Page 1

O

SEMANÁRIO

FUNDADOR: José Barão I DIRETOR: Fernando Reis

Eugénio Guerreiro, presidente da Junta de Alte (Loulé)

DE

Quinta-feira

I

MAIOR

5 de maio de 2011 I ANO LV - N.º 2823

Terceiro aniversário vai ser comemorado em grande após conquista de mais um prémio internacional

"Área empresarial é vital para dinamização económica"

EXP ANSÃO EXPANSÃO

Portimão no clube dos grandes museus mundiais P3

P4

I

Preço 1,10

Ministra da Saúde reconhece esforço regional para os cuidados continuados

DO

ALGAR VE ALGARVE www.jornaldoalgarve.pt

PORTE PAGO - TAXA PAGA

Taça do Mundo de Ginástica Rítmica atrai milhares de fãs ao Arena

Espécie não era vista há mais de 50 anos neste sistema lagunar

Ginastas russas voltam a dar "show" em Portimão

Investigadores encontram alga que se julgava extinta na Ria Formosa

P6

P 18

P 24

POPULAÇÃO DA ALDEIA EXPECTANTE PERANTE PROJETO INÉDITO

Universitários mudam-se para Querença para inovar e empreender AUTARCA DA ILHA DO SAL “IMPRESSIONADO” COM O QUE VIU NA CIDADE POMBALINA

Cabo Verde inspira-se em VRSA para implementar projetos de Saúde e Desporto P 11

RADIS Dr. Jorge Pereira

Agora com TAC - Rx - Ecografia - Mamografia RX Panorâmico Dentário Acordos - Convenções ADSE - SAMS - CGD - PSP - CTT - TELECOM - ADMFA ADMG -MÚTUA PESCADORES - MEDIS SAMS QUADROS - MULTICARE Rua Aug. Carlos Palma n.º 71 r/c e 1.º Esq. - Tel. 281 322 606 em frente à farmácia do Montepio (Tavira)

P5

COZINHA TRADICIONAL QUE ENTROU NA MODA MATAVA A FOME AOS POBRES NOUTROS TEMPOS

Confraria põe gastronomia algarvia nas bocas do mundo

P 13


JA COLABORA NA RECICLA GEM ECICLAGEM O Jornal do Algar Algarvve está a colaborar na reciclagem de papel, reutilizando e utilizando sobras. Desta fforma orma pre prett endemos sensibilizar os nossos leit ores para a luta contra o plástico leitores (utilizado por div er sos jornais e re vistas diver ersos revistas na eexpedição xpedição por correio) e para a necessidade de se def ender o meio ambient e. defender ambiente.

www.jornaldoalgarve.pt

REDACÇÃO/ADMINISTRAÇÃO/PUBLICIDADE Tels. 281511955/6/7 - Fax 281511958 - e-mail: jornaldoalgarve@hotmail.com; faro@jornaldoalgarve.pt; portimao@jornaldoalgarve.pt Rua Jornal do Algarve, 46 - Apartado 23 8900-315 VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO

ESPÉCIE NÃO ERA VISTA HÁ MAIS DE 50 ANOS NESTE SISTEMA LAGUNAR

Investigadores encontram alga que se julgava extinta na Ria Formosa Os investigadores do Centro de Ciências do Mar (CCMAR) da Universidade do Algarve encontraram na zona da Fuzeta uma mancha, com cerca de quatro metros quadrados, de uma alga que já não era vista na Ria Formosa há mais de 50 anos. A descoberta foi feita durante os trabalhos de monitorização que os investigadores estão a fazer no âmbito do transplante de uma pradaria marinha que se encontrava junto das obras em curso no canal da Fuzeta. "Nunca tínhamos visto esta alga em muitos anos de investigação na Ria Formosa e ficámos surpreendidos", explica a coordenadora dos trabalhos, Alexandra Cunha. A descoberta acabaria por ser validada nos laboratórios do CCMAR. O anúncio da descoberta foi feito pela Sociedade Polis Litoral Ria Formosa através de comunicado. A alga em causa tem como nome científico Caulerpa prolifera, é verde

Espécie não era vista há mais de 50 anos neste sistema lagunar

e tem origem mediterrânica. Os trabalhos científicos que relatam a sua presença na Ria Formosa datam de 1845, 1931, 1932, 1933 e 1951. O referência mais recente é da autoria do investigador Francisco Palminha

que explicava existirem "importantes pradarias de Caulerpa prolifera, sendo a Ria de Faro a estação mais setentrional [a norte] que se conhece desta espécie". Como particularidade desta alga, os cientistas subli-

nham o facto de ser formada por células gigantes, macroscópicas, que têm vários núcleos e cloroplastos a circular livremente no seu citoplasma, ao contrário do que acontece na maioria das algas. Normalmente associada à erva marinha Cymodocea nodosa, esta alga tem afinidade subtropical e o seu desenvolvimento depende muito da temperatura da água. Uma característica que suscita hipóteses junto dos investigadores sobre se esta alga sempre esteve na Ria Formosa sem ser notada ou se apareceu em virtude do aquecimento global. De acordo com as informações divulgadas, a equipa vai continuar a monitorizar e a proteger a mancha agora descoberta e pretende procurar novas manchas da alga noutros locais da Ria Formosa. Os investigadores pretendem acompanhar ainda o comportamento da espécie na Ria Formosa.

Festival de Papas regressa a Albufeira A sexta edição do Festival de Papas de Milho ou Xerém, como é conhecido em terras algarvias, está de regresso ao concelho para dar a provar este prato típico do sul de Portugal. Para além da vertente gastronómica, a mostra irá contar com animação musical a cargo de artistas regionais. A iniciativa, organizada pelo Nuclegarve – Núcleo dos Motoristas Terras do Algarve, vai ter lugar no próximo dia 8 de maio, no EMA - Espaço Multiusos de Albufeira, a partir das 13h00. A sexta edição do evento vai divulgar as melhores receitas de xerém confecionadas na região e animar os presentes com a atuação da artista Fernanda Gonçalves. Para além da vertente gastronómica e musical, o Festival de Papas destina-se a angariar fundos para a construção da Aldeia da Solidariedade, o maior projeto social da região algarvia.

O valor da refeição completa é de 12,50 euros e inclui a degustação de diversas especialidades de xerém. Refira-se que as afamadas papas algarvias podem ser confecionadas com os mais variados ingredientes, desde conquilhas, petinga, toucinho ou chouriço.

TEMPO de música contemporânea em Portimão Dead Combo & Orquestra das Caveiras, Kaki King e Frankie Chavez têm concertos marcados para os próximos dias A temporada artística do Teatro Municipal de Portimão prossegue neste mês de maio com mais três concertos de música contemporânea, entre outras propostas. No dia 7 de maio, às 21h30, aos Dead Combo junta-se o coletivo Royal Orquestra das Caveiras, para apresentarem um espetáculo muito especial. Este projeto vem associar à sonoridade inovadora da guitarra elétrica de Tó Trips e ao contrabaixo de Pedro Gonçalves, um conjunto de três sopros, uma bateria e um piano. O espetáculo realiza-se no grande auditório Nuno Mergulhão e os bilhetes custam 10 euros, com descontos de 50 por cento para jovens até aos 30 anos. Também no grande auditório, no dia 17, às 21h30, sobe ao palco a cantora, guitarrista e compositora Kaki King, a primeira mulher a ser eleita Guitar God pela revista "Roling Stone", tendo sido também nomeada para um Globo de Ouro pela sua contribuição na banda sonora do filme "Into the Wild", realizado por Sean Penn em 2007. Depois de em 2010 ter lançado o álbum "Junior", Kaki King virá a Portugal para dois concertos únicos e a solo - no TEMPO e no Centro Cultural de Belém -, numa espécie de retorno às suas origens acústicas, visto ser a sua primeira digressão sem banda desde 2005. Os bilhetes custam 10 euros. No dia 20, às 22h00, o café concerto acolhe Frankie Chavez, um dos mais promissores talentos da nova música portuguesa, sendo considerado a mais recente revelação blues do sul da Europa e que, ao vivo, atuará em formato de one man band, munindo-se de várias guitarras com diferentes afinações, de uma bateria improvisada e de vários pedais de efeitos.

Capa 5 de Maio  

Primeira e última página JA

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you