Page 1

Quinta-feira

Ano XV w NATAL-RN,

21 DE JUNHO DE 2012 w Nº 4.370

R$1,00 w jornaldehoje.com.br

> DIANTE DO TOTAL DESCASO COM A SAÚDE PÚBLICA

Cremern move ação de danos morais coletivos contra o governo do Estado CONSELHO

DE

MEDICINA

Após oito ações ordinárias e alguns pedidos de interdição médica, o Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte resolveu entrar com uma Ação Civil Pública na Justiça Federal cobrando soluções para o caos no Hospital Walfredo Gurgel. Esta manhã, durante entrevista coletiva, os médicos apresentaram vídeo com quase 20 minutos de imagens chocantes dos setores de politrauma, do centro de recuperação de operados e do necrotério. CIDADE 8

TAMBÉM PEDE QUE JUSTIÇA CONDENE

ROSALBA CIARLINI

A MULTA DIÁRIA DE

R$ 20

MIL Reprodução

Setor de Reanimação interditado após idoso entubado apresentar foco de larvas na boca. No Necrorário, cadáveres apodrecem por falta de geladeira. No Politrauma, pacientes ficam jogados no chão.

Heracles Dantas

> BACIA LEITEIRA DESTRUÍDA

Betinho não aceita críticas de Wilma e diz que programa “está sendo reestruturado” POLÍTICA 3

>GOVERNO FEDERAL NÃO NEGOCIA...

Técnicos administrativos da UFRN intensificam a greve para comprometer ano letivo CIDADE 6

Esta manhã, servidores da UFRN e do IFRN protestaram nas ruas de Natal. Sindicato afirma que é a maior greve dos últimos dez anos

Heracles Dantas

> INVESTIGAÇÃO CONTINUA

Polícia fecha mais três casas de bingo na Cidade da Esperança CIDADE 10

> ELEIÇÃO DO SINTE/RN

Três chapas estão brigando pelo orçamento mensal de R$ 350 mil CIDADE 6

Mais de 30 mil professores escolhem hoje o próximo presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do RN

Walter Gomes

Marcos A. de Sá

Alex Medeiros

Daniela Freire

Vicente Serejo

Página 4

Página 7

Página 11

Página 12

Página 13

w Depois de irem à CPI do Cachoeira, governadores de Goiás e do DF crescem em pesquisa.

w Produtores e beneficiadores de leite discutem se acatam o reajuste proposto pela Emater.

w Não fosse a bola na canela, e Neymar iria para 2 meses sem fazer gol.

w PSB procura Micarla para compor aliança na proporcional com o PV.

w Excesso de regulamentação fez do galanteio um crime que tem nome: assédio sexual.

ESCREVEM ARTIGOS DA EDIÇÃO DE HOJE Valério Mesquita Ivan Lira de Carvalho Paulo Pereira do Santos Rodrigo Passos Pinheiro José de Anchieta Cavalcanti Ricart César Coelho dos Santos Mairton Dantas Castelo Branco OPINIÃO - Página 2

INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,05 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,08 R$ 2,05

Euro x real Poupança Taxa Selic

R$ 2,57 0,54% 8,5%

EMAIL REDAÇÃO:

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 21 de junho de 2012

IVAN LIRA DE CARVALHO, juiz federal e professor da UFRN (ivanlira6@uol.com.br)

Amancio

Quinta-feira

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

Cartas de longe: Lisboa, do fado à crise Tornar a Lisboa é permitir um reencontro com histórias, sabores, cores e sons. Faço-o, sempre que posso, da forma mais conservadora possível, a começar pela hospedagem no vetusto Hotel Mundial, coração do Chiado, espiando, ao alto, o Castelo de São Jorge e a dois passos da Praça da Figueira e a mais dois do traçado comercial da Rua Augusta, Rua do Ouro, Rua da Prata e adjacências mais ou menos nobres. Ali se alcança, com igual intensidade, a essência lisboeta mais fiel e as manifestações mais engraçadas daquela gente, com o devido respeito, ó pá. Tentar aprender o raciocínio cartesiano dos nossos irmãos d'além-mar é um game, uma tremenda onda. O que no Brasil se transforma em piada, para mim é desafio, mesmo que hilário. E isso em nada desmerece os alfacinhas. Bater pernas em busca de livrarias; enfiar-se em cafés ou pastelarias (a Suíça, por exemplo); comprar roupas do final da estação climática de lá para usá-las como "última palavra" nos tempos que abrirão aqui são boas justificativas para a viagem. Mas outras coisinhas seduzem quem admira os que nos colonizaram. Repassar monumentos, museus, igrejas e pontos afins como se ainda não os conhecesse ou pelo delicioso prazer de servir de guia aos novatos é atividade que me seduz. Assim, fazer um circuito em carrinha (alô, é assim que tratam os ônibus pequenos) ou em autocarros (busão, cá pra nós) ou mesmo usando bonde em certas linhas (o "ilétrico"), tanto pode significar uma revisita a paragens admiráveis, como a chance para novas descobertas que ficaram ocultas em outras idas. Descer a Avenida da Liberdade, do Marques do Pombal até à Baixa, dali rumando, via Praça do Comércio, para as bandas de Belém (com intervalo para um pastel típico, na fábrica posta nas cercanias do Mosteiro dos Jerônimos e do Museu dos Coches) é impagável. E arrodear o Padrão dos Descobrimentos, ponto de onde despregavam as naus que nos séculos quinze e dezesseis ampliaram os limites do globo

Artigo

terrestre? Só é comparável à reverência merecida à Torre de Belém, integrante da ancestral guarda da cidade, plantada à margem direita do Rio Tejo. Se freguês gosta de uma diversãozinha mais mundana, vá à noite às Portas de Santo Antão, ruela que se inaugura na lateral do Teatro Dona Maria II e sobe distribuindo restaurantes (tem um denominado Inhaca, mas não é malcheiroso) e casas de espetáculos, a exemplo do Coliseu dos Recreios, culminando com o bom - e caro - Solar dos Presuntos, que apesar do nome tem como carro chefe da cozinha o bacalhau. Mas dessa última vez que por lá aportei encontrei uma população desgostosa e apreensiva, mercê da quebradeira do Velho Mundo. [No cochicho: eu nunca acreditei, de vera, nesse alinhavo de culturas e economias chamado "União Europeia". Mas isso é tema para outro escrito.]. A conversa com os motoristas de táxi é o mais eficiente termômetro para aferir o clima de apreensão que banha um povo que em duas décadas saltou vários degraus no rumo do desenvolvimento e agora lhe tiram a escada. Acham, como eu, que tudo é uma maquiagem em vias de esboroar-se. E para aplacar uma depressão, só outra dose maior de melancolia. O remédio, de tons tristes, é servido no bojo de uma guitarra: o fado! Sim, a música de origem moura, pelos gemidos dos seus cantores, harmoniza-se tanto com os sentimentos de quem está apaixonado (ou que vive em tal estado...) como com os de quem atravessa infortúnios (inclusive os do bolso). Para alimentar a alma ou combater quaisquer dos males, as melhores doses são ofertadas no "Parreirinha da Alfama", aos cuidados da veterana Argentina Santos, ou no "Café Luso", no Bairro Alto, onde pontifica a nova geração dos bardos responsáveis pela eternização das belas e dolentes canções. "... Foi Deus/ que me pôs no peito/ um rosário de penas/ que vou desfiando e choro a cantar...".

PAULO PEREIRA DO SANTOS, economista, professor aposentado da UFRN e sócio efetivo do IHGRN (paulopsantos@supercabo.com.br)

A Rio+20, sobre o Desenvolvimento Sustentável... Sem dúvida, é uma reunião de vários países , cujo objetivo de maior importância para o mundo. Vamos esperar pelos resultados positivos ou negativos do grande evento internacional. Tomara que não apresente fracasso! Como alguns artigos da imprensa já divulgaram não significativos sucessos! No início da história do assunto sobre a ecologia, em Estocolmo havia a primeira Conferência Internacional. Tratava-se sobre o homem e o meio ambiente. Foram, somente, dois governantes, um sueco, primeiro-ministro Olof Palme e Indira Gandhi da Índia. Por ser a primeira conferência, é claro, não houve sucesso com relação à presença de mais chefes de governo. Depois de duas décadas, em 1992, partir deste ano, o assunto da ecologia passou a ser chamado de sustentabilidade. Compareceram à conferência 108 chefes de estado, em termos de número de mandatários de governo, foi bastante superior com relação aos 2 chefes de Estocolmo. Vê-se que a coisa cresceu. Agora, a expansão do processo dos gases aumentando o aquecimento global, gerando degelos das regiões polares, redução da biodiversidade, da mudança do clima global do planeta, das enxurradas pelas chuvas galopantes e deslizamentos de encostas, derrubando casas e matando pessoas. Todos esses fenômenos vêm contribuindo para elevar a preocupação das nações do mundo.

Artigo

O começo de 1972, transformando em maduro em 1992, agora, tem uma nova oportunidade de mostrar força. A partir da quarta-feira várias delegações do planeta, compreendendo 20.000 participantes que começam a chegar ao Rio de Janeiro para Rio+20, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável. Provavelmente, entre 20 e 22, a presença de 110 chefes de estado de governo. É quase certo a não presença de Barack Obama e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, já comunicou que não vai comparecer a Rio+20 por motivo de problemas do seu país. Resta saber se vão haver novas desistências! Vale lembrar que importantes assuntos serão ventilados como a chamada economia verde, a economia criativa dos meios urbanos, a economia florestal e como o mundo capitalista poderá crescer perante a uma crise econômica global! É interessante lembrar que hoje, em comparação ao consumo de duas décadas passadas, existe, hoje, a pressão do consumidor para não comprar produtos de companhias que os fabriquem desrespeitando os limites da terra, contra aos cuidados de extração e produção, não atendendo ao controle de poluição e contaminação. Vamos aguardar o resultado final da conferência relativo ao desenvolvimento sustentável. Porque a coisa está parecendo como outras conferências passadas, quando é para desembolsar dinheiro ninguém honra o compromisso assumido!

JOSÉ DE ANCHIETA CAVALCANTI, advogado e membro da regional Natal da Seicho-No-Ie (joselito@supercabo.com.br)

Sabedoria que vem do interior Quando nos desligamos das preocupações fenomênicas e eliminamos o nosso "eu" menor surge do nosso íntimo uma excepcional sabedoria. Nossa inteligência física, por intermédio da qual efetuamos qualquer trabalho em função do bem-estar da humanidade, não pode ser comparada com a imensa sabedoria que provém da Natureza. Só existe uma maneira objetiva de manifestar esse conhecimento interior, qual seja a da anulação do pequenino "ego" existente em cada um de nós e nos sintonizarmos com a Grande Vida do Universo, estabelecida pela Seicho-No-Ie a qual é denominada de meditação Shinsokan e que nos transforma em verdadeiros canais da sabedoria divina da qual tanto necessitamos, pois, chegamos à conclusão que, sua ausência, é a que provoca a quantidade de desgraças que avassala nosso desvirtuado mundo em que vivemos. Nós, como seres humanos que somos, usamos com bastante intensidade nossa inteligência material, em nossos convívios sociais, nas escolas ou em casa, porém nos esquecemos de procurar desenvolver a verdadeira sabedoria divina que existe em nosso interior, tornando pobre a inteligência material, que, assim, ficará desprovida do caráter intui-

tivo. E temos que observar que foi pelo desenvolvimento da intuição que muitas coisas foram realizadas pelos grandes mestres da humanidade, na música, basicamente, e nas diversas artes que encantam os humanos nos tempos de hoje! Dessa forma, devemos entender, o que já deveria ser um princípio natural na concepção humana qual seja o de procurar desenvolver ao máximo a sabedoria interior ou intuitiva que existe dentro de cada um, procurando saber junto às regionais como é aplicada a chamada "Meditação Shinsokan", processo rápido e produtivo que faz parte da pedagogia Seicho-No-Ie em uma ajuda destinada à todas as pessoas que sentem ter necessidade de também desenvolver seu processo intuitivo de raciocínio. Embora entendamos ser da maior importância para o gênero humano as pesquisas científicas necessário se faz que todos os dias, durante um período de aproximadamente meia hora, mergulhemos nossa inteligência material no mundo da inteligência divina, e, assim, obteremos, inevitavelmente, uma mais acertada orientação no encaminhamento dos problemas que nos dizem respeito, pois, deste modo, estaremos usando com efetiva segurança a sabedoria que vem do interior!

MAIRTON DANTAS CASTELO BRANCO, major PM-RN (castellobianco@gmail.com)

Saudades da terrinha

Artigo

RICART CÉSAR COELHO DOS SANTOS, procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do RN (ricartcesar@yahoo.com.br)

A seca e a realização de festas O Decreto no. 22.637, de 11 de abril de 2012, assinado pela governadora do Estado do Rio Grande do Norte declarou a situação de emergência em 139 municípios do estado em virtude de "Desastres Naturais Relacionados com a Intensa Redução das Precipitações Hídricas, em decorrência da Estiagem", ou seja, pela situação de grave seca enfrentada nesses municípios. O prazo é de noventa dias, que pode ser prorrogado por igual período. Por meio da Portaria no. 174, publicada no Diário Oficial da União de 30 de abril de 2012, o Secretário Nacional de Defesa Civil reconheceu, em decorrência da referida estiagem, a situação de emergência nos Municípios acima referidos. Apesar das dificuldades sentidas na pele pela falta de chuvas em várias regiões no estado, as quais chegaram a ser reconhecidas formalmente por meio do já mencionado decreto, algumas prefeituras insistiram na realização de festejos, incluindo a contratação de bandas e cantores com cachês estratosféricos, o que se encontra claramente em completa dissonância com o momento difícil por que passam tais entes federados. Ademais, também merece destaque o fato de que alguns gestores dos referidos municípios incluídos no Decreto nº 22.637, de 11 de abril de 2012, não vêm cumprindo a obrigação legal de prestar informações ao Sistema Integrado de Auditoria Informatizada (SIAI). Este consiste em programa informatizado desenvolvido pela Corte de Contas estadual para possibilitar o acompanhamento e controle sobre a

Artigo

execução orçamentária e financeira dos entes públicos sob sua jurisdição. Como não prestam as informações com antecedência, como determina a lei, alguns gestores acabam por tornar mais difícil a missão do controle externo do gasto público, criando um obstáculo para que a fiscalização seja realizada de forma preventiva a impedir os danos ao erário. Em decorrência da situação acima mencionada, o TCE e o Tribunal de Contas da União (TCU) realizaram, no início do mês de maio deste ano, uma reunião, em que ficou acertado que os dois órgãos atuariam de forma conjunta na fiscalização dos recursos públicos no âmbito dos municípios, especialmente para evitar o desvio de finalidade no seu emprego, especialmente com a contratação de bandas e a realização de festas durante o período junino. Saliente-se que o convênio entre as duas Cortes de Contas já existe há alguns anos e que a referida reunião deu-se para tratar desse problema específico, que acontecia e continua ocorrendo em todo o estado. No mesmo encontro, surgiu a idéia de expedir-se uma recomendação, destinada a todos os Municípios, para que se evitasse a realização de festejos durante o período de vigência do já mencionado Decreto no. 22.637, de 11 de abril de 2012. A idéia da recomendação ganhou força e passou a ser defendida pelo Ministério Público Federal, Ministério Público Eleitoral e também pelo Ministério Público Estadual (MPE). Assim, a recomendação em comento foi efetivamente assinada em 1º de junho de 2012 e consignou que "en-

quanto persistir a situação de emergência declarada por meio do Decreto nº 22.637, de 11 de abril de 2012, assinado pela Excelentíssima Senhora Governadora do Estado do Rio Grande do Norte abstenham-se de realizar despesas com eventos festivos, incluindo a contratação de artistas, serviços de 'buffets´ e montagens de estruturas para eventos". Em caso de desobediência à recomendação, poderá haver a "adoção das providências cabíveis a cargo de cada uma das Instituições subscritoras, inclusive eventual postulação de atuação preventiva e cautelar à Corte de Contas, com pedido de sustação de atos, contratos e procedimentos administrativos e suspensão do recebimento de novos recursos, sem prejuízo da aplicação de multa ao gestor, além de outras sanções cabíveis". Deve-se registrar que, após a publicação da recomendação mencionada, anunciou-se o cancelamento de festejos em diversos municípios do Estado, enquanto que outros ainda mantêm as suas comemorações. Por fim, pode-se afirmar que a prudência que já seria exigida dos gestores públicos na realização de despesas públicas em qualquer momento, passa a ser muito mais cobrada em situações de emergência, como é a presente, causada pela seca. A realização de grandes festas no presente momento assemelha-se à hipótese do sujeito, que, atravessando um momento muito delicado de saúde, resolve esbaldar-se em uma festança. Ao senso comum, é fácil perceber que a atitude é das mais inconseqüentes.

VALÉRIO MESQUITA, escritor (mesquita.valerio@gmail.com)

Louros para quem merece 01) Dava-se início a campanha para o governo e Djalma Marinho, candidato da situação, visitava vários municípios. Em Angicos, o líder Vanderlinden Germano, conseguiu aprovar na câmara municipal o título de cidadão angicano para Dejinha. Dia da entrega, com o salão nobre lotado, José Barbosa, o Zé Doido, vereador, líder dele mesmo, dava início ao seu discurso, jogando confetes no homenageado. Proclamava, a certa altura: "Doutor Djalma Marinho! Nessa noite de gala, nós angicanos estamos felizes, por que Vossa Excelência é um de nós. Vossa Excelência é incrivelmente doce, "surreal", "inesquecível", "transcendental", e coisa e tal...". Depois de uns segundos, Zé Doido surpreendeu a todos: "Tá, ... deu um branco em mim!!...". Djalma cochichou com Vanderlinden: "Pega esse microfone, antes que essa "figura mediúnica" enegreça o ambiente". 02) Os irmãos Valmir Targino e Osnildo e mais dois amigos, encontraram-se na cidade de Messias Targino, depois de um bom tempo sem se verem. Foi muito papo, lembrando o passado, regado claro, à cerveja, sem horas para findar. A conversa já varava a noite, quando deu início a "sessão mijadeira". Depois de idas e vindas ao WC, Valmir teve uma idéia. "Zezinho", chamou o dono do bar. "Nós vamos reiniciar a contar mais piadas. Ninguém vai querer perder um lance

Artigo

sequer! Vá à sua casa e traga um pinico. Ponha debaixo da mesa de forma que as necessidades sejam feitas aqui mesmo...!". Assim foi feito, aprovado e cumprido. Pra essas coisas, só Valmir mesmo. 03) Antecipando-se a mil anos luz, o enfermeiro-ex-deputado Francisco José, criava o Programa Saúde da Família (PSF), em Mossoró. Chico José, sempre de prontidão, tensiômetro e "luzinha" à mão, atendia em qualquer lugar a todos os amigos. Certo dia, já deputado estadual, na "Praça do Cid", diante da imagem de Santa Luzia e da estátua de Dix-Sept Rosado, um eleitor encontrando-o, disse: "Deputado, a quanto tempo? Tava doido pra lhe falar!". Chico, apertando a mão do correligionário falou: "Abra a boca! Hummm...", disse o "doutor". "Sintomas de laringite; amígdalas inflamadas; probleminhas no esôfago...". "Peraí, Chico José!", exclamou o "paciente". "O que eu quero com você apenas resolver esses três papéis de água e dois de luz aqui. Você fazendo isso, o resto deixe pra lá!!!". O deputado "amiguinho", desconversou, e despediu-se: "Amanhã, passe lá em casa". E pegou o beco. 04) O prefeito Walter Sá Leitão, não arredava o pé de sua irreverência, fosse onde fosse, independente dos presentes. Certa feita, o bispo diocesano D. Gentil Diniz Barreto em visita

ao Assu, teve um problema mecânico em seu carro. O prefeito tranquilizou o prelado. "Pode deixar D. Gentil. Eu cuidarei do problema". Depois do almoço, de um papo informal e algumas pessoas da sociedade reunidas, entrou na sala, de repente, o mecânico, dizendo que o veículo estava pronto. Na hora do valor do serviço, D. Gentil quase cai de costas. O prefeito Walter atenuou ao seu jeito: "Calma D. Gentil. Isso aí é comigo. Eu sei onde quer chegar. Isso a gente vai passando um pouquinho de vaselina, aí consegue engolir a macaxeira!". O riso foi geral e o bispo ficou "matutando a charada", sem entender o folclórico Leitão. 05) Outra de Leitão, o Costa. Em Assu a sua calçada mais parecia o INSS, tal era o número de pessoas necessitadas em busca de algum recurso. Certo dia o prefeito sentenciou: "Eu queria ter coragem de sair de casa pela porta dos fundos. Arre égua. Todo dia é esse latejo de gente, só pra pedir!". Antônio Domingos, o fiel escudeiro, tentou explicar: "É isso. Está escrito: o pobre tem o sagrado direito de importunar o rico". Costa jogou o indefectível charuto fora e respondeu: ""Impurtunar", eu fico calado. Agora, azucrinar o juízo, encher o saco e até rasgar a manga da camisa da gente, aí é dose pra cavalo. Você concorda comigo, "Ontonho"?" Quem ousaria discordar?

RODRIGO PASSOS PINHEIRO, advogado da União (rodrigopassosnatal@hotmail.com).

Vovó - Poesia e homenagem Livre no desabrochar desta vida nova aparece, vovó Antonieta e tia Elizabeth. Cândida aparência que minha avó me lembra; era ela ou tia Elizabeth. Olho para ela, vejo minha avó, quando olhando minha avó já não a via. Destinos e encontros, todos desígnios de Deus. Os desencontros, os maiores de seus mistérios, e o segredo da fé e da esperança. Independente de mistérios e desígnios, a marca fra-

terna do amor, e, enquanto a vida, sempre a esperança - licença poética. Vovó Antonieta, sempre o exemplo que almejo espelhar; tia Elizabeth, a irmã batalhadora, de amor fraterno e saudosa recordação. Félix Bezerra de Araújo Galvão, pai desta bela família, bisavô querido, que nos ensinou a todos uma vida honrada e justa. Desembargador de respeito, fez da ética o legado para a sua família. Zeca Pas-

sos, seu neto, filho de Antonieta, de onde estiver, contempla a mais bela união que ocorre no céu; as duas irmãs gêmeas de 91 anos, com três meses de diferença na partida, encontram-se mais uma vez em seu destino, para esse novo nascimento da vida após a morte. O céu está repleto de estrelas, e cada vez em que eu vir a mais bonita, lembrarei da minha avó, e, agora, de tia Elizabeth.

De vez em quando bate um banzo daqueles! Lembranças da tenra idade, das peripécias da inocência vivida no interior. Dos joguinhos de bola nos campos de areia e barro batido, dos banhos de rio e açude ainda impolutos frente à ação humana; do andar na caatinga com o sol causticante, colhendo frutas em épocas como as dos cardos ou dos umbus, e, nas regiões serranas, os cajus. A cidade grande para nós era um encanto que vivíamos apenas em sonhos. Lembro-me da primeira vez que cheguei à capital. Prêmio por uma traquinagem: fratura do braço depois de uma queda sofrida quando estávamos a passear em cima de um velho "Dodge". Ainda idos de 77, vi grandes prédios, muitas luzes e faróis. Todavia a Capital ainda ostentava um aspecto de cidade em desenvolvimento, sem muitos carros, com bons espaços nas ruas, onde circulavam mais amigavelmente motoristas e pedestres. Mas mesmo com todo o deslumbramento, nada era ou é igual ao rincão ao qual nos filiamos. O Seridó potiguar é uma belezura sem igual, mesmo hoje com todo o processo de desertificação acelerado, fruto do descaso dos governos e mais governos, da falta de medidas efetivas para com os efeitos das estiagens e também da necessidade premente da sobrevivência do povo sertanejo, que usufrui dos ricos recursos propiciados pelo bioma da caatinga, vegetação predominante do sertão potiguar, sem a sabença do chamado desenvolvimento sustentável. O sertão é lindo! Quando das épocas das cheias, de bons invernos, não tem como não se encantar com as sangrias das barragens e dos açudes. Vira uma atração à parte que traz de volta pessoas que se distanciaram da terra e também aquelas que apreciam uma linda paisagem natural. Nestes períodos as festas regionais são mais fortes, marcantes. As cidades celebram seus patrocínios religiosos e profanos mais intensamente. São assim as Festas de Santana em Currais Novos e em Caicó, bem como a Festa de Nossa Senhora da Guia, da cidade mais limpa do Brasil: Acari. Vem gente de todo o Brasil para apreciar tão aconchegantes e calorosas comemorações. É por isso tudo e muito mais que de vez em quando bate uma saudade da terrinha querida, daquela cidade que nós viu nascer e nos acolheu e depois, por vontade do destino, nos viu partir para voltar a cada ano com mais vontade, mais amor. Mais o interior não é somente isso: cidades pequenas são exemplos de civilidade, amizade e confiança mútua. É muito fácil encontrar o alcaide mor da cidade na feira livre, tirar um dedinho de prosa, cobrar uma política aqui, outra acolá; bem como ser recebido pelo magistrado local, pessoa mais simples do que os togados da capital; é possível também fazer amizades e ser chamado de Mairton, de Fátima, José de Antonio, ou Maria de Tomáz. É possível ainda, mesmo com a chegada das drogas por imposição de um comércio torpe, ilegal e destrutivo, dormir com as portas e janelas abertas, pois conheço o meu vizinho e este me conhece. Faltou um pouquinho de açúcar? Menino, vai lá na comadre e pede um naco emprestado, depois devolvemos e assim segue a pacata vida interiorana. Talvez esteja sendo um tanto idílico e a realidade seja outra, mas só em chegar no Seridó potiguar e passar por estas cidades maravilhosas, lembro da minha infância, que mesmo na dificuldade e na pobreza, sempre houve dignidade e fartura. Nunca ficamos sem uma refeição diária, fato que infelizmente se concretizaria na chegada na capital, alguns anos depois que com muita luta e perseverança dos pais, com muito suor e trabalho, nunca mais aconteceu. Mas o interior é assim mesmo. Não somente podemos ver essa solidariedade, essa pacificidade e gentiliza no Seridó, mas em todas as cidades de pequeno porte do interior norte-rio-grandense. As pessoas são boas, receptivas e caridosas. Dispostas a ajudar quem quer que mais precise. Nunca vi minhas tias, minha avó e meus parentes dizerem um não a um cidadão mais carente quando este batia à porta. Nunca vi nenhuma destas pessoas negar um copo de água ou um prato de comida a quem quer que fosse. É por isso e muito mais que sinto saudades da terrinha, na qual nasci, vivi poucos anos e depois parti. Por isso que quando posso, fujo das incivilidades da cidade grande e volto para meu amado Seridó.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Dessana Araújo Élida Mercês João Ricardo Correia EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos EDITOR DE ESPORTES

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r Gabriel Negreiros EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Quinta-feira

Natal, 21 de junho de 2012

O Jornal de HOJE 3

Para Betinho, críticas de Wilma ao Governo “são palavras ao vento” SECRETÁRIO

DE

AGRICULTURA

ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O secretário estadual de Agricultura, Betinho Rosado, saiu em defesa do governo Rosalba Ciarlini (DEM). Após as críticas dos principais líderes da oposição esta semana em relação ao Programa do Leite, o auxiliar governista minimizou os julgamentos dos adversários. Para ele, as críticas da oposição "são palavras jogadas ao vento". Nesta quarta-feira, a ex-governadora Wilma de Faria (PSB) disse que o governo Rosalba está levando o Programa do Leite à destruição. "Eu não vou responder a Wilma. Entendo que não seja necessário. Mas posso lhe informar a respeito das ações do Programa do Leite, que está sendo reestruturado, devagar, mas está", rebateu Betinho, de Brasília, onde se encontrava na manhã desta quinta. Segundo ele, o governo pegou o programa com uma dívida de R$ 10 milhões e conseguiu pagar ao longo do ano passado, estando em dia atualmente. Ele citou o aumento de 16,25% no preço do leite, anunciado ontem pelo governo, reajustando o preço do produto adquirido pelo Estado de R$ 0,83 para R$ 0,93. "Vamos passar o preço do leite para R$ 0,93, é um dos melhores preços do Nordeste. Estados como Alagoas, Ceará, Pernambuco

REBATE DECLARAÇÕES DA EX- GOVERNADORA A RESPEITO DO

pagam R$ 0,74, R$ 0,76. Vamos pagar R$ 0,93. Portanto, o governo de Rosalba tem contribuído com ações claras como essa para melhorar e aumentar o Programa do Leite", afirmou Betinho. Em entrevista ao Jornal de Hoje, a ex-governadora Wilma de Faria acusou o governo Rosalba de querer destruir o programa. Segundo ela, o programa havia sido acabado no governo de José Agripino, foi retomado por Garibaldi Filho, e agora está sendo destruído pelo atual governo. "A bacia leiteira está destruída e substituir o leite pasteurizado pelo leite em pó é um procedimento inadmissível", disse a ex-governadora. Sem querer polemizar, Betinho disse que "a declaração da ex-governadora Wilma se dá porque ela não conhece os fatos presentes do Programa do Leite. Conhecendo, ela vai entender que nós estamos continuando e melhorando. Essas críticas são tudo palavras jogadas ao vento", afirmou, acusando o governo Wilma de Faria de ter tirado do RN o primeiro lugar na produção de frutas e de camarão do Nordeste. "Um governo que tirou do RN o primeiro lugar na produção de frutas do Nordeste, permitindo que fossemos ultrapassados pelo Ceará na produção de frutas e camarão; um governo que depois de oito anos

PROGRAMA

Heracles Dantas

Betinho Rosado: “Não vou responder a Wilma. Entendo que não seja necessáriio. Ela não conhece o Programa do Leite” fez com que o PIB do RN fosse ultrapassado pelo da Paraíba, ou seja, não promoveu o crescimento e o desenvolvimento do Estado, é um governo que precisa ser olhado com lentes mais precisas", disse Betinho. Segundo o secretário, Rosalba está recuperando a produção de frutas e de camarão. "Estamos quase com 200 mil toneladas de camarão. E pretendemos, ao final de 2012, voltar a ser o principal pro-

dutor de camarão do Nordeste brasileiro, ultrapassando o Ceará, que tínhamos ultrapassado em 2010. Então o governo tem projetos e ações e está apresentando esses resultados ao final desse exercício financeiro". VALOR Ainda sobre o Programa do Leite, Betinho defendeu o valor ofertado pelo governo. Segundo ele, o preço do leite no Brasil hoje

está em R$ 0,83. "Nós estamos oferecendo o preço 10 centavos acima do Brasil, 17 centavos acima do preço do Ceará, de Alagoas e de Pernambuco. Então o governo está fazendo um esforço e promovendo, dessa forma, uma sustentação a nossa bacia leiteira, que inclusive nós somos hoje o único estado do Nordeste que paga esse Programa do Leite diretamente ao produtor, garantindo quinzenalmente o pagamento do leite que chega ao go-

DO

LEITE

verno do Estado". Para o secretário, as declarações de que o valor impede o fim da bacia leiteira "destoam do mercado e depois o Programa do Leite não tem que oferecer preços acima do preço de mercado. O mercado existe e o programa de governo tem que andar subsidiariamente aos mercados e não importa preço ao mercado", declarou. AFTOSA Com relação às críticas feitas ao trabalho do governo em relação ao combate à aftosa no Rio Grande do Norte, o secretário de Agricultura afirmou que o governo apresentou ao ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, quando esteve no RN, um conjunto de ações do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária (IDIARN). "Tenho informações de que o ministro foi à Paraíba e recomendou que o governo de lá mandasse técnicos ao RN para conhecer o trabalho que o RN estava fazendo. O trabalho do RN já está reconhecido", disse Betinho. Ele agendou a auditoria para o dia 15 de julho. "Vamos fazer a sorologia ainda esse semestre e no início do próximo ano vamos ser declarados zona livre de febre aftosa com vacinação. O resto é conversa de quem quer atrapalhar o crescimento e o desenvolvimento do Estado".

> CARLOS ALBERTO DE MEDEIROS

Ex-auxiliar de Wilma será candidato a vice-prefeito de Mineiro O presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores em Natal, Carlos Roberto de Araújo, anunciou esta manhã que o nome que deverá disputar as eleições deste ano como companheiro de chapa do deputado estadual Fernando Mineiro (PT) é o do professor da UFRN Carlos Alberto de Medeiros. A convenção do PT será domingo à tarde no espaço cultural da Assembleia Legislativa. O presidente do PT confirma que o partido irá de chapa "purosangue", isto é, sem aliança com outra legenda. "O nome que estamos conversando é Carlos Alberto de Medeiros, professor da UFRN, vice-presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL), e exsubsecretário de Turismo do governo Wilma, coordenador do PRODETUR e filiado ao PT desde o ano passado", resumiu Araújo, como é mais conhecido o dirigente partidário dentro do PT. Segundo Araújo, o provável vice do PT, Carlos Alberto de Medeiros é um nome que aproxima a futura candidatura de Mineiro dos setores empresarial e comercial da cidade. "O nome dele amplia o diálogo do

Heracles Dantas

Deputado Fernando Mineiro será candidato a prefeito numa chapa puro-sangue para prefeito de Natal PT com os setores da cidade. Ele tem esse link com o setor empresarial e o comércio, além de inserção na área do turismo", observou. O presidente do PT confirma para amanhã mais uma reunião da executiva do PT, que vai oficializar a questão do vice. Segundo ele, um encontro do diretório delegou à exe-

cutiva municipal homologar o candidato a vice. "Carlos Alberto é um bom nome. Até agora não tem outro. Pode surgir, mas até agora não temos", observou. CHAPA PRÓPRIA O presidente do PT avalia que o partido saiu em outras eleições

Foto: Blog Laurita Arruda

Carlos Alberto Medeiros, professor da UFRN, será o companheiro de chapa de Fernando Mineiro

com chapa própria. "Nós temos um cenário em Natal de muitas candidaturas da própria base do governo Dilma. Nesse cenário o PT apresentou a candidatura de Mineiro. Estamos dialogando com a cidade. Queremos tirar o atraso desses quatro anos, mas não queremos voltar ao passado".

Sobre a posição de Mineiro nas pesquisas, Araújo disse respeitar os levantamentos, mas afirma que a maioria da população ainda não decidiu em quem votar. "Nós respeitamos as pesquisas, já que podemos definir táticas. Também estamos fazendo pesquisa. E temos que o quadro é de indefinição. Temos candi-

datos que estão bem na frente nas pesquisas. Mas temos 60% ou 70% que ainda não definiu. Nós achamos que quando a campanha começar pra valer, o quadro mudará e faremos que Mineiro chegue ao segundo turno. Nós estamos avaliando que teremos uma eleição de segundo turno em Natal".

ra pague uma multa de R$ 20 mil por dia. A pediatra que salvou crianças no início da carreira nunca pensou que governaria o Estado e a área de saúde ficaria pior do que com outros gestores.

Grande do Norte. POSSE Emmanoel Pereira já é integrante do CNJ, mas a posse do potiguar, com direito a festa e discurso, ainda não foi marcada. Motivo de orgulho para o RN, a notícia deixa muito invejoso de cara feia.

Natal, tamanho seu desgaste.

Túlio Lemos POLÍTICA - TÚLIO LEMOS INCOERÊNCIA Wilma afirma que não será candidata a vereadora porque renunciou sua candidatura à prefeitura de Natal. o mesmo não se aplica ao caso de ser vice. Definitivamente, coerência é palavra em desuso pela classe política. CORONELISMO Em relação à imprensa, o 'modus operandi' do marido da governadora Rosalba Ciarlini, ex-deputado Carlos Augusto Rosado, é bastante conhecido de colegas mossoroenses: ou está comigo por opção ou pressão, ou está contra mim e vai ter que aguentar as consequencias. Tem funcionado em Mossoró e ele tentou 'importar' para Natal. CORONELISMO II O pior é que o estilo coronelista de Carlos Augusto parece que foi absorvido pela comunicação do Governo Rosa. Há gente pensando que o chicote funciona. Pode até conseguir funcionar para al-

tuliolemosjh@gmail.com / www.tuliolemos.com.br / @tuliolemosrn

guns. Para outros, o efeito é inverso. Misturar incompetência com bajulação e subserviência provoca uma explosão de desgaste. SAÚDE Além de contabilizar um fato inédito de ver médicos saindo de hospitais para prestar queixa em Delegacia de Polícia por causa das condições sub-humanas em uma unidade de saúde cujo Estado é administrado por uma médica, a governadora Rosalba Ciarlini terá que negativar mais uma vez sua passagem pelo governo na área que atua profissionalmente. CAOS O Conselho Regional de Medicina gravou um vídeo em que as imagens revelam um quadro degradante, assustador e preocupante no maior hospital de urgência do RN, o Walfredo Gurgel. A jornalista Fernanda Souza, que fez a matéria para este JH, ficou 'chocada' com o que viu, sentimento compartilhado por outros pro-

fissionais da imprensa e da área médica. PRESSÃO No CRO, Centro de Recuperação de Operados, há tres pacientes que dividem o mesmo aparelho de medir a pressão arterial, correndo risco de confundir o diagnóstico; no necrotério, as geladeiras estão quebradas e as portas não fecham, provocando o apodrecimento de corpos. No setor de politrauma, os pacientes são atendidos no chão, por falta de leitos e macas. A Copa, onde é feita a comida, fica próxima ao corredor das macas, misturada a sangue e possibilidade de contaminação dos alimentos. Ou seja: um desastre. AÇÃO Em função de tudo isso, o CRM ingressou com uma ação pioneira no Brasil, em que cobra R$ 1 milhão referente a dano moral coletivo e pede que a Justiça determine que a própria governado-

NOVIDADE A quinta-feira amanheceu com a 'notícia' que o vereador Raniere Barbosa iria conceder entrevista para 'anunciar' o apoio a Carlos Eduardo. É a novidade do ano. ELOGIOS Durante a posse oficial do advogado Emmanoel Pereira no Conselho Nacional de Justiça, a ministra-corregedora Eliana Calmon fez elogios ao irmão do novo Conselheiro, Erick Pereira, que combateu a temida Calmon para defender seu pai, ministro do TST, Emmanoel Pereira. A primeira derrota nunca é esquecida. Foi a primeira vez que Eliana Calmon perdeu um embate no CNJ; e foi justamente para um jovem advogado e professor do pequeno Rio

CEARÁ-MIRIM Definida a candidatura da exprefeita Edinólia Melo à Prefeitura de Ceará-Mirim. O DEM gostaria de indicar o vice e o tema foi abordado em conversa de Carlos Augusto Rosado com o ex-senador Geraldo Melo, marido de Edinólia. VICE Para companheiro de chapa, Edinólia tem preferência por Ruy Pereira, Fabrício Gaspar, Leonor, Zélia Santos ou Élcio de Muriu. Quem agregar mais será o escolhido. A campanha nos Verdes Canaviais será polarizada por Edinólia e o prefeito Antonio Peixoto, que é o Micarla de calça comprida da Grande

FRACO O Governo de Rosalba não está fraco somente nas ações. É fraco também até na defesa. Escalado para 'responder' a Wilma, Betinho Rosado, secretário de Agricultura, foi praticamente um 'rolando lero'; fala e não diz nada. ELEGÍVEL O advogado André Castro garante que não há qualquer possibilidade do vereador Enildo Alves ficar inelegível. Segundo ele, há decisões judiciais sobre o tema específico que tranquilizam o parlamentar. REPARAÇÃO O ex-prefeito Carlos Eduardo disse hoje que "a Justiça reparou o dano e eu sou candidato". Ou seja: se não tivesse conseguido a liminar, ele não seria candidato. O filho de Agnelo só esqueceu de dizer que a 'reparação' do dano foi provisória e não definitiva.


4 O Jornal de HOJE

Natal, 21 de junho de 2012

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

De erro, cinismo e decepção Dispensa-se Lula da Silva de provar competência política. O histórico das ações dele permite-lhe receber, talvez com louvor, o diploma de honra ao mérito. Mas, como no ex-presidente da República prevalece o “deixa comigo”, tem cometido erros cujos resultados são danosos aos projetos de sua agenda na qual o poder é substantivo sublinhado. t

t

t

No caso da sucessão paulistana, mais do que a ética, ele atropelou a perspicácia que o levou da modesta profissão de torneiro mecânico à honra de governar o Brasil. Entre o início, meio e fim da escalada, Lula, profissional da astúcia que lhe faz orgulhoso, equivocou-se em várias ocasiões. Deixem-se, entretanto, no arquivo morto os erros do passado, embora alguns deles se reapresentem com nova fantasia. t

t

t

“Foi um preço alto por uma coisa muito pequena”. Com a força de emblema, a frase da deputada Luiza Erundina (PSB-SP) repercutiu no país. Por um dia e pouco companheira de chapa do petista Fernando Haddad, traduziu, sofrida, a aliança do PT com o PP de Paulo Maluf. t

t

t

Em seguida, outro choque, conforme a ex-prefeita da capital paulista revelou. A decepção ela compartilhou com pessoas próximas a Lula. Esses interlocutores consideram “demais” a foto em que “o ídolo”, sorriso aberto, posou, com Haddad, ao lado de Maluf. Jornais brasileiros registraram na primeira página e os sítios da mídia eletrônica espalharam pelo mundo. t

t

t

A oposição foi além. Viu na imagem “o flagrante de cinismo, de uma aliança que põe a política em quarentena”. Apesar de autodenominado “metamorfose ambulante”, o patrono da candidatura do ex-ministro da Educação exagerou no que os políticos sem escrúpulo chamam “ossos do ofício”. Já os homens públicos com pudor denominam “contorcionismo moral”.

Hora do desafogo Ministro da Agricultura tenta a volta por cima. Enfraquecido no Palácio do Planalto e desgastado nas entidades dos produtores rurais, Mendes Ribeiro (foto) ancora-se no prestígio do PMDB, seu partido, para sobreviver na equipe da presidente Dilma Rousseff. t

t

t

Para melhorar a imagem na bancada ruralista, Ribeiro, da bancada do Rio Grande do Sul na Câmara, busca uma solução para o endividamento do setor agropecuário. t

t

t

Também com a ajuda das lideranças peemedebistas, o deputado-ministro articula junto à equipe econômica a redução dos juros de créditos agrícolas oficiais de 6,75% para 4,5%. E, para a agricultura familiar, de 4,5% para 3%.

LEITURA DINÂMICA w Relatório do Credit Suisse derruba o PIB brasileiro para 1,5%, neste ano. Segue na contramão das previsões do mercado financeiro nacional (2,3%) e do governo (4,4%), cultor de exagerado otimismo. w Em Porto Alegre, o deputado Paulo Borges retirou-se da disputa pela prefeitura. Alega que foi abandonado pela direção do DEM. Ele estava em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto. w Nesta quinta-feira e na próxima não haverá rede nacional de rádio e tevê para propaganda de partidos. A Corte Eleitoral cassou os horários do PRP e PPS. w Livro provocativo chega aos postos de venda: O fetichismo do conceito. Autor: Luís de Gusmão, professor da Universidade de Brasília. A obra coloca na berlinda sociólogos cujas pesquisas estão fora da realidade. w Além do apoio de Dilma Rousseff para disputar a direção do Senado, Edison Lobão tem o incentivo de Michel Temer, vicepresidente da República.

w O TSE registrou o PEN (Partido Ecológico Nacional), o 30º do país. Como não tem um ano de reconhecimento oficial, a sigla está fora da disputa de outubro. w Depois que foram à CPI do Cachoeira, os governadores do Distrito Federal e de Goiás já não têm a mesma rejeição anotada pelos institutos de opinião. Caiu oito pontos percentuais a reprovação ao goiano Marconi Perillo (PSDB). A censura à gestão de Agnelo Queiroz (PT), baiano que administra o DF, diminuiu 7,5%. w Três ou quatro vezes desautorizada pelos ministros Edison Lobão (Minas e Energia) e Guido Mantega (Fazenda), prevaleceu a informação da presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, em maio. Vai aumentar o preço da gasolina. Julho é o mês limite. w Para refletir: “O palpite de uma mulher é muito mais preciso que a certeza de um homem” (Rudyard Kipling, escritor e poeta britânico nascido na Índia).

Política

Quinta-feira

Falta de intimação é o argumento de defesa de Robenilson Ferreira EX-PREFEITO EXPLICA QUE CONDENAÇÕES DO TCE E TCU NÃO TÊM VALIDADE Heracles Dantas

CIRO MARQUES REPÓRTER DE POLÍTICA

Como alguém que é ex-prefeito de uma cidade e ex-presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Norte) e da Associação Nacional dos Gestores Públicos (Angesp), não pode ser encontrado pelos tribunais de contas do Estado (TCE/RN) e da União (TCU) e pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP/RN)? Essa é a pergunta que o ex-prefeito de Bento Fernandes, José Robenilson Ferreira, do PR, faz aos três órgãos de fiscalização do poder público. E é baseado nela que ele vai recorrer das condenações que sofreu, tanto no TCE, quanto no TCU e que podem torná-lo inabilitado para a disputa eleitoral deste ano, em que planeja ser, mais uma vez, candidato a prefeito. Segundo Robenilson, a condenação no TCU, a última a ser conhecida pelo ex-prefeito, foi tomada sem qualquer possibilidade de defesa. "Não fui intimado em nenhum momento. Na verdade, só soube (que havia sido condenado) quando fui tirar uma certidão negativa para a candidatura. A condenação ocorreu sem que tivesse a oportunidade de me defender. Por isso, vou pedir a anulação da decisão e buscar, na Justiça Comum, uma liminar que permita minha candidatura", antecipou o ex-prefeito. O mesmo teria ocorrido no TCE e com um agravante: o endereço de uma das intimações enviada a ele pelos Correios, nem se quer existia. "Uma das notificações foi endereçada para uma rua que não existe. Inclusive, pedi uma declaração dos Correios dizendo que o local é inexistente em Bento Fernandes. Tanto no TCE, quanto no TCU, não foram permitidos a mim o direito constitucional de ampla defesa". É importante lembrar que, apesar de ser um argumento de defesa do ex-prefeito de Bento Fernandes, as diferentes possibilidades de intimação já foram levantadas por TCE e TCU em 2012. No caso do TCE, por sinal, em entrevista concedida a O Jornal de Hoje, o presidente

Robenilson Ferreira afirma que não teve direito a ampla defesa nos processos Valério Mesquita, sem citar um caso específico, afirmou que o órgão estava enfrentando dificuldades para intimar ex-gestores que, simplesmente, "sumiam do mapa" e levavam os processos a qual respondiam à morosidade. Por isso, no início do ano, o órgão teve um pleito antigo atendido: a aprovação da nova Lei Orgânica que, dentre outras mudanças, passou a permitir que o réu seja notificado não apenas pelo endereço no qual está registrado, mas também por edital, avisos, até internet. No processo do TCU que provocou a condenação de Robenilson, por sinal, está a reprodução de um aviso publicado no Diário Oficial da União destinado ao ex-gestor de Bento Fernandes para se manifestar no processo. "Isso não é uma maneira legal. Não vi o aviso e, por isso, não me defendi no prazo de 15 dias", justificou. Independentemente se foi ou não uma forma legal de notificação, para não ter tido o conhecimento das condenações que sofreu, além de não ler Diário Oficial, Robenilson precisou também não ser leitor de jornais e blogs populares da região. Até porque foram amplamente divulgadas nesses informativos na época. Em uma rápida pesquisa na internet, por sinal, é possível encontrá-las. As do Tribunal de Contas do Estado, por exemplo, foram públicas em vários sites - isso mesmo, o plural é porque o gestor foi mais de uma vez condenado.

A primeira condenação foi em janeiro de 2009, quando Robenilson foi condenado a devolver cerca de R$ 110 mil por ausência de comprovação de despesas efetuadas com recursos públicos. Em março do mesmo ano, O Jornal de Hoje encontrou outra condenação para o exprefeito: R$ 166 mil de ressarcimento, também, por ausência de prestação de contas. E é claro que as condenações seriam mais de uma. Tanto no TCE, quanto no TCU, o ex-prefeito teve processos transitados em julgado, ou seja: foi condenado em todas as instâncias e já não tem mais direito a recurso. Mesmo assim, Robenilson está confiante que vai conseguir reverter tais condenações, anulando-as. No TCE, já apresentou seus argumentos - a não citação - para que isso ocorresse e aguarda a manifestação oficial do Tribunal. "Se não acontecer (a anulação) até julho, vou procurar a Justiça comum para ser candidato", acrescentou. Além de argumentar que o julgamento ocorreu com "vício insanável", que é a impossibilidade de ampla defesa do acusado, Robenilson também garante ter toda a documentação necessária para sair desses processos como inocente. E mais: no caso do TCU, vai pedir um relatório do Crea mostrando que os banheiros foram sim concluídas. CONDENAÇÃO NO TCU Isso, porque segundo o TCU, o

caso que resultou na condenação do ex-prefeito é consequência do Convênio nº 748/2001 celebrado entre a Prefeitura e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), no valor de R$ 184.164,00, para a construção de 182 unidades sanitárias e instalação de 51 tanques de lavar roupa, totalizando 233 melhorias. Entretanto, apenas 25 melhorias foram feitas e, mesmo assim, a verba foi repassada ao município em parcela única e os valores sacados, em sua grande maioria, pelo próprio ex-prefeito. A análise da movimentação da conta bancária específica comprova que a empresa Horebe Comércio e Serviços Ltda falsificou os recibos e as notas fiscais apresentados ao Tribunal de Contas da União (TCU), no processo de tomada de contas especial. A relação de pagamentos efetuados, que foi juntada à prestação de contas apresentada por José Robenilson ao TCU, também revela conteúdo ideologicamente falso, atestando o pagamento por serviços supostamente prestados pela empresa Horebe. Os cheques que teriam sido destinados à empresa foram sacados, na verdade, pela própria prefeitura e outros particulares. "Isso não ocorreu. Os banheiros foram sim construídos, mas não foi dado o direito nem a mim, nem a empresa, de se defender. Nossa intenção com o relatório do Crea é, justamente, atestar que essas melhorias foram feitas e o contrato foi cumprido", afirmou Robenilson Ferreira. Caso o ex-prefeito ainda não saiba, assim como desconhecia essa condenação no TCU, um processo na Justiça Federal do Rio Grande do Norte (JFRN) tramita baseado, justamente, no descumprimento desse contrato. Nesse processo na JFRN, Robenilson Ferreira foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) por improbidade administrativa, enriquecimento ilícito, prejuízo ao erário e atos contra os princípios da administração pública (legalidade e moralidade) praticados entre os anos de 2001-2004 e 2005-2008, justamente, o período em que Robenilson foi prefeito de Bento Fernandes.

“Sou um homem público e não estava escondido” A pergunta feita no primeiro parágrafo da matéria principal desta página é, justamente, o que Robenilson se fez quando questionado sobre onde estava nesses últimos meses que não pôde ser encontrado por MP, TCE e TCU. "Sou um homem público e não estava escondido de ninguém", garantiu o exprefeito de Bento Fernandes. E, pelo menos, a primeira parte dessa afirmação é correta. Afinal, Robenilson Ferreira é um homem público. Além de ter sido prefeito de Bento Fernandes por duas vezes, foi também presidente da Federação dos Municípios do RN (Femurn) e Associação Nacional dos Gestores Públicos (Angesp), instituição que só se desligou no início do mês, porque já tinha o objetivo de ser candidato. "Além disso, participava de um programa de rádio semanal e ainda estava em Bento Fernandes todo final de semana. Não tem como alguém não me encontrar", reafirmou. O que não é certo, porém, é dizer que não foi encontrado por MP, TCE e TCU nos últimos meses. Afinal o MP, pelo menos, o encontrou. Uma vez. Em contato com O Jornal de Hoje, Robenilson revelou que recebeu uma notificação da Promotoria de Justiça de João Câmara na Angesp. Mas foi só uma mesmo, apesar do ex-prefeito ter vários processos a responder da Comarca da cidade. Segundo matéria publicada pel'O Jornal de Hoje em março, quando o prefeito já estava "desaparecido" para o Ministério Público, a Promotoria de João Câmara revelou a dificuldade que era intimá-lo para que pudesse responder (e se defender) dos seis processos que ainda tramitam na Comarca da cidade, além de inquéritos civis instaurados também pela Promotoria para apurar algumas irregularidades do período em que Robenilson foi prefeito. Apesar de negar que tenha "se escondido", Robenilson assumiu que, durante um tempo, ficou morando com a mãe, doente, em Natal. Talvez por isso, algumas intimações não tenham chegado. Em contato

com a Promotoria de João Câmara, porém, O Jornal de Hoje constatou que o endereço atual fornecido pelo ex-prefeito em Bento Fernandes não bate com o registrado no MP. De qualquer forma, a Promotoria por intermédio do JH, atualizou o cadastro e espera, de próxima vez, conseguir intimá-lo oficialmente. "De qualquer forma, vou falar com o Procurador de Justiça do Estado (Manoel Onofre Neto) para saber se esse problema está mesmo existindo", garantiu o ex-prefeito. Diferente do TCE e TCU, que poderiam usar outros métodos, amparados pela Legislação, de intimar seus réus, o MP precisa da intimação formal para dar prosseguimento aos processos e, como não consegue no caso de Robenilson, as ações estão paradas. Estes processos, inclusive, que chegam à casa dos R$ 4 milhões, por "Crimes de Responsabilidade" e "extravio, sonegação ou utiliza-

ção de livro ou documento". Robenilson Ferreira, porém, acredita que essa não é só uma "questão de localização". "Isso só pode ser coisa de adversários políticos querendo diminuir minha popularidade, mas não adianta. O povo de Bento Fernandes me conhece", afirmou, sem citar quem poderiam ser esses eventuais adversários. Claro que pelo menos um deles já foi conhecido: o atual prefeito de Bento Fernandes, Ivanildo Fernandes. O gestor, que foi secretário de Robenilson, deverá disputar a reeleição na cidade contra o exprefeito. "Minha convenção já ocorreu. Estou confirmado como nome do PR para a disputa e vou ser apoiado pelo PV, PMDB e PC do B", revelou. A quem pense, porém, que isso pode ser justamente o contrário: no lugar de uma tentativa da oposição de tirar Robenilson do páreo foi, na

verdade, uma ação do próprio exprefeito para evitar condenações que já seriam certas e, dessa forma, não "cair" na nova lei da Ficha Limpa. "Desaparecido", o ex-prefeito conseguiria atrasar os processos na Justiça Comum e anular, posteriormente, as decisões administrativas de TCE e TCU, alegando não ter podido se defender - como é o que ocorre no momento. Isso, no entanto, só a Justiça dirá, quando o ex-prefeito a procurar - a situação inversa do que ocorreu nos últimos meses. O certo agora é que Robenilson quer evitar pré-julgamentos, mesmo que de decisões em trânsito em julgado. "Algumas pessoas usam a credibilidade do TCE e TCU e o desconhecimento que as pessoas têm da Legislação para tentar acabar com a imagem de alguém e, de certa forma, é isso que tentam fazer comigo", explicou.


Política

Quinta-feira

Natal, 21 de junho de 2012

O Jornal de HOJE 5

Carlos Eduardo: “Vereadores, prefeita e o líder ficha suja não se dão ao respeito” DECLARAÇÃO FOI FEITA NO MOMENTO EM QUE PRÉ-CANDIDATO DO PDT RECEBIA APOIO DO PRB DE RANIERE BARBOSA JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

O pré-candidato a prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, do PDT, afirmou na manhã desta quinta-feira que a justiça do Rio Grande do Norte reparou um dano causado por vereadores de Natal que segundo ele, "não se dão ao respeito e ao lado da prefeita de Natal e do seu líder, vereador ficha suja derrotaram um parecer emitido por um órgão técnico. Foi um golpe da Câmara Municipal, mas a justiça já eliminou a falsa forjada na véspera da eleição". E completou o exprefeito, Carlos Eduardo, questionando: "aqui moram pessoas conscientes dos seus deveres e sabem que casuísmo é coisa do passado. A justiça reparou o dano e eu sou candidato. Quem está errado, é o povo de Natal ou a Câmara Muni-

cipal?". Carlos Eduardo fez essas declarações no momento em que recebia o apoio do PRB, partido presidido no Estado pelo pastor evangélico Valdir Trindade. Carlos Eduardo falou também sobre a atual administração municipal e em particular a construção do complexo Arena das Dunas e as obras de mobilidade urbana. "Com relação ao Arena das Dunas acredito que a obra será concluída porque trata-se de dinheiro do BNDES e está sendo construído por uma empresa séria, mas sobre as obras de mobilidade tenho informações que o projeto sequer foi aprovado pela Caixa Econômica Federal por incompetência, irresponsabilidade e desmando. Isso é inconcebível". Ele diz também que quem se eleger prefeito de Natal terá muitas dificuldades, e se eleito for, não ficará falando sobre o passado. "Vou

iniciar a administração com ações e medidas concretas para resgatar e recuperar Natal", disse ele, confirmando que o seu companheiro de chapa será indicação do PSB, sem no entanto, confirmar o nome que representará o partido. Sobre a possibilidade de Wilma de Faria ser o nome indicado, Carlos Eduardo disse que jamais conversou com a ex-governadora sobre esse assunto. "Não tenho a menor ideia de quem seja o nome indicado pelo PSB. O que sei é que o partido dispõe de bons nomes", ressaltou. Questionado sobre coligações proporcionais que estariam causando problemas entre PSB, PDT e PC do B, Carlos Eduardo afirmou o seguinte: "Todo partido tem suas estratégias. É evidente que existem insatisfações, mas o fato é que estamos administrando essa situação e todos estão coligados na chapa majoritária".

Fernando Moura/Divulgação

Carlos Eduardo recebeu na manhã de hoje, o apoio formal do PRB, partido presidido no RN pelo pastor Valdir Trindade

Raniere: “Aqui não existe caciquismo. Só tem índios e pajés” "O PRB será o diferencial desta campanha eleitoral. Teremos uma nominata de 41 candidatos a vereador com nomes fortes e representa-

tivos que certamente ajudarão muito à chapa majoritária que tem Carlos Eduardo como candidato a prefeito de Natal", prevê o vereador Raniere

Barbosa, único representante do PRB na Câmara Municipal de Natal, presente ao anúncio de apoio à candidatura do ex-prefeito de Natal. "O PRB

qualificou a nominata numa aliança com o PDT que foi uma decisão consensual. "Aqui não existe caciquismo. Só tem índios e pajés", disse Ranie-

re Barbosa. Ele justifica o apoio do seu partido a Carlos Eduardo por considerar ser um candidato detentor de um

legado administrativo e experiência política. O presidente do PRB, Valdir Trindade considerou Carlos Eduardo "um prefeito de férias". (JP)

Wilma de Faria confirma que pode ser vice de Carlos Eduardo A ex-governadora Wilma de Faria disse que se dedica a decidir se será candidata a vice de Carlos Eduardo Alves (PDT). A presidente estadual do PSB descarta totalmente a hipótese de ser candidata a vereadora. "Não fui candidata a prefeita, como é que vou ser vereadora?", afirmou Wilma, em breve contato com O Jornal de Hoje esta

manhã. Ela deverá anunciar amanhã à tarde a posição do PSB. A ex-governadora terá hoje mais uma reunião com o presidente do diretório estadual do PDT e pré-candidato pelo partido, Carlos Eduardo Alves. Ela mantém contatos com diversas lideranças políticas do PSB e de outros partidos, para fechar a indicação do

vice. Segundo Wilma, "a democracia dá trabalho. É preciso conversar com todo mundo", afirmou, para justificar a demora na definição. Sobre se será ou não indicada pelo diretório do PSB em Natal para compor como vice do pedetista, afirmou: "É a única coisa que está faltando é essa decisão", disse,

acenando para a veracidade do que, até então, estava posto como especulação na imprensa. Nos meios políticos, a chapa Carlos/Wilma era vista como improvável, mas nos últimos dias a ex-governadora não desmentiu e a chapa poderá se tornar realidade. A ex-governadora, que administrou a cidade por três mandatos

e governou o Estado em duas ocasiões, abriu mão de disputar a Prefeitura nas eleições deste ano, deixando a segunda colocação nas pesquisas com 20% das intenções de voto, atrás apenas do pedetista, que somava 50%. Com a desistência dela e o anúncio do apoio do PSB, Carlos Eduardo passou a somar quase

60% dos votos, abrindo vantagem considerável para o segundo colocado, o pré-candidato do PSDB, Rogério Marinho, com 8%. Os demais pré-candidatos - Hermano Morais (PMDB), Fernando Mineiro (PT) e Micarla de Sousa (PV) - disputam a rabeira das intenções de voto, com margens que variam de 1,5% a 5%.


6 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 21 de junho de 2012

Quinta-feira

“Vamos intensificar as ações para que o semestre seja comprometido”, afirma Sandro Pimentel PRESIDENTE

DO

SINTEST/RN

AFIRMA QUE ORIENTAÇÃO DA

FEDERAÇÃO

DOS

SINDICATOS

É ATRAPALHAR ATIVIDADES

Fotos: Herácles Dantas

ROBERTO CAMPELLO

Docentes e técnicos administrativos do IFRN iniciam greve

ROBERTOCAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

O Sindicato Estadual dos Trabalhadores em Educação do Ensino Superior no Rio Grande do Norte (Sintest-RN) realizou uma assembleia, na manhã desta quinta-feira (21), no auditório da Faculdade de Farmácia, da UFRN, para discutir os encaminhamentos do movimento grevista. Hoje faz dez dias que os técnicos administrativos da UFRN entraram em greve, em Mossoró, a greve na Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), abrange tanto os técnicos administrativos, quanto os docentes. Representantes do Sindicato dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional Tecnológica no RN (Sinasefe) também participaram da assembleia, como forma de unificação do movimento, já que os técnicos administrativos e docentes de todos os campi dos Institutos Federal (IFRNs) entraram em greve a partir de hoje, com exceção da unidade de Mossoró que só deverá aderir ao movimento na próxima terçafeira (26). De acordo com o diretor licenciado do Sintest-RN e membro do comando local de greve, Sandro Pimentel, o Sindicato já realizou três assembleias, como forma de deixar os servidores informados de todas as ações que estão planejadas pelo comando de greve. Na avaliação de Sandro Pimentel, esta é a maior greve dos técnicos administrativos nos últimos dez anos, no entanto, o Governo Federal ainda não apresentou nenhuma proposta à categoria. "O Governo Federal já recuou no corte do salário dos médicos e da questão da insalubridade, que constava na MP 568. Esta não era uma pauta nossa, mas que acolhemos no decorrer da manifestação. Havia uma reunião marcada para a segunda-feira passada, dia 18, mas foi cancelada pelo Governo por conta da Rio +20

Técnicos administrativos da UFRN participaram de assembleia na Faculdade de Farmácia na manhã desta quinta-feira e ficou marcada para próxima semana. Fizemos 52 reuniões com o Governo, desde 2010, e não houve progresso por isso entramos em greve. Esperamos que agora o Governo se sensibilize e apresente propostas condizentes com os pleitos da categoria", afirmou Sandro Pimentel. De acordo com o representante do Sintest-RN, nos quatro hospitais federais no Estado, a Maternidade Escola Januário Cicco, Hospital Pediátrico, Hospital Universitário Onofre Lopes, em Natal, e o Hospital Universitário Ana Bezerra, em Santa Cruz, os serviços ambulatoriais de rotinas estão suspensos. "Estamos garantindo apenas urgência, emergência e os casos de risco. Há uma preocupação, pois os médicos querem parar geral", disse Sandro Pimentel. Em relação ao período letivo nas universidades, Sandro disse que há uma orientação da Federação dos Sindicatos (Fasubra) de intensificar o movimento grevista para que possa comprometer o fim deste período

Sinasefe e Sintest trabalham para unificar movimento grevista nacional no RN letivo e o início do próximo. "Vamos intensificar as ações para que o semestre seja comprometido. Infelizmente isso deve acontecer, mas é necessário. Uma forma de forçar o governo para que apresente uma proposta concreta", disse. Sandro revelou que a expectativa para os próximos dias é que o movimento

cresça ainda mais. "Há a expectativa de crescimento do movimento, pois em uma semana de paralisação, 51 universidades já pararam. O grande problema é que o Governo não prioriza o serviço público. Toda a nossa negociação está sendo feita para 2013, porque 2012 nós já perdemos", destacou.

A partir de hoje, os mais de dois mil servidores, técnicos administrativos e docentes, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) seguem a mobilização nacional e entram em greve por tempo indeterminado. No Brasil, já são mais de 54 instituições em greve. No RN, apenas o campus de Mossoró ainda não aderiu ao movimento, mas deverá iniciar a greve na próxima terça-feira (26). De acordo com o técnico administrativo do IFRN e representante do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe-Natal), Shilton Roque, devido a greve, apenas os serviços essenciais e imediatos serão mantidos, mas ainda não foram definido quais são esses serviços. "Iremos nos reunir com a reitoria para definirmos, em conjunto, quais os serviços que funcionarão durante a greve", afirmou. Na pauta de reivindicações estão a reestruturação das carreiras, por uma política salarial, com reajuste 22,08%, data-base, recomposição das perdas anuais, democracia e melhoria das relações e condições de trabalho, modificações na MP 568/2012, em relação aos adicionais de periculosidade e/ou insalubridade e salários dos médicos, não à previdência complementar para os servidores públicos federais, a des-

tinação de 10% do PIB para a educação e uma maior responsabilidade na expansão dos IFRNs. Shilton disse que o salário dos servidores está defasado em mais de 10%, já que a última parcela do reajuste foi feita em 2010, referente a paralisação de 2007. Atualmente três novas unidades do IFRN estão sendo construídas no Estado, nos municípios de Canguaretama, Ceará - Mirim e São Paulo do Potengi. Shilton Roque critica a forma como está sendo feita esta expansão. "Não somos contra a expansão, mas queremos que ela seja com responsabilidade, pois hoje fazem o prédio, mas não dão estrutura para que eles funcionem. Precisa investir também em recursos humanos, um bom exemplo é no IFRN de São Gonçalo do Amarante, que funciona sem assistente social e sem refeitório. O representante do SinasefeNatal conta que o IFRN demorou em aderir ao movimento por não querer prejudicar o bimestre. Ele conta que o Governo abriu negociação apenas com o corpo docente, medida duramente criticada pelos sindicalistas. "É uma postura nefasta de querer segregar o movimento, fragmentando a categoria, mas o Sinasefe exigiu que fosse aberta a negociação e pediu a intervenção do MEC, através do ministro Aloísio Mercadante, junto ao Ministério do Planejamento", disse Shilton Roque.

> ELEIÇÃO SINTE/RN

Três chapas brigam para administrar R$ 350 mil/mês Três chapas, duas de oposição, disputam hoje o comando do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do RN (Sinte), um dos mais importantes do Estado. São 32 mil professores e funcionários aptos a votar nos 167 municípios, com uma arrecadação financeira de R$ 350 mil por mês, que irão eleger a nova diretoria, que vai comandar o Sinte no triênio 2012-2015. O diretório estadual do Partido dos Trabalhadores emitiu nota de apoio à Chapa 1, de situação. A Chapa 2 é uma dissidência da atual diretoria e a Chapa 3, ligada ao PSTU, faz oposição histórica. A eleição acontece até a 22h de hoje, mas o resultado só deve sair na manhã do próximo sábado (23). Concorrem às eleições a chapa 1, "Responsabilidade e Ação", encabeçada pela atual coordenadora geral do Sinte, Fátima Cardoso, que representa a situação no comando do sindicato há 30 anos; a chapa 2, "Transparência, compromisso e liberdade" tem como candidata a coordenadora geral Janeayre Souto, uma dissidente da atual diretoria; e a chapa 3, "Para Reconstruir o Sinte de Luta, Democrático e Independente", o candidato a coordenação geral do Sindicato é Dário Barbosa. A atual coordenadora geral do

Sinte e candidata a reeleição, Fátima Cardoso, disse que a eleição acontece com tranquilidade, sem problemas entre as chapas. Ela reconhece que houve um pequeno atraso na manhã de hoje no envio de algumas urnas, por problemas operacionais, mas que não prejudicou o pleito. "Somos educadores e temos que dar exemplo e realizar um pleito educativo", disse. Fátima disse que está confiante na vitória, o que seria o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela diretoria nos últimos anos. Janeayre Souto faz parte da atual diretoria do Sinte-RN, mas rompeu e lançou uma chapa de oposição, através da qual concorre ao cargo de coordenadora geral do sindicato. "O que nos levou a romper foram questões de ideais, pois somos contra esta gestão que não tem compromisso, transparência nem verdade com a categoria. Aatual diretoria está há três décadas no poder e numa total dependência aos gabinetes parlamentares, com mandatos em nível federal e estadual", destacou Janeayre. A candidata de oposição denunciou que os assessores dos mandatos da deputada Federal Fátima Bezerra e do deputado estadual Fernando Mineiro, ambos do Partido dos Trabalhadores, e cargos comis-

sionados do Governo Federal no Rio Grande do Norte passaram o dia na sede do Sinte coagindo os eleitores a votarem na Chapa 1. "São cargos comissionados e assessores coagindo os trabalhadores na Educação, em alguns momentos, aos gritos, para que votem na atual diretoria. Além disso, colocaram seis policiais a paisana para amedrontar os educadores que querem votar na oposição", denunciou Janeayre Souto. A deputada federal Fátima Bezerra esteve na sede do Sindicato na manhã de hoje para votar, já que ela é professora e sindicalizada ao Sinte-RN. "Estou aqui não como deputada e sim como professora, para dar o meu exemplo. Estranho seria se eu não tivesse, o resto que falam é factóide e desespero da oposição", destacou Fátima Bezerra. A parlamentar explicou os motivos que levaram o PT a apoiar a Chapa 1. "Temos filiados ao PT dentro do sindicato e defendemos a Chapa 1 por reconhecermos que é a mais preparada para coordenar a luta em defesa da Educação no Estado, principalmente pelo respeito, firmeza e ações que a atual diretoria vem desenvolvendo nos últimos anos, que fez com que o Sinte se tornasse

um dos sindicatos mais respeitados do RN", explicou a deputada. Janyaire Souto destacou ainda que se ganhar a eleição, o Sinte irá devolver o sindicato aos trabalhadores. "Queremos um sindicato sem ligação política e sem subserviência a governo e partido político, nem a mandato algum. Queremos fazer uma gestão compartilhada e de parceria com a categoria. Anossa expectativa é que a categoria coloque em prática hoje o apoio que recebemos durante a campanha", destacou a sindicalista. Janeayre Souto disse que dentre as propostas está a implantação do orçamento participativo no sindicato. Fátima Cardoso negou que a diretoria tenha dificultado o processo eleitoral. "Nossa eleição é uma das mais democráticas e não criamos dificuldades para a realização da eleição, ao contrário. Mas isso é típico da oposição de querer transformar o pleito numa luta exagera e desproporcional", afirmou a diretora do Sinte. O representante da Chapa 3, professor Dário Barbosa criticou o processo eleitoral, que segundo ele só favorece as duas outras chapas, que, em sua opinião, são de situação. "O processo eleitoral, como sempre, está sendo bastante desorganizado, inten-

Herácles Dantas

Votação no Estado segue até às 22 horas, mas resultado será divulgado no sábado cionalmente para favorecer a situação em detrimento das chapas de oposição. A atual gestão insiste em não modernizar e se adequar. Eles preferem conviver com a ineficiência e incompetência, pois só beneficiam a eles", destacou Dário Barbosa. Dário se diz o único candidato, realmente de oposição, já que Janeayre Souto faz parte da atual

diretoria. "Queremos um sindicato realmente livre da influencia do governo, dos patrões e dos partidos políticos, já que a chapa 1 é ligada ao PT e a chapa 2, ligada ao PC do B. Queremos uma diretoria respeito o estatuto do Sindicato, pois o Sinte hoje não é mais de luta, e sim de greve de fachadas", afirmou o candidato da Chapa 3.

> FERROVIÁRIOS

Greve é suspensa, mas viagens de trens continuam escassas A greve dos ferroviários está suspensa, desde ontem, pelo menos até o dia 26 próximo quando será julgado o dissídio coletivo da categoria no TST, bem como outras reivindicações da categoria. No entanto, para os usuários do sistema em Natal, Parnamirim e Ceará Mirim, nada mudou. Com apenas uma, das três locomotivas, sendo utilizadas para a condução dos trens, os horários de partida das linhas continuam reduzidos. Jaime Canela, tesoureiro do Sindicato dos Ferroviários disse que a categoria pediu 5,1% de reajuste que é o índice inflacionário e a CBTU ofereceu 2%. Só que a

classe quer também a unificação do piso salarial para todos os ferroviários, independente da função e este piso é solicitado na base de três salários mínimos (R$ 1.866,00). Hoje tem ferroviário em Natal ganhando R$ 700. Como o TST julgará tudo no dia 26 a categoria decidiu suspender a greve e aguardar o resultado. O gerente de comunicação e marketing da CBTU, Rafael Albuquerque, disse que tem apenas uma máquina funcionando, outra está reforma, devendo ficar pronta em 30 dias, quando serão normalizadas as viagens de trens para Ceará - Mirim e Parnamirim. Desde 2011

o problema acontece e a Companhia já apresentou outros prazos semelhantes que não foram cumpridos. Rafael Albuquerque explica que em relação às duas outras locomotivas, uma delas já está fora de uso e a outra está sendo revisada, para verificar a viabilidade de recuperação. Segundo Rafael Albuquerque, em virtude de só ter uma máquina às viagens de trens são escalonadas, sendo que a cada duas viagens a Parnamirim, uma é para Ceará - Mirim. "É claro que o usuário é prejudicado, nós entendemos isto, a passagem de trem custa 50 centavos, ele acaba tendo

que pagar pelo menos, R$ 2,20 de ônibus, mas buscamos fazer da melhor forma para que eles não sofram tanto, no entanto em 30 dias tudo deverá estar normal de novo", conta. Uma viagem de trem de Natal até Ceará Mirim, partindo da Ribeira até o ponto final, dura uma hora e vinte minutos. Para Parnamirim, a chegada ao ponto final acontece em 45 minutos. Rafael diz que no meio da tarde, às 15h, há uma saída para Ceará-Mirim, por ser o horário com maior demanda de passageiros, quando os dois trens estão funcionando normalmente.


Economia

Quinta-feira

Natal, 21 de junho de 2012

O Jornal de HOJE 7

Wellington Rocha

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

administracao@jornaldehoje.com.br

Produtores e beneficiadores de leite discutem se acatam proposta da Emater n Possivelmente ainda hoje os dirigentes da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Rio Grande do Norte (Faern), da Associação Norte-rio-grandense de Criadores (Anorc), do Sindicato dos Produtores de Leite, Carne e Derivados (Sinproleite-RN) e do Sindicato das Indústrias de Laticínios (Sindileite-RN) anunciarão se acatam a proposta de aumento do preço do leite fornecido ao Programa do Leite do governo para R$ 0,93 por litro "in natura", apresentada ontem pela Diretoria da Emater. n Através de vários documentos encaminhados à governadora Rosalba Ciarlini e ao secretário estadual da Agricultura Betinho Rosado nos últimos meses, entre eles um estudo de custos elaborado por técnicos do Sebrae/RN, as lideranças do setor da pecuária leiteira do Estado vêm reivindicando o reajuste do preço do leite ao produtor para R$ 1,10 centavos, considerando que abaixo disso não há como manter a cadeia produtiva em operação nesse período de seca que o semiárido nordestino atravessa. n A direção da Emater, órgão da administração indireta que coordena o Programa do Leite, continua insistindo na tese de que o Rio Grande do Norte, com esse aumento para R$ 0,93, está pagando aos fornecedores do produto o melhor preço da região. E ainda adverte que o governo recorrerá à distribuição de leite em pó, caso a bacia leiteira estadual continue sem atender à demanda do Programa, que é de 155 mil litros/dia. n Fato concreto é que, nos 18 meses da gestão da governadora Rosalba Ciarlini, cerca de 50 por cento das vacarias do Rio Grande do Norte foram desativadas, pressionadas pelo prejuízo a que estão submetidas, já que o Programa do Leite tem o poder de manter aviltado o preço desse alimento básico em nosso meio, no mercado formal. n Se não fosse a existência do comércio paralelo e informal do leite "in natura" para as queijeiras (como são chamados os estabelecimentos fabricantes de queijo de coalho e de manteiga no interior), que chegam a pagar até R$ 1,20 pelo litro, certamente o número de vacarias fechadas seria muito mais alto. Grupo Unimetais passa a atuar na construção civil n Com atuação no mercado natalense há 18 anos, sempre sob o comando do empresário Clóvis Barreto, o Grupo Unimetais começa a atuar em maior escala no segmento imobiliário através da construtora Unicon. n A nova empresa chega com a proposta de construir e entregar aos futuros clientes empreendimentos com alto padrão de qualidade, erguidos em terrenos próprios, o que lhe permitirá oferecer preços diferenciados. n Para criar a Unicon Clóvis Barreto se cercou de profissionais de alto nível. A meta da empresa, segundo ele, é se firmar no mercado imobiliário pelo fiel cumprimento dos prazos de entrega das obras. n Já está em fase de prélançamento um edifício no bairro de Lagoa Nova (o "Residencial Inez Fernandes"), a ser construído na Avenida Nascimento de Castro. n O grupo comandado por Clóvis Barreto é formado pela Unimetais (comércio de produtos de manutenção industrial), pela Unimetais Locações (aluguel de máquinas

Receita Federal lança no RN o projeto "Conheça Nossa Aduana" n Para que a população conheça de perto a importância e entenda como é executado o trabalho de fiscalização dos auditores da Receita Federal nos aeroportos alfandegados de todo o país, o Ministério da Fazenda está colocando em prática a partir deste ano o projeto "Conheça a Nossa Aduana", que consiste na abertura à visitação pública das unidades que prestam serviços aduaneiros. n A iniciativa se insere na política de transparência da Receita Federal e tem o propósito esclarecer a sociedade sobre a relevância das aduanas para a economia nacional. n A abertura dos postos alfandegados dos aeroportos à visitação ocorrerá duas vezes ao ano: em um dia do mês de julho e no Dia Internacional da Aduana (26 de janeiro). Para 2012, definiuse a data de 4 de julho para as visitas. n No Rio Grande do Norte a Inspetoria da Receita Federal que funciona no Aeroporto Internacional Augusto Severo, em Parnamirim, estará aberta à visitação na data acima, com os interessados podendo agendar suas visitas pelos telefones (84) 3021-5885 (com Nadir Candeias) e (084) 30871449 (com Daianna Santana). Potigás divulgará as vantagens do gás natural na 2ª. Expocondominial nA empresa pública Companhia Potiguar de Gás (Potigás) participará, entre os dias 5 e 7 de julho, no Centro de Convenções de Natal, da segunda edição da Expocondominial, feira estadual de produtos e serviços para condomínios comerciais e residenciais. n O evento mostrará e discutirá as tendências, inovações e soluções na área de administração e manutenção condominial e, dentro dele, também acontecerá o II Workshop sobre Gestão de Condomínios, oportunidade em que estarão reunidas instituições, empresas, síndicos, e administradores do setor. n O estande da Potigás se proporá basicamente a divulgar as vantagens estratégicas advindas do uso do gás natural canalizado nos empreendimentos imobiliários sob a forma de condomínios.

e equipamentos para todos os fins), pela Universo Refrigeração, e pela Comercial Express, além da própria Unicon. n Ao todo, estas empresas geram mais de 300 empregos diretos no Rio Grande do Norte, embora seus negócios se estendam ainda aos Estados do Ceará, Paraíba e Pernambuco. Folha já cobra pelo seu conteúdo digital n O jornal "Folha de S. Paulo", um dos mais importantes do Brasil, começa hoje a cobrar por todo o seu conteúdo digital colocado na internet, adiantando assim a tendência internacional que em breve será seguida também pela maioria dos veículos de comunicação impressa do país. n A "Folha", que desde janeiro último já cobrava pelos seus aplicativos para tablets e celulares, passa agora a proporcionar aos seus leitores na internet o acesso gratuito a apenas 20 notícias ou artigos por mês. Para acessar outras 20 matérias, ainda gratuitamente, o leitor terá de se cadastrar. E, a partir do quadragésimo primeiro texto

que ele pretenda acessar, terá que pagar por uma assinatura com validade mensal. n O modelo que o jornal paulista está adotando foi idealizado e colocado em prática com sucesso pelo "The New York Times", que o adotou em março de 2011, conseguindo em menos de um ano 454 mil assinantes digitais. n A título de promoção, pelo primeiro mês da assinatura o leitor terá de pagar apenas R$ 1,90. Mas se quiser manter a assinatura daí em diante terá de concordar com uma mensalidade de R$ 29,90, que pode ser suspensa a qualquer tempo. n Os assinantes do jornal impresso continuarão com acesso irrestrito a todas as plataformas, enquanto assinantes digitais poderão ler o conteúdo jornalístico produzido para tablets, celulares e computador. n A "Folha" admite que perderá parte de seus leitores online no início da transição (hoje ela contabiliza a média de 232 milhões de pageviews por mês), mas trabalha com a perspectiva de recuperá-los em curto prazo.

Em Natal, muitos consumidores ainda preferem comprar apartamentos, mesmo pequenos, mas bastante funcionais

Tendência na Região Metropolitana são condomínios com áreas maiores MERCADO

SE APROVEITA DO ALTO PREÇO NA CAPITAL

DANIELE LISBOA REPÓRTER

Nadando contra a corrente da tendência do tamanho cada vez menor de apartamentos e condomínios residenciais - até mesmo os de alto padrão - causada basicamente pelo altíssimo preço do metro quadrado em Natal, surge agora uma nova onda no mercado imobiliário potiguar: terrenos maiores, que se traduzam em mais conforto para os moradores. Isso é possível em áreas não tão valorizadas quanto em Natal, mas sim nas imediações adjacentes, na Região Metropolitana. A ideia é conciliar a praticidade da vida urbana e a tranqüilidade com o conforto e a deliciosa sensação de 'isolamento' da correria cotidiana, geralmente obtida em ambientes que transmitem calma, como praia e campo. De acordo com o arquiteto e urbanista Lorenzo Lamptey, em localidades próxi-

mas a praias, como Pium e Cotovelo, como também lugares com características campestres e um pouco mais distantes da capital, como os municípios de Extremoz e São Gonçalo do Amarante, essa tendência na região metropolitana começou a despontar nos últimos cinco anos. Em Natal, segundo ele, o valor do metro quadrado gira em torno de R$ 1.500 a R$ 2 mil, enquanto em Pium, a mesma extensão tem o preço até mais de 50% menor: uma área já construída custa de R$ 500 a 600 reais por metro quadrado. "O valor do terreno em Natal já foi muito mais acessível. Com o aumento do custo do terreno, a tendência em Natal são os condomínios-clube verticais. Mesmo assim, um apartamento nunca vai oferecer a mesma qualidade de vida que uma casa. Com certeza, é muito melhor viver numa casa espaçosa que num apartamento médio, de 60 metros quadrados, no máximo 65 metros

quadrados", opina o arquiteto. Como exemplos, ele cita alguns condomínios residenciais situados em Pium, como o Vitória Régia e o Veredas do Lago Azul. No primeiro, a dimensão dos lotes atinge, aproximadamente,18m por 20m. "Você consegue andar, ter uma área verde, pois todos estão preservando a mata em seu entorno, voltados para a sustentabilidade. É uma qualidade de vida de campo mesmo. As crianças podem brincar com tranqüilidade, sem muros, com segurança 24 horas. Isso mostra que para ter conforto, você não precisa ficar em Natal. A única desvantagem seria a distância, mas fica só a 15 minutos de Natal, então é perto", diz Lorenzo. Outra vantagem de terrenos mais amplos, conforme expõe o urbanista, é a possibilidade de proporcionar uma melhor iluminação e ventilação da imóvel, já que é possível colocar janelas maiores e em maior quantidade.

> DIGITAL

Prazo para adequação a novo sistema de certificação terminará no dia 30 Todas as empresas - inclusive as optantes pelo Simples Nacional - com mais de 10 funcionários devem ficar atentas. O prazo para que elas se ajustem ao novo sistema de certificação digital, que dá acesso ao ambiente virtual denominado Certificado Digital ICP-Brasil, termina no próximo dia 30. A data limite foi colocada pela Caixa Econômica Federal (CEF). Somente com esse certificado digital em mãos, é possível que as companhias enviem suas informações referentes ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e à Previdência Social para a CEF. O Certificado Digital ICPBrasil é um documento eletrônico capaz de representar juridicamente o seu portador no ambiente digital. Antes, ele era emitido por disquete. A nova versão, totalmente online, traz vantagens como o aumento da segurança, da economia e da conveniência para os seus usuários. "Ele aumenta a comodidade, a segurança e o sigilo das transações com o FGTS, assim como facilita o cumprimento das obrigações da empresa relativas ao FGTS e à Previdência Social. Independente da sua forma de tributação, todas as empresas estão obrigadas a ter o certificado digital, inclusive as do Simples Nacional", explica o presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Rio Grande do Norte (Sescon-RN), João Antônio Matias. Caso descumpram o prazo, de acordo com João Antônio Matias, as empresas poderão ter de enfrentar diversos transtornos, como, por exemplo, problemas no momento do desligamento de

Wellington Rocha

Presidente do Sescon/RN, João Antônio Matias elogia o certificado digital funcionários. Além disso, as firmas ficam sujeitas a ter de efetuar pagamentos de indenizações por haver homologado rescisões fora do prazo. O novo sistema de certificação digital é voltado para empregadores, escritórios contábeis, sindicatos, prefeituras e todas as instituições que precisam cumprir suas obrigações perante o FGTS, como a transmissão dos arquivos gerados pelo Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS (SEFIP), as Informações à Previdência Social, e a Guia de Recolhimento Rescisório do FGTS (GRRF). Nele, também é possível realizar operações CAIXA PIS/Empresa e visualizar e imprimir o

relatório de Informação de Saldo (IS), por meio do Visualizador de Relatórios. O QUE É O CERTIFICADO DIGITAL? O certificado digital é um documento eletrônico de identidade para pessoa física ou jurídica. Ele assegura a identidade e autenticidade dos envolvidos em transações eletrônicas, uma vez que preocupações com a privacidade e segurança podem impedir o usufruto das facilidades pelos serviços na Internet. Além de simplificar o processo de recolhimento do FGTS, o certificado reduz custos operacionais das firmas e aumenta a proteção da empresa contra irregularidades. (DL)


8 O Jornal de HOJE

Natal, 21 de junho de 2012

Cidade

Quinta-feira

Conselho Regional de Medicina impetra ação contra o Governo devido ao caos no Walfredo APÓS OITO AÇÕES JUDICIAIS SEM EFEITOS PRÁTICOS, CREMERN NÃO DESCARTA INTERDIÇÃO DO MAIOR HOSPITAL DO RN FERNANDA SOUZA FERNANDASOUZAJH@GMAIL.COM

O caos no Hospital Walfredo Gurgel, maior hospital público do Rio Grande do Norte, virou objeto de uma Ação Civil Pública pioneira no País. Na manhã de hoje, em entrevista coletiva concedida na sede do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte (Cremern), o presidente Jeancarlo Cavalcante anunciou que a ação civil pública movida pelo Cremern na Justiça Federal é a primeira do Brasil em se tratando de saúde. "O novo é que esta ação é por dano moral coletivo, que é uma figura jurídica mais usada em direito trabalhista e do consumidor. Queremos que o Estado indenize os cidadãos com R$ 1 milhão, que será destinado para um Fundo de Saúde, determinado pela Justiça. Outro ponto da ação é a multa diária de R$ 20 mil para a governadora Rosalba Ciarlini, caso não sejam cumpridos o aumento de leitos, o conserto e melhorias no setor de Politrauma, atendimento digno no Centro de Recuperação de Operados (CRO) e melhorias no Necrotério. É preciso que o Governo sofra uma sanção deste tipo, porque a situação está insustentável", afirmou Jeancarlo Cavalcante. A ação foi protocolada na última segunda-feira e distribuída na terça, ficando a cargo da juíza federal Gisele Maria da Silva Araújo Leite, da 4ª Vara Federal. O Cremern sugere que a indenização de R$ 1 milhão seja para instituições como a Liga Norte-rio-grandense Contra o Câncer e a Liga Mossoroense de Combate ao Câncer. Ainda segundo o presidente do Cremern, só o próprio conselho junto ao Ministério Público, já entrou com oito ações na Justiça e fez

interdições médicas, mas não surtiram efeito. "Infelizmente as ações ordinárias não surtiram efetividade. O CRM quer, pelo menos, que o mínimo de dignidade seja garantido. Esta é a pior crise do Walfredo em toda a sua história. O maior problema do Walfredo não é a questão das cirurgias e sim o pós-atendimento. Queremos divulgar e ampliar o debate. Em último caso, como medida de exceção, não descartamos a interdição". CAOS Durante a coletiva foram apresentadas imagens dos corredores, setor de Politrauma, CRO e do Necrotério do Hospital Walfredo Gurgel. O material, composto por imagens amadoras feitas desde o início do ano por médicos e outros profissionais, retrata a situação caótica no hospital, com imagens chocantes de pacientes em estado grave sendo atendidos em cadeiras de rodas e até sendo entubados no chão, no setor de Politrauma, que apresentava todos os leitos ocupados e várias macas do Samu retidas. O Politrauma é a porta de entrada do hospital e é a partir dele que os pacientes são encaminhados para o Centro Cirúrgico ou Enfermaria, mas devido à superlotação, vários acabam ficando no Politrauma ou no Centro de Recuperação de Operados (CRO). Ainda de acordo com as imagens, em apenas um único dia, o corredor acumulava 30 macas (de pacientes que deveriam estar na UTI ou Enfermaria). Também é chocante a forma como os pacientes se alimentam nos corredores. A comida fica equilibrada no corrimão ou no chão, que também é o lugar onde vários se sentam para comer. A copa também funciona de forma improvisada já próxima

ao corredor, onde se acumulam vários pacientes. Já no Centro de Recuperação de Operados (CRO), cuja capacidade é para nove leitos, quase 20 pessoas recebem atendimento entre macas apertadas. O vídeo mostra a indignação dos médicos, em especial, a dos infectologistas, que veem o aumento de infecções por casa da proximidade das macas. No CRO, além do pouco espaço físico é visível a falta de material humano e paramentação. Ainda no CRO foi registrado o compartilhamento de material, como um monitor que registra a pressão arterial, sendo dividido por três pacientes, o que traz a possibilidade de erro de avaliação e de medicação. A última parte do material expõe o necrotério, com geladeiras quebradas, portas não travadas, sangue e seringa no chão. De acordo com o Cremern, o cadáver divulgado no vídeo estava há mais de quatros dia em cima de uma mesa, e foi preciso o forte odor - devido ao avançado estado de putrefação - chegar aos corredores para o mesmo ser removido. "No Walfredo nem quem morre tem dignidade", disse Jeancarlo Cavalcante. O vídeo também trouxe à tona a imagem chocante de um paciente entubado no Setor de Reanimação, com larvas de mosca na boca. Foi a partir desta situação, que o setor foi interditado pelo Cremern há cerca de 40 dias. De acordo com o médico neurocirurgião Luciano Araújo, que tem mais de 40 anos de profissão e longo período de atuação no Walfredo Gurgel, o material divulgado pelo Cremern foi bem aquém da realidade do Hospital. "A realidade é ainda pior, mostramos de uma forma econômica. O triste é ver que a gente

Fotos: Reprodução

No setor de Politrauma, os pacientes são atendidos de forma improvisada em cadeiras de rodas e macas retidas do Samu faz um trabalho bonito no Centro Cirúrgico e o paciente vai para a recuperação e pode até morrer. É um sentimento de tristeza, decepção e de inércia do poder público. Também é preocupante ver a postura dos novos médicos, que já entram no mercado insensíveis a este tipo de situação. Está se tornando normal ver a pessoa sofrer, morrer e apodrecer". A reportagem d'O Jornal de Hoje entrou em contato com a assessoria de comunicação do Governo do Estado para ter um posicionamento oficial sobre a ação de autoria do Cremern, mas foi informada que o secretário estadual de Saúde Isaú Gerino está em Brasília e ainda não conhece o teor da Ação Civil Púbica pioneira no País.

No CRO, superlotação leva ao compartilhamento de equipamentos entre pacientes

CMYK


Cidade

Quinta-feira

Pontos históricos de Natal são excluídos em roteiros de visitação turística

Natal, 21 de junho de 2012

O Jornal de HOJE 9

Fotos: José Aldenir

VISITANTES RECLAMAM DA FALTA DE INCENTIVO À CULTURA "Sou um homem que não desanimou de viver e acho a vida cheia de encantos". A frase traduz o bom humor, o otimismo, inteligência e a intensa devoção à cultura brasileira do multifacetado jornalista, historiador, antropólogo, advogado e acima de tudo, folclorista Luís da Câmara Cascudo são uma herança inestimável não apenas para todos os norte-rio-grandenses, mas para os brasileiros. Preservar o seu legado - cuja bibliografia abarca mais de 230 livros, opúsculos e ensaios - nada mais é do que uma obrigação para a cultura potiguar. Entretanto, se vivo estivesse, Cascudo lamentaria ao ver que a riqueza cultural do Estado não tem recebido o seu devido valor. O fato é que os prédios e patrimônios históricos de Natal, como o Forte dos Reis Magos, as igrejas, as museus, são sinônimos de esquecimento, e ficaram literalmente relegados ao passado - com raras exceções. A neta de Câmara Cascudo e diretora do Memorial Luís da Câmara Cascudo e Instituto que leva o nome do folclorista, Daliana Cascudo vivencia no seu cotidiano as dificuldades e desafios impostos a quem lida com cultura no Rio Grande do Norte. Ela conhece de perto duas realidades distintas: de uma instituição sustentada por recursos próprios - como é o caso do Instituto e da que recebe recursos públicos. As diferenças são gritantes entre os dois ambientes, mesmo que ambos tenham o mesmo escopo: preservar a memória e o patrimônio cultural do maior nome intelectual potiguar. Adentrar ao Instituto, instalado na mesma casa onde Cascudo viveu por mais de 40 anos, é uma verdadeira viagem no tempo. Os móveis, objetos, fotografias, ambientes como salas de estar e banheiros permanecem intactos, como se o intelectual ainda estivesse lá, onipresente, em cada recanto daquele que ainda é seu lar. Restaurada pelos familiares do folclorista em dezembro de 2005, a casa só foi aberta oficialmente para visitação pública quatro anos depois, em dezembro de 2009. Desde então, é mantida de forma exclusivamente autônoma, com parcos recursos próprios. Um tripé compõe a base financeira do Instituto. São três fontes de renda: a cobrança de uma entrada simbólica, de R$ 3 reais para adultos e R$ 1,50 para estudantes - sendo gratuita para escolas públicas; uma lojinha no local que vende livros de Cascudo para os visitantes e a principal, os direitos autorais cobrados em cima das suas obras. Um percentual de 10% é totalmente revertido para a preservação da casa. Isso para manter um amplo espaço com funcionários, segurança particular, estacionamento e vários ambientes cuidadosamente preservados. "É uma disparidade. No privado, temos mais autonomia de ação. O público está atrelado a uma burocracia muito grande", critica. O grande lamento - e até mesmo mágoa - de Daliana Cascudo é a cultura nunca ter sido priorizada no Estado. "O setor turístico precisa entender que a cultura é rentável", reitera ela, dando ênfase a potenciais ainda inexplorados, como um roteiro feito por Câmara Cascudo com o seu amigo, o autor Mário de

Andrade, pelo interior do Estado. "O roteiro está pronto. A cidade nasceu aqui, no centro histórico. E os turistas não vêm a Natal só para ver praia: eles querem conhecer a história e a cultura da cidade. Toda cidade tem visitação turística no seu centro histórico. Por que a nossa não? Temos muito a mostrar nos nossos roteiros culturais", enfatiza Daliana. A revolta de Daliana tem motivo. Em outras cidades históricas, no estado de Minas Gerais, por exemplo, a exploração turística se baseia basicamente em visitações a locais históricos. Na capital pernambucana, assim como na Bahia, não é diferente. Os turistas vão às praias e aos centros culturais e históricos. Contudo, a esperança da diretora reside na remodelação que todos os espaços voltados para turismo histórico em Natal irão passar para visitação turística durante a Copa de 2014. Como forma de movimentar e trazer 'vida' para os espaços, assim como atrair novos públicos, tanto o Instituto quanto o Memorial sediam eventos, como lançamentos de livros e cursos de artes plásticas. Mas ainda não é o suficiente. "Tentamos encontrar formas de tornar os ambientes atrativos e interessantes para os visitantes, mas é essencial a inclusão de roteiros turísticos históricos na cidade", diagnostica Daliana Cascudo.

cheio de gente, o que mostra que as pessoas querem conhecer, têm vontade e interesse", opina. Assim, voltamos ao mesmo questionamento lançado por Daliana Cascudo: turistas têm locais para visitar também. Falta apenas interesse e iniciativa para promover o circuito histórico potiguar.

Direção do Memorial Câmara Cascudo revela dificuldades para manter estrutura com recursos públicos e enfrentar a burocracia

TURISTAS RECLAMAM PELO CITY TOUR NÃO INCLUIR ESPAÇOS HISTÓRICOS Em lua de mel, o casal carioca Andressa Sattler e Idenir Júnior passou uma semana em Natal. Apesar de terem percorrido e se encantado com todo o famoso circuito turístico potiguar (incluindo passeios de bugre pelas praias paradisíacas, ida aos centros de artesanato, passeios e experimentação da culinária local), eles deixaram a cidade insatisfeitos: ficou faltando conhecer a história e a cultura da cidade. "Ficou faltando ver muita coisa que a cidade tem e que não é mostrado pelos profissionais de receptivos daqui. No city tour, nós apenas passamos pela frente dos lugares, e nos dizem que ali é a casa de Câmara Cascudo, ali é a igreja, de forma muito superficial. Não explica quem foi nem o que fez. Eu gostaria de descer no local, conhecer a cultura da cidade. Até pedimos para parar, mas nos disseram que não podiam, que não havia estacionamento", critica Andressa, que é formada em Turismo e atua na área no Rio de Janeiro. "Eu adoro conhecer a cultura das cidades que visito. Vou a museus, fortes. Nós sabemos que a cidade não vive só de praia. A cidade tem um passado, tem uma cultura, que queremos conhecer", relata. Outra surpresa desagradável foi a visita ao Forte dos Reis Magos. O lugar estava tão mal cuidado e deteriorado que parecia abandonado. Lá, os turistas se deparam com mato crescendo, as armações de madeiras caindo, as estruturas de metal enferrujadas e as paredes descascadas, e os guias turísticos são mal preparados - e até mesmo desinteressados, confidencia ela. "O guia apenas diz onde fica cada coisa, sem explicar o que é, significado na história. O antigo poço do Forte virou um depósito de lixo. Mas mesmo assim, o lugar estava

Daliana Cascudo ressalta que “a cidade nasceu aqui, no centro histórico” CMYK


10 O Jornal de HOJE

Natal, 21 de junho de 2012

Cidade

Quinta-feira

Três bingos fechados na Cidade da Esperança POLICIAIS CIVIS MONITORAVAM OS LOCAIS E, NESTA MANHÃ, INVESTIRAM CONTRA OS CONTRAVENTORES E OS PRENDERAM José Aldenir

ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Três casas de jogos de azar foram fechadas na Cidade da Esperança, zona Oeste de Natal, na manhã de hoje. Cinco pessoas, entre funcionários e jogadores, foram autuados em flagrante por policiais da Delegacia Especializada de Costumes. Nos locais, foram encontradas 14 máquinas caça-níqueis em pleno funcionamento e uma desativada, que foram destruídas após a vistoria pelos peritos do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep). Segundo o delegado Sílvio Fernando, as casas eram monitoradas pela polícia há algum tempo e uma delas, na avenida Capitão-mor Gouveia, havia sido fechada há menos de dois meses. No local, foram encontradas duas máquinas ligadas e uma destivada. Uma mulher tomava conta do espaço e, quando os policiais chegaram, um motorista de transporte alternativo de Mossoró estava jogando. Eles não quiseram falar sobre o fato. "Há cerca de dois meses, apreendi quatro máquinas neste mesmo local. Mal fechamos o ponto e eles retornaram com os equipamentos e a prática da contravenção. Isso mostra o desrespeito

Delegado Silvio Fernando comanda as ações de combate aos jogos de azar e lamenta desrespeito com as leis às leis e o deboche dessas pessoas com a polícia. Há alguns dias, recebemos uma nova denúncia, de que o local havia retomado as atividades, e após o monitoramento, confirmamos o fato", explicou o delegado. O segundo ponto descoberto na

Capitão-mor Gouveia, em frente ao Terminal Rodoviário de Natal, funcionava ao lado de uma casa de jogos de azar fechada no mês passado. Na casa de jogos, localizada na parte de trás de um estabelecimento comercial, haviam quatro máquinas caça-níqueis em ativida-

de e um vendedor ambulante foi flagrado enquanto jogava. O dono do bar, o comerciante Antônio de Brito, confirmou que o local funcionava há muito tempo e que ficava com 30% de todo o apurado pelos equipamentos. "Sei que é contravenção, mas todo

mundo ganha seu dinheirinho, eu também queria o meu, que dava em torno de dois salários mínimos por mês. Esse dinheiro era usado para pagar as contas de água e luz e também o salário dos meus funcionários", afirmou. O ambulante flagrado em uma das máquinas negou que estivesse no local para jogar e não quis se identificar. Ele disse que não sabia que ali funcionava uma casa de jogos e que, apesar do estabelecimento estar em reforma, tinha ido para beber. "Só vim aqui tomar uma cerveja, para voltar para o trabalho. Não quero que exponham o meu nome", disse. A terceira casa de jogos fechada funcionava na rua Areias, ao lado de uma oficina mecânica. Lá, os policiais civis encontraram 14 máquinas caça-níqueis e R$ 186 em notas de baixo valor. Uma mulher que tomava conta do local foi autuada. Os policiais esperaram ela chegar e abrir o local para fazer a abordagem. O ponto era o que apresentava infraestrutura melhor, com cadeiras e aparelho de ar-condicionado. EQUIPAMENTOS VICIADOS PARA ENGANAR CLIENTES Peritos do Itep acompanharam

os policiais da Delegacia de Costumes durante o fechamento dos pontos e constataram que as máquinas funcionavam normalmente, algumas com indicação de prêmios no valor de mais de R$ 2 mil. Segundo o delegado Silvio Fernando, o alto valor dos prêmios era uma forma de enganar os jogadores, para atrai-los a apostar cada vez mais dinheiro. Ele disse que as pessoas encontradas nos locais foram encaminhadas para a Delegacia de Costumes, assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e responderão em liberdade. No entanto, o delegado lamentou a falta de consciência das pessoas que, acreditando que irão ganhar muito dinheiro, acabam gastando o salário e até a aposentadoria no caça-níquel. O delegado afirmou ainda que há denúncias de outras casas de jogos no mesmo bairro e que, aos poucos, todos serão fechados pela Polícia Civil. "Nosso trabalho é baseado em denúncias feitas pela própria população e também pelo monitoramento dos pontos já fechados, pois muitos deles abrem as portas novamente pouco tempo depois de batermos no local, o que mostra o deboche dos contraventores com a ação da polícia", explicou o delegado.

> EM PARNAMIRIM

Parque Industrial sofre com precariedade no policiamento Moradores e comerciantes da comunidade do Parque Industrial, no bairro de Emaús, em Parnamirim, estão sofrendo com os constantes assaltos na região. Eles relatam que os criminosos agem a qualquer hora e que costumam agir em duplas, sempre fugindo em direção a BR-101. A situação é ainda pior próximo à Praça Aluízio Alves, local que, conforme as pessoas, é tomada por usuários de drogas durante a noite. O comerciante Severino Araújo, que trabalha em frente à praça, disse que os criminosos assaltam principalmente os pontos comerciais de maior fluxo de clientes, como padarias, farmácias e mercadinhos. Mas as abordagens a pedestres, pessoas em paradas de ônibus e até estudantes das escolas próximas também são recorrentes, principalmente ao entardecer, quando há maior movimentação de pessoas nas ruas. Severino disse que já presenciou vários assaltos e que todos que moram, trabalham ou possuem algum ponto comercial no conjunto têm uma história de violência para contar. "Tem roubo direto aqui, pode perguntar a qualquer pessoa daqui. Antes, era bem tranquilo, mas de uns anos para cá, quando o número de pessoas criculando na região aumentou, as abordagens passaram a ser constantes", explicou. Para o morador Paulo de Souza,

José Aldenir

Praça Aluízio Alves, com vários quiosques em funcionamento, tem virado ponto de encontro de usuários de drogas é necessário um policiamento ostensivo mais frequente, de preferência às 18 horas, quando acontece a maioria das abordagens criminosas. Ele disse que desde que o posto policial, situado na Praça, foi desativado há alguns meses, a situação ficou ainda pior. "Agora mesmo é que os bandidos aproveitam para cometer os crimes, porque sabem que estamos descobertos. Queríamos muito que esse posto policial

fosse reativado e que tivesse policiais 24 horas aí", desabafou. Ele disse ainda que a presença de usuários de drogas na Praça também aumenta a insegurança dos moradores e comerciantes do Parque Industrial, que, por causa disso, se trancam nos imóveis já nas primeiras horas da noite. "Temos que evitar exposição, porque não dá para saber se uma pessoa é boa ou má apenas pela aparência. Tem ban-

dido que faz assalto aqui que, se você olhar andando no meio da rua, nem parece bandido", explicou. Apesar da maioria dos assaltos ocorrerem ao entardecer e início da noite, muitos relatam abordagens durante o dia, seja manhã ou tarde. E nem mesmo as crianças que estudam as escolas do conjunto são poupadas pelos bandidos. "Eles aproveitam o horário da saída, quando as pessoas estão distraídas ou falando no celular, para atacar. Os alvos

são, na maioria, meninas, porque elas não reagem ao assalto", afirmou o morador Eduardo Gurgel. MAIORIA DOS ASSALTOS É FEITO POR DUPLA ARMADA Na maioria dos casos, os assaltos são feitos por duplas, em carros, motos ou mesmo a pé. Mas, conforme os relatos dos moradores, há casos de pessoas abordadas por meninas armadas ou não, que roubam dinheiro e celular dos pedestres. "Já vi garotas fazendo assalto a pessoas que caminhavam na praça ou aguardavam o ônibus nas paradas. Hoje em dia, não existe mais isso de que só homens entram para o crime. As mulheres também estão fazendo coisas erradas, junto com eles", desabafou a dona de casa Míriam Alves. Uma padaria próxima à Praça Aluízio Alves já foi assaltada várias vezes. As duas últimas abordagens ocorreram em um espaço de apenas 23 dias, em maio passado. Segundo relatos dos funcionários do estabelecimento, que temem revelar sua identidade e sofrerem represálias, os bandidos agem da mesma forma: entram, observam o movimento e, quando veem que não há muitas pessoas no local, anunciam o assalto e levam o dinheiro do caixa. "É uma situação terrível e um medo muito grande de morrer, porque eles sempre estão armados e nervosos. A última vez, dois ho-

mens entraram aqui e, após levar tudo o que tinha no caixa, saíram tranquilamente e entraram em um carro que estava estacionado na rua ao lado. Felizmente, eles foram gravados pelo circuito interno de TV e as imagens já foram entregues à polícia. Mas, ainda assim, temos muito medo", desabafou um funcionário da padaria. POLICIAMENTO É INSUFICIENTE O comerciante Pedro Henrique, que trabalha no local há pouco tempo, disse que a situação no conjunto ficou pior após o fechamento do posto policial. Ele disse que, uma vez por semana, um policial militar vai até o local e abre o prédio. Também há uma viatura da PM que faz rondas na área durante algumas horas do dia, mas que tudo isso é insuficiente para proporcionar tranquilidade às pessoas. "Não temos um policiamento efetivo, que nos faça seguros para viver e trabalhar tranquilamente aqui. Precisamos de mais policiais nas ruas, nas praças, rondando os bairros. E aqui, depois que fecharam esse posto, ficamos expostos à violência e à ação dos bandidos. Qualquer pessoa que more ou trabalhe aqui vai te dizer alguma história. Precisamos de mais policiamento, mais policiais nas ruas", disse. (AB)

> ENCONTRADA NA REDINHA

Quatro são indiciados por assassinato de adolescente A Polícia Civil concluiu o inquérito sobre a morte da adolescente Amanda Thaise Lázaro da Silva, de 16 anos, assassinada no dia 30 de janeiro passado. As investigações se iniciaram na 13ª Delegacia de Polícia, mas o inquérito foi remetido posteriormente para a Delegacia Especializada em Homicídios

(Dehom). Quatro pessoas foram indiciadas pelo crime. O corpo de Amanda foi encontrado por populares em uma área de mangue, próximo ao Residencial Redinha, no último dia 1º de fevereiro, dois dias após seu desaparecimento. Ajovem apresentava sinais de espancamento, enforcamento e tortura. O

laudo do Itep constatou que a causa da morte foi por asfixia. Os indiciados foram Ítalo Anderson Teixeira Ferreira, o “Baraque”; Marcelo Ribeiro Eredes, vulgo “Baiano” ou “Carioca”; Tácio Clemente de Araújo, vulgo “Negão” e José Alencar Costa de Brito, o “Pezão”. Todos já cumpriam prisão temporária.

A prisão preventiva foi decretada pela Justiça na última segundafeira, 18, tendo como base as provas constantes no inquérito policial que comprovam a autoria e materialidade do crime por parte dos acusados, bem como devido ao envolvimento destes na prática de outros crimes como tráfico de drogas,

roubo e porte ilegal de armas. A polícia concluiu nas investigações que a vítima foi morta de forma cruel e premeditada. Segundo o delegado da Dehom, Laerte Jardim Brasil, a adolescente foi atraída até o local do crime para uma cilada. No local, estavam todos os quatros acusados, sendo que um deles en-

forcou a vítima pelas costas, fazendo o uso de uma corda. Ao cair, a jovem foi pisoteada pelo grupo. Um deles inclusive estava portando uma espingarda calibre 12. “Após o crime, ela foi arrastada por cerca de 30 metros para o local onde foi encontrada”, relatou. (Assessoria de Imprensa da Degepol)


Cidade

Quinta-feira

Natal, 21 de junho de 2012

O Jornal de HOJE 11

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

Aposentadoria em inglês Tudo bem que a Major League Soccer tem média de público nos estádios superior à média do Brasileirão; e que são ótimos os salários pagos para astros em processo de redução de brilho. Mas, jogar futebol nos EUA representa pendurar as chuteiras. A entrevista do jornalista Diogo Kotscho, hoje na imprensa esportiva espanhola, guarda semelhanças com a reação dos namorados rejeitados e que disfarçam a decepção com uma aparente indiferença incapaz de esconder totalmente a velha dor de cotovelo. Toda a torcida do Real Madrid sabe que os dirigentes da equipe merengue perdeu o interesse por Kaká, já considerado pela mídia madrilenha a pior contratação na história dos jogadores ditos galáticos. O próprio jogador já está consciente que fracassou. Kaká chegou no Santiago Bernabéu como o segundo maior investimento num pacote de três craques contratados, junto com o luso Cristiano Ronaldo e o francês Karim Benzema. Nem de longe se compara ao primeiro e ficou bem atrás do segundo. O técnico José Mourinho, em que pesem as declarações de respeito ao jogador, deixou claro diversas vezes que Kaká não faz parte dos seus planos, tanto que congestionou o setor de meio campo com contratações feitas enquanto o brasileiro tratava suas lesões. Na entrevista de Kotscho, o assessor de imprensa do Kaká, o jornalista diz que o sonho do patrão é jogar futebol nos gramados norte-americanos. "Seu futuro está na Major League, a curto ou médio prazo", disse. Um futuro de aposentado, caberia melhor. Há pouco tempo, houve um certo interesse do time francês Paris Saint-Germain, que acaba de ser entregue a um desses magnatas que concebem futebol como uma bolsa de valores. O assunto circulou na imprensa e sumiu antes de ganhar as manchetes. Jogar no futebol da França é bem parecido com jogar nos EUA. Qualquer um sai da vitrine e fica a mercê de algum fenômeno em torno de si mesmo para ganhar destaque mundial, como a vida fashion de Beckham e as taças de Juninho Pernambucano. O PSG, assim como o Málaga, da Espanha, está com a conta bancária bem robusta com a chegada de milionários na diretoria. O time espanhol chegou também a pensar na contratação de Kaká e de Robinho, outro cuja aposentadoria se revelou precoce. São mais fajutos, e ensaiados para disfarçar o aspecto do fracasso, os argumentos de Diogo Kotscho

POUCA VERGONHA

O telejornal Bom Dia RN exibiu ontem mais um caso de uma criança precisando de vaga numa UTI, os familiares em desespero com a sombra da morte. E o governo da pediatra licitando R$ 25 milhões (vai chegar a R$ 33 mi) com PUBLICIDADE.

PROTESTO

A agência Criola Propaganda, do quarteto Renato Quaresma, Giordano Cunha, Gabriela Alves e Vinícius Cavalcanti, deu entrada na terça-feira com um recurso administrativo questionando o resultado da licitação publicitária do governo Rosalba Ciarlini.

SUSPEITAS

Os quatro publicitários acharam estranho alguns aspectos da concorrência que escolheu cinco agências para administrar os R$ 25 milhões disponíveis. Antes do recurso da Criola, alguns profissionais do mercado já haviam questionado o edital do governo.

PRIMEIRO MUNDO

em favor da ida de Kaká para a MLS: "Ele é apaixonado pelos EUA, passa férias em Miami, vai à Disney World e comprou apartamento em Nova York". Não seria mais elegante e profissional repetir a fórmula de tantos craques que encerraram suas carreiras nos EUA, como Pelé, Beckenbauer, Cruijff, George Best, Gerd Müller, Carlos Alberto, Giorgio Chinaglia, Eusébio, Beckham e Thierry Henry? Aliás, é no time em que joga atualmente o francês carrasco do Brasil na Copa 2006, Henry, que Kaká imagina jogar, o New York Red Bulls. Sua presença por lá se torna mais provável depois que o clube desistiu de negociar com o alemão Michael Ballack. Uma coisa que o assessor do jogador nem de longe faz questão de comentar é que cada vez mais o futebol dele vai se tornando uma espécie de suporte para as negociações fracassadas com outros atletas, um pneu sobressalente, como ocorreu com Robinho. Outro caso similar ao do Red Bulls na negociação com Ballack está acontecendo agora no time chinês do Shanghai Shenhua, que acaba de contratar o técnico argentino Sérgio Batista e o craque marfinense Drogba. Adivinhem como o nome de Kaká chegou lá? O treinador hermano disse aos chineses que precisa de um criador no meio de campo para servir o faro de gol do africano. E pensou no compatriota Giovanni Moreno, que joga no Racing. Ou seja, Kaká virou alternativa a um jogador que poucos conhecem. Lá em Paris, o assunto da sua contratação pelo PSG entrou em banho-maria e até mesmo o brasileiro Leonardo, dirigente do clube, não tem feito referência. Fica fácil entender a fala do assessor sobre os EUA. Ou vai pra lá ou vem disputar posição no São Paulo. (AM)

Não procede a impressão que muitos têm no Brasil de que as grandes nações democráticas também gastam fortunas em publicidade oficial. Necas. A propaganda é forte nos EUA, Espanha, Itália, França, Alemanha e Inglaterrra, mas no setor privado.

CAINDO A FICHA

De repente, o termo "legado" sumiu dos discursos políticos em Natal. Com a sociedade em alerta, cabreira com as falsas perspectivas da Copa 14, a classe política preferiu abandonar um pouco o ufanismo eleitoreiro que já não cola no ouvido do povo.

AUMENTO

E até agora não apareceu qualquer auxiliar do governo argumentando contra o aumento salarial para

juízes e promotores. Nenhum discurso decoreba daqueles usados para refutar aumento para professores e policiais. Nada de "o orçamento não suporta".

TV LOCAL

Antenada na tendência retrô que revisita as décadas de 60 e 70, tão presente nas televisões do mundo e até no cinema e na moda, a TV Mix (canais 49 analógico ou 149 digital da Cabo TV) está exibindo filmes e seriados históricos na sua grade.

GABRIELA

Uma queda brusca de audiência, de 30%, no segundo capítulo do remake da novela de Walcyr Carrasco em relação ao primeiro dia. Os críticos começam a dar razão a Aguinaldo Silva, sobre o ar balzaquiano de Juliana Paes maturando a personagem.

DONA DO BERÉU "Era só o que faltava! A bruaca da Ivete Sangalo resolveu agora fazer novela, foi?". As aspas poderiam ser de alguma cantora irreverente, tipo a veterana Rita Lee ou a jovem Rhaissa Bittar. São da apavonada Chayene, o papel show da atriz Claudia Abreu.

ACORDA, NEYMAR!

Mais um jogo contra time competitivo em que o atacante do Santos não brilha. Não fosse o gol em que a bola bateu na sua canela e entrou, e o menino da Vila estaria no rumo de completar dois (2) meses sem balançar as redes dos adversários.

BOOORA, RONALDO!

É hoje ou nunca mais. Cristiano Ronaldo precisa provar de uma vez que é o astro maior da Eurocopa e que seu talento merece muito mais do que ser uma sombra do Messi. Precisa repetir o que fez contra a Holanda e carregar Portugal para a semifinal.

PARAÍSO RIFADO O governo de Moçambique acaba de lançar uma campanha publicitária, por intermédio do Instituto de Turismo (a pasta do setor), sorteando uma vila numa ilha paradisíaca do Oceano Índico, onde o vencedor terá direito de uso por 25 anos. A campanha na TV e Internet quer atrair turistas para a Ilha Benguerra (foto). A participação no sorteio é via mensagem de celular.

João Ricardo Correia jornalistajoaoricardocorreia@gmail.com / joaoricardocorreia@yahoo.com.br

ESQUEMA 3 A prefeita Micarla de Sousa precisa alertar seus auxiliares, para que evitem esse tipo de absurdo e trabalhadores não sejam prejudicados. MORTE O Comando Militar do Leste confirmou hoje a morte do estudante Vinícius Figueira Benedito Eugênio, 21 anos, em uma explosão que feriu mais dez alunos da Escola de Sargentos de Logística (EsSlog). O acidente, no Campo de Instrução de Camboatá, em Deodoro, zona Oeste do Rio de Janeiro, ocorreu por volta das 21 horas de ontem. O treinamento era um exercício padrão da instituição. Os feridos foram atendidos no Hospital da Guarnição da Vila Militar e em outros hospitais militares próximos, e permanecem em observação.

EMPREGO A taxa de desemprego em maio ficou em 5,8%, o que representa uma queda de 0,2 ponto percentual em relação a abril, quando o índice ficou em 6%. Na comparação com o resultado de maio de 2011 (6,4%), houve redução de 0,6 ponto percentual. A taxa registrada em maio deste ano é a mais baixa para o mês desde 2002, quando teve início a série histórica da Pesquisa Mensal de Emprego (PME). EMPREGO 2 Os números do levantamento, divulgados hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram ainda que o rendimento médio real habitual da população ocupada, que foi R$ 1,725,6 em maio, não sofreu variação na comparação mês a mês. Em relação a maio de 2011, houve um aumento de 4,9%. EMPREGO 3 De acordo com o IBGE, em maio a população desocupada, que somava 1,4 milhão de pessoas, ficou estável em relação ao mês anterior, e caiu 7,1% em relação a maio de 2011. Isso significa, segundo a Agência Brasil, que em um ano houve menos 107 mil pessoas desocupadas nas regiões metropolitanas do país. Já a população ocupada, 23 milhões, aumentou 1,2% na comparação com abril e 2,5% em relação a maio do ano passado, o que representa mais 554 mil pessoas com ocupação. ALIADOS Tomara que não, mas parece que o câncer corroeu o bom senso do ex-presidente Lula. Essa aliança com Paulo Maluf, em São Paulo, é vergonhosa.

De virar a cabeça

ESQUEMA 2 Mais: alguns ambulantes denunciam a ‘máfia do gelo’, que funciona da seguinte maneira: alguns bandidos disfarçados de ‘espertos’ estariam planejando proibir esses vendedores informais de levar o gelo, que teria que ser comprado a eles, que teriam lucro de 100 por cento, uma vez que comprariam um saco, nas Rocas, por R$ 6 e venderiam por R$ 12.

Arquivo

MOBILIDADE Esclarecer as dúvidas e colher sugestões sobre o projeto e estudos das obras do Complexo Viário da Urbana, um dos locais de intervenção com vistas à Copa do Mundo 2014. Esse é o objetivo da audiência pública promovida pela Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), amanhã, 22, no auditório do Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves (Cemure), a partir das 8 horas. A audiência é resultado de um acordo firmado entre a Prefeitura e o Ministério Público (MP) no dia 25 de maio, que suspendeu as obras e desapropriações necessárias para a execução das obras de mobilidade na cidade. O objetivo é analisar os estudos urbanísticos eambientais de todas as áreas que sofrerão os impactos das intervenções previstas.

Pré-candidatos a prefeito de Natal têm dificuldade para encontrar os vices. E os eleitores têm dificuldade em encontrar candidato.

ESQUEMA Vendedores ambulantes que aproveitam o período junino para ganhar um dinheirinho extra temem ser vítimas de extorsão, pois em algumas festas aparecem alguns ‘sabidos’ cobrando taxas, até em espaços públicos.

Bob Motta: sem fronteira O poeta matuto Bob Motta, que o colunista tem a alegria de poder chamar de amigo, lançará ainda este ano “Na fronteira da existência – O que vi do outro lado”, livro onde ele narrará a trajetória desde que sentiu a primeira dor no peito, na década de 90, até dezembro do ano passado, quando acordou do coma que durou vinte dias, após uma cirurgia cardíaca. Bob nasceu para encantar com seu talento, cativar com sua amizade, construir com seu sorriso tímido. Sua obra brejeira é ponte: serve para unir, ligar. A publicação será mais uma grande lição de vida, de vitória, de força, de perseverança. Seja o que – ou quem – for que Bob viu do ‘outro lado’, o que nos contará será a partir de uma visão privilegiada, incomum aos insensíveis, a partir de quem sabe muito bem o que veio fazer aqui entre nós.


12 O Jornal de HOJE

Natal, 21 de junho de 2012

Cidade

Daniela Freire

I

Quinta-feira

I

I

POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br CanindØ Soares

w RESULTADO... A pressão do PCdoB contra a formalização de uma aliança proporcional entre o PDT de Carlos Eduardo e o PSB de Wilma de Faria pode estar funcionando...

CanindØ Soares

O PSB procurou a prefeita Micarla de Sousa para sugerir uma coligação na proporcional com os verdes. Wilma mandou um de seus fiéis escudeiros para apresentar a proposta. "Dá para confiar?", questionou um integrante do PV. Vai saber. w ALIÁS... Na inserção do PSB do Rio Grande do Norte exibida ontem à noite, em horário nobre de TV, a presidente estadual da legenda, Wilma de Faria, comparou desaprovações...

Deputado Fábio Dantas com a musa Cristiane no Arraiá Prá Lá de Dez Bobflash

Zélia Pinheiro, Luzi e Lauro Bezerra no Feijão Society Bobflash

GIRO PELO TWITTER ...da jornalista Anelly Medeiros: "Diferente do Poder Executivo, TJRN, MPE e TCE não possuem restrições quanto aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal. Bom demais! Com a aprovação do proj na Assembleia, o valor pago a um magistrado e promotor de 3ª entrância vai aumentar de R$ 21.705, p R$ 22.911,00";

Disse que o "governo do PSB" aqui no Estado jamais passou pelo mal estar de chegar a um nível tão elevado de desaprovação da administração, num ataque direto à govenadora Rosalba Ciarlini e à prefeita Micarla de Sousa, já que Wilma é exgovernadora e... ex-prefeita de Natal. Ao final do texto, para arrematar, a pessebista ainda ironizou o slogan de campanha da Rosa: "...falou, mas ainda não fez acontecer". A atual governadora gostava de usar na campanha de 2010 - e continua usando em algumas falas - a frase de efeito "vamos fazer acontecer".

...do jornalista Reinaldo Azevedo: "Houve um tempo em que Dilma tinha que sair na foto com Lula para ficar bem. Mas depois daquela foto...".

w MAIS... A ex-governadora Wilma de Faria deve anunciar ainda hoje o caminho que seguirá no pleito deste ano. Três opções estão na lista das especulações: não ser candidata, se lançar vice de Carlos Eduardo ou candidata a vereadora.

Casal Flávia Santa Rosa e Jefferson Barbalho marcando presença no Arraiá Prá Lá de Dez

A coluna procurou, então, um aliado da pessebista, que declarou: "Vereadora ela não vai! Ou vice ou nada! Isso é certeza". É aguardar! w EMPENHADO Quem já procurou o novo secretário de Saúde do Estado, Isaú Gerino, ficou satisfeito com a escolha feita pelo Governo Rosado. Motivo: ele é do tipo que quer resolver as demandas para ontem. "E só descansa quando os problemas estão solucionados", contou uma fonte do Legislativo. As direções dos hospitais regionais estão otimistas. Maravilha! w TRATAMENTO DESIGUAL O deputado federal do DEM Felipe Maia está utilizando a rede social para denunciar o suposto privilégio que as prefeituras comandadas pelo Partido dos Trabalhadores em todo o Brasil estão tendo na hora da liberação de emendas pela presidenta Dilma Rousseff. O assunto vem sendo colocado há algum tempo, por parlamentares da esfera federal e, aqui no RN, estadual também. Em seu Twitter, Felipe acusou: "Governo Federal libera emendas, mas beneficia somente a base aliada. Já a oposição, não tem a promessa de um real pago".

w BOCA NO TROMBONE Sobre este assunto, o democrata, inclusive, foi ouvido pela reportagem do Estadão. À jornalista Eugênia Lopes, Felipe afirmou que "os três partidos de oposição - DEM, PSDB e PPS - praticamente não tiveram emendas empenhadas". "O DEM não teve a promessa de um centavo sequer de liberação de emenda de seus parlamentares em junho. Os tucanos conquistaram ínfimos R$ 1,8 mil, enquanto o PPS teve R$ 349,8 mil", revelou o filho do presidente nacional do Democratas, senador José Agripino. Para Felipe, "os partidos de oposição foram discriminados no empenho de emendas". "Quiseram castigar os partidos de oposição em ano eleitoral', reclamou ele. w ANTES TARDE DO QUE NUNCA Não é novidade que a orla natalense está entregue às moscas, que se tornou, inclusive, um local que espanta os turistas, ao invés de atraílos. São a sujeira, as línguas de esgoto descendo direto para a praia, o calçadão destruído pela maré... Pois bem, hoje, depois de tanto tempo sem que a classe política desse uma palavra sobre o assunto, o deputado federal Henrique Alves deu uma boa notícia via Twitter: "A orla de Natal terá investimentos para urbanização. O Ministro Gastão Vieira (Turismo) me avisou ontem à noite que o recurso foi empenhado. É um recurso importantíssimo. Serão R$13 milhões que vão renovar a orla da nossa capital". Segundo o parlamentar, com esse recurso será possível dar um "repaginada" no ambiente. "Com este investimento Natal vai se preparar para sediar a Copa do Mundo em 2014. E vai se valorizar como atrativo turístico! Todos ganham. Os turistas, a economia local e os moradores da capital!". Que assim seja!

Daniele Monte e Odete Guerra prestigiando a festa da Chrysler na PG Prime

w PROMESSA REFEITA Frase deixada pela governadora Rosalba Ciarlini no painel "Arvore da Visão" da Rio + 20: "O RN com energia limpa e mais saneamento pode, e vai ser, maior". Afinal, é promessa de campanha da democrata terminar o mandato com 80% do RN saneado.

wDE OLHO NASITUAÇÃO Deu no blog do Barbosa: "O Sindsaúde (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde) denúncia em seu site que o governo do estado vem retirando mês a mês o adicional de insalubridade. Cada mês é retirado aleatoriamente o adicional de servidores da Saúde, como tentativa de economizar na folha de pagamento prejudicando assim os trabalhadores".


Cidade

Quinta-feira

Natal, 21 de junho de 2012

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w CIÊNCIA - I A Maternidade Escola Januário Cicco inaugura ainda em julho o Centro de Reprodução Humana Assistida (bebê de proveta) e será a referência para todo o Norte e Nordeste para atendimento de pacientes do SUS.

Elas não ouvem mais...

w COLIGAÇÃO O PSB e o PC do B que pareciam com dificuldade para coligações com o PDT na proporcional já sabem que a convenção vai garantir a aliança formal. Além de outros partidos menores. Unidos e sem restrições.

w LUTA - II O centro com seu laboratório está instalado e agora a luta do professor Kleber Morais é credenciá-lo junto ao governo federal. Uma conquista, em Brasília, que conta hoje com o apoio do ministro Garibaldi Filho.

w PRESENÇA Franciney Batista de Souza, gerente da Companhia Potiguar de Gás, é presença na Expocondominial que se realiza entre 5 e 7 de julho, no Centro de Convenções. Vai falar sobre fornecimento de gás a condomínios.

w LEITE - I Num tiro transverso e certeiro a ex-governadora reconheceu o mérito do Governo Garibaldi Filho com o programa do leite e denunciou os destroços do que restou do programa no ano e meio de governo Rosalba.

w DESAFIO Uma decisão correta, o retorno das gratificações dos funcionários das Centrais do Cidadão, não vai bastar como solução. Agora é preciso de um gerenciamento profissional para recuperar aquela eficiência perdida.

w ALVO - II Com uma só frase, juntou os dois hoje aliados e ao mesmo tempo os separou, reconhecendo o acerto do primeiro e o desacerto do segundo. E no rastro do petardo deste JH com o texto de Marcos Aurélio de Sá. w ALIÁS - III O governo Rosalba nada fez para honrar a crítica contra o programa do leite na Emater. Bastou a presença do cunhado Betinho Rosado na Agricultura para ser mantido o modelo tão condenado durante a campanha. w CAOS - I É gravíssima e sem precedentes a crise no hospital Walfredo Gurgel a ponto de ser objeto de ação judicial do Conselho Regional de Medicina, isto no governo da médica Rosalba Ciarlini. É o salve-se quem puder. w TÁTICA - II O fato não apenas isenta a categoria médica de toda a responsabilidade ética e profissional como despeja nos ombros da médica governadora todos os efeitos negativos de ser acionada pelo seu próprio conselho.

F

ui reclamar do excesso de regulamento que engessa a vida nesses tempos modernos, moldados na falsa sisudez do moral acima do legal, e acabei com pena das mulheres. Principalmente das bonitas ou das sensuais, proibidas que foram do velho galanteio. Ou mesmo da cantada que na maior parte das vezes era uma forma de elogio à formosura. Do politicamente correto passou a ser crime, com voz de prisão, como se a vida não precisasse de ousadia. E de um pouco de clandestinidade para não virar uma pobre repartição. Não reclamo por jactância. Não é comigo, um tímido que sempre teve medo das mulheres e fugiu do perigo sem deixar de admirá-las em silêncio. Reclamo da vida que ficou mais pálida ainda, agora que é crime aquele que talvez fosse um dos traços mais humanos do homem brasileiro. Aquele não conter-se, não calar o desejo de saudar a beleza. Um pouco daquela malandragem que graças a Deus Antônio Cândido, na sua erudição e sensibilidade, não deixou ficar, para sempre, sob o mau humor dos delegados de plantão. As civilizações caldeiam os traços culturais, fixando hábitos e costumes, tradições e vanguardas, sem nada abandonar como inservível. É bom notar a semelhança, com significados frontalmente opostos, das expressões Pirobo e Piropo na língua falada de brasileiros e portugueses, para não incluir espanhóis. No Brasil 'pirobo' é 'veado', uma forma grosseira de homossexualidade, enquanto em Portugal 'piropo' é galanteio. O primeiro de origem etimológica obscura; e o segundo de algo belo como uma pedra preciosa.

É comum na Espanha o galanteio tocado de um certo deslumbramento como a representar espanto diante de uma grande beleza. Os falares espanhóis, talvez mais que os portugueses, registram até hoje o hábito de comparar a beleza da mulher que passa à Virgem de Macarena. Aqui, e é natural que seja assim, neste Brasil tropical e debochado, só aos poetas parnasianos, derramados nos seus amores sombrios, seria natural se permitir comparar a mulher às virgens santas por mais angelical que pudesse ser a sua beleza. A própria palavra galanteio parece ter perdido sua modernidade e, por isso, o próprio uso corrente. Nada explica essa onda de prevenção e antipatia que se levantou contra a cantada brasileira na sua forma mais bem humorada. É de um puritanismo insuportável. A grosseria, se é que pode ser a alegação maior e mais grave, não é específica da cantada. Nem o assédio pode ser tudo, até um crime, numa simples frase ainda que possa ser sensual. É querer o falar brasileiro sob total assepsia, prisioneiro das salas de cirurgia. Por isso tenho pena, Senhor Redator, desses tempos tão empobrecidos por um legalismo obscuro que nasceu dessa mania maluca de regulamentar tudo. Se há um traço marcante na cultura brasileira há de ser mesmo a cordialidade. Aquela mais aristocrática, de Ribeiro Couto e Cassiano Ricardo, até merecer a conceituação formal do grande Sérgio Buarque de Holanda, o configurador, de fato, do Homem Cordial. E a partir da cordialidade, todos os matizes de um jeito de ser que é nosso e não parece com mais ninguém.

w QUIABO Depois do sucesso da farinha de mandioca, segundo o sofisticado chef internacional Alex Atala que leva quando vai a outros países, deu no caderno Comida da Folha de S. Paulo, ontem: o quiabo está na moda. w GESTO O presidente da Assembléia, Ricardo Mota, confirmou para a secretária Isaura Rosado a parceria cultural da Assembléia na edição do sertão completo de Oswaldo Lamartine. A idéia é lançar a obra ainda este ano. w INJUSTO O Dicionário Crítico de Política Cultural, do inegavelmente erudito Teixeira Coelho, desconhece Câmara Cascudo como referência nos verbetes sobre folclore e cultura popular. Mesmo na nova edição ampliada. w ERRO É bom avisar: na edição de ontem ao citar o livro O Controle da Informação no Brasil, a coluna trocou os nomes e chamou o autor de Fernando quando na verdade se chama Antônio Costella. Fica, pois, o aviso.

Visuais CONRADO CARLOS - ccpsilva@hotmail.com

CASA PARA CLINICA, ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA OU EMPRESA PRESTADORA DE SERVIÇOS Aluga-se no bairro de Lagoa Nova, perto de tudo, a pouco mais de 100 metros da Av. Salgado Filho, em rua sem problema de estacionamento, uma casa com 500 m2 de área construída servindo para fins comerciais. R$ 4 mil. Tratar direto com o proprietário pelo tel. 9981-9395.

o

Sinfonia N 3

QUARENTA E DOIS ANOS, UM GRUPO DE ARTISTAS DA TERRA BRASILIS CRIAVA SUA OBRA MÁXIMA; SOB O OLHAR ATENTO DOS HERDEIROS DE MONTEZUMA, MULATOS E MAMELUCOS COM A CAMISA AMARELA FLERTARAM COM O PARAÍSO

Uma das sondagens mais bestas no universo intelectual é a que trata da relevância, da utilidade e do lado artístico que teria o esporte. "Dentre as coisas inúteis, é a mais importante", diz um bocado de gente boa. Sem poder de crítica e dependente do vigor físico (se xadrez, tiro esportivo e com arco forem esporte, dama, gamão e dominó também são), seria um mero ornamento da massa. Penso o contrário. Assim como a dança e o teatro, o domínio corpóreo dos atletas, concentrados em meio ao terror psicológico, compondo movimentos ensaiados e impro-

visados, com ritmo, compasso e dinâmica que geram timbres, melodias e emoções no expectador, seja in loco ou em casa, enquadra-se perfeitamente no esquema proposto por quem gasta o cerebelo sentado, conjecturando recheios de brochuras. Revendo imagens da Copa de 1970, cuja final foi disputada em 21 de junho, aumenta minha convicção de que a arte feita com a bola, chuteiras e transpiração tem similitudes com o que a história convencionou de Belas Artes - tudo bem, pelo apurado senso estético e nível cultural de um Bach, Wagner ou Stravinsky pro-

meto voltar em outro texto para defender melhor esta teoria, ainda que o jazz e o blues tenham sido criados por negros semianalfabetos. A evolução da tecnologia nas transmissões; na arquitetura dos estádios; na beleza dos uniformes; e na força e velocidade dos jogadores, jamais terá a fantasia, a classe, o sublime daquela disputa no México, com Pelé e demais arranjadores no auge, afinados e extasiados com o próprio desempenho. Aquilo representou um dos momentos fundadores da nação brasileira, o sonho colonizador do eldo-

rado finalmente concretizado. Daqui a dois anos, viveremos a euforia de sediar uma Copa. Não há dúvida que um novo marco em nossas vidas será forjado pela onipresença do evento. Ganhando ou não, o Brasil sofrerá um trauma. Da longínqua Cuiabá à europeizada Curitiba, passando pelas cosmopolitas São Paulo e Rio de Janeiro, bem como pela sui generis Brasília. Mas se a arte atingiu o apogeu em 1970, que ela seja reinventada para 2014. Troquem o maestro, o solista ou o diretor da companhia e remarquem o concerto.


Cidade

Natal, 21 de junho de 2012

14 O Jornal de HOJE

ENTREVISTA

Turismo FLÁVIO MARINHO - fmarinho@maiscomunica.com.br O EXEMPLO DE RECIFE I Enquanto o turismo de Natal 'dorme em berço esplêndido', fruto da inércia dos governos municipal e estadual, a vizinha cidade do Recife se movimenta profissionalmente para fortalecer o setor e garantir divisas, a partir da captação de novos vôos internacionais, que, consequentemente, geram fluxo e ocupação para os hotéis pernambucanos. Por aqui, quando o assunto é turismo, as ações não passam do velho e cansado blá, blá, blá...

BUENOS AIRES BARATO Para quem quer viajar para a "Terra do Tango" pagando um preço justo, a Sunline Turismo, controlada pela empresária Ana Carolina Costa, já está comercializando pacotes para Buenos Aires por um valor a partir de sete parcelas de R$ 248,00 - com direito a passagem aérea, três noites e hospedagem, café da manhã, traslado, city tour, apoio de guia local e seguro saúde. Informações podem ser obtidas pelo fone (84) 9983 0888.

NATAL-NOVA YORK A Aerotur já definiu os horários dos dois voos charteres NatalNova York, que decolarão do Aeroporto Internacional Augusto Severo nos próximos dias 1º e 2 de julho. Os Airbus 330 da Tam partirão de Natal às 11h03, com chegada na Big Apple prevista para as 17h30. O retorno da operação terá saida de Miami nos dias 16 e 17 de julho. As aeronaves decolarão às 08h55, com pouso em Natal às 16h55. A agência de viagem levará cerca de 700 passageiros para os EUA em julho, além de 25 pessoas no staff. Desse total, 430 utilizarão o voo charter, mas há grupos de natalenses embarcando para Orlando na Tam, via Brasília.

CONTRA A EXPLORAÇÃO SEXUAL A professora Jurema Dantas anuncia: nesta sexta-feira, dia 22, a ONG Resposta (Responsabilidade Social Posta em Prática), liderada por Ana Paula Felizardo, realiza a solenidade de compromisso público das empresas de turismo de Tibau do Sul/Pipa com o Código de Conduta do Turismo Contra a Exploração Sexual InfantoJuvenil, evento que acontecerá, às 14h30, no centro de convenções do hotel Pipa Atlântico.

O EXEMPLO DE RECIFE II Prova disso é que a Secretaria de Turismo de Recife acaba de anunciar para o próximo sábado, dia 23, a chegada do primeiro voo da nova rota Cidade do Panamá-Recife, operado, pela primeira vez no Nordeste, pela companhia Copa Airlines. Serão quatro freqüências semanais. Os pernambucanos também já estão atuando no sentido de viabilizar um novo voo ligando Recife aos Estados Unidos.

JSC LANÇA TRÊS OPÇÕES DE ROTEIRO PARA REVEILLON NA EUROPA

FAMTOUR DAS SECRETÁRIAS A agência de viagem Michelle Tour realizou no último fim de semana o famtour das secretárias com destino a Buenos Aires. Em parceria com companhia aérea Gol, a agência reuniu secretárias das empresas Estrutural, Midway, Lotil, TV Ponta Negra, Seturde, Potiguar Honda, Natal Hospital Center, Unimed e Construcap, que foram conhecer a estrutura de duas redes de hotéis da capital argentina: Hollywood Suites & Lofts, no Palermo e NH Hoteles, no Centro de Buenos Aires. O grupo foi recebido em Buenos Aires pela agência DTS, que realizou city tour pelos pontos turísticos da cidade.

O operador de turismo, Murillo Felinto, proprietário da JSC Turismo, já fechou mais um voo charter durante o Réveillon na Europa, oferecendo três opções de roteiro de viagem. Segundo Felinto, são pacotes endereçados para pesssoas que conhecem Lisboa e desejam conhecer outras cidades européias, como para quem pretende ir pela primeira vez a Lisboa. Esse ano, Madri faz parte dos pacotes turísticos do Réveillon 2012 da JSC Turismo. Há a opção Lisboa/Madri, com noites três noites na Terra do Fado e três noites na capital espanhola. Os pontos que irão ser visitados são os principais das capitais de Portugal e da Espanha, além de passar a noite do Réveillon na Gran Via, em Madrid, famoso pelo seu encantamento. O outro roteiro oferecido pela JSC começa por Lisboa, segue para Fátima, Porto, Coimbra e Santiago de Compostela, na Espanha.

>> EMBARQUE RESTAURANTE ESTUPENDO Sob organização da jornalista Cristina Lira, o restaurante Estupendo, no Natal Shopping, recebeu no início da tarde de hoje grupos de jornalistas para o almoço que marcou o lançamento do seu novo cardápio. ÚLTIMAS VAGAS A ABAV/RN, em parceria com o SEBRAE, lança o curso de 'Geografia Internacional', que será ministrado, nos dias 25 e 26 de Junho, pelo Instrutor Roberto

Anzolch, a partir das 18 horas, no auditório do SEBRAE. "ARRAIÁ 23" Sera o próximo sábado, dia 23, o "Arraiá 23", tradicional festa junina que é realizada pelo presidente regional do PPS Wober Junior. O evento, gratuito e aberto ao público, acontecerá na Rua Marechal Rondon, nas imediações da Igreja Católica da Candelária, com a banda "Balai de Gato". SAUÍPE EM JOÃO PESSOA O famoso complexo hoteleiro baia-

no, Costa do Sauípe, marcará presença no 2º Festival do Turismo de João Pessoa, no mês de setembro. Alex Andrade, gerente de Vendas Lazer Nacional de Sauípe, espera realizar bons negócios no evento. ARRAIÁ DA AABB A AABB Natal promove nesta sextafeira (22) sua festa junina. O arraiá comecará às 19 horas, com trio de sanfoneiros e o som do grupo de forró de Fernando Faria.

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

apronianocfs@hotmail.com

Os quatros principais operadores de navios que operam no Brasil aumentaram o frete em 40% NATAL Navio Leblon Lagoa Carioca Lagoa Paranaense Flevo Sound Future Marlin CMA-CGM Platon Marfret Guyane CMA-CGM Homere

Bandeira Brasil Brasil Brasil México Libéria Libéria United King França Inglaterra

Agência Seamaster W. Sons W. Sons W. Sons NML/JSF Petrobras CMA-CGM W. Sons CMA-CGM

Chegada No Porto No Porto No Porto Hoje Hoje Hoje 23/06 30/06 07/07

Destino Guamaré(RN) --Guamaré(RN) Fortaleza(CE) Belém(PA) Vigo/ESP Vigo/ESP Vigo/ESP

Carga Em Operação Em Operação Em Operação ---Contêineres Contêineres Contêineres

Descarga Draga --Draga Trigo Combustível ----

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN Lorena BR

Brasil

Petrobras

No Porto

Fortaleza (CE)

Água

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN Miss Timona Alexandria

Dia 21 22

Itália Grécia

Arrow No Porto A. Marítima 26/06

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 17:47 2.1 23:24 0.4 05:56 2.2 11:58 0.3

Paranaguá (PR) Santos (SP)

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Sal Sal

Cheia

---

FASES DA LUA (04/06 - 08:12h)

Minguante

(11/06 - 07:41h)

Nova

(19/06 - 12:02h)

Crescente

(27/06 - 00:30h)

Quinta-feira

Sandro Pacheco

"Natal e o RN voltarão a ocupar um lugar de destaque no turismo" Divulgação

Em entrevista exclusiva marcada por uma postura de otimismo, o novo presidente da Emprotur, executivo Sandro Pacheco (foto) se diz pronto para enfrentar a missão de promover o turismo potiguar em um momento em que o setor convive com uma de suas piores crises. Cauteloso, Pacheco não confirma se a governadora Rosalba Ciarlini se assegurou, ao convidá-lo para o cargo, o apoio e o prestigio necessários para que possa fortalecer o turismo potiguar. "Acredito no esforço e trabalho dedicado", desconversa. O recém nomeado presidente da Emprotur também disse acreditar que a força das 'belezas naturais' do estado é maior que os problemas que o turismo potiguar enfrenta. Na sua opinião, Natal e o Rio Grande do Norte voltarão a ocupar um lugar de destaque no turismo Nacional e Internacional. Sandro Pacheco revelou ainda que está tentando viabilizar um Salão do Turismo Potiguar, o que, segundo acredita, fará o norte-rio-grandense conhecer o seu Estado, ajudando na interiorização do turismo. Segue abaixo a entrevista. O JORNAL DE HOJE - O senhor assume a Emprotur em um momento em que o turismo do RN enfrenta uma de suas piores crises. O que pretende fazer para mudar esse cenário adverso? SANDRO PACHECO - Pretendo assumir uma posição mais ativa, monitorar os mercados, as vendas dos pacotes turísticos nas principais operadoras do País, identificando as origens das vendas e verificando preventivamente a possível queda em cada destino. Agir preventivamente, sem necessariamente esperar as feiras que atingem a região onde temos problemas. O JORNAL DE HOJE - Natal já foi um dos principais destinos do País, mas perdeu espaço para a concorrência nacional e regional. O senhor acredita que, a médio prazo, o destino Natal poderá voltar a ocupar lugar de destaque como produto turístico? Sandro Pacheco - Claro que Natal e o Rio Grande do Norte voltarão a ocupar um lugar de destaque no turismo Nacional e Internacional. A principal matéria prima do turismo é a bela riqueza natural, e aqui nós temos de sobra. Este é um atrativo que não se constrói. Nascemos e fomos generosamente presenteados por Deus. Não tenho dúvidas. O JORNAL DE HOJE - A hotelaria de Pipa está à beira da falência e o setor hoteleiro de Natal também sofre com o baixo fluxo de turistas. O senhor não acha que essa situação deixa transparecer um descaso dos poderes públicos municipal e estadual com a indústria do turismo? Sandro Pacheco - Pipa investiu durante muitos anos no Mercado Internacional e com a crise internacional na Europa é quem mais sentiu a queda no fluxo de turistas. Mas a iniciativa privada é ágil e eles já estão se posicionando no mercado nacional, estão sempre presentes nas melhores feiras do País e logo terão um retorno deste investimento. A Emprotur é um parceiro da hotelaria de Pipa na divulgação Nacional. O JORNAL DE HOJE - Como responsável pelo órgão que tem como missão promover e divulgar o turismo potiguar, quais são os seus principais planos e metas para o setor? Sandro Pacheco - Quero assumir uma atitude ativa diante do mercado. Estamos levantando a malha aérea que nos atende e vamos conversar junto com a Inframérica, ganhadora da concessão do aeroporto de São Gonçalo, com todos os presidentes das empresas aéreas brasileira, mostrando os diferenciais do RN. Tentamos viabilizar um Salão do Turismo Potiguar que fará o potiguar conhecer seu Estado, ajudando

na interiorização do turismo. O JORNAL DE HOJE - Natal hoje tem uma das piores orlas do país, uma malha viária precária, um sistema de transportes deficiente, além da ausência de uma política de desenvolvimento para o setor de turismo por parte da administração municipal. Até que ponto essa realidade dificulta a "venda" de Natal como produto turístico? Sandro Pacheco - Nossa belezas naturais são maiores que nossos problemas. O turista visita sempre vários municípios do litoral e sai maravilhado com nossas praias. Fomos beneficiados com 400km de um belo litoral de águas mornas. O JORNAL DE HOJE - Ao lhe convidar para o comando da Emprotur, a governadora Rosalba Ciarlini lhe assegurou que dará o apoio e o prestigio necessários para que o senhor possa efetivar a sua missão de fortalecer o turismo potiguar? Sandro Pacheco - Acredito no esforço e trabalho dedicado. Estou ativo nos três turnos independente de dias da semana. As dificuldades aparecerão e eu vou enfrenta-las. O JORNAL DE HOJE - Sob o ponto de vista de promoção e marketing, qual o montante de recursos que o Governo do Estado pretende investir no turismo e em que áreas específicas serão aplicadas essa verba? Sandro Pacheco - Estamos finalizando neste semestre uma campanha de mídia nacional de R$ 4.000.000 e existe um compromisso de outra campanha no segundo semestre. O JORNAL DE HOJE - Recentemente, a Prefeitura do Natal contratou os serviços do consultor Paulo Gaudenzi para elaborar um " Plano Estratégico de Turismo para Natal". Esse plano, apesar do volume de recursos investidos, não teve serventia. Como o senhor analisa esse fato? Sandro Pacheco - O plano de Paulo está posto, é de domínio público, tem boas idéias para o futuro do município. Uma adaptação para o atual momento e ele poderá ser aproveitado num futuro próximo. O JORNAL DE HOJE - O senhor não acha que seria viável o Governo do Estado traçar também um planejamento estratégico, pensando no fortalecimento do turismo potiguar para os próximos dez anos? Sandro Pacheco - Existe um trabalho em andamento no âmbito da Secretaria Estadual de Turismo. Na próxima reunião do CONETUR, comandada pelo meu companheiro, o Secretário Renato Fernandes, será apresentado um diagnóstico.

‘ ‘ ‘

"Estamos finalizando neste semestre uma campanha de mídia nacional de R$ 4 milhões e existe um compromisso de outra campanha no segundo semestre".

"Acredito no esforço e trabalho dedicado. Estou ativo nos três turnos independente de dias da semana. As dificuldades aparecerão e eu vou enfrentá-las".

"Claro que Natal e o Rio Grande do Norte voltarão a ocupar um lugar de destaque no turismo Nacional e Internacional. A principal matéria prima do turismo é a bela riqueza natural, e aqui nós temos de sobra".


Esporte

Quinta-feira

Natal, 21 de junho de 2012

O Jornal de HOJE 15

“O lado financeiro pesou” O

MEIA JÚNIOR

XUXA

PROPOSTA PARA ATUAR NO FUTEBOL ÁRABE, LADO FINANCEIRO PESOU NA DECISÃO DO O América sofreu a primeira baixa importante para o restante da Série B do Campeonato Brasileiro. Ontem, o meia Júnior Xuxa anunciou que estava deixando o clube após receber proposta do futebol árabe. Hoje pela manhã, o jogador compareceu a sede social do clube para acertar os últimos detalhes. Com viagem já programada, Xuxa viaja ainda hoje para Recife, onde passará alguns dias com os familiares antes de seguir rumo ao Emirados Árabes, onde defenderá o Al-Ettifaq Club. "Foi uma decisão difícil de tomar. Principalmente porque esse grupo atual do América é muito bom e muito unido. Fiquei balançado em permanecer por aqui, mas conversei com meus familiares e com os diretores do clube. Já tenho 28 anos e a proposta financeira fez toda a diferença. Além disso, eu nunca atuei fora do Brasil e essa é uma experiência importante para a minha carreira", explicou o jogador, que já negociava a transferência desde o fim do Campeonato Potiguar. "A negociação demorou a acontecer. São muitos detalhes em jogo e queria realmente a certeza de que estava fazendo a escolha certa. Viajarei inicialmente sozinho, mas já estou preparando tudo para que possa levar minha esposa e meus dois filhos. Apesar de ser um contrato curto (10 meses) eles serão fundamentais para que eu possa me adaptar", completou o meia. Apesar da negociação fechada e a viagem marcada, Júnior Xuxa não sabe o que irá encontrar no

AMÉRICA. COM JOGADOR, QUE JÁ VIAJA

ASSINOU HOJE PELA MANHÃ A RESCISÃO DO SEU CONTRATO JUNTO AO Wellington Rocha

HOJE

Em busca de um substituto 3Com folga na tabela de praticamente 10 dias, cabe ao técnico Roberto Fernandes encontrar um substituto para a meia. Thiago Galhardo, reserva imediato, é o favorito neste momento, porém, as primeiras informações é de que o América possa ir às compras. O América só volta aos gramados no dia 29 de junho, no estádio Naza-

renão, em Goianinha, contra o Guarani-SP. O América realizará um jogotreino neste sábado (23). O adversário será o Visão Celeste, que disputará a a segunda divisão do Campeonato Potiguar. A partida está marcado para as 8h30, no CT Abílio Medeiros, em Parnamirim. A entrada será gratuita. Wellington Rocha

Júnior Xuxa defenderá o Al-Ettifaq, da Arábia Saudita. Ele já rescindiu o contrato e agredeceu o apoio que recebeu novo trabalho. Sem conhecer muito rica e garante que sai do clube dei- com o Padang. Eu só posso agrasobre a Arábia, o jogador espera xando as portas abertas para um decer muito o tratamento que recenão ter muitas dificulbi de todos aqui em dades de adaptação. Natal. O América me "Eu vou ter um tradudeu amplas condições tor comigo o tempo ine sei também que “Foi uma decisão difícil de tomar. Principalmente teiro. Lá fala inglês minha passagem foi porque esse grupo atual do América é muito bom também, né? Até o positiva para o clube. nome do time é difícil Fui campeão estae muito unido. Fiquei balançado em permanecer de falar (risos). Mas é dual, sou artilheiro do por aqui, mas conversei com meus familiares isso, vai ser mais um time na temporada e e com os diretores do clube” desafio que espero susaio com o time na liperar. Quero chegar lá derança da Série B. e mostrar meu futeEspero que num fubol." turo próximo possa Xuxa também explicou como futuro retorno. "A negociação foi retornar a jogar por aqui", disse o se deu a negociação com o Amé- tranquila. Conversei ontem mesmo jogador.

O meia Thiago Galhardo deve ser o substituto de Junior Xuxa na meia

> INDEFINIÇÕES

ABC não confirma dispensas As indefinições no elenco alvinegro têm gerado uma série de especulações. Ontem, o vice-presidente de futebol, Augusto Azevedo, que assumiu o cargo recentemente de forma interina, conversou com alguns jogadores do elenco e as primeiras informações seriam de que os atacantes Washington e Léo Gamalho, além do lateral Murilo, estavam de saída do clube. Informação negada pelo dirigente. "Eu estive reunido com várias pessoas, inclusive até com o doutor Roberto Vital, para saber a real situação de diversos jogadores. Tudo até agora não passa de especulação. A conversa que tivemos foi a respeito do dia-a-dia no clube. Me reuni também com outros jogadores que me pediram uma reunião assim que assumi. São assuntos corriqueiros do dia-a-dia. Pode ter certeza que estou sendo amplamente transparente", disse o di-

rigente, que ainda enfatizou. "Quem publicar que Washington deixou o clube não terá ouvido essa informação de mim" Outra reunião que teria acontecido no CT alvinegro, reuniu os jogadores Alison, Renatinho Potiguar e Basílio. Segundo ainda Augusto Azevedo, a reunião tinha sido pedida pelo grupo assim que ele assumiu o cargo. "Eles disseram que estavam prontos para nos apoiar no que fosse necessário". Questionado se os salários e premiações estavam na pauta da conversa o dirigente foi claro. "Isso também faz parte do dia-a-dia do clube e também foi falado", completou. O ABC embarca hoje a tarde para São Paulo e o técnico Márcio Goiano deve repetir no próximo sábado, diante do Guarani, a mesma escalação que na última rodada conquistou a vitória no Frasqueirão diante do Asa-AL.

Sem ainda contar com o retorno de Elionar Bombinha, que segue entregue ao departamento médico do clube, o treinador deve novamente apostar no atacante Anderson Barbosa, que ainda não mostrou em campo o que o torcedor espera efetivamente ver. Quem se apresentou na tarde de ontem e já pode estar a disposição para o próximo confronto é o atacante Éderson, que chegou do Ceará em uma negociação que envolveu o meia Thiaguinho, que estava sem oportunidades no ABC. "Quando recebi a proposta eu não pensei duas vezes. Tudo deu certo e espero dar alegrias novamente a torcida. Aprendi muito no Ceará e espero poder colocar em prática por aqui. É um momento diferente da minha saída. Temos muitos atacantes no elenco, mas espero conquistar o meu espaço com o novo professor", disse o atacante Éderson.

Wellington Rocha

Atacantes Washington (FOTO), Léo Gamalho e o ala Murilo se reuniram ontem com o vice-presidente de futebol, Augusto Azevedo

Gabriel Negreiros GABRIEL NEGREIROS - gabrielnegreiros@gmail.com - twitter: @gabrielnegreiro O ADEUS DE XUXA Júnior Xuxa anunciou ontem a tarde que estava de saída do América. Ele apenas confirmou uma especulação que já se discutia desde o final do campeonato estadual de futebol. Nem preciso comentar a respeito das diferenças financeiras que envolvem os dois contratos. Ele passará apenas 10 meses neste primeiro momento, porém, a quantia envolvida é bem significativa. Aos 28 anos justifica a escolha em busca do famoso "pé de meia". Em campo o América precisará encontrar um substituto a altura. Uma opção é Thiago Galhardo, mas apenas na teoria, já que na prática ainda não teve oportunidades de mostrar futebol. Outra solução seria a entrada de Norberto no setor com a escalação de um novo ala. Porém, essa mudança iria interferir demais no esquema adotado pelo treinador. Além disso, para a carreira de Norberto, é melhor que se mantenha na ala direita, onde já mostrou cumprir a função com eficiência. OLHO NO ELENCO A saída de Xuxa aumenta um

temor já existente na torcida alvirrubra. É o preço que se paga por ter um time eficiente. Nesta largada da Série B, quem está na vitrine vira alvo fácil, até mesmo para a concorrência dos próprios clubes da segunda divisão. Não é de se estranhar as investidas de outros times em jogadores como Cléber, Xuxa, Norberto, Wanderson e Lúcio Curió. Esse é um fato que o América não tem pra onde correr. Competir financeiramente é impossível, a não ser que os atletas e seus empresários prefiram investir na permanência em busca da valorização associada ao sucesso do clube. O que duvido muito. É hora de ter olhos abertos nas investidas além da fronteira. NA MESA DE REUNIÃO Hoje conversei com Augusto Azevedo, vice-presidente de futebol do ABC, a respeito da série de reuniões que aconteceram ontem no clube. Ele garante que nenhum jogador foi dispensado e que as reuniões

foram ações normais do trabalho diário do clube. Salários e premiações também estiveram em pauta com outro grupo de atletas, os "representantes" do elenco. Esse é um momento delicado do ABC. O acerto financeiro é fundamental para os resultados, porém, é necessário que haja comprometimento do grupo, o que tem faltado em diversas peças. Com elenco inchado, é hora de dispensar, mas para isso é necessário dinheiro. PRÊMIO TOP CAR TV Foi dada a largada para o mais importante e tradicional prêmio da mídia eletrônica do Brasil. Como ocorreu nos últimos 10 anos, o mercado automotivo se agita com a chegada de mais uma eleição do Prêmio Top Car TV. Criado em 2002, a décima primeira edição do Top Car TV reúne jornalistas convidados para, de maneira democrática e sigilosa, eleger os melhores carros, picapes, utilitários esportivos, minivans, comerciais de televisão e o executivo que se destacaram ao longo do ano.

Vinte e um profissionais de todo o Brasil, entre programas de televisão e sites, foram convidados para fazer parte do corpo de jurados, que estarão elegendo em cada categoria, os destaques do ano. O jornalista Freire Neto, do Motores e Ação Nordeste, programa transmitido para o Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Ceará. NEYMAR X CORINTHIANS O que mais tenho visto de ontem para hoje nas redes sociais são comentários maldosos sobre Neymar, principalmente o rotulando de "amarelão". De uma injustiça tremenda. Aos 20 anos o atacante santista já foi decisivo em diversos títulos do Santos, inclusive em uma Libertadores. A cobrança é excessiva, principalmente pelo fato de o time do Santos está longe de ser um timaço. Além disso, a competência do time do Corinthians precisa ser ressaltada. Time guerreiro, duro, que tem sangue. O duelo Neymar x Corinthians foi desproporcional. E Ganso? Ganso parece ter se perdido nas lesões.

PisandonaBola AMÂNCIO

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Natal, 21 de junho de 2012

Esporte

Corinthians em final inédita

Quinta-feira

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

EMPATE POR 1 A 1 COM O SANTOS, NO PACAEMBU, LEVOU TIME PARA A DECISÃO O clima de apreensão tomou conta dos torcedores corintianos, provavelmente receosos com um desfecho que já haviam visto antes na Libertadores. Mas a estrela do 'Mr.Libertadores', Danilo, brilhou logo aos dois minutos da etapa final, dando ao time de Parque São Jorge a confiança necessária para conquistar o feito inédito. Foi dos pés dele que saiu o gol corintiano, que leva o clube à final da competição. A ficha ainda parecia não ter caído quando o técnico Tite entrou na sala de imprensa para dar sua primeira entrevista como finalista da Copa Libertadores da América. O treinador era uma mistura de emoções enquanto falava com os jornalistas. E,

entre desabafos, sobrou até palavrão e promessas de degustar de uma boa caipirinha. "Vou tomar uma caipira desse tamanho. Amanhã a ficha cai", disse um bem-humorado Tite. "P... que pariu, que clássico. Que baita clássico. Qualidade técnica dos dois lados", continuou, em meio a um palavrão contido desengasgado em meio a uma frase durante sua entrevista. "Não caiu a ficha. Só amanhã. Tive uma preparação muito grande, responsabilidade muito grande. Fico voltado muito ao jogo, aquilo que posso concluir. No intervalo já puxei o Danilo e coloquei o Willian por dentro. Nós tomamos o gol, não quero falar sobre ele, mas tomamos. Não

conseguimos agredir, apesar de controlar", continuou o treinador, que misturava as respostas e demonstrava o quanto ainda estava "pilhado" com o clássico. O técnico santista Muricy Ramalho está fora da decisão da Libertadores da América, mas, nas palavras do próprio treinador, o jogo contra o Corinthians já valia por uma final. Para o atual campeão continental, o Corinthians levantará a taça do torneio sul-americano. "Na preleção, eu disse para eles que hoje era a decisão. Não é menosprezar ninguém, é um palpite meu", disse Muricy. "O Corinthians é um time que joga todo atrás da bola. A prioridade é a marcação, um pouco diferente da nossa proposta. O

resultado acabou sendo justo pelas poucas oportunidades que os dois tiveram", completou. Universidad de Chile e Boca Juniors se enfrentam às 21h15 (de Brasília) desta quinta-feira, em Santiago, para definir qual será o adversário do Corinthians na final da Libertadores. "Está em aberto. La U reverteu placar que achei que seria muito difícil de reverter, nas oitavas de final, depois de perder por 4 a 1 para o Deportivo Quito (ganhou por 6 a 0, no jogo de volta, em Santiago). Essa equipe está há muito tempo junta. Tem uma escola de triangulação, de muita troca de passe", analisou o treinador, depois do empate por 1 a 1 com o Santos, na quarta-feira.

De voleio Os caminhos atemporais do futebol unem o golaço do sueco Ibrahimovic contra a França ao lance espetacular de Roberto Dinamite pelo Vasco em 1976 diante do Botafogo. O gol de Roberto, aos 44 minutos do segundo tempo, precedido por um lençol humilhante no zagueiro Osmar Guarnelli, é um dos mais reprisados da televisão brasileira. O voleio de Ibra, o rebelde atacante que rodou grandes times europeus e nem ao liberto Barcelona se rendeu, foi o mais bonito da Eurocopa até agora. Um salto perfeito de um ex-lutador de taekwondo e um chute forte e impactante. Beleza plástica dos melhores homens de frente. Tanto Roberto Dinamite em 1976 quanto Ibra em 2012 se igualam na solidão vocacional de salvadores de times ruins. Roberto, o artilheiro de sorriso triste, jogava ao lado de mediocridades perdidas no vendaval do ostracismo. Galdino, Luis Carlos e Renê Pancada eram alguns dos seus companheiros. Ibra, apelido do homem alto e pouco afeito a simpatias, sobra numa Suécia frágil como de hábito vem sendo ao longo dos anos. Foram raros os bons times suecos, exceções ao vice-campeonato de 1958, com direito a chocolate tomado do Brasil, e ao terceiro lugar de 1994, com o chato goleiro Ravelli e o hábil meia Brolin, a cara de Chucky, o Brinquedo Assassino do Cinema. Um gol de voleio ou de sem-pulo é arte restrita aos corajosos, aos atacantes que não dispensam a ousadia em busca da vitória e da salvação. Roberto Dinamite fez, quem sabe, o gol mais bonito do Ex-Maracanã e classificou o Vasco para uma final de Taça Guanabara ganha nos pênaltis, disputa em que Zico perdeu o dele, defendido pelo goleiro Mazarópi. Ibra provou ao universo entregue aos aparelhos de TV que é de verdade um craque. Sua jogada acrobata e de perícia trapezista, demonstrou habilidade e faro, instinto goleador, predador. Roberto Dinamite e Ibra, 36 anos depois, simbolizam a força estoica dos guerreiros da grande área, aqueles que não se entregam, ainda que a luta seja inglória. >>> Psiquiatras forenses americanos dizem que a exposição exagerada de um crime na mídia gera a repetição de casos semelhantes. Psiquiatras forenses são muito usados pelo FBI e aparecem em filmes sobre psicopatas, sobretudo os assassinos em série. No Brasil, já são três idosos reagindo a ataques de bandidos. O caso mais recente aconteceu em Birigui, a 516 quilômetros de São Paulo. Um senhor de 72 anos, em recuperação de uma cirurgia cardíaca, tomou a arma de um ladrão que assaltou sua casa e o matou com dois tiros. Os vovôs e vovós valentes devem ser orientados a não reagir. Qualquer cidadão de bem atacado por um marginal deseja vê-lo morto e o inconsciente nosso de cada dia comprova. Programas policiais batem recorde de audiência e aplaudimos quando o defunto é um vagabundo estuprador ou assassino. A falência geral da segurança pública colocou em cada cidadão o instinto de Charles Bronson em Desejo de Matar, a série de quatro filmes que mostra um caçador urbano fuzilando matadores de familiares ou amigos dele e marginais conhecidos nas cidades por onde vagava soturno e noturno. Em Caxias do Sul(RS), uma velhinha de 86 anos mantinha carregado há 35 anos um velho revólver calibre 32. Foi roubada e esperou o assaltante chegar até à porta de sua casa. Disparou três vezes no peito dele. Morte fulminante. Corajosa a velhinha, que confessou e depois se disse arrependida. O morto nem pensou em sua idade nem fragilidade quando foi incomodá-la, ameaçá-la e roubála. Detalhe que precisa ser observado. O revólver usado pela vovó é de um calibre considerado nem tão letal e estava sem manuseio há três décadas e meia, quando especialistas indicam que qualquer munição deve ser testada a cada seis meses por atiradores especializados. Foi uma sorte e tanto a da mulher de Caxias do Sul. Em Ceará(CE), um bandido apanhou de muleta quando encostou sua moto diante de um aposentado de 72 anos que levava a filha caçula à academia de ginástica. O cidadão de bem deu três golpes na cabeça do ladrão que fugiu, vítima da surpresa, serpente nesse tipo de acontecimento. Reagir é errado. Somente quando se é treinado, a vantagem é grande e olhe lá. Na maioria dos casos, morre a vítima. Perde a família e o criminoso, na onda de impunidade que assola nossas sombras, continua sua carreira de terror. Mas que os velhinhos deram uma lição nas autoridades policiais, não resta a menor dúvida. RODRIGUINHO Mais um gol de arte de Rodriguinho pelo América de Minas Gerais. Um corte seco e um chute forte, estilo futsal. Rodriguinho é o melhor meiocampista do Brasileirão. Da B ele é fácil o primeiro. Juntando as duas séries, só Juninho Pernambucano vem jogando bola parecida. NUNCA É TARDE Nunca é tarde para se lamentar a forma desumana como Rodriguinho foi despejado do ABC em 2009. Uma joia que precisava ser lapidada, maltratada enquanto forasteiros enganadores eram endeusados pela diretoria. Agora é aplaudir o América Mineiro. FABINHO Fabinho faz falta ao América como um motor a um carro. Deu para se ver contra o ASA a importância da mobilidade e da técnica de um jogador que consegue ser moderno sem perder a essência da técnica. XUXA O show do Júnior Xuxa no América deve acabar com os petrodólares oferecidos por um time do Oriente Médio. Aos 28

anos, o camisa 10 quer fazer o seu pé de meia e a chance é agora. Xuxa pertence ao São Bernardo(SP). EDERSON Se estiver em boas condições físicas, Ederson é titular do ataque alvinegro. Joga bem pelo lado direito e pode fazer uma dupla apreciável com Bombinha. O tal do Anderson é que não aprovou. Jogador paradão, sem mobilidade, sem gana. 21 DE JUNHO O dia 21 de junho é uma data importante para o futebol brasileiro. Em 1970, ganhamos o tricampeonato no México derrotando a Itália por 4x1. Em 1978, vencemos a Polônia por 3x1, gols de Roberto Dinamite(2) e Nelinho. Em 1986, eliminados pela França também no México, nos pênaltis. ROGER Da turma dos boleiros mascarados, o meia Roger foi dispensado pelo Cruzeiro. Claro, chorou na despedida e desfiou um rosário de lamentações. O Sport, que não aprendeu com Marcelinho Paraíba, deseja ter Roger em seu time. No seu clube. Jogar para ele é uma raridade.

CMYK


Cultura

Quinta-feira

Natal, 21 de junho de 2012

O Jornal de HOJE 17

Fotos: Divulgação

“O teatro da morte e da vida” DANIELA PACHECO EDITORA DE CULTURA

“A poesia leva sempre o leitor a refletir sobre aquilo que é o intangível, os valores da alma. Acredito na poesia como uma coisa que não deixa de se renovar, podendo ao longo do tempo tornar as pessoas melhores. Ilumina a razão numa aventura mais íntima das coisas e dos acontecimentos. Lembrando o que dizia João Cabral fazer poesia como um trabalho árduo de construção da linguagem”, declara o jornalista Francisco Israel de Carvalho. Embalado pela poesia, Israel (como gosta de ser chamado) escolheu o poema-peça Morte e Vida Severina de João Cabral de Melo Neto como tema do seu primeiro livro que será lançado nesta quinta-feira, dia 21, a partir das 18h, na Cooperativa Cultural Universitária do Campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). A noite será prestigiada pelas performances musical e teatral de Lysia Condé e Pinho Montinelli, respectivamente. “Quando João Cabral sacraliza e carnavaliza o nascimento de um ‘Severino’ qualquer, nos mangues do Capibaribe em Recife, transformando esse acontecimento simples num Auto de Natal, ele celebra a vida que vale a pena, mesmo que seja uma vida minguada, ‘severina’, pobre”, avalia o autor. Segundo ele, elementos tão recorrentes no barroco, como as alegorias, a sensualidade, o sagrado e o profano, também estão presentes na obra de João Cabral de Melo Neto. Para o autor, a obra que foi escrita entre 1954-1955 continua atual e serve para todas as épocas. Este caicoense decidiu dedicar a sua vida a arte da escrita. “Minha formação é jornalista pela UFRN, depois fiz Letras, especialização em literatura brasileira, mestrado em Literatura Comparada e agora doutorado”. Escreve para jornais e revistas, tendo artigos publicados sobre João Cabral de Melo Neto nos livros de coletâneas Múltipla Palavra, organizado por Joselita Lino e Francisco Ivan, (Editora Ideia - João Pessoa 2004) e Colóquio Barroco, org. Francisco Ivan (EDUFRN- UFRN Natal - 2008). Confira a entrevista que Francisco Israel de Carvalho concedeu para O JORNAL DE HOJE. O JORNALDE HOJE - O livro O teatro da morte e da vida – A Escrita Barroca de João Cabral de Melo Neto” foi tema da dissertação do seu mestrado. como surgiu a ideia de trabalhar esse tema? Francisco Israel de Carvalho Eu já vinha estudando João

Cabral desde a Especialização e o poema-peça Morte e Vida Severina – O Auto de Natal pernambucano sempre mim instigou. Eu já havia lido, visto a peça e o filme feito para televisão. Não podemos esquecer que é um poema que conta a

FRANCISCO ISRAEL LANÇA NESTA QUINTA-FEIRA UM RECORTE SOBRE O POEMA- PEÇA M ORTE E V IDA S EVERINA DE J OÃO C ABRAL DE M ELO N ETO história de uma retirante que segue o percurso de um rio, com elementos que nasceram da imaginação do poeta, mas que as situações e os personagens são muito reais na nossa realidade do Nordeste. Depois, a própria escrita. Ele mistura o romanceiro da tradição ibérica com a cultura popular do Nordeste, o folclore.

O JORNAL DE HOJE - Como escritor é o seu primeiro livro? FIC - O teatro da morte e da vida – A escrita barroca de João Cabral Melo é meu primeiro livro, mas tenho artigos em livros de coletâneas, revistas e trabalhos apresentados em congressos, seminários e colóquios. O JORNAL DE HOJE - Por que a poesia? FIC - Porque a poesia leva sempre o leitor a refletir sobre aquilo que é o intangível, os valores da alma. Acredito na poesia como uma coisa que não deixa de se renovar, podendo ao longo do tempo tornar as pessoas melhores. Ilumina a razão numa aventura mais íntima das coisas e dos acontecimentos. Lembrando o que dizia João Cabral fazer poesia como um trabalho árduo de construção da linguagem.

O JORNAL DE HOJE - Qual foi o seu foco neste 'recorte poético' da obra de João Cabral de Melo Neto? FIC - Eu trabalhei Morte e Vida Severina numa perspectiva do barroco ou neo-barroco como quer alguns teóricos modernos, quando João Cabral traz nesse texto elementos tão recorrente no barroco como o duelo entre morte e vida, o sagrado e o profano, as alegorias, a carnavalização, a sensualidade temas tão atuais e tento mostrar que o Barroco pode surgir em qualquer época. Não o Barroco do Seiscentos que era uma arma de guerra da Igreja para reaproximar os fieis por conta do protestantismo, mas um barroco que tenta salvar o próprio homem. O JORNAL DE HOJE - O que o leitor pode esperar encontrar no seu livro? FIC - Nos capítulos distribuídos no livro, o leitor vai conhecer um pouco da trajetória de João Cabral enquanto poeta, a sua proximidade com a Espanha, portanto com o barroco, a sua identificação com a Geração de 27 em Espanha, uma geração de Lorca, Jorge Guillén, Rafael Alberti, Dámaso Alonso, todos poetas que trouxeram de volta Góngora, o maior

poeta do barroco espanhol. Segue uma análise da peça, sua construção, versos e no último capítulo O barroco em Morte e Vida Severina que é o foco mesmo do meu trabalho. O JORNAL DE HOJE - Qual seria a mensagem principal do poema-peça de João Cabral de Melo Neto? FIC - Que a vida vale a pena. Essa é a mensagem final da peça: que a vida vale a pena, mesmo que uma “vida quase morte severina”, aparentemente desprovida de esperança e saídas para a corroída miséria, vale a pena ser vivida. O JORNAL DE HOJE - E, o que mais lhe encanta na obra dele? FIC - O que mais encanta em João Cabral é ser um poeta nordestino/brasileiro/universal que trabalha a palavra como um ofício, como um trabalho de construção. Ele mesmo era considerado “o engenheiro da palavra”. Nada de musa inspiradora que desça não sei de onde e inspira o poema, mas um poeta com os pés na realidade do mundo que escreve sobre o homem e suas dores. O JORNAL DE HOJE - Você declarou que "a obra que foi escrita entre 1954-1955 continua atual

e serve para todas as épocas". Por que? FIC - Quando eu era criança essa peça teve um estrondoso sucesso. Era a ditadura militar de 1964, quando os militares tomaram o poder e ela foi montada no TUCA, o teatro da PUC de São Paulo, musicada por Chico Buarque. Eu pensava que tinha sido feita para aquela ocasião. Descobri que foi feita entre 1954-55, a pedido de Maria Clara Machado para ser encenada pelo Tablado, já em forma de peça, com marcações das falas, personagens. Ela não gostou e nunca montou. E continua sendo atual porque trata de uma realidade tão nossa e por coincidência estamos passando agora por mais uma estiagem no Nordeste e lançamento desse livro é bem oportuno. Também é uma obra sempre recomendada para vestibulandos. O JORNAL DE HOJE - Na sua opinião, quando uma poesia é boa? FIC - Quando toca a alma do leitor. Quando transferimos os nossos sentimentos para a folha de papel em branco. E como dizia João Cabral: a poesia tem que emocionar o leitor, tratando a dor do homem, a sua alegria, as suas lutas e as suas belezas.

Cultura HOJE DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com 15 ANOS O grupo vocal Acorde apresenta nesta quinta-feira, dia 21, às 20h, na Casa da Ribeira, o show em comemoração aos seus 15 anos de carreira. Informações: 3211 7710

com Dani Pacheco

POP-ROCK Nesta quinta, o cantor potiguar Daniel Freire e banda apresenta em versão acústica grandes sucessos do pop-rock brazuca e internacional, a partir das 20h, no Dom Vinícius (Rua Ângelo Varela, 1041, Tirol). Informações: 3201 4310. AMANHÃ Acontece o Arraiá da Tequila com a Banda DuSouto, Danina Fromer e DJ Samir, a partir das 22h, no Casanova Ecobar (Av. Senador Salgado Filho, 3526, Candelária - em frente ao túnel da UFRN).

TALENTO POTIGUAR O grupo Macaxeira Jazz faz um show especial de despedida, antes de embarcar em nova turnê pela Europa, hoje, às 20h, no Teatro de Cultura Popular. Os músicos potiguares vão se apresentar na Áustria, Eslovênia, Itália e Espanha.

CONCURSO CULTURAL O Concurso Cultural Caminhos do Cangaço premiará as três melhores redações sobre o rei do cangaço Virgolino Ferreira da Silva, o Lampião. O concurso é voltado para estudantes do ensino fundamental e médio de escolas públicas e privadas. A premiação geral do concurso será no valor de 2 mil reais. As inscrições podem ser realizadas gratuitamente no site do IFRN Cidade Alta até o dia 31 de agosto. O participante deverá entregar a sua redação na coordenação da instituição aonde estuda. A premiação acontecerá no dia 28 de setembro, às 16h, no auditório do campus. Mais informações entrar em contato pelo e-mail oventofala@gmail.com ou pelo telefone (84) 9653-6360.

PROJETO SOLO A banda paulista Moxine, formada por Mônica Agena (vocal e guitarra), Caju (bateria) e David Oliveira (baixo), surgiu no começo de 2009 com o lançamento do EP “Electric Kiss”. O trio é liderado por Mônica, que também acompanha o grupo Natiruts (reggae), mas é no Moxine que a artista revela suas raízes roqueiras compondo, cantando e tocando guitarra. E, agora lança seu novo single para download gratuito pela internet. Em troca, basta um post no Facebook. Para quem ficou em dúvida se quer ouvir ou não, o grupo deixa uma prévia de 30 segundos para a galera escutar antes de baixar. - https://www.facebook.com/moxine.likethis . A banda utiliza da estratégia “pay with a post”, onde as pessoas podem fazer o download em troca de uma ajuda na divulgação do single.

CMYK


18 O Jornal de HOJE

Cultura

Natal, 21 de junho de 2012

Quinta-feira

Canal 1

BATE-REBATE

POR FLÁVIO RICCO - Colaboração: José Carlos Nery / flavioricco@gmail.com.br / http://twitter.com/flavioricco

Expectativa de audiência

Crédito Divulgação Globo

É absolutamente natural e compreensível a expectativa por parte de todos, simples simpatizantes ou daqueles mais diretamente ligados ao negócio televisão, em torno do que a estreia do novo programa da Fátima Bernardes na Globo irá significar na faixa da manhã. Já há 8 anos, a média dos ligados entre 7 e 12 horas, gravita em torno dos 25 pontos. Considerandose apenas os últimos números conhecidos, relativos à audiência de maio, a Globo teve 6,3 pontos; Record – 5,6; SBT - 4,0; Bandeirantes e Cultura - 1,0; Gazeta e Rede TV! – 0,5, além de outras abaixo disso. Índices do Ibope referentes à Grande São Paulo. No horário em que o “Encontro com Fátima Bernardes” será apresentado, segundo dados atuais, o número de televisores salta para 30. E que poderá acontecer a partir desta estreia? Será que a quantidade de ligados vai aumentar? Ou tudo vai continuar como está e teremos transferência de público entre emissoras? A grosso modo, só o SBT, com programação infantil e diferente de todas as outras, é o que corre menos riscos ou o que não tem maiores preocupações.

w Se nada de errado acontecer, o primeiro “Conversa de Gente Grande”, do Marcelo Tas, na Band, deve ser gravado nesta sexta-feira. w Devido ao encerramento do “Perdidos na Tribo”, a partir desta sexta-feira a Bandeirantes tapa o espaço estendendo a reprise do “Pânico” até meia-noite. w Na sequência, o “Agora e Tarde”, do Danilo Gentili, e o “Jornal da Noite”, com Boris Casoy. w A Cultura HD passa a ocupar o

canal 516 da Net, a partir desta sexta-feira. w A Mix TV está montando uma arena na praia de Pernambuco, no Guarujá, para gravar o “Maré do Som”, com apresentação do Gabriel Pensador. w “Profissão Repórter”, em mais um bom programa na noite de terça - crimes cometidos por mulheres, marcou 17 pontos de média. w “Tapas & Beijos”, 27 pontos, e “Avenida Brasil”, 43, registraram recorde de audiência na terça.

w C´EST FINI Em seus últimos momentos no “Jornal Nacional”, Fátima Bernardes recebeu um carinhoso convite de Patrícia Poeta para falar do seu novo programa, que estreia segunda, no principal telejornal da emissora. Consultada ontem, porém, a Globo informou que a Fátima “não dará entrevistas no Fantástico nem no JN sobre o programa novo”. A exemplo do Popó, na última semana, Marcelo Médici também cancelou sua participação no “Saturday Night Live”, da Rede TV!, neste próximo domingo. O ator alega que está em negociação com outra emissora, mas irá continuar na torcida do programa. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

ENCERRAMENTO “Medidinha Certa”, série do “Fantástico”, chega ao fim neste domingo. As três crianças focalizadas passarão por um desafio e saberão, ao vivo no programa, os resultados conquistados. A partir da semana que vem, o projeto viaja pelo Brasil em eventos para estimular a garotada a entrar também na "medidinha certa".

>> TV - TUDO w OUTRA SITUAÇÃO Fazendo uma verificação mais cuidadosa na audiência nesta faixa de horário, constata-se que mesmo alcançando bons números com o “Bom Dia & Cia.”, a partir das 9h30, o SBT tem um “buraco negro” no início de todas as manhãs, diante dos fracos desempenhos do “SBT Manhã” – 7h00 às 7h30, e “Carrossel Animado”. Exatamente ali acontece uma derrubada bem perigosa.

w E MAIS UMA... No fim deste mês termina a temporada do “Nestlé com Você” - com rima e tudo - na Rede TV!. No dia 1º de julho, a partir das 10h30, em todas as manhãs, até por coincidir com as férias escolares, vai estrear uma sessão de desenhos animados.

turno das 5, quando sofreu o que parecia ser um início de infarto. Ele desmaiou num dos corredores da empresa e foi socorrido por dois editores de imagens que passavam por ali. Um dos meninos correu atrás de transporte e do único bombeiro para pedir socorro. Coisa de segundos.

w GULOSO Há uma revolta por parte de alguns médicos, em verificar que o plantonista de “Avenida Brasil”, em troca de uma rapidinha, mentiu e deixou barato uma consulta à personagem Suellen, da Isis Valverde, em “Avenida Brasil”. Entendem que a classe foi desrespeitada. No capítulo de segunda-feira, o médico comilão voltou a aparecer e admitiu o que fez.

w ACIDENTE – 2 Não há, neste horário na Rede TV!, ao contrário de outras empresas, uma ambulância, um médico plantonista, socorrista, e o ambulatório fica fechado. O responsável pelo transporte conseguiu uma viatura, que levou Paulo Roberto ao Hospital Portinari, mas ele lamentavelmente já chegou sem vida.

w ACIDENTE – 1 Ontem, por volta das 4h50 da manhã, o operador técnico da Rede TV!, Paulo Roberto Rodrigues de Azevedo, chegou para trabalhar no

w SEGUNDO CAPÍTULO – 1 Fabiano Falsi procurou a coluna e se colocou sobre a sua demissão no SBT. Conta que, na sexta-feira, ainda no restaurante da emissora, porque não tinha repórter ou produtor disponível, ele se ofereceu

ao diretor de redação, Ricardo Melo, para ouvir a fonte, Daniela Gonzalez, sobre o processo de cassação do Shopping Higienópolis. Viajou 200 quilômetros e voltou a São Paulo, na noite do mesmo dia, por volta das 21h30. w SEGUNDO CAPÍTULO – 2 Ao retornar, relata o Fabiano, recebeu do Ricardo um pedido para editar e finalizar a matéria no dia seguinte, inserindo imagens de cobertura e acrescentando novos fatos ao caso. A edição, segundo ele, foi iniciada por volta das 9h30 da manhã do sábado, num trabalho bastante prejudicado pelas péssimas condições do equipamento. Ilha sucateada. Ao informar que não haveria tempo para entrar no segundo bloco do “SBT Brasil”, conforme programado no espelho do jornal, conta que o Ricardo teve um “surto psicótico”, repetindo dezenas de vezes coisas como “vai se f...” e “palhaço”, além de pedir a sua cabeça aos gritos.

HORÓSCOPO Áries 21/03 a 20/04 Com a chegada do inverno vem também o tempo das fogueiras e dos encontros mais íntimos. É uma imagem ancestral que ainda tem poder sobre o seu espírito caloroso. Hospitaleiro e cheio de ideias, arranje motivos para reforçar afetos.

Leão 22/07 a 22/08 Para todos os efeitos, tem início oficial a época do ano em que todo leonino deveria fechar pra balanço, tirar umas bem merecidas férias, finalizar pendências de todo tipo e pensar na vida. Interiorização para se conectar melhor consigo agora.

Sagitário 21/11 a 21/12 É certo que você não é lá de mostrar que anda dependente de alguém. Mas agora, com o Sol em Câncer, pode encarar o fato de que até gente independente e generosa como você sente falta de um chamego familiar. Resgate vínculos essenciais.

Touro 21/04 a 20/05 Tempo de suavidade e amor para você com o transito do Sol pelo signo de Câncer. Oficialmente, o ingresso se deu ontem a noite, e você amanhece já sob o novo espírito que cancela distanciamentos e aproxima os semelhantes.

Virgem 23/08 a 22/09 Os amigos são como uma rede elástica, firme e protetora, capaz de aguentar suas mudanças de direção. E se não forem assim, não podem fazer parte de seu circulo de amizades. Isto é o que o Sol agora em Câncer irá revelar claramente.

Capricórnio 22/12 a 21/01 O cenário astral muda mesmo pra você agora. Chega o tempo de agir para dentro, no sentido da união e do encontro de pontos em comum com certas pessoas especiais. O sentimento de pertencer a algo com alguém é ancestral e poderoso.

Gêmeos 21/05 a 20/06 Clima astral bom pra você focalizar projetos de médio prazo que visem maior autonomia financeira. O Sol em Câncer revela todos os seus talentos, especialmente aqueles que dependem da intuição. Arte e imaginação em alta!

Libra 23/09 a 22/10 Começa agora um dos períodos mais destacados do ano pra você tomar consciência direitinho do que precisa cuidar pessoalmente. Metas, objetivos e planos maiores dependem de seu olhar presente, íntimo. O Sol em Câncer o ajudará nisso.

Aquário 21/01 a 19/02 A saúde é bem precioso: a frase, lugar comum, se torna palpável, sentida até as entranhas pelo aquariano a par tir de agora. E a ponte para o bem-estar depende de escolher bem seus hábitos e modos, filtrando-os pela emoção.

Câncer 21/06 a 21/07 Pode comemorar, canceriano! É chegado o momento de sorrir sob as luzes ternas e receptivas do Sol em seu signo. Saúde melhora, assim como senso de direção. Agora você já pode fazer escolhas mais positivas. Sex apeal e encanto particular.

Escorpião 23/10 a 21/11 Época boa de sonhar com futuros, distinguir direções em meio a nevoas, pressentir e sentir, imaginar e sonhar, ir longe, longe. Só pra resgatar o mais íntimo, dar a volta ao mundo pra se sentir em casa de novo: Sol em Câncer, poderoso!

Peixes 20/02 a 20/03 Época de grande fertilidade, inspiração e alta criatividade, a passagem do Sol pelo signo irmão de Câncer anuncia sempre boas vibrações para você. O romantismo entra na moda de novo, e o poder do bando, do clã, se torna poderoso de novo.

CINEMA MADAGASCAR 3 - (Livre) MOVIECOM 1 - Hora:15:00 / 17:00 19:00 / 21:00 MOVIECOM 4 - Hora:14:00 / 16:00 18:00 / 20:00 / 22:00 MOVIECOM 6 - Hora:14:45 /19:30 CINEMARK 1 - Hora: 12:30 / 14:50 17:20 / 19:30 / 21:50 CINEMARK 6 - Hora:11:30 / 13:50 16:10 / 18:30 / 20:50 CINEMARK 7 - Hora:12:00 / 14:20 16:40

/

CINEMARK 7 – Hora:19:00 / 21:30 PARAÍSOS ARTIFICIAIS - (16 Anos) MOVIECOM 3 - Hora:18:40

Hora:23:10 (Sáb)

OS VINGADORES - (12 Anos) MOVIECOM 3 - Hora:15:50 / 20:50

MOVIECOM 6 - Hora:15:40 / 16:50 /

/ / / /

HOMENS DE PRETO 3 - (10 Anos) MOVIECOM 2 - Hora:14:30 / 16:50 / 19:15 / 21:35 CINEMARK 5 – Hora:14:30 / 21:10; Hora: 23:40 (Sáb)

HOMENS DE PRETO 3 - (10 Anos) MOVIECOM 2 - Hora:14:30 / 16:50 / 19:15 / 21:35 CINEMARK 5 – Hora:14:30 / 21:10; Hora: 23:40 (Sáb) CINEMARK 7 – Hora:19:00 / 21:30 BRANCA DE NEVE E O CAÇADOR MOVIECOM 5 - Hora:16:10 / 18:50 / 21:30 CINEMARK 4 – Hora:12:15 / 15:00;

Divulgação

CINEMARK 5 – Hora:11:40 / 17:10 PROMETHEUS 3D - (14 Anos) 18:20 / 21:35 CINEMARK 2 - Hora:12:20 / 18:10 / 21:00; Hora: 23:50 (Sáb) CINEMARK 2 – Hora:15:10 CINEMARK 3 - Hora:13:20 / 16:20 / 19:20 / 22:10 OBS: A aprogramação pode ser alterada sem prévio aviso. Favor consultar o cinema para confirmar o filme do dia.

Cena do filme “Os Vingadores”


Cidade

Quinta-feira

Natal, 21 de junho de 2012

Wellington Rocha

Moradores de Nazaré estão revoltados com o descaso e o atraso na obra, pois o terreno onde será a praça está servindo como depósito de lixo e pneus velhos

Obra da Praça da Igreja dos Mártires continua sem prazo para ser concluída SEMSUR ALEGA QUE FORAM CONSTATADAS IRREGULARIDADES NA DOCUMENTAÇÃO Abandonado há pelo menos oito meses sem qualquer obra no local, o espaço que comportará a Praça da Igreja dos Mártires, no lado direito da igreja, no bairro Nazaré, zona Oeste de Natal, continua servindo de depósito de lixo e ponto de encontro dos drogados durante a noite. A informação é de Francisco Ferreira da Silva, membro da Associação de Moradores. Francisco afirma que os moradores das proximidades estão sujeitos a dengue em maior escala, pois até pneus são jogados por lá. A placa do valor da obra continua a mesma, informando que serão gastos R$ 424.314,48 e um prazo de entrega de 180 dias, sem dizer quando começa e conseqüentemente,

quando irá terminar. Ainda tem outros problemas, em virtude do lixo e do mau cheiro, o lado direito da igreja vive constantemente fechado. O presidente do Centro Social Nossa Senhora de Fátima, Francisco Félix de Lima, adiantou que os moraores já nem acreditam mais nesta obra, mas querem saber o que foi feito com o dinheiro que veio do Governo Federal para o serviço. "Também tem que se informar para onde foi o dinheiro da obra, já que tinha chegado para a prefeitura e a praça não foi feita", conta Félix. A obra chegou a ser iniciada, foi feito uma parte da passarela e o começo da quadra. Pelo abandono, estão roubando os tijolos que se-

riam usado para a quadra, parte da calçada também foi destruída e uma areia que tinha sido colocada no início da obra também já foi levada. Numa entrevista em abril passado, o secretário-adjunto da Semsur, Edson Siqueira disse que a praça ficaria pronta até o dia 31 de maio, pois faltava continuar a colocação de piso, terminar a quadra, colocar os bancos e a iluminação. Mas nada foi feito até agora. Também foi solicitada uma academia de terceira idade para a comunidade quando a praça estiver pronta, pois a academia mais próxima está na Praça do Beijoqueiro no Bom Pastor. "Não é possível que um bairro com 28 mil habitantes não seja possível este serviço", con-

tou Francisco Ferreira. Na época Siqueira disse que esta academia não havia sido solicitada na licitação da praça. Segundo a assessoria de imprensa da Semsur informou na manhã de hoje, a obra está parada porque foram constatadas irregularidades na documentação da empresa que fazia o trabalho. Foi aberta uma sindicância administrativa, ainda sem prazo para conclusão. Só depois de conclusa esta etapa se verificará se a empresa poderá continuar a obra ou se vai ser preciso uma nova licitação. De qualquer maneira o dinheiro previsto para a realização da mesma continua depositado na Caixa Econômica Federal e os trabalhos ficarão até lá, paralisados.

> COMPETÊNCIA

Neoenergia destaca eficiência energética do Nordeste na conferência Rio+20 O Grupo Neoenergia está mostrando na Rio+20 que o Nordeste brasileiro assumiu a vanguarda do consumo eficiente e sustentável de energia elétrica. A holding, que controla as distribuidoras de energia da Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Norte (Coelba Celpe e Cosern, respectivamente), já investiu R$ 225 milhões em projetos de eficiência energética nestes estados e R$ 1,66 bilhão em geração de energias limpas e renováveis, como hídrica e eólica, e no desenvolvimento de outras fontes. O stand da Neoenergia na Rio+20 tem sido visitado por autoridades no setor elétrico, como o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. Um dos projetos que chamam a atenção é o Estádio Pituaçu Solar, inaugurado em abril, em Salvador. É o primeiro estádio da América Latina a gerar energia a partir de um sistema solar fotovoltaico. Investimento de R$ 5,5 milhões, sendo R$ 3,8 milhões da Coelba e R$ 1,7 milhão do Governo do Estado da Bahia, o sistema tem capacidade para gerar 400 kWp (quilowatts-pico - medida específica de potência para geração fotovoltaica), o que proporciona uma geração anual de energia elétrica estimada em 630 MWh (megawattshora). O suficiente para atender as necessidades do estádio e ainda reduzir o consumo de energia convencional da sede da Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). A mesma tecnologia será adotada pelo grupo no Arena Pernambuco, um dos 14 estádios-sede dos jogos da Copa do Mundo de 2014, que receberá investimento de R$ 13 milhões para instalação de um sistema de geração solar fotovoltaico com capacidade instalada de 1 MWp, conectado à rede da Celpe, em parceria com a Odebrecht Energias Alternativas. E um terceiro projeto de energia solar está sendo implantado pela Celpe na Ilha de Fernando de Noronha, para instalação de um Siste-

Divulgação

Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, visitou stand da Neonergia na Rio+20 ma de Geração Solar Fotovoltaico de 400 kWp no Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Fernando de Noronha (DTCEA-FN). Outro programa pioneiro da Neoenergia é o Nova Geladeira, que doou 183 mil refrigeradores com o selo de economia Procel em troca de aparelhos velhos. Uma geladeira em mau estado pode ser responsável por até 70% do valor da conta de energia de famílias de baixa renda. Ao adequar o consumo à capacidade de pagamento destes consumidores, a Neoenergia reduz o número de ligações elétricas clandestinas e ainda contribui para a qualidade de vida das pessoas, melhorando o nível de conservação dos alimentos. Os refrigeradores do Programa Nova Geladeira podem proporcionar uma economia média de 53 kWh/mês. Estes aparelhos utilizam o R600a (isobutano), gás considerado ecológico, e são fabricados pela Mabe especialmente para a

Neoenergia. O grupo também já doou 1,5 milhão de lâmpadas eficientes em troca de lâmpadas incandescentes. No total, as doações de geladeiras e lâmpadas já geraram uma economia de R$ 171 milhões em energia, o equivalente à produção de uma usina hidrelétrica com capacidade de 42 MW ou ao consumo de cidade com 176 mil habitantes ou da população inteira do Acre. “Na região em que atuamos 53% dos consumidores residenciais são de baixa renda. Por esta razão, faz parte do nosso compromisso adequar o consumo à capacidade de pagamento dessas pessoas, com programas de eficiência energética, que receberão mais R$ 40 milhões nos próximos três anos, e incentivando-as a se cadastrarem no programa de Tarifa Social, que pode reduzir o valor da fatura de energia em até 50%. Cerca de 2,5 milhões de famílias ainda podem ser beneficiadas pela Tarifa Social nestes

estados”, diz Marcelo Corrêa, presidente da Neoenergia. O Grupo Neoenergia também participa da implantação e operação de 10 parques eólicos no Nordeste, através da Força Eólica, uma joint venture com a Iberdrola. E detém participação em usinas hidrelétricas de baixo impacto ambiental, como Dardanelos, no Mato Grosso, que opera no conceito de fio d’água (sem reservatório). A Neoenergia conta ainda com seis plantas de cogeração de energia, utilizando gás natural e vapor. Ao produzir 905 toneladas de vapor por hora, essas plantas geram 93 MW de energia e deixam de lançar 46 mil toneladas gás carbônico na atmosfera. Além disso, quatro das cinco Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) do Grupo Neoenergia já obtiveram autorização da ONU para emissão de créditos de carbono, por produzirem energia limpa. “Estamos contribuindo para que o Brasil dê um exemplo ao mundo em termos de sustentabilidade no setor de energia elétrica”, declara Marcelo Corrêa. SOBRE A NEOENERGIA O Grupo Neoenergia é o terceiro maior investidor privado do setor elétrico brasileiro, com investimentos de R$ 20,4 bilhões desde a sua constituição, em 1997, até 2011. Atua em geração, transmissão, comercialização e distribuição de energia – formado por 26 empresas em 12 estados do País. Em 2011, contava com 5.137 colaboradores diretos e 19.890 prestadores de serviços. Na distribuição de energia, é o maior grupo privado em número de clientes, com 9,4 milhões de unidades consumidoras na Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Na geração, também se destaca entre os maiores grupos do setor elétrico do país. Possui capacidade instalada de aproximadamente 1.553 megawatts (MW) e deve chegar 4.047 MW até 2019.

O Jornal de HOJE 19


20 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 21 de junho de 2012

Quinta-feira

Érika Nesi erikamnesi@hotmail.com

Ah, quer saber...

Como seria a "Gabriela" nos dias de hoje?

Próximo sábado teremos um editorial bárbaro aqui neste espaço. Desta vez destacaremos o tema "Gabriela", que mais do que nunca está na última moda, tanto pelos tons terrosos, pela questão da simplicidade e dos bordados que usa em suas roupas, num estilo "Faça você mesma", e sobre tudo os materiais naturais que está super em alta na gringa.

A Virgem Maria veste Louis Vuitton! Se o diabo veste Prada, aqui, a Virgem Maria veste Louis Vuitton... Esta estátua foi apresentada em 2010 numa exposição na bienal de arte sacra na Itália pelo artista Francesco De Molfetta, que segundo ele, criou o trabalho para "denunciar uma sociedade baseada no culto da aparência através do uso de uma marca que representa a busca da felicidade efêmera." t

t

t

Há quem adore os cachos, mas os cabelos lisos definitivamente marcaram o seu espaço no mundo da moda, tendo em vista as últimas semanas de moda nacional. No Fashion Rio e no SPFW todos os estilistas apostaram no "liso chapado", fiquem atentas, quando acontece isso, é um forte indício que será mega tendência de verão 2013.

t

Há quem diga que ele está morto, mas se engana terrivelmente quem pensa assim. O shopping aberto de Petrópolis, está mais vivo do que nunca e é já parada obrigatória de quem passa por lá. t

t Juliana Paes interpreta Gabriela, na sua segunda versão, inaugurando a novela das onze horas do horário global, Do livro escrito por Jorge Amado direto para as telas sob a direção de Walcyr Carrasco, a história retrata tudo que uma mulher passou em sua vida no sertão, no elenco também se destaca a baiana Ivete Sangalo

t

Lojas Bacanas... Várias lojas bacanérrimas estão por lá: a Miss Lô, Parfumerie, Collezione, Dermage, Cantão, Blue Man,SDesign entre muitas outras que o povo bacana da cidade adora. t

t

t

Também adepta ao cabelo liso, a top model, Rosie HuntingtonWhiteley, que esteve no Brasil para participar do SPFW, linda de viver e com as madeixas super bem tratadas, soltou a deixa, que sempre usa óleo de argan, por que trata o cabelo e dá um brilho a mais, ótimo no verão, pois não resseca os fios. Esta colunista, também adepta ao "Moroccanoil" assina em baixo.

t

t

Sempre muito bela e produzida, a empresária e querida, toda poderosa dona da Officina Interiores, Clarissa Alves, circulava na Collezione linda toda de preto com um blazer laranja, um arraso!!!

t

t

A Virgem Maria com o manto com o monograma da Louis Vuitton

A blogueira Lalá Noleto, arrasa no modelo do estilista potiguar

Wagner Kallieno, queridinho das celebridades e agora das blogueiras mais bombadas em nivel nacional

Cascudinho by Crisitine Rosado e Diógenes da Cunha Lima

t

Le lis Blanc Já no Midway Mall, o gerente da Le Lis Blanc Deux, Audi Filho promete muitas surpresas na loja. Próxima semana será o lançamento da coleção verão 2013, como sempre largando na frente de todas as outras. t

t

É com satisfação que a coluna, dá mais ênfase ao sucesso que Wagner Kallieno tem feito Brasil à fora, na última sexta-feira, publicamos a declaração de amor feita por Lalá Noleto às criações bárbaras do estilista. Pois bem, ontem o fato se repetiu: a blogueira também adepta ao instagran como termômetro do momento, onde postou a foto do seu look by Wagner e simplesmente os fashionistas enlouqueceram... t

t

Vicente Freire com o afilhado Pedro Lourenço

Tatyanna Bulhões e Gabriella Nesi

Sonia Faustino

Hoje gravaremos para o programa Moda & Atitude, só que em nova casa, que tem à frente Madson Fernandes e André de Paul. Será o nosso primeiro contato também com a mais nova ferramenta do momento: a TV via internet e por isso, quem quiser trocar uma ideia ou ver o making off do próximo programa, pode entrar no : caju.tv e assistir ao vivo. Será às 17h, espero por você. t

t

t

Moda & Atitude na caju.tv

Lalinha Barros

Já George Azevedo, além de desfilar com muitos quilos a menos, está a todo vapor com o concurso da Miss RN, que será transmitido e organizado pela Band nacional, com direito à presença de várias celebridades.

t

Wagner kallieno & Lalá Noleto

t

t

Miss RN

t

t

Cada vez mais as pessoas estão mais envolvidas com o instagram, e o melhor é que, muitas que rotulavam o chamado "Look do dia" ou seja a foto da roupa que você esta usando, estão postando cada vez mais e melhor, quase que diariamente. E viva o insta!!!

Já na Collezione...

t

t

Look do dia

Ontem, no fim de tarde, batiam o papo descontraído no Le Chocolatier, na calçada do CCAB, os amigos José Samico e Rapha Correia, resenha grande...

t

t

Dica de Rosie Huntington-Whiteley

t

Bate papo

t

t

O cabelo liso...

CCAB - Petrópolis

t

t

t

t

t

Revista Versailles

O Júri George nos contou que dessa vez, estará no comando da produção, mas tudo será nos moldes do Miss Brasil, convidada para compor o júri, como no ano passado, de pronto confirmamos.

O casal Marco Gurgel e Daniela Silveira com a sapeca Maria Isabel

Ainda em tempo de parabenizar a querida Lara Borges, responsável pela Revista Versailles, que está na sua 18ª edição. Muito bacana o trabalho realizado, qualidade editorial e gráfica. Até amanhã!

Flip 21/06/2012  

cidade, esporte, politica, economia, cultura

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you