Page 1

DIÁRIOPOPULAR W W W. D I A R I O P O P U L A R M G . C O M . B R

Região Metropolitana do Vale do Aço - Ano VIl - Número 1.846 - Sexta-feira, 03/01/2014 - R$ 1,00

SAÚDE

FSFX investe em ambientes e novos equipamentos no HMC

Divulgação

A Fundação São Francisco Xavier vai investir este ano R$ 950 mil na revitalização de enfermarias, reformas em diversas dependências e equipamentos do Hospital Márcio Cunha. No ano passado, foram investidos cerca de R$ 9 milhões na reforma, ampliação, novos equipamentos e modernização do hospital. Uma das principais aquisições foi o novo tomógrafo, que se destaca por ser o único no Vale do Aço capaz de realizar angiotomografia das artérias coronárias. Para o Centro Cirúrgico, foram adquiridos monitores de sinais vitais, aparelhos de anestesia, um microscópio oftalmológico e um microscópio cirúrgico. Além dos investimentos com recursos próprios, a Fundação irá adquirir também carros de medicação e de curativos para enfermagem, cadeiras de rodas, aparelho de eletrocardiógrafo e oxímetro de pulso digital, entre outros, por meio de convênio do Pró-Hosp, do Governo de Minas Gerais. Página 3

SIDERURGIA

Ministério abre concurso público para 450 vagas O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) deve publicar, na semana que vem, edital para concurso público para preencher 450 vagas para servidores de níveis médio e superior, com salários que variam de R$ 1.568,42 a R$ 4.248,62. O concurso vai selecionar 35 graduados em contabilidade e 415 agentes administrativos (nível médio). São todos cargos de carreira da Previdência, da Saúde e do Trabalho (CPST), e as provas serão aplicadas em todas as capitais e no DisPágina 3 trito Federal.

ASSISTÊNCIA

PMI destina R$ 23 milhões a 75 entidades O novo tomógrafo do HMC destaca-se por ser o único no Vale do Aço capaz de realizar angiotomografia das artérias coronárias Arquivo DP

As principais siderúrgicas do País estimam que serão produzidas 34,5 milhões de toneladas neste ano: parque pode produzir 48,9 milhões

Excesso de aço eleva ociosidade de usinas

O Instituto Aço Brasil (IABr) prevê que a produção de aço bruto no Brasil deva ficar estagnada em relação a 2012. A entidade, que congrega as principais siderúrgicas do País, estima que serão produzidas 34,5 milhões de toneladas neste ano. Considerando que o parque brasileiro tem capacidade para produzir 48,9 milhões de toneladas de aço, o nível de ociosidade da siderurgia brasileira deve ficar em 14,4

EMPREGO

milhões de t. Este número equivale à capacidade de produção anual de aproximadamente três usinas da Usiminas, em Ipatinga, somadas. Para o IABr, uma vez que diversos países ainda sofrem os efeitos da crise econômica mundial e que há excesso de 600 milhões de toneladas de aço no mercado internacional, a solução para a indústria brasileira do aço está no crescimento do mercado doméstico. Página 3

RODOVIAS

Minas lidera ranking de acidentes com vítimas Minas Gerais é novamente o estado que lidera o ranking da PRF, com maior registro de acidentes, feridos e mortes por acidentes nas rodovias federais. Dos 6.651 acidentes contabilizados, 1.102 ocor-

reram em rodovias do estado e das 379 mortes, 64 aconteceram nas BRs mineiras. O estado também registrou 798 feridos, do total de 4.352 contabilizados em todas as rodovias federais. Página 6

INSS

Serviços previdenciários na internet ficam indisponíveis A Receita Federal do Brasil informou ontem que alguns serviços previdenciários oferecidos em seus canais de atendimento estarão indisponíveis entre hoje (3) e domingo (5). O motivo para interrupção é a modernização da infraestrutura da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) no Rio de Janeiro. Entre os serviços que ficarão

indisponíveis estão o parcelamento, cálculo e a emissão da Guia da Previdência Social (GPS) no site da Receita Federal. Também ficarão indisponíveis os serviços oferecidos na internet relacionados à Certidão Negativa de Débitos, como pedido, consulta e baixa de empresas e também a concessão de Matrícula CEI, Cadastro Específico do Instituto Nacional do Seguro Social. Página 6

A Prefeitura de Ipatinga já se prepara para firmar os novos convênios com as entidades sem fins lucrativos que prestam serviços sociais no município. No último dia 27 de dezembro, a prefeita Cecília Ferramenta sancionou a Lei municipal 3.289, que autoriza a destinação de recursos para as instituições, a título de subvenções sociais. As entidades serão beneficiadas com repasses financeiros, previstos na Lei Orçamentária de 2014, da ordem de R$ 23 milhões. As 33 creches conveniadas à Prefeitura de Ipatinga receberão ao longo do ano cerca de R$ 13,9 milhões. Na área da Saúde, serão destinados cerca de R$ 1 milhão a 12 instituições de Ipatinga. Já as 30 entidades conveniadas à Assistência Social terão o repasse de R$ 7,7 milhões.

ESTIAGEM

Prefeituras focam ações na reparação dos danos

Página 4


2

Diário Popular

OPINIÃO

Sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

FRASES “Considerando o enorme valor da informação que revelou e os abusos expostos, ele merece mais que uma vida de exílio, medo e fugas. Ele pode ter cometido um crime ao fazer isso, mas ele prestou um grande serviço a seu país”. Do Times, sobre Edward Snowden.

“Sofrendo com uma das mais altas taxas de assassinatos e um dos maiores índices de suicídio do mundo, [os índios guaranicaiová] são o lado frágil de um conflito que perdura por décadas e é agravado pelo lobby ruralista”. Trecho de vídeo gravado por artistas e personalidades como Wagner Moura, Camila Pitanga e Bete Mendes e o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ) em apoio à tribo dos guarani-caiová.

“Todo ano tem arrastão no Copacabana Palace (...) Colocam muitos policiais, mas eles ficam batendo papo enquanto o ‘pau está comendo’”. De turista mineira, ao JB, sobre a falta de segurança durante o réveillon no Rio.

TEMPO IPATINGA Sexta-feira 03/01 Parcialmente Nublado. MÁXIMA: 37º C MÍNIMA: 20º C UMIDADE MÁXIMA: 80% UMIDADE MÍNIMA: 40%

www.diariopopularmg.com.br DIRETOR RESPONSÁVEL Fernando Benedito Jr. O DIÁRIO POPULAR é uma publicação de A Gazeta Metropolitana Editora e Gráfica LTDA. CNPJ 07.366.171/0001-88 FALE CONOSCO Telefone: 3827-0369. diariopopular.redacao@gmail.com ADMINISTRAÇÃO E REDAÇÃO Avenida JK, 1290, bairro Jardim Panorama CEP 35.164-245. OFICINA Rua Anápolis, 55, Veneza II, Ipatinga.

ESPAÇO PÚBLICO

ARTIGO

Colônia de Férias da Usipa oferece programa diferente Durante as férias de verão, a Usipa oferece uma programação diferenciada para crianças e adolescentes do Vale do Aço. A tradicional Colônia de Férias do clube, que entra em sua 28ª edição, recebe aproximadamente 450 crianças e adolescentes com idades entre 3 a 15 anos. A Colônia, com duração de 10 dias, acontece entre 13 a 24 de janeiro. Além de sinônimo de muita diversão durante as férias escolares, o evento representa uma alternativa para os pais impossibilitados de viajar com a família no mês de janeiro. Data: 13 a 24 de janeiro Inscrições: (31) 3801.4350 Faixa etária: 3 a 15

CÂMBIO NO LUGAR: A NECESSÁRIA DESVALORIZAÇÃO Desde o início de 2003, em quase a metade dos meses desses onze anos, a taxa de câmbio média esteve situada abaixo de R$ 2 reais por dólar. Durante muito tempo chegou mesmo a ficar abaixo de R$ 1,60. Uma loucura, patrocinada por um irrealismo econômico carregado de profunda irresponsabilidade. Ora, está mais do que evidente que esse artificialismo só prejudica a sociedade e a economia brasileiras. O câmbio está mesmo muito fora de lugar! A passividade do governo em tratar de tema tão sensível acabou criando uma verdadeira armadilha. Como a sociedade se acostumou a esse novo patamar de consumo de importados, desvalorizar a taxa cambial provoca a elevação dos preços desses produtos e matérias-primas quando cotados em moeda nacional. E tal acomodação tende a ser chacoalhada com elevação de preços e algum impacto inflacionário. Mas não há mais como fugir do problema e retardar esse processo necessário à consolidação de qualquer projeto desenvolvimentista de país. O câmbio precisa ser desvalorizado. Seja por uma ação pró-ativa do governo, administrando de forma competente a taxa de juros e a taxa de câmbio. Ou então pegando carona na recuperação das atividades econômicas nos Estados Unidos, onde a taxa de juros praticada pelo FED tende a subir. A rentabilidade relativa dos papéis brasileiros ficará menor e a enxurrada de capital especulativo tenderá a diminuir. Ótimo! Gastaremos menos com juros enviados ao exterior e reacomodaremos nossa taxa de câmbio a patamares mais adequados. Há diversos estudos e modelos apontando que uma taxa de R$ 3 reais por dólar não deve assustar ninguém. Ela apenas atuará como fator estimulador das exportações e oferecerá uma perspectiva mais realista para o horizonte das importações. (*) Economista e militante por um mundo mais justo em termos sociais e econômicos.

(*) Emir Sader é sociólogo e autor do Blog do Emir em www.cartamaior.com.br

ARTIGO

O câmbio fora de lugar

O NÓ ENTRE JUROS ELEVADOS E CÂMBIO VALORIZADO Porém, essa estratégia que já era ruim, infelizmente passa a ficar ainda pior no quadro do ajuste conservador proposto pelo menu do neoliberalismo. A manutenção da taxa de juros em patamar tão elevado significa uma alta atratividade das aplicações realizadas, aqui nas praças tupiniquins, para o capital especulativo que gira em torno do planeta. Essa massa de recursos está ansiosa por uma única coisa: alta rentabilidade com baixo risco. (...)Como as sucessivas equipes econômicas foram convencidas de que não caberia aplicar as óbvias e urgentes medidas de controle do fluxo de capital estrangeiro, nossa economia ficou absolutamente vulnerável aos humores e aos desejos dos especuladores internacionais. A armadilha do câmbio estava desenhada antes mesmo do modelo começar a operar a pleno vapor. Na grande maioria dos países desenvolvidos, o ingresso dos recursos especulativos é acompanhado de exigências, a exemplo de um prazo mínimo para os recursos permanecerem na economia pela qual se interessaram e contrapartidas de setores a serem contemplados pelas aplicações. (...) Mas aqui, não! Em Pindorama a coisa é diferente. Trata-se de um verdadeiro paraíso para especulação internacional. O dinheiro entra e sai quando bem entender, sem nenhuma exigência por parte de nossas autoridades monetárias. Pelo contrário, ele é sempre bem vindo e os volumes recordes de entradas são cada vez mais comemorados, como se apenas benefícios trouxessem para a economia brasileira. Quando, na verdade, o que ocorre é exatamente o inverso. Somos penalizados por tais movimentos. INUNDAÇÃO DE IMPORTADOS E REDUÇÃO DE INVESTIMENTOS: DESINDUSTRIALIZAÇÃO Face à ausência de controle e frente ao estímulo apetitoso de juros elevados, somos inundados por volumes expressivos de recursos externos. Essas divisas ingressam na economia brasileira e encontram um mercado cambial “livre”. Ou seja, um contexto em que a formação da taxa de câmbio é definida apenas pela conjugação das forças de oferta e demanda de moedas estrangeiras - basicamente, no nosso caso, o dólar norte-americano. Como a SELIC muito elevada nos converte em campeões mundiais da taxa de juros, há uma pressão permanente e vigorosa de oferta de

(*) Emir Sader

Nunca como agora foi verdade a tensão entre um mundo que se esgota mas teima em sobreviver e um mundo novo, com grandes dificuldades para nascer. Nesse vazio se insere um mundo instável, turbulento e uma ampla disputa hegemônica em escala mundial. A decadência da hegemonia norte-americana no mundo e o esgotamento do modelo neoliberal são evidentes mas, ao mesmo tempo, não surge no horizonte nem uma potência ou um grupo de países que possam exercer a hegemonia mundial no lugar dos EUA. Nem aparece um modelo que possa disputar com o neoliberalismo a hegemonia em escala economica global. Os governos posneoliberais latinoamerianos não tem ainda força para que seu modelo alternativo possa se impor em escala mundial. A vitória na guerra fria não significou que a imposição da Pax Americana trouxesse estabilidade ao mundo. Ao contrário, nunca proliferaram tantos conflitos violentos, porque os EUA se valem da sua superioridade militar para tratar de transferir os conflitos para o plano do enfrentamento violento. Foi assim no Afeganistão, no Iraque, na Líbia, sem no entanto ter capacidade para impor estabilidade política sobre os escombros das intervenções militares. Esses países continuam a fazer parte dos epicentros de guerra no mundo. No caso da Siria – e, por extensão, no Irã -, os EUA sequer foram capazes de criar as condições políticas mínimas para novas intervenções militares, tendo que dedicar-se a processos de negociação de paz. Porém, os EUA seguem sendo a única potência mundial, que articula seu poder econômico, tecnológico, político, militar e cultural, para se impor como país de maior influência no mundo, o único a ter uma estratégia global. Nem a China, nem a enfraquecida UE, nem a América Latina, ou um conjunto de forças articuladas entre si, consegue se opor à hegemonia norteamericana no mundo. A profunda e prolongada crise econômica no centro do capitalismo demonstrou como setores da periferia – na Ásia e na América Latina – conseguiram se defender, sofrendo os efeitos da recessão, mas não entraram nela, como havia acontecido em todas as outras grandes crises no centro do sistema. Porque já existe no mundo certo grau de multilateralismo econômico, que permite que os intercâmbios Sul-Sul, ademais dos realizados pelos processos de integração regional na America do Sul, unidos à enorme expansão do mercado interno de consumo popular, possamos nos defender de cair em recessão. No entanto, as fortes pressões recessivas não deixam de atingir-nos, demandando que tenhamos respostas integradas para a reativação das nossas economias. Mas, apesar do desprestígio das políticas neoliberais, responsáveis pela crise no centro do sistema e impotentes, até aqui, para superá-la, o modelo neoliberal continua a ser dominante em grande parte do sistema econômico mundial. As medidas postas em prática pelos governos europeus são de caráter neoliberal, para reagir a uma crise neoliberal, isto é, álcool no fogo. Porque o neoliberalismo não é apenas uma política econômica, é um modelo hegemônico, que corresponde à hegemonia do capital financeiro em escala mundial, à do bloco EUA-Grã Bretanha, assim como a um modo de vida (chamada de modo de vida norteamericano) centrado no consumo, na mercantilização da vida e dos shopping-centers. É um ponto de não retorno do capitalismo em escala global, que coloca os limites das propostas de ação as grandes potências políticas e dos grandes organismos internacionais. Assim, o mundo seguirá vivendo, pelo menos na primeira metade do novo século, um período de turbulências, em que a decadente hegemonia norteamericana se mantêm, embora com crescentes dificuldades. Da mesma forma que a predominância do modelo neoliberal também sobrevive, embora debilitado e condenando a economia mundial a processos de maior concentração de renda, de exclusão de direitos e a contínua recessão econômica. Uma profunda e extensa crise de hegemonia se impõe dessa forma em escala mundial, com persistência dos velhos modelos e dificuldades para afirmar por parte das alternativas.

anos de idade Transporte exclusivo para Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo. Vagas limitadas.

O início do ano pode ser um bom período para se fazer uma reflexão a respeito dos rumos a corrigir na condução da política econômica. Dentre as inúmeras questões polêmicas, parece haver uma espécie de unanimidade entre os economistas que não se identificam com o “diktat” do mercado a respeito da taxa de câmbio. Trata-se do diagnóstico a respeito da inadequação de seu valor atual. O ponto é que a indiscutível valorização da taxa de câmbio acaba sendo resultado da opção obtusa de buscar o sacrossanto tripé da política econômica a qualquer custo. Ao decidir por manter uma política monetária de taxas oficiais de juros na estratosfera, as conseqüências são previsíveis até mesmo para qualquer estudante de primeiro economia de economia. As reuniões do COPOM - em que há mais de uma década a SELIC é colocada nas alturas – têm indicado que o governo pretendeu reduzir o ritmo das atividades da economia, no chamado setor real. Juros altos significam redução das iniciativas para novos investimentos produtivos e também a inibição do patamar de consumo até então existente na sociedade. Os recursos monetários tendem a ser direcionados, em grande parte, para a esfera financeira. Trata-se de uma solução de natureza estagnacionista, uma via de ajuste pela redução do ritmo de operação das variáveis econômicas.

A crise hegemônica em escala mundial

(*) Jaciara Itaim

divisas externas em nosso mercado. Esse vetor faz com que o preço dessa mercadoria seja muito baixo. Bingo! O resultado é uma taxa de câmbio valorizada na relação dólar x real. Os efeitos nefastos desse câmbio fora de lugar já são prá lá de conhecidos. O processo tem início por essa espécie de capricho em atender às vontades de acumulação fácil do financismo. Real valorizado não é um desejo de nenhum setor expressivo presente em nossa economia. Ele apenas provoca um desequilíbrio entre preços relativos, como se diz no jargão do economês. Os bens importados ficam artificialmente mais baratos do que os similares produzidos internamente. E dá-lhe a enxurrada de importados oriundos dos países asiáticos, em especial da China. Se essas mercadorias já estariam com preços internacionais mais reduzidos em função dos baixos salários envolvidos na sua produção local, chegam aqui em condições de aquisição sem a mínima condição de concorrência, em razão do câmbio fácil. (...) Outra conseqüência ainda mais devastadora para nossa economia refere-se à redução dos investimentos no setor real. Como as perspectivas de vendas futuras são muito duvidosas em razão da concorrência dos produtos importados, as empresas aqui tendem a diminuir a construção de novas unidades ou mesmo a modernização ou ampliação das plantas existentes. A taxa de câmbio valorizada também dificulta a já complicada capacidade de exportação de bens manufaturados. O resultado óbvio está sendo sentido, de forma continuada, há muitos anos: é a chamada “desindustrialização” da economia brasileira. Os setores mais estimulados acabam sendo sempre os ligados à exportação de produtos primários, de baixo valor agregado. São as diferentes cadeias e ramos ligados ao agronegócio, bem como a venda ao exterior de petróleo, minério de ferro e demais produtos da linha extrativista. Trata-se da perpetuação do modelo neo-colonial da divisão internacional do trabalho: exportamos matérias-primas e importamos manufaturados.


CIDADES

Diário Popular

Sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

SAÚDE

HMC INVESTE R$ 950 MIL EM REFORMAS E EQUIPAMENTOS IPATINGA – Ambientes revitalizados, mais modernos e com novos equipamentos para otimizar o trabalho dos profissionais e garantir agilidade e segurança na assistência a pacientes e acompanhantes. É esse o objetivo dos novos investimentos que a Fundação São Francisco Xavier vem realizando em todos os andares de internação da Unidade I do Hospital Márcio Cunha nos últimos meses. Para 2014, serão mais de R$ 956 mil aplicados na reforma de 69 enfermarias e 136 apartamentos destinados a pacientes do SUS, de convênios e da Usisaúde em todos os sete andares de internação da Unidade I do HMC. MUDANÇAS Corredores de acesso, arsenais, copas, banheiros, salas administrativas, postos de enfermagem, expurgo, sala de curativos, sala de procedimentos, sala de materiais também passarão por mudanças estruturais. A FSFX está aplicando ainda R$ 290 mil na compra de novos móveis, como mesas de refeição, mesas de cabeceira e biombos, e equipamentos como camas hospitalares, poltronas para acompanhantes, suporte para soro e macas. Além de todos esses investimentos feitos com recursos próprios, a Fundação irá adquirir também carros de medicação e de curativos para enfermagem, cadeiras de rodas, aparelho de eletrocardiógrafo e oxímetro de pulso digital, entre outros, por

Divulgação

Os primeiros apartamentos reformados já prontos para receber os pacientes, assim como as enfermarias

meio de convênio do PróHosp, do Governo do Estado de Minas Gerais. “Nosso investimento e nossa preocupação constante é melhorar o nosso local de trabalho, trazendo para os colaboradores ambientes mais seguros, agradáveis e organizados. As melhorias trazem ganhos de praticidade e ergonomia para o profissional e maior conforto para os pacientes, contribuindo para uma assistência de qualidade, mais segura e mais humanizada”, resume o diretor executivo da FSFX, Luís Márcio Araújo Ramos. Os investimentos da Fundação São Francisco Xavier no segundo semestre de 2013 contemplaram ainda equipamentos adquiridos para auxiliar os colaboradores em diagnósticos e tratamentos mais ágeis, seguros e eficientes. Destaque para a aquisição das Centrais de Ar Medicinal, responsável por abastecer todos os leitos,

auxiliando equipamentos de ventilação mecânica para auxílio à respiração de pacientes graves; a impressora para o mamógrafo digital e a chegada do novo tomógrafo da Unidade II. TOMÓGRAFO O novo equipamento é o único da região com 128 canais para detecção de imagens e possui desempenho superior em relação aos tomógrafos disponíveis no mercado. Na prática, isso significa a máxima qualidade de imagem para exames que necessitam de altíssima resolução espacial como os estudos de mastóides, ortopédicos ou traumas em geral. Sua capacidade é para até 1.000 exames/mês. “O novo tomógrafo do HMC destaca-se por ser o único no Vale do Aço capaz de realizar angiotomografia das artérias coronárias. Isso indica que tomadas de imagens podem ser adquiridas entre

uma sístole ou diástole cardíaca, dando a impressão de ausência de movimento cardíaco”, explica o supervisor técnico de Diagnóstico por Imagem, Leandro Reis. CENTRO CIRÚRGICO Para o Centro Cirúrgico, foram adquiridos monitores de sinais vitais, aparelhos de anestesia, um microscópio oftalmológico e um microscópio cirúrgico, utilizado em cirurgias neurológicas, otorrinolaringológicas, reconstrutivas e de coluna vertebral. Investimentos que vão muito além dos R$ 8.995 milhões aplicados nesses e em outros equipamentos em 2013; representam maior segurança e desempenho aos profissionais na assistência médica, proporcionando qualidade e eficiência dos procedimentos com menor risco de complicações e recuperação mais rápida aos pacientes.

OBRAS

Túnel conduzirá consumidor ao mall do Shopping do Vale IPATINGA – O Shopping do Vale começa 2014 com uma novidade, primeiro passo para as obras de expansão dentro do mall, rumo à duplicação: a partir de próxima semana o cliente que chegar pela Portaria em frente às Lojas Americanas vai encontrar um túnel que o conduzirá ao interior. Começam por ali as obras internas da expansão, pois até o momento as intervenções foram

todas no estacionamento e outras áreas externas. Essas obras vão mexer com o dia a dia dos clientes, funcionários e lojistas. A administração e a empresa responsável por executar a expansão tem tudo bem planejado para que até o final do ano seja entregue à comunidade um novo Shopping, duplicado, com dois andares, escadas rolantes, elevador, duas vezes mais vagas no estacionamento,

mais conforto, mais opções de compra, área de lazer ampliada e também com grandes lojas âncoras. ESTACIONAMENTO O estacionamento coberto, atualmente em construção, é parte da proposta de duplicar o número de vagas disponíveis para os clientes. Com as providências já tomadas como estacionamento em 45 graus, transferência das motos

para a área atrás da Dadalto, liberação da parada junto às docas, racionalização dos espaços para veículos, entre outras, o número de vagas ficou um pouco acima do que era antes do início das obras da expansão. Também na próxima semana a loja Ricardo Eletro trocará de lugar por um curto período, indo para a exentrada do Centro Cultural da Usiminas, do lado oposto onde atualmente se localiza.

3

SIDERURGIA

Capacidade ociosa da produção de aço chega a 48,9 milhões de t. IPATINGA – O Instituto Aço Brasil (IABr) prevê que a produção de aço bruto no Brasil deva ficar estagnada em relação a 2012. A entidade, que congrega as principais siderúrgicas do País, estima que serão produzidas 34,5 milhões de toneladas neste ano. Considerando que o parque brasileiro tem capacidade para produzir 48,9 milhões de toneladas de aço, o nível de ociosidade da siderurgia brasileira deve ficar em 14,4 milhões de t. Este número equivale à capacidade de produção anual de aproximadamente três usinas da Usiminas, em Ipatinga, somadas. EXCESSO Para o IABr, uma vez que diversos países ainda sofrem os efeitos da crise econômica mundial e que há excesso de 600 milhões de toneladas de aço no mercado internacional, a solução para a indústria brasileira do aço está no crescimento do mercado doméstico. Para tal, segundo a entidade, é preciso que sejam concretizados os investimentos em infraestrutura e que sejam adotadas medidas efetivas para desonerar os custos de produção dos produtos brasileiros. A carga tributária elevada torna os produtos fabricados no País caros e em condições desfavoráveis para competir com os mesmos produtos fabrica-

dos em outros países. INSPIRAÇÃO “Acho que o Brasil deve se inspirar nos Estados Unidos, que são a economia mais aberta que existe. Lá, existe o Buy American (Compre América), em que todo empreendimento construído com financiamento público dever ter uma parcela de conteúdo nacional. Precisamos ter um Buy Brazilian (Compre Brasil). É inadmissível, por exemplo, que quatro estádios da Copa do Mundo – em Manaus, Porto Alegre, Salvador e Fortaleza – consumam mais de 13 mil toneladas de aço importado. Em resumo, o Brasil precisa responder para si mesmo: queremos ter uma indústria de base forte ou não?”, questiona Marco Polo de Mello Lopes, presidente do IABr. As importações de produtos siderúrgicos deverão ser de 3,8 milhões de toneladas em 2013, queda de apenas 0,5% em relação a 2012. A previsão anterior do Instituto Aço Brasil era de que cairiam 14,4% este ano. Já as importações indiretas de aço (contido em bens como máquinas e veículos automotores) também aumentaram (17,4%) e alcançaram 4,7 milhões de toneladas de janeiro a outubro de 2013. Devem fechar o ano em 5,7 milhões de toneladas, um recorde.

CONCURSO

Ministério do Trabalho contratará 450 servidores

BRASÍLIA – O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) deve publicar, na semana que vem, edital para concurso público para preencher 450 vagas para servidores de níveis médio e superior, com salários que variam de R$ 1.568,42 a R$ 4.248,62, de acordo com informação do secretário-executivo substituto do ministério, Nilton Fraiberg Machado. Segundo ele, o concurso será feito pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe) da Universidade de Brasília (UnB), que vai selecionar 35 graduados em contabilidade e 415 agentes administrativos (nível médio). São todos cargos de carreira da Previdência, da Saúde e do Traba-

lho (CPST), e as provas serão aplicadas em todas as capitais e no Distrito Federal. Depois da divulgação do edital no Diário Oficial da União, as informações do concurso estarão disponíveis nos portais do Cespe/UnB e do MTE. De acordo com sua assessoria, o ministro Manoel Dias disse que o concurso vem em boa hora, e objetiva reforçar o quadro de pessoal da carreira administrativa do ministério. Ele ressalta também o apoio governamental na melhoria e modernização das ações do MTE, no sentido de melhorar continuamente a qualidade dos serviços prestados à sociedade, e em especial aos trabalhadores.


4

CIDADES

Diário Popular

Sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

RECONSTRUÇÃO

ESTIAGEM

ACS PMT

FABRICIANO CONTINUA AÇÕES NAS ÁREAS AFETADAS FABRICIANO – A Prefeitura Municipal continua as ações emergenciais para amenizar os problemas ocasionados pelas fortes chuvas que atingiram o município. As equipes das Secretarias de Obras Públicas, de Serviços Urbanos e Meio Ambiente e da Ápia estão nas ruas realizando os serviços, que foram divididos em três etapas: coleta de móveis secos; retirada de barro e móveis com lama; e lavação das vias. Outras frentes de trabalho também são realizadas como corte de árvores que oferecem risco de queda, transporte de móveis das famílias desalojadas e outros. Somente nos últimos dias, esse trabalho resultou no restabelecimento da passagem de água e o acesso de veículos e pedestres na ponte do Sílvio Pereira I e a limpeza das ruas Sempre Viva, Vitório Régia e Tulipa, no São Domingos. Próximo ao Riacho das Pedras, no Recanto Verde, o barro foi retirado das vias. Também foram feitas a limpeza e lavação das ruas Alípio José da Silva, seguindo para a rua Padre Américo e avenida Ikê, no São Geraldo, e nas ruas do bairro JK.

ACS PMCF

A PMT está concentrando os esforços no distrito de Cachoeira do Vale, Petrópolis e os bairros da Regional Leste

Timóteo mantém trabalho de limpeza e recuperação

Máquinas e caminhões continuam retirando lama e entulhos das ruas da cidade, além de serviços de poda e transporte de móveis

Uma segunda equipe realiza a limpeza e desobstrução de vias nos bairros Córrego Alto, Caladão, São Domingos e Recanto Verde. “Não estamos medindo esforços para solucionar esta grave situação de uma maneira definitiva. Com as bênçãos de Deus, com apoio do Governo Federal e Estadual iremos reconstruir nossa cidade o mais rápido possível. Sei que é difícil, mas suplico a todos, vamos enfrentar este momento, com harmo-

nia, paciência, e muito amor entre nós”, solicita a prefeita de Fabriciano, Rosângela Mendes. CAMPANHA A Prefeitura de Fabriciano continua a campanha de arrecadação de donativos para as famílias vítimas das chuvas. Os itens prioritários são água mineral, produtos de higiene pessoal e material de limpeza. Interessados em ajudar devem deixar suas doações no Salão Paroquial

(Centro) e na Paróquia Santo Antônio (Melo Viana). A equipe da Assistência Social da Prefeitura está dando assistência às famílias e realizando cadastro, para entrega de donativos e leite. SERVIÇO Em caso de emergência, a população deve entrar em contato com a Defesa Civil pelos telefones 199 ou 38467702 ou Corpo de Bombeiros pelos números 193 ou 3846-7016.

TIMÓTEO - Homens, caminhões e máquinas da Prefeitura de Timóteo iniciaram o ano do mesmo jeito que terminaram 2013: trabalhando pesado na limpeza da cidade, na desobstrução de vias públicas e na recuperação dos estragos causados pelas fortes chuvas dos últimos dias de dezembro. Apesar da quantidade de terra e barro e dos buracos em vários pontos, aos poucos a cidade vai voltando à normalidade, e muitas famílias que estavam em abrigos improvisados ou em casas de vizinhos e parentes já retomaram sua rotina.

LIMPEZA De acordo com a Secretaria Municipal de Obras, todas as equipes estão trabalhando em ritmo intenso desde o início da temporada de chuvas. Agora, com a estiagem, o trabalho está focado na limpeza das ruas e de pontos atingidos. Entre os locais, estão sendo atendidos o distrito de Cachoeira do Vale, Petrópolis e os bairros da Regional Leste, onde houve um grande acúmulo de entulho e de lixo nas ruas. A previsão é de que nos próximos dias o trabalho seja concluído, e a limpeza pública volte a seguir o calendário normal.

INFÂNCIA

Agência Minas

OBRAS

PMI reforça operação tapa-buraco esta semana IPATINGA - Equipes da Prefeitura Municipal voltam a trabalhar pela recuperação das ruas e avenidas da cidade, bastante atingidas pelos temporais do final de ano. Impedidos de realizar a operação tapa-buraco nos dias de chuva, pois a massa asfáltica não adere ao pavimento nestas condições, homens e máquinas tiveram que interromper as atividades no início da semana, mas retomaram os serviços nesta quinta-feira (02). A operação tapa-buraco faz parte das atividades de rotina da Prefeitura de Ipatinga, desde o início do ano passado. Neste período já foram recuperadas mais de 200 vias principais e secundárias do município. “Estamos trabalhando com o dobro do número de

Secom PMI

O tempo firme permite às equipes da Prefeitura voltar às ruas para reparar os estragos provocados pelas chuvas

homens, nestes dias de estiagem, para reparar os corredores viários do município que foram danificados pelas chuvas. Contamos com a compreensão da população, pois

a recuperação das vias depende de boas condições climáticas”, observa o secretário municipal de Obras Públicas, José Maria Ferreira. Para solicitar reparos nos

corredores viários de Ipatinga, a população deve entrar em contato com a Secretaria Municipal de Obras, pelos telefones 3829-8645 ou 3829-8626.

Cadeiras doadas à Associação Mineira de Reabilitação

FIA beneficia diversos projetos de inclusão social BH - Projetos sociais como o da Associação Mineira de Reabilitação (AMR), que promove a inclusão escolar, social, digital e esportiva de crianças e adolescentes com deficiência física, são beneficiados pelo Fundo para a Infância e Adolescência (FIA), da coordenadoria especial da Política Pró-Criança e Adolescente, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese). O fundo recebe recursos de empresas e pessoas físicas que fazem a renúncia fiscal do Imposto de Renda, e optam por ajudar uma instituição. Os contribuintes podem doar entre 1% e 6% do imposto devido. Em 2012, o FIA destinou R$ 12 milhões para cerca de

60 projetos de inclusão social, de várias instituições. O ano de 2013 também deve ser concluído com um repasse de R$ 12 milhões. Uma das instituições beneficiadas é a Associação Mineira de Reabilitação (AMR), associação sem fins lucrativos, que atende por ano 1.200 crianças e adolescentes carentes com diversas atividades, entre elas de inclusão esportiva. Desde 2012, a AMR recebeu cerca de R$ 1,3 milhão do FIA, que foram aplicados nas atividades esportivas, na implantação de uma rede de combate à incêndio, compra de computadores, equipamentos ortopédicos, cadeiras e até em cirurgias.


CIDADES

Diário Popular

Sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

1ª VÍTIMA

Google

Cena do crime: avenida Carlos Chagas

HOMEM É ASSASSINADO A TIROS NO CIDADE NOBRE IPATINGA – Um homem de 37 anos foi assassinado na noite da última quarta-feira (1º) na avenida Carlos Chagas, bairro Cidade Nobre, em Ipatinga. Foi o primeiro homicídio registrado na cidade no ano de 2014. Segundo a Polícia Militar, após denúncia anônima via 190, uma viatura se deslocou ao local e encontrou o portão da residência aberto e Marcelo José Lucas de Moura caído ao solo, consciente, sangrando. O homem foi atingido por cinco disparos: no maxilar, abdômen, tórax, punho direito e um na região lombar. Ele foi socorrido com vida pela ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Márcio Cunha, porém não resistiu aos ferimentos e morreu. A namorada de Marcelo relatou que ele recebeu uma ligação telefônica de um indivíduo que disse que iria até

Arquivo pessoal

Marcelo José Lucas de Moura foi a primeira vítima de assassinatos em Ipatinga em 2014

sua casa. Após alguns minutos, uma pessoa chamou a vítima no portão e efetuou os disparos. A mulher disse que, com

medo, pulou a mureta da casa, sofrendo escoriações no queixo, cotovelos. Ela foi socorrida até o Hospital Municipal de Ipatinga, sendo atendi-

da e liberada. A PM realizou busca na residência onde ocorreu o crime e localizou cinco papelotes de substância esbranquiçada, aparentemente cocaína. A namorada afirmou ser usuária de drogas, mas negou ser proprietária da substância ali encontrada. Contudo, ela foi presa por associação para o tráfico de drogas. Segundo testemunhas, dois indivíduos participaram do atentado. O atirador era moreno, com aproximadamente 1,72 de altura, magro e vestia calça jeans e camisa escura. O segundo autor também era moreno, aparentava 25 anos de idade, trajava calça jeans e camisa branca. Eles teriam chegado em uma motocicleta de cor vermelha e evadiram sentido ao bairro Vila Celeste. Até a tarde desta quintafeira (2), não haviam informações sobre os suspeitos.

2014

Ano novo começa com 2 tentativas de homicídio

IPATINGA – Duas tentativas de assassinato foram registradas pela Polícia Militar ainda nas primeiras horas da última quarta-feira (1º). Nos dois casos, as vítimas não correm risco de morrer. O primeiro caso aconteceu por volta das 1h na rua Saigon, bairro Bethânia e teve como vítimas uma garota de 16 anos e um rapaz de 19. Segundo o boletim de ocorrência, a jovem estava sendo seguida pelo menor L. F. S., de 15 anos. A vítima então encontrou um amigo e teria o abraçado, quando ouviu um disparo e sentiu que o ra-

paz a quem abraçava havia sido ferido na mão esquerda. A jovem também foi alvejada, mas sofreu somente um ferimento de raspão no braço direito. A garota afirmou à PM que acredita que o atentado tenha sido causado por ciúmes e dispensou o atendimento médico. Já o rapaz foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Hospital Municipal de Ipatinga. O suspeito da tentativa não foi encontrado pela polícia, que informou seguir no rastreamento.

BOM JARDIM Por volta das 3:40 da madrugada, na rua Estônia, no Bom Jardim, Marcicle Silva, de 36 anos, foi esfaqueado em sua casa. A esposa da vítima contou à PM que, ao conferir se as portas da casa estavam trancadas, se deparou com um indivíduo próximo à porta que dá acesso ao terraço da casa. O homem estava armado com um facão pertencente à vítima. A mulher contou que o autor ordenou que ela seguisse para dentro da residência e a mandou ficar calada. Em

seguida a obrigou a entrar no quarto do filho. O homem então seguiu para o quarto do casal, onde Marcicle dormia, e desferiu vários golpes de facão na vítima, fugindo em seguida com a arma do crime. A vítima sofreu cortes profundos no pescoço, dedos e joelho esquerdo, sendo encaminhado ao Hospital Márcio Cunha pelo SAMU. Até a tarde de ontem (2), ele permanecia internado, mas passava bem. A PM informou que segue o rastreamento na busca pelo suspeito, que não foi identificado.

5

IMPRUDÊNCIA

Caminhoneiro embriagado causa 1º acidente do ano IPATINGA – Um motorista embriagado causou o primeiro acidente do ano de 2014 no Vale do Aço. O sinistro foi registrado no quilômetro 9 da MG-232, entre as cidades de Ipatinga e Santana do Paraíso. De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar Rodoviária, Ailton Gomes dos Reis, 35, condutor do caminhão Mercedes Benz, placa HNV-6193, de Ipatinga, afirmou que transitava pela rodovia quando perdeu o controle da direção e invadiu a contramão, vindo a se chocar contra um Chevrolet Agile, placa HKW-1872, de Santana do Paraíso, que transitava no sentido contrário. No carro de passeio esta-

vam Bráulio Lage de Andrade, 24 anos, e Cinthia Silva Barbosa, 25, que sofreram ferimentos leves e foram socorridos ao Hospital Márcio Cunha, onde foram medicados e liberados. Ainda segundo relatório da PM, Ailton Gomes apresentava fortes sintomas de ter consumido bebida e foi submetido ao teste do bafômetro, sendo constatada a ingestão de álcool, configurando crime de trânsito. O caminhoneiro foi conduzido à delegacia da Polícia Civil de Ipatinga, onde foi ouvido pelo delegado de plantão, que arbitrou fiança no valor de R$ 2 mil. A carteira de habilitação e o documento do veículo foram apreendidos.

BELO ORIENTE

Rapaz é morto no último dia do ano BELO ORIENTE – Um jovem de 20 anos foi morto a pauladas por outro da mesma idade na madrugada da última terça-feira (31), no bairro Santa Terezinha, em Belo Oriente. Segundo informações colhidas pela polícia da cidade, a vítima Rafael Pereira dos Santos chegou a uma residência por volta de 01:15h acompanhado do suposto autor, pedindo para passar a noite. Uma testemunha que dormia no mesmo local da vítima e do autor acordou por volta de 05:40h e viu o suspeito desferindo pauladas na cabeça da vítima para pegar uma quantia de R$ 3 mil. Outra testemunha contou que, após acordar, impe-

diu que o autor continuasse a agredir a Rafael. O assassino fugiu invadindo uma residência ao lado, pulou uma janela de aproximadamente quatro metros de altura e evadiu em sua motocicleta de cor grafite, rumo ao Centro da cidade. Uma ambulância da cidade compareceu no local, mas encontrou o jovem já sem vida. Um perito da Polícia Civil recolheu na cena do crime um pedaço de pau de mais de um metro, um par chinelos e três pedras de crack. O corpo de Rafael Pereira dos Santos foi removido para o Instituto Médico Legal de Ipatinga e o autor não havia sido localizado até o fechamento desta edição.

PREFEITURA MUNICIPAL DE TIMÓTEO Av. Acesita, nº. 3230, Bairro São José, Timóteo/MG CEP: 35182-901 - Telefax: (31) 3847-4718 / 3847-4701

RESULTADO DE JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS - O Município de Timóteo, por intermédio da Comissão Permanente de Licitações, nos termos da legislação vigente, Lei Federal nº. 8.666, de 21/06/93 e alterações, torna público o resultado do julgamento das Propostas Técnicas da CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 002/2013, PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº. 785/2013, cujo objeto é a contratação de empresa de propaganda, para prestação de serviços profissionais de publicidade e marketing à Prefeitura Municipal de Timóteo. Foram CLASSIFICADAS as licitantes: LUME COMUNICAÇÃO LTDA, com 72,23 (setenta e dois vírgula vinte e três) pontos; STAFF DE PUBLICIDADE LTDA, com 74,34 (setenta e quatro vírgula trinta e quatro) pontos e POP COMUNICAÇÃO INTELIGENTE, com 83,20 (oitenta e três vírgula vinte) pontos. Foram DESCLASSIFICADAS por não terem obtido a pontuação mínima exigida no Edital, as licitantes: ÓBVIO COMUNICAÇÃO INTEGRADA - 44,93 (quarenta e quatro vírgula noventa e três) pontos; TEN COMUNICAÇÃO INTEGRADA LTDA - 57,68 (cinqüenta e sete vírgula sessenta e oito) pontos e ORIENTE COMUNICAÇÃO LTDA - 62,77 (sessenta e dois vírgula setenta e sete) pontos. Timóteo, 02 de janeiro de 2014. Grace Aparecida Nunes - Presidente da Comissão Permanente de Licitações.


6

CIDADES

Diário Popular

Sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

TRÂNSITO

MINAS LIDERA O RANKING DE ACIDENTES E MORTES EM BRS

BRASÍLIA – Minas Gerais é novamente o estado que lidera o ranking da PRF, com maior registro de acidentes, feridos e mortes por acidentes nas rodovias federais. Dos 6.651 acidentes contabilizados, 1.102 ocorreram em rodovias do estado e das 379 mortes, 64 aconteceram nas BRs mineiras. O estado também registrou 798 feridos, do total de 4.352 contabilizados em todas as rodovias federais. Em segundo lugar no ranking está a Bahia, com 382 acidentes, 292 feridos e 43 mortes. Em seguida vem o Paraná, com 750 acidentes, 489 feridos e 30 mortes; e Santa Catarina, com 751 acidentes, 473 feridos, e 24 mortes. Os números são referentes ao período entre os dias 20 de dezembro e 1º de janeiro.

ABSOLUTOS O número de acidentes e de mortes nas rodovias federais diminuiu em termos absolutos e também proporcionais. O cálculo da Polícia Rodoviária Federal (PRF) é feito levando-se em conta a frota de veículos do

Arquivo DP

As rodovias de Minas são as que registraram maior número de acidentes com feridos e mortos

país: para cada milhão de automóveis, foram registrados 81,4 acidentes durante as festas de final de ano. Em 2012, foram 97,13 acidentes por milhão de veículos. “Isso representa uma queda de 16% no número de acidentes em relação à frota. É o mesmo índice registrado para a redução de mortes por

milhão de veículos, que passou de 5,5 para 4,6”, disse ontem (2) o chefe da Divisão de Planejamento Operacional da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e coordenador-geral de operações, inspetor Stênio Pires. FESTAS Durante as festas de final de ano

foram registrados, ao todo, 6.651 acidentes nas rodovias federais brasileiras, que resultaram na morte de 379 pessoas – e não 380, conforme havia informado anteriormente a assessoria de imprensa do órgão. Em 2012, foram 7.407 acidentes e 420 mortes. Ao todo, houve 4.352 pessoas feridas, ante os 4.642 registrados em 2012.

INTERNET

Serviços previdenciários da Receita estão indisponíveis BRASÍLIA - A Receita Federal do Brasil informou ontem que alguns serviços previdenciários oferecidos em seus canais de atendimento estarão indisponíveis entre hoje (3) e domingo (5). O motivo para interrupção é a modernização da infraestrutura da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) no Rio de Janeiro.

Entre os serviços que ficarão indisponíveis estão o parcelamento, cálculo e a emissão da Guia da Previdência Social (GPS) no site da Receita Federal. A GPS é um documento para recolhimento de contribuições sociais, usado por empresas, contribuintes individuais, empregadores domésticos e segurados especiais.

2014

CERTIDÕES Também ficarão indisponíveis os serviços oferecidos na internet relacionados à Certidão Negativa de Débitos, como pedido, consulta e baixa de empresas e também a concessão de Matrícula CEI, Cadastro Específico do Instituto Nacional do Seguro Social. Nas unidades da Receita Federal também ficarão indisponíveis os ser-

viços relacionados à regularização de obras, a depósitos judiciais e extrajudiciais e à Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia e Informações à Previdência Social (GFIP). A Receita orienta os contribuintes a antecipar ou postergar a busca pelos serviços previdenciários oferecidos no site da Receita Federal ou nas unidades de atendimento.

BOLSA FAMÍLIA

Governo vai incentivar Benefícios começam a ciência e a tecnologia a ser pagos no dia 20 RIO – A pesquisa básica terá destaque este ano no âmbito do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), disse o secretário executivo da pasta, Luiz Antonio Elias. Segundo ele, o ministro Marco Antonio Raupp determinou que até o início de 2014 seja divulgado o novo edital dos institutos nacionais de Ciência e Tecnologia, já que considera a iniciativa importante para as redes de excelência nessa área. O edital visa à renovação e à formação de novos institutos nacionais de ciência e tecnologia, que desenvolvam pesquisas em áreas consideradas estratégicas para o país, como biotecnologia e mudanças climáticas, por exemplo. O secretário avaliou que o número de doutores brasileiros e a quan-

tidade de publicações científicas têm crescido nos últimos anos, mas os investimentos no setor no Brasil são considerados recentes, quando comparados ao que ocorre em países como os Estados Unidos, por exemplo. “Nós estamos fazendo o dever de casa, não só ampliando consideravelmente a parte de pesquisa, mas melhorando também a infraestrutura laboratorial e aumentando os novos campi”. Elias lembrou que a presidenta Dilma Rousseff determinou que fossem ampliados e descentralizados os eixos das universidades, dentro das regiões metropolitanas, para que elas chegassem ao interior do Brasil e citou a parceria com outros órgãos do governo.

BRASÍLIA - Os beneficiários do Bolsa Família poderão sacar os recursos do programa, relativos a janeiro, entre os dias 20 e 31 deste mês. De acordo com calendário definido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e a Caixa Econômica Federal para o ano de 2014, o benefício será pago nos últimos 10 dias úteis de cada mês. Para saber em que dia sacar seu dinheiro, a família deve observar qual é o último algarismo do Número de Identificação Social impresso no cartão. Aquelas com cartões terminados em 1 recebem no primeiro dia do calendário de pagamento, com cartões terminados em 2, no segundo dia e assim por diante. Para tirar dúvidas

sobre o pagamento do benefício, as famílias podem ligar para a Central de Relacionamento do MDS, por meio do número 0800 707 2003. O cartão do Bolsa Família é intransferível e o ministério recomenda que a senha seja de conhecimento apenas do responsável familiar. A pasta também enfatiza que os beneficiários devem ficar atentos aos períodos estabelecidos para atualização das informações no Cadastro Único para Programas Sociais para não perderem o repasse de recursos. Essa revisão ocorre anualmente e a última foi encerrada em dezembro. Segundo o MDS as famílias que participam do processo recebem mensagens nos extratos de pagamentos e cartas de convocação.

Ilegais são resgatados de barco em Lampedusa A Marinha italiana retirou 233 imigrantes, a maioria africanos, de um barco que estava à deriva na ilha mediterrânica de Lampedusa, onde no ano passado ocorreram dois naufrágios trágicos. O barco de madeira, com dez metros de comprimento, foi avistado nessa quarta-feira (1º) por um helicóptero da Marinha, em mar agitado, levando a bordo imigrantes, entre os quais sete mulheres, da Eritreia, Nigéria, Somália, Paquistão, Zâmbia e Mali. “Tendo em conta a agitação do mar, a superlotação do barco e as condições precárias foi declarada situação de emergência”, afirmou a Marinha, em nota.

Passageiros são salvos de navio na Antártida

Os 52 passageiros do navio de pesquisa russo MV Akademik Shokalskiy, preso na Antártida desde 24 de dezembro, já estão a bordo do navio australiano Aurora Australis, depois de terem sido resgatados por um helicóptero do navio quebra-gelos chinês Xue Long. “[O navio] Aurora Australis já informou que os 52 passageiros do Akademik Shokalskiy estão a bordo”, disse a Autoridade Marítima Australiana. Os passageiros foram transportados em grupos de 12 por um helicóptero do quebra-gelos chinês. O MV Akademik Shokalskiy ficou preso no gelo desde o dia 24 de dezembro, e houve uma série de tentativas infrutíferas para resgatar o navio e os passageiros.

Colorado libera a venda de maconha Vinte e cinco cidades do Colorado, nos Estados Unidos, permitem desde o dia 1º a venda legal e limitada de maconha em cerca de 160 lojas, o primeiro lugar do mundo a fazê-lo livremente para maiores de 21 anos. A medida resulta da emenda 64, aprovada por voto popular em novembro de 2012 e que legalizou a posse e uso de pequenas quantidades da erva (até 28 gramas) para uso médico entre indivíduos com mais de 21 anos, assim como a sua produção e venda de acordo com a nova lei. Esta lei estabelece um imposto de 25% para a venda da maconha e permite que cada pessoa cultive até seis plantas, com um limite de 12 plantas por família, mas proíbe o seu consumo em lugares públicos. Atualmente, o estado do Colorado conta com cerca de 500 farmácias de maconha para fins medicinais, das quais 160 podem converter-se em lojas de maconha recreativa


SOCIAL

DiĂĄrio Popular

Sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

7

Bem-vindo, 2014! E o ano novo chegou, cheio de esperanças, diferente daquele que passou, que seja bem mais produtivo. Afinal, a economia da região se arrastou em 2013. Mas para esse ano, muitos acreditam que em função da Copa do Mundo e das eleiçþes, em outubro, as coisas devem melhorar para todos os setores. Quero agradecer, de coração, a cada um de vocês que acompanha-

ram meu trabalho aqui no Diårio Popular em 2013, e dizer que para 2014, estou mais animada ainda. Agradeço ainda ao Ipaminas Esporte Clube, Clube Nåutico Alvorada (Lagoa Silvana) e Pizzaria do Jayme, pela gentileza dos convites para prestigiå-los na última noite de 2013. Seja bem-vindo, 2014! Que esse seja um ano de muita luz e prosperidade para todos nós!

Virada na Aconchego O casal Marcia e JosĂŠ Modad abriu as portas da deliciosa chĂĄcara Aconchego, em Santana do ParaĂ­so, para receber familiares e amigos. Em clima super festivo, brindaram a chegada de 2014 com direito a uma bonita queima de fogos, cerveja sempre gelada, vodka, sucos e tira-gostos variados. Por lĂĄ

marcaram presença Cida e Mårio Faria, Mariana e Michel, São e Nilzete Arruda, ValÊria Pereira, Denise Camey, Lea e Denny Camey, os irmãos Arturzinho e Rafael Alves, Reinirdes, Camila e Emanuel Barbosa, Rejane e Dr. Vinícius, Tereza e Francisco Eduardo e muitos outros convidados.

           ! "#$%$&%'%(%( )"*)""!

+ )  %% ,- #$%$&..'($/ - *)""!


8

ESPORTES

Diário Popular

Sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

ELENCO

GALO QUER MANTER NO ELENCO RONALDINHO E JUNIOR CÉSAR BH - O ano de 2014 começa para o Atlético e enquanto reforços não chegam, a torcida aguarda por duas renovações de contrato. O anúncio da permanência de Ronaldinho Gaúcho é esperado com mais ansiedade. A diretoria alvinegra também trabalha para manter Junior César no elenco. Receber o ‘sim’ de Ronaldinho e do camisa 6 é a primeira meta do Galo para 2014. As conversas com Junior César já foram iniciadas e o acordo pode ser fechado em breve. Já uma reunião entre o presidente Alexandre Kalil e o empre-

Arquivo DP

Ronaldinho está sendo cotado pelo Besiktas, da Turquia

sário Assis será marcada para acertar um novo contrato do camisa 10.

Kalil e o irmão do craque estão de férias e devem voltar ao Brasil até o fim desta sema-

na. Segundo Assis, a reunião entre ambos seria marcada para depois do dia 3, sexta-feira. De acordo com o mandatário do Galo, “meia hora” de conversa basta para definir o assunto. Com a renovação, o Atlético ainda afastará o velho interesse do Besiktas, da Turquia, no armador. Os contratos de Junior César e Ronaldinho se encerraram com o Atlético nessa terça-feira, 31 de dezembro. Outro que ficou sem vínculo e ainda não foi procurado pela diretoria é o zagueiro Gilberto Silva.

FIM DE CARREIRA

Quem pendurou as chuteiras em 2013 A lista de jogadores que penduraram as chuteiras em 2013 foi uma das mais longas e ilustres da história do futebol. O peso da idade, o desejo de seguir carreira como técnico ou uma sequência de lesões foram os principais motivos da decisão desses novos aposentados, que não tiveram o fôlego necessário para participar da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. As maiores baixas foram registradas na Inglaterra, que se despediu de uma geração gloriosa da qual fizeram parte David Beckham, Michael Owen, Paul Scholes, Jamie Carragher e Phil Neville. Além disso, o futebol britânico também testemunhou a vida do técnico Alex Ferguson entrar em uma nova etapa. O FIFA.com relembra os principais nomes que deram adeus aos gramados nos últimos 12 meses. GOLEIROS O ex-Bordeaux Ulrich Ramé, de 41 anos, aposentou as luvas com 525 partidas pelo clube e 12 pela seleção francesa no currículo. A mesma longevidade teve o espanhol Ricardo López, que no último dia 1º de junho se transformou no jogador mais velho da liga ibérica ao defender a meta do Osasuna diante do Real Madrid. LATERAIS O iraniano Mehdi Mahdavikia, que podia atuar em todas as posições do flanco direito, virou a página aos 36 anos em junho, tendo acumulado 381 jogos nos campeona-

tos nacionais do Irã e da Alemanha, além de 111 partidas pela seleção do seu país, com 13 gols marcados. Dois anos depois do irmão Gary, Phil Neville também encerrou a carreira de atleta com 36 anos e 59 jogos pelo English Team, mas seguirá vinculado ao esporte bretão na comissão técnica do Manchester United. Outro exemplo de fidelidade, Jamie Carragher disputou 737 encontros com o uniforme do Liverpool e 38 pelo selecionado inglês antes de se aposentar no dia 19 de maio. Despediram-se ainda o sólido lateral direito Tomas Ujfalusi, de 35 anos e 78 jogos pela Repúlbica Tcheca, e o senegalês Omar Daf, que em 36 anos de vida participou de 60 jogos pelo seu país e chegou às quartas de final da Copa do Mundo da FIFA 2002. ZAGUEIROS Após uma última temporada no Impact de Montreal, o elegante Alessandro Nesta resolveu pendurar as chuteiras em outubro. O italiano de 37 anos brilhou com as camisas da Lazio e do Milan e venceu o Mundial de 2006, quando disputou o seu 78º e derradeiro compromisso com a Azzurra. Já o alemão Christoph Metzelder decidiu parar aos 32 anos por conta de uma série de contusões. Ele acumulou 47 jogos pela seleção da Alemanha. VOLANTES O holandês Mark van Bommel (36 anos e 79 partidas pela equipe nacional), o espanhol David Albelda (36

e 51, respectivamente), o inglês Kieron Dyer (34 e 33) e o australiano Jason Culina (33 e 11) também se despediram dos gramados, assim como Gennaro Gattuso, que foi campeão mundial com a Itália, cujo manto defendeu em 73 oportunidades. Aos 35 anos, Gattuso foi prejudicado por problemas de visão e seguirá carreira como técnico. O argentino Sebastián Battaglia, de 33 anos, conquistou 17 títulos em três décadas no Boca Juniors, além de ter participado de dez jogos pela Argentina. MEIAS As lágrimas de David Beckham no dia 18 de maio de 2013 rodaram o mundo. Antes de terminar a sua brilhante trajetória esportiva no Paris Saint-Germain, o inglês de 38 anos — provavelmente a maior celebridade da história do futebol — venceu inúmeros torneios e prêmios individuais, com destaque para dez títulos de campeão nacional com Manchester United (6), Real Madrid (1), Los Angeles Galaxy (2) e PSG (1). Além disso, Beckham acumulou 115 jogos pela seleção inglesa, números que fazem dele o segundo atleta mais convocado do país, atrás do goleiro Peter Shilton (125). O também inglês Paul Scholes, de 39 anos, seguiu o mesmo caminho após 718 partidas pelo Manchester United e 66 pela Inglaterra. Outro meia de criação que se despediu por conta das contusões em série foi Deco. Brasileiro de nascimento, o joga-

dor de 35 anos vestiu a camisa de Portugal em 75 oportunidades e encerrou a carreira com dois últimos títulos pelo Fluminense. Já o alemão Thomas Hitzlsperger foi obrigado a se aposentar com apenas 31 anos, após 52 partidas pela Mannschaft. Por sua vez, o ex-capitão búlgaro Stilian Petrov precisou se despedir com 34 anos para travar o principal combate da sua vida, contra uma leucemia. Ele disputou 116 jogos pela Bulgária. No dia 11 de julho de 2013, após “a década mais importante” da sua vida na Inter de Milão, Dejan Stankovic pôs um ponto final na sua trajetória futebolística com 35 anos de idade, 40 partidas pela Iugoslávia, 21 pela Sérvia e Montenegro e outras 42 pela Sérvia. ATACANTES Michael Owen já foi considerado o melhor atacante da história do futebol inglês. Contudo, após os anos gloriosos no Liverpool e uma passagem apagada pelo Real Madrid, ele nunca conseguiu recuperar o seu melhor nível na esteira de uma grave contusão. Owen anunciou a sua aposentadoria no dia 19 de março, quando jogava no Stoke City, tendo marcado 40 gols em 89 partidas pela Inglaterra. O francês Louis Saha, que disputou 20 jogos com os Bleus e teve uma carreira pontuada por lesões, tomou a decisão de parar aos 34 anos, assim como o compatriota Ludovic Giuly, de 36, que defendeu clubes como Lyon e Barcelona.

PREMIAÇÃO

Divulgação

Kalil foi escolhido como dirigente do ano

Atlético domina Troféu Guará 2013 BH - Além da escolha do presidente Alexandre Kalil como dirigente do ano, o Galo teve nada menos que sete jogadores na “Seleção Guará” (Victor, Marcos Rocha, Réver, Pierre, Ronaldinho, Diego Tardelli, Jô), mais o preparador físico, Carlinhos Neves, e o artilheiro da temporada, Jô, com 20 gols. Na 51ª edição da premiação, o Atlético ainda receberá o Troféu Guará pelos títulos de campeão da Copa Libertadores da América e Campeão Mineiro. “Fico muito feliz por fazer parte da seleção em um prêmio tão tradicional do futebol mineiro e a minha expectativa é de fazer mais uma grande temporada em 2014, ajudar o Atlético a defender o título da

CRUZEIRO

Libertadores e buscar o bicampeonato”, comentou Victor. A votação foi realizada por 33 veículos de comunicação de Minas Gerais. A apuração ocorreu na noite de segunda-feira, na sede da Rádio Itatiaia, em Belo Horizonte, durante o programa Bastidores. Criado em 1962 pela Rádio Itatiaia, o Troféu Guará é promovido anualmente para premiar os destaques do futebol mineiro e leva esse nome em homenagem ao ex-jogador do Atlético, Guaracy Januzzi, o Guará, também conhecido como o ‘Perigo Louro’. Ele foi atacante do Galo na década de 30 e é o maior artilheiro da história do clássico mineiro, com 26 gols. Superesportes

A falta de espaço, segundo o empresário, torna uma dúvida a permanência do atleta no elenco

Futuro de Vinícius Araújo na Toca é duvidoso, diz agente BH - O atacante Vinícius Araújo terá que se desdobrar para voltar a ser titular do Cruzeiro. Não bastasse a concorrência com Borges, o jovem atleta vê a chegada de Marcelo Moreno como mais um obstáculo. O clube também conta com Anselmo Ramon para o posto de camisa 9, mas ele pode sair. Para o empresário de Vinícius Araújo, o futuro do jogador passa a ser duvidoso no clube por causa da falta de espaço. Assim, o agente Daniel Pereira admite que o jogador pode tomar novos ares em 2014. “Ele vai continuar se tiver

oportunidades. Se for sempre chamado de ‘prata da casa’ e ficar à mercê de outros jogadores que chegam, aí não interessa. A carreira dele é uma só”, disse ao Superesportes. Questionado sobre o papel da Raposa nessa possível liberação, o representante de Vinícius abordou que necessita defender os interesses do atacante, e que o Cruzeiro tem sua filosofia de trabalho. Com contrato estendido até maio de 2017, Vinícius Araújo participou de 26 jogos do Cruzeiro na última temporada. Em 15 deles o atacante foi titular. O centroavante balançou as redes 11 vezes.


03/01/2014  

03/01/2014

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you