Page 1

Paracatu, Unaí e João Pinheiro, Sexta-feira, 19 de outubro d e 2 0 1 2

N° páginas: p g 20 R$ $ 1,00 1

Páginas 7 a 16


2|GERAL

Sexta-feira | 19 de outubro de 2012

Divulgado os vencedores do 3º concurso fotográfico de Unaí UNAÍ - A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável divulgou, na página da prefeitura na internet, o resultado final do 3º Concurso Fotográfico. O concurso tem acontecido todos os anos com o intuito de fortalecer e despertar os estudantes para as belezas naturais da região do Noroeste. Participam do concurso alunos de escolas públicas e

privadas de todo o município de Unaí e cada escola fica encarregada de selecionar seus alunos/fotógrafos e enviar para a secretaria as respectivas fotos escolhidas. Após a seleção e votação, os premiados possuem suas fotos e nomes divulgados na página da prefeitura na internet (www.prefeituraunai. mg.gov.br). Após a votação por categoria, acontece a votação geral pela internet.

Este ano, pela categoria de Ensino Fundamental I, o primeiro lugar ficou para João Eduardo Euclides da Fonseca, estudante do Colégio Objetivo. De acordo com a secretaria, nessa categoria não houve 2º e 3º classificados. Já pela categoria Ensino Fundamental II, o campeão foi Lucas Alves da Silva, estudante do Colégio do Carmo. Em 2º lugar, pela mesma

categoria ficou Ludmilla Martins Araújo, estudante da Escola Estadual Tancredo de Almeida Neves e em 3º, o aluno da Escola Domingos Pinto Brochado, Muriel Everton Alves Oliveira. Pela categoria Ensino Médio, a grande vencedora foi a aluna da Escola Estadual Virgílio de Melo Franco, Simone Teixeira de Moura. Nessa categoria tiveram dois vencedores para o 2º lugar,

que foram Daniel Alves Martins, aluno do Colégio do Carmo e Emerson do Amaral F. de Oliveira, estudante da Escola Estadual Delvito A. da Silva. Também tiveram dois 3º lugar, cujos vencedores foram Tássio Tetsuo Yoshinaga, aluno da Escola Estadual Tancredo de Almeida Neves e Renan Yaly Benevides, estudante da Escola Estadual Virgílio de Melo Franco.

FOTO: JOÃO EDUARDO EUCLIDES DA FONSECA/COLÉGIO OBJETIVO

Empretec é um curso desenvolvido pela ONU que testa e potencializa o seu comportamento empreendedor. São seis dias de treinamento intensivo para você encarar seus medos, acordar para oportunidades, enfrentar limitações e fortalecer suas habilidades. Ninguém sai ileso de um Empretec. Nem você, nem a sua empresa.

EMPRETEC. PREPARE-SE PARA OS DESAFIOS DO MERCADO.

FOTO de João Eduardo Euclides da Fonseca, estudante do Colégio Objevo, que ficou em 1º lugar na categoria Ensino Fundamental I FOTO: SIMONE TEIXEIRA DE MOURA/ ESCOLA ESTADUAL VIRGÍLIO DE MELO FRANCO

USE SUA RESISTENCIA PARA ALCANCAR OBJETIVOS, E NAO PARA SE PRENDER A VELHOS CONCEITOS. As fichas de inscrição devem ser entregues até 30 de outubro no Sebrae-MG. Seminário: de 19 a 24/11, das 8h às 18h Local: Hotel Pousada das Palmeiras - Rua Cel. Lindolfo Garcia Adjuto, 1030 - Alto do Córrego Informações: Sebrae Paracatu - (38) 3672-3511 | Vagas limitadas Apoio:

CDL

PELA categoria Ensino Médio, a grande vencedora foi a aluna da Escola Estadual Virgílio de Melo Franco, Simone Teixeira de Moura

Quem tem conhecimento vai pra frente. | 0800 570 0800 | www.sebraemg.com.br

DIREÇÃO Thiago Keller (38) 8837.9161 Fundado em 17 de março de 2010 Rua Rio Grande do Sul, n° 1000 - Centro Paracatu/MG - CEP 38600-000 Tiago dos Reis Manique - ME CNPJ: 11.632.499/0001-76

CONTATO Paracatu -MG (38) 3671-6451 Rua Rio Grande do Sul, 1000 - Centro

Unaí - MG (38) 3676-1206 Rua São José, 203 - sala 102 Mini Shopping Hamilfer

DIRETOR DE JORNALISMO Tiago dos Reis Manique redacao@jornaldinamico.com.br

REDAÇÃO PARACATU Tiago dos Reis Manique redacao@jornaldinamico.com.br

REDAÇÃO UNAÍ Marcos Antônio Padilha (38) 9920-2981 redacaounai@jornaldinamico.com.br

REDAÇÃO JOÃO PINHEIRO Jussara Campos (38) 9815-6363 jussara@jornaldinamico.com.br

DEPARTAMENTO COMERCIAL PARACATU Sirlene Marns (38) 8827.4977 - 9970.2544

DIAGRAMAÇÃO E ARTE-FINAL Alysson Keidi Sassaki arte@jornaldinamico.com.br

sirlenemarns@jornaldinamico.com.br Marco Túlio de Andrade DEPARTAMENTO FINANCEIRO (38) 9992.4452 Paula Sousa marcotuliodeandrade@yahoo.com.br financeiro@jornaldinamico.com.br

DEPARTAMENTO COMERCIAL JOÃO PINHEIRO Marcus Vinicius Gonçalvez Costa (38) 9995-2664 DEPARTAMENTO COMERCIAL UNAÍ Robismar Pereira (38) 8805.2444 - 9952.2022 robismar.pereira@jornaldinamico.com.br

IMPRESSÃO Sempre Editora SA Belo Horizonte - MG Tiragem 5.000 exemplares


ARTIGOS|3

Sex ta - fe ir a | 1 9 d e o u t u b r o d e 2 0 1 2

O Robocop pode estar mais próximo do que imaginamos Reflexos

Um grupo de estudantes ecientistas da USP, em parceria com uma Universidade americana,

“Um escritor nunca esquece a primeira vez em que aceita algumas moedas ou um elogio em troca de uma história. Nunca esquece a primeira vez em que sente o doce veneno da vaidade no sangue e começa a acreditar que se conseguir disfarçar sua falta de talento, o sonho da literatura será capaz de garantir um teto sobre sua cabeça, um prato quente no final do dia e aquilo que mais deseja: seu nome impresso num miserável pedaço de papel que certamente vai viver mais do que ele. Um escritor está condenado a recordar esse momento porque, a partir daí, ele está perdido e sua alma já tem um preço.’’ Tirei essa passagem de um livro que li a poucos meses, O Jogo do Anjo, um bom livro por falar nisso. E se você quer saber, pra mim, independente de qual fosse a história escondida atrás dessa introdução, não seria justo dizer nada a menos que excelente. Com esse primeiro parágrafo o livro já tinha me ganhado. E o porque, bem, eu me vi nele. Enxerguei o meu trajeto de um ano atrás, quando decidi que escrever não era apenas um capricho que me fazia bem, mas sim o meu jeito de ficar em paz com o mundo. Sei que existem alguns remédios feitos por prescrição, em maior dosagem pra uns, mais brando pra outros, mas com a mesma essência. E foi mais ou menos assim que comecei a cogitar a hipótese de que o meu remédio, podia servir pra outras pessoas. E que a mensagem, ás vezes torta ou mesmo distorcida que consigo deixar registrada num texto, podia valer pra outro alguém, mesmo que fosse só pra fazê-lo pensar no assunto, discordar de mim, fazer melhor do que eu pude. Não há isso de se escrever bem ou mal, há apenas de escrever. O mundo tem caras e bocas demais pra entrar num consenso de bom ou ruim o tempo inteiro. Mas garanto que a cada página que rasgo, letra que corrijo, critica que aceito, tento chegar o mais perto possível do simples. Sim,do simples, do fácil, leve e esclarecido. Que fizesse sorrir ou chorar num mesmo momento, captar a intenção, de imediato engolir o contexto e voltar a rotina como se nada tivesse acontecido. O ponto final é a sentença, nada que uma mão humana seja capaz de fazer é perfeito. Sempre pode ser melhorado, sempre há de existir o que se questione. O fim nunca é o fim de verdade, toda vez que uma história é passada adiante ela volta ao presente, e fica sujeita a continuação, porque a ideia que se tem dela, a interpretação a que se chega é um forma de ir muito além de qualquer desfecho. Me sinto grata por ter tido a chance de conhecer o prazer de ter meus contos constantemente continuados, em versões diferentes, por pessoas diferentes, algumas que talvez eu nunca a chegue a conhecer. Mas estão lá,vivas, acontecendo vezes e vezes na imaginação de quem se permitir. E se me contam essa história “reformada’’ a, eu vejo o quanto ainda tenho que aprender, o caminho todo que tenho pela frente, porque a imaginação que tenho eu conheço, mas essas que me expõem são exatamente as que mais quero conhecer.

estão se dedicando a uma criação que pode revolucionar a história da tecnologia. É uma combinação de neurônios, chips e próteses que irá beneficiar pessoas com deficiências auditivas e dificuldade de locomoção. O futuro vai cumprindo,fielmente, aquilo a que sempre se propôs em nossas vidas, só que bem mais rápido né? Nos filmes de Ficção antigos, como Starwars, o ano 2000 era bem menos tecnológico do que é hoje e os Cyborgs, Robocops da vida só aparecem depois de 2030, mas o futuro já chegou! A força da tecnologia, se impõe cada vez mais no nosso dia-a-dia, mostrando que o amanhã se torna cada vez mais “hoje”, muito mais imprevisível. Bem mais do que imaginamos anos atrás. No campo da tecnologia, não é mais possível fazer previsões mais ou menos aproximadas. Para ficar com um exemplo simples, basta lembrar o uso popular (ou até mesmo a existência) de telefones celulares, smartphones ou iPads, algo absolutamente impensável há alguns anos atrás. Não muitos anos atrás, esses aparelhos estariam muito mais para a ficção científica e o desenho animado dos Jetsons que para a nossa vida. O bom da história é que, aliada aesta tecnologia, vários setores também surpreendem, como é o caso da medicina que dá passos largos no sentido de criar pequenas máquinas acopladas ao corpo humano. O que também não seria nenhuma novidade se levarmos em conta a existência de aparelhos para combater a surdez ou marcapasso, ambos já com anos de estrada. No entanto, o desafio atual são os chamados impulsos cerebrais aliados, que estão sendo estudados de forma a se tornar aliados no combate a males físicos ou de mobilidade. Aparelhos que, por exemplo,ajudariam um tetraplégico a andar, a partir da combinação de funções entre neurônios, chips e próteses robóticas. Não é possível dizer que essas espécie de, diríamos, “parte homem, parte robô” será uma realidade num futuro próximo, mas também é impossível dizer que não será. A questão da biocompatibilidade tem sido estudada a tempos e a IBM, gigante americana na área de tecnologia, se interessou pelo projeto, pois se o experimento for um sucesso, será preciso industrializar o processo de fabricação de chips. Já pensou? Um braço, uma perna com a Marca IBM? Um Sistema Operacional pra controlar os impulsos cerebrais!! Vamos esperar pra ver... Fonte: Gláuber César (www.Paracatu.net)

A VOZ DA IGREJA Dom Leonardo de Miranda Pereira Bispo da Diocese de Paracatu

O Sínodo dos Bispos No exercício de seu múnus de Pastor Universal, o Santo Padre é assistido pelos bispos que colaboram com ele de diversos modos, entre os quais o Sínodo dos Bispos. Trata-se de uma assembléia do Papa com alguns bispos escolhidos como representantes das Conferências Episcopais ou de outras instituições ou organismos da Igreja. Convocados pelo Papa, eles se reúnem ocasionalmente para promover melhor a união entre si e o Papa, auxiliando-o na preservação e crescimento da fé e dos costumes, na observância da disciplina eclesiástica e em questões que se referem à ação evangelizadora, mantendo vivo o autêntico espírito de corresponsabilidade na Igreja. No correr dos tempos, esse antiquíssimo costume caiu em desuso e desapareceu de todo na Igreja do ocidente. O Concílio Vaticano II restaurou-o e o Papa Paulo VI oficialmente o restabeleceu. Um sínodo, por natureza, se distingue de um Concílio Ecumênico. Deste participam todos os bispos da Igreja Católica, todos, sem exceção, com direito a plena participação, com voz e voto. O Sínodo é constituído apenas por um número bem limitado de participantes, em proporção ao número de membros de cada Conferência Episcopal e em representação desta, com finalidade apenas consultiva. Há três tipos de Sínodos: os Ordinários, que se reúnem de três em três anos; os Extraordinários, convocados em circunstâncias emergenciais, e os Especiais, que tratam de questões e desafios pastorais circunscritos a um país ou continente. De 1965 até este ano, foram realizadas vinte e três Assembléias Sinodais: treze de convocação ordinária; duas extraordinárias; duas especiais e seis continentais, tendo todas elas contribuído muito para o bem da Igreja de Jesus. De 7 a 28 de outubro corrente, realiza-se em Roma a 13ª Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, focada na necessária renovação dos métodos na transmissão da fé cristã. O tema – “Nova Evangelização para transmissão da fé cristã” – realça a importância e a relevância da magna assembleia, uma vez que trata da missão primordial da Igreja, que é evangelizar. Na verdade, a Igreja se encontra diante do desafio de promover uma Nova Evangelização a fim de atingir, de maneira mais eficaz, todos os destinatários da evangelização nos difíceis momentos atuais. Já o Papa Bento XVI, na Carta Apostólica “Porta Fidei”, com a qual anunciou o Ano da Fé, advertiu que estamos diante de um sério risco de perda e diluição da fé cristã nos tempos atuais, o que seria a perda do seu tesouro mais precioso. Esse apelo para uma Nova Evangelização não é novidade na Igreja. A primeira conclamação foi feita à Igreja inteira pelo Papa João Paulo II, em 1980. Na América Latina, essa preocupação ficou bem explicitada na IV Conferência Geral do Episcopado Latino Americano e do Caribe, em Santo Domingo, em 1992. Na virada do novo milênio, esse mesmo apelo foi mais forte e foi objeto de inúmeras assembleias especiais do Sínodo dos Bispos, em diversos Continentes. No fundo, esse foi o grande objetivo do próprio Concílio Vaticano II, realizado de 1962 a 1965, com o objetivo primeiro de “incrementar a fé católica”. A Nova Evangelização parte da percepção renovada de que estamos em estado permanente de missão e de que todos nós, membros da Igreja, somos um povo de discípulos missionários de Jesus Cristo. A ação evangelizadora nunca termina, nunca se encontra como “já feita”. Cada geração precisa ser continuamente evangelizada. Situações e desafios novos exigem novas iniciativas, métodos apropriados e linguagem atualizada, desde que a Igreja permaneça fiel a si mesma, aos conteúdos da fé e ao mandato de Cristo: “ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura”! (Mc 16, 15).


Sexta-feira | 19 de outubro de 2012

4|GERAL

Entrevista exclusiva com a dupla Fernando e Sorocaba, que faz show domingo em Paracatu TEXTO: MARCOS ANTÔNIO/JD E FOTO: CADU FERNANDES/WWW.FERNANDOESOROCABA

FERNANDO e Sorocaba concederam entrevista exclusiva para o Jornal Dinâmico

PARACATU - Todos os anos, é comum os paracatuenses comemorarem o aniversário do município, sob muita música, com artistas renomados de todo o país. Ano passado, a Prefeitura Municipal ofertou ao seus cidadãos um show com o cantor sertanejo Luan Santana, que, atualmente, é um dos ícones do cenário da música universitária. Este ano, quando o município completa 214 anos, não será diferente. Marcado para domingo (21), às 22h, em frente à sede da Prefeitura, acontecerá o show com a dupla, também de estilo musical sertanejo, Fernando e Sorocaba. Fernando é natural de Ji-Paraná (RO) e Sorocaba nasceu em São Paulo, capital. De acordo com o site oficial da dupla, a discografia da dupla está constituída, atualmente, por cinco discos, sendo que, o último, que leva o nome de “Acústico na Ópera de Arame”, foi lançado no mês de outubro, no ano

passado, em Curitiba (PR), e já conseguiu o sucesso esperado. Em entrevista exclusiva ao JD, a dupla falou de como será o show em Paracatu e comentou sobre o avanço da música sertaneja no cenário nacional da música brasileira. Entrevista com a dupla Fernando e Sorocaba: “Faremos de tudo para que seja um show inesquecível” Jornal Dinâmico – Como a dupla está se sentindo atualmente, já que vocês se encontram dentro do ranking das melhores duplas sertanejas do Brasil? Fernando & Sorocaba: Para nós, é uma grande honra. Trabalhamos muito para chegar até aqui e temos a consciência de que devemos tudo a nossos fãs, que são tudo para a gente. JD – Qual é o sentimento

de vocês ao saber que vão cantar em uma cidade cuja história começou ainda no ciclo do ouro? F&S: Estamos muito contentes. Ainda não conhecemos Paracatu. É nossa primeira apresentação na cidade e estamos ansiosos para encontrar nossos fãs da região. JD – O que o público pode esperar para esse show? F&S: Podem esperar uma apresentação cheia de energia e interação, uma marca da dupla Fernando e Sorocaba. Estamos sempre

buscando novidades para surpreender nossos fãs e faremos de tudo para que seja um show inesquecível. JD – Como vocês analisam o grande avanço do cenário sertanejo, atualmente, no Brasil? Ainda existem preconceitos com o gênero? F&S: Essa nova geração da música sertaneja aproximou o estilo dos jovens das cidades grandes, pois nossas músicas falam de coisas que estão presentes em seu dia-a-dia, como amor, balada e paquera. Antes, havia um pouco de preconceito, essas

pessoas das áreas urbanas tinham um pouco de resistência, mas acreditamos que isso já está ultrapassado. JD – Fica aberto para vocês fazerem suas considerações finais. F&S: Nós esperamos que essa seja a primeira de muitas apresentações em Paracatu. Nossa paixão é viajar por todo o país e encontrar nossos fãs de todas as regiões. Temos certeza de que todos iremos nos divertir muito nessa data tão importante, que é o aniversário da cidade.


Sex ta - fe ir a | 1 9 d e o u t u b r o d e 2 0 1 2

GERAL|5

Campanha coordenada pelo Creas visa conscientizar as pessoas para não dar esmolas aos moradores de ruas UNAÍ - Lançada no dia 8, no Centro Público de Promoção do Trabalho (CPPT), durante reunião com representantes da Associação Comercial e Industrial de Unaí (ACIU), a campanha “Não dê esmola, dê cidadania”, tem como função social informar a sociedade unaiense sobre as consequências decorridas do hábito de dar esmolas aos moradores de ruas. O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) de Unaí, recentemente, fez uma pesquisa e constatou que 60% dos moradores de rua são do município e possuem familiares na cidade. Por isso, segundo a coordenadora do órgão, Claudiene Fernandes Ferreira Gomes, foi necessário dividir as categorias entre moradores e população de rua. “População em situação de rua são aquelas pessoas que possuem residência e familiares no município, mas os vínculos, muitas das vezes, foram rompidos, fragilizados.

Já os moradores de rua são aqueles sem residência no município e cujos vínculos familiares foram rompidos”, esclarece. Campanha já foi debatida em audiência pública No início do ano passado, durante audiência pública, na Câmara de Vereadores de Unaí, foi decidido que o município tomaria algumas medidas para solucionar a existência de pessoas que vivem em locais que são considerados espaços públicos. Na concepção da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania (Semdesc), organizadora da campanha, o ato de dar esmola, que em muitos casos é uma cultura até mesmo cristã, contribui para a pobreza social e espiritual do morador de rua. “Ao ser abordado por um pedinte, o cidadão deve acionar os agentes do Creas”, destaca Claudiene. Na audiência pública ficou

acordado, entre as medidas, que seria necessário construir um posto de identificação – que seria implantado na estação rodoviária municipal – e uma casa de passagem – cuja finalidade é abrigar por um período determinado moradores de rua que não residam em Unaí. A primeira medida não foi tomada ainda, mas a segunda, já existe. A Casa de Passagem que está localizada na Rua São José, nº 226, servirá para atender os moradores de rua, mas para ele se hospedar na casa é necessário que antes eles sejam encaminhados por algum funcionário do Creas ou algum policial militar, que, conforme destacou a coordenadora do Creas, são parceiros na campanha junto à Semdesc. Para contribuir na campanha, a Polícia Militar foi capacitada pelo Creas, nos dias 15 e 16 de outubro, para a ação educativa e orientação da sociedade sobre os “malefícios” de se dar esmolas. A campanha não está direciona-

da somente ao público adulto, mas também a crianças, jovens e idosos. Esmola estimula pessoas a permanecerem nas ruas De acordo com Claudiene, a esmola é um dos fatores que motivam o morador de rua a permanecer nessa situação. Conforme foi demonstrado pela pesquisa, em Unaí, mais da metade das pessoas que vivem assim são moradores do próprio município. Por isso, ela acredita que se houver uma diminuição ou, até mesmo, uma extinção do hábito de dar esmolas, o número da pesquisa pode cair consideravelmente. “Se conseguirmos estimular as pessoas a não darem esmolas, nós, aos poucos, vamos demonstrando para essas pessoas, que vivem na rua, que nós não aprovamos aquilo e queremos, portanto, que elas mudem de vida”, diz. Este fator, segundo ela, também foi detectado pela

pesquisa. Para denunciar ou saber mais informações pode ligar para o Creas de Unaí pelo telefone 3677 – 5083 ou comparecer na Rua Djalma Torres, nº 687, região central. As denúncias também podem ser feitas pelo 190 da PM e 3677- 4961 ou 9942-9540 que são os contatos do Conselho Tutelar municipal. TEXTO E FOTO: MARCOS ANTÔNIO/JD

PARA a coordenadora do Creas de Unaí, Claudiene Fernandes Ferreira Gomes um dos fatores que contribuem para existência de moradores de rua em Unaí é justamente o hábito de dar esmolas

Horário de verão começa domingo e vai até 26 de fevereiro; os relógios devem ser adiantados em uma hora PAÍS - No próximo domingo (21), começará o horário de verão que, segundo o decreto assinado pelo então presidente da república, Luiz Inácio Lula da Silva, vai até o dia 26 de fevereiro de 2013. De acordo com o governo federal, o objetivo de se implantar o horário de verão, em alguns municípios brasileiros, se dá para que sejam aproveitados os dias mais longos do verão, com mais tempo de luz solar para economizar energia. Segundo o secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Ildo Grüdtner, em entrevista à imprensa, disse que há uma previsão do governo de economia de R$ 280 milhões em tarifas pela redução de até 0,5% do consumo no período. No ano passado, a economia foi de R$ 160 milhões.

O decreto assinado por Lula ocorreu em 2008, e, de lá prá cá, regiões como Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além do Distrito Federal, são obrigadas a adiantarem seus relógios em uma hora. Ao todo, traduz a adesão de 11 Estados mais a capital ao horário. Porém, mesmo antes do decreto, o horário de verão vem sendo adotado desde 1986 para obter um melhor aproveitamento da luz do dia e para redução de até 4,5% da carga de energia do país no horário de pico, que costuma ser entre 19 horas e 21 horas. Neste, a Bahia não participará, pois havia aderido ao horário diferenciado no ano passado, e entra Tocantins.

TEXTO: DIVULGAÇÃO/WWW.UOL.COM.BR E FOTO: DIVULGAÇÃO/ WWW.AGENCIABRASIL.EBC.COM.BR

RELÓGIO deve ser adiantado em uma hora


6|GERAL

Sexta-feira | 19 de outubro de 2012

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ELEIÇÃO SINDICAIS SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS EXTRAVIAS PARACATU/VAZANTE-MG Nos dias 15 e 16 de Janeiro de 2013, das 8hs às 18hs, e nos dias 13 e 14 de Fevereiro de 2013 ( em caso de segunda votação conforme estatuto do sindicato), na sede desta entidade sindical e nas empresas: KINROSS BRASIL MINEIRAÇÃO S/A, Votorantim Merais Zinco S/A, (Unidade Morro Agudo), Indústria de Calcário Inaê LTDA, será realizada as eleições para composição da Diretoria Executiva, Conselho Fiscal e Delegados Representantes, devido o registro de chapa (as) ser apresentada (as) na secretaria do sindicato, no horário de 08hs às 12hs e de 14hs às 18hs no período de 22 de Outubro de 2012 a 25 de Outubro de 2012. O prazo para impugnação de candidatura será de 05 dias a partir do registro das chapas. O Edital de convocação da eleição encontra-se afixado na sede do sindicato. Paracatu-MG 15 de outubro de 2012. José Osvaldo Rosa de Souza - Presidente.

OPORTUNIDADE VENDE-se casa JK, valor R$ 50.000,00. Telefone: (38) 9927-5444, (38) 9835-4573 ou (38) 9938-5307. VENDE-se casa JK, valor R$ 220.000,00. Telefone: (38) 9927-5444, (38) 9835-4573 ou (38) 9938-5307. VENDE-se casa com escritura, bairro Prado, valor R$ 160.000,00. Telefone: (38) 9927-5444, (38) 9835-4573 ou (38) 9938-5307. VENDE-se ágio casa, bairro Primavera, valor R$ 60.000,00. Telefone: (38) 9927-5444, (38) 9835-4573 ou (38) 9938-5307. VENDE-se casa Setor de Mações, bairro Alto do Córrego, valor R$ 800.000,00. Telefone: (38) 9927-5444, (38) 98354573 ou (38) 9938-5307. LOTES Esquema, Bom Pastor, 300m da Faculdade Atenas, valor R$ 70.000,00. Telefone: (38) 9927-5444, (38) 98354573 ou (38) 9938-5307. LOTE bairro Prado, valor R$ 70.000,00. Telefone: (38) 9927-5444, (38) 9835-4573 ou (38) 9938-5307. LOTE Jardim Serrano, 136m², valor R$ 30.000,00. Telefone: (38) 9927-5444, (38) 9835-4573 ou (38) 9938-5307. QUATRO chacaras na rua Espirito Santo, 16.000m², valor R$ 140.000.00. Telefone: (38) 9927-5444, (38) 9835-4573 ou (38) 9938-5307. ALUGA-se aptº. à rua Joaquim Murtinho, Centro, c/ 4 quartos (01 suite), banh. social, cozinha, área de seviço, sala, (s/ condomínio). Tratar fone (38)8822-6947. VENDE-SE UMA CASA NOVA NO BAIRRO PRIMAVERA R$ 230.000,00, DOCUMENTADA PARA FINANCIAMENTO. TELEFONE (38) 9992-4452. CONTRATA-SE MÉDICO VETERINÁRIO COM REGISTRO RECÉM FORMADO, PARA CLÍNICA DE ANIMAIS DE PEQUENO PORTE TRATAR PELOS FONES (38)3676-0404 OU (38) 9889-0404 OU DIRETAMENTE NA RUA ALBA GONZAGA Nº 688 UNAI-MG.

EDITAL DE PROCLAMAS Wilma Melo Franco Dias, Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais da Comarca de Paracatu/MG. FAZ SABER que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro: Luiz Pereira Carneiro e Geiza Calixto Andrade Ele filho de: Helvecio Pereira Carneiro e Terezinha Costa. Ela filha de: Gerso Calixto da Silva e Benedita Aparecida Andrade Silva. “ Casamento a ser realizado em 03/11/2012”. Gustavo Couto Ferreira e Nayara Vieira Souza Ele filho de: Antonio Levindo Ferreira e Maria Aparecida do Couto Ferreira. Ela filha de: Célio Rodrigues Vieira e Luiza D’arc de Souza Vieira. “ Casamento a ser realizado em 03/11/2012”. Álisson Rodrigues Ramos e Mariane Tibério Barbosa Ele filho de: Gelso Rodrigues Ramos e Maria Neuza Oliveira Braga Ramos. Ela filha de: Mário Lúcio Barbosa Araújo e Maria Conceição Tibério de Lima Barbosa. “ Casamento a ser realizado em 08/11/2012”. Warlei Benedito Santarem da Silva e Nayara Costa Barbosa Ele filho de: Eurico Santarem da Silva e Antonia Monteiro da Silva. Ela filha de: Rubens Barbosa de Brito e Eva da Costa Pinto. “ Casamento a ser realizado em 08/11/2012”. Omar Jefferson Ribeiro Pereira e Rafaela Mendes Oliveira. Ele filho de: Otacilio Candido Pereira e Maurita Ribeiro da Costa. Ela filha de: Jussara José de Oliveira. “ Casamento a ser realizado em 08/11/2012”. Antônio Roberto Mendes Soares e Maria Lucia Pereira Lima. Ele filho de: Sebastião Mendes Soares e Maria Raimunda Borges Carvalho. Ela filha de: Jonas Pereira Lima e Jacinta Alves Nepomuceno. “ Casamento a ser realizado em 08/11/2012”. João Paulo Pereira de Andrade e Ludimila Teixeira Ele filho de: Vicente Pereira de Andrade e Maria Valdeni Delmondes Pereira de Andrade. Ela filha de: Alcebiades Teixeira e Maria José Mendes Pereira dos Santos. “ Casamento a ser realizado em 09/11/2012”. Aldemir José Coimbra e Ednara Maria da Conceição Veloso Ele filho de: Leoncio José Coimbra e Luzia José de Carvalho. Ela filha de: Wanderlei Marcos Veloso e Vicentina Justina Veloso. “ Casamento a ser realizado em 09/11/2012”. Jonatas Rodrigues Silva e Hellen Santos Vieira. Ele filho de: Valdeci Nunes da Silva e Cleusa Maria Rodrigues de Oliveira. Ela filha de: Eliana dos Santos Vieira. “ Casamento a ser realizado em 09/11/2012” Daniel Mundim da Costa e Eliana Pereira Santos. Ele filho de: Anali Mundim da Costa e Cleusa Nogueira da Costa. Ela filha de: Valmir Eduardo Santos e Elismar Pereira Santos. “ Casamento a ser realizado em 09/11/2012”. Fernando Mesquita e Viviane Alves Nogueira Ele filho de: Maria Joana Mesquita. Ela filha de: Valdir Faria Nogueira e Maria Aparecida Alves. “ Casamento a ser realizado em 09/11/2012” Matheus Rocha Moreira e Thaiara Gonçalves Alves Ele filho de: Wesley Moreira e Márcia Benedita Rubinger Rocha Moreira. Ela filha de: Vanduir Alves Pereira e Maria Luiza Gonçalves Cabeceira Alves. “ Casamento a ser realizado em 10/11/2012”. Guilherme Resende Dayrell e Bruna Rath. Ele filho de: Djalma Dayrell e Maria das Graças Resende Dayrell Ela filha de: Denis Rath e Anete Neiva Rath. “ Casamento a ser realizado em 10/11/2012”. Matheus Rocha Moreira e Thaiara Gonçalves Alves Ele filho de: Wesley Moreira e Márcia Benedita Rubinger Rocha Moreira. Ela filha de: Vanduir Alves Pereira e Maria Luiza Gonçalves Cabeceira Alves. “ Casamento a ser realizado em 10/11/2012”.


Quinta- fe ir a | 1 1 de o u t u b r o d e 2 0 1 2

ESPECIAL ELEIÇÕES 2012|7


8 | E S P E C I A L PA R A C A T U 2 1 4 A N O S

Sexta-feira | 19 de outubro de 2012

A primeira nutricionista do Brasil leva o nome da principal praça de Paracatu P

raça Firmina Santana. Local onde famílias e amigos se reúnem diariamente para um bate papo, principalmente nos finais da semana. Localizada no coração da cidade, este logradouro, tão apreciado pelos paracatuenses, leva o nome de uma filha da terra, que carrega consigo o mérito de ser a primeira nutricionista do Brasil. Isso mesmo, ao se falar de Firmina Santana retratamos o longínquo ano de 1909, mais precisamente a data de 1º de feTEXTO: ACERVO ARQUIVO PÚBLICO DE PARACATU E FOTO: OLÍMPIO MICHAEL GONZAGA ACERVO ARQUIVO PÚBLICO DE PARACATU

FIRMINA Santana, que leva nome à principal praça de Paracatu, foi a primeira nutricionista do Brasil

vereiro, dia este que esta ilustre paracatuense nasceu. Ela, que fez seus primeiros estudos no Grupo Escola Afonso Arinos e o curso secundário na Escola Normal Oficial, formou-se professora primária, passando a lecionar nas classes anexas à Escola Normal. A trajetória de Firmina Santana começava a dar vôos mais altos e buscando mais qualificação, ela segue até o Rio de Janeiro onde se matricula na Escola de Enfermagem Ana Nery. Em 1937, termina o curso de enfermagem e segue à Argentina a expensas do governo brasileiro, na época, 1940, onde fez o curso de dietista na Escola de Nutrição daquele país. De volta ao Brasil, por um longo período, foi assistente do professor Josué de Castro. Organizou a dietética do Hospital dos Servidores Públicos do qual era chefe. Criou uma escola de nutrição no Brasil semelhante à que estudou na Argentina, sendo que, desta criação, mais tarde, foi anexada à Universidade do Brasil. Em 1951, esteve em Campos do

Jordão e Maranhão estudando as alimentações, por ordem do governo. Firmina Santana levou o nome de Paracatu até a Holanda, na cidade de Haia, em um Congresso Internacional de Nutrição como representante da ONU (Organizações das Nações Unidas), sobressaindo-se entre os congressistas. Em 1952, Firmina Santana parte para os Estados Unidos em uma comissão do governo brasileiro para aperfeiçoar seus conhecimentos. Concorre ao Curso de Trabalho realizado no Departamento Internacional de Saúde, para

uma bolsa de mais de dois anos de estudos, doada pelo Departamento de Estado Norte Americano. Mesmo após vencer o prazo de permissão do governo brasileiro, Firmina Santana perma-

nece em Washington, onde veio a falecer no dia 31 de julho de 1954, uma morte repentina, um ano antes de encerrar o curso nos Estados Unidos. Firmina Santana foi a primeira nutricionista do Brasil.

Paracatu 214 anos.

Um passado preservado. Um presente construído com o orgulho de sua gente.

FOTO: TIAGO MANIQUE/JD

i a, quin da esq e em cad de o passado está presente esta terrra,, ond É ne errra de belos e ma te e a sua história. Um eve quue a Kinrosss esccre de culturaal e dad erssid enárioss, que encanta pela diive efinittivos ce de ões, e de um povo que busca, nass trradiçç dade elaa simpllicid pe piraação paara avvanççar sempre mais. nsp in

aracatu. Parrabéns, Pa Foto recente: 04/2010 – Valtiére Freitas Acervo Arquivo Público de Paracatu (MG) Foto antiga: 08/1938 – Otto Dornifield

PRAÇA é local de encontro de famílias e amigos, principalmente nos finais de semana

Acervo Arquivo Público de Paracatu (MG)


Sexta-f Sex ta - fe e ir ira | 19 de outubro de 2012

E S P E C I A L PA R A C A T U 2 1 4 A N O S | 9

Nosso orgulho é estar aqui! VM Morro Agudo, desde 1984

Vista aérea de Paracatu

Fabiola Tatiana José de Castro

Rafael Lélis Ferreira

Nos 214 anos de Paracatu, a Votorantim Metais comemora uma parceria de 28 anos com muitas histórias e realizações. Reafirmamos o compromisso de contribuir para um futuro ainda mais promissor e sustentável de toda a comunidade. Parabéns Paracatu!

Tudo o que você precisa para fechar ótimos negócios. De 6 a 9 de novembro Jóquei Clube Paracatu Av. Olegário Maciel, 1070 Vem aí o Encontro de Negócios Noroeste de Minas. Empreendedores e empresários reunidos em um grande evento de capacitação com palestras, seminários, oficinas, workshops e muito mais. Participe. Informações: (38) 3676-7036 e 3672-3511 ou site: www.sebraemg.com.br Apoio:

R

OE

S T E DE

NA

NO

S

CDL

I M

FINOM

Faculdade do Noroeste de Minas

Metais

Realização:

JÓQUEI CLUBE PARACATUENSE


1 0 | E S P E C I A L PA R A C A T U 2 1 4 A N O S

Sexta-feira | 19 de outubro de 2012

Arquivo Público Municipal registra a nossa história A

história de Paracatu passa por ruas, becos, vielas, pelas pessoas que construíram estes 214 anos. Mas tem um local, onde grande parte deste período está registrado o passado e presente, valorizando o futuro. O Arquivo Público Municipal de Paracatu, denominado de Olímpio Michael Gonzaga retrata o histórico de Paracatu. Foi por esse desejo de ver preservada a história do município que motivou o surgimento de uma comissão composta por Maria da

Conceição Amaral Miranda de Carvalho (Cecé), Helen Ulhôa Pimentel, Maria das Graças Caetano Jales (então diretora-Presidente da Casa da Cultura de Paracatu), Suely Assunção Silva, Petrônio Costa, Max Ulhôa e Letícia Lepesquer Cordeiro, para a consecução dos estudos iniciais de implantação do Arquivo Público Municipal e Histórico de Paracatu. A sua criação deu-se no dia 24 de junho de 1994, na gestão do então prefeito Manoel Borges de Oliveira, e mais tarde, passou a ter o amparo legal

TEXTO: ACERVO ARQUIVO PÚBLICO DE PARACATU E FOTO: TIAGO MANIQUE/JD

LOCAL onde está situado o Arquivo Público Municipal Olímpio Michael Gonzaga

do Decreto nº 2.230/95, e em 04 de outubro de 1995, recebera a denominação que permanece até hoje: Arquivo Público Municipal Olímpio Michael Gonzaga, conforme a lei nº 2.156/1997, sancionada pelo então prefeito Almir Paraca. O órgão, subordinado à Fundação Municipal Casa da Cultura de Paracatu e que antes se encontrava localizado no antigo sobradinho da Praça do Santana, passou a ocupar, desde 1º no-

vembro de 2007, uma casa recém reformada, situada na Rua Temístocles Rocha,

249, Centro, que apresenta melhores condições para a conservação do seu acervo.


Sexta-f Sex ta - fe e ir ira | 19 de outubro de 2012

E S P E C I A L PA R A C A T U 2 1 4 A N O S | 1 1

Olímpio Gonzaga, um arquivo da história de Paracatu E

le é patrono do Arquivo Público Municipal, homenagem esta colocada com

justiça por seus idealizadores, pois ele, Olímpio Michael Gonzaga registrou, em ima-

TEXTO: OLIVEIRA MELLO/LIVRO MEMÓRIA CULTURAL E FOTO: ACERVO ARQUIVO PÚBLICO DE PARACATU

OLÍMPIO Michael Gonzaga é o patrono do Arquivo Público Municipal de Paracatu

gens, textos e poemas a história de Paracatu. Nascido em 21 de julho de 1877, filho do tabelião Euzébio Michael Gonzaga e de Dona Joana Lopes Trindade, Olímpio Gonzaga, após concluir o curso de normalista na Escola Normal de Paracatu, no dia 1º de junho de 1898, iniciou sua vida profissional como professor público primário da cadeira do sexo masculino no distrito do Rio Preto, em Capim Branco, onde atualmente é o município de Unaí, na data de 1º de maio de 1900, permanecendo até 1912. Nesse período de professor, nos momentos de folga, passou a dedicar-se à pesquisa histórica de Paracatu, sendo que em 1910 publicou o livro Memória Histórica de Paracatu, que o faria conhecido. Vale ressaltar, com justiça e exatidão, que Olímpio Gonzaga foi o pioneiro na

compilação da história paracatuense, reunindo fatos esparsos e fadados ao desaparecimento, marcando época na própria historiografia mineira, cuja obra, Memória Histórica de Paracatu, transformou-se em sua coroa de louros. Após ter abandonado o magistério, Olímpio Gonzaga foi Tenente do Quartel Mestre da Guarda Nacional e fixou residência em Paracatu, sendo também contador, partidor e distribuidor da Comarca entre 1913 e 1920. Além disso,

estabeleceu-se com comércio, foi nomeado escrivão do Coletor Federal (1993-1940), cargo em que se aposentou. Seus trabalhos de pesquisas fizeram-no conhecido no país e teve seu nome inscrito como membro dos Institutos Históricos e Geográficos de Minas Gerais e do Rio de Janeiro, do Instituto Genealógico Brasileiro e da Associação de Imprensa. Olímpio Gonzaga faleceu no dia 6 de dezembro de 1948, deixando viúva Laura de Sá Guimarães, sem descendência.


Sexta-feira | 19 de outubro de 2012

1 2 | E S P E C I A L PA R A C A T U 2 1 4 A N O S

Juiz, jornalista, educador, político, poeta e músico: Pedro Salazar, o Museu Histórico de Paracatu D

o estado de Pernambuco a Minas Gerais. Ele atravessou metade do Brasil até chegar em Paracatu e dar sua contribuição em diversas áreas onde atuou, tanto que auxiliou na história do município e tornou-se patrono do Museu Histórico de Paracatu.Pedro Salazar Moscoso da Veiga Pessoa nasceu em Recife no dia 22 de julho de 1864, chegando em Paracatu no ano FOTO: ACERVO MUSEU HISTÓRICO MUNICIPAL DE PARACATU

PEDRO Salazar Moscoso da Veiga Pessoa é o patrono do Museu Histórico de Paracatu

de 1887. Aos 23 anos foi Juiz Municipal e de órfãos. Lutando pela vida honrada (como ele próprio disse), pôs sua inteligência privilegiada e sua cultura invulgar ao serviço da “terra de brilhante história.” Professor por vocação, humilde, fervoroso, encontrou o egrégio mestre franco apoio no seio generoso da sociedade. Ele jamais aspirou à glória. Na velha Escola Normal, era o mestre que poderia lecionar todas as disciplinas clássicas do notável educandário, ensinando, ainda, no efêmero Curso de Agrimensura, anexo à mesma escola, criado pela lei nº41, de 3 de agosto de 1892. Deixando a magistratura, dedicou-se à advocacia, cujo exercício sempre encontrava um direito para o oprimido, para o humilde. Amava ele a justiça, defendia com veemência o di-

reito. Perante o Tribunal do Juri, acudia o mestre da eloquência aos míseros, aos necessitados, defendendo com calor aqueles que nada tinham para lhe retribuir. Fundou, em 1893, o maior jornal de Paracatu - Gazeta de Paracatu. Em 1894, surgiu a Rosa do Lar, cuja diretora foi sua esposa, Dona Paulina Loureiro Salazar Pessoa. Mestre consumado da tribuna, figurando entre os maiores oradores de sua época, seus discursos eram enunciados com eloquente calor. No púlpito da Igreja de N. S. do Amparo, nas solenes exéquias celebradas em Paracatu, em homenagem ao Presidente do estado, Sr. Francisco Silviano Brandão, falecido em 1902, já eleito Vice-Presidente da República, sublime foi à oração do poeta. No dia 7 de maio de 1907, com 43 anos, deixa a terra do

TEXTO: WWW.ARAPOSADACHAPADA.BLOGSPOT.COM.BR E FOTO: TIAGO MANIQUE/JD

MUSEU Histórico de Paracatu, atualmente em reformas

ouro. Voltando à magistratura, foi juiz de direito das comarcas de Rio Preto e Araguarí, sua última função na vida pública. Pedro Salazar Moscoso da Veiga Pessoa, faleceu no dia 10 de dezembro de 1923 e está enterrado no Cemitério Municipal

de Araguari. Este texto é uma transcrição, da biografia do Dr. Pedro Salazar, escrita por Gastão Salazar Pessoa, filho do escritor. Mandado por José Aluísio Botelho, em 27 de julho de 2010, publicado no site araposadachapada.blogspot.com.br.


Sexta-f Sex ta -f e ir ira | 19 outubro de 2012

E S P E C I A L PA R A C A T U 2 1 4 A N O S | 1 3

Médico paracatuense, residente em Brasília, descobre raridade escrita por Pedro Salazar

TEXTO: TIAGO MANIQUE/JD FOTO: ACERVO JOSÉ ALUISIO BOTELHO

P

edro Salazar Moscoso da Veiga Pessoa deixou um artigo escrito antes de ir embora de Paracatu, para nunca mais retornar, em 1907. Esta afirmação é do médico paracatuense, José Aluisio Botelho, radicado em Brasília há 41 anos. Através de contato via e-mail, Dr. José Aluisio encaminhou o artigo para nossa redação, escrito em 1907 no periódico Araguary.

ÚLTIMO artigo escrito por Pedro Salazar antes de ir embora de Paracatu em 1907


Sexta-feira | 19 de outubro de 2012

1 4 | E S P E C I A L PA R A C A T U 2 1 4 A N O S

ALGUMAS CIDADES ENVELHECEM, OUTRAS FICAM AINDA MAIS PRESERVADAS. PARACATU 214 ANOS.

A Prefeitura trabalhou e conquistou, junto com a população, um importante reconhecimento para Paracatu: o título de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Agora, tem o prazer de convidar você e sua família para uma grande festa em homenagem aos 214 anos da nossa cidade. Participe!

20/10 – Sábado

DESFILE CÍVICO MILITAR Local: Avenida Olegário Maciel Horário: a partir das 8 horas

21/10 – Domingo

SHOW DA DUPLA FERNANDO E SOROCABA Local: em frente à Prefeitura Horário: a partir das 21 horas


Sexta-f S exta-f e ir ira | 19 de outubro de 2012

E S P E C I A L PA R A C A T U 2 1 4 A N O S | 1 5

Polivalente completa 38 anos na semana de aniversário da cidade e promove ação social doando alimentos A

Escola Estadual Virgílio de Melo Franco, mais conhecida como Polivalente, completou, na segunda-feira (15), 38 anos de existência. Na mesma data, como é de conhecimento de todos, é comemorado o Dia do Professor, portanto, pensando nisto, a direção da escola aproveitou o momento para organizar uma gincana cujo objetivo é arrecadar mantimentos e produtos de higiene pessoal para serem doados ao orfanato de Paracatu. Além da gincana, uma missa foi realizada e também a fanfarra, constituída por alunos da escola que desfilará amanhã (20), quando acontece o aniversário de Paracatu. De acordo com a diretora da escola, Maria das Graças, todos os anos eles realizam atividades junto à data do aniversário da escola com o intuito de criar uma interação entre os alunos. Segundo ela, a escola abriga alunos de diversas partes da cidade como também da zona rural e a gincana tem a intenção de agregar todos esses alunos. “Então, devido a esse nosso contexto nós queríamos fazer uma interação entre todos os funcionários, alunos e até a comunidade escolar, por isso, nós promovemos este evento”, afirma Maria das Graças. Gincana envolve comunidade para um bem social A gincana é composta por diversas atividades. Começou na última segunda-feira e vai até hoje, quando acontece a grande

TEXTO: MARCOS ANTÔNIO/JD E FOTO: THIAGO KELLER/JD

final. Para participar, os alunos tiveram como obrigação arrecadar alimentos, brinquedos e produtos de higiene pessoal como papel higiênico, absorvente, leite em caixinha, brinquedos novos, pacote de bolachas, xampu, fraudas e toalhas de rosto e banho. Os alunos foram divididos em três equipes e cada uma ficou responsável por fazer sua arrecadação. A equipe que mais arrecadar terá pontos de vantagens dentro da gincana. Até o último dia 17, cerca 2 mil itens já tinham sidos arrecadados. Outras atividades, como provas esportivas, músicas, provas de conhecimento gerais e o campeonato de Futsal constituíram as atratividades e serão etapas que a equipe vencedora terá que passar. “Como as equipes são constituídas por alunos de todos os turnos, está acontecendo, durante a semana, a interação que nós pretendíamos que acontecesse”, confirma a diretora.

A DIRETORA Maria das Graças junto dos produtos arrecadados pelos alunos, durante a gincana. Todos serão doados ao orfanato de Paracatu

especial. “Para mim, é uma grande alegria estar à frente da direção dessa escola onde tem pessoas que eu conheci e aprendi a gostar. Porque aqui nós somos

realmente uma família, a família polivalente, e que está mais uma vez reunida. Para nós é um motivo de festa, por ser um momento em que podemos festejar com

o professor e também integrar com a comunidade escolar. Para todos nós é um motivo de muita alegria”, considera a diretora Maria das Graças.

Conheça mais sobre a Escola Polivalente A Escola Estadual Virgílio de Melo Franco possui atualmente cerca de 2.100 alunos. Segundo a diretora, hoje são oferecidos pela escola os cursos de Ensino Fundamental (do 1º ao 9º ano), o Ensino Médio, o Ensino de Jovens e Adultos (EJA) e o Magistério que se enquadra dentro do ensino profissionalizante. Sobre o evento que ocorre sob sua administração, a diretora ressalta que é um momento muito

ALUNOS em momento de reflexão

EQUIPE do Unaí Esporte conquistou o título e o acesso para primeira divisão DURANTE a programação de aniversário, foi celebrada uma missa no pátio da escola

ALUNO Cláudio Oliveira fez leitura de uma passagem bíblica


1 6 | E S P E C I A L PA R A C A T U 2 1 4 A N O S

Sexta-feira | 19 de outubro de 2012

Alunos da Escola Antônio Carlos em poemas homenageiam Paracatu E

ste caderno especial é o coroamento da expressiva participação dos alunos da Escola Estadual Antônio Carlos, turno vespertino que destacaram no comportamento e aprendizagem, promovendo, assim, o desenvolvimento da oralidade e avanços na leitura. Os alunos participaram do projeto com muito entusiasmo e alegria da escrita de poemas sobre o tema “Paracatu – Patrimônio Histórico Nacional”. O presente conjunto de redações atesta o sentimento dos nossos estudantes à terra mineira, suas tradições, valorizações e sua história. Com o objetivo de valorizar esta história, confira alguns poemas escritos por alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, para destacar

no encarte. Texto encaminhado pela especialista Helenice Pereira de Oliveira.

ORGULHO DE SER PARACATUENSE Paracatu, que significa “Rio Bom” Terra hospitaleira, Que acolhe a todos com muito amor. Rica em ouro sabedoria, Transborda sua fé em alegria Seus casarões, becos e praças Embelezam e guardam nostalgia. Cidade bela Referência nacional no turismo brasileiro Orgulho dos mineiros Sou sujeito histórico, uma pessoa privilegiada e amada. E por isso que eu e muitos paracatuenses ficamos orgulhosos de fazer parte dessa história. Parabéns pelos seus 214 anos Escola Est. Antônio Carlos Turno: Vespertino Diretora: Fátima Aparecida dos S. Ferreira Especialista: Helenice P. de Oliveira Aluna: Lays Maria Rodrigues Série: 6/2 Profª: Edna Mara B. Guimarães Vice-diretora: Juraci da Cunha Dante

PARACATU: BELEZA RARA Cidade pequena do interior Mas, que nela há um imenso amor. Povo sorridente Que gosta de ajudar Sempre contente; Destaca a honestidade Exemplo, Joaquim Barbosa Que hoje honra nossa cidade; Paracatu do príncipe Do ouro e do esplendor Cidade que também destaca o amor; Cheia de tradições Que para nós são jóias raras Que ficam nos nossos corações; Ela significa “Rio Bom” Que mesmo calada, Ouve-se um belo som; Ser paracatuense Não é ser diferente É simplesmente ser diferente Ser paracatuense É ser religioso É ser surpreendente; Beleza rara que minera ouro Hoje, recolhe o que plantou Muitas pepitas de amor; Parabéns pelos seus 214 anos de história. Escola Est. Antônio Carlos Turno: Vespertino Diretora: Fátima Aparecida dos S. Ferreira Especialista: Helenice P. de Oliveira Aluna: Kethly Série: 7/3 Profª: Simoni Anastácio de JesusEdna Mara B. Guimarães Vice-diretora: Juraci da Cunha Dante

PARACATU: UMA HISTÓRIA DE AMOR

PARACATU; ONTEM, HOJE E SEMPRE

Paracatu, sonho dourado Cidade histórica, Igrejas, casas, ruas, vilas e becos... Do passado, ainda preservados Na memória e grandeza Paracatu, sob meu olhar Cidade rica Varrida pelos escravos Em busca do ouro Que brilha Paracatu cheia de amor Cidade hospitaleira De famílias que carregam em si, O orgulho de viver aqui. Paracatu, progresso e paraíso, Cidade bela, Campos, fazendas, cachoeiras, rios e morros. Aprendi amar esta cidade Com muito amor e orgulho Por fazer parte da história Enfim, sinto feliz “Sou mineira, uai” Escola Est. Antônio Carlos Turno: Vespertino Diretora: Fátima Aparecida dos S. Ferreira Especialista: Helenice P. de Oliveira Aluna: Amanda Martins dos Santos Série: 7ª/1 Profª: Simoni Anastácio Vice-diretora: Juraci da Cunha Dante

Paracatu cidade histórica, Por fazer muita história. Terra varrida pelos escravos Em busca do ouro e do teatro. Terra onde se concentra alegria e poesia. Onde se encontra escolas, Estudo para a mente inteligente. Suas ruas têm alma, Têm cérebro, coração e sensibilidade. Cidade onde se encontra muita educação, E acima de tudo com muita dedicação. Terra inteligente, Onde encontra-se tudo de antigamente. Escola Est. Antônio Carlos Turno: Vespertino Diretora: Fátima Aparecida dos S. Ferreira Especialista: Helenice P. de Oliveira Nome: Rafael Rodrigues Pereira Série: 7/04 Profª: Edna Mara B. Guimarães Vice-diretora: Juraci da Cunha Dante


GERAL|17

Sex ta - fe ir a | 1 9 d e o u t u b r o d e 2 0 1 2

Vivendo a Melhor Idade conta, atualmente, com 700 inscritos UNAÍ – No dia 1º de Outubro é comemorado, em todo o Brasil, o Dia Nacional do Idoso. A data foi criada com o intuito de resgatar a identidade cultural daquelas pessoas que já atingiram a chamada Terceira Idade. Em Unaí, desde 2006, existe no

município o Projeto Vivendo a Melhor Idade, cujo fim principal é possibilitar qualidade de vida à pessoa idosa. Em entrevista exclusiva ao JD, a presidente do projeto, Dagmar Ferreira Porto, afirmou que o projeto, a cada dia que passa, contribui de maneira TEXTO E FOTO: MARCOS ANTÔNIO/JD

considerada para a melhoria na qualidade de vida das pessoas que possuem idades acima de 50 anos. “O que queremos com esse projeto é fortalecer ainda mais a classe. Porque o que vemos é um mundo cada vez mais segmentado, portanto, se tivermos projetos como esse, direcionado exclusivamente para determinado público, acredito que poderemos com mais facilidade sanar as necessidades existentes”, disse a presidente. Projeto Vivendo a Melhor Idade conta com 700 inscritos

SEGUNDO a presidente do projeto Vivendo a Melhor Idade, Dagmar Porto, a cada dia, o projeto contribui ainda mais para a melhoria na qualidade de vida dos idosos

Atualmente o projeto Vivendo a Melhor Idade conta com 700 inscritos. Todos, conforme ressaltou a presidente, tem a possibilidade de fazer hidroginástica, musculação e alongamento. “As aulas de alongamento acontecem três vezes por semana. Já a hidroginástica acontece na piscina da academia Raia 4”, explica Dagmar. Segundo ela, o projeto sempre recebeu um grande apoio da atual gestão do Executivo municipal. E para a presidente, esse apoio deve continuar. “Eu

peço que os próximos gestores não deixem de dar atenção a esse público, pois sabemos que se não fosse esse projeto pouca coisa teria na cidade como entretenimento”, lembra a presidente, ressaltando também que a melhoria na saúde dos idosos que participam do projeto é surpreendente. “Eu mesma, que sou aluna do projeto, afirmo que depois que comecei a participar me sinto bem mais disposta”, confirma Dagmar. É importante ressaltar que o idoso interessado em participar das aulas de hidroginástica deve antes fazer uma carteirinha na Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel). Já as aulas de pintura e artesanato podem ser feitas no próprio local, no Cras, onde ocorrem as aulas. Casa e futura sede O projeto começou como um sonho. Em 2009, depois de dois anos de existência, o projeto deu seu primeiro passo importante e conseguiu uma residência para ser utilizada como sede. Mas, segundo a presidente, a casa ficou pequena tanto em relação ao número de participantes como

na infraestrutura. Exemplo é o forró beneficente realizado pelo projeto, para arrecadação de verbas, que, segundo a presidente, se encontra prejudicado devido à falta de espaço. “Já está pequeno o local. Precisamos de mais espaço tanto para acomodar melhor os participantes, como também criarmos mais atividades”, diz Dagmar. Na próxima segunda-feira (15), acontecerá o II encontro Vivendo a Melhor Idade, onde estarão reunidos, em Unaí, diretores e representantes de projetos existentes em cidades como Paracatu, João Pinheiro, Buritis, Uruana de Minas e Patos de Minas. De acordo com Dagmar, o encontro intenciona discutir novas propostas para os projetos com a criação de um campeonato esportivo regional voltado para a terceira idade como já acontece com o desfile que classifica o Mister e a Miss terceira idade. “Queremos que o encontro sirva para possibilitar um interação entre os participantes e que consigamos elaborar o projeto de um campeonato esportivo em âmbito regional”, espera a presidente.

Empretec, organizado pelo Sebrae objeva à capacitação de empreendedores e empresários TEXTO E FOTO: MARCOS ANTÔNIO/JD

UNAÍ - “Prepare-se para os desafios do mercado”, afirma a chamada, no folder do Empretec que acontecerá em Unaí, no próximo mês entre os dias 19 e 24, no hotel Curva do Rio. O Empretec é uma “metodologia” desenvolvida pela Organização das Nações Unidas (ONU), cujo objetivo, por meio de seminários, é capacitar o estudante (participante) sobre as características fundamentais para um empreendedor. “Durante o seminário o participante estuda as características do comportamento empreendedor e tem a oportunidade de vivenciar fortes mudanças comportamentais, revendo conceitos e atitudes. Além disso, poderá identificar também seu potencial empreendedor e verificar quais são seus pontos fortes e aqueles que devem melhorar para atingir seus objetivos”, confirma a assessoria de comunicação do Empretec. O seminário já passou por 27 países e estima-se que

tenha capacitado, todos os anos, cerca de 20 mil empresários. Em Unaí o Empretec será realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) com o apoio da Associação Comercial e Industrial de Unaí (ACIU), da Câmara de Dirigentes Logistas (CDL), da Faculdade de Ciências e Tecnologia de Unaí (FACTU), do Instituto de Ensino Superior Cenecista (INESC) e da Faculdade de Ciências da Saúde de Unaí (Facisa). Para participar do Empretec, o candidato deverá antes fazer sua inscrição na agência do Sebrae para, depois, passar por uma entrevista com algum funcionário do órgão. Mas, conforme destacou o analista do Sebrae de Unai, Harley Gaia, o participante tem que pagar a quantia de R$ 800, que pode ser pago em até 4 vezes no cartão de crédito. Empreendedores e também empresários já consolidados, pois o evento é aberto a todos os públi-

PARA o analista do Sebrae Harley Gaia o evento será uma oportunidade que o empreendedor terá para se informar sobre suas carências e potencialidades

cos, que queiram participar pode ligar para o telefone do Sebrae em Unaí pelo (38) 3677.5200. Saiba mais: Abordagens do Seminário Detectar oportunidades de negócios;

Estabelecer metas desafiadoras; Melhorar a eficiência; Aumentar os lucros em situações complexas; Satisfazer clientes; Fornecer produtos e serviços de alta qualidade; Usar múltiplas fontes de in-

formação; Desenvolver planos de negócios; Reforçar a auto-confiança; Calcular e correr riscos; Aumentar o poder pessoal; Adaptar-se a mudanças; Formar e sustentar decisões frente à adversidade;


Sexta-feira | 19 de outubro de 2012

18|GERAL

PIBID promove palestra contra as drogas e trabalha competências de escrita com alunos do ensino fundamental UNAÍ - Nos dias 04 e 05 deste mês, na Universidade Estadual de Montes Claros – Campus Noroeste Unaí, acadêmicos do curso de Letras inglês, integrantes do Projeto PIBID LETRAS INGLÊS, promoveram um dia de palestra focando a prevenção contra as drogas, para alunos do ensino fundamental da E.E. Dom Eliseu, além de desenvolverem oficinas de leitura e produção de textos com esses alunos, trabalhando vários gêneros textuais. A palestra foi ministrada pelo diretor da penitenciária Agostinho de Oliveira Junior, Valdair Antônio da Silva, que focou, com

grande proficiência, os malefícios que os entorpecentes trazem à vida de crianças, jovens e adultos, trazendo grandes transtornos para as famílias envolvidas e também para a sociedade. A palestra foi bastante ilustrada com imagens, vídeos e depoimentos, além de ter grande interação com o público, que, ao final, reconheceu os problemas que o uso da droga traz, ficando os mesmos conscientizados de seus malefícios. No dia posterior à palestra, o professor Luiz Henrique Gomes Silva, coordenador do Projeto PIBID Letras Inglês e a professora

Fabíola Borges – supervisora do mesmo – com a grande contribuição e empenho dos acadêmicos pibidianos, promoveram em todas as turmas do ensino fundamental oficinas sobre leitura e produção de texto em que os alunos desenvolveram competências (escritas e orais) fazendo redações, colagens, paródias e até mesmo teatro, referente à palestra do dia anterior. Os alunos ficaram bastante satisfeitos com os trabalhos desenvolvidos, pois puderam desenvolver competências em relação às informações que foram passadas na palestra, despertando

a criatividade e a criticidade nos mesmos. A diretora da E.E. Dom Eliseu, em Unaí, professora Maria de Lourdes Correa Marques, agradeceu ao empenho dos pro-

fessores e acadêmicos do PIBID, pelo trabalho desenvolvido, e solicitou que o trabalho também seja realizado em outras séries, como o ensino médio. TEXTO E FOTOS: MARCOS ANTÔNIO/JD

PROFESSORES e palestrantes do encontro promovido por acadêmicos do curso de Letras inglês da Unimontes

VII Fesval da Música Brasileira de Paracatu acontece na próxima semana; primeiro colocado receberá prêmio na quana de R$ 5 mil O VII Festival da Música Brasileira de Paracatu acontecerá no próximo dia 26 e 27, no Largo da Jaqueira, que fica em frente a Casa de Cultura, com horário de início para às 19h. O festival, que tem como objetivo promover a música brasileira, busca também estimular o interesse da população pelo conhecimento artístico. Participam do festival, compositores de diversas partes do país que se inscreveram com canções inéditas. No dia 26 será, o primeiro dia do festival, os cantores se apresentarão suas canções ao público e aos jurados. Após a apresentação serão anunciados os 10 finalistas que irão se apresentar no dia seguinte, 27, na grande final. Desses, os jurados irão classificar cinco compositores analisando critérios como arranjo, letra e interpretação. De acordo com informações do equipe organizadora, o primeiro colocado receberá prêmio de R$ 5 mil. O 2º colocado ganhará R$ 3,5 mil; o 3º R$ 2,5 mil; o 4º receberá R$ 1,5 mil e o 5º colocado será agraciado com R$ 1 mil. Também o melhor interprete como

o melhor letrista receberão R$ 500 mais ajuda de custo. Já os troféus serão repassados a todos os participantes. História O Festival da Música Brasileira de Paracatu dá sequência ao já extinto Festival de MPB em Paracatu, que existiu no município durante a década de 70. Porém em 2006, ele voltou com outro nome e apoiado pelo Sesc de Paracatu. Nessa ocasião a ganhadora da edição foi a cantora Aline Calixto. Segundo os organizadores, ano passado o festival consegui reunir 150 participantes de várias localidades de Brasil. Atualmente o evento é organizado pela SESC, pela Agência de Desenvolvimento Sustentável de Paracatu (Adesp) e pela Prefeitura Municipal de Paracatu. E as empresas KINROSS, o CAMPO, o Grupo LENE, SICOOB-CREDIPARNOR, a COOPERVAP, a Votorantim Metais e SINDCOMÉRCIO são parceiras. Para maiores informações acesse www.festivalinvernoparacatu.com.br

PROGRAMA

ROTA DO CRIME De SEG. À SEX. DAS 8h as 9h30 Rádio Vitória.

FM 87.9


GERAL|19

Sex S ext e xt x ta a - fe f eir e ir i a | 19 de ou utt u ub b rro o de 2012

Integrar é unir atitudes. É saber que juntos podemos mais. Maria José Brandão e Magalhães, diretora da E.E. Affonso Roquette, conta com o apoio da Kinross no programa de incentivo à leitura na Educação de Jovens e Adultos - EJA. Entre outros benefícios, a escola recebeu mais de 100 livros para as atividades.

Ana Paula Silva, professora do José Antônio no EJA, já foi bolsista do Programa Integrar e faz questão de lembrar: quem sabe ler, sabe escrever e falar sobre qualquer assunto.

José Antônio Silva, aluno do EJA, sentiu orgulho quando os livros chegaram. Ele é empregado da Kinross e sabe a importância da leitura na formação dele e dos colegas.

Ao integrar ideias, pessoas e atitudes a Kinross Paracatu desenvolve ações que contribuem para a construção de um futuro melhor para todos.


Capul lança campanha que sorteará um carro 0 km em 2013, junto da marca de produtos veterinários Ourofino UNAÍ - A campanha “Com a Ourofino você entra em campo para ganhar”, que fora lançada pela Cooperativa Agropecuária Unaí (Capul), no dia 16 (terça-feira), tem como pretensão divulgar a marca Ourofino na região e também reconhecer a importância de se investir em produtos veterinários de boa qualidade. O lançamento da campanha aconteceu junto da presença do presidente da Capul, Zuza

Machado; do superintende, José Abílio Dantas; do gerente da farmácia Veterinária da cooperativa, Mário Júnior e do representante comercial da Ourofino, Paulo Luciano. Segundo a assessoria de comunicação da Capul, o representante da Ourofino explicou como funcionará a campanha. “A cada R$ 50,00 em compras de produtos da linha Ourofino ou 06 bisnagas de Ciprolac, o cooperado,

ou cliente cadastrado, ganha um cupom para concorrer a 01 novo uno way zero Km” afirmou Paulo, à assessoria de comunicação da Capul. O presidente da cooperativa também ressaltou a importância da campanha para os produtores filiados à Capul. “É muito importante a parceria da Capul com a Ourofino, pois a equipe Ourofino, representada pelo Paulo Luciano, não se preocupa em apenas vender TEXTO: MARCOS ANTÔNIO/JD E FOTO: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA CAPUL o produto, mas tem o cuidado de dar assistência necessária ao cooperado ou cliente para fazer o uso correto e adequado dos produtos oferecidos”, disse Zuza à assessoria. A campanha está valendo tanto para as filiais quanto para a matriz da Capul. O sorteio do automóvel será no OS ORGANIZADORES da campanha junto ao carro O Km, que será dia 30 de março de 2013, no pátio da própria cooperativa. sorteado em março de 2013

Edição 133  

Edição 133

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you