Issuu on Google+

Segunda-feira

Ano XV w NATAL-RN,

18 DE JUNHO DE 2012 w Nº 4.367

R$ 1,00 w jornaldehoje.com.br

Wellington Rocha

> CADÊ O DINHEIRO DOS PRECATÓRIOS?

Defesa alega “insolvência civil” de Osvaldo e mostra outros cheques que tiveram assinaturas falsificadas ADVOGADO ARMANDO HOLLANDA DIZ QUE APRESENTARÁ A SITUAÇÃO FINANCEIRA DO EX-PRESIDENTE DO TJRN E DE SUA FAMÍLIA AO SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA POLÍTICA 5

> EMPRESAS E PESSOAS FÍSICAS...

Editorial

TRT lista os duzentos maiores devedores trabalhistas do RN

Meta de Rosalba é destruir a pecuária leiteira? A governadora Robalba Ciarlini está a caminho de completar 40 por cento do seu mandato e a classe empresarial do Rio Grande do Norte ainda não conseguiu visualizar quais são as diretrizes da sua política de desenvolvimento econômico, se é que ela existe. Além de não ter, até hoje, estabelecido um só programa administrativo capaz de estimular o direcionamento de novos investimentos públicos ou privados para as áreas estratégicas na nossa economia (tais como o turismo, a fruticultura irrigada, a pesca, a aquicultura, a geração de energia eólica e solar, a mineração - incluindo-se aí a exploração e beneficiamento do petróleo, do sal, do calcário, do ferro, das pedras ornamentais, etc.), o atual governo parece estranhamente empenhado em inviabilizar as poucas e insuficientes conquistas alcançadas em gestões anteriores. No caso da agricultura e da pecuária tradicionais - que apesar de seus fraquíssimos desempenhos ainda proporcionam ocupação e renda para metade da população norte-riograndense - chegam a causar estupefação a incompetência, a omissão e a desídia com que atuam alguns dos agentes governamentais responsáveis pelos órgãos dessa área. Primeiro, deixaram à deriva, durante todo o primeiro ano do governo, o chamado "Programa do Leite", através do qual há cerca de 20 anos o Estado vinha adquirindo um percentual expressivo da produção leiteira potiguar para distribuição gratuita à população carente dos 167 municípios. Em seguida, destroçaram o Idiarn (Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Rio Grande do Norte) jogando no lixo um trabalho de quase dez anos e condenando o território estadual a permanecer na zona de risco de febre aftosa. Com isso, perdeu-se um esforço de décadas dos nossos selecionadores de raças bovinas, cujos animais hoje não podem mais ser comercializados para outras regiões do país. Se governos anteriores (Wilma de Faria e Iberê Ferreira) já haviam se descuidado do "Programa do Leite" atrasando os pagamentos do leite adquirido, a gestão de Rosalba foi mais longe: parou de pagar por longos períodos, conduzindo boa parte dos produtores e das usinas de pasteurização à falência. E até hoje, embora tenha voltado a cumprir com a obrigação de pagar em dia, se nega a conceder reajuste para o preço que - todo mundo sabe - não cobre o custo de produção. Como se a maldade do governo contra o

setor ainda fosse pouca, adveio mais um período de seca para, no decorrer deste ano, ajudar a levar à bancarrota a maioria dos produtores rurais do RN, sejam eles praticantes da pecuária leiteira ou não. Produzir leite fica cada dia mais caro e mais inviável, a ponto de neste final de semestre sequer estar existindo, por parte das vacarias do Estado, produção suficiente para atender à demanda do "Programa do Leite". E, diante desta situação, o que se propõe a fazer o governo?... Pelo que já andou divulgando a Secretaria Estadual da Agricultura, a ideia que está prevalecendo é a de se passar a comprar leite em pó, ao que tudo indica importado, já que no mercado interno não existe oferta disponível. Assim, ao que tudo indica, a população beneficiária do "Programa do Leite" dentro em breve deverá estar consumindo o produto originário da Austrália ou da Nova Zelândia (países que dispõem de excedentes), importado com isenção de impostos através de algum país do Mercosul. Será que um dos objetivos da política econômica do governo Rosalba Ciarlini é criar empregos no exterior?... Se levarmos em conta que, até aqui, a única mensagem de cunho econômico que a atual administração encaminhou ao Poder Legislativo foi a que cria incentivos fiscais às importações através do Porto de Natal e do futuro Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, parece que sim! Mas, voltando ao caso do "Programa do Leite": será que não seria melhor para a economia e para a estabilidade social do Rio Grande do Norte que o governo admitisse a necessidade de, em razão da seca que se alastra pelo interior, adotar medidas para salvar o que ainda resta da bacia leiteira estadual, ao invés de cavar sua sepultura com a importação de leite em pó?... É bom que a população rural potiguar, que votou maciçamente pela mudança nas últimas eleições e ajudou a eleger a governadora Rosalba Ciarlini com folgada maioria logo no primeiro turno, comece a entender quando aparecerem saquinhos de leite em pó sendo distribuídos aos inscritos do "Programa do Leite" - que este governo já fechou metade das vacarias do Estado e vai acabar fechando o resto.

José Aldenir

Dados foram apresentados pela juíza Maria Rita Manzarra, após o balanço da Semana de Execução Trabalhista CIDADE 6 Wellington Rocha

> 0,79% DA ARRECADAÇÃO

RN foi o Estado nordestino que menos investiu

MARCOS AURÉLIO DE SÁ DIRETOR-EDITOR

ECONOMIA 7

> SANGUE

Hemonorte lança campanha para atrair doadores CIDADE 6

Estoque é considerado baixo para o período de festejos juninos

Marcos A. de Sá

Alex Medeiros

Daniela Freire

Vicente Serejo

Rubens Lemos F.

Página 7

Página 11

Página 12

Página 13

Página 16

w Júnior Teixeira se exonera da w O sargento Paul McCartney Superintendência da Agricul- com seu coração nos trinques tura para se dedicar à Anorc. aos 70 anos.

w No Blog do Noblat, análise w Naqueles anos, muitas vesobre dificuldade para Micar- zes, a subverter a ordem da la de Sousa se reeleger. vida, só a carne das ideólogas.

w A rodada foi boa para o futebol potiguar e, por mais imbecil que seja a frase, explico.

ESCREVEM ARTIGOS DA EDIÇÃO DE HOJE Ailton Salviano João Bosco Pinheiro Anísio Marinho Neto Paulo L. Maia Marques Ana Luíza Rabelo Spencer OPINIÃO - Página 2

INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,06 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,11 R$ 2,06

Euro x real Poupança Taxa Selic

R$ 2,59 0,50% 8,5%

E-MAIL REDAÇÃO:

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 18 de junho de 2012

PAULO LUCIANO MAIA MARQUES, juiz de Direito

Amancio

Segunda-feira

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

Da legalidade da venda de bebidas alcoólicas no estádios de futebol Vive-se atualmente a era das restrições. Tudo é proibido e tudo que é proibido tem se transformado em conduta criminalizada. A cada dia mais se busca tentar alcançar o necessário e almejado equilíbrio social por meio do "endurecimento" da Lei. É assim com a proibição ao cigarro, com a predeterminação de horário para fechamento de bares, com a criminalização da poluição sonora e da condução de veículo automotor sob efeito do álcool, sem sequer levar-se em consideração a quantidade de álcool consumida, nem a direção perigosa por parte do condutor. É certo que a vida em sociedade exige que os cidadãos sofram restrições mutuamente em prol da convivência pacífica e do bem comum, ou seja, daquilo que possa se chamar de interesse público. No entanto, o que se vê nos exemplos citados são atuações desarrazoadas do Estado que se agiganta e expande seus tentáculos pelos mais diversos campos de atuação individual, esmagando, tal qual um rolo compressor, direitos individuais, supostamente sob o pálio da proteção do interesse público. O caso da discutida proibição da venda de bebidas alcoólicas nos estádios de futebol é emblemático nesse sentido. Não há dúvida que a violência dos torcedores por ocasião de qualquer evento esportivo é lamentável. No entanto, da mesma forma, é evidente que a aquisição e consumo de bebidas alcoólicas dentro dos estádios de futebol não está nem reflexamente relacionado com essas ocorrências. É público e notório, e assim noticia toda a imprensa, que a violência que envolve os jogos de futebol ocorre antes e depois dos jogos, sendo raríssimos os casos em que os atos de agressão entre os torcedores tenham ocorrido durante a partida, dentro do estádio. Tais informações são dados fáticos importantes que amparam uma conclusão jurídica ainda mais relevante, qual seja: após a publicação da Lei Geral da Copa, não há mais como se defender a proibição à venda e consumo de bebidas alcoólicas nos estádios de futebol. Diz-se isso porque se a justificativa para que a venda de bebidas alcoólicas era a suposta proibição contida no Estatuto do Torcedor e em Leis estaduais que tratavam do tema, tal argumentação não mais se sustenta, uma vez que os Poderes Legislativo e Executivo já reconheceram, através da publicação da Lei Geral da Copa, que não há relação entre violência e bebida alcoólica nos estádios de futebol durante a Copa do

Artigo

Mundo de 2014, não podendo também haver tal relação nos demais jogos de futebol realizados no país rotineiramente. Para melhor entender a argumentação exposta, necessário se faz transcrever o dispositivo que, em tese, ampara a proibição ora discutida no Estatuto do Torcedor, conforme abaixo reproduzido: "Art. 13-A. São condições de acesso e permanência do torcedor no recinto esportivo, sem prejuízo de outras condições previstas em lei: I - omissis; II - não portar objetos, bebidas ou substâncias proibidas ou suscetíveis de gerar ou possibilitar a prática de atos de violência." Ora, se a bebida alcoólica não é substância proibida, haja vista tratarse de produto licitamente vendido em qualquer outro recinto, nem também é suscetível de gerar atos de violência durante a Copa do Mundo de 2014, segundo disposição da Lei Geral da Copa, deixou de existir qualquer interpretação plausível de que existe vedação para a venda de bebidas alcoólicas nos estádios de futebol do Brasil e em qualquer evento esportivo de nosso país. Tal conclusão baseia-se numa regra de hermenêutica jurídica básica segundo a qual as normas restritivas devem ser interpretadas restritivamente, sob pena de se privilegiar a opressão do Estado sobre o indivíduo e o cerceamento de liberdades individuais. Em verdade, a proibição da venda de bebidas alcoólicas nos estádios de futebol tem se alicerçado muito mais em argumentos extrajurídicos vindos da chamada "bancada evangélica" do Congresso Nacional, que insiste em impor seus dogmas morais e religiosos ao Estado laico brasileiro. É a pressão de uma classe organizada e poderosa, tanto financeiramente como politicamente, em detrimento de toda uma sociedade que vê crescer sobre si uma série de restrições indevidas e descabidas. Por tudo isso, concluo que, com a publicação da Lei Geral da Copa, não há mais como sustentar a ilegalidade da venda e consumo de bebidas alcoólicas nos estádios de futebol, pelo simples fato de que o fundamento da proibição embasado na relação álcool/violência nos jogos foi afastado durante a Copa do Mundo, não podendo ser mantido para os demais campeonatos realizados no país. Assim já disseram o Legislativo e o Executivo, agora é aguardar que assim também entendam os julgadores do nosso Poder Judiciário.

Fiscal da Lei

Artigo

AILTON SALVIANO, geólogo e jornalista (ailton@digi.com.br)

Finalmente, o que é Desenvolvimento Sustentável? (II) Durante a atual conferência "Rio+20", a expressão "Desenvolvimento Sustentável" está sendo usada intensivamente pela mídia. Técnicos, políticos, jornalistas, comunicadores e ambientalistas abusam desse termo. Mas, será que todos falam a mesma linguagem e querem exprimir o mesmo conceito? Sem querer criar um problema semântico, a análise individual das duas palavras não apresenta uma boa resposta. Conceituar, por exemplo, desenvolvimento como, "transformações técnicas que aumentam a produção, geram riquezas e melhoram as condições sociais", é quase um consenso. Entretanto, se recorrermos aos dicionários disponíveis na atualidade, encontraremos para o termo sustentar, derivado da expressão latina "sustentare", sinônimos como conservar, manter, resistir, suportar, suster, etc., todos envolvendo sempre atributo mecânico. Para entendermos o termo sustentável, do ponto de vista socioambiental como deve ser considerado neste artigo, faz-se necessário um breve histórico sobre alguns eventos promovidos por entidades internacionais envolvidas com as relações desenvolvimento/meio ambiente, pelo menos, nos últimos quarenta anos. A rigor, as interações do ser humano com o meio ambiente remotam aos primórdios da civilização. A percepção dos impactos ambientais que afetavam a agricultura é anterior à Era Cristã. Após a 2ª Guerra Mundial, fatos como o grande crescimento da indústria e do consumo, os impactos dos testes nucleares, a crescente queima de combustíveis fósseis já chamavam a atenção de alguns cientistas. São dessa época, ou seja, meados do século passado, as primeiras ações em defesa do meio ambiente. Em 1949, uma Conferência Científica das Nações Unidas sobre Conservação e Utilização de Recursos Na-

Artigo

turais não impôs compromissos, todavia, alertava para impactos nas florestas, nos animais e nas bacias hidrográficas. Nos anos 1960, grandes desastres ecológicos, principalmente com combustível fóssil, levaram a comunidade internacional reiniciar as discussões mais racionais sobre a degradação do meio ambiente. Vários autores, identificados com o problema ambiental, consideram a publicação em 1962 do livro Silent Spring de Rachel Carson, ambientalista americana, como um marco no Movimento Ambientalista Internacional. Em 1968, a Unesco patrocinou uma conferência sobre o uso e a conservação da Biosfera. Dez anos após a publicação do livro de Rachel Carson, a ONU realizou em Estocolmo (1972) uma Conferência Sobre o Meio Ambiente. À época, havia uma visão catastrófica sobre o futuro do planeta quando se abordava os Limites do Crescimento. Era a ressurreição das teorias pessimistas (Malthuismo) do economista britânico Thomas Malthus (1766-1834) que há dois séculos, já alertava sobre os perigos da superpopulação e da falta de alimentos. Em 1973, Maurice Strong, canadense de Manitoba e consultor das Nações Unidas, uma espécie de papa do meio ambiente, cuja obra lhe rendeu o título honoris causa de 41 universidades, usou pela primeira vez a expressão ecodesenvolvimento. Dentre os princípios defendidos por este neologismo, estava a preservação dos recursos naturais e do meio ambiente. Havia ainda, uma fortíssima crítica à sociedade industrial. Para a grande maioria dos ambientalistas, foi a partir da discussão do tema ecodesenvolvimento que surgiu a expressão Desenvolvimento Sustentável. Em 1974, é publicada a Declaração de Cocoyok, resultado da reunião da Conferência das Nações Unidas para o Comér-

cio e Desenvolvimento. Este documento associou a explosão demográfica à pobreza que por sua vez contribuía para a destruição dos recursos naturais. Os países ditos industrializados favoreciam este quadro pelos altos índices de consumo. No ano seguinte, 1975, a ONU por intermédio da Fundação Dag-Hammarskjöld, elaborou outro relatório, uma espécie de complemento da Declaração de Cocoyok e corroborou as críticas às grandes potências. É provável que as duras críticas desses dois relatórios tenham gerado a rejeição dos governos dos países ditos industrializados. Passaram-se doze anos, até que em 1987, a Comissão da ONU para o Meio Ambiente e Desenvolvimento (UNCED), na ocasião dirigida pela norueguesa Gro Harlem Brundtland e M. Khalid, apresentasse um novo documento que ficou conhecido posteriormente, como Relatório de Brundtland. Alguns ambientalistas garantem que o termo Desenvolvimento Sustentável foi empregado pela União Internacional para a Conservação da Natureza em 1980, porém, é no Relatório de Brundtland que aparece pela primeira vez, o seu conceito: "desenvolvimento sustentável é aquele desenvolvimento que satisfaz às necessidades do presente sem comprometer a capacidade das futuras gerações satisfazerem suas próprias necessidades". Apesar da clareza deste conceito, o seu emprego generalizado muitas vezes, sem conhecimento de causa, tem gerado discrepâncias sobre o seu verdadeiro sentido, provavelmente pelos vastos temas que envolve: atividade econômica, meio ambiente e o bem estar da sociedade atual e futura. A ideia reflete equilíbrio entre tecnologia e ambiente, conciliando os paradigmas do desenvolvimento com a saúde do planeta a curto, médio e principalmente, longo prazo.

JOÃO BOSCO PINHEIRO, professor universitário aposentado (duclercpinheiro@yahoo.com.br)

A pergunta que não quer calar

ANA LUÍZA RABELO SPENCER, advogada (rabelospencer@ymail.com)

Falando com estranhos... Além de olhar para os dois lados da rua antes de atravessar, o título deste artigo é outra das primeiras e importantes lições que aprendemos de nossos pais quando começamos a colocar nossos minúsculos pezinhos fora da proteção materna, mas acho que chegou o momento em que devo me confessar e me desculpar com os meus. Eu simplesmente não consigo não conversar com estranhos. É uma situação que paira entre a graça e o constrangimento, mas onde quer que eu pare, se tiver um estranho, homem, mulher, independente da idade e de acordo com a expressão facial, se der um pouquinho de abertura, pronto! Já era! A conversa (e das longas) fica entabulada. Pode até configurar algum defeito na minha cabeça, mas o silêncio é, geralmente, muito intimidador, e nada como conversar para "quebrar o gelo", "matar o tempo" e, sobretudo, fazer novos amigos. Não estou dizendo isso para soltar uma "revoada de papagaios" cidade adentro, mas o fato é que conversar com estranhos é uma atividade utilíssima, de onde damos e recebemos simpatia desinteressada, de onde aprendemos com situações que ainda não vivemos e de onde poderemos tirar valiosas lições. Continuo acatando as demais orientações: não saia, não dê endereço, não coma ou beba nada de onde você não pode comprovar a procedência e a licitude, mas garanto a quem quiser testar que existem pou-

ANÍSIO MARINHO NETO, 1º procurador de Justiça Criminal, professor e membro da ALEJURN e do IHGRN (anisiomarinho@hotmail.com)

cas experiências que podem ser comparadas a ser uma conhecida de "milhões de estranhos". Para quem não tem muita prática no quesito conversação com "futuros amigos", indico que comece devagar, se aventurando em praias rasas, converse com pessoas que frequentam ou fazem parte dos mesmos pontos comercias que você. Supermercados e postos de gasolina são ótimos primeiros degraus. O mesmo posso dizer de salas de espera e filas! Filas, ah... essas são perfeitas, porque seu campo de "ataque" se multiplica para todas as direções se o teor da conversa for convidativo. Depois desses passos você passa oficialmente ao posto de falador, falando mais que o homem ou a mulher "da cobra". Quando der por si, todos na sua rua e nos demais lugares que frequentar dirão oi ou darão tchauzinho à sua passagem, todos deixarão de ser "ilustres desconhecidos" e passarão a ser pessoas que fazem parte da sua jornada. Pessoas que podem contar com você, pessoas com quem você pode contar. Acredito que o maior desejo dos "conversadores" seja o de sentir que mora numa cidade pequena, mesmo morando numa metrópole. Aquela sensação que todos são, pelo menos, conhecidos, que estamos seguros e que podemos conversar com todo mundo é muito boa! É esse tipo de atitude que pode fazer do mundo um lugar mais agradável de viver. Tente! Eu recomendo.

Natal é uma cidade que exige um planejamento urgente de suas ações a médio e longo prazos. Isto porque no momento atual já se percebe que ela esgotou os seus mecanismos de urbanização para reverter o claro caos que se avizinha nas ruas de uma cidade conurbada, entre o rio, o mar e as dunas, dando apenas uma única direção de fluxo para uma Parnamirim e Macaíba também sem capacidade (embora a situação seja melhor) de expansão ordenada e menos caótica. A prioridade então se resume a trabalho, planejamento e ação permanente, de reordenamento da malha viária e a entrada de outras opções de transporte de massa, tipo o VLT para que a população possa de fato usufruir de uma condição de locomoção segura, de qualidade e a baixo custo, permeada pela criação de novos parques e jardins com espaços não permitidos a construções privadas ou com fins especulativos. Difícil, sim, mas não impossível. O Plano Diretor tem que ser rígido. É o único instrumento de controle da expansão urbana que tem a participação da sociedade civil, permitindo assim não se ficar a mercê de interesses muitas vezes duvidosos no que diz respeito ao que é bom para o todo e não para alguns grupos apenas. Que isto seja de uma clareza absoluta. O que é bom para a cidade que o seja para o conjunto da população e não para uma minoria que também faz parte do todo, mas, que tem interesses nem sempre condizentes com as necessidades da maioria, ou seja, transporte , saúde, educação e segurança pública. No entanto não devemos nos enganar, o que é bom para o todo, termina sendo excelente para a minoria na medida em que reflete na qualidade de vida, que é um bem comum. Muitos amigos me perguntam por que o candidato Carlos Eduardo está tão à frente nas pesquisas. Creio que essa é uma pergunta simples de responder, gostaria, entretanto, de rememorar alguns fatos da administração anterior que, a meu ver, ajudam a explicar. Na gestão passada o prefeito esta-

va ligado ao que se passava na cidade e a sua administração. Havia uma permanente cobrança ao secretariado sobre as obras em andamento. Ele próprio percorria as obras, e eram muitas, vendo o estagio em que estavam. Foi assim que legamos à cidade um ginásio na Zona Norte de excelente qualidade, foi assim que foi construída uma maternidade, foi assim que foi legado a Natal um parque maravilhoso... e, não obstante se dizer que não estava concluído, estava sim, faltando pequenos ajustes que deveria ser obrigação da administração que se seguiu, concluir e não abandonar como foi feito num flagrante descaso com o dinheiro publico e com a população. A continuidade de obras públicas deveria ser uma obrigação, passível de penalidade em caso de abandono. Afora as obras de drenagem, que é sabido por todos, melhora a qualidade de vida de centenas de pessoas nessa tão desprezada e favelada cidade. A população tem evoluído na analise das administrações. Ela sabe, por exemplo, que uma cidade limpa é o mínimo que se pode receber de uma administração que foi escolhida por ela própria. Não se pode mais ficar refém dos discursos patéticos e nem da presença de representantes públicos na Câmara de vereadores apenas com o nefasto desejo de vingança de um administrador que não atendeu aos apelos populistas e casuístas de representantes do povo. Ao contrário vejam o que realmente o povo diz nas pesquisas de opinião e no desejo claro de voltar a uma administração que trabalhou e muito pelo bem comum. Creio que a hora já se faz presente, basta de verborragia populista e prioridades escolhidas dentro de gabinetes. A cidade não é a maravilha que se apregoa. Natal tem periferia paupérrima, Natal tem lama nas ruas, esgoto a céu aberto, hospitais e postos de saúde que não funcionam, professores e policiais mal pagos, analfabetos e portadores de deficiência andando pelas "calles" esburacadas e por um rio poluído com tendência a se agravar. Ruas que não comportam mais os carros que circulam, bandidos vendendo

"crack" a céu aberto e uma pequeníssima elite que pode (e deve, por que não?) usufruir dos recursos e das comodidades que lhes são oferecidos. Mas o que o povo na sua maioria quer, é ter os seus serviços públicos ofertados com qualidade e quantidade que lhes são de direito. Na verdade a comparação entre as administrações é um fato e é isto que esta sendo mostrado nas pesquisas. Por outro lado querer barrar através de outros meios o que o povo tem se encaminhado para decidir não vai funcionar, creio ate que muitos dos vereadores que estão trabalhando este caminho serão duramente penalizados no momento da sua própria votação. A evolução política é um processo lento, mas, a mídia moderna, e os meios eletrônicos de comunicação tem acelerado bastante essa compreensão. Muitas vezes essa evolução ainda vem sendo fruto de análises e estudos acadêmicos que permearão as definições dos sociólogos e cientistas sociais, mas, por outro lado, já vêm demonstrando uma clareza imensa. Não queremos mais os mesmos valores, não suportamos mais a politicagem barata, do tomalá-da-cá e muito menos das cachoeiras, riachos, e esgotos da política brasileira. Assim, não vejo dificuldade na explicação dos fatos atuais, mesmo que seja verdade que não se possa dizer tudo a qualquer hora, é bom que se mostre uma cara sincera dizendo o que se pensa e não o que é conveniente e oportuno dizer. O povo na sua sabedoria fará a triagem e mostrará o espelho que reflete o atual estágio de uma possível eleição. Nesse aspecto pode-se perceber muito bem que não adiantam manobras outras que não estejam dentro dos padrões de legalidade e juridicamente corretas que devam nortear os embates futuros das eleições que se avizinham. Uma coisa está muito clara, o preferido da população esta aí, posto de forma indiscutível beirando os 60% de preferência o que levará o resultado para um primeiro turno sem apelação nem ameaça. O povo diz, o povo faz. O resto é o resto.

Ultimamente muito se tem comentado da atuação da Instituição do Ministério Público como guardião da legalidade no país, notadamente na defesa intransigente dos postulados que foram norteados pela Constituição Federal de 1988. A grande verdade é que nós membros do Ministério Público estamos diuturnamente sendo chamados a intervir em situações as mais diversas visando o cumprimento do ordenamento jurídico. O fato de o Ministério Público ser o fiscal da lei e mantenedor da ordem jurídica já permite sua intervenção a qualquer momento em qualquer processo, a fim de garantir o respeito ao devido processo legal. As garantias ofertadas pela CF ao MP e a capacidade de atuação por este coligida são as principais arenas das quais deve o Parquet se utilizar para instrumentalizar sua finalidade precípua, a defesa do ordenamento jurídico e dos interesses sociais. O consagrado Mirabete, assevera que como titular do ius puniendi, nada impede que o MP, além de requisitar informações e documentos para instruir procedimentos, promova atos de investigação para apuração de ilícitos penais, pois, nos termos da CF, pode exercer outras funções que lhe sejam conferidas, desde que compatíveis com sua finalidade (art. 129, IX, CF). Na legislação infraconstitucional, o art. 257 do CPP dispõe também que: O MP promoverá e fiscalizará a execução da lei, em outras palavras, será o órgão da lei e fiscal da sua execução. Sendo um órgão da lei, não está escravizado a ela. Caso contrário, seria então, tão-só, notoriamente fiscal da sua execução, e nada mais. Entretanto, porque não é apenas o fiscal da sua execução, e sim também o órgão da própria lei, é que a observância desta não procede com a passividade dos fiscais apenas, ao contrário, conserva o seu coeficiente irredutível de personalidade e autonomia. Além disso, deve o Ministério Público discutir a própria lei, zelar pela sua presteza e justiça. Sendo assim, o representante do Ministério Público buscará sempre assegurar o fiel desenvolvimento dos processos e cumprir o dever conferido pela lei, doutrina e jurisprudência. A Douta Câmara Criminal do Egrégio Tribunal de Justiça do RN já decidiu no mesmo sentido: Processual Penal. Agravo em Execução Criminal. Decisão que indeferiu requerimento de diligências formulado pelo Ministério Público. Inviabilidade. Dever de fiscalização. Providências necessárias ao regular desenvolvimento da execução penal. Inteligência dos artigos 67 e 68, inciso II, alínea a, da Lei das Execuções Penais. Precedentes da Corte. Agravo conhecido e provido. (Agravo em Execução nº 2006.007195-9, Rel. Juiz Convocado Sérgio Roberto Maia, Dj. 15/12/2006). Em outro giro, no que concerne à discussão em torno do cumprimento da pena em regime semiaberto em estabelecimento prisional mais próximo à família do agravado e compatível com os requisitos em lei, tal matéria deve compatibiliza-se a aplicação da Lei nº 7.210/1984 com o Princípio da Razoabilidade, de sorte que não se deve desprezar a ordem pública, mantendo-se pessoas presas em estabelecimentos incompatíveis com o seu propósito, tais como Delegacias de Polícia. Já decidiu o Egrégio Tribunal de Justiça do RN: Penal e Processual Penal. Agravo em Execução Criminal. Cumprimento de Pena em Regime Semiaberto. Inexistência de estabelecimento penal adequado na comarca onde reside o apenado. Transferência para Colônia Agrícola localizada em outra comarca, no mesmo Estado. Possibilidade. Interesse público que deve ser priorizado. Cumprimento do artigo 33, § 1º, alínea "b", do Código Penal. Decisão que deve ser mantida. Agravo improvido. (TJRN, Agravo em Execução Criminal nº 2009.006595-5, Câmara Criminal, Relª. Desª. Judite Nunes, j. 07.08.2009). E em outro prestimoso julgado: Habeas Corpus. Paciente condenado ao cumprimento de pena em regime semiaberto. Transferência para execução na Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio, em Mossoró/RN. Possibilidade. Estabelecimento adequado ao cumprimento de sanção no regime prisional intermediário. Autorização para frequência a curso profissionalizante. Não preenchimento de condições subjetivas a indicar a adequação da saída desvigiada. Paciente que responde a três outras ações penais por crimes contra o patrimônio. Não incidência do teor da Súmula nº 444 do Superior Tribunal de Justiça. Execução da sanção em local diverso da residência do apenado e de seus familiares. Possibilidade. Supremacia do interesse público sobre o privado. Precedentes. Constrangimento ilegal não caracterizado. Denegação da ordem que se impõe. (TJRN, HC nº 2011.00527-7, Câmara Criminal, Rel. Des. Caio Alencar, j. 31.05.2011).

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Dessana Araújo Élida Mercês João Ricardo Correia EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Gabriel Negreiros EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco GERENTE COMERCIAL Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 - Assinaturas: (84) 3221-5058 ramal 214 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Segunda-feira

Natal, 18 de junho de 2012

O Jornal de HOJE 3

Rosalba nega Caixa 2 na campanha de 2006: “Foi tudo dentro da legalidade” GOVERNADORA EVITA SE APROFUNDAR SOBRE GRAVAÇÕES QUE ENVOLVEM CARLOS AUGUSTO, MAS DEFENDE INVESTIGAÇÃO As interceptações revelaram uma série de situações nas quais é possível suspeitar do uso de Caixa A governadora Rosalba Ciarli- 2 de campanha, compra de votos e ni (DEM) negou esta manhã a ex- sonegação fiscal no decorrer do istência de Caixa 2 na sua cam- processo eleitoral de 2006. Nela panha ao Senado em 2006. "Foi são flagrados diálogos da operação tudo dentro da da campanha legalidade", com o presiafirmou, em endente nacional trevista ao "Jordo DEM, nal da 96", na senador José FM 96, apreAgripino Maia, “Se houvesse suspeita, sentado pelo com o presimeus adversários teriam jornalista Diódente do DEM genes Dantas. A em Mossoró, levado isso à frente governadora Carlos Augusto naquela época” aproveitou sua Rosado, dentre Rosalba Ciarlini participação no outros. Um inGovernadora programa para quérito chegou cobrar um posia ser aberto à cionamento dos época pelo Minórgãos responistério Público sáveis pelas Federal, em gravações que, Brasília, mas foi segundo ela, arquivado. vazaram "de maneira clandestina". Em sua entrevista à 96 FM, O caso que ficou conhecido por Rosalba negou as suspeitas afir"Caixa 2 do DEM" veio à tona há mando que as contas de sua camcerca de um mês, com a divulgação panha em 2006 foram aprovadas de áudios de uma investigação pela Justiça Eleitoral. Ela evitou criminal envolvendo um irmão do comentar mais sobre o tema, aleatual secretário adjunto do Gabi- gando que as gravações "vazaram nete Civil do governo do Estado, de forma clandestina". Para ela, Galbi Saldanha, amigo do casal "não merece resposta e não tenho Carlos Augusto Rosado/Rosalba medo quanto a isso. Se houvesse Ciarlini e operador de campanhas suspeita, meus adversários teriam do grupo político. levado isso à frente naquela

José Aldenir

ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

Rosalba Ciarlini afirma que declarações sobre poder de Carlos Augusto são feitas por “quem não tem casamento feliz” época", disse a democrata. Rosalba concluiu este tema cobrando que os órgãos que fizeram as gravações esclareçam o vazamento. "As contas de campanha foram dentro da legalidade", disse. FELICIDADE A governadora Rosalba Ciarlini também foi abordada em sua en-

trevista à 96 FM sobre a influência do marido, o ex-deputado estadual e atual presidente do Diretório Municipal do DEM em Mossoró, Carlos Augusto Rosado, no governo que administra. Ela contestou as informações sobre a influência de seu marido e atribuiu os comentários de que quem manda no governo é o marido "a quem não tem casamento feliz".

Rosalba abordou outros temas em sua entrevista. Ela disse que pretende combater os supersalários da administração estadual, estipulados em cerca de 500. Ao comentar as dificuldades financeiras e fiscais, a governadora repetiu que os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) impuseram ao RN as dificuldades em áreas como saúde e segurança pública. "Mas o gov-

erno tem agido para contornar o quadro", asseverou. Segundo a governadora, parte dos problemas por que passa o Estado atualmente se deve a dificuldades herdadas de gestões anteriores. Ela citou como exemplo as compras de veículos em 2008, durante a metade do segundo mandato da ex-governadora Wilma de Faria (PSB). Segundo Rosalba, a aquisição não foi paga, gerando problemas para a gestão posterior. "Isso impediu novas aquisições", asseverou. A governadora também atribuiu a má avaliação da sua gestão à falta de credibilidade do Estado. Segundo a governadora, a falta de crédito do Rio Grande do Norte, aliada às medidas de austeridade fiscal que desagradaram a população, favorecem a atual reprovação da sua administração, superior a 70% somente na capital. Rosalba abordou ainda alguns projetos da administração. Na área de presídios, anunciou que pretende organizar uma parceria com a iniciativa privada com o objetivo de melhorar o sistema prisional. Na área de saúde, anunciou uma Parceria Público-Privada para a construção de um novo hospital em Natal. "Lançaremos nos próximos dias o edital para viabilizar o novo hospital para a Zona Oeste da capital", concluiu.

> ELEIÇÕES 2012

Fátima: “Cenário é favorável para vitória da oposição” A oposição espera conquistar nas eleições de outubro, os três principais colégios eleitorais do Rio Grande do Norte, Natal, Mossoró e Parnamirim. Juntos, esses três municípios concentram 35% dos votos do Estado, algo como 850 mil eleitores de um total 2,4 milhões. Para a deputada federal Fátima Bezerra (PT), uma das líderes da oposição no Estado, mantidas as tendências atuais, a oposição caminha para conquistar uma grande vitória nesses municípios. Segundo a petista, essa vitória se daria graças a uma conjunção de fatores que inclui o desgaste do atual governo do Estado, que é governado pelo DEM, e também a boa avaliação que tem o governo federal. “Vamos disputar eleições num cenário onde o governo do DEM no RN é reprovado e rejeitado pela população, enquanto o governo Dilma é amplamente aprovado no cenário nacional e pelo povo potiguar. Isso coloca um cenário favorável para as forças políticas que formam a oposição no RN saírem das urnas com uma expressiva vitória”, avalia Fátima. De acordo com a deputada fed-

Wellington Rocha

Fátima Bezerra: “Vamos disputar eleições num cenário onde o governo do DEM é rejeitado e reprovado pela população” eral, a oposição trabalha com duas metas nestas eleições municipais. A primeira é consolidar um esforço para unificar ao máximo os palanques na maioria dos municípios. “Estamos fazendo todo esforço para

PT, PSD, PC do B, PT, PSB e outras legendas unificarem ao máximo a oposição na disputa políticoeleitoral agora em outubro. Depois, a meta é a oposição vai sair vitoriosa nos principais colégios

eleitorais. Quem viver verá”, disse a deputada. COLÉGIOS Fátima Bezerra considera que as convenções estão sendo “muito

boas” para a oposição. Para ela, o PT está numa fase de crescimento. “Evidente que nós temos alianças com o PMDB também, com o PSB, com o PDT, com vários partidos, mas eu estou muito animada”, disse a petista, que nos últimos dias participou de várias convenções, citando como exemplo as de Parelhas, Jardim do Seridó, Acari, Baia Formosa e Parnamirim. A convenção de Parnamirim, neste domingo, segundo a deputada, “chamou a atenção pelo grau de entusiasmo, de força e de unidade política do palanque em torno do prefeito Maurício Marques”, disse a deputada. Lá, PMDB, PDT, PT, PSB e PSD estão juntos no apoio ao pedetista. Fátima disse que em Parnamirim acontecerá uma eleição importante porque se trata do terceiro maior colégio eleitoral do Estado. “Acho que a gente vai partir para conquistar uma bela vitória em Parnamirim. A convenção de Parnamirim mostrou muita força, entusiasmo e vontade política da oposição no RN”, declarou. Para Fátima, o cenário também é favorável para a oposição em

Natal, onde o sistema contabiliza as pré-candidaturas do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) e do deputado estadual Fernando Mineiro (PT). “Na capital a oposição vai sair vitoriosa. Para tanto, temos duas candidaturas que são Carlos Eduardo e o deputado Mineiro”, afirmou. A deputada também está otimista com relação a Mossoró. No segundo maior colégio eleitoral do Estado a oposição conseguiu formar um palanque forte que tem a deputada Larissa Rosado (PSB) como candidata a prefeita e Josivan Barbosa (PT) como vice. “Em Mossoró, que é o segundo colégio eleitoral, conseguimos fazer um palanque com Larissa e Josivan, reunindo a oposição no RN ao governo do DEM. Lá, a composição política está muito parecida com a composição política de Parnamirim. A diferença é que em Parnamirim o PMDB deve vir apoiar Maurício, mas a ampla aliança é semelhante, formada por partidos que dão sustentação ao governo Dilma e que fazem oposição ao governo do DEM”. (AV)

Túlio Lemos POLÍTICA - TÚLIO LEMOS -

tuliolemosjh@gmail.com / www.tuliolemos.com.br / @tuliolemosrn

FALÊNCIA O desembargador Osvaldo Cruz afirma que está insolvente, liso, falido. Mais ou menos o que alegou Carla Ubarana, que o acusou de ter participado do desvio de milhões dos precatórios do TJ. O difícil é acreditar nesse liseu inesperado. EXPECTATIVA Ainda durante esta semana o juiz Geraldo Mota pode decidir sobre a suspensão do decreto legislativo que reprovou as contas do ex-prefeito Carlos Eduardo. Na primeira decisão, Mota concedeu liminar ao ex-prefeito sob a alegação de que a Câmara extrapolou suas atribuições e teria havido cerceamento de defesa. O magistrado recebeu novas informações da Câmara a respeito da votação.

HUMOR Amâncio, chargista de O JORNAL DE HOJE, ganhou o primeiro lugar no salão do humor realizado em Volta Redonda, no Rio de Janeiro. Disputando com mais de 150 profissionais de todo o País, Amâncio mostrou seu talento na categoria 'charges' e conquistou o prêmio. O trabalho vitorioso foi essa charge.

AUTISMO Pais com filhos autistas sofrem com o fato de que em Natal e no RN não há local público especializado para atender aos autistas em fase escolar. Uma senhora procurou a coluna para relatar o fato e dizer que escolas particulares em Natal não aceitaram matricular seu filho. A exceção ficou por conta da Facex, que matriculou a criança e designou uma professora para acompanhar o aprendizado. REBELDE Mesmo diante da determinação de Dom Jaime para que Padres não participem de partidos políticos e não

sejam candidatos, o prefeito de Jardim do Seridó, Padre Jocimar, fez sua convenção neste domingo e confirmou sua candidatura à reeleição. LIVRO O jornalista João Batista Machado, o Machadinho, lançará, no próximo dia 04 de julho, o livro "Política em atos e fatos", a partir das 18 horas na Academia Norte-riograndense de Letras. Trata-se de uma coletânea de artigos abordando temas relativos ao momento político nacional e à crise moral instalada nos três poderes da República. O livro tem apresentação de Paulo Tarcísio e prefácio de Roberto Guedes. PESQUISA A Prefeitura de Natal contratou a Start Pesquisa para "estudar pontos para acessibilidade de pontos turísticos para pessoas com necessidades especiais". O valor é bem generoso: R$ 359 mil. Haja pesquisa. REPRESENTANTE Integrante do DEM, Fátima Lapenda participou da convenção do partido em Lagoa de Velhos, representando o senador José Agripino. Um gaiato agripinista tomava um caldo de cana com pão doce no Alecrim e afirmou: "Pronto. Depois que Fátima Lapenda foi a Lagoa de Velhos, mudou tudo. Não precisa nem Agripino aparecer mais lá durante a campanha, basta mandar Fátima mais uma vez que a eleição do DEM está assegurada".

PANDEIRISTA Márlio Forte registra o momento em que a deputada federal Fátima Bezerra ensaia uns toques no bandeiro e Sherloquinho afirma que a irmã de Tetê teria pensado alto: "Quando deixar a política, vou ver se consigo uma vaga para tocar bandeiro no Raça Negra ou entrar na banda de Zeca Pagodinho".


4 O Jornal de HOJE

Política

Natal, 18 de junho de 2012

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br JOAQUIM PINHEIRO - INTERINO - jtpinheiro@bol.com.br

A coluna cede espaço hoje para texto de autoria do Dalai Lama, monge budista

Tributo ao Tempo Dizem que a vida é curta, mas não é verdade. A vida é longa para quem consegue viver pequenas felicidades. E essa tal felicidade anda por aí, disfarçada, como uma criança tranquila brincando de esconde-esconde. Infelizmente às vezes não percebemos isso e passamos nossa existência colecionando 'NÃO': a viagem que não fizemos, o presente que não demos, a festa que não fomos, o amor que não vivemos, o perfume que não sentimos. A vida é mais emocionante quando se é ator e não expectador, quando se é piloto e não passageiro, pássaro e não paisagem, cavaleiro e não montaria. E como ela é feita de instantes, não pode nem deve ser medida em anos ou meses, mas em minutos e segundos. Esta mensagem é um tributo ao tempo. Tanto aquele tempo que você soube aproveitar no passado quanto aquele tempo que você não vai desperdiçar no futuro. Porque a vida é agora. Não tenha medo do futuro, apenas lute e se esforce ao máximo para que ele seja do jeito que você sempre desejou. A morte não é a maior perda da vida. A maior perda da vida é o que morre dentro de nós enquanto vivemos.

Retorno ao legislativo municipal O vereador Chagas Catarino, do PP, pré-candidato à reeleição, está bem posicionado nas pesquisas de opinião pública e deverá mesmo retornar à Câmara Municipal de Natal para cumprir o segundo mandato. Chagas realiza um bom trabalho de inclusão social em diversos bairros da capital por entender que a prática esportiva é uma forma preventiva e eficiente de evitar que os jovens sigam o caminho da marginalidade. Chagas Catarino ao lado do vereador Adão Eridan, do PR ostentam as primeiras colocações na disputa eleitoral deste ano.

LEITURA DINÂMICA t O empresário Flávio Rocha poderá ser candidato a senador nas eleições de 2014. O projeto político seria uma forma de viabilizar o nome de Flávio para a presidência da CNI- Confederação Nacional da Indústria, a exemplo do que ocorreu com o também empresário Fernando Bezerra. t Flávio Rocha foi deputado federal pelo então PL - Partido Liberal que deu lugar ao atual PR - Partido da República. Como deputado federal, Flávio Rocha apresentou e defendeu o projeto do imposto único que objetivava extinguir vários impostos no Brasil diminuindo assim a carga tributária que praticamente inviabiliza as empresas brasileiras que oferecem emprego e renda para a população. t Com aprovação de Henrique Eduardo o deputado Gustavo Fernandes uniu no mesmo palanque em Touros o ex-prefeito Josemar França (DEM), Eriberto de Oliveira e Fernando Rocha em apoio à candidatura do empresário Carlos Bezerra (Biomar), do PMDB, que será candidato a prefeito do município nas eleições deste ano. t A bancada médica na Câmara Municipal de Natal poderá ser ampliada com as presenças dos médicos Vicente Modesto, do DEM e professor Joca do PMDB. Atualmente a bancada dos profissionais de medicina é composta por Franklin Capistrano do PSB, Enildo Alves do DEM e Albert Dickson, do PP. t O PMDB marcou convenções municipais para vários municípios onde o partido terá candidato a prefeito. No próximo dia 22 acontecerão as convenções de Pilões, Paraná, Major Sales, São Francisco do Oeste, Olho do Borges e Encanto. Dia 23 será em Riacho da Cruz, Taboleiro Grande, Rafael Fernandes, Pau dos Ferros, Apodi, Caraúbas e Mossoró. Presença do senador/ministro Garibaldi Alves e dos deputados Henrique Eduardo Alves e Gustavo Fernandes.

t A agenda do deputado Walter Alves foi destinada a participação em várias convenções do seu partido e legendas aliadas no final de semana. O peemedebista prestigiou os prefeitos Getúlio Ribeiro (Várzea), Igor Araújo (Lagoa de Velhos), Waldemar de Gois (Poço Branco) e o pré-candidato a prefeito de Bento Fernandes, José Robenilson. t Fábio Dantas, deputado do PHS foi a Serrinha na convenção do prefeito Fabiano Teixeira, Canguaretama, apoiar a candidatura de Erivan Lima (Tatá) e participou de evento junino no Conjunto Santa Catarina em Natal. t É preciso cuidado para não se cometer injustiças na divulgação de listas com condenações antecipadas que poderão causar danos à biografia de pessoas honestas. Existem nomes na divulgação do TCE que não podem ser caracterizados como ficha suja. Um dos exemplos é o professor Luiz Eduardo, um homem íntegro que todo o Rio Grande do Norte conhece. Na mesma situação existem alguns prefeitos responsabilizados injustamente. t Médico e pré-candidato a vereador em Natal, o professor Joca alerta as autoridades municipais e estaduais com relação à falta de atendimento à população que precisa de exames de PSA. Um procedimento caro que se não for feito com urgência pode levar pessoas a óbito. t Prefeito Chico de Erasmo, de Serra de São Bento, definiu o candidato à sua sucessão. Erasmo Neto é o nome dele, tendo o vereador José Bento como companheiro de chapa. t Pré-candidato a vereador em Natal, Públio José continua recebendo apoios importantes de vários segmentos da sociedade. Deverá ser um dos eleitos no pleito deste ano. t Para refletir: "Antes de partires em busca dos teus direitos, deves examinar até onde cumpriste os teus deveres". (Giulio Andreotti)

Segunda-feira

Remanejamentos do Governo do RN chegam a R$ 630 milhões UTILIZAÇÃO

DE VERBA SEM AUTORIZAÇÃO LEGISLATIVA CRESCE A CADA MÊS

Os remanjemantos realizados pelo Governo do Estado no Orçamento Geral previsto para este ano já ultrapassam a soma dos R$ 631 milhões, de acordo com os dados publicados no último sábado (16), no Diário Oficial do Estado. Só na última semana, por sinal, foram cinco modificações no orçamento e a 40ª alteração desde que o orçamento foi apresentado, em fevereiro deste ano. Para o deputado estadual Fernando Mineiro, do PT, responsável pelo levantamento, o Governo tem feito remanejamentos cada vez mais frequentes. "O que significa um remanejamento tão alto? Erro no planejamento ou no orçamento? Na prática o Governo Rosalba/DEM faz outro orçamento a seu bel prazer”, criticou. O remanejamento é um dispositivo legal que permite que o Governo realize modificações orçamentárias sem necessitar de análise da Assembleia Legislativa, uma vez que a Casa já aprovou, em votação no ano passado, um limite de até 15% para as modificações. Porém, este dispositivo não deve ser utilizado em larga escala. FONTES Somente de excesso de arrecadação - ou seja, a arrecadação

Deputado Fernando Mineiro: “O que significa um remanejamento tão alto? Erro no planejamento ou no orçamento?” foi além do previsto pelo Governo - já são quase R$ 134 milhões, o que mostra que a gestão Rosalba tem subestimado cada vez mais a receita do Estado. Este dinheiro não possui destino definido dentro do orçamento, podendo ser direcionado para qualquer pasta. Entretanto, o uso que a governadora tem feito destes recursos "ex-

tras" tem sido, no mínimo, questionável. Na última segunda-feira, Rosalba abriu R$ 3 milhões deste crédito suplementar para investimentos em publicidade. Enquanto isso, 139 municípios do RN sofrem com a seca. Mineiro já sugeriu a governadora que os recursos do excesso de arrecadação sejam utilizados para medidas concretas de

auxílio para a população que sofre no interior do estado. Já o superávit do Estado ultrapassa os R$ 206 milhões. Este dinheiro é o que “sobrou” das despesas do governo no ano anterior, o que comprova que o governo fez “caixa” com os recursos ao invés de investir em áreas deficientes, como a saúde.

> ENTRAVE

Governadora se reúne com prefeitos do Seridó para tratar das licenças do Idema A liberação de licenças ambientais por parte do Idema para viabilizar obras no Seridó do Rio Grande do Norte, questão cada vez mais criticada por prefeitos do interior do Estado, foi o tema da reunião realizada na manhã desta segundafeira, entre a governadora Rosalba Ciarlini e os gestores municipais da região. Cerca de R$ 20 milhões em emenda parlamentar foram liberadas para o Seridó potiguar e devem ser empenhados até o dia 7 de julho. Segundo o deputado João Maia, autor da emenda, os projetos dos municípios têm chegado ao seu Gabinete, em Brasília mas, para que os recursos sejam liberados, é preciso

ter as licenças para implementar os empreendimentos. Diante da situação, a governadora Rosalba Ciarlini determinou providências imediatas do órgão ambiental do Estado. "O Idema está sendo convocado para disponibilizar uma equipe para resolver isso, o mais rápido possível, a partir de hoje", afirmou Rosalba. De acordo com o diretor técnico do Idema, Manoel Jamir Fernandes Junior, as solicitações tratam sobre a implantação de unidades da Ceasa em Caicó e Currais Novos; implantação de uma adutora em Serra de Santana; construção de abatedouros em municípios da região; além da reforma e implantação de açudes,

obras que serão executadas pela Caern em parceria com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh). A Consultoria Geral do Estado (CGE) vai elaborar um Ato Normativo para disciplinar a liberação das licenças ambientais e, a partir de hoje, o Idema vai iniciar a organização da equipe que vai visitar os municípios para tratar sobre a questão. A reunião, ocorrida na Governadoria, teve a presença do deputado federal João Maia; do superintendente do Idema, Alvamar Costa; do consultor geral do Estado, José Marcelo Ferreira da Costa; a se-

cretária de Estado da Infraestrutura, Kátia Pinto; diretor presidente do Ipem-RN, Carlson Geraldo Gomes; do diretor presidente da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Seridó (Adese), Francisco Galvão Freire Neto; do presidente do Conselho de Administração da Adese, Dom Manoel Delson; e dos prefeitos José Sally (Cruzeta); Geraldo Gomes (Currais Novos); Alexandre Dantas (Carnaúba dos Dantas); Francisco de Assis (Parelhas); Junior Laurentino (Tenente Laurentino); e Genilson Maia (São Fernando); além de representantes das Prefeituras de Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó e Cerro Corá.

> SUCESSÃO MUNICIPAL

PSD apresenta vereador Ney Leite como candidato a prefeito de Touros essenciais que estão deixando de ser prestados à população", disse o vereador Ney Leite, constando que em razão da atual situação de abandono a que está submetido o município de Touros pela atual gestão os resultados negativos estão atingindo não só os serviços essenciais, mas o comércio local e a atividade turística cujo potencial é do conhecimento de todos.

JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

O PSD, partido presidido no Estado pelo vice-governador Robinson Faria, realizou convenção para homologação do nome do vereador Ney Leite como candidato de oposição do partido a prefeito de Touros. Na oportunidade, o vice-governador destacou a importância da união do grupo político local formado por 8 partidos que desejam conquistar o poder em Touros e reiterou o projeto político/eleitoral do PSD para as eleições deste ano quando o novo partido, liderado nacionalmente pelo prefeito Gilberto Kassab, de São Paulo, trabalha para ampliar sua representação em todo o Brasil, particularmente no Rio Grande do Norte, elegendo o maior número possível de prefeitos e vereadores, começando por Natal e Mossoró, segundo havia infor-

Ney quer formar uma frente de partidos de oposição para fortalecer candidatura mado o vice-governador em entrevista a ´O JORNAL DE HOJE, edição do último final de semana. O vereador Ney Leite, pré-candidato a prefeito de Touros pelo PSD, disse que decidiu disputar a prefeitura local para resgatar a autoestima da

população, segundo ele, perdida com as seguidas administrações descompromissadas com o desenvolvimento do município de Touros. "O nosso município vive atualmente um verdadeiro caos administrativo com a paralisação dos diversos serviços

FRENTE DE PARTIDOS "Estamos trabalhando a formação de uma frente de partidos oposicionistas com a participação do PSB, PC do B, PT do B, PTN, PSDB, PP, e PSDC, além de outras legendas que certamente se somarão a nós objetivando resgatar não só a autoestima da população de Touros como também a credibilidade perdida ao longo do tempo através de administrações desastrosas que não corresponderam a expectativa do povo", disse o pré-candidato do PSD.

“Vamos resgatar a autoestima do povo de Touros” Melhoria na saúde, na educação, atenção especial ao turismo e atração de indústria através de incentivos oferecidos pelo Poder Público e realização de cursos profissionalizantes, fazem parte do programa de governo que está sendo elaborado pelo pré-candidato do PSD, vereador Ney Leite que será apresentado à população de Touros no momento oportuno. Ele cita também os setores cultural e esportivo do município como impor-

tantes e significativos que segundo ele, também precisam ser incentivados e valorizados pela futura administração. "Temos que resgatar e valorizar o carnaval e o folclore como manifestações culturais que devem ser preservadas, a exemplo de um grupo de xaxado que foi esquecido pelas últimas administrações", lembra o pré-candidato, citando também o atletismo como uma atividade que sempre foi destaque no município de Touros.

Distante 80 quilômetros da capital, o pré-candidato diz que a proximidade com a capital e por fazer parte do circuito de bonitas praias, Touros tem todas as condições necessárias para se tornar um município promissor, desde que os seus dirigentes tenham vontade política para promover o seu desenvolvimento. "O que está faltando é competência e boas gestões públicas", disse Ney Leite, précandidato a prefeito de Touros pelo

PSD. Ele conclui dizendo acreditar numa mudança de rumo nas eleições deste ano com a população elegendo um candidato de Touros que tenha credibilidade e confiança em vez de pessoas vindas oportunisticamente de fora para ser candidato e mais uma vez enganar o povo. "Acredito que o meu maior patrimônio é a credibilidade e a confiança que certamente prevalecerão no momento da decisão". (JP)


Política

Segunda-feira

Natal, 18 de junho de 2012

O Jornal de HOJE 5

Advogado afirma que Osvaldo Cruz está falido e sem dinheiro para pagar dívidas SITUAÇÃO

FINANCEIRA VAI SER USADA PELA DEFESA PARA MOSTRAR QUE ELE NÃO RECEBEU DINHEIRO DE PRECATÓRIO

CIRO MARQUES REPÓRTER DE POLÍTICA

No popular, Osvaldo Cruz está “quebrado”, “deve, não nega, paga quando puder”. No termo jurídico, o desembargador e ex-presidente do Tribunal de Justiça do RN (TJ/RN), está em “insolvência civil”, sem conseguir honrar suas dividas e precisando se desfazer de bens para quitá-las. Bom, pelo menos é essa a situação financeira vivida pelo magistrado e descrita pelo advogado Armando Hollanda, que defende Cruz nos processos instaurados no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Situação essa, inclusive, que vai ser usada pela defesa para mostrar que o desembargador não se beneficiava com o desvio de dinheiro da Divisão de Precatórios do TJ. “Queremos mostrar que não era Osvaldo Cruz que pagava 11

mil euros de diária em hotel luxuoso em Paris. O desembargador não está apenas em dificuldade financeira, ele está em insolvência civil”, afirmou Hollanda, que revelou ser padrinho da filha de Cruz e, por isso, não cobra qualquer valor de honorário advocatício para fazer a defesa. “Não estou recebendo um centavo, ele é meu ‘compadre’”, justificou. Segundo Armando Hollanda, a defesa vai apresentar as declarações de imposto de renda de Osvaldo Cruz, da mulher dele, Izalva, das duas filhas e dos dois genros, para mostrar que seus patrimônios estão compatíveis com suas rendas familiares. Com um salário médio de R$ 25 mil, esperava-se que o desembargador do TJ não estivesse em tal “insolvência civil”. Conforme revelou a defesa, Osvaldo Cruz possui apenas um carro – de segunda mão – financiado, glebas de terras em Taipu. “Tinha tam-

Osvaldo diz que não tem dinheiro nem para pagar o aluguel do apartamento bém uma casa de praia em Touros há mais de 30 anos, mas não sei se foi financiada e se ele ainda tem”, afirmou o advogado. Um apartamento, de valor não revelado, mas localizado na avenida Romualdo Galvão,

e de propriedade do desembargador, já estaria sendo negociado para a quitação de dívidas pessoais. “Vamos publicar voluntariamente todos os contratos de débitos bancários e contratos consigna-

dos em folha. O limite de empréstimos consignados que Osvaldo Cruz e a mulher poderiam fazer, por sinal, já foram atingidos. Ou seja: eles já não podem mais fazer qualquer novo empréstimo”, explicou Hollanda. A gravidade da situação financeira, por sinal, está fazendo o desembargador se mudar do atual local onde mora, alugado, para a casa de uma das filhas, simplesmente, por não ter como “pagar o aluguel”. E, antes que qualquer um se adiante e afirme que o problema das dívidas atuais podem ser consequências de algum “extra” que ele recebia antes e, agora, não recebe mais, Armando Hollanda justifica que, assim que as notícias de um eventual envolvimento do desembargador nos desvios de dinheiro da Divisão dos Precatórios do TJ começaram a ser publicadas, ele não conseguiu mais renegociar seus débitos.

“Osvaldo Cruz deve a cinco bancos e as dívidas que antes poderiam ser renegociadas, passaram a ser cobradas tão logo as notícias contra ele começaram a sair. A situação financeira ficou mais difícil e ele passou a ter que pagá-las sem ter como fazer isso”, Armando Hollanda. INSOLVÊNCIA CIVIL Insolvência é uma situação onde a pessoa física que contrai uma determinada dívida, assume para si uma responsabilidade, sem estar devidamente respaldada pelo potencial financeiro de seus bens móveis e imóveis. Os efeitos da situação de insolvência são: o vencimento antecipado das dívidas do devedor; arrecadação de todos os bens do devedor passíveis de penhora, seja os atuais, ou os adquiridos ao curso do processo; a execução por todos os credores do devedor.

STJ vai pedir perícia em assinaturas do ex-presidente do TJRN Apesar da dificuldade financeira, Osvaldo Cruz foi a Brasília prestar depoimento no inquérito que apura o desvio dos precatórios. E, em estado de saúde melhor que o vivido em outros tempos – que inclusive teve que adiar a data original do depoimento – o desembargador pôde ouvir pessoalmente uma boa notícia da Procuradoria-geral da República: ela vai pedir para que a perícia nas assinaturas nos documentos e cheques originais seja feita pela Polícia Federal. “Essa é uma excelente notícia, porque pode confirmar isso que estamos mostrando, que as assinaturas não foram de Osvaldo Cruz”, afirmou Armando Hollanda, que por não ter acesso aos documentos

originais assinados, fez uma perícia nas copias e constatou, em 10 delas, que as assinaturas presentes não eram do desembargador, mas sim “falsificações servis” – quando alguém copia a assinatura original, mas faz isso de maneira mais lenta. Sobre essas assinaturas, por sinal, Armando Hollanda espera que sejam confirmadas as falsificações até porque “não é preciso ser especialista para constatar que são diferentes”, conforme avaliou. Até o momento, a perícia feita pela defesa de Osvaldo Cruz foi realizada pelo perito criminal federal aposentado, Elinaldo Cavalcante da Silva. Nesse trabalho, 10 documentos e cheques foram analisados, do total de 40 existentes com a supos-

ta assinatura de Osvaldo Cruz. Todos mostraram que houve falsificação. Esses documentos são datados de junho de 2007 a dezembro de 2008 e tiveram como beneficiários Carla Ubarana, George Leal, Glex Empreendimentos (empresa de propriedade do casal) e mais os supostos laranjas Carlos Alberto Fasanaro Júnior, Carlos Eduardo C. Palhares e Tania Maria do Nascimento. “Nessa situação, podemos constatar que no nível de perda do pudor foi tamanha que a falsificação passou a ser feita em nome da própria Carla Ubarana”, afirmou Armando Hollanda, se referindo ao fato de que as assinaturas teriam sido falsificadas por Carla Ubarana para

benefício próprio. “Vamos solicitar, também, uma investigação sobre quem foi o responsável por preencher os cheques. Queremos confirmar o que Carla Ubarana disse no depoimento dela, que foi ela a responsável por isso. Apesar de ser redundante, com a confirmação de quem preencheu os cheques, podemos ter idéia de quem fez as assinaturas”. O advogado explica ainda que a perícia só foi feita em copias porque o Banco do Brasil, detentor dos documentos, não os liberou. “Com uma solicitação feita pela Procuradoria-geral da República, fica bem mais fácil que isso ocorra e a perícia mais aprofundada, nos originais, possa ser feita e conforme o

que dizemos”. Com relação ao depoimento de Osvaldo Cruz no STJ, Armando Hollanda não fez grandes revelações, até porque apesar da popularidade do caso, ele ainda tramita em segredo de justiça. “Posso dizer que todas as perguntas foram respondidas e tudo foi elucidado pelo desembargador”. Com relação ao “porquê” de Carla Ubarana ter feito as acusações contra Osvaldo Cruz, Armando Hollanda argumenta que o desembargador foi escolhido de maneira “aleatória”, assim como Rafael Godeiro. No depoimento de Godeiro, vale lembrar, ele afirmou que Ubarana o envolveu no caso por ter problemas pessoais com o magis-

trado, visto que “soube posteriormente que ela não o suportava”. ACAREAÇÃO Armando Hollanda comentou ainda que, apesar de ter solicitado ao CNJ, no envio da defesa prévia de Cruz, uma acareação com Carla Ubarana, o advogado pode não reforçar essa solicitação agora que o órgão decidiu mesmo pela abertura do processo administrativo disciplinar. “Vai depender de como se dará a acareação com Rafael Godeiro no STJ. Se for algo elucidativo, completo, se a questão dos cheques e das assinaturas for abordada, não vejo motivo para realizar uma acareação. Não vamos fazer uma só por fazer”, explicou Hollanda.


6 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 18 de junho de 2012

Segunda-feira

TRT divulga balanço da Semana de Execução e lista dos maiores devedores em causas trabalhistas no RN NAS 21 VARAS DO ESTADO FORAM REALIZADAS MAIS DE DUAS MIL AUDIÊNCIAS QUE RESULTARAM EM 617 CONCILIAÇÕES O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) apresentou no final da manhã de hoje em entrevista coletiva na sede do Tribunal, no bairro de Lagoa Nova, o balanço da II Semana Nacional da Execução Trabalhista no Rio Grande do Norte, realizada entre os dias 11 e 15 de junho, e a lista dos maiores devedores trabalhistas no RN, elaborada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). Segundo os dados, durante o período houve 2 mil audiências, 9.400 pessoas foram atendidas e se chegaram a 617 acordos, totalizando R$ 5.717.559,00. Este montante, acrescido do leilão judicial de 113 lotes, realizado na última sexta-feira e que encerrou a II Semana de Execução, subiu o valor arrecadado para R$ 7.478.593,58. A verba gerada pela venda será destinada a pagamentos de dívidas trabalhistas. De acordo com a juíza Maria Rita Manzarra, coordenadora da Semana de Execução no RN,o resultado da foi bastante satisfatório. "Conseguimos os objetivos traçados e devemos muito a todos os servidores que se empenharam e foram até além da rotina de trabalho. Durante a Semana da Execução não tiveram audiências de instrução, o foco foi voltado para a questão da conciliação e foi criado um mutirão nas 21 varas de trabalho

Fotos: José Aldenir

No RN, a Semana resultou em mais de R$ 7 milhões, somados os valores arrecadados nos acordos firmados e leilões

A juíza Maria Rita Manzarra afirma que o resultado da foi bastante satisfatório

na capital e interior. A fase de execução é mais lenta e tortuosa, e são mais de 70 mil processos nesta fase. As ferramentas eletrônicas nos ajudaram muito, assim como 'Call Center' e o próprio site, usados para marcar as audiências. Acredito que conseguimos uma posição de destaque dentro

"A publicidade de ações como esta leva a população à sistemática de conciliação".

de todos os TRT's pelo tamanho do nosso tribunal. Diminuímos a taxa de congestionamento na execução e resolvemos problemas antigos, como processos do ano de 1996". A juíza também frisou que se comparado a 2011, quando foi realizada a Semana de Execução junta-

mente com a Semana de Conciliação, ainda assim os resultados foram superiores Já o presidente do TRT-RN, desembargador Ronaldo Medeiros, agradeceu ao empenho dos servidores e destacou o papel da imprensa na divulgação das atividades trabalhistas.

DEVEDORES O TRT/RN ainda apresentou a lista das 100 pessoas jurídicas com maior número de processos com dé-

bitos trabalhistas no TRT da 21ª Região. Encabeça o documento, a Cia Açucareira vale do Ceará Mirim, seguida da Mossoró Agro-Industrial S/A - Maisa e Maisa Indústria e Comércio SA, além do Governo do Estado, Prefeitura de Natal e várias prefeituras do interior.

> HEMONORTE

Estoque de bolsas de sangue está abaixo de 50% Com a aproximação das festas juninas, o número de acidentes nas estradas aumenta, em virtude do grande fluxo de pessoas com destino aos festejos do interior do Estado, além disso, as queimaduras ocasionadas por fogos de artifício também são freqüentes nesta época do ano. Situações como essas fazem com que a demanda pelo banco de sangue aumente. Pensando nesta situação, o Hemocentro Dalton Barbosa (Hemonorte) lançou nesta manhã a campanha "No arrasta pé da vida, doar sangue só completa a alegria". Hoje, o estoque conta com apenas 400 unidades no estoque, o que significa 50% do ideal, que é de 800 a 1000 unidades. "Neste período do ano, infelizmente, é comum uma redução no estoque, isso porque o número de doações cai, porém aumenta o consumo, pois o número de acidentes e trânsito aumenta e também os acidentes com fogos de artifício que fazem as pessoas precisar de sangue. Além disso, o atendimento do Hemonorte também está prejudicado pela greve dos profissionais da saúde do Estado que também contribuiu para a queda do estoque de bolsas de sangue. Tivemos até que fechar a unidade da zona Norte por um período, mas já reabrimos, no

Wellington Rocha

Na manhã de hoje, o agricultor Luís dos Anjos Sobrinho doou sangue pela 21ª vez e ressalta a importância da solidariedade entanto, a unidade móvel só voltará a funcionar com o fim da greve dos médicos", destacou Linete Rocha, diretora geral do Hemonorte. Ela explica que os tipos de sangue com fator RH negativo (B Negativo, AB Negativo e O Negativo) são os que estão com estoque

mais baixo, chegando até a zero. "Precisamos que as pessoas com RH negativo, que são poucas pessoas. Pedimos que nos procurem para fazer doação dessa tipologia, pois em alguns casos o estoque já está zerado e em situação de urgência não poderemos suprir a necessidade", afirma Linete Rocha.

A diretora geral do Hemonorte disse que o objetivo da campanha é conscientizar, sensibilizar e mobilizar a população para a doação voluntária de sangue, visando equilibrar os estoques para atender a demanda hospitalar no período junino. A campanha vai até o dia 29 de junho e será realizada nos municí-

pios de Natal, Mossoró, Pau dos Ferros, Caicó e Currais Novos. O Hemocentro espera aumentar em 50% as doações espontâneas em toda rede estadual. "O procedimento é muito simples e rápido e não traz nenhum malefício. Em 48 horas o organismo do doador repõe todo o sangue doado. É preciso que a população se conscientize cada vez mais, pois, poucos minutos que a pessoa tira do seu dia para doar sangue pode salvar vidas. Uma doação, dependendo da necessidade pode ser utilizada em ate três crianças. Ainda existe preconceito e alguns mitos, mas doar sangue é seguro e não há riscos nem para quem recebe, nem para quem doa", garante Linete Rocha. Ela conta que além da demanda do período junino, é necessário ter um estoque mínimo para os tratamentos continuados de rotina, como os pacientes com doenças hematológicas e oncológicas. "Nesses casos, as pessoas precisam de sangue diariamente e não podemos deixar de atender essa demanda", destacou. Para o agricultor Luís dos Anjos Sobrinho, de 51 anos, doar sangue já faz parte da sua rotina. Hoje pela manhã ele realizou a sua vigésima primeira doação de sangue. O agri-

cultor conta que doou sangue pela primeira vez quando seu pai precisou de sangue e não tinha ninguém para doar, mas que hoje, de quatro em quatro meses, ele faz uma doação. "Sempre que alguém precisa de sangue me chamam, já sabem que eu estou disponível para doação. Doei primeiro para meu pai, depois para parentes e amigos, hoje faço doação, porque sei que o número de pessoas que precisa é muito grande e gosto de ajudar. Afinal de contas, não faz medo e não dói", afirmou o agricultor Luís dos Anjos Sobrinho. Para ser doador é preciso ter entre 16 e 67 anos, pesar acima de 50 kg, sentir-se bem de saúde, não fazer parte do grupo de risco de doenças sexualmente transmissíveis, apresentar documento com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo território nacional. As doações podem ser realizadas nas unidades da Hemorrede e, em Natal, na sede do Hemonorte situada à Avenida Alexandrino de Alencar, próximo ao Parque das Dunas, Tirol, de segunda a sábado nos horários de 7h30 as 17h30. Na zona Norte, o posto de coleta fica no Complexo Cultural de Natal, à Avenida João Monteiro Filho, Potengi, no horário de segunda a sábado, de 8h às 17 horas.

> ESCOLA ESTADUAL PRESIDENTE ROOSEVELT

Alunos levam visitantes a viajar pela Feira das Civilizações Uma viagem cultural a quatro países, um por dia, dividida por turmas para que cada uma conheça um pouco sobre os costumes, tradições e economia de determinado local. Assim está sendo a Feira das Civilizações da Escola Estadual Presidente Roosevelt, em Paramirim. Israel, Brasil, Roma e Grécia são os países estudados e hoje os alunos do primeiro ano, do nível médio, apresentaram trabalho sobre Israel. Como se a viagem fosse uma realidade, inicialmente a pessoa é recepcionada por estudantes que convidam a fazer um pacote turístico até Israel. O grupo de estudantes atua como se trabalhasse em uma agência de viagens e fala aos visitantes um pouco sobre o País, a economia, religião, dança e demais aspectos culturais. Ao adquirir a "viagem", os visitantes são levados para o ginásio da escola, que foi transformado e decorado no país de estudo. Logo na recepção, o estudante Mateus Moreira, 16 anos, fala sobre a religião praticada em Israel, o judaísmo. Segundo ele, muitos perguntam detalhes de como é esta religião, estando ele pronto para orientar. Márcia da Silva, outra estudan-

te, apresenta os aspectos climáticos da região, assim como fala sobre a geografia e a vegetação de Israel. Ela apresenta detalhes comoo tamanho geográfico e especificidades sobre a vegetação da Palestina, que mesmo apresentando condições climáticas adversas, revela grande diversidade. Márcia da Silva revela que em Israel as árvores mais comuns são o Carvalho e os Terebintos. Estas plantas tinham seu valor determinado pela sua utilidade, como a sombra, por exemplo, mas sem função econômica. Outro tipo de cultivo de plantas é motivado pela aplicabilidade econômica e religiosa, havendo, de acordo com a explicação da estudante, aquelas de 'primeira' grandeza como a Oliveira, a Figueira e Videira. O roteiro turístico continua em outro espaço, em uma barraca, onde Bruno Augusto da Silva, 15 anos, fala sobre a economia do País em destaque. No local o estudante mostra que Israel possui uma forte indústria aeroespacial, de renome mundial, liderada por firmas como Israel Aerospace Industries, Elbit Systems e Eltae que, ao longo dos anos, desenvolveu satélites, veículos lançadores de satélites, aviões

não tripulados, tecnologia de ponta para caças, radares avançados e vários outros produtos. Um detalhe importante é a participação de um aluno surdo-mudo, Hugo José, que explica através da linguagem de sinais, sobre o idioma e a religião de Israel. O texto é lido por outra aluna para quem não conhece a linguagem libras. A apresentação revela detalhes sobre o Estado de Israel, único país do mundo onde a maioria da população é seguidora do judaísmo. O cristianismo e o islamismo também têm presença significativa, mas não predominante na cultura do País. Heloisa Lucena, 14 anos, mostra um quipá e explica que são os chapéus utilizados pelos judeus tanto como símbolo da religião como símbolo de "temor a Deus". O aspecto religioso é revelado aos visitantes que tem a oportunidade de aprender que "a maneira mais autêntica de adorar Deus é a imitação das virtudes divinas: como Deus é misericordioso, assim também devemos ser compassivos; como Deus é justo, assim devemos tratar com justiça ao próximo; como Deus é tardo em se irritar, assim também devemos ser tolerantes em

Herácles Dantas

Durante um mês os estudantes pesquisaram sobre os quatro países abordados durante a feira realizada na escola, em Parnamiriim nossos julgamentos". A mostra foi encerrada nesta tarde com a apresentação de uma dança comum em Israel, uma es-

pécie de dança cristã antiga, com as jovens trajadas como se vestiam antigamente no País. A professora Telma Lima disse que os estudan-

tes passaram um mês pesquisando sobre o tema. Amanhã será a vez da apresentação cultural a respeito do Brasil.


Economia

Segunda-feira

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

administracao@jornaldehoje.com.br

Júnior Teixeira pede exoneração da Superintendência Federal da Agricultura n O agropecuarista José Teixeira de Souza Júnior, recém-eleito presidente da Associação Norte-riograndense de Criadores (Anorc) decidiu encaminhar na manhã de hoje ao ministro Mendes Ribeiro, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, seu pedido de exoneração da Superintendência Federal do Ministério no RN, cargo que vinha exercendo nos últimos cinco anos. n Júnior Teixeira, como é mais conhecido, afirma que agiu assim "por uma questão de ética, por entender que há conflito de interesses entre os dois cargos". n Em nota à imprensa, ele ainda diz que leva o sentimento do dever cumprido e lembra que em 2010 e 2011 a Superintendência Federal da Agricultura do Rio Grande do Norte se classificou, respectivamente, em primeiro e em segundo lugar nas pesquisas promovidas pela Assessoria de Gestão Estratégica do Ministério junto a todas as superintendências do país. n Júnior Teixeira será substituído pelo médico veterinário Orlando Gadelha Simas Procópio, expresidente do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN (Idiarn), escolha feita através de critérios eminentemente técnicos. Diretor-técnico do Idema, Jamir Fernandes falará na Anorc sobre a queima de sodoro n Está confirmada para a noite de amanhã, às 20:00 horas, no auditório da Anorc no Parque Aristófanes Fernandes, a palestra do diretor-técnico do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), Jamir Fernandes sobre a prática da queima de chique-chique e de macambira no semiárido potiguar para alimentar o gado durante a seca. n Ele irá explicar aos agropecuaristas quais são as recomendações da fiscalização ambiental no sentido de se evitar a destruição desses importantes recursos naturais nas propriedades rurais localizaEmater tenta dourar a pílula do preço vil n O diretor-geral do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater/RN), Ronaldo Cruz, deu entrevista aos jornais no final de semana na qual divulgou resultado de pesquisa que apresenta o governo potiguar como o que paga o terceiro melhor preço da região Nordeste pelo leite de gado 'in natura' fornecido ao PAA Leite (Programa de Aquisição de Alimentos do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome). n E ainda foi mais longe: "Pelo que se pode constatar deste levantamento, o Programa Leite tem uma sistemática diferenciada no RN em relação aos demais estados do Nordeste, pois efetua o pagamento diretamente ao produtor, respeitando todos os componentes desta cadeia produtiva", sem descontar os 2,3 por cento referentes à Contribuição Especial da Seguridade Social Rural (CESSR) e o valor do frete, que são descontados nos outros Estados. n Com isto, o executivo público parece estar querendo provar que os R$ 0,83 que o governo Rosalba Ciarlini promete pagar (até hoje ela só paga R$ 0,80) pelo litro de leite ao produtor rural norte-rio-grandense é um dinheirão e que os nossos agropecuaristas recla-

das em zonas de caatinga. Projetos do Arena das Dunas e Aeroporto de São Gonçalo serão mostrados ao 'trade' n O engenheiro Charles Maia, diretor da empresa responsável pela construção do estádio Arena das Dunas, e o empresário Ibernon Martins, superintendente do Consórcio Inframerica, concessionário do futuro Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, se reunirão no final da tarde de hoje com as lideranças da Abih/RN (capítulo potiguar da Associação Brasileira da Indústria de Hoteis) e da fundação Natal Convention & Visitors Bureau, para colocá-las a par do andamento dessas duas importantes obras para o turismo do Estado. n Charles Maia também mostrará ao chamado "trade turístico" as parcerias que poderão ser feitas entre o empresariado local e o grupo construtor da estádio para viabilizar a realização de eventos no Arena das Dunas após a Copa de 2014. TJRN decide pela dissolução da Importadora Comercial de Madeiras n O Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte julgou em segunda instância, semana passada, o processo decorrente de desentendimento pessoal entre os sócios-cotistas da Importadora Comercial de Madeiras Ltda., empresa líder no comércio de materiais de construção em Natal e mais conhecida do público pelo seu nome-fantasia Armazém Pará. n Os magistrados decidiram pela dissolução da sociedade, com a exclusão dos sócios minoritários Rui Câmara e Daliana Câmara Peres, aos quais deverão ser repassados valores correspondentes ao percentual de suas cotas após levantamento patrimonial da empresa para que assim ela possa continuar operando sob controle dos sócios majoritários Pedro Câmara e Marcantoni Gadelha. n Ainda cabe recurso da decisão ao Superior Tribunal de Justiça, mas sem efeito suspensivo da sentença prolatada pelo TJRN.

mam de barriga cheia. n Que tal o diretor da Emater sair da teoria para a prática, pedir demissão do cargo e ir administrar uma vacaria no agreste ou no sertão do RN?... Reunião do Conselho Deliberativo do Sebrae n Está convocada para o dia 25 do corrente, ao meio-dia, a próxima assembleia geral ordinária do Conselho Deliberativo do Sebrae/RN (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), para apreciar uma pauta de apenas quatro pontos: 1) apresentação do novo programa 'Sistema de Gestão de Pessoas'; 2) apresentação do projeto 'Feira do Empreendedor 2012'; 3) acompanhamento das obras de reforma da sede do Sebrae; e 4) outros assuntos. nO presidente do Conselho, empresário Sílvio Bezerra, informa que após a reunião será servido um almoço aos conselheiros. RN leva energia eólica e mineração para a Rio+20 n O Rio Grande do Norte está apresentando em seu estande os setores de energia eólica e mineração na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, que acontece na cidade do Rio de Janeiro. n O objetivo da Secretaria Estadual de Desenvolvimento

Econômico ao destacar no evento internacional a produção de energia renovável e projetos de mineração que não agridem o meio ambiente é mostrar que o Rio Grande do Norte se preocupa em alcançar a prosperidade econômica dentro das recomendações da Rio+20, ou seja, de forma sustentável e com inclusão social. n O estande potiguar está montado no Parque dos Atletas, ficando aberto ao público até o dia 24. Capuche lança promoção de vendas do 'Sun Happy' n A Capuche Empreendimentos lança mais uma ação de vendas para um de seus empreendimentos. Desta vez, é o condomínio "Sun Happy", que está sendo comercializado com descontos especiais de até 15 por cento. n "A nossa idéia é oferecer preços atrativos e dar boas condições de pagamento para o cliente que quer comprar um apartamento já pronto para morar", afirma o diretor comercial e de marketing da Capuche, Luis Fernando. n O "Sun Happy" se localiza na Avenida Abel Cabral, no bairro de Nova Parnamirim, e dispõe de apartamentos de 3 quartos com 84,74 metros quadrados de área privativa e área de lazer completa.

Natal, 18 de junho de 2012

O Jornal de HOJE 7

Estado dobra seus investimentos públicos no primeiro quadrimestre MAS ISSO NÃO RETIROU O RN DO ÚLTIMO LUGAR NO NE Herácles Dantas

MARCELO HOLLANDA HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COM

Muito boa e muito ruim. Assim pode ser descrita a participação do Rio Grande do Norte no Relatório de Resultado Primário dos Estados no primeiro quadrimestre de 2012, publicado na última sexta-feira pelo jornal Valor Econômico, trazendo o investimento público de 24 unidades da Federação. Amapá, Ceará e Roraima não estão no estudo. Segundo a pesquisa, o RN foi o pior estado nordestino em matéria de investimento público, tanto em termos absolutos quanto relativos. De uma receita corrente de R$ 2,79 bilhões nos primeiros quatro meses deste ano, o Estado investiu apenas R$ 22 milhões ou 0,79% do que foi arrecadado no período. O lado bom, ou menos ruim, desses números é que apesar dos gastos insignificantes, eles são 101% superiores aos investimentos do primeiro quadrimestre do ano passado. Mesmo assim, na região Nordeste, "o estado que investiu menos depois do RN na região investiu o dobro que foi feito aqui", comentou eu seu blog o economista Aldemir Freire, chefe da unidade estadual do IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Hoje, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Benito Gama, disse que esse desempenho tímido dos investimentos públicos do Estado "mudará radicalmente a partir do segundo semestre, como conseqüência do ajuste fiscal da atual gestão". Ele atribuiu o desempenho muito superior dos investimentos de outros estados nordestinos a uma questão política: na maioria deles os governadores se sucederam e não houve uma ruptura como no caso do RN. "Com os investimentos do Governo Federal e o evento Copa do Mundo em Natal vamos melhorar muito os investimentos públicos e o desempenho para 2013 promete dar uma arranca épica", garantiu o secretário. "Eu reconheço que apesar do investimento aquém do que se espera, no primeiro quadrimestre de 2011 as coisas eram muito piores

Benito Gama, do Desenvolvimento Econômico: “Investimentos vão melhorar” porque não tínhamos nada", acrescentou Benito Gama. Segundo o economista Aldemir Freire, "os números do RN são baixos tanto em termos absolutos quanto relativos ao lembrar que Pernambuco foi a Unidade da Federação do Nordeste que mais investiu (R$ 470 milhões), seguido da Bahia (R$ 220 milhões) e do Piauí (R$ 145,7 milhões). Em termos relativos, os estados que mais investiram foram o Piauí (7,49%), Pernambuco (6,36%) e Alagoas (5,17%). O economista também comentou o investimento registrado do primeiro quadrimestre do ano passado, quando o Estado gastou apenas R$ 10 milhões. "Parte expressiva da má avaliação do governo do Estado vem justamente desse baixíssimo nível de investimentos públicos", escreveu ele em seu blog Economia do RN. Dos 24 entes federados, dez tiveram redução de investimento, segundo destaca o Valor Econômico. São Paulo, por exemplo, reportou receita primária corrente de R$ 58,44 bilhões de janeiro a abril desse ano e investimentos liquidados de R$ 528,13 milhões, “o que significa queda de 29,04% em relação ao mesmo período do ano passado". Já o Amazonas registrou a queda mais

significativa no desembolso para execução de obras: 62,14%. Na Bahia, diz o jornal, os investimentos foram de R$ 220,07 milhões no período, queda de 20,02% em relação aos quatro primeiros meses de 2011. E em Minas Gerais, os investimentos chegaram a R$ 393,12 milhões entre janeiro e abril de 2012, queda de 31,58% em relação ao mesmo período do ano passado. O jornal destaca ainda que, contrariando essa tendência, estados menores deram um salto em matéria de investimento público. Em Rondônia, por exemplo, foram investidos R$ 28,86 milhões no primeiro quadrimestre de 2012, uma alta de 274,36% em relação ao mesmo período do ano passado. No Piauí, diz ainda o Valor, os investimentos cresceram 204,38% nos primeiros quatro meses desse ano, chegando a R$ 145,783 milhões. "O Estado nordestino possui uma das maiores relações de investimento com relação a receita (7,49%), atrás de Acre, que investiu R$ 131,74 milhões, representando 11,20% da receita de R$ 1,176 bilhão e Mato Grosso do Sul, que desembolsou R$ 268,23 milhões para investimentos, o que significa 8,89% da sua receita no período".

> PROGRAMA DO LEITE

Pesquisa da Emater justifica preço do litro pago no Rio Grande do Norte Apesar de ainda não ter feito nem o aditivo repassando R$ 0,03 ao preço do litro pego pelo Programa do Leite, a Emater/RN fez na quinta-feira (14) pesquisa sobre o preço do leite praticado no Programa do Leite, nos estados do Nordeste e Minas Gerais (o Nordeste de Minas Gerais também é atendido pelo Programa). O resultado diz que o valor pago no RN é o 3º maior praticado nos programas estaduais, sem considerar, no cálculo, o desconto do frete. A pesquisa, segundo o diretor geral do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do RN, Emater-RN, Ronaldo Cruz, foi feita junto aos responsáveis pelos programas do leite em cada um dos estados. Embora seja um dado conhecido, o estudo da Emater exalta o fato do Programa Leite potiguar realizar seus pagamentos diretamente ao produtor, o que é frisado por Ronaldo Cruz como “uma sistemática diferenciada no RN em relação aos demais estados do Nordeste, (...) respeitando todos os componentes

desta cadeia produtiva”. Os dados da pesquisa da EmaterRN destaca que apenas o Estado do Rio Grande do Norte faz o pagamento diretamente ao Laticínio e ao produtor, de forma separada. Assim, no RN, o preço do leite anunciado no programa é o preço efetivamente pago ao produtor. Nos demais estados, lembra o diretor-geral da Emater, o pagamento é feito somente ao laticínio, que repassa a parcela do produtor. Nesta operação, os laticínios descontam do produtor 2,3% sobre o preço do litro estabelecido no programa, referente à Contribuição Especial da Seguridade Social Rural (CESSR) e o valor do frete, que é função da distância entre o produtor e o laticínio que faz o processamento. “A depender do desconto do frete, que é variável, o valor do preço do leite anunciado pelo Governo do Rio Grande do Norte, em algumas situações, pode chegar a ser o maior valor pago, comparativamente aos demais programas estaduais do leite”, afirma Ronal-

do Cruz. “O preço anunciado pelo Governo para o produtor (R$ 0,83) atinge 3,6% acima da média dos demais estados (R$ 0,80). Os estados do Piauí e de Sergipe atualmente não estão operando o Programa do Leite”. lembra ele. Apesar disso, o Governo do Estado, via a Emater, orgão que gerencia o Programa do Leite, ainda não começou a pagar os R$ 0,03 centavos a mais prometidos pela governadora Rosalba Ciarlini há 40 dias. Enquanto isso, cai o volume de leite captado pelo programa oficial. Segundo o Sindleite, dos 145 mil litros de vaca captados diariamente, o volume já está em 70 mil litros com tendência a cair mais nas próximas semanas. A alegação dos produtores é que os R$ 0,80 pagos pelo litro não remuneram o custo numa época de seca rigorosa. Em vez de entregar seu produto para o Programa do Leite, os produtores preferem vender para o mercado livre, que chega a pagar no RN entre R$ 1,00 a R$ 1,10. (MH)


8 O Jornal de HOJE

Natal, 18 de junho de 2012

Cidade

Dia do Orgulho Autista incentiva conscientização a respeito da doença DESCONHECIMENTO Uma doença conhecida por muitos, porém, compreendida por poucos. O autismo ainda é um mistério para a ciência, dada a sua complexidade. O diagnóstico também não é simples: as características da doença começam a se manifestar por volta dos três anos de idade, sendo as que mais chamam à atenção as dificuldades nas interações sociais, na comunicação (seja verbal ou não verbal) e transtornos comportamentais, tais como interesses restritos e repetitivos. Ela é mais comum do que se imagina. Dados da ONU estimaram que em 2010, segundo especialistas, a doença teria atingido cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo. Para chamar atenção das autoridades, governantes e sociedade em geral para a síndrome, suas manifestações e diagnóstico, hoje (18) é celebrado o Dia Mundial do Orgulho autista. Por isso, a Associação de Pais e Amigos dos Autistas do Rio Grande do Norte (APAARN), a única instituição voltada exclusivamente para o atendimento aos autistas no Estado, de caráter beneficente sem fins lucrativos, programou uma série de atividades concernentes à data. Nesta segunda-feira, os 52 pacientes autistas atendidos pela entidade, cuja faixa etária vai dos 3 aos 32 anos, participam de programação interna composta por oficinas de palhaços, banho de piscina, salas com biblioteca e música e a cinoterapia, uma nova abordagem terapêutica que tem como diferencial o uso de cães como coterapeutas no tratamento físico, psíquico e emocional de pessoas com necessidades especiais. Por ser o único local onde os pais e os próprios autistas têm suporte para lidar com a doença, a APAARN possui uma extensa lista de espera. Ao todo, são 40 autistas, entre crianças e adultos, aguardando uma vaga na Associação. Lá, os responsáveis pelos autistas pagam uma taxa de R$ 30 mensais, podendo ser dispensada conforme a condição financeira da família. Estas contribuições, juntamente com convênios firmados com as

Segunda-feira

Divulgação

AINDA É CAUSA DE PRECONCEITOS

secretarias estaduais e municipais de assistência social e educação, são a fonte de sustento da Associação. Com isso, é pago o aluguel do espaço onde funciona a APAARN, e toda a equipe multidisciplinar, formada por 14 profissionais, entre fonoaudiólogos, terapeutas, pedagogos e psicólogos. Cada paciente passa 1h30 sob os cuidados dos especialistas, individualmente. As barreiras enfrentadas pela Associação, de acordo com a coordenadora Adriana Carla Batista, vão muito além do não reconhecimento da doença pela sociedade. "Nós não encontramos profissionais preparados para lidar com o autismo. Temos que buscar pessoas de outros estados e nas Associações de Mães Autistas (AMAS), que não existe no RN. Aqui faltam pessoas que lidem com psicomotricidade e educadores físicos que saiba trabalhar com autistas", conta ela. A questão financeira também é preocupante. "Não temos espaço próprio e temos que nos mudar sempre que o locador pede o imóvel. Hoje nosso espaço é pequeno, inadequado. Com o Governo, temos apenas convênios, mas sem segurança alguma. Eles são incertos", lamenta. Os diferentes graus e particularidades da doença são outro desafio. "Cada autista tem necessidades individuais, seja por limitações físicas, seja em conseguir autonomia. Os próprios pais, muitas vezes, por não conhecerem sobre o autismo, não aceitam a doença quando diagnosticada", observa a coordenadora. A Associação Americana de Autismo (cuja sigla é ASA, em inglês) identifica 20 manifestações basilares da patologia, sendo quatro as mais significativas. A primeira é o desenvolvimento alterado ou anormal de algumas habilidades físicas, sociais e de linguagem. A segunda são reações anômalas e exageradas aos sentidos e sensações, como visão, audição, tato, equilíbrio, olfato e gustação. A fala e a linguagem são notadamente atrasadas ou até mesmo ausentes, o ritmo da fala é tido

como 'imaturo' e a compreensão de ideias, 'restrita'. Há, ainda, uma forte tendência a ações repetitivas, como rotação, empilhamento e até mesmo fixação 'excessiva' em determinados objetos. Para obter mais informações sobre o trabalho da APAARN basta ligar para 3211-8354.

Associação de Pais e Amigos dos Autistas do Rio Grande do Norte (APAARN) realiza série de atividades alusivas à data

> OBRA

Aeroporto de São Gonçalo é tema de palestra Quem tiver dúvidas ou mesmo curiosidades sobre o andamento das obras do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, município na região metropolitana de Natal, terá nesta segunda-feira (18) uma boa oportunidade para esclarecê-las. Às 19h30, o diretor regional do Consórcio Inframérica, que responde pela construção do aeroporto e também é o engenheiro responsável pela obra, Ibernon Martins Gomes, irá proferir uma palestra sobre o tema na sede da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH-RN). O evento acontece a convite da ABIH. Toda a estrutura do projeto e o cronograma de execução das obras serão detalhados pelo engenheiro na ocasião. Ele também vai explicar o funcionamento dos acessos que estão sendo construídos para o local, onde serão recebidos aviões de grande porte e 6,2 milhões de passageiros anualmente - o que o tornará um dos maiores do país. Uma das aeronaves é o Airbus modelo A380, maior avião comercial de transporte de passageiros, cuja capacidade é de conduzir até 845 pessoas. Atualmente, as obras estão na fase de terraplanagem do Terminal de passageiros. Segundo Ibernon Gomes, elas estão dentro do cronograma traçado pelo Consórcio Inframérica. A previ-

são de inauguração do espaço é abril de 2014, a tempo de receber os visitantes e espectadores dos jogos da Copa. Ao todo, serão utilizados 40 mil mts² de área construída, num local que fica a 40 quilômetros de Natal. Destes, 2.700 mts² serão destinados aos terminais de carga. O atendimento aos pousos e decolagens se dará numa pista de 60 metros de extensão, assim como acostamentos de 7,5 metros de cada lado e um enorme pátio para estacionamento das aeronaves. Os passageiros terão oito pontes de embarque, 45 pontos de check in e 10 quiosques de autoatendimento. O aeroporto de São Gonçalo será o primeiro do Brasil a ser administrado pela iniciativa privada. Ele é aguardado há mais de 10 anos pelo segmento. Segundo a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), os estudos para sua instalação foram iniciados em 1993, pelo então Ministério da Aeronáutica, e já apontavam a necessidade da separação da aviação militar da civil no Rio Grande do Norte. Dois anos depois, em 1995, foram iniciadas as obras de implantação do novo sítio aeroportuário. A expectativa é que o complexo se torne uma alavanca para a economia local, fornecendo novas opções de escoamento da produção potiguar.

CMYK


Cidade

Segunda-feira

Natal, 18 de junho de 2012

Oposição à atual presidência da OAB articula chapa para eleição PERÍODO

O Jornal de HOJE 9

> PRONATEC Wellington Rocha

DE INSCRIÇÕES DAS CHAPAS SERÁ INICIADO NO MÊS DE AGOSTO

Faltando alguns meses para as eleições à presidência da Ordem de Advogados do Brasil do Rio Grande do Norte - que ocorrem na segunda quinzena de novembro os ânimos e movimentações para as campanhas já começam a esquentar. A cada três anos, os advogados potiguares fazem a escolha dos seus representantes. A campanha, que já é tradicionalmente disputada, começou mais cedo em 2012. Convencer os aproximadamente 10 mil inscritos na Ordem potiguar é o desafio. O atual presidente da OAB-RN, Paulo Eduardo Teixeira, anunciou extraoficialmente que irá se candidatar à reeleição. Feito isso, os demais postulantes se organizaram para se posicionar e dar início mesmo que precocemente - à campanha eleitoral. As inscrições oficiais das chapas concorrentes serão iniciadas apenas em agosto. Contudo, a principal oposição à atual presidência já tem dois nomes: André Saraiva e Lúcia Jales. Esta, inclusive, foi candidata na última eleição, tendo ficado em 2º lugar. Para este ano, a linha de argumentação da chapa está bem delineada. Nas palavras de Lúcia Jales, a principal bandeira a ser defendida pela oposição será dar oportunidade para todos os advogados ligados à Ordem terem voz na instituição. "Queremos que todos os advogados tenham vez e voz. A nossa luta é para que todos tenham espaço na OAB. A proposta é que ao invés de serem feitos almoços com a diretoria, como acontece atualmente e tem cunho meramente político, queremos realizar, além das sessões, uma reunião mensal apenas para escutar dificuldades e sugestões dos colegas", propõe.

Wellington Rocha

Pedro Costa explica que a prioridade é para beneficiados pelo seguro-desemprego

Centro Público de Natal inscreve para cursos de qualificação gratuitos A advogada Lúcia Jales ressalta a importância do apoio da Ordem aos profissionais que atuam no interior do Estado Outra crítica tecida pela advogada é a constante queixa dos bacharéis que atuam no interior. Segundo ela, eles reclamam que falta respeito aos profissionais que atuam nas cidades fora do eixo da região

não respeitam os advogados. O nosso projeto é interiorizar a OAB", alterca Lúcia Jales. Além da interiorização da Ordem, Lúcia e André tem outra ideia que pretendem apresentar na

‘ ’ Ao invés de almoços com a diretoria, com cunho meramente político, queremos realizar, além das sessões, uma reunião mensal para escutar dificuldades e sugestões dos colegas Lúcia Jales

metropolitana de Natal, especialmente por parte de delegados e policiais. "O advogado que atua no interior está à míngua. É uma reclamação geral de que as instituições

campanha: o estreitamento da interface entre a OAB e a academia, levando a Ordem para dentro das universidades. "Hoje, os jovens não têm incen-

tivo para serem advogados. Todos querem concursos. Queremos resgatar o principal objetivo dos cursos de Direito, que é formar advogados. Para isso, a Ordem tem que trabalhar dentro das universidades, estimulando o orgulho de ser advogado no profissional iniciante, para que ele consiga enxergar o valor da advocacia", explica a advogada. Neste sentido, a proposta da chapa é a realização de reuniões periódicas e visitas às faculdades de Direito como forma de resgate da valorização dos valores da profissão pelos formandos. Outra meta é ajudá-los a conhecer a Ordem, seu funcionamento e escopo, como também prepará-los com antecedência para o temido Exame de Ordem, exigência para que os bacharéis atuem regularmente como advogados.

A partir de hoje, o Centro Público Municipal oferece novos cursos através do Pronatec. De acordo com o secretário adjunto de Trabalho e Assistência Social de Natal (Semtas), Pedro Costa, os cursos serão definidos em parceria com o Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) e do Sistema S (Sesc, Senac, Sesi, Senai), onde as aulas serão ministradas. Além de ser uma oportunidade de qualificação profissional, todos estes cursos serão gratuitos. Pedro Costa ressalta que apenas o IFRN oferecerá mais de 40 cursos dentre eles Desenhista de Topografia, curso considerado de alto valor e por esta razão de acesso restrito. Para estes cursos específicos, diferente dos que já são oferecidos pelo Centro Público, é voltado para a qualificação profissional das pessoas que estão desempregadas e requerendo o seguro-desemprego pela terceira vez nos últimos 10 anos. O secretário explica que a regra que define que as pessoas que estão recebendo o seguro-desemprego terão o mesmo suspenso após a conquista de nova vaga de trabalho,

porém, Pedro Costa observa que o curso será concluído, mesmo que em uma área diferente. Os cursos de um modo geral são de serviços, comércio, indústria, dentre outros, com duração máxima de dois meses. As pessoas que estão recebendo o seguro-desemprego e tenham interesse em participar dos cursos também podem se inscrever, porém a prioridade das vagas é para quem estiver recebendo o benefício pela terceira vez em 10 anos. O Pronatec é um projeto de qualificação profissional desenvolvido pelo Governo Federal, em parceria com estados e municípios. O projeto reúne várias políticas públicas, que visam à inclusão produtiva dos brasileiros ao mundo do trabalho, por meio de cursos de formação técnica e continuada para estudantes secundaristas, trabalhadores e participantes dos programas de transferência de renda. O Centro Público funciona de segunda a sexta feira na Rua Fonseca e Silva, 1112, no Alecrim e na. Praça Padre João Maria, 78 no centro da cidade.

CMYK


10 O Jornal de HOJE

Natal, 18 de junho de 2012

Cidade

Segunda-feira

Fim de relacionamento termina em morte VIZINHOS OUVIRAM DESESPERO DE JULIETE DA CUNHA PEREIRA, QUANDO ELA ESTAVA SENDO AGREDIDA, NO PLANALTO ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Um homem inconformado com o término do relacionamento é acusado de ter assassinado sua ex-companheira a golpes de faca-peixeira no bairro do Planalto, zona Oeste de Natal. O crime, ocorrido ontem à noite, foi testemunhado pelos vizinhos da vítima, que ouviram os gritos de desespero de Juliete da Cunha Pereira quando ela estava sendo agredida pelo ex-marido. Ele conseguiu fugir antes que a Polícia Militar chegasse ao local. De acordo com informações da Polícia Civil, o pai da vítima, José Roberto Pereira, revelou que a filha mantinha um relacionamento com José Wilson de Moura e que, recentemente, resolveu terminar o casamento. Ele informou ainda que o

acusado não aceitava a decisão de Juliete e que teria agredido a mulher durante uma discussão, após tentar fazer com que ela desistisse da separação. José Roberto revelou ainda que, na última semana, a jovem teria chegado à casa dos pais, que também moram no bairro do Planalto, com vários hematomas espalhados pelo corpo e teria dito que queria se separar de José Wilson. Ela teria ficado na casa da família, até que ontem à noite, por volta das 20h30, o acusado chegou ao local. Alguns vizinhos da casa contaram aos policiais que ouviram o casal brigando e que, minutos depois, passaram a escutar os gritos de desespero de Juliete, que estava sendo atacada pelo excompanheiro. Após esfaquear a jovem, José Wilson saiu corren-

Wellington Rocha

do, entrou em um veículo Fiat Uno que estava parado próximo à residência e fugiu tomando rumo ignorado. Ao entrarem na casa, viram Juliete caída no chão, com vários golpes de faca-peixeira pelo pescoço e abdome e agonizante. A mulher ainda foi socorrida com vida para o posto de saúde do bairro de Cidade Satélite, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu antes de chegar ao local. As testemunhas ainda chamaram a Polícia Militar, que realizou buscas pelo acusado por toda a região, mas não conseguiu localizar José Wilson. O corpo de Juliete da Cunha Pereira foi encaminhado para a sede do Instituto TécnicoCientífico de Polícia do Rio Grande do Norte (Itep), no bairro da Ribeira.

"Homem Aranha" é assassinado Idário Alves da Silva, 56 anos foi assassinado após uma discussão com uma mulher identificada apenas pelos apelidos de "Galega" e "Marli", no conjunto Wilson Rosado, em Mossoró. A vítima foi morta com golpes de gargalo de garrafa, desferidos pela acusada, que foi presa quando tentava fugir do local do crime, ocorrido por volta das 20h30 de ontem. De acordo com informações da Polícia Militar, "Galega" e Idário, também conhecido pelo ape-

lido de "Homem Aranha", estavam bebendo no bar que pertence à acusada quando os dois começaram a discutir. A vítima teria dito vários palavrões para a mulher, que ficou indignada com a atitude do homem e teria quebrado uma garrafa para brigar com ele. Após ser atingido com dois golpes no abdome, Idário ainda tentou correr para casa, mas, ferido, caiu a alguns metros da porta do estabelecimento comercial. Testemunhas ainda acionaram o Serviço de Atendimento Médico

de Urgência (Samu) para atender o homem, mas ele não resistiu e faleceu antes que a equipe médica chegasse. Peritos do Itep de Mossoró estiveram no local e, após analisar o corpo de Idário Alves da Silva, constataram que ele morreu devido a uma forte hemorragia provocada pelos ferimentos feitos pelo vidro da garrafa. "Galega" ainda tentou fugir do local, mas foi alcançada e presa por policiais militares que estavam próximo ao local do crime.

Acusado, ex-marido da vítima, saiu correndo da casa. fugiu em um Fiat Uno e continua sendo procurado pelos policiais

Heracles Dantas

> NA RUA DO MOTOR

Polícia procura mulher acusada de abandonar feto de 8 meses

Populares encontraram o feto ontem à noite e policiais têm informações sobre o que pode ter acontecido no local

Um feto foi encontrado em um terreno na rua do Motor, na Praia do Meio, zona Leste de Natal. O corpo de uma menina com aproximadamente oito meses de gestação estava embalado em um saco plástico nos fundos da casa de uma mulher, que é apontada como a mãe da criança. A Polícia desconfia que a mulher tenha feito o parto sozinha e matado a criança logo depois. De acordo com informações da Polícia Civil, uma parente da doméstica Maria Cristina da Costa, a "Tina", revelou que a acusada apresentava, já há alguns meses, sinais típicos de gravidez, mas os escondia. Vizinhos também confirma-

ram a versão e disseram que ela nunca havia comentado nada a respeito desse assunto e que, por isso, as pessoas não a questiovam sobre a possibilidade de uma gestação. Ontem, por volta das 18 horas, algumas pessoas que passavam próximo à casa de "Tina" perceberam a sacola plástica jogada em um canto do terreno e, ao mexerem no embrulho, encontraram o corpo da criança. A Polícia Militar foi acionada e ao chegar à residência, os policiais confirmaram o fato, que atraiu a atenção dos moradores do local. Após conversar com a parente e os vizinhos de Maria Cristina ontem à noite, os policiais milita-

res ainda tentaram localizar a doméstica, sem sucesso. A informação que tiveram foi de que ela havia saído de casa pela manhã de domingo, com uma criança de oito anos de idade que morava com ela no local. Peritos do Instituto TécnicoCientífico de Polícia do Rio Grande do Norte (Itep) foram até o local e constataram que o recém-nascido morreu vítima de traumatismo craniano e que possivelmente foi assassinado logo após o parto, que pode ter sido provocado pela acusada. A polícia continua com as buscas pela mulher, mas até o final da manhã de hoje, não havia localizado a doméstica.

> PARCEIRO DE ‘PIPOQUINHA’

Foragido do Ceduc Pitimbu é apreendido pela PM Um adolescente de 17 anos foragido do Centro Educacional de Pitimbu (Ceduc), na Região Metropolitana de Natal, foi apreendido ontem à noite no Vale Dourado, zona Norte. De acordo com informações da Polícia Militar, ele teria participado de um assalto a uma farmácia na última quinta-feira, em companhia de um bandido identificado pelo apelido de "Pipoquinha". Conforme o 4º Batalhão da Polícia Militar, o adolescente,

identificado como "Foguinho", confessou o assalto ao estabelecimento e revelou o local onde os produtos roubados haviam sido escondidos por ele e seu comparsa, logo após o crime. Ele disse ainda para os policiais que as armas de fogo usadas durante o crime foram escondidas pelo "Pipoquinha", mas que não sabia onde elas estavam. No local indicado, foram encontrados inúmeros aparelhos celulares, dezenas de chips de vá-

rias operadoras de telefonia e cartões de memórias, inclusive um que pertencia a um homem que teria sido assassinado na última terça-feira. Os produtos foram fruto do assalto à farmácia e a outros estabelecimentos comerciais e pessoas nas ruas de Natal. Policiais do 4º Batalhão informaram que os funcionários da farmácia assaltada reconheceram o adolescente, que passava por uma rua próximo ao estabelecimento, e o denunciaram para a

polícia. Após ser apreendido, o adolescente foi encaminhado para a Delegacia de Plantão da Zona Norte e depois, levado para o Ceduc Pitimbu, de onde havia fugido. Os policiais ainda realizaram buscas por "Pipoquinha", mas não conseguiram localizar o acusado. DOIS FORAGIDOS PRESOS NO FINAL DE SEMANA Mais dois foragidos de presídios no Rio Grande do Norte

foram recapturados ontem. O primeiro a ser localizado foi Jadson do Nascimento Silva, 20 anos, acusado de assalto a mão armada. Ele cumpria pena em regime semi-aberto no Complexo Penal João Chaves, no conjunto Santarém, e já a alguns dias não se apresentava no local, conforme o indicado. Jadson foi preso por policiais militares quando passava pela avenida Tomaz Landim, no bairro de Igapó, Zona Norte de Natal.

O segundo fugitivo a ser recapturado foi Josivan da Silva Alves, que também cumpria pena em regime semi-aberto por furto e que foi preso durante uma ação de rotina da Polícia Militar no bairro de Felipe Camarão, Zona Oeste de Natal. Contra ele, havia ainda um mandado de prisão em aberto. Josivan não reagiu à abordagem policial e foi encaminhado para a Delegacia de Plantão da Zona Sul, no bairro de Candelária.


Cidade

Segunda-feira

Natal, 18 de junho de 2012

1 E1 den o O Ja H lrJ

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

Sargento Paul e um coração aos 70 John Lennon era o general da banda, ninguém duvida. Mas, como ocorre no cotidiano de um quartel militar, era o sargento Paul McCartney quem mantinha em evidência a ordem do dia com os outros beatles. Macca ditava o ritmo e a harmonia produtiva. Não estou tratando aqui de estabelecer parâmetros sobre qual era o melhor dos Fab Four, apenas tentando mostrar que entre as qualidades que em cada um deles se sobressaiam aos outros, como a liderança institucional de John, cabia a Paul a referência musical. Não existiriam os Beatles sem John Lennon, óbvio. Mas não haveria um equilíbrio entre sua veia criativa e seu destemperamento psíquico sem a presença do amigo Paul McCartney. E ambos não seriam o que foram sem os parceiros George e Ringo. Os quatro formaram o mais perfeito quarteto da história, superando em glórias e culto até mesmo outros dois grupos de quatro ícones criados por Alexandre Dumas, em 1844, e por Stan Lee, em 1961. Os mosqueteiros de Liverpool foram mais que fantásticos. A curta, e no entanto mas que longeva, trajetória dos Beatles deve muito ao talento musical e à inteligência comercial de McCartney. Foi ele o único a não depositar confiança no empresário Allen Klein, que já havia passado a lábia em Lennon e até no Mick Jagger, dos Rolling Stones. Foi ele o primeiro a perceber a crise que levou ao fim do grupo; tentou abrir os olhos dos outros três para a fome pecuniária de Klein, identificou a ingerência perigosa de Yoko Ono, mas evitou confronto para não penetrar no terreno pessoal do amigo. Quando John trocou a namorada de adolescência pela artista japonesa, e com seu peculiar autoritarismo impôs aos amigos uma distância física e emocional de Cynthia Powell, foi Paul o único a ignorar tal deselegância, visitando a mãe de Julian Lennon. Em seu livro autobiográfico "John", em que Cynthia narra sua vida com Lennon desde o ginásio até à separação, em 1968, ela conta emocionada sobre a rosa vermelha que Paul lhe deu ao visitá-la. "Ele era o único que não tinha medo de John", declarou. Desde os primeiros anos da amizade, McCartney

impôs com naturalidade o respeito que Lennon teve por ele até morrer em Manhattan, em 1980. A capacidade teórica e prática de Paul superava a força da liderança de John, como na chegada de George Harrison. Em princípio, o aprendiz de ditador educado na chibata moral da tia Mimi rejeitou a presença do menino de 15 anos na banda, mas foi vencido e surpreendido quando Paul colocou George diante dele e pediu que tocasse o violão. John quase que babou. Dos quatro gênios, Paul McCartney foi aquele que melhor soube se relacionar com os vícios, principalmente as drogas em moda nos loucos anos da década de sessenta. Livrou-se da maconha e da compulsão por uísque com um racionalismo todo seu. Não faz muito tempo, deixou de dar uns tapas na coisa, baseado no princípio paterno de não influenciar a filha Beatrice. Fugiu do uísque quando o vício já parecia tê-lo dominado, nos tempos em que a carreira dos Beatles começou a gerar contrariedades. Até 1970, com a banda já separada, Paul lutou contra aquele que o poeta Vinícius de Moraes chamava de "melhor amigo do homem, o cachorro engarrafado". A então mulher, Linda, fugiu com as crianças para a fazenda que ele ainda tem na Escócia. Hoje, dia do seu aniversário de 70 anos, os fãs pelo mundo afora fazem louvação nas redes sociais, a mídia lhe dedica espaços enormes, mostrando que nenhum dos ídolos dos anos 60 chegou aonde ele chegou em se tratando de reconhecimento mítico. Muitos brincam dizendo que Paul McCartney faria hoje 70 anos, se estivesse vivo; numa brincadeira com a lenda urbana criada em 1966, logo após os Beatles lançarem o álbum "Revolver". O boato reforçou-se em 67 com a canção "When I'm Sixty-Four". Composta por ele, mas logo atribuída a John, já que o verdadeiro Paul havia falecido num acidente, a música tenta antever o autor no futuro, aos 64 anos, um idoso quase inerte e à espera do fim. O Paul de 25 anos que a compôs jamais imaginou ser o mesmo cara aos 70. O sargentão do rock, um mito que não envelhece. (AM)

CANDIDATO

O vice-governador Robinson Faria (PSD) assumiu de vez o projeto de disputar o governo do Estado contra Rosalba Ciarlini em 2014. Nas convenções municipais que tem participado, seu discurso tem sido de confirmar e reafirmar a candidatura.

COMPANHEIRO MALUF

Nem Lula, nem Dilma, nem muito menos Erundina. Quem realmente conseguiu desatolar Fernando Haddad dos 3% de intenção de voto que pareciam perpétuos foi Paulo Maluf, que segundo o DataFolha já acrescentou 5% ao candidato do PT.

DATAFOLHA

Na pesquisa publicada hoje, o candidato petista a prefeito de São Paulo conseguiu avançar dos 3 para 5 pontos. E como os números também revelaram que a influência de Lula caiu 10 pontos, fica evidente que o novo companheiro Maluf deu o empurrão.

pública em toda a história da América Latina, o estadista Fernando Henrique Cardoso. Quando governou o Brasil, nenhuma das grandes nações do planeta tinha um líder com as suas qualidades.

MELHOR NÃO CONFIAR

A presidente Dilma Rousseff não é boba de liberar geral para alguns ministros, principalmente o bufão Brizola Neto, na pasta do Trabalho. Todos os convênios e criação de novos sindicatos e confederações agora passam pelo gabinete presidencial.

TRÂNSITO

Com tanto dinheiro desperdiçado em publicidade personalista, o poder público bem que poderia destinar modesta verba para uma campanha educativa que ensine o motorista de Natal a guiar correto, como por exemplo, liberar a via esquerda para ultrapassagens.

PROCURADO

Já faz alguns anos que a imagem de Paulo Maluf viaja o mundo nos avisos de "procura-se" da Interpol. O velho político, que virou símbolo de corrupção no Brasil, dessa vez não escapa da polícia internacional, pois se meteu com gente da pesada (PT).

ABSURDO

O alerta foi dado pela procuradora da República, Cibele Benevides, hoje cedo nas redes sociais: o governo Rosalba cortou o aumento dos professores que trabalham com alunos especiais portadores de deficiência nas instituições Suvag e Heitor Carrilho.

AUMENTO

Uma indagação intrigante, mas necessária: um juiz ou desembargador que acaba de receber aumento salarial, é republicano e justo quando sentencia a ilegalidade de uma greve de professores ou de policiais militares que reivindicam melhores salários?

A NOVA REBECCA

DILMA, NÃO

"Não me envolvam em nada disso porque eu vou ficar muito brava". As aspas teriam sido da presidente Dilma Rousseff quando soube que petistas ameaçaram convocar José Serra e os tucanos devolveram com um depoimento de Pagot sobre doações ao PT.

81 ANOS

Hoje é o aniversário do mais brilhante e capacitado presidente da Re-

O remake do famoso seriado "Dallas", criado em 1978 por David Jacobs, em exibição na TV da América Latina, traz uma estrela nascida em Buenos Aires que está conquistando Los Angeles. É a atriz Julieta Gonzalo, conhecida nos EUA por Julie Gonzalo, que interpreta a personagem Rebecca Sutter, a advogada que se casa com Christopher Ewing, personagem de Jesse Metcalfe. Olhem os olhos da hermana.

João Ricardo Correia jornalistajoaoricardocorreia@gmail.com / joaoricardocorreia@yahoo.com.br / Twitter: @joaoricardorn

ASSU 2 Herval Tavares trabalhou por 35 anos no Senado Federal. Homem de trânsito fácil nos corredores e gabinetes do Congresso Nacional, tornou-se amigo de deputados, senadores, ministros e presidentes da República. “Tenho a ficha limpa e serviços prestados ao Vale do Açu, por isso coloco meu nome ao julgamento dos eleitores”, justifica o pré-candidato. MEGA-SENA Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.398 da Mega-Sena, sorteado no sábado. O prêmio acumulou e deve ficar em R$ 37 milhões para o próximo concurso, na quarta-feira, 20. As dezenas sorteadas foram: 14 - 32 - 33 - 40 - 42 - 51. ESTELIONATO O ministro do Superior Tribunal de Justiça, Gilson Dipp, presidente da Comissão Especial de Juristas que elabora proposta para reforma do Código Penal, informou que os integrantes do colegiado devem concluir até amanhã o texto do anteprojeto que será protocolado no Senado até o dia 25, segundo a Agência Senado. Tomara que revejam o crime de estelionato. Tem muito 171 solto por aí, vitimando o dinheiro público.

José Aldenir

ATOS E FATOS O jornalista João Batista Machado lançará, no próximo dia 4, o livro “Política em atos e fatos”, a partir das 18 horas, na Academia Norte-riograndense de Letras, na rua Mipibu, 443, em Petrópolis. Trata-se de uma coletânea de artigos abordando temas relativos ao momento político nacional e à crise moral instalada nos três poderes da República. O livro tem apresentação de Paulo Tarcísio e prefácio de Roberto Guedes. ANISTIADOS Em apenas quatro meses, o Ministério da Justiça anulou 133 anistias políticas concedidas a ex-cabos da Força Aérea Brasileira (FAB), desligados durante a ditadura militar (1964-1985). Ao todo, o grupo de trabalho interministerial criado para verificar se, de fato, os ex-praças licenciados foram alvo de perseguição política, deverá revisar 2.574 processos. ANISTIADOS 2 O atual processo de revisão dos benefícios concedidos desde 2001 pela Comissão Nacional de Anistia, ligada ao ministério, começou em 16 de fevereiro de 2011, com a publicação da Portaria Interministerial nº 134. O texto é assinado pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e pelo então advogado-geral da União substituto, Fernando Luiz Albuquerque Faria. SOBREVIVENTE Natal se prepara para receber, pela primeira vez no Nordeste, a conferência do uruguaio Nando Parrado, no Seminário Internacional de Liderança, que acontecerá no dia 18 de julho de 2012, no Teatro Riachuelo. Ele é um dos sobreviventes do acidente aéreo de 1972, na Cordilheira dos Andes, que ficou conhecido como “Milagre nos Andes”, caracterizando a mais espetacular prova de resistência humana que se tem notícia na história. SOBREVIVENTE 2 A superação da tragédia fez de Nando Parrado uma referência na vida e também no mundo corporativo. Autor do best seller “Milagre nos Andes”, foi considerado o melhor conferencista do mundo, segundo o Word Business Fórum, em Nova Iorque, no ano de 2010. Em sua palestra, ele falará sobre como o trabalho em equipe, a determinação e, principalmente, a ação das lideranças foram fundamentais para a sobrevivência do grupo. O Seminário, organizado pela K&M Group, é um evento focado no desenvolvimento de executivos, gestores e futuros líderes que buscam o desenvolvimento de uma liderança de alta performance, visando garantir às empresas e aos profissionais a preparação necessária para aproveitar as oportunidades do mercado brasileiro.

De virar a cabeça Dai-me paciência, meu Deus! Meus ouvidos não são penicos.

ASSU A convenção do Partido Social Democrata Cristão (PSDC) que lançará a candidatura de Herval Tavares a prefeito de Assu acontecerá no próximo dia 24, das 10 às 13 horas, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais. O vice, do mesmo partido, será o advogado Osivaldo de Sá Leitão.

Mais riscos à beira mar Na praia de Pitangui, não são somente buggys que circulam ilegalmente à beira mar. Motoristas de caminhonetes também dirigem entre os banhistas, colocando em risco diversos inocentes. Um absurdo que precisa ser combatido. Esse povo que pensa ser dono do mundo merece ser penalizado. O problema é que, historicamente, as penas no Brasil só atingem, quase sempre, a classe menos favorecida.


12 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 18 de junho de 2012

Segunda-feira

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br MÆrlio Forte

w TENDÊNCIA REPERCUTIDA... A dificuldade que a prefeita Micarla de Sousa deverá ter para se reeleger, de acordo com pesquisas atuais sobre índice de aprovação da administração, foi assunto comentado hoje pelo jornalista Marcos Coimbra no Blog do Noblat. >>> A situação da Borboleta potiguar é analisada na matéria "Continuidade em cheque", que lista, além do caso da verde, mais outros dois semelhantes no Brasil, em que o candidato à reeleição é desaprovado pela maioria da população: Amazonino Mendes (PDT), em Manaus, e João Castelo (PSDB), em São Luís. "Três se elegeram em 2008 e chegam a este ponto de suas administrações com avaliação insatisfatória", diz o jornalista. >>> Para Coimbra, "as próximas eleições serão marcadas mais pela mudança que pela continuidade". w LUZ NO FIM DO TÚNEL? Segundo a reportagem, os partidos não interferem nessa tendência de não votar no candidato à reeleição. "Todos (os partidos) enfrentam situação semelhante. Considerado o conjunto das capitais, a possibilidade é alta de que tenhamos uma safra de prefeitos com perfil diferente do atual. Alternância parece ser a palavra de ordem", escreveu. >>> Porém, o jornalista ressaltou: "Tudo isso, é claro, se as pesquisas não mudarem. E vão mudar". w MARCA DA CAMPANHA Pré-candidato a prefeito de Parnamirim, o deputado estadual Gilson Moura decidiu apostar num nome de peso para assumir o marketing da Campanha. >>> Assinou contrato com a agência Marca, do publicitário-competente Zé Ivan. w ALFINETADA A ex-governadora Wilma de Faria voltou a assumir o estilo da política aguerrida e sem papas na língua que costumava adotar e que havia abandonado desde que perdeu a última eleição para o Senado Federal, em 2010. >>> Entre outras situações recentes, no seu discurso durante a convenção que homologou a candidatura de Mara Cavalcanti à Prefeitura de Riachuelo, neste fim de semana, a pessebista fez questão de enfatizar o quanto é aplaudida nos locais onde aparece, "mesmo sendo apenas ex (governadora)". >>> É o poder de ser oposição... w NO FRONT Da classe política, também marcaram presença no evento em Riachuelo o vice-governador Robinson Faria, o deputado federal Fábio Faria e deputados estaduais Gustavo Carvalho e Gesane Marinho, que foi prestigiar seu aliado, o candidato a vereador Baíca, presidente do PSDB no município. w SUJEITO OCULTO Continua o mistério... >>> Aagenda oficial da governadora Rosalba Ciarlini, divulgada á imprensa, só informa agora hora, local e assunto. >>> O item "com quem" está sendo esquecido. w COM NOME E TUDO Falando nisso... >>> ...a coluna descobriu que Rosalba vai reunir ainda hoje, às 18, vários auxiliares do primeiro escalão. >>> A democrata irá pedir aos secretários que ajudem o colega Isaú Gerino, recém-chegado ao time rosa para comandar a pasta da Saúde. >>> O objetivo é pô-lo a par da situação no hospital Walfredo Gurgel e na Unicat. E acelerar a subida no ponteiro de aprovação da gestão estadual nesse setor...

Cedida

Advogado-competente, Daniel da Costa foi conferir a exposição "Onde Quer Que Seja" da artista plástica Clarissa Fernandes M. Torres, na Livraria Nobel da Salgado Filho. O evento tem visitação até 13 de julho

CanindØ Soares

Candidata à reeleição, a prefeita Micarla de Sousa foi eleita a Rainha do Milho do São João da Zona Norte Joªo Neto

Casal-gente-boa MIchelle e Ézio Costa prestigiando o Arraiá pra lá de Dez de Jota Oliveira Mulheresnofds

Larissa Borges de Melo comemorando o sucesso da nova edição da Revista Versailles

w DECIDIDO O PSB em Assu, que polarizou as duas últimas campanhas municipais, não terá candidato nem a vereador esse ano. >>> A ex-secretária Fátima Morais anunciou que o partido também não fará coligação com nenhuma ala. Ela vai assistir à disputa entre o deputado George Soares (PR) e o prefeito Ivan Júnior (PP). >>> Detalhe: até agora ninguém sabe quem a ex-governadora Wilma de Faria vai apoiar na capital do Vale do Açu. w DECIDIDO I O vereador Enildo Alves, líder da prefeita Micarla de Sousa na Câmara Municipal de Natal, mantém a tese de que os vereadores devem repetir a sessão que desaprovou as contas de Carlos Eduardo, para dar a ampla defesa questionada ao pedetista. >>> Em resposta à nota publicada na ediç��o de sábado desta coluna, quando foi dito que há parlamentar aliado a Micarla comentando que "repetir a sessão é admitir o erro da anterior", o democrata afirmou: "Se, por ventura, a sessão da Câmara Municipal de Natal realizada no dia 23 de Maio fosse realmente anulada (tenho certeza que não será) em última instância, teríamos que votar outra vez, corrigindo eventual falha que não aconteceu. Inúmeras declarações de juristas de renome local e nacional (Ministro Celso Melo do STF, recentemente) mostram que a Câmara Municipal de Natal fez o correto e de acordo com a Constituição Federal (Art. 31) e respeitou também o artigo 5º da Constituição Federal (Ampla Defesa e Contraditória). Atenciosamente, Enildo Alves".

w CONTRA AS FRAUDES EM CONCURSOS PÚBLICOS Ontem, o Fantástico mostrou os golpes que transformam os concursos públicos em cabides de emprego em todo o país. >>> Pensando nos 'concurseiros' penalizados, o deputado democrata Felipe Maia apresentou o Projeto de Lei PL 7738/10, que tipifica a fraude nos concursos públicos. A proposta altera o Código Penal (que é de 1940) e prevê a reclusão de dois a oito anos para os fraudadores. >>> Em caso de fraude visando vantagem econômica a pena poderá ser ampliada em até dois terços. w GIRO PELO TWITTER... ...do jornalista Reinaldo Azevedo: "Quem articulou a adesão de Maluf à campanha de Haddad foram Luiz Marinho e Rui Falcão, sob comando de Lula"; >>> ...do deputado estadual Walter Alves: "PMDB unido em Parnamirim para apoiar a candidatura do prefeito Maurício Marques".

w VELHA GUARDA Na convenção que homologou a candidatura a prefeita de Keka (PMDB), em Serra Caiada, uma das mais animadas no palanque com o discurso do deputado federal Henrique Alves era Dona Lúcia. >>> Uma senhora de 87 anos, primeira filiada ao PMDB no município. >>> Empolgada, a bacurau correu para abraçar o peemedebista assim que ele terminou o discurso e quase não o soltou mais. w DEFININDO... Semana decisiva para a oposição em Currais Novos. >>> O deputado Ezequiel Ferreira e o ex-prefeito Zé Lins, líder nas pesquisas, devem acertar os últimos ponteiros para fechar a chapa. >>> Ezequiel tem o controle do PTB, PMDB, PP, PSDB e do PMN em Currais Novos. Além disso, tem um bloco com três vereadores.

w UMA GRAÇA! A coluna publicou neste sábado a informação de que o ministro potiguar da Previdência Garibaldi Alves participaria hoje da Rio + 20 como um dos debatedores do tema "Direitos Humanos e Sustentabilidade", ao lado da ministra dos Direitos Humanos Maria do Rosário (PT-RS) e do escritor e teólogo Leonardo Boff (segundo contou o próprio ministro a esta colunista). >>> Pois bem, a coluna Painel, de Vera Magalhães, na Folha, registra hoje mais uma tirada de Garibaldi, daquelas de causar gargalhadas, ontem, um dia antes do debate. >>> "Na véspera da realização dos seminários de discussão da Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, o ministro da Previdência, Garibaldi Alves(pmdb-RN), explicava a um grupo de jornalistas como seria sua participação no painel "Direitos Humanos e Sustentabilidade", em parceria com a ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário (PT-RS). Preocupado com a abrangência do tema e o formato da entrevista, Garibaldi desabafou: - É aquele formato Altas Horas. A plateia toda em volta e as vítimas no centro. E, nesse caso, a vítima sou eu!"

Fause Haten na SPFW

w DICA Para os fãs do Red Hot Chilli Peppers: >>> Na próxima sexta, dia 22, a balada será na festa Dublin Californication. Com especial do Red Hot com a banda Hotplay.


Cidade

Segunda-feira

O Jornal de HOJE 13

Natal, 18 de junho de 2012

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br

Da carne ideológica

w LIÇÃO - I O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, ao enfrentar o PT e lançar candidato próprio a prefeito de Recife, mostra aquilo que sempre falta aos petistas desde a posse de Lula na presidência: humildade. w ALIÁS - II O episódio deixa claro que na política os líderes têm mais força do que os partidos. Eduardo Campos já reúne quinze partidos na luta, ele que mantém uma das maiores lideranças da história de Pernambuco. w DATA - I O Diário de Pernambuco abriu página inteira na capa do caderno Viver, sábado, para os 85 anos de Ariano Suassuna. Vem ai seu livro esperado que ele já considera o mais importante de toda a sua vida. w SEGREDO - II Ariano está em Alagoas, onde grava para o Sesc parte do documentário 'Ariano Conta o Nordeste', mas promete publicar o livro este ano. Com setecentas páginas. É segredo, mas seria uma revisita à sua obra. w GRAÇA Francisco de Assis Barros, Ciduca, reúne os amigos dia 29, das 9 às 12, na Associação dos Aposentados do Banco do Brasil - Av. Floriano Peixoto 616 - para lançar o livro 'Minha Gente engraçada do Seridó'. w PIOR - I Discordar do arcebispo pode até ser natural, mas desobedecer ao Direito Canônico é estranho. Pior ainda é padre fazer críticas pessoais ao Arcebispo, como vem ocorrendo nos últimos dias por conta do poder. w ALIÁS - II É bom lembrar a esses padres pecadores que há pouquíssimos dias eles beijaram o anel na cerimônia de posse do arcebispo, renovando de viva voz, a obediência e a humildade. É feio criticar às escondidas.

Q

uando entrei na Universidade, Senhor Redator, tinha a pureza de um noivo de Themis, a deusa da Justiça. Só depois, e quem sabe, de descobrir o triste erro de amá-la, larguei a beca que talhara em forma de sonhos sobre os ombros, e fui ser jornalista. Nem assim, humano e vulgar, escapei do furor ideológico daqueles anos de chumbo que pesavam mais pelas suas patrulhas nos corredores acadêmicos e onde cada um, pela consciência política, tinha o dever de ser pelo menos um candidato a guerrilheiro. Não mudamos muito, vistos da frase referencial do velho senador Dinarte Mariz, quando dizia que Natal só tinha três comunistas de verdade, por convicção: os irmãos Djalma e Luiz Maranhão, e o médico Vulpiano Cavalcanti. E assim mesmo, por argúcia da sobrevivência, Djalma uma vez aliouse a Dinarte para espanto de alguns precários desta Aldeia Velha de Felipe Camarão. Tanto é que nunca se inventaram heróis nem pediram indenização a ninguém pelos seus sonhos que morreriam com eles. Naqueles tempos, não deixava de ser instigante ver o heroísmo mamulengueiro de certas figuras, de saias e cabelos longos, sempre de protestos em riste. Principalmente as jovens senhoras, algumas de boas carnes, outras nem tanto, sobrancelhas eriçadas, bradando palavras de ordem. Não tinham sequer, muitas delas, lastro cultural. Bastava ser de esquerda. Um modelito jeitoso de ser e não ser, com bom trânsito numa patota que citasse Foucault e Morin, com uma boa pitada do existencialismo sartreano.

Algumas delas foram tudo. Ocuparam todos os cargos na vida acadêmica, menos a Reitoria, afinal seria muito feio querer ser reitora ou pró-reitora biônica, sem o voto das bases. Muitas, e sejamos sinceros, eram fraquinhas, fraquinhas, como até hoje, já aposentadas. E nós outros, os filhos da barbárie, e como se fossemos ainda por cima bárbaros, enfrentando os olhares que partiam de um duro silêncio de reprovação. Do nosso lado, e nem sabíamos, só o tempo. Invisível, tão grande era a lentidão dos anos. Lembro de uma vez, na fase petista mais remota, de claras intolerâncias nascidas de jactâncias vitoriosas e reluzentes, quando vi e ouvi o desdém de duas sociólogas diante da minha pobre ousadia em acreditar pouco na coerência política desta Aldeia. Partia minha suspeita de uma velhíssima tradição de quatro séculos. De quando Felipe Camarão, nosso primeiro herói, deixou-se cooptar com o título de Governador Geral dos Índios do Brasil e nunca mais lutou por coisa nenhuma, a não ser por seu bocado. Anos depois, os vermelhos petistas e wilmistas estavam juntos, ungidos pelos mesmos punhos cerrados daqueles tempos. Aliás, outro dia, soube da discreta reação de uma petista que largou o partido pela liderança de uma das oligarquias desta vila. Hoje, Senhor Redator, e de tudo - além da juventude que perdi - só reclamo não tê-las conhecido nos meus tempos de solteiro. Bancaria um marxista sedutor e romântico só para provar a sensualidade daquelas carnes tão belas e tão inutilmente subversivas...

Livro com poesias de servidores do TRT é lançado hoje em Natal O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região comemora neste mês de junho o 20º aniversário de sua instalação no Rio Grande do Norte e, para marcar as comemorações, a Associação dos Servidores do TRT/RN - ASTRA 21, irá publicar um livro comemorativo com crônicas e poesias dos servidores da Corte Trabalhista. “Crônicas e Poesias - Livro Comemorativo pelos vinte anos de instalação do Tribunal Regional do Trabalho no RN” será lançado logo mais, a partir das 16h, no plenário do TRT/RN. O livro se divide em duas partes. A primeira contém sete crônicas e 21 poesias inéditas dos servidores do quadro pessoal do Tribunal do Trabalho e a segunda parte terá 14 poemas de membros da Corte que já publicaram obras cuja temática foi poesia.

A obra é ideia da diretoria da ASTRA 21 que busca investir na cultura entre os seus associados,

e essa foi a forma de encontrar, entre os servidores, talentos com inclinação para as letras e sensibilidade poética. O projeto da ASTRA 21 foi abraçado pela administração do TRT/RN, representada seu presidente Desembargador Ronaldo Medeiros de Souza, e feito em parceria com a Escola Judicial, presidida pela Desembargadora Maria do Perpétuo Socorro Wanderley de Castro. Os trabalhos foram selecionados por uma comissão que teve a participação de um magistrado trabalhista, um servidor da Justiça do Trabalho e do advogado e professor Diógenes da Cunha Lima, presidente da Academia Norteriograndense de Letras.

> DÉFICIT NO RN

OAB/RN sugere criação de comissão para discutir o problema da falta de juízes O Conselho da Seccional do Rio Grande do Norte se reuniu extraordinariamente em Mossoró na última sexta-feira (15), para discutir o número insuficiente de juízes no interior do Estado. A reunião foi presidida por, Paulo Eduardo Teixeira, Presidente da OAB/RN e também contou com a presença do vice-presidente da entidade, Aldo Medeiros; do secretário-geral da seccional Potiguar, Paulo Coutinho; do presidente da Subseccional de Mossoró, Humberto Fernandes; Presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do RN, João Maria Trajano; do coordenador da Associação dos Magistrados do RN na Região Oeste – Amarn, Breno Valério

Fausto de Medeiros; além dos demais diretores, membros do Conselho Seccional e da diretoria da OAB/Mossoró. O tema principal da reunião foi o problema crucial do Tribunal de Justiça no que diz respeito à carência de Juízes no interior do Estado. Para o Conselho da OAB/RN, é inadimissível que não hajam magistrados para julgar os casos da sociedade. Para tentar solucionar o problema, a Seccional Potiguar sugeriu a criação de uma comissão com representantes da Amarn, Tribunal de Justiça, Ministério Público, OAB/RN, Defensoria Pública e Assembleia Legislativa do Estado. A ideia da comissão é apresentar propostas para

tentar solucionar o problema da ausência de Juízes. Outro ponto que estava na pauta da reunião era debater a situação dos municípios da região oeste, sobretudo em relação à efetiva aplicação das políticas públicas federal e estadual no auxílio ao pequeno e médio produtor rural. Foram convidados para participar das discussões 59 prefeitos da região oeste, secretários de Recursos Hídricos e Agricultura, deputados estaduais, senadores e a governadora Rosalba Ciarlini, mas ninguém compareceu. A diretoria da Seccional Potiguar e o representante da Amarn lamentaram a ausência das autoridades, já que perdeu-se a oportunidade de discutir o tema.

w SÍNDICOS - I Durante o II Workshop sobre Gestão de Condomínios na II Expocondominial, 5 e 7 de julho no Centro de Convenções, a patrocinadora Potigás vai expor sobre os serviços que hoje oferece aos condomínios. w COLETA - II Outro destaque é a palestra da consultora Myrian Nardy que falar sobre a importância da coleta seletiva nos condomínios. A Expocondominial vai reunir produtores e prestadores de serviços especializados. w MESA Vale sentir o grande sabor da matéria de capa da Revista da Cultura - 'Todas as artes e seus banquetes', de Guilherme Bryan com aquela cena de A Festa de Babette. No cinema, literatura e nas artes plásticas. w JEITO Roberta Sá é a entrevistada de 'Meu jeito de voar', última página da revista de bordo da Gol. E revela que é leitora de Clarice Lispector. E está lendo as crônicas de Lispector em 'A Descoberta do Mundo'. w HUMOR Veio via e-mail e, como sempre, de JSM: 'Tou vendo a hora Carlos Eduardo dizer que o ministro Celso de Melo, por afirmar que a Câmara pode julgar contas dos prefeitos, não vale um fósforo queimado'. w POESIA Do poeta Astier Basílio, pernambucano radicado em João Pessoa, este começo de poema num verso a fazer parte de todas as antologias: 'Um morto nunca acaba. Um morto é sempre o que em nós houver'.

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

apronianocfs@hotmail.com

Dono de mineradora no RN disse em entrevista na TV Cabugi que o Porto de Natal não tem condições para receber navios de 35 toneladas

PUBLICAÇÃO COMEMORA ANIVERSÁRIO DO TRIBUNAL NO RN Divulgação

w ESTRELA Surge mais uma estrela a cantar no púlpito católico: padre Reginaldo Manzotti do Santuário de S. Judas Tadeu, em São Paulo. Colarinho clerical em camisas finas, sapatos de grife, e avançado nas suas idéias.

NATAL Navio Asso 26 Leblon Lagoa Carioca Lagoa Paranaense Flevo Sound Future Marlin CMA-CGM Platon Marfret Guyane CMA-CGM Homere

Bandeira Brasil Brasil Brasil Brasil México Libéria Libéria United King França Inglaterra

Agência Seamaster Seamaster W. Sons W. Sons W. Sons NML/JSF Petrobras CMA-CGM W. Sons CMA-CGM

Chegada No Porto No Porto No Porto No Porto 21/06 21/06 21/06 23/06 30/06 07/07

Destino Guamaré(RN) Guamaré(RN) --Guamaré(RN) Fortaleza(CE) Belém(PA) Vigo/ESP Vigo/ESP Vigo/ESP

Carga Reabastecimento -Em Operação Em Operação ---Contêineres Contêineres Contêineres

Descarga -Draga --Draga Trigo Combustível ----

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN Vallesina

Itália

Miss Timona Alexandria

Itália Grécia

Petrobras

No Porto

Salvador(BA)

Óleo cru

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN

Dia 18 19

Arrow 22/06 A. Marítima 22/06

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 15:58 2.1 21:41 0.5 04:09 2.2 10:09 0.4

Paranaguá (PR) Santos (SP)

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Sal Sal

Cheia

---

FASES DA LUA (04/06 - 08:12h)

Minguante

(11/06 - 07:41h)

Nova

(19/06 - 12:02h)

Crescente

(27/06 - 00:30h)


14 O Jornal de HOJE

Natal, 18 de junho de 2012

Cidade

Segunda-feira

Escoteiro: sempre alerta e pronto a ajudar CRIANÇAS E JOVENS APRENDEM SOBRE DISCIPLINA, MEIO AMBIENTE, PRIMEIRO SOCORROS E COMPANHEIRISMO EM GRUPOS O que lhe remete a palavra escoteiro? Para boa parte da população, os escoteiros são grupos que estão prontos a ajudar ao próximo, sempre envolvidos com boas causas como meio ambiente e assistência social e ainda com várias habilidades especiais. Mas você sabe como teve origem o movimento escoteiro? Iniciado na Inglaterra, em 1907 pelo militar Baden-Powell, o escotismo começou através de um acampamento experimental na ilha de Brownsea com um grupo de vinte rapazes. Após o sucesso do acampamento foi decidido que tudo seria escrito e sistematizado e, dessa forma, surgiu a publicação "Escotismo para Rapazes", que já nos primeiros meses de 1908 fez milhares de leitores e adeptos. No Brasil, o escotismo teve início em 1917, através de marinheiros e no Rio Grande do Norte um dos grupos pioneiros fundados no Estado foi o Grupo Escoteiro Professor Luis Soares, cujas atividades existem até hoje. Nesta época, em plena Primeira Guerra Mundial, no espaço onde hoje funciona o Colégio das Neves, no Alecrim, os escoteiros montavam tendas para cuidar dos doentes e colocavam panos pretos em residências para que a luz não se tornasse alvo da guerra. A principal filosofia do movimento escotista é voltada para a formação do caráter do jovem, com base em três princípios: deveres para com Deus, deveres para consigo mesmo e deveres para com o próximo. Os escoteiros podem ser das modalidades do ar, da terra e do mar, com o apoio das respectivas forças armadas, Aeronáutica, Exército e Marinha. Como pré-requisitos são necessárias a realização de atividades ligadas ao meio ambiente e aos primeiros socorros. ETAPAS O lobinho é o primeiro estágio do escotismo, voltado para crianças entre 7 e 10 anos. O trabalho desenvolvido nesta etapa tem como pano de fundo a história do menino lobo, cercada de fantasia e aventura. Já aos 11 anos, é a entrada na Cidade dos Homens e aos 15 anos, os escoteiros viram sêniores ou guias (no caso das meninas) estágio que eles vão progredindo e conseguindo os distintivos e cordões. Aos 18 anos, é vez da etapa dos pioneiros e pioneiras, que têm a filosofia de servir. Neste estágio os escoteiros fazem projetos, desenvolvem e apresentam resultados, como, por exemplo, uma ação em creches nas áreas de limpeza e pintura. Já aos 21 anos, os escoteiros se tornam pioneiros, são orientados por um mestre e auxiliam os chefes, sendo responsáveis por atividades. Eles também passam por processos de capacitação, em níveis preliminar, básico e avançado. Depois de concluídas as etapas e especializações estão aptos a receberem insígnias de madeira. Maria Soares, diretora do Grupo de Escoteiros do IFRN, cita vários exemplos de como o escotismo trabalha na melhora de hábitos cotidianos de vários jovens. "Teve alguns casos de meninos que chegavam sujos, com pouco asseio, chulé, e ao invés de repreendermos faze-

Wellington Rocha

Um método utilizado em todo mundo

Estoteiros podem ser dividos em modalidades de ar, terra e do mar, de responsabilidade das forças armadas. Foco das atividades também está no meio ambiente mos palestras sobre higiene e o resultado sempre é muito bom. Nada é imposto, cada um deve cuidar de si. Nossas palestras, dinâmicas e jogos cooperativos buscam uma maior conscientização dos escoteiros e ainda desperta valores que se perdem". A atual diretora do grupo é um bom exemplo de como o escotismo pode dar um novo direcionamento para a vida. Divorciada, ela criou sozinha três filhos homens e foi através do escotismo que aprendeu novos valores. "Costumo dizer que tenho uma dívida eterna com o movimento escoteiro e assim como fui orientada quero passar minha experiência para os outros. Várias mães chegam aqui em busca de ajuda e vejo casos parecidos com o meu. Já são 11 anos e não dá para parar". O Grupo Escoteiro do Mar Artífices Náuticos funciona no IFRN e é formado, em sua maioria, por alunos da instituição, mas também por estudantes de comunidades mais carentes de regiões como zona Norte de Natal, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante. O Grupo é mantido por doações e recebe ajuda da

Marinha do Brasil. O Grupo de Escoteiros do IFRN é o único do Norte e Nordeste a ter cursos de chefe do mar. A equipe também é o primeiro Grupo Padrão Ouro do estado e já há sete anos consecutivos. Este tipo de certificado é concedido pela União dos Escoteiros do Brasil de acordo com as ações desenvolvidas. Ações como campanha de arrecadação de alimentos, coleta de lixo em praias, limpeza do Parque das Dunas, da Área de Proteção Ambiental de Genipabú e de caminhos de buggy são alguns dos trabalhos realizados pelo Grupo de Escoteiros do IFRN. A estudante Paloma Batista, de 19 anos, entrou no escotismo há cerca de um ano. Ela conta que foi através da sua bolsa na Diretoria de Extensão que conheceu o trabalho. "Me interessei, principalmente pelo lema servir e pelas questão dos valores, bem como a proposta de relação com a sociedade e com os mais próximos. Meu comportamento também melhorou. Sou muito impulsiva e agora estou respeitando mais o espaço dos outros. Com a minha família e amigos também José Aldenir

José Edvan afirma que escotismo o deixou mais atento na escola e na igreja

estou mais compreensiva. Me sinto bem sendo escoteira". José Edvan, estudante do curso de Turismo do IFRN, contou que só conhecia o movimento escoteiro através da televisão. "Não sabia que tinha aqui e conheci através de uma divulgação no laboratório de Física,

onde era monitor. Entrei em junho de 2011 e comecei a fazer coisas que nunca imaginei, como andar de caiaque e na parte social, as visitas às creches. Estou mais atento para ajudar as pessoas ao meu redor e também interajo melhor tanto na escola, como na igreja".

O escotismo é um movimento mundial, educacional, voluntariado, apartidário e sem fins lucrativos, mas que segue uma metodologia própria. De acordo com Maria Soares de Macêdo, diretora do Grupo Escoteiro do Mar Artífices Náuticos, projeto de responsabilidade social do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), apesar de ser seguido o "Método Escoteiro", nada é imposto. "Nossas atividades não são impostas e até mesmo os escoteiros dizem o que querem aprender e trabalhamos com ciclos de programas, com duração média de três meses. São mais de 200 modalidades para que o jovem desperte suas habilidades e sua vocação profissional. O que eles aprendem não se aprende em sala de aula, na igreja ou na rua", enfatizou.


Esporte

Segunda-feira

Natal, 18 de junho de 2012

O Jornal de HOJE 15

Fotos: Wellington Rocha

A torcida do ABC voltou a protestar contra o aluguel do Frasqueirão. Em compensação o público presente esteve bem

O garoto Erivélton voltou a ter oportunidade e não desperdiçou. Jogou bem e marcou o seu primeiro gol como profis-

Vitória e suspiro aliviado PELA PRIMEIRA VEZ NESTA SÉRIE B DO CAMPEONATO BRASILEIRO, O ABC VENCEU JOGANDO NO ESTÁDIO FRASQUEIRÃO. A VITÓRIA POR 4 A 2 DIANTE DO CRB-AL DÁ TRANQUILIDADE AO ALVINEGRO PARA A SEQUÊNCIA DA COMPETIÇÃO, JÁ QUE NAS DUAS PRÓXIMAS RODADAS O TIME JOGA LONGE DE CASA O Frasqueirão desta vez fez a diferença. Aliás, não só o estádio, mas também a nova formação e escalação colocada em campo pelo técnico Márcio Goiano. O treinador alvinegro apostou na equipe que treinou durante a semana e promoveu a entrada do garoto Erivélton no meio campo. Além dele, o zagueiro Alison, que atuou como volante, também foi uma das alterações aprovadas pelo torcedor. O primeiro tempo ainda foi de nervosismo e o placar terminou empatado em 1 a 1. No segundo tempo o ABC partiu para o ataque e encontrou o caminho da vitória. O placar de 4 a 2, com gols alvinegros marcados por Raul, Bileu, Erivélton e Adriano pardal, garante mais três pontos e a oitava colocação na tabela de classificação.

"Sabíamos que não seria um jogo fácil, o CRB tem uma boa equipe, mas, felizmente, conseguimos impor o nosso jogo e conquistar um resultado importante. Não fizemos um bom primeiro tempo, tivemos alguma dificuldade, mas corrigimos no intervalo e voltamos melhor. Tocamos a bola, aproveitamos as oportunidades e chegamos a vitória. O grupo está de parabéns", explicou o técnico Márcio Goiano, que também falou a respeito do crescimento do time no decorrer dos jogos. "Fizemos um bom jogo, mas não podemos dizer que está tudo certo. Temos coisas para corrigir e acertar, precisamos melhorar em alguns pontos, e vamos trabalhar para isso. A equipe ainda vai crescer mais na competição", com-

sistência tática à equipe foi Alison, que ganhou nova posição tática, deixando a zaga e atuando como volante. "O meio campo se acertou. Acho que com a entrada de Alison, a qualidade elevou bastante. E Adriano Pardal, um jogador que luta muito, que arrasta os zagueiros. O CRB jogou com três zagueiros e ele passou os 90 minutos em cima, "matou" os três zagueiros", elogiou o lateral Renatinho Potiguar. O ABC agora tem uma semana inteira pela frente para aprimorar o entrosamento e recuperar o atacante Elionar Bombinha, que mais uma vez ficou de fora devido a uma lesão na coxa direita. O próximo compromisso alvinegro será no sábado, diante do Guarani, em São Paulo.

Clube

PG

JG

VI

GP

GC

SG

1

Criciúma-SC

15

6

5

0

1

15

9

6

2

América-MG

13

6

4

1

1

11

4

7

3

América-RN

13

6

4

1

1

14

8

6

4

Vitória-BA

13

6

4

1

1

11

5

6

5

Joinville-SC

11

6

3

2

1

7

6

1

6

Avaí-SC

10

6

3

1

2

8

6

2

7

São Caetano-SP

10

6

3

1

2

7

5

2

8

ABC-RN

8

6

2

2

2

10

8

2

9

Boa Esporte-MG

8

6

2

2

2

9

9

0

10

Paraná-PR

8

6

2

2

2

9

10

-1

11

Goiás-GO

8

6

2

2

2

7

10

-3

12

Atlético-PR

7

5

2

1

2

8

5

3

13

Bragantino-SP

7

6

2

1

3

10

11

-1

14

ASA-AL

7

6

2

1

3

6

7

-1

15

CRB-AL

6

6

2

0

4

7

12

-5

16

Guarani-SP

6

6

1

3

2

7

7

0

17

Ceará-CE

5

6

1

2

3

10

13

-3

18

Ipatinga-MG

4

5

1

1

3

4

9

-5

19

Guaratinguetá-SP

3

6

1

0

5

6

14

-8

20

Grêmio Barueri-SP 2

6

0

2

4

4

12

-8

Norberto volta. Fabinho é dúvida Qual notícia você quer ler primeiro, a boa ou a ruim? A boa é que o ala Norberto, depois de ficar fora por duas rodadas, está de volta ao time principal do América e confirmado para a partida de amanhã, 21h, pela sétima rodada da Série B, diante do ASAAL, no estádio Nazarenão em Goianinha. O jogador se recuperava de lesão, foi liberado pelo departamento médico e treinou normalmente com o restante do grupo. A notícia ruim fica por conta do volante Fabinho, que saiu de campo na última rodada machucado e foi poupado dos treinamentos. Nesta terça-feira Fabinho passará por novos testes, que dirão se o técnico Roberto Fernandes precisará ou não fazer modificações no meio campo. Duas modificações já estão certas. O volante Márcio Passos, ex-

Norberto, Cléber e o ala Wanderson, que cumpriram suspensão, estão confirmados pulso diante do São Caetano, precisará cumprir suspensão automática. No treinamento deste domingo o volante Nata foi uti-

Gabriel Negreiros GABRIEL NEGREIROS - gabrielnegreiros@gmail.com - twitter: @gabrielnegreiro EXPLOSÃO DE ALEGRIA O que mais o torcedor do ABC tem cobrado do time nesta Série B do Campeonato Brasileiro é vibração e raça. O time apático de algumas rodadas deixa qualquer torcedor maluco. Essa talvez seja a grande diferença de colocar em campo um jogador que vive o ABC desde o início da sua carreira. Tudo isso fica muito claro ao ver como o meia Erivélton, jogador criado nas bases do clube, comemorou os gols da equipe diante do CRB-AL, principalmente o gol marcado por ele. Uma corrida que começou dentro da pequena área do goleiro adversário, atravessou todo o campo vibrando com a torcida em frente ao módulo 2 e terminou em seu campo de defesa de forma eufórica. Erivélton foi muito bem no jogo. Junto com Alison organizou o meio campo e deu nova postura ao ABC. Manter a regularidade é o grande desafio, porém, está provado que ele precisa de espaço no time. Alvinho é outro que há tempos eu cobro

Quem compareceu ao Frasqueirão, no sábado, foi o meia Cascata (À DIREITA)

> AMÉRICA

CLASSIFICAÇÃO - SÉRIE B EM DE

pletou. Uma das mudanças fundamentais estabelecidas por Márcio Goiano foi a entrada do meia Erivélton, jogador das bases alvinegras que ano passado tinha estreado no time principal quando a equipe foi treinada por Guto Ferreira e acabou novamente sendo esquecido quando Leandro Campos reassumiu o time. Com o novo treinador Erivélton voltou a aparecer entre os titulares e no jogo de sábado marcou o seu primeiro gol como profissional. "Estou muito feliz em poder retornar ao time do ABC. Estou mais maduro e preciso principalmente de ritmo de jogo. Agradeço ao professor por me dar a oportunidade", disse o meia, eufórico na saída de campo. Quem também deu nova con-

testes. Na minha opinião não entrou bem no jogo, principalmente porque quis inventar umas firulas sem necessidade. Mesmo assim deu duas assistências para gols. Ficou claro que precisa de ritmo, mas também tem vaga entre os 18 convocados. TRÊS SAEM, TRÊS VOLTAM Sem tempo para descansar ou treinar. O América volta a campo amanhã pela sétima rodada. Três jogadores voltam ao time comandado por Roberto Fernandes. O zagueiro Cléber, e os alas Wanderson e Norberto estarão de volta. O problema que antes era na zaga agora se transferiu para o meio e ataque. Fabinho, lesionado, é dúvida. Márcio Passos está suspenso e para completar, Isac, artilheiro do time, também está fora pelo terceiro cartão amarelo. É a velha história do elenco para a longa competição. Nessas horas é fundamental que ele funcione. AMOR PELO CLUBE Essa é inusitada, mas é ver-

dade. A novidade foi lançada pelo Status Motel inclusive tendo repercussão fora do Rio Grande do Norte pelo caráter inédito. ABC e América são os temas das novas suítes temáticas do Motel. Isso mesmo. Piso, paredes e móveis trazem referências aos clubes. A mesa de jantar, por exemplo, simula um jogo de totó. A roupa de cama também traz escudo e cores dos clubes respectivos. Toda a decoração foi assinada por arquitetos. Há souvenirs para vender como chaveiros, copos e pufes. Segundo as informações passadas pela assessoria, assim que você abrir a porta do quarto, o hino do clube é acionado. Há um mini gramado na entrada. E mais: Sócio Mais Querido e Sócio Dragão tem 10% de desconto na diária. EXPEDIÇÃO PÉ NA PRAIA No sábado estive na Expedição Pé na Praia, caminha esportiva e ecológica em Ponta Negra, evento que a minha empresa (W1N Fábri-

ca de Esportes) organizou em parceria com a 10Sports. Gostaria de agradecer a parceria de todos que ajudaram a colocar em prática uma ideia que fomentamos há dois anos. Reunimos centenas de pessoas a beira mar para uma caminhada, que teve percurso curto, de 3,5 quilômetros, mas que foi extremamente privilegiado pelo ambiente da praia de Ponta Negra. Em janeiro já está planejada a segunda edição, desta vez em Pirangi e com a modalidade de corrida. Agradeço aos patrocinadores que apostaram nesta ideia. A ESPN, Cabo Telecom, Unimed, Drogarias Santa Fé, Tam Viagens, Natural Way, Ocean Palace e Jovem Pan. Além disso, ao apoio institucional do Idema e da Prefeitura do Natal, que realizaram ações relacionadas a preservação do meio ambiente. No próximo ano, novamente em junho e durante a semana internacional do meio ambiente, a caminhada voltará a acontecer, desta vez com novo trajeto e novidades.

lizado no setor. No ataque o artilheiro do clube na temporada com 10 gos, sendo quatro nesta Sério B, Isac, também cumprirá suspensão

automática por cartão amarelo. Pingo deve começar o jogo entre os 11 principais. Se na última partida o América sofreu com o sistema defensivo desconfigurado, para o jogo desta terça outra boa notícia é o retorno do zagueiro Cléber. Após cumprir suspensão, o "xerife" alvirrubro está de volta ao setor e joga ao lado de Edson Rocha. Para Roberto Fernandes, as duas próximas rodadas são fundamentais para que o time mantenha a boa posição na tabela. "Agora temos dois jogos em casa, o torcedor tem que se fazer presente e tem que deixar essas polêmicas de lado. Nosso jogo está marcado para o Nazarenão. Vamos colocar a carga máxima porque será uma boa oportunidade de nos manter no G4 e nos distanciarmos dos demais", disse o treinador.

PisandonaBola AMÂNCIO amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Esporte

Natal, 18 de junho de 2012

Segunda-feira

Foto: vasco.com.br

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

Raul e algo mais

De falta, Juninho Pernambucano marcou para o Vasco no segundo tempo e garantiu mais um ponto na classificação

Líder, mas não 100% DEPOIS

DO EMPATE EM

NESTE DOMINGO, O DE TER

100%

1

A

VASCO

1

COM O

PALMEIRAS,

NÃO PODE MAIS SE GABAR

DE APROVEITAMENTO NO

De olho na semifinal da Copa do Brasil, o Palmeiras esteve perto de vencer a primeira partida no Campeonato Brasileiro 2012. Neste domingo, atuando na Arena Barueri, o time alviverde sofreu com as lesões de Marcos Assunção e Luan ainda na primeira etapa e, mesmo com gol do "talismã" Mazinho, levou o troco em falta de Juninho Pernambucano, já no fim, no empate com o Vasco da Gama por 1 a 1. Com o resultado, o Palmeiras segue o calvário no Brasileiro. Após cinco rodadas, o time, que vinha de três derrotas e um empate na competição, agora soma apenas dois pontos, ainda na parte baixa da tabela. O Vasco, por sua vez,

perdeu os 100% de aproveitamento, mas tem 13 pontos, na liderança. Agora, os dois times voltam a jogar pela Série A no próximo fim de semana. No sábado, em São Januário, os cariocas irão receber o Cruzeiro, enquanto o Palmeiras fará o clássico com o Corinthians, no domingo, no Pacaembu. "Sabíamos que seria uma partida difícil. O Palmeiras estava motivado por ter vencido na Copa do Brasil e precisa se recuperar no Brasileiro. Sabíamos que seria marcado e truncado. Eles saíram na frente, mas o Vasco jogou uma boa partia. Só caiu um pouquinho no final do primeiro tempo. Levamos o gol, mas conseguimos igualar. A

BRASILEIRÃO

equipe cresceu", disse o técnico Cristóvão Borges. Muito irritado com o empate, o centroavante palmeirense, Barcos, reclamou do posicionamento do goleiro, esbravejou e teve de ser contido pelos companheiros. Depois da partida, o argentino manteve as críticas. Segundo ele, Bruno foi o culpado pelo resultado. "Acho que ele falhou. Goleiro não pode adivinhar canto para pular. Por isso fui falar com ele, mas é coisa de jogo", disse o atacante. A discussão, porém, não deve ter novos capítulos. O gerente de futebol César Sampaio garantiu que a dupla se entendeu dentro dos vestiários, e a princípio tudo ficou resolvido.

> ZONA DE REBAIXAMENTO

Efeito Libertadores O pensamento quase que exclusivo na Copa Libertadores da América pode custar caro no Campeonato Brasileiro. Santos e Corinthians são exemplos de como pode ser ruim se dividir entre duas competições. Com o os seguidos confrontos decisivos da competição sul-americana, as equipes paulistas tem sofrido na competição nacional. Até aqui, o time comandado por Muricy Ramalho não conquistou uma única vitória na Série A. Foram três empates e duas derrotas, que deixam o Santos na 17ª colocação, a primeira dentro da zona de rebaixamento do Brasileiro. No Corinthians, o revés por 1 a 0 em Campinas foi o quarto em cinco rodadas e o terceiro em que a formação foi reserva por conta da disputa paralela da Copa Lib-

ertadores da América. Priorizar o torneio sul-americano, na opinião de Tite, é o motivo, sabido com antecedência, para o péssimo início na Série A. "Ninguém está se surpreendendo com essa situação. Todas as equipes que chegaram à final ou semifinal da Libertadores, ao longo dos últimos cinco, seis anos, quando saem da competição, estão na zona de rebaixamento do Brasileiro, pelo grau de exigência", justificou, ao lembrar que a estratégia funcionou bem melhor no Paulista. Depois de mais uma rodada sem conhecerem o caminho da vitória no Brasileirão, ambas equipes voltam a se concentrar para o jogo da próxima quartafeira. O Corinthians pode até empatar para atingir classificação inédita à final do torneio, pois venceu por 1 a 0, na Vila Belmiro.

LIÉDSON DESABAFA A relação entre Liedson e Tite não anda boa. Mesmo dizendo respeitar a decisão do treinador, o atacante voltou a manifestar insatisfação pela reserva neste domingo. Desta vez, reclamou de só entrar nos minutos finais. "Não tenho dúvida (de que posso ser titular). Só que não dá para jogar 15 ou 20 minutos e ganhar a posição", disse o jogador, que neste domingo substituiu Elton aos 23min do segundo tempo, quando a equipe já perdia. Tite minimizou a insatisfação do camisa 9. O treinador lembrou que, assim como ele, todos os jogadores pensam que merecem ser titulares. "Todos pensam dessa forma. Quando eu era atleta, também não entendia o porquê de não fazer parte do time titular. É natural. Fotos: Divulgação

Sem deliberações sobre esquemas táticos ou divagações similares. O importante na vitória do ABC foi o extrato do desabafo, a retirada de um peso mórbido sobre os costados de um clube inteiro. Ganhar do CRB serviu para que os alvinegros possam respirar sem ajuda de aparelhos e retomar sua confiança. A rodada foi boa para o futebol potiguar e, por mais imbecil que seja a frase, tentarei explicar mais adiante. O Passe é Livre e concorda quem quiser. Primeiro a vitória do ABC que saiu das masmorras próximas à Zona de Rebaixamento, aos cafundós dos humilhados. Analisar lances, erros ou defeitos seria de uma comodidade de uma tarde em Itapuã, Salvador, Bahia. O ABC passou uma semana infernal sem saber se o inimigo estava fora ou dentro dele. Estava mais dentro do que fora. O assunto do aluguel do estádio tornou-se um tema tão chato quanto raiz quadrada na minha época de aluno de Matemática. O ABC ficou sob fogo cerrado dias e noites inteiras e vinha apresentando um futebol medíocre, subproduto de contratações ridículas. O seu rival, o América, que nada tem a ver com a casa alheia, surfa numa onda de alto astral, o que azeda o humor do menos radical dos frasquerinos. O fundamental na vitória do ABC sobre o CRB foi a afirmação(ou quase, para não exagerar), do meia Raul como líder organizacional do time. Há um ano venho batendo no teclado de que Raul é um ótimo meio-campista atuando na função errada. Deslocado para o ataque, numa falsidade ofensiva que não combina com seu estilo sóbrio. Para tentar me desmentir, assisti ao jogo ao lado do melhor de todos os que vestiram a camisa 10 do ABC, Danilo Menezes. Antes de algum radical aparecer em minha rua, explico que Alberi usava a 8, de ponta-de-lança, no tempo deles dois, anos 1970 de gente melhor, de calças boca de sino, sapatos cavalo de aço e cabeleiras blackpower. Danilo Menezes assistiu ao jogo comigo e o amigo fraternal caicoense Galileu Torres. Danilo Menezes vendo futebol é mais frio do que no tempo em que jogava e não comemorava seus gols. É glacial e cortante nos seus diagnósticos. Ele entende do meio-campo como um criminalista de um julgamento popular, um médico de sua especialidade e um engenheiro de obra. Danilo Menezes observou Raul e pensou que eu não estivesse ligado nesse detalhe. >>> Ao fim do jogo, de chofre, na testa, perguntei ao uruguaio mais brasileiro do Brasil: "E aí, gringo, e Raul?". O homem que sentenciou Robinho então no Santos, chamando-o do que de fato ele é, um ciscador, um Curió midiático, foi taxativo: "Sabe demais. Só precisa jogar mais recuado, armando. Ele é habilidoso e finaliza bem." Ora, se Danilo Menezes tem essa convicção, quem será o técnico que ousará duvidar? Mesmo em tal quesito, Danilo supera muitos dos enganadores que aparecem por aqui pois foi campeão de treinador em 1994 num time que tinha Odilon, Romildo, Zelito e mais oito. MUNDO TRASH Gosto tanto de reality show quanto de cebola. É asco mesmo. Mas me cai no computador uma notícia de que uma dessas subcelebridades preferiu ficar confinada e disputando prêmio em dinheiro a comparecer ao enterro da irmã, morta com um tiro no peito do sábado para o domingo.Escolheu ficar na companhia da ex-cantora e atriz pornô Gretchen. ANOMALIA Que me desculpem a franqueza, mas a cada dia me vejo uma anomalia nesse mundo de hoje. Quanto custa a perda de uma irmã? Morta numa briga do ex-marido com o atual namorado? Morta sem que se saiba se por suicídio ou assassinato? Eu estou errado. SEQUESTRO O jovem Porcino Segundo foi sequestrado durante uma vaquejada. Conheci seu pai, quando muito novo, excelente piloto de kart. Fiz reportagens com ele. Nem quero imaginar a dor da famí-

Tite: mau desempenho no início do Brasileirão era esperado

Time que se preza há de ter um camisa 10 de verdade e Raul sábado no Frasqueirão foi o Raul de 2011, jogando pelo ASA, foi o Raul do Ferroviário(CE) que destroçou o Ceará. Cerebral, estilista e matador. Danilo Menezes só não gostou de um detalhe: A bola que Raul chutou batendo uma falta ter batido na trave. "Ali ele se consagrava", disse a mim e a Galileu Torres o maestro em portunhol. Raul foi o dono do jogo. Se continuar assim, pode ficar em casa, ditando as regras ao telefone. O público foi pequeno. Demais até. Mas o ABC precisa entender a ira do seu torcedor, que a vitória abrandará. Em qualquer caso de amor irrestrito, o mais gostoso é a reconciliação. Quando escrevi que a rodada foi boa, o fiz com a convicção de sempre. O América perdeu para o São Caetano sob forte temporal, cerração e o escambau. Chegou a ser irreconhecível quando o adversário botou três gols de diferença. O técnico Roberto Fernandes mexeu na estrutura do time, em sua própria filosofia. Quando tentou consertar, por muito pouco o América não empatou. O goleiro Luíz, que já havia operado divindades contra o ABC, fez defesas de chamar o programa do Almirante, na velha TV Tupi, que contava histórias sobrenaturais. O América perdeu quando podia perder. Tem cheque especial farto pela pontuação obtida até agora. Mas haveria de perder um dia no campeonato. Até para que a soberba não contaminasse dirigentes, torcedores e jogadores. O América está numa fase em que tudo dá certo, até quando perde. O América Mineiro, do canguleiro Rodriguinho, se deu mal, o que praticamente anulou o resultado de sexta-feira. Agora é vencer em casa. Foi boa, sim, a rodada. lia. Tomara que Porcino Segundo já esteja em casa quando você estiver lendo a coluna. MUDANÇA Quem tem boca, não cansa. Quem tem dedo, escreve e protesta: Um canalha que sequestra é um animal sem tipificação. Mudar o Código Penal Brasileiro é urgente, tornando americanas nossas leis. Sequestrou, matou, estuprou, matou para roubar, perdeu o direito de voltar à convivência social. Mas não é bonito mexer na ferida. HOLANDA Eliminada com um golaço de Cristiano Ronaldo, a Holanda vice-campeã do mundo em 2010 não tem da Laranja Mecânica de Cruijjf nem resquícios do seu bagaço. Alemanha é o melhor escrete do planeta. JUNINHO Ao brotar da noite, telefonema do professor Geraldo Batista, acariense dos bons. Emocionado pelo gol de falta de Juninho, Pernambucano Universal.

Time comandado por Muricy amalho não conquistou vitória

CMYK


Cultura

Segunda-feira

Natal, 18 de junho de 2012

O Jornal de HOJE 17

Fotos: Divulgação

“E aí... comeu?” F ILME ESTRELADO POR B RUNO M AZZEO, M ARCOS PALMEIRA , E MÍLIO O RCIOLLO N ETTO, D IRA PAES , S EU J ORGE E GRANDE ELENCO CHEGA AOS CINEMAS NESTA SEMANA

O

filme fala das relações que esses três companheiros têm com suas mulheres, e que é uma realidade para tantos outros homens contemporâneos na vida real, em seus relacionamentos. “Elas mudaram, conquistaram um espaço que até pouco tempo era território masculino. E eles estão tentando se encaixar nisso tudo. O filme fala disso, do homem tentando entender a nova mulher e achar um novo lugar”, comenta o diretor Felipe Joffily. Curiosamente, a ideia do filme surgiu há alguns anos quando os atores Bruno Mazzeo e Emílio Orciollo, que acabavam de terminar o casamento, passavam o Carnaval em Salvador, e reaprendiam a ser solteiros. Baseada na peça homônima vencedora do prêmio Shell, o longa é uma comédia diferente de tudo que já foi visto. Intitulada de “E aí, comeu?”estreia em circuito nacional nesta sexta-feira, dia 22. “E aí, Comeu” é uma comédia vivi-

da por três amigos de infância que tentam entender o papel do homem, diante da nova mulher. Estrelado por Bruno Mazzeo, Marcos Palmeira e Emilio Orciollo Netto, o longa conta a história deste trio inseparável formado por Fernando (Mazzeo), recém-separado, que conhece uma adolescente linda, e, para sua surpresa, ela foge clichê da ninfeta ingênua, é inteligente, bem resolvida e muito madura; Honório (Palmeira), jornalista, um esquerdista à moda antiga, casado, que suspeita que está sendo traído pela mulher; Fonsinho (Emilio), escritor e conquistador de mulheres, que nunca se casou e nunca conseguiu terminar um livro. Baseado na peça homônima vencedora do prêmio Shell e escrita por Marcelo Rubens Paiva (autor do clássico "Feliz Ano Velho"), o longa é uma comédia diferente de tudo que já foi visto, é a primeira comédia verdadeira sobre o amor. Onde transforma um papo de botequim em forma de longa-metragem, regada a piadas e a dores de amor, a produção foi

de R$ 5,5 milhões e estreia já com 550 cópias para salas de cinema de todo o país, no mesmo patamar de distribuição que os longas hollywoodianos. Além do trio de protagonistas, “E aí, comeu?” tem um elenco de peso em seu núcleo principal. Dira Paes é Leila, Juliana Schalch faz Alana, Laura Neiva dá vida a Gabi, Tainá Muller aparece como Vitória, e o cantor Seu Jorge, faz uma participação marcante como um garçom amigo do trio que tem o peculiar nome de Seu Jorge. Além deste, o filme conta com participações especialíssimas de Murilo Benício, Katiuscia Canoro, José de Abreu, Juliana Alves Barbosa e Renata Castro Barbosa completando o elenco. Um “personagem” especial é o Bar Harmonia, locação especialmente montada que funciona como o QG dos rapazes e é onde se reúnem para discutir suas diversas questões. Muito mais que um cenário, o bar faz parte da história, já é lá que boa parte da trama acontece. “Tudo está muito mais dinâmico, mas é inegável que todos querem encontrar al-

guém, namorar e ser feliz”, comenta o produtor Augusto Casé. “É como se as mulheres estivessem olhando o papo de bar dos homens pelo buraco da fechadura. Tudo aquilo que as mulheres gostariam de saber sobre o que tanto os homens conversam quando estão sozinhos”, acrescenta Casé, que de comédia pode falar com propriedade. Responsável pela produção de “Muita Calma Nessa Hora” e “Cilada.com” (maior bilheteria do cinema nacional em 2011, com mais de três milhões de espectadores), a Casé Filmes já prepara a filmagem de “Muita Calma 2” , “Os Caras de Pau” e “Cilada de Férias”. Com produção de Augusto Casé (Casé Filmes), e co-produção da Globofilmes, RioFilme, Telecine e Teleimage, o longa metragem é dirigido por Felipe Joffily e chega às salas de cinema com distribuição conjunta da Paris Filmes, RioFilme e Downtown Filmes, em um lançamento de grande porte. Em seu quinto filme, o produtor Augusto Casé, que define o filme “E, aí comeu? como sendo uma "comédica romântica e atrevida", disse que, “Esse filme representa o ápice desse movimento do cinema brasileiro que eu defino como sendo algo como "quando-os-amigos-se-juntam-pra-fazer-algo-em-queacreditam-e-ficam-felizes-antes-de-veros-resultados".

Cultura HOJE DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com DESTAQUE A banda instrumental potiguar Camarones Orquestra Guitarrística está nas TVs do Brasil hoje e durante todo o mês. O especial que o grupo gravou para o SESCTV em outubro do ano passado para o projeto “Sesc Instrumental Brasil” começa a ser exibido hoje às 22h no Canal SescTV. O show de uma hora de duração mistura o repertório dos discos “Camarones Orquestra Guitarrística” e “Espionagem Industrial”, os dois álbuns autorais do grupo. “A estrutura que o SescSP recebe os grupos é incrível, uma das melhores plataformas do mundo para bandas novas e emergentes, deveria servir de exemplo”, comenta Léo Martinez, guitarrista do Camarones. O especial do Camarones Orquestra Guitarrística no SESCTV foi gravado no Sesc Consolação em São Paulo e também está disponível on line no site oficial do projeto. Fique atento aos dias e horários das exibições - Segunda, 18 de junho, 22h; Terça, 19 de junho, 02h; Quarta, 20 de junho, 10h; Sábado, 23 de junho, 03h e Domingo, 24 de junho, 01h e 14h) E, POR FALAR... Ano passado o Camarones fez mais de 100 shows por todo o país e nesse ano de 2012 a tour “Espionagem Industrial” continua. “Em julho faremos 25 shows espalhados pelas regiões Norte e Nordeste, vamos de Vitória da Conquista ao Pará. Nossa meta e fazer a mesma quantidade de shows que fizemos no ano passado”, diz Ana Morena, baixista do grupo.

com Dani Pacheco AMÉRICA LATINA NO CINEMA A última sessão do semestre do ciclo "América Latina no Cinema" vai exibir o filme argentino "Clube da lua" (Luna de Avellaneda, 2004), nesta terça-feira, dia 19, às 18h30, no Auditório da Biblioteca Central Zila Mamede da UFRN. A entrada é gratuita. t

HOJE A “Noite dos Solteiros” do Taverna Pub apresenta nesta segunda os shows das bandas Nova Sensação (samba e pagode) e Super Famosos (trilhas dançantes do cinema), a partir das 22h. Para os mais tímidos a festa disponibiliza cupidos para ajudar na paquera. Informações: 3236 3696. t

t

t

POP/ROCK INTERNACIONAL O cantor potiguar Rodrigo Lacaz apresenta versões acústicas de grandes sucessos do U2, Coldplay, The Cranberries, entre outros do pop/rock internacional. Hoje a partir das 21h30, no Galo do Alto (rua Dr. Manoel Augusto Bezerra de Araújo, 142, Ponta Negra)

t

t

CONCURSO LITERÁRIO A Academia de Letras e Artes do Ceará (ALACE) com o objetivo de incentivar a criação literária e promover a divulgação de trabalhos classificados, lançou o II° Concurso Nacional “ALACE VALORIZA A CULTURA”. Esse Concurso inclui as categorias Prosa (crônica) e Versos (trovas), com inscrição prevista para o período: 09 de junho a 08 de setembro de 2012. Para ler o Regulamento, clique no link: http://www.academia-alace.com.br/intercambio.html#academias-4 .

FRASE DA SEMANA “Temos a arte para não morrer da verdade”, autoria do filósofo alemão do século XIX, Friedrich Nietzsche. CMYK


18 O Jornal de HOJE

Cultura

Natal, 18 de junho de 2012

Segunda-feira

Canal 1

BATE-REBATE

POR FLÁVIO RICCO - Colaboração: José Carlos Nery

Novela da Record prepara pacotão de mudanças Natural esperar que, a partir do instante em que a Record anunciou oficialmente a saída de Ignácio Coqueiro e a escolha de Edgard Miranda na direção-geral de “Máscaras”, se alterasse também em alguns itens a linha e ordem dos trabalhos que prevaleceram até agora. Algumas dessas mudanças já são anunciadas ou conhecidas nos bastidores, como a imposição de outra conceituação artística, que fatalmente irá repercutir em diferentes setores de sua produção, até mesmo nos cenários e figurinos de vários personagens. Tudo, como não poderia deixar de ser, na mais perfeita sintonia com o autor Lauro César Muniz, que por sua vez também reteve os últimos capítulos escritos, para se ajustar a esta nova situação. São novidades que para o telespectador ainda devem demorar um pouco. A volta de Miriam Freeland, como outro exemplo, que antes estava cogitada apenas para o final, já pode ser incluída entre elas.

>> TV - TUDO w EFEITO DOMINÓ Juntamente com Ignácio Coqueiro, também deixaram a equipe de “Máscaras” José Carlos Pieri, diretor de cena, considerado seu braço direito, um diretor de fotografia e um produtor-executivo. Na verdade, todas as pessoas ligadas ao Coqueiro colocaram seus cargos à disposição, e serão deslocadas para outros produtos. w AFINANDO Novo programa da Patrícia Abravanel, no SBT, para as noites de sábado e com duas horas de duração, terá a sua estreia confirmada para o final de julho, mais tardar, começo de agosto. O formato definitivo será definido nesses próximos dias.

Divulgação SBT

w Emissoras de televisão estão apertando ainda mais o cerco, pedindo mais cuidado ao seu pessoal no uso das redes sociais. w Algumas, evidentemente, têm exagerado no tamanho dessas solicitações. w No SBT se percebe que algumas crianças de “Carrossel” estão no limite. w Além das gravações, que acontecem também nos fins de semana, ainda há as obrigações escolares. w Todos, principalmente os seus pais, aguardam ansiosamente pelas férias de julho.

w Pepê e Nenê participam do “Manhã Maior”, nesta segunda, na Rede TV!. Apresentação de Regina Volpato. w O plano é que todas as emissoras do SBT tenham um jornal local em sua grade noturna. w São Paulo, por exemplo, já teve um recentemente e terá outro em breve. w O jornalismo da TV Cultura também está se movimentando para realizar debates entre os candidatos à Prefeitura de São Paulo. w Hebe Camargo também está sem receber na Rede TV!. Os atrasos já chegam a três meses.

w C´EST FINI Luciana Gimenez gravou uma edição especial do “Superpop”, da Rede TV!, com a cantora Cláudia Leitte. O programa, um misto de música e entrevista, vai ao ar no próximo dia 25. A segunda temporada do “Planeta Extremo”, com Clayton Conservani, que estreia em julho, terá quatro histórias gravadas em quatro diferentes países. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

“CARROSSEL” NA “PRAÇA” Na próxima quinta-feira, Rosanne Mulholland e as crianças de “Carrossel”, Maísa Silva entre elas, participam do programa “A Praça é Nossa”. Quadro da Nina, personagem da Marlei Cevada.

w EM CONSEQUÊNCIA DISSO... Diante do lançamento deste novo programa, também já se concluiu como necessária a saída de Patrícia Abravanel do “Cante se Puder”. De duas, uma: ou se encontra, o mais rapidamente possível, a sua substituta ou Márcio Ballas ficará sozinho na apresentação. w ESTREIA Hoje, com um capítulo especial, logo depois de “Avenida Brasil”, tem a estreia de “Gabriela”, do Walcyr Carrasco. O medo das inevitáveis comparações toma conta de alguns setores da Globo. Especialmente no que diz respeito a Juliana Paes, Humberto Martins e Marcelo Serrado, vivendo papéis que tiveram marcantes atuações de Sonia Braga, Armando Bógus e Fúlvio Stefanini.

w ACELERANDO Em agosto, Gugu Liberato vai tirar alguns dias de férias na Record. Algo que já estava combinado e previsto. Por conta disso, as gravações do seu programa no período serão antecipadas. w FESTIVAL CONFIRMADO A Cultura, uma vez mais, confirma presença no Festival de Inverno de Campos de Jordão. As suas emissoras de rádio e televisão irão transmitir o concerto de

abertura, com a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, no próximo dia 30. w REPERCUSSÃO Incentivada por amigos mais próximos e convencida da sua obrigação em levantar essa bandeira, a apresentadora Xuxa está disposta a encabeçar uma campanha contra o abuso infantil. Muito em função, evidentemente, de toda a repercussão do seu próprio caso, colocado recentemente no “Fantástico”.

HORÓSCOPO Áries 21/03 a 20/04 Ênfase total no seu poder de se comunicar, ariano! Capriche na argumentação, tenha exemplos fáceis de entender e marque muitos pontos. Viagens, estudos e conversas importantes. Ouça a voz do povo e entenda algo.

Leão 22/07 a 22/08 Lindo aspecto entre Vênus e Urano trazem beleza, sofisticação e intuição ao seu dia. A semana começa sob uma vibração mais leve e animada também. Cuidado apenas com a alimentação; discrimine melhor o que come. No amor, muito papo.

Sagitário 21/11 a 21/12 om vários astros atravessando o setor dos relacionamentos, o tema em foco é este. Relacionar-se com quem você pode aprender, e com quem está aberto pra trocar conhecimento. O resto não importa muito.

Touro 21/04 a 20/05 Netuno turva seu entendimento sobre finanças e dinheiro em geral, cuide para não se enganar com propostas de amigos, colegas de trabalho ou grupos a que pertence. É melhor seguir seu faro e ser flexível, você acertará muito mais.

Virgem 23/08 a 22/09 Com esforço e dinamismo você consegue hoje tocar o coração de alguém que vai fazer de tudo pra lhe dar a segurança que precisa num negocio que vem sendo planejado. Trata-se de uma pessoa de espírito jovem. Intimidade enriquece o amor.

Capricórnio 22/12 a 21/01 Semana começa ótima pra você caprichar no cuidado com a saúde, criando novos hábitos saudáveis. Confira as informações corretas sobre seu seguro saúde também. Tarefas cotidianas ganham se você ganhar mais habilidade prática.

Gêmeos 21/05 a 20/06 Acúmulo planetário em seu signo acentua inquietude, e nada como um dia variado, divertido e cheio de novidades pra deixar você feliz da vida! Alto poder de expressão, encanto e magnetismo. No amor, esta receita vai funcionar bem.

Libra 23/09 a 22/10 Trabalho e planos de viagem se chocam hoje - interesses contraditórios o desorientam. Pior ainda é o ambiente nebuloso que envolve o trabalho diário. Se você tem inspiração e tem que trabalhar com arte, pode neutralizar isto. Amor em baixa.

Aquário 21/01 a 19/02 Dia de dar o seu melhor, provar sua inteligência, arriscar algo novo que será seu car tão de visitas numa reunião impor tante. Você pode ser convidado a representar alguém ou um grupo poderoso. No amor, sucesso total, olhe em volta.

Câncer 21/06 a 21/07 Diligente, sensível e ativo, você tem oportunidade de colocar em movimento um negócio interessante com amigo. Meio ambiente animado, mas você tem de resolver muitos detalhes ao mesmo tempo. Seja discreto sobre vida pessoal.

Escorpião 23/10 a 21/11 Você pode aproveitar o astral de hoje pra reforçar parcerias existentes no trabalho; com clientes, investigue seus interesses mais a fundo. Você vai depender cada vez mais de parceiros. No amor, doe-se mais.

Peixes 20/02 a 20/03 Um encontro gostoso com o seu passado, onde você pode se sentir acolhido, pois as ideias flutuam suaves e leves num ambiente de amizade e cosmopolitismo. Aproveite o momento pra matar as saudades de alguém ou de um lugar.

CINEMARK 7 – Hora:19:00 / 21:30 PARAÍSOS ARTIFICIAIS - (16 Anos) MOVIECOM 3 - Hora:18:40

Hora:23:10 (Sáb) CINEMARK 5 – Hora:11:40 / 17:10 PROMETHEUS 3D - (14 Anos) MOVIECOM 6 - Hora:15:40 / 16:50 / 18:20 / 21:35 CINEMARK 2 - Hora:12:20 / 18:10 / 21:00; Hora: 23:50 (Sáb) CINEMARK 2 – Hora:15:10 CINEMARK 3 - Hora:13:20 / 16:20 / 19:20 / 22:10

CINEMA MADAGASCAR 3 - (Livre) MOVIECOM 1 - Hora:15:00 / 17:00 / 19:00 / 21:00 MOVIECOM 4 - Hora:14:00 / 16:00 / 18:00 / 20:00 / 22:00 MOVIECOM 6 - Hora:14:45 /19:30 CINEMARK 1 - Hora: 12:30 / 14:50 / 17:20 / 19:30 / 21:50 CINEMARK 6 - Hora:11:30 / 13:50 / 16:10 / 18:30 / 20:50 CINEMARK 7 - Hora:12:00 / 14:20 / 16:40 HOMENS DE PRETO 3 - (10 Anos) MOVIECOM 2 - Hora:14:30 / 16:50 / 19:15 / 21:35 CINEMARK 5 – Hora:14:30 / 21:10; Hora: 23:40 (Sáb)

OS VINGADORES - (12 Anos) MOVIECOM 3 - Hora:15:50 / 20:50 HOMENS DE PRETO 3 - (10 Anos) MOVIECOM 2 - Hora:14:30 / 16:50 / 19:15 / 21:35 CINEMARK 5 – Hora:14:30 / 21:10; Hora: 23:40 (Sáb) CINEMARK 7 – Hora:19:00 / 21:30 BRANCA DE NEVE E O CAÇADOR MOVIECOM 5 - Hora:16:10 / 18:50 / 21:30 CINEMARK 4 – Hora:12:15 / 15:00;

OBS: A aprogramação pode ser alterada sem prévio aviso. Favor consultar o cinema para confirmar o filme do dia.

Divulgação

Cena do filme “Prometheus 3D”


Cidade

Segunda-feira

Natal, 18 de junho de 2012

Higiene bucal tem papel fudamental na prevenção e no tratamento de doenças BRASIL

TEM MAIS DE

Segundo dados do Censo de 2010, o Brasil tem 45.623.910 pessoas com alguma deficiência, física ou mental, o que representa uma parcela de 23,93% de toda a população. O maior percentual de pessoas com algum tipo de deficiência está no Rio Grande do Norte, com um total de 27,86% dos 3.168.027 potiguares. Comparando com o censo de 2000, houve um aumento de 10% no número de pessoas com algum tipo de deficiência, tanto no Brasil, quanto no RN. Quando se trata de odontologia, não são só os pacientes que possuem transtornos mentais ou motores que precisam de uma atenção especial, mas também todos aqueles que apresentam um risco aumentado para infecções (transplantados de órgãos, diabéticos, pacientes em quimioterapia, portadores de doenças-auto imunes como Lúpus, dentre outros) ou para hemorragia (pacientes em uso de medicamentos que “afinam o sangue” são excelentes exemplos, mas também aqueles com deficiência no número de plaquetas, hemofílicos e outros). De acordo com a periodontista, pós-graduada em Odontologia Hospitalar (USP-SP) e presidente da comissão de Medicina Oral e Odontologia Hospitalar do CRORN, Diana Rosado, o comprometimento intelectual de alguns pacientes os torna incapazes de compreender a importância da higiene bucal para a sua saúde, inviabilizando a necessária motivação para a remoção efetiva do biofilme bacteriano. “Para os pacientes com deficiências, motoras ou intelectuais, orientamos que o cuidador use recursos, como abridores de boca, bonecas para limpeza, soro fisiológico, bochechos, escovas de dentes específicas, salivas artificiais, entre outros”, recomenda Diana, que acrescenta que estes são itens essenciais para a realização de adequada higiene bucal diária para estes pacientes. A profissional fala que existem, ainda, outras técnicas para promoção e manutenção de aber-

45

MILHÕES DE PESSOAS COM ALGUMA DEFICIÊNCIA Divulgação

Diana Rosado faz recomendações para que haja higiene bucal adequada aos pacientes com deficiências motora e intelectual tura de boca, que objetivam evitar acidentes e tornar a higiene oral mais efetiva. “A saúde bucal é importante na prevenção de infecções locais ou a distância (como pneumonias) e de lesões bucais, agilizando o processo de recuperação de pacientes portadores de patologias e reduzindo inclusive o tempo de internação para os hospitalizados”, explica a especialista, que acrescenta que uma boca saudável ajuda, ainda, na boa nutrição. A necessidade de um tratamento especial é tamanha que existe uma área específica na Odontologia para tratar aqueles que necessitam de cuidados diferenciados, como por exemplo: cardiopatas, hipertensos, diabéticos, transplantados de qualquer órgão, hepatopatas (cirróticos ou não),

nefropatas (em hemodiálise ou não), pacientes portadores de doenças auto-imunes (como Lúpus e Esclerose Lateral Amiotrófica ), de demências, pós AVC, em uso de medicamentos anticoagulantes ou antiagregantes, em quimioterapia e/ou em radioterapia na região da cabeça e do pescoço, dentre outros. CUIDADOS De acordo com Diana Rosado, cada uma dessas situações apresenta as suas peculiaridades e exige cuidados específicos do cirugião-dentista durante o planejamento, a execução e após a intervenção. “De uma forma geral, os principais riscos destes pacientes são os episódios hemorrágicos e a infecção pós-operatória, que são prevenidos através da ava-

liação de exames de sangue e dos medicamentos em uso, além dos cuidados locais durante e após os procedimentos ditos cruentos (que sangram) e a prescrição de medicamentos”, esclarece a profissional que complementa com a informação de que está comprovado que o tratamento odontológico ajuda no controle da glicemia do paciente diabético e na prevenção de eventos de AVC ou enfarto do coração. Com relação aos pacientes acamados, a profissional recomenda a visita de um cirurgião-dentista até a sua casa ou o hospital. “Isto é possível com o equipamento odontológico portátil e profissionais capacitados para este tipo de atendimento, que já existe em Natal com a equipe da H3 odonto”, finaliza.

O Jornal de HOJE 19

>RISCOS AUMENTAM EM JUNHO

Alerta: médico indica medidas imediatas em casos de queimadura Nestes tempos de festas juninas, brincar com fogo pode ser divertido, mas também pode custar caro à saúde. Queimaduras são muito frequentes no dia a dia, principalmente em acidentes domésticos, mas o número aumenta nesta época do ano. Tudo devido a um brinquedo nada seguro: os fogos de artifício. Segundo o cirurgião plástico do Hapvida Saúde, Glauber Carvalho, a maioria da população ainda não conhece as medidas a serem tomadas em caso de queimadura. "Esse é um dos mais graves problemas de saúde pública devido não só a sua enorme incidência, mas também pelas grandes sequelas que causam, desde a mutilação e óbito até sequelas estéticas, difíceis de serem reparadas”, explica. O médico conta ainda que, no período junino, os casos de acidente com fogo tomam proporções bem maiores devido à combinação pólvora, fogueira e elementos inflamáveis (roupas juninas e bandeirinhas). Por isso, o número de atendimentos a pacientes queimados praticamente dobra. Para evitar acidentes, o médico faz uma série de recomendações, a começar por um passo bem simples: "o ideal é não brincar”. Para os que não resistem aos fogos de artifício e fogueiras, a orientação é seguir uma linha segura no trato imediato da queimadura. "Primeiro, é preciso emergir a queimadura em água potável, não tocar no local da queimadura, não estourar bolhas, aliviar a dor com analgésicos e procurar atendimento médico”. O

médico esclarece, também, sobre mitos e práticas que não devem ser adotadas, como colocar pasta de dente, manteiga ou outros produtos na queimadura. ”O uso indevido desses produtos pode piorar o ferimento”. Dados do Ministério da Saúde de 2011 mostram que 2.374 crianças foram hospitalizadas no Brasil vítimas de queimaduras por exposição ao fogo, fumaça e chamas. Desse total, 30% estavam ligados a queimaduras com substâncias inflamáveis, o que inclui o álcool – cerca de 2 crianças são hospitalizadas a cada dia.

DICAS • Procure acalmar a pessoa; • Lave com água corrente a parte lesada; • Crianças só devem pegar em fogos permitidos pela classificação; • Compre fogos em lojas credenciadas pelo Corpo de Bombeiros; • Pessoas alcoolizadas e inaptas não devem pegar em fogos de artifício; • Seguir as instruções de uso; • Não jogue fogos de artifício em direção a pessoas, fios elétricos, prédios, árvores, preferir locais aberto sem pessoas ou materiais combustíveis por perto; • Não fique perto de fogueiras e balões; • Encaminhe o paciente o quanto antes para o pronto socorro mais próximo.

> NA RIO+20

Aquecimento global: potiguar palestra sobre inovação e sustentabilidade É de Natal o conferencista que vai liderar os debates em um dos temas mais relevantes da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, realizada de 13 a 22 de junho de 2012 no Rio de Janeiro. Especialista no segmento, Júlio Dantas Rezende apresentou o painel sobre "Inovações em sustentabilidade para o aquecimento global", hoje, das 11h30 às 13h30. Ele preside, em Natal, o Instituto de Inovação e Sustentabilidade, voltado para consultorias e projetos de inovação e sustentabilidade e está concluindo doutorado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) sobre sustentabilidade nas empresas petrolíferas e firmas que prestam serviços nessa área, como transportadoras, por exemplo. No evento, a temática foi mais abrangente: ele discutiu e deu espaço aos participantes para avaliarem as oportunidades de inovar que colaborem para se evitar o aquecimento global. "A Rio+20 é um marco nas discussões sobre sustentabilidade. Nos leva a uma reflexão interessante: houve notadamente uma evolução em termos de desenvolvimento e metodologias para diminuir os impactos das atividades produtivas no meio ambiente. Entretanto, já se sabe como fazer, a cultura da sustentabilidade já está em vigor, mas o que falta é a ação", aponta Júlio Dantas. Apesar dessa lacuna de ações efetivas, o especialista revela que há cerca de cinco anos, o mundo dos negócios já vem incorporando nos seus modelos gerenciais resultados mais práticos e inovações tecnológicas voltadas para a questão da sustentabilidade. Além disso, muitas empresas

CASA PARA CLINICA, ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA OU EMPRESA PRESTADORA DE SERVIÇOS

Wellington Rocha

Aluga-se no bairro de Lagoa Nova, perto de tudo, a pouco mais de 100 metros da Av. Salgado Filho, em rua sem problema de estacionamento, uma casa com 500 m2 de área construída servindo para fins comerciais. R$ 4 mil. Tratar direto com o proprietário pelo tel. 9981-9395.

Doutorando Júlio Dantas Rezende preside, em Natal, o Instituto de Sustentabilidade, voltado para consultorias e projetos estão descobrindo que os produtos 'verdes' podem ser muito rentáveis. "As companhias estão conseguindo conquistar mercado vendendo produtos sustentáveis, por saberem que as pessoas estão mais interessadas em investir nesse tipo de mercadoria", comenta. Ele cita como exemplos de produtos 'verdes' a preferência dos consumidores por motores automotivos menos poluentes. O Brasil ainda tem uma longa caminhada a percorrer para alcançar o nível de países como Estados Unidos, Inglaterra e Europa. "Eles já estão bem avançados nesse âmbito. As empresas brasileiras ainda estão despertando para o fato de que esse nicho de

mercado é financeiramente viável. Para se ter uma ideia, todos os equipamentos usados nos parques eólicos, muito presentes no Rio Grande do Norte, são importados.", enfatiza Júlio Dantas. É possível, também, reduzir os gastos das indústrias por meio de atitudes simples e ambientalmente corretas, como a destinação correta do lixo. Por meio dela, diminui-se a poluição do solo, atmosférica e da água. Após o painel na Rio+20, a meta do presidente do Instituto de Inovação é fechar uma agenda de orientações para que se consiga alçar um status de sustentabilidade nos governos, empresas e a sociedade brasileira em geral.

Ele também espera desenvolver parcerias para operacionalizar projetos e programas sustentáveis a partir do evento, nos moldes que já realizou em algumas empresas natalenses, como o programa de substituição de geladeiras e ares-condicionados por modelos que emitem menos poluentes e, de quebra, reduzem o gasto de energia elétrica, realizado pela Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern). Ao final da Rio+20, os resultados do painel apresentado por Júlio Dantas serão compilados e transformados numa publicação, a ser lançada pelo Instituto de Inovação e Sustentabilidade, ainda sem data definida.


20 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 18 de junho de 2012

Érika Nesi

Segunda-feira

Moda & Atitude

erikamnesi@hotmail.com

Ah, quer saber...

Fartura O buffet fixo foi outro ítem que chamou atenção, onde a querida Renata Motta criou uma grande mesa com delicias regionais, ca-

Arraiá pra lá de dez

chorro quente feito na hora, assim

Na última sexta-feira, o condo-

como a tapioca com vários recheios

mínio Jardins de Amsterdã foi palco

que estava dos deuses. O serviço

para mais uma festa junina pilota-

também estava impecável, trade

da pelo compadre Jota Oliveira.

mark da R&M gastronomia.

Essa edição em especial tinha um clima mais acolhedor, fazendo que

t

os convivas participassem mais dos shows bacanas da noite. t

t

Mas antes de tudo, muita gente

t

no sábado na hora do almoço se rendeu à picanha deliciosa de Carlos Sergio Moura e lotou os seus

E assim foi a noite toda, mas principalmente quando Waldonys

Jota Oliveira

Luiz Felipe Duarte Bezerra e Thacyanne Flor Roberto Filho e Fernanda Fonseca Rocha

subiu ao palco e cantou músicas

dois bares. Uma mesa chamava atenção pela resenha grande formada por Mario Barreto, Boli-

antigas e novas, num repertorio im-

nha,Ricardo Bittencurt,Virgilio

possível de de deixar a platéia pa-

Dantas entre outros.

rada. Os casais deram show, prin-

t

cipalmente um em especial: Getulio Soares e Hilneth Correia que

t

t

Surpresa para Sabrina Silveira

rodopiavam alegremente pelo espaço de uma forma bem descon-

Também no sábado, a querida

traída t

t

Dom Vinícios e Cervantes

Dancing lotado

t

t

top model da agência Tráfego, a

t

bela Sabrina Silveira ganhou de surpresa uma festa de aniversário

Looks

com grande churrasco organizado

As mulheres deram um show

pela querida Sayonara Silveira, sua

no quesito elegância. Pelo menos

mãe.

a grande maioria, que tirou suas

t

t

t

roupas de frio para compor as produções, já que o condomínio fica

Família Silveira

no alto, propiciando a temperatu-

Estavam presentes toda a famí-

ra mais baixa. Já os bolinhas apos-

lia Silveira, tios e primos e muitos

taram com força na camisa quadriculada com a calça jeans. Alguns mais fashions apostaram na mode-

Reizinho e Audi Filho

Dilma e Gustavo Carvalho Roger Chaves e Larissa Daher

amigos da aniversariante. Uma festa muito alegre que contagiou todos os presentes. O serviço da Tábua de

lagem mais justa, no melhor esti-

Carne encantou os convidados, cai-

lo slim fit.

pifrutas e uma seleção musical perfeita feita exclusivamente para a t

t

t

Alex Padang e Carol

ocasião.

O couro imperou

t

t

t

Apesar de Natal ser uma cidade quente, as peças em couro im-

Beleza e juventude

peraram entre as mais fashionistas,

Como sempre, a aniversariante

pudemos observar a presença de

chamou atenção pelo seu jeito

jaquetas, calças, shorts e saias. Hoje

meigo e pela beleza, no final

as grandes tecelagens investem na

todos caíram de roupa na piscina,

tecnologia criando padronagens que

viva a juventude!

tem o efeito do couro, mas que não aquecem, apenas ficam no "faz de conta".

t

t

t

Suely Silveira e Hermano Morais

Buraco da Catita t

t

t

No sábado à noitinha, foi a vez do bar que fica situado na Ribeira

Brincadeiras

"Buraco da catita" bombar ao som

Sendo uma tradicional festa de

do Divina Xamma, que também

São João, não poderiam faltar as

lotou de gente conhecida querendo

brincadeiras, tanto de tiro ao alvo

ouvir os grandes sambas e tomar "

quanto o jogo de argolas, retratan-

uma gelada".

do fielmente como acontecem a festa no interior do estado. De pa-

t

t

t

rabéns também o trio: Prátika Locações, maior empresa no segui-

São João do MP

mento de estruturas do estado, Cas-

Também no sábado, foi a vez do

telo Casado, responsável pela ilu-

Ministério Publico festejar a festa

minação e pelo piso de vidro do

junina, com grande festa no Clube

dancing e Design Brasil, com Clo-

da Caixa, que também bombou

dualdo Bahia que decorou o espaço lindamente.

Marcelo Toscano, Cláudio Porpino, Marcelo Gurgel e Fred Queiroz

Carol Maciel, Felipe Maia e Dalila Rocha

geral. Até amanhã!


Flip 18/06/2012