Page 32

OPINIÃO especializadas em formar/preparar atletas. Equipas técnicas que conhecem o perfil cognitivo de cada jogador na perfeição devido ao elevado número de anos que o atleta leva ao serviço do clube. Para além disso, penso que seja fulcral que as equipas B´s usem o mesmo sistema tático que o plantel principal, pois um dos fatores pelo qual muitos jovens atletas tem vindo a sentir dificuldades para regressar ao plantel principal após empréstimo, deve-se ao fato de muitos deles terem-se desenvolvido num contexto tático completamente oposto ao sistema usado pela sua equipa-mãe. Muitos destes jovens são emprestados a equipas que lutam pela manutenção, equipas que são obrigadas a jogar para sobreviver o que “automaticamente” implica que joguem para defender com blocos baixos, pouca posse de bola, tentar explorar contra ataque … etc… ingredientes completamente opostos aqueles que são verificados nos clubes grandes. Pois bem se o atleta tiver oportunidade de se desenvolver numa equipa cujo os ideais e a filosofia de jogo são exatamente os mesmo do clube-mãe, as probabilidades de alcançar o plantel principal aumentam significativamente. Penso que o Barcelona é um exemplo claro da importância das equipas B´s. O Barça B apresenta a mesma filosofia e sistema tático utilizado pela equipa principal. Os jogadores têm oportunidade de desenvolver o seu processo de maturação num contexto de especificidade idêntico/similar aquele pretendem alcançar – equipa principal. Ou seja o processo de transição será um processo agradável e positivo onde o tempo de adaptação necessário será mais rápido. Eu estou certo de que os clubes nacionais estão preparados para reativar as equipas B´s. A mentalidade atual do futebol nacional é diferente daquela verificada há 10 anos atrás onde a palavra formação não contatava no dicionário dos lideres dos clubes. Atualmente face a crise financeira mundial que afeta o futebol internacional, mais as medidas tomadas pelo plano de fair play financeiro, os clubes veem-se obrigados a formar para vender. É importantíssimo que os clubes olhem para este projeto como dimensão com potencial. Já chega de intrigas e problemas em volta desta situação. Todos ficam a ganhar com isto, caso contrário o Futebol Clube do Porto não teria decidido anular a última da hora o seu protocolo com o Trofense (equipa satélite que estava prevista para a próxima temporada) em detrimento da criação de uma equipa B. Como adepto e como profissional desportivo é com orgulho que vejo a reativação das equipas B´s. Para além de todas as vantagens mencionadas anteriormente é com orgulho que vejo mais postos de trabalho serem criados num país em que dia apos dia o numero de desempregados tende aumentar significativamente.

29/05/12

Jornal Dez 29/05/12  

www.jornaldez.com www.facebook.com/jornaldez www.twitter.com/jornaldez

Jornal Dez 29/05/12  

www.jornaldez.com www.facebook.com/jornaldez www.twitter.com/jornaldez