Page 1

Página 1

I T A Ú N A - M G

1 1

D E

Reportagem do S´Passo em Campos e Cachoeirinha

N O V E M B R O

D E

2 0 1 7

E D I Ç Ã O

N º

1 . 2 1 5

P R E Ç O

Mais um coletivo de artes reforça cenário musical independente na cidade

M Á X I M O

R $

1 , 0 0

Associação Cultural Vânia Campos inicia processo para retomada das atividades

PRESERVAÇÃO DA BARRAGEM DO BENFICA GERA POLÊMICA MEDIDAS PROPOSTAS NO NOVO PLANO DIRETOR DESAGRADAM EMPRESÁRIOS Tribunal confirma irregularidades em licitação para a compra de asfalto em 2015

Mais de 40 adolescentes cumprem medidas socioeducativas em apenas 12 meses

Procuradora requer aplicação de multa e outras penalidades em atendimento a denúncia

Menores na faixa de 12 e 17 anos passam pela liberdade assistida ou prestação de serviços à comunidade Página 07

Página 03

Prêmio Empreendedor Social da Folha de São Paulo reconhece trabalho da Apac

Companhia Independente de Polícia Militar de Itaúna corre risco de rebaixamento

Página 02

Prazo maior para renegociação de tributos com descontos nas multas e juros

Página 07

Página 03

Futebol Society Adulto reúne campeões da temporada a partir deste sábado

CINEMA SERÁ INAUGURADO NA PRÓXIMA SEMANA Quem estava ansioso pela inauguração do cinema na cidade já pode comemorar. Está quase tudo pronto para que o espaço seja aberto ao público, na próxima quarta-feira, 15, feriado pelo Dia da Proclamação da República. O Cine Ritz Itaúna conta com três salas modernas e climatizadas, sendo uma delas para exibição em terceira dimensão – 3D. A capacidade total é de 530 espectadores e por semana devem ficar em cartaz cinco produções.

Vereadores ignoram importância e as reuniões dos Conselhos Municipais Página 06

Hemominas realiza coleta de sangue na Escola Augusto Gonçalves


Sábado, 11 de novembro de 2017

Página 2

Associação Cultural Vânia Campos inicia processo para retomada das atividades Recomposição da diretoria e projeto para resgate da história das artes cênicas em Itaúna são pautas de assembleia Está marcada para a próxima quarta-feira, 15, feriado pelo Dia da Proclamação da República, uma Assembleia Geral Ordinária, convocada pelo presidente da Associação Cultural Vânia Campos, Marco Antônio Machado Lara. A proposta é de retomada das atividades, principal pauta da reunião. Para que a medida seja efetivada, será colocada em

debate a alteração do estatuto e da denominação da entidade, em consequência da dissolução de parceria com o Serviço Social da Indústria – Sesi – na administração do teatro. Outro destaque é o projeto de resgate da história das artes cênicas na cidade. Também será eleita a nova diretoria. A Associação Cultural Vânia Campos pretende contar, em

livro, as memórias do teatro itaunense. A intenção é inscrever a proposta no Fundo Estadual de Cultura, para garantir a captação de recursos. De acordo com o presidente da entidade, Marco Antônio Lara, a ideia é fazer a reconstituição de épocas passadas, mostrando, com textos e fotos o desenvolvimento do segmento, a partir dos

primeiros registros sobre as montagens com artistas locais, em 1877, por exemplo. Além da edição dessa obra, está prevista uma exposição do acervo fotográfico, cartazes e outros materiais obtidos a partir de pesquisa ou cedidos. Outra proposta é a criação de cartazes comemorativos, que representem as principais peças

Prêmio Empreendedor Social da Folha de São Paulo reconhece trabalho da Apac Valdeci Ferreira, um dos precursores do método, é escolhido entre 160 inscritos

O diretor-executivo da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados – FBAC

-, Valdeci Ferreira, ganhou o Prêmio Empreendedor Social do Ano, entre 160 inscritos no

maior concurso da área na América Latina. O resultado da premiação, iniciativa da Folha de São Paulo, em parceria com a Fundação Schwab, foi anunciado na noite desta segunda-feira, 06, na capital paulista. A FBAC é a entidade que congrega todas as unidades da Associação de Proteção aos Condenados – Apac -, no Brasil, sendo responsável pela administração e fiscalização das mesmas. Valdeci Ferreira tem 55 anos, 33 deles dedicados à causa da humanização do cumprimento

das penas privativas de liberdade. Ele dirigiu por longo período a unidade da Apac de Itaúna, que é apontada como referência para o país. A instituição adota uma metodologia considerada revolucionária, apostando na recuperação de todos os que cometeram crimes e investindo em espaços onde não há agentes penitenciários. Os recuperandos (como são chamados os presos) possuem as chaves das próprias celas e todos devem estudar e trabalhar, tendo os direitos básicos respeitados.

montadas no passado. O projeto visa também a remontagem de dois espetáculos, ciclo de leituras dramáticas de antigas produções, além de audição das partituras de operetas do início da década de 1920. “A associação ficou parada por um tempo devido às dificuldades de patrocínio, ou seja, principalmente por falta de recur-

sos. Estamos muito entusiasmados com esse plano de trabalho e esperamos conseguir concretizá-lo em breve, levando as artes cênicas, levando a arte para diversos espaços. E contar a história do teatro é falar sobre um período de efervescência em Itaúna, que sempre foi reconhecida pelos grandes talentos”, comentou Marco Antônio Lara.

Escolinha Esportiva do Cidade Nova comemora 17º aniversário com amistosos

Na próxima quarta-feira, 15, a Escolinha de Futsal do Cidade Nova comemora o 17º aniversário. Para festejar a data, serão realizados jogos amistosos durante todo o dia, das 08h às 17 horas, nas categorias de

cinco a dez anos. Além disso, haverá rua de lazer até meio-dia. Participam das partidas comemorativas times do Tropical, Sesi, Ceplt, Morada Nova, Itaunense, Jadir Marinho, Lourdes, São Geraldo, Chute Certo e JK.

Copa de Futebol Society Adulto reúne campões da temporada a partir deste sábado As equipes vencedoras das competições realizadas pela Secretaria Municipal de Esportes, em 2017, estão reunidas na 1ª Copa dos Campeões de Itaúna. A iniciativa inédita tem o objetivo de promover e valorizar, ainda mais, o futebol amador na cidade. A proposta também visa a integração dos atletas e cria novas oportunidades para o fortalecimento das equipes. “Era um pedido da maioria dos jogadores.

“A Comédia do Sexo” de volta ao palco do Teatro Sílvio de Mattos Grande sucesso de público em 2014 e 2015, “A Comédia do Sexo” está de volta ao palco do Teatro Sílvio de Mattos. O espetáculo tem em cena seis atores, que interpretam vários personagens, remetendo à realidade de muitos casais. A história tem início com a criação do mundo, em uma versão divertida da história de Adão e Eva, até chegar aos dias atuais, passando por situações cômi-

cas vividas nos relacionamentos. A apresentação será amanhã, 12, a partir das 20 horas. A peça, da Companhia Descarga de Comédia, tem 60 minutos de duração. O Teatro Sílvio de Mattos fica no Espaço Cultural Adelino Pereira Quadros, na rua Antônio Corradi, 55, Centro. Os ingressos estão sendo vendidos pelo preço promocional de R$ 10 e podem ser retirados na bilheteria.

A solução foi convidar todos os ganhadores e oficializar um torneio que atendesse ao anseio dos desportistas”, explica o secretário de Esportes, Gustavo Dornas Barbosa. A iniciativa deu certo. Logo no primeiro ano, seis equipes confirmaram participação. Em sua maioria, os times são os campeões dos campeonatos promovidos desde janeiro, como os vencedores do Circuito Itaunense

de Futsal, Peixo Frito; da Copa Marvel, Sparta; do Lobeirão, Rato; e do Torneio Relâmpago, que antecede o Olarião, o Falcatrua. Algumas seleções também foram convidadas. É o caso do América 93 e o Dourada, vice-campeão do Torneio do Lixão 2017. A primeira rodada da competição está marcada para hoje, 11, no campo de futebol society do Poliesportivo JK. O espaço será

o palco oficial das disputas, que começam com Peixe Frito X América 93, às 15h30, e Sparta e Falcatrua, a partir das 16h30. As outras equipes estreiam no campeonato nos próximos dias 18 e 25. A final da Copa está prevista para 10 de dezembro. Todas as partidas serão realizadas com portões abertos. O Poliesportivo JK fica na rua Maestro Hermínio Corradi, no bairro Cerqueira Lima.

Circuito Itaunense de Futsal Módulo 4 chega à última fase classificatória Três rodadas vão definir os oito finalistas do Circuito Itaunense de Futsal – Módulo 4 - para adolescentes com idade entre 18 e 19 anos. Ao todo, 12 equipes integram a

disputa, que teve início em outubro e terá a última fase classificatória neste sábado, 11. Os jogos serão realizados nos Ginásios Poliesportivos Alexandre Corradi, no bairro

Cerqueira Lima; Hélio do Carmo Maciel, no Itaunense; e na sede do Santanense Tênis Clube, em dois horários, às 14h50 e a partir das 16 horas.

Hemominas realiza coleta de sangue no município neste sábado A cidade recebe mais uma campanha de doação de sangue neste sábado, 11, por meio de iniciativa do Diretório Acadêmico de Medicina da Universidade de Itaúna, com apoio do Terço Estação da Fé. Das 08h às 17 horas, a equipe da Fundação Hemominas estará na Escola Municipal Augusto Gonçalves, que fica na rua Coronel João de Cerqueira Lima, 82, Centro, para coleta do material. O objetivo da mobilização é reforçar o banco do Hospi-

tal Manoel Gonçalves e manter em nível satisfatório os estoques que abastecem a unidade de atendimento de urgência e emergência. Para doar é necessário fazer um cadastro e alguns testes, realizados no ato de inscrição. Basta apresentar a Carteira de Identidade e, em seguida, será feito o encaminhamento a uma avaliação clínica. O ato só será concretizado se o candidato estiver em boas condições de saúde. CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA DO CONDOMÍNIO EDIFÍCIO SOLAR IMPERIAL

Fundado em fevereiro de 1992 Publicação da S’Passo Produções Jornalisticas Ltda. Filiado ao SINDIJORI (Sindicato dos Proprietários de Jornais, Revistas e Similares do Estado de Minas Gerais), sob registro nº 426 / 2007 - CNPJ: 42.925.370/0001-80 Site: www.jornalspasso.com.br E-mails: comercial@jornalspasso.com.br / reportagem@jornalspasso.com.br (37) 3241 - 2189 - (37) 3241 - 2077

Artigos assinados não representam, necessariamente, a opinião do Jornal e são de responsabilidade de seus autores.

Por este edital ficam convocados os proprietários de unidades do Solar Imperial, localizado na rua Cel. Francisco Manoel Franco, 91, Itaúna/MG, para reunirem-se em Assembleia no dia 20/11/17, no apartamento 701, às 18:30h, em primeira convocação, e às 19h, em segunda, para deliberar sobre: Prestação de Contas do Síndico; Obra emergencial para resolução de problemas de infiltração na garagem; Disponibilização de espaço no pilotis para a construção de box para cada unidade; Melhorias na portaria; Aprovação das despesas judiciais para execução dos condôminos inadimplentes; Administração geral do edifício. Henrique Rocha Penido - (37) 9.9114-6141 - 3241-1004


Sábado, 11 de novembro de 2017

Página 3

Polêmica entre empreendedores e ambientalistas marca apresentação do novo Plano Diretor Proposta de aumento das áreas de proteção no entorno da Barragem do Benfica promete “esquentar o clima” no plenário da Câmara; defensores das medidas anunciam manifestação A audiência pública para apresentação da minuta do novo Plano Diretor de Itaúna, na noite desta quinta-feira, 09, foi marcada pelo embate entre ambientalistas, proprietários de terrenos nas imediações da Barragem do Benfica e empreendedores interessados naquela região. A realização da reunião foi o último passo antes do encaminhamento do projeto de lei que trata do uso e ocupação do solo ao Legislativo, para análise e votação. Mas, a delimitação das áreas de preservação no entorno do reservatório tem causado polêmica e as discussões sobre o assunto prometem esquentar o clima no plenário, nos próximos dias. A revisão do Plano Diretor, feita neste ano, a partir de recomendações do Ministério Público para que a proposta anterior, levada à Câmara pelo governo passado, fosse retirada da pauta da Casa, devido à necessidade de adequações. O promotor Daniel Batista Mendes pediu estudos mais aprofundados, no sentido de evitar prejuízos à população, diante das “brechas” que poderiam refletir em permissão para construções irregulares e crescimento desordenado. Entre as principais preocupações expostas pela Promotoria, a situação das áreas adjacentes à Barragem do Benfica, ganhou atenção especial. Para garantia da preservação da Mata Atlântica, foram revistas as diretrizes apresentadas em 2016. Os limites físicos para criação das áreas de expansão urbana, denominadas, nessa revisão, de Zonas de

Turismo Sustentável – ZTS - passaram de 25 para 9 hectares, em relação ao projeto de lei enviado à Câmara na gestão passada. As especificações estão em consonância com o entendimento do Ministério Público e da comissão formada na Secretaria de Regulação Urbana para as avaliações. As ZTS foram definidas por meio de limites físicos que compreendem toda a orla da Barragem, entre a estrada dos “Tabuões”, no extremo Leste, até a rodovia MG-431, a oeste. A criação de parâmetros urbanísticos específicos e restritivos para novas edificações tem como objetivo evitar o adensamento descontrolado e prejudicial. No perímetro, também foram demarcadas as Zonas de Proteção Ambiental – ZPA -, com o objetivo de conservar os poucos fragmentos de vegetação que ainda restam. A mata que recobre a área é essencial para a preservação e integridade da represa, responsável pelo abastecimento de Itaúna, além de colaborar para a manutenção da biodiversidade do local. No entanto, as medidas não agradam a alguns grupos empresariais e donos de imóveis, que prospectavam negócios na região e alegam que terão prejuízos com as mudanças previstas. Esse foi um dos assuntos de destaque durante a audiência pública, com vários comentários até de que serão feitos pedidos de indenização ao Município. Por outro lado, defensores da preservação também se posicionaram favoráveis às propostas do Executivo e prometem manifes-

Prefeitura estende prazo para renegociação de tributos com descontos nas multas e juros Contribuintes com débitos tributários vencidos em 2016 e anos anteriores, inscritos ou não na dívida ativa, terão até 22 de dezembro para renegociar as dívidas com a Prefeitura. A medida estava prevista até o fim de outubro, mas, haverá prorrogação. O projeto de lei que autoriza a dilação do prazo foi aprovado por unanimidade, pela Câmara, durante a reunião ordinária desta terça-feira, 07, garantindo a continuidade do benefício da redução dos juros e multas para quem quiser regularizar a situação junto ao Município ainda em 2017. Os descontos podem chegar a 90%. A expectativa da administração é reduzir a inadimplên-

cia. Por isso, a proposta permite ao contribuinte dividir o débito em até 24 vezes. Nesses casos, o percentual de dedução varia entre 75% e 30%, conforme o número de parcelas. Os interessados podem protocolar o requerimento nos guichês de atendimento da Prefeitura. Não há cobrança de taxa para a realização desse procedimento. Conforme estabelecido em lei, a primeira parcela deverá ser quitada na data da negociação e as demais terão vencimento na mesma data, nos meses subsequentes. O contribuinte poderá optar pelo pagamento de parte da dívida, desde que observada, obrigatoriamente, a preferência da mais antiga.

Câmara aprova liberação de recursos para entidades assistenciais O Legislativo aprovou nesta semana projeto de lei que destina R$ 93 mil a entidades filantrópicas do munícipio. A verba é oriunda de recursos captados através de incentivos fiscais e deduções de Imposto de Renda de Pessoas Físicas. Os próprios contribuintes indicam para

qual entidade as doações irão e cabe à Prefeitura fazer o repasse. O dinheiro será distribuído entre 14 entidades, entre elas Instituto Santa Mônica, Paróquia Nossa Senhora de Santana, Comunidade Terapêutica Força e Luz e Granja Escola São José.

O promotor de Justiça Daniel Batista Mendes, reforçou a importância da preservação dos recursos naturais e do interesse público contidos no processo de revisão e destacou a necessidade da atualização, no sentido de evoluir e promover o desenvolvimento urbano planejado e com respeito às normas. “Acredito que os caminhos estão sendo traçados aos poucos e de forma correta”, frisou o titular da 3ª Promotoria de Defesa do Meio Ambiente, Habitação e Urbanismo. Ainda segundo ele, a revisão foi feita a partir de estudos aprofundados, o que é uma exigência legal.

tações durante as próximas sessões ordinárias dos vereadores, para que não sejam feitas alterações em relação às áreas de proteção da Barragem do Benfica. Respeito à legislação Em discurso na abertura da audiência pública, o prefeito Neider Moreira defendeu a aprovação de um Plano Diretor que promova o real desenvolvimento urbano, atendendo o anseio do conjunto da sociedade. “Primeiro é preciso agradecer à população, que respondeu ao nosso chamado e compareceu, no momento certo, para a análise e discussão do Plano Diretor. Também é necessário destacar a seriedade da proposta apresentada, em consonância com a legislação vigente e voltada para promover a qualidade de vida das pessoas. Por isso, o que a administração municipal espera, a partir da análise desta minuta, é um debate democrático e de

cidadania para alcançar o melhor caminho para o desenvolvimento nos próximos dez anos”, resumiu o prefeito. O promotor de Justiça Daniel Batista Mendes, reforçou a importância da preservação dos recursos naturais e do interesse público contidos no processo de revisão e destacou a necessidade da atualização, no sentido de evoluir e promover o desenvolvimento urbano planejado e com respeito às normas. “Acredito que os caminhos estão sendo traçados aos poucos e de forma correta”, frisou o titular da 3ª Promotoria de Defesa do Meio Ambiente, Habitação e Urbanismo. Ainda segundo ele, a revisão foi feita a partir de estudos aprofundados, o que é uma exigência legal. “O Plano Diretor está sendo submetido ao processo democrático, à participação da população, e posteriormente à Câmara. É importante que seja observada a legislação federal, a

Constituição, parâmetros que não podem ser desobedecidos em âmbito municipal”, completou o promotor. Revisão obrigatória a cada dez anos O Plano Diretor vigente em Itaúna foi instituído em 21 de outubro de 2008 e é o primeiro do Município aprovado após a consolidação do Estatuto da Cidade. A atualização do projeto é uma norma federal e deve ser feita a cada dez anos. Esse processo teve início em outubro de 2014 e foi encerrado em setembro de 2016. Porém, a não observância de alguns critérios levou o Ministério Público a solicitar a retirada do Plano Diretor apresentado pela antiga administração, da pauta de votação da Câmara Municipal para a reavaliação de alguns itens. Com a realização da audiência pública, a Prefeitura conclui mais uma fase para a consolidação da proposta, que será encaminhada ao Legislativo para apre-

ciação nos próximos meses. O trabalho de revisão foi feito por comissão técnica, formada por equipe multidisciplinar da Secretaria de Regulação Urbana, o que contribuiu para a economia de recursos públicos. Os funcionários do Município fizeram as adequações dos 84 artigos e elaboraram os ONZE anexos, que são os mapas e tabelas, com atenção às recomendações da 3ª Promotoria de Justiça. Importância para a cidade A Barragem do Benfica é um barramento de água, construído pelas indústrias têxteis Santanense e Itaunense, com o objetivo de regularizar a vazão dos recursos hídricos e otimizar a produção de energia elétrica. Entretanto, a represa também passou a ter a função de controle das cheias e, principalmente, garantir o abastecimento de água potável para a Barragem Dr. Augusto Gonçalves.

Ministério Público de Contas confirma irregularidades em licitação para compra de asfalto na administração passada Órgão pede aplicação de penalidades aos responsáveis pelo certame, alvos de denúncia feita em 2015 pelos vereadores Joel Arruda e Hudson Bernardes O Ministério Público de Contas do Estado de Minas Gerais publicou decisão acerca de denúncia feita em 2015, pelos vereadores Hudson Bernardes e Joel Márcio Arruda, de possíveis irregularidades em processo licitatório, na modalidade tomada de preços, para a compra de asfalto pela Prefeitura. Na época, os parlamentares levaram ao órgão suspeitas de tentativa de favorecimento no certame, a partir da condição, para o contrato, de que a empresa responsável pelo fornecimento do material tivesse usina localizada no máximo a 60 quilômetros de Itaúna. O despacho, da procuradora Maria Cecília Borges, contesta as alegações feitas pela defesa do ex-prefeito Osmando Pereira da Silva e do então secretário de Infraestrutura e Serviços, Sérgio de Castro, de perda do objeto da representação, pelo fato de o processo licitatório ter sido revogado e encerrado tacitamente. A representante do órgão apontou que não foi apresentada nenhuma publicação desse ato, alegando que faltou prova de que o objeto licitado não foi contratado. “Ainda que o certame tivesse sido desfeito, tal ato não acarretaria a

perda de objeto do presente feito, uma vez que ainda haveria interesse na apuração dos ilícitos por esta Corte. O que poderia ensejar não só a aplicação de sanções aos responsáveis, como também a emissão de determinações aos responsáveis, a fim de evitar a repetição dessas práticas, em futuros procedimentos licitatórios”, comentou. Sobre a localização da usina de asfalto, ela citou a redação do art. 30, § 6º, da Lei Federal 8.666/93, que trata das exigências mínimas relativas a instalações de canteiros, máquinas, equipamentos e pessoal técnico especializado, sendo vedadas as exigências de propriedade e de localização prévia. “Entendemos que, caso a empresa vencedora, por ter apresentado o menor preço global, não dispusesse de usina de asfalto num raio de até 60 km, ficaria impossibilitada de assinar o contrato, pois não atenderia o estipulado. Entendemos pela manutenção da irregularidade apontada”, concluiu Maria Cecília Borges, que abordou ainda falhas no tocante à ausência de planilha de preços unitários e do valor estimado de contratação.

“Os responsáveis confessaram a existência de irregularidade, tanto que promoveram a alteração da referida cláusula. Quanto aos demais pontos da denúncia, os responsáveis não apresentaram argumentos de fato e/ou de direito hábeis a afastar as irregularidades constatadas, razão pela qual, nos termos expostos nos termos expostos pela unidade técnica deste Tribunal, revelam-se procedentes tais apontamentos”, completou. O órgão opinou pela Camadas mais finas O programa de pavimentação executado pela administração passada foi alvo de polêmicas desde que começou a ser executado. A pouca durabilidade do material utilizado, que praticamente escorreu para os bueiros junto às primeiras chuvas na época, chamou a atenção do vereador Joel Arruda. Depois de apontar possíveis irregularidades na aplicação da massa asfática, o parlamentar apurou a espessura, de quatro centímetros, em vez dos seis especificados em contrato. A informação foi confirmada pelo então prefeito Osmando Pereira da Silva e o secretário de Infraes-

trutura e Serviços, Sérgio de Castro, que justificaram a manobra como alternativa para beneficiar quantidade maior de ruas. Apesar dos levantamentos realizados e de denúncia formalizada junto ao Ministério Público, Joel não conseguiu a contratação de perito para dar continuidade ao trabalho. De outros tempos Um esquema de superfaturamento de obras de pavimentação asfáltica já foi denunciado à Justiça também quando Eugênio Pinto estava à frente da Prefeitura. Ainda em 2011, o Ministério Público ajuizou ação contra o chefe do Executivo e os então secretários, Edson Aparecido de Souza, o “Varejão”, Adriano Machado Diniz, Tarcísio Rocha, Graciane Saliba, representantes da empresa que executou o serviço e vários outros servidores municipais. A denúncia, feita na época na Câmara pelo vereador Antônio de Miranda, vice-prefeito na gestão passada, foi de que o asfalto havia sido comprado por quase três vezes o valor de mercado do produto.


Sábado, 11 de novembro de 2017

Página 4

COMUNIDADE DE CAMPOS E CACHOEIRINHA

Vândalos destroem vestiários do campo de futebol do Cachoeirinha Atendimento do SAAE é considerado insatisfatório pelos moradores da região

Os vestiários do campo de futebol da Cachoeirinha estão abandonados e as paredes foram alvos de pichação. O espaço não oferece condições adequadas de uso. A reportagem viu até uma lata de cerveja dentro de um dos vasos sanitários. Na parte externa, um pedaço de garrafa plástica acumula

água da chuva. Ao lado, há uma grande área, onde ficava a instituição de ensino que atendia a comunidade, demolida já há muitos anos. Segundo as informações, hoje o local hoje é usado para festas. “Era uma escola muito bonita, agora é lugar de bagunça”, ironizou um morador.

Moradores da Cachoeirinha reclamaram também com a equipe do JORNAL S´PASSO sobre o trabalho realizado pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto – Saae -, tanto em relação ao abastecimento quanto ao recolhimento de lixo. Dois entrevistados disseram que há uma fossa ao lado do lugar onde são retirados os recursos hídricos para fornecimento à população, numa área de preservação permanente. Outra queixa sobre a autarquia é referente ao aumento da

pressão da água nas tubulações, após a mudança do reservatório. “Na minha opinião, faltou estudo. Colocaram a caixa em um local mais alto, o que causou esse problema. Lá em casa a torneira tem que ser aberta pela metade, caso contrário, a instalação arrebenta. Há pouco tempo chegou para mim uma conta no valor de R$ 900”, afirmou um entrevistado. Uma moradora contou que é comum ver vazamentos e canos estourados na comunidade. Ela abordou também a coleta dos

resíduos sólidos. “Aqui não há coleta seletiva. Vai tudo misturado, o que é prejudicial ao Meio Ambiente, além do desperdício de materiais que poderiam ser reciclados”, ressaltou.


Sábado, 11 de novembro de 2017

Página 5

Associação Comunitária de Campos cobra reforma de sede Entidade busca também implantação do programa Rede de Vizinhos Protegidos são realizadas no campo de futebol. A partir das melhorias no prédio, nós poderíamos buscar mais atividades até para as crianças”, falou Igor. Ele afirmou ainda que entende as dificuldades enfrentadas pelo Município, mas tem expectativa de que a Prefeitura libere os recursos para a realização das obras. Mais segurança

Em entrevista ao JORNAL S´PASSO, o presidente da Associação de Moradores de Campos, Igor Israel Gonçalves, disse que hoje a principal reivindicação da entidade é a reforma do Centro Comunitário “Maria Joaquina de Jesus”. O imóvel está fechado e deteriorado pela ação do tempo.

“Nosso principal objetivo é essa revitalização porque queremos transformar o espaço em um local de lazer e cultura para a população. É um pedido dos moradores, principalmente dos idosos, que reivindicam serviços como fisioterapia e aulas de dança, assim como em outras regiões da cidade. Hoje, todas as ações

O líder comunitário Igor Israel Gonçalves contou também que a associação vai tentar, junto à Polícia Militar, a implantação do programa Rede de Vizinhos Protegidos, com a proposta de reforçar a segurança no povoado de Campos. “Assim, incentivaremos que os próprios moradores contribuam com a redução do índice de criminalidade, a partir de denúncias, quando houver suspeitas da ação de bandidos. Ainda não fizemos contato com a corporação, mas esperamos conseguir implantar o projeto”, concluiu. * Os nomes dos entrevistados não foram divulgados a pedido dos mesmos.

Sem sinal de telefonia, Cachoeirinha enfrenta dificuldades para acesso aos serviços básicos Apesar do fácil acesso da comunidade rural de Cachoeirinha à cidade, após o asfaltamento da estrada que liga o povoado à zona urbana, até hoje a região não possui torre de sinal de telefonia móvel. A situação dificulta o contato com os prestadores de serviços básicos de saúde, segurança e água, em casos de emergência. Moradores relataram à reportagem do JORNAL S´PASSO que para contato via celular precisam se dirigir até Campos. Em casos de crimes, como assaltos e arrombamentos, conforme os depoimentos, o registro de ocorrências já chegou a ser feito dois dias depois, devido ao entrave para acionamento da Polícia Militar. No caso da saúde, a situação é ainda pior. Entrevistados disseram que acabam perdendo consultas e exames, porque o posto local não tem telefone nem computador com internet para averiguação das datas disponíveis para agendamento dos procedimentos. “Havia uma vaga em aberto na Policlínica Dr. Ovídio e eu não fiquei sabendo por causa da falta de comuni-

cação com as unidades da área urbana. Muitas vezes não ficamos a par, quando surge a possibilidade de marcação e às vezes demora mais de 40 dias para aparecer outra oportunidade. Aí, o jeito é esperar”, comentou um membro da comunidade. Falta de profissionais Também está entre as preocupações

o fato de a população contar com apenas uma agente comunitária de saúde. “Ela roda a região toda a pé e quando tem que sair para ir às casas, precisa fechar o posto, que só tem enfermeira na quarta-feira. É muito trabalho e pouca gente”, afirmou um usuário da rede pública.

População rural pede mais policiamento e melhorias na iluminação pública Uma reclamação recorrente na Cachoeirinha é a falta de policiamento na comunidade, que, segundo eles, cada vez mais sofre com as ações de criminosos. “São muitos ladrões e enfrentamos riscos no dia a dia. Recentemente, eu fui assaltado com um revólver na cabeça. Falta patrulhamento, porque do jeito que está os bandidos ficam à vontade”, comentou

um entrevistado. A população da Cachoeirinha também faz queixas sobre a iluminação pública. Segundo os relatos feitos à reportagem, lâmpadas chegam a ficar meses queimadas, como é o caso de um poste perto de um ponto de ônibus, cuja luminária, conforme os depoimentos, não funciona há cerca de dois anos.


Sábado, 11 de novembro de 2017

Página 6

Após anos de espera, população de Itaúna ganha cinema na próxima quarta-feira Os amantes da Sétima Arte já podem comemorar: está quase tudo pronto para a inauguração do cinema de Itaúna. Em entrevista ao JORNAL S´PASSO nesta semana, o gerente, Euglacir Menezes, confirmou que a sessão de estreia, para convidados, foi marcada para a terça-feira, 14. A partir do dia seguinte, feriado da Proclamação da República, 15 de novembro, o espaço será aberto ao público, com exibições, nos próximos dias, dos filmes “Thor: Ragnrok”, em 3D,

“Pica-Pau” e o lançamento “A Liga da Justiça”. A chegada do empreendimento é a realização de um sonho antigo de grande parte da população itaunense, que até o momento precisa se deslocar para cidades vizinhas se quiser assistir às produções diretamente na telona. O Cine Itaúna tem à frente o empresário Alexandre Canteruccio, do grupo Cine Ritz, que tem unidades no Shopping Pátio Divinópolis e em diversos municípios não só em

Minas Gerais, como também em São Paulo e no Espírito Santo. O cinema conta com três salas modernas e climatizadas, sendo uma delas para exibição em terceira dimensão – 3D. A capacidade total é de 530 espectadores. Por semana devem ficar em cartaz cinco obras cinematográficas. O espaço receberá ainda pré-estreias e lançamentos simultaneamente com as principais capitais do país. Por meio do Projeto Escola, diretores de instituições de ensino da cidade

poderão agendar sessões em horários diferenciados, com preços reduzidos, para que as crianças se familiarizem desde cedo com a Sétima Arte. Segundo o gerente, Euglacir Menezes, as informações detalhadas dos horários de funcionamento e preços dos ingressos serão divulgadas neste sábado, 11. A previsão, anteriormente, era de que a unidade fosse inaugurada em 26 de outubro, mas a data foi adiada devido a questões técnicas.

Lançamento de mais um coletivo de artes reforça cenário cultural independente na cidade Município recebe músicos de BH e do Rio de Janeiro no próximo sábado

Uma das atrações, a Banda Chico de Barro do Rio de Janeiro

O trabalho de jovens ligados ao movimento cultural da cidade tem contribuído para a inclusão de Itaúna no cenário da música independente em toda a região. A cidade vem se destacando há algum tempo, devido à atuação de grupos como Coletivo Punho

Cerrado, A Cidade Conversa e Black Stone 037. Artistas de várias regiões já passaram pelo município, ampliando o acesso da população às mais diversas manifestações, muitas vezes, com apresentações gratuitas, em espaços públicos, como a Praça

Doutor Augusto Gonçalves. Os projetos não se restringem a música. Artes visuais, cênicas e assuntos sociais estão presentes nos eventos. E, mais uma iniciativa acaba de chegar com a proposta de fortalecer a cena local. Trata-se da Ipê Amarelo Produtora, idealizada com foco, principalmente, no empoderamento feminino. A proposta começou a ser desenvolvida no início deste ano, mas, ganhou força a partir de setembro. A ideia é agir em colaboração com vários grupos e vertentes a fim de propagar o som de bandas ou cantores e instrumentistas em carreira-solo, tanto locais quanto de outros cantos do país. Lançada oficialmente no mês passado, a Ipê Amarelo divulgou

nesta semana o próximo evento que irá realizar. Está programada para o próximo sábado, 18, intervenção com os grupos Chico de Barro, do Rio de Janeiro, e Pata, de Belo Horizonte. Pela primeira vez em Itaúna, a banda carioca apresentará o álbum “Nogueira”, composto por uma mistura de gêneros musicais, desde uma revisitada da Bossa Nova à MPB com a mescla do Indie. Já os músicos da capital mineira divulgarão o disco “Wild and Cabeluda”. Com influências de punk e do grunge, os artistas têm o objetivo de transmitir uma sonoridade agressiva e letras questionadoras. A discotecagem fica a cargo do também belorizontino, DJ Peixota. Mais informações em https://www.facebook.com/ events/1154742697991096.

Vereadores ignoram importância dos conselhos municipais e não comparecem às reuniões Os conselhos são espaços públicos de composição plural e paritária entre Estado e sociedade civil, de natureza deliberativa e consultiva, cuja função é formular e controlar a execução das políticas públicas setoriais. Esses órgãos representam um canal de participação popular, para proposição de ações, cobrança de melhorias e em alguns casos, também fiscalizar e aprovar a liberação de repas-

ses dos fundos municipais para projetos e entidades. O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Itaúna – CMDCA -, por exemplo, já viabilizou vários projetos pelo Fundo da Infância e Adolescência – FIA -, criado para captar recursos destinados ao atendimento de políticas e ações por meio de renúncia fiscal. As instituições beneficiadas trabalham com crianças e ado-

lescentes, de forma preventiva, evitando que os mesmos acabem trilhando o caminho das drogas e da criminalidade. Vários outros órgãos atuam de forma efetiva, com impacto direto na sociedade assim como no caso do CMDCA. Eles são compostos por representantes da sociedade civil ligados a entidades relacionadas ao setor de atuação, representantes da Câmara Municipal e da

Prefeitura. Entretanto, apesar da importância dos conselhos, tem sido mínima a participação dos vereadores nas reuniões e discussões, o que tem sido questionado. Conselheiros apontam a atitude dos parlamentares como controversa, uma vez que entre as obrigações que assumem ao ocupar uma cadeira na Câmara está a de fiscalizar a aplicação do dinheiro público.

Ministério das Comunicações adia mais uma vez desligamento do sinal analógico de televisão

Estava decretado para quarta-feira, 08, o fim do sinal analógico de televisão em Belo Horizonte e outras 38 cidades mineiras, entre as quais, Itaúna. Mas, apesar das afirmações, a princípio, de que não haveria adiamento, o Grupo de Implantação da TV Digital – Gired – conseguiu, junto ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, estender o prazo. O argumento é de que falta apenas 0,7% dos para que seja alcançado o número de domicílios com acesso à nova tecnologia. Uma pesquisa do Ibope constatou que cerca de 10% das

residências ainda utilizam o antigo sistema. A pesquisa foi realizada em Belo Horizonte e nos municípios do entorno entre 24 de outubro e 04 de novembro. A nova data prevista para o “apagão” é o próximo dia 22. Famílias beneficiárias de programas do governo federal têm direito aos equipamentos gratuitos para a conversão do sinal. Para garantir o conjunto, composto por antena, conversor e controle remoto, é preciso agendar a retirada pelo telefone 147 ou em sejadigital.com.br/ kit, informando o Número de Identificação Social – NIS.

Jadapax distribui rosas durante celebrações do Dia de Finados

Município sedia Conferência Territorial da Educação Lançada em setembro, a Conferência de Educação de Minas Gerais tem como objetivo a união de esforços em torno da construção de um sistema que integre as ações dos municípios e do estado. A reunião está marcada para o período de 22 a 25 de março de 2018, mas, até dezembro serão realizadas as etapas municipais e territoriais. Itaúna está confirmada pelo Executivo mineiro como sede de um desses encontros, conforme cronograma publi-

cado em www.educacao.mg.gov. br. A cidade receberá o seminário no próximo dia 25. A iniciativa é encabeçada pelo Fórum Estadual Permanente de Educação de Minas Gerais, entidade que reúne instituições de ensino, gestores públicos e sociedade civil, entre elas a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais. A proposta é colocar em debate os oito eixos que compõem o documento para as conferências Nacional e Popular.

Minas Gerais pretende acrescentar um nono tema após as discussões regionais. Entre os pontos fundamentais em pauta, a construção do sistema e de um projeto pedagógico integrado; o financiamento da Educação; a redistribuição do ICMS para a área, com a finalidade de ampliação do atendimento no nível municipal, em especial no ensino infantil; a gestão democrática, reafirmando o ideário de participação na gestão que os

conselhos municipais representam; e a reafirmação do princípio da liberdade de aprender, de ensinar e da pesquisa. A Conferência pretende mobilizar a sociedade mineira para intensificar o monitoramento do Plano Nacional de Educação – PNE - propondo melhorias às políticas nacional, estadual e municipal. O PNE foi aprovado em 2014, com 20 metas para o setor em todo país e prazo para cumprimento até 2024.

Durante as homenagens aos finados, em 02 de novembro, a Jadapax promoveu o “Dia do Amor”. Como forma de manifestar apoio, respeito e admiração aos que já perderam um ente querido, a empresa distribuiu botões de rosas para as

pessoas que estiveram nos cemitérios da cidade. O grupo também promover uma ação voltada à saúde, com enfermeiras disponibilizadas para aferir a pressão arterial e medir a glicemia dos visitantes, gratuitamente.


Sábado, 11 de novembro de 2017

Página 7

Mais de 40 adolescentes cumprem medidas socioeducativas em Itaúna em apenas 12 meses Menores na faixa de 12 e 17 anos passam pela liberdade assistida ou prestação de serviços à comunidade; casos mais graves são encaminhados a outras cidades Embora não possam ser presos, os menores flagrados em atos infracionais devem cumprir medidas de ressocialização, previstas no artigo 112 do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA. As sanções não são consideradas punições, mas penas de caráter predominantemente educativo, que são reservadas ao público na faixa etária entre 12 e 18 anos de idade. Compete ao juiz da Infância e Juventude proferir as sentenças, após análise das circunstancias do fato e da gravidade da infração. As decisões variam entre prestação de serviços à comunidade, liberdade assistida, semiliberdade e internação, que é de res-

ponsabilidade da Secretaria de Estado de Políticas para Crianças, Adolescentes e Jovens, do Distrito Federal, por meio da Subsecretaria do Sistema Socioeducativo. No âmbito da Justiça, cabe à Vara de Execução acompanhar e avaliar, constantemente, o resultado, bem como inspecionar os estabelecimentos e as instituições encarregadas do cumprimento. Além disso, o poder Judiciário deve promover ações para o aprimoramento do sistema. Em Itaúna o órgão responsável pela execução das medidas socioeducativas é o Centro de Referência Especializado de Assistência Social – Creas. No município são

DNA identifica cadáver encontrado no povoado de Arrudas A Polícia Civil de Itaúna confirmou que o corpo localizado por moradores da comunidade rural de Arrudas, recentemente, com muitas marcas de violência, é de uma pessoa que estava desaparecida em Mateus Leme. O cadáver foi encontrado em 11 de setembro. Familiares da vítima, que morava no bairro Araçás, na cidade vizinha, entraram em contato com a Delegacia, relatando as suspeitas. Como o homem estava parcialmente

carbonizado e teve as pontas do dedo cortadas, houve necessidade do exame de DNA para a identificação. Os autores envolveram o corpo, que também apresentava duas perfurações causadas por arma de fogo, em uma carcaça de pneus e atearam fogo. Um tiro acertou o braço esquerdo e outro a cabeça. A hipótese levantada durante as investigações foi de que crime tenha sido motivado por envolvimento com o tráfico de drogas.

Operações miram tráfico de crack no Nogueira Machado e Morada Nova Dois homens foram presos no fim de semana passado, com várias porções de crack. De acordo com a primeira ocorrência, registrada no Nogueira Machado, no sábado, 04, um indivíduo, de 29 anos estava em frente de casa, em endereço já denunciado como ponto de tráfico de drogas, conforme as informações da Polícia Militar. Em buscas no imóvel, a equipe encontrou 28 pedras da substância entorpecente, embaladas separadamente para a venda. Na tarde de domingo, 05, a

PM flagrou outro elemento portando o produto tóxico, no bairro Morada Nova. O suspeito de comercialização do material ilícito, 28, estava em uma motocicleta quando foi parado pela guarnição, que fazia patrulhamento pela rua João Rodrigues. Ele desceu do veículo e entrou em uma residência, sendo contido pelos militares. No local, moradia do acusado, os agentes localizaram 31 porções de crack, uma bucha de maconha e R$ 428 em dinheiro. Ele já tinha passagens criminais.

“Feriadão” termina com 11 acidentes e 23 vítimas na MG-050 A concessionária do Sistema MG-050/BR-265/BR-491 divulgou no início desta semana o levantamento sobre o movimento na rodovia durante o recesso devido ao feriado de Finados, celebrado na quinta-feira, 02. De acordo com o balanço, cerca de 200 mil motoristas passaram pelo trecho, que liga a vizinha Juatuba, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a São Sebastião do Paraíso, na divisa de Minas Gerais com o estado de São Paulo, entre quarta-feira,

1º, e domingo, 05 de novembro. Durante os cinco dias de operações especiais houve 11 acidentes, com 23 vítimas não fatais. No período, as viaturas de inspeção realizaram 405 atendimentos a usuários da estrada e os guinchos da empresa, por sua vez, efetuaram a remoção de 90 veículos que apresentaram algum problema mecânico ao longo da via. Conforme os dados apresentados, em 2016, foram 25 ocorrências, com 60 feridos.

EDITAL DE LEILÃO 005/2017 SICOOB CENTRO-OESTE O Leiloeiro Fernando Caetano Moreira Filho, JUCEMG 445, torna público que levará a leilão online simultâneo ao presencial, em 24/11/2017 1ª praça e em 08/12/2017 2ª praça, às 08:00h, na Rua Idalina Dornas, 13, Universitário, Itaúna/MG, seu bem: Casa em Formiga/MG. Informações, fotos e edital no site: www. fernandoleiloeiro.com.br ou pelo 37-3242-2001.

aplicadas hoje as sanções em meio aberto, com prestação de serviços e liberdade assistida. Em casos considerados graves, o infrator é internado. No entanto, nessa situação, o menor precisa ser encaminhado a abrigos em outras localidades, como Divinópolis, por exemplo, uma vez que a cidade não possui uma unidade para recebê-lo. De acordo com informações levantadas pelo JORNAL S´PASSO junto à 4ª Promotoria de Justiça da Comarca, nos últimos 12 meses, a cidade contabilizou mais de 40 adolescentes vinculados aos serviços de ressocialização. Itaúna registrou uma média aproximada de três menores apreen-

didos por atos infracionais ao mês. Ainda conforme as informações obtidas pela reportagem, os jovens que cumprem medidas socioeducativas atualmente têm entre 12 e 17 anos de idade. “Apac” Juvenil A proposta de criação de um abrigo para as crianças e adolescentes envolvidos com a criminalidade com um modelo de ressocialização baseado na metodologia da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados - Apac, foi discutida em junho pelo Conselho Nacional de Justiça – CNJ –, e tem apoio da presidente do órgão, ministra

Cármen Lúcia. O diretor-executivo da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados – FBAC –, Valdeci Ferreira, reuniu-se com a magistrada no Supremo Tribunal Federal – STF - e saiu do encontro com prazo definido para a instalação da unidade. A previsão é de que a “Apac Juvenil” seja inaugurada até março de 2018 e será a primeira instituição do país nesses moldes. A estimativa é de que sejam abertas 60 vagas para rapazes, divididos entre os regimes provisório, internação e semi-internação. Para aplicar o método Apac aos menores será necessário ajustar ao Estatuto da Criança e do Adolescente planos antes

adaptados à Lei de Execuções Penais – LEP, visto que são legislações completamente diferentes. O debate em torno do projeto começou em 2011 e, há cerca de dois anos as discussões sobre a necessidade do estabelecimento ficaram mais intensas, devido ao crescimento dos índices de criminalidade entre os adolescentes e a falta de lugares para eles nos abrigos já existentes na região. O terreno para a construção da sede, com dez mil metros quadrados, foi cedido em regime de comodato pela Fundação Granja Escola e os projetos pedagógico e arquitetônico já estão concluídos.

Companhia Independente de Polícia Militar de Itaúna corre risco de rebaixamento cação de Companhia Especial, apesar dos esforços, nos últimos tempos, para que seja alçada a Batalhão, cobrança antiga de autoridades locais, com foco em melhorias das condições para a segurança pública. De acordo com o comandante da PM, major Elson Geraldo de Andrade, a previsão é de que as análises sejam concluídas em dezembro. Histórico da unidade Elevada à Companhia Independente há quatro anos, a Polícia Militar de Itaúna pode retornar à antiga categoria. Está em andamento, em Minas Gerais, um estudo com o objetivo de avaliar as demandas, número de efetivo e índices de criminalidade nas regiões em que estão instaladas as unidades. O resul-

tado do levantamento, conduzido por comissão formada no alto escalão da corporação, será o fator decisivo para a concretização de mudanças em diversas cidades. Itaúna está entre os municípios avaliados. Com isso, há a possibilidade de a Companhia Independente voltar à classifi-

O aquartelamento da Polícia Militar em Itaúna foi inaugurado no dia 16 de setembro de 1981, data de instalação do 5º Pelotão da 53ª Cia PM, subordinada ao Batalhão, de Divinópolis. Posteriormente, em 13 de janeiro de 1988 foi elevado para Companhia, que ganhou o “status” de Especial, em 23 de agosto de 1993.

No ano de 2002, reformas na estrutura do quartel possibilitaram ampliação do atendimento à comunidade e adequações às instalações para criação de futura unidade autônoma, em razão do crescimento e, consequente aumento das demandas de Itaúna. As melhorias foram viabilizadas pela parceria entre Município e Estado, além de empresários locais. Em abril de 2013, o governo de Minas Gerais, em atendimento à solicitação do atual prefeito Neider Moreira, então deputado estadual, elevou a Companhia à Independente, instalada em 12 de dezembro do mesmo, com responsabilidade territorial sobre os municípios de Itaúna e Itatiaiuçu, e perspectiva de aumento de efetivo, mais equipamentos, viaturas e autonomia para o desenvolvimento do trabalho de policiamento ostensivo.

Ministério Público desmonta esquema de falsificação de calçados e sonegação em Nova Serrana O Ministério Público de Minas Gerais – MPMG – deflagrou na manhã desta terça-feira, 07, operação para desarticular esquema de contrafação de calçados (falsificação de produtos de modo a iludir a autenticidade) e sonegação fiscal por empresas estabelecidas em Nova Serrana e Divinópolis. O trabalho do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Gaeco - contou com apoio do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Defesa da Ordem Econômica e Tributária e da 3ª Promotoria de Justiça de Nova Serrana. A Secretaria de Estado de Fazenda e a Polícia Militar deram suporte. A estimativa é de que as práticas ilícitas tenham causado pre-

juízo milionário tanto a particulares, em razão da adulteração das marcas, quanto ao Estado, em razão da falta de recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS. O montante ainda será calculado, a partir da análise do material arrecadado nas buscas e apreensões. Foram cumpridos 16 mandados. De acordo com as investigações, as empresas foram constituídas sob a forma de representação comercial para escapar da fiscalização estadual, mas atuavam irregularmente no mercado promovendo a venda direta de itens contrafeitos e também de originais, mas sem a emissão de documentos fiscais. A suspeita é ainda de lavagem de dinheiro.

Conforme apurado, para ocultar o verdadeiro faturamento, as investigadas contavam com máquinas de cartões de crédito e débito com registro em nomes

de terceiros. Três promotores de Justiça, 38 auditores fiscais e 70 policiais militares participaram da operação, batizada de “Pés no Chão”.

Estudo da CNT mostra queda na qualidade das rodovias mineiras Pesquisa divulgada pela Confederação Nacional dos Transportes – CNT –, nesta terça-feira, 07, mostrou que a qualidade das rodovias federais e estaduais que cortam Minas Gerais piorou. De acordo com o estudo, o percentual de estradas apontadas como em condições ótimas caiu de 7,6% para 4%, na comparação

entre o levantamento de 2016 e o de 2017. Para a realização desse trabalho, foram avaliados 10.526 quilômetros da malha rodoviária. Do total, 70% receberam a classificação de regular, ruim ou péssimo, sendo levadas em consideração o pavimento, sinalização e geometria. O resultado da má con-

servação das vias é o aumento dos custos logísticos e uma grande quantidade de acidentes, que, em todo o Brasil, consumiram cerca de R$ 10,88 bilhões no ano passado, além, é claro, das muitas vidas perdidas. “A queda na qualidade das rodovias brasileiras tem relação direta com um histórico de baixos

investimentos em infraestrutura e com a crise econômica”, disse o presidente da CNT, Clésio Andrade. Dados compilados pela entidade apontam que, em 2016, foram aplicados no setor R$ 8,61 bilhões. O montante vem caindo desde 2011, quando chegou a R$ 11,21 bi, conforme os dados apresentados pela instituição.


Sábado, 11 de novembro de 2017

Página 8

vestibular agendado na FAMART

curso de

pedagogia

Novembro é o mês mais aguardado pelos amantes de descontos e liquidações. A última sexta-feira do mês é marcada, anualmente, pela “Black Friday” termo criado nos Estados Unidos, para marcar a ação de vendas que acontece um dia após o feriado de Ação de Graças. Neste dia, os produtos ou serviços oferecidos pelo varejo podem alcançar descontos bem acima de 50%. Segundo o portal blackfriday.com.br, idealizador do evento no Brasil, a estimativa para a arrecadação deste ano é de R$2,2 bilhões.

a farmacêutica Mariana Vargas e Pedro Augusto Alves Camargos

Com a intenção de estimular a prevenção e no diagnóstico ao câncer da pele foi criado o movimento “Dezembro Laranja”. Várias ações vão lembrar como evitar o câncer mais comum no país, com cerca de 175 mil novos casos ao ano. Dia 21 de novembro é especial para Williane Leão e o ex-vereador Bolivar Barbosa de Lima que emplacam nova idade. A coluna felicita os aniversariantes.

Muita gente elogiou a instalação de placas de sinalização vertical e a criação de vagas de estacionamento na Avenida Getúlio Vargas. Itaúna, particularmente o centro da cidade, parou na década de 80, quando o assunto é mobilidade urbana.

Casal Number One de Itaúna, Nadir e Nilson Teles

Hoje tem ação Cívico-Social no Caic, com prestação de serviços para toda a comunidade. Haverá aferição de pressão, oficinas, vacinação, cortes de cabelo e emissão de documentos. Das 8 às 13h. A Ação tem patrocínio do Sicoob Crediuna.

0800 037 4212

WWW.FAMART.EDU.BR

Corpo docente formado por mestres e doutores.

Josy Albano, do Cerimonial Rosa Chá, e Leopoldo Siqueira

Dois casais destaque em nossa sociedade: Ricielli e a advogada Bárbara Fabiane;

LIGUE AGORA E AGENDE A SUA PROVA!

Isabelle Rêda, Poliany Mota, Magela Moreira e Kênia Ferreira, da equipe da Agência de Comunicação Originalpp

*Consulte o regulamento

O médico ortopedista Denilson Alves de Paula, que também integra a diretoria do Tropical, é o feliz aniversariante do dia 16 de novembro. Na mesma data, quem troca de idade é Ânuar Chequer. Já no dia 18, é a vez do ex-vereador e ex-prefeito, Pedro Paulo Pinto. Os cumprimentos da coluna. É hoje, a partir das 21 horas, no Iate a tão esperada festa “Joe Rock Brasil”. No repertório do músico itaunense estão os grandes clássicos do rock nacional e que marcaram a geração dos anos 80 e 90. Um programa imperdível.

O NIBO Conference revolucionou o universo contábil do Brasil e reuniu os melhores empresários da área do país para entender as grandes tendências que afetam a contabilidade no mundo, discutir oportunidades e desafios e traçar os rumos que os colocarão numa posição de destaque no cenário brasileiro. O evento foi na Cidade Maravilhosa e o contador itaunense Alisson Araújo, filho do saudoso Geraldo Cajuru, marcou presença.

Toda elegância do casal de empresários Ana Paula e Christian Hainfellner, com o filho Pedro

INAUGURAÇÃO DO CINE RITZ O empresário Alexandre Canteruccio assina o investimento do cinema de Itaúna, o Cine Ritz, que inaugura três salas climatizadas em um ambiente confortável e moderno no próximo dia 15. Projetos que tragam benefícios para a cidade e sua gente, sejam eles sociais, financeiros ou no segmento de entretenimento merecem aplausos e serem seguidos.

A procuradora de São José da Varginha, Janice Santana, Luciene Alves e Gina Raquel Batista Gonçalves, em recente evento social

ONDE VOCÊ ENCONTRA O JORNAL S’PASSO GRATUITAMENTE

CASABLANCA

Rua Cassiano Dornas, 212

Jornal S´Passo - Edição 1215  
Advertisement