Page 1

CIANO

MAGENTA

AMARELO

PRETO

DIÁRIOPOPULAR JORNAL DE VERDADE

Região Metropolitana do Vale do Aço - Ano Vl - Número 1.503 - Terça-feira, 04/09/2012 - R$ 0,70

ELEIÇÕES

E D U C A Ç Ã O D E J O V E N S E A D U LT O S

Governo Robson cancela aulas no Nova Esperança Há menos de três meses para terminar o ano letivo, Prefeitura anuncia fim do ensino do EJA na Escola Terezinha Nívia; estudantes se mobilizam contra remanejamento

“Vincular seu nome a Alexandre Silveira é uma clara tentativa de prejudicar sua candidatura”, diz a defesa da candidata

Liminar suspende pesquisa Praxis O juiz Nilson Ribeiro Gomes, da 131ª Zona Eleitoral de Ipatinga, concedeu liminar para a Coligação Responsabilidade com Ipatinga, da candidata Rosângela Reis (PV), e determinou a suspensão imediata de quaisquer resultados da pesquisa da empresa Praxis. A alegação é que o questionário apresentado pela Praxis não está de acordo com a norma eleitoral. O processo ajuizado pela Coligação de Rosângela Reis questiona que uma das perguntas feitas ao eleitor vincula o nome de Rosângela Reis como sendo apoiada pelo deputado federal Alexandre Silveira. A defesa alega que Rosângela Reis recusou publicamente o apoio Página 4 do deputado.

ECONOMIA

Novo TAC aquece a construção civil Os empresários da construção civil já estão colhendo frutos positivos em função do novo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado entre o Ministério Público do Meio Ambiente e a Prefeitura de Ipatinga no mês passado. Com parâmetros mais flexíveis para um melhor aproveitamento dos terrenos, o arquiteto Rodrigo Guerra vê boas perspectivas de projetos para os próximos 60 dias. Só nas últimas semanas, ele fechou a reforma de três residências, duas no bairro Cariru e outra no bairro Imbaúbas. Confira na página 5 as principais alterações do acordo que promete reaquecer o mercado. Página 5

A conclusão do ano letivo de estudantes do projeto Educação de Jovens e Adultos (EJA), na Escola Municipal Terezinha Nívia de Oliveira Lopes, situada no Novo Esperança, está ameaçada. Isso porque o prefeito Robson Gomes (PPS), junto com a Secretaria Municipal de Educação, decidiu fechar as turmas do projeto que funcionavam na unidade. A notícia foi recebida com revolta pelos alunos. Segundo disseram os estudantes, a informação da diretoria é que a medida foi tomada para conter despesas. Em nota, a Prefeitura de Ipatinga informou que está redimensionando o atendimento da Escola de Jovens e Adultos (EJA), tendo em vista que a escola citada não apresentou demanda suficiente. Página 3

VIOLÊNCIA

Irmãos não falam sobre crime no bairro Vila Militar Dois irmãos, um adolescente de 13 anos e uma criança, continuam sendo as principais testemunhas oculares do assassinato de um jovem na semana passada. Aquiles Martins dos Santos, 18 anos, o “Biquin”, foi executado enquanto tomava banho na última quinta-feira (30), na rua Tucumã, no bairro Vila Militar. No entanto, eles não forneceram informações à polícia sobre os autores. Segundo familiares, nenhum dos dois meninos possui condição de falar sobre o assunto e tampouco reconhecer os assassinos de Aquiles. Página 7

SIMULAÇÃO - Servidores da Câmara Municipal de Ipatinga participaram nesta segunda-feira (3) de uma simulação de combate a incêndio. Pegos de surpresa, todos os servidores foram evacuados para fora do prédio depois que o alarme de incêndio foi disparado. Essa é a segunda vez em menos de três meses que uma simulação de incêndio é realizada, e a primeira após a obtenção do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), documento fundamental para a certificação do selo de qualidade ambiental ISO 14001. Na foto, servidores se agrupam em ponto pré-combinado fora da Câmara.

STF

Ex-diretores do Banco Rural são condenados pelo relator e revisor Carlos Humberto/STF

As fraudes nos registros do Banco Rural, segundo Barbosa, tinham o objetivo de esconder os desvios, a origem e o destino do dinheiro

O ministro-relator do mensalão, Joaquim Barbosa,considerou ontem (3) culpados do crime de gestão fraudulenta de instituição financeira os ex-dirigentes do Banco Rural, Kátia Rabello, José Roberto Salgado, Vinícius Samarane e Ayanna Tenório. Para o ministro, as operações financeiras de empréstimos em favor do PT e das empresas SMP&B e da Grafitti, de Marcos Valério, foram “simuladas” e os ex-dirigentes do Rural “utilizaram dolosamente de instrumentos fraudulentos”. O ministro Ricardo Lewandowski, revisor do processo, também votou pela condenação da dona do Banco Rural Kátia Rabello e do ex-vice-presidente da instituição José Roberto Salgado por gesPágina 9 tão fraudulenta.


2

Diário Popular

OPINIÃO

Terça-feira, 4 de setembro de 2012

FRASES “Conclui-se que os réus, em divisão de tarefas típica de uma quadrilha organizada, atuaram intensamente na simulação de empréstimos e utilizaram mecanismos fraudulentos para encobrir o caráter simulado desses empréstimos”. Do ministro relator do mensalão, Joaquim Barbosa, proferindo voto pela condenação da cúpula do Banco Rural, responsável por empréstimos “fictícios”.

“Não recebi um país sob intervenção do FMI ou sob a ameaça de apagão”. Nota oficial da presidente Dilma, respondendo a artigo divulgado no final de semana pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em que diz que a presidente recebeu uma herança maldita de Lula.

“O PT se apropria de empresas públicas, como fez e agora está comprovado pelo STF em relação ao Banco do Brasil. Uma vergonha, uma instituição secular, símbolo do Brasil, atender a interesses do partido. É um problema grave do PT: tem muita dificuldade em separar o que é público do que é privado”. Do senador Aécio Neves (PSDB), em campanha pela reeleição do prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB), adversário do petista Patrus Ananias.

DIRETOR RESPONSÁVEL Fernando Benedito Jr. EDITORA RESPONSÁVEL Anna Sylvia Rodrigues e Silva (MG 12319 JP) O DIÁRIO POPULAR é uma publicação da A Gazeta Metropolitana Editora e Gráfica LTDA. CNPJ 07.366.171/0001-88 FALE CONOSCO Telefone: 3827-0369. diariopopular.redacao@gmail.com ou diariopopular.comercial@gmail.com ADMINISTRAÇÃO E REDAÇÃO Avenida JK, 1290, bairro Jardim Panorama, CEP 35.164-245. OFICINA Rua Anápolis, 55, Veneza II, Ipatinga.

ARTIGO II

ESPAÇO PÚBLICO

Herança maldita

10 milhas - A equipe de corredores de Ipatinga festejou a participação nas 10 milhas, com os resultados expressivos de Valdir Ribeiro, Samuel Alves Fidelis, Celho Cequeto e Fabiano Soares. Eles melhoraram os tempos e ficaram bem classificados em suas categorias. Givanildo Pereira, correndo na elite, lamentou ter ficado sem o chip e deixou escapar seu lugar no pódio, já que estava entre os primeiros na largada e teve que retornar para apanhar seu chip. Givanildo foi o 13º em 2011 e já larga no pelotão de elite nacional. Douglas Cassimiro e Rafael Brás, na coordenação técnica da equipe, estudam os treinamentos para a volta internacional da Pampulha e querem fazer resultados expressivos.

(*) Emir Sader

ARTIGO

Novo mundo, novas leis. E o pau vai quebrar

(*) Marli Gonçalves

Vai rolar cotovelada e pescoção pra tudo quan- Justiça, STJ, Gilson Dipp. Quinze deles foram até o fito é lado a partir de agora. Vai, não. Já começaram a nal, sendo que entre estes há apenas duas mulheres, voar pedras, sapatos, impropérios e muita bobagem a procuradora Luiza Eluf e Juliana Garcia Belloque, sendo dita desde que, nessa semana, foi entregue defensora pública, o que já mostrará uma balança no Senado a nova proposta de reforma do Código meio desengonçada para o lado feminino e nossas Penal. Dona Reforma vem chegando, com suas 480 prerrogativas. páginas. Muitas, páginas e páginas, porque isso não Só que tem muita gente que parou no tempo. tem jeito: adoramos administrar, legislar e mandar Que, se possível fosse, andava para trás, e não seria sobre tudo e todos especificamente e, ao mesmo para rejuvenescer, não. Tem horror à mudança. Que tempo, deixando brechas, para uma tal margem de pensa que qualquer liberação trará efeitos catastrómanobra, um tal jeitinho. Pior, nela - pra desespero ficos e que o mundo irá virar ao contrário, ter uma social - ainda não pensaram em incluir leis básicas hecatombe, ficar quadrado e de cabeça para baitipo “é proibido homem carregar bolsa da mulher xo, caso ocorra. Que ninguém vai mais nascer se o em público”(pena: libertação do indivíduo, retenção aborto for liberado. Que todo mundo vai enrolar um da bolsa e multa para a mulher), “ninguém pode, charutão de marijuana com página de Bíblia e sair em sã consciência, ficar mais de dois dias sem lavar por aí, cantando reggae, molengão, ou que os cano cabelo”(pena leve: trabalhos voluntários), etc e tal, teiros das ruas serão substituídos por plantações, que já sei que você deve estar pensando alguma onde haverá colheita fácil. Que menores de idade que incluiria também. serão içadas para a prostituição (coA reforma que agora espera Já era muito mais do mo se acaso hoje houvesse alguma pela aprovação pela Subcomissão ação efetiva contra a famigerada que hora de mudar o prostituição infantil), e os doentes de Crimes e Penas para começar a tramitar e existir, de verdade, vai Código Penal Brasileiro, que estiverem em estado terminal, e passar muito pano para manga, esse idosinho de 1940, não quiserem paliativos, serão muibate-boca, contenda, disputa, luta, tos, aos milhares. Pensam também de outra época, outros que milhares de mulheres alugarão, discussão, debate, peleja, contestação e controvérsia, o que vai atrasar costumes, outro país, com plaquinhas, seus úteros, anunainda mais mudanças significativas outro mundo. Certo? ciados em jornais, especialmente esperadas pela sociedade civil. Pelo os voltados aos gays. Que a família Certo. Mas, como se diz, será destruída por algum tipo de demenos a sociedade pensante. É preciso. Porque ela nasceu mesa jurupoca vai piar, o vassidão que se alastrará. mo meio tortinha, precisando de pau vai quebrar e muita Menos, menos. Muita gente couns apliques, emendas e substitutilaborou nessa produção. Os juristas água ainda vai rolar vos. Já estamos vendo as pedras das pediram palpites ao respeitável púigrejas e dogmas jogadas, especialpor baixo e por cima blico e dizem que receberam mais de mente contra as leis que pretendem das pontes, quebradas, três mil sugestões, que eu bem querever fatos cada vez mais comuns ria ver a lista completa de sandices aos nosso cotidiano: versam sobre viadutos, igrejas, grupos e curiosidades que devem ter chegasexo, homossexualidade e homofo- de pressão e tudo o mais do, com abaixo-assinados e tudo. bia, eutanásia, ortotanásia, direito à O que anda mesmo me preocuque vai tentar meter o vida e aborto, drogas e legalização, pando e vai acabar me fazendo ler jogos e liberação, crimes econômi- bedelho, melar, azedar e as tais 480 páginas é que parece que cos e até sobre crueldade contra os tem umas incrustações esquisitas controlar. animais. Um monte de coisas passana Dona Reforma, ali pelo meio de rá a ser punida mais duramente, como bêbados as- tantos artigos e parágrafos, o que no país do “O rei sassinando no trânsito, por exemplo. Mas também sou Eu”, na cabeça de algum atormentado, é coisa tem bullying, que não sei como vai ser encarado que pode vir a ser usada contra minha categoria junto das criancinhas se socializando e refletindo a profissional, contra a comunicação e o jornalismo. exata sociedade bruta de seu ao redor. Aí já me invoquei. Precisamos estar sempre atentos Até os índios, antes tratados apenas como inca- e fortes, de guarda, pela nossa soberania. Pela nospazes, esquecidos, poderão passar a ser mais gente, sa liberdade. mais integrados. Ficará assim: se o índio praticar Principalmente unidos pela aplicação de bom um fato considerado como crime na sociedade não senso. Às vezes não adianta fazer plástica total, mas índia, mas se estiver de acordo com os costumes, usar bons produtos que acabem com as rugas que o crenças e tradições de seu povo, não poderá mais tempo já fez nesse nosso velho amigo Código Penal, ser punido. Mas terá a pena diminuída, se, em razão sempre usando sua experiência e vivência. desses seus costumes, o índio tiver mais dificuldade No fim, vou mesmo torcer para que o casamende agir de acordo com os valores e normas da socie- to entre a Dona Reforma e o Senhor Código Penal dade não índia. Tipo assim. seja feliz para sempre. No civil e no religioso. Durante sete meses, gente muito séria se debru(*) Marli Gonçalves é jornalista. A propósito, jurupoca, jiripoca çou sobre essa reforma, capitaneados pelo respeita- ou jerepoca é um peixe que pia. Parece passarinho que bebe de outras águas. do Ministro, hoje presidente do Superior Tribunal de

O governo Lula recebeu uma herança maldita do governo FHC, refletida numa profunda e prolongada recessão, no desmonte do Estado, na multiplicação por 11 da dívida pública, no descontrole inflacionário. O controle da inflação jogou-a para baixo do tapete: transferiu-a para essa multiplicação da dívida pública. O povo entendeu, rejeitou FHC e derrotou os seus candidatos: Serra duas vezes e Alckmin. Isso é história, tanto no sentido que é verdade incorporada à história do Brasil, como história porque o governo Lula, com grande esforços, superou a recessão profunda e prolongada herdada e conduziu o Brasil ao ciclo expansivo que dura até hoje. Para não aguçar o clima de instabilidade que a direita pretendia impor no começo do seu governo, Lula preferiu não fazer o dossiê do governo FHC, que incluísse tudo o que foi mencionado, mais os escândalos das privatizações, da compra de votos para a reeleição, da tentativa de privatização da Petrobras, entre outros. Não por acaso FHC é o político mais repudiado pelos brasileiros. Já na eleição de 2002, Serra tratou de distanciar-se do FHC. Em 2006, as privatizações, colocadas como tema central no segundo turno, levaram a uma derrota acachapante do Alckmin. Em 2010, de novo o Serra nem mencionou FHC, tentou aparecer como FHC não ouve o melhor continuador do governo Lula, paninguém, ra a desmoralização despreza os que definitiva do governo o cercam, mas FHC. Ao lado disso, sofre da teoria economistas da ultra da dependência esquerda esposaram da dor de a bizarra tese de que não havia herança cotovelo. Dedica maldita, que o goveras pouco claras no Lula era continuiforças mentais dade do governo FHC, que mantinha o moque lhe restam delo neoliberal. Além para atacar Lula, de se chocarem com a realidade das trans- cujo sucesso fere formações econômiseu orgulho à cas e sociais do país, morte. foram derrotados politicamente pelo total falta de apoio a essas teses no final do governo Lula, quando o candidato que defendeu essas posições, apesar de toda a exposição midiática, teve 1% dos votos. FHC não ouve ninguém, despreza os que o cercam, mas sofre da teoria da dependência da dor de cotovelo. Dedica as pouco claras forças mentais que lhe restam para atacar Lula, cujo sucesso – espelhada no apoio de 69,8% dos brasileiros que querem Lula de volta como presidente em 2014 e nenhuma pesquisa sequer faz a mesma consulta sobre o FHC, para não espezinha-lo ainda mais – fere seu orgulho à morte. Esses amigos tentam convencê-lo a não escrever mais, a não se expor ainda mais à execração publica – com efeitos diminutos, porque ele não ouve, seu orgulho ferido é o maior dos sentimentos que ele tem, mas também porque ninguém lê seus artigos – a se retirar definitivamente da vida pública. Cada vez que ele se pronuncia, aumentam os apoio ao Lula e à Dilma. A história diz, inequivocamente, que o Lula é um triunfador e FHC um perdedor. Isso a direita e seu segmento midiático não perdoam, mas é uma batalha perdida para todos eles. (*) Emir Sader é sociólogo. Artigo publicado originalmente no Portal Carta Maior.


Nadieli Sathler

CIDADES

Diário Popular

Terça-feira, 4 de setembro de 2012

EDUCAÇÃO

Alunos do Nova Esperança protestam contra fim do EJA Há menos de três meses para acabar o ano letivo, governo Robson Gomes vai remanejar estudantes para outras escolas IPATINGA – A conclusão do ano letivo de estudantes do projeto Educação de Jovens e Adultos (EJA), na Escola Municipal Terezinha Nívia de Oliveira Lopes, situada no Novo Esperança, está ameaçada. Isso porque o prefeito Robson Gomes (PPS), junto com a Secretaria Municipal de Educação, decidiu fechar todas as turmas do projeto que funcionavam na unidade. A notícia foi recebida com revolta pelos alunos. Euzimar Ferreira Lopes, estudante do 9° ano, contou que a diretora esteve nas salas de aula para dar a informação de que a medida foi tomada por corte de despesas. “Tínhamos duas provas agendadas para aquele dia. Depois da notícia, simplesmente não tivemos mais condições de permanecer dentro da sala. A diretora ainda falou que quem quisesse continuar estudando ia ter que procurar outro local para terminar o ano letivo. Agora pensa na dificuldade que vamos ter, sem falar a distância das opções que existem aqui no bairro Esperança”, lamentou. A maioria dos alunos do bairro Nova Esperança que frequentam a EJA optaram pela unidade municipal Terezinha Nivia, pela sua proximidade com a parte alta. Se tiverem que se des-

Nadieli Sathler

“Os alunos pretendem reivindicar, através de abaixo-assinado, a manutenção do EJA na escola do bairro.” Euzimar Ferreira

colar para a Escola Municipal Conceição Pena Rocha, a evasão será grande. “Não tem ônibus para irmos à escola, que fica no começo do bairro. A maioria dos estudantes vai abandonar novamente os estudos. Estamos indignados por fazerem isso bem no final do ano. Deveriam ter pensado nessa remoção depois das férias ou então no começo do ano”, declarou.

ABAIXO-ASSINADO Após decidir fechar as classes da EJA, nenhum representante da Secretaria Municipal de Educação esteve na unidade para explicar aos alunos o motivo ou mesmo orientá-los quanto à transferência. “A diretora apenas comunicou. Até mesmo nossos professores foram pegos de surpresa, apesar de alguns já terem sido transferidos para outras escolas. Diante dessa situação, decidimos protestar e apresentar um abaixo-assinado ao secretário, reivindicando que sejam retomadas as aulas na escola Terezinha Nívia”, revelou. Os alunos se concentraram na porta da escola às 18h, com faixas e cartazes protestando contra a medida tomada pela Prefeitura. Um carro de som também foi usado para amplificar a mobilização. FALTA DE DEMANDA Em nota, a Prefeitura de Ipatinga informou que está redimensionando o atendimento da Escola de Jovens e Adultos (EJA), tendo em vista que a escola citada não apresentou demanda suficiente para o 2º semestre. Os alunos da escola serão remanejados para a instituição mais próxima da residência. A Secretaria de Educação reforça que nenhum aluno ficará sem vaga, “tendo garantido o direito à educação de qualidade”.

PREVENÇÃO

Servidores da CMI participam de simulação de combate a incêndio

IPATINGA - Servidores da Câmara Municipal de Ipatinga participaram nesta segundafeira (3) de uma simulação de combate a incêndio. Pegos de surpresa, todos os servidores foram evacuados para fora do prédio depois que o alarme de incêndio foi disparado. Essa é a segunda vez em menos de três meses que uma simulação de incêndio é realizada, e a primeira após a obtenção do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), documento fundamental para a certificação do selo de qualidade ambiental ISO 14001. Com a posse do AVCB, adquirido há duas semanas, o próximo passo da Câmara é a auditoria de recomendação com a certificadora da ISO, marcada para a semana entre os dias 10 e 14 de setembro. O prédio, que é a quinta sede na história do Legislativo, passou por diversas readequações para atender às exigências

Todos os servidores foram evacuados para fora do prédio depois que o alarme de incêndio foi disparado

do Corpo de Bombeiros antes da emissão do AVCB. Com cinco andares e abrigando cerca de 200 servidores - sem contar o grande número de pessoas que visitam a instituição diariamente –, a sede do Legislativo foi adequada para passar por evacuação, caso haja um incêndio, princípio de tumulto ou pânico. Foram instalados novos corrimões e guarda-corpos, placas

de identificação e sinalização em todo o prédio, regulagem e mudança das dobradiças das portas corta-fogo, aumento das lâmpadas de emergência, novos extintores de incêndio, instalação de cinco novos pontos de hidrante, criação da brigada contra incêndio e nova iluminação no estacionamento da Casa, localizado no subsolo da Câmara. Na simulação desta segunda-feira, os servidores levaram

4min21 para se agruparem na parte externa do prédio. A evacuação foi feita pela saída de emergência. Por medida de segurança, elevadores não podem ser utilizados em caso de suspeita de incêndio. Para o superintendente da Câmara, Lúcio Aguiar, a evacuação foi bem sucedida, mas ele chamou a atenção para os objetos pessoais, como bolsas, que devem ser deixados para trás. “Cada segundo é importante para garantirmos a nossa própria segurança. Devemos, então, deixar tudo de lado e sair do prédio o mais rápido possível.” Segundo o coordenador da qualidade da Câmara, Fabrício de Assis Aguiar, além da orientação de não se preocupar com objetos pessoais, os servidores e munícipes devem sempre manter a calma. “Essa é a grande orientação: sempre manter a calma. Dessa maneira, mais vidas poderão ser salvas.”

3

C O N H E Ç A O C A N D I D AT O ( * )

Educação é cidadania Márcia Leal - PT – 13013

IPATINGA - Márcia Cristina Leal Henrique, conhecida como Márcia Leal, é mãe de três filhos, tem 47 anos e reside no Vale do Aço desde 1979. Ingressou na Educação Pública em 1981, atuando como professora de Português nas redes estadual e municipal, ao longo de sua carreira. É diretora licenciada do SindUTE/MG, subsede de Ipatinga e, embora aposentada, permanece atuante nas frentes de luta em defesa da Educação. Bacharel em Direito, é filiada ao PT desde 1990. DIÁRIO POPULAR Qual comunidade representa e o que defende como bandeira do mandato? MÁRCIA LEAL - A atuação como professora em escolas públicas, tanto da rede estadual quanto municipal, me aproximou de diversas comunidades. A militância no movimento sindical especialmente como diretora do Sind-UTE/ MG, subsede de Ipatinga, ampliou ainda mais o campo de atuação. Assim, busco realizar um trabalho que alcance a cidade de Ipatinga em sua completude, assim como a Região do Vale do Aço. Legislar e fiscalizar, que são as funções mais importantes do Legislativo, é o ponto de partida para a realização de um trabalho parlamentar honesto e eficiente. A isso somase o compromisso já firmado em nossa campanha no sentido de zelar pelo cumprimento do programa de governo que foi construído a muitas mãos e, assim, traduz as necessidades e expectativas de nossa população. A execução das ações contidas nesse documento garantirá que o Poder Público cumpra o seu papel, oferecendo ao povo de Ipatinga uma prestação de serviços públicos de qualidade na Educação, Saúde, Assistência Social e em todos os setores que integram a sociedade. Como educadora, busquei desenvolver um projeto de mudança social a partir da Educação, tendo em vista a garantia de um ensino público de qualidade social. Daí, a escolha do slogan “Educação é Cidadania”. DIÁRIO POPULAR - Já ocupou algum mandato político e qual a experiência na área social/pública? ML - Iniciei a carreira de

Márcia Leal: “Um mandato para fazer acontecer o controle social sobre os atos da administração”

professora na década de 80, num momento de efervescência da organização da classe trabalhadora e isso levou-me a um envolvimento profundo com a luta em defesa da Educação, sempre em busca de um projeto educacional que leve em conta a escola pública de qualidade social e o respeito aos conceitos que promovam a cidadania e um mundo melhor, a partir da Educação. A militância no movimento sindical trouxe o amadurecimento e, assim, o compromisso incondicional com a transformação social. Como integrante licenciada da direção do Sind-UTE/ MG, subsede de Ipatinga, mantenho-me firme e atuante nas diversas frentes de luta em defesa da Educação, sendo que os desdobramentos dessa atuação acontecem principalmente através da participação nos conselhos municipais e nas comissões de negociações com o governo.

DIÁRIO POPULAR Qual candidato (a) a prefeito defende e por que ele seria uma boa escolha a Prefeitura de Ipatinga? ML - Apoiamos a candidata Cecília Ferramenta, que representa o Partido dos Trabalhadores e a Coligação “Pra Consertar de Novo”. O PT, ao longo dos 16 anos em que esteve à frente do governo municipal, demonstrou competência para administrar Ipatinga. A eleição de Cecília Ferramenta representa o resgate de um governo que deu certo, que fez a diferença ao apoiar e estimular a organização popular. O Programa de Governo de Cecília Ferramenta, indiscutivelmente, reúne as melhores propostas para nossa cidade. Ele traduz a competência administrativa e política que vai orientar as ações de nossa futura prefeita.

(*) A coluna “Conheça o candidato” é publicada no DIÁRIO POPULAR para que o eleitor conheça um pouco dos candidatos a vereador nas cidades do Vale do Aço. Para participar, o candidato pode enviar as respostas às perguntas aqui publicadas para o email da redação diariopopular.redacao@gmail.com ou agendar entrevista pelo telefone 31-3827-0369. As entrevistas serão publicadas na ordem em que forem enviadas.


4

CIDADES

Diário Popular

Terça-feira, 4 de setembro de 2012

E S PAÇO D O C A N D I D ATO ( * ) I PAT I N G A

“VAMOS GARANTIR SEGURANÇA PÚBLICA E CIDADANIA”, AFIRMA CORONEL RAMALHO IPATINGA - “O carinho da população ipatinguense é contagiante. Escolhi Ipatinga para morar com a minha família porque me identifico com o povo e a história dessa cidade, e na prefeitura, a partir de janeiro de 2013, vamos trabalhar muito, ao lado de Cecília Ferramenta, para consertar Ipatinga de novo.” Com essas palavras, o coronel Alfredo Ramalho, candidato a vice-prefeito de Cecília Ferramenta, da coligação “Pra Consertar de Novo” (PT, PRB, PCdoB, PRTB, PPL, PTdoB e PTN), fez uma avaliação positiva da campanha eleitoral deste ano. Coronel Ramalho disse que o contato direto com moradores de todos os bairros e a convivência com Chico, Cecília Ferramenta e a militância dos partidos aliados têm ensinado que “política se faz com serenidade, respeito e projetos”. Nesta segunda-feira (3/9), a candidata a prefeita de Ipatinga, Cecí-

Coronel Ramalho e Cecília Ferramenta têm recebido o apoio espontâneo da população de Ipatinga

lia Ferramenta, esteve em Brasília para cumprir uma série de audiências com ministros e ministras do governo da presidenta Dilma Rousseff. O vice de Cecília Ferramenta encara com confiança essa caminhada rumo à Prefeitura de Ipatinga. “A nossa avaliação é muito positiva. Temos conversado bastante com as pessoas sobre o enorme desafio que vamos enfrentar, em razão da situação atual do município. Mas

nós venceremos, porque a nossa confiança está em Deus e na força do povo. Além disso, temos experiência acumulada, competência comprovada, capacidade de gestão aferida e aprovada não somente nos quatro governos do PT, mas também com a nossa própria experiência pessoal e profissional”, acredita Coronel Ramalho. “Trabalho, trabalho, trabalho” é o que promete o candidato a vice

do PRB. “Estamos arregaçando as mangas e trabalhando incessantemente, junto com Cecília Ferramenta, para reconduzir Ipatinga aos trilhos do desenvolvimento. Tudo para devolver aos ipatinguenses a esperança e a alegria de morar nessa cidade querida”, assegura Coronel Ramalho. SEGURANÇA Com a experiência acumulada em sua carreira militar, no coman-

Justiça concede liminar para suspender pesquisa irregular do Instituto PRAXIS IPATINGA - O juiz Nilson Ribeiro Gomes, da 131ª Zona Eleitoral de Ipatinga, concedeu liminar para a Coligação Responsabilidade com Ipatinga, da candidata Rosângela Reis (PV), e determinou a suspensão imediata de quaisquer resultados da pesquisa da empresa Praxis. A alegação é que o questionário apresentado pela Praxis não está de acordo com a norma eleitoral. O processo ajuizado pela Coligação de Rosângela Reis questiona que uma das perguntas feitas ao eleitor vincula o nome de Rosângela Reis, como sendo apoiada pelo deputado federal Alexandre Sil-

veira, com tentativa clara de que vinculava o nome de Roinduzir o eleitor ao erro e pre- sângela Reis com Alexandre judicar a candidata na dispu- Silveira, e ainda, a inclusão do nome do candidato Data eleitoral. A defesa alega que Ro- niel Cristiano, que estava sensângela Reis recusou publica- do omitido. Determinou, ainmente o apoio do deputado, da, que todos os questionários sendo que vincular Rosân- fossem entregues à Justiça e também a gela a ele é uma ten- Rosângela Reis destacou paralisação da coleta dos tativa clara que recusou o apoio de de prejudidados imeAlexandre Silveira car sua candiatamente. didatura. A Caso o InsColigação de Rosângela ale- tituto descumpra a ordem juga, ainda, que o Instituto teve dicial, sofrerá multa diária de a intenção clara de confundir R$ 20 mil. o eleitor ao fazer a pergunta Rosângela Reis, ao falar maldosa. sobre o assunto, disse que O Juiz Eleitoral determi- os adversários estão tentannou a retirada da pergunta do enganar o eleitor a todo

custo. “Eles plantam boatos e mentiras, dizendo ao povo que estou sendo apoiada por Alexandre Silveira. Uma mentira, pois, na verdade, já ficou claro que eu não tenho este apoio, inclusive eu recusei este apoio. A empresa Praxis já divulgou resultados viciados na sua primeira pesquisa, pois o questionário era o mesmo que a Justiça agora suspendeu. O povo está tendo acesso à verdade, e por isso a cada dia nossa campanha cresce. Essa pesquisa é mais uma manobra para tentar prejudicar nossa candidatura. Isso demonstra o desespero dos nossos adversários”, frisa.

do do 14º Batalhão de Ipatinga e de vários Batalhões e setores da PM mineira, Coronel Ramalho pretende contribuir muito no governo municipal, principalmente em relação à segurança pública. “Ampliar a visão” sobre o setor é o primeiro passo, conforme o vice de Cecília Ferramenta. “A obrigação constitucional pela segurança é do governo do Estado, mas a ausência de políticas municipais para o setor penaliza muito o cidadão ipatinguense”, ponderou o candidato. Coronel Ramalho promete novidades, como a criação da Secretaria de Segurança Cidadã e da Guarda Municipal, a ampliação de parcerias com as Polícias Militar e Civil e o Corpo de Bombeiros, a profissionalização das ações da Defesa Civil, a modernização do sistema viário e o resgate do programa Educação para o Trânsito nas escolas, além de campanhas permanentes

de combate ao crack, à violência e às drogas. Tão prioritário como a política de segurança pública, na avaliação de Coronel Ramalho, é a implantação de programas especiais voltados para a juventude, assegurando inclusão social e inserção no mercado de trabalho. “Não há cidade com futuro promissor sem propostas claras para a juventude. Os governos do PT sempre priorizaram o atendimento à criança e ao adolescente, mas esse público se tornou jovem e hoje reclama da falta de atenção do poder público. Essa lacuna será preenchida a partir de janeiro de 2013, porque no nosso programa de governo reservamos um capítulo específico para a juventude, com ações, programas e projetos capazes de resgatar a atenção a esta importante parcela da comunidade ipatinguense”, concluiu o candidato a vice-prefeito de Cecília Ferramenta.

AGENDA Dia 4/9 - Ipatinga JÉSUS NASCIMENTO (PMDB) 9h15 – Corpo a corpo no Morro do Sossego 15h 15 – Caminhada Bairro Caravelas DANIEL CRISTIANO (PCB) 05:21h - Abordagens na Portaria da Usiminas; 08:21h - Abordagens Semáforo do Bairro Cariru; 19:21h - Visita a apoiadores no Bairro Limoeiro; 20:21h - Visita a apoiadores no Bairro Vila Celeste; 21:21h - Semáforo do Bairro Bethânia.

(*) AS INFORMAÇÕES FORAM ENVIADAS PELA ASSESSORIA DOS CANDIDATOS.

ROSÂNGELA REIS (PV) 08:30 - Caminhada com Rosângela Reis Concentração: Rua Serra Roraima perto nº 170 – Grota do Panorama 08:30 - Caminhada com Nardyello Rocha Concentração: Rua Pouso Alegre, Pracinha do final da rua- Morro do Cemitério CECÍLIA FERRAMENTA (PT) 16h - Reunião com o Grupo Se Toque no bairro Horto. 18h - Encontro com lideranças religiosas no bairro Bethânia. 19h30 - Encontro com apoiadores da campanha no bairro Bom Retiro.


CIDADES

Diário Popular

Terça-feira, 4 de setembro de 2012

5

ECONOMIA

Construção Civil dá sinais de recuperação

Nadieli Sathler

Mudanças do TAC já reaqueceram mercado no Vale do Aço e aprovação de alvarás demandará apenas 15 dias com reestruturação feita pela Prefeitura a pedido do MP IPATINGA – Os empresários da construção civil já estão colhendo frutos positivos em função do novo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado entre o Ministério Público do Meio Ambiente e a Prefeitura de Ipatinga no mês passado. Com parâmetros mais flexíveis para um melhor aproveitamento dos terrenos, o arquiteto Rodrigo Guerra vê boas perspectivas de projetos para os próximos 60 dias. Só nas últimas semanas, ele fechou a reforma de três residências, duas no bairro Cariru e outra no bairro Imbaúbas. “Tenho recebido muitos pedidos de esclarecimentos sobre as mudanças trazidas pelo novo TAC. As informações ainda não foram amplamente divulgadas e as pessoas têm muitas dúvidas. Mas o reflexo positivo é notório e temos feito mais orçamentos. Algumas pessoas acreditam que com novo Plano Diretor vai melhorar ainda mais, en-

tão o panorama é favorável”, comentou. Durante os mais de dois anos em que o antigo TAC vigorou, o arquiteto disse ter feito no máximo 10 projetos. Para os próximos dois meses, a expectativa de Rodrigo é trabalhar o fechamento de outros seis trabalhos, dos quais pelo menos dois serão para construção de prédios. “Sinto que houve um aumento de 300% desde que foi assinado o novo acordo. Os três projetos em que estou trabalhando neste momento não passariam no setor de aprovação da Prefeitura em função dos afastamentos. Agora já é possível executar a obra e dentro dos próximos dias daremos entrada no pedido de alvará”, contou. ALVARÁS Outra importante conquista para o setor da construção civil é a readequação do Departamento de Controle e Uso do Solo (DECS),

da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), pedida pelo Ministério Público do Meio Ambiente, também através de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Em nota, a Prefeitura informou que a aprovação dos projetos vai demorar apenas 15 dias. Isso porque, após o acordo extrajudicial assinado no dia 8 de agosto, as regras para analisar os processos ficaram mais claras e definidas. Os casos que estavam parados já foram liberados e o setor se dedicará apenas aos novos pedidos, o que facilitará e agilizará a liberação. AÇÃO O promotor Walter Freitas esclareceu que o aprimoramento do acordo assinado no mês passado foi fruto de um intenso debate, que teve a colaboração de diversas entidades e grupos como o Sindicato da Indústria da Construção Civil de Minas Gerais (Sindus-

O promotor Walter Freitas disse que aprimoramento do TAC permitiu melhor aproveitamento de lotes de até 240 m2

con) – delegacia do Vale do Aço, Aciapi, Fiemg e a Ordem dos Advogados do Brasil, subseção de Ipatinga. “Houve um diálogo muito franco e profundo porque partimos de muitas soluções que a equipe do planejamento já vinha trabalhando. Muitas das demandas que o setor da construção vinha solicitando estavam sendo identificadas pela própria equipe permanente do Plano Diretor. Partimos de algo que já era fruto do resultado de

quatro meses de reuniões efetuadas entre o MP e os representantes das associações de construtores. Essa revisão inclusive estava prevista pelo outro acordo. Tínhamos uma cláusula que previa esse aprimoramento”, explicou. Ao longo dos últimos dois anos de estudos feitos em função da proposição de um novo Plano Diretor e das leis complementares, ficou constatado um déficit habitacional nas classes C e B. “Daí porque situações

que privilegiavam a habitação de interesse social e dos projetos como o Minha Casa Minha Vida foram tratadas com maior abertura nesse novo acordo. Exemplo disso é a possibilidade de melhor aproveitamento de lotes de 240 m2. Flexibilizamos ainda vagas de garagens para projetos de igrejas, creches e estabelecimentos de ensino. As regras passaram a ser menos rígidas do que para os demais estabelecimentos comerciais”, exemplificou o promotor.

CO N F I R A A S D I S P O S I ÇÕ E S D O TAC PROJETOS RESIDENCIAIS Os projetos de edificações residenciais a serem executados em lotes de até 240m2 e maiores que 150 m2 terão até dois pavimentos ou 7 metros de altura; recuo de frente de 4 metros, recuo de fundo de 2 metros; recuo lateral: no caso de parede cega, 0,0m em uma das laterais, e na outra lateral, em até 40% da extensão da divisa correspondente; no caso de abertura, recuo lateral de 1,5m. A pedido do MP, a Prefeitura não pode permitir novos desmembramentos de lotes, glebas, ou aprovação de parcelamento, que importem em lotes menores que 240m2, salvo quando se tratar de aprovação de parcelamento ou regularização de interesse social. GARAGEM Os parâmetros para a construção de vagas de garagem para estabelecimento de ensino superior são de pelo menos 40% do número de alunos matriculados no turno mais concorrido. Nas escolas de ensino fundamental e médio, o número de vagas de garagem deverá ser de 1 vaga para cada 15 alunos por turno mais concorrido, somada mais 1 vaga por funcionário (administrativos e professores), atendendo a 80% deles, por turno mais concorrido. Nos projetos de creches, o número de vagas de garagem deverá ser de 1 vaga para cada sala de aula e 1 vaga para cada sala administrativa. Para os templos religiosos, o número de vagas de garagem deverá corresponder a 20% da capacidade do Templo. Poderão ser computadas como áreas de garagem dos templos religiosos as áreas de estacionamento privadas próximas, liberadas documentalmente para os usuários do templo. Já nas residências, respeitado o afastamento frontal, a área de

garagem situada no térreo e primeiro pavimento poderá ter afastamento lateral 0 em duas das três demais divisas. A altura mínima livre da garagem deverá ser de 2,20m. A altura máxima na divisa deverá ser de 6,30m. No caso de garagem subterrânea, à exceção da altura na divisa, os parâmetros são os mesmos. Respeitado o afastamento frontal, poderá ter afastamento lateral 0 em duas das três demais divisas; altura mínima da garagem deverá ser de 2,20m. CASA Ficou permitida a construção de edificações preferencialmente geminadas com a do lote vizinho, de até 2 pavimentos. Em tal caso, altura máxima na divisa referente à geminação poderá ser de 7,5 m. Para projetos em lote com aclive ou declive maior ou igual a 20%, a construção poderá ter recuo lateral igual a 0, a se contar no respectivo perímetro, com extensão máxima de 6m lineares, respeitando altura máxima na difusa de 5,5m, no ponto médio do perímetro ocupado, com limite máximo de 7,5m na parte mais alta. PRÉDIOS Nos prédios com mais de 30 metros (ou 10 andares), as áreas correspondentes às varandas das unidades residenciais poderão ter projeção em balanço de até 50 cm nos recuos laterais, exclusivamente nas áreas de tais varandas. No caso de haver mais de um edifício por lote, os recuos entre edifícios corresponderão às respectivas somas dos recuos individualmente considerados. Por se tratar de matéria técnica, os demais itens do TAC referentes a aproveitamento do lote foram determinados em uma tabela que depende de análise de profissional da área.


6

CIDADES

Diário Popular

Terça-feira, 4 de setembro de 2012

E S PAÇO D O C A N D I D ATO ( * ) S A N TA N A D O PA R A Í S O

PT reforça compromisso de implantar governo com participação popular Zizinho criticou as administrações anteriores ao PT, que exploraram a população: “O bairro São José foi criado só para a especulação imobiliária”, disse PARÁISO – Em um fim de semana de muito entusiasmo e alegria na campanha do 13, a coligação majoritária “Avançando pra valer” (PT-PSL-PMDBPRP-PMN), encabeçada pelo candidato a prefeito Zizinho (PT), e o vice Jamil Barbosa (PSL), realizou um comício no bairro São José, na noite de sábado (1º), e uma caminhada seguida de comício no bairro Ipaba de Paraíso, na tarde de domingo (2). Centenas de pessoas, entre militantes petistas, apoiadores e entusiastas da candidatura de Zizinho participaram das duas atividades. Todos 38 anos candidatos a vereador da coligação proporcional (PT-PMN e PRP-PSLPMDB) acompanharam os comícios. O atual vice-prefeito de Santana do Paraíso, Raimundo José (PMDB), peça fundamental no último mandato no PT no município e apoiador de Zizinho, lembrou, no sábado, a importância da continuidade do governo petista para a comunidade do São José e todo o município. “Vivenciei alguns momentos mar-

nas Gerais (BDMG), que nós aprovamos na Câmara de Vereadores. Mas precisamos avançar muito mais. Esse é nosso compromisso. Vamos governar com respeito ao povo”, pontuou Zizinho.

Coligação encabeçada pelo PT realizou um comício no bairro São José e no Ipaba do Paraíso

cantes no bairro São José. Em 2005, como secretário de Obras de Santana do Paraíso, organizei a secretaria e me comprometi a limpar a cidade, porque o sofrimento era grande naquele momento. O prefeito do 45 havia aprovado um projeto para o São José sem o mínimo de infraestrutura, deixando a comunidade a ver navios. Fotografei todos os problemas sérios que a população do São José estava vivendo. Fomos a Brasília, mostramos as fotos ao presidente Lula. E Deus iluminou o São José, pois conseguimos o dinheiro para urbanizar esse bairro e proporcionar qualidade de vida a

esse povo”, lembrou Raimundo José. ESPECULAÇÃO No comício de sábado, Zizinho criticou as administrações anteriores ao PT, que exploraram a população. “O bairro São José foi criado só para a especulação imobiliária. Fazendas foram cortadas sem a mínima preocupação com as famílias que iriam morar naquela comunidade. E com o governo do PT, conseguimos devolver a dignidade a essas famílias. Fizemos no São José várias obras com recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e do Banco do Desenvolvimento de Mi-

POVO Em seu discurso no bairro Ipaba de Paraíso, Zizinho reforçou seu compromisso em implantar um governo que dará voz e vez à população. “Sempre vi como os moradores do Ipaba de Paraíso são aguerridos. O que essa comunidade precisa é de oportunidades, para que ela possa se desenvolver e ter melhor qualidade de vida. É por isso que vamos fazer um governo popular e participativo, que ouve as pessoas, para resolver as principais demandas do município”, afirma. Zizinho lembrou que na condição de vereador ele foi autor de várias representações solicitando melhorias para Ipaba de Paraíso, como reforma do cemitério e recuperação de uma lagoa, ameaçada pela falta de tratamento adequado do esgoto.

I PAT I N G A

Jésus percorreu as principais ruas dos bairros Iguaçu, Cidade Nobre e Esperança

Dr. Jésus comemora aprovação nas ruas IPATINGA - Neste sábado (1), o candidato do PMDB Jésus Nascimento percorreu as principais ruas do Bairro Iguaçu, Cidade Nobre e Esperança. Entre os presentes, candidatos a vereadores e apoiadores que saudavam a população. Com fogos de artifício e carros de som, a caminhada seguiu em direção ao Bairro Esperança. O candidato do PMDB comemora sua aprovação nas ruas da cidade. “Estou feliz. Os últimos números mostram o quanto crescemos. A cada caminhada, as pessoas mostram o quanto Ipatinga quer algo novo, precisa de algo novo”. Ressaltou ainda que, para Ipatinga voltar a cres-

cer, é fundamental uma boa gestão. De acordo com Dr. Jésus, é nas ruas que as pessoas conhecem nossa campanha. Fazemos campanha a favor da população e pelo bem da cidade, conclui Jésus. “Já tinha ouvido falar no Dr. Jésus por causa da faculdade, mais ainda não conhecia ele pessoalmente. Fiquei curiosa sobre as propostas dele para cidade e resolvi assistir os programas na TV e fiquei surpresa. Ele não é desses politiqueiros e sim um empresário administrador e eu acho que é isso que a cidade está precisando agora” declarou Robertha Rodrigues, moradora do bairro Iguaçu.

Os candidatos do PCB apresentaram suas propostas aos servidores do setor de Zoonoses, em Ipatinga. “Ouvi-los e assumir o comprometimento com a classe trabalhadora é a razão do PCB 21...”, disse o candidato a prefeito Daniel Cristiano.

FABRICIANO

População lota plenária para discussão do Plano de Governo de Rosângela Mendes FABRICIANO – O auditório “Senhor Zezinho”, no Campus do Unileste em Coronel Fabriciano, ficou lotado, no último sábado (1º), para discussão do Plano de Governo da candidata a prefeita Rosângela Mendes (13) e do vice Bruno Torres, da coligação “Para Fabriciano seguir em frente” (PT, PPL, PTC e PRP). O evento reuniu moradores e apoiadores. Na ocasião, foram apresentadas propostas que vão contribuir para garantir uma cidade que valoriza a saúde, educação, segurança, obras, assistência social, turismo, de-

No sábado, evento no Unileste reuniu moradores e apoiadores; nesta segunda, a candidata do PT Rosângela Mendes participou de caminhada no Caladinho do Meio

senvolvimento econômico, cultura e lazer, dentre outros assuntos. Conforme Rosângela Men-

des, a discussão foi um importante momento em que os próprios moradores apontaram caminhos para o desenvolvi-

mento da cidade. “Tudo foi feito de forma democrática com a participação de todos. Apresentamos nossas propostas, ou-

vimos a comunidade e elaboramos um projeto que dará continuidade baseado na vontade do povo. O futuro começa sem que interrompa o presente”, discursou a candidata. A biomédica Sabrina Martins participou da plenária sobre o Plano de Governo para área de Cultura e aprovou a dinâmica do encontro. “Discutimos todos os tópicos em relação à cultura, gostei das propostas que foram elaboradas com a minha participação e de outras pessoas, principalmente jovens. Acho que tem tudo pra dar cer-

(*) AS INFORMAÇÕES FORAM ENVIADAS PELA ASSESSORIA DOS CANDIDATOS.

to e nossa cidade ainda vai crescer muito nessa área cultural, com a continuidade desse projeto”, opinou. CALADINHO DO MEIO Nessa segunda-feira (3), Rosângela Mendes participou de uma caminhada na parte alta do bairro Caladinho do Meio, onde mais uma vez foi bem recebida pelos moradores. “Aposto na candidatura da Rosângela Mendes e no trabalho sério que ela vai fazer em nossa cidade”, opinou a dona de casa Edriana de Fátima Ferreira, 38 anos.


CIDADES

Diário Popular

Terça-feira, 4 de setembro de 2012

VIOLÊNCIA

BELO ORIENTE

TESTEMUNHAS DE CRIME PERMANECEM EM SILÊNCIO

7 Divulgação PM

Assassinato ocorreu na presença de um adolescente e de uma criança, ambos irmãos da vítima Gizelle Ferreira

IPATINGA – Dois irmãos, um adolescente de 13 anos e uma criança, continuam sendo as principais testemunhas oculares do assassinato de um jovem na semana passada. Aquiles Martins dos Santos, 18 anos, o “Biquin”, foi executado enquanto tomava banho na última quinta-feira (30), na rua Tucumã, no bairro Vila Militar. A polícia ainda não conseguiu identificar os autores do crime. O que se sabe até o momento é que dois indivíduos, um deles armado, invadiram a casa da vítima e perguntaram ao adolescente onde estaria Aquiles. Com medo, o garoto disse que o irmão estava tomando banho. As crianças foram amparadas por uma vizinha que ouviu os estampidos e correu até a residência para ver o ocorrido. Os menores foram encontrados aos prantos, segundo relatou a mulher. Na manhã de ontem, em uma entrevista concedida à rádio Vanguarda, fa-

sempre repete a mesma coisa e diz que os assassinos entraram vestidos com roupas pretas e encapuzados. A gente pede a Deus que alivie um pouco dessa dor. O adolescente não come e o pequenininho só sabe chorar”, disse a mulher.

Crime ocorrido em uma residência na rua Tucumã, no Vila Militar, deixou os irmãos da vítima bastante abalados

miliares disseram que nenhum dos dois meninos possui condição de falar sobre o assunto e tampouco reconhecer os assassinos de Aquiles. A irmã deles, que pediu para não ser identi-

ficada, contou que desde o crime o adolescente de 13 anos não dorme e não consegue se alimentar. “Eles estão tão transtornados que nem para a gente conseguem falar. O mais velho

DROGAS Aquiles saiu recentemente da cadeia, e estava em liberdade condicional. A família chegou a relatar à polícia que o rapaz andava com medo e que ultimamente fazia uso de crack. A versão foi confirmada pela irmã. Ele disse que sempre aconselhou Aquiles a sair do mundo das drogas. “Eu falo que o mundo das drogas é isso. Aquiles era muito trabalhador e não sei qual o motivo deles terem matado meu irmão. Eu mesma já cheguei a perguntar se ele devia alguma coisa. Mas ele era muito calado. A gente está com muito medo, depois que acontece não adianta mais”, lamenta.

Abertas inscrições para jurados em Ipatinga IPATINGA - Estão abertas, até o dia 5 de outubro, as inscrições para as pessoas interessadas em atuar como jurados na comarca de Ipatinga, no ano de 2013. Para se inscrever, os interessados devem se dirigir a uma das duas Secretarias Criminais do Fórum Valéria Vieira Alves, localizado na Praça dos Três Poderes, no Centro, entre 12h e 18h. A inscrição deverá vir acompanhada de cópia da identidade, comprovante de residência e do título de eleitor. O corpo de jurados é composto por pessoas comuns escolhidas na comunidade para participarem de Júri Popular. É preciso ser cidadão brasileiro, maior de 18 anos, ter bons antecedentes e residir na comarca. Não é necessário ter conhecimento de Direito. O juiz, a seu próprio critério, escolhe o corpo de jurados que também pode ser indicado por autoridades, associações de classe, sindicatos e repartições

Gizelle Ferreira

Os jurados representam a sociedade no julgamento de crimes dolosos contra a vida

públicas. Nas cidades com até 100 mil habitantes, a lista de jurados disponíveis deve ter entre 80 e 300 pessoas. Nas cidades maiores, a lista deve conter de 300 a 500 nomes. A lista geral é publicada até o dia 10 de outubro de cada ano na imprensa local ou em editais afixados nos fóruns. Já a definitiva é publicada no final do ano, valendo para os julgamentos do ano seguinte. Para cada julgamento, o juiz sorteia

25 pessoas da lista e as convoca. BENEFÍCIOS A atividade de jurado não é remunerada, no entanto alguns benefícios são assegurados. A pessoa não pode sofrer desconto nos vencimentos ou no salário por ausência no trabalho nos dias em que participar de julgamentos. O jurado tem presunção de idoneidade moral, por isso tem prefe-

rência, em igualdade de condições, nas licitações públicas e no provimento, mediante concurso, de cargo ou função pública, bem como nos casos de promoção funcional ou remoção voluntária. É assegurada ainda prisão especial, em caso de crime comum, até o julgamento definitivo. Os jurados representam a sociedade no julgamento de crimes dolosos contra a vida consumados ou tentados: homicídio, aborto, infanticídio e induzimento ao suicídio. Julgam também os crimes relacionados com os dolosos contra a vida, isto é, os chamados crimes conexos. Ao juiz que preside a sessão de Júri cabe apenas a aplicação da pena. Uma vez selecionados, eles são obrigados a comparecer aos julgamentos. Caso não seja apresentada justificativa, a ausência pode acarretar multa de um a dez salários mínimos. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3828-6500.

Apesar da destruição, assaltantes não conseguiram levar o dinheiro dos caixas

Assaltantes de carro explodem três caixas eletrônicos BELO ORIENTE – Policiais militares procuram os autores da explosão de três caixas eletrônicos no Banco do Brasil, em Belo Oriente. O crime ocorreu na madrugada do último sábado, 1º, na rua 1º de Março, no Centro da cidade. Apesar da destruição, os bandidos fugiram sem conseguir levar o dinheiro. Toda a ação foi flagrada por câmeras do circuito de monitoramento interno da agência. As imagens mostraram dois indivíduos encapuzados, dentro do banco. A Polícia Militar efetuou o rastreamento e lo-

calizou um Kadet azul, placa GLO-0113, de Ipatinga, abandonado na estrada de acesso à Bom Jesus do Bagre, a quatro quilômetros do local da explosão. Os militares constataram que o veículo havia sido roubado no estacionamento do Hospital Márcio Cunha, na quinta-feira da semana passada. Na ocasião, o proprietário estava estacionando o carro quando foi rendido por um homem encapuzado, de arma em punho. A vítima foi colocada no porta-malas, e só foi libertada às margens da BR-381, em Santana do Paraíso.


8

CIDADES

Diário Popular

Sábado, 1o de setembro de 2012

E S PAÇO D O C A N D I D ATO ( * ) I PAT I N G A

Rosângela Reis destaca crescimento da campanha em todos os bairros Nilmar Lage

Coligação “Fabriciano quer mais” organizou ato público para divulgar a decisão da Justiça

Carreata mostra força da campanha de Celinho

FABRICIANO - O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Minas Gerais confirmou na última semana o que Celinho do Sinttrocel, candidato a prefeito do PCdoB e seu vice Francisco Lemos vinham alertando à população: o eleitor de Coronel Fabriciano vai escolher no voto seu próximo prefeito. Confirmando seu apoio popular, a coligação “Fabriciano quer mais” organizou no último sábado (1º) um ato público para divulgar a decisão da Justiça que reconheceu o pleno atendimento de todas as condições para que Celinho seja candidato no pleito que se decide em 7 de outubro. Pela manhã, dezenas de veículos percorreram as ruas da cidade, levando bandeiras, buzinando e mostrando a todos a capacidade de mobilização da campanha. “Tenho família, amigos, vizinhos e com meus pais aprendi a importân-

cia do trabalho, da honestidade. O que estão fazendo, espalhando mentiras pelos quatro cantos da cidade, é mais uma tentativa de confundir a população e tumultuar o processo democrático. Foi um grande desrespeito, me atacaram muito, mas sempre tive tranquilidade em relação à Justiça, e andando pelas ruas constatei o apoio da população, que me dá forças para prosseguir nesta caminhada”, disse. OLHO NO OLHO Celinho garantiu que dará prosseguimento a sua campanha sem responder ataques pessoais e continua indo ao encontro da população nas ruas. Nesta segunda-feira (3), Celinho e dezenas de apoiadores percorreram as ruas do bairro Pedra Linda, onde foram recebidos calorosamente pelos moradores que manifestam o desejo de mudança para a cidade.

IPATINGA - A campanha da candidata a prefeita Rosângela Reis e o seu vice Nardyello Rocha, 43, está bastante movimentada. No domingo e segunda-feira, a comitiva da coligação Responsabilidade com Ipatinga esteve em diversos pontos da cidade informando à população e apoiadores acerca dos projetos para a cidade. Liderada pelo candidato a vice Nardyello Rocha, na manhã desta segunda (3), vários apoiadores, lideranças políticas e comunitárias, além de candidatos a vereador, participaram de uma caminhada no Morro do Zé Pedrinho, bairro Bom Jardim. O grupo reuniu-se e partiu do alto do morro pela rua Joaquim Gonçalves Rosa em direção a demais ruas e becos do local em um trajeto até a Rua Margarida. Os representantes da campanha 43 de Rosângela Reis foram amigavelmente recebidos por moradores e comerciantes locais, que ouviram de Nardyello Rocha propostas de melhoria e aprimoramento do atendimento dos serviços públicos direcionados à comunidade local. “O Morro do Zé Pedrinho, assim como todo o Bom Jardim, tem fortes demandas nas áreas de saúde e educação. Temos projetos especificamente direcionados a estes serviços, como a ampliação da Escola de Tempo Integral em Ipatinga”, defendeu Nardyello Rocha. Moradora do morro do Zé Pedrinho há mais de 15 anos, Mônica Rodrigues de Castro passa hoje

Nardyello reafirma compromissos por melhorias para a população durante caminhada no Morro do Zé Pedrinho

por uma situação que exemplifica as principais demandas de atendimento no bairro. “Estive hoje no posto de saúde para consulta, mas só me deram esperança de atendimento para daqui a quatro dias. Enquanto isso minhas filhas de sete e oito anos estão em casa durante todo o dia, pois a creche delas está em greve. Com aplicação dos compromissos de Nardyello feitos com os moradores, não estaria passando por esta situação”, afirma Mônica. CAMPANHA EM ASCENÇÃO Rosângela Reis destacou que a campanha da coligação Responsabilidade com Ipatinga está em ascensão. “A cada dia as pessoas abraçam o projeto que temos para Ipatinga, pois sabem da seriedade do nosso trabalho e o compromisso que sem-

pre tivermos com o município, com a população. Mais que isso, sabem que somos ficha limpa, em nosso currículo não constam problemas com corrupção. Nossa história é uma história de muito trabalho em favor do crescimento de Ipatinga, em favor das pessoas. É visível o aumento da receptividade de nossa campanha pelos bairros que temos visitado. Este quadro é um reflexo direto do crescimento contínuo de nossa campanha”, observa Rosângela Reis. Rosângela Reis reafirma que como prefeita terá condições de ampliar ainda mais os projetos de geração de emprego e renda no município. “Tenho ótimas relações com o governo estadual e o meu partido é da base do governo federal”, frisa.

“O campeonato amador de BO P A R A Í S O Fernando Lima promove carreata e leva multidão às ruas voltará”, garante Pietro Chaves BELO ORIENTE - Os candidatos da Coligação “Belo Oriente da Gente”, Pietro Chaves e Toninho Professor, estiveram na noite de sábado, (1º), no bairro Santa Terezinha, na sede. Quase duas mil pessoas compareceram para ouvir as propostas de governo da coligação integrada pelos partidos PDT, PTB, PPL, PTN PV, PHS, PP, PTdoB, PRP, PPS, PSD, PTC, PR, PCdoB, PMDB e PSB. Além de lideranças, como o atual vice-prefeito, Geci Gomes e o ex-prefeito José Euler e candidatos a vereador, o evento contou também com as presenças de apoiadores como Clícia’ Hemétrio e Luciano Gonçalves, filhos dos ex-prefeitos João Hemétrio e Jaques Gonçalves, respectivamente. Os apoiadores destacaram a atuação de Pietro, enquanto prefeito, para beneficiar o município. Luciano lembrou que na gestão de seu pai o hospital municipal foi construído e que

confia que Pietro “reativará pela segunda vez o espaço, fazendo-o funcionar com médicos especialistas e plantonistas, porque a atual administração transformou o local num simples posto de saúde”. Já Clícia Hemétrio salientou que, caso estivesse vivo, seu pai estaria do lado do povo e consequentemente junto com Pietro e Toninho “que representam o compromisso com o trabalho sério”. Encerrando os discursos da noite, Pietro relembrou as obras e ações realizadas em sua gestão (2001-2009) como prefeito. Frisou que o investimento de 22% na saúde (a lei manda investir 15%) é que proporcionou várias conquistas. “É uma questão de primeira necessidade e a situação não é nada boa atualmente. Os postos não têm médicos e nem medicamentos. Chega a ser humilhante, dada a boa arrecadação da prefeitura”, reclamou.

PARAÍSO - A força da campanha de Fernando Lima, 45, candidato a prefeito em Santana do Paraíso, e seu vice, Keko, 25, pode ser vista no último domingo em uma grande carreata, que durou cerca de duas horas. Uma multidão acompanhou os candidatos do bairro Industrial ao Centro da cidade, onde houve a concentração de centenas de pessoas que apóiam a coligação “Unidos por Santana do Paraíso”. Para os moradores que viram e acompanharam a atividade de campanha de Fernando Lima é a maior carreata já vista na cidade e demonstra o quanto o candidato a prefeito Fernando Lima é querido. “Por onde passava, os moradores balançavam as bandeiras do 45 manifestando apoio à sua candidatura, que é a melhor para nossa cidade. É um homem que gera emprego e renda para o nosso município e reúne as melhores condições para fazer a nossa cidade crescer”, revela o agricultor Amin Salles de Oliveira, 61. Ele acrescenta que há anos a po-

A carreta durou cerca de duas horas, atraindo milhares de pessoas do bairro Industrial ao Centro da cidade

pulação espera por mudanças no cenário político de Santana do Paraíso e Fernando Lima não só acompanha a evolução do município, como contribui para o seu desenvolvimento. “Esta ação que estamos vendo hoje aqui em Santana do Paraíso mostra o anseio da população por uma renovação política em nossa cidade e mostra que compartilhamos do mesmo sentimento de união que a cidade precisa para avan-

(*) AS INFORMAÇÕES FORAM ENVIADAS PELA ASSESSORIA DOS CANDIDATOS.

çar”, conclui. Foram mais de mil veículos na carreata promovida por Fernando Lima, entre carros de passeio e motocicletas, além bicicletas, charretes e cavalos e pedestres. Feliz com o apoio recebido dos moradores de Santana do Paraíso, Fernando Lima disse que a campanha está e será feita sempre com muita ética e responsabilidade, sem ataques a qualquer adversário político.


10

Diário Popular

LAZER

Terça-feira, 4 de setembro de 2012

AVENIDA BRASIL

Nilo aterroriza Débora para conseguir fotos de Carminha A patricinha Débora (Nathalia Dill) será uma das próximas vítimas de Nilo (José de Abreu) em Avenida Brasil. A fim de conseguir as fotos de Carminha (Adriana Esteves), que a moça guardou a pedido de Jorginho (Cauã Reymond), o catador vai até o local onde ela está ensaiando suas acrobacias e desliga a luz. O local fica um breu só, e lá de cima, ainda dependurada nos tecidos, Débora, em pânico, pergunta: “Isso é alguma brincadeira de mau gosto?! Quem é o idiota que tá fazendo isso, pode acender a luz? Acende essa luz!” O velho ri, enquanto Débora desce e tateia o chão até encontrar um metal. Ela segue na direção da porta, até que o comparsa de Nilo acende uma lanterna. Ela corre para o outro lado, e dá de cara com o catador. Nilo a imobiliza, tampa a boca da moça, e avisa: “Se você for boazinha, não vai acontecer nada com você. Mas se

se descontrolando: “Eu sou doido! Muito doido! Olha pra mim. Cê acha que eu me importo com alguém? Eu quero que todo mundo se exploda! Olha só!” Já ensaiado com o comparsa, que estava com um saco cheio de sangue de galinha por debaixo da blusa, Nilo dá uma facada combinada no comparsa e diz: “Viu? Agora é a tua vez!” Completamente em pânico, Débora revela que as fotos estão no vestiário, vai até lá com o vilão e entrega o pacote. “Tu não tá me enrustindo nada, né?”, pergunta Nilo. “Não! Foi isso que o Jorginho me deu, tá tudo aí, eu não mexi em nada, nem tinha visto o que é”, responde Débora. “Foi um prazer fazer negócio com você, macaquinha. Fica quietinha, tá, que o tio já vai embora”, desdenha o velho, que vai embora com o comparsa e deixa a garota no local.

Após ameaçar Débora, Nilo acaba conseguindo as fotos que incriminam Carminha e Max

você não cooperar...”, resmunga o velho. Com medo de ser sequestrada, Débora diz que o pai faliu, e ameaça: “Se você encostar a mão em mim, você morre na cadeia. Sabe o que eles fazem com quem abusa de...”, diz. “Olha só, a macaquinha tá cheia de fantasia com a gente. Só quero umas fotos que o Jorginho deixou com você”, rebate Nilo.

Ela tenta se fazer de desentendida, mas ele continua a ameaçar: “Desembucha macaca, ou eu arranco as tuas unhas. Achou ruim? Tô até bonzinho! Imagina se eu resolvo cortar a tua mão? Já pensou, não se pendurar nunca mais no cipózinho? Fala, garota! Mais cedo ou mais tarde cê vai falar mesmo. É melhor fazer enquanto ainda tá inteira!” Débora se mantém firme, e não abre o jogo. Nilo acaba

Marjorie Estiano vive personagem Gerusa declara guerra ao avô ousada em nova novela das seis para ficar com Mundinho Em Lado a Lado, nova trama das seis, Marjorie Estiano (30) dará voz as mulheres que lutaram pela igualdade dos sexos no início do século XX. Na pele da moderna Laura, uma jovem que quer trabalhar e estudar – mesmo a contragosto da sua família – a atriz irá surpreender nas telinhas. “Minha personagem é uma mulher ousada”, declarou Marjorie na festa de lançamento da novela, que aconteceu na noite de sábado, 1º, no Rio de Janeiro. “Se ela vivesse hoje, pode-

ria usar uma bolsa de oncinha”, completou ela, que estava segurando uma. Laura fará par romântico com Edgar, interpretado por Thiago Fragoso (30), com quem terá que aprender a construir a relação após um casamento de interesses. Filha em uma família tradicional, a personagem vai lutar pelos seus direitos mesmo diante da pressão de seus pais, Constância (Patrícia Pillar, 48) e Dr. Assunção (Werner Schünemann, 53).

O namoro às escondidas de Gerusa Bastos (Luiza Valdetaro) e Mundinho Falcão (Mateus Solano) está prestes a cair na boca do povo de Ilhéus no remake de “Gabriela” (Globo). Para ficar com o amado, a garota vai enfrentar o avô poderoso e será encorajada por sua mãe a correr atrás da felicidade. Depois de recusar um acordo político e amigá-

vel com Mundinho, Ramiro (Antonio Fagundes) vai reunir esforços para adiantar o casamento da neta com Juvenal (Marco Pigossi), mas sua pressão será inútil. Decidida a lutar pelo amor de sua vida, a filha de Conceição (Vera Zimmerman) se negará a casar com o irmão de Berto (Rodrigo Andrade) na frente de toda a família, o que deixará o coronel desmoralizado.

Horóscopo do dia ÁRIES Desafio entre a independência e o cultivo de vínculos familiares e emocionais. Individualidade não significa egoísmo. Desafio entre novas e velhas atitudes, ariano. Cuidado com a tendência a agir de forma impulsiva. Mas o momento impele mudanças.

LIBRA Desafio entre velhas posturas e uma nova atitude necessária nos relacionamentos. Mudanças e surpresas são importantes, para não ficar preso a velhos padrões, libriano. Feridas emocionais são expostas, mas é para que sejam curadas. Abra-se ao novo.

TOURO O desconhecido assusta. Mas o conhecido pode aprisionar, nativo de Touro. Momento em que deve estar consciente de suas atitudes emocionais, evitando repetir erros. A inquietude sugere que há muita coisa que precisa ser conscientizada e transformada.

ESCORPIÃO Dificuldade de expressar sentimentos e de harmonizar individualidade e relação. De um lado o despertar para novas ações, e de outro a tendência a repetir o antigo. É uma questão de saúde e de qualidade de vida que você tenha novas atitudes, escorpiano.

GÊMEOS Perceba que o que antes você valorizava pode não mais ser precioso, geminiano. Questões importantes envolvendo amizades, família, finanças e valores pessoais. Amor e amizade. Individualidade e relacionamento. Opostos que buscam o caminho do meio. CÂNCER Desafios relacionados à autonomia, à independência e à mudança, canceriano. Cuidado com a tendência a retornar a antigos padrões, quando tudo fala de desapego e transformação. Questões familiares e emocionais delicadas. Crescendo, amadurecendo, revolucionando. LEÃO Não se feche em verdades absolutas. Considere que cada pessoa tem seus conceitos. Busque o entendimento, a conciliação, mas isso não significa se despersonalizar. Dia que evoca muitos aprendizados, sendo o principal sobre a arte dos relacionamentos, leonino. VIRGEM Desafios envolvendo recursos próprios e compartilhados, valores pessoais e alheios. Questões delicadas com amigos, envolvendo dinheiro e sentimentos, nativo de Virgem. Um momento importante para reconhecer as mudanças necessárias. Desapegue, revolucione.

SAGITÁRIO É necessário se despedir de velhos padrões e ilusões, nativo de Sagitário. O despertar da consciência deve ocorrer para que você expresse uma nova maneira de amar. Amor e amizade. Individualidade e compromisso. Pólos que buscam a complementação. CAPRICÓRNIO Momento de importantes desafios na expressão de sua essência e individualidade. Conflitos derivados de velhas formas de se relacionar, que se baseiam em padrões familiares. A individualidade dos membros da família deve ser respeitada, nativo de Capricórnio. AQUÁRIO Idéias inovadoras, que desafiam antigos princípios e conceitos, aquariano. O dia traz à tona o desafio de harmonização entre pessoas que pensam de forma diferente. O abandono de velhos padrões abre espaço à vivência de novas possibilidades, aquariano. PEIXES Autonomia necessária para desenvolver seus talentos, habilidades e valores. Individualidade que deve ser complementada na colaboração madura e consciente das pessoas. Teste para as questões financeiras e emocionais, inclusive em relação à ligação entre elas.

CINE DO VALE DO AÇO

RESUMO DE NOVELAS AMOR ETERNO AMOR Globo, 18h15 Melissa ameaça Rodrigo. Pedro acompanha Miriam até a casa de Melissa. Clara tenta ajudar Rodrigo. Zenóbio aparece ao lado de Melissa, que acaba ferindo Clara. Miriam cuida da irmã com a ajuda de Rodrigo. Pedro acusa Melissa para a polícia, e a vilã é presa. Jáqui aceita que Valdirene leve Michele para morar com ela. Laís se entende com William. Michele implora para ficar com Regina. Priscila tenta convencer Gil de que ele e Laura são apaixonados um pelo outro. Gabi e Cris estranham

o cuidado que Francisco tem com Zilda. Vanessa protege Clara. Rodrigo ajuda Angélica a se acalmar. CHEIAS DE CHARME Globo, 19h15 Rosário ajuda Inácio/Fabian a se tranquilizar. Sandro fica arrasado com a falta de confiança de Penha. Gilson e Penha pensam um no outro. Fabian fica com ciúmes de Inácio. Conrado pede para morar com Cida. Inácio mente para expulsar Rosário de seu quarto. Jurema sugere que Gilson dê aula de surf para as crianças do Borralho. Sarmento é preso

e Cida se desespera. Inácio comenta com Romana que seu plano para fazer Rosário odiar Fabian está dando certo. Gilson anuncia suas aulas de surf e Patrick se interessa. Rosário e Inácio/Fabian trocam ofensas durante uma coletiva. Elano comemora a prisão de Sarmento. AVENIDA BRASIL Globo, 21h10 Tufão não consegue disfarçar a frustração diante de Nina. Jorginho tem ciúmes ao saber que Nina saiu com seu pai. Carminha vê Tufão e Nina no restaurante e fica furiosa. Tufão desiste de

se declarar para Nina. Nina se surpreende ao encontrar Jorginho em seu quarto. Tufão se emociona com o apoio de Ágata. Carminha exige que Max espione a mansão. Darkson tenta alertar Tessália sobre Leleco, mas ela não acredita. Max afirma a Nina que está longe de Carminha. Alexia, Noêmia e Verônica reclamam da falta de dinheiro. Ivana conta para Max que Tufão está apaixonado por Nina. Débora, Tomás e Paloma sugerem que suas famílias morem juntas. Max cerca Nina no mercado. Tufão confirma para Carminha que ama Nina.

OS MERCENÁRIOS 2 (DUBLADO) Sala 1 - SEX, SEG. À QUINTA-FEIRA: 16H50 - 19H00 - 21H10 Sala 1 - SÁB, DOM, FERIADO: 14H40 - 16H50 - 19H00 - 21H10 O VINGADOR DO FUTURO (LEGENDADO) Sala 2 - Diariamente: 20H30 O VINGADOR DO FUTURO (DUBLADO) Sala 2 - Diariamente: 15H45 BATMAN: O CAVALEIRO DAS TREVAS RESSURGE (DUBLADO) Sala 3 - Diariamente: 15H00 - 20H15 E AÍ, COMEU? (NACIONAL) Sala 3 - Diariamente - 18H10


SOCIAL

Diário Popular

Terça-feira, 4 de setembro de 2012

11

Sonho realizado Ex-aluna do curso de Enfermagem da Unipac Vale do Aço, Eliete Neves de Lima realizou o sonho de ter um artigo publicado pela Revista de Pesquisa Avançada da Universidade do Cairo no Egito, na edição de junho de

dorachaves.2008@gmail.com

2012. O texto aborda uma pesquisa feita para comprovar o poder de cura de feridas e propriedades antiúlceras da batata doce branca, que age diretamente sobre os tecidos, acelerando o processo de cicatrização.

Geovana e Silvana no Ipê Recanto Clube

Aprofundamento A professora Bete Louro iniciou no último sábado o Curso de Aprofundamento e Nivelamento em Língua Portuguesa da Fadipa. Cada sábado terá duração de 3 horas. No final do curso, o aluno receberá um certificado contendo 20 horas de atividades complementares e é destinado aos alunos dos primeiros períodos, relembrando teorias da lín-

gua portuguesa, reforçando as novas regras gramaticais proporcionando igualdade de conhecimento aos acadêmicos, visto que o perfil atual é muito diversificado, composto por adolescentes recém concluintes do ensino médio, profissionais em busca de nova formação e adultos visionando a carreira jurídica. O curso segue até novembro.

Nota dez este casal: Creuza e Paulo Soares

Luz de velas Boa maneira de curtir uma festa de aniversário. Flávio Osamu recebeu em grande estilo suas amigas no sábado. Ele, que completou nova idade no início de agosto, data em que não pôde comemorar aqui devido a uma viagem internacional, viu-se em situação anormal. No início

da noite, a energia elétrica do belo condomínio, onde mora a amiga Adriana Dantas - que gentilmente cedeu o lugar, acabou devido a um problema de rede. Bom que a energia entre os convidados não alterou: continuaram saboreando as delícias e o bom papo, à luz de velas.

Momento Cívico O casal João Oliveira e Maria com o filho Alexandre Zambaldi

Simulado Enem A Fadipa / Unopar oferece aos alunos do ensino médio, das redes pública e privada, o exame Simulado para o Enem. Essa iniciativa possui caráter exclusivamente cultural, de apoio ao estudo e ao desenvolvimento de atividades acadêmicas, bem como incentivar tais alunos a participarem da prova Oficial do Enem. A prova Simulado do Enem, promovida pela Unopar / Fadipa, não substitui a prova realizada pelo MEC, que é oficial. São elaboradas de maneira in-

dependente do processo do MEC; qualquer semelhança entre enunciados, questões ou alternativas de respostas entre ambos é mera coincidência. O objetivo é preparar o aluno, treiná-lo para o Enem Oficial. A Fadipa preocupa-se com a vida acadêmica dos alunos, mesmo antes de ingressarem à instituição de ensino superior. Inscrições e informações: 3822 8808, www.fadipa.br / até 21 de setembro. As provas serão aplicadas no dia 23 de setembro.

Escolas e Creches da Rede Municipal de Ensino de Periquito estão a todo vapor com os preparativos para as comemorações do Dia da Pátria, já agendadas para os dias 6 e 7 de setembro. Enquanto as creches da Sede e

Distritos vão às ruas no dia 6, às 8h, as Escolas Municipais vão se revezar no dia 7, em horários divididos entre manhã, às 8h, e à tarde, às 16h. Os desfiles caracterizados em Periquito já são uma tradição municipal.

Carlos Souto e sua Renata, premiados no “Dia de Cooperar”- evento que aconteceu no domingo, dia 2 de setembro

Estratégias de comercialização A Acicel - CDL realizarão na próxima quarta-feira, dia 05, a oficina “Como elaborar estratégias de comercialização”, em parceria com o Sebrae MG, na sede das entidades, em Coronel Fabriciano. Através da oficina, os participantes saberão como enxergar o negócio de forma ampla, observando como os fatores externos podem afetar o seu empreendimento. O

encontro proporcionará ainda um estudo sobre os elos que constituem a cadeia varejista, das compras até a entrega do produto ao consumidor final, visando alcançar resultados efetivos no mercado de atuação. Interessados em participar devem entrar em contato pelo telefone 3841-9900. O investimento é de R$ 20,00 (vinte reais) por pessoa e as vagas são limitadas.


Usipa

12

ESPORTES

Diário Popular

Terça-feira, 4 de setembro de 2012

SÉRIE B

Após empate em casa, Tigre enfrenta hoje o Asa Jogadores lamentam perda de oportunidades contra o Atlético (PR) e tem hoje, em Arapiraca (AL), a oportunidade de aproveitar novas chances Na reapresentação ao técnico Eugênio Souza, os jogadores do Ipatinga lamentaram muito o empate em casa por 1 a 1 contra o Atlético-PR, na sexta-feira, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O Tigre volta a campo pela Série B nesta terça-feira, contra o Asa, às 21h50, em Arapiraca/AL. Ao comentar o jogo contra o Atlético – PR, o atacante Bruno Batata afirmou que o Tigre teve chances de vencer, mas fez questão de declarar que o quadricolor enfrentou um adversário qualificado, que luta pelo acesso. Batata disse ainda que o Ti-

Os jogadores do Tigre lamentaram a derrota em casa, mas destacaram que o adversário era qualificado

gre vai lutar até o fim para escapar do rebaixamento. “Tivemos a vitória em nossas mãos. Mas temos que entender que jogamos contra uma equipe que busca o acesso. O Ipatinga vai lutar até o fim. Este não era o resultado que que-

ríamos, mas lutamos, tivemos a chance da vitória e agora temos que seguir, porque ainda tem muitos jogos pela frente”, declarou. Um minuto antes de sofrer o gol de empate do Furacão, Wellington Bruno deu assistên-

cia perfeita para Leandro Brasília, que livre, na cara do goleiro Weverton, perdeu. O castigo veio no complemento da jogada com João Paulo, aos 41 minutos, que acertou um belo chute, igualando o placar. O volante Leandro Brasília assumiu a responsabilidade e afirmou que vai trabalhar mais para melhorar as conclusões. “Estávamos com o jogo nas mãos, tive a oportunidade de fazer 2 a 0 e acabei errando o gol e sofremos o empate. Assumo a responsabilidade pelo gol que eu errei, e agora tenho que trabalhar mais para quando tiver outra chance, fazer”, disse.

JUDÔ

Usipa é campeã do Mineiro Dangai IPATINGA – A Usipa/Pitágoras faturou, por equipe, o título do Campeonato Mineiro Dangai e o vice-campeonato Mineiro Sênior de Judô. A competição reuniu 415 atletas de 18 clubes/academias do estado, e foi sediada no clube tricolor. Pelo Mineiro Dangai, a Usipa foi a grande campeã com 377 pontos, somando 26 ouros, 17 pratas e 5 bronzes. O Judô São Geraldo (Belo Horizonte) ficou em segundo e o Minas Tênis Clube em terceiro lugar. No resultado geral do Mineiro Sênior, o Minas superou a Usipa garantindo o ouro por equipe. CAMPEÃO O judoca usipense Nilton Eduardo sagrou-se o campeão Mineiro Sênior pela categoria super ligeiro (até 55kg), classificando-se para o campeonato Brasileiro Sênior de Judô,

Jane Aguiar

A competição reuniu 415 atletas de 18 clubes/academias do estado, e foi sediada no ginásio do clube tricolor

que acontecerá em Natal (RN), no final de setembro. Para o coordenador de judô da Usipa/Pitágoras, Hevilmar Rocha, os dois campeonatos “retratam os desafios que todos nós enfrentamos no nosso dia a dia. Aqui os judocas vivenciam a prática do esporte e têm a oportunidade de se sentirem melhores preparados para as grandes competições e também para outras dificuldades que a vida lhes

oferece”, ressalta. Além da Usipa/Pitágoras participaram mais 17 equipes mineiras: Judô São Geraldo, IBIS/CEJOC, Minas Tênis Clube, Avança Judô, São Clemente, Praia Clube, Colégio Santo Agostinho, Salgueiro, ACM, CRES/ SEMEL, Holístico, Dojô, Judô Águia Branca, Judô Matsunaga, Clube Fitness e Unipac. O

DANGAI Campeonato

Mi-

neiro leva o nome Dangai, palavra que em japonês significa “faixa branca à marrom”, cores que antecedem a faixa preta no judô. No Dangai, as lutas são divididas de acordo com a cor da faixa de cada judoca e não somente pela categoria como nas outras competições. Desta forma, os atletas são divididos pelas faixas nas quais estão em quatro níveis: branca/cinza/azul, amarela/laranja, verde/ roxa e marrom/preta. CLASSIFICAÇÃO POR FAIXAS Branca/Cinza/Azul 1º lugar para o Judô São Geraldo, 2º para o São Vicente e 3º lugar para a Usipa. Amarela/Laranja 1º lugar para a Usipa, 2º para o Judô São Geraldo e 3º lugar para o Avança Judô. Verde/Roxa 1º lugar para o Minas Tênis Clube, 2º para a Usipa e 3º lugar para o Avança Judô. Marrom/Preta 1º lugar para o Minas Tênis Clube, 2º para o Salgueiro e 3º lugar para o CRES/SEMEL.

B R A Z I L I A N D AY

Minas Gerais divulga copas em Nova York

Na semana em que se festeja em Nova York o Brazilian Day, o Governo de Minas Gerais apresentará aos jornalistas e agentes de viagem americanos os preparativos do Estado para a Copa das Confederações 2013™ e Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014TM. Na Copa da África, os Estados Unidos foram o país que mais comprou ingressos avulsos. Os americanos adquiram 110.606 ingressos. O segundo maior volume foi destinado ao Rei-

no Unido com 64,6 mil bilhetes. Os dados são da FIFA. “O objetivo é atrair cada vez mais turistas para Minas Gerais, e a Copa é uma excelente oportunidade para mostrar ao mundo nossa capacidade de realizar eventos de grande porte, e também as belezas e potencialidades do nosso Estado”, afirma Alberto Pinto Coelho, vice-governador de Minas Gerais e presidente do Comitê Gestor das Copas.

BRASILEIRO

Galo pega o Bahia O zagueiro Luiz Eduardo se juntará ao grupo atleticano em Salvador, local do jogo desta quarta-feira, contra o Bahia, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida acontecerá ás 19h30, no estádio de Pituaçu. O defensor já seguiu para a capital baiana, juntamente com o treinador de goleiros Willian. Na manhã desta segunda-feira, os atletas que enfrentaram o Corinthians realizaram um trabalho regenerativo na piscina do hotel e os demais fizeram atividades físicas na academia. O embarque para Salvador será às 17h35, com chegada prevista para 19h15. Nesta terça-feira, às 15h30, Cuca comandará treinamento no CT do Vitória.

CONFRONTOS Após a derrota para o Corinthians, com um gol anulado, o Atlético segue líder do Brasileiro e se prepara para os jogos contra Palmeiras, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, e São Paulo, pela 24ª rodada, ambos no estádio Independência. A partida contra o Palmeiras será realizada às 18h30 do próximo domingo (9/9). Já o confronto diante do São Paulo acontecerá às 22h da quarta-feira seguinte (12/9). Contra o Corinthians, o Atlético perdeu a invencibilidade de 14 jogos no Campeonato Brasileiro. Líder há 15 rodadas, o Atlético segue no topo da tabela, com 44 pontos, 13 vitórias e um jogo a menos. Na próxima rodada, o adversário será o Bahia, quarta-feira, às 19h30, em Pituaçu.

04/09/2012  

04/09/2012