Page 1

DIÁRIOPOPULAR JORNAL DE VERDADE

Região Metropolitana do Vale do Aço - Ano Vl - Número 1.619 - Sexta-feira, 01/02/2013 - R$ 0,70

DROGAS

Traficantes debochados são presos

A Polícia Civil estourou na manhã desta quinta-feira (31), um ponto de tráfico de drogas na rua Graúnas, no bairro Vila Celeste. Armas, drogas, munições e 17 telefones celulares foram apreendidos. Dois irmãos foram detidos, um deles de 16 anos, tido como um dos líderes do tráfico no local. Mesmo com todos os indícios de venda de drogas, os irmãos negaram que estivessem traficando, alegando que os entorpecentes eram para uso próprio. Depois de detidos, os dois ficaram o tempo todo debochando, dizendo que em menos de um mês estariam Página 7 soltos e livres.

FERIADO

CHUVAS

Paulo Sérgio de Oliveira

Comércio lojista em Fabriciano

Moradia sob risco de desmoronamento em Coronel Fabriciano

Trabalhadores fazem limpeza em escola de Timóteo

ROUBO

Mãe lamenta prisão do filho adolescente

Alheios ao perigo, moradores aproveitam a cheia do ribeirão Ipanema para pescar

Ponte Menor cedeu no distrito de Barra Alegre, em Ipatinga

Uma mãe que acompanhava seu filho adolescente acusado do furto de uma motocicleta estava aos prantos, na madrugada de ontem (31), na Cia. da PM em Coronel Fabriciano. O adolescente foi apreendido e confessou ter furtado uma moto CG 125 Titan ES, em Timóteo. “Não foi falta de conselho e jamais vou apoiar o que ele fez. Ele foi um menino criado dentro da igreja, na escola, e o tempo todo dialogando, mas infelizmente ele deu valor às más amizades. Eu espero que ele pense, reflita e escolha a parte melhor da vida”, recomenPágina 7 dou, aos prantos.

Temporal causa transtorno, mas não faz vítimas na região

VALE DO AÇO

Cecília apresenta extensa pauta de projetos em Brasília

Sistema anti-dengue é avaliado

Página 9

As fortes chuvas que caíram na madrugada de anteontem e prosseguiram na manhã de ontem provocaram estragos em toda a região. Em Ipatinga, a Ponte Menor no distrito de Barra Alegre teve que ser interditada, casas foram alagadas e diver-

sas ruas ficaram intrasitáveis por causa da lama. Em Fabriciano, a chuva ameaça moradias no bairro JK e voltou a alagr a avenida Magalhães Pinto, provocando prejuízos no comércio. Em Timóteo também foram registradas diversas ocorrências, a maio-

ria relacionada a deslizamento de terra e alagamentos. Em nenhuma das principais cidades da região foi registrada ocorrência com vítima fatal. A previsão da meteorologia é de que as chuvas atinjam 43mm/hora nos próxiPáginas 3 a 5 mos dias.

C A P TAÇ ÃO D E R E C U R S O S

A prefeita Cecília Ferramenta e o vice-prefeito Coronel Ramalho apresentaram uma extensa pauta de demandas do município durante o Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas, esta

semana em Brasília, abrangendo praticamente todos os ministérios do governo da presidenta Dilma Rousseff. Entre as reivindicações estão a reforma e ampliação do Hospital Municipal, expansão do Dis-

trito Industrial, recuperação de investimentos para obras de infraestrutura em diversos bairros, construção de habitação popular e criação de programas de inclusão e proteção social. Página 9

Comércio tem horário diferenciado

A maioria das lojas do comércio de rua no Vale do Aço ficará fechada nos dias 11 e 12 de fevereiro, segunda e terçafeira de Carnaval, respectivamente. Os funcionários no comércio voltam a trabalhar na quarta-feira (13). Em Ipatinga, o expediente começará às 13h e terminará às 18h. Já em Coronel Fabriciano e Timóteo será das 14h às 18h. Supermercados, açougues, casas de carnes, mercearias, varejões, sacolões e hortifruti também não funcionarão na segunda-feira (dia do Comerciário), mas abrirão normalmente nos demais dias. O Shopping também trem horário Página 8 especial.

HISTÓRIA

APM vai guardar arquivos do Dops O Arquivo Público Mineiro será o responsável pela guarda, organização, registro, tombamento e catalogação, do acervo documental da extinta Secretaria de Estado de Segurança Pública, referente ao período de 1964 a 1985 e o remanescente da Coordenação Geral de Segurança Pública e do extinto Departamento de Ordem Política e Social (Dops) de Minas Gerais. Página 8


2

Diário Popular

OPINIÃO

Sexta-feira, 1º de fevereiro de 2013

FRASES “Digo a mim mesmo que é ficção. Não estou a fim de assistir filmes de mau gosto”. Do ministro do STF Eros Grau, natural de Santa Maria (RS), em artigo publicado na “Folha de S. Paulo”.

“Vamos cobrar da Prefeitura o direito dos professores garantido por lei federal”. Do vereador Roberto Carlos (PV) vice-presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal, defendendo o cumprimento do Piso Salarial Nacional.

“Quando desqualificamos a política, a gente abre campo para as aventuras golpistas, para experiências que no passado levaram ao nazismo e ao fascismo, que devemos definitivamente afastar do nosso país.” Do presidente nacional do PT, Rui Falcão, dizendo que a imprensa e setores do Ministério Público tentam “interditar” a política.

www.diariopopularmg.com.br DIRETOR RESPONSÁVEL Fernando Benedito Jr. EDITORA RESPONSÁVEL Anna Sylvia Rodrigues e Silva (MG 12319 JP) O DIÁRIO POPULAR é uma publicação da A Gazeta Metropolitana Editora e Gráfica LTDA. CNPJ 07.366.171/0001-88 FALE CONOSCO Telefone: 3827-0369. diariopopular.redacao@gmail.com ou diariopopular.comercial@gmail.com ADMINISTRAÇÃO E REDAÇÃO Avenida JK, 1290, bairro Jardim Panorama, CEP 35.164-245. OFICINA Rua Anápolis, 55, Veneza II, Ipatinga.

ESPAÇO PÚBLICO

ARTIGO

Fabriciano promove aulão do VivaIdade

É preciso saber sobreviver

FABRICIANO – Um aulão de ginástica e alongamento vai marcar o retorno das atividades do Programa VivaIdade de Coronel Fabriciano. O evento acontece nesta sexta-feira (1º), às 8:00h, no Centro de Convivência Sol & Cia, no bairro Santa Terezinha II. O programa contempla pessoas acima de 55 anos e oferece aulas de hidroginástica, ginástica, dança, artesanato, natação, coral, além de seminários e oficinas de convivência. A gerente de Proteção Social Básica da Secretaria de Assistência Social da Prefeitura, Neuza Mires Ferreira, informa que para participar do VivaIdade é necessário que o interessa-

(*) Francisca Paris

do apresente laudo médico. “Esse documento nos garante que a pessoa está apta a praticar exercícios físicos. Porém, para aquelas pessoas que não têm essa liberação médica, oferecemos outras atividades, como o canto coral”, destaca a gerente.

ARTIGO

Por que os pais evitam as reuniões na escola? (*) Daniele Vilela Leite

A LDB (Lei de Diretrizes e Bases - Lei 9.39496) diz que “a educação abrange os processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana...”. Com isso, as escolas brasileiras possuem características similares quando o assunto é reunião de pais! Todas as escolas realizam esse procedimento que, geralmente, acontece em determinados períodos do ano, especialmente no fechamento dos bimestres, momentos que marcam a entrega de notas. Infelizmente, é relativamente baixa a participação dos pais nas reuniões escolares. Isso se deve a vários motivos e, entre eles, os horários das reuniões que, muitas vezes, acontecem no período de aula, ou seja, no horário de trabalho da maioria das famílias. Outro motivo é a discriminação comportamental. Os pais dos alunos que obtiveram notas elevadas e que apresentam bom comportamento são parabenizados, enquanto os pais daqueles que não atingiram as médias estabelecidas pela escola e não apresentaram comportamento apreciado são alertados, em público, quanto à falta de interesse e indisciplina dos filhos. Há muitas reclamações em relação aos alunos indisciplinados e com baixas notas. A forma como esses pais são abordados é discriminatória e vexatória, pois há casos em que os professores colocam o nome desses alunos na lousa antes mesmo de a reunião começar. Essa prática aumenta ainda mais o constrangimento das famílias com filhos em situação de desvantagem, dado que as mazelas são expostas diante de todos os presentes. Há também escolas que realizam a reunião com os pais, um professor de referência da sala e professores especialistas. Durante essa reunião, aluno por aluno é pontuado, diante de todos os presentes: como se comporta, suas notas e outras informações. Ora, existem várias formas de essas pontuações serem feitas! Os pais têm, sim, que estar presentes na escola e acompanhar a vida escolar de seus filhos, mas também é papel da escola estar “aberta” a recebê-los e a atendê-los de um modo adequado. É importante pontuar que problemas com indisciplina, dificuldades de aprendizagem e vandalismo podem ser amenizados se escola e família trabalharem juntas. Mas, infelizmente,

ainda existem muitas famílias e escolas vivendo num grande dilema ao “transferir” responsabilidades umas para as outras. Os professores atribuem a culpa dos problemas aos pais que não cumprem suas obrigações de educar, cultivando a convicção de que as famílias esperam que a escola o faça, pois mandam seus filhos para lá, mas não ajudam nem participam da vida escolar deles. Por sua vez, as famílias culpam os professores, apontando um possível despreparo, bem como a gestão escolar, acusando-a de não fazer o que é preciso para melhorar. Nesse “jogo de empurra-empurra”, quem perde é o aluno e, como consequência, a sociedade como um todo. Há uma grande confusão de papéis entre pais e escolas, pois cada parte não sabe reconhecer sua responsabilidade compartilhada. É necessário que caminhem juntas, buscando se adaptar às mudanças necessárias, de modo a chegarem a um consenso, proporcionando, assim, eficácia na educação e no aprendizado das crianças. As famílias devem buscar a interação com a escola, participando ativamente, dando sugestões e opiniões, além de estarem a par das atividades escolares oferecidas aos seus filhos. É necessária interação entre ambos, pois somente quando pais e professores estiverem “falando a mesma língua” será possível uma parceria produtiva na escola. Outro motivo que acaba dificultando a presença do responsável junto à escola é que muitas famílias apresentam configuração monoparental, ou seja, apenas uma pessoa é responsável por cuidar da educação dos filhos, acompanhar sua vida escolar, além de proporcionar o sustento da família. Mas isso não quer dizer que o responsável está “isento” de sua presença na escola. Torna-se mais difícil, mas não impossível! A família é responsável por promover o convívio social, que deve ter início no ambiente familiar. Quando unidas e dispostas a oferecer o melhor aos alunos, família e escola podem promover mudanças significativas para o bem-estar de cada uma de nossas crianças, adolescentes e jovens. (*) Daniele Vilela Leite é Orientadora Educacional na empresa Planeta Educação (www.planetaeducacao.com.br); formada em Serviço Social pela Univap, com larga experiência em trabalhos em creches no interior de São Paulo.

Nós, brasileiros, perdemos mais de 200 jovens na inominável madrugada do dia 27 de janeiro. Outros jovens, muito mais que 700, sobreviveram. Alguns ainda correm risco de morte, outros, parecendo estar bem, necessitam de acompanhamento médico, uma vez que podem desenvolver uma pneumonia química. Os sobreviventes, contudo, viverão com uma dor, um desamparo, talvez uma culpa por terem saído com vida, quando tantos outros, mais ou menos amigos, não conseguiram. É preciso, portanto, aprender a sobreviver. Tarefa difícil, mas possível. Os jovens são gregários, vivem em turmas, que podem ser chamadas por tribos, porque agregam jovens por identificações. É por isso que, para eles, os amigos são fundamentais. Na tentativa de buscar autonomia e “romper” com o cordão umbilical familiar, os jovens supervalorizam os companheiros de turma porque encontram neles a possibilidade de consolidação de sua identidade, que não é mais apêndice do pai ou da mãe. Perder um amigo é, por assim dizer, perder parte de si mesmo. Os sobreviventes de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, perderam muito mais do que podemos imaginar. Considerando as relações identitárias, perderam-se juntamente com tantos que não sobreviveram. Outro aspecto a ser considerado é a vivência da tragédia. Os sobreviventes passaram por uma situação-limite: de cara com a morte, salvaram-se. Porém, assistiram à morte daqueles que com eles “badalavam” em uma festa universitária. A trágica experiência vivida pode gerar muitos desconfortos e até transtornos psíquicos que devem ser acompanhados por profissionais, a fim de que não venham a destruir, no futuro, as manifestações naturais da vida. Por fim, necessitamos amparar os sobreviventes no que diz respeito à culpa. Muitos poderão viver atormentados por uma culpa inexistente, mas concretamente presente nos seus pensamentos. A culpa pode aprisionar suas emoções, levando-os ao desenvolvimento de depressões e desencantos. Os jovens sobreviventes precisam que os educadores da Universidade Federal de Santa Maria – que perdeu mais de cem estudantes na tragédia – e outros profissionais da comunidade esbocem um trabalho de acompanhamento para que possam elaborar seus lutos. Além da cobrança por maiores responsabilidades políticas e civis, os voluntários podem, à distância, criar uma assistência on line e grupos de apoio aos sobreviventes. Autoridades religiosas podem, também, estabelecer tempos e espaços para acolhida e escuta das angústias dos que ficaram. Enfim, precisamos dar nossas mãos aos jovens para que possam atravessar o túnel escuro e, sobretudo, ajudá-los a perceber que há luz e saída no final. (*) Francisca Paris é pedagoga, mestra em Educação e diretora de serviços educacionais do Ético Sistema de Ensino (www.sejaetico.com.br), da Editora Saraiva


CIDADES

Diário Popular

Sexta-feira, 1º de fevereiro de 2013

CHUVAS

André Almeida

Logo cedo, máquinas e homens estavam nas ruas retirando a lama

André Almeida

Márcia Araújo teve a casa invadida pelas águas em Pedra Branca

Ipatinga sofre com inundação, queda de ponte e muita lama Em Pedra Branca, famílias perderam móveis, roupas e até documentos; fornecimento de água também foi interrompido IPATINGA – O temporal que caiu na noite anteontem e prosseguiu durante a manhã de ontem em Ipatinga fez estragos e sujeira em toda a cidade. Diversas ruas foram tomadas pela lama, uma ponte caiu no distrito de Barra Alegre e cinco casas do bairro Pedra Branca, na zona rural de Ipatinga, foram inundadas devido ao transbordamento do rio que passa em frente à rua Joaquim Pedro da Silva, causado pela chuva da madrugada desta quinta-feira (31). Outras ocorrências foram registradas em diversos pontos da cidade. Desde cedo homens e máquinas da Prefeitura, bem como agentes da Defesa Civil e funcionários da Secretaria de Obras monitoravam de perto a situação. TRANSBORDAMENTO Os estragos começaram por volta das cinco da manhã, quando o Ribeirão Pedra Branca deixou de suportar o grande volume de água e transbordou, invadindo a via, bem como as residências. A inundação atingiu também casas da rua José Amaro Caetano e a enxurrada ultrapassou um metro de altura. Móveis, eletrodomésticos e diversos outros objetos foram perdidos pelos moradores.

Marta Rodrigues de Moura mora no local há 13 anos e já havia presenciado algumas enchentes no bairro, mas nenhuma igual a de ontem. “Essa foi a pior de todas”, afirmou. Ela contou que havia perdido documentos pessoais e roupas de cama na invasão da água e trabalhava para limpar os móveis que se salvaram. Outra prejudicada foi Márcia Araújo, irmã e vizinha de Marta, que teve grandes prejuízos com a tempestade. Entre os exemplos dados por ela, estavam o berço de sua filha de um ano, uma cama recém comprada e uma geladeira, que durante a ocorrência chegou a boiar pela sua casa. Ela disse que saía para trabalhar quando percebeu que o rio havia transbordado. Logo em seguida, viu que a água voltava pelo encanamento de sua casa e chamou as filhas, que ainda dormiam. Elas tentaram retirar os pertences mais importantes e evitar que o prejuízo fosse ainda maior. A mãe de Marta e Márcia, Sebastiana Araújo, que também é moradora do local e teve prejuízos com a chuva, disse, emocionada, que qualquer tipo de ajuda nesse momento é de extrema importância.

ÁGUA POTÁVEL Os canos que levam água para as casas atingidas pela enchente foram destruídos pela força da enxurrada e os moradores ficaram sem água potável. Mesmo os que não tiveram suas residências invadidas sofreram com a falta d’água. Até a tarde de ontem a situação não havia sido resolvida. A estrada que dá acesso ao bairro e às ruas de acesso às partes altas do Pedra Branca ficaram totalmente cobertas por lama, que deslizou de barrancos ao redor. Motos, carros e até mesmo ônibus precisaram de muita cautela para atravessar via. OCORRÊNCIAS O Pedra Branca não foi o único local onde a chuva causou problemas. A estrada do Tribuna ficou completamente interditada pela lama e foram registrados pontos de inundação em áreas dos bairros Bethânia, Taúbas e Vila Celeste. Apesar de não ter registrado ocorrências devido à chuva, no bairro Limoeiro era possível ter uma amostra da força da chuva que caiu sobre a cidade. O ribeirão Ipanema, que circula a rua Chico Mendes, ficou cheio, entretanto, não atingiu nenhuma casa.

ATENDIMENTO Desde as primeiras horas de quinta-feira funcionários das Secretarias de Obras e de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) trabalhavam para tentar conter os problemas. Somente na parte da manhã, a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) havia registrado mais de 30 ocorrências de desabamentos de encostas e alagamentos de vias no município, especialmente próximos à zona rural. Segundo o coordenador da Comdec, Joel Lopes da Silva, equipes das secretarias envolvidas estão percorrendo as áreas para levantamento das situações mais graves, a fim de solucioná-las. “Estamos monitorando toda a cidade para identificação e solução dos problemas em ordem de prioridade. Até o momento, apesar de danos materiais, não tivemos casos de vítimas”, pontuou o coordenador. A previsão da meteorologia é de que as chuvas atinjam 43mm/hora nos próximos dias. “Por isso é importante que a população fique atenta. Ao perceber qualquer rachadura nas casas, a orientação é sempre a mesma: acionar a Defesa Civil pelo telefone 199”, atentou Joel.

3 ACS/PMI

No distrito de Barra Alegre, a Ponte Menor cedeu a cabeceira e foi interditada

Ponte que dá acesso ao Barra Alegre é interditada IPATINGA – A ponte menor no distrito de Barra Alegre foi interditada na manhã de ontem (31) pela Prefeitura Municipal após parte da estrutura ceder e formar uma cratera no local. O acesso ao distrito está sendo feito por meio de outra ponte sobre o ribeirão Ipanema. A ocorrência foi ocasionada pelo aumento do nível do ribeirão Pedra Branca durante a madrugada de quinta-feira, quando uma forte chuva atingiu a cidade. Por volta das quatro da manhã o rio transbordou, e a força da água fez com que um buraco se abrisse na estrutura conhecida como Ponte Menor. Placas e faixas de sinalização foram colocadas na entrada do distrito para alertar os condutores sobre o acontecido, mas mesmo com os avisos da interdição, motociclistas desrespeitavam a proibição e transitavam pelo local. LEVANTAMENTOS Além da sinalização, equipes da Prefeitura de Ipatinga foram até o local pela manhã para realizar averiguações da situação no local. Uma limpeza dos principais acessos, tomados por terra deslizada, foi realizada por funcionários da Secretaria de Obras para que houvesse a liberação das vias para o trânsito. O acesso ao Barra Alegre agora está sendo feito por meio de outra ponte que funcionava como saída do distrito e que o liga ao bairro Pedra Branca. O local agora funciona em mão dupla e já traz preocupações aos mora-

dores. De acordo com Algeu do Nascimento Andrade, membro da Associação de Moradores do Barra Alegre, a estrutura já apresenta falhas e há o medo entre a população de que ela tenha o mesmo destino da Ponte Menor. Caso isso aconteça, os moradores do distrito irão ficar totalmente isolados, já que com a interdição há apenas um acesso à comunidade. SEM RISCO A Prefeitura de Ipatinga, no entanto, afirma que não há motivo para pânico, uma vez que os técnicos da Secretaria de Obras estiveram no local realizando análises que atestam a inexistência de risco de queda. Ainda de acordo com a Prefeitura, a realização de reparos na fundação da ponte só será possível após redução da intensidade das chuvas. Caso contrário, ela terá que ser reconstruída, conforme já estava previsto no planejamento da Prefeitura em 2003 e chegou a ser inserido na primeira etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). “Pelo fato de as obras não terem sido licitadas pelos dois últimos governos, a Prefeitura já perdeu R$ 20 milhões em recursos como os do PACs para realização de melhorias na infraestrutura do Barra Alegre, Nova Esperança e Serra Dourada”, aponta o secretário de Obras, José Maria. A reforma na Ponte Menor era uma das obras previstas e que deixaram de ser executadas.

A família de EDIR DE SÁ MAESTRI convida amigos e parentes para a missa de 7º dia de seu falecimento, neste sábado, dia 2 de fevereiro, às 19 horas, na Igreja Católica do bairro Bela Vista, em Ipatinga. A família, enlutada, agradece a todos.


4

CIDADES

Diário Popular

Sexta-feira, 1º de fevereiro de 2013

CHUVAS

Fotos: Nadieli Sathler

O metalúrgico José da Guia (detalhe) mora com outras seis pessoas numa casa que corre risco de desabar

O ajudante Valdeci Paula e sua mãe Margarida de Lourdes estão apreensivos

EM FABRICIANO, DESABAMENTOS AMEAÇAM MORADIAS NO BAIRRO JK A casa do metalúrgico José da Guia pode cair sobre as residências de Valdeci Paulo e de sua mãe Margarida de Lourdes se vierem novas chuvas e a terra ceder novamente FABRICIANO – Entre as várias ocorrências de deslizamentos de encostas registradas pela Defesa Civil de Coronel Fabriciano e o Corpo de Bombeiros durante a manhã de ontem (31), estava o caso da residência de José da Guia. O metalúrgico mora com a família em um imóvel precário situado na rua Cinco, no bairro JK. Ele contou que, por volta das 9h30, a esposa sentiu que a parte da varanda que fica de frente para uma ribanceira estava prestes a cair. “A terra começou a ceder e tivemos que amarrar uma corda para diminuir o peso de dois pés de abacates para não cair na casa do vizinho”, explicou. No local moram ele e a esposa, juntamente com outras cinco pessoas, entre filhos e genros. Ao chegar do serviço, ele e outros colegas tiveram que cortar os pés de abacate que estavam suspensos apenas pela raiz. “Estamos trabalhando com o serrote porque estou com receio de usar o machado e com o impacto a terra ceder e cair na casa do Valdeci. Tem que fazer um muro ali na frente para poder evitar o perigo”, alegou o metalúrgico. Os militares do Corpo de Bombeiro estiveram no local e aconselharam que, em caso de novas pancadas de chuvas, os

familiares de José devem deixar a residência. “Agora que estou numa área de risco peço que as autoridades me ajudem a resolver a situação”, pediu o trabalhador. MÃE E FILHO Logo abaixo da residência de José da Guia ficam duas casas, a do ajudante Valdeci Paulo de Oliveira, de 44 anos, e da aposentada Margarida de Lourdes de Oliveira, 63 anos. Mãe e filho moram na rua Geraldo Rodrigues Soares. As casas ficam uma ao lado do outro. Margarida mora no bairro JK há mais de 20 anos. Ela não estava em casa quando aconte-

ceram os deslizamentos de terra do lado esquerdo de seu imóvel. “Tinha saído cedo para a casa da Dona Nana e fiquei sabendo porque me ligaram e contaram que a terra havia cedido. Nunca deu um problema como esse aqui no meu terreno”, disse a dona-de-casa. Além do desmoronamento ocorrido na parte lateral da casa, de frente para a cozinha da aposentada também há rachaduras indicando que a terra pode ceder em caso de novas chuvas fortes. Na mesma situação está o filho dela, Valdeci de Paula. Foi ele quem acompanhou a vis-

toria do Corpo de Bombeiros feita nas três encostas que cederam entre a rua Cinco e a Geraldo Rodrigues Soares. O ajudante disse que não acionou a presença dos militares no local. Mas ponderou que foi orientado a sair de casa se observar que o terreno em frente, que inclusive apresenta rachaduras, começar a pesar. “Apenas falaram para ficarmos atentos e não chegaram a interditar a minha casa e nem da mãe”, justificou. Ele contou que durante a madrugada sua esposa e filhos ficaram com muito medo, tanto que logo pela manhã foram buscar abrigo na casa de pa-

rentes no bairro Caladinho de Cima. Valdeci ficou para vigiar a casa. REFORMA Margarida de Lourdes também disse que não deixará sua casa, apesar de saber do risco que corre. A aposentada contou que há seis meses começou a mexer em seu barraco e trocou as portas e colocou um telhado na varanda. “Comecei a reformar tem tão pouco tempo e se tiver que sair daqui não quero voltar para roça. Aluguel hoje está tão caro que nem quero pensar em ter que deixar minha casa”, lamentou.

Magalhães Pinto volta a alagar e causa prejuízos ao comércio Inter TV

A avenida Magalhães Pinto voltou a ser alagada e a água invadiu estabelecimentos comerciais

FABRICIANO - A manhã de terça-feira (31) foi de limpeza para os comerciantes e funcionários que trabalham na avenida Magalhães Pinto, em Coronel Fabriciano. Em alguns casos as lojas foram tomadas pelo barro, o que gerou a perda de mercadorias. O lojista Vinicius Sathler era um dos que contabilizam os prejuízos causados pelo alagamento. “Isso já aconteceu várias vezes, toda vez que chove forte acontece da água voltar, porque não há vazão aqui no bairro Giovanini. Não passa

pelo rio e volta para a avenida”, relatou. Ele alegou que ainda não tinha apurado o montante de seu prejuízo, mas que as mercadorias danificadas pesariam no orçamento da empresa. O comerciante lembrou que o projeto do Parque Linear foi a proposta da Prefeitura para acabar com o problema de inundação no distrito do Melo Viana. “Quero saber quando vai sair o Parque Linear para acabar com esse problema de vazão da água no rio”, reclamou.


CIDADES

Diário Popular

Sexta-feira, 1º de fevereiro de 2013

5

CHUVAS

TEMPORAL INTERDITA RODOVIA E CAUSA ESTRAGOS EM TIMÓTEO Defesa Civil e Secretaria de Obras mobilizam equipes para desentupir redes e redobram atenção com áreas de risco TIMÓTEO - O temporal que atingiu Timóteo nesta quinta-feira (31) causou transtornos em vários pontos da cidade. A Defesa Civil do município registrou aproximadamente 65 ocorrências, número bem maior do que a média diária no período chuvoso, que é de 15 chamadas. A estimativa é de que tenha chovido na parte da manhã, em menos de uma hora, o equivalente a 70 milímetros. SEM VÍTIMAS A chuva durou pouco mais de meia hora, mas em função de sua intensidade, provocou a interdição parcial da BR381 no distrito de Cachoeira do Vale (altura da Torque Diesel), além de enxurradas, entupimentos de redes de esgoto e pluvial e deslizamentos de barrancos em diversos pontos da cidade. Felizmente, não houve nenhuma vítima, apenas danos materiais. Após a queda do barranco na BR-381, a Prefeitura mobilizou uma equipe operacional, que incluiu uma máquina retroescavadeira e três caminhões, para a retirada da terra. A pista foi liberada, nas duas vias, somente no fi-

nal da tarde. Nesta sexta-feira (1º) será feita a coleta do restante de terra que atingiu a rodovia. Cachoeira do Vale foi o local com maior ocorrência de enxurradas e entrada de água nas residências, além de entupimentos das redes pluviais e de esgoto, que provocaram o retorno de detritos para dentro de casa. PRIORIDADE A Defesa Civil de Timóteo e a Secretaria de Obras, Serviços Públicos e Habitação disponibilizaram máquinas, caminhões e servidores para atender às chamadas. O coordenador da Defesa Civil, Delmando Luiz de Amorim, e o secretário de Obras, Carlos Alberto de Aguiar, acompanharam os trabalhos pessoalmente. Conforme a Defesa Civil, os pontos mais críticos se localizam em Cachoeira do Vale e nos bairros Macuco, Ana Moura, Petrópolis e Esplanada. O prefeito Keisson Drumond (PT) determinou prioridade no atendimento às chamadas relacionadas às chuvas e monitoramento das áreas de risco.

Máquinas foram mobilizadas para liberar parte da pista da rodovia

Moradia ameaçada de desabamento em Timóteo

Casa interditada na Grota dos Vieira TIMÓTEO - O problema de maior gravidade provocado pelas fortes chuvas desta quintafeira (31) em Timóteo foi a queda parcial de um barranco na travessa São João Batista, nº 72, na Grota dos Vieira, e que levou à interdição de uma casa que fica em área de risco. Com o deslizamento, a parte da frente da casa teve o piso totalmente abalado e o muro e a coluna da varanda, danificados. O imóvel foi condenado parcialmente pela Defesa Civil, e a moradora Maria Aparecida Rocha de Alvarenga orientada a buscar abrigo em casa de parentes. “No ano passa-

A canaleta de um muro de arrimo da parte dos fundos dos imóveis não suportou o volume da água, que acabou entrando nas residências

do convivi com o mesmo problema, mas agora a situação piorou muito. Vou continuar lutando para salvar a minha casa, que foi construída por

meus pais”, justificou a dona de casa, que reside sozinha. No bairro Quitandinha, na avenida México, duas casas foram atingi-

das por uma forte enxurrada. A canaleta de um muro de arrimo da parte dos fundos dos imóveis não suportou o volume da água, que acabou entrando nas residências. A força da água também danificou o forro do telhado de uma das residências. A Escola Monteiro Lobato, no bairro John Kennedy, também foi atingida com o deslizamento parcial de um barranco localizado no fundo do educandário. No bairro Primavera, duas casas, uma na rua Hortênsia e outra na rua Gerânio, tiveram suas varandas danificadas em função de deslizamento de terra.

ENCONTRO

Conselho dos Direitos da Mulher visita vereador Ley do Trânsito IPATINGA - O presidente da Câmara Municipal de Ipatinga, vereador Ley do Trânsito (PSD), recebeu na tarde desta quintafeira (31) a visita da diretoria do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Ipatinga. Em pauta, entre outros assuntos, a construção de uma parceria com o Legislativo visando à realização de um evento em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, celebrado no dia 8 de março. Além de apresentar a proposta de parceria, a presidente do Conselho aproveitou para manifestar ao vereador Ley do Trânsito os pontos de vista da enti-

ACS/CMI

Ley do Trânsito recebeu integrantes do Conselho dos Direitos da Mulher: em pauta o Dia 8 de Março

dade sobre a importância do processo de conscientização das mulheres sobre seus direitos.

PREOCUPAÇÃO “Viemos aqui buscar uma parceria para desenvolvermos

atividades em prol da conscientização das mulheres sobre questões importantes para todas nós. Temos várias preocupações dentro deste contexto, mas a principal delas, neste momento, diz respeito à violência contra as mulheres”, destacou Elmina Ferreira. O presidente da Câmara avaliou como positiva a iniciativa do Conselho. “Estamos sempre abertos a parcerias, desde que não tenham cunho de política partidária. A partir do momento que fui empossado, meu partido político passou a ser a cidade de Ipatinga. Todas as ações que forem para o bem

da cidade e da sua comunidade terão o meu apoio e o meu empenho. Tenho o compromisso de trabalhar pelo bem estar de nossos munícipes e não medirei esforços para ajudar nossa cidade crescer com responsabilidade,” salientou Ley do Trânsito. Além da presidente, estiveram presentes na visita as diretoras do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher , Olivia Aparecida Cunha Miranda, Geralda Evangelista Paiva Inácio, Heloisa Helena Reinoso Almeida, Sirlene Alves de Souza e Valdete dos Reis Fernandes.


6

CIDADES

Diário Popular

Sexta-feira, 1º de fevereiro de 2013

DISTRITO INDUSTRIAL

Entidades cobram soluções da Cemig para falta de energia FABRICIANO - O presidente da Acicel-CDL, Júnior Damasceno, juntamente com representantes da Associação das Empresas do Distrito Industrial de Fabriciano (Assedi), de vereadores, assessores da prefeitura municipal e da OAB, reuniu-se com Carla Regina, Gerente de Relacionamento com Clientes Especiais do Poder Público da Distribuição, para buscar soluções para a constante falta de energia em Coronel Fabriciano. A reunião foi solicitada pelo presidente da Câmara do Município, Marcos da Luz, após inúmeras reivindicações de empresários e das entidades representativas da classe, que há dois anos buscam um posicionamento da Cemig para esta demanda que tem se agravado nos últimos meses. PREJUÍZOS Marcos da Luz ressaltou que a falta de energia tem afetado de forma incisiva as empresas do Distrito Industrial, causando grandes prejuízos para os empre-

O presidente da Câmara Municipal, Marcos da Luz, durante reunião com empresários e representantes da CEMIG

endimentos ali instalados. “Sabemos que este problema tem se agravado nesta região, mas que ele se estende por todo município, prejudicando o setor econômico da cidade, que é fundamental para o desenvolvimento de Fabriciano. Através desta reunião, buscamos um posicionamento da Cemig para que este problema seja sanado o mais breve possível.” disse. À MERCÊ DO TEMPO Júnior Damasceno acrescentou que a falta de ener-

gia tem sido recorrente em Fabriciano, acontecendo na maioria das vezes em que chove na cidade. “Ficamos à mercê do tempo. Basta chover para que aconteça a interrupção de energia. Sabemos de diversos casos em que as empresas perderam matéria-prima e insumos, alimentos - no caso dos varejistas, deixam de faturar, além de enfrentarem problemas como atraso de produção e avarias em equipamentos. É um prejuízo imensurável”, afirmou o presidente da Acicel CDL.

PROVIDÊNCIAS Os gerentes de Manutenção e Programação e de Operação da Cemig, Ricardo Guimarães e Célio Pereira, também presentes na reunião, afirmaram que a Cemig monitora todo o sistema de energia da cidade e constantemente faz manutenção na rede. De acordo com eles, no dia 28 foi detectado um dos problemas que estava agravando o quadro de interrupções de energia e que a Cemig já está tomando as devidas providências. Carla Regina afirmou que a Cemig irá rever a situação de Coronel Fabriciano e buscará soluções para sanar os problemas, que deverão ser apresentadas em uma próxima reunião, prevista para o mês de fevereiro. “Estamos confiantes que desta vez teremos uma atenção especial da Cemig. Vamos aguardar o resultado da próxima reunião para, se necessário, buscarmos outras medidas”, finalizou Júnior Damasceno.

PREVENÇÃO

Vital Brazil forma 1ª Brigada de Incêndio após um mês de curso TIMÓTEO - Durante o mês de janeiro, mais de 50 colaboradores do Hospital e Maternidade Vital Brazil realizaram um curso de Brigadistas com duração de 12 horas entre aulas práticas e teóricas comandadas pela 3º Pelotão da Segunda Companhia do Sexto Batalhão de Bombeiros Militar de Minas Gerais. A Segurança e Saúde Ocupacional e a CIPA acompanharam o curso. Por se tratar de um dispositivo e exigência legal, a Brigada de Incêndio tem a função específica de prontidão, para agir de imediato extinguindo qualquer indício de incêndio. Sua ação é vital nos primeiros 5 minutos de combate e extinção do fogo, antecedendo a ação do Corpo de Bombeiros. “A criação de brigadistas em empresas tem sido

conhece as possíveis causas, combinações de riscos e outros. Saber usar o extintor correto pra cada tipo de fogo em superfície diferente também é imprescindível, pois o uso errado pode intensificar o fogo”, completa o 1º sargento do Corpo de Bombeiros, Dawdson Ralph dos Santos.

Após o curso concluído essa semana, a equipe capacitada multiplicou os conceitos e a prática a outros colaboradores

a salvação de muitas vidas e de patrimônios”, afirma Jacqueline Horsth, técnica em segurança no trabalho do HMVB. LEGISLAÇÃO A formação da 1ª Brigada atende a três âmbitos de leis voltadas para segurança, sendo municipal, estadual e federal. Durante o

curso, os colaboradores foram aptos a avaliarem o local adequado para extintores, os tipos de extintores para cada tipo de foco de incêndio, uso de ferramentas, equipamentos e atenção para situações que podem causar incêndio. “A identificação do risco é fundamental e só se pode ter essa noção quando você

MULTIPLICAÇÃO Após o curso concluído essa semana, a equipe capacitada multiplicou os conceitos e a prática a outros colaboradores. “O Brigadista torna-se um trabalhador diferenciado, estes conhecimentos podem ser usados em seu ambiente de trabalho, em sua casa, no trânsito ou em momentos de lazer”, finaliza Luciana Martins, técnica em segurança do trabalho do Vital Brazil.

EDUCAÇÃO

ACS PMT

O prefeito Keisson Drumond durante visita às escolas na primeira etapa do Mutirão

Mutirão da Cidadania beneficia três escolas TIMÓTEO - A Prefeitura Municipal, em parceria com a população da cidade, realiza neste sábado (2), a partir das 7h, a terceira etapa do Mutirão da Cidadania, que é um trabalho de reforma e limpeza das escolas municipais com vistas ao início do ano letivo, no próximo dia 14. Os trabalhos envolvem servidores das Secretarias de Educação e Obras, além das comunidades escolares – pais de alunos, associações de moradores e instituições religiosas – dos bairros onde as escolas estão situadas. Neste final de semana, o Mutirão da Cidadania será realizado nas escolas municipais Angelina Alves de Carvalho, no bairro Bela Vista; Joaquim Ferrei-

ra de Souza, no bairro São José; e José Moreira Bowen, no bairro Ana Rita. Em todas elas, os participantes do Mutirão realizam o corte de grama, a capina das áreas do entorno, a limpeza das dependências e reparos gerais nas instalações dos prédios escolares. Nas duas primeiras etapas o mutirão beneficiou a Escola do Limoeiro, no bairro de mesmo nome, e a escola Maria Aparecida Marins Prado (MAMP), no bairro Alphaville. “Nosso objetivo é devolver aos alunos na volta às aulas um ambiente seguro, aconchegante e com um visual melhor”, explicou Cecília Maria Martins Siqueira, secretária municipal de Educação.

Escolas terão reparos em diversas frentes As escolas Angelina Alves de Carvalho, Joaquim Ferreira de Souza e José Moreira Bowen vão ser beneficiadas com reparos diversos para melhorar suas instalações. Situada no bairro Bela Vista, a escola Angelina Alves de Carvalho está ampliando sua biblioteca, que ainda passará por fase de reboco e pintura. Segundo a diretora, a escola ainda precisa de reparos no telhado, nos forros e nas calhas. Na escola Joaquim Ferreira de Souza, no bairro São José, a maior necessidade é mesmo a de limpeza. “Em vista de algumas outras, nossa escola não está ruim”,

informou a diretora Maria das Dores Vieira, a Dorinha. Ela revelou que já realizou um mutirão em 2010 para reformar a escola e que conta com essa proximidade da comunidade para os trabalhos deste final de semana. Já na escola José Moreira Bowen, o reparo de trincas no piso da quadra é uma das prioridades no mutirão deste final de semana. Luciana Alves, diretora da escola, salienta que a resposta da comunidade é necessária e positiva. “Os pais se sentem motivados e valorizados pela escola quando são convidados a participar”, detectou Luciana.


CIDADES

Diário Popular

Sexta-feira, 1º de fevereiro de 2013

DROGAS

ROUBO

Gizelle Ferreira

O delegado Ricardo Cesari apresentou as drogas, armas e outros produtos apreendidos no local do tráfico

Polícia Civil estoura ponto de tráfico no Vila Celeste Armas, munições, drogas, dinheiro foram apreendidos; dois irmãos acabaram detidos

IPATINGA – A Polícia Civil estourou na manhã desta quinta-feira (31), um ponto de tráfico de drogas na rua Graúnas, no bairro Vila Celeste. Armas, drogas, munições e uma enorme quantidade de celulares foram apreendidas. Duas pessoas foram detidas, entre elas um adolescente de 16 anos, tido como um dos líderes do tráfico no local. A denúncia chegou à polícia há cerca de uma semana quando detetives da Delegacia de Tóxicos conseguiram apurar a veracidade da denúncia. O delegado responsável pelas investigações, Ricardo Cesari, entrou com um pedido de busca e apreensão, concedido pela Justiça. O delegado explicou que, coincidentemente, ontem pela manhã enquanto os policiais estavam rondando o local para analisar o me-

lhor momento de dar as buscas, viram uma grande movimentação de pessoas que saíam e entravam na residência. “O principal alvo da polícia era Leandro Alves de Oliveira, de 20 anos, e o irmão dele, um adolescente de 16 anos, que também foi apreendido. Os dois são considerados traficantes naquele local. Além de todo produto do tráfico que conseguimos apreender, tivemos sucesso em pegar os dois”, disse o delegado. APREENSÃO Dentro da casa a polícia encontrou uma pistola 9 mm, quinze munições 380, um revólver calibre .38, cinco munições do mesmo calibre, 100 pedras de crack, 15 papelotes de cocaína, duas porções grandes da mesma substância, uma pedra de crack e duas buchas de maconha, sacolinhas plásticas, uma faca e R$ 288 reais em dinheiro (notas miúdas). Além do armamento e entorpecentes, foram encontrados outros objetos utilizados no mundo da criminalidade como três rádios comunicadores, uma balança de

precisão e uma touca ninja. Produtos provenientes de pagamento de dívida também foram achados, como um notebook e um aparelho de DVD. O que mais espantou a polícia foi a grande quantidade de celulares: dezessete aparelhos. “Sobre o que eles faziam ali naquele lugar eu não tenho nenhuma dúvida. Até mesmo pelo material apreendido. No total tivemos apreendidos aproximadamente 250 gramas de drogas, além dos outros produtos”, contabilizou o delegado Ricardo Cesari. IRONIA Mesmo com todos os indícios, os irmãos negaram que estivessem traficando no local, e disseram que os entorpecentes eram para uso próprio. Ao serem presos os dois ficaram o tempo todo debochando, dizendo que em menos de um mês estariam soltos e livres para comandarem o tráfico em outro local. Leandro está recolhido no Centro de Remanejamento de Presos, o Ceresp, e o menor foi apresentado ao Promotor da Vara da Infância e Juventude.

Jovens traficantes são presos em Timóteo Em Timóteo, dois jovens foram presos em flagrante pela Polícia Militar acusados de tráfico de drogas. Eles estavam na rua Mesquita, no bairro Bela Vista. Quando viram que os patrulheiros se aproximavam,

7

tentaram se livrar de drogas e de uma balança de precisão e ainda tentaram fugir. Depois de capturados, a polícia encontrou com eles, dois cordões de prata, R$ 6 reais, uma balança de precisão, dois

celulares, 29 pedras de crack, uma pedra maior da mesma substância e uma porção de cocaína. Os suspeitos e os materiais foram conduzidos para a Delegacia de Plantão em Ipatinga.

Mãe chora ao ver filho adolescente apreendido FABRICIANO – Uma mãe que acompanhava seu filho adolescente acusado do furto de uma motocicleta estava aos prantos, na madrugada de ontem (31), na Cia. da PM em Coronel Fabriciano. O filho dela foi apreendido e confessou ter furtado uma moto CG 125 Titan ES, placa GYN-4492, às 2:00h, em Timóteo. “Não foi falta de conselho e jamais vou apoiar o que ele fez. Ele foi um menino criado dentro da igreja, na escola, e o tempo todo dialogando, mas, infelizmente ele deu valor às más amizades. Eu espero que ele pense, reflita e escolha a parte melhor da vida”, lamentou. A moto foi furtada do bairro Santa Maria. O menor contou à polícia que ligou para um mototaxista solicitando uma corrida até a rua 142 do bairro. Ao chegar ao local, disse que não havia dinheiro para pagar a corrida e pediu ao motociclista que retornasse à Fabriciano e o aguardasse no bairro Santa Cruz. “Eu estava pensando em buscar uma moto

em Timóteo e liguei para o mototaxi para me levar na casa de um suposto tio Adilson. Aí, chegando lá, eu disse que tinha esquecido onde era a casa, vi uma moto e falei pra ele voltar para o Santa Cruz que lá eu pagava ele”, contou. MOTOTAXISTA O menor foi apreendido enquanto abastecia o veículo do mototaxista, que também foi detido pela polícia. Porém, o mototaxista, um rapaz de 19 anos, defendeu-se alegando que não sabia do esquema armado pelo menor. A versão dada por ele à PM foi a mesma apresentada pelo adolescente. “Ele chegou em outra moto e nesse meio tempo, a polícia passou e já veio me algemando. Mas, eu não tenho nada a ver com isso. Sou trabalhador, todos me conhecem”, defendeu. Porém, a polícia não acreditou na versão dada pelo mototaxista e também o conduziu junto com o menor à Depol Regional de Ipatinga.

A S S A LT O

Na drogaria, as vítimas ficaram trancadas no banheiro enquanto o assaltante roubava o dinheiro

Bandidos continuam atacando em Fabriciano FABRICIANO – Dois comerciantes de uma drogaria na avenida Magalhães Pinto, no bairro Giovanini, foram rendidos por um assaltante na noite da última quarta-feira (30). Após anunciar o assalto, o bandido armado trancou as vítimas dentro do banheiro, levou R$ 250 reais do caixa e fugiu em seguida. Por terem ficado presas no cômodo, os comerciantes não souberam detalhar as características do assaltante, que não foi identificado

pela polícia. Na rua Icaraí, no mesmo bairro, R.M.S., 45 anos, foi rendida por dois criminosos em uma bicicleta. A vítima contou à polícia que um dos bandidos lhe ameaçou apontando uma arma em seu rosto. Em seguida, o bandido puxou o cordão de seu pescoço e tirou de suas mãos duas sacolas de cosméticos. A vítima descreveu em detalhes os autores, mas eles ainda não foram identificados pela polícia.


8

CIDADES

Diário Popular

Sexta-feira, 1º de fevereiro de 2013

FERIADO

COMÉRCIO FUNCIONA EM HORÁRIO DIFERENCIADO DURANTE CARNAVAL

Paulo Sérgio de Oliveira

Estabelecimentos ficam fechados na segunda-feira (11), dia do Comerciário; mas supermercados e Shopping do Vale abrem na terça FABRICIANO – A maioria das lojas do comércio de rua no Vale do Aço ficará fechada nos dias 11 e 12 de fevereiro, segunda e terça-feira de Carnaval, respectivamente. Os comerciários ganharam direito a folga nos dois dias para compensar as horas extras trabalhadas no Natal. A Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) com os detalhes da negociação entre empresários e funcionários está disponível no site www.sindcomerciova.com.br. IPATINGA Os funcionários no comércio voltam a trabalhar na quarta-feira (13). Em Ipatinga, o expediente começará às 13h e terminará às 18h. Já em Coro-

nel Fabriciano e Timóteo será das 14h às 18h. Supermercados, açougues, casas de carnes, mercearias, varejões, sacolões e hortifruti também não funcionarão na segunda-feira (dia do Comerciário), mas abrirão normalmente nos demais dias. CONVENÇÃO O Sindcomércio (Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços) Vale do Aço, o Secteo (Sindicato dos Empregados no Comércio de Coronel Fabriciano e Timóteo) e o Seci (Sindicato dos Empregados no Comércio de Ipatinga) firmaram convenções coletivas de trabalho decidindo o horário de funcionamento do Car-

HISTÓRIA

Arquivo Público vai guardar documentos do extinto Dops Governador Anastasia determina transferência de acervo constituído entre 1964 e 1985 BH – O Arquivo Público Mineiro será o responsável pela guarda, organização, registro, tombamento e catalogação, do acervo documental da extinta Secretaria de Estado de Segurança Pública, referente ao período de 1964 a 1985 e o remanescente da Coordenação Geral de Segurança Pública e do extinto Departamento de Ordem Política e Social (Dops) de Minas Gerais. Decreto nº 46.143, nesse sentido, está publicado na edição desta quinta-feira (31), do Minas Gerais, Diário Oficial dos Poderes do Estado. PRESERVAÇÃO Para o governador Antonio Anastasia, a iniciativa tem como objetivo mostrar a transparência e, ao mesmo tempo, preservar documentos importantes para a consolidação da história recente de Minas e do Brasil.

“Ao deixar sob responsabilidade do Arquivo Público uma parte importante da nossa história, procuramos oferecer às gerações atuais oportunidade para conhecer um período importante da vida brasileira e, ao mesmo tempo, preservar documentos que contribuirão para elucidar fatos marcantes da trajetória de personagens que tiveram participação em episódios da época”, afirmou o governador. Os documentos que passam à guarda do Arquivo Público Mineiro já foram inventariados. Durante o processo de organização, registro, tombamento e catalogação, ficarão franqueado, de forma irrestrita, à Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) e à Comissão Nacional da Verdade. O acesso pelos demais interessados será feito mediante solicitação à Superintendência do Arquivo.

Centro comercial de Timóteo: no Dia do Comerciário (11), todo o comércio no Vale do Aço estará fechado

naval ainda em dezembro. SHOPPING No domingo (10), segunda (11), terça (12) e quarta-feira (13), a praça de alimentação do Shopping do Vale do Aço

funciona de 11h às 22h. O funcionamento do cinema também será normal nos quatro dias. Já as lojas abrem às 12h e fecham às 22h na terça e quarta-feira. Ficarão fechadas na segunda e, no domingo, abrirão de 12h às

18h. Com exceção da segunda-feira, quando não abrirão as portas, lojas de materiais de construção, autopeças, casas de noivas e bombonieres funcionam normalmente.

CRIANÇA E ADOLESCENTE

Equipe do Projeto Conselho Eficaz visita 58 municípios BELO ORIENTE - A partir desta segunda-feira (4), a equipe responsável pelo Projeto Conselho Eficaz visitará 58 municípios de Minas Gerais. O objetivo das visitas é apresentar o projeto para os prefeitos eleitos, gestores da assistência social e respectivos presidentes dos conselhos municipais dos direitos da criança e do adolescente. Em fevereiro, serão 38 municípios visitados, sendo 4 e 5/2 os da Regional de Guanhães, 6 e 7/2 os da Regional de Nova Era, e 17 e 18 os da Regional do Rio Doce. A equipe aproveitará a visita para monitorar e avaliar o andamento das atividades dos conselhos dos municípios já contemplados pelo projeto em outras edições. No mês de março serão visitados os outros 20 municípios. No dia 26, no Hotel Metropolitano, em Coronel Fabriciano, será realizado um Simpósio sobre a Lei Federal 12.696 de 25 de Julho de 201212 e a Resolução 139

do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONANDA), que estabelece as diretrizes para a criação e funcionamento dos Conselhos Tutelares no Brasil. PROJETO Projeto Conselho Eficaz, desenvolvido pelo Instituto, em parceria com a Associação Beneficente Ágape (ABA), promove a capacitação dos Conselheiros e Agentes públicos sociais, operadores dos direitos da criança e do adolescente em cada município de atuação do projeto. A iniciativa proporciona o fortalecimento dos conselhos no controle das políticas públicas, gestão dos recursos do Fundo para a Infância e Adolescência (FIA) e capacidade de monitoramento e intervenção no Orçamento Público. MUNICÍPIOS Os municípios convidados a participar da edição 2013 do Pro-

jeto Conselho Eficaz são: Coluna, Catas Altas, Santa Bárbara, Itabira, Alvinópolis e Sem Peixe, Coroaci, Cantagalo, Dores de Guanhães, Senhora do Porto, Virginópolis, Rio Vermelho, Santo Antônio do Itambé, Materlândia, Peçanha, Virgolândia, Sardoá, Santa Efigênia de Minas, Gonzaga, Divinolândia de Minas, Sabinópolis, Barão de Cocais, São Gonçalo do Rio Abaixo, Bom Jesus do Amparo, Itabira, Santa Maria de Itabira, Rio Piracicaba, Nova Era, São Domingos do Prata, Bela Vista, Açucena, Belo Oriente, Naque, Periquito, Ipaba, Santana do Paraíso, Bom Jesus do Galho, Córrego Novo, Pingo D’Água, Caratinga, Iapu, Bugre, Governador Valadares, Paulistas, Braúnas, Joanésia, Mesquita, Braúnas, Antônio Dias, Coronel Fabriciano, Ipatinga, Marliéria, Ferros, São João Evangelista, Dom Joaquim, São João do Oriente, Jaguaraçu, Marilac e Carmésia.


CIDADES

Diário Popular

Sexta-feira, 1º de fevereiro de 2013

C A P TAÇ ÃO D E R E C U R S O S

PMI apresenta extensa pauta de reivindicações em Brasília Prefeita e vice expõem demandas da cidade junto ao governo Dilma Rousseff e ganham apoio em ministérios IPATINGA - Reforma e ampliação do Hospital Municipal, expansão do Distrito Industrial, recuperação de investimentos para obras de infraestrutura em diversos bairros, construção de habitação popular e criação de programas de inclusão e proteção social. Estes são alguns projetos apresentados na pauta de reuniões da prefeita Cecília Ferramenta e do vice-prefeito Coronel Ramalho, durante o Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas, esta semana em Brasília, abrangendo praticamente todos os ministérios do governo da presidenta Dilma Rousseff. “Desde muitos anos, somos parceiros do governo federal e estamos confiantes de que, agora à frente da Prefeitura, receberemos a atenção merecida para que possamos colocar Ipatinga, de novo, nos trilhos do desenvolvimento econômico, com inclusão social e cidadania para todos”, avalia a prefeita Cecília Ferramenta, sobre a maratona de audiências e encontros mantidos na capital federal. HOSPITAL A prefeita relata que a situação crítica do Hospital Municipal de Ipatinga foi de-

batida no Ministério da Saúde. Atualmente, há recursos da ordem de R$ 10,9 milhões, destinados pelo governo federal para o HMI, mas os valores estão bloqueados. A justificativa é que o município de Ipatinga possui uma pendência junto ao ministério, pelo fato de uma administração anterior ter feito aplicações inadequadas de recursos federais destinados especificamente à conclusão das obras. “Vamos buscar soluções para esse problema referente ao nosso hospital, para fazer a saúde que a população de Ipatinga quer e merece ter”, enfatiza Cecília Ferramenta. DIREITOS HUMANOS Na Secretaria Nacional de Direitos Humanos, a prefeita conquistou o apoio da ministra Maria do Rosário para o projeto de instalação do Centro de Internação do Adolescente (CIA) em Ipatinga. “Temos o aval do governo estadual e agora também o incentivo da Presidência da República para tocar o projeto, que vai representar um grande avanço para a nossa região”, avalia. INDÚSTRIAS Conforme a prefeita Ce-

Cecília em Brasília, ao lado do ministro Fernando Pimentel, do vice coronel Ramalho e do deputado estadual Durval Ângelo

cília Ferramenta, o encontro com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, foi produtivo para detalhar a necessidade de expansão do Distrito Industrial de Ipatinga. “A nossa equipe de governo já está finalizando um projeto específico de convênio com o ministério, para buscar recursos com a finalidade de incrementar a atração de novas indústrias para Ipatinga”, anuncia. PAC 2 A recuperação dos recursos destinados a Ipatinga para projetos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e do Minha

Casa, Minha Vida foi o principal tema debatido pela prefeita e o vice-prefeito com o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro. Nos últimos quatro anos, o município perdeu mais de R$ 20 milhões de investimentos federais para obras de infraestrutura nos bairros Barra Alegre, Esperança e Serra Dourada e também para a construção de casas populares. “O governo federal está aberto para receber os projetos de Ipatinga, e a nossa administração vai trabalhar muito para aprová-los e executá-los, pois estes são nossos compromissos com a população”, conclui a prefeita Cecília Ferramenta.

Ipatinga oferece cursos profissionalizantes

IPATINGA - Para quem deseja se qualificar e ingressar no mercado de trabalho, já estão abertas as inscrições para os cursos de Operador de Guindaste, Operador de Empilhadeiras e Operador de Computador. A qualificação é realizada em parceria do município de Ipatinga com o governo federal, por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e do Sistema “S” – Senai, Senac e Senat. Para março estão previstas mais três modalidades, possibilitando a qualificação profissional gratuita para a população de baixa renda. Estão disponibilizadas 40 vagas para cada curso. BOLSA-FAMÍLIA Por meio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e Se-

nat, além do curso, os alunos receberão transporte, material didático, camisa e lanches. Para participar, o candidato precisa ter a família cadastrada no Programa Bolsa Família, possuir de 18 a 59 anos de idade, tendo cursado, no mínimo, o Ensino Fundamental incompleto. Para os cursos de Operador de Guindar e Operador de Empilhadeiras, é necessário que os interessados possuam também Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B. Conforme reforça o secretário municipal de Assistência Social, Vasco Lagares, é importante que os candidatos procurem um dos cinco Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e também o Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS).

“As inscrições serão feitas exclusivamente nos CRAS e no CREAS, sendo necessário que o indivíduo esteja munido de documentos de identificação, além do Número de Inscrição Social (NIS) no CADÚnico”, explica. As aulas começam no dia 4 de março. SERVIÇO Mais informações e inscrições nas unidades do CRAS e no CREAS de Ipatinga - Veneza II: Rua Mangaratiba, 195. Telefone: 3829-8426 - Canaã: Rua Ester, 20. Telefone: 3829-8423 - Esperança: Rua Crisântemo, 33. Telefone: 3829-8332 - Limoeiro: Rua José Gomes Ribeiro, 45. Telefone: 3829-8394 - Bethânia: Selim José de Sales, 2580. Telefone: 3829-8325 - CREAS: Rua Campinas, 165, Veneza I. Telefone: 3829-8384

9

SAÚDE

Ministério avalia ações da PMT contra dengue TIMÓTEO - Uma comitiva formada por técnicos da área de Saúde dos governos estadual e federal visita Timóteo nesta sexta-feira (1º) para avaliar a estrutura montada pela Prefeitura Municipal para combate à dengue e assistência às vítimas da doença. “Com um grande esforço de governo e o apoio da população, estamos conseguindo reduzir o número de casos da doença e de focos do mosquito transmissor da dengue”, destacou o secretário municipal de Saúde, Ricardo Martins Araújo. AVALIAÇÃO Um dos integrantes da comitiva de técnicos estaduais e federais é o assessor do Ministério da Saúde Rodrigo Said, que antecipou que o objetivo da visita a Timóteo e a outras cidades do Vale do Aço será avaliar se a estrutura assistencial é suficiente para o atendimento às pessoas que contraíram dengue. Essa avaliação, destacou, vai considerar o volume de atendimento, o número de

internações e de leitos disponíveis e a ocorrência de óbitos. Said também avalia a situação em Ipatinga. QUEDA Ricardo Araújo destacou que o número de casos de dengue em Timóteo está em aproximadamente 550 por semana, uma queda em relação ao pico da “curva de contaminação”, que chegou a ter uma incidência semanal de 850 casos semanais. Outro avanço foi a queda do Levantamento Rápido de Índice (LIRAa) de infestação do Aedes aegypti, de 3,6% – próximo do considerado de “altíssimo risco” de surto – para 3%. O secretário de Saúde de Timóteo vai aproveitar a vinda de representantes do Ministério e da Secretaria de Estado de Saúde para pedir mais apoio nessa campanha de combate à dengue e também para melhorias na rede básica de atenção à saúde. “Os números já são melhores, mas não podemos descansar”, ressalta.

Timóteo começa a realizar teste rápido TIMÓTEO - Começaram a ser realizados nesta quinta-feira (31) os testes rápidos para diagnóstico da dengue. Os exames são realizados através de amostras de sangue, recolhidas na unidade de saúde Mário de Souza, onde funciona a Unidade de Hidratação e Descanso, para tratamento do fluxo específico para pacientes com dengue. Os testes são processados no laboratório de patologia da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) João Otávio, ao lado da Mário de Souza. Os resultados dos testes rápidos são informados aos pacientes no tempo médio de 20 minutos. Segundo a chefe da

Eunice Silva Silveira é chefe da Vigilância em Saúde

Vigilância em Saúde de Timóteo, Eunice Silva Silveira, os testes vão agilizar os encaminhamentos dos pacientes para o tratamento adequado em cada caso.


10

Diário Popular

LAZER

Sexta-feira, 1º de fevereiro de 2013

COMÉDIA

Adnet estreia na Rede Globo com “O Dentista Mascarado” TV Globo/Renato Miranda

Marcelo Adnet é o novo integrante do elenco da Rede Globo. Seu primeiro trabalho na emissora será no seriado “O Dentista Mascarado”, de Alexandre Machado e Fernanda Young, com direção de núcleo e geral de José Alvarenga Jr. O programa é uma comédia sobre um dentista que, durante o dia, combate as cáries e, à noite, enfrenta o crime, com a ajuda de seus comparsas. O elenco conta também com Leandro Hassum, Taís Araújo, Otávio Augusto,

Marcelo Adnet será O Dentista Mascarado

Diogo Vilela e Helena Fernandes.

- Pra mim é uma nova estreia, um novo começo.

E tem uma coisa deliciosa que é iniciar aqui na Globo com uma galera muito legal, com quem me identifico, que são Alexandre Machado, Fernanda Young e José Alvarenga Jr., afirma Adnet. Sobre a escalação de Adnet para sua nova produção, Alvarenga comemora: - Ele é um comediante de múltiplas facetas, capaz de fazer tudo. O privilégio é nosso de aproveitar o talento dele. E, acima de tudo, é uma pessoa super bacana.

AC E S I TA E C

Mulher de Banda e Dubalakubako animam Carnaval Grená e Branco TIMÓTEO – O Acesita Esporte Clube vai promover este ano mais uma edição do baile carnavalesco que é considerado o mais tradicional e animado do Vale do Aço: o Grená e Branco, que acontecerá nesta sexta-feira, dia 1º de fevereiro. Comandando a festa de Momo, estarão a banda “Dubalakubako”, atual sensação de Governador Valadares e a prata da casa “Mulher de Banda”. Os shows têm início previsto para as 22h. Os primeiros lotes de ingressos custam R$ 20 (pista) e R$ 30,00 (área VIP). Sócios do clube podem adquirir os convites com 50% de desconto. Informações pelo telefone 3849-1424. TRADIÇÃO Praticamente uma tradição que nasceu junto com o clube, há quase 70 anos, nos eventos realizados existe sempre a preocupação de valorizar

Voz e ritmo feminino no Grená e Branco com ‘Mulher de Banda’

os talentos locais. Uma das atrações será a banda Carbono 14, de Coronel Fabriciano, que abrilhantou a festa no último dia 27. Antes disso, na sexta-feira, 25 de janeiro, aconteceu o encerramento da Colônia de Férias do clube, que além das animadas brincadeiras comandadas pelas atrizes da Trupe da Alegria, também teve apresentações de judô com os alunos campeões do professor Henrique Neto, que a partir de fevereiro ensinará o esporte para os associados.

FORMAÇÃO Palco de manifestações artísticas e esportivas do Vale do Aço, o clube tem à disposição uma mão-de-obra cada vez mais qualificada, muito em função do trabalho de formação desenvolvido há mais de uma década pela Fundação Aperam-Acesita. É o caso da própria “Trupe da Alegria”, que se formou há quase 8 anos e que hoje emprega cerca de 15 pessoas. Maíra Souza, líder do grupo, conta que teve suas primeiras lições de teatro em um curso promovido pela Fundação Acesita em 2002. Três anos depois, juntamente com o professor que havia lhe ensinado os primeiros passos nas artes cênicas, ela criou a Trupe da Alegria. Ele, o ator-professor Rômulo Amaral, virou o palhaço ‘Pirulito’, Maíra a palhaça ‘Tagarela’. Dezenas de outros personagens foram agregados, à medida que outros artistas se juntavam ao grupo.

Horóscopo do dia ÁRIES O mês inicia com o seu planeta regente Marte findando o movimento por Aquário, ariano. O dia favorece contatos, alianças, amizades, projetos que envolvem amigos e grupos. Energia que flui na consolidação do que recentemente foi conquistado, nativo de Áries.

LIBRA A Lua em seu signo está em contato com o Sol, traduzindo um dia favorável aos librianos. Questões afetivas enfatizadas. Ardente desejo de harmonizar a razão e a emoção. Condições positivas para a renovação de sentimentos, com respeito às diferenças.

TOURO Vênus, seu regente, está hoje finalizando a passagem pelo signo de Capricórnio, taurino. Hoje há favorecimento para as questões profissionais, para alianças, contratos e relacionamentos. O momento favorece a percepção dos aprendizados e contatos que possibilitam uma renovação na carreira.

ESCORPIÃO Dia que favorece a percepção dos fatores psicológicos que regem as suas atitudes. Reflita sobre relacionamentos, amizades e vida familiar. Ensinamentos importantes. Um excelente dia para chegar a acordo em questões anteriormente contraditórias e complexas.

GÊMEOS Dia favorável para as questões amorosas, os relacionamentos e os aprendizados, geminiano. Sol e Lua em signos de elemento ar favorecem a assimilação do que você vem aprendendo. Energia que potencializa a ampliação de horizontes e a mudança de mentalidade

SAGITÁRIO Ênfase nas amizades, na união de talentos, no trabalho em equipe, sagitariano. Benefícios a aprendizados envolvendo assuntos inconvencionais, diferentes, inusitados. Contatos muito importantes e que hoje contem uma energia harmônica e favorável.

CÂNCER Momento em que as questões psicológicas, emocionais e familiares estão em voga. Constatação do que você está finalizando, eliminando ou reciclando, nativo de Câncer. Ênfase nas questões financeiras e que podem estar atreladas a bens imóveis e relacionamentos. LEÃO Dia que favorece a percepção das questões com as quais você está lidando nos relacionamentos. Benefícios a atitudes conciliatórias, que promovem harmonia, mas também respeito à singularidade. Assimilação, reflexão e observação são tendências neste momento, leonino. VIRGEM Momento benéfico às questões materiais e profissionais, nativo de Virgem. Dia interessante para projetos de trabalho e para chegar a acordos favoráveis. Crie o entendimento. Inovação e conciliação são as atitudes enaltecidas hoje, com reflexos no trabalho e finanças.

CAPRICÓRNIO Dia muito significativo para as questões profissionais e financeiras, capricorniano. Favorecimento para novos usos de seus talentos, habilidades e para acordos de trabalho. Tendência a obter o apoio das pessoas para realizar o que você almeja, nativo de Capricórnio. AQUÁRIO O Sol em seu signo está em aspecto harmônico com a Lua. Energia que flui, aquariano. Dia positivo para contatos, relacionamentos e ampliação de horizontes mentais e emocionais. Hoje o planeta Marte finda o movimento em seu signo, nativo de Aquário. PEIXES Fase de finalização de ciclo, de percepção do que você está colhendo, pisciano. Ênfase em questões espirituais, emocionais e financeiras. Insights poderosos, importantes. Situações que pedem colaboração, acordo, chegando a algo positivo a todos os envolvidos.

CINE DO VALE DO AÇO

RESUMO DE NOVELAS MALHAÇÃO Lia se enfurece com as provocações de Fatinha. Vitor e Lia combinam de se encontrar depois das aulas. Lia ouve Raquel pedir um empréstimo financeiro e desconfia da mãe. Marcela ajuda Lorenzo na procura por apartamentos. Olavo comunica a Ju e Bruno que voltará a viver no Rio de Janeiro em breve. Orelha prepara um programa sobre Rafael. Durante as aulas particulares com Fera, Rita suspeita de que o rapaz tenha um distúrbio de atenção. Bruno pede desculpas a Fatinha, mas ela finge desinteresse. LADO A LADO Constância conversa com Umberto, para que o advogado possa defendê-la da acusação de Isabel. Diva depõe a favor de Isabel. Diva acusa Luciano de ter deixado fotos de Manuel Loureiro no seu camarim, sem saber que foi

Neusinha. Edgar se preocupa com a demora de Isabel, que está com Melissa. Jonas avisa a Carlota que Augusto é um charlatão. Catarina fica apavorada, ao saber por Edgar que Melissa foi para a escola com Isabel. GUERRA DOS SEXOS Roberta e Nando ignoram a presença de Juliana. Felipe diz que não vai sair da delegacia com Otávio e Charlô. Nenê exige que Veruska consiga um cargo na diretoria das lojas Charlo’s. Nando afirma a Dino que esquecerá Juliana. Juliana sofre por causa de Nando. Felipe fica com raiva por sonhar com Roberta. Roberta pede para Fábio adiantar o pagamento de Nando. Nieta pede a Dino que volte para casa. Otávio fala para Veruska que não aceitará as exigências de Nenê. Kiko tenta chamar a atenção de Roberta. Nando decide comprar uma joia para sua noiva. Juliana fala para Vâ-

nia que precisa esquecer Nando. Kiko e Analú imploram que Felipe impeça o casamento de Roberta. SALVE JORGE Lucimar conta para Théo que Morena está envolvida com drogas. Pescoço fica frustrado ao saber que Delzuite comprou o material de que precisava. Érica arruma suas malas para viajar. Helô pede para falar com Lucimar. A delegada questiona Lívia sobre o sumiço de Morena. Stenio tira Wanda da cadeia. Berna fala para Lena que Helô acabou com seu casamento. Sheila afirma a Lucimar que não sabe nada sobre Morena. Rayane vê Pescoço na laje de Vanúbia. Diva insinua que Morena fugiu com Russo. Stenio foge de Berna. Lívia conta para Wanda que Morena a denunciou. Esma manda Ekran bloquear o número de Bianca no celular de Zyah.

JOÃO E MARIA: CAÇADORES DE BRUXAS (DUBLADO) (3D) Sala 2 - Diariamente: 13h50 - 15h50 - 17h50 - 19h50 JOÃO E MARIA: CAÇADORES DE BRUXAS (LEGENDADO) (3D) Sala 2 - Diariamente: 21h50 AS AVENTURAS DE PI (DUBLADO) Sala 3 - Diariamente: 16h40 - 21h30 A VIAGEM (DUBLADO) Sala 1 - Diariamente: 21h00 DETONA RALPH (DUBLADO) (3D) Sala 1 - Dom. a Sexta: 14h15 - 16h30 - 18h45 DE PERNAS PRO AR 2 (NACIONAL) Sala 3 - Diariamente: 14h30 - 19h20


SOCIAL

Diário Popular

Sexta-feira, 1º de fevereiro de 2013

11

Novos supermercados Enquanto Taquinho Drumond finaliza a primeira filial da rede Rex em Ipatinga, onde funcionou o antigo cinema ao lado do Sindipa, no Areal, a rede Coelho Diniz, de Governador Valadares, está com as obras da unidade de Cel. Fabriciano bastante adiantadas e com a construção da unidade de Ipatinga em pleno andamento, no Novo Cruzeiro. Se é bom para o consumidor, que terá mais opções de compras, é ainda melhor para a região, afinal, apenas com essas três unidades serão gerados mais de uma centena de empregos diretos.

dorachaves.2008@gmail.com

Bebida e volante Com a nova lei sobre dirigir alcoolizado, o governador de Minas deu a ordem à Polícia de Trânsito: endurecer com quem descumprir a nova regra. E se um motorista for pego com o menor sinal de ter usado bebida alcoólica, e se recusar a soprar o bafômetro, vai ser preso na hora! Tomara que isso também seja aplicado àqueles que gostam de usar o famoso “você sabe com quem está falando”.

Cursos na AAPI

Andara, Jean e Rosângela foram prestigiar a despedida de Carnelindo, que se aposentou pela Cenibra, na última terça-feira

Baile à Fantasia Hoje à noite tem Baile à Fantasia animando a noite no Ipaminas. O encontro será a partir das 21h, na área da Churrasqueira. Além de muita gente animada e descontraída, a festa vai ter animação musical da banda Reprise e participação de uma bateria de escola de samba com o show “Bateria Nota 10”. Pra quem quer começar a folia carnavalesca em clima de animação, o Ipaminas é uma boa pedida. As amigas Vera Sandra e Creuza

Rock no Clube Morro do Pilar E no Morro do Pilar, pra quem gosta do bom rock ‘n roll, acontece uma programação super especial organizada pela cervejaria Brüder, amanhã, sábado, a partir das 15h30. Conforme os organizadores, serão distribuídos 100 litros de chopp de graça. As atrações musicais serão Aulão de Zumba, Los Beatos e Samambaia Groove.

Juliana Carvalho é a aniversariante do dia. Parabéns!

Capitao César Freitas e a esposa Lurdinha em noite social

Nesta segunda-feira começam os cursos profissionalizantes oferecidos pela Associação dos Aposentados e Pensionistas de Ipatinga. Os cursos são gratuitos para os associados e seus dependentes, porém as vagas excedentes são oferecidas à comunidade. Existem vagas para os cursos de informática, manutenção de computadores, internet, CorelDraw, Inglês e outros. Mais informações no telefone 3823-1189, em horário comercial.

Diário Social Fernando Baiano, que comanda o restaurante Tsuru no bairro Veneza, em breve terá mais uma novidade para atender sua clientela: um delicioso almoço executivo, composto por pratos especiais, além de comida japonesa. . . . . . . . . . . Marluce e Minoro Izawa, mais o filho Akira, estão em Goiás, mais precisamente na Pousada do Rio Quente, em Caldas Novas, para dias de descanso e encontro com a família dela. . . . . . . . . . . Em Manhuaçu, mais de mil pessoas fecharam a BR 116 em protesto, na tarde de quarta-feira. Os mo-

radores do local querem a instalação de dois quebra-molas para reduzir os constantes acidentes. . . . . . . . . . . O mês de janeiro fechou como o que mais vendeu carros em toda a história, com mais de 350 mil unidades comercializadas em todo o país. Isso porque muita gente correu para comprar antes do fim do IPI reduzido. . . . . . . . . . . Na ACIAPI-CDL, de 25 a 28 de fevereiro acontece o curso de “Vendas Como Diferencial Competitivo”. O curso é noturno. Mais informações através dos telefones 3822-5151 e 3828-5186.


01/02/2013  

01/02/2013

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you