Page 1

Como e Porque separar o lixo ?

A reciclagem reduz os impactos causados no meio ambiente, além de gerar economia de água e energia

A importância dos bichinhos de estimação para a vida e desenvolvimento das crianças

O que é reciclagem ? Como Separar o lixo doméstico? O que não vai para o lixo reciclável ? Pagina 03

Prestação de Contas / Junho 2013

O Que Pagamos?

Classificados

Continuamos com a promoção.. Chegou Minha Vez!!! Pague o seu condominio em dia e concorra a premios

Pagina 04

Pagina 11

Campeonato FutSal 2013 Agora para as crianças de até 15 anos

Pagina 02

Pagina 09

A experiência para uma criança de poder ver um animal de perto é uma aprendizagem que os especialista chamam de educação humanitária Pagina 10


02

Jornal do CCRC

Fique sabendo...

O jornal é distribuído gratuitamente no CCRC Tiragem: 1000 As Matérias assinadas não refletem necessariamente, a opinião do Jornal Para anuncia envie um email para Jornaldoccrc@gmail.com

Jornalista Responsável: Ricardo Toome MTB 38.745

Luiza Bedin Hager Matérias

Bruna Rocha Colaboradora

Bruna Carolina Revisão

Fábio Moreira Colaborador


03

Jornal do CCRC

Saiba mais...

Quais são os materiais não recicláveis?

Por

Luiza B. Hager

luiza.bk@hotmail.com

Contribuir com o meio em que vivemos exige menos do que a maioria das pessoas imagina, a preservação da natureza começa em casa, com pequenas atitudes diárias, que fazem toda a diferença. Para boa parte da população, os conceitos de reciclagem e coleta seletiva, já não são mais novidades, mesmo que muita gente não tenha o hábito de separar os diferentes tipos de lixo em suas próprias residências, já usaram o serviço em praças de alimentação. Muito se fala nos tempos atuais sobre as vantagens da separação desses resíduos doméstico. Além de reduzir de forma importante, o impacto sobre as áreas naturais, diminui as retiradas de matéria-prima do meio ambiente, o que já é de valor inestimável. A natureza não é fonte inesgotável de recursos, suas reservas são finitas e devem ser utilizadas de maneira racional, evitando desperdício e considerando a reciclagem um processo vital para a sobrevivência do planeta. Apesar do assunto ser comum em diversos meios de comunicação muitas pessoas ainda não se conscientizaram da importância deste pequeno habito diário. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) no Brasil são recolhidas cerca de 180 mil toneladas diárias de resíduos sólidos, mais da metade desses resíduos são jogados, sem qualquer tratamento, em lixões a céu aberto. Com isso, o prejuízo econômico passa dos R$ 8 bilhões anuais. No momento, apenas 18% das cidades brasileiras contam com o serviço de coleta seletiva. O material que compõe cada coisa é o que determina seu tempo de decomposição no meio ambiente ter consciência de quão longo pode ser esse tempo, influenciará em nossa decisão na hora de

dar destinação ao que consumimos. A reciclagem de uma única lata de alumínio economiza energia suficiente para manter uma TV ligada durante três horas. Além disso uma tonelada de papel reciclado economiza 10 mil litros de água e evita o corte de 17 árvores adultas. Além de contribuir significativamente para a sustentabilidade urbana, a coleta seletiva vem incorporando gradativamente um perfil de inclusão social e geração de renda para as populações mais carentes, que são excluídos do acesso aos mercados formais de trabalho. Segundo a Associação Brasileira do Aluminio, cerca de 100 mil pessoas no Brasil vivem exclusivamente de coletar latas de alumínio e recebem em média três salários mínimos mensais. Entre as vantagens ambientais da reciclagem do lixo, a economia de recursos naturais renováveis e não renováveis estão em destaque, além da diminuição dos impactos no meio ambiente, causados pelos aterros sanitários. Dentre tantos benefícios, o nosso condomínio não poderia ficar fora dessa e tornou a coleta seletiva um padrão, o que já representa uma longa caminhada para colaborar com o equilíbrio da natureza.

O que é reciclável? Reciclagem é o reaproveitamento de materiais. Alguns resíduos como a lata de alumínio poderão retornar á cadeia produtiva para virar o mesmo produto.Folhas e aparas de papel, jornais, revistas, caixas, papelão, PET, recipientes de limpeza, latas de cerveja e refrigerante, canos, esquadrias, arame, todos os produtos eletroeletrônicos e seus componentes, embalagens em geral, também podem passar pelo processo de reutilização. Como separar o lixo doméstico? O primeiro passo para separar o lixo doméstico é não misturar recicláveis como vidros, plásticos, metais e papeis com os materiais orgânicos, além disso lavar e secar as embalagens é imprescindível.Embrulhe vidros e outros materiais cortantes em jornal, ou coloque em caixas para evitar que outras pessoas se machuquem. O que não vai para o lixo reciclável? Papel-carbono, etiqueta adesiva, fita crepe, guardanapos, fotografias, filtro de cigarros, papéis sujos, papéis sanitários, copos de papel, cabos de panela e tomadas, clipes, grampos, esponjas de aço, canos, espelhos, cristais, cerâmicas, porcelana. Pilhas e baterias de celular devem ser devolvidas aos fabricantes ou depositadas em coletores específicos.

• Papéis não recicláveis: adesivos, etiquetas, fita crepe, papel carbono, fotografias, papel toalha, papel higiênico, papéis e guardanapos engordurados, papéis metalizados, parafinados ou plastificados. • Metais não recicláveis: clipes, grampos, esponjas de aço, latas de tintas, latas de combustível e pilhas. • Plásticos não recicláveis: cabos de panela, tomadas, isopor, adesivos, espuma, teclados de computador, acrílicos. • Vidros não recicláveis: espelhos, cristal, ampolas de medicamentos, cerâmicas e louças, lâmpadas, vidros temperados planos. O que são materiais não recicláveis? Materiais não recicláveis são aqueles que não podem ser reutilizados após transformação química ou física, porém muitos materiais não são reciclados no Brasil apenas por ainda não existir tecnologia para o tipo específico de material. IMPORTANTE SABER: • Cada 100 toneladas de plástico reciclado economizam 1 tonelada de petróleo. • Um quilo de vidro quebrado faz 1kg de vidro novo. • O vidro pode ser infinitamente reciclado. • Para produzir 1 tonelada de papel é preciso 100 mil litros de água e 5 mil KW de energia. Para produzir a mesma quantidade de papel reciclado, são usados apenas 2 mil litros de água e 50% da energia. • O lacre da latinha não vale mais e não deve ser vendido separadamente. As empresas reciclam a lata com ou sem o lacre. Isso porque o anel é pequeno e pode se perder durante o transporte.


04

Jornal do CCRC

Prestação de Contas / Junho 2013


Jornal do CCRC

Prestação de Contas / Junho 2013

05


06

Jornal do CCRC

Prestação de Contas / Junho 2013


Jornal do CCRC

Prestação de Contas / Junho 2013

O que pagamos

07


08

Jornal do CCRC

Prestação de Contas / Junho 2013


Jornal do CCRC

Prestação de Contas / Junho 2013

09

Mais Informações sobre a prestação de contas Boletos Gerados com vencimento em 07/08/2013

Inadimplência 25/07/2013

Total de 719 – R$ 302.764,81

Mês 06 - R$ 23.361,54 Mês 07 - R$ 58.321,47 (calculo in-

(média, não se trata de valor exato, existe variação ocasionada por rateio de pingadeiras e troca de válvula.)

Senhores condôminos, o balancete publicado refere-se a prestação de contas do mês de Junho de 2013. As despesas Ordinárias, Extraordinárias, Água, Luz, Pintura e Congás são as bases para o condomínio que deve ser pago até o dia 07/08/2013. Lembramos que o não pagamento na data do seu vencimento acarreta na colocação da unidade na lista de inadimplência. Este mês foi incluido no rateio o valor de R$14.418,10, referente diferença na receita, devido a isenção dos sub-sindicos, em média o condomínio deve ratear em torno de R$ 5.000,00 para cobrir este valor, como até o momento não estavamos rateado, estamos tendo que ratear para ajudar na cobertura das despesas. As despesas que compõem o condomínio são calculadas e rateadas de acordo com a Assembléia Geral Ordinária estamos rateando as contas de 2 meses anteriores. Segue alguns dados importantes:

Devido a falha no sistema bancário, ocorreu duplicidade de pagamento dos funcionários, o Banco fez o estorno na conta do condomínio e a diferença foi descontada dos funcionários que tiveram o crédito em duplicidade, não causando nenhum prejuizo ao condomínio e nem aos nossos colaboradores.

calculada

em

clui todos os boletos em aberto do mês 07 até o dia 31/07/2013)

Inadimplência Geral R$ 1.482.257,77 (neste valor inclui todos os boletos emitidos ate 31/07/2013. ERRATA: Ao contrário do que informamos no jornal passado neste valor estão incluídos as unidades do bloco 03/53 e bloco 04 sala 05 que pertencem ao condomínio). Acordos celebrados com compromissos até o ano de 2025 R$ 1.046.076,28 (na gestão atual só celebramos acordos em no Maximo 60 meses, os acordos fora deste padrão foram celebrados em gestões anteriores, em alguns acordos está sendo cobrado juros e CM, em caso de antecipação de receita, automaticamente o juros futuro e CM são retirados). Previsão de receita por acordos celebrados mês 08: R$ 22.458,36 Qualquer dúvida, estou a total disposição. Ricardo Yoshio Síndico residencialcupece@gmail.com

Recebe o balanchete e sua taxa condominial por email, agora colocamos mais uma opção para você receber o seu boleto atraves do email. Atualise o censo de sua unidade ou entre em contato com a administração solicitando que seja mudado a forma de envio, Com o envio atraves do email, você não precisara pagar a taxa de R$ 1,20 de correio


10

Jornal do CCRC

Saude

A importância dos bichinhos de estimação para a vida e desenvolvimento das crianças A experiência de poder ver um animal de perto é uma aprendizagem que os especialista chamam de educação humanitária

Por

Luiza B. Hager

luiza.bk@hotmail.com

Faz parte do desenvolvimento humano aprender a conviver com sentimentos, Desde bem pequenas as crianças lidam com um mundo onde tudo é novo e cada descoberta é mágica. Fazer com que os pequenos enxerguem as outras formas de vida como um todo, pode ser mais fácil do que você imagina. Muitos não percebem, mas a solução para alguns conflitos infantis está dentro de casa, o animal de estimação. Seja com um cão, gato, hamster ou um bichinho inusitado. A experiência de poder ver um animal de perto é uma aprendizagem que os especialista chamam de educação humanitária .A criança que convive com animais é mais afetiva, generosa e solidária, demonstra maior compreensão dos acontecimentos, é crítica e observadora. Além de despertar o senso de responsabilidade, sensibilidade e respeito essa relação vai permitir que os pequenos tenham uma compreensão melhor do mundo. De acordo com a veterinária Fernanda Helena Elias, a criança vai se tornar uma cuidadora responsável e para a autoestima delas isso é fundamental. “A intimidade e o elo que se forma com esse convívio, às vezes, faz milagres. trabalha a autoconfiança, senso de responsabilidade, e de afetividade.” A presença do animal traz o universo de outra pessoa para dentro de casa, assim como nós eles também tem suas necessidades físicas e biológicas, fazer com que a criança participe dos cuidados do seu animalzinho,seja co-

Noticia boa.. Sr. Gileno, adotou o cachorro que ficou abandonado em nosso condôminio por algumas semanas Agora ele terá um novo lar.. ...Parabéns Sr. Gileno pela iniciativa !!! locando a ração no potinho, dando banho ou segurando a coleira. Faz com que ela compartilhe sensações e desenvolva hábitos saudáveis. Além disso, os bichinhos ajudam a desenvolver habilidades motoras . “ As crianças tem o dom de aprender as coisas com muito mais facilidade que nós adultos, pois elas são espontâneas, e a experiência de ter um animal é lúdica, o que é um prato cheio para quem está em desenvolvimento”. Explica a Veterinária. As habilidades sociais também está presente nos benéficos que esse convivo promove, pois os animais são expressivos, se estão tristes ou com medo ficam acolidinhos, se estão felizes abanam o rabinho e querem brincar e com isso a criança desenvolve a empatia, o que facilita com que ela entenda o que o outro está sentindo.

Ao lidar com os animais, a criança projeta os cuidados que os pais têm com ela.Pesquisas comprovam que o elo que se forma entre crianças e animais ajuda a reduzir a ansiedade. De acordo com alguns estudos, crianças que estão passando por momentos difíceis na família, como o divórcio dos pais, enfrentam o problema de uma forma menos traumatizante quando têm um mascote em casa.


Jornal do CCRC

Classificados Vende-se apto no bloco 12 apto 34 de dois quartos, uma vaga na garagem coberta, cozinha planejada e pedras de granito preta, reformado. Valor a combinar. Tratar com Walter e Tamara (11) 98223-4567 Tim, 98033-4567 Oi Vende-se apto no bloco 7 apto 21 reformado, contatos. 2229-3324 res. 99874-8067 vivo

Quer vender, oferecer serviรงo Anuncio em nosso Classificados envie um email como o seu texto para jornaldoccrc@gmail.com

11


Residencial cupecê para grafica  

Chegou a edição de Agosto do Jornal do CCRC, matérias, prestação de contas... o que pagamos e muito mais

Advertisement