Page 1

CIANO

MAGENTA

AMARELO

PRETO

DIÁRIOPOPULAR J O R N A L D E V E R D ade

Região Metropolitana do Vale do Aço - Ano III - Número 1.125 - Terça-feira, 10/05/2011 - R$ 0,70 Arquivo DP

c o pa d o m u n d o

Ipatinga não será sub-sede

Falta de hotéis e de aeroporto com a capacidade e o perfil exigido pela FIFA deixam a cidade fora do páreo A Secretaria Extraordinária para a Copa do Mundo de 2014 divulgou ontem a relação de uma lista preliminar com 145 cidades escolhidas pela Fifa para abrigarem Centros de Treinamentos de Seleções (CTS) durante a Copa do Mundo de 2014. Em Minas

Gerais, seis cidades foram escolhidas: Araxá, Extrema, Juiz de Fora, Matias Barbosa, Montes Claros e Uberlândia. Ipatinga foi cortada juntamente com outros 39 municípios porque, segundo a própria Fifa, não atendia aos requisitos básicos para receber o CTS.

Entre estes requisitos, estão o que exigia que a cidade dispusesse de hotéis com no mínimo 55 quartos e aeroportos com capacidade para receber aeronaves de aproximadamente 120 passageiros e com capacidade para operar voos noPágina 11 turnos. Bruno Cantini

T R A N S PO R T E CO L E T I V O

Silveira diz que Sistema de Integração deve ser revisto

Mesmo com a infraestrutura esportiva, Ipatinga foi desclassificada por falta de aeroporto e hotéis

m u d an ç a n o se c retaria d o

Sérgio Mendes faz nova reforma O prefeito de Timóteo Sérgio Mendes (PSB) fez ontem uma nova mudança na estrutura administrativa de seu governo. Com a alteração, foram remanejados os secretários de Saúde e Governo. O ex-secretário de Saúde, Enéas Almeida, foi remanejado para a Secretaria

Grão Fotografia

Fabiano assume a Saúde: perfil técnico

de Governo. Em seu lugar entra Fabiano Moreira, que atuava como assessor técnico da Secretaria de Saúde. O ex-secretário de Governo Fernando Alves vai assumir a Secretaria de Comunicação Social, que era ocupada pelo jornalista Hermes Quintão. Página 05

O secretário de Estado de Gestão Metropolitana, deputado federal Alexandre Silveira, posicionou-se contrário às mudanças realizadas no transporte urbano em Ipatinga. Desde que foi implantado o Sistema Integrado no município, no último dia 29, aniversário da cidade, quem precisa de ônibus para se locomover tem enfrentado uma série de dificuldades. Além do desconforto, com veículos lotados, os atrasos dos passageiros em seus com-

promissos, principalmente ao trabalho, tem sido constantes. Silveira disse ainda que as tarifas devem ser reduzidos e, se isso não for possível, deve-se voltar ao sistema anterior. Já o prefeito Robson Gomes da Silva (PPS) em reunião com representantes da Autotrans pediu que as alterações sugeridas pela comunidade no Sistema de Integração do Transporte Coletivo sejam atendidas prontamente e em caráter de urgênPágina 03 cia.

Divulgação

Silveira defendeu a redução da tarifa ou a volta do sistema antigo

Página 05

Bernard iniciou o jogo: jovens conquistam espaço

Juventude atleticana é elogiada

O desempenho dos jovens atletas na vitória por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, neste domingo, no primeiro clássico da final do Campeonato Mineiro, foi bastante elogiado pelo técnico Dorival Júnior. “Esses garotos estão buscando, quiseram alguma coisa a mais, tiveram apetite de sair da ociosidade. Acho que isso foi importante e determinante para que tomássemos a decisão de escalá-los”, comenPágina 12 tou o treinador.

w w w. d i a r i o p o p u l a r m g . c o m . b r


2

utilidades

Diário Popular

Terça-feira, 10 de maio de 2011

FRASES ARTIGO “Não nos desculpamos pela decisão que o presidente [Barack Obama] tomou.” Do porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, sobre as críticas do primeiro-ministro paquistanês sobre o “unilateralismo” da ação americana para matar Bin Laden.

“Nitidamente está havendo cartel. Pedi que a ANP fosse ao Cade [Conselho Administrativo de Defesa Econômica] para que esse descalabro fosse resolvido.” Do ministro das Minas e Energia Edison Lobão, reconhecendo que em alguns estados existem cartéis de postos de combustíveis.

“Não queremos ser uma agência de certificação internacional.” Do assessor especial para Assuntos Internacionais da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, sobre a polêmica entre EUA e Paquistão.

dIRETOR RESPONSÁVEL Fernando Benedito Jr. Editora responsável Anna Sylvia Rodrigues e Silva (MG 12319 JP) O DIÁRIO POPULAR é uma publicação da A Gazeta Metropolitana Editora e Gráfica LTDA. CNPJ 07.366.171/0001-88 FALE CONOScO Telefone: 3827-0369. diariopopular.redacao@gmail.com ou diariopopular.comercial@gmail.com Administração e Redação Avenida JK, 1290, bairro Jardim Panorama, CEP 35.164-245. Oficina Rua Anápolis, 55, Veneza II, Ipatinga.

es p a ç o p ú bli c o

ARTIGO II

Morre ex-deputado Glycon Terra Pinto

Obama, a vinda ao Brasil e o visto de entrada nos EUA

Foi sepultado ontem (9), às 11 horas, no Cemitério do Bonfim, em Belo Horizonte, o ex-deputado estadual Glycon Terra Pinto, falecido ontem (8), aos 80 anos. A causa da morte foi neoplasia pulmonar. Nascido em 16 de maio de 1930, em Belo Horizonte, era advogado, pastor evangélico e empresário. Foi deputado estadual de 1991 a 2003 (12ª a 14ª Legislatura). Na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, foi vice-presidente e membro efetivo da Comissão de Direitos Humanos e membro da Comissão de Meio Ambiente, entre outras. Glycon Terra Pinto era pastor-presidente da Igreja Batista da Floresta, em Belo Horizonte; professor e vice-reitor do Seminário Teológico Evangélico do Brasil (STEB); presidente da Ordem dos Ministros Evangélicos do Brasil em Minas Gerais; e presidente do Conselho do Hospital Evangélico. Também foi membro do Conselho do BDMG e da Febem. O ex-deputado deixa a esposa, dona Inaiá, e quatro filhos: pastor Ciro Otávio, Glycon Junior, Daniel e Davi.

José Barbosa/PMI

ARTIGO

Contradições, resistências e rock n`roll Marli Gonçalves (*)

Sou a própria contradição, mas para quem vê e não sabe. Todo mundo tem direito a pelo menos uma contradição nessa vida; jogue pedras e cuspa rãs quem nunca as teve. Claro, elas devem ser moderadas, e, se possível, evolutivas, para melhor, mas não me venham com preconceitos e bobeiras Mais uma semana ouvindo que o Bin Laden não morreu, que querem ver o corpinho com as barbas de molho, que o coitadinho, velhinho, estava desarmado, meu saco de paciência estoura. Aliás, ele - o meu saco de paciência - anda meio que mais no limite do que os cestos de lixo espalhados pela cidade, transbordantes, enfeites do descaso urbano pendurados em postes. Não sei se os surtos vêm da água que bebem, mas tem gente sofrendo de crises infantis do tipo São Tomé, que só acreditam vendo, ou acometidos de gugudadá de muxoxo porque a sociedade civil pressiona e avança, acima da cabeça dos coronéis e pistoleiros e pistoleiras em cargos públicos, eleitos ou indicados pelos seus pares. A decisão tomada pela Supremo, por unanimidade, reconhecendo juridicamente a união de pessoas do mesmo sexo, nos dá certo alento. Algumas gotas pingam das torneiras da Razão. Ninguém vai obrigar ninguém a casar. Até porque inclusive entre os gays há de praxe uma certa alta rotatividade nas relações, que pode até vir a melhorar. Mas se acabar vai perder a graça. Também não precisa ser gay para entender, apoiar, assim como não é exatamente uma questão religiosa. Contudo, não é porque sou da Paz que rejeito as regras da guerra. Vivemos em conflito, até com nós mesmos! Padres não viram castrados ao serem ordenados. O desejo chega; não manda recado, nem marca hora. É assim que tudo pode ser, um dia, a nossa realidade, por mais distante que esta pudesse parecer. Não diga dessa água não beberei, com ou sem bolinhas. Se não fui acho que devia ter ido - sempre rola. A propósito, o tema é respeitar. Mudar, fazer, acontecer, decidir - ou não. Os dias passam. E a geminiana aqui se encontra em sua plena piração anual, que acontece de qualquer jeito. A sorte é que ganhei de presente de Deus um espírito mutável. Depois dos 50, preparem-se as que quiserem ouvir, fica mais, digamos assim, visível a pressão externa por mudanças, a avaliação, uma certa apreensão com os próximos dias, e não é mais só pela espera da menstruação - de quem gostava muito, e que ando até com saudades da rotina, agora inconstante. Antes que esqueça, inclusive, explodam-se as convenções. É o que acho. Sou, no bom sentido, moleca; nasci moleca e moleca permanecerei de espírito. Sempre vivi a contradição entre a imagem que os outros vêem e julgam - e o que sou exatamente. Sofri, apanhei, perdi e acabo sendo sempre muito prejudicada por isso, o que me faz sempre evitar fazer juízos

“visuais”. Cansei de ser chamada de maluquinha, meio louquinha, figura, exótica (é, usam muito essa palavra para mim), ou qualquer outro termo apenas idiota ou condescendente que na verdade busca desmerecer-me, mesmo que sem esse claro propósito. Só o velado, o odioso velado. Escuto. Pisco. Sei. Faço de desentendida para viver. Tento apenas escapar de que não me atrasem ainda mais a vida por isso. Controlar o que posso, mas só posso com o que é declarado, claro. Queria ver é fazerem metade do que faço, da responsabilidade com que encaro as tarefas que me são confiadas, das renúncias que fui e sou obrigada a fazer. O mundo é dissimulado demais da conta. Pensam que foi fácil chegar até aqui - com vários arranhões, decerto - mas sendo ainda espontânea, otimista e independente? Sem riquezas e posses, sem olhos claros, e de altura pouco mais de metro e meio? Solteira, sem filhos? Para azar e horror dos que gostam de teses imutáveis, sempre fui estudiosa, sempre fui obediente e boa filha (perguntem por aí, se duvidam), boa irmã, boa amiga, solidária como posso. Trabalho, literalmente, e sem parar, desde os 15 anos de idade, quando pretendi, mas nunca consegui, comprar uma motocicleta, mondo cane. Fui uma das primeiras - ao menos que conheço - a andar de moto, de skate, por aí, e a conviver com garotos sem que isso significasse nada além de amizade. Não havia raça proibida. Nem religião. Nem estado civil, sexo. Tudo isso no meio de uma ditadura. Ou isso ou aquilo. Sempre optei pelos dois, ou três, ou mais quesitos. (...piscadinha marota...) Sim, quiseram casar comigo, mas me desvencilhei, segura de que só - eu e minhas contradições - seria feliz, porque também sempre achei no caminho gente querendo é me mudar, me prender, tirar o sorriso de minha boca e o brilho dos meus olhos. Alguns conseguiram. Mas fui buscar de volta a tempo. “Atroz contradição a da cólera; nasce do amor e mata o amor”. (Simone de Beauvoir). Aos 8 anos de idade, me joguei na lama por odiar uma roupinha de marinheiro branca e engomada que me obrigaram a usar; a partir daí invento minha própria moda. Quando tem gente vindo, já fui e voltei. Fui e voltei. Voltei e fui, mesmo sem sair do lugar. Nem tão solta como quis, mas sempre com os livres e os livros. Amei e amo muito, inclusive casos que duraram algumas décadas, sem ter o amado, apenas o amante, de todas as cores, credos, carteiras, com cabelo ou não. Apenas algo que me encante. Sou rock n`roll, mas também sou jazz, e pretendo manter a resistência.Tudo é possível, e aqui no Brasil ainda mais, o lado bom de nossa gente. Somos nós as contradições vivas, e quem é que sabe disso além de nós mesmos? (*) Marli Gonçalves é jornalista. Usa minissaia e aproveitará bem, até o último instante, tudo o que puder.

Parece notícia velha, mas a informação mais esperada pelos brasileiros não foi anunciada pelo presidente Barack Obama ou pela Embaixada Norte Americana no Brasil. O Wallace Carvalho (*) líder máximo americano, quando esteve em visita ao Brasil, nada falou sobre a facilitação para obtenção do visto de entrada de brasileiros nos EUA. Esta era a principal expectativa da maioria dos brasileiros, especialmente os que ainda possuem o sonho de conhecer a terra dos direitos civis, da liberdade e da facilidade para o enriquecimento. Desde o primeiro mandato do presidente Lula se fala abertamente na facilitação da entrada de brasileiros em território americano. Porém, as desculpas estadunidenses são várias, incluindo o risco do terror, a proteção do mercado de trabalho interno ou o fato do Brasil ainda não ser considerado completamente sério pela sociedade internacional, uma vez que faz parte da rota do tráfico internacional de drogas. Nem mesmo o fato de sermos a 7ª economia do mundo pesa favoravelmente. É do conhecimento de todos que nenhum Estado é obrigado, por princípio de direito das pessoas, a admitir estrangeiros em seu território, seja em definitivo, seja a título temporário. Não se tem notícia, entretanto, do uso da prerrogativa teórica de fechar as portas a estrangeiros, embora a intensidade de sua presença varie muito de um país a outro. Os EUA sempre funcionaram como ópio para o brasileiro para trabalhar, estudar ou se divertir. Historicamente as relações entre os dois países sempre foi amistosa, mesmo em épocas de guerra, quando líderes nacionais possuíam interesses políticos diversos das lideranças do norte ou quando os americanos patrocinavam golpes militares pelas Américas. O que fica é uma sensação de não sermos levados a sério para assuntos relacionados à entrada do brasileiro nos EUA. A chancelaria brasileira poderia colocar o presente assunto na pauta pública de discussões com o governo americano e passar a exigir respostas mais claras e concretas do que filas constantes em consulados e muitas das vezes vistos negados sem justificativas. Por que nosso etanol, nossa carne, nosso aço e suco de laranja são sempre bem vindos? Será que ainda vivemos em uma era imperial de exploração com uma nova nomenclatura denominada globalização? Será que as veias da America Latina continuam abertas como anunciou Eduardo Galeano? A impressão que se tem é a de que o Estado americano não quer admitir que no momento em que recebe o nacional de outro país no âmbito espacial de sua soberania, deveria ter perante ele, deveres resultantes do direito internacional costumeiro e escrito, cujo feitio e dimensão não poderiam variar segundo a natureza do ingresso. Prefiro esquecer que o personagem brasileiro inventado por Walt Disney tinha uma relação direta com a esperteza e a marginalidade. (*) Wallace Carvalho é professor de Direito Internacional e Coordenador do Curso de Direito do Unileste/MG carvalhocosta75@hotmail.com


cidades

Diário Popular

Terça-feira, 10 de maio de 2011

3

T R A N S PO R T E CO L E T I V O

Sistema deve ser revisto, diz Silveira BELO HORIZONTE - O secretário de Estado de Gestão Metropolitana, deputado federal Alexandre Silveira, posicionou-se contrário às mudanças realizadas no transporte urbano em Ipatinga. Desde que foi implantado o Sistema Integrado no município, no último dia 29, aniversário da cidade, quem precisa de ônibus para se locomover tem enfrentado uma série de dificuldades. Além do desconforto, com veículos lotados, os atrasos dos passageiros em seus compromissos, principalmente ao trabalho, tem sido constantes. CAOS O caos instalado no município, com depredação e até ameaça de incêndio em veículo, comprometendo a segurança de trabalhadores, tem causado preocupação às autoridades. “Temos que zelar pelo bem-estar dos trabalhadores do município e cidades circunvizinhas”, disse ontem ao ser perguntado sobre a situação em Ipatinga, uma das cidades que compõem a Região Metropolitana do Vale do Aço em fase de implantação. Alexandre Silveira informou que tem sido procurado por lideranças de vários segmentos. “Diversas pes-

soas foram prejudicadas e a nossa posição é a mesma: não concordamos com a maneira como foi implantado o Sistema Integrado de Transporte em Ipatinga”. O secretário de Estado lembrou que numa mudança como esta, que afeta milhares de trabalhadores, é necessária ampla discussão, o que não ocorreu em Ipatinga. A sua posição é a de que a Prefeitura Municipal de Ipatinga reveja todos os pontos que estão prejudicando diretamente o trabalhador. Em sua avaliação, atualmente há um lucro exorbitante por parte do prestador de serviço, que em dezembro reajustou o valor das passagens. Caso não aconteça redução da tarifa, Alexandre Silveira entende que o Sistema de Integração não deve ser colocado em prática.

REDUÇÃO Não bastasse o aumento no valor da tarifa, os serviços à população ficaram comprometidos, já que houve redução de 10 veículos, que passaram de 118 para 108. Na prática, há apenas 98 ônibus rodando, considerando que 10 veículos são para reserva, em caso de substituição. O secretário observou ainda que a redução no número de ônibus em circu-

lação no município de Ipatinga diminui em 10% os custos variáveis e operacionais da empresa, levando em conta que a frota está circulando menos 2.800 quilômetros por dia. O Sistema de Integração, da forma como foi implantado, também prejudica o desenvolvimento da cidade. Confrontando os dados, é possível verificar que a redução do número de veículos diminui em R$ 2 milhões os investimentos da empresa na cidade, pois são dez ônibus a menos em circulação. Cada veículo custa, em média, R$ 200 mil, enquanto a expectativa de aumento no número de passageiros em Ipatinga é de 9 mil ao dia. INCONCEBÍVEL Alexandre Silveira ainda destacou que é inconcebível um projeto funcionar sem que a população tenha sido devidamente instruída e consultada. “Do jeito que foi implantado, não poderia acontecer outra coisa senão os veículos circularem com um número bem maior de passageiros, gerando um grande desconforto a todos”, concluiu, deixando claro que, como secretário de Gestão Metropolitana, vai estar atento a políticas que contrariem o interesse público.

Audiência discute mudanças IPATINGA - Os vereadores Agnaldo Bicalho (PT), Sebastião Guedes (PT) e Roberto Carlos (PV) reiteraram ontem (09) o convite à população para participar da audiência pública para discutir alterações no transporte coletivo no município, marcada para esta terçafeira. Os parlamentares são membros da Comissão de Urbanismo, Transporte, Trânsito e Meio Ambiente da Câmara. Em operação desde o fim do mês passado (29/04), a integração altera a forma como os passageiros utilizam os ônibus na cidade, motivo de muita revolta por parte dos usuários de ônibus em Ipatinga. Diversas reclamações têm chegado aos gabinetes desde que a mudança foi implantada.

FALTAM ÔNIBUS “Estamos sentindo falta de três ônibus que antes nos atendiam. Eram ao todo 69 horários à disposição da região da Vila Celeste. Hoje são apenas 34. Tiraram-nos as linhas 500 (via centro) e 501, o que prejudica os alunos de escolas como Almirante Toyoda, São Francisco e outras. Esses alunos têm que pegar dois ônibus, correndo o risco de se atrasarem, além de ser perigoso, pois antes iam direto para a escola”, protesta Maria de Fátima Coelho Cunha, moradora do Vila Celeste. Para usar o sistema, é preciso ter o cartão fornecido pela Autotrans, empresa responsável pelo transporte público na cidade. SEM VOLTA Ao entrar em um ôni-

bus, o passageiro poderá fazer o trajeto até um local e, dentro de um prazo de até 45 minutos, pegar mais um ônibus para outro bairro, sem pagar uma nova passagem. O sistema não permite, porém, que seja utilizada a integração para voltar ao mesmo local de origem. Houve mudanças também nas linhas que circulam por Ipatinga. Novas linhas foram criadas e algumas também foram extintas, o que gerou protestos no primeiro dia útil depois da mudança. Segundo o vereador Agnaldo Bicalho, foram convocados Secretaria de Serviços Urbanos da Prefeitura e representantes da Autotrans e convidados da promotoria do Município e associações de moradores da cidade.

Para Silveira, sem redução da tarifa, o Sistema de Integração não deve ser colocado em prática

Robson cobra melhorias no Sistema de Integração IPATINGA - O prefeito Robson Gomes da Silva (PPS) se reuniu nesta segunda-feira (9) com o secretário Municipal de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), Rodrigo Resende, e o diretor da Autotrans, Rômulo Lessa Carvalho, para pedir que as alterações sugeridas pela comunidade no Sistema de Integração do Transporte Coletivo sejam atendidas prontamente e em caráter de urgência. Além disso, a administração municipal e a empresa concessionária firmaram compromisso de intensificar a campanha de divulgação das informações sobre o novo projeto junto à comunidade. Iniciada em 29 de abril deste ano, a integração do transporte coletivo permite que o cidadão chegue ao seu destino pagando apenas

uma tarifa no cartão eletrônico. “Este projeto tem caráter social. Entendemos que toda mudança causa transtorno no início, mas a população já entende melhor o projeto e percebe os ganhos. Desde a implantação, temos recebido as lideranças comunitárias para avaliar as sugestões e esclarecer as dúvidas”, avalia Robson Gomes. REESTRUTURAÇÃO O prefeito de Ipatinga lembrou que o sistema de transporte público foi totalmente reestruturado para melhor atender à população. Todas as informações de novos itinerários estão sendo disponibilizadas em sites e panfletos da administração municipal e empresa concessionária do serviço. Rodrigo Resende lembra que o projeto de reestrutura-

ção do transporte redimensionou as linhas, aumentando a oferta de horários aos usuários. Além disso, com o sistema foi possível criar as linhas regionais que estão operando nos bairros Bom Jardim, Bethânia e Canaãzinho. “Nessas linhas, o usuário paga apenas meia tarifa, ou seja, R$ 1,20. Essas linhas estão operando em torno desses bairros e visam facilitar o deslocamento do usuário para o Centro da cidade com o pagamento de apenas meia tarifa. Caso retorne ainda dentro da área de cobertura desse transporte, vai pagar R$ 1,20, que completam o valor de uma tarifa”, explicou o secretário. Maiores informações pelo telefone (21) 3823-9190 ou pelos sites: ipatinga.mg.gov.br e autotransnet.com.br

Robson Gomes reforçou junto aos repreentantes da Autortrans que as reivindicações populares sejam atendidas


4

cidades

Diário Popular

Terça-feira, 10 de maio de 2011 Divulgação

S A ÚD E

Prefeitura previne acidentes no HMI José Barbosa-ACS/PMI

Agentes de saúde convocam população a comparecer nos postos de saúde para se vacinar contra a gripe

Vacinação contra a gripe termina nesta sexta-feira Mais de 70 mil pessoas já foram imunizadas; índice corresponde a apenas 60,53% IPATINGA - Termina na próxima sexta-feira a campanha de vacinação contra a gripe, promovida pela Secretaria de Estado de Saúde. O órgão informa que os municípios pertencentes à Superintendência Regional de Saúde de Coronel Fabriciano já imunizaram 70.320 pessoas desde o início da campanha, em 25 de abril. A Secretaria destaca, porém, que esse número corresponde a apenas 60,53% do público-alvo da campanha. Entre as crianças menores de dois anos está o melhor índice de cobertura vacinal: 70,36% delas foram imunizadas, o que representa 11.539 doses aplicadas. No grupo das gestantes, o pior índice. Apenas 4,072 grávidas receberam a dose, percentual de 34%. Já os

idosos receberam 49.794 doses, o que representa cobertura de 62,24%. As crianças já vacinadas deverão receber uma segunda dose após um mês da aplicação da primeira dose. A coordenadora Estadual de Imunização, Tânia Caldeira Brant, avaliou que os números estão dentro do esperado em todas as regiões do Estado e revelou que a expectativa da Secretaria é de atingir o índice de 80% de cobertura da população. Em todo o Estado, tal meta corresponde a 2,5 milhões de doses aplicadas. “É importante que todos se vacinem no período certo, pois com a aproximação do inverno, a transmissão do vírus é maior”, alertou. A iniciativa, que faz parte do calendário do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, é realizada anualmente, sempre no outono, para que os vacinados estejam protegidos no inverno, período de maior circulação do vírus. A cada campanha muda a composição da vacina, com base em pesquisas, nas quais se identifica o vírus circulante no mundo.

IPATINGA - A administração municipal começou ontem no Hospital Municipal de Ipatinga um projeto de segurança e saúde do trabalhador, por meio do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA). A elaboração do diagnóstico é obrigatória para todas as empresas públicas e privadas que admitam trabalhadores como empregados, segundo a Norma Regulamentadora número 9 da portaria 3.214/78 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Posteriormente, o projeto será ampliado a todos os setores da administração. A previsão da equipe de técnicos que realiza o projeto é que todo levantamento junto aos 528 funcionários do Hospital Ipatinga esteja concluído em até 90 dias. O objetivo deste trabalho, que prevê uma pesquisa qualitativa junto aos profissionais, é promover a prevenção de doenças e acidentes

Equipe da Administração explica projeto à coordenação de enfermagem do HMI

e trabalho em ser viços de saúde. Logo após a pesquisa, a equipe da Seção de Segurança e Medicina do Trabalho (Sesmet) deverá propor melhorias nas condições de trabalho, incluindo treinamentos e/ou mudanças no espaço físico. O trabalho é uma ação conjunta das secretarias municipais de Administração e de Saúde, que informaram também que o projeto inclui a implantação do Progra-

ma de Controle Médico de Saúde Ocupacional dos servidores. QUALIDADE Para o engenheiro de segurança Getro de Paula, esta ação é de suma importância uma vez que os fatores de risco ocupacional ref letem diretamente na qualidade do atendimento direcionado à população. “É bom frisar que temos recebido importante apoio para realização do trabalho

Sua imaginação transformada em realidade.

Av. JK . n°1290 - Jardim Panorama - 3827 0369

por parte dos gestores do HMI”, avalia. A coordenadora de Enfermagem do Hospital Ipatinga, Maria de Lourdes Moreira, explica que o programa vem para cumprir a legislação federal e ainda melhorar a situação dos profissionais. “Este estudo será positivo, pois irá possibilitar o desenvolvimento de ações podendo até diminuir o índice de afastamentos”, entende.


cidades

Sérgio Mendes faz nova reforma administrativa Fabiano Moreira assume Secretaria de Saúde, Enéas Almeida a de Governo, Fernando Alves a Comunicação e Hermes Quintão é exonerado TIMÓTEO - O prefeito de Timóteo Sérgio Mendes (PSB) fez ontem uma nova mudança na estrutura administrativa de seu governo. Com a alteração, foram remanejados os secretários de Saúde e Governo. O ex-secretário de Saúde, Enéas Almeida, foi remanejado para a Secretaria de Governo. Em seu lugar entra Fabiano Moreira, que atuava como assessor técnico da Secretaria de Saúde. O exsecretário de Governo Fernando Alves vai assumir a Secretaria de Comunicação Social, que era ocupada pelo jornalista Hermes Quintão, exonerado do cargo que ocupava há pouco mais de dois meses. A primeira reforma administrativa do governo timotense foi feita no dia 4 de março deste ano.

Fabiano Moreira vai assumir a Secretaria de Saúde de Timóteo

Em algumas pastas, as mudanças tem o objetivo de implementar um novo perfil, com a intenção de dar mais agilidade aos processos administrativos, bem como reforçar as posições políticas do governo. Particularmente no caso da Secretaria de Saúde, a administração passa a ter uma gestão mais técnica com a nomeação de Fabiano Moreira. O novo titular é mestre em Saúde da Família, Coordenador do NAEPS e professor da Faculdade de Medicina (Univaço), onde coordena o curso de Fisioterapia, além de tutor do Ministério da Saúde. Políticamente, Fabiano Moreira é presidente do Partido Socialista Brasileiro (PSB) de Ipatinga, mesma agremiação do prefeito Sérgio Mendes.

Senac confirma turmas em cursos de pósEspecialização graduaçãoem Administração Pública e Gestão da Tecnologia da Informação terão início esse mês em Coronel Fabriciano FABRICIANO - O Senac de Coronel Fabriciano confirmou ontem o início dos cursos de pós-graduação em Administração Pública e Especialização em Gestão da Tecnologia da Informação. Os cursos

contam com carga horária de 360 horas e serão quinzenais. De acordo com o consultor de Negócios do Senac Vale do Aço, Breno Cruzeiro Silva, o curso de Especialização em Admi-

nistração Pública terá início dia 13 de maio, com aulas às sextas-feiras de 18h às 22h e aos sábados de 8h às 16h. Já o curso de Especialização em Gestão da Tecnologia da Informação terá início no dia 21 de

maio e as aulas serão ministradas aos sábados, de 8h às 16h. Vale destacar que ainda restam algumas vagas. Mais informações sobre os cursos pelo telefone (31) 3841-9650

Diário Popular

Terça-feira, 10 de maio de 2011

5

Prêmio valoriza prefeitos que apoiam os pequenos negócios Brasília - O Sebrae lança amanhã a 7ª edição do prêmio Prefeito Empreendedor, durante a XIV Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que começa hoje. São aguardados cerca de 5 mil prefeitos para o evento, organizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM). Realizado de dois em dois anos, o prêmio reconhece os prefeitos que fomentam a atividade de micro e pequenas empresas em seus municípios. A expectativa é que 1,3 mil prefeitos se inscrevam neste ano. Os temas do prêmio são: Compras Públicas dos Pequenos Negócios Locais, Formalização de Pequenos Negócios e Apoio ao Empreendedor Individual, Lei Geral Municipal, Médios e Grandes Municípios, Crédito

e Capitalização, Planejamento e Gestão Pública para o Desenvolvimento Sustentável e Promoção do Desenvolvimento Rural. Esta última foi criada neste ano, com o intuito de premiar iniciativas apoiadoras do empreendedorismo e desenvolvimento na área rural dos municípios. A inscrição é gratuita e é feita apenas pelo site www.prefeitoempreendedor.sebrae.com.br, onde há um formulário que deve ser impresso, assinado e entregue ao Sebrae. Os vencedores recebem, entre outras condecorações, uma viagem internacional para conhecer experiências exitosas de apoio a pequenos negócios no exterior que possam ser replicadas no Brasil. Mais informações: www.agenciasebrae.com. br.

Tributos são principal tema da marcha BRASÍLIA – A Confederação Nacional de Municípios (CNM) lançou ontem à imprensa a XIV Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. Com a apresentação de estudos sobre “A Carga Tributária Bruta Brasileira de 2010” e o “Mapeamento dos restos a pagar da União em 2011 relativos a transferências a Municípios”, a Confederação divulgou as principais pautas do encontro, que

vai até a próxima quinta. Em relação à Carga Tributária Bruta Brasileira (CTBB), os dados da CNM indicam que só em 2010 a arrecadação chegou a quase R$ 1,3 trilhão, o que representa a cifra de 35,53% do Produto Interno Bruto (PIB). Desse valor, segundo a CNM, a União foi responsável por arrecadar R$ 882,1 bilhões, os Estados R$ 347,2 bilhões e os Municípios, R$ 70,1 bilhões.


6

cidades

Diário Popular

Terça-feira, 10 de maio de 2011

LIVROS

Prefeitura e Aperam incentivam a leitura Divulgação

Escritor Luis Giffoni faz palestra sobre “A Cultura do Fácil ou a Importância da Leitura” em projeto que tem também oficina sobre conservação de livros FABRICIANO – A leitura desenvolve o senso crítico, amplia o repertório, o vocabulário e o conhecimento, estimula a criatividade e facilita a escrita. Diante de tanto benefício, uma parceria entre a Secretaria de Educação e Cultura da Prefeitura de Coronel Fabriciano e a Fundação Aperam Acesita resulta no Projeto Ler Convivendo. O objetivo é promover ações de estímulo à leitura no município. Para isso, serão propostas palestras, oficinas e encontros com escritores, que serão abertos ao público. E para dar início ao projeto, na próxima quarta-feira (11), às 11h, acontece um encontro com o escritor Luis Giffoni. A atividade será realizada na Biblioteca Pública Municipal Professora Mariana Roque Pires (Centro), com professores e incentivadores da leitura da rede municipal de ensino. PALESTRA No mesmo dia, à tarde, será realizada a “Oficina de Conservação de Li-

vros”, que é destinada a representantes das bibliotecas das escolas municipais, estaduais e particulares do município. À noite, a partir das 19h, o escritor Luis Giffoni realiza a palestra “A Cultura do Fácil ou a Importância da Leitura”, no Centro de Arte e Educação, no Melo Viana, com entrada gratuita. Luis Giffoni é engenheiro de formação e escritor de profissão. É autor de 20 livros. Recebeu premiações da Associação Paulista de Críticos de Arte, Prêmio Minas de Cultura, Prêmio Jabuti e Prêmio Nacional de Romance e de Contos de Belo Horizonte. Mundo da Leitura CAPACITAÇÃO Dando continuidade à programação do Projeto Ler Convivendo, na manhã de quinta-feira (12), acontece a capacitação “Do Mundo da Leitura à Leitura do Mundo”, que será ministrada pela professora Sandra Bittencourt, de Belo Horizonte. A proposta é trabalhar com os professores formas

ra de Coronel Fabriciano. O projeto contribui para o processo de construção do conhecimento, funcionando como um instrumento de enriquecimento das disciplinas e das práticas pedagógicas. Conforme destaca a secretária de Educação e Cultura da Prefeitura, Glória Giudice, “instrumentar alunos e professores com outras linguagens é de suma importância

FABRICIANO – A Secretaria de Educação e Cultura da Prefeitura realiza o 1º Seminário Municipal de Avaliação do Processo de Inclusão Escolar da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla na Educação Básica. O evento, que é aberto ao público, acontece nesta terça-feira (10), das 13h às 19h, no Salão Paroquial, no Centro. “Temos que lutar pelos direitos dos nossos alunos e pessoas com de-

ficiência, para que elas sejam, realmente, incluídas no ensino regular. Por isso, queremos ouvir dos pais, educadores e gestores como esse processo de inclusão vem acontecendo no interior da escola. Desta forma, é possível avaliar e propor novos projetos que promovam a melhoria deste atendimento”, aponta a coordenadora de Educação Inclusiva da Prefeitura, Maria do Carmo Fonseca.

CU R S O S E P A L E S T R A S

Pe. de Man promove XI Seminário Técnico O escritor Luis Giffoni é um dos convidados do Projeto Ler Convivendo, desenvolvido pela Prefeitura de Fabriciano e Aperam

de despertar o interesse dos alunos para a leitura, tipos de leituras adequadas a cada idade, e o encantamento na leitura. À tarde, a professora desenvolve um trabalho com professores das disciplinas de História e Geografia, que terá como tema “A Cultura Africana que Faz Parte de Mais de 50% da Nossa Formação Cultural”. A oficina acontecerá na Biblioteca Pública Municipal Professora Mariana Roque Pires (Centro). Sandra Bittencourt é contadora de histórias, pedagoga, atriz, especialista em ensino especial, ar-

te-educação e literatura infanto-juvenil. Atualmente, é professora do Instituto Aletria e diretora artística e cultural da Associação das Bibliotecas Comunitárias da Região Metropolitana de Belo Horizonte, além de assessora Literária e Pedagógica da Editora Lê. INFORMAÇÕES Mais informações sobre as atividades do Projeto Ler Convivendo podem ser obtidas na Secretaria de Educação e Cultura da Prefeitura, por meio dos telefones (31) 3846-7782 ou (31) 3846-7789.

“O Mágico de Oz” em sessão gratuita de cinema FABRICIANO – Nesta terça-feira (10), às 8h e 14h, os alunos da rede municipal de ensino de Coronel Fabriciano participam de mais uma sessão gratuita de cinema no Centro de Arte e Educação, no Melo Viana. A escolha da vez é o filme “O Mágico de Oz”. A iniciativa faz parte do projeto “Escola vai ao Cinema”, promovido pela Secretaria de Educação e Cultural da Prefeitu-

Inclusão Escolar de deficientes é tema de seminário

porque amplia as possibilidades do pensar e do repensar numa perspectiva dialética do conhecimento”, destaca. Para sugestão de filmes e agendamento de exibições, as escolas devem entrar em contato com a Secretaria de Educação e Cultura, pelo telefone (31) 3846-7789. O MÁGICO DE OZ Após um tornado em Kansas, Doro-

thy vai parar com sua casa e seu cachorro na fantástica Oz, onde as coisas são coloridas, bonitas e mágicas. Porém, o seu maior desejo é retornar de volta para casa. Para isso, ela deve encontrar um mágico, que lhe mostrará como realizar esse seu desejo. Para chegar até ele, contudo, Dorothy viverá uma aventura inesquecível através do caminho de tijolos amarelos.

FABRICIANO - O Colégio Padre de Man juntamente com a ETFG promoverão do dia 16 a 21 de maio o XI Seminário Técnico. Uma semana voltada à capacitação através de minicursos e palestras ministradas por profissionais renomados nas áreas de informática, automação, mecânica e química. Na programação estão previstas 9 palestras e 31 minicursos, entre eles, práticas de soldagem eletrônica, formatação de computadores, oficina de currículo, tratamento de imagens com Photoshop CS3. As palestras acontecerão à noite nos teatros João Paulo II e Padres do trabalho, no Campus I do Unileste-MG

Seu salva vidas

de bolso.

em Coronel Fabriciano. E os minicursos nos laboratórios e salas de aulas do Colégio Padre de Man. Os minicursos e as palestras serão abertos à comunidade. Eles terão vagas limitadas: para participar é necessário fazer inscrição e doar um litro de leite, que será repassado a instituições de todo o Vale do Aço. INSCRIÇÕES As inscrições acontecerão do dia 10 a 13 de maio, pelo site www.padredeman.com.br. No site será possível encontrar a relação de palestras, minicursos e horários. Haverá entrega de certificado para os minicursos. Informações (31) 3846-5777.

Está na hora deste papo verde amadurecer. Pesquisa inédita revela os culpados pela degradação do meio ambiente. Confira!

Já nas bancas!

15x10.indd 1

Já nas bancas!

3/24/11 6:07 PM


cidades

Operação em boate acaba com adolescentes detidos

Boate do bairro Caçula é acusada de falicitar entrada de menores, pessoas armadas e traficantes de drogas

no ambiente interno”, disse o sargento. Em um levantamento, a PM identificou 58 pessoas no local que possuem passagens por tráfico de droga, tentativa de homicídio e lesão corporal, entre outros delitos. Outro grave erro detectado na casa noturna, segundo relato de testemunhas, é a não exigência de documento de identidade para entrar. Uma menor de 17 anos que estava na boate na noite da última sexta afirmou que os responsáveis pela portaria não pedem documento, tampouco revistam frequentadores. “Eles não revistam para ver se a pessoa entrou com arma ou droga, lá é ponto de prostituição e de tráfico. Eles vendem e oferecem tanto para o menor ou maior de idade. Não tem faixa etária para entrar”, acusou. DENÚNCIAS A conselheira tutelar

Welligta Paula também estava na porta da boate durante a operação e afirmou que o conselho possui várias denúncias de que dentro da casa noturna existe tráfico de drogas, sexo explícito e pessoas armadas. “Encontramos moças com roupas curtas, umas até disseram que iam se prostituir. O menor encontrado no interior da boate disse que comprou cocaína lá dentro. Estamos preparando um relatório para o juiz e o promotor da infância com todos esses fatos”, declarou. Dos adolescentes apreendidos no interior e mediações da Griffe 111, apenas uma mãe sabia que a filha tinha ido para a boate. Pelo Estatuto da Criança e do Adolescente é proibido que menores de 18 anos estejam desacompanhados na rua após as 22h. INCÔMODO Vizinhos da casa noturna relataram que os frequenta-

dores produzem muito barulho e tumulto na via pública com carros de som. Os moradores inclusive já fizeram um abaixo-assinado na tentativa de fechar o estabelecimento. “Ligamos para o 190 quanto tem som alto. O público que frequenta o local é de má conduta. Temos medo de passar na rua depois das dez da noite quando tem movimento na boate. Já vimos pessoas armadas na porta e menores. Isso é todo final de semana”, relatou. A PM informou que, com base nesses dados, tem intensificado o policiamento no local. CONTRADIÇÃO O proprietário da boate Griffe 111, Marcos de Oliveira Rodrigues, disse que possui uma equipe de 15 seguranças e detector de metal para a identificação e revista dos frequentadores. Sobre os tumultos causados do lado de fora, o empresário alegou que cabe a Polícia Militar cuidar para que não haja pertubação do sossego. “Se entrou algum menor, foi falha da segurança e não fui comunicado. Quando fica tumultuado, fica complicado conferir os documentos de identidade e às vezes pode acontecer de entrar um menor. Instalei câmeras na porta da casa, quando vimos algo de errado acionamos a polícia”, declarou.

Homem é preso por molestar enteada IPATINGA – A Polícia Militar registrou uma tentativa de estupro na manhã de ontem, no bairro Vila Militar. A denúncia partiu de uma mulher que acusou o próprio namorado de ter molestado sua filha adolescente. Segundo a mulher, a garota dormia no mesmo quarto que o casal e foi abusada pelo seu companheiro por volta de 4h da manhã, enquanto dormiam. O tenente Wesley Flávio esteve no local e efetuou a pri-

7

PC encontra peças de moto furtada em 2009 Nadieli Sathler

Nadieli Sathler

Proprietário de casa noturna nega entrada de menores e diz que exige documento na portaria IPATINGA – Mais de 20 menores foram apreendidos durante o final de semana em operação feita pela Polícia Militar e o Conselho Tutelar nas mediações da boate Griffe, situada na rua F, no residencial Ayrton Senna. Dentro da casa noturna os militares encontraram um menor com dois papelotes de cocaína. Do lado de fora, afirma a PM, havia vários adolescentes com sinal de embriaguez. Todos foram levados para a sede da 152° Cia de Polícia Militar, no bairro Canaã. De acordo com o sargento Adilson Pereira, que acompanhou a operação na entrada da boate, alguém teria dispensado quatro papelotes de cocaína ao ver a chegada da PM à porta da boate. Em um lote vago anexo à casa noturna, foram encontrados dois indivíduos fazendo uso de maconha. “Os adolescentes foram qualificados e os três conselheiros tutelares acionaram os responsáveis para que buscassem os filhos. Um dos pais relatou que o filho estava na casa de uma colega em um churrasco, quando na verdade estava em frente à boate, logicamente com o objetivo de ingressar

Diário Popular

Terça-feira, 10 de maio de 2011

são do acusado. A menina foi encaminhada para o Hospital Municipal de Ipatinga e, posteriormente, para o serviço social do município. Já o namorado negou que tenha praticado o ato. “Como acontece com a maioria de autores desses delitos, eles negam tudo. A vítima relatou com detalhes e na presença da mãe e de testemunhas o que aconteceu”, revelou o oficial. Ele continua: “Orientamos às mães que não moram

com os pais de seus filhos e que têm companheiros para terem um cuidado mais especial. A maioria desses crimes tem os padrastos como autores. Elas não devem deixar no mesmo ambiente companheiro e filha. A prevenção é melhor do que prestar socorro a essa criança, pois o trauma pode ficar pelo resto da vida”, comentou. ABUSO Segundo a mãe, o acusado

não morava na mesma residência que a adolescente. Ela contou que namorava o homem há pouco mais de um ano e que havia planos de morarem juntos. “A gente estava dormindo de madrugada e vi que minha filha estava inquieta na cama. Desconfiei que ele tava mexendo com ela, sei lá. Teve uma hora que ela gritou não. Ele falou que não tinha feito nada, mas depois conversei com minha filha, que me confirmou o abuso”, contou.

Renato Gavião informou que Anísio Ferreira será investigado também por furto de outros veículos

IPATINGA – O montador de móveis Anísio Ferreira Figueiredo, de 23 anos, foi apresentado na tarde de ontem pelo delegado Renato Gavião, acusado pelo crime de receptação. Na casa dele no bairro Caravelas, os policiais encontraram peças de motocicletas desmontadas. A prisão dele aconteceu na última sexta, dia 6. A Polícia Civil recebeu denúncias anônimas dando conta de que ele estava de posse de produtos provenientes de furto. Pelo nome do suspeito, a polícia apurou ainda que havia um mandado de prisão preventiva expedido contra ele pelo crime de furto. “Fomos à residência e localizamos uma caixa com duas motocicletas desmontadas. Após o fato, estivemos em uma oficina de moto na qual apreendemos a motocicleta do indivíduo”, relatou o delegado. A equipe da Delegacia de Furtos e Roubos, juntamente com o trabalho de perícia, detectou que entre os materiais apreendidos na casa de Anísio havia peça de uma motocicleta furtada em outubro de 2009. A vítima de então foi César Lopes de Paiva, de 53 anos, morador da avenida Macapá, bairro Veneza. A motocicleta Honda CG Titan de cor azul, placas HBD5441, foi levada da garagem do prédio onde ele mora. “Não sei como os ladrões agiram naquela noite, mas deduzo que sejam mais de três porque, para tirar a moto de onde estava, precisava de pelo menos duas pessoas. Registrei o boletim de ocorrência de imediato e aguardei. O delegado me ligou dizendo que tinham achado

parte da minha moto, agora estou aqui para reconhecer”, contou. APURAÇÃO Segundo Renato Gavião, o autor negou qualquer participação no crime de furto acontecido dia 22 de outubro de 2009. Anísio foi preso em flagrante pelo crime de receptação de produto de roubo, na modalidade de ocultar. Ele não forneceu o nome do ladrão da motocicleta. “Esperamos ter tirado da rua mais um receptador de veículo e ter prestado um bom trabalho para a sociedade. Descobrimos que uma das motos desmontadas era furtada, a outra ainda estamos investigando, mas ela está sem numeração. Temos ao todo três motocicletas que estavam de posse de Anísio. Estamos averiguando ainda se ele não foi o autor do furto”, informou Gavião. R$ 700 Questionado sobre o seu envolvimento com os crimes de furto e receptação, Anísio alegou que comprou apenas uma das motocicletas pelo valor de R$ 700. O vendedor só repassou o veículo por esse preço porque os documentos estavam atrasados. Só que o negociante nunca apareceu para entregar os documentos. Ele disse que comprou o veículo há aproximadamente um ano. Como o negociante nunca mais apareceu, ele resolveu desmontar o moto. “A gente se conhecia pelas ruas, sempre que passava por ele, me cumprimentava. Costumava encontrar com ele no Parque Ipanema. Mas foi muito vacilo que tive. Não achei mais o cara que me vendeu”, alegou.


8

brasil

Diário Popular

Terça-feira, 10s de maio de 2011

GIRO

Chávez se encontra com Dilma A Refinaria de Abreu Lima, em Pernambuco, que espera repasse de R$ 400 milhões da PDVSA, é um dos temas em discussão entre os dois chefes de Estado BRASÍLIA - Depois de uma visita à cidade Baruta, no estado de Miranda, na Venezuela, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, confirmou que começa hoje (10) uma série de viagens aos países vizinhos. Chávez se reúne hoje com a presidenta Dilma Rousseff, em Brasília e, em seguida, ele vai para o Equador e Cuba. As informações são da estatal da Venezuela, a Agência Venezuelana de Notícias (AVN). Segundo a agência, as visitas do presidente serão transmitidas ao vivo em cadeia nacional de rádio e televisão. Na visita a Brasília, Chávez e Dilma pretendem reafirmar que as relações entre Brasil e Venezuela, intensificadas no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, deverão ser mantidas da mesma forma. PARCERIA Também estará em pauta a questão da refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco. A Petrobras aguarda da estatal venezuelana PDVSA o repasse de cerca de R$ 400 milhões para a conclusão das obras. De acordo com o governo brasileiro, apenas a Petrobras investiu na refinaria. Hoje, Dilma e Chávez deverão analisar de maneira detalhada quais acordos, dos já firmados por venezuelanos e brasileiros, estão pendentes. O objetivo é ampliar as parcerias nos

Agência Brasil

O ministro Edison Lobão: “Já poderemos perceber nitidamente a redução do preço do etanol na bomba”

Cuba libera viagens de cidadãos ao exterior BRASÍLIA – Pela primeira vez em 50 anos, o governo do presidente de Cuba, Raúl Castro, vai autorizar os cidadãos cubanos a fazer viagens de turismo para o exterior. A medida faz parte de um plano de reformas políticas divulgado ontem (9) pelas autoridades de Havana. O governo anunciou que vai “estudar disposições que permitam aos cidadãos cubanos viajar para o exterior como turistas”. Não há detalhes sobre essas viagens ao exterior. O plano reúne 313 medidas e oficializa as reformas econômicas implementadas por Castro desde o ano passado. De forma homeopática, o governo cubano abre o mercado interno para as atividades autônomas e estimula a adesão à demissão voluntária. Recentemente, o governo cubano autorizou a legalização de compra e venda de imóveis e de carros e a expansão das cooperativas privadas. As iniciativas fazem parte de um conjun-

to de medidas para que o governo cubano tente escapar da pressão e das dificuldades internas que o país tem enfrentado em decorrência do embargo econômico imposto pelos Estados Unidos. Pelo plano, anunciado ontem, há a possibilidade de transformar os edifícios públicos em imóveis residenciais com o objetivo de amenizar a escassez de moradias em Cuba. Desde a Revolução Cubana, em 1959, as famílias cubanas passaram a compartilhar as casas, mesmo quando não havia vínculos afetivos entre elas. No mês passado, o expresidente cubano Fidel Castro anunciou sua decisão de deixar o comando do Partido Comunista de Cuba, cargo que ocupou desde a revolução no país. Fidel não justificou a decisão, mas sinalizou que prefere cuidar da sua saúde. Ele aproveitou ainda para afirmar ser favorável às mudanças anunciadas pelo governo de seu irmão, Raúl.

Ministro diz que preço do combustível já pode cair Diminui projeção Lobão garante que desde ontem consumidor deve pagar menos por combustíveis BRASÍLIA - O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, garantiu que desde ontem (9) o preço dos combustíveis nos postos de gasolina começaria a cair. A gasolina e o álcool apresentaram aumentos substanciais nas últimas semanas por causa das instabilidades no mercado internacional e também pela redução da oferta de álcool anidro na entressafra da canade-açúcar. “A partir de hoje [ontem] poderemos perceber nitidamente a redução do preço do etanol na bomba”, disse ao participar de

setores de energia – principalmente porque a Venezuela passa por um momento de racionamento – e comercial. Apenas no ano passado, o intercâmbio comercial

uma sessão solene no plenário Câmara, ontem. “O governo tomou as medidas necessárias, mas precisamos entender que esse é um mercado livre. Precisamos agora elevar drasticamente a produção para que, com o excesso de oferta, se possa ter a redução dos preços”, acrescentou, lembrando que há nove anos o combustível sai das refinarias com o mesmo preço e que o aumento ocorre nas distribuidoras e nos postos de gasolina. Lobão reforçou que a Agência Nacional de Petróleo (ANP) passará

entre Brasil e Venezuela envolveu US$ 4,6 bilhões. Depois dos resultados das eleições, confirmando a vitória de Dilma, Chávez postou uma men-

a ter a responsabilidade de cuidar, também, do etanol. E admitiu que em alguns estados há cartel nos postos de gasolina. “Nitidamente está havendo cartel. Pedi que a ANP fosse ao Cade [Conselho Administrativo de Defesa Econômica] para que esse descalabro fosse resolvido”, afirmou. O ministro disse que, a partir de agora, as punições para os donos de postos que formam cartéis na cobrança dos combustíveis serão rigorosas. Pode haver cobrança de multa e até o fechamento do posto.

sagem na rede social Twitter destacando a competência da presidenta e sua confiança no novo governo. Segundo ele, Dilma era “sua candidata”.

de alta inflacionária BRASÍLIA - Depois de oito semanas seguidas de projeções de inflação em alta, a estimativa para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), neste ano, caiu de 6,37% para 6,33%, segundo o boletim Focus, publicado ontem (9) pelo Banco Central (BC). A projeção menor dos analistas do mercado financeiro consultados pelo BC todas as semanas veio após a divulgação do IPCA de abril. Na última sexta-feira (6), o Instituto de Geografia e Estatística (IBGE) informou que a inflação oficial no período ficou em 0,77%, uma pequena redução em relação ao mês anterior (0,79%). Em 12 meses encerrados no mês passado, entretanto, a inflação ultrapassou o limite superior da meta

para o ano (6,5%) ao chegar a 6,51%. Mas a expectativa dos analistas e também do governo é que a inflação se reduza ao longo do ano e fique dentro do limite superior da meta. O centro da meta, 4,5%, só deve ser alcançado em 2012, na avaliação do presidente do BC, Alexandre Tombini. Quando o BC considera que a economia está muito aquecida e os preços seguem trajetória de alta, a taxa básica de juros, a Selic é elevada. Neste ano, o BC já aumentou a Selic, usada como instrumento para controlar a inflação, em 0,50 ponto percentual em janeiro e março, e em 0,25 ponto percentual em abril. Atualmente, a Selic está em 12% ao ano.


brasil

Diário Popular

Terça-feira, 10 de maio de 2011

9

PO B R E Z A

Fim da extrema pobreza antecede nova geração de políticas sociais Agência Brasil

Plano Brasil sem Miséria quer o fim da pobreza até meados desta década e pode fazer com que o País tenha que adotar novas políticas sociais BRASÍLIA – O sucesso

do Plano Brasil sem Miséria, que consiste no fim da extrema pobreza até meados desta década, poderá fazer com que o país tenha que adotar novas políticas sociais para melhorar as condições de vida de estratos sociais de menor renda, mas que estejam acima da linha de extrema pobreza. A previsão de economistas ouvidos pela Agência Brasil é que, para atingir a meta projetada pelo governo federal, serão necessários novos mecanismos de transferência e o dispêndio de mais recursos para combater a “pobreza relativa”, ou seja, daqueles que ganham mais de R$ 70 de renda domiciliar per capita, a linha de extrema pobreza definida na última semana. Na opinião do econo-

Governo acredita que vai exterminar até 2015 a extrema pobreza no Brasil

mista e sociólogo Marcelo Medeiros, professor do departamento de sociologia da Universidade de Brasília (UnB), “o problema [da pobreza] não vai terminar aí [com fim da miséria]. Daqui a cinco anos, quando o Brasil tiver erradicado a pobreza extrema, terá que ir muito além disso e começar a proteger a população em um nível mais alto, o que vai custar muito mais caro”, calcula. “O Programa Bolsa Família tem grande cobertura, mas transfere valores muito baixos. O primeiro passo foi, ainda

que com muito pouco, cobrir todo mundo. Agora que está quase todo mundo coberto - cerca de 13 milhões de famílias no Cadastro Único, e a meta de atender os extremamente pobres será atingida, vamos ter que ter políticas de assistência mais generosas do que elas são hoje”, prevê. O coordenador de Proteção Social e Transferência de Renda do Centro Internacional de Políticas para o Crescimento Inclusivo das Nações Unidas (IPC-IG, sigla em inglês), Fábio Veras Soares, concorda e

avalia que o futuro combate à pobreza relativa exigirá que o país “continue crescendo”, que tenha “políticas públicas mais abrangentes” e “um sistema de garantia de renda mais progressivo”, assim como um sistema tributário mais justo e proporcionalmente menos oneroso com os mais pobres, o contrário do que ocorre hoje. “Quando nos tornarmos um país desenvolvido, vamos discutir a pobreza relativa”, acredita. EDUCAÇÃO

Na opinião de Sônia Rocha, professora titu-

Brasil não quer ser agência de certificação no caso Bin Laden BRASÍLIA – O assessor especial para Assuntos Internacionais da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, afirmou ontem que o governo do Brasil não pretende assumir o papel de “agência de certificação internacional” no que se refere à morte do líder e fundador da rede Al Qaeda, Osama bin Laden. Segundo ele, o Brasil não opinará sobre a polêmica

provocada por autoridades norte-americanas que levantaram dúvidas sobre como o governo paquistanês desconhecia a presença do líder no país. Garcia disse que o governo da presidenta Dilma Rousseff acompanha atentamente os desdobramentos envolvendo a morte de Bin Laden. Mas ressaltou que, por motivo de “prudência”, o Brasil não entrará no de-

bate entre os governos dos Estados Unidos e do Paquistão. “Não queremos ser uma agência de certificação internacional”, disse. O assessor especial lembrou que o Paquistão é um país de relevância internacional por vários aspectos, um deles a questão de ser uma potência nuclear. “[Não queremos opinar] sobre a questão da confiabilidade do Paquistão.”

Bin Laden foi morto no último dia 1º por forças especiais dos Estados Unidos, que invadiram a casa onde ele vivia com a família, a 100 quilômetros de Islamabad, capital do Paquistão. A operação foi executada sem a autorização do governo paquistanês. A ação gerou críticas e polêmicas na comunidade internacional, assim como reações de seguidores do líder da Al Qaeda.

lar da cátedra Sérgio Buarque de Holanda da Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais, em Paris (França), a superação definitiva da pobreza vai exigir mais investimento em educação. “Transferências de renda bem focalizadas amenizam a pobreza presente no que ela depende das decisões de consumo das famílias, mas naturalmente não podem mudar estruturalmente a condição das famílias pobres. Melhorias das condições de vida dos mais pobres também podem ser obtidas caso haja progresso na garantia de acesso a serviços

públicos básicos - saúde, educação e saneamento, por exemplo”, citou a pesquisadora. Sônia afirmou ainda que “para caminhar no sentido da redução estrutural da pobreza é essencial que os serviços educacionais tenham cobertura e qualidade, de forma a se tornarem um mecanismo efetivo de inserção produtiva e mobilidade social futuras para as crianças das famílias pobres”. Sônia Rocha é uma das principais estudiosas da desigualdade social brasileira. Ela elogiou a iniciativa do governo em fixar a linha de pobreza em R$ 70 de renda domiciliar per capita. “Não é sem tempo que o Brasil adota uma linha de pobreza oficial, com objetivo de informar ao público em geral sobre os progressos que são realizados no combate à pobreza ao longo do tempo”, disse. “A escolha do valor de R$ 70 foi adequada por duas razões: primeira, por ser o valor de corte inferior já utilizado pelo Programa Bolsa Família; e segunda, por ser praticamente idêntico à linha de extrema pobreza que o Banco Mundial utiliza na tentativa de fazer comparações internacionais de incidência de extrema pobreza”, avaliou a especialista.

EDITAL AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 001/2011 - MENOR PREÇO AMVA – ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DA MICRORREGIÃO DO VALE DO AÇO/MG, CNPJ 17.990.284/0001-03, FONE: 031 3822-1817, torna público aos interessados que fará licitação na modalidade pregão presencial tipo menor preço global, no dia 20 de maio de 2011, às 10:00h, para contratação de empresa para prestação de serviços de capacitação de funcionários em gestão pública, objetivando a elaboração de projetos para captação de recursos e programas dos municípios associados, conforme anexo constante neste edital pregão presencial 1/2011. Ipatinga / MG, 9 de maio de 2011. Victor Pedra Presidente da Comissão de Pregão


esporte

Diário Popular

Terça-feira, 10 de maio de 2011

Poupança Jovem capacita equipes locais do programa

COP A DO M U N DO

A falta de infraestrutura aeroviária de Ipatinga foi predominante para a reprovação da cidade como subsede da Copa 2014

Ipatinga fora da Copa 2014 Secopa divulga lista de cidades potenciais para Centros de Treinamentos. Em Minas, seis cidades foram selecionadas IPATINGA - A Secretaria Extraordinária para a Copa do Mundo de 2014 divulgou ontem a relação de uma uma lista preliminar com 145 cidades escolhidas pela Fifa para abrigarem Centros de Treinamentos de Seleções (CTS) durante a Copa do Mundo de 2014. Em Minas Gerais, seis cidades foram escolhidas: Araxá, Extrema, Juiz de Fora, Matias Barbosa, Montes Claros e Uberlândia. Ipatinga foi cortada juntamente com outros 39 municípios porque, segundo a própria Fifa, não atendia requisitos básicos para receber o CTS. Os critérios da Fifa exigiam, por exemplo, que a cidade dispusesse de hotéis com no mínimo 55 quartos e aeroportos com capacidade para receber aeronaves de aproximadamente 120 passageiros e com capacidade para operar voos noturnos.

Este segundo motivo deixou Ipatinga ficar de fora da lista, já que o Aeroporto da Usiminas, em Santana do Paraíso, tem capacidade para receber aviões com até 60 passageiros e não opera voos à noite. ESTADO Para a Secretaria, outras cidades de Minas têm potencial para serem pré-classificadas como Centro de Treinamento de Seleções. A Fifa, inclusive, não descarta a entrada de mais municípios na lista de possíveis subsedes. Ainda este ano, será aberta uma nova janela para inscrições de cidades interessadas. Até o final de 2011 será feita a primeira relação oficial de CTS para a Copa do Mundo. O Comitê Organizador tem a obrigação de oferecer um número mínimo de 64 CTS, mas pretende atingir a marca de 90 locais ofereci-

11

dos à Fifa. DIRETRIZ Na última sexta, durante uma reunião com toda a equipe de secretários de governo, o prefeito Robson Gomes tratou o assunto da escolha de Ipatinga como Centro de Treinamento como uma das diretrizes de sua administração. No dia, foi informado que todo o Executivo estava mobilizado para que a ação se concretizasse nos próximos meses. A assessoria da prefeitura informou que, até a tarde de ontem, não havia sido comunicada oficialmente sobre o corte. Segundo a Fifa, apenas os Comitês Estaduais são avisados, por isso não entrou em contato com a administração. VISITA No fim do mês passado, o secretário de Estado Extraordiná-

rio da Copa do Mundo, Sérgio Barroso, veio a Ipatinga para conhecer mais a cidade que até então figurava na lista dos possíveis Centros. Na ocasião, ele afirmou que o município tinha condições de entrar na disputa, mas ressaltou justamente os problemas no setor aeroviário. A Fifa informou que a presença das cidades nesta lista não quer dizer que elas tenham sido aprovadas definitivamente pelo Comitê Organizador e muito menos que seja uma garantia de que ela será utilizada na Copa do Mundo. As próprias seleções escolherão, até dezembro de 2013, a cidade para onde querem ir por meio de um catálogo organizado pela Fifa. Até 20 dias antes do início do mundial, as delegações se hospedarão no local escolhido para treinar até o início dos jogos.

BELO HORIZONTE Até o final deste mês, a coordenação estadual do programa Poupança Jovem estará na estrada e percorrerá as oito cidades participantes para realizar capacitações com as equipes locais. O objetivo é discutir os temas que precisam ser repensados e realinhados e a incorporação e implantação de novos assuntos a serem trabalhados com os jovens, além de estimular as equipes no planejamento e desenvolvimento das ações e das atividades executadas pelo programa. Técnicos, educadores e coordenadores de Esmeraldas, Sabará e Juiz de Fora já participaram das capacitações, que contaram com dinâmicas de grupo, palestras e debates sobre diversos temas. Ontem e hoje, será a vez de Ibirité. Os próximos encontros estão programados para Teófilo Otoni (13 e 14), Ribeirão das Neves (17 e 18), Governador Valadares (20 e 21) e Montes Claros (27 e 28). A gerente do Poupança Jovem, Roberta Kfuri, ressalta a importância das capacitações para o desenvolvimento das ações e atividades do programa e destaca os resultados alcançados com os treinamentos. “A capacitação pretende que os educadores, os coordenadores e

todo o corpo técnico discutam os temas relevantes para os jovens, que contribuirão para a execução do programa. Este ano vamos conversar, por exemplo, sobre ética e cidadania, juventude e tecnologia e bullying. Além disso, acredito que, com as capacitações, os educadores se sentem mais preparados no trabalho com os jovens, o que tem reflexo direto na prática e pode ser sentido no cotidiano”, explica. POUPANÇA Criado em 2007 e coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), o programa é destinado a estudantes do ensino médio público estadual que residem em municípios com alto índice de evasão escolar, violência e baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Cada jovem que participa do programa faz jus a uma poupança de R$ 1 mil a cada ano letivo em que for aprovado. Ao final dos três anos, são R$ 3 mil, depositados nominalmente pelo Governo de Minas. O benefício só é pago depois de o jovem ter concluído regularmente o ensino médio e cumprido todas as metas e obrigações estipuladas nos três anos que passou pelo programa.

Walmiro vence 5ª etapa do campeonato de damas IPATINGA – Foi realizada no último sábado a 5ª etapa do Campeonato Popular de Damas de Ipatinga “Kalim Salomão Neto”, na sala da Liga de Desportos de Ipatinga gentilmente cedida por Adiel Oliveira. O damista Walmiro Alves venceu de forma invicta somando 9 pontos. Na segunda colocação, ficou o damista Netinho, com 8 pontos. José Pereira, o “Dedinho”, ficou em terceiro, com 6 pontos marcados. Com a vitória, Walmiro Alves disparou na liderança do torneio so-

mando 780 pontos. Na vice-liderança, Netinho segue apertando com 610 pontos e, na terceira colocação, Carlos Furtado soma 470 pontos. A Liespe informa que ainda faltam cinco etapas para definir o campeão e os dez classificados para o campeonato master ipatinguense a ser realizado em julho. Ontem, a Associação dos Damistas do Vale do Aço divulgou nota parabenizando os jogadores pelo Dia do Damista, celebrado anualmente no dia 9 de maio.


CIANO

12

MAGENTA

AMARELO

PRETO

esporte

Diário Popular

Terça-feira, 10 de maio de 2011

C L Á S S I CO

Dorival Júnior elogia “juventude” Bruno Cantini

Para o treinador, a determinação dos jovens jogadores fez com que eles ganhassem chance na equipe BH - O desempenho dos jovens atletas na vitória por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, neste domingo , no primeiro clássico da final do Campeonato Mineiro, foi bastante elogiado pelo técnico Dorival Júnior. O jogo foi disputado na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Para o treinador, a determinação desses jogadores fez com que eles ganhassem chance na equipe. “Esses garotos estão buscando, quiseram alguma coisa a mais, tiveram apetite de sair da ociosidade. Acho que isso foi importante e determinante para que tomássemos a decisão de escalá-los. Apenas demos a condição e a tranquilidade para

O Atlético conseguiu burlar a marcação cruzeirense e fez um belo espetáculo

que eles jogassem, nada além disso. Eles é que estão dando essa resposta muito positiva”, comentou o treinador. Na vitória deste domingo, Dorival Júnior utilizou sete jogadores formados nas categorias de base do Galo. De acordo com ele, os jovens estão aproveitando a oportunidade. CHANCES “No momento em que as chances apareceram, eles estavam preparados, acho

que isso é fundamental. Esses garotos jamais se entregaram, não eram convocados e estavam ali, treinamento, diariamente, faziam um algo mais. O Fillipe Soutto não sai do campo enquanto não finalizarmos os trabalhos e que ele consiga fazer um trabalho à parte. Então, isso é merecimento; o próprio Giovanni, da mesma forma”, destacou. Dorival Júnior concluiu destacando a atuação do meio-campo atleticano e alertando que a

vitória deste domingo não decide a competição em favor do Galo. “É um meio-campo novo, com jogadores formados aqui dentro. Acho que isso foi importante. Logicamente, foi apenas o primeiro tempo de uma decisão de 180 minutos. O Atlético reverteu um quadro importante, mas não tem nada decidido, nada definido. Está tudo ainda em aberto e as emoções para a semana seguinte serão ainda maiores”.

Perda do título mineiro “degola” os treinadores Desde 1991, o técnico de Atlético ou Cruzeiro que não venceu o Campeonato Mineiro acabou deixando o cargo antes do fim da temporada Se o título do Campeonato Mineiro não traz muito prestígio a Atlético e Cruzeiro em nível nacional, sua perda geralmente é sinônimo de grandes estragos para o clube, a começar pelo treinador, que quase nunca consegue se manter no cargo até o fim da temporada. Em 2011, são os empregos de Dorival Júnior e Cuca que estão em jogo. O técnico do Galo saiu na frente na

decisão do Estadual, com o triunfo por 2 a 1. O Cruzeiro precisa vencer por um placar simples para levantar o troféu pela 37ª vez e ‘salvar’ Cuca. A última vez que um treinador de Atlético ou Cruzeiro não foi campeão mineiro e se manteve no cargo até o fim da temporada foi em 1991. Na ocasião, o Galo conquistou o título e o treinador celeste Ênio Andrade

se manteve empregado até o fim da temporada. Dois fatores, no entanto, contribuíram para a permanência de Ênio no Cruzeiro até o fim de 1991. O primeiro e mais importante foi a conquista da Supercopa dos Campeões da Libertadores, extinto torneio que reunia os campeões da maior competição da América. O clube celeste venceu o River Plate na final em uma virada he-

róica – precisava fazer três gols de diferença e conseguiu: 3 a 0, no Mineirão. O segundo fator foi o período em que o Estadual foi disputado naquele ano. O torneio ocorreu no segundo semestre e a última partida foi realizada já no dia 15 de dezembro. Não houve nenhum jogo por outra competição depois do término do Campeonato Mineiro de 1991.

Jogadores atleticanos destacam o resultado BH - Os jogadores do Galo comemoraram bastante a vitória por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, no domingo, em Sete Lagoas, no primeiro clássico da decisão do Campeonato Mineiro. Para o capitão Réver, o resultado positivo no primeiro confronto da final pode ser determinante para a conquista do título. “Nada melhor que essa vitória, foi uma vitória suada, mas que, no domingo que vem, pode nos dar o título. Parabéns aos torcedores e também aos jogadores, que se entregaram ao máximo para conseguir esse resultado”, disse o zagueiro. De acordo com o capitão atleticano, a humildade da equipe foi fundamental. “Pouco se falou e muito se fez dentro de campo; então, espero que a gente possa levar essa mesma determinação para o próximo jogo”, acrescentou Réver. Também elogiando o

empenho dos companheiros, Mancini destaca o crescimento da equipe, ele que marcou um belo gol de falta para abir o placar aos quatro minutos de jogo. “Essa vitória nos valoriza cada vez mais pelo empenho e qualidade que mostramos no jogo. O time está numa crescente e temos que continuar trabalhando com essa simplicidade, com essa união. Assim, a gente vai vender uma derrota muito caro, o time adversário vai ter quer correr muito porque, realmente, o Atlético está muito bem”, afirmou. “O Atlético mostrou toque de bola, toques rápidos, envolvendo a equipe do Cruzeiro. Demos um passo importante, mas não tem nada definido. Agora, é manter os pés no chão e ver o que fizemos de errado nesse jogo para que, no próximo, não aconteça”, completou Mancini.

Sem Montillo, situação do Cruzeiro se complica

BH - Sem poder contar com o meia argentino Montillo, que cumprirá suspensão, o técnico Cuca terá que mexer no meio-campo do Cruzeiro para a partida decisiva do próximo domingo, contra o Atlético-MG, às 16h, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, no segundo jogo da final do Campeonato Mineiro BMG. A equipe estrelada, que fez a melhor campanha da fase de classificação, precisa de uma vitória simples para ficar com o título do Estadual. O Cruzeiro terá que superar a ausência do titular absoluto e dono da camisa 10. Desde que chegou ao Cruzeiro, no ano passado, Walter Montillo disputou 41 jogos com a camisa azul e marcou 16 gols. O argentino, que foi expulso pela primeira vez pelo Clube, ficou de fora em sete ocasiões (por contusão ou sendo poupado), e o Cruzeiro mostrou a força de seu elenco e saiu vitorioso de campo nessas sete partidas. O ataque cruzeirense marcou 23 gols, enquanto a defesa sofreu apenas dois. No ano passado, Montillo ficou de fora em duas

rodadas consecutivas do Campeonato Brasileiro, na 20ª e 21ª, quando enfrentou Internacional-RS e Avaí-SC, respectivamente. A Raposa derrotou o time gaúcho em Uberlândia por 1 a 0 e fez 2 a 1 na equipe catarinense em Florianópolis-SC. Já nesta temporada, o meia ficou de fora em cinco jogos, sendo quatro pelo Campeonato Mineiro BMG (contra Ipatinga, Democrata-GV, Funorte e AméricaTO) e um pela Copa Santander Libertadores (contra o Estudiantes-ARG). O time cruzeirense venceu todas as partidas. Pelo Estadual, Montillo só ficou de fora por opção do técnico Cuca, por não reunir condições físicas devido à sequência de partidas da equipe. Já no jogo válido pela principal competição da América do Sul, Montillo não atuou porque ficou em Belo Horizonte para acompanhar a cirurgia do coração de seu filho, Santino. Mesmo assim, o elenco estrelado teve grande atuação e venceu o EstudiantesARG por 3 a 0 no estádio Ciudad de La Plata, na Argentina.

Jornal 10-05-2011  

CIANO MAGENTA AMARELO PRETO de Governo. Em seu lu- gar entra Fabiano Mo- reira, que atuava como assessor técnico da Secre- taria de Saúde. O...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you