Page 1

Ano III - Edição 27 - Julho/2013

VIDA

Renovar hábitos: uma questão de sabedoria CASA

A arquitetura no mundo do vinho, por Vanja Hertcert ESTILO

Eles invadiram nossos corações: os Pets e o mercado de luxo


Fotos Silvia Tonon

Editorial Em pleno inverno, não há quem resista ao charme de um cachecol, do aconchego de um casaco quentinho e das delícias gastronômicas que a nossa Serra oferece. Para tanto, preparamos um roteiro pelos cafés mais charmosos da nossa região, incluindo algumas sugestões deliciosas para aquecer o corpo. A estação pede um ambiente acolhedor, portanto, nada tão convidativo como o nosso lar, quando aquele dia preguiçoso se torna tão prazeroso, simplesmente por passar horas curtindo a paisagem fria pela janela, degustando um bom vinho e acompanhado das pessoas que a gente gosta. Quem também adora um conforto são os nossos amigos bichanos. Atualmente eles fazem parte da família de forma tão importante quanto um filho, e como é bom tê-los por perto, cobrí-los de carinho e, é claro, abusar dos acessórios que o mercado de luxo para pets nos oferece. Pra finalizar, a dica é: aprecie, mas sempre com moderação, afinal, é sempre decepcionante receber o verão com aquele físico indesejado, certo?! Boa leitura! Silvana Aibel Editora

Capa Modelos: Sabrina Batistelo | Rainha do Vale dos Vinhedos Looks: Andreaz Tricot | La Maison Beleza: Iva Espaço da Beleza Fotógrafa: Silvia Tonon Cenário: Benvenutti Móveis e Decorações

Expediente Realização: S&S Editora Ltda Coordenação: Silvia Perusso | Silvana Aibel Equipe: Camila Cervieri | Rosângela Masutti Jornalista Responsável: Marlove dos Santos | REG. 6668/28/57 Abrangência: Bento Gonçalves | Caxias do Sul | Carlos Barbosa | Garibaldi Circulação Dirigida: Vida | Casa | Estilo Contato: 54 2621 3134 contato@jornaldesign.com.br O Jornal Design | Serra não se responsabiliza por artigos assinados.

vida


De novos hábitos, surge uma nova pessoa Jornal Design | Você esperava chamar tanta atenção da mídia e das pessoas com essa sua mudança de hábitos de vida? Michelle Franzoni | O Blog da Mimis surgiu com o sonho de ser escritora e de encontro com minha diversificada formação acadêmica. Sou artista visual, graduada em fisioterapia, com mestrado em Engenharia de Produção, Doutora em Engenharia e Gestão do Conhecimento, e ex professora universitária. Os 10 anos de atuação na fisioterapia me deu os conhecimentos fisiológicos e biomecânicos do corpo e exercícios. A vivência como professora me ensinou a comunicação. Os anos de pós graduação me ensinaram a pesquisar e escrever com credibilidade e cientificidade. Minha tese de doutorado publicada em 2011 cujo o tema é “Criação e compartilhamento de conhecimento em ambiente virtual interativo” vem de encontro com tudo o que faço hoje nas redes sociais. A formação em artes visuais, que finalizo neste ano, me ensinou o resto: a fotografia, vídeo, performance, a poética, e muito mais. Minha experiência de vida e minha curiosidade em aprender me trouxeram conhecimentos de nutrição e gastronomia. Sabia que tinha uma história de vida para contar, mas sabia ainda mais que podia fazer isso de um modo simples e bonito, porém profissional. Acreditava que as pessoas encontrariam no Blog da Mimis uma identificação. Sabia que elas encontrariam informações relevantes e fidedignas. Sabia que faltava esse estímulo em relação à qualidade de vida e saúde nos meios das tecnologias da informação. Acreditava na minha capacidade e no novo rumo profissional que eu estava tomando. Porém, não sabia que o sucesso do Blog da Mimis seria tão rápido e intenso.

vida

É o poder da internet e das novas formas de relacionamento e aprendizado. JD | Como foi chegar na decisão que precisava mudar sua vida? MF | Quando resolvi emagrecer, eu estava realmente determinada. Eu estava disposta a mudar. Não só fisicamente, mas a cabeça, a vida. Eu queria ter uma vida saudável e não apenas um corpo mais magro. Eu queria deixar o sedentarismo, mudar minha alimentação e me transformar em outra pessoa, para sempre. Não podia me enganar, portanto, decidi não tomar medicamentos e optei pelo método mais natural possível. Porque eu sabia que se eu quisesse mesmo, eu poderia perder 30kg, porém, também sabia que engordaria novamente se não mudasse meu estilo de vida. Foi um desejo de dar um basta nessa vida inconstante e desequilibrada e me tornar normal. Sou casada e queria ter filhos e pensava em como iria criá-los pesando quase 100kg. Mas eu não queria mais apenas emagrecer, queria o mais difícil: mudar hábitos. Em agosto de 2011 eu decidi mudar. Dar um basta nessa vida de altos e baixos e ter uma vida saudável. Ser estável em relação à alimentação e não mais compulsiva. Eu realmente queria transformar a minha vida de uma vez por todas e não apenas emagrecer. Eu desejava outra vida, com qualidade. Para isso decidi que tinha que ser o mais natural possível, sem drogas, com exercícios e reeducação alimentar. É claro que queria meu corpo de volta, mas sabia que isso seria reflexo da minha mudança de hábitos. E foi como aconteceu. JD | Quais foram suas principais dificuldades nessa mudança? MF | Uma das grandes dificuldades de fazer dieta ou ter hábitos mais saudáveis é a questão social que en-

Fotos Divulgação

Michelle Franzoni é a prova viva de que, com dedicação e muito suor, é possível emagrecer com saúde. Hoje ela pesa 65 quilos, mas a realidade era muito diferente há dois anos, quando chegou a pesar 100 quilos. Em apenas um ano Michelle emagreceu mais de 30 quilos e se tornou sensação na internet com um blog inspirador com dicas e experiência sobre a sua luta contra a balança. volve. A família muitas vezes não entende, os amigos inconscientemente, ou não, querem boicotar sua dieta e cada saidinha de casa é uma obra de superação. Não é fácil conciliar dieta e vida social, mas também não é impossível. Quando a gente está de dieta de redução de peso, acaba se afastando um pouco do convívio social e até da família.  O principal fato porque isso ocorre é que grande parte das reuniões sociais giram em torno da comida e/ou bebida. As pessoas ao seu redor inicialmente não compreendem o que você está passando. Perguntas do tipo “para que você faz dieta?”, “você não vai beber?” ou ”prove um pedacinho, não vai te fazer mal.” são comuns de ouvir. E comigo também foi assim no início. Até que as pessoas acostumaram, viram que eu realmente estava disposta a vencer e começaram a me respeitar.  JD | Seu corpo é totalmente definido, quais as atividades que você pratica e qual a frequência? MF | A Atividade física faz parte da minha vida. Sou ativa há exatos 22 meses e serei para sempre. Pedalo na rua, tenho a bike como meio de transporte também e faço musculação cinco vezes por semana.  JD | Nessa sua mudança de hábitos, você teve alguma recaída? MF | Fiz reeducação alimentar, nada mágico. Aprendi a fazer boas escolhas, como trocar os carboidratos simples pelos complexos, utilizar proteínas magras, consumir legumes e hortaliças, frutas, sementes e gorduras boas. Comer de três em três horas também é um ritual sagrado. Sempre tenho algum lanche na bolsa para não ficar sem em alimentar ou consumir bobagens por aí. Os dois primeiros meses foram os mais difíceis, algumas recaídas de finais de semana colocavam abaixo o

Jornal Design | Serra 3


#Dica da Mimis

Fotos Divulgação

Mudar hábitos requer disciplina e disposição. Se você realmente está disposto, começa a ver prazer na vida saudável.  Inicie modificando pequenas coisas na sua alimentação.

esforço da semana toda. Aprendi que não funcionava assim e comecei a caprichar mais. Do terceiro mês em diante percebi que estava mudando realmente, e a dieta não era mais difícil como antes. Estava conquistando meu maior objetivo: ser saudável. Hoje eu não faço dieta. Minha alimentação é um estilo de vida. Dieta conota privações e eu não sofro por me alimentar bem e com qualidade. Meu dia a dia é equilibrado. Consumo proteínas magras, carboidratos integrais, gorduras boas, vegetais e frutas variadas. Nos finais de semana me permito algum extra, um doce ou um prato especial em algum restaurante. Equilíbrio é a chave. JD | Para quem é apaixonado por doces, quais as dicas para driblar essa vontade? MF | Eu sou apaixonada por doces, porém, aprendi a conviver com eles. A relação de amor e ódio acabou e passei a ter uma doce amizade(risos). Consumo doces em algumas ocasiões especiais e somente aqueles que gosto muito. Se eu amo brigadeiro, por que vou perder tempo com quindim? Não coma qualquer bobagem por comer. Se for para comer doces, que seja o que você mais gosta. O problema dos doces é saber quando e como consumir. Não faz mal comer um brigadeiro ou sorvete de vez em quando, mas fazer disso um hábito constante, devorando uma barra de chocolate em poucos minutos já é um excesso desnecessário. A dica é substituir os doces por frutas, por exemplo, banana com cacau no microondas, e frutas com iogurte ficam delicia e são super saudáveis. JD | Você acredita que publicar no blog seus pratos, compras e exercícios é uma forma de não perder o foco e a motivação? Ou é mais destinado para motivar quem lhe acompanha? MF | Depois de ter emagrecido o necessário, percebi que realmente havia mudado. Eu tinha adquirido outro

4 Jornal Design | Serra

estilo de vida: ser saudável. Durante todo o processo, amigos sempre vinham perguntar sobre o meu emagrecimento e pedir dicas e receitas de vida saudável. Eu percebi que a minha história de vida interessava e motivava muitas pessoas. Então resolvi criar o Blog da Mimis, com a ideia de compartilhar meus conhecimentos em culinária saudável, atividade física e qualidade de vida. Em apenas sete meses, já são mais de 250 mil seguidores em todas as redes sociais. O público busca uma melhor qualidade de vida, nas suas mais diversas formas. Alimentação saudável, exercícios, motivação e sustentabilidade são temas de interesse das pessoas que seguem o Blog da Mimis. Claro que uma boa parte delas, também se inspira na minha transformação corporal e quer emagrecer. Identificam-se e motivam-se dia a dia com a minha história de vida e buscam conhecimentos para ter uma vida mais saudável e feliz. Diferente do que muitas pessoas fazem, o blog surgiu depois do processo de emagrecimento, quando eu já havia mudado meu estilo de vida e adotado novos hábitos. Foi uma maneira de contar a minha história e passar meu conhecimento para outras pessoas, bem como aprender ainda mais. Foi também uma maneira de me reinventar na profissão, pois com meu currículo eclético, sabia que contemplaria e conseguiria colocar tudo em prática através das mídias e tecnologias da informação. JD | Exceto a forma física, quais as principais mudanças que você sentiu após ter emagrecido 30kg? MF | Já percebi os resultados nas primeiras semanas, onde a perda de peso geralmente é maior. Cada roupa provada e cada quilo eliminado era uma alegria. A disposição física, a autoestima, a imunidade, a alegria, o bem estar também mudaram. Na verdade, tudo mudou. Até o meu pensamento em relação à comida ia se modificando cada dia. Aprendi a ter prazer comendo saudavelmente, e não só no chocolate como era antes.

A alegria de conquistar seus objetivos não tem tamanho. Hoje sou quem eu sempre quis ser e junto com tudo isso, surgiu o Blog da Mimis, onde escrevo histórias, dicas e receitas culinárias visando qualidade de vida e saúde. Não somente o corpo, mas meu emocional e minha profissão também mudaram. Criei o Blog da Mimis e atualmente me dedico exclusivamente à produção de textos, fotos, vídeos, bem como à gestão das mídias sociais em que atuo. Ainda, ministro palestras e participo de eventos nas áreas de qualidade de vida e saúde. JD | Quais as dicas que você dá para quem quer mudar de hábitos mas não tomou coragem ainda? MF | Mudar hábitos requer disciplina e disposição. Se você realmente está disposto, começa a ver prazer na vida saudável. Inicie modificando pequenas coisas na sua alimentação. Troque o pão branco pelo integral, faça o mesmo com as massas. Insira grãos e sementes no seu dia a dia, como a linhaça, chia e outras do tipo.   Opte por proteínas magras e saborosas, como o frango, os frutos do mar, as carnes magras. Corte a gordura ruim da sua alimentação e insira gorduras boas, como as nozes, castanhas, abacate, azeite de oliva. Deixe os doces para os finais de semana.  Escolha uma atividade física que você goste, assim ela se tornará um prazer.  Para quem quer emagrecer, reeducação alimentar é a melhor saída. Se puder, procure um nutricionista para um acompanhamento correto. Dietas  malucas e restritivas fazem emagrecer sem qualidade e  o risco de engordar novamente depois é grande. Pense na mudança de vida e não somente em perder peso. O trabalho que faço com os blogs e mídias sociais é mostrar às pessoas que ser saudável é gostoso. É abandonar o termo dieta e trocá-lo por estilo de vida saudável. A alimentação equilibrada, a prática de atividade física e a busca da qualidade de vida devem vir em primeiro lugar e serem naturais.

vida


O exercício físico e a felicidade Sinara Gnoatto - CREF nº 003574

Na prática diária das academias de ginástica e musculação é possível constatar alguns dos objetivos que levam os alunos a procurar o exercício físico. Estas percepções surgem no que chamamos de avaliação física. Ela consiste em uma coleta de dados onde são verificadas as dobras cutâneas e os perímetros dos segmentos corporais, peso e altura, e um questionário que tem o intuito de esclarecer o estado de saúde e as particularidades biofisiológicas do aluno. Uma das preocupações evidenciadas neste tipo de questionário é elaborar estratégias de trabalho que possam atingir as expectativas do aluno. Em muitos casos, a busca pelo exercício físico através de uma academia acontece pela insatisfação do aluno com seu modelo corporal. A busca pelo corpo perfeito, ou desejado, não é algo recente e já se mostrou em diferentes momentos históricos. Houve um tempo em que se valorizavam as formas corporais arredondadas como símbolo de beleza. Na atualidade os padrões mudaram e a imagem corporal está cada vez mais focada na ideia de que um corpo perfeito(magro e padronizado) proporcionará uma sensação de bem estar, levando à felicidade. A mídia impõe um modelo de beleza sustentado na magreza e nas medidas perfeitas, vendendo o glamour e a ideia de que a aceitação do ser humano parte do princípio da padronização dos padrões estéticos. Com certa frequência se ouve dos frequentadores de academias de ginástica e musculação a afirmação de que praticam exercícios físicos para ter saúde, e

vida

Foto Enus Lanfred

A infelicidade resultante do fracasso por não conseguir atingir o padrão corporal almejado pode refletir na sociedade de várias formas, como: aquisição de bens de consumo, atenção excessiva ao trabalho na busca pelo sucesso financeiro, isolamento e privação da vida social.

pertencer ao grupo dos que buscam um estilo de vida saudável. A prática de exercícios físicos é recomendada por proporcionar uma série de benefícios à saúde, porém o problema se apresenta quando os resultados almejados(idealizados) não são conseguidos, ou, não são conseguidos no tempo desejado. O que muitos praticantes não levam em conta é que a resposta aos exercícios é gradual e não acontece de um dia para o outro. Os resultados são percebidos ao longo de meses, por vezes, podem levar anos. É preciso persistência e paciência. Não raro, o conceito de ideal de saúde também está associado a um padrão de beleza divulgado pela indústria de produtos estéticos e farmacêuticos. O que estes complexos se esforçam para gravar no imaginário das pessoas é que qualquer diferença em relação ao ideal de saúde e beleza indicado por eles é visto como um distanciamento ainda maior da perfeição. A prática diária das academias de ginástica e musculação trabalha com a preocupação em elaborar estratégias que vão ao encontro dos objetivos dos alunos. Porém, quando este objetiva um modelo corporal igual ao modelo da revista ou da televisão, que é muito diferente do seu(vale ressaltar que muitos fatores influenciam o modelo corporal de uma pessoa, dentre eles a genética), por vezes, são estabelecidos objetivos irreais e inatingíveis. A infelicidade resultante do fracasso por não conseguir atingir o padrão corporal almejado pode refletir na sociedade de várias formas, como: aquisição de bens

de consumo, atenção excessiva ao trabalho na busca pelo sucesso financeiro, isolamento e privação da vida social. Para quem está atrás da aceitação social através de um modelo corporal, práticas como dietas da moda, intervenções cirúrgicas, consumo de anabolizantes, suplementos, medicamentos e o excesso no exercício físico, tornam-se o passe para a felicidade. Em contrapartida, observadores apontam que metade dos bens fundamentais para a felicidade do ser humano não pode ser adquirido em lojas e não tem preço estabelecido. A amizade, o amor, os prazeres da vida doméstica, a satisfação de cuidar e ser cuidado pelos entes queridos, de ajudar o próximo, o reconhecimento, a simpatia, o respeito, não são encontrados num shopping. Portanto, aproveite a vida, cultive a convivência com familiares e pessoas queridas e pratique exercícios físicos, mas tenha o cuidado para não ter o modelo corporal como um fim em si mesmo. Faça com que o exercício físico seja um meio para atingir um corpo saudável, que o leve a aproveitar o melhor da vida, cultive o bem estar e proporcione um estado de felicidade.

Fone: (54) 3055.4491 www.phantomacademia.com.br

Jornal Design | Serra 5


Fotos Divulgação

Adeus gordurinhas! Letícia Bettinelli | Nutricionista

A gordura é uma inflamação constante em nosso corpo, principalmente a gordura visceral que fica localizada na região abdominal entre os órgãos, sendo que, as estatísticas mostram que há um maior risco de morte entre as pessoas com maior adiposidade em seu corpo.

6 Jornal Design | Serra

Esta matéria é dedicada para quem busca um emagrecimento de verdade, ou seja, perder a gordura em excesso que está depositada no corpo devido aos maus hábitos alimentares e sedentarismo. O excesso de gordura corporal é um assunto sério, pois traz diversos transtornos à vida, desde problemas estéticos, até graves patologias. A gordura é uma inflamação constante em nosso corpo, principalmente a gordura visceral que fica localizada na região abdominal entre os órgãos, sendo que, as estatísticas mostram que há um maior risco de morte entre as pessoas com maior adiposidade em seu corpo. Esteticamente, a obesidade torna o corpo menos definido e, pode inclusive atrapalhar na vida social, afetando na autoestima pessoal. Já em se tratando de saúde, esta doença está totalmente relacionada com problemas cardíacos e hipertensão, diabetes, câncer, problemas respiratórios, apneia do sono e infertilidade. Devido à grande importância deste assunto, decidi escrever algumas dicas chave para iniciar o processo de perda de gordura: - Não ficar mais de quatro horas sem comer: o corpo quando em jejum prolongado começa a “economizar” energia reduzindo a taxa do metabolismo. Na refeição seguinte, ocorre formação de gordura para “estoque” no caso de ocorrerem novos períodos de jejum. - Não comer em períodos menores que duas horas, isto significa beliscar. O corpo não precisa de energia em períodos tão curtos, por isso, se comermos com muita frequência, também haverá estoque novo de gordura corporal, oriundo da energia de sobra. - Doces e alimentos refinados: evite o consumo excessivo destes alimentos, pois são promotores na forma-

ção de gordura corporal; - Por serem alimentos de alto índice glicêmico ocasionam grandes volumes de açúcar no sangue, sinônimo de energia sobrando e, consequente maior “estoque” de gordura; - Como estes alimentos são rapidamente digeridos, o pâncreas secreta quantidades elevadas de insulina para quebrar essas moléculas e armazená-las. Sem o açúcar na circulação, o centro da fome é ativado novamente; - Esse mecanismo biológico explica por que logo após uma refeição farta em carboidratos, assaltamos a geladeira em busca de alimentos semelhantes; - Exemplos: pão branco, geleias, pudim, torta, chocolate, bolo, rapadura, bolacha, sorvete, etc. FIBRAS O segredo está neste nutriente. A fibra tem vários benefícios para reduzir a gordura abdominal e supera o efeito de muitos suplementos, dentre outros benefícios, tais como: - Promove sensação de saciedade, favorecendo o espaçamento adequado entre as refeições; - Estimula o bom funcionamento do intestino, evitando a sensação de inchaço; - Evita retenção de líquidos; - Não causa picos de glicose na corrente sanguínea, evitando a formação de gordura corporal extra; - Exemplos: pão integral, granola, castanhas, bolacha integral, frutas, verduras, etc. Não busque fórmulas prontas para eliminar gordura corporal quando a resposta está no seu comportamento alimentar, nas suas escolhas. É mais simples do que se imagina!

vida


Fotos Divulgação

Quiropraxia no tratamento da ATM Kely Ana Mattei | Quiropraxista

A ATM é onde o osso da mandíbula se une ao crânio. Problemas ou disfunções nesse local podem resultar em vários desconfortos, como: estalos ao abrir a boca ou mastigar, dor na mandíbula, dores de cabeça, dor no pescoço, sinusite e, em casos mais graves, perda da audição.

vida

Apesar de darmos pouca ou nenhuma atenção à articulação temporomandibular, mais conhecida como ATM, movimenta-se constantemente. Atividades que realizamos com frequência como mastigar, engolir, falar e sorrir exigem esforço da mandíbula, mas, mesmo quando não fazemos nenhum movimento, estamos trabalhando essa articulação. Quando estamos em frente ao computador, por exemplo, podemos não perceber, mas geralmente mantemos os dentes cerrados, a cabeça para frente e a postura incorreta. Essa posição desloca a mandíbula para frente e exige mais da sua musculatura. A ATM é onde o osso da mandíbula se une ao crânio. Problemas ou disfunções nesse local podem resultar em vários desconfortos, como: estalos ao abrir a boca ou mastigar, dor na mandíbula, dores de cabeça, dor no pescoço, sinusite e, em casos mais graves, perda

da audição. Existem diversas formar de tratar disfunções na articulação temporomandibular. O tratamento que o profissional irá utilizar depende da causa do problema. Na maioria dos casos, a combinação de tratamento odontológico na má oclusão dentária juntamente com o tratamento quiroprático tem um resultado muito satisfatório. A quiropraxia corrige o desalinhamento ósseo entre o pescoço e a parte superior das costas, bem como é responsável por avaliar e corrigir os desalinhamentos cervicais. Quando a mandíbula está desalinhada, ou seja, um lado da boca está mais tenso que o outro, a técnica é capaz de liberar a tensão e fazer os dois lados trabalharem em harmonia. Técnicas de relaxamento muscular também são aconselháveis em muitos casos, pois aliviam e reduzem o estresse sobre a mandíbula.

Jornal Design | Serra 7


Yasmine Sfredo | Terapeuta Ocupacional A água é um meio terapêutico clássico na reabilitação e já é utilizada há muitos séculos com esse objetivo. Através de suas propriedades, o meio aquático torna-se um ambiente facilitador de novas experiências, de ação mais global, estimulando as potencialidades do indivíduo. A Terapia Ocupacional avalia o indivíduo nos aspectos físico, emocional e social, baseando-se nas necessidades do cotidiano que são exigidas do indivíduo. Essa avaliação ocorre através das através das Atividades da Vida Diária(vestuário, higiene, alimentação); Atividades da Vida Prática(inserção no mercado de trabalho, compras, ergonomia); Lazer(socialização, atividades esportivas, culturais, etc.) Os principais objetivos da Hidroterapia Ocupacional são: - Recuperar(função, auto-estima, re-

8 Jornal Design | Serra

lações sociais); - Treinar(atividades de vida diária); - Diminuição da dor; - Relaxamento, entre outros. Por associar o relaxamento, a sustentação e o prazer oferecido pela água, a Terapia Ocupacional na água é uma boa alternativa na reabilitação de pacientes neurológicos(paralisia cerebral, acidente vascular encefálico, traumatismo crânio encefálico) e autismo. A sensação de acolhimento e tranquilidade que normalmente é sentido no meio aquático pode ser relacionada às sensações do útero materno contidas em nosso subconsciente. Este fato torna a terapia muito mais prazerosa. Sendo assim, a água oferece a experiência de encontrar o corpo recebendo o impacto de suas propriedades e princípios físicos proporcionando a vantagem do exercício ser realizado em três dimensões, não possível no solo.

Foto Arquivo Pessoal

Foto Divulgação

Hidroterapia Ocupacional

Brincar de Reciclar Equipe Espaço Equilibrium É com orgulho que apresentamos a segunda edição da Oficina de Férias de Inverno de 2013 da Clínica Espaço Equiliibrium, que acontecerá de 22 a 26 de Julho. As atividades serão ministradas pelas profissionais da área de atendimento infantil da clínica: Juliana Sacool Martins (fisioterapeuta), Monica Vagliati (psicóloga) e Nádia Bedin Gabana (psiquiatra), além do apoio das demais profissionais da clínica. Neste ano, vamos trabalhar com brinquedos de material reciclado, proporcionando para as crianças de quatro a 10 anos, cinco tardes repletas de diversão. A oficina funcionará das 13:30h as 17h. O que para alguns é lixo, para nós será material utilizado para trabalhar o lúdico. Utilizaremos materiais como

papelão, garrafas, tampinhas, rolos de papel higiênico, latas e caixas diversas para confecção de brinquedos. A cada dia na oficina, seu filho levará a sacolinha da clinica de material reciclado repleto de suas criações e dividirá esse aprendizado com os pais. As crianças vão manufaturar brinquedos, além de trabalhar suas emoções, comportamentos e movimentos. Os lanches deste ano também terão um toque das crianças, que ajudarão a “finalizar” os lanches. A oficina acontecerá no Espaço de Festas La Verbena. E contará com a recreação deste local. Haverá duas modalidades de inscrição: a semana inteira e o passaporte diário. Maiores informações: 54 | 3453 6682. Vagas para somente 30 inscritos. Reserve já sua vaga!

vida


O inverno é a melhor época do ano para cuidar do corpo e investir em tratamentos estéticos. Faltando pouco mais de cinco meses para iniciar o verão, agora é a hora certa para combater os problemas que incomodam o corpo. Os processos desenvolvidos pelo metabolismo não são diferentes de um indivíduo para outro, mas o ritmo em que o organismo dará sequência a todas essas atividades é algo muito particular. Cerca de 80% da taxa metabólica é determinada geneticamente, enquanto os outros 20% dependem de fatores externos. Isso significa que seus hábitos diários, como sono e a prática de esportes, podem influenciar diretamente no funcionamento do seu metabolismo, auxiliando em processos como absorção de nutrientes e até mesmo dando uma força na dieta, estimulando o gasto energético. Depois de tudo isso, ou concomitantemente, é necessária uma atenção estética especial. Não é luxo, é pura necessidade. Algumas gordurinhas localizadas, mesmo depois de muita malhação, são difíceis de eliminar totalmente. Nesses casos, para quem não quer se entregar ao bisturi, a alternativa são os tratamentos estéticos em clínica especializada. Atualmente existem inúmeros tratamentos e a indicação vai depender mui-

vida

to do “problema”apresentado e do objetivo. O acompanhamento médico sempre é fundamental em todos, pois eles refletem diretamente no bom funcionamento do organismo e alguns tem uma série de cuidados específicos. Aliar tratamentos estéticos faz toda a diferença para quem quer perder peso de forma saudável. Com os tratamentos certos dá para eliminar ou diminuir celulites, estrias, gordura localizada e flacidez. Tratamentos que sejam prejudicados pela exposição da pele ao sol, como os feitos com ácidos ou laser, são favorecidos pelo tempo mais frio. Manchas e possíveis irritações de pele ocasionadas pelos tratamentos também ficam escondidas durante o inverno. E os tratamentos que precisam de várias sessões para dar resultado podem ser feitos com os intervalos mais adequados, se começados agora. “Alta tecnologia à serviço da beleza”. Assim podemos definir os tratamentos oferecidos aqui na Clínica Visualittè. Agende sua avaliação: (54) 3055-4405 | 9629-0069.

Foto Divulgação

Emagrecer de forma saudável

“Comece a cuidar do seu corpo agora para chegar no verão com tudo!”

Jornal Design | Serra 9


Fotos Gilmar Gomes

Design &

Vinícola Luiz Argenta

Com 25 anos de atuação e autora de alguns expressivos projetos empresariais, a Arquiteta e Urbanista, Vanja Hertcert, fala com exclusividade para o Jornal Design sobre sua trajetória e seus projetos voltados para o setor empresarial, especialmente o mundo do vinho e do enoturismo.

10 Jornal Design | Serra

casa


Vinho

Associa- se sempre o vinho com tradição, mas, veja bem, a tradição é continuar a produzir vinho, e não produzir da mesma forma que se fazia no passado, pois para tudo há evolução.

Fotos Divulgação

Vinícola Chandon

Vinícola Lovara Jornal Design | No momento de criar um projeto para uma vinícola, quais são os principais critérios a serem levados em conta e quais os desafios? Vanja Hertcert | Sempre avaliamos os condicionantes específicos de terreno, topografia, orientação; depois avaliamos a demanda de produção, o volume e o que se pretende produzir em determinado espaço, se trata se de vinhos tranquilos ou espumantes e qual o perfil enológico; avaliamos ainda a identidade da marca, se ela já existe, ou o que se pretende imprimir no produto. JD | Quais as tendências que você percebe que a arquitetura de vinícolas está tomando? VH | O mundo do vinho se renovou muito na última década, com tecnologias incorporadas ao processo, novos materiais adequados à espaços de produção de um produto tão delicado, materiais que reduzem o risco de contaminação; novos recursos de iluminação, e por aí vai. Tudo isso se reflete nos espaços criados para produção, apresentação e venda do vinho. É natural que as vinícolas de hoje apresentem uma nova imagem, que incorpora novos recursos. Associa- se sempre o vinho com tradição, mas, veja

casa

bem, a tradição é continuar a produzir vinho, e não produzir da mesma forma que se fazia no passado, pois para tudo há evolução. JD | Em seus projetos de vinícolas, percebe-se um estilo diferente, como é feita essa escolha? VH | O arquiteto é uma ferramenta do sonho do cliente. Nós temos o método, a técnica e o conhecimento necessário para dar forma ao sonho do cliente. Por este motivo, cada projeto deve ter a identidade do produto, a imagem que determinado vinho quer passar a seus consumidores, que o identifique e diferencie na memória do consumidor. E a arquitetura desde sempre esteve intimamente ligada na imagem do produto, haja vista os “chateaus” franceses que disseminaram o conceito de vincular o produto à sua casa, seu local de produção. Este é o motivo porque cada projeto já nasce diferente, pois tem um DNA próprio. JD | Fale um pouco sobre as vinícolas já projetadas por você. VH | Temos quase 20 anos, dos 30 que exercemos a

profissão, dedicados a este universo, pela paixão que ele sempre desperta. E nesta trajetória foram muitas as revitalizações, os projetos de vinícolas novas, algumas construídas, outras ainda em fase de sonho. Acompanhamos de perto o processo de crescimento e conscientização do setor, que antes costumava adequar suas necessidades na base do improviso e hoje, já amadurecido, sabe a importância do planejamento, e reconhece que um projeto pode mudar e otimizar espaços, tempos e resultados. JD | Que projetos arquitetônicos de vinícolas que lhe encantam? VH | São muitos, e como região confesso ter paixão pela Rioja e a Ribera del Duero, na Espanha, com Bodegas Ysius, Darien, Baigorrri, Juan Alcorta, Antion. Muitas e com maravilhosos espaços, perfeitamente adequados. Aqui mais pertinho temos uma bela seleção de vinícolas na região de Mendoza, Argentina, destaque para Salentein, Vistalba, O. Fournier. No Chile há mais uma seleção. O bom é poder viajar, rodar o mundo sempre com o mote: o mundo do vinho, encantador em cada uma de suas etapas.

Jornal Design | Serra 11


Fotos Fernando Guerra

Um mundo lúdico para o vinho

Assinado pelo renomado arquiteto Arthur Casas, com execução da Souza Lima Construtora, o projeto da loja da importadora de vinhos Mistral, no Shopping JK Iguatemi, inaugurada em 2012, em São Paulo, foi premiado pela revista norte-americana “Interior Design” como o melhor projeto de arquitetura de 2012 na categoria retail(varejo). A distribuidora Mistral procurou o Studio Arthur Casas com o desafio de criar uma loja que inovasse a maneira como os clientes abordariam o mundo do vinho. Num universo onde grande parte das transações é feita pela internet, precisávamos criar um espaço que contasse o vinho de maneira lúdica, atraindo novos clientes e permitindo aos iniciados aprofundar seus conhecimentos. A loja de 100 metros quadrados convida o público a desvendar o conteúdo de cada garrafa, que representa um território, uma tradição. A curva cria um percurso

12 Jornal Design | Serra

de descoberta onde cada espaço se revela aos poucos. Garrafas suspensas flutuam acompanhando a forma orgânica, com um fundo abstrato de luz e um ripado de madeira acima, trazendo calor e sobriedade para a loja. Uma faixa espelhada esconde telas que quando acionadas pelo toque de garrafas brancas revelam informações sobre os vinhos de cada seção. No fundo da loja um espaço de leitura guarda livros especializados por entre as ripas que se prolongam até o chão. A cada espaço, a garrafa é apresentada de maneira distinta que, apesar de onipresente, ela nunca se torna um objeto monótono, mas sim uma textura que se transforma conforme os ambientes. Uma garrafa pode possuir conteúdos extramente diversos, sugerir a multiplicidade na des-coberta do mundo do vinho foi o ponto inicial do projeto arquitetônico.

casa


Fotos Fernando Guerra

Na galeria interativa, uma mesa convida o visitante a descobrir mais informações sobre o vinho. Sensores instalados em garrafas selecionadas permite que um conteúdo associado à mesma seja acionado quando posta sobre a mesa. A garrafa torna-se um mouse, girando-a podemos descobrir o terroir, entrevistas com produtores, notação da safra, etc.

casa

Jornal Design | Serra 13


Fotos Pregnolato e Kusuki estúdio Fotográfico

Armazém do Barão

Transformar um sobrado geminado dos anos 70 em uma loja de vinhos, com espaços amplos e visuais desimpedidas desde a fachada até os fundos da antiga construção, foi o desafio enfrentado pelos arquitetos Omar Dalank e Victor Castro, do escritório ODVO, e Carol Zullo, do Mínima. Nesse processo, ganhou forte presença visual no conjunto a revelação do reforço estrutural metálico que substituiu as muitas paredes originais. Um antigo imóvel residencial, em um bairro com vocação de lojas de rua, na zona sul de São Paulo, foi reformulado pelos arquitetos dos escritórios Mínima e ODVO para abrigar a mercearia - O Armazém do Barão. Como um convite, o tapete de ladrilhos hidráulicos estende-se da guia ao interior da loja, onde conjuntamente com o jardim lateral que penetra e interliga todos os ambientes, internos e externos, e seu banco pleno sob a larga vitrine, integra o interior e exterior, privado e público, edifício e cidade. O restante do piso externo é constituído por paralelepípedos, cujo pavimento além de permitir a permeabilidade do solo evoca a imagem de uma antiga rua, desde a guia até junto da vitrine, reforçando o caráter urbano respeitoso com o seu entorno imediato, com o bairro.

14 Jornal Design | Serra

casa


Fotos Pregnolato e Kusuki estúdio Fotográfico

A organização interna pode ser setorizada em três áreas principais: Exposição geral, junto à entrada; Frios e Degustação no setor intermediário e; Vinhos Especiais no setor mais interno do conjunto. Havendo sempre uma área de convívio em cada um destes: o extenso banco interno junto à vitrine, os bancos junto à grande bancada de degustação e às poltronas no setor de vinhos especiais.

FICHA TÉCNICA Projeto de Arquitetura: ODVO e mínima Arquitetos: Omar Dalank, Victor Castro e Carol Kaphan Zullo Colaboradores: Fellipe Nascimento, Marcell Alencar, Marilu Ângela e Gabrieli Azevedo Projeto de Luminotécnica: Acenda Projeto de Paisagismo: Mera Arquitetura Paisagística Local: Campo Belo, São Paulo – SP Data do Projeto: Maio, 2011 Data da Construção: Abril, 2012

casa

Jornal Design | Serra 15


Adegas por Aline Roberti e Joana Milan | Arquitetas

Foto Divulgação

Para os apreciadores de vinhos, o armazenamento é um dos fatores mais importantes de uma adega. Além de toda a sua funcionalidade, sua beleza pode ser um atrativo a mais em sua residência. Ter uma adega pelo simples prazer de zelar seus vinhos, pelo prazer de, ao final do dia, escolher um belo exemplar nas condições ideais e submetê-lo à uma degustação lenta e prazerosa. Desenvolvemos esse projeto de adega em parceria com a empresa Multimóveis | Eko Ambientes. O projeto foi proposto para atender os amantes de vinhos nas suas residências, e nele foi contemplado, desde o armazenamento dos vinhos, a organização de taças em gavetas até a parte mais esperada: a degustação. A madeira é o produto mais adequado para revestimentos e mobiliário. Para os revestimentos de pisos e paredes, as pedras ou os cimentícios são mais adequados, sempre levando em conta que a adega deve ser protegida da luz e do calor externo. Madeiras em tonalidade média e lacas em tons pastéis tornam o ambiente aconchegante, relaxante e harmônico, ou seja, um projeto de adega sofisticado e agradável. Embaixo de escadas, depósito e subsolos, onde a incidência de luz é menor do que o restante da residência, tornam lugares ideais para um projeto de adega.

16 Jornal Design | Serra

casa


Fotos Divulgação

Adegas com personalidade Para quem aprecia bons vinhos, é indispensável ter em casa um lugar especial para o armazenamento correto dessa bebida encantadora. Por isso é necessário ter muita atenção na hora de projetar estes espaços exclusivos. Nos projetos residenciais atuais, cada vez mais, as adegas se fazem presentes, seja ela uma área ampla para reunir amigos, ou um espaço para descontrair e relaxar sozinho, com móveis charmosos e clima aconchegante, propício à degustação. São inúmeras opções possíveis, como projetos rústicos, construídos com pedras e madeiras, ou modernos, que se utilizam das altas tecnologias de automação e climatização hoje disponíveis. E para projetos onde não é possível dedicar um espaço exclusivo ao vinho, o ideal são as adegas decorativas. Em vários estilos, tamanhos e materiais, com desenhos que vão do simples ao sofisticado, valorizam e dão charme ao ambiente. Enfim, devemos aproveitar os espaços da melhor forma possível, aliando sempre funcionalidade e beleza. Mas o mais importante, seja você um apreciador ou colecionador de vinhos, é a originalidade e criatividade de sua adega particular. Ela deve diferenciar-se de tudo o que já tenha sido feito em termos de projetos. Por isso a Abitat oferece o que há de mais ousado e inovador em projetos e decoração de espaços personalizados. Crie, ouse, quebre conceitos. Adega Perbacco piso (Italiana Emporium - Componenti)

casa

Projeto com adega em aramado (Masutti Copat)

Jornal Design | Serra 17


Barrique, la terza vita del legno por Marta Manente | Designer

Fotos Divulgação

Em uma das minhas inserções pela Itália conheci o encantador projeto Barrique. Um projeto de design social, criado para a comunidade de San Patrignano na província de Rímini, o maior centro de recuperação de drogados da Europa. Uma comunidade tradicional conhecida pela produção de vinhos finos, e também pela sua história de marcenaria. Barris de 230 litros de carvalho francês, pós a utilização de no máximo cinco anos, eram destruídos. Aí é que surge o design transformando vidas. Recuperando descartes da natureza, unindo profissões e transformando pessoas. O projeto teve a colaboração de figuras bem conhecidas no mundo dos móveis, além de envolver 32 dos mais importantes designers e arquitetos do mundo como: Angela Missoni, Paolo Pininfarina, Karim Rashid, Alberto Meda, Riccardo Arbizzoni, Claudio Bellini, Antonio Citterio, Carlo Colombo, Michele De Lucchi, Terry Dwan, Chiara Ferragamo, Erasmus Figini, Elio Fiorucci, Joseph Leyden, Daniel Libeskind, Gualtiero Marchesi, Alessandro Mendini, Maurizio e Davide Riva entre outros. Este maravilhoso projeto é apoiado Federlegno Arredo e Cosmit realizadores do Isaloni. Conheça alguns produtos criados a partir de barricas de carvalho descartados: Bottea Os detalhes recuperados dos barris são utilizadas como uma superfície côncava, ou como suporte das prateleiras. As partes verticais têm a parte superior

18 Jornal Design | Serra

de bloqueio, de modo a assegurar a sobreposição dos módulos individuais. Claramente, a vantagem deste sistema reside na multiplicidade de elementos de repetição em várias camadas sobrepostas podem redesenhar novas imagens no espaço. Cradle Letizia Os guardiões da vida. Como é chamado o barril de envelhecimento do vinho, o berço levanta criança para a vida! Antes de casa de acolhimento, abrigo e proteção, é um lugar de origem. Símbolo perfeito para San Patrignano por sua vez, lugar de renascimento. A madeira curvada do barril é perfeita e sugestiva ao projeto. Uma estrutura sólida, capaz de garantir um sono calmo e tranquilo para o bebê. Graças ao saco macio de algodão natural, que funciona como uma cama. Uma antiga canção de ninar, que nasce a partir das aduelas de um barril, o que por sua vez regenera-se a tornar-se um berço para a vida ainda mais importante. Suas linhas são simples, doces e suaves. A venda destes produtos de design de barricas de vinho sustenta o centro de recuperação de drogados, proporcionando tratamentos sem custo para as famílias, o que faz desta comunidade reconhecida na Europa e no mundo Um case perfeito como ilustração para nossa serra gaúcha que vive o desenvolvimento pelo vinho e pelos móveis. Um projeto encantador, que nos inspira como profissionais e principalmente como seres humanos.

casa


casa

Jornal Design | Serra 19


Dueto exclusivo para o Sul do Brasil

Fotos: Eduardo Camara LT.9

Sergio Rodrigues e   Fernando Mendes apresentam produtos inéditos na Casa Brasil, em Bento Gonçalves

Cadeira Rê | Fernando Mendes Poltrona e Banqueta Tonico | Sergio Rodrigues

Poltrona Ventura | Fernando Mendes

O incansável arquiteto e designer Sergio  Rodrigues  e seu primo e discípulo Fernando Mendes levarão criações exclusivas para a Casa Brasil 2013, maior feira de design e negócios da América Latina, que ocorre de 13 a 16 de agosto, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves. Além da inédita poltrona Tetê,  Rodrigues  traz à Serra gaúcha as poltronas Xibô, Gio e Tonico  - com banqueta, as cadeiras Fernando e Menna  e  o banco Leif.  Já Mendes mostrará aos visitantes dois produtos saídos do forno: a poltrona Sapão e o banco Ângela,  e mais algumas de suas recentes criações como a cadeira Rê e a poltrona Ventura.  Sergio Rodrigues é uma das mais admiráveis expressões do design brasileiro. O traço coerente e único levou seu nome à história do design do século

20, com grande variedade de produtos criados, entre os quais a famosa Poltrona Mole. Como arquiteto, atuou no projeto do Centro Cívico de Curitiba, obra importante no cenário da arquitetura moderna brasileira. No design de mobiliário, Rodrigues consagrou-se por aproximar o desenho moderno a objetos da cultura brasileira, sem preocupar-se com modismos. Convidado por Lucio Costa e Oscar Niemeyer, Sergio Rodrigues foi o responsável por ambientar os prédios oficiais de Brasília quando de sua construção. Já o designer Fernando Mendes, que atuou no escritório de Arquitetura e Design de Sergio Rodrigues de 1993 a 2000, atualmente dedica-se à sua própria marcenaria, no Rio de Janeiro, além de retomar a parceria com o primo com a licença para fabricação de 50 mode-

los do acervo de peças criadas por Sergio Rodrigues. A seleção das peças foi feita pelos dois e, aos poucos, Fernando está desenvolvendo a linha de produção. Alguns clássicos de Sergio Rodrigues que marcaram época nas décadas de 1950 e 1960 serão relançados com o trabalho de Fernando. Outras, que foram criadas para clientes específicos e nunca chegaram ao mercado, serão reeditadas e estarão disponíveis pela primeira vez ao público. É o caso do Banco Leif. A exposição Sergio  Rodrigues  + Fernando Mendes  é um dos projetos especiais da Casa Brasil. Na última edição, em 2011, mais de 20 mil visitantes do Brasil e do exterior passaram pela feira movimentando R$200 milhões em negócios.

UM MOVIMENTO DE DESIGN. O DESIGN EM MOVIMENTO. A Casa Brasil é muito mais que uma feira de design e negócios, única no 13A16 AGOSTO|2013 país. É um movimento que integra expositores, compradores, DAS 12H ÀS 20H

PARQUE DE EVENTOS DE BENTO GONÇALVES

comunidade, designers e projetos educativos para formar uma cultura de desenvolvimento e sustentabilidade a partir da cadeia moveleira.

RS | BRASIL REALIZAÇÃO

PATROCÍNIO

www.casabrasil.com.br

20 Jornal Design | Serra

casa


COLEÇÃO

DENTIDADE

I

A p a i x o n a n t e

casa

24,5x32,5 DESTAQUE.indd 1

c o m o

o

B r a s i l

Jornal Design | Serra 21 01/07/2013 10:39:01


Fotos Divulgação

Vinícola Luiz Argenta | Garrafa com design italiano que pode ser reaproveitada na decoração de ambientes. além da excelente qualidade do produto e de uma verdadeira coleção de peças de decoração, um acessório exclusivo que promete fazer sucesso à mesa. As garrafas conceito, de design italiano, ganham a companhia de uma sofisticada tampa para serem utilizadas como jarros de água. Para promover a sustentabilidade ainda vale a reutilização das peças como vasos para flores, vidros de azeite e o que mais a imaginação permitir.

Giro do Design Adega 46 Garrafas | A KitchenAid, referência de design tecnológico no Brasil e no mundo, oferece praticidade na hora do preparo dos drinques para o papai que gosta de receber amigos, Design arrojado que se encaixa em qualquer ambiente: Pode ser colocada em nicho ou instalada livremente, duas zonas de temperatura, possibilidade de customização segundo a necessidade específica de cada tipo de vinho.

100% Eventos | Especializada na locação de mobiliário de qualidade para eventos e reconhecida como lançadora de tendências, a 100% Eventos acaba de lançar uma linha exclusiva inspirada nos grandes eventos esportivos que o Brasil sediará. O futebol é o esporte mais popular do Brasil e inspirada nele a linha contempla peças que se destacam por apresentarem texturas inusitadas como a de grama sintética, além de tecidos usados em roupas e tênis esportivos que foram aplicados em mesas, sofás e poltronas.

22 Jornal Design | Serra

Poltrona Cambre da Natuzzi | Os tecidos Natuzzi são o fruto de uma constante atividade de pesquisa em novos materiais e cores, uma coleção que passeia entre as tonalidades mais frias como o cinza e o bege a cores quentes entre as quais o milho e a malva, passando pelos novos Jaquard com tramas florais que transportam os olhos para o passado. Este delicado equilíbrio entre tonalidades frias e quentes cria inesperados acordos cromáticos que doam uma agradável sensação de intimidade ao total living assinado Natuzzi. A poltrona Cambré é ícone do estilo Natuzzi; de formas macias e aconchegantes, se adapta perfeitamente aos ambientes de grandes dimensões. Estrutura em madeira, enchimento em plumas de ganso e revestimento em couro natural. Está disponível como poltrona, sofá de dois ou três lugares, sofá de canto e pufe. Pés em metal em toda a base

Disco Chair | Desenvolvida pelo grupo KIWI&POM, a Disco Chair é um conceitual móvel iluminado. Construída a partir de 200 metros de fio eletroluminescente, a cadeira se transforma num verdadeiro arco-íris de néon quando ligada. Uma função de pulso também permite que suas luzes fiquem piscando, para firmar de vez o clima disco.

casa


Fotos Divulgação

É fundamental que nossas atitudes individuais incorporem hábitos sustentáveis, mas é igualmente importante que estejamos atentos para as políticas ambientais e para as propostas de nossos representantes em favor da sustentabilidade.

Meio ambiente na pauta da cidadania por Marinete de Carli | Eng. Química O Brasil vive um momento histórico, sem precedentes, em que a população desperta para o exercício da cidadania, buscando seus direitos em manifestações que mostram a necessidade de participar da vida pública para além do voto nas eleições. Alguns resultados já foram alcançados, outros ainda são imprevisíveis. O certo é que presenciamos uma mudança de atitude, com alerta claro para nossas instituições e lideranças políticas, que precisam estar mais sintonizadas com as aspirações daqueles que representam. Além de enfatizar que o caráter das mobilizações deve ser pacífico e democrático, importa também definir pautas claras de reivindicação. É nesse cenário que podemos – e devemos – cobrar políticas públicas que contribuam para o desenvolvimento sustentável. Há muitos caminhos para qualificar as ações que dizem respeito ao meio ambiente no país. Investir no tratamento do esgoto, que atualmente é lançado pela maioria dos municípios nos nossos mananciais, poluindo as águas e ameaçando a disponibilidade e a integridade desse recurso tão precioso para a vida. Implementar efetivamente a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que irá estimular a redução da geração de resíduos e acabar com os lixões no Brasil. Penalizar aqueles que desrespeitam as leis criadas para proteger nossas florestas e nossos recursos naturais. Promover a educação ambiental nas escolas e nos meios de

casa

comunicação, de forma sistemática. Apoiar iniciativas como a coleta seletiva do lixo, a economia de energia e a reutilização de produtos no pós-consumo. Entre outras ações que já existem e precisam ser cada vez mais ampliadas. É fundamental que nossas atitudes individuais incorporem hábitos sustentáveis, mas é igualmente importante que estejamos atentos para as políticas ambientais e para as propostas de nossos representantes em favor da sustentabilidade. Saúde, educação, transporte público e moralidade na política são pontos fundamentais para o desenvolvimento social, mas a pauta ambiental também deve ser lembrada, pois está diretamente ligada ao futuro do país e à qualidade de vida das novas gerações. Nesse sentido, cobrar de nossos governantes projetos que garantam a responsabilidade ambiental em todas as instâncias é imprescindível. Tudo indica que nossa sociedade está atingindo um patamar de maturidade democrática. Estamos aprendendo, ainda que às vezes com excessos e falta de foco, a ocupar espaços para reivindicar e fazer valer nossos direitos. Viver num país que respeita a natureza, estimula o crescimento responsável e preserva a riqueza do seu ecossistema também é um direito do qual não se pode abrir mão. Disseminar e apoiar essa ideia também é cidadania!

Jornal Design | Serra 23


Fotos Valquíria Sfredo

Praticidade em seu lar por Valquíria Sfredo | Arquiteta Cada vez mais e mais a tecnologia disposta nos aparelhos eletrônicos está presente no nosso dia a dia. Com apenas um toque você pode acionar todas as funções encontradas num ambiente, como som e vídeo, iluminação, abrir e fechar cortinas, controle do ar condicionado e até mesmo gerenciar câmaras de segurança. Isto significa automação. Atualmente, esse conceito passou a ser compreendido e utilizado por muitos. O grande foco da automação é a integração de som e vídeo. Temos a oportunidade de programar o horário que o filme será exibido e deixar a iluminação com uma potência menor, gerando economia. É possível conectar com o computador da sala e ouvir música no quarto, controlar a imagem da televisào e o som do home theater em todos os ambientes sem necessariamente possuir equipamentos complementares da sala no quarto ou na cozinha, por exemplo.

24 Jornal Design | Serra

Quando temos a intenção de utilizar a automação é importante levar em conta alguns itens, como a fiação da casa e a etapa que ela se encontra. Caso a residência esteja em fase de construção, é só seguir o projeto, que deve ser feito com a orientação de um profissional e de uma empresa especializada no ramo de som e vídeo. Se você possui um espaço pronto, não se assuste, ainda sim é possível, já que podem ser usadas conexões sem fio em alguns locais. Da mesma forma a orientação de um profissional é de suma importância evitando quebras em locais onde não será necessário. O maior atrativo da automação é o conforto e a praticidade proporcionados, não esquecendo da beleza, sofisticação e economia. Pode ser usado em todos os ambientes, desde os residenciais, comerciais, corporativos e até mesmo em áreas externas dando uma personalização a cada ambiente.

casa


Foto Arquivo Pessoal

Alemanha e o design por Cristiano Gallina | Designer tais como mobiliário, louças e adornos, entre outros. É praticamente impossível não citar a Bauhaus, escola de design e arquitetura alemã mais influente dos anos 20 do século passado e que segue sendo referência primária quando o assunto é design de produto. A Bauhaus, que funciona até hoje na cidade de Weimar com status de universidade e que tem seu arquivo histórico em Berlim, foi um celeiro de idéias para artistas como Mies van der Rohe e Martin Gropius, que praticaram com enorme destreza e uma originalidade sem precedentes a capacidade de adequar a arte e suas variações às condições de produção da sociedade industrial. Mas o que torna o design alemão genuinamente “alemão”? Simplicidade e funcionalidade são termos-chave para a sua compreensão.

O design inicialmente desenvolvido na Alemanha tinha como meta reduzir o objeto às suas formas mais básicas, quase naturais. Pode-se afirmar que ele representou, num primeiro momento, a vanguarda das formas, paradoxalmente por sua simplicidade, e hoje em dia é mundialmente reconhecido como uma das grandes escolas da criação funcional e, ao mesmo tempo, estética. Não por acaso, os materiais mais usados no design e na arquitetura alemãs são o aço, o plástico e o vidro. A Bauhaus foi e é a partida para o moderno. A escola é sinônimo de uma força revolucionária de intelecto, talento e ação, que se focou em mobília e design industrial, em tudo aquilo que o design e a arquitetura poderiam tornar um prazer, mas que não o fazia usualmente.

verticecom.com.br

Como pode um país inteiro ser destruído por uma guerra e, anos depois, ser uma das maiores potências mundiais? Esta é uma pergunta que sempre me fiz e, acredito, que muitos de vocês também fazem. Pioneira no desenvolvimento do design como uma ferramenta essencial à produção industrial, a Alemanha tem sido, ao longo dos últimos duzentos anos, uma das mais importantes referências sobre o tema em todo o mundo. Ela acreditou e ainda acredita que uma economia sólida, forte e competitiva se faz com conhecimento, criatividade e, principalmente, design. O design está presente em tudo, na medida em que cada coisa, cada objeto, tem uma forma particular. O design surgiu, durante o século XIX, como solução para otimizar a fabricação de utensílios para a casa,

design com conteúdo e experiência Nosso trabalho é desenvolver soluções criativas e inovadoras, que além de funcionais, também agregam valor, aumentando a competitividade dos nossos clientes no mercado.

54 3451.5164 designcomdesenho.com.br

casa

Jornal Design | Serra 25


Fotos Divulgação

Satisfação comprovada

26 Jornal Design | Serra

casa


casa

Jornal Design | Serra 27


Fotos Silvana Aibel

Ambientes vestidos com conforto e elegância por Lu Piovesan | Arquiteta Entre tecidos e linhas, a arquiteta Lu Piovesan alia criatividade, afinidade com trabalhos manuais e conhecimento técnico para criar e desenvolver produtos têxteis que vestem ambientes diferenciados. A loja que leva seu nome busca ser referência em design de enxovais para a casa e para o quarto dos bebês, oferecendo produtos e serviços personalizados. O design de enxovais consiste em desenvolver produtos de acordo com as necessidades e preferências de cada cliente. Partindo de referenciais pessoais e dos modelos à mostra na loja, são eleitos tecidos e cores que compõem o projeto do enxoval. Somente a partir desse momento é iniciada a confecção artesanal das peças, utilizando matéria prima de elevada qualidade e rigoroso acabamento que resultam em um produto único, elegante e de absoluto conforto. Desta forma os quartos dos bebês

28 Jornal Design | Serra

recebem kits de berço e peças decorativas especiais. Já outros quartos ganham conjuntos de colcha, mantas e almofadas de acordo com os demais elementos do ambiente, salas tem sua decoração complementada com conjuntos de almofadas e mantas decorativas para sofás e poltronas. Paralelo aos produtos desenvolvidos exclusivamente, a loja Lu Piovesan oferece acessórios para o cuidado e carinho diários com os pequenos. São toalhas de banho, toalhas de boca, cueiros, mantas, pijaminhas de algodão egípcio e peruano e delicadas roupinhas de tricô para os recém-nascidos. Para um toque especial a cada ambiente da casa, toalhas de banho de algodão egípcio, mantas, toalhas de mesa, jogos americanos e louças complementam a proposta da empresa. A loja Lu Piovesan é assim, especialista em transportar para a casa de cada cliente um pouco de bem estar, alegria e aconchego.

casa


Servlar: o clima perfeito para seu aconchego

Foto Divulgação

Fundada em novembro de 1989, na cidade de Bento Gonçalves, a Servlar sempre se preocupou com a qualidade de seus produtos e serviços, colocando a satisfação de seus clientes em primeiro lugar. A empresa oferece soluções completas em projetos especiais, venda, instalação, assistência técnica e garantia em produtos como ar condicionado, lareiras de alto rendimento, lareiras a pellet, caldeiras, piso aquecido, fogões à lenha, fogões campeiros, aquecedor de água à gás, aquecedor de água solar, sistema de aspiração central e acessórios para aquecimento, tais como:  duchas, pressurizadores, kits para lareiras, estufas elétricas, entre outros. A Servlar ainda conta com uma loja online de eletrodomésticos, que atende clientes em todo o território nacional, inaugurada em novembro de 2012, quando completou 23 anos de atuação no segmento. Buscando oferecer produtos, alternativas e soluções, a marca está em constante evolução. Prova disso é o empenho na sua nova sede. De fácil acesso, com estacionamento próprio, showroom completo e amplo espaço para melhor atender, a Servlar estará em novo endereço a partir de julho, com objetivo de aprimorar seu foco – ser a empresa líder na Serra Gaúcha no setor de aquecimento, oferecendo alternativas de conforto e bem estar com qualidade. NOVO ENDEREÇO Rua Olavo Bilac, 290, Cidade Alta | Bento Gonçalves - RS Fone (54) 2621.6060 E-mail: contato@servlarbg.com.br Site: www.servlarbg.com.br Loja Online: www.servlaronline.com.br

casa

Jornal Design | Serra 29


Tudo de cor para você! Fotos Divulgação

por Mauri Demarchi | Empresário

30 Jornal Design | Serra

A PRÓ-COR Tintas, em parceria com a Tintas Coral, trouxe o projeto “Tudo de cor para você”. Esse projeto nasceu com o intuito de transmitir à sociedade nossa principal missão: colorir a vida das pessoas, provando que as cores têm o poder de mudar suas vidas e o lugar onde vivem. É um projeto nacional com caráter social que se desenvolve junto às comunidades carentes, que recebem doações de tintas e a pintura da instituição filantrópica escolhida. A comunidade foi envolvida e a cor foi escolhida através de votação. Várias entidades de nossa cidade e região foram beneficiadas: Lar do Ancião, Igreja de Santo Antão, Liga de Combate ao Câncer, Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio, Igreja Cristo Rei, Igreja de Santa Tereza e em processo de finalização, a Igreja de São Roque.

casa


casa

Jornal Design | Serra 31


Fashion Tour Luxaflex: Tendências e insights de arquitetura e design

Fotos Divulgação

Luísa Cobalchini Damasio | Empresária

32 Jornal Design | Serra

No dia 11 de junho, ocorreu no Hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre, o Fashion Tour Luxaflex. O evento reuniu profissionais que especificam cortinas, persianas e toldos Luxaflex em seus projetos para conhecerem as principais tendências e insights de arquitetura e design. O evento contou com a presença de Luis Rasquilha, da AYR Consulting, Trends & Innovation, consultora mundial de tendências e inovação que atua nos processos de inovação empresarial. Alguns insights de arquitetura e design, segundo Rasquilha: Remember: there is no Planet B. Nos últimos anos, o caminho seguido é o da sustentabilidade e a tendência é que passe a ser o denominador comum para qualquer projeto. A sustentabilidade irá além da ideia de conservação da natureza: eficiência energética, valor projetado de retorno, incorporação e manutenção e vida útil dos produtos utilizados nos projetos. Na onda da sustentabilidade, as cortinas Duette Luxaflex® tem um diferenciado formato celular e anti-age que aumenta a durabilidade da peça e, além disso, foi desenvolvida com tecnologia que oferece controle de temperatura e conforto acústico do ambiente. S-torytelling. Histórias, símbolos e imagens que relacionem minha casa à minha história. A revalorização

da qualidade com a história será um conceito-chave na decoração de ambientes internos. Papéis de parede com design retrô incorporam elementos que fizeram sucesso no passado, combinações de cores, formatos, texturas, estampas e materiais que enfatizam a atmosfera vintage ajudam a decorar os espaços. Design wow. A combinação entre forma e funcionalidade: aumentar os espaços de forma percebida ou real. O design deixa de ser algo predominantemente ‘para decorar um espaço’ e passa a contribuir para a sua transformação e adaptação a cada circunstância. A multifuncionalidade será cada vez mais valorizada devido à integração dos ambientes. E o principal: a possibilidade de se recolher e isolar na tranquilidade das casas será vista como “premium”. A cortina Pirouette Luxaflex® apresenta design, movimentação, versatilidade e a regulagem da entrada de luz, possibilitando a visualização do ambiente externo e a total privacidade. Inspiriences = Wealthy + Relax. Quando a casa é o porto de abrigo e as experiências positivas da vida serão trazidas cada vez mais para dentro do lar. Assim, Luis Rasquilha fechou o Fashion Tour Luxaflex, trazendo a ideia de que os acessórios e produtos ligados à saúde e ao relaxamento serão cada vez mais presentes, tendo lugar de destaque nos projetos.

casa


Fotos Silvia Perusso

Márcia e Marcelo Vignatti, com a equipe da loja

Roberto Benedetti, Padre Chico e Loreno Cobalchini

Henrique Tecchio, Maurício Tecchio, Glauber Benedetti, Cibele Tecchio e Henrique Benedetti

Mateus Tecchio, Henrique Tecchio, João Paulo Pompermayer, João Stella, Glauber Benedetti, Gilberto Todeschini e Juliano Bettim

Letícia, Maria, Janaína, Deise, Gabriele, Juliane, Vivian, Morgana, Miriadini, Tatiana e Cibele

Maira Zatt, Roberto Benedetti, Clemente Mieznikowski, Paulo Boucinhas e Eurico Benedetti

A Bentec inaugurou em Bento Gonçalves junto à Gênoma Comércio de Móveis, uma loja conceito, mais ampla, moderna, funcional e bonita. A unidade será referência para as lojas da Bentec presentes em todo o país, priorizando o design e o conforto de seus clientes. O evento contou com personalidades e formadores de opinião da região, além de autoridades da cidade, e apresentou em um pré-lançamento a nova cara da marca, oficialmente divulgada na Casa Brasil 2013.

Marcelo Vignatti, Sérgio Romam, Neri Mazzochin e Henrique Tecchio

Onorino Tecchio, Roberto Benedetti, Reno Tecchio e Eurico Benedetti

Dr. Daniel Francio, Jandira Francio e Márcia Vignatti

Elimara e Leandro Pizatto, com Márcia Vignatti

Margarete Zanoni com seu filho Rafael

Jovino Demari e Diogo Parisotto

Jo e Evandro Jauer, com os filhos Lucas e Julia

Geraldo e Noemi Vignatti, Padre Chico e João Benedetti

casa

Jornal Design | Serra 33


Por ambientes mais belos e funcionais: puxadores Altero por Juliana Desconsi | Designer

Fotos Divulgação

O conceito de design aparece, algumas vezes, superdimensionado e associado à grandes produções – um edifício com traços futuristas, por exemplo. Ou, no caso de produtos, restrito à imagem de um objeto decorativo com formas extravagantes; carro esportivo com desenho arrojado; modernos artigos tecnológicos. Porém, é no dia a dia que o design mostra com mais propriedade a eficiência de sua premissa de unir forma e função a serviço do usuário. Camuflado em detalhes, o desenvolvimento de produtos consegue agregar atributos práticos e estéticos a utilitários do cotidiano – de tal modo que, frequentemente, se torna difícil imaginá-los sem esses qualitativos. Quem conhece os puxadores para móveis da Altero entende bem como essa fórmula se aplica. Os acessórios para decoração que a marca disponibiliza ao mercado têm, na sua concepção, o compromisso de atender às necessidades de uso a que se propõe – mas sempre com um toque diferenciado na criação que os coloca no patamar de adornos para os ambientes. Especificado para o meio corporativo, o novo puxador para escritórios que a Altero oferece equaciona bem essa demanda. O produto soluciona uma carência na variedade de modelos indicados para ambientes de trabalho – especialmente entre os que utilizam chave. Sua proposta rompe com o tradicional formato de tran-

34 Jornal Design | Serra

ca para gavetas e armários, emprestando a essa funcionalidade um desenho moderno, visualmente agradável e ergonomicamente adequado. Com dois tamanhos, possibilita diversas configurações de aplicação. Se o design de produto consegue agregar esses diferenciais ao tão rígido cenário empresarial, no lar, onde a liberdade de criação e expressão é praticamente infinita, os resultados podem ser ainda mais cativantes. Tendo como ponto forte o argumento da versatilidade, o puxador para cozinhas(M1080-160/Altero) mostra com uma peça bem planejada pode atender a uma pluralidade de públicos com diferentes perfis e necessidades. Resultado de uma inserção na espessura da madeira, pode ser usado na posição frontal ou posterior de portas e gavetas, mantendo suas propriedades funcionais. O puxador atende, igualmente, aqueles que procuram um adorno para o móvel – aplicado com destaque e forma aparente – ou quem prefere um acessório servindo somente à função de pega – nesse caso, quase imperceptível. São soluções com a marca evidente de como o design faz, sim, a diferença em um produto. Para saber mais, acesse www.interventodesign.com.br ou www.altero.com.br

casa


casa

Jornal Design | Serra 35


nossa obra

valorizando o conhecimento, unindo profissionais

Troca de experiências com Elisabete França

Jornal Design | Quais foram os primeiros passos dados para se pensar no projeto de reurbanização das favelas na capital paulista? Elisabete França | Nos anos 80 o Banco Mundial investiu muito num conceito de urbanização em que você não tira as famílias do lugar aonde elas estão, a não ser que estejam em áreas de risco ou em áreas preservadas, levando infraestrutura, equipamentos urbanos, etc. Em 2005, quando começamos a elaboração do plano, víamos que este era o maior problema de São Paulo. Há três milhões de paulistanos que moram com alguma precariedade – é 30% da população – e não dava para pensar em novas áreas, pois em São Paulo não há mais terrenos livres. Estudamos também o programa Favela-Bairro, implantado no Rio de Janeiro. Baseado nessas experiências começamos um programa com projetos piloto. Escolhemos primeiro Paraisópolis, que é a maior favela da cidade, localizada no meio do bairro Morumbi. É o sonho de todo empreendedor imobiliário desapropriar a favela, mas são pessoas que moram lá há 40, 50 anos e nestes bairros as redes sociais são muito fortes. Fizemos uma pesquisa em 2008, em Paraisópolis, e a mesma mostrou que famílias compartilham cartão de crédito informalmente. Em média um cartão de crédito é compartilhado por 20 famílias – então para você ter essa confiança é por quê é muito forte a rede social. O programa foi dando certo e fomos ampliando, sempre correndo atrás de recursos, que é o mais complicado. Nesses anos todos chegamos ao ponto máximo de montar um concurso(de projetos de arquitetura e urbanismo) para grandes áreas da Grande São Paulo. E assim foi se construindo uma metodologia, avaliando o que estava certo e o que estava errado. Em 2012 chegamos a ter 60 escritórios de arquitetura trabalhando neste projeto – e ao final fizemos o concurso Renova SP.

Moresco Studio

JD | Como aconteceu o processo do concurso? EF | Nós queríamos montar um sistema super internauta, com tecnologia. Os arquitetos não entregaram papel, mandaram suas propostas por email. O

36 Jornal Design | Serra

Fot Silvia Perusso

A Aearv promoveu encontro com a arquiteta Elisabete França. Elisabete é formada pela Universidade Federal do Paraná, foi superintendente de Habitação Popular da Secretaria de Habitação da cidade de São Paulo, responsável pelos projetos de urbanização de favelas da capital paulista, um trabalho que rendeu várias publicações e uma exposição recém-montada no Museu da Casa Brasileira, em São Paulo. mesmo júri julgou nas três edições e foi um concurso muito bem organizado. Nós fizemos junto com o IAB Nacional(Instituto de Arquitetos do Brasil). O arquiteto tinha que propor um plano urbanístico e idéias para urbanizar se tivesse que construir novas unidades. Tínhamos 22 perímetros para intervenções, recebemos 140 propostas e foram selecionadas 18. O júri era composto por profissionais que tinham muito conhecimento de urbanização. Um deles foi o Sérgio Magalhães, pai do Favela-Bairro. Qualquer cidadão pode acessar esse concurso, é uma rede aberta. Cada etapa de entrega dos projetos está disponível na internet. A última etapa será entregue em dezembro. JD | Os moradores participam desse processo? Como acontece? EF | Hoje há muitos canais de participação. Existe na cidade o Conselho Municipal de Habitação, composto por 48 representantes(sociedade civil, entidades, sindicatos e poder público), eleitos pelo voto do cidadão para um mandato de dois anos. Qualquer cidadão pode votar e em cada perímetro desses há também um conselho gestor, eleito pelos próprios moradores. Numa área chama Espraiada os moradores decidiram criar um Fórum, então são muito participativos. Fizemos uma contagem e, em Paraisópolis, chegamos a fazer 1000 encontros anuais, mas existe uma equipe social grande que participa deste processo, formada por arquitetos, engenheiros, assistentes social, engenheiros do meio ambiente, sociólogos, pedagogos, jornalistas para comunicação. E, além do trabalho de infraestrutura urbana, você tem muito trabalho integrando os moradores nas escolas, postos de saúde, campanhas para cuidar do meio ambiente, etc. Há uma orquestra sinfônica em Eliópolis, super conhecida, que após a urbanização fez sua primeira apresentação. Criaram também uma escola de ballet, as pessoas mostraram suas capacidades artísticas, nos esportes e foi muito bacana. A urbanização vem para fazer com que os moradores se integrem realmente com a cidade e não se sintam mais como um favelado. Há muita atividade neste sentido mas bem menos do que eu gostaria. O

Brasil ainda não tem a capacidade de trabalhar essa questão como deveria ser, integrando mais o trabalho pós-habitação depois da urbanização. JD | Quais foram suas prioridades na hora de criar esse projeto? EF | Em 2005 existia um convênio com a Aliança de Cidades, que financia projetos para municípios. Resolvemos então fazer o plano de habitação, utilizando a própria equipe da Secretaria. Então foi um processo demorado. Começamos em 2005 visitando todos os assentamentos precários da cidade, que eram mais de dois mil. Detectamos os problemas e montamos um sistema de informações, que é aberto a todo mundo, e criamos um sistema de priorização, dado por quatro itens: área de risco, falta de infraestrutura, vulnerabilidade social e índice de saúde(doenças vinculadas à falta de saneamento básico). Fizemos uma pontuação e os bairros foram pontuados, mas não adiantava intervir em um bairro e no outro não. Então criamos a priorização por bacia hidrográfica, no sentindo de sanear a bacia hidrográfica inteiramente e estabelecemos as prioridades. Dividimos estas prioridades em quatro gestões e no primeiro quadriênio atendemos mais de 360 mil famílias – quase um milhão de pessoas. JD | O que você acredita que diferenciou seu projeto dos demais, sendo reconhecido mundialmente? Acho que o primeiro diferencial é a qualidade nos projetos, que realmente mostraram que os bairros foram transformados e integrados com a cidade. Nosso país não prima pela qualidade dos espaços públicos. Se você perceber, o Cantinho do Céu(Projeto selecionado no concurso e premiado em diversas áreas) é um dos espaços públicos mais bonitos de São Paulo. O custo da urbanização não é alto. Custa em média 10 mil reais por família, uma moradia custa 100 mil reais. O espaço público é a coisa mais barata que existe, fazer uma rua desenhada não tem um custo tão elevado. Meu sonho é que se fizesse a terceira fase, que já foi licitada e contratada, que se desse continuidade, pois grande parte da população ainda não está atendida.

www.masutticopat.com.br nossa obra


valorizando o conhecimento, unindo profissionais

Fotos Silvia Perusso

nossa obra

nossa obra

Jornal Design | Serra 37


Foto Divulgação

ES PE CI AL PE TS

38 Jornal Design | Serra

estilo


Coleira com GPS | Pet Tracker Coleira de luxo | Louis Vuitton

Espreguiçadeira e arranhador | Pet Fusion

Saquinhos higiênicos

Pet

Chick

O Jornal Design separou alguns mimos para seus pets!

Eles também merecem luxo!

Sapato para pets | Channel

Fotos Divulgação

Carrinho para pets

Bolsa para pets

estilo

Pote para racão

Circuito de diversão para gatos | SpeedCircuit

Jornal Design | Serra 39


Animais de estimação ajudam no desenvolvimento das crianças Letícia Casonatto | Psicopedagoga

Fotos Divulgação

Você já pensou em dar um bichinho de estimação para seu filho? Muitos pais no primeiro momento recusam esta ideia, sendo justificada pela expectativa de que o animal de estimação será capaz de mudar a rotina de toda a família, sem contar os gastos previstos com ração, remédio, vacina e visitas ao veterinário. Mas os benefícios da convivência entre a criança e o animal de estimação superam, e muito, as razões apontadas para não ter um animal de estimação. O convívio com os animais de estimação é muito saudável porque ajuda no processo de desenvolvimento das crianças, exercitando o senso de responsabilidade, trabalhando sentimentos como alegria, tristeza, frustração, tolerância e a compreensão. Cuidar de um animal também ensina às crianças valores como a responsabilidade pelo bem estar de terceiros. Saber que ele necessita de comida, água, exercício e companhia é meio caminho andado para transmitir o que é a compaixão e empatia e os mais novos descobrem o que significa ter alguém que confia neles. O contato com animais também desenvolve habilidades motoras e de fala das crianças. Faz a criança partilhar sensações e desenvolver hábitos saudáveis. Em algumas situações específicas, o bichinho de estimação é ainda mais indicado, um exemplo disso é quando os irmãos brigam muito e o animalzinho acaba tendo um lugar de destaque, tornando-se o foco da atenção e proporcionando um relacionamento mais saudável entre as crianças. Em alguns casos os pais trabalham muito e a criança mais velha fica sozinha, um animalzinho faz companhia e estimula o desenvolvimento afetivo, além de ajudar no desenvolvimento de crianças com necessidades especiais. Importante! Conforme a idade da criança, é importante que os pais atribuam algumas responsabilidades, como alimentar, dar banho, remédio ou pentear o pêlo. Lembrando que os pais são a referência da criança para tudo. Elas aprendem observando também o nosso comportamento. Cabe aos pais avaliar se a criança está pronta para ter um animal de estimação ou não. Para tanto, eles devem estar dispostos a ajudar nas tarefas e isso requer uma dose de paciência e de tolerância. Conforme a criança amadurecer, os pais podem e devem passar outros tipos de responsabilidades. O animal de estimação nunca deve ser tratado como um brinquedo. Aquele que serve para algumas horas e depois é largado pelos cantos. O papel dos pais é servir de guia para os filhos, ensinando e orientando o que eles podem fazer. Os pais são modelos, se tratarem os bichinhos bem, a criança fará o mesmo e agirá assim com outras pessoas. A decisão de levar um bichinho de estimação para casa deve ser tomada, acima de tudo, pelo amor que ele inspira.

40 Jornal Design | Serra

estilo


Foto Divulgação

Cuidados especiais com os nossos amigos Tânia Torriani | Biomédica

Um dos exames mais procurados e de relevante importância no nosso laboratório é o E.Q.U - exame qualitativo de urina, devido à alta incidência de problemas renais nos nossos melhores amigos animais, sobretudo cães e gatos.   O exame é muito simples, consiste na coleta da urina do animal e envio em frasco adequado para a análise no Laboratório Biovet.   A primeira etapa do exame é feita através de reação química com fita reagente e a segunda etapa é feita com o estudo microscópico do sedimento precipitado pela urina. Assim, podemos detectar vários componentes importantes pela excreção urinária no animal, tais como: glicose na urina, sangue, presença de bactérias(infecções urinárias) e principalmente cristais, que podem se agrupar e formar os conhecidos cálculos renais. O   s cálculos urinários ou urólitos(“pedras”) ocorrem com frequência em cães e se formam na bexiga e uretra. Esses cristais podem ter diversas, sendo o cristal de fosfato triplo-estruvita o mais frequente, formado em urinas com PH alcalino, seguido dos cristais de

estilo

oxalato de cálcio, formados em urina de PH ácido. Além de uma predisposição, existem alguns fatores que contribuem para o aparecimento dos cristais/ cálculos: infecções urinárias, deficiência de vitamina A, dieta alimentar, retenção de urina, pouca ingesta de água.   Para prevenir o seu animal da litíase urinária(urolitíase), basta levá-lo regularmente ao médico veterinário para um check up, cuidar da alimentação com rações e dietas específicas, a   umentar a ingestão de água e aderir a alguns exames de rotina para prevenção de futuros problemas de saúde que podem se tornar mais graves, tais como o exame laboratorial em pauta nesta matéria: exame qualitativo de urina.  A equipe do Laboratório Biovet conta com todos os exames da área de análises clínicas, preventivos e pré-cirúrgicos tais como; exames de sangue(detecção de anemia, função renal, função hepática, glicemia, etc.), exame de  fezes, urina e de pele(sarnas, micoses e outras infecções), além de exames hormonais, citológicos e biópsias.   Quem ama, previne!

Jornal Design | Serra 41


Fotos Divulgação

Softwares Promob atentam para demandas do mercado pet A Promob Software Solutions disponibiliza uma linha de itens para apoiar os profissionais na criação dos projetos que incluam ambientes dedicados à animais. A Biblioteca Decore Pet está presente nos softwares Promob Arch, voltado a arquitetos e designers de interiores, e Promob Plus, dirigido ao mercado sob medida. A Biblioteca Decore Pet oferece diversas opções para cães, gatos e correlatos. Os itens estão divididos em três categorias: Camas/Casas, Acessórios e Animais. No item Camas/Casas, por exemplo, é possível encontrar diferentes modelos - abertas, fechadas, suspensas e com escadas. Entre os acessórios estão arranhadores, potes e sanitários.

42 Jornal Design | Serra

Para melhor compor os projetos, os softwares trazem ainda imagens de diferentes raças de cães e gatos e alguns tipos de aquários. A Biblioteca Pet da Promob integra a Biblioteca Decore, já consagrada pela ampla gama de itens disponibilizados de eletrodomésticos, de decoração, de luminárias e de revestimentos, incluindo texturas de madeiras, pisos e acabamentos das principais marcas do mercado. Softwares Os softwares para ambientação virtual Promob Arch e Promob Plus são fáceis de usar e muito flexíveis.

Conferem agilidade e qualidade às diferentes etapas de elaboração de um projeto, permitindo fazer a documentação técnica, renderizar e gerar animações que simulam uma caminhada pelo ambiente projetado. Promob A Promob tem sede em Caxias do Sul e filiais em importantes cidades brasileiras, como Curitiba, São Paulo, Florianópolis, Belo Horizonte e Salvador, além de revendas autorizadas em todo o país. No mercado externo, conta com unidades no México, Argentina, Colômbia e revendas autorizadas na Espanha e Portugal.

estilo


Fotos Divulgação

Preto

&

Branco

por Ricardo Rambo | Consultor de Moda

E

ternizada por Chanel, a combinação em preto e branco volta à moda com força total: listras, quadriculados, traços geométricos, florais e folhagens, poás ou mesmo produções lisas em preto e branco vem, cada vez mais, ganhando os gostos das fashionistas e antenadas na moda. Simétrico ou não, o trabalhar das duas cores se destaca e a onda bicolor vai permanecer forte, inclusive no verão. Recorrer ao pretinho básico, complementando a produção com a luz neutra do branco, já nem é mais considerado clichê ou a solução para não errar. Esse é um padrão do vestuário minimalista, que se reinventa a cada mudança de estação. E mais, a dobradinha do preto e branco funciona para todos os tipos de corpo. Para não se arriscar e errar nas proporções é sempre melhor usar o preto na parte do corpo que se quer alongar e o branco na qual quer privilegiar. O preto e branco pode ficar menos sério com estampas divertidas ou românticas. A junção das duas tonalidades pode ser adaptada de acordo com a ocasião. Assim, o duo mais conhecido e aclamado do mundo da moda está de volta com tudo. Atemporal, clássico e chique.

estilo

Jornal Design | Serra 43


10

Os mandamentos

do pé

feliz Fotos Divulgação

por Gabriela Francio | Assessora de moda

44 Jornal Design | Serra

C

ada dia que passa, mais e mais inovações em couros, modelos e acabamentos surgem no mundo dos calçados. Porém, devemos sempre nos preocupar com o conforto e o bem estar na hora de comprar um sapato novo, afinal, o conforto sempre deve estar em primeiro lugar. Abaixo, seguem algumas dicas para facilitar a vida dos nossos pezinhos na hora em que vão receber um par de sapatos novos: - Os sapatos devem ser comprados sempre no final da tarde, pois é nesta hora que o pé tem sua forma mais inchada devido a pressão e ao calor do dia; - Tenha consciência de que com a idade, o pé tende a alargar e a crescer. É inútil insistir em querer entrar no mesmo tamanho de sempre: depois dos 40, é bem provável que se chegue a um número maior; - Lembre-se que Audrey Hepburn aconselhava que se comprassem sapatos meio número maior que o próprio pé, em qualquer idade, pois o conforto é um dos aspectos da elegância;

- Se um sapato, seja ele alto ou baixo, não é confortável logo de cara na loja, não compre. O sapato só cede nas laterais, nunca no comprimento; - Tente não usar o mesmo sapato por muito tempo seguido. Ou melhor, se possível, mudem de sapato todos os dias, para evitar deformá-los e acostumar os pés com uma só fôrma; - Sempre que possível, em casa ou na praia, fique com os pés descalços. Eles também merecem um descanso. - À noite, após um dia usando salto alto, pegue uma bolinha de tênis e massageie a planta do pé, isso evitará dores no dia seguinte(e ajuda a relaxar!); - Observe os pés de sua mãe e avós. Muitas pequenas deformações são hereditárias, previna! - Se seus pés doem ou ficam vermelhos demais na lateral, procurem um especialista e vão ao consultório dele com a mesma regularidade com que vão ao dentista; - Qualquer que seja o tipo de sapato que você use, e qualquer que seja a forma de seu pé, cuide muito bem deles com pedicuro e massagens. Eles são o pedestal sobre o qual se ergue sua alma!

estilo


Frio por Rodrigo Britzke | Personal Stylist

estilo

Fotos Débora Zandonai

Para amantes da estação mais gostosa do ano, chegou a hora de se esbaldar! Época de bons filmes, boa comida, bons vinhos, e é claro, época de roupas quentes e elegantes. O tempo em que as tendências de moda interessavam apenas às mulheres passou. Hoje em dia, a moda é feita também pensada nos homens, que tal aproveitar as liquidações e atualizar seu guarda-roupa?! Das cores mais vistas nos desfiles de moda masculina, destacam-se os cinzas, azuis e castanhos nos mais variados tons, e claro, o clássico preto e branco. As botas(principalmente de inspiração militar) usadas debaixo ou por fora das calças, seja de alfaiataria ou jeans, o destaque vai também para os sapatos do estilo mocassins, as sapatilhas mais altas(até o tornozelo) e os sapatos do estilo oxford. Ja nos acessórios, podem abusar de mochilas e maxi-malas de mão, luvas de couro, cachecóis e gorros. Se vista bem, sem exageros e vá aproveitar esse frio gostoso, seja em casa, no trabalho ou na balada.

Jornal Design | Serra 45


Fotos Retratus Ateliê Fotográfico

Quando gente nova está chegando! Se a gravidez pudesse ser resumida em duas palavras, talvez poderiam ser velocidade e emoção. Durante nove espetaculares meses, a mulher experimenta uma explosão de emoções e sensações como jamais sentiu, como, por exemplo, ficar feliz ao exibir sua barriguinha que, no início, só a fita métrica pode identificar. Logo, logo, sente-se mais bonita quanto mais pronunciada for essa barriguinha. Revela-se uma mulher que ri sozinha quando sente os movimentos de seu bebê, apaixonando-se cada vez mais pelo filho que vai nascer . Por ser um período tão sublime, é comum até que as mamães fiquem até com saudade do barrigão. Registrar esse período em imagens é fundamental, tanto para a história do casal quanto do bebê. Para isso, comece considerando que suas fotos podem ser feitas em sua casa, ao ar livre ou no

46 Jornal Design | Serra

estúdio e opte pelo que mais combina com seu perfil e o do papai. O período também é muito importante, e indicamos que seja entre o sétimo e oitavo mês, quando a barriga já está bem redondinha e saliente e a mamãe ainda com maior disposição. Outros detalhes, como não usar lingeries apertadas que possam marcar a pele antes da sessão também devem ser considerados. Roupas básicas, maquiagem leve, uso de objetos significativos para compor as cenas e a escolha de profissionais de sua confiança com certeza resultarão em imagens autênticas e descontraídas, capazes de traduzir toda a alegria e magia desse período único. O Retratu’s Ateliê Fotográfico está preparado para lhe oferecer toda a acessória necessária quando chegar o seu momento. Agende seu horário: 54 | 3451 7132

estilo


Serra Gaúcha espera milhares de visitantes para o FESTIQUEIJO 2013 Evento gastronômico acontece de 04 a 28 de julho, em Carlos Barbosa

Foto Divulgação

O Festival Gastronômico do Queijo - Festiqueijo, é um evento recheado de atrações. Realizado anualmente na cidade de Carlos Barbosa, o festival coloca a disposição do visitante mais de 40 tipos de queijos, comida típica italiana, grande variedade de vinhos e espumantes premiados no Brasil e no exterior. O elenco de atrações do Festiqueijo inclui ainda shows, apresentações artísticas, feira de compras e eventos esportivos e culturais. Marcado para o período de 04 a 28 de julho, o Festiqueijo acontece todas as sextas, sábados e domingos, no Salão Paroquial da Igreja Matriz de Carlos Barbosa. Em sua 24ª edição, o Festiqueijo aposta na qualidade e variedade do cardápio, bem como, na ampliação do número de atrações para reafirmar sua posição como Melhor Festival Gastronômico da Serra Gaúcha. Neste ano, entre as novidades do Festival, estará um estande de cucas caseiras feitas na hora, com nove sabores à disposição do público. Além de novas opções gastronômicas, a programação do Festiqueijo 2013 também ganhou mais atrações. Serão 56 apresentações de artistas locais e regionais, cerca de 25 a mais do que na última edição. A agenda de shows durante o período do Festival é ampla e diversificada, incluindo ritmos como pop rock, sertanejo, gaúcho e, em especial, a música italiana característica da região e sempre presente no evento. Ingressos O Festiqueijo 2013 terá ainda outro diferencial. A venda antecipada de ingressos pela internet promete facilitar o acesso do público ao evento. Quem quiser garantir seu ingresso, poderá acessar o site e efetuar a

estilo

compra. Já quem fizer a aquisição na bilheteria do Festiqueijo, contará com o sistema de controle eletrônico para orientar a ocupação do espaço e proporcionar maior conforto ao visitante. Gastronomia, cultura e lazer num só lugar O Melhor Festival Gastronômico da Serra Gaúcha conta com um cardápio típico diversificado para acompanhar a grande variedade de queijos servidos à vontade. Ao entrar no salão, o visitante recebe uma taça e um garfinho para saborear delícias como: bolinha de queijo, crostoli, cuca tradicional, galeto, pastel de queijo, pizzas de diversos sabores, entre outros pratos, acompanhados por vinhos e espumantes de diversas vinícolas da região. Além das delícias gastronômicas, quem visita o Festiqueijo encontra uma gama de opções musicais, artísticas e culturais para agradar os mais distintos gostos. Enquanto no palco principal do Festiqueijo, artistas locais e regionais revezam-se em shows animadíssimos, na área externa do Salão Paroquial acontecem eventos paralelos, atividades culturais e esportivas. Entre as atrações do Festiqueijo 2013, destaque para a 4ª Olimpíada Colonial Festiqueijo que, com suas provas de Arremesso de Queijo, Debulhar Milho, Revezamento de Salame e Cabo de Guerra, promete garantir a diversão dos visitantes. A programação completa pode ser conferida no site www.festiqueijo.com.br. Mais informações: (54) 3461-8893 festiqueijo@festiqueijo.com.br www.festiqueijo.com.br

Jornal Design | Serra 47


s o s o m r a h C afés C

Fotos Divulgação

Para aquecer o nosso inverno, nada melhor do que um bom café e uma ótima companhia. Por isso, o Jornal Design traz algumas receitinhas e curiosidades sobre essa iguaria tão presente em nossos momentos mais agradáveis. Além de um roteiro encantador para se deliciar nesse friozinho! Se aqueça com essas delícias!

48 Jornal Design | Serra

estilo


Fotos Divulgação

Estudos também apontam que mesmo não sendo considerado remédio, o café auxilia na prevenção de doenças, estimula a atenção, memória, aprendizado e concentração. Por conta disso, é cada vez mais comum apreciar o cafezinho em qualquer parte do dia ou da noite!

A presença do café é solicitada nos mercados de todos os continentes. Ao lado da cerveja, é a bebida mais popular do mundo, consumida já há mais de 100 mil anos. Depois do petróleo, é o produto mais negociado no planeta, sendo que o Brasil é o maior produtor do mundo e o Rio Grande do Sul, o maior consumidor dentro do país.

estilo

24

ia r ó t s i h fé a c o d

Desde 2005, o dia 24 de maio foi incorporado ao calendário brasileiro como o Dia Nacional do Café, a data passou a ser festejada por industriais, produtores, exportadores, cooperativas, varejo, cafeterias e por todos os apaixonados por essa bebida.

Até hoje, a origem da bebida está envolta num manto de mistério e contradições. Porém, a lenda mais conhecida(e mais legal) no meio deste manto remonta ao ano 600 A.C e conta a história do pastor Kaldi e do seu rebanho de cabras nas montanhas de Abissínia, hoje Etiópia, no nordeste da África. Reza a lenda que, enquanto passeava com suas cabras nos campos de um mosteiro, Kaldi começou a estranhar a agitação do rebanho ao ingerir uns “frutinhos” vermelhos de um arbusto silvestre. Curioso, o pastor decidiu provar o fruto desconhecido e descobriu que eles o enchiam de energia, como tinha acontecido com o seu rebanho. Ele, então, teria começado a dançar loucamente com suas cabras. Mais tarde, Kaldi levou essa maravilhosa “dádiva divina” ao mosteiro local, mas as reações não foram favoráveis e ele ateou fogo aos frutos, dizendo serem “obra do demônio”. O aroma exalado pelos frutos torrados nas chamas atraiu todos os monges para descobrir o que estava causando aquele maravilhoso perfume e os grãos de café foram rastelados das cinzas e recolhidos. O abade, então, mudou de ideia. Sugeriu que os grãos fossem esmagados na água para ver que tipo de infusão eles davam, e os monges logo descobriram que o preparado os mantinha acordados durante as rezas e longos períodos de meditação. E notícias dos maravilhosos poderes da bebida espalharam-se de um monastério a outro e aos poucos se espalharam por todo o mundo.

Jornal Design | Serra 49


Fotos Divulgação

A flor de chá

Ao somar ambientes aconchegantes e requintados à uma xícara de café ou chá, os restaurantes e cafeterias criam a atmosfera perfeita para o descanso ou descontração em qualquer hora do dia.

50 Jornal Design | Serra

Deixe a vida cotidiana para trás, inspire-se e faça algo bom para a sua saúde! Com Flower Tea, você terá tudo o que necessita para desfrutar de momentos especiais únicos. A grande variedade de sabores, cores e texturas tornam as flores de chá uma experiência sensorial inesquecível. História Diz a lenda que, em 2737 a.C., o imperador chinês Sheng Nong, preocupado com as epidemais que devastavam o império, ordenou que todos fervessem a água antes de consumi-la. Certo dia, descansando à sombra de uma árvore, ele pediu que aquecessem sua própria água. Enquanto esperava, algumas folhas caíram sobre a água fervente e lhe deram um tom esverdeado. Ele provou, gostou do sabor e incluiu as folhas em suas pesquisas, descobrindo suas propriedades medicinais. Mais tarde, as mudas começaram a ser plantadas, e o cultivo do chá expandiu-se pelo mundo.

estilo


Ingredientes Calda: ½ xícara (chá) de chocolate em pó ½ xícara (chá) de leite 2 colheres (sopa) de açúcar 1 lata de creme de leite

Modo de preparo: Massa: No liquidificador, bata os ovos, o açúcar, o óleo, o café e o chocolate. Misture a farinha e o fermento peneirados. Coloque a massa em uma fôrma de 24 cm de diâmetro untada e enfarinha. Asse no forno preaquecido a 200°C por 50 minutos ou até, que espetando um palito, ele saia seco. Deixe esfriar, desenforme e corte o bolo em três discos. Reserve.

Modo de Preparo: Calda: Em uma panela, misture o chocolate em pó, o leite e o açúcar. Deixe ferver, desligue o fogo e misture o creme de leite. Umedeça os discos de bolo com a calda e cubra com o restante.

Fotos Divulgação

Bolo fé a c e d e t a l o c e cho

Ingredientes: Massa: 3 ovos 2 xícaras (chá) de açúcar ½ xícara (chá) de óleo 1 xícara (chá) de café forte e morno ½ xícara (chá) de chocolate em pó 2 e ½ xícaras (chá) de farinha de trigo 1 colher (sopa) de fermento em pó

c

s a t ei

Re

estilo

Ingredientes: 1 lata de leite condensado 1 lata de creme de leite 5 colheres de sopa de café dissolvido em água morna 1 pacote de gelatina incolor dissolvido em 2 colheres de sopa de água morna. Modo de Preparo: Bater tudo no liquidificador, colocando a gelatina por último. Depois, colocar numa taça e deixar na geladeira por aproximadamente 4 horas. Para finalizar, decorar com chantilly de chocolate

se s u o M fé de ca late o c o h c e

Jornal Design | Serra 51


Filé de Tilápia ao molho de camarão

Ingredientes 3 postas de filé de tilápia 1 limão médio sal a gosto 2 colheres de molho branco 150 g de champignon 150 g de camarão Modo de Preparo Cozinhe o camarão, tire a água, tempere a gosto e reserve. Tempere os filés com o sal e o limão, em seguida, empane os mesmos e frite. Reserve. Em uma frigideira coloque o camarão, o champignon, o molho e aqueça por alguns minutos. Em uma travessa, coloque as postas de tilápia e despeje o molho por cima, decore e sirva com os acompanhamentos preferidos. Harmonização Este prato harmoniza muito bem com um vinho branco.

Foto Divulgação

Bom Apetite! Esta receita é uma das novidades do cardápio da Q Palato e já está entre as mais pedidas!

52 Jornal Design | Serra

estilo


Fotos Arquivo Pessoal

ferrovialive.com.br Ângela Petroli e Marcelo Damazzini | Arquitetos Ferrovia Cult, Ferrovia Live, simplesmente Ferrovia. Com cinco anos de história, remodelada em uma casa com mais de cinquenta e inventariada como Conjunto Arquitetônico da Antiga Rede Ferroviária Federal S.A – RFFSA. Este foi o ponto de partida para o conceito do Ferrovia Live. As conversas entre arquitetos e proprietários vieram a consolidar o conceito da casa: boa música em um ambiente acolhedor para o público sentir o espaço que desde o início foi pensado para eles com a solicitação dos proprietários: “queremos um bar para o nosso cliente”. Começaram-se os estudos, discussões, os trâmites legais, e com coragem fecharam as portas do bar para dar início ao novo Ferrovia Live. Então, entre croquis, plantas e muita vontade de devolver a cidade, um lugar revitalizado e sem esquecer da essência do Ferrovia, decidiu-se dar um “tombo” no projeto, criando ambientes novos e deixando os antigos ainda melhores. A primeira decisão foi de que a antiga casa da RFFSA

seria o coração do bar, o pub, ambiente para se degustar uma boa cerveja, um bom vinho, acompanhado de uma gastronomia diferenciada, ouvindo uma boa música ou curtindo um show ao vivo. Partindo deste conceito, a cor escolhida não poderia ter melhor denominação: barrica de carvalho - apropriado para o local, e coroando a idéia de usar a madeira de demolição e o mobiliário vintage. Este material rústico unido à uma iluminação intimista tornou o pub a cara do novo Ferrovia, sendo um lugar perfeito para um happy hour e onde a casa começa a pulsar até o chegar da noite. Definido o coração do projeto, partimos para o lugar dos grandes shows, um ambiente onde o som, o clima de festa e de balada seriam os propulsores do projeto desta área: o Music Hall, e partimos do princípio de que o espaço teria como embrião o palco, por ser um lugar sagrado para a música e para os músicos. Assim toda uma construção nova foi pensada para receber palco, público, som, luz, acústica, tudo em favor do espetáculo.

Mas para que isso acontecesse era preciso ter a parte de serviços remodelada e modernizada, assim as antigas áreas de apoio deram lugar à uma ampla copa, aos caixas e à nova cozinha. Parte da área externa foi usada para receber sanitários maiores e mais confortáveis. Complementando os elementos arquitetônicos, veio a iluminação e o som, pensados para que o público ouça a música e curta o bar de maneira igual em cada ponto do novo Ferrovia, seja qual for o ambiente. Com toda está mudança a área externa não poderia estar desligada do novo conceito da casa sendo pensada para receber o público de forma generosa, com iluminação, mobiliário e paisagismo diferenciado configurando um espaço aberto que servirá para relaxar na companhia dos amigos, desfrutando de um ambiente agradável e receptivo. Diante de todas estas mudanças surge o Ferrovia Live, pensado e projetado para que todos disfrutem de momentos de lazer, diversão e entretenimento num ambiente agradável e diferenciado.

MÚSICA É TUDO! PLAY

PAUSE

REWIND

FORWARD

REPEAT

STOP/EJECT

PUB GOURMET - MUSIC HALL

AO VIVO É BEM MELHOR!

Duque de Caxias, 148 - Cidade Alta, Bento Gonçalves/RS | www.ferrovialive.com.br estilo

Jornal Design | Serra 53


Social

Fotos Divulgação

Arquitetos e desginers parceiros da Artelana em visita à Casa Cor POA

Vinícola Peterlongo presente no Evento de Premiação da Casa Cor Santa Catarina - Florianópolis 2013 no dia 04 de Junho de 2013, representando a Vinícola, Alexio de Villa e Thiago Trivilin

54 Jornal Design | Serra

Especificadores Luxaflex Artelana no Fashion Tour

A engajada equipe de consultoras da Vízia Óptica recepcionando o ex BBB Eliéser, na Expobento

Ricardo Morari, Luis Carlos Sela, e Decio Dupont em evento na Peterlongo

Luis Carlos Sela e Ricardo Morari brindam à primeira edição da visitação noturna no Castelo da Peterlongo

Registela Bassotto, Luis Carlos Sela, a Senhorita Festiqueijo, Joice Kinzel e Angelita Werner Berté e João Ferreira

Nathalia Cavagnoli e Alexandre Velasco Prado, sócios da Agafarma, comemorando a inauguração no L´América Shopping

Marta Manente e Henrique Tecchio em evento realizado pela Losango e Sindmóveis

estilo


Caroline Carraro Michelon e Tarcísio Michelon, no belo evento da Actúa Idiomas

Beto Conte, diretor do STB, Caroline Carraro Michelon, diretora da escola de idiomas Actúa e Bruna Ecke, também do STB

Caroline Carraro Michelon, diretora da Actúa e Flávio Tissot, da Cambridge University Press.

Cynthia e Guilherme Pasin com Roberta e Jordano Zanesco, presidente do CIC BG

Lênio e Neusa Zanesco, Yeda e Francisco Renan Proença, comemorando os 99 anos do CIC

Sérgio e Tere Dalla Costa, Elaine e Ildoíno Pauletto, prestigiando o aniversário do CIC

Marcos Piccoli e Mirian Tecchio

Rafael e Aline Winoski De Toni, Davi e Marli De Toni nas homenagens ao CIC

Beatriz e Ayrton Giovannini, José Eugênio Farina, Virginia e João Farina Neto, em noite de muita emoção

Os elegantes André da Ré e Michele Hipólito, Fernanda e Diego Farto, no jantar de aniversário do CIC

Tina Cibele Lando e Jamirton Benazzi, em evento que homenageou os ex presidentes do CIC

Henrique Tecchio, Cynthia Costa e Guilherme Pasin, Luci Maria Salvador, Cátia Scarton, Jordano e Roberta Zanesco

estilo

Jornal Design | Serra 55


Edicao 27  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you