__MAIN_TEXT__

Page 1

Ano X - Edição 101- Fevereiro/2020


Editorial A criatividade e o romantismo tomam conta dessa época do ano em expressões de alegria e amor. Sim, o carnaval chegou! As marchinhas e o samba começam a tocar e fica difícil não se contagiar por essa energia. E nós, pensando sobre toda essa atmosfera, convidamos para uma reflexão: porque não nos deixarmos contagiar por todos esses sentimentos bons durante o ano todo? Não precisamos de datas comemorativas para iluminar a nossa alma, não é mesmo? Um assunto que está cada vez mais tomando conta da casa e da vida das pessoas é o estresse. Muito cuidado! Ele pode acabar com a qualidade de vida e em alguns casos desenvolver a Síndrome de Burnout. Por isso repito, vamos nos conscientizar que é um momento de emoções, extravasar sentimentos de felicidade e leveza, além de escolher fantasias. No clima das boas energias, ainda acontece diversas programações da Vindima, na Serra Gaúcha. E, é claro, vale muito a pena curtir! Você sabia que a uva, além de rica em proteína, é uma grande fonte de energia. Uma delícia, não é mesmo? Empreendedores apaixonados pela história e cultura dos

Capa Aline Favaretto, Bárbara Puricelli e Larissa Lemes Cenário: Heilige Brew Pub Bento Gonçalves Cabelos e make: Aline: make by Jessica Cogo e cabelo by Vivi Conceito em Beleza Bárbara: make by Felipe Pratas e cabelo by Tatiane do Ilounge865 Larissa: make by Andreia Giovanella e cabelo by Paloma Faccin Produção de moda: Fran Valentini Fotos: Silvia Tonon Looks: Amora Moda e Elegância Acessórios e bijus: Amando Biju - acessórios e presentes Acessório e fantasias: Lábaro Variedades

imigrantes italianos transformam a uva em pão, farinha, óleo e até joias. Entretanto, seja no carnaval, na vindima ou qualquer outra comemoração, a tendência que está tomando conta do mercado de empreendimentos são os espaços instagramáveis. Uma ótima oportunidade de interagir com as pessoas e expandir a sua marca. Pessoas gostam de trocar experiências através das redes sociais, postar os lugares novos que conheceram, a comida que mais gostaram de provar e a roupa que é a última tendência das fashionistas. Aproveite esse conceito você também! E aí, qual a sua sensação com toda essa energia de carnaval no ar?

Silvia Aibel Perusso @silviaaibel Diretora Jornal Design


VIDA O estresse é um conjunto de reações mentais ou físicas que exigem um grande esforço emocional para serem superadas.

CASA Espaços instagramáveis é um conceito que tem conquistado internautas por todo o mundo!

NEGÓCIOS Apaixonados pela uva ousam na criatividade e lançam produtos com os insumos da fruta como pão, farinha, óleo e até joias.

ESTILO A tendência artística na maquiagem está em alta, possibilitando recriar personagens ou temáticas. Tons candy color e brilhos, fantasias típicas ou looks mais elegantes compõem o clima carnavalesco.

Expediente Realização: S&S Editora Ltda Coordenação: Silvia Perusso Administrativo: Rosângela Masutti Diagramação: Camila Cervieri Jornalista Responsável: Bruna Maria de Moura Migon REG. Mtb 19507/RS Abrangência: Bento Gonçalves | Carlos Barbosa | Garibaldi Circulação Dirigida: Vida | Casa | Negócios | Estilo Contato: 54 | 2621 3134 contato@jornaldesign.com.br www.jornaldesign.com.br O Jornal Design | Serra não se responsabiliza por artigos assinados.

Siga a gente! @jornaldesignserra


Medicina do Estilo de Vida e o impacto na saúde

Fotos Divulgação

Nutrição, movimento, qualidade do sono, gerenciamento de estresse, conexões humanas e controle dos tóxicos são fundamentos da saúde humana. Através de adoção de hábitos saudáveis enfatizando estes seis pilares é possível não apenas prevenir, mas também tratar e, em alguns casos, reverter muitas das doenças crônicas comuns atualmente. Este é conceito da Medicina do Estilo de Vida, abordagem desenvolvida nos Estados Unidos que está em processo de estabelecimento no Brasil.

A receita para uma vida saudável é conhecida por muitos, porém ainda, adotada por poucos. Apesar de haver recomendações de mudança de estilo de vida em muitas das diretrizes para manejo de doenças crônicas, como diabetes, hipertensão arterial, ou obesidade, muitas vezes observamos um enfoque exclusivo nas medicações como tratamento destas condições. A Medicina do Estilo de Vida busca preencher esta lacuna, trazendo recomendações fortemente baseadas em evidências científicas para ajudar indivíduos e suas famílias a adotarem comportamentos saudáveis que afetam a saúde e a qualidade de vida, explica o clínico e pneumologista Gabriel Ferreira Rozin. O médico atua no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, e é um dos fundadores do Colégio Brasileiro de Medicina do Estilo de Vida.

“Das 10 principais causas de morte no Brasil, apenas duas não estão diretamente ligadas ao estilo de vida, que são agressões físicas e acidentes de trânsito. As demais, chamadas de doenças crônicas não transmissíveis, são passíveis de serem prevenidas a partir da adoção de hábitos saudáveis, principalmente alimentação e à atividade física”, defende Rozin. O estilo de vida dos brasileiros não é notavelmente saudável e muitas estatísticas apontam para possibilidades de melhoria. Recentemente publicado pelo Ministério da

Saúde, o Vigitel 2018 mostrou que o sobrepeso e a obesidade são crescentes no Brasil. Mais de 55% dos brasileiros está acima do peso saudável e quase 20% dos brasileiros são obesos. Isso se deve em parte ao consumo excessivo de produtos alimentares industrializados, como refrigerantes, doces, biscoitos, e fast-food, com preço cada vez mais acessível. Além disso, há um grande conflito de informações sobre alimentação saudável, muitas vezes confundindo o público sobre as reais recomendações de nutrição para a saúde. Um grande estudo sobre atividade física incluindo diversos países publicado em 2018 mostrou que 47% dos brasileiros não pratica o mínimo recomendado de atividades físicas para a saúde. Isto coloca o Brasil na quinta pior colocação em frequência de atividade física no mundo. Além disso, o Vigitel demonstrou o uso crescente de celular, computador e televisão nas horas de lazer, acentuando ainda mais o sedentarismo dos brasileiros. O Brasil é um dos campeões mundiais de estresse relacionado ao trabalho. Estudos sugerem que mais de um terço dos brasileiros vivenciam um nível intenso de estresse, e os profissionais que mais sofrem com o estresse são professores, enfermeiros, médicos e executivos. Existe atualmente uma grande pressão por produtividade e eficiência no mercado de trabalho, que se acentua em períodos de crise. O especialista explica que a dinâmica de trabalho do Brasil é muito particular e que o nível de competitividade no país espelhado a mercados internacionais, está levando as pessoas a ficarem sobrecarregadas. Ele ainda cita o termo “burnout” que significa a síndrome do esgotamento profissional e alerta para isso. “Estresse ao extremo compromete a produtividade. Quando a pessoa está em um nível de estresse muito intenso pode haver esgotamento da capacidade de trabalhar, podendo levar a ansiedade, depressão e pânico. Às vezes a pessoa trabalha no que gosta, mas está submetida a tanto estresse que ela passa a perder o gosto

NOVA ESPECIALIDADE: INFECTOLOGIA • Alergia e Imunologia • Anestesia • Bucomaxilofacial • Cardiologia • Cirurgia Geral • Cirurgia Pediátrica • Cirurgia Vascular

• Clínica Geral • Dermatologia • Ginecologia • Hematologia • Histeroscopia Cirúrgica e Diagnóstica • Infectologia

Responsável Técnica: Dra. Roberta Pozza | CREMERS 24.892

CONVÊNIOS

4 Jornal Design

• Neurologia • Obstetrícia • Ortopedia • Pediatria • Pneumologia • Proctologia • Reumatologia • Urologia

3455.4333

99144.4221

atendimento@tacchini.com.br

Atendimento: 8h às 20h Endereço: Rua General Osório, 238 Bento Gonçalves | RS


Foto Exata Comunicação

pelo trabalho. Muitas pessoas que atendo chegaram a um estado de esgotamento total. Um dos meus pacientes me disse que chegou ao ponto de não conseguir tirar as mãos do volante depois de ter parado no estacionamento do trabalho, só de prever o que poderia encontrar no escritório.” O estresse, a privação de sono e a depressão andam de mãos dadas. “São interdependentes, faces do mesmo processo”, diz Rozin. As alterações neuroquímicas causadas pelo estresse podem levar à depressão, podendo causar desestruturação do sono e isso diminui a resiliência emocional, acentuando o estresse. Entretanto, o nível elevado de estresse não afeta apenas o lado emocional, mas também compromete a capacidade de manter hábitos saudáveis. Indivíduos que padecem de alto nível de estresse tem mais dificuldade de manter uma alimentação saudável, fazer atividades físicas ou dormir cedo, por exemplo. Além disso aumenta a busca por comportamentos que gerem gratificação imediata, como bebidas alcoólicas, comer doces ou fumar. Estresse nocivo x estresse benéfico. Afinal, qual a diferença? Existem duas qualidades de estresse. O estresse nocivo geralmente está ligado às situações em que o indivíduo não tem muito controle sobre ele, e a persistência desse tipo de estresse pode ser prejudicial para a saúde. Mas existe também

um tipo de estresse benéfico, que nos impulsiona a sermos ativos e resolutivos. Esse tipo de estresse, por um período limitado, tira o indivíduo da sua zona de conforto e promove atividade. Perceber-se estressado já é suficiente para mudar! Reconhecer os sintomas é um ponto importante para buscar algum recurso para relaxar. Idealmente não apenas um prazer rápido como açúcar ou tabaco! Atividades como leitura, esportes, pilates ou yoga - que enfatizam a atenção para a respiração - são grandes aliados para combater o estresse. Desenvolver alguma atividade artística, como música, dança, pintura ou desenho também pode ser benéfico. “A meditação é uma atividade muito simples, que tem um efeito incrível, embora ainda seja vista com receios por não fazer parte da nossa cultura”, ressalta Rozin. “Mas é importante entendermos que é possível meditar sem que isso signifique uma experiência espiritual, ou entrar em transe. Meditar pode ser apenas sentar calmamente e ficar atento ao momento presente, nas reações do corpo e na respiração”.

Em relação a estilo de vida saudável muitos estudos recentes, utilizando ciência de ponta, comprovam verdades antigas. Estudos neurológicos mostram que ampliamos nossas redes de cone-

xões neurais quando desenvolvemos atividades desafiadoras, aprendemos habilidades novas e nos relacionamos com outras pessoas. O mesmo benefício

não foi demonstrado, por exemplo, para as relações estabelecidas em redes sociais digitais. Isso pode ser um elemento importante na prevenção de demências como a doença de Alzheimer. Além disso, já foi demonstrado que nutrição saudável e atividade física também são importantes elementos da prevenção de demências. “Em um certo sentido, a Medicina do Estilo de Vida confirma o que dizia a minha avó: saia da frente da TV, coma seus legumes e vá brincar lá fora com as outras crianças!”, diz Rozin. Convidado pela Liga de Combate ao Câncer de Bento Gonçalves para falar sobre Medicina do Estilo de Vida durante um café da manhã no Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC-BG), o médico ainda finalizou a abordagem do tema afirmando que grande parte da medicina está focada no tratamento das doenças e seus sintomas, e não da causa. A Medicina do Estilo de Vida pode ser uma mudança do paradigma da medicina centrada na ação exclusiva do médico, trazendo o paciente a frente do processo de cura e valorizando suas ações. “Medicina de Estilo de Vida” foi desenvolvida pelo Dr. John Kelly, fundador e primeiro presidente do American College of Lifestyle Medicine (ACLM) nos EUA. Ele também é professor de Medicina Preventiva na Universidade de Loma Linda na California.

Adquira semanas de tratamento e ganhe meses de benefícios.

R. Treze de Maio, 675, São Bento - Bento Gonçalves/RS

(54) 3452-6512

magrassbentogoncalves | magrassoficial

magrass.com.br Jornal Design 5


A alimentação para muitas pessoas é mais do que uma via de satisfação das nossas necessidades básicas, é também uma fonte de prazer, uma forma de relaxar, uma fonte de convívio, e todo um conjunto de significados sociais e individuais que lhe são atribuídos. Para alguns, acaba também por ser um escape das tensões emocionais e problemas – a chamada “fome emocional” – que se encontra na origem de alguns distúrbios alimentares e todas as suas consequências na saúde. Já para outros, a alimentação surge quase como uma obrigação principalmente nas fases de maior estresse, derivando essa repulsa de um conjunto de processos fisiológicos de resposta ao stress que muitas pessoas não fazem ideia disso tudo. Nos últimos tempos podemos afirmar que a alimentação é um dos aspectos com maior impacto relacionados com o estresse que acumulamos diariamente, não sendo esse impacto igual para todos, mas com algo em comum na alteração do funcionamento do organismo, derivado do excesso ou da falta de alimentação. Alimentação como escape Para as pessoas que tendem a comer compulsivamente nos períodos de maior estresse, a alimentação é

Fernanda Godoy Farto fernanda_godoy@terra.com.br @nutrifernandagodoyfarto Nutricionista

6 Jornal Design

Foto Divulgação

Estresse + comida = + ESTRESSE

vista como um escape, como uma forma de aliviar, ainda que muitas vezes não o pretendam ou não entendam os mecanismos por detrás disso. A alimentação constitui um estímulo prazeroso, conferindo sensações positivas e distraindo dos estímulos exteriores negativos. Outra hipótese é o redirecionamento de maior quantidade do sangue para o sistema digestivo, levando a uma menor irrigação cerebral, provocando sonolência, mas também menor irritabilidade e sensação de estresse. Há ainda sugestões de que esse mecanismo se deve à mastigação em si, uma vez que o movimento dos maxilares promove relaxamento e liberação da tensão, principalmente de alimentos crocantes. Se períodos de maior estresse levarem a redução das horas de sono, ocorrem alterações hormonais, que são responsáveis pela regulação do apetite, como a grelina e a leptina. Verifica-se uma maior produção gástrica de grelina, e menor produção de leptina, o que se traduz em maior apetite. Além disso, em períodos de grande estresse temos níveis elevados de cortisol em circulação, aumentando o apetite por comida açucarada, e

causando uma maior acumulação de gordura, especialmente na zona abdominal. Seja qual for a explicação, muitas pessoas sentem um maior apetite ou apenas maior vontade de comer nestas fases, e esta tendência deve ser primeiro alvo de conscientização e, em segundo lugar, deve ser combatida, uma vez que a ingestão de grandes quantidades de alimentos, muitas vezes descontroladamente e sem seleção prévia, leva ao aumento de peso, obesidade, resistência à insulina, hipercolesterolemia, problemas cardiovasculares, entre outros. A inversão desta tendência deve ser feita praticando uma alimentação saudável, atentando à qualidade e quantidade dos alimentos, e mantendo um estilo de vida ativo, mas em primeiro lugar procurando auxílio psicológico e/ou técnicas para o alívio do estresse como praticar atividades físicas com maior desgaste energético, praticar yoga ou meditação; qualquer opção que envolva um redirecionamento positivo da tensão acumulada constitui uma boa alternativa à ingestão descontrolada de alimentos. Igualmente importante: tente assegurar que tem um sono repousante.

Estresse também causa falta de apetite Para as pessoas que, pelo contrário, veem o seu apetite diminuído em fases de maior estresse, a estratégia deve ser contrária, ingerir pouca quantidade de alimentos, mas com maior frequência, prevenindo má disposição, mas também prevenindo a insatisfação das necessidades energéticas, perda de peso rápida (incluindo massa muscular) e carências nutricionais. A diminuição do apetite nos períodos de maior tensão está também associada ao aumento dos níveis de cortisol, sendo a durabilidade desta falta de apetite variável de pessoa para pessoa. Imediatamente após a sua produção, ou numa reação mais aguda ao estresse, é esta a resposta normal desencadeada pelo aumento dos níveis de cortisol. Numa fase posterior, ou se o estresse deixar de ser algo momentâneo e passar a ser crônico, a tendência é que a situação se inverta e o apetite aumente, causando os problemas já descritos. Também aqui a estratégia passa não só por não descuidar a alimentação e o sono, mas também por procurar estratégias de alívio do estresse e da tensão, promovendo um relaxamento e uma dissociação das emoções negativas e da ingestão de alimentos. O estresse crônico é por si só, uma situação desgastante e com um impacto extremamente negativo no organismo, degradando gradualmente a nossa saúde. Quando começa a afetar a alimentação, o impacto é ainda maior, e a degradação mais rápida, entrando num ciclo vicioso cuja tendência é sempre piorar e aumentar o risco de desenvolvimento de diversas doenças. Para interromper ou prevenir este ciclo, é necessário dissociar a alimentação do estresse, preservar os bons hábitos alimentares, e atacar o problema na raiz, ou seja, trabalhar o seu emocional.


Sem tempo? Então é melhor dar um tempo... por Luiz Gustavo Dall’Agnol | Instrutor e sócio proprietário do Hridaya, Centro de Yoga

Foto Divulgação

dável é justamente possibilitando ocasiões para o seu uso, ou seja, relaxando! Porém, ainda com base no que a ciência está descobrindo sobre o nervo vago, podemos associar diferentes meios para facilitar esta resposta de relaxamento e compensação ao estresse. Seja através da entoação da voz, do ritmo da respiração, da surpresa pelo belo (como um pôr-do-sol), alongamentos, atividades físicas e aeróbicas, massagem, e até mesmo através dos hábitos alimentares. No entanto, é importante lembrar que, em muitos casos de estresse, aderir apenas a uma dessas alternativas não é o suficiente. É necessário pensar a longo prazo, associando diversas atitudes em um conjunto, que possibilitem uma mudança gradual e positiva para o seu estilo de vida em um todo. Sobretudo, lembre-se de que a perspectiva sobre a qual você vê o que você faz, importa e

Pois é, às vezes o que precisamos é só de um tempo para esquecer do tempo, se perder dos fins, se permitir afrouxar as expectativas para aproveitar seja lá o que você estiver fazendo no momento presente. Isto não é desculpa muito! Lembra do exemplo da criança?

A modernidade nos traz muitas facilidades, e com ela, também novos desafios para a saúde. Burnout é um termo que até os anos 70 não existia, mas que nos dias de hoje ganha cada vez mais atenção junto de novos termos, que surgem para designar desequilíbrios físicos e mentais, associados ao estresse.

Contato com a natureza, esportes ou jogos, artes, leitura recreativa, yoga ou meditação, massagem, uma boa conversa com um amigo ou algum hobby que nos dê prazer, são meios fantásticos, que nos ajudam a descontrair e encontrar o relaxamento mental tão necessário para a saúde e manutenção do organismo. Mas, se no estilo de vida moderno é comum descuidar de nós mesmos, isto se deve nem tanto à quantidade de tarefas que nos propomos a cumprir, e sim, pela pressão e expectativa as quais somos submetidos todos os dias. Por isso, você sabe o que mais importa para o relaxamen-

to? Seja o que for, perca-se em algo!

Perca-se em algo sem que sua mente esteja novamente atrelada a algum fim esperado. Estamos obcecados em chegar aos “fins”,

e ocupamos tanto nossa mente com objetivos, metas e resultados, que até mesmo aquilo que poderia ser descontraído e relaxante, acaba se tornando um novo peso, uma nova tarefa a ser cumprida. Você já passou por isso? Lembre-se da criança, que brinca pelo mero prazer de brincar, sem se preocupar com algum fim ideal. E se você pensar “não tenho tempo, não posso perder tempo”, saiba então que este é um dos primeiros sinais de que talvez esteja na hora de você começar a “dar um tempo”. Estudos demonstram que quanto menos relaxamos, menos propensos ao relaxamento estaremos, e o contrário também acontece. Isso se deve ao chamado tônus vagal. O nervo vago é um dos principais meios pelos quais o sistema nervoso parassimpático atua no corpo para produzir uma resposta de relaxamento ou de compensação ao estresse. Como um músculo que pode atrofiar, uma das formas de manter a sua atividade sau-

para se perder em maus hábitos e negligenciar o tempo, viu? Experimente começar pegando um ar fresco em uma tranquila caminhada ao final da tarde, ou experimente fazer uma aula de Yoga. Permita-se investir o seu tempo no cuidado e na apreciação da vida.

Corpo saudável, mente serena, espírito presente. Acreditamos no conhecimento aliado à prática para uma vida plena! Agende a sua aula experimental gratuita contato@hridaya.com.br ou 54 99710.1016

Jornal Design 7


Fotos Divulgação

País ansioso: o progresso pode estar na terapia

A busca por ajuda não é um sinal de fraqueza. A frase escrita por Michele Obama em um artigo publicado no site The Huffington Post, nunca antes na história fez tanto sentido. O incentivo por conversa terapêutica tem sido altamente recomendada nos últimos anos. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o país campeão em números de pessoas com ansiedade, no patamar de 18,6 milhões de brasileiros, ou seja, 9,3% da população convive com o transtorno. E o tabu em relação ao assunto ocupa mais da metade dos diagnosticados. Especialistas explicam que a ansiedade e o estresse caminham de mãos dadas, resultando em grande parte dos casos, na depressão. A terapia, por sua vez, depende de longos diálogos com um profissional especialista, além de investimento de tempo e dinheiro. Claro, os benefícios não são percebidos de uma hora para outra, visto que muitas coisas podem ser desvendadas causadoras de ansiedade, mas segundo a Associação Americana de Psiquiatria até 75% dos pacientes com algum distúrbio apresentam melhoras após as sessões de terapia. Para a psicoterapeuta Elenice Paloschi, especialista em atendimentos individuais, as pessoas apresentam ansiedade, depressão e outros transtornos, devido a fragilidades, além de despreparo emocional para lidar com o cotidiano. “Venho de uma trajetória de 11 anos em atendimentos e nos últimos tempos me assusta a facilidade com que desistimos de lutar. O número de depressivos só aumenta, em meio a todas as con-

8 Jornal Design

dições que, aparentemente teríamos para viver uma vida melhor. Todos os prazeres e confortos nos é oferecido, mas não suficiente para uma vida de alegria, paz e felicidade”, relata. Os avanços tecnológicos e a forte competitividade do mercado geram uma pressão grande em qualquer ser humano, resultando em tensão e estresse, que afetam a função emocional. Os principais e primeiros sintomas causados pela carga excessiva de estresse são cansaço exagerado, pensamento acelerado, insônia ou excesso de sono, esquecimento, desmotivação, baixa autoestima, medo, fobias, tristeza ou humor deprimido, bem como falta de concentração, angustia - ansiedade seguida de aperto no peito -, agressividade, solidão ou ideia de desistir da vida, explica a profissional que também é especialista em Coach e PNL Master. “Num primeiro sintoma, deve-se procurar ajuda. Eles elevam nossa produção de cortisol provocando dores físicas e/ou até doenças graves. Na terapia trabalhamos relaxamento profundo, aconselhamentos, mudanças de hábitos, consciência, técnicas regressivas, ou outras de acordo com as queixas apresentadas pelo paciente”, afirma Elenice. A observação é aliada da prevenção. Os cuidados para não adoecer, vão desde o uso da razão para tomar decisões e conduzir nossa vida até a percepção de que o nível está elevado e algo pode desencadear disso. “Insistimos muito em relações tóxicas profissionais ou afetivas. Não quero dizer desistir nas primeiras dificuldades, mas não estender a ponto de adoecer. Tempo para reflexão e descanso. Mais momentos livres de compromissos e calma para conduzir as coisas da vida, porque estamos sempre com muita pressa de conquistar ou fazer. Organização mental e pessoal é o segredo do sucesso, por isso buscar alguém que nos treine nas necessidades é muito importante, por exemplo”, conta a psicoterapeuta. Os motivos pelo qual pacientes chegam até o consultório de Elenice são os mais aleatórios. Fatos como uma simples queixa até o mais complicado caso de conflitos entre casais, desarmonias e brigas familiares, cansaço, descontentamento e pressão no trabalho, problemas na adolescência, pais confusos com seus filhos, falta de realização ou oportunidade nas formações profissionais. “Uma terapia bem conduzida ressignifica, supera, transforma, fortalece e cima de tudo transmite uma sensação de segurança ao lado de um profissional que ajuda na compreensão dos fatos”, explica.

Alerta também serve para os pequenos É normal que uma família queira o melhor para os filhos, exigindo notas boas na escola, serem excelentes na prática de esportes e nas atividades que projetam o futuro, como aulas de inglês, porém a pressão pode ser encarada de uma forma negativa pelas crianças. O estresse infantil também é um assunto que depende de observação e atenção. Muitas vezes a família não sabe identificar os sinais e confunde o comportamento negativo das crianças com birra ou teimosia. E isso, pode acarretar em fortes consequências a longo prazo. Os principais sintomas de que a criança pode estar passando por uma crise de estresse elevado são dor de barriga e diarreia, dor de cabeça, náuseas, mãos frias e suadas, falta de apetite, fazer xixi na cama, hiperatividade, tique nervoso e tensão muscular. No psicológico são afetados o sono, insegurança e desobediência, a criança pode ficar mais agressiva e impaciente, ter ansiedade, além de dificuldade de socializar com os amigos, pesadelos, medo e choro excessivo. Alerta, pais! Os celulares, ipads, computadores podem ser vistos como grandes aliados da expertise dos filhos, porém eles são só alguns exemplos de tecnologia que estão ao alcance das mãos dos pequenos e podem consumir com a qualidade de vida deles, além de estarem atrelados a fraqueza emocional. Elenice destaca que a rotina estressante que estão vivendo as crianças é muito prejudicial. “Criança precisa dormir, brincar e não se preocupar com problemas ou com perfeição, mas estão tão aceleradas e preocupadas quanto os adultos”, relata. As crianças que não aprendem a lidar com clareza a alguns tipos de tensões, tendem a se tornarem adultos vulneráveis ao estresse.

Centro Terapêutico localizado em Monte Belo onde a terapeuta Elenice Paloschi realiza eventos, formações e treinamentos.


Liporeductti, procedimento de emagrecimento exclusivo da Chiquetá

Quando o assunto é beleza e corpo, as mulheres buscam tratamentos que sejam eficientes e que atendam mais rápido ao objetivo desejado. E pra você que quer emagrecer com qualidade, a clínica especializada em procedimentos estéticos Chiquetá, oferece um tratamento exclusivo, o Liporeductti, que garante o efeito de uma lipoaspiração sem precisar de procedimento cirúrgico. O tratamento envolve várias tecnologias e aplicabilidades totalmente diferenciadas, junto com todo acompanhamento nutricional que a própria clínica oferece. E o mais legal, a duração dos pro-

cessos são de aproximadamente oito semanas. O que promove um resultado em curto prazo, para você que quer atingir seu objetivo antes do inverno. Essa técnica é embasada em estudos científicos, proporcionando mais segurança para o paciente. “A procura é extremamente grande, porém por ser um tratamento diferenciado não conseguimos atender em quantidade, e sim em qualidade”, explica a Esteta Cosmetóloga e estrategista de emagrecimento Janaína Santos, proprietária da clínica. Os benefícios do tratamento vão desde a diminuição significativa da gordura corporal, como de aspecto celulítico, flacidez e estrias. “Em inúmeros pacientes foi observado uma melhora surpreendente em outras regiões do corpo. E tem causado emagrecimento sistêmico devido a sua resposta fisiológica”, conta. Os cuidados após o procedimento devem ser com manutenção de peso e saúde, para que não volte a ter acúmulo de gordura.

A Chiquetá prioriza o bem-estar e a saúde aliado a qualidade de vida. Com tecnologias para problemas como flacidez, gordura localizada, estrias, celulite, controle de acnes, manchas de pele, linhas de expressão, calvície e sobrepeso, o espaço conta com a experiência de um time de enfermeiro esteta, engenheira química, esteticistas, farmacêutica, biomédica e nutricionista. A clínica é conduzida por Janaína Santos, que possui nove anos de atuação no ramo de estética e fica localizada na rua Visconde de São Gabriel, 133, Cidade Alta.

Voltado a redução da gordura localizada. Um tratamento com duração de 2 meses que promete resultados de lipoaspiração, sem sofrimento e dieta.

Jornal Design 9


A nova tendência de espaços instagramáveis Certamente você já esteve em um restaurante e se deparou com pratos atraentes, não resistindo a tirar uma foto para postar nas suas redes sociais, não é mesmo? Então, você provavelmente também vai gostar do conceito de espaços instagramáveis. Mas não foram apenas os estabelecimentos de gastronomia que aderiram a nova moda; hotéis, pousadas, lojas, móveis, feiras e tantos outros também estão ligados na proposta. A ideia tem conquistado internautas por todo o mundo! É muito além de um feed bonito, a popularização do Instagram deu vida a um universo de

@becco_54 Chamar a atenção do cliente com experiência é uma das grandes sacadas do momento! Para Cesar Augusto Chies, proprietário do Becco 54 Bar e Cozinha, espaços instagramáveis além de dar visibilidade para os negócios, também aproxima os clientes. “Seja um jardim, um espaço legal, um prato diferente, uma decoração, tudo isso chama atenção, fazendo com que as pessoas tirem fotos e isso se propague para mais pessoas”, relata. Para qualquer ambiente que trabalhe com cliente, investir na novidade pode ser considerada uma estratégia de marketing. “No Becco 54 optamos por um espaço legal, confortável acima de tudo, que tivesse painéis com frases, somado a atrações diferentes, relacionada ao esporte, nutrição e música. Fazemos um marketing de integração, buscando parcerias com profissionais de áreas diferentes que proporcionem uma experiência alternativa, interagindo com todo mundo. Beleza aliada a experiências boas, para que o cliente volte muitas vezes e tire muitas fotos”, pontua Cesar.

10 Jornal Design

valorização de cenários visualmente atraentes, para serem explorados pelos instagrammers e, claro, divulgar os ambientes. Como a palavra da vez é “experiência”, o desejo dos adeptos às redes sociais em compartilhar momentos vividos só aumenta. E muitas empresas de diversos ramos aproveitam a nova tendência para ganhar publicidade qualificada e disseminar sua marca para muitos seguidores. Em Bento Gonçalves, os empreendimentos estão atentos ao novo estilo e adaptaram seus espaços para promover o conceito aos seus clientes. @acontemporanea.ambientes O conceito de espaços instagramáveis é uma oportunidade de divulgação do nosso trabalho, proporcionando experiências sensoriais. Para Tainá Zeppe, a empresária e projetista da Acontemporânea, o diferente desperta admiração e curiosidade. “As pessoas querem fotografar e compartilhar, é aí que entra a divulgação. Essa é uma forma de gerar uma experiência para o público que valha o clique, focando diretamente no marketing do estabelecimento. Isso gera conteúdo para diferentes mídias”, observa. Para este espaço, a inspiração foi trazer a natu#feirasnasredessociais As feiras, por exemplo, não estão deixando a tendência passar em branco. A Movelsul 2020 terá um cantinho especial para garantir fotos incríveis aos visitantes. Joana Milan, arquiteta que elabora o espaço para o evento, conta que a tendência veio como principal diretriz de projeto. “Pensando nos frequentadores da feira, focamos na experiência e na forma de captar a atenção do cliente a ponto de que ele se identifique e fotografe, assim, compartilhando nas suas redes sociais”, relata. A iluminação é um ponto primordial para compor os espaços, pois é ela que irá garantir uma boa foto. Outro ponto chave é o reforço das características da marca em produtos ou em detalhes decorativos, conforme explica a

Espaço Acontemporânea Ambientes

reza para dentro da casa. “Através de uma parede verde e com o destaque de uma moldura do Instagram, buscamos deixar o ambiente totalmente diferenciado para tornar real essa experiência! Os ambientes instagramáveis tratam-se de uma verdadeira instalação artística de sua marca. Nela, você tem muito espaço para expressar de forma criativa seus valores e toda a identidade que deseja comunicar aos clientes”, explica Tainá. A Acontemporânea Ambientes convida àqueles que queiram conhecer o espaço e fazer uma selfie. Frisando que este espaço também é destinado aos parceiros, para que utilizem do conforto da casa para trabalhar ou atender aos seus clientes.

arquiteta. “Ambiente com tonalidades de cores vibrantes e variações de formas, além de frases de efeito ou motivacionais que tenham relação com a marca ou com a missão que a empresa quer passar são ideias que chamam mais a atenção”, conta Joana. A grande necessidade de compartilhar experiências através do meio digital está crescendo e ganhando cada vez mais destaque no mercado comercial. Joana ainda destaca “a busca pela foto perfeita” como uma forma criativa de explorar a marca atingindo um público engajado e de maior potencial e assim criar uma conexão direta com o consumidor”. Para ela, os estabelecimentos tem a alternativa de baixo custo e de muito ganho em termos de visibilidade.


Fotos Divulgação

@devereda_restaurante

@cafecomartebistro O Café com Arte é um bistrô pra lá de criativo e rico em cantinhos “diferentões”, com quadros, parede com arte em giz, objetos antigos, livros e muitas histórias. “Nosso espaço é assim desde sempre, ele automaticamente é intasgramável (risos). Quando montamos os ambientes não pensamos por este lado, mas sim para ser aconchegante e bonito, que tivesse arte, como o nome já diz! Que fizesse a pessoa se sentir bem, muitas vezes dando a impressão que estão em outro lugar do mundo, como muitos nos falam”, conta Simara Rosalem, sócia-proprietária do lugar. As redes sociais incentivam as pessoas a compartilharem suas experiências, mostrando onde estão e o que estão fazendo. “Com espaços bonitos, as chances de aparecermos nas fotos e elas serem publicadas são muito maiores, além de ter a possibilidade de ser mencionado pela pessoa que está postando. Além disso, os produtos tem que ser bem apresentáveis, no nosso caso comidas e bebidas. Isso também favorece”, comenta.

O novo conceito desperta o desejo de fotografar e compartilhar a sua história. Para a arquiteta Monique Guerra Pedruzzi, que projetou o Devereda Restaurante, o uso do espaço tem que ser estratégico para que as pessoas que irão olhar se atraiam. “O Devereda Restaurante é um exemplo de projeto instamagrável, ele tem um conceito muito forte: estar na casa da Nona, um lugar aconchegante e de comida farta. Essa ideia nos levou a um estilo rústico, que está presente em todos os elementos do restaurante: couro, madeira, tijolo e pedra, sem contar as palhas que estão nas cadeiras, mas que foram reproduzidas de uma maneira mais moderna nos painéis brancos que fazem a divisão das mesas. Além destes materiais, não podemos esquecer dos crochês e tricôs”, relata. No mundo da arquitetura e do design de interiores, o projeto é criado em cima de um conceito, o que torna o ambiente instagramável. “A tendência de espaços que sejam compartilhados em fotos está crescendo e você tem que fazer parte dela para que seja lembrado e visto. Tudo hoje em dia é registrado, e o consumidor quer compartilhar sua experiência e ver as de outras pessoas”, afirma Monique.

@amorasaboresespeciais A sensação de ser abraçado e acolhido já é marca registrada do Amora Sabores Especiais. Aderir a tendência de espaços instagramáveis só veio de encontro ao propósito do lugar. “Com criatividade e inovação, o conceito é muito forte e possivelmente perdure por muito tempo. As pessoas cada vez mais querem mostrar onde estão, ou onde foram”, avalia Vicente Chies, proprietário do empreendimento. Um grafite bem feito, luz boa e elementos naturais são hoje as opções que mais favorecem a interação com as pessoas, conta Chies. No Amora, a decoração priorizou os detalhes, onde há muito verde, luz de LED, almofadas aconchegantes no sofá e reaproveitamento de materiais em todos os cantos, remetendo ao estilo retrô. “Acredito que se as pessoas se divertem com isso, devemos aproveitar e promover cada vez mais esses espaços”, salienta.

Jornal Design 11


Ambientes instagramáveis Angélica Piva por Margit Arnold Fensterseifer

Instagram, curtidas, engajamentos, likes e algoritmos são termos que se tornaram recorrentes no nosso vocabulário em função do frequente uso das redes sociais. Dentre as redes sociais, se destaca o Instagram que incentiva o usuário a compartilhar conteúdos e vídeos, que quanto mais atraente visualmente, geram mais envolvimento junto aos seus usuários. Fotos Divulgação

Fotos Everton Vidal

Tecnologia em móveis para área externa

Pode ser aplicado por meio de composições que funcionam tanto separadamente quando em grupo, formando peças que vão desde um tradicional sofá reto, passando por espreguiçadeiras ou grandes composições de diferenciados lounges.

Ostenta suas formas além das curvas e retas, num combo de ergonomia, conforto e estética, sob assinatura do Studio Marta Manente.

Estofado Maré possui shape elegante e sofisticado para áreas externas. Braços, encosto e mesa de apoio são manufaturados em alumínio curvado e perfurado, que traduz leveza e contemporaneidade ao conjunto. É revestido com tecido altamente resistente à chuva e aos raios solares. A mais recente tecnologia impermeável e fotoprotetora para móveis de áreas externas.

Pensando em tirar partido disso, o varejo começou a transformar principalmente seus espaços físicos em espaços atraentes, onde os usuários tenham vontade de registrar e postar nas redes sociais: surgindo assim o termo: ambiente instagramável. Este termo é o reflexo de cenários criativos, decorados e chamativos que agregam valor ao lead do usuário, aumentando e difundindo o branding da marca, e atraindo consequentemente novos consumidores. Clientes e arquitetos estão aderindo essa nova tendência, aliando cores, luzes e bom gosto aos ambientes, criando experiências que

valham o clique, gerando assim marketing gratuito e envolvimento à marca. É importante salientar que o espaço deve ser atrativo de forma que o usuário fotografe voluntariamente e crie experiências únicas.

Bar dos Arcos

Museu do Doce

Marta Manente marta@martamanente.com.br @studiomartamanente Designer 12 Jornal Design

Maré é um dos produtos assinados para a coleção 2020 que prioriza a vivência em ambientes abertos entre a natureza.

É função do arquiteto orientar a marca e/ou cliente na criação desses ambientes, de modo que a intenção projetual de um ambiente instagramável resulte num ambiente harmônico e não se torne excessivo aos olhos do público.

Margit Arnold Fensterseifer margitarnoldf@gmail.com Arquiteta e Urbanista


O surpreendente Prêmio Salão Design

Fotos Divulgação

Com mudanças no modelo de avaliação e a estreia de novos jurados, lista de vencedores deve sair com nomes premiados pela primeira vez Depois de uma pausa em 2019 e a retomada de um calendário bienal a partir dessa edição, o Prêmio Salão Design está totalmente renovado neste ano, com mudanças de categorias, jurados e no formato de avaliação dos produtos concorrentes. Tantas mudanças nos bastidores resultaram num conjunto de premiados também inédito: a divulgação oficial do prêmio será no dia 10 de fevereiro, mas já se sabe que todos os vencedores estão sendo agraciados pela primeira vez. A principal mudança no regulamento ocorreu ainda na fase de inscrições e alterou a tipologia de produtos que podem concorrer ao prêmio. Não houve categorias para acessórios e iluminação, podendo ser inscritos apenas projetos de mobiliário. Foram 827 projetos de estudantes e profissionais em cinco categorias, chamadas de desafios. Para a primeira etapa de avaliação dos inscritos, foi convidado um grupo de jurados técnico-funcionais, formado por acadêmicos e profissionais do design. Coube a eles analisar as condições técnicas dos projetos inscritos e aspectos como segurança, materiais utilizados, viabilidade produtiva e sustentabilidade. Foram aprovados para a segunda etapa 104 finalistas do Brasil, Argentina e Uruguai.

Na segunda etapa de julgamento, entrou em cena um novo grupo de jurados, dessa vez com uma pegada estético-criativa. Eles estiveram reunidos em Bento Gonçalves em janeiro para a avaliação presencial dos finalistas e escolha dos vencedores. O grupo foi formado pela crítica, historiadora e curadora de design Adélia Borges; o arquiteto, designer e marceneiro Fernando Mendes; o designer multipremiado, jurado de inúmeros concursos, autor e tradutor Freddy Van Camp; a artista plástica e designer Heloisa Crocco; e a diretora de conteúdo da Casa Vogue Taissa Buescu.

Nesse ano, os produtos concorrem em cinco categorias, chamadas agora de desafios: Desafio dos Espaços em Transformação; Desafio da Identidade Brasileira 2020; Desafio do Uso do Painel; Desafio da Tecnologia Embutida e Desafio das Experiências Positivas. Já tradicionais na premiação, permanecem sendo concedidos o troféu Professor Orientador para os melhores produtos de estudantes e também o Prêmio Madeiras Alternativas, esse último em parceria com o Serviço Florestal Brasileiro e que reconhece o uso de madeiras consideradas não muito utilizadas. Para essa categoria especial, participou da avaliação dos finalistas a técnica do Serviço Florestal Brasileiro Elisa Palhares de Souza. Ela explica que a divulgação de espécies pouco conhecidas no setor é de extrema importância para a viabilidade técnica e econômica do manejo sustentável, que alia a exploração madeireira com a preservação da floresta. Nesta edição de

2020, as madeiras usadas nos produtos abrangeram tanto espécies nativas quanto exóticas. Entre os finalistas, 41 produtos utilizaram madeira maciça e 25 móveis estavam aptos a concorrer ao prêmio, possibilitando a divulgação de oito diferentes espécies brasileiras, entre elas o cumaru, jequitibá e tauari. O diretor do Prêmio Salão Design, José Ferro, pontua que a reformulação apresentada nesse ano atende às mudanças no mercado de móveis, mas não apenas isso: também foi considerado um retorno do prêmio às suas origens, que é de fomentar a inovação no setor moveleiro. Por conta disso, é que as categorias de iluminação e acessórios foram suprimidas, dando foco ao mobiliário em si. “Ao longo desses 32 anos de promoção, o projeto passou por alguns momentos de readequação como o de agora, o que foi sempre crucial para estarmos alinhados ao cenário do design”, destaca. Com patrocínio de Berneck, Brasmacol e Interprint do Brasil, o Prêmio Salão Design é o prêmio brasileiro de design de mobiliário, sendo realizado desde 1988 pelo Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis). O prêmio nasceu como projeto paralelo da feira Movelsul Brasil e, em sua trajetória de 32 anos, já teve 15.040 projetos inscritos. Nessa 23ª edição, o prêmio é de R$ 10 mil para profissionais e R$ 6 mil para estudantes. A cerimônia de premiação e mostra de produtos será na Movelsul Brasil, de 16 a 19 de março de 2020, em Bento Gonçalves. Os vencedores vão participar, ainda, de uma segunda exposição nesse ano, durante o São Paulo Design Weekend.

“Sustentabilidade é uma palavra de ordem hoje em dia. Quando a gente menciona a palavra vêm à mente das pessoas termos como reciclado e reciclável. No entanto, outros prérequisitos muito importantes são a extensão da vida útil de um produto e a sua multifuncionalidade”. Jurada Adélia Borges, crítica, historiadora de design e artesanato e curadora

“Na avaliação dos projetos de um concurso, nos deparamos com muitas ideias que atendem aos mais diversos requisitos de uma peça de design. Alguns deles se destacam por conseguir preencher muitos desses requisitos de forma sutil, com simplicidade e harmonia, e ainda apresentam uma estética interessante, que é o primeiro aspecto a chamar a atenção do usuário”. Jurado Fernando Mendes: arquiteto, designer e marceneiro

“O Prêmio Salão Design continua evidenciando a criatividade que temos disponível para o setor de mobiliário. Nesta época, onde precisamos superar grandes dificuldades para o crescimento de nossa indústria, os projetos apresentados são um exemplo de como o design pode ser uma ferramenta estratégica, barata e eficiente para esse ramo de nossa economia”. Jurado Freddy Van Camp: designer com mais de 50 anos de carreira

“Interessante ter a oportunidade de conhecer, através do Prêmio Design, a produção atual dos móveis propostos. Me encanta sempre soluções inteligentes e elegantes, como algumas que aparecem entre os premiados”. Jurada Heloísa Crocco: artista plástica e designer

“A experiência como jurada do prêmio Salão Design 2020 foi muito gratificante! Poder avaliar presencialmente as peças finalistas e analisar suas características com profissionais com larga experiência no design de mobiliário foi muito enriquecedor. Todos trouxeram seu vasto repertório para o debate e houve um saudável equilíbrio e respeito entre as colocações de todos”. Jurada Taissa Buescu: jornalista, Diretora de Conteúdo da Casa Vogue

Adequações ao mercado

Prêmio Salão Design na Movelsul Brasil 2020 Mostra de vencedores de 16 a 19 de março de 2020, das 12h às 19h Onde: Parque de Eventos de Bento Gonçalves (Alameda Fenavinho, 481) Entrada gratuita mediante credenciamento. Aberta apenas ao público profissional. Para conhecer os premiados, siga o @premiosalaodesign nas mídias sociais! Jornal Design 13


Empório Bella Città: um lugar de aconchego e memórias por Sinara Nichetti | Arquiteta de Interiores

Fotos Andressa Lotes Fotografia

Falando do projeto, busquei trazer um ar contemporâneo para o espaço em geral, porém, abusando de elementos mais rústicos para deixar um ar mais aconchegante, natural e acolhedor. Em novembro de 2019 o Empório Bella Città foi entregue e inaugurado com muito sucesso! O desafio desse projeto foi desenvolver não só um espaço de varejo, mas oferecer aos clientes um lugar de aconchego e cheio de memórias! Com isso a inspiração veio através da cultura da região, da história de vida dos moradores, onde o varejo pudesse aguçar os sentidos e memória afetiva dos clientes. Sim, afinal, o objetivo não é só atingir o público turista que visita nossa Serra Gaúcha, mas também os próprios moradores da cidade. Ou seja, um comércio envolvendo agricultura familiar, história e empreendedorismo.

54 9811.3576 | @arq.sinaranichetti 14 Jornal Design

54 99948.3183 | @legadomarcenaria

Seja na madeira de pinus, seja nas luminárias de vime (fabricadas por um artista local), seja pelo mini antiquário ou gradis de aço forjado (também feitos à mão), tudo pensado com carinho para que cada detalhe fosse notado! Sem contar com a iluminação, que além de ser adequada, torna tudo ainda mais atrativo, com efeitos diferenciados para cada função: exposição, destaque e aconchego.


Poltrona Nube, lançamento Abimad 2020

Fotos Divulgação

ponto a pitadas artesanais, com resultado de extremo conforto. Os produtos podem ser encontrados nos estandes da Rosa Maria Decorações, Oficina Móveis e ADM Móveis, durante a feira. Para acompanhar visite www.julianadesconsi. com.br ou siga @julidesconsi.

Considerada uma das mais importantes feiras brasileiras de móveis e acessórios para a alta decoração, a Abimad acontece de 4 a 7 de fevereiro em São Paulo, na capital. E para esse ano apresento, em parceria com três renomados fabricantes, coleções de móveis que retratam as novas linguagens da decoração contemporânea de interiores. Os móveis trazem uma abordagem mesclada entre o industrial chic, o aço, a madeira e o artesanal. Em parceria com a ADM Móveis de Garibaldi desenvolvemos uma coleção de móveis que engloba, mesas de jantar, cadeiras, poltronas e reca-

mier. Nesta família de produtos a poltrona Nube se destaca. Nube, do espanhol “nuvem”, traduz a leveza, como se a estrutura que a sustenta desaparecesse na grandeza da forma do seu corpo. O contraponto da resistência do aço, com a delicadeza das suas espessuras, somadas a maciez da estofaria conferem a Poltrona elegância e refino em suas formas, além de ser muito confortável. Em tradução as tendências de mercado, apostamos em móveis com personalidade, inteligentes, com inserção de novos materiais, maior desempenho e durabilidade, refletidos numa linguagem de manufatura tecnológica em contra-

Juliana Desconsi juliana@interventodesign.com.br @julidesconsi Designer

Jornal Design 15


A arquitetura permite uma vasta gama de alternativas no mercado por Natasha Oltramari | Arquiteta

Houve um tempo onde não havia distinção entre ser arquiteto ou engenheiro civil. Os chamados arquitetos eram projetistas, calculistas, escultores, pintores e construtores de suas obras, encarregados desde o projeto até sua execução, bem como a idealização de adornos esculturais em uma edificação. Projetavam de monumentos a edifícios, até máquinas de guerra. Tais habilidades eram aprendidas através da prática, do exemplo e da experimentação. Quando o ensino passou a ser acadêmico, foi difícil desvincular esta profissão das Belas Artes, onde foi, por muito tempo, a escola dos construtores. Ainda hoje, a Arquitetura e Urbanismo, mesmo com todo seu rigor técnico, carrega uma herança artística em suas atividades e, a Engenharia Civil, é conhecida como a área das exatas, dos cálculos e da precisão. Todo este caminho, fez com que estes profissionais tenham uma infinidade de alternativas de áreas de atuação: o arquiteto não se limita a fazer projeto, nem o engenheiro civil a fazer cálculo

16 Jornal Design

forma, somando o detalhamento do memorial descritivo e o orçamento bem alinhado, faz com que todo o processo de compra se torne mais exato e menos suscetível a erros, resultado que todo engenheiro orçamentista procura. Marcelo também é Mestre em Engenharia Civil, com ênfase em Concreto de Alto Desempenho. Marcelo Silva Santor - Engenheiro Civil Orçamentista na Construtora Poletto.

to seja o mais detalhado possível, assim o orçamento ficará de acordo com o objetivo do empreendimen-

to. Ainda, além de realizar orçamentos, também atuo como comprador de insumos para as obras. Desta

tamento do consumidor, técnicas de exposição de produtos, entre outros. É uma rotina que se difere em tipos de materiais, custos, legislação, fornecedores, timing de entrega e envolvimento com o cliente, se comparado a atuação de arquitetura residencial ou institucional.

Na maior partes dos CNPJs atendidos, o enfoque é em desenho de interiores e fachada, que, por se tratarem da ocupação de pontos comerciais existentes, é primordial a capacidade técnica e profissional de oferecer um atendimento em prazos muito curtos, execuções em horários extra comerciais (pois o varejo não pode parar nunca!) e especificação de materiais e equipamentos próprios para oferecer a mobilidade e controle de investimentos que o ramo pede. Entrei para esta área há 07 anos atrás, quando já graduada em Arquitetura, iniciei meu Postgrado Internacional em Retail Design: Desenho de Espaços Comerciais e aprendi a projetar para o Varejo com grandes nomes do Retail Mundial. Também busquei me especializar em iluminação de espaços comerciais, que é um estudo importantíssimo para o resultado de um ponto de venda e

Loja Armel - Gramado

“A arquitetura para Espaços de Varejo é uma área de atuação que leva o olhar do arquiteto para os negócios, o que exige que cada projeto transpasse a linha da assinatura estética e funcional e entregue também conhecimento em estratégias de mercado, compor-

além de executar obras ou calcular estruturas. Podem não só elaborar como executar obras de grande magnitude, até mesmo pontes e estradas, como desenvolver todo o planejamento e as operações necessárias dentro do canteiro de obras para que estas aconteçam seguindo prazos e legislações. Estes profissionais também podem ser especialistas em funções onde não precisam ser os executores, em diferentes áreas como: projetistas e calculistas de estruturas; orçamento; elaboração de PPCI; perícia em edificações e suas patologias, fazendo o estudo, projeto e avaliação técnica de obras em andamento e já executadas; aproveitamento o manejo de recursos naturais, entre outros. Além de tantos campos, ambos os profissionais podem atuar dentro das universidades como professores, escritores e pesquisadores. Vamos poder conhecer o trabalho de dois profissionais de nossa região que escolheram uma área específica de atuação e vão contar um pouco de sua rotina:

Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves - projeto e execução por Construtora Poletto Ltda.

Foto Arquivo Pessoal

“Trabalhar como orçamentista requer conhecimento sobre todas as etapas de uma construção, da fundação ao acabamento e também atualização constante sobre os diversos sistemas construtivos. Para auxiliar neste trabalho, se torna imprescindível possuir um vasto e adequado banco de dados, além da assessoria do engenheiro executor, assim viabilizando a frequente atualização do que é orçado/executado. Um bom orçamento detalha todos os serviços da obra, bem como os insumos necessários. É muito importante que o memorial descritivo realizado pelo arquite-

estrutural e execução de obra. Nem só de projeto dentro de um escritório vive o arquiteto. A arquitetura permite uma vasta gama de alternativas no mercado de trabalho. Desde o projeto legal e executivo dos mais variados temas, do mais individual ao mais amplo. São capazes de desempenhar, não só o desenvolvimento do exterior ao interior de uma residência, como grandes projetos urbanísticos e equipamentos. Existem inúmeros outros campos a serem abordados, como: planejamento urbano, planos diretores, loteamentos, praças; projetistas em áreas específicas como arquitetura hospitalar, comercial, interiores, sustentável, entre outros; paisagismo; restauro; especialista em iluminação; reformas; execução de obra; elaboração de PPCI; até mesmo áreas mais artísticas, passeando pelo design, desde mobiliários até games, pintura e fotografia; produção de eventos e atividades efêmeras são alguns exemplos. As atribuições do engenheiro civil vão muito

sigo sempre me aprofundando em Comportamento do Consumidor, Visual Merchandising e NeuroMarketing. Hoje coordeno as criações da FAV Retail Design que trabalha uma metodologia exclusiva onde emprega técnicas comprovadas de impulsão de vendas em cada metro quadrado de lojas projetadas, tornando o espaço estratégico em atração do público e em resultado de vendas. Por se tratarem de informações importantes para se dominar na exposição e vitrines no dia a dia lojista e por se ter difícil acesso a conteúdo prático deste tipo, também ministro cursos, treinamentos e palestras sobre “O ambiente de loja como ferramenta para impulsionar as vendas” em associações e empresas do segmento.” Fernanda Pruinelli, Arquiteta especialista em Retail Design


PIAZZA VERDI RESIDENCIAL

IMPÉRIUM RESIDENCE BAIRRO CIDADE ALTA

3

DORMITÓRIOS (SENDO 1 SUÍTE MASTER E 2 SUÍTES AMERICANAS)

166

M² ÁREA PRIVATIVA

VALORES ESPECIAIS PARA FEVEREIRO

A partir de

Acabamentos PREMIUM SEGURANÇA planejada LOCALIZAÇÃO PRIVILEGIADA

(Valor sem box de garagem)

Entrega da obra para Junho de 2020.

Entrega da obra para Setembro 2023.

R$ 389 mil

LOCALIZAÇÃO CENTRAL RUA 13 DE MAIO

BAIRRO COMPLETO

TORRE ANNUNZIATA RESIDENCE

PAULO SALTON RESIDENCIAL

132 a 145 M² ÁREA PRIVATIVA

LOCALIZAÇÃO CENTRAL

A partir de

BAIRRO HUMAITÁ

A partir de

R$ 614 mil

R$ 378 mil

(Valor sem box de garagem)

(Valor sem box de garagem)

Entrega da obra para Dezembro 2022.

Entrega da obra para Abril 2020.

SALÃO DE FESTAS ESPAÇO PET / JARDINS ESPELHO D’ÁGUA BRINQUEDOTECA

2e3

DORMITÓRIOS (COM SUÍTE)

84 a 113 M² ÁREA PRIVATIVA

SALÃO DE FESTAS

SACADA ABERTA NA SUÍTE

ESPERA PARA LAREIRA ECOLÓGICA E REDE PARA CALEFAÇÃO

ESPERA PARA LAREIRA DUTOS DE CALEFAÇÃO

AtÉ TRÊS VAGAS DE GARAGEM

25 ANOS

M² ÁREA PRIVATIVA

SACADA ABERTA COM JARDIM VERTICAL E ESPERA PARA OFURÔ (FINAIS 1 E 2)

ESPERAS PARA LAREIRA E CALEFAÇÃO

3

97 a 171

CICLOVIA SALÃO DE FESTAS ACADEMIA

SALÃO DE FESTAS ACADEMIA BRINQUEDOTECA

DORMITÓRIOS (3 SUÍTES OU 1 MASTER + 2 AMERICANAS)

2e3

DORMITÓRIOS (COM SUÍTE)

| Rua Dom José Baréa, 41 | Cidade Alta | Bento Gonçalves RS | www.imoveispontual.com.br | 54 3055-2200 / 99935-0145

| Horário de atendimento Segunda a Sexta | Manhã: 08h00 - 11h45 | Tarde: 13h15 - 18h00

Jornal Design 17


Vestindo e mobiliando banheiros

#DEMArevestindoseuprojeto por Studio 218 - Estúdio de Arquitetura Angélica Piva e Margit Arnold Fensterseifer

Em função da área reduzida e programa de necessidade simples, os projetos de banheiros e lavabos não se tornam prioridade na hora de construir e reformar. Muitas vezes o cliente executa o móvel sozinho, sem auxílio de um profissional de arquitetura. Está aí o erro, já que justamente pela área pequena, o ambiente requer um estudo maior na locação de todos os acessórios, otimização e melhor aproveitamento do espaço. Que revestimentos utilizar? Onde instalar aquele revestimento maravilhoso, de modo a não o esconder depois com móvel? O espaço é pequeno e tenho muitas coisas pra guardar! Onde instalar toalheiros, papeleira? E o nicho de shampoo? Quantos m² desse revestimento preciso? Todas essas perguntas podem ser respondidas em conjunto com o seu arquiteto e um projeto minucioso do ambiente.

Concebida para que o casal e seus dois filhos passassem seus finais de semana longe da correria e do movimento da capital, essa casa de mais de 450m² situada em Carlos Barbosa tinha como principal função receber os amigos e a família, de forma prática e funcional. A residência que foi configurada em conjunto com os clientes desde o projeto civil até a decoração levou um ano para ficar totalmente pronta, e o resultado surpreendeu e encantou aos proprietários.

Fotos Gilmar J. L. Gome

O amplo banho do casal, permitiu que a bancada recebesse duas cubas de sobrepor Deca. Com o desejo de um espelho inteiro, e a necessidade de lugar para guardar perfumes e cremes, foi possível ainda durante a obra prever um nicho na parede, permitindo assim realizar os dois desejos da cliente. Toalheiros duplos e um amplo espaço para o chuveiro também contemplam esse banheiro. O charme fica a cargo das pastilhas Ritallio.

Conciliando o gosto de uma criança e uma pré-adolescente, o banheiro dos filhos recebeu o revestimento Bela Vita da Portinari como elemento focal do banheiro. Além disso, as portas de vidro do móvel receberam películas exclusivas de quebra cabeça que podem ser facilmente retiradas ou trocadas quando os filhos crescerem e/ou enjoarem do motivo infantil.

O lavabo junto a área social da residência recebeu atenção especial: bancada em porcelanato Duomo Opala Portinari e um roda-tampo que vira moldura e permeia todo o banheiro. A cuba de apoio Dune e o monocomando Deca com acabamento Red Gold tornam-se protagonistas juntamente com a moldura do espelho. O papel de parede discreto ainda reveste esse ambiente que ficou sofisticado.

As alternativas que encontramos no mercado são infinitas: é papel do arquiteto orientar e conduzir as escolhas que melhor se adequam ao perfil dos proprietários facilitando a compreensão final do espaço e a satisfação com o ambiente pronto.

Caxias do Sul | Rua Guerino Sanvitto, 939 | Bairro Villagio Iguatemi | 54 3538.7771 Bento Gonçalves | Av. Osvaldo Aranha, 1422 | Cidade Alta | 54 3452.5511 18 Jornal Design

Dema Revestimentos @demarevestimentos


Projeto com conceito contemporâneo e toque clássico

#DEMArevestindoseuprojeto por Arteforma Arquitetura Fabiane Brum e Tatiane Peruffo “Este projeto foi desenvolvido para uma cliente moderna, detalhista e com muito bom gosto em todos os sofisticados detalhes definidos. Trabalhamos com elementos contemporâneos diversos de forma que o resultado fosse um ambiente agradável, aconchegante, clean e com otimização dos espaços.”

Os móveis foram projetados, cada um deles recebendo um cuidado especial, pensando em cada detalhe para a total satisfação da cliente. A opção foi a marcenaria sob medida onde o resultado final foi de um acabamento excepcional.

Fotos Arquivo Pessoal

Os revestimentos foram todos cuidadosamente escolhidos na loja Dema Revestimentos, onde estes, complementam cada ambiente de forma requintada e sofisticada. O piso selecionado para todo o ambiente social foi um porcelanato em detalhes rajados no tamanho 80x80 retificado, com acabamento acetinado. Este belo piso acetinado e moderno, proporcionou que os detalhes dos móveis laqueados com brilho e os revestimentos finos de granito das bancadas e lareira se destacassem ainda mais no contexto geral.

A cozinha integrada com a sala de jantar e estar, proporciona um ambiente prático e aconchegante, levando em consideração o destaque da estrutura metálica utilizada junto à coifa que proporcionou leveza ao ambiente, além de ser um local para utensílios em geral ou decoração. As cores escolhidas para compor o apartamento tanto na marcenaria como nos revestimentos foram todas em tons claros, sendo o amadeirado em padrão mais suave, o branco, a laca brilho em tons de bege e alguns detalhes com os tons acinzentados. “O trabalho do arquiteto é proporcionar ao cliente satisfação, tornando os ambientes aconchegantes e funcionais no dia a dia. Com o resultado obtido neste lindo apartamento, conseguimos atender nosso objetivo junto a nossa cliente.”

Para os banheiros, a opção foi manter o acabamento acetinado nos pisos e usar acabamentos em brilho nos azulejos tanto na suíte como no banheiro social. No banheiro da suíte foi escolhido um azulejo com três combinações de cores branco, café com leite e marrom acinzentado para maior valorização de uma das paredes e no restante, foi utilizado azulejo minimalista na cor branca.

Já no banheiro social a ideia foi remeter a um ambiente de lavabo, sendo assim a escolha de um azulejo mais colorido, em tom de uva, deixando o ambiente ousado e elegante juntamente com a bancada em pedra cinza. A marcenaria usada também foi na cor cinza, além do uso de bastante espelhos proporcionando amplitude ao ambiente.

Caxias do Sul | Rua Guerino Sanvitto, 939 | Bairro Villagio Iguatemi | 54 3538.7771 Bento Gonçalves | Av. Osvaldo Aranha, 1422 | Cidade Alta | 54 3452.5511

Dema Revestimentos @demarevestimentos Jornal Design 19


Fotos Arquivo Pessoal

A tradição, a história e o simbolismo do vinho na Serra Gaúcha fazem com que apaixonados pela cultura inovem na criatividade e levem a uva para ramos diferentes. O setor vinícola mundial descarta, a cada ano, aproximadamente 20 milhões de toneladas de insumos. No Brasil, estes equivalem a 30% da quantidade total de uvas vinificadas. Esse grande aglomerado de resíduos sólidos, além de serem transformados em vinhos e espumantes, estão sendo ampliados para o consumo, compondo outros alimentos, chopp, cosméticos e até joias. O desejo de unir o design e algo relacionando

Fotos Gilmar Gomes

Além do vinho à uva, trouxe o insight para Patrícia Pedrotti desenvolver joias com os cristais de ácido tartárico. Filha de viticultor, crescida em meio aos vinhedos de Tuiuty, interior de Bento Gonçalves, onde hoje localiza-se o atelier, a especialista em design e modelagem de Joias, deu início a Enojoias, uma empresa que produz “diamantes de vinho”. Além da Enojoias, é sócia-proprietária da empresa Blu 3D, que trabalha com modelagem e impressão 3D, incluindo joias. O ácido tartárico, popularmente conhecido como “gruppola” no interior, somado ao potássio, presente nas uvas brancas e tintas se transformam em lindas peças artesanais, harmonizados nos metais folheados a ouro rosè e prata 925, dando mais leveza e sofisticação ao produto. “No primeiro momento, as minhas criações de Enojoias surgiram com o propósito inicial apenas de fazer uma exposição para mostrar a riqueza destes materiais, porém a Cooperativa Vinícola Aurora, abraçou esta ideia e pediu para confeccionar brincos em prata para todas as suas recepcionistas”, conta. Passados quatro anos, as Enojoias são vendidas através de encomendas enviadas para todo Brasil e até para alguns países como Portugal, França, Itália, Argentina, Uruguai e República Dominicana. Para elaboração das peças, o conceito principal é a fluidez e formas orgânicas, remetendo a atmosfera da Serra Gaúcha. O processo de cristalização é realizado mediante baixa temperatura, com a precipitação do ácido tartárico e o potássio. Estes belos cristais são retirados das pipas

durante a limpeza e entregues em diversos formatos, nas colorações vinho branco, rosè e tinto. “Com esses cristais faço artesanalmente o corte conforme o formato da joia que desenvolvi, como os cristais são irregulares nenhuma peça é igual a outra, tornando assim cada joia única. Os metais são desenhados pela designer e produzidos na cidade de Guaporé - fortemente conhecida por ser um polo joalheiro. Meu objetivo é mostrar todas as belezas que surgem do vinho, e de todo o trabalho de nossos queridos viticultores”, relata. Digna de uma corte repleta de significados históricos, a matéria-prima do conjunto de acessórios que compõem brincos, anéis e pingentes exclusivos das soberanas da Fenavinho também são assinados pela Enojoias. Os traços da tradição são o glamour das peças, especialmente no metal, com grãos de uva e elementos de parreirais desenhados. As joias passam pela modelagem e são impressas em 3D, com processos de fundição na prata e folheadas em ouro.

pão elaborado com vinho. O feedback é positivo, é um produto que pode ser consumido por todas as idades - desde que não haja intolerância a nenhum ingrediente – e que rende a experiência de degustar um produto diferenciado, que só temos aqui no Villa Michelon”, conta. Mas não é só o café da manhã recheado da casa que faz sucesso, a festa da La Bella Vendemmia é estendida por três meses no estabelecimento, com o sentido especial de enaltecer o período da colheita da uva e comemorar o ano de trabalho é um dos pontos fortes da história do lugar, que proporciona um turismo de experiência aos nativos e visitantes que chegam à região. “Não seria possível promover o enoturismo sem trabalhar a uva, matéria-prima de nossos produtos e item que projetou a nossa região como uma das maiores produtoras de vinho do Brasil. Nossa reputação foi construída com base na vitivinicultura e fomentação do turismo”, relata Elaine. A atração que valoriza tradições antigas dos italianos, proporciona ao turista desde a colheita até a pisa da uva. “Meu pai, queria uma festa que explorasse melhor os atrativos do hotel, como a Casa do Filó, o Memorial do Vinho, o Parreiral Modelo, a Colación e o Filó. Atrativos que valorizam a história da imigração italiana mas que eram lembrado somente na Abertura Oficial. Então, idealizou essa sequência de festas, onde o turista poderia desfrutar de nossa farta gastronomia e de

nossa estrutura. No ano passado, o Vinho Encanado passou a fazer parte desse evento, como uma alusão à Fenavinho e uma homenagem a um dos presidentes da primeira edição, Moysés Luiz Michelon. É um atrativo sem igual, pois quem morou ou visitou a região naqueles tempos áureos relembra o vinho “jorrando” pelas ruas”, explica. Nessa experiência, o hóspede ganha avental, boné e taça personalizada para entrar no clima.

As Enojoia tem registro de direito autoral, que pode ser reconhecido através de leitor de Qr Code, impresso na etiqueta. Instagram: @enojoias

Cuca, pão, chimia e suco de uva Lindas paisagens, uma rica flora e fauna e muita história para contar quando o assunto é imigração italiana. Mas um atrativo especial, artesanalmente feito com doses de carinho pelas cozinheiras do Hotel Villa Michelon é o delicioso e exclusivo pão de uva, que compõe o café da manhã servido pelo estabelecimento. Mas não acaba por aí, estão na mesa também o suco, a chimia e a cuca de uva. Quem visita a delicada Villa, tem acesso ao parreiral modelo, além de poder experimentar as uvas frescas na recepção durante a safra. Ainda no período da colheita é feito o “vinho doce”. A magia anualmente cultivada em torno da safra desperta e pulsa forte no coração de Elaine Michelon, diretora do hotel. Filha de um dos ícones mais visionários da Serra Gaúcha, Moysés Luiz Michelon (in memoriam), ela conta entusiasmada “não escolhemos a uva, acredito que fomos escolhidos por ela”. A frase descreve a importância de atrações turísticas relacionadas ao vinho no seu negócio, localizado no coração do Vale dos Vinhedos. Sobre a curiosidade do pão de uva, Elaine conta que atrai muita gente. “O tom do produto final e a particularidade de ser um 20 Jornal Design

Ficou curioso por essa atração incrível? Os hospedes do Hotel Villa Michelon podem viver essa experiência! A festa da vindima ocorre na sexta, com toda a programação a partir das 17h, com diárias de dois dias, sexta a domingo. As reservas podem ser efetuadas pelo e-mail reservas@villamichelon.com.br, telefone (54) 2102 1800 ou WhatsApp através de mensagens de texto. (54) 98112.5443. E para quem não é hóspede, mas tem interesse em conferir essa grande festa, a atração estará aberta no dia 7 de fevereiro.


Fotos Arquivo Pessoal

Descubra os benefícios de produtos orgânicos derivados da uva

Você já ouviu falar em óleo e farinha de uva? Dentre as novidades e inovações para uma alimentação saudável, destacamos esses alimentos, elaborados com a preocupação de preservar ao máximo os nutrientes da fruta. Pioneira no aproveitamento integral da uva orgânica, a empresa Econatura utiliza além da polpa, também a casca e até a semente para fabricar farinha e óleos de uva. Utilizadas na elaboração de bolos, pães, biscoitos e em misturas com granola, iogurte e vitaminas, a Farinha de Casca de Uva e a Farinha de Semente de Uva são ricas em fibras e em polifenóis, agregando estes nutrientes às receitas. Já o Óleo de Semente de Uva, que é prensado a frio,

pode ser utilizado como óleo comestível ou ainda como cosmético. Todos estes produtos levam a marca Uva’Só. O cultivo da uva sempre esteve ligado à história da família que administra a empresa. No interior de Roca Sales, há 24 anos, a família Piccinini, cultivava uvas sem aplicação de agrotóxicos. Unida a família Postingher, na mesma propriedade começaram a produzir suco para a família. Em 2001, a empresa estabeleceu-se na Linha São Luis do Araripe, interior de Garibaldi. “Com o passar dos anos, o conhecimento de que a uva possui inúmeros benefícios para a saúde foi o que nos motivou a fazer mais produtos, além do suco integral, e por isso optamos por aproveitá-la inteiramente”, conta Bruna Mara Postingher, nutricionista da Econatura. O estilo de vida saudável está cada vez mais presente na vida dos brasileiros, consequentemente a procura por produtos orgânicos aumentou. Embora o carro-chefe da Econatura seja o Suco de Uva Integral, eles também oferecem a linha de vinagres orgânicos pioneira no mercado nacional (Vinagre de Vinho Tinto, Vinagre Balsâmico Tradicional, Vinagre Balsâmico Envelhecido). “A estratégia da empresa é oferecer produtos exclusivos, como é o caso dos Vinagres Balsâmicos, Farinhas de Casca e Semente de Uva e do Óleo de Semente de Uva que são os únicos orgânicos produzidos no Brasil. E investir muito em qualidade, possibilitando que estejamos habilitados para fornecer nossos produtos para outras marcas, tanto indústrias quanto redes de supermercados”, relata.

No caso do principal produto, o suco de uva, que já é fornecida para as maiores regiões consumidoras do Brasil há mais de 20 anos, o produto já é bastante reconhecido, pois são elaborados somente com uvas da variedade Bordô e um processo de engarrafamento com até um dia após a colheita, para preservar o sabor, aroma e nutrientes. Esses diferenciais são importantes para que o produto chegue a mesa das pessoas com qualidade. A Econatura tem uma certificação orgânica da Ecocert, desde 2004 e possui derivados de sete uvas orgânicas.

No Armazém Fit Store Bento Gonçalves é possível encontrar esses produtos derivados da uva, além de inúmeros produtos funcionais, veganos e fit.

Jornal Design 21


Planejando 2020 Feliz 2020! E quem não parou para pensar e planejar seu novo ano, ainda dá tempo... tenho por experiência que as resoluções mais profundas de ano novo se realizam, pois, o universo está aberto para receber e devolver o que você deseja, uma vez que ele sabe que você tem uma tela em branco para preencher e deseja fazê-lo com sua melhor aposta! Aqui vão alguns passos que podem ajudar em sua reflexão:

1. Determine uma palavra que guiará seu ano Pense em uma palavra que resuma sua proposta para o ano. Exemplos: Valorização – valorizar mais o que tenho, valorizar cada conquista que eu fizer, celebrar cada vitória. Desacelerar – diminuir a quantidade de atividades diárias para ter mais qualidade no tempo comigo mesmo e minha família.

2. Reveja o ano passado O que comecei e não terminei? Termine ou descarte.

3. Reflita cada área e se desafie: Físico: quem não faz um exercício, comece e quem faz coloque um desafio. Profissional: que conquista eu quero para 2020 profissionalmente? Um novo emprego, novos desafios, um curso? Amor e Família: o que farei de diferente para aquecer o amor e curtir com mais tranquilidade minha família, talvez desligar o celular nos finais de semana? De você para você : que presente se dará este ano? Um carro, uma viagem, um objeto de desejo, um corte de cabelo, enfim...

4. Acompanhe Todas as propostas que você fizer neste início de ano, acompanhe, seja incansável, pois se você se propôs é porque é importante para você.

Um comportamento: o que me incomoda hoje e como posso mudar... diminuir a ansiedade, aumentar a resiliência? Iniciar Yoga, receber Reiki, meditar, são algumas sugestões. Socialmente – que melhoria ou atitude posso fazer na minha comunidade ou para o mundo? Um trabalho voluntário, reciclar o lixo, economizar água?

5. Resigne-se

Este é o momento de refletir com amorosidade aquilo que definitivamente não sou ou não quero.

Iara Cristina Bussolotto

Por fim reflita sobre quem você é neste momento de 2020, o que te faz feliz, no que você é bom e o que pode mudar ou melhorar e faça um ano cheio de conquistas. Lembre-se de brindar as vitórias e mesmo que você não alcance tudo que planejou, sem dúvida valeu o desafio e a jornada de autoconhecimento. Meu carinho e até a próxima!

iara@viziaoptica.com.br Consultora de Varejo

SEGURO DE VIDA. O FUTURO é MELHOR COM

tranquilidade. a melhor forma de construir o futuro É CUIDANDO Das pessoas que você mais ama. Com O NOSSO SEGURO DE VIDA, você protege a si mesmo e à sua família de quaisquer imprevistos e tem a tranquilidade para aproveitar a vida de UM JEITO ainda mais especial. 22 Jornal Design

CONVERSE COM O SEU GERENTE E SAIBA MAIS. BENTO GONÇALVES: Rua Saldanha Marinho, 700, salas 05 e 06, Centro | (54) 3451.5255 FARROUPILHA: Rua Rui Barbosa, 247, sala 12, Centro Comercial Palmira Corá | (54) 3268.6076 GARIBALDI: Av. Júlio de Castilhos, 205, sala 301, Centro Comercial Santa Fé | (54) 3462.3881 www.unicredintegracao.com.br


Foto Slovinscki Fotografia

Vindima orgânica: os desafios para aproveitar todo o potencial da uva

Via Orgânica

Foto Samuel Boff

Estamos na vindima, o período do ano em que nossa região celebra a cultura da uva, exaltando não só a sua colheita, mas a história e a tradição da imigração italiana, seus desafios e conquistas. Na Econatura, indústria de produtos orgânicos e naturais localizada na cidade de Garibaldi/RS, a safra da uva é a época mais movimentada do ano. E tem justificativa: além da colheita, ocorre o processamento de todos os produtos derivados da uva, que levam a marca Uva’Só. O acompanhamento técnico garante que as uvas sejam colhidas no ponto ideal de maturação, já que serão proces-

sadas e engarrafadas em até um dia após a colheita. Outra parte da produção é encaminhada para fermentação e obtenção dos vinagres, bem como é feita a separação das cascas e sementes, que serão utilizadas na elaboração das farinhas de semente e de casca, além do óleo extraído da semente da uva. Com todo o cuidado para que a matéria-prima proveniente de 25 pequenos produtores tenha seus nutrientes preservados. Desde a sua fundação, em 1996, a empresa dedica-se a produção de alimentos sem conservantes ou aditivos químicos. A preocupação com a saúde e a qualidade de vida das pessoas foi determinante para a melhoria de processos, mantendo, desde 2004, a certificação orgânica da Ecocert, que abrange 100% dos seus produtos. A demanda por este tipo de alimento vem crescendo ao longo dos últimos anos, graças à maior consciência da população. Segundo Bruna Mara Postingher, nutricionista e integrante da família proprietária da empresa, “o maior desafio enfrentado hoje está na obtenção de matérias-primas, visto que a produção orgânica embora ajude a preservar a saúde do agricultor e ofereça maior remuneração pelo quilo da uva, acaba sendo mais trabalhosa do que a produção convencional. Além disso, a mão de obra no campo vem diminuindo ao longo dos anos e as variações

climáticas acabam prejudicando a produção agrícola, o que torna o trabalho ainda mais árduo”. Para manter-se competitiva no mercado, a Econatura oferece também o serviço de terceirização, desenvolvendo marcas próprias para outras empresas. Em 2018, buscando aproveitar melhor a capacidade produtiva já existente, iniciou o processamento de derivados de outras frutas orgânicas, criando a marca Organovita, que contempla o vinagre de maçã e os sucos integrais de maçã, laranja e tangerina. Mesmo sendo reconhecida pelo seu pioneirismo na produção orgânica, é preciso ressaltar a importância de desenvolver diferentes estratégias comerciais, para que continue ganhando competitividade e possa manter-se sustentável. Na prática, já está programado para o primeiro trimestre deste ano o lançamento do seu e-commerce. E como a Econatura faz parte do roteiro turístico Via Orgânica, está adequando sua estrutura para o atendimento de turistas, que poderão Aline Agatti conhecer além dos produtos, o modelo aline@organizativa.com.br distinto de empresa @aline.agatti eco-sustentável. Consultora Empresarial

Jornal Design 23


Close no brilho

É época de ousar! Pedraria, neon e brilho são tendências marcantes em maquiagens para o Carnaval. Os foliões verão muitas novidades pelas ruas e clubes da cidade e a dica é não se preocupar com o exagero, pois a época mais esperada do ano para entrar no clima, é agora! A tendência artística na maquiagem está em alta, possibilitando recriar personagens ou temáticas. O mundo fashionista adora! Mas se a ideia é sintetizar o carnaval mas não exagerar na maquiagem, as opções mais delicadas, são com tons candy color e brilhos. Sem contar nas roupas que podem ir desde as fantasias típicas, como looks mais elegantes que também fazem parte do clima carnavalesco. Apostar nas cores que estão em alta como laranja, rosa, roxo e azul, principalmente o neon é sucesso certo. A maquiadora profissional e de-

signer de sobrancelhas, Jéssica Cogo conta que a procura por maquiagens bem feitas para entrar na folia é grande, porém é necessário muito cuidado na preparação da pele, para que dure a festa inteira. “Precisamos de uma make que suporte o calor e o suor, abusando no brilho e nas cores como o neon, por isso a preparação bem feita da pele antes de qualquer aplicação é muito importante”, explica. A profissional que também elabora maquiagens artísticas com as mais diversas temáticas, diz que ativa o seu lado criativo quando o estilo pedido pelas clientes é esse. “A maquiagem dura em torno de duas horas para ser elaborada. Eu, particularmente fico realizada fazendo esse tipo de trabalho, além de sair da zona de conforto do dia a dia. No carnaval muitas meninas me procuram para fazer maquiagem social mesmo, e pedem para usar e abusar no brilho”, relata Jéssica.

s

Efeitos de luz e sombra compoem a criatividade Fotos Silvia Tonon

Não só no carnaval, mas a maquiagem artística está tomando conta de festas temáticas, cinema, teatro e eventos. A técnica para elaboração deste estilo de maquiagem são muitas, explica a esteticista maquiadora Andreia Vivian Giovanella, com 20 anos de atuação no ramo. “Desde efeitos de luz e sombra, próteses de silicone – para criação de personagens, pedrarias, glitters, tonalidades coloridas, sem contar o destaque deste ano, que fica a critério do neon, a maior tendência do momento. Essas são algumas das infinitas possibilidades de adornos para maquiagens”, conta. Uma dica importante é para a combinação. Andreia relata que como tudo é permitido no carnaval, o cuidado para combinar as cores que 24 Jornal Design

tenham harmonia entre si e combinem com o tipo de pele é bem importante. “Hoje temos diversas marcas e produtos de maquiagem artísticas, como o Airbrush, por exemplo, que além de alta resistência a suor e água nos permite inúmeras possibilidades de criação. Assim as maquiagens em alta definição, como as artísticas, corporais, aquelas para filmes ou TV, até as para o carnaval ficam de alto nível”, afirma Andreia. Escolher a maquiagem perfeita pode ser uma tarefa difícil, porém essa nova técnica de maquiagem Airbrush permite agilidade e perfeição na aplicação. Sem contar que a maquiagem que demoraria em média 30 minutos para ser feita fica pronta em muito menos tempo, deixando a pele mais uniforme. “Essa técnica não serve só para aplicar a base e o corretivo, ela também serve para aplicar blush, delineador, batom e até sombra. Ela também pode ser usada para maquiar outras partes do corpo que não o rosto, como colo, braços e pernas – tudo com um resultado uniforme e sem aspecto pesado”, ensina a profissional.


Makes artísticas inspiradas na cultura pop Se a sua pegada é criar um look inspirado em uma figura do cinema, quadrinhos, TV ou na música, estude com carinho o estilo da personagem antes de montar sua maquiagem de carnaval. O maquiador e designer de sobrancelha Felipe Pratas, conta que a maquiagem artística é o momento em que a pessoa pode ser o personagem que quiser. “É a hora que ela pode fugir dos padrões de makes sem ter medo de ousar nas cores e brilhos”, relata. O profissional também explica que o estilo sempre chamou sua atenção, justamente por ter esse poder de transformar. “A maquiagem artística é uma forma de expressar sentimentos através da arte. Eu trabalho com isso há três anos e já participei de

alguns eventos como em uma casa noturna no Halloween”, conta Pratas. Bento Gonçalves é uma cidade que vem evoluindo cada vez mais, as pessoas estão mais “abertas” ao novo e a experimentar novas tendências, comenta Pratas. “Em época de carnaval a maquiagem artística traz bem a proposta que o pessoal quer: de se divertir e ousar! Então nada melhor do que uma make bem elaborada para combinar com a fantasia. Neste estilo pode ser usado o que o cliente quiser, podendo abusar nas pedrarias, nos brilhos, nas cores e nos acessórios. O principal é usar a imaginação”, incentiva.

A tendência artística vira #desafio O que é Airbrush? Se a palavra fosse traduzida para o português, esta técnica se chamaria “aerografia”. A maquiagem Airbrush é uma técnica perfeita para datas e eventos especiais. Ela é feita com um equipamento que espalha a maquiagem pelo rosto com a pressão gerada por u m compressor, o que traz inúmeras vantagens, como deixar a maquiagem ótima para gravações e filmagens em alta resolução, que trabalham com luz e tem uma duração de até três dias dependendo do produto utilizado. Mas, se por um lado possuem um efeito positivo poderoso, por outro, pode também se tornar um grande desastre quando as técnicas não são usadas de maneira adequada e de forma adaptada a cada tipo de rosto e de evento e por um profissional que saiba trabalhar com aerógrafo.

A ideia tomou conta do universo dos maquiadores, que uma atração realizada na plataforma Instagram, pela barbosense make-up artist Emy Costa, virou uma febre. Com a #desafiodaemy muitos profissionais da área aderiram à campanha e começaram a criar maquiagens artísticas para concorrer a melhor maquiagem da promoção.

“Pude estudar mais sobre o que está em alta. A cada etapa do concurso ficava mais difícil e eu me desafiava mais. E mesmo assim, no primeiro desafio que eu participei, fui classificado em primeiro lugar, o que me deixou muito feliz”, Felipe Pratas.

Eram cinco etapas e os profissionais tinham sessenta horas para entregar a criação através de foto, se não cumprisse o prazo, era eliminado. Os temas eram surpresa e o ganhador seria aquele que tivesse a foto mais curtida no Instagram. Pratas, assim como Jéssica participaram da ação e segundo eles cresceram muito com a experiência. “O momento foi muito importante, pois a cada desafio eu pude me aperfeiçoar mais, aprender novas técnicas. Acabei ficando em terceiro lugar, como fotos mais curtidas”, Jéssica Cogo

Jornal Design 25


26 Jornal Design


Jornal Design 27


Fotos Divulgação

Carnaval: descubra o que rola no mundo

O carnaval é uma festa marcante na cultura brasileira. Nessa época, milhares de turistas vêm ao Brasil para se divertir e conhecer mais da alegria do nosso povo. Porém, o carnaval é celebrado em diversos lugares do mundo, das mais diversas formas. Queremos contar para você um pouco de como são os festejos em outros países! Nos países da América Latina, a festa de carnaval se dá de uma maneira muito parecida com a nossa. No Peru, Colômbia e México as pessoas vestem suas fantasias e vão para a rua celebrar. A diferença está no ritmo. Em vez de samba, o som da festa é ligado às culturas locais e à música dos nativos desses países. Uma das festas mais tradicionais da Europa tem lugar em Veneza, Itália, onde a celebração remonta ao século XIII. Aqui, as pessoas se reúnem em uma das principais praças da cidade e usam máscaras e trajes de gala para comemorar o carnaval. A origem desse baile de mascarados? A nobreza do século XVIII buscava se disfarçar por

meio dessas máscaras a fim de misturar-se com o restante do povo nesse período de festividades. E, atualmente, ainda é bom caprichar na fantasia, pois um dos momentos mais importante da festa de carnaval veneziana é o concurso de máscaras. Talvez o carnaval mais conhecido do mundo, depois do brasileiro, é claro, seja o de New Orleans, nos Estados Unidos. Essa cidade, no sul do país, foi inicialmente colonizada por franceses e, portanto, absorveu muito dos elementos dessa cultura. A primeira festa de carnaval na região foi organizada pela elite francesa, mas os crioulos – negros nascidos na cidade – decidiram também comemorar da sua maneira e criaram seu próprio festejo. Em New Orleans, o carnaval chama-se Mardi Gras, que em francês significa terça-feira gorda. Nos dias de carnaval, os foliões também se fantasiam e seguem o desfile de bandas e carros alegóricos, muito semelhante aos nossos blocos e trios elétricos. Esse carnaval é lembrado por suas grandes máscaras de gesso e colares de contas nas cores roxo, verde e dourado, que representam justiça, fé e poder. Esses colares são jogados dos carros alegóricos para os foliões e, quem o pegar, atrai para si aquilo que sua cor representa, além de muita sorte, é claro. Independente da época do ano, se você estiver viajando por essa região dos Estados Unidos, não deixe de visitar o Mardi Gras World, uma espécie

de museu do carnaval de New Orleans. Aqui, o visitante pode vestir trajes típicos, conversar com os organizadores da festa e provar um pedaço do King Cake, o tradicional bolo que homenageia os Reis Magos. Se todo ano você espera ansiosamente pelas festas de carnaval, aproveite para conhecer mais das tradições e festejos ao redor do mundo! Se você não é tão fã assim, quem sabe em um país diferente você encontre uma celebração no seu estilo. Aqui no CNA te apresentamos diferentes culturas e muito conhecimento. Venha estudar conosco e descobrir mais do que rola no mundo!

Uma noite inesquecível! CARDÁPIO

Entrecot ao Molho de Queijos Macarrão ao Molho de Tomate Seco Porção de Polenta com Queijo Parmesão

28 Jornal Design

SHOW NACIONAL

Rua Olavo Bilac 691 54 3452.1123 | Bento Gonçalves Avenida São Roque 1332 54 3701.0096 | Bento Gonçalves


Modelo e Foto: Ali Gregio

OS ÓCULOS PERFEITOS

Os modelos redondos são clássicos do carnaval, este round também com lentes evolve dá um charme à toda produção!

PARA A PROVEITAR O

O modelo hexagonal com lentes Evolve é perfeito para curtir o bloquinho de carnaval! Além de ser puro estilo, as lentes proporcionam muito conforto, pois se adaptam à luminosidade de dia e de noite!

Carnaval tem que ter acessório poderoso, por isso não poderíamos terminar nossas dicas sem falar dos queridinhos modelos da

Modelo: Paula Corso / Foto: Hemily Vieira

Já o square é perfeito para curtir um carnaval mais calmo e fugir da folia. Com um encaixe perfeito, ele fica ótimo em vários formatos de rostos.

Com formatos diferenciados e lentes nas mais variadas cores!

/viziaoptica.com.br /viziaoptica vizia_optica SAC: (54) 3452.5933

Jornal Design 29


Descobertas que amamos: a casa Wazlawick de Nova Petrópolis Fotos Culinarismo

cioso e tranquilo, com uma bela vista bucólica. O serviço no Wazlawick é variado: no almoço e jantar, tem rodízio à inglesa, mas também a possibilidade de pedir a La carte – e foi o que fizemos naquele almoço de sábado. Com prazer, o garçom nos auxiliou na escolha de um prato adaptado a restrições e provei um delicioso nhoque de batata doce ao molho vermelho. O rodízio da casa inclui sobremesas que ficam dispostas num buffet e são simplesmente de encher os olhos. E, no intervalo entre o almoço e o

Já me impressionei com a gastronomia de muitos lugares, com a arquitetura, o custo-benefício e o atendimento, mas um equilíbrio desses quesitos é bastante raro e precisa ser exaltado. Nas minhas idas e vindas a Gramado e Canela, todas as vezes cruzei com essa casa centenária em Nova Petrópolis, à beira da RS-235. Um dia resolvi parar e agora tenho um novo restaurante na minha lista de “repetir assim que possível”. Nessa nova fase como restaurante, o lugar tem pouco mais de um ano, mas a edificação traz uma história centenária e marcou seu nome no desenvolvimento de Nova Petrópolis. Já foi salão de baile, igreja, armazém e até hospital. Na sexta geração da família Wazlawick no Brasil, foi restaurada pra funcionar como restaurante, mas mantendo a memorabilia que fala pela casa! O ponto alto na decoração são as mesas do salão principal, um aproveitamento das camas antigamente usadas no negócio. A decoração é um charme e, ao fundo, eles têm um salão mais silen-

jantar, a casa fica aberta com serviço de café. A cuca do Wazlawick é bem famosa e deixei na lista das próximas aventuras.

Na sua próxima incursão a Gramado ou Canela, não deixe de ficar atento às atrações de Nova Petrópolis também. Algumas surpresas, como a casa Wazlawick, podem ter transportar para uma refeição afetiva num lugar surpreendente!

Ana Carolina Azevedo anacarolina@culinarismo.com.br @blogculinarismo Jornalista *CONSULTE O REGULAMENTO NA LOJA *PROMOÇÃO VALIDA ATÉ 08/02/2020

�i��idaçã� IMAGEM ILUSTRATIVA

70%

ATÉ

DE DESCONTO

30 Jornal Design


Foto Diego Frigo

Foto Jornal Design

Foto Exata Comunicação

Sociais Olinto Rizzi, sócio proprietário BG Materiais de Construção, Rodrigo Garbin, ganhador do automóvel ganhador do automóvel sorteado na campanha Bento Natal Premiado, e Marcos Carbone, presidente da CDL-BG

Adriano Pacheco e Luciana Mayer, linha de frente do Armazém Fit Store Bento Gonçalves Foto Exata Comunicação

Foto Jornal Design

Gabriela Colioni Carboni e Leonardo Carboni radiantes no dia do sim, que foi celebrado no Clube Aliança MS20_ANUNCIO_JORNALDESIGNSERRA.pdf 1 05/12/2019 08:46:55

Patrícia De Toni e Joelma Josende Tonello, comemorando a inauguração da Primazia Planalto

Integrantes do juri técnico de definiou os ganhadores do Concurso de Vitrines da CDL-BG, Giovani Carlet e Margot Dreher Longo

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

Jornal Design 31


Profile for Jornal Design

Jornal Design | Edição 101  

Jornal Design | Edição 101  

Advertisement