Page 1

Macapá-AP, Sexta-feira, 28 de Junho de 2013 - Ano XXVI

* Fundado em 04 de Fevereiro de 1987

•Domingo e Segunda R$ 2,50 •Terça a Sábado R$ 1,50 DIVULGAÇÃO

TARIFA SOB SUSPEITA

Vereadores prometem denunciar Setap ao MP Segundo a bancada do PSB na Câmara, os empresários do transporte público não estão obedecendo a política de desoneração de im-

postos realizadas pelo governo. Vereadores informaram que a bancada entrará com uma representação no Ministério Público

Estadual e no Conselho Municipal de Transporte da CTMAC, para as ações de averiguação e discussão sobre a tabela. nB1 celiane freitas

Henrique Alves: comissão em análise

projeto

PEC da Ficha Limpa para o Executivo é avaliada A PEC estabelece que pessoas consideradas inelegíveis pela Justiça não poderão ocupar cargos de ministro, secretário-executivo de ministérios ou demais órgãos da administração direta. nB3

em macapá

Decreto regulamenta o uso da Nota Eletrônica

Para os vereadores, valor da tarifa em Macapá pode ser menor caso a desoneração tivesse sido seguida pelos empresários

divulgação celiane freitas

valor em alta

IPI para linha branca e móveis sobe a partir da próxima segunda-feira A partir de segunda-feira (1º), os móveis e três produtos da linha branca – fogão, tanquinho e geladeira – pagarão mais Imposto sobre Produtos Industrializados

(IPI). O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou que as alíquotas reduzidas, que vencerão no fim de junho, serão parcialmente aumentadas. nA4 divulgação

Algumas lojas ainda mantém os tapumes: queda nas vendas

vendas em baixa

Retraído diante dos protestos, comércio tem queda de 30% Os atos de vandalismos que aconteceram durante as manifestações em Macapá trouxeram impactos negativos para os empresários do Centro Comercial. O medo do vandalismo refletindo nas vendas no mês de Junho. nB2

Novo formato promete praticidade

O novo serviço estará disponível a partir do dia 8 de julho. Cidadãos, contadores, prestadores de serviços e empresas da cidade poderão acessar o site oficial da PMM. nB3

saúde

nB4

Atendimento móvel na capital recebe reforço de seis ambulâncias Remoção gradual das desonerações da linha branca ajudará a manter o equilíbrio fiscal divulgação

diz mp

Superlotadas, prisões não fazem separação

A superlotação ocorre em todas as regiões do país e em todos os tipos de penitenciárias. No Amapá, a superlotação beira o dobro da capacidade

Apesar de terem capacidade para 302.422 pessoas, tais estabelecimentos abrigam 448.969 presos, com déficit de quase 150 mil vagas e ocupação 48% acima. nB4

NA INTERNET www.jdia.com.br - REDAÇÃO 3217.1117 - COMERCIAL jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO 3217.1111 - ATENDIMENTO 3217.1110


Opinião

JD

Poucas & Boas

• COM O CONVÊNIO

de número 579355 para a Execução dos serviços de manutenção, conservação e recuperação da rodovia BR-156/AP, no trecho entre a Cachoeira Santo Antônio e a cidade de Oiapoque. O Ministério dos Transportes fez um convênio com o GEA no valor total de R$ 87.406.929,22 e no dia 12 de junho já liberou R$ 2.547.507,40. Será que os serviços já iniciaram? • EM QUEM acreditar? Ney Pantaleão @ ‫ ‏‬NeyPantaleao A diretoria do SETAP diz que a partir do dia 7 DE JULHO a “Tarifa Cidadã” será suspensa. A prefeitura de Macapá diz que não será. Então tá.

• FERIAS CHEGANDO

e vejam só as melhores opções segundo entendidos nos assuntos de felicidade. Os países com maior ‘felicidade interna bruta’ são a Costa Rica,

Vietnã, Colômbia, Belize, El Salvador, Jamaica, Panamá, Nicarágua, Venezuela e Guatemala.

• O BRASIL já está com

tantos problemas econômicos e os empresários tendo que fechar as portas das lojas mais cedo com medo das manifestações, que começam pacificas, mas quando vai chegando a noite eles jogam a paz para longe e começam a quebradeira. Como nossa polícia não está preparada para este tipo de manifestação os jovens acabam dando “baile” nos policiais que já estão cansados de tantos vendavais!

• MUITOS estrangeiros

estão desconhecendo o povo brasileiro que antes pacíficos somente preocupados com novelas, samba e futebol. Agora deixam a TV de lado e o futebol também e vão protestar sobre tudo, até

sobre as novas tomadas elétricas no Brasil. Tem manifestação e gosto para tudo, mais uma coisa o brasileiro não perdeu, a criatividade!

• DEPOIS que a Força

Nacional foi acionada, a situação começou a ficar menos tensa nas imediações da Arena Castelão, onde jogaram Espanha e Itália pela Copa das Confederações . Um canhão sônico foi utilizado para afastar os manifestantes. O equipamento é semelhante ao usado para evacuar o Parque Zuccotti, em Nova York, encerrando o acampamento do movimento Occupy Wall Street. Será que deixou muita gente desesperada? Dependendo da distância, a arma provoca desorientação, tontura, náuseas e dores no peito!

• ÀS VEZES o senador

Capiberibe esquece que é vidraça, vejam o que diz

ESPLANADA

• MAYARA VIVIAN, re-

Twitter @leandromazzini

presentante do Movimento Passe Livre (MPL), é radical tanto na hora de expor as posições do grupo como na hora de resguardar os detalhes de sua vida pessoal. “Para me ouvir falar da minha vida, só sentando comigo na mesa do bar. Ela procura evitar perseguições, então não diz onde mora, a profissão dos pais e nada da vida pessoal. Com apenas 23 a jovem tem coragem de dizer o que pensa , vejam só: “A mídia tenta personalizar o grupo e contar histórias para esvaziar o movimento”, disse ela. Quando instada a falar sobre si, ela é categórica. “Sou uma menina normal como qualquer menina normal, como qualquer cara normal. Sou só uma pessoa. Eu não sou ninguém, isso você pode escrever.” Falou para um repórter da Globo!

Jornalista rodolfojuares@gmail.com

A

reunião com os governadores e governadoras de estado e do Distrito Federal, mais os prefeitos e prefeitas das capitais, convocada pela presidente Dilma Rousseff, e realizada na Presidência da República, em Brasília, mostra a delicadeza do momento por qual está passando a população brasileira e os seus dirigentes. A presidente compreendeu que a população quer respostas rápidas e encerrar o período de enrolação que, por vontade sabe-se lá de quem, se tornou marca registrada do serviço público no Brasil. A população dá a impressão que cansou de esperar pelas iniciativas sempre prometidas e que, jamais vieram, todas as vezes que uma questão importante era levantada e que os governantes diziam ouvir e prestar atenção. Ser apenas massa de manobra acabou cansando a todos e a população

viu-se representada pelos jovens que resolveram assumir o papel de protagonista depois de muito tempo sendo coadjuvante e referência em justificativas de planos sociais. Mesmo assim os tempos ainda não são outros. As modificações só começam a acontecer depois de muita insistência e os jovens estão sabendo disso, não agora, desde muito já tinham essa consciência, tanto que, quando resolveram agir, já tinha todo o conhecimento à disposição e, até, o discurso, mesmo sem ensaio, perfeito para ser dito por milhares de pessoas. Bastou uma mexida na espinha dorsal social para que os governantes sentissem o tamanho de débito que acumularam com a sociedade. A proposta de pacto apresentada pela presidente Dilma Rousseff é a resposta que encontrou para dar aos que estão nas ruas, gritando palavra de ordem e cantando o

Hino Nacional. Não que sejam aquelas respostas, as que a sociedade esperava ou queria ouvir, mas são respostas encontradas neste momento difícil da vida nacional, em um cenários em que os detentores do poder vêm-se na iminência de perder os postos ou a condição de mantê-los, devido a nova definição popular que está se moldando para um dirigente. Qualquer um dos temas que titulou os pactos propostos cabe perfeitamente na discussão em qualquer tempo, mas que seja uma discussão atual, profunda e objetiva. Responsabilidade fiscal e controle da inflação; Plebiscito para formação de uma constituinte sobre reforma política; Saúde; Educação; e Transportes constituem o grupo dos cinco pactos propostos pela presidente e que, de imediato, foram analisados pela sociedade, através dos seus interlocutores, independentemente dos dirigentes - presidente, governadores e prefeitos - que estiveram na reunião e saíram dizendo

CONSELHO EDITORIAL Presidente: Aldenor Benjamim dos Santos

Secretário Executivo: Marcelo Ignacio da Roza

CONSELHEIROS: Carlos Augusto Tork de Oliveira

José Arcângelo Pinto Pereira

Danieli Amanajás Scapin

Luiz Alberto Pinto Pereira

Janderson Carlos Nogueira Cantanhede

Maria Inerine Pinto Pereira

Índice

Opinião - A2 Geral - A3, Geral - A4 Cidade - B1

Cidade - B2 Geral - B3 Polícia - B4 Geral - C1

que concordaram com os cinco pontos. A resposta das ruas também foi imediata: os manifestantes não gostaram e declararam isso para a nação! É esperado que o detalhamento de cada uma das propostas, chamadas de pacto, traga outros dados com as informações suficientes para torna-las compreensíveis e em conformidade com o que vem sendo pedido a partir dos movimentos realizados nas ruas e nas praças das cidades brasileiras. Os cinco pontos precisam ser detalhados para os próprios governadores e prefeitos possam declarar a sua adesão com confiança. Sabem, por outro lado, que a parte pesada da execução ficará sob a responsabilidade dos dirigentes dos estados e dos municípios, com a presidente e os seus ministros, mantendo-se afastados da população. Não é tarde para agir com responsabilidade, competência e seriedade; mas é muito tarde para continuar apostando na memória curta do povo.

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 E-mails pautas e contato com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br departamento comercial: jdcomercial@jdia.com.br comercialjd.2011@gmail.com mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representante comercial Grupo Pereira de Souza – GPS Matriz - Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2544.3070; Brasília/DF - Tel.: (61) 3226.6601; São Paulo/SP - Tel.: (11) 3259.6111; Belém/PA Tel.: (91) 3244.4722 Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Esporte - C2 Diversão&Cultura - C3 Social - C4 Classidia - 08 Pág

Coluna

POR LEANDRO MAZZINI Jornalista

U

QUEM É O PAI DA LEI?

m clima de constrangimento tomou o Senado. Dois projetos de senadores do PDT previam crimes hediondos para corrupção passiva e ativa, mas só um deles avançou. O presidente Renan Calheiros colocou em pauta e o plenário aprovou o PLS 204/2011, de Pedro Taques (MT), que tramitava na CCJ. Ocorre que na mesma comissão está parado, desde Março, o PLS 253, apresentado por Cristovam Buarque (DF) em 2006. Resguardadas as peculiaridades dos textos, trata do mesmo assunto. Coincidentemente, a relatoria do projeto de Cristovam está com o senador Pedro Taques.

Panos quentes

Embora aliados, Pedro Taques e Cristovam Buarque (PDT-DF) ainda não haviam conversado, até ontem à noite, sobre o assunto.

Dever de casa

Taques, ontem fora de Brasília, disse que não se lembrava do texto do projeto de Cristovam, sob sua relatoria na CCJ. ‘Mas vou pesquisar’.

Mal estar

Procurado pela coluna, Cristovam não quis polêmica. ‘Tenho fortes laços com Taques’. Porém, entre os corpos técnicos legislativos houve um mal estar.

Cassação certa

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(+1917-2006) e Irene Pereira(+1923-2011) Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira(+1954-1994)

Diretor Executivo: Marcelo Ignacio da Roza Diretora Corporativa: Lúcia Thereza Pereira Ghammachi Assessoria Jurídica e Tributária: Américo Diniz (OAB/AP 194) Eduardo Tavares (OAB/AP 27421) Editor-Chefe: Janderson Cantanhede Gerente Comercial: Andrew Gustavo Cavalcante dos Santos

A2

Editor: José Maria Baia - josemaria@jdia.com.br

no twitter... João Capiberibe @ ‫ ‏‬joaocapi Com o povo na rua tudo vai ser diferente: o legislativo vai legislar, o executivo vai executar, o MP vai denunciar e a justiça vai julgar.

É tarde para apostar na memória curta RODOLFO JUAREZ

Macapá-AP, sexta-feira, 28 de junho de 2013

Edição número

8238

O deputado Sérgio Zveiter (PSD-RJ) vai pedir a cassação do deputado Natan Donadon (PMDB-RO), que teve mandado de prisão expedido pelo STF por maracutaias quando era deputado estadual. Zveiter será o relator do caso na Comissão de Constituição e Justiça. Mas não será tão rápido. A CCJ terá cinco sessões para Donadon se defender.

Voltas do mundo

Veja as voltas que o mundo dá: dia 11 de março de 1983 o jornal Zero Hora publicou a manchete: Governo veta Copa no Brasil. Foi decisão do presidente, general João Figueiredo, que contrariou pedido da CBF e da FIFA. Achava ser gasto desnecessário.

Força do Povo

Da noite para o dia, os Três Poderes começaram a mostrar trabalho. A presidente trabalha por reforma política. O Congresso tira da gaveta projeto que torna corrupção crime hediondo. E até o STF ‘lembrou’ que tinha um deputado para ser preso, há meses.

Quebradeira

Em BH, bandidos-manifestantes depredaram 17 carros em concessionária Volks na Av. Antonio Carlos. Não sabiam, mas o dono é um deputado estadual. De bom currículo.

Cotonete popular

Procurador de carreira, o senador Taques (PDT-MT) comemora o arquivamento da PEC 37. ‘Os deputados tiraram a cera do ouvido. Eles ouviram o cidadão’.

Força do Povo 2.0

O voto aberto, que passou pelo Senado, e se aprovado a tempo na Câmara, pode ser usado na eventual cassação do deputado Donadon (PMDB-RO) em plenário. ‘Com vontade política imediata, poderá, sim’, frisa o senador Álvaro Dias (PSDB-PR).

Dono da frase

É do ex-ministro Mario Negromonte (Cidades) a análise, e não de José Pimentel: ‘É uma grande gestora. Precisa delegar mais aos ministros. Lula

fez diferente. Era político e deixava seus ministros serem gestores’.

Desencontros

‘A agenda da reforma política sempre foi pautada e nunca conseguimos realizar. A concorrência é dentro do próprio partido ou coligação. É por isso que não conseguimos fazê-la’, explica o senador Pimentel (PT-CE), líder do Governo no Congresso.

E o corruptor?

O senador Inácio Arruda (PCdoB-CE) apresentou emenda ao projeto do crime hediondo aprovado. ‘Aquele que patrocina a corrupção, que transforma o sujeito em corrupto é tanto corrupto quanto o outro’. Bem lembrado

Lupa

Um dado curioso nas pesquisas encomendadas em Brasília. Em todas, alternam-se na liderança os futuros candidatos. Mas não muda a rejeição ao governador Agnelo (PT).

Pé no chão

Veterano, o senador Benedito de Lira (PP-AL) não crê em reforma política prometida. Sentencia com fato: ‘Durante muito tempo não se fez’. Com a palavra, o Congresso.

Estrago feito

A assessoria do senador Sarney avisa que o filho retirou o processo de censura contra o Estadão. Mas a coluna lembra que houve a iniciativa. Triste.

Ponto Final

Os protestos nas ruas estão tão desorganizados que faltam chamar a Vanusa para cantar o hino nacional.

Com Marcos Seabra, Maurício Nogueira e Adelina Vasconcelos

www.colunaesplanada.com.br LM Comunicação Coluna Esplanada contato@colunaesplanada.com.br Caixa Postal 1980 – CEP 70254-970 – Brasília-DF


JD

Geral

“ ” Entre Aspas

JANDERSON CANTANHEDE Jornalista

Daqui pra frente - Tem muita gente dizendo que o arquivamento da PEC 37 (que retirava o poder de investigação do MP) foi um dos maiores absurdos cometidos pelo Legislativo nos últimos tempos, ainda mais sob pressão popular. Certo ou não, é bom avaliar o que pode acontecer daqui por diante. Investigação - Hoje o MP investiga por meio de uma resolução e resolução não é lei. Inclusive o jurista e professor Luiz Flávio Gomes pensa que hoje, sem lei, o MP não pode presidir investigação. Urgência - Para ele, no Estado de Direito, a lei é uma garantia de todos. Logo, a rejeição da PEC 37 exige a elaboração urgente de uma lei que

discipline com clareza essa investigação pelo MP, de forma a evitar todo tipo de abuso por parte dele, a começar pela falta de controle no arquivamento.

Passível de nulidade Acabar com o crime, na medida do possível, é mais do que necessário, porém, não de forma abusiva ou criminosa. Luiz Gomes alerta que não se pode matar um mostro e criar outro. Por fim, é bom ter em mente que enquanto não for aprovada lei nesse sentido os advogados vão continuar contestando as investigações do MP (e, hoje, sem lei, com forte chance de anular tudo). Letargia - Macapá começa a entrar no típico momento de letargia que todos os anos vivencia com

a chegada do mês de julho. As férias são escolares, mas a maioria dos Poderes reduz a velocidade da máquina em 50%. Fazer o quê?! Em pauta - Tanto a Assembleia Legislativa quanto a Câmara de Vereadores já entraram em recesso. Os deputados estaduais antes da pausa aprovaram a LDO prevendo orçamento de pouco mais de R$ 5 bilhões para 2014. A Câmara de Macapá encerrou as atividades discutindo a redução da tarifa de ônibus. Sugestões - Essa semana falei de algumas sugestões particulares para colocar a política no Brasil nos eixos. Uma delas é dar um delete no chamado coeficiente eleitoral. A outra é tornar inelegível os políticos que não cumpri-

rem 100% o que prometeram. Tenho outra sugestão. Dessa vez é quanto ao financiamento de campanhas. Um exemplo - Sou a favor do que o cientista político Geraldo Tadeu Monteiro, declarou quanto ao assunto. Ele afirmou que a livre ingerência de grandes empresas privadas no financiamento eleitoral no Brasil é nociva à democracia porque desequilibra a disputa e influencia largamente no resultado. Não é de graça - Nesse caso, para acabar com aquela história do "eu te ajudo na campanha e você arruma um contrato pra mim" só tem um jeito: proibir a doação privada aos partidos e políticos. Quem quiser que junte dinheiro, empreste, vai andar no sol fazendo o corpo a corpo e falando suas propostas. A meu ver, ninguém dá nada de graça para os outros. Muito menos para político. Até amanhã...

Siga: @cantanhede_AP Email: cantanhede@jhotmail.com Blog: jandersoncantanhede.wordpress.com

Plebiscito não é instrumento adequado para reforma política, diz PP

O

Partido Progressista (PP) apresentou ontem (27) à presidenta Dilma Rousseff, durante encontro com líderes de partidos da base governista, no Palácio do Planalto, posição contrária a um plebiscito para realização da reforma política no país e favor de um referendo. Em carta assinada pelo presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), o partido diz que o plebiscito não é o mecanismo mais adequado para atingir a meta. “Entendemos que o plebiscito, por natureza, deve estar restrito a poucos temas, sendo difícil adequar-se à amplitude de itens que devem necessariamente ser abordados em uma proposta de reforma política”, diz a carta. “Apoiamos a reforma política, mas entendemos

que a melhor forma de atingir esse objetivo é o referendo de uma lei aprovada pelo Congresso Nacional, elaborada com ampla participação dos diversos segmentos da sociedade e acompanhada pela imprensa”. O partido argumenta que a complexidade da proposta de reforma política não é compatível com o processo de plebiscito, porque precisaria abordar inúmeros temas. Na carta, o partido aponta oito temas prioritários: sistemas eleitorais, financiamento eleitoral e partidário, coligação na eleição proporcional, obrigatoriedade do voto, reeleição, duração do mandato no Executivo, coincidência nas eleições e candidatura avulsa. O senador Ciro Nogueira encerra a carta dizendo

A3

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Dia-Dia

Antes e depois

D

esde que a população invadiu as ruas das principais cidades brasileiras, em manifestações gigantescas e que em alguns momentos ganhou características violentas, a classe política brasileira passou a adotar uma postura estranha e, em alguns casos, preocupante. De uma hora para outra, projetos de reformas foram propostos pela presidente da República; tarifas de transportes coletivos baixaram em diversas cidades, fruto de medidas adotadas por prefeitos e governadores; deputados e senadores aprovaram projetos que tramitavam com velocidade de tartaruga nas casas legislativas; processos que eram barrados por recursos meramente protelatórios foram julgados no Judiciário. Essas e outras ações foram resultado dos protestos que tomaram conta das ruas das cidades brasileiras. Sem dúvida nenhuma, é bom perceber que a pressão popular obrigou os agentes públicos a pensarem – não se sabe se apenas temporariamente - primeiro nos interesses coletivos, jogando para segundo plano suas demandas particulares e corporativas. Contudo, não deixa de ser preocupante notar que a postura atual está contaminada por um instituto de sobrevivência, eivado de demagogia. Para escapar do julgamento popular e salvar a própria pele, muitos políticos passaram a votar, a propor e a julgar tudo que lhes pareça capaz de acalmar a fúria de grande maioria da sociedade. E não é isso o que espera, de fato, de agentes públicos sérios e comprometidos com a construção de uma sociedade justa e desenvolvida. Espera-se, dos agentes públicos, que atuem de forma equilibrada, com respeito aos preceitos legais que regem a nossa sociedade. Que analisem com foco no interesse público as demandas que lhes são apresentadas, e que ajam de acordo com os compromissos que assumiram com a sociedade. Mesmo que isso, possa às vezes desagradar uma parcela considerável da opinião pública. Do contrário, a postura atual, aparentemente favorável ao conjunto da sociedade, é apenas um reflexo distorcido, e tão perigoso quanto, daquela que esses mesmos agentes adotavam antes, quando as ruas estavam vazias de manifestantes e o povo brasileiro, esse gigante, parecia dormir em paz.

Hora-Hora

Conta atrasada A Prefeitura de Macapá está pagando o cachê de artistas que participaram do Macapá Verão 2012 e levaram bico da gestão anterior.

que o momento oferece oportunidade única de se aproveitar a mobilização de vários setores da sociedade para chegar a um sistema político que corresponda às necessidades que surgem desse amadurecimento social. O PP manifesta ainda otimismo e confiança em um avanço das instituições democrá-

ticas. Para o partido, referendo atende plenamente aos anseios da população e, juridicamente, é o instrumento mais adequado. Na última terça-feira (25), o governo definiu o plebiscito como a melhor forma de a população manifestar sua opinião e escolher a reforma política que quer para o país.

Plebiscito é a melhor forma de ouvir sociedade, diz presidente do PSB

O

governador de Pernambuco e presidente do PSB, Eduardo Campos, disse ontem (27), após se reunir com a presidenta Dilma Rousseff e outros presidentes de partidos da base governista, que, de forma majoritária, eles consideram o plebiscito como melhor forma de a sociedade brasileira ser ouvida e participar da reforma política no país, que, durante 20 anos, foi inviabilizada por interesses político-partidários. “O Congresso Nacional poderá, se decidir pelo plebiscito, ouvir objetivamente a sociedade e ter balizamentos que não foram construídos nestes mais de 20 anos de democracia porque, muitas vezes, o interesse da reeleição de A ou B, o interesse desse ou daquele partido, terminou por inviabilizar a reforma política e, agora, a sociedade vai se expressar e dar o balizamento de qual é a reforma política que, no entender do povo brasileiro, se aproxima daquilo que a sociedade deseja”, disse Campos.

Macapá-AP, sexta-feira, 28 de junho de 2013

Contratação Pagamento providencial, já que a PMM vai precisar contratar artistas novamente, para a próxima edição do Macapá Verão. Por falar nisso, inscrições para artistas interessados em participar do evento este ano permanecem abertas até hoje. Sacode a poeira Parecia que a poeira estava assentando, em relação aos protestos populares, mas ontem o tempo fechou de novo. Manifestação violenta em Fortaleza e volumosa no Rio. Conta alta Como se vê, o povo quer mais. Deixaram a sociedade tanto tempo sem respostas, que a a conta ficou muito alta. Para alguns, impagável. Fraqueza Geddel Vieira, Secretário nacional do PMDB, considera que onda de manifestações populares que tomaram as ruas há duas semanas

enfraqueceu politicamente a presidente Dilma Rousseff para a disputa de 2014. Palpite E no Amapá, alguém arrisca dizer quem saiu ganhando e quem perdeu, com a onda de manifestações? Em geral, a análise é: políticos tradicionais saíram perdendo. Quem está no poder saiu perdendo, especialmente se não souber dar as respostas que a população espera. Tese furada Engraçada essa história de dizer que jogadores da Itália e da Espanha, que disputam a Copa das Confederações, estão mal das pernas, porque futebol europeu está em final de temporada. E os jogadores do Brasil, que em sua maioria jogam na Europa? Protestos Manifestantes querem cumprir promessa de permanecer mobilizados, indo às ruas de Macapá em defesa de suas bandeiras. Próxima manifestação deve ser na segunda-feira, 1, engrossada por professores que estão “por aqui” com o governador Camilo Capiberibe.

MINUTOS

Eduardo Campos, disse ontem (27), após se reunir com a presidenta Dilma Rousseff e outros presidentes de partidos da base governista, que, de forma majoritária, eles consideram o plebiscito como melhor forma de a sociedade brasileira ser ouvida e participar da reforma política no país

Para ele, há uma grande distância entre a sociedade, que avançou rapidamente, e as forças políticas, que estagnaram e agora precisam se renovar. “Todos os partidos políticos, as forcas políticas no Brasil, precisam compreender a distância que se estabeleceu entre a sociedade e sua representação, como se os go-

vernos, e também os partidos fossem analógicos, ou pré-analógicos, e a sociedade, digital”, ressaltou o presidente do PSB. “Então, vamos precisar usar essas ferramentas [plebiscito] para fazer com que a opinião da sociedade se expresse na vida dos Poderes, do Estado brasileiro, e alimentar a renovação”, disse ele.

Eduardo Campos reforçou que existe a compreensão de que todas as instituições do país estão desafiadas a dar respostas e corrigir os erros cometidos. Neste sentido, segundo ele, os partidos aliados estão dispostos a ajudar o governo a dar sequência no esforço de ouvir e responder à população.

Candidato – Movimentação do senador José Sarney no segundo semestre, com anúncio de medidas em favor dos amapaenses, vai deixar claro uma coisa: que ele é candidato à reeleição. Ofensiva - Através da Secom, Governo do Estado inicia ofensiva na mídia, para tentar melhorar avaliação da administração Camilo Capiberibe. Fechado - Mídia do Governo já se avoluma nos veículos de comunicação. Num deles, porém, as portas estão fechadas, até que governo salde os “penduras” de campanhas anteriores. Pressão - Vereadores do PSB não vão dar refresco ao prefeito Clécio Luís. Vão continuar pressionando a administração municipal, para que tarifas de ônibus baixem ainda mais.


JD

Geral

Macapá-AP, sexta-feira, 28 de junho de 2013

A4

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

IPI para de alguns produtos domésticos vai subir O ministro da Fazenda anunciou que as alíquotas reduzidas, que vencerão no fim de junho, serãoaumentadas parcialmente

A

partir de segunda-feira (1º), os móveis e três produtos da linha branca – fogão, tanquinho e geladeira – pagarão mais Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou que as alíquotas reduzidas, que vencerão no fim de junho, serão parcialmente aumentadas. Também será revogado, em parte, o imposto reduzido para laminados, luminárias, painéis de madeira e papéis de parede. De acordo com o ministro, a remoção gradual das desonerações ajudará a manter o equilíbrio fiscal. O governo estima que vá arrecadar R$ 118 milhões a mais entre julho e setembro por causa da

medida. “A recomposição de tributos estava anunciada desde o início do ano”, declarou Mantega. Ele também ressaltou que não existe mais espaço fiscal para novas desonerações, como as pedidas por produtores de aço na última terça-feira (25). “Temos de colher frutos das desonerações aplicadas e em curso, mas também temos de melhorar a arrecadação e o desempenho fiscal. Em função disso, novas desonerações não estão previstas”, acrescentou. As novas alíquotas valerão até o fim de setembro. O IPI sobe de 2% para 3% no caso dos fogões, de 7,5% para 8,5% para geladeiras, de 3,5% para 4,5% para tanquinhos. Para

móveis, painéis de madeira e laminados, a alíquota passa de 2,5% para 3%. Para as luminárias, o imposto aumenta de 7,5% para 10%. O IPI para papéis de parede subirá de 10% para 15%. Para máquinas de lavar, o imposto está definitivamente mantido em 10% desde o ano passado. Mantega disse ainda que pediu aos empresários que não repassassem o imposto maior para os preços. “Conversei com o setor, e os empresários me informaram que procurarão absorver o aumento de tarifas de modo que o preço não se eleve. O setor fará um esforço para não venha prejudicar vendas, nem aumentar a inflação”, declarou.

As novas alíquotas valerão até o fim de setembro. O IPI sobe de 2% para 3% no caso dos fogões, de 7,5% para 8,5% para geladeiras, de 3,5% para 4,5% para tanquinhos.

Comissão deve investigar demissões nas Centrais Elétricas do PA

A

Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia deverá formar em breve uma comissão externa para verificar em Belém a situação dos trabalhadores das Centrais Elétricas do Pará (Celpa) e buscar uma solução para as demissões que vêm ocorrendo na empresa nos últimos meses. Aproximadamente 25% dos empregados da empresa estão em greve desde 17 de junho para protestar contra os desligamentos. A sugestão da comissão externa foi feita pelo deputado Asdrúbal Bentes (PMDB-PA) e deverá ser

apresentada ao colegiado pelo deputado Miriquinho Batista (PT-PA) para ser votada na próxima semana. A demissão de funcionários da Celpa foi discutida em audiência pública promovida pela comissão ontem (27) a pedido de Miriquinho. Em regime de recuperação judicial, a Celpa foi privatizada em 1998 e, desde novembro de 2012, é controlada pela Equatorial Energia. A empresa possui hoje cerca de 1,9 mil funcionários e uma dívida bruta aproximada de R$ 3,3 bilhões. Como parte de um programa de reestruturação, em abril deste ano, foi lançado um programa de de-

missão voluntária (PDV) para desligar 564 empregados. Mais de 240 trabalhadores aderiram ao programa, e a empresa agora tem promovido novos desligamentos que, na avaliação do presidente do Sindicato dos Urbanitários do Pará, Ronaldo Romeiro Cardoso, são imotivados. Meritocracia Segundo os representantes da Celpa que compareceram à audiência, a nova postura gerencial da distribuidora preza pela “meritocracia”. “A empresa tem promovido há 60 dias alguns desligamentos. As pessoas, por não atende-

rem ao perfil desejado, estão sendo substituídas por outras do mercado ou de dentro da empresa mesmo”, disse o assessor jurídico da Celpa Armando Nascimento. Apontando Apesar de concordar com alguns ajustes, o sindicalista Ronaldo Cardoso apontou que os processos demissionários nem sempre são claros e que, entre maio e junho, 37 funcionários foram demitidos sem preencher qualquer formulário de avaliação do serviço. “A meta da Equatorial é colocar a Celpa em um patamar de 1,5 mil trabalhadores próprios para

terceirizar parte o serviço, o que precariza o serviço mas aumenta o lucro”, disse Cardoso. Processo contraditório Também o deputado Miriquinho afirmou que o processo de demissões é “contraditório”. “A empresa não pode dizer que usa o critério de desempenho do funcionário para demitir, quando deu início ao processo por meio de PDV, em que qualquer funcionário pode sair, os bons e os ruins”, declarou. O diretor de Gente e Gestão da Celpa, Renan Bodra, se defendeu dizendo que há realmente pessoas que não querem se

adequar ao novo perfil da empresa e, por vezes, se recusam a mudar de função. O desempenho, disse, é monitorado diariamente. Ele acredita, no entanto, na possibilidade de um entendimento entre direção e empregados nos próximos dias. Segundo Renan Bodra, a nova postura gerencial da Celpa preza pela disciplina financeira e pelos resultados, entre outros aspectos. Para este ano, segundo ele, estão previstos investimentos de mais de R$ 600 milhões em vários setores, como manutenção da rede e implantação de novas linhas de transmissão.


CadernoB

Geral

Editor: Túlio Pantoja- tuliopantoja@jdia.com.br

Macapá-AP, sexta-feira, 28 de junho de 2013

Vereadores prometem denunciar Setap ao Ministério Público Estadual

Bancada do PSB critica postura dos empresários e defende que, com desoneração de impostos e taxas, tarifa caia para até R$ 1,75 CASSIO ALBUQUERQUE Da Redação

F

oi aprovado na manhã de ontem (27) na Câmara dos Vereadores o projeto do Código Tributário Municipal, que visa desonerar parcialmente os impostos municipais para as empresas de transporte coletivo da capital. Com a aprovação, o ISS (Imposto Sobre Serviços) e o ISSQN (Impostos Sobre Serviços de Qualquer Natureza) diminuem de 5% para 3% e a Taxa de Gerenciamento da CTMAC (Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá) reduz de 6% para 3%. Com essas reduções, o valor da tarifa fica fixado em R$ 2,10. Parte desse corte nos impostos foi baseada na medida provisória sancionada pela Presidenta Dilma, na qual determina que os prefeitos realizem a desoneração do imposto federal (PIS/COFINS) nas capitais.

A redução também se tornou viável com a medida adotada pelo governador Camilo Capiberibe, que teve projeto de lei aprovado pela Assembleia Legislativa no qual o Governo do Estado garante renúncia fiscal de 17% de ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) na compra de combustível (óleo diesel e biodiesel) destinado ao transporte de passageiros,. Apesar da aprovação do projeto na Câmara, a bancada de vereadores do PSB, representada pelo vereador Washington Picanço, critica os empresários do setor de transportes coletivos da capital, através do SETAP (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá), e considera que os preços das tarifas de ônibus devem cair ainda mais. “Com todas essas isenções, a tarifa era pra estar entre R$1,75 e R$1,80.

Acontece que o SETAP, que é o empresariado, não tem desonerado o PIS e COFINS, mesmo com a decisão do Governo Federal de realizar a renúncia fiscal desses impostos”, comentou o parlamentar. Após a aprovação do projeto, o vereador informou que a bancada entrará com uma representação no Ministério Público Estadual e no Conselho Municipal de Transporte da CTMAC, para as ações de averiguação e discussão sobre a tabela. “Vamos pedir apoio ao Ministério Público Estadual e procurar o Conselho Municipal de Transportes que é órgão legal que tem poder de discutir a tabela. Sabemos que esse valor pode ser menor e não vamos medir esforços para que seja feita a vontade das pessoas que foram para rua e protestar por melhores condições nos coletivos de Macapá”, elucidou o vereador.

CELIANE FREITAS

Vereadores querem apoio do Ministério Público e do Conselho Municipal de Transporte para reduzir mais as tarifas

Entenda a política de corte dos impostos para baixar a tarifa

O

DIVULGAÇÃO

custo fiscal é próximo de R$ 1 bilhão por ano e o impacto no valor das tarifas é diretamente proporcional à desoneração feita. Segundo dados da Associação Nacional da Empresas de Transportes Urbanos (NTU), a desoneração integral do PIS/Cofins pode reduzir o valor final das tarifas em 3,65%. A desoneração do óleo diesel para as empresas de transporte urbano ainda está na mesa, mas o impacto fiscal elevado e a dificuldade de controle nas compras subsidiadas são dificuldades para que a medida vá adiante. Cenários A decisão sobre a necessidade de desoneração do transporte urbano está tomada. A área técnica, no entanto, tem vários ce-

Redução do preço das tarifas de transportes coletivos tem impacto importante no controle da inflação

DIVULGAÇÃO

nários prontos e que ainda não foram apresentados à presidente. “Não temos a ilusão de que a desoneração vá neutralizar o efeito do reajuste das tarifas de transporte urbano na inflação, mas qualquer ganho já é um ganho”, justificou um integrante do governo com trânsito no Palácio do Planalto. Redução de impacto De acordo com um outro integrante da área econômica, a medida da desoneração será dada pela necessidade de reduzir o impacto sobre os índices de inflação. Se houver recuo nos preços, o governo pode ser menos ambicioso. Num cenário inflação alta, o setor de transportes pode acabar mais beneficiado.

MPF quer impedir construção de prédio residencial na orla da capital

O

Ministério Público Federal no Amapá (MPF/AP) recomendou ao município de Macapá e ao Instituto de Meio Ambiente e Ordenamento Territorial (Imap) a anulação de alvará e licenças para a construção de edifício praia no Complexo Turístico do Araxá. O prédio residencial seria erguido em terreno acrescido de marinha, portanto, área pertencente à União, conforme dispõe o Art. 20 da Constituição Federal.

O MPF/AP também orienta à empresa Necon Nordeste Construtora Ltda. que se abstenha de construir enquanto não tiver autorização da Superintendência do Patrimônio da União (SPU). O não atendimento à recomendação do MPF/AP pode implicar em medidas judiciais. Incumbe à SPU registrar, regularizar e administrar os bens imóveis de domínio da União, ainda que a área seja localizada em glebas de jurisdição municipal ou estadual. Por-

tanto, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Semduh), Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Macapá (Semam) e Imap não poderiam ter expedido alvará de construção e licenças ambiental e de instalação sem autorização prévia da SPU. O MPF/AP entende que o Complexo Turístico do Araxá é bem de uso comum da população. A construção de prédio criaria fluxo de veículos para dentro do complexo, por conta da

garagem do residencial, o que traria perigo para as pessoas que frequentam as pistas de cooper e ciclismo ali existentes. Tendo em vista que a área próxima ao Rio Amazonas é dedicada ao lazer, a construção do prédio destoaria com o paisagismo e a arquitetura locais. Além disso, violaria os mecanismos de ordenamento territoriais, tais como o Plano Diretor Municipal, a Lei de Parcelamento do Solo Urbano e o Projeto Orla.

Calcúlos Uma desoneração do PIS-Cofins nos próximos meses implica um ganho de caixa para essas empresas, que só poderiam devolver a desoneração no cálculo do reajuste de 2014. Ou seja, o governo estará abrindo mão de tributos, mas obtendo um ganho muito menor do que poderia, além de beneficiar um grupo de empresas e prejudicar os trabalhadores de algumas cidades.

Atendimento móvel em Macapá recebe reforço de seis ambulâncias

S O MPF/AP entende que o Complexo Turístico do Araxá é bem de uso comum da população.

Desoneração O governo também conta com a desoneração da folha de pagamentos do setor, que já foi feita e tem impacto sobre a tarifa. Segundo a NTU, houve uma redução de 4% nos custos com a nova tributação da contribuição ao INSS.

eis ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) doadas pelo Ministério da Saúde (MS) começam a chegar em Macapá. Três delas já estão no município, sob a guarda da empresa responsável pelo transporte, e as outras três estão previstas para chegar nos próximos dias. O carregamento saiu de Tatuí, São Paulo, no dia 10 de junho. O primeiro lote das viaturas, chegou no final da semana passada, com três viaturas. Somente quando as seis ambulâncias destinadas ao município estiverem em solo macapaense é que a transportadora fará a entrega à Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). O secretário Municipal de Saúde, Rinaldo Martins, explica que após receber as ambulâncias a Semsa vai iniciar mais uma parte burocrática do processo. “Precisamos dar baixa nas antigas para que o incentivo de manutenção seja transferido para as novas, que devem ser licenciadas e emplacadas junto ao De-

tran”, enfatizou. Outro passo será equipar as viaturas com material de primeiros socorros de baixa complexidade. O processo, incluindo a baixa e a legalização junto ao Detran, deve levar cerca de dois meses.As seis viaturas irão substituir a frota composta por quatro, que passa por problemas sérios devido à péssima manutenção preventiva dos anos anteriores que deixaram precários os serviços prestados à população. As USB são viaturas responsáveis pelo atendimento de ocorrências de baixa complexidade, onde o paciente não apresenta risco eminente de morte. É importante ressaltar que o SAMU metropolitano coordenado pelo Estado é quem determina o tipo de viatura que deverá prestar o socorro. Todas as ambulâncias destinadas ao município são Unidades de Suporte Básico (USB). Quatro delas modelo Sprinter da Mercedes Benz, e as outras duas Ford Ranger 4x4 que atenderão as demandas da zona urbana e rural do município.


JD

Geral

Macapá-AP, sexta-feira, 28 de junho de 2013

B2

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Retraído por causa dos protestos, comércio enfrenta queda de 30% no seu movimento

Empresários relatam que em virtude dos protestos que aconteceram na capital, o índice de vendas caiu consideravelmente celiane freitas

cionários em torno de uma hora antes do término do expediente, colocamos folhas de compensados nas vidraças e contratamos seguranças para fazerem a ronda”, disse a funcionária. A Polícia Militar também tem trabalhado de forma efetiva, recrutando um maior número de policiais nessas áreas a fim de evitar os atos infracionais e qualquer tentativa de desordem ou depredação em lojas ou órgãos públicos. Com a proximidade das datas comemorativas,

como o dia dos pais, os empresários esperam o retorno dos clientes e assim, recuperar o índice de vendas em virtude dos protestos. “A nossa expectativa é que sempre na proximidade dessas datas, o comércio tenha maior movimento e dê um salto nas vendas. Esperamos que até lá não haja nenhum impedimento ou qualquer ação infratora que possa prejudicar o comércio local, que passa por um momento delicado”, explicou A.C., gerente de uma loja que não quis se identificar.

Bastidores da notícia

RODOLFO JUAREZ

Jornalista rodolfojuares@gmail.com

Atingidas pela ação de vândalos, algumas lojas estão funcionando com tapumes no lugar de vitrines, o que afasta os clientes

Cassio Albuquerque Da Redação

O

s atos de vandalismos que aconteceram durante as manifestações em Macapá trouxeram impactos negativos para os empresários do Centro Comercial. Além de prejuízos na estrutura física das lojas, a

ação infratora está refletindo em queda nas vendas no mês de Junho. Segundo empresários, as vendas tiveram baixas de 30%. As lojas têm fechado mais cedo e os clientes ficaram amedrontados com a situação de desordem que se espalhou na cidade durante os

protestos. “O movimento dos clientes caiu bastante. Consequentemente, as vendas caíram também. Todos os empresários ficaram prejudicados”, explicou Francelina Gomes, que trabalha na gerência de um dos estabelecimentos que foram alvos dos vândalos.

Mesmo as lojas que não tiveram suas estruturas depredadas tiveram gastos extras. Proteção de vidraças, seguranças e instalação de alarmes foram realizadas para proteger os prédios e evitar saques. “Nos dias que houve manifestação, nós dispensamos nossos fun-

Amapá teve a menor cobertura na vacinação contra a paralisia infantil

E

mbora a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite tenha encerrado na última sexta-feira (21), o Ministério da Saúde recomenda aos estados e municípios que não atingiram a meta a prosseguirem com a mobilização até o próximo dia 5 de julho. O balanço parcial divulgado ontem (27) indica que 11,3 milhões de crianças entre seis meses e menores de cinco anos foram imunizadas contra a doença em todo o país, o que corresponde a 87,6% do público-alvo, formado por 12,9 milhões de crianças. A expectativa é chegar 95%, ou seja, 12,2 milhões de crianças. O Amapá foi o Estado que teve a menor cobertura na vacinação, somando apenas 65,6% da cobertura. Isso significa que 66.630 mil crianças foram vacinadas. De acordo com os números preliminares informados pelas secretarias de saúde até às 10h de quinta-feira (27), dois estados já atingiram a meta: Acre (97,3%) e Roraima

(96,7%). Os outros estados com as maiores coberturas vacinais são: Rondônia (94,8%); Santa Catarina (93,6%); Rio de Janeiro (93,5%); Goiás (93,5%); Paraná (92,8%); Maranhão (92,3%); Sergipe (91,6%) e Rio Grande do Sul (90,5%). Apesar da meta ainda não ter sido atingida na maioria dos estados, a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, Carla Domingues, considera os números da campanha satisfatórios até o momento. “Esses dados ainda são preliminares e, só depois de consolidados, o Ministério da Saúde terá um panorama real da cobertura em todo o país”, observou. A coordenadora reforça a necessidade de manter a alta cobertura vacinal que ajudou a erradicar a doença no Brasil. “Quem ainda não conseguiu levar o filho para tomar as duas gotinhas, deve procurar qualquer unidade de saúde. É importante a conscientização dos pais sobre a importância desta imu-

nização para que possamos manter o Brasil livre da pólio”, alertou. Segundo a coordenadora, além da vacina contra a poliomielite, os pais que levarem as crianças aos postos de vacinação poderão aproveitar para atualizar as vacinas em atraso. “É fundamental que os responsáveis não se esqueçam de levar a carteirinha de vacinação de seus filhos para que os profissionais possam avaliar a situação vacinal da criança”, destacou.

O último caso registrado de poliomielite no Brasil foi há 24 anos e, desde 1994, o país mantém o certificado emitido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de erradicação da poliomielite. A paralisia infantil não tem cura e a vacina é a única forma de prevenção. A aplicação das gotinhas permite também a disseminação do vírus vacinal no meio ambiente, ajudando a criar a imunidade de grupo, reforçando a proteção coletiva em todas as crianças.

Campanha de vacinação contra a pólio deve continuar nos estados que não atingiram meta

B

alanço divulgado ontem (27) pelo Ministério da Saúde indica que 11,3 milhões de crianças entre 6 meses e 5 anos incompletos foram imunizadas durante a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite. Embora tenha terminado na última sexta-feira (21), foi recomendado que os estados que não atingiram a meta de vacinação continuem com a mobilização até o

próximo dia 5 de julho. A meta do ministério é vacinar 12,2 milhões de crianças na faixa etária definida, o que representa 95% desse público. Durante a campanha nacional, a imunização chegou a 87,6%. De acordo com os números preliminares informados pelas secretarias de Saúde até as 10h de hoje, apenas dois estados atingiram a meta, o Acre, com 97,3% de cobertura,

e Roraima, com 96,7%. Os outros estados com as maiores coberturas vacinais são Rondônia (94,8%), Santa Catarina (93,6%), Rio de Janeiro (93,5%), Goiás (93,5%), Paraná (92,8%), Maranhão (92,3%), Sergipe (91,6%) e Rio Grande do Sul (90,5%). O Ministério da Saúde alerta que é fundamental que os pais levem a carteira de vacinação para que os profissionais de saúde

possam avaliar a situação vacinal da criança. Desde 1994, o Brasil tem certificado emitido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de erradicação da poliomielite, doença que não tem cura. A aplicação das gotinhas permite também a disseminação do vírus vacinal no meio ambiente, ajudando a criar a imunidade de grupo, reforçando a proteção coletiva em todas as crianças.

TIRO NO PÉ Dizem que a pressa é inimiga da perfeição e que o descuido é imperdoável em qualquer situação. E tudo indica que uma questão de pressa levou ao descuido imperdoável da presidente Dilma Rousseff quando sugeriu uma constituinte específica para tratar da reforma política no Brasil. Ninguém perdoou a presidente, que deveria conhecer a Constituição do país que se propõe a governar. CINCO PONTOS Até agora os analistas, internos e externos, estão procurando os pontos positivos apresentados no pacto de cinco pontos que a presidente propôs firmar com os governadores e prefeitos. Nem mesmo os aliados saíram da reunião que pouco falaram e ouviram muito compreenderam o que realmente queria a presidente. NAS RUAS Ora se nos gabinetes com ar refrigerado ficou difícil entender o que a presidente queria, imaginem na copa. Isso mesmo ficou uma salada onde o que se pode observar era uma desesperada tentativa de, primeiro conquistar aliados que estão nos cargos e depois, conquistar os manifestantes que estão nas ruas. Depois da reunião ficou certo que nem um dos dois objetivos fora alcançado. PARA HOJE Estão marcados para hoje manifestações em vários pontos do país e a que mais preocupa é aquela que está anunciada para Minas Gerais, especialmente em Belo Horizonte e região, onde está localizado o Estádio Minerão, onde será realizado o jogo, pela Copa das Confederações, entre Brasil e Uruguai. BONDADE Está aberta a temporada de bondade dos gestores públicos. Depois da livre e espontânea que veio das ruas eles resolveram que deveriam ficar bonzinhos. Se apressaram a anunciar que os preços das tarifas de ônibus seriam reduzidas, que a corrupção passaria a ser crime hediondo, que haveriam melhoria no serviço público, que seriam contratados novos médicos para os hospitais e postos de saúde. O que não faz a voz das ruas. VIOLÊNCIA A violência está fazendo do Amapá e, especialmente, de Macapá, o seu ponto preferido de parada. Fazia tempo que não se passava aqui por uma crise do tamanho que está se vivendo atualmente. Não sei porque, mesmo nessa

situação, ninguém prestou atenção no chamamento para a campanha de vacinação que estava em curso. Resultado: a meta não foi atingida no Amapá e a vacinação foi prorrogada. LARANAJAL DO JARI Quinta e sexta-feira desta semana, uma caravana da Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia estará em Laranjal do Jari incentivando os alunos das escolas estaduais a experimentar o seu senso científico. Oficinas, orientações e princípios básicos serão ministrados nas salas de aula, objetivando despertar o aluno para a iniciação científica, que é tida um instrumento da mais alta importância. TARIFA ZERO Os estudantes brasileiros estão empenhados em conquistar a tarifa zero para utilizar o transporte coletivo urbano e suburbano em todo o país. A primeira vista o assunto pode parecer esdrúxulo, inconcebível, mas, depois de melhor pensado as pessoas vão compreendendo a situação e a achar que é razoável o que está sendo pedido. NINGUÉM QUER Todos os detentores de mandato, mas principalmente os parlamentares, estão desconfiando de tudo e achando que a hora é de ficar calado. Entendem que qualquer palavra mal dita ou que não tenha explicação nela mesma pode gerar problemas de todas as ordens, mas principalmente para a renovação do mandato. DESONERAÇÃO Uma das reivindicações do movimento que tomou conta das ruas de Macapá desde quarta-feira, dia 19, foi atendida na terça-feira, 25, pelo governador Camilo Capiberibe, que anunciou a desoneração do PIS/Confis como forma de garantir a redução imediata, no valor de R$ 0,15, na tarifa do transporte intermunicipal Macapá/ Santana. RÁPIDO Outra informação obtida durante a coletiva à imprensa foi de que será enviada, com a máxima urgência, à Assembleia Legislativa do Estado, projeto de lei que garante a isenção de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) na aquisição de óleo diesel ou biodiesel, em operação interna, pelas empresas concessionárias de transporte coletivo urbano e intermunicipal de passageiros. O projeto foi aprovado na quarta-feira pelos deputados.


JD

Geral

Macapá-AP, sexta-feira, 28 de junho de 2013

B3

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

Regulamentada o uso da Nota Fiscal Eletrônica Decreto regurlamenta novo formato oferecerá maior praticidade para usuários e fisco municipal

P

ensando em simplificar a rotina dos prestadores de serviço, além de agregar agilidade e segurança para os cidadãos, foi lançado em Macapá a Nota Fiscal de Prestação de Serviços Eletrônica (NFPS-e). A solenidade de assinatura do decreto que regulamenta o serviço ocorreu ontem (27), no auditório da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amapá (Fecomércio). O novo serviço estará disponível a partir do dia 8 de julho. Cidadãos, contadores, prestadores de serviços e empresas da cidade poderão acessar o site oficial da Prefeitura de Macapá no endereço (www.macapa.ap.gov.br) e clicar no link Nota Fiscal Eletrônica para efetuar o cadastro. O recurso também disponibilizará a emissão da Nota Fiscal Eletrônica Avulsa para os contribuintes (pessoas físicas) - serviço no Estado do Amapá, que a capital, Macapá, sai na frente. Para o secretário municipal de Finanças, Paulo Mendes, a modernização

da Receita Tributária será uma marca da atual gestão, que oferece maior praticidade tanto para os usuários quanto para o fisco municipal. “A Nota Fiscal Eletrônica será a garantia que o prestador de serviço pague seus tributos de forma mais ágil, aumentando a arrecadação municipal, além de ajudar no combate à sonegação de impostos”, ressalta Paulo Mendes. De acordo com o subsecretário municipal de Finanças, Jesus de Nazaré de Almeida Vidal, a Nota Fiscal Eletrônica é uma prioridade para a Prefeitura, dentro das ações de governo eletrônico, tendo em vista que a solução é mais uma modernização que leva agilidade, transparência e segurança ao cidadão de Macapá. “O contribuinte, seja empresa ou prestador de serviço, poderá carregar no sistema as notas fiscais de uma forma mais simples e com diversos serviços auxiliares, como um canal direto com a Secretaria Municipal de Finanças, seja pelo computador, ta-

celiane freitas

blet ou até mesmo pelos telefones móveis que possuem a tecnologia”, destacou Vidal. Nota Fiscal Eletrônica A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) é o documento fiscal de existência apenas digital que substituirá as tradicionais notas fiscais de serviços impressas. O documento será emitido e armazenado eletronicamente em programa de computador da Prefeitura de Macapá, com o objetivo de materializar os fatos geradores do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), por meio do registro eletrônico das prestações de serviços sujeitas à tributação do ISSQN. Por ser um documento eletrônico, a NFS-e simplifica as rotinas dos prestadores de serviço, agregando agilidade e segurança para os cidadãos. Benefícios da NFS-e Entre os benefícios para os contribuintes que optarem pela emissão da NFS-e está a redução dos custos para a impressão das notas fiscais tradicionais,

Nota Eletrônica é uma prioridade dentro das ações de governo tendo em vista que a solução leva agilidade

bem como para o armazenamento das mesmas, como determina a legislação tributária. Outro benefício é a agilidade, pois o

contribuinte emitirá a NFS-e por meio do Sistema de Geração e Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas da Semfi que, além de

já ter armazenado os dados relativos ao tomador, efetua todos os cálculos necessários à determinação do ISS.

PEC da Ficha Limpa para o Executivo é avaliada por comissão

O

presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, determinou a criação de comissão especial para analisar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 11/11, do deputado Sandro Alex (PPS-PR), que estabelece a Ficha Limpa para o Executivo. A PEC estabelece que pessoas consideradas inelegíveis pela Justiça Eleitoral não poderão ocupar

cargos de ministro de Estado, secretário-executivo de ministérios ou demais órgãos da administração direta, funções comissionadas, exercidas por funcionários efetivos, cargos e empregos de livre nomeação nas autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista. “Se uma pessoa não pode se candidatar a cargos eletivos também não deve poder ocupar

cargos públicos”, salienta Sandro Alex. De acordo com o parlamentar, a iniciativa do Parlamento é uma resposta às manifestações que tomaram conta das ruas para exigir, dentre outras reivindicações, o combate à corrupção. “A iniciativa de dar tramitação à PEC reforça o compromisso da Câmara com a moralidade e a probidade na ocupação de cargos públicos”, disse Sandro Alex. Cidadania O deputado argumenta que “a exigência da probidade e da moralidade para o exercício de funções e cargos públicos vem ganhando grande atenção da sociedade brasileira,

cada vez mais indignada com a corrupção”. Ele ressaltou que a Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/10) veio de iniciativa popular e, por isso, a sua extensão atende à cidadania. Para Sandro Alex, não pode se admitir a presença, no poder, de pessoas cujo passado as desabone, mesmo que alicerçadas no voto popular. “Parece ser lógico e necessário impedir o acesso a cargos importantes da República daqueles que nem mesmo foram votados para exercer aquela função e que ali se encontram apenas por serem aliados do governo na ocasião”, disse. Comissão

PROCLAMAS DE CASAMENTO

Bel ª Maria Cristiane da Silva Passos, oficial do 2º Registro Civil das Pessoas Naturais Do Distrito e Município de Macapá-Estado do Amapá; FAZ SABER que se pretendem casar:

REGINALDO DE ARAUJO OLIVEIRA e ARTENIZA LEITE DE ALELUIA

Ele, filho de Azeneide de Fátima Araujo de Oliveira. Ela, filha de Arlete Leite de Aleluia. Alguém souber de algum impedimento, oponha-se na forma da lei. Lavro o presente para se afixado em cartório e publicado na imprensa local. Macapá-AP, 19 de junho de 2013 Francilene da Silva Duarte Escrevente autorizada

PROCLAMAS DE CASAMENTO

PROCLAMAS DE CASAMENTO

Bel ª Maria Cristiane da Silva Passos, oficial do 2º Registro Civil das Pessoas Naturais Do Distrito e Município de Macapá-Estado do Amapá; FAZ SABER que se pretendem casar:

Bel ª Maria Cristiane da Silva Passos, oficial do 2º Registro Civil das Pessoas Naturais Do Distrito e Município de Macapá-Estado do Amapá; FAZ SABER que se pretendem casar:

Ele, filho de Armindo Sousa de Vilhena e de Maria Catarina Gomes de Vilhena. Ela, filha de João Pereira de Sousa Filho e de Carmem Almeida de Sousa. Alguém souber de algum impedimento, oponha-se na forma da lei. Lavro o presente para se afixado em cartório e publicado na imprensa local.

Ele, filho de João Pedro Ferreira Lima e Ezeneide de Fátima Araújo de Oliveira. Ela, filha de Ozório Ferreira Braga e Rosa da Silva. Alguém souber de algum impedimento, oponha-se na forma da lei. Lavro o presente para se afixado em cartório e publicado na imprensa local.

EVANDRO GOMES VILHENA e SIDNÉIA DA CONCEIÇÃO ALMEIDA DE SOUSA

Macapá-AP, 17 de junho de 2013 Francilene da Silva Duarte Escrevente autorizada

ADRIANO DE OLIVEIRA LIMA e IVANILDA DA SILVA BRAGA

Macapá-AP, 17 de junho de 2013 Francilene da Silva Duarte Escrevente autorizada

A proposta de Ficha Limpa no Executivo foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania em junho do ano passado. Depois de ser analisada pela comissão especial, a matéria precisará ser votada em dois tur-

nos pela Câmara e pelo Senado. A comissão especial será integrada por 20 deputados titulares e igual número de suplentes. A instalação do colegiado ocorrerá após a indicação dos membros pelos líderes partidários.


Geral

JD

Macapá-AP, sexta-feira, 28 de junho de 2013

B4

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Superlotadas, prisões não fazem separação adequada de detentos, diz Ministério Público Dos 1.598 locais visitados, em 780 não havia camas e 365 não tinham sequer colchões para todos os detentos

Segundo relatório do MP, superlotação ocorre em todas as regiões do Brasil e em todos os tipos de estabelecimentos

I

nspeção feita no mês de março pelo Ministério Público (MP) em 1.598 estabelecimentos prisionais constatou que, além de superlotadas, a maioria dessas instituições não tem separado de forma adequada os presos, nem dado a eles suficiente assistência material, de saúde ou de educação. O relatório A Visão do Ministério Público sobre o Sistema Prisional Brasileiro, divulgado ontem (27) pelo MP, informa que, apesar de terem capacidade para 302.422 pessoas, tais estabelecimentos abrigam 448.969 presos, com déficit de quase 150 mil vagas e ocupação 48% acima de sua capacidade. A superlotação ocorre em todas as regiões do país e em todos os tipos de estabelecimentos – penitenciárias, cadeias públicas, casas de albergado, colônias agrícolas ou industriais e hospitais de custódia, entre outros. O estudo não aborda as condições de carceragens, nem de custódias em delegacias porque estas serão objeto de levantamento próprio. No Amapá, a superlotação também é uma realidade. O Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) que tinha capacidade para 900 de-

tentos, hoje beira dois mil presos. O MP constatou também que os presos não estão sendo separados de forma adequada. Em 79% dos 1.269 estabelecimentos, não há separação entre presos provisórios ou definitivos; em 1.078 (67%), não há separação em função dos regimes (aberto, semiaberto ou fechado); em 1.243 (aproximadamente 78%), não há separação entre presos primários e reincidentes; em 1.089 (68%), não há separação em função da periculosidade ou do delito; e em 1.043 (65%), presos de diferentes facções criminosas convivem sem separação. A inspeção identificou a presença de grupos ou facções criminosas em 287 estabelecimentos, além de constatar que 91% dos estabelecimentos não separam os presos adultos dos idosos (acima de 60 anos). Dos 1.598 locais visitados, em 780 não havia camas e 365 não tinham colchões para todos os detentos. Em 1.099 estabelecimentos, os presos não dispunham de água quente para banho e, em 636, não eram fornecidos produtos de higiene pessoal. Além disso, 66% dos estabelecimentos (1.060) não forneciam toa-

lha de banho e em 42% (671) não havia distribuição de preservativos. “Isso

acaba favorecendo a geração de mercados paralelos nessas unidades”, ressaltou Roberto Antônio Dessié, coordenador do estudo e membro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Faltam também bibliotecas em 968 (60%) instituições prisionais e espaço para prática esportiva em 756 (47%) delas. Em 155 estabelecimentos (10%), falta local para banho de sol. De acordo com o MP, entre março de 2012 e fevereiro de 2013, foram registradas 121 rebeliões no sistema prisional e, em 23 delas, foram feitos reféns. Nesse período, houve 769 mortes, das quais 110 foram classificadas como homicídios e 83 como suicí-

dios. O relatório registra a ocorrência de 23.310 fugas, 3.734 recapturas e 7.264 retornos espontâneos, bem como apreensão de drogas em 654 estabelecimentos prisionais (40% do total visitado). Quanto à disciplina, o relatório do MP denuncia que 37% (ou 585 estabelecimentos) não observam o direito de defesa do preso na aplicação de sanção disciplinar e que, em quase 65% deles, não há qualquer serviço de assistência jurídica na própria unidade. Presente à cerimônia de lançamento do relatório, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), considera fundamental a presença

de pelo menos um advogado ou defensor público em cada uma dessas instituições, de forma a facilitar a assistência jurídica dos detentos. Para ele, com isso, será possível mudar esse quadro de violência, abuso e de prisões abusivas. “Essa deveria ser uma meta institucional, e acho que ela é absolutamente factível”, disse o ministro. Segundo ele, esse cenário poderia ser alcançado por meio de parcerias com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), ou com a ajuda da advocacia voluntária que vem sendo feita por várias instituições. “Claro que com a Defensoria Pública coordenando esse trabalho”, completou Mendes.

Saúde pública vai registrar casos de agressão por homofobia

O

Ministério da Saúde vai tornar obrigatório o registro dos casos de violência por homofobia atendidos na rede pública de saúde. A iniciativa será aplicada a partir de agosto aos estados de Goiás, Minas Gerais e Rio Grande do Sul e, em janeiro do próximo

ano, será estendida ao restante do país. O anúncio da obrigatoriedade ocorreu quinta-feira (27) durante o lançamento do Sistema Nacional de Promoção de Direitos e Enfrentamento à Violência contra Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais (Sistema Nacional LGBT), pela

Ronda Policial JOÃO BOLERO Da 99,1 FM

BLOG DO BOLERO

POLÍCIA INDICIA QUATRO PESSOAS POR DESVIAR LEITE DA MERENDA ESCOLAR O delegado Ericláudio Alencar, instaurou Inquérito Policial a fim de apurar o desvio de toneladas de leite da merenda escolar do Município. Segundo o delegado, desde janeiro deste ano, o leite vinha sendo desviado. Pelo menos dois comerciantes foram indiciados por envolvimento na compra do referido leite, porém, os mesmos alegaram que não sabiam que pertencia a Prefeitura de Macapá. São eles: MÁRIO SALES e CARLOS J.L. CAMPOS. O delegado também indiciou os dois funcionários da PMM, que são o RUBINELSON S. DE SOUZA e o RAIMUNDO CAR-

DOSO. Todos foram liberados porque não foram presos em flagrante e, irão responder em liberdade. ADOLESCENTE É ASSASSINADO A TERÇADADA EM IPIXUNA GRANDE NO ITAUBAL Esse homicídio aconteceu por volta das 06h00min da tarde de quarta-feira, em uma praia na Comunidade de Ipixuna Grande , no Município de Itaubal do Piririm, quando o adolescente WALLEY BRITO GOMES (16), foi assassinado com uma terçadada. O acusado é tio da namorada da vítima, mas, a polícia não sabe o nome dele. A POLITEC aqui de Macapá fez a remoção do corpo para p IML, onde foi feita a necropsia.

Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República. Na ocasião também foi apresentado Relatório sobre Violência Homofóbica no Brasil em 2012. O ministro da Saúde Alexandre Padilha, considera que a obrigatoriedade da notificação será uma fer-

ramenta importante de promoção e de garantia de direitos à comunidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Segundo ele, o preenchimento de um formulário pelo profissional que realizou o atendimento vai tornar visível a dimensão real do proble-

CRIANÇA VÍTIMA DE ATROPELAMENTO ENCONTRA-SE EM ESTADO DELICADO NO H.E Encontra-se internado no H.E de Macapá, desde às 05h00min da tarde de segunda-feira (24), o JOHN KENNEDY LEÃO LAMEIRA (12). Ele foi vítima de atropelamento, cujo fato aconteceu quando ele foi atravessar a ponte da Lagoa dos Índios, na Rodovia Duca Serra e foi atropelado por uma moto BIZ de placa NEU-6667, pilotada por uma mulher que teria fugido do local. O John encontra-se internado em estado delicado no H.E. COLISÃO ENTRE MOTO E CAMINHÃO DEIXA O MOTOQUEIRO GRAVEMENTE FERIDO Uma colisão entre um caminhão e uma moto, que aconteceu por volta das 09h00min da manhã de ontem (26), no cruzamento da Rua Hildemar Maia com Av. Diógenes Silva, acabou deixando gravemente ferido o condutor da moto, no caso o LUIZ CLAUDIO FEITOSA JÚNIOR (26), que sofreu várias fraturas, inclusive traumatismo craniano, e encontra-se internado no H.E em estado delicado. POLÍCIA MILITAR DE PORTO GRANDE PRENDE TRIO COM CRACK

Uma denúncia anônima fez com

ma da homofobia. “É fundamental conhecer a magnitude das violências que acometem esta população, identificando quem são as vítimas, quais os principais tipos de violências, locais de ocorrência, a motivação, a oportunidade do uso do nome social, dentre outras infor-

que uma Guarnição da PM composta pelo SGT Huanderson e os SDs Silva Júnior, N. Araújo e Rosenildo, prendeu em uma casa no bairro Manoel Cortez, o trio formado por CAIO DOS SANTOS COELHO (19), TATIELI BARBOSA MARTINS (18) e o RAIMUNDO FERREIRA NEVES (69), vulgo “Farofinha”. Com eles, foram apreendidas 24 cabeças de crack, além de duas porções da mesma droga. Eles foram flagranciado pelo delegado Júlio Cézar, titular da delegacia dquele Município. POLÍCIA MILITAR PRENDE DOIS HOMENS COM CRACK NA CAESINHA Uma denúncia anônima fez com que, por volta das 02h40min da madrugada de quarta-feira (26), prendesse os elementos MEDIANO AMORAS DOS SANTOS (26) e o FERNANDO CARLOS FRANCISCO (34). Com eles os policiais apreenderam 4 cabeças de crack, cujo flagra aconteceu na Caesinha. Os dois acusados foram flagranciado pelo delegado de plantão no CIOSP do Pacoval Marko Scaliso e, estão só esperando decisão judicial para serem encaminhados ao IAPEN.

mações”, afirmou o ministro. Ele explicou que este conhecimento vai servir para a formulação e implementação de políticas públicas de enfretamento à s violências homofóbicas e políticas públicas de atenção e proteção à população LGBT. (Agência Brasil)

HOMEM É ENCONTRADO MORTO NA PRÓPRIA CASA NO BAIRRO SANTARÉM Na manhã desta terça-feira dia 25/06, a Central de Operações da Polícia Militar recebeu uma denúncia de que havia um homem desacordado em uma rede dentro de sua residência na Rua Rio Branco, n° 170 no Bairro Santarém, em Laranjal do Jari. A polícia militar acionou uma equipe do corpo de bombeiros para prestar os primeiros socorros, mas quando eles chegaram ao local, constataram que se tratava de um cadáver. A PM compareceu ao local e isolou a área até a chegada do Delegado. A POLITEC também foi acionada para realizar a perícia e fazer a remoção do corpo. ANTÔNIO ALVES DA SILVA de 50 anos natural de Gurupá - PA, já estava apresentando mau cheiro, e por isso acredita-se que ele veio a óbito já alguns dias. Os vizinhos notaram a falta de Antônio e resolveram verificar porque ele não aparecia na vizinhança há alguns dias. A polícia trabalha com a hipótese de morte natural (infarto), mas só terá certeza após conclusão do laudo pericial. OBS: Colaboração da ASCOM do 11º Batalhão da PM.


CadernoC

Geral Macapá-AP, sexta-feira, 28 de junho de 2013

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Ministro Gilberto Carvalho diz que população está preparada para plebiscito

Copa das Confederações tem problemas com ausência de pessoas no trabalho voluntário

A

O

ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse ontem (27) que a população está preparada para o plebiscito que definirá uma reforma política no país. “Acho que suspeitar do despreparo da população seria um erro, o mesmo erro de quem desconsideraria a capacidade da mobilização nas ruas. Naturalmente, tem que haver um grande investimento na divulgação e no debate intenso”, disse o ministro antes de participar do Seminário Memória e Compromisso, no Centro Cultural de Brasília. Segundo o ministro, o país está vendo se consolidar um novo processo de mobilização. “Temos que aprender a dialogar com essa rapaziada, com essas novas formas. Isso para nós é uma pedagogia, um ensinamento. Temos que ter humildade de aprender e, mais uma vez, a população brasileira teve a criatividade, a capacidade de se mobilizar”, disse, ao afirmar que a democracia brasileira passa por um momento “precioso”. Sobre o apartidarismo das marchas, Gilberto Carvalho disse que isso repre-

senta uma crítica à forma como os partidos têm se organizado e se expressam institucionalmente no Legislativo e no Executivo. “Acho importante os partidos verem essa crítica, procurarem entender sua razão e passarem a ter um comportamento de maior comunicação, de cuidado nas atitudes, de ouvirem cada vez mais as pessoas”, disse. No entanto, o ministro considera que, apesar de representar um desafio para que se aprofunde o debate político, não há democracia sem partido. “O que existe sem partido é ditadura.” O ministro voltou a dizer que a sociedade brasileira avançou muito, e não precisa pedir pão nem emprego nas ruas, como ocorre em alguns países europeus, mas reconheceu que ainda há

setores que precisam melhorar e que as críticas, principalmente sobre mobilidade urbana, estão corretas. “Ninguém pode aceitar ficar duas ou três horas dentro de uma condução que não seja decente e minimamente confortável, pagando o que paga.” As maiores lições que o governo tira das manifestações, segundo o ministro, é que não se pode acomodar e que a população quer participar das decisões do país. “Por isso, o plebiscito, que vai permitir que as pessoas se manifestem sobre uma reforma política, é extremamente importante”, disse. Entre os principais pontos que ministro espera ver respondidos no plebiscito, está o fi-

nanciamento público de campanha. Para ele, o financiamento empresarial de campanha é o nascedouro da corrupção e deve ser extinto. “Temos de ir para um financiamento público de campanha, modesto, com muita fiscalização, ou no máximo um financiamento combinado público com o financiamento de pessoa física, e dentro de um limite. Se não tivermos coragem de mudar isso, não adianta, é hipocrisia a gente criticar a corrupção.” (Agência Brasil)

Gilberto Carvalho diz que apartidarismo das marchas representa uma crítica à forma como partidos se organizaram

foto:DIVULGAÇÃO

Segundo o ministro, o país está vendo se consolidar um novo processo de mobilização

média de ausência dos voluntários da Copa das Confederações é 30%, segundo informações divulgadas ontem (27) pelo Comitê Organizador Local (COL) do torneio. De acordo com o gerente de Voluntariado do COL, Rodrigo Hermida, a média de faltas nos dias de jogo é menor (20%). Segundo Hermida, alguns voluntários se inscreveram mas sequer se apresentaram para trabalhar, enquanto outros desistiram do trabalho, durante o evento. Ele lembra que voluntários também faltam por motivos pessoais, “mesmo se fossem pessoas contratadas [e remuneradas], haveria faltosos”. De acordo com o COL, 5.652 voluntários foram selecionados para trabalhar no evento, dos quais 265 vieram de outros países. Dados do COL mostram que 39% dos voluntários têm entre 16 e 25 anos e 38% têm entre 26 e 40 anos. A jornalista e professora de educação física Mary Alves, moradora de Brasília, disse que faz trabalho voluntário desde os 13 anos de idade. Ela conta que conseguiu folga em um dos empregos e um substituto

em outro para poder trabalhar durante a Copa no Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã. “Desde pequena vejo meu pai fazendo esse tipo de trabalho, se doando, querendo ajudar. Tive um bom exemplo dele”, disse. A estudante Mariana Gomes disse que o voluntariado na Copa é uma importante experiência pessoal e profissional. “Dei sorte de ser alocada no Centro de Mídia, já que sou estudante de comunicação. Além disso, pude conhecer pessoas de outros países, como Polônia e México”, disse a voluntária. Um dos estrangeiros que veio de longe para trabalhar de graça no evento é o industrial indiano Omprakash Mundra, proprietário de uma fábrica de aço na cidade de Calcutá. Mundra já trabalhou como voluntário em seis grandes eventos internacionais, sendo uma Olimpíada e uma Copa do Mundo. Na opinião do indiano, os preços dos hotéis são muito caros no Brasil e, nos grandes eventos, chegam a triplicar. “Os preços das comidas e bebidas são muito maiores do que na Índia”, acrescentou o empresário.


Esporte

JD

Macapá-AP, sexta-feira, 28 de junho de 2013

C2

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Ypiranga joga amistosos como preparativos para enfrentar o Maranhão Equipe negro-anil busca entrosamento e ritmo de jogo para encarar o Maranhão pela Série D do Campeonato Brasileiro, no próximo dia 7 divulgação

Elcio Barbosa

Da Reportagem

O

Ypiranga Clube realiza uma série de jogos amistosos como parte dos treinamentos copara o jogo contra o Maranhão, que será disputado no estádio Glicério Marques, em Macapá, no dia 7 de julho, pela Série D do Campeonato Brasileiro. O técnico Samuel Oliveira comandou a equipe na tarde de ontem, no amistoso contra o Oratório, que terminou em 5 a 2 para o Ypiranga, com gols marcados por Kássio (2), Vando, Carlinhos Marahú e Armando Maranhão. A série de amistosos objetiva aprimorar a parte física e entrosar a equipe para o jogo pelo Brasileiro.Na estreia, da competição o Ypiranga perdeu para o Parnahyba. No amistoso, Samuel Oliveira observou o desempenho técnico e físico da equipe e, principalmente, os novos atletas recém contratados pela diretoria. Taticamente, o técnico optou pelo tradicional esquema 4-4-2,

Marcelo Nicácio jogou pelo Vitória e por isso não pode ser escalado pelo Paysandu

Marcelo Nicácio não pode jogar pelo Paysandu na Copa do Brasil

O Carlinhos Dorneles faz preleção momentos antes do treino do grupo negro-anil

montando o time com a seguinte formação: Jefferson, Kennio, Davi, Bruno e Carlinhos Marahú; Vando, Romeu, Edinaldo, e Cicinho; Kássio e ainda o Armando Maranhão. No intervalo do treino, o goleiro Jefferson saiu para a entrada de Mumu. No segundo tempo, a comissão técnica foi alterando a equipe titular com as entradas dos jo-

gadores, Amaral, Well, Fernandinho, Eder, Rodriguinho e Patrick. Ficaram de fora do jogo-treino o goleiro Victor Hugo e os atacantes Dudu e Bruno Paulista, ambos machucados, entregues aos cuidados do departamento médico do clube. A equipe volta aos trabalhos hoje pela manhã, com treino físico de reforço muscular, e a tarde fará

trabalho físico-técnico no campo da Associação Padre Vitório Galliani.

Paysandu vai ter um importante desfalque para a terceira fase da Copa do Brasil 2013, contra o Atlético Paranaense. O atacante Marcelo Nicácio, uma das contratações mais aguardadas pelo clube na temporada, não pode defender o Papão na competição nacional. Nicácio jogou pelo time do Vitória, no empate em 0 a 0 diante do Salgueiro, em Pernambuco, no torneio. Das seis competições que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) organiza, apenas as Séries A e B permitem que um jogador atue por dois times no mesmo torneio. - Fico triste por ter jogado

Leó Moura admite ser poupado mais vezes no Fla para prolongar a carreira

Espanha passa sufoco contra a Itália e precisa dos pênaltis para chegar à final J

F

ortaleza, a campeã mundial teve de ir aos pênaltis para vencer uma Itália muito bem armada. Os 7 a 6 na decisão por pênaltis, depois de um empate por 0 a 0 em 120 minutos de bola rolando, levaram os espanhóis a mais uma final, a primeira da seleção na Copa das Confederações. O script desta quinta, no Castelão, foi o mesmo de cinco anos atrás, nas quartas de final da Eurocopa. Naquela ocasião, um empate sem gols levou a decisão para os pênaltis - os espanhóis fizeram 4 a 2 e arrancaram para o primeiro título de uma geração que ainda venceria a Copa do Mundo em 2010 e, em 2012, novamente ganharia a Euro. Com direito a um 4 a 0 sobre a Itália na final. Para tentar povoar o meio-campo e impedir o domínio espanhol no setor, o técnico Cesare Prandelli escalou a Itália num sistema 3-6-1, com três zagueiros e seis homens de meio, com apenas Gi-

Espanhõis comemoram conquista da vaga na final contra o Brasil, após uma partida dura contra a Itália, decidida nos pênaltis

lardino no ataque. O veterano substituiu Balotelli, cortado devido a uma lesão na coxa esquerda. Pirlo, que se recuperava de dores na panturrilha direita, foi para o jogo, e Maggio atuou como ala direito, no lugar de Abate, outro cortado; Giaccherini fez a mesma função tática pelo lado esquerdo. A Espanha também foi a campo com mudanças na escalação - Torres e David Sila entraram para substi-

Toque de Primeira ANTONIO LUIZ

Colunista alpcampos@hotmail.com Positivo O Dr. Rogério Fulfas, do Juizado de Penas Alternativas, presta relevante serviço ao boxe tucuju. Agora, a Academia Nelson dos Anjos precisa do nobre magistrado e de outras parcerias, para disputar o Campeonato Brasileiro Juvenil de Campo Grande-MT. Negativo Prostituição Sub-17 ronda Fortaleza. Em torno do Castelão, brasileiro assedia jovem. Na orla, é italiano o principal consumi-

dor desse lado perverso do turismo no Brasil. Boxe Tucuju I Brasileiro Juvenil rola de 18 a 27 JUL e Nelson dos Anjos sequer tem uma passagem. Boxe Tucuju II Diene Monteiro e Ailton Santos podem ser convocados pra Seleção Brasileira. Ajude! Copa das Confederações I Brasil cala Uruguai em jogo tenso e faz final da

tuir Fábregas e Soldado, ambos com lesões musculares. Mas o estilo de jogo continuou o mesmo: passes rápidos, domínio da posse de bola e a regência de Xavi e Iniesta. A Itália, com três zagueiros e seis jogadores no meio, jogava esperando a equipe espanhola e buscando os contra-ataques. Era o duelo de duas escolas de futebol, de duas formas de jogar o jogo. O apito de Howard Webb copa. Jogo de afirmação para Neymar! Copa das Confederações II A final ocorre no Maracanã lotado, mas exige do Brasil melhor posicionamento tático. Basquete Sub-15 I Este domingo rola minitorneio no CT da FAB e escolhe atletas para a Seleção Tucuju. Basquete Sub-15 II O Brasileiro da modalidade acontece em Santana-AP, no período de 13 a 17 de agosto. Basquete Sub-15 III O presidente da FAB, Agostinho Lopes, adota as providências para o brilho do evento.

essa partida pelo Vitória e não poder defender o Paysandu na Copa do Brasil. Queria muito poder ajudar o clube em uma competição tão importante. Mas o time é forte e com certeza vamos fazer uma boa participação na Copa do Brasil. Vou continuar treinando em busca de uma vaga no time titular na Série B – disse Nicácio. Paysandu e Atlético-PR se enfrentam na Terceira Fase da Copa do Brasil. O primeiro jogo acontece no dia 17 de julho, a partir das 19h30, no Estádio Mangueirão. A partida de volta será na semana seguinte, dia 24, no mesmo horário, no Estádio Durival de Britto.

após 120 minutos de bola rolando adiou a definição do vencedor para a disputa de pênaltis. Nas cobranças, todos foram perfeitos - Candreva, Xavi, Aquilani, Iniesta, De Rossi, Pique, Giovinco, Sergio Ramos, Pirlo, Mata, Montolivo e Busquets. Mas a cobrança de Bonucci subiu demais. E Jesus Navas fez 7 a 6, salvando a Espanha de uma queda em um dia pouco inspirado da Fúria. (UOL)

Copa das Confederações FIFA “apanha calada” para evitar se envolver em conflito político no contexto nacional. Lionel Messi “Melhor do mundo” pagará R$ 42,5 milhões para se livrar da acusação de fraude fiscal. Vôlei Tucuju I Placa E. Clube representa o Amapá na Liga Nacional Feminina, em Porto Velho-RO. Vôlei Tucuju II A competição ocorre no período de 21 a 28 de julho e o Placa Clube integra o Grupo I. Papão da Amazônia I

ogador mais experiente do atual elenco do Flamengo, Léo Moura é a principal referência do grupo dentro de campo. No entanto, a condição física aos 34 anos já preocupa a comissão técnica do clube e o próprio atleta. Por isso, o lateral admite voltar a ser poupado para que prolongue a carreira, assim como já aconteceu neste ano. “Vamos ver com a comissão o melhor programa para fazer. Se os jogos forem muito próximos, muito desgastantes, é até bom ficar fora de um ou outro para estar sempre bem”, admitiu Léo Moura. A expectativa de Léo Moura é que o planejamento o ajude a cumprir o sonho de completar uma década pelo Flamengo. O lateral já tem oito anos de clube e espera atuar por mais duas temporadas. “Meu pensamento é de jogar mais dois anos. Ninguém sabe o que vai acontecer, mas o planejamento é esse. Encerrar a carreira aqui será uma honra grande. Tenho contrato até o fim do ano e vou cumprir da melhor maneira possível. Se no final do contrato

Paysandu intensifica ritmo de treino e Fábio Sanches e Jean viram titulares da equipe. Papão da Amazônia II Bicola volta a campo dia 02 JUL e quer descontar o atrasado contra o Guaratinguetá-SP. Futsal Feminino I I Campeonato de Férias Penharol terá jogos na terça, quinta e sábado, a partir das 19hs. Libertadores Newell’s Old Boys e Atlético-MG jogam dia 03 JUL e começam a semifinal do torneio. Amapazão Por meio da SEDEL. Governo do Amapá assegura R$ 600 mil para o campeona-

o Flamengo vir que não tenho mais condições de ficar ou até eu mesmo, cada um segue o seu caminho. Mas estou muito feliz aqui e vou fazer de tudo para encerrar a carreira aqui”, disse o jogador, que no fim do ano passado renovou até 2014. A tendência é que o jovem Digão ocupe a vaga nas partidas em que o atleta for poupado. O lateral com origem nas categorias de base do clube não tem concorrente direto pela condição de reserva imediato de Léo Moura. Em outras oportunidades neste ano, os volantes Elias a Luiz Antônio foram improvisados na posição..

to 2013. Coruja da Torre I Ypiranga x Maranhão é a grande pedida do dia 07 julho no Estádio Glicério Marques. Coruja da Torre II Nesse intervalo da Série D, o negro-anil promoveu dispensa e contratação de jogadores. Fenômeno Azul Em época de manifestações, torcedores do Remo protestam em frente à sede do clube. Você Sabia? I Campeonato de Férias Penharol de Futsal Feminino inicia amanhã, 19hs, na quadra da Escola Castelo Branco. Doze equipes participam da competição!


JD

Diversão&Cultura

Macapá-AP, sexta-feira, 28 de junho de 2013

C3

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

“Tem que ser bom”, diz Moranis, ao comentar possível participação em “Os Caça-Fantasmas 3” Rick Moranis admitiu, no entanto, que tem curiosidade em saber como seria o seu personagem nos dias de hoje Foto divulgação

Fim de Tarde no Museu teve Mitterrand e Banda e poesia de Álvaro Braga

O

Nascido em Toronto, no Canadá, Rick Moranis começou sua carreira nos anos de 1970, como DJ

A

terceira parte de “Os Caça-Fantasmas” vem sendo trabalhada há mais de uma déca-

da, mas a estrela e roteirista Dan Aykroyd disse recentemente que se sentia encorajado pelo roteiro

a retomar o processo e previu que as filmagens poderiam começar no início de 2014. Ele também revelou que a produção irá apresentar um novo time de jovens caça-fantasmas, que começarão a trama como estudantes da Universidade de Columbia, em Nova York. Bill Murray já disse não para a possibilidade de reprisar o papel de Dr. Peter Venkman, mas Rick Moranis, que interpretou o atrapalhado Louis Tully nas duas primeiras partes da franquia, não descarta a possibilidade de voltar a viver o personagem. “Eu não falei com Danny sobre isso. Alguém ligado a ele me ligou e eu disse: ‘eu não diria não, mas tem que ser bom. Você sabem não estou interessado em fazer nada que eu já tenha

feito’. Eu achei que o segundo filme foi bem decepcionante”, disse Moranis à revista “Empire”. Em entrevista ao site Heeb, Moranis também disse que gostaria de saber muitas coisas antes de pensar em dizer sim ou não. “O que é? Já está rolando? Já tem um roteiro? Qual é o papel? Quem já está escalado? Onde vai ser rodado? Quanto tempo vai durar? Você sabe, eu preciso de mais informações”. Moranis admitiu, no entanto, que tem curiosidade em saber como seria seu personagem nos dias de hoje. “Eu o vejo dividindo uma cela com Bernie Madoff. Os dois são tão organizados que se levantariam correndo para arrumar a cama”, disse o ator.

Adaptação cinematográfica de “50 Tons de Cinza” estreará em agosto de 2014, nos EUA

A

produtora Focus Features anunciou ontem (27), a data do lançamento da adaptação cinematográfica de “50 Tons de Cinza” para 1º de agosto, nos Estados Unidos. O filme disputará a bilheteria com “Guardiões da Galáxia”, longa de heróis da Marvel previsto para ser lançado no mesmo dia. A diretora britânica Sam Taylor-Johnson vai dirigir a adaptação para o cinema do livro “50 tons de Cinza”, de acordo com a escritora do livro, E. L. James. “Estou contente e excitada de deixar vocês saberem que Sam Taylor-Johnson concordou em dirigir ‘50 Tons de Cinza’”, afirmou a escritora em

seu Twitter. Taylor Johnson, que já dirigiu “O Garoto de Liverpool”, filme que retrata os primeiros anos da vidade John Lennon, foi convidada pela Universal para dirigir o filme, de acordo com a revista Variety. “A habilidade única de Sam para retratar graciosamente relacionamentos complexos lidando com amor, emoção e química sexual fazem dela a diretora ideal para dar vida ao relacionamento de Christian e Anastasia”, afirmou Michael De Luca, escolhido para produzir o longa. Kelly Marcel, que já escreveu episódios da série “Terra Nova”, será a responsável pelo roteiro.

Resumo das Novelas Malhação Gil afirma a Ju que vai esperá-la para viajar com ele. Tizinha deixa escapar para Fatinha sobre a festa de despedida de solteiro de Bruno. Luana recebe uma suposta mensagem de Vitor e vai ao seu encontro. Vitor e Lia chegam ao hostel e não encontram Luana. O leilão da turma para reunir fundos para festa de formatura é anunciado na TV Orelha. Bruno não gosta do envolvimento de Fatinha no leilão. Fatinha cobra uma explicação do noivo sobre sua despedida de solteiro. Alemão ameaça Sal com uma foto de Luana e diz que está com a menina

Sangue Bom Amora fica com ciúmes de Bento. Celinha aconselha Plínio a conversar com Irene antes de julgá-la. Bento tira satisfações com Malu por estar com Fabinho. Barrabás fica incomodado com a presença de Fabinho. Kevin é carinhoso com Bárbara. Damáris é expulsa de uma boate. Brenda se convida para ir à casa de Bárbara com Filipinho. Rosemere descobre a pintura de Perácio. Luz e Xande namoram escondido. Fabinho provoca Bento. Charlene pede que Áurea ajude Damáris. Tito fica irritado com as ofensas de Sheila. Vinny afirma que ficará perto de Renata até que ela se recupere. Lili reconhece Verônica vestida de Palmira Valente.

Flor do Caribe Alberto fica desnorteado e pede ajuda a Ester que, com medo, acaba abraçando o ex-marido. Isabel desconfia de que algo está errado com Ester depois que fala com ela ao telefone. Taís confessa a Olívia que ainda é apaixonada por Hélio. Donato pergunta a Marizé se ela sabe de algo que possa estar acontecendo com Lipe na escola. Duque se emociona quando Amaralina revela que se sente protegida por ele. Alberto tranca Ester no bunker.

Amor à Vida Ninho tenta se entender com Paulinha. Bruno vende um apartamento. Márcia chora ao descobrir que foi abandonada. Atílio volta para casa e sente-se confuso. Thales considera os conselhos de Vega sobre o plano de Leila. Nicole descobre que tem pouco tempo vida. Amarilys conta sobre a proposta de Niko e Eron para Paloma e Félix. Bruno pede para conversar com Paloma. Félix pensa em usar Amarilys para se aproximar de Eron. Márcia sofre com o sumiço de Atílio. Ninho afirma que fará com que Paulinha goste dele. Joana aconselha Lutero a conversar com Glauce quando tiver provas. Glauce decide sumir com o prontuário de Luana.

projeto Fim de Tarde no Museu, do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá (Iepa), por meio do Centro de Pesquisas Museológicas/Museu Sacaca, apresentou ontem, 27, Mitterrand e Banda e a apresentação do artista Álvaro Braga, na poesia. Mittterrand tem 40 anos e há 20 canta na noite amapaense. Iniciou sua carreira como vocalista da banda “Os Setentrionais”, que fez nome e se tornou referência no Estado. Como vocalista, fez interpretações em vários estilos musicais e suas apresentações na noite têm sido assim: uma mistura agradável de estilos. Mitterrand já fez várias apresentações no Fim de Tarde no Museu e deixou sua marca, tocando um repertório que faz sempre o público dançar, além, de relembrar canções da nossa MPB que deixam muita saudade. “Sempre que me apresento no Museu Sacaca, sinto um friozinho na barriga, mas essa sensação acontece porque sei que esse é um público que gosta de uma boa música e isso que importa, e é esse estilo que sempre procuramos tocar”, diz o músico. Para complementar as atrações da noite haverá

ainda a apresentação performática de Álvaro Braga. O artista é produtor e, além de professor de teatro e poeta, já realizou várias apresentações que encantaram o público do Fim de Tarde no Museu. Mineiro de Barbacena, registrado em Belo Horizonte, segundo a sua trajetória na área artística, Álvaro se considera “amapaense de coração”. É conhecido no meio artístico local pelos dotes que possui, os quais têm alavancado e consolidado sua carreira ao longo desses 30 anos de estrada. Tem importante participação na formação e atuação do “Grupo de Contadores de Histórias”, da Biblioteca Pública Elcy Lacerda. Sempre atuante, o ator já representou o Estado do Amapá em viagens internacionais à Guiana Francesa, onde apresentou um de seus projetos, a peça teatral “Mitos e Lendas”. Atua como professor no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial e é “garoto propaganda” há cerca de 15 anos. O projeto acontece às quintas-feiras, a partir das 18h, na Praça da Alimentação do Pequeno Empreendedor Popular, e é recheado de muitas músicas e poesias, onde o visitante poderá desfrutar da gastronomia local.

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) As boas noticias do astral de hoje: Vênus entra em Leão, trazendo um encanto a mais para você, que também contará com mais carisma e poder de atração. A criatividade aumenta, a alegria também, já que agora seu calor resplandece. A Lua traz novidades boas no trabalho.

Libra (23 set. a 22 out.) Hoje seu planeta regente muda de signo, transferindo-se para o inspirado Leão. Serão semanas positivas para aumentar seu circulo de amizades, conhecer gente interessante e se engajar em projetos de arte ou cultura. Tudo com alegria e generosidade! Saúde sensível hoje.

Touro (21 abr. a 20 mai.) Ligação forte com um amigo é a conexão certeira para que você entenda algo do que se passa ao seu redor. Atividade social, chamamento dos amigos, vida publica. Vênus em Leão acentua necessidade de se reunir com aqueles que trazem alegria e entusiasmo ao seu coração.

Escorpião (23 out. a 21 nov.) Cenário astral poderoso e protetor liga você de forma intensa e sutil, além das palavras, a uma pessoa muito querida. Um filho terá papel importante para que continue acreditando num sonho maior. Vênus em Leão pede mais apuro com a aparência no trabalho e na vida social.

Gêmeos (21 mai. a 20 jun.) Já que tem um monte de coisas que você não expressou, e nem irá faze-lo muito bem através das palavras, aposte na criatividade de Vênus em Leão para dar forma a emoções e sentimentos. Arte, poesia, musica são campos especiais para você. Cena astral ajuda a entender tudo.

Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Atração por viagens para locais longínquos, interesse por temas espirituais, filosóficos: Vênus em Leão atrai você para o que mais gosta, liberando um magnetismo maior para atrair pessoas de fora de seu círculo habitual. Lua e Netuno juntos conectam você ao ambiente familiar.

Câncer (21 jun. a 21 jul.) Com o cenário astral de agora, a sua compreensão está ampliada. Com pouco esforço as informações corretas são processadas e você enxergará mais longe. Lua e Netuno acentuam intuição; sutilezas da vida não lhe escapam! Vênus em Leão: use belos objetos que o adornarão.

Capricórnio (22 dez. a 20 jan.) Sim, você vem desempenhando papel importante na cena social. Hoje pode contribuir com algo mais sério nesta direção. Pense bem antes de postar comentários nas redes sociais, um cuidado com sua imagem! Vênus em Leão favorece recebimento de valores devidos.

Leão (22 jul. a 22 ago.) A partir de agora e por algumas semanas Vênus, a atraente, transita seu signo. Prova de que até para você a beleza existe, de dentro pra fora. Momento certo para revogar tudo que impeça seu brilho de se expandir em seu entorno. Prestigio e popularidade aumentam.

Aquário (21 jan. a 19 fev.) A partir de hoje Vênus atrai você para novos relacionamentos - ou pelo menos torna mais sedutor a paquera ou o parceiro atual. Período bom para se deixar levar pelo pique e disposição da sua cara metade e também para auferir mais clientes e parceiros. Dura 4 semanas.

Virgem (23 ago. a 22 set.) Por meio de um parceiro, será levado a compreender melhor onde é necessário que intervenha, assumindo talvez uma responsabilidade. Mas tudo fluirá super bem! Cuidado para não se decepcionar com as demandas do seu amor. Negocie. Vênus em Leão pede certo isolamento.

Peixes (20 fev. a 20 mar.) A Lua transita seu signo hoje, sinal claro que é pra você deixar um pouco de lado as lutas gerais e se concentrar mais nas suas próprias necessidades. Para tanto obterá ajuda de alguém muito querido; amores e filhos ajudarão. Vênus em Leão reafirma boas escolhas no trabalho.


Sociedade

Aline Lima alinec.lima@hotmail.com

Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Macapá-AP, sexta-feira, 28 de junho de 2013

Mensagem do Dia “Ninguém mais pode decidir como você vai reagir... Cada um deve marchar ao som de seu próprio tambor.” John Powell

NOTA

Gerente de Markentig do Amapá Garden Shopping, Joicilene Santos, Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional, Elde Fábio, e Coordenadora de Marketing do Amapá Garden Shopping, Kelly Silva

Esta colunista e a amiga apresentadora do Fort Cap Legal, Dayane Filocreão

Alain Cristophe e Nara Velasco

O Ministério Público Federal no Amapá (MPF/AP) abre a partir do dia 29 de junho, inscrições para o processo seletivo de estagiários nas áreas de comunicação social, informática e secretariado executivo. As provas estão marcadas para 18 de agosto. Para participar, o candidato precisa ter cursado no mínimo 40% da carga horária ou dos créditos do curso. O estágio é válido por seis meses e quem for aprovado, deverá cumprir jornada de trabalho diária de 4 horas. O salário é de R$ 800, mais auxílio transporte. As Inscrições devem ser feitas somente pela Internet, na página da Procuradoria da República no Amapá (PR/AP). A confirmação da inscrição deve ser realizada no mesmo período. Para isso, o estudante deverá apresentar os documentos solicitados no Edital e entregar 400g de leite em pó ou 1kg de alimento não perecível, exceto sal, no edifício-sede da PR/AP, na Rua Jovino Dinoá, 468, bairro Jesus de Nazaré. Tradicionalmente, os alimentos arrecadados são doados à entidade filantrópica.

Consultora da Carmen Steffens, Mayara, posando para nossa coluna

Advogado Ricardo Assis e Marizete

NOTA

Enara Borges

Formalização, orientação empresarial, oficinas e palestras, são oportunidades oferecidas na 5ª Semana do Microempreendedor Individual (MEI) que acontece no período de 1º a 5 de julho, em frente ao Mercado Central. O Sebrae recepciona os empreendedores em tendas montadas numa área de 300m², nelas serão compartilhadas informações sobre como se formalizar e participar de cursos e palestras. Na ocasião, haverá espaço para atendimento ao MEI formalizado, com orientações relacionadas à gestão dos negócios e oportunidades de crédito. A capacitação para esse público, será por meio das Oficinas Sebrae Empreendedor Individual (SEI), Conjunto de Soluções em Gestão e Fortalecimento dos Negócios. O foco da Semana do MEI é oferecer as soluções educacionais do Sebrae, principalmente as Oficinas SEI, que tem como temas: Sei vender, Sei comprar, Sei unir forças para melhorar, Sei controlar meu dinheiro, Sei empreender, Sei planejar e Sei administrar.

Déo Ferreira na apresentação do Classificadão na TV Tarumã

Promoter de eventos Kassyo Ramos

28 06 2013  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you