Page 1

MAIO 2017 - ANO XVIII- Nº 205

MAIO- 2017 - ANO XVI - Nº 205

Praça Osvaldo Aranha recebe iluminação de led e bateria solar

Etnia é a exposição de maio no Ciesp Divulgação

Clovis Cordeiro

Tela em exposição no Espaço Ciesp

Iluminação na praça oferece mais segurança aos frequentadores

Lar dos Velhinhos prepara mostra de decoração para setembro

Pág. 03

Pág. 08

PRÓXIMA EDIÇÃO 6 DE JUNHO LIGUE: (19) 3241-7727

Campinas Decor 2017 acontece até 18 de junho no Taquaral Clovis Cordeiro

Clovis Cordeiro Divulgação

Imagem internet

Uma das alas do Lar dos Velhinhos

Pág. 04

Pág. 08 Pág. 08

Quintal com piscina compõe um dos espaços da mostra

Pág. 03

NUTRIÇÃO

Alimentos saudáveis para todos Pág. 05

DOCES LEMBRANÇAS A boneca aeromoça

Pág. 03

FONOAUDIOLOGIA Crianças com rouquidão frequente

Pág. 06

Próxima edição 06 DE JUNHO INFORMAÇÕES:

(19) 3241-7727 e-mail: jornaldocastelo@globo.com

A_JORNAL DE MAIO 2017.indd 1

05/05/2017 20:40:39


Redação: jornaldocastelo@globo.com www.jornaldecampinas.com.br

Departamento Comercial: Fone: (19) 3241-7727 jornaldocastelo@globo.com

Imagem de internet

Recado de Fátima

Fátima, em Portugal Já está confirmada a visita do Papa Francisco à cidade de Fátima, em Portugal, nos dias 12 e 13 de maio. Com essa viagem, como aconteceu com outros Papas que lá estiveram, se confirma a importância das aparições e, sobretudo, das revelações feitas aos pequenos pastores Jacinta, Francisco e Lúcia. O mundo católico comemora 100 anos da Aparição de Nossa Senhora de Fátima. Com certeza, muita gente irá à Fátima no dia 13 de maio para ver a pessoa do Papa, esse ser humano simples e simpático que vem conquistando o mundo com palavras certas, nos momentos adequados. Mais importante do que isso, é viver os valores que o mesmo Papa defende e seguir o seu exemplo. Fátima é um convite a tomar consciência de que a Mãe de Jesus é também Mãe dos homens. É uma oportunidade para levar a sério os recados de nossa Mãe para toda a Humanidade, através de três crianças. Como disse certa vez o Cardeal Cerejeira: “Não foi a Igreja que impôs Fátima; foi Fátima que se impôs à Igreja”. Maria vem alertar a humanidade de que não é possível construir uma sociedade sem Deus ou contra Deus. A realidade está a mostrar quão desastrosa tem sido essa tentativa. Sem Deus, o ser humano fica privado da sua verdadeira dignidade. Fica à mercê dos interesses dos poderosos. Não precisamos ir longe para constatar essa realidade. As crianças vieram dizer que uma sociedade sem Deus é uma sociedade desumana, das deportações em massa, dos campos de trabalhos forçados, da redução do homem à condição de escravo, de peça de engrenagem, de objeto que se descarta quando deixa de ter interesse, e não dá mais lucro. A lembrança de Fátima deve levar as pessoas a tomarem consciência da mensagem que esse ambiente de fé e espiritualidade irradia: convite à oração e à vida de intimidade com Deus. Ao mesmo tempo, convite a que cada um cumpra os seus deveres, a começar por respeitar a dignidade e

os direitos da Pessoa Humana. Convite para que cada um se sinta corresponsável pela felicidade dos outros, rezando para que deixem caminhos tortuosos, busquem o diálogo para solucionar os conflitos, construam a paz e criem recursos para que cada um encontre a felicidade. Ao longo dos séculos, na história do mundo, muitas vezes e de muitos modos Deus falou à humanidade, enviou mensageiros e até seu próprio Filho. Fátima é mais um desses momentos em que Deus se dirige ao mundo através de três crianças inocentes. É preciso estar atento a esse recado de Deus antes que seja tarde. Nossa análise sobre os últimos acontecimentos no mundo nos preocupa. Por isso, Maria pede oração, penitência e conversão. Enfim, as aparições de Fátima nos ensinam a compreender, interpretar e viver as mensagens que Deus os envia através de pessoas simples e humildes, como já aconteceu em Lourdes, Loreto, Guadalupe e outros lugares mais. É um convite a não sermos medrosos e covardes quando se trata de dar testemunho cristão, promover a paz, construir pontes, patrocinar a reconciliação e, sobretudo, defender a vida em todas as suas fases: não deixando de chamar crime ao aborto e à eutanásia.

Mundo Real X Mundo Virtual

Ao falarmos sobre mundo virtual não podemos deixar de lado o mundo real, muito embora parte da vida que se mostra naquele, não condiz, nem de perto, com todos os prazeres e percalços deste. É bem verdade que há mil críticas a serem tecidas a respeito desse fantástico mundo virtual, que não promove educação, pensamento crítico, etc., ao mesmo passo, podendo ser uma fonte inesgotável de conhecimento de qualidade, onde talvez muitos não tivessem acesso, seja pela barreira financeira ou territorial, mesmo que essa fonte não seja propriamente lícita. Muitas vezes não se pagam os direitos autorais ao titular de um texto, objeto de pesquisas acadêmicas e aulas. Mas, esse mundo de vidas perfeitas não deixa de ser reflexo daquele outro mundo – que muitas vezes negamos – e, inclusive, pode tomar dimensões incalculáveis, que não teriam a chance de se perpetuarem exponencialmente, se as fronteiras do mundo virtual fossem mais delimitadas, como as chamadas “fronteiras secas”. Assim, esse mundo idealizado ajuda a transparecer todos os problemas do mundo real, que muitas vezes cobrimos com uma peneira. A internet que parece ser tão perfeita, começa a mostrar uma face não muito amigável. As dificuldades que temos para fiscalizar, por exemplo, crimes que ocorrem na internet advêm, inclusive, de inúmeras dificuldades que existem para controlarmos e punirmos ilícitos que ocorrem no mundo real. Primeiramente, temos que ter em mente que não somos guarnecidos de um órgão especializado para fiscalizar práticas ilícitas que vão de encontro aos direitos da propriedade intelectual (que abrange direitos inalienáveis, como nome e moral) e industrial, como as alfândegas e a polícia de fronteira fazem com os nossos “muambeiros”. Se fiscalizar a Ponte da Amizade e o tráfego de produtos piratas e ilegais é difícil, imagine informações e obras pela internet! As falhas fora do mundo virtual, além de inúmeras, refletem

irremediavelmente, neste âmbito abstrato. Uma Polícia Civil sucateada não é capaz de dar conta de toda a demanda de crimes e investigações virtuais. As Delegacias Especializadas em Crimes Eletrônicos acabam se voltando somente para crimes que ecoam na mídia. O que não é de todo ruim, uma vez que é melhor isso do que nada, como foi o “caso Carolina Dieckmann”. Imaginem quantos casos parecidos com o da atriz deixaram de ter um desfecho por falta de estrutura da polícia? Percebem como as falhas desse mundo real são ampliadas para o mundo sem fronteira da realidade virtual? Existem ainda inúmeros outros problemas do mundo real que afetam de forma violenta o mundo virtual (e vice-versa). A dificuldade de preservação da prova virtual e a identificação dos computadores (IP’s), que muitas vezes não é fácil e acaba desaguando na dificuldade de encontrar o autor do crime. Embora seja de extrema importância a elaboração de leis como o Marco Civil e tantas outras regulamentações acerca do mundo virtual, os crimes cometidos em tal âmbito nunca (ou muito pouco) serão passíveis de punição, enquanto carecermos de mecanismos no mundo real para tornarmos as leis realmente aplicáveis a todos e consequentemente, eficazes.

Clara López Toledo Corrêa é advogada da Toledo Corrêa Marcas e Patentes. E-mail: claratoledo@toledocorrea.com.br

Impressão: Lauda Editora, Consultorias e Comunicações Ltda. MAIO do 2017 - ANO XVIII- Nº 205 PÁG. 2 Rua Baronesa Japi, 53-Centro-Jundiaí-SP-CEP: 13.207-684 Tiragem: 6.000

Afinal, cárie pega de uma pessoa para outra?

Ilustração de técnica de higienização bucal para se evitar a doença cárie Para a doença cárie se desenvolver ela precisa de placa dental (acúmulo de bactérias que vivem naturalmente em nossas bocas e grudam nos dentes) e açúcar. Este açúcar, ingerido através da dieta do indivíduo, quando exposto as bactérias (placa dental), estas transformam os açucares em ácidos que dissolvem os minerais dos dentes, assim, provocando a cárie. Para impedir que este processo (formação de placa dental + interação das bactérias com o açúcar) aconteça, a escovação dos dentes com pasta dental fluoretada (mínimo de 1.000 ppm de Flúor) é necessária no mínimo 2x ao dia (+ fio dental 1x ao dia)*, e o consumo de açúcar restrito a, no máximo, 6x ao dia. Como as bactérias são naturais das bocas dos indivíduos, o principal vilão para a formação da cárie é o açúcar, o qual deve ser controlado, não deixando que os maus hábitos de consumo prevaleçam. Dessa maneira, considerado a doença cárie dependente de bactérias + açúcar para sua formação, a cárie não pode ser considerada uma doença contagiosa, as-

Vitor Hugo Araujo Stefanini, formado em Odontologia pela Unicamp-Campus Piracicaba, CRO-SP 95386 vitorhstefanini@hotmail.com

Hidrovolt atua há 16 anos em Campinas Côn. Luiz Carlos Fonseca Magalhães é pároco da igreja Cristo Rei e jornalista

www.jornaldecampinas.com.br

Clovis Cordeiro

Equipe Hidrovolt e o segredo para o bom atendimento: gostar do que faz Atuando no mercado desde 2001, a Hidrovolt começou suas atividades com a distribuição de produtos da marca Itron, atendendo construtoras, indústrias, órgãos públicos, condomínios, lojistas e pessoas físicas. Hoje é a líder em distribuição de hidrômetros e medidores de gás no estado de São Paulo. Desde março de 2010, a Hidrovolt complementou seus ser-

viços com a inauguração da loja no Jardim Chapadão que comercializa materiais hidraúlicos e elétricos com uma variedade de itens para atender seus clientes do começo ao fim de sua obra. Já em 2015, a empresa firmou a parceria com a marca de Bombas Wilo, para distribuição da linha de equipamentos no interior de São Paulo, ampliando ainda mais o portfólio de produtos oferecidos. Sob o comando do senhor Mauro Pinto, a equipe da Hidrovolt tem como prioridade atender ao cliente em todas as suas demandas. Para isso, a loja conta com colaboradores comprometidos em manter o padrão de excelência no atendimento, entrega imediata e produtos das melhores marcas. No mix de produtos a Hidrovolt tem desde tomadas e

Clovis Cordeiro

Fachada da Hidrovolt na Av. Marechal Rondon Clovis Cordeiro

O empresário Mauro Pinto (centro) ladeado pelas filhas Mariana Cerboni Pinto e Marcela Cerboni Pinto

A_JORNAL DE MAIO 2017.indd 2

sim não sendo transmissível de uma pessoa para outra. *Quando a placa não é removida através da escovação e fio dental ela se calcifica, se transformando em tártaro (superfície áspera e retentiva), o qual só é passível de remoção através do procedimento de limpeza no consultório odontológico. A avaliação pode ser agendada pelos telefones: (19) 32424500 e 3212-3501.

conectores elétricos, chuveiros, resistências, lâmpadas, caixas d’água, escadas; ferramentas; equipamentos para sistema de água e esgoto até bombas e pressurizadores para indústrias. Atendendo as necessidades do mercado, a empresa facilita o pagamento em até 10 vezes. A loja Hidrovolt fica na Avenida Marechal Rondon, 1070, Jardim Chapadão, em Campinas (próxima à Pedreira do Chapadão). Abre de segunda a sexta das 7h30 às 17h30 e, aos sábados, a partir das 7h30 às 12h. Informações pelo telefone: (19) 3213- 8003; www.hidrovolt.com.br vendas@hidrovolt.com.br.

05/05/2017 20:40:41


COMUNIDADE

DOCES LEMBRANÇAS A boneca aeromoça Álbum de família

Susi (em destaque no centro, na primeira fila) com a turma durante a formtura como aeromoça

Quando adolescentes, temos sempre aquelas amigas que nos matam de inveja. Acho que inveja é só força de expressão, porque não existe inveja boa. Inveja é inveja e não pode ser um bom sentimento. Melhor mudar para “amigas que nos matam de tanta admiração”. Melhorou. Soa muito mais positivo. Eu tenho inúmeras amigas as quais admiro. E muito. E vou usar o retorno das “Doces Lembranças” – ausente do Jornal do Castelo desde meados de 2015 – para, sempre que possível, ressaltar uma delas. Enquanto eu me divertia com bonequinhas de plástico e cabelo

de viajar pelo Brasil inteiro, cruzando as fronteiras pelos ares, enquanto nós, no má­ximo, atravessávamos parte de São Paulo até o Rio de Janeiro, abarrotados em até seis passageiros em carros de amigos - para economizar na viagem. Assim, além de linda e com nome de boneca, Susi tornava-se também elegante e glamourosa com seus uniformes impecáveis. E tem mais. Eram poucos os que tinham a oportunidade de estudar inglês além das aulas do tipo “The book is on the table” da escola pública. Sempre à frente de seu tempo, ela comprou LPs e estu-

MAIO 2017 - ANO XVI - Nº 205

PÁG. 03

Praça Osvaldo Aranha já está iluminada A Praça Osvaldo Aranha, entre as ruas Herculano Couto e Cônego Manoel Garcia, no Jardim Chapadão, está recebendo a instalação de 114 postes de iluminação, com luzes de LED e alimentados com energia solar. Quatro deles funcionam como miniusinas que captam a energia solar, armazenam e distribuem para os demais postes, que têm fiação subterrânea. A iluminação, que já está funcionando, é controlada por um timer e, por isso, tem horários para acender e apagar. Esta obra é resultado de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), sob responsabilidade da Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Não há custo para a Prefeitura, tanto na instalação de postes quanto na energia, que é solar, totalmente sustentável.

Poda das árvores O Departamento de Parque e Jardins (DPJ), da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, ­efetuou o levantamento de copa das árvores, que foi orientado por equipes especializadas, antes de executar a retirada de galhos mais baixos, para permitir a entrada de mais iluminação natural no interior da praça e ampliar espaço para a circulação de pessoas. Além disso, removeram as árvores que caíram com a chuva e estavam na praça. Os restos de madeira foram triturados e utilizados no próprio local para enriquecimento orgânico do solo. Para que a limpeza seja mantida, o Poder Público orienta que a população colabore para não jogar entulho na praça e denuncie pelo 153 se houver descarte irregular.

Clovis Cordeiro

Luminárias de led dão mais segurança aos frequentadores

WWW.JORNALDOCASTELO.COM.BR (19) 3241-7727

Clovis Cordeiro

Álbum de família

Vista parcial da pista de caminhada com as luminárias

Casarão do Taquaral abriga a mostra Campinas Decor Clovis Cordeiro

Willian José Blanc, Susi Mara Perallis Seidel (alunos) e Ely Correa Pinto (inspetor), durante Semana da Aviação, realizada no Dom João Nery, no ano de 1976 sintético ou com as de papel - que permitiam a compra das bara­ tinhas cartelas de roupinhas -, essa minha amiga tinha, simplesmente, o nome da mais famosa boneca do momento e sonho de consumo de dez entre dez crianças da década de 1960: Susi. A boneca Susi era fabricada pela Estrela – a Barbie de hoje – e nasceu para brilhar, assim como a minha amiga que, com seu sorriso, ilumina a tudo e a todos por onde passa. Reparem que até a sonoridade do nome é linda, assim como ela, que sempre atraía olhares por onde passava. Assim como a boneca, Susi sempre teve o corpo esguio e pernas finas, mas muito bem delineadas. Os frequentadores da piscina do Círculo Militar que o digam. Não bastasse ser agraciada com beleza e um nome de boneca, Susi sempre foi arrojada. Quando eu ainda nem havia sonhado com a possibilidade de um dia viajar de avião, a danada já estava prestando concurso na extinta Vasp para ser aeromoça. Se hoje em dia ainda existe todo um glamour envolvendo as comissárias de bordo, imagine naqueles anos 1980. Ser aeromoça não representava exercer apenas uma profissão diferenciada. Era a possibilidade

dou em casa, sozinha, ouvindo músicas dos Beatles e dos Rolling Stones. Nunca deixou que o seu “sucesso” subisse à cabeça e continua, até hoje, a amiga leal, ca­ rinhosa e bacana com todos. A Susi sempre foi alto astral. Tem um talento especial para reunir pessoas à sua volta – principalmente em sua casa -, recebendo e atendendo todos os seus amigos com um supercarinho. Tem, ainda, uma capacidade enorme ­ para apaziguar as situações e sempre procura valorizar o lado bom da vida e de seus amigos. Eu e todos os amigos e amigas a admiramos muito. Ela é ou não uma eterna boneca?

Vera Longuini jornalista e

escritora

veralonguini@ateliedanoticia.com.br

www.jornaldecampinas.com.br

A_JORNAL DE MAIO 2017.indd 3

Fachada da mostra no Taquaral A Campinas Decor, principal mostra de decoração, arquitetura e paisagismo do interior paulista, foi aberta em 5 de maio e segue até dia 18 de junho, num casarão estilo alemão do bairro Parque Taquaral. Nesta 22ª edição, que terá como destaque a instalação de ambientes em contêineres - tendência mundial em construção -, a Campinas Decor 2017 combina tradição e modernidade lançando mão de vários ambientes que foram reformulados e ganharam sofisticação. Em uma área total de 4 mil me­ tros quadrados, o espaço do casarão da década de 1950 e os contêineres que seriam destinados ao descarte convivem harmonicamente e dão vida a 45 ambientes internos e externos assinados pelos diversos profissionais do setor de Campinas e região. A criatividade desses profissionais, com a proposta de susten­ tabilidade, modernizou e transformou o local que abrigará a mostra - um imóvel localizado na avenida Almeida Garret, 1.591, no Parque Taquaral -, trazendo as tendências em objetos de decoração, móveis, iluminação, revestimentos de pisos, paredes, automação residencial e paisagismo.

Contêineres Forte tendência de construção na Europa e Estados Unidos, de­ vido à questão da sustentabilidade, praticidade e rapidez de montagem, na Campinas Decor eles aparecem individuais, em duplas, com mezanino, varanda e até jardim sobre o telhado, e viram garagem, bistrô, boteco e café, escritório compar­ tilhado, pavilhão gourmet, loft, com os mais variados estilos e soluções arquitetônicas. Campinas Decor 2017 Quando: de 5 de maio a 18 de junho Onde: Avenida Almeida Garret, 1.591, Parque Taquaral, Campinas Horários: de terça a sexta-feira, das 14h às 22h; sábados, domingos e feriados, das 12h30 às 22h (bilheteria fecha às 21h) Valor dos ingressos: R$ 35,00; estudantes e idosos pagam R$ 17,50 e crianças de até 12 anos não pagam Passaporte Campinas Decor: R$ 70,00, com visitas ilimitadas Serviços disponíveis: bistrô e café Informações: (19) 3255-7744

05/05/2017 20:40:44


COMUNIDADE/GASTRONOMIA

Comida oriental a preço convidativo é o diferencial da Casa do Yakisoba Divulgação

MAIO 2017 - ANO XVI - Nº 205

PÁG. 04

Mostra de arquitetura revitaliza o Lar dos Velhinhos de Campinas Clovis Cordeiro

Cômodo da área já em reforma

Fachada da Casa do Yakisoba Taquaral, na Avenida N.Sra. de Fátima

‑­

Para quem aprecia comida oriental uma boa sugestão é a Casa do Yakisoba. O restaurante oferece a preços justos os pratos da culinária chinesa e japonesa, preparados por cozinheiros especialistas. No almoço e no jantar, o sistema é selfservice por quilo, comida chinesa de segunda a sexta, R$ 39,90 e sábados, domingos, feriados e no jantar R$ 44,90, já o cardápio japonês todos os dias, o almoço e jantar estão a R$ 57,90 o quilo. Sempre com dois bufês dis­postos no salão, onde o cliente encontra variedade em pratos quentes e saladas. Outra opção é o serviço à la carte. Neste caso, que os pedidos dos pratos, porções, bebidas e sobremesas são feitos por tablets direto na mesa do cliente. As opções à la carte são várias, um exemplo é o Temaki de Salmão de 125g (R$ 9,90) com uma farta quantidade de recheio. Tem ainda porções de sushis, sashimis e lanches que são servidos rapida­ mente. No buffet pode escolher-se começando por saladas diversas e comida chinesa: yakisoba, tempurá, frango a passarinho, rolinho primavera, entre outros. As bebidas também têm preços bem modestos. Em maio, encontrará refrigerante de lata e alguns sucos de frutas por R$ 3,90 cada. No balcão do Sushibar, o cliente pode pedir comida japonesa (separada), tem os sushis e hotrools com os mais variados recheios e na quantidade que quiser, já que também estão no sistema por quilo.

A_JORNAL DE MAIO 2017.indd 4

Pertencente ao Higaten, a Casa do Yakisoba do Taquaral é a terceira unidade do grupo que também tem restaurantes no Jardim Proença e no Cambuí. No salão, além dos garçons tem sempre um gerente para acompanhar tudo e estar atento às demandas, assim todos os clientes são prontamente atendidos. As sobremesas são simples, mas saborosas como a tradicional banana caramelada que tamDivulgação

bém tem na versão abacaxi caramelado e sorvete soft nos sabores morango e melano ou misto. A Casa do Yakisoba abre para almoço todos os dias de segunda a domingo e jantar de segunda a sábado, inclusive feriados. O cliente também pode usar serviço de quilo para levar comida que escolher para casa. O restaurante fica na Avenida Nossa Senhora de Fátima, 124, Taquaral. Telefone.: (19) 32543305. ww.casadoyakisoba.com.br

A Mostra+Sustentável 2017, em sua primeira edição, promoverá a reforma e readequação de um dos mais antigos pavilhões do Lar dos Velhinhos de Campinas. Após passar pelo retrofit, o espaço abrigará os diferentes setores administrativos que hoje estão descentralizados. Ao público, a Mostra+Sustentável estará aberta entre os dias 7 de setembro e 12 de outubro, com os ambientes finalizados. Haverá atrações de intervenções artíticas, estrutura de estacionamento e praça de alimentação. Proposta A Mostra+Sustentável é um evento de arquitetura, paisagismo e decoração com formato inovador, formado por manifestações artísticas e opções gastronômicas. O projeto sem fins lucrativos tem caráter colaborativo, com investimento bem abaixo dos

verificados em outros eventos do gênero (aproximadamente R$ 960 mil) e é realizado obrigatoriamente em benefício de uma instituição com reconhecida atuação social em Campinas ou na região, de modo a atender às suas reais necessidades. Obras As obras no local já começaram. O primeiro passo foi a demolição de parte da estrutura interna da edificação, o que gerou aproximadamente 300 metros cúbicos de entulhos que foram reciclados e utilizados na pavimentação de uma rua interna. Filiado a Feac, o Lar dos Velinhos de Campinas abriga idosos em regime de moradia integral. A entidade fica na Rua Irmã Maria de Santa Paula Terrier, 300, na Vila Proost de Souza. Informações: (19) 3743-4300.

Buffet de pratos quentes

05/05/2017 20:40:46


RESTAURANTE/NUTRIÇÃO RESTAURANTE/NUTRIÇÃO

JUHO 2017 2016 -- ANO ANO XVI XVII- -Nº Nº205 194 MAIO

Nico Paneteria abre temporada de sopas e caldos

Alimentos saudáveis para todos

WWW.JORNALDECAMPINAS.COM.BR

Higienizar as frutas, escolher as da época ou safra que estão mais baratas e possuem maior valor nutricional, podendo pica-las por cima das verduras (folhosos). E, se quiser, pode acrescentar os legumes que foram cozidos no vapor ou em pouca água. Temperar com limão, azeite, ervas desidratadas (alho, cebola, salsa e outras de sua preferência) usar pouco sal, para variar coloque raspas de gengibre. A fruta do outono é o caqui, que é rico em licopeno, um pigmento que confere a cor amarelo/ alaranjado ao alimento, sendo um tipo de carotenoide, que tem ação anti-inflamatória, e consequentemente, auxilia no sistema imunológico. Os estudos sugerem que uma dieta rica em licopeno auxilia na redução dos riscos de câncer de esôfago, gástrico, próstata, entre outros. Único cuidado com a quantidade de caqui consumida, pois possui alto teor de carboidratos, podendo dar preferência para o consumo como sobremesa, após as refeições principais, e 1 unidade equivale a 1 porção. Lembre-se sempre de que nosso prato deverá ser o mais colorido possível, isso significa que estamos variando os alimentos e teremos as quantidades de nutrientes necessárias para o bom funcionamento do nosso organismo diariamente.

Clovis Cordeiro

Buffet de sopas todas as noites Nas noites mais frias, nada melhor que saborar deliciosas sopas e caldos e, se o ambiente for agradável e aconchegante, melhor ainda. Nesta época do ano, a Nico Paneteria oferece várias opções em sopas e caldos. Todos os dias, a partir das 18 horas, o cliente pode escolher entre os quatro tipos que são preparados com ingredientes selecionados e servidos quentinhos. Diariamente há a tradicional canja suculenta e o revezamento entre a sopa de feijão e a de palmito. Os outros dois sabores são variáveis, de mandioquinha, alho poró, de legumes, entre outras. Por R$ 32,90 o cliente se serve à vontade, e tem como entrada uma mesa de frios e saladas e complemento de diversos tipos de pães especiais.

Promoções Uma novidade é que às segundas e terças-feira, a Nico abre a oportunidade para saborear tudo do buffet de sopas por R$ 29,90. Outra promoção é o prato de sopa do dia, servido no andar de baixo após às 23h, que agora custa R$ apenas 14,90. O serviço que agradou os clientes e foi mantido é a sopa para viagem no andar térreo a um preço bem especial levar para casa nas opções de 1/2 ou 1 litro. E, para comodidade dos clientes, a Nico tem dezenas de vagas de estacionamento na frente, na lateral e uma ampla área atrás, com outra entrada. Nico Paneteria fica na Av. Andrade Neves, 2286, Castelo, Campinas. Telefone: 19 3243.1542 .

Clovis Cordeiro

As frutas, verduras e legumes são alimentos coloridos e ricos em diversos nutrientes, como vitaminas, sais minerais, água e fibras, além de fornecerem um pouco de energia na forma de calorias saudáveis. Novas pesquisas mostram que a combinação desses alimentos, não o consumo isolado, atua como reguladores de todo o metabolismo, auxiliando na prevenção de doenças crônicas não transmissíveis como hipertensão, doenças cardiovasculares e ainda certos tipos de câncer. Possuem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, além de auxiliar no controle de peso corporal. Apesar de sermos um país tropical, e termos muita disponibilidade desses alimentos, nossa ingestão é muito menor do que a recomendada, que seria de 5 porções ao dia. A quantidade ideal das verduras e legumes, nas principais refeições, caberia nas duas mãos juntas, como se estivéssemos pegando água na torneira com as mãos. Quanto maior a variedade desses alimentos, maior será o teor de nutrientes, e como deverão estar presentes em todas as refeições, o hábito de misturar as frutas nas saladas de folhas e legumes é uma ótima alternativa para aumentar o consumo diário, e de forma natural. As frutas ricas em vitamina C, por exemplo, auxiliarão na absorção do ferro que está presente nos feijões, além de sua função antioxidante e de cicatrização. O abacate é uma boa alternativa para pessoas que não estão habituadas ao paladar agridoce, mas pede atenção na quantidade, pois é uma fruta calórica, apesar de muito saudável, rica em gorduras boas e, como deixa a digestão mais lenta, auxilia na saciedade. A receita é ter criatividade e experimentar novos sabores.

PÁG.PÁG. 05 05

Regina Esteves Jordão Nutricionista – CRN3 13437 regina_nutri@yahoo.com.br

Variedade de pães acompanha buffet de sopas

Delivery

A_JORNAL DE MAIO 2017.indd 5

05/05/2017 20:40:51


GUIA DE SAÚDE & SERVIÇOS

Crianças que ficam rouca com frequência

Você conhece alguma criança que grita muito, e que vive rouca? Se conhece ou tem alguém na família, legal! Vamos saber algumas dicas de como podemos ajuda-las a cuidar da voz? As lesões de laringe na infância mais comum, são os nódulos vocais, ou os calos nas cordas vocais (conhecidos popularmente). Esses nódulos estão diretamente ligados ao mau uso da voz ou ao abuso vocal. O resultado disso é chamado de disfônia, ou seja, uma voz rouca. Para se pensar nessa rouquidão e auxiliar essas crianças, precisamos observar o ambiente em que elas vivem. - Ela fica muito tempo exposta ao ar condicionado? - Convive com pessoas que fumam perto dela? - A casa é barulhenta, tem som alto, muitas pessoas falando (a ponto de a criança precisar gritar para chamar a atenção e ser ouvida pelos adultos)? Primeiramente, é necessário readequar esse ambiente aonde a criança vive, para assim, posteriormente, favorecer o bom uso da voz. Também é importante identificar quais comportamentos de abusos vocais que a criança normalmente apresenta. - Ela grita muito? - Tem costume de imitar personagens como, monstros e dinossauros? - Chora muito, faz birra? Respondidas essas perguntas, procure então determinar em quais momentos o abuso ocorre com mais frequência e, a partir disso iniciar-se um trabalho de conscientização da criança. Esse processo deve acontecer de maneira mais lúdica possível, para que ela consiga compreender a importância de cuidar da saúde vocal. Então vamos lá, veja algumas dicas: Conte uma história sobre a importância de uma voz bonita e de não gritar.

Tente mostrar que ter uma voz rouca não é legal. Tente associar uma voz bonita a algum personagem que a criança gosta e uma voz rouca, uma voz feia; a personagens ruim como, monstro ou um vilão. Você pode montar fichas com desenhos que demonstram hábitos bons para voz e hábitos ruins, fazendo, também, uma plaquinha de carinha feliz e outra plaquinha de carinha triste, assim, ela deve levantar as carinhas conforme você mostre os hábitos ruins e os hábitos bons. Outra dica é fazer uma tabelinha com a criança, anotando os hábitos ruins que ela fez durante o dia (gritou, falou alto) e os hábitos bons (bebeu água, falou baixo), e, ao final do dia, vocês sentarem e verem juntos. Diminuir os abusos vocais é um grande passo, e pode ajudar essas crianças, mas o ideal que esses abusos e essas técnicas estejam ligados com a intervenção de um profissional. Procure um otorrinolaringologista, faça exames e procure uma fonoaudióloga para que essa passe exercícios específicos que auxiliarão nessa rouquidão.

Thais P. Marchi Fonoaudióloga/ CRFA2- 19002 fonoaudiologa.thais@gmail.com

JORNAL DO CASTELO 16 anos

Para anunciar LIGUE: (19) 3241-7727 ou (19) 9 8117-4727 WhatsApp

ÁRIES - 21/03 a 20/04: É um dos períodos mais negativos para assumir compromissos importantes e assinaturas de papéis que possam lhe comprometer. Cuidado com o excesso de exigência para com as pessoas demasiadamente sensíveis.

TOURO - 21/04 a 20/05: Grandes possibilidades de sucesso poderão ser esperadas para os próximos dias. Algumas ideias brilhantes que vier a ter devem ser colocadas em prática. Pode fazer mudança, novos amigos e destacar-se culturalmente. GÊMEOS - 21/05 a 20/06: Logo, você terá ótimas influências para cuidar

de questões financeiras, contábeis, bancárias. Obterá lucros através de publicidade, rádio, jornal, cinema, televisão. Fluxos positivos. Bom para o amor e o casamento.

CÂNCER - 21/06 a 21/07: Fase em que tudo poderá acontecer a seu

favor. Ótimas oportunidades de ganhar dinheiro e negócios, pelo esforço no trabalho e pela influência dos amigos. Provavelmente, também, seu relacionamento amoroso se fortalecerá.

LEÃO - 22/07 a 22/08: Os aspectos astrais indicam relações harmoniosas

com o cônjuge, pessoas amigas, vizinhos e familiares. O período será excelente, pois as pessoas estarão notando muito seu visual e seu comportamento.

VIRGEM - 22/08 a 21/09: Momento favorável as suas transações financeiras e para comprar ou vender bens móveis e imóveis. Terá êxito também ao tratar de assuntos sociais e no lançamento de novas ideias profissionais.

A_JORNAL DE MAIO 2017.indd 6

LIBRA - 23/09 a 22/10: No trabalho, maior habilidade diplomática, senso

estético e criatividade, trazendo grande progresso material. Procure olhar com objetividade o que está acontecendo. Alimentar expectativas muito altas só vai gerar mais ansiedade, fora isso, o período é excelente para rever amigos e se divertir.

MAIO 2017 - ANO XVI - Nº 205

PÁG. 06

Os ciclos da Vida Humana! (Parte 05) Depois de tanto se falar em Política, Guerras, Greves, Paralizações, Epidemias de Saúde e Frigoríficos; vejo que temos um importante assunto em pauta para se falar não só no Brasil, mas também pelo mundo afora. O aumento nos casos e nos diagnósticos de Depressão. Pois, tem se falado também, e muito, sobre a depressão. E creio que todo mundo se sente até um pouco vítima, atual ou futura, deste mal. Reparemos no fato constante que ao comentarmos a respeito desta desarmonia geral, logo surge alguém que já sofreu com ela, que faz tratamento, que já fez ou conhece alguém que o fez ou faz. Este mal tem sido estudado detalhada e incansavelmente ao longo dos tempos, tomou proporções enormes no último século e assumiu caráter emergencial numa era PÓS-PROZAC. O que se chama de era PÓS-PROZAQUINA é a era que estamos vivendo. Quando tivemos acesso aos primeiros produtos fabricados à base de FLUOXETINA, o mundo pareceu ter aberto como que “Uma Caixa de Pandora”: finalmente, se não se chegava a uma conclusão a respeito deste mal, ao menos havia-se descoberto uma possível cura. Após alguns meses de uso, o PROZAC (entre tantos outros), por exemplo, fazia com que as pessoas que estiveram prostradas, tristes, incapazes até de fazer higiene pessoal, totalmente desmotivadas diante da vida e muitas vezes optando por não mais vivê-la, estivesse novamente com sua vida mais estável e em busca de melhorar, capaz de trabalhar, comer, enfim, viver, e muitas vezes com maior entusiasmo e maior enlevo. Obviamente, tal medicamento não passaria despercebido às pessoas acostumadas a viver em um mundo de felicidade simulada e, assim, objetivos menos altruístas foram sendo doados ao medicamento que passou a ser chamado da “pílula da felicidade”... Aqui estamos agora diante de um real e vívido problema, tão grande quanto o anterior. Ao invés de termos pessoas realmente doentes e passíveis de tratamento e, consequentemente, de cura, passamos a enfrentar também o que viria a ser a antítese da descoberta. Agora me digam: “Quem em sã consciência, acredita em uma felicidade provocada apenas pela ingestão de uma pílula? Será realmente sadia e eficiente tal atitude?”. Muitos estudos veem esse quadro como o de adolescentes que experimentam a droga pela

primeira vez para “ver como é”, a segunda porque “não deu para perceber direito”, a terceira porque “foi legal”, a quarta “porque todo mundo na balada usou” e, daí para o vício crônico são apenas mais alguns passos. Sem falar agora nesta bobagem da tal “Baleia Azul”...Eis que estamos diante desta realidade na qual mais mulheres usam drogas antidepressivas para enfrentar relacionamentos insatisfatórios emocionalmente, mas que lhes rendem uma boa casa e certo conforto; homens que atualmente recorrem a antidepressivos por se sentirem questionando escolhas pessoais e profissionais; adolescentes que enfrentam crises em família através de idas a consultórios psiquiátricos e não em diálogos com os pais, médicos exaustos de plantões que se sentem à beira de um colapso, e poderia continuar por páginas com exemplos... Mas há luz no fim do túnel? Tal exemplo nos coloca diante de uma verdade inquestionável: há cura para a depressão, e ela não passa pelo fim da vida, mas sim, por um reposicionamento de vida, uma nova postura diante dos problemas, uma nova visão de empreendimento pessoal, de qualidade de vida interior, de reeducação: alimentar, filosófica, familiar, profissional, enfim, pessoal completa. As Terapias não apenas com uso de medicação (sejam elas quais forem) estão conquistando o mundo por verem o ser humano como ele é: humano, um complexo de engrenagens que funcionam uma enganchada na outra e não pedacinhos de mim, de você e de nós... Sim, somos máquinas perfeitas, feitas para funcionar com exatidão do começo ao fim. Sim, estragamos muita coisa com essa corrida contra o tempo, mas tudo que vai volta ou pode ser remodelado, corrigido, no mínimo apaziguado. Vamos investir nessa luta e vencer mais essa dificuldade? A escolha é sua!

Vinicius D´Ottaviano Ph. M. - Psicologia Clínica viniciuspsique@hotmail.com

WWW.JORNALDOCASTELO.COM.BR

“Todos os dias, sob todos os pontos de vista, vou cada vez melhor”

ESCORPIÃO - 23/10 a 21/11: Será necessário ter paciência consigo

próprio. Tendência a não enxergar novas perspectivas para o futuro, mas elas logo surgirão. Mantenha-se fiel àquilo que será necessário fazer, para que melhor se estabilize sua vida.

SAGITÁRIO - 22/11 a 21/12: Fase em que poderá prosperar pela influência do cônjuge, trazer e ter sucesso nas pesquisas e em tudo que está relacionado com o ocultismo. Todavia, evite a precipitação, tome cuidado com seu dinheiro. CAPRICÓRNIO - 22/12 a 20/01: Disposição um tanto quanto

precipitada. Tendências ao nervosismo e às ações mais violentas estão previstas. Evite tais coisas para que possa coordenar melhor sua vida. Êxito em assuntos ocultos.

AQUÁRIO - 21/01 a 19/02: Vida tranquila e feliz ao lado dos familiares e da pessoa amada. O trabalho lhe trará satisfação e os negócios tendem a render bons lucros. Favorável para poupar o seu dinheiro. PEIXES - 20/02 a 20/03: Aproveite a influência astral deste período para

conhecer o maior número possível de pessoas. Sua ambição em atingir os mais elevados graus na escala social estará provocando certo distanciamento entre você e os amigos.

05/05/2017 20:40:52


V

A

R

I VARIEDADES E D A SOCIAL

D

E

S

XVIII205 MAIO 2017 - ANO XVI - NºNº205

PÁG.08 07 PÁG. PÁG. 07

Viva a Glicério

Happy Birthday Acacia Azevedo Azevedo, junto ao marido Gustavo Abreu, reuniu amigos para cele­brar o seu aniversário em clima de boteco. As fotos são de Markito.

“A população lincha o rato de praia, mas perdoa o corrupto com a desculpa: ‘ele rouba mas faz’ ”

O Giovannetti Campinas, que completa 80 anos no próximo dia 20 de maio, estará presente no Largo do Rosário, participando do projeto Viva a Glicério que acontece neste domingo, 7 de maio. A praça de alimentação “80 anos do Giovannetti” funcionará das 10h30 às 16h, com tenda, mesas e cadeiras para os frequentadores. Todos os famosos lanches e porções da casa poderão ser apreciados pelo a preços populares, com opções de salgados individuais a partir de R$ 3. É só chegar e participar da festa! Foto: Clovis Cordeiro

Gabriel , o Pensador

Neusa Leoncini

Gustavo Abreu e a cara-metade Acacia Azevedo Azevedo

CAMPINAS DECOR: Silvana Ferro e Renata Podolsky, coordenadora de eventos do do Polo Arqdec, no espaço de arquitetos e decoradores

www.jornaldecampinas.com.br

As filhas Victória e Acacia Abreu Momento Delícia A convite do Jamie’s Italian degustamos cardápio especial. Eu e a assessora de imprensa, Jussara Teixeira, fomos regiamente recepcionadas pelo mana­ ger Lincoln e toda a sua perfeita equipe. Adorei o Linguine com Camarões e tomates frescos, Bruschetta com queijo de cabra, Saint Peters com legumes e mo­ lho de limão. Tudo natural sem agrotóxicos. Para quem não sabe o restaurante fica no Shopping Dom Pedro. Inspiration Gala Moët & Chandon, marca de champagne oficial do evento levou exclusividade e joy de vivre em prol da fundação de pesquisa de cura da AIDS. A amfAR, Fundação para a Pesquisa da AIDS (The Founda-

Foto: Clovis Cordeiro

tion for AIDS Research) retornou ao Brasil para sua sétima edição, que acontece na casa de Dinho e Felipe Diniz, no Jardim Europa, na capital paulista. A bebida catalogada é mundialmente conhecida por sua generosidade. Na festa, foi montado um bar exclusivo e um serviço com as desejadas taças douradas para celebrar o momento. Imperdível O Instituto Italiano de Cultura - SP e o Consulado da Itália Campinas, com o apoio da Secre­ taria Municipal de Cultura de Campinas - Convidam para o ­­ “Concerto Espetáculo As Praças da Itália” Dia 11 de maio, quinta-feira, às 20 h, no Teatro Municipal Castro Mendes. Entrada franca.

Foto: Vinicius D´Ottaviano Clovis Cordeiro

ANIVERSÁRIO: O presidente do Clube Bonfim, Jairo I. Nascimento e Sueli A. M. Nascimento com o diretor-social, Hermógenes de Jesus Barão e a esposa Cida Barão, durante o baile de 95 anos da fundação do Clube Bonfim, realizado em abril na sede social, no Jardim Chapadão

A_JORNAL DE MAIO 2017.indd 7

CÍRCULO MILITAR: Chapa da situação vence a eleição com mais de 70% dos votos. Na foto, o vice-presi­dente Cel. Carlos Henrique Teixei­ra Costa; os diretores de Relações Públicas, Ana e Ten. Coronel Paulo Cesar Almeida e o presidente reeleito Cel. Almirante Pedro Alvares Cabral

05/05/2017 20:40:56


VARIEDADES

Iguatemi Campinas recebe exposição e palestra com Amyr Klink

MAIO 2017 - ANO XVI - Nº 205

PÁG. 08

Etnia é a exposição dos artistas Marli e Luiz Bonfante no Ciesp

Foto: Kassius Trindade

Divulgação

Paineis mostram as imagens das viagens de Amyr Campinas recebe a exposição fotográfica “Linha D’Água – Viagens Oceânicas de Amyr Klink e suas lições sobre a água” entre os dias 05 e 14 de maio, de segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingo, das 14h às 20h, com entrada gratuita, no Shopping Iguatemi. E, no dia 10 de maio o velejador fará palestra no Teatro Iguatemi, às 20h, que poderá ser conferida gratuitamente. O projeto reúne 30 fotografias do acervo do velejador Amyr Klink, destacando o uso racional da água nas expedições feitas por ele. Além da mostra fotográfica, o público poderá ver de perto uma das principais atrações do projeto. Trata-se do barco original I.A.T., no qual Amyr Klink fez a Travessia do Atlântico a remo. “Linha D’Água” conta ainda com um livro catálogo da exposição e uma cartilha infantil ilustrada com conteúdo relacionado ao consumo consciente da água que estará à disposição dos visitantes. A exposição receberá visitas monitoradas que podem realizar agendamento junto à D’color Produções Culturais pelo telefone (19) 32564500 ou pelo e-mail producao@ dcolor.art.br.

A mostra reúne imagens de autoria de Amyr Klink e também algumas fotografias de Marina Klink, sua esposa, que registrava, desde os anos 80, belas imagens de esportes de aventura, como asa-delta e competições de iatismo. Velejadora com mais de uma centena de competições no currículo, tornouse uma das mais respeitadas fotógrafas de natureza do país.

www.jornaldocastelo.com.br (19) 3241-7727

Palestra Na palestra, gratuita e aberta ao público, Amyr Klink contará sua história e falará sobre as estratégias de consumo de água que utilizou em suas viagens, revelando que planejamento, precisão e consciência são fundamentais. Serviço Campinas – de 05 a 14 de maio Exposição Linha D’Água “Viagens oceânicas de Amyr Klink e suas lições sobre a água” Horário: de segunda a sábado das 10h às 22h, e domingo das 14h às 20h Local: Shopping Iguatemi Campinas. Entrada gratuita. Divulgação

Obra da artista Marli em exposição O Espaço das Artes do CiespCampinas apresenta em maio uma exposição mista, com obras dos artistas Marli e Luiz Bonfante. Os dois utilizam técnicas diversas e para essa exposição, batizada de Etnia, levam óleos sobre tela, bico de pena, aquarela e giz pastel. Marli traz para essa exposição imagens de pessoas, enquanto Luiz mostra situações do dia a dia, cavalos e paisagens bucólicas.

Espaço das Artes do CiespCampinas– Exposição Etnia, de Marli e Luiz Bonfante, com 10 quadros, no Espaço das Artes do Ciesp-Campinas, de 8 a 31 de maio de 2017, das 8h30 às 17h30, de segunda a sexta . O Espaço das Artes fica na sede da entidade à Rua Padre Camargo Lacerda, 37-bairro Bonfim, em Campinas. Fone (19) 3743-2200.

Veleiro utilizado pela família Klink

A_JORNAL DE MAIO 2017.indd 8

05/05/2017 20:41:01

JORNAL DO CASTELO  
JORNAL DO CASTELO  

Versão digital da edição de maio 2017 do JORNAL DO CASTELO

Advertisement