Issuu on Google+

reality

hospital

Belfort e Wand lideram equipes

Limpeza paralisada Em Santana, os trabalhadores cobraram o pagamento de salários atrasados. nB4

Wanderlei e Belfort serão as estrelas do primeiro TUF brasileiro, o reality show do UFC. nC3

Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

Quem lê, sabe mais! Macapá-AP, Quarta-feira, 01 de Fevereiro de 2012 - Ano XXV

Domingo e Segunda R$ 3,50 - Terça a Sábado R$ 1,50

insegurança

trânsito

Campanha nas redes sociais tenta diminuir acidentes

heverton mendes

Fuga em massa durante visita de promotores no Iapen O promotores do Ministério Público estavam fazendo uma vistoria nas obras do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) quando a fuga aconteceu. Os detentos

fizeram o buraco quase que no mesmo local por onde fugiram 15 detentos em outubro do ano passado. Ontem, a maioria já havia sido recapturada. nB2 heverton mendes

aumentou

Anac reajusta em 4,4 % tarifas de embarque A tarifa doméstica aumenta de R$ 20,66 para R$ 21,57 nos 17 aeroportos de categoria 1, de maior porte, classificação da Anac. nA6

Estephany, do Detran

A campanha contará com o apoio de 18 parceiros. Além do foco online, ocorrerão ações de panfletagens em vários pontos do Estado, com a ajuda dos órgãos de trânsito. nB1

diagro e mp

Itaubal recebe fiscalização contra abate clandestino nB3

manutenção

Grupo prisional conseguiu recapturar ontem a maior parte dos foragidos

fim do impasse?

Governo se manifesta e solicita construção do Shopping Popular Paralisada há mais de ano, a obra do Shopping Popular poderá ser retomada este ano. Tudo porque o governo do Estado manifestou na se-

mana passada o desejo de dar continuidade à construção. O Executivo quer o projeto da obra e deverá fazer nova licitação. nB1

Podagem de árvores tenta evitar curtocircuito na rede elétrica Serviço realizado pela Semur teve início na semana passada e deve ser finalizado no final do mês de fevereiro, com um total de 120 árvores podadas e eliminação de toco até o momento. nB3 mário tomaz

nas feiras

Projeto oferece peixe mais barato Inicia na próxima sexta-feira mais uma edição do Projeto Peixe Popular nas feiras e co-

lônias de pescadores da capital. A ação vai até domingo. nB3 heverton mendes

Time do tricolor do Laguinho mostrou que tem potencial para conquistar a vitória

na quadra

Neste final de semana, pescado será comercializado em vários bairros

São José conquista o primeiro turno do basquete Sub17

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110

nC1


JD

“ ” Opinião

EntreAspas

JANDERSON CANTANHEDE Jornalista

Folia – Se a turma do carnaval de Macapá não se espertar, Santana poderá se transformar em curto espaço de tempo na primeira opção de folia dentro do Estado.

Regras - A questão é que o carnaval em Macapá ganhou muitas regras. Não pode beber, olha o tempo, o fulano está sem o abadá, enfim, cobranças que em certos momentos não combinam com a diversão. Resultado: muita gente está buscando o oba-oba de Santana. Aluguéis – Conheço um grupo de amigos que pensam até em alugar apartamentos em hotéis de Santana para descansarem após a noite de folia. Assim, a turma alia comodidade e a segurança de não dirigir embriagado pelas rodovias. Retorno – Sem recesso de final de ano, os deputados estaduais abrem amanhã (2), o ano legislativo. Na programação, convidados ilustres como o governador Camilo Capiberibe (PSB). Mensagem - Na oportunidade, Camilo estará lendo a mensagem do Executivo estadual, uma espécie

de demonstrativo do realizado no ano anterior e a previsão do que fará em 2012. Há quem afirme que ele esteja tendo dificuldades de encerrar o texto.

Regimental - A presença do chefe do executivo estadual é cumprimento regimental da Casa diante do que dispõem a Constituição federal e estadual, ou seja, o ano legislativo tem que ser aberto com a leitura da Mensagem do Executivo. Encerramento - Após a leitura a sessão será encerrada com os parlamentares iniciando as atividades legislativas, em plenário a partir da segunda-feira, 6 de fevereiro.

do que os ministros de Lula com viagens em jatinhos da FAB (Forças Aérea Brasileira) nos dez primeiros meses do ano passado. Foram R$ 15,3 milhões para andar pra lá e pra cá.

colegiado que faz parte da entidade. No mínimo a decisão descredenciamento da Ecometals poderá colocar um ponto final na disputa entre mineradoras que já durava anos.

Palácio paralelo – O Governo Paralelo de Gilvam Borges (PMDB) deu uma desacelerada depois da inauguração da primeira casa popular e concentra esforços para a inauguração do Palácio Aníbal Barcelos, que deve acontecer nos próximos dias.

Dificuldades - Repassar os pontos da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ficará mais difícil a partir de julho. As novas regras incluem cópia de documentos registradas em cartório ou a presença simultânea no órgão de trânsito do condutor infrator e do proprietário do veículo.

Desautorizado – O gerente da Ecometals no Amapá, Paulo Chedid, deve ir hoje para a imprensa comentar o descredenciamento de sua empresa na Junta Comercial do Amapá (Jucap). A partir de agora, ele está desautorizado a fazer qualquer movimentação comercial no Estado.

Fraudes - Em alguns casos, será preciso anexar documento para provar que a infração foi cometida pela pessoa indicada a assumir o erro. As medidas são para evitar fraudes de infratores contumazes, que escapam da punição distribuindo a pontuação entre familiares, amigos e conhecidos.

Diferente – Pode parecer besteira, mas Camilo tem pela frente uma grande missão ao preparar o texto que deverá ser lido na solenidade de amanhã. Primeiro por ter assumido o Executivo sem ter um plano de governo definido (se tem a imprensa nunca viu). E segundo por não ter lido tal mensagem ano passado, estando em débito com o povo amapaense.

“Ojornalismoé,antesdetudoesobretudo,aprática diáriadainteligênciaeoexercíciocotidiano do caráter” (Claudio Abramo)

Gastança - Os ministros da presidente Dilma Rousseff gastaram 19% a mais

Siga: @cantanhede_AP Acesse:jandersoncantanhede.wordpress.com Email: cantanhede@jdia.com.br

FotodoDia

Decisão – A decisão anunciada pelo presidente da Jucap, Jean Alex, foi baseada na análise de todo o

Até amanhã...

A Prefeitura de Macapá por meio da Secretaria Municipal de Manutenção Urbanística está realizando serviços de podagem de árvores em logradouros públicos e pontos da zona sul. O serviço teve início na semana passada e deve ser finalizado no final do mês HEVERTON MENDES

Macapá-AP, quarta-feira, 01 de fevereiro de 2012

A2

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Editorial

Futuro congestionado

O

s problemas de mobilidade urbana em Macapá são cada vez mais perceptíveis, em especial no que diz respeito ao tráfego de veículos. Em alguns pontos da cidade, o trânsito fica totalmente congestionado, com destaque para o gargalo na ligação entre o centro e a zona norte, pelas estreitas vias do Pacoval. Para muitos, causa alívio pensar que a inauguração da Rodovia NorteSul irá resolver este problema. Trará, sem dúvida, um desafogo para esta região específica de Macapá. Mas os desafios para a solução do tráfego de veículos na capital amapaense vão exigir muito mais do que isso dos gestores públicos e de toda a população. Atualmente o Amapá tem um frota de veículos na casa de 110 mil unidades, incluindo automóveis leves e utilitários, motocicletas, caminhões e ônibus. Um número que deve ser acrescido de mais 15 mil unidades ao longo de 2012. Deste total, 80% circulam em Macapá. Ou seja, 88 mil veículos hoje, podendo chegar a 100 mil até o final do ano. Não é preciso muita imaginação, nem capacidade analítica mais profunda, para prever que muitos dos problemas que afligem os moradores de Macapá hoje, na questão da mobilidade urbana, irão se agravar no curto prazo. Teremos, com certeza, mais co n g e s t i o n a m e nto s,

mais acidentes de trânsito, com suas já incontáveis vítimas, mais stress e muito menos qualidade da vida. Isso pode ser preocupante, mas ainda mais inquietante é notar que as autoridades públicas amapaenses parecem alheias a este futuro que está logo adiante de nós. Em linhas gerais, o poder público, em suas diversas instâncias, mostra-se incapaz de dar respostas à altura da complexidade dos problemas com que se defronta. Quando existem, as ações são pontuais, desintegradas, carentes de sinergia e incapazes de mobilizar o conjunto da sociedade. Gestores públicos deveriam estar planejando soluções alternativas para o transporte coletivo, debruçando-se sobre projetos de reengenharia do trânsito, buscando recursos para melhoria da malha viária urbana, criando e produzindo grandes campanhas educativas pela paz no trânsito, entre muitos outros projetos capazes de construir um novo cenário para Macapá. Em vez disso, perdem-se em operações de tapa-buraco, em conflitos politiqueiros e em pequenas intervenções urbanas de impacto localizado. Este é o quadro presente. Teme-se que no futuro seja ainda pior. É possível mudar, mas os indicativos atuais não recomendam muito otimismo.

Hora-Hora Atraso – O ano novo trouxe uma sacola de problemas não resolvidos no ano vellho. O pagamento de salários de empresas terceirizadas, que prestam serviços ao Governo do Estado, é um deles. Tem reclamação para todos os lados, especialmente das empresas contratadas nas áreas de saúde e educação.

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994) Diretor Editorial: José Arcângelo Pinto Pereira Diret. Adm. Financeira e Contábil: Maria Inerine Pinto Pereira Diretor de Assuntos Corporativos: Luiz Alberto Pinto Pereira Diretor Executivo: Marcelo Roza Assessoria Jurídica e Tributária: Dr. Américo Diniz — OAB/AP 194 Dr. Eduardo Tavares — OAB/DF - 27421 Editor-Chefe: Janderson Cantanhede Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br josemaria@jdia.com.br mariaruth@jdia.com.br

Índice Opinião - A2, A3 Política - A4 Economia - A5 e A6

Meio Norte - A7 Diversão - A8 Dia Dia - B1, B3

JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representantes comerciais JC Repres. Com. Ltda. - Brasília, DF n Tel. (61) 2262-7469 - Rio de Janeiro, RJ nº Tel. (21) 2223-7551, São Paulo Visão Global Comunicação S/C Ltda. n Rua Alvarenga, 573- Butantã - CEP - 05509-000 - São Paulo, SP Tel. (11) 3032-3595, Fax (11) 3032-4102. New Mídia - Belém-PA (Gil Montalverne) Tel.: (91) 3279-3911 / 8191-2217 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Polícia - B2 Santana - B4 Classidia - 12 Pág

Ediçãonúmero 7816

Sem garantia – Quem também está na fila de espera por pagamento são os artistas que se apresentaram no Reveillon promovido pelo GEA. Segundo eles, bom mesmo é ser artista de fora, que ganha mais, recebe 50% na hora para fechar o contrato e os outros 50% antes de subir no palco. Do contrário, nada de show. Preocupação – Deputado federal Evandro Milhomem, que assume a coordenação da bancada federal amapaense, substituindo Dalva Figueiredo, anda

preocupado com possibilidade de Eletronorte fechar as portas de seu escritório no Amapá. Vai tratar do assunto com ministro das Minas e Energia, Edison Lobão. Continua firme – Ontem mesmo, depois do assunto vir à baila, gerente regional da Eletronorte, Marcos Drago, ocupou microfones de emissoras de rádio para desmentir a informação. Segundo ele, Eletronorte vai continuar firme no Amapá, desativando apenas operações de usinas termelétricas, quando Linhão do Tucuruí chegar ao estado. Expectativa – Depois de muito barulho inicial, governo paralelo assumiu absoluta discrição. O que para analistas da cena política, que conhecem bem o estilo de Gilvam Borges, é questão apenas temporária. Logo, logo vem chumbo grosso por aí.

Frases do Dia “Osgrandesespíritossempretiveramquelutarcontraa oposiçãoferozdementesmedíocres.” (Einstein) “Sabernãoésuficiente;temosaplicar. Tervontadenãoésuficiente:temos que implementa-la.” (Goethe) “Somos donos do nosso destino. Somos capitães da nossa alma.” (Winston Churchill). “Nuncaseconquistounadasementusiasmo.” (Phillipe Johnson)


JD

Opinião

Macapá-AP, quarta-feira, 01 de fevereiro de 2012

A3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

O poder cega Aproveiteosjurosaltos RODOLFOJUAREZ Jornalista

M

acapá?! Calma Macapá. Eu tenho certeza que você ainda vai sair bem dessa enrascada. Sei que as suas necessidades um dia ainda serão supridas e as suas vontades atendidas, para o bem de todos: de você mesma, dos seus habitantes e até mesmo dos seus dirigentes. As pessoas não são de todas más. Você vai ter oportunidade de ver o lado bom delas, que hoje te maltratam, te enfeiam e, até, dão a impressão que estão brigando contigo. Azar deles! Sabes muito bem que as tuas virtudes brotarão entre os problemas, sejam eles quais forem, pois já destes provas do teu carisma e não negas beleza para ninguém, inclusive nós, teus admiradores, que estamos todos os dias querendo que sejas bem tratada. És tão carismática que ainda está para nascer aquele que vem até aqui, te ver de perto, observar os teus detalhes, que não saia apaixonado por ti. É ou não é uma grande virtude? E não precisas, sequer, apresentar-te com os adornos que tens direito, com os traços que trazes de muito tempo. É só deixar

que a brisa forte do rio, quase um vendaval, toque o rosto de cada um de nós, mostrando o teu perfume e a tua alma, sempre disposta a agradar, a agregar, a proteger os teus habitantes, para que teus filhos privilegiados fiquem muito satisfeitos Parece até que não tens defeito! E se algum for notado, será encoberto pela alegria do teu povo, que carrega uma grande vontade – quer te ver cada vez mais bonita, mais graciosa, mais hospitaleira e capaz de satisfazer os mais exigentes. Esses que não estão conseguindo entender o que tu estás querendo, um dia vão encontrar o caminho. Não é possível que só eles e apenas eles, possam continuar de coração duro e olhos fechados para não perceber o quanto tu os perdoa pelas oportunidades que estão perdendo. Sim, são eles que perdem a oportunidade de satisfazer-se, regalar-se com o que tu lhes oferece. São bobos e, por isso, não compreendem o que está acontecendo contigo e com os teus habitantes. É isso mesmo. Eles nem percebem que o poder cega! Mas mesmo cegos haverão de notar o mal que estão fazendo. Não há uma hipótese sequer, capaz de deixar aqueles que te maltratam impunes.

Calma! Calma! Todos nós sabemos que tu não estás querendo qualquer retaliação sobre quem quer que seja. És da paz. Eu sei que tu não preferes o bolo, não pensas em museu, não queres festa, não queres discurso. O que tu queres antes de tudo isso é sentir que estão te preparando para receber a chuva e tomar o banho que se aproxima e que pode deixar muito dos teus moradores reclamando, sofrendo com as casas no fundo e se arriscando a contrair doenças feias. Sabemos que não era para ser assim! Nisso tens toda razão. Desculpe o mau jeito. Mas um dia, repito, eles saberão o tamanho do mal que fazem contigo e nem o choro escondido ou público, vão compensar esse tempo perdido. Sei, entretanto, que vás ficar feliz por ter recuperado alguns daqueles que, sem querer saber porque, nunca te quiseram bem. Eles estão tendo uma oportunidade única e estão deixando passar. O maior castigo vai ser o arrependimento por não ter feito nada daquilo que mais precisavas quando tiveram a oportunidade de fazer. A dor do arrependimento é forte e única: ataca a consciência e estraçalha a alma.

Belémsemestadista flávio pinto Colunista

D

entro de pouco meses o eleitor de Belém irá às urnas para o 1º turno da eleição municipal, que será realizada em todo país. Escolherá o prefeito que estará à frente da administração pública quando a capital paraense completará 400 anos. Por sugestiva coincidência, em 2012 completará um século a queda de Antônio José de Lemos. Embora até hoje continue a ser lembrado como o melhor prefeito que Belém já teve, o “velho Lemos” sofreu a maior das violências, ao ser apeado do poder e deportado. Morreu no exílio, no Rio de Janeiro, um ano depois. Surpreende que um golpe tão grosseiro, como o armado por seus maiores inimigos (os adeptos de Lauro Sodré, talvez o político paraense de maior influência e importância na história nacional), tenha tido tanta eficácia. Lemos foi perseguido, arrastado e posto para fora de Belém, porque seria o autor intelectual de um atentado a bala contra Sodré, totalmente inverossímil. O povo engoliu a mentira, criada pelos próprios “lauristas”, em função de um ambiente de denúncias sobre privilégios e corrupção na administração “lemista”. Apesar das evidências de que alguns dos amigos e aliados do intendente eram favorecidos por contratos leoninos em concessões públicas (o principal deles era Francisco Bolonha), Antônio Lemos ignorava a boataria e desdenhava das acusações. Era rico, dono de um dos melhores jornais em circulação no país e controlava a política paroquial. Quando procurou uma saída para a situação delicada já era tarde. Não é verdade, porém, que tenha sido esquecido a partir daí. Ele foi homenageado logo depois da sua desgraça, durante a inauguração de um pavilhão da Santa Casa de Misericórdia, da qual foi provedor e um dos maiores beneméritos. À medida que o tempo passava e as lideranças políticas se sucediam sem criar as marcas profundas que ele deixou na cidade, mais seu nome crescia na memória do povo. Passou a ser quase um refrão citar seu nome à consulta sobre o me-

lhor prefeito de Belém. Nunca mais a capital dos paraenses teve um estadista a comandá-la? Provavelmente, não. Os motivos das realizações de Lemos podem ser atribuídas à riqueza da borracha, ao excessivo endividamento que ele fez e a outros fatores que não dependiam diretamente da sua vontade. Nenhum desses fatores diminui a contribuição da sua visão, do seu desejo de fazer o melhor pela cidade que governava, ainda que a partir de uma visão elitista, que excluía a população pobre e humilde, confinada aos alagados e baixadas insalubres. A relevância de Lemos se afirma em paralelo à atuação do prefeito mais famoso dessa época, Pereira Passos, alcaide do Rio de Janeiro. Durante uma visita de Lemos à capital federal, Passos fez questão de destacar o pioneirismo do político paraense na urbanização e embelezamento de Belém, que era naquele momento a terceira cidade mais importante do Brasil. O projeto de transformá-la numa Paris dos trópicos, sem destruir suas raízes portuguesas, era um típico caso de despotismo esclarecido. Tão esclarecido que só agora, depois do Projeto Cura, da macrodrenagem das baixadas e de obras complementares é que as largas ruas por ele traçadas, do Marco à Sacramente e à Pedreira, estão sendo plenamente ocupadas (embora, infelizmente, de forma desordenada, sem vinculação a um plano de desenvolvimento urbano mais amplo e integrado). Mais do que os prédios suntuosos (às vezes em demasia para o seu uso ordinário, como o mercado de São Braz, gerando com isso contrastes negativos e desafios difíceis de superar na busca por um ajuste adequado), a marca do “velho Lemos” é a ousadia, a audácia, o empenho em dar uma feição completa à cidade. Nada mais tivemos de parecido. Alguns prefeitos são lembrados por boas obras isoladas que realizaram. Dificilmente há administradores ruins em absoluto. Mesmo para roubar é preciso realizar. Daí a esperança popular de que o administrador, se roubar, ao menos faça alguma coisa em benefício dos cidadãos. Os mais engenho-

sos do tipo costumam até fazer bastante coisa, ainda que muito cara e sem entregar tudo que foi declarado como feito. O mito de Lemos se renova menos por uma compreensão cada vez melhor do que ele foi e mais pela frustração com o que se tem no presente. Uma medida dessa decepção pode ser obtida através da repercussão da mais recente das candidaturas lançadas no mercado, a do ex-secretário de saúde, exprefeito, ex-senador e ex-governador Almir Gabriel. Segundo os boatos, transformados em letra de forma pelo jornal do senador eleito (mas não empossado) Jader Barbalho, Almir foi tirado do ostracismo pelo prefeito Duciomar Costa (e pelo jornal O Liberal). Desfiliado do PSDB, que ajudou a fundar, Almir iria ser apresentado como candidato do PTB à sucessão do dono do partido no Estado, o próprio Duciomar. Seria uma mão (suja) lavando a outra (não menos suja). Foi Almir, quando no primeiro mandato de governador, que deu força ao deputado estadual Duciomar para ele pular para o Senado, usando para isso a máquina estadual. Foi uma surpresa e um choque. Duciomar Costa se tornou célebre por usar um diploma falso de médico para clinicar como oftalmologista, aumentando o faturamento da sua ótica. Almir, antes de se tornar político, fez fama nacional como cirurgião do pulmão, o título que permaneceu acima das contestações (o mesmo não se pode dizer do político). Mas não se vexou por ética alguma na hora de ficar ao lado de um farsante como médico. Com essa senha, Duciomar acabou ganhando um título honorífico da classe médica, vencida a minoria, que tentou impedir esse vexame. E agora estaria em situação confortável para fazer de Almir seu candidato. Mas não em Belém. Um conjunto de vias, agrupadas em sua toponímia para lembrar a participação brasileira e paraense na guerra do Paraguai, começou a ser descaracterizada. A homogeneidade desapareceu. A necessária revisão do passado não se aplica ao caso. E mesmo essa revisita não pode ter o efeito de criar uma nova realidade.

Franco Iacomini Colunista

P

ara tratar com seriedade de finanças pessoais, às vezes é preciso sair um pouco das questões mais práticas e partir para uma leitura explicativa do ambiente econômico, que caminhe para uma tradução de atos e discursos em termos daquilo que realmente importa para a população: os seus reflexos na vida econômica das pessoas, em especial seus investimentos e suas dívidas. É o caso da polêmica que se instalou entre economistas desde a semana passada, quando foi divulgada a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom). Tudo porque os membros do Copom afirmaram que o cenário atual “contempla a taxa Selic se deslocando para patamares de um dígito”. Aí começa a discussão, com economistas dizendo que o Banco Central adotou uma proposta do plano de governo da presidente Dilma Rousseff e que essa atitude não combina com a autonomia que se espera da autoridade monetária. Menos, pessoal. Nos últimos anos, o BC baseou-se amplamente nas expectativas dos bancos e consultorias para definir suas taxas, como se economistas reunidos em conclave pudessem ganhar poderes sobrenaturais. O vaivém dessas estimativas deixa claro que isso é bobagem. Uma bobagem que fez todo sentido na década passada, enquanto perduravam temores de que o governo Lula fizesse mudanças drásticas na política econômica. Não fez. Essa fase ficou para

trás. O normal é o contrário, é o mercado ficar atento ao que a autoridade monetária faz em sua função de preservar a moeda. Um Banco Central que apenas obedece ao mercado não é autônomo – autômato, no máximo, como um robozinho bem programado. A regra anterior levou o país a uma situação em que inflação foi contida, mas gerou uma distorção tremenda nas taxas de juros. Não vou entrar na lenga-lenga da “maior taxa de juros do mundo”, mas é inegável que a Selic está em patamares altos demais para uma nação democrática e estável, em tempo de paz. É só ver o gráfico ao lado, onde se pode constatar a distorção. Se houve algum beneficiário desse efeito colateral, foi o sistema bancário. Por isso não chega a ser surpreendente que os bancos encontrem razões teóricas para reclamar da trajetória descendente da Selic. O caminho, então, é ladeira abaixo. Espera-se que a descida seja responsável, compassada, mas duradoura. Para quem está investindo ou pensa no assunto, isso significa que os ganhos de renda fixa tendem a ser menores no futuro. A diferença tende a ser maior quanto mais longo o prazo da aplicação – quem está poupando com os olhos numa aposentadoria para além de dez anos, por exemplo, deve estar mais atento. Abre-se aí uma oportunidade de “travar” os porcentuais e desfrutar das taxas altas de hoje num futuro de juros mais baixos. Isso mesmo – você pode tirar algum proveito dos juros altos. É possível fazer isso por meio do Tesouro Direto, adquirindo papéis pré-fixados como as NTN-F ou ainda aplicando nas NTN-

B, que garantem um porcentual de juros mais a inflação do período. Outra consequência dos juros menores do Brasil de um futuro próximo é que será difícil obter rentabilidades altas sem correr algum risco. A bolsa, que está engatando uma boa valorização este ano (quase 10% em 30 dias!), tende a estar cada vez mais presente na vida dos investidores. Nada será como antes. Largura No Brasil, o Banco Central precisa manter a inflação (IPCA) dentro de uma faixa que vai de 2,5% a 6,5% no ano. Essa zona de flutuação é larga o suficiente para permitir ao BC buscar um cenário em harmonia com o que um país em desenvolvimento precisa: preços sob controle, crescimento em alta, emprego, investimento. Desde que aja com responsabilidade e sem beneficiários ocultos. Impostos Alguns leitores escreveram questionando o tema da coluna da semana passada, que falava sobre os juros ocultos no sistema de descontos no IPVA e no IPTU, que ficam entre 22% e 23% ao ano. Mas é isso mesmo. É comum que as pessoas confundam o valor do desconto com o dos juros, mas esse é um erro matemático. A lógica deve ser a mesma de qualquer outro parcelamento. Siga este exemplo, retirado de um anúncio publicitário. Uma geladeira custa R$ 1.258,20, divididos em 18 parcelas. À vista, ela sai por R$ 799 – “desconto” de 36,5%. Os juros, entretanto, são de 1,99% ao mês, que equivalem a 85,63% ao ano. Não se engane.

Siga o portal educação

Confira no Portal Educação: Lei Seca poderá enquadrar motorista mesmo sem o bafômetro.


JD

Geral

Desembargador Mário Gurtyev discute magistratura nacional em encontro de presidentes Para ele, evento realizado no Estado do Piauí serviu para o aprimoramento do Judiciário

N

o período de 26 a 27 de janeiro, ocorreu em Teresina, Piauí, o 90º Encontro do Colégio Permanente de Presidentes dos Tribunais de Justiça do Brasil, ocasião em que foram debatidos os principais assuntos que envolvem a magistratura nacional. A Justiça do Amapá foi representada no evento pelo Presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Mário Gurtyev de Queiroz. A abertura do 90º Encontro de Presidentes de Tribunais de Justiça ocorreu às 19 horas do dia 26 de janeiro, no auditório do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí. Após a abertura oficial pelo Presidente do Colégio, Desembargador Marcus Faver, houve a saudação pelo Presidente do Tribunal de Justiça daquele Estado, seguida de uma sessão de homenagem a personalidades, com entrega de comendas pelo Tribunal de Justiça, Associação dos Magistrados do Piauí e Escola Superior da magistratura do Estado. Em seu discurso, o presidente do Colégio de Presidentes, Desembargador Marcus Faver, dirigiu-se aos presentes enfatizando a necessidade do fortalecimento do Judiciário brasileiro, resgatando a ativa participação dos magistrados na vida social e política do país. O presidente do TJPI, Edvaldo Pereira, pronunciou-se na sequência, sem sair da ênfase à necessidade de um recrudescimento nas atitudes do Poder Judiciário, com o intuito de salvaguardar o Estado Democrático de Direito. Para o Presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, Desembargador Mário Gur-

Encontro do Colégio Permanente de Presidentes dos Tribunais de Justiça do Brasil

tyev de Queiroz, esses encontros são necessários para o aprimoramento da Justiça Nacional. “Trocamos informações úteis e discutimos temas relevantes para todos os Tribunais de Justiça do Brasil”, enfatizou. Ao final do 90º Encontro foi editada a Carta de Teresina, na qual o Colégio de Presidentes de Tribunais de Justiça firmou posição manifestando, de maneira irrestrita, o apoio ao Supremo Tribunal Federal e às suas decisões. Na íntegra, abaixo, a Carta de Teresina: Colégio Permanente de Presidentes de Tribunais de

Justiça do Brasil Carta de Teresina O Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça do Brasil, reunido na cidade de Teresina, capital do Estado do Piauí, de 26 a 27 de janeiro de 2012, pela unanimidade dos seus integrantes, resolve: I – Manifestar profunda preocupação com o momento vivido pelo Poder Judiciário, em face da notória exposição negativa a que tem sido submetido, em detrimento da democracia. II - Reiterar a importância de ser integralmente pre-

servada a autonomia dos tribunais, consagrada na Constituição da República. III – Enfatizar que o ordenamento jurídico brasileiro impõe a necessidade de autorização judicial para a quebra de sigilo fiscal e bancário, em respeito à dignidade humana. IV – Reafirmar irrestrita confiança no Supremo Tribunal Federal, garantidor máximo dos princípios constitucionais e do regime democrático. Teresina, 27 de janeiro de 2012 (Assinada por todos os Desembargadores presentes)

A

jornalista é “privativo do portador de diploma de curso superior de Comunicação Social, com habilitação em jornalismo, expedido por curso reconhecido pelo Ministério da Educação”. A proposta prevê, porém, a manutenção da tradicional figura do colaborador, sem vínculo empregatício, e torna válidos registros obtidos por profissionais sem diploma, no período anterior à mudança na Constituição prevista pela PEC. A proposta tenta neutralizar decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de junho de 2009 que revogou a exigência do diploma para o exercício da profissão de jornalista. Na ocasião, os ministros entenderam que o Decretolei 972 de 1969, que exige o documento, é incompatível com a Constituição, que garante liberdade de expressão e comunicação. A

interpretação do Supremo foi de que a exigência do diploma seria um resquício da ditadura militar, cujo objetivo à época foi afastar dos meios de comunicação intelectuais, políticos e artistas que se opunham ao regime. 40% sem diploma Dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), divulgados pelo portal Comunique-se, revelam que cerca de 40% dos registros emitidos pelo ministério de 2010 a 2011 foram para profissionais sem diploma na área. De 1º julho de 2010 a 29 de junho de 2011, foram concedidos 11.877 registros, sendo 7.113 entregues mediante a apresentação do diploma e 4.764 com base na decisão do STF. Inácio Arruda (PCdoBCE), relator da matéria no Senado, argumenta que o projeto resgata a dignidade profissional dos jornalis-

tas, fixando na Constituição que a atividade é privativa de portadores do diploma de curso superior. Assinala a função social do jornalismo, que exige formação teórica, cultural e técnica, além de amplo conhecimento da realidade. “A exigência do diploma de jornalismo não criará nenhum embaraço para a liberdade de expressão ou do pensamento. Sinceramente, o que cria esse embaraço é o monopólio exercido na mídia brasileira”, afirma o senador em seu relatório. Entre os críticos ao projeto está o senador Fernando Collor (PTB-AL), para quem a PEC impede a “total liberdade de expressão” da sociedade. Ele critica os cursos de jornalismo por formarem profissionais que desconhecem a língua portuguesa e não cumprem regras básicas do jornalismo, como apurar bem uma notícia.

MDIC: 18 montadoras estão livres do aumento de IPI

O

governo divulgou ontem a lista definitiva das 18 montadoras que estão livres do pagamento de imposto mais alto na produção de veículos até dezembro deste ano, por cumprirem regras de produção nacional e investimento. A lista anterior era provisória e só garantia o benefício fiscal até hoje, 1º de fevereiro. As montadoras são as seguintes: Agrale, Caoa (Hyundai), Fiat, Ford, GM, Honda, Iveco, MAN, Mercedes-Benz, MMC Nissan, Peugeot, Renault, Scania, Toyota, Volkswagen, Volvo e Interna-

tional Indústria Automotiva da América do Sul. De acordo com portaria publicada ontem no Diário Oficial da União essas são as empresas que cumprem os requisitos mínimos de produção nacional e investimento em inovação, exigidos pelo governo, para conceder o benefício de redução da alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) incidente sobre os veículos fabricados em qualquer de seus estabelecimentos industriais ou importados do Mercosul e México. Empresas não enquadra-

das, o que inclui principalmente fabricantes chineses e de carros de luxo, pagam imposto 30 pontos porcentuais maior desde dezembro do ano passado. De acordo com a portaria publicada ontem, pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, as empresas habilitadas ainda estão sujeitas à verificação do cumprimento dos requisitos exigidos, bem como ao cancelamento da habilitação definitiva. Para pagar imposto menor, as empresas devem ter conteúdo nacional acima de 65%, realizar ao menos

seis de 11 etapas da fabricação de veículos no País e investir 0,5% do faturamento líquido em pesquisa e desenvolvimento. Para essas empresas, as alíquotas de IPI para veículos variam de 7% a 25%, dependendo do modelo e potência do automóvel. Montadoras que não cumprem as exigências pagam imposto maior, que varia de 37% a 55%, dependendo das cilindradas. O aumento do tributo vale até dezembro de 2012 e faz parte do plano de estímulo à indústria “Brasil Maior”.

A4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Bastidores danotícia RODOLFOJUAREZ Jornalista

Aniversário de Macapá No próximo sábado, dia 4 de fevereiro, acontece a festa de aniversário da Cidade de Macapá. Os que moram em Macapá estarão comemorando os 254 anos da cidade. A festa é esperada com ansiedade pela população e os organizadores, em vários pontos da cidade, estarão procurando servir a cidade com o que pode dar de melhor. Este ano as festas não serão concentradas e contarão com vários patrocinadores. Os pontos marcantes São muitos os pontos que marcam os contornos da cidade de Macapá: Lugar Bonito, Praça do Coco, Praça Floriano Peixoto, Igreja de São José, Praça da Bandeira, Praça Zagury, Praça de Alimentação, Trapiche Eliezer Levi, Monumento São José, Praça do Buritizal, Parque do Araxá, Curiau, Orla do Bairro Santa Inês, Catedral de São José e Praça da Conceição são alguns dos pontos turísticos marcantes da Capital do Amapá.

PEC dos Jornalistas deverá ser votada em fevereiro PEC 33/2009, que torna obrigatório o diploma de graduação em Comunicação Social para exercício da profissão de jornalista, deve ser votada em segundo turno no Plenário do Senado em fevereiro, conforme acordo dos líderes partidários feito na última sessão do ano passado, em 22 de dezembro. Essa não é das PECs mais controversas entre as que tiveram sua votação adiada para este ano. A votação da PEC em primeiro turno ocorreu no final de novembro e no dia 9 de dezembro a matéria teve sua primeira sessão de discussão em segundo turno. De autoria do senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), a PEC dos Jornalistas, como ficou conhecida, acrescenta um novo artigo à Constituição, o 220-A, estabelecendo que o exercício da profissão de

Macapá-AP, quarta-feira, 01 de fevereiro de 2012

As festas Além de um bolo de 50 metros (?) que terá a participação de muitos, antes, na véspera, na Câmara Municipal de Macapá acontecerá, às 10 horas, outorga de comendas. No dia do aniversário, uma programação, que começa com uma salva de tiros, às 6 horas, na orça da cidade e vai até às 19 horas com shows no Mercado Central e na Praça do Coco, com artistas gospel. O presente O Governo do Estado está anunciando, como presente para a cidade, a reinauguração do Museu Sacaca, no bairro do Trem, depois de ficar mais de um ano em obras. Não está confirmado onde será cantado, de forma oficial, o tradicional “parabéns p’ra você” e os “é big” sempre puxados. Até nesse momento os “puxas” estão entre os festeiros. Equipe desconhecida A enquete divulgada pelo JD no domingo, quando foram avaliados o conhecimento e o desempenho da equipe do Governo do Estado, causou muito interesse, principalmente entre os formadores da equipe, para saber o que está pensando a comunidade dos seus respectivos desempenhos. Ao final ficou claro que a equipe de auxiliares é bastante desconhecida do publico (52% de desconhecimento). Desempenho Já com relação ao desempenho, ficou claro que a população, por desconhecer grande parte dos secretários e sociedades de economia mista, puxou o resultado para baixo. 17% da população entende que o desempenho do Governo do Estado é ótimo ou bom; 30% da população disse que o desempenho do Governo é regular; e 53% assevera que o desempenho é ruim ou péssimo. Os melhores Entre os melhores estão o presidente da CAESA, Ruy Smith, com 54% da população entendendo que ele teve um desempenho até agora ótimo ou bom; 39% um desempenho regular e 7% desempenho ruim ou péssimo. O desempenho do governador Camilo foi avaliado da seguinte forma: ótimo ou bom 23%; regular 48% e ruim ou péssimo 29%. Reclamação Os condutores de veículos automotores estão reclamando muito do serviço que está sendo feito na Rodovia Estadual Duca Serra. O lançamento da lama asfáltica, considera

imprópria para rodovias, se transforma em uma verdadeira armadilha. A pista fica extremamente lisa e propícia para acidentes por causa do deslocamento do veículo, mesmo freado. Certidão negativa de débitos trabalhistas Termina, nesta quinta-feira (2), o prazo de 30 dias estabelecido para os devedores que constavam do Banco Nacional de Débitos Trabalhistas (BNDT) regularizarem sua situação para a emissão da Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas. Desde o dia 4, quando entrou em vigor a Lei nº 12.440, de 2011, que instituiu o documento, o site do Tribunal Superior do Trabalho (TST) já emitiu mais de 580 mil certidões. O BNDT conta com 963.316 devedores, condenados em 1.617.209 processos trabalhistas. Distribuição de vagas por região é legal A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou recurso em mandado de segurança de candidato aprovado além do número de vagas para o cargo de analista judiciário, em São José dos Campos (SP). O colegiado, em decisão unânime, entendeu que não existe ilegalidade no edital do concurso por ter como critério a distribuição de vagas por região. Relações amorosas Cada dia se amiúda notícias de relacionamento amoroso e sexual entre homens maiores e garotas menores e mulheres maiores e garotos menores. Uma pesquisa apurou a situação que foi colocada nos limites da lei. Garotas menores de idade contam os prós e os contras de seus namoros com homens maiores. Veja o que diz a lei: Entre 14 e 17 Com 14, 15, 16 e 17 anos, a lei diz que os(as) adolescentes têm capacidade de consentir com a transa. Portanto, se for consentido, o(a) adolescente pode transar mesmo que o(a) parceiro(a) seja maior de idade Só ela menor de 14 Até o dia em que completa 14 anos, a adolescente é considerada incapaz de consentir; transar com uma menina dessa idade é considerado estupro com violência presumida, um crime hediondo, mesmo que ela diga que transou porque quis Só ele menor de 14 Se a transa for com um menino menor de 14 anos (13 anos ou menos), a mulher é acusada de atentado violento ao pudor, outro crime hediondo, mesmo quando ele afirma que quis e consentiu Ambos menores de 14 De acordo com a lei, menores de 14 anos não são capazes de consentir com a relação sexual. Se condenados, eles não cumpririam pena na cadeia, e sim medidas sócio-educativas, como internação. Isso porque no Brasil, adolescentes (de 12 a 18 anos) não cometem crimes, mas atos equiparados a crimes, os chamados atos infracionais Punição aos pais Pais podem ser condenados se o filho ou a filha transar com um(a) menor de idade? Dependendo do caso, sim. Eles podem ser acusados de omissão ou co-autoria do estupro ou atentado violento ao pudor, se ficar provado que sabiam e não tentaram impedir que o(a) filho(a) transasse com um(a) jovem menor de 14 anos ou com idade entre 14 e 17 anos nesse último caso, sem consentimento dele(a)


Política

JD

Macapá-AP, quarta-feira, 01 de fevereiro de 2012

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Congresso não deve debater poderes do CNJ, diz deputado lider do governo Vaccarezza disse ainda que uma lei já existe para regulamentar o assunto e que não é porque a discussão foi pautada que “o debate precisa entrar no Parlamento”

O

líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), descartou ontem a possibilidade de a Câmara debater proposta sobre os poderes de investigação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). Para o petista, o Legislativo não pode interferir nas questões do Judiciário. “Assim como não gostamos quando um juiz, por exemplo, interfere nas nossas questões.” Vaccarezza disse ainda que uma lei já existe para regulamentar o assunto e que não é porque a discussão foi pautada que “o debate precisa entrar no Parlamento”. “Não é o momento de a gente fazer essa discussão. De qualquer forma [um possível debate] teria que começar por uma uma conversa entre presidente os presidentes da Câmara (Marco Maia) e o Senado (José Sarney) com o do Judiciário, mas não é o caso. Temos que nos debruçar para resolver questões principais, como a reforma do Judiciário. Como líder do governo não vou participar desse debate”, disse. No ano passado, a CCJ

(Comissão de Constituição e Justiça) do Senado chegou a pautar uma emenda constitucional que deixa claro o poder de investigação do CNJ, mas a votação foi adiada. O Conselho é centro de polêmica após o STF (Supremo Tribunal Federal), em caráter liminar, suspender os poderes de investigação da corregedoria do órgão. Hoje, a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) realizou um ato em defesa do órgão e contra o “conservadorismo dos juízes que se acham inalcançáveis”. A manifestação, que acontece na véspera de o Supremo levar a julgamento o assunto, contou com a presença de advogados, senadores e juristas, além de conselheiros do CNJ e do ex-ministro da Defesa, Nelson Jobim, presidente do STF à época da criação do órgão. Pauta O líder do governo também falou, sobre a volta dos trabalhos do Congresso, na próxima quinta. Apesar de dizer que o projeto que cria um fundo especial de previdência para os ser-

DIVULGAÇÃO

O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza, fala sobre o CNJ

vidores públicos deve entrar na pauta em fevereiro, Vaccarezza não mostrou confiança em finalizar a votação do texto antes do Carnaval. Ainda segundo o petista, o mês de março deve ser tomado pelas votações do Código Florestal e da Lei Geral da Copa. A proposta sobre uma nova divisão dos royalties do pré-sal deve ser votada

apenas com acordo, diz. Vaccarezza descartou ainda a votação do novo Código Brasileiro da Aeronáutica e negou que as eleições de outubro possam prejudicar os trabalhos do Congresso. “O Brasil já está acostumado com eleições de dois em dois anos”, afirmou. Ele disse que a relação com partidos da base aliada, como PMDB e PP,

não preocupam. Segundo ele, a relação entre as legendas é melhor do que em outros momentos desse governo. O PMDB trocou farpas recentemente com o governo por causa de cargos na esfera federal. Já o PP tem sua permanência no Ministério das Cidades questionada com a provável saída do titular Mário Negromonte.

PDT espera aceno de Dilma para Bancada do PT indicar nomes para o Trabalho decidirá destino de

O

PDT descarta um técnico no Ministério do Trabalho em substituição a Carlos Lupi, exonerado do cargo no final do ano passado depois de denúncias de aparelhamento da pasta e de supostas irregularidades em convênios com ONGs. O partido espera para o início de fevereiro um convite da presidente Dilma Rousseff para discutir o nome de um pedetista para comandar o ministério. “O ministro tem de ter habilidade para conduzir o processo de negociação que envolve sindicatos, capital e trabalho. As pessoas têm de ter clareza disso”, afirmou o vice-presidente do PDT, deputado André Figueiredo (CE), concordando com Lupi. “O ministro tem de ser um gestor e tem de ter habilidade”, continuou. “O que é um perfil técnico no Ministério do Trabalho. É

alguém ligado a que segmento?”, questionou Figueiredo. O deputado destacou que o apoio do PDT ao governo Dilma não está condicionado à participação no ministério. “Acreditamos no governo da presidente”, disse. Estão cotados para assumir o Trabalho o deputado Vieira da Cunha (RS) e o secretário-geral do PDT, Manoel Dias. Lupi, presidente do PDT, afirmou que, diferentemente de outras pastas, como a da Fazenda e a da Ciência e Tecnologia, o Ministério do Trabalho é eminentemente político e dificilmente será ocupado por um técnico. Desde a saída de Lupi, a pasta está sob o comando de Paulo Roberto Pinto, que antes era o secretário-executivo do ministério. No mais recente arranjo ministerial, a nomeação de Marco Antonio Raupp para

Ciência e Tecnologia foi considerada uma escolha técnica da presidente Dilma. Raupp ocupa o lugar do exministro Aloizio Mercadante, deslocado para o Ministério da Educação com a saída de Fernando Haddad, pré-candidato à prefeitura de São Paulo. Lupi repetiu, como declarou poucos dias antes de ser exonerado do cargo, que ainda mantinha amor pela presidente: “Eu amo todos vocês, inclusive a presidente. O amor é um sentimento dos mais nobres. As pessoas na rua dizem que me amam e eu adoro”. Apesar da tentativa do grupo pedetista ligado ao ex-deputado Vivaldo Barbosa, o Diretório Nacional do partido reunido nesta segundafeira, 30, não analisou o pedido de saída de Lupi da presidência da legenda. Lupi afirmou aos pedetistas que tem condições morais para permanecer no cargo de presidente do partido.

Procuradoria arquiva investigação contra corregedora do CNJ

O

procurador-geral da República, Roberto Gurgel, arquivou na tarde de ontem (31) o pedido de investigação solicitada pelas três principais associações de juízes do país contra Eliana Calmon, corregedora do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). No final do ano passado, a AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros), a Ajufe (Associação de Juízes Federais) e a Anamatra (Associação dos Magistrados do Trabalho) pediram que a Procuradoria-Geral da República apurasse se Calmon cometeu crime ao determinar uma varredura na movimentação financeira de juízes e servidores de tribunais de todo o país.

Marta no Senado

DIVULGAÇÃO

Permanência ou não da senadora Marta Suplicy (PT-SP) na vice-presidência da Casa, será definida hoje as 11h pela bancada do PT no Senado

A

bancada do PT no Senado se reúne hoje (1º), às 11 horas, para definir a permanência ou não da senadora Marta Suplicy (PT-SP) na vice-presidência da Casa. Marta resiste em cumprir o acordo celebrado há um ano com José Pimentel (PT-CE), de que fariam um rodízio no cargo. A disputa estão tão acirrada que o presidente do PT, Rui Falcão, foi convidado a participar da reunião a fim de contribuir para um desfecho pacífico. Isso porque a solução do impasse reflete, diretamente, na campanha do petista Fernando Haddad à prefeitura de São Paulo. Outra pauta é a sucessão do atual líder petista, Humberto Costa (PE). Nos bastidores, senadores petistas avaliam que faltou sutileza a Marta Suplicy nas tratativas para continuar no segundo cargo de comando do Senado. Seria como se Pimentel tivesse de se contentar com o cargo de líder do governo no Congresso. Petistas ouvidos pela Agência Estado relatam que nos telefonemas que Marta disparou em busca de apoio para sua permanência no cargo, ela teria adotado uma atitude impositiva. Nessas conver-

A5

sas, alegou que merecia o cargo porque renunciou à candidatura a prefeita de São Paulo. Se também tivesse de abdicar da vicepresidência, era como se sofresse duas rejeições por parte do PT, prejudicando-a junto ao eleitorado. A cúpula petista receia que, frustrada em seus objetivos, Marta - que tem forte penetração na periferia - não ajude na campanha do ex-ministro Fernando Haddad à Prefeitura paulistana. Sucessão na liderança Em outra frente, os senadores Wellington Dias (PT-PI) e Walter Pinheiro (PT-BA) disputam a sucessão do atual líder, Humberto Costa. Pinheiro afirmou à Agência Estado que não partirá para o confronto com o piauiense. “Ao invés de sair aos tapas, vamos sair de braços dados”, afirmou. Por sua vez, Dias intensificou as negociações para arrebatar a liderança. Dias, que no ano passado liderou a cruzada dos Estados do Nordeste e do Norte pela redistribuição dos royalties de petróleo, não quer distância dos holofotes. Nos bastidores, ele argumenta que a Bahia já conta com uma representação forte no governo.

“Juiz vender férias é uma aberração”, afirma expresidente do TJ carioca

Juiz vender férias é uma aberração”, afirma o presidente do Colégio Permanente de Presidentes de Tribunal de Justiça, Marcus Antônio de Sousa Faver. “Alguns governantes precisam ter coragem para colocar critérios mais rígidos nas prerrogativas de todos os servidores públicos, inclusive do Judiciário.” Os magistrados têm dois meses de férias por ano, privilégio do qual não abrem mão. Reside aí o segredo da multiplicação dos zeros nos contracheques em qualquer corte do País. Muitos juízes, ao invés do descanso, negociam suas férias com os tribunais aos quais estão vinculados. Juízes vendem e tribunais compram sob alegação de que o quadro de magistrados é reduzido para tanta demanda. Esse expediente inflaciona o holerite da toga, sobretudo quando as férias se acumulam. Lá adiante, quando a corte vai quitar o passivo com o juiz, agrega ao montante devido um certo fator de atualização monetária. “Virou uma bola de neve”, admite Marcus Faver, de 72 anos, desembargador aposentado pelo Tribunal de Justiça do Rio. Ele presidiu a corte entre 2001 e 2002, também o Tribunal Regional Eleitoral fluminense de 2003 a 2004 e integrou a primeira composição do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que anda às turras com o Judiciário desde que iniciou um pente fino nos benefícios dos magistrados e recorreu ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) em busca de malfeitos.

Aliança com Kassab é um tiro no pé, diz deputado do PT

O

deputado federal Ricardo Berzoini (PT-SP) disparou ontem contra uma eventual aliança do seu partido com o PSD do prefeito Gilberto Kasssab na eleição em São Paulo. Pelo microblog Twitter, Berzoini afirmou considerar a chapa com o PSD “um tiro no pé da militância”. “Não vejo razão para imaginar aliança com Kassab em São Paulo”, escreveu. Para Berzoini, que foi presidente da sigla e ministro durante o governo Lula, o partido precisa demonstrar diferenças entre o atual projeto e o seu projeto para administrar a capital paulista. “O PT só vencerá e convencerá se demonstrar as diferenças reais entre o nosso projeto e o de Serra/Kassab.” Ainda segundo Berzoini, Kassab está usando a possível aliança em torno do pré-candidato petista, Fernando Haddad, para aumentar seu “cacife com o PSDB”.


Economia

JD

Macapá-AP, quarta-feira, 01 de fevereiro de 2012

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Taxa de desemprego recua e fica em 10,5% em 2011, aponta Dieese/Seade De 2010 para 2011 houve queda no número de desempregados, e passou de 2,620 milhões para 2,318 milhões

A

taxa média de desemprego recuou de 11,9% em 2010 para 10,5% em 2011 nas sete regiões metropolitanas onde é feita a Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e pela Fundação Estadual de Análise de Dados (Fundação Seade). Foram criadas 407 mil vagas em todo o ano passado, número suficiente para absorver as 105 mil pessoas que entraram para o mercado de trabalho e reduzir a quantidade de trabalhadores que já aguardavam uma ocupação. De 2010 para 2011 houve queda no número de desempregados estimados, que passou de 2,620 milhões para 2,318 milhões. O desemprego diminuiu em todas as regiões com destaque para Recife onde a taxa reduziu de 16,2% para 13,5%; Belo Horizonte (de 8,4% para 7%) e Porto Alegre (de 8,7% para 7,3%). Na média, as maiores chances de contratação foram criadas no setor de serviços, que abriu 272 mil postos de trabalho, seguida pelo comércio (73 mil), construção civil (65 mil),

A6

Receita pode prorrogar vencimento da parcela de janeiro do Simples Nacional

A

O rendimento médio dos assalariados teve ligeiro recuo de 0,2% com valor de R$ 1.467. Mas a massa de rendimentos aumentou em 3,2%

indústria (33 mil) e outros setores (queda de 36 mil ). O rendimento médio dos assalariados teve ligeiro recuo de 0,2% com valor de R$ 1.467. Mas a massa de rendimentos aumentou em 3,2%. Ao longo do ano passado também houve uma redução da precariedade do mercado de trabalho. O

número de admissões com carteira de trabalho aumentou 5,8% e ao mesmo tempo ocorreu queda de 4,7% nas contratações sem carteira. Na avaliação do economista do Dieese Sérgio Mendonça, “2011 foi um ano bom” porque, mesmo com a economia crescendo a um ritmo mais lento,

na média, a taxa de desemprego teve um desempenho mais favorável do que em 2010. Ele observou que esse resultado foi puxado pelos serviços com alta de 2,6% e pela construção civil que cresceu 5,2%. Já a indústria ampliou as vagas em apenas 1,1%. Sobre os rumos do em-

prego em 2012, o economista alerta que tudo vai depender dos desdobramentos da crise na Europa. Se for mantida a atual situação, ele acredita que a taxa de desemprego em 2012 pode repetir a de 2011 ou até “ter uma taxa bem menor”. Na projeção dele, a economia brasileira deve crescer de 3% a 4%.

Receita Federal pode prorrogar o prazo de recolhimento da parcela de janeiro do Simples Nacional, regime simplificado de tributação para micro e pequenas empresas. A adaptação do programa de computador que calcula o valor do pagamento em relação aos novos limites de enquadramento pode fazer o Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN) alterar a data de vencimento. Em princípio, o recolhimento dos tributos de janeiro está previsto para vencer no dia 22. No entanto, a data pode ser revista caso o programa de computador não fique pronto nos próximos dias. “Na hipótese de o aplicativo [programa] não ser disponibilizado no início de fevereiro, o Comitê Gestor do Simples Nacional decidirá sobre uma possível prorrogação do vencimento da competência de janeiro de 2012”, informou, em comunicado, a Receita Federal, que coordena o CGSN.

Representante das operadoras critica modelo de licitação da quarta geração da telefonia celular

A

o tentar vincular em uma mesma licitação a quarta geração da telefonia celular (4G, com frequência de 2,5 gigahertz - Ghz) à da faixa de 450 megahertz (Mhz), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) poderá, segundo o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia (Sinditelebrasil), provocar a alta de preços de outros serviços de telefonia. Essa foi uma das críticas apresentadas pelos empresários do setor, ontem (31), na audiência pública que discutiu a proposta de

edital de licitação das faixas de radiofrequência de 451 MHz a 458 Mhz; de 461 MHz a 468 MHz; e de 2,5 GHz a 2,69 GHz, pela Anatel. De acordo com a proposta da agência, caso não apareçam empresas interessadas em adquirir as frequências mais baixas, a concessão para a 4G só será feita de forma vinculada às de menor frequência. A diferença entre baixas e altas frequências são similares às características das rádios AM e FM: quanto menor a frequência, menor a qualidade do sinal e maior a área de

abrangência; quanto maior a frequência, maior a qualidade e menor a área de abrangência. Dessa forma, as altas frequências são ideais para a transmissão de grande quantidade de dados em áreas menores (e de maior concentração populacional, como as grandes cidades), o que requer maior quantidade de antenas, um investimento que é compensado pela maior demanda pelos serviços. Já as frequências mais baixas são mais adequadas para áreas rurais e regiões remotas, onde a concen-

tração populacional (ou a demanda pelos serviços) é menor. De acordo com o diretor do Sinditelebrasil, Sérgio Kern, caso os leilões sejam vinculados, obrigando as empresas de telefonia interessadas na prestação dos serviços de 4G a adquirir também as faixas mais baixas, as empresas vencedoras serão forçadas a buscar maiores remunerações nas faixas de menor frequência, encarecendo os serviços prestados aos consumidores. A Anatel trabalha com a

previsão de que todas as cidades-sede da Copa das Confederações de 2013 serão atendidas até o fim de maio de 2013 com a tecnologia 4G. Pretende também que, até o fim do mesmo ano, todas as sedes e subsedes da Copa do Mundo de 2014 sejam atendidas. Para as capitais e os municípios com mais de 500 mil habitantes, a quarta geração da telefonia celular deve chegar até maio de 2014, enquanto as cidades com mais de 100 mil moradores deverão ser beneficiadas até dezembro de 2015.

Para o diretor do Sinditelebrasil, o edital deveria fixar apenas metas de cobertura para as cidades-sede e subsede da Copa de 2014. Ele pediu, ainda, a amortização de investimentos feitos pelas empresas que oferecem serviços de terceira geração (3G) A licitação das faixas está prevista para ocorrer até 30 de abril. A consulta pública ficará aberta até o dia 26 de fevereiro. Uma segunda audiência pública para debater o assunto está marcada 2 de fevereiro em São Paulo.

Receita regulamenta transporte Anac reajusta em 4,4 % tarifas de sacoleiro do Paraguai de embarque em aeroportos

A

Receita Federal publicou ontem um complemento à regulamentação do controle aduaneiro do RTU (Regime de Tributação Unificada), aplicado na importação de mercadorias do Paraguai, via terrestre. Criada por medida provisória de 2007, a chamada lei dos sacoleiros ainda dependia de regras para a habilitação do transporte da microempresa que pode fazer esse tipo de importação no Paraguai. A instrução normativa pu-

blicada ontem no Diário Oficial da União resolve a questão. Aprovada pelo Congresso Nacional em 2009, a lei 11.898 permite que empresas do SuperSimples paguem alíquota única de 25% sobre o preço de mercadorias procedentes do Paraguai, mediante a apresentação de fatura comercial. Compras pelo RTU estão limitadas a R$ 110 mil por ano. Mas as microimportadoras não podem incluir armas, bebidas, cigarros, veículos, embarcações,

remédios e pneus, entre outros. Antes da lei, os sacoleiros se submetiam ao limite estabelecido para turistas, de US$ 300 (cerca de R$ 510). O valor excedente não declarado era tributado em 50%. Para buscar a formalização o sacoleiro deve abrir uma empresa, optar pelo regime de tributação do Simples Nacional e se cadastrar no RTU em uma delegacia da Receita. Ele também deve credenciar o motorista e o veículo que farão o transporte -motos são proibidas.

Governo divulga a lista de 18 montadoras que foram protegidas com IPI mais baixo

O

governo federal divulgou ontem (31) a lista definitiva das 18 montadoras de automóveis instaladas no Brasil que serão beneficiadas com o desconto de 30 pontos percentuais no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) que incide sobre a produção de veículos. O benefício vale até dezembro. A relação anterior era provisória. As montadoras livres do pagamento da alíquota mais alta são Agrale, Caoa (Hyundai), Fiat, Ford, GM, Honda, Iveco, MAN, Mercedes-Benz, MMC, Nissan,

Peugeot, Renault, Scania, Toyota, Volkswagen, Volvo e International Indústria Automotiva da América do Sul. Todas essas as montadoras cumprem as regras de conteúdo nacional e de investimento em inovação. Entre as exigências está a utilização de, no mínimo, 65% de componentes nacionais, a realização no Brasil de ao menos seis de 11 etapas da fabricação e investimento de 0,5% do faturamento líquido em pesquisa e desenvolvimento aqui no país. A relação das empresas habilitadas foi publicada

no Diário Oficial da União desta terça-feira. O texto diz que o benefício “está sujeito à verificação do cumprimento dos requisitos exigidos, bem como ao cancelamento da habilitação definitiva.” A redução no pagamento do IPI é válida para os modelos fabricados no Brasil, no México, Uruguai e parceiros do Mercosul. Para essas empresas, o tributo fica entre 7% e 25%. As montadoras que não atenderam às condicionantes exigidas terão seus carros taxados entre 37% e 55%.

Anac autorizou o reajuste das tarifas de embarque cobradas dos passageiros em voos domésticos e internacionais

A

cinco dias do leilão que concederá três aeroportos à iniciativa privada, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou o reajuste das tarifas de embarque cobradas dos passageiros em voos domésticos e internacionais. A alta ficou em 4,4%. A tarifa doméstica aumenta de R$ 20,66 para R$ 21,57 nos 17 aeroportos de categoria 1, de maior porte, classificação da Anac em que se encontram Guarulhos, Galeão e Brasília, por exemplo. Nos aeroportos de categoria 2, que engloba terminais como Campinas e Goiânia, o valor passa de R$ 16,23 para R$ 16,94. A tarifa de embarque internacional sobe de R$ 36,57 para R$ 38,19. Além disso, fica mantido o adicional de US$ 18, criado

em 1997 como uma fonte extra de arrecadação para o Tesouro Nacional. A única mudança nesse adicional não afeta o dia a dia dos passageiros: em vez de ir para o Tesouro, ele será repassado para o novo Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac), criado com a concessão dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos e Brasília ao setor privado. Leilão O leilão está marcado para a proxima segunda-feira. O aeroporto de Viracopos, com a privatização, passará de categoria 2 para categoria 1. Ou seja, suas tarifas de embarque vão ficar ainda mais salgadas. De acordo com a Anac, o ganho de produtividade reduziu a magnitude do reajuste, que passou a ser feito

anualmente conforme o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). É a primeira vez em que esse sistema de reajuste foi aplicado. Antes, as tarifas não eram indexadas. Com o “fator X”, como é chamado o índice que captura os ganhos de eficiência nos aeroportos, o reajuste caiu de 6,5% para 4,4%. A previsão da Anac era de que o “fator X” só fosse aplicado a partir de 2013, mas a antecipação de sua metodologia de cálculo acelerou sua vigência. As tarifas de embarque são cobradas no passageiro pelas companhias aéreas, no ato de compra dos bilhetes. Depois, são repassadas pelas empresas à Infraero, que fica com a participação que lhe cabe e repasse o restante.


JD

Geral

Macapá-AP, quarta-feira, 01 de fevereiro de 2012

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Anvisa fixa regras para o transporte e lavagem de roupas hospitalares

Entre as determinações estão as regras para o transporte interno e externo de roupas de serviços de saúde, que deverá ser realizado, respectivamente, em carrinho e veículo exclusivos para essa atividade

O

Diário Oficial da União publicou ontem (31) resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que regulamenta as práticas de funcionamento das unidades de processamento de roupas nos serviços dos hospitais e clínicas de saúde em todo o país. Entre as determinações estão as regras para o transporte interno e externo de roupas de serviços de saúde, que deverá ser realizado, respectivamente, em carrinho e veículo exclusivos para essa atividade. De acordo com a resolução, o veículo utilizado no transporte externo deve ter sua área de carga isolada da área do motorista e de outros ocupantes. E o transporte externo concomitante de roupa limpa e suja pode ocorrer se a área de carga do veículo for fisicamente dividida em ambientes distintos, com acessos independentes e devidamente identificados. O acondicionamento deve ser feito em recipiente rígido, resistente à perfuração, com capacidade de contenção de líquidos e tampa vedante. O recipiente deve

ter rótulo contendo a identificação do material e do serviço de saúde gerador. Os sacos de tecido utilizados para o transporte da roupa suja devem ser submetidos ao mesmo processo de lavagem da roupa antes de serem reutilizados. Os sacos descartáveis utilizados para o transporte da roupa suja não podem ser reaproveitados, devendo ser descartados conforme regulamentação vigente. Na unidade de processamento de roupas extra-serviço, os sacos devem ser acondicionados de forma segura e devolvidos ao serviço de saúde gerador para descarte. Os estabelecimentos abrangidos por essa resolução terão prazo de 180 dias, contados a partir de hoje (31), para promover as adequações necessárias. Os tecidos usados no serviço de saúde podem ser reciclados ou reaproveitados se passarem pela limpeza adequada. Os tecidos submetidos a tratamento na unidade de processamento de roupas dos serviços de saúde, quando perdem a funcionalidade original, podem ser recicla-

DIVULGAÇÃO

Os tecidos usados no serviço de saúde podem ser reciclados ou reaproveitados se passarem pela limpeza adequada

dos ou reaproveitados. No caso específico dos lençóis, a Anvisa dispõe de um manual de orientação aos hospitais quanto ao processo de higienização desses produtos, para que possam ser reutilizados sem representar risco para a saúde da população. Caso sejam descartados, eles serão classificados como resíduos comuns e seguir as orientações dos

serviços de limpeza urbana. Mas se não passarem por esse processo, os lençóis utilizados em hospitais, no momento do descarte, devem ser classificados de acordo com o risco para a saúde da população, segundo a Resolução RDC 306/2004, da Anvisa. A importação de lixo é proibida pela legislação brasileira, assim como a reutilização de resíduos

provenientes de serviços de saúde de origem internacional. No ano passado, a agência precisou agir com rigor contra o desembarque no Porto de Suape, em Pernambuco, de lixo hospitalar vindo dos Estados Unidos. A operação envolveu, além da Anvisa, a Receita Federal, a Polícia Federal, o Ibama e o Ministério das Relações Exteriores.

Programa de combate ao crack vai começar pelo Rio de Janeiro

E

m reunião com os secretários de Segurança Pública de 26 estados, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, começou ontem (31) a discutir a implantação do programa Crack, é possível vencer, de combate a este tipo de droga em todo o país, e anunciou que o primeiro convênio deverá ser assinado na próxima semana com a prefeitura do Rio de Janeiro. O convênio deveria ter sido firmado na semana passada, mas o ato foi adiado devido ao desabamento de três prédios, na última quarta-feira (25), no centro da cidade. O encontro teve também a presença do ministro interino da Saúde, Mozart Sales, e de representantes do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, que também participam do programa, lançado em dezembro do ano passado pelo governo. Segundo Cardozo, o programa já começou a ser posto em prática com a realização do “mapa das cenas de uso”, mas só poderá ser

DIVULGAÇÃO

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo reuniu com os secretários de Segurança Pública de 26 estados

efetivamente iniciado quando o Ministério da Saúde tiver os equipamentos necessários para o atendimento aos usuários da droga. O programa dispõe de R$ 4,1 bilhões para repasse de recursos ou aplicação direta em ações de combate ao crack nos estados, infor-

mou o ministro. Além de uma série de medidas de assistência aos usuários da droga, Cardozo prometeu um “duro enfrentamento” do tráfico, inclusive nas fronteiras do país, para que o programa apresente os resultados esperados pelo governo. Ele informou que o pro-

A7

grama prevê internação hospitalar de viciados para tratamento voluntário, embora também possa haver internação compulsória, quando isso não for possível e ficar caracterizada a necessidade desse tipo de medida. Essa parte do programa, porém, “respeitará os direitos individuais e evi-

tará abusos”, ressaltou. A participação do Ministério da Saúde é fundamental para o sucesso do plano, com a implantação de consultórios nas ruas e colocação de leitos em hospitais para atender os usuários do crack, acrescentou. O programa Crack, é possível vencer é dividido em três eixos de ação: Prevenção, Tratamento e Autoridade, sendo este último o que diz respeito à parte policial de combate ao tráfico da droga. A reunião de ontem teve a presença dos secretários de Segurança ou representantes do setor de quase todo o país. Roraima foi o único estado ausente. O ministro da Justiça manifestou satisfação com a receptividade do programa entre os secretários de Segurança: “rapidamente vamos pactuar nas ações que são muito importantes. Estamos com discussões técnicas concluídas em três Estados, mas a ideia é que, no primeiro semestre, consigamos cobrir oito estados”.

Dilma condena bloqueio econômico a Cuba

A

o visitar Cuba pela primeira vez como presidenta da República, Dilma Rousseff condenou o bloqueio econômico imposto ao país. Segundo a presidenta brasileira, a melhor forma de o Brasil ajudar o país caribenho é furar esse bloqueio e continuar investindo em parcerias que também são estratégicas para o Brasil. “Eu acredito que a grande contribuição que nós podemos dar aqui, a Cuba, é ajudar a desenvolver todo o processo econômico”, disse. “A melhor forma de o Brasil ajudar Cuba é contribuir para acabar com esse processo, que eu considero que não leva à grande coisa, leva mais à pobreza das populações que sofrem a questão do bloqueio, a questão do embargo, do impedimento do comércio”. Dilma citou as iniciativas brasileiras em Cuba que ela considera estratégicas, como a política de crédito para compra de alimentos. Por meio de um crédito rotativo, o Brasil financia para Cuba a compra de produtos alimentícios brasileiros. Essa linha oferece US$ 400 milhões em crédito. Além disso, o programa federal Mais Alimentos financia a compra de máquinas e equipamentos para a produção de alimentos em Cuba. Nessa modalidade, o crédito oferecido ao país caribenho é de US$ 200 milhões, de acordo com informações da própria presidenta. “É impossível considerar correta a política de bloqueio de alimentos para um povo”, enfatizou. Dilma também citou a parceria para a ampliação e modernização do Porto de Mariel, estratégico para o comércio externo do país. “Trata-se de um sistema logístico de exportações de bens”, disse. Dos cerca de US$ 900 milhões investidos no porto, o Brasil contribui com cerca de US$ 640 milhões. “Nós achamos que é fundamental que se crie aqui condições de estabilidade para o desenvolvimento do povo cubano”, disse a presidenta.

MEC quer incluir 1,9 milhão de alunos nas redes de ensino integral neste ano

O

Ministério da Educação (MEC) espera incluir 1,9 milhão novos alunos nas redes de ensino integral, somando um total de 5 milhões de estudantes em 2012. As escolas urbanas e rurais préselecionadas pelo MEC para oferecerem ensino integral têm até o dia 15 de fevereiro para aderirem ao Programa Mais Educação. Segundo o MEC, 14,2 mil escolas urbanas e 14,5 mil escolas rurais foram préselecionadas em 2012. Desse total, 3,1 mil novas escolas solicitaram o acesso ao Sistema de Informações Integradas de Planejamento, Orçamento e Finanças do MEC (Simec) para fazerem o cadastro. As escolas pré-selecionadas devem acessar o site do Simec por meio de senha fornecida pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fnde). Ao se registrarem, as escolas devem informar quantos alunos serão atendidos

DIVULGAÇÃO

As escolas pré-selecionadas devem acessar o site do Simec por meio de senha fornecida pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fnde)

e escolher as atividades que serão desenvolvidas. As instituições que já participavam do programa devem atualizar o número de alunos e informar quais as atividades devem ser im-

plementadas. Além do ensino regular, as escolas devem escolher seis atividades para desenvolverem com os alunos. Entre elas estão o acompanhamento pedagógico, educação ambien-

tal, esporte e lazer, direitos humanos em educação, cultura e artes, cultura digital, promoção da saúde, comunicação e uso das mídias, investigação no campo da natureza e educação

econômica. O programa Mais Educação criado em 2007, agrega às escolas públicas atividades sócio-educativas para melhorar a qualidade do ensino e diminuir a evasão

escolar. As instituições que aderirem ao programa recebem do governo federal, recursos e suporte para implementar atividades no turno contrário ao ensino regular.


JD

Diversão&Cultura

Macapá-AP, quarta-feira, 01 de fevereiro de 2012

A8

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

(a que foi para o Canadá) Melhora de Wando é “evidente “AvaiLuiza entrar no ‘BBB’”, diz Boninho e gradual”, diz família do cantor O A família ressalta que o fator hereditário e a “corrida cotidiana” contribuiram para o estado de saúde do cantor

DIVULGAÇÃO

diretor do “BBB12” resolveu interromper seu silêncio de mais de uma semana na Twitter para soltar uma frase misteriosa. José Bonifácio Brasil de Oliveira, o Boninho, afirmou: “a Luiza vai entrar no ‘BBB’”. Boninho, contudo, não explicou as circunstâncias da entrada, se a Luiza é aquela que estava no Canadá ou mesmo se tudo não passa de uma brincadeira. O curioso é que os participantes do “BBB12” desconhecem o fenômeno da “Luiza que está no Canadá”, uma vez que a meme estourou depois do início do programa.

DIVULGAÇÃO

Luiza Rabelo, que estava fazendo intercâmbio no Canadá

Horóscopo

Sedentarismo, obesidade e histórico familiar contribuíram para quadro clínico de Wando

E

m nota divulgada pela assessoria de imprensa do hospital Biocor ontem (31), a família de Wando agradeceu as manifestações de preocupação e carinho com o estado de saúde do cantor e disse que, apesar da gravidade do caso, ele apresenta “melhora evidente e gradual”. A família ressalta que o fator hereditário e a “corrida cotidiana” contribuiram para o estado de saúde do cantor. “Apesar de o Wando não beber, fumar ou ser diabético, entendemos que ele terá que rever seu estilo de vida, em prol de si mesmo e de todos aqueles

que tanto amam”, diz a nota, assinada por Gabrielle Burcci e Renata Costa, filha e esposa de Wando, respectivamente. Ele está internado no CTI do hospital Biocor, em Nova Lima (MG), em estado grave, após ter se queixado de fortes dores no peito na sexta. “Foi feito um cateterismo, que mostrou as várias obstruções das coronárias. Havia sido planejado uma intervenção cirúrgica só que, no quarto, o Wando infartou e foi preciso fazer uma cirurgia de urgência, a angioplastia”, explicou ao UOL o coordenador do CTI, Dr Heberth Miotto.

Griselda aceita beijo apaixonado de Guaracy em “Fina Estampa” DIVULGAÇÃO

Carreira Wando começou a lidar com música aos 20 anos de idade, em Minas Gerais, onde nasceu. Ele formou uma banda na cidade de Congonhas e com ela tocou em bailes e festas da região. Mais tarde, passou a compor as próprias músicas, alcançando sucesso com “Nega de Obaluaê”, de sua autoria. Seu início de carreira foi pontuado pela gravação de sambas compostos por ele próprio e outros de compositores desconhecidos. No entanto, do segundo disco em diante, fez uma opção clara pelo re-

pertório romântico-brega, recheado de canções com conteúdo sensual e erótico. Um de seus maiores sucessos é “Fogo e Paixão”. Seus discos têm títulos sugestivos como “Ui-Wando de Paixão”, “Vulgar” e “Comum É Não Morrer de Amor”, “Obsceno”, “Depois da Cama”, “Tenda dos Prazeres” e “Mulheres” – que lhe rendeu o título de cantor mais erótico do Brasil. Os cenários de seus shows são, em geral, banheiras, camas e haréns. Wando também é conhecido por distribuir calcinhas perfumadas ao público feminino.

Madonna divulga capa de novo álbum de estúdio

DIVULGAÇÃO

Griselda (Lilia Cabral) e Guaracy (Paulo Rocha)

D

epois de muito recusar as investidas de Guaracy (Paulo Rocha), Griselda (Lilia Cabral) aceitará um beijo apaixonado do português. A cena irá ao ar no próximo dia 11. Tudo começa quando Esther (Júlia Lemmertz) foge com Vitória. Ela descobre que a criança é filha de Beatriz (Monique Alfradique) e se esconde para não perder a menina. Desolado com o desapa-

recimento da namorada, Guaracy receberá o apoio da amiga. “Você é um homem maravilhoso”, dirá Griselda para ele, tentando consolálo. Emocionado com as palavras da mãe de Quinzé (Malvino Salvador), o empresário a beijará e Griselda, dessa vez, não vai fugir. Há alguns dias, o autor Aguinaldo Silva adiantou que os dois terminarão juntos.

Capa do novo álbum da cantora Madonna, “MDNA”

M

adonna divulgou em seu perfil oficial no Facebook a capa de seu novo álbum. O disco, chamado “MDNA”, está previsto para chegar às lojas em 26 de março. Este será o primeiro ál-

bum de inéditas desde “Hard Candy”, de 2008. O primeiro single de “MDNA” será “Give Me All Your Luvin”, parceria de Madonna com Nicki Minaj e M.I.A. A faixa vai ser lançada em 3 de fevereiro.

Áries (21 mar. a 20 abr.) Mudança lunar de hoje traz a reivindicação da praticidade aos ideais e planos - especialmente aqueles feitos em conjunto. Com o Sol em Aquário até 20/2, você está conectado com iniciativas coletivas. Mas há que traze-las a realidade. Touro (21 abr. a 20 mai.) A mudança lunar de hoje acontece no seu signo, algo bem importante em todos os sentidos. Você terá um papel de destaque na realização de alguns planos de trabalho com o chefe. Com a Lua em seu signo, reserve tempo pra se cuidar melhor.

Libra (23 set. a 22 out.) Saúde e hábitos cotidianos devem ser revistos. Você pode melhorar sua vida com pequenas mudanças, comece hoje mesmo. Oportunidade astral de fincar raízes num novo trabalho, com esmero e capricho nas tarefas. Espere mudanças no amor. Escorpião (23 out. a 21 nov.) É bom quando você se sente a vontade em casa, na sua intimidade, bebendo da fonte do conhecimento ancestral. A partir de hoje terá de temperar isso com as fidelidades devidas a parceiros, sejam de amor ou de negócios.

Gêmeos (21 mai. a 20 jun.) Quantas inspirações maravilhosas você deixou escapar por falta de persistência? Pois a Lua crescente em Touro, que ocorre hoje, lança luz exatamente sobre este problema. Quer melhor chance de corrigir o curso de seu presente? Vá firme.

Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Simbolismo poderoso tem a Lua crescente de hoje, que realça a importância de resistir, sustentar e ir em frente para realizar pelo menos alguns dos ideais que o movem. Nem todos poderão ser realizados. Lute por aqueles que podem.

Câncer (21 jun. a 21 jul.) Altos e baixos são esperados hoje. Talvez a irritabilidade seja maior. Ou você se sinta mais cansado, distraído, desanimado. É a mudança da Lua! Diminua o ritmo e não se exija demais hoje. Relações sociais e intimas ficam prejudicadas também.

Capricórnio (22 dez. a 20 jan.) Ter recursos tecnológicos é ótimo, desde que você saiba como aplica-los a favor de seus talentos. Se eles não contribuírem para seu sucesso e vitorias, de que servem? Meditação importante que vem com a crescente lunar de hoje.

Leão (22 jul. a 22 ago.) Pressões no trabalho, no casamento, nas parcerias de negócios. Divergências, diferenças, que no fim surgem para apurar seu golpe de vista e definir até onde quem está ombro a ombro com você. Será preciso abrir mão de um apoio.

Aquário (21 jan. a 19 fev.) Sempre é possível ir além do conhecido, do permitido pelas regras sociais. Você sabe disso, pois é um esteta da mudança social, cultural, política. Lua crescente de hoje ajuda a confrontar métodos práticos de chegar a este objetivo. Repense.

Virgem (23 ago. a 22 set.) Dia de Lua crescente, e a partir de agora tudo tende a ficar mais agitado com as pessoas, que também entram num pique de mais esforço para se imporem e se diferenciarem. É justamente quando você terá de exercer mais sua paciência e calma.

Peixes (20 fev. a 20 mar.) Um bom tempo para você reciclar preconceitos, checar informações, apurar sua comunicação com o ambiente. Momento de revisão de arranjos, para que não fique a sombra, esquecido e prejudicado. Busque a fidelidade das soluções praticas.


JD

DiaDia

Macapá-AP, quarta-feira, 01 de fevereiro de 2012

B1

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Governo se manifesta e diz que vai terminar obra do Shopping Popular Paralisada há mais de ano, a obra do Shopping Popular poderá ser retomada este ano

P

aralisada há mais de ano, a obra do Shopping Popular poderá ser retomada este ano. Tudo porque o governo do Estado manifestou na semana passada o desejo de dar continuidade à construção. O Executivo enviou no dia 27 de janeiro um ofício à Prefeitura Municipal de Macapá (PMM) solicitando que o prefeito da capital, Roberto Góes, encaminhe ao Governo do Estado do Amapá (GEA) o projeto da obra com todas as especificações técnicas e a documentação que comprova a transferência da área do Shopping Popular de Macapá. Em 2009, o GEA e a PMM firmaram o Convênio nº 050/2009-Seinf, visando o repasse de recursos do

HEVERTON MENDES

governo para a construção do Shopping. Mas segundo o governo, devido a uma série de irregularidades, entre elas a não prestação de contas parcial da prefeitura junto à Secretaria de Estado da Infra-Estrutura (Seinf) e a paralisação da obra por quase um ano, o convênio foi cancelado. Em julho de 2011, a PMM ajuizou uma ação civil pública contra o Estado do Amapá, solicitando repasse financeiro destinado à construção do Shopping. A verba, disponibilizada pelo GEA, seria de R$ 8 milhões, divididos em dez parcelas de R$ 800 mil cada uma. Apesar da solicitação, o Tribunal de Justiça do Estado do Amapá (Tjap) concedeu parecer favorável ao Estado, pois,

Prefeitura repassa obras do Shopping Popular para o Governo do AP

no entendimento do Tribunal, a PMM não cumpriu com as obrigações contratuais. De acordo com o docu-

mento, assim que a obra for de posse do GEA, será realizado um novo processo licitatório para que a construção do Shopping

Popular seja concluída. A obra será financiada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com execução direta do governo. “O Shopping Popular de Macapá é uma obra de relevância social e econômica para o Estado, pois vai gerar emprego e renda à população. Além disso, vamos disponibilizar instalações estruturadas para as atividades varejistas de microempreendedores locais”, destacou Camilo Capiberibe. O outro lado Para o prefeito Roberto Góes (PDT), o governador vinha se recusando sistematicamente a repassar os valores devidos, alegando as mais despropositadas justificativas. “As verbas decorrentes deste convê-

nio estavam na Lei Orçamento Anual do Estado do Amapá, devendo ser cumpridas, sob pena de incidência na Lei de Responsabilidade Fiscal”, explicou o procurador do Município à época, Vicente Gomes. Como a obra traz grande benefício social aos empreendedores informais, e como o governo afirma ter como executar a obra, o prefeito decidiu repassá-la ao Estado. De acordo com Roberto Góes, longe de polemizar, ele deseja que cessem os ataques do governo à sua gestão, de maneira que a população não seja prejudicada, como já vem ocorrendo. “Se o governado começar a trabalhar em 2012 e decidir concluir o shopping popular, será um presente para Macapá”, concluiu.

Detran lança campanha para diminuir acidentes de trânsito no Amapá ANDERSONCALANDRINI Da Redação

O

Departamento Estadual de Trânsito do Amapá (Detran) promoveu na manhã de ontem (31) o lançamento oficial da campanha “Nesse Carnaval Dê Preferência à Vida” que pretende fazer

HEVERTON MENDES

ações educativas antes e durante a festa monesca, para a conscientização de todos os brincantes, independente de serem pedestre ou motoristas. A campanha contará com o apoio de 18 parceiros: Bombeiros, Politec, Ipem, Liba, Abloca, Secom, Deputado Balieiro, Adfap, Coca-

bre as mesmas. “Nós também contaremos com os trabalhadores de cada parceiro, para que a campanha ganhe as páginas sociais pessoais, para que o máximo de pessoas receba as indicações da operação”, explicou. De acordo com o diretor, além da campanha online, ocorreram ações de panfletagens em vários pontos do Estado, com a ajuda dos órgãos de trânsito que atuam dentro do Amapá. “E após a campanha pré-car-

HEVERTON MENDES

naval estaremos com agentes nos quatro dias de folia, para que tenhamos bons resultados, assim como no passado”, contou. Segundo o Detran, Macapá passou mais de um mês sem registro de mortes no trânsito. O órgão também participará do carnaval com o bloco do Detran, o desfile será no sambódromo. “Com toda essa movimentação nós esperamos superar os resultados do ano passado, quando” concluiu João Gomes. HEVERTON MENDES

Segundo João Gomes, diretor presidente do Detran-AP, as ações serão iniciadas nas redes sociais

Estephany Evelyn, Gerente do núcleo de Educação do Detran

O Dia em Foco FRANCKFIGUEIRA franckfigueira@jdia.com.br

IAPEN Mais uma vez o Instituto de Administração Penitenciária (IAPEN) mostra a sua fragilidade. Operando acima do permitido, o presídio dá claros sinais que a sua estrutura não consegue mais suportar tantos presos, e pelo visto, deve continuar o mesmo daqui a alguns anos. Uma fuga de 14 detentos foi registrada durante visita de uma equipe do Ministério público, que foi ao local identificar as incontáveis falhas. O famoso buraco do “Fechadão” foi a porta da liberdade. Até o fechamento desta edição, 12 fujões foram recapturados pela PM. Pressão Os agentes penitenciários trabalham sob pressão, e não recebem sequer equipamentos de segurança.

As viaturas que deveriam transportas os criminosos apresentam problemas mecânicos constantes. O Sindicato dos Agentes e Educadores Penitenciários do Amapá (SINAPEN) assegura que os Agentes não possuem nenhum material fornecido pela Instituição para a proteção individual ou coletiva, até mesmo para garantir a segurança de detentos. Esse problema se arrasta há anos, e até o momento a situação só piora. Pressão II Vale lembrar que o SINAPEN já solicitou a Administração penitenciaria a substituição dos contratos Administrativos da UVD Unidade de Vigilância e Disciplina. Este é o onde entram os materiais autorizados ou que o Es-

Cola, Sest Senat, Sejuv, Policia Rodoviária Federal, Deatran, Emtu, BPtran-AP, Ministério Público e Tribunal de Justiça. “Nesse primeiro momento o Detran estará preparando os parceiros para a ação, para que no momento em a mesma ganhe as ruas, possa contar com pessoas capacitadas, para

estarem fazendo a divulgação da campanha”, explicou Estephany Evelyn, Gerente do núcleo de Educação do Detran. Segundo João Gomes, diretor presidente do Detran-AP, as ações serão iniciadas nas redes sociais, onde os parceiros estarão divulgando em suas páginas da internet dados so-

tado não oferece para os detentos entregues pelo familiar como: leite, café, bolacha, materiais de higiene pessoal, comida nos dias de visita e também onde se tira os cartões. No setor, a vigilância não tem atenção necessária que deveria ter, onde 10 a 15 contratados que revistam esses produtos só são fiscalizados por um único servidor penitenciário. Então é quase impossível coibir tudo que entra no presídio.

tem que ser feito com urgência, antes que a situação se transforme em uma bomba relógio.

Vistoria Uma vistoria realizada pelos Agentes da Equipe Bravo, junto com os alunos agentes penitenciários Turma T2, no Pavilhão P1, Alojamento 2B encontraram 132 cabeça de crack, 173 papelote de maconha, oito Baldes de Biricutico (bebida artesanal), oito celulares, tudo em uma toca feita pelos internos no piso do alojamento. Os profissionais informaram que tudo estava em um túnel de aproximadamente dois metros de comprimento, próximo ao banheiro desta cela que mantinha aproximadamente 30 presos, sendo que cada uma tem a capacidade para 16 detentos. Algo

Guerra ao crack O governo federal deve firmar com oito estados, até o fim do primeiro semestre, o termo de adesão ao Programa Crack, é possível vencer. A informação foi dada pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que se reuniu, em Brasília, com secretários e representantes estaduais de Segurança Pública de 26 unidades da federação. Cardozo garantiu também que as ações policiais somente serão desenvolvidas quando os equipamentos de saúde puderem atender os usuários que serão encaminhados. O secretário de segurança pública do Amapá, Marcos Roberto, participou da reunião. Até o momento, a assessoria do GEA ainda não confirmou se o Amapá vai fazer parte do programa. Falando no assunto O crack alcançou certo destaque entre as classes amapaense. Infelizmente, o Estado não possui um setor especifico para o assunto, então

Lançamento da campanha do Detran para conscientizar motoristas

fica impossível levantar dados de usuários ou dependentes. Entretanto, a Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) tenta de alguma forma frear a expansão da droga, mas sabemos que é preciso muito mais. Uma epidemia sem precedentes se fortalece a cada dia, e do outro lado, o poder público ainda não abriu os olhos para a questão. O Ministério da Justiça, juntamente com as polícias estaduais, só atuará nos estados em que os equipamentos de saúde para atendimento de usuários e dependentes químicos já estejam devidamente aparelhados, equipados e em funcionamento. Então o Amapá pode ficar de fora. Só na promessa Há quase um ano e meio, o Brasil ganhava uma lei que deveria mudar com o dia-a-dia dos cidadãos e gerar na sociedade mais responsabilidade social. Em agosto de 2010 foi criada a Lei que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (12.305/2010), com a finalidade de regular sua reciclagem e manejo de acordo com padrões préestabelecidos, interesse

direto do Estado, através do Direito Penal, criando mecanismos de tutelar o uso do solo, da terra, da água, e as demais áreas potencialmente contaminadas que estavam comprometendo a qualidade de vida. No entanto, pouco se avançou até agora, e pelo jeito, vai demorar muito Trabalho Um em cada cinco municípios brasileiros já aderiu ao Programa de Valorização dos Profissionais na Atenção Básica (Provab). Até o momento, 1.327 municípios já fizeram a adesão ao programa, com oferta de 3,7 mil vagas para médicos (2 mil), enfermeiros (1 mil) e cirurgiões dentistas (700). A vagas são para as pessoas que estejam interessada em atuar nas equipes de saúde da família e outras estratégias atenção básica. Os municípios interessados têm até dia 7 de fevereiro para fazer sua adesão e os profissionais de saúde até o dia 12, segundo edital publicado ontem (31) no Diário Oficial da União prorrogando o prazo. O \Amapá como sempre está na última colocação, com apenas três adesões.


JD

Polícia

Macapá-AP, quarta-feira, 01 de fevereiro de 2012

B2

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Detentos fogem do Iapen durante visita de membro do Ministério Público do Amapá A fuga aconteceu na manhã de ontem no momento em que o promotor fazia vistorias nas obras daquela casa prisional alyne kaiser Da Redação

P

assava das 10h da manhã de ontem, quando uma fuga ocorria dentro do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen). Quatorze detentos do Pavilhão Fechadão conseguiram fugir no horário do banho de sol por um buraco feito no muro daquela casa prisional. O promotor de justiça José Cantuária Barreto e membros do Ministério Público estavam no local fazendo uma vistoria nas obras do lugar quando a fuga aconteceu. Os detentos fizeram o buraco quase que no mesmo local por onde fugiram 15 detentos em outubro do ano passado. “Isso mostra a fragi-

lidade da casa prisional. O buraco é tapado, mas como eles sabem que é fácil de quebrar, furam novamente e fogem”, disse o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Amapá (Sinapen), Alexsandro Soares. Paralelamente a esta fuga, no outro lado, na Penitenciária feminina, a detenta Elizângela Cordeiro Rocha, mais conhecida como “Fina” se aproveitou de um descuido e fugiu. A interna teria sido retirada da cela para ir a enfermaria e aproveitou o momento de distração quando ficou sozinha na sala, quebrou uma janela e fugiu do consultório. As janelas do consultório médico do presídio feminino não têm grades.

Recapturados Até o fechamento desta edição haviam sido recapturados 12 dos 14 foragidos. Mauro Jorge de Souza Picanço Júnior, que responde por crime de homicídio e Kayo Figueiredo de Carvalho, que responde por assalto ainda estavam fora das garras da polícia. Foram recapturados pela PM, Agentes Penitenciários e Grupo Tático prisional, Roney Duarte dos Santos, Raimundo Aelson Souza Cardoso, Ivan Keulle Souza da Silva, Raphael Canaran Braga de Araújo, Misael Monteiro Pinto, Misael Mendes Pereira, Jucielson Rodrigues Duarte, Manoel Nerisvaldo Gomes Coutinho, Irlan Brito de Moraes, Tchelisson Barbosa Coelho, Illan Brito de Mora-

es e Fabrício Oliveira dos Santos.

No dia anterior, dia 30, os agentes da equipe Bravo, com apoio dos alunos agentes, realizaram uma vistoria no Pavilhão P1, Alojamento 2B e conseguiram encontrar 132 cabeças de crack, 173 papelotes de maconha, 8 Baldes de Biricutico (bebida artesanal fabricada dentro da cadeia), além de 8 celulares. Segundo Alexsandro, os objetos foram encontrados em uma toca feita pelos internos no piso do alojamento. Próximo dali, perto da privada, havia um túnel já cavado em pelo menos 2 metros. “Os agentes penitenciários estão comprometidos em trabalhar em prol da segurança dentro da penitenciária. Buscamos retirar todos os produtos

A cadeia Segundo o presidente do Sinapen, atualmente existem 1800 reeducandos divididos nas cinco unidades do Iapen: Cadeião, Iapen Feminino, Anexo, Oiapoque e Centro de Custódio do Novo Horizonte. Segundo ele em cada plantão trabalham 250 agentes, que divididos nas cinco unidades, ficam 50 agentes. “É um agente para cada 250 presos praticamente. Vocês não imaginam o que é trabalhar com 250 presos. Mas esperamos que com a entrada de novos agentes isso seja melhorado”, afirmou o presidente. Apreensão de droga

ilícitos para que as fugas não ocorram e evitar também outros crimes”, disse ele. O presidente destacou a falta de materiais de trabalho para o bom andamento dentro da cadeia. “Não temos coletes, estamos esperando viaturas que nunca chegam. Por exemplo, agora nessa fuga os agentes estão fazendo buscas em, seus carros particulares”, Afirma. Alex lembrou que todas as vezes que são encontrados produtos ilícitos dentro da cadeia, a primeira imagem que vem é a do agente penitenciário. “Aqui trabalham policiais, agentes, professores, terceirizados, mas todas as vezes que isso ocorre, só os agentes são acusados”, lamentou.

Confira a lista dos detentos que foram recapturados e dos fugitivos do Iapen FOTOSarquivoiapen

Todos acima foram recapturados pelos agentes do Iapen, exceto os três últimos: Elizangela Rocha, Kaio Figueiredo de Carvalho e Mauro Jorge, que continuam foragidos

Ronda Policial JOÃO BOLERO Da 99,1 FM

Polícia fecha três escritórios de jogo do bicho A Polícia Civil com auxílio da Polícia Militar fez uma operação na tarde de ontem em três Bairros da capital, que foram o Cidade Nova, Perpétuo Socorro e Santa Rita e, fechou três escritórios do Jogo do Bicho, apreendeu oito máquinas caça níqueis, além de 23 mil reais em dinheiro vivo. Doze pessoas entre empresários e seguranças do jogo, foram encaminhadas para o Delegado Geral de Polícia e indiciadas em crimes de contravenção. Bebeu todas, não pagou e quase paga com a vida Essa ocorrência policial aconteceu em Porto Grande, no domingo (29) à noite, por volta das 19h00min, quando o ELSON PANTOJA DA COSTA (32) que no sábado já havia tomado todas as latinhas que pediu no comércio do JOÃO CÂNCIO RIBEIRO (57) e não pagou, ainda teve a coragem de voltar no domingo e começou a pedir mais cerve-

ja. Como o João Câncio disse, que só lhe atendia se pagasse as latinhas de sábado, o Elson não gostou e começou a ofender o comerciante, que pegou um terçado que estava em baixo do balcão e atingiu em cheio o abdômen do Elson. Ele veio encaminhado às pressas para o H.E de Macapá, pois havia foi eviscerado e seu estado de saúde é considerado grave. Polícia Civil executa mais três mandados de prisão A Equipe da Captura comandada pelo Delegado Valcely Almeida, executou ontem (30) mais três mandados de prisão e prendeu: -CARLOS ALBERTO DOS SANTOS DIAS (46), residente na Av. 27 de Julho, Novo Buritizal, acusado pelo crime de estupro; -ARNOLDO DOS SANTOS MOKARZEL (32), residente na Trav. Joaquim Pinheiro Borges, no Bairro Alvorada, pelo crime de homicídio; -NELIO RABELO LEITE FILHO (32), residente na Av. 06, Marabaixo III, pelo cri-

me de homicídio. Os acusados após fazerem exames na POLITEC, foram encaminhados ao IAPEN, onde ficarão à,disposição da Justiça. Com essas prisões, a Captura já executou 26 mandados somente este ano. Autônomo acusado de ofender e ameaçar a Polícia acaba preso Uma Guarnição da PM do BRTRAN ao atender uma ocorrência de acidente de trânsito, no Bairro Novo Horizonte, quando foi recolher um dos veículos envolvidos pertencente ao autônomo JEAN MICHEL SILVA RODRIGUES (23), que não era habilitado e estava sem seus documentos pessoais, ele começou a chamar palavrão e ainda disse que não iria pagar coisa nenhuma, e disse que os policiais podiam levar sua moto, mas ia ter forra e, que quando pegasse um deles iria acertar as contas. Não satisfeito, tentou agredir o SGT R. da Silva com o capacete da moto e tentou puxar a arma de fogo do Sargento. O certo é que, ele foi encaminhado ao CIOSP do Pacoval, onde foi flagranciado pelo Delegado de plantão. Amigo mata o outro por engano Um verdadeiro drama está vivendo o ZAQUEU DA NEVES GONÇALVES (38), que ontem a tarde no Dis-

trito de Cupixi, Município de Porto Grande, estava caçando em companhia do amigo SÉRGIO NONATO MORAES DE BRITO (62), quando ambos resolveram se separar, entretanto, quando o Zaqueu viu algo se movendo entre as folhagens e atirou naquele rumo.Para a surpresa dele, era o amigo Sérgio, que acabava de ser atingido em cheio com chumbos de espingarda cal. 12. Zaqueu colocou o amigo nas costas e o conduziu até a Comunidade de Cupixi, mas ele já chegou morto. O acusado se apresentou hoje pela manhã na Delegacia de Polícia de Porto Grande, prestou depoimento e foi liberado, pois, vai responder o processo em liberdade. Assaltantes roubam a renda de três dias de um posto de combustível Quatro elementos que estavam em duas motos, por volta das 04h00 min da madrugada de ontem (30), armados com armas de fogo, renderam os dois frentistas de um Posto de Combustível que fica na Rua Raimundo Álvares da Costa, no Bairro Central e, após amarrarem os frentistas em uma sala do Posto, três deles tiveram acesso aos dois cofres, de onde roubaram a renda de três dias do referido Posto, cujo valor não foi repassado a Imprensa. O assalto durou

cerca de uma hora e, enquanto os três bandidos estouravam os cofres, o quarto elemento se passava por frentista e atendia os fregueses. Até agora, ninguém foi preso acusado desse assalto. DTE prende traficante na Rod. Duca Serra A equipe de agentes da DTE comandada pelo Delegado Antônio Uberlândio, prendeu na tarde de sexta feira (27), às 14h00min, o CARLINDO DA CRUZ PEREIRA, 47, o mesmo foi preso na Rodovia Duca Serra, em especial após o KM 9, já dentro do território do Município de Santana. Carlindo estava juntamente com o traficante JOSERIVAN DIAS GOMES, conhecido como RATÃO, os dois estavam transportando 02 (duas) porções grande de droga, tipo crack, 195g (cento e noventa e cinco gramas) no total. Eles estavam em uma motocicleta, pois iriam entregar a droga em uma boca de fumo na “Baixada do Ambrósio”, quando então, a equipe de agentes da DTE os abordou, e Ratão pulou da motocicleta e se embrenhou na mata, sendo que no trajeto arremessou a droga, enquanto que o mototaxista CARLINDO tentou também fugir contudo, foi imobilizado ainda na Rodovia. Ratão é um velho conhe-

cido do mundo do crime, ele já foi condenado por vários crimes, inclusive tráfico de drogas, sendo o principal distribuidor de drogas nas “ bocas de fumo” da Baixada do Ambrósio. Quanto a Carlindo, seu colega, era responsável em fazer a entrega da substância ilícita. Carlindo foi enquadrado pelo art.33, caput da lei nº 11.343/06, tráfico de drogas. OBS: Colaboração da ASCOM/DTE Colisão entre moto euma Ranger manda a motoqueira para o hospital Esse grave acidente aconteceu por volta das 04h00min da tarde de ontem, entre as avenidas 5 e 6 do Marabaixo II, envolvendo uma Ranger de placas NEZ- 9267, dirigida por ANTONIO GUEDES DA COSTA (59) e uma moto de placa NFB-0576, dirigida por ROCHENE OLIVEIRA DOS SANTOS (23). Em consequência, a motoqueira sofreu várias escoriações pelo corpo e foi encaminhada ao Hospital São Camilo e seu estado de saúde inspira cuidados. O Antonio prestou socorro a vítima e se apresentou aos policiais do BPTRAN que apresentaram o acusado no CIOSP do Congós, onde foi liberado, mas está ciente, que vai responder a um Inquérito Policial.


JD

DiaDia

Macapá-AP, quarta-feira, 01 de fevereiro de 2012

B3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Ministério Público reúne com Liesa e faz recomendações para o Carnaval 2012 Segundo o promotor Adilson Garcia, as principais recomendações estão em torno da limpeza e na presença de crianças no Sambódromo ANDERSONCALANDRINI Da Redação

O

Ministério Público (MP) reuniu com os representantes da Liga das Escolas de Samba do Amapá (Liesa) para repassar recomendações a respeito da realização do Carnaval 2012. O encontro aconteceu na manhã de ontem (31), na sede da Liga. As principais recomendações ocorreram em relação à limpeza do local, onde a Batalhão Ambiental estará fazendo suas rondas, e em relação à presença de crianças no Sambódromo, independentemente de estarem desfilando ou não. “O Ministério Público fez recomendações na área infanto-juvenil e na área am-

biental e urbanística, para que as regras sociais, de urbanismo e defesa do patrimônio sejam observadas. Além da cobrança feita à Liesa, nós também estamos tentando chamar a atenção da população, para que zele pelo espaço, pois todas as melhorias são decorrentes dos impostos pagos”, explicou Adilson Garcia, Promotor de Justiça do MP. E além das medidas para a infra-estrutura e proteção da população, o MP também está realizando o estudo dos currículos, dos candidatos a jurados, para que a situação que ocorreu em 2010 não volte a ocorrer. “Neste ano o MP decidiu participar da seleção dos jurados, para o carnaval 2012, pois em

2010 por conta de acusações e desentendimento das escolas de Samba, a Escola Piratas da Batucada perdeu o título do ano, fato que manchou o nome do Carnaval Amapaense”, explicou Adilson Garcia. Segundo o representante do MP essas ações estão voltadas para que o Estado tenha como atender, em todos os sentidos, os turistas que estarão participando do Carnaval. “O término da Ponte Binacional ajudará na vinda de um alto número de turistas, então todas essas normas estarão voltadas para o engrandecimento do Carnaval, para que esses visitantes sintam vontade de participar mais vezes”, explicou o Promotor.

HEVERTON MENDES

Adilson Garcia, Promotor de Justiça do MP e Orles Braga, da Liesa, afirmando acordo para Carnaval 2012

Prefeitura realizará podagem de 120 árvores até o final deste mês

A

Prefeitura de Macapá por meio da Secretaria Municipal de Manutenção Urbanística está realizando serviços de podagem de árvores em logradouros públicos e pontos da zona sul. O serviço teve início na semana passada e deve ser finalizado no final do mês de fevereiro, com um total de 120 árvores podadas e eliminação de toco até o momento. Foram atendidas solicitações de podas recebidas principalmente no serviço de atendimento da Semur, mas também por ofícios, requerimentos e indicações. No mesmo intervalo uma das equipes de poda também atendeu o Centro de

Lazer do Jardim Independência, totalizando 28 podas. De acordo com o secretário Eraldo Trindade, os profissionais da prefeitura são treinados para realizarem podas de acordo com o que estabelece a Legislação. Outra questão importante é a segurança, já que muitas árvores podem alcançar a rede de energia elétrica e o despreparo de alguns pode resultar em acidentes. “A poda pode ser realizada para contenção quando há rede elétrica; limpeza para retirada de galhos secos ou doentes; levantamento de copa da árvore para facilitar o trânsito de

veículos e pessoas, paisagismo de praças e para melhorar a iluminação. Vale lembrar que a poda drástica de árvores, ou seja, quando ocorre a retirada total da copa, é considerada crime ambiental, alerta Eraldo Trindade. O entulho ainda gerado destes resíduos, pelas atividades de podagem por terceiros, o gerador é o responsável pela remoção e pela destinação do entulho. Portanto, se faz necessário encaminhar ao aterro controlado ou contratar o serviço legalizado de empresas que operam com caçambas e disk entulho para remoção e destinação.

HEVERTON MENDES

O serviço teve início na semana passada e deve ser finalizado no final do mês de fevereiro

heverton mendes

Final de semana terá peixe a preços mais baixos nas feiras

A

Agência de Pesca do Amapá (Pescap) iniciará na próxima sexta-feira, 3, mais uma edição do Projeto Peixe Popular nas feiras e colônias de pescadores da capital. A ação vai até domingo, 5, e tem como objetivo a venda de peixe para a população a preços acessíveis. É apoiada pelo Governo do Estado do Amapá, desenvolvida pela Agência de Pesca do Amapá e executada pelas colônias e empreendedores do setor pesqueiro. Entre os peixes a serem vendidos estão: tamuatá,

tucunaré, apaiari, anujá, acari, piranha, jacundá, jeju, traíra, aracu, acará e pacu. Além dessas espécies, o filhote, dourada, pescada, piramutaba, curimatã, entre outras, também serão comercializadas a preços mais baratos. A venda do pescado será realizada na feira do Pacoval, no Infraero II (na avenida Carlos Lins Cortes, 115), na Colônia de Pescadores Z 1 localizada no bairro Perpétuo Socorro, incluindo o ponto de venda localizado na 7ª Avenida dos Congós.

Projeto Peixe Popular nas feiras e colônias de pescadores da capital terá nova edição

Abates clandestinos na mira da Diagro e do MP

A

equipe de Educação Sanitária da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Amapá (Diagro) desenvolve ações educativas de combate ao consumo de carne de origem duvidosa nesta quarta-feira, 1º, em Itaubal do Piririm, distante 103 quilômetros da capital. A campanha, que faz parte do Programa de Educação Sanitária da Diagro, começou semana passada no município de Ferreira Gomes com a interdição de dois abatedouros clandestinos, atendendo requisições da Promotoria de Justiça da Comarca de Ferreira Gomes (PJFG), e se encerra dia 11 de fevereiro em Cutias do Araguari. O objetivo é sensibilizar os comerciantes e consumidores desses municípios para o cumprimento da Lei

Estadual 0869/2004, que trata da fiscalização sanitária vegetal, animal e de produtos e subprodutos, inclusive artesanais comestíveis de origem animal e vegetal. Segundo o gerente do Núcleo de Inspeção de Produto de Origem Animal (Nipoa), médico veterinário da Diagro, Álvaro Renato, as ações consistem em duas etapas. Na primeira, constam palestras destinadas a estudantes, açougueiros, marchantes, produtores rurais, entre outros segmentos, com exposições sobre os riscos para a saúde pública decorrentes do consumo de carne clandestina. Já na segunda etapa são realizadas fiscalizações nos estabelecimentos de abates, e aqueles que estiverem funcionando precariamente em espaços improvisados e

DIVULGAÇÃO

Macapá recebe 150 turistas franceses

M sem obedecer às normas sanitárias serão lacrados pela Diagro por tempo indeterminado para busca de uma solução urgente e efetiva. O abate clandestino, diz o gerente do Nipoa, é uma questão muito séria e precisa ser urgentemente combatida no Estado do Amapá, representa grave risco para a saúde da população já que, nessa situação, o

animal não é examinado por um médico veterinário antes da morte, assim como não é analisada a sua carcaça. “O procedimento permitiria identificar possíveis agentes transmissores de doença. No abate clandestino também não são respeitadas as normas sanitárias para a manipulação da carne,” conclui Álvaro Renato.

acapá recebeu, na manhã de ontem, a visita de 150 turistas franceses, que participaram de um receptivo na Concha Acústica do Araxá. O evento foi promovido pela Coordenadoria Municipal de Turismo. Os 150 turistas franceses gostaram do receptivo e até arriscaram sambar ao som da Bateria da Escola de Samba Piratas da Batucada. A ação faz parte do projeto “Macapá de Braços Abertos” e ontem contou com apoio da vice-prefeita Helena Guerra. Para ela, planejar uma recepção aos turistas é mais uma maneira de cativá-los para que

eles retornem a Cidade. “Macapá é uma cidade muito linda, rica em turismo. Por tanto, acredito que esse tipo de ação é importante para cativar o turista”, destaca. De acordo com a coordenadora de Turismo Luzia Grunho, o Projeto Macapá de Braços Abertos, irá realizar atividades em vários pontos da cidade, durante o ano inteiro, como forma de expandir o potencial turístico de Macapá. “Nós assumimos recentemente, mas sabemos do potencial do município na questão turística, tanto na dança, como na culinária, no artesanato, entre outros”, declarou Grunho.


Santana

JD

Macapá-AP, quarta-feira, 01 de fevereiro de 2012

B4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Funcionários responsáveis pela limpeza do HE em Santana paralisam serviços Revoltados, os trabalhadores cobram o pagamento de salários atrasados e melhores condições de trabalho FOTOSANDREZASANCHES

Servidores aproveitam visita do governador Camilo Capiberibe para pedir esclarecimentos sobre atraso salarial. Segundo o representante do Sindicato, Clodoaldo Portilho, participam da mobilização 50% dos funcionários

andreza sanches Da Redação

A

paralisação de advertência do Sindicato de Trabalhadores em Asseio e Conservação culminou com a visita do governador Camilo Capiberibe a obra de ampliação do Hospital Estadual do Município. Na chegada ao prédio, o governador foi surpreendido com as reivindicações dos servidores responsáveis pela limpeza da Unidade. Revoltados,

os trabalhadores cobram o pagamento de salários atrasados e melhores condições de trabalho. Segundo o representante do Sindicato, Clodoaldo Portilho, participam da mobilização 50% dos funcionários que prestam serviços ao Hospital. Os trabalhadores pertencem as empresas Alfa Serviços, Amapá Serviços, Perfil e Becom, que segundo os servidores,estão com os salários atrasados a quase dois meses. “ Os funcionários não receberam uma

parcela do décimo terceiro, e estão com a remuneração de dezembro e agora janeiro atrasados” disse o representante da classe. Ainda segundo Clodoaldo Portilho, além do pagamento atrasado desde dezembro, os servidores também estão sendo prejudicados com o corte dos tickets alimentação e café da manha. “A maior preocupação é a família desses trabalhadores, muitos deles tem filhos e está chegando o período escolar e os pais não tem ga-

rantias de que poderão comprar os materiais de seus filhos para que freqüentem a escola” lamentou. A serviços gerais, Maria dos Santos, critica a falta de compromisso da empresa para qual trabalha, e denuncia a deficiência com relação as condições de trabalho. Segundo a trabalhadora, não bastasse o salário atrasado, não há material suficiente para realizar os serviços de limpeza com qualidade no hospital. “A gente é obri-

gada a dar conta da limpeza de mais de cinco salas, com gotas de detergente, restos de sabão e pingos de água sanitária. Se a gente pede material, eles dizem que não tem mais, antes não havia sequer material de proteção para os servidores” reclamou Maria dos Santos. Participaram da paralisação de advertência cerca de 90 trabalhadores. A previsão é que se os representantes das empresas responsáveis pelo paga-

mento dos servidores não se manifestar, o Sindicato decretará greve geral por pelo menos 15 dias. Com a presença do secretário de Estado da Saúde, Edilson Pereira a obra do Hospital, os servidores aproveitaram para cobrar uma solução. Mas em resposta, o gestor informou que o recurso destinado ao pagamento das empresas que prestam serviços para Unidade foi efetuado, resta saber o motivo junto a empresa, do atraso dos salários dos servidores.

Cea intensifica serviço de corte no fornecimento de energia para inadimplentes andreza sanches Da Redação

A

Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) tem intensificado desde a última segunda-feira (31), o serviço de interrupção do fornecimento de energia para consumidores que possuem pagamento das taxas atrasadas a mais de 60 dias. A direção da Agência orienta o morador a regularizar o quanto antes sua situação, uma das alternativas é o parcelamento da divida. Na recepção da Compa-

nhia de Eletricidade do Amapá no município, dezenas de atendimentos estão sendo feitos diariamente, consumidores lotam o serviço em busca de esclarecimentos. O gerente da CEA em Santana, José Soares, explicou que a medida foi necessária em função de milhares de contas pendentes junto a companhia. “O trabalho está sendo coordenado pela Divisão Comercial de Energia de Macapá, cerca de 10 equipes estão percorrendo os bairros de Santana reali-

zando a interrupção do fornecimento de energia de consumidores que ultrapassaram 60 dias de atraso do pagamento da taxa” informou Soares. A previsão é que com a intensificação do serviço de corte de energia atinja cerca de 80% dos consumidores inadimplentes, ou seja, pelo menos 1200 moradores correm o risco de ter o fornecimento de energia interrompido em função da falta de pagamento. Mas o gerente esclarece, deixar o consumidor sem energia não é o

propósito do serviço, além de garantir a arrecadação das tarifas, é fazer com que as pessoas procurem estar regularizadas junto a companhia, para evitar novos transtornos. “Basta se dirigir até o atendimento da CEA, localizada na avenida Ubaldo Figueira, bairro central, pois na agência é possível parcelar a divida. Vale lembrar que o consumidor que atrasar mais de 60 dias o pagamento das tarifas pode ter o nome inserido do SPC ou Serasa” completou José Soares.

ANDREZA SANCHES

“Para regularizar a situação basta procurar o atendimento da Companhia em santana, de acordo com o valor da divida será possível parcelar” disse o gerente da Cea José Soares

ANDREZA SANCHES

Comitiva governamental acompanha obras do Hospital Estadual de Santana andreza sanches Da Redação

N

a manhã de ontem (31), o governador do Estado, Camilo Capiberibe, secretários de Estado da Infraestrutura, Saúde e Transportes, acompanhados de engenheiros e técnicos da empresa responsável pelos serviços, estiveram visitando a obra de ampliação do Hospital Estadual de Santana. A comitiva governamental acompanhou de perto os avanços dos trabalhos, garantindo que a obra será inaugurada em pouco tempo. A obra do Hospital Estadual de Santana já possui um longo histórico de paralisações, chegando a ter os serviços interrompidos por mais de quatro anos. De acordo com o projeto, está construído um novo bloco, de dois pavimentos, preparado com 110 leitos para aten-

der todas as especialidades, 12 destes destinados ao atendimento neonatal. O governador Camilo Capiberibe lembra que foram anos de espera, para que a obra voltasse a ser executada, possíveis a partir de R$ 3 milhões de recursos para a ampliação e conclusão do Hospital de Santana. “Os investimentos consistem em mais de R$ 2,4 milhões, com um investimento total de R$ 1,5 milhão de contrapartida do governo do estado e R$ 1,4 do governo federal, foi feito um plano de trabalho para ser investido aqui, se estivéssemos esperado, não teríamos avançado, mas decidimos executar, renegociar com o Ministério da Saúde. A próxima etapa será o projeto do pavilhão da área frontal da Unidade!” disse Camilo Capiberibe. Para o secretário de In-

A obra de ampliação do Hospital de Emergência de Santana, contará com mais 110 leitos para atender todas as especialidades

fra-estrutura do Estado, Joel Banha, a população está precisando dos serviços de saúde de qualidade. Com a entrega do hospital, a expectativa é

a Unidade atenda toda a demanda, desafogando os atendimentos na capital. O Hospital Estadual já funciona a 28 anos no

município de Santana, atende diversas especialidades médicas, conta com um pronto socorro, maternidade, laboratório e ambulatório. Na Unida-

de também são atendidos pacientes oriundos de outras localidades de ilhas do Pará, distritos do Coração, Fazendinha e do município de Mazagão.


JD

Esporte

Macapá-AP, quarta-feira, 01 de fevereiro de 2012

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

São José conquista o primeiro turno do basquetebol Sub17 Jogando com apenas dois pivôs time conseguiu superar adversário em quadra MARIO TOMAZ

MARIO TOMAZ

C1

1, a partir das 19 horas, no ginásio Júlio Pereira, jogam São José e Atlético Santanense. Na sexta-feira (3), no ginásio Júlio Pereira tem Meta/Oratório x Conexão Aquarela. No sábado (4), a partir das 9h00, no Avertino Ramos jogarão Meta/ Oratório x Atlético Santanense e logo em seguida tem São José x Conexão Aquarela. No domingo (5) tem Conexão Aquarela x Atlético Santanense e São José x Meta/Oratório. A federação estuda a possibilidade da última rodada ser transferida para segunda-feira. “Dependemos apenas da movimentação das equipes que irão disputar o campeonato porque a idéia é começar na próxima segunda-feira, caso isso não aconteça poderemos colocar a rodada do segundo turno para o Avertino Ramos, no domingo, com o jogo entre São José e Meta/Oratório que foram as duas melhores equipes do primeiro turno”, lembrou o presidente da FAB, Agostinho Lopes.

Grupo tricolor mostrou que não é preciso ser de seleção para ser campeão do basquetebol amapaense

MARIO TOMAZ Da reportagem

A

Sociedade Esportiva e Recreativa São José conquistou na noite da última segunda-feira (30) o primeiro turno do Campeonato Sub17 de basquetebol masculino. A partida foi contra o Conexão Aquarela e terminou 58x42 com destaque para

o jogador Guilherme, do time tricolor. Com esse resultado, o São José fechou a competição em primeiro, o Meta/Oratório em segundo, o Conexão em terceiro e o Atlético Santanense em quarto lugar. “Tentamos trabalhar com três jogadores embaixo da cesta, justamente para manter a media de nossas

jogadas, principalmente usando o Jean, mas não conseguimos e eles foram melhores no arremesso”, lembrou. Uma vitória do tricolor, que segundo o treinador Feliphe Lacerda se deu pela união do grupo e objetividade nos arremessos de três pontos. “É bom ver que nossas bolas estão caindo

Marcelo Brás fez contrato com o Icasa, do Ceará

Guilherme foi um dos destaques do São José na vitória sobre o Aquarela

e os pontos acontecem, isso faz com que a gente alcance nosso objetivo que é a vitória”, lembrou o treinador Feliphe Lacerda. A competição agora con-

ta com a participação de somente quatro equipes – o campeão São José, o Conexão Aquarela, o Meta/ Oratório e o Atlético Santanense. Nesta quarta-feira,

Feliphe Lacerda só tem vitórias em seu currículo nos últimos jogos

Técnicos da Sedel participam de palestra com professora Cubana MARIO TOMAZ

MARIO TOMAZ

MARIO TOMAZ Da reportagem

O

Icasa segue reforçando a equipe. Na semana passada anunciou o volante Davis que estava no Moto ClubeMA. E chegou neste domingo em Juazeiro do Norte o mais novo contratado. Trata-se do atacante Marcelo Brás (foto). O jogador estava no Ypiranga de Pernambuco. Os novos reforços foram uma solicitação imediata do técnico Oliveira Canindé a diretoria icasiana. Marcelo Brás possui passagens por AméricaRN, Castanhal-PA, Esmeralda Petroleiro-EQU, Esperance-TUN, Guará-DF, Guarani-MG, Guarani-SP,

Campeão em 2005 pelo São José, Marcelo Bras agora é jogador do Icasa

Goiatuba-GO, Independência-AC, Jiangsu Sainty-COR, Olaria-RJ, Rio Branco-AC, São José-AP, Tijucas-SC e Ypiranga-PE. Marcelo Bras foi campeão em 2005 pelo

tricolor do Laguinho e atuou pela Copa Norte em 2002, destacando na partida contra o Paysandu na entrega de faixas do campeão brasileiro de 2001.

Copa do Mundo Marcilio Dia comemorará 50 anos de realização MARIO TOMAZ Da reportagem

A

Copa do Mundo de Futebol Marcilio Dias, um dos maiores eventos do esporte amador no norte do país comemora neste ano 50 anos de fundação. O evento será marcado com a disputa de competição preliminar com a participação apenas de 16 seleções como ocorreu no ano de sua fundação. Ontem, o diretor técnico do even-

to, Pantaleão Oliveira está fazendo um levantamento de quem disputou a primeira competição e depois fará convite para sua participação no evento. José Maria Gomes Teixeira informou que neste ano além desta preliminar, a Copa do Mundo Marcílio Dias promete ser bastante movimentada, bem como novas premiações estarão sendo criadas. A Copa do Mundo de Futebol Marcilio Dias começou com a idéia de Mano-

el Ferreira, o Biroba, em realizar uma competição a cada quatro anos visando atender a comunidade jovem de Macapá. Com o crescimento da cidade e a credibilidade do evento, já ao comando de José Maria Gomes Teixeira, a Copa aumentou o número de participantes. Mudou também o local de realização da competição que mudou da escola Hildemar Maia e passou para a praça Nossa Senhora da Conceição.

Técnicos de vários centros didáticos estiveram participando da palestra ministrada por Josefina Ileana

MARIO TOMAZ Da reportagem

A

cubana, Josefina Ileana Alfonso Valdés, do Instituto de Desporto, Educação Física e Recreação palestrou na manhã desta segunda-feira (30) para técnicos do governo amapaense. A palestra faz parte do intercâmbio de cooperação entre Brasil (Amapá) e Cuba, que se articula desde o ano passado. Na oportunidade, Ileana fez uma explanação sobre os princípios básicos de sucesso para qualquer tipo

Secretário Pingarilho agradeceu a iniciativa do governo cubano

de ação, principalmente no esporte, onde o respeito, a organização através de planejamento, prioridades e açóes fazem a diferença. “Se faz necessário trabalhar um investimento escolar para fortalecer os novos talentos do esporte porque é a partir daí que se conhece os futuros atletas”, lembrou. Para o secretário de desporto e lazer , Luiz Pingarilho este foi um momento de se conhecer mais as atividades do projeto cubano que o transformaram em grande potência do esporte. “E precisamos fortalecer a política de governo para chegar nas olimpiadas de

2016 como grandes potências do esporte a começar pelas conquistas de medalhas em olimpiadas escolares e disputas nacionais”, lembrou o secretário. Estiveram presentes na palestra representantes do boxe, voleibol, ciclismo, basquetebol, badminton, judo, atletismo, além de técnicos do Nucleo de Esporte Rendimento (NER), Nucleo de Esporte, Participação e Aventura (Nepa), Nucleo de Projetos Especiais (NPE) e centros didáticos Paulo Conrado, Avertino Ramos, Chico Noé, Rosa Ataíde, Ginásio de Santana, Piscina Olimpica, Laurindo Banha e Zerão.


JD

Esporte

Macapá-AP, quarta-feira, 01 de fevereiro de 2012

C2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Andrezinho é o novo reforço do Paysandu

Andrezinho participou de uma atividade física acompanhado do fisiologista José Carlos e do preparador físico Antonio Pompeu

O

meio-campista Andrezinho, 25 anos, revelado pelo Clube do Remo, é o quarto jogador contratado pelo Papão para compor o meio-campo. Com a chegada do atleta, a direção alviceleste deve encerrar o ciclo de negociações neste início de temporada, uma vez que o grupo bicolor possui mais de trinta atletas, embora a maioria seja oriunda das divisões de base. Andrezinho já participou de uma atividade física acompanhado do fisiologista José Carlos Amaral e do preparador físico Antonio Pompeu. No entanto, como só vai ser apresentado oficialmente hoje, ele não foi relacionado para conceder entrevistas. Antes de ser negociado com o Paysandu, o meia estava no futebol da Hungria, jogando pelo Ferencváros. Andrezinho atuou por três anos no Leão. Acabou transferido para o Corinthians. Depois, vestiu a camisa do Guarani e Paulista, antes de iniciar a carreira no exterior. Além do futebol húngaro, Andrezinho teve passagens pela China, defendendo as cores doGreentown. TEM HISTÓRIA! O meia Leandrinho já marcou

DV I ULGAÇÃO

DV I ULGAÇÃO

Meio-campista Andrezinho, 25 anos e o novo reforço do Papão

gols importantes contra o Clube do Remo O primeiro gol do clássico foi marcado pelo meia Leandrinho, o mesmo que ajudou o Cametá a brigar ponto a ponto com o Clube do Remo no Campeonato Paraense do ano passado por uma vaga à série D. Mas, a fama de carrasco dos remistas começou há 12 anos. Leandrinho já aprontou para cima do Leão no Parazão 2000, quando marcou dois golaços na partida em que ele apareceu para o futebol, aos 17 anos. O meia defendia as cores do Tiradentes, que surpreendeu os azulinos em pleno Magueirão. A vitória poderia até rebaixar o Remo para a segunda divisão do certa-

mente estadual, mas um problema envolvendo a documentação de Leandrinho garantiu o Leão na disputa. Inspirado no passado e no retrospecto diante dos remistas, o jogador foi a campo confiante. “Até na concentração, eu falei aos meus companheiros que ia fazer dois gols para lembrar aquele dia que comecei a minha carreira, quando fiz dois gols em cima do Remo, pelo Tiradentes. Eu brinquei com eles, graças a Deus fiz um, infelizmente saí machucado. Para não agravar mais eu pedi para sair, mas se ficasse até o fim eu faria mais um”, provoca Leandrinho. “Muitas pessoas falaram que o nosso time era só de moleque, que não ia chegar. Respei-

Time do Papão treinou ontem e já esta em Tucurúi para o jogo de hoje contra o Independente

tamos as palavras dessas pessoas e demonstramos dentro de campo, com humildade e pés no chão, mas sem temer jamais”, completa. Ao final do clássico, o meia se ajoelhou no centro do campo e seguiu até a trave em que ele marcou o primeiro gol do Re-Pa. “Foi uma promessa”, disse, explicando. “Na minha oração, depois, sozinho, em cima da Bíblia, eu falei que se a vitória viesse eu ia do meio de campo até a trave. A outra promessa vem depois”, despista.

Remo já “queimou gordura” no Re-Pa Técnico da

O

atacante Marciano, do Remo, não procurou desculpas ao comentar ontem a superioridade do Paysandu no clássico de domingo. O camisa 9 enumerou as virtudes do time bicolor, considerou também as falhas azulinas e, apesar de ter considerado que o Re-Pa é supervalorizado ao ponto de desvirtuar o campeonato, prometeu que o Leão não voltará a perder clássicos na competição. E a filosofia exposta pelo ídolo azulino já serve para o jogo de amanhã, contra a Tuna, quando o Remo tentará confirmar a classificação para as semifinais. O dia seguinte à derrota no Re-Pa costuma ser amargo. Marciano não escondeu o quanto gostaria de vencer a partida, mas em vez de remoer o resultado, o atacante preferiu refletir tanto sobre os motivos que explicam a derrota azulina. O camisa 9 considerou, assim como o fez o técnico Sinomar Naves, que a derrota aconteceu no melhor momento possível. “Infelizmente ontem foi um dos dias em que o adversário foi merecedor do resultado. Eles tiveram cinco homens rápidos no meio-campo e envolveram nosso time, tendo mais posse de bola. Sempre é ruim perder um clássico, mas ainda poderíamos perder. Nos dois últimos anos, o Remo começou a perder nas fases finais, e aí não

teve jeito. Agora há tempo para retificar erros e mostrar que o Remo não é o do último jogo, mas o dos três primeiros”, disse. Mas além de análises táticas e contextuais sobre a competição, o atacante ponderou a respeito do peso que o clássico mais disputado do mundo alcança. Apesar de mais uma vez reforçar o quanto a derrota é desagradável, e endossar a “bronca” do torcedor com o time, Marciano considera que o clássico é superestimado, no sentido de às vezes tornarse mais importante que a própria competição que o abriga. “Aqui em Belém, o clássico tem uma conotação, uma amplitude maior. Nós jogadores temos que quebrar o paradigma de que o Campeonato Paraense é o Paysandu. Não é. Perdemos, o torcedor fica chateado. Fui torcedor e se ontem estivesse no estádio, teria xingado todo meu time, que esteve abaixo da crítica. Mas o Campeonato não é o Paysandu, que ainda briga para se classificar, enquanto vamos tentar reaver a liderança na quartafeira”, disse. Para tentar recolocar o time nos trilhos - já são dois jogos sem vitória - o atacante considera responsabilidade da equipe uma vitória na partida de amanhã contra a Tuna - clássico que, aliás, ele mostrou conhecer bem. “Desde pequeno sou apaixonado por

Toque de Primeira

Negativo Amapazão vem aí e Maca-

O atacante Marciano, falou das virtudes do Papão e das falhas do leão no clássico de domingo

Salto Noturno I Impõe cuidados especiais, sobretudo quanto a instrumentos e área de pouso iluminada. Re x Pa O Leão quer triturar o Papão e o bicho vai pegar no Mangueirão. Domingo. Haja Deus!

Antonio Luiz alpcampos@hotmail.com

Positivo Flusão e Timão exibiram técnica, toque de bola, movimentação e ofensividade na final da Copa São Paulo. Sinal de que os bons tempos podem voltar?

futebol. Meu pai jogava bastante na loteria esportiva e na década de 80 a Tuna era um time bastante conhecido nacionalmente. Claro que sofreu crises e deixou de aparecer na elite paraense nos últimos anos, mas continua sendo um clássico, não da grandeza do Re-Pa, mas que merece respeito. A Tuna tem um bom time e aspirações na competição”, concluiu.

pá implora por um estádio digno para os jogos. Resta ao poder público atender os anseios da sociedade. Urgente!

Missão Cumprida Acontece hoje a última edição do programa ‘Esporte Local’ na TV Macapá, Canal 4.

Salto Noturno Galera do paraquedismo planeja o inédito feito na city e adota procedimentos devidos.

Missão Cumprida I Estevão Picanço, Orlando Santana e Costa Filho mudam para a Rede Vida, Canal 40.

Às 20h30 de hoje (01/02) começam as quatro partidas da sexta e penúltima rodada do primeiro turno da segunda fase do Parazão 2012. Em Belém o Remo tenta recuperar a liderança no clássico contra a Tuna, em Tucuruí o Independente tenta conter o ânimo do Paysandu para conseguir a primeira vitória na competição. Em Marabá o líder Águia recebe o São Francisco e em Santarém jogam São Raimundo e Cametá. 6ª RODADA - Todos os

jogos estão marcados para hoje (01/02), às 20h30 REMO x TUNA, no Baenão, em Belém INDEPENDENTE x PAYSANDU, no Navegantão, em Tucuruí ÁGUIA x SÃO FRANCISCO, no Zinho Oliveira, em Marabá SÃO RAIMUNDO x CAMETÁ, no Colosso do Tapajós, em Santarém (Diário do Pará)

Foi tão fácil

Tuna terá que driblar as dificuldades

F

oi um dia de novidades no Souza. A primeira foi a presença do meiocampista Zeziel, ex-Paysandu e Parauapebas, no treinamento orientado pelo preparador físico Fernando Silva. Há quatro meses se recuperando da cirurgia no joelho direito, Zeziel está na Lusa para realizar um trabalho de recondicionamento físico. “Estou aqui para recuperar a forma física. Pedi para o Charles (Guerreiro) e ele autorizou. Agora se mais tarde ele quiser contar com o meu futebol é só falar com a diretoria do clube”, declarou Zeziel. A segunda novidade foi o lateral-esquerdo Álvaro que recebeu uma proposta da equipe do Goytacaz, da segunda divisão do Rio de Janeiro, e pediu dispensa ao presidente Fabiano Bastos. Álvaro escolheu a equipe carioca pelo bom salário oferecido e também porque a diretoria do Azulão de Campos adiantou dois meses dos salários, o de fevereiro e o de dezembro, assim caracterizando um contrato por um ano. Dentro do gramado, para a partida contra o clube do Remo amanhã, Charles Guerreiro terá que passar por cima de todas as dificuldades se quiser levar a Tuna às finais deste primeiro turno.

Parceria Acordo entre Santos e Vasco gera bons frutos ao peixe. Luciano Marba anda eufórico. Basquete Adulto Campeonato inicia no dia 06 Fev, com seis clubes no masculino e dois no feminino. Basquete Adulto I 1º turno corresponde à Taca Cidade de Macapá, em tributo ao aniversário da cidade. Supervalorização Vagner Love reforça o Flamengo, mas será que vale R$ 23 milhões? Claro que não! Trembala

Águia e São Francisco se enfrentam em Marabá

A

saga do São Francisco no Campeonato Paraense vai para o seu último estágio. O Leão Santareno realizará a sua terceira partida consecutiva fora de casa contra o Águia, em Marabá. Por isso, querendo evitar um maior desgaste, a diretoria e comissão técnica do clube preferiu que o time permanecesse em Belém após a partida contra a Tuna para que o elenco tenha condições de descansar e treinar melhor antes do embarque. Para a partida contra o Azulão, o técnico Osvaldo Monte Alegre fez uma avaliação do comportamento de sua equipe contra o time da Tuna e não ficou nada satisfeito com os homens de defesa. “Não entramos em campo nos primeiros 45 minutos. Para o segundo tempo fizemos modificações e a equipe reagiu marcando até um gol. Mas,

por mais uma falha nossa, o terceiro gol veio”, explicou Osvaldo, que vai conversar com o elenco para que os erros não se repitam mais contra o Águia amanhã, caso o grupo tenha pretensões de ir para as finais do turno.

Está previsto para esta sexta-feira a chegada de três jogadores para o time rubro-negro.

presença tricolor no Amapazão. E aí, Adenos Padeirinho?

Coruja da Torre Deuzimr Oliveira é vicepresidente de esporte, Aldemir França técnico e Vitor Jayme supervisor. Amapazão Paulo Rodrigues confirma a Costa Filho o valor que FAF e clubes pediram ao GEA. Amapazão I O projeto soma R$ 3 milhões e equivale ao custo estimado do certame. Resta aguardar! São Paulo Zona Norte agitada com a

Azulão comemora liderança O empate sem gols frente ao Cametá, no ultimo sábado (28), e a combinação de outros resultados na disputa da quinta rodada foi o suficiente para colocar o Águia de Marabá na liderança do Primeiro Turno do Campeonato Paraense. Agora, uma vitória em casa diante do São Francisco garante matematicamente o Azulão nas semifinais da Taça Cidade de Belém. O duelo contra o time santareno acontece amanhã, a partir das 20h30, no Zinho Oliveira.

IJOMA JOEL MARANHÃO Sucesso total a campanha “O Amapá Contra o Câncer” em favor dos desfavorecidos. IJOMA JOEL MARANHÃO I A ação consiste em arrecadar fundos para a construção da sede do instituto. Prestigie! Você Sabia Que a partir desta segunda-feira, começa o agito nos bastidores do Ypiranga Clube. Salve-se quem puder!


JD

Esporte

Macapá-AP, quarta-feira, 01 de fevereiro de 2012

C3

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br DIVULGAÇÃO

Entre outros esportes Bruno Cunha

Renasce nos tatames O judoca Bruno Cunha, de

fotos DIVULGAÇÃO

21 anos, deve voltar a lutar no meio do ano após meses de inatividade. Só que o drama das lesões, comum a todos os esportistas, foi muito mais sério no caso dele. No auge de sua curta carreira, ele recebeu a notícia de que sofria com uma grave insuficiência renal e precisou de um transplante emergencial para sobreviver e voltar a competir em alto nível. A história foi uma surpresa fulminante para Bruno. O alagoano estava em suas primeiras competições pela seleção brasileira quando viu sangue em sua urina. UFC anunciou Wanderlei e Belfort como técnicos de reality que começa em março

Vitor Belfor e Wanderlei Silva convocam ‘estrelas’ como assistentes em reality do UFC

Alistair Overeem

A revista Tatame divulgou os nomes que integrarão as equipes de cada lutador, em uma seleção de lutadores e “mestres” que tem história no MMA

W

anderlei Silva e Vitor Belfort serão as estrelas do primeiro The Ultimate Fighter (TUF) brasileiro, o reality show do UFC, no papel de técnicos. E, para ajudarem na tarefa de encontrar os novos talentos que ganharão um contrato com o evento, eles convocaram estrelas de dentro e fora dos octógonos. A revista Tatame divulgou os nomes que integrarão as equipes de cada lutador, em uma seleção de lutadores e “mestres” que tem história no MMA. Wanderlei Silva, que mora em Las Ve-

gas, optou por um time bem parecido com o que trabalha para os seus combates, sob o comando de Rafael Cordeiro. Ele será o assistente em muay thai e MMA. O peso pesado Fabrício Werdum, que volta ao UFC este sábado, trabalhará o jiu-jítsu dos lutadores, o ex-UFC Renato Babalu ficará com o wrestling e André Dida com o boxe. Vitor Belfort também tem nomes bem conhecidos para auxiliar na sua tarefa incomum, agora como técnico. Um exemplo é o treinador de boxe Luis Dórea, que levou Popó a o título

mundial no pugilismo e hoje é o mestre de Júnior Cigano, campeão dos pesos pesados do UFC. Completam o time Rodrigo Artilheiro (wrestling), Francisco Filho (caratê) e Gilbert Durinho (jiu-jítsu). Vale lembrar que, além de treinarem os jovens lutadores do programa, Wanderlei e Belfort vão se enfrentar após o programa, em uma revanche para o primeiro. O evento deve acontecer em São Paulo, em junho, sendo que o reality tem estreia em março na TV Globo. Ele será transmitido aos domingos, após o Fantástico, por 12

semanas. O TUF Brasil terá uma primeira etapa com 32 participantes, sendo que metade vai para a casa em que eles ficam hospedados para as etapas seguintes. Serão feitas disputas nas categorias pena e médio, sendo que o vencedor de cada uma ganhará o almejado confronto com o UFC. Ao mesmo tempo em que o TUF estreia no Brasil, uma edição norte-americana será realizada, tendo o campeão dos galos Dominick Cruz e Urijah Faber como técnicos. Lá, as disputas serão nos pesos leves e meiomédios.

Pode ser preso O holandês Alistair Overeem está sendo indiciado nos Estados Uni-

dos, acusado de agressão. O lutador, que retornou ao UFC em combate no último dia 30 de dezembro, teria sido violento com uma mulher em um cassino de Las Vegas, durante o fim de semana do Ano Novo. O lutador será o desafiante de Júnior Cigano pelo cinturão dos pesos pesados do Ultimate. De acordo com o Las Vegas Review-Journal, a polícia investiga um acontecimento no hotel e cassino Wynn Las Vegas, em que Overeem teria empurrado e derrubado uma mulher na madrugada de 2 de janeiro. Overeem foi detido, mas não teve prisão decretada, precisando apenas aparecer em uma corte. Caso ele seja condenado, pode pegar até seis meses de prisão, apesar de a gravidade do problema não sugerir que ele cumpra pena em regime fechado.

Adian Sutil

Enterrada épica de Blake Griffin marca rodada da NBA e ganha repercussão mundial

D

epois dos nove jogos da última rodada da NBA na noite de segunda-feira, não se falou em outra coisa nos Estados Unidos: a enterrada de Blake Griffin, que acertou a cesta com uma mão só após saltar sobre o corpo de Kendrick Perkins. A jogada ajudou o Los Angeles Clippers a derrotar o Oklahoma City Thunder em casa por 112 a 100. A imagem da enterrada (confira ao lado) impressionou tanto os fãs de basquete que o termo “Kendrick Perkins” chegou aos Trending Topics mundiais do Twitter na manhã desta terça. Sobraram gozações sobre o marcador do Oklahoma nas redes sociais. Também não faltaram elogios a Blake Griffin. Até LeBron James, astro do Miami Heat, se rendeu à beleza da jogada: “Enterrada do ano! Blake Griffin

DIVULGAÇÃO

Condenadoa18mesesdeprisão

O ex-piloto da equipe Force India Adrian Sutil foi considerado culpado de agressão por um tribunal de Munique, ontem, e condenado a 18 meses de prisão e multa de 200 mil euros (cerca de R$ 460 mil) por causa de uma briga em um clube noturno da China no ano passado. Ele vai cumprir a pena em liberdade. O alemão, de 29 anos, que por enquanto está sem equipe para esta temporada, foi considerado culpado de causar ferimentos a Eric Lux, executivo-chefe do Genii Capital - que é dono da equipe Lotus F1 - em um bar de Xangai após o GP da China de F1. Lux precisou levar vários pontos no pescoço depois que Sutil o atacou com uma garrafa de champanhe.

Blake Griffin cumprimenta Chauncey Billups após ‘enterrada do ano’ contra o Thunder

simplesmente enterrou Kendrick Perkins! Uau! Acho que sou o número 2 agora”. O próprio Griffin, no entanto, foi modesto e preferiu dar os créditos ao companheiro Chris Paul, que foi o cestinha dos Clippers com 26 pontos na vitória sobre o Thunder: “CP merece toda a atenção hoje”, afirmou Griffin, elogiando o passe do ar-

mador para a sua enterrada. Chris Paul, por sua vez, foi mais um a se render ao talento de Griffin: “Eu disse para ele depois do jogo: ‘Obrigado por me deixar fazer parte disso tudo’”. DeAndre Jordan, que agarrou Griffin após a enterrada, também ficou chocado: “Vou chegar em casa e assistir de novo. Provavelmente vai virar protetor de tela do meu

telefone”. A enterrada de Griffin ajudou os Clippers a vencerem o segundo melhor time da liga, assegurando o terceiro lugar da Conferência Oeste. Na mesma rodada, o brasileiro Thiago Splitter entrou em quadra na vitória so San Antonio Spurs sobre o Memphis Grizzlies fora de casa por 83 a 73, e anotou quatro pontos e sets rebotes.

Carlos Tevez

“Nômade nos EUA”, Marta deve voltar ao futebol sueco após cancelamento da liga americana

N

o máximo em 15 dias, a brasileira Marta, considerada cinco vezes a melhor do mundo, definirá qual será o seu destino. Após a liga norte-americana decretar o cancelamento da temporada 2012, a jogadora terá que se desligar do Western NY Flash, mas já estuda pelo menos cinco propostas do futebol europeu. Em contato com a reportagem, o empresário da atleta, Fabiano Farah, revelou que o destino de Marta deve ser a Suécia, onde a atleta já atuou por cinco temporadas. “Estou con-

versando com quatro clubes da Suécia e um da Alemanha. Quatro destes fizeram propostas, mas existe uma tendência que ela vá mesmo para a Suécia. Até o meio de fevereiro teremos uma definição”, explicou. Farah ainda lamentou a suspensão do campeonato e o fato de Marta não ter conseguido criar vínculos no futebol norte-americano, uma vez que em três anos no país, precisou trocar de clube três vezes. “Ela é uma nômade. Nos dois primeiros anos, os times fecharam as portas e, agora,

que ela encontrou pessoas sérias, a liga foi cancelada. A Marta ficou triste”. Apesar disso, o empresário espera definir a situação da melhor jogadora brasileira até o meio de fevereiro e crê em novo sucesso de Marta no futebol europeu. “Na Suécia, o campeonato é muito sério e competitivo. Existem quatro divisões, as empresas investem e os jogos passam em Tv aberta. O futebol feminino chega a ser mais popular do que o masculino”. No futebol, Marta defendeu o Umea IK, quando foi

campeã da Supercopa da Suécia e tetracampeã nacional, além do título da Copa da Uefa na temporada 2003/2004. Apesar do sucesso no clube, Farah confirmou que o Umea não é um dos times interessados na brasileira. DIVULGAÇÃO

Multa milionária

Nos EUA, a brasileira Marta precisou trocar de clube três vezes em três anos

O atacante Carlos Tevez, que está em auto-exílio na Argentina, apresentou um recurso à Premier League inglesa contra a multa de seis salários imposta pelo Manchester City depois que o jogador abandonou os treinos e voltou para seu país natal sem permissão em novembro. O City, líder do Campeonato Inglês, puniu o argentino de 27 anos após uma apuração interna que o considerou culpado de má conduta em 22 de dezembro. Um assessor de imprensa de Tevez confirmou para a agência de notícias Reuters que o recurso foi apresentado à liga. A Premier League deve realizar uma audiência em fevereiro sobre o caso.


JD

Esporte

Macapá-AP, quarta-feira, 01 de fevereiro de 2012

C4

Editor: Fabrício Costa - fabriciocosta@jdia.com.br

Adriano completa dez meses de Corinthians debaixo de críticas e com 73 min jogados O talento do atleta, considerado um dos melhores do mundo e apelidado de Imperador na Itália, passou despercebido. Seu único momento de glória foi o gol na vitória sobre o Atlético-MG, na reta final do Brasileirão

A

driano causou desconfiança quando chegou ao Corinthians pelo histórico de polêmicas, mas poucos imaginariam que daria tanto trabalho e frustração. Desde que foi apresentado no clube, há exatos dez meses, o atacante não tem motivos para comemorar. O período foi marcado por críticas - inclusive do presidente Andrés Sanchez, menos de um jogo completo e apenas um gol. O talento do atleta, considerado um dos melhores do mundo e apelidado de Imperador na Itália, passou despercebido. Seu único momento de glória foi o gol na vitória sobre o Atlético-MG, na reta final do Brasileirão, que muitos consideram o tento mais importante do pentacampeonato. Isso porque o time estava perdendo praticamente até o fim do jogo e estava bastante ameaçado pelo vice-líder Vasco. Fora isso, pouco se viu. Foram apenas quatro jogos oficiais e nenhum como titular desde a sua estreia contra o AtléticoGO em 9 de outubro do

ano passado. Adriano esteve em campo por apenas 73 minutos: Atlético-GO (11 minutos), Botafogo (27 minutos), Atlético-PR (12 minutos) e Atlético-MG (23 minutos). A única vez que atuou por 45 minutos foi no amistoso contra o Flamengo durante a pré-temporada de 2012. Agora, ele é mais lembrado pela luta infindável contra a balança. Depois de se recuperar das lesões que o prejudicaram nos primeiros meses no clube, sofreu com o excesso de peso e nunca mais atingiu a forma física ideal. No ano passado, amargou a reserva e ficou fora de vários jogos para fazer um trabalho específico para melhorar seu condicionamento físico. O ano mudou, e os problemas se repetiram. Mesmo com os elogios da preparação física de que havia engordado pouco após as férias, ainda está longe do exigido por Tite. Não foi sequer relacionado para as três partidas do Paulistão até agora e ficou fora até do treino tático com participação apenas dos reservas na manhã de ontem.

DIVULGAÇÃO

Adriano tem seu melhor momento no Timão com um gol importante para o título ante o Atlético-MG

Os problemas não param por aí. Até no Natal ganhou os holofotes ao parar nas páginas policiais por se envolver em confusão. Uma mulher que estava em seu carro sofreu um acidente e levou um tiro na mão. Adriano teve que

se explicar à Polícia. Se explicou também para a comissão técnica ao faltar a um treino alegando que havia viajado para o aniversário de sua mãe no Rio de Janeiro e não conseguiu voltar a tempo. Tite não perdoou. Excluiu o jo-

gador do amistoso contra a Portuguesa, pediu mais comprometimento e não deu garantias de que ele fará parte da lista de convocados para a Libertadores. O presidente Andrés Sanchez sabe a bomba que

tem nas mãos e já dá sinais de arrependimento pela contratação, “Nego meteu menos o pau [do que quanto trouxe Ronaldo]. Mas hoje ele não tem mais jeito. Investi e deu errado”, disse, em entrevista à revista GQ.

Após críticas de Loco Abreu, Renato rebate: Após primeiro treino, Vagner Love é “A grama estava ruim para os dois lados” elogiado e vira ‘solução’ no Flamengo

A

pós as críticas do atacante uruguaio Loco Abreu ao estado do gramado do Estádio Moça Bonita, em Bangu, zona oeste do Rio de Janeiro, o meia Renato se pronunciou sobre o resultado negativo obtido pelo Botafogo no domingo passado, pela segunda rodada da Taça Guanabara, primeiro turno do Estadual do Rio. Ele afirmou após o treino na manhã desta terça-feira, no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, que as condições ruins não foram exclusividade de ninguém na partida em que o Botafogo empatou sem gols com o Nova Iguaçu. “Acho que temos que saber onde erramos. O gramado esstava ruim para os dois lados. Sabemos que times que não tem tanta

tradição fazem um jogo mais truncado, acabam recuando nossa equipe, mas temos que achar uma variante no nosso jogo para superar essa dificuldade. Precisamos ter consciêcia que na primeira oportunidade que tivermos, temos que aproveitar e marcar”, destacou. As reclamações de Loco Abreu em relação ao gramado do Moça Bonita e a competição estadual foram feitas após o treino regenerativo na reapresentação de segunda, na sede de General Severiano, na Urca, zona sul do Rio de Janeiro. Na ocasião, o atacante disse que sua vontade de jogar é a mesma de quando era criança, mas que da forma que estão os estádios utilizados no Estadual do Rio, “Fica muito difícil”. Para Renato, é preciso

pensar bem antes de cogitar a possibilidade de extinguir as competições estaduais de futebol, que ele considera válidas, e apontou os motivos. “Seria uma pena acabar com o estadual, pois tem clubes que trabalham e esperam um ano inteiro por essa competição. São clubes que revelam jogadores. Rio, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul são estados que tem projeção então acho mais importantes”, concluiu. DIVULGAÇÃO

O meia Renato não embasou as críticas de Loco Abreu em relação ao estadual

M

esmo com o atraso de Ronaldinho Gaúcho e o clima pesado envolvendo o técnico Vanderlei Luxemburgo, também foi de sorrisos para os jogadores do Flamengo. O atacante Vagner Love fez o seu primeiro treino com a camisa rubronegra e animou os companheiros, que não pouparam elogios ao novo camisa 99. “Esse é o cara!”, vibrou o lateral Léo Moura, que teve o discurso endossado pelo atacante Deivid. “A chegada do Love é algo de sensacional para o grupo. Precisávamos disso, justamente em uma semana tão decisiva. É o tipo de jogador positivo que nos ajuda dentro e fora de campo”, destacou o jogador. Único atacante de ofício no time titular do Flamengo, Deivid ainda fez questão de destacar que não vê Love como concorrente direto por uma vaga na equipe. Para o atual camisa 9, o “Artilheiro do Amor” chega para ser a solução dos problemas de ataque do rubro-negro. “O Love é a solução para o nosso ataque. Ele é um jogador de área, que chega

DIVULGAÇÃO

Vagner Love só correu em seu primeiro dia de treino no Rubro-Negro

para ser um aliado, e não um concorrente. Vamos nos completar ali na frente. Não tenho dúvidas que vamos fazer muito sucesso. É o jogador que vai ajustar muitas coisas no time”, analisou Deivid. Primeiro a chegar e último a sair do CT Ninho do Urubu, em Vargem Grande, zona oeste do Rio de Janeiro, Vagner Love não poupou esforços na últimas segunda-feira. O atacante realizou mais de uma hora de atividades na academia e correu por aproximadamente 30 minutos no cam-

po principal do centro de treinamento. Apesar de toda empolgação e dedicação nos treinamentos, o jogador ainda não sabe quando poderá fazer sua estreia. A diretoria do Flamengo ainda corre contra o tempo para regularizar Love o quanto antes. Fora da lista inicial da Taça Libertadores da América, o atacante também não poderá participar da partida da próxima quarta-feira, contra o Real Potosí, pela fase preliminar da competição sul-americana..

Chance zero de erro marca “início” de Denis e Deola para evitar comparações com mitos

D

enis e Deola têm uma das tarefas mais difíceis do futebol: substituir à altura grandes mitos. Com as saídas de Rogério Ceni e Marcos, os goleiros não podem errar. Na primeira saída de bola errada que resulte em gol do adversário, as comparações com seus antecessores vão ser inevitáveis. O palmeirense, se comparado com seu rival, tem mais suporte por todas as partes. Ele tem mais experiência no próprio clube e também fora dele, Deola tem a confiança da comissão técnica, que em nenhum momento pensou em uma contratação para substituir Marcos e a única vez em que entrou em atrito com o torcedor foi por defender demais, quando não deixava o Fluminense marcar gol no jogo que poderia ajudar o Corinthians na busca do título do Brasileirão de 2010.

DIVULGAÇÃO

No primeiro erro, Deola e Denis serão comparados com Marcos e Rogério Ceni

Enquanto isso, Denis já chegou a dizer até que treinará usar os pés para minimizar a saudades de Rogério Ceni e sofre com a desconfiança de Leão, que pediu contratação de um novo camisa 1. Ele já chegou a ser colocado contra a parede por causa de uma falha con-

tra o Flamengo, quando o São Paulo buscava uma melhor classificação no Brasileirão de 2009, justamente com o time que seria o campeão. Outra diferença é que ele ainda conviverá com a pressão da volta do goleiro, já que o camisa 1 parará apenas por seis meses.


Jornal do Dia 01 02 2012