Issuu on Google+

VIDA

Saúde e Beleza com Solange Frazão e Márcio Lui, personal trainer das celebridades CASA

Especial Salas e Cores por Neza Cesar ESTILO

Design em Quatro Rodas

Ano II - Edição 18 - Setembro/2012


Foto Débora Zandonai

Editorial Recentemente acompanhamos as Olimpíadas em Londres, onde o preparo físico dos atletas é algo invejável e a superação dos mesmos é digna de aplausos. E para dar sequência à este momento “geração saúde”, preparamos um caderno Vida muito especial, com opiniões valiosas de famosos profissionais da área. Para o Casa, atualizamos todas as novidades no que diz respeito aos mais diversos estilos de salas de estar e jantar. Uma entrevista super original com a designer de interiores Neza Cesar nos traz dicas espetaculares sobre como utilizarmos as cores em determinados ambientes. Finalizo comentando sobre aquele objeto de desejo, sonho de consumo de todo brasileiro – os carros de luxo. Lançamentos, cores, linhas, design, motores, mecânica, rodas, enfim, a modernidade totalmente à seu dispor. Silvana Aibel Silvia Perusso

Capa A sofisticação das linhas do DS3 – Turbo Design, lançamento do Grupo Eiffel Citröen, somado à elegância da modelo Laís Berté traduz o luxo irreverente desta capa que contou com o empenho de Miriane Buckel e Fabiane Petroli by Iva Espaço da Beleza, Quorum, Mel de Assis Acessórios, Ricardo Rambo e Debora Zandonai Fotografia.

Expediente Realização: S&S Editora Ltda Coordenação: Silvia Perusso | Silvana Aibel Equipe: Dirce Heuser | Camila Cervieri | Rosângela Masutti Jornalista Responsável: Marlove dos Santos | REG. 6668/28/57 Abrangência: Bento Gonçalves | Carlos Barbosa | Garibaldi Circulação Dirigida: Vida | Casa | Estilo Contato: 54 2621 3134 | contato@jornaldesign. com.br O Jornal Design | Serra não se responsabiliza por artigos assinados.


Solange Frazão Referência de estilo de vida Foto Marco Maximo

Aos 49 anos, Solange Frazão é sinônimo de saúde e beleza. Um exemplo de que é possível manter a forma e ter uma vida saudável. Mãe de três filhos, Bruna, Thabata e Lucca, sua boa forma física deixa as mulheres ávidas para descobrir o seu segredo. E é com exclusividade que Solange Frazão fala para o Jornal Design | Serra sobre sua rotina, sua paixão pelo esporte e, é claro, nos dá dicas para conquistar um corpo de dar inveja!

de tudo o que sou hoje é graças a minha alimentação funcional e regrada. Procuro seguir direitinho minha nutricionista Bruna Peneda que acompanha mês a mês minha evolução e também o Dr. Paulo Muzy que prepara fórmulas de suplementos para complementar minha saúde. Açúcar, frituras e gorduras trans, nem pensar! O resultado de toda essa dedicação é minha saúde plena.  

Jornal Design | Você sempre foi uma apaixonada por exercícios físicos? Solange Frazão | Sempre, desde que me conheço por gente. Quando criança era muito ativa e gostava de praticar natação e vivia na rua brincando. Quando adolescente entrei para o Clube Continental e fazia parte do grupo de meninas do handebol e voleibol . Também praticava ballet(clássico e moderno). O tempo foi passando e eu continuei acompanhando a evolução. Mas sempre praticando alguma atividade. Adoro, e confesso que não tenho preguiça de praticar atividades, seja com chuva ou frio. Hoje sei a importância que tudo isso teve e tem na minha vida. Por isso nunca vou parar. Agradeço a Deus esse dom e privilégio.

JD |   O que você julga como princípios para se ter e  manter um corpo saudável e bonito? SF | Um conjunto de ações, deveres e obrigações. Dormir com qualidade no mínimo sete horas todas as noites, tomar dois litros de água ao dia, praticar atividades físicas, ingerir alimentos funcionais de três em três horas e procurar alongar o corpo e relaxar ao menos 10 minutos ao dia. Não ter vícios como fumar e beber seria muito importante neste processo e também procurar evitar ao máximo o estresse. Tudo isso seria um bom começo para um corpo mais saudável e bonito. E acredite, você pode ter! Basta querer e se dedicar.  

 

JD |  Qual é a sua opinião sobre o corpo das mulheres super definidos e musculosos que a mídia está explorando? SF | Acho apenas artificial. Tudo que é artificial, passa a não ser saudável e tem vida curta. Por isso, um corpo mais natural é um corpo mais saudável e efetivo.

 JD | Como é a sua rotina de exercícios atualmente? SF | Hoje tenho o privilégio de ter um personal todos os dias da semana. O profissional Disnei Sanches prepara meu treino bastante diversificado para não sofrer com a rotina e a primeira hora do dia já dedico à mim mesma. Agora, por exemplo, estou no mês do funcional com metabólico. É um trabalho lindíssimo que une exercícios com bolas, elásticos, cordas, TRX associado com as máquinas juntamente com o aeróbio. Na verdade é um tripé de movimentos mais um minuto de corrida no máximo. O resultado é fantástico.  

JD | E a sua alimentação? SF | Minha alimentação é extremamente rigorosa. Sei o quanto a alimentação influencia em nossas vidas de forma completa. Pele, cabelos, músculos, órgãos, intestino e etc., por isso me dedico de forma regrada e absolutamente funcional. Os alimentos tem funções de cura e prevenções que nem imaginamos . Sei que 60%

vida

 

  JD | Você acredita que os tratamentos estéticos possam ajudar à ter e manter uma boa forma? SF | Sim, acredito. Os tratamentos são comprovadamente eficazes. Estudos científicos comprovam a eficiência dos avanços da tecnologia a laser e outros métodos não evasivos que são incríveis. Mas lembrando que não adianta apenas os tratamentos se não aplica as outras ações como exercícios e alimentação. Tudo é um conjunto de fatores que na somatória o resultado é simplesmente perfeito.  

JD | Como você se motiva para continuar se cuidando? Já pensou em ser menos regrada? SF | Jamais! Já faz parte de mim e do meu estilo de vida. Pretendo continuar assim sempre porque sei que os benefícios serão visíveis. Quero viver muito e com qualidade. Para isso preciso de mais e mais dedicação e disciplina.

Jornal Design | Serra 3


Foto Marco Maximo

“O corpo ideal é aquele corpo saudável que visivelmente podemos perceber que é consequência de um estilo de vida saudável.”

J  D | Para você, quais os benefícios de uma vida saudável aliada à exercíicos físicos? Todos os benefícios possíveis e imaginários. Saúde em primeiro lugar, depois vem a qualidade da minha vida, depois longevidade e juventude. O que mais posso desejar?    JD | Você acha que o corpo ideal, quem define é a mídia? O corpo ideal quem deveria definir era cada um de nós, individualmente. Na verdade o corpo ideal é aquele corpo saudável que visivelmente podemos perceber que é consequência de um estilo de vida saudável. Acho até que a mídia por ter tamanha influência e formação de opinião, poderia ajudar a população viver mais saudavelmente. Muitas vezes, não generalizando, a mídia influencia de forma negativa idealizando corpos muito magros ou muito fortes que, na verdade, na maioria das vezes não são saudáveis. Mas acredito que tudo está mudando aos poucos e hoje vejo a saúde muito mais falada pela mídia. Vou continuar lutando para estar agregando junto aos defensores da saúde que um corpo bonito, é um corpo saudável.

4 Jornal Design | Serra

 JD | Qual a sua rotina de trabalho atualmente? SF | Hoje apresentado o programa na web(clictv.com. br/em forma) que é um programa delicioso. Abordo assuntos como bem estar, qualidade de vida, saúde, exercícios e alimentação.) Não é à toa que temos 20 milhões de acessos aos mês de audiência. Também me tornei uma marca onde já tenho produtos em meu nome e represento marcas de produtos saudáveis. Tenho um espaço onde faço uma consultoria pessoal e atendo pessoas do Brasil inteiro(estúdio Solage Frazão). Tenho minha grif praia e fitness(Canoan by Solange Frazão). Escrevi meu primeiro livro que, aliás, já está nas bancas e livrarias do Brasil. Também tenho minhas palestras e aulas show que são verdadeiros sucessos, modéstia parte.  Tenho alguns DVDs gravados e comercializados aqui no Brasil e na Europa. E ainda tenho muitas e muitas ações que faço como comerciais, campanhas publicitárias, presenças vips e etc. O mais importante de tudo isso que faço é que por onde passo deixo minha mensagem de saúde e tenho certeza que quem me ouve, começa a refletir sobre como viver melhor e com mais qualidade. Me sinto honrada por ter essa missão de Deus à cumprir e, por isso, vou seguindo assim até o fim. Saúde!

vida


Marcio Lui

O responsável pelas curvas de Sabrina Satto

Fotos Divulgação

Marcio Lui é formado na Faculdade Santa Cecilia no curso de Educação Física & Esporte com especialização em Pscicologia na UNIFESP e Reabilitação Motora na Fefesp. Personal Trainer que procura adaptar o treino conforme o estilo de vida, hábitos alimentares, pelas condições de saúde e, principalmente, pela identificação dos anseios e necessidades, a fim de potencializar o trabalho e alcançar o objetivo planejado de forma consciente e duradoura. Ele é o responsável pelos corpos invejáveis de celebridades como: Sabrina Sato, Adriane Galisteu, Fernanda Motta e Thaila Alayla. Jornal Design | Como acontece o planejamento do treino para cada cliente? O que é levado em conta? Márcio Lui | Primeiramente é importante respeitar o limite de cada indivíduo, ter uma anaminese, para colher informações necessárias e assim traçar um objetivo com seu cliente. JD | Quanto a prática de esportes influencia no corpo que temos? ML | Se um ex-praticante recomeça a fazer esporte com certeza a resposta corporal será mais rápida comparado à uma pessoa que nunca praticou nenhuma atividade física . JD | E quais são os outros fatores que influenciam? ML | Acredito que alimentação é muito importante. Para uma pessoa ter uma vida saudável, acredito que é necessário uma boa alimentação, juntamente com atividade física . JD | Qual é a sua responsabilidade sendo personal trainer da Sabrina Satto? ML | Ter cuidado em dosar dos exercicios e principalmente saber que estou cuidando de um dos corpos mais desejado do Brasil.

vida

Quando encontro uma pessoa na academia ou na rua pedindo as pernas das Sabrina, costumo falar que é necessário muita dedicação. JD | Para as pessoas que não se atraem por academia, quais esportes você aconselha? ML | Atividades em lugares abertos, como parques ou praias. Uma boa caminhada serve como ponto inicial para aqueles que não gostam de academia. Depois disso, poderá, num futuro, começar a correr. JD | O que existe de mais inovador no ramo dos esportes? ML | O que os atletas de alto rendimento tem usado são fitas coloridas colocadas no corpo, chamada de fita kinesio. Ela ajuda a fornecer o apoio muscular e articular. Muitos atletas usaram estas fitas nas olimpíadas de Londres deste ano. JD | Qual a sua dica para aqueles que estão pensando começar uma vida esportiva e saudável? Primeiramente procurar um médico fazer um check-up, logo em seguida procurar um educador físico e, através disso, estabelecer metas e objetivos para uma vida mais saudável.

Jornal Design | Serra 5


A atividade física é um hábito saudável que deve estar inserido na rotina, assim como uma alimentação equilibrada. Além de emagrecimento, a prática regular de exercícios aumenta a capacidade cardiorrespiratória, evita o desenvolvimento de doenças como hipertensão, diabetes e obesidade, além de, aumentar a qualidade de vida e atuar no controle do estresse. Para potencializar os efeitos da atividade física deve-se adequar a alimentação para tal e pode-se também, complementar com o uso de suplementos, se necessário. Primeira regra é: nunca exercitar-se em jejum, independente se a intenção é redução de peso ou ganho de massa muscular. O nutriente adequado para o lanche pré-treino é o carboidrato, de preferência do tipo complexo. Uma boa dica é ingerir uma porção de fruta com cereal, 30 minutos antes da atividade física. Os carboidratos servem de matéria-prima para a produção de glicogênio muscular que é a principal fonte de energia utilizada durante os exercícios. Como os estoques deste produto são limitados, a reposição de carboidratos deve ser feita de forma constante. Se não ingerir este nutriente antes do exercício, o corpo utilizará como forma alternativa de energia o glicogênio dos músculos, comprometendo a massa

muscular. Fontes alimentares: frutas, cereais(inclusive as barras), pães e biscoitos(de preferência integrais). Após a atividade física, é o momento de repor os estoques de glicogênio e reconstruir a fibra muscular. Então, a composição ideal para o lanche pós-treino é carboidrato mais proteína. Como sugestão, ingerir uma vitamina de fruta composta por leite semidesnatado, uma porção de fruta e cereal(quinua e amaranto são ricos em proteína). As proteínas, além de atuar sobre a fibra muscular, constroem novos tecidos, defendem o organismo contra corpos estranhos e exercem funções específicas sobre órgãos ou estruturas do organismo. - Fontes alimentares: leite, queijos magros, iogurte, ovo, carne, feijão. Os suplementos devem ser utilizados com cautela e de forma individualizada, conforme os objetivos com a atividade física e, sempre buscar orientação de um profissional capacitado para fazer seu uso. Manter o corpo ativo e uma alimentação balanceada é a combinação perfeita para quem deseja viver bem e com saúde. Mas lembre-se, não existem fórmulas prontas, cada indivíduo é único e suas necessidades variam conforme inúmeros fatores. Uma orientação personalizada faz toda a diferença.

Letícia Bettinelli

Nutrcionista Especialista em Nutrição Clínica Personalizada

6 Jornal Design | Serra

Atividade física: bem estar Foto Divulgação

os nutrientes para o exercício

Foto Divulgação

Corpo em forma:

A atividade física é definida como qualquer movimento corporal produzido pelos músculos esqueléticos, que resulte em gasto energético maior que os níveis de repouso. Podemos acrescentar que é também qualquer esforço muscular pré-determinado a executar uma tarefa, simples como um piscar de olhos, um deslocamento como caminhar e até um movimento complexo como em uma competição desportiva. Modernamente, o termo refere-se, em especial, aos exercícios com o fim de manter a saúde física, mental e espiritual, em outras palavras a “boa forma”. A atividade física, em geral regular, controlada por profissionais de Educação Física está associada diretamente à melhorias da saúde e condições físicas dos praticantes, tais como a redução dos níveis de ansiedade, estresse e um sistema imunológico fortalecido, tornando o organismo menos sujeito a doenças. Em situações específicas a atividade física adaptada torna-se necessária às

pessoas que apresentem alguma contra indicação médica ou dificuldade física momentânea ou definitiva. Tendo em conta o diagnóstico feito pelos médicos, o profissional da Educação Física deverá ser capaz de criar ao aluno um programa de atividade física adaptada sem prejudicar sua saúde, havendo assim uma comunicação entre o médico e o profissional de educação física. Quando feita de forma contínua programada, a atividade física resulta no ganho de força física, capacidade cardiorrespiratória, ganho na flexibilidade entre outros fatores responsáveis pela melhora da qualidade de vida do indivíduo. Então lembre-se que a atividade física regular aliada à uma dieta balanceada são essenciais para manter uma vida saudável, e de quebra o corpo com tudo em cima. Portanto, não espere chegar o verão para começar a se cuidar e a frequentar uma academia, comece bem antes e, de preferência, nunca pare! O nosso corpo exige uma manutenção constante.

Tatiana Toller Educadora Física

vida


Aliados contra a celulite e gordura localiza

Foto Divulgação

Nutrição atuando como potencializador estético Atualmente o mercado de estética é um dos que mais cresce no Brasil e no mundo. Tratamentos estéticos associados à educação alimentar é uma combinação fundamental para quem busca resultados duraduros. Mas afinal como a nutrição pode te ajudar a ficar mais jovem e bonita? Frutas, verduras e cereais integrais são alimentos indispensáveis para quem deseja um corpo mais bonito e saudável. Para hidratar e deixar a pele menos ressecada, oito copos de água por dia. Mas para que tudo isso possa ser benéfico, é importante que o intestino esteja funcionando de maneira adequada, garantindo que a absorção esteja ocorrendo de maneira correta. Para cada época do ano, podemos potencializar os nutrientes que mais trazem benefício para a saúde com fórmulas específicas ou nutricosméticos. Como nos aproximamos do verão, podemos priorizar alimentos ricos em

betacaroteno, para auxiliar a pele a prevenir os danos causados pelo sol, reduzindo o envelhecimento cutâneo. Vitaminas A, D e E, associados com doses adequadas de zinco, selênio e magnésio, também devem compor a dieta auxiliando na prevenção do processo natural de envelhecimento. Já para tratar a tão temida celulite, é fundamental iniciar uma redução de peso, como ênfase na redução de tecido adiposo, adicionar a dieta alimentos ricos em vitaminas do complexo B, fibras solúveis e insolúveis e bioflavonoides, além de uma hidratação adequada, pratica de atividade física e hábitos mais saudáveis. Tudo isso aliado aos tratamentos estéticos e massagens, é o que pode trazer resultados mais eficazes. Invista na sua saúde de dentro para fora. Acredite no poder dos alimentos, realmente somos aquilo que comemos! Alimente esta ideia!

Markelen Calza Nutrcionista

vida

O ramo estético procura modernizar, a cada dia, as tecnologias utilizadas, porém é de suma importância saber qual a técnica que é mais indicada individualmente para cada desvio estético, levando em conta, o histórico e os hábitos de vida do paciente. A celulite é formada por uma famosa tríade: gordura localizada, retenção de líquidos e déficit circulatório local, por tanto o tratamento elegido tem que interferir nesses três fatores para ser eficaz. Um tratamento muito eficiente e que vem sendo muito utilizado para o combate à celulite é o Manthus, que pode ser caracterizado como um tratamento indolor que utiliza a combinação de ultrassom e corrente elétrica. Esse equipamento proporciona uma diminuição da gordura localizada, otimiza a drenagem linfática e por consequência melhora o sistema circulatório local. Como tratamento coadjuvant e ao Manthus, podemos utilizar a drenagem linfática, tanto a técnica manual como a mecânica, com o objetivo de aprimorar ainda mais o retorno linfático.

Os principais locais onde se encontram as queixas de maior concentração gordura localizada são: abdômen, flancos e culote. No entanto a gordura localizada, normalmente vem acompanhada por aquela “sobra” de pele, a chamada flacidez tissular(flacidez de pele). Para esses casos o recomendado é que seja feito um tratamento que “case recursos”, utilizando de forma concomitante o Manthus, a Carboxiterapia, que é um tratamento rápido e efetivo onde injeta-se no paciente anidro- carbônico, um gás não tóxico e não embólico. Diversos estudos comprovaram que a carboxiterapia proporciona a melhora da circulação sanguínea local, melhora da elasticidade da pele e redução da adiposidade localizada(gordura localizada) e, por fim, a Radiofrequência, que é um aparelho que emite ondas eletromagnéticas que, em contato com os tecidos, se transforma em calor, proporcionando um aumento do poder de tensão da pele(minimizando a flacidez) e remodelamento do colágeno(melhora de estrias, cicatrizes e aderências), dando um aspecto de firmeza à pele.

Foto Divulgação

Bruna de Bacco Fisioterapeuta

Jornal Design | Serra 7


Foto Divulgação

Benefícios da prática de atividades físicas Fazer atividade física é muito importante para a saúde, pois ela melhora a flexibilidade, a força muscular, fortalece os ossos, as articulações e desenvolve habilidades. Ao praticarmos atividades físicas, queimamos a gordura que está em excesso no nosso corpo e, ao mesmo tempo, melhoramos a nossa pressão arterial. Além disso, com exercícios físicos, o nosso corpo fica mais preparado e consegue driblar muitas doenças. Ao realizar atividades físicas, exercitamos nossos músculos fazendo-os contrair e isto faz com que aja uma maior necessidade de sangue para nutrí-los, acelerando o ritmo do coração e da respiração. O metabolismo altera-se e enfim, todo o corpo entra em ação quando nos movimentamos. E estas alterações são benéficas e necessárias para um bom funcionamento do organismo. Muitos outros benefícios são adquiridos através da prática de atividades físicas: - Melhora da auto-estima e sentimento de bem-estar; - Aumento da energia; - Ajuda a construir e manter músculos; - Aumento da resistência e força muscular; - Melhora a flexibilidade e postura; - Auxílio no controle do peso; - Diminuição do risco de doença cardíaca, câncer do cólo, diabetes do tipo dois, derrame, etc.; - Ajuda a controlar a pressão sanguínea; - Reduz a depressão e ansiedade; - Melhora o humor;

8 Jornal Design | Serra

Cada pessoa pode perceber mudanças em seu corpo, mente e também no aspecto social e afetivo quando realiza atividades físicas. Agora, você somente poderá saber se fizer com que elas façam parte dos seus hábitos. Atividades esportivas, recreativas, exercícios físicos ou mesmo atividades do cotidiano são atividades físicas. E qualquer atividade que gaste energia de forma significativa e movimente suas articulações, músculos, tracione os seus ligamentos e tendões e cause pressões nos seus ossos, são consideradas como suficiente para não classificá-lo como sedentário. Portanto, deve existir alguma atividade que você vá gostar de fazer: correr, caminhar, nadar, pedalar ou simplesmente pular corda. Se não gosta de realizar ginástica com pesos numa academia, que tal dançar ou mesmo lavar o carro, limpar o jardim ou passear com o cachorro? Agora, não se esqueça: a atividade física para fazer bem ao nosso organismo deve ser frequente(no mínimo três vezes por semana) e com intensidade adequada(nada que faça seu corpo ficar todo dolorido no dia seguinte pode ser benéfico). Sempre busque o equilíbrio, aprendendo a sentir seu corpo. Concluindo, procurar um profissional de Educação Física para aconselhá-lo, prescrever uma atividade e acompanhá-lo é a melhor atitude, afinal ele é um especialista em movimentos. Depois desta leitura fica a pergunta: Quando você vai começar a investir em sua saúde?

Miriane Buckel Rosolen Educadora Física

vida


Foto Divulgação

Terapia Cognitivo-Comportamental: O que significa? Ao procurarmos um psicólogo para a realização de um tratamento, devemos atentar à algumas questões importantes, que muitas vezes passam despercebidas inicialmente. O profissional da psicologia, assim como profissionais de outras áreas, opta por uma abordagem de trabalho. Esta abordagem determinará a forma como este profissional entenderá como as pessoas funcionam e também a sua forma de trabalhar. Dentre as abordagens mais conhecidas, temos a terapia cognitivo-comportamental(TCC), a psicanálise e a

terapia sistêmica. Neste artigo explanarei brevemente sobre a terapia cognitivo-comportamental, abordagem pela qual optei trabalhar e dedicar meus estudos. A terapia cognitivo-comportamental iniciou seus primeiros passos na década de 60. Ela baseia-se na hipótese de que nossas emoções, e comportamentos são influenciados pela maneira como percebemos e interpretamos as situações que vivenciamos. A forma como pensamos em relação a determinadas situações, irá determinar todo nosso funcionamento.

Nesta abordagem, é trabalhada a situação ou o problema que está acontecendo no momento em que o cliente busca terapia. Claro que, questões do passado serão trabalhadas e investigadas, porém o foco é no momento atual. Outra questão importante é a de que o terapeuta possui uma postura ativa dentro do atendimento, ou seja, fala bastante e troca conhecimentos. O cliente e o terapeuta funcionarão como uma equipe de trabalho para promover as mudanças necessárias. A terapia cognitivo-comportamental vem se tornando uma abordagem cada

vez mais utilizada, devido à sua grande eficácia. Baseada em evidências científicas, ela hoje é empregada no tratamento das mais diversas patologias. Estão entre elas os transtornos ansiosos(transtorno de ansiedade generalizada, transtorno do pânico, transtorno obsessivo compulsivo, fobias específicas, fobia social, transtorno do estresse pós-traumático), transtornos de humor(transtorno bipolar, depressão), os transtornos alimentares(bulimia, anorexia, obesidade), problemas de relacionamento(como dificuldades conjugais), tabagismo, etc.

Bibiana Barbosa Psicóloga

vida

Jornal Design | Serra 9


A harmonizadora de Cores Neza Cesar Neza Cesar é nascida no interior paulista, porém é uma cidadã do mundo. Já viveu fora do Brasil em diferentes países e épocas como França(Paris), Inglaterra(Londres), Estados Unidos(Nova York) e Japão(Tóquio), como também já realizou diversas viagens à China, Índia e pelo interior do país. Formada em Artes Plásticas pela FAAP, Neza Cesar confessa com exclusividade para o Jornal Design que, são essas viagens, entre outras coisas, que lhe inspiram em fazer esses ambientes mágicos! A designer de interiores não tem medo de abusar das cores e sabe fazer perfeitamente isso, criando uma harmonia intensa em seus ambientes. Hoje, com mais de 30 capas e matérias em revistas especializadas em decoração e arquitetura incluindo as internacionais Interiores de Portugal e Elle Decor Francesa. Atualmente seu escritório de estilo, que mantém em parceria com o fotógrafo(e marido) Sergio De Divitiis, desenvolve projetos de design de interiores, móveis e projetos para festas e eventos.

10 Jornal Design | Serra

Jornal Design | Como surgiu esse seu estilo de abusar das cores? Neza Cesar | Sempre gostei das cores e minha inspiracão vem da natureza. Sem regras, sigo meu coração, a intuição! JD | Quem foram e são suas referências? NC | |Tricia Guild. Também gosto do arquiteto mexicano Legoreto, que faz mega sucesso por todo mundo. A revista Bloom, da Li Edelkorte, que amo! E viagens, aonde a troca de cultura me inspira demais! JD | A haronia que existe em sua mistura de cores nos seus ambientes acontece de forma natural? NC | Sim, vejo meus projetos como uma obra de arte, uma tela que vou pintando, pincelando. JD | Como acontece seu processo criativo? NC | Eu acredito que ele vai nascendo, se formando e eu vou guardando em um compartimento x dentro de mim(risos). Daí, eu mesma coloco um dead line nesse processo e quando é hora de juntar tudo e literalmente colocar no papel, chega, eu o faço em poucas horas, as

vezes minutos! JD | Quais são suas inspirações no processo criativo? NC | Natureza, meu momento interior, referências, livros, viagens e algo que eu hoje percebo claramente que tenho, criatividade em abundância. JD | Qual as cores que predominam em sua casa? NC | Mudo constantemente, mas nesse momento, no meu living principal, as cores são: beaujaulais(que é um tom de vinho que eu mesma batizei, adoro nomear as cores que me fazem sonhar), goiaba, turquesa Istambul e o verde musgo fechado. Alguns toques de rosa, amarelo, laranja, azul água marinha e azul marinho. Juro que ficou muito bom(risos). JD | Como acontece a escolha das cores adequadas para cada cliente? NC | Quando eu fecho com um cliente, a minha primeira reunião demora horas, eu viro quase a terapeuta dele(risos), pergunto e escuto, escuto. Fico presente, observando muito, seus gestos, seus sonhos, seu sorriso, tudo! É para ele, minha inspiração vem desse dia.

casa


Dicas de Neza Cesar

Fotos Divulgação

Cores funcionam e transformam os lugares e a vida das pessoas aonde elas entram, por isso sempre tenho o cuidado de conversar muito com meu cliente para sentir sua personalidade e sua necessidade. Eu costumo chamar de combinacões inteligentes e atrevidas aquelas que eu costumo usar pois eu jamais sigo um padrão e detesto a palavra “combinar”. Cores conversam com outras cores ou com o espírito do lugar aonde ela está, a cor pode dar vida, leveza , energia, personalidade. O que eu costumo buscar é harmonia , isso sim. Cores quentes como o vermelho beaujaulais, ou o tangerina conversam bem com cores frias, por que entre elas existe um equilíbrio. Os azuis, os verdes são cores frias. Eu gosto de misturar o azul turquesa com beujaulais, fica muito chic e inédito. Ou o turquesa com o verde musgo, adoro! Também gosto de pensar em que nós temos dentro da gente o In e o Yang , ou seja, o masculino e o feminino, então na hora de compor duas cores em um mesmo espaço e sair da mesmice do branco mais uma cor, podemos imaginar uma cor masculina e uma cor feminina como o rosa pó de arroz e o preto ou o cinza. Um Luxo! Para as áreas como cozinha e copa, adoro o amarelo quente, que se parece com o sol entrando e também o vermelho que acorda o fogo da digestão. Também gosto de misturas sutis, quase imperceptíveis, como uma parede beaujaulais junto de uma parede goiaba, fiz isso em minha casa! E pessoas observadoras e detalhistas perceberam! Mas de verdade, a minha maior inspiração sempre foi a natureza. Observar a natureza, as suas nuances. As vezes em uma única flor há nuances de muitas cores deslumbrantes. Um dia nublado é muito chic para compor as cores de um apartamento urbano e moderno, com suas nuances de cinza e de verdes muito escuros quase preto até os verdes mais musgos se alinhando com o azul acinzentado e o branco sujo!

casa

Jornal Design | Serra 11


Espaços ambientados com produtos Benvenutti Móveis e Decorações e projetados pela Arq.Elisabete Valduga

Detalhes que fazem a diferença No mundo globalizado em que vivemos, a cada temporada, somos inundados de referências proporcionadas pelo mundo fashion, estas que, sem dúvida, tem grande influência nas escolhas de cada item que compõe a decoração dos ambientes, porém não podemos mudar a decoração de nossas casas como quem troca de roupa. O que sempre esteve e estará na moda é o espaço com identidade, plugado em tendências e estilos, não em modismos. Um ambiente bem decorado, é muito mais do que um amontoado de móveis, é algo que expresse a personalidade de quem vive nele. É nessa relação da pessoa com seu espaço, que aposto na mistura de estilos, na escolha do mobiliário de qualidade e de design, numa boa seleção de obras de arte e objetos pessoais para a composição perfeita de um ambiente. Moderno, sem exageros, com toque sutil do

12 Jornal Design | Serra

clássico, privilegiando a funcionalidade, a identidade, a leveza e a pureza. E assim, brincando com estilos, que surge a possibilidade de criar um ambiente moderno com linhas retas e móveis clássicos, sem abrir mão do conforto e requinte. Neste mundo onde tudo virou geral, onde a padronização se tornou usual, acredito que ainda é possível criar ambientes diferenciados, aliando bom gosto e conhecimento, buscando a harmonia dos espaços onde os detalhes fazem toda diferença.

Elisabete Valduga Arquiteta

casa


www.masutticopat.com.br

Estar do Aconchego A sala de estar é o cartão de visitas de uma residência, pois é o local onde os membros de uma casa se socializam e aproveitam para descansar e passar mais tempo com a família, devendo assim ser aconchegante e ter uma decoração diferenciada, para tornar o local receptivo e atraente. A primeira coisa a fazer é priorizar o estilo dos ocupantes, bem como escolher as cores. Nesse projeto, de acordo com as características dos proprietários, optou-se pela escolha do mobiliário em MDF nos tons escuros, usando-se também tons neutros na composição do ambiente, cinza nos estofados, tapete e cortina, e para dar aparência de ampliação ao espaço foram utilizados espelhos nos nichos.

casa

No espaço livre sobre a lareira revestida com mármore marrom Imperador, foram fixados painéis em MDF sobrepostos, formando negativos compondo assim o espaço para receber a TV de LED de 32” e as caixas de som. Para dar leveza e aconchego ao ambiente, as paredes foram pintadas de bege e o rebaixo de gesso de branco. A sala de estar possui uma mescla de iluminação indireta e difusa, como também uma iluminação geral. Para isso foi pensado, ainda, na realização do projeto, a distribuição dos pontos elétricos e, para que fosse evitado que todas as luminárias ficassem acesas ao mesmo tempo, permitindo que a sala tenha a iluminação mais adequada para cada atividade, conforme a necessidade ou gosto dos proprietários.

Eliana Romagna Arquiteta

Jornal Design | Serra 13


C

Inverter limatizador

Fotos Divulgação

isos e Revestimentos

Rua Buarque de Macedo, 899 Garibaldi - (54) 3462.1525 www.friza.net

P

Salas e Tons Ao ouvirmos que a cor interfere na vida das pessoas, num primeiro momento, pode parecer insignificante. É com convicção que posso afirmar que a cor não só interfere, mas também transforma e influencia a vida das pessoas e nos ambientes. Se você ainda não está convencido de que a cor interfere na vida das pessoas, lembre que até a cor da nossa roupa denuncia nosso estado emocional do dia-a-dia, imagine a influência de uma cor nas paredes. As vezes é necessário ser ousado e querer que a sua casa não passe despercebida, surpreendendo quem entra. Na escolha da cor, você deve se questionar: “Qual é meu estilo?” ·   Clássico ·   Moderno ·   Ousado ·   Sofisticado Seguem algumas dicas na escolha da cor: As Salas de jantar, estar e de TV são os lugares mais requisitados da residência. Além de ser o ambiente onde as famílias se encontram para as refeições do

14 Jornal Design | Serra

cotidiano e reúnem amigos para boas horas de bate-papo. Quando o número de familiares é grande, a sala tem de abrigar a todos sem perder a elegância. E quando a família tem crianças, a sala também precisa ser prática e funcional. Tudo isso interfere diretamente na escolha da cor. Para salas de estar, as cores neutras são os coringas numa composição, elas ficam bem com qualquer cor e os elementos decorativos sempre ganham destaques. Ou então, pode-se combinar uma cor neutra com tons vibrantes de outra família de cor. O resultado é bem interessante, principalmente quando se quer dividir ou destacar um ambiente. Para salas de leitura, cores da família dos azuis são muito indicadas, pois são tons que convidam a meditar e relaxar. Também são cores inspiradoras, versáteis e oferecem muitas opções de combinações. Uma dica para um ambiente clássico e elegante, é usar tom sobre tom. Para Salas de TV, aposte nos violetas. Apesar de

pouco utilizados, são tons nobres e tranquilos, principalmente os violetas acinzentados, que são perfeitos para compor ambientes inusitados. Nas salas de jantar, tons quentes vão muito bem! Combinado com os beges mais abertos, passando pelos camurças e podendo chegar aos tons de laranjas! Os alaranjados são inspiradores e tem por si aguçar o apetite. Ao escolher cores vibrantes, você pode criar um ambiente cheio de energia, intenso e muito sofisticado. Hoje existem diversos tipos de tintas e acabamentos e para estes ambientes sugiro acabamento acetinado onde o resultado é   um aspecto aveludado e um “filme” de tinta lavável.

Mauri Demarchi

Sócio-proprietário da Pró-Cor Tintas

casa


casa

Jornal Design | Serra 15


Fotos Divulgação Cortina Pirouette® Luxaflex® permite o controle da quantidade de luz e a total privacidade quando fechada

Cortina Parametre, exclusividade Luxaflex® no Brasil, usada como divisória de ambientes

Cortinas – o tom da decoração da sala de estar e jantar A tendência em decoração são salas de estar e jantar integradas, isso para aproveitar o espaço e a luz natural. Para criar a união perfeita, deve-se criar uma base de mesmo tom entre os ambientes e utilizar alguns recursos que ajudem a delimitar os espaços. Ao escolher as cortinas e persianas para a sala de estar e jantar é importante aliar funcionalidade, elegância e praticidade. Dependendo da posição solar da sala, é importante escolher um produto que garanta a proteção da mobília contra raios UV. Além disso, uma das grandes vantagens sala de estar e jantar

integradas é que podemos aproveitar a iluminação natural dos dois ambientes, por isso deve-se escolher uma cortina que possibilite o controle da luz. Podemos encontrar esse dois aspectos na cortina Pirouette® Luxaflex® e ainda agregar versatilidade ao seu ambiente. Para diferenciar um ambiente do outro mantendo um padrão na decoração, utiliza-se cortinas com mesmo tecido, porém modelos diferentes. Na sala de estar, você pode utilizar uma cortina Luminette® com um tecido Sheer Linen e, na sala de jantar, uma cortina Silhouette® com o mesmo tecido.

Para separar a sala de estar da sala de jantar sem perder a luminosidade dos ambientes, a Cortina Parametre® Luxaflex® é a solução. A Parametre® imprime um efeito elegante como divisória, apresentando personalidade e um design arrojado. As cortinas dão o tom da decoração, além de minimizar a incidência de radiação solar e garantir a quantidade de luz ideal para o ambiente. Para completar a decoração, pode-se escolher o tecido, a opacidade e o modelo certo de cortina para cada ambiente.

Luísa Cobalchini Damasio Sócia-proprietária Artelana

20%dedesconto,ematé5xsemjuros, nascortinasmaisexclusivasdaLuxaflex: aoportunidadeidealparadeixarsuacasa commuitomaisestiloedesign.

Condiçãodepagamentosujeitaaaprovaçãodecrédito.

CORTINAS

Promoçãoválidaaté5deoutubrode2012.

TravessaMaranhão,55-Humaitá-BentoGonçalves

(54)3055.2417artelana@artelana.com.br

www.artelana.com.br

16 Jornal Design | Serra

casa


CO N H E Ç A A N OVA CO L E Ç ÃO M A DE PA R L A M I N A DO S

Reve st i me nt os d e co r a t i vos co m d e s i g n d i fe re nc i a d o. Os laminados Madepar possuem resistência e durabilidade ideal para qualquer projeto.

NEW YORK 698

ROBLE OAK 708

ASPEN 718

C

M

Y

NOCE VERONA 728

CM

ROVERE CINZA 738

VINTAGE 748

OLIVEIRA 758

NOGAL MALBEC 768

SOFT ELM 778

MAPLE PROVENÇAL 788

CÓRDOBA 798

NATURAL OAK 965

MY

CY

CMY

K

SHIRAZ WENGÉ 975

CAPUANO 996

MÁRMORE NERO 826

Laminado com tecnologia clean Higiênico e Antialérgico, inibe a proliferação de fungos e bactérias. Os laminados da Madepar são ecológicos, pois sua aparência e textura são similares às mais nobres madeiras presentes na natureza.

Solicite nova cartela de cores : www.madepar.com.br casa

Jornal Design | Serra 17


O setor hoteleiro vive seu ápice Plínio Rafael Ghisleni, sócio-diretor do Laghetto Hotéis, em entrevista ao Jornal Design revela a satisfação do grupo em estar investindo na comunidade bento gonçalvense que, com as ações realizadas pela Secretaria de Turismo juntamente com a iniciativa privada, ,está no caminho certo para o sucesso no turismo.

“Bento Gonçalves é uma das cidades mais lindas da Serra Gaúcha e seus vinhedos e belezas naturais chamam a atenção de todo Brasil” Jornal Design | O mercado hoteleiro é bastante competitivo e a entrada de uma nova administradora sempre agita o setor. O que difere a hotéis Laghetto das demais operadoras e o que os investidores e a comunidade podem esperar? Plínio Ghisleni | R   ealmente, mudanças geram especulações grandes em qualquer mercado. O intuito da Laghetto Hotéis não é tirar mercado de concorrentes, mas sim divulgar os destinos onde estamos baseados para aumentar o número de visitantes e consequentemente aumentar a ocupação e tempo de estada na região. Especialmente em Bento Gonçalves, estamos realizando um amplo trabalho de divulgação da região, a nível nacional, uma vez que hoje a maioria dos clientes passam por Bento, mas, hospedam-se em Gramado. Um dos diferenciais que a Laghetto oferece, são os pacotes conjugados, possibilitando aos nossos clientes que fiquem hospedado nas duas cidades, Gramado e Bento Gonçalves, dentro do mesmo pacote. Para fomentar os agentes de turismo à vender Bento Gonçal-

18 Jornal Design | Serra

ves, fechamos mais de 20 famtours, que consiste em trazer grupos de 10 a 15 agentes de turismos, com todas as despesas livres, para que conheçam a cidade, este tipo de ação se viabiliza com parcerias de companhias aéreas e receptivos de turismo locais. JD |   Como está posicionada hoje no mercado a rede de hotéis Laghetto e quais os planos de crescimento para os próximos anos? PG | H   oje, a Laghetto Hotéis conta com cinco empreendimentos em funcionamento, quatro em Gramado e um em Bento Gonçalves, totalizando 581 apartamentos. Em 2013, inauguraremos o novo empreendimento de Porto Alegre, o Laghetto Viverone Moinhos, com todo o charme do Bairro Moinhos de Vento, contará com 132 apartamentos. Com a abertura deste empreendimento, começamos a alcançar a nova meta de apartamentos administrados pela Laghetto Hotéis, dobrar este número até 2016, com novos empreendimentos em Gramado e Porto Alegre.

casa


JD | Como você está analisando o atual momento que passa o segmento hoteleiro. O momento é de investir, existe carência de meios de hospedagens ou poderá haver excesso de ofertas em determinados locais?  PG | O setor hoteleiro vive seu ápice. Os brasileiros nunca viajaram tanto quanto hoje, uma vez que mais pessoas estão entrando na classe média e a facilidade de viajar está muito maior que a alguns anos atrás. No Rio Grande do Sul, hoje, as cidades mais procuradas para hospedagem são Gramado e Porto Alegre, onde estamos concentrando o maior número de investimentos. Nessas cidades, o crescimento é maior, mas, os números já alcançados no Viverone Bento, mostram que Bento Gonçalves tem superado nossas expectativas. Com as ações realizadas pela Secretaria de Turismo juntamente com a Iniciativa Privada, Bento está no caminho certo para o sucesso no turismo. JD | O que motivou a rede a ter um hotel em Bento Gonçalves?   PG | B   ento Gonçalves é uma das cidades mais lindas da Serra Gaúcha e seus vinhedos e belezas naturais chamam a atenção de todo Brasil. Até 2010, administrávamos quatro hotéis em Gramado e a meta de ser a maior administradora hoteleira da Serra Gaúcha não poderia deixar de fora a cidade de Bento Gonçalves, mesmo sabendo que teríamos alguns obstáculos pela frente. JD | Na sua opinião, qual a melhor forma de se conquistar novos clientes. PG |   Hoje a Laghetto Hotéis é conhecida nacionalmente por três aspectos: preço justo, alta qualidade em hotéis e excelência em atendimento. Acreditamos que estes aspectos são o grande apoio de todas as ações

casa

comerciais realizadas por nós, regional e nacionalmente. Sempre que assumimos um novo empreendimento que já estava em funcionamento, colocamos nele toda nossa força e dedicação para conquistar esses aspectos com melhorias nas instalação, motivando a equipe para bem receber nossos clientes e reformulando a estratégia comercial, normalmente os resultados são nítidos já a partir de poucos meses. JD | Qual é o conceito do hotel Laghetto Viverone, e seus diferenciais? PG |   O Laghetto Viverone Bento é hoje um grande diferencial de hospedagem na cidade de Bento Gonçalves, um empreendimento muito bem planejado e executado, que consegue levar à seus clientes ambientes modernos e bem decorados à preços justos. Hoje, em conversas informais com executivos de grandes operadoras de turismo nocionais, já escutei algumas vezes a seguinte frase: “Não imaginava que Bento Gonçalves oferecia hotéis deste nível”. Estou certo que o Viverone Bento está chamando a atenção nacionalmente pela sua imponência e estrutura impecável, que proporciona a seus clientes uma estada de alto padrão. JD | O que significa o Viverone para a Laghetto?   PG | Hoje o Viverone Bento é visto com muito carinho por nós, uma vez que foi nosso primeiro empreendimento hoteleiro fora de nossa cidade de origem, Gramado. Além disso, vemos também como um grande desafio, pois saímos de um mercado extremamente turístico para um mercado misto, onde temos o turismo forte mas também temos o mercado corporativo mais forte ainda. Temos certeza que o Laghetto Viverone Bento é nosso trampolim para conquistar novos mercados e empreendimentos, esperamos realmente que esta seja uma parceria longa e duradoura.

Jornal Design | Serra 19


Fotos Divulgação

Laboratório de projetos, atendimento a arquitetos proporcionando melhores resultado ao cliente

Center Luz - moda, cores, tendências e muita luz Planejar a luz é nosso negócio, nosso showroom foi projetado para oferecer à nossos clientes uma experiência que valoriza o momento da compra. Além de luminárias diferenciadas que acompanham a moda, criamos um espaço onde você pode conferir a iluminação correta para lojas de roupas, venham conhecer os nossos novos “manequins” que estão vestidos à rigor para realçar a luz ideal, valorizando suas cores e tecidos. A sua satisfação é nosso objetivo, por isso possibilitamos à você, a oportunidade de testar as luminárias

em uma visita assistida. Estamos prontos para acompanhá-lo e informá-lo sobre os produtos expostos, demostrando seu funcionamento e tornando a sua escolha mais segura e satisfatória. É construído por ideais de contemporaneidade que alimentam nossa vontade de buscar novidades e tendências para surpreender você. Acreditamos que iluminar é transformar espaços em ambientes, ambientes em experiências e experiências em emoções. Descubra novas sensações, valorize as cores, texturas e relevos, sinta a luz!

Giovani Carlet

Especialista em Iluminação

20 Jornal Design | Serra

casa


Organizando os objetos do dia-a-dia

Fotos Divulgação

Continuando com a proposta de apresentar soluções eficazes para organizar os objetos de nossas casas, a Intervento Design projetou para a Masutti Copat uma série de produtos para essa necessidade. Apresentados na Formóbile, que aconteceu em São Paulo no período de 24 a 27 de julho, o organizador que carinhosamente chamamos de “Bolsão” foi um sucesso. Um modelo refinado, delicado e que complementa, esteticamente falando, as decorações mais requintadas. As peças combinam a nobreza do couro com a polidez das superfícies metálicas cromadas, dando um ar de nobreza ao ambiente onde é inserido. O bolsão fica perfeito ao lado de estofados, lareiras e camas. Objetos como mantas, revistas e lenhas. Para

as regiões mais frias, as lenhas ficam elegantemente armazenadas combinando com o aconchego e sofisticação das lareiras. Outra dificuldade em organização em casa são as bolsas femininas. As mulheres de hoje possuem uma grande quantidade de bolsas, o que se torna uma tarefa difícil mantê-las organizadas. Para essa situação a proposta é um artefato que possa ser usado em móveis, pendurando nos varões de cabide ou fixando nas laterais internas ou externas dos móveis ou ainda na própria parede ou atrás de portas. Para saber mais sobre os produtos acesse: www.masutticopat.com.br ou www.interventodesign.com.br

Juliana Desconsi Designer

casa

Jornal Design | Serra 21


Design Solidário Aproximadamente 600 convidados do evento “Eles na Cozinha”, promovido pela Liga de Combate ao Câncer de Bento Gonçalves, foram recepcionados pelo hall de entrada assinado pelo Studio Marta Manente Design e Assessoria juntamente com o Jornal Design | Serra. Clássico e ao mesmo tempo contemporâneo, o hall de entrada foi elegantemente decorado com móveis e decorações da Tecnoarte Móveis. Cadeiras estilo Luís XV contrastavam com móveis contemporâneos como aparador, mesa lateral e poltronas com cores offwhite em tons de branco e nude, contrapondo com tapetes em tons terrosos, transmitindo suavidade e harmonia. Na composição do ambiente, modernas colunas e abajures da Center Luz deram um toque de aconchego. Peças de

Agora você já pode ter a vida dos seus sonhos.

Comodidade para criar seu cinema em casa.

>> Automação residencial e corporativa >> Exclusiva tecnologia wireless >> Cinema em casa >> Soluções diferenciadas em áudio e vídeo >> Centros administrativos e de convenções, auditórios, salas de reuniões, showrooms

22 Jornal Design | Serra

design da UCS quebraram a monotonia das formas e cores clean, alegrando a recepção do evento. Feminino, o espaço foi decorado com flores e plantas naturais, destacado com rosas, da Saara Amore Mio, que é o símbolo da Liga de Combate ao Câncer. Quebrando barreiras quando o assunto é Design, nada melhor que unir as forças para uma grande causa. Assim foi a parceria de Design Solidário do Studio Marta Manente Design e Assessoria com o Jornal Design | Serra.

Marta Manente Designer

A Sweet Home transforma espaços residenciais e corporativos com um simples toque. Através de uma exclusiva tecnologia sem fio é possível integrar facilmente equipamentos de áudio e vídeo, iluminação, câmeras de segurança, ar-condicionado e persianas. Tudo de um jeito simples e fácil de operar. Sem fios, sem quebra-quebra e sem preocupações. E o melhor de tudo, a um custo dentro do alcance e das necessidades individuais.

Desenvolvimento de projetos especiais em áudio e vídeo.

Controle integrado e fácil de operar com exclusiva tecnologia sem fio.

Visite nosso showroom e veja na prática todo o conforto que a sua vida merece. Rua Visc de Pelotas, 951 - sala 201 - Centro - Caxias do Sul - (54) 3021.4550 Rua Tietê, 15 - S. Bento - Bento Gonçalves - (54) 3451 4550 - (54) 3701.4550

www.sweethome.eng.br casa


Fotos Divulgação

Os Ourives do Tempo Mais uma crise de escrita. Agora, é a cabeça cansada que não tem a menor vontade para a reflexão. É atordoante escrever sem vontade para fazê-lo, parece que tenho de buscar algo sem saber do que se trata. Mais uma busca em vão. Calor de agosto em Bento Gonçalves. Sonho com uma praia de Santa Catarina, mas só encontro papéis e tópicos de trabalho por finalizar. Felizmente, deparo-me com um folder da obra de Jorge Zalszupin. Um dos mestres do design brasileiro ao lado de Joaquim Tenreiro, Sérgio Rodrigues e Zanine Caldas. Ao correr os olhos pelas páginas, não são móveis que surgem, mas é a maestria que se torna evidente. Eis, portanto, a feliz questão: que é isso, a maestria? Onde é possível reconhecê-la? Zalszupin, romeno, arquiteto de formação, vem ao Brasil na aurora na década de cinquenta estimulado pela arquitetura moderna que surgia no país e para tentar curar as dores que a Europa impingia aos seus povos por meio de guerras e regimes totalitários. Disse ele que só aqui encontrará a paz. É preciso paz para criar? Talvez não, mas para se tornar um mestre, creio que sim. Paz para parar, observar, contemplar, refletir, aprofundar, detalhar, abstrair, sintetizar, construir, formalizar. Desculpem-me os adeptos ao fastdesign, mas não confio em projetos feitos à galope. Eles podem preencher demandas, mas nunca serão dignos de maestria. É preciso maturidade para se tornar um mestre. Um mestre é um parturiente de

casa

longa gestação. Por isso que, necessariamente, mestres não são gênios. A obra de um mestre nunca será fruto de um golpe de sorte, uma virada de mesa, um jogo de dados, um insight único que põe toda uma vida a girar. Mestres também não gestam macrorrevoluções. Não se vê um mestre em passeata, seu agito é molecular, ínfimo, microscópico, porém duradouro. Como diria Olavo Bilac, o mestre trabalha, e teima, e lima, e sofre, e sua! Longe do estéril turbilhão da rua, na clausura do aconchego, na paciência e no sossego. Um mestre é paciente, metódico, detalhista, até parece que tem o tempo todo à sua espera, mas na verdade, ele luta com o tempo, não contra, nunca contra, mas com o tempo. Portanto, o que é a maestria? Um longo trabalho de esculpir, limar, polir o tempo, como um templo grego. Uso novamente Bilac para dizer que, para mim, os mestres são escultores, ourives do tempo. Eles dão forma ao que outros tentam resistir, disciplinar, destruir, controlar. É possível ser metódico, detalhista, perfeccionista no galope do nosso tempo? Sim, mas é algo extremamente difícil. Por essa dificuldade que, quem sabe, os mestres estejam em extinção. Na arte local, reconheço em Bez Batti um desses ourives. E faço da minha coluna uma homenagem à ele, bem como a Jorge Zalszupin, e à todos os mestres brasileiros do design.

Jorge Zalszupin

Douglas Pastori

Coor. Design Gráfico UCS

Jornal Design | Serra 23


Arquitetura Efêmera “Uma intervenção pode durar o tempo em que a imagem provocada ficar na memória de quem a viu.  Ou o tempo enquanto as histórias de seus desdobramentos forem contadas. Quantas imagens uma intervenção pode gerar? (...) É possível re-sensibilizar o espaço urbano?” (01) A constante transformação das cidades e evolução dos processos construtivos coloca em pauta novas formas de morar, viver e conviver. Aliada ao apelo sustentável, a arquitetura efêmera ganha destaque neste contexto. A exemplo, a Casa Cor São Paulo - maior evento de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas – neste ano se apresenta com o tema “MODA. ESTILO. TECNOLOGIA” e traz o trabalho do designer Léo Shehtman denominado “loft bolha”, com ambientes integrados em um espaço de 80m² envolvidos por uma cobertura de lona cristal inflável. A arquitetura efêmera pode ser associada à arquitetura comercial, promocional, artística, institucional, cenográfica, eventos entre outros, como elemento que qualifica, conceitua e organiza os espaços. Nesse sentido, enfatizamos o que caracteriza uma instalação qualquer como efêmera, compreendendo quando, como e quais procedimentos se empregam para que ela se realize.

Léo Shehtman - Loft Bolha

Fotos Divulgação

Materiais Tais sistemas podem ser de origem industrial(como os de perfis de aço ou pré-moldados em concreto) e mesmo de origem na manufatura mais primária(ripas de madeira ou plástico), com encaixes rudimentares e de baixa durabilidade. Importante entender que a tecnologia de construção não é critério válido para compreender a arquitetura efêmera. Ao contrário, o entendimento deve estar também na desconstrução, já que esta deixa de estar no lugar. O que deve ser analisado não é a durabilidade potencial do objeto construído, mas sua Léo durabilidade real. Shehtman - Loft Bolha

Léo Shehtman - Loft Bolha

Características gerais das instalações - Função urbana: deve possuir uma função, um melhoramento na performance de um lugar, dando abertura à outras possibilidades; - Conceito: projeto deve ser consistente, conter um conceito e transmitir algo, produzir diferentes sensações; - Método de aproximação: estrutura inacabada, objeto contemplativo, elemento surpresa; - Interação: busca interação com o usuário, fazendo com que se aproprie do espaço; - Diferenciação: elemento com características diferentes do entorno; - Flexibilidade e mobilidade espacial; - Explora forma, cor, jogos de luzes, musicalidade, teatralidade;

24 Jornal Design | Serra

Transporte e montagem São palavras-chave neste tópico: flexibilidade, velocidade (sistema de fácil montagem) e o mínimo de impacto pós- ocupação. Na montagem, a versatilidade é fundamental. Quanto maior o número de tipos de peças, mais o sistema perde a elegância de síntese. O princípio é a realização de uma grande variedade de espaços com pequena quantidade de tipos de peças. Para o transporte, três táticas podem ser utilizadas: partição, compactação e rigidez. Na partição, o objeto

é dividido em peças menores, passíveis de transporte dentro da escala admitida antes. Na compactação, o objeto assume uma configuração mais compacta, sem os espaços vazios que constituem a área de vivência do homem. Na rigidez, o objeto ganha solidez, sendo peça inteiriça. Conceber o projeto admitindo uma dessas três táticas é fundamental nesse tipo de sistema (02).

Barraca Suspensa Ecológica

Notas 01 PORO - Intervenções urbanas e ações efêmeras, disponível em http://www.vaastu.com.br/2010/12/ projeto-arquitetura-parasita-uma.html#!/2010/12/ projeto-arquitetura-parasita-uma.html 02 Arquitetura efêmera ou transitória - Esboços de uma caracterização de Daniel J. Mellado Paz, disponível em http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/09.102/97

Arq. Daiane Trevisan Arq. Franciele Piva Piva.Trevisan Arquitetura

nossa obra


AEARV, buscando conhecimento, unindo profissionais

Fotos Divulgação

A AEARV | Associação dos Engenheiros e Arquitetos da Região dos Vinhedos realizou, em parceria com a Center Luz, o curso Iluminação em Ambientes Comerciais com a arquiteta Silvia Bigoni, professora do IPOG, conceituado Instituto Pós Graduação. O tema abrangente que incluiu composição da luz, fontes luminosas, relação luz e cor, harmonia e sensações, entre outros, conquistou os mais de 45 profissionais de Bento Gonçalves e região que lá estavam buscando novos conceitos, novos processos.

CONFORTO - ESTILO - BOM GOSTO

Av. Planalto, 1235 - Bento Gonçalves nossa obra

54

3055.3054 - www.projetariummoveis.com.br Jornal Design | Serra 25


Restaurante da Fenachamp recebe exposição fotográfica “Café Concerto”

Ensaio é das fotógrafas Ana Cristina Paulus e Larisa Verdi e permanece no local até 15 de setembro, quando exposto em outros pontos da cidade.

O restaurante da Fenachamp conta, desde o dia 16 de agosto até o próximo dia 15 de setembro, com a exposição fotográfica “Café Concerto”, projeto das fotógrafas Ana Cristina Paulus e Larissa Verdi. A visitação é gratuita e aberta ao público. Até o final do ano, o Banco Banrisul, Faculdade Fisul, Café Dolce Mattina e a Prefeitura também receberão a exposição. São 40 fotos que tem como cenário casas históricas e modelos de Garibaldi. A produção foi realizada em maio de 2012 e contou com a participação de oito modelos masculinos e femininos, todos com idade entre 15 e 25 anos, e não profissionais. “Queremos pessoas comuns, que tenham a cara, o tom da cidade, que saibam expressar ao máximo as características do local”, explica Ana Cristina. “É uma experiência legal. Nada comercial, nem rigoroso. Fazemos com que se sintam à vontade e que percebam sua importância para o projeto”, acrescenta Larissa. Os cenários escolhidos foram a Casa Ambrósio Toniazzi, Casa Branchi, Casa Ponzoni, Café Luna Park, Casa Koff e Nehme, Casa do Pasto e Mansão Mazzini. O projeto “Café Concerto” surgiu em 2011 e tem como objetivo divulgar as belezas da Serra Gaúcha, “fugindo do padrão de fotografar apenas espaços turísticos”, coloca Ana Cristina. Não tem fins lucrativos e já foi realizado também nas cidades serranas de Bento Gonçalves e Flores da Cunha, devendo contar com outros municípios na lista. Em Garibaldi, a ação conta com o apoio da Secretaria Municipal de Turismo(SEMTUR), Conselho Municipal do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural(COMPHAC), Associação de Turismo da Serra Nordeste(ATUASERRA), Kontato Foto e A4 Comunicação Visual e dos estabelecimentos que recebem o acervo.

Cristiane Moro

26 Jornal Design | Serra

casa


Fotos Divulgação

Como reduzir o consumo de lenha e aumentar o rendimento A tiragem numa lareira nunca é constante por razões diversas. Temperatura dos gases da combustão, maior ou menor quantidade de lenha, qualidade da lenha, grau de humidade e sobretudo condições climáticas, por exemplo, vento ou temperatura exterior. Todos estes fatores influenciam a tiragem de fumos. Quanto maior for a tiragem maior é o consumo de lenha e menor o aquecimento. Ao contrário do que por vezes se pensa, o ideal não é ter uma grande tiragem mas sim, ter a tiragem suficiente nas condições do momento. Devendo para isso ter-se em conta a necessidade de um “registro” numa lareira.

casa

Deve-se fechar o registro um pouco(20 minutos após ter sido acesa) tendo o cuidado de não fechar demasiadamente para não entrar fumo na sala. No caso dos recuperadores com porta com vidro ao fechar o registro, o fumo sujará mais o vidro, mas o rendimento do recuperador será maior e o consumo muito menor. Por outro lado, quanto menos ar da sala sair através de chaminé, mais ar quente permanecerá nessa divisão. Evitar o arrefecimento da divisão com a lareira apagada. Nos dias frios de inverno, se tiver a lareira apagada deve ter o registro fechado para evitar perdas de ar

da sala. Se tiver uma lareira aberta sem registro, todo o calor desaparece pela chaminé acima. Seja qual for o meio de aquecimento usado, quanto mais quente estiver a sala, mais calor se perderá. Nota: Se a sua lareira for “fogo fechado”(recuperador de calor) e a porta tiver uma boa vedação, basta fechá-la para evitar estas perdas de calor. Hoje, existem recuperadores com um bom controle de entrada de ar de combustão, nestes casos o registro pode deixar de ser necessário pois o controle de admissão de ar bastará.

Jornal Design | Serra 27


De um Jardim Renasce a Casa Há 15 anos no ramo, Maikel Missaggia, cuida com muito carinho e dedicação o jardim de Vera Lúcia Stefenon Scussel. Foram muitas mudanças, o jardim possuía grama verde comum. Depois de alguns anos de manutenção decidimos substituír por grama preta, assim o número de manutenções mensais e a propagação de insetos será menor, mantendo o contorno bem acabado. As trocas das flores acontecem uma vez no inverno e duas vezes no verão. No inverno com amor-perfeito amarelos. Essa cor é a preferida da “dona”, pelo fato do amarelo ser a cor da prosperidade. E no verão com mudas de tagetes, nas cores laranja e amarelo ouro. Todas as sementes para as mudas são importadas dos Estados Unidos, tendo assim uma boa produção e a composição do terreno também é analisada uma vez ao ano para ver se está equilibrado. Junto com as trocas de flores de estação, podamos as mudas janíperas(pinheiros), os procardus e os buxos, ou seja, de três à quatro vezes ao ano. Hoje usamos um manejo de manutenção semanal. Todas as segundas-feiras retiramos flores velhas para facilitar a propagação de novos botões, ajeitamos os contornos, fizemos alguma poda, adubações líquidas com substratos especiais e limpezas em geral como varrer, recolher folhas e mexer as cascas de pinos.

28 Jornal Design | Serra

Nas bromélias podamos as folhas velhas e substituímos por novas no caso de perderem as flores. No verão, o jardim é irrigado duas vezes por semana e no inverno só se tiver muita seca. A água é proveniente de uma cisterna de água da chuva que fica atrás da casa. Tudo que está no jardim está em equilíbrio, temos até uma goiabeira bem localizada, para proteger as bromélias de intempéries como secas e geadas. Utilizamos casca de pinus e cinasitas em alguns lugares como forração, não tirando a beleza do natural e do rústico. Tenho a convicção de que o jardim deve ser elaborado com muito cuidado. O profissional deve se sentir bem para trabalhar, ter confiança em si, assim fará um excelente trabalho. Junto com minha equipe, Matias e Joniel Finatto, tenho muito orgulho de fazer o que gosto, para pessoas especiais como a Vera. Tenho total confiança, respeito e credibilidade para fazer o que preciso no jardim. Qualquer substituição ou mudança. Tenho uma frase que sempre levo comigo, escrita por Clodovil Hernandes que diz: “De um jardim renasce uma casa”. E assim procuro fazer o que gosto, transformando os lugares por onde passo.

casa


Casa da Rocha - Vale dos Vinhedos

Pois é, nem sempre a cartilha tem que ser aplicada inteira. Quebrar as regras pode ser recompensador, se tratando de espaços destinados ao nosso prazer. Sempre vi na casa de cada um o seu lugar sagrado, onde tempo se encontra: - O passado, nos registros da memória; - O presente, como espaço para viver o momento; - O futuro como sendo o laboratório de nossas ansiedades; E a casa sempre reflete a nossa personalidade, com sua inevitável carga de sentimentos e vivências, com histórias compartilhadas que aqui se encontram. Espaços com cor, que transmite a vibração, a frequência, a harmonia ou o desafio. Espaços com texturas, que nos abrigam, acariciam ou instigam. Espaços com memória, onde os bons momentos ficam registrados, não necessariamente em porta-retratos, mas nas obras de arte, nos acessórios, que fo-

ram trazidos em diferentes momentos e de diferentes partes da vida. Nossa casa tem no DNA muito próprio e é o resultados de muitos olhares, não foi concebida como um cenário, uma tela imóvel, mas como uma instalação, um espaço vivo e mais que vibrante: para ser feliz! Escolhemos o Vale dos Vinhedos(quando ele ainda era um patinho feio, que agora já se parece com um cisne!) como sendo o lugar ideal para lançar âncora e abrigar nossa trajetória, regada à bons vinhos e entardeceres magistrais. Acertamos, cada pôr do sol aqui no Vale é uma obra diferente. E a casa, como não poderia deixar de ser, se debruça sobre esta paisagem e lhe dá toda a prioridade e presença de palco. Deixamos o Vale entrar, ele é sempre bem vindo aqui. Resumiria os conceitos deste espaço em: cor, textura e memória. Um trio equilibrado, que torna os ambientes únicos.

Vanja Hertcert Arquiteta

casa

Jornal Design | Serra 29


Fotos Divulgação

A escolha certa dos móveis para sala de jantar e estar

30 Jornal Design | Serra

Quem não quer se sentir melhor em seu espaço? Pode ser a sua cidade, a sua casa ou o seu mundo. A vida é eclética e tem espaço para tudo e para todos os gostos. Você só precisa encontrar-se neste universo infinito de opções, inclusive quando o assunto é decoração. Conhecer a si próprio contribui para a escolha dos móveis. Se no seu armário a maioria das peças são lisas e sóbrias, os ambientes da sua casa também devem seguir essa tendência. Já, os hábitos da família devem ser levados em conta, priorizando o conforto. Nos apartamentos pequenos, a sala de jantar funciona para as refeições diárias. Escolha cadeiras leves, de preferência que tenham no encosto onde segurar e arrastar. Os tecidos sintéticos fáceis de limpar são bem-vindos. Procure evitar cantos vivos em todos os detalhes da mesa e das cadeiras. É importante esco-

lher peças com design limpo para a decoração permanecer por mais tempo. Já nas residências em que a sala de jantar é reservada para recepcionar convidados, as cadeiras podem ter o encosto mais alto e pesado. O ambiente pode ser mais glamouroso onde é permitido o uso de cristais e espelhos. Tecidos como chenile e veludo sofisticam este espaço. Para que as refeições sejam feitas sem pressa, a iluminação correta na mesa proporcionará melhor aconchego. Visuais sóbrios ganham uma pitada de irreverência com luminárias pendentes. Seja no estilo clássico ou contemporâneo, os detalhes são como jóias em salas de jantar e estar. Eles trazem uma atmosfera de bem-estar e arrematam o visual.

casa


Tendo o design como um dos pilares que sustentam sua marca, a Deca é reconhecida por apresentar produtos que se diferenciam dos concorrentes pela soma deste item com características que fazem da empresa uma excelência em matéria de louças e metais sanitários, como funcionalidade, qualidade, durabilidade, inovação tecnológica e economia de água. O design dos produtos Deca também já rendeu à empresa diversos prêmios que projetam a marca nacional e internacionalmente. Mais um “passaporte” desses acaba de ser conquistado pela empresa, o IDEA/Brasil 2011 consagra a torneira Deca Touch com a Premiação Ouro na Categoria Casa. Reunindo tecnologia de ponta e design arrojado, a linha Deca Touch traz torneiras eletrônicas que podem ser usadas tanto em locais públicos como em residências. Seu acionamento é feito através de um leve toque e, após oito segundos, tem o fluxo de água interrompido – a torneira também pode ser desativada com um segundo toque no sensor. Este sistema temporizado evita o desperdício de água e permite uma economia em até 40% se comparado às torneiras comuns existentes no mercado. Reforçando o toque futurista e tecnológico da linha, um led de alta luminosidade, porém de baixo consumo de energia, mantém-se aceso durante o uso, indicando que o produto está em uso. Touch significa toque. Essa tecnologia está em todos os lugares, celulares, ipads, televisões onde um simples toque e algo acontece. Essa praticidade está indo para os sanitários, como o monocamando da Deca, que alia design, tecnologia, conforto e economia de água ideal para banhos e para ambientes hospitalares, consultórios médicos e dentários. Torneira Deca Lux Como arquiteta, me preocupo muito com sustentabilidade, tema sempre presente na criação da arquitetura. É um tema atual, mas devia ser um pensamento constante. Ao começar um projeto, devemos pensar em como esse novo prédio pode não agredir o meio ambiente em que foi inserido. E projetar um espaço que gaste menos as energias e recursos do mundo; Quanto mais economizar, melhor. Por isso em meus projetos utilizo vários itens como, por exemplo, a torneira por sensor da Deca. Principalmente em consultórios médicos e dentários, também indico para banhos públicos, com grande circulação de pessoas. Essa torneira funciona com bateria recarregável através da energia gerada pela própria água, possui também um arejador embutido de vazão constante que economiza ate 70% de água.

Revestimentos & Acabamentos

casa

Fotos Divulgação

Monocomando Deca Touch

Adriana Peccin

Arquiteta Especialista em arq. hospitalar Especialista em design de produto

Jornal Design | Serra 31


Fotos Divulgação

Divisórias de Ambientes

Quando é preciso criar novos ambientes, redistribuir espaços, uma boa opção é utilizar divisórias. Valorizam sua casa, criam um ambiente personalizado, delimitam espaços, dão privacidade, e não deixam de ser um elemento decorativo. A Perlare agrega modernidade e elegância aos projetos. Tem um design limpo e ao mesmo tempo grandioso. O espaço torna-se protagonista de nossos dias, conceber um ambiente pensando no ritmo acelerado do nosso tempo e nos espaços de nossos lares. Estas portas de passagem nos permitem integrar personalizar espaços, explorando da criatividade com opções de cores e acabamentos.

verticecom.com.br

www.perlare.com

32 Jornal Design | Serra

casa


O dinamismo da moda é notório e recorrente, as tendências passeiam pelo mundo automobilístico, móveis, e muitas vezes seguir as tendências é uma questão de status. Para muitas pessoas os carros despertam sentimentos como paixão, amor, indiferença. Para cada tipo de personalidade existe um estilo de automóvel. Apesar de algumas pessoas utilizarem a carro apenas com um meio de locomoção, outras pessoas fazem dele um objeto de desejo, para quem gosta de um esportivo, invocado e com muita personalidade o novo Citröen DS3 é o lançamento perfeito. O Citroën DS3 inaugura a linha DS no Brasil, uma linha distintiva, que propõe produtos com escolhas mais radicais de estilo, arquitetura, sensações e requinte. Diferenciado e exclusivo, o DS3 se caracteriza por apresentar um estilo radical e sedutor, que se torna exclusivo graças ao amplo leque das personalizações propostas; um novo tipo de direção, decididamente moderno, que une dinamismo e controle: um conjunto mecânico de alto desempenho, que assegura grande prazer ao dirigir; Estilo sedutor Com estilo cuidadosamente esculpido e linhas atraentes, que salientam a personalidade do carro, o Citroën DS3 exerce uma verdadeira atração. Seu caráter se afirma por meio de criações originais: o teto “flutuante”; as barbatanas de tubarão, que dinamizam a área da coluna B nas laterais; as luzes diurnas em LEDs, que marcam com modernidade a aparência frontal… Concentrado de energia, o DS3 oferece também uma atmosfera a bordo única, onde se fundem a elegância e a tecnologia, e onde se encontram múltiplos sinais de qualidade. A instrumentação sofisticada(painel com três indicadores cônicos), os comandos de condução próximos do motorista, a posição de direção baixa e os assentos envolventes produzem a atmosfera de “cockpit” de um carro de competição. E materiais cromados ressaltam o dinamismo ambiente, dando-lhe luxo e distinção. Existem várias personalizações disponíveis para o DS3. Na verdade, cada proprietário pode criá-lo à sua maneira. “Acabamento do painel, pomos da alavanca de câmbio, adesivos de teto, rodas e calotas, além de áreas externas personalizáveis, fazem do DS3 um veículo à imagem e semelhança de seu dono. Um objeto de desejo automotivo muito pessoal, definitivamente singular”, acrescenta a executiva de Marketing. O DS3 também aguça os sentidos. Pela qualidade do sistema de Rádio CD Player MP3 com entrada USB e bluetooth, pelo exclusivo perfumador de ambiente, pelo conforto térmico e pelo ambiente caloroso criado pela exclusiva iluminação interna. Estilo próprio, sedutor A condução do projeto de estilo do Citroën DS3 foi ditada por três palavras-chave: surpresa, sedução e dinamismo. O resultado: uma silhueta ao mesmo tempo musculosa e sensual, compacta e dinâmica, com detalhes atraentes devidos a peças de acabamento cromadas e refinadas. Um objeto automotivo expressivo, que convida ao movimento e onde a criatividade aparece em cada traço do DS3.

estilo

Foto Débora Zandonai

Design em Quatro Rodas

O teto “flutuante” dá a sensação de ser desconectado do restante do carro, um efeito conseguido pela cor diferente da carroceria, pelo vidro lateral que contorna o automóvel e pelo vidro traseiro escurecido. A coluna central termina antes de juntar-se ao teto e lembra uma barbatana de tubarão. As linhas atraentes fazem do DS3 um objeto de prazer e de sedução. A dianteira sugere sensações de direção inéditas e os faróis em formato de bumerangue identificam o DS3 como membro da família Citroën. Durante o dia, uma assinatura luminosa com seis LEDs verticais(luzes diurnas) de cada lado da tomada de ar destaca a tecnologia do DS3. O logotipo DS é disposto acima da grade, como se fosse uma jóia. A traseira dá ênfase à habitabilidade e à robustez, sem descuidar da esportividade – esta, enfatizada pelo aerofólio com break-light(conjuntos de LEDs) e pela dupla ponteira de escapamento. Precioso porque é único A estética do DS3 aparece por meio de múltiplas possibilidades. As opções das cores e a ampla oferta de acessórios propostos asseguram um toque de modernidade e exclusividade. São disponíveis oito opções de cores: três sólidas - Blanc Banquise(branca), Rouge Aden(vermelha) e Jaune Pégase(amarela); além de cinco metalizadas: Noir Obsidien(preta), Gris Aluminium(prata), Gris Shark(cinza), Bleu Belle-île(azul) e Rouge Erythrée(vermelha). Pode-se ainda optar entre quatro cores para os centros das rodas: preta, amarela, vermelha e branca. Dentro do carro, a faixa do painel, que engloba os aeradores e o acabamento do painel de instrumentos, pode ser personalizada com quatro cores(preta, branca, amarela e vermelha). Estas mesmas cores também estão disponíveis para a manopla da alavanca de troca de marchas. Com várias possibilidades de personalização, cada DS3 pode se tornar único. Como exemplo, o “plip” da chave de ignição comporta uma pastilha colorida que reproduz a cor externa. Um pequeno charme para cada proprietário ter sempre consigo um pouco de seu DS3.

Fotos Divulgação

Jornal Design | Serra 33


Oficinas de Luxo Se seu terno Armani precisar de ajuste ou sua caneta Montblanc vazar, você não vai levá-los a qualquer lojinha da esquina em busca de assistência, certo? A mesma lógica se aplica aos carros de luxo que rodam pelo Brasil. Para estarem aptas, as oficinas são obrigadas a investir em equipamentos sofisticados que podem custar o equivalente à alguns carros. A Auto Mecânica Internacional dispõe de profissionais habilitados, com cursos diretos de fábrica e é especializada na linha de importados e nacionais, afinal, nesse universo de carros dos sonhos, até um serviço aparentemente simples pode virar uma dor de cabeça em mãos menos capacitadas. A mecânica automotiva atualmente é toda no sistema de injeção eletrônica, facilitando o desempenho, economia, maior comodidade e menos poluição, evidentemente precisando estar sempre revisada. “O hábito da manutenção periódica e revisão normal a cada 10.000 km e principalmente antes de viagens é fundamental.”, afirma José Antônio de Oliveira, proprietário da Auto Mecânica Internacional em Bento Gonçalves. Rodas de liga leve são as indicadas, principalmente as originais que, além de ter melhor desempenho, se torna mais leve, mais segura e estéticamente mais bonito.

Cuidados com seu carro Pneus Não se esqueça de incluir o estepe na inspeção. No caso de haver uma ou mais bolhas, substitua imediatamente a unidade: é um indicativo de dano estrutural irreversível na carcaça, havendo sérios riscos de explosão, principalmente na estrada – onde o pneu é exposto a uma temperatura maior, elevando sua pressão interna. Desgaste irregular na banda de rodagem é um indicativo de desalinhamento da suspensão, ou de uso de pressão inadequada no pneu por longos períodos. De acordo com a Resolução 558/80 do Código Nacional de Trânsito, os sulcos devem ter no mínimo 1,6mm de profundidade. É pouco se comparado a um pneu novo, com 8mm em média. Eles são vitais para a correta drenagem na banda de rodagem no caso de chuva, prevenindo a temida aquaplanagem.

34 Jornal Design | Serra

Cheque a pressão de todos os pneus, e atente à quantidade de passageiros e bagagem que o carro irá carregar, pois quase todos os modelos exigem pressões diferentes para esta condição. Rodas Em rodas de ferro, procure amassados. Se a pressão de um pneu estiver mais baixa que os demais, é provável que a roda esteja amassada, permitindo a fuga de ar. O reparo é simples e pode ser feito por um bom borracheiro. Em rodas de liga, atente a quebras e trincas. Dependendo do caso, sua substituição pode ser necessária. Triângulo, macaco e chave de roda Não confira apenas se os itens estão no carro. Faça uma checagem de funcionamento: um triângulo com a haste de apoio quebrada não serve pra nada, por exemplo. Alinhamento da suspensão e balanceamento das rodas Muitas vezes são deixados de lado. O pior é que seus sintomas costumam aparecer somente em velocidades mais altas: vibrações ao volante, no caso de uma roda desbalanceada; ou direção desalinhada(o carro puxa para um dos lados), no caso de alinhamento fora das especificações de fábrica – que pode ocorrer quando o carro acerta um buraco ou a calçada.

flex). Se o prazo de troca de filtros e fluidos estiver próximo, não há mal em adiantá-lo. Sistema elétrico Confira se as lanternas, faróis e piscas estão funcionando corretamente. Substituir uma lâmpada queimada é algo rápido, e pode prevenir um acidente. Sistema de limpeza dos vidros Além do funcionamento dos limpadores e desembaçadores, confira o nível do reservatório de limpeza e o estado das palhetas. Se estiverem ressecadas, não farão o escoamento adequado da água. No dia da viagem, limpe bem os vidros: a sujeira reflete luz e dificulta a visão. Em carros sem ar-condicionado, não é má idéia levar um pano de algodão e um spray anti-embaçante. Na chuva, farão grande diferença. Outros itens No caso de você não ter seguido as revisões por um motivo ou outro, confira também o estado destas peças, seja na concessionária ou em uma oficina especializada. São itens que podem estar funcionando aparentemente bem, mas que poderão apresentar falhas ao serem submetidos ao esforço maior do uso rodoviário: Sistema de ignição e injeção, molas e amortecedores, rolamentos de roda, pastilhas de freio, coifas e juntas homocinéticas e a correia dentada do motor, bem como seus respectivos rolamentos.

Barulhos na suspensão Rangidos, batidas secas ou ruídos que se assemelham a algo frouxo devem ser averiguados na autorizada. As condições de nosso pavimento podem levar a um desgaste de partes da suspensão antes do prazo previsto na revisão. Fluidos Na estrada, o motor é submetido a um esforço maior que no ciclo urbano. Por isso, é importante checar o nível, a validade de todos os fluidos e seus respectivos filtros, bem como a presença de vazamentos: líquido de arrefecimento, óleo do motor e transmissão, fluido de freio, direção hidráulica e embreagem, e nível do combustível do reservatório de partida a frio(carros

Foto Divulgação

estilo


estilo

Jornal Design | Serra 35


O Luxo Muito Além do Status

Fotos Divulgação

O mercado de luxo, os produtos de luxo e o próprio conceito de luxo sempre estiveram vinculados ao consumo ligado puramente ao domínio dos desejos, da satisfação pessoal, da fantasia, e muito distante das reais necessidades das pessoas. Porém, essas regras são quebradas frequentemente, principalmente quando se trata do mercado de veículos de alto padrão. Automóveis que possuem uma série de valores intangíveis que remetem ao status e, claro, ao luxo. Porém, os carros das grandes montadoras carregam muito mais do que isso sobre suas quatro rodas. Os carros oferecem ao condutor e passageiros segurança, tecnologia, conforto e, claro, status e diferenciação.  Atualmente, o público feminino está muito exigente quanto aos valores tangíveis. As mulheres buscam, mais do que os homens, um carro que lhe ofereça dirigibilidade, comodidade e segurança para ela e toda a sua família. E esses desejos nada têm a ver com aquele luxo puramente fútil.

36 Jornal Design | Serra

estilo


Foto Divulgação

Como transformar um buraco negro em um closet de verdade! A principal característica da moda nos dias de hoje é a sazonalidade, ou seja, a mudança constante de tendências que ocorre a cada temporada. Essa sazonalidade gera grande quantidade de produtos novos no mercado a cada estação - sejam sapatos, roupas ou joias - que logo após serem arrecadados vão direto para o closet do consumidor. E é assim que se forma um círculo vicioso que transforma nosso guarda roupa em um buraco negro: a cada estação, novas tendências, a cada nova tendência, novos produtos. E o nosso querido closet fica cada vez mais lotado, e na maioria das vezes, vira uma bagunça! Mas com as dicas certas, é possível organizar nosso buraco negro e transformá-lo em um guarda roupa de verdade. Para começar da melhor maneira possível, o ideal é fazer aquela limpeza – que costumamos adiar ao máximo – e eliminar do guarda roupa tudo que não é mais usado. Como fazer isso? Crie três pilhas: a primeira, para o que você de-

estilo

seja manter, a segunda, para o que você acha que pode ser reaproveitado com uma pequena reforma, e a terceira, para o que você deseja eliminar. Se a sua dificuldade está na terceira pilha, aqui vai uma dica para ajudar no momento desapego: descarte qualquer peça que você não usa a mais de dois anos... Se elas não foram utilizadas neste período, nunca mais serão. Feita a limpeza das peças, está na hora da limpeza do próprio guarda roupa. Use uma flanela úmida para retirar o pó ou um pano seco, mas nunca utilize qualquer tipo de ceras ou lustra-móveis, pois com a alteração de temperatura, estes produtos se deslocam da madeira para as roupas. Para evitar a umidade vinda de paredes do banheiro, que estiverem próximas ao closet, molde a parede do armário com isopor, e faça pequenos sachês utilizando tule e giz branco, que devido à sua base de cal, combate a umidade. Nunca utilize capas de plástico em roupas de couro

ou de lã, troque por capas de TNT, afinal, materiais com origem natural, precisam respirar, caso contrário formam bolor e umidade. Evite também colocar sachês ou sabonetes com o intuito de perfumar seu guarda roupa, ambos, devido aos seus perfumes, atraem traças. Após a eliminação das peças e da limpeza do armário, está na hora de colocar tudo no lugar. Algumas dicas simples fazem toda a diferença, aumentando o espaço no guarda roupa e mantendo as suas peças impecáveis por mais tempo. Os cintos, por exemplo, não devem ser enrolados ou dobrados, mas sim pendurados pela fivela em cabides especiais ou ganchos. Camisetas devem ser dobradas, e quando colocadas em gavetas, a melhor maneira de ocupar o espaço é guardá-las em rolinhos, de preferência, dispostas conforme a cor. Pijamas e camisolas devem ser separados por estação, dando atenção especial às peças de sedas, que para evitar qualquer tipo de dano, devem ser

guardadas em saquinhos de TNT. Calçados devem ser guardados em prateleiras ou na parte de baixo do armário, tornando possível que as botas de cano longo sejam guardadas com seu cano esticado e modelado com folhas de jornal para não deformar. Bolsas também devem ser guardadas em prateleiras, mas se o espaço for pequeno, use-o da melhor maneira, guardando as pequenas dentro das grandes. Com as três etapas cumpridas, seu closet está pronto: limpo, com peças selecionadas, e organizado corretamente, o que torna a tarefa de escolher o que vestir, a cada dia, muito mais fácil e rápida.

Gabriela Francio Assessoria em mda

Jornal Design | Serra 37


SAVE THE DANCE. SAVE THE FUN. SAVE THE DATE.

20.10.2012

REALIZAÇÃO:

Fotos Carla Tonon e Bruna Maria

Rodapé 245x60.indd 1

38 Jornal Design | Serra

PROMOÇÃO:

COBERTURA:

APOIO:

www.festaauroraboreal.com.br

27/08/2012 12:36:16

Bells, Caminito e Fina Flor promoveram desfile As lojas Bells, Caminito e Fina Flor se uniram para lançar suas coleções de primavera/verão, em desfile que retratou o slogan “No caminho das flores, no calor do sol!”. As lojas entraram no clima das estações mais alto astral do ano para receber seus convidados em um espaço especial na cobertura da Torre Comercial do Shopping Bento, em uma linda noite de verão. Na ocasião, as modelos desfilaram looks anunciados através da poesia, pois para as três proprietárias é praticamente impossível separar a arte da moda. A noite foi embalada ao som da música ao vivo. A decoração do espaço contou com mobiliário contemporâneo da Arrivato Móveis, e a vegetação do Frá Paisagismo que deu mais vida ao espaço. Um delicioso coquetel de frutas foi servido junto a um rodízio de patês pelo Restaurante Bucatini, e como sobremesa Sunday da Gluts, mais verão impossível! A produção de cabelo e maquiagem foi feita pelo Salão Beleza & Ousadia, que abusou das tranças e coques que prometem fazer a cabeça das mulheres nessa estação. Nos looks da Bells, destaque para as tendências flúor e mistura de florais, que estampam os vestidos mullet, saias e as camisas que vieram para dominar. Para deixar os looks ainda mais estilosos, a Fina Flor Bijuterias e Acessórios apostou nos maxi colares, e no pulserismo que está encantando as mulheres. E para completar a composição do look, os sapatos da Caminito que vem com cores vibrantes para ousar e causar nesse verão, e como não poderia faltar os queridinhos do momento os sneakears que permitem várias combinações com diferentes estilos. A organização e direção do evento ficou a cargo da Turquesa Soluções Criativas. As proprietárias Susana Noskoski, Daiane Seibel e Ediana Lemos agradecem a presença de todos e o apoio dos patrocinadores. Patrocinadores: Arrivato Móveis, Frá Paisagismo, Lazzari Digital , DWR Som e Luz, Bucatini, Nossos Ateliê Fotografia e Design, Imagem Informática, Gluts Sorveteria, Marcenaria Noskoski, Beleza & Ousadia.

estilo


Fotos Retratu`s Ateliê Fotográfico

De repente, eles descobrem os pés Bebês são encantadores por natureza. Na fase em que começam a descobrir a si próprios, então, são absolutamente irresistíveis. Pezinhos e mãozinhas tornaram-se seu brinquedo favorito: eles os admiram, os apalpam, mordem e até conversam com eles. Um mundo novo para ser explorado e maneiras de se comunicar com ele. As pequenas sonecas também podem ser aproveitadas para capturar imagens lindas nessa fase, e permitem explorar todos esses detalhes de anatomia: dedinhos, dobrinhas, rostinho sereno. O resultado é encantador! Observe o ritmo do seu bebê, descubra o melhor momento e agende seu horário conosco pelo fone: 54 3451-7132

Liberdade de Expressão As Revoluções Americana e Francesa consagraram a livre comunicação dos pensamentos e das opiniões como um dos direitos mais preciosos do ser humano, asseverando que todo cidadão pode falar, escrever, expor, reunir-se, imprimir livremente, respondendo pelo abuso dessa liberdade dentro dos casos determinados pela Lei. Tal preceito foi adotado por diversas constituições mundo a fora, inclusive a de nosso país, muito embora em certas ocasiões tal direito ficasse tolhido ante os abusos e desrespeitos de governantes ao Estado Democrático. Conforme doutrinadores nacionais, a liberdade de expressão é a manifestação pelo cidadão do seu livre pensamento, abrangendo, os sentimentos e conhecimentos artísticos, intelectuais, religiosos, políticos, e científicos entre outros. Essa liberdade exprime a faculdade de se fazer ou não fazer o que se quer, de pensar como se entende, de ir e vir à qualquer atividade, tudo conforme a livre determinação da pessoa, salvo casos proibitivos por Lei . É por demais sabido que a livre e consciente manifestação do pensamento é um dos pilares da democracia, é elemento essencial, é um bem por demais valioso, podemos afirmar que sonegando esse direito do cidadão é como lhe dizer para uma pessoa que o ar que ela respira será reduzido. Através desse direito, o cidadão pode reivindicar e reafirmar constante-

mente direitos e garantias essenciais da pessoa humana, bem como denunciar desrespeito aos mesmos, além de constantemente agir no sentido de conscientizar o público de seu caráter de essencialidade e indispensabilidade. Os governos democráticos em tese, não controlam o conteúdo da das manifestações escritas ou verbais, assim, geralmente as democracias têm muitas vozes exprimindo idéias e opiniões diferentes e até contrárias, claro que sempre observados os devidos limites, não se confundido liberdade de expressão com ofensas. A democracia depende de uma sociedade educada e informada cujo acesso à informação possa permitir participação plena na vida social. Os cidadãos e os seus representantes eleitos devem ter em mente que a democracia depende do mais amplo acesso possível a idéias, dados e opiniões não sujeitos a censura, ora o adágio popular já preconiza, que “quem não deve, não teme”, portanto, quando se tenta cercear criticas construtivas e não ofensivas atenta-se contra toda a sociedade . Toda e qualquer atitude que se tente calar a liberdade de expressão legítima, deve ser rechaçada pela sociedade, seja a simples tentativa de censurar-se um site de internet, um jornal, um articulista, pois como já dito acima, a ameaça a esse instituto fragiliza qualquer democracia e nos retrocede aos períodos mais nefastos e totalitários da história.

Sidgrei Spassini

Advogado - OAB/RS 66.077

estilo

Jornal Design | Serra 39


Spring | Summer 013

Fotos Divulgação

Chegada a hora de fazer um balanço do que aconteceu durante a temporada de  moda masculina  2013. Uma infinidade de lançamentos das grifes nacionais e internacionais, apostas para cores, formas, tecidos, texturas e estampas foram exibidas a fim de ganhar espaço nas estações mais quentes. Se as pernas não estão em dia, é melhor começar a malhação. O short da próxima temporada é bem curto, em versões estampadas, lisas, de alfaiataria, mais justo, mais solto. Muitos estilistas abusaram das cores, vermelho e laranja aparecem aos montes. Jaqueta bomber é a peça objeto “tem-que-ter” da primavera, aquela com punho elástico que lembra as jaquetas de baseball, e agora, com o esporte gritando entre as tendências gerais, apareceu aos montes. Começando aqui no Brasil, a SPFW trouxe muitas novidades e tendências para o  Verão 2013. Cavalera  e a  Amapô  abusaram das estampas e da combinação mangas compridas + shorts, mostrando que a próxima estação promete looks bem descontraídos para os homens. Alexandre Herchcovitch  trouxe à passarela estampas divertidas com elementos militares e claro, as estampas camufladas tão características. Já a  Colcci  apostou no contraste de cores e estampas, até mesmo em peças sociais, para apresentar uma coleção com a cara do verão, alegre, divertida e despojada. No geral, as produções dos desfiles parecem fantasiosas demais para a praticidade masculina, mas o que a maior parte dos estilistas quis propor é um verão em que  os shorts encurtam  e as  cores  aparecem. A transparência também foi outra tendência sugerida, mas  essa eu não acredito que vá pegar, não dá forma evidente como apareceu no desfile de Lino Villaventura. Acredito mais na transparência discreta da Osklen que usou estampas claras para suavizar. Os shorts curtos, produzidos originalmente na década de 70, já foram bem distantes da realidade masculina. Mas com a insistência nas passarelas de verão desde 2010, acho que vai pegar. Tem alguns bastante curtos, que exigem muita personalidade, mas os modelos tradicionais quatro centímetros acima do joelho, são fáceis de usar. Mocassins, docksides e chinelos de couro, são uma ótima opção para combinar. Com o calor que já está pegando por aqui, fique ligado nas compras da próxima estação, setembro e outubro são os melhores meses para pegar a lojas cheias de novidades.

Rodrigo Britzke Personal stylist

40 Jornal Design | Serra

estilo


Foto Divulgação

Luxo não sai de moda

Os artigos de luxo estão cada vez mais em alta. O luxo nunca saiu de moda, mas não ficou imune à crise econômica mundial. Foi o que aconteceu com a alta-costura, a forma mais elegante e luxuosa de se vestir. Uma peça de alta-costura é mais que uma roupa, é uma obra de arte. Esse é o lado glamour da alta-costura, luxo para poucos bem afortunados no mundo. Tendo a crise, as marcas de luxo, se readaptaram buscando a diversificação. E para alcançar uma maior parte de consumidores e ampliar seus lucros, investiram nos acessórios como bolsas e óculos e a linha de perfumes e maquiagem. Com a oferta desses outros produtos, o cliente pode ter um artigo de marca de luxo, sem precisar pagar uma fortuna. Vivemos num mundo pós modernismo, onde o conceito de luxo passa por modificações influenciadas pelas mudanças na orientação social, no mercado e no comportamento do consumidor. Cada vez mais artigos de luxo são recriados e super potencializados com ajuda da propaganda e da moda com o objetivo de alimentar incessantemente a imagem glamourosa da marca. É o glamour que um produto de luxo transmite, que irá fazer com que alguém pague cinco mil reais numa bolsa que, em tese, pode ser comprada a R$500 em outro lugar. Mas pagar mais caro pelo luxo, tem seus benefícios. As marcas não colocam seu nome em qualquer produto. Para consumo ou contemplação, acredito ser fundamental entender o objeto de luxo. Não importa o que seja: um perfume, um vinho, uma roupa, uma obra de arte, um carro, uma jóia, etc., se ele oferecer a suposta perfeição que almejamos, sendo na estética, na exclusividade ou raridade, vai possibilitar prazer e entusiasmo. Há quem consiga não achar graça nisso. Respeitadas as diferenças, o mais legal é captar a essência do luxo como algo possível, viável, para a sua vida. Como profissional de moda, confesso amar o glamour transmitido pelo mercado de luxo, porém, acredito que o corpo bem tratado é o maior luxo pós modernismo, onde Ser é mais importante que Ter. O luxo não precisa estar na etiqueta da roupa, e sim, numa roupa bem feita, que combine, que faça parte de cada estilo. É sair na rua com o que te faz sentir-se bem. E não pense que achar esse tipo de peça é fácil, é preciso de paciência e tempo. E arrumar tempo para nós mesmos, atualmente, é também um super luxo!

Ricardo Rambo

Consultor de Moda e Estilo

estilo

Jornal Design | Serra 41


Fotos Divulgação

Roteiro de Viagem por Tarcísio Michelon

Nova York e Miami através da Actúa idiomas e Bex Intercâmbios Viajei muitas vezes para a Europa e lá me sentia mais seguro por dominar o italiano, então particularmente sempre tive receio de enfrentar um país de língua inglesa. Essa viagem de estudos que fizemos à Nova York e Miami surgiu depois de estarmos há um ano estudando inglês. Resolvemos apostar no desafio da comunicação e realmente a experiência foi muito interessante onde no turno da manhã tínhamos aulas de aperfeiçoamento e no decorrer dos 15 dias percebemos a língua inglesa fluindo, fomos perdendo o receio da comunicação. Uma prática pessoal muito enriquecedora e motivadora pois quando você retorna percebe a importância de continuar aperfeiçoando o inglês. A ideia do intercâmbio surgiu da própria Actúa Idiomas, juntamente com a Bex Intercâmbios, uma proposta muito feliz dos profissionais que já viveram nos EUA, então possuíam bastante experiência nessa avaliação de trabalhos de intercâmbio e os objetivos foram até superados. Vivenciamos experiências muito diferenciadas, não somente naqueles roteiros turísticos já conhecidos mundialmente, mas conhecemos um pouco de tudo, sempre de metrô. Em Nova York tivemos oportunidade de curtir uma boa gastronomia italiana em pleno bairro chinês.

42 Jornal Design | Serra

Curioso que, no momento que você se acomoda, automaticamente o garçom traz um copo de água com gelo, água da torneira conhecido como tap water, depois você pode pedir outra bebida, mas achei um hábito muito interessante. O dia-a-dia é muito corrido e em relação à alimentação saudável, há inúmeras opções de pratos internacionais, feitos de muita salada, porém em uma embalagem plástica, em uma mesa sem toalha, estilo NY. Raras vezes que nos demos o luxo de degustar uma gastronomia mais sofisticada, os preços se tornavam bem proibitivos, por exemplo, um jantar no --um restaurante giratório que possuía um cardápio razoável nos custou a bagatela de U$200 ao casal, sem vinho!(Risos..). Sem contar uma taxa que me chamou a atenção, que se tratava da vista que o restaurante proporcionava, uma porcentagem sobre o menu escolhido e para os americanos esse hábito é normal. Já em Miami foi uma experiência bem diferente, totalmente outro mundo, mais aconchegante por ter grande influência do Caribe, dos países latinos e realmente é outro momento muito rico, enfim, tudo muito gostoso e no meu caso, que já tenho um olhar mais voltado à hotelaria foi muito valioso, trouxe muita vivência, muitas ideias na bagagem, com certeza tere-

mos surpresas, em breve. Uma das maiores diferenças que eu curti em Miami, tendo em vista nossa deficiência aqui em Bento para com as crianças, foi visitar o Miami Children Museum, um Museu da Criança que me surpreendeu muito positivamente, encontrei uma mega estrutura onde 80 professores atendem crianças que vivenciam as mais variadas experiências de vida dentro deste espaço, como por exemplo comandar um navio, simulando uma viagem para alguns dos países do Caribe e dialogando com o comandante sobre como proceder numa navegação. Todos os ambientes são temáticos, o que transforma aquela imagem de um museu estático para um espaço dinâmico, onde se aprende brincando. E o que mais me surpreendeu nisso tudo é que não se trata de uma iniciativa do governo, ele foi idealizado por um professor que não tinha dinheiro e nem ganha dinheiro com isso, mas que criou uma fundação e essa fundação mantém o Miami Children Museum para o bem de todas as crianças. É bom saber que existem estas iniciativas mundo a fora , mas é muito melhor vivenciar esses momentos e saber que, de fato, funcionam. Isso nos dá uma motivação gigantesca para que possamos trabalhar com muito mais empenho nos projetos para a nossa região.

estilo


Fotos Divulgação

Entre Lagostas e Mojitos ... Não me lembro exatamente, qual e quando foi minha primeira viagem. Talvez porque já faça algum tempo e na época não prestava atenção nos detalhes, apenas vivia. Mas me lembro da sensação de sair de casa, com a mala onde cabia tudo o que era necessário para passar um tempo num lugar distante. Lugar onde a comida era outra, muitas vezes melhor, as vezes nem tanto, mas sempre com a recompensa de ter sabor de novidade. Os horários eram outros, as refeições eram lentas e sem preocupações e os jantares então, que iam noite adentro e normalmente com um adicional de diversão, música, dança ou algo assim. As pessoas, pareciam sempre estar mais felizes que de costume e se tornavam de um dia pro outro tão amigas que no final era difícil se despedir. Os dias passavam tão rápido, que tantas novidades não cabiam na memória e pensava pra quem iria contar e mostrar tantas imagens lindas. E o retorno, com o cansaço da chegada, mas sempre um ar de saudade e a alegria de reencontrar o ambiente agradável de casa, do quarto... Ah, como é bom viajar! Sou Cândida Redante, apaixonada por turismo e por viagens e te convido para viajarmos juntos neste espaço. Onde estarei compartilhando dicas, curiosidades, experiências e imagens dos mais variados destinos do mundo.

Desporto, relax, cultura, sol e praia em paisagens dignas de uma proteção de tela para seu computador. Ao pegar um vôo rumo à ensolarada Ilha do Comandante Fidel, se contraria a ideia de quem imagina encontrar uma miséria, um terror, quem desafinasse ia preso ou era jogado aos tubarões. A constatação primeira é de que se desceu no aeroporto errado. O povo é alegre, feliz, lúdico, canta pelas ruas. Não existe a imagem de soldados de capacete, em cima de viaturas militares, pelas ruas. Cuba é uma ilha das Caraíbas, localizada no norte das Caraíbas, onde o clima é propício, com temperaturas agradáveis durante todo o ano, graças à qual podemos desfrutar de várias possibilidades. Alugar um barco pode ser uma excelente ideia, por exemplo, para que possa percorrer o litoral cubano, visitar lugares como a Ilha da Juventude, estar longe do ruído diário, ou sair para o mar para pescar ou nadar no meio das

Caraíbas. Lá se pode desfrutar da natureza, do meio ambiente, em lugares como os fundos marinhos onde pode-se aproveitar fazendo mergulhos, ou em locais como Sierra Madre, ou os picos mais altos, onde pode praticar caminhadas ou escaladas, todos num ambiente maravilhoso. Além disso, Cuba é um país que oferece muitas possibilidades para desfrutar de sol e da praia, em lugares como a Havana, Matanzas Bay, Santiago do Chile, Trinidad, Varadero, entre outras, com praias de areia branca ou dourada, águas cristalinas, quentes e várias opções de praias isoladas, praias urbanas, mais ou menos ocupadas . É só escolher! Não dá pra esquecer o patrimônio cultural, com monumentos para visitar e percorrer em toda a ilha e, que sem dúvida alguma, lhe deixarão feliz. Assim é Cuba, uma beleza em todos os aspectos. Vale conferir!

cândida@setenoveturismo.com.br

estilo

Jornal Design | Serra 43


Doce Setembro

o check list do seu evento!

Foto Divulgação

Tão doce quanto o mês de setembro, seus tons, cheiros e flores é a Doce Setembro, que acontecerá nos dias 29 e 30 de setembro de 2012, no Espaço Novalle, das 10h as 19h. Uma feira para noivas, noivos, aniversariantes, formandos, cerimonialistas e todos aqueles que adoram estar por dentro das novidades e tendências do segmento. Aqui os visitantes serão muito bem-vindos e receberão atenção especial dada pelos 38 expositores! Para saber mais deste evento e da “Doce Programação” acesse: www.moduloeventos.com.br Ingressos no local!

A qualidade dos expositores confirmados no evento já garantem o sucesso da DOCE SETEMBRO, uma feira direcionada a um público selecionado que busca novidades, requinte, bom gosto e diferenciação para a composição de eventos especiais.

TODO MUNDO VAI DAR UMA ESPIADINHA. E VOCÊ?

DoceSetembro O CHECKLIST DO SEU EVENTO

29 e 30 DE SETEMBRO | 10h às 19h

ESPAÇO NOVALLE - VALE DOS VINHEDOS C A S A M E N T O S | A N I V E R S Á R I O S | B O DA S | F O R M AT U R A S

INGRESSOS NO LOCAL

44 Jornal Design | Serra

estilo


Receita Sapore & Piacere

polpeta italiana Ingredientes 500g carne moida 1 cebola média 2 dentes alho 1 colher de pesto de manjericão sal pimenta farinha de rosca

Foto Divulgação

Modo de Preparo Refogue cebola e alho, junte metade à carne moída. Adicione demais ingredientes e misture bem Faça bolinhas do tamanho de uma noz e as asse no forno em um pouquinho de azeite Adicione as polpetas ao molho de sua escolha(eu uso molho de tomate com ervas). Na foto o molho que acompanha e madeira. Foi servido com polenta cremosa aos 4 queijos. Feita com farinha de milho branca

estilo

Jornal Design | Serra 45


Foto Luan Ferla

Reunião de amigos pela solidariedade, no Eles na Cozinha 2012, promovido pela Liga Feminina de Combate ao Câncer

Simone Postal, Vanessa Machado, Sandra Peruffo, Cristiano Gallina, Adriana Pelicioli

Tânia Tramontina Coghetto, Luiz Coronel e Militão de Maya Ricardo

Sílvio Antônio Marin e Cristiane Milani

Aliandro Consoli e Cristiano Scussel brindando os 10 anos de Alvo Global Publicidade e Propaganda

Fotos Divulgação

Letícia Bettinelli comemorando sua Conclusão da pós-graduação em Nutrição Clínica Personalizada

Veranice e Gilmar Guidolin prestigiando o Mérito Lojista

46 Jornal Design | Serra

Kátia Scarton e Janete Gregio no Mérito Lojista

estilo


As voluntárias Lisete Pasquali, Beatriz Spiler, Ladi Donadel e a Presidente da Liga de Combate ao Câncer, Maria Lúcia Severa

Carmen Camerini e André Possamai no lançamento da nova marca do Sindmóveis

Rita de Cássia Heuser de Almeida e José Laurindo Sasso de Almeida, prestigiando evento beneficente que mobilizou a sociedade

Naiara, Daiane, Susana, Viviana e Ediana, no desfile de lançamento da coleção de Primavera verão

Renata Chies, Rosângela Tavares Ferreira e Anelise Ferreira, no Eles na Cozinha

Cristina Rombaldi, Rose Valduga e Dirce Heuser prestigiando a Hering Store

Luciano Kessler, Mariana e Traudeli Iung, diretores da Hering Store

Ana Paula Solimam e Janete Canello brindando ao sucesso da Hering Store

estilo

Gisele, Tamara, Edinéia e Juciane, equipe M.Officer Bento Gonçalves, que espera você no novo endereço

Janaína Brollo e Maximiliano Cassilha Kneubil prestigiando o Eles na Cozinha

Jornal Design | Serra 47



Jornal Design | 18