Issuu on Google+

DIÁRIOPOPULAR JORNAL DE VERDADE

Região Metropolitana do Vale do Aço - Ano Vl - Número 1.561 - Terça-feira, 20/11/2012 - R$ 0,70

FUTEBOL

Betim confirma pedido de transferência do Ipatinga Federação Mineira recebeu pedido do presidente do Tigre em outubro, com intenção de mudar sede para cidade da Região Metropolitana de BH; centro de treinamento do clube amanheceu pichado Torcedores picharam os muros do centro de treinamento do Ipatinga, localizado no bairro Cariru, como forma de protesto contra a ida do clube para a cidade de Betim. Além de mudar de cidade, o Tigre passaria a se chamar Betim Esporte Clube. A direção do Ipatinga ainda não confirma a notícia, mas a Federação Mineira de Futebol disse que no final do mês de outubro um documento assinado pelo presidente do Ipatinga, Itair Machado, com a intenção da mudança, foi protocolado. No entanto, qualquer pedido dessa natureza não pode ser apreciado enquanto o time estiver disputando campeonato. Página 12

POLÊMICA

André Almeida

R$ 1 BILHÃO

Gil Leonardi/Imprensa MG

Fábrica de semicondutores está sendo construída em Ribeirão das Neves: empreendimento é resultado de investimentos do poder público e iniciativa privada

Minas ganhará fábrica de chips Uma sociedade entre o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e um pool de empresas privadas investirá R$ 1 bilhão na construção de uma fábrica de semicondutores (chips) em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte (MG). Para a construção e operação da unidade, foi criada a SIX Semicondutores, companhia resultante de sociedaMuros do centro de treinamento do Ipatinga, no bairro Cariru, foram pichados em protesto contra mudança do clube de cidade

E N T R E V I S TA

de entre o BNDES e BDMG e as empresas privadas SIX Soluções Inteligentes, do grupo EBX, de Eike Batista, a IBM, a Matec Investimentos e a Tecnologia Infinita WS-Intecs. A SIX Semicondutores fabricará chips para utilização em aplicações industriais e médicas. Seu diferencial competitivo será a criação, o desenvolvimento e a produção de circuitos integrados customizados, operando em nichos. Página 7 Divulgação

VIOLÊNCIA

Câmara vota Menor de 14 anos é morto no Bom Jardim hoje distância entre postos

Gizelle Ferreira

A Câmara de Ipatinga volta a debater nesta terça-feira (20) a limitação de distância entre postos de combustível e hospitais, centros públicos de saúde, asilos, entre outros. O projeto propõe aumentar para 310 metros a exigência para expedição de alvará de localização de novos postos de combustíveis em Ipatinga. Agora sem os vícios de procedimento, o projeto de lei tem grandes chances de ser aprovado na Casa, já que a maioria dos parlamentares tem se posicionado a favor da limitação da distância, o que na prática mantém o monopólio dos atuais donos de posPágina 3 tos.

Land Vieira interpreta Luiz Gonzaga na juventude em “Gonzaga – De Pai pra Filho”

Ator ipatinguense dá vida ao Rei do Baião

Militares realizam patrulhamento nas proximidades do local do crime, na rua Margarida: investigações conduziram a dois suspeitos Página 5

O ipatinguense Land Vieira, 20 anos, morador do bairro Canaãzinho, é o intérprete do jovem Luiz Gonzaga em “Gonzaga – de Pai pra Filho”, novo filme de Breno Silveira, que conquistou o Brasil com o sucesso de “2 Filhos de Francisco”. O ator Land Vieira iniciou a carreira nas artes cênicas na Escola de Teatro

do 7 de Outubro e no Grupo Farroupilha. De Ipatinga foi para o Rio de Janeiro tentar a sorte, assim como o personagem que interpreta no filme. Fez teatro na Casa de Artes Avancini. De lá pra cá, foi abrindo espaço e fez as novelas globais Cama de Gato e Cordel Encantado. Confira a entrevista. Página 9


2

Diário Popular

OPINIÃO

Terça-feira, 20 de novembro de 2012

FRASES

ESPAÇO PÚBLICO

A pecuária brasileira I

“Ele não é uma pessoa normal, é um monstro. Ele queria matar os dois (Eliza e Bruninho), mas aí veio a mão de Deus”. De Sônia de Fátima Moura, mãe de Eliza Samudio, sobre o goleiro Bruno, que está sendo julgado pelo desaparecimento da filha.

“Acato suas sentenças, não as discuto. O que não significa que ninguém neste mundo de Deus esteja acima dos erros e das paixões humanas”. Da presidente Dilma Rousseff, em entrevista ao jornal espanhol “El País”, sobre o julgamento do mensalão, e reforçando ser contra corrupção por “razões éticas e por um critério político”.

“(Os ministro do STF) “não têm que ficar ao lado da opinião pública, mesmo que haja o clamor da opinião pública por condenações severas”. Do jurista alemão Claus Roxin, cuja tese o ministro Joaquim Barbosa usou para embasar a condenação de José Dirceu, “de que era impossível que ele não soubesse do esquema”. No entanto, segundo a teoria de Roxin, indícios de que um réu poderia, por sua posição hierárquica, decidir sobre a realização de um crime não bastariam para condená-lo. Seria preciso provar que ele emitiu ordens, segundo o jurista.

DIRETOR RESPONSÁVEL Fernando Benedito Jr. EDITORA RESPONSÁVEL Anna Sylvia Rodrigues e Silva (MG 12319 JP) O DIÁRIO POPULAR é uma publicação da A Gazeta Metropolitana Editora e Gráfica LTDA. CNPJ 07.366.171/0001-88 FALE CONOSCO Telefone: 3827-0369. diariopopular.redacao@gmail.com ou diariopopular.comercial@gmail.com ADMINISTRAÇÃO E REDAÇÃO Avenida JK, 1290, bairro Jardim Panorama, CEP 35.164-245. OFICINA Rua Anápolis, 55, Veneza II, Ipatinga.

ARTIGO

Hospital São Camilo recebe título municipal de Utilidade Pública Por meio de um projeto de lei municipal de autoria do vereador Marcos da Luz (PT), o Hospital São Camilo foi declarado como entidade de Utilidade Pública. A diretoria do Hospital esteve no gabinete do prefeito de Coronel Fabriciano, Chico Simões (PT), para oficializar o reconhecimento, tendo em vista a filantropia exercida pela São Camilo que não visa lucros em seus atendimentos. De acordo com a diretora adminis-

trativa, Érica Dias, o reconhecimento faz parte da valorização do trabalho da entidade que destina 100% dos seus atendimentos ao SUS. “A utilidade pública vem confirmar o que a São Camilo já exerce em termos de filantropia. Só temos a agradecer ao vereador Marcos da Luz e prefeito pela iniciativa”, afirma. Na foto, o assistente administrativo, Silvio Alves, diretora Érica Dias, prefeito e vereador na entrega oficial do título.

ARTIGO

A unção do PT com o mensalão A palavra “unção” significa “o ato ou efeito de ungir”. Este verbo pode também ser empregado com os sentidos de purificar, corrigir e melhorar. Discorro, aqui, sobre a possibilidade de o PT sair ungido com o “julgamento do mensalão”. Atiça-me discutir como a sociedade receberá, por exemplo, José Dirceu, depois que este cumprir sua pena? Como herói injustiçado ou como um meliante que abusou do poder? No artigo “Idiossincrasias no julgamento do mensalão” (Diário Popular - edição de 26/09/2012), afirmei que os ministros do STF estariam perigosamente sinalizando uma ruptura em relação à dogmática penal brasileira, no que se refere à apreciação das provas no julgamento da famosa AP 470. No dia 13/11/2012, em sintonia com minha tese, o jornalista Jânio de Freitas, do jornal Folha de São Paulo, assina artigo com o título “A voz das provas”, no qual tece perspicazes considerações sobre a entrevista de Claus Roxin, jurista alemão, coautor da teoria do domínio do fato. A teoria supra foi amplamente empregada na formulação dos argumentos que fundamentaram os votos vitoriosos do ministro Joaquim Barbosa. Entretanto, Roxin, na entrevista, apresenta posicionamentos que divergem da interpretação realizada pelo relator do mensalão. Perguntado “se o dever de conhecer atos de um subordinado não implica corresponsabilidade”, Roxin respondeu que “A posição hierárquica não fundamenta, sob nenhuma circunstância, o domínio do

fato”. Acrescentou ainda que “o mero ter que saber não basta”. E agora? Qual importância devese atribuir à discussão (*) Jorge Ferreira sobre o domínio do fato, quando o que está em jogo é o conhecimento do próprio fato? O ex-ministro do STF, Eros Grau, em suas reflexões sobre o direito, ponderou: “podemos afirmar, assim, que também no que tange aos fatos não existe, no direito, o verdadeiro”. Citando Margarino Torres, Grau transcreve: “O juiz deve julgar com o alegado e provado, mesmo que saiba ser outra a verdade e a consciência lhe dite o contrário”. Se não o fizer, o povo, em nome do qual os juízes julgam, validamente desenvolverá a opinião de que os condenados foram injustiçados. Não há esquecer que nós, os brasileiros, somos sentimentais. O condenado de hoje, se percebido como injustiçado, volta nos braços do povo ao poder. A sociedade o purifica. Releva o censurável e exalta a intenção motivadora das condutas penalizadas. De tudo isso, pode-se ousar prever que os integrantes do núcleo político do mensalão serão ungidos com o bálsamo do tempo. Cada minuto passado na cadeia poderá catalisar reações sociais no sentido de formatar pessoas em ídolos. Pessoas identificadas pela solidariedade, comunhão de propósitos e sacrifício. Sentimentos agregadores e arrebatadores para uma militância. (*) Jorge Ferreira S. Filho. Advogado. Professor universitário. Presidente da Seccional Vale do Aço do Instituto dos Advogados de Minas Gerais – IAMG. E-mail: professorjorge1@hotmail.com

A partir desta semana, iniciamos uma série de artigos sobre a pecuária de leite e de corte. Seus aspectos técnicos, desde o processo de escolha da área para implantação das pastagens, passando pelo seu manejo, seleção dos animais, integração com o meio ambiente e o mais (*) Alexandre Sylvio importante de todos: a rentabilidade da atividade. O Brasil é um país de contrastes onde identificamos elevada produção agropecuária, mas uma baixa produtividade, com exceção de algumas ilhas de excelência onde o trabalho conjunto dos órgãos estatais ligados ao setor agrário com o produtor rural e seus sindicatos fortaleceram toda uma região gerando riquezas e trazendo em seu rastro indústrias de processamento de produtos agropecuários. Todo este processo tende a gerar mais empregos e estimular o comércio da região, ou seja, em muitas regiões o setor primário é a base do desenvolvimento dos demais setores da economia (secundário e terciário). O leite e a carne são setores consolidados, onde estamos entre os maiores produtores mundiais. Em relação ao leite somos a sexta potência, com produção de 25,3 bilhões de litros/ano, atrás da União Européia com 144 bilhões de litros/ano, Estados Unidos com 82,4 bilhões, Índia com 39,7 bilhões, China com 32,2 bilhões e Rússia com 31,7 bilhões de litros/ano. Em relação à carne, somos o maior exportador mundial, mas o segundo em produção com 8,8 milhões de toneladas/ano. Em primeiro lugar, está os Estados Unidos com 12 milhões de toneladas/ano. No Brasil, 176 milhões de hectares estão ocupados com pastagens e dentre todos os estados o líder é Minas Gerais com 24,5 milhões de hectares seguido do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Em termos de rebanho, temos o segundo maior rebanho mundial perdendo apenas para a Índia. Mas se analisarmos comercialmente, temos o maior rebanho do mundo com aproximadamente 206 Todos os dados são milhões de cabeças. favoráveis ao Brasil, mas Todos os dados são favoráveis ao Brasil, mas estamos longe de atingir o estamos longe de atingir ápice produtivo. Não precisamos desmao ápice produtivo. Não tar as matas e florestas para aumentar a área de pastagem no Brasil, pois temos precisamos desmatar as potencial para dobrar a nossa produção matas e florestas para de carne e leite apenas com a adequação aumentar a área de de manejo dos animais e uso de tecnolopastagem no Brasil, pois gias alternativas.

temos potencial para

CLIMA O primeiro passo para o empreende- dobrar a nossa produção dor rural que deseja investir profissionalde carne e leite apenas mente no agronegócio da pecuária é a com a adequação de identificação das condições climáticas da manejo dos animais região. Existem milhares de estações climatológicas espalhadas pelo Brasil, muie uso de tecnologias tas delas oficiais, pertencentes ao INMET alternativas. (Instituto Nacional de Meteorologia). Dados sobre temperaturas máximas e mínimas, índices pluviométricos, umidade relativa do ar, insolação, dentre outros são fundamentais para o desenvolvimento das gramíneas. O capim colonião, por exemplo, possui baixa resistência ao frio, enquanto a Brachiaria decumbens apresenta alta resistência à seca; a Brachiaria ruzziziensis é altamente resistente a chuvas intensas, ou seja, o capim a ser adotado na instalação da pastagem deve estar adequado as condições ambientais locais. Estes dados são importantes porque o produtor espera o máximo de produtividade das pastagens e para isto os fatores radiação luminosa, temperatura e água, além de outros fatores, devem estar em equilíbrio. A integração destes fatores estimula o processo fotossintético das plantas e conseqüentemente a produção de massa verde e seca contendo uma preciosa substância: as proteínas, além das vitaminas, lipídios e carboidratos. O destaque maior ocorre com as proteínas porque os animais não são capazes de sintetizar este composto, apenas as plantas (veremos para frente o caso da cana com uréia) durante o processo da fotossíntese. Estes compostos orgânicos são fundamentais no processo de produção do leite e da carne. O estresse causado pela falta ou excesso de qualquer um destes fatores reduz a produtividade das plantas e a sua quantidade de proteínas. SOLO Caracterizadas as condições climáticas local, partimos para a caracterização do solo. O solo não é identificado apenas pelo seu nível de fertilidade, que é facilmente identificável pela análise química do solo, mas também pela sua classificação, características físicas, horizontes, profundidade e topografia. Estes fatores são fundamentais para o desenvolvimento do sistema radicular das plantas e melhoria do processo de absorção de água e nutrientes que reflete no aumento da produtividade da planta, resistência à seca e produção de proteínas. No próximo artigo daremos continuidade ao estudo da caracterização do solo para pastagem. (*) Alexandre Sylvio Vieira da Costa é engenheiro agrônomo e professor da Universidade Vale do Rio Doce (UNIVALE).


CIDADES

Diário Popular

Terça-feira, 20 de novembro de 2012

3

POLÊMICA

VEREADORES ANALISAM DISTÂNCIA ENTRE POSTOS DE COMBUSTÍVEL

Projeto que pretende restabelecer limitações para construção de novos estabelecimentos está na pauta desta terça-feira; governo Robson pediu novamente 3,1 milhões em suplementação IPATINGA – A Câmara de Ipatinga volta a debater nesta terçafeira (20) a questão de limitação de distância entre postos de combustível e hospitais, centros públicos de saúde, asilos, quartéis, clubes de lazer, estádios, ginásios poliesportivos, igrejas e templos religiosos, passagens subterrâneas e viadutos. Dessa vez, o projeto de lei 146/2012 propõe aumentar para 310 metros a exigência para expedição de alvará de localização, construção, instalação e funcionamento de novos postos de combustíveis em Ipatinga. A matéria que será levada a apreciação dos vereadores em plenário é de iniciativa do governo Robson Gomes (PPS), já que a legislação anterior, lei municipal 1.938/2002, possuía vícios de iniciativa e por isso foi alvo de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) movida pelo PMDB. Com isso, o artigo da lei que previa distância de 300 metros acabou revogado, quando o Tribunal de Justiça de Minas Gerais foi favorável à inconstitucionalidade da legislação, em maio deste ano. O projeto atual foi protocolado na Casa no dia 23 de outubro e teve o parecer favorável da Comissão de Urbanismo, Transporte, Trânsito e Meio Ambiente durante reunião na tarde de ontem. O mesmo aconteceu com a Comissão de Legislação, Justiça e Redação, que se reuniu na semana passada.

Nadieli Sathler/Arquivo

do a favor da limitação da distância, o que na prática mantém o monopólio dos atuais donos de postos. OUTROS PROJETOS Além do projeto de lei 146/2012, outras 24 proposições foram incluídas na ordem do dia desta terça-feira, dos quais 11 são pedidos de suplementação feitos pelo Executivo - que somam mais de R$ 3,1 milhões.

Parlamentares votam hoje a liberação de mais de R$ 3,1 milhões em suplementação para Prefeitura e projeto polêmico de postos de combustíveis

Apenas o vereador e presidente da comissão, Nilton Manoel, votou contrário ao parecer, mas foi voto vencido e os outros dois vereadores integrantes da comissão validaram a matéria. SETEMBRO Um projeto de lei semelhante ao que vai ser votado nesta terçafeira criou um mal estar entre os vereadores no mês de setembro. O projeto de lei 131/2012 foi incluído na ordem do dia a pedido do vereador Pedro Felipe, o que foi acatado pelo presidente da

Casa, Nardyello Rocha (PSD). Mas um pedido de vistas feito pelo vereador Nilson Lucas (PMDB) evitou que a matéria fosse votada em plenário. Pouco depois de um embate com alguns parlamentares, o vereador Nilton Manoel solicitou na Vara da Fazenda Pública a suspensão da tramitação da matéria, o que foi acatado pelo juiz Fábio Torres. Na ocasião, o parlamentar alegou que o projeto tinha vício de procedimento, haja vista que a matéria foi protocolada no Le-

gislativo como projeto de lei ordinária. Em sua decisão, o juiz determinou a suspensão do processo legislativo correspondente ao PL 134/2012 para que a tramitação da matéria fosse corretamente adequada ao regimento interno da Câmara de Municipal, sob pena de nulidade de todo o processo. Agora sem os vícios de procedimento, o projeto de lei tem grandes chances de ser aprovado na Casa, já que a maioria dos parlamentares tem se posiciona-

CONTAS Também será levado a votação o parecer do Tribunal de Contas de rejeição das contas do ex-prefeito Chico Ferramenta (PT), do ano de 2002. As ponderações feitas apresentam 12 itens, entre eles a aplicação de recursos públicos em bancos não oficiais, despesas com serviços de terceiros, aplicação de recursos nas ações e serviços públicos de saúde. Antes de votar o parecer do TCE, os parlamentares vão votar os dois pareceres feitos pelas comissões internas da Casa: um da Comissão de Finanças e um segundo feito pela de Execução Orçamentária. No primeiro, houve a recomendação pela aprovação das contas do ex-prefeito, pois os parlamentares da comissão avaliaram que não houve prejuízo ao erário e que Chico Ferramenta agiu amparado por uma lei municipal ao aplicar verbas em bancos não oficiais. Já o segundo parecer recomenda a rejeição das contas.


4

CIDADES

Diário Popular

Terça-feira, 20 de novembro de 2012

PROXIMIDADE

Pedido de suplementação de quase Programa da Cemig R$ 1 mi gera polêmica no Naque visita Sá Carvalho Servidores pressionam por recebimento de pagamentos de outubro, novembro e 13º (Da Redação) - Mais de cem servidores municipais estiveram na Câmara de Naque na tarde de ontem (19) para pedir esclarecimentos aos vereadores quanto ao projeto 014/12, de autoria do Poder Executivo, prevendo suplementação de R$ 928 mil com justificativa de quitação de compromissos com os trabalhadores. Diante de um clima tenso, as comissões legislativas concluíram os pareceres e uma reunião extraordinária acontecerá às 18h desta terça-feira (20) para apreciação da matéria pelos vereadores. Após a reunião das comissões o presidente da Câmara, Elias Tomaz (PSB), recebeu o grupo de servidores e explicou que o projeto foi

Elias recebeu os servidores e esclareceu as contradições do projeto pedindo suplementação

encaminhado no dia 23 de outubro e que legalmente o prazo para votação é de 45 dias. Além disso, há “imprecisões” nas informações encaminhadas aos vereadores. “Eles demoraram a encaminhar o projeto e a relação de servidores anexada está totalmente desatualizada, pois tem pessoas que há mais de dois anos não trabalham mais na prefeitura. Uns já aposentaram e outros estão até em Belo Horizonte. Estes problemas acabam atrasando a votação do projeto”,

explicou o presidente. EMENDAS Para Elias, os servidores estão sendo jogados contra a Câmara porque o salário deles não tem nada a ver com este projeto. Ele esclareceu que no ano passado foi aprovada a lei 325/2011, prevendo os pagamentos de todos os servidores, inclusive o 13º e demais encargos sociais. A mensagem do projeto cita os servidores, mas o projeto em si não faz menção a isso. “Além disso, tem outros

absurdos, como os recursos da merenda escolar, Programa Saúde da Família (PSF), convênios hospitalares, limpeza e iluminação sendo direcionados para pagar servidores contratados de maio para cá, coincidindo com o período eleitoral. É uma situação inadmissível do ponto de vista moral e ético”, observou. Mesmo diante das contradições técnicas e problemas jurídicos, o presidente assegurou que com o parecer das comissões é possível apreciar a matéria ainda nesta terça-feira e, provavelmente, o projeto será aprovado com emendas. “A liberação dos salários de outubro, novembro e o 13º está condicionada à aprovação do projeto. Por isso, nós só aprovaremos o montante referente à folha de pagamento. Assim vamos evitar que promovam a famosa ‘limpa’ de final de mandato no caixa da prefeitura”, ressaltou, convocando os demais servidores a acompanharem a reunião plenária.

BH

Rede de Vizinhos Protegidos ganha versão online, ainda em fase de testes

BH - A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) está prestes a lançar uma nova ferramenta para combater a violência em Belo Horizonte. Com a versão online da Rede de Vizinhos Protegidos, a polícia mineira espera facilitar e dinamizar a comunicação com a comunidade, com o intuito de reduzir ainda mais os índices de criminalidade na capital. A informatização do projeto busca atingir o público entre 17 e 40 anos, que frequenta constantemente as redes sociais e nem sempre tem tempo hábil para participar das palestras na comunidade, que tradicionalmente fazem parte do programa Rede de Vizinhos Protegidos. No ambiente virtual, a comunidade poderá trocar informações com os policiais, interagir com os vizinhos, entrar na sessão de denúncias anô-

nel. O sistema online entrará na fase de teste, inicialmente em Belo Horizonte, no 34º Batalhão.

Placa da Rede de Vizinhos é instalada em ponto comercial: comunidade poderá interagir com os moradores mais próximos e a PM por meio da Internet

nimas, participar de fóruns, conferências e videoconferências. O projeto está sendo conduzido por alunos do Cotemig, que foram orientados pela PMMG. “Os estudantes se interessaram pela iniciativa e são muito focados e dedicados. Na próxima semana, vamos começar a rodar o sistema em fase de testes,” destaca o comandantedo 34º Batalhão de Polícia Militar,

tenente coronel Idzel Fagundes. Segundo o Comandante Fagundes, o sistema servirá também para alertar a polícia e os vizinhos no caso de alguma ocorrência. “Se uma pessoa percebe a movimentação estranha na casa ao lado, pode usar a Internet para alertar a vizinhança e avisar, simultaneamente e em tempo real, a Polícia Militar”, exemplifica o tenente coro-

A REDE A Rede de Vizinhos Protegidos foi criada em 2004, no 34º batalhão da PMMG, em Belo Horizonte, pelo próprio tenente coronel Fagundes, quando ele observou que 80 casas de uma rua próxima ao Anel Rodoviário eram alvo constante de assaltos. O cidadão interessado em inscrever sua rua ou bairro na Rede de Vizinhos Protegidos deve procurar o batalhão da PMMG mais próximo. Para quem já aderiu à iniciativa, a Polícia Militar pode ser acionada, por meio de celulares, que ficam com os coordenadores de turnos de serviços, no sistema 24h, pelo 190 ou pelo Disque-Denúncia 181.

(Da Redação) - A Cemig realiza, nesta quinta-feira (22), reunião do programa Proximidade, sobre a Usina Hidrelétrica Sá Carvalho. O objetivo do programa é apresentar os processos operativos e de segurança da usina, que fica localizada no município de Antônio Dias. O evento ocorre a partir das 9h, no Salão Brasil no Hotel Dom Henrique, rua 15 de Novembro, 510, bairro Centro Norte, Timóteo e contará com a presença de representantes da Empresa, autoridades e moradores da região. Serão abordados os aspectos operativos do reservatório, a meteorologia, a segurança das barragens, as ações ambientais desenvolvidas na Bacia do Piracicaba, e uma apresentação especial da Defesa Civil. Os municípios convidados para participar do evento são Antonio Dias, Coronel Fabriciano, Ipatinga, Jaguaraçu e Timóteo. O programa Proximidade busca estreitar o relacionamento e promover o desenvolvimento social nas comunidades no entorno das usinas da Cemig. Voltado para as lideranças comunitárias, representantes dos municípios da área de influência da hidrelétrica e imprensa local, o evento pretende informar a comunidade sobre o planejamento e condução dos processos da usina, principalmente em períodos de cheias, ou mesmo de seca severa,

que podem causar eventuais alterações nas rotinas operacionais. Serão abordadas ainda as práticas preventivas e de segurança do reservatório de modo a não oferecer riscos tanto para pessoas quanto para propriedades e meio ambiente. PROXIMIDADE Desde 2005, a Cemig realiza uma série de ações que visa à integração com as comunidades das áreas de influência das usinas que sofrem com períodos de secas prolongadas ou cheias intensas, num relacionamento focado no esclarecimento da população. Além de repassar informações, a empresa acolhe demandas da população e estabelece parcerias com lideranças locais, órgãos e atores responsáveis pela segurança e prevenção dos efeitos das enchentes como Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, além da imprensa regional. Concebido a partir da ação conjunta entre as áreas de planejamento, engenharia, sustentabilidade, meio ambiente e comunicação da Cemig, o Programa Proximidade pretende assegurar maior confiabilidade à prática da operação dos reservatórios e, assim, orientar de maneira mais precisa as comunidades do entorno. Serão contempladas ainda as populações residentes no entorno de outras 15 hidrelétricas de Minas Gerais.

Câmara Municipal de Ipatinga MINAS GERAIS Processo de Licitação - Pregão Presencial nº. 24/2012 - do tipo menor preço por item, para aquisição de mobiliário, móveis planejados e acessórios para serem utilizados nos novos gabinetes desta Casa Legislativa, conforme condições constantes no Edital e seus anexos. O início do certame está previsto para as 13h00min (treze) horas do dia 30 de novembro de 2012, na sala de reuniões da Câmara Municipal de Ipatinga, na Praça Três Poderes, s/nº - Centro, em conformidade com a legislação vigente. O edital poderá ser adquirido na sala da Comissão de Licitação, 4º andar, telefone (31) 3829-1243, fax (31) 38291240, no horário de 12:00 às 17:00 horas e pelo site: www. camaraipatinga.mg.gov.br


CIDADES

Diário Popular

Terça-feira, 20 de novembro de 2012 Divulgação PM

5

CRIMINALIDADE

Menor é assassinado a tiros no bairro Bom Jardim

Gizelle Ferreira

Vítima possuía passagens pela polícia; crime pode estar ligado ao tráfico de drogas Acusado apontou para polícia onde estavam escondidas armas e drogas

PM recupera moto roubada, acha drogas e prende acusado IPATINGA – Durante patrulhamento do Grupo Especializado em Policiamento de Área de Risco (Gepar), na última sexta-feira (16), policiais abordaram um indivíduo em atitude suspeita pilotando uma motocicleta sem placa pela rua Berlim, no bairro Bethânia. D.J.N.S., de 19 anos, não reagiu à abordagem policial. Ao consultar o sistema, a PM descobriu a placa da moto como sendo HNQ-0973, e que o veículo havia sido furtado no último dia 11. O suspeito confirmou que roubou a motocicleta duran-

te um assalto no bairro Caravelas. Ao ser questionado onde estaria a arma do crime usada no dia do roubo, o acusado levou a guarnição até uma residência na avenida José Cândido de Meire, no bairro Taúbas. Dentro da casa, foram localizadas 39 buchas maconha e uma pistola calibre 765. O suspeito, natural de São Paulo, foi detido e um menor que estava na casa foi apreendido para prestar esclarecimentos sobre os entorpecentes e a arma guardados em sua casa. A motocicleta foi removida ao pátio credenciado da Polícia Civil.

Criança de um ano se afoga em ribeirão nos fundos de casa FABRICIANO – Uma criança de apenas 1 ano e seis meses de idade morreu vítima de um afogamento na tarde do último sábado (17), na rua João Martins Carneiro, na região do Cocais de Cima, em Coronel Fabriciano. O corpo de Gabriela Martins Tomaz foi encontrado preso em galhos, a cerca de 50 metros do local onde teria se afogado. Segundo o Corpo de Bombeiros, a residência onde a menina morava fica às margens de um ribeirão e ela teria conseguido passar por uma cerca de bambu que divide a casa do riacho. Os pais disseram aos militares que, em

um minuto de distração, a menina se perdeu, quando então começaram as buscas nas redondezas e no ribeirão. O corpo da criança foi localizado pelos próprios parentes. O sargento Marcos, do Corpo de Bombeiros de Fabriciano, que atendeu à ocorrência, disse que ao chegar no local os familiares já haviam dado banho na menina e lhe trocado a roupa. “Parecia que ela estava dormindo no sofá”, disse. Descuido ou não, esta é a segunda vez que uma criança morre afogada no mesmo local onde Gabriela se afundou.

IPATINGA – O assassinato do adolescente Hatus Henrique Silva Barbosa, 14 anos, pode ser mais um dos homicídios relacionados ao tráfico de drogas. Ele foi executado com dois tiros na rua Margarida, esquina com a rua Dália, por volta de 21h40, no bairro Bom Jardim, na noite do último domingo (18). Testemunhas contaram que a vítima passava pela rua quando dois indivíduos em uma motocicleta vermelha aproximaram-se do menor. O garupa da moto sacou um revólver e efetuou vários disparos contra o jovem, que foi atingido no maxilar e do lado esquerdo do peito. Hatus chegou a ser socorrido com vida por uma equipe do SAMU, e levado ao Hospital Márcio Cunha, mas não resistiu. PATRULHAMENTO Ainda na manhã de ontem, militares realizavam patrulhamento nas proximidades do local do crime. No momento em que a reportagem estava na rua Dália, uma equipe do sargento Moreno realizava a abordagem em dois jovens conhecidos de Hatus. Um deles disse que a vítima era considerada “atrevida”. Por não haver nada contra a dupla, os rapazes foram dispensados. DETIDOS Dois principais suspeitos do crime foram detidos. A polícia descobriu junto a testemunhas que 20 minutos antes de ser assassinado, Hatus teria sido abordado por uma viatura policial em companhia de R.P.S., 21 anos, suspeito de estar envolvido na execução. Os dois estavam em uma moto vermelha, placa HKW-3870. Os militares foram até a casa do suspeito e, ao saírem da residência, depararam com ele. R. disse à polícia que estava assistindo TV na casa de A.D.M., 27 anos, também apontado como suspeito

Na manhã de ontem, militares realizavam patrulhamento nas proximidades do local do crime

do homicídio. O segundo acusado foi encontrado em sua casa e contradisse a versão dada por R. Ele alegou que o colega esteve na porta de sua casa e não mencionou que ambos teriam assistido a TV juntos. Outro indício que levou a polícia a suspeitar da dupla é uma ligação no telefone de R., às 21h29 da noite de domingo, discado do aparelho celular de A. Os dois acusados foram encaminhados para a Delegacia de Polícia para prestarem esclarecimentos. PROBLEMÁTICO Apesar da pouca idade, Hatus já possuía diversas passagens pela polícia, por tráfico de drogas e roubo. Para os familiares que receberam a reportagem na rua Amazonas, endereço da vítima, o fim do adolescente já parecia ter sido

anunciado. A prima de Hatus, Raquel Ferreira Rocha, 28 anos, disse que a família inteira já sabia que garoto aprontava pelas ruas, mas avalia que nada justifica o assassinato. “Desde os 13 anos ele tinha envolvimento com drogas. Acho que se ele tivesse devendo alguma coisa ele teria falado. Porque ele tinha muito medo. Todo mundo tentou ajudá-lo, sempre teve de tudo, no entanto ninguém entende por que ele foi para essa vida”, lamenta a prima. Hatus foi visto pela última vez na noite de domingo, por volta de 20h, ocasião em que a irmã mais nova dele (que estava fazendo aniversário) teria pedido para que ele não saísse de casa. No mesmo dia, Raquel lembra que Hatus chegou a fazer um pedido para a mãe. “Ela comprou uma roupa que ele pediu e ainda não usou”, finaliza.

Violência não para TIMÓTEO – Neste domingo (18), foram registradas duas tentativas de homicídio. No início da madrugada, Ranyellson Quintão Batista, 22 anos, saiu ileso de um tiroteio quando teria ido buscar drogas na rua Cinco, no bairro Planalto II. A vítima foi até o local em companhia de sua namorada para comprar uma porção de maconha. Porém, acabou se desentendendo com o fornecedor da droga depois de ter ficado enciumado. Segundo relatou à polícia, o homem teria elogiado a mulher na frente dele. Momentos depois da discussão, o acusado do atentado se retirou do local e retornou armado com um pedaço de pau e uma arma de fogo. Ranyellson, percebendo que iria ser agredido, correu e pulou o mu-

ro de uma residência, quando teria ouvido disparos de arma de fogo e por sorte não foi atingido. Por causa da queda que sofreu ao pular o muro, a vítima teve pequenos cortes no braço direito, na perna e joelho. Segundo a polícia, foi realizado intenso rastreamento, mas o acusado não foi encontrado. Na rua Aracaju, no bairro Veraneio, em Santana do Paraíso, mais uma vítima da violência. Marcos Souza e Silva, 26 anos, foi socorrido por populares ao Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga, após ser baleado no abdômen em um bar. Testemunhas contaram que a vítima teria se desentendido com um rapaz de 23 anos, que efetuou dois disparos contra a vítima. O suspeito ainda não foi achado.


6

BRASIL

Diário Popular

Terça-feira, 20 de novembro de 2012

INTERCÂMBIO

Dilma quer ampliar fluxo de turistas entre Brasil e Espanha BRASÍLIA – A presidenta Dilma Rousseff disse ontem (19) que houve progresso no tratamento a turistas brasileiros que visitam a Espanha, depois que os governos dos dois países mantiveram negociações sobre o assunto, nos últimos meses. Segundo Dilma, é preciso consolidar esses avanços para aumentar ainda mais o fluxo de turistas. “Registramos com satisfação os progressos alcançados no tratamento dispensado a viajantes brasileiros na Espanha. Os entendimentos mantidos ao longo dos últimos meses têm surtido efeitos positivos. Temos que consolidar e ampliar esse avanços para estimular cada vez mais o fluxo de pessoas entre a Espanha e o Brasil, de forma compatível com os vínculos de amizade fraterna que nos une”, disse em entrevista à imprensa, ao lado do primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, em Madri. Desde 2007, cerca de 11 mil brasileiros foram barrados

Roberto Stuckert Filho/PR

Presidenta Dilma Rousseff discursa durante primeira sessão plenária da 22ª Cúpula Ibero-Americana: ela aproveitou visita à Europa para estreitar laços com a Espanha

ao tentar entrar na Espanha. Esse número, no entanto, vem caindo ao longo dos anos. Em 2007, 3.013 brasileiros foram impedidos de entrar no país. Já em 2011, o número caiu para

1.402. Diante dos problemas enfrentados por brasileiros que viajam à Espanha, o Brasil decidiu adotar medidas recíprocas referentes às exigências

para turistas espanhóis. Como consequência, o governo de Rajoy concordou em negociar mudanças que vêm facilitando a entrada de turistas brasileiros.

ponsável pelo processo, terá 30 dias para proferir a sentença. Cachoeira está preso desde fevereiro na Penitenciária da Papuda, na capital federal. Em Brasília, a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira se reúne na próxima quarta-feira (21) para a apresentação do relatório final, elaborado pelo deputado Odair Cunha (PTMG). O relator da comissão já adiantou que pretende propor o indiciamento de todos aqueles que optaram pelo silêncio em depoimento ao colegiado. Um dos primeiros a ser convocado pela CPMI, Cachoeira preferiu não responder a nenhuma pergunta dos membros da comissão.

BRASÍLIA - A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) publicou ontem (19) as regras que vão reger o repasse de informações sobre os passageiros e tripulantes à Polícia Federal (PF), prática que as companhias aéreas que trafegam em território nacional serão obrigadas a adotar, como já acontece em mais de 20 países. A determinação começará a valer 90 dias depois da instalação de um canal seguro, por parte da Polícia Federal, para a transmissão desses dados. A falha no envio das informações poderá acarretar multas que variam entre R$ 4 mil e R$ 20 mil por infração. A Resolução 255 publicada na edição de ontem (19) do Diário Oficial da União obriga as empresas aéreas a adotarem o Sistema de Informações Antecipadas sobre Passageiros (do inglês Advanced Passenger Information - API), usado por 50 países, e o Registro de Identifi-

cação de Passageiros (do inglês Passenger Name Record - PNR), usado por 29. O objetivo das regras é prevenir e reprimir atos ilícitos e facilitar a solução de problemas de ordem migratória, aduaneira, sanitária ou agropecuária que possam surgir. Como parte das informações deverá ser passada à PF a partir de 72 horas de antecedência do voo, também será ampliada a capacidade avaliar riscos, tornando o controle mais eficiente no momento da chegada e da saída do país. Sobre o voo, as companhias aéreas deverão informar detalhes como hora de chegada e saída e o número total de passageiros. Já quanto aos passageiros e tripulantes, serão exigidos documentos oficiais, nacionalidade, data de nascimento, gênero e outros dados. Informações sobre a forma de pagamento, telefones de contato e o assento ocupado também serão necessárias.

Farc declaram “cessar-fogo” unilateralmente

As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) decretaram um cessar-fogo unilateral de dois meses para facilitar as negociações de paz com o governo colombiano. O anúncio foi feito após a chegada de uma delegação da guerrilha a Havana, em Cuba, para dialogar com representantes de Bogotá. “O Secretariado das Farc, acolhendo o imenso clamor de paz dos mais diversos setores do povo colombiano, ordena que unidades da guerrilha em todo o país cessem todas as operações militares ofensivas contra forças oficiais e também os atos de sabotagem contra a infraestrutura pública e privada durante o período de 20 de novembro de 2012 a 20 de janeiro de 2013”, diz o comunicado do grupo rebelde, lido por seu negociador-chefe, Iván Márquez. Representantes das Farc e do governo do presidente Juan Manuel Santos retomaram as negociações de paz no mês passado, na Noruega, alimentando esperanças de que o conflito, que dura mais de seis décadas e matou milhares de colombianos, possa finalmente chegar ao fim.

Mortos civis Empresas aéreas terão que informar à MPF em Goiás pede a condenação são mais de 30%, de Cachoeira por quatro crimes PF sobre passageiros antecipadamente admite Israel BRASÍLIA - O Ministério Público Federal em Goiás (MPF/ GO) propôs à Justiça Federal a condenação do empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, por quatro crimes cometidos 17 vezes. As práticas criminosas listadas pelo MPF/GO são: formação de quadrilha armada, corrupção, peculato e acesso indevido à informação sigilosa. De acordo com a 11ª Vara da Justiça Federal em Goiás, onde tramita o processo contra Cachoeira e mais sete réus, o prazo para a apresentação das alegações finais da defesa terminou ontem (19), conforme estipulado pela Justiça Federal. Depois, o juiz federal Alderico Rocha Santos, res-

No sexto dia de bombardeios de Israel contra a Faixa de Gaza, e com o total de mortos se aproximando de 100, o Exército israelense informou que 33% dos mortos não estavam envolvidos no conflito. Ao menos 18 pessoas foram mortas nos ataques de ontem (19), elevando a 95 os palestinos mortos na atual onda de confrontos entre Israel e o Hamas, grupo que controla a Faixa de Gaza. Um míssil palestino matou três israelenses na última quintafeira (15). O número de mortos aumentou nos últimos dias, com mais de 50 vítimas, segundo autoridades palestinas. No domingo, 12 pessoas de uma mesma família, incluindo quatro crianças, foram mortas em um ataque israelense que destruiu uma casa de dois andares em Gaza. O Exército israelense disse que mais nove palestinos foram mortos acidentalmente em um ataque que visava um comandante do Hamas responsável pelo programa de foguetes do grupo. Segundo as autoridades militares israelenses, o incidente está sendo investigado.


CIDADES

Diário Popular

Terça-feira, 20 de novembro de 2012

7

MODELO

GOVERNO DE MINAS LANÇA FÁBRICA DE SEMICONDUTORES Sociedade entre BNDES e empresas privadas, entre elas o grupo de Eike Batista, investirá R$ 1 bilhão para construção de empreendimento na RMBH BH - Uma sociedade entre Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e um pool de empresas privadas investirá R$ 1 bilhão na construção de uma fábrica de semicondutores (chips) em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte (MG). Para a construção e operação da unidade, foi criada a SIX Semicondutores, companhia resultante de sociedade entre os bancos BNDES e BDMG (Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais) e as empresas privadas SIX Soluções Inteligentes, do grupo EBX, de Eike Batista, a IBM, a Matec Investimentos e a Tecnologia Infinita WS-Intecs Empreendimento com investimentos de R$ 1 bilhão será implantado em Ribeirão das Neves e terá como sócios IBM, Grupo EBX, Matec, WS Intecs, BNDES e BDMG Mais moderna fábrica de semicondutores do hemisfério sul, o empreendimento demandará investimentos da ordem R$ 1 bilhão, devendo gerar cerca de 300 empregos diretos, com o início das operações previsto para 2014. O governador Antonio Anastasia ressaltou, em seu pronunciamento, que Minas e o Brasil vivem um momento histórico. Para ele, o longo tempo de maturação da empresa, com a composição do grupo acionário, permitirá ao Estado dar um passo decisivo rumo ao desenvolvimento e à prosperidade. “Estamos no limiar de uma nova indústria. O Governo de Minas e o setor empresarial tem feito um grande esforço conjunto na obsessão de trazer empregos de qualidade para Minas Gerais. Por isso, esse esforço que fizemos ao longo desses anos para que de fato chegássemos a esse momento”, disse o governador de Mi-

nas. Antonio Anastasia destacou ainda a instalação da Six em Ribeirão das Neves significa uma nova alternativa econômica para a cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte, que registra um dos mais baixos índices de desenvolvimento humano da região. O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, afirmou que a unidade da Six em Minas coloca a indústria brasileira em um novo patamar. “Estamos, de fato, ingressando no século 21. Os componentes que vão ser fabricados aqui trazem uma característica de inovação muito forte para a nossa indústria. Para Minas é muito importante, porque é um estado produtor de minérios e que, agora, está em uma segunda etapa, que é transformar esse minério em subprodutos industriais com características inovadoras”, disse Pimentel. DIFERENCIAL A SIX Semicondutores fabricará chips para utilização em aplicações industriais e médicas. Seu diferencial competitivo será a criação, o desenvolvimento e a produção de circuitos integrados customizados, operando em nichos e obtendo, consequentemente, margens maiores do que na produção em massa de semicondutores. A criação de produtos inovadores terá um papel central na atuação da companhia, com investimentos constantes em pesquisa e desenvolvimento. O projeto, que inicialmente tinha o nome de CBS (Companhia Brasileira de Semicondutores) e foi idealizado pelo empresário Wolfgang Sauer, tem potencial para gerar grande desenvolvimento econômico, promovendo a consolidação da cadeia industrial que utiliza eletrônica no país.

Gil Leonardi/Imprensa MG

A fábrica está sendo implantada em Ribeirão das Neves, Região Metropolitana de Belo Horizonte

Omar Freire/Imprensa MG

Governador Anastasia lança mais moderna fábrica de semicondutores do hemisfério sul, juntamente com demais autoridades

GOLEIRO BRUNO

Motorista é ouvido no primeiro dia de julgamento BH - O primeiro dia do julgamento do caso Eliza Samudio foi marcado pelo abandono dos advogados de defesa de Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, e pela escolha dos sete jurados. Apenas uma testemunha foi ouvida nesta segunda-feira (19). O julgamento no fórum de Contagem, na região metropolitana

de BH, será retomado hoje, a partir das 9h. Em depoimento, Cleiton da Silva Gonçalves, ex-motorista de Bruno, confirmou que ouviu Sérgio Rosa Sales, primo do goleiro, dizer que Eliza “já era” e que seu corpo havia sido jogado para cães. A declaração foi dada após ele

ter sido questionado pelo promotor Henry Castro, da acusação. Ele também negou ter visto manchas de sangue no carro de Bruno. Gonçalves também confirmou o teor dos depoimentos anteriores que deu à polícia e minimizou boa parte de suas falas ao consumo de bebida alcoólica e, também, o fato de ter ficado algema-

do sem motivo por nove horas. Mais cedo, Marcos Aparecido dos Santos, Bola, e Luiz Henrique Romão, Macarrão, deixaram o fórum. Macarrão passou mal e foi dispensado da sessão pela juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues. Já Bola foi retirado do plenário após seus advogados de defe-

sa se retirarem do julgamento e ele ter recusado a indicação de um defensor público. Com isto, a juíza decidiu desmembrar o processo e dar um prazo de dez dias para que ele contrate novos defensores. A nova data do julgamento de Bola ainda não foi marcada. (Folha de S. Paulo)


8

Diário Popular

Terça-feira, 20 de novembro de 2012

C I R C U L AÇ ÃO T E AT R A L

As montagens de final de ano marcam o encerramento de vários meses de atividades teatrais com a comunidade

Lixo amontoado, rato assanhado Alunos do curso de Iniciação Teatral do projeto Interferências Cênicas apresentam trabalho desenvolvido durante período de atividades

IPATINGA - Com a chegada das festivida- que passou pelos municípios de Açucena e apoio também dos prefeitos e das empresas, des de final de ano, os alunos do curso de Belo Oriente, sendo apresentada em praças que acreditam em nosso trabalho. A intenIniciação Teatral beneficiados pelo projeto e escolas públicas locais. ção é que esse projeto continue circulando “Interferências Cênicas – Circuito Vale do por vários anos, existem muitas comunidaO PROPONENTE Rio Doce e Região do Aço” puderam mosdes que precisam conhecer o poder transtrar ao público em forma de espetáculo o “Há algum tempo já realizo este trabalho formador da arte”, comentou Ricardo. conhecimento adquirido durante vários de mediação entre a arte e a comunidade. meses de aulas. A montagem “Lixo amonto- Esse projeto, especificamente, tem essa preRETROSPECTIVA ado, rato assanhado” possui texto de Gilson ocupação em levar cursos de arte a pessoas Ao longo dos últimos quatro anos, o Magno e direção de Roberto Iokel, profes- e lugares que nunca tiveram oportunidade projeto Interferências Cênicas realizou disores do projeto, e foi apresentada em di- de receber atividades assim. Estamos desco- versas oficinas, cursos e atividades no Vale versas comunidades da região. Mais de 500 brindo outro tipo de público. Um monte de do Aço e em cidades vizinhas. Iniciação tecrianças e adolescentes já foram beneatral, interpretação para novos atores, ficiados e capacitados pelo projeto no preparação vocal, balé clássico e dança “Há algum tempo já realizo este trabalho de Vale do Rio Doce. para crianças e jovens foram apenas almediação entre a arte e a comunidade. Esse projeto, Nesta terça-feira (20), será realizaguns dos cursos oferecidos. É a primeiespecificamente, tem essa preocupação em levar ra vez em que municípios como Roseida a última apresentação do circuito, na cidade de Barra Alegre, às 9h. Des- cursos de arte a pessoas e lugares que nunca tiveram ra, Baú, Porteira Grande, Mãe D’água, de o dia 12 de novembro a montagem Corriola e Cocais das Estrelas recebem oportunidade de receber atividades assim. Estamos passando por várias cidades e distritos oficinas de capacitação na área teatral descobrindo outro tipo de público”. regiões, como Roseira, Baú, Porteira e de dança. Todos os cursos são gratuiGrande, Mãe D’água, Corriola, Cocais tos e oferecem certificado aos particiRicardo Maia, idealizador do projeto das Estrelas, Severo e Bocaina. Algupantes. mas dessas localidades receberam, pela pri- gente bacana e carinhosa que, infelizmente, Ao longo dos últimos dois anos também meira vez, apresentações culturais gratuitas estava descontextualizada das questões cul- foram realizadas, em Ipatinga, oficinas voltavoltadas à comunidade. turais do Vale do Rio Doce e região do Aço. das para jovens e adultos. “Música eletrôniO projeto “Interferências Cênicas – Cir- Atuando nessas regiões percebemos o quan- ca para trilha sonora”, “Corpo e espaço na cuito Vale do Rio Doce e Região do Aço” to as pessoas gostam de participar dos traba- tela” e “Arquitetura efêmera” são alguns dos recebe patrocínio da Usiminas, apoio do lhos, apenas falta oportunidade”, observou exemplos. De acordo com Ricardo Maia, “a Usicultura, Lei Estadual de Incentivo à Cul- Ricardo Maia, idealizador do projeto. importância do projeto está, justamente, na tura, Governo do Estado de Minas Gerais, O produtor cultural, iluminador e dire- possibilidade de inclusão e democratização Cenibra, Instituto Cenibra e Prefeitura Mu- tor teatral promove trabalhos como este des- dos processos em arte na região”. Outras inde o final da década de 70. “Estamos feli- formações sobre o projeto podem ser obtinicipal de Antônio Dias. No final do ano passado, a montagem zes em poder proporcionar essas atividades das pelo telefone (31) 8868-7128 ou pelo encenada foi “Auto de Natal em versos”, às pessoas dessas localidades. Recebemos email interferenciascenicas@gmail.com.

CIDADES HMC

MEC aprova Residência em Cirurgia Geral IPATINGA - Após o credenciamento da especialidade de Anestesiologia, em outubro, o Programa de Residência Médica do Hospital Márcio Cunha obteve mais uma importante conquista em 2012. A Comissão Nacional de Residência Médica do Ministério da Educação (CNRM/MEC) aprovou a implantação do curso de Residência em Cirurgia Geral. O processo seletivo 2013 oferecerá três vagas aos bacharéis em Medicina interessados em se inscrever. A abertura do edital, com as datas de inscrição e realização das provas, será realizada no próximo mês e o início das atividades está marcado para 4 de abril de 2013. O curso tem duração de dois anos. O grande diferencial da Residência Médica credenciada pelo MEC, em relação à especialização que o próprio Hospital Márcio Cunha oferecia em parceria com a Fundação Lucas Machado (Feluma), é ser qualificada como pré-requisito para algumas sub-especialidades da Cirurgia Geral, como as Cirurgias Vascular Periférica, Oncológica, Plástica, Urológica, Cardíaca e Neurológica, ou ainda para ingressar em um curso de Cirurgia Avançada, como o de Vídeolaboroscópica, de Glândulas Endócrinas, entre outros. Além disso, os processos seletivos de Residência Médica são feitos por meio de um concurso estadual realizado pela Associação de Apoio à Residência Médica de Minas Gerais, a Aremg (www.aremg.org.br) . Isso permite ao Hospital acolher os melhores candidatos classificados. Os novos residentes serão orientados por seis médicos preceptores, em atividades que passarão pelas áreas de Internação, Centro Cirúrgico, Ambulatórios e Pronto-Socorro. Eles ainda terão de cumprir uma carga horária total equivalente a 20% do curso com atividades teóricas no Centro de Estudos do Hospital Márcio Cunha, incluindo aulas, sessões clínicas, apresentação de trabalhos. Ao final da Residência Médica, é preciso fazer uma monografia orientada por um preceptor. “A proposta do Hospital Márcio Cunha é formar cirurgiões que tenham condições de exercer de forma plena a especialidade, saindo daqui com conteúdo teórico e prático e com condições de serem aprovados em um grande centro de cirurgia avançada ou em outras subespecialidades da Cirurgia Geral”, resume o médico cirurgião-geral e coordenador da residência, Jaílson Tótola. Atualmente, a equipe de Cirurgiões Gerais do Hospital Márcio Cunha atende a cerca de 1.500 cirurgias por mês, entre atendimentos de urgência e emergência, cirurgias vídeolaboroscópicas, cirurgias oncológicas, bariátricas, abdominais, além de cirurgias ambulatoriais.


CULTURA

Diário Popular

Terça-feira, 20 de novembro de 2012

9

CINEMA

Ator ipatinguense é o jovem Rei do Baião em “Gonzaga” Depois de “Cama de Gato”, “Cordel Encantado” e “Gabriela”, Land Vieira interpreta Luiz Gonzaga na juventude em “Gonzaga – De Pai pra Filho” e experimenta o sucesso no cinema em novo filme de Breno Silveira, que também dirigiu “2 Filhos de Francisco” IPATINGA – O ipatinguense Land Vieira, 20 anos, morador do bairro Canaãzinho é o intérprete do jovem Luiz Gonzaga em “Gonzaga – de Pai pra Filho”, novo filme de Breno Silveira, que conquistou o Brasil com o sucesso de “2 Filhos de Francisco”, apresentou também em 2012 “À Beira do Caminho”, com canções de Roberto Carlos, e chega agora com outro filme com a música brasileira servindo de pano de fundo, no caso, as cantadas por Gonzagão e Gonzaguinha. O ator Land Vieira iniciou a carreira nas artes cênicas na Escola de Teatro do 7 de Outubro e no Grupo Farroupilha. Atualmente trabalha com o grupo Casa Laboratório. De Ipatinga foi para o Rio de Janeiro tentar a sorte, assim como o personagem que interpreta no filme. Fez teatro na Casa de Artes Avancini. “Depois de algum tempo, quando o cerco começou a fechar e estava quase voltando para Ipatinga, surgiu a oportunidade de participar do concurso Procura-se um Príncipe, do programa TV Xuxa, para escolher o par romântico de Sacha no último filme da apresentadora”, conta Land, lembrando que na época ficou em segundo lugar no concurso. Não ficou com o papel, mas conseguiu se fazer notar. “Durante o concurso me chamaram para fazer a novela Cama de Gato. Eu fiz o Tarcísio, que era o filho da Camila Pitanga, um rapaz surdo, que era músico, tocava piano. Depois disso fiz Cordel Encantado, interpretando Timbungo. Em seguida fiz uma participação em Gabriela e, agora, no filme. Estes foram os trabalhos de maior destaque na mídia nacional”, sublinha. A PERSONAGEM “No filme eu faço o Luiz Gonzaga dos 17 aos 23 anos. Interpreto o Luiz Gonzaga em Exu, saindo da cidade dele e indo para Fortaleza, onde entra para o exército. Faço toda essa parte da vida dele. Este é meu segundo papel com este perfil musical. O primeiro foi Tarcísio, em ‘Cama de Gato’, que tocava piano. Para interpretar Gonzaga tivemos um preparador de elenco, que foi o Sérgio Penna, também preparador do Rodrigo Santoro em diversos papéis e de vários outros atores. Ele é um dos melhores da área. Tive a oportunidade de trabalhar com ele, de ter alguns encontros com os outros ‘gonzagas’

para poder unificar o personagem, pegar o mesmo cacoete um do outro para deixar homogênea a personagem do Rei do Baião. Tive só umas três ou quatro aulas de sanfona com o Chambinho do Acordeon, que faz o Gonzaga depois de mim. O Sérgio Penna promoveu vários encontros com o Chambinho, mais do que com o Adélio – que faz o gonzagão mais velho. E assim, tive a oportunidade de aprender com o Chambinho, muito pouco porque foram poucas aulas, mas foi uma experiência muito rica, além de pegar alguns cacoetes deles. Mas, o trabalho de construção do meu personagem se deu mesmo a partir do primeiro amor de Luiz Gonzaga, que foi a Nazinha, da alma do sanfoneiro, da alma de músico à frente de sua época e esse lance do orgulho que ele tinha do pai, que ele tinha de ser sanfoneiro igual ao pai, de ir em busca de um sonho e mostrar para as pessoas e que ele era digno e que ser sanfoneiro era uma profissão digna. Então a gente trabalhou o personagem a partir deste tripé. Tive também alguns encontros com a produção para discutir era o relacionamento entre pai e filho. Não conta no filme, mas na vida real eles (Gonzagão e seu pai) já estavam juntos há uns dois anos, quando aconteceu dele enfrentar o pai na feira”. A DIREÇÃO “Foi muito gratificante também trabalhar com o [diretor] Breno Silveira, que estava em todos os ensaios e todos os encontros do elenco. A gente foi gravar na Feira de São Cristóvão, no Rio, e ele estava na Feira. Chegava pra mim e falava: ‘Vai lá atrás de sua Nazinha’. Mandava a menina andar e a menina sumia no meio da multidão na Feira e eu tinha que procurá-la. Foi um trabalho muito gostoso. Ele é um profissional muito dedicado, muito, muito cuidadoso. Geralmente, quando se tem um set de filmagem, chega a equipe de produção e monta tudo, só depois é que chega a direção com o elenco. O Breno chegava uma hora, uma hora e meia antes, marcava tudo, escrevia no chão onde ia colocar as coisas [câmeras, iluminação, etc]. Quando a equipe chegava já estava tudo pronto, tudo marcado, não tinha que ficar olhando onde ia fazer o plano [captação da imagem dos atores]. Ele tem uma dedicação ao trabalho muito grande, é muito sensível.

De Ipatinga, Land Vieira foi para o Rio de Janeiro tentar a sorte, assim como o personagem que interpreta no filme

Eu fui perguntar pra ele porque ele fazia isso e ele falou que era porque depois que já estava tudo montado, tudo certo, ele tinha mais condições de conversar com os atores e explicar o que queria deles. O cara é um gênio, virei fã mesmo”. CONVITE PARA O FILME “Eu estava em Cordel Encantado e cerca de um mês depois que havia acabado as gravações, me ligaram dizendo que era para fazer um teste do filme do Luiz Gonzaga. Não sabia que eu ia fazer, não tinha ideia de nada, mas pesquisei sobre o Luiz Gonzaga. Pensei: é uma coisa nordestina, então vou chegar lá com algum sotaque. Além disso, não conhecia muito da música e achei que não parecia com o Luiz Gonzaga. Fui desacreditado, mas decorei meu texto, vou dar o meu máximo, mas vou deixar como material para a produtora. Fui preparado para fazer um teste, mas não para passar. Fiz o teste e me ligaram uma semana depois para uma segunda etapa. Cheguei lá, tiraram meu bigode, minha barba, que usava para fazer o personagem do Tibumgo, em Cordel. Eu estava com o cabelo black, um bigodão e uma barbicha. Me perguntaram se podiam tirar para ver como ficava, deixei, porque já tinha terminado o trabalho anterior que precisava dessa caracterização. Aí me perguntaram se podiam cortar o cabelo, falei que o cabelo eu queria segurar um pouco porque tinha outro trabalho em vista e não sabia se precisaria dele curto ou grande. Deram uma amassada no cabelo e subi para o palco; quando subi já estavam lá o Chambinho e o Adélio e mais três rapazes que faziam o teste disputando o papel comigo. Ficamos um ao lado do outro e eles [a produção] ficaram olhando pra gente um pouco. Depois pediram que fizéssemos a interpretação do texto. Quem assistiu ao teste foi Chambinho, Adélio, Sérgio Pena, Breno Silveira e Cicele Santa Cruz, que é produtora de elenco. Fiquei nervoso pra caramba, fiz o tes-

te e eles acabaram me chamando, graças a Deus! Até a leitura não estava resolvido, fui eu e outro rapaz. Depois da leitura decidiram por mim e ficou tudo resolvido”. O SUCESSO COM A REPERCUSSÃO DE “GONZAGA” “É difícil acreditar que eu tenha feito um filme desta dimensão. Falando assim por alto não se tem noção do que o Luiz Gonzaga significou no Nordeste. Lá ele é endeusado, é um santo. Tem estátua e as pessoas rezam pra ele. Fiquei honrado. Nego sempre fala comigo: ‘Agora tem o peso desse papel’. Não gosto de falar de peso, quero falar de honra mesmo. Me sinto muito honrado de fazer um personagem deste. Já quanto ao filme eu acreditei que ia ‘bombar’ porque tudo conspirou: é o ano do centenário, os estudantes estão fazendo trabalhos sobre o Luiz Gonzaga... Depois que comecei a pesquisar sobre a vida dele, nos laboratórios, o Breno colocava um toca-fitas para gente ouvir alguns depoimentos dele, então, a gente ia se emocionando e se apaixonando cada vez mais pela história. Eu tinha a certeza de que ia atingir um público bom. É um filme que conta muito a história do brasileiro, tipo ”Dois Filhos de Francisco”, quem assiste dificilmente não se identifica com alguma coisa ali. A luta por um sonho, o amor do pai pela carreira do filho, ver o filho se dar bem. Acho isso o máximo, tem muito a ver comigo também, que saí daqui e fui pro Rio de Janeiro atrás de um sonho. Me identifiquei muito com a história dele, muito, muito... Eu fiz essa parte da história em que ele sai da cidade dele para ir em busca do sonho. Então, eu fiquei muito feliz”. RELAÇÃO ENTRE GONZAGÃO E GONZAGUINHA “Sempre foi complicada. Não gosto de colocar a culpa em nenhum deles, mas acho que foram prioridades da vida de cada um que acabou virando uma bola

de neve. Uma coisinha aqui, outra ali, foi se acumulando, acumulando, até atingir a proporção que teve. Não acho que o Gonzagão desprezasse o filho porque tivesse dúvida se era filho dele de sangue ou não. Acho que ele focou tanto nessa coisa de mostrar pro mundo que ser sanfoneiro era o máximo, que era importante levar a cultura dele pra outro lugar, que ele foi se distanciando. Não que ele não gostasse do filho, era o jeito dele. Não era apegado às pessoas, tanto que vivia brigando com a Adaleia, que foi uma das esposas dele. Ele teve várias mulheres, tinha fama de mulherengo, ele não tinha apego às pessoas e Gonzaguinha se sentia muito mal com isso. E tinha Helena, uma das esposas do Gonzagão que não gostava dele, achava ele um bastardinho. Gonzaguinha, então, passou a viver com Dina, cresceu lá e tinha Dina como mãe e Xavier como pai. Até que tentou sair pro tráfico e Gonzagão deu um jeito de levar ele para um colégio interno. Gonzaguinha foi crescendo com aquele rancor, ‘pô, por que ele não me pegou pra cuidar, porque me colocou num colégio interno’. Ele queria carinho. Cada um fez sua limonada. No final acabaram se juntando, deixaram de lado o orgulho e deu tudo certo. Não sei como seria com os dois se não tivessem feito aquela turnê, ‘Vida de Viajante’. TEATRO, CINEMA OU TV? “Fiquei apaixonado pelo cinema. Gostei muito do cinema. Quero fazer mais cinema e TV. Eu gosto muito daquela correria, estúdio, externa, 45 cenas por dia. É tudo muito louco. Não gosto de ficar parado. Onde tiver um lugar para mostrar a arte estou lá. Todo artista tem de ir aonde o povo está. Isto é uma frase de Luiz Gonzaga: “Eu vou tocar pro povo!”


10

Diário Popular

LAZER

Terça-feira, 20 de novembro de 2012

SALVE JORGE

Théo procura Érica para se desculpar Capitão vai atrás da ex para se acertar do último episódio na festa do regimento e pergunta sobre a aproximação de Élcio (Da Redação) - Após desentendimento com Érica (Flávia Alessandra), Théo (Rodrigo Lombardi) tenta se acertar com a ex. Ele vai atrás da tenente, que age de forma profissional, para esclarecer o que aconteceu no dia da festa no regimento quando Érica acreditava que Théo tinha terminado com Morena (Nanda Costa). “Não estou falando com a tenente, estou falando com a Érica que foi minha namorada, hoje é uma amiga que eu prezo muito e quero manter pelo resto da minha vida”, revela. Érica é seca e apenas responde o essencial. Théo não dá bola e aproveita para perguntar sobre a aproximação de Élcio (Murilo Rosa). Em rebate, a tenente acusa o capitão de falsidade, dizendo que ele a enganou. E joga na cara dele que ela pode se surpreender, de maneira positiva, com Élcio. Morena aparece e a ex vai embora.

Théo procura por Érica no trabalho

LADO A LADO

Constância quer Laura morando com Edgar (Da Redação) - Constância (Patrícia Pillar) está em pânico desde que Laura (Marjorie Estiano) voltou ao Rio de Janeiro. Ela teme que todos descubram que a filha não estava em um balneário coisa nenhuma, mas sim divorciada, morando no interior. Por isso, a ex-baronesa vai à casa de Edgar (Thiago Fragoso) e exige que ele traga Laura para morar com ele novamente, para manterem as aparências. Magoado, ele se recusa e diz que não é res-

ponsável por Laura ter pedido o divórcio. Constância fica revoltada e joga na cara do advogado que ele fez Laura sofrer. “O mínimo que você pode fazer é convidar a Laura pra vir morar nessa casa. Poupála da humilhação de enfrentar a vida como uma mulher divorciada”, insiste Constância. Ao enfrentar ex-sogra, Edgar rebate que Laura quis ir embora por vontade própria. A cena vai ao ar no capitulo desta terça-feira (20).

Horóscopo do dia Áries Fase lunar crescente que estimula mudanças, desprendimento, inovações. Você está lidando com as questões mais importantes da vida. Uma espécie de tudo ou nada. É fundamental que se desapegue e que compreenda o que deve morrer e renascer.

Libra Transformação profunda de valores e de uso de potenciais é a tendência atual. Com a Lua crescente ganham força as mudanças emocionais e na expressão de talentos. Desafio de perceber os valores que realmente importam e que estão além da matéria.

Touro Mudanças nos relacionamentos e na carreira são estimuladas com a Lua crescente. Desafio entre a profundidade e intimidade do vinculo emocional e o desejo de independência. Relações e parcerias têm sido o tema mais importante. As mudanças se intensificam agora.

Escorpião Transformação profunda de valores e de uso de potenciais é a tendência atual. Com a Lua crescente ganham força as mudanças emocionais e na expressão de talentos. Desafio de perceber os valores que realmente importam e que estão além da matéria.

Gêmeos Chegamos ao momento da Lua crescente que estimula mudanças no trabalho. Momento importante para perceber se você está aliando teoria e prática, nativo de Gêmeos. Saúde, qualidade de vida, aprimoramento pessoal e atividade profissional estão em pauta.

Sagitário Você está se despedindo de um ciclo que iniciou em seu último aniversário. Está colhendo os resultados de suas atitudes e também percebendo o que deve ser eliminado. A Lua crescente indica a importância da renovação, da mudança, do novo em sua vida.

Câncer Profundidade versus liberdade. Momento de mudanças emocionais nos cancerianos. A Lua, seu regente, está na fase crescente. Afeto e sexualidade são temas em pauta. Para que haja renascimento afetivo, você deve mudar atitudes. Pratique o desapego.

Capricórnio Hoje ocorre a Lua crescente, que tem reflexos sobre os valores capricornianos. O momento pede uma atitude renovadora, que estimula a cura de velhas feridas. Você está vivenciando profundas mudanças em sua vida e a Lua crescente acentua isso.

Leão A Lua crescente instiga às mudanças emocionais e familiares anunciadas na Lua nova. O momento é muito relevante para transformações internas, no lar e nos relacionamentos. Não resista às transformações. Perceba que elas curam e promovem renascimento.

Aquário A Lua é crescente em seu signo, aquariano. Mudanças pessoais e profissionais. O momento atual estimula renovação, desapego, cura e eliminação, nativo de Aquário. Necessidade de se desapegar de um velho status, situação ou propósito que perdeu a paixão.

Virgem A mudança na forma de pensar e agir pode levar a inovações no trabalho, virginiano. Necessidade de deixar algumas coisas para trás e de eliminar velhos padrões. Lua crescente que representa o desafio de mudanças e de eliminações apontado na Lua nova.

Peixes O momento atual é um dos mais intensos do ano e pede transformação, pisciano. Compreensão de que certas coisas não podem mais permanecer como eram antes. A resistência às mudanças é que cria sofrimento. Saiba fluir e se desapegar, pisciano.

CINE DO VALE DO AÇO

RESUMO DE NOVELAS MALHAÇÃO Fatinha envia a foto com Bruno para o celular dos colegas antes que Orelha consiga publicá-la no TV Orelha. Ju tenta defender o irmão para Rita. Pilha fica arrasado ao ver a foto de Fatinha e Bruno juntos. Dinho se irrita quando Gil fala com Lia e ignora sua presença. Bruno tira satisfações com Fatinha. Orelha confirma que sua câmera secreta está funcionando. Rita revela para Ju que é filha de Mathias. Orelha pensa em como vencer a eleição. Gil provoca Dinho enquanto caminha em direção a casa de Lia. Rômulo leva Paulina para conhecer seu iate. Lorenzo sugere que Raquel se hospede no hostel e ela diz que resolverá a questão dos dois. Gil pede para Lorenzo deixar Lia dar aulas de guitarra para ele. LADO A LADO Isabel e Jurema cuidam de Zé Maria. Afonso vai embora sem falar com a filha. Zé Maria tenta conter a emoção do reencontro com Isabel. Constância convence

Edgar a chamar Laura para morar com ele. Edgar se preocupa com Laura ao saber dos preconceitos que uma mulher divorciada enfrenta. Celinha inventa uma desculpa para ir ao jornal. Zenaide proíbe Elias de se aproximar de Isabel. Afonso pede para Jurema entregar um maço de notas para sua filha. Constância explica seu plano para que Albertinho conheça Esther. Isabel e Diva se reencontram. Isabel chega à confeitaria e Constância se enfurece quando Albertinho deixa a mesa para cumprimentá-la. GUERRA DOS SEXOS Otávio finge não conhecer Charlô. Semíramis e Nieta ficam envergonhadas com o conteúdo dos pacotes de Nenê. Roberta confessa a Dino que gosta de Nando. Otávio liga para Veruska, mas Charlô toma o telefone da secretária. Kiko consegue colocar um chip de computador no sapato de Nando. Zenon intimida Carolina para saber o nome de Vânia. Felipe tenta convencer Fábio a voltar com Manoela. O fotógrafo vê

Juliana com Ronaldo e fica com ciúmes. Roberta e Dino libertam Nieta da cadeia. Kiko acompanha Nando pela tela do seu GPS. Juliana chama Ronaldo de Fábio. Charlô aposta toda sua fortuna com Otávio. SALVE JORGE Russo inventa uma desculpa para Lívia. Sarila volta para casa e descobre que a filha mais nova fugiu. Stenio pede Bianca em casamento. Sidney finge ser o namorado virtual de Lurdinha. Théo tenta falar com Érica, que o despreza. Thompson aceita a oferta de Diva pela casa de Lucimar. Rachel conta para Maitê que as joias que levou para serem avaliadas são falsas. Aisha ouve Stenio falar que faltam documentos de sua adoção e decide esclarecer sua história sozinha. Barros descobre uma pista sobre Djanira/Wanda. Miro anuncia um empate no concurso “Garota da Laje”. Deborah demite Morena do escritório. Lívia manda instalar uma escuta na boate. Zyah se surpreende ao saber que Stenio e Bianca vão se casar.

A SAGA CREPÚSCULO: AMANHECER - PARTE 2 (LEGENDADO) Sala 2 - Diariamente: 21h45 A SAGA CREPÚSCULO: AMANHECER - PARTE 2 (DUBLADO) Sala 2 - SEG. a SEX: 19h20 Sala 2 - SAB. e DOM: 16h50 - 19h20 Sala 1 - Diariamente: 14h00 - 16h30 - 19h00 - 21h30 GONZAGA - DE PAI PARA FILHO (NACIONAL) Sala 2 - SEG. a SEX: 16h45 Sala 2 - SAB. e DOM: 16h45 ATÉ QUE A SORTE NOS SEPARE (NACIONAL) Sala 3 - SEG. a SEX: 17h00 - 19h10 Sala 3 - SAB. e DOM: 14h10 - 19h10 007 - OPERAÇÃO SKYFALL (DUBLADO) Sala 3 - SEG a SEX: 21h20 Sala 3 - SAB E DOM: 16h20 - 21h20


SOCIAL

Diário Popular

Terça-feira, 20 de novembro de 2012

11

Semana de Profissões dorachaves.2008@gmail.com

Em um congresso cheio de boas palestras, não poderiam faltar boas lembranças: eu com Janeth, Telma (Federaminas), Tânia Carvalho,(Aciati), Dalizete Peixoto, Benigna Silva, Célia, Eliame e Eline, em Araxá

A Fadipa recebe na próxima sexta-feira, 23, os alunos da Escola Estadual “Nilza Luzia de Souza Butta”. O projeto, idealizado pela professora Vera Rute, da Nilza Butta, tem como objetivo oferecer aos estudantes um momento de reflexão e orientação para uma escolha profissional

mais consciente, pois este futuro universitário deve acompanhar, com rapidez, as mudanças que acontecem em nossa sociedade. Na Faculdade de Direito acontece o “Fórum das Profissões”, com explanação de profissionais sobre o curso, a profissão e o mercado de trabalho.

Reveillon Chef Lui e a esposa Lidiane receberam parte da Confraria do Jiló para degustação do bufet a ser servido na confraternização. Dizem que será otimo!

Trabalho em família Os irmãos Lara, Flaviano e Laís Saad, alunos do curso de medicina do IMES em Ipatinga, estiveram no Rio Grande do Sul nesse último final de semana para apresentar os trabalhos desenvolvidos: “Relações entre Saúde e Trabalho Docente em uma

Escola Pública de Ipatinga” e o trabalho “Semeando e Acolhendo: Projeto piloto sobre o acolhimento em uma Unidade Básica de Saúde do Vale Aço”. Eles apresentaram o trabalho durante o Congresso e já estão de volta ao Vale do Aço.

Com o fim do ano chegando, muitos clubes já finalizam os preparativos para as festas de reveillon. Entre os mais tradicionais estão a Lagoa Silvana, Ipaminas, Casa de Campo, Morro do Pilar e tantos outros. E saindo na frente, o Acesita Esporte Clube (Campestre) já deu a largada. O presidente Marcos

Sávio e sua diretoria já estão anunciando a festa no dia 31 de dezembro com a banda “Som & Cia”, Buffet completo com cerveja, refrigerante e água, além de belíssima queima de fogos com vista panorâmica da cidade. As mesas, exclusivas para sócios, já podem ser reservadas desde ontem, dia 19.

Gasolina Parece que a concorrência dos postos de Fabriciano fez alguns estabelecimentos em Ipatinga abaixar um pouco o preço. Depois que muitos descobriram que abastecer na cidade vizinha custava entre R$

2,59 a R$ 2,69 o litro, contra R$ 2,89 cobrado por aqui, já é possível encontrar gasolina em Ipatinga a partir de R$ 2,72. Ainda é caro, mas alguns centavos para quem abastece muito faz uma boa diferença.

Cristiane, munida de uma bela novidade, com o filho Daniel

Flávio, Fred Ozanan e Pedro Fioravante no Ipaminas

Solidariedade Osvaldo, filho de Benedito Pacifico e Marlene, está passando por algumas cirurgias em BH, em função do acidente automobilístico que sofreu no último dia 15 de novembro, e necessita de doadores de sangue “O NEGATIVO”. Caso algum de vocês possa doar ou encaminhar

algum doador, Osvaldo está internado no hospital SOCOR em Belo Horizonte; o contato é Marlene, no 9632-7021, que o acompanha. Mesmo que o tipo sanguíneo seja outro, o hospital aceita assim mesmo, mantendo em dia o BANCO DE SANGUE.

Diário Social Na Terça Sem Lei Sensacional de hoje, a partir das 19h30, mais de 10 atrações musicais, entre eles Laduca, Helio do Almeida Boys, Waldomiro, Nem e Caburé, mais sorteio de prêmios e exibição de fotos do baile do Pierre 5 pela HP Produções. . . . . . . . . . .

Eu e Rui fomos recebidos com muito carinho no ultimo sábado por Márcia e José Modad em seu belo aconchego de Santana do Paraíso. Ela, prendada que é, nos serviu uma costelinha com quiabo, preparada com um sabor delicioso que lembra o da mãe Valéria. Parabéns.


12

ESPORTES

Diário Popular

Terça-feira, 20 de novembro de 2012

TRANSFERÊNCIA

TORCEDORES PROTESTAM CONTRA IDA DO IPATINGA PARA BETIM IPATINGA – A possibilidade de o Ipatinga Futebol Clube mudar de nome e trocar sua sede para a cidade de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, vem revoltando torcedores do time. No último sábado (17), durante partida da 37ª rodada do Brasileirão, no estádio João Lamego, que terminou com a derrota do Tigre para o Guaratinguetá por 3 a 2, torcedores da equipe do Vale do Aço queimaram camisas do time em forma de protesto. Já nesta segunda-feira (19), os muros do Centro de Treinamento do clube, localizado no bairro Cariru, amanheceram pichados. Nos escritos, pedidos para que o time permaneça na cidade e ofensas contra a atual direção do clube. Os protestos acontecem em um momento delicado da história do Ipatinga. O time disputou neste ano a série B do Campeonato Brasileiro e se manteve nas últimas posições durante todas as rodadas. Chegou a passar dez jogos sem vencer e, a duas semanas antes do fim da competição, já estava rebaixado para a série C. Enfrentou ainda o menor público do campeonato: 37 pagantes em jogo realiza-

apoio:

do em casa no dia 16 de outubro contra o Joinville, quando venceu por 1 a 0. O time – incluindo jogadores – enfrenta ainda atrasos nos salários, que chegam a quatro meses, além da queda da arrecadação vinda dos patrocinadores. Diante desse cenário, a direção estaria acertando a mudança do clube para a cidade de Betim. No dia 30 de outubro, o presidente do Ipatinga, Itair Machado, protocolou na Federação Mineira de Futebol (FMF) um ofício onde relatava a intenção de mudar o nome e a cidade sede do time. No documento, constava ainda o pedido de desfiliação do Betim Futebol Clube da Federação. Em Betim, a implantação do novo time já é dada como certa pelos moradores. Um funcionário do time confirmou o pedido de desfiliação do Betim à FMF e afirmou que a decisão havia sido acertada durante reunião entre dirigentes do clube e Itair Machado. Os contatos com o presidente do Ipatinga estariam em fase adiantada. O processo, no entanto, é mais longo do que se aparenta. A decisão de dar ou não a um time a possibilidade de mudar de nome é de

André Almeida

Muros do centro de treinamento amanheceram nesta segunda-feira pichados; pedidos de permanência e protesto contra atual direção

responsabilidade da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Uma resolução da CBF determina que pedidos de mudanças só serão acolhidos mediante apresentação de justificativas sólidas que demonstrem benefícios para o time e também para o esporte em si. Ainda conforme a resolução, a análise do pedido do Ipatinga só será feita após a direção do clube efetuar o pagamento de uma taxa de administração à entidade, que segundo a própria Confederação, está no valor de R$ 10 mil. A CBF afirma que a prática de troca de nome e sede traz inconvenientes para a imagem do clube, afeta a credibilidade dos times e do futebol, desmotiva o torcedor e afasta patrocinadores. Na entidade, ainda não há pedido formal protocolado nesse sentido. A Confederação também é a responsável por definir a competição que o clube irá disputar no próximo ano. Amanhã, os times do Estado que disputarão o módulo II do Campeonato Mineiro 2013 – entre eles o Ipatinga – se reúnem na sede da FMF, em Belo Horizonte, para definirem os detalhes da próxima edição do Estadual. DISPUTA De acordo com a FMF, até o presente momento, o Ipatinga não pode efetuar nenhuma mudança porque ainda está na disputa da segunda divisão do Campe-

onato Brasileiro. Nesta sexta-feira, o time realiza sua última partida pela competição, jogando contra o América Mineiro, às 21h, no Estádio Independência, em Belo Horizonte. A assessoria do Ipatinga afirmou que o presidente Itair Machado irá se pronunciar sobre o assunto somente na próxima semana e que nem jogadores nem comissão técnica sabem ao certo o futuro do time. BETIM F.C. Fundado há seis anos, o Betim Futebol Clube disputou este ano apenas campeonatos estaduais de base – infantil, juvenil e juniores. O clube encerrou suas atividades no início deste mês e fechou seus portões. Na cidade, boatos dão conta que ida do Ipatinga para Betim estaria associada à vitória

de Carlaile Pedrosa (PSDB) para a prefeitura da cidade, que ainda não possuía um clube profissional formado por atletas adultos – quem ocuparia este lugar seria o Ipatinga. Alheios aos protestos e boatos de mudança, os jogadores do Tigre vêm realizando sua sequência de treinos normalmente. Nesta segunda, o grupo esteve no Lamegão para treinamento, agenda que deve se repetir na terça e quarta-feira. Na quinta, a equipe viaja para a capital mineira onde enfrenta, na sexta, o América Mineiro em jogo válido pela última rodada do Brasileirão. O Ipatinga, que está em penúltimo lugar na tabela, ainda corre o risco de terminar na lanterna, caso perca na sexta-feira e veja o Grêmio Barueri, último colocado, vencer o Guaratinguetá em jogo a ser disputado no domingo.

Último jogo do Ipatinga na cidade em que nasceu foi marcado pela derrota por 3 a 2 contra o Guaratinguetá


20/11/2012