Issuu on Google+

De Skate. “Aventureiro das Américas” chega ao meio do mundo sobre duas rodas. nC1 Macapá, Domingo e Segunda, 27 e 28 de Março de 2011 Domingo e Segunda R$ 2,50 - Terça a Sábado R$ 1,50

R$ 500 milhões nos cofres públicos

Dinheiro no Amapá não é problema

Levantamento realizado em fontes oficiais mostra que somente nos meses de janeiro e fevereiro de 2011, o Estado do Amapá recebeu do governo federal recursos que ultrapassam meio milhão de reais e ainda arrecadou R$ 96 milhões de impostos. As informações levam a conclusão de que dinheiro o estado tem, faltando apenas gestão dos recursos. nA4 e A5

População reclama de Descaso no Jesus de Nazaré Na esquina da Rua Manoel Eudóxio com a Avenida José de Anchieta, existe uma cratera, alguns moradores dizem que há mais ou menos dois anos a situação é a mesma. nB1

Jornal do Dia lança página especial sobre Concursos & Empregos

Confira nesta edição detalhes sobre o concurso público do TRE – Amapá e a seleção para as mais de 8 mil vagas para nível médio nos Correios. nB4

Basquete - São José/Ceap detona o Guarany com o placar de 105 a 57 nC1

Procura deve dobrar nos postos do SETAP nesta semana

Além do reajuste na tarifa de ônibus que pode ocorrer, no dia 01 de Abril as carteiras de meia passagem (Passe-Escolar), que ainda não foram recadastradas serão bloqueadas. nB1

No Zerão sobram lama e buracos

Carência de água tratada, vias sem asfalto e estrutura, e muita lama e buracos compõem a imagem das vias do bairro. nB3

Desemprego pode ser responsável por parte da violência urbana em Macapá O Estado do Amapá sentiu muito a queda no atendimento dos Programas Sociais e o desemprego provocado pelo encerramento dos contratos administrativos. A população fica sem dinheiro e muitos recorrem para a criminalidade. nB2 e B3

Dilma assina correção da tabela do IR e aumento de impostos A presidenta Dilma Rousseff assinou a medida provisória que reajusta a tabela do Imposto de Renda (IR) em 4,5%. Ela também assinou dois decretos que aumentam impostos: para bebidas e para compras com cartão de crédito no exterior. nA3

Edição de HOJE

Nº 7568

36 Páginas em 05 Cadernos Opinião A2, A6 Especial A4, A5 Concursos B4 Foco Empresarial D1

Sociedade A8 Dia Dia B1, B2, B3 Esporte C1, C2 Classidia 16 pág.

Fale com JD

Ypiranga Clube apresenta novo treinador nC1

REDAÇÃO: 3217-1117 jornaldodia1@uol.com.br COMERCIAL: 3217-1100 jdcomercial@gmail.com Assinaturas 3217-1111

Ford lança Focus Titanium, nova versão topo de linha nD3

PM realiza mega operação em Macapá e Santana O comando da Polícia Militar está realizando uma mega operação neste final de semana. Os principais alvos são os mais de vinte pontos de mototaxistas clandestinos. nB2

JD NA INTERNET www.jdia.com.br VIA CELULAR m.jdia.com.br

Mais de 6.000 ofertas. Além de serviços e oportunidades imperdíveis


Jornal do Dia

Artigo

D o m Pe d r o J o s é C o n t i , b i s p o d e M a c a p á

A fonte distante

U

m santo anacoreta vivia num pavoroso deserto, e somente Deus e os anjos sabiam onde ele se escondia. Para conseguir água era obrigado a ir muito longe. Um dia, cansado de andar tanto, disse a si mesmo: “Será que precisa mesmo fadigar deste jeito? Vou construir a minha cela perto da nascente”. Na volta, ao longo do caminho, percebeu alguém atrás dele contando os seus passos. Perguntou quem era e o que estava fazendo. Recebeu como resposta que quem o seguia era o anjo do Senhor encarregado de contar os seus passos, para poder dar-lhe, um dia, a recompensa. O santo anacoreta entendeu logo a situação e reconstruiu sua cela mais longe, ainda, para que aumentasse o seu merecimento. Podemos sorrir da boa vontade do anacoreta, tão preocupado com os futuros merecimentos frutos das suas fadigas. A questão é que poucas vezes

pensamos nisso, todos fascinados pelas vantagens imediatas dos nossos esforços e empreendimentos. No fundo, porém, é questão de fé e; mais ainda, em que Deus dizemos acreditar. Um Deus “quebra-galho” seria o mais querido, mas talvez, também, o mais criticado pelos invejosos e eternos insatisfeitos. Com certeza um deus distribuidor de favores e de vantagens, não é o Deus Pai que Jesus veio nos fazer conhecer. O Deus de Jesus Cristo está sempre pronto a satisfazer a sede mais profunda do ser humano, sede que não se resolve simplesmente com bens ou riquezas materiais. A sede e a fome – de bem e de amor - que desejamos, mesmo sem saber, somente Aquele que é a plenitude do bem e do amor pode satisfazer. Porque só mesmo o Deus-Amor pode amar plenamente a todos, justamente, como uma fonte que nunca esgota a sua água pura e

Editorial

D

OpiniãoA2

Macapá-AP, domingo e segunda-feira, 27 e 28 de março de 2011

deliciosa e à qual todos podem se aproximar. Mais ou menos isso foi o que Jesus procurou ensinar à mulher Samaritana à beira do poço de Jacó. Tudo começou com o Senhor pedindo um pouco de água para beber. Água que a Samaritana todo dia devia ir buscar e carregar para casa. Um trabalho fadigoso do qual gostaria de ser poupada. Jesus, porém, logo fala à mulher de outra água que ele pode lhe oferecer. Água que também vai satisfazer outra sede e que, por sua vez, quem experimentar, saberá oferecer a outros. Esta água só pode ser o amor de Deus, que as nossas palavras não conseguem explicar e nem os nossos instrumentos medir totalmente, porque não tem explicação humana e nem pode ser medido. Com efeito, é muito difícil para nós entendermos “uma fonte de água que jorra para a vida eterna”. Que fonte? Que água? Que vida eterna? A mulher Samaritana conhecia bem o amor humano, com todas as suas paixões e os seus desencan-

livro, para reconhecer os nossos fracassos e incertezas, para ouvir a resposta às nossas dúvidas e perguntas. É a hora da verdade que faz bem, não humilha, mas liberta porque vamos saber que somos amados mais do que podíamos imaginar. Ficaremos tão felizes que não seguraremos esta boa notícia, mas gritaremos a todos a descoberta que fizemos como a Samaritana. O Deus verdadeiro não engana, não arranca nada, somente doa e enriquece. Neste tempo de Quaresma vamos esticar um pouco mais as nossas andanças e as nossas buscas, quem sabe para reencontrar Alguém que temos esquecido: a fonte da bondade que nunca seca. Podemos encontrá-lo na sua Palavra, na Eucaristia, no Sacramento do Perdão, num irmão sofredor, nas lágrimas de um abraço tão esperado. Vale a pena andar um pouco mais, como o santo anacoreta. A recompensa será surpreendente, acreditem.

tos. É a essa mulher que Jesus fala dos verdadeiros adoradores do Pai, “em espírito e verdade” e não na disputa de lugares ou de caminhos privilegiados. Deus é Pai de todos, é fonte inesgotável de amor e de alegria, de paz e de vida para quem o acolhe e confia. Quem corresponde a esse amor também aprende a amar mais; algo de novo lhe acontece: pode anunciar aos outros as maravilhas de Deus. Sua própria vida torna-se um testemunho luminoso de esperança. Quem toma da água da fé e do amor de Deus, satisfaz a sua sede e se torna uma fonte para ajudar outros a encontrar o sentido mais profundo da vida. Todos nós temos muitas sedes, somos eternos buscadores e aprendizes. No entanto, para todos chega a hora certa do encontro; para todos existe um poço para parar e dialogar com quem pode nos revelar toda a nossa vida, de maneira melhor e mais do que nós mesmos sabemos e conhecemos. Isso mesmo, a nossa própria vida, aberta como um

Saber administrar

esde o início do ano vários especialistas em política, administração e economia vêm batendo na mesma tecla em relação à administração dos estados brasileiros. Não adianta colocar à frente de determinados órgãos pessoas sem qualificação profissional para isso. Como exemplo, podemos citar que um médico

é quem sabe das verdadeiras deficiências do setor da saúde, e assim por diante, com um professor na área de educação, sendo que tais profissionais devem ter experiência de campo, organização e saber administrar. Com um conjunto equilibrado de profissionais, a gestão pública avança. Já é hora de passar

uma borracha nos problemas de gestões passadas, todas as gestões deixam seus “buracos” isso é fato. O importante agora é ter certeza da competência dos que estão ao lado do principal gestor e trabalhar com transparência. Na manchete de hoje do Jornal do Dia estão relacionados todos os repasses federais

realizados nos três primeiros meses do ano ao Amapá. Uma verdadeira fortuna, que bem administrada gera bons resultados para a população. É preciso que o povo tenha consciência de que o estado não está parado, está recebendo muito dinheiro e com um pouco mais de organização, os resultados terão que aparecer.

Acilino de Leão Rodrigues Dr. Raimundo dos Santos Lopes: Discurso de posse como Presidente da Academia de Medicina do Amapá

A

cilino de Leão Rodrigues nasceu em 12.07.1882 e faleceu em 27.09.1950. Médico, escritor e professor amapaense, nasceu na ilha de Cotias, defronte de Macapá, quando o Amapá ainda estava incorporado às terras paraenses. Seu pai Gregório Leão Rodrigues, comerciante, tinha um pequeno armazém às margens do rio, o que era uma constante em toda a Amazônia. Sua mãe, Maria Gil de Lima, casou duas vezes. Acilino aos dez anos de idade ainda era analfabeto. Mandado para Macapá, aqui estudou e aprendeu as primeiras letras, sob a orientação da professora CORINA PENA. Esta, vendo no menino qualidades e inteligência, recomendou à família que o mandasse para prosseguir os estudos em Belém, onde poderia atingir grandes alturas. Em Belém, matriculou-se no Liceu Paraense onde fez todo o curso de Humanidades com distinção e louvor. Para completar a modesta mesada que lhe mandava a mãe, passou a dar aulas no Colégio Minerva, onde também passou a residir. Assim garantia o complemento das despesas e mo-

radia, na própria escola. Ao concluir os preparatórios, já com vinte anos, resolveu estudar medicina, curso que só existia na Bahia e no Rio de Janeiro. Estudar medicina, no início do século XX, era quase que um privilégio dos jovens abastados. Resolveu, então, preliminarmente, estudar farmácia, ficar com um diploma que lhe garantisse a subsistência. Com o produto de seu trabalho completou o curso de medicina no Rio. Defendeu tese de doutoramento ou conclusão de curso, obrigatória, com o título “Psicologia da Sensibilidade”, merecendo distinção e louvor da banca examinadora. No dia 2 de abril de 1908, recebeu o Diploma de Médico. O menino pobre, nascido em remota e esquecida região da Amazônia, infestada de malária e verminoses diversas, por esforço próprio, conseguia se formar em medicina no maior centro médico do país. Mas sua mãe, sentindo que ainda não estava completo, ao recebê-lo em Belém, vinda de Macapá, ofereceu ao filho uma viagem de estudos na Europa, à semelhança do que os outros jovens faziam, à época. Viajou para Portugal e para a França, estagiando, em Paris, na famosa Clínica Necker. No ano de 1909 retorna a Belém, abre consultó-

rio e fixa residência. Seu nome começou a brilhar entre a classe médica, ajudou a fundar a Sociedade Médico-Cirúrgica do Pará (1919), escolhido para secretário e orador da sessão inaugural, quando proferiu uma conferência sobre a “Medicina Experimental” e as grandes conquistas da medicina naqueles tempos, já hoje distantes. No ano de 1918, resolveu fazer concurso para a cadeira de Medicina Legal da Faculdade de Direito do Pará, quando defendeu tese sobre “Responsabilidade Criminal”. Aprovado, ficou como professor adjunto do professor Francisco de Sousa Pondé, passando a responder pela cátedra em 1934, a quando da morte do titular. No ano seguinte, em 1919, participou ativamente do movimento encetado pelo Barão de Anajás, Camilo Salgado, Oswaldo Barbosa, José Alves Dias Júnior e outros, para fundação da Faculdade de Medicina e Cirurgia do Pará, cabendo a ele a regência da cátedra de Clínica Propedêutica Médica. Participou do movimento de renovação da Academia Paraense de Letras, fundador da cadeira nº 29 e que tem como patrono João Lúcio de Mendonça, sucedido pelo escritor Júlio Colares e, mais recentemente, o general Ernesto Bandeira

Coelho. Foi presidente do Sodalício nos anos de 1932 e 1933. Membro do Instituto Paraense da História da Medicina, onde ocupou, também, a presidência. Diretor da Faculdade de Medicina por duas vezes, presidente da Legião Brasileira de Assistência no Pará. Deputado Federal e suplente de Senador da República. Acilino de Leão era um homem de cultura elevada, afeiçoado às letras, escrevia e polemizava nos jornais. Clínico de grande clientela, era um humanista por excelência. Faleceu na Santa Casa de Misericórdia do Pará, onde era Chefe de Clínica Médica, em 27 de setem-

PERDA - A bancada do PT na Câmara dos Deputados será a principal prejudicada pela decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de tornar inválida a Lei da Ficha Limpa nas eleições de 2010, segundo cálculos feitos pelo Estado. Os petistas Luci Choinaki (SC), Professora Marcivânia (AP) e Ságuas Moraes (MT) devem ser substituídos, respectivamente, por João Alberto Pizzolatti (PP-SC), Janete Capiberibe (PSB-AP) e Nilson Aparecido Leitão (PSDB-MT). CONSULTA - Para evitar mais polêmicas, como a da Lei da Ficha Limpa, o presidente do STF propôs que haja consulta prévia à Corte sobre projetos aprovados, antes da sanção presidencial. DEFICIT - Estudo do governo mostra que para o Brasil universalizar o atendimento na pré-escola, incluindo no ensino quase 2 milhões de crianças de 4 e 5 anos, faltam, no País, mais de 100 mil professores. Na conta não entram substituição de eventuais desistências, aposentadorias ou mudanças de área. O aumento no atual quadro de professores seria de 40%. REVIDE - Entretanto, a Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis) e o juiz entraram com uma ação contra a decisão do CNJ. O relator do caso no Supremo, ministro Marco Aurélio Mello, suspendeu os efeitos do processo. Ele considerou que a atuação do juiz, apesar de não merecer endosso, não seria passível de punição porque estaria no âmbito da proteção da liberdade de expressão. VIOLÊNCIA - A violência doméstica e o uso de drogas são os principais motivos que levam crianças e adolescentes às ruas. De acordo com o censo da Secretaria de Direitos Humanos (SDH), cerca de 70% das crianças e adolescentes que dormem na rua foram violentados dentro de casa. Além disso, 30,4% são usuários de drogas ou álcool.

Charge do dia

Diretor Editorial José Arcângelo Pinto Pereira Diret. Adm. Financeira e Contábil Maria Inerine Pinto Pereira Diretor de Assuntos Corporativos Luiz Alberto Pinto Pereira Diretora Executiva Lúcia Thereza Pereira Assessoria Jurídica e Tributária Dr. Américo Diniz — OAB/AP 194 Dr. Eduardo Tavares — OAB/DF - 27421 Editora-Chefe Patrícia Leal— DRT / Fenaj - 42717/ SP

Uma publicação do Jornal do Dia Publicidade Ltda. CNPJ 34.939.496/0001-85 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 ENDEREÇOS por Otaciano Bento Pereira (1917-2006) e Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296, PacoIrene Pereira val, Macapá (AP) - CEP 68908-350 - Tel.: (96) 3217.1110 Primeiro Presidente Júlio Maria Pinto Pereira (1954-1994) E-MAILS Editora-Chefe: patricia@jdia.com.br patricia_jornalista@hotmail.com pautas e contato com a redação: jornaldodia1@uol.com.br departamento comercial: jdcomercial@gmail.com josemaria@jdia.com.br mairaruth@jdia.com.br

FIL IAD OA

bro de 1950. O governador do então Território Federal do Amapá, Janary Gentil Nunes, mandou preparar um mausoléu com pedras retiradas do local onde nasceu. O Partido Social Democrático (PSD) e o seu amigo Joaquim Cardoso de Magalhães Barata custearam as suas exéquias. Eis, portanto, em síntese a história de um grande Médico que escolhi para patrono. Em minhas pesquisas, descobri semelhanças entre nós; ao dez anos de idade este Acadêmico que hoje recebe o Diploma também era analfabeto e, como Acilino, nascido no interior do Pará, só que na cidade de Cametá.

HoraHora

JD na Internet: http://www.jdia.com.br

REPRESENTANTES COMERCIAIS JC Repres. Com. Ltda. n Brasília, DF n Tel. (61) 328.4108 - Rio de Janeiro, RJ n Tel. (21) 262.7469, São Paulo, SP Tel. (11) 223-7551 Visão Global Comunicação S/C Ltda. n Rua Alvarenga, 573- Butantã CEP - 05509-000 - São Paulo, SP Tel. (11) 3030. 1899, Fax (11) 3812.1414. Contatos Fale com a redação (96) 3217-1117 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1102 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.


Política

Jornal do Dia

Editor responsável : Marcelle Corrêa < marcellecorrea@hotmail.com

A3

Macapá-AP, domingo e segunda-feira, 27 e 28 de março de 2011

Dilma assina correção da tabela do IR e aumento de impostos de bebida e de compras com cartão no exterior

divulgação

Em relação aos aumentos de impostos, o primeiro decreto eleva de 2,38% para 6,38% o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) das compras com cartão de crédito no exterior Agência Brasil

A

presidenta Dilma Rousseff assinou a medida provisória (MP) que reajusta a tabela do Imposto de Renda (IR) em 4,5%. Ela também assinou dois decretos que aumentam impostos: para bebidas e para compras com cartão de crédito no exterior. Os textos serão publicados no Diário Oficial da União na segunda-feira (28). Com a correção, que atinge todas as faixas de rendimento, a faixa de isenção do IR subiu de R$ 1.499,15 para R$ 1.566,61 por mês. A MP

estabelece ainda uma política fixa de reajustes até 2015, com base no centro da meta de inflação. O percentual de 4,5% havia sido anunciado pelo governo nas últimas semanas. O reajuste, no entanto, foi inferior ao reivindicado pelas centrais sindicais, que pediam correção de 6,46%. Em relação aos aumentos de impostos, o primeiro decreto eleva de 2,38% para 6,38% o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) das compras com cartão de crédito no exterior. A medida tem como objetivo conter a queda do dólar ao desestimular

o uso do cartão de crédito na importação. Outro decreto aumenta o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), o PIS e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) para a água mineral, o refrigerante e a cerveja. O texto corrige os preços de referência que servem de base de cálculo para esses tributos. Nesta semana, o secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto, afirmou que a tabela de referência das bebidas será corrigida todos os anos. Desde janeiro de 2009, esses preços de referência não eram reajus-

tados. Até 2008, as cervejas, águas minerais e refrigerantes eram tributados com base em um valor fixo por unidade produzida, e não como percentual do preço, e os impostos eram reajustados uma vez a cada quatro anos. Em dezembro de 2008, o governo mudou a tributação para uma alíquota percentual cobrada não sobre os preços finais (que aparecem nas prateleiras), mas sobre uma tabela de preços de referência elaborada pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Se a pesquisa da fundação constatar aumento nos preços de re-

Dilma também assinou dois decretos que aumentam impostos: para bebidas e para compras com cartão de crédito no exterior

ferência, a base de cálculo aumenta e esses produtos pagam mais impostos, mesmo sem mudanças na alíquota percentual. Segundo a Receita Federal, o modelo acertado na época com as indústrias de bebidas previa correção periódica dessa tabela de referência, que foi descartada pelo governo nos últimos dois anos para estimular a produção e o emprego

em meio à crise econômica. Só em janeiro de 2009 houve o primeiro ajuste. A Casa Civil não divulgou o aumento dos impostos para as bebidas, mas o secretário da Receita estimou entre 10% e 15% o aumento dos preços de referência. Ele, no entanto, disse que, não necessariamente, haverá repasse total dos impostos maiores para os preços finais.

No Rio, decisão do STF poderá be- Casa extingue neficiar dois candidatos a deputado atendimento médifederal barrados pela Ficha Limpa co nos fins de O TRE ainda não decidiu se aguardará as decisões sobre os dois recursos para retotalizar os votos ou se fará retotalizações separadas, depois de cada julgamento divulgação

Os dois candidatos a deputado federal pelo Rio, Arnaldo Vianna (PDT) e Celso Alencar Ramos Jacob (PMDB) poderão ser beneficiados pelo entendimento do Supremo Tribunal Federal

D

ois candidatos a deputado federal pelo Rio de Janei-

ro, Arnaldo Vianna (PDT) e Celso Alencar Ramos Jacob (PMDB), poderão

ser beneficiados pelo entendimento do Supremo Tribunal Federal de que a Lei da Ficha Limpa não se aplica às eleições do ano passado. Segundo nota divulgada no último sábado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro, com isso, poderá haver mudança na composição da bancada fluminense na Câmara dos Deputados. Nas eleições de outubro, Vianna

obteve 53.605 votos, mas teve o registro de candidatura negado pela Justiça Eleitoral porque seu nome constava das listas de contas rejeitadas dos Tribunais de Contas da União e do Estado. Seu recurso será julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Com 31.202 votos, com 31.202 votos, Jacob teve o registro negado porque seu nome constava da lista do TCE. Ele entrou com recurso no STF. Os mais de 84 mil votos obtidos pelos dois candidatos exigirão que o TRE-RJ retotalize os votos para deputado federal. Como a retotalização ainda não foi feita pelo tribunal, não é possível dizer se Vianna e Jacob terão votos suficientes para entrar na Câmara. Tampouco é possível saber, caso os dois entrem, quem perderá a vaga. O TRE ainda não decidiu se aguardará as decisões sobre os dois recursos para retotalizar os votos ou se fará retotalizações separadas, depois de cada julgamento.

AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 006/CELOG/2011 Objeto: Registro de Preços para eventual aquisição de Combustíveis Automotivos a serem entregues nas OM do Comando da Aeronáutica em Campo Grande(MS), Macapá(AP) e Imperatriz(MA). Total de Itens Licitados: 003. Edital: 25/03/2011 de 08h30 as 11h30 e de 13h30 as 15h30. ENDEREÇO: Avenida Olavo Fontoura, 1200A Santana - SAO PAULO – SP ou pelo site www.comprasnet.gov.br. Entrega das Propostas: a partir de 25/03/2011 às 08h30 no site www.comprasnet.gov.br. AberturadasPropostas:07/04/2011às10h00nositewww.comprasnet. gov.br. Brig Ar PAULO JOÃO CURY Ordenador de Despesas

semanas e feriados

O Senado mantém um serviço médico próprio para atender aos servidores, que têm à disposição desde consultas simples a exames mais complexos e atendimento de emergência

O

comando do Senado decidiu extinguir o atendimento médico da Casa nos finais de semanas e feriados, o que gerava custos de R$ 3,5 milhões por ano aos cofres públicos. Decisão da Mesa Diretora do Senado estabelece que os médicos da Casa devem atender os funcionários de segunda a sexta-feira, já que os custos eram elevados diante da baixa procura de servidores nos demais dias da semana. “No último ano, a média de atendimento no final de semana foi de apenas três, que poderiam ser feitos pela rede hospitalar que é conveniada e que tem os planos de saúde. Nós achamos por bem então encerrar esse atendimento que vai trazer uma economia para a Casa de R$ 3,5 milhões”, disse o primeiro-secretário, senador Cícero Lucena (PSDB-PB). O Senado mantém um serviço médico próprio para atender aos servidores, que têm à disposição desde consultas simples a exames mais complexos e atendimento de emergência -localizado em um prédio específico da instituição. Lucena disse que os

cortes são parte da decisão da Casa de reduzir custos depois de identificar gastos desnecessários. “Nós entendemos que esse é um dos itens que podem plenamente deixar de ser prestado pelo custo tão elevado como esse.” Há duas semanas, a Mesa havia anunciado cortes em obras que seriam realizadas no Senado neste ano -entre elas a construção de um túnel que liga a Casa ao outro extremo da Esplanada dos Ministérios, próximo ao Palácio do Planalto. Lucena disse que o objetivo da instituição é reduzir custos depois de implementar a reforma administrativa -que não saiu do papel depois da crise dos “atos secretos” que atingiu o Senado em 2009. “Os desperdícios têm que ser evitados, os cortes que podem ser feitos devem ser realizados, então eu acho que esse é o trabalho e nós estamos no caminho certo.”


Especial

Jornal do Dia

Editor responsável : Alessandra Lameira < alessandralameira@jdia.com.br

A4

Macapá-AP, domingo e segunda-feira, 27 e 28 de março de 2011

Governo recebe mais de R$ 500 milh

Somente em janeiro e fevereiro, Estado recebeu do governo federal recursos que ultrapassam mei divulgação

Janderson Cantanhede da reportagem

Q

uando o então candidato ao governo do Estado, Camilo Capiberibe (PSB), disse que o problema do Amapá não era de recursos, mas sim, de gestão, ele tinha toda a razão. Hoje comandando o Executivo, Camilo caminha para os cem dias de administração estadual tendo nos cofres públicos um montante que ultrapassa os R$ 500 milhões. Os recursos são provenientes das transferências federais e também da arrecadação acumulada somente nos dois primeiros meses do ano. Do governo federal, o Estado recebeu em janeiro e fevereiro um valor de quase R$ 400 milhões. Com os impostos arrecadados aqui mesmo, o Executivo somou também nos dois primeiros meses outros R$ 96 milhões. O mês de março ainda não fechou, mas a

expectativa é de que o montante da arrecadação seja o mesmo do mês passado. Meio milhão de reais é dinheiro suficiente para aquecer a economia neste início de ano, em um Estado como o Amapá. Mas o que se observa, é uma lastima econômica que nem a crise global de 2009 foi capaz de impor. ARRECAÇÃO PRÓPRIA - A receita própria, proveniente da arrecadação de tributos estaduais, provenientes do ICMS, do IPVA, ITCD, IRRF, Taxas, outras receitas e dívida ativa, estão em alta nesse primeiro trimestre, em comparação com o mesmo período de 2010. Em janeiro de 2011 foram arrecadados R$ 46,11 milhões, 6,02% a mais que em 2010 (R$ 43,49%), sendo que 42,32 milhões foram referentes ao ICMS de 2011, um aumento, apenas na arrecadação desse tributo de 4,72%. Em fevereiro de 2011

Quando Camilo assumiu o governo, montou um gabinete de gerenciamento de crise para “tirar o Amapá do buraco”. Mostrou no primeiro momento iniciativa de gestão, pois a máquina pública acumulava dívidas e o orçamento de 2011 ainda não tinha sido aberto. divulgação

foram arrecadados R$ 50,68 milhões, 47,79% a mais do que o arrecada em 2010 (R$ 34,28 milhões), sendo que R$ 37,20 milhões foram referentes ao ICMS de 2011, um aumento de 20,94%. O maior incremento na arrecadação própria de fevereiro veio do IRRF (R$ 8,54 milhões) contra apenas R$ 405 mil em 2010. O mês de março apresenta a mesma tendência de alta verificada nos meses de janeiro e fevereiro, acima da inflação

oficial, projetando resultados para o primeiro trimestre de 2011 superior ao primeiro trimestre de 2010. Diante do dinheiro que não para de entrar nas contas do governo, a “choradeira” sobre as dificuldades financeiras não se justificam, já dizem os deputados estaduais. Nesse caso, onde está a gestão? COMEÇO DIFÍCIL Quando Camilo assumiu o governo, montou um gabinete de gerenciaagência Brasil

Arrecadação própria em janeiro de 2011 foram arrecadados R$ 46,11 milhões, 6,02% a mais que em 2010 (R$ 43,49%), sendo que 42,32 milhões foram referentes ao ICMS de 2011, um aumento, apenas na arrecadação desse tributo de 4,72%.

AMAPÁ janeiro/2011 Decêndio

Total

FPE

73.322.798,99

29.393.116,73

46.196.998,20

148.912.913,92

IOF

2.463,15

1.207,29

1.056,77

4.727,21

248.570,19

73.864,78

35.578,73

358.013,70

CIDE

0,00

2.277.643,82

0,00

2.277.643,82

FEX

0,00

0,00

0,00

0,00

FUNDEF

0,00

0,00

0,00

0,00

FUNDEB

14.837.530,07

7.109.337,26

9.512.602,37

31.459.469,70

ICMS LC 87/96

0,00

0,00

396.318,00

396.318,00

ICMS LC 87/96-1579

0,00

0,00

0,00

0,00

88.411.362,40

38.855.169,88

56.142.554,07

183.409.086,35

IPI-EXP

Total

Jornal do dia

Origens do FUNDEB/ JANEIRO 2011 Decêndio

Total

FPE

13.036.323,44

5.225.907,62

8.213.529,99

26.475.761,05

FPM

1.425.266,72

571.350,53

881.077,61

2.877.694,86

44.194,17

13.132,68

6.325,68

63.652,53

290.642,35

1.203.963,50

179.498,17

1.674.104,02

Complementação da União

0,00

0,00

0,00

0,00

Lei Complementar Nº 87

0,00

0,00

93.950,37

93.950,37

2.229,54

43,83

1.929,01

4.202,38

36.706,23

94.512,38

135.867,67

267.086,28

2.167,62

426,72

423,87

3.018,21

14.837.530,07

7.109.337,26

9.512.602,37

31.459.469,70

IPI-EXP ICMS

ITR IPVA ITCMD Total

Camilo Capiberibe (PSB), agora ele poderá dividir a carga com o pai João Capiberibe, que vai para o Senado, e também com a mãe, Janete Capiberibe, que assume na Câmara Federal.


Especial

Jornal do Dia

Editor responsável : Alessandra Lameira < alessandralameira@jdia.com.br

A5

Macapá-AP, domingo e segunda-feira, 27 e 28 de março de 2011

hões e economia vai de mal a pior

io milhão e ainda arrecadou R$ 96 milhões de impostos. Dinheiro tem, falta apenas gestão mento de crise para “tirar o Amapá do buraco”. Mostrou no primeiro momento iniciativa de gestão, pois a máquina pública acumulava dívidas e o orçamento de 2011 ainda não tinha sido aberto. No dia 19 de janeiro, o governo do Estado anunciou as principais medidas e orientações para enfrentar a crise financeiro-orçamentária. A primeira delas foi a suspensão temporária de todos os pagamentos de restos a pagar referentes ao exercício de 2010, que somavam R$ 276 milhões. Essas contas passariam por auditoria e seus pagamentos seriam analisados juridicamente pela Procuradoria Geral.

Foi também anunciada a suspensão por prazo temporário, da inclusão de novas consignações e folha de pagamento do Estado, referente aos planos de saúde, plano odontológico, cartão de crédito, financiamento e empréstimo bancários. Também em janeiro buscou-se a renegociação da dívida com a Amprev (Amapá Previdência), que estava no valor de R$ 426 milhões. Os contratos administrativos também entraram na faca, tendo uma redução de 7 mil contratos para 2,5 mil que estão sendo pleiteados pelo governo do Estado junto a Assembleia Legislativa. A redução das gerências de projetos também foi

Jornal do dia

Campo do Curru Obras paralizadas;. Meio milhão de reais é dinheiro suficiente para aquecer a economia neste início de ano, em um Estado como o Amapá. Mas o que se observa, é uma lastima econômica que nem a crise global de 2009 foi capaz de impor. Jornal do dia

Camilo disse que o Amapá poderá sofrer racionamento de energia nos próximos meses por conta da problemática do setor.

AMAPÁ / fevereiro/2011 Decêndio

Total

FPE

120.519.983,36

11.898.813,72

28.013.038,45

160.431.835,53

IOF

786,34

0,00

986,05

1.772,39

247.862,64

69.719,34

19.202,88

336.784,86

CIDE

0,00

0,00

0,00

0,00

FEX

0,00

0,00

0,00

0,00

FUNDEF

0,00

0,00

0,00

0,00

FUNDEB

24.004.795,10

7.151.884,99

10.816.055,72

41.972.735,81

ICMS LC 87/96

0,00

0,00

396.318,00

396.318,00

ICMS LC 87/96-1579

0,00

0,00

0,00

0,00

144.773.427,44

19.120.418,05

39.245.601,10

203.139.446,59

IPI-EXP

Total

Origens do FUNDEB/ Fevereiro 2011 Decêndio

Total

FPE

21.427.680,12

2.115.532,76

4.980.538,56

28.523.751,44

FPM

2.298.579,24

226.936,26

544.524,31

3.070.039,81

44.068,38

12.395,66

3.414,17

59.878,21

169.850,16

4.711.531,22

4.995.061,77

9.876.443,15

Complementação da União

0,00

0,00

0,00

0,00

Lei Complementar Nº 87

0,00

0,00

93.950,37

93.950,37

73,48

0,00

1.966,23

2.039,71

63.747,21

84.515,79

196.085,22

344.348,22

796,51

973,30

515,09

2.284,90

24.004.795,10

7.151.884,99

10.816.055,72

41.972.735,81

IPI-EXP ICMS

ITR IPVA ITCMD Total

grande, caindo de 678 para 200. Só neste item o Estado teria um impacto estimado na folha de pagamento de R$ 6 milhões/mês. A extinção das secretarias especiais (governadoria, gestão, desenvolvimento econômico, desenvolvimento social, defesa social e infraestrutura) e outros órgãos públicos como Gasap, Arsap, Centro de Apoio à Coordenação Setorial e Fundação Serra do Navio darão um impacto nos cofres públicos de R$ 9 milhões/ano. Outras medidas como o contingenciamento de 50% do duodécimo das secretarias, renegociação dos contratos e prestações de serviços com redução de valores, redução de 70% na conta de diárias, redução de 70% na conta de passagens aéreas, redução de 50% na frota de veículos locados, redução de 50% na conta de combustíveis, redução de 50% em contas convênios celebrados pelo Estado, redução de 30% nas despesas de consumo e custeio administrativo, redução de 100% na despesas de telefonia móvel e a redução de 30% na telefonia fixa também foram anunciadas há menos de dois meses pela atual gestão estadual. Com tudo isso, o governo provou que realmente dinheiro não será problema para o Amapá. Falta apenas, gestão! CONSEQUÊNCIAS Apesar do governo negar que esteja fazendo caixa ou que esteja sentado em cima de meio milhão de reais, não explica porque a economia amapaense vai de mal a pior. O resultado está estampado no comércio

amapaense, movimentado quase que exclusivamente pela economia do contra-cheque e que hoje amarga o baixo movimento. Para fugir da crise, muitos lojistas tiveram que lançar promoções que chegam a oferecer 70% de descontos para pagamento à vista. As obras estruturantes do Estado também ainda não passaram da primeira marcha. A instabilidade financeira fica ainda mais grave quando o próprio chefe do Executivo, que deveria mostrar liderança e amenizar a imagem negativa, acaba jogando ainda mais lenha na fogueira. Na semana passada, o governador destacou na internet uma declaração que foi considerada um erro grave de qualquer gestor. Disse que o Amapá poderá sofrer racionamento de energia nos próximos meses por conta da problemática do setor. Alguém consegue imaginar alguma empresa fazendo investimentos em um Estado cujo o próprio governante alardeia caos energético? AJUDA - Se o fardo estava muito pesado somente para as costas de Camilo Capiberibe (PSB), agora ele poderá dividir a carga com o pai João Capiberibe, que vai para o Senado, e também com a mãe, Janete Capiberibe, que assume na Câmara Federal. Com força no Congresso Nacional, o Amapá sob o comando dos Capiberibes abre ainda mais possibilidades para a locação de recursos federais. Assim, dinheiro continuará não sendo problema nos cofres do governo. Restará apenas a pergunta sobre onde está a gestão?


Artigo

Charles Chelala - Economista e Professor

O declínio da indústria

N

esta semana quero compartilhar trechos do artigo de Marcílio Machado, publicado no “Valor Econômico” de 25/03/2011, no qual alerta para a angústia vivida atualmente pelo setor industrial. “Em meados do século passado, muitos economistas já falavam sobre os riscos da perda de relevância da indústria em benefício dos serviços como geradores de riqueza. A maioria dos estudos tem como alvo o número de empregos gerados ou perdidos, níveis de renda, modelos de investimento, participação dos produtos manufaturados na formação do Produto Interno Bruto (PIB) e nas exportações do país. O aumento de 14,5% nas exportações

de commodities e a queda de 16% das exportações de manufaturados levantaram sérias preocupações a respeito do futuro do setor no Brasil. Além disso, o aumento de 41,6% das importações em 2010 causa receio em alguns analistas que chegam a anunciar que a indústria nacional está diante de uma série ameaça, principalmente ante a concorrência chinesa. (...) Dados do Banco Mundial demonstram que a participação da indústria brasileira na formação do PIB caiu de 37,1% para cerca de 25%, no período 1971-2010. Atualmente, na Índia, a participação da indústria no PIB é de 28%, na Espanha 26%, na Itália 25%, na França 19%, na Alemanha 26% e no Japão

Artigo A

23%. Em todos esses países, a participação também era muito maior em 1971, pois variava entre 46% (Alemanha) a 35% (França), o que comprova a tendência mundial de queda da indústria na geração de riqueza. Tais dados indicam mudanças estruturais em diversas regiões do mundo e não um fenômeno brasileiro ou regional. Peter F. Drucker foi pioneiro ao discorrer sobre o paradoxo da agricultura, setor que apesar do aumento da produção empregava um número menor de pessoas. (...) Segundo Drucker, a manufatura estaria seguindo o mesmo caminho do setor agrícola e a ameaça real aos empregos da indústria não era decorrente da competição do exterior, mas do rápido declínio da manufatura como criador

de trabalho. O cenário atual indica que é importante aceitar o desafio de aumentar as exportações de manufaturados e não depender unicamente das exportações de commodities. Para o incremento da participação da manufatura nas exportações, Cornwall sugere que a indústria invista na fabricação de produtos com alta tecnologia para os quais aspectos como competição baseada em preços, como é o caso das commodities, se torne irrelevante. O pesquisador enfatiza que o desenvolvimento de um setor eficiente de manufatura é problema de oferta e a solução envolve aumento de investimento em indústrias de crescimento futuro”. Este artigo demonstra os desafios diante da indústria neste início de século.

Rodolfo Juarez - Jornalista e Bacharel em Direito

As consequêcias da decisão recente decisão do Supremo Tribunal Federal – STF definindo que a Lei Complementar 135/2010 – Lei da Ficha Limpa -, não tem aplicação nas eleições do ano passado, modificou a matriz política que estava sendo desenha para as eleições municipais de 2012. Prováveis alianças não permanecem tão prováveis assim, redistribuição de forças políticas se tornam mais possíveis e decisões importantes precisam ser tomadas agora e com o mínimo risco, sob pena da eleição de 2012 ser perdida agora, em 2011. Será o primeiro teste para alguns grupos políticos que vinham sendo construídos ao longo dos últimos anos e que foram definidos depois das convenções de junho de 2010, quando foram decididos os candidatos aos cargos majoritários nas eleições regionais. A reviravolta com a deci-

OpiniãoA6

Macapá-AP, domingo e segunda-feira, 27 e 28 de março de 2011

são do Supremo coloca um troca-troca em dois importantes partidos, considerados aos pares, a cada vaga que troca de dono, depois do resultado da votação. O primeiro troca-troca envolve o PSB e o PMDB, pesos pesados da política amapaense e que se transforma a vitória de um sobre o outro como uma demonstração de força e a necessidade de “troco”, o que só pode acontecer nas urnas. De um lado João Capiberibe (PSB), que venceu no voto e havia perdido na interpretação da Lei da Ficha Limpa; de outro Gilvan Borges, favorecido pela interpretação da Lei da Ficha Limpa e que volta às bases para reorganizar a sua investida. O PMDB já tem uma questão para administrar e que envolve dois dos seus principais representantes – Gilvan Borges, em oposição ao governo do PSB; e Fátima Pelaes, na compo-

sição com o governo do PSB. Essa situação vai ganhar espaço nas discussões dentro do PMDB que, certamente, avaliará a situação e tomará o caminho que parecer mais adequado para o Partido e para os dois filiados importantes. Vale considerar que Fátima Pelaes permanece com o mandato de deputada federal. O segundo troca-troca vai envolver o PSB e o PT. Os dois partidos estiveram juntos nas eleições regionais de 2010, formaram na mesma coligação (Frente Popular) e agora, dois importantes membros têm que se entender muito bem para que não sobrem problemas para serem administrados. Janete Capiberibe (PSB) foi a candidata mais votada da coligação e que, depois da decisão do STF ganha uma das vagas que tem direito a coligação, mas nesse ganho retira do cargo de deputada federal a Professora Marcivânia (PT), que foi a terceira colocada e, por causa disso, deixa

Brasília onde nem bem iniciou o seu trabalho. Precisa de muito tato para tratar essa questão. As querelas criadas por causa do recurso do PSB contra a diplomação da Professora Marcivânia no dia 17 de dezembro do ano passado, como deputada federal, ainda são lembradas. Ainda não vai dar para medir como a militância que deu quase 20 mil votos para a professora de Santana, vai entender a situação. Da outra vez houve manifestação e o próprio governador Camilo Capiberibe teve que dar explicações para acalmar os aliados insatisfeitos. É uma engenharia política e, claro, outra circunstância, mas que agora retrata também outra realidade. Não é fácil assimilar tudo o que aconteceu e aconteceu muito rápido. A professora Marcivânia ainda não completou dois meses em Brasília. De lá, a deputada Janete nem saiu. É preciso entender que em política se ganha de quem perde!

Artigo

Rubens Caran - Mestre em Turismo – MBA em 3º Setor – Jornalista & Escritor

Aurismo depenca na Ásia Conseqüências dos Desastres em dúvidas. China e Japão são os dois maiores Destinos Receptivos da Ásia, e figuram entre os dez maiores do mundo. As grandes Operadoras Européias e Americanas, não conseguem nos seus pacotes, separar a visitação dos dois países, todo pacote turístico para a Ásia, contempla a visitação de China e Japão. O Tsunami, seguido da explosão do Reator Nuclear com o inevitável vazamento radioativo, tiram o Japão por um período imensurável de tempo, do circuito turístico asiático. Os prejuízos financeiros para o Trade Turístico japonês são enormes, Michico Okada, Diretora da rede de Hotéis Matsubara (a maior do Japão), desabafou com uma Jornalista da “Revista World Tourist” que a taxa de ocupação na sua Rede que vinha mantendo um padrão de 75% de taxa média de ocupação, despencou para perto de 0%. Por enquanto não haverá demissões enfatizou, mais

S

se nosso mercado turístico não reagir rapidamente, ninguém sabe o que poderá acontecer. O Trade completa a empresária, esta fazendo tudo para colocar ordem a partir do caos, mais infelizmente estamos muito dependentes das ações governamentais. Não podemos fazer nada de maneira isolada. A boa notícia é que, templos, museus, casas de Samurais e outros locais de preferência turística para a visitação, praticamente não foram afetados pelos desastres. Agora é recomeçar, enfatizou Satiro Okamoto, dono de uma Colônia de Férias a 30 km. de Tókio. E o povo japonês já mostrou ao mundo, depois da guerra, e dos desastres de Hiroshima e Nagashaki, que recomeçar, é com eles mesmos, não existe no planeta um povo, com a capacidade de resignação e de rápido ressurgimento quanto o japonês. Eles são a versão humana da Ave Fênix. A OMT (Organização Mundial do Turismo), já

se colocou a disposição do Japão para ajudar a reorganizar o Trade e a revitalizar os locais de visitação Turística, e esta procurando parcerias com Bancos Internacionais para obter financiamentos que ajudem a reconstruir o setor Hoteleiro. Estamos na torcida para que em curto prazo, cheguem até nós, notícias alvissareiras sobre o ressurgimento do setor Turístico japonês, tão elogiado pela sua organização e seu jeito afável de receber e atender os Turistas. E

nosso turismo. como vai? É sabido que Tsunamis, Terremotos, grandes Temporais e outros, só ocorrem nos países banhados pelo Oceano Pacífico, no caso da América do Sul, apenas o Chile esta exposto a essas calamidades. Mas no caso específico de nosso querido Amapá, nós temos nossos próprios Tsunamis, que são os “gestores” do Turismo amapaense. Com a nova gestão da SETUR, não houve nenhuma mudança significativa com respeito as

três inoperantes gestões anteriores, a nova gestora do Turismo em nosso estado, esta fazendo a mesma coisa que suas três antecessoras: NADA! Agora em Abril, por exemplo, vai ter um “Salão do Turismo” de muita importância estratégica para e região, em Cayene, o Amapá será ali representado por três pessoas da iniciativa privada e entidades de classe, que irão com recursos próprios, haja vista que a SETUR, nem tomou conhecimento do evento. O que a gente observa, nos quase três meses de nova direção de nossa Secretaria de Turismo, são reuniões sem conteúdo, com conversas pueris, “para inglês ver”, das quais não sai nada de objetivo para alavancar nosso Turismo. Pelo que me consta, não se realizou ate agora, nestes três meses, uma única ação de Planejamento Turístico, estão “trabalhando” ao “Deus dará”, não existem metas a serem atingidas, e nem Projetos exeqüíveis que visem tirar nosso Turismo desse marasmo em que se encontra. Qualificar nossa mão de Obra então...

“Entre Aspas”

‘‘ GRITO – Na última sextafeira, os correligionários e simpatizantes do PSB puderam soltar o grito preso na garganta pela vitória de João e Janete Capiberibe. CENÁRIO – O cenário que se viu nas ruas de Macapá parecia mais o encerramento do segundo turno das eleições 2010. Foi o jeito tirar a bandeira amarela com a pomba (sem trocadilho) de trás da porta e gritar: “Capi, cadê você, eu vim aqui só pra te veeerrr!!”. PROMESSA – Na rede social twitter, a coisa também pegou fogo. O que tinha de gente emocionada dizendo que pagaria promessa no Círio de Nazaré (é bom engrossar a corda) não estava no gibi.

OS PUXA– Está certo que a luta da família socialista foi grande e com direito a abaixo-assinado, adesivo nos carros, blá, blá, blá, mas teve gente que serviu mais para piada do que de apoio aos futuros congressistas. DEU PENA - Uma certa freqüentadora do twitter disse que rezava noite e dia pelo momento. Coitado do santo e da virgem Maria que recebeu os pedidos. VIVA JOÃO – O senador João Capiberibe (PSB) está de parabéns. Mudou o discurso e nem sequer deu uma palavra sobre o malfadado PDSA (Programa de Desenvolvimento Sustentável do Amapá). Alguém lembrava? É bom que não! DISCURSO – Ainda no Aeroporto de Macapá, João Capiberibe disse que uma de suas primeiras bandeiras será arrumar o próprio Aeroporto que é uma vergonha para qualquer amapaense. Seu filho, o governador Camilo, agradece a ajuda... POR OUTRO LADO – Já a deputada federal Janete Capiberibe (PSB) não merece tanto destaque em seu discurso que aliás, não mudou nada desde a época em que esteve no governo com o marido. Continua falando em parteiras, escalpeladas, etc, etc, etc. A parlamentar também não pode esquecer dos índios, que sem dúvida vão querer um lugar ao sol em seu mandato. PIMENTA NO OLHO – Janete Capiberibe destacou o apoio e os votos de solidariedade que recebeu de Marcivânia (PT). Era a petista que estava ocupando a vaga antes da decisão da Lei Ficha Limpa. Virando o outro lado da moeda, o tratamento que Marcivânia recebeu ao assumir o mandato em fevereiro foi completamente diferente. Por isso que dizem que pimenta no olho dos outros é refresco... BURACOFEST – Meu amigo e colega de profissão, Rodolfo Juarez, propôs à Santana fazer um Buracofest, uma espécie de festa do buraco. Lá, o prefeito Nogueira (PT) teria até mesmo que estipular uma premiação em dinheiro para o buraco maior, mais profundo, mais cheio de lama, enfim, essas coisas de administração desleixada com a cidade. Já tem gente perguntando onde estão vendendo os abadas. VINGANÇA - O prefeito de Santana, Antônio Nogueira (PT) (nota dez no carnaval e zero no administrativo)

Janderson Cantanhede

está fazendo “beicinho” para os servidores públicos, principalmente das categorias da saúde e educação. RESPOSTA - Para responder sobre as propostas dos sindicatos das categorias que pediam no mínimo reposição salarial das perdas com a inflação, em torno de 6,5%, como ameaçaram deflagrar greves, tiveram como resposta um “castigo” de reposição linear (pasmem!) de apenas 1%. CUIDADO - Como Nogueira está seguro no cargo com uma tênue linha de uma liminar e já teria sido negado um Habeas Corpus no STF, estaria igual bêbado em meio a confusão: qualquer esbarrão cai! CONSELHOS - O Nogueirinha nota 10 no carnaval, vai de mal a pior. Enfrenta o maior descontentamento de funcionários públicos durante sua administração, responde a graves acusações já tendo, inclusive, condenação em ação pública ainda salvo por recurso. FRAGILIZADA - Fragilizada no Supremo Tribunal Federal (STF), a Lei da Ficha Limpa corre riscos reais de ser ainda mais esvaziada. A constitucionalidade da lei referente aos seus vários artigos poderá vir a ser questionada futuramente antes das eleições de 2012. FATIADA - O ministro do STF e defensor da lei, Ricardo Lewandowski. disse que no futuro exame a lei vai ser fatiada como um salame e será analisada linha por linha. INCONSTITUCIONAL - O STF deverá se posicionar sobre a constitucionalidade da lei se alguma autoridade, partido político ou entidade de classe de âmbito nacional provocar formalmente o tribunal por meio de uma ação. PRINCIPAL PONTO - O principal ponto que deve permitir contestação é o relacionado ao dispositivo que barra candidatos condenados em ações criminais ou de improbidade em qualquer decisão colegiada, sem a necessidade de trânsito em julgado (quando não cabe mais recurso) da sentença. DECIDIDO - Na quarta-feira, os ministros apenas decidiram que a norma, publicada em junho de 2010, não poderia ter sido aplicada na eleição do ano passado porque a legislação exige que mudanças desse tipo sejam aprovadas com pelo menos 12 meses de antecedência. ALERTA – A obra que está sendo realizada na José Serafim com a Mãe Luzia, começa a receber críticas da engenharia civil. Tudo porque os tubos de esgoto que estão sendo colocados por lá é de 150 milímetros. Para os críticos, isso não vai dar certo e nem vazão a demanda. Um exemplo: geralmente os tubos de esgoto que utilizamos em casa é de 100 milímetros. Agora imaginem: será que essa tubulação que estão colocando na obra pública vai durar, ao menos, um ano?

‘‘

Jornal do Dia

Siga no twitter: @cantanhede_AP Acesse: www.jandersoncantanhede.wordpress. com Bom domingo a todos...


TurismoEcológico Editor responsável : Flávia Dias < flaviadias@jdia.com.br

Jornal do Dia

A8

Macapá-AP, domingo e segunda-feira, 27 e 28 de março de 2011

Conheça Monte Verde em Minas Gerais Muito procurada durante o inverno, essa cidade do sul de Minas Gerais também tem novos atrativos para quem decide visitá-la durante o verão turismo.gov.br

MSN Viagens/ Viaje Mais

N

em pense em riscar Monte Verde da sua lista de opções de viagens para o verão. Mesmo sendo uma das musas do inverno principalmente para paulistas e mineiros, a vila do município de Camanducaia, no sul de Minas Gerais, é uma ótima escolha para quem quer descansar, comer bem e se divertir muito, mesmo nessa época do ano. O verão de Monte Verde tem temperaturas agradáveis. O vilarejo fica entre as montanhas da Serra da Mantiqueira, a uma altitude de 1.650 metros. Na estação mais quente do ano, os termômetros raramente passam dos 25 °C durante o dia. Ou seja, nada daquele sol escaldante típico do verão. À noite, a temperatura cai para cerca de 10 °C, trazendo um friozinho que tem tudo a ver com a cidade. Resumindo, é bom pra passear o dia inteiro

e, à noite, caminhar pela Avenida Monte Verde, onde ficam lojas e restaurantes, degustar boa comida e até aproveitar uma lareira quentinha, atração em dez entre dez hotéis e pousadas da região. Mas para curtir de verdade o dia em Monte Verde é importante sair de casa com um roteiro préestipulado. Reserve pelo menos três dias para fazer caminhadas, passear de quadriciclo e até se aventurar no arborismo – um passeio entre pontes suspensas no meio de árvores. Caso você não se programe, corre o risco de voltar para casa achando Monte Verde sem graça; apenas um vilarejo cheio de casas com estilo europeu, lojas de blusas quentinhas e fábricas caseiras de doces, compotas, chocolates, queijos, aguardentes e vinhos. Tudo bem, isso tudo não é pouca coisa, mas essa vila mineira com cara de alpe suíço pode oferecer muito mais.

O verão de Monte Verde tem temperaturas agradáveis. O vilarejo fica entre as montanhas da Serra da Mantiqueira, a uma altitude de 1.650 metros. Na estação mais quente do ano, os termômetros raramente passam dos 25 °C durante o dia. Ou seja, nada daquele sol escaldante típico do verão

Cultura: Uma boa pedida é acordar cedo e partir para uma caminhada até uma das grandes pedras da região

C

omo Monte Verde tem o jeitão de Campos do Jordão mas não oferece a mesma agitação noturna, o melhor é aproveitar bem o dia e não se preocupar em levar roupas para badalação. Uma boa pedida é acordar cedo e partir para uma caminhada até uma das grandes pedras da região. Há quatro cumes principais: Pedra Redonda, Pedra Partida, Chapéu do Bispo e Pico do Selado, com altitudes que variam de 1.990 a 2.083 metros. É só escolher um deles e encarar o passeio por conta própria – com exceção do Pico do Selado, o mais alto, com trilha mais acidentada e extensa, para o qual é necessário o acompanhamento de um guia local.

o melhor é aproveitar bem o dia e não se preocupar em levar roupas para badalação. Uma boa pedida é acordar cedo e partir para uma caminhada até uma das grandes pedras da região

Gastronomia: A regra é comer sem sofisticação

A

regra é comer sem sofisticação. O Deck Bar Forneria e o Beija Flor são dos poucos restaurantes que se esforçam para escapar da mesmice culinária com um pouco de talento. O resto é carregação comercial, incluindo, recentemente, a inacreditável invenção do rodízio de fondues, que assassina tanto o conceito de rodízio quanto o charme do fondue.

Serviços: A melhor época é durante o outono e o inverno

A

melhor época é durante o outono e o inverno, já que a cidade está entre as montanhas da Serra da Mantiqueira e é nessas estações que o frio, a maior atração do lugar, vem com a corda toda e leva os termômetros para temperaturas abaixo de zero. Pena que na alta temporada, de abril a agosto, além de o movimento ser muito grande, os preços estão salgadíssimos. Fuja disso e aproveite Monte Verde também no verão, com preços cerca de 40% mais baixos e temperaturas mais agradáveis durante o dia e um pouco geladinhas durante a noite. Para fazer as trilhas, convém ir com roupa solta e tênis – mas deixe aquele bem branquinho no quarto. Não se esque-

ça de levar água e um agasalho na mochila, pois as caminhadas de uma hora ou mais podem pro-

vocar sede e no cume é comum ventar e fazer frio. Vale também um outro alerta: as trilhas são reco-

mendadas apenas para crianças a partir de dez anos por causa das subidas íngremes.


EstiloVip

Jornal do Dia

Eunice Pereira < eunicepereira@jdia.com.br

Macapá-AP, sexta-feira, 11 de março de 2011

Dilma vai à Portugal

Transatlântico com turistas da melhor idade chegará ao Amapá

A

Secretaria de Estado de Turismo (Setur) confirmou nesta sextafeira, 25, a chegada de mais um transatlântico ao Amapá. O navio, de bandeira holandesa, chamado de Veedam, chegará ao Estado na próxima terça-feira, 29, e atracará no Porto das Docas de Santana, com aproximadamente 1.500 turistas da melhor idade a bordo. De acordo com informações da

D

Setur, a L’Amazone Turismo é a Agência responsável pelo receptivo e elaborou um roteiro para o período de 8h às 15h. O itinerário inclui a visitação ao Monumento Marco Zero do Equador, onde os turistas assistirão apresentações culturais, Museu Joaquim Caetano da Silva, Casa do Artesão e Fortaleza de São José de Macapá. Posteriormente, seguirão para outros destinos na Amazônia

Imperioso lembrar

determinada. deputada Cristina Almeida, empenhou-se em pontuar o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial,a data refere o crime de Sharpeville: Imperioso lembrar para jamais repetir, ou imitar

S clic especial. Procuradora Geral do MP Ivana Cei, primeira dama do Amapá Cláudia Capiberibe e a Vice gorvenadora Dora Nascimento

ob coordenação da deputada Cristina Almeida, o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial, ganhou destaque no Amapá. A data serve para relembrar o crime do regime do Apartheid da África do Sul conhecido como O Massacre de Sharpeville( há 51 anos), onde 69 crianças, mulheres e homens negros foram assassinados em

praça pública pelo exército sul-africano no bairro de Sharpeville, na cidade de Johannesburgo. Motivo: terem saído às ruas, pacificamente, para reivindicar a extinção da Lei do Passe, que os obrigava a portar cartões de identificação com o registro dos locais por onde lhes era permitido circular.

felicidades. Regiclaudo Silva (secretário de Estado da Saúde-adjunto), sua esposa Maria Regina e os filhos Ruane cláudia e Ruan Mauri; por ocasião da festa supresa de aniversário na sexta-feira (25) na Sesa. A organização foi de Amerson Maramaude(coordenador da CAH) e equipe que reuniu familiares, amigos e servidores para celebrar a data. Parabéns!

vougue. editora de moda da revista Vougue Giovanna Battaglia. Pela primeira vez em terras brasileiras, Giovanna encontrou diversos nomes da moda, como Costanza Pascolato.

Aparência: Cartão de visita

Aparência não é tudo”. Mas, que ajuda muito é verdade! Cuidar da aparência é uma forma de amor próprio. Boa aparência significa, basicamente, cabelos bem arrumados, unhas cuidadas, tratar os dentes, fazer a barba, andar limpo, com roupas limpas e bem passadas. Arrumar-se para sair é importantíssimo, mas fique atento aos excessos: Principalmente, a mulher em relação à maquiagem, que deve ser leve, para o dia. Com relação aos perfumes, tanto para homens quanto para mulheres, deve ser suave para o dia e a noite permite-se um pouco mais de ousadia. Quanto a roupa, cada um tem seu gosto particular e seu estilo próprio. No entanto deve-se observar o que recomenda a etiqueta. Diz a Cerimonialista Maria Iris ( que faleceu há dois anos, e com quem tive a felicidade de conviver e muito aprendi) em seu livro de Cerimonial e Etiqueta- Ela refere os tipos de pessoas quanto ao vestuário.

Tipo clássico: Aquela pessoa que não se deixa influenciar pela moda. Usa roupas básicas próprias para qualquer ocasião. Roupas versáteis próprias para o trabalho, mas que se transformam em roupa de noite, pela simples mudança de um acessório. Tipo Natural: Aquela pessoa que não usa babados, laços e fricotes. Escolhe cores opacas e tons vegetais como ocre, índigo, etc.. Usa cintos de couro, brincos de bronze e nada de jóias. Tipo Romântico: Bem próprio para mulheres. Não gosta de “jeans” e prefere saias femininas soltas e blusas de tecidos leves. Bijouterias finas e leves, jóias que lembram o estilo antigo como camafeus com madrepérolas, etc. Tipo “Perua”: De temperamento extrovertido parece sempre procurar o foco das atenções e das luzes. Cultiva o lado feminino com exagero e tem um guarda roupa florido e alegre.. Nada nela é discreto.

A8

Xadrez a estampa da estação

E

le vem em cores e tamanhos variados. De acordo com os complementos escolhidos, você faz produções sofisticadas, sóbrias ou ousadas para ir do trabalho à festa sem perder a elegância. Por falar em xadrez e vi um belos na Alfaataria Sandin

U2

B

anda irlandesa liderada por Bono Vox a U2 desembarca no Brasil em abril, para shows no Morumbi nos dias 09, 10 e 13. Para animar ainda mais os fãs, está sendo relançado em DVD a Popmart Tour, turnê mundial da banda que teve início em 25 abril 1997 no Sam Boyd Stadium e durou até 21março 1998.

belo casal. O casal empresário Paulo e Claudia Silva do Grupo Sorriso

e acordo com comunicado oficial emitido pela Presidência da República, a Presidente Dilma Rousseff estará em Portugal, em visita oficial, a convite do Presidente Cavaco Silva, nos próximos dias 29 a 31 de Março. Esta visita reveste-se de especial significado na medida em que Portugal será o primeiro país visitado, no Continente Europeu, pela Presidente Dilma Rousseff. O Presidente Português visitou o Brasil, no decorrer do anterior mandato, em Março de 2008. No âmbito desta visita, o exPresidente Lula da Silva recebeu o Doutoramento Honoris Causa na Universidade de Coimbra

ELEGANTES.Juíz Heraldo Costa e o desembargador Gilberto Pinheiro, por ocasião da posse do nova Corte

Frente Parlamentar da Primeira Infância

N

o dia 22 de março de 2011, a OPAS/OMS no Brasil e representantes da Missão da Sede da OPAS, estiveram presentes na Câmara dos Deputados, a convite do deputado federal, Osmar Terra, e participaram do lançamento da Frente Parlamentar da Primeira Infância. Na mesa, a OPAS/OMS reafirmou seu apoio especialmente na área de geração de evidências para a advocacy deste grupo particular da primeira infância, e a gestão do conhecimento a través do apoio a redes, como a Rede Nacional da Primeira Infância


DiaDia

Jornal do Dia

Editor responsável : Marcelle Corrêa< marcellecorrea@jdia.com.br

Nessa semana a procura deve dobrar nos postos do SETAP

B1

Macapá-AP, domingo e segunda-feira, 27 e 28 de março de 2011

Coluna Jurídica

A estimativa é que o movimento dobre nessa semana, pois além do reajuste que pode ocorrer; no dia 01 de Abril as carteiras de meia passagem (Passe-Escolar), que ainda não foram recadastradas serão bloqueadas heverton mendes

Anderson Calandrini da reportagem

Discriminação e preconceito racial

A discriminação e o preconceito racial, embora sejam considerados crimes, ainda são práticas recorrentes na sociedade brasileira. É importante saber que estes são crimes inafiançáveis (ou seja, não pode haver liberdade provisória mediante pagamento de fiança) e imprescritíveis (o que significa dizer que a denúncia pode ocorrer a qualquer momento, independentemente do tempo que se tenha passado desde o ato discriminatório e criminoso).

O

risco de ter um reajuste tarifário, na passagem dos transportes públicos, fará com que os pontos de cadastramento e recadastramento de meia passagem fiquem cheios. A estimativa é que o movimento dobre nessa semana, pois além do reajuste que pode ocorrer; no dia 01 de Abril as carteiras de meia passagem (PasseEscolar), que ainda não foram recadastradas serão bloqueadas. Segundo a Empresa Municipal de Transporte Público, “o reajuste requerido pelas empresas de ônibus é que a passagem custe R$ 2,57, mas a EMTU deu uma proposta de reajuste para R$ 2,29 podendo ser arredondado para R$ 2,30”. O reajuste será decidido pela justiça nos próximos dez dias. Mas mesmo sem reajuste o benefício ajuda muitas famílias então corram e não o perca, pois, “Para os pais que tem um filho que não possui o benefício, o peso é maior. Por mês, esse pai gasta em média, R$ 152,00. Com o possível aumento para R$ 2,30 vai gastar R$ 184,00, que representa um terço do salário mínimo.” diz Renivaldo Costa, Assessor de comunicação da EMTU. Fique por dentro: ( Informação da Assessoria de Comunicação) Para realizar o cadastro, o aluno deve apresentar: Declaração escolar (original e cópia), cópia de certidão de nascimento ou carteira de identida-

O que é preconceito ou discriminação de raça, cor, etnia, religião ou social?

Devem fazer o cadastro também, todos os estudantes que estejam com cartões bloqueados e que não fizeram a atuação ao novo sistema de bilhetagem em julho e agosto de 2010

de e comprovante de endereço atualizado além de preencher a ficha de cadastramento. Munido destes documentos, o estudante paga a taxa de R$ 10, tem sua foto registrada nos locais de cadastro e dentro de cinco dias recebe a carteira no mesmo local. Devem fazer o cadastro também, todos os estudantes que estejam com cartões bloqueados e que não fizeram a atuação ao novo sistema de bilhetagem em julho e agosto de 2010. Para realizar o recadastro, o aluno deve apresentar: Declaração escolar (original e cópia), cópia de certidão de nascimento ou carteira de identidade, comprovante de endereço atualizado e cópia do cartão que já utiliza além de preencher a ficha recadas-

tramento. O cartão não será retido. Munido destes documentos, o estudante paga a taxa de R$ 5 e já sai com o cartão pronto para ser utilizado. Caso o estudante tenha perdido ou tido o cartão furtado ou ainda danificado, ele procederá à solicitação de segunda-via. A taxa para este serviço é de R$ 28 que inclui a confecção de novo cartão e seu recadastro. Neste caso, o estudante deve apresentar Declaração escolar (original e cópia), cópia de certidão de nascimento ou carteira de identidade, comprovante de endereço atualizado, boletim de ocorrência que pode ser feito on-line pelo site <http://www.sejusp.ap. gov.br/> além de preencher a ficha de cadastramento. Munido destes do-

cumentos, o estudante paga a taxa de R$ 28, tem sua foto registrada nos locais de cadastro e dentro de 5 dias recebe a carteira no mesmo local. Nos casos em que o estudante ao procurar o posto para obter o recadastro desejar ter um novo cartão em função do mesmo já ter sua impressão desgastada ou apresentar algum defeito de funcionamento, a opção é outra. Neste caso, o estudante além de apresentar os documentos necessários ao recadastro, paga a taxa de R$ 10, tem o cartão antigo retido, faz a foto e solicita um novo cartão. Neste caso, é importante escrever de forma legível na ficha de recadastro a palavra TROCA. O prazo para entrega desse cartão é de cinco dias.

Moradores Jesus de Nazaré reclamam de descaso por parte da Prefeitura “Na hora de pedir votos eles aparecem e fazem muitas promessas, depois somem heverton mendes

Anderson Calandrini da reportagem

D

entre as funções de um Prefeito existem duas que se encaixam facilmente nessa situação: representar o povo na busca por melhorias do município, para oferecer uma boa qualidade de vida e atender a comunidade, ouvir suas reivindicações e anseios, atribuições essas que segundo os moradores do bairro Jesus de Nazaré, não vêm sendo seguidas. Os moradores sofrem com terrenos abandonados, que servem como criadouro do mosquito da dengue, e com a má pavimentação. Na esquina da Rua Ma-

noel Eudóxio com a Avenida José de Anchieta, por exemplo, existe uma verdadeira cratera, alguns moradores dizem que há mais ou menos dois anos a situação é a mesma. “Desde quando cheguei e montei negócio, esse cruzamento ta nessa situação. Já fomos atrás do Prefeito e lá nossos problemas foram escutados, mas nunca resolvidos.” Diz Carlos Magno, autônomo. Segundo outro morador que não quis se identificar, eles foram procurados, a situação foi mostrada na mídia, mas as promessas nunca saíram do papel. “Na hora de pedir voto eles aparecem, mas depois somem e os moradores que sofrem as conseqüências.”, termina.

O preconceito ou discriminação refere-se a idéias negativas a respeito de uma pessoa ou a um grupo de pessoas com base em características físicas ou culturais relativas a uma raça. A discriminação existe sempre que há distinção, exclusão, restrição ou privilégio com base na raça/cor, na descendência, na origem nacional ou étnica, na aparência física, na condição social ou cultural. Ela tem como resultado impedir que as pessoas usufruam de direitos humanos e liberdades fundamentais em igualdade de condições.

Crime de discriminação racial? A Lei no 7.716/1989 criminaliza atos de racismo e estabelece medidas legais que visam garantir à população negra a igualdade de tratamento e de oportunidades. O Estado brasileiro entende que a repressão aos crimes previstos nessa lei interessa não só à vítima, mas a toda sociedade. Nesse sentido, a ação penal que visa à punição daquele que cometeu um ato discriminatório é pública, ou seja, após a denúncia da vítima, cabe ao Ministério Público entrar com a ação. Entretanto, a vítima pode, por meio de um advogado, atuar como assistente de acusação do Ministério Público.

Crime de injúria qualificada A injúria consiste em atribuir a alguém uma qualidade negativa que ofenda sua dignidade. De acordo com o artigo 140 do Código Penal, o crime de injúria qualificada é aquele no qual há o uso de expressões de menosprezo à raça, etnia, cor ou origem da vítima. Basicamente, a diferença entre o crime de discriminação racial e o de injúria qualificada é o procedimento para entrar com a ação. Nos casos de injúria qualificada, quem entra com a ação é a própria vítima, sendo necessária a contratação de um advogado.

Indenização por danos morais Caso a vítima de discriminação racial ou injúria qualificada considere que sofreu algum tipo de prejuízo (seja ele financeiro, psicológico ou de outra ordem), ela pode entrar com a ação de indenização por danos morais, prevista no artigo 159 do Código Civil brasileiro. Os danos morais são aqueles que abalam a honra, a boa-fé e/ou a dignidade da pessoa. É preciso provar a existência de uma ligação entre a discriminação sofrida e os danos à sua moral. Isso porque a indenização tem como função reparar a dor e a exposição indevidas sofridas pela vítima, além de tentar desestimular o ofensor a praticar novamente a conduta que gerou o dano.

Como agir em casos de discriminação?

Na esquina da Rua Manoel Eudóxio com a Avenida José de Anchieta, por exemplo, existe uma verdadeira cratera

Se você foi vítima de qualquer tipo de preconceito ou discriminação, é muito importante que denuncie, pois a denúncia visa combater a prática desse crime, punir o agente e garantir o direito à igualdade. Veja como proceder para denunciar o crime de discriminação ou preconceito e o crime de injúria qualificada: - preserve todos os detalhes do caso (horário, data, local e situação). É importante apresentar testemunhas que comprovem a ocorrência do crime; - registre queixa em qualquer delegacia de polícia ou, se preferir, em uma delegacia especializada para a obtenção de um boletim de ocorrência (da Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro).


Dia-Dia

Jornal do Dia

Editor responsável : Marcelle Corrêa <marcellecorrea@jdia.com.br

B2

Macapá-AP, domingo e segunda-feira, 27 e 28 de março de 2011

O desemprego pode ser responsável po O Estado do Amapá sentiu muito a queda no atendimento dos Programas Sociais e o desemprego provocado pelo encerramento dos contratos administrativos Rodolfo Juarez Editoria de Política

O

Estado do Amapá vive nesse final de primeiro trimestre de 2011 um momento muito delicado e é preciso que esta situação seja reconhecida tanto pelo setor público como pelo setor privado. Os últimos registros sociais não deixam mais qualquer dúvida sobre a necessidade desses dois setores intervirem,

de preferência conjuntamente, para que a situação não fuja completamente do controle. As repetidas ocorrências policiais, com homicídios qualificados, assaltos cinematográficos, inclusive com reféns, saidinhas de bando, apreensão de drogas, têm mostrado que Macapá e Santana, principalmente, estão escancarando uma situação social nova e que é um desafio atrevido para as autoridades e um risco real para a liberdade das pessoas que vivem em Macapá ou Santana. São diversos os pontos que podem estar levando a uma situação de insegurança e os especialistas, responsáveis por essas áreas, estão demorando a oferecer para a população as medidas preventivas que possam evitar esses acontecimentos, todos novos, para a população local. O fato é que a situação é preocupante e as medidas ainda não derem os resultados que estavam sendo esperados por todos, inclusive por aqueles que têm trabalhado a estratégia, principalmente no sistema de segurança.

agência Brasil

Os sete mil trabalhadores que ficaram sem emprego no final do ano e que tinham vínculo com o Governo do Estado, muitos deles, até agora, ainda esperam receber as parcelas referentes aos direitos trabalhistas

Desde o ano passado Desde o final do ano passado os problemas começaram a acumular. Primeiro devido a Operação Mãos Limpas, deagência Brasil

Também contribuíram para que houvesse escassez de dinheiro no mercado e desemprego nas cidades de Macapá e Santana, foi a cessação dos serviços de obras contratadas

flagradas no dia 10 de setembro, quando foram presas várias autoridades públicas locais, deixando a população praticamente sem governo por quase 10 dias e depois com um governo fragilizado para conduzir um pleito eleitoral da importância daquele que aconteceu no começo de outubro, quando os eleitores escolhiam o novo governador, senadores, deputados federais e deputados estaduais. Depois uma sequência de ocorrências relacionados com a operação policial que colocava em sobressaltos importantes mandatários locais e empresários que, apesar do esforço, não conseguiam evitar que suas atribuições deixassem de ser afetadas pelos acontecimentos. Já naqueles dias começava a desarrumação social com muitos trabalhadores perdendo os seus empregos, principalmente aqueles diretamente relacionados com as empresas e os empresários que tinham seus nomes envolvidos

nos escândalos públicos e que, tinham que conviver com bloqueio de conas e bens, por autorização judicial e que limitavam o desempenho das pessoas físicas e jurídicas. Depois do segundo turno de votação, realizado no final de outubro, foram dois meses de muitas dificuldades para a gestão pública do Executivo Estadual e do Executivo Municipal, distribuindo insegurança do tamanho do problema da o setor público passava, com reflexos diretos e graves, no setor privado. Renda e Amapá Jovem Durante a transição de Governo, de Pedro Paulo para Camilo Capiberibe, foram identificados vários problemas, entre eles um atraso no pagamento dos beneficiários do Programa Renda para Viver Melhor, de responsabilidade do Governo do Estado, que atendia naquele momento, em torno de 17 mil famílias, com o pagamento de meio salário

mínimo vigente. Também o Programa Amapá Jovem, que terminou o primeiro semestre de 2010 com 33.662 jovens, entre 15 e 29 anos, inscritos no programa de bolsas e residentes nos municípios de Macapá, Santana, Mazagão, Ferreira Gomes, Laranjal do Jarí, Vitória do Jarí, Amapá, Calçoene, Cutias, Pacuí, Serra do Navio e Pedra Branca, estavam com pagamento atrasados. Os atrasos desses dois programas estavam limitados ao Orçamento do Estado que já havia “estourado” desde setembro, estando em aberto os meses de outubro, novembro e dezembro, com uma pressão muito grande sobre as autoridades e limitação das regras do orçamento e a falta do financeiro para pagar os compromissos. Naquele período foi pago apenas uma parcela da dívida, correspondente a um mês do benefício, depois que providências foram tomadas com o acompanhamento do Ministério

PM realiza mega operação em Macapá e Santana Todos os batalhões da instituição estarão presentes na ação Franck Figueira Da reportagem

N

o combate a violência desenfreada na Capital, principalmente contra os assaltos, o comando da Policia Militar está realizando uma mega operação neste final de semana. Os principais alvos serão os mais de vinte pontos de mototaxistas clandestinos. Para o diretor do Departamento de Operações da PM, coronel Carlos, a grande parte dos assaltos praticados na capital e Santana, a maioria tem a participação de motoqueiros. “As testemunhas revelam isso, os assaltos são praticados sempre em cima das motocicletas, e outras pessoas identificaram os uniformes usados, então desencadeamos essa operação”, explica. Todos os batalhões da

instituição estarão presentes na ação. Segundo o oficial, existem mais de 17 pontos espalhados pela cidade. Carlos ressalta que já ocorreu uma troca de tiros envolvendo um mototaxista clandestino e uma guarnição do Batalhão de Rádio Patrulha (BRPM). A ação repentina foi registrada durante uma abordagem dos militares, em um ponto localizado na Rua Leopoldo Machado. “Após esse fato, resolvemos realizar um levantamento e identificar os pontos dos mototaxistas. Além disso, recebemos inúmeras reclamações da sociedade denunciando as condições desses locais”, disse o coronel. No sábado e domingo, a ação policia ocorreu em vários pontos da cidade em horários dis-

tintos. Na manhã desta segunda, a ação continua durante todo dia, sobretudo, nos bairros com maiores índices de violência. Os dados revelam que o número de assaltos diários aumentou em Macapá e Santana. Há dois meses, eram registrados cerca de seis a sete delitos, e hoje o número subiu para nove. “Já resolvemos a situação da Orla, que já estava insuportável, hoje não existe mais aquela bagunça de antes. Aos poucos, estamos colocando ordem em pontos que eram considerados violentos, então com as novas operações na cidade, o índice desses delitos deve ter uma queda”, garante. O oficial enfatiza que a população deve contribuir com os serviços dos militares.

heverton mendes/jd

Para o diretor do Departamento de Operações da PM, coronel Carlos, a grande parte dos assaltos praticados na capital e Santana, a maioria tem a participação de motoqueiros


Dia-Dia

Jornal do Dia

Editor responsável : Marcelle Corrêa <marcellecorrea@jdia.com.br

B3

Macapá-AP, domingo e segunda-feira, 27 e 28 de março de 2011

or parte da violência urbana em Macapá Público que participou das negociações que culminaram com uma programação que ultrapassava o período administrativo, mas confortava as famílias que ficariam com as festas de final do ano completamente prejudicadas. Contratos administrativos No dia 31 de dezembro terminou a vigência de 7000 contratos administrativos que atendiam diversas áreas técnicas e outras áreas administrativas do Governo do Estado, com salário médio em torno de R$ 1.500,00. O então deputado estadual Camilo Capiberibe era um crítico dos contratos administrativo e os conceitos cristalizados persistiram até assumir o governo em janeiro de 2011 quando percebeu que secretarias de Estado, como Educação e Saúde, não têm quadros suficientes para atender às suas necessidades. Médicos, professores e técnicos de apoio complementam a equipe através de contratos administrativos. Nessas duas secretarias boa parte daqueles que trabalhavam com vínculo com a administração através de contrato administrativo tiveram que ser convencidos a continuar na administração, mesmo sem contrato, no aguardo da aprovação da lei específica sobre o assunto na Assembléia Legislativa. Passou um tempo para amadurecer a ideia junto ao governador Camilo que, depois de constatar a necessidade encaminhou projeto para os deputados analisarem e autorizarem a realização dos contratos. As discussões estão na fase final e a votação de uma lei que autoriza a contratação de 3000 servidores, deverá acontecer no início da semana e ainda este mês deverá ser sancionada pelo Governador e publicada no Diário Oficial do Estado, com a maioria dos trabalhadores que serão contratados já atuando

desde janeiro de 2011 e, por isso, a lei deve trazer vigência retroativa ao início do ano. 50 Milhões O atraso nos pagamentos do Programa R e n d a para Viver Melhor, do Program a Amapá Jovem e dos trabalhadores do contrato administrativo tiraram do mercado mais de R$ 50 milhões o que explica parte da falta de dinheiro em circulação no mercado. Outro problema que influenciou pela escassez do dinheiro na economia local foi o parcelamento dos direitos trabalhistas dos contratados que tiveram os contratos terminados no dia 31 de dezembro de 2010. Os sete mil trabalhadores que ficaram sem emprego no final do ano e que tinham vínculo com o Governo do Estado, muitos deles, até agora, ainda esperam receber as parcelas referentes aos direitos trabalhistas. Obras paradas Também contribuíram para que houvesse escassez de dinheiro no mercado e desemprego nas cidades de Macapá e Santana, foi a cessação dos serviços de obras contratadas. As empresas, por economicidade, dispensaram os seus empregados, algumas devendo inclusive salário, alegando não recebimento de faturas, e deixaram os trabalhadores sem receber no período em que as obras não são retomadas.

Essa providência d o s e m pre-

sários, além de retardar a conclusão das obras, arrefeceu a movimentação nas lojas de material de construção, de fornecimento de cimento e de todo o material de acabamento, além dos negócios com areia, seixo e brita. Como não houve substitutivo de ocupação, os trabalhadores ou estão parados, ou estão no aguardo da retomada das obras. Enquanto isso o comércio é afetado, com os empresários demitindo e aumentando o contingente de trabalhadores que estão sem função e sem ganhar o pão de cada dia. O problema deve aumentar, se as obras não forem retomadas, depois que os trabalhadores receberem a última parcela do auxilio desemprego. Reflexos Os principais reflexos do ambiente de desemprego estão sendo sentidos nos supermercados que já experimentam uma queda acentuada nos negócios, com as vendas despencando. Como a receita da empresa empregadora depende do volume dos negócios e com o volume desses negócios diminuindo, então precisa ser realizados cortes nas

Bairro do Zerão sobre lamas e buracos

Franck Figueira Da reportagem

M

oradores do bairro Zerão solicitam urgentemente de reparos nas ruas e avenidas, que se encontra em péssimas condições. Carência de água tratada, vias sem asfalto e estrutura, e muita lama e buracos compõem a imagem das vias do bairro. Em outubro, durante uma edição do MP Comunitário, que encerrou os serviços de mediação no bairro após um mês de atendimento, os moradores denunciaram os transtornos visíveis. Porém, até o momento, nenhuma me-

lhoria foi realizada. Segundo informações, na época, o órgão reuniu a direção da CAESA e Prefeitura de Macapá para definir problemas de drenagem no bairro. Os moradores solicitaram a limpeza e o asfaltamento da principal via do bairro, além de saneamento básico . “Não consigo nem sair de casa para trabalhar, já cai mais de duas vezes em uma poça de lama que fica em frente da minha casa. Em uma situação de emergência é impossível a entrada de uma ambulância na avenida”, declarou Irene Santos. De acordo com o diretor operacional da Caesa, Carlos Antônio, não compete à Companhia resolver problemas de drenagem, mas sim à Prefeitura, que segundo os moradores quan-

do chove alaga tudo. Para os moradores, a situação da avenida Tenente Amaral é grave, já que entraram em contato com a Prefeitura de Macapá e o Governo várias vezes e nada foi revolvido. De acordo com um morador, no projeto de asfaltamento do bairro consta que a Avenida está toda asfaltada. “A comunidade já fez várias reivindicações, uma delas foi fechar as ruas para que assim as autoridades percebam e revolvam nossos problemas, mas é em vão”, disse. Passaram cinco meses e até o momento nenhuma medida foi realizada. Em outros pontos do Zerão, trafegar se torna uma tarefa quase impossível. Moradores solicitam com urgência reparos para o bairro. “Desse jeito que está não podemos aceitar, a PMM e GEA devem fazer alguma coisa para melhorar essa situação, e as chuvas estão cada vez mais fortes. Há anos sofremos com essa situação, está na hora de alguém fazer alguma coisa”, afirmou Sônia Pacheco.

despesas e um dos setores mais sensíveis é o da folha de pagamento. Mas gente desempregada, menos renda na mão da população, mais queda no volume de negócios e ai aparece a indesejável roda da pobreza que acentua a velocidade na medida em que aumenta o número de desempregados. Um exemplo pôde ser atestado no dia de jogar na sena acu-

mulada (sábado ou quarta) quando se pode observar as casas lotéricas completamente vazias, indicando que está faltando até os dois reais para fazer a “fezinha nossa do dia de sorteio”. O que fazer Para frear os acontecimentos que estão diretamente vinculados à falta de emprego, os setores públicos e privados devem desenvolver, rapidamente, planos que possa enfrentar a situação. Da parte do governo, providencias imediatas para a retomada das obras paradas e definição de política de preparação da mão de obra que está sem emprego, oferecendo condições ou mesmo auxílio, até que seja normalizado o processo de desenvolvimento do Estado. Da parte dos empresários, antecipação de projetos de ampliação que estão previstos para o verão, com a natural retomada dos negócios que precisam vir com promoções que possam atrair os consumidores. Para haver a promoção também precisa haver rebate nos impostos. Para se ter uma idéia, a falta de segurança dos importadores ainda não

À Hora do Planeta ocorre no sábado

A

Hora do Planeta é um ato simbólico, promovido no mundo todo pela Rede WWF, no qual governos, empresas e a população demonstram a sua preocupação com o aquecimento global, apagando as suas luzes durante sessenta minutos. O WWF-Brasil é uma ONG brasileira, participante de uma rede inter-

Sedel apresentará projeto das Olimpíadas Escolares 2011

N

essa segunda-feira dia 28/03 acontece as 09:00, no auditório da Sedel, a apresentação oficial do projeto pelos técnicos da secretaria.

possibilitou que fossem feitas as compras para o dia das mães. Um fator extra está criando dúvidas na cabeça dos empresários que, até agora, não sabem se vai haver ou não, modificação no tratamento do recol h i -

mento do ICMS. Os empresários que trabalham com mercadoria importadas para a Área de Livre Comércio de Macapá e Santana, estão aguardando a definição do prazo do recolhimento daquele im- O atraso nos pagamentos do Renda para Viver Meposto (ICMS) se volta Programa lhor, do Programa Amapá Jovem a ser antecipado ou se e dos trabalhadores do contrato será mantido o prazo administrativo tiraram do mercade 60 dias para reco- do mais de R$ 50 milhões lhimento. Se voltar o regime do pagamento que indicam o percurso antecipado do ICMS, que as empresas precimuitos empresários não sarão percorrer para alvão fazer negócio com cançar sucesso nos emos importados pois es- preendimentos. tão descapitalizados Compromissos que para o pagamento do interessem ao mesmo imposto. tempo ao Governo, aos empresários e aos traFrente a frente balhadores precisam ser Governo do Estado, firmados de tal forma governos municipais e que, além de exercitar os empresários preci- um comportamento da sam encontrar espaço moderna administração, para encaminhar as con- também desperta a conversas antes que os re- fiança de um setor no sultados de um compor- outro e os resultados tamento individualizado são apropriados para o criem mais obstáculos bem estar da populado que aqueles que já ção. perduram durante algum Provavelmente os astempo. saltos diminuirão, as O Estado do Amapá, mortes violentas tamalém de ser o maior bém cessarão e a sociecliente das empresas é dade poderá voltar a também aquele que pro- respirar o ar do progresduz as políticas públicas so. nacional e comprometida com a conservação da natureza dentro do contexto social e econômico brasileiro. Em 2010, a Hora do Planeta foi um sucesso absoluto, com recordes estabelecidos no mundo e no Brasil. Globalmente, 105 nações, 4.211 cidades e 56 capitais nacionais aderiram. Já no Brasil, mais de três mil empresas, 579 organizações, três governos e 98 prefeituras participaram do movimento simbólico de alerta contra o aquecimento global e em favor da conservação de ecossistemas terrestres e

aquáticos. “À Hora do Planeta é um movimento de todos nós. Ela une cidades, empresas e indivíduos para demonstrar às lideranças mundiais - e, principalmente, para mostrar uns aos outros - que queremos uma solução contra o aquecimento global. É uma oportunidade única para nós, brasileiros, de nos unirmos com a comunidade global em uma única voz para deter as mudanças climáticas.” Conclui Denise Hamú, secretária-geral do WWFBrasil. (Anderson Calandrini)

O projeto está sendo organizado pela Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel), sob a coordenação Ney Monte. A iniciativa tem da Secretária junto com o Governo do estado é desenvolver a credibilidade da competição que engloba a participação de esportistas, estudantes das redes municipal, estadual e privada. Por isso haverá uma comissão que ficará responsável pela os pontos negativos e positivos, da competição e dos atletas.

Segundo a assessoria da SEDEL, “a previsão de realização das Olimpíadas Escolares deste ano, será no período de 2 maio a 18 de junho, para atletas de 12 a 14 anos, e os de 15 a 17 anos, no período de agosto a outubro. A Sedel definiu ainda pela montagem de uma equipe para trabalhar o regulamento da competição e montar as comissões de averiguação (composta de quatro pessoas) e disciplinar, com participação de oito pessoas.”


Concursos &Empregos Editor responsável : Flávia Dias < flaviadias@jdia.com.br

Jornal do Dia

B4

Macapá-AP, domingo e segunda-feira, 20 e 21 de março de 2011

Inscrições para concurso do TRE estão abertas até 11 de abril Aos candidatos interessados, vale ressaltar que as inscrições serão feitas até o dia 11 de abril. Os salários para nível médio são de R$ 3.993,09 e para nível superior, R$ 6.551,52 Lívia Almeida

E

stão abertas as inscrições para o concurso público do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE – AP), de acordo com o edital, que também já está à disposição dos interessados, as inscrições terão prazo válido até às 14hs do dia 11 de abril, sendo efetuadas somente no site da fundação Carlos Chagas, – responsável pela elaboração da prova – www.concursosfcc.com. br, através do formulário de Inscrição que consta no site. Serão abertas vagas, tanto, para nível médio quanto, para nível superior. Os candidatos aprovados para o nível superior desempenharão atividades nas áreas Administrativa, Análise de Sistemas, Contabilidade, Direito, Enfermagem, Engenharia Civil, Psicologia e Medicina. Com remuneração de R$ 6.551,52, mais gratificações. Já os candidatos que concorrerão às vagas para nível médio trabalharão no setores das áreas na área Administrativa ou em Programação de Sistemas e a remuneração oferecida é de R$ 3.993,09, mais gratificações. Quanto ao valor das inscrições para nível médio,

custo será de R$ 52,50 e para o nível superior, a taxa a ser paga é de R$ 67,50. As inscrições podem ser pagas em qualquer agência bancária, mediante, retirada do boleto, que também está disponível no endereço eletrônico da Fundação, já citado acima. O pagamento poderá ser feito até o dia 11 de abril. Para averiguar a confirmação do pagamento, a informação constará no site da Carlos Chagas a partir do dia 17 de abril. Alguns requisitos para concorrer aos cargos do TRE - Ter idade mínima de 18 anos completos; - Ser um eleitor e estar com situação regularizada no TRE; - Não haver sido condenado em sentença criminal de trânsito e, consequentemente impedido de exercer função nesta área A data da realização da prova do concurso está prevista para o dia 05 de junho de 2011, em Macapá, tendo questões objetivas e uma redação discursiva. Data e horários serão confirmados no site da Fundação além do envio de Cartão Informativo via e-mail ao candidato. No entanto, deve-se acompanhar o andamen-

to do concurso no Diário Oficial da União e no site da Fundação, onde o Edital de Convoc a ç ã o avisando da data das provas será veiculado. Para o dia da prova O candidato deve apresentar documento de identidade original, com foto. Tendo expedição de órgãos oficiais como, por exemplo, da Secretaria de Segurança, Forças Armadas, Polícia Militar. Carteira Nacional de Habilitação, Certificado de Reservista, Passaporte e Carteira de Trabalho também valerão. Deve-se levar caneta esferográfica transparente de tinta azul ou preta, lápis preto nº: 02 e borracha. O resultado será divulgado no Diário oficial e no site da Fundação. Na prova, as questões objetivas estão divididas entre específicas (relacionadas a área em questão) e de conhecimentos gerais, além da redação dissertativa com tema também relacionada à área. Mais informações no site: www.concursosfcc. com.br/.

Correios abrem seleção para contratar 8.346 empregados de nível médio PCI Concursos

A

Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) informou que está com mais um concurso público nacional aberto para o provimento de vagas e formação de cadastros reserva em cargos de Nível Superior e Médio. As inscrições iniciaram sextafeira, 25, e seguem até o dia 5 de abril pelo endereço eletrônico www.cespe. unb.br. As taxas variam de R$ 32,00 à R$ 63,00, de acordo com a escolaridade do candidato. São 848 vagas para contratos em regime cele-

tista e salários que podem chegar a R$ 3.211,58, além de benefícios como vale alimentação e transporte, auxílio creche ou auxílio babá, auxílio para filhos portadores de deficiência física, assistência médica e odontológica ambulatorial extensiva aos dependentes legais, durante o período de experiência. Quando efetivado, o funcionário terá direito, também, a assistência médica e odontológica compartilhada em ambulatório próprio e em rede credenciada, mais plano de Previdência Complementar (POSTALPREV), por intermédio do Instituto de Se-

guridade Social dos Correios (POSTALIS). Os inscritos serão avaliados por meio de prova objetiva escrita, de caráter eliminatório e classificatório, com 50 questões sobre Conhecimentos Básicos de Língua Portuguesa, Informática, Inglês e Administração Pública, e 70 questões acerca de Conhecimentos Específicos. A data prevista para sua realização é 15 de maio de 2011, pela manhã, com locais e horários a serem divulgados no site da organizadora a partir de 9 de maio. Os resultados estarão disponíveis em 5 de julho. luís nishi

Veja os cargos disponíveis, a escolaridade pré-requisitada e o número de vagas - Cargo: Analista Judiciário (área judiciária) – Escolaridade: diploma de curso superior, em nível de graduação em direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC – Vagas: 04/ para deficientes: 01. - Cargo: Analista Judiciário (área administrativa) – Escolaridade: diploma, devidamente registrado, de conclusão de nível superior em qualquer área de formação por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC – Vagas: cargo reserva. - Cargo: Analista Judiciário (área apoio especializado – especialidade análise de sistemas) – Escolaridade: diploma de curso superior, em nível de graduação, na área de Tecnologia da Informação, devidamente registrado no MEC; ou diploma de curso superior, em nível de graduação, devidamente registrado no MEC, em conjunto com certificado de curso de especialização com, no mínimo 360 horas-aula na área de Tecnologia da Informação – Vagas: 01. - Cargo: Analista Judiciário (área apoio especializado – especialidade engenharia civil) – Escolaridade: diploma de curso superior, em nível de graduação em engenharia Civil, devidamente re-

Oportunidade Se o interessado possui Nível Superior, pode concorrer ao cargo de Analista de Correios nas vagas de Administrador, Advogado, Analista de Sistemas, Arquiteto, Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Economista, Engenheiro Civil, Engenheiro de Produção, Engenheiro Elétrico, Engenheiro Mecânico, Engenheiro Eletrônico, Engenheiro de Redes de Comunicação, Estatístico, Arquivologia, Museólogo, Pedagogo, Psicólogo, graduado em Comércio Exterior, Desenho Industrial, Designer Gráfico, Historiador, graduado em Letras, Jornalista, Publicitário, Relações Públicas e Auxiliar de Enfermagem do Trabalho. Já para o cargo de Analista de Saúde as vagas são para

gistrado no MEC, e registro no Conselho regional da categoria – Vagas: cargo reserva. - Cargo: Analista Judiciário (área apoio especializado – especialidade psicologia) – Escolaridade: diploma de cursos superior em nível de graduação em psicologia, devidamente registrado no MEC, e registro no Conselho regional da categoria – Vagas: cargo reserva. - Cargo: Analista Judiciário (área apoio especializado – especialidade medicina) – Escolaridade: diploma de curso superior, em nível de graduação diploma de curso superior, em nível de graduação em medicina, com especialidade em clínica médica ou medicina interna, devidamente registrado no MEC, e registro no Conselho regional da categoria – Vagas: cargo reserva. - Cargo: Analista Judiciário (área apoio especializado – especialidade enfermagem) – Escolaridade: Escolaridade: diploma de curso superior, em nível de graduação diploma de curso superior, em nível de graduação em enfermagem, devidamente registrado no MEC, e registro no Conselho regional da categoria – Vagas: cargo reserva. - Cargo: Analista Judi-

Odontólogo e Médico Clínico Geral. Há vagas também para Enfermeiro do Trabalho, Engenheiro de Segurança do Trabalho e Médico do Trabalho. Caso o concursando tenha Ensino Médio completo as chances são para Auxiliar de Enfermagem do Trabalho e Técnico em Segurança do Trabalho.

ciário (área apoio especializado – especialidade contabilidade) – Escolaridade: Escolaridade: diploma de curso superior, em nível de graduação diploma de curso superior, em nível de graduação em ciências contábeis, devidamente registrado no MEC, e registro no Conselho regional da categoria – Vagas: cargo reserva. - Cargo: Técnico Judiciário (área administrativa) – Escolaridade: certificado devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, ou curso equivalente – Vagas: cargo reserva. - Cargo: Técnico Judiciário (área apoio especializado – especialidade programação de sistemas) – Escolaridade: certificado de conclusão de ensino médio, em conjunto com certificado de habilitação em cursos de programação de sistemas, com carga-horária total, no mínino de 120 horas-aula, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, (serão aceitas horas-aula das disciplinas de programação, banco de dados e engenharia de software, em curso superior na área de tecnologia da informação, cursadas em instituição reconhecida pelo MEC – Vagas: 01.

Local de trabalho As 848 vagas disponibilizadas são para as Diretorias Regionais de Brasília, Acre-Rondônia, Alagoas, Amazonas-Roraima, ParáAmapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás-Tocantins, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo Interior (Bauru) e São Paulo Metropolitana.


Esporte

Jornal do Dia

Editor responsável : Alessandra Lameira < alessandralameira@hotmail.com

Macapá-AP, sábado, 26 de março de 2011

São José/Ceap campeão de turno no basquetebol

Últimas

MATIO TOMAAZ

Samuel Cândido é apresentado no clube da torre Ele será o treinador do ypiranga no Campeonato de Profissionais 2011 Mario Tomaz da reportagem

A No jogo de basquetebol, o São José/Ceap não tomou conhecimento da equipe Guarany e fechou a partida em 105 a 57, um resultado considerado bem elástico por conta de que os jogadores usados na partida foram 100% amapaense.

Jogo contra o Guarany terminou com placar centenário ao tricola Mario Tomaz da reportagem

N

em precisou usar os jogadores importados no fecha-

mento da primeira fase do Campeonato Adulto de Basquetebol. O São José/Ceap não tomou conhecimento da equipe Guarany e fechou a partida em 105 a 57, um resultado considerado bem elástico por conta de que os jogadores usados na partida foram 100% amapaense. O jogo, considerado fácil pelos jogadores começou eletrizante para os dois lados, mas logo o cansaço tomou conta dos atletas do Guarany e com

os contra-ataques fortes e objetivos não demorou muito para dobrar o resultado em cima do adversário. O nome do jogo estava sendo Somália, o pivô 3 entrou e conseguiu se dar bem nas finalizações. Foram 12 pontos em menos de 20 minutos. “Foi um jogo muito bom em que me apresentei bem e ajudei o grupo a conquistar mais esta vitória”, lembrou o jogador. Com o resultado no intervalo de jogo 42x23 já se tinha uma visão de

como seria a partida até o final. Para mostrar que não era treino e muito menos brincadeira, Felipe Lacerda voltou para arremessar de três pontos e elas estavam caindo para o azar dos adversários. Ao final do jogo, os árbitros da FAB (Federação Amapaense de Basquetebol), confirmou o resultado final de 105 a 57. No lance em que você acompanha na foto, o armador Feliphe voa para marcar mais três pontos pelo tricolor.

‘Aventureiro das Américas’ chega ao meio do mundo sobre duas rodas

Juarez Maciel já percorreu mais de 215 quilômetros pelo país

MATIO TOMAAZ

diretoria do Ypiranga Clube apresentou seu treinador para o Campeonato Amapaense e possivelmente o Brasileiro Série D . Trata-se de Samuel Cândido, que vem do futebol Paraense. Será a segunda vez que Cándido estará em Macapá: a primeira foi com o Trem na era Emanuel Pereira. Com Samuel Cândido virão também alguns membros da comissão técnica: o preparador de goleiro Mário Fernando e o preparador físico Fernando Silva. Samuel tem 49 anos e é carioca. O treinador pretende iniciar seus treinamentos a partir do dia 30 deste mês e já conheceu seus dois contratados: os atacantes Everton Clay e Demir: eles foram os melhores do campeonato de Tocantins do ano passado, brigando inclusive por artilharia. O presidente do clube, Edinho Duarte disse que o Ypiranga Clube vai entrar no campeonato para ser campeão e que objetivo precisa ser alcançado. BIOGRAFIA. Samuel Cândido se formou como

técnico no Sindicato dos Treinadores de Futebol do RJ em 1998, além de formação em um Curso Internacional de Futebol em 2007, sendo ainda formado em Curso de Relações Humanas na cidade de Duque de Caxias-RJ. Iniciou sua carreira como jogador profissional no Fluminense-RJ, onde jogou de 1978/1981. Em 1982, se transferiu para o Paissandú-PA, onde ficou até 1986, sendo que neste período, atuou ainda na Tuna Luso-PA por empréstimo. Em 1987, defendeu o Sampaio Correia-MA, jogando no mesmo ano no Clube do Remo-PA, onde permaneceu até 1988. Como treinador, esteve no Crack de Catalão, de Goiás, em 2002, e foi convidado para treinar o Tuna Luso, além do Castanhal em 2004. Foi ao Abaeté, do Pará, em 2005. No ano seguinte, treinou as duas maiores equipes do Futebol Paraense, Paissandú e Remo. No Remo, foi auxiliar do técnico Giba, antes de assumir a equipe. Foi ao Baraúnas, do Rio Grande do Norte, em 2007, com uma boa passagem. Em 2008 Cãndido foi ganhar experiência internacional no Futebol Àrabe, retornando pouco depois para o Nacional de Patos, na Paraíba, assumindo logo depois o Penhãrol, do Amazonas, em 2009, ano em que treinou também o Independente, do Pará, sendo campeão invícto da 2ª Divisão e onde permaneceu até agosto deste ano, quando assumiu o Paraupebas. De lá seguiu para Serginho onde comandou o Itabaiana.

Jipeiros realizam programação social após show na pista

Mario Tomaz da reportagem

M

acapá recebeu uma visita ilustre na última quinta-feira (24), Juarez Maciel, mais conhecido como ‘Aventureiro das Américas’, Juarez está na estrada há exatos dez anos. Juarez é natural do Rio de Janeiro, mas mora em Manaus e esta é a sua segunda viagem, já tendo percorrido quase 215 mil quilômetros de bicicleta por mais de 3.200 cidades do Brasil e de países vizinhos, como Venezuela, Colômbia, Equador, Peru, Chile, Argentina e Uruguai. Indagado sobre como sobrevive, sem um trabalho fixo, ele explica que “normalmente as pessoas me ajudam muito, principalmente os comerciantes das cidades por onde eu passo, tanto com apoio financeiro, como com alimentação. Às vezes as Prefeituras também auxiliam, mas não são todas, mas assim vou levando minha vida com muita adrenalina. Foi muito boa a receptividade do povo local. Venho de Santo Antônio das Missões onde

C1

Mario Tomaz da reportagem

Os associados do Jeep Clube de Macapá preparam mais um evento com alcance social. Será no dia 3 de abril, para as comemorações pelo Dia Mundial do Jeep. Desta vez mesmo que não é sócio do clube será chamado a levar seu Willys para uma exposição a céu aberto na orla de Macapá, com direito a exposição

Juarez viaja sobre duas rodas sem patrocínio. O que consegue para comer e até mesmo se hospedar provém da ajuda de terceiros. Seu objetivo é ver sua façanha no Livro dos Recordes

fui bem recebido também e não posso deixar de agradecerás pessoas que me apóiam e gostam de minhas aventuras”, contou o aventureiro,. Juarez viaja sobre duas rodas sem patrocínio. O que consegue para comer e até mesmo se hospedar provém da ajuda de terceiros. Seu objetivo é ver sua façanha impressa no Li-

vro dos Recordes – Guinness World Records, antigo Guinness Book of Records, publicado anualmente, e que contém uma coleção de recordes e superlativos reconhecidos internacionalmente, tanto em termos de performances humanas, como de extremos da natureza – como o homem que mais conheceu cidades nacionais e internacio-

nais. Para tanto, o calejado cinquentão carrega consigo três catálogos onde têm todas as suas viagens documentadas. Desde fotos, recortes de matérias de jornais a declarações de prefeitos confirmando sua presença em determinado município. – Não faço idéia, já visitei milhares. Está tudo registrado nos meus catálogos.

de veículos militares e passeios com crianças carentes. Show. Na última semana eles estiveram competindo na pista que fica lozalizada na área do parque de exposições e muita adrenalina rolou por lá. O presidente do jeep clube macapá, João Sucatão Cruz falou que além de muita adrelina o que não falta é solidariedade por parte dos competidores, principalmente quando o assunto é atoleiro.


Esporte

Jornal do Dia

Macapá-AP, sexta-feira, 27 e 28 de março de 2011

Editor responsável : Marcelle Corrêa< marcellecorrea@hotmail.com

CBF pode ser investigada em CPI da Alerj por suposta fraude em terreno de sede O terreno de 104 mil m² teria tido sua documentação adulterada pelos antigos proprietários

A

Confederação Brasileira de Futebol (CBF) batalha para impedir a implantação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Congresso. Ao mesmo tempo, corre o risco de ser investigada também pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), que apura supostas fraudes nos certificados de propriedade de alguns terrenos, entre eles o da nova sede da entidade, na Barra da Tijuca. A informação é do deputado estadual Paulo Ramos (PDT), presidente da CPI que já está em andamento na Alerj. O grupo de estudo avalia denúncias de irregularidades no 9º Registro de Imóveis da Barra da Tijuca, que acumula certificados de propriedade de diversos terrenos supostamente em condi-

ção irregular. A nova sede da CBF seria um desses locais. O terreno de 104 mil m² teria tido sua documentação adulterada pelos antigos proprietários. Mesmo assim, Ricardo Teixeira e o departamento jurídico da entidade devem ser chamados para depor. Este não é o primeiro problema que a CBF teve com o terreno de sua nova sede. Na última quinta-feira, a Folha de S. Paulo revelou que uma briga judicial entre dois grupos que se julgam donos do espaço, as obras para o que seria o novo CT da seleção brasileira estão paralisadas. A previsão inicial de conclusão, que era 2012, já foi descartada. Agora, a CBF trabalha para erguer o local pelo menos até a Copa do Mundo de 2014.

divulgação

POSITIVO. Amapazão/11 adota formato carioca, considerado o campeonato mais atraente do país. Começa dia 22 MAI e homenageia o ídolo Bira. O campeão ergue troféu estilizado! NEGATIVO. Violência e palavrões de alguns “atletas” e “professores” decepcionam a galera do Sub-20. Tais abusos comprometem o futuro dos atletas e o investimento dos clubes. Futebol de baixaria!

FUTSAL. Certame Adulto rola em 19 ABR, com 13 times. Série Ouro e Prata surgem em 2012. CARIOCÃO. Vasco de Itabaracy Bastos e Flu de Aníbal Barcelos fazem clássico. De alto astral! TREMBALA. Socorro Marinho mantém critérios técnicos e morais na formação do elenco.

Dirigentes lançam a pedra fundamental da nova sede da CBF, que pode ser alvo de investigação divulgação

F

Toque de Primeira

Antonio Luiz - alpcampos@hotmail.com

BASQUETE. Copa Norte é o sonho de consumo de São José e Atual. Que o diga Otaciano Jr!

Para Massa, 7ª colocação em treino não preocupa O bom desempenho da dupla da McLaren no treino foi surpresa para o brasileiro, que disse ser impossível prever quem fará a pole position

C2

elipe Massa não se mostrou preocupado com a sétima colocação conquistada no último treino livre para o GP da Austrália, abertura do Mundial de F-1, que acontece na madrugada de domingo, às 3h (de Brasília). “Foi um dia que tiramos para experimentar tudo o que podía-

mos, corremos com um carro de um jeito, o outro de outro”, explicou o ferrarista, que na primeira sessão ficou com a 11ª colocação. “No final do treino ainda coloquei o pneu duro, que não é o mais rápido aqui, para fazer a simulação de corrida e andei de tanque cheio. Tudo que fiz foi para ver como o carro funciona e saber qual o melhor caminho para o resto do final de semana.” O bom desempenho da dupla da McLaren no treino foi surpresa para o brasileiro, que disse ser impossível prever quem fará a pole position. “Vimos uma McLaren bem rápida, a Red Bull também se mostrou bem, nós estávamos bem também e a Mercedes não pode ser descartada. Teremos um final de semana bem competitivo.”

GOLAÇO. CEA de José Ramalho restaura iluminação da Praça de Fátima. O esporte agradece! PARAZÃO. Papão vence 1º turno e alegra Doacir Jardim e desembargador Gilberto Pinheiro. PEIXE DA AMAZÔNIA. André Luis (goleiro) e Robinho e Jaílson (meias) estão na rede

santista. CLUBE DA TORRE. Ricardo Almeida acompanha Deuzimar Oliveira na direção do futebol. CLUBE DA TORRE I. Leandro Xavier, Demir, Everton, Zé Carlos e Betinho vestem negroanil. GOL 100. São Paulo x Timão alimenta a expectativa do centésimo gol de Rogério Ceni. OIAPOQUE. Adolfo Silva anuncia I Copa do Mundo de Futsal na fronteira chique do Brasil. COPA GOSPEL. Vinda de empresário garante material esportivo ao campeão e vice de 2.010. SELEÇÃO. Brasil encara Escócia com a obrigação de vencer. Paulo Rodrigues aposta 3x0! CANIL DO PITBULL. Viagem de Vicente Cruz a Belém e Salvador define time do São José. REFORÇO. Rodolfo Santos estreou no Toque de Primeira - Rádio Forte. É o pop star do bolero! MAZAGÃO. Prefeito José Carlos Marmitão assegura MAC competitivo no Amapazão/11. VOCÊ SABIA. Que Rubran brilha no Cametá, após início no Trem e Paysandu. E o zagueiro tucuju pode voltar ao Papão!

Bellucci é eliminado na estreia em Miami As parciais foram 2/6, 6/4 e 7/6, em quase duas horas de jogo divulgação

Escocês alega que Charles Miller não foi o pai do futebol no Brasil Uma pesquisa diz que há 117 anos um operário escocês de nome Thomas Donohue foi quem deu o pontapé inicial para o futebol brasileiro

H

á mais de uma teoria para o início do futebol no Brasil, embora tenha sido consagrado que o inglês Charles Miller introduziu o esporte e suas regras no país. E a Escócia, adversária da seleção brasileira no domingo, entrou na disputa por essa honraria da bola. Uma pesquisa diz que há 117 anos um operário escocês de nome Thomas Donohue foi quem deu o pontapé inicial para o futebol brasileiro, que tornouse o mais vencedor na história das Copas. Segundo a pesquisa de Richard McBrearty, curador do Museu do Futebol Escocês, Donohue, oriundo do Sul de Glasgow, chegou a Bangu, no Rio,

e, como bom jogador, tratou de montar um time. Em 1893, ele trabalhava numa fábrica e lá conseguiu os companheiros para aquela que seria a primeira partida. Recebeu bola e chuteiras do Reino Unido e improvisou um campo ao lado da fábrica. Em abril de 1894, um ano antes de Miller fazer a sua primeira partida em São Paulo, organizou jogo com dez atletas, cinco de cada lado. “A sociedade brasileira era dividida racialmente, e Charles Miller não frequentava diferentes classes sociais como Donohue. Nós podemos provar agora que Tom levou o futebol ao Brasil em abril de 1894’’, afirmou McBrearty.

A teoria é contestada por John Mills, autor da biografia “”Charles Miller, o Pai do Futebol Brasileiro’’. Segundo ele, esse ato de Donohue não passou de um bate-bola. “Havia bate-bola em Itu em escola, jogavam contra a parede, todo mundo batia bola de alguma forma. O primeiro jogo regulamentado, o futebol como é conhecido hoje, veio com Miller. Nunca se falou desse jogo em Bangu. Era um time de fábrica.’’ Para Mills, no máximo essa “descoberta’’ escocesa apontaria para os primórdios de outras modalidades. “Seriam cinco de cada lado. Isso já mata a teoria. Seria futebol de salão ou

como a gente joga na praia’’, afirmou o biógrafo de Miller, que lembra que o Campeonato Carioca começou apenas em 1906. O primeiro campeonato do país foi o Paulista, em 1902, evento que contou com Charles Miller como jogador. Donohue nasceu em 1863 e seguiu a carreira do pai. Em 1892, com a indústria de tecelagem efervescente, foi mandado para o Brasil para trabalhar numa pequena fábrica. No local, viviam muitos ex-escravos africanos. “Donohue deve ser reconhecido como o homem que levou o jogo ao Brasil e aos pobres’’, falou McBrearty.

O

tenista brasileiro Thomaz Bellucci perdeu em sua estreia no Masters 1.000 de Miami para o norteamericano James Blake, hoje, por 2 sets a 1. As parciais foram 2/6, 6/4 e 7/6, em quase duas horas de jogo. Blake, que já foi o quarto do mundo, em 2006, atualmente é o 173º colocado do ranking da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) enquanto Thomaz Bellucci, o me-

lhor do Brasil, aparece na 30ª posição da lista. Cabeça de chave, Bellucci entrou direto na segunda rodada. Já Blake venceu o norte-americano Michael Russell por 3/6, 7/6 e 7/6 em sua estreia. Com a vitória, Blake pode encarar o tenista sensação do ano, Novak Djokovic, que enfrentará o uzbeque Denis Istomin. Até agora, o sérvio conquistou 18 vitórias em 18 partidas oficiais neste ano.


Informe Publicitรกrio

Jornal do Dia

C3

Macapรก-AP, domingo e segunda-feira, 27 e 28 de marรงo de 2011


JDMix

Jornal do Dia

C4

Macapá-AP, domingo e segunda-feira, 27 e 28 de março de 2011

Editor responsável : Paulo Uchôa < paulouchoa@jdia.com.br

Letícia Ataíde Uchôa

sobre ela. A garota JD MIX desta semana é Letícia Ataíde Uchôa, filha de Iranclildo Pinheiro Uchôa e Andréa Ataíde Uchôa. Dona deste lindo rosto, nossa garota deseja ser modelo fotográfica. Sua frase preferida é “Ser feliz não é ter uma vida perfeita, ser feliz é reconhecer que vale a pena viver”. Letícia diz que política é exercer conscientemente a cidadania para o beneficio da coletividade. Tem seu avô Abrão Uchôa seu maior ídolo, uma pessoa que sempre lhe ensinou a ser grande nos momentos difíceis. Ela finaliza com essa mensagem “É nas coisas simples e anônimas que se encontram os maiores tesouras da emoção”.

teennight Flávia Dias < flaviadias@jdia.com.br

Jornal do Dia


Jornal do Dia

Macapá-AP, domingo e segunda-feira, 27 e 28 de março de 2011

12ª edição do Pagode VIP

A Ação de cadastramento das famílias

Associação procura atender toda a comunidade

Diversão garantida em festividades para o público infantil

Associação de Amigos do Laguinho promoverá o evento nos dias 02 e 03 de abril desta vez, contando com a presença de Renatinho (Boca Loka) e Vaguinho DB, de Belém. Os ingressos já estão à venda. Através da iniciativa de colaborar com o crescimento social da comunidade do bairro do Laguinho, um grupo de moradores do bairro criou há cerca de um ano e meio a Associação de Amigos do Laguinho. Desde a sua criação, vários outros grupos do segmento cultural e social vêm se juntando à associação para promover ações sociais voltadas para 97 famílias, um total de 800 pessoas entre crianças e adultos, que estão cadastrados na Associação; que hoje possui 18 membros. De acordo com os membros, durante todo o ano são realizadas ações sociais principalmente, nas datas comemorativas. Entre as ações estão a distribuição de cestas básicas e brinquedos. Entretanto, como não há apoio do poder público para que estas ações sejam realizadas a Associação promove eventos com a finalidade de arrecadar verbas para as ações. Em vista da proximidade da Semana Santa e da Páscoa,

a Associação realizará a 12ª edição do “Pagode VIP”, que acontecerá nos dias 02 e 03 de abril, no Centro de Cultura Negra (UNA), a partir das 20h. Como atrações desta edição foram convidados o cantor Vaguinho DB, de Belém do Pará, o grupo Tirando Onda – que se apresentarão no dia 02 – e o cantor Renatinho (Boca Loka) além do grupo Sensação do Samba – que se apresentarão no dia 03. O evento que conta com a parceria da UNA custará R$ 40,00 (meia), sendo um abadá que valerá para os dois dias do evento e R$ 30,00 (dando direito a 02 ingressos) para pista. Os locais de venda dos ingressos e abadás são: Sorveteria Jesus de Nazaré, Bar do Velho, Empório do Índio e a loja Lu Bijoux (para compra no cartão de crédito), que fica localizada em frente a UNA. A Associação convida: “Convidamos a sociedade para prestigiar o evento mais uma vez”. O assessor de comunicação da Associação, Haroldo Almeida aproveita para antecipar a respeito da realização da “Festa do Tambor”, que também está sendo realizada pela Associação e grupos de marabaixo do Laguinho. A festa será realizada no mês de maio em comemoração aos 66 anos do bairro.

Diretoria da Associação Amigos do Laguinho, PedroIvo, Adilio, Eraldo Almeida,Claudio Sena e Cleudir

Natal do bairro organizado pela associação

Várias ações são realizadas para a comunidade


Carro &Moto

Jornal do Dia

Editor responsável : Flávia Dias < flaviadias@jdia.com.br

D2

Macapá-AP, domingo e segunda-feira, 27 e 28 de março de 2011

Honda Brio será lançado na Tailândia em abril

A montadora divulgou esta semana um vídeo de apresentação do Brio foto divulgação

Pistalivre

José Arcangelo

compactos. O segundo semestre anuncia uma boa briga mundial entre as montadoras no que se refere a carros compactos, um filão de mercado que atinge quase 50% das vendas. A competição entre a Fiat, leia-se Novo Uno/Mille e a VW Gol, com os dois carros da montadora italiana desbancando quase duas décadas e meia de liderança dos tedescos, mexeu com os brios das outras marcas e a Honda vem com o Brio, a Nissan com o Martch, a VW com o Lupo e os chineses com várias marcas e preços para derrubar a concorrência. Renault com o Clio Campus e a Ford com o Ka, na faixa de R$ 22,9 mil, querem as fatias do bolo. Quem deve ganhar com isso é o cliente. foto divulgação

Criado para ser um carro urbano e barato, suas dimensões são de 3,61m no comprimento, 1,48m na largura e 1,68m de altura

Carplace e Carsale

E

sta semana, a Honda divulgou um vídeo de apresentação do novo compacto Brio. No vídeo, além de mostrar detalhes internos e também o carro em movimento, a Honda mostra rapidamente a versão mais básica do modelo, inclusive sem calotas. A montadora divulgou ainda que o modelo será lançado no mês que vem (abril) na Tailândia. Desenvolvido pela marca nipônica para os mercados emergentes, o carrinho será comercializado também na Índia, além de outros mercados asiáticos. Embora não haja informações oficiais, o Brasil é um dos cotados para receber o Brio, inclusive, com direito à produção nacional. Na Tailândia, o Brio será oferecido por 390.000 baht – moeda oficial do país – o equivalente a R$ 22 mil. Ele traz sob o capô um bloco 1.2 litro i-VTEC de quatro cilindros, apto a desenvolver 90 cavalos de potência. O consumo médio estimado pela fabricante nipônica é de 20 km/l. Suas dimensões são de 3,61 metros de compri-

Brio: A Honda na briga pelos compactos

mento, 1,68 de largura e 1,47 de comprimento. A Honda espera comercializar, neste ano de lançamento, cerca de 40 mil unidades do Brio no mercado tailandês. No Brasil O mercado brasileiro terá que esperar um pouco para poder dirigir o modelo. A previsão da marca japonesa é iniciar a produção do modelo em 2013 em sua fábrica localizada em Sumaré. Por aqui, o preço estimado até agora é de R$ 30 mil.

No vídeo, além de mostrar detalhes internos e também o carro em movimento. Embora não haja informações oficiais, o Brasil é um dos cotados para receber o Brio

Na traseira, a tampa do porta-malas é composta somente por vidro e dispõe de apenas um amortecedor de sustentação (resultado do baixo custo).

Brasil: placas refletivas serão obrigatórias em 2012 A medida pretende aumentar a segurança ao volante

Carsale

O

Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou nesta quarta-feira (23), no Diário Oficial da União, uma nova lei que tornará obrigatório o uso de placas refletivas pelos veículos a partir de 2012. De acordo com o

Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), a medida pretende aumentar a segurança ao volante, principalmente à noite ou sob chuva e neblina – quando a visibilidade fica comprometida. As películas refletivas, antes opcionais para os veículos de quatro rodas, facilitam a visibilidade nessas

situações. O Contran, no entanto, informa que apenas os veículos licenciados a partir de 1º de janeiro do ano que vêm serão obrigados a usar as placas com as faixas refletoras. Quem emplacar o veículo antes da data não será obrigado a trocar as placas posteriormente. Jun-

to com a nova lei, o Conselho Nacional de Trânsito também estabeleceu que os veículos de duas rodas terão de usar placas maiores, para facilitar a visão dos demais motoristas e autoridades do trânsito. A mudança fará com que os caracteres das placas cresçam de 42 para 53 milímetros.

mundial. O Brio é o carro compacto mundial da Honda mostrado na semana passada na Tailândia, com a fama de empregar a tradicional tecnologia da marca, aliada a grande performance econômica no consumo de combustíveis, alem de espaçoso, ecologicamente correto e desenvolvido especialmente para uso urbano. O motor é o 1.2 litro de quatro cilindros (I-VETEC), com 50 cv e consumo médio de 20 Km/litro. O grande diferencial que a Honda pretende empreender no Brasil deverá ser o preço competitivo do carro para bater de frente com os campeonissimos Fiat e Gol. Só para ter uma idéia dos preço a serem praticados aqui, lá na Ásia, o Brio está custando em torno de 400 mil baht ou R$ 14,8 mil. Com 50% de impostos e taxas a mais, custaria no Brasil algo em torno de R$ 22,2 mil. picape. A Ford acaba de divulgar em vídeo das primeiras imagens da nova picape Ranger que deve chegar entre nós por todo o primeiro semestre de 2012, montada na Argentina, batizada como Wildtracker ( pegada selvagem numa das traduções do inglês). O carro topo de linha tem acabamento refinado, personalidade esportiva, podendo ganhar “irmãs” de carroceria fechada a estilo da Toyota Hilux SW4. Segundo dados da montadora, o utilitário teria duas motorizações, ambas, inicialmente a diesel: um 2,2 litros de 38,2 kgfm de torque e um mais potente, de 3,2 litros, 200 cv de potência e 48 kgfm de torque. Não foi divulgado quando haveria a opção a gasolina. números. Conforme dados de emplacamentos da Fenabrave nos meses de janeiro e fevereiro, no Amapá foram comercializados 3.095 unidades entre autos, comerciais leves, caminhões, ônibus, motos, implementos rodoviários e outros. A Capital Macapá, somente em fevereiro teve participação em 81,7% no emplacamento de autos e 80,9% em comerciais leves. Em segundo lugar ficou Santana com apenas 11,8% em autos e 10,3% de comerciais leves. Em caminhões, Macapá (70,6%), Santana 23,5% e Laranjal do Jarí com 5,9%. Em relação as motos, Macapá 80,1%, Santana 12,8% e Oiapoque 1,5%. Conforme os emplacamentos, os municípios recebem percentagens do IPVA. Cutias do Araguari é o fona nos emplacamentos: 0,3% de motos, 0,3% de autos e a mesma cifra de comerciais

leves.

motos. O mercado de motos no Amapá continua aquecido, seja pelos preços praticados pelas marcas, diversidade de produtos, facilidades de financiamentos e recebimentos de motos usadas como entrada para uma zero quilômetro, conforme opina Kenny Abrahão, das concessionárias Suzuki e Kasinski. No primeiro bimestre deste ano ( janeiro 694 e fevereiro 658) foram emplacadas 1.352 motos, com Macapá e Santana perfazendo 92,9% do mercado amapaense. Serra do Navio e Cutias são os municípios que menos emplacam motos, com 0,3% cada e o terceiro município que mais compra motos é Oiapoque, com 1,5%. AUTO PISTA. Final de semana concorrido nas concessionárias de carros e motos de Macapá. Todas estão com promoções tentadoras, taxas de juros camaradas e vários brindes. Destaques para as marcas Fiat, Ford, Renault, Nissan e Honda. –xx-x-x- GEA e PMM festejam uma “joint venture” onde estão disponibilizando seis toneladas de asfalto para tapar buracos das vias da Capital. É o mesmo, guardadas as proporções que levar sanduíche para um banquete. –x-x-x-x- Vem ai o Novo Uno duas portas para tentar ampliar a vantagem da Fiat sobre a VW. –x-x-x-x- EMTU promete disciplinar o trânsito louco e assassino de Macapá na base da punição, nem que para isso tenha de instalar “araras” e outras lombadas eletrônicas. Tudo é válido, menos pagar as empresas que deverão instalar os equipamentos com a chamada remuneração por produtividade, isto é, quanto mais multar mais ganha! –x-x-x-x- A “manager” do Hotel Ibis Macapá, Elizângela Lima deve trocar de marca de carro na semana que vem: deixa seu velho e saudoso “Kazinho da Ford” para rodar num possante Fiat pelo Meio do Mundo. Falar em Íbis, a feijoada de sábado, lá, continua muito concorrida! –x-x-x-x- Algumas lojas em Macapá estão dando um prazo de 90 dias para entregar pneus 265/65/R-17 para utilitários, com preços “salgados” de R$ 1 mil a unidade. Em Belém, o mesmo pneu custa R$ 600,00 e existe para a pronta entrega. Pode? –x-xx-x- Em Santana, contribuintes instituíram o “Fest’Bu” – festival de buracos, com prêmios, pasmem! de até R$ 500,00 para a rua com as maiores crateras. Uma vergonha! –x-x-x-x- Párachoque de caminhão: “Deus é jóia, o resto e bijuteria”. –x-x-x-x- Freando... e torcendo pelo sucesso do “Fest’Bu”. –x-x-x-x- Mesmo assim: Bom Domingo!


Carro &Moto

Jornal do Dia

Editor responsável : Flávia Dias < flaviadias@jdia.com.br

D3

Macapá-AP, domingo e segunda-feira, 27 e 28 de março de 2011

Ford lança Focus Titanium a partir de R$71,6 mil

Foto divulgação

De acordo com a Ford, esta é a nomenclatura global das versões de luxo da marca Carsale

A

Ford anunciou, no dia 18, o lançamento da nova versão topo de linha do Focus, batizada de Titanium. Segundo a Ford, esta é a nomenclatura global das versões de luxo da marca e, por essa razão, a clássica chancela Ghia deixa de existir. O Focus Titanium será oferecido nas carrocerias hatch e sedãs, com preços a partir de R$71.660 e R$78.430, na ordem. Visualmente, o modelo exibe rodas de liga leve aro 16 com novo desenho, moldura

para a grade dianteira e régua cromada na tampa do porta-malas. A versão também pode ser identificada pela inscrição Titanium localizada na parte inferior das portas dianteiras. Já a lista de equipamentos ficou ainda mais recheada e passa a contar com faróis direcionais, sensor de chuva, retrovisor interno eletrocrômico e porta-luvas refrigerado. Sob o capô, o novo Focus Titanium carrega o bloco Duratec 2.0 16V Flex, construído com bloco, cabe- çote e pistões de alumínio e dota-

do de coletor de admissão variável. O conjunto é capaz de entregar 148 cv de potência e torque de 19,4 kgfm, abastecido com etanol, ou 143 cv e 18,7 kgfm alimentado com gasolina. Segundo a Ford, o veículo alcança máximas de 205 km/h (etanol) e 204 km/h (gasolina). Com transmissão automática, as máximas passam a 194 km/h e 192 km/ h, respectivamente – a Ford não informou se os números de desempenho são do hatch ou do sedã. Outra novidade na linha 2011 do Focus são os novos equipamentos de sé-

rie e opcionais para a versão GLX com motores 1.6 e 2.0 litros – ambos Flex. A configuração GLX 1.6 ganhou faróis de neblina e portaluvas refrigerado no pacote que já reunia ar-condicionado, direção hidráulica, airbag duplo, vidros e travas elétricos, abertura e fechamento global, alarme, rádio/CD/MP3, computador de bordo e rodas de liga leve – freios ABS seguem opcionais. Já a versão GLX 2.0 Flex acrescenta sensores de luminosidade e de chuva, retrovisor eletrocrômico, chave Keyless com partida do motor no botão e sistema de Som My Connection. Outra opção é a versão 2.0 GLX +, com bancos de couro, ajuste elétrico nos assentos dianteiros e arcondicionado digital de duas zonas.

Japão nega risco de radiação em carros exportados As três grandes japonesas, Honda, Toyota e Nissan estão trabalhando em assegurar aos seus clientes Car Magazine

U

ma das consequências dos terremotos no Japão foi problemas na usina nuclear de Fukushima, onde tem sido feito trabalhos de resfriamento no núcleo apesar de já terem constatado um vazamento de radiação - ainda não em níveis

alarmantes - nos arredores. O governo japonês já tratou de refutar qualquer problema de contaminação dos veículos fabricados no país e exportados, principalmente para os Estados Unidos. As três grandes japonesas, Honda, Toyota e Nissan estão trabalhando em assegurar aos seus clien-

tes que suas fábricas estão longe de todas as instalações nucleares no Japão, por exceção de uma planta da Nissan. Nos portos norte-americanos, rotineiramente o governo já tem checagens de radiação e qualquer outra coisa que eles possam considerar uma ameaça aos cidadãos norte-americanos

Ford renova linha de caminhões Cargo após 26 anos A nova linha apresentada nesta terça-feira (22) em Fortaleza, no Ceará, conta com 11 diferentes modelos Car Magazine

A

Ford inicia 2011 com novidades que prometem movimentar o setor de veículos comerciais. Trata-se da linha 2012 de caminhões Cargo, que ganhou ampla renovação após 26 anos de seu lançamento. A nova linha apresentada nesta terça-feira (22) em Fortaleza, no Ceará, conta com 11 diferentes modelos, na faixa de 13 a 31 toneladas de peso bruto, com capacidade máxima de tração de até 63 toneladas. A chegada dos novos caminhões à rede de concessionárias da marca está prevista para acontecer entre o fim de maio e

início de junho. Com os lançamentos, a Ford espera aumentar sua participação de 23,9%, no mercado nacional de comerciais leves, para 25%, ainda este ano, e esquentar a disputa com os rivais MAN Constellation e Mercedes-Benz Atego, líderes de mercado com 37,6% e 27,8%, nessa ordem. A gama 2012 dos modelos Cargo foi viabilizada por investimentos de R$ 670 milhões, que serão consumidos pela Ford Caminhões até 2013. O objetivo é colocar novos produtos no mercado, aumentar a capacidade produtiva e elevar a participação no mercado da empresa.

Nova linha Desenvolvido nos Centros de Design e Engenharia de Camaçari, na Bahia, e em São Bernardo do Campo e Tatuí, ambos em São Paulo, o projeto Cargo 2012 contou ainda com suporte das unidades da Ford na Europa e Estados Unidos. Uma das principais novidades é que a partir de agora a Ford passa a oferecer versões com cabine-leito (com cama de 1,90 metro), opção inédita para os caminhões Cargo. Desta forma, cinco dos onze modelos – Cargo 1722, Cargo 2422, Cargo 2428, Cargo 1932R e Cargo 1932 – terão opção de cabine-regular ou cabineleito, enquanto os outros seis – Cargo 1317, Cargo 1517, Cargo 1717, Cargo 2622, Cargo 2628, e Cargo 3132 – serão oferecidos somente com cabine simples. Outro aspecto que merece destaque é o design. Na linha 2012, os caminhões Cargo exibem a nova identidade visual, batizada pela Ford de Kinetic e já utilizada em automóveis da marca, como Focus e Fiesta. Os itens que mais chamam a atenção na parte externa são a grade dianteira trapezoidal e os grandes defletores de ar. O Cargo 2012 traz siste-

ma de suspensão na cabine, coluna de direção com ajuste pneumático, chave com código eletrônico antifurto, vidros elétricos de série e a opção de bancos com suspensão pneumáti-

ca, além de retrovisores elétricos. As travas com acionamento elétrico são opcionais. A motorização é composta por quatro blocos fornecidos pela Cummins, um de quatro

cilindros, de 3.9 litros, e um um seis cilindros em linha, 5.9 l, que oferecem entre 170 cavalos e 320 cv, dependendo da configuração. O torque das versões vai de 61 kgfm a 96,8 kgfm. As novas transmissões são fornecidas pela Eaton, e podem ser de seis velocidades, com a primeira marcha sincronizada, e de 13 marchas, totalmente sincronizadas. Os preços não foram revelados pela fabricante até o momento.


Carro &Moto Editor responsável : Flávia Dias < flaviadias@jdia.com.br

Jornal do Dia

D4

Macapá-AP, domingo e segunda-feira, 27 e 28 de março de 2011

Primeiras unidades do Nissan Leaf começam a ser entregues no Reino Unido

Atualmente o Leaf é fabricado no Japão, mas irá desenvolver uma forte relação com o Reino Unido Carplace

A

Nissan começou a entrega do novo Leaf no Reino Unidos. Dois clientes já receberam as chaves e no recorrer da semana, outras unidades serão entregues. Atualmente, o Leaf é fabricado no Japão, mas irá desenvolver uma forte relação com o Reino Unido nos próximos anos, já que em 2013 o modelo será montado na

fábrica de Sunderland, mesmo lugar de onde saíram o Juke e a velha geração do Micra, até recentemente. Segundo a marca, uma ampla rede de postos de recarga já está sendo construída no Reino Unido. As concessionárias da Nissan que vendem elétricos serão equipadas com postos de recarga rápida, capaz de recuperar 80% da carga da bateria em menos de 30 minutos.

Grupo PSA soma 1.152 patentes registradas em 2010 Carsale

O

Grupo PSA Peugeot Citroën encerrou 2010 com 1.152 patentes registradas. Com este resultado, a empresa conquistou pelo quarto ano consecutivo o título de maior depositante francês de patentes, segundo anúncio feito pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) da França. Ao todo, as patentes englobam inovações tecnológicas aplicadas aos veículos de ambas as marcas e estão relacionadas à diversas áreas de desenvolvimento automotivo. Em relação à segurança, o grupo destaca o aperfeiçoamento dos dispositivos de proteção de pedestres, o reforço da resistência das carrocerias, os recursos disponibilizados para prevenir situações de acidentes, como a ajuda à frenagem de emergência, além da medição da distância entre os veículos. Dentre as tecnologias voltadas à redução de emissões de poluentes está o sistema Stop and Start, que desliga o motor em paradas de curta duração – a tecnologia possui, desde 2003, mais de 60 patentes registradas. Outro exemplo é o sistema batizado de Head Up Display que tem como objetivo projetar informações do veículo no pára-brisa para evitar que o condutor tenha que desviar o olhar da pista. Lançada no crossover 3008 e na minivan 5008, ambos da Peugeot, a tecnologia chegou ao sedã 508 já com uma versão em cores. Além disso, o grupo PSA também destaca entre as patentes o Hill Assist, tecnologia de assistência a saídas em aclives, e o Grip Control, sistema anti-patinação para todos os tipos de piso. O grupo PSA informou ainda que, durante o último ano, foram investidos 2,1 bilhões de euros (R$ 4,9 bilhões) em pesquisa e desenvolvimento na divisão automotiva, quantia que representa 5% do faturamento.


27-28 03 2011