Issuu on Google+

Sexta-feira

Ano XV w NATAL-RN,

20 DE ABRIL DE 2012 w Nº 4.320

R$1,00 w jornaldehoje.com.br

> OPERAÇÃO ‘FALSE DECISION’

PF faz buscas e apreensões em hotel da Via Costeira, casas e escritório em Natal AGENTES INVESTIGAM CRIME CONTRA O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL (MANUTENÇÃO DE RECURSOS NO EXTERIOR SEM O CONHECIMENTO DAS AUTORIDADES LEGAIS) APÓS DENÚNCIA DE INVESTIDOR QUE PRETENDIA CONSTRUIR HOTEL NA CIDADE José Aldenir

A Polícia Federal cumpriu esta manhã 4 mandados de busca e apreensão em residências, escritório e num hotel localizado na Via Costeira. O objetivo da operação era recolher documentos que pudessem comprovar crimes contra o sistema financeiro nacional. A inves-

tigação teve início após representação formulada ao Ministério Público Federal por um grupo estrangeiro que pretendia construir um hotel litorâneo em Natal e teria sido ludibriado por empresários locais. Segundo a PF, ninguém foi preso. CIDADE 6

> RENÚNCIA OU REELEIÇÃO?

Micarla passará por nova avaliação médica antes de definir seu futuro político POLÍTICA 3

> MOBILIDADE

> AMANHÃ

Especialista critica obras da Copa e cobra investimentos para população

América terá equipe titular para enfrentar o Baraúnas no Nazarenão

CIDADE 9

ESPORTE 15 Wellington Rocha

> SEM NEGOCIAÇÃO...

Servidores anunciam 15 dias de mobilizações para sensibilizar Prefeitura CIDADE 6

> MARINHA DO BRASIL

Novo comandante do 3o Distrito Naval investirá na segurança da navegação CIDADE 8

Marcos A. de Sá

Alex Medeiros

Daniela Freire

Rubens Lemos F.

Página 7

Página 11

Página 12

Página 16

w Com aplicação da lei do teto salarial, folha do Estado cairia em mais de R$ 2 milhões.

w Nos 100 anos da morte de Bram Stoker, os 10 maiores vampiros na opinião do colunista.

w Contas de Carlos: Mineiro diverge de Lucena e diz que CMN deve acatar decisão do TCE.

w No Brasil, apenas os pobres pagam pelos crimes contra os ricos.

AVISO AOS LEITORES: Em razão do Dia de Tiradentes, O Jornal de Hoje não circulará amanhã. Voltaremos na segunda-feira. A Direção.

ESCREVEM ARTIGOS DA EDIÇÃO DE HOJE Adauto Medeiros Adalberto Targino Laurence Bittencourt Homero de Oliveira Costa Ormuz Barbalho Simonetti José Narcelio Marques Sousa OPINIÃO - Página 2

INDICADORES: Dólar comercial R$ 1,86 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 1,90 R$ 1,86

Euro x real Poupança Taxa Selic

R$ 2,46 0,58% 9%

EMAIL REDAÇÃO:

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 20 de abril de 2012

JOSÉ NARCELIO MARQUES SOUSA, engenheiro civil (narcelio@supercabo.com.br)

Amancio

Sexta-feira

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

O Brasil sem Cabral Como seria o Brasil sem a influência da colonização portuguesa? Transcorreram 512 anos desde 23 de abril de 1500, quando os índios que viviam na região onde hoje está a cidade de Porto Seguro, no sul da Bahia, viram um espetáculo estarrecedor. Treze navios enormes atravessaram um após o outro a passagem entre os recifes da Coroa Vermelha e ancoraram perto da praia. Na véspera, Pedro Álvares Cabral, comandante da frota portuguesa, chegara a alguns quilômetros ao sul, e continuou costeando até ali em busca de um local seguro para fundear. Descobrira a terra por ele batizada de Vera Cruz. O que aconteceu depois é um passeio de cinco séculos no curso da história do Brasil. Como estaríamos agora se em vez de portugueses aportassem aqui outros exploradores? Ingleses, por exemplo. Sim, por que não os britânicos? Era um povo de espírito aventureiro, dominava a tecnologia de navegação marítima, possuía o maior poderio naval da época e cultivava ideias expansionistas. A Inglaterra, em 1500, sob o reinado de Henrique VII atravessava um longo período de prosperidade e paz, além de possuir condições econômicas propícias para encetar uma expedição da mesma envergadura - ou até superior -, a daquela enviada ao Brasil por Portugal. Sob o domínio do Império Britânico teríamos absorvido muito da cultura e dos costumes daquela nação e seríamos uma típica ex-colônia parlamentarista inglesa. O idioma oficial seria o inglês. Nossos mamelucos teriam olhos azuis e prenomes Charles, John, Mary e Elizabeth, com sobrenomes tradicionais como Morgan, Parker e McCartney. O anglicanismo e o catolicismo repartiriam a tendência religiosa da nação com predominância do primeiro. Todos nós alfabetizados, apuraríamos o gosto pelas artes. O futebol dividiria a preferência nacional com o golfe, o polo e o tênis. A caça à raposa teria adeptos fieis na classe média, pela abundância da espécie nos campos. Pelé seria "sir" Edson

Artigo

Arantes do Nascimento e o "king" Roberto Carlos posaria de ídolo internacional ao lado dos Beatles. "Pubs" em vez de botecos e "whisky" puro malte substituindo a cachaça na preferência de pinguços. Na condição de colônia do país berço da Revolução Industrial estariam aqui os maiores estaleiros do planeta. A passagem de um "Rolls Royce", trafegando em mão inglesa, não causaria nenhuma estranheza. Chovendo ou sob sol escaldante, o "chá das cinco" - mania nacional - seria tomado rigorosamente às 17 horas. Na Guerra das Malvinas ofertaríamos a Margareth Thatcher incondicional apoio logístico e militar. A batata inglesa seria consumida em larga escala e o carneiro guisado com ervas finas teria destaque na culinária brasileira, numa versão acrescida de leite de coco e azeite de dendê. Concertos ao ar livre arregimentariam multidões de adeptos da boa música. Dondocas importariam modelitos do "fog" inglês para suportar o calor dos trópicos. James Bond, a serviço de Sua Majestade, daria assessoria à polícia do Rio de Janeiro no combate à marginalidade. Parte da família real inglesa veranearia em Cabo Frio ou Búzios, no litoral carioca, ou em Pipa, no nosso Estado. Os demais ficariam no "Queen Elizabeth", disputando torneios de pesca esportiva na Amazônia. Em contrapartida, nada de "caipirinha" nem do "jeitinho brasileiro" de ser. Tampouco Carnaval com cabrochas seminuas. Nenhuma piada de português, São Januário acéfalo sem o Vasco da Gama e, nas praias, mulheres vestindo maiôs "made in England". Como suportar não quebrar um único compromisso ou viver sem "mensalão", corrupção ou impunidade? Como aguentar a ausência da alegria, do bom humor e da irreverência do nosso povo? Realmente seria uma chatice uma colonização que não fosse portuguesa. Pensando melhor, é preferível deixar o Brasil como está para ver como ele fica daqui mais quinhentos e doze anos.

LAURENCE BITTENCOURT, jornalista (laurenceleite@bol.com.br)

Diferenças São impressionantes as diferenças existentes entre os estilos de governar de Dilma e de Lula. São impressionantes. E isso é bom. Claro que para um petista ligeiro, ou, vá lá, fanático, não deve haver diferença alguma, o que só mostra que para a mente do dito cujo, o que vale é a homogeneização, o que é típico das mentalidades retrógradas, medievais e preconceituosas, para dizer o mínimo. Talvez totalitária. Já até imagino os argumentos do petista de carteirinha assumido ou não: "que nada, Dilma é a continuação de Lula". Caberia a pergunta: e Lula seria a continuação de quem? Se juntou ao que há de mais atrasado e corrupto na politica brasileira com afagos e mesuras. Ainda não vimos isto em Dilma. Lula fez a festa dos banqueiros. Há até uma frase já de domínio popular que diz: "Lula é o pai dos pobres e a mãe dos banqueiros", ou seria dos "ricos"? Mas claro, os fanáticos jamais, eu falei, jamais, irá admitir. Há questões psicológicas por trás. Ops! Mas voltemos a Dilma. São impressionantes as diferenças entre os dois governos. Acomeçar pelas privatizações dos aeroportos. Depois pela postura não populista dela. O que já é ótimo em se tratando

Artigo

de Brasil tão afeito a populismo e "tapinhas" nas costas. Agora me veio a mente: será que Cristina Kirchner seria um espelho mais adequado a uma comparação com Lula? Só me resta dizer: "vixe maria" como diz certa jornalista aqui da nossa terra, que pelo que percebo é detestada pelos petistas. Bom, resta a dúvida de que ninguém odeia quem não é competente e "ameaça" pelo sucesso, ainda que a ameaça seja mais fantasiosa do que real. Mas o que mais surpreende em Dilma a meu ver tem sido em especial na área econômica. Sei muito bem dos inúmeros adversários que ela hoje mobiliza, que defendem que o governo está paralisado, sem dinheiro para investimento e que prefere (ela, Dilma) por a culpa nos EUA como agora durante a sua viagem ao estrangeiro. Sei muito bem disso. Mas confesso que gosto da sua postura. Com base em quê, perguntarás. Com base na postura dela. Talvez os petistas prefiram mesmo o "enriquecimento" dos banqueiros, juros alto, relações amigáveis com o que há de pior na politica brasileira. Pode ser. Mas ainda prefiro o "não populismo" de Dilma. A não ser claro, que a corrupção chegue até ela como ocorreu com o mensalão com o outro.

ADAUTO MEDEIROS, engenheiro civil e empresário (adautomedeiros@bol.com.br)

Brasil, política das puxadinhas Nossa classe política não consegue pensar a longo prazo. É sempre e só na próxima eleição e não na próxima geração como diria Churchill, e ainda muitos se portam de "socialistas". São apenas e meramente egoístas, só pensam neles e na família deles. Mas hoje há um debate sobre a desindustrialização do Brasil. Temos um custo Brasil por pura irresponsabilidade de todos os governos dos últimos tempos. Temos uma das mais altas cargas tributárias do mundo, e o pior é que o maior beneficiário não é a sociedade, mas o próprio e absolutamente ineficiente setor público, com uma quantidade enormes de funcionários com salários artificiais que consomem 60% de tudo o que a sociedade produz. Nossos funcionários federais são um dos mais bem pagos do mundo, em contrapartida um dos que menos oferecem retorno ao cidadão que lhes paga. Isso claro, tirando os professores estaduais e os dos pequenos municipais. Avida pública brasileira não é organizada nem feita para facilitar a vida do contribuinte, mas para criar dificuldades. Hoje compreendo que quando um funcionário é solicitado a prestar uma informação a um cidadão que procura os órgãos públicos e diz que "é no outro birô", ele não está mentindo, simplesmente ele não sabe nem porque está ali naquele lugar, colocado como um aspone por algum político atrás de voto. Eugenio Gudin, o grande economista brasileiro dizia que a Petrobras era uma empresa que só funcionava do chão para cima, os riscos ela não corria, porque puxar petróleo do fundo do mar ficava e fica entregue à iniciativa privada. Essa sim assume os riscos e não pode errar, pois se o fizer até os passaportes serão recolhidos.

Atualmente os nossos ecologistas (aliás, alguém já viu algum ecologista trabalhando? Eu mesmo nunca vi) parecem que assumiram as "dores" dos comunistas órfãos. Tenho me encontrado com alguns deles em aviões viajando para congressos e eu nunca descobri quem os financiam. Às vezes penso que são as Ongs financiadas com o dinheiro público. Ou seja, o nosso dinheiro. A questão hoje que se discute é como melhorar a nossa produtividade para enfrentar a concorrência estrangeira se não temos as mesmas condições? Afora os tributos imensos nos falta infraestrutura, como estradas de ferro, rodoviários, portos e um ensino em que o aluno que termina o ensino médio e não sabe ler. Claro, não devemos culpar o atual governo pois essa é uma chaga antiga. Devemos fazer uma ressalva a Juscelino Kubitschek e os militares que mais atacaram o problema da falta de infraestrutura. Nosso Rio Pequeno do Norte ainda não tem um porto e nossa elite quer fazer do outro lado do Rio Potengi e transportar minério, talvez como estão transportando de caminhão. Um dos maiores portos de minérios do país, o de São Luiz no Maranhão, faz tempo que não recebe uma gota de investimento e um navio espera até 20 dias para ser carregado. Agora imagine um navio de 400 mil toneladas? Ainda bem que o Eike Batista está construindo um porto no Rio de Janeiro que ficará pronto em 2013. Ele está investindo 4,3 bilhões de reais e inicialmente a capacidade será para movimentar 50 milhões de toneladas de carga por ano, mas o projeto todo visa alcançar 100 milhões de toneladas ano. Bom, de qualquer forma não acredito que a nossa classe politica fique atrasando o nosso desenvolvimento por má fé, e sim é por burrice mesmo.

ORMUZ BARBALHO SIMONETTI, pres. do Instituto Norte-rio-grandense de GenealogiaINRG e membro do IHGRN (ormuzsimonetti@yahoo.com.br)

Pipa, terra de ninguém (II) Uma noite tranquila é direito de todos Artigo

HOMERO DE OLIVEIRA COSTA, prof. do departamento de Ciências Sociais da UFRN (homerocosta18@gmail.com)

A CPI do Cachoeira Os presidentes da Câmara dos Deputados, Marco Maia e do Senado, José Sarney, anunciaram criação de uma CPI mista para investigar a relação do empresário Carlos Ramos, o Carlinhos Cachoeira com parlamentares. Como se sabe, o início desse processo foi o conhecimento do resultado de mais uma grande operação da Polícia Federal, chamada de "Monte Carlo", que desmontou um sofisticado esquema de corrupção liderado por Carlinhos Cachoeira. Ao que tudo indica, os "tentáculos" são mais amplos do que o Congresso Nacional, envolvendo não apenas parlamentares, mas setores do Executivo, Judiciário e parte da imprensa, embora o fato mais conhecido até agora seja o do ex "arauto da moralidade" senador Demóstenes Torres (ExDEM), acusado de usar o mandato para defender interesses do empresário. Um dos aspectos relevantes dessa CPI é a existência de um raro consenso, uma vez que parlamentares tanto da base aliada como da oposição se pronunciaram favoravelmente a sua criação. A criação da CPI do Cachoeira, além da possibilidade de revelar a extensão rede de relações de Carlinhos Cachoeira, assim como das relações históricas (e às vezes promíscuas) entre o chamado setor público x setor privado (elos do contraventor com administrações públicas), pode servir para revelar também o comportamento de alguns setores da mídia. De um lado, os que acusam a CPI como tentativa de atingir o PT e o governo Dilma Rousseff, tendo à frente o PIG (Partido da Imprensa Golpista) que encontra assim a oportunidade para que o "dispositivo midiático demotucano"se recomponha. Para Marcos Coimbra "confusa em seu discurso, dividida por conflitos internos, a oposição partidária avalia que a volta do assunto às manchetes é a uma oportunidade para ad-

Artigo

quirir novo fôlego. O mesmo vale para os veículos da mídia conservadora, que acreditam que assim poderão fazer seu acerto de contas com o "lulopetismo". Para ele não se pode associar "mensalão" com CPI do Cachoeira "O problema é que o escândalo Demóstenes e o "mensalão" são completamente diferentes. No primeiro, um político é suspeito de fazer o que os bandidos fazem. No segundo, alguns políticos são acusados de fazer o que todos fazem". Portanto "Não são, nem de longe, a mesma coisa"("as lições de Demóstenes" Carta Capital, 18/4/2012). Por outro lado, a mídia conservadora e antipetista, vê na criação da CPI apenas estratégia do governo de desviar o foco das atenções para o julgamento de parlamentares envolvidos no esquema do "mensalão". É o caso de Ricardo Noblat para quem "A CPI do Cachoeira foi Lula quem fez". No artigo ele faz referência a uma reunião em São Paulo entre Lula e José Dirceu e diz que "Foi durante a reunião que nasceu a idéia de se criar uma CPI", embora, curiosamente, mais adiante, afirme que "Dilma está empenhada em abortar a CPI de Lula". Para a revista Veja, que se enquadra também no "dispositivo midiático demotucano", a criação da CPI é apenas "cortina de fumaça do PT para encobrir o maior escândalo de corrupção da história do país". Na matéria "Eles querem apagar o "mensalão", os jornalistas Daniel Pereira e Hugo Marques afirmam que "o problema está nos objetivos subalternos da CPI, que os petistas e seus aliados mal conseguem esconder nas conversas: criar um fato novo e, assim, desviar o foco da atenção da opinião pública do julgamento do mensalão". Curiosamente não há na matéria nenhuma referência aos telefonemas que o diretor da sucursal da revista em Brasília deu para Carlinhos Cachoeira. Segundo Leandro Fontes no artigo "O Brasil de Ca-

choeira" ele "manteve cerca de 200 ligações telefônicas com o bicheiro, segundo a PF". E mais adiante "Um dos grampos da PF demonstra com precisão a ligação da quadrilha de Goiás com a Veja. Em conversa com o araponga Jairo Martins, cinegrafista do pagamento ao ex-diretor dos Correios, Cachoeira revela o seguinte: "porque os grandes furos do Policarpo fomos nós que demos, rapaz. Todos eles foram nós que demos". Na matéria a única referência das conversas do jornalista é quando afirmam que "A oportunidade liberticida que apareceu agora no horizonte político é tentar igualar repórteres que tiveram Carlos Cachoeira como fonte de informações relevantes e verdadeiras com políticos e outras autoridades que formaram com o contraventor associações destinadas a fraudar o Erário". Se as informações foram relevantes e verdadeiras e não apenas fizeram um uso seletivo delas, só o conhecimento das conversas, de posse da justiça, pode revelar. Afinal, a quem interessa a CPI, ao governo ou a oposição? Os que acusam a base aliada de criar a CPI tendo como objetivo estratégico "ampliar o desgaste do que resta da oposição e a intenção de rivalizar na mídia com o julgamento do "mensalão", se ampliará o desgaste da oposição, com o envolvimento não apenas do senador Demóstenes Torres mas de parlamentares do PSDB (incluindo o governador de Goiás), tem um problema: o esquema de Carlinhos Cachoeira, pelo que já se conhece, é bem mais amplo e inclui também parlamentares de outros partidos (inclusive da base aliada) e por outro lado não há certeza se haverá mesmo julgamento do "mensalão" este ano e assim a CPI não teria com o que "rivalizar". No entanto, pelo que já foi divulgado, os motivos para a criação da CPI são mais do que justificáveis. Espera-se que não apenas seja instalada como levada às últimas conseqüências.

ADALBERTO TARGINO, procurador corregedor-geral do Estado/PGE e membro da Academia de Letras Jurídicas do RN (ceaf_pge@rn.gov.br)

Um jornalista multifacetado Deus, em 16/08/1923, presenteou o mundo com o nascimento do menino espano-brasileiro Millôr Fernandes - registrado como Milton Viola Fernandes, mas que poderia ter sido alcunhado de Melhor Fernandes – e a morte com as suas grosserias o levou à Vida Eterna, em 27/03/12. Os brasileiros estão órfãos e mais empobrecidos nos âmbitos da dramaturgia, jornalismo, literatura, desenho, filosofia e, sobretudo, da crítica implícita, corajosa e livre de preconceitos, porém, guardam o seu exemplo no relicário da alma. Sem nenhum diploma ou maturidade psicológica, quase criança (aos 14 anos), fez-se trabalhador. Ainda adolescente (19 anos), alcançou sucesso invejável ao ser contratado como jornalista da revista "O Cruzeiro", à época a mais importante e respeitada publicação brasileira, com repercussão internacional. Os seus escritos aumentaram o prestigio e os leitores da mesma. Antes, entrementes, conheceu de perto a dor e o sofrimento (órfão de pai e mãe aos 11 anos) e a pobreza material (jamais pôde cursar uma universidade). Mas, apesar de tudo, o gênio, o talento, a tenacidade, aliados a diuturnas leituras autodidatas, outorgaram-lhe vitórias profissionais e respeito nacional. Transformou-se em poliglota sem nunca ter frequentado escola de línguas, literato sem curso

de literatura ou gramática, jornalista sem diploma de jornalismo, humorista sem curso de artes dramáticas, e por aí foi. Legou à literatura pátria obras memoráveis e polêmicas, como "Tempo e Contratempo", "Lições de um Ignorante", "Crítica da Razão Impura ou Primado da Ignorância", "Diário da Nova República", "Trinta Anos de Mim Mesmo", etc. Brilhou, com genialidade, como tradutor de Shakespeare, Beckett, Edward Albee e de tantos outros literatos mundiais. Suas versões de peças shakespeareanas para o teatro conquistaram o público e arrancaram aplausos da crítica especializada. Foi um dos mais criativos desenhistas brasileiros, ombreando-se a grandes figuras nacionais, notadamente pela originalidade e satirização às pessoas e fatos da política e da administração pública. Deixou sua marca registrada de coragem, inteligência, independência e cultura nas páginas de jornais e revistas, especialmente nas revistas "O Cruzeiro", "A Cigarra", "O PifPaf" "Isto É" e "Veja"; nos jornais "O Pasquim", "O Globo", "Jornal do Brasil", "O Estado de São Paulo", "Folha de São Paulo", "O Dia", "Correio Braziliense", etc. No mundo intelectual compartilhou o trabalho e a amizade com as figuras legendárias de Chico

Buarque, Glauber Rocha, Henfil, Paulo Francis, Jô Soares, Ziraldo, Sérgio Cabral, Tarso de Castro e inúmeros outros. Millor era o quase tudo já explicitado, mais ainda: humorista, pensador, artista, ilustrador, tradutor e desportista. Como dramaturgo premiado, escreveu pioneiramente, "Pigmaleoa" e, se antecipando, profeticamente, a tecnologia de ponta e a ciência moderna, lançou no mercado, já no longincuo 1972, a peça "Computa, Computador, Computa". Nunca vi, na capacidade de sintetizar verdades escritas, alguém tão semelhante a Arthur Schopenhauer, Bernard Shaw e a Friedrich Nietzsche quanto Millôr Fernandes. Millôr, a exemplo dos filósofos mencionados, era um autentico artesão da palavra, um pedreiro livre a erguer muralhas como anteparos à mentira e ao farisaísmo tupiniquim. Era um hábil construtor de frases curtas e irônicas que encerravam mandamentos perenes. Era um intelectual sem trejeitos, boçalidade ou rebuscos. Era simplesmente um homem sábio sem posar de sabe tudo. A sua partida faz-me relembrar que a vida é fugaz, transitória e efêmera. A morte é a única certeza que não perdoa ninguém. Ele, que disto sabia, costumava afirmar: "A vida só começa quando a gente compreende que ela não dura muito".

No sábado de aleluia a Pipa foi palco de uma situação que além de inusitada, arrisco a afirmar não ter precedente em nenhum lugar onde convivam pessoas com um mínimo de civilidade. Para que o padre pudesse celebrar a Santa Missa, já que uma das casas alugadas fica ao lado da igreja, foi preciso que a polícia se posicionasse ostensivamente em frente à residência e negociasse com os seus integrantes, o desligamento provisório do som, pelo menos enquanto durasse a celebração. Mesmo assim, antes do término da missa, o som retornara com toda sua potência. Nos Estados de origem da maioria desses vândalos, Pernambuco, Paraíba e Ceará, tenho certeza que esse tipo de comportamento, além de não ser permitido, seria rechaçado pela população e pela própria polícia, seguramente, com respaldo das autoridades locais, fazendo-se presente e coibindo esse comportamento marginal. Certamente, alguns potiguares que participavam dessa orgia, também fazem parte desse acinte. No Rio Grande do Norte e principalmente na praia da Pipa, ao que parece, tudo pode. E, com base nessa premissa, eles sempre estão de volta. No próximo feriadão, lá estarão novamente promovendo todo tipo de desordem e afrontando as famílias que tiveram a infelicidade de ter suas casas de veraneio na praia da Pipa, ultimamente, terra de ninguém. Nós, veranistas e assíduos frequentadores dessa praia, já pagamos nossa cota de sacrifício, quando somos obrigados a conviver com um trânsito caótico, sem regras nem orientação. A ausência do poder público municipal é gritante. Os carros são estacionados ao bel prazer dos motoristas, muitas vezes estimulados por "flanelinhas" que no afã de ganhar alguns trocados, interrompem o trânsito com estacionamentos irregulares, principalmente quando são feitos em frente a garagens. O pior é que não temos a quem recorrer. Muitas vezes já fui impedido de sair de minha garagem, por haver um carro estacionado de forma irregular, e o proprietário em local ignorado. Na parte baixa da praia, onde se concentra a maioria dos carros, não existe e nem nunca existiu, nenhum servidor municipal para organizar o estacionamento e o fluxo dos veículos. Tudo é feito na base do "salve-se quem puder" e sob orientação dos "flanelinhas". O turista que tiver a desventura de chegar à praia da Pipa por volta do meio dia dirigindo seu próprio veículo, certamente não levará boas recordações e irá pensar duas vezes, antes de retornar numa outra oportunidade. Quando não cuidamos de nossa própria casa, sempre aparece alguém para exercer esse "direito". A liberdade aos poucos vai sendo retirada, sem que reclamemos ou protestemos até que um dia descobrimos que nada podemos dizer. É preciso despertar. Lembro-me do poeta Eduardo Alves da Costa, autor de alguns dos maiores e mais belos poemas da língua portuguesa, publicado na década de 60. Peço vênia, para citar fragmento do poema: No Caminho, com Maiakóvski. "Tu sabes, conheces melhor do que eu a velha história. Na primeira noite eles se aproximam e roubam uma flor do nosso jardim. E não dizemos nada. Na segunda noite, já não se escondem: pisam as flores, matam nosso cão, e não dizemos nada. Até que um dia, o mais frágil deles entra sozinho em nossa casa, rouba-nos a luz, e, conhecendo nosso medo, arranca-nos a voz da garganta. E já não podemos dizer nada". E aqui fica a pergunta que não quer calar: é esse o Estado que se diz apto a receber a Copa do Mundo? Talvez tenhamos que pagar um alto preço pela vergonha do fiasco que poderá estar por vir. Como dizem ser o Tempo é Senhor de tudo, só ele será capas de responder a esse questionamento.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Dessana Araújo Élida Mercês João Ricardo Correia EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Gabriel Negreiros EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco GERENTE COMERCIAL Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 - Assinaturas: (84) 3221-5058 ramal 214 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Sexta-feira

Natal, 20 de abril de 2012

O Jornal de HOJE 3

Micarla vai a SP fazer exames e na volta pode decidir pela renúncia ou candidatura PREFEITA

VIAJA PARA REEXAMINAR QUADRO E REASSUME PREFEITURA NA PRÓXIMA SEMANA PARA DECIDIR FUTURO

ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

A viagem que a prefeita Micarla de Sousa (PV) está empreendendo a São Paulo, nesses dias, para uma avaliação de saúde, pode ajudá-la a tomar uma decisão para as eleições deste ano. A expectativa, entre auxiliares e assessores da prefeita, é de que ela esteja bem e que, com o aval dos médicos, reassuma na próxima segunda-feira a Prefeitura animada para tocar o trabalho. Micarla de Sousa embarcou na última quarta-feira para São Paulo com o objetivo de realizar novos exames médicos. Nas últimas semanas a prefeita passou mal pelo menos duas vezes, sendo socorrida e, numa delas, chegando a ser hospitalizada com crise hipertensiva e labirintite. Esta semana, voou

para a capital paulista com a finalidade de conversar com os médicos que acompanham a sua saúde. A chefe do executivo da capital é atendida em São Paulo pela equipe de Roberto Kalil Filho, o mesmo que atende personalidades importantes da República, como o ex-presidente Luiz Inácio lula da Silva e a presidente Dilma. A expectativa, a menos de três meses das convenções partidárias e a pouco menos de seis meses das eleições municipais, é que a gestora retorne para Natal com uma definição acerca da sua candidatura. Com índices elevados de desaprovação e de rejeição popular, Micarla de Sousa tem na saúde debilitada a possibilidade de não exercer o legítimo direito de tentar se reeleger para mais quatro anos de mandato. "Esta decisão é somente

dela. Ela não tratou com auxiliares próximos, com a equipe, nem com familiares. A prefeita não antecipou essa decisão", afirma uma fonte do primeiro escalão da prefeitura Municipal. Neste sentido, a prefeita pode voltar de São Paulo com a definição, conhecendo o seu quadro de saúde, que tanto pode apontar que ela ser candidata, quanto que ela não deve ser. Enquanto isso, a agenda administrativa da prefeita segue normal na próxima semana. "O que se espera, primeiro, é que ela volte. Já chegamos quase em maio, mas a expectativa é que ela volte bem, positiva no sentido de saúde, para tocar o trabalho normalmente. É importante frisar que ela saiu bem de Natal, animada, trabalhando, mas precisa ter uma avaliação clara da saúde dela, para continuar o trabalho", frisou a fonte.

Arquivo

Prefeita Micarla de Sousa tem demonstrado instabilidade em seu quadro de saúde, o que pode provocar saída do cenário

Paulinho, Edivan e Davim entre as opções do sistema governista Se não puder ser candidata, por decisão pessoal ou por questões de saúde, a prefeita Micarla de Sousa já tem nítido o quadro de possibilidades para as eleições deste ano. Perto dela figuram nomes do seu grupo político que podem ser candidatos, como o vice-prefeito Paulinho Freire (PP), o senador Paulo Davim (PV) e o atual presidente da Câmara Municipal de Natal, Edivan Martins (PV). Dos citados, Edivan e Paulinho já assumiram a prefeitura e mostraram capacidade de exercer uma boa administração. "Edivan Martins já assumiu a prefeitura e mostrou que tem condições. Paulinho é experimentado, é ex-vereador, ex-presidente da Câmara", diz um integrante da cúpula do Palácio Felipe Camarão. "Contudo, cabe a ela a decisão. A definição de Micarla é o inicio de tudo. Se ela decidir que é candidata será um cenário, se decidir que não será candidata, tem vários cenários", observou. No tocante a alianças, o quadro é mais difícil. Com os pré-candidatos de outras legendas, há acordos inviáveis e outros impraticáveis. O pré-candidato do PSDB, Rogério

José Aldenir

Paulinho Freire pode assumir titularidade do cargo e ser candidato Marinho, ex-aliado de Micarla, hoje é crítico contundente da administração. Outra pré-candidata, Wilma de Faria (PSB), também virou crítica mordaz. "Com Carlos Eduardo, zero de contato, identidade e sintonia". O menos embaraçoso para uma aliança com Micarla seria Hermano Morais, do PMDB. Contudo, embora não tenha criticado a prefeita e até tenha participado de inaugurações e goste da gestora, a aliança

Wellington Rocha

Se Paulinho não quiser, Edivan pode ser prefeito e candidato

entre PMDB e PV não depende de Hermano. "O quadro de aliança é difícil, o que faz com que Micarla tenha que se voltar para o quadro interno, ou para o PP de Paulinho, ou para o PV dela", observou. RENÚNCIA Embora desmentida pela prefeita, há duas semanas, a possibilidade de renúncia não seria de todo descartada, especialmente caso Mi-

carla não seja candidata à reeleição. Isso porque uma coisa é Micarla prefeita apoiar um candidato. Outra bem diferente é ela renunciar para que Paulinho ou Edivan, primeiro e segundo, respectivamente, na linha de sucessão, assuma para, prefeito na integralidade, disputar a reeleição. Caso renuncie à prefeitura, o vice-prefeito Paulinho Freire só assumiria se fosse para ser candidato

Wellington Rocha

Paulo Davim é a opção mais remota dos verdes no pleito de 2012

à reeleição, já que, candidatíssimo a vereador, assumir a prefeita significa abdicar da disputa por uma vaga na Câmara, em função da lei de inelegibilidade. Se Paulinho preferir a candidatura a vereador, ele renunciaria à prefeitura sem assumir a gestão e a bola passaria para Edivan Martins, que teria de escolher se assumiria a prefeitura, ficando inelegível a vereador, ou se também renunciaria a esta condição.

No caso, remoto, de Micarla apoiar Davim, não seria necessário que ela renunciasse para apoiálo como candidato do PV. No exercício do cargo de senador Davim pode disputar a eleição, podendo ela permanecer no cargo e apoiálo a prefeito. "Hoje está afastada a ideia de renúncia, a não ser que ela venha a mudar de posição, forçada por uma questão de saúde, por exemplo".

> ERICK PEREIRA AFIRMA:

“Não há processos que possam provocar inelegibilidade para Wilma” Na esfera judicial, a ex-prefeita e ex-governadora Wilma de Faria (PSB) não tem nenhum impedimento. Pelo menos, é o que aponta o advogado dela, Erick Pereira. Na última quarta-feira, um processo por improbidade administrativa contra a ex-prefeita foi arquivado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). "São dois processos que tratam desse tema de improbidade. Um é com o ministro (Francisco) Falcão e outro com o ministro Benedito Gonçalves e que, inclusive, ontem (quarta-feira) nós tivemos uma

vitória e um dos processos foi arquivado, o que estava com o ministro Falcão, com esse tema que trata de improbidade", afirmou o advogado, ao Jornal das Seis, da 96 FM. "Espero que na próxima quarta-feira nós consigamos arquivar também o outro e acabe, pelo menos por enquanto, com essa celeuma com relação a isso", acrescentou Erick Pereira, que é mestre em Direito Eleitoral e doutor em Direito Constitucional. A "quarta-feira" não será, necessariamente, a próxima. Afinal, apesar de estar na pauta do Plenário

do STJ, vai depender das demais análises. "Na verdade, não há processos que possam provocar uma situação de inelegibilidade para Wilma. Nem mesmo esse, que será analisado", garantiu. No processo que foi arquivado, o ministro Francisco Falcão colocou que "não restando evidenciado o dolo, não há a configuração do ilícito de improbidade administrativa descrito no artigo 11 da Lei número 8.429/92". Além disso, assim como fez o Tribunal de Justiça do RN (TJ/RN), "consignou que não houve a 'caracterização,

ou ao menos indicação do elemento subjetivo das condutas da agente ora apelante, sendo este imprescindível para a caracterização do ato como ímprobo'". O outro processo que responde a ex-governadora está nas mãos do ministro Benedito Gonçalves e é, na verdade, referente a um caso ocorrido ainda quando Wilma era prefeita e buscava a reeleição. Ela teria usado os procuradores municipais para defendê-la de um processo na Justiça Eleitoral. "Na espécie, não há como reconhecer a preponderância do in-

teresse público quando um agente político se defende em uma ação de investigação judicial, cuja consequência visa atender interesse essencialmente seu, privado, qual seja, a manutenção da elegibilidade do candidato. Por outro lado, revela-se contraditória a afirmação de que haveria interesse secundário do Município a ensejar a defesa por sua Procuradoria, na medida em que a anulação de um ato administrativo lesivo, ao invés de lhe imputar ônus, apenas lhe daria benefícios econômico-financeiros", apontou o MP no recurso especial

enviado ao STJ. Contudo, nem mesmo esse caso representa, na visão de Erick Pereira, um risco a uma eventual candidatura de Wilma de Faria, novamente, a Prefeitura de Natal, também porque ela não teria como ser condenada. "O processo não discute o mérito, e pode ser arquivado liminarmente. Se ela perdesse, o processo teria que voltar para a origem para começar a analise do mérito. Se ela perdesse na análise do mérito, colegiadamente, é que haveria algum prejuízo para ela", explicou. (CM) Heracles Dantas

Túlio Lemos POLÍTICA - TÚLIO LEMOS RENÚNCIA A prefeita Micarla de Sousa foi novamente a São Paulo, onde se submete a novos exames. Quando voltar pode decidir seu futuro político. Ela não entendeu ainda que a única maneira de produzir um fato novo é com sua renúncia. PERMANÊNCIA Caso insista em permanecer no cargo, ninguém se submeterá a receber seu apoio, que funciona mais como um peso. Se for disputar, corre um sério risco de fiasco absoluto e vai virar alvo de todos os demais candidatos. A renúncia a tiraria do foco negativo e quem assumir o mandato, seja Paulinho Freire ou Edivan Martins, pode se transformar no fato novo e mudar o quadro atual.

tuliolemosjh@gmail.com

BOOK OFICIAL O site do Governo do Estado é um verdadeiro book fotográfico da governadora Rosalba Ciarlini. Sherloquinho contou, nesta sexta-feira, 15 fotos da Rosa somente na abertura página oficial. Mais impessoal impossível. BRIGA A 'briga' do deputado Vivaldo Costa com o presidente do PR, deputado João Maia, tem um endereço certo: a Justiça Eleitoral. O irmão de Dadá precisa de 'justa causa' para deixar o PR sem ser alcançado pela infidelidade partidária. Jogo de cena do Papa, que estava de malas prontas para assinar no PSD, mas atendeu a um apelo de Ravengar e ficou. Agora, a porta de saída ficou complicada. VISITA O ministro Garibaldi Filho vis-

itou, na manhã desta sexta, o presidente da Câmara de Natal, vereador Edivan Martins. O pai de Waltinho conversa com "Valeu o Boi" justamente no momento em que todas as atenções se voltam para o julgamento das contas de Carlos Eduardo. Será que Garibaldi foi pedir pelo primo? E Edivan, como irá reagir? Há poucos dias, o filho de Agnelo rasgou o verbo contra Edivan Martins. PROCESSO Pelo que disse o professor Erick Pereira, a Câmara realmente tem autonomia para julgar as contas do exprefeito; e o resultado pode tornar Carlos Eduardo inelegível, desde que os vereadores cumpram todos os procedimentos legais. Já Carlos Eduardo não está nem aí para a Câmara. Deve ter alguma estratégia que o salve da reprovação.

EX-AMIGOS Vendo a foto dos dois quase irmãos e hoje quase inimigos, João Maia e Vivaldo Costa, Sherloquinho afirma que houve o seguinte diálogo, iniciado pelo irmão de Agaciel: "Mas Vivaldo, você dizia que eu era seu amigo, que tinha lhe ajudado e que você seria grato por tudo que eu fiz, agora você muda de conversa. Não tem palavra não?". Vivaldo respondeu: "E você João, que foi pra rua dizer que Rosalba não prestava e que Iberê era o melhor para o povo, não deu um ano e tu já tava nos braços da Rosa, elogiando e até indicando cargo? Quer também que eu lembre que você foi ajudado por Wilma, que lhe nomeou secretário e você votou contra ela? Você é que não tem palavra". Sherloquinho conclui: sabe de uma coisa? Os dois estão falando a verdade.


Natal, 20 de abril de 2012

4 O Jornal de HOJE

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

Abre-se a cortina do palco Neste restante do ano, o segundo da governança Dilma Rousseff, há promessa de programação variada. Três atrações, pelo menos, serão oferecidas ao respeitável público: 1. Eleição para prefeito e vereador; 2. Julgamento do Mensalão; 3. CPI do Cachoeira. t

t

t

A campanha municipal é uma motivação localizada, no aspecto político (a conquista do poder) e no econômico-financeiro (o aumento da circulação de dinheiro e a sazonal criação de empregos, como é o caso da contratação de cabos eleitorais). Envolve, porém, interesses que ultrapassam os limites geográficos da cidade. O prefeito e os vereadores formam a base de sustentação do pleito de dois anos depois, principalmente para deputado (estadual e federal). Como em tudo – ou quase tudo – há exceção. Neste 2012, a disputa na capital paulista cria ares de confronto nacional. Dispensada a classificação de grandeza, a corrida à prefeitura envolve estrelas dos três maiores partidos do país. O PT tem Lula da Silva como padrinho de Fernando Haddad; no PSDB, Fernando Henrique Cardoso e Geraldo Alckmin ao lado de José Serra; e o PMDB apresentará no palanque de Gabriel Chalita o vice-presidente da República, Michel Temer, que não é bom de voto, mas o discurso dele agrada. t

t

t

Maior escândalo do primeiro mandato do PT no Palácio do Planalto, o Mensalão quase desmoronou os pilares de sustentação de Lula da Silva, o autodenominado “metamorfose ambulante”. Empossado ontem na presidência do Supremo, Carlos Ayres Britto pretende, no curto período de sua gestão (sete meses), colocar em votação o processo com, mais ou menos, quatro dezenas de réus. Entre eles, José Dirceu, o mais seguido líder petista depois do ex-presidente da República. t

t

t

Em número de adesões, a criação da CPI mista, a ser instalada na próxima semana, possivelmente quarta-feira, proporcionou uma surpresa. Dos 513 deputados, 337 subscreveram o pedido para criar a comissão. Entre os 81 senadores, o percentual foi maior: apenas nove não assinaram. O respeitável Vital do Rêgo (PMDB), da bancada paraibana no Senado, era até o fechamento da coluna (9h40 desta sexta-feira), o escolhido para presidir a investigação das conexões do contraventor Carlinhos Cachoeira e a influência da quadrilha dele no Estado brasileiro. Cabe ao PT indicar o deputado-relator. Assiste-se a uma luta de boxe com luvas de pelica, mas não deixa de ser uma disputa renhida. Em busca da premiação (ou castigo), subiram ao ringue dois paulistas legítimos (Candido Vaccarezza e Paulo Teixeira), um adotado (Ricardo Berzoini, nascido em Minas Gerais) e um mineiro autêntico (Odair Cunha). Vaccarezza e Cunha consideram-se os reais contendores.

Dureza pra valer Fala quem conhece o cenário da batalha eleitoral na França. Interlocutor de líderes políticos do país e ex-embaixador do Brasil em Paris, Delfim Netto acompanha a sucessão presidencial. t

t

t

Considera indefinido o resultado das urnas de domingo – são 11 milhões de indecisos – e imprevisíveis os números do segundo turno. Faz, entretanto, uma observação: “O eleito, (Nicolas) Sarkozy ou (François) ou Hollande, terá pouquíssima margem de manobra e pouca escolha. Mas, por obrigação patriótica, o vencedor adotará medidas de austeridade e executará reformas estruturais.”

Conto do vigário Veja só como se brinca com assunto sério. O deputado Paulo Maluf (foto), do PP-SP, além de alardear o apoia à CPI do Cachoeira, cobra “investigação profunda”. t

t

t

Ex-governador de São Paulo e colecionador de acusações por delito de corrupção, lavagem de dinheiro e algumas outras mutretas, diz como se fosse zelador de bons costumes: “É preciso identificar quem se apossa de recursos públicos, e, claro, punir.”

LEITURA DINÂMICA t O relator do Código Florestal na Câmara, Paulo Piau (PMDB-MG) leva o seu texto ao plenário na sessão de terça-feira (24). t Humberto Costa (PTPE) apresenta, dia três de maio, ao Conselho de Ética do Senado, o parecer sobre o processo que acusa Demóstenes Torres (sem partido) de quebra

do decoro parlamentar. t Divirta-se no feriadão, e até terça-feira. Segunda, como é de praxe, você fica na companhia de Joaquim Pinheiro, o mais mineiro dos jornalistas potiguares. t Para refletir: “A realidade é mais rica do que qualquer imaginação” (Eliana Calmon, jurista brasileira).

Política

Sexta-feira

Macedo: “Não participei do cálculo, o valor foi estabelecido pelo TJRN” EX-PROCURADOR GERAL DA PMN ESCLARECE PARTICIPAÇÃO NO CASO HENASA "Agi de boa fé. Confiei na palavra da defesa contratada para representar a prefeitura nesse caso", justificou Bruno Macedo, ex-procurador geral da prefeitura de Natal, em entrevista coletiva concedida na tarde de ontem. A declaração de Bruno Macedo é uma resposta a nota divulgada pela Procuradoria do Município que, após a saída do então procurador-geral, afirmou que tinha sido dele a responsabilidade por conseguir o acordo com a empresa Henasa. Macedo destacou que o acordo foi uma provocação do TJ e tinha sido, originalmente, enviada a um procurador de carreira do Município - que não integra mais o quadro da PGM. Ele, por sua vez, destinou o processo a Bruno Macedo. "Ele poderia ter conduzido o processo, do mesmo jeito que fiz, ao ser provocado", ressaltou. Macedo enfatizou ainda que assinou o acordo, por sentir-se "absolutamente seguro", não só pelo fato de o pacto ter sido feito em sintonia com o Judiciário, como também por ter orientação nesse sentido do escritório que foi contratado para tratar do assunto. Escritório esse (advocacia de Cândido Rangel Dinamarco, sediado em São Paulo), inclusive, que teria conduzido todo o processo e que foi contratado em 2001 pela Prefeitura de Natal para cuidar do caso. Além disso, Bruno Macedo disse que o Ministério Público esteve presente em todas as audiências de conciliação com a Henasa. "Quando assumi o cargo de Procurador, em 2009, recebi um Ofício da Divisão de Precatórios, informando que, por determinação do

Wellington Rocha

Bruno Macedo: “Me orientaram a não recorrer da decisão e buscar um acordo” Conselho Nacional de Justiça, o Tribunal iria começar as audiências de conciliação dos precatórios da PMN. O precatório da Henasa era o primeiro na ordem cronológica do TJ desde 2007", destacou Macedo. Macedo também assinalou que foi orientado para não recorrer da decisão judicial. "Quando a Henasa entrou com a liquidação da dívida foi travada uma batalha judicial e ao chegar a Procuradoria, e tomar conhecimento do processo, fui até São Paulo para falar com os advogados do escritório de Cândido Rangel Dinamarco. Lá me orientaram a não recorrer da decisão judicial e buscar um acordo com a Henasa. Na segunda audiência de conciliação consegui reduzir o valor em 50% e parcelar em 10 anos. Dessa forma. o valor de 191 milhões foi amortizado para 95 mil-

hões. Não participei do cálculo do precatório, o valor foi estabelecido pelo próprio Tribunal de justiça". HENASA Os procuradores do Município publicou uma nota na terça-feira onde coloca no colo de Bruno Macedo a responsabilidade sobre o acordo firmado com a Henasa. E ontem a empresa divulgou outra nota, em que afirma que o acordo não só é válido como desmanchá-lo representaria um aumento no valor de, aproximadamente, R$ 24 milhões. Além disso, a Henasa afirma que "toda a celeuma que se criou em torno do precatório da Henasa, decorre de um fato muito simples: um ente governamental, no caso a Prefeitura de Natal, foi condenada através de sentença transitada em julgado a nos pagar uma indenização de que é devedora, conforme

entendimento inapelável da Justiça, mas não pagou". PROCESSO QUE APURA IRREGULARIDADES É INVESTIGADO PELO MP Segundo o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP/RN), o pagamento desse precatório em específico se transformou em uma nova investigação por parte do órgão, que também já trabalha na ação civil contra Carla Ubarana e George Leal, responsáveis pelo desvio nos valores pagos na Divisão de Precatórios. Informações sobre esse caso, no entanto, ainda não podem ser repassadas pelo MP, visto que corre em sigilo. A decisão do MP em separar os casos, por sinal, é semelhante a que foi tomada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). O órgão, que foi o primeiro a constatar a irregularidade durante a inspeção que faz na Divisão de Precatórios do TJ, decidiu seguir com uma análise mais aprofundada sobre esse pagamento. Esse aprofundamento é necessário porque, segundo a Henasa, há divergência entre o valor considerado pelo TCE (R$ 13 milhões) e o que seria o certo, que é R$ 17 milhões, em 1995 - no relatório divulgado pelo próprio Tribunal de Contas, o valor considerado foi mesmo os R$ 17 milhões. Além disso, houve uma diferença também no valor dos juros. A Henasa considerou 1%, mas o TCE apenas 0,5%. Dessa forma, a empresa chegou a um valor de cerca de R$ 120 milhões, enquanto o correto, segundo o Tribunal de Contas, é aproximadamente R$ 75 milhões.

> RODRIGO CINTRA TEM QUE DEVOLVER

Ex-secretário de Micarla é condenado a devolver R$ 44 mil por gastos com passagens O ex-secretário Municipal da Juventude, Esporte e Lazer de Natal (Secopa), Rodrigo Martins Cintra, vai ter que devolver aos cofres públicos o valor de R$ 44.023,69. O motivo é a reprovação das contas de 2011, referentes a passagens aéreas e diárias consideradas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). O voto foi relatado pela conselheira Maria Adélia Sales na

sessão da Primeira Câmara de ontem. Os gastos de Cintra com as passagens aéreas e hospedagens foram denunciados no final do ano passado. Só em setembro e outubro, quando se ausentou de Natal por 30 dias, o então secretário gastou mais de R$ 17 mil dos cofres públicos com isso - de junho a novembro, foi mais de R$ 21 mil. Além disso, no final do

ano, com a Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Câmara Municipal de Natal, foi questionado um acordo firmado entre a Secretaria e a Reobote Hotéis, empresa que receberia R$ 60 mil pelo fornecimento de passagens aéreas. O contrato foi publicado apenas no dia 12 de novembro e retroativo a junho, mas foi cancelado poucos dias depois, por questiona-

mento da Controladoria-Geral do Município. Além do TCE e da CEI, o Ministério Público do Rio Grande, através da Promotoria do Patrimônio Público, também analisa o caso. Na época, ele classificou as denúncias como "plantadas feitas através de factóides, dados incompatíveis com a verdade e documentos que não condizem com a realidade dos fatos".

> MUDANÇA

Aprovado novo Regimento Interno do TCE Começa a vigorar o novo Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado a partir de 20 de abril. O documento final foi posto em votação pelo presidente do TCE, conselheiro Valério Mesquita, na sessão do Pleno e acatado à unanimidade pelos conselheiros. "A matéria vai gerir, juntamente com a Lei Orgânica, os destinos do Tribunal", enfatizou o presidente. O novo regimento foi sistematizado a partir de uma comissão presidida pelo consultor jurídico do TCE, Cláudio Marinho, e composta pelos técnicos Lauro Tércio

Bezerra Câmara, Marcelo Bergantin Oliveros, Andréa da Silveira Lima Rodrigues, Tália Maia Lopes, Janice Fernandes Aranha e o procurador Othon Moreno de Medeiros Alves, depois de uma ampla discussão nos diversos setores, o que garantiu uma participação efetiva dos servidores. Segundo o consultor jurídico Cláudio Marinho, o regimento traz mudanças significativas para o TCE e cita como exemplo a distribuição dos processos, que agora passa a ser feita de forma equânime entre os conselheiros da 1ª e

2ª câmaras. Chama atenção, também, a questão da consolidação anual dos processos: durante cada exercício, formam-se vários processos. A partir de agora, todas as prestações de contas serão reunidas num processo único, evitando a possibilidade de divergências e permitindo uma visão ampla das contas do município.

Também será modificada a contagem do prazo para o jurisdicionado, que passa a contar a tramitação processual a partir da ciência do mandato - e não mais com a juntada dos documentos, como ocorria anteriormente, entre outras mudanças que serão incorporadas ao cotidiano da instituição.


Política

Sexta-feira

Natal, 20 de abril de 2012

O Jornal de HOJE 5

Presidente do Natalprev: “O dinheiro não poderia ter sido sacado da Previdência” ECONOMISTA SILVIO EUGÊNIO ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O presidente do Instituto dos Servidores Públicos do Município de Natal (Natalprev), economista Silvio Eugênio, disse que a retirada de recursos do Fundo dos Servidores da Prefeitura em 2008, último ano da gestão Carlos Eduardo Alves (PDT), "não poderia ter sido feita em momento algum". Ele confirma a devolução do recurso, no valor total de R$ 22 milhões, com juros e correções, conforme revelou esta semana o ex-secretário de Administração João Felipe Trindade, em artigo publicado em O Jornal de Hoje e reproduzido pela Editoria de Política do jornal. "O valor foi devolvido com saldo suficiente cobrindo correções e juros, residindo única e exclusivamente o erro na impossibilidade daquela transferência, por ser vedada por dois dispositivos legais, sendo eles: a lei 9.717/98, que, em seu artigo sexto, inciso quinto, proíbe a retirada, e também o artigo 43, parágrafo segundo, inciso dois, da Lei de Responsabilidade Fiscal, que impede terminantemente qualquer concessão de empréstimo a ente municipal da disponibilidade de

CITA LEGISLAÇÃO QUE IMPEDE SAQUES COMO O QUE FOI FEITO POR

caixa do fundo de previdência", fundamenta. Assim, qualquer empréstimo do fundo municipal previdenciário ao tesouro municipal, como ocorreu em 2008, infringe a lei, sendo considerado ilegal. "Além disso, a lei complementar 63/2005, que regulamenta a Previdência Municipal, estabelece no artigo 101 que o produto das contribuições previdenciárias só pode ser utilizado para pagamento de benefícios previdenciário e despesa administrativamente do instituto na razão de 2% desse montante. Não obstante o valor ter sido devolvido com saldo suficiente, a retirada não poderia ter sido feita em momento algum", completou. Silvio Eugênio reputa como corretas, então, a recomendação feita pelo ex-secretário de Administração, no sentido de dizer que alertou na época o então prefeito Carlos Eduardo a não realizar o "empréstimo", bem como que o dinheiro foi devolvido com juros e mora. "O ex-secretário está correto ao recomendar que não fosse sacado o dinheiro, porque de fato é isso, o dinheiro não poderia ter sido sacado, e ao afirmar que dinheiro foi devolvido com juros e correção. Mas, em momento algum po-

Heracles Dantas

Silviio Eugênio é presidente do Instituto de Previdência de Natal e reforça que saque foi ato de improbidade administrativa deria ter sacado", disse. SAQUES Em 2008, diante do desequilíbrio contábil nas contas da prefeitura, Carlos Eduardo autorizou quatro saques no Fundo dos Servido-

res, sendo os dois maiores no dia 9 de outubro, no valor de R$ 13 milhões, e no dia 4 de novembro, de R$ 7,6 milhões. "O valor devolvido correspondeu a esse valor acrescido de juros e correção. Teriam que ter sido no mínimo R$

525 mil. O saldo corresponde", explicou Silvio Eugênio, atendendo a um pedido de consulta de O Jornal de Hoje. "Como gestor do fundo, afianço que o uso foi indevido. O Fundo de Previdência não pode emprestar

CARLOS EDUARDO dinheiro da conta da prefeitura", enfatiza Silvio Eugênio. Ele explica que os recursos são pagos pela prefeitura aos servidores, pertencendo aos funcionários, não podendo ser utilizados pelo gestor público. "Equivaleria ao Ministério da Previdência pegar recursos do INSS e emprestar para o Tesouro, é a mesma coisa. É impensável. Ou seja, ainda que o dinheiro tenha sido devolvido, com correção e juros, houve ilegalidade. A gente não pode aplicar recursos no Tesouro. Seria uma operação de crédito, o que, aliás, é proibido pela lei eleitoral". Segundo ele, a ilegalidade permanece. "Se o fundo pegou o dinheiro, colocou no caixa, e o caixa devolveu, há constituição de uma operação de crédito, à qual o fundo não está autorizado a fazer. É como se eu que estivesse precisando de dinheiro tirasse dinheiro do fundo e depois devolvesse. Mas, ainda que ele tenha devolvido, do lado do tesouro fica a operação de crédito que também não é permitida por lei". Ele afirma ainda que o saque não poderia ter sido feito: “Em ano eleitoral fez um empréstimo à revelia da Câmara, se constituindo um ato de improbidade administrativa", finalizou.

> CASO DIBSON NASSER

Jutay não era presidente do PRB na época da procuração falsa Um novo fato veio a tona na busca pela invalidação do documento que originou a ação penal contra o deputado estadual Dibson Nasser (PSDB) e que pode provocar a cassação dele no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN). Se antes já havia sido divulgado que a assinatura desse documento não era do então presidente do PRB, Jutay Meneses, agora a informação é que Jutay, nem mesmo, era presidente do partido naquela época. É importante esclarecer que o PRB foi o partido que entrou com ação contra o deputado Dibson Nasser, apesar de, teoricamente, não haver nenhum interesse do partido no caso, visto que ele nem mesmo teria o suplente. E, como não havia interesse, descobriu-se, através de uma análise feita por um ex-perito do Ins-

tituto Técnico e Científico de Polícia (Itep), que a assinatura presente na procuração de Jutay Meneses e que teria dado o poder para o advogado do partido entrar na Justiça contra o parlamentar tucano, era falsa. Se uma assinatura falsa de um presidente não tem validade, imagine então a assinatura falsa de um ex-presidente. Afinal, segundo a defesa de Bidson, o pastor Jutay Meneses, sequer era presidente do partido quando teria ocorrido a assinatura do documento. O dirigente partidário já estava filiado ao PRB da Paraíba desde 23 de fevereiro de 2009, o que impediria também que ele assinasse qualquer documento em nome da legenda no Rio Grande do Norte. Depois do imbróglio envolvendo Dibson Nasser, o próprio Jutay Me-

> ROMPIMENTO NO PR

Vereador Adão Eridan: “Vivaldo Costa está sendo ingrato com João Maia” O vereador Adão Eridan, do PR, entende que o deputado Vivaldo Costa está sendo ingrato com o líder do partido, deputado João Maia, ao afirmar que está sendo expulso do partido, quando na verdade,segundo o vereador do Partido da República, Vivaldo Costa só tem recebido atenção e apoio por parte de João Maia. Ele lembra que historicamente João Maia tem sido um correligionário parceiro, não só de Vivaldo Costa, ajudando na sua eleição e no exercício do seu mandato, como do prefeito de Caicó, Bibi Costa, irmão do deputado estadual que foi eleito em 2004 e reeleito em 2008 com apoio incondicional do deputado João Maia. "Vivaldo sempre considerou João Maia um irmão, mas agora quer trocar um irmão por dois irmãos que são o presidente da Assembleia Legislativa e o ex-deputado Carlos Augusto Rosado, marido da governadora Rosalba Ciarlini", disse ele. Adão Eridan disse ainda não acreditar que João Maia esteja expulsando Vivaldo Costa do partido como ele (Vivaldo) declarou recentemente em entrevista a Rádio Rural de Caicó, já que de acordo com Adão Eridan, em todos os momentos o líder do PR tem tratado o deputado seridoense com distinção. "Pessoalmente gosto de Vivaldo Costa, mas entendo que ele não está sendo correto com João Maia e está tomando uma decisão que não é acertada. Vivaldo deve conversar com o presidente do PR para chegar a uma conclusão, já que o confronto pessoal não é bom para

ninguém", ressalta disse Adão Eridan, entendendo que Vivaldo Costa poderá ter problemas com a Justiça Eleitoral, já que no seu entendimento não existe justa causa que justifique sua saída do partido. No entendimento do vereador Adão Eridan, caso Vivaldo Costa deixe o PR, o seu mandato certamente será questionado pelo suplente, Kelps Lima, que no seu entendimento terá chances reais de conquistar o mandato que pertence ao partido. DECLARAÇÕES E FRASES Ao participar de um programa na Rádio Rural de Caicó o deputado Vivaldo Costa criticou veementemente o ex-correligionário, deputado João Maia. Disse inicialmente que estava incomodado porque o presidente do PR no Estado estava praticamente lhe expulsando do partido e que em razão disso precisava fazer consultas jurídicas para ver se poderia deixar o Partido da República. "Não quero levar para o lado emocional. O povo é quem irá analisar o cenário e tirar suas próprias conclusões sobre a atitude de João Maia", disse ele. Em resposta, João Maia postou no twitter o seguinte:"Vivaldo quando quer abandonar alguém procura se fazer de vítima". "Vivaldo quer produzir para a justiça as provas que lhe favoreçam num possível processo judicial". E finaliza citando o ex-craque Mané Garrinha: "Quem sempre dava o mesmo drible e funcionava era Garrincha". (JP)

neses confirmou que era falsa a assinatura na procuração delegando poderes a um advogado para ingressar na Justiça Eleitoral contra o deputado, de 3 de fevereiro de 2010. Nesse período, Jutay Meneses já estava filiado ao PRB da Paraíba, onde foi indicado oficialmente à Presidência da Comissão Provisória da legenda no estado vizinho em março de 2010. O site da Justiça Eleitoral comprova tanto a data em que assumiu a presidência da legenda quanto a filiação ao PRB em 23 de fevereiro de 2009. Outro fato que comprova que Jutay Meneses sequer era presidente do PRB potiguar em 2 e fevereiro de 2010, data da procuração falsa, é que ele disputou o cargo de deputado estadual na Paraíba em 2010. A própria Justiça Eleitoral determina prazo de um ano antes da eleição

para que ocorra a filiação partidária. Com isso, o prazo de Jutay Meneses para estar filiado ao PRB da Paraíba e concorrer na disputa eleitoral seria 1º de outubro de 2009. Ele não só disputou a eleição, como teve mais de 17 mil votos, sendo o 1º suplente da coligação da qual participa o PRB. O PRB já solicitou à Justiça Eleitoral a cassação da procuração que deu poderes a um advogado para ingressar com a ação contra Dibson Nasser. O julgamento contra o deputado por suposto abuso do poder político e econômico está em curso no TRE, onde o Ministério Público foi contrário à cassação. Três juízes votaram favoravelmente à perda do mandato, mas o posicionamento pode ser alterado pelos próprios magistrados até o fim do julgamento.

Jutay Meneses foi candidato a deputado Estadual na Paraíba e não era filiado no RN


6 O Jornal de HOJE

Natal, 20 de abril de 2012

Cidade

Sexta-feira

False Decision: PF cumpre mandados em Natal ESQUEMA

DE CRIMES CONTRA O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL ESTÁ SENDO INVESTIGADO PELA

THYAGO MACEDO REPÓRTER

A Polícia Federal desencadeou mais uma operação no Rio Grande do Norte. Na manhã desta sextafeira (20), agentes cumpriram quatro mandados de busca e apreensão em pontos como residências, escritório e também em um hotel localizado na Via Costeira. No total, foram quatro mandados de busca, no entanto, de acordo com assessoria da PF, até o fechamento desta edição, ninguém foi preso. O objetivo da ação realizada hoje era recolher materiais como computadores e documentos que pudessem comprovar crimes contra o sistema financeiro nacional. De acordo com a Polícia Federal, a operação foi batizada de "False Decision". O suposto esquema criminoso estaria enviando recursos do Brasil para outros países sem o co-

nhecimento das autoridades legais, o que configura crime. De acordo com a Polícia Federal, as investigações tiveram início a partir de denúncias repassadas para o Ministério Público Federal, que culminaram com um inquérito. A partir das informações, os policiais federais começaram a investigar e descobriram que o grupo de estrangeiros pretendia construir um hotel no litoral natalense, mas estavam sendo enganados por uma empresa local, cujo nome não foi divulgado pela instituição. O negócio consistia na aquisição, por parte do grupo estrangeiro, de 50% de um terreno, no entanto, durante a negociação, os investidores tomaram conhecimento que havia uma ação judicial acerca do imóvel, fato que motivou a sustação do pagamento previsto no contrato. Posteriormente, esta transação financeira foi concretizada pela transferência de

valores para uma conta bancária dos investigados nos Estados Unidos, mediante apresentação de uma falsa decisão judicial que liberava a área e autorizava a construção do hotel. Ao constatar a irregularidade cometida pela empresa natalense, o mesmo grupo estrangeiro também ajuizou junto ao Ministério Público Estadual uma ação penal por crime de estelionato. O processo ainda aguarda julgamento. Para deflagrar a Operação False Decision, a Polícia Federal utilizou um total de 20 policiais. Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em residências, no bairro de Candelária, na sede no escritório de uma empresa prestadora de serviços de turismo, cujo endereço não foi revelado, bem como no Hotel Parque da Costeira, localizado na Via Costeira de Natal. Lá, duas equipes da PF passaram cerca de duas horas recolhendo documentos.

POLÍCIA FEDERAL José Aldenir

Policiais federais estiveram no Hotel Parque da Costeira, onde passaram cerca de duas horas recolhendo documentos

> NA AVENIDA PRUDENTE DE MORAIS

Morador de rua é assassinado no "terreno do crack" Um terreno baldio localizado na avenida Prudente de Morais, no bairro de Lagoa Nova, tornou-se cenário de um encontro de cadáver, no início da manhã desta sexta-feira (20). O local que já foi motivo de várias matérias jornalísticas e, inclusive, foi ponto de ações da Guarda Municipal e da Polícia Militar, é tido por moradores de rua como o "terreno do crack", tendo em vista que a área é tomada por usuários de drogas quase que todas as noites. No início da manhã de hoje, por volta das 7h, um dos moradores de rua que vivem nas imediações do Hiper Bompreço, esteve na sede d'O JORNAL DE HOJE para avisar que um corpo havia sido encontrado em meio ao matagal do terreno. A equipe de reportagem foi até o local e entrou dentro da área, que é cercada por um muro, mas tem um buraco feito na lateral voltado para avenida Prudente de Morais. O terreno é todo coberto por mato, no entanto, existem caminhos feitos pelos próprios moradores de rua. Durante o trajeto de aproximadamente 20 metros até chegar ao

José Aldenir

Equipe do Itep retirou o cadáver do morador de rua, que foi morto por estrangulamento, possivelmente por um dos seus colegas corpo, a reportagem percebeu a presença de roupas, latas de refrigerantes vazias, caixas de fósforos e até colchões. Em determinado ponto

do terreno, a equipe se deparou com um homem morto e com uma camisa enrolada no pescoço, como se tivesse sido estrangulado.

Como os moradores de rua estavam temerosos com o flagrante, pediram que a reportagem acionasse a polícia e logo eles foram em-

> QUATRO MORTOS

bora. Por volta das 8h30, os policiais militares chegaram ao local, bem como os peritos do Instituto Técnico-Científico de Polícia. Eles entraram na área e confirmaram que se tratava de um homicídio. Após desatarem o nó dado na camisa que estava no pescoço da vítima, os peritos constataram que o homem foi realmente enforcado. Além disso, foram encontradas manchas de sangue no tórax e o no rosto dele, o que pode ter sido provocado por espancamento. Como a maioria dos moradores de rua se afastou do ponto onde o corpo foi encontrado, os policiais não conseguiram colher muitas informações. O que se sabe é que o homicídio foi cometido há menos de 24 horas e, provavelmente, aconteceu durante a madrugada desta sexta-feira. Um morador de rua havia dito à reportagem d'O JORNAL DE HOJE, antes da chegada da polícia, que o rapaz morto era conhecido pelo apelido de "Grife". Ele também viva pelas ruas do bairro de Lagoa Nova. Os policiais militares do 5º Batalhão que atenderam a ocorrência in-

formaram que o crime pode ter sido cometido pelos próprios companheiros de rua da vítima, durante o consumo de drogas praticado por eles no período da noite. O tenente Faustino, oficial de dia do 5º BPM, chegou a declarar que muitos desses usuários de drogas que vivem nas ruas praticam assaltos durante o dia para arrecadarem dinheiro para comprar crack. Isso tem assustado muitos moradores dessas áreas e pessoas que trafegam seus veículos nos trechos em que eles ficam. No início do ano, a Guarda Municipal chegou a realizar uma operação no bairro de Lagoa Nova e foi justamente neste terreno usado pelos viciados. Na época, ficou constatado que eles estavam se aproveitando do espaço para consumirem drogas sem serem incomodados e mais de 20 pessoas foram detidas e retiradas de lá. No entanto, como a fiscalização não é mantida, os moradores de rua acabam voltando. O terreno usado para o consumo de crack pertence a uma empresa do ramo de móveis que apesar de ter cercado o local com um muro, não tem impedido a entrada dos viciados.

> PERTO DO TEATRO

Noite sangrenta na região metropolitana Dupla mata na Ribeira Noite sangrenta. É assim que pode ser definida a noite desta quinta-feira (19) para os que acompanham a crônica policial do Rio Grande do Norte. Isso porque a polícia registrou dois duplos homicídios, na zona Norte de Natal e no município de São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana. Os crimes aconteceram em intervalo pequeno de tempo e apresentam características de execução, tendo como motivação o tráfico de drogas. O primeiro caso aconteceu no bairro de Santo Antônio, mais precisamente no conjunto Brasil, em São Gonçalo do Amarante. Lá, dois jovens estavam na rua Distrito Federal, quando outros dois homens se aproximaram em uma motocicleta e começaram a atirar. Michel Santos da Silva, de 16 anos, e Jean Fanuel Torres, de 26 anos, correram para uma quadra de esportes, na tentativa de fugir dos bandidos.

No entanto, eles não conseguiram escapar dos disparos. O adolescente Michel Santos foi o primeiro a cair sem vida no meio da quadra. Jean ainda conseguiu correr mais e tentou conseguir abrigo em uma residência na lateral da quadra de esportes. Apesar disso, os criminosos conseguiram acertar um tiro na cabeça da vítima e o jovem morreu na entrada da casa. Na sequência, a dupla subiu novamente na motocicleta e fugiu com destino ignorado. Os policiais do 11º Batalhão foram acionados logo em seguida e se dirigiram até o conjunto Brasil, entretanto, não conseguiram localizar nenhum suspeito, até porque os moradores afirmaram não saber ou não quiseram contar detalhes do duplo homicídio, temendo algum tipo de represália por parte dos assassinos. Policiais civis da Delegacia de Plantão da Zona Norte estiveram no local do crime e fizeram o Bo-

letim de Ocorrência para que o procedimento seja enviado à Delegacia de São Gonçalo do Amarante. Pelas características, a primeira linha de investigação será de execução pelo tráfico de drogas. O segundo duplo homicídio da noite de ontem foi registrado no loteamento Novo Horizonte, no bairro Pajuçara, zona Norte de Natal. Desta vez, as vítimas estavam conversando em um terreno baldio, localizado na rua Josivaldo Gomes. Neste caso, a polícia não conseguiu descobrir quantos homens teriam realizado o homicídio e nem o veículo em que eles estavam, tendo em vista que não foram encontradas testemunhas. Richardson da Silva, 19 anos, e Raniê Bonifácio Paulino, 22 anos, estavam embaixo de uma árvore e foram mortos com tiros na cabeça. A polícia desconfia que a dupla tinha ido até o local para consumir drogas e acabaram sendo assassinadas, provavelmente, por

terem alguma dívida com traficantes. O delegado Everaldo Lemos Cavalcante que estava na Plantão Zona norte chegou a conversar com algumas pessoas próximas às vítimas e elas teriam confirmado que o crime teve relação com o tráfico de drogas. A mãe do jovem Richardson da Silva também esteve na cena do homicídio e chegou a afirmar aos policiais que tinha pressentido que o filho seria morto naquela noite. A mulher, que terá o nome preservado, disse ainda que há muito tempo pedia para o jovem sair da vida em que estava de envolvimento com crimes. Os dois corpos foram levados para o Instituto Técnico-Científico de Polícia e o caso será investigado pelo 6º Distrito Policial. A princípio, polícia não encontrou elementos que estabeleçam ligação entre o duplo homicídio de São Gonçalo e o caso do Pajuçara.

Aonda de violência marcou a noite desta quinta-feira e também fez uma vítima na avenida Duque de Caxias, na Ribeira, zona Leste de Natal. Um homem de 34 anos, identificado como Edson Carpegiane de Carvalho, foi executado por volta das 18 horas, por dois homens que estavam em uma motocicleta e seguiram a vitima, que morava no Paço da Pátria, até o momento em que ela ficou sozinha. O homicídio aconteceu em uma hora de grande movimentação na Ribeira, tendo em vista que pessoas que trabalham naquele bairro saem justamente por volta das 18h. Com isso, os disparos efetuados assustaram os transeuntes. Edson Carpegiane estava participando de uma partida de futebol no bairro da Ribeira e estava caminhando de volta para casa, no Paço da Pátria. Os criminosos, de acordo com a polícia, já estariam esperando a vítima sair da quadra de futebol. Quando Edson, que também era conhecido como "Novinho do Paço", caminhava sozinho, os dois homens

se aproximaram na motocicleta e o garupa da moto sacou uma arma e começou a atirar contra ele. Os tiros atingiram a cabeça e o tórax de Edson Carpegiane, que não teve tempo de ser socorrido e morreu no local. Logo após, os peritos do Instituto Técnico-Científico de Polícia, bem como policiais militares foram até o ponto do assassinato. Além disso, agentes da Delegacia de Plantão da Zona Sul foram acionados. O delegado Pedro Paulo Falcão esteve no local e destacou que o assassinato tem características de uma execução, visto que os autores premeditaram a ação. O delegado também comentou que, diante das circunstâncias, Edson Carpegiane, deve ter sido assassinado por acerto de contas. Essa possibilidade ficou ainda mais forte quando policiais militares que estiveram na ocorrência para isolar o corpo comentaram que "Novinho" é suspeito de participação em alguns assaltos naquela região, tendo, inclusive, já sido preso.


Economia

Sexta-feira

Natal, 20 de abril de 2012

O Jornal de HOJE 7

Divulgação

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

administracao@jornaldehoje.com.br

Com aplicação da lei do teto salarial, folha do Estado cairia em R$ 2 milhões mensais n Segundo informa à coluna um funcionário graduado da Secretaria Estadual da Administração e dos Recursos Humanos, existe hoje no Rio Grande do Norte uma pequena multidão de 450 servidores públicos (ativos e inativos) ganhando acima de R$ 24,5 mil - a remuneração de um desembargador - valor que deveria, segundo propõe a legislação federal, ser encarada como o teto salarial do funcionalismo nos Estados. n No meio desses felizes "marajás", há quem seja contemplado todos os meses com contracheques que ultrapassam os R$ 62 mil. E não são poucos os sortudos que ganham entre 40 e 50 mil reais, na acumulação de salários, gratificações e outras vantagens, principalmente entre os funcionários vinculados à Secretaria Estadual de Tributação e integrantes do quadro de auditores fiscais. n Duas mensagens governamentais, em anos passados, chegaram a ser encaminhadas à Assembleia Legislativa propondo a aprovação de lei estadual que fixasse um teto salarial para os servidores públicos potiguares, a última delas ainda no governo Wilma de Faria, sendo que nenhuma chegou a entrar na pauta das discussões dos deputados. n A governadora Rosalba Ciarlini, poucas semanas após assumir o mandato, cuidou de encaminhar expediente à Presidência da Assembleia pedindo a devolução da mensagem encaminhada pela sua antecessora, sob a justificativa de que a área jurídica do governo precisaria reexaminá-la. n Em meados do ano passado, o procurador-geral do Estado, advogado Miguel Josino, chegou a dar entrevista à imprensa natalense informando que até o mês de setembro a matéria seria reenviada ao Legislativo, demonstrando, portanto, haver interesse do atual governo na fixação de um teto salarial para o funcionalismo. n Setembro passou; o exercício de 2011 terminou; o governo Rosalva Ciarlini já esgotou 33,3 por cento do seu prazo de validade... e até hoje ninguém fala mais no assunto. n Coincidentemente, expressiva parcela dos "marajás" que estão sacando dos cofres do Estado as famigeradas remunerações (capazes de fazer inveja até ao presidente dos Estados Unidos da América, que não ganha tanto!) é formada por pessoas profundamente influentes no nosso universo político-administrativo, algumas até reconhecidas como mentoFaern vai à Conab e pede medidas para o RN n Nesta quarta-feira o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (Faern), José Vieira, participou em Brasília, na sede da Confederação Nacional da Agricultura, do lançamento do programa "Plataforma de Gestão Agropecuária" (PGA), que proporcionará maior controle da carne bovina produzida no Brasil. n Na ocasião, ele teve oportunidade de conversar com o presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Rubens Rodrigues dos Santos, sobre a seca que se alastra pelo interior do RN, e aproveitou para pleitear a reabertura do armazém que a Conab possui no município de Umarizal, como solução para atender os produtores rurais da região do Médio Oeste. n Informa Vieira que também reivindicou a redução do preço da saca de milho vendida nos balcões da Conab diretamente ao produtor, que hoje no Rio Grande do Norte custa mais de R$ 30,00, para que acompanhe o preço mínimo de R$ 21,00, praticado em outras regiões do país,

ras da nossa cúpula governante. n Se, a exemplo da União, o governo do Estado decidisse, em nome do interesse público, estabelecer limites para os vencimentos e vantagens do seu funcionalismo; e se a Assembleia Legislativa aprovasse lei considerando a remuneração de um desembargador como o teto salarial de todas as categorias de servidores, haveria - de imediato - uma redução da folha mensal de pessoal superior a R$ 2 milhões, dinheiro suficiente, por exemplo, para abastecer os hospitais de pronto socorro do Rio Grande do Norte de todos os medicamentos necessários para o atendimento de casos de urgência. n A população, pobre e desassistida, que hoje recorre aos serviços de saúde pública e fica à míngua, jogada sobre macas nos corredores do Walfredo Gurgel, sem atendimento decente e quase sempre sem remédios, agradeceria de coração. Gestão está acabando e Micarla não realiza licitação das linhas de ônibus n Empresários do setor de transporte urbano de passageiros dizem que, a esta altura dos acontecimentos, não têm mais esperança de que a prefeita Micarla de Souza promova a licitação das linhas de ônibus de Natal, que ela prometeu fazer logo no seu primeiro ano de mandato. n Há quase duas décadas que as empresas cessionárias do transporte de massa na capital potiguar vêm preservando o direito de explorar as linhas em que atuam graças a obtenção de seguidos mandados de segurança. n Vários grupos empresariais de outros Estados, interessados em entrar na competição com as empresas de ônibus que dominam o mercado natalense de transporte de passageiros urbanos, esperam ansiosos pela oportunidade de disputar algumas linhas. Outros, cansados de esperar, estão preferindo comprar algumas das atuais operadoras do sistema. n Neste início de ano, por exemplo, as empresas Guanabara e Conceição tiveram seus controles acionários transferidos para mãos de investidores pernambucanos. n Quem conhece bem a política de transporte público em vigor nas principais capitais brasileiras é unânime em afirmar que só haverá melhoria no sistema com a ampliação das oportunidades de concorrência entre as empresas de ônibus, coisa que Prefeitura de Natal, inexplicavelmente, parece não entender.

como forma de ajudar o pecuarista no enfrentamento da seca. n O presidente da Conab disse a José Vieira que a companhia estatal disporá este ano de mais de 75 milhões de toneladas de grãos para abastecer o mercado interno e que não haverá perigo de faltar milho para atender os criadores nordestinos nesse ano de seca. Rede Unifarma inaugura loja com novo formato n A Drogaria Duque de Caxias, do empresário Marcelo Queiroz, será a primeira a adotar a nova formatação e a nova identidade visual da Rede Unifarma. n Localizada no bairro Cidade da Esperança, a farmácia será reinaugurada amanhã com um coquetel para clientes e parceiros, a partir das 20:00 horas. n "As mudanças têm como foco oferecer maior conforto para os clientes e também modernizar o visual da Rede Unifarma, considerando que a nossa organização cooperativa farmacista já tem treze anos de vida e este tipo de atitude é fundamental para que possamos acompanhar as exigências do mercado", diz Marcelo Queiroz. n Além da nova marca da Rede Unifarma, que já está presente na fachada e na identificação interna da loja, a Drogaria Duque de Caxias foi totalmente climatizada, ganhou novo piso, mais iluminação, novo mobiliário e um layout mais amigável. n "Nossa área de autoatendimento foi redimensionada. Com isso, a Perfumaria e a Conveniência estão bem mais acessíveis", garante o empresário, que ainda in-

forma terem sido investidos cerca de R$ 200 mil no projeto de reforma, elaborado pela Plenty Consulting, empresa especializada em transformação e posicionamento de mercado através de ferramentas de design, marketing, atendimento e planejamento estratégico. O projeto arquitetônico e de ambientação é assinado pela arquiteta Thayse Soares. n O consultor da Plenty Consulting, Assis Cáceres, justifica o projeto adotado pela Rede Unifarma com as seguintes palavras: n "O mercado farmacêutico mudou profundamente nos últimos cinco anos. Antes, farmácia era sinônimo de venda de remédio e ambiente focado em doença. Atualmente, nosso foco é vender saúde e qualidade de vida, juntamente com medicamentos. As farmácias brasileiras estão envolvidas numa reestruturação seguindo padrões aplicados com sucesso na Europa e nos Estados Unidos - aonde o ambiente 'clean', totalmente sinalizado, com gerência de categoria e mix diversificado, propõe ao cliente a busca facilitada de suplementos, perfumaria, produtos de primeiros socorros, produtos de cuidados diários, medicamentos, conveniência e, seguindo a tendência mundial, produtos dermo-cosméticos". n Enquanto a Rede Unifarma comemora 13 anos de mercado, a Drogaria Duque de Caxias já tem 30 anos de história, contando com lojas na Cidade da Esperança e no bairro de Ponta Negra. No total, a Unifarma congrega mais de 300 farmácias espalhadas por todas as regiões do Rio Grande do Norte.

Cosern informa que a Revisão Tarifária é um processo que ocorre a cada quatro ou cinco anos, segundo contato de concessão

Reajuste na energia elétrica do RN é o mais alto do Brasil AUMENTO

DE

6%

DANIELE LISBOA REPÓRTER

Num movimento inverso ao do Ceará, onde as tarifas serão reduzidas 7,61% em média, os consumidores do Rio Grande do Norte vão receber suas contas em média 6% mais caras a partir desse domingo (22). O Estado foi o que teve o mais alto acréscimo tarifário autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A elevação nas contas deverá alcançar aproximadamente 1,16 milhão de unidades consumidoras do estado, entre consumidores finais e empresas. Dentre as concessionárias autorizadas a revisar os valores das suas contas, Companhia de Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), foi a que teve o maior aumento. A concessionária energética de Sergipe (ESE) também inflacionou suas tarifas, porém, com um percentual bem menor, de 5,93%.

COMEÇARÁ A VALER NESTE DOMINGO A Cosern justificou afirmando que "as distribuidoras que atendem as áreas de concessão do Rio Grande do Norte e do Ceará passaram por processos tarifários diferentes. A COSERN passou por um processo de reajuste Tarifário Anual; a distribuidora que atende ao Ceará, por um processo de Revisão Tarifária Periódica. O Reajuste Tarifário Anual, que ocorre a cada 12 meses, tem sua tarifa reajustada em função da variação de indicadores inflacionários como IGPM e IPCA", esclarece o superintendente de Regulação, Estevam Mosca Neto. De acordo com a Cosern, a Revisão Tarifária Periódica, é um processo que ocorre a cada quatro ou cinco anos, segundo o contrato de concessão, e nesse momento as tarifas das distribuidoras são reposicionadas, para que os ganhos de produtividade obtidos entre as revisões sejam compartilhados com os consumidores.

O QUE VOCÊ PAGA NA CONTA DE ENERGIA Na sua conta de energia, as cobranças vão muito além da energia consumida. O cálculo final que se vê na fatura traz no seu bojo uma série de encargos, que abrangem custos de transporte, transmissão e distribuição para as unidades consumidores, juntamente com tributos setoriais ligados às esferas públicas municipal, estadual e federal. Em nível de município, é paga a Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública (CIP). A taxa estadual é o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), e a federal é referente aos Programas de Integração Social (PIS) e Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS), cobrados pela União para manter programas voltados para o trabalhador e para atender a programas sociais do Governo Federal. (Com informações da Aneel)

> OPORTUNIDADE

Senai capacita funcionários da Coteminas para novas profissões Aos 61 anos, José Gomes da Silva está empolgado com a chance de aprender uma nova profissão e entrar em um mercado de trabalho com amplo potencial. Funcionário da Coteminas, ele é operador de máquinas na unidade da empresa em São Gonçalo do Amarante. Agora, no horário do expediente, José Gomes se dedica às aulas práticas do curso de pedreiro, que são ministradas na própria empresa pelo Senai-RN através do Centro de Educação e Tecnologias em Construção Civil "Rosária Carriço". Atualmente, já na fase de instrução prática, juntamente com os demais colegas de empresa que fazem o curso, ele ergue as duas salas onde vai funcionar a brinquedoteca do Centro de Educação Infantil instalado no espaço da Coteminas. Está, assim, na etapa final da preparação a partir da qual poderá, ao deixar o atual emprego com o qual mantém a família há mais de 25 anos, ter uma nova fonte de renda. "Estou na Coteminas desde que ela começou aqui (em São Gonçalo) e vou sair agora, quando a unidade vai deixar de funcionar. Mas não paro de aprender. Terei novas chances. Estou me preparando para uma nova profissão", comenta. A exemplo de José Gomes, dezenas de outros funcionários da Coteminas estão apreendendo uma nova profissão. Eles não querem perder a chance que lhes foi dada pela empresa, a partir de uma parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Coube ao Senai a oferta de três cursos, ao Senac um e ao Sebrae outro. A necessidade de oferecer esses cursos surgiu da decisão da Coteminas de mudar o foco do empreendimento em São Gonçalo. Parte da fábrica não vai mais funcionar no local. No amplo terreno, o grupo Coteminas, um dos maiores no segmento têxtil e de confec-

Divulgação

Operários estão erguendo as duas salas, onde funcionará a brinquedoteca ções do país, vai construir um complexo residencial e comercial. Com essa decisão empresarial, o grupo inicialmente pensou em oferecer recolocação aos funcionários na outra unidade da fábrica, em Macaíba, ou em empresas parceiras. Apesar de esta oferta ser feita com a garantia de que eles teriam transporte, a maioria não aceitou o convite. Alegou que isso criaria dificuldades familiares, uma vez que moravam nas proximidades da fábrica de São Gonçalo e já estavam adaptados ao trabalho perto da residência, e ao convívio com a comunidade. Mas a Coteminas não desistiu de ajudar os funcionários da linha de produção que será desativada. "Desde a fundação, a empresa se preocupa não só em cumprir a legislação, mas também em fazer o melhor para a sociedade e seus colaboradores", afirma o diretor da empresa no Rio Grande do Norte, João Lima, que também é integrante do Conselho Deliberativo do Senai. Por isso, afirma, a companhia não podia ficar indiferente às necessidades de requalificação dos seus funcionários.

A perspectiva é que esses profissionais possam ser aproveitados na fase de construção do empreendimento imobiliário ou mesmo quando o condomínio estiver concluído. Enquanto isso, podem atuar em outras empresas ou como autônomos, o que, na construção civil em fase de expansão, tem proporcionado renda significativa. "A empresa, desde sua fundação, tem por princípio não ser apenas um patrimônio de seus acionistas, mas também dos colaboradores e da sociedade. Assim, não se limita a cumprir a legislação", afirma o diretor do grupo no RN. OPORTUNIDADE Uma das turmas é para a formação de eletricista instalador predial. "Eles mostram talento e interesse", afirma André Araújo, professor do Senai-RN. Segundo o instrutor, alguns dos funcionários da Coteminas que passaram pelo curso já estão prestes a entrar no novo mercado de trabalho, com proposta de construtoras. Além da formação em eletricista, o Senai também oferece cursos de pedreiro de edificação e de armador de ferros.


8 O Jornal de HOJE

Natal, 20 de abril de 2012

Cidade

Cerimônia marca passagem de o comando do 3 Distrito Naval

Sexta-feira

> SEM NEGOCIAÇÃO Wellington Rocha

NOVO COMANDANTE FOCARÁ NA SEGURANÇA DA NAVEGAÇÃO O 3º Distrito Naval, que abrange os estados do Rio Grande do Norte, Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Ceará, já tem novo comando. A cerimônia de transmissão do cargo de Comandante foi realizada na manhã desta sexta-feira (20), na Base Naval, no Alecrim, e contou com a presença de autoridades militares, civis e dos poderes públicos federal, estadual e municipal. Agovernadora Rosalba Ciarlini e o presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta, estiveram presentes ao evento. Quem assume o comando do 3º Distrito Naval é o Vice Almirante Bernardo José Pierantoni Gamboa, que veio de Brasília, onde exercia o Cargo de Presidente da Comissão Desportiva Militar do Brasil, ligado ao Ministério da Defesa. Em seu histórico, ele já foi Comandante do Navio Veleiro Cisne Branco e como Almirante, organizou, em 2011, os 5º Jogos Mundiais Militares, que aconteceram no esta-

do do Rio de Janeiro, no qual o Brasil se consagrou em primeiro lugar. De acordo com o Vice Almirante Gamboa, o principal foco da sua gestão será a continuidade do trabalho desenvolvido pela Marinha e investir na segurança da navegação. "Recebo este cargo com muita alegria, otimismo e estou certo de que contarei com o apoio a sociedade norte-rio-grandense e dos outros estados sob nossa jurisdição. A Marinha sempre foi bem recebida e acolhida pelo Nordeste e sempre tivemos o apoio dos três poderes (federal, estadual e municipal). Um dos pontos mais importantes será a segurança da navegação, para que continuemos navegando com tranquilidade, dentro das regras". A governadora Rosalba Ciarlini destacou que o novo comandante tem um grande apreço pelo Rio Grande do Norte. "Soube que ele já tem laços fortes com Natal e que concretizou um grande sonho em

trabalhar na nossa terra. Isso é muito importante, porque este trabalho será feito ainda melhor por causa do amor que ele tem pelo Rio Grande do Norte e pelo Brasil". Já o Vice-Almirante Airton Teixeira Pinho Filho, que deixa o comando após dois anos e assumirá o Cargo de Vice-Chefe do EstadoMaior da Armada, em Brasília, frisou a importância do período em que esteve à frente do 3º Distrito Naval. "Foram os dois anos mais importantes da minha vida, onde tive a possibilidade de conviver com os cinco estados e ter o apoio total de todas as autoridades e das pessoas do Rio Grande do Norte. Estou indo com o sentimento de dever cumprido, mas certo de que sozinho não faria nada. O novo comandante é meu amigo há mais de 40 anos e estou extremamente feliz porque é a primeira oportunidade que tenho de passar um cargo tão importante e de tão grande valor". Wellington Rocha

Autoridades militares e civis prestigiaram a transmissão do cargo de comando que aconteceu na Base Naval, no Alecrim

Funcionários do Município decidiram, em assembleia, esperar mais 15 dias antes de deflagrar nova paralisação dos serviços

Prefeitura afirma não ter como conceder reajuste aos servidores Em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (20), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Natal (Sinsenat) decidiu esperar mais 15 dias pela proposta oficial da Prefeitura de Natal quanto às reivindicações da categoria, tendo como um dos principais pontos, o cumprimento da Lei da DataBase. De acordo com o sindicato, caso não haja a apresentação de uma proposta concreta, no próximo dia 8 de maio, quando será realizada uma nova assembleia, a categoria não descarta a possibilidade de ser deflagrada uma greve. Ontem à tarde, representantes do Sinsenat/RN e o secretário-Chefe do Gabinete Civil, Heráclito Noé Ferreira, participariam de uma reunião, mas o encontro não aconteceu. Segundo a presidente do Sinsenat, Soraya Godeiro, meia hora antes da reunião foi enviado um ofício ao Sindicato informando que não tinha como ser concedida a Data-Base por causa do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal. No último dia 9 de abril, os servidores municipais suspenderam o movimento grevista à espe-

ra da volta das negociações junto ao Executivo Municipal. "A Prefeitura mentiu para o sindicato, para os servidores, para a Justiça e para a imprensa, ao dizer que só apresentaria uma proposta se suspendêssemos a greve. Fizemos isso e a proposta não apareceu", afirmou Soraya Godeiro. A dirigente também contou que o Sinsenat entrará com uma ação Judicial para obrigar a Prefeitura cumprir a Lei da Data-Base, bem como solicitará ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), uma auditoria na folha de pagamento e ainda realizará um debate com os candidatos e candidatas à Prefeitura de Natal, para que eles assumam o compromisso público, de cumprir a lei da Data-Base, o PCCV e a criação das Carreiras. De acordo com Cosmo Mariz, secretário do Sindicato dos Agentes de Saúde do Rio Grande do Norte (Sindas-RN), o sentimento é de indignação. "Além do cumprimento da lei da Data-Base, lutamos por insalubridade, 90% da categoria está com fardamento rasgado, os agentes comunitários estão sem fardamento há uns três anos e temos 50 agentes

parados porque não têm condições de trabalhar. Se cada agente visita 23 imóveis no dia, são 1.150 imóveis que deixam de ser visitados. Os agentes temporários também estão sendo obrigados a trabalhar mesmo sem receber o vale-transporte", destacou. O agente de endemias Edson Bezerra disse que só está indo trabalhar porque usa um fardamento que guardou de gestões anteriores. "A situação está muito ruim e acredito que irá ter uma grande epidemia de dengue". Para o secretário-Chefe do Gabinete Civil, Heráclito Noé, não será possível cumprir a lei da Data-Base, mesmo sendo aprovado pela própria Prefeitura dentro do Plano de Cargos, Carreiras e Salários de 2010 . "Ficamos de dar uma posição ontem, mas suspendemos o contato porque não há o que negociar. A Prefeitura não tem condições financeiras de cumprir a Data-Base por causa da Lei de Responsabilidade Fiscal, e estamos mais do que no limite prudencial. Não temos margem para conceder um aumento. É justa a reivindicação, mas o município não tem como pagar", finalizou.


Cidade

Sexta-feira

Natal, 20 de abril de 2012

O Jornal de HOJE 9

Ex-Ministra das Cidades critica investimentos do Governo Federal nas obras de mobilidade urbana SEGUNDO ERMÍNIA MARICATO, ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

Com o auditório lotado de estudantes, professores e servidores, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte realizou na manhã desta sexta-feira (20) uma Aula Magna referente ao primeiro semestre letivo de 2012 com o tema "Cidades: Mobilidade e Meio Ambiente". A aula foi ministrada pela professora Ermínia Terezinha Menon Maricato, aposentada pela Universidade de São Paulo (USP), ex-ministra adjunta das Cidades e uma das idealizados do Ministério das Cidades, no primeiro Governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Estou muito honrada pelo convite e de poder retornar ao Rio Grande do Norte, onde tenho grandes amigos. Aquestão escolhida é de extrema importância para o desenvolvimento dos municípios brasileiros, pois as cidades estão sofrendo com a péssima qualidade do transporte público no Brasil, pois infelizmente não faz parte da agenda do País. O automóvel é o centro da mobilidade urbana, e investe-

OBRAS PARA

se muito num transporte individual, e pouco no transporte de massa. As cidades estão ficando entupidas de carros, mas os automóveis não resolvem o problema da mobilidade, pelo contrário, cria outros problemas, como os congestionamentos", ressalta. Ermínia Maricato, que trabalhou na elaboração no Estatuto das Cidades, lamentou a pouca aplicação do Estatuto no Brasil. "Nós temos lei, mas não temos plano, além disso, a nossa Constituição torna bastante complexa a questão urbana", disse. Para a palestrada, o centro da questão da mobilidade urbana no Brasil passa pelo domínio e controle sobre o uso e ocupação do solo. "A política urbana eficaz é, sobretudo, aquela que consegue estabelecer e aplicar o que diz a legislação a respeito do controle sobre o uso e ocupação do solo", explicou a palestrante. A professora doutora Ermínia Maricato criticou os investimentos do Governo Federal nas obras de mobilidade urbana da Copa do Mundo de 2014 nas cidades-sede, pois, segundo a doutora, incentivam a especulação imobiliária. "As obras de

COPA

DE

2014

INCENTIVAM APENAS A ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA

Professora Ermínia lamenta a forma como as desapropriações estão sendo feitas prolongamento, de duplicação e de mãos-únicas de ruas e avenidas que estão sendo feitas estão servindo mais a interesses imobiliários que questões viárias. As obras não beneficiam as cidades. A quem essas obras interessam? Quem será beneficiado com elas? O problema é que a maior parte da população, que é a mais pobre, segundo o IBGE, não será beneficiada com todas essas obras que estão sendo feitas", disse Ermínia Maricato. Apalestrante também criticou as

desapropriações que estão sendo feita para as construções dos estádios e das obras de interesse da Copa do Mundo. "Lamento profundamente que estejam prejudicando diversas famílias para atenderem interesses internacionais, pois estão desapropriando e deixando a população sem moradia e sem mobilidade. O Brasil não precisa desses estádios enormes e deveria ter peitado a FIFA e dizer que não podia construir esses estádios. Enquanto no Brasil ainda tiver uma

família que não seja atendida com esgotamento sanitário e com água potável para consumo não deveria ser construído nenhum estádio. A copa não deveria impor para o Brasil tanto gasto inútil", disse. A professora Ermínia Maricato alertou sobre o investimento feito pelo Brasil na construção de estádios "grandiosos" e fez referência a Grécia, que fez olimpíadas em 2004 e hoje sofre com dividas, a China, sede das últimas olimpíadas, não sabem o que fazer com os "elefantes brancos", e a África, que tem realidade semelhante ao Brasil e já estão pensando em implodir alguns estádios. Como forma de evitar ou pelo menos minimizar os efeitos das obras de mobilidade urbana realizado pelos municípios, a professora Ermínia Maricato sugere que no entorno das obras sejam destinadas áreas para construção de habitação popular. "É simples de se fazer e se as Câmaras Municipais e as Prefeituras envolvidas quiserem podem aprovar a criação das Zonas Especiais de Interesses Sociais (ZEIS), como forma de salvar um pouco do dinheiro que está

sendo investido, mas infelizmente acredito que seja difícil de acontecer, pois no Brasil o financiamento de campanhas são feito pelas grandes construtoras e não é de interesses deles que sejam criadas essas áreas", lamentou a professora. A reitora da UFRN, Ângela Paiva, disse que o convite para que a professora Ermínia Maricato ministrasse a Aula Magna faz parte do plano de gestão da UFRN. "Faz parte do nosso plano de gestão e o meio ambiente é uma prioridade da nossa gestão. A presença da professora vai enriquecer e contribuir para os estudantes de graduação, pós-graduação e servidores que realizam diversos projetos nessas áreas", destacou a reitora da UFRN. Ermínia Maricato é doutora em Arquitetura e Urbanismo pela USP e atualmente é professora visitante do Instituto de Economia da Unicamp e coordenadora do curso de pós-graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP (FAUUSP). Ermínia foi uma das formuladoras da proposta de criação do Ministério das Cidades.

> URGÊNCIA E EMERGÊNCIA

Esturantes da área da Saúde participam de Congresso Começa hoje, a partir das 20 horas, o I Congresso Norte-RioGrandense de Urgência e Emergência no Hotel Pirâmide. Até domingo serão debatido temas sobre o setor com o objetivo de divulgar as melhorias em todas as áreas de urgência, seja traumatológico ou clínico. O médico e coordenador do evento, Reynaldo Quirino, que também é professor da UFRN, disse que alunos do curso de Medicina sugeriram a realização deste congresso,

tendo em vista que 90% dos profissionais passam boa parte da vida em plantões e ensinar aos alunos sobre como proceder nem sempre é fácil pela falta de um hospital de urgência da UFRN. "Temos o (Hospital) Walfredo Gurgel, que é do Estado e os médicos estão sempre muito ocupados com as urgências, sem tempo para ensinar", informa. Conforme o presidente do Congresso somente o dia a dia prepara o profissional para atuar no pronto so-

corro. Além dos alunos de Medicina, os estudantes de Enfermagem, Nutrição, Fisioterapia, dentre outros, também participarão das atividades, que já atraíram mais de 500 inscritos. "Este número me surpreendeu, até esperava menos", conta. Segundo Reynaldo Quirino , a maioria dos alunos inscritos é do Nordeste e os palestrantes também, tendo alguns de São Paulo. Durante a programação, um dos momentos mais difíceis a serem vivenciados

pelos profissionais será abordado, que é o momento de o médico na urgência ter que informar aos familiares sobre a morte de um paciente. "Quando tem um psicólogo, ajuda muito, mas na falta deste profissional orientamos a dizer a verdade, se o paciente estiver muito mal, contar a verdade, mas sempre buscando uma forma mais amena de comunicar o óbito. Não existe um jeito certo de dizer isto, mas o médico tem que ser honesto e também humano", informa.

O Brasil conta com sistema de regulação mista em termos de acidente, usa o método francês, no qual a ambulância vai ao local chamado com paramédicos para dar maior atenção aos pacientes na cena do acidente. Este procedimento é aliado ao método americano de remover o paciente para o hospital o mais rápido possível, neste caso a ambulância vai com um médico e tem uma UTI montada. "Quando uma pessoa liga para o

SAMU comunicando o acidente, o médico regulador ouve o que a pessoa diz, faz uma perguntas e determina se vai à ambulância com paramédicos ou se vai a que tem UTI", disse o médico Reynaldo Quirino. As novidades sobre estes setores, o que pode ser feito para agilizar mais ainda o atendimento será debatido no congresso. Atroca de experiência, as perguntas com as dúvidas que certamente existirão tudo isto será debatido a partir de hoje.


10 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 20 de abril de 2012

Sexta-feira

Cursos de qualificação oferecidos pelo Sine estão em fase de licitação e devem recomeçar em junho SEDE

DO

SERVIÇO NACIONAL

Enquanto os Centros Públicos de Emprego, Trabalho e Renda do município de Natal têm apenas cerca de 20 atendimentos por dia e uma baixa procura das pessoas que necessitam dar entrada aos processos de Seguro Desemprego, na Central do SINE, Sistema Nacional de Emprego, em Candelária, o cenário é diferente. Cerca de 100 pessoas são atendidas diariamente e no início da manhã as pessoas que buscam uma vaga no mercado de trabalho e querem dar entrada no Seguro lotam as dependências do SINE. Os cursos de qualificação profissional oferecido pelo SINE aos trabalhadores estão em processo de licitação e a expectativa é que até o início de junho eles possam ser retomados. A gerente do setor de Seguro Desemprego do SINE Candelária, Edineide José da Silva, conta que o grande diferencial do SINE, ao contrário da Delegacia Regional do Trabalho, na Ribeira e da Caixa Econômica Federal, é que o usuário que procura o SINE de Candelária é atendido no mesmo dia, sem agendamento. "Realizamos cerca de 100 atendimentos por dia (das 8h às 17h) e não há a necessidade de as pessoas

DE

EMPREGO,

chegarem às 5h da manhã, como é comum acontecer, pois distribuímos 100 fichas por dia, mas quem chega é atendido", disse a gerente. Ela conta que na Central de Candelária são feitos serviços de orientação, correção e habilitação do Seguro Desemprego. Edineide José da Silva conta que a maioria dos usuários que dá entrada no Seguro Desemprego é oriundo do trabalho formal, mas que nos últimos anos aumentou, mesmo que com índice ainda pequeno, o número de empregados domésticos que solicitaram o Seguro. "O número ainda é pequeno, pois ainda há poucas pessoas que assinam a carteira de empregados domésticos, além disso, há a necessidade de 15 meses de contribuição de INSS, de recolhimento de FGTS e de carteira assinada", explica a gerente. Ela conta que também atende os pescadores artesanais quando estão no período do defeso. A gerente do Seguro Desemprego acredita que a nova norma de acesso ao beneficio, que aguarda sanção da presidenta Dilma Rousseff, que estabelece que o segurado que requerer, no intervalo dos últimos dez anos, o beneficio por três

EM

CANDELÁRIA,

DISPONIBILIZA

100

FICHAS DE ATENDIMENTO POR DIA Heracles Dantas

Gerente do setor de Seguro Desemprego do SINE, Edineide José da Silva, ressalta que os usuários são atendidos no mesmo dia ou mais vezes será obrigado a ingressar num curso de qualificação profissional para a reinserção no mercado de trabalho, é benéfica para o

trabalhador. Os cursos serão realizados pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), numa parceria

entre o Ministério do Trabalho e da Educação. "O benefício vai continuar sendo pago e uma medida que terá um gran-

de alcance, pois qual o profissional que não queira se profissionalizar? Acredito que será difícil os profissionais não aceitarem, pois muita gente já procura os cursos. Nos últimos anos houve uma mudança na cultura do trabalhador. Hoje ele está mais atento e ligado na importância da qualificação para a sua permanência no mercado de trabalho", destacou Edineide José da Silva. Atualmente, o setor de Seguro Desemprego do SINE Candelária conta com o apoio de seis funcionários que trabalhavam na Central do Cidadão do Praia Shopping, fechada para reforma, mas a gerente Edineide José da Silva se mostra preocupada quando eles voltarem ao local de trabalho de origem, pois depois que o Meios foi fechado, o SINE, no setor de Seguro Desemprego dispõe apenas de um funcionário, a própria gerente, e um estagiário. "Temos uma grande carência de recursos humanos, mas também temos uma estrutura boa de atendimento e nosso conhecimento sobre Seguro Desemprego é grande, precisa investir apenas no aumento do número de profissionais", disse a gerente.

Centros Públicos viabilizam liberação do Seguro Desemprego Quem está desempregado e precisa dar entrada no Seguro Desemprego tem mais uma opção. Os Centros Públicos de Emprego, Trabalho e Renda, mantidos pela Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), oferecem o serviço de habilitação para o seguro desemprego, nos casos de demissão sem justa causa e demissão de empregado doméstico. Para obter o seguro é preciso procurar o Centro Público do Alecrim ou Cidade Alta a partir do sétimo dia e até 120 da data da demissão. Os Centros Públicos funcionam como uma ferramenta para o trabalhador desde a emissão de carteiras de trabalho até o processo de entrada no processo para liberação do Seguro

Desemprego. E por ser um local de pouca divulgação a procura ainda é pequena. Quem busca atendimento, ao contrário das longas filas da DRT, chega a ser atendido no mesmo dia. O Centro Público do Alecrim está localizado na Rua Fonseca e Silva, 1112 - Alecrim, e o da Cidade Alta fica na Rua João Pessoa, 78, Praça Padre João Maria - Cidade Alta. Para dar entrada no Seguro Desemprego, é necessário a apresentação da rescisão contratual, carteira de trabalho, identidade, CPF, número do PIS, três últimos contracheques, comprovante do saque do FGTS e guia de recolhimento de seguro-desemprego preenchida pelo empregador. No caso do trabalha-

dor doméstico, só terá direito se o empregador recolheu o FGTS nos últimos 15 meses. Em 2011, os Centros Públicos beneficiaram 2.382 pessoas com seguro-desemprego. Em 2012, até o mês de fevereiro, os Centros Públicos já habilitaram 564 seguros-desemprego. A psicóloga do Centro Público da Cidade Alta, Silvana Maria Costa, explica que os Centros têm como objetivo ofertar aos trabalhadores serviços e ações que possibilitem sua inserção e reinserção no mercado de trabalho, e ao mesmo tempo promover maior conhecimento sobre os setores em expansão, quais as vagas de empregos mais ofertadas, com vistas ao atendimento das ofertas de emprego

dos empregadores e as demandas de qualificação e orientação profissional dos trabalhadores locais. Os serviços são oferecidos para pessoas acima de 14 anos. Está marcada para o dia 24 de maio a segunda edição da Feira do Emprego, Trabalho e Renda, que será realizada na Praça Padre João Maria. "O foco dos nossos atendimentos são os trabalhadores e o nosso carro-chefe é a intermediação da mão-de-obra. Para isso, sempre realizamos cursos de capacitação profissional como forma de inserir os jovens no primeiro emprego ou aquelas pessoas que estão desempregadas. E nosso diferencial é que temos uma equipe especial de triagem formada por psicólogas que

trabalham especificamente nos encaminhamentos desses profissionais nas vagas que se encaixam nos referentes perfis de trabalho, o que facilita a contratação desses profissionais", explicou a psicóloga do Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda da Cidade Alta, Silvana Maria Costa. Nos últimos dias, a presidenta Dilma Rousseff modificou as normas referentes ao Seguro Desemprego. Quem solicitar o Seguro por três vezes num prazo de dez anos terá que fazer um curso profissionalizante para a reinserção no mercado do trabalho. Nos Centros Públicos, a grade de cursos deste ano ainda não foi lançada. De acordo com a psicóloga Silvana Maria da

Costa a previsão é que apenas no segundo semestre deste ano que os cursos sejam lançados. A maioria dos cursos é na área de serviços. "Já está tudo pronto para realizarmos os cursos, basta apenas à autorização para darmos início. Hoje contamos com uma estrutura muito boa, com salas climatizadas, com projetores e salas especiais para aulas dos cursos de beleza, manicure e pedicure", conta a psicóloga. Para aquelas pessoas que desejam fazer os cursos, mas se encontram em situação de vulnerabilidade, o setor social faz uma triagem e poderá ser concedida uma ajuda de custo para que o desempregado possa se deslocar até o Centro Público.

>EDUCAÇÃO

CONEXÃO IBRAM

Escolas de Parnamirim promovem atividades de incentivo à leitura

Seminário debate políticas públicas para museus do RN

Escolas municipais de Parnamirim participaram durante toda esta semana de intensa programação em comemoração ao Dia Nacional do Livro Infantil, celebrado no último dia 18 de abril. Na Escola Municipal Professora Ivanira Paisinho, localizada no bairro da Cohabinal, a quintafeira dos alunos foi iniciada com o "1º Leituródromo: Caminhando com a Leitura", uma atividade que misturou saúde e incentivo a leitura. Às 7h30 da manhã, as crianças utilizaram a estrutura de uma tenda literária, fornecida pela Secretaria Municipal de Saúde, dentro do projeto Rede Potiguar de Escolas Leitoras, e passaram a interagir com os praticantes de caminhada na praça, localizada em frente à escola, mediando leitura e distribuindo poesias. Todas as escolas municipais de Parnamirim fazem parte da Rede Potiguar de Escolas Leitoras, projeto desenvolvido pelo Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE) com o apoio do Instituto C&A. A Escola Municipal Professora Ivanira Paisinho integra o projeto desde 2010, possuindo uma sala de leitura, acervo de livros literários e professor mediador de leitura. De acordo com a coordenadora pedagógica Francisca Gracileide de Oliveira, o fomento à prática da leitura entre os alunos é uma prática comum e todos os professores são envolvidos. "O projeto "Mala de Leitura" faz com que os alunos levem livros para casa e leiam com os pais. Já o "Roda da Leitura" acontece em sala de aula e o "Fest Livros", que está sendo promovido durante todo o dia de hoje, promove apresentações de

Wellington Rocha

Alunos da rede pública participaram de rodas de leitura e encenação teatral alunos e professores retratando a importância de ler". Ainda segundo a coordenadora, neste mês de abril está sendo intensificada a leitura entre os alunos, que estão conhecendo o trabalho de escritores como Ruth Rocha, Ana Maria Machado e Monteiro Lobato. "Vejo que se a gente não incentivar o contato com o livro

desde cedo, eles não vão gostar. A hora é essa, na infância, porque depois que vira adolescente, será muito mais difícil", afirmou. Geraldo Ribeiro, assessor pedagógico da Secretaria Municipal de Educação de Parnamirim, acompanha o trabalho de leitura junto aos alunos, em todas as escolas do município e comemora os resulta-

dos do projeto Rede Potiguar de Escolas Leitoras. "De 2010 até 2011 focamos no 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental e agora em 2012, do 6º ao 9º ano, totalizando 45 escolas integrantes da Rede. Em relação à leitura literária, Parnamirim deve ser vista antes e depois do projeto, mas a atuação vai além da sala de aula, com a promoção de manifesto a favor da leitura, participação no fórum das escolas leitoras e com a aprovação no ano passado, da lei municipal que rege a política de leitura literária nas escolas", destacou. Também de acordo com o assessor pedagógico, a prefeitura adquiriu 10 Tendas Literárias, cada uma com 1.850 livros, que circulam pelo menos durante um mês pelas escolas. O estudante do 5º ano do Ensino Fundamental, Lucas Amâncio, contou que participa de várias atividades que estimulam a leitura. "Quando a gente termina a tarefa em sala de aula, há um momento para ler, e podemos até levar os livros para casa. Também treinamos para apresentar a história do livro para os outros alunos. Mas é a biblioteca o lugar que eu leio mais". Já o estudante Silvano Fernandes reforçou que através da leitura consegue aprender mais. "Para mim o principal da leitura é ler e aprender mais. Eu viajo sem sair do canto". A dona de casa Luzia Barbosa, mãe de aluno, contou que achou a iniciativa da escola muito importante. "Nos dias de hoje, as crianças deixam tudo de lado, para assistir TV, jogar vídeo game e ir para o computador. A leitura é essencial e um evento como este incentiva e muito".

Encerra nesta sexta-feira em Natal, o projeto Conexões, seminário do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), do Ministério da Cultura, cujo objetivo é discutir temas como a participação dos museus na Copa do Mundo de 2014, financiamentos para os museus e que os mesmos possam atrair turistas, dentre outros assuntos. Desde a quarta-feira sendo realizado no Teatro de Cultura Popular, este seminário começou em março na cidade de Salvador, na Bahia. Natal é a segunda cidade a recebê-lo. A próxima será em maio em Fortaleza. Segundo o presidente do Ibram José Nascimento o fato de ser no Nordeste é conseqüência da articulação feita por essas cidades, antes das demais. O presidente do Ibram ressalta que o Governo Federal, através do Ministério da Cultura, dará o apoio técnico e financeiro para poder viabilizar o desenvolvimento de atividades culturais. "Em alguns estados a bancada federal tem se articulado e conseguido verbas para os museus. Por outro lado o Governo Federal também ajudará, pois Natal deve receber 10 milhões de reais beneficiando os museus existentes numa área de 200 quilômetros, o que vai ajudar, creio, a todo o Estado. Os 200 quilômetros delimitam a área que dão parâmetro para que qualquer pessoa visitar os museus, a partir do fácil descolamento de um lugar a outro", conta. O seminário, explica Nascimento, é o espaço destinado ao surgimento de novas idéias que possam ser compartilhadas com todos, além viabilizar a troca de experiências. Um dos assuntos a serem debatidos no encontro é proposta de estimular que os museus sejam expostos como pontos de visitação para os turistas estrangeiros, visando a Copa do Mundo. Nascimento ressaltou a impor-

tância de criação do programa "Imuseus", que seria uma plataforma de informações sobre os museus para os museus, na qual serão mostradas informações de qualidade sobre as instituições museológicas brasileiras. A secretária Extraordinária para Assuntos de Cultura do estado, Isaura Rosado observou que existem 63 museus no Estado e o objetivo é melhorá-los para atrair os turistas. "Teremos jogos da Copa do Mundo em Natal e Fortaleza, e queremos estimular o fluxo de pessoas tanto para quem for até lá, ou vier de lá para cá, que terá a possibilidade de, no caminho parar em Mossoró, por exemplo. O mesmo deve acontecer para quem for a João Pessoa ou Recife, que pode parar nos museus em Nísia Floresta, enfim, a idéia é atrair os visitantes para o conhecimento da cultura local", destacou. Isaura disse também que o Governo do Estado tem investindo na Cultura e liberou R$ 16 milhões por ano para valorizar a história do RN. "Se analisarmos de certo ponto de vista é muito dinheiro, levando em conta a situação do nosso Estado" conta, lembrando que através do incentivo da Lei Câmara Cascudo estão vindo mais R$ 6 milhões por ano, para o desenvolvimento cultura, totalizando assim R$ 22 milhões. Os museus são abertos de terçafeira a domingo para visitação pública. "Nós podemos melhorar estes museus com apoio de entidades e empresas de economia privada e economia mista, dando um incentivo para que possamos ter uma melhor estrutura. Temos muitos museus bonitos para visitação. Temos em Santa Cruz, Luiz Gomes, Mossoró, São Paulo do Potengi, Nísia Floresta, Currais Novos, Ouro Branco, dentre outros", destacou Isaura Rosado.


Cidade

Sexta-feira

Natal, 20 de abril de 2012

O Jornal de HOJE 11

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

Vampiros imortais e fascinantes Os tablóides da Inglaterra estão publicando textos alusivos aos cem anos de falecimento do escritor Bram Stoker, que em 1897 surpreendeu os leitores de aventuras com o seu personagem Drácula, sucesso também na opinião dos críticos de então. Desde lá, é mais de um século de absoluta consagração dos vampiros nas páginas de livros e revistas, nas ondas do rádio e nas telas da TV e do cinema. Para marcar a data de morte de Stoker, jornalistas e aficcionados enumeram os vampiros preferidos. Na edição de hoje do diário The Guardian, o colunista Will Hill - não confundir com o homônimo apresentador de jogos de pôquer na ESPN - escreve sobre os dez personagens vampirescos que ele acha mais representativos da tétrica historiografia. Quem quiser ler e ver a lista Top Ten do redator inglês é só acessar www.guardian.co.uk. E aqueles que tiverem curiosidade e paciência para avaliar a minha escolha dos dez melhores vampiros, basta continuar lendo meu texto até o fim. Para abrir a relação, não poderia fugir à regra que fez o próprio Hill iniciar sua preferência. Tinha que ser o Drácula seminal de Bram Stoker, em que pese não ter sido ele o primeiro ser infernal da literatura, já que houve o de John Polidori, em 1819. Foi o conde de aspecto fúnebre e trejeitos fidalgos quem deu início às concepções do perfil dos vampiros que bebem sangue, voam e são vulneráveis a crucifixos, alho e água benta, e que só podem morrer decapitados ou com uma estaca enfiada no coração. Na condição honrosa de vice-campeão do vampirismo histórico, elejo o tenebroso e raquítico Nosferatu, criação do expressionismo alemão pela mente de Friedrich Wilhelm Murnau, no filme mudo de 1922 e que ganharia o remake de Werner Herzog (1979). Meu terceiro vampiro é a figura sempre imortal de Béla Lugosi, em 1936, no papel do velho conde criado quatro décadas antes por Stoker. Além de ter sido o primeiro filme sonoro do gênero, a interpretação do ator húngaro foi a "dália" dos artistas posteriores. O quarto colocado é um vampiro que se tornou grife do cinema a partir dos anos 1950, interpretado por Christopher Lee (de quem já já falo de novo). Seu Drácula perpetuou-se a partir do filme de 1958 e em outras sete produções, além de um cultuado seriado. Para eleger o quinto sugador de sangue, dispenso a personificação de um só personagem e fico com os vampiros dos roteiros da saudosa revista Kripta,

A GRANDE NOTÍCIA

Tão ou mais importante do que a cura do câncer. Cientistas britânicos descobrem que a África está sobre uma descomunal reserva de água, algo em torno de meio bilhão de km cúbicos. Pode ser a salvação de todo um continente, milagre para 300 milhões de vidas.

PREJUÍZOS

Pelo que entendi, todo mundo ficou preocupado com a perda do erário municipal no caso dos precatórios da Henasa. E por que não há a mesma preocupação no perdão de impostos milionários concedido pela prefeitura às faculdades privadas?

DESGASTE

da velha Rio Gráfica Editora. Em homenagem aos talentos de Moebius, Frank Miller, Neil Adams e outros. Em sexto, o impagável vampiro gay de Roman Polanski em sua obra-prima de 1967, "Dança com os Vampiros", um filhote de conde na pele do ator Iain Quarrier, que prefere correr atrás do próprio cineasta (Alfred), ignorando a carne de Sharon Tate. O sétimo vampiro da minha predileção cinéfila e literária é uma prova de que não sou tão intransigente com as novas gerações, como caluniam alguns amigos. É o branquelo e quase morto-vivo Edward Cullen, papel de Robert Pattinson na saga Crepúsculo. No oitavo lugar um personagem que antecipou em duas décadas a atração feminina por vampiros gerada por Pattinson. O vilão de "A Hora do Espanto" (1985), encarnado por Chris Sarandon, que além de bonitão e cínico, não tinha medo de cruz e água benta. Abro exceção para o thriller de Tom Holland e dou dois parágrafos para destacar a primeira vez que um filme de vampiros ironizou os ritos religiosos de combatê-los, apesar do personagem Peter Vincent (Roddy McDowell) homenagear Vincent Price. Não poderia deixar de fora outro vampiro dos quadrinhos, como Blade, consagrado por Wesley Snipes, o mais famoso vampiro negro do cinema. Do papel das revistinhas para a superfície das telas, o herói hematófago ganhou sangue novo e mais audiência. E para fechar a lista, de forma apoteótica como merece a imagem feminina, a bela e gostosa vampira Selene, no corpão da atriz Kate Beckinsale em "Anjos da Noite", de 2003. Mais de cem anos depois de o personagem de Bram Stoker meter medo no mundo, os vampiros exercem fascínio sobre os mortais, que se embriagam de paixão como na canção "Vampiro", de Jorge Mautner. (AM)

Chegou a tal ponto a inércia administrativa do governo Rosalba Ciarlini, que até os parlamentares do PMDB, o partido mais favorecido, fazem críticas. O retrato da situação é o carão de Nélter Queiroz no plenário da Assembléia Legislativa.

cível contra um insignicante The Strongest. O menino não precisa disso.

FUTEBOL NA TV

Amanhã é um sábado sagrado para os amantes do futebol espetáculo. Dia de não sair de casa e acompanhar os grandes clássicos na TV. Às 8h30 tem Chelsea x Arsenal; 10h25 Werder Bremen x Bayern Munique; e às 14h30 o super duelo Barcelona x Real Madrid.

BOSSA NOVA

Amanhã, 21h, tem o quarteto de peso Roberto Menescal, Danilo Caymmi, Miele e Jane Duboc no Teatro Riachuelo, cantando em louvor aos 50 anos de criação da Bossa Nova, o jazz brasileiro. Ingressos na bilheteria do TR, informações pelo fone 4008-3700.

CUECÕES

E se o pessoal dos programas CQC e Pânico na TV fizesse o famigerado "humor engajado", será que o sindicalismo "progressista" dos jornalistas de Brasília tentaria proibir sua presença nos eventos políticos? O Pasquim fechou, minha gente.

LEGADO

A opinião de quem faz o mercado da construção civil sobre o crescimento dos investimentos imobiliários em Lagoa Nova vale também para a avenida Mor Gouveia, onde imóveis serão desapropriados? As indenizações devem ter a mesma inflação?

BRIGA DE EGOS

Quem diria que veríamos ministros do Supremo lavando a roupa suja em público, como agora com Joaquim Barbosa e Cesar Peluzo? E se um burlou julgamentos, o que dirá do outro que jogava bola na mansão do senhor Agaciel Maia, aquele do Senado.

BOLA PARLAMENTAR

Os deputados federais Romário de Souza (RJ) e Fábio Faria (RN) promovem no próximo dia 26 uma pelada beneficente em Goianinha, num jogo entre parlamentares e peladeiros da região para arrecadar em favor do combate às drogas.

MITIFICAÇÃO

Quem é craque não precisa das mentiras midiáticas para consagrar seu jogo. Ridículo o Bom Dia Brasil falar em "baile de Neymar" num jogo em que o Santos esteve irreconhe-

ALMA DE SURFISTA A foto é das atrizes Annashopia Robb e Lorraine Nicholson, que estrelam ao lado do veterano Dennis Quaid no filme "Soul Surfer", dirigido por Sean McNamara e baseado na história real de Bethany Hamilton, uma menina que perdeu um braço no ataque de um tubarão tigre, mas que teve garra de voltar ao mar para ser uma campeão das ondas.

João Ricardo Correia jornalistajoaoricardocorreia@gmail.com / joaoricardocorreia@yahoo.com.br / Twitter: @joaoricardorn

ORQUESTRA 2 Antes do concerto, às 19 horas, haverá palestra com o maestro André Muniz, na sala 24 da Escola. O tema será o repertório da noite, que inclui peças de Robert Schumann, Mozart e dos potiguares Danilo Guanais e Willames Costa. IMAGENS Rogério Assis, fotógrafo da Folha de S. Paulo, está em Natal registrando o trabalho da coleta seletiva. Ele chegou quarta-feira, e está sendo acompanhado pelo gerente de Meio Ambiente da Urbana, Heverthon Rocha. O fotógrafo está acompanhando os catadores em atuação, percorrendo os trechos da coleta, observando o processo de triagem dos produtos recicláveis e visitando os EcoPontos. DESEJO Um feriado em paz a todos.

Divulgação

PALESTRA “A Tetra Dimensionalidade do Direito - A justiça como quarta dimensão jurídica” será o tema da palestra do advogado Paulo Lopo Saraiva, que será proferida no próximo dia 24, às 19h30, na Livraria Saraiva do Pátio Paulista, na rua Treze de Maio, 1947 (Metrô Paraíso), em São Paulo. PALESTRA 2 Paulo Lopo Saraiva é pós-doutorado em Direito Constitucional pela Universidade de Coimbra; doutor e mestre em Direito Constitucional pela Puc/SP; mestre em Ciências Políticas e Sociais pela Universidade Técnica de Lisboa; professor e foi assessor parlamentar Constituinte na Assembleia Nacional Constituinte Brasileira de 1987/1988. O evento é gratuito. O certificado de participação será entregue no local, mediante assinatura no livro de presença e apresentação de documento de identidade. Mais informações: contato@estadodedireito.com.br ou (051) 7814 4114. REGIMENTO DO TCE Começa a vigorar o novo Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado, a partir de hoje. O documento final foi posto em votação pelo presidente do TCE, conselheiro Valério Mesquita, na sessão do Pleno e acatada à unanimidade pelos conselheiros. “A matéria vai gerir, juntamente com a Lei Orgânica, os destinos do Tribunal”, enfatizou o presidente. O novo regimento foi sistematizado a partir de uma comissão presidida pelo consultor jurídico do TCE, Cláudio Marinho, e composta pelos técnicos Lauro Tércio Bezerra Câmara, Marcelo Bergantin Oliveros, Andréa da Silveira Lima Rodrigues, Tália Maia Lopes, Janice Fernandes Aranha e o procurador Othon Moreno de Medeiros Alves, depois de uma ampla discussão nos diversos setores.

De virar a cabeça

ORQUESTRA O Projeto “Parcerias Sinfônicas SESC” apresenta a Orquestra Sinfônica da UFRN, abrindo a temporada 2012 com o seu primeiro concerto oficial. O evento acontecerá amanhã, às 20h, no auditório da Escola de Música da Universidade, com entrada gratuita.

BANDIDAGEM Quando a gente pensa que viu tudo, lá vem senadores preocupados com a segurança do empresário Carlinhos Cachoeira, preso na Operação Monte Carlo, acusado de exploração de jogos ilegais e corrupção. Alegam que ele é um ‘arquivo vivo’, que pode ser morto caso não esteja protegido, como se a prisão desse sujeito e as investigações em torno dela fossem resolver a roubalheira do dinheiro público no Brasil. E os brasileiros que estão entregues aos bandidos? E as pessoas que vivem cercadas de grades, cercas elétricas, alarmes, enquanto os ladrões estão soltos? Esse Cachoeira e seus comparsas merecem estar presos, como bandidos, seja onde for. Quem merece proteção é gente de bem.

Joãozinho voltou da aula de catecismo e perguntou ao pai: - Pai, por que quando Jesus ressuscitou, apareceu primeiro para as mulheres e não para os homens? - Sei não, meu filho! Vai ver que é porque ele queria que a noticia se espalhasse mais depressa!

INTERDIÇÃO Amanhã, a partir das 14 horas, a avenida Prudente de Morais, no trecho da Praça Cívica ao Corpo de Bombeiros, estará interditada, para acontecer a XXXVIII Corrida de Tiradentes, patrono da Polícia Militar do Rio Grande do Norte. A largada da prova será às 16 horas, com partida e chegada da Praça Cívica. A previsão é que às 19 horas o trânsito esteja liberado.

Crédito fica mais facilitado Entrou em vigor ontem, com a publicação no Diário Oficial da União, a Lei 12.613/2012, que autoriza a União a conceder subvenção econômica a instituições financeiras federais para financiar operações de crédito destinadas à aquisição de bens e serviços de tecnologia assistiva para pessoas com deficiência, como cadeiras de roda e carros adaptados. O limite da subvenção é de R$ 25 milhões por ano. A lei é proveniente da Medida Provisória 550/2012, aprovada no Plenário do Senado no dia 27 de março, na forma do Projeto de Lei de Conversão (PLV) 6/2012, por ter sofrido alterações na Câmara dos Deputados. A tecnologia assistiva proporciona e amplia habilidades funcionais, permitindo uma vida menos dependente às pessoas com deficiência, e maior acesso a canais de comunicação. (Agência Senado)


12 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 20 de abril de 2012

Sexta-feira

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br Márlio Forte

w INVERSO O deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Natal pelo PT Fernando Mineiro tem opinião totalmente contrária a do presidente municipal do seu partido na capital, vereador Fernando Lucena, na questão envolvendo a aprovação ou não das contas do ex-prefeito e também pré-candidato a prefeito Carlos Eduardo Alves pela Câmara Municipal. >>> Em entrevista concedida hoje cedo ao Jornal da Cidade, na 94 FM, Mineiro opinou que qualquer que seja a decisão tomada pelo Legislativo ela não deverá alterar a decisão do TCE, que aprovou com ressalvas as contas do ex-prefeito. >>> O petista disse mais: que acha que os vereadores devem seguir o que definiu a Corte de Contas. >>> Mineiro também não acredita que a decisão da CMN tenha poder para tornar inelegível o pedetista.

Os democratas potiguares Agripino e Felipe Maia receberam ontem à tarde o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), no gabinete do Senado, em Brasília. Na pauta, assuntos sobre o cenário político nacional e a possível dobradinha PSDB-DEM nas eleições municipais... DeSaboya.com

Modernidade: deputado Fernando Mineiro com o seu BlackBerry marcando presença nas redes sociais e transmitindo notícias da Assembleia em tempo real Jota Oliveira

Mônica Guimarães e Olga Leiros na abertura da Nokia no Midway

w ESTADO SEM GESTOR Do deputado estadual Fernando Mineiro sobre a intenção do Governo Rosado em ampliar a contratação de Organizações Sociais (OS's) na administração: "Isso prova que o governo não sabe gerir". w NA AULA Por falar em Mineiro... >>> ...hoje ele passou a manhã aprendendo sobre mobilidade urbana. >>> É que o petista, para enriquecer o currículo de pré-candidato a prefeito, assistiu, hoje pela manhã, à palestra da arquiteta, urbanista e professora titular da Universidade de São Paulo Ermínia Terezinha Menon Maricato, que ministrou, na UFRN, a Aula Magna, alusiva ao semestre letivo 2012. 2. >>> O tema "Cidades: Mobilidade e Meio Ambiente" interessou ao parlamentar que busca elaborar o seu plano de governo. w PODIA TER OUVIDO AS SUGESTÕES DE CASA... A governadora Rosalba Ciarlini não precisava ter ido tão longe ministérios em Brasília - para buscar ajuda e soluções para amenizar a calamidade causada pela seca no RN. >>> Presidente da Federação da Agricultura do RN, José Álvares Vieira já havia apresentado a ela, na última terça-feira, uma lista de sugestões - simples, segundo ele - para melhorar a situação de agricultores, gado e habitantes das áreas atingidas. >>> José Álvares solicitou, por exemplo, a liberação imediata do Garantia Safra (uma quantia em dinheiro - cerca de R$ 600) para o pequeno agricultor; a liberação, pela Caern, da abertura de chafarizes das adutoras - "para que pequenas cidades tenham acesso à água"; e aumentar a saída de água das barragens que estão com armazenamento acima de 70%.

Mariana Di Pietro

Herbene Ramalho e Thayanne Flor no Fashion Celebrity Day

w AUSÊNCIA DE GOVERNO O presidente da Federação da Agricultura também alertou a Rosa para o fato de o governo atual não ter feito uma única perfuração de poço tubular no RN desde que assumiu o poder. >>> "É preciso reativar urgente", comentou Álvares. >>> Os poços ajudam as comunidades mais remotas a enfrentar a seca. >>> Sugestões práticas e locais. Basta ter, como dizem, a tal da "vontade política"... w DEDO DURO A nota elaborada contra o ex-procurador Bruno Macedo e assinada pelos procuradores de carreira do Município de Natal no caso Henasa já ganhou um apelido entre alguns juristas: "Operação Judas". w ARREPENDIMENTO? Aliás, gente próxima de Bruno conta que vários procuradores que assinaram a nota se mostraram arrependidos ao ex-chefe. >>> Alguns estariam enviando a ele mensagens de celular com pedidos de desculpa. >>> Será?

w DIREITO DE PERGUNTA Uma pergunta que não cala entre advogados sobre o caso Henasa/Bruno Macedo: se o exprocurador afirmou que "não tinha detalhes do processo para fazer qualquer tipo de impugnação ao seu valor", por que foi ele o representante da Prefeitura no acordo que encerrou o caso sem julgamento do mérito e não o escritório contratado pelo Executivo (Dinamarco e Rossi) que conhecia os dados? w PREPARATIVOS PARA CONTRATAÇÃO Foi publicado hoje no Diário Oficial do Estado o aviso para o sorteio de membros que comporão a comissão de licitação para a contratação de agências de propaganda pelo Governo Rosado. >>> O aviso comunica aos interessados que "fica aprazada para o dia 30 de abril de 2012, às 10h, na Sede da CPL/SEARH, no Centro Administrativo, sessão pública para realização do sorteio para escolha dos membros que comporão a Subcomissão Técnica" que será responsável pela contratação de cinco agências de propaganda para prestação de serviços de publicidade para a gestão Rosado.

w CAMPEÕES DE AUDIÊNCIA A briga entre os "titãs" do STF César Peluso e Joaquim Barbosa movimentou bastante as redes sociais no dia de hoje. >>> Bem mais do que a posse de Carlos Ayres Britto no tribunal. >>> Tanto que as palavras "Peluso" e "Joaquim Barbosa" dominaram no "Trends" do Twitter Brasil, que indica, de acordo com a quantidade de comentários, quais os assuntos do momento no País.

tem problemas de relacionamento com os colegas de Corte e advogados e que ele é "uma pessoa insegura" e que tem "medo de ser qualificado como alguém que foi para o Supremo não pelos méritos, que ele tem, mas pela cor". >>> Já Barbosa, atual vice-presidente do tribunal, garante que estava sofrendo "supreme bullying" do ex-presidente. Chegou a acusar Peluso, inclusive, de ter "manipulado julgamentos" no STF. E deu exemplos, em entrevista à imprensa nacional.

w ALTA CORTE EXPOSTA Os ministros trocam 'farpas' e acusações graves. >>> Peluso - aquele mesmo que criticou a corregedora Nacional de Justiça, a ministra Eliana Calmon, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), pela denúncia feita por ela da existência de "bandidos de toga" - diz que Joaquim Barbosa

w SEM PAPAS... Em sua terceira e última postagem no Twitter, no dia 23 de abril de 2009, Joaquim Barbosa escreveu: "Enganaram-se os que pensavam que o STF (Supremo Tribunal Federal) iria ter um negro submisso, subserviente". >>> Já dizia a que veio...

w INDIGNAÇÃO... Um leitor indignado entrou em contato com a coluna para reclamar do descaso com que vem sendo tratada a Praça Pedro Velho. >>> O local, que já foi um belo cartão postal da nossa cidade, se transformou em um dos maiores lixões da capital. Está toda esburacada, jardins acabados, local da fonte luminosa imunda e sem funcionar. >>> "Os contribuintes só são obrigados a pagar os impostos e pagarem os rombos", disse o leitor. w VALEU O BOI DE VOLTA E neste sábado, o presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Edivan Martins, comandará a reestreia do programa Valeu o Boi, que será exibido a partir das 11h30 na Band. >>> Lançado na então TV Cabigi, pelo próprio Edivan, o Valeu o Boi, que foi um grande sucesso nas telinhas potiguares, completa 20 anos de existência. w GIRO PELO TWITTER... ...do deputado federal João Maia: "O deputado Vivaldo Costa teria evitado vexame e o constrangimento de seus amigos se antes das declarações de hoje tivesse pedido a sua assessoria para consultar o Google. Todas as suas declarações anteriores sobre o PR e João Maia estão lá registradas assim como as minhas também. Li com calma, demoradamente todas as palavras proferidas por Vivaldo nestes últimos dias. E ouvi dos meus amigos as seguintes colocações: Vivaldo quando quer abandonar alguém procura se fazer de vítima. Tática repetida ao longo dos anos. Quem sempre dava o mesmo drible e funcionava era Garrincha. Vivaldo quer produzir para a Justiça, "as provas" que lhe favoreçam num possível processo judicial"; >>> ...do médico e presidente da AMICO José Mádson Vidal: "O RN tem, apenas, 42 leitos de UTI neonatal. Quando o Ministério da Saúde estima uma necessidade de 125 leitos. Aumento da taxa de mortalidade infantil".


Cidade

Sexta-feira

Natal, 20 de abril de 2012

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br - TACIANA CHIQUETTI - INTERINA - tacychiquetti@hotmail.com w O MAIS INFLUENTE O Twitter do jornalista Ricardo Noblat ocupa a primeira posição dos perfis com maior influência na política brasileira, segundo o levantamento da Burson-Marsteller divulgado nesta semana. Noblat atribui o resultado às visitas ao seu blog, lançado em 2004 e que está ativo até hoje.

w TRÂNSITO NA PAZ Em audiência na Câmara de Natal, o empresário Marcelo Moura, um dos idealizadores da campanha “Trânsito na Paz”, divulgou a busca de assinaturas para o “Não Foi Acidente”, projeto de lei de iniciativa popular que pretende alterar a legislação de trânsito brasileira, que atualmente é branda. Marcelo é pai do estudante Alan Almoedo, de 17 anos, morto em um acidente automobilístico em fevereiro de 2011.

w RANKING VIRTUAL Outros bem colocados no ranking da influência virtual, no Brasil, são: Miriam Leitão, do jornal O Globo; a presidenta Dilma Roussef; o governador de São Paulo Geraldo Alckmin; José Serra; o senador Cristovam Buarque (PDT-DF); a ex-vereadora de São Paulo Soninha Francine; o jornalista Luis Nassif; o escritor Leonardo Boff; e o jornalista da coluna Radar Online Lauro Jardim. w LANÇAMENTO A 16ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais, promovida pela Unale pela primeira vez em Natal, será lançada nesta terça-feira (24), em solenidade na Assembleia Legislativa do RN. O evento, que trará Romário e Roberto Dinamite para falar sobre a Copa 2014, está agendado para 29 de maio a 1º de junho. w CREDIBILIDADE Um dos objetivos da Conferência da Unale é contribuir para melhorar a imagem de credibilidade do poder legislativo, tão arranhada ultimamente com as últimas reportagens veiculadas na imprensa nacional.

w ORÇAMENTO DA CULTURA Entre os destaques do orçamento do Ministério da Cultura para este ano está o investimento de R$ 300 milhões nas Praças dos Esportes e da Cultura e a parceria do MinC e do Ministério da Educação, que irá contemplar cinco mil escolas com R$ 20 mil cada, visando o desenvolvimento de atividades culturais.

Conexões Conectar-se: condição básica de existir. Com Deus, consigo mesmo, com o outro, com todos. Estabelecer conexão é permitir o intercâmbio de mudanças. Quanto mais me conecto, mais me transformo. Amplio as possibilidades, deixo o que é diferente adentrar-me. Permito a permuta dos melhores – melhor de mim, melhor do outro. Conecto-me comigo e me percebo como gente. Conecto-me com o outro e me afirmo como grupo. Conecto-me com Deus e transcendo: o Universo é o meu lar. Conexões reais ou virtuais. Nunca rasas, sempre profundas. Profundidade, porém, não é exagero, extremismo. Pois é no limite que o “conectável” se encaixa. Conexões profundas se estabelecem em limites bem resolvidos. Ficar plugado 24 horas por dia não é saudável. É preciso ornamentar os laços com os enfeites dos espaços. Conectar-se é ter o que trocar sem nunca temer que, um dia, irá faltar.

w DEZ DIMENSÕES O projeto “10 Dimensões: Diálogos em Rede, Corpo, Arte e Tecnologia” retoma suas atividades até esta sexta-feira (20), no IFRN Cidade Alta. O público poderá conferir diálogos, palestras e apresentações de trabalhos artísticos, além da realização de um minicurso em vídeodança, gratuitamente. w FILOSOFANDO A Nova Acrópole – Organização Filosófica Internacional promove duas palestras gratuitas no próximo mês de maio: "Como posso me realizar?", no dia 22/05, às 19h, e "O que fazer com os meus defeitos?", no dia 29/05, terça-feira, às 19h.

Carlos Magno FLASHES DO SERIDÓ - carlosm.dantas@hotmail.com

TINTIM OS PARABÉNS PRA VOCÊ serão cantados hoje para a ginecologista caicoense Anaíse Dias e o prefeito de Ouro Branco, Nilton Medeiros. *** Amanhã rasga folhinha a juíza caicoense Maria Soledade Araújo Fernandes, a médica e ex-Miss Seridó, Rita de Cássia Azevedo, Sílvio Augusto Freite e Josélio Anselmo de Lima. *** Domingo festeja idade nova o prefeito de Lajes e presidente de Femurn, Benes Leocádio. *** Segunda-feira vamos entoar os parabéns para a empresária Mirian Araújo e a engenheira civil e ex-Miss Santa Cruz, Rafaela Thais. Terça-feira comemora aniversário o colunista social Toinho Silveira, Patrícia Figueiredo e o diretor do IPEM/RN, Carlson Geraldo Gomes. *** Na quinta muda de idade a empresária Luíze Anne Trond, Odiléia Mércia e o jornalista Ozair Vasconcelos.

<<< ANIVERSARIANTES DA SEMANA Jean Queiroz que aniversaria hoje e o colunista social Toinho Silveira, que brinda idade nova terça-feira.(Foto Lourenço).

>>> ALIADOS – A prefeiturável de Carnaúba dos Dantas, Tida Dantas e o deputado federal Henrique Eduardo Alves, em recente encontro do PMDB no Seridó. (Foto Cedida)

w 50 ANOS O presidente da AABB de Caicó, Roberto Faria comandou entrevista coletiva, quarta-feira, no restaurante do clube para anunciar a programação comemorativa aos 50 anos de existência do clube na Capital do Seridó. A programação começa dia 30 de abril, com grande baile animado pela orquestra Super Oara, de Arcoverde-PE. w GASTRONOMIA O restaurante O Mirante do Cruzeiro tem se tornado uma alternativa concorrida para os almoços em família nos finais de semana em Currais Novos. Além do visual maravilhoso inspirado na cozinha regional, o grande destaque do restaurante são as sobremesas irresistíveis. w AUTÓGRAFOS A sede da Academia Norte-riograndense de Letras vai, com cer-

teza, lotar quinta-feira, a partir das 18h, quando o acadêmico padre João Medeiros Filho, seridoense de Jucurutu, lança seu livro “Na estrada de Emaus”. w VOLTA O advogado Vilson Dantas da Costa e a ginecologista Verônica Alcântara, um dos casais mais queridos da sociedade caicoense, retornando de circulada por Israel. w EM BRASÍLIA O presidente da Câmara Municipal de Caicó, Leléu Fontes retornando hoje de Brasília, onde participou de encontro com o presidente Nacional do PSDB, o deputado federal pernambucano Sérgio Guerra. Na quarta-feira, participou da reunião que a bancada federal do RN teve com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, com a presença da governadora Rosalba Ciarline.

BELDADE – Karine Matias, 18 anos, 1,72n, quer dar o segundo título de Miss Seridó para Equador. (Foto Júnior Flash)

w TROMBONE Sob a batuta do maestro Bembém, a Orquestra Sinfônica de Cruzeta apresenta-se, hoje, às 20h, no Norte Shopping em Natal, a convite do Sesc. No repertório, uma homenagem ao Rei do Baião, Luiz Gonzaga e aos seridoenses Tonheca Dantas e Elino Julião. E viva o Seridó! w NIVER Jean Queiroz, fiel escudeiro do prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado e figura de tantos amigos no Seridó, vai receber muitos parabéns hoje, quando muda de idade. Quem rasga folhinha hoje, é o exdeputado estadual Luiz Almir. w URNAS A ex-primeira-dama de Carnaúba dos Dantas, Tida Dantas deverá ser mesmo a candidata do PMDB a prefeita da Terra da Música nas eleições de outubro. Já a ex-primeira-dama de Equador, Noeide Sabino de Oli-

veira fechou que será a candidata do DEM para à prefeitura do município. Esse é o ano delas. w MARINHA O vice-almirante Bernardo José Pierantoni Gambôa tomou posse hoje, às 10h, numa solenidade muito prestigiada o Comando do 3º Distrito Naval de Natal. O cargo foi transmitido pelo vice-almirante Airton Teixeira Pinto Filho. w ALMOÇO O deputado estadual Tomba Farias e sua mulher, engenheira Fernanda Bezerra foram os grandes do último final de semana em Tangará, onde o casal tem uma belíssima fazenda. Com a maestria de sempre, receberam para almoço o ex-governador Iberê Ferreira de Souza e o presidente da Assembléia Legislativa, Ricardo Mota entre outras lideranças políticas.

w PARABÉNS Ainda vale parabéns para a cabeleireira caicoense Vanúzia Melo, uma das minhas amigas mais queridas, que aniversariou ontem. Felicidades! w É TEMPO DE BELEZA São Fernando é mais um município a confirmar presença nos concursos Miss e Mister Seridó 2012. O município que em 2008 conquistou o primeiro título de Miss Seridó com Cleide Santos, vai tentar o bicampeonato com Karine Matias. Já Osmar Fernandes vai brigar pela faixa do mais belo seridoense de 2012. A dupla será aclamada dia 5 de maio. Carnaúba dos Dantas tentará os títulos com Estela Fernandes e Raul Neto, que terão festa de aclamação dia 6 de maio. Já Equador será representado por Luana Santos e Oldin Tischauser. Já estão inscritos candidatos de 17 cidades.


Esporte

Sexta-feira

Natal, 20 de abril de 2012

O Jornal de HOJE 15

Desta vez, sem surpresas SE

AMÉRICA FOI SEGURAR A ESCALAÇÃO OFICIAL DA EQUIPE ATÉ OS ÚLTIMOS MINUTOS, PARA A FINAL DIANTE DO BARAÚNAS ESSE NÃO SERÁ UM ARTIFÍCIO UTILIZADO PELO TÉCNICO ROBERTO FERNANDES, QUE JÁ CONFIRMOU A EQUIPE TITULAR PARA O CONFRONTO NO NAZARENÃO. A ESTRATÉGIA NOS ÚLTIMOS JOGOS DO

T

reinos fechados. Escalações mantidas em sigilo até o último instante. Suspense. A tática do América para os últimos confrontos diante do ABC e nas rodadas decisivas do Campeonato Potiguar parece que saíram de moda no CT alvirrubro. Pelo menos momentaneamente. O técnico Roberto Fernandes dessa vez não titubeou ou fez qualquer tipo de mistério. Os treinamentos da semana e o departamento médico praticamente definiram as possibilidades para o jogo deste sábado, 17h, diante do Baraúnas no estádio Nazarenão. Com o veto do lateral direito Wálber, que poderia jogar pela lateral e deslocar Norberto para a meia, a definição ficou mais fácil. Norberto então mantém a mesma posição que vem atuando, na ala, enquanto Jairo aparece no sistema de criação e volta à titularidade. "Ele (Jairo) era o titular da posição, caiu um pouco de rendimento e tive que fazer uma substituição para o sistema com três volantes. No último confronto voltou a mostrar futebol e está confirmado para enfrentar o Baraúnas. Espero que crie dúvidas para as futuras formações e volte a brigar pela vaga de titular. O Baraúnas é um adversário bastante difícil e ainda não ganhamos nenhuma deles esse ano. Além disso tem a disputa da vaga pelo Campeonato do Nordeste. Vencermos em casa e passarmos por eles é fundamental", justificou o técnico Roberto Fernandes. Outro destaque da entrevista do treinador alvirrubro foi em relação ao aproveitamento do atacante Lúcio Curió, que segundo o técnico irá novamente jogar no sacrifício. Lúcio tem sofrido com a falta de preparo físico, o que tem ocasionado lesões. Nas últimas semanas passou pelo departamento médico várias vezes. Mesmo assim, será o titular da posição diante do Baraúnas. O atacante ainda não marcou gols desde que retornou ao América. O último treino alvirrubro foi realizado na manhã de hoje. Um recreativo no CT Abílio Medeiros em Parnamirim. Os jogadores seguem em regime de concentração no próprio CT até a hora do jogo de amanhã. O time titular foi confirmado com Fabiano; Norberto, Edson Rocha, Cléber e Wanderson; Ricardo Baiano, Márcio Passos, Fabinho e Júnior Xuxa; Isac e Lúcio Curió.

Fotos: Wellington Rocha

O América fez o último treinamento antes da final do segundo turno na manhã de hoje e o técnico Roberto Fernandes confirmou a equipe.

O meia Jairo é o substituto de Júnior Xuxa no meio campo, que cumprirá suspensão. Jairo foi titular em grande parte do campeonato

> ABC

> CORRIDA

Flávio Anselmo: "Foi um desastre total"

Tudo confirmado para mais uma edição da Corrida Soldados do Fogo em Natal

A eliminação traumática na Copa do Brasil diante do VitóriaBA em Salvador continua repercutindo pelas ruas e sendo lamentada pelos alvinegros. O ABC chegou de viagem na tarde de ontem e desembarcou no aeroporto Augusto Severo sem muito alarde. Os jogadores, cabisbaixos, pouco quiseram falar e o clima no grupo era de decepção. "Até agora ainda não consegui digerir o que aconteceu. Não dormi ainda. Não tem como entender", resumiu o goleiro Camilo em entrevista à InterTV Cabugi. Entre os diretores a lamentação foi não somente pelo prejuízo esportivo, mas também o financeiro. Ontem o presidente do ABC, Rubens Guilherme, chegou a citar a quantia de 600 mil reais. Hoje foi a vez do vice-presidente de futebol, Flávio Anselmo, falar sobre a derrota. "Foi um desastre total. O time se fechou e isso era o que todo time

"O ABC jogou bem e não faltou compromisso, futebol é assim e o castigo chegou" faria. Iríamos arriscar o que mais àquela altura do jogo e com 2 a 0 no placar? Até fazermos o segundo gol estávamos em cima. O ABC jogou muito bem e não faltou compromisso, mas futebol é assim e o castigo chegou", disse o dirigente, que tam-

bém falou sobre o clima no grupo. "Os jogadores ficaram abalados, todo mundo ficou, mas não podemos ficar pensando somente nisso, temos que seguir em frente", completou. Quem não desembarcou com a delegação foi o técnico Leandro

Campos, que também não concedeu entrevista após a eliminação em Salvador. O treinador já tinha acertado com a diretoria alvinegra que após a partida, independente de resultados, viajaria para Santa Catarina para visitar seus familiares. "Ele já tinha nos comunicado que iria visitar a família em Santa Catarina. Foi mais um que ficou muito abalado, tanto que não quis falar e ele não se curva nesses momentos. Leandro quando ganha fica chateado imagine então quando perde, ainda mais daquela forma", disse Flávio Anselmo. O ABC agora espera o resultado do confronto entre América e Baraúnas para a grande decisão do Campeonato Potiguar. Tempo de sobra para recuperar jogadores lesionados e arrumar a casa. O alvinegro só volta a campo no dia 29 de abril, data marcada para o primeiro confronto da final.

Gabriel Negreiros GABRIEL NEGREIROS - gabrielnegreiros@gmail.com - twitter: @gabrielnegreiro FIM DE UM CICLO Peço licença hoje para me despedir de um projeto que comecei em 2006 e que hoje dei por encerrado. Foi meu último dia de trabalho na 98FM. Gerenciei o Marketing por alguns anos, até 2010. Em 2007 comecei a trabalhar, de forma simultânea, na área de esportes, quando a emissora iniciou as transmissões com o América na Série A e o ABC na Série C. Tudo na vida tem um ciclo a cumprir e o da 98FM foi extremamente importante em minha vida. Fiz amigos de verdade e conheci pessoas importantes em minha vida profissional. Porém, chegou o momento de deixar um pouco de lado esse projeto para conseguir cumprir com eficiência novas etapas e novos desafios. Trabalhar no futebol exige uma dedicação extrema de acompanhamento dos treinamentos, jogos a noite, finais de semana, e que nem sempre é muito agradável de seguir. Vale a pena pelos momentos importantes que observamos. Estar em campo e sentir de perto a emoção das conquistas e a dor da derrota. É bem diferente de estar na arquibancada ou na cabine. Ser repórter é ter proximidade com a dor e com a glória. A rádio me abriu portas importantes para a TV, jornal,

redes sociais. Também me proporcionou contato direto com o jornalismo, que exercia somente com assessorias de imprensa e marketing. Convivi com profissionais de altíssima qualidade, em praticamente 5 temporadas vencedoras. Obrigado aos ouvintes que me acompanhou nesse período. Sigo na apresentação do Jogo Aberto, da Band e aqui na editoria de esportes do Jornal de Hoje. Continuarei com os meus "pitacos", apenas com um veículo a menos para propagar minhas ideias. Sigo também no Motores e Ação Nordeste, programa automotivo para as praças de PE, CE, PB e RN. Novos rumos sempre são desafiadores. Vamos em frente. OBRIGADO, DE CORAÇÃO! Neste tempo de rádio tenho que destacar alguns profissionais com quem trabalhei. A começar por Lupércio Luiz, um estudioso do futebol, apaixonado por Mossoró e homem digno de confiança para todas as horas. Jorge Aldir, o Garganta de Ouro, dono de uma bela história no jornalismo esportivo e que me ajudou muito nesse período. Ed Oliveira, locutor apaixonado pelo rádio e que sempre me deu as dicas cer-

tas para acertar o caminho. Wosley Cavalcanti, coordenador da equipe e que acreditou que eu poderia desempenhar a função e sempre incentivou o "novo". Flávio Amorim, gerente comercial e meu amigo particular durante todo esse tempo na rádio. Além de vários outros profissionais que estiveram comigo nessa luta, como: Ítalo Anderson, Dionísio Outeda, Ivana Negrão, Diego Dantas, Sérgio Morango, Antônio Lúcio, Humberto de Souza, Lourimar Neto, Didi Duarte, Pedrinho Albuquerque, Erandy Montenegro, Domingos Sávio, Carlos Cavalcanti, Fabio Oliveira, Petrônio Lúcio e tantos outros, além é claro de Felinto Filho, proprietário da emissora com quem sempre mantive um excelente relacionamento. Muito obrigado a todos. SEM NOVIDADES? Roberto Fernandes adiantou a escalação e desta vez não parece que teremos mudanças. Seria insano, afinal está em campo o que o América tem de melhor. O Baraúnas tem problemas para escalar a equipe, mas isso não é um fato que facilitará a vida americana. Tem tudo para ser um grande jogo.

FOLGA? O ABC retornou a Natal e tentar se curar dos traumas que a derrota para o Vitória deixou. Tem quase 10 dias para isso. Até lá, muito treinamento. Leandro Campos retorna apenas no trabalho da segunda feira. Também tirou um tempo para pensar. Tem muito o que resolver por aqui em Natal. INAUGURAÇÃO A AABB Natal inaugura no próximo dia 4, às 19 horas, a primeira etapa do seu Fitness Center, que será composto pela academia de musculação Gustavo Cromwell, no térreo, e por salas de ginástica e spinning, no andar de cima. Neste primeiro momento será entregue para uso dos frequentadores a parte térrea, onde irá funcionar a musculação. O investimento, segundo o presidente do clube, Edilson Fernandes, gira em torno de R$ 1 milhão. O Fitness Center ocupará uma área de 886m² nos dois pavimentos. Contará com elevador e catraca eletrônica com acesso digital. Será um dos maiores de Natal e contará com aparelhos de última geração. A mensalidade custa R$ 75 (sócios) e R$ 150 (não sócios).

Atletas potiguares e corredores podem se preparar. Está tudo confirmado para mais uma edição da Corrida Soldados do Fogo, realizada há 18 anos em comemoração ao Dia Nacional dos Corpos de Bombeiros do Brasil. A prova, considerada uma das mais tradicionais do Rio Grande do Norte, será dia 30 de junho e terá percursos de cinco e dez quilômetros, com largada às 16 horas, do CBMRN. Cerca de 1500 atletas estão sendo esperados na disputa, com organização do Hora de Correr (www.horadecorrer.com.br). As inscrições já começam na próxima semana no site oficial da provawww.corridasoldadosdofogo.com.br. "A Corrida Soldados do Fogo

é para a nossa Corporação o evento mais importante do ano, pois além de comemorar o aniversário nacional dos Corpos de Bombeiros do Brasil, integra vários segmentos da sociedade com a instituição. Para nós, este é o momento perfeito para confraternizarmos os bombeiros do RN com a sociedade civil e destacar os parceiros que apoiam o esporte no Estado", afirma o Coronel Elizeu Lisboa Dantas, Comandante Geral do Corpo de Bombeiros do RN. A 18ª Corrida Soldados do Fogo será homologada pela Federação Norterio-grandense de Atletismo - FNA, seguindo os padrões exigidos pela Confederação Brasileira de Atletismo - CBAt.

PisandonaBola AMÂNCIO

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Esporte

Natal, 20 de abril de 2012

Santos bate The Strongest e garante classificação na Vila PEIXE

Sexta-feira

Passe Livre

RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

ERROU MUITO, MAS DESENCANTOU NOS MINUTOS FINAIS E GARANTIU

O RESULTADO.

ALAN KARDEC

Na estreia de seu novo uniforme azul em partidas oficiais, o Santos conquistou a vitória contra o The Strongest, da Bolívia, por 2 a 0, nesta quinta-feira, na Vila Belmiro. O resultado garantiu a primeira colocação do grupo 1 da Copa Libertadores da América. Agora, o time do técnico Muricy Ramalho já sabe quem será seu adversário na próxima fase. Alan Kardec abriu o placar aos 40 minutos do segundo tempo, e Neymar ampliou o marcador dois minutos depois. O camisa 11 não brilhou nas jogadas individuais, perdeu gols na frente do goleiro, mas foi decisivo no final da partida ao fechar o placar e cruzar a bola na cabeça de Kardec. Agora, o Alvinegro pega outro boliviano, o Bolívar, nas oitavas de final. As datas previstas pela Conmebol são 2 e 9 de maio, sendo que o Peixe decide a vaga em casa - o problema será jogar a primeira partida na altitude de La Paz, a 3.600 metros acima do nível do mar. O The Strongest, por sua vez, está eliminado, já que o Internacional ficou na segunda posição, com oito pontos. O JOGO O Strongest, com o placar igual nos primeiros minutos, fez de tudo

E

NEYMAR

MARCARAM OS GOLS DA VITÓRIA Fotos: Divulgação

Com o novo uniforme azul, atacante Neymar fechou o placar para o Peixe para segurar o jogo. Talvez pensando no pior, já que levara 5 a 0 do Internacional em Porto Alegre, o time boliviano tentava evitar ao máximo que a bola rolasse na Vila Belmiro. O goleiro Vaca ficou mais de três minutos trocando luvas e chuteiras. Minutos valiosos para os esforçados bolivianos. Por isso, a primeira grande chan-

ce do Santos veio aos 12min do primeiro tempo. Neymar buscou a jogada pessoal entre dois marcadores, tentou o arremate cruzado e a bola desviou, dando escanteio. Na sequência, o camisa 9 recebeu ajeitada do número 11 santista e soltou a pancada, mas a bola passou por cima do travessão. Neymar, de falta, chegou a amea-

çar, assim como Elano em finalização de fora da área, mas tudo já no fim da primeira etapa. O The Strongest, por sua vez, só arriscava chutes de muito longe. No mais, apenas rondou a área do Peixe, sem acertar o último passe. Pouco futebol para os dois lados. Na etapa complementar o ritmo do confronto continuou o mesmo. O The Strongest, recuado no campo de defesa e se segurando como podia, se mantinha com quase toda a equipe na parte de trás do gramado, enquanto o Santos se lançava ao ataque de todas as formas, seja com Neymar pelas pontas ou com Borges pelo meio. Neymar teve chance clara aos 14 minutos. Cara a cara com Vaca, sem marcação, mandou a bola à esquerda do gol. Depois, aos 17, tentou uma bicicleta que parou nas mãos do goleiro boliviano. E, quando tudo se encaminhava para um empate sem gols, eis que surge a estrela de Alan Kardec, que entrou no fim, recebeu escanteio de Neymar e cabeceou, abrindo o placar, aos 41min. Dois minutos depois, veio o golpe de misericórdia. Neymar, pela esquerda, escapou em velocidade, deslocou Vaca com um tapa de direita: 2 a 0.

Internacional joga mal, mas avança para encarar Fluminense Passada a primeira fase da Libertadores, cinco times brasileiros avançaram para as oitavas de final do torneio. Fluminense , Corinthians e Santos passaram como primeiros colocados de seus grupos. Vasco e Internacional , como vice-líderes. A partir das oitavas de final, as equipes farão jogos de ida e volta, com os times que se classificaram na liderança tendo vantagem. O principal destaque será o duelo nacional entre Internacional e Fluminense. O jogo de ida será disputado no Beira-Rio. A definição do confronto será no Engenhão. O Fluminense jamais conquistou o título da Libertadores. Sua melhor participação foi em 2008, quando perdeu a final para a LDU. O Inter, por sua vez, acumula dois títulos, em 2006 e 2010. Hoje no Flu, o técnico Abel Braga, o volante Edinho e o atacante Rafael Sobis já ganharam a Libertadores pelo Colorado.

Equipe Internacional de Porto Alegre encontrou dificuldades no gramado sintético Os paulistas na Libertadores terão rivais pouco tradicionais pela frente. O Corinthians enfren-

tará o Emelec , que passou pelo grupo do Flamengo eliminando também o Olímpia, do Paraguai,

após vitória em Assunção. Já o Santos voltará a La Paz para enfrentar o Bolívar . Na primeira fase, o time de Muricy Ramalho enfrentou Strongest na capital boliviana e perdeu por 2 a 1. O Vasco, campeão da Libertadores em 1998, terá pela frente os argentinos do Lanús. O time grená da Grande Buenos Aires liderou o grupo que tinha o Flamengo. No confronto direto com os rubro-negros, o retrospecto do Lanús não foi bom: empate por 1 a 1 no estádio La Fortaleza e derrota por 3 a 0 no Engenhão. O Boca Juniors-ARG, mais temido dos times argentinos, irá encarar o Unión Española-CHI tendo que disputar o primeiro duelo no La Bombonera, enquanto o Vélez Sársfield-ARG encara o Atlético Nacional-COL. Nas quartas de final, o destaque pode ser o encontro entre Corinthians e Vasco, caso ambos avancem em seus duelos das oitavas.

Confira duelos das oitavas da Libertadores Passada a primeira fase da Libertadores, cinco times brasileiros avançaram para as oitavas de final do torneio. Fluminense , Corinthians e Santos passaram como primeiros colocados de seus grupos. Vasco e Internacional , como vicelíderes. A partir das oitavas de final, as equipes farão jogos de ida e

volta, com os times que se classificaram na liderança tendo vantagem. O principal destaque será o duelo nacional entre Internacional e Fluminense. O jogo de ida será disputado no Beira-Rio. A definição do confronto será no Engenhão. O Fluminense jamais conquistou o título da

Libertadores. Sua melhor participação foi em 2008, quando perdeu a final para a LDU. O Inter, por sua vez, acumula dois títulos, em 2006 e 2010. Hoje no Flu, o técnico Abel Braga, o volante Edinho e o atacante Rafael Sobis já ganharam a Libertadores pelo Colorado. Os paulistas na Libertadores terão rivais pouco tradicionais pela frente. O Corinthians enfrentará o Emelec , que passou pelo grupo do Flamengo eliminando também o Olímpia, do Paraguai, após vitória em Assunção. Já o Santos voltará a La Paz para enfrentar o Bolívar . Na primeira fase, o time de Muricy Ramalho enfrentou Strongest na capital boliviana e perdeu por 2 a 1.

O Vasco, campeão da Libertadores em 1998, terá pela frente os argentinos do Lanús. O time grená da Grande Buenos Aires liderou o grupo que tinha o Flamengo. No confronto direto com os rubro-negros, o retrospecto do Lanús não foi bom: empate por 1 a 1 no estádio La Fortaleza e derrota por 3 a 0 no Engenhão. O Boca Juniors-ARG, mais temido dos times argentinos, irá encarar o Unión Española-CHI tendo que disputar o primeiro duelo no La Bombonera, enquanto o Vélez Sársfield-ARG encara o Atlético Nacional-COL. Nas quartas de final, o destaque pode ser o encontro entre Corinthians e Vasco, caso ambos avancem em seus duelos das oitavas.

> VEJA COMO FICARAM DEFINIDAS AS OITAVAS DE FINAL: Fluminense x Internacional Corinthians x Emelec (EQU) Santos x Bolívar (BOL) Vasco x Lanús (ARG) Universidad de Chile x Deportivo Quito (EQU) Libertad (PAR) x Cruz Azul (MEX) Vélez Sarsfield (ARG) x Atlético Nacional (COL) Unión Española (CHI) x Boca Juniors (ARG)

É assim e pronto Nos Estados Unidos, presidente nenhum cai por golpe de estado. Ou renuncia ou é assassinado. É cultural. Kennedy e Nixon, que disputaram voto a voto as eleições de 1960 são os maiores símbolos do pragmatismo ianque. JFK contrariou interesses, especialmente dos que temiam uma liberalidade na convivência com o ditador cubano Fidel Castro e morreu baleado em Dallas, no Texas. Richard Nixon, que perdeu para ele, mas chegou à Casa Branca em 1968, patrocinou um terrível escândalo de corrupção, Watergate, descoberto a partir da invasão da sede do Partido Democrata, para o roubo de documentos secretos. Dois repórteres desacreditados do Washington Post, Bob Woodward e Carl Bernstein desconfiaram que o caso não era de um simples boletim policial. Inventaram o jornalismo investigativo. Com a vantagem de não pertencer a qualquer facção engajada. Muito mais humildes que alguns coleguinhas neuróticos de hoje. Persistiram por dois anos e comprovaram que, por trás da invasão do edifício dos oposicionistas de Nixon, havia uma teia podre de arrecadação clandestina de fundos para sua campanha(vitoriosa) à reeleição. Nixon venceu, foi asfixiado pelo noticiário a cada dia mais revelador, somado ao caos na opinião pública pela vergonha da surra tomada na Guerra do Vietnam, negou, negou, negou e renunciou. Se prosseguisse, não duvidem os historiadores diplomados, poderia terminar como Kennedy, Lincoln, James Garfield e William McKinley. Fanáticos fracassaram em atentados contra outros quatro presidentes, o mais famoso deles, Ronald Reagan, em 1981, baleado por um maluco que queria demonstrar sua paixão pela atriz Jodie Foster, uma graça, a agente Clarice Starling, do filme o Silêncio dos Inocentes. Os Estados Unidos são um país pragmático. Lá, resolve-se. Lá, as leis são duras para crimes asquerosos. Lá, não se quer saber se a pena de morte acaba ou não com a reincidência. Tanto que existem cadeias lotadas e prisões perpétuas. Na geografia, os Estados Unidos são a prática. Somos a teoria cínica. No caso de delitos menos graves e comuns, pune-se quem estaciona em lugar errado, quem anda em velocidade maior que a estabelecida, julga-se rápido. A condenação ou absolvição é ligeira. Revoluções ficaram na própria independência da Inglaterra, a 4 de julho de 1776. Resolve-se seguindo o cardápio das superpotências. O desastre de 11 de setembro, que derrubou as Torres Gêmeas e moeu a autoestima do país, foi justiçado quando os SEALS, a elite da elite militar norte-americana, transformou Bin Laden em carne moída, para espanto dos puristas. >>> Os Estados Unidos gostam de impor seu modo americano pelo mundo, transformado em vídeo-game qualquer republiqueta mais atrevida. O Brasil é seu macaco de auditório desde os militares até hoje, com a companheira Dilma. Qual é o adolescente cujo pai tem certo poder aquisitivo que não tem um Ipad e idolatra Steve Jobs mais do que os marmanjos do meu tempo a Pelé ou a Zico? Ou aos Beatles e a Chico, Buarque de Holanda? Filme americano, música americana, tecnologia americana, menos mulher americana magra e sem bunda. Tudo vem deles. Até a máfia russa e a chinesa, a Yakuza, para sair da falência, foram dar trabalho ao FBI e a Swatt. O sonho americano é interrompido por pesadelos do tipo: Massacres em escolas, atiradores aterrorizando lugarejos sem motivo, psicóticos de guerra disparando fuzis sobre inocentes. É a serpente oculta de um país que tem economia e padrão de vida que todos desejamos de longe. Nunca quis morar lá. Meu filho foi numa daquelas viagens custeadas por milhagem acumulada e, de lá, mesmo me ligava: "Pai, dá vontade de voltar não." Repetia que toda esquina tinha um carro de polícia, ninguém jogava lixo no chão, as pessoas corriam nos parques sem o menor incômodo. Meu filho voltou e por mim não sai nunca mais, embora meus amigos digam que estou atrasando a vida dele. Deve ser bom morar numa casa sem muro, deve. Deve ser ótimo ver um político flagrado em corrupção ser cassado e banido, deve. Deve ser horrível olhar pela janela o rebento partindo para uma guerra dos outros. Deve. Daí meu espanto com as manchetes que noticiaram a prisão de uma criança de seis anos no estado da Geórgia, por agressão aos coleguinhas de colégio, destruição de objetos escolares, ferimento a um funcionário. Este é o modo americano de odiar. A criança precisa de tratamento? Óbvio para nós. Já deve estar resolvido por eles enquanto estou escrevendo. Em Natal, há dez anos, a polícia entulhou em algum arquivo o inquérito sobre meninos e meninas desaparecidas num bairro pobre chamado Conjunto Planalto. Vai ficar do jeito que sempre esteve. Nos Estados Unidos, as leis punem ricos e pobres. No Brasil, apenas pobre paga pelos crimes contra os ricos. PRÉVIA A torcida "Mecão Chopp" convida os torcedores do América para a 1ª Feijoada da Mecão Chopp, que acontecerá neste sábado, a partir das 9 horas, no bairro de Potilândia (ao lado do campo de futebol). A feijoada é gratuita e os torcedores , além do chopp e do churrasco, vão concorrer a prêmios. É o esquente para a decisão.

logo? Claro. Urgente. A mente humana arrasada é um perigo. Mas só a morte não se resolve.

NOIVO O ABC ainda está grogue. Não como um boxeador aniquilado nas cordas. Mas como um noivo que é abandonado na noite de núpcias, em plena suíte. Vai ao banheiro e no lugar da amada escultural, encontra um bilhete de efeito amargo e colossal.

MEMÓRIA 20 de abril de 1980, Taça de Prata, Brasileirão, ABC 2x2 Juventus(SP), Castelão(Machadão) com 14.669 pagantes. Zezinho Pelé e Cabral para o ABC. Carlão(contra) e Vicente para o Juventus. ABC: Carlos Augusto; Dão, Carlão, Cláudio Oliveira e Carpinelli; Baltasar, Danilo Menezes e Noé Macunaíma; Tinho(Cid), Zezinho Pelé e Cabral. Juventus: Sérgio; Deodoro; Fagundes, Nelsinho e Cardoso; Cedenir, Cuca(Tatá) e Toninho Vanusa; Orciano(Ataliba), Trajano e Vicente.

NADA ACABOU O ABC perdeu a Copa do Brasil para o Vitória. Foi sobrenatural a infantilidade? Foi. O juiz teve culpa? Não. O assunto deveria estar encerrado? Sim. Alguém tem que chamar um psicó-

BARAÚNAS Alguém precisa avisar aos eufóricos que existe um Baraúnas no meio do caminho. Parece que já está tudo certo para um ABC x América. O América é mais forte, mas não se pode esquecer do tricolor. Mossoró é terra valente.


Cultura

Sexta-feira

Natal, 20 de abril de 2012

O Jornal de HOJE 17

ACONCHEGO

CANTOR E COMPOSITOR NANDO CORDEL LANÇA NESTA SEXTA-FEIRA (20) EM NATAL SEU MAIS NOVO TRABALHO DANIELA PACHECO EDITORA DE CULTURA

Após 6 anos sem lançar um disco, Nando Cordel apresenta o seu novo álbum que vem recheado com as canções “De Volta pro Aconchego”, “Flor de Cheiro”, “Você Endoideceu meu Coração”, “Azougue”, “Paz pela Paz”, “Gostoso Demais”, entre outros. Um dos destaques do CD é a música “Coisa Linda” que já está sendo executada nas rádios. E, nesta sexta-feira, dia 20, às 21h, no Teatro Riachuelo o público potiguar poderá conferir todo o talento e a versatilidade de Nando que conquistaram o Brasil nesses 25 anos de carreira. Nando Cordel já contabiliza 38 cds lançados. Sendo 12 de coletâneas de músicas instrumentais e 1 de chorinho.Além de um DVD lançado em 2007. Tem mais de 500 músicas gravadas e várias trilhas de novelas (como Tieta, Tropicaliente, Pedra sobre Pedra, Sexo dos Anjos, Roque Santeiro, A Indomada), jingles e trilhas de filmes (como Xuxa e os Duendes). Suas músicas são gravadas por grandes nomes da música brasileira, como: Maria Bethânia, Elba Ramalho, Fafá de Belém, Ivete Sangalo, Chico Buarque, Zizi Possi, Xuxa, Fagner, Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Martinho da Vila, Chiclete com Banana, Emílio Santiago, Sérgio Reis, Leandro e Leonardo, Amelinha, Netinho, Fábio Junior, entre outros. O JORNAL DE HOJE entrevistou o cantor e compositor Nando Cordel. Confira! O JORNAL DE HOJE – Fale um pouco sobre o cd que você está lançando em Natal? Nando Cordel - Depois de 6 anos sem lançar Cd de música popular brasileira, viajando e fazendo muitas apresentações no Brasil e fora, as pessoas começaram a cobrar um novo trabalho, que a gente esta lançando esta semana aqui em Natal que é a capital do Brasil que está recebendo em primeira mão esse trabalho. É uma grande honra para mim. Esse CD tem suas músicas inéditas e também uma releitura de alguns sucessos antigos. E a música de trabalho é "Coisa Linda" que já está muito executada no país inteiro. O JORNAL DE HOJE – Por que “Aconchego”? Nando Cordel - A ideia de "Aconchego" é pelo fato de ser uma das músicas de maior sucesso minha em parceria com Dominguinhos. Ela marcou a minha vida artística e eu nunca tinha usado esse nome em um Cd. A inspiração convidou a gente a colocar este nome no trabalho até porque não deixa de ser um passeio em sucessos antigos. O JORNAL DE HOJE – Você tem 25 anos de carreira e 38 cds lançados. Qual a análise que você faz da

Cultura HOJE DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com ORQUESTRA A Orquestra sinfônica da UFRN abre a temporada 2012 com o seu I Concerto Oficial neste sábado, dia 21, no auditório da Escola de Música. Antes do concerto, haverá palestra com o maestro André Muniz na sala 24 da Escola de Música às 19h, falando sobre o repertório da noite. O concerto começa às 20 horas e terá peça de Robert Schumann e dos potiguares Danilo Guanais e Willames Costa. A entrada é franca. NOVA DATA A produção da festa Samba no Largo, que iria acontecer no próximo dia 28, no Largo do Atheneu, foi adiada para o dia 26 de maio (sábado). A estrela maior do evento, Neguinho da Beija Flor, teve problemas de saúde e está impossibilitado de fazer show fora do Rio por esses 15 dias. FILARMÔNICA A Filarmônica de Cruzeta se apresenta hoje, às 20h, na Praça de Eventos do Norte Shopping. O grupo vai mostrar, com novos arranjos, peças clássicas de grandes compositores e arranjadores brasileiros. A entrada é gratuita.

com Dani Pacheco HOJE A banda Camarones Orquestra Guitarrística faz show nesta sextafeira, dia 20, no Jazzy Rocks Bar, em Lagoa Nova. A festa que começa às 22h conta ainda com a discotecagem rock de Anderson Foca.

7 ANOS O Bardallos Comida e Arte comemora 7 anos de funcionamento neste sábado, dia 20, a partir das 17h com samba , brega e música eletrônica . A animação do aniversário do bar mais badalado e cultural do Centro da Cidade fica por conta dos shows do Grupo de Samba Bom Malandro (foto), o Balalaika Brega Band e o DJ Missigena Sound. A entrada é gratuita. LIVRO O professor e escritor carioca José Caetano de Mattos lança no dia 20 de abril, às 19h, seu livro, "Beijo de Ouro", na Potylivros do Praia Shopping. "Beijo de Ouro" é um projeto que demandou seis anos de trabalho. A capa foi feita por Sérgio Ramos e as ilustrações que preenchem a obra são da autoria de Rodrigo Salles. Além do material impresso, o livro acompanha uma trilha sonora original, disponível para download gratuito em www.beijodeouro.com.br.

E, POR FALAR... Depois de uma primeira parte da tour 2012 toda fora de casa o Camarones Orquestra Guitarrística volta ao seu estado de origem para uma série de shows. Desde a semana passada o grupo já vem se apresentando nos principais palcos dedicados ao rock em Natal. Mossoró também está na agenda com apresentação marcada para a próxima quinta no Select ao lado do Talma&Gadelha e do Vivendo do Ócio. Além dos shows o grupo ainda grava programa especial na TCM, canal a cabo também de Mossoró.

sua carreira? Nando Cordel - Sou uma pessoa privilegiada. Passar num planeta como esse, cheio de atribulações e violência e vir com esse dom de fazer músicas e conseguir fazer uma música boa, que faz bem as pessoas, é um prêmio. O que agradeço muito a Deus. O JORNAL DE HOJE – Quais foram as maiores dificuldades? Nando Cordel - A primeira foi a pobreza da família. Tive que superar todas as dificuldades, me arriscar no sudeste do país porque na época não tinha gravadoras nem produtoras no nordeste. Teve também o preconceito do sotaque e a batalha para conseguir o espaço para mostrar minha música. foi uma batalha muito grande, mas que valeu a pena. O JORNAL DE HOJE – Nando você se sente uma pessoa profissionalmente realizada? Nando Cordel -Sim. Mas tenho muitos projetos em andamento e muitos outros a serem realizados. Enquanto tiver condições continuarei muito ativo com o meu compromisso, porque acho que a música veio para o planeta para iluminar as almas, fazer a alegria e o bem as pessoas. Por isso temos que cuidar para não sair do caminho da contribuição para um mundo melhor. O JORNAL DE HOJE – Como é o seu processo de criação? Nando Cordel - Normalmente pinta por inspiração, observando o movimento da vida. Claro que já tenho também um molejo de criar a partir de um tema, por exemplo, uma namorada que eu estava com saudade há tempos atrás, eu em São Paulo e ela em Recife, eu lhe prometi uma música, e ela falou que não queria música, queria a minha presença. Como eu não podia visitá-la no momento, escrevi a música: “to com saudade de tu, meu desejo... to com saudade do beijo e do mel...” e isso fez com que eu ficasse bem com o meu amor. O JORNAL DE HOJE – E, depois da turnê de lançamento deste cd. Quais são seus próximos projetos? Nando Cordel - Meus projetos estão acontecendo paralelamente. agora mesmo saiu um cd com músicas instrumentais para meditação chamado "Iluminando o ser". Tenho um kit infantil com 02 livros e 02 CDs que foca as boas maneiras, o respeito ao próximo. Temos uma feira em Recife, a Fenekids, que aborda produtos e serviços para crianças e gestantes, este ano será em outubro. E lançamos o "Projeto Cultural Nando Cordel" que busca levar cultura à população com shows, palestras, entre outros. IMPERDÍVEL Neste sábado, dia 21, às 21h, o Teatro Riachuelo recebe um show inesquecível, com alguns dos maiores expoentes da Bossa Nova: Roberto Menescal, um dos grandes compositores do gênero; Danilo Caymmi, exímio flautista e compositor, Jane Duboc, uma das mais reverenciadas vozes femininas no Brasil; e Miele, apresentador, humorista e diretor de importantes artistas da Bossa. O show comemora os 50 anos da Bossa Nova e sua trajetória, mostrando a força e o prestígio do movimento, com um repertório cheio de sucessos que contará um pouco dessa história, que nasceu em 1958.

AMANHÃ Sábado é dia de feijoada, reggae, samba-rock, discotecagem e muita animação na festa de 18 anos da banda Alphorria que começa às 13h, na Curva do Vento, em Ponta Negra. A comemoração conta ainda com show da banda Dusouto. SÓ PARA LEMBRAR... A história do Alphorria está relacionada com a popularização do reggae em Natal. Formada em 1994, mesmo ano em que lançou o primeiro disco homônimo, a banda era uma das mais assíduas na cidade, antes de parar as atividades e se apresentar esporadicamente, como neste show de sábado. O Alphorria abriu shows de vários artistas nacionais, como Lulu santos, Edsom Gomes, Tribo de Jah e Cidade Negra, e ainda foi a primeira banda de reggae a tocar no Carnatal, em um trio elétrico, puxando um público de 3.500 pessoas.


Cultura

Natal, 20 de abril de 2012

18 O Jornal de HOJE

Sexta-feira

Musicomania CONRADO CARLOS - ccpsilva@hotmail.com

CD: ROCK

ALÉM DAS PRELIMINARES

DVD: ROCK

VIAJANTES NA

SOMBRIA TEMPESTADE QUARENTA

ANOS DE

L.A. WOMAN

O segundo álbum da molecada do Cage The Elephant é um coito interrompido. Há excitação, energia, volúpia desprendida, traços de virilidade, mas na hora agá, o sangue vai embora, o fluxo empolgante nos abandona. Thank You Happy Birthday começa bem. Always Something, Aberdeen (cidade onde o Nirvana foi formado), Indy Kidz, o pegajoso hit Shake Me Down e o punk-rock 2024 aumentam batimentos, respiração e estimulam a mão boba (com o indicador e o mindinho na pose metaleira). A partir daí vem uma tentativa forçada de mostrar pegada, com as chatices Sell Yourself e Sabertooth Tiger (que lembra qualquer coisa lançada pela turma de Kobain, exceto por Nevermind); e romantismo, com a boba Rubber Ball.

Mas o disco não é ruim. Assim como o sexo pode ser adaptado ao ambiente e a condição física de cada um, em um bom dia, Thank You...roda por inteiro no system. Mesmo sem orgasmos, dá prazer em determinados momentos.

Thank You Happy Birthday Artista: Cage The Elephant Gravadora: EMI MUSIC Preço médio: R$29,90

GANHA DOCUMENTÁRIO COM DETALHES

THE DOORS; DISCO FOI O DA MORTE DE JIM MORRISON

DAS GRAVAÇÕES E DO PROCESSO CRIATIVO DO ÚLTIMO DA BANDA, LANÇADO MESES ANTES “Jim? Amor? Acorde, Jim. Estou aqui. [...] Estou aqui, Jimmy. Estou aqui, amor. Nunca vou te deixar”. Imóvel em uma banheira, de olhos fechados e boca descerrada, Morrison assustava sua mulher, Pamela Courson – uma junkie consumada. Na noite anterior, ele fora visto em estado deplorável pelas ruas de Paris, cidade que escolheu para um período sabático, longe da música. Desnorteada, às lágrimas, Pam pegou um espelho e estirou outra carreira de cocaína. Seria a última ao lado do marido. Meses antes, Jim Morrison (1943-1971) se afastava do The Doors, em meio a mixagem de L.A. Woman. Sustentar o vício em álcool e as obrigações de rockstar era impossível, naquele momento. A desintoxicação na Europa parecia uma boa ideia. L.A. Woman marcava o retor-

no defintivo ao blues e às grandes composições – processo iniciado em Morrison Hotel, depois dos questionáveis Waiting For The Sun e The Soft Parade, discos que, de uma forma ou outra, entraram para a história. Considerado por muitos como o melhor trabalho do Doors, L.A. Woman completou quarenta anos de seu lançamento, em 2011, e ganhou um documentário com as entranhas das gravações e da situação caótica da banda. Doors – Mr. Mojo Risin’: The Story Of L.A. Woman mostra como Ray Manzarek (piano e teclados), Robby Krieger (guitarra) e John Densmore (bateria) ampliaram as doideras poéticas de Jim com músicas à frente em sua época – e até hoje obrigatórias em qualquer festa. “Foi o álbum mais divertido de fazer”, diz Krieger, que sempre foi subestimado como instrumentista

e compositor – isso mesmo sendo o autor de Light My Fire e Love Her Madly, um dos singles do disco em questão. Mas apesar do clima favorável, além da fuga de Jim antes do lançamento, a desistência do produtor Paul Rothchild, insatisfeito com os primeiros ensaios, causou transtornos – no vídeo, ele explica a falta de sintonia entre os dois lados. O resultado foi que o engenheiro de som, Bruce Botnick, ganhou espaço, trazendo novas nuances para o grupo - transferiu as gravações para o estúdio de ensaio (Jim detestava o oficial) e trouxe o baixista de Elvis, Jerry Scheff, para compor o time titular. Quatro décadas depois, Ray, Robby e John relembram cada faixa com a execução de trechos e explicações sobre origens das criações. Nos extras, os três dão uma

aula de seus instrumentos, enquanto um tape de 1971 da música de John Lee Hocker, Crawling King Snake, faz com que o DVD se torne imperdível.

CD: ELETRÔNICA

Doors – Mr. Mojo Risin’: The Story Of L.A. Woman Gravadora: ST2 MUSIC Preço médio: R$42,00

CD: POP

SÓ PARA MAIORES (DE 14 ANOS) Bonita, colorida e pasteurizada, Katy Perry é mais um enlatado norte-americano que nós outros abrimos, mesmo sem fome. Em festas, na televisão ou na internet, a onipresença da filha de pastores evangélicos é sentida até em Nauru. Pronta para consumo, a menina vende mais que discos: sua imagem recheia sites de fofoca e revistas de fila de supermercado. Depois de casar com Russell Brand, um pateta inglês que alguém cismou de classificar como humorista, sua vida pessoal, como toda ‘diva’ pop, trocou de lugar com a profissional, assumindo maior visibilidade. Se isso ajuda a alavancar sua carreira, não sei, mas joga lenha no fogo ardente que impulsiona a garotada a comprar discos e shows. Não à toa, Teenage Dream bateu recordes de fazer Michael Jackson revirar no túmulo. Foram cinco primeiros lugares na parada da Billboard (o Inmetro ianque para distinguir perdedores e vencedores), fato inédito em cinquenta e três anos de avaliação. Além de clipes multipremiados – superproduções hollywoodianas. Aqui não cabe falar em qualidade artística. Vigora a lei do mercado, sempre ávido pela nova marca, por números, contabilida-

de. Pensando nisso, foi lançado Teenage Dream: The Complete Confection, versão extra large do terceiro álbum da gatinha. As doze faixas originais ganham a companhia de três regravações, duas com Kayne West, um com Miss Elliot, e outra acústica; e seis remixes das músicas que atingiram o topo da parada. Tudo

adornado por uma capa 3D e encarte diferenciado, como item de colecionador. Perry fala que ainda tinham “algumas coisas” a serem mostrada, mas que o resultado final de Complete Confection agradará os devotos. É sonho adolescente para várias madrugadas - a edição é limitada. Teenage Dream – The Complete Confection Artista: Katy Perry Gravadora: EMI MUSIC Preço médio: R$29,90

SEM NOTA FISCAL PAULISTA Uma das atrações do Palco Perry no Lollapalooza Brasil, os paulistanos do Killer On The Dancefloor lançam seu primeiro álbum, intitulado Criminal. Destaques na noite da maior cidade do país, o grupo é uma união entre os Djs, Fatu, Phillip Alves e Ali Disco B. No lastro dos franceses do Justice (tocará em São Paulo no Sónar Festival, dia 12 de maio) e do Daft Punk, os três criaram temas que podem funcionar em baladas, mas fizeram meu system sofrer um bocado. Auxiliados por nomes da moda, como Copacabana Club, Thiago Petit, Dada Attack e a banda Holger, nas dez faixas sobra superfluidade e arranjos previsíveis. Ao ouvir Pula Grita, Zombie Walk e Gringo Oba Oba, me perguntei: o que querem esses sujeitos? ROAR é puro decalque

dos belgas do Vive La Fete, enquanto Come Debbie e Running Away, se for para agitar festinhas, deveriam valer desconto para quem pagar a conta mais cedo. Em um gênero de origem descartável, deixa a impressão de ser mais do mesmo produto - sem nota fiscal, por favor!

Criminal Killer On The Dancefloor Gravadora: ST2 MUSIC Preço médio: R$ 29,90


Sexta-feira

Cidade

Natal, 20 de abril de 2012

O Jornal de HOJE 19

Semopi recupera pavimentação e drenagem em vários pontos de Natal OPERAÇÃO NÃO SE RESTRINGE APENAS ÀS VIAS DE GRANDE MOVIMENTO DE VEÍCULOS A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi) executaram ontem serviços de recuperação da malha viária, tanto no asfalto, quanto no paralelepípedo, em diferentes pontos da capital potiguar. A Operação não se restringe apenas as vias de grande movimento, mas a todos os locais onde a necessidade foi constatada pelos técnicos. Na zona Sul, os reparos na pavimentação asfáltica ocorrem na rua Walter Pereira Duarte, em Capim Macio; Na avenida Nascimento de Castro, em Lagoa Nova. O calçamento também recebe melhorias nas ruas Francisco Gurgel e Skal, no conjunto Ponta Negra, e na zona Leste na Travessa Gonçalves Dias, no Centro. Na zona Norte, estão sendo recuperados os trechos em paralelepípedos na avenida Cidade Praia, no loteamento homônimo; E na rua Ozório Tenório, no loteamento Novo Horizonte. Na zona Oeste, os operários fazem a recuperação do asfalto no Anel Viário do Bairro Nordeste, e na rua São José, em Felipe Camarão,

Wellington Rocha

Alguns trechos à papalelepípedo estão sendo recuperados pelos operários, em diferentes pontos da capital do Estado onde também ocorre os reparos na pavimentação em paralelepípedos, na rua Maristela Alves. Além da pavimentação, a Semo-

pi também promove a manutenção do sistema de drenagem na rua Carteiro Macêdo, em Dix-Sept-Rosado, na zona Oeste; E na lagoa do

Santarém, em conjunto homônimo, na zona Norte, com a retirada da camada impermeabilizante do fundo do reservatório.

> ESCOLA MUNICIPAL MARIA QUEIROZ

Estudantes visitam legislativo municipal Os alunos da Escola Municipal Professora Maria Queiroz participaram, ontem, do projeto Escola na Câmara e conheceram como funciona o legislativo natalense. Cerca de 30 alunos, do 8º e 9º ano, conheceram a estrutura da Câmara Municipal de Natal, passando pelo plenário, memorial, biblioteca, TV Câmara e pela Escola do Legislativo Miguel Arraes. Os estudantes também visitaram a exposição “Brasil: Uma História Escrita Antes da Descoberta”, que apresenta aspectos históricos sobre o índio brasileiro e destaca a importância do casal de índios potiguares Felipe e Clara Camarão. Para o professor Magnus Ferreira, que acompanhou os alunos na visita, a iniciativa do projeto é impor-

>VEREADORES

Plenário aprova a divulgação do IDEB nas escolas da rede básica Na sessão ordinária desta quinta-feira (19), os vereadores da Câmara Municipal de Natal aprovaram em primeira discussão o Projeto de Lei n° 163/2011, que trata sobre a exposição do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, o IDEB, nas escolas da rede básica de ensino da capital. O propositor da matéria, vereador Raniere Barbosa (PRB), explicou sobre a importância do projeto. “Nós buscamos através da comunicação ajudar a população a acompanhar o IDEB e cobrar melhorias na educação básica. Nosso objetivo é dar transparência”, destacou o parlamentar. O projeto, caso aprovado em segunda discussão, seguirá para sanção do Poder Executivo.

tante para apresentar aos jovens a importância do legislativo. “É importante os jovens conhecerem e compreenderem o funcionamento da Câmara, assim como a relação dos três poderes na sociedade”, explicou. A coordenadora do Projeto Escola na Câmara, Thaysa Pereira, orientou a visita da turma explicando o funcionamento da Casa. As escolas que desejam participar

podem ligar para 3239-9377 ou enviar um email para escolanacamara@gmail.com. As visitas são rea-

APRONIANO CÉSAR

lizadas nas terças-feiras no período da manhã e nas quintas-feiras pela tarde.

apronianocfs@hotmail.com

Por motivo de viagem deste titular à São Luís a coluna ficará suspensa por uns dias. Até a volta! NATAL Navio Miss Emma Mccal Lagoa Carioca Lagoa Paranaense Orwell Marlin CMA-CGM Aristote Neusa Elisa Smith Bronco Marfret Marajó

Bandeira EUA Brasil Brasil Bélgica Libéria U. Kingdom Brasil I. Marshall Holanda França

Agência Seamaster W. Sons W. Sons W. Sons Petrobras CMA-CGM Petrobras W. Sons W. Sons W. Sons

Chegada No Porto No Porto No Porto No Porto 21/04 21/04 22/04 23/04 23/04 28/04

Destino Designar --Guamaré(RN) Maceió(AL) Algeciras/ESP Belém(PA) Guamaré(RN) Guamaré(RN) Algecira/ESP

Carga -Em Operação Em Operação --Contêineres ---Contêineres

Descarga Pesquisa --Draga Combustível -Combustível Balsa Rebocador --

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN Rebouças

Brasil

Mootrika Naree TBN

Panamá Grécia

Petrobras

21/04

Salvador(BA)

Óleo Cru

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN

Dia 20 21

Arrow 22/04 A. Marítima 24/04

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 16:11 2.3 21:58 0.3 04:28 2.3 10:15 0.3

Santos (SP) Paranaguá (PR)

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Sal Sal

Cheia

---

FASES DA LUA (06/04 - 16:19h)

Minguante

(13/04 - 07:50h)

Nova

(21/04 - 04:18h)

Crescente

(29/04 - 06:07h)


20 O Jornal de HOJE

Natal, 20 de abril de 2012

Cidade

Sexta-feira

Érika Nesi erikamnesi@hotmail.com

Jooc

Super querido blogueiro fashion Bruno Porpino é o dono da maioria das nossas fotos do look book de hoje, que traz diversas situações, vários eventos que aconteceram na nossa cidade em torno da moda.

Look Book

t t t

Nallu Jazz Band

No dia 26/04 a estilista Ana Luiza Ferraz Procópio lançará sua coleção de inverno intitulada de "Nallu Jazz band", com várias peças de bom gosto. O evento será na própria loja. t t t

Maquiagem Pucci

Quem adora as estampas coloridas da Pucci, vai gostar de saber que a marca se prepara para lançar uma coleção de maquiagem no mercado europeu, ainda no mês de maio. t t t

Ana Cristina Cunha Ana Regina Emereciano

Terra Azzura by Emilio Pucci

Carol Scarpa

A marca italiana se juntou ao diretor criativo da Guerlain, Olivier Échaudemaison, para desenvolver a Terra Azzurra By Emilio Pucci. A linha traz blush, sombra, máscara para cílios, gloss e esmaltes com cores inspiradas nas paisagens italianas e deve chegar ao Brasil no segundo semestre de 2012. Aqui em Natal, o lançamento estará nas lojas da Parfumerie. t t t

Balé de Nova York nas unhas

Acaba de chegar às lojas norteamericanas uma novíssima coleção de esmaltes da OPI, a New York City Ballet. São seis novas cores que homenageiam o balé da cidade. Todos os tons são bem clarinhos e podem ser usados em qualquer estação do ano, também outra novidade que faz parte do Nail Bar by Bem você.

Dani Motta Janine Faria

Larissa Costa

t t t

A Bo. Bô exclusiva

Ontem quem esteve em Sampa, e estava pelas redondezas da Rua Oscar Freire, viu que ela estava congestionada, mas não por carros, mas por celebritys que estavam prestigiando a coleção BO.BÔ Black em sua flagship store.Lembrando que a garota propaganda do inverno continua sendo a filha do roqueiro Mick Jagger, Georgia que também fez o seu verão. t t t

Thaila Ayala, Daniela Cicarelli e Isabela Fiorentino

Thaila Ayala, Daniella Cicarelli e Isabella Fiorentino foram algumas das convidadas VIPs do evento da grife, que é queridinha entre as celebridades. Para a noite, as três apostaram em looks pretos misturando várias tendências: longo, franjas e bastante brilho.

Larissa Luana Lorena Câmara

Mariana Azevedo

t t t

Moda & Atitude

O programa de amanhã, traz no quadro Divã Fashion, a querida Juliana Flor Elali do blog www.nathieju.com.br que conta tudo sobre sua vida pessoal e fashionista, of course. t t t

Look Book

Já no Look Book, esta colunista e Victor Hugo Damasceno vamos ensinar como usar a moda dos metalizados sem pagar mico por aí, todo cuidado é pouco e uma grande dose de estilo pessoal não faz mal a ninguém. t t t

O programa...

Só lembrando que o programa Moda & Atitude vai ao ar todos os sábados, às 12h30 na Sim TV com reprise aos domingos ao meio dia. Nosso encontro está marcado, espero todos vocês. Até amanhã!

Monaliza Flor Pryscila Cavalcanti

Stefanie Pires


Jornal de Hoje do dia 20-04-2012