Page 1

Mão na massa, garotada! Criança que conhece os alimentos se diverte na cozinha e aprecia comida de verdade

Ano VI - Edição 63 - Outubro/2016

Cidade Escola Ayni Um projeto em Guaporé que está inspirando novas formas de ensino Quarto de criança Cada coisa em seu lugar em três propostas para diferentes faixas etárias


Retratus Ateliê Fotográfico

Capa Maria Eduarda Valduga, Gabriele Caprara, Cecília Miolo Valenti e Bernardo Valduga Make e cabelo: Iva Espaço da Beleza Looks: Amarelo Doce, Sapateka e Cadoro Cenário: Showroom Cinex Ambientação: Doce Encanto Foto: Retratus Ateliê Fotográfico

Conceito Dar às crianças acesso ao preparo das refeições pode ser a chave para a construção de uma referência alimentar mais saudável. Quanto mais a criança conhece os alimentos, sua origem e suas diferentes formas de preparo, mais ela vai desejar comida de verdade – um benefício no presente e uma herança para o futuro. Nessa edição especial que dedicamos aos nossos pequenos, a nutricionista Gabriele Luiza Caprara reuniu uma turma muito sapeca para mostrar como pode ser a introdução na cozinha em cada faixa etária.


vida

04 casa

08

10 estilo

Expediente Realização: S&S Editora Ltda Coordenação: Silvia Perusso | Silvana Aibel Administrativo: Rosângela Masutti Diagramação: Camila Cervieri Jornalista Responsável: Ana Carolina Azevedo | REG. 0017700/RS Abrangência: Bento Gonçalves | Carlos Barbosa | Garibaldi Circulação Dirigida: Vida | Casa | Estilo Contato: 54 | 2621 3134 contato@jornaldesign.com.br www.jornaldesign.com.br O Jornal Design | Serra não se responsabiliza por artigos assinados.

30

16 37


vida

Cidade escola Ayni: um modelo de educação transformadora nasce em Guaporé A muitas mãos, o empreendedor Thiago Berto está criando uma escola modelo para crianças e um espaço de transformação para adultos Como participar Além de doações em dinheiro e materiais, a Cidade Escola Ayni oferece muitos caminhos de participação: Experiência Ayni: curso de sete dias com vivências de empoderamento, reconexão com a natureza, consigo mesmo e o próximo.

Fotos Divulgação

Voluntariado: programas de voluntariado de 15 dias e um mês para profissionais com experiência nas áreas de bioconstrução, artes plásticas (cerâmicas, vitrais e mosaicos), agricultura, jardinagem, paisagismo e carpintaria. Tour Ayni: visitas guiadas todos os sábados às 15h ou terças às 14h, com duração de uma hora e colaboração espontânea. A criança e o adulto. O velho e o novo. O professor e o político. Todos querem saber o que há por trás dos portões da Cidade Escola Ayni e conhecer o projeto que um rapaz chamado Thiago Berto está construindo a partir do encontro entre educação, natureza e empreendedorismo. Esse propósito está se propagando de Guaporé para o mundo e todos são bem vindos para deixar sua marca nas páginas desse livro. Enquanto o espaço se constrói a muitas mãos, Thiago transita em congressos, universidades e palestras propagando a ideia de uma escola sem salas de aula, sem provas e sem competições. Entender como ele chegou até aqui torna a história ainda mais fascinante. Thiago passou a infância em Guaporé e, aos 16 anos, foi expulso de casa pelo pai. Em Porto Alegre, estudou, criou e fez crescer uma empresa de tecnologia que, em curto espaço de tempo, proveu a ele tudo o que a maioria das pessoas deseja: casa, carro, uma poupança. Em dado momento, aos 30 anos, Thiago percebeu que não queria ter mais nada. O que acontece daí em diante é digno de livro. Abandonar tudo foi um reencontro consigo mesmo. Uma crise, mas um presente do universo. Levou um tempo até que ele estabelecesse um novo significado para sua aptidão empreendedora: retribuir. Thiago vendeu tudo o que tinha e foi viver no Butão por seis meses, onde trabalhou como voluntário. De lá, partiu para uma viagem pelo mundo sem passagem de volta. Como andarilho, cruzou as Américas e a Espanha e foi ao conhecer uma escola em Cuzco que ele entendeu sua missão na educação. Daí em diante, viajou

4 Jornal Design

do Alasca ao Uruguai visitando escolas inspiradoras e planejando o projeto da Cidade Escola Ayni. Acabou se estabelecendo novamente na cidade onde passou a infância e de onde foi expulso pelo pai. Por enquanto, as crianças são recebidas em excursões e oficinas para um primeiro contato com essa pedagogia que as convida a expressarem seu potencial criativo. Mais adiante, a ideia final é oferecer um ensino sem mensalidades, mantido pelas outras atividades da Cidade escola. A Cidade Escola Ayni cumpre sua missão em três pilares: uma educação que exalta o amor, o respeito e a honra; a sustentabilidade e a economia consciente, colaborativa e autônoma. A Ayni é uma escola para pais, educadores, adultos e crianças. Para Thiago, não há que se apostar apenas nas crianças. Segundo ele, esta não é uma geração perdida, mas uma geração que precisa ser provocada para resgatar conceitos de amor e consciência sem rótulos. E as crianças são o mapa para essa reconexão com o essencial. Quando viajava pelo mundo tentando entender o que se passava consigo naquela crise dos 30 anos, certo dia Thiago cruzou com um senhor na Espanha que lhe disse: seja feliz e teus filhos o copiarão; seja frustrado e eles também o copiarão. “Essa é a melhor mensagem que eu posso deixar para pais e educadores. As crianças são um reflexo do que somos, mas elas são seres tão puros que, ao nos ver frustrados, assumem aquela culpa para si. Essa é a maior violência que se pode fazer com os filhos. Crianças não querem nada que venha do dinheiro. A única coisa que esses pequenos seres desejam verdadeiramente é amor”, conclui.

Cursos e oficinas de outubro: Fim de Semana Saudável, dias 22 e 23 de outubro. Um final de semana para descansar mente e corpo com atividades conscientes como yoga, meditação, dança terapia, alimentação saudável. Curso de Bioconstrução e Re-engenharia do Ser na Cidade Escola Ayni, dia 29 de outubro. Informações: cidadeescola@fundacaoayni.org | www.fundacaoayni.org


Jornal Design 5


O papel dos pais e os limites na infância por Letícia Simioni Schossler | Psicóloga

Divulgação

“Para que os pais consigam realizar e evoluir na missão de apresentar e fixar os limites desde a infância de seus filhos, é imprescindível que os mesmos estejam minimamente equilibrados psicologicamente com sua história de vida e situação atual, e reconheçam suas dificuldades enquanto adultos e pais buscando quando necessário suporte psicológico para si”

Dar limites aos filhos nem sempre é tarefa fácil, mas é de extrema importância para a criança/adolescente, bem como para a família e sociedade, já que faz parte do processo de educação e é essencial para preparar a criança ao convívio social, de forma a respeitar os limites do outro e os seus. A infância é uma fase permeada por muitos desejos, e é muito importante que os pais mostrem para a criança a máxima de que “querer não é poder”! Nesta fase do desenvolvimento, a criança precisa de limites, e cabe aos pais a tarefa de mostrar isso aos filhos. Em determinadas situações, é comum que haja discordância entre o casal sobre qual atitude tomar perante o comportamento dos filhos, mas é necessário que ambos cheguem a um consenso, de forma que tal conflito não fique exposto à criança, e sim seja previamente discutido e solucionado pelos pais. Ter sucesso ou não nesse tipo de situação reflete e muito a qualidade do relacionamento do casal, que tende a ficar mais conflituoso após a chegada de um filho caso os mesmos tenham questões mal resolvidas entre si. Dentre os erros mais comuns que ocorrem quando os pais tentam estabelecer os limites para seus filhos, estão alteração do tom da voz, mudanças constantes nas regras estabelecidas e combinadas entre pais e filhos, ameaças e agressões físicas, que dificultam que a mensagem que os pais desejam passar chegue de

6 Jornal Design

forma adequada aos filhos. Ao conversar com a criança, é importante que o adulto olhe nos seus olhos e mantenha um tom de voz apropriado, mostrando para a criança que é possível controlar suas emoções. No caso das alterações constantes nas regras estabelecidas, é possível que a criança fique confusa incialmente e acabe perdendo a credibilidade nos pais. Em relação a possíveis ameaças e/ou agressões físicas, além de serem prejudiciais ao desenvolvimento da criança, em alguns casos, percebe-se que as mesmas acabam por “aprender a conviver” com esse tipo de situação, que pode acarretar em complicações no tempo presente e futuro. Para que os pais consigam realizar e evoluir na missão de apresentar e fixar os limites desde a infância de seus filhos, é imprescindível que os mesmos estejam minimamente equilibrados psicologicamente com sua história de vida e situação atual, e reconheçam suas dificuldades enquanto adultos e pais buscando quando necessário suporte psicológico para si, ao invés de apontar a criança e suas características como sendo “a dificuldade”. Acreditar que os limites não sejam fundamentais e tratar o tema como algo secundário trará consequências graves nos mais variados tipos de relações e situações que permearão toda a vida da criança e do futuro adulto que a mesma se tornará, bem como daqueles que conviverão com a mesma.

Letícia Simioni Schossler Psicóloga Clínica CRP- 07/23986 Contato: 54 9121.3633 Rua Dr. José Mário Mônaco, sala 402 Edifício Serrano E-mail: leticiassc@terra.com.br PsicologiaLeticiassc/


Dra. Carolina Carer: a endodontia está em pauta

Zéto Teloken

pela Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL - Polo Caxias do Sul). Em seu consultório, inaugurado em 2011, Carolina realiza todos os tipos de procedimentos: desde a limpeza e restaurações até o clareamento e aplicação de toxina botulínica (Botox®). Mas devido a sua especialização e pesquisa, Carolina é expert em tratamento de canal. Investiu em equipamentos importados de última geração com os quais é possível realizar um tratamento de canal em apenas um dia (o tratamento com lima convencional demoraria três sessões ou mais). E, devido a esse diferencial, é possível se submeter a esse tratamento de forma mais rápida, com mais conforto e o melhor, com menos dor. Em sua fan page, lançada em setembro, Carolina tem um canal direto com seus pacientes gerando conteúdo sobre saúde bucal, com prevenções, dicas e novidades (facebook.com/carolinacarer). E em novembro, embarca para Brasília/DF para se atualizar no VIII Congresso Internacional da Sociedade de Endodontia – SBENDO, que acontece de 3 a 5 de novembro.

Carolina Carer Collaziol tinha apenas uma certeza quando ia com sua mãe à dentista pediatra: que pertenceria a esse mundo. A vontade de trabalhar com saúde e bem-estar começou cedo e com o passar dos anos apenas se confirmou. Ao terminar o Ensino édio em Garibaldi, sua cidade natal, fez vestibular para o curso de Odontologia, na Universidade Luterana do Brasil (ULBRA Canoas) e passou logo na primeira chamada.

Apesar de propostas tentadoras dos seus pais para seguir em uma profissão onde pudesse estudar e estagiar por perto, Carolina não se rendeu e correu atrás de seu sonho. Foram cinco anos de uma rotina árdua de estudos. E a distância Garibaldi-Canoas ficava cada vez menor. Logo depois de se formar, em 2010, Carolina agora instalada definitivamente em Garibaldi, emendou uma pós-graduação, desta vez mais perto. Em 2013 recebeu o título de especialista em Endodontia

Dra. Carolina Carer CRO/RS 19666 Rua Jacob Ely, 274. Sala 311 Centro | Garibaldi 54 | 3462.2366

Jornal Design 7


Qual o legado que vamos deixar para as gerações futuras?

Divulgação

por Eugenia Ligoski | Enfermeira COREN 272.117

Neste mês, temos várias datas comemorativas. No dia 1º, comemora-se o dia do idoso, figura na família que traz consigo uma bagagem vivida, histórias para serem contadas e relembradas com muita alegria e conquistas ao longo da vida. Momentos a serem eternizados. Como dizia Cecilia Bergamini, ninguém é como é por acaso. Através dessa fala, podemos viajar em pensamentos e buscar em nosso íntimo as lembranças boas e as experiências de quando éramos crianças e nossos avós faziam-se presentes em nossas vidas, permitiam-se cuidar e acalentar-nos com afeto e carinho. O pouco que sabiam dar-nos ofereciam sem pedir nada em troca, mesmo estando desgastados pelas cobranças e lutas da vida, nem assim se negavam a olhar por nós. E para que esse mês se torne ainda mais importante, temos o dia da criança. Então, comemoramos os dois extremos da vida, com desejos parecidos, ambos desejando muito amor e atenção. Com essa aborda-

8 Jornal Design

gem, por que não permitir que nossos idosos possam estar presentes na vida das crianças, contando-lhes histórias, dando amor e recebendo amor, além de um incrível aprendizado. Muitas vezes, com a correria do nosso dia a dia, não temos tempo de parar e ouvi-los, contar como foi seu dia, ou aquelas histórias que são repetidas mil vezes devido a sua memória já não ser como fora antes. Somos atravessados pelo tempo e vivemos uma temporalidade, precisamos ter um olhar de cuidado. Esse, em psicanálise, tem o mesmo significado de amor. É essencial que o amor persista, ou seja, reconstruído onde foi calejado, machucado ou afastado pelas exigências da sociedade que nos cobra diariamente o ter e não o ser. Sejamos mais amor, para quando envelhecermos tenhamos mais sentido, vamos desde cedo ensinar, educar as crianças que o velho não é um ser inútil e sem perspectivas. Ele é velho, mas esse velho tem um nome e uma história, tem algo a nos oferecer e ensinar. Não podemos pensar na falsa ilusão de que

não iremos envelhecer. E o que estamos preparando para nosso envelhecimento? Como vamos querer que nos cuidem? Qual a forma, maneira que vamos desejar que nossos filhos nos olhem? São perguntas que devemos nos fazer em nosso dia a dia, pois através dessas respostas vamos conseguir ensinar às crianças o valor de uma pessoa velha. Através do que iremos instruir, ela vai passar para seus seguintes e essa vai ser a forma que estaremos preparando nosso amanhã. Vamos deixar um legado para as gerações futuras, esse com valores de proximidade, afeto, empatia e amor “cuidado”. É importe nos darmos conta de buscar qualidade de cuidado para atender a quem dedicou parte de sua vida, senão toda, a nós. Precisamos de profissionais que estejam preparados, que compreendam, conheçam e sintam o que é necessário fazer para atender as necessidades que um idoso carece em um todo, que promovam a autonomia e a independência pelo maior tempo alcançado.


Fotos Divulgação

Bichectomia, o novo segredo para afinar o rosto

O procedimento de redução das bochechas para afinar o rosto é conhecido há bastante tempo e tem sido cada vez mais procurado em consequência de diversas celebridades que já o realizaram. A Bichectomia é a solução para muitas pessoas que sempre tiveram preocupações com as bochechas grandes e a cirurgiã-dentista Luiza Paraboni, especialista em cirurgia bucomaxilofacial, é pioneira na técnica em Bento Gonçalves. A Bola de Bichat é uma estrutura gordurosa presente na face, na região da bochecha. Quando aumentada, essa gordura pode alterar o formato do rosto, deixando-o arredondado, de acordo com o biótipo de cada indivíduo. Porém, muito antes da preocupação com a estética, esse procedimento surgiu para solucionar o problema de pessoas que tinham pouco espaço interno entre as bochechas e, por isso, acabavam mordendo a parte interna delas. O procedimento para remover o excesso do tecido gorduroso é chamado de Bichectomia, podendo ser feito com anestesia local no consultório. O corte é feito por dentro da boca, de um a dois cm, sem cicatrizes aparentes e o procedimento dura em torno de uma hora. A recuperação é rápida e o ideal é fazer um repou-

so relativo, evitando esforços físicos e exposição ao sol. Em 72 horas, o paciente pode retornar ao trabalho normalmente e no caso de prática de exercícios físicos, estes podem ser feitos após 15 dias. No entanto, o período de recuperação pode variar entre pacientes. Os efeitos não são imediatos, começam a aparecer em algumas semanas e se estabelecem até três meses depois. O resultado é um belo contorno facial, conhecido como “triângulo invertido”, que deixa o rosto mais definido. A pessoa que faz a Bichectomia se sente até mais jovem pelas curvas que o rosto ganha, além de um conforto mastigatório. A maior procura é por parte das mulheres, mas ela também tem sido feita em homens, e tem os resultados tão bons quanto para elas. Os homens que têm as bochechas muito “redondas” podem fazer o procedimento, ficando com o rosto mais harmônico. Ao realizar este procedimento, os tecidos da face se acomodarão e naturalmente uma face nova e esculpida tende a permanecer, sem essa gordura e a ação da gravidade teremos menos formação de rugas. Conheça esse novo método e tire suas dúvidas com a Dra Luiza Paraboni.

Especialista em Cirurgia Bucomaxilofacial 54 | 9952.4575 draluizaparaboni@gmail.com

Jornal Design 9


casa

Diferentes estilos de dormitório para Espaços inspiradores para o bebê que vai chegar, a princesa que está crescendo e o garoto que adora ver as estrelas Projeto 1: observatório dos sonhos

Fotos oibiscoito company

Esse dormitório de dois andares em estilo chalé foi projetado por Karina Guidolin para um garoto de nove anos que adora a música e é fã da Liga da Justiça. No primeiro piso, o closet, uma bancada de estudos e uma cama auxiliar. A emblemática escada estilo Santos leva ao sótão onde os mistérios do universo podem ser explorados pelo menino, seja com sua luneta ou o janelão que fica logo acima da cama, dando um sono velado pelas estrelas. Pebolin, vídeo game e os personagens dos quadrinhos tornam o espaço o sonho de qualquer garoto.

Dar vida ao quartinho do bebê ou transformar o espaço dos filhos já crescidos é um momento mágico em que os pais desejam materializar todas as suas expectativas. Naquele cantinho sagrado vão acontecer grandes descobertas e muitas aventuras. Por isso mesmo, ludicidade e organização são os dois aspectos cruciais num projeto bem-sucedido de dormitório infantil – seja grande ou pequeno, para um ou mais filhos. O importante é que a criança sinta pertencer àquele lugar e possa desenvolver com tranquilidade sua dinâmica de descanso, brincadeira e estudos. A arquiteta Karina Guidolin assina os três projetos dessa matéria e conta que, apesar dos desejos e ideias dos pais, é preciso priorizar aspectos de funcionalidade e, caso a criança seja nascida, de sua personalidade. A prioridade inicial é atender as necessidades de armazenamento dos objetos pertinentes a cada faixa etária. Depois, ela considera fundamental um espaço de concentração para estudos, de preferência com boa luminosidade natural. A problemática mais comum, que é a limitação de metragem, pode ser resolvida com truques como um trocador que no futuro se transforma

10 Jornal Design

em escrivaninha. Fugindo do clichê, Karina considera essencial que o espaço da criança seja lúdico. A arquiteta é minuciosa nos elementos do espaço para que eles não privem a criança de interagir com o ambiente. Segundo ela, o quarto dos filhos precisa expressar todo o encanto da infância. Tem que satisfazer suas necessidades porque, só assim, ela vai se apropriar do espaço. E isso é muito importante para o desenvolvimento. “Nem sempre o quartinho do bebê pode ser pensado pra durar até a adolescência. Precisamos respeitar as fases e a formação da personalidade daquela criança”, defende. Aspectos práticos como a limpeza visual auxiliam na organização permanente do quarto. Por isso, Karina projeta um lugar para cada coisa. Os sapatos, por exemplo, não devem ficar unto das roupas limpas. Os brinquedos têm que estar acessíveis, mas em sistema de rodízio – parte fica ao alcance da criança e periodicamente os pais substituem por outros objetos. Uma cama auxiliar é sempre bem-vinda, especialmente em tempos de filhos únicos, para receber amiguinhos e estreitar laços com outras crianças.


diferentes fases da infância

Projeto 3: todo o conforto para uma menina fashionista Esse quartinho foi projetado para uma menina já com sete anos e serve principalmente como quarto de dormir e estudar, pois existe outro cômodo na casa para brincadeiras. A cabeceira é apropriada para a colocação de uma cama de casal no futuro e a cama auxiliar garante a visita das amigas. Os móveis e complementos são todos de tom branco ou rosa apastelado, então o efeito de contraste ficou por conta do papel de parede, escolhido pela pequena cliente.

Projeto 2: truques ampliam o pequeno quarto do bebê Sem espaço livre no apartamento, o quarto do pequeno Heitor precisava acomodar uma cama auxiliar para uso da babá, quando necessário. Essa necessidade pautou todo o projeto, pois o espaço disponível não era amplo. Ainda assim, o quartinho ficou gracioso em tons de madeira e branco, com muitas luzes indiretas para o conforto do bebê.

Jornal Design 11


Brincar

Gilmar Gomes

por Margit Arnold Fensterseifer | Arquiteta

A arte de divertir-se, a arte de jogar, representar de criar. Essencial no desenvolvimento intelectual das crianças, pois trabalha todas as áreas cerebrais envolvidas nas atividades. Brincar é inventar, é encenar e é uma atividade lúdica que permite sonhar e criar novas práticas que fogem do tradicional. Para a prática de brincar, o mais interessante são as atividades ao ar livre que permitem uma interação com a natureza. Nas atividades ao ar livre estão os parquinhos, os caminhos para andar de bicicletas, roller, skate e jogar bola em várias práticas esportivas. No entanto, muitas vezes, se torna importante devido ao clima (chuva, frio e mesmo o excesso de sol) construir espaços cobertos e fechados para a prática do brincar. Este local pode ser público, como

12 Jornal Design

nos espaços comerciais e restaurantes, ou semiprivado, nas salas específicas para festas infantis, nas creches e escolas. As famílias atualmente, em algumas residências, podem estudar a criação de uma brinquedoteca. Nesse ambiente, estará reunida a maior parte dos brinquedos e livros das crianças. Nele é interessante possuir uma TV- LCD e um vídeo game, armários para brinquedos, um sofá confortável, um espaço para as crianças desenvolverem trabalhos manuais, com mesinhas e cadeiras. É um espaço onde os pais podem interagir e brincar juntamente com os pequenos. Esse local, em futuro próximo, pode se tornar uma sala de estudos com biblioteca e mesas para trabalhos em grupo e individual. Para tanto, é importante que os móveis sejam

versáteis para que possam ser adaptados ao novo uso. Por exemplo, cor somente nas portinhas que podem ser repintadas e papéis de parede que podem ser trocados. É interessante a utilização de painéis-quadro que possibilitam escrever com canetas hidrográficas e ao mesmo tempo expor fotos com imãs divertidos, por ser imantado (fornecedor: empresa de laminados plásticos Fórmica). Uma das maiores saudades que os adultos têm da infância são as brincadeiras, onde a ilusão e a falta de compromisso e responsabilidades se mesclam. Brincar também faz parte da vida adulta quando se pode, em poucos eventos, libertar nossa criança interior. Essas brinquedotecas também nos relembram essa etapa de nossas vidas.


Fotos Divulgação

/girododesign

Mesa Bear Designer: Alexander Kanygin

Quebra cabeça Macaco Designer: Alexander Kanygin

Mesa Chicken Designer: Guillamit

Cadeira Sheep Designer: Takeshi Sawada para Elements Optimal

Créditos da imagem: Freepik

Extensão corda Designer: Mira Smurova

Dia das Criancas Feliz ˜

ˆ

Desfile dia 08/10 no Shopping Center Bento com todas os lançamentos do mes ˆ das crianças

sc onto s es pe ciais! de m co es es m os s do To Sig a-n os nas red e soc iais e aco mpa nhe as nov ida des e des contos

CALÇADOS INFANTIS Shopping Center Bento Loja 52, 2 andar |Centro | Bento Gonçalves| RS | Fone: (54) 3701.3693 o

| Shopping Center Bento Jornal Design 13


Sofisticação tecnológica e inovação Fotos Magrão Scalco

ra, em ambientes amplos e integrados, a exemplo da sala de estar ligada ao deck com lareira interna e externa, cozinha com churrasqueira associada à sala de jantar e ao espaço Gourmet – que se une também à horta. Entre os itens de lazer se destacam o SPA com lounge e lareira, sala de hobbies e adega. “A Casa Presente vai ao encontro da proposta da Cinex, que reúne o melhor da arquitetura europeia para promover projetos de beleza e modernidade com soluções esteticamente leves e ao mesmo tempo robustas, em termos de segurança”, diz Cini.

54 | 3455.2222 | Bento Gonçalves

Um espaço sofisticado e acolhedor como deve ser! Assim é o projeto residencial da Casa Presente, desenvolvido pela arquiteta Charlene Koetz, da CK Arquitetura. Localizado na cidade de Gramado no Condomínio Aspen Mountain – um dos mais modernos e sofisticados do momento – a casa, com cerca de 500 m², dá a largada para um novo momento na arquitetura e construção civil. Entre seus diferenciais mais importantes estão as aberturas e janelas Divelle, da Cinex, que recebem 100% de vidros técnicos, duplos e praticamente intransponíveis, todos com laminação de segurança entre as placas. São esquadrias reforçadas de alumínio, com durabilidade superior, além de conforto acústico e térmico. As soluções supertecnológicas, certificadas pelas normas europeias EN e ISO, apresentam características exclusivas como alto desempenho na vedação contra água, permeabilidade do ar e resistên-

14 Jornal Design

cia ao vento. Além disso, a residência conta com portas de entrada, divisórias de ambientes e portas de passagem em alumínio e vidro da Cinex. “Estamos falando de um grande salto de qualidade, totalmente inusitado no mercado nacional, com raízes no Cinex Lab - nosso laboratório de pesquisa e desenvolvimento - em Treviso, e é fruto de nossas pesquisas em materiais e tecnologias”, explica César Cini, presidente do Grupo Cinex. A casa contemporânea de serra foi inspirada no inverno de Punta Del Este e oferece ainda paredes duplas, calefação a diesel e esperas para Split, maior economia de água quente com aquecimento solar em tecnologia italiana, automação completa (remota ou local via internet) para som, luz, alarme, câmeras e demais equipamentos da casa. O projeto foi elaborado para reunir a família e os amigos de forma acolhedo-


Adquira as cortinas Duette®, Luminette®, Pirouette®, Silhouette® e Vignette® da HunterDouglas® em 5x sem juros e com descontos de até 25%. Decore seus ambientes com a tecnologia, a sofisticação e o design das cortinas Hunter Douglas. Condição* válida de 1° de setembro a 31 de outubro de 2016. Acesse nosso site, consulte o regulamento e descubra todas as revendas participantes.

Revendas Talent Centurion HunterDouglas® ARTELANA - Bento Gonçalves - RS - Tel.: 54 3055.2417 DECOR WINDOW - Caxias do Sul - RS - Tel.: 54 3223.6536 ZÉLIA DECOR - Farroupilha - RS - Tel.: 54 3261.1448 Revenda Talent HunterDouglas® PALLADIO’S DECOR - Caxias do Sul - RS - Tel.: 54 3221.3333 ZEVIR REVESTIMENTOS - Caxias do Sul - RS - Tel.: 54 3225.1355

Jornal Design 15


Guia prático: como comprar móveis para a casa Fotos Divulgação Todeschini

Os móveis são elementos capazes de promover a otimização do espaço, criar o efeito de acolhimento e aumentar a sensação de bem-estar, tanto dos moradores quanto dos visitantes. A mobília adequada deixa o imóvel mais bonito, preserva a área de circulação e potencializa a praticidade no dia a dia. Bons móveis são fáceis de limpar, tendem a ser mais duráveis, além de requererem menos manutenção. Quais são os móveis ideais para cada cômodo da casa? Cada ambiente da casa pede móveis distintos, sendo que a mobília dos cômodos deve sempre considerar as formas de uso do espaço. Aos poucos, a casa pode ser mobiliada, entretanto, os móveis básicos de cada espaço devem ser priorizados e adquiridos o quanto antes. Veja abaixo a lista de móveis para os espaços da casa: Sala de estar A sala de estar é um dos espaços mais especiais da casa. É nela que relaxamos após o dia de trabalho, mas é nela também que recebemos os amigos para conversar ou assistir a um bom filme. Por essas e outras, a mobília dessa parte da residência deve ser confortável. Invista em um sofá macio e aconchegante, mesa de centro, painel, rack e poltronas.

ente é, sem dúvida nenhuma, a mesa. Apesar disso, as cadeiras também devem ser escolhidas com cuidado. Os mais moderninhos podem, inclusive, mesclar os tipos de assento. Para complementar esse ambiente, um armário no estilo buffet ou uma cristaleira são ideais para guardar vasilhames, taças, pratos e afins.

da residência. Esse cômodo da casa requer praticidade, higiene e organização. As bancadas devem ser laváveis e os armários com paneleiros e gaveteiros não podem ser dispensados. Quanto mais armários na cozinha, melhor! Texto retirado do site da Todeschini

Quarto de casal O quarto de casal deve favorecer o descanso, o relaxamento, a privacidade e a intimidade do casal, além de facilitar tarefas diárias, como se vestir, se pentear e se maquiar. Guarda-roupa ou closet são indispensáveis, assim como cama, cabeceira e sapateira. Pufe longo aos pés da cama, penteadeira e criado mudo também são boas escolhas, desde que o quarto não seja muito pequeno. Quarto Infantil No quarto das crianças, cama e guarda-roupa são os móveis essenciais. As prateleiras para guardar livros e brinquedos também são importantes, assim como as mesinhas para que elas façam as tarefas de casa. Para estimular a autonomia infantil, os móveis baixos são boas alternativas. Desse modo, as crianças podem pegar os objetos sem a intervenção dos adultos. Se você optar por esse tipo de mobília, é fundamental redobrar a atenção na organização para evitar que objetos perigosos fiquem ao alcance dos pequenos.

Escritório/Biblioteca Cômodos como escritório, sala de estudos, quarto de leitura e biblioteca devem favorecer a concentração. Priorize móveis como mesa, prateleiras e escrivaninha. Cadeiras confortáveis e ergonomicamente corretas também são bem-vindas.

Banheiro Embora compacto e privado, o banheiro não deve ser negligenciado no que diz respeito à mobília. Esse espaço merece tanta atenção quanto os outros cômodos da casa. É recomendável que haja um armário sob a bancada/pia. Se possível, nichos e prateleiras também devem ser inseridos no ambiente.

Todeschini Bento Gonçalves Rua Gal. Gomes Carneiro, 130 Centro 54 3454.1499 | 3452.7373

Sala de jantar Para quem gosta de receber visitas, a sala de jantar é um espaço muito importante. A estrela desse ambi-

Cozinha Esse ambiente da casa pede a mobília mais funcional possível. Ela é, sem dúvida, a parte mais gostosa

Todeschini Caxias do Sul Shopping Iguatemi | Av. Therezinha Pauletti Sanvitto, 80 | Floresta | 54 3215.3957

16 Jornal Design


Marketing de experiência: uma estratégia de posicionamento e comunicação por Ana Paula Villa | Relações Públicas

Lucas Menegat

A busca por novidades que estimulem os sentidos e sentimentos por meio de vivências é destaque nos traços do recente \consumidor. Assim, a opinião a respeito de um produto e/ou serviço está diretamente relacionada à experiência adquirida. A imagem corporativa vai além de um conjunto de significados pelos quais se define um objeto, mas sendo o resultado da interação de ideias, sentimentos e impressões construídas pelos consumidores sobre uma determinada marca. Logo, afasta-se do pensamento no produto isolado e se avança para um valor de consumo sociocultural, ampliando o seu significado para o consumidor. Mais que uma relação de consumo, esse novo público deseja que as marcas participem de suas vidas. Anseiam por produtos, comunicação e campanhas de

marketing que incentivem os sentidos, que mexam com as emoções e que se integrem ao seu estilo de vida. Aspiram obter experiências. A atual época é frisada pelo compartilhamento e conversação, o que torna relevante a geração de conteúdo para as mídias, criando uma abertura de diálogo com os públicos. É significativo que a marca seja amiga de seus públicos, demostrando ser interessante e atenciosa. O marketing de características e benefícios está sendo substituído por uma abordagem mais vibrante e experimental, ressaltando a conexão emocional entre as empresas e o estilo de vida das pessoas. Nada mais apropriado do que um objeto que alia sensações e desperta a memória para o que uma marca pode oferecer de melhor: experiências que valem ser contadas e relembradas.

Ana Paula Villa Relações Públicas anavillabg@hotmail.com 54 9654.1063 | Bento Gonçalves

Jornal Design 17


Mergulho de empatia nos negócios por Juliana Desconsi | Designer

18 Jornal Design

atenda ou supere os objetivos estabelecidos. Este contexto pode ser muito oportuno para as marcenarias redesenharem seus próprios negócios, além de seus produtos. Ouvir as pessoas sobre os que elas querem já não é . As indústrias precisam ir além, e aqui pontuo mais uma importante contribuição do design thinking que é a co-criação. É preciso convidar as pessoas a fazer parte dos projetos, a entrarem na fábrica, conhecer o material, experimentar o toque, o peso a textura destes, leva-los até suas casas, testar nos ambientes. Precisamos desenvolver relações intimistas com os clientes e deles com nossos produtos. O mercado atualmente está bem servido de quase tudo, isto é muito oportuno e ao mesmo tempo coloca as boas ideias e produtos num estado volátil. Minha opinião é que a competitividade agora é muito mais ampla do que simplesmente lançar um novo produto inovador, que rapidamente fica velho. É preciso contextualizar isso tudo, pensar além do produto, e introduzir nossas atenções ao serviço, ao transporte, a economia de materiais e processos, a fator ecológico. Estamos num momento econômico e tudo precisa ser redesenhado.

Divulgação

Design é o processo que transforma uma necessidade em solução de produto para o mercado. Na Intervento, esse exercício segue uma metodologia que compreende três etapas centrais: o Desejável, sob o ponto de vista do usuário e do mercado; o Viável, considerando as intenções de negócios da empresa; e o Praticável, que avalia a condição tecnológica. Juntos, esses pontos convergem para a inovação e pertencem a um universo que sintetiza a conjugação de verbos essenciais como definir, pesquisar, gerar ideias, testar protótipos, selecionar, implementar e aprender. Este contexto caracteriza o Design Thinking, um modelo de pensar o design sob a perspectiva do usuário, com foco na inovação que gera negócios – compromisso permanente que a Intervento assume com seus parceiros: a promoção de bons resultados. Por isso, destaco hoje a presença do designer Thinking em todos os segmentos, desde a raiz dos processos. Na marcenaria, por exemplo, o desenvolvimento do projeto envolve alto grau de criatividade, de maneira controlada e direcionada pelo processo. Assim, a criatividade é canalizada de modo a produzir uma solução prática e viável para o problema de design, que


Divulgação Artelana

Lançamento: Artelana & Siemens

A Artelana está sempre buscando melhorias contínuas para aperfeiçoar a cada dia nossos produtos e atendimento. Assim, surgiu a parceria da Artelana com a Siemens – uma renomada empresa do ramo de tecnologia. A parceria traz para Bento Gonçalves a linha de interruptores Delta Mondo que conta com

placas em diversas opções de materiais, desde os naturais como vidro, madeira e metal, até os espelhados e plásticos. Isso, para proporcionar versatilidade e acabamento perfeito. Venha conhecer o showroom da Artelana e a linha Delta Mondo. Travessa Maranhão, 55 – Humaitá – 3055.2417

AArtelanaapresenta comexclusividade alinhaDeltaSIEMENS. OsinterruptoresDeltaMondo reúnemtudooquevocê semprequis:designinovador, funcionalidadeeumaexclusiva variedadedecoresdeplacas.

cortinas.persianas.toldos papéisdeparede.tecidos.tapetes ombrellones.cortinasemtecidos almofadas.pisos.sancas

®

TravessaMaranhão,55.Humaitá www.artelana.com.br.54.3055.2417 Jornal Design 19


Aspectos relevantes no mobiliário corporativo

Divulgação Pórtico

por Roberson Da Fré | Arquiteto

Quando se fala em espaços corporativos, a disposição dos ambientes está fundamentalmente atrelada aos móveis que serão escolhidos para compor esses espaços. As estações de trabalho são influenciadas diretamente pelo estilo da empresa, o que faz com que devam ser escolhidas antes de qualquer outro aspecto. A equipe da Pórtico Ambientes Corporativos auxilia nessa decisão. O bem-estar do colaborador sempre será o principal

20 Jornal Design

foco do mobiliário corporativo. O arquiteto Roberson Da Fré explica que um ambiente de trabalho funcional e atrativo se reflete em um profissional mais disposto e produtivo. E o mobiliário é o principal fator dessa conta. Ele deve ser adequado a cada atividade e função da empresa, bem como às dimensões do espaço, facilitando a circulação e a inter-relação entre as pessoas. O ambiente de trabalho é uma extensão da casa, onde as pessoas passam uma grande parte do dia. Por

isso, segundo Da Fré, ele deve ser atrativo, aconchegante, mas sem deixar de ser produtivo. E a arquitetura é fundamental para se atingir estes objetivos. Para se ter uma ideia mais prática da influência que a arquitetura pode ter nos ambientes corporativos, o arquiteto cita a luminosidade. Salas muito claras, por exemplo, podem dificultar a visualização de monitores de computador e, assim, acabar cansando mais a vista do trabalhador. Dessa forma, os funcionários acabarão diminuindo sua produtividade. “Por outro lado, salas muito escuras também dificultam a visibilidade. A luz, que parece tão simples, pode ser tanto aliada quanto inimiga na produção diária de uma empresa”, pondera. A iluminação é apenas um fator presente nestes espaços, mas que influenciam diretamente na qualidade de vida das pessoas que usufruem e convivem ali. O mobiliário em si pode contribuir para a saúde do usuário, produtividade e estética. Para a funcionalidade de um ambiente corporativo não é preciso abrir mão da estética desse espaço. Um bom projeto pode aliar estes dois fatores. Por isso, empresas e escritórios estão cada vez mais preocupados não só em passar uma boa imagem para os clientes, mas também em criar ambientes corporativos bonitos e funcionais para seus funcionários, integrados em uma única identidade visual. A arquitetura corporativa pode ser uma peça fundamental para o sucesso da empresa, tendo em vista sua incansável busca por espaços mais funcionais, adaptados às reais necessidades da empresa e de seus colaboradores, tornando a produção mais eficaz. Além disso, quem não gosta de trabalhar em um local esteticamente atrativo e bem decorado, com espaços de trabalho feitos sob medida pela Pórtico para as necessidades de cada colaborador.


Jornal Design 21


AEARV emite carta aberta a candidatos à eleição municipal 2016 Divulgação

Após reunião com associados, entidade listou em documento as prioridades do setor para a próxima gestão de Bento Gonçalves

O compromisso com o diálogo saudável e político que faz parte da filosofia da Associação dos Engenheiros e Arquitetos do Vale dos Vinhedos ganhou ainda mais expressão nas eleições municipais 2016. Diante da relevância do momento político, a AEARV convocou os profissionais de engenharia e arquitetura para um debate democrático em prol do desenvolvimento de

Bento Gonçalves na tarde de 26 de setembro. Esse exercício de cidadania resultou em uma carta aberta que compila as demandas sugeridas pelo segmento como prioritárias à próxima gestão pública municipal. As contribuições para uma cidade com melhores condições de vida estão agrupadas em quatro eixos: Legibilidade e Qualidade dos Cargos Públicos; Investimento em Tecnologia; Plano Diretor Municipal e Democratização dos Espaços Públicos. Essa lista de reivindicações e considerações foi entregue a todos os candidatos à prefeitura de Bento Gonçalves – César Gabardo (PMDB), Guilherme Rech Pasin (PP), Neilene Lunelli Cristofoli (PT) e Evandro Speranza (PDT) –, formalizando o engajamento da entidade em relação à pauta política. “Os candidatos terão em suas mãos um documento com as bases para o aperfeiçoamento e alinhamento de seus planos de governo a partir da necessidade setorial. As demandas apresentadas devem fazer parte de um planejamento de longo prazo que fortaleça o compromisso com a transformação da cidade”, destaca o presidente da AEARV, Vinicius Peruffo. Essas intenções foram alicerçadas nos princípios e valores que a entidade carrega e defende ao longo de

O 1° CONDOMÍNIO FECHADO DO VALE LOTES DE 800 m² A 1200 m²

RS 444 Estrada do Vinho | Linha 8 da Graciema | Vale dos Vinhedos

LAZER COMPLETO

seus anos de atuação. Ao compartilhar seu parecer, a AEARV busca contribuir para uma cidade com melhores condições de vida e se coloca à disposição do poder público municipal para toda e qualquer necessidade e apoio. A carta aberta da entidade pode ser conferida na íntegra no site www.aearv.com.br e também abaixo: Investimento em tecnologia - A AEARV julga necessário incluir na lei orçamentária investimentos em integração e comunicação interna, em sistemas de informação além do georeferenciamento. Dessa forma pode-se integrar as diversas secretarias para coleta, mapeamento e análise de dados em diversos pontos do território municipal. A medida implica na desburocratização dos sistemas e no suporte técnico e informatizado para eventuais tomadas de decisões. Essa é uma visão baseada em informação e reunião de dados que, em um horizonte de 10 anos, garante concisão de dados e alinhamento de diretrizes. - Alinhado a esse posicionamento, a AEARV avalia que o processo de fiscalização atual é passivo. Um sistema integrado possibilitaria, além de comunicação mais eficaz, a criação de um canal com a comunidade a fim de contribuir e garantir a aplicabilidade do artigo 157 do capítulo VII da Lei Orgânica.

*Salão de festas es *Quadra de esport *Trilhas ecológicas *Casa da árvore *Mirante | Praças ds *Decks | Playgroun a *Pórtico de entrad

PORTARIA 24H COM SEGURANÇA

22 Jornal Design

PLANTÃO DE VENDAS NO LOCAL: SÁBADOS E DOMINGOS: DAS 13h30 ÀS 17h | FONE: 54 8114-2200 nossa obra


Plano diretor municipal - O Plano Diretor é um dos maiores instrumentos de políticas urbanas e impacta diretamente na vida de diversos agentes da cidade. A aplicabilidade desse instrumento é importante para seu sucesso. É sugestão da AEARV capacitar e unificar o conhecimento entre os agentes (técnicos, arquitetos, engenheiros, fiscais). - Além disso é necessário tornar a proposta operacional, através de vasta discussão e treinamento de pessoal qualificado, o que deve acontecer com o acompanhamento da equipe da UFRGS em conjunto com o corpo técnico do IPURB. Democratização dos espaços públicos - Lutar por uma cidade desenvolvida, e planejada para as pessoas, está entre as missões da AEARV. Destinar, priorizar o lugar e a participação da figura humana no espaço urbano deve ser também uma prioridade do poder público. Isso é possível com apoio e atuação conjunta e investimentos em qualificação de transporte público, criação de ciclovias, parklets e eventos que incentivem a ocupação das cidades pelas pessoas. - Entendemos como necessária a regulamentação para a implantação de parklets, que são áreas de vivência e interação pública. Assim, será possível humanizar e democratizar o uso da rua, tornando-a mais atrativa e convidativa, iniciando um debate e reflexão sobre a cidade que queremos habitar. - Da mesma forma, a implantação de ciclovias, ciclo

nossa obra

faixas e bicicletários vem ao encontro de práticas mais saudáveis, além de ser uma tendência de modal. Como resultado, a cidade terá um trânsito mais democrático, tornando-se mais justa e inclusiva. - Revisão das vagas de estacionamento na via, visto que estacionar o carro na rua não é um direito garantido por lei, seja na esfera municipal, estadual ou federal. Assim, novos corredores de ônibus e ciclovias podem ser criados. Além disso, necessidades individuais não podem sobrepujar a coletividade. - A prefeitura deve voltar, também, a atenção à valorização dos espaços públicos subutilizados – o aproveitamento correto desses espaços influencia na comunidade, das relações sociais e no desenvolvimento da cidade. Uma maior circulação de pessoas resulta em favorecimento da cultura local, comércio, segurança e turismo. Da legibilidade e qualidade dos cargos públicos - Diante de um grave momento de crise de valores, entre eles os morais, é essencial priorizar a idoneidade dos possíveis cargos de confiança, levando em consideração as diretrizes da Lei Orgânica Municipal (seção 02, artigo 57, cap. XII). Com isso, atesta-se o compromisso com a ética e a moral. - A AEARV entende que os cargos de nível técnico, como secretaria de obras, IPURB, entre outros, devem ser ocupados por profissionais com tal qualificação, e não priorizando apenas indicações partidárias.

AEARV firma parceria com a Molder Tendo como um dos seus principais eixos o fortalecimento institucional por meio da ampliação de seu rol de parceiros, a AEARV celebra mais uma conquista em favor dos engenheiros e arquitetos da região do Vale dos Vinhedos. A entidade acaba de firmar aliança com a Molder Estruturas, de Garibaldi. Ao mesmo tempo em que proporciona ao associado contato com fornecedores, esse tipo de relação fortalece o vínculo comunitário, contribuindo para o desenvolvimento local a partir da geração de negócios. “Selecionamos parceiros que tenham valores correspondentes aos ideais da AEARV, e que nos ajudem no desenvolvimento da nossa região, além de se destacarem no mercado. A Molder certamente se enquadra nesse perfil”, afirma o presidente da entidade, Vinicius Peruffo. A mais nova parceira da AEARV é especialista na fabricação e instalação de estruturas de concreto pré-fabricadas e atende toda a região Sul do Brasil. Seus principais diferenciais são a agilidade nos projetos - graças a um sistema de logística integrado -, qualidade do material e acabamentos de alto padrão.

Jornal Design 23


Luís Cortelini

De Paris um novo conceito em iluminação A De Paris Iluminação revela inteligência, estilo, tecnologia, tendências e sustentabilidade em cada projeto. Venha, você também, fazer parte desse novo conceito de iluminar!

Cristiano Bortolini, Ana Paula de Paris e Juciane Pilan

Daiane Agne, Ana Paula de Paris, Fernanda Martins e Daniela Araldi Volpato

Ana Paula de Paris e Evandro Aschi

Ivete Caprara de Paris, Ana Paula de Paris e Gilmar de Paris

Jamirton Benassi e Tina Lando

Janrie Mattiello, Júnior Zanotto, Felipe Possamai 24 Jornal Design

Aline Roberti, Joana Milan, Ana Paula de Paris, Sheila Santin

Simone Trevisol, Andréia Pivotto Dal Pizzol, Patrícia Barbieri

Fabiana Ruaro, Ana Paula de Paris e Juliana Pereira

Ana Paula de Paris e Elisabete Valduga

Daiana Cettolin Rosin, Aline Beltrami Bruschi, Ana Paula de paris e Susana Dal Magro


Ivete Caprara de Paris, Valter Bianchi, Maria Tereza Bianchi, Jurema Bianchi, Terezinha de Paris e Ivete de Paris

Gilda Leão de Castro, Robison Castro, Airton Bergoli e Vanessa Somensi

Daiana Fogliato, Maria Marcon, Daniela Zandonai e Darlene Zandonai

Guilherme Zatt de Bona, Renan Luchese Vasques, André Luís Berté

Fábio Basso, Carla Carer, Luísa Cobalchini Damasio

Roberto Neto Boeira e Angela Callegari Boeira

Juliana Gaieski Romanini, Patricia Cassol Pereira, Aline Beltrami bruschi, Aline Canossa e Angélica Piva

Débora Peruffo, Beatriz Peruffo e Gabriela Peruffo

Renata Tosi, Sandra Benvenutti, Silvia Menegat, Raquel Montipó

Sheila Santin, Tatiane Peruffo, Sandra Morbini

Rodrigo e Gabriela Caravaglia com o pequeno Miguel

Jornal Design 25


Maison Antique: um mergulho nas lembranças

1.

2.

3.

Fotos Jornal Design

1 | Par de xícaras Hand Painted Windsor | séc. 19 2| Estatueta porcelana Royal Copenhagem | 1922 Bibelô europeu | 1900 3 | Oratório em madeira | séc. 20

“Aqui não ficamos velhos, ficamos incríveis!”. Essa é a proposta do Maison Antique, o primeiro e único antiquário de Bento Gonçalves. Um lugar incrível, um verdadeiro mergulho nas lembranças de família através de uma variedade sem fim de peças e objetos raros, que perduram com excepcional qualidade. Os empreendedores Airton Bergoli e Robison Castro apostam no Maison Antique como valorização dos nossos antepassados. “Um mundo que sempre chamou minha atenção, tanto pela beleza e cuidado nos acabamentos quanto pela história que as peças carregam. Assim, iniciei um acervo próprio e, com o passar do tempo, vimos a necessidade que Bento Gonçalves tinha de possuir um lugar assim, cheio de memória afetiva”, comenta Airton. O acervo do Maison Antique é composto por móveis de todos os portes, eletrodomésticos, louças, cristais, peças decorativas, motocicletas e mais uma infinidade de objetos colecionáveis em excelente estado de conservação. Além disso, a equipe do antiquário ofe-

54 2621 5302 26 Jornal Design

rece, ainda, o serviço de restauro e personalização de antiguidades, ideal para quem deseja repaginar aquela peça antiga, de grande valor sentimental, sem perder a identidade. O Maison Antique atende de segunda a sexta, das 13h30min às 18h30min e aos sábados, das 9h às 11h45min, ou sob agendamento.

M A MAISON ANTIQUE ANTIQUÁRIO Rua Sete de Setembro, 196 | Sala 101 Bairro Fenavinho | Bento Gonçalves – RS


Apartamentos de 2 e 3 dormitórios com opção de até 3 suítes com uma

completa infraestrutura de lazer!

O prédio também possui 4 excelentes coberturas duplex de 2 e 3 dormitórios. • 2 torres com 4 apartamentos por andar. • 2 elevadores por torre. • Apartamentos de 2 dormitórios com 90 m². • Apartamentos de 3 dormitórios com 117m². • Sala para 2 ambientes com lareira e saca-

da integrada. • Cozinha americana com churrasqueira. • 2 box na garagem e depósito. • Esquadrias em PVC. • Guarita de segurança. • Salão de festas mobiliado com espaço

gourmet, churrasqueira, lareira canadense, forno para pizza e home theater.

• Na parte externa piscina com deck e play-

ground. • No 3° pavimento brinquedoteca, área fitness e apartamento para zelador. • Construído com blocos de concreto celular, imprescindível para o clima da nossa região, proporciona isolamento termo-acústico, que é a melhor opção de aumentar a performance energética diminuindo o consumo de energia. • Geração própria de energia fotovoltaica, onde a energia elétrica é produzida a partir de luz solar, e pode ser produzida mesmo em dias nublados ou chuvosos. Quanto maior for a radiação solar maior será a quantidade de eletricidade produzida.

Aqui você vai viver pertinho de tudo, e com fácil acesso a qualquer ponto da cidade que vão facilitar ainda mais o seu dia a dia. Academia, supermercados, restaurantes, escolas, farmácias, cinemas, shopping... RUA OLAVO BILAC, 830 - BAIRRO SÃO BENTO

ESPAÇO GOURMET

PLAYGROUND / DECK

PISCINA

VENHA CONHECER O APARTAMENTO DECORADO!

LIVING

SUÍTE

COZINHA

Fone 3055.3355 Plantões Permanentes 9978.8925 e 9125.2659 / zattimoveis | www. zattimoveis .com.br Jornal Design 27


E agora, empresa? Pronta para este novo desafio? A inovação! A publicitária, consultora de negócios e inovação, Eliane Zanluchi, vem atuando em dezenas de empresas, especialmente nos últimos anos, a fim de retomar negócios e, mesmo com crise, fazer com que elas sigam bem no mercado e crescendo! Junto dela, vem um grupo de especialistas que transformam olhares e estratégias das organizações, trazendo disruptura e inovação. E isso vem dando tão certo, que os negócios não param de expandir. Iniciou com consultoria em marketing, passou a negócios, comunicação, design organizacional e agora, também oferece serviços em sua escola, formada pelos consultores do grupo. Tudo isso para romper paradigmas e fazer com que as empresas sejam assertivas neste novo mercado, que não para de se transformar!

Andressa Massutti

O que as empresas vêm fazendo para se manter BEM no mercado? Eliane Zanluchi | Rever seus paradigmas

é o primeiro passo! Sim! Produtos, mercados, comunicação, necessidades, desejos, tudo isso vem mudando muito rapidamente. E a forma como as empresas assumem suas estratégias também está precisando mudar. Não há outro caminho: os números, especialmente, vêm indicando essa necessidade da mudança, de inovação. A CRISE interferiu em tantas necessidades de adequação? EZ | Sim! Muito. E pode ter certeza que essas novas condições econômicas trouxeram mudanças profundas e que o mercado amadureceu muito com elas, tornando-se ainda mais exigente. A tendência não é que se volte a ter comportamentos ou números como os anteriores (pré-crise), especialmente se a empresa manter as mesmas estratégias. Mas além da crise, muitos outros fatores influenciaram: a nova sociedade em rede, “empoderada”, como muito mais acesso às informações; os novos negócios sendo lançados, que se adequam mais às necessidades de nichos;

e também um consumidor contemporâneo, consciente e que busca alternativas incomuns para o seu dia a dia são os novos desafios das empresas. “Mais por menos. Esse é o lema de um mercado mais evoluído. Mais: facilidades, design, consciência, comunicação, etc. Menos preço, desperdício, esforço.” E como a inovação faz parte deste NOVO CENÁRIO? EZ | Peter Drucker já falava que a inovação faz parte da busca da empresa por um novo desempenho econômico, melhor, claro. Mas é preciso compreender também a sua essência. No livro Design Thinking - Inovação em Negócios - INOVAÇÃO é: “[…] o processo de recriar modelos de negócio e construir mercados inteiramente novos que vão ao encontro das necessidades humanas não atendidas, sobretudo para selecionar e executar as ideias certas, trazendo-as para o mercado em tempo recorde”. sa.

A Inovação faz parte da nova empre-

Ela trabalha com o desenvolvimento de líderes para que estes tenham maior visão - os intraempreendedores, como estamos chamando. Também busca o trabalho colaborativo, através da cocriação, tão difundida pelo Design Thinking, além das equipes cada vez mais multidisciplinares, na busca de soluções. Além disso, também, procura fornecer estrutura, espaços para compartihamento, buscas de novas possibilidades, até mesmo junto aos recursos atuais das empresas, os quais muitas vezes são pouco explorados pelas próprias pessoas e processos internos e de mercado. Toda a empresa pode ser inovadora? EZ | É claro. Não só pode como deve. E a inovação faz parte de uma nova cultura a ser adotada pela empresa. Os recursos estão muito mais ao alcance do que a maioria das empresas imagina, e podem custar muito menos do que preveem também.

Eliane Zanluchi Diretora ORGÃ Group 28 Jornal Design

Traga exemplos de empresas que inovam! EZ | Grande empresas vêm inovando. Construtoras como a Gafisa vêm desenvolvendo prédios para moradia, conforme projetos desenvolvidos pelos usuários. E vêm vendendo com maior valor agregado. Os números comprovam. Empresas globais de calçados como a Toms, criam economias novas, a “One to One”, por exemplo, onde para cada calçado comprado outro é doado para áreas carente (como a Síria). Esse negócio, criado por um jovem empreendedor, deu tão certo que a Toms é reconhecida globalmente, ganha páginas inteiras das maiores revistas de economia e já

expandiu em muito seus negócios, para além do calçado: óculos, moda em geral e também café. É a marca queridinha dos grandes astros do mundo (que fazem propaganda sem cobrar um centavo, acreditem). A Evian, é a grande referência em água mineral no mundo. E mesmo trabalhando com um produto insípido, inodoro e incolor, ela não para de inovar. São produtos saborizados, novas embalagens assinadas por grande nomes mundiais da moda, água para borrifar no rosto, borrifadores de ar para aumentar a umidade em espaços fechados, além da última novidade: um apli-


Fotos Divulgação

“A ORGÃ acredita que a INOVAÇÃO não está ligada somente à gestão das empresas mas, principalmente, à cultura e às PESSOAS.” (Eliane Zanluchi)

cativo, que fica na geladeira, através de uma espécie de imã, através dele, a pessoa pode solicitar a entrega do produto “água Evian” na hora e quantidade que quiser, através de wi-fi. Isso é serviço aplicado para uma empresa que vende água, só isso! E fatura bilhões com essas inovações! Mas não precisamos ir tão longe. Aqui pertinho temos uma empresa chamada Biccateca. Eu achei demais, pois ao invés de trabalhar com móveis corporativos, hoje ela vem trabalhando com móveis colaborativos. Faz parte desse segmento: mesas para estações compartilhadas de trabalho, unindo a proximidade e a tecnologia em seu conceito, armários com sistema de absorção de som, para grandes ambientes compartilhados. Seus clientes atuais são Itaú, Rede Globo e outras grandes e inovadoras empresas também. Ela fica aqui pertinho, em Erechim/RS, e não para de expandir seus negócios, não é demais?

Campanha da marca Evian

Ok! tenho certeza que as empresas se interessaram. O que devem fazer? EZ | Procurar uma empresa especializada em novas estratégias e inovação é nossa sugestão! Sem jamais descuidar da sua comunicação externa, interna e o empoderamento de seus colaboradores (que são os reais desbravadores das inovações no dia a dia). A ORGÃ, por exemplo, é um grupo que atua com profissionais megacapacitados, como Marlon Dalmoro, Doutor e antenado com todo o mercado, marcas e pessoas, através de estudos internacionais junto à cultura e consumo; tem também a Sônia Zardenunes que com olhar estratégico traz a Antropologia para o dia a dia das organizações; a Paula Visoná, cool hunting que explora o mundo em busca de tendência; além do Giulio Palmitessa, mestre pela Poli-

técnica de Milão, o Vicente Lovera, um jovem viajante do mundo e estrategista e tantos outros que vêm atuar junto a nossos projetos especiais. E, o melhor, estamos adequados às condições e exigências do mercado, entre elas: oferecer bons serviços, com bons resultados. E como atua a ORGÃ? A Orgã é um grupo de pessoas que trabalha junto a projetos sistêmicos, que olham a empresa como um todo. Parte dos nossos serviços são na área da comunicação, temos uma agência que dá todo o suporte aos nossos clientes, desde a estratégia até tangibilização e operacionalização das ações isso inclui identidade visual da marca, campanhas, marketing digital, ações alternativas, etc. Outros projetos são voltados à investigação de mercado, através de serviços de pesquisas qualitativas, que analisam tendências, comportamentos, marca, concorrentes e novas oportunidades. A consultoria de negócios e inovação abrange diferentes possibilidades. Aqui analisamos as necessidades da empresa, através de diagnóstico, e sugerimos um projeto de trabalho que se adeque ao contexto da organização. Sempre considerando a realidade de cada uma delas, e respeitando o que há de mais especial: sua essência e as pessoas que dela fazem parte.

54 3451.7648 atendimento@orgagroup.com.br facebook.com/orgagroup

Jornal Design 29


estilo

Bambinos na cozinha Saber cozinhar é saber comer e a criança pode acompanhar seus responsáveis no preparo dos alimentos desde a introdução alimentar Fotos Retratus Ateliê Fotográfico

cesso e estimulam uma introdução mais amistosa dos pequenos a novos preparos e alimentos. Em relação a guloseimas, sem neura: quanto mais os pais proíbem, mais podem provocar um desejo compulsivo que pode se tornar um consumo exagerado no futuro. Pequenas porções de doces e petiscos são aceitáveis, desde que a rotina alimentar da criança seja equilibrada. E o comprometimento deve ser de todos. Se a família esconde refrigerantes e doces para consumo dos adultos, a criança jamais se sentirá confiante em fazer a melhor escolha alimentar.

Rua João Pessoa, 282 | Botafogo contato@amarelodoce.com.br 54 | 3012.0242

A nutricionista Gabriele Caprara vestiu look da Cadoro durante a oficina com as crianças, que vestiram Amarelo Doce e Sapateka

Saber alimentar-se é uma verdadeira herança que os pais podem – e devem – deixar a seus filhos. Um projeto para o presente e o futuro que começa no ventre e reflete em qualidade de vida. Lugar de criança é na cozinha, sim, e desde cedo: tocando, cheirando, conhecendo os alimentos de verdade e construindo referências alimentares em parceria com os adultos. Criança que participa come mais e melhor! Os primeiros mil dias – da gestação ao segundo ano do bebê – são, de fato, cruciais para a formação integral da criança, incluindo seus hábitos alimentares. Estudos comprovam que um bebê no ventre pode sentir o sabor de alimentos ingeridos pela mãe através do líquido amniótico. Mais tarde, na amamentação, essa relação fica ainda mais nítida. Não são apenas os nutrientes, mas também o sabor e os efeitos de cada alimento passam de mãe para filho. Por isso, a alimentação balanceada é um projeto que começa com a mãe, ingerindo diariamente um pouco de cada grupo alimentar em quantidades adequadas. A nutricionista Gabriele Luiza Caprara, especialista em Nutrição Pediátrica e mestranda em Saúde da Criança e Adolescente, lida diariamente com famílias

30 Jornal Design

em busca de mudanças na alimentação e garante que nunca é tarde para promover uma revolução alimentar em casa. Segundo ela, dar à criança acesso à cozinha e ao preparo das refeições pode ser a chave para uma mudança drástica. “Quanto mais a criança conhece os alimentos, sua origem e suas diferentes formas de preparo, mais ela vai desejar comida de verdade”, pontua. A criança pode e deve acompanhar seus responsáveis no preparo dos alimentos desde a introdução alimentar, aos seis meses. Ela pode acompanhar os adultos nas compras e ter o primeiro contato com as frutas, legumes, grãos. É importante mostrar as cores, texturas e aromas. Aos dois anos, a criança pode ajudar a despejar ingredientes e mexer preparos. Aos quatro, pode lavar, ralar e amassar. Gabriele explica que, após o primeiro ano de idade, a alimentação do bebê pode ser a mesma da família, desde equilibrada. “Quem não sabe cozinhar, não sabe comer. Não estamos falando de preparos refinados, mas de conhecer os ingredientes básicos da cozinha, os temperos, os modos de cocção e, com isso, fazer mais comida de verdade”, estimula. As oficinas de culinária que Gabriele oferece para crianças a partir de quatro anos são um verdadeiro su-

Bernardo Valduga


A Doce Encanto assinou a ambientação do cenário para nossa capa Cecília Miolo Valenti

K

O que as crianças podem fazer na cozinha? Em todas as idades: levar à feira, fruteira, supermercado, para conhecer os alimentos. A partir de 6 meses: oferecer os alimentos para a criança pegar com as mãos, cheirar... A partir de 18 meses: adicionar ingredientes as preparações (farinha, água...). A partir de 2 anos: mexer a receita com a colher; lavar as frutas e verduras; ligar o botão do liquidificador/batedeira/mixer; misturar os ingredientes com a mão; cortar com cortadores de biscoito. A partir de 3 anos: medir os alimentos utilizando copo medidor; peneiras alimentos; rasgar as folhas com a mão; polvilhar algum ingrediente na preparação. A partir de 5 anos: cortar alimentos macios utilizando faca sem ponta ou de plástico; ralar alimentos; utilizar rolo de massa. A partir de 7 anos: ler a receita e rótulos dos produtos; utilizar alguns utensílio como o espremedor de suco, amassador de batata, descascador de legumes...; quebrar ovos. A partir de 12 anos: utilizar liquidificador, batedeira...; tirar/colocar a preparação do forno; picar e cortar alimentos. Sempre com cuidado e supervisão de um adulto. Lembrando que cada criança tem o seu desenvolvimento e que pode realizar algumas tarefas antes ou depois da idade citada.

Receita cookie de aveia Ingredientes

- 1 e ½ xícara de aveia - 100g de manteiga - 2/3 de xícara de uvas passas (opcional) - 150g de açúcar mascavo - 5 colheres de sopa de água - 1 xícara de farinha Modo de preparo

1. Derreta a manteiga. 2. Em uma tigela, coloque a aveia, despeje a manteiga por cima e misture. 3. Acrescente o açúcar mascavo e as uvas passas, incorpore pouco a pouco a farinha. 4. Acrescente a água e misture para obter uma massa bem firme. 5. Faça bolinhas, coloque-as espaçadas em uma assadeira e achate-as levemente. 6. Leve ao forno preaquecido a 180ºC por 15 a 20 minutos.

Maria Eduarda Valduga

2

Jornal Design 31


Um Doce Encanto de festa!

Fotos Carla Tonon Fotografia + Design

criativas e diferenciadas, como piqueniques, festas do pijama, festa spa e opções de oficinas para tornar qualquer evento um momento de pura diversão para todos, especialmente para as crianças. Com o tema Confeitaria e uma paleta de cores superencantadora em tons pastéis, foi possível soltar a imaginação e criar esse encanto de festa para a pequena Nina Rosa. Nesse projeto, alguns itens foram produzidos pessoalmente pela querida Aline Pedrini Lorenzini, mãe da Nina, que, combinados com algumas peças exclusivas do acervo da Doce Encanto, resultou numa festa linda, delicada e muito colorida. Destaque para a admiração unânime pela geladeira linda que saiu direto do escritório do Daniel Lorenzini, pai da Nina, que trouxe um charme todo especial à decoração. Na festa da Nina, o bolo lindo - e delicioso - foi preparado pela competente confeiteira Angelica Sartori, que trabalha com bolos tradicionais, decorados e cupcakes com muito carinho e dedicação. Os registros ficaram por conta da fotógrafa Carla Tonon, que conseguiu eternizar de forma primorosa cada momento da festa, bem como toda a simpatia da aniversariante, Nina, e de sua irmã, Lismel.

Agora, Bento Gonçalves e região contam com uma linda novidade na área de decoração e assessoria de festas. A Doce Encanto traz um conceito inovador que vai muito além dos tradicionais enfeites e temas que estamos acostumados a ver. A proposta da empresa consiste em realizar uma completa imersão em cada evento, garantindo total dedicação e exclusividade ao projeto abraçado. Mãe de duas princesas, Paola e Laura, a arquiteta Michele Zorzi decidiu utilizar todo seu conhecimento de composição e cuidado com os mínimos detalhes para dedicar-se à paixão de planejar e executar festas encantadoras. Já Rejane Gallazzi, mãe de um lindo casal, Lucas e Giulia, trocou a estabilidade do serviço público pelo desafio de seguir o coração, usando a criatividade para tornar ainda mais especiais os momentos de comemorações de crianças e adultos. Entre os serviços oferecidos, está a organização de toda a festa do início ao

54 9133.3980

fim, cuidando de cada pequeno detalhe. As empreendedoras selecionam as melhores opções de lugares para o evento, cuidam da produção dos convites, da contratação dos serviços de buffet, fotografia, filmagem, lembrancinhas e, para completar, executam o design e a ambientação do evento de forma a harmonizar tudo isso de uma maneira inovadora, exclusiva e inesquecível para o cliente. Trabalham especialmente com eventos voltados para o público infantil, desde o chá de bebê, mesversários e aniversários, sempre com propostas

54 | 8167.7253 54 | 9941.2172

DECORAÇÃO PROVENÇAL BRANCA

32 Jornal Design


Coleção primavera verão já chegou na ByMeny Bento A MENY DOGGY é referência em moda infantil na região. Através de detalhadas pesquisas de mercado, oferece a seus clientes roupas infantis que são inspiradas em tendências de moda europeia, sem abrir mão do conforto que os pequenos tanto precisam. A essência da ByMenyBento é o estilo clássico europeu e a preocupação com os detalhes, que torna exclusiva cada coleção, sempre priorizando conforto, qualidade, confiança, praticidade e diferencial no design a um preço justo. Valentina, Helena e Laura Portaluppi Trevisan

Nica Howes - arte e fotografia

Matheus Bertolini Moro

José Pedro Cavallet Portaluppi

Enzo Malvessi Fiorese

Lorenzo Bernardi Portaluppi

Enzo Malvessi Fiorese

Marinna Bertolini Moro

Conheça nossa loja em BENTO GONÇALVES e saia com seus pequeninos esbanjando estilo!

bymenybento@menydoggy.com.br

*Entre os dias 01 e 12 de outubro

By Meny Bento Gonçalves Rua Gen. Gomes Carneiro n°171 - Centro +55 54 3702 2536 Jornal Design 33


Como escolher as roupas de seus filhos por Gabriela Francio | Assessora de Moda

Fotos Divulgação

“Precisamos destacar que a moda é uma das principais formas de expressão, e nada como deixar seu filho escolher o que vestir para despertar sua personalidade.”

34 Jornal Design

seu filho a vesti-la. Precisamos destacar que a moda é uma das principais formas de expressão, e nada como deixar seu filho escolher o que vestir para despertar sua personalidade. Ao comprar as roupas, peça a opinião da criança, pergunte qual é a sua cor predileta, que personagem ela mais gosta, se prefere roupas de frio ou de calor e assim por diante. Desta forma, fica muito mais difícil selecionar algo que seu filho não goste. As crianças já são bem vaidosas e certamente poderão te dar boas dicas do que comprar. Quando os pequenos têm o direito de opinar no que vestir, os pais não estão contribuindo apenas para o visual da criança como também para a sua formação pessoal. Nesta fase, eles estão em constante desenvolvimento, buscando uma identidade própria que pode facilmente ser traduzida no vestuário. Respeitar a opinião do seu filho, portanto, pode trazer um aumento da autoestima e da responsabilidade desde cedo. Ainda assim, vale dar algumas sugestões e ter boas conversas quando for comprar roupas novas. E fazer isso junto pode aproximar ainda mais a relação pais e filhos.

Divulgação

O primeiro passo para selecionar roupas ideais para as crianças é observar o conforto de cada uma delas. Para os pequenos, a principal atividade do dia a dia é a brincadeira, então a roupa usada por eles deve fazer jus a esta ação, e permitir que eles realizem tudo o que quiserem com muito conforto. Vale a pena, também, prestar atenção nas marcas selecionadas. Roupas de qualidade e de marcas já mais conhecidas no ramo infantil, costumam apresentar muitos benefícios, como tecidos antialérgicos, aviamentos e detalhes difíceis de soltar (evitando, assim, que a criança engula algum botãozinho, por exemplo) e um design feito especialmente para os baixinhos. Porém, também é possível encontrar boas peças em brechós e marcas mais desconhecidas, mas a dica é sempre prestar muita atenção nesses detalhes que podem prejudicar – e muitas vezes até machucar – o seu filho. Lembre-se também de eleger o modelo que mais combina com o seu pequeno. Não adianta comprar uma roupinha que você acha linda e depois obrigar o


Conheça as linhas específicas para bebês e crianças da Empório Beauty Store Jornal Design

Produtos para a proteção solar adequada aos pequenos

Linhas hipoalergênicas para os primeiros meses de vida

Maquiagens específicas para a pele delicada das meninas

Os primeiros anos de vida são os mais delicados e exigem atenção especial com a pele e cabelos. Por isso, o uso de produtos adequados, que respeitem a delicadeza de cada fase, é imprescindível para garantir o conforto e bem-estar dos pequenos. Pensando nisso, a Empório Beauty Store buscou marcas que oferecem linhas diferenciadas, desenvolvidas a partir da compreensão das necessidades de cada idade. Assim, os cuidados diários se tornam mais eficazes e seguros. Para os bebês, itens que ajudam a hidratar, tratar e cuidar da pele sensível e delicada dos primeiros me-

ses de vida, inclusive, linhas 100% orgânicas para um tratamento natural para os que sofrem com alergias. Produtos para os cuidados completos com os cabelos, como shampoo, condicionador, gel e leave in, ajudam a manter em dia o visual da garotada. E uma seção exclusiva de maquiagens hipoalergênicas faz a alegria das meninas mais vaidosas. A Empório conta, também, com uma gama de protetores solares próprios para cada idade, desde recém-nascidos até as crianças maiores. Pois a precaução com os raios solares deve ocorrer durante todas as es-

tações do ano, principalmente para as crianças. E para organizar todos os produtos e acessórios, facilitando os cuidados diários, foram desenvolvidas nécessaires exclusivas para meninos e meninas. São dois modelos, superpráticos e com estampas temáticas que irão promover ainda mais a beleza dos pimpolhos. Neste mês de outubro, em que comemoramos o Dia das Crianças, todos os produtos infantis estão com 10% de desconto na Empório Beauty Store. Então aproveite esta oportunidade e conheça de perto todos os benefícios das melhores marcas e produtos infantis.

Jornal Design 35


Afinal, qual a melhor idade para iniciar a aprendizagem de idiomas? Conheça todas as vantagens da Actúa Idiomas: FAST - Nível avançado em 18 meses ou 2 anos e meio Curso rápido para jovens e adultos. Intercâmbio Próximos destinos: Espanha (2017), San Francisco e Vale do Silício (2017/2018). Outros destinos: Austrália, Canadá, Inglaterra e Nova Zelândia.

Divulgação

Certificados internacionais

O questionamento a respeito da melhor idade para iniciar o aprendizado de idiomas é muito frequente entre os pais. Para o desenvolvimento feliz e natural da criança na aprendizagem de línguas, o período mais propício para aprender idiomas com naturalidade permanece até os 12 anos de idade. Nesse período, a aquisição do idioma pode chegar a resultados muito próximos de um falante nativo devido a grande capacidade adaptativa do cérebro, além da ausência do medo e da vergonha. Após esse período, as crianças precisam ser estimuladas frequentemente por meio de atividades divertidas e prazerosas e de acordo com a sua idade, porém, poderão ter mais dificuldades e empecilhos, como o medo e a vergonha, e até mesmo traumas relacionados ao contato com a aprendizagem de idiomas sem a devida preparação e material didático suporte de acordo com a faixa etária. O fato é que quanto mais cedo se der o início da jornada de aprendizado mais natural, fluente e preciso se torna o segundo idioma. As crianças que iniciam esse aprendizado até os 03 anos em geral assumem o idioma como língua materna, tanto quanto o português. Nesse caso, são consideradas bilíngues, ainda que possuam maior habilidade em uma das línguas. A forma como a criança é exposta ao aprendizado interfere diretamente na qualidade de expressão verbal do idioma. Após os três anos as crianças seguem tendo condicionamento para apren-

36 Jornal Design

der outra língua com naturalidade, podendo chegar a resultados muito próximos de um falante nativo devido a grande capacidade adaptativa do cérebro, o que permanece em torno dos 12 anos. Ou seja, a primeira infância e infância são considerados períodos “padrão-ouro” para o desenvolvimento de idiomas possibilitando resultados mais efetivos e maior facilidade. A Actúa Idiomas oferece dos 0 aos 3 anos um projeto especial para seus aluninhos e para as escolinhas de educação infantil, onde as crianças são expostas naturalmente ao idioma enquanto realizam outras atividades de sua rotina. Já a partir dos 3 anos, utiliza um método desenvolvido especialmente para crianças até os 5 anos, avançando para outros materiais de suporte dos 6 aos 10 anos, dos 11 aos 14 e dos 15 em diante, pois não abre mão de um material suporte adequado a cada faixa etária, não utilizando, por exemplo, fotocópias ou apostilas desenvolvidas na escola, mas sim um material desenvolvido pelo departamento de linguística aplicada da melhor universidade especializada em ensino inglês a nível mundial, cujos níveis dos cursos estão adequados aos padrões europeus de aprendizagem. Deborah Fick Böhm Fraga - CRFa 9748/RS. Fonoaudióloga. Caroline Carraro Michelon Professora. Máster em Linguística Aplicada ao Ensino de Espanhol/Língua Estrangeira.

Quer obter uma certificação internacional como o FCE da Cambridge, o mais conceituado do mundo em inglês, e o D.E.L.E, o mais reconhecido em língua espanhola? A Actúa Idiomas prepara você! Venha avaliar o seu nível de proficiência no idioma gratuitamente! O resultado aferirá qual é o seu nível de conhecimento no idioma no padrão europeu, exatamente como a certificação internacional. Na Actúa Idiomas os alunos começam a se preparar para obter uma certificação internacional desde o início de seus cursos ao utilizar como suporte materiais adequados aos padrões europeus de aprendizagem, que possibilitam a aplicação de simulados nos mais diversos níveis de aprendizagem no idioma. Se você quer obter uma certificação internacional comece certo, não deixe para se preparar apenas no nível avançado do curso. #VemPraActúa! Cartão de descontos Só os alunos da Actúa tem um cartão que dá descontos de 5% a 50% nas melhores lojas e serviços da cidade! Movie Arte Cinemas – 50%, Phanton Academia 20%, Croasonho – 15%, Canta Maria Expresso 10%, e muito mais. Quer ser nosso parceiro? Entre em contato e saiba mais! Matrículas abertas o ano inteiro, para todas as idades! #VemPraActúa! Conforto, segurança, serviços e estacionamento por apenas R$1,00 por hora para pais e alunos. Promoção 2017 Realize agora a sua inscrição! Melhor metodologia x custo benefício x profissionais


Silvana Gentilini

Amor e história retratados em sua festa

Oi Biscoito Company

Silvia Tonon

A criação das festas é feita com muito carinho e um olhar único, pensando em cada detalhe, para cada cliente. A Relações Públicas Leila Pompermayer, que também atua em comunicação e marketing, organiza eventos que são

encantadores e exclusivos e criados com muita dedicação. O conceito e a identidade visual tem um estudo especial, os fornecedores são envolvidos para entrar no clima da festa e o resultado que se busca, é um sorriso lindo de pura felicidade. Emerson Ribeiro

Jornal Design 37


Dedicação e sensibilidade

38 Jornal Design

arte e fotografia. Em seu estúdio, que também conta com uma linda área externa, dedica – se aos ensaios como fotografia de família, ensaios maternidade e newborn, e ensaios temáticos kids.

Nica Howes - arte e fotografia

Fotografia também é a arte de emocionar, eternizar momentos únicos , registar sentimentos. Mesmo na era digital a fotografia, cada dia mais, é a paixão da fotógrafa Ana Claudia Howes, do Nica Howes –


A Lex Empreendimentos Imobiliários recebeu clientes e amigos para a entrega do Condomínio Industrial Planalto, em Bento Gonçalves. Um almoço especial preparado pela Sapore e Piacere e realizado no próprio refeitório do condomínio deu as boas-vindas aos proprietários e inquilinos. Localizado na BR-470, o Planalto tem infraestrutura inédita, com refeitório para cozinha industrial, salas de reunião e auditório, focada na eficiência e logística, alta qualidade e funcionalidade e

Fotos Carlos Ferrari

Lex Empreendimentos entrega condomínio industrial acesso facilitado. Qualidade de vida para colaboradores e empreendedores e sucesso para as empresas.

Jornal Design 39


Défili lança primavera/verão 2017 Jornal Design

A boutique Défili reuniu amigos e clientes para comemorar um ano de sucesso e apresentar a coleção primavera/verão. Desfilam na Défili as marcas: MOB, TVZ e Rosa Chá.

40 Jornal Design


Jornal Design 41


A Globo Moda Homem reuniu clientes e amigos para apresentar os lançamentos da marca Dudalina, referência de excelência em camisaria. Tudo foi carinhosamente pensado, do convite personalizado até a loja totalmente repaginada por Jones Machado. Zélia e Gobbi receberam pessoalmente os convidados, com sua dedicada equipe. O espumante e o coquetel foram cuidadosamente servido pelo Buffet Dalla Costa. O DJ Luiz Metz animou a noite com boa música e simpatia, que ficou completa com o desfile das peças Dudalina por Marcelo e Patricia. Além de mimos da Barbearia JB. Tudo sob o olhar atento da promoter Vera Quadros.

Fotos Jornal Design

Rua 13 de Maio, 372, Bento Gonçalves | Contato: 54 3451.1325

42 Jornal Design


André Pellizzari

Todo homem tem que ser membro desta facção O espaço masculino busca cada vez mais atender o homem livre de preconceitos e que se preocupa com sua beleza. O que o homem pode fazer em um espaço masculino? O que tiver necessidade. Esse grande detalhe faz a diferença e é o que La Facción se preocupa em oferecer: ambiente requintado e confortável e resgatando o conceito clássico da barbearia com o que o mundo e arquitetura moderna tem a oferecer. Um bar convidativo, com especiarias e bebidas como whiskys clássicos, cervejas artesanais e bons cafés, churrasqueira e happy hour com amigos, televisores em canais de esporte e aquele lounge relaxante durante o atendimento.

Hoje o homem moderno está muito bem informado e exige maior especialização do profissional barbeiro que lhe atende. A preocupação com o bem-estar foi priorizada em cada detalhe no espaço masculino La Facción, o papo é de homem e deixa as pessoas ao redor à vontade. Entre nossos serviços estão, além do tradicional barba e cabelo, alisamento, coloração, tratamento capilar, depilação, podologia, pé e mão, massagem estética e terapêutica e tratamentos faciais. No La Facción você encontrará profissionais seriamente qualificados e preparados para suprir a necessidade do homem exigente.

Jornal Design 43


O que nos lembra o cheiro do café Divulgação/Ricordare​

Café gelado shakerato

Que cheiro tem o seu café? O nosso tem cheiro de infância, das avós passando no filtro o café moído antes e depois das refeições. Era quase um ritual (como toda a rotina diária de uma avó) e a gente acabava aderindo à tradição porque aquilo nos unia. Fomos além do filtro: aprendemos a fazer o café “tinta”, o “chafé”, largamos de mão o açúcar. Anos, bules e filtros depois, aqui estamos nós, baristas de coração, com o “tamper” na mão, extraindo da máquina um café espresso de grão illy - e o cheiro ainda nos lembra o mesmo. E se as avós tomassem conosco esse café, que vem de tão longe, da Itália, em um lugar tão comum: a nossa mesa? O illy é um café de Trieste, com blend de nove variadedades de “Coffea Arábica”, que extraído ou passado, causa no paladar notas de flores e fruta, caramelo, pão torrado, chocolate, toques de amêndoa e mel, e o amargo na boca se transforma em doce, sem necessidade de adição de açúcar. Ele é o melhor café espresso do mundo. Hoje, no nosso café em Bento, nós tiramos com ele, espressos, cappuccinos, lattes, cafés com baunilha, graspa, whisky e gelato. O café causa tanta ex-

periência que possibilita as variedades geladas, como o frappè, o espresso gelado (shakerato), o mocaccino freddo e a gente faz. E a gente também ri: mal sabem elas que tudo isso é resultado daquela tradição. As nossas avós brasileiras desse canto do mundo nunca teriam esse café em casa (em 74, a illy foi a primeira empresa no mundo a produzir porções individuais de café para consumo doméstico na Itália) e se tivessem-no, inundariam talvez suas xícaras de açúcar. Talvez elas nunca saibam o que o cheiro do café nos faz lembrar: precisamos viajar o mundo para trazer para Bento um café que nos fizesse recordar, a sua maneira, o que aquela tradição com elas representa: que saudades, vó. Talvez por isso, os italianos prezem tanto pelo ritual do café antes e depois das refeições: o cheiro e a xícara sempre vão representar bons momentos com quem se quer por perto e bem. Anos, bules e filtros depois, aqui estamos nós, extraindo espressos illy, namorando cappuccinos, projetando obras de arte em cafés gelados e entregando sorrisos nas xícaras de café no Ricordare - porque o cheiro, ele ainda nos lembra o mesmo.

Café gelado mocaccino com chocolate

Av. Planalto, 1029 | Bairro São Bento Contato: 54 | 3702.2909

44 Jornal Design Design Serra 24,5x6 .indd 1

28/09/2016 16:13:14


Divulgação/Arnazém das Conservas

Sempre às quartas-feiras!

Calzone

Horários de Atendimento: De segunda a sexta das 9h às 11h45min 13h30min às 18h45min e aos sábados das 8h30min às 12h

Pizza

Quiche

Semanalmente, o Armazém das Conservas nos espera com pães caseiros recheados, quiches recém-saídos do forno, pizzas frescas e calzones congelados. Com sabores diferentes a cada semana, os pães e quiches estão frescos e prontos para serem consumidos. As pizzas e os calzones, que devem ser assados no forno, são elaborados arte-

sanalmente e têm novos sabores a cada dia. A dica é ficar conectado na fanpage da loja para conhecer os sabores! O Armazém das Conservas conta, ainda, com tele-entrega de todos os produtos da loja. E o mais bacana? O serviço é grátis nas compras acima de R$ 80! Entre em contato com a equipe do Armazém das Conservas e faça seu pedido!

Guilherme Fasolo, 1013 Bairro Maria Goretti | Bento Gonçalves - RS 54 | 3452-3031 / 9903.3411 Oferecemos tele-entrega! armazemdasconservas@hotmail.com Armazém das Conservas

Pão recheado

Jornal Design 45


Dona Carolina, delícia de experiência Comida autêntica, preço justo e atendimento impecável foram as impressões de minha primeira visita ao Dona Carolina, restaurante estrategicamente localizado na fronteira em Bento Gonçalves e Garibaldi, dentro do conhecido Castello Benvenutti – que abriga, ainda, loja de móveis, uma pousada e uma filial da consagrada Casa Di Paolo. Por algum motivo que não sei bem especificar, demorei até o último fim de semana para conhecer essa simpática e bem servida opção gastronômica. Demorou, mas valeu a pena. Indico e voltarei. A melhor maneira de testar o atendimento de um restaurante é chegar sem avisar. Faça isso acompanhado de uma criança faminta e impaciente. Se a equipe não estiver preparada, será um desastre iminente. Não por mal, mas por falta de planejamento, cheguei sem reserva e acabei esperando algo em torno de 30 minutos, mas pude fazê-lo desfrutando de um bom espumante e sentadinha em confortáveis cadeiras no pátio central do castelo, de onde fiquei

observando as pessoas lá dentro. Todas pareciam satisfeitas e contentes. A decoração ao estilo cantina te coloca no clima de um jantar quente, aconchegante e em porções generosas: bem ao estilo italiano. O diferencial da casa está expresso logo na primeira página do cardápio: o Dona Carolina utiliza métodos de cozimento centrados no menor uso possível de gordura! Não existem alimentos fritos no cardápio e essa é uma preocupação que, na nossa região e em restaurantes abertos ao público, é incomum. Indecisa e com fome, não dispensei os cogumelos recheados como entrada, que estavam saborosos. Vale mencionar que o Dona Carolina não cobra taxa de serviço e isso está claramente avisado em todas as páginas do cardápio. Fiquei intrigada com o modo de preparo do prato da casa. Já que o Dona Carolina não utiliza fritura em seus preparos, como então eles servem bife a milanesa? A cozinha garantiu que os filés são assados. Mais um ponto extra!

www.culinarismo.com.br /culinarismo @blogculinarismo

As sobremesas começaram a chegar para outras mesas e não pude resistir. Duas opções excelentes do menu: mousse de chocolate com cachaça, acompanhado de farofa de paçoca e licor e pêra na calda de frutas vermelhas. A surpresa está dentro da fruta: um delicioso sorvete de mel.

Dona Carolina Fotos Culinarismo

Endereço: Rsc 470, Km 221,61 - Garibaldina, Garibaldi - RS, 95720-000 Telefone: (54) 3388.3355 Aberto para o jantar, das 19h30min às 23h Restaurante Dona Carolina

Apoio:

46 Jornal Design


O Chef da Vez dessa edição é especial para a Refinaria. Além de parceiro nos nossos “Encontros Refinados”, o Thiago Garbin é nosso cliente e se transformou em um amigo. Dono de um talento incrível na cozinha e com uma paixão particular por massas, ele preparou um prato de dar água na boca. Confere a dica e bom apetite!

Conchiglione de figo, castanha e camembert ao molho béchamel

Chef da Vez com Thiago Garbin

Thiago Garbin, 31 anos, se redescobriu na gastronomia e faz dela seu ofício. Fourmou-se pelo SENAC e além de chef na empresa Maki Massa, atua na área de eventos em geral. Fotos: Jornal Design Serra

INGREDIENTES

PREPARO DO BECHAMEL

PREPARO DO CONCHIGLIONE

• • • • • • • •

Coloque o leite em uma panela juntamente com a cebola piqueé e aqueça até atingir a fervura. Em outra panela derreta a manteiga e adicione a farinha de trigo e vá acrescentando o leite gradualmente, sempre mexendo, até atingir a consistência de molho. Tempere com sal, noz moscada e pimenta.

Cozinhe em água fervente até ficar al dente. Escorra em água fria para que a massa não se feche. Adicione o recheio e disponha em uma travessa untada com manteiga. Cubra com molho Bechamel e parmesão e leve ao forno (pré-aquecido) por 15 minutos ou até dourar.

500g de conchiglione Divella 370g de figo Nhá Tuca 250g de queijo Camembert 100g de castanha de caju Dunorte 70g de farinha de trigo 70g de manteiga 1 litro de leite 1 cebola piqueé (uma folha de louro + dois cravos da índia) • Noz moscada a gosto • Parmesão ralado a gosto • Sal e pimenta do reino a gosto

PREPARO DO RECHEIO Em uma panela coloque 200ml do molho Bechamel, adicione o Camembert em cubos até atingir consistência de recheio desligue. Misture o figo e a castanha picados e deixe esfriar para rechear os conchigliones.

R. José Martelli, 58 | Bento Gonçalves-RS (54) 3454-3116 | www.refinariadeligourmet.com.br /refinariadeligourmet

/refinariadeli

Jornal Design 47


Vallontano comemora 17 anos com muitas novidades!

Cristina Granato

Neste ano em que completa 17 anos, a vinícola do Vale dos Vinhedos vem coroar a safra 2016 com o lançamento do espumante LaToller Brut, especialmente elaborado para a cantora e compositora Paula Toller, apreciadora e apaixonada por bons vinhos. O rótulo foi desenhado pela premiada designer Fernanda Villa-Lobos e cada uma das 3000 garrafas traz o nome de um sucesso da cantora. São nove títulos diferentes. O espumante LaToller Brut possui perlage fina e intensa, aromas frescos e sabores harmônicos, em que sua acidez revela-se com vivacidade. Com frescor e a elegância trazidos pelas castas Pinot Noir e Chardonnay, a harmonização é perfeita para brindar à boa música e aos bons momentos. As garrafas estarão disponíveis na loja junto ao Vallontano Risoteria e Café em meados de outubro, quando se inicia a distribuição nacional pela Importadora Mistral. A Vallontano também lançará seu novo site em breve, responsivo, totalmente adaptado ao acesso mobile.

Dado Villa-Lobos, Paula Toller, Fernanda Villa-Lobos e Luís Henrique Zanini brindando com Espumante LaToller Brut

48 Jornal Design

Quem é a Vallontano Localizada no Vale dos Vinhedos, Serra Gaúcha, a Vallontano propõe-se, desde 1999, a elaborar vinhos finos de qualidade superior. Hoje elabora aproximadamente 60 mil garrafas de vinhos finos e espumantes por ano. Esses vinhos, elaborados com arte, profissionalismo e amor dedicados à vitivinicultura, são reflexos do solo, clima e tratos culturais de seus vinhedos. É o vinho brasileiro em seu melhor - com identidade própria - primando pela elegância, refinamento e extensa capacidade de harmonizar com diversos tipos de comida. O enólogo da Vallontano, Luís Henrique Zanini, foi buscar inspiração para suas saborosas criações em um dos mais fervorosos defensores do terroir - o mítico Domaine de Montille, na Borgonha - onde trabalhou e aprendeu a expressar a individualidade de cada microclima. A proposta da Vallontano é a de trabalhar com métodos não intervencionistas, preservando as características conferidas pelo solo e pelo clima de seus vinhedos, respeitando assim seu terroir. Prima-se pela técnica e pelo conhecimento em detrimento da tecnologia. Segundo o enólogo da Vallontano, Luís Henrique Zanini: “Vinho é arte, é poesia, é expressão da personalidade. Para ser um vinhateiro é preciso sensibilidade, é preciso humanidade. De nada adianta mestrados e doutorados, se perdermos nossa identidade. É preciso contato físico com os vinhedos, com a uva, é preciso literalmente colocar as mãos no vinho. Devemos, sobretudo, diferenciar técnica de tecnologia. A primeira é o entendimento do processo como um meio de transformação da natureza, já a tecnologia pode ser comprada e aplicada. O meu medo é que o excesso disto padronize os vinhos do mundo inteiro. Para mim o vinho continua sendo, como entendia Galileu Galilei, “humor líquido e luz”!

Espumante LaToller But elaborado pela Vallontano para a cantora e compositora Paula Toller. Cada uma das 3000 garrafas traz o nome de um sucesso da cantora. São nove títulos diferentes.


Fotos Jornal Design

Impretec completa 10 anos neste mês Os diretores Pedro Augusto e Marco Antônio Fracalossi

Em 2006 nasceu a Impretec Informática, empresa que revolucionou o mercado de informática de Bento Gonçalves, fruto dos sonhos dos irmãos Marco Antonio e Pedro Augusto Fracalossi. Com 15 funcionários, atendimento eficiente e investimento constante na qualificação da equipe, atualmente a Impretec atende as cidades de Bento Gonçalves, Carlos Barbosa, Farroupilha, Monte Belo e Pinto Bandeira. Além de vender produtos de informática, oferece assistência técnica para computadores e impressoras, gestão de redes e comodato de impressoras. Para comemorar o aniversário de 10 anos, a Impretec convida clientes, amigos e parceiros a visitar a loja durante todo o mês de outubro, se deliciar com um coquetel e conhecer uma novidade: o Impretec+, programa de fidelidade. Visite a Impretec na Rua 10 de Novembro, 689, Sala 02, Cidade Alta em Bento Gonçalves – RS. Para mais informações: (54) 3454-2244 ou www. impretecinfo.com.br. Impretec Informática – 10 anos fazendo o melhor por você.

Jornal Design 49


Sociais Diretores e corretores na inauguração da Unifatto/Gnatta Imóveis

Paulo Frasson Bristot, Roberta Gnatta, Volnei Gnatta, Paulo Piacentini, Solange Michelli e Julcimar Michelli

Rudimar Basso, Glaucia Basso, Roberta Gnatta e Volnei Gnatta

Diretor comercial da Lechler, Alberto Galbiati, Ivanor Sonaglio, gerente da Blum, e Airton Lucchese, diretor da Ton e Cor

Patricia Fleck, Marisa e Claudio Alberici Pinto na Globo Moda Homem

Zeit Fotografia

Marne Andriotti Fotografia

Roberta Gnatta e Volnei Gnatta, diretores da Unifatto/Gnatta Imóveis

Maiquel e Patrícia Poletto festejaram o matrimônio no Restaurante Trattoria 1911, em Carlos Barbosa. O noivo veste Identidade Homem

Caetano no sua festa de um ano com os papais Silvia Menegat e Fábio Presotto

O lançamento da edição de setembro do Jornal Design teve o apoio das empresas:

50 Jornal Design

Thais Stail, Kátia Marcon, Danielle Scotti, Camila Salvador, Géssica Hachmann e Silvana Aibel no lançamento da edição de setembro do Jornal Design na Empório Beauty


Lélia Valduga

Retratus Ateliê Fotográfico

Nica Howes - arte e fotografia

Equipe da Clínica Jeito de Ser com Marcos Piangers em evento que celebrou os nove anos de atividade

Zilá Nodari, Anastácio Orlikowski e Norma Kreffta em evento beneficente ao artista

Daniela Fabbris e Grasiela Docena, da Bex Intercâmbio Cultural, com Paula Manozzo, representante do consulado canadense do Brasil em recente palestra

Thais Stail com a maquiadora Juliana Sou em recente workshop promovido pela Empório Beauty Store

Ginastas da AACB, agradecendo a equipe do Iva Espaço da Beleza pelo apoio com as malhas e produção das meninas para a competição

Antônio Calza e Juçara Lavandoski prestigiando o jantar de aniversário do il Divino Caffé, em Monte Belo

Maristela e Natália Vasseur, Ana Rosa, Delfina e Inelbe Zafari celebrando a animada noite em Monte Belo

Olices e Marilda Bruschi em noite de festa no il Divino Caffé

Marina Goldoni e Ivana Hilgert no Encontro Refinado da Refinaria Deli Gourmet

Jéssica Salini, Sabrina Martinazzi, Júlia Massutti e Claudia Eitelven

Dayane e Rafael Pedrotti

Jornal Design

Viviane Bertolini com seus Matheus e Marinna Bertolini Moro, conhecendo a ByMeny Bento

Jornal Design 51


Jornal Design | Edição 63  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you