Issuu on Google+

DIÁRIOPOPULAR JORNAL DE VERDADE

Região Metropolitana do Vale do Aço - Ano Vl - Número 1.676 - Sábado, 27/04/2013 - R$ 1,00

REPÚDIO

Médicos legistas criticam prisão de colega Médicos legistas que atuam no Vale do Aço declararam nesta sexta-feira (26) repúdio à prisão do colega de profissão José Rafael Americano, ocorrida na semana passada. Americano foi preso supostamente por envolvimento em um crime que ficou conhecido como Chacina de Revés do Belém, onde corpos de quatro jovens foram encontrados com perfurações de tiros e já em estado de decomposição. Entretanto, o médico, que afirmou não ter envolvimento no caso, foi solto na noite da última quarta-feira (24) da casa de custódia da Polícia Civil em Belo Horizonte, onde permaneceu por cinco dias. Aos amigos, José Rafael teria dito não saber o real motivo de ter sido preso e que estaria magoado com a siPágina 3 tuação.

FERIADOS

Acordo define funcionamento do comércio Foi assinada na quinta-feira (25), em Ipatinga, a Convenção Coletiva de Trabalho que autoriza o funcionamento de supermercados, açougues, casas de carne, mercearias, varejões, sacolões e hortifrutis nos próximos feriados. Os estabelecimentos comerciais do segmento poderão abrir as portas na próxima segunda-feira, dia 29 de abril (aniversário da cidade), e nos dias 30 de maio (Corpus Christi), 7 de setembro (Independência do Brasil), 12 de outubro (Nossa Senhora da Aparecida), 2 e 15 de novembro, Finados e Proclamação da República, respectivamente. Também fica autorizada a abertura dos estabelecimentos no dia 29 de Página 9 abril de 2014.

Grão Fotografia

EDUCAÇÃO

Professores defendem diálogo com Prefeitura Os educadores da rede municipal realizaram na tarde de quinta-feira (25) um ato público pela melhoria da educação em frente à Prefeitura de Ipatinga. A mobilização encerrou as atividades da greve nacional dos Trabalhadores em Educação convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Para chamar

a atenção da Secretaria Municipal de Educação, os manifestantes plantaram simbolicamente árvores no jardim em frente ao prédio do Executivo. Em cada uma das sete árvores foram escritos os sete frutos que indicam os anseios da categoria: Piso, Carreira, Jornada, Qualidade, Valorização, Transparência, Formação. Página 7

SHOW

Banda Lex Luthor é a atração de hoje em Santana do Paraíso SALÃO DO LIVRO - Entre os dias 8 e 12 de maio será realizado no Centro Cultural Usiminas, em Ipatinga, o Salão do Livro Vale do Aço. Em sua 7ª edição, o maior evento literário do leste mineiro traz uma programação diversificada e gratuita para a população, com espetáculos teatrais (foto), contação de histórias, cineminha literário e a tradicional feira de livros, com lançamentos e debates. O objetivo é incentivar o hábito de leitura e contribuir para a aproximação de crianças, jovens e adultos com o mundo da literatura. Página 8

49 ANOS

Sérgio Roberto

As comemorações do aniversário de 21 anos de Santana do Paraíso continuam neste sábado, dia 27, na área de festa, a partir das 15h, com a final do tradicional Torneio do Óleo. Em sua 16ª edição, o objetivo do Torneio do Óleo é proporcionar aos atletas acima de 40 anos a prática de esporte e lazer, e ao mesmo tempo

ajudar as entidades comunitárias da cidade. A final do torneio será entre as equipes Lumar e Nova União, do Bairro Cidade Nova, às 15h, no Estádio Municipal João Bárbara da Silveira. A grande atração da noite entra no palco a partir das 23h. A banda Lex Lhutor promete um show inesquecível para a Página 7 população.

FUTEBOL

Atlético Mineiro inicia fase mata-mata contra Tombense

O “Grande Prêmio Ipatinga 49 Anos” acontece na noite de sábado, a partir das 18h

Kart homenageia aniversário da cidade Os amantes de esportes de velocidade têm encontro marcado na noite deste sábado (27), a partir das 18h, no Kart Clube Ipatinga (KCI), para assistir ao “Grande Prêmio Ipatinga 49 Anos”. A corrida é válida pela 2ª Etapa da Copa Vale do Aço

de Kart, com entrada franca, e faz parte do calendário de comemorações do aniversário de emancipação político-administrativa do município. De acordo com a organização, 30 pilotos inscritos deverão participar da corrida. A programação da

etapa noturna disputada no Kartódromo Emerson Fittipaldi será iniciada com o aquecimento e tomada de tempos, a partir das 18h. A categoria Cadete terá pilotos de até 12 anos, percorrendo o circuito em 15 Página 12 voltas.

Iniciando a disputa por uma vaga na final do Campeonato Mineiro, o Atlético enfrenta o Tombense às 16h deste sábado, no estádio Almeidão, em Tombos, no jogo de ida da semifinal. Agora, começa o mata-mata. São quatro partidas para você ser o campeão. “Va-

mos jogar a primeira partida fora e a segunda em casa. Estávamos preparados para jogar em casa, de repente, mudou, mas vamos jogar, sem problema, com respeito ao adversário, que tem feito uma grande campanha”, comentou o treinaPágina 12 dor Cuca.

MENORES

Jovens rendem taxista no bairro Cidade Nobre

Página 3


2

Diário Popular

OPINIÃO

Sábado, 27 de abril de 2013

ESPAÇO PÚBLICO

ARTIGO

Orquestra Sinfônica “Dedos de Davi”realiza seu primeiro concerto

Trabalho, suor e cansaço ARTIGO

Em homenagem à passagem do aniversário dos 49 anos de Timóteo, será realizado o 1º Concerto da Orquestra Sinfônica “Dedos de Davi” no dia 30 de abril, às 19h, na Praça 29 de Abril. O espetáculo, que antecede a apresentação do cantor gospel David Quinlan, marcada para às 21h30, trará obras essenciais de um repertório sinfônico, incluindo clássicos como a primeira peça do autor Max Steiner, com o arranjo for band by Lorenzo Pussedu, da música “Tara Theme”, tema do filme “E o Vento Levou”. Fundada em 1993 pela Igreja Evangélica Assembléia de Deus, ainda como corporação musical com o uso de metais (sopro e percussão), em 2010 foi transformada em orquestra sinfônica com a integração das cordas clássicas.

FRASES “Vamos dar ao Supremo uma oportunidade para revisão de seus excessos”. Do senador Renan Calheiros, na polêmica sobre a PEC 33.

“É inconstitucional do começo ao fim, de Deus ao último Constituinte. Eles rasgaram a Constituição”. Do ministro do Supremo Gilmar Mendes, rendendo o assunto.

“Não há sentido que a vida política seja um ilícito, que a atividade de discutir política com a sociedade seja précampanha”. Do ministro Dias Toffoli, que irá assumir a presidência do TSE, menos radical com o conceito de pré-campanha.

www.diariopopularmg.com.br DIRETOR RESPONSÁVEL Fernando Benedito Jr. EDITOR RESPONSÁVEL Fernando Benedito Jr. O DIÁRIO POPULAR é uma publicação da A Gazeta Metropolitana Editora e Gráfica LTDA. CNPJ 07.366.171/0001-88 FALE CONOSCO Telefone: 3827-0369. diariopopular.redacao@gmail.com ou diariopopular.comercial@gmail.com ADMINISTRAÇÃO E REDAÇÃO Avenida JK, 1290, bairro Jardim Panorama, CEP 35.164-245. OFICINA Rua Anápolis, 55, Veneza II, Ipatinga.

ARTIGO

Tráfico internacional de pessoas: subproduto da globalização O fenômeno globalizatório, grande catalizador da desigualdade no plano internacional, tem seu auge a partir da segunda metade do século XX, quando os Estados se defrontaram com uma nova realidade, em que os desafios que lhes são impostos deixam de encontrar solução no direito interno, constrangendo-os a buscar a cooperação e a regulamentação internacionais para problemas que passam a ser globais. Entre estes, situase o desenvolvimento da criminalidade transnacional, a exemplo dos vários tipos de tráficos internacionais, como o tráfico de drogas, de armas e o tráfico de pessoas para diversos fins. Atualmente, o tráfico de pessoas, considerado como forma moderna de escravidão, é uma das atividades mais rentáveis do crime organizado no mundo, perdendo em lucratividade apenas para o tráfico de drogas e de armas. Estima-se que da totalidade de vítimas, quase a metade seja subjugada para exploração sexual. (...) A prevenção visa a minimizar a fragilidade de determinados grupos sociais, fomentar políticas públicas de combate e realizar pesquisas para a coleta de informações. Já o eixo de atenção às vítimas, nacionais ou estrangeiras, visa ao seu devido tratamento e reinserção social com adequada assistência consular e acesso à Justiça de forma não discriminatória. Quanto à repressão, a intenção está em fiscalizar, controlar, investigar e responsabilizar. Os mais importantes instrumentos internacionais para o enfrentamento do tráfico internacional de pessoas são o Protocolo Adicional Relativo à Prevenção, Repressão e Punição do Tráfico de Pessoas, em Especial Mulheres e Crianças e o Protocolo Adicional relativo ao Combate ao Tráfico de Migrantes por Via Terrestre, Marítima e Aérea, ambos adotados em 2000 e ratificados pelo Brasil em 2004, que complementam a Convenção das Nações Unidas contra o Crime Organizado Transnacional. O Código Penal pátrio promoveu a adequação legislativa em 2006 e 2009, por meio do artigo 231 que, todavia, ainda necessita de aprimoramentos.

(...) Percebe-se que o tráfico de pessoas nutre estreita relação com o trabalho forçado, pois sua principal finalidade é fornecer mão de obra para o trabalho forçado, seja para a exploração sexual comercial, econômica, ou para ambas. Trabalho forçado, na definição da Organização Internacional do Trabalho, significa todo trabalho ou serviço exigido de uma pessoa sob a ameaça de sanção e para o qual ela não tiver se oferecido espontaneamente. Do ponto de vista nacional, o Brasil só direcionou esforços para o enfrentamento ao tráfico de seres humanos quando pesquisas o incluíram nas rotas internacionais, evidenciando também a existência de rotas nacionais. Em 2006, foi adotada a Política Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas - PNETP, tornando o problema alvo de uma política de Estado. O Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, previsto pela PNETP, foi instituído em 2008 e objetiva dar concretude aos princípios, diretrizes e ações plasmados nesta Política. Dados recentes da ONU apontam a existência de 241 rotas do tráfico no país, sendo 110 de tráfico interno e 131 de tráfico internacional. As regiões Norte e Nordeste têm a maior concentração dessas rotas. No entanto, a constituição de uma rede de enfrentamento ao tráfico de pessoas no Brasil e no mundo continua sendo um desafio, pois se trata de fenômeno complexo e multifacetado. Impulsionadas pela globalização, a pobreza e a conseqüente violação dos direitos humanos contribuem decisivamente para a vulnerabilidade a qualquer tipo de exploração. Além dos mecanismos nacionais de prevenção, assistência às vítimas e repressão, o combate ao tráfico de pessoas exige a reorientação da política internacional para uma “globalização ascendente”, no sentido de progredir para uma melhor distribuição de riquezas em nível global e uma maior proteção dos direitos humanos. (*) Larissa Ramina é Doutora em Direito Internacional pela USP, Professora de Direito Internacional da UFPR e Professora do Programa de Mestrado em Direitos Fundamentais e Democracia da UniBrasil.

(*) Marli Gonçalves

O negócio tá feio, ficando feio, todo mundo miudinho por aí, preocupado com o seu. Vendo que ele está faltando ou pode faltar e muito, igual em outros países. Mas vai ser dia dele e tudo vai parar nesse mundo hoje tão diferente que, para juntar gente não há mais ideal: oferecem-se prêmios - como carro importado - e shows de música duvidosa Pelas barbas brancas de Marx! Depressão forte ele teria agora em ver que sua chamada “Proletários de todo o mundo, uni-vos!” vem sendo comprada com sorteios, acenos mágicos e lideranças absolutamente discutíveis e e desunidas, a ponto de haver demarcação de espaços - cada qual no seu quadrado, ops, bairro. Cada Central faz a sua comemoração, ou bebemorações, como já ouvi tanta gente contando o que rola nessas aglomerações. Tá igual o Dia da Mulher que poucos sabem que é data para relembrar quantas morreram na luta pela liberdade, não para instigar homem nenhum. O Dia Internacional do Trabalho, de confraternização das classes trabalhadoras, 1º de Maio, marca data em que movimentos iniciaram lutas que já tentavam instituir oito horas diárias, em jornadas mais humanas, em condições dignas e com direitos e deveres garantidos. Muita gente morreu nesse caminho. Agora, não. Legislações são baixadas como avalanches de neve, pouco importando suas reais consequências. As centrais oferecem carros importados - este ano até 19 Hyundais, pela Força do personalista Paulinho que põe a tal até em seu próprio nome, sempre candidato, sempre aderindo, sempre jogando. Que força é essa, digam-me. Sou do tempo em que 1º de Maio era o único dia do ano, por exemplo, em que a Kopenhagen fechava. Nada de comprar chocolates. Que líderes - e foram muitos - como esses que estão aí eram chamados simplesmente de pelegos. Dia no qual os trabalhadores festejavam um direito fundamental, ao lazer. Sou do tempo que construiu um líder barbudo que ainda anda por aí, que já teve de se explicar muito quando logo no começo dos anos 80 apareceu tomando uisque e fumando charuto com milionários na casa mais luxuosa de São Paulo à época, o Gallery. Hoje ele não aparece nem para explicar suas relações com gente que nos tira dinheiro na cara dura, em cargos públicos. Ou o caso de sua amada Rose. Hoje ele festeja que vai escrever em jornal norte-americano onde exige, acreditem, em contrato, que a tradução seja o mais literal possível de seu pensamento, como se isso fosse possível. Menas, do you understand? Menas! Trabalho faz muita coisa: enobrece, edifica, dignifica, cansa, faz crescer, e é o que paga as contas. Costumo dizer - talvez por absoluta falta de fé nisso - para quem vive na porta da lotérica: “Não trabalha não para você ver!” Trabalho é força da física. O que se faz para passar de ano e obter diploma. E tem o trabalho que se faz - ou se contrata - para se dar bem, ou para fazer o mal a alguém, que tem gente que se dá ao trabalho de não conseguindo subir buscar derrubar o outro. Muita coisa dá trabalho. Crianças, casa, bichos. Outras aposentam: doenças, idade, acidentes. Tanta coisa é trabalho, que se a gente observa fica pasmo em ver como conseguem. E dali, com dignidade, tiram seu sustento, seja embaixo de lama catando caranguejos, nas ruas durante horas correndo atrás do lixo que fazemos, seja pendurado em alguma obra que sempre nos lembre Chico Buarque. ...” E tropeçou no céu como se ouvisse música/ E flutuou no ar como se fosse sábado/E se acabou no chão feito um pacote tímido/ Agonizou no meio do passeio náufrago/ Morreu na contramão atrapalhando o público... Todo dia é dia de trabalho, de criar novos trabalhos, de trocar de trabalho,de tentar achar um que faça o difícil efeito completo proposto por Buda: “Sua tarefa é descobrir o seu trabalho e, então, com todo o coração, dedicarse a ele”. Lembre disso quando vir o garçom resmungando, o porteiro com cara de poucos amigos, a empregada bufando. E como sempre ouvi há uma forma popular, meio caipira, de entender que dele não dá para escapar. A única coisa que não trabalha é “santo de puteiro”, que ainda ganha vela para fechar os olhos diante do que vê. (*) Marli Gonçalves é jornalista


CIDADES

Diário Popular

Sábado, 27 de abril de 2013

REPÚDIO

3

SEGURANÇA

LEGISTAS DIZEM QUE PRISÃO Concurso de soldados tem mais de sete mil inscritos DE COLEGA FOI ATO ARBITRÁRIO Médicos convocaram imprensa e fizeram desagravo em defesa do médico legista José Rafael Americano IPATINGA – Médicos legistas que atuam no Vale do Aço declararam nesta sextafeira (26) repúdio à prisão do colega de profissão José Rafael Americano, ocorrida na semana passada. Americano foi preso supostamente por envolvimento em um crime que ficou conhecido como Chacina de Revés do Belém, onde corpos de quatro jovens foram encontrados com perfurações de tiros e já em estado de decomposição. Entretanto, o médico, que afirmou não ter envolvimento no caso, foi solto na noite da última quarta-feira (24) da casa de custódia da Polícia Civil em Belo Horizonte, onde permaneceu por cinco dias. Aos amigos, José Rafael teria dito não saber o real motivo de ter sido preso e que estaria magoado com a situação. Ele vem preferindo se reservar e não conversar com a imprensa sobre o ocorrido. Seus colegas que atuam no Instituto Médico Legal (IML), porém, quebraram o silêncio e reuniram a imprensa regional para manifestarem posicionamento acerca da prisão. SERIEDADE Para o ex-prefeito de Coronel Fabriciano e também legista, Chico Simões, o IML é uma instituição séria e respeitada e o médico preso é um profissional de boa índole e com bons serviços prestados. Já o legista Felipe Feitosa

André Almeida

Da esquerda para direita: Felipe Feitosa, Sérgio Maurício e Chico Simões, legistas do IML que defenderam o colega de profissão

afirmou que os profissionais da categoria estão apreensivos com o quadro instalado na região: “fica a apreensão porque nós não sabemos o motivo da prisão nem o motivo da soltura dele (José Rafael). O que a gente sabe é que o IML é o órgão, talvez, com maior transparência da Polícia Civil atualmente. Então, quando isso acontece, a gente se sente acuado. Eu hoje tenho esse sentimento de ansiedade, de apreensão”, afirmou. IMPRENSA Uma das mágoas de José Rafael e também dos colegas de profissão teria sido com o tratamento dado pela imprensa, em especial pelos

jornais de fora da região, ao caso. Na terça-feira (23) o jornal O Tempo publicou reportagem onde afirma que o legista foi preso por fraudar o laudo que confirmava que o soldador Natanael Alves de Abreu, morto no fim do ano passado, havia sido torturado. A informação, segundo a própria matéria, foi repassada por representante do alto escalão da Polícia Militar. Entretanto, o DIÁRIO POPULAR, em sua edição da última quinta-feira (25) desmentiu o jornal da capital mineira, apresentando os laudos originais da ocorrência. DESCULPAS A soltura do médico, se-

gundo os colegas, foi providenciada pelo mesmo juiz que determinou sua prisão. O magistrado não teve o nome revelado, mas o colega Felipe Feitosa acredita que a liberação de Americano teve um motivo simples: “O fato que culminou na prisão dele não existe mais. Então, revoga-se a prisão”, afirmou. A alguns amigos, José Rafael confidenciou que, no ato de sua soltura, recebeu de um dos delegados envolvidos na investigação um pedido de desculpas. A Polícia Civil, até o momento, não confirma nenhum dos fatos envolvendo o nome de José Rafael Americano.

Menores rendem taxista e atiram contra residência IPATINGA – Quatro adolescentes entre 14 e 17 anos renderam um taxista na noite de anteontem (26) no bairro Cidade Nobre e o fizeram refém. A vítima, um homem de 44 anos, contou à polícia que recebeu uma ligação do bairro Cidade Nobre solicitando uma corrida. Quando o táxi chegou até o ponto marcado pelos menores, os meninos entraram no veículo e um deles, com uma arma, ordenou ao taxista que seguisse até a Granjas Vagalume (re-

A PM apreendeu drogas e um revólver 38 usado para render o taxista

gião do Bethânia). Ao chegar ao destino, os jovens

pediram que o taxista parasse em frente a uma casa

e o garoto armado efetuou dois disparos contra uma residência. Depois dos tiros o menor retornou ao carro e mandou que o taxista continuasse a corrida. O veículo foi rastreado após informações enviadas pelo 190 e interceptado na BR-381, saída para Governador Valadares. Com os menores foi apreendido um revólver calibre 38, marca Taurus, com dois cartuchos deflagrados, uma bucha de maconha, 15 pedras de crack e R$ 115 reais em dinheiro.

DA REDAÇÃO – Acontece neste domingo (28), em todo o Estado, a primeira fase do Concurso para Formação de Soldados da Polícia Militar, para o ano de 2014. As provas acontecem de 8 às 12h. A orientação é que o candidato chegue as 7h15 da manhã. Em Minas foram mais de 124 mil inscritos. Das cidades que compõem a 12ª RPM, o município de Ipatinga faz parte do quadro de cidades onde haverá aplicação de prova. Mais de 600 policiais estão empregados na promoção do concurso. Para este concurso foram abertas 1600 vagas, sendo 1440 para o sexo masculino e 160 para o feminino. Em toda a área da RPM foram registrados 7.470 candidatos. De 5h às 8h um policial ficará a disposição no Terminal Rodoviário para prestar qualquer tipo de esclarecimento aos candidatos que desembarcarem no local. De 5 às 7h30 equipes policiais estarão nos principais pontos de acesso a cidade de Ipatinga, na BR - 458 (proximidades do bairro Castelo), BR-381 (saída para Gover-

nador Valadares) e anel rodoviário (no bairro Horto) com informações e rotas de acesso para os locais de prova. REMUNERAÇÃO A remuneração básica inicial para o Soldado de 2ª classe da PMMG é de R$ 2.367,27 e para o cargo de Soldado de 1ª classe da PMMG é de R$ 3.182,00. Entre os requisitos para a concorrência, estão: altura mínima de 1,60m, idade entre 18 e 30 anos e não ter sido demitido da PMMG ou de outra instituição militar ou Força congênere. O curso será aplicado em Belo Horizonte e terá duração de 9 meses. O processo seletivo para a formação de soldados da Polícia Militar é composto por quatro fases, a primeira é a prova de conhecimento, de caráter eliminatório e classificatório, além da redação. A segunda fase é composta pelos exames de saúde, também de caráter eliminatório. A penúltima fase é o teste físico e a última o exame psicológico. No total foram disponibilizadas 249 salas de aula para a aplicação de provas, divididas em 12 escolas. Veja quadro.

LOCAIS DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS - 12ª RPM (IPATINGA) Colégio Tiradentes da Polícia Militar – CTPM Rua Caxambu, n. 61, centro, Ipatinga. Sala 1 a 21. UNIVAÇO – Faculdade de Medicina Ipatinga. Rua João Patrício de Araújo, n 179, Bairro Veneza I, Ipatinga. Sala 22 a 29. FADIPA – Faculdade de Direito de Ipatinga Rua João Patrício de Araújo, n.185, Bairro Veneza I, Ipatinga. Sala 30 a 49. Faculdade Pereira de Freitas Rua Potiguar, n 150, Bairro Iguaçu, Ipatinga. Sala 80 a 119. UNIPAC – Universidade Presidente Antônio Carlos Rua Salermo, n.299, Bairro Betânia, Ipatinga. Sala 206 a 249. Escola Municipal Márcio Andrade Guerra Rua Mangaratiba, n.105, Bairro Veneza II, Ipatinga. Sala 50 a 64. Escola Estadual Nilza Luzia de Souza Butta Av. Getúlio Vargas, n.1115, Bairro Caravelas, Ipatinga. Sala 65 a 79. Escola Estadual João XXIII Rua Pedras Bonitas, n.100, Bairro Iguaçu, Ipatinga. Sala 120 a 138. Escola Estadual Amaro Lanari Júnior Avenida Pedro Nolasco, n.700, Bairro Ideal, Ipatinga. Sala 139 a 153. Escola Estadual Haydée Maria Imaculada Schittini Avenida Esperança, n.200, Bairro Esperança, Ipatinga. Sala 154 a 168. Escola Estadual Laura Xavier Santana Rua Rosa Branca, n 200, Bairro Bom Jardim, Ipatinga. Sala 169 a 186. Escola Estadual Dona Canuta Rosa de Oliveira Barbosa Rua Graciliano Ramos, n. 100, Cidade Nobre, Ipatinga. Sala 187 a 205.


ď€ ď€ ď€ ď€ DiĂĄrio Popular ď€ SĂĄbado, 27 de abril de 2013 ď€ ď€ ď€ ď€ ď€

EDITAIS 1

4 EDITAL

DiĂĄrio Popular

     

ď€ ď€‚ď€ƒď€„ď€…ď€†ď€‡ď€ˆď€‰ď€Šď€‹ď€Œď€?ď€?ď€Œď€? ď€ ď€ ď€ ď€‚ď€ƒď€„ď€…ď€†ď€‡ď€ˆď€‰ď€Šď€‹ď€‚ď€†ď€Œď€?ď€?ď€?ď€†ď€Œď€ˆď€‚ď€‘ď€‚ď€ˆď€‚ď€…ď€‡ď€‚ď€†ď€Œď€‰ď€„ď€ ď€‚ď€’ď€‚ď€ˆď€“ď€”ď€“ď€?ď€„ď€Œď€‘ď€?ď€…ď€•ď€„ď€Œď€‚ď€ƒď€Œď€–ď€—ď€Œď€•ď€‚ď€Œď€•ď€‚ď€˜ď€‚ď€ƒď€?ď€ˆď€„ď€Œď€•ď€‚ď€Œď€™ď€šď€—ď€™ď€Œ ď€‚ď€Œď€›ď€‚ď€œď€‰ď€‡ď€?ď€ˆď€?ď€„ď€Œď€•ď€„ď€†ď€Œď€žď€&#x;ď€?ď€‡ď€„ď€ˆď€‚ď€†ď€Œď€ ď€…ď€•ď€‚ď€Ąď€‚ď€…ď€•ď€‚ď€…ď€‡ď€‚ď€†ď€ ď€Œ ď€Œ

As notas explicativas sĂŁo parte integrante das demonstraçþes ďŹ nanceiras. FUNDAĂ‡ĂƒO APERAM ACESITA DEMONSTRAÇÕES DO SUPERĂ VIT (DÉFICIT) PARA OS EXERCĂ?CIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E DE 2011 (Expressos em reais - R$)

ď€‚ď€ƒď€„ď€…ď€†ď€‡ď€‡ď€ƒď€ ď€ˆď€…ď€‰ď€Šď€‹ď€ƒď€ ď€ˆď€…ď€‹ď€Œď€?ď€‡ď€Žď€‰ď€ ď€?ď€?ď€†ď€‡ď€…ď€‘ď€ƒď€Žď€ ď€’ď€“ď€?ď€ƒď€”ď€ƒď€“ď€?ď€ƒď€“ď€‡ď€ƒď€Žď€

2012

2011

2.714.024

3.125.708

RECEITAS

Deloitte Touche Tohmatsu Rua ParaĂ­ba, 1122 - 20Âş e 21Âş andares 30130-141 - Belo Horizonte - MG - Brasil

Doaçþes recebidas e serviços prestados

Tel: +55 (31) 3269-7400 - Fax: +55 (31) 3269-7470 www.deloitte.com.br

De parcerias e convĂŞnios para projetos sociais

230.744

199.016

Receitas ďŹ nanceiras

206.876

254.958

Outras receitas

7.413

12.531

3.159.057

3.592.213

RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES SOBRE AS DEMONSTRAÇÕES CONTà BEIS Ao Conselho Curador e Conselheiros Fundação Aperam Acesita

DESPESAS (nota 7)

Belo Horizonte - MG

Operacionais

(3.160.620)

(3.414.934)

Examinamos as demonstraçþes contĂĄbeis da Fundação Aperam Acesita, que compreendem o balanço patrimonial em 31 de dezembro de 2012 e as respectivas demonstraçþes do superĂĄvit, das mutaçþes do patrimĂ´nio social e dos uxos de caixa para o exercĂ­cio ďŹ ndo naquela data, assim como o resumo das principais prĂĄticas contĂĄbeis e demais notas explicativas.

TributĂĄrias

-

(4)

Financeiras

(14.487)

(3.112)

(3.175.107)

(3.418.050)

(16.050)

174.163

Responsabilidade da administração sobre as demonstraçþes contåbeis

SUPERà VIT (DÉFICIT) DO EXERC�CIO

A administração da Fundação Ê responsåvel pela elaboração e adequada apresentação dessas demonstraçþes contåbeis de acordo com as pråticas contåbeis adotadas no Brasil e pelos controles internos que ela determinou como necessårios para permitir a elaboração de demonstraçþes contåbeis livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro.

As notas explicativas sĂŁo parte integrante das demonstraçþes ďŹ nanceiras.

Responsabilidade dos auditores independentes

FUNDAĂ‡ĂƒO APERAM ACESITA

Nossa responsabilidade ĂŠ a de expressar uma opiniĂŁo sobre essas demonstraçþes contĂĄbeis com base em nossa auditoria, conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Essas normas requerem o cumprimento de exigĂŞncias ĂŠticas pelos auditores e que a auditoria seja planejada e executada com o objetivo de obter segurança razoĂĄvel de que as demonstraçþes contĂĄbeis estĂŁo livres de distorção relevante. Uma auditoria envolve a execução de procedimentos selecionados para obtenção de evidĂŞncia a respeito dos valores e divulgaçþes apresentados nas demonstraçþes contĂĄbeis. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliação dos riscos de distorção relevante nas demonstraçþes contĂĄbeis, independentemente se causada por fraude ou erro. Nessa avaliação de riscos, o auditor considera os controles internos relevantes para a elaboração e adequada apresentação das demonstraçþes contĂĄbeis da Fundação para planejar os procedimentos de auditoria que sĂŁo apropriados nas circunstâncias, mas nĂŁo para ďŹ ns de expressar uma opiniĂŁo sobre a eďŹ cĂĄcia desses controles internos da Fundação. Uma auditoria inclui, tambĂŠm, a avaliação da adequação das prĂĄticas contĂĄbeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contĂĄbeis feitas pela administração, bem como a avaliação da apresentação das demonstraçþes contĂĄbeis tomadas em conjunto. Acreditamos que a evidĂŞncia de auditoria obtida ĂŠ suďŹ ciente e apropriada para fundamentar nossa opiniĂŁo. OpiniĂŁo sobre as demonstraçþes contĂĄbeis

DEMONSTRAÇÕES DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO SOCIAL PARA OS EXERC�CIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E DE 2011 (Expressos em reais - R$) Patrimônio

SuperĂĄvit

social

acumulado

Total

SALDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010

3.545.000

1.559.628

5.104.628

SuperĂĄvit do ExercĂ­cio

-

174.163

174.163

SALDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011

3.545.000

1.733.791

5.278.791

DĂŠďŹ cit do ExercĂ­cio

-

(16.050)

(16.050)

SALDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012

3.545.000

1.717.741

5.262.741

Em nossa opiniĂŁo, as demonstraçþes contĂĄbeis acima referidas apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e ďŹ nanceira da Fundação Aperam Acesita em 31 de dezembro de 2012, o desempenho de suas operaçþes e os seus uxos de caixa para o exercĂ­cio ďŹ ndo naquela data, de acordo com as prĂĄticas contĂĄbeis adotadas no Brasil.

As notas explicativas sĂŁo parte integrante das demonstraçþes ďŹ nanceiras.

Belo Horizonte, 01 de março de 2013.

FUNDAĂ‡ĂƒO APERAM ACESITA DEMONSTRAÇÕES DOS FLUXOS DE CAIXA PARA OS EXERCĂ?CIOS

DELOITTE TOUCHE TOHMATSU

JosĂŠ Ricardo Faria Gomez

Auditores Independentes

Contador

CRC-2SP 011.609/O-8 F/MG

CRC-1SP 218.398/O-1 S/MG

FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E DE 2011 (Expressos em reais - R$)

(DĂŠďŹ cit)/SuperĂĄvit do exercĂ­cio

BALANÇOS PATRIMONIAIS LEVANTADOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E DE 2011

. Depreciação e amortização

(Expressos em reais - R$) 2011

ATIVO

Outros ativos circulantes

2012

2011

PASSIVO

CIRCULANTE Caixa e equivalentes de caixa (nota 3)

2011

(16.050)

174.163

55.239

44.578

39.189

218.741

(24.164)

4.450

(24.164)

4.450

FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS

FUNDAĂ‡ĂƒO APERAM ACESITA

2012

2012

(Aumento) Redução dos ativos . Outros ativos circulantes

CIRCULANTE

Aumento (Redução) dos passivos 1.962.689 33.783

2.072.097 9.619

Fornecedores Obrigaçþes sociais e trabalhistas (nota 5) Outros passivos circulantes

1.996.472

2.081.716

25.850

41.132

91.026

83.072

6.044

2.367

122.920

126.571

. Fornecedores

(15.282)

30.169

. Obrigaçþes sociais e trabalhistas

7.954

(29.332)

. Adiantamento para aplicação em projetos sociais . Outros passivos circulantes

-

(152.046)

3.677

933

11.374

72.915

FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTO PATRIMÔNIO SOCIAL (nota 6)

NĂƒO CIRCULANTE Imobilizado (nota 4) IntangĂ­vel

TOTAL DO ATIVO

3.379.174

3.322.636

10.015

1.010

3.389.189

3.323.646

5.385.661

5.405.362

PatrimĂ´nio social

3.545.000

3.545.000

SuperĂĄvit acumulado

1.717.741

1.733.791

5.262.741

5.278.791

5. 385.661

5.405.362

TOTAL DO PASSIVO

“Deloitteâ€? refere-se Ă  sociedade limitada estabelecida no Reino Unido “Deloitte Touche Tohmatsu Limitedâ€? e sua rede de ďŹ rmas-membro, cada qual constituindo uma pessoa jurĂ­dica independente. Acesse www.deloitte.com/about para uma descrição detalhada da estrutura jurĂ­dica da Deloitte Touche Tohmatsu Limited e de suas ďŹ rmas-membro.

Aquisição de imobilizado e intangível

(120.782)

(114.341)

Caixa aplicado nas atividades de investimento

(120.782)

(114.341)

FLUXO DE CAIXA APLICADO NO EXERCĂ?CIO

(109.408)

(41.426)

Saldo inicial

2.072.097

2.113.523

Saldo ďŹ nal

1.962.689

2.072.097

VARIAĂ‡ĂƒO NO SALDO DE CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA

(109.408)

(41.426)

Caixa e equivalentes de caixa


EDITAIS EDITAL As notas explicativas sĂŁo parte integrante das demonstraçþes ďŹ nanceiras.

DiĂĄrio Popular

Popular SĂĄbado,DiĂĄrio 27 de abril de 2013

     

5 2

Público-alvo: Empregados da Aperam, das Prestadoras de Serviços da Aperam e da Aperam BioEnergia. (g) Programa Cultura e Cidadania

FUNDAĂ‡ĂƒO APERAM ACESITA NOTAS EXPLICATIVAS Ă€S DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E DE 2011 (Em reais - R$, exceto quando indicado de outra forma) 1.

CONTEXTO OPERACIONAL

A Fundação Aperam Acesita (“Fundaçãoâ€?) ĂŠ uma entidade sem ďŹ ns lucrativos, de direito privado, com autonomia administrativa e ďŹ nanceira, sendo sua continuidade garantida pela Aperam Inox AmĂŠrica do Sul S.A. (“Aperamâ€?), sua instituidora e mantenedora. Tem como missĂŁo: “contribuir com o desenvolvimento local, integrado e sustentĂĄvel, visando Ă  melhoria da qualidade de vida da populaçãoâ€?. A Fundação possui as seguintes certiďŹ caçþes/registros:

Objetivo: Promover o crescimento cultural e artĂ­stico da comunidade, identiďŹ car, fortalecer e divulgar os grupos e artistas da regiĂŁo, interagir com outras instituiçþes do setor e realizar açþes que ampliem o acesso da população Ă s diversas formas de manifestação cultural. PĂşblico-alvo: Comunidade, em geral. (h) Programa de Educação Ambiental Objetivo: Contribuir com a proteção e conservação da mata atlântica, por meio da difusĂŁo de conhecimentos e habilidades sobre as questĂľes sĂłcio-ambientais, incluindo comportamentos e prĂĄticas sustentĂĄveis, como forma de manter a biodiversidade local e melhorar a qualidade de vida. PĂşblico-alvo: Alunos e professores de Escolas do Vale do Aço, famĂ­lias voltadas para geração de renda no meio rural, famĂ­lias que moram no entorno das ĂĄreas da empresa, comunidade em geral. 2.

PRINCIPAIS PRĂ TICAS CONTĂ BEIS



Declaração de Utilidade Pública Federal;



Declaração de Utilidade Pública Estadual;



Declaração de Utilidade Pública Municipal;



Registro no Conselho Municipal de AssistĂŞncia Social de TimĂłteo, nĂşmero 007;

As demonstraçþes ďŹ nanceiras foram elaboradas e estĂŁo sendo apresentadas em conformidade com as prĂĄticas contĂĄbeis adotadas no Brasil e de acordo com a resolução do CFC nÂş 1.409/12, que trata das prĂĄticas contĂĄbeis em entidades sem ďŹ ns lucrativos, alĂŠm de observância Ă s disposiçþes contidas na Lei nÂş 11.638/2007 e Lei nÂş 11.941/2009.



Registro no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Timóteo, número 0032/2004.

As principais prĂĄticas contĂĄbeis sĂŁo descritas como segue: (a) Caixa e equivalentes de caixa

A Declaração de Utilidade PĂşblica Federal ĂŠ renovada anualmente, sendo que o prazo de vencimento, considera a data da Ăşltima renovação que foi efetuada em setembro de 2013. As demais Declaraçþes de Utilidade PĂşblica nĂŁo possuem exigĂŞncia de renovação. O Registro no Conselho Municipal de AssistĂŞncia Social ĂŠ vĂĄlido por tempo indeterminado e foi efetuado em 14 de dezembro de 2011. O Registro no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente possui validade de 2 anos, e data da Ăşltima renovação ocorreu em 26 de junho de 2012. A Fundação, nos termos do estabelecido no artigo 150, inciso VI, alĂ­nea c da Constituição Federal de 1988 e, em atendimento ao disposto nos artigos 9Âş e 14Âş do CĂłdigo TributĂĄrio Nacional - Lei nÂş 5.172/66, ĂŠ imune de tributação sobre seu patrimĂ´nio, renda ou prestação de serviços. Tal imunidade encontra-se condicionada Ă  observância dos seguintes requisitos: nĂŁo distribuir qualquer parcela de seu patrimĂ´nio ou de suas rendas a qualquer tĂ­tulo; aplicar integralmente, no paĂ­s, os seus recursos na manutenção dos seus objetivos institucionais; e manter escrituração de suas receitas e despesas em livros revestidos de formalidades capazes de assegurar sua exatidĂŁo. AlĂŠm das declaraçþes acima mencionadas, a Fundação protocolou o processo de nĂşmero 71.000.006949/2012-11, junto ao MinistĂŠrio do Desenvolvimento Social, em 13 de junho de 2012, para obtenção do CEBAS - CertiďŹ cado de Entidade BeneďŹ cente de AssistĂŞncia Social. Este CertiďŹ cado, apĂłs cumpridas as devidas formalidades, darĂĄ direito Ă  isenção das contribuiçþes previdenciĂĄrias, em relação Ă  parte patronal. AtĂŠ a presente data, a Fundação vem recolhendo estas contribuiçþes. Apesar do processo jĂĄ ter sido protocolado para a obtenção do certiďŹ cado, ainda ĂŠ necessĂĄrio a anĂĄlise, da documentação disponibilizada, por parte do MinistĂŠrio do Desenvolvimento Social, para que a Fundação comece a usufruir desta isenção. As açþes da Fundação, abrangem, primordialmente, quatro ĂĄreas de atuação: educação, cultura, meio ambiente e promoção social. A receita da Fundação constitui-se, principalmente, de contribuição mensal de sua mantenedora, de recursos oriundos de outras fundaçþes que apĂłiam projetos sociais e de cursos e eventos culturais. É administrada por uma Diretoria e composta pelos Conselhos Curador e Fiscal e, a sua atuação acontece, preferencialmente, na ĂĄrea de inuĂŞncia de sua mantenedora, ou seja, na regiĂŁo do Vale do Aço e do Vale do Jequitinhonha, nas cidades de Minas Novas, Itamarandiba, Capelinha, Veredinha e Turmalina. Atualmente, a Fundação possui 8 programas/projetos, conforme detalhado abaixo: (a) Programa Vale Cidadania / Desenvolvimento de Comunidades Objetivo: incentivar o desenvolvimento de capacidades de ação coletiva das organizaçþes de base para gerar sustentabilidade; facilitar a aprendizagem social no desenvolvimento dos projetos; fortalecer a capacidade de controle e apropriação da comunidade sobre seus projetos. PĂşblico-alvo: Associaçþes. (b) Programa de Voluntariado Objetivo: Proporcionar aos empregados da Aperam e pessoas da comunidade, a oportunidade de envolvimento em atividades voluntĂĄrias nas entidades e comunidade; promover a integração entre voluntĂĄrios e equipe das entidades; disseminar a cultura do trabalho voluntĂĄrio; disponibilizar competĂŞncias tĂŠcnicas da empresa Ă s entidades sociais; contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos empregados e comunidade. PĂşblico-alvo: Organizaçþes sociais, pessoas e/ou famĂ­lias em situação de risco de exclusĂŁo social. (c) Capacitação e QualiďŹ cação ProďŹ ssional - Instituto do Inox Objetivo: Capacitação proďŹ ssional, especialmente de jovens, para se trabalhar com aço inoxidĂĄvel, alĂŠm de estimular o empreendedorismo e possibilitar a criação de novas empresas e geração de novos postos de trabalho e renda. Criar uma rede de informaçþes que possa promover o desenvolvimento do setor de produção de artefatos em aço inox; capacitação pessoal, aperfeiçoamento tĂŠcnico-gerencial e fortalecimento de relaçþes de cooperação. PĂşblico-alvo: Comunidade, em geral. (d) Programa Andanças Objetivo: Promover a participação, integração, socialização e capacitação dos participantes, levando-os a uma leitura consciente da sociedade, para que se situem em seu espaço e partam para o exercĂ­cio da liberdade em busca de novos caminhos e da melhoria da qualidade de vida. PĂşblico-alvo: Pessoas na 3ÂŞ Idade, principalmente os aposentados e pensionistas. (e) Programa de Melhoria da Qualidade do Ensino nas Escolas PĂşblicas Objetivo: Contribuir para a melhoria da qualidade do ensino, estabelecendo rotina de cooperação e parceria com as escolas pĂşblicas e particulares do municĂ­pio de TimĂłteo e Escolas PĂşblicas do municĂ­pio de Minas Novas, visando acesso, permanĂŞncia e sucesso escolar dos educandos, investindo na capacitação contĂ­nua dos educadores, na otimização da rede fĂ­sica e participação da comunidade. PĂşblico-alvo: Escolas PĂşblicas e particulares do MunicĂ­pio de TimĂłteo e da Cidade de Minas Novas, no Vale do Jequitinhonha, educadores, proďŹ ssionais da educação e alunos. (f) Programa de Melhoria do NĂ­vel de Escolaridade dos Empregados e Pret. De Serviços Objetivo: Promover a melhoria do nĂ­vel de escolaridade dos empregados da Aperam, Aperam BioEnergia e de Prestadoras de Serviço da Aperam, estimular o empregado-aluno pela busca contĂ­nua de seu auto-desenvolvimento.

Incluem os saldos de caixa, bancos e aplicaçþes ďŹ nanceiras de liquidez imediata, que sĂŁo prontamente conversĂ­veis em montante conhecido de caixa e que estĂŁo sujeitas a um insigniďŹ cante risco de mudança de valor. (b) Ativos e passivos ďŹ nanceiros SĂŁo inicialmente mensurados pelo valor justo. Os custos da transação diretamente atribuĂ­veis Ă  aquisição ou emissĂŁo de ativos e passivos ďŹ nanceiros (exceto por ativos e passivos ďŹ nanceiros reconhecidos ao valor justo no resultado) sĂŁo acrescidos ou deduzidos do valor justo dos ativos ou passivos ďŹ nanceiros, se aplicĂĄvel, apĂłs o reconhecimento inicial. Os custos da transação diretamente atribuĂ­veis Ă  aquisição de ativos e passivos ďŹ nanceiros ao valor justo por meio do resultado sĂŁo reconhecidos imediatamente no resultado. Ativos ďŹ nanceiros: Os ativos ďŹ nanceiros estĂŁo classiďŹ cados nas seguintes categorias especĂ­ďŹ cas: ativos ďŹ nanceiros ao valor justo por meio do resultado e emprĂŠstimos e recebĂ­veis. A classiďŹ cação depende da natureza e ďŹ nalidade dos ativos ďŹ nanceiros e ĂŠ determinada na data do reconhecimento inicial. (i) Ativos ďŹ nanceiros ao valor justo por meio do resultado Os ativos ďŹ nanceiros sĂŁo classiďŹ cados ao valor justo por meio do resultado quando sĂŁo mantidos para negociação ou designados pelo valor justo por meio do resultado. Um ativo ďŹ nanceiro ĂŠ classiďŹ cado como mantido para negociação se: 

for adquirido principalmente para ser vendido a curto prazo; ou

 no reconhecimento inicial ĂŠ parte de uma carteira de instrumentos ďŹ nanceiros identiďŹ cados que a Fundação administra em conjunto e possui um padrĂŁo real recente de obtenção de lucros a curto prazo; ou 

for um derivativo que nĂŁo tenha sido designado como um instrumento de “hedgeâ€? efetivo.

Os ativos ďŹ nanceiros ao valor justo por meio do resultado sĂŁo demonstrados ao valor justo, e quaisquer ganhos ou perdas resultantes sĂŁo reconhecidos no resultado. (ii) EmprĂŠstimos e recebĂ­veis EmprĂŠstimos e recebĂ­veis sĂŁo ativos ďŹ nanceiros nĂŁo derivativos com pagamentos ďŹ xos ou determinĂĄveis e que nĂŁo sĂŁo cotados em um mercado ativo. Os emprĂŠstimos e recebĂ­veis (inclusive valores a receber de clientes) sĂŁo mensurados pelo valor de custo amortizado utilizando o mĂŠtodo de juros efetivos, deduzidos de qualquer perda por redução do valor recuperĂĄvel. (iii) Redução ao valor recuperĂĄvel de ativos ďŹ nanceiros: Ativos ďŹ nanceiros, exceto aqueles designados pelo valor justo por meio do resultado, sĂŁo avaliados por indicadores de redução ao valor recuperĂĄvel no ďŹ nal de cada perĂ­odo de relatĂłrio. As perdas por redução ao valor recuperĂĄvel sĂŁo reconhecidas se, e apenas se, houver evidĂŞncia objetiva da redução ao valor recuperĂĄvel do ativo ďŹ nanceiro como resultado de um ou mais eventos que tenham ocorrido apĂłs seu reconhecimento inicial, com impacto nos uxos de caixa futuros estimados desse ativo. Passivos ďŹ nanceiros: Os passivos ďŹ nanceiros sĂŁo mensurados pelo valor de custo amortizado utilizando o mĂŠtodo de juros efetivos. (c) Imobilizado EstĂĄ demonstrado ao valor de custo, deduzido de depreciação e perda por redução ao valor recuperĂĄvel acumulado, quando aplicĂĄvel. A depreciação ĂŠ calculada pelo mĂŠtodo linear Ă s taxas descritas na nota 4. Um item do imobilizado ĂŠ baixado apĂłs alienação ou quando nĂŁo hĂĄ benefĂ­cios econĂ´micos futuros resultantes do uso contĂ­nuo do ativo. (d) ProvisĂľes SĂŁo reconhecidas para obrigaçþes presentes (legal ou presumida) resultante de eventos passados, em que seja possĂ­vel estimar os valores de forma conďŹ ĂĄvel e cuja liquidação seja provĂĄvel. O valor reconhecido como provisĂŁo ĂŠ a melhor estimativa dos montantes requeridos para liquidar a obrigação no ďŹ nal de cada perĂ­odo de relatĂłrio, considerando-se os riscos e as incertezas relativos Ă  obrigação. Quando alguns ou todos os benefĂ­cios econĂ´micos requeridos para a liquidação de uma provisĂŁo sĂŁo esperados que sejam recuperados de um terceiro, um ativo ĂŠ reconhecido se, e somente se, o reembolso for virtualmente certo e o valor puder ser mensurado de forma conďŹ ĂĄvel. (e) Apuração das receitas e despesas As receitas e despesas sĂŁo contabilizadas pelo regime contĂĄbil de competĂŞncia de exercĂ­cios e conforme a resolução do CFC nÂş 1.409/12 que trata dos aspectos contĂĄbeis especĂ­ďŹ cos para entidades sem ďŹ nalidade de lucros. (f) Estimativas contĂĄbeis A elaboração de demonstraçþes ďŹ nanceiras de acordo com as prĂĄticas contĂĄbeis adotadas no Brasil requer que a Administração use de julgamento na determinação e registro de estimativas contĂĄbeis. Ativos e passivos signiďŹ cativos sujeitos a essas estimativas e premissas incluem o valor residual do ativo imobilizado e a provisĂŁo para contingĂŞncias, quando aplicĂĄvel. A liquidação das transaçþes envolvendo essas estimativas poderĂĄ resultar em valores diferentes dos estimados, devido a imprecisĂľes inerentes ao processo de sua determinação. A Fundação revisa as estimativas e premissas pelo menos anualmente.


EDITAIS 3

DiĂĄrio Popular

6 SĂĄbado, 27 de abril de 2013 EDITAL 3.

DiĂĄrio Popular

     

CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA

conservação e limpeza (reajuste de contrato da Conservadora Canårio). 2012

2011

Caixas e bancos

12.117

3.437

1.950.572

465.449

-

1.603.211

1.962.689

2.072.097

Aplicaçþes ďŹ nanceiras (i) Banco do Brasil - CertiďŹ cado de depĂłsitos bancĂĄrio - CDB Banco do Brasil - Fundos DI

(i) Basicamente aplicaçþes de liquidez imediata lastreadas em tĂ­tulos pĂşblicos e depĂłsitos a prazo, com baixo risco de perda de valor quando da realização. A rentabilidade varia entre 93,5% a 99,5% da variação do CertiďŹ cado de DepĂłsito InterbancĂĄrio - CDI. 4.

2012

Terrenos

2011

Depreciação acumulada

2.746.354

Vida Ăştil dos bens

LĂ­quido

LĂ­quido

-

2.746.354

2.746.354

EdiďŹ caçþes

885.415

431.399

454.016

489.434

25 anos

MĂĄquinas e equipamentos

265.139

154.806

110.333

40.744

10 anos

MĂłveis e utensĂ­lios

85.317

45.284

40.033

39.451

10 anos

Computadores e perifĂŠricos

36.355

31.808

4.547

3.521

5 anos

6.591

4.139

2.452

3.132

10 anos

Biblioteca Imobilizado em Andamento

21.439

-

21.439

-

4.046.610

667.436

3.379.174

3.322.636

As aquisiçþes de imobilizado referem-se basicamente a måquinas e equipamentos. Durante o exercício de 2012 não houve alienação do imobilizado. O resumo da movimentação Ê como segue:

Saldo inicial

2011 3.322.636

PARTES RELACIONADAS

Descrição das Receitas

2012

Total de receitas da Fundação Aperam Acesita

3.159.057

100

3.592.213

100

Total de receitas oriundas da Aperam Inox AmĂŠrica do Sul S.A.

2.714.024

86

3.125.708

87

445.033

14

466.505

13

9.

%

2011

%

SEGUROS

As instalaçþes da Fundação Aperam Acesita constam explicitamente na apĂłlice de seguro em nome da Aperam Inox AmĂŠrica do Sul S.A, sendo que as coberturas sĂŁo estendidas a todas as ocupaçþes e instalaçþes do endereço “Alameda 31 de outubro, 500, TimĂłteo-MGâ€?, atual sede da Fundação, no valor de R$600.000, o que ĂŠ considerado pela Administração como suďŹ ciente para cobrir eventuais sinistros, considerando a natureza de suas atividades. 10. INSTRUMENTOS FINANCEIROS

3.253.853

Aquisição

111.340

113.361

Depreciação

(54.802)

(44.578)

3.379.174

3.222.636

Saldo ďŹ nal

8.

Total de outras receitas (diversas)

A Fundação nĂŁo possui bens do ativo imobilizado dado em garantias para transaçþes ďŹ nanceiras ou processos judiciais.

2012

(c) A variação das despesas diversas da Fundação deve-se principalmente à realização, em 2011, de pintura (R$168.122) no centro cultural da Fundação e de serviços preliminares à pintura (R$121.497), que inclui o aluguel, a montagem e desmontagem de andaime e outros. Estes gastos foram aprovados pelo conselho curador em 25 de março de 2011 e que não ocorreram em 2012.

A Fundação Aperam Acesita se mantÊm basicamente com a receita recebida atravÊs de doaçþes e contribuiçþes mensais oriundas principalmente ou atravÊs da Aperam. Esses recebimentos são destinados à manutenção da entidade em benefício da comunidade de Timóteo e região do Vale do Aço e do Jequitinhonha e, são assim demonstrados:

IMOBILIZADO Custo corrigido

(b) Em relação Ă  variação ocorrida na conta “Comunicação Socialâ€?, destaca-se que em 2011, houve contratação da empresa ConexĂŁo Inovação Organizacional e Sustentabilidade Ltda., com o objetivo de prestação de serviços de consultoria para planejamento das atividades da Fundação para o ano de 2012.

Os instrumentos ďŹ nanceiros em aberto em 31 de dezembro de 2012 e 2011 e suas respectivas classiďŹ caçþes, sĂŁo como segue: 2012

2011

12.117

3.437

1.950.572

2.068.660

25.850

41.132

377

616

Ativos ďŹ nanceiros Caixa Ativos ďŹ nanceiros ao valor justo por meio do resultado Aplicaçþes ďŹ nanceiras

5.

OBRIGAÇÕES SOCIAIS E TRABALHISTAS

Passivos ďŹ nanceiros (custo amortizado): 2012

Fornecedores

2011

Outros passivos circulantes Programa de metas por equipe a pagar - PME

17.515

13.739

FĂŠrias a pagar/Retorno de FĂŠrias a pagar

43.298

49.431

Instituto Nacional Seguridade Social - INSS

22.098

15.847

Fundo de Garantia por Tempo de Serviço - FGTS

7.021

3.990

Programa de Integração Social - PIS

361

64

Imposto de Renda Retido na Fonte - IRRF

733

1

91.026

83.072

6.

PATRIMÔNIO SOCIAL

O patrimĂ´nio social foi formado pela doação das ediďŹ caçþes (R$798.646) e terrenos (R$2.746.354), pela mantenedora.

A Administração entende que os instrumentos ďŹ nanceiros ao custo amortizado nĂŁo apresentam variaçþes signiďŹ cativas em relação aos respectivos valores de mercado, pois o vencimento de parte substancial dos saldos ocorre em datas prĂłximas Ă s dos balanços. 11. APROVAĂ‡ĂƒO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTĂ BEIS As demonstraçþes ďŹ nanceiras foram aprovadas e autorizadas para divulgação pela Diretoria em 13 de fevereiro de 2013. CONSELHO CURADOR: 01. AnďŹ lĂłďŹ o Salles Martins 02. ClĂŞnio Afonso GuimarĂŁes - Presidente do Conselho Curador

De acordo com o Estatuto da Fundação Aperam Acesita, o superåvit apurado serå integralmente aplicado no país, na consecução e desenvolvimento de seus objetivos institucionais.�

03. Frederic Jerome Franck Midy 04. SĂŠrgio Mendes Pires 05. Ilder Camargo da Silva 06. JosĂŠ Anchieta de Mattos Pereira Poggiali 07. JosĂŠ Edmar Cordeiro

7.

08. Maria da Conceição Dutra Reis

DESPESAS OPERACIONAIS 2012

Administrativo-Financeiro (a)

2011

804.333

650.385

94.954

138.320

Educação e Cultura

736.739

772.154

Meio Ambiente

367.952

330.025

38.001

27.928

570.813

540.026

-

41.235

Projetos no Vale do Jequitinhonha

235.821

236.086

Instituto do Inox

250.193

281.472

6.515

29.851

Despesas Diversas (c)

55.299

367.422

Despesas Financeiras

14.487

3.146

3.175.107

3.418.050

Comunicação Social (b)

Programa de Geração de Renda - SENAR Promoção Social Rede Municipal de Geração de Trabalho e Renda

Programa ADT

09. Jaime AntĂ´nio Gasparini 10. Paulo Sadi Silochi CONSELHO DIRETOR: Diretor Presidente: Venilson AraĂşjo Vitorino Diretores:

Soraya Aparecida TĂ´rre Ricardo Wagner Pinto Leite

CONSELHO FISCAL: Titulares: Richard AndrĂŠ PerdigĂŁo Mauro de Castro GuimarĂŁes Roberto Manella Suplentes: Frederico Barbosa Resende Geraldo de Assis UlhĂ´a ValquĂ­ria Carvalho ArduĂ­ni

(a) A variação ocorrida na conta “Administrativo-Financeiroâ€?, deve-se aos seguintes pontos: admissĂŁo de 03 em-

RESPONSà VEL TÉCNICO:

pregados em dezembro de 2011 e 01 empregado em junho de 2012, para prestação de serviços de apoio à

ClĂĄudia Aparecida Rodrigues de Souza Silva

ĂĄrea de treinamentos e benefĂ­cios da Aperam. AlĂŠm disso, pode-se destacar tambĂŠm aumento das despesas de

CRC MG-45.770


CIDADES

Diário Popular

Sábado, 27 de abril de 2013

EDUCAÇÃO

Professores pedem diálogo entre Prefeitura e Sindicato

7

SERVIÇOS

Durante ato público na Praça dos Três Poderes os educadores simbolicamente plantaram árvores com suas reivindicações e lembraram os 49 anos da cidade IPATINGA – Os educadores da rede municipal realizaram na tarde de quinta-feira (25), um ato público pela melhoria da educação em frente à Prefeitura de Ipatinga. A mobilização encerrou as atividades da greve nacional dos Trabalhadores em Educação convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Para chamar a atenção da Secretaria Municipal de Educação, os manifestantes plantaram simbolicamente árvores no jardim em frente ao prédio do Executivo. Em cada uma das sete árvores foram escritos os sete frutos que indicam os anseios da categoria: Piso, Carreira, Jornada, Qualidade, Valorização, Transparência, Formação. REFLEXÃO Cida Lima, coordenadora geral do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE/MG) – Subsede Ipatinga, explicou que as árvores conduzem a uma reflexão acerca da qualidade do ensino público no município e das reivindicações dos Trabalhadores.

Welington Silveira

A “Carreta da Saúde” ficará estacionada na praça em frente à Secretaria Municipal de Educação, no Centro Norte

Carreta da Saúde fica cinco dias em Timóteo

A passeata dos educadores, no Centro, não conseguiu chegar ao governador

“Plantamos sete árvores contendo sete frutos cada uma para simbolizar os 49 anos que Ipatinga completa neste ano. Esta é uma forma de refletirmos como se encontra a educação na cidade e fazermos nossas reivindicações”, falou. Os professores foram atendidos pela secretária de Educação Leida Tavares, que recebeu a árvore com os frutos que a categoria espera colher na educação e se comprometeu a continuar o diálogo com o Sind-UTE/MG. CAÇA AO GOVERNADOR Depois de encerrar a ma-

nifestação na Praça dos Três Poderes, os educadores da rede municipal se juntaram aos da Rede Estadual, marcado para acontecer na Praça 1° de Maio. Os professores realizaram passeata pela Avenida Vinte e Oito Abril, em direção à Agência Metropolitana, onde se encontrava o governador, só que, ao se aproximarem da sede do órgão estadual, os manifestantes foram impedidos pelo bloqueio feito por policiais e viaturas da Polícia Militar. Com o impedimento não foi possível entregar a Anastasia uma árvore com os frutos da educação.

TIMÓTEO - O aniversário de 49 anos de emancipação político-administrativa de Timóteo será comemorado também com uma série de ações na área de saúde. Nos dias 29 e 30 de abril e 2, 3 e 6 de maio a cidade receberá a “Carreta da Saúde”, uma parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). A “Carreta da Saúde” ficará estacionada na praça em frente à Secretaria Municipal de Educação, no Centro Norte (alameda 31 de Outu-

bro, n° 405), de 9h às 19h, oferecendo uma série de serviços à população, como exames e palestras educativas. Nestes cinco dias, a população poderá procurar a “Carreta da Saúde” para participar de palestras, aferir a pressão arterial e a glicemia capilar, calcular o Índice de Massa Corporal (IMC) e medir a circunferência abdominal. Além disso, serão distribuídos materiais educativos, preservativos e gotas homeopáticas contra a dengue.

SHOWS

INCLUSÃO

Educação Especial terá ônibus escolares Prefeitura vai adquirir, com recursos do FNDE, dois veículos acessíveis para transporte de alunos com necessidades especiais de Ipatinga IPATINGA - A mobilidade de crianças e adolescentes com necessidades especiais matriculados na rede municipal de ensino de Ipatinga será facilitada por transportes escolares adaptados. A prefeita Cecília Ferramenta recebeu a confirmação do Ministério da Educação (MEC) de que a Prefeitura poderá adquirir, em breve, dois veículos acessíveis por meio do Programa Caminho da Escola, através do convênio com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Edu-

cação (FNDE). Em reunião no MEC no início deste mês, em Brasília, a prefeita Cecília Ferramenta solicitou os veículos para garantir o transporte adequado aos alunos da rede de ensino. Os ônibus escolares foram concedidos à PMI com base no número de alunos cadastrados no Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC), que tem as pessoas com deficiência e até 18 anos como público prioritário. Os dois veículos adaptados

atenderão, além dos alunos portadores de necessidades especiais da rede municipal de ensino, os estudantes da Apae Ipatinga e os residentes na zona rural do município. “Esta foi uma grande conquista, mas não paramos por aqui. Vamos continuar em busca de mais recursos para investir na área de Educação de Ipatinga”, enfatiza a secretária de Educação de Ipatinga, Leida Alves Tavares, que acompanhou a prefeita Cecília Ferramenta em Brasília, na reunião no MEC.

A Banda Lex Luthor, que completa 20 anos em 2013, foi fundada em Divinópolis

Banda Lex Luthor é a atração de hoje em Santana do Paraíso PARAÍSO - As comemorações do aniversário de 21 anos de Santana do Paraíso continuam neste sábado dia 27, na área de festa, a partir das 15h, com a final do tradicional Torneio do Óleo. Em sua 16ª edição o objetivo do Torneio do Óleo é proporcionar aos atletas acima de 40 anos a prática de esporte e lazer, e ao mesmo tempo ajudar as entidades comunitárias da cidade. A final do torneio será entre as equipes Lumar e Nova União, do Bairro Cidade Nova, às 15h, no Estádio Municipal João Bárbara da Silveira.

À noite, a partir das 21h, na área de Festas, a animação fica por conta da dupla sertaneja Johny Marcos e Maurinho, de Belo Horizonte. A grande atração da noite entra no palco a partir das 23h. A banda Lex Luthor promete um show inesquecível para a população de Santana do Paraíso. A Banda Lex Luthor, que completa 20 anos em 2013, foi fundada em Divinópolis por Sávio Fernatti, hoje diretor geral da banda, que já se consagrou em todo o país.


8

CULTURA

Diário Popular

Sábado, 27 de abril de 2013

L I T E R AT U R A

SALÃO DO LIVRO CHEGA A SUA 7ª EDIÇÃO NO VALE DO AÇO Patrocinado pela Usiminas desde 2006, evento literário traz programação gratuita e diversificada para região IPATINGA – Entre os dias 8 e 12 de maio será realizado no Centro Cultural Usiminas, em Ipatinga, o Salão do Livro Vale do Aço. Em sua 7ª edição, o maior evento literário do leste mineiro traz uma programação diversificada e gratuita para a população, com espetáculos teatrais, contação de histórias, cineminha literário e a tradicional feira de livros, com lançamentos e debates. O objetivo é incentivar o hábito de leitura e contribuir para a aproximação de crianças, jovens e adultos com o mundo da literatura. De acordo com a diretora do Instituto Cultural Usiminas, Mariana Martins, o Salão proporciona ambientes que estimulam a interface entre cultura e educação de forma descentralizada e acessível. “Essa é uma oportunidade de incentivar a leitura, a pesquisa e o aprendizado de uma forma dinâmica, por meio de oficinas, palestras e de atrações culturais. O intuito é promover um acesso facilitado ao mundo literário”, explica. Em seis anos de projeto, mais de 140 mil pessoas já participaram das atividades oferecidas.

Cena da peça “Flicts”, do Grupo Encena, um dos espetáculos apresentados durante o Salão do Livro

EDUCAÇÃO Nesta edição, 80% da programação será direcionada aos educadores e alunos. “Nosso objetivo é contribuir com a capacitação e incentivar ainda mais a participação dos professores, que são os multiplicado-

Programação está repleta de oficinas e espetáculos IPATINGA - A programação 7º Salão do Livro Vale do Aço é diversificada e gratuita, envolvendo feira de livros, exposições, debates, espetáculos teatrais, lançamentos de livros, oficinas, mesa-redonda e distribuição de vale-livros. Os espetáculos “A Princesa Engasgada”, do Grupo de Teatro Farroupilha; “Ali na Terra do Nunca”, do Espaço Cultural Casa Laboratório; “FLICTS”, do Grupo Encena, “Zigue-zague de Histórias” e “Carlos, O Menino que Colecionava Pedras”, ambos de Beatriz Myrrha e músicos Gelson Luiz e Leonardo Silva, são as atrações que apresentarão importantes lições as crianças na visitação escolar. Para os educadores, o Salão traz as oficinas “Práticas de Leitura”, do professor Marcos Pierry; “Jogos Teatrais em Sala de Aula: Uma Prática Revisitada”, de Margareth Xavier; e “Oficina 3 em Linha: Uma Vivência em Jogos de

Estratégia”, de Valéria Bastos Notini do Giratoys.

OFICINEIROS

Sucessos na última edição do Salão do Livro, os oficineiros Marcelo Xavier, Cris Götz, Heloisa Davino e Beatriz Myrra voltam ao evento, respectivamente, com as oficinas de “Massinhas”, “Educação Ambiental”, “O Verso Nosso de Cada Dia na Construção do Ser Poético e na Educação do Olhar” e “Destrava-Língua”. Outra novidade deste ano são oficinas “Poranduba” e “Percepções”, do Grupo HistoriArte; de “Máscaras”, ministrada por Willi de Carvalho; “Teatro de Sombras”, de Bernardo Rohrmann e Renata Franca da Companhia de Inventos; “Boneco Natural”, de Paulo Emílio do Terno Teatro. As inscrições para as oficinas devem ser feitas pessoalmente na secretaria do Salão do Livro. Informações pelo telefone 38253858.

res. Para isso, trouxemos nomes do mundo acadêmico para participar das oficinas e ministrar palestras”, detalha a coordenadora do Salão do Livro, Cibele Teixera. Para promover uma maior aproximação, as escolas podem se inscrever para

receber espetáculos teatrais por meio da Ação Educativa, do Instituto Cultural Usiminas, pelo telefone 3829 3731. VALES-LIVRO Outra importante iniciativa é a distribuição de vales-livro

para as escolas municipais, indicadas pela Secretaria de Educação da Prefeitura de Ipatinga e para as demais escolas agendadas nas atividades do Salão. Participantes das oficinas e visitantes também serão contemplados, por meio de sorteios durante as atividades. O intuito é reforçar o incentivo ao consumo de livros. “Queremos levar a criança a descobrir a magia de cada página, o adolescente a redescobrir o prazer da leitura e o adulto o resgate do prazer de ter o livro em suas mãos”, complementa Cibele Teixera. O projeto, que surgiu de uma parceria entre Usiminas e Câmara Mineira do Livro para promover a interiorização da iniciativa, é patrocinado pela empresa desde sua primeira edição. Para Mariana Martins, o apoio reforça a crença da Usiminas de que o Salão do Livro é uma importante ferramenta de democratização da literatura e da cultura. “O evento está alinhado ao foco de investimento da empresa, que busca a inclusão, formação e o desenvolvimento do cidadão”, explica.

PROGRAMAÇÃO - VISITAÇÃO ESCOLAR 8 DE MAIO (QUARTA-FEIRA) Espetáculo: “A Princesa Engasgada” Grupo de Teatro Farroupilha 9h, 14h e 15h30 | 30 | Arena Literária - Jardim Japonês do Centro Cultural Usiminas Sinopse: As histórias de uma camponesa que quer dar uma lição no marido, do camponês que vira médico e da princesa engasgada, que deixa todo o reino em alvoroço por causa da sua doença. Público: infantil | Duração: 50 min. 9 DE MAIO (QUINTA-FEIRA) Espetáculo: “Ali na Terra do Nunca” Grupo de Teatro Casa Laboratório 8h, 9h30, 14h e 15h30 | Teatro do Centro Cultural Usiminas Sinopse: O espetáculo narra a desventura de “Ali”, uma menina órfã de pai e mãe que tem como missão criar uma história inédita. A saga de “Ali na Terra do Nunca” propõe uma bela viagem pelo nosso folclore, fazendo referências aos maiores personagens da literatura infantil. Uma releitura dos contos de fadas, transportados para o sertão brasileiro. Público: infantil | Duração: 50 min. Espetáculo: “Marionetes a Fio” Grupo de Teatro Companhia de Inventos 8h30, 10h, 14h30, 16h | Arena Literária - Jardim Japonês do Centro Cultural Usiminas Sinopse: Inventando e recriando situações do dia a dia das pessoas, brincadeiras da nossa infância, lembranças de um circo, cenas que às vezes nos remetem a um sonho ou a algo fantástico e inusitado. Público: infantil | Duração: 50 min.

10 DE MAIO (SEXTA-FEIRA) Espetáculo: “FLICTS” Grupo de Teatro Encena 8h, 9h30, 14h, 15h30 | Teatro do Centro Cultural Usiminas Sinopse: FLICTS - a história das cores é um texto escrito pelo autor mineiro Ziraldo, no ano que o homem pisou pela primeira vez na lua. Com humor, o espetáculo mostra a aventura de Flicts, uma cor muito esperta que, por ser diferente das outras sete cores precisa usar sua inteligência e coragem para conquistar afetividade, cooperação e encontrar seu lugar no mundo. Público: infantil | Duração: 50 min. Espetáculo: “Zigue-zague de Histórias” Beatriz Myrrha e os músicos Gelson Luiz e Leonardo Silva 8h30, 10h | Arena Literária - Jardim Japonês do Centro Cultural Usiminas Sinopse: Zigue-zague de Histórias é um espetáculo de contos, poemas, brincadeiras e canções infantis de vários povos, repleto de humor, lirismo, encanto e surpresas. Público: crianças a partir de 4 anos | Duração: 50 min. Espetáculo: “Carlos, O Menino que Colecionava Pedras” Beatriz Myrrha e os músicos Gelson Luiz e Leonardo Silva 14h30 e 16h | Arena Literária - Jardim Japonês do Centro Cultural Usiminas Sinopse: “Carlos, O Menino que Colecionava Pedras” traz o universo drummondiano para o seu lugar de origem: poemas, contos, crônicas e entrevistas de quem e para quem enxerga, ouve, sente o mundo de uma forma singular: crianças. Público: crianças de 7 a 9 anos | Duração: 50 min.


CIDADES

Diário Popular

Sábado, 27 de abril de 2013

SAMU REGIONAL

ACS/PMI

ACORDO

9

Emmanuel Franco

José Maria Facundes ressalta que a Convenção Coletiva de Trabalho tem força de lei

CCT define o funcionamento do comércio nos feriados 2013-2014 O secretário de Saúde e técnicos do ministério visitaram o local onde está sendo construída a UPA

Técnicos do Ministério da Saúde visitam Ipatinga Comitiva conheceu instalações do Hospital Municipal, obras da UPA e unidades de saúde, e também discutiu agenda de trabalho para o município IPATINGA - Com objetivo de criar uma agenda de trabalho comum para reestruturação e ampliação dos serviços oferecidos pela rede de saúde de Ipatinga, o município recebeu, nesta quinta-feira (24), comitiva do Ministério da Saúde para um ciclo de reuniões e visitas técnicas. “Este encontro é de fundamental importância a saúde municipal. Para se construir um planejamento, é preciso conhecer as necessidades do município. Este é o motivo desta visita”, destacou o secretário de Saúde de Ipatinga, Eduardo Penna. Os representantes do Ministério da Saúde, acompanhados

de Eduardo Penna, visitaram as obras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, em execução no bairro Canaã, as instalações do Hospital Eliane Martins (Hospital Municipal), que em breve passará por reformas e ampliação, e ainda algumas Unidades Básicas de Saúde que integram a rede municipal. URGÊNCIA Um dos principais itens debatidos durante a visita técnica foi a efetivação da Rede de Urgência e Emergência no Vale do Aço, com a implantação do SAMU Regional (192) e a qualificação das portas hospitala-

res estratégicas. Atualmente, Ipatinga já é referência regional na prestação destes serviços. De acordo com Eduardo Penna, outro avanço já assegurado pelo Ministério da Saúde é o investimento para atenção básica de Ipatinga. Para os projetos, em fase final de aprovação, estão previstos aportes de R$ 1,5 milhão do governo federal. Os recursos são destinados para reforma, reestruturação e ampliação das unidades de saúde de Ipatinga, e a contrapartida do município é de R$ 500 mil. A previsão é iniciar as obras no início do segundo semestre deste ano.

LAZER

Feira Orgânica do Floresta recebe show no domingo FABRICIANO – No próximo domingo (28), a partir das 10h, a Feira Orgânica do Floresta recebe o projeto “Arte e Música na Praça”. A atração da vez é a dupla de pop rock Paul Cote. Por meio da iniciativa, a Prefeitura de Fabriciano busca promover a integração da comunidade ao

reunir música, lazer e gastronomia, com barracas de comidas típicas e artesanato. O projeto é realizado uma vez por mês em uma das tradicionais feiras do município. Aos sábados, a Feiracel acontece na Praça da Bíblia, no Melo Viana. Aos domingos, a partir

das 8h, o Centro Social Urbano (CSU) do bairro Floresta recebe a Feira Orgânica, onde são vendidos legumes, frutas e hortaliças sem agrotóxicos produzidos e comercializados por agricultores da Serra dos Cocais. O local funciona junto à feira de alimentos e artesanato.

IPATINGA – Foi assinada na quinta-feira (25), em Ipatinga, a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) que autoriza o funcionamento de supermercados, açougues, casas de carne, mercearias, varejões, sacolões e hortifrutis nos próximos feriados. ABERTURA Os estabelecimentos comerciais do segmento poderão abrir as portas na próxima segundafeira, dia 29 de abril (aniversário da cidade), e nos dias 30 de maio (Corpus Christi), 7 de setembro (Independência do Brasil), 12 de outubro (Nossa Senhora da Aparecida), 2 e 15 de novembro, Finados e Proclamação da República, respectivamente. Também fica autorizada a abertura dos estabelecimentos no dia 29 de abril de 2014. O Sindcomércio (Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços) Vale do Aço e o Seci (Sindicato dos Empregados no Comércio de Ipatinga) negociavam a abertura das lojas do setor há semanas, sendo a CCT firmada após muito diálogo. “Fizemos uma minuciosa consulta com o empresariado local antes de ir para a mesa de discussão com o Seci. Sabemos que o que foi firmado é a vontade do comerciante, que nos reivindicava há muitos meses a abertura de seus estabelecimentos nessas datas”, afirma José Maria Facundes, presidente da entidade patronal. FECHAMENTO A CCT assinada entre os dois sindicatos ainda prevê que supermercados, açougues, ca-

sas de carne, mercearias, varejões, sacolões e hortifrutis deverão ficar fechados nos feriados de 1º de maio (Dia do Trabalhador), 15 de agosto (Assunção de Nossa Senhora) e 25 de dezembro (Natal) de 2013. No ano que vem, os comerciários que atuam no segmento também não trabalharão em 1º de janeiro (Confraternização Universal), 3 de março (segunda-feira de Carnaval), 18 e 21 de abril (Sexta-eira da Paixão e feriado de Tiradentes) e, ainda, no 1º de maio (Dia do Trabalhador). Os sindicatos também definiram que supermercados, açougues, casas de carne, mercearias, varejões, sacolões e hortifrutis ficarão abertos até as 20h nos dias 24 e 31 de dezembro de 2013. “A lei prevê que estabelecimentos comerciais não podem utilizar a mão de obra de seus funcionários nos feriados, salvo por convenção coletiva de trabalho. Então é uma grande conquista para nós a abertura das lojas do segmento nestas sete datas”, conclui o presidente do Sindcomércio.

Funcionamento do Comércio Aberto: 2013 29 de abril (Segunda-feira) 30 de maio (Quinta-feira) 7 de setembro (Sábado) 12 de outubro (Sábado) 2 de novembro (Sábado) 15 de novembro (Sexta-feira)

2014 29 de abril (Terça-feira) Fechado: 2013 1º de maio (Quarta-feira) 15 de agosto (Quinta-feira) 25 de dezembro (Quarta-feira) 2014 1º de janeiro (Quarta-feira) 3 de março (Segunda-feira) 18 e 21 de abril (Sexta e segunda-feira) 1º de maio (Quinta-feira)


10

LAZER

Diário Popular

Sábado, 27 de abril de 2013

REVOLUTION

Saudações beatlemaníacas! (*) Ronildo Bacardy

Na semana passada contei aqui os detalhes das canções “Sgt. Peppers...” e “Penny Lane”, que mesmo com sucesso enorme ficaram de fora do álbum do Sargento Pimenta. Hoje, você fica sabendo detalhes do encontro que JPG & R tiveram com o guru Maharishi e a viagem para a Índia. Boa leitura!

TEMPO DE ESPIRITUALIDADE Em 1967, a Meditação Transcendental atraiu a atenção de George Harrison, que entusiasmado pela leitura de Autobiografia de um Iogue do Paramahansa Yogananda contagiou os outros Beatles com os seus anseios místicos. Assim, em 24 de agosto de 1967, os Beatles encontraram-se com o Maharishi Mahesh Yogi no Hotel Hilton de Londres. Poucos dias depois, foram para Bangor, norte do País de Gales, para assistirem uma conferência “inicial” de fim de semana. Lá, o Maharishi deu a cada um deles um mantra. Maharishi, algo agastado com a cisão ocorrida no movimento inglês, não desperdiçou esta oportunidade única de se associar às pessoas mais famosas e populares do seu tempo e de divulgar a Meditação Transcendental junto das massas juvenis. Foi o que aconteceu: em breve, milhares de jovens hippies e de estudantes acorriam às

palestras que o sorridente e pequeno guru – ele tinha 1,65m – dava nas universidades e nos centros de Meditação Transcendental nos EUA e da Grã-Bretanha, para aprenderem a meditar à semelhança dos seus ídolos, os Beatles. Em 1968, os Beatles viajaram com Maharishi até à sua Academia de Meditação em Rishikesh, nos Himalaias, na companhia de outras celebridades como Mia Farrow, Donovan e Mike Love dos Beach Boys. Os Beatles relaxaram, meditaram, mas também, ao que parece, consumiram drogas leves, sem o conhecimento de Maharishi. Segundo a lenda beatlemaníaca, foi um dos períodos mais produtivos de John Lennon, que escrevia várias canções por dia, que mais tarde fariam parte do White Album, mais conhecido como “Álbum Branco”. Contudo, teria havido um desentendimento entre os Beatles e Maharishi, por con-

ta de chegar ao conhecimento de Maharishi de que os Beatles estariam tomando drogas dentro de sua Academia de Meditação em Rishikesh o que deixou Maharishi muito incomodado por esta atitude no que resultou na saída dos Beatles da Academia de Meditação. Os Beatles não gostaram de ser repreendidos por Maharishi por estarem tomando drogas onde era suposto seguirem uma rotina dedicada inteiramente para a espiritualidade, mas também por rumores de que Maharishi havia dado uma cantada em Mia Farrow e que ele mantinha relações sexuais com suas discípulas, já que a meditação pregava que eles eram “homens acima do sexo” e isso pode ser visto na música dos Beatles, “Sexy Sadie”, por exemplo. (continua...).

entrar em sua casa. Alberto mostra a Ester o CD e a carta de Cristal para Cassiano. Ester se sente traída por Cassiano.

foi sua chegada à boate. Russo fala para Irina que sabe onde Morena está. Lucimar adverte Nilceia a não levar o homem suspeito para sua casa. Rayanne pega o resultado do exame de DNA de Lurdinha. Pescoço pede para Sidney comentar com Delzuite que ele irá para a Estudantina. Érica avisa a Élcio que ele será o culpado caso algo aconteça com ela ou seu bebê. Théo chega mais cedo para o embarque e vê Lívia no aeroporto. Almir explica a Morena como ela trabalhará disfarçada. Sheila afirma a Lucimar que conseguirá ajudar Helô na investigação contra a máfia de Lívia.

Horóscopo do dia ÁRIES Você agora percebe o que é realmente importante e que está muito além da matéria. Deve praticar o desapego, condição necessária a um renascimento pessoal profundo. Pode estar se sentindo assoberbado por questões financeiras. Perceba suas atitudes emocionais com o dinheiro.

LIBRA Momento muito importante de definições em relação a recursos pessoais, libriano. Questões financeiras estão em fase de resolução, mas é preciso reavaliar o que considera importante. Mudança de valores e na forma como lida com os seus recursos é fundamental agora.

TOURO O Sol em seu signo está oposto à Saturno. Teste de maturidade e de responsabilidade. Os relacionamentos demandam muita maturidade. Vínculos estão sendo revistos e aprofundados. Amorpróprio é condição essencial para boas relações. Há coisas que somente você pode arcar.

ESCORPIÃO Evite excessos materiais para compensar inseguranças emocionais, escorpiano. Foque no que é valioso, no que tem o poder de lhe transformar e curar velhas feridas. Esteja ciente de que há coisas que somente você pode resolver por si. Não responsabilize os outros.

GÊMEOS Procure equilibrar a dedicação às atribuições cotidianas e o descanso necessário. No momento atual pode estar se sentindo oprimido pelo excesso de demandas, geminiano. Seja verdadeiro e não deixe que as dificuldades, atrasos e dúvidas lhe paralisem.

SAGITÁRIO A Lua em seu signo está em contato desafiador com Netuno. Atenção com as ilusões. Situações que pedem sensibilidade, compaixão, afeto incondicional, sagitariano. Não lute contra a corrente. Não oponha resistência às mudanças que são necessárias a você.

CÂNCER Importantes realizações envolvendo empresas e amigos. Mas que requerem maturidade. Procure equilibrar a dedicação dada a questões objetivas e aos seus sentimentos, canceriano. A vida afetiva passa por uma prova de amadurecimento. Um tudo ou nada emocional. LEÃO De que valem as ambições e as realizações se não estão ancoradas no coração leonino? O momento pede coragem para encarar os seus receios internos e amadurecer. O que é valioso? Certamente não são apenas as conquistas profissionais e materiais, leonino. VIRGEM Atenção com a tendência a ilusões, excessos e julgamentos equivocados. Seja coerente com a sua verdade interna e saiba compartilhá-la em seus relacionamentos. Não seja cético, virginiano. Saiba olhar por detrás das aparências e enxergar o essencial.

CAPRICÓRNIO Amadureça nas questões afetivas e nos propósitos que tem junto a outras pessoas. Momento importante de reflexões e de decisões afetando o âmbito da amizade e do amor. Não fuja das dificuldades. Encare-as com maturidade. Responsabilize-se, capricorniano. AQUÁRIO Acordos importantes podem ser feitos hoje com parceiros e sócios - anote na agenda convites, eles terão tudo pra frutificar nos próximos meses! Viagens, transações com estrangeiros, assuntos da lei em destaque- urgências a resolver. PEIXES Cuidado com propósitos e ambições que não tenham um respaldo concreto, pisciano. Aprimore conhecimentos, perceba melhor como está se comunicando e interagindo com as pessoas. Momento oportuno para compreender suas responsabilidades e o que é valioso.

CINE DO VALE DO AÇO

(*) Ronildo Bacardy é jornalista e beatlemaníaco (ronildobacardy@yahoo.com.br)

RESUMO DE NOVELAS FLOR DO CARIBE Alberto avisa a Ester que pedirá a guarda das crianças se ela se separar dele. Ester finge acreditar em Gonzalo e afirma para o delegado que ele deve prender Cassiano. Ester pede a Doralice que ligue para Cassiano e avise para ele se esconder. Doralice pede a Juliano que esconda Cassiano em seu barco. Ester avisa a Cassiano que Alberto trouxe um delegado para prendê-lo. Olívia não deixa Gonzalo

GUERRA DOS SEXOS Reprise do último SALVE JORGE

Um policial disfarçado protege Morena e Russo não consegue se aproximar. Morena conta para Jô como

HOMEM DE FERRO 3 (DUBLADO) Sala 1 - Diariamente: 14h40 - 17h20 - 20h00 HOMEM DE FERRO 3 (DUBLADO) 3D Sala 2 - Diariamente: 13h40 - 16h20 - 19h00 HOMEM DE FERRO 3 (LEGENDADO) 3D Sala 2 - Diariamente: 21h40 OBLIVION (DUBLADO) Sala 3 - Diariamente: 16h45 - 21h10 VAI QUE DÁ CERTO (NACIONAL) Sala 3 - Diariamente: 14h50 - 19h15


SOCIAL

Diário Popular

Sábado, 27 de abril de 2013

11

Novos Aprendizes dorachaves.2008@gmail.com

Esta semana, a Aperam South America abriu uma nova oportunidade para os jovens que buscam qualificação profissional para atuarem mercado de trabalho. O programa Aprendiz de Ofício Aperam vai oferecer a formação no novo cursode Operador de Processos

Siderúrgicos. Em três dias, a Empresa recebeu 373 inscrições para 20 vagas. Desde 2012, o programa está sendo realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), instituição Aperam Timóteo. Informe-se pelo telefone 3849-7000

Prefeita Rosângela Mendes, Junior Damasceno e Marcos da Luz se preparam para “receber bem” em Coronel Fabriciano na próxima segunda feira

Pães e quitandas

Após o sucesso do ano passado, o Festival “Pães e Quitandas de Minas”, organizado pela Amipão – sindicato e associação mineira da Indústria da Panificação, em parceria com o ItPC e Sebrae Minas - já está com inscrições abertas. Nesta segunda edição do Festival Pães e Quitandas de Minas, as

padarias devem criar receitas com dois itens obrigatórios: milho e leite. Os interessados devem entrar em contato com o ItPC – Instituto tecnológico de apoio à Panificação e Confeitaria. Para outras informações e inscrições, as padarias podem entrar em contato com o ItPC no telefone (31) 2101-9999.

Sempre a postos, Damille e Soraya Rolla

Diário Social Prestigiando a Acicel/CDL, Tenente Thiago Ferraz e Capitão Jésus Cássio

Três filhotinhos

Kaya Dantas, a cadelinha pincher de Adriana Dantas, deu a luz a três filhotinhos fruto de seu namoro com o cãozinho de Adelson e Alessandra. Para comemorar doToninho Professor, vice prefeito de Belo Oriente, comemorando seu aniversário com o prefeito Pietro Chaves

Visita importante

A prefeita de Ipatinga, Cecília Ferramenta, recebeu em audiência, na quinta-feira, dia 25, o presidente da Usiminas, Julián Eguren, acompanhado do vice-presidente Comercial, Sérgio Leite, e o vice-presidente industrial, Marcelo

Chara. Na pauta da reunião, a prefeita conversou sobre diversos projetos para áreas de educação, saúde, cultura, esporte e lazer, que estão em processo de elaboração técnica e requerem a participação de agentes públicos e privados.

mingo, véspera de feriado, uma sopa de galinha será servida para alguns convidados na bela casa onde mora com seus donos, Adriana e Chico Souza.

Passeio na natureza

Alessandro de Sá, cheio de energia, se reúne amanhã com os amigos que aparecerem para um passeio na com a natureza. Bem cedinho subirão a Serra dos Cocais, passando pelo bairro Caladão em Coronel Fabriciano, fazendo a primeira parada no Mirante dos Cem Homens. Em seguida passarão pelas comunida-

des Rurais dos Cocais de Cima e de Baixo, parando para o almoço ou lanche reforçado. Na sequência continuaram subindo a serra até a lagoa do Teobaldo em Antônio Dias (aproximadamente a 1000 metros de altitude), todo percurso feito de automóvel. Um grande passeio para começar o feriado.

Fabio Rabin será atração no Centro Cultural Usiminas no próximo dia 2 de maio a partir das 21h. A duração é de uma hora. A classificação é 14 anos. O valor do ingresso é R$70,00 inteira e R$35,00 meia. Promocional a R$ 30,00 na Loja Top Brands Store, Bom Retiro 8771-7788. Fábio Rabin integrou a trupe do Pânico na rádio e na TV onde fez os quadros “Na Madruga” e “Beijo na Boca ou Tapa na Cara”. . . . . . . . . . . . . . . Toninho Professor, vice-prefeito e Secretario de Educação e Cultura, completou no último dia 25, 47 anos de vida. Na oportunidade, o prefeito Pietro Chaves, colegas, secretários e funcionários de vários departamentos da Prefeitura se reuniram para cantar o “parabens pra você”. Antes houve um momento de preces, com uma oração feita pelo prefeito e Pai Nosso por todos os presentes. . . . . . . . . . . . . . . Hoje à noite tem Brahma Fest no Ipaminas, a partir das 23h, com as bandas Marcos e Luan e Bráulio e Ricardo. Ingressos podem ser encontrados na portaria por R$15,00. Informações no telefone 8770-9195 . . . . . . . . . . . . . . O Choupana mais uma vez enfrentou um incêndio, na tarde de sexta-feira, dia 26. Os moradores da vizinhança mal conseguiam respirar diante de tanta fumaça. . . . . . . . . . . . . . . Ipatinga vai comemorar seu aniversário com uma bela atração; Relber & Allan. . . . . . . . . . . . . . . Em Santana do Paraíso tem bolo de aniversário com 21 metros, banda Lex e Lutor, Paulo & Silas, Johny Marcos e Maurinho e muito mais atrações. O prefeito Zizinho caprichou para comemorar a maior idade da cidade. . . . . . . . . . . . . . . Em Timóteo a festa também será muito animada.


12

ESPORTES

Diário Popular

Sábado, 27c de abril de 2013

M E T RO P O L I TA N O

Jane Aguiar

A equipe é composta pelos atletas Adriana Brandão, Alex Karllyson, Ana Laura Teixeira, Cauã Watanabe, Henrique Faier e Matheus Shimizu

Seis nadadores da Usipa disputam Torneio em BH IPATINGA - A equipe de Natação Sicoob Vale do Aço/Usipa, composta por seis nadadores, disputa neste sábado (27), em Belo Horizonte, o Torneio Metropolitano Mirim Petiz. O torneio será realizado no Minas Tênis Clube e o Sicoob Vale do Aço/Usipa será representado pelos atletas, Adriana Brandão, Alex Karllyson, Ana Laura Teixeira, Cauã

Watanabe, Henrique Faier e Matheus Shimizu. Esta é a segunda competição do ano para essa faixa etária, que vai de 9 a10 anos (Mirim) e11 a 12 (Petiz). Segundo o técnico da equipe, Alexandre Watanabe, “o objetivo é realizar um preparatório para o Torneio Sudeste Mirim e Petiz que será realizado em maio”, disse.

O retrospecto do ServiGol é positivo até o momento com 6 vitórias, 1 empate e duas derrotas

Time de futebol da Câmara enfrenta combinado de Itabira IPATINGA - O time de futebol da Câmara Municipal de Ipatinga participará de um jogo amistoso domingo (28) às 9h no campo do Iguaçu, em Ipatinga. O adversário será o Explanada, um combinado de Itabira. No último jogo entre as duas equipes, o time da Câmara levou a melhor e venceu por 3x1. Os vereadores

que estarão presentes são: Roberto Carlos; Nilsin da Transnil; Juarez Pires; Adiel; Toninho do Bethânia e Jadson, além da presença do presidente da Casa, Ley do Trânsito. O retrospecto do ServiGol – nome do time da Câmara Municipal de Ipatinga – é muito positivo até o momento, com 6 vitórias, 1 empate e duas derrotas.

MINEIRO

Atlético inicia contra Tombense o mata-mata BH - Iniciando a disputa por uma vaga na final do Campeonato Mineiro, o Atlético enfrenta o Tombense às 16h deste sábado, no estádio Almeidão, em Tombos, no jogo de ida da semifinal. “Agora, começa o mata-mata. São quatro partidas para você ser o campeão. Vamos jogar a primeira partida fora e a segunda em casa. Estávamos preparados para jogar em casa, de repente, mudou, mas vamos jogar, sem problema, com respeito ao adversário, que tem feito uma grande campanha”. “Esperamos fazer um grande jogo e conseguir um bom resultado para ter uma tranquilidade maior na segunda partida, mas é jogo duro”, completou Cuca. Para o confronto, o Galo deverá contar com a volta de Bernard e Diego Tardelli.

Para o confronto, o Galo deverá contar com a volta de Bernard e Diego Tardelli

G P I PAT I N G A 49 A N O S

Kart Clube homenageia o aniversário da cidade IPATINGA - Os amantes de esportes de velocidade têm encontro marcado na noite deste sábado (27), a partir das 18h, no Kart Clube Ipatinga (KCI), para assistir ao “Grande Prêmio Ipatinga 49 Anos”. A corrida é válida pela 2ª Etapa da Copa Vale do Aço de Kart, com entrada franca, e faz parte do calendário de comemorações do aniversário de emancipação político-administrativa do município. De acordo com a organização, 30 pilotos inscritos deverão participar da corrida. A programação da etapa noturna disputada no Kartódromo Emerson Fittipaldi será iniciada com o aquecimento e tomada de tempos, a partir das 18h. A categoria Cadete terá pilotos de até 12 anos, percorrendo o circuito em 15 voltas. LARGADA Em seguida ao hasteamento de

A corrida noturna, com entrada franca, é válida pela 2ª Etapa da Copa Vale do Aço de Kart

bandeiras, previsto para as 19h, será realizada a primeira bateria da categoria Super 400 Light. Na sequência vão acontecer a etapa única da categoria Standart 400 e o concurso de manobras radicais com apresentações dos grupos Mav Welling e Motoshow, de Ipatinga. Na última atração da noite, acontecerá a segunda bateria da Super 400 Light. O Kartódromo Emerson Fittipaldi, administrado pelo KCI, foi

inaugurado em 1982, se tornando um dos melhores do país e referência para pilotos consagrados, como Rubens Barrichello, Christian Fittipaldi e Tony Canaã, e também recentes promessas do automobilismo nacional, como Alberto Valério, Felipe Nars, Sérgio Ximenes e tantos outros. A pista já sediou diversas edições do Campeonato Brasileiro de Kart, Copa Brasil e Campeonatos Mineiros e do Sudeste.


27/04/2013