Page 1

DIÁRIOPOPULAR W W W. D I A R I O P O P U L A R M G . C O M . B R

Região Metropolitana do Vale do Aço - Ano VlI - Número 1.802 - Terça-feira, 29/10/2013 - R$ 1,00

TIMÓTEO

VIOLÊNCIA

HOMENS ENCAPUZADOS Menor assassinado com tiros na cabeça INVADEM LANCHONETE

Bando matou adolescente de 16 anos e acertou outras quatro pessoas, que ficaram feridas Sete homens encapuzados invadiram uma lanchonete no bairro Bromélias, em Timóteo, e dispararam armas de fogo. Um adolescente de 16 anos morreu e outras quatro pessoas ficaram feridas. Ao perceberem o que estava acontecendo, as vítimas tentaram fugir, mas foram perseguidas pelos indivíduos, que não cessaram os tiros. Após o atentado, os autores fugiram sentido ao bairro Novo Tempo. Segundo testemunhas, eles estavam em um Kadet de cor escura e um veículo Chevette, de cor branca. A perícia esteve no local e encontrou dois projéteis, quatro cápsulas de munição 9mm e 11 cápsulas de munição cal. 380. Segundo a PM, existe a suspeita de que o atentado tenha sido cometido por integrantes de uma gangue chamada ‘bonde do Página 7 trem bala’.

BENEFÍCIO

13º salário vai injetar R$ 143 bi na economia

Pouco mais de R$ 143 bilhões, decorrentes do pagamento do décimo terceiro salário, devem ser injetados na economia brasileira neste ano, indica estudo divulgado ontem (28) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O montante representa aproximadamente 3% do Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país). O valor deste ano representa crescimento de 9,8% em relação ao de 2012. Cerca de 82,3 milhões de trabalhadores serão beneficiados com o rendimento adicional de R$ 1.740, Página 6 em média.

PARQUE IPANEMA

Divulgação

Um menor de 16 anos foi atingido por sete disparos de arma de fogo na cabeça, na rua Finlândia, bairro Santa Cruz, em Coronel Fabriciano. Os suspeitos aparentemente também são menores e fugiram o crime. O corpo foi encontrado caído na cal-

çada com perda de massa encefálica. A perícia detectou várias perfurações de arma de fogo provavelmente feitas com projéteis calibre 38. Em sua roupa, os peritos encontraram um pequeno tablete de maconha embrulhado Página 7 em um plástico.

ACIDENTE

Caixa d´água despenca e esmaga trabalhador O serralheiro José Ferreira de Oliveira, 48 anos, morreu após ser esmagado por uma caixa d’água na tarde desta segunda-feira (28) em um condomínio residencial de Coronel Fabriciano. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a vítima estava fazendo um reparo no telhado de uma casa quando a estrutura onde estaMOVIMENTOS POPULARES - O Parque Ipanema sediou no final de semana o 5º Congresso Nacional da Central de Movimentos Populares, a CMP. O encontro teve início da sexta-feira, com a presença

do diretor do Instituto Lula, o ex-ministro Luiz Dulci, e no sábado contou a participação do deputado federal Nilmário Miranda. O encerramento, no domingo, foi marcado pela eleição da nova coordenação

2009/2012

Comissão vê irregularidades no Hospital de Belo Oriente A Comissão Especial de Inquérito da Câmara Municipal de Belo Oriente, criada para apurar denúncias de irregularidades na gestão do Hospital Municipal Jaques Gonçalves, apresentou na última sexta-feira (25) o relatório final dos trabalhos. Segundo o documen-

to, houve má fé dos gestores da Fundação de Assistência Social e Saúde de Belo Oriente (FASBO) e da Administração Municipal 2009/2012. A unidade, localizada no distrito de Cachoeira Escura, encontra-se fechada desde 2012. Foi constatado um prejuízo de R$ 2 mi. Página 3

LEIA TAMBÉM: Servidores conquistam reajuste salarial na Prefeitura de Belo Oriente

Novo CPC pode ser votado hoje A Câmara dos Deputados pode votar nesta terça-feira (29) uma reforma no Código de Processo Civil. O código tem efeitos para a tramitação de todas as ações de Direito de Família, do Trabalho, do Consumidor, ações de indenização entre outros.

O texto, que é de 1973, regula o que acontece nos tribunais envolvendo um processo de natureza civil e a forma como os juízes e as partes devem tratar a ação. Como a matéria passou por modificações em comissão da Câmara, ela terá que voltar para análise Página 9 no Senado.

va o reservatório cedeu e caiu sobre ele. O fato aconteceu por volta das 14h40, em um condomínio fechado situado à rua 6, bairro Aldeia do Lago. O sargento Livan Chagas explicou que o reservatório, que tinha a capacidade para três mil litros de água, caiu de uma altura de cerca dois metros e prensou a vítima. Página 7

OFICINAS

nacional, que até então era de responsabilidade do vereador Saulo Manoel, do PT. Eduardo Cardoso, candidato apoiado por Saulo, foi o vencedor e comandará a entidade pelos próximos quatro anos. Página 5

Fabriciano realiza ações para o servidor

NEGÓCIOS

Para celebrar o Dia do Servidor, comemorado ontem (28), a Prefeitura de Coronel Fabriciano preparou atividades que começam nesta terça-feira (29) e seguem até sexta-feira (1º/11). Serão ofertadas diversas oficinas gratuitas, com o objetivo de integrar os servidores e pro-

Rodada alavanca pequena empresa Uma parceria entre a Prefeitura de Fabriciano, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Associação Comercial e Industrial e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Coronel Fabriciano (Acicel-CDL) resultou na 1ª Rodada de Negócios do município. O objetivo foi oportunizar às micro e pequenas empresas a chance de fornecer produtos e serviços para empresas de grande porte. Participaram cinco empresas âncoras e 47 ofertantes, totalizando 160 encontros e estimativa de futuros negócios no valor de R$ 2.727.500,00. Página 5

mover capacitação e conhecimento. Entre as oficinas ofertadas estão automaquiagem, fotografia, orientações de nutrição e degustação de produtos naturais; massagem relaxante com cadeira Quick Massage; pintura em tecido; dança de salão, entre Página 5 outras.

PROVA

Estudantes aguardam o gabarito do Enem A expectativa dos estudantes, após as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no fim de semana, é pelo gabarito. Até quarta-feira (30), ele deverá ser divulgado na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os candidatos só vão ter o

resultado final do exame na primeira semana de janeiro, de acordo com estimativa do Ministério da Educação. Para divulgar o resultado final é preciso concluir a correção das provas de redação e os corretores terão de avaliar os textos de cerca de 5 milhões de pessoas que fizeram o exame. Página 9


2

Diário Popular

OPINIÃO

Terça-feira, 29 de outubro de 2013

FRASES

ESPAÇO PÚBLICO

Não é assim: ‘O que está acontecendo? Alguém está sendo torturado?’ É ‘com esse barulho não dá pra trabalhar’.

HOMENAGEM - O advogado e professor Jorge Ferreira Filho recebeu no último sábado (26), em sessão solene realizada no Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais (IHGMG), a Medalha Comemorativa ao MANIFESTO DOS MINEIROS. Jorge Ferreira também é articulista do DIÁRIO POPULAR. Autoridades representando o Governo de Minas Gerais, o Tribunal de Justiça, o Ministério Público, a OABMG, o Instituto dos Advogados de Minas Gerais e o anfitrião IHGMG participaram do evento. Dando continuidade à celebração do Movimento dos Mineiros, na mesma sessão solene, foi lançada a Medalha Comemorativa, cunhadas em quantidade limitada. Pessoas físicas e jurídicas foram escolhidas pelas entidades patrocinadoras do evento para receber a Medalha que perpetua na memória a luta contra os regimes autoritários.

Depoimento de um dos policiais militares denunciados pela tortura e morte de Amarildo, afirmando que todos dentro da unidade sabiam que o pedreiro estava sendo torturado.

“Está dada a largada para a grande vitória”. Do senador Aécio Neves (PSDB), durante discurso realizado ontem em Uberlândia. O senador foi saudado como o candidato tucano ao Planalto por 10 das 11 lideranças do partido que usaram o palanque antes dele.

EMPREGO VAGAS EM GOVERNADOR VALADARES A AeC divulga a abertura de 400 vagas de Atendente/Operador de Telemarketing para atuar em Governador Valadares. Os interessados precisam ter Ensino Médio completo, idade mínima de 18 anos, conhecimentos básicos em Informática e todos os documentos pessoais. O salário oferecido é de R$ R$ 678,00 e a carga horária é de 180 h/mês, com horário flexível. Interessados devem entregar currículo na Avenida Brasil, 3261 – Centro ou enviar por e-mail para empregosvaladares@aec.com.br

TEMPO IPATINGA Terça-feira 29/10 Poucas nuvens com possibilidade de chuva MÁXIMA: 33º C MÍNIMA: 16º C UMIDADE MÁXIMA: 91% UMIDADE MÍNIMA: 68%

www.diariopopularmg.com.br DIRETOR RESPONSÁVEL Fernando Benedito Jr. EDITOR RESPONSÁVEL Fernando Benedito Jr. O DIÁRIO POPULAR é uma publicação da A Gazeta Metropolitana Editora e Gráfica LTDA. CNPJ 07.366.171/0001-88 FALE CONOSCO Telefone: 3827-0369. diariopopular.redacao@gmail.com ADMINISTRAÇÃO E REDAÇÃO Avenida JK, 1290, bairro Jardim Panorama, CEP 35.164-245. OFICINA Rua Anápolis, 55, Veneza II, Ipatinga.

ARTIGO

ARTIGO

A relativização da barbárie

(*) Luciano Martins Costa

Circula na imprensa, já há alguns dias, a história de um homem de 37 anos que foi enforcado no Irã, no início deste mês, e sobreviveu após doze horas pendurado pelo pescoço. Na quinta-feira (24/10), a mídia reproduz declaração de um representante do governo iraniano afirmando que o sobrevivente, que ainda está hospitalizado, em estado grave, não voltará a ser enforcado. Como as notícias dependem de fontes irregulares e controladas, o leitor curioso pode apenas imaginar o que irá ocorrer em seguida, mas deve descartar de antemão que o condenado venha simplesmente a ser perdoado. O evento, curioso para quem nunca teve uma corda enrolada ao pescoço, suscita reflexões sobre as diferenças entre as culturas dos países que formam o complexo mosaico das relações globais. Numa sociedade majoritariamente conservadora e dominada pelo poder religioso, como é a iraniana, a história percorre os intricados caminhos do rumor, que, sem a liberdade de ação, circula e se esgota no próprio sistema de comunicações de primeiro grau, o diz-que-diz. Se, hipoteticamente, um fato semelhante ocorresse numa sociedade onde as comunicações são escancaradamente abertas pelas mídias digitais e com imprensa livre, já teríamos uma onda de manifestações de rua em favor desta ou daquela solução para o dilema do morto-vivo. Apenas como conjectura, o leitor pode imaginar como reagiria a mídia se o caso acontecesse no Brasil: da imprensa legalista, que se julga detentora do monopólio da moralidade nas coisas públicas, até aqueles veículos que trocam facilmente o mito da objetividade pela pregação ideológica explícita, haveria um leque imenso de possibilidades. Para uns, se a lei diz que o Estado deve executar o condenado, o homem deveria ser retirado do hospital e devidamente pendurado na ponta de uma corda. Afinal, diriam os editoriais, a lei deve ser cumprida, e ela diz que o ato de justiça só se completa com a morte do sentenciado. Haveria até mesmo quem defendesse um processo contra os agentes que relaxaram no momento crucial, quem sabe uma CPI para discutir as normas técnicas para o artesanato dos nós corrediços. Por outro lado, as redes sociais ficariam lotadas de abaixo-assinados pela libertação daquele que fora rejeitado pela morte. Essa corrente poderia reunir desde os mais ardorosos defensores dos direitos humanos até os grupos religiosos radicais, para quem a sobrevivência a doze horas de enforcamento seria um sinal divino.

ferida da tirania monarquista diretamente para a ditadura religiosa, com o trajeto rumo à modernidade interrompido há décadas, é muito provável que a opinião do público não venha a fazer diferença. Mas em países como o Brasil, imersos num ecossistema de comunicação que prende toda a sociedade num simulacro de protagonismo delimitado pela mídia, a opinião do público seria de tal maneira influente que acabaria não tendo importância alguma. Pode-se afirmar que, entre nós, muitos jornalistas consideram o sistema legal do Irã como algo próximo da barbárie das cortes medievais. Comparando-se o silêncio civil das ruas de Teerã à ruidosa algaravia das ruas e praças brasileiras, o resultado é idêntico: tanto a ausência de direitos básicos quanto as liberdades democráticas podem resultar no mesmo efeito de alienação. Se num lugar não se ouve a voz da sociedade porque o sistema político não permite, em outro a voz da sociedade pode ser ouvida, mas não entendida, porque o excesso de ruídos impossibilita a compreensão das vontades e opiniões. Resumidamente, pode-se dizer que a liberdade de expressão tem menos valor onde não há uma educação das vontades, ou seja, onde a imensa maioria não conhece, portanto, não exerce seus direitos de cidadão. Sobre o fato específico que motiva estas observações, pode-se afirmar que a tendência oficial, aquela que fundamenta as leis e orienta a Justiça em países como o Brasil, leva em conta o pensamento exposto pelo francês Michel Foucault em sua obra intitulada Vigiar e punir. Nela, o filósofo descreve como o sistema penal do Ocidente evoluiu do suplício ao encarceramento e supressão de direitos, mas nunca sequer se aproximou das regras idealizadas da política criminal e não resolveu o problema da aplicação da Justiça. Na letra da lei, tudo é muito bonito: pressupõe-se que a pena tem caráter preventivo e educativo; o suplício é apenas simulado na restrição dos direitos; a notícia da condenação serviria para desestimular potenciais delinquentes; a certeza da pena fundamentaria o contrato do indivíduo com a sociedade. E por aí vai. Na vida real, o sujeito é apanhado em atitude suspeita, condenado na instância primária da ação policial e levado à execução. Se resistir aos choques elétricos, passará pelo suplício do afogamento; se sobreviver, será asfixiado com um saco plástico. Foi assim com o pedreiro Amarildo Dias de Souza. Isso se chama barbárie.

A CORTE MEDIEVAL DAS RUAS No Irã, onde a sociedade teve a infelicidade de ser trans-

(*) Artigo extraído do Portal Observatório da Imprensa.

Contabilidade e auditoria rimam com seriedade e democracia

(*) Eduardo Pocetti

A escolha de 2013 como o Ano da Contabilidade no Brasil é oportuna para que a população conheça melhor o significado do trabalho dos 484.583 profissionais da área e dos 10 mil auditores que atuam em 110 empresas do setor existentes no País. Trata-se de atividade essencial para a eficácia da gestão, transparência, confiabilidade dos balanços, exercício eficiente da responsabilidade fiscal e, portanto, do sucesso dos negócios na iniciativa privada e da qualidade dos Serviços no setor público, preceitos fundamentais na democracia. Assim, é muito feliz a iniciativa do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) de instituir o ano comemorativo neste momento em que o Brasil precisa da eficiência de suas empresas e da administração pública para enfrentar a crise econômica mundial, retomar crescimento substantivo e consolidar os avanços das duas últimas décadas. Nada disso seria possível sem contabilidade e auditoria, presentes desde os primórdios da aventura econômica da humanidade. Para entender mais claramente a sua importância, vale a pena navegarmos um pouco na síntese de sua história. Didaticamente, podemos dividir o desenvolvimento do pensamento contábil em quatro períodos: o primeiro vai do início da civilização até o Liber Abaci (Livro do Ábaco), do italiano Leonardo Fibonacci, em 1202, ou seja, abrangendo a Antiguidade e parte da Idade Média; o segundo é compreendido entre 1202 a 1494, quando foi publicado o Tractatus de Computis et Scripturis (Contabilidade por Partidas Dobradas), do frei italiano Luca Pacioli, considerado o pai da contabilidade, que deu origem à sistematização dos registros; segue-se, de 1494 a 1840, a fase que compreende o Renascimento e a Revolução Industrial, na qual as ciências contábeis ajudaram a estabelecer o controle das riquezas do Novo Mundo. Em 1840, com La Contabilità Applicatta alle Amministrazioni Private e Pubbliche, do também italiano Francesco Villa, iniciou-se a quarta etapa. Quanto à auditoria, ela se estabeleceu como profissão, inicialmente na Inglaterra, no momento em que o contador deixou de prestar Serviços a uma única organização para assessorar colegas, mercadores e maior número de empreendimentos. O primeiro curso de contabilidade no Brasil foi a Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, surgida em 1902, em São Paulo. Em 1946, o Decreto-Lei n° 9.295 criou o CFC e definiu o perfil dos contabilistas: contadores eram os graduados em cursos universitários de Ciências Contábeis; técnicos em contabilidade, os formados em escolas técnicas comerciais. Outros dois marcos da contabilidade e da auditoria no País ocorreram em 1976: a nova Lei das S.A (n° 6.404) e a Lei n° 6.385, que criou a Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Seu artigo 26 determina que somente os auditores independentes registrados na CVM podem auditar demonstrações contábeis das companhias abertas e integrantes do mercado mobiliário. O Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (Ibracon), criado em 1971, formula normas e princípios. A contabilidade brasileira, alinhada às normas internacionais, é fiadora da transparência e da prestação de contas à sociedade. Na auditoria, os profissionais são agentes de sustentação da governança corporativa, contribuindo para a transparência e confiabilidade da gestão empresarial e do mercado de capitais. Ao realizar seu trabalho, o auditor está sempre atento às eventuais evidências de problemas, embora nem sempre tenha acesso à totalidade das informações. Afinal, quando os gestores de uma empresa ou instituição financeira desejam praticar fraudes, a primeira pessoa que precisam ludibriar é o auditor. Nesses casos, portanto, apresentam documentação e dados paralelos e/ou incompletos aos profissionais, que não têm o poder de polícia para investigar e nem o de fiscal para exigir papéis. Apesar disso, são recorrentes as ações preventivas e intervenções bem-sucedidas das auditorias no sentido de evitar que organizações lesem os seus sócios, clientes e a Economia popular. Cada vez mais, e dentro dos limites da lei, contadores e auditores buscam aperfeiçoar seu trabalho para reduzir a ação de maus administradores. Esse é um compromisso perene da categoria com o Brasil e a sociedade. (*) Eduardo Pocetti Graduado em Contabilidade pela Escola de Comércio Álvares Penteado (ECAP) e pós-graduado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), Eduardo Pocetti é o presidente da Diretoria Nacional do Instituto dos Auditores Independentes do Brasil.


CIDADES

Diário Popular

2009/2012

Comissão confirma irregularidades na gestão de hospital de Belo Oriente

ACS/CMCF

Mostra remete a uma maior valorização de garis, carroceiros, coveiros e catadores de materiais recicláveis

Tema de exposição será debatido em audiência

Vereadores Bil e Tião Farias participaram da CEI que analisou cerca de 850 documentos oficiais

Lopes de Faria (PCdoB - presidente), Hamilton Rômulo Carvalho (DEM - vice-presidente) e Robson Fernandes Amâncio (PPS - relator), ficou comprovado o “prejuízo financeiro pelo abandono e degradação no prédio, nos bens móveis, equipamentos médicos e perda de vários medicamentos, gerando danos e prejuízos aos cofres públicos”. Para emitir o relatório final, os integrantes da CEI

analisaram minuciosamente cerca de 850 documentos, que mostram as mais variadas irregularidades administrativas cometidas pelos gestores, secretários e pelo Chefe do Executivo. Foi destacado, como exemplo, “o pagamento indevido de, pelo menos, R$ 2 milhões em repasses para a FASBO que não poderiam ser feitos, uma vez que o contrato teria sido renovado de maneira irregular”.

A comissão constatou ainda que diversos membros da diretoria da associação - “muitos deles parentes” - ocupavam ao mesmo tempo cargos comissionados na prefeitura e no conselho curador da entidade, o que é proibido por lei. “A Administração contratou uma entidade, formada por seus próprios servidores, para administrar o hospital, que se encarregavam de fiscalizarem a si mesmos”, diz o relatório final.

Servidores terão 6,2% de recomposição salarial BELO ORIENTE - A Prefeitura Municipal concedeu neste mês de outubro uma recomposição salarial aos servidores efetivos, inativos, pensionistas e ocupantes de cargos em comissão. O percentual, aprovado em projeto de lei enviado à Câmara de Vereadores, é de 6,20% e será pago em três etapas: 3,03% em outubro, 1,60% em novembro e 1,60% em dezembro. O percentual foi destacado pelo prefeito Pietro Chaves (PDT), como o permitido neste

FABRICIANO

Divulgação

Vereadores concluem análise da documentação e apuram prejuízos de R$ 2 milhões BELO ORIENTE - A Comissão Especial de Inquérito da Câmara Municipal de Belo Oriente, criada para apurar denúncias de irregularidades na gestão do Hospital Municipal Jaques Gonçalves, apresentou na última sexta-feira (25) o relatório final dos trabalhos. Segundo o documento, houve má fé dos gestores da Fundação de Assistência Social e Saúde de Belo Oriente (FASBO) e da Administração Municipal 2009/2012. A unidade, localizada no distrito de Cachoeira Escura, encontra-se fechada desde 2012. Segundo os levantamentos da comissão, composta pelos vereadores Sebastião

3

Terça-feira, 29 de outubro de 2013

momento, devido, principalmente, à “difícil situação financeira” encontrada pelo seu governo. Segundo ele, a administração anterior (2009-2012) deixou dívidas superiores a R$ 34 milhões, exigindo de imediato o pagamento de mais de R$ 7 milhões. “Este percentual só foi possível graças às medidas de contenção de gastos e austeridade implantadas desde que assumimos a prefeitura”, salientou

ACS/PMBO

FABRICIANO – Será realizada no plenário da Câmara Municipal de Coronel Fabriciano (CMCF) nessa quinta-feira (31), às 15h, uma Audiência Pública, em atendimento ao Requerimento nº 139/2013, do vereador Professor Edem (PT), para tratar de questões relacionadas aos agentes de limpeza pública do município, conhecidos como garis. O tema do debate, denominado “Da Visibilidade Pálida ao Publicamente Invisível”, já havia chegado à Casa Legislativa no dia 15 de outubro, por meio de exposição fotográfica na Galeria Permanente de Artes (GPA) da CMCF. Promovida pelo Unileste/MG, a mostra exibe imagens de carroceiros, catadores de materiais recicláveis, coveiros e garis. “O objetivo é defender e valorizar a atuação desses importantes trabalhadores e, acima de tudo, seres humanos como nós, bem como desconstruir coletivamente a invisibilidade pública em relação a eles”, justificou Professor Edem.

Para a Audiência, aberta ao público, foram convidados os secretários municipais de Governo (Rogério Thomaz), Saúde (Rubens de Castro) e Educação (Glória Giudice), representantes do Unileste/MG, dirigentes e funcionários da construtora Ápia (empreiteira responsável pela limpeza urbana da cidade), catadores de materiais recicláveis, coveiros, carroceiros e garis. EXPOSIÇÃO Coordenada pela professora do Unileste/MG, Tânia Rangel, a exposição “Da Visibilidade Pálida ao Publicamente Invisível”, que ficará na Casa Legislativa até a metade de novembro, foi fotografada por Cássio do Carmo Santana e teve a participação do professor e projetista gráfico, Rodrigo Cristiano Alves; dos bolsistas Guilherme Vitor de Oliveira e Brena Cabral Caldeira; da professora e revisora do projeto, Ana Lúcia Rezende; e do professor responsável por pesquisa e texto da mostra, Renato Santos Lacerda.

Fabriciano orienta sobre a destinação correta de pneus Pietro destacou as medidas de austeridade que possibilitaram a recomposição salarial dos servidores

FABRICIANO – Desde 2009, a Prefeitura de Coronel Fabriciano possui um espaço adequado ao recolhimento e destinação correta de pneus velhos e usados do município: o Ecoponto. O local funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na rua Nova Almeida, nº 60 , no bairro Giovannini. Somente no início desta semana, 1.500 pneus do Ecoponto foram destinados à reciclagem. “O objetivo do Ecoponto é dar uma destinação correta aos pneus e evitar que eles sejam jogados em córregos e nas vias públicas. Desta forma, contribuímos para a limpeza da cidade e a prevenção da proliferação dos focos de dengue”, explica o coordenador de Meio Ambiente da Prefeitu-

ra, Douglas Carneiro. O morador ou a empresa que tenha interesse em destinar corretamente pneus deve procurar o Ecoponto e fazer um cadastro. “Ao trazer o material, também é importante que ele não esteja sujo ou com água”, orienta o coordenador. Mais informações pelo telefone 3846-7775. RECICLAGEM Os pneus recolhidos em Fabriciano são levados pela empresa Reciclanip, de Contagem, para reciclagem. O processo consiste na trituração dos pneus para aproveitamento em usinas de asfalto, fabricação de material emborrachado e co-processamento em fornos de rotação para a produção de clink, que origina o cimento.


4

CIDADES

Diário Popular

Terça-feira, 29 de outubro de 2013

SEGURANÇA

Divulgação Secom

No próximo dia 4, o secretário estadual de Defesa Social, Rômulo Ferraz, cumprirá agenda na região: prefeita aguarda um encontro para acertar reativação das câmeras

Prefeita diz que busca parceria do Estado para retomar Olho Vivo Cecília Ferramenta assegura medidas necessárias para garantir sistema de monitoramento; ação judicial movida pela PMI garantiu posse dos equipamentos para o Município IPATINGA - “A implan- um encontro para acertar tação do Olho Vivo no mu- o projeto definitivo de reanicípio é uma prioridade tivação do sistema de mode governo que nitoramento vem sendo tra- Antes dessa decisão, eletrônico em tada com res- as pendências sobre pontos estratéponsabilidade a suposta dívida do gicos da cidade. e planejamen“O município município com a to. Estamos fanão pode ficar zendo a nossa fundação e a posse no prejuízo e, parte para atu- dos equipamentos por isso, desde ar em parceeram justificativas o início do ano, ria com o estaestamos agindo governo estadual do, que tem a do com os pés para o impasse missão de cuino chão e todar da seguran- sobre a reativação tal transparênça pública. Tecia, em converdo sistema mos a certeza sações diretas de que poderemantidas com mos anunciar, brevemente, o secretário Rômulo Ferraz a reorganização, ampliação e o apoio do deputado fee modernização do sistema, deral Gabriel Guimarães”, que foi desativado no go- destaca a prefeita. verno passado”, confirma a prefeita Cecília Ferramenta, AÇÃO JUDICIAL após manter contato por teEm julho passado, o Trilefone com o secretário esta- bunal de Justiça de Minas dual de Defesa Social, Rô- Gerais (TJMG) acatou, em mulo Ferraz. liminar, a Ação Civil PúbliNo próximo dia 4 de no- ca de nulidade de ato admivembro, o secretário estadu- nistrativo e ressarcimento al de Defesa Social, Rômulo de valores ao erário públiFerraz, cumprirá agenda na co, movida pelo município região, e a prefeita aguarda de Ipatinga contra a Funda-

ção Guimarães Rosa, contratada no governo anterior para execução do programa Olho Vivo. A Vara da Fazenda Pública de Ipatinga determinou a suspensão da suposta dívida entre o município e a fundação, e assegurou que a posse dos equipamentos de monitoramento deverá ficar com a Administração Municipal. Antes dessa decisão, as pendências sobre a suposta dívida do município com a fundação e a posse dos equipamentos eram justificativas do governo estadual para o impasse sobre a reativação do sistema. “Agora que temos a decisão judicial, está na hora de buscarmos uma solução para garantir o funcionamento do Olho Vivo, que é fundamental para a segurança pública na cidade”, conclui a prefeita de Ipatinga. ENTENDA O CASO O contrato entre o município de Ipatinga e a Fundação Guimarães Rosa foi assinado em 4 de setembro

de 2009, pela modalidade de “dispensa de licitação”. Por ato do governo anterior, a prestação do serviço foi suspensa em 30 de julho de 2012. O contrato entre o município e a Fundação foi rescindido em 22 de novembro de 2012, e o governo anterior alegava “insuficiência orçamentária” para honrar o compromisso. Conforme noticiado pela imprensa local à época, o sistema de monitoramento eletrônico previa a instalação de 242 câmeras no município, sendo 19 na região central da cidade, 23 nas principais ruas e avenidas em diversos bairros e outras 200 colocadas em escolas e postos de saúde. Todos os equipamentos seriam de propriedade da Fundação. O valor total do contrato é de R$ 10.588.000,00, a ser pago em quatro anos. De setembro de 2009 a junho de 2012, o município pagou R$ 7.963.545,74 do montante, em parcelas mensais médias de R$ 216 mil.

Mais de cem jornalistas são agredidos em manifestações SÃO PAULO – Cento e dois casos de agressão contra jornalistas foram registrados durante a cobertura demanifestações em todo o país, desde junho. Vinte e cinco partiram de ativistas e 77 de policiais militares e agentes da Força Nacional. Os dados foram divulgados ontem (28) pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji). O repórter fotográfico Sérgio Silva, que trabalha como freelancer, faz parte dessa estatística. “Meu caso ficou bastante conhecido por causa da brutalidade e pelo abuso da violência. Não tenho muito o que falar sobre o 13 de junho. Resumidamente: sofri agressão da Polícia Militar [PM]. Foi um tiro de bala de borracha e infelizmente fui atingido no olho esquerdo. A bala que me atingiu foi certeira. Tenho diagnosticado 100% da perda da visão do olho esquerdo. E isso está sendo muito difícil já que tenho o olho como meu instrumento de trabalho”, disse, em entrevista à imprensa. Sérgio Silva entrou com uma ação judicial pedindo reparação ao Estado pela violência que sofreu. Ao apresentar os números do levantamento, o diretor executivo da Abraji, Guilherme Alpendre, disse que a entidade tem observado o aumento da violência contra jornalistas nos últimos três anos. “Ela [violência] aumenta discretamente no número de homicídios”, declarou. Segundo ele, de cinco a oito jornalistas morrem assassinados a cada ano. Mas os casos de agressões, na avaliação de Alpendre, têm sido frequentes, aumentando desde as eleições do ano passado e se intensificando com as manifestações. “Em 2013, contando desde os protestos de 13 junho até as 12h30 de hoje (ontem), chegamos a 102 agressões a jornalistas em protestos”, disse Alpendre, durante entrevista na sede do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo (SJSP), na capital paulista.

Do total de 102 agressões, 39 ocorreram no estado de São Paulo, sendo que 38 delas na capital: seis foram cometidas por manifestantes e 33 por policiais. No Rio de Janeiro, foram 24 casos, sendo 23 na capital, e dez delas partiram de ativistas. Os últimos episódios de violência contra jornalistas ocorreram no dia 21 de outubro, quando nove profissionais foram agredidos em manifestações ocorridas em São Paulo e no Rio de Janeiro. Para o Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, a violência contra os profissionais de imprensa, principalmente nas manifestações de junho, “superaram todas as estatísticas de violência anteriormente conhecidas”. Até então, de acordo com o sindicato, o episódio mais violento ocorreu em maio de 2011, durante a Marcha da Maconha, quando seis jornalistas foram agredidos. “Esse é portanto um caso político porque o Estado brasileiro é o responsável por essa agressão [contra os jornalistas]. É a Polícia Militar o elemento catalisador dessa violência contra o jornalista”, disse José Augusto Camargo, presidente da entidade. Os jornalistas mais atingidos são os fotógrafos e cinegrafistas. Adriano Lima, fotógrafo da Agência Brazil Photo Press, foi atingido por golpes de cassetete no último dia 21, quando tentava fotografar o momento em que um manifestante era detido por policiais. Para ele, uma das razões que explicariam as agressões contra jornalistas é a falta de melhor identificação dos profissionais e a falta de um preparo melhor para cobrir os protestos. “Nosso posicionamento pode estar errado por falta de orientação da Polícia Militar”, disse. Em 2012, um estudo feito pelo Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) apontou que o Brasil ocupa o 11º lugar no ranking de países que não punem os crimes cometidos contra os profissionais de imprensa.


CIDADES

Diário Popular

Terça-feira, 29 de outubro de 2013

5º CONGRESSO

Central de Movimentos Populares elege nova diretoria nacional

Candidato apoiado pelo vereador Saulo Manoel comandará entidade nacional com representação em 23 Estados do País pelos próximos 4 anos IPATINGA - O paulista Eduardo Cardoso é o novo coordenador nacional da Central de Movimentos Populares (CMP). Ele venceu a disputa pelo cargo em eleição realizada no último domingo (27), em Ipatinga, durante o 5º Congresso Nacional da CMP. Eduardo, que já fazia parte da direção nacional da Central, disputou com o mineiro Abrahão Nunes e se sagrou vitorioso com a 87% dos votos. Ele substitui o vereador Saulo Manoel (PT) na coordenação nacional da entidade. O novo coordenador da Central destacou que seu mandato será de unidade e diálogo entre todos os movimentos populares. “Vamos trabalhar por uma central forte e unida porque só com a união a gente consegue conquistar nossos direitos”, afirmou, durante o discurso da vitória. Após a eleição, Eduardo Cardoso foi empossado por Saulo Manoel, que destacou a articulação feita entre os membros da entidade para a votação do novo dirigente, apoiado por ele. “O Congresso elegeu de forma democrática uma liderança consciente do papel que vai fazer”, disse. Saulo enfatizou também

Divulgação

28 DE OUTUBRO

Atividades durante a semana comemoram Dia do Servidor

FABRICIANO – Nesta segunda-feira (28) , foi comemorado o Dia do Servidor Público. Para celebrar a data, a Prefeitura de Coronel Fabriciano preparou uma programação especial. As atividades iniciam na terça-feira (29) e seguem até sexta-feira (1º/11). Serão ofertadas diversas oficinas gratuitas, com o objetivo de integrar os servidores e promover capacitação e conhecimento. Entre as oficinas ofertadas estão automaquiagem, fotografia, orientações de nutrição e degustação de produtos naturais; massagem relaxante com cadeira Quick Massage; pintura em tecido; dança de salão;

caminhada ecológica; curso introdutório de Excel; circuito de jogos de salão (xadrez, damas, dominó) e confecção de chaveiro em feltro. As inscrições foram realizadas de 15 a 23 de outubro. Cerca de 260 servidores serão beneficiados pelas atividades. “Nossa intenção, neste ano, foi dar uma atenção especial à data, ofertando atividades capazes de promover um espaço de lazer, interação e aprendizado. É nossa forma de reconhecer a importância dos servidores, render nossa homenagem e aproximá-los da nossa Administração”, destaca o vice-prefeito de Fabriciano, Bruno Torres.

OUTUBRO ROSA Após três dias de plenárias no Parque Ipanema (foto) e no Estádio Lamegão, 5º Congresso Nacional de Movimentos Populares elegeu nova diretoria

que Minas Gerais terá um papel importante na nova administração, com três membros efetivos, e aproveitou a oportunidade para fazer uma avaliação dos três dias de evento. “Para mim, o Congresso foi muito positivo. Tivemos delegações de 23 Estados do Brasil e aprovamos uma bandeira de lutas muito importante”, frisou. CHAPAS O último dia do 5º Con-

gresso da CMP foi marcado ainda pela eleição da chapa que irá integrar a direção nacional da entidade nos próximos quatro anos. A chapa de número 2 foi a vencedora por meio do voto popular de delegados e suplentes de todo o país, que a elegeram por ampla maioria: recebeu 354 votos, contra 56 dados à chapa 1. Na contagem final, foi registrada apenas uma abstenção. Respeitando-se a regra de

proporcionalidade para ocupação de cadeiras na coordenação nacional da CMP, 22 das 25 vagas ficarão com representantes da chapa vencedora, enquanto as três restantes serão destinadas a representantes da chapa 1. A próxima eleição de chapa e de coordenação geral da Central de Movimentos Populares acontece em 2017, em local ainda não definido, durante a 6ª edição do Congresso.

FABRICIANO

Rodada de Negócios favorece economia FABRICIANO – Uma parceria entre a Prefeitura de Fabriciano, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Associação Comercial e Industrial e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Coronel Fabriciano (Acicel-CDL) resultou na 1ª Rodada de Negócios do município. O objetivo foi oportunizar às micro e pequenas empresas a chance de fornecer produtos e serviços para empresas de grande porte. Participaram cinco empresas âncoras e 47 ofertantes, totalizando 160 encontros e estimativa de futuros negócios no valor de R$ 2.727.500,00. O encerramento da atividade aconteceu na quarta-feira (23), no Hotel Metropolitano. Na ocasião foi realizada palestra com Giovane Gávio (Giova-

5

Participaram cinco empresas âncoras e 47 ofertantes, totalizando 160 encontros e estimativa de futuros negócios no valor de R$ 2.727.500,00

ne do Vôlei). Além da Prefeitura, participaram como empresas âncoras Unileste, Unimed, Univale, Tamasa e a Prefeitura de Fabriciano. Durante a Rodada, os participantes tiveram acesso às linhas de crédito disponíveis e aos mecanismos de acesso aos financiamentos de capital de giro e investimento para micro e pequenas empresas e microempre-

endedores individuais. Na avaliação do vice-prefeito de Fabriciano, Bruno Torres, o encontro foi bastante produtivo. “Os participantes puderam conhecer a qualidade dos produtos e serviços prestados na região, o que abre oportunidades. E a participação efetiva das pequenas empresas nas compras públicas interfere no desenvol-

vimento do município. O aumento da rentabilidade torna os empreendimentos mais competitivos, o que contribui para a geração de empregos, elevação da renda e maior arrecadação tributária. Esse conjunto de fatores aquece a economia. Nossa intenção é que essa parceria permaneça para novas rodadas sejam realizadas no município”, ressalta Bruno. Para o presidente da Associação Comercial e Industrial e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Coronel Fabriciano, Júnior Damasceno, o evento representa um impulso para a economia local. “Esta é uma importante chance de diálogo entre os fornecedores e ofertantes dialogarem e negociarem, possibilitando que os recursos gerados fiquem na própria cidade”, ressalta.

Casam promove saúde de usuárias

FABRICIANO - Nesta terça-feira (29), a partir das 14h, o Centro de Atenção à Saúde Mental (Casam) de Fabriciano realiza atividades especiais voltadas à promoção da saúde das usuárias do serviço. Estão previstas uma roda de conversa com a temática “Outubro Rosa”, serviços gratuitos de beleza, cuidados pessoas, além de um café da tarde. A ação tem parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). “Convocamos todas as usuárias a participar da atividade. Nosso principal objetivo é sensibilizar as mulheres sobre a importância da prevenção ao câncer de mama e de colo do útero”, destaca a coordenadora do Casam, Juliana Gomes. Em Fabriciano, as pessoas com sofrimento mental são atendidas no Casam. Os usuários têm

acesso a um modelo de atendimento que respeita as diferenças e busca a inserção social dos pacientes. Ao longo dos últimos dez anos, mais de seis mil pessoas já passaram pelo local, que atualmente realiza o acompanhamento de mais de 800 pacientes, sendo uma das referências no atendimento psicossocial no Estado. O Centro oferece um atendimento “porta aberta” aos pacientes, com uma média de 1.000 atendimentos mensais. Os usuários são acolhidos por uma equipe multidisciplinar com consulta clínica e psicológica, terapia ocupacional, medicações assistidas, visitas domiciliares e reuniões com a família, além de alimentação. O Casam funciona na rua Vale do Tocantins, nº151, no bairro Morada do Vale. Mais informações pelo telefone 3846-7717.


6

CIDADES

Diário Popular

Terça-feira, 29 de outubro de 2013

ECONOMIA

Alejandro Zambrana/Governo de Sergipe

DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO CHEGARÁ R$ 143 BILHÕES Estimativa do Dieese aponta aumento de quase 10% em relação ao que foi pago aos trabalhadores no ano passado SÃO PAULO – Pouco mais de R$ 143 bilhões, decorrentes do pagamento do décimo terceiro salário, devem ser injetados na economia brasileira neste ano, indica estudo divulgado ontem (28) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O montante representa aproximadamente 3% do Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país). O valor deste ano representa crescimento de 9,8% em relação ao de 2012. Cerca de 82,3 milhões de trabalhadores serão beneficiados com o rendimento adicional de R$ 1.740, em média. O número dos que receberão o décimo terceiro aumentou 2,9% na comparação com os beneficiados no ano passado. A estimativa é que 2 milhões de pessoas a mais passem a receber o adicional de fim de ano. Aproximadamente 70% dos recursos (R$ 100 bilhões) irão para trabalhadores da ativa, que representam 50,6 milhões de pessoas, ou 61,4% do total de beneficiários. O valor médio do abono para esse segmento é R$ 1.988,05. Contando apenas os trabalhadores domésticos com carteira de trabalho, o rendimento médio cai para R$ 856,77 – os domésticos somam 1,760 milhão, correspondendo a 2,2% do total

Rodrigo Amorim/flickr/Creative Commons

Cerca de 82,3 milhões de trabalhadores serão beneficiados com o rendimento adicional de R$ 1.740, em média

de trabalhadores. A parcela formada por aposentados e pensionistas da Previdência Social, que representam 37,4% dos beneficiários, receberá pouco menos de R$ 30 bilhões. O valor médio do benefício é R$ 951,23. Há ainda o conjunto de 760 mil pessoas que recebem pensão da União (regime próprio) e ficarão com 5% do montante, o equivalente a R$ 7,2 bilhões. O valor médio, nesse caso, é R$ 7.309,85. Os que recebem pelo regime próprio dos estados ficarão com R$ 6,3 bilhões, ou 4,4% do montante. De acordo com o Dieese, a maior parte do décimo terceiro (51%) ficará nos estados do Sudeste. Em seguida, vêm as regiões Sul (15,6%) e Nordeste (15,4%). Para as regiões CentroOeste e Norte, irão, respectivamente, 8,4% e 4,7%. Aposen-

tados e pensionistas do regime próprio da União não estão incluídos na conta e respondem, isoladamente, por 5% do montante, podendo viver em qualquer região. Os empregados do Distrito Federal deverão receber o maior valor médio pago pelo benefício, R$ 3.174. O menor irá para os estados do Maranhão e do Piauí, com média de R$ 1,1 mil. Esses valores não incluem aposentados pelo regime próprio dos estados. O setor de serviços, incluindo administração pública, ficará com 60,1% do total destinado ao mercado formal. É o segmento que terá o maior benefício médio, R$ 2.314. Quase 20% serão destinados aos trabalhadores da indústria; 12,9%, aos do comércio; 5,2%, aos da construção civil e 2%, aos da agropecuá-

ria brasileira. Caberá ao setor industrial o segundo maior valor médio, equivalente a R$ 2.151. O menor décimo terceiro será pago a trabalhadores do setor primário: R$ 1.215. O levantamento é baseado em dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego, além de informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2012, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), do Ministério da Previdência e Assistência Social e da Secretaria do Tesouro Nacional. O estudo do Dieese não considera autônomos, assalariados sem carteira ou outras formas de inserção no mercado de trabalho que, eventualmente, recebem algum tipo de abono de fim de ano. Também não há distinção de categorias que recebem parte do décimo terceiro antecipadamente, por definição de acordos ou convenções coletivas de trabalho. Os dados, portanto, constituem uma projeção do volume total que entra na economia ao longo do ano em razão do décimo terceiro salário. Estima-se, entretanto, que cerca de 70% dos valores sejam pagos no fim do ano.

Acidente de Fukushima causa uma morte por dia BRASÍLIA - Uma pessoa morre por dia em decorrência do acidente nuclear na central de Fukushima, no Japão, especialmente devido aos efeitos psicológicos e físicos, informou hoje (28) o ex-presidente do Comitê de Investigação do Acidente na Usina de Fukushima Yotaro Hatamura. Segundo ele, 180 pessoas morreram nos últimos seis meses devido ao acidente de março de 2011. Para o ex-presidente do comitê japonês, também pesquisador e professor universitário, a crise nuclear no país tem causado estresse, ansiedade e perturbações psicológicas, que, em muitos casos, são piores do que um dano físico. Outro impacto que, de acordo com ele, afeta muito a população, é a retirada das famílias de suas casas,

Uma pessoa morre por dia em decorrência do acidente nuclear em Fukushima, diz ex-presidente de comitê de investigação

o que gera mudanças repentinas. Estima-se que mais de 150 mil pessoas tenham sido removidas. “Não se sabe quando parará de morrer gente, tampouco todos os efeitos que o acidente terá na saúde das pessoas” disse Hatamura. O relatório do Comitê de Investigação foi presidido por Hatamura e determi-

nou que a central nuclear não tinha planos de emergência e não estava preparada para reagir a um acidente da magnitude do que ocorreu. De acordo com o ex-presidente do comitê, a má gestão do acidente é uma das causas da contaminação continuada. Recentemente, a passagem de um tufão pela região, no Nordeste do país, cau-

sou vazamentos nos tanques de contenção de água contaminada. Houve suspeita de que o solo teria sido contaminado. Em março de 2011, um terremoto seguido de tsunami atingiu o Japão, causando explosões e vazamentos na região da usina. Áreas inteiras precisaram ser esvaziadas, produtos da região foram proibidos para comercialização e o governo manteve o alerta. Na época do tsunami e do terremoto, o sistema de resfriamento dos reatores foi paralisado, fazendo com que três deles derretessem. Atualmente, o maior desafio da empresa Tokyo Electric Power (Tepco) é armazenar a grande quantidade de água usada para resfriar os reatores, que com certa frequência vaza e deságua no Oceano Pacífico.

Conforme o levantamento, a dificuldade em encontrar candidatos com capacitação atinge todas as áreas das empresas

Falta de mão de obra qualificada afeta 65% das empresas, diz CNI BRASÍLIA - Encontrar mão de obra qualificada tem sido um problema para as empresas brasileiras nos últimos anos, de acordo com pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgada ontem (28). O levantamento, que ouviu 1.761 empresas entre 1º e 11 de abril, mostra que 65% das empresas dos segmentos extrativo e de transformação apontaram a falta de trabalhador qualificado como um problema. Segundo a pesquisa Sondagem Especial – Falta de Trabalhador Qualificado na Indústria, da CNI, o problema é ainda maior para as empresas de grande e médio porte. Na comparação com a edição anterior da pesquisa, feita em 2011, o percentual de empresas de grande porte que relataram dificuldade em encontrar trabalhadores qualificados passou de 66% para 68%. Entre as de médio porte, o índice se manteve em 66%, enquanto para as de pequeno porte, o percentual de entrevistados com problemas para contratar mão de obra qualificada ficou em 61%, ante 68% do último levantamento. Para a CNI, o problema pode se agravar caso a economia do país volte a crescer. “Desde o fim de 2010, a indústria não cresce e, ainda assim, os empresários têm dificuldade para encontrar trabalhadores qualificados. À medida que a indústria voltar a crescer, o problema vai se acirrar”, disse o gerente-executivo de Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca, respon-

sável pelo levantamento. Conforme o levantamento, a dificuldade em encontrar candidatos com capacitação atinge todas as áreas das empresas, dos postos da base aos de nível gerencial. Para preencher cargos de operadores, 90% das empresas ouvidas admitiram enfrentar dificuldade, e para os de técnicos, o relato foi igual em 80% das empresas. As duas áreas juntas correspondem por aproximadamente 70% dos contratados na indústria. De acordo com a pesquisa, 68% das empresas afirmaram ter dificuldade para encontrar profissionais preparados na área administrativa, 67% informaram déficit de contratação de engenheiros, 61% de profissionais de venda e marketing, 60% para postos gerenciais e 59% para trabalhadores na área de pesquisa e desenvolvimento. Para superar a escassez de mão de obra qualificada, segundo a CNI, as empresas têm investido na capacitação dos próprios funcionários. De acordo com o levantamento, 81% das empresas informaram que desenvolvem programas de treinamento, 43% investem na política de retenção do trabalhador, com oferta de bons salários e benefícios, e 38% promovem capacitações fora das empresas. Algumas empresas (24%) adotam a estratégia de substituir a mão de obra humana por máquinas. Essa solução é usada por 26% entre as de pequeno porte, 24% entre as médias e 21% entre as grandes.


CIDADES

Diário Popular

Terça-feira, 29 de outubro de 2013

7

TIROTEIO

BANDO ATIRA CONTRA LANCHONETE EM TIMÓTEO, MATA UM E FERE QUATRO

Google Maps

Segundo a Polícia Militar, sete homens encapuzados, sendo dois deles armados, invadiram o estabelecimento e alvejaram cinco pessoas TIMOTEO - Na madrugada do último domingo (27), no Bairro Bromélias, em Timóteo, um adolescente morreu e quatro pessoas ficaram feridas após um tiroteio em uma lanchonete. Segundo a Polícia Militar, sete homens encapuzados, sendo dois deles armados, invadiram o estabelecimento e começaram a atirar. Ao todo, cinco pessoas foram alvejadas e Luan Soares dos Santos, de 16 anos, acabou perdendo a vida. Ao perceberem o que estavam acontecendo, as vítimas tentaram fugir correndo, mas foram perseguidas pelos indivíduos, que não

cessaram os tiros. Após o atentado, os autores fugiram sentido ao bairro Novo Tempo. Segundo testemunhas, eles estavam em um Kadet de cor escura e um veículo Chevette, de cor branca. Quando a Polícia Militar chegou ao local, encontrou Luan Soares ainda com vida, mas gravemente ferido. Ele chegou a ser encaminhado ao Hospital Vital Brazil, mas não resistiu e faleceu após dar entrada no centro médico. Reginaldo Gregório Quaresma, de 33 anos; Willian Cristian Mendes dos Santos, 24 anos; Lucas Martins Silva, 19 anos, e Lorran Rodrigues Pereira de Carva-

Tiroteio foi registrado no cruzamento do Bromélias

lho, de 18 anos, tiveram ferimentos não graves e estão sob cuidados médicos. A perícia esteve no local e encontrou dois projéteis, quatro cápsulas de munição 9mm e 11 cápsulas de munição cal. 380. Segundo a PM, existe a suspeita de que o atentado tenha sido cometido por integrantes

de uma gangue chamada ‘bonde do trem bala’, devido à maneira como agiram e pelas armas utilizadas. Após o crime, cinco suspeitos pelo tiroteio foram detidos no bairro Petrópolis. Três deles são menores e, além de vários atos infracionais, possuem passagem por homicídio e ten-

ACIDENTE

Reprodução

tativa de homicídio. No entanto, dois adolescentes, um de 17 anos, e outro de 15 anos, negaram qualquer tipo de envolvimento com o tiroteio, mas todos admitiram ter algum registro em sua ficha criminal. A quadrilha foi levada para a delegacia da Polícia Civil em Ipatinga.

Atentado terminou com morte de Luan Soares, de 16 anos

EXECUÇÃO

Menor é morto com Caixa d’água despenca de sete tiros na cabeça construção e mata trabalhador FABRICIANO – O serralheiro José Ferreira de Oliveira, 48 anos, morreu após ser esmagado por uma caixa d’água na tarde desta segunda-feira (28) em um condomínio residencial de Coronel Fabriciano. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a vítima estava fazendo um reparo no telhado de uma casa quando a estrutura onde estava o reservatório cedeu e caiu sobre ele. O fato aconteceu por volta das 14h40, em um condomínio fechado situado à rua 6, bairro Aldeia do Lago. O sargento Livan Chagas explicou que o reservatório, que tinha a capacidade para três mil litros de água, caiu de uma altura de cerca dois metros e prensou a vítima. Segundo testemunhas, a caixa estaria cheia. ‘’O impacto foi muito forte e infelizmente nós não conseguimos reanimar a víti-

Fotos: André Almeida

Reservatório estava cheio e despencou de altura aproximada de 2 m

Acidente aconteceu em condomínio fechado; proprietários não quiseram falar sobre o assunto

ma, que veio a falecer no local”, disse. Até o final da tarde de ontem, os bombeiros haviam apurado que o serralheiro havia ido ao local para fazer a medida de um telha-

do e a estrutura de onde ele estava pendurado cedeu e ele caiu. As causas do acidente, bem como a responsabilidade pelo ocorrido, serão apon-

tadas por um laudo da Polícia Civil. O sargento Chagas ainda fez um alerta para os trabalhadores que precisam fazer esse tipo de atividade. Segundo o militar, é grande o número de acidentes de trabalho envolvendo o rompimento de estruturas. “É preciso que os trabalhadores avaliem bem o local antes de adentrar sobre uma obra. Os equipamentos de segurança têm que ser utilizados, pois eles podem evitar que a pessoa venha falecer em casos de incidentes. E sempre que puder, suba em estruturas acompanhado de um engenheiro civil, pois eles sabem a real condição do andaime’’, aconselhou. A perícia da Polícia Civil foi acionada e isolou a área. Os policiais irão investigar a legalidade da obra, mas no local nenhum proprietário quis se pronunciar sobre o acidente.

FABRICIANO - Na manhã deste domingo (27), um menor foi morto com sete disparos de arma de fogo na cabeça na rua Finlândia, bairro Santa Cruz. Thales Santos de Paula, de 16 anos, foi a vítima da vez. Segundo testemunhas, os indivíduos que cometeram o crime aparentemente também são menores e devem possuir idade aproximada de 17 anos. Eles fugiram logo após dispararem contra a vítima. O corpo de Thales foi encontrado caído na calçada com perda de massa encefálica. A perícia esteve no local e detectou várias perfurações

de arma de fogo provavelmente feitas com projéteis calibre 38. Em sua roupa, os peritos encontraram um pequeno tablete de maconha embrulhado em um plástico. A mãe do menor esteve no local onde seu filho foi assassinado e admitiu não saber qual o motivo do crime, mas alegou que ele era usuário de drogas. Testemunhas informaram que onde Thales foi morto era conhecido como uma boca de fumo e ele, além de usuário, estaria comercializando drogas. Também foi informado que a vítima possuía uma dívida de R$ 3 mil com traficantes da área.


8

CULTURA

Diário Popular

Terça-feira, 29 de outubro de 2013

CINEMA DE TODO MUNDO

Escolas municipais vão ver obras de animação do Brasil e exterior

IPATINGA – O projeto “Cinema de Todo Mundo – II Edição” levará filmes de animação infantil internacional e nacional a oito escolas da rede municipal de ensino de Ipatinga, com projeções de curtas metragens. A opção por exibir cinema de animação e também desenhos internacionais foi feita porque uma enorme quantidade de produções de excelente qualidade realizadas em diversos países fica restrita aos festivais específicos realizados normalmente em grandes centros, ou seja, sequer chegam ao interior e às salas de cinemas convencionais. O que se traduz numa grande segregação cultural e educacional, pois são filmes de arte com forte apelo educacional, que poderiam colaborar com o crescimento intelectual de nossas crianças, avaliam os coordenadores do projeto.

“A Maior Flor do Mundo”/“Lá flor mas grande del mundo”, Juan Pablo Etcheverry, animação, Espanha, 2007, 9 min 55s “A Maior Flor do Mundo” é um texto de rara beleza, recheado de símbolos e de enigmas onde há mensagens, uma para as crianças (a descoberta, a valentia, o altruísmo) e outra para todos os homens e mulheres que se interrogam sobre o seu lugar no mundo. “O Rato Príncipe”/“Prinz Ratte”, Albert Radl, animação, Alemanha, 2011, 14 min 30s Um conto de fadas com todos os ingredientes necessários: um castelo, uma princesa, um príncipe, um dragão, um admirador secreto e emoções profundas, mas também com um final inesperado e uma verdade incomum sobre pequenos heróis e um grande desejo. “Macropolis”, Joel Simon / anima-

O Primeiros Acordes vai disponibilizar 180 vagas para cada uma das modalidades

Primeiros Acordes abre inscrições para oficinas

O projeto Cinema de Todo Mundo busca ampliar os limites de grandes obras que ficam restritas a festivais

A escolha pelo público infantil deu-se pela abertura própria da faixa etária em questão, passível de uma maior aceitabilidade às “novidades”, o que seria um facilitador no tocante à formação de plateia para o cinema al-

ternativo de qualidade, intercambiando, simultaneamente, impressões com outros países em nível de cultura e de estilos de vida. Este projeto é realizado e coordenado pelo produtor Alexandre Fernandes Luna,

com curadoria e produção de Eder Medeiros, conta com o patrocínio da Prefeitura Municipal de Ipatinga, através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura. Informações Alexandre Luna (31) 9406-2150.

ção, Reino Unido, 2012, 7 min Dois brinquedos com defeitos de fabricação fogem da fábrica. É tudo novo, estranho e um pouco intimidador, mas eles reinterpretam objetos cotidianos a partir de sua perspectiva singular. “Ormi, O porquinho”/“Ormie”, Rob Silvestri, animação, Canadá, 2009, 3min 55s Ormie é um porco em todos os sentidos. Porco vê biscoito, Porco quer biscoito. Mas aqueles estão fora de alcance... será mesmo impossível pegá-los? “El Viejo Caléfon”/ “O Velho Aquecedor”, Tunda Prada, animação, Uruguai, 2011, 10 min Em uma casa, como outra qualquer, ocorre um acontecimento mágico: os utensílios de banho se comunicam com o menino Mateo e pedem sua ajuda para que o velho aquecedor de água não morra de tristeza. Ao longo da história, Mateo descobre a verdadeira importância da água na vida de todos.

“Carrot Crave”/“Tudo por uma Cenoura”, Vernon James Manlapaz, animação, Canadá, 2013, 2min19s Um coelho faminto tenta de tudo para arrancar uma cenoura gigante do solo. “Fluffy Mc Cloud”/ “Nuvenzinha Fofa”, Conor Finnegan, animação, Irlanda, 2010, 3min Uma nuvem fofinha tem problemas para controlar sua raiva. “Sniffles”/“Faro Fino”, Jeremy Galante; David Cowles, animação, Estados Unidos, 2012, 2min 05s Um cachorro desenhado foge de sua história em quadrinhos e viaja pelo mundo atrás do seu nariz fujão. FILMES NACIONAIS “Cadê meu rango?”, George Munari Damiani, animação, SP, 2012, 4 min10seg Bernard, preguiçoso e solitário, leva uma vida aconchegante em seu tranqüilo lar.

Certa manhã vai pegar sua comida, mas não a encontra. Que pegou? Bernard encara o roubo como um desafio e busca formas de encontrar esse “ladrão”. “Os Caçadores de Saci”, Sofia Federico, ficção, Bahia, 2005, 13 min A chácara da pacata família de Onofre vem sendo assombrada por Saci: a pipoca não arrebenta, o ovo não choca, o leite sempre azeda, o feijão vive queimando na panela, entre outros acontecimentos . “Tamanduabandeira”, Ricardo de Podestá, animação, GO, 2011, 08 min Um pacato Tamanduá encontra a fêmea de sua vida. Só alguns passos os separam dela. Porém, são passos que devem ser dados no asfalto. “João, O Galo Desregulado”, Camila Carrosine & Alê Camargo, animação, SP, 2013, 10 min Uma história bem-humorada de um galo que cantava na hora em que bem queria. Baseado em fatos reais.

C U R TA S

Projeto exibe cinema nas praças de Ipatinga

IPATINGA - Curtas metragens nacionais vão passear por oito praças de Ipatinga. Desde sexta-feira (25) até dezembro, o 2º Cine na Praça vai promover a exibição gratuita de cinco produções da velha e nova safra do cinema nos bairros Horto, Centro, Vila da Paz, Recanto, Bom Retiro, Vila Militar, Chácaras Madalena e no distrito Barra Alegre. A proposta é promover o encontro do público com o ci-

Divulgação

Divulgação

CONFIRA O CALENDÁRIO DE EXIBIÇÕES FILMES INTERNACIONAIS

G R AT U I D A D E

nema brasileiro em sessões comentadas e orientadas por um diálogo com a comunidade. Na primeira edição, o projeto levou cerca de 5 mil pessoas à praça do bairro Horto, que tem um significado importante para Ipatinga por ter abrigado o primeiro cinema da cidade. Agora, o trabalho tem sequência com maior circulação. PÚBLICO O produtor do Cine na

Praça, Éderson Caldas, destaca a importância de o projeto ampliar seu alcance. “O objetivo é levar cinema brasileiro de qualidade até as comunidades, e a praça pública é o local de encontro. É uma oportunidade de um contato direto com a produção de curtas metragens”, frisou Éderson Caldas. “Esperamos através da reflexão e da fruição, formar apreciadores conscientes do audiovisual brasileiro”, disse.

EQUIPE O projeto 2º Cine Praça é patrocinado pela Prefeitura de Ipatinga, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura. Sua equipe conta com Éderson Caldas (produção), Simonal Wilde (assistente de produção), Cristiano Almeida (coordenação técnica) Polliane Torres (assessoria de imprensa), Luciana Profiro (coordenação de produção) e Sávio Tarso (palestrante).

IPATINGA - O projeto de oficinas musicais “Primeiros Acordes” está de volta trazendo as modalidades de canto coral, percussão e violão popular gratuitas, que serão realizadas em escolas públicas municipais das comunidades do Bethânia, Nova Esperança e Vila Celeste. São ao todo 180 vagas disponíveis, sendo 60 por bairro. As aulas se iniciarão a partir do dia 4 de novembro e os interessados em ingressar em uma das oficinas poderão realizar sua inscrição em uma das escolas sedes, de acordo com a agenda do projeto. Para a inscrição o candidato deverá estar munido de documentação pessoal, no caso de menores de idade será a obrigatória a presença dos pais ou responsáveis legais. As modalidades de percussão e violão popular são direcionadas a adultos e crianças a partir de 07 anos, já a modalidade de canto coral é exclusivamente para crianças e adolescentes com idade entre 07 a 17 anos. Devido à grande procura e à limitação de vagas em cada comunidade, ao realizar sua inscrição, o interessado deverá participar de um teste de aptidão musical para a modalidade escolhida. O resultado estará no mural de cada

escola sede no dia 4 de novembro, a partir das 14h. “Este projeto oferece a oportunidade para muitas crianças, adolescentes e adultos, moradores de várias comunidades de Ipatinga, que a partir do projeto terão o primeiro contato com os estudos nos campos musicais, potencializando a partir da experimentação e aprimoramento técnico, suas aspirações artísticas e disciplinares”, diz Rodolfo Bello, coordenador do projeto. Esta iniciativa cultural acontece desde 2007 em Ipatinga e já beneficiou 1.120 pessoas residentes em 8 comunidades do município. Em 2013, contará com os professores Arilton Siqueira (Canto Coral), Fabrício Alves (Percussão) e Dênis Carlos (Violão Popular) e tem ainda na equipe de produção Jeová Pereira, Elizângela Batista e José Reginaldo. O projeto é patrocinado pela Prefeitura Municipal de Ipatinga através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e também tem o apoio da APROC, Grupo Boca de Cena, CMSC e Lions Academia. Maiores informações poderão ser obtidas através dos telefones: 8765-9768 ou 8699-9914.

LOCAL E HORÁRIO DAS INSCRIÇÕES Terça-feira, 29/10 - 17:30h às 20:30h Escola Municipal Terezinha Nívia de Oliveira Lopes End.: Rua 1 nº 600 - Bairro Nova Esperança Quarta-feira - 30/10 - 17:30h às 20:30h Escola Municipal João Amparo Damasceno Av. Luiza Nascibene nº s/n - Bairro Vila Celeste Sexta-feira -01/11 - 17:30h às 20:30h Escola Municipal Chirlene Cristina Rua Monza nº 25 - Bairro Bethânia


CIDADES

Diário Popular

Terça-feira, 29 de outubro de 2013

ENSINO SUPERIOR

Gabarito do Enem sai até quarta-feira Pelo sistema de correção adotado, o valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item

BRASÍLIA – A expectativa dos estudantes, após as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no fim de semana, é pelo gabarito. Até quarta-feira (30), ele deverá ser divulgado na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os candidatos só vão ter o resultado final do exame na primeira semana de janeiro, de acordo com estimativa do Ministério da Educação. Para divulgar o resultado final é preciso concluir a correção das provas de redação e os corretores terão de avaliar os textos de cerca de 5 milhões de pessoas que fizeram o exame. Como no ano passado, os candidatos terão acesso ao espelho da correção apenas para fins pedagógicos. O sistema de correção do Enem usa a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI). O valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item. Assim, um item que teve grande número de acertos será considerado fácil e, por essa razão, valerá menos pontos. Já o estudante que acertar uma questão com alto índice de erros ganhará mais pontos por aquele item. No dia seguinte ao encerramento do exame, que foi aplicado no sábado (26) e domingo (27), estudantes ainda comentam o Enem nas redes sociais. Muitos avaliam que as provas foram difíceis e extensas. Sobre a redação, um dos itens que mais preocupa os candidatos, alguns consideraram o tema inesperado ou avaliaram que o assunto não era tão atual como se esperava. “Pensei em tantos temas como biodiesel, ener-

Gasolina com “z”: segundo o ministro, na prova, a charge aparece grafada da maneira como foi escrita na época, na década de 60

Grafia de gasolina respeitou época do texto, diz ministro BRASÍLIA - Em coletiva com a imprensa neste domingo (27) o ministro da Educação Aloizio Mercadante comentou a questão da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de anteontem (27), na qual aparece uma charge em que a palavra gasolina é grafada com a letra z. Segundo o ministro, na prova, a charge aparece grafada da maneira como foi escrita na época, na década de 60. A questão trata de uma charge que ironiza a política desenvolvimentista do governo de Juscelino Kubitschek. Na charge, o então presidente aparece conversando com um personagem chamado Jeca. O diálogo é o seguinte: “JK - Você agora tem automóvel brasileiro, para correr em estradas pavimen-

gia, espionagem dos Estados Unidos no Brasil... mas não!!! A Lei Seca”, diz um candidato em uma página

tadas com asfalto brasileiro, com gazolina brasileira. Que mais quer? JECA - Um prato de feijão brasileiro, seu doutô”. O texto é de autoria do chargista Théo e foi retirado do livro Uma História do Brasil Através da Caricatura (18402001). “A charge é de 1960 e contextualiza o tema da época”, disse. Perguntado se o Ministério da Educação não deveria ter grafado da maneira correta para os dias de hoje, ele diz que isso é um debate pedagógico que deve ser incentivado. Outra questão que chamou a atenção de professores, como o especialista em Enem e presidente de honra do Cursinho Henfil de São Paulo, Mateus Prado, é também da prova de domingo.

do Facebook que reúne inscritos no Enem. Nos dois dias, os candidatos en-

A questão é sobre um experimento, segundo ele, famoso na biologia, do médico Willian Harvey. A mesma gravura sobre o experimento com a circulação humana foi usada na prova de biologia da segunda fase da Fuvest, em 2007. O texto das questões dos dois exames não é semelhante, mas segundo o professor, o conteúdo sim. Ele diz que a chance de os estudantes a conhecerem é grande: “Temos ela na nossa apostila de exercícios”, diz Prado. Ele acredita que aqueles que não a conhecem podem ter tido uma certa desvantagem. O Enem foi aplicado neste final de semana a mais de 5 milhões de candidatos em 1.161 cidades. Foram mais de 16 mil locais de prova e cerca de 648 mil trabalhando para a execução do exame.

frentaram dez horas de prova. Nesse período, responderam a 180 questões e fizeram a redação.

SAÚDE

Médicos com diploma estrangeiro começam a atender em uma semana BRASÍLIA - Os cerca de 2 mil médicos com diploma estrangeiro que participam da segunda etapa do Programa Mais Médicos vão iniciar os atendimentos em uma semana. Eles atuarão, a partir da próxima segunda-feira (4), em unidades básicas de Saúde de 783 municípios e ocuparão apenas as vagas remanescentes, não preenchidas por brasileiros com diploma nacional, que têm prioridade. Depois de passar, nas últimas três semanas, pelo módulo de capacitação e avaliação em universidades federais, os médicos formados no exterior co-

meçaram a chegar, no sábado (26), aos estados onde irão trabalhar. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, foi a duas capitais - Goiânia e São Paulo - para recepcionar os profissionais. O deslocamento deve ocorrer, segundo o ministério, até quarta-feira (30). Antes de serem encaminhados aos municípios onde atenderão à população, os médicos ficarão nas capitais, onde estudarão, ao longo desta semana, os problemas de saúde mais comuns da região e terão informações sobre a rede de saúde do estado. A ambientação é considerada funda-

mental pelo governo, uma vez que é nessa fase que eles conhecem hospitais, clínicas ou outras unidades de saúde para onde devem encaminhar pacientes que necessitem de atendimento especializado, como cirurgias. O grupo, formado por 2.167 médicos, vai se juntar aos 1.499 profissionais - 819 brasileiros e 680 estrangeiros - que já estão atuando em regiões carentes do país. Para que possam começar a trabalhar, eles também receberão, ao longo da semana, os registros emitidos pelo Ministério da Saúde, que passou

a ter a competência para conceder o documento, conforme alteração estabelecida na Lei do Mais Médicos, sancionada na semana passada pela presidenta Dilma Rousseff. Antes, a atribuição era dos conselhos regionais de Medicina. O Nordeste é a região que receberá o maior número de profissionais, 928. Em seguida, vêm o Sudeste (517), o Norte (358), o Sul (244) e o CentroOeste (120). Com os novos médicos, a cobertura do programa passará de 5 milhões para 13 milhões de brasileiros, conforme o Ministério da Saúde.

9

TRF manda parar obra em Belo Monte

BRASÍLIA - O desembargador Antonio Souza Prudente, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), concedeu decisão liminar cancelando a licença parcial para os canteiros de obra da Usina Hidrelétrica Belo Monte. O TRF1 considerou procedente uma ação do Ministério Público Federal (MPF), ajuizada em 2011, que questionava a emissão de licença parcial para os canteiros de obras da usina, contrária a pareceres técnicos do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Segundo o MPF, a licença foi concedida sem que as condicionantes da fase anterior, da licença prévia, fossem cumpridas. Com o licenciamento anulado, as obras devem ser paralisadas enquanto as condicionantes não forem cumpridas. Em caso de descumprimento da decisão, haverá multa de R$ 500 mil por dia. O desembargador ordenou ainda ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) que não repasse recursos para Belo Monte enquanto não forem cumpridas as condicionantes.

Reforma no CPC pode ser votada hoje pela Câmara A Câmara dos Deputados pode votar nesta terça-feira (29) uma reforma no Código de Processo Civil. O código tem efeitos para a tramitação de todas as ações de Direito de Família, do Trabalho, do Consumidor, ações de indenização entre outros. O texto, que é de 1973, regula o que acontece nos tribunais envolvendo um processo de natureza civil - tratando de prazos e recursos cabíveis - e a forma como os juízes e as partes devem tratar a ação. Como a matéria passou por modificações em comissão da Câmara, ela terá que voltar para análise no Senado. Uma das principais medidas da reforma é a previsão para que as causas sejam julgadas por ordem cronológica, evitando que causas antigas fiquem sem julgamento. Cada juiz terá que ter uma lista pública informando os processos que estão prontos para receberem sentença. Outro ponto prevê a criação do chamado instituto de resolução de demandas repetitivas, que estabelece um sistema para que várias ações iguais sejam decididas de uma só vez.


10

LAZER

Diário Popular

Terça-feira, 29 de outubro de 2013

AMOR À VIDA

Herbert pede Gina em casamento Falta muito pouco para Gina (Carolina Kasting) descobrir que o namorado, Herbert (José Wilker), fez parte do passado da mãe, Ordália (Eliane Giardini). Na verdade, o médico traz terríveis lembranças que a enfermeira esconde de toda a família. Mas, antes dessa revelação, Gina terá ainda mais uma prova do amor do amado. Herbert a leva para jantar em um restaurante chiquérrimo - tão caro que até deixa a moça sem graça. Ele se desmancha em elogios e dá um lindo anel de presente para a cozinheira. Tímida, Gina diz que não pode aceitar uma joia daquela e, só então, descobre a razão de tudo aquilo. “Gina, você não entendeu ainda? Eu estou te pedindo em casamento”, explica Herbert. Gina se surpreende e não esconde a emoção. Ela ainda avisa que ele precisa conhecer a família dela, ainda mais depois do pedido. CHOQUE Gina irá do céu ao inferno. Logo após ser pedida em casamento, a jovem descobrirá o envolvimento de Herbert (José Wilker) com sua mãe no passado e recorrerá à igreja evangélica para não entrar em depressão. O médico aparece na casa de Gina e dá de cara com Paloma (Paolla Oliveira) e Ordália (Eliane Giardini). “Herbert? É você, Herbert, o homem que a Gina esperava. Você?”, questionará a enfermeira no capítulo do dia 30 de outubro. “Gina, esse é

Divulgação/Amor à Vida

Cozinheira se emociona e diz que só falta ele conhecer a família dela

o homem que fez gato e sapato de mim. Esse é o homem que me abandonou antes de eu conhecer o Denizard. Herbert. O Herbert foi o homem que me abandonou”, explicará para a filha. Denizard (Fúlvio Stefanini) concluirá que Herbert é o homem que abandonou Ordália grávida . “Ele é o pai da Gina. É o pai!”, afirmará. Todos ficarão em choque e Gina vai desmaiar. REVELAÇÃO Na verdade, Ordália não sabe quem é o pai de Gina, pois, após a desilusão que teve com Hebert, se deitou com vários homens desconhecidos. “Era capaz de passar a noite sem nem saber o nome direito”, assumirá a enfermeira para depois pedir à filha: “Gina, esse homem, o Herbert, me destruiu. Eu não posso permitir que você fique com ele, porque ele vai te destruir também. Ele tem

uma coisa ruim, Gina. Promete, mas promete de coração, que cê nunca, nunca vai ter nada com ele.” Gina acatará a vontade da mãe e quase entrará em depressão, mas vai começar a frequentar cultos evangélicos para se reerguer. Já Ordália ficará sem seu marido. Decepcionado com a revelação, Denizard pedirá para se separar, pois acredita que não pode mais confiar na esposa. Desesperado e ainda sem saber que não é pai de Gina, Herbert vai procurar Pilar (Suzana Vieira) para desaba-

far. Ele chora e os dois decidem reatar laços e voltar a se encontrar. Logo depois, o médico encontrará Ordália no hospital e ela contará a verdade, mas deixará claro que quer que ele fique longe de sua filha. “Não se aproxima da Gina. Eu sou capaz de qualquer loucura pra manter você longe dela. Ela nunca, mas nunca mesmo, ia querer ter um romance com o homem que foi o amor da minha vida”, dirá. “Eu fui o amor da sua vida?”, perguntará Herbert. Ordália ficará em silêncio.

César tenta subornar Atílio para escapar da prisão Depois de se recusar a ajudar Atílio (Luis Melo) quando o administrador saiu da prisão, César (Antonio Fagundes) vai até o ex-amigo pedir para ele parar de investigar os seus gastos na época em que era presidente do hospital. Na maior cara de pau, o médico oferece dinheiro em troca do silêncio do novo aliado de Félix. O administrador dá um não para a proposta.

Horóscopo do dia ÁRIES Aspereza e suscetibilidade no ar, cuidado para não criar problemas por falta de tato ou ser agressivo com quem não tem culpa de seus problemas. Por que cobrar dos outros o que nem você mesmo sabe conduzir? Menos orgulho, mais humildade.

LIBRA O que está em jogo nestas semanas: dinheiro, segurança material, talentos bem canalizados. Hoje é um dia critico, pois você pode ter mais demandas e menos tempo. E menos saúde também para dar conta de tudo. Peça ajuda e siga adiante.

TOURO Experiências sentidas e bem concretas - ate no campo religioso ou espiritual, é disso que você tem falta agora. Para acreditar ou ir adiante em algo mais sério no trabalho, aproveite o embalo astral pra cortar o supérfluo. Descubra algo mais vivo.

ESCORPIÃO Uma pilha de nervos, sentimentos a flor da pele, vulnerabilidade física, oscilações emocionais - certamente não é o melhor dia pra você tratar de assuntos de trabalho, assinar contratos, resolver pendências difíceis.

GÊMEOS Complicações e problemas com colegas de trabalho, equipe ou chefes. Desculpas e esquecimentos não terão vez, seja realista ao prometer prazos. Astral difícil para o campo emocional. Tudo pode virar motivo de briga e desacerto. CÂNCER Faça um esforço maior hoje para se manter ao par da rotina, do que tem de ser feito com urgência. Sem complicações, pois terá de lidar com suscetibilidades. Explosões de mau humor de outras pessoas não devem meter medo em você. LEÃO Impopularidade, agressividade, impaciência, mau humor... é bom manter o autocontrole pra não estragar seu dia deixando vir à tona. Canalize nos esportes. Ou numa atividade artística. Cuidado com pequenas intervenções cirúrgicas. Evite. VIRGEM Persuasivo, sagaz e observador, você está captando tudo a sua volta. Importante também manter um ambiente ordenado, falar pouco, e se informar mais. Relações com irmãos ou parentes próximos podem ser turbulentas.

SAGITÁRIO Você pode se sentir cansado, sem energia, e louco pra fugir de um ambiente opressivo. A falta de imaginação e a pressa são companhias difíceis, atrapalham até no amor. Se você tem filhos, por eles será capaz de agüentar mais um dia. CAPRICÓRNIO Se você tem condições materiais para tal, dê a partida para um projeto, digamos, de onde e como vai passar o réveillon. Não fique esperando a decisão de amigos reticentes e vagos. AQUÁRIO Tudo vago, meio borrado, sem energia, sem foco. Você meio distante, ausente, desmotivado. Mesmo que você esteja escutando a musica das esferas, tente focar nas miudezas da vida e toque adiante. PEIXES Aceite os limites de seus sócios e clientes. Lua e Marte criam ambiente de beligerância e disputa em casa, com amor e filhos. Problemas de saúde hoje, deve ter cuidado com produtos corrosivos e evitar tratar dos dentes.

CINE DO VALE DO AÇO

RESUMO DE NOVELAS MALHAÇÃO Ben é firme com Meg e a lembra de que não há mais romance entre os dois. Paulino aconselha Vitor a convidar Luana para a festa. Zelândia e Luciana vendem convites superfaturados para a festa de Paulino. Vitor e Paulino se preocupam com a falta de animação das pessoas em relação à festa. Zelândia e Luciana anunciam a festa na rede social. Soraia afirma a Caetano que Bernardete está melhor sem ele. Todos os jovens do Grajaú ficam sabendo da festa de Paulino e confirmam presença. Julia insiste para ir com Anita ao evento. Paulino torce para ter uma chance com Luiza durante a festa. Luciana consegue uma banda para animar o evento. Meg lamenta o amor de Ben por Anita. Paulino e Vitor se surpreendem ao ver que o vocalista de uma banda conhecida está sabendo da festa de cosplay. Micaela conta para Flaviana que vai à festa de Paulino com Martin. Ben tenta consolar

Meg, que acaba beijando o rapaz. Anita vê Ben e Meg juntos. JÓIA RARA Tenpa vai para os Himalaias com Sílvia. Ernest desconfia de que Venceslau roubou a joia e acusa o sogro na frente dos outros empregados. Lola machuca o pé depois de discutir com Aurora e não consegue se apresentar no cabaré. Mundo diz a Fabrício que fugirá com Iolanda. Gertrude escreve um bilhete para Ernest, que flagra Iolanda e Mundo se preparando para fugir. Ele tranca a mulher no quarto e manda seus comparsas atacarem Mundo. Aurora faz sucesso com sua apresentação. Mundo chega em casa machucado. Pérola se encanta ao chegar aos Himalaias e se perde dos pais. SANGUE BOM Fabinho tenta salvar Giane. Socorro põe o celular de Bento na bolsa de Amora. Irene fica angustiada para

falar com Bento. Fabinho denuncia Amora à polícia. Socorro e Fabinho acusam Amora de ser a culpada pelo atentado a Giane. Irene acredita que estão tentando incriminar Amora e testemunha a seu favor. Nestor lamenta o cancelamento de sua festa. Camilinha sugere que Caio reclame de Lara para Manolo. Karmita apoia a ida de Renata para o Rio de Janeiro. Willy surpreende Verônica com o convite para uma turnê nacional. Natan procura Érico. Amora presta depoimento sobre o atentado contra Giane. Malu e Irene defendem Amora. Bento ameaça se afastar de Wilson. Gládis termina seu caso com Lucindo. Natan tenta convencer Érico a ir atrás de Verônica. Fabinho discute com Plínio. Socorro tenta incriminar Amora em seu depoimento. Bento e Wilson discutem na delegacia. Amora é presa por agredir Socorro. AMOR À VIDA Amarilys é resgatada das ferragens

desacordada. Félix conta para Edith que terminou o romance com Anjinho. Márcia concorda com as condições de Eudóxia. Lutero contraria Herbert e autoriza a transferência de Amarilys para o San Magno. Leila cobra de Félix o dinheiro que lhe emprestou quando Paulinha foi sequestrada. Joana avisa a Eron sobre o acidente de Amarilys. Carlito leva Márcia para casa. Valdirene fica arrasada. A família de Linda procura por ela em uma livraria. Eron se preocupa com o estado de Amarilys. Neide repreende Rafael por andar com Linda pela livraria. Carlito apoia Márcia. Eudóxia proíbe Valdirene de visitar sua mãe. Linda entra em surto por causa de Leila. Eron conta para Niko que Amarilys sofreu um acidente e ele se sente culpado. Thales conhece Natasha. César tenta conversar com Atílio. Niko vê a aflição de Eron por causa de Amarilys e o questiona sobre seus sentimentos por ela.

TÁ CHOVENDO HAMBÚRGUER 2 - 3D (DUBLADO) Sala 2 - Diariamente: 15h30 - 19h30 RIDDICK 3 (DUBLADO) Sala 2 - Diariamente: 16h30 - 21h15 MATO SEM CACHORRO (NACIONAL) Sala 3 - Diariamente: 15h15 - 17h45 - 20h15 ELYSIUM (DUBLADO) Sala 1 - Segunda a Sexta: 19h00 Sala 1 - Sábado e Domingo: 14h15 - 19h00


SOCIAL

Diário Popular

Terça-feira, 29 de outubro de 2013

11

Mais voos Repercutiu positivamente a reunião que a prefeita de Ipatinga, Cecília Ferramenta, fez junto à colega Elisa Costa, em Governador Valadares, com diretores da Azul Linhas Aéreas. Na pauta, pedido de ampliação das opções de rotas e horários de voos partindo do Vale do Aço. Em breve, nova reunião será realizada, agora em Ipatinga. Tomara que a empresa se sensibilize e ofereça melhores opções. Força no comércio regional: José Garcia, José Maria Facundes e Matusalém Sampaio

Cachaça de primeira Foi muito elogiada pelos entendidos no assunto, a cachaça servida no jantar oferecido pelo Empresário do Ano por Ipatinga, Walter Teixeira. Eram duas garrafas preciosas, de sa-

fra antiga, da Pinga Prata, produzida no distrito de Bom Jesus do Bagre, em Belo Oriente. Francisco Neto, Luiz Carlos Miranda e Ruisley Chaves, entre outros, aprovaram a bebida.

Márcio Mainha e Arlene, durante a comemoração dos 60 anos dele. O encontro com os amigos aconteceu no sábado passado, dia 26, e foi regado a muita animação, músicas dos anos 60 e 70, além de comes e bebes variados. Parabéns!

Raposa vencedora Para tristeza dos atleticanos e felicidade geral dos cruzeirenses, a rodada do fim de semana do campeonato brasileiro deixa cada vez mais claro quem será o campeão nacional em 2013. Com a vergonhosa derrota do Grêmio para o

Coritiba, a Raposa abriu 12 pontos de vantagem para o segundo lugar, o Botafogo. Paulão Cachoeira, Nivaldo Rezende, Geraldinho Lemos, Lívio Gonçalves, Ícaro Moronaga e tantos outros celestes já estão comemorando. Merecido.

Gilberto Medeiros, Jorge Damasceno Júnior e Jeferson Miranda em noite social

A lindinha Aline Borges, que tem parentes em Coronel Fabriciano e mora em Vitória, está nos preparativos finais para sua formatura em Engenharia de Petróleo. Ela está fazendo estágio na Petrobrás


12

ESPORTES

Diário Popular

Terça-feira, 29 de outubro de 2013

AT L E T I S M O M A S T E R

ATLETAS DA AMAVA CONQUISTAM QUATRO MEDALHAS NO MUNDIAL (Da Redação) - Com quatro medalhas na bagagem, os experientes atletas da Associação Master de Atletismo Vale do aço – AMAVA, retornaram à região no último domingo (27). As medalhas são do XX Campeonato Mundial de Atletismo Master - WMA, realizado em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul de 16 a 27 de outubro. Dez atletas da AMAVA integraram a delegação brasileira de atletismo master. Uma modalidade especialmente criada para atletas que tenham a partir de 30 anos de idade, disputado em quinze categorias divididas de cinco em cinco anos. O WMA reuniu 4.158 atletas de 82 países, divididos em 14 categorias, dos 35 aos 99 anos, e competindo em 27 modalidades. Entre as provas estiveram o salto em altura, em distância, triplo e vara, lançamentos de dardo, discos, mar-

Divulgação

telo, arremesso de peso, além de competições de rua. Perdendo apenas para os Estados Unidos, a delegação brasileira terminou o campeonato em 2º lugar e contou com quatro medalhistas do Vale do Aço. Alberto Sertão ficou com a medalha de bronze na categoria 60 anos ao completar em 3º lugar a prova de 2000m com obstáculos. O resultado ainda lhe garantiu o novo recorde do Troféu Brasil de Atletismo Master. Alberto disputou ainda os 800m rasos, terminando em 6º lugar. Donita Dias também trouxe bronze. Chegou em 3º lugar nos 80m com barreira e 8º lugar no salto em Distância, na categoria 40 anos. Duas medalhas de prata completaram a alegria da equipe. Luiz Justino, categoria 35 anos, ficou em segundo no salto em distância, e Marli Fidelis, na categoria 45 anos, levou

e 10º lugar no lançamento do disco. Wagner Soares, na categoria 45 anos, terminou em 5º lugar o lançamento do martelete, foi 6º no arremesso de peso e 7º no lançamento do martelo. Walney Cruz, categoria 35 anos levou o 7º lugar no lançamento do dardo e 12º lugar no arremesso de peso.

Dez atletas da AMAVA integraram a delegação brasileira de atletismo master, modalidade criada para atletas que tenham a partir de 30 anos de idade

o 2º lugar por equipe no Cross country. Marli ainda participou da prova de 10 km, terminando na quinta colocação. Além dos quatro medalhistas, os resultados importantes dos demais atletas da AMAVA somaram-se à pontuação que colocou o Brasil na segunda colocação geral da competição. Elias Justino, categoria

40 anos, foi o 5º no salto com vara e 5º nos 110m com barreira. Genuina Reis, categoria 45 anos, foi 18ª nos 100m, 24ª nos 200m e 17ª nos 400m. Lucimar Reis, categoria 50 anos, completou os 100m na 23ª posição, foi a 11ª nos 200m e 12ª nos 400m. Rodrigo Otavio foi o 11º lugar no arremesso do peso da categoria 35 anos

AVALIAÇÃO De volta a Ipatinga, o presidente da associação, Elias Justino, fez uma avaliação positiva da participação dos atletas da região na competição de nível internacional. “Mesmo com muitas dificuldades para chegar ao Mundial, a equipe da AMAVA, trouxe quatro medalhas para casa. O atletismo master não é muito valorizado, nem reconhecido em nosso país, o apoio é mínimo. Uma das dificuldades é falta de local para treinamento. Muitas vezes temos que im-

provisar. Se hoje temos atletas medalhistas no mundial, é graças à determinação e persistência de todos”, comemora Elias Justino. Divulgar o atletismo master e inserir atletas na modalidade tem sido o desafio prioritário da associação. Desde sua fundação, em 2011, a AMAVA realiza competições específicas para a categoria, que se subdivide de cinco em cinco anos para atletas com 30 anos ou mais. RÚSTICA O próximo evento realizado pela AMAVA será a Corrida Rústica da Melhoridade, marcada para o dia 24 de novembro, no Parque Ipanema. Mais informações sobre a prova e inscrições podem ser feitas através do site wwwamava. com.br ou email amava.12@ hotmail.com. A Rústica beneficiará o Lar Divina Providência (Asilo - Iguaçu).

29/10/2013  

29/10/2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you