar aos policiais momento de relaxamento e atenção a sua própria saúde, principalmente quando se trata de militares, cujo serviço requer esforço dobrado para garantir a segurança da população. Os atendimentos ainda contaram com o trabalho de uma equipe do Hemoap, que através do hemocentro móvel ofereceu aos militares e a comunidade santanense, a opor-

O4ºBatalhão,temcomoatualcomandanteotenentecoronelAclemildoBarbosa,eumefetivode324policiais tunidade de se tornarem doadores de medula ós-

sea, foram feitas coletas de amostras para o ca-

dastro de doadores. Para o sargento Rober-

PoliciaismilitarespuderamsecadastrarjuntoaoHemoapparasetornaremdoadoresdemedulaóssea

to Veiga, a programação é uma forma de aproximar a Policia Militar dos cidadãos e reafirmar o compromisso com a sociedade santanense. Ele aproveitou para se cadastrar junto ao Hemoap. “Já sou doador de sangue, mas nunca é demais tentar ajudar outras vidas. Esse é o nosso papel como profissionais da segurança pública, garantir que a ordem, sobretudo zelar pela vida” disse o militar. A programação inclui ainda um torneio entre os militares, o jogo ocorrerá nesta quinta-feira (12), na base do 4º Batalhão. Ainda na quinta, ocorre o Baile de Confraternização

e Aniversário de 14 anos, as 19h, no Pesque e Pague da Fazendinha. As comemorações encerram no dia 30 um culto ecumênico. História Em 1997, foi criado através do decreto nº 0080, de 31 de maio de 1991, o então 3º Batalhão de Policia Militar, com sede no município de Santana, o qual tinha atribuições a área de policiamento de todo o interior do Estado, com exceção do município de Macapá, responsável pelo policiamento de todos os demais municípios do estado, sofreu uma divisão, que originou dois batalhões distintos. O primeiro, 3º Batalhão de Policia Militar, passou a exercer atividades de Policia Ambiental. O segundo, foi criado através do decreto nº 0188/98, de 30 de janeiro de 1998, denominado de 4º Batalhão Policial Militar, com a responsabilidade de preservar a a ordem pública e realizar o policiamento ostensivo e preventivo. O 4º Batalhão, tem como atual comandante o tenente coronel Aclemildo Barbosa, e um efetivo de 324 policiais. Apresenta como tema a frase: Servir e Proteger, é composto pela 1ª Companhia de Rádio Patrulha, 2ª Companhia de Transito, 3ª Companhia Comunitária e 4ª Companhia de Mazagão. Além de garantir a segurança publica, o Batalhão atende a comunidade com os projetos sociais, Cidadão Mirim, Vida Feliz Transitando para o Futuro e Proerd.


JD

Esporte

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

C1

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Oratório empata e está fora da Copa São Paulo Com o resultado, o time amapaense finaliza sua participação com quatro pontos e não tem mais chance de classificação DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

aproveitou para criticar o trabalho da diretoria do Bragantino.

JogocontraoBragantinoterminou1a1noestádioJoséLiberati.Oratóriodeuadeusàcopinha,masdecabeçaerguida MARIO TOMAZ Da reportagem

O

Oratório empatou com o Bragantino em 1 a 1 na tarde desta quarta-feira pela Copa São Paulo de Juniores, no estádio José Liberati, em Osasco. Com o

resultado, o time amapaense finaliza sua participação com quatro pontos ganhos e não tem mais chance de classificação. O time amapaense começou o jogo atrás do marcador. Ricardo aproveitando jogada de bola parada mar-

cou o primeiro gol da partida, ainda na primeira etapa. Rai, recebendo na entrada da área, logo no início do segundo tempo, empatou o jogo. Rai também foi responsável pelas melhores jogadas do time amapaen-

se, mas desperdiçou o que poderia ser 4x1 para o Oratório e uma das grandes chances de permanecer na Copinha. O time amapaense volta pra casa com uma excelente apresentação e elogiado pela crônica paulista, que

Análise do jogo O Oratório não entrou com a mesma vontade que venceu do Osasco. A equipe amapaense voltou a jogar com o sistema 4-4-2, mas com Rai na finalização e chances não faltaram. Quando mais se esperava do Oratório, o Bragantino abriu o marcador através de Ricardo, resultado que encerrou a primeira etapa da competição. No segundo tempo, depois de conversa longa com o treinador Romeu Figueira time

entrou com vontade, com determinaçaõ, e numa falha da zaga, Rai aproveitou e marcou o gol de empate. O mesmo Rai que depois perdeu três otimas oportunidades de marcar. Colozinho, que se esperava pelo menos mais um gol na partida nem teve chances de chegar na área. Em discussão, cada uma das equipes perdeu um jogador e logo em seguida o zagueiro Vitor, do Bragantino também foi expulso. E na falta a bola foi desviada na zaga e saiu para escanteio. O juiz da partida deu 50 minutos de jogo e encerrou a disputa com o placar de 1 a 1.

Sub17 masculino abre oficialmente Saiu o calendário de eventos calendário do futebol amapaense universitários da temporada 2012 MARIO TOMAZ Da reportagem

E

m Assembleia Geral realizada na noite desta terça-feira na sede da entidade, a Federação de Futsal e dirigentes definiram o calendário da temporada 2012 do futsal amapaense. Começa em fevereira com a disputa do Campeonato Sub17 Masculino e encerra somente

em dezembro com a programação de premiação do ano. As novidades foram a presença de novos clubes e o retorno do Ypiranga, agora sob administração do ex-jogador Edu Marinho. Foi aprovado o relatório financeiro da temporada 2011, e anunciado que se houver confusão nas partidas o clube envolvido pode perder pontos. Agora cada

equipe terá 20 inscrições a fazer por campeonato e neste ano será realizada a Copa Correios de Futsal evento esportivo a ser patrocinado pelo Correios. No dia 7 de fevereiro, o presidente da Fafs, Luis Carlos Araújo irá para Fortaleza onde participará da Assembleia Geral e trará novidades para o Estado com relação a esta parceria.

MARIO TOMAZ Da reportagem

A

Federação Amapaense de Desporto Acadêmico (Fadap) divulgou nessa semana o calendário de atividades da temporada 2012. Em Fevereiro haverá Assembleia Geral na Confederaçaõ Brasileira Universitária; no dia 1 ao 20 tem inscri-

ção para os Jogos Amapaenses;em abril tem Brasileiro de Lutas; Brasileiro de Quadras; Brasileiro de Rugby; Voley de Praia; Olimpíadas Universitárias etapa estadual e etapa nacional; Beach Games e Festa dos Melhores de 2012. E segundo o presidente Olivaldo Ataíde Nunes os trabalhos já come-

çam neste mês com as reuniões técnicas para montagem das atividades esportivas a serem realizadas pela Fadap. “E temos certeza de que iremos trazer muitas alegrias para o Estado, principalmente no handebol universário, onde estamos disputando a divisão especial com o Ceap”, lembrou.


Esporte

JD

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Nad resolve problemas e segue em busca de reforços

Conhecedor da posição, técnico explica que a equipe precisa ter um zagueiro experiente, já que até o momento tem quatro atletas inexperientes

I

nsatisfeito com o salário oferecido pela diretoria bicolor, o volante Felipe Manoel nem chegou a assinar contrato com o Paysandu e já deixou o clube. Quem também está fora dos planos do Papão é o volante Mael. Segundo o diretor Olívio Câmara, o atleta tinha até às 17h de ontem para se apresentar na Curuzu, mas como não compareceu foi descartado. Com isso, o técnico Nad quer mais jogadores para a posição, além de um xerife para a defesa bicolor. Conhecedor da posição, Nad explica que a equipe tem de ter um zagueiro experiente, já que até o momento tem quatro. Raul, exRemo, chegou a conversar com o diretor técnico, Carlinhos Dorneles, mas foi descartado por Nad. “Queremos um mais experiente para que na hora que o time precisar ele possa comandar a molecada ali atrás e ajudar a esse grupo. Já temos bastante atletas entre 18 e 19 anos para a posição”, argumenta. Agora, com a saída de Felipe Manoel e a desistência por Mael, Nad quer mais volantes. Ele conta que tem

bastante atacante. No meio campo ele dispõe de quatro jogadores, mas tem apenas três volantes. “A gente espera ir arrumando aos poucos as posições, porque a gente ainda está carente nesses setores defensivos. São posições que exigem muita marcação. É preciso muito esforço do jogador, o que às vezes resulta em cartão amarelo, cartão vermelho, contusão... Então, a gente tem de ter jogador suficiente para quando for preciso entrar e corresponder”, enumera o treinador. É aquele famoso time santo de casa! Treino do Paysandu virou sinônimo de exercício longo. Em geral, os trabalhos dos bicolores têm durado cerca de três horas por período, mesmo quando o grupo realiza treino coletivo, como aconteceu ontem de manhã, em Ananindeua. Em mais um dia de atividade demorada, o técnico Nad escalou o mesmo time que atuou no jogo-treino diante do Independente da Marambaia, no último domingo (8), mas a equipe que irá enfrentar o

DIVULGAÇÃO

Cametá na estreia do Paraense 2012 ainda não foi definida. Entre as certezas do treinador, ele garante muita ofensividade por parte dos bicolores, além de dar oportunidade aos garotos da base. “Vamos jogar dentro de casa, não tem como o time ficar atrás, vamos para o ataque. Se tenho jogadores para formar uma equipe ofensiva, tenho de usá-los. Por isso que nós estamos observando a todos os atletas, trabalhando várias situações para, até sexta-feira, ter

decidido os onze que vão para o jogo”, antecipa Nad. Dos jogadores que têm treinado no time principal, apenas Robinho, Heliton e Nenê Apeú, não trabalham com Nad desde a categoria de base. Mas no decorrer da competição outros jogadores devem ganhar espaço, como, por exemplo, o meia Leandrinho, que vai atuar de lateral direito e o zagueiro Darlan, que confia no técnico. “O Nad vai escolher quem estiver melhor para estar em campo”, explica. (DOL)

Novo Conselho Deliberativo para o São Raimundo

N

a última segunda-feira (9), dia em que completava 68 anos de sua fundação, o São Raimundo elegeu um novo Conselho Deliberativo em uma nova Assembleia Geral. Mas isso de pouco influencia no caso do presidente Rosinaldo do Vale, que permanecerá afastado do cargo. As eleições devem, pelo menos, dar tranquilidade aos trabalhos da Junta Governativa, que assumiu o clube desde o imbróglio com o ex-presidente. “O

Conselho tem poderes de fiscalização e determinação. O anterior protegia Rosinaldo, pois havia muitos parentes dele lá. Agora temos um Conselho isento, com outra mentalidade”, explicou o diretor Sandro Lopes. Portanto, o presidente em exercício permanecerá sendo Antônio Sampaio, que lidera a Junta Governativa. “Por enquanto tudo permanecerá igual. Na Justiça estão dois processos que decidirão se Rosinaldo volta

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Na Grande Área

ou se a Junta permanecerá administrando até a próxima eleição para presidência do clube. Não temos previsão para uma decisão sobre isso, depende da Justiça”, esclareceu Lopes. Enquanto as coisas parecem se resolver no alto escalão do Pantera, muito trabalho tem sido feito para deixar o time tinindo para a estreia no Parazão, no próximo sábado, contra o arquirrival São Francisco. Mais dois jogadores chegaram para

reforçar o elenco: o meia Fininho, que estava no Paysandu, e o zagueiro Filho, que jogou no alvinegro em 2010 e disputou a 1ª fase do Parazão pelo Ananindeua. Como nenhum time desponta como favorito, Sandro Lopes afirma que o São Raimundo entra no campeonato pensando no título. “Nós estamos no páreo para disputar o título. Nós fomos um dos primeiros a iniciar a preparação, no dia 12 de dezembro. ”, afirmou.

Bola Murcha Quando o dia não é do jogador não tem jeito. Primeiro foi Willian e agora Rai, que apesar de marcar o gol de empate não conseguiu fazer os gols necessários para virar a partida e garantir vaga do time na próxima fase da Copa São Paulo de Juniores. Mamãe A arbitragem brasileira entrou em xeque após o ex-juiz Gutemberg de Paula Fonseca acusar de corrupção Sérgio Corrêa, chefe da comissão de árbitros da CBF, que nega. A polêmica gerou discussão sobre os critérios de escolha dos dez juízes do país com direito de ostentar no peito o escudo Fifa, com remuneração quase 40% maior que os mais graduados da CBF. Na Série A de 2011, um árbitro com o escudo internacional recebeu R$ 3.150 por partida. Já um CBF e aspirante à Fifa ganhou R$ 2.300. Após ser retirado do quadro da Fifa, Fonseca declarou que Corrêa tentou induzi-lo a favorecer o Corinthians. O cartola afirmou que vai processar o ex-subordinado. Além de ganhar mais, juízes Fifa podem apitar jogos fora do país e até tentar chegar a uma Copa do Mundo. Massagista Por aqui até massagista já foi acusado e demitido de clube por estar negociando resultados. Será que ainda vai ter dirigente querendo contratar gente assim. Ai meu Deus.. Ninguém merece tanta trairagem no seu clube. Parceria Trem Desportivo Clube deve-

JD

Esporte

Tem segredo no Remo

Faltam ainda pequenos ajustes e testes a serem feitos. Alguns jogadores ainda não devem aguentar os 90 minuitos de jogo

O

MARIOTOMAZ mariotomaz@jdia.com.br Bola Cheia O campeonato amapaense só começa em março, mas inscrições para disputa encerram nesta sexta-feira. Mais tempo para confirmar, contratar e trabalhar. E muito notícia para dar.

Nadquermaisatletasnaequipe.Elecontaquetembastanteatacante,eno meiocampodispõedequatrojogadores,mastemapenastrêsvolantes

C2

rá fechar com zagueiro cohecido do futebol mazaganense. Pedido está sendo oficializado pela presidente Socorro Marinho ao presidente José Carlos Marmitão. É que pela informação que se tem o MAC não disputará o Estadual deste ano apenas o Intermunicipal. No Carmem Lanches Papo agradável do super Wellington (aquele que não tem primo), nosso futuro bacharel em direito, Bruno, Antônio Luiz, Gilberto Santaninha, o ligeiro e Manoel Goes sobre futebol e sistema tático. Eu, que ainda tô engatinhando no esporte tô aprendendo muitas coisas na roda. Dupla DEAL Um verdadeiro bombardeio de reuniões virou rotina na sede do Ypiranga Clube. Presidente Edinho Duarte é a favor de que Deuzimar Oliveria e Aldemir França sejam diretor e treinador do clube neste temporada e ressalta frase do caboclo: “Essa dupla seu Edinho é Deallll (Deuzimar e Aldemir). Toma-te Definição da diretoria de que São José estará no campeonato já abre espaço para chacotas antecipadas no carnaval, onde os laguinenses da Universidade de Samba irão empurrar os piratas ypiranguistas na avenida Ivaldo Veras. Era de se esperar Caminham pela justiça do trabalho processos envolvendo jogadores e dirigentes do Clube Atlético Cristal. Péssimo para um clube que conseguiu ser campeão amapaense dentro de uma estrutura de um homem só: o Manoel Figueira. Se continuar desse jeito, tendência é Cristal desaparecer do futebol amapaense pela incompetência de seus dirigentes.

Remo chega hoje a seu penúltimo dia de pré-temporada em Barcarena e a avaliação do técnico Sinomar Naves sobre o período é a melhor possível. Segundo o treinador, apenas a cautela o impede de definir já agora o time titular para a partida de domingo, contra o Águia de Marabá. Hoje o time fará mais um treinamento coletivo e o time deve ganhar ainda mais corpo e cara. Porém, apenas no decorrer do Campeonato Paraense é que os jogadores encontrarão o auge da forma física e técnica. Faltam ainda pequenos ajustes, alguns jogadores ainda não devem aguentar os 90 minuitos de jogo e há formações táticas a serem testadas. Em uma visão geral, a pré-temporada azulina em Barcarena cumpriu o propósito de formatar não só o time, mas o elenco do Remo para a disputa do Campeonato Paraense. “As análises são feitas muitas vezes sobre os onze titulares, mas a equipe não se faz só com esses e sim com o grupo inteiro. As escolhas que faremos para começar o jogo vão se basear na experiência que temos do Parazão. Ainda falta incorporarmos ao elenco jogadores que estão em São Paulo e há situações de jogadores que chegaram há pouco, mas diria que nosso grupo está quase todo em um nível bom para iniciar a competição”, disse o técnico Sinomar Naves, que acredita que a equipe vai ganhar ritmo de jogo apenas durante a competição. O técnico vai comandar hoje o último coletivo da equipe em Barcarena e vai utilizar como titular a for-

mação que venceu por 5 a 2 a Seleção de Barcarena, no último domingo. “Vamos trabalhar a formação que precisa ganhar um pouco mais de condicionamento. Alguns atletas ainda não têm condições de atuar os 90 minutos”, disse. Na opinião do treinador, a preparação física será o diferencial desta edição do Campeonato Paraense, que terá jogos às quartas-feiras e domingos. Nesse quesito, crê, o Remo pode ter vantagem, já que o Leão se prepara há mais tempo. Sinomar lembra que este também é um fator que torna essencial a montagem de um grupo homogêneo. “As contratações que chegarão nos darão a possibilidade de, no momento que perdemos jogadores por lesão ou desgaste, realizar mudanças que mantenham o time no mesmo nível que vinha atuando e não precisar improvisar atletas em posições diferentes das que jogam”, disse. O técnico falou ainda a respeito de Marciano e Adriano, que foram os últimos atletas a se integrarem ao elenco. “O Marciano tivemos a possibilidade de colocar para jogar e ele reagiu bem. Devemos aproveitá-lo no meio do jogo de domingo. Já o Adriano vem de uma fratura no dedo, que precisa estar completamente curado. Ele tem treinado com muito afinco, mas na estreia não terá condições”, avisou. Remo procura mais um volante Apesar de especulado no Remo, o volante Mael, que defendeu o clube em 2011 - e que também era pre-

DIVULGAÇÃO

tendido pelo rival Paysandu - surpreendeu ontem ao anunciar o acerto por dois anos com o Santa Cruz de Cuiarana, equipe do município de Salinas. Com a resolução, o Remo continua atrás de um volante para compor o elenco para a disputa da temporada de 2012. Outro nome que foi especulado foi o do meia Magnum, que recentemente participou do Jogo das Estrelas, no Mangueirão, ao lado de Paulo Henrique Ganso. Porém, o presidente do Remo, Sérgio Cabeça, garantiu que o clube não tem interesse em contar com o futebol do atleta.

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

C3

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Brasil consegue terceira vaga na Olimpíada e refuta pressão por ausência de Hypolito

A

pesar de não ter conseguido uma das vagas por equipe para Londres 2012, a seleção masculina de ginástica ganhou um prêmio no fim no Pré-Olímpico. A modalidade será representada na próxima Olimpíada por três atletas nos aparelhos individuais, fato inédito para a ginástica em Jogos Olímpicos: além de Diego Hypolito e Arthur Zanetti , que garantiram vaga após as medalhas conquistadas no último Mundial, mais um ginasta poderá ser escolhido pela CBG (Confederação Brasileira de Ginástica) para disputar o individual geral. “A terceira vaga conquistada é do país, e não do ginasta. É quase certo que levaremos o (Sérgio) Sasaki. Nada mais justo, já que ele teve um bom desempenho”, explicou Leonardo Finco, coordenador da seleção masculina. Sérgio Sasaki somou 86,898 pontos em seis aparelhos no Pré-Olímpico, terminando a competição na nona colocação geral. Aos 19 anos, o ginasta paulista aprovou o desempenho do jovem grupo brasileiro na capital inglesa. “O que fizemos aqui é um milagre. Se você olhar a estrutura da Espanha, do Canadá, aquilo é brincadeira perto do que temos. E ficamos bem pertinho do Canadá mesmo assim. Nossa

DIVULGAÇÃO

SérgioSasake iArthurZanetta ipósaparticipaçãonopré-olímpicodeLondres equipe é pra 2016, a experiência aqui foi excelente”, analisou Sasaki, após a sexta colocação do Brasil entre os oito países participantes. Apontado como um dos atletas mais promissores da nova geração, Sasaki disse ainda que não se sentiu pressionado por ser um dos protagonistas do atual grupo brasileiro, que não contou com os machucados Diego Hypolito, Victor Rosa e Mosiah Rodrigues. “A ginástica não é feita só de um atleta. Claro, o Diego Hypolito é um cara de peso, mas temos outros tantos outros atletas importantes. Tentamos enfrentar o problema da lesão do Diego da melhor maneira possível, sem colocar pressão em apenas um atleta. Somos uma equipe e todos têm o seu valor, não precisamos

jogar a responsabilidade em ninguém”, disse. O vice-campeão mundial nas argolas, Arthur Zanetti, ratificou o discurso do companheiro de seleção e negou que sua responsabilidade tenha aumentado com os desfalques da equipe. “Responsabilidade todo mundo tem, então acho que isso não influenciou muito. Eu, pelo menos, não me influenciei por isso. Acho que todo mundo deu o máximo que podia, é isso que importa”, afirmou Zanetti. Arthur Zanetti terminou o Pré-Olímpico com a maior pontuação individual nas argolas (15,533 pontos), nota um pouco inferior à que havia conquistado no Mundial de Tóquio e no Pan de Guadalajara, ambos no fim do ano passado (15,600).

Ferrari apresentará carro para a temporada 2012 no dia 3 de fevereiro em Maranello

O

diretor esportivo da Ferrari, o italiano Stefano Domenicali, anunciou oficialmente ontem durante o evento de inverno da escuderia, na estação de esqui de Madonna di Campiglio, que o carro para temporada 2012 será apresentado dia 3 de

fevereiro em Maranello, na sede da equipe. “A apresentação será dia 3 de fevereiro. Será uma apresentação institucional, em Fiorano. É possível que nesse dia ou no seguinte se faça um “shakedown”. O primeiro teste será dia 7 de fevereiro em Jerez de la Frontera”,

anunciou Domenicali. O carro que será conduzido pelo bicampeão mundial Fernando Alonso e pelo brasileiro Felipe Massa fará sua estreia oficial dia 18 de março em Melbourne, na Austrália, onde acontece a prova de abertura da temporada de Fórmula 1.


JD

Esporte

Macapá-AP, quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

C4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

fotos DIVULGAÇÃO

Tite saca Willian e testa Danilo como titular em treino

DIVULGAÇÃO

TécnicotambémchegouasubstituirLiedsonporAdrianoempartedocoletivoontem

O Marcos Aurélio não escondeu a empolgação com a transferência para o Internacional

Marcos Aurélio se empolga com a oportunidade de jogar ao lado de “feras” do Inter Confirmado oficialmente como reforço do Colorado gaúcho, ex-atacante do Coritiba não poupou elogios aos novos companheiros “com nível para jogar na Europa”

O

atacante Marcos Aurélio, ex-Coritiba, rasgou elogios aos novos companheiros ao falar como novo jogador do Internacional ontem. Segundo ele, “feras” e “com nível para jogar na Europa”. “Estou muito feliz em poder jogar com feras como Leandro Damião, Dagoberto, Kléber, D´Alessandro e outros. Todos com nível suficiente para atuar na Europa. Espero ser muito feliz no Colorado com a conquista de muitos títulos”, disse. Outro destino de Marcos Aurélio poderia ter sido Belo Horizonte, mas no fim prevaleceu a indicação do técnico do Inter, Dorival Júnior. “Agradeço ao Cruzeiro pelo interesse na minha contratação. É um grande clube e que impõe respeito. Mas o Inter me ofereceu uma oferta muito boa e o professor Dorival confia muito no meu trabalho. Não tinha como re-

locidade e forma um trio de atacantes com Liedson e Emerson. Já com Danilo e sem Willian, a equipe passa jogar no esquema 4-4-2, com o meio-campista auxiliando Alex na armação e ajudando mais na marcação do setor, mas o ataque se torna mais lento e previsível. Além de testar Willian no lugar de Danilo no decorrer da atividade desta quarta, Tite chegou a substituir Liedson por Adriano em parte do coletivo. Já Elton e Gilsinho, dois novos reforços contratados como opções de ataque, foram testados na equipe reserva. Com base nos dois últimos dois treinos, Tite deve mandar a campo no próximo domingo, contra o Flamengo, às 16 horas, em amistoso em Londrina, a seguinte formação: Júlio César; Alessandro, Leandro Castán, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Alex; Willian (Danilo), Liedson e Emerson.

Vasco confirma contratação do meia argentino Abelairas

O OutrodestinodeMarcosAuréliopoderiatersidoBeloHorizontem , asnofimprevaleceuaindicaçãodotécnicodoInterD , orivaJ l únior cusar.” Marcos Aurélio, de 27 anos, assinou com o clube gaúcho até janeiro de 2015. Antes dele, já havia sido contratado o atacante Dagoberto, ex-São Paulo. E o Inter ainda manteve Leandro Damião, Jô, Gilberto e Oscar como op-

ções ofensivas. O principal motivo para o Coritiba liberar um de seus principais jogadores foi o fato de o contrato dele terminar em dezembro. Por isso no meio do ano o atacante já poderia assinar um pré-contrato com qualquer outro clube,

sem que o Alviverde lucrasse nada. Fechando a negociação agora, o Coxa recebeu uma compensação financeira (não revelada) e passou a ser dono também dos 25% dos direitos econômicos do lateral-direito Jonas que ainda pertenciam ao Inter.

Casemiro revela choro e promete dar a volta por cima

O

ano de 2011 começou com Casemiro dando indícios de que poderia ser o dono do meiocampo do São Paulo e cavar seu espaço na seleção brasileira principal. Mas um péssimo segundo semestre acabou relegando o volante ao banco de reservas da equipe tricolor. O jogador, de apenas 19 anos, terminou o ano vaiado pela torcida e criticado pela diretoria, que entendeu que ele não se doou o suficiente. Depois de curtir férias de um mês, algo que não teve nos últimos anos, o volante treina forte para voltar a ser titular. Em entrevista ao site oficial do São Paulo, Casemiro revelou choro pelas críticas injustas, reconheceu o momento difícil na curta carreira e prometeu dar a volta por cima. “É muito fácil você receber elogios por uma boa atuação, mas é complicado você ver sair coisas sobre você que não são verdades. Chorei muitas vezes, mas agora tenho de dar a voltar por cima e mostrar meu valor. Estou com a cabeça no lugar e quero voltar a ser aque-

técnico Tite comandou na manhã de ontem o segundo treino coletivo desta pré-temporada de 2012, no qual promoveu uma mudança em relação à formação que escalou na última terça. O atacante Willian, que iniciou a atividade do dia anterior entre os titulares, desta vez foi sacado para a entrada de Danilo. E, assim como aconteceu na última terça, ontem o treinador revezou os dois jogadores no time titular. Com isso, ele mostrou que tem apenas uma dúvida para formar a equipe ideal neste início de ano. O comandante optou por manter a base do time que terminou o último Campeonato Brasileiro como campeão, mas ainda está analisando qual formação tática deverá utilizar. Com Willian entre os titulares, o time atua de forma mais rápida e ofensiva, pois ele tem mais ve-

DIVULGAÇÃO

Vasco confirmou ontem a contratação do meia argentino Matías Abelairas, que tem 26 anos e atuava no River Plate. Com compromisso assinado até o final desta temporada, ele é o terceiro reforço vascaíno para 2012, depois das chegadas do lateral-esquerdo Thiago Feltri (ex-AtléticoGO) e do zagueiro Rodolfo (ex-Grêmio). “Estou muito contente de poder estar aqui no Vasco, ser parte desse grupo tão importante, que conquistou a Copa do Brasil no ano passado. Agora quero conhecer meus

Em silêncio, Jonas se reapresenta em Foz do Iguaçu

O

Jogador,deapenas19anos,terminouoanovaiadopelatorcidadoSãoPauloecriticadopeladiretoria le Casemiro de antes”, disse o volante, que traça a disputa da Olimpíada de Londres como um dos seus objetivos. Capitão do Brasil na parte final do Sul-Americano Sub-20, ele foi responsável direto pela conquista da vaga olímpica. “Sei que não terminei o ano de uma maneira boa. Não foi como eu planeja-

va. Mas agora é ano novo, vida nova. Saí de férias e volto com outra cabeça. Quero trabalhar forte para reconquistar meu espaço aqui no São Paulo”, ressaltou. Casemiro terá concorrência dura para ser titular no São Paulo. Fabrício foi contratado e Juninho e Cléber Santana reintegrados após serem empres-

tados. Carlinhos Paraíba, Denílson, Rodrigo Caio e Wellington também brigam por apenas duas vagas no meio-campo. O jogador, porém, lembra que pôde ter raras férias (no ano passado, ele foi direto para o Sul-Americano e, nos anteriores, jogou a Copa São Paulo), e quer conquistar a confiança de Leão.

companheiros, poder treinar bem e ajudar o Vasco a brigar pelo título da Libertadores”, afirmou Abelairas, que já teve uma passagem pelo Glasgow Rangers, da Escócia. O argentino aproveitou também para dar seu recado aos vascaínos. “Sei que se trata de uma torcida muito seguidora, que tem muita paixão. Espero dar alegrias e conseguir ganhar um campeonato para os nossos torcedores. E, para isso, eles podem ter certeza que farei tudo que puder enquanto estiver dentro de campo”, disse Abelairas.

elenco coxa-branca que faz a prétemporada em Oeste do estado ficou completo na tarde de ontem. Depois de uma negociação frustrada com o Santos, o lateraldireito Jonas chegou às 15 horas, mas não falou com a imprensa. Segundo a assessoria do Coritiba, como o nome do jogador ainda está envolvido em especulações, a blindagem seria uma maneira de preservar o atleta. No treino da tarde, realizado no Estádio do ABC, o lateral-direito ainda não esteve presente. Como Jonas ainda não fez as avaliações físicas do começo do ano, algo que já foi feito em todo o elenco coxa-branca, o atleta ficou fazendo os testes no hotel em que o clube está hospedado. O empresário de Jonas, Kléber Bizelli Martiniano, confirmou que existe um interesse do Palmeiras, mas que o clube paulista ainda não teria feito uma proposta oficial ao Coritiba. Quanto aos proble-

mas de acerto com o Santos, o procurador não foi muito contundente nas explicações. “Cada um falou uma coisa e nós (procurador e jogador) ficamos no meio”, argumenta, após dizer que não houve um consenso entre Santos e Coxa. “Faltavam alguns detalhes, os últimos acertos, incluindo a história do Maranhão. Mas o que o Coritiba está falando (que a negociação não ocorreu porque o clube paulista não quis pagar o que time paranense pediu) está certo”, disse Martiniano. De acordo com o empresário, o acerto com o jogador já tinha sido feito, mas a transferência teria que ser boa para todos. “O Coritiba abriu as portas para o Jonas. Ele só vai sair se for bom para todo mundo”, garante. O time trabalhou na parte da manhã de ontem no campo do hotel em que está concentrado e de tarde no estádio do ABC. Amanhá os atletas terão folga na parte da manhã.


Jornal do Dia 12 01 2012