Issuu on Google+

O

SEMANÁRIO

FUNDADOR: José Barão I DIRETOR: Fernando Reis

quinta-feira

DE I

MAIOR

EXP ANSÃO EXPANSÃO

23 de janeiro de 2014 I ANO LVII - N.º 2965

I

Preço 1,10

DO

ALGAR VE ALGARVE www.jornaldoalgarve.pt

PORTE PAGO - TAXA PAGA

VÍTOR NETO LANÇA ALERTA AO TURISMO

"O Algarve tem de optar por uma estratégia com visão e consistente" Em entrevista ao Jornal do Algarve, o antigo secretário de Estado do Turismo diz que "há razões para otimismo, mas não euforias", referindo-se ao ligeiro crescimento verificado em 2013, e que o turismo algarvio ainda tem um caminho difícil pela frente. "Atenção: estamos a falar de menos um milhão de dormidas em relação a 2001, isto é, há mais de dez anos", recorda Vítor Neto, que ainda recentemente lançou o livro "Portugal Turismo - Relatório Urgente", onde faz uma análise muito crítica da evolução das últimas duas décadas, denunciando problemas graves e indicando caminhos a seguir P 4/5

RECEBE BANDEIRA DAS CIDADES E VILAS DE EXCELÊNCIA

VERADORES DO PSD CRITICAM GESTÃO SOCIALISTA

Oposição diz que Olhão Vila Real de Santo António é exemplo no trabalho para caiu num "pântano a mobilidade dos cidadãos económico e social"

P 11

P9

Cortes orçamentais prejudicam acesso dos algarvios à saúde

PCP recomenda medidas de apoio à produção de bivalves

P3

Casa da Cultura de Loulé celebra 35 anos

P9

Castro Marim

Dirigentes e autarcas debatem futuro do desporto P 13

América Latina procura oportunidades de negócio no Algarve

P 18

RADIS Dr. Jorge Pereira

Agora com TAC - Rx - Ecografia - Mamografia RX Panorâmico Dentário Acordos - Convenções ADSE - SAMS - CGD - PSP - CTT - TELECOM - ADMFA ADMG - MÚTUA PESCADORES - MEDIS SAMS QUADROS - MULTICARE Rua Aug. Carlos Palma n.º 71 r/c e 1.º Esq. - Tel. 281 322 606 em frente à farmácia do Montepio (Tavira)

Campanha de assinantes Faça-se assinante ou pague já a assinatura e habilite-se a PRÉMIO SURPRESA! pág.7

GRANDES DESCONTOS EM PUBLICIDADE Proponha 2 assinantes e fique com a sua assinatura paga Assinatura sem aumento de preço há cinco anos (40¤ anuais)

P 24


www.jornaldoalgarve.pt

REDACÇÃO/ADMINISTRAÇÃO/PUBLICIDADE Tels. 281511955/6/7 - Fax 281511958 e-mail: jornaldoalgarve@gmail.com; ja.portimao@gmail.com Rua Jornal do Algarve, 46 - Apartado 23 8900-315 VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO

EDITORIAL Algarve sofre com cortes na saúde

Fernando Reis

A saúde está doente. Depois da introdução das taxas moderadoras, cujos valores são incomportáveis para muita gente, do desemprego e dos cortes nas pensões e rendimentos dos portugueses, com reflexos na degradação dos cuidados de saúde prestados à população, são agora, os profissionais da saúde, num abaixo-assinado subscrito por 200 clínicos, que vêm a terreno apontar “falhas graves” no fornecimento de materiais e de medicamentos nos hospitais de Faro e Portimão. Apesar de negar que esta situação tenha provocado alguma ruptura nos serviços de urgência, o presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar do Algarve, confirma as dificuldades sentidas, particularmente no mês de janeiro, por via da burocracia dos procedimentos e das restrições orçamentais, na aquisição de consumíveis e de medicamentos, o que não deixa de ser, naturalmente, preocupante. E apesar de refutar, também, que esta questão crie dificuldades na colocação de doentes em programa operatório, o que é facto é que são vários os casos de doentes que continuam à espera de uma cirurgia e que as listas de espera para estes actos não páram de engrossar e os atrasos na realização destes actos são cada vez maiores. Assim como, há doentes que não têm sido atendidos na urgência, particularmente no hospital de Portimão, por falta de especialistas de serviço. A verdade é que, por mais que o governo se esforce, não consegue esconder a triste realidade a que chegou a saúde, no Algarve e em Portugal. Em parte, como consequência da feroz austeridade que se abateu sobre todos nós, mas, sobretudo, como resultado de uma política ultra liberal, que tudo faz para entregar a gestão da saúde aos privados, quer nos serviços hospitalares quer no incremento dos seguros de saúde. Se é verdade que existia a necessidade de se racionalizarem os gastos da saúde, nalguns casos excessivos para a nossa capacidade orçamental, não se pode é, oportunisticamente, como parece ser o caso, aproveitar este facto para acabar com o Serviço Nacional de Saúde, que foi uma importante conquista do Portugal democrático, saído do 25 de Abril e um direito constitucionalmente instituído!

NERA debate desafios fiscais O NERA – Associação Empresarial da Região do Algarve e a UHY Portugal organizam mais um seminário dedicado à temática fiscal, na próxima terça-feira, a partir das 9h30, no auditório daquela associação, localizado no Loteamento Industrial de Loulé. Desta vez a ação pretende explicar e debater as alterações consagradas Orçamento do Estado para 2014, abordando temas como a Reforma do IRC, IRS, IVA, Imposto de Selo, Estatuto dos Benefícios Fiscais, IMI e Código Contributivo. O seminário destina-se a empresários, gestores, técnicos oficiais de contas e advogados e será conduzido por António Pereira da Silva e por César Filipe, especialistas em assuntos fiscais do Departamento de Consultoria Fiscal da UHY - Portugal.

JA COLABORA NA RECICLA GEM ECICLAGEM O Jornal do Algar Algarvve está a colaborar na reciclagem de papel, reutilizando e utilizando sobras. Desta fforma orma pre ores prettendemos sensibilizar os nossos leit leitores para a luta contra o plástico (utilizado por div er sos jornais e re vistas diver ersos revistas na eexpedição xpedição por correio) e para a necessidade de se def ender o meio ambient e. defender ambiente.

Embaixadores da América Latina reúnem com empresários algarvios O principal objetivo é a divulgação de oportunidades de negócio, em ambos os lados do Atlântico. Iniciativa começa no dia 30 em Loulé e inclui ainda visitas a diversas empresas da Região do Algarve Os embaixadores de sete países da América Latina vão estar no Algarve entre os dias 30 de janeiro e 1 de fevereiro para reunir com empresários e visitar diversas empresas da região. Um dos principais objetivos é potenciar as oportunidades que aqueles mercados configuram para as empresas portuguesas, bem como divulgar as oportunidades de negócio atuais. Trata-se de uma iniciativa da Casa da América Latina, em parceria com a Associação Industrial Portuguesa/Câmara de Comércio e Indústria, com a AIP - Feiras e Eventos e com a Associação Empresarial da Região do Algarve – NERA. Chile, Colômbia, Cuba, Equador, México, Paraguai, Perú, República Dominicana, Uruguai e Venezuela são os países representados nesta visita, onde os embaixadores latino-americanos terão a oportunidade de contactar com algumas empresas de sucesso, de vários sectores de atividade. No dia 30 de janeiro, a partir das 11h00, terá lugar um encontro de trabalho com empresários da Região do Algarve, nas instalações do NERA, em Loulé. Esta primeira iniciativa contará com a presença dos presidentes do NERA, Vitor Neto, da Câmara Municipal de Loulé, Vítor Aleixo, da AIP-CCI, José Eduardo Carvalho, bem com da secretária-geral da Casa da América Latina, Manuela Júdice.

Depois da apresentação, por parte do presidente do NERA, dos principais fatores de atratividade do Algarve para o investimento direto estrangeiro, cada representante diplomático falará acerca das oportunidades empresariais atualmente existentes na América Latina. No programa deste encontro está ainda previsto um espaço de debate, onde os empresários do Algarve poderão esclarecer todas as suas dúvidas, acerca daquele importante mercado, junto dos representantes diplomáticos. No mesmo dia, mas pelas 18h30, os embaixadores serão recebidos pelo executivo municipal de Loulé no Salão Nobre dos Paços do Concelho. Neste périplo pela região algarvia, os representantes da América Latina terão ainda oportunidade de visitar diversas empresas, entre as quais a Novacortiça, uma corticeira com sede em São Brás de Alportel, a Algardata, empresa especializada em soluções informáticas e sediada em Loulé, bem como a Conservas Dâmaso, uma unidade de transformação de pescado de Vila Real de Santo António. Esta iniciativa surge no seguimento de outros encontros que já se realizaram em Santarém, Coimbra, Évora, Braga, Leiria, Beja, Castelo Branco e Portalegre.

GNR vai multar na hora proprietários que não limpem terrenos florestais A falta de limpeza de terrenos florestais vai dar multa na hora. A medida ainda está em fase de estudo, mas deve avançar no próximo verão, disse no início desta semana a ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas. A governante adiantou que está a estudar com o Ministério da Administração Interna um sistema para que os proprietários florestais que não limpam os terrenos passem a ser multados na hora pela GNR. A ideia é que o pagamento da coima seja feito na altura em que é levantado o auto. Ou seja, as penalizações vão funcionar como as multas de trânsito.“O objetivo desta medida é combater a inércia dos proprietários e das autoridades, assim como diminuir os fogos florestais. Na região do Algarve, existem zonas, especialmente nas serras de Monchique e do Caldeirão, onde o mato nos terrenos atinge os três metros de altura, colocando em risco bens e pessoas, e os proprietários continuam a não dar

ouvidos aos alertas lançados repetidamente pela proteção civil e autarquias. A maioria dos focos de incêndio re-

gistados em áreas florestais da região são fogos causados por descuido das pessoas a cortar o mato e por queimadas que escapam ao controlo.

PREÇOS IMBATÍVEIS SCOOTER

MER CEDES A180 MERCEDES ANO 2008

LAND RO VER ROVER ANO 1993

Consulte os nossos preços e-mail: pcauto40@gmail.com Telf. 914 462 302


Jornal do Algarve