Page 1

Bom Despacho (MG), 4 a 10 Fevereiro 2018

DESTAQUE

Ano XXIX - Nº 1.500 • Fundado em 12/05/1989

1

Bom Despacho (MG), 04 a 10/02/2018 • GRÁTIS 1 EXEMPLAR

Acidentes de trânsito diminuem em BD

Página 3

Una realiza feirão de condições especiais neste sábado em BD Página 11

Neste sábado tem mutirão contra mosquito da dengue até 17 h Página 3

APARTAMENTO – Vendo – Ed. Monalisa – Praça da Matriz, 100 – 98803.2113 ARMÁRIO – Vendo, de cozinha – 3522.1373 e 99122.5038 ASSENTO – Vendo, de carro – 98853.6965 BARCO – Vendo, c/ motor e carretinha – 98855.1644

Família oferece recompensa por cac hor rinha cachor horrinha que sumiu Pág. 5

BARRACÃO – Alugo – Rua São Paulo, 15, fundos – 99951.3223

99955.1296

BEBÊ CONFORTO – Vendo – 99077.7295

CADEIRA – Compro, de plástico – 99909.2530

BICICLETA – Vendo –

Continua na página 2


2

Bom Despacho (MG), 4 a 10 Fevereiro 2018

DESTAQUE

Rua Vigário Nicolau, 297 • Centro • Bom Despacho 3522.4714 - 3427.1909 (Vivo Fixo) 99194.2043 - 99137.2540 www.sergiocalaisimoveis.com • sergiocalais@hotmail.com.br Continua na página 2

CADEIRA – Vendo, p/ carro – 98853.6965 CAIXA D´ÁGUA – Vendo, 500 litros – 99829.2187 CALCULADORA – Vendo, c/ bobina – 99147.0452 CAPACETE – Vendo – 98853.6965 CARRETINHA – Vendo – 99180.3434 CASA – Alugo – Rua Maravilha, 305 – São Vicente – 99982.5325 CASA – Alugo, 1 quarto, garagem - 99951.5145 e 3522.5778 CASA – Alugo, 3 qt – 99903.0855 CASA – Alugo, 3 quartos, garagem – 99951.5145 e 3522.5778 CASA – Compro, até R$ 130 mil – (61) 99932.2041 CASA – Vendo – Av. Dr. Juca, 2.390 – R$ 80 mil – 99972.6757 CASA – Vendo – Esplanada – 98808.2215 CASA – Vendo – Rua Letícia, 455 – Babilônia – Ótimo preço – 99838.5850 CASA – Vendo, 3qt, cp, sl, cz, gar – 98833.1664 CASA – Vendo, 3qt, sl, cz, gar, no Belvedere – R$ 255 mil – 98812.7013 CASA – Vendo, lote 180m, no Belvedere – R$ 250 mil – 98812.7159 CASA – Vendo, lote 240m, no Belvedere – R$ 300 mil 98812.6966 CASA – Vendo, lote 360m, no Belvedere – R$ 440 mil - (31) 99197.8574 CASA – Vendo, sl, qt, bh, cz, em acabamento, Chácara Mirante Sol – R$ 160 mil – 99125.6925 CELULAR – Vendo, J5 – 99992.5550 CHÁCARA – Vendo, 2400m,

WhatsApp (37) 98843-7399 Profissionalismo e Credibilidade para Você e Sua Família

IMÓVEIS à VENDA

Oportunidade! Apartamentos de 3 quartos e duas vagas no centro - Excelentes apartamentos de 4 quartos (2 suítes), 3 vagas, no centro -Apartamento na Praça São José, um por andar - Apartamentos de 2, 3, 4 quartos e cobertura na região central - Área comercial de 10.000 m² às margens da BR 262 - OPORTUNIDADE PARA INVESTIR: APARTAMENTOS NA PLANTA EM EXCELENTE LOCALIZAÇÃO! - Casa de 4 quartos e 3 banheiros, lote de 450m² na região central - Casas de 3 quartos, garagem, nos bairros São José, Calais, Belvedere, Babilônia, Novo São José, São Vicente, JK, Novo Dom Joaquim, Novo São Vicente, Vila Gontijo e Esplanada - Casas de luxo na região central Bom Despacho - Casas no Programa Minha Casa Minha Vida nos bairros Novo São Vicente e Babilônia - Clínica Médica ou Odontológica de 4 consultórios - Excelentes casas no Bairro São José - Área comercial de 1.350 m² próxima ao 7º BPM - Área comercial de 2.688 m² no seguimento da Rua do Rosário - Lotes nos bairros Calais, Jardim dos Anjos, São José, Jardim América, Novo Dom Joaquim, Gameleira, Santa Marta, Novo São Vicente, Santa Lúcia, São Lucas e Ozanan - Único lote a venda da Av Carlos Cardoso de Carvalho - Bairro Calais - Lotes no Bairro Novo São Vicente financiados em até 120 meses - Lotes no Bairro Dom Rafael financiados em até 108 meses - Excelentes lotes no Bairro Jardins dos Ipês - Excelentes lotes de 360m² nos bairros São José e Calais em até 48 meses para pagar, financiamento próprio ou através de instituição financeira - Chácaras: Condomínios Laranjeiras, Pica pau, Alphaville, Santa Cecília, Bela Vista, Taboão e às margens do Rio São Francisco - Fazenda de 48 hectares a 20 km de Bom Despacho - Fazenda de 30 hectares a 18 km do trevo de Bom Despacho - Rancho com área de 5700 m² às margens do Rio São Francisco

IMÓVEIS para LOCAÇÃO

- Apartamento de 3 quartos na região central, Jardim América e São José - Apartamento de 2 quartos no Centro - Área de 13.000 m² no Bairro São José em ótima localização - Área comercial de 10.000 m² às margens da BR 262 - Casa de luxo na região central de 4 quartos - Casa de 2 quartos nos bairros Santa Ângela e Vila Gontijo - Casa de 2 e 3 quartos no Bairro São José - Clínica Médica e/ou Odontológica de 4 consultórios - Galpão comercial com área de 260 m² na região central - Imóvel comercial c/ sala, cozinha e banheiro no Bairro São José - Lotes de aproximadamente 1.000 m² no Bairro Santa Lúcia - Salas na região Central, Santa Ângela, Jardim América e Vila Aurora - Lojas comerciais na Avenida São Vicente, c/ área de 70, 80 e 90m² - Excelente loja comercial próxima à Santa Casa c/ área de 200m² - Sala comercial c/ área de 100 m² no Bairro Jardim dos Anjos - Sala comercial no Bairro São Vicente, área de aproximadamente 200m² - Terreno rural de 9 ha, c/ casa, curral, poço de muita água, água corrente, a 15 km de Bom Despacho

no Pica pau - R$ 80 mil – 98812.7013 CHÁCARA – Vendo, c/ benfeitorias – 99923.8669 CHÁCARA – Vendo, em Taboão – 99852.2127 CHÁCARA – Vendo, nos Cristais. Troco por casa ou apartamento – 3522.1373 e

99122.5038 CONGELADOR – Vendo – 99929.8818 COROLLA – Vendo – 99908.4978 COROLLA – Vendo, 2005 – (31) 99375.4820 CORTINAS – Vendo – 3521.2116

COTA – Vendo, na Praça de Esportes – 3521.1181 COTA – Vendo, na Praça de Esportes – 99942.6666 FOGÃO – Vendo – R$ 250, – 99956.1423 FORNO – Vendo, elétrico – 3521.2940 FORNO – Vendo, elétrico – 99992.5550 FOX – Vendo, 1.6 – 99118.0100 GELADEIRA – Vendo, duplex - 99826.2879 GOL – Vendo – 99147.0452 GUARDA ROUPA – Vendo, 6 portas – 99947.6188 LOTE – Troco, no Babilônia, por sala no centro – 99955.1885 e 3522.3886 LOTE – Vendo – Esplanada – 3521.1836 e 99115.0762 LOTE – Vendo – Rua Santo Antônio do Monte, 136 – 99985.1550 LOTE – Vendo – São Vicente – 99801.5385 LOTE – Vendo – São Vicente – 99807.0630 LOTE – Vendo, 330m, Jd. Anjos – R$ 120 mil – Rubens – (31) 99328.6496 LOTE – Vendo, no Babilônia – 99928.0693 LOTE –Vendo, 360m – Rua Pedra Azul, 397 – 98823.5242 MESA – Vendo, redonda, c/ 4 cadeiras – 99907.7295 MOTO – Vendo, Honda CB Hornet – 99818.3433 MOTO – Vendo, Suzuki – 98808.0346 MUDAS – Vendo, de Pequi – 99985.3113 e 3521.2903 NOVILHA – Vendo, em lactação – 99955.1885 e 3522.3886 ORDENHA – Vendo – (31) 99982.3808

PARABÓLICA – Vendo – R$ 300, – 99927.9236 PARABÓLICA – Vendo, R$ 150, – 99985.4798 PARALAMA – Vendo, dianteiro, de Honda Bros 150 – 99829.2187 PNEUS – Vendo, 3, de caminhão 608 – 99907.7153 PNEUS – Vendo, 4, medida 185 – 99985.4798 PREMIO – Vendo – 99907.7153 RÁDIO – Vendo, antigo – 99147.0452

RANCHO – Vendo, na beira do Rio São Francisco – 99929.8818 RETROESCAVADEIRA – Vendo – (31) 99982.3808 RODAS – Vendo, 4, aro 13 – 99801.5385 S10 – Vendo – 99929.8818 – 99126.6367 SOM – Vendo, automotivo – R$ 50, – 99985.4798 TAMBOR – Vendo, 200 litros – 99829.2187 TERRENO – Vendo – (31) 99550.2652 TV – Vendo, 29´- 99132.9174

Acesse o Site do Jornal de Negócios

www.IBOM.com.br SINDICATO RURAL DE BOM DESPACHO CNPJ 18.813.469/0001-05 Registrado no MTPS sob o Nº 18.227/64 - Filiado à Federação da Agricultura de Minas Gerais - Rua Doutor Cisalpino Marques Gontijo, 335 Fone 3521-2622 - Parque de Exposição - Bairro São José - Bom Despacho/MG

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA ALTERAÇÃO ESTATUTÁRIA Dia 20/02/2018 às 18h00 em primeira convocação e às 19h00 em segunda convocação, a se realizar na Sede do Sindicato: Rua Dr. Cisalpino Marques Gontijo, 335, Bairro São José, nesta cidade de Bom Despacho-MG. PARA TODOS OS ASSOCIADOS AO SINDICATO DOS PRODUTORES RURAIS DE BOM DESPACHO-MG O Presidente do SINDICATO DOS PRODUTORES RURAIS DE BOM DESPACHO-MG, no uso de suas atribuições estatutárias previstas no art. 31, alínea I, combinado com art. 18, alínea r e art. 19, alínea b e § 4º, convoca a TODOS OS SINDICALIZADOS para a ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA a ser realizada no dia 20 (vinte) de fevereiro de 2018, às 18h00m, em primeira convocação, e, às 19h00m, em segunda e última convocação, a se realizar na Sede do Sindicato. I – O texto da proposta de modificação estatutária encontra-se afixado no selotec do Sindicato Rural de Bom Despacho. II – Apresentação de alterações pela Assembleia. III – Deliberação sobre a proposta de modificação estatutária e sobre as alterações propostas em Assembleia. IV – Aprovação de modificações propostas. V – Assuntos diversos Bom Despacho-MG, 1º de fevereiro de 2018 PATRICK BRAUNER RESENDE SILVA Presidente


DESTAQUE

Polícia Militar pega cinco envolvidos em roubo a mercearia

Bom Despacho (MG), 4 a 10 Fevereiro 2018

Cai número de acidentes de trânsito em Bom Despacho Em 2017, os acidentes de trânsito em Bom Despacho tiveram redução média de 10% em relação ao ano anterior. A informação foi divulgada na sexta-feira, 2/ 2, pela Secretaria Municipal de Trânsito. Analisando os resultados por região, o centro da cidade, onde o trânsito é maior, teve queda de 12,5% nos acidentes. O bairro São Geraldo apresentou o melhor resultado, com redução de 64% no índice de ocorrências. “É importante destacar que houve esta redução mesmo com o crescimento da frota em 1.024 veículos”, diz o secretário de Trânsito, Renato Pontes. “Em 2016, para cada 40 veículos, um se envolvia em acidente. Ano passado, este número passou para 46 veículos por registro”. Segundo ele, “motoristas mais prudentes e fiscalização mais presente” foram

Cinco homens, com idade entre 16 e 31 anos, foram pegos pela Polícia Militar na noite de segunda (29/ 1). Eles são acusados de participar de roubo a uma mercearia na Avenida Dr. Juca. O assalto aconteceu por volta das 8 horas da noite, no bairro QuentaSol. De acordo com a ocorrência, os assaltantes estavam armados e levaram dinheiro e outros objetos. Depois fugiram do local num Monza. Equipes da Polícia que faziam rastreamento na região localizaram o veículo usado no roubo estacionado na porta de uma casa. O endereço não foi informado pela PM. Abordado, o proprietário disse aos militares que havia emprestado o Monza para um adolescente de 17 anos. Ele foi procurado e encontrado em casa. Com o adolescente foram apreendidos 170 reais em

dinheiro e um telefone celular, que o menor confessou terem sido roubados na mercearia. Outro adolescente de 16 anos também envolvido no crime foi localizado. Ele estava com 30 reais roubados. Pouco depois a PM encontrou mais dois suspeitos que também haviam participado do roubo. Um, de 20 anos, foi localizado no bairro Santa Marta. Ele estava com uma arma de imitação usada no assalto. Com o outro suspeito, de 26 anos, foram apreendidos 120 pares de tênis e chinelos aparentemente falsificados, munições e 150 reais em dinheiro. Ele confessou que participou do roubo como motorista do veículo usado no crime. Todos foram levados para a Delegacia de Polícia juntamente com todo o material apreendido.

Aqui tem muito mais notícias de BD todos os dias www.ibom.com.br facebook.com/jornalde negocios

3

determinantes para esses resultados. Desde 2013, a administração municipal vem asfaltando vias públicas, instalando placas de sinalização e aumentando a fiscalização em Bom Despacho. “Hoje

há faixas de pedestres na frente de todas as escolas. Há placas de orientação, sinalização horizontal, vagas para idosos e deficientes”, ressalta Pontes. Salvar vidas Para o prefeito Cabral, “a diminuição das colisões e

atropelamentos libera a Polícia Militar para os trabalhos mais nobres de segurança. Isto é bom. É bom, também, porque economiza dinheiro com atendimento na saúde. O mais importante, porém, é que salva vidas”, concluiu.

Neste sábado tem mutirão contra mosquito da dengue Neste sábado (3/2), tem mutirão contra o mosquito da dengue em BD. Agentes de endemias e caminhões da Prefeitura percorrerão as ruas dos bairros Aeroporto I e II, JK, Novo Horizonte, Novo São Vicente, Santa Marta e São Vicente para identificar e eliminar

focos do Aedes aegypti. De acordo com o coordenador Fernando Júnior, moradores desses bairros devem retirar de dentro de casa todo material que possa acumular água. Tudo que for retirado deve ser colocado para fora para os caminhões recolherem.

Câmara recebe autoridades e lideranças para discutir A continuidade da duplicação da 262 Nesta segunda, dia 5/2, a Câmara Municipal de Bom Despacho promove um encontro para discutir a retomada da duplicação da BR 262 no trecho entre Nova Serrana e Uberaba. Estarão presentes na reunião o diretor geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Luiz Macedo Bastos, e um representante da Triunfo Concebra, concessionária responsável pela BR 262. Participarão também deputados, lideranças

políticas, comunitárias e empresariais de Bom Despacho e região. Segundo a Câmara, foram convidados prefeitos e vereadores de Bom Despacho, Nova Serrana, Leandro Ferreira, Luz, Perdigão, Araújos, Córrego Danta, Martinho Campos, Moema, Abaeté, Araxá, Rio Paranaíba, Pitangui e Santo Antônio do Monte. O encontro é aberto ao público e começa às 14h30m. Mais informações no telefone 3521-2280.


4

Bom Despacho (MG), 4 a 10 Fevereiro 2018

Projeto Rio Capivari e a água em nossa cidade palavras de Eduardo Galeano: "De água somos. Da água brotou a vida. Os rios são o sangue que nutre a terra, e são feitas de água as células que nos pensam, as lágrimas que nos choram e a memória que nos recorda. A memória nos conta que os desertos de hoje foram os bosques de ontem, e que o mundo seco foi mundo molhado, naqueles remotos tempos em que a água e a terra eram de ninguém e eram de todos." Você conhece o Projeto de Recuperação e Preservação do rio Capivari, o único rio que abastece a nossa cidade? Fica a dica. No site IBOM.com.br, junto com esta matéria você encontra o link do Projeto Rio Capivari.

DENISE COIMBRA Denise Coimbra é psicóloga e escritora

Nesta semana, duas notícias a respeito da água deixaram-me bastante reflexiva. A primeira delas diz respeito ao encontro de Michel Temer com o presidente da Nestlé, o belga Paul Bulcke, no último dia 24, em Davos, na Suíça. O motivo do encontro? A realização do 8º Fórum Mundial das Águas, que será realizado em Brasília em março, e, pasmem, a consolidação de acordos entre o governo brasileiro e empresas com vistas à privatização da água no Brasil. A outra notícia? Desde 2013, Bom Despacho, em parceria com a ANA (Agência Nacional das Águas) "pratica ações de recuperação e preservação de seu principal rio, o Capivari. Além do plantio de 17 mil mudas de árvores nativas, do cercamento de 20 km de áreas ribeirinhas, da construção de 80 barraginhas e curvas de nível, a prefeitura publicou edital que remunera produtores rurais que preservam o meio ambiente.". Diz a máxima popular que "cuidamos somente daquilo que amamos ou conhecemos". Por isto, envolver as alunas e os alunos das escolas municipais com "o objetivo de criar a logomarca do projeto e estimular a consciência ambiental" e, cada vez mais, potencializar o envolvimento de toda a comunidade neste projeto,

irá demonstrar o engajamento de todos em deixarmos um legado positivo para as gerações futuras. Sem água, eles não viverão. A grave escassez de água potável no ano passado em nossa cidade e o nosso posicionamento assertivo ao exigirmos os nossos direitos perante a Copasa, mostram que a Prefeitura Municipal e o Ministério Público confirmam a resolução da ONU (2010) de que "a água potável e segura e o saneamento básico constituem um direito humano essencial" e por isto nenhuma questão hoje é mais importante do que a água. Saber que Coperbom, Prefeitura, IEF, Polícia

Militar Ambiental e Copasa estão nesta parceria, juntamente com os proprietários ribeirinhos, aumenta minha esperança de que novos projetos sejam idealizados e incorporados por empresas em nossa cidade. Somente um pacto social em torno dela poderá minimizar a escassez de água em Bom Despacho. É preciso repensar o nosso modo de viver e desenvolver uma cultura de cuidado com a água. "Reduzir, reciclar, reusar, respeitar e reflorestar." Sobre a realização do Fórum das Águas a ser realizado em março e a privatização da água no Brasil? Fica o alerta nas

DESTAQUE

Bom Despacho, 15 de janeiro de 2018

CONVOCAÇÃO

No cumprimento das disposições estatutárias, convoco Vossa Senhoria para a Assembleia Ordinária da Associação dos Graneleiros de Minas Gerais – AGRAMG, a ser realizada no dia 04/03/2018, na sala de reunião de nº 094, do SESC Bom Despacho, localizado na Avenida Maria Del Duca, nº 150 – saída para Martinho Campos, às 09h00 em primeira convocação, contando com a presença de pelo menos a metade dos votos totais, ou às 09h30m em segunda convocação, no mesmo dia e local, com qualquer número de presentes (salvo quórum especial exigido por lei ou pelo estatuto), para deliberar sobre a seguinte ORDEM DO DIA: Item I – Leitura, discussão, votação e aprovação dos documentos relativos às contas da Diretoria referente ao Exercício de 2017; Item II – Alteração do Estatuto; Item III – Apresentação dos candidatos à Eleição dos membros da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal, conforme Capítulo IX das disposições estatutárias a seguir colacionadas; Item IV – Posse dos eleitos; Item V – Outros assuntos. Observações: (i) É lícito aos associados se fazerem representar, na Assembleia ora convocada, por procuradores, sendo estes outros associados ou advogados, munidos de procurações específicas; (ii) A ausência do associado não o desobriga de aceitar como tácita concordância aos assuntos que forem tratados e deliberados; (iii) Os associados em atraso das respectivas contribuições não poderão votar nas deliberações. Cordialmente, ADÉLIO VAZ SILVA - Presidente

É proibida a reprodução total ouLtda. parcial, em qualquer meio de comunicação, Publicado por Imagem Editora - jornal@joneg.com.br - Bom Despacho - MG dos textos e anúncios produzidos pelo Jornal de Negócios - A publicação não autorizada por escrito sujeita o(s) infrator(es) às penalidades legais - Editora: Beatriz C. Gontijio – Diretor: Alexandre Júnior - Publicação semanal – Tiragem: 6.500 exemplares – Impresso na Sempre Editora / BH – Editoração e Arte: Jornal de Negócios – Opiniões emitidas em artigos assinados não representam a opinião do Jornal de Negócios, sendo responsabilidade exclusiva do autor – Distribuição livre em Bom Despacho, Araújos e Engenho do Ribeiro e dirigida em Martinho Campos, Moema, Luz, Pompéu, Abaeté e Nova Serrana - Este exemplar é propriedade do Editor, que autoriza a entrega sem ônus de uma cópia por pessoa


DESTAQUE Publicação particular

Procuramos NINA, nossa cachorrinha sumida no Centro de Bom Despacho GRA TIFICAMOS GRATIFICAMOS QUEM A ENCONTRAR

Bom Despacho (MG), 4 a 10 Fevereiro 2018

5

Promotora orienta militares para ações durante Carnaval

Nina estava na Travessa Biquinha, Centro, quando desapareceu na última quinta-feira (25 de janeiro). É da raça Shitzu, muito dócil, tem 5 anos de idade. É fácil distingui-la: ela tem apenas um olho devido a um problema de nascença. Estamos sentindo muita falta dela, especialmente meu filho de 1 ano, que pergunta pela Nina a todo tempo. Mas confiamos nas pessoas de bem para encontrá-la. Vamos recompensar quem nos devolvê-la ou der informação que nos ajude a encontrala. Acreditamos que quem está com ela a pegou apenas para ajudar. Qualquer notícia ligue nos fones 98834-0006 ou 98822-1206.

Em reunião dia 30/1, no auditório do 7º Batalhão, a promotora Luana Cimetta Cançado – da 1ª Promotoria da comarca de Bom Despacho - fez palestra para policiais militares daquela unidade sobre os principais problemas e delitos que ocorrem durante o Carnaval. As situações mais comuns abordadas pela Promotora foram venda ou entrega de

bebidas alcoólicas para menores; importunação ofensiva ao pudor; perturbação do sossego e poluição sonora; dano ao patrimônio público e embriaguez ao volante. A Promotora abordou os aspectos legais dessas infrações e orientou os militares a agir em todas as situações para garantir a ordem e a segurança pública. (Informações e foto: 7° BPM/PMMG)

Cuide da sua segurança Dicas de segurança da Polícia Militar para você aproveitar a festa com tranquilidade e segurança • Evite levar objetos de valor como celulares, carteiras e bolsas • Leve dinheiro apenas para o necessário • Ande em grupo com pessoas de sua confiança • Caso leve crianças pequenas, mantenha-as perto de você • Crianças devem levar um papel com telefone celular dos pais • Fique atento a empurrões e esbarrões. Se notar a presença de suspeitos, afaste-se e avise a Polícia • Evite brigas, confusão e hostilidade • Não aceite bebidas ou alimentos de desconhecidos • Utilize o banheiro químico • Use lotação, van ou táxi para evitar problemas de estacionamento, danos e furto/roubo do seu veículo • Se for dirigir não beba (Fonte: 7º BPM)


6

Bom Despacho (MG), 4 a 10 Fevereiro 2018

FERNANDO CABRAL Fernando Cabral é advogado, auditor federal e prefeito reeleito de BD

Nos últimos anos o Supremo Tribunal Federal vem ganhando manchetes. Ora por confirmar a prisão de bandidos, ora por mandar soltar bandidos. No mais das vezes, por não julgar com a rapidez necessária os políticos de Brasília acusados de corrupção e crimes análogos. Não raro, por mostrar ao público, pela TV, arengas longas, enfadonhas e incompatíveis com a dignidade do cargo de Ministro do STF. Esta semana, porém, pelos temas mencionados mas não discutidos no plenário da sessão inaugural do ano judiciário: a manutenção da prisão de condenados em segundo grau e o desagravo pelas agressões que partidos e políticos desfecharam contra a atuação de juízes, desembargadores e

DESTAQUE

STF é destaque da Semana

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Carmen Lúcia

ministros. No STF o ano começou promissor. A alturas tantas, disse Cármen Lúcia, presidente do STF: o que é inadmissível e inaceitável é desacatar a Justiça,

agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal. Com estas palavras, a Ministra mostrou sua insatisfação

e irritação com os políticos que têm agredido a justiça. Insatisfação que não é só dela, mas de boa parte do judiciário. Ela não mencionou ninguém em particular,

mas para bom entendedor, pingo é letra. Muitos viram no discurso da presidente do STF um desagravo aos discursos do PT e de Lula em decorrência da recente condenação aplicada ao ex-presidente. Pode ser. No entanto, não se pode esquecer que o número de políticos investigados, presos e condenados é grande e atinge muitos partidos. Portanto, é mais provável que a Presidente se refira a muita gente além do recémcondenado Lula e seu partido. Afinal, a Lava Jato e seus desdobramentos já processaram ou estão processando mais de 1000 pessoas; prendeu mais de 200, condenou mais de 100. Sem contar que recuperou mais de R$ 10 bilhões. A maioria dos

condenados não reconhece seus crimes e não aceita a condenação. Isto é comum entre bandidos. O que é menos comum é ver bandidos acusando a Polícia Federal e o Ministério Público de serem partidários e os juízes e desembargadores de estarem a serviço das classes dominantes. Assim, considerando estes vastos números e as longas penas confirmadas, é mais provável que a Presidente do STF estivesse se referindo a muita gente, e não a uma pessoa ou outra em particular. Mas, já antes deste desagravo, a Ministra já havia dado uma ferroada nos políticos e em alguns de são colegas: são aqueles que queriam ver o STF decidir novamente se condenados em segundo grau podem ou não ser presos.

Prisão após condenação em segundo grau não será reavaliada No final de 2016 o STF decidiu que o condenado em segundo grau pode ser preso. Ou seja, não tem o direito de aguardar em liberdade o julgamento de todos os recursos que ainda possa haver acima do segundo grau. Esta decisão teve repercussões profundas no judiciário e na sociedade. Como é sabido, pessoas poderosas e abastadas nunca eram presas. Pagando bons advogados e usando todos os meios lícitos (e nem sempre ilícitos) ao seu alcance, empurravam a prisão dos seus clientes para as calendas gregas. Não era raro ver no Brasil condenado ficar solto por 20, 30, 40 anos, morrer e não cumprir sua pena. Com a decisão de 2016 o STF começou a mudar a estória. Ao decidir que o réu condenado em segunda instância poderia ser preso imediatamente, alguns poderosos foram para a cadeia. Talvez o mais conhecido deles seja Paulo Maluf, o Deputado Federal e ex-governador de São Paulo. Por mais de 40 anos ele conseguiu driblar a justiça. Neste momento – finalmente – ele está cumprindo pena

na penitenciária da Papuda, em Brasília. O problema é que, já em 2017, o ministro Gilmar Mendes voltou atrás. Ele que em 2016 votara pela possibilidade da prisão após condenação em segundo grau se arrependeu. Não se sabe – nem há como saber – se por verdadeira dor de consciência ou se porque viu alguns dos seus amigos serem presos. Seja como for, sua explicação não me convenceu: disse que a nova posição havia dado muito poder às camadas inferiores da justiça. Ou seja, aos desembargadores. Com esta mudança pública de posição, os políticos começaram a fazer pressão para que o STF recolocasse o assunto em pauta. Se isto acontecesse agora, é possível que o placar virasse. E, se virasse, muitos políticos já presos teriam que ser soltos e aqueles que estão soltos aguardando a prisão ficariam tranquilos para esperar a morte em casa. A recente condenação de Lula em segundo grau voltou a colocar o assunto no topo das prioridades dos políticos e seus partidos. Mas também neste ponto

a ministra Cármen Lúcia prender de imediato os ficou firme: garantiu que condenados em segundo neste momento o assunto grau. não será rediscutido na Disse ela a certa altura: O corte. Se ela mantiver esta Ministério Público irmadecisão, pelo menos por na-se ao sentimento dos enquanto fica mantida a membros desta Augusta prisão após condenação Corte, que reconhecem em segundo grau. Com que vivenciamos os brasiisto, em breve, o Brasil leiros a dura realidade de poderá ter um ex-presiaumento da dente na cadeia violência urapós ter sido Serão muitas bana, de condenado corrupção escaramuças por corrupção. ainda disseaté que um dia O tempo dirá. minada, de – quem saiba – crise nas prio povo saia sões e de ganhando sentimento de Dois a zero nesta guerra impunidade. para a Presidente – Ao Depois, acrescentou: Os desagravar a justiça contra olhos do país e o coração os ataques dos políticos e de todo o povo observam ao prometer não colocar e sentem o que pensam e em pauta a discussão decidem os órgãos do sissobre a prisão após tema de justiça, com a condenação em segunda atenção que nos impulsioinstância a presidente do na, no Ministério Público, STF teve vitória de 2 a 0 a agir firmemente em nocontra a impunidade. me do interesse público, a encontrar caminhos que façam chegar justiça aos Raquel Dodge apoia mais necessitados e a Cármen Lúcia – Na endireitar os atos tortuosos mesma sessão de inaugu- dos que desviam dinheiro ração do ano judiciário, a Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, ficou do lado de Cármen Lúcia. No seu discurso defendeu que a justiça seja respeitada em suas decisões e insistiu para que seja mantido o direito de

/jornaldenegocios Acesse o Facebook do Jornal e saiba o que acontece na cidade

público. Em seguida passou a defender com veemência a prisão após condenação em segundo grau, dizendo que continuará lutando para que haja o cumprimento da sentença criminal após o duplo grau de jurisdição, que evita impunidade. Este é um apoio importante. Até porque muitos apoiadores da Procuradora Geral acreditavam que ela seria mais amena do que seu predecessor, Rodrigo Janot. Mas a Procuradora foi além: fez questão de garantir que o Ministério Público Federal de tudo fará para que prevaleça a Lei da Ficha Limpa. Ou seja, mesmo que não sejam presos, políticos condenados em segundo grau não poderão se candidatar. OAB também apoia Presidente do STF – O presidente da OAB, Cláudio Lamachia, seguiu na mesma linha de defesa da independência dos magis-

trados: Não se questiona o direito constitucional à crítica, mas ele não pode derivar para agressões e linchamentos físicos e morais, como eventualmente tem ocorrido. Igualmente, assistimos a tentativas inaceitáveis de constranger e influenciar magistrados por meio de pressão política, em flagrante desrespeito à independência do Judiciário. Estes assuntos e pronunciamentos garantiram as maiores manchetes da semana passada. Mais importante, porém, é que deram a tônica de como serão as próximas semanas na política e no judiciário: o recrudescimento da luta daqueles que querem ver os condenados presos, e aqueles que querem ver os condenados soltos. Se-rão muitas escaramuças até que um dia – quem saiba – o povo saia ga-nhando nesta guerra. Até que um dia, quem sabe, o assunto renda mais do que manchetes de jornal numa acalorada semana de verão.


DESTAQUE

Bom Despacho (MG), 4 a 10 Fevereiro 2018

7

Gatinha da Semana

3522.2692

Alice Vitória faz aniversário no dia 6 de fevereiro

Amanda fez aniversário no dia 2 de fevereiro

Andrezina Rosa da Silva Couto faz aniversário domingo, 4/2

Angelina Ramos faz aniversário domingo, 4 de fevereiro

Breno Oliveira faz aniversário no dia 6 de fevereiro

Moda Bebê & Infantil Calçados&Brinquedos

Ana Lívia, 7 anos Pais: Paulo e Beatriz Cláudia Vale faz aniversário no dia 6 de fevereiro

Edelweiss Cabral faz aniversário no dia 5 de fevereiro

Flávia Ferreira faz aniversário no dia 6 de fevereiro

Glicéria Couto faz aniversário domingo, 4 de fevereiro

Luis Philipe fez aniversário no dia 31 de janeiro

Maria Adjaria fez aniversário no dia 28 de janeiro

Mariana Costa Cardoso faz aniversário domingo, 4/2

Marina Assis Araújo faz aniversário domingo, 4 de fevereiro

Priscila Mariane faz aniversário domingo, 4 de fevereiro

Rose Lane faz aniversário domingo, 4 de fevereiro

Para sair nesta coluna envie foto, NOME COMPLETO e data de nascimento para:

biacabralg@gmail.com

Gustavo Campos faz aniversário no dia 5 de fevereiro


8

Bom Despacho (MG), 4 a 10 Fevereiro 2018

DESTAQUE

Figuras e fatos notáveis do passado Tadeu de Araújo Teixeira é professor, escritor e fundador da ABDL

Professor Majela: rumo a Bom Despacho (Fragmentos de uma autobiografia) Ao sair do seminário de Diamantina, caí logo no magistério. Lecionei de

tudo em Conceição, Januária, Diamantina, Campo Belo, Ouro Preto, BH, Lavras, Pirapora, Andrelândia, Jacarezinho no Paraná, de onde vim para Bom Despacho, aonde aportei dia 2 de fevereiro de 1954, com o concurso feito para a cadeira de Português do Ginásio Estadual, por cujo diretor eu fora procurado em BH. Na política Mesmo não sendo competente em matéria de

política, o Bill, o Brasinha, o Zé Luiz (Passo Preto) certa vez me guindaram à presidência do PT, em Bom Despacho, coisa que nunca pude concordar e estou certo de que lhes causei uma grande decepção. Sem nenhuma zanga com o PMDB, que reputo o melhor partido, nas próximas eleições, vou votar no Paulininho Queiroz para prefeito, pouco importa o partido em que esteja.

Ele já me tirou de muito aperto em Bom Despacho. Esta é uma opção minha, se tem lógica ou não, pouco importa. Tem sido assim toda a minha caminhada, em que nem sempre houve lógica ou coerência, mesmo porque os adversários de outrora estão de braços dados graças a Deus e ao MDB que eu ajudei a fundar. Lembranças de alunos Aí está o Brasinha jornalista talentoso e

professor da UFMG. No Ginásio, o menino de olhos perquiridores já denunciava o homem que haveria de ser: Pelejador, buscador de horizontes mais largos, escritor. Os meninos do Pedro Gontijo sempre se destacaram nos estudos. O Carlos Honório, a Piri, a Glorinha do Chico Areia, o Paulo Teixeira Campos, meu Deus! Quanta gente ainda precisava figurar nesta lista de grata recordação!

Dom Silvério Gomes Pimenta, fundador da Diocese de Luz Em junho de 1914, Dom Silvério, em visita ao Aterrado (hoje Luz) falou ao vigário local, Padre Parreiras, que o Papa Bento XV pretendia desmembrar a Diocese de Mariana e criar um bispado no Oeste de Minas Gerais. Por causa de antigos tratados, esta só poderia ser sediada além do Rio São Francisco, porque a partir de sua margem esquerda o território teria de ser prioritário da diocese de Mariana. D. Silvério revelou ao vigário do Aterrado que nas cidades de Dores, Bambuí e Formiga seus vigários recusaram-se a transformar as paróquias em bispado. Padre Parreiras então perguntou-lhe se era possível criar o Bispado em um arraial. “Será possível sim, desde que se possa obter o patrimônio: terras, catedral e o palácio para o bispo.” O vigário reuniu as lideranças do Aterrado, o seu estado maior, que em peso e com entusiasmo prometeram ajudá-lo. A ideia da criação de uma sede episcopal no minúsculo Aterrado fora aprovada e logo começaram a gigantesca tarefa que exigia aquela aceitação. Poucos acreditavam e resmungavam por aqui e por ali: “Nosso vigário é louco! Onde já s se viu sede de Bispado num arraial como este!? Em termos de hoje, para melhor compreensão de meus leitores, seria como se fosse criado um novo bispado com sede no Mato Seco, em Bom Despacho. Bom Despacho presente Dom Belchior, o saudoso bispo de Luz, em seus escritos, revela que o grande líder e ídolo do Aterrado, padre Parreiras, abraçou com tanta seriedade a empreitada para as construções da nova diocese que ele próprio comprou duas juntas de bois. Comprou um carro de rodas ferradas, um

Catedral de Luz nos dias atuais

chapéu de palha de abas largas e se pôs a carrear pedras, tijolos e madeira para as obras exigidas. Com a participação do povo heroico de Luz e seus líderes, em alguns anos ficou tudo pronto. Em 1920, o Papa Bento XV escolheu um novo bispo para o Brasil, para Minas Gerais, para a sede episcopal do Aterrado: Dom Manoel Nunes Coelho. Ele tomou posse em 8 de abril de 1921. Uma magnífica cerimônia instalou, solenemente, com pompa e um brilho nunca vistos, a sede episcopal naqueles sertões mineiros de então, com a presença de uma multidão de fiéis e de altas autoridades. Estava presente o seu fundador, Dom Silvério Gomes Pimenta. Bom Despacho se fez representar no ato de

Dom Silvério Gomes Pimenta fundou a Diocese de Luz

modo destacado com o discurso do vigário Padre Nicolau Ângelo del Duca. Com sua vasta cultura religiosa e universal encantou a todos. (O original dessa histórica oratória foi guardada cuidadosamente a vida toda pelo Dr. Nicolau Teixeira e reproduzida num dos livros de Dom Belchior.) Benfeitor de Bom Despacho Dom Silvério era arcebispo de Mariana. Essa diocese criada no século XIX alcançava grande parte do território de Minas Gerais. Iniciava-se em Mariana e atingia cidades e povoações das margens do Rio São Francisco para cá. No final das décadas dos anos 1800 até os princípios do século XX era dirigida por Dom Silvério Gomes Pimenta,

virtuoso religioso mineiro. Era muito culto, atuante e piedoso. Até o século XX, teria sido o único bispo negro nomeado pelo Vaticano em cerca de 400 anos da história do Brasil. Esteve em Bom Despacho por três vezes em comitivas a cavalo, em 1904, 1914 e 1921. Personagem que merecia ser melhor lembrada em nossa terra. Papel histórico da Rua do Capim

As tentativas de transformar o distrito de Bom Despacho em vila (cidade) eram barradas na Assembleia Legislativa do Estado, pela insuficiência do número de fogos (casas) aqui existentes. A pedido de Padre Nicolau, em 1904, quando aqui esteve, Dom Silvério doou alguns hectares de terra da Igreja, onde foi feito um loteamento e uma rua, a rua do Capim, hoje rua Capivari, que por justiça deveria se

denominar Rua Dom Silvério. Pois foi a partir da doação dos lotes daquela rua que várias moradas foram construídas, atingindo-se até 1911 um número ideal de moradias, quando enfim Bom Despacho conseguiu sua emancipação de Santo Antônio do Monte. (Parte deste texto foi fundamentado em pesquisas e/ou reproduções dos livros “O Pastor de Luz” de Dom Belchior Neto, “O Arquiteto de Deus” de Sebastião F. de P. Etelvino e do jornal “Tribuna Bondespachense”, editado por Itamar José de Oliveira - Brasinhaedição de dezembro/janeiro de 1987/88).

Dom Manoel Nunes Coelho, 1° bispo de Luz

Célio Luquine e equipe há 29 anos Esta foto do final de 1988 retrata nossos administradores municipais de então: Célio Luquine e equipe. O

prefeito Célio, o vice Gercino e os secretários Paulinho, Zeferino, Luciano, Marcondes, Zuca,

Valdira, Vicente Torres, Waldemar “Trovão”, alguém encoberto e Antônio Dimas.


Bom Despacho (MG), 4 a 10 Fevereiro 2018

DESTAQUE

9

Filhos gritam por socorro e encontram as portas fechadas

Datas em Destaque 4 Fevereiro

Imagem ilustrativa

Dia Mundial Contra o Câncer

3521.4142 3522.3636 3521.4140 3521.4135

DÉBORA RODRIGUES Débora Rodrigues é psicóloga e conselheira tutelar em BD

Eu não consigo ficar indiferente ao sofrimento humano. Algumas vezes eu até gostaria de conseguir, mas não é assim que sou. Poderia pelo menos não absorver, mas absorvo também. No dia-a-dia, no trabalho, vou acumulando sentimentos que não são meus (ou será que são?). Os bons e os ruins. Apesar disso me prejudicar, prefiro ser assim a ser indiferente. Se a indiferença é ruim, imagina quando ela vem da própria família. De uns tempos para cá, os pais vêm deixando a responsabilidade da criação de lado. Existe um lenda que, diga-se de passagem, foi inventada porque convém a eles, de que não podem mais corrigir e educar os filhos. Peço sempre que me mostrem que lei é essa e nenhum deles nunca conseguiu. Nessa de se eximirem de sua responsabilidade, a jogam para a escola e culpam os legisladores da lei que nem existe. É assim que vão se formando crianças e adolescentes que, futuramente, esses mesmos pais dirão que não dão conta delas. Criador não controla mais a criatura, apesar de ser obrigação dele, visto que o filho é fruto de seu descaso. Quando esses jovens começam a ir pelo caminho do crime, esses pais agem como vítimas e ouço muito a frase "a vida inteira dei tudo para esse menino!". Tudo? Eles não receberam nem o básico, que é atenção. Esses pais não olham para esses adolescentes, os tratam como objetos descartáveis. São egoístas, pensam apenas em si e em suas dificuldades. Por fim, veem seus filhos nas ruas, necessitando de alguém que lhes estenda a mão. Esses pais que nunca fizeram isso com certeza dirão que o filho não quer ajuda. Mas a verdade é que só pensam neles. Os filhos gritam por socorro e encontram todas as portas fechadas no momento em que mais necessitam. É aí que perdemos esses meninos, pois os únicos que estendem a mão, nesse momento, não querem seu bem. E não, a culpa não é só dos pais, é de todos que puderam ajudar e não o fizeram. É de cada um que vê esses meninos se perderem e não movem uma palha. Ficam em seus sofás com seus Smarts e WiFi sem lutar ao menos 1 minuto pelo outro. Aonde chegaremos desse jeito? Já chegamos.

O Dia Mundial do Câncer, celebrado em 4 de fevereiro, é uma data criada pela União Internacional para o Controle do Câncer (UICC), em 2005, para conscientizar a população mundial sobre a doença e incentivar as pessoas a falarem mais sobre o assunto no dia a dia. Neste ano, o INCA escolheu como tema o estigma social do câncer. A campanha tem o objetivo de desmistificar marcas negativas associadas à doença, como emoções tristes ou até a morte, por meio do compartilhamento de experiências de pessoas que tiveram a doença e o foco no acolhimento e apoio da família. Além disso, a campanha abordará o problema da desinformação provocado pela veiculação de notícias falsas e equivocadas sobre o tema, que podem atrapalhar a prevenção e o tratamento do câncer (Fonte: INCA).

Ousar é perder o equilíbrio momentaneamente. Não ousar é perder-se. Sören Kierkegaard Os tolos são aqueles que se julgam os mais inteligentes.PauloCoelho

5 Fevereiro

Dia da Papiloscopia

Papiloscopia é a ciência que trata da identificação humana por meio das papilas dérmicas, ou seja, as saliências da parte mais externa da pele. Ela é dividida em quatro partes: o método de identificação pela palma das mãos, pela planta dos pés, pelos poros da pele e o de reconhecer alguém pelas impressões digitais, também chamado de datiloscopia. Ambas as práticas foram instituídas oficialmente no Brasil em 5 de fevereiro de 1903, data em que hoje são homenageados os profissionais dessas categorias.

Datas na Semana Fevereiro 03 Dia da Aviação de Asas Rotativas 04 Dia Mundial do Câncer 05 Dia da Papiloscopia 05 Dia do Dermatologista 05 Dia Nacional da Mamografia 06 Dia do Agente de Defesa Ambiental 06 Dia Internacional da Tolerância Zero à Mutilação Genital Feminina 07 Dia Nacional do Gráfico


10

Bom Despacho (MG), 4 a 10 Fevereiro 2018

DESTAQUE

Educação sim; carnaval Futebol 2018 já começou é com a iniciativa privada com muitos jogos bons

ÍTALO COUTINHO

Ítalo Coutinho é engenheiro, MSc, PMP

O aumento concedido de 6,81% para os professores em Bom Despacho demonstra a postura da atual administração de colocar a Educação à frente de outros interesses. Não só de salário um trabalhador se motiva para exercer bem suas funções, mas são conhecidas as dificuldades que professores passam com baixos salários no Brasil. Já discutimos aqui neste espaço o papel da Educação Básica na formação de crianças e futuros adultos. É assim que se honra compromissos de uma cidade melhor sempre.

Além do mais a cidade tem investido mais de R$ 8 milhões em reformas de escolas. Todos gostam de trabalhar em ambiente adequado para exercer suas funções. Nas escolas isto é primordial. Durante esta semana o prefeito Fernando Cabral abriu o V Seminário da Educação reafirmando que "a educação é o pilar de qualquer sociedade, por isso essa reunião de hoje é fundamental. Porque estão aqui os professores de Bom Despacho e cabe a eles criar uma nova sociedade, novos tempos e um futuro melhor para nós e nossas crianças". Carnaval sim, mas com a iniciativa privada se organizando com apoio da Prefeitura. Isto certamente poderá trazer a tradição

de blocos de amigos. É preciso entender que chega de pão e circo. Governo deve dar condições para as ações da sociedade. Sem organização é impossível realizar uma festa onde todos participam e se sentem bem. Sem prejudicar moradores e o patrimônio público. Entrevista à Itatiaia Nesta semana estive com o Jardel Santos, gerente de Relacionamento da agência Credibom em BH. Fomos a uma entrevista na Rádio Itatiaia falar sobre Cooperativismo Financeiro e a implantação da agência na capital. Eduardo Costa nos entrevistou e ressaltou a importância do bom relacionamento que a rede Sicoob tem com seus associados.

PALAVRAS CRUZADAS Por Orlando Ferreira de Freitas - N° 10

Solução: Horizontais - Crivo / Ética / Luta / RAIS / Ag / Parda / MT / Major / Eivar / Árbitro / IN / Ore / ZN / Tirante / Crase / Tosar / Ri / Togas / SE / Oxum / Copa / Saros / Moral / Verticais - Clama / Ruga / It / Vapor / Trair / Ia / Cima / Astro / Ar / Arbóreo / Detenta / Janta / Vozes / Ira / Acros / Istmo / Tosco / Areal / Rixa / Aspa / Go / Ur / Or.

HORIZONTAIS: 1 - Peneira de arame; joeira. 5 Estudos dos juízos de apreciação referente à conduta humana. 10 - Combate. 12 - Relação Anual de Informações Sociais. 13 - Símbolo químico da prata. 14 - De cor entre o branco e o preto (fem.) 17 - Mato Grosso (sigla). 18 - Patente do Exército ou da Polícia Militar. 20 - Produzir mancha em. 22 - Mediador. 24 - Símbolo químico do índio. 25 - Reze. 26 - Abrev. de Zona Norte. 28 - Viga que suporta o madeiramento de um teto. 32 Contração ou fusão de duas vogais em uma só. 34 Tosquiar. 36 - Acha graça. 37 - Becas; vestuário de magistrado. 39 - Sede. 40 - Orixá das águas. 42 - Compartimento da casa. 44 - Intervalo de tempo em que os eclipses se repetem. 45 - Conjunto de regras de conduta.

VERTICAIS: 1 - Brada; grita. 2 - Prega o dobra na pele. 3 - Charme. 4 - Gás, em temperatura inferior à crítica. 6 - Atraiçoar. 7 Seguia. 8 - A parte mais elevada. 9- Ator que atingiu a celebridade. 11 Atmosfera. 15 - Relativo a árvore. 16 - Prisioneira. 19 - Jantar. 21 - Conjunto de sons emitidos pelo aparelho fonador (pl.) 23 Raiva. 27 - Quebradiços; frágeis. 29 - Faixa de terra que liga uma península a um continente. 30 Grosseiro; rude. 31 - Onde se predomina a areia. 33 Briga. 35 - Instrumento de suplício em forma de X. 38 - Sigla do estado de Goiás. 41 - Pátria de Abraão. 43 Abreviatura de "origem".

FABIANO OLIVEIRA Fabiano Oliveira é repórter, comentarista e cronista esportivo

O nosso futebol começou com amistosos e futsal. A equipe do Operário sub 23 jogou contra o Cristalino e ficou no 1x1. Depois jogou contra a equipe do Rei do Mel numa partida muito pegada em que o placar ficou também no empate de 3x3. Jogou dia 28/01 com a equipe selecionada do Engenho do Ribeiro chamada Senzala e venceu de 6x1. Neste sábado joga com o Ipiranga de Moema sub 23 logo após a abertura dos Veteranos sub 45 entre Operário e Tupi. Domingo joga ás 14h contra a seleção sub 23 de Santo Antônio do Monte e às 16h tem o Amador do Operário que joga sua 2ª partida em 2018. A primeira ele ganhou do Cristalino por 2x1 no estádio Antônio Leite de Oliveira. O futsal ficou por conta do jovem Ramon Peixoto, que fez um belo campeo-

nato apoiado pela Secretaria Municipal de Esportes, onde o Tupi foi campeão. Já neste domingo, 4 de fevereiro, o Cristalino faz 37 anos de glórias e lutas com uma programação que começa cedo. Às 8 da manhã haverá a final do campeonato Tô de Férias sub 15, ás 9h jogam pelo campeonato de veteranos sub 45 Cristalino x Famorine. Às 14h tem o Sub 23 com Cristalino x Associação e logo após, às 16h, um jogo beneficente entre Cruzeirenses x

Atleticanos. A entrada para este jogo será 1 kg de alimento não perecível, exceto sal, fubá e farinha. Também no domingo (4/ 2), a partir das 16h, jogam Recreativo x Cristalino no estádio verde vale, no Engenho Ribeiro, pelo campeonato sub 23. Em Bom Despacho, no estádio Pedro de Almeida Filho jogam Operário x Associação no mesmo horário. O Campeonato Municipal Amador começará só depois da Copa do Mundo.

Lavajato MultiCar

Lavação, Geral, Enceramento e Polimento

99825-8626 NOVA DIREÇÃO: João Paulo Moreira

Av. Dr. Roberto, 291 - Ao lado da Cadeia

Segunda a Sábado de 8 às 18 horas


DESTAQUE

Bom Despacho (MG), 4 a 10 Fevereiro 2018

11

PAINEL ALEXANDRE BORGES

Alexandre Borges é advogado, jornalista profissional e editor

Sindicato discute cobrança do Funrural O Sindicato Rural de Bom Despacho promoveu um encontro na manhã de sexta (2/2) para orientar produtores rurais sobre os aspectos legais que envolvem o recolhimento do Funrural. A reunião foi feita no restaurante Fazendinha. O palestrante foi o advogado Francisco Maurício Barbosa Simões, consultor jurídico da FAEMG (Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais). O Funrural é uma contribuição previdenciária cobrada sobre o faturamento bruto do produtor rural. Com a entrada em vigor da Lei 13.606/18, dia 1º de janeiro deste ano, a alíquota dessa contribuição para produtor pessoa física, que era de 2,3%, foi reduzida para 1,5%. Já para as pessoas jurídicas a alíquota é de 2,85% sobre o faturamento bruto. Mas o problema que afeta os produtores é outro. Começou em 2011, quando o STF (Supremo Tribunal Federal) julgou

inconstitucional a cobrança do Funrural. Com isto, os ruralistas deixaram de recolher a contribuição. Mas em 2017 o STF mudou seu entendimento e decidiu que o imposto era, sim, constitucional e deveria ser pago. Aí, a Receita Federal começou a cobrar dos

produtores o que não foi recolhido nos últimos 5 anos. A mesma Lei 13.606/18 também instituiu um programa de parcelamento e redução de juros e multa da dívida. O chamado “Refis do Funrural” permite que os débitos dos

últimos 5 anos sejam pagos em até 176 parcelas com redução de 100% de juros. O prazo de adesão ao

“Refis do Funrural” termina dia 28 de fevereiro. Mas para o presidente do

Sindicato Rural, Patrick Brauner, “os produtores rurais deixaram de pagar a contribuição do Funrural porque o STF entendeu que ela era inconstitucional. Agora, essa mudança de posição e a cobrança do Governo Federal pode inviabilizar a atividade de muitos produtores”, afirma. Brauner recomenda que os produtores não negociem por enquanto com a Receita. Segundo ele, “há chance de uma reviravolta porque a partir desta semana a bancada ruralista no Congresso vai analisar propostas para rever a dívida dos produtores. Afinal, estamos falando de milhões de pessoas que produzem o alimento que vai todos os dias para a mesa dos brasileiros”, concluiu.

Una realiza feirão de condições especiais neste sábado em BD

Neste sábado (3/2), a Una Bom Despacho promove um feirão que oferece condições especiais para pessoas interessadas em fazer transferência de outra faculdade para o centro universitário, voltar a estudar na Una ou buscar nova graduação entre as 20 opções de curso superior oferecidas pela instituição em Bom Despacho. O evento será realizado no campus da Una, de 9 às 17 horas. Entre as opções ofereci-

das estão bolsas de até 30% durante todo o curso, que podem ser mantidas ou acumulados com Fies e ProUni. Essa bolsa é válida só para transferência externa ou nova graduação. Interessados em participar do feirão devem comparecer no campus da Una até 17 horas levando histórico escolar do ensino médio e do ensino superior (original ou cópia) em uma das unidades da Una. A instituição “aproveitará

100% da carga horária cursada pelo estudante, desde que a transferência seja para o mesmo curso e que o candidato tenha sido aprovado nas disciplinas cursadas, tendo concluído no máximo 50% da formação na instituição de origem”. As condições especiais incluem também desconto de 50% na matrícula e isenção da segunda mensalidade do curso escolhido. Mais informações no telefone 3521-9550.


12

Bom Despacho (MG), 4 a 10 Fevereiro 2018

DESTAQUE

Jornal negocios 1500 pags 1 a 12  
Jornal negocios 1500 pags 1 a 12  
Advertisement