Page 1

DIÁRIOPOPULAR W W W. D I A R I O P O P U L A R M G . C O M . B R

Região Metropolitana do Vale do Aço - Ano VlI - Número 1.799 - Quinta-feira, 24/10/2013 - R$ 1,00

A LTA P E R I C U L O S I D A D E

PM reforça segurança no Fórum para audiência de Filipin Branco Sob forte esquema de segurança, aconteceu ontem (23) no Fórum de Ipatinga a primeira audiência do bando que teria cometido diversos arrombamentos e explosões de caixas eletrônicos na região. O líder da quadrilha, Fillipe Moreira Quirino, o Filipin Branco, 21, também esteve na cidade para prestar depoimento em juízo. Ao todo, oito pessoas foram apontadas como integrantes do bando e responderão por formação de quadrilha, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e restrito, uso de drogas, receptação e corrupção de menores. Filipin também é investigado por dois assassiPágina 5 natos.

André Almeida

Câmara faz diligência do Orçamento para 2014 A Comissão Especial de Legislação e Justiça da Casa, nomeada para dar parecer ao orçamento de 2014, diligenciou a Lei de Diretrizes Orçamentárias, após reunião ocorrida na tarde desta quarta-feira (23). o orçamento foi protocolado na Câmara, com um aumento de R$ 100 milhões em relação ao valor descrito no PPA. “Os dois projetos andam em consonância, devem estar alinhados e estamos cobrando esclarecimen-

tos do porquê deste aumento”, comentou o contador da Câmara, Nilson Silva. Os técnicos ainda informaram que os argumentos que justificam esse aumento são frágeis. “Descrever que o município espera R$ 100 milhões a mais, apenas atribuindo este volume a aumento na arrecadação de impostos como o IPVA, FPM, ICMS e IPTU e não explicar como isto ocorrerá, torna o orçamento incompleto”, avaliam. Página 3

L E G I S L AT I V O

Sorteio define ordem dos mandatos da Câmara Mirim Policiamento reforçado: carros e agentes de forças de segurança estiveram ao longo de toda a tarde rondando o Fórum

SOB ENCOMENDA

SAÚDE

MPF apura consequências Júri condena ex-policial do benzeno na Usiminas por assassinato de ladrão O Ministério Público Federal (MPF) apura as consequências do uso irregular de amianto pela Usiminas, assim como os efeitos da exposição de seus trabalhadores ao benzeno, que é uma substância altamente cancerígena, capaz de provocar redução da medula óssea, com inibição da produção de plaquetas, leu-

FINANÇAS PÚBLICAS

cócitos e hemácias. A fiscalização, requisitada pelo Ministério Público Federal, constatou a “existência de risco grave e iminente, capaz de provocar o adoecimento ocupacional dos trabalhadores, decorrente da exposição ao benzeno, substância carcinogênica, acima dos limites permitidos pela legislação”. Página 3

O policial militar reformado Valdeci José Vieira, 54 anos, foi considerado culpado pela morte de Cleber Cota Couto, ocorrida em 2004. O policial teria agido a pedido de Sinval Coelho dos Santos, que havia sido roubado pela vítima. Segundo as investigações da época, Cleber subtraiu uma quan-

tia em dinheiro de Sinval, que, para se vingar, contratou por R$ 1.200 os serviços de Valdeci e de uma terceira pessoa: Juarez de Souza Oliveira, que ainda não teve data de julgamento marcada. Segundo os autos do processo, Valdeci faria parte de um grupo de extermínio que agia na região. Página 5

Foram definidos os mandatos da quarta legislatura da Câmara Mirim. Após a apuração no plenário da Câmara Municipal de Ipatinga, os 76 mirins eleitos foram divididos em quatro grupos (mandatos) de 19 vereadores, que se revezarão durante dois anos. A estudante do 8º ano do Colégio São Francisco Xavier, Nardyelli Carvalho Rocha, filha do ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Ipatinga, Nardyello Rocha, foi eleita a segunda vereadora mirim mais votada para a

ACS CMI

Nardyelli Carvalho Rocha foi a 2ª vereadora mirim mais votada

Câmara. Ela obteve 221 votos, nas sessões eleitorais de nove esPágina 4 colas de Ipatinga.

CORTE E COSTURA

ACS PMT

DIAGNÓSTICO

Cidades da região fazem prevenção de câncer bucal Em comemoração ao Dia do Cirurgião Dentista (25) e Semana da Saúde Bucal, a Prefeitura de Fabriciano promove ações de prevenção à saúde bucal. Na sexta-feira (25), das 7h às 11h e das 13 às 17h, serão ofertados à população exames para o diagnóstico precoce de câncer bucal. O serviço é gratuito e será realizado por cirurgiões dentistas da rede municipal de Saúde no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). Também em Ipatinga.

a Prefeitura Municipal, em parceria com o Conselho Regional de Odontologia (CRO) de Minas Gerais, promove nesta sextafeira (25) uma campanha para o diagnóstico precoce e prevenção do câncer bucal. A ação acontecerá no CEO, anexo à Policlínica Municipal, no bairro Cidade. A unidade funcionará de 8h às 18h, para a realização de exames de diagnóstico de câncer bucal (lábios, mucosa bucal, gengivas, palato duro, língua oral e “assoalho” da boca). Página 6

O curso caminha para o segundo módulo e deverá formar, até meados do próximo ano, cerca de 100 novas costureiras

ARTE NO BOSQUE - O Bosque da Fundação Aperam Acesita já recebeu milhares de pessoas no primeiro fim de semana de atividades ao ar livre do 14º Festival Arte Viva. Foram adultos, idosos e adolescentes que curtiram os shows de Saulo Laranjeira, Geraldo Azevedo e o espetáculo de teatro adulto “Cabaré Vagabundo”. Porém, a tarde da última terça-feira (23), foi dedicada às crianças. Mais de 800 alunos das escolas públicas de Timóteo se reunirem em frente ao palco montado no Bosque para assistir o teatro infantil “Trem de tudo nessa Rua”, do grupo Espaço Casa Laboratório, de Ipatinga. A noite desta quinta-feira (24), será dedicada a boa música sertaneja de raiz. A partir das 20h30, o palco do 14º Festival Arte Viva vai receber o grupo Viola no Trilho em um show que promete relembrar os grandes clássicos da viola caipira.

Alunas comemoram nova fase do curso Alunas do curso de Corte e Costura, oferecido pela Prefeitura de Timóteo comemoram a oportunidade de seguirem com a atividade de profissionalização no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Iniciado no último mês de setem-

bro, o curso caminha para o segundo módulo e deverá formar, até meados do próximo ano, cerca de 100 novas costureiras. Os cursos são ministrados por professoras do CRAS no Centro Sul, Cachoeira do Vale, Ana Moura e Limoeiro. Página 6


2

Diário Popular

OPINIÃO

Quinta-feira, 24 de outubro de 2013

FRASES “Não é a Constituição que dá vergonha na cara a deputado e senador que vota com base em liberação de emenda parlamentar, aquele que vota no escurinho do voto secreto”. Do senador Pedro Taques (PDT-MT), favorável ao fim do voto secreto na Câmara e Senado.

“Eu, presidenta da República, sou uma pessoa que tenho todos os dias de estudar. Não pensa que é mole, não.” Da presidente Dilma Rousseff em cerimônia de formatura de alunos do Pronatec, em BH.

“O governo não sustenta, não propõe essa revisão, mas não interdita qualquer debate.” Da ministra Maria do Rosário (Direitos Humanos) sobre um eventual debate a respeito da revisão da Lei da Anistia.

TEMPO IPATINGA Quinta 24/10 MÁXIMA: 36º C MÍNIMA: 16º C Parcialmente nublado com Névoa úmida UMIDADE MÁXIMA: 95% UMIDADE MÍNIMA: 45%

www.diariopopularmg.com.br DIRETOR RESPONSÁVEL Fernando Benedito Jr. EDITOR RESPONSÁVEL Fernando Benedito Jr. O DIÁRIO POPULAR é uma publicação da A Gazeta Metropolitana Editora e Gráfica LTDA. CNPJ 07.366.171/0001-88 FALE CONOSCO Telefone: 3827-0369. diariopopular.redacao@gmail.com ADMINISTRAÇÃO E REDAÇÃO Avenida JK, 1290, bairro Jardim Panorama, CEP 35.164-245. OFICINA Rua Anápolis, 55, Veneza II, Ipatinga.

ESPAÇO PÚBLICO

ARTIGO

Minas ganha novo espaço cultural

O fim do direito absoluto à propriedade

O governador Antonio Anastasia participou na terçafeira (22), em Belo Horizonte, da inauguração da Galeria de Arte do Centro Cultural Minas Tênis Clube. O novo espaço vai abrigar o trabalho de jovens artistas e de artistas convidados, exposições de circulação nacional e mostras históricodocumentais. “Vivemos, felizmente, um momento extremamente positivo da cultura em nosso Estado, não só com a inauguração de diversos equipamentos dignos das melhores exposições, performances e espetáculos, mas, sobretudo, pelo conteúdo deles. A nossa capital, através dos esforços não só do poder público, mas também do setor privado, com

(*) André Carpe Neves

esses espetáculos e iniciativas, que se somam a outros equipamentos já existentes, está se preparando para receber de braços abertos não só os artistas plásticos mineiros, tão reconhecidos pelo talento, mas também nacionais e internacionais”, res-

saltou o governador. A exposição de estreia da Galeria é da artista Tomie Ohtake, nascida no Japão e naturalizada brasileira. A mostra inclui cerca de 50 obras entre pinturas, gravuras e esculturas e ficará em exposição até fevereiro de 2014.

ARTIGO

Terceirização: a hora da verdade

(*) Genival Beserra Leite

Não li... e não gostei. Assim se poderia descrever a reação de muitas pessoas, entre elas lideranças sindicais, parlamentares e representantes de entidades importantes, sem falar na imprensa, que se colocam contra o Projeto de Lei 4.330, que visa a regulamentar a terceirização. Em comentários em jornais, na Internet e nas mais variadas formas de comunicação, esses ditos formadores de opinião alegam que o PL 4.330 vai acabar com a CLT e o emprego legal, que só traz ganhos para os empresários, que seus artigos são uma nova reforma trabalhista disfarçada, que ele vai abrir as portas da precarização e de tudo o que for ruim para o trabalhador... Se algum projeto tivesse esse poder nem seria projeto: seria uma afronta ao pensamento crítico. Estamos falando de trabalhadores, de vidas – mais de 40 milhões de brasileiros e brasileiras das mais variadas idades e localidades, que dependem dos seus salários para sobreviver, criar suas famílias, crescer, estudar. Tivesse o PL 4.330 esse poder todo, fosse ele ser capaz de mudar tudo, a sociedade o estaria debatendo apaixonadamente, a terceirização estaria nas manchetes dos jornais, haveria manifestações diárias contra e a favor dele. Mas não é o que ocorre: O debate sobre o PL 4.330 se restringe a supostos entendidos. A cobertura da imprensa tem sido protocolar. Gente que acha que sabe o que é terceirização, e diz que sabe que ela não é boa, usa todos os dias vários serviços terceirizados. É um contrassenso. Essa confusão feita pela sociedade até que é normal. A terceirização é um fenômeno global e o Brasil a incorporou sem lei e regras claras. O que não é normal é sindicalistas, imprensa, parlamentares e entidades em geral criarem mitos sobre a terceirização e os difundirem como mantras. Tipo se colar, colou... Não é admissível que esses formadores de opinião trabalhem com o conceito de que o PL 4.330 tirará direitos dos trabalhadores, e que, ao defender seu arquivamento, queiram de fato que os terceirizados tenham os mesmos direitos dos não terceirizados. Isso é uma falácia, pois o trabalhador terceirizado é contratado via CLT, com tudo que estabelece a CLT.

Toda contratação que não siga a CLT entra em outro contexto: o do desrespeito às leis trabalhistas. Assim, não é caso de debate, e sim de fiscalização e punição. Para isso existem órgãos estabelecidos, como a Justiça do Trabalho, o Ministério Público e Ministério do Trabalho. Que, registre-se, no estado de São Paulo têm atuado em parceria e protegido os trabalhadores. Dessa forma, é gritante ler artigos e entrevistas que líderes de vários setores, tanto do sindicalismo, como na grande imprensa e mesmo no Congresso falarem de tudo, menos do PL 4.330. Resumindo tudo no debate sobre o fim da terceirização. Mas fim de que? Fim de 12 milhões de postos de trabalho?? ? Isso, sim, seria uma hecatombe nunca antes vista neste País. Por isso é importante conhecer os ganhos que o PL 4.330 trará. E também saber quais são os prejuízos que a ausência de uma lei que regulamente a terceirização acarreta. Será que ele não foi exaustivamente debatido? Mas há 21 anos o Congresso tenta aprovar um texto. Foram muitos PLs... Falta de debate é que não foi. O texto final do PL 4.330 foi amplamente debatido e negociado. Do debate e das negociações participaram as mesmas centrais sindicais e os mesmos atores que hoje se colocam contra ele. O que aconteceu? Será que eles têm consciência de que são os trabalhadores os que mais sofrem?? Alguém está preocupado com essa massa de brasileiros e brasileiras e suas famílias? Esse deveria ser o debate. E esse debate deve avançar e se transformar em lei. O PL 4.330 está aí para isso: avançar. Ninguém pode dizer que não gosta do PL 4.330 sem conhecê-lo. Muito menos dizer que ele é um projeto do empresariado. Ele é fruto, isso sim, de muitas negociações com os trabalhadores e seus líderes sindicais. Agora é hora da verdade. Os trabalhadores e as trabalhadoras merecem respeito! A terceirização merece respeito! (*) Genival Beserra Leite é presidente do Sindicato dos Empregados em Empresas de Prestação de Serviços a Terceiros, Colocação e Administração de Mão de Obra, Trabalho Temporário, Leitura de Medidores e Entrega de Avisos do Estado de São Paulo – SINDEEPRES – www.sindeepres.org.br

Outrora considerado um direito absoluto, oponível contra qualquer perturbação, frente a quem quer que fosse, observa-se que atualmente o direito de propriedade vem sofrendo alterações significativas quanto às formas de seu exercício. Estas alterações se deram num passado relativamente recente, aproximadamente nos últimos 30 anos, e vem sendo solidificadas. Isto se afirma com base nas novas ideias disseminadas com maior rigor após o advento da Constituição de 1988, com a valorização dos direitos sociais e do direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado. Por exemplo, na área do Direito Imobiliário o uso responsável da propriedade com o cumprimento, por parte do proprietário, da função social atribuída à terra. Este conceito de função social da propriedade partiu da observação dos movimentos sociais rurais, cujas entidades organizadas passaram a bradar e exigir um melhor aproveitamento da terra disponível para agricultura e/ou pecuária, atacando os denominados “latifúndios improdutivos”. Já não se admite mais o comportamento comum àqueles proprietários que deixavam extensas áreas de terra ociosas, apenas como fim de acúmulo patrimonial. Estes passaram a ser acusados de não cumprir com a função social de seu patrimônio, ou seja, de mal aproveitá-lo enquanto bem de natureza produtiva e geradora de renda. A partir daí, o direito de propriedade podia sofrer ataques judiciais com a consequente perda da propriedade de grandes áreas de terra, com indenizações que muitas vezes não atendiam aos interesses dos proprietários latifundiários. O Direito como ciência, portanto, passou a absorver estes conceitos e a traduzi-los como alterações e certa relativização do direito de propriedade. O uso consciente dos recursos naturais e o respeito à manutenção de um meio ambiente equilibrado também foram fatores que, nas últimas décadas, passaram a representar uma exigência aos proprietários de terras, em especial, também, nas áreas rurais. Já não bastava mais ser dono para poder usar e abusar dos recursos da terra tais como os recursos hídricos e vegetais. O exercício da propriedade sob o ponto de vista ambiental passou a ter barreiras, tais como a reserva de áreas de preservação permanente, de modo que representou, da mesma forma que a exigência do cumprimento da função social da terra, limites legais que foram edificados dentro do Direito a partir de estudos de movimentos sociais e científicos e de novos anseios de nossa moderna sociedade. Este breve ensaio tem por objetivo lançar o pensamento: até onde poderá avançar a relativização do direito à propriedade individual em favor da coletividade? (*) André Carpe Neves é advogado ambientalista, imobiliário e previdenciário.


CIDADES

Diário Popular

Quinta-feira, 24 de outubro de 2013

3

FISCALIZAÇÃO

USIMINAS

Análise técnica deu conta da falta de explicação, assinaturas e uso de informações diferentes do PPA

Situação é tão grave que levou o MTE a decretar a interdição de alguns setores da empresa. Medida, no entanto, foi suspensa por liminar da Justiça do Trabalho

Comissão de Legislação da CMI MPF apura risco de exposição a benzeno diligencia o orçamento de 2014 IPATINGA – A Comissão Especial de Legislação e Justiça da Casa, nomeada para dar parecer ao orçamento de 2014, diligenciou a Lei de Diretrizes Orçamentárias, após reunião ocorrida na tarde desta quarta-feira (23). Os vereadores membros da Comissão acataram os argumentos técnicos dos servidores que os auxiliam no estudo dos projetos. Quatro itens são os responsáveis pela diligência. O primeiro deles é que há divergência entre os números dispostos no orçamento dos descritos no Plano Plurianual (PPA), aprovado em junho passado. De acordo com o contador Nilson Silva, o orçamento foi protocolado na Câmara, com um aumento de R$ 100 milhões em relação ao valor descrito no PPA. “Os dois projetos andam em consonância, devem estar alinhados e estamos cobran-

ACS CMI

Para a comissão, são insuficientes os argumentos de que o município vai receber R$ 100 milhões, sem informar como

do esclarecimentos da causa deste aumento”, comentou Nilson. FRAGILIDADE Os técnicos ainda informaram que os argumentos que justificam esse aumento são frágeis. “Descrever que o município espera R$ 100 milhões a mais, apenas atribuindo este volume a aumento na arrecadação de impostos como o IPVA, FPM,

ICMS e IPTU e não explicar como isto ocorrerá, quais instrumentos foram considerados para esta elaboração, torna o orçamento incompleto”, acrescentou Nilson. Outro item que é que os quadros demonstrativos constantes no orçamento não estão assinados. “Documento sem assinatura não é oficial”, comentou o presidente da Comissão Especial, Nilton Manoel (PMDB).

Há falhas no detalhamento das despesas descritas e o corpo do projeto não obedece à técnica legislativa. O projeto será analisado pela Comissão de Finanças nesta quinta-feira (24). Sua votação fica parada até que o Executivo responda as indagações constantes na diligência. Esse projeto tem tramitação especial e tem até o último dia do mês de dezembro para ser votado.

SAÚDE

Fabriciano realiza blitz educativa sobre dengue FABRICIANO – A Prefeitura de Coronel Fabriciano realiza, nesta quinta-feira (24), às 9h, uma blitz educativa sobre a dengue. A atividade faz parte do projeto Escola Contra a Dengue e será realizada em frente à Escola Municipal Vereador Nicanor Ataíde, no bairro Mangueiras. Também participam da ação agentes de Endemias e a Polícia Militar. “O objetivo é sensibilizar a comunidade local e de outras localidades sobre a importância do comba-

te ao mosquito transmissor da dengue, já que o bairro Mangueiras apresentou alto índice de focos do mosquito no último Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa)”, explica a bióloga da Coordenadoria de Controle de Endemias da Prefeitura, Sílvia Soares. O Escola Contra a Dengue é resultado de uma parceria entre as Secretarias de Saúde e de Educação e Cultura. Neste ano, o projeto mobilizou alunos de todas

as escolas da rede municipal de ensino com o objetivo de transformar esses estudantes em multiplicadores das formas de prevenção e combate à dengue. Como parte das ações do projeto foram promovidas palestras educativas e atividades em salas de aula. AÇÕES PERMANENTES Além de ações educativas, a Prefeitura de Fabriciano realiza diversas preventivas de combate à dengue ao longo ao ano: visita dos

agentes de Endemias às residências, com orientação e eliminação dos focos de dengue; distribuição de telas para tampar caixas d’água; campanhas educativas e recebimento de pneus velhos no Ecoponto. Sugestões, dúvidas e denúncias de locais que possam ser focos de dengue podem ser encaminhadas pelo telefone 0800 285 7790, de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. Pelo telefone, também é possível agendar a visita dos agentes.

IPATINGA – O Ministério Público Federal (MPF) apura as consequências do uso irregular de amianto pela Usiminas, assim como os efeitos da exposição de seus trabalhadores ao benzeno, que é uma substância altamente cancerígena, capaz de provocar redução da medula óssea, com inibição da produção de plaquetas, leucócitos e hemácias. As irregularidades foram apuradas por auditores fiscais do trabalho, em inspeção realizada nos dias 23 a 27 de setembro nas instalações da Usiminas em Ipatinga. A fiscalização, requisitada pelo Ministério Público Federal, constatou a “existência de risco grave e iminente, capaz de provocar o adoecimento ocupacional dos trabalhadores, decorrente da exposição ao benzeno, substância carcinogênica, acima dos limites permitidos pela legislação”.

INTERDIÇÃO A situação era tão grave, que o Ministério do Trabalho e Emprego, por sua superintendência em Minas Gerais, viu-se obrigado a decretar a interdição de diversos setores da empresa. Essa medida, no entanto, horas antes de entrar em vigor, foi suspensa por liminar da Justiça do Trabalho, sob o fundamento de que a paralisação da empresa acarretaria “prejuízos econômicos e sociais”. Para o procurador da República Fernando Túlio da Silva, “mais graves são os riscos a que estão eventualmente expostos os trabalhadores da empresa, sem contar os possíveis prejuízos aos cofres públicos decorrentes da conduta da empresa no que diz respeito ao não reconhecimento dos riscos ocupacionais”.

Pedidos de aposentadorias especiais chamou atenção Em dezembro do ano passado, o Ministério Público Federal em Ipatinga realizou audiência pública para apurar possível omissão estatal na fiscalização dos Perfis Profissiográficos Previdenciários (PPPs). Os PPPs relacionam-se à classificação do grau de risco que apresentam determinadas atividades, por exemplo, as que usam amianto, possibilitando ao trabalhador requerer aposentadoria antecipada justamente em razão de ficar exposto, por vários anos, a substâncias nocivas. “A questão é que a concessão da aposentadoria precoce exige tanto comprovação do manuseio das substâncias quanto o recolhimento, pelo empregador, dos valores correspondentes a essa situação peculiar. Quando a empresa não declara o uso de tais substâncias, nem recolhe os valores devidos, ou o trabalhador que operou substâncias perigosas não consegue se aposentar administrativamente, porque não há provas dessa situação, ou ele entra na Justiça e consegue aposentadoria especial. Nesse caso, toda a sociedade é obrigada a arcar com os custos da aposentadoria precoce e com os consequentes prejuízos aos cofres da Previdência, já que a empresa não recolheu os valores que lhe competia”, explica o procurador da República. Foi exatamente a enxurrada de ações solicitando aposentadorias especiais que chamou a atenção do Ministério Público. A primeira medida foi requisitar à Receita Federal e ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) que ampliassem as fiscalizações sobre as grandes empresas instaladas na região do Vale do Aço. Os relatórios encaminhados no início deste mês fazem parte desse esforço iniciado com a audiência pública.


4

CIDADES

Diário Popular

Quinta-feira, 24 de outubro de 2013

L E G I S L AT I V O

Sorteio define mandatos da Câmara Mirim IPATINGA – Foram definidos os mandatos da quarta legislatura da Câmara Mirim. Após a apuração no plenário da Câmara Municipal de Ipatinga, os 76 mirins eleitos foram divididos em quatro grupos (mandatos) de 19 vereadores, que se revezarão durante dois anos. Com a nova resolução do regimento interno da Câmara Mirim, algumas alterações fizeram muita diferença. A partir de agora, o número de vereadores mirins por mandato passará de 13 para 19 mirins. Para a escolha dos vereadores mirins que irão participar do primeiro mandato, foi dada a prioridade aos alunos do 9º e 8º ano (antiga oitava e sétima série), cuja escola não

Nardyelli Rocha, a vice-campeã de votos, utilizou o slogan: Mirim no tamanho. Gigante nos ideais!

Filha de Nardyello é 2ª mais votada para a Câmara Mirim O presidente da Câmara Ley e alguns dos vereadores mirins eleitos

tem ensino médio. Na relação dos 76 eleitos, 4 candidatos estão no 9º ano e 23, no 8º ano. Portanto, o primeiro mandato foi monta-

do apenas com os alunos dos respectivos anos. Os outros mandatos foram definidos através de sorteio. Foi definido um número

de sorteio para cada participante e, à medida que os números iam sendo sorteados, os vereadores mirins ocupavam uma vaga no mandato.

Abaixo segue a lista dos quatro mandatos com seus respectivos vereadores mirins. Cada mandato tem a duração de 6 meses. 1º MANDATO ELEIÇÃO

ESCOLA

3º MANDATO ELEIÇÃO

ESCOLA

Bradley Kennedy Marques Silva Batista

E.E. Zélia Duarte Passos

Bárbara Lígia Norikoinoue

E.M. Padre Cícero de Castro

Camila do Carmo Ferreira

E.M. Terezinha Nívia de Oliveira

Beatriz Cuttini Freitas

E.E. Dom Helvécio

Daniel de Souza Martins

E.M. Arthur Bernardes

Bernardete Oliveira Silva

E.E. Eng. Amaro Lanari Júnior

Daniele Pereira Gusmão

E.M. João Reis de Souza

Carlos Gabriel de Oliveira Pinto

Escola Érico Veríssimo

Esther Jaiandra Ferreira de Sousa

E.E. Doutor Ovídio de Andrade

Edi Pereira Santos

E.M. Padre Bertollo

Kerolleyn Taismara Alves

E.E. Zélia Duarte Passos

Emily Rosa Claudino de Oliveira

E.M. Levindo Mariano

E.E. Almirante Toyoda

Gabriel Araújo Gonçalves

Instituto Educacional Mayrink Vieira

Leonardo Silva Faria

E.M. Márcio Andrade Guerra

Gabriela Couto Bicalho

E.E.Nilza Luzia de Souza Butta

Letícia Mendes Moreira

E.M. João Reis de Souza

Maeli Alves Paranhos Sudré

E.E. Geraldo Gomes Ribeiro

Mariana Botelho Drumond

E.M. Arthur Bernardes

Maria Regina de Oliveira

E.E. João Walmick

Nicolly Ketelly Elídio Cruz

E.M. Carlos Drumond de Andrade

Rafael Coelho Zicker

Escola Educação Criativa

Paulo Frederico Ferraz

E.M. Padre Cícero de Castro

Ramon Domingos dos Santos

E.E. Dom Helvécio

Paulo Sérgio Fernandes Martins

E.E. Eng. Márcio Aguiar da Cunha

Rayanne Sabino Viana

E.E.Haydee Maria Imaculada Schittini

Raylan Faria Nascimento

E.M. Everson Magalhães Lage

Ricardo Amorim Rodrigues

E.E. Laura Xavier Santana

Samuel Simões Cordeiro

E.E. João Walmick

Rikesley de Assis Souza

E.E.Sônia Maria Silva Gomes

E.E. Chico Mendes

Samuel Henrique Rodrigues de Sá

E.E. Geraldo Gomes Ribeiro

Vitória Cristina Rodrigues dos Santos

E.M. Prof. Mª da Conceição Pena Rocha

Thaís Lorrayne dos Reis Silva

E.E. Prof. Maria da Conceição Pena Rocha

Vitória de Melo Fernandes

E.E. Deolinda Tavares Lamego

Thamirys Alessandra Gomes Mesquita

E.M. Padre Bertollo

Vitória Oliveira Ottoni Araújo

E.E. Eng. Márcio Aguiar da Cunha

Thamyres Laíz Silva Santos

E.E.Dona Caetana América de Menezes

2º MANDATO ELEIÇÃO

ESCOLA

4º MANDATO ELEIÇÃO

ESCOLA

Ana Carolina Pires de Andrade

E.E. Laura Xavier Santana

Abner Gabriel da Silva

E.E. Chico Mendes

André Rhodes Neves

Escola Érico Veríssimo

Agatha Ketlin Ferreira Silva

E.M. Nelcina Rosa de Jesus

E.E.Wilson Alvarenga

Aline de Paula Magalhães

E.E. Eng. Amaro Lanari Júnior

E.E.Prof. Maria Antonieta

Dênis de Oliveira Marques

E.E.Haydee Maria Imaculada Schittini

Felipe José Queiroz Perázio

Colégio Tiradentes da PMMG

Êmillie Luiza Medeiros

E.M. Everson Magalhães Lage

Gabriel Soares Chaves

E.M. Deolinda Tavares Lamego

Filipe Pereira Gonçalves

E.M. Altina Olívia Gonçalves

Kesleyane Pereira Camilo

E.M. Chirlene Cristina Pereira

Iandeyara Rosado da Silva

E.M. Vilma de Faria Silva

Larissa Westphal Emerick

E.E. Nacif Selim de Sales

Joice Pereira da Silva

E.E.Sônia Maria Silva Gomes

Ludmila Martins de Miranda

E.M. Márcio Andrade Guerra

Karen Kellen Batista dos Santos

E.M. Chirlene Cristina Pereira

Luiz Fernando Soares Rainer Teixeira

E.M. Altina Olívia Gonçalves

Katharyne Cristina Lopes da Silva

E.E.Dona Caetana América de Menezes

Mayare Cristina Santos

E.E. Nacif Selim de Sales

Letícia Keller de Oliveira

E.E. Selim José de Sales

Nardyelli Carvalho Rocha

Colégio São Francisco Xavier

Letícia Soares de Oliveira

Escola Educação Criativa

Instituto Educacional Mayrink Vieira

Loriviana Celestina Lopes

E.M. Terezinha Nívia de Oliveira

Rhanna Judsa Santos

E.E. Almirante Toyoda

Maria Rosa de Oliveira

E.M. Nelcina Rosa de Jesus

Tales Lima

E.E.Nilza Luzia de Souza Butta

Micaela Aparecida Moreira Ramos

E.M. Vilma de Faria Silva

Thalisson Daniel Vicente Souza

E.M. Levindo Mariano

Nívea Beatriz

E.E.Wilson Alvarenga

Túlio Máximo Salomé

Colégio Tiradentes da PMMG.

Samara Fagundes Almeida Batista

E.E. Doutor Ovídio de Andrade

Victória Silva Moreira

E.M. Carlos Drumond de Andrade

Vinícius Gomes Barbosa

Escola José Alves de Assis - APAE

Vinícius Jacintho Viana

E.E.Prof. Maria Antonieta

Yasmin Iara Monteiro de Carvalho

Colégio São Francisco Xavier

Thales Henrique Marques Pereira

Emilly Cordciro de Paula Eudes Gustavo Marsal Silvério

Rafael Costa Linhares Braga

OBRAS

Quadra na escola do Limoeiro em fase final

IPATINGA - A construção da quadra poliesportiva da Escola Municipal João Reis de Souza, no Limoeiro, tem gerado grande expectativa entre os mais de 1.100 alunos matriculados na unidade. Diariamente, eles acompanham as obras e já sonham com o momento em

Divulgação

Divulgação

INTEGRANTES DOS QUATRO MANDATOS

Lavínia Souza Silveira

DNA POLÍTICO

que poderão utilizar o novo espaço. “Com a quadra, a gente vai poder brincar, mesmo nos dias de chuva, ou quando o sol estiver muito quente”, avalia a aluna do 5° ano, Kaylane Souza Alves Ribeiro, 10 anos. Empenhada em concluir as obras, a Prefeitura de Ipatin-

ga está finalizando a amarração das estruturas metálicas e vai iniciar, na próxima semana, a cobertura da quadra. Posteriormente serão executadas a alvenaria e o fechamento lateral em alambrado, ficando o novo equipamento pronto para ser utilizado pelos alunos.

Orçada em cerca de R$ 506 mil, a quadra está sendo construída com recursos próprios da Prefeitura de Ipatinga e, também, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). As obras estão previstas para serem concluídas até o final deste ano.

IPATINGA - A estudante do 8º ano do Colégio São Francisco Xavier, Nardyelli Carvalho Rocha, filha do exvereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Ipatinga, Nardyello Rocha, foi eleita nesta terça-feira vereadora mirim para a Câmara Ipatinguense. Com 221 votos, obtidos nas sessões eleitorais de nove escolas de Ipatinga, Nardyelli Rocha foi a segunda aluna mais votada no pleito que elegeu 76 vereadores mirins para a 4ª legislatura da Câmara Mirim de Ipatinga. Para chegar a marca de 221 votos, Nardyelli foi a aluna mais votada de seu colégio, o São Francisco Xavier, com 194 votos, escola pela qual oito alunos disputavam a uma cadeira no legislativo e a preferência dos colegas daquela entidade educacional. Empolgada e muito emocionada com o resultado obtido, Nardyelli afirma que sua eleição não foi surpresa. “A eleição não me surpreendeu, pois eu, minha mãe Élida, minhas irmãs Illy, Jeani e Álida, primas e primos, amigos, minhas madrinhas Dany e Kessinha e o amigo Gordim, trabalhamos muito. A surpresa foi o fato de ter sido a segunda mais votada.” ESTRATÉGIA Sobre a estratégia utilizada para convencimento dos colegas do São Francisco e das outras escolas a escolherem o seu nome, Nardyelli

afirma que fez corpo a corpo em seu próprio ambiente de estudo e em várias outras escolas de Ipatinga. “Nós íamos levando meus santinhos e conversávamos com os alunos, pedindo seu voto e esclarecendo que mesmo não sendo de minha escola eles poderiam votar em mim. Em muitos locais eles me falavam que pelo fato de eu ser filha do Nardyello eles já votariam em mim. Fiquei muito feliz com isto, pois é o reconhecimento do que o meu pai fez quando foi vereador.” Questionada sobre seu projetos para o mandato, que terá início em maio de 2014, a vice-campeã de votos para a Câmara Mirim revela maturidade, apesar dos 13 anos. “Vou reivindicar a reabertura do Restaurante Popular, já que nossa população precisa muito deste serviço, e a reativação do Programa Olho Vivo, para melhorar a segurança da cidade e, principalmente, dos estudantes. Também vou pleitear a instalação de câmeras de monitoramento no interior das escolas, pátios, quadras poliesportivas e nos arredores das escolas públicas e particulares de nosso município. Desejo tornar obrigatório o curso de primeiros socorros para todos os condutores e monitores que atuam no transporte escolar em nosso município, entre outras coisas boas que quero para minha cidade”, destacou.


CIDADES

Diário Popular

Quinta-feira, 24 de outubro de 2013

A S S A LTA N T E D E B A N C O

Filipin Branco e seu bando são ouvidos pela justiça de Ipatinga

CULPADO

5 André Almeida

Réu foi deslocado de Contagem, onde está preso, para Ipatinga, sob forte escolta; Fórum também ficou movimentado IPATINGA – Foram ouvidos nesta quarta-feira (23) no Fórum da Comarca de Ipatinga oito integrantes de uma quadrilha especializada em arrombamentos e explosões de caixas eletrônicos na região Leste de Minas Gerais. Entre os acusados, está Fillipe Moreira Quirino, o Filipin Branco, 21 anos, apontado como o chefe do bando. Marcada para a tarde de ontem, a sessão foi realizada na 1ª Vara Criminal e contou com forte esquema de segurança, que mobilizou 28 agentes, sendo que 22 eram policiais militares. Foram destacados nove policiais para protegerem a parte interna do Fórum, quatro homens do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), seis das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), além de três militares que trabalhavam escoltando a área no entorno da sede do Poder Judiciário de Ipatinga. ACUSAÇÕES Os presos são acusados de terem praticado, entre meados de 2012 e início de 2013, diversos assaltos e explosões de caixas eletrônicos no Vale do Aço e também em cidades vizinhas. Em março deste ano, uma mega operação da PM prendeu sete integrantes da gangue em Santana do Paraíso, que foram levados ao Ceresp de Ipatinga. Contudo, Fillipe, que estava com o grupo, conseguiu fugir. O rapaz é conhecido justamente pela habilidade em escapar de perseguições policiais. Chegou a ser caçado até mesmo pelo helicóptero da PM, que não obteve êxito na busca. Filipin foi preso no dia 8 de maio na cidade de Naque após ser perseguido por homens das polícias Militar e até da Federal de Governador Valadares. Na

André Almeida

Policial reformado (ao centro) foi condenado, mas poderá recorrer da sentença em liberdade

Terceiro andar do Fórum de Ipatinga ficou movimentado durante todo o dia de ontem

ocasião, foi ferido e teve uma fratura em uma das pernas, sendo medicado no Hospital Márcio Cunha e preso dias depois. Ainda no mês de maio, o jovem infrator foi transferido para a Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem. ESCOLTA Para trazê-lo da Região Metropolitana de Belo Horizonte até o Vale do Aço, foi preciso o apoio do Comando de Operações Penitenciárias do Estado (Cope), que destacou seis agentes e duas viaturas para realizarem o percurso. O contato de Fillipe com os comparsas também foi res-

tringido. Após seu depoimento, ao invés de ser levado para a sala de espera comum de presos, o acusado foi mantido sozinho, separado dos colegas, medida que, segundo a PM, foi tomada para evitar que o chefe da quadrilha tentasse influenciar os parceiros. VÁRIOS PRESOS De acordo com o sargento do Gate, Doryan Roger, o envolvimento de um alto número de agentes de segurança se deu não apenas pela periculosidade de Filipin, mas também pelo alto número de réus. Ele destacou que o jovem era o grande responsável pelos ar-

rombamentos a caixas eletrônicos na região e que, após sua prisão, as ocorrências desta natureza foram significativamente reduzidas. O grupo responde na Justiça pelos crimes de formação de quadrilha, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e também restrito, uso de drogas, receptação e corrupção de menores. As penas para o bando podem ultrapassar, separadamente, os 20 anos de cadeia. No entanto, ainda recai sobre Filipin a acusação de mais dois homicídios, que estão sendo investigados e deverão gerar novos processos judiciais contra o rapaz.

Antes de audiência, policiais e Filipin ficam presos em elevador IPATINGA – Pouco antes do início da audiência, uma situação inusitada envolveu agentes de segurança e o acusado Fillipe. O elevador que iriam utilizar para subir até o terceiro andar do Fórum, onde aconteceu a audiência, não suportou o peso e travou. A causa do incidente seria o número de pessoas dentro da estrutura, que estaria acima do permitido. O elevador chegou a fechar as portas, mas não subiu, ficando os presentes fechados por aproximadamente 15 minutos. Militares do Gate, que já se encontravam no local, foram acionados e abriram a porta utilizando um equipamento especial. O elevador, contudo, foi danificado e não pôde mais ser usado.

Júri popular condena PM que matou assaltante IPATINGA – Foi condenado nesta quarta-feira (23) a seis anos de reclusão em regime semi-aberto o policial militar reformado Valdeci José Vieira, 54. Ele foi considerado culpado pela morte de Cleber Cota Couto, ocorrida em 2004. O policial teria agido a pedido de Sinval Coelho dos Santos, que havia sido roubado pela vítima. Segundo as investigações da época, Cleber subtraiu uma quantia em dinheiro de Sinval, que, para se vingar, contratou por R$ 1.200 os serviços de Valdeci e de uma terceira pessoa: Juarez de Souza Oliveira, que ainda não teve data de julgamento marcada. No dia 20 de setembro, a dupla, em uma moto, se deslocou até a residência da vítima, na rua Laguna, bairro Veneza, onde Valdeci desceu do veículo e caminhou em direção à Cleber, que estava em

frente à sua casa, e efetuou sete disparos contra ele, fugindo em seguida na moto conduzida por Juarez. GRUPO DE EXTERMÍNIO O Conselho de Sentença decidiu por inocentar o réu Sinval da acusação de assassinato, mas considerou Valdeci culpado apenas pelo crime de homicídio simples, sem as qualificadoras estabelecidas pelo Ministério Público. Segundo os autos do processo, Valdeci faria parte de um grupo de extermínio que agia na região. Na sessão de ontem, presidida pelo juiz Antônio Augusto Calaes, o policial reformado recebeu o benefício de recorrer da sentença em liberdade. Contudo, a defesa do acusado não se posicionou se irá, ou não, acionar a segunda instância para modificar a sentença recebida por Valdeci.

CAMINHÃO

Bandidos roubam mais de R$ 6 mil

Funcionários do Fórum colocaram plantas para barrar a entrada no elevador, danificado após intervenção policial

IPATINGA - Na tarde da última terça-feira (22), funcionários de uma empresa foram roubados por dois indivíduos enquanto executavam seus trabalhos na rua Arthur Azevedo, no bairro Ideal. Após terem realizado uma entrega de produtos com um caminhão da empresa onde trabalham, Clenis Geraldo Ferreira, 27 anos, e Cleyton Domingues de Lima, 18, foram abordados por dois indivíduos que estavam em uma motocicleta de cor preta. Em relatório feito pela Polícia Militar, Clenis Geraldo e

Cleyton Domingues afirmaram que, assim que tentaram arrancar com o caminhão, foram surpreendidos pelos indivíduos que anunciaram o assalto simulando estarem com uma arma de fogo. No roubo, os suspeitos levaram R$ 1.673 em dinheiro, R$ 2.078 em cheques, um boleto no valor de R$ 2.430 e um aparelho celular. Assim que efetuaram o roubo, os dois indivíduos fugiram sentido ao bairro Bom Jardim. A PM fez o rastreamento dos autores, que ainda não foi localizado.


6

CIDADES

Diário Popular

Quinta-feira, 24 de outubro de 2013

CÂNCER BUCAL

EXAMES EM FABRICIANO FAZEM DIAGNÓSTICO PRECOCE

FABRICIANO – Em comemoração ao Dia do Cirurgião Dentista (25) e Semana da Saúde Bucal, a Prefeitura de Fabriciano promove ações de prevenção à saúde bucal. Na sexta-feira (25), das 7h às 11h e das 13 às 17h, serão ofertados à população exames para o diagnóstico precoce de câncer bucal. O serviço é gratuito e será realizado por cirurgiões dentistas da rede municipal de Saúde no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). A ação tem parceria com o Conselho Regional de Odontologia (CRO). “Os principais fatores de risco para o aparecimento de câncer bucal estão relacionados ao uso de álcool e cigarro acima dos 40 anos, má higiene oral e uso de próteses mal adaptadas. Já o câncer de lábio está relacionado à exposição ao sol sem o uso do protetor solar e o consumo de cigarro”, explica a gerente de Saúde Bucal de Fabriciano, Christine de Mendonça. Por meio do exame preventivo é possível diagnosticar as lesões logo no início, evitando que elas se transformem em câncer. “No caso das lesões iniciais, tanto a cirurgia quanto a radioterapia podem gerar bons resultados, curando cerca de 80% dos casos”, alerta a gerente. Além do exame preventivo anual com o dentista, a orientação é que pessoas acima de 40 anos e com dentes fraturados; fumantes ou portadores de próteses mal ajustadas evitem o cigarro e álcool. “Também é importante promover a boa higiene bucal, fazer os tratamentos dentais necessários e optar por uma alimentação saudável, rica em vegetais e frutas”, completa Christine. Dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca) apontam que, em 2009, o Brasil registrou 6.510 mortes por câncer bucal, sendo 5.136 homens e 1.394 mulheres. Em 2012, os números cresceram e superaram 14 mil casos.

ASSISTÊNCIA

ACS PMT

Secom PMI/Wellis Debil

Os cursos são ministrados por professoras do CRAS no Centro Sul, Cachoeira do Vale, Ana Moura e Limoeiro

Alunas do curso de Corte e Costura comemoram avanço Pacientes com exames alterados terão agendamento imediato na rede municipal

Ipatinga também se mobiliza contra doença

IPATINGA - A Prefeitura Municipal, em parceria com o Conselho Regional de Odontologia (CRO) de Minas Gerais, promove nesta sexta-feira (25) uma campanha para o diagnóstico precoce e prevenção do câncer bucal. A ação acontecerá no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), anexo à Policlínica Municipal, no bairro Cidade. A unidade funcionará de 8h às 18h, para a realização de exames de diagnóstico de câncer bucal (lábios, mucosa bucal, gengivas, palato duro, língua oral e “assoalho” da boca). Pelo menos 15 profissionais da rede municipal de

saúde, entre dentistas, técnicos e auxiliares, foram mobilizados para atender pacientes que apresentarem algum sintoma, como feridas indolor que não se cicatrizam em uma semana, ou fator de risco para o câncer bucal, como tabagismo e alcoolismo. Basta o interessado comparecer ao CEO, no dia da ação, munido de documentos pessoais. Os pacientes que apresentarem alguma alteração no exame terão agendamento imediato na rede municipal de saúde. PREVENÇÃO Apenas em 2013, a Prefeitura de Ipatinga já concluiu o

tratamento de 150 pacientes com patologias, incluindo casos suspeitos de câncer bucal. Não há dados precisos sobre a doença, mas estima-se que, a cada ano, 3,7 novos casos de câncer bucal são identificados para grupo de 100 mil mulheres. Entre os homens, a incidência sobe para 10,8 notificações para o grupo de 100 mil, conforme o Instituto Nacional de Câncer (INCA), de 2010. Os principais cuidados são alimentação saudável, proteger os lábios com protetor solar, evitar hábitos tabagistas e de consumo excessivo de álcool e visitar regularmente o dentista.

ESPORTE

Competição de MMA promete espetáculo no final de semana TIMÓTEO – A cidade será palco de uma grande atração esportiva neste final de semana. O município vai sediar o II Vale do Aço Fight, segunda edição do campeonato de MMA (artes marciais mistas), que acontecerá neste sábado, 26, às 19 horas, no ginásio coberto do Clube Alfa, no Horto Malaquias. Serão 10 lutas programadas para a noite com participação de atletas da região e do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Viçosa e Governador Valadares . A pesagem dos atletas, realizada sempre um dia antes do evento, será nesta sexta-feira, 25, na

Timóteo vai sediar o II Vale do Aço Fight, segunda edição do campeonato de MMA (artes marciais mistas)

Praça 1º de Maio, próximo ao coreto, às 19 horas. O evento conta com o apoio da Prefeitura de Timóteo por meio da Secretaria Municipal de Esporte, Cultura, Lazer e Juventude e é realizado pela primeira vez no município. Os ingressos estão sendo vendidos a R$ 25 (arquibancada) e R$ 35 (cadeira), na Clí-

nica Estação Bem Estar (avenida Almir de Souza Ameno, Funcionários); loja Triton, no Shopping do Vale do Aço; em Fabriciano, no Point do Açaí e Academia Via Atlética. Os ingressos também podem ser adquiridos no Alfa no dia do evento. Jovens com 16 anos ou menos deverão estar acompanhados do pai ou responsável.

TIMÓTEO - Alunas do curso de Corte e Costura, oferecido pela Prefeitura de Timóteo comemoram a oportunidade de seguirem com a atividade de profissionalização no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Iniciado no último mês de setembro, o curso caminha para o segundo módulo e deverá formar, até meados do próximo ano, cerca de 100 novas costureiras. Os cursos são ministrados por professoras do CRAS no Centro Sul, Cachoeira do Vale, Ana Moura e Limoeiro. No Centro Sul, quatro tur-

mas se revezam em aulas às terças e quintas, totalizando 22 alunas. “São boas alunas, se interessam em aprender”, revela a professora Eunice Miranda, que também atende outras cerca de 30 alunas em cinco turmas no CRAS do Cachoeira do Vale. As alunas estão concluindo o primeiro módulo, que é a confecção de uma saia. Elas vão do desenho para o molde e, em seguida, aprendem a cortar o tecido e costurá-lo como deve ser. E ainda a fazer os trabalhos de acabamento, como cós, barra e os arremates da peça.

CINEMA

Meio Ambiente na tela em tom azul TIMÓTEO - O Cinema na Rodoviária terá como destaque nesta quinta-feira (24) a animação infantil “O Casamento da ArarinhaAzul”, que será exibido às 18h, no piso superior da Rodoviária de Timóteo. Com direção de Marcelo Branco, a animação de 38 minutos, lançada em 2013, conta uma emocionante história de amor e lealdade de uma ararinha-azul, cujo marido é capturado por traficantes de animais em extinção, logo após o casamento. Ela contará com a ajuda de Ará – um menino mágico – e das crianças do Sacurá Futebol Clube para reencontrar seu Ararinho. O Casamento da Ararinhaazul, baseado na obra literária de Angelo Machado, foi

selecionado para participar do 9º FATU– Festival Brasileiro de Filmes de Aventura, Turismo e Sustentabilidade, que será realizado em Paraty/RJ, entre 09 e 13 de outubro de 2013. Em junho, fez parte do 20º Festival Ibero-Americano de Cinema e Vídeo, realizado no Rio de Janeiro. Após a sessão infantil, às 20h, será exibido Mutum, uma ficção da diretora Sandra Kogut, de 2007, com duração de 89 minutos. Mutum quer dizer mudo. Mutum é uma ave negra que só canta à noite. E Mutum é também o nome de um lugar isolado no sertão de Minas Gerais, onde vivem Thiago e sua família. Thiago tem dez anos e é um menino diferente dos outros.


SOCIAL

DiĂĄrio Popular

7

Quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Em andamento

Novas tecnologias Nos Estados Unidos, alunos do MIT desenvolveram uma pulseira que ĂŠ capaz de alterar a temperatura corporal. Com o invento, eles esperam que num futuro bem prĂłximo, as pessoas possam programar suas pulseiras para “refrescarâ€? o corpo durante o calor, e dar uma

“esquentadinhaâ€? durante o frio. TambĂŠm nos Estados Unidos, com ajuda de Ingleses, pesquisadores conseguiram um feito inĂŠdito: transplantaram cĂŠlulas que fazem nascer cabelos em quem jĂĄ estĂĄ careca. Dos 7 testes realizados em homens calvos, 5 voltaram a produzir cabelos.

A esperada ampliação do Shopping do Vale do Aço jå começa a tomar formas. Quem vai ao Centro de compras jå pode ver em pÊ, as colunas de aço que vão sustentar as paredes da årea em ampliação, que avança sobre parte do es-

tacionamento. Depois de concluídas as obras, o shopping terå capacidade total para mais de 250 lojas, o que o colocarå entre os maiores de Minas Gerais. A região agradece! Serão mais empregos e mais opçþes de compras.

Janaina e suas meninas, depois do desfile de sucesso no clube Ipaminas

Vera Martins Não poderia ser diferente: a exuberante Vera Martins recebe amigos e clientes hoje no espaço que leva seu nome na charmosa avenida Carlos Chagas. O motivo?

Comemorar. Ela jĂĄ atendia ao lado de GlĂĄucia hĂĄ um bom tempo e agora faz as honras ao lado da filha Ana Luisa. Muito sucesso ĂŠ o que te espera.

DĂŠbora e o marido Kintino Kamey, homenageado no Centro Cultural Usiminas

O bom velhinho

Kenia e Marcos da Luz nos 50 anos da Consul

Separação Global Depois de viver uma espĂŠcie de “conto de fadasâ€?, a lindinha Grazi Massafera parece que estĂĄ em processo de separação do bonitĂŁo CauĂŁ Reymond. Dizem as revistas de fofocas da TV que o motivo seria um su-

posto romance do marido CauĂŁ com a coleguinha de TV Ă?sis Valverde, com quem ele gravou cenas bem prĂłximas para uma minissĂŠrie da TV. Vida de artista ĂŠ assim: troca-se de parceiros como se troca de roupa.

Papai Noel chega inovando neste ano no Shopping do Vale. Vem às 10h dirigindo um trator, lembrando que a expansão caminha aceleradamente e que em breve um novo Shopping estarå operando com muitas opçþes

para os clientes. Parte do estacionamento estarå reservada às crianças a partir das 10h com muitos brinquedos, pula-pula e distribuição de pipocas, picolÊs, ågua e muita música para as crianças se divertirem.

Viola no Trilho A noite de hoje serĂĄ dedicada Ă  boa mĂşsica sertaneja de raiz no 14Âş Festival Arte Viva. A partir das 20h30, o palco vai receber o grupo Viola no Trilho em um show que promete re-

lembrar os grandes clåssicos da viola caipira. Os ingressos para a apresentação podem ser retirados na bilheteria do Centro Cultural da Fundação Aperam Acesita atÊ as 18h.

Lais Chevrand e a amiga Consola, muito elegantes

  

        

 

      

    

     



(!  )                    !"## $ %!"&# '

= @*A "

/'  ;<  *       =   1    > & ? < 

 *+,*-.)



  " ### * / 0### 1   2 %3  * 4 1 /5 6&%7 &!(%8#9 

           ! "#$%$&%'%(%( )"*)""!

+ )  %% ,- #$%$&..'($/ - *)""!

!  

(&$/ 

!$& >  $ 

1   /   /  : //   6&%7 !(!899

%*$/ 7943



 





 

 

   

  







 

   

                  !"#$%&'!$& (!!")(%*)'#)(&  +'!(, -!&." /* 0 0#$  !"#$%&'!$& (!!"1#$)'#

2345 3674089:;  669<08;79  ;4660:6=6


Fonte: Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2012.

Confira os investimentos em

O Governo de Minas mostra que

segurança na sua região:

o assunto segurança é prioridade quando destina mais de R$ 600 milhões em investimentos para a Defesa Social. Mostra que investe na agilidade, contratando mais de 6 mil efetivos e adquirindo mais de 3 mil viaturas em todo o Estado de 2013 até 2014. Mostra que é inovador instalando câmeras de monitoramento, levando o programa Olho Vivo para 19 cidades. E ainda: Minas

VALE DO RIO DOCE + VALE DO JEQUITINHONHA

mostra que pensa no amanhã quando atende milhares de jovens em programas de prevenção, como o Fica Vivo.

Contratação de

+ 290 novas

Policiais Militares e Servidores da PM.

entregues até 2014.

315 EFETIVOS

VIATURAS

Novo Centro de

+ R$ 300 mil em

Ampliação das

em Governador Valadares.

em Governador Valadares.

de Governador Valadares e Ipatinga.

PREVENÇÃO À CRIMINALIDADE

EQUIPAMENTOS DE PERÍCIA

DELEGACIAS REGIONAIS


24/10/2013  

24/10/2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you