Page 1

Prêmio Salão Design

Descubra por que o segmento moveleiro é referência em excelência e criatividade

Ano VIII - Edição 78 - Fevereiro/2018

Saúde

Dicas para o lanche saudável dos filhos

Padel

Competição movimenta Bento Gonçalves


Foto Carlos Ben

CONCEITO

CAPA Eduardo Nuncio, diretor do Prêmio Salão Design 2018 Produto: HUM, design de Federico Mujica Iturria e Carolina Arias Bianchi, Muar Diseño (Montevidéu/UY) Cenário: Parque de Eventos de Bento Gonçalves Pavilhão F Foto: Carlos Ben

Nas páginas desta edição, a diversidade de pautas promete informar, entreter, dar dicas e contar algumas curiosidades. Destacamos a importância do setor moveleiro, um dos pilares da economia em Bento Gonçalves, e o papel do design na renovação do segmento. Mostramos por que a alimentação saudável deve ser praticada desde cedo e apresentamos algumas sugestões práticas e nutritivas para o lanche da criançada, nessa volta às aulas. Também elencamos 10 motivos para celebrar a vindima, organizamos tendências de moda e decoração para 2018, comentamos experiências gastronômicas e informamos notícias corporativas, esportivas e sociais. Boa leitura!


VIDA

06

CASA

10

EXPEDIENTE Realização: S&S Editora Ltda Coordenação: Silvia Perusso Administrativo: Rosângela Masutti Diagramação: Veronice Ferrari Comercial: Abigail Fernandes e Nelci Ogrodoski Jornalista Responsável: Marlove dos Santos REG. 6668|28|57 Abrangência: Bento Gonçalves | Carlos Barbosa | Garibaldi Circulação Dirigida: Vida | Casa | Estilo Contato: 54 | 2621 3134 contato@jornaldesign.com.br www.jornaldesign.com.br O Jornal Design | Serra não se responsabiliza por artigos assinados.

ESTILO 24


Descubra se sua empresa está preparada para o eSocial

4 Jornal Design

Fonte: eSocial

O Decreto nº 8373/2014 instituiu o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial). Por meio desse sistema, os empregadores passarão a comunicar ao Governo, de forma unificada, as informações relativas aos trabalhadores, como vínculos, contribuições previdenciárias, folha de pagamento, comunicações de acidente de trabalho, aviso prévio, escriturações fiscais e informações sobre o FGTS. Desde 2014 sua implantação vem sofrendo alterações, mas no dia 08.01.2018 foi dada a largada e efetivado o seu início. O eSocial já é uma realidade. Será uma implantação por etapas onde as empresas foram divididas em 3 grupos, e cada grupo terá 5 fases de

implantação. Apesar do eSocial não tratar de novas legislações, as empresas terão que se reorganizar para cumprir tempestivamente as obrigações do Ministério do Trabalho e da Previdência Social, pois a fiscalização agora será on-line, averiguando e multando automaticamente as infrações cometidas. As empresas precisam estar atentas e organizadas para cumprir os prazos exigidos, principalmente no que for relacionado aos RET – Registros de Eventos Trabalhistas, que nada mais é do que a comunicação do empregador sobre alterações relevantes na relação trabalhista. Estes registros deverão ser entregues assim que o evento ocorrer, sob risco de multa pela falta de comunicação no prazo adequado. Para facilitar as críticas e cruzamentos feitos pela fiscalização, todas as informações estarão em um só lugar e serão comparadas entre si antes que a obrigação seja considerada cumprida. Gradualmente estas obrigações deixarão de ser entregues isoladamente e serão incorporadas ao SPED. Os envios, tanto da carga inicial, da folha de pagamento, como dos eventos trabalhistas, serão feitos através da geração de um arquivo eletrônico contendo as informações solicitadas pertinentes a cada evento. O mais importante é que os arquivos deverão ser assinados pela empresa eletronicamente através de certificado digital e enviados para um ambiente nacional, onde serão validados, acarretando a devolução de um protocolo de entrega.

Auxílio Técnico A VITASEG conta com uma equipe multidisciplinar, envolvendo a prestação de serviços de Engenheiros e Técnicos de Segurança do Trabalho e Médicos do Trabalho, além de contar com a parceria de Fonoaudiólogas, Laboratórios de Análises Clínicas, Radiológicas e demais meios de suporte para sua empresa.

Temos a disposição de seus colaboradores o que existe de melhor na medicina e segurança do trabalho. Totalmente informatizada a VITASEG – Engenharia e Medicina do Trabalho mantém através de controles rigorosos, um excelente ambiente corporativo, entre as empresas contratantes e seus funcionários, oferecendo atendimento contínuo e personalizado e agora se integrando ao novo sistema do eSocial.


Cuide da sua coluna o ano todo Por Kely Ana Mattei | Quiropraxista apenas quando as dores aparecem, pois neste estágio o corpo já está dando sinais de danos. A dor é sempre um sinal de alerta de que algo não está bem. A Quiropraxia corrige as subluxações da coluna vertebral, que são os pequenos desalinhamentos entre as vértebras. A medula e sistema nervoso passam por dentro da nossa coluna e saem através de orifícios intervertebrais raízes nervosas periféricas, que levam as informações para o nosso corpo. Quando temos qualquer desalinhamento entre vértebras, essas informações ficam diminuídas e não chegam 100% ao organismo. As subluxações vertebrais podem causar, além da diminuição do impulso nervoso, dores locais ou irradiadas, desconfortos musculares, dores de cabeça, diminuição da amplitude

de movimento articular entre outros, incluindo processos degenerativos na coluna. Uma pessoa que visita o seu quiropraxista regularmente e corrige as subluxações tem uma vida mais saudável, mais disposição no dia a dia, melhora da qualidade do sono, intestino regulado, melhor funcionamento de todos os órgãos e principalmente, está prevenindo contra problemas futuros de saúde e de coluna.

Foto Arquivo Pessoal

As férias são o período em que reservamos para e recuperar as energias que gastamos durante o ano todo. Porém, geralmente nestes dias de descanso, não temos o hábito de cuidar das nossas posturas e manter atitudes saudáveis para a saúde da nossa coluna. Dormimos em colchões inadequados ou em redes, utilizamos as cadeiras de praia (não tão anatômicas), ficamos sentados por várias horas em longas viagens e até mesmo nos esquecemos da preciosa água mineral, fundamental para hidratar o corpo e os discos intervertebrais. Eu sempre digo aos meus pacientes que os cuidados com a coluna devem ser feitos o ano todo, pois o organismo em geral depende de um bom alinhamento das vértebras para funcionar perfeitamente, livre de interferências. Não adianta cuidar

Por isso, ao voltar das suas férias, retome os seus ajustes quiropráticos. Se você ainda não é paciente, comece logo a fazer quiropraxia e mude a sua qualidade de vida. Uma coluna ajustada é sinônimo de um corpo saudável e com mais vitalidade.

Seja o

melhor de

você

Viva um plano Magrass

(54) 3452-6512 /magrassbentogoncalves Anuncio.indd 2

(54) 99922-6512

/magrass.bentogoncalves

R. Treze de Maio, 675 - Sala 101, São Bento - Bento Gonçalves Jornal Design 5

16/01/2018 12:45:30


Tema de casa

Lanches saudáveis para a volta às aulas Fotos Merlo Fotografias

Alimentação equilibrada ajuda no desenvolvimento da criança e evita problemas como diabetes e hipertensão

Além da reorganização da rotina diária, o período de volta às aulas coloca em pauta a qualidade da alimentação infantil. Na correria do dia a dia, alimentos industrializados como biscoitos, bolos e salgados muitas vezes acabam se tornando os protagonistas das lancheiras. Mas é preciso ficar alerta. De acordo com uma estimativa da Organização Mundial da Saúde, o número de crianças obesas deve chegar a 75 milhões até 2025 – problema de saúde pública que preocupa pelo alto risco de os pequenos desenvolverem problemas como diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares. A alimentação saudável é essencial para o desenvolvimento adequado da criança, além de auxiliar na sua formação, prevenir doenças e colaborar para o bom funcionamento do corpo. A falta de alimentos saudáveis durante a infância pode prejudicar a capacidade de concentração, o bom desempenho escolar e está ligada a problemas comportamentais e emocionais na pré-adolescência e na adolescência. “Por muito tempo, a alimentação infantil foi estimulada por guloseimas, salgadinhos e fast food, como se as crianças não precisassem dos nutrientes e vitaminas contidos em alimentos como frutas, oleaginosas, grãos integrais e vegetais, por exemplo”, explica a nutricionista Fernanda Capellari. O aviso tem especial importância para pais que ainda preparam

6 Jornal Design

as refeições levadas pelos filhos para a escola. Em casa, é preciso ter paciência e fazer diversas tentativas para a criança se acostumar com os sabores e texturas. Na lancheira, frutas, sucos naturais, água de coco, sanduíche integral de frango ou atum (ótimas fontes de proteínas) e bolos in-

tegrais com frutas são opções fáceis de preparar e nutricionalmente ricas. Já tudo o que tiver muito sódio, gordura, corantes e aditivos deve ser evitado ao máximo. Para os que compram os lanches na cantina, a orientação é evitar sucos artificiais e refrigerantes, optando por sucos naturais ou água


Reflexo dos pais Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de São Paulo mostra que os hábitos alimentares dos pais ou responsáveis têm influência direta no comportamento alimentar dos filhos. De 164 crianças avaliadas, 56 apresentaram excesso de peso. Dessas, 46 possuíam responsáveis com o mesmo problema. Fernanda reforça que os adultos são exemplos para a criançada e, por isso, é fundamental que todos tenham bons hábitos alimentares. “Não adianta esperar que a criança goste de alimentos saudáveis se os pais não os consomem. Também é importante ressaltar que a hora da refeição deve ser um momento de prazer, sem estresse. Não se deve forçar a criança a comer mais do que quer”, salienta. Alimentação balanceada

e consumir sanduíches naturais, barras de cereais ou de frutas. No Colégio Scalabriniano Medianeira, a alimentação equilibrada é uma preocupação coletiva. Há 10 anos a instituição mantém o projeto “Coma bem, viva bem”, que agora passou a se chamar “Mais vida, mais saúde”. A proposta é envolver alunos, educadores, famílias e comunidade em busca de hábitos e ingredientes saudáveis e nutritivos. A partir de temas como refrigerantes, pães e biscoitos, estudantes desde a educação infantil até o Ensino Médio se envolvem em pesquisas, palestras e visitas técnicas para aprenderem sobre o assunto. “O projeto tem que levar a uma mudança de comportamentos tanto dos alunos quanto de suas famílias e da comunidade, sempre em direção a uma vida mais saudável. Por isso, em maio promovemos uma feira na qual apresentamos os resultados colhidos durante esses estudos”, explica a coordenadora pedagógica Veridiane Santa Rosa.

Para que seja criado o hábito da alimentação saudável, os pratos oferecidos para as crianças devem ser sempre coloridos, pois apresentam um visual bonito, que estimula o apetite e garante o consumo de todos os nutrientes necessários. Devem ser oferecidos alimentos de todos os grupos alimentares, como feijões, cereais, raízes e tubérculos, legumes, verduras, frutas, leite e carnes, variando os alimentos dentro de cada grupo. Outra dica é elaborar receitas que a criançada possa participar. Além de proporcionar momentos gostosos em família, o pequeno visualiza o preparo do prato e, por ter ajudado a confecciona-lo, desperta seu interesse em experimentar. “As crianças não devem comer alimentos industrializados, enlatados, embutidos e frituras, pois contêm sal em excesso, aditivos e conservantes artificiais. As frituras são desnecessárias, pois a fonte de lipídeo (gordura) já está presente naturalmente no leite, nas fontes proteicas e no óleo vegetal utilizado para o cozimento dos alimentos”, finaliza Fernanda.

Lanchinho do bem Confira cinco opções nutritivas e simples de preparar para o lanche da escola: Opção 1: 1 fatia de melão cortada em cubinhos + 2 fatias de pão integral + 1 fatia de queijo branco com tomate + orégano e alface. Opção 2: 1 potinho de salada de frutas + 1 pedaço de bolo caseiro integral + 1 unidade de iogurte natural. Opção 3: 1 banana + 2 fatias de pão integral com patê de atum e ricota + 1 unidade de água de coco. Opção 4: 1 iogurte natural + 1 porção de morangos picados + 1 colher de sopa de aveia em flocos. Opção 5: 1 fatia de mamão + 2 colheres de sopa de aveia + 2 fatias de ricota + tomate cereja.

#ficadica * Programa “Socorro! Meu filho come mal” (sextas-feiras, às 21h, no canal GNT) * Livro “Os 7 segredos para criar filhos bons de garfo” (Editora Alaúde)

Jornal Design 7


Beleza dos cabelos e cuidados com a pele para o verão Por Iva Vivan | Personal Hairstylist Nosso organismo tem necessidades diferentes em casa estação do ano – por isso é importante atentarmos para as mudanças em alguns hábitos, alimentação e cuidados com o corpo. Até mesmo as mudanças entre a rotina do período de trabalho ou férias requerem atenção. Estar atento às necessidades de cada ciclo é garantia de mais qualidade de vida. Veja as dicas de Fabiane Guterres:

Aposte ou invista em um Cronograma Capilar, levando em conta as particularidades específicas para cada tipo de cabelo: coloridos, loiros, ressecados ou naturais. Procure fazer uma rotina com hidratação, nutrição e reconstrução. Estes procedimentos ajudam a preparar os fios evitando danos causados pela ação do sol, vento, água do mar, cloro e areia. Quanto mais saudável o cabelo estiver, menores serão os danos. Durante Cabelos expostos ao sol, mar, piscina pedem produtos com proteção UVA e UVB (os raios solares

8 Jornal Design

Depois Estes agentes fazem a estrutura capilar perder água e proteínas. Assim aposte em tratamentos específicos para cada caso: desbotamento da cor, ressecamento, limpeza do couro cabeludo e manutenção do corte. Cuidado Chapéus, boné, ajudam a proteger, mas abafam. O excesso de suor desequilibra a flora capilar, ocasionando doenças do couro cabeludo. Cuidados com a pele Antes de ir para o sol, é importante que a pele esteja preparada para isso. Uma boa hidratação facial é fundamental. Durante o verão é o momento

Foto Unsplash

Cuidados Verão para os cabelos Antes

estimulam a perda da queratina e estimulam a oxidação) e ativos especiais como óleos e vitaminas com ação antioxidante. Esses ativos formam uma película de proteção nos fios. Para cabelos coloridos, os shampoos livres de sulfatos são bons aliados.

de intensificar o uso de protetores solar, que precisa ser aplicado durante todo o dia, não apenas nos momentos de lazer. Existem diferentes tipos, conforme a região do corpo. Busque orientação profissional, pois dependendo das necessidades de cada pele é indicado um fator. Diariamente, lembre-se de limpar, tonificar, proteger, limpar e após hidratar novamente a pele. Conforme sentir necessidade, a pele precisa de uma boa limpeza, com um peeling, para retirar todas as impurezas acumuladas. Faça sua avaliação sempre, durante e após o verão. Dicas da esteticista Andreia Giovanella.


Tudo que você precisa saber sobre rinoplastia, a cirurgia do nariz Por Dr. Felipe de David | Cirurgião Plástico Foto Divulgação

Os primeiros relatos de cirurgia plástica do nariz datam de 2.200 a.C., do papiro de Edwin Smith, encontrados em Tebas, em 1862. Naquela época, no entanto, eram realizadas apenas cirurgias para reconstrução do nariz. Foi apenas no final do século XVIII que se iniciou a prática da rinoplastia com objetivos estéticos. Inicialmente, realizavam-se incisões na pele do dorso do nariz, retirando-se excesso de osso e cartilagem, resultando em uma cicatriz longitudinal. Posteriormente, o americano John Orlando Roe, o alemão Johann Dieffenbach e, especialmente, o alemão Jacques Joseph, contribuíram muito com conceitos importantes e até hoje muito utilizados na cirurgia do nariz. Atualmente, com o surgimento de novos estudos e técnicas, a rinoplastia estruturada está sendo amplamente utilizada, com aumento da previsibilidade de resultado, da individualização das técnicas, maior controle dos tratamentos de acordo com o paciente,

e da associação da estética com a função nasal. O nariz possui um destaque na estética facial, contribuindo até mesmo com a formação da personalidade. Porém, não pode ser encarado isoladamente, como um elemento independente. Mais importante do que o nariz em si na concepção de beleza, é a harmonia do mesmo com a face. Basta comparar narizes de ícones da beleza, como Gisele Bündchen, Naomi Campbell, Marilyn Monroe, Audrey Hapburn. Todas belíssimas, com uma harmonia facial marcante, porém com narizes possuindo cada qual sua individualidade. Poderia afirmar que o nariz é o elemento primordial da face e, como tal, responsável pela harmonia, personalização, beleza e, acima de tudo, aceitação ou não dentro dos mais altos, competitivos e exigentes padrões de beleza atuais. A rinoplastia é uma cirurgia cuja procura aumenta a cada ano no mundo todo. Cada paciente

apresenta queixas e características que devem ser amplamente consideradas durante o planejamento cirúrgico, sem deixar de lado a sua função, pois torna-se desagradável para o paciente ter um nariz belo que não respire adequadamente. O aspecto psicológico merece uma atenção especial. Quando um paciente procura por uma rinoplastia estética, o cirurgião deve tentar compreender da melhor maneira possível os anseios da pessoa, uma vez que vários conceitos envolvendo a realização desta cirurgia são relativos, a começar pelo de beleza. Seria possível descrever um modelo único de nariz belo? E é exatamente esta individualidade, este desafio de unir o desejo do paciente, a harmonia facial, a característica étnica e a função respiratória na programação cirúrgica que une tantos apaixonados pelo tema, dentre os quais definitivamente estou incluído.

Jornal Design 9


Prêmio Salão Design: 30 anos, 15 mil histórias Reconhecida nacionalmente e em toda a América Latina como celeiro de novos talentos, a iniciativa do Sindmóveis é referência incontestável no design brasileiro de móveis

Foto Carlos Ben

“Os contatos que tive por meio do prêmio certamente tiveram uma importância fundamental nas minhas escolhas profissionais” André Ferri, premiado em 2013 como Estudante e depois, em 2016 e 2018, na modalidade Profissional na formação da identidade do design brasileiro e latino-americano. Naturalmente, a história e a evolução do design mundial sempre estarão presentes de alguma forma nas criações, mas o passar dos anos mostrou uma corrente muito forte em direção ao uso de elementos e técnicas locais – desde espécies de madeira nativa até elementos culturais de toda a América Latina, incluindo imersão cultural no processo criativo e a transposição desses valores para o ambiente industrial. O diretor do Prêmio Salão Design, Eduardo Nuncio, reforça a trajetória do prêmio em duas frentes que correm paralelas: a do design autoral e altamente conceitual, com peças muitas vezes numeradas e de produção limitada, que projetam o designer e o conceito do design contemporâneo. E, por outro lado, as soluções de design funcional para alta escala e que funcionam perfeitamente para um consumidor de moradias práticas, mas que anseia por imprimir identidade ao seu espaço. “O legado do Prêmio Salão Design é incontestável. Ambas as frentes, seja o design industrial ou aquele artesanal, propõem algo maior. Juntas elas formam a assinatura do design brasileiro – o que vai desde novos métodos de produção até o uso de uma madeira nacional e

Eduardo Nuncio, diretor do Prêmio Salão Design, pontua o papel do projeto como incubadora de novos talentos e ambiente de aproximação entre designers e indústrias, o que inúmeras vezes tem como resultado novos produtos com êxito no mercado

Por Ana Carolina Azevedo | Jornalista A história do design de móveis no Brasil não pode ser contada sem uma menção importante ao Prêmio Salão Design. O título de maior da América Latina é amparado pelo número de participantes, pela expressiva premiação em dinheiro e o envolvimento direto dos maiores nomes do segmento na atualidade – seja como participantes ou jurados. Importantes fornecedores do setor moveleiro, como a fabricante de chapas Berneck e a multinacional alemã Interprint, patrocinam e apoiam o prêmio como um lugar de discussão sobre materiais, inovação e associação entre a indústria moveleira e os profissionais de design. A modalidade Estudante, por sua vez, alavancou a carreira de nomes hoje reconhecidos no cenário e também exalta o papel dos professores no incentivo à pesquisa. Por isso, o reconhecimento através do Troféu Professor Orientador. Um dos designers que teve sua primeira participação como estudante é o mineiro André Ferri. A validação dos jurados com a premiação pelo criado-mudo ME, em 2013, foi fundamental para o direcio10 Jornal Design

namento da sua trajetória como designer – embora ele se considere, na verdade, um arquiteto marceneiro. Ele conta que a receptividade ao seu projeto, naquele ano, impulsionou seus estudos sobre marcenaria tradicional e história do mobiliário brasileiro – que, atualmente, são uma marca do trabalho de Ferri no seu atelier em Belo Horizonte. Assim que formado em Arquitetura, Ferri foi premiado como profissional pela luminária Entre e Passe. Ele conta que, naquela cerimônia de premiação, conheceu uma empresa interessada em produzir peças assinadas e teve o primeiro contato com esse viés industrial do design. “Os contatos que tive por meio do prêmio certamente tiveram uma importância fundamental nas minhas escolhas profissionais”, conta. Além de Ferri, são quase 15 mil histórias contadas por meio do mobiliário e complementos inscritos no prêmio: mais exatamente 14.312 projetos participantes até hoje. Para além de uma vitrine de tendências e talentos, o Prêmio Salão Design tem parte

“O uso da diversidade madeireira, para mim, é como o uso da diversidade de ingredientes para um cozinheiro” Ricardo Graham Filho, designer vencedor do Prêmio Madeiras Alternativas em 2015


legalmente extraída. É esse o legado que queremos deixar: uma importante e significativa contribuição para a construção do perfil do design que tem a cara do nosso país”, define Nuncio. O insight por trás da criação do Prêmio Salão Design

Pensar madeiras! Madeiras, inclusive, são um tema presente no Prêmio Salão Design desde 1996, com a criação do Prêmio Madeiras Alternativas numa parceria com o Serviço Florestal Brasileiro. Todo ano, os projetos brasileiros inscritos no Prêmio Salão Design concorrem automaticamente a essa categoria especial. É escolhido o melhor projeto da edição fabricado a partir de espécies que o Serviço Florestal Brasileiro considera como não “muito utilizadas”. Sob a análise de técnicos do Ministério do Meio Ambiente, o objetivo é a divulgação da enorme diversidade de madeiras existente no país. Além disso, a iniciativa estimula o manejo sustentável das florestas, ao passo que absorve sua produção, tornando-as econômica e ecologicamente viável. Durante muitos anos, o vencedor levava apenas um troféu especial, mas, desde 2015, o Serviço Florestal Brasileiro passou a conceder como prêmio uma expedição que começa no Laboratório de Produtos Florestais, em Brasília, e segue para Rondônia, onde o designer pode ver de perto a floresta amazônica e algumas áreas de extração, beneficiamento e manejo da madeira. Isso levou o design nacional a um olhar mais apurado para as centenas de espécies de madeiras com diferentes densidades, cores, cheiros e detalhes naturais – o que faz parte do cotidiano de designers como Ricardo Graham Ferreira, vencedor do Premio Madeiras Alternativas em 2015 pelo banco Sela. Ao preconizar a diversidade, Graham reforça que o seu trabalho como designer fica ainda mais sustentável. Ele conta que é muito especial testemunhar todo o circuito da madeira, desde a seleção da árvore, o abate, o beneficiamento e a venda.“O uso da diversidade madeireira, para mim, é como o uso da diversidade de ingredientes para um cozinheiro”, define. Os 30 anos do Prêmio Salão Design celebram histórias, trabalho e legado. Essa 22ª edição do prêmio, cujos premiados você confere na página ao lado, teve 629 inscritos e 58 finalistas. A comissão julgadora teve cinco designers com diferentes áreas de atuação e influências: Brunno Jahara, Bruno Faucz, Letícia Grisa, Nicole Tomazi e pelo alemão Salvatore Figliuzzi. A cerimônia de premiação e mostra de produtos serão durante a Movelsul Brasil 2018, de 12 a 15 de março, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves. Depois, em agosto, as peças vencedoras poderão ser novamente vistas pelo público na High Design Home & Office Expo, feira âncora do DW! São Paulo Design Weekend. Nesse ano, o prêmio terá primeiro, segundo e terceiro lugares em cada modalidade (Estudante, Profissional e Indústria/Varejo), além de três superprêmios – mas a colocação de cada premiado será conhecida apenas na cerimônia de premiação!

“Esse é o legado que queremos deixar: uma importante e significativa contribuição para a construção do perfil do design que tem a cara do nosso país” Eduardo Nuncio, diretor do Prêmio Salão Design

O Prêmio Salão Design nasce como atração paralela da Movelsul Brasil em 1988 – naturalmente para oferecer subsídios de diferenciação para a indústria moveleira nacional. A semente desse prêmio, no entanto, foi germinada pelo menos duas décadas antes com iniciativas pioneiras de três das indústrias mais importantes da época: Pozza, Todeschini e Barzenski. O designer e museógrafo Ivens Fontoura conta, em seu livro Uma Visão do Design Latino-Americano, que a produção de móveis no país teve uma reviravolta com a criação das famosas cozinhas modulares coloridas por José Carlos Bornancini e Nelson Ivan Petzold. Outro caso exemplar, narra Fontoura, foi a contratação de designers pela Pozza em meados dos anos 1970, rompendo o paradigma de que o móvel deveria ser concebido apenas dentro da indústria e caracterizando o conceito de consultoria em design. Por fim, essa linha do tempo tem como fato relevante a compra de uma linha completa de móveis pela Barzenski. Estava lançada a ideia de ganho de mercado para o setor moveleiro por meio do design. A ideia de um concurso de móveis assinados partiu do designer Guilherme Fontanari para o presidente da Movelsul 1988, Dorvalino Pozza, que nos anos anteriores havia experimentado o trabalho de vários designers – entendendo a importância da temática. Fontanari relembra que o design brasileiro já tinha certa profusão nos anos 1970, mas fluía apenas no eixo Rio/ São Paulo. Se a Serra Gaúcha tinha uma feira de móveis em franca expansão, por que não plantar essa semente do design no contexto da Movelsul? “Como designer e consultor, eu já tinha uma carreira consolidada na época, mas o coletivo e setorial me parecia relevante naquele ambiente. Considero que, sim, o Prêmio ajudou a alavancar o design brasileiro”, avalia. Desde seus primórdios, o Prêmio Salão Design assumiu-se como um projeto internacional, mas a participação estrangeira tornou-se realmente expressiva nos últimos 10 anos. Isso reflete o amadurecimento, principalmente dos países da América Latina, para o design. Cumprindo um papel importante como incubadora de novos talentos, o prêmio chega aos 30 anos de história com o mérito de criar um ambiente de aproximação entre designers e indústrias, o que inúmeras vezes tem como resultado novos produtos com êxito no mercado.

Jornal Design 11


Prêmio Salão Design 2018 Categoria Estudantes: 1 | Coleção Diagonal, design de Gabriel Paim Barbeiro (Universidade de Caxias do Sul/Caxias do Sul RS) Inspirada por linhas simples, agrupadas, inclinadas e também dispostas paralelamente, utilizadas como base e corpo das luminárias. 2 | Mesa Quebrada, design de Agustín dos Santos Farias (Escuela Universitaria Centro de Diseño/Montevidéu) e Prêmio Professor Orientador para Gabriel Deber Peça auxiliar de tamanho pequeno feita com varas ferro. Simples assim. Toda a estética da peça se constrói a partir dos espaços vazios entre suas hastes.

Categoria Profissionais: 4 | Biblioteca Latorna, design de Marcela Coppari

5 | HUM, design de Federico Mujica Iturria e Carolina Arias Bianchi, Muar Diseño (Montevidéu/UY) De aspecto leve, é feito em carvalho e revestido em fibras naturais. Disponível em três tamanhos: sofá simples, sofá de 3 lugares e chaise longue. 6 | Linha Zina, design de Zanini de Zanine, Studio Zanini (Rio de Janeiro/RJ) Linha inspirada em móveis de ferro brasileiros dos anos 1950, reunindo um mix de materiais contrastantes como o aço carbono, tecido e madeira maciça.

A estrutura que conjuga metal e madeira traz uma mistura de leveza com riqueza sensorial. 9 | Varanda, design de Menini Nicola e Bernardo Senna (Montevidéu/UY) A linha Varanda cria jardins urbanos considerando os pequenos espaços de convivência que temos ao nosso redor. A coleção é composta por jardineira, bancos e mesas. Categoria Indústrias: 10 | Mesa Falésia, Lider Interiores (Carmo do Cajuru/MG) com design de Amélia Tarozzo, Camila Fix,

7 | Luminária Costureira, design de André Ferri (Belo Horizonte/MG) Luminária feita artesanalmente em marcenaria, pode ter seu tubo girado em 360º, controlando a luminosidade.

4

8 | Poltrona Lina, design de Leo e Fernanda Mangiavacchi, Fantástico Studio di Design (Rio de Janeiro/RJ)

1

5 3

2

12 Jornal Design

Fotos Carlos Ben

3 | Poltrona Flor, design de Artur de Menezes Fernandes (Universidade Norte do Paraná/Londrina PR) Resultado do estudo de formas traduzidas em linhas fluidas.

e Agustín Barrionuevo (Cordoba/Argentina) Sistema aberto que pode se adaptar em configurações diversas. São apenas dois elementos: colunas e prateleiras.


Fotos Carlos Ben

6

8

9 11

7

Flávia Pagotti Silva e Rejane Carvalho Leite – Plataforma 4 Estrutura em madeira maciça e tampo folhado. Destaque para a fenda central com aplicação de marchetaria nas extremidades.

11 | Mini Nadda, Iluminar (Belo Horizonte/MG) com design de Francisco Esteban Terroba O diferencial principal do projeto, além de suas dimensões reduzidas, é o sistema basculante de regulagem manual de inclinação vertical.

10

䄀洀戀椀攀渀琀攀猀 焀甀攀 猀甀爀瀀爀攀攀渀搀攀洀

䔀猀琀椀氀漀 攀 䐀攀猀椀最渀

瀀爀漀瀀漀爀挀椀漀渀愀渀搀漀 

䔀猀瀀愀漀猀 򂐀渀椀挀漀猀

匀䠀伀圀刀伀伀䴀 䐀䔀 䘀섀䈀刀䤀䌀䄀

刀甀愀 伀氀愀瘀漀 䈀椀氀愀挀 ㈀㠀㐀  匀愀氀愀 ㄀  䤀 䌀椀搀愀搀攀 䄀氀琀愀 䤀 ㌀㐀㔀㈀  㠀  㠀   Jornal Design 13


12

VEJA O MUNDO DE UMA FORMA TÃO ORIGINAL QUANTO OS ARTISTAS. 12 | O2 talheres, Alma Design d’Auteur (Curitiba/PR) com design de José Manuel Carvalho Araújo Com dupla função – hashi + garfo/ faca –, esse conjunto é feito em aço inox 316 modelado. Prêmio Madeiras Alternativas 13 | Penteadeira Nena, design de Mariana Beting Ferrarezi e Roberto Hercowitz, Em2 Design (Rio de Janeiro/RJ)

13

Criada para ser uma penteadeira, Nena possui espelho retroiluminado com fitas de led e acabamento em bisoté, além das gavetas com múltiplos repartimentos para acomodar objetos. Madeira identificada: Cariniana SP e laminado. Menções Honrosas 14 | Castiçal Veleiro, design de Giuliano Perretto e Max Kampa, Ventura Lab (Curitiba/PR) Vela é de acender ou velejar? Esse finalista do Prêmio Salão Design brinca com o duplo sentido da palavra.

Cortina Duette®

15 | F.LY, design de Andrea Bezerra de Carvalho Macruz, Nolii (São Paulo/ SP) Ousada, a luminária F.LY é uma representação das ramificações de uma folha não simétrica. É feita em papel especial com PH neutro, o que evita o amarelamento e aumenta a durabilidade da peça. 14

16 | Hoop Lamp, design de Daniel Simonini e Niccolo Adolini, Adolini+Simonini para Martinelli Luce (São Paulo/SP) Essa luminária de mesa presta uma homenagem a Angelo Mangiarotti, ao reinterpretar a mesa Eros, concebida pelo mestre italiano nos anos 1970.

Para pessoas originais, só a original. A persiana Luxaflex® que fez tanto sucesso a ponto de virar sinônimo de categoria, foi criada pela Hunter Douglas® no final dos anos 40. De lá pra cá, foi inovação atrás de inovação, ampliando a linha de produtos e surpreendendo a cada lançamento. Tanta coisa mudou que até a marca Luxaflex® recebeu o nome da sua criadora Hunter Douglas®. Com certeza, as inovações vão continuar, mas uma coisa não vai mudar nunca. As mais modernas, tecnológicas e desejadas persianas - únicas e originais - vão continuar tendo a mesma marca, mas agora um só nome: Hunter Douglas®.

16

15

Revenda Centurion ARTELANA - Tel.: 54 3055.2417 Travessa Maranhão, 55 - Bento Gonçalves - RS www.artelana.com.br

Fotos Carlos Ben

14 Jornal Design


A vez das mesinhas Por Marta Manente | Designer

A mesa de canto ou mesa lateral, como também é chamada, é um daqueles móveis coringas na casa que funciona para diferentes ambientes e tem uma proposta bem interessante para a decoração. O móvel que pode ser usado no canto da sala ao lado do sofá, sobre a mesa de centro, no quarto ao lado de um poltrona ou até mesmo como substituta do criado-mudo, é muito funcional, mas acima de tudo traz um toque de estilo para a decoração de qualquer ambiente. A grande tendência no decor é fazer composições com diversas mesinhas juntas com diferentes alturas, formas e até mesmo materiais.

Exemplo disso são as mesas Aro e Axis. A mesa Aro uniu design, formas geométricas, materiais e funcionalidade. Conceito fortemente presente em seu desenho de anel e argola que geram valor estético ao produto harmonizando com seus materiais: aço carbono champagne e espelho bronze. Axis tem como significado eixo. Com seu design minimalista e com formas geométricas possui apenas uma estrutura que faz ligação entre a base inferior com o tampo. Seu material é aço carbono dourado, combinado com lâmina de madeira natural de cinamomo. Uma peça com desenho leve para compor com as demais tendências do design.

Foto Starmobile Estofados

Jornal Design 15


Foto Divulgação

Arquitetos e engenheiros asseguram eficiência em projetos

Uma das bases que alicerçam a Associação dos Engenheiros e Arquitetos da Região dos Vinhedos (AEARV), a valorização do profissional tem sido um assunto recorrente nas diretrizes que balizam as ações da entidade. Além de palestras e encontros técnicos a fim de

16 Jornal Design

oferecerem atualizações ao corpo associado, a AEARV tem reafirmado seu compromisso em defesa do conhecimento técnico como fator de garantia e qualidade em obras e reformas. “A contratação de um profissional traz segurança ao contratante, porque ele afiança seu trabalho baseado em ética e exper-

tise, seguindo responsabilidades às quais estão determinadas em conselhos como o Confea e o Crea”, avalia o presidente da AEARV, o engenheiro civil Diego Panazzolo. Diferenciais como esses são determinantes para aqueles que procuram nessas qualidades um sinônimo também de economia. Uma reforma ou uma obra tem muito de seu sucesso vinculado a partir de um bom projeto profissional, o que evita desperdícios e potencializa assertividade no resultado. Quando precisou dar uma nova cara para sua loja – a Couros do Valleh, no L’América Shopping –, a empresária Patrícia Fontanive Mondadori fez questão de contratar um profissional que cumprisse uma agenda ligada a tais preceitos. “Os arquitetos conseguem enxergar espaços que não vemos, eles têm a habilidade de extrair o máximo potencial do imóvel, o adaptando às nossas necessidades”, comenta a empresária. Preocupado com a construção de sua futura residência – obra que ainda nem começou –, o empresário Alexandre Bergamo cercou-se de segurança. Para ele, o cálculo estrutural é uma importante etapa da obra para que tudo fique nos conformes legais. “Eu busquei a experiência e a capacidade de um engenheiro porque terei muito mais segurança na execução da obra. Como é um investimento numa casa, o que significa muito para mim, gostaria que isso fosse da maneira mais correta”, diz Bergamo.


Dell Anno inicia 2018 encantando parceiros No que depender do carinho da loja Dell Anno Bento Gonçalves para acolher os parceiros e cultivar os bons relacionamentos, 2018 vai ser um sucesso absoluto. Na abertura da agenda de atividades do ano, a equipe recepcionou arquitetos e especificadores em um coffeebreak cuidadosamente planejado para impressionar em cada gesto de boas-vindas e detalhe da organização – entre eles as delicadas louças e as refinadas tábuas de frios e frutas servidas aos convidados. O encontro também foi oportunidade para a gestora do Grupo Cosentino, Stéfany Soraire, apresentar alguns lançamentos e esclarecer dúvidas sobre produtos como Silestone e a dekton, Diferenciais decisivos oferecidos pela loja para contribuir com a excelência dos projetos assinados pelos arquitetos. Saiba mais

Fotos Jornal Design

O Dekton é uma mistura sofisticada de matérias-primas que são utilizadas para fabricar vidros, porcelânicos de última geração e superfícies de quartzo. “É uma inovadora categoria que antecipa o futuro das superfícies para a arquitetura e para o design”, relata Rodrigo da ProMarmo, que também participou esclarecendo dúvidas na instalação dos produtos. Para conferir as novidades, visite a loja na avenida Oswaldo Aranha, 1394. Fone 3454.3333.

Jornal Design 17


Tendências 2018, segundo o Pinterest Por Juliana Desconsi | Designer

1. Banheiros com cara de SPA. São banheiros amplos, inspirados em ambientes de tratamento e relaxamento que trazem uma atmosfera de férias. Faz-se uso de móveis de em rattan. 2. Marmorite é o novo mármore. Este material muito famoso na década de 70 voltou com tudo para decorar paredes, tetos, tampos de cozinha, estre outros. Com um custo bem menor que o mármore, o marmorite é um material compósito que mescla fragmentos de diferentes pedras em sua composição. 3. Mistura de metais. Os metais combinam com qualquer paleta de cores, mas para realmente ampliar um espaço, tente misturar diferentes materiais como: aço escovado, muito presente nos eletrodomésticos, com tons dourados, cobre e a mais nova tendência nos metais, o latão.

Foto Divulgação

4. Teto Decorado. Uma decoração no teto pode transformar completamente um ambiente com uma cor forte, um papel de parede diferente ou uma textura intrincada. 5. Móveis de machetaria. Placas com grafismo transformam uma peça comum no destaque do ambiente, com toques maximalistas e padrões geométricos.

6. Pisos de madeira estilizados. Revestimentos de parede e pavimentos em tons de cinza ou com um padrão de instalação em formato de espinha de peixe, são versáteis, trazem mais dimensão e deixam qualquer ambiente mais moderno. 7. As portas como destaque. Uma porta da frente toda colorida, com um capacho com uma mensagem divertida é a nova maneira de receber os convidados. 8. Vasos com marantas. Vasos com plantas, como por exemplo a maranta, com folhagens diferentes e cores vibrantes trazem uma atmosfera mais natural ao ambiente. 9. Quadros grandes. As paredes vazias agora então em alta com o uso de quadros grandes, pôsteres, obras de arte e fotografias impressas. 10. Verde acinzentado. Um espaço fica muito mais suavizado com o uso do tom verde sage. É um tom neutro que vai bem em vários ambientes. Essas dicas estão fortemente ancoradas na ideia do “faça você mesmo” (DIY), sempre trazendo uma forma criativa e mais econômica de personalizar e deixar ambientes mais modernos, agradáveis e atualizados. Teve várias ideias para sua casa? Então mão na massa.

Foto Visualhunt

Uma das mais importantes redes sociais da atualidade para o compartilhamento de fotos, o Pinterest assemelha-se a um quadro de inspirações onde os usuários podem compartilhar e gerenciar imagens temáticas como: decoração, jogos, hobbies, roupas, perfumes, etc. Cada um pode compartilhar suas imagens, recompartilhar as de outros utilizadores e colocá-las em suas coleções ou quadros (boards), além de poder comentar e realizar outras ações disponibilizadas pelo site. Para 2018 a plataforma criou um relatório chamado Pinterest 100, que na sua quarta edição, traz um compilado das maiores buscas dos usuários em diferentes áreas de interesse. No seu acervo, segundo o Pinterest, há mais de 14 bilhões de ideias relacionadas ao tema decoração e que em 2017 cresceram 75% em relação a 2016. Através deste comportamento do usuário, ou seja, o que as pessoas estão “pinando”, o Pinterest reúne os principais indicadores e revela 100 tendências para as áreas de: decoração, bem-estar, moda, comida e bebida, viagens, estilo, pais e filhos, celebrações e hobbies. Aqui selecionamos as principais tendências em decoração sugeridas:

POR QUE UMA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA

A Unicred tem um atendimento próximo

COOPERATIVA É DIFERENTE?

e especializado em soluções financeiras

PORQUE AQUI VOCÊ TEM MAIS

valor.

personalizadas, e ainda divide os resultados no final de cada ano com seus cooperados. O futuro começa a ser vivido agora, ao seu lado. Em 2018, faça a sua vida ser inesquecível! Venha para a Unicred Integração.

BENTO GONÇALVES: Rua José Mário Mônaco, 321 | (54) 3451.5255 | GARIBALDI: Av. Júlio de Castilhos, 205 - Sala 301 - Centro Comercial Santa Fé | (54) 3462.3881 | www.unicredintegracao.com.br 18 Jornal Design


Para entender o design de produto Por Margit Arnold Fensterseifer | Arquiteta de seu sucesso e encantamento. A criatividade vem do verbo “criar”, significa que o profissional é capaz de modificar o que já existe, produzindo algo diferente. Para isso, o designer necessita pensar de forma inusitada, buscando inspiração na história, nos modelos pré-existentes (estudando seus erros e acertos) e em especial em outras áreas e configurações, como a natureza, as criações

Fotos Studio 218 - Estúdio de Arquitetura

Quando o assunto é design de produto, ainda mais após trinta anos de salão de design, vêm à mente três palavras que com certeza estão presentes nos trabalhos dos inúmeros vencedores: criatividade, inovação e redesign. Todo produto campeão de vendas no mercado tem intrínsecas estas características, portanto descrevê-las fará com que possamos compreender de alguma forma o porquê

de moda ou até mesmo cinemas e vídeos. Inovar nem sempre é fácil: já que a forma mais comum de projetar é a releitura de produtos consagrados, se fazem necessárias melhorias e mudanças de padrões. A inovação acontece quando o produto sai dos modelos existentes e mostra, em termos tecnológicos e estéticos, detalhes e conjuntos de elementos que surpreendem. A inovação na indústria moveleira é determinada também pelos processos fabris das indústrias que por vezes precisam se adaptar para produzir determinados produtos. O redesign, ou releitura dos produtos, também exige que o profissional pense, muitas vezes, em novas formas de organizar os mesmos materiais e processos, para

tanto precisando sair do senso comum. Para obter sucesso de vendas nestes produtos, no entanto, é importante que o designer conheça o público alvo a ser beneficiado com sua criação. Além de conhecer este mercado consumidor, se torna imprescindível pesquisar tendências futuras, pois um bom produto precisa satisfazer por pelo menos dois anos o mercado para que seja rentável à indústria que o fabrica. Complexo e adorável é o processo diário dos profissionais de design na criação de novos projetos, com frequência explorando novas formas, saindo de limites rígidos como custos, processos industriais e matéria prima. No entanto, a cada nova edição do salão do design nos surpreendemos com lançamentos que irão fazer a diferença no dia a dia dos consumidores.

Jornal Design 19


Contagem regressiva para a Movelsul Brasil 2018 De 12 a 15 de março, feira vem para impulsionar a retomada da indústria moveleira, com expectativa de 200 expositores de móveis e complementos

O design está no DNA de Bento Gonçalves, na paisagem e em tudo o que circunda essa região de grandes móveis e grandes vinhos, como a Movelsul Brasil, principal feira de móveis da América Latina para o público profissional. O terroir que existe nesse polo moveleiro é o grande chamariz para a feira, que receberá os principais lojistas de móveis do Brasil e importadores de 50 nacionalidades de 12 a 15 de março de 2018. Durante quatro dias, o Parque de Eventos de Bento Gonçalves vai centralizar os lançamentos do setor moveleiro que vão pautar o varejo no segundo semestre do próximo ano, com expectativa de reaquecimento do mercado. Serão cerca de 200 indústrias dos segmentos de escritório, cozinha, dormitórios, área de serviço, banho, móveis para jardim, eletros, copas, salas de jantar e estar, tapetes, estofados e colchões. Realizada desde 1977 pelo Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis), a Movelsul Brasil chega a sua 21ª edição consolidando o polo moveleiro local como principal do país e alavancado o desempenho das empresas no mercado interno e internacional. Prova disso é o consolidado Projeto Comprador, que fomenta as exportações durante a feira. Na edição passada, em 2016, a Movelsul Brasil recebeu 29 mil visitantes profissionais de 48 países. A feira tem o patrocínio de Sayerlack.

Ações simultâneas terão força na feira A geração de negócios na Movelsul Brasil 2018 será fortalecida pela atração de lojistas nacionais e estrangeiros e também por projetos paralelos de fomento ao conhecimento e inovação. Dois deles são iniciativas que estreiam nessa edição. # Projeto Comprador Apostando no otimismo do setor moveleiro em relação ao mercado internacional, a Movelsul Brasil prepara para 2018 a maior edição de Projeto Comprador de sua história. Serão 50 lojistas e distribuidores estrangeiros convidados a negociar com aproximadamente 120 indústrias e designers brasileiros em rodadas de negócios realizadas durante a feira. A ação tem apoio da Apex-Brasil por meio dos projetos setoriais Brazilian Furniture, da Abimóvel, e Raiz, do Sindmóveis. Os importadores convidados vêm dos principais mercados-alvo para o setor moveleiro nacional: Uruguai, Argentina, Chile, Paraguai, México, Peru, Colômbia, Estados Unidos, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, países da África e Reino Unido (com expansão para os demais países da Europa). Países com oportunidades de negócios identificadas também serão convidados: Índia, Austrália, Kuwait, Qatar, Bolívia, Aruba e Guatemala. # Projeto Varejo A principal novidade da próxima Movelsul Brasil é o Projeto Varejo, uma ação inédita que desafia a indústria expositora a desenvolver produtos assinados por designers que atendam a demandas específicas do varejo nacional. Amarrando a feira, a indústria, os designers e lojistas, o projeto aumenta a sintonia entre o setor moveleiro e os principais players nacionais do varejo na atualidade. Serão aproximadamente 50 lançamentos apresentadas durante a feira. Para chegar a essas demandas de inovação, tipo de produto e apelo de vendas, a equipe do Sindmóveis conduziu uma pesquisa qualitativa para levantar as demandas das principais redes de lojas clientes da indústria moveleira participantes da Movelsul Brasil. Os móveis participantes desse projeto devem ser assinados por designers, que podem ser equipes internas ou estúdios contratados.

Serviço | Movelsul Brasil 2018

# Prêmio Salão Design

Feira de Móveis e complementos para o lojista e especificador Quando: 12 a 15 de março de 2018, das 12 às 20h Onde: Parque de Eventos de Bento Gonçalves (alameda Fenavinho, 481) Entrada gratuita mediante credenciamento. Aberta apenas ao público profissional (lojistas, representantes, arquitetos, designers, decoradores, importadores, profissionais da construção civil e imprensa)

O Prêmio Salão Design, maior premiação de design de produto da América Latina, apresentará durante a Movelsul Brasil 2018 os projetos premiados dessa edição, que marca os 30 anos de realização pelo Sindmóveis Bento Gonçalves. Destaque nesse ano para mudanças no regulamento. Em lugar das tradicionais categorias, serão concedidas premiações para primeiro, segundo e terceiro lugares para cada uma das modalidades – Estudante, Profissional e Indústria/Varejo. Serão concedidos, ainda, três superprêmios para os melhores produtos da edição. Já tradicionais na premiação, permanecem sendo concedidos o troféu Professor Orientador para os melhores produtos de estudantes e também o Prêmio Madeiras Alternativas, esse último em parceria com o Serviço Florestal Brasileiro e que reconhece o uso de madeiras consideradas não muito utilizadas na indústria. Com um histórico de 14.213 projetos inscritos até hoje, o Prêmio Salão Design tem patrocínio de Berneck e Interprint.

Para mais informações: www.movelsul.com.br www.facebook.com/movelsul.brasil www.salaodesign.com.br www.facebook.com/premiosalaodesign www.instagram.com/premiosalaodesign

20 Jornal Design

# Fórum Movelsul: A reinvenção do varejo – Consumo all line A geração de conhecimento para a cadeia moveleira terá destaque na Movelsul Brasil 2018 com a realização do Fórum Movelsul. Com o tema A reinvenção do varejo – Consumo all line, o evento terá palestras nos dias 13, 14 e 15 de março, sempre das 9h30min às 12h, no Centro Empresarial Bento Gonçalves (acesso pelo Parque de Eventos). Serão duas palestras por dia, abertas a toda a cadeia moveleira. Este será um evento com vagas limitadas e inscrições pagas, que podem ser feitas pelo site da feira. Ricardo Martinez Finger, da Netshoes México; Salvatore Figliuzzi, designer alemão da Interprint; Felipe Pojo, da IBM Watson; Francisco Lumertz, da Selcon RH e Fabio Freitas Jacques são palestrantes já confirmados.


Meber confirma parceria pioneira para negócios no Uruguai Fabricante gaúcha de metais exportará para distribuidora e inaugura loja showroom no país vizinho Foto Divulgação

Líder de participação no mercado gaúcho e uma das cinco principais fabricantes de metais no Brasil, a Meber vem trabalhando na expansão das oportunidades de negócio para além das fronteiras nacionais. Neste mês, a empresa oficializou uma aliança pioneira com um

parceiro comercial no Uruguai – colocando, pela primeira vez, seus produtos no país vizinho. Os metais assinados pela marca são âncoras em uma loja-showroom recentemente inaugurada em Punta del Este. Nessa temporada, a cidade tem registrado movimentação

recorde de turistas, atraídos pelos empreendimentos de alto padrão cada vez mais frequentes na região – o que a transforma em vitrine global para boas oportunidades de negócio. O espaço, de 130 m2, tem ambientes decorados, além de cozinhas e banheiros funcionais, mostrando novidades em metais, revestimentos e acabamentos. Localizado no design district, o ponto promete logo assumir a condição de referência conceitual para quem procura soluções no homedecor. Por isso, as linhas nobres da Meber foram as escolhidas para encantar o público. Também os acessórios estão entre as apostas da fabricante gaúcha para suprir a escassez de opções no segmento. O acordo firmado com a distribuidora Kerbysol faz da Meber a primeira fabricante brasileira a fornecer metais sanitários para os canais de comercialização gerenciados pela trade. A meta é marcar presença nas 12 províncias uruguaias até o fim do ano. Para a Meber, a oportunidade é, sobretudo, reflexo de seu comprometimento em garantir a satisfação dos clientes – que a credencia para assumir o desafio de atender ao também exigente público uruguaio. “Há muito tempo estamos investindo de forma permanente no alto padrão dos produtos e serviços que oferecemos, agregando às nossas linhas atributos de design exclusivo e inovação. Como resultado desse processo, temos conquistado o reconhecimento do mercado, que se traduz, felizmente, na escolha e preferência dos parceiros”, avalia o diretor Carlos Bertuol.

Jornal Design 21


Ultra Violet é a cor de 2018 Tom de púrpura foi eleito pela Pantone como a cor deste ano por expressar originalidade e complexidade Com base em estudos que avaliam o comportamento da população mundial, todos os anos a Pantone indica a cor que deverá ser tendência no mercado gráfico. Para 2018, sua aposta é no tom Ultra Violet (18-3838), nuance de roxo que, de acordo com a marca, transmite originalidade, engenhosidade e pensamento visionário. Segundo a empresa, o Ultra Violet faz referência aos mistérios do cosmos e à curiosidade humana sobre o que está por vir. “O vasto e ilimitado céu noturno

22 Jornal Design

simboliza o que é possível e continua a inspirar o desejo de perseguir um mundo além do nosso”, destaca a Pantone. Vale lembrar que ícones da música como Prince e David Bowie, cujas carreiras foram permeadas por originalidade e experimentação, usavam tons de roxo durante a vanguarda da cultura pop. Além de projetos gráficos, a cor do ano costuma aparecer em roupas, calçados, acessórios, objetos de decoração e maquiagem. Para um look sofisticado, vale

combinar o tom de roxo com detalhes em prata ou dourado. Já quando harmonizado com verde escuro ou cinza, o Ultra Violet ajuda a compor um visual sóbrio, elegante e clássico. A cor do ano também aparece com força nos acessórios (pedrarias de joias e bijuterias de materiais sintéticos) e na decoração da casa (almofadas, revestimentos de veludo e papeis de parede). Confira algumas ideias para se inspirar:


Para vestir: SandĂĄlias

Para decorar: Almofada

Para colorir: Esmalte Revlon

Para vestir: Brincos

Para decorar: Caneca

Para colorir: Batom MAC Para ouvir: Purple Rain – Prince

Jornal Design 23


Padel Pro recebe Fabrice Pastor Cup e Campeonato Brasileiro Foto Filipe Cagol

Fotos Padel RG

/cna.bentogoncalves 54 3452.1123 24 Jornal Design

/moveisbentec.ltda 54 2102.9000

/projetarium.moveis 54 3055.3054

Cada vez mais praticado na cidade, o padel tem se tornado uma ótima opção para quem gosta de se manter saudável ou procura um esporte além dos tradicionais futebol ou vôlei. Em Bento Gonçalves, o Padel Pro, cujo aniversário de cinco anos foi comemorado em janeiro, tem realizado uma série de torneios, transformando-se em palco de padelistas internacionais. Depois de sediar o Sul-Americano de Padel Amador em dezembro do ano passado, o clube prepara-se para receber mais dois importantes torneios: o Fabrice Pastor Cup – que reúne apenas a categoria masculina profissional, com os melhores padelistas do país – e o Campeonato Brasileiro – aberto para vários competidores em diversas categorias –, entre os dias 22 e 25 de fevereiro. Antes disso, no dia 20, o público poderá acompanhar um aquece para o Fabrice Pastor Cup, cuja organização e premiação fica a cargo da Monte Carlo International Sports. Os jogadores do World Padel Tour Paquito Navarro e Juan Martín Díaz disputarão uma partida contra Lucas Campagnolo e o bento-

/heliopneus 54 3452.1598

-gonçalvense Lucas Bergamini, às 19h, com entrada franca – Lucas e o irmão, Juliano, venceram a perna brasileira da competição no ano passado, quando houve disputa também no Chile e na Argentina. As competições devem reunir cerca de 300 duplas, e inscrições e demais informações podem ser obtidas no site da Confederação Brasileira de Padel, através do site cobrapa.com.br. Em Bento, os competidores encontrarão um moderno centro voltado à prática do padel. Numa estrutura de 2 mil m², seis quadras panorâmicas de vidro e grama especial para a prática – sendo uma externa –, estarão à disposição dos atletas. Além disso, o clube dispõe de dois vestiários, espaço gourmet com vista panorâmica, churrasqueira e forno de pedra para pizza, academia (Padel Pro Fitness) e o Pro Bar, com lounge, drinks, chopeiras e pizzas. O Padel Pro está localizado na Rua Julieta Sassi Dreher, 524 – bairro São João – (54) 3453.6669 ou 9.8402.9951. Mais informações no facebook.com/padelproclube.

Cainelli Distribuidora 54 3452.3143

/pizzaemcasadesde2008 54 99985.0582


Foto Raquel Konrad

Estrutura oportuniza competições e treinamento O Padel Pro foi um dos primeiros clubes do Brasil a investir em quadras panorâmicas de vidro e grama especialmente confeccionada para o esporte. Essa estrutura, com quadras projetada exatamente no padrão oficial de qualidade das europeias, permitiu receber diversas eventos e competições nacionais e internacionais ao longo dos anos. Além da Fabrice Pastor Cup e do Campeonato Brasileiro, foram disputados campeonatos como Liga Serrana, Campeonato Gaúcho, SulAmericano de Padel Profissional, SulAmericano de Padel Amador e Desafio das Estrelas do Padel Mundial. Hoje, o Padel Pro atingiu um novo patamar de serviço com o Programa Star Member, que consiste no pagamento de uma mensalidade de R$ 100 para associação e gera diversos benefícios para o sócio, como o valor da hora quadra individual a R$ 6, participação em sorteios e promoções e acesso diferenciado a

eventos e ao Clube de Vantagens, em que diversas empresas concedem descontos para os portadores do Cartão Star Member. Aulas e equipamentos - Para quem tem interesse em aprender o esporte, o Padel Pro também oferece aulas aos iniciantes. Os professores acumulam, além da bagagem esportiva, cursos nas áreas técnica e física com treinadores renomados de padel mundial, oportunizando profissionalismo aos aprendizes. Juliano Bergamini, estudante de Educação Física, é campeão mundial de menores, campeão brasileiro e atleta da Seleção Brasileira de Padel. Já Fernanda Abrazúa é bacharel em Educação Física e também atleta da Seleção Brasileira de Padel. Para quem já é familiarizado ao esporte, o Padel Pro também disponibiliza gratuitamente raquetes e bolinhas para a prática. O clube funciona de segunda a sexta, das 7h às 23h, e aos sábados, das 8h às 18h, além de alguns domingos, conforme disponibilidade. Fotos Padel RG

Deise, Pedro e Matheus Scotton, Debora, Maria Luiza e Juliano Bergamini

#somosloucosporpadel

Juliano Bergamini, Lucas Bergamini, Lucas Campagnolo, Aris Patiniotis, Fernanda Abarzúa, Rafaella Laviaguerre, Patty Llaguno e Eli Amatriain

R. Julieta Sassi Dreher, 524 Bairro São João, Bento Gonçalves (54) 3453-6669 clubepadelpro@gmail.com facebook.com/padelprobento

Jornal Design 25


Um mundo de opções para curtir com a família promissor futuro”, disse o diretor geral. Arquitetura de experiências Quem visitar a ExpoBento 2018 será surpreendido, de imediato, por uma nova proposta na arquitetura na feira: mais sensorial, focada em experiências, para interagir e brincar com os sentidos do público. “Nosso grande desafio foi descobrir os caminhos para trazer novidades capazes de surpreender o público – pessoas que há 28 edições visitam a feira – e já viram excelentes trabalhos nos corredores do Parque de Eventos. Procuramos seguir por uma proposta que ainda não tivesse sido feita, que encantasse e fizesse parte do momento da sociedade. Nossa escolha foi de trazer para a feira uma arquitetura de experiências”, explicou a Diretora Industrial, Letícia Zanesco. O trabalho de layout interno, assinado pelo escritório bento-gonçalvense Pulse Arquitetura, aproveita a setorização da feira e o tema da 28ª edição para oferecer nove mundos diferentes aos visitantes – cada

Leocir Glowack, diretor geral da ExpoBento 2018

Fotos Exata Comunicação

Quando os mais de 200 mil visitantes esperados para a ExpoBento 2018 chegarem ao Parque de Eventos de Bento Gonçalves, encontrarão a sua disposição um verdadeiro mundo de opções – seja em oportunidades de compras, conhecendo os atrativos de mais de 400 expositores, ou apreciando a variada programação de lazer e entretenimento oferecida entre 07 e 17 de junho. Motivada pelo desafio de dar continuidade à trajetória de sucesso construída há quase três décadas, a diretoria comandada por Leocir Glowack aposta na continuidade a tudo aquilo que a ExpoBento tem de positivo para repetir os bons resultados também neste ano: a combinação certa entre negócios e entretenimento; boas oportunidades de compra e lazer para toda a família. “O compromisso de cada diretoria que assume a missão de construir a ExpoBento é fazer uma edição ainda melhor do que a anterior. Esse desafio é o que nos move e que tem engajado diversos líderes há quase trintas anos. Esse é, também, o segredo da ExpoBento, e o motivo pelo qual a feira terá um longo e

Fabiana Ruaro e Juliana Pereira, assessoras industriais da feira

26 Jornal Design

Letícia Zanesco, diretora industrial da ExpoBento 2018

qual identificado por uma das cores que compõem o logotipo da ExpoBento. Esse é, também, o elemento visual que traz a unidade do trajeto da feira, do início ao fim do passeio. Assim, logo no hall, o público terá a dimensão da experiência que terá no evento – tendo as linhas coloridas horizontais como condutora do caminho. Recursos auditivos e olfativos prometem completar a vivência sensorial. Uma das novidades antecipadas é a criação da ‘Praça do Encontro’, ponto para reunir a família e amigos antes – ou depois – de curtir a feira. Localizado no hall, esse espaço terá, também, destaque para a programação diária da feira. Ao término da visitação, o público conhecerá a história da ExpoBento, por meio de painéis que retratam os diversos mundos da feira. Já é possível fazer o tour virtual pelo hall do pavilhão, antevendo como será o projeto, acessando o vídeo que está na página facebook.com/ExpoBentoOficial


Mercado de Rua propõe um novo jeito de ir às compras Evento a céu aberto reúne expositores independentes no Complexo Casa das Artes Fotos Ezequiele Panizzi

Comércio, entretenimento, gastronomia e cultura prometem agitar a 4ª edição do Mercado de Rua, feira a céu aberto que reúne produtos e artistas independentes e cheios de estilo. O evento será realizado no dia 10 de fevereiro, sábado, das 10h30min às 19h30min, no Complexo Casa das Artes, com o tema “Carnaval”. “Estamos organizando atrações e atrativos que

façam jus à data. Como de costume, traremos performances acústicas durante o dia todo, produtores com produtos maravilhosos, comidinhas e drinks para quem quiser almoçar no Mercado e curtir a tarde de sábado”, explica a idealizadora do projeto, Ezequiele Panizzi. A proposta do evento é baseada nos mercados

de rua típicos da Europa, que acontecem nas ruas, reunindo a população local e visitantes de outros lugares em busca de compras e interação com a cultura local. “A ideia surgiu quando passei um tempo viajando. Quando voltei, pensei que Bento Gonçalves poderia ter algo parecido, com uma infinidade de produtos diferentes juntos”, lembra Ezequiele. Para Morgana Furlan, que coordena o Mercado de Rua junto de Ezequiele, o evento traz marcas e artistas independentes para a superfície comercial, colocandoos em um só lugar para unirem forças e ajudarem um ao outro, além de difundir o consumo consciente. “Proporcionamos à população a possibilidade de conhecer e adquirir produtos alternativos, produzidos de forma artesanal e difíceis de serem encontrados no dia a dia urbano. Além de uma proposta diferenciada de interação e lazer para quebrar a rotina e sair do modo automático de consumo e entretenimento”, ressalta Morgana. Opção para compras, entretenimento, cultura e lazer, o evento reúne visitantes como o estudante Igor Maycá, que frequenta o Mercado de Rua para descobrir novos trabalhos ligados à música, arte e moda. “Vou para garimpar produtos diferentes, encontrar amigos e curtir o momento”, explica. Em paralelo ao comércio e às exposições, também ocorrem interações culturais como oficinas, rodas de conversa, performances artísticas e pocket shows. Para lanchar ou almoçar, haverá a presença de empreendimentos culinários e espaços comuns para curtir o dia relaxando.

Jornal Design 27


Novidades semanais para acompanhar a mulher moderna Por Daniela Holzbach | Estilista

“Nossas coleções deixaram de ser apenas duas para se transformar em lançamentos semanais, que serão guiados pelas necessidades e desejos da mulher DH, em qualquer clima ou estação!”

LANÇAMENTOS A PARTIR DE 07 DE FEVEREIRO

Rua Treze de Maio, 979 - Sala 104 54 3702.3605 | 9 8120.8100 dani.holzbach_bento Dani.Holzbach (Bento Gonçalves) 28 Jornal Design

Fotos Divulgação

Em viagens de pesquisa, notamos cada vez mais a indefinição da estação do ano nos lançamentos de diversas grandes marcas. Já não faz somente frio no inverno ou calor no verão. Mesmo que as estações ainda sejam bem definidas em várias partes do mundo, a globalização está afetando a forma como as pessoas consomem moda. Ela caminha para ciclos mais curtos, menos regras e mais poder de escolha do consumidor. Na DH, sempre nos perguntamos como podemos melhorar a forma de levar a moda para o nosso público. Um processo que inicia na pesquisa, passa pela produção e vai até o momento de encontro entre as

peças e a cliente. Mas, para nós não, o ciclo não termina aí. Queremos continuar presentes, em todos os momentos. Sabemos que a mulher DH é dinâmica e está sempre em busca de informações atuais sobre moda. E ela não pode esperar, porque a moda é a tradução da sua personalidade e estilo. Por isso, reformulamos nosso formato de lançamentos e iniciamos 2018 com o calendário dividido apenas em semanas. Nossas coleções deixaram de ser apenas duas para se transformarem em lançamentos semanais, que serão guiados pelas necessidades e desejos da mulher DH, em qualquer clima ou estação! Não importa mais a época do ano e o lugar no mundo. A mulher pode estar em qualquer lugar, a qualquer momento, seja inverno ou verão, outono ou primavera, com o pé na areia e a brisa do mar batendo no rosto ou com os amigos em volta da lareira. Estaremos em sintonia para acompanhá-la cada vez mais em todos os seus momentos (e desejos). A partir do dia 8 de fevereiro os lançamentos de looks passam a ocorrer todas as semanas nas lojas da marca. Em Bento Gonçalves, a DH fica na Rua Treze de Maio, 979.


Jornal Design 29


#dropsdeviagem

por Stéfani Landmeier

INTERCAMBISTA BEX

Saiba por que fazer um college no Canadá Fotos Arquivo Pessoal

Toronto CA - Janeiro/2018 Quando você encara um intercâmbio, experimenta uma mistura muito grande de sentimentos: a ânsia por querer viver tudo e o medo por deixar a rotina em que estava habituado. No início, você pensa como se fosse um “pause” na vida que você deixou no Brasil e um “play” na vida nova. Mas aos poucos você percebe que nada para ou se repete, e tudo vai se encaixando. A experiência é maravilhosa, mesmo nos dias de saudade ou de desânimo é possível tirar valiosas lições. Acima de tudo, as pessoas e as novas culturas que você conhece valem cada segundo do intercâmbio. Cheguei a Toronto, no Canadá, em Julho de 2017 e posso dizer que parecem duas cidades distintas: a Toronto do verão, onde as pessoas aproveitam cada minuto de luz do dia, com diversas programações ao ar livre (e gratuitas), uma cidade com praias, paisagens lindas, bares com mesas ao livre e dias que vão até às 9pm com sol. E a Toronto do inverno, em todo seu charme cheia de neve, com as pistas de patinação, as temporadas de hockey, as feirinhas de inverno. A cidade não para nunca, não importa a temperatura, se tem neve ou sol, sempre tem algo para fazer. E se vocês já ouviram que Toronto é uma das cidades mais cosmopolita do mundo, saibam que é verdade! A diversidade cultural é incrível. Deixo meu destaque para a segurança e a educação das pessoas, é realmente admirável. Indico o Canadá para qualquer pessoa, de qualquer idade e com qualquer objetivo que queira fazer intercâmbio. É tão diversificado que não tem como se arrepender. Atualmente, estou fazendo meu curso na Greystone College, e é uma excelente porta de entrada para quem tem intenções de imigrar para o país ou viver por um período a vida real de morar em outra nação, não apenas como turista. Agradeço a BEX pelo apoio e até incentivo, mesmo nas horas do “será?”, inclusive aquele puxão de orelha na hora do prazo dos documentos. Sou suspeita, porque sou fã desta equipe. Obrigada por tudo! E aos que se aventurarem, nos encontramos por aqui! 30 Jornal Design

Agência Porto Alegre Av. João Wallig, 660 Sala 606, Edifício HOM Wallig bairro Passo D’Areia | Contato: 51 | 99914 4791 E-mail: poa@bex.tur.br Agência Bento Gonçalves Rua Visconde de São Gabriel, 396, Sala 56 bairro Cidade Alta | Contato: 54 | 2621.5036 E-mail: bento@bex.tur.br


Canta Maria Gastronomia celebra um ano de casa nova Fotos fmcriação

Fevereiro é um mês de comemoração para o Canta Maria Gastronomia – é o momento de celebrar um ano do novo espaço. O restaurante encanta pela forma de como a culinária é preparada - ela pode ser apreciada e vivenciada de diferentes maneiras. Além do cardápio tradicional, que traz o clássico da comida italiana e grelhados, a opção à la carte passa a compor o menu com opções que contemplam desde risotos, peixes até os cortes de carnes especiais com acompanhamentos que despertam a curiosidade. Num único ambiente é possível degustar pratos cuidadosamente pensados e preparados para todos os tipos de paladares com opções sem glúten, sem lactose e ainda com massas integrais. Sempre que solicitado a chef vai até a mesa para entender melhor o

que o cliente deseja. “Muitas vezes para esclarecer a curiosidade dos ingredientes ou mesmo para explicar as diversas opções que podemos trabalhar o mesmo alimento”, explica. A adega exclusiva, onde o vinho pode ser escolhido a partir da carta do restaurante ou no próprio local, tem formato espiral e merece destaque. São aproximadamente 80 rótulos das principais vinícolas da região e do mundo. As cervejas artesanais também ganham relevância e podem ser harmonizadas com os pratos. Além das novidades no cardápio, em 2018, o projeto “Gastronomia e Experiências” continua e trará eventos que envolvam a diversidade que a gastronomia oferece. Serão encontros temáticos que envolvem parceiros e chefs renomados, que apresentam desde pratos especiais até pequenas aulas com dicas de preparação e harmonização. Para celebrar este primeiro ano – que carrega o histórico de mais de duas décadas de experiência – são diversas atrações no mês de fevereiro. O Canta Maria estará presente no Carnavale da Wine Garden, na Vinícola Miolo de 10 a 12 de fevereiro e também no Jantar Sob as Estrelas, no dia 16 de fevereiro, com um cardápio especial. “Queremos fazer um convite a todos nossos clientes para que no dia 22 de fevereiro venham soprar as velinhas conosco. Afinal, sempre buscamos aprimorar e atender o público da melhor forma possível e vamos receber todos com uma taça de espumante para brindar esta importante data”, convidam os proprietários, Jäque e Camilo Geremia.

Serviço Nossas redes sociais Facebook: @cantamariagastronomia Instagram: @cantamariagastronomia Site: www.cantamaria.com.br Horário de Atendimento: Canta Maria Gastronomia Almoço | Terça a Domingo das 11h30min às 15h Jantar | Terça a Domingo das 19h às 23h Endereço: Rua Parnaíba, 777 - Bairro São Bento Telefone: 54 3702 3099 Canta Maria Expresso Almoço | Diariamente das 11h30min às 15h Jantar | Quarta a Sábado das 19h às 23h Endereço: Rua Osvaldo Aranha, 801 - 3º andar Junto ao Super Grepar Telefone: 54 3055 3600

Jornal Design 31


Casa Postal: um daqueles tesouros do nosso interior Fotos Ana Carolina Azevedo

Nos quatro extremos de Bento Gonçalves, as vinícolas estão se dividindo entre a safra da uva e as possibilidades do enoturismo. É bem legal essa abertura dos

produtores pra receber o turista, reproduzindo os saberes locais, seja por meio do artesanato, de vivências ou da gastronomia. Em Tuiuty, a Casa Postal já vem recebendo visitantes no seu bistrô construído acima das caves. A pequena produção da vinícola boutique contrapõe a gigante vizinha, a Salton, e tira justamente daí o seu charme. A casa produz excelente brut pra degustar provando colombinas quentinhas. O menu traz carnes, massas e risotos, com destaque para as massas feitas pela própria família. Aliás, é tudo coisa de família: um recebe, um cozinha, um serve e todos acolhem muito bem. É assim que gerações conseguem permanecer no interior, garantindo a perpetuação da cultura do vinho e a produção de melhores uvas pra melhores rótulos – safra após safra. Nesses dias em que os parreirais exalam seu perfume e todas essas famílias do interior colhem o fruto do seu trabalho, percebemos o privilégio de viver cada vindima.

www.culinarismo.com.br /culinarismo @blogculinarismo

Casa Postal Rua Buarque de Macedo, 2655, distrito de Tuiuty, Bento Gonçalves Aberto de quinta a segunda, das 9h30min às 17h30min para visitação e almoço fb.com/casapostal

32 Jornal Design


Jornal Design 33


Uma experiência inesquecível, que deve ser vivida por todos. Assim é definida La Bella Vendemmia, que movimen-

34 Jornal Design

tou o Vale dos Vinhedos em 2017 e este ano repete a dose. A alta procura pelo atrativo que envolve a cultura da vitivini-

Fotos Rita Michelin

La Bella Vendemmia terá edições abertas ao público cultura herdada dos ancestrais italianos impulsionou o Villa Michelon a abrir as portas para turistas e visitantes, em um evento anteriormente voltado somente para hóspedes. A partir do dia 9 de fevereiro, sempre às sextas-feiras, serão abertas algumas datas para o público. Com início às 18h, a colheita da uva é protagonista no Villa Michelon, que abriga o evento entre a Casa do Filó e a paisagem espetacular do Parreiral Modelo. Quem participar do atrativo poderá conhecer um pouco da história da região que se tornou o principal roteiro enoturístico do Brasil. A programação foi pensada para transmitir a cultura e o legado da imigração italiana, e inicia em um Bate-papo com a anfitriã da festa, Elaine Michelon, diretora geral do Complexo Turístico. La Bella Vendemmia com uma Visita Guiada ao Parreiral Modelo, onde o visi-

tante conhecerá, através das orientações do guia Luciano Benvenutti, o modo de cultivo da uva e fará uma visita aos principais métodos adotados no Brasil e no Rio Grande do Sul através de um atrativo que une contato com a natureza ao conhecimento. Animada pelo Coral Vicentino, de Monte Belo do Sul, a visita é um prólogo ao tão esperado momento: a Colheita da Uva. Equipados com cestos e tesouras apropriadas para a prática, os turistas poderão desfrutar de uma experiência que envolve crianças, adolescentes, adultos e idosos, colhendo uvas comuns e de mesa, que serão destinadas à pisa. A Pisa da Uva é o momento mais contagiante do La Bella Vendemmia. Uma experiência sensorial e cultural embalada com muita alegria pelas canções italianas que resgatam a herança cultural do Vale dos Vinhedos.


“O filó é o programa ideal para curtir com toda família.” Envoltos pela natureza, é hora de recuperar as energias. O farto Filó Italiano oferece um cardápio com os pratos quentes polenta brustolada, risoto italiano e xixo; pratos frios compostos por tábua de copa, queijo e salame e mini hambúrguer; Pão e cuca coloniais; suco de uva, vinho tinto e branco e água à vontade e, é claro, uvas. A cultura gaúcha é lembrada com a música da dupla tradicionalista Natália e Emanuel. As vagas para desfrutar da programação do La Bella Vendemmia são limitadas e devem ser reservadas com antecedência através dos canais de reserva do hotel. Dentro do valor do ingresso, o visitante recebe um chapéu de palha e uma taça personalizada de acrílico. A entrada dá direito à toda programação, além de comida e bebida à vontade!

SERVIÇO: La Bella Vendemmia Edições abertas ao público Em fevereiro: Dias 9, 16 e 23 Em março: dias 2, 9 e 16 Sextas-feiras, a partir das 18h, no Hotel Villa Michelon Reservas antecipadas: 0800.703.3800 WhatsApp (54) 98112. 5443 Investimento: • Adultos (a partir de 13 anos) – R$ 220,00; • Crianças de 7 a 12 anos – R$ 100,00; • Crianças de 0 a 6 anos – FREE; Ingresso dá direito a uma taça e um chapéu Programação: - Bate-Papo com Elaine Michelon - Visita Guiada ao Parreiral Modelo - Colheita de uvas - Pisa das uvas - Filó Italiano

Jornal Design 35


Dez motivos para celebrar a vindima Foto Fabiane Capellaro Foto Jornal Design

Conhecer os produtores Quando Bento Gonçalves ainda era Colônia Dona Isabel, sua vocação já estava fadada a ser o cultivo da uva. Então, nada pode ser mais essencial para compreender a vindima – e a própria cidade – do que o contato com os produtores. Os trejeitos, o sotacón, a simplicidade, o trabalho... Os atributos são muitos, e o conhecimento também. Aproveite para saber mais sobre um determinado tipo de uva ou por que certa casta se adaptou melhor aqui do que outra. Nos aproximarmos das coisas da terra significa chegar mais perto de nossos primórdios. Perder-se no interior Para quem tem espírito mais dinâmico, moldado às circunstâncias da eventualidade, aventurar-se pelo interior da cidade à cata da essência da colônia pode ser muito mais interessante do que participar daquele pacote feito para turista ver. Claro que você pode dar com a cara na porta, mas com a quantidade de vinícola na

36 Jornal Design

cidade não será difícil achar uma para apreciar a lida ou degustar um vinho. E você pode adentrar ao interior em diversas partes da região: Vale dos Vinhedos (não esqueça da porção em Monte Belo e em Garibaldi), Tuiuty, Faria Lemos, Pinto Bandeira. Mas se, no fim, nada disso der certo, estacione seu carro e contemple a paisagem. Perder-se no interior tem sempre suas vantagens! Ainda mais se você sair de casa preparado para a aventura. Pisar a uva Pode ser a mais clichê dessa lista, mas você já amassou uva com os pés? Pois é, essa é uma boa oportunidade também para os nativos. A pisa de uva pode ser taxado de programa para pegar turista e, embora seja mesmo uma cena de efeito estético cinematográfico, foi uma técnica utilizada nos primórdios da vinificação. Hoje, com sistemas modernos para tal propósito, a função ficou um pouco de lado. Seu resgate pode ter muito mais a ver como uma forma de entretenimento para os turistas, mas pode ter certeza que tem um grande con-

texto histórico embutido na atividade. Várias vinícolas oferecem a atração, geralmente dentro de um pacote com outras programações. Veja algumas opções no site bento.tur.br, dentro da programação da Estação Vindima, com ações em parceria envolvendo a prefeitura e alguns empreendimentos privados. Apreciar a paisagem vitícola Bento Gonçalves não detém o título de Capital Brasileira do Vinho por acaso. Isso quer dizer que, embora o Vale dos Vinhedos seja o principal chamariz para o enoturismo, ele não é o único destino vitícola da cidade. A deslumbrante Faria Lemos, cravejada de vales e montanhas, por exemplo, é ainda uma espécie de joia a ser descoberta. E não só por quem visita o município. A região tem seu próprio roteiro – Rota Cantinas Históricas – e lugares que vão ficar retidos na memória – e no seu smartphone. O Mirante do Campanário, ao lado da Igreja Nossa Senhora do Rosário, oferece uma vista magnífica do Vale Aurora – onde as uvas amadurecem por primei-


Foto Divulgação Vinícola Cainelli

Fotos Jornal Design

ro em Bento. Mas dá para ver, ainda, Monte Belo do Sul e o Vale dos Vinhedos, um panorama substancioso da paisagem vitícola da região. Ligar roteiros turísticos

Degustar o vinho

Foto Jornal Design

Sem enochatices, mas descobrir o potencial de cada rótulo a partir da exploração sensorial que um cálice pode oferecer enriquece – e muito – a experiência da degustação de um vinho. Descobrir suas notas, apreciar sua coloração e sentir seus aromas nos faz compreender os encantos escondidos sob a rolha e descobrir quais cepas mais combinam com nosso paladar. Há diversos cursos promovidos durante a vindima – alguns deles gratuitos, como os promovidos pela Aurora (54 34552095) de segunda a sexta, às 15h30min, até dia 28 de fevereiro –, desde mais básicos a mais elaborados. O

Alimentar-se em abundância A fabula da cuccagna fez muito imigrante embarcar de vez às Américas atrás de uma falsa promessa de abundância. Mas essa história, na verdade um conto medieval sobre um país mitológico no qual o alimento era farto e não precisava trabalhar para obtê-lo, será revivida de maneira bem-humorada durante a Festa da Cuccagna. Ao custo de R$ 60, turistas e nativos podem viver um pouco dessa história com os salames colocados em árvores ou trepar um pau de sebo para alcançar comida. O programa ainda inclui pisa de uva e sabragem. Ah, e aqui a comida é farta de verdade: no salão do evento não faltará salame, copa, grostoli, pão colonial... A função toda ocorre no Espaço Uva e Vinho, em frente à Mondé Chocolates (RS 444, km 18,5), a partir das 19h. Mais informações pelo telefone: (54) 99142-7711.

Foto Merlo Fotografias

Uma estrada um tanto desconhecida no interior liga dois roteiros turísticos da cidade. Mas, como não é asfaltada, não tem muita visibilidade e acaba tendo seu potencial desperdiçado. O trecho, de cerca de 15 quilômetros em estrada de chão, faz ligação entre os distritos Vale dos Vinhedos e Faria Lemos, cortando o belíssimo Vale Aurora. O acesso, para quem está no Vale dos Vinhedos, se dá nas imediações da Tecnovin. Quem faz o caminho a partir de Faria Lemos, o acesso é próximo da subprefeitura do distrito. Nesta época de vindima, tem um pouco mais de movimento em função da safra, portanto, é bom ter cautela. O asfaltamento do trecho, por diversas vezes cogitado, tem chance de começar ainda neste ano.

site bento.tur.br traz outras informações sobre cursos e degustações técnicas e cegas oferecidos nesta época.

Ficar sob os parreirais O conceito slow food está ligado à apreciação do alimento e à valorização do produtor. Uma ótima oportunidade de colocar isso em prática é curtir os pic-nics oferecidos por diversas cantinas da região – com o plus de curtir tudo isso em meio à natureza. Muitas propriedades oferecem o serviço num pacote com outras atividades, mas há também quem disponibiliza apena essa experiência de comer cercado de amigos e sob a sombra do parreiral, devidamente acomodado sobre uma toalha quadriculada e almofadas. Há várias opções da proposta, veja algumas no site bento.tur.br.

são formas de tornar nossa rotina menos estressante e deixar a vida mais leve. Juntar os amigos ou fazer um programa a dois para colher uva, passear de trator em meio a parreirais ou só admirar o desenrolar de um dia vagaroso na roça, onde o sinal fraco de celular aproxima uns dos outros, é motivo suficiente para celebrar. Foto Arquivo Semtur

Colecionar rolhas A vindima também pode ser uma boa forma de começar alguns rituais. Uma das formas de fazer isso é colecionar as rolhas de cortiça de vinhos e espumantes que são abertos por você ou pelos amigos. Os significados são muitos, mas o principal é guardar o artefato como um meio de reter uma lembrança ou um momento emblemático, seja o início de um romance ou uma promoção no escritório. O legal é anotar a data e o motivo pelo qual aquela garrafa foi aberta. As rolhas ainda podem servir de elementos decorativos em recipientes de vidro ou cristal que podem ficar tanto no seu cantinho de festa de casa ou, se caso tenha, em sua adega. E, quando tiver várias delas, pode até disponibilizá-las de maneira a revestir determinada parede. Celebrar a vida Se a vindima é a celebração da colheita da uva, faça um brinde à sua vida. As pequenas comemorações, como a de estar vivenciando a experiência da safra,

Jornal Design 37


Foto Alesi Ditali

Sociais L’Essenza del Vino é a nova atração turística da Maria Fumaça, leia-se Giordani Turismo. O exclusivo vagão 219 conta com degustação de vinhos e espumantes com a condução de um sommelier e música ao vivo Foto Raquel Konrad

Marcia Ferronatto, Elaine Michelon Leonora Michelon e Deolinda Michelon, na abertura da Vindima

Foto Lucas Marcon

38 Jornal Design

Foto Kamila Giacomin Weis

Foto Divulgação

Carlos A. Schutz, diretor do Sebrae, Adrielle Agnolin, assessora técnica EJ Ros Brasil) e Antonio Natal De Barba presidente do conselho da Garantiserra, recebendo a certificação de Compliance, norma internacional da ISO 19600

Soberanas da 7ª Edição da Festa da Vindima de Monte Belo do Sul. Rainha, Eduarda Canossa; 1ª Princesa, Letícia Viel e a 2ª Princesa, Lilian Roieski

Vinicius Bombassaro, Juliano Muller Bettim, Fernando Marini, Lucas Bergamini, Fabricio Guedes e Felipe Marini, no PadelPro

Inaugurou o underground lounge, dos empresários Fausto Salvador e Robson Ferreira, um novo conceito de bar, um ambiente alternativo e moderno que traz o melhor em chopp artesanal, combinado com excelente gastronomia e rock

Bruna Maria de Moura e Cristiano Migon, radiantes do dia do sim no encantador Vale dos Vinhedos


Foto SP Produções

Rejane Damasio com as talentosas Elisabete Valduga, Pauline Fardo e Vanessa Guerra, na entrega do livro Decoração de Janelas, da Hunter Douglas

Iris Schmidt e Rejane Damazio, prestigiando o coffee break da Dell Anno Bento Gonçalves

Daniel Flores, Iris Schmidt, Caroline Garassa, Amanda Trevisol, Taisa Guarnieri

Eliete Lazzarotto, Juliane Basso, Patricia Perin, Scheila Santin, Rosana Ficagna

Caroline dos Santos, Monique Pedruzzi, Sandra Benvenutti, Renata Battistelo Sandrin, Ana Paula Braghini

Adriana Peccin, Roberson da Fré, Monica Ferrari, prestigiando evento da Dell Anno

Viviana Medeiros e Aline Leite Rigo

Renata Tozi e Sandra Benvenutti

Débora Comparin, recebeu o carinho especial de familiares e amigos pela formatura em Nutrição pela Faculdade Cenecista

Fabio Basso e Carla Carer

Jornal Design 39


40 Jornal Design

Jornal Design | Edição 78  
Jornal Design | Edição 78  
Advertisement