Page 1

Segunda-feira

Ano XV w NATAL-RN,

31 DE DEZEMBRO DE 2012 w Nº 4.528

R$ 1,00 w jornaldehoje.com.br

> SHOW PIROTÉCNICO APENAS NA PONTE NEWTON NAVARRO

Ação do MPE faz governadora desistir da queima de fogos em Ponta Negra PROCURADOR GERAL DO ESTADO, MIGUEL JOSINO EXPLICA QUE A JUSTIÇA DETERMINOU ISOLAMENTO DE TRECHO DO CALÇADÃO QUE VAI DO MORRO DO CARECA ATÉ O INÍCIO DA VIA COSTEIRA. “NÃO TEMOS CONDIÇÕES DE CUMPRIR” Heracles Dantas

José Aldenir

Ministério Público Estadual afirma que intuito é tentar garantir a segurança no local e evitar possíveis acidentes. Situação da praia de Ponta Negra não é muito diferente da Praia do Meio, que será a única atração gratuita na capital CIDADE 8

> OPERAÇÃO VERÃO 2013

> PROPOSTA ALTERNATIVA

Quase 800 testes de bafômetro e 38 motoristas presos em 2 dias

Amanda quer a presidência da CMN “para representar o povo, não os vereadores”

Canindé Santos

POLÍTICA 3

> FELIZ ANO NOVO...

Paz, prosperidade e mais atenção dos governantes são os principais pedidos CIDADE 6

> NO TARÔ

> FUTEBOL 2013

Mãe de Santo diz que 2013 será positivo para governo e prefeitura

Místico prevê Série B com potiguar forte e campeão das Confederações

CIDADE 6

ESPORTE 15

Lei Seca mais rígida e barreiras policiais nas rodovias estaduais e federais contribuem para a diminuição de acidentes de trânsito CIDADE 10

Túlio Lemos

Marcos A. de Sá

Alex Medeiros

Daniela Freire

Vicente Serejo

Página 7

Página 11

Página 12

Página 13

DANILO SÁ INTERINO

Página 3

w Definitivamente, os natalenses não sentirão saudades de 2012.

w Faz tempo que o RN não tem o que comemorar na entrada de um ano novo.

w Confira os cinco vencedores w Próxima gestão no TJRN irá w Padre João Medeiros cita a do Prêmio Jorge Banda de priorizar técnicos e imexíveis Bíblia para lembrar o grande Cultura 2012. terão que entregar cargos. legado de paz aos homens.

AOS LEITORES

ESCREVEM ARTIGOS DA EDIÇÃO DE HOJE

Em razão do feriado O JORNAL DE HOJE não circulará nesta terça-feira. Aproveitamos para desejar a todos um FELIZ 2013

Flávio Rezende Ana Luíza Rabelo Spencer Roberto Cardoso Janguiê Diniz Ailton Salviano Alcimar de Almeida Silva Newton M. de Albuquerque OPINIÃO - Página 2

INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,04 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,12 R$ 2,04

Euro x real R$ 2,70 Poupança 0,50%/0,41% Taxa Selic 7,25%

E-MAIL REDAÇÃO:

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 31 de dezembro de 2012

FLÁVIO REZENDE, escritor, jornalista e ativista social em Natal/RN (escritorflaviorezende@gmail.com)

Amancio

Segunda-feira

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

O som induzindo a uma vida melhor Ao longo da vida fui tomando algumas decisões que, ao mesmo tempo em que me aproximaram de milhares de pessoas, me distanciaram de outras que eram bem próximas. Esse fato deve ser bem comum a várias pessoas, diria até que natural uma vez que em nossa existência, vão surgindo novos caminhos e, inevitavelmente pessoas vão aparecendo no panteão das vidas que se cruzam com as nossas. O enveredamento pelo lado social, a retirada da bebida e de outros babados mais de minha atual passagem por este plano, redirecionaram meus trajetos e me impulsionaram para novos horizontes. Sem a presença dos velhos companheiros nas rodovias onde pus meu veículo para trafegar e, não conseguindo uma proximidade maior dos novos passageiros, fui me apegando ao som como fator de prazer pessoal e de indutor de êxtases, incorporando algumas músicas de tal forma a meu ser, que hoje, sem elas, fico órfão se não frequentemente, recorrer, as suas execuções. Neste companheirismo de altíssimo nível, untei com predileção matrimonial, aos meus ouvidos, a útil graxa dos mantras indianos, que descem suavemente pelos tímpanos, martelos, bigornas, labirintos, estribos, cócleas e tubas, dos dois órgãos receptivos, higienizando meu corpo espiritual e, inundando com a harmonia melodiosa de sua potência, todo meu conjunto hominal, devidamente entregue em respeitosa devoção

Artigo

aos sons que me elevam e me remetem a píncaros de prazer pessoal. Confesso que no altar das virtudes ofertadas pela divindade a nossa raça em voga, repousa em berço esplêndido, a beleza dos sons, que misturados, harmonizados e, entrelaçados a instrumentos e instrumentistas abençoados com o dom do domínio desta arte, nos servem em cálices de fina ourivesaria, uma das maravilhas criadas para desfrute coletivo. E aqui finalizo o presente escrito que objetiva ressaltar e exaltar o som em forma musical - revelando que a junção de bons pensamentos com músicas do agrado pessoal, num ambiente onde possa haver certa privacidade e contato com a natureza, mesclados com solos, no meu caso, principalmente de guitarras, proporcionam uma emoção tão forte, tão intensa, que em alguns momentos, choro e choro da alegria, verto as lágrimas do êxtase, sentindo por alguns segundos, o que deve ser para os mestres, uma constante, mas que para nós, neófitos viajantes em busca de estágios mais permanentes de beatitude, indícios de que é possível sim, sentir a plenitude do divino, a totalidade do Elohim e vivenciar o DNA de Javé, Brahma, Krishna, Jesus ou o que preferir. Se tiver algo a desejar para você amado leitor, em 2013, é que observe a música como uma ponte, um caminho, uma seta para DEUS e a utilize em prol do seu crescimento pessoal, o induzindo, a uma vida melhor.

ANA LUÍZA RABELO SPENCER, advogada (rabelospencer@ymail.com)

E que venha 13! É chegado o fim de mais um ano e este é sempre um momento de reflexão. De pensar sobre quem nos tornamos e descobrir quem gostaríamos de ser. Enquanto tudo caminha de uma forma muito rápida, a volatilidade do tempo nos ensina (contraditoriamente) a desacelerar, a diminuir o ritmo e a atenção dada a algumas coisas e requer mais tempo para outras. Coisas que podem ser chamadas de simples ou bobas, mas que, na verdade, são essenciais à vida. A família, os amigos, um pouco de "conversa fiada" para desestressar, a nossa saúde física e mental... Tudo aquilo que deixamos de lado o ano inteiro e que, só agora, ao final de mais um ano, no fechamento de mais um ciclo, percebemos a sua importância e resolvemos nos dedicar a estes agradáveis afazeres. Não é à toa que existem tantas confraternizações, reencontros e reuniões nesta época, pois, infelizmente, só agora, no apagar das luzes de mais um ano, a consciência fala mais alto e resolvemos ser aquilo que havíamos nos comprometido a ser durante todo o ano. É uma época de esperança, de renovação, de amor e desejo de que o ano vindouro traga melhores situações para

Artigo

todos. É uma época de alegria, em que desejamos rir e aprender com os percalços passados. É um momento onde reavaliamos o que se deve "passar a borracha" e o que gostaríamos de "grifar". Aproveitaremos esse "gás" para entender e aceitar que não podemos mudar o mundo, mas somos perfeitamente capazes de mudar a nós mesmos. Sendo um elemento do conjunto sociedade, está em poder de cada um de nós preparar o mundo para as gerações futuras, com pensamentos, palavras e ações. Cada passo é lento, mas deve ser dado sem preguiça ou má vontade, porque o mundo abandonado, o mundo que piora, que se degenera, é aquele no qual vivemos agora. "Pare, olhe e escute", reavalie, pense. Cada ato humano é a chave para a próxima porta que vai se abrir. Dela só sairá o reflexo das nossas ações atuais e nada além, por isso é tão importante que levemos a vida com leveza, cuidado e amor. O próximo ano é o treze da sorte! Vamos percorrê-lo de forma que essa sorte nunca se esgote, vamos fazer o melhor que pudermos. Que todos tenham um ano extraordinário, repleto de luz, paz e saúde! Feliz Ano Novo!

ROBERTO CARDOSO, cientista social e membro do IHGRN (rcardoso277@yahoo.com.br)

Riscos de uma gestão de qualidade e logística urbana Ao se constituir uma empresa é necessário percorrer uma enormidade de processos burocráticos, contábeis, administrativos e de engenharias. Para abrir as portas de um negócio, seja de produtos ou de serviços, mais uma infinidade de processos e licenças. Em uma empresa com grande volume de pessoas transitando diariamente ainda se faz necessário plantas de acessibilidade, plano de combate e escape de incêndio, mapas de riscos. Em fim, muitos planos e processos preventivos de riscos e acidentes. Para se realizar um grande evento é necessário autorização da Prefeitura, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Informar à Delegacia de Polícia e à Guarda Municipal Disponibilizar ambulâncias particulares ou SAMU, para remoções emergenciais e pequenos atendimentos de urgência. Antecipadamente deve ser consultado o órgão responsável pelas vias urbanas, caso haja necessidade de modificação no transito, para traçar planos alternativos de sinalização e mobilidade. O órgão responsável pela iluminação pública também é acionado, promovendo aumento da iluminação local. A prefeitura analisa a viabilidade da mobilização urbana, faz a cobrança de uma taxa de uso do espaço público, e dá outras providências. A Polícia Militar destaca um efetivo para uma ronda ou segurança na medida da proporção do evento O Corpo de Bombeiros na condição de Defesa Civil, preserva a segurança dos participantes. Cabe aos bombeiros a inspeção e verificação de estruturas e equipamentos que possam causar danos a terceiros Um evento a céu aberto não é muito diferente de uma empresa, já que é um

empreendimento, mesmo que temporário, e alguém deve se responsabilizar por possíveis e eventuais, danos e acidentes aos participantes, ou à terceiros. "A probabilidade de eu estar vivo hoje é zero", disse Albert Einstein (18791955), em uma de suas conferencias. A vida é finita, não há dinheiro que pague uma vida, toda prevenção é justificável. "Portanto não se deve confiar nas probabilidades" (A. E.) Aos organizadores cabe a contratação de pessoal qualificado para montar equipamentos e estruturas fazendo ARTs, a Anotação de Responsabilidade Técnica. Documento exigido pelo Conselho Regional de Engenharia. Para que em caso de sinistro, alguém deverá ser responsabilizado pela falha técnica ou estrutural. Natal/RN tem vivido diversas amarguras (Quiche de ginga com jiló - JH de 08/12/12 e Níveis de planejamento estratégico - JH de 10/12/12), na sua estrutura e mobilidade Falta de leitos em hospitais, falta de ambulâncias para remoção de pacientes e acidentados. Falta de coleta do lixo. Danos no calçadão da praia de Ponta Negra. Ausência de sinalização de trânsito, vertical e horizontal. Carência de policiamento ostensivo e preventivo. Vésperas de Réveillon da passagem de ano. Festas e movimentações urbanas na orla estão previstas. Parece que as moscas que andam zunindo sobre a enorme quantidade de lixo espalhado pela cidade, andam zumbindo também sobre as cabeças dos governantes. Que a noite da 'virada' seja animada por Uskaravelho e não por uns caras doidos. E que prevaleça a afirmação de que Deus é brasileiro, conduzindo e protegendo a todos. FELIZ ANO NOVO !

NEWTON MOUSINHO DE ALBUQUERQUE, General (Ref) do Exército (newtonmousinho@uol.com.br).

Questões de Defesa Social

Artigo

JANGUIÊ DINIZ, mestre e doutor em Direito (janguie@sereducacional.com)

800 novos aeroportos, é possível? Fomos surpreendidos com a notícia de que o governo Dilma Rousseff quer construir 800 aeroportos regionais no país em cidades de até 100 mil habitantes. Segundo o Censo 2010 do IBGE, 5.282 municípios brasileiros possuem menos de 100 mil habitantes e, do outro lado, 283 deles têm mais de 100 mil pessoas. De fato, a construção dos aeroportos é uma necessidade importante para o crescimento do país. Com o aumento do número de passageiros e voos dos últimos anos, melhorar a estrutura e os serviços oferecidos nos aeroportos, tanto para a população nacional, quanto para os turistas, virou um desafio para o Governo. Mas, como construir e investir em tantos aeroportos se há tantos outros problemas para serem resolvidos? Qual é a prioridade? Cidades com menos de 100 mil habitantes são a maioria no Brasil e em todos eles o desafio das prefeituras é

Artigo

o mesmo: oferecer serviço público de qualidade e estimular as cidades a crescer. Contudo, nas cidades menores, esta tarefa é dificultada pelo tamanho dos municípios e com menos pessoas, a atividade econômica tem dinamismo menor. A construção desses novos aeroportos, com o intuito de interiorizar o transporte aeroviário, impulsionando o desenvolvimento e aproximando, inclusive, o turismo nacional, deverá ser garantido pelo investimento privado. Como exemplo, temos como molde as privatizações realizadas através das licitações nos aeroportos de São Paulo e Brasília, mantendo 51% para a iniciativa privada e 49% para a Infraero. As privatizações têm suas vantagens. É a garantia de mais velocidade e flexibilidade para ir ao mercado financeiro e captar recursos para investir no aeroporto sob a administração privada. É, também, dinamizar e

atuar na busca de oportunidades em favor das comunidades próximas em favor da multiplicação dos negócios que tenham o aeroporto como um elo. Apesar dos pontos positivos, antes de pensar em privatizações é preciso analisar o período de concessão, se será muito curto ou muito longo. A participação das empresas aéreas na administração de aeroportos e, principalmente, a situação de aeroportos ditos como "deficitários". Já que a privatização desenfreada pode causar o aumento das várias tarifas aeroportuárias, prejudicando a população. A construção de novos aeroportos é sim uma necessidade atual do Brasil. Bem como a melhoria das vias terrestres, a melhoria na qualidade da saúde e educação, e de tantos outros pontos que nosso país precisa melhorar. Mas, assim como todos esses pontos, é preciso estudos aprofundados para que o dinheiro público aplicado não seja desperdiçado em vão.

AILTON SALVIANO, geólogo/jornalista (ailton@digi.com.br)

O senhor não sabe que o voto é secreto? Esta história circulava nos velhos tempos durante as eleições. À época, a votação era feita por meio de cédulas postas em um envelope que depois de lacrado era colocado na urna. Dizia-se que um velho coronel, chefe oligárquico de um reduto eleitoral, escolhia, ele próprio, em quem seus moradores, empregados e agregados iam votar. No dia das eleições, esses eleitores recebiam os envelopes fechados e apenas faziam o sufrágio. Eis que um dos eleitores considerado esperto, ao receber o envelope do coronel, indagou: - Coronel, posso saber em que eu vou votar? Recebeu a firme e tosca resposta: - Que é isso, cabra! Você não sabe que o voto é secreto! Pois bem, esta história que havia sido incorporada ao folclore político nacional e que se pensava ultrapassada, por mais incrível que pareça, com alguma semelhança, voltou às hostes políticas na quarta-feira, 19 de dezembro de 2012.

Artigo

O ambiente onde ocorreu esta nova história, semelhante àquela dos velhos tempos, foi o mais inusitado possível o Congresso Nacional. A imprensa noticiou que congressistas receberam as cédulas de votação preenchidas. A votação era sobre os vetos presidenciais acumulados. Os mais de três mil vetos da presidência constituíam um calhamaço de 463 páginas. Tudo começou com a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux que obrigou o Congresso apreciar todos os vetos pendentes na casa, para só então analisar os vetos sobre os "royalties" do petróleo. Havia pendência de aproximadamente 3 mil vetos e apenas um dia de trabalho para apreciá-los. Para ganhar tempo, alguns parlamentares receberam, segundo a imprensa, as cédulas preenchidas de acordo com as pretensões do governo. Para receber os votos, várias urnas de grandes dimensões foram fabricadas em tempo recorde. A intenção era decidir todos os

3.060 vetos atrasados em apenas uma sessão conjunta do senado e da câmara. Mas, felizmente o bom senso prevaleceu à última hora. Os presidentes das duas casas legislativas e lideranças partidárias decidiram em reunião suspender aquela inusitada votação. A decisão evitou a concretização de mais um vexame do nosso legislativo federal, embora os primeiros passos no sentido desse opróbrio tenham sido dados. Não pela votação em si, mas pela maneira como foi preparada. Porém, tudo ficou adiado para 2013, mais precisamente para o dia 5 de fevereiro. Episódios assim maculam o nosso Congresso. O povão que na sua maioria não lê jornais, quer pela condição de analfabeto, quer pelo custo excessivo de um exemplar, permanece tapeado, dormindo em berço esplêndido. Satisfeito com algumas medidas assistencialistas, o povão acha que o governo tá bom até demais. Nunca na história desse país, o povo foi tão iludido!

ALCIMAR DE ALMEIDA SILVA, advogado, economista, consultor Fiscal e Tributário (aasconsultoria@bol.com.br)

Ano novo, prefeito novo O ano que se inicia traz uma novidade que se repete a cada 4 anos que é a posse de um novo Prefeito Municipal em nada menos do que 5.600 Municípios em todo o território nacional. Ainda que muitos deles tenham sido reeleitos, é de se imaginar que cheguem para o segundo mandato com uma revisão de sua cultura de administração, fruto da reflexão dos 4 anos de mandato anterior. Por isso é que não é demais aceitar que em cada um dos Municípios brasileiros, de quaisquer dimensões territoriais e populacionais; de quaisquer condições econômicas e sociais de suas populações; de quaisquer localizações dentro território nacional, haja uma expectativa de melhoria da administração municipal e da qualidade de vida dos seus habitantes. É necessária e indispensável uma mudança na forma de administração municipal, mesmo que venha ela a ser exercida por quem já o fez nos quatro anos imediatamente anteriores ou mais remotamente. A começar pela preocupação com o planejamento, que se constitui em uma das funções da administração, consistente na determinação dos objetivos a atingir, ao qual seguem as demais funções de organização, direção e controle, todas voltadas para a

consecução daqueles. Daí a idéia de que onde há administração tem que haver planejamento, quando ocorre a definição do resultado que se pretende atingir, decorrente do que passam a atuar aquelas demais funções, embora que de forma simultânea e integrada. À organização cabem a definição da estrutura e a dotação dos recursos humanos, materiais e financeiros; à direção, a condução destes recursos; e ao controle ou ajustamento do realizado em conformidade com o planejado, sob os aspectos de eficiência, eficácia e efetividade. O primeiro aspecto referente à relação custo-benefício; o segundo à execução do que efetivamente foi planejado; e o terceiro ao atendimento das necessidades ou interesses dos clientes - em se tratando de atividades privadas - ou dos contribuintes e cidadãos, em se tratando de atividades públicas, atentando-se nas primeiras prevalecendo as normas de direito privado, enquanto nas segundas as de direito público. Assim, sendo a administração pública regrada predominantemente pelas normas de direito público, as funções de planejamento, organização, direção e controle também o são. Daí porque não será demais aconselhar os Prefeitos Municipais agora empossados para

a ênfase que a Constituição Federal dá à função de planejamento, do que são instrumentos, entre outros, o PPA Plano Plurianual, a LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias e a LOA - Lei Orçamentária Anual, sujeitos todos à aprovação da Câmara Municipal após submetidos à aprovação direta dos administrados através de audiências públicas, na fase de elaboração e discussão, cuja execução também deve ser dada a conhecer. Demais não será observar que tudo o que se pretende realizar depende da disponibilidade de recursos financeiros, humanos e materiais, tendo os primeiros como pré-condições dos demais, e que para a maior parte dos Municípios eles procedem de fontes externas, principalmente do FPM - Fundo de Participação dos Municípios. Pois ainda que coadjuvados por outras transferências da União e do Estado – e excepcionando aqueles onde há a produção de petróleo e gás natural que desfrutam da compensação financeira dos "royalties" e ocasionais transferências voluntárias – são aqueles os recursos a sinalizar a capacidade financeira de realização dos objetivos da administração municipal. Pensar diferente é perigoso e comprometedor!

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Fernanda Souza Juliana Manzano João Ricardo Correia EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos EDITOR DE ESPORTES

Nos jornais, Mãe Luiza voltou com força ao noticiário policial, ao abrigar novamente, com a mesma desenvoltura de um passado não muito distante, traficantes e outros perigosos tipos de marginais em seu emaranhado de ruelas estreitas, de difícil acesso e pior mapeamento. Mãe Luiza não tem esse triste monopólio, é só mais um exemplo de bairro onde campeia a marginalidade. Continuando a leitura das páginas policiais, sabe-se que em outros humildes bairros da periferia da Grande Natal recrudescem os assassinatos, com ênfase nos fins de semana, a maioria deles envolvendo jovens e adolescentes, cujas características indicam execuções por dívidas com o narcotráfico, vingança, ou domínio de áreas de venda de drogas. Completam esse preocupante cenário de violência roubos de carro, arrombamentos a residências e, com frequência assustadora, explosões de caixa de bancos, estas geralmente concentradas no interior do Estado, aproveitando a precariedade em pessoal e material peculiar às dezenas de pelotões de Polícia Militar nos pequenos municípios distantes da Capital, por isto mesmo em maior quantidade em relação às que ocorrem na Grande Natal. Infelizmente, a tônica tem sido a polícia chegar após o crime consumado. Esse contumaz atraso é provocado por motivos óbvios: a polícia investigativa e a área de inteligência das várias polícias envolvidas na prevenção e repressão do crime no Rio Grande do Norte (incluindo-se aqui o apoio da Polícia Federal) não parecem estar trabalhando em sintonia fina. Faltam, ainda, efetivos necessários a essas ações, em que pese o louvável esforço dos respectivos chefes para minimizar esses problemas. Para complicar, continuam as ciumeiras e a má vontade quanto à repartição das responsabilidades investigativas e judiciais entre PM e Polícia Civil. Seria importante lembrar a ambas que o cidadão que paga os impostos responsáveis pelos razoáveis salários desses agentes públicos está indefeso no meio do fogo cruzado dessas vaidades, além de ser o próprio alvo dos marginais. Voltando à desenvoltura dos criminosos em Mãe Luiza e em outros bairros pobres da Grande Natal, fica a sensação de que tarda no nosso Rio Grande do Norte a decisão de se instalar unidades de polícia pacificadora (UPPs) ao menos nas áreas críticas da Grande Natal e de Mossoró, medida de comprovados resultados no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte. Não agir nessa direção significa deixar espaços para o crime cada vez mais se organizar e assumir de forma desenvolta o controle desses bolsões de pobreza. As estatísticas policiais dos fins de semana refletem essa realidade. A Polícia Militar, na linha de frente do combate aos bandidos, não está em absoluto omissa, mas falta-lhe, do nosso ponto de vista, além dos meios em carência supracitados, dispositivos "no terreno" mais estratégicos que só as UPPs podem proporcionar. O número de câmaras de vigilância está sendo aumentado na cidade, mas com previsão, analisando-se a distribuição existente e prevista, de somente contemplar os bairros mais tradicionais e de grande trânsito de turistas, faltando muito para penetrar e desnudar o que ocorre nos bairros periféricos, pobres e distantes, onde o crime é onipresente, mas a segurança da população apenas pontual. Aos burocratas que controlam avaramente as verbas e parecem insensíveis ao apelo público por mais segurança, sugerimos calcular na ponta do lápis quanto vale a segurança de cada um de nossos cidadãos, incluindo nesse cálculo o custo da segurança que vão precisar assim que deixarem o poder. À repetitiva desculpa de carência de verbas suficientes, lembramos que no nosso Estado a rigor jamais houve recursos para qualquer atividade pública em quantidade satisfatória, mas ainda assim bons resultados sempre foram obtidos. Assumir qualquer cargo público significa ter competência e criatividade e não somente usufruir de status político; não cabe mais ficar o bônus para os mandachuvas e repartir-se o ônus pelos cidadãos, pois o ostracismo é a vingança do eleitor. Uma análise isenta acusaria que o problema maior da segurança não seria exatamente de alocação de recursos, mas de prioridades. Basta observar quanto se gasta em propaganda laudatória de governos de qualquer nível em horários nobres da grande mídia, que apregoam com pirotecnia nada mais que obrigações de fazer inerentes ao gestor público. Se as polícias recebessem metade do que se consome em incenso político no Rio Grande do Norte, certamente o seu cidadão estaria menos preocupado com segurança.

Feliz Ano Novo AGRADECIMENTO Tendo recebido muitos votos de Feliz Ano Novo quero aproveitar esta última edição do ano para agradecer a todos de maneira geral pedindo a Deus a retribuição em dobro de tudo que me foi desejado... Muita Paz, Saúde e Felicidade. Que Deus ilumine a todos! Roberto Canuto PS. Estarei de férias durante janeiro. Continuem enviando os seus textos para artigos@jornaldehoje.com.br

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r Gabriel Negreiros EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 - Assinaturas: (84) 3221-5058 ramal 214 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Segunda-feira

Natal, 31 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 3

Amanda Gurgel: "Minha candidatura não representa os vereadores, mas a população” CAMPEÃ DE VOTOS CONFIRMA CANDIDATURA À PRESIDÊNCIA DA CÂMARA COM PROPOSTAS QUE CONTRARIAM INTERESSES DA CASA Canindé Santos

ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

A professora Amanda Gurgel (PSTU), eleita a vereadora mais votada de Natal, com 32.819 votos, confirmou na manhã desta segundafeira sua candidatura à Presidência da Câmara, que acontece amanhã, logo após a posse dos 29 vereadores eleitos no último outubro. Em entrevista ao Jornal de Hoje, ela também antecipou suas propostas, que serão entregues aos vereadores durante a posse e antes da eleição legislativa presidencial. Amanda Gurgel, que deverá concorrer com as candidaturas de Albert Dickson (PP) e Hugo Manso (PT), avisa, sem nenhum subterfúgio, que sua candidatura não representa os vereadores, mas o povo que a elegeu. “Não precisa ser cientista político para saber que minha candidatura não representa os vereadores, mas a população”, afirma, ao concluir que suas propostas dificilmente serão acatadas pelos colegas, mas causarão reflexões na Casa e na sociedade. Embora não contando com a simpatia da maioria, a candidatura de Amanda contabiliza os apoios do seu partido, o PSTU, representado por ela, e do PSOL, dos vereadores Sandro Pimentel e Marcos do PSOL. “Sou candidatíssima, com uma articulação previamente estabelecida com o PSOL, com base em um programa, em princípios, e ideias, e não com base em vantagens políticas ou vantagens monetárias, ou de cargos ou de trocas de favores”, diz a vereadora, que entregará aos colegas um convite durante a posse para que eles se somem a ela. GRUPO DOS 20 Indagada sobre as chances de sua candidatura diante da formação de grupos majoritários na Câmara voltados para a eleição da próxima mesa diretor, como o “Grupo dos 20”, que votará em Albert Dickson para presidente da Casa, Amanda faz reflexões sobre o que teria motivado a formação do grupo, deixando claro que os vereadores estão privando pelos interesses próprios e não realizando na Casa o que seria o interesse da população. “A primeira pergunta que deve ser feita tanto aos vereadores quanto aos leitores, é: Em torno de que esses 20 vereadores se organizaram? Qual a ligação entre eles? Eu respon-

normal do mundo. É uma questão de princípios, para não me distanciar dos trabalhadores”. ELEIÇÃO Amanda diz que sua candidatura à Presdiência da CMN é uma “questão” de coerência. “Somos candidata para a apresentação de um programa que nós consideramos muito caro para o PSTU, para mim, para o PSOL, que integrou com a gente uma frente para esse pleito, e por uma questão de coerência, já que passamos a campanha inteira dizendo que nenhum daqueles partidos representava uma alternativa para os trabalhadores”, afirmou.

Amanda foi eleita a vereadora mais votada de Natal, com 32.819 mil votos, o equivalente a 8,59% dos votos válidos, e confirma candidatura “do povo” à presidência da CMN do facilmente: O que me une aos vereadores do PSOL é um programa mínimo que a gente estabeleceu que seria cumprido na Câmara. E esses 20 é o que? Estão unidos em torno de quê? Qual foi a conversa que eles tiveram para ficar, assim, tão coesos?”, provoca Amanda Gurgel. NEGOCIATAS Na carta-proposta que Amanda Gurgel entregará aos vereadores durante a posse, haverá pontos que ela defende para o funcionamento da Câmara, como melhorar a democracia entre os próprios vereadores. “Hoje é uma reclamação comum dos vereadores, tanto os novos como os antigos, que dizem que são boicotados. Um exemplo é o que os vereadores novos que não têm nenhum vínculo com os vereadores anteriores estão passando, que é o fato de a gente não saber quais são os critérios para a distribuição dos gabinetes. Isso é muito constrangedor”, afirma Amanda. Segundo ela, a divisão dos gabinetes deveria ser um ato meramente organizativo da Casa, mas

o que se vê é que há uma espécie de tráfico de influência. "A gente sabe que os vereadores estão repassando suas chaves sem que haja transparência em relação a isso. Por que o direito de um vereador pode se sobrepor ao meu? Que critérios são usados? A gente estava propondo que fosse sorteado”, criticou a vereadora. “Isso é símbolo do que acontece dentro da Câmara. Até para isso, que é uma coisa organizativa e não tem nada de político, são feitas negociatas e acordos escusos”. Para Amanda Gurgel, a presidência não deveria sequer se ater a questões organizativas, apenas às políticas. “Não é correto, gabinete não é coisa privada, aquilo tem que ser entendido como coisa pública. Se eu sair, tenho que entregar. Não deveria ser sequer a presidência a lidar com isso”, afirma. SALÁRIOS Enquanto a Câmara aprovou aumento dos vencimentos dos vereadores para R$ 17 mil, Amanda quer propor a redução dos salários, dos

atuais R$ 15 mil, para R$ 3,3 mil. Segundo ela, este é o salário vital do Dieese (Departamento Intersindical Estatística e Estudos Socioeconômicos). “Observando-se as possibilidades legais, nossa proposta é apresentar um projeto de lei para reduzir. Hoje o Dieese calcula o salário mínimo vital, suficiente para o trabalhador ter uma vida digna, com acesso à saúde, educação transporte, em R$ 3.300,00, para uma jornada de 20 horas. Esse seria um salário justo, digno, que se aproxima do salário dos trabalhadores, e é nossa proposta”. Amanda diz que na campanha eleitoral defendia que o salário do vereador era alto, destoando do salário dos trabalhadores. “O professor do município recebe R$ 1.212, enquanto que o vereador recebe R$ 15 mil, mais de dez vezes mais. Não é salário que pode se chamar de justo. Por isso, desde a campanha defendi a redução, e agora, com o aumento, que era para R$ 18 mil e baixou para R$ 17 mil, minha proposta é que o projeto não entre nem na

ordem do dia”, defende Amanda Gurgel, em mais uma das suas propostas polêmicas. Segundo a vereadora, é inconcebível a cidade passar por um caos e os vereadores aprovarem uma proposta de aumento salarial. “Nas escolas, o ano letivo terminou mais cedo porque as escolas não tinham estrutura. A saúde está em calamidade. O lixo espalhado pelas ruas e os vereadores preocupados em aumento dos próprios salários. Considero um absurdo essa proposta e está lá no meu programa”, afirma Amanda. Para ela, a questão dos salário é de princípios. “Os parlamentares do PSTU devem manter seu padrão de vida, e, consequentemente, o seu salário, para não distanciarem da realidade dos trabalhadores. Não posso receber R$ 15 mil enquanto os professores recebem R$ 1.200. Minha alimentação será diferente, meu tipo de roupa, o local que frequento será diferente. Em pouco tempo estarei pensando como os vereadores atuais, que aprovaram um aumento desses e ficam como se fossem a coisa mais

CLIMA DE PAZ Amanda Gurgel espera que os colegas entendam que sua postura é de debate ideológico e programático. “Pretendo fazer parte da Comissão de Educação da Câmara, e não sei se vou conseguir, porque, para você conseguir fazer parte de uma comissão, você precisa ter a aprovação dos demais vereadores. Então, não sei, assim como não sei se vou conseguir ser presidente da Câmara, não sei se vou conseguir ser membro desta comissão”. Ao responder se chega à Câmara em clima beligerante com os colegas, Amanda diz que chega em paz. “Politicamente, lógico que estamos em campos opostos. Os vereadores sabem o que penso deles, nunca escondi isso, do jeito que sei o que eles pensam de mim. Agora, acho que essas diferenças, programas ideológicos, devem ser tratadas no campo da ideologia e do programa, e não do boicote à participação em determinados espaços que teoricamente são democráticos, se nós estamos de um lado e de outro”, entende. Amanda diz , por fim, que está acostumada ao debate, mas a agressividade e a arrogância não são traços característicos de sua personalidade. “Faço parte de um partido revolucionário, em que o debate é a base para a tomada de decisões. Mas chego à Câmara em clima de paz. Não estou querendo briga com ninguém. Até porque não faz parte da minha personalidade. Sou uma pessoa tranquila, não sou de estar tratando ninguém com agressividade e arrogância, e não vai ser diferente na Câmara. Espero que a recíproca seja verdadeira. Mas o debate político vai acontecer”.

Túlio Lemos DANILO SÁ - INTERINO Não foi um ano fácil. Natal sofreu. Ruas esburacadas, sujas, escuras. Alunos sem fardamento, sem merenda, sem aulas. Unidades de saúde sem remédios, sem médicos, sem condições de funcionamento. Prefeitura sem planejamento, sem dinheiro, sem prefeito. Definitivamente, os natalenses não sentirão saudades dos últimos 365 dias. Quando 2012 começou, alguns sugeriram que a então prefeita Micarla de Sousa renunciasse ao mandato. Além de fugir do desgaste já monumental, daria chances ao substituto da época de fazer algo pela cidade. A líder do PV não aceitou. Mal sabia o tamanho do erro que estava cometendo. A campanha municipal em Natal foi um verdadeiro achincalhe para a administração da borboleta, que viu seu maior adversário vencer a disputa. Carlos Eduardo Alves voltou a Prefeitura nos braços do povo, aqueles mesmos que fizeram Micarla derrotar até o presidente Lula da Silva em 2008. Mas, o pior ainda estava por vir. Pouco depois de encerrada a disputa eleitoral, a então prefeita é afastada do cargo por determinação da Justiça e o Ministério Público diz que o afastamento foi para substituir o pedido de prisão. A gestora estava envolvida em uma série de denúncias de uso de recursos públicos para benefício pessoal. Segundo os promotores, até a escola dos filhos da ex-prefeita eram pagos pelo cidadão comum. Paulinho Freire assumiu o que seria o início de um desfecho de-

jornalistadanilo@hotmail.com

2012 acabou. Amém! sastroso para a administração micarlista. Ao perceber o total descontrole das contas públicas, o vereador eleito cortou secretarias, diminuiu cargos comissionados e implantou um forte sistema de economia para a cidade. Mas foi insuficiente. O rombo financeiro era bem maior do que qualquer um poderia imaginar. Como tudo que já está ruim pode piorar, eis que a Justiça levanta questionamentos caso Paulinho fique na Prefeitura após ser diplomado vereador. Para não perder o futuro mandato, o vice renuncia e o poder, também rejeitado por Edivan Martins, ex-presidente da Câmara, cai nas mãos do jovem vereador Ney Lopes Júnior. Com Ney, todas as decisões tomadas com Paulinho foram ampliadas. A ordem era economia total para tentar pagar o máximo possível das dívidas. Enquanto isso, a população viu a cidade se transformar em um verdadeiro lixão a céu aberto. O caos na limpeza pública, aliada a suspensão das aulas e a calamidade na saúde, virou notícia nacional. Aliás, nunca Natal foi motivo para tantas matérias nacionais como em 2012. Mas apesar do seu protagonismo, o ano não foi marcado apenas pelas ações desastrosas da administração Micarla de Sousa. Esta

também foi a última temporada de dois importantes veículos de comunicação do estado. O RN sentirá saudades para sempre da edição impressa do Diário de Natal e da agilidade do portal Nominuto. Por outro lado, a imprensa potiguar foi brindada com os 15 anos deste bravo vespertino. E o JH, em vez de ser presenteado, deu um presente aos seus leitores e colaboradores com a presença do maior publicitário da história do país. Washington Olivetto mostrou que criatividade e ousadia são fundamentais para o sucesso. Aliás, sucesso ainda procurado pela governadora Rosalba Ciarlini. Vitoriosa na campanha mossoroense, onde mantêm aliados desde que governou a cidade, a democrata convive com constantes críticas dos adversários. Saúde e segurança nunca viveram fase tão ruim no RN e médicos já chegam a oito meses de greve. Mas, a Rosa parece guardar uma carta na manga. Neste final de 2012, conseguiu aprovar quase R$ 1,8 bilhão em empréstimos junto ao Banco Mundial, Banco Interamericano, Banco do Brasil e BNDES. É dinheiro demais para um RN que aprendeu a conviver com tão pouco. Isso sem contar o recorde de arrecadação potiguar, R$ 8,3 bilhões segundo dados do

Portal da Transparência. Não será por falta de recursos que a Rosa deixará de “dar a volta por cima”, como tem prometido. Mas, por enquanto, ainda falta ação, atitude e iniciativa para fazer o RN acontecer. Importante enfatizar que não foi só a classe política que enfrentou denúncias em 2012. Agora, corrupção também é realidade onde a população menos esperava. O escândalo dos precatórios colocou entre os acusados dois desembargadores do RN. Oswaldo Cruz e Rafael Godeiro fizeram o Tribunal de Justiça inverter a ordem natural das coisas, e os juízes também passaram a ser investigados. Por falar em corrupção fora da política, o Ministério Público também não passou incólume. Flagrado em vídeo com imagem e som perfeitos, o promotor de Parnamirim, José Fontes de Andrade, foi preso sob ordem do próprio órgão que representava, após pedir propina de R$ 12 mil para liberar uma obra na cidade vizinha a capital potiguar. O ano termina com todos os acusados em liberdade. Liberdade ainda usufruída pelos membros da “quadrilha” do mensalão. José Dirceu, José Genoíno, João Paulo Cunha e Delúbio Soares, que antes faziam parte da alta cúpula do PT, deixarão a vida pú-

blica para passar alguns anos na cadeia. Assim como o tal Marcos Valério, aquele que só tinha valor para os condenados na época em que financiava o grupo no Palácio do Planalto. Em tempo, partiu de Marcos Valério a revelação mais bombástica de 2012. O carequinha saiu do silêncio e em um novo depoimento a Polícia disse que até as contas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva eram quitadas com verba oriunda do mesmo caixa que financiava o mensalão. E por falar no Lula, quem diria? O aclamado filho do Brasil teve seu nome envolvido em mais um escândalo, mesmo dois anos depois de deixar o poder. Rosemary Noronha, indicada pelo petista-mor para a chefia do escritório da Presidência em São Paulo, usava o cargo para facilitar ações nada republicanas no governo, além de influenciar indicações e acomodar aliados em importantes cargos. Isso sem falar nas dezenas de viagens oficiais que Rose, como é mais conhecida, participou ao lado de Lula, todas elas sem a presença da ex-primeira dama Marisa da Silva. Escândalo para Kate Winslet nenhuma botar defeito, sorte que não estamos nos Estados Unidos. Que o leitor tire sua própria conclusão. Mas, se parte do PT vive sob

constante denúncia, por outro, continua em mar de brigadeiro a gestão da presidente Dilma Rousseff, que bate seguidos recordes de aprovação popular. Mesmo que a previsão do crescimento do PIB para este ano tenha sido totalmente ridicularizada. Pois é, a badalada quinta economia do mundo não vai aumentar sequer 1% sua riqueza em 2012. Por fim, alguns coadjuvantes da política deste ano que se encerra também merecem seu destaque. A professora Amanda Gurgel chega a Câmara Municipal respaldada pela sua histórica votação. Alçada a estrela do PSTU, talvez em todo o país, Amanda será uma pedra permanente no sapato do prefeito Carlos Eduardo Alves. Já o deputado Fernando Mineiro, pelo desempenho brilhante e, até certo ponto, surpreendente, é outro que termina 2012 bem na fita. Flagrantemente prejudicado pelas pesquisas eleitorais, ficará para sempre com a sensação que o resultado das eleições natalenses deste ano poderia ter sido bem diferente. ÚLTIMA Enfim, 2012 acabou. Agora, é torcer por dias bem melhores no ano que se inicia amanhã. Neste tempo de renovação, é sempre bom olhar para trás, refletir com os erros cometidos e tentar corrigir os rumos para o futuro. Que venha um período recheado de conquistas, saúde e muita paz. Aos leitores deste canto de página, um FELIZ ANO NOVO! Até 2013.


Natal, 31 de dezembro de 2012

4 O Jornal de HOJE

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br INTERINO - JOAQUIM PINHEIRO - jtpinheirojh@gmail.com

Ato de repulsa Do leitor Pádua Martins o interino recebeu o seguinte email com o titulo "Ato de Repulsa". Observação: Quando ouvimos frases como as escritas abaixo, infelizmente temos que ficar quietos: "O Brasil não é um País sério", dizia Charles de Gaule. Exemplos que retratam a afirmação acima citada: 1- Um motorista do Senado ganha mais para dirigir um automóvel do que um oficial da Marinha para pilotar uma fragata. 2- Um ascensorista da Câmara Federal ganha mais para servir os elevadores da Casa do que um oficial da Força Aérea que pilota um Mirage. 3- Um diretor que é responsável pela garagem do Senado ganha mais do que um oficial/general do Exército que comando uma Região Militar ou uma grande fração do Exército. 4- Um diretor sem diretoria do Senado, cujo título é só para justificar o salário, ganha o dobro do que ganha um professor Universitário Federal concursado, com mestrado, doutorado e prestigio internacional. 5- Um assessor de terceiro nível de um deputado, que também tem esse título para justificar seus ganhos, recebe mais do que um cientista/pesquisador da Fundação Instituto Oswaldo Cruz com muitos anos de formado que dedica o seu tempo buscando curas e vacinas para salvar vidas. 6- O SUS paga a um médico por uma cirurgia cardíaca com abertura de peito, a importância de 70 reais, bem menos do que um diarista cobra para fazer uma faxina num apartamento de dois quartos.

SAÍDA DA POLÍTICA

O vereador Bispo Francisco de Assis, do PSB, não pretende mais disputar cargo eletivo. Eleito recentemente para exercer o seu terceiro mandato na Câmara Municipal de Natal, o Bispo mostra-se decepcionado com o comportamento de pessoas que agridem parlamentares gratuitamente e familiares, como ocorreu recentemente com ele por ocasião da sua diplomação. Integrante da Igreja Universal do Reino de Deus, o vereador pretende conversar com os líderes evangélicos para uma decisão definitiva.

FRAUDE NO LEITE O Governo do Estado precisa fazer uma fiscalização rigorosa no Programa do Leite para pelo menos diminuir as fraudes que continuam acontecendo em vários municípios do interior. Segundo moradores de Brejinho é grande a quantidade de água que está sendo adicionada ao leite, prejudicando assim, a qualidade do produto e consequentemente podendo ocasionar doenças nas crianças. Pior: com a participação efetiva e criminosa de agentes do próprio governo. Seria um bom motivo de investigação por parte do Ministério Público.

LEITURA DINÂMICA t O secretário Carlos Au-

gusto Rosado, mentor intelectual do governo Rosalba Ciarlini é realmente um personagem polêmico e de difícil convivência com a imprensa e até com auxiliares. Instado a conceder uma entrevista a´O Jornal de Hoje sobre a administração estadual ele preferiu o silencio mais uma vez após várias tentativas. Carlos Augusto assumiu o cargo para tentar melhorar o relacionamento entre o Governo e demais agentes políticos, entretanto não se vê nenhuma evolução, notadamente com os deputados estaduais, tanto de situação quanto oposição. t Manifestantes que jogaram lixo em frente à Prefeitura de Natal tiveram uma atitude inconsequente e extemporânea. O momento é de esquecer o passado recente e todos colaborarem com a nova administração que inicia agora. O prefeito Carlos Eduardo precisa do apoio dos agentes políticos e da população, estes principalmente mantendo as ruas limpas. t As comemorações pelo centenário da morte de Luiz Gonzaga foram justas e oportunas, mas esqueceram de dizer que o Rei do Baião recebeu o título de cidadão natalense. Proposição do então vereador Osvaldo Garcia. O título foi aprovado por unanimidade. t A constatação é do pesquisador político Leão João. De todos os prefeitos do Agreste apenas Pepeu

Lisboa de Passa e Fica e Ronaldo Barreto de Passagem efetuaram o pagamento do funcionalismo municipal em dia. Pepeu reelegeu-se e Ronaldo, elegeu Dedé de Babá como seu sucessor. t Recebo e agradeço mensagens de fim de ano do ex-deputado José Adécio, ex-prefeito Amaro Saturnino Ronaldo Rezende, Rivaldo Fernandes e Eduardo Melo. t O poeta Marciano Medeiros lançará brevemente seu novo cordel intitulado "Ivanildo Vila Nova, o Menestrel do Repente", considerado um dos maiores poeta/repentista do Brasil no século XX. Marciano é integrante da Academia Norte-rio-grandense de Literatura de Cordel. t O auditor fiscal Pedro Lopes assumiu interinamente o Sindicato dos Auditores Fiscais do Rio Grande do Norte. Pelo trabalho e a liderança que exerce junto aos seus companheiros Pedro Lopes está sendo incentivado a disputar a eleição que a instituição realizará no dia 27 de março. Os auditores fiscais, representados pelo presidente interino do sindicato, estiveram recentemente na Assembleia Legislativa reivindicando melhorias e condições de trabalho para a categoria. t Para refletir: "Os momentos de crise são testes para a criatura humana". (Sandra Borba ex-presidente da Federação Espírita do Rio Grande do Norte).

Política

Segunda-feira

Remanejamentos do Governo do Estado superaram R$ 1,7 bilhão ORÇAMENTO

PREVISTO PARA

As modificações do Governo do Estado no Orçamento Geral do Estado (OGE) chegaram a R$ 1.767.186.377,36, de acordo com os dados publicados pelo Diário Oficial do Estado (DOE). O levantamento foi feito pelo deputado estadual Fernando Mineiro, do PT. No final de semana, O Jornal de Hoje publicou notícia em que mostra que a arrecadação pública estadual chegou a, quase, R$ 8,3 bilhões. Contudo, como o orçamento era de R$ 9,3 bilhões, ao remanejar R$ 1,7 bilhão, o Governo ficou dentro de seu limite de suplementação sem necessidade de aprovação da Assembleia Legislativa. O limite era 20% e ficou em 18% com o que foi movimentado pela gestão estadual. Entre os créditos suplementares mais remanejados está o excesso de arrecadação, que chega a R$ 546.495.411,09. Ou seja, é o dinheiro arrecadado que está além do que o Governo do Estado previa. Este recurso não consta dentro do orçamento, podendo ser utilizado para qualquer outro fim, segundo reclamou o parlamentar. Segundo Mineiro, no ano passado, o Governo justificou a frequência de modificações no orçamento como erro de planejamento da gestão anterior. Para as modificações atuais, a gestão permanece omisso. Mineiro critica essa necessidade contínua de modificações. "O que significa um remanejamento tão alto?

2012

TEVE QUASE

20%

DE SUPLEMENTAÇÃO Heracles Dantas

Mineiro questiona o Governo: “O que significa um remanejamento tão alto? Erro de planejamento ou no orçamento?” Erro no planejamento ou no orçamento?", questionou. Vale lembrar que na matéria de sábado, o JH mostrou que o Governo do Estado também “calculou” errado o orçamento para o ano. Previa uma arrecadação de R$ 9,3 bilhões, mas só conseguiu R$ 8,3 bilhões, quase R$ 1 bilhão a menos que o previsto. Segundo Mineiro, o uso que a governadora faz destes recursos "extras" tem sido, no mínimo, questionável. De acordo com o deputado, o Governo do Estado conseguiu um feito contraditório, pois a mídia tem noticiado diariamente a crise financeira do RN, mas, em contraparti-

da, o excesso de arrecadação tem batido recordes. “Nunca antes na história do Estado se modificou tanto o orçamento”, disse. O Relatório do Tribunal de Contas do Estado apresentado em agosto, aprovou com ressalvas as contas do governo Rosalba Ciarlini referentes a 2011. De acordo com o relatório, Rosalba gastou mais em propaganda e diárias em 2011 do que em investimento na saúde. “A saúde está maltratada e não é por falta de recursos, caso contrário não teria para propaganda também. Mas o governo gastou R$ 16 milhões ano passado em propaganda e para este

ano, até o momento, já foi empenhado R$ 18 milhões e meio. O investimento em propaganda vai ser maior ainda em 2013”, analisou. REMANEJAMENTO Os remanejamentos são um dispositivo legal, geralmente regulamentado pela Lei de Diretrizes Orçamentárias, que permite ao gestor fazer modificações no orçamento do Estado sem necessidade de aprovação prévia da Assembleia Legislativa. Porém, o dispositivo não deve ser amplamente utilizado, o que vem sendo ignorado pela governadora Rosalba Ciarlini.

> ELEITO VICE

Deputado Walter Alves deve ser presidente do PMDB em 2013 Os correligionários do PMDB elegeram a nova presidência do partido no Rio Grande do Norte para o próximo biênio (2013-2014) no último final de semana e o deputado federal Henrique Eduardo Alves foi reconduzido à presidência. Contudo, o nome que ganhou força dentro da legenda foi o de Walter Alves, deputado estadual e filho do ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, eleito vice-presidente e que pode se tornar presidente interino do partido já no próximo ano. Isso porque, em 2010, um acordo firmado entre as executivas nacionais de PT e PMDB permitiu que os dois partidos com maiores bancadas tanto no Senado Federal quanto na Câmara dos Deputados se alternassem na Presidência da Câmara. Com esse acordo, o deputado federal Marco Maia (PT) foi escolhido presidente para o biênio 2011-2012. Esse ano, uma nova reunião entre as duas legendas ratificou o acordo e lançou a candidatura do deputado federal Henrique Alves para a Presidência no biênio 2013-2014. Pelo estatuto do partido, o presidente do diretório tem que se licenciar para ocupar um cargo executivo. Como a Presidência da Câ-

Heracles Dantas

Walter Alves foi escolhido o “parlamentar do ano” pela Assembleia Legislativa mara dos Deputados é um cargo administrativo de caráter executivo, existe a possibilidade de Henrique deixar temporariamente o cargo no diretório estadual, fazendo com que Walter se torne o presidente interino. O deputado estadual prefere não pensar na presidência ainda e cita a gestão de Henrique no comando do partido nesses últimos anos. "Esse assunto ainda nem foi discutido internamente. Henrique é o nosso presidente. Em sua gestão fez com que o partido elegesse um terço dos candidatos a prefeito. Nas últimas eleições presidenciais elegemos um senador, um de-

putado federal e seis deputados estaduais. O PMDB sai fortalecido a cada eleição. Proporcionalmente, o PMDB foi o partido que mais cresceu no Brasil. O novo diretório estadual, do qual faço parte, irá contribuir ainda mais", frisou. Walter Alves garante que já vem trabalhando em prol do PMDB no RN desde antes da eleição da nova diretoria. Além disso, como vice-presidente ele é, oficialmente, o auxiliar de todas as decisões políticas e administrativas do diretório estadual. "É com satisfação e muita responsabilidade que contribuo com

o partido sendo o 1º vice-presidente. Fico feliz com a escolha e garanto que vamos trabalhar para ampliar ainda mais a força política do PMDB no Estado. Estou pronto para encarar novos desafios de olho no constante crescimento", declarou ao lembrar que o partido foi o que conseguiu eleger mais prefeitos nas últimas eleições, 52 no total. O crescimento a que se refere o deputado será discutido já em março do próximo ano, quando está prevista uma reunião da presidência para discutir o pleito de 2014, no qual estarão sendo disputados os cargos de deputados estadual e federal, governador e senador. "Nessa reunião discutiremos planejamentos importantes já de olho nas próximas eleições. Lembro que em 2010 conseguimos excelentes resultados nas urnas e, independente de qual cadeira eu esteja ocupando, vamos focar no crescimento do partido ainda maior do partido. Nas últimas eleições presidenciais elegemos um senador, um deputado federal e seis deputados estaduais. Sabemos que temos condições de manter ou até ampliar esse número de eleitos, se tivermos um pleito bem planejado", observou.

> NOVO PRESIDENTE DO TCE

“Sociedade clama por aplicação correta dos recursos” O novo presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Paulo Roberto Chaves Alves, quer uma tríplice parceria para a administração de recursos públicos. Não era para menos. Segundo ele, a “sociedade brasileira (e a do RN não é diferente) clama a cada dia mais pela correta aplicação dos recursos públicos. Essa postura social resulta numa crescente expectativa no sentido de que os Tribunais de Contas se tornem mais operosos e vigilantes, coibindo desvios e punindo irregularidades”. O trecho fez parte do discurso do conselheiro Paulo Roberto, na solenidade do posse no cargo de presidente, na sexta-feira, acrescentando que “somente haverá irregularidade e equilíbrio da gestão dos recursos públicos se contarmos com uma tríplice parceria: do controle externo, a cargo da Assembléia Legislativa e dos Tribunais

de Contas; do Controle Interno, a cargo dos órgãos gestores; e do Controle Social, a cargo da sociedade”. Paulo Roberto Alves foi empossado para o segundo mandato em sessão solene especial, realizada na manhã desta sexta-feira, perante autoridades como a governadora do Estado, Rosalba Ciarline; o vice-governador, Robinson Faria; o presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Mota; a presidente do Tribunal de Justiça. Judite Nunes; o ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho; o senador Garibaldi Alves: o deputado federal Henrique Eduardo Alves; o desembargador Marcelo Navarro, entre outras autoridades dos três poderes, além de convidados especiais, familiares e servidores da Casa. Vale lembrar que Paulo Roberto é irmão do ministro Garibaldi

Alves Filho e pai do vereador eleito em Natal, Felipe Alves, ambos do PMDB. Além disso, foi ele também o relator das contas de gestão da governadora Rosalba Ciarlini de 2011, quando cobrou, publicamente, mais recursos para a Saúde. Na ocasião, também tomaram posse os conselheiros Carlos Thompson Fernandes, vice-presidente; Tarcísio Costa, corregedor; Renato Costa Dias, ouvidor e a conselheira Maria Adélia Sales, diretora da Escola de Contas “professor Severino Lopes de Oliveira”. Ainda no seu discurso, Paulo Roberto ressaltou que “a atuação dos Tribunais de Contas não se deve restringir ao estabelecimento de imposições punitivas: antes de exclusivamente punir, há que atuarem preventivamente, o que supõe uma prévia ação orientativa. É a chamada função pedagógica do processo de controle externo”. Essa função, disse,

tem se destacado com as ações desenvolvidas pela Escola de Contas. O Conselheiro lembrou de ações executadas na sua primeira gestão como presidente, como apoio do Programa de Modernização do Controle externo – Promoex, como a implantação do planejamento Estratégico, da Ouvidoria, ao mesmo tempo que destacou projetos e ações implementados pelo ex-conselheiro Valério Mesquita, como o processo eletrônico, os mutirões, a seletividade da análise processual, a atuação preventiva e concomitante em relação aos atos de gestão. “Todas essas ações merecerão a devida priorização desta Presidência”, enfatizou. Por fim, prestou homenagem aos conselheiros que tiveram passagem pela Corte de Contas, destacando Nélio Dias e José Gobat Alves e, finalizando, agradeceu o apoio recebido pela família.fícua gestão”.


Política

Segunda-feira

Natal, 31 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 5

Arquivo

Deputados concentram emendas em melhorias na saúde pública PARLAMENTARES ESTADUAIS DESTINAM RECURSOS PARA COMPRA DE AMBULÂNCIAS E MEDICAMENTOS EM NATAL E NO INTERIOR CIRO MARQUES REPÓRTER DE POLÍTICA

Na diplomação dos vereadores de Natal, eles elegeram a saúde como a prioridade para a próxima legislatura. E na Assembleia Legislativa, a situação não foi diferente. Os deputados ficaram sensibilizados com a crise pela qual passa a saúde pública e, praticamente todos eles, apresentaram emendas ao Orçamento Anual do Estado para promover melhorias na pasta. Foram propostas aprovadas para compra de ambulâncias, pequenas reformas em unidades médicas, aquisição de medicamentos, entre outras ações. Claro que nada muito grande, até porque neste ano, cada parlamentar teve um limite de R$ 2 milhões de emenda - veja a lista inteira de propostas de acréscimos ao orçamento do Estado no box. Vale lembrar que este ano, em particular, foi bastante difícil para a saúde pública do RN. Afinal, foi em 2012 que a governadora Rosalba Ciarlini precisou decretar estado da calamidade publica para tentar reduzir a situação de crise no setor. Foi neste ano, também, que a atual gestão enfrentou sua primeira greve de

médicos - a categoria era apoiadora da governadora Rosalba Ciarlini, que é médica, durante a campanha de 2009. Além das emendas relacionadas a saúde, os deputados potiguares também fizeram a destinação de recursos à entidades filantrópicas, realização de obras na capital e municípios do interior, iluminação pública, construção de casas populares, veículos para frota da Polícia Militar, entre outras atribuições. Contudo, depois da saúde, o principal destaque paras as emendas foi mesmo a pavimentação e drenagem de municípios - o que, em muitos casos, também representam uma questão de saúde pública. Natal, Parnamirim, Currais Novos, Florania, Carnaúba dos Dantas, São José de Mipibu, foram algumas das cidades beneficiadas pelas emendas. SECA A questão da seca também foi destaque na lista de emendas propostas pelos parlamentares. Gustavo Carvalho, do PSB, por exemplo, conseguiu emendar ao orçamento anual um projeto de "desenvolvimento de ações estratégicas

Heracles Dantas

Corredores lotados do Hospital Walfredo Gurgel foram uma marca do ano e noticiados até em jornais de divulgação nacional de mitigação, redução dos impactos e vulnerabilidade das mudanças climáticas no Estado, mediante convênio com Fundação para o Desenvolvimento Sustentável da Terra Potiguar". OUTRAS PRIORIDADES Apenas os parlamentares Gesa-

ne Marinho, Getúlio Rego, Gilson Moura, Gustavo Fernandes, Leonardo Nogueira, Raimundo Fernandes e Ricardo Motta, presidente da Assembleia, não tiveram emendas aprovadas para a saúde pública. Eles apresentaram outras, como, no caso de Gesane, a destinação de recursos para obras de pavimentação e

drenagem de águas pluviais de logradouros públicos em municípios da região litoral oriental; região Agreste e região do Seridó. No caso do deputado Fernando Mineiro, do PT, a saúde não foi a prioridade (apesar de propor o fortalecimento a operacionalização e o financiamento do Conselho Esta-

dual de Saúde), mas sim a educação. Dentre as várias propostas de emenda feita por ele, a maioria era relacionada a educação pública. Entre elas, a instituição de "cheque-livro" para alunos de 700 escolas integrantes da rede estadual de educação; destinação de recursos para garantir a implementação do processo de eleição de diretores e de grupo gestor das escolas públicas estaduais; apoio a pesquisas para compor diagnóstico situacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, como base para traçar ações e o desenho de políticas estaduais. FUTEBOL Destaca-se na extensa lista de emendas, uma em particular proposta pelo deputado Tomba Farias, do PSB: a destinação de recursos para apoio ao esporte, através do Esporte Clube Santa Cruz. O motivo do destaque dessa emenda é porque foram poucas as destinações a melhoria do esporte no Rio Grande do Norte. Além disso, chamou atenção o fato de Tomba destinar esse recurso (valor não revelado) para o Santa Cruz, que é o clube de futebol que ele é presidente de honra.

EMENDAS PARA A SAÚDE AGNELO ALVES - Subvencionar as ações assistenciais da associação dos transplantados do Rio Grande do Norte e da associação Rio grandense pró-idoso - Custeio e investimento no Hospital Dr. Rui Mariz, em Jardim do Seridó - Subenção das ações assistenciais desenvolvidas pela Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva, em Natal e pelo Instituto de Assistência Social e Educação – AMAR, em Parnamirim ANTONIO JACOME - Atender as ações de qualificação social e profissional desenvolvidas pelo centro social Heróis da Fé, em Mossoró; pelo centro de assistência social Pastor Eugenio Martins Pires – CASEMP, em Parnamirim; pelo centro integrado de assistência social da Assembleia de Deus, em Natal e pela associação do mutirão evangélico para a cidadania cristã, no Rio Grande do Norte. - Viabilização de convênio de parceria entre o estado e a associação de proteção e assistencia à maternidade e a infância do município de Alexandria. DIBSON NASSER - Aquisição e distribuição de medicamentos e insumos estratégicos para atendimento da rede de saúde nos municípios de Rio do Fogo, Lagoa de Pedra, Monte das Gameleiras, Santa Cruz e São José de Mipibu, EZEQUIEL FERREIRA - Ações de aquisição e distribuição de medicamentos, nutracêuticos e insumos estratégicos para os municípios de Florânia, São José de Mipibu, Brejinho e Angicos - Obras de ampliação e modernização das unidades hospitalares e ambulatoriais de referencia no município de Angicos FÁBIO DANTAS - Ações visando a aquisição de equipamento médico-cirurgico para o hospital do município de São José de Mipibu - Ações de Aquisição e distribuição de medicamentos, nutracêuticos e insumos estratégicos destinada a Associação Santo Antoniense, no município de São Antonio

GEORGE SOARES - Garantir que o Estado firme convênio com o Hospital regional Nelson Inácio dos Santos, situado em Assu - Proporcionar a celebração de convenio entre o estado e o município de Parelhas, objetivando a aquisição de uma ambulância. GUSTAVO CARVALHO - Ações de atenção, promoção e vigilância à saúde no município de São Pedro, por intermédio da APAMI – Hospital João Ribeiro Campos. - Atendimento de ações de amplidão, modernização e operacionalização de serviços de urgência fixa e móvel, mediante a aquisição de uma ambulância para a Associação Transformando Vidas, com sede e foro no município de Nísia Floresta. HERMANO MORAIS - Manutenção e funcionamento do Hospital Infantil Dr. Varela Santiago, do Instituto Juvino Barreto, da Associação Transformando Vidas, do município de Nísia Floresta e do Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC). - Realização de parceria entre o Estado do Rio Grande do Norte e a Amigos do Coração da Criança (AMICO). JOSÉ DIAS - Funcionamento, manutenção e compra de equipamentos para a rede de saúde de Touros e Ielmo Marinho LARISSA ROSADO - Casa de Apoio aos Portadores de Câncer de Mossoró e Região - Associação de Pais e Amigos Excepcionais de Mossoró - Associação dos Deficientes Físicos de Mossoró - APAMI, com aquisição e distribuição de medicamentos, nutracêuticos e insumos estratégicos - Aquisição e distribuição de medicamentos em Tibau MÁRCIA MAIA - Aquisição e distribuição de medicamentos em Boa Saúde - Apoio às ações do Hospital Infantil Varela Santiago

NÉLTER QUEIROZ - Manutenção e funcionamento do Hospital Maternidade Dr. Graciliano Lordão, em Parelhas - A aquisição de equipamentos e medicamentos para o Hospital Municipal de Jucurutu - APAE de Parelhas POTI JÚNIOR - Convênio com o município de Tenente Laurentino para aquisição de equipamentos tecnológicos para a unidade de saúde; melhoria e promoção da assistência farmacêutica e aquisição de ambulância; - Melhorias no tráfego do município e aquisição de ambulância para São João do Sabugi; - Aquisição de ambulância para Jardim de Angicos; - Convênio com o Hospital Maternidade Belarmina Monte, no município de São Gonçalo do Amarante; - Aquisição e distribuição de medicamentos, nutracêuticos e insumos estratégicos para Monte Alegre; - Convênio com o município de Pedro Avelino, para melhoria na assistência à saúde; TOMBA FARIAS - Aquisição de duas ambulâncias para o município de Sítio Novo; VIVALDO COSTA - Aquisição e distribuição de medicamentos e insumos para a Apami de Jardim do Seridó, Fundação Hospitalar Carlindo Dantas, em Caicó; Apami de São João do Sabugi e Tangará; WALTER ALVES - Aquisição de ambulância para os municípios de Frutuoso Gomes, São Tomé, Pedro Avelino, Baraúna, Goianinha, Bom Jesus, Rodolfo Fernandes, Olho Dágua dos Borges, Caraúbas, Pedra Grande, Georgino Avelino, Lagoa Salgada, Jundiá, Santana do Seridó, Almino Afonso, São Miguel do Gostoso e Barcelona; - Aquisição e distribuição de medicamentos, nutracêuticos e insumos estratégicos para os municípios de Messias Targino, Lajes, Várzea.


6 O Jornal de HOJE

Natal, 31 de dezembro de 2012

Cidade José Aldenir

Segunda-feira

Mãe de santo prevê um bom 2013 para potiguares LUCINHA MADANA MOHANA PÕE CARTAS DE TARÔ PARA A REPORTAGEM EM TEMAS COMO AMOR, FUTEBOL E POLÍTICA

interesse pessoal, mesmo com a confirmação de que sente dificuldade de conviver com "coisas carnais" Às margens do rio Potengi, no - o vegetarianismo também faz parte alto da rua da Misericórdia, Passo de sua vida. da Pátria, zona Oeste de Natal, a "Esse ano está sendo regido no mãe de santo e sacerdotisa hindu, tarô hindu pela carta Sita-Rama, Lucinha Madana Mohana recebe a que é a encarnação de Khrishna, equipe d'O Jornal de Hoje para falar embora em forma humana de um rei sobre amor, dinheiro e política em que serve de exemplo. 2013 será 2013, através das cartas de um tarô. um ano de muito conflito, de muEm meio a plantas, imagens de san- lheres abandonadas, casamentos tos e o forte calor do verão poti- desmoronando, pessoas perdidas e guar, ela toca tambura (instrumen- triângulos amorosos. Por isso tudo, to de cordas de origem indiana, cuja também é um ano de reflexão, de sonoridade assemelha-se a viola ser- provação com encruzilhadas apataneja) e mridangam (instrumento recendo, deixando as pessoas indepercussivo do mesmo país) enquan- cisas". Homens e mulheres, em igual to entoa mantras, como um aqueci- proporção, procuram por estas resmento vocálico-mental antes das postas com Madana Mohana, a poprevisões. tiguar que tem serviços prestados à Presidente da Associação música, com discos gravados com Cultural e Ecológica das Comuni- Filhos de Gandhi e Gilberto Gil. dades Tradicionais (ACECOT), LuCiente do cenário apocalíptico cinha pede que o repórter divida as em que vive a capital potiguar, surge cartas em três partes, até juntá-las o segundo tema: como será a gese oferecer a retirada de três delas, tão Carlos Eduardo Alves? Parte da para então lê-las e emitir suposi- máxima "pior que está, não tem ções ou vereditos - de acordo com como ficar" é revelada na confira crença de cada um. Tema central mação de que a antiga madrinha da maioria dos pedidos de consul- será peça fundamental: "Wilma vai ta que recebe, relacionamentos do- ter uma grande influência na admiminam a primeira exposição. Com nistração. A carta mãe (Yasoda treze anos de celibato e quatro ca- Mata) mostra que ela ajudou na viMãe de santo e sacerdotisa hindu alerta que 2013 será um ano de conflito, de reflexão, de provação e de pessoas indecisas samentos, é uma área que fala com tória dele. Os dois formam um par ideal. E como as outras pessoas próximas dele são muito maduras e fiéis, ele vai ter um resultado fantástico. Mas o ano será difícil. Tudo vai ser retomado de uma maneira austera". Se o natalense torce pela confirmação da tradição hundi, misturada por Lucinha com valores do candomblé e da umbanda, todos os potiguares podem ficar tranqüilos. Segundo ela, a mesma sorte recairá sobre o Governo do Estado. "Rosalba terá um ano de muita vitória. Ela vai conseguir reverter essa quanPrevisões de Madana Mohana são de que administração na capital e no Estado irá melhorar. Já os principais clubes de futebol do RN não terão muito êxito tidade de rejeição com muita opuCONRADO CARLOS

CCPSILVA@HOTMAIL.COM

lência, com muito dinheiro". Com empréstimos milionários, oriundos de bancos estrangeiros, na iminência de rechear os cofres estatais, a assertiva tem prazo para ser concretizada. "A carta 21, de Sri Vishnu, é a do mantenedor, dos governantes, dos poderosos e das celebridades. Mas ela tem que botar o povo na rua. Tem muita gente acomodada ao lado dela". Superadas expectativas políticas, a outra paixão do povo é abordada pela mulher que adotou o hinduísmo, o candomblé e a umbanda como pilares de sua existência. "Tanto ABC como América vão trabalhar para superar os obstáculos. O ABC é malandro, dança conforme a música. Ambos precisam criar forças. Eles não estão vindo com brilho". Nada de Copa Nordeste ou sucesso na série B. Os dois principais clubes de futebol do Rio Grande do Norte manterão suas posições, sem maiores êxitos, segundo Madana. Prestes a receber material suficiente para iniciar as atividades do santuário cultural que montará em sua casa e em uma pequena praça defronte à morada, com o objetivo de reunir minorias étnico-religiosas em shows musicais, oficinas, cursos de capacitação e esclarecimento das diferenças, Madana reza em hindu na hora em que manuseia as cartas. Na última previsão, o que acontecerá com o jornalismo em tempos de novas tecnologias? Estudiosos e alarmistas falam em fim dos impressos, vivas ao meio virtual, renovação de conteúdo. Com Ganesha, Sri Hamanam e a Cabloca Jurema em mãos, Lucinha tranqüiliza a reportagem: "Será um ano de grandes mudanças, mas os obstáculos serão superados. Essas cartas trazem toda a força, toda a glória para desmanchar tudo de negativo para quem enfrentará transformações".

> METAS PARA 2013

Paz, saúde, prosperidade e atenção dos governantes são os desejos da população para o próximo ano Às vésperas da virada do ano, os pedidos para a chegada de 2013 são os mais variados. Paz, amor, saúde e prosperidade estão entre o topo da lista de desejos dos natalenses, que não esquecem também o sonho pelo crescimento profissional ou pela casa própria. A expectativa também recai sobre os governantes. A reportagem d'O Jornal de Hoje foi às ruas de Natal para saber qual a expectativa dos natalenses e turistas para o ano que se aproxima. O estudante do 7º período de Administração, Janicleison Lima, conta que teve um ano de 2012 muito bom e espera que 2013 "repita a dose". Ele espera conseguir um estágio, em sua área de atuação profissional, no próximo ano, mas também deseja que os governantes se dediquem mais em resolver os problemas da cidade. "Estou bastante otimista em relação ao próximo ano. Temos que acreditar que será um ano melhor. Paz, saúde, prosperidade e muito trabalho, são algumas coisas que eu desejo para 2013", espera o universitário. A comerciante Maria Marinês da Costa, de 52 anos, espera comprar um carro no próximo ano. Além disso, Marinês deseja, confiante, que o próximo prefeito, possa "dar um jeito na cidade". "Quero um ano de 2013 de muita alegria, paz, saúde, prosperidade, trabalho, felicidades, tanto para mim, para minha família, quanto para todos os natalenses. Que os nossos governantes olhem com carinho pelo nosso Estado", deseja a comerciante. "Desejo principalmente esperança, saúde e paz. Para a cidade, espero que a educação, saúde e a limpeza urbana melhorem, já que em 2012 elas não foram tão boas assim. E para mim, o que estou precisando mesmo é de dinheiro. Que 2013 traga um estágio para mim", brinca a estudante Márcia de Jesus, de 21 anos. Os noivos Adelson Barreto e

> ENQUETE

O que você espera de 2013? Fotos: Heracles Dantas

“Paz, saúde, prosperidade e muito trabalho, são algumas coisas que eu desejo para 2013”

“Quero alegrias e realizações e que eu possa me firmar no meu relacionamento com a minha noiva”

“O que estou precisando mesmo é de dinheiro. Que 2013 traga um estágio para mim”

“Um emprego, qualquer que seja, para que eu possa comprar minhas coisas e ajudar no orçamento de casa”

JANICLEISON LIMA - ESTUDANTE

ADELSON BARRETO - TURISTA

MÁRCIA DE JESUS - ESTUDANTE

FRANCISCO BENTO -PORTEIRO

“Quero um ano de 2013 de muita alegria, paz, saúde, prosperidade, trabalho, felicidades, tanto para mim, para minha família, quanto para todos os natalenses”

“Sinto que este ano as coisas vão acontecer. O Brasil está bombando, em pleno emprego e sinto que coisas maravilhosas vão acontecer”

“Além de paz e saúde, quero comprar meu carro e minha casa própria. Estou trabalhando para isso e Deus vai me ajudar esse ano”

“Desejo que da próxima vez que eu venha a Natal, a situação esteja melhor, pois hoje mais parece que a cidade está abandonada. Que 2013 seja melhor para Natal”

MARIA MARINÊS - COMERCIANTE

MÁRCIA VIEIRA- PSICÓLOGA

ROBERTO PEREIRA - MECÂNICO

NIVALDO SILVA - TURISTA

dade e de realizações profissionais. Adelson também está confiante pelo crescimento profissional no

ano vindouro. "Estou com uma expectativa boa para o próximo ano. Quero muitas alegrias e realiza-

ções e que eu possa me firmar cada vez mais no meu relacionamento com a minha noiva", afirmou.

Fabíola Silva trocaram o réveillon de João Pessoa por Natal. Fabíola espera um ano de 2013 de felici-

O porteiro Francisco Bento inclui um novo emprego entre seus pedidos para o ano que vem. "Desejo prosperidade, sorte e união na minha família. E um emprego, qualquer que seja, para que eu possa comprar minhas coisas e ajudar no orçamento de casa", destaca. O porteiro revela ainda seus desejos com relação à segurança na capital. "O policiamento tem sido deficiente, principalmente porque os policiais não passam respeito à população, e isso traz desconfiança. Espero que no ano que vem a segurança melhore", disse. A psicóloga brasiliense Márcia Vieira disse que a expectativa para 2013 é que a cidade de Natal esteja mais preparada para receber o turista. "Foi uma grande decepção. Ou é lixo colocado pela calçada ou é calçadão destruído, é uma grande tristeza, mas a mãe natureza compensa a deficiência da estrutura da cidade", disse. Em sua vida pessoal, Márcia está otimista para o ano de 2013. "Sinto que este ano as coisas vão acontecer. O Brasil está bombando, em pleno emprego e sinto que coisas maravilhosas vão acontecer", afirmou. O mecânico Roberto Pereira, que trocou o réveillon de Recife pelas belezas naturais da praia de Baía Formosa, litoral Sul do Estado, espera que 2013 seja de prosperidade, paz, saúde e de muito trabalho. "Além de paz e saúde, quero comprar meu carro e minha casa própria. Estou trabalhando para isso e Deus vai me ajudar esse ano", afirmou o mecânico. O casal de turistas de Mato Grosso, Nemésia Silva e Nivaldo Silva optaram por Natal para passar a virada do ano. "Desejo que 2013 venha com muito trabalho, saúde, paz e muito dinheiro para poder voltar mais vezes a Natal. E que da próxima vez que eu venha a Natal a situação esteja melhor, pois hoje mais parece que a cidade está abandonada. Que 2013 seja melhor para Natal", afirmou Nivaldo Silva.


Economia

Segunda-feira

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

marcossa@jornaldehoje.com.br

Faz tempo que o RN não tem o que comemorar na entrada do ano novo n Para a economia do Rio Grande do Norte o ano de 2012 não tem a menor chance de deixar saudades. n Aliás, para sermos justos, temos que reconhecer: faz pelo menos uma dezena de anos que os agentes econômicos deste Estado se acham órfãos de motivos para comemorações nas mudanças de calendário, diante de tantos e sucessivos acontecimentos negativos que preservam na estagnação - ou em acelerado processo de decadência - as nossas já tradicionalmente frágeis cadeias produtivas. n Enquanto a economia de praticamente todos os Estados da região Nordeste prospera, mesmo diante do flagelo da seca generalizada, estamos assistindo, impassíveis, o seguinte quadro: n 1) fechamento de indústrias no território potiguar (Coteminas, Alpargatas, Itagrés, Cia. Açucareira Vale do Ceará-Mirim, vários laticínios...); n 2) o êxodo das nossas empresas que se dedicam à fruticultura irrigada para o vizinho Ceará (que lhes oferece incentivos e a infraestrutura que o RN não tem e nem se preocupou de construir nas últimas décadas, embora tenhamos sido pioneiros, há mais de 30 anos, na produção de melão para exportação na Chapada do Apodi e de banana no Vale do Açu); n 3) a fuga do comércio atacadista para a Paraíba (em busca de vantagens tributárias que aqui lhes são negadas); n 4) a desarticulação da pecuária voltada para a seleção genética de raças bovinas e a semifalência da pecuária leiteira, diante da ausência - nos últimos dois anos - de simples medidas governamentais que ajustem a realidade desses dois setores do nosso agronegócio à realidade regional e nacional. n Não é, portanto, por um mero acaso que o Rio Grande do Norte sempre tem aparecido vergonhosamente nos gráficos das pesquisas econômicas periodicamente realizadas e tornadas públicas pelo IBGE, pelo IPEA, pela CNI e outras instituições que se dedicam à avaliação da realidade brasileira. n Não tivemos em 2012 - a não ser modestamente no setor comercial e na construção civil - crescimento na oferta de empregos em nosso meio. n Perdidos nos labirintos burocráticos e ideológicos da questão ambiental, criados muito mais pela insensatez dos agentes públicos do que pela mãe natureza, não conseguimos no ano que termina atrair novos investimentos para o turismo, atividade que

se constitui na nossa principal vocação econômica e que tem sido, apesar dos pesares, nossa mais promissora fonte de renda. n Chegamos ao fim de 2012 sem sequer mostrar capacidade de manter a casa arrumada para receber os turistas que pagam caro para nos visitar. Deixamos Natal, nosso polo turístico mais exuberante, cidade que se posiciona entre os três destinos preferidos pelo brasileiro e férias, ingressar no período de alta estação tomada pelo lixo e pelo mau cheiro, com as ruas esburacadas e a orla marítima emoldurada de entulhos. n Não é exagero proclamar que a sociedade norte-rio-grandense vive um período de desgoverno generalizado. n O Estado arrecadou quase R$ 9 bilhões durante o ano e praticamente não dispôs de recursos para investir em obras. Toda essa montanha de dinheiro foi corroída pelos compromissos do governo com a sua gigantesca folha de pessoal, com dívidas herdadas e com o custeio de uma máquina administrativa pesada e ineficiente, que não tem conseguido garantir aos cidadãos, com o mínimo de qualidade, nem mesmo os serviços públicos essenciais: saúde, educação e segurança. n As 167 prefeituras potiguares, salvo honrosas exceções, encerram o exercício com dívidas impagáveis e sem que os seus prefeitos tenham conseguido realizar gestões que contribuam minimamente para o desenvolvimento sócio econômico dos municípios. n Mais de 300 mil famílias do Rio Grande do Norte, vivendo na miséria, continuam sendo socorridas pelo programa social "Bolsa Família" do Governo Federal, enquanto outras dezenas de milhares estão inscritas no "Programa do Leite" do Governo do Estado. É a solução "genial" encontrada para que quase 2 milhões de potiguares não passem fome. n Com a seca no interior, não fossem os carros-pipa do Exército distribuindo água nos povoados, muita gente - a exemplo do gado entraria em 2013 submetida à sede feroz. n A verdade é que todo esse quadro sinistro poderia, sim, ser mudado por completo, já a partir do ano novo. Bastaria que existisse, de fato, vontade política de conseguir esse objetivo. Mas, infelizmente, não dá para perceber em nosso meio a existência desse sentimento. n Nossa classe política teima em mostrar conformação com este modelo que está posto. As lideranças partidárias continuam dedicando toda sua capacidade de luta à preservação do prestígio pessoal/familiar, dos seus espaços no poder e à conquista de novos mandatos na próxima eleição, enquanto o eleitorado - compulsório e pouco politizado - não titubeia um segundo na venda do voto, seja por um emprego, por uma promessa ou por algumas notas de reais. n E assim começaremos 2013, com as perspectivas de sempre. Até quando?

Natal, 31 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 7

Economia potiguar deve permanecer como está PELO MENOS É O QUE ESTÃO PREVENDO OS ESPECIALISTAS Divulgação

MARCELO HOLLANDA HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COIM

Em 2013, a economia potiguar promete mais do mesmo. Um novo estádio de futebol que ainda não sabe muito bem como vai sobreviver quando a Copa acabar; um novo aeroporto internacional sem acessos ou uma política estadual que tire vantagem de sua existência; um porto onde os navios não podem circular à noite por conta da herança maldita de uma ponte sem proteção em seus pilares. "Mais do mesmo e com problemas recorrentes", garante o professor da cadeira de Macroeconomia da UFRN, Zivanilson Silva. Durante o ano ele foi presença constante na televisão, aconselhando as pessoas a usar bem o crédito e explicando os fenômenos da economia que influenciam diretamente a vida da população. Mas quando o assunto é para onde vai o estado cuja arrecadação aumentou substancialmente em 2012 e os problemas também, Zivanilson é econômico: do jeito que vai, para lugar nenhum. Ou melhor, continuará nutrindo as mesmas discrepâncias, como gosto exacerbado por soluções políticas e partidárias eternamente desatreladas da realidade. E onde a prioridade de grupos sempre fala mais alto que as necessidades da maioria da população. No ano que termina com Natal destroçada por uma gestão irresponsável, Zivanilson Silva entende que é hora de estabelecer as pequenas verdades da macroeconomia. Por exemplo, que o estado precisa redobrar os cuidados num ano em que o país encolheu economicamente. "A principal providência é investir cada centavo com sabedoria", aconselha. "Infelizmente, a crítica que eu tenho a este governo é a forma questionável com que ele priorizou seus investimentos e a timidez com que interage com os segmentos que patrocinam o crescimento", analisa. Zivanilson lembra que no ritmo atual o país vai demorar 70 anos para recuperar a economia e se crescer a 2% levará 35 anos e se porventura alcançar os 4% de crescimento ao ano, uns 17 anos e meio para tirar o atraso. "Nessas condições, é preciso que o RN redobre os seus cuidados", avisa Zivanilson.

Zivanilson Silva faz críticas ao governo estadual pelos recursos mal aplicados Para tirar da letargia a economia local, o professor da UnP e consultor Janduí Oliveira da Nóbrega dá o seu palpite: inventar um antídoto mágico que mude a mentalidade curta dos dirigentes e líderes, especialmente no que diz respeito à aplicação daqueles recursos dados de graça. "É incrível, mas dos R$ 5,2 bilhões disponibilizados para o evento Copa do Mundo, só acessamos até o momento R$ 400 milhões", diz Janduí. "Além disso, nossos políticos pouco ou quase nada fazem pelo estado, que já ficou para trás em relação a economias tradicionalmente menores como é o caso da Paraíba", acrescenta. Para ele, o problema todo está na ineficiência como as soluções são costuradas pela administração pública, mas que não age sozinha na tarefa de manter o atraso. "A própria Fiern - e isso há uns 10 anos - se comporta como uma entidade mais política do que técnica e isso também se constitui num fator gerador de tímidos avanços", critica. Tudo isso, segundo o Janduí redunda na situação atual, na qual a infraestrutura é mal trabalhada, fazendo com que 70% do que é produzido aqui ganhe mercado por estados vizinhos como o Ceará e Pernambuco. "Ou seja, trabalhamos para os

outros enriquecerem enquanto nossas estradas vão se deteriorando rapidamente com o trânsito das carretas que levam a nossa produção para ser embarcada por portos e aeroportos de estados vizinhos", observa. Durante esta semana, JH solicitou reiteradas vezes uma entrevista como o recém-empossado secretário de Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho, sem sucesso. Outros empresários contatados ao longo desta semana para a realização desta matéria não retornaram as ligações. Nos últimos anos, o RN tem perdido posições sucessivas na economia regional, refletindo uma tendência diametralmente oposta à registrada em boa parte da década de 1990 e começo de 2000. Segundo dados oficiais, o estado foi o que menos conseguiu acessar recursos do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE) no ano passado e que entre 2002 a 2010 contabilizou o menor avanço na evolução de seu PIB, que é a soma de todas as riquezas produzidas. E, como não bastasse, enquanto as exportações no País cresceram, as nossas recuaram 24% entre os anos de 2006 a 2011. Da mesma forma, o RN ficou na lanterna entre os nove estados nordestinos na criação de empregos formais entre 2003 e 2011.

> 2013

Arena das Dunas avança sem um plano de negócio Com mais da metade das obras já concluídas, o novo estádio Arena das Dunas ainda não tem uma concepção comercial fechada a um ano dos operários concluírem o trabalho - em dezembro de 2013. Charles Maia, presidente do consórcio encarregado pela obra, ainda não detalhou oficialmente o modelo de negócio a ser adotado pelo novo complexo. A única coisa que se sabe até o momento, segundo o próprio Charles Maia, é que a nova Arena não competirá com o comércio já estabelecido. "Para isso já existe o shopping que cumpre bem essa atribuição", afirmou Charles Maia meses atrás por ocasião do lançamento da cartilha de boas práticas da OAS, vencedora da concorrência para a construção da Arena das Dunas, orçada em R$ 413 milhões até setembro último. Apesar de este jornal ter formalizado alguns pedidos de informação sobre o modelo comercial a ser adotado pela futura arena multiuso, o fato é que o consórcio se fecha em relação a essas informações. Segundo uma fonte ouvida, ainda é cedo para se falar nesse assunto e a prioridade agora é concluir as obras em tempo, o que é hoje uma certeza. Mas o fato é que pouca gente imagina como seria manter um estádio comercialmente viável num estado onde os clubes - nenhum na primeira divisão - têm seus próprios estádios ou partem para a construção de es-

José Aldenir

truturas próprias e o comparecimento de torcedores não soma muito mais de 2 mil ou 3 mil pessoas por partida. O legado da Copa de que tanto se falava também parece ter virado fumaça. Nas proximidades do estádio, na Avenida Mor Gouveia, os cartazes negros pendurados na frente de residências sob ameaça de demolição, com os dizerem "Copa sim, desapropriação não", já não existem mais. Quase ninguém acredita que o evento da Fifa produzirá intervenções urbanas como as prometidas no passado, quando Natal foi escolhida como uma das 12 sedes da Copa de 2014. Na época em que a boa notícia ganhou a imprensa, falava-se

até que a sede do governo estadual cederia lugar a um ambicioso empreendimento imobiliário. E até hoje o legado da Copa reverbera como se Natal tivesse se transformado num canteiro de obras, o que definitivamente ainda não aconteceu. Sem recursos financeiros para corresponder às contrapartidas e uma prefeita afastada por suspeita de corrupção, só a Arena das Dunas exibe algum progresso. Enquanto isso, as orlas de Ponta Negra e da Praia do Meio são o retrato da destruição, parte dos servidores municipais amarga falta de salário e os fornecedores continuam sem pagamento. Legado melhor não poderia haver. (MH)


8 O Jornal de HOJE

Natal, 31 de dezembro de 2012

Cidade

Segunda-feira

Show pirotécnico em Ponta Negra é cancelado CANCELAMENTO FOI DEFINIDO APÓS MP DETERMINAR ISOLAMENTO DO MORRO DO CARECA ATÉ INÍCIO DA VIA COSTEIRA ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

Não está sendo nada fácil realizar a tradicional festa de réveillon na capital do Rio Grande do Norte. Depois de a Prefeitura de Natal anunciar que não realizaria a festa, o Governo do Estado assumir a responsabilidade e toda a estrutura estar preparada para as festividades, o Ministério Público Estadual entrou em cena e acionou a Justiça, apenas na tarde deste domingo (30), às vésperas do réveillon, condicionando a realização da festa na praia de Ponta Negra a um isolamento que vai desde o Morro do Careca até o Hotel Ocean Palace, com o objetivo de garantir a segurança das pessoas que fossem prestigiar o réveillon na praia mais movimentada de Natal. Diante dessa exigência do MP, o Governo do Estado decidiu cancelar o show pirotécnico na praia de Ponta Negra. Caso o Governo descumprisse a decisão, seria obrigado a pagar uma multa de R$ 1 milhão. Na manhã desta segunda-feira (31), o secretário estadual de Turismo, Renato Fernandes, o comandante geral do Policia Militar, Coronel Araújo, comandante geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Eliseu Dantas, o procurador Geral do Estado, Miguel Josino, representantes da Defesa Civil e da Controladoria Geral do Estado estiveram reunidos e recomendaram a governadora Rosalba Ciarlini que fosse cancelada a queima de fogos na praia de Ponta Negra por questões de segurança. A governadora Rosalba Ciarlini acatou a recomendação. "Nossa intenção é que todas as pessoas passem a virada do ano com paz, saúde e segurança e não podemos expor as pessoas ao acidente. O problema é que a Justiça determinou o isolamento de um trecho muito grande e não temos condições de cumprir e objetivando a segurança, a governadora achou

mais prudente e responsável cancelar o evento", explicou o procurador Geral do Estado, Miguel Josino. O secretário de Turismo do RN, Renato Fernandes, lamentou as exigências do MP, que segundo ele, inviabilizou a realização dos fogos pirotécnicos na praia de Ponta Negra. "Estávamos com toda a estrutura pronta, com as licenças do Idema e do Corpo de Bombeiros, para realizarmos a grande festa e fomos surpreendidos com esta recomendação do MP, que inviabilizou a festa para os turistas e para os natalenses que desejavam passar o réveillon em Ponta Negra. Se o Ministério Público tivesse acionado o Governo do Estado quando começamos a discutir o réveillon, teríamos tempo hábil para fazer essa interdição, mas hoje é humanamente impossível", afirmou Renato Fernandes. O Ministério Público Estadual encaminhou um documento à governadora Rosalba Ciarlini, neste domingo (30), reforçando que "o Ministério Público não é contra a queima de fogos, trata-se apenas de uma medida no intuito de tentar garantir a segurança no local e evitar possíveis acidentes", devido aos trechos que oferecem "risco iminente". O cenário de destruição do calçadão de Ponta Negra levou o Ministério Público a pedir que sejam tomadas "providências que condicionem a realização de qualquer evento na Praia de Ponta Negra ao prévio isolamento dos trechos em risco". O MP pede ainda que seja feito policiamento no local por parte da Polícia Militar em todos os trechos interditados conforme decisão judicial, "sem prejuízo da observância das normas de segurança relativas ao evento". O secretário de Defesa Social e coordenador da Defesa Civil de Natal, Carlos Paiva, alertou para o risco iminente de acidentes na área da orla de Ponta Negra devido à

José Aldenir

Herácles Dantas

Na Praia do Meio, festa de réveillon será realizada ao lado de cratera no calçadão

Uma das vias da Ponte Newton Navarro foi interditada para montagem da estrutura

situação do calçadão, que há seis meses vem sendo destruído pela ação da maré. "É importante também que haja a conscientização da população, pois colocamos os tapumes e as sinalizações e, logo em seguida, a população e os próprios comerciantes retiram. Mesmo com a sinalização pedimos cautela da população ao passar pela área e se possível evitem passear pelos locais onde oferecem maior risco", disse. Um dos principais cartões postais do Estado, a praia de Ponta Negra sempre foi um dos principais destinos dos natalenses e turistas, que eram atraídos pela programação cultural e queima de fogos na passagem para o Ano Novo. Este ano, quem optar pela praia de Ponta Negra não terá nem a tradicional queima de fogos. As festas ficarão por conta dos bares, restaurantes e hotéis. Os fogos, a cargo apenas da iniciativa privada. A festa, que este ano está sendo patrocinada pelo Governo do Estado, será realizada apenas na Praia do

mesma estrutura na praia do Meio, para garantir uma maior segurança da população. No entanto, até o final da manhã desta segundafeira, a área ainda não havia sido interditada.

Meio, com as bandas Deixe de Brincadeira, Uskaravelho e Forró dos Balas, que também terá a queima de fogos, que sairá da Ponte Newton Navarro. Enquanto isso, a situação do calçadão da Praia do Meio, que será palco das festas de réveillon, é mais crítica. O calçadão desmoronou há quatro anos e não há nenhuma sinalização no local indicando o perigo. O palco e as barracas estão localizados ao redor da cratera. Logo no início da manhã de hoje, os primeiros comerciantes já começaram a montar as barracas. Carlos Paiva reconheceu o problema, disse que semanalmente uma equipe da Defesa Civil monitora o local, mas que não será feito nenhuma interdição no local. "Estamos sem recursos, fim de gestão é complicado. Recomendamos cautela a todos", afirmou. Renato Fernandes, secretário de Turismo, disse que os 200 metros de grades que seriam colocadas na praia de Ponta Negra estão sendo transferidas para montar a

PROGRAMAÇÃO Sem a queima de fogos em Ponta Negra, a programação do réveillon em Natal se restringe apenas a Praia do Meio. O show pirotécnico vai durar de 12 a 15 minutos. A primeira banda a subir no palco será a banda UsKaravelho que abre a programação às 21h30 e segue até às 23h30. Às 23h55, cinco minutos antes da virada, é a vez do forró do Deixe de Brincadeira, que anima o público até às 2h15. Para fechar a festa, o Forró dos Balas começa seu show às 2h15 e termina às 4h45. "A capital do RN é turística e o Governo do RN, por determinação da governadora Rosalba Ciarlini, não poderia deixar a cidade sem a festa da virada, num momento de alta estação e com a Prefei-

tura anunciando que não poderia conduzir o evento", explicou Renato Fernandes. O investimento do Governo no réveillon da capital foi de R$ 300 mil. Desde as 10h desta manhã de hoje, a Ponte Newton Navarro está com o tráfego interditado no eixo Redinha/Santos Reis para que o show pirotécnico seja montado. Já o eixo Santos Reis/Redinha terá tráfego em mão dupla, cabendo à Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) sinalizar a via e orientar motoristas e pedestres durante a operação. Às 22h, a Semob interditará o tráfego de veículos pela Ponte Newton Navarro e às 23h também não será permitida a passagem de pedestres, por medida de segurança. Das 0h15 às 1h do dia 1º de janeiro haverá vistoria da área e limpeza para que o tráfego de veículos e pedestres retorne à normalidade. Haverá destacamentos da Polícia Militar, SAMU e do Corpo de Bombeiros nas áreas da Ponte, Praia do Meio e Ponta Negra.

> PRECAUÇÃO

Fogos de artifício são a grande atração, mas é preciso cautela A grande atração do Réveillon é sempre a contagem regressiva para a virada de ano com a queima de fogos de artifício. Essa prática é comum em diversos pontos do mundo e nas praias, hotéis e até mesmo em festas particulares, os fogos de artifícios são utilizados para trazer a beleza das luzes em shows pirotécnicos nas mais diversas proporções. No entanto, apesar de a queima de fogos ser tradição, este ano, alguns vendedores do produto reclamam que a procura está baixa, em relação ao último Réveillon. Segundo o ambulante Francisco de Melo, o prejuízo será inevitável, pois ainda hoje, 31 de dezembro, as vendas permanecem baixas. "O movimento está muito fraco este ano. Lembro que o ano passado, antes do Natal eu já tinha vendido bem. Agora eu estou tendo um prejuízo, pois não estou vendendo quase nada, hoje, que é o dia da queima de fogos, o lucro passou longe", disse o vendedor. Apesar da pouca procura por fogos de artifícios causar certa preocupação para alguns vendedores, o proprietário de uma grande loja especializada na venda deste produto, Washington Reis, acredita que a procura vai aumentar até o final do dia de hoje. "Até ontem, a procura foi muito baixa e eu já estava preocupado com o prejuízo. Mas as foram aumentando e acredito que hoje, faremos bons negócios. Todos os anos esperamos um aumento de 10% a 15% nas vendas e no final do dia de hoje, saberemos se conseguimos. Mas espero que nossas expectativas sejam superadas", explicou Washington Reis. Para a queima de fogos, alguns cuidados são indispensáveis para que a 'virada do ano' ocorra sem nenhum acidente que possa estragar o momento. E para evitar um alto número de ocorrências, o Corpo de Bombeiros do RN está realizando fiscalização nos locais em que haverá queimas de fogos com grande concentração de pessoas, acompanhando a montagem e execução de fogos de artifícios. Ao todo, 115

Canindé Santos

Ambulantes reclamam que a procura por fogos, neste réveillon, está baixa homens estão atuando em pontos estratégicos, distribuídos em equipes de combate a incêndio, salvamento terrestre, guarda-vidas e técnicos em engenharia. De acordo com o tenente Christiano Couceiro, o Corpo de Bombeiro está realizando para este final de ano, ações preventivas antes, durante e depois das festas. "Estamos com Postos Avançados de Salvamento em pontos estratégicos e trabalhando para que tudo corra bem durante as festas e queimas de fogos. Estamos fiscalizando, durante todo o dia, os locais que farão queimas de fogos para saber se estão seguindo as normas de segurança corretamente. Vamos averiguar todos os procedimentos e na hora da queima, as equipes estarão por perto, para atender rapidamente as ocorrências necessárias", disse o tenente Christiano Couceiro. Além da fiscalização de segurança com os fogos de artifícios nos locais onde haverá grande queima de fogos, o Corpo de Bombeiros também está realizando um trabalhho de conscientização da população sobre os cuidados a serem tomados o omen da queima. "Algumas pessoas comprarm fogos de artifício para queimarem em suas festas particulares e esses devem ser de pequeno porte.

É importante atentar para alguns detalhes na hora da compra como a classificação de risco, com indicação de idades para quem irá manuseá-los e também o estabelecimento que o vende, certificando-se deque este siga as normas e esteja autorizado pelo Corpo de Bombeiros. Quem for montar, deve fazê-lo longe de pessoas, árvores ou fiações elétricas, para evitar acidentes. E prestar bastante atenção quando for armazenar o que não for utilizado. Mas o ideal é comprar a quantidade necessária e tentar utilizar todo o montante, pois o armazenamento irregular pode causar acidentes de grandes proporções", disse Christiano Couceiro. As dicas do Corpo de Bombeiros parecem ser seguidas por quem já tem o hábito de fazer sua queima de fogos particular, como é o caso do motoboy Márcio da Silva. "Todos os anos fazemos a nossa própria queima de fogos e nunca houve acidentes, pois sempre me certifico da qualidade do produto e sigo as instruções do manual e as orientações dos bombeiros. É importante que todo mundo que for comprar fogos tenha a consciência de fazer tudo com segurança para aproveitar a festa sem contratempos e iniciar o ano bem", disse Márcio.

CMYK


10 O Jornal de HOJE

Natal, 31 de dezembro de 2012

Cidade

Segunda-feira

Blitz da Lei Seca pega vários alcoolizados BARREIRAS POLICIAIS VÊM SENDO MONTADAS EM LOCAIS ESTRATÉGICOS E EM HORÁRIOS DIFERENCIADOS NO LITORAL POTIGUAR Canindé Santos

por não estar com o documento obrigatório no momento da abordagem. Segundo o comandante geral da Polícia Militar, coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, todas as ações relacionadas à segurança no trânsito serão intensificadas durante o período da Operação, para diminuir o número de vítimas fatais ou com seqüelas graves e permanentes, frutos de acidentes de trânsito. "Esperamos que as pessoas se conscientizem sobre a importância de se respeitar as leis e possam ter um verão divertido e saudável, sem perigos", afirmou.

ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Em apenas dois dias da Operação Verão 2013, 38 motoristas foram presos em flagrante por dirigirem bêbados nas rodovias no Rio Grande do Norte, durante ações de fiscalização realizadas pelas Polícias Rodoviárias Federal e Estadual. Outros 764 motoristas foram submetidos ao teste do bafômetro. E um assalto a uma residência na praia de Camurupim, em Nísia Floresta, terminou com um assaltante morto, após troca de tiros com a Polícia Militar. Os policiais que estavam nas barreiras policiais montadas pela PRF autuaram 81 condutores por ingestão de bebida alcoólica, sendo que 24 ultrapassaram os 0,29 miligramas de álcool por litro de ar, foram presos pelo crime de embriaguez ao volante e encaminhados para as delegacias de plantão. Além disso, foram registrados 20 acidentes, sem vítimas fatais. Segundo o inspetor da PRF, Everaldo Morais, foram aplicados 627 testes de bafômetros em todas as rodovias federais do Estado. Para ele, o aumento da fiscalização com os equipamentos pode contribuir para a diminuição dos números de acidentes e de vítimas feri-

Após a sanção da nova lei, já foram aplicados 627 testes de bafômetro em todas as rodovias federais no RN, diz a PRF das e mortas em tragédias de trânsito. Considerando-se a intensa movimentação nas rodovias e a extensa malha viária, que possui 1.622 quilômetros, a PRF classificou o último final de semana de 2012 como muito tranquilo. "Tivemos uma média de 6,6 acidentes

por dia, o que, mais uma vez, levando-se em conta os fatores mencionados, está abaixo do que se considera normal para um período de fim de ano", afirmou. Os outros 14 motoristas presos embriagados foram flagrados durante ações realizadas pela Polícia Militar, que aplicou 137 tes-

tes de bafômetro nos dois primeiros dias da Operação Verão 2013, que começou oficialmente na última sexta-feira. Dois condutores foram autuados por estarem com suas carteiras de habilitação vencidas, outros dois por dirigir sem possuir habilitação, quatro por atraso no pagamento do IPVA e um

Cocaína do reveillon é apreendida Sete quilos de cocaína pura foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante fiscalização da Operação "Fim de Ano", realizada na BR-101, próximo à divisa com o Estado da Paraíba. O entorpecente estava escondido dentro do pneu estepe do veículo abordado, o Golf branco de placas ILT-0803/Paraná, que era dirigido por Edelson Gomes da Silva, que foi preso em flagrante por tráfico de drogas. De acordo com informações da PRF, o acusado confessou que comprou a cocaína na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná e que iria entregá-la na Capital do Rio Grande do Norte, possivelmente para a festa de Reveillon. No entanto, ele não revelou os nomes das pessoas que o teriam contratado e para quem a droga seria entregue em Natal. Edelson foi flagrado pelos policiais rodoviários do Núcleo de Operações Especiais (NOE) quando passou pelo quilômetro 174 da BR-101, no município de Canguaretama, durante uma fiscalização de rotina dentro da Operação "Fim de Ano". Ao ser abordado, ele demonstrou nervosismo quando o patrulheiro disse que revistaria seu veículo, o que levantou suspeita de que havia algo errado. Durante uma busca detalhada

dentro do veículo, os policiais encontraram sete tabletes de cocaína escondidos dentro do pneu estepe, que estava no porta-malas do carro. Diante do flagrante, Edelson não teve mais como esconder o que estava fazendo e acabou confessando o crime de tráfico de drogas interestadual. Os policiais rodoviários o encaminharam, bem como todo o entorpecente encontrado, para o prédio da Superintendência da Polícia Federal no Rio Grande do Norte, no bairro de Lagoa Nova, que investiga os casos de tráfico de drogas. Edelson Gomes da Silva foi autuado em flagrante e deve ser encaminhado para a Justiça Potiguar. Segundo o inspetor do Núcleo de Comunicação da PRF no Estado, Everaldo Morais, além da cocaína apreendida ontem, a instituição já tirou de circulação 15,3 quilos de crack, um o pouco mais de 1,4 quilos de maconha e 211 comprimidos de anfetaminas. Todo esse entorpecente foi apreendido neste ano, durante as fiscalizações de rotina. PM APREENDE MAIS DE 100 PEDRAS DE CRACK BAÍA FORMOSA Um traficante foi preso em flagrante no momento em que vendia crack a dois usuários de drogas na

ASSALTANTE MORRE APÓS INVADIR RESIDÊNCIA NA PRAIA DE CAMURUPIM Um arrastão numa casa de veraneio terminou com um bandido morto, após intensa troca de tiros com policiais militares no litoral do município de Nísia Floresta. Uma quadrilha fortemente armada invadiu o imóvel durante a madrugada de ontem e roubaram uma caminhonete L200 e vários eletroeletrônicos e objetos pessoais das pessoas que estavam no local. Segundo o coronel Araújo, uma das vítimas conseguiu ligar para o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) e avi-

sou sobre a invasão quando os bandidos ainda estavam dentro do imóvel. Ele disse que quando estavam fugindo, os criminosos foram cercados pelos militares, o que seu início a uma intensa troca de tiros. "Durante o confronto, um dos delinquentes morreu e foi abandonado pelo restante do grupo, que desceu do veículo roubado e fugiram pelo matagal. Acreditamos que eles estejam feridos, porque há muitas marcas de sangue dentro do carro, além de peças de roupas ensanguentadas pelo meio do caminho", informou o coronel. Ele disse que os policiais militares do 3º Batalhão, que atenderam a ocorrência, continuam as buscas pela região, para tentar identificar e prender os integrantes da quadrilha. O coronel afirmou ainda que acredita que os bandidos sejam presos em breve, já que estão feridos e podem procurar ajuda médica em outras cidades. O cadáver do assaltante morto durante o confronto com a Polícia Militar foi removido para o Instituto Técnico-Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (Itep/RN), onde aguarda reconhecimento de familiares. Até o final da manhã de hoje, ele não havia sido identificado ainda, já que não portava documentos.

INCÊNDIO NA AV. SALGADO FILHO CAUSA TUMULTO José Aldenir

Cedia /PRF

Entorpecente estava escondido no Golf de placas do Paraná e acusado é preso cidade de Baía Formosa. Policiais militares já estavam acompanhando seus passos após terem recebido denúncias anônimas a alguns dias, de que o acusado traficava entorpecentes no local. Durante uma campana ontem à noite, eles conseguiram flagrar o ato e o prenderam. De acordo com informações da Polícia Militar, Francinildo Campe-

lo da Silva, de 32 anos, estava com 118 pedras de crack, dois tabletes de maconha e R$ 150 em dinheiro fracionado no momento da abordagem. Diante do cerco policial, ele não conseguiu fugir e não reagiu à prisão. O acusado já havia sido detido anteriormente, pelo mesmo crime, e liberado pouco recentemente.

Um incêndio iniciado por volta do meio dia desta segunda-feira, próximo ao cruzamento entre a avenida Salgado Filho e a rua Monsenhor Landin, causou susto aos moradores e comerciantes da localidade. Devido à grande quantidade de fumaça gerada pela queima de entulhos sobre a calçada, o trânsito ficou tumultuado. Por pouco as chamas não alcançaram a fiação elétrica. Somente com a chegada dos bombeiros o fogo foi debelado. Segundo o morador, Antônio Nilvan, é comum a vizinhança depositar restos de objetos e mato seco no local. "São carcaças velhas de computadores, sofás, caixas de papelão e outras coisas que não servem mais. É um absurdo, pois não é a primeira vez que acontece isso. As causas do incêndio ainda estão sendo investigadas. Não houve danos materiais ao patrimônio público, nem aos imóveis próximos.

> MACAÍBA

‘Gêmeos do Crime’ são executados a tiros em via pública Quatro pessoas foram executadas na Região Metropolitana de Natal, nos dois últimos dias de 2012. Um integrante de torcida organizada de futebol foi morto com oito disparos de pistola calibre 380, próximo à sua residência em Cidade Nova, na zona Oeste de Natal. A vítima ainda tentou se proteger, mas foi perseguida e acabou morrendo na porta de casa. De acordo com informações do 9º Batalhão da Polícia Militar, a suspeita é que o crime tenha sido motivado por rixa entre torcidas rivais. Conforme relatos de testemunhas, o auxiliar de eletricista Alan Barros da Silva tinha 23 anos de idade e passou todo o sábado em companhia dos amigos, com quem estava bebendo em um estabelecimento situado nas proximidades da casa onde ele morava com os familiares quando foi atacado. Tudo corria tranquilamente até o momento em que um Ford KA de cor prata se aproximou do grupo de amigos e um de seus ocupantes, armado com uma pistola calibre 380, passou a efetuar dezenas de disparos contra Alan. Desesperado, ele ainda tentou se defender e correu em direção à sua residência, para se esconder, sem sucesso. Segundo o oficial de operações do 9º BPM, a vítima foi atingida por, pelo menos, oito tiros em vá-

Cedida / Degepol

rias partes do corpo, especialmente tórax, abdome e cabeça. Os assassinos de Alan Barros da Silva fugiram em alta velocidade, tomando rumo ignorado. A suspeita é que Alan, que era integrante de uma torcida organizada, tenha sido assassinado por causa de alguma rixa entre organizações rivais. O crime foi registrado na Delegacia de Plantão da zona Sul, na Candelária, e será investigado pela Polícia Civil. "GÊMEOS DO CRIME" SÃO EXECUTADOS EM MACAÍBA Dois irmãos gêmeos, de 16 anos e acusados de vários atos infracionais, foram arrastados de dentro de casa e executados com vários disparos de arma de fogo durante a madrugada de hoje, no Centro de Macaíba. Conforme relatos de familiares das vítimas, homens não identificados invadiram a residência procurando pelos irmãos, que estavam dormindo. O oficial de operações do 11º Batalhão da Polícia Militar informou que as vítimas são conhecidas no município por cometerem vários assaltos, tráfico de drogas e, pelo menos, uma tentativa de homicídio ocorrida na semana passada, quando eles acertaram quatro disparos contra uma pessoa,

José Ivanildo foi preso no bairro Santo Antônio. Ele é acusado de seis homicídios por motivo banal. "Por causa dessas coisas, não descartamos a possibilidade deste duplo homicídio ter acontecido motivado por algum acerto de contas ou vingança de uma das várias vítimas que a dupla já fez ao longo deste ano. Nenhum dos familiares das vítimas ou conhecidos soube informar quem teria interesse em matá-los, ainda mais diante deste histórico de crimes, incluindo essa

tentativa de homicídio da semana passada", informou o subtenente Pereira. Os familiares dos irmãos disseram que estavam todos dormindo em casa quando desconhecidos chegaram e, munidos de lanternas, entraram na residência e foram direto até o local onde os gêmeos estavam e os arrastaram para fora. Eles foram levados para um terreno baldio na Rua General Aluísio

Moura, onde foram executados. HOMEM É ESFAQUEADO ATÉ AMORTE EM MONTE ALEGRE José Adriano de Souza Medeiros foi assassinado com 12 golpes de faca-peixeira após uma discussão com um homem conhecido apenas pelo apelido de "Cabeludo", na área rural de Monte Alegre, na Região Metropolitana de Natal. Ele morreu antes que uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegasse ao local para socorrê-lo e seu corpo foi removido para o Itep. Segundo o tenente do 3º Batalhão da Polícia Militar, Moisés Almeida, testemunhas do crime relevaram que a vítima e seu algoz possuíam uma rixa antiga, iniciada por motivos desconhecidos, e que ao se encontrarem no meio da rua, por volta das 0h30 de hoje, voltaram a se desentender. Testemunhas do crime ainda tentaram socorrer a vítima, que foi atingida no abdome, tórax e membros superiores, mas esta não resistiu e faleceu antes que pudesse receber atendimento médico de urgência. Quando os policiais chegaram, José Adriano já tinha falecido e seu corpo foi encaminhado para a sede do Itep/RN, para necropsia. A Polícia procura o acusado, que continua foragido.

ACUSADO DE SEIS MORTES É PRESO COM PISTOLA 380 Um foragido da Justiça, acusado de ter cometido seis homicídios no município de Mossoró, foi preso em flagrante ontem, armado com uma pistola calibre 380, no bairro de Santo Antônio. Ele foi abordado por policiais militares da Força Tática que estavam em fiscalização, tentou fugir, mas foi detido e autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. José Ivanildo Pinheiro Lima, de 22 anos, estava em uma motocicleta Honda 150 vermelha, de placas MZB-5198/RN, circulando pelas ruas do bairro quando passou próximo a uma barreira policial. Ao ser abordado pelos militares, que o mandaram parar o veículo, ele se negou e fugiu em alta velocidade. No bairro das Barrocas, ele abandonou a motocicleta e invadiu uma residência, onde foi alcançado e detido pelos policiais militares, que teriam sofrido tentativa de suborno pelo acusado. Ele teria oferecido a pistola 380 que estava portando, em troca de sua liberdade, mas os policiais o enquadraram ainda por desacato. Preso, José Ivanildo foi conduzido para a Delegacia de Plantão de Mossoró, onde foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma e tentativa de suborno.


Cidade

Segunda-feira

Natal, 31 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

Prêmio Jor ge Banda de Cultura Fechando o ano de 2012, a coluna institui uma homenagem póstuma a um dos grandes músicos que Natal já produziu e estimula ao mesmo tempo aquelas figuras que não cansam no ofício de abrir portas e superar barreiras em nome da Cultura. Jorge Macedo, também chamado carinhosamente por Jorginho ou Jorge Banda, foi um guitarrista virtuoso, um músico de incrível capacidade instintiva, ou "de ouvido" como se

CAMILA MASISO MÚSICA Foi sem dúvida o ano mais rico dessa talentosa garota que aos poucos foi saindo do circuito canja em boteco para agigantarse em apresentações de maior porte e se consolidar como uma das mais belas e afinadas vozes da MPB - Música Potiguar e Brasileira. Camila ocupou os espaços nesse 2012, como numa simbologia da sua grande dimensão musical. Foi do bar ao teatro, do palco usual ao palanque eletrônico da publicidade, mostrando que é uma artista pronta para o estrelato. E não é todo artista que enche o Teatro Riachuelo numa parceria com a Orquestra Sinfônica. Ninguém faz isso impunemente.

diz, e também tecnicamente eclético na leitura e feitura composição com partituras. A partir de agora, sempre na última edição do ano de O Jornal de Hoje, a coluna Alex Medeiros outorgará, de forma afetiva e espiritual, sem necessidade de confecção de troféu, o Prêmio Jorge Banda para cinco personalidades e/ou artistas em destaque. Vamos aos vencedores de 2012:

CANINDÉ SOARES

JOÃO BATISTA MACHADO

ANDERSON FOCA

ARTES VISUAIS

LITERATURA

EMPREENDEDORISMO CULTURAL

Com seu jeitão humilde e fala mansa de monge beneditino, o cara simplesmente fez da fotografia uma junção de Arte, Jornalismo e História, clicando o cotidiano em todas as suas manifestações culturais e físicas. Seu blog virou visita obrigatória de dez entre dez natalenses, além dos turistas que já o descobriram como fonte inesgotável de cartões postais online. É o caso de indagar: quem não viu uma foto de Canindé levante a mão. Como Arte, exibiu imagens poéticas das nossas belezas naturais; como Jornalismo, clicou a denúncia instantânea das ocorrências diárias em Natal; e como História, resgatou áreas e monumentos já esquecidos pelas novas gerações.

Em 2012, o jornalista João Batista Machado lançou seu décimo livro, seguindo na mesma linha editorial que abraçou como testemunha dos fatos políticos de Natal e do Rio Grande do Norte. Para quem conhece bem "Machadinho" (o carinhoso apelido popularizado nas redações por onde passou), sabe-se que quando ele acaba um livro é porque já começou um outro. O enfoque do jornalismo testemunhal e analítico e o resgate histórico em sua produção fazem dele um literato didático que muito tem contribuído para o entendimento da história contemporânea em nossa cidade e no nosso estado. Não à toa, tornou-se recentemente sócio efetivo do Instituto Histórico do RN.

TITINA MEDEIROS DRAMATURGIA

Alguém me disse uma vez que Ninguém tem a menor dúvida de este rapaz já fez sozinho pela Cultuque 2012 foi o ano dessa grande ra o que a Fundação José Augusto atriz do Seridó. A explosão de Titiainda não conseguiu. Eu acrescento na na tela nacional da TV Globo foi que ele tirou a produção musical como uma vingança de todos os local da escuridão e implantou luz estilos de teatro que são feitos no nas noites da cidade com suas iniBrasil à margem dos incentivos ciativas incansáveis de estimular oficiais. Com seu humor escrachanovos talentos, principalmente no do e sua verve mambembe, ela inchamado circuito independente. O vadiu a consagrada e popular telecara fuçou muito até conseguir dramaturgia numa interpretação mudar a cena urbana de Natal, viacarregada nos trejeitos que acosbilizando espaços, eventos, estimu- tumou-se a fazer nos palcos e nos lando jovens músicos e até abrindo filmes publicitários. Como diria a estúdio para gravações. Tudo que a personagem "Penha", interpretada política fez em teoria sobre a revitapor Taís Araújo na novela "Cheias lização do bairro da Ribeira, Ander- de Charme", Titina matou a pau na son conseguiu na prática, dotando o pele da empregada "Socorro", um lugar de um caldo de cultura que já tipo tão universal quanto outros é cartão postal noturno da capital que ela faz no grupo Clowns de potiguar. Shakespeare.

Idema intensifica monitoramento das praias e fiscalização ambiental durante o verão ATÉ FEVEREIRO DE 2013, 18 NOVOS PONTOS SERÃO MONITORADOS, ALÉM DOS 30 TRECHOS JÁ FISCALIZADOS AO LONGO DO ANO Com a chegada do verão é comum o aumento de banhistas nas praias do litoral do Estado. É a época do ano em que o potiguar tem como destino as casas de praia, em busca do tão esperado veraneio. Em função do grande deslocamento da população rumo ao litoral, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (IDEMA) ampliou o número de pontos monitorados pelo programa de balneabilidade das praias, estudo responsável por avaliar a qualidade das águas para o banho recreativo. De dezembro deste ano a fevereiro de 2013, período de veraneio, o programa passa a realizar o monitoramento semanal de dezoito pontos adicionais, além dos trinta trechos já monitorados durante todo o ano. Com isso, totalizam-se agora 48 pontos de coleta e análise da qualidade da água das praias, compreendendo basicamente todo o litoral potiguar: de Baía Formosa ao município de Tibau. A qualidade das águas nas praias monitoradas é verificada por meio da análise de amostras de água coletadas semanalmente nos pontos selecionados, sempre nas condições consideradas críticas pelos técnicos. Após a análise, os resultados obtidos são encaminhados aos veículos de comunicação, disponibilizados nas páginas do IDEMA e do próprio programa, através do endereço www.idema.rn.gov.br. Os boletins são divulgados sempre às sextasfeiras. Além da divulgação através dos sites e da imprensa, a qualidade do banho nas praias é indicada,

Wellington Rocha

Iniciativa também visa promover programa de balneabilidade das praias, através da verificação da qualidade das água do litoral potiguar principalmente, por meio das placas de sinalização que o órgão mantém nos pontos monitorados. As placas indicam aos banhistas se o trecho em questão apresenta-se próprio (placa verde) ou impróprio (placa vermelha) ao banho. O estudo de balneabilidade das praias é operacionalizado por meio de uma parceria entre o IDEMA o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN), integrando um projeto maior batizado de “Água Azul”. Além da balneabilidade das praias potiguares, esse programa é responsável ainda por realizar o monitoramento sistemático da qualidade das águas dos principais corpos d'água interiores do Estado.

BALNEABILIDADE A iniciativa do Idema em promover o programa de balneabilidade das praias surgiu em função da Resolução n° 274/2000 do Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA), que determina a execução, pelo Poder Público, de estudos de balneabilidade de praias e outros balneários que apresentem expressiva frequência de banhistas. Além de determinar a execução do estudo de balneabilidade, a resolução define também os parâmetros e critérios utilizados para classificar a qualidade das águas analisadas. O indicador básico para o estudo, quanto ao seu aspecto sanitário, é a densidade de bactérias

fecais, levando em conta a principal causa de contaminação das águas: os esgotos domésticos. O estudo de balneabilidade das praias da região metropolitana de Natal vem sendo realizado sistematicamente pelo IDEMA desde 2004, sendo intensificado durante o período de veraneio e carnaval. INTENSIFICAÇÃO DA FISCALIZAÇÃO A fiscalização ambiental do IDEMA também será intensificada durante o verão. O órgão irá ampliar o número de veículos e vistorias para atendimento das denúncias contra crimes e irregularidades ambientais no RN. Para atender a demanda, o IDEMA conta com o au-

xílio da Companhia Independente de Policiamento Ambiental (CIPAM), realizando vistorias sistemáticas no litoral potiguar. Durante o verão, um dos principais crimes ambientais constatados é o de poluição sonora. É comum nesse período a ocorrência de barulhos excessivos causados por sons automotivos, bares, shows, entre outros. Para combater o abuso nessas situações, o IDEMA e a Polícia Ambiental também irão fiscalizar e atender denúncias de poluição sonora. Nesses casos, a equipe de fiscalização irá atender aos chamados e aplicar os testes de medição da intensidade do som, através de um equipamento eletrônico chamado de decibelímetro. Se constatada a irregularidade, o responsável será notificado e as medidas cabíveis serão tomadas. Este ano, a fiscalização nas dunas e na orla potiguar irá contar com o reforço dos quadriciclos recentemente adquiridos pelo órgão ambiental. Os veículos permitem o patrulhamento em locais com maior dificuldade de acesso, principalmente em áreas de dunas, e serão utilizados na fiscalização da Área de Proteção Ambiental (APA) Dunas do Rosado, contemplando os municípios de Areia Branca e Porto do Mangue; APA dos Recifes de Corais, abrangendo os municípios de Maxaranguape, Rio do Fogo e Touros; e APA de Jenipabu, nos municípios de Natal e Extremoz. As denúncias contra crimes e irregularidades ambientais, bem como de poluição sonora, podem ser feitas gratuitamente através do Plantão de Denúncias Ambientais

– Alô IDEMA (0800 281 1975). De posse das informações recebidas pelo plantão, a equipes do IDEMA e da CIPAM serão acionada para averiguar a situação relatada. EDUCAÇÃO AMBIENTAL E MUTIRÃO DE LIMPEZA Durante os meses de janeiro e fevereiro o IDEMA retoma o Programa Praia Limpa, que consiste na realização de mutirões de limpeza e campanhas de educação ambiental nas principais praias de veraneio do litoral potiguar. O projeto é realizado em parceria com o Corpo de Bombeiros e tem por objetivo sensibilizar a população sobre a importância de se manter a praia limpa, contribuindo com a conservação dos espaços urbanos através de uma ação coletiva que estimula a população a adotar novas práticas em prol da qualidade de vida humana e marinha. MONITORAMENTO DE TARTARUGAS MARINHAS Em parceria com a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN) e com o Projeto TAMAR, o IDEMA irá monitorar os pontos de desova de tartarugas marinhas. No litoral sul, o controle será realizado na praia de Malembar. No litoral norte, o monitoramente se estende da praia de Maracajaú à São Miguel do Gostoso. A operação dispõe de dois veículos quadriciclos e conta com a participação da equipe de Gerenciamento Costeiro (Sugerco) e Núcleo de Unidades de Conservação (NUC) do IDEMA, além de pesquisadores da UERN e técnicos do projeto TAMAR.


Esporte

Segunda-feira

Natal, 31 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 15

José Aldenir

Em 2012, o índice de acerto do vidente beirou a perfeição ao acertar a dupla que disputou o título da Série B e o fim do jejum americano no Estadual

A temporada 2013 começou com a preparação dos clubes para participar das competições do ano que está por vir. Longe do apito inicial, na prática, o JORNAL DE HOJE foi em busca do futuro através das cartas do místico José Ribamar do Nascimento, conhecido como Radamés, praticamente da cartomancia - uso das cartas de Tarô para prever o futuro, dentre outras estratégias além da compreensão para antever situações que ainda estão por acontecer. Pequenino, com trajes alvos e olhos apertados que comprovam uma decendência oriental longínqua, Radamés recebe a equipe de reportagem numa pequena casa, humilde e de poucos cômodos, onde oferece suas consultas no bairro de Lagoa Nova. Lá, políticos, médicos e pessoas da alta sociedade não apenas da capital, mas de todo o estado, o visitam com regularidade para conhecer o futuro. Mas antes de fazer suas previsões, Radamés alerta para o fato de não ser advinho. "Não adivinho nada, não faço milagres, não prometo, crio nada, não faço previsões extraordinárias. Observo além do espírito e vejo a partir da conjunção de uma série de acontecimentos o que poderá, de fato, se concretizar horas, dias, meses ou anos depois desta nossa conversa aqui." Logo após o aviso, a figura de 77 anos olha fixo para o vazio, fecha os olhos, põe os dedos indicador e médio sobre o que ele chama de ajna, ou terceiro olho, localizado entre as sobrancelhas e começa a fazer as previsões do que o torcedor potiguar pode esperar para o ano de 2013. A primeira parada dele, no bate-papo "astral", é num futuro próximo: o Campeonato Estadual. "O Campeonato vai começar cumprindo o calendário normal. Vai haver uma dificuldade em al-

Místico prevê Série B com potiguar forte e campeão das Confederações JOSÉ RIBAMAR DO NASCIMENTO, CONHECIDO COMO RADAMÉS, É DE PARNAÍBA, INTERIOR DO PIAUÍ. COM 77 ANOS, FOI CABO DA MARINHA E É APOSENTADO DA PETROBRAS. HOJE, É PSICOTERAPEUTA ESPIRITUAL, TARÓLOGO E FORMADO EM HOMEOPATIA, PSICANÁLISE E PSIQUIATRIA gumas partidas, na mesa de construir as escalas, não por intenção, mas por erro. Não posso prever o campeão, mas posso ver um clube da camisa preta e listras brancas se destacando e depois retroagindo. O campeão da primeira fase, de camisa preta e branca, não será o campeão da segunda que vestirá a camisa vermelha e branca", apontou o vidente prevendo um início de competição movimentado. Sem ABC e América na primeira fase da competição, o mais provável é que Corintians de Caicó, equipe com as características descritas pelo místico desponte entre os primeiros. Para a segunda metade da competição, América e Potiguar de Mossoró despontam com candidatos ao título de acordo com as previsões de Radamés. Um dos alvirrubros, contudo, não deverá manter o técnico até o final da competição. "Clube da camisa vermelha, da capital, vai mudar de técnico", comentou. E o final da competição promete ser atribulado segundo o psicoterapeuta espiritual. "Três jogadores de nosso estado vão se projetar para o Sul e para o Centro-Oeste do país. Desses jogadores, um deles vai se

destacar e chegar ao alto escalão do gião e pentacampeã da competição. futebol brasileiro. Ocorrerão duas "O campeão tem uma camisa parepartidas em caráter decisivo que cida com a do Flamengo, de uma ciserão decididos pela Justiça Des- dade muito religiosa. Vejo uma roportiva, um diretor vai se destituído maria em festejo pela vitória, uma da função de diretor do clube que vai caminhada rodeada por um caráter perder na mesa da Justiça", prevê. religioso, não só de brincadeira, mas Antes do início de verdade", afirda temporada 2012, mou. o vidente fez as preAinda sobre o visões sobre a discampeonato regioputa e acertou pranal, ele vê uma "Clube de nossa região, ticamente todas. equipe de camisa da capital, vai se destaEm relação ao Esverde em destaque. car. Infelizmente, faltantadual, previu a disNuma rápida olhaparada do ABC no da entre as 16 equido duas partidas para primeiro turno, mas pes participantes, terminar o campeonato, com o América apenas o singelo ele vai capitular" despontando na seSousa, da Paraíba, gunda etapa do aparece com a cacampeonato e sainracterística apontado do jejum de da pelo vidente. quase uma década Mas assim sem o título de Campeão Estadual. como Estadual, a Copa do Nordeste pode ter uma reta final turbulenNORDESTÃO E SÉRIE B ta, segundo as visões do místico. A A primeira competição do ano, promessa é de que uma das semifino entanto, será a Copa do Nordes- nais seja cercada de confusões e sete. Nela, ABC e América não devem quer chegue ao fim do tempo reguir muito longe, segundo as previ- lamentar. "Uma partida que antecesões de Radamés. Na descrição de de a partida final terá tumulto gransua visão quanto à disputa regional, de em campo. O juiz será obrigado o senhor de traços orientais aponta a encerrar a partida mais cedo por para uma equipe tradicional da re- não haver clima de segurança e es-

Gabriel Negreiros INTERINO - BRUNO ARAÚJO - WESCKLEY@YAHOO.COM.BR VIDA NOVA 2012. Ano de mais um fim do mundo, de conquistas, vitórias, derrotas e aprendizado. Seja no futebol ou na vida, é fundamental parar por um instante que seja para avaliar tudo aquilo que foi construído através de erros e acertos. Olhar para trás é fundamental, mas olhar para frente é o que de fato nos faz caminhar em direção ao futuro. Que no ano que está por vir, sejamos gestores melhores de nossas vidas, dos nossos negócios, amores e famílias. Que as contratações sejam melhor analisadas, assim como as dispensas. Que possamos observar melhor para descobrir talentos, treinar o sorriso, mas lembrar que aquele feito naturalmente, sem o esforço sobre-humano para concretizálo, é que faz a diferença. Sem a fome reconhecidamente destruidora daqueles que exigem o papel de protagonistas em campo, possamos nos tornar o melhor camisa 10 em campo. Dono da dádiva de servir, distribuir, oferecer com açúcar e com afeto, as chances para que não apenas nós, mas todos aqueles

que nos rodeiam possam crescer e soltar o grito de felicidade entalado na garganta. Sem mais gritos de reprovação em campo, que em 2013, seja possível fazer jus à qualidade que mais importa ao futebol, a de torcer: pelos outros, por quem gostamos, por um futuro melhor. Para que assim como nós, seja com a força que vem de dentro, mas especialmente de fora, possamos ter com quem comemorar as conquistas do ano excepcional que será o próximo. Feliz Ano Novo para você! VITÓRIA NA TIMEMANIA Ainda não é oficial, já que em meio ao período de festas, a Caixa Econômica ainda não divulgou o balanço dos 20 melhores apostadores da Timemania, mas as informações que circulam nos bastidores é de que tanto ABC, quanto América, conseguiram ficar no grupo principal da loteria. A comemoração maior fica do lado alvirrubro que conseguiu tirar uma diferença superior a 100 mil apostas para o Avaí-SC para alcançar o objetivo de garantir uma

fonte de renda mais "substancial" para 2013. Parabéns ao presidente Alex Padang e aos demais dirigentes, conselheiros e, especialmente à torcida, pela reação surpreendente. DES-CONTRATA Depois do ala esquerdo João Paulo, que deslocou o ombro durante um treinamento no CT do América, e foi liberado, outro recémchegado ao clube também pode ter o mesmo destino. O volante Gercimar passou por uma cirurgia no púbis, no mês de outubro, e a diretoria rubra ainda estuda e irá utilizar o atleta nas primeiras partidas, fará uma avaliação mais profunda do atleta ou se irá liberá-lo. MALAS PRONTAS Ainda sobre o América, a perda não deverá se restringir apenas aqueles com problemas médicos. O centroavante Isac e o volante Fabinho foram negociados e sequer devem se apresentar no próximo dia 2 de janeiro. A dupla vai se transferir para o jovem Wuhan Zall FC, com apenas três anos de fundação, e que fará

tabilidade emocional para dar sequência", projeta. Em relação a Série B do Campeonato Brasileiro, que será iniciada próximo ao segundo semestre, as notícias prometem agradar a uma torcida local, já que um dos representantes do Rio Grande do Norte na competição nacional promete fazer uma papel de destaque durante quase toda a disputa. Infelizmente para a torcida deste clube, não será possível comemorar o título ou sequer o acesso. "Clube de nossa região, da capital, vai se destacar e disputar bem todos os jogos durante boa parte da competição. Infelizmente, faltando duas partidas para terminar o campeonato, ele vai capitular, não vai conseguir os pontos", afirmou ele, que no caso desta previsão, preferiu fazer uma ressalva. "Podemos ter fé em 70% e outros 30% podem ser falha mental, confusão que afeta a visão espiritual", reforçou. Em relação a Série B, o nível de acerto de Radamés na temporada passada foi surpreendente. Além de prever o bom papel de destaque do América durante parte da competição, ainda vislumbrou a caminhada de um time da camisa amarela e preta que quase foi concluída

MINHOCA Boa ou ruim, a notícia é de que o meiocampista Walter Minhoca está de contrato renovado com o ABC. A diretoria do clube confirmou a renovação de contrato com o meia para a disputa da temporada 2013. O jogador chegou a ter sua saída cogitada do clube, mas os dirigentes alvinegros conseguiram abafar a possibilidade oferecendo uma condição financeira mais interessante ao atleta para que ele permanecesse em Natal. DESPEDIDA Hoje encerro - por hora - minha participação como editor desta coluna e da editoria de Esportes do JORNAL DE HOJE, da qual fui responsável durante todo este mês de dezembro, substituindo o colega Gabriel Negreiros que retorna após férias merecidas, a partir de janeiro, a comandar este espaço. Abraço a todos e obrigado pela leitura diária.

COPA DAS CONFEDERAÇÕES Mas as previsões de Radamés não se restringem a competições locais. O "mago do futebol" também arriscou prever a disputa da Copa das Confederações, eventoteste da FIFA, um ano antes da realização da Copa do Mundo. E se o previsão estiver correta, o Brasil não estará entre aqueles que disputará o título da competição. "Uma seleção de camisa azul e branca, falando língua latina, se destacará. Mas uma seleção da Europa também virá forte. Arrisco a dizer que a Seleção Italiana será a campeã. Vejo a palavra Azurra se formando quando busco chegar a visualizar este ponto no futuro", concluiu.

PisandonaBola AMÂNCIO

a pré-temporada na Turquia. A viagem dos dois atletas está prevista para o próximo dia 4 deste mês

com o título nacional, caso do Criciúma-SC. Os catarinenses lideraram a Segundona em diversas oportunidades, mas acabaram perdendo fôlego para um clube da região Centro-Oeste, que assim como previu, estaria entre os primeiros colocados. O Tigre de Santa Catarina acabou na segunda colocação, enquanto o Goiás, único da região CentroOeste do país na competição, terminou com o título e o acesso a Primeira Divisão do Brasileiro.

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Esporte

Natal, 31 de dezembro de 2012

Segunda-feira

Jair Lourenço é escolhido o melhor treinador de MMA do país ATRAVÉS

DAS MÃOS DE

J AIR ,

O

B RASIL , AO LADO LUTADORES NO U LTIMATE

ESTADO DO

O 1º Prêmio Osvaldo Paquetá - Melhores do MMA Nacional foi um verdadeiro sucesso. Organizado pelos melhores sites especializados em MMA do Brasil, a premiação analisou eventos nacionais de MMA e seus grandes atletas e personalidades do mundo da luta. Entre os premiados, o treinador da Kimura Nova União, o potiguar Jair Lourenço, foi considerado o melhor do país no ano de 2012. Através das mãos de Jair, o Rio Grande do Norte é o segundo estado do Brasil, ao lado do Rio de Janeiro, em número de lutadores no Ultimate Fighting Championship (UFC). São quatro representantes que apontam para a evolução do MMA (Mixed Martial Arts) no estado, casos do atual campeão interino da categoria peso-galo é Renan Barão. Dono de um cartel de 31 lutas, o peso-leve em jiujitsu Gleison Tibau, o lutador Ronny Markes na categoria peso médio, e o quarto e recém-chegado potiguar Jussier Formiga. No Twitter, o perfil de Jair Lourenço (@jairlourenco) foi alvejado por inúmeras mensagens de apoio e congratulações pelo prêmio. Humilde, o treinador se limitou a agradecer e a compartilhar a conquista do título junto a outros lutadores, treinadores e apoiadores de sua carreira no MMA. No total foram 15 categorias em disputa, com cinco opções de voto cada, disponíveis para o publico decidir. Os sites envolvidos no projeto escolheram também três personalidades para receberem uma

RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

R IO G RANDE DO N ORTE É O SEGUNDO DO R IO DE J ANEIRO, EM NÚMERO DE F IGHTING C HAMPIONSHIP (UFC) Fotos: Divulgação

Admiração sádica

Treinador potiguar conquistou título e revelou lutadores potiguares para o Ultimate Fighting Championship (UFC) premiação denominada Troféu Eraldo Paes. Muitas surpresas surgiram da votação. Antes mesmo da conquista do "Oscar do MMA" nacional, Lourenço já havia dito em entrevista ao Portal do Vale Tudo que o ano de 2012 da equipe Kimura/Nova União havia sido brilhante. "Foi um dos melhores anos, tanto no MMA, quanto no Jiu-Jitsu. O pessoal evoluiu bastante e tivemos grandes conquistas. O Renan Barão conseguiu um título inédito para o Rio Grande do Norte, que foi o cinturão interino. E já estamos treinando forte para a disputa do cin-

turão definitivo. Ele está focado neste desafio e está pronto para qualquer situação. Lutar pelo cinturão como se não tivesse nada. Tem que ir com vontade. Não pode se acomodar e achar que já é o campeão por causa do cinturão interino", disse ao site especializado. Ainda ao PVT, ele projetou a revelação de novos talentos para o MMA nacional. O Rio Grande do Norte já revelou grandes lutadores para o mundo, e alguns deles são da Kimura. E se depender de Jair Lourenço, mais está por vir. "Tem uma galera muito boa. Tem um garoto aqui, Ciro Bad Boy,

que tem 23 anos e 10 nocautes na carreira. Ele Passou em todos os quesitos na seletiva do último TUF na categoria até 70 kg, que infelizmente acabou sendo cancelada. Em pé ele é muito experiente. Ele não sabia muito de chão, mas já melhorou bastante, conquistou campeonatos de Jiu-Jitsu no Norte/Nordeste, viaja muito para lutar de quimono e evoluiu muito. Está sendo lapidado. Também tem o Eliélton, que é um lutador muito bom. Também tem o Arinaldo, que vai lutar o Jungle Fight. Tem uma galera boa surgindo", concluiu o treinador.

CONFIRA OS PRINCIPAIS PREMIADOS LUTADOR DO ANO: CASSIANO TYTSCHYO O atleta recebeu um grande número de votos (9.324), que representaram 43,7% do total, contra 30,9% do segundo colocado, Ronnys Torres. REVELAÇÃO DO ANO: RAONI BARCELOS (RUAS VALE TUDO / MANGUINHOS) O atleta recebeu um total de 7.731 votos, que representaram 36,2% do total, contra 29,3% do segundo colocado, Alan "Puro Osso". LUTA DO ANO: JOHN MACAPÁ VS. RAFAEL MARGARIDA (SHOOTO 35) A luta recebeu 6.424 votos, 30,1% do total, contra 28,6% da luta entre Zeilton Nenzão vs Maurício Facção. NOCAUTE DO ANO: PAULÃO FILHO (BOTB) O nocaute recebeu também um grande número de votos (6.569), que representaram 30,8% do total, seguido do nocaute de Ary Santos, que recebeu 27% das escolhas.

FINALIZAÇÃO DO ANO: GOITI YAMAUCHI (SHOOTO 31) A finalização recebeu 7.027 votos, 32,9% do total, seguida da de Gilbert Durinho, que recebeu 29,1% do total. EQUIPE DO ANO: NOVA UNIÃO A equipe venceu com um total de 6.971 votos, representando 32,7% do total. Ela foi seguida da equipe Chute Boxe, que recebeu 28,6% do total. TREINADOR DO ANO: JAIR LOURENÇO O treinador da Kimura/Nova União recebeu 7.259 votos, que representaram 34% do total, seguido de André Pederneiras, da matriz da Nova União, que recebeu 27% do total. RING / CAGE GIRL DO ANO: ARYANE STEINKOPF A Cage Girl recebeu 6.624 votos, que representaram 31% do total, seguida de Cinara Dalva, que recebeu 25,5% do total. --

> CORRIDA DE RUA

Quenianos fazem dobradinha e brasileiro vai ao na São Silvestre Após uma disputa acirrada nos últimos quilômetros, o queniano Edwin Kipsang venceu a Corrida Internacional de São Silvestre. Quarto colocado, Giovani dos Santos garantiu a presença do Brasil no pódio da 88ª edição da tradicional prova, disputada na manhã desta segunda-feira. Com o sucesso de Kipsang, o Quênia contabiliza 13 títulos, dois a mais que o Brasil. O país africano viveu um breve jejum na prova, já que não vencia desde 2009, quando James Kipsang conquistou o bicampeonato - desde então, triunfaram o brasileiro Marílson Gomes dos Santos e o etíope Tariku Bekele. Quarto colocado nesta segundafeira, Giovani dos Santos garantiu a presença do Brasil no pódio, mas não chegou a brigar diretamente pela vitória. Em uma disputa restrita a quenianos, Edwin Kipsang superou os compatriotas Joseph Aperumoi e Mark Korir para cruzar a linha de chegada. A Corrida - Os representantes do continente africano dominaram a prova desde o início. Giomar Pereira da Silva, do Cruzeiro, chegou a acompanhar o grupo até a região do Estádio do Pacaembu, mas deixou o pelotão rapidamente e a briga pela vitória ficou restrita

Passe Livre

quistar a vitória. Aperumoi reagiu nos últimos metros e chegou a ultrapassar Korir. Ainda que tenha demonstrado força na parte final, o representante do Cruzeiro não conseguiu alcançar o compatriota Kipsang. Giovani dos Santos cruzou a linha de chegada em quarto lugar e foi o melhor brasileiro. CONFIRA OS PRIMEIROS COLOCADOS DA SÃO SILVESTRE 2012:

Milhares de pessoas voltaram a se reunir nas ruas de São Paulo para participar da tradicional prova de rua aos estrangeiros. Os quenianos Edwin Kipsang, Mark Korir e Joseph Aperumoi imprimiram um ritmo forte e passaram a disputar a liderança. O último foi contratado para representar o Cruzeiro, que poucos minutos antes contou com a queniana Maurine Kipchumba para vencer. Marcelo Ferrelli/Gazeta Press Após superar dois compatriotas nos últimos quilômetros, o queniano Edwin Kipsang garantiu a vitória na corrida O brasileiro Giovani dos San-

tos, campeão da Volta da Pampulha e principal esperança de vitória do Brasil na São Silvestre, não chegou a participar diretamente da disputa pela liderança, mas se manteve a uma distância razoável do grupo que liderava a prova. Mais inteiros, Edwin Kipsang e Mark Korir aceleraram e passaram a liderar a corrida de forma confortável na altura do nono quilômetro. Na subida da Brigadeiro Luís Antônio, em um ritmo impressionante, o primeiro se desgarrou e partiu para con-

1 - Edwin Kipsang (Quênia): 44min05s 2 - Joseph Kachapin Aperumoi (Quênia): 44min14s 3 - Mark Korir (Quênia): 44min20s 4 - Giovani dos Santos (Brasil): 44min51s 5 - Hafid Chani (Marrocos): 45min56s 6 - Najim El Qady (Marrocos): 46min34s 7 - Alphonce Felix Simbu (Tanzânia): 46min37s 8 - Ubiratan José dos Santos (Brasil): 46min38s 9 - Ahmed Baday (Marrocos): 46min40s 10 - Paulo Roberto de Almeida Paula (Brasil): 46min49s

A Espanha quer um amistoso contra o Brasil. O goleiro Casillas e o meia Xavi, campeões mundiais e bicampeões europeus, acham que seria bacana enfrentar o time de Felipão, Marin, Parreira e Fuleco. A Espanha parece respeitar a tradição do Brasil no futebol e acredita num espetáculo de técnica e muitos gols. A CBF, confraria de samaritanos, prefere os ingleses e os italianos. De tanto vencer jogando bonito, os espanhóis perderam a oportunidade de assistir à nova geração brasileira, representada pelo atacante Neymar que, a cada bimestre, é contratado pelo Barcelona ou pelo Real Madrid sem que Barcelona ou Real Madrid saibam que contrataram Neymar. Casillas, barrado no Real, mas titularíssimo na Fúria, ainda não, mas Xavi já enfrentou Neymar, em dezembro de 2011, num massacre, retifico, numa humilhação, corrijo, numa goleada do Barcelona por 4x0 pela Final do Mundial Interclubes. Xavi, por sinal, foi o cérebro do jogo. Neymar teve o privilégio de assistir ao chocolate de dentro do campo. A bola passou a quilômetros de distância dele. Na história, a Espanha é tinhosa adversária. A seleção venceu quatro, houve dois empates e foi derrotada em duas partidas. Uma(1990) não vale, porque Neto, comentarista da Band, vestia a camisa 10. Se Neto vestiu a 10, eu também merecia ter vestido. Quando formou um timaço com estrangeiros como o húngaro Puskas, a Espanha(sem o argentino Di Stéfano) perdeu de virada para um escrete sem Pelé, mas com Amarildo, o Possesso, autor de dois gols na virada que serviu de arrancada para o bicampeonato mundial de 1962. No tal jogo do 2x1, disputado no Chile, havia um homem de pernas tortas que decidiu a peleja. Garrincha driblou por dentro e por fora os defensores da Fúria e garantiu uma vitória que contou com a contribuição artilheira do árbitro. Sua Senhoria anulou um gol de Puskas, de bicicleta, quando o placar marcava Espanha 1x0 e deixou de marcar um pênalti do gênio Nilton Santos. Nilton deu aquele passinho para frente que ludibriou o bem intencionado árbitro. A Espanha, doze anos antes, havia tomado um senhor vareio no Maracanã. Uma goleada comandada por Zizinho, Jair e Ademir Queixada nas finais da Copa de 1950(6x1), que tornou famosa a marcha do cantor Braguinha cantada por 160 mil pessoas no Maracanã: “Eu fui às touradas de Madri, pararatibum, bum, bum.” Na final, No Uruguai, calou a música de Braguinha. Lembro, com Alzheimer perfeito, de dois jogos entre Brasil e Espanha. O primeiro em 1978, segunda partida do time insosso de Cláudio Coutinho. O atacante Santillana dribla o goleiro Leão e toca para Cardeñosa livre diante da trave imensa e do zagueiro Amaral. Dois chutes seguidos salvos pelas canelas imensas do Negro Amaral. Foi 0x0 e eles mereceram ganhar. >>> Oito anos depois, no México, o Brasil estreou derrotando a Espanha por 1x0, gol de Sócrates, de cabeça, aproveitando um rebote de um chute do centroavante Careca que bateu no travessão. Mas anularam outro gol legítimo da Espanha(Michel). A bola ultrapassou a linha e mais uma vez, um amigável árbitro não viu. O Brasil, nas Copas do Mundo do tempo de Pelé e Garrincha, nunca tremeu diante de ninguém. Enfrentava a Seleção da Fifa e vencia como se estivesse batendo uma pelada no campo do Canto do Rio, um extinto clube carioca que só é lembrado por fanáticos de atestado. A Espanha parecia um Touro Ferdinando, da história de Walt Disney. Começava com vigor e terminava como uma flor, perdendo na hora em que se separa menino de homem. Foi assim em todas as batalhas. Até a Espanha imitar o jeito que o Brasil jogava no tempo de Pelé, Garrincha e Didi. Didi jogava como um Xavi, arquitetando o ataque. Cadenciando o jogo, fazendo do campo uma sanfona de Luiz Gonzaga, o Centenário. Depois de Pelé, o Brasil passou a imitar os europeus e perder tornou-se um hábito convencional como a missa das sete da manhã no domingo para os cidadãos impolutos de paletó lascado atrás. O Brasil virou a Espanha de ontem que é o que já foi o Brasil vitorioso e temido. O goleiro Casillas e o meia Xavi deram entrevista pedindo um amistoso. A minha dúvida é se ambos, bons rapazes, competentes no trabalho e sorridentes fora dele, querem enfrentar o Brasil por admiração ou sadismo. Ou por admiração e sadismo. A Espanha tem uma camisa vermelha parecida com aquela usada pela China, horda de quinta divisão que a FIFA instituiu seleção. O Brasil ganhou pouco tempo atrás, nos pênaltis, do 35o time da Argentina e há muita gente achando que Neymar e Hulk podem receber um codinome, cada um: Pelé e Romário. A proposta de Casillas e Xavi só pode ser levada a sério com uma condição. A Espanha jogaria apenas com sete jogadores. Sem o seu quadrado de meio-campo ofensivo e feiticeiro, com Xabi Alonso, Iniesta, Xavi e Fábregas, e Casillas amarraria uma das mãos à trave. O Brasil entraria com seus 11 e a Espanha com 6 jogadores e meio. A Espanha venceria. Sandro, volante truculento, chutaria forte da entrada da área. Da área brasileira. Atrasando a bola. O goleiro (seja qual for) espalmaria para dentro. Fúria 1x0. Não é humor sem graça. É terror. Depois seriam mais três dos monstros da posse de bola. Eles adoram paella e 4x0.


Cultura

Segunda-feira

Natal, 31 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 17

COMO VOCÊ ANALISA O ANO A R U T L U C A A R A P U O S S QUE PA DE NATAL E DO RN? O JORNAL DE HOJE

OUVIU A OPINIÃO DE IMPORTANTES PERSONALIDADES DO CENÁRIO CULTURAL.

DANIELA PACHECO EDITORA DE CULTURA

2012 chegou ao fim. É hora de deixar de lado as decepções, tristezas e mazelas. Abrir o coração para que a leveza da esperança de um novo ano possa transformar pensamentos e sentimentos. E, quem sabe possa ser um divisor de águas para os gestores públicos para que percebam a necessidade de se trabalhar de forma séria, comprometida e eficiente. O destaque positivo definitivamente vai para a iniciativa de grupos, produtores, artistas e organizações não governamentais que mostraram que competência vai muito além de ter muito dinheiro ou posição ‘pseudo-sociocultural’ ou ser parente e amigo de pessoas influentes. Basta ter um pouco de criatividade, humildade, iniciativa e vontade de trabalhar. O JORNAL DE HOJE ouviu a opinião de algumas personalidades do cenário que opinaram sobre o segmento cultural da capital potiguar e do Rio Grande do Norte, entre eles, Henrique Fontes – ator, dramaturgo, diretor de teatro, Presidente e Diretor Artístico da Casa da Ribeira; Paulo Sarkis - vice-presidente do Sindicato dos Músicos do RN; Josenilton Tavares – consultor do Sebrae e a produtora cultural Yanna Medeiros. “O ano de 2012 para a cultura em Natal e Rio Grande do Norte foi novamente marcado pela iniciativa de grupos, artistas e organizações não governamentais. Por parte dos governos estadual e municipal as ações se restringem a poucos eventos e a uma morosidade em regulamentar o FEC. O lançamento de editais estaduais sem ouvir as reivindicações de quem faz atividades culturais, resultou em desastres como o do edital de ocupação do Teatro Alberto Maranhão. Que oferecia 12 vagas e apenas 6 projetos foram inscritos. Enfim, falta diálogo, falta fomento e falta entendimento”, declarou o Henrique Fontes. Já o vice-presidente do Sindicato dos Músicos do RN, Paulo Sarkis, disse que, “acho que os investimentos do poder público não estão à altura da produção artística do nosso estado. O governo estadual, por exemplo, reduziu o orçamento da pasta em cerca de 10% para 2013. Em

CONFIRA!

Rogério Vital/Divulgação Divulgação

Henrique Fontes 2012, os movimentos artísticos se fortificaram por aqui através de coletivos como o Dosol, o coletivo Recordas, a Compor, o Fórum Potiguar de Música, entre outros. Isso se deu porque estamos com a produção transbordando, muitos artistas solidificando carreira, muita gente nova e boa chegando e um pouco de geração espontânea de espaços e palcos também”. Sarkis lembra ainda que, “com a criação do FEC estamos esperançosos que em pouco tempo esse recurso possa chegar além dos eventos oficiais, como por exemplo o Agosto da Alegria, e que venha coroar os artistas que já demonstram seu valor e serviços prestados à cultura no estado, de maneira desburocratizada preferencialmente. Na música, que é onde atuo, percebo que o Rio Grande do Norte começa a fincar pé no cenário nacional como um celeiro de craques, grandes instrumentistas principalmente, num processo lento e gradual, mas sem volta”. Josenilton Tavares destaca o cenário nacional quando afirma que considera o ano de 2012, “extremamente produtivo quando observamos os avanços conquistados para as políticas culturais. Tivemos a aprovação do SNC, Sistema Nacional de Cultura. O Plano Nacional está em curso e foi dada a largada para a elaboração dos Planos Estaduais de Cultura em todo o Brasil. Aqui, os Grupos de Trabalhos das mesorregiões do Estado, discutem os

Divulgação

Paulo Sarkis

Josenilton Tavares

conteúdos das conferências realizadas, com o objetivo de concluir um piloto do Plano Estadual para consulta pública prevista para os primeiros meses de 2013”. Ele também ressalta que, “continuamos com as políticas de editais públicos e privados, que abriram perspectivas para projetos e socorrem a cadeia produtiva, mesmo com os ajustes necessários no tocante a regulamentação dos fundos e incentivos culturais. Alguns projetos e produtos culturais conquistaram por mérito, o reconhecimento pú-

blico na área da música, do teatro, da dança e de eventos significativos para a cidade”. Mas, o especialista em cultura também mostra o lado negativo, “que ainda está concentrado na falta de qualificação dos gestores públicos, no tocante "a visão" limitada ou arcaica diante das políticas existentes no País. As gestões locais não conseguem ter credibilidade junto à maioria dos artistas, produtores e agentes culturais, gerindo suas pastas a partir de individualismos e corporativismos partidários, onde a socie-

dade civil é excluída do processo das principais decisões”. E, conclui dizendo, “o resto já se sabe: faltam políticas públicas, orçamento, continuidade de programas dos órgãos públicos e se gasta muito em marketing de eventos não convencem quem conhece de fato as incoerências na execução das propostas. Mas, 2012 também foi marcado pela passagem negativa da antiga ministra Ana de Holanda e agora pela bem vinda Marta Suplicy. Sem contar a triste gestão municipal da Capital, assunto que já

esgotou a paciência de todos. Esperamos novos e bons tempos”. A produtora cultural Yanna Medeiros entra no clima de esperança e de acreditar que com o novo ano tudo pode ser diferente e disse: “A cultura é órfã de pai e mãe. Prefeitura e Governo Estadual conseguiram obter resultados tão aproximados das catástrofes vividas pelos países de primeiro mundo, como exemplo, os terremotos e tsunamis noticiados nos principais jornais do mundo. O que se salva é a esperança na nova gestão municipal, aliada a capacidade gerida por agentes, produtores, músicos, cantores, artesãs, artistas plásticos em fomentar sua arte e o desenvolvimento cultural da cidade e do estado, na expectativa de promover, executar e realizar projetos e obras. Afinal, somos sobreviventes dessas desastrosas gestões, porque independente dela, mesmo a passos curtos, muitos fizeram sua história, muitos se mantiveram de pé e muito ainda foi feito pela arte. E a cultura órfã, ainda encontra nos editais e leis de incentivo a ‘’salvação’’ para suas realizações. Uma forma de compensar é virar a pagina”.

Cultura HOJE DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com EM COTOVELO O Reveillon Barramares contará com os shows das bandas Grafith, Forró Pegado e Luizinho Nobre e Valber Fernandes.

com Dani Pacheco

CONFIRMADO Entre idas e vindas... vai ter as tradicionais queimas de fogos na Ponte Newton Navarro na Praia do Meio e na beira mar de Ponta Negra. E, POR FALAR... As bandas Uskaravelho, Deixe de Brincadeira e Forró dos Balas serão as atrações da virada na Praia do Meio. EM CANDELÁRIA A tradicional festa de Reveillon da Vogue terá como atrações a banda pernambucana Beleza Pura, Forró Seguraê, o DJ paulista Feeling, DJs França e Raffa Dub e o pernambucano Debx. A Vogue fica na rua José Aguinaldo de Barros, 400 A, Candelária. Informações: 3207 4745. EM PONTA NEGRA A Orquestra Super Oara comanda a festa da virada no Rifóles Praia Hotel & Resort (Rua Coronel Inácio Vale, 8847, Praia de Ponta Negra), a partir das 22h.

EM GALINHOS A banda potiguar DuSouto anima o réveillon na praia de Galinhos (litoral norte). Informações: 3206 8840 / 8841.

EM PIRANGI Dorgival Dantas, banda Mesa Doze, Tiago e Santa Fé e o projeto Sax in the House vão dar o tom da festa White4friends no Espaço Ecomax, em Pirangi, a partir das 21h.

EM SÃO MIGUEL DO GOSTOSO O reggae da banda Rastafeeling vai dar o tom da festa no Réveillon do Spaço Mix, a partir da 0h30. Informações: 3263 4250 / 9156 1030.


18 O Jornal de HOJE

Cultura

Natal, 31 de dezembro de 2012

Canal 1

BATE-REBATE w Durante a exibição de “Cheias de Charme”, Roberto Carlos sempre esteve nos planos para uma participação especial na novela. w Que acabou não acontecendo, frustrando o desejo do seu pessoal. w Mas, como dizem, se Maomé não vai à montanha... w Fato é que as “Empreguetes” e também Cláudia Abreu tiveram um espaço especial no programa do rei, exibido no dia 25. w A mudança na teledramaturgia da Record, hoje comandada por Marcelo Silva, levou muita gente a rever posições.

POR FLÁVIO RICCO - Colaboração: José Carlos Nery

Copiando o modelo de fora, a grande maioria das emissoras daqui resolveu colocar os seus telejornais na redação. Até aí, nada contra. Tem o lado interessante. Só que é necessário tomar certos cuidados e ficar atento à galera que está por trás. Na verdade, são três as categorias. Primeiro aqueles que realmente estão trabalhando e aparecem naturalmente, sem forçar. Tem também, na maioria dos casos, uma necessária figuração para não deixar a redação vazia – como, aliás, muitas vezes acontece na Rede TV!. E, por último, os bozolinos, os que fazem qualquer coisa para aparecer. Mas por que isto agora? Dia desses, no “Jornal da Band”, atrás dos apresentadores um desses insistia em ficar em quadro. Ia bloco, vinha bloco e o cara lá conversando com outro. Incomodava. Mas o pior ainda estava para acontecer. De repente um deles esticou os dois braços e deu a mais violenta "espreguiçada" que a televisão já registrou. Assim, na maior, os dois braços esticados e um bocejo que o pessoal de casa certamente imaginou. Até final do jornal, o outro, aquele que conversava, continuou conversando. E nem segundo plano era de tão perto... Será que não havia ninguém dirigindo o jornal?

>> TV - TUDO w COISA DO LINHARES Fernanda Montenegro está confirmada em “Saramandaia”, próxima novela da Globo, faixa das 11 da noite. A personagem não existia quando a novela foi produzida pela primeira vez. É coisa da cabeça do Ricardo Linhares. w PÉ NA TÁBUA Incentivada pelos resultados registrados no ano que passou, a direção do Bem Simples, canal da Fox, decidiu que o ritmo de produção em 2013 será ainda maior que o deste ano. Paulo Franco, inclusive, trabalha forte em cima de novos formatos. w ORDEM DO DONO No meio do programa Silvio Santos, desde o final do ano passado, está entrando um comercial de quase um minuto mostrando as novas instalações do Jassa Cabeleireiro. Certeza que ele não paga nada por isso. Está no ar pela amizade dos dois de mais de 40 anos.

w PASSAR A LIMPO A Record deu férias ao “Programa da Tarde”. Um recesso necessário, até para o ajuste de certas coisas. Alguns quadros serão mantidos, mas outros, que não deram certo, devem simplesmente desaparecer. Este trabalho de avaliação o diretor Vildomar Batista pretende conduzir pessoalmente nas próximas duas semanas. w |TELA GRANDE Após a jornada em “Salve Jorge”, Rodrigo Lombardi vai curtir merecidas férias, claro, e na sequência avaliar convites para cinema e teatro. Em se tratando de filmes principalmente, ele ainda tem poucas experiências nessa área. w NO RITMO O “Esporte Espetacular”, da Globo, nas manhãs de domingo, está sempre bem representado na sua apresentação. E isso tanto com a titular Glenda Kozlowski quanto com a sua substituta Cristiane Dias. As duas sempre mantém o programa num ritmo bem interessante.

TV Globo / Bob Paulino

flavioricco@gmail.com.br

É preciso tomar cuidado com os papagaios de pirata das redações

O diretor Alexandre Avancini e o autor Carlos Lombardi planejam fazer ao menos quatro lançamentos de atores na substituta de “Balacobaco”, na Record, ainda sem data de estreia. Desses escolhidos, dois terão papéis importantes na história. Última do ano. Esta coluna não poderia terminar sem desejar um 2013 muito feliz a todos que nos prestigiaram ao longo deste ano. Obrigado mesmo. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

QUEBRADEIRA Bárbara Paz e Mateus Solano começam a nova novela do Walcyr Carrasco casados. Como ele tem um namorado fora e quase nenhum apetite em casa, os dois irão se estranhar em várias oportunidades. Falam, no entanto, que as surpresas reservadas ao casal serão muitas ao longo da história.

w MISSÃO CUMPRIDA Duca Rachid e Thelma Guedes, autoras de “O Pequeno Buda”, desembarcaram em São Paulo, após algumas semanas no Nepal e no Butão realizando trabalho de pesquisa. “Estamos encantadas, sobretudo com a experiência cultural e espiritual”, contou Thelma. Elas visitaram monastérios e tiveram contato com monges. Agora, a ordem é acelerar os capítulos. w É O CARA São perfeitamente aceitáveis e compreensíveis as restrições de um ou de outro a novela “Guerra dos Sexos”. Nada ou ninguém consegue agradar a todos. Mas é quase unânime o reconhecimento a mais este grande trabalho do Tony Ramos. É o craque de sempre, fazendo um papel que foi do Paulo Autran. Ninguém menos que o Paulo Autran. w FORA DO AR De férias na Record, Maurício Torres só voltará ao programa “Esporte Fantástico”, exibido nas manhãs de sábado, dia 5 de janeiro. Após o retorno do Maurício, será a vez de Mylena Ciribelli cumprir período de descanso.

Áries 21/03 a 20/04 Não é que mais um ano está terminando? E tudo correu demais em 2012! E você tem um dia de rituais bacanas pra fazer! Entre estes, o de se despedir do que não vingou. Olhe para o futuro, Júpiter abrirá seus caminhos em 2013!

Leão 22/07 a 22/08 Nesta passagem de ano, a Lua vibra em seu signo. Sinal de que você precisa tirar um tempinho pra si mesmo. Cuidados com o corpo, a alma e o visual são super indicados! Vibrações quentes do amarelo, laranja e dourado ajudam!

Sagitário 21/11 a 21/12 Os dias quentes do verão brasileiro expandem sua alma e o otimismo é quase uma certeza. Inspiração poderosa neste fim de ano; mire o futuro e você verá algo sobre o que vai ocorrer. Ouro e verde pra contrabalançar !

Touro 21/04 a 20/05 Foi um ano em que amizades e relações foram chacoalhadas. A busca de liberdade foi intensa. Agora, você pode tomar seu banho de ervas e vestir-se de ouro e azul pra esperar um ano de muitas graças e belezas. Inspiração a mais hoje.

Virgem 23/08 a 22/09 Um pequeno ritual de meditação, ou retiro voluntario, farão um bem enorme a você antes da hora de brindar a passagem! Portanto, prepare sua agenda e garanta um tempo pra si. Vibre nas cores do céu e do mar para atrair a sorte.

Capricórnio 22/12 a 21/01 Cena astral mostra você um tanto atarantado com mil coisinhas que podem não sair do jeito que esperava. Importantíssimo cultivar o chamado espírito esportivo hoje. Relaxe. Medite um pouco. Cachoeira ou mar são essenciais.

Gêmeos 21/05 a 20/06 As cores emitem vibrações - assim acreditavam os antigos magos e astrólogos. Por isto, ainda hoje, nos rituais de passagem, costuma-se brindar o novo com cores positivas. A sua é azul e verde claros. Boa comunicação também!

Libra 23/09 a 22/10 Clima quente pra você cur tir momentos especiais com amigos, quem sabe viajando ou conhecendo pessoas e lugares bem diferentes! Faça uma pausa, recarregue as baterias, pois a noite promete! Ouro e azul: pra você usar.

Aquário 21/01 a 19/02 Hoje você vai passar o ano ligado no que as pessoas ao seu lado estão precisando ou querendo. Sua necessidade de ser querido e aceito está enorme! Sorria mais. Cores claras e quentes chamam bons sentimentos.

Câncer 21/06 a 21/07 O fim de ano encontra você muito mais seguro do que no começo de 2012! Sua autoconfiança se fortaleceu com tantas provas de capacidade reconhecidas por muitos. Hoje é para brindar este amadurecimento com alegria!

Escorpião 23/10 a 21/11 Tem gente que está de olho no que você vai falar, fazer e expor de si mesmo. Com a cabeça ligada na família, precisa respirar fundo e confiar no que plantou! Rituais de limpeza são benvindos. Branco e ouro pra levantar a alma.

Peixes 20/02 a 20/03 Vai terminando 2012 em ritmo de demandas e expectativas. Aquilo que você pensava ser de um jeito se mostrou de outro em assuntos financeiros e amorosos. Mas 2013 promete ser melhor nestas áreas! Use muito azul hoje.

INESPERADA - (12 Anos) MOVIECOM 2 - Hora:16:40 / 20:00; Hora: 16:40 (Seg); Hora: 16:40 / 20:00) MOVIECOM 6 - Hora:17:40 / 21:00

O IMPOSSÍVEL - (12 Anos) MOVIECOM 5 - Hora:14:30 / 16:50 / 19:15 / 21:35; Hora: 14:30 / 16:50 (Seg); Hora: 16:50 / 19:15 / 21:35 (Ter)

CINEMA AMANHECER - PARTE II - (12 Anos) MOVIECOM 1 – Hora:21:20 OS PENETRAS - (14 Anos) MOVIECOM 1 - Hora:14:50 / 19:15; Hora:14:50 (Seg); Hora:19:15 (Ter) A ORIGEM DOS GUARDIÕES (Livre) MOVIECOM 2 - Hora:14:25 O HOBBIT - UMA JORNADA

DE PERNAS PRO AR 2 - (12 Anos) MOVIECOM 3 - Hora:14:15 / 16:25 / 18:35 / 20:45; Hora: 14:15 / 16:25; Hora: 16:25 / 18:35 / 20:45 MOVIECOM 4 - Hora:15:15 / 17:25 / 19:35 / 21:45; Hora: 15:15 (Seg); Hora:17:25 / 19:35 / 21:45 (Ter)

w Autores que antes falavam em sair, simplesmente mudaram de ideia. w Sem contar que o formato de novelas curtas também animou os profissionais. w Histórias com até 240 capítulos, de acordo com a nova direção, agora é coisa do passado. w Mouhamed Harfouch atendeu chamado do Walcyr Carrasco e tem presença confirmada na substituta de “Salve Jorge”. w Vera Zimmermann, depois de “Gabriela”, também irá integrar o elenco da nova novela do Walcyr Carrasco.

C´EST FINI

HORÓSCOPO

DETONA RALPH - (Livre) MOVIECOM 1 – Hora:17:00 MOVIECOM 6 – Hora:15:20

Segunda-feira

AS AVENTURAS DE PI - (10 Anos) MOVIECOM 7 – Hora: 13:45 / 16:20 / 19:00 / 21:40; Hora: 13:45 / 16:20 (Seg); Hora: 16:20 / 19:00 / 21:40 (Ter) OBS: A aprogramação pode ser alterada sem prévio aviso. Favor consultar o cinema para confirmar o filme do dia.


Cidade

Segunda-feira

Natal, 31 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 19

Divulgação

Sem a efetiva atuação do Estado, a área de Segurança Pública, nos últimos anos, houve uma transferência para a sociedade do ônus de bloquear a ação de bandidos

Especialista explica como proteger o imóvel durante durante as férias COM

A CHEGADA DO VERÃO, MORADIAS FECHADAS DESPERTAM BANDIDOS

A família, que pediu para ser omitida na matéria, mora na rua Dr. Paulo Pinto de Abreu, em Lagoa Nova, em frente ao Kartódromo, centro nervoso do Carnatal. Revoltados com o barulho e fedentina da festa baiana em solo potiguar, optaram por viajar até sua terra natal, Caicó, onde se estabeleceram durante quatro dias. Cerca elétrica acionada, esqueceram de trancar o portão da garagem. Resultado: dois marginais invadiram a residência, trocaram tiros com a polícia, acionada por uma vizinha curiosa, e deram prejuízos que ultrapassaram R$5mil. "As pessoas têm o hábito de deixar a luz acesa ou um som ligado para intimidar os ladrões. Isso não é interessante, pois, pelo contrário, desperta a atenção de quem está de olho no local", alerta Ricardo Roland, ex-fuzileiro naval, proprietário da Roland Vigilância, em-

presa que completará 20 anos no mercado natalense em maio próximo. Foi esse o procedimento dos invasores da casa dos caicoenses. Segundo vizinhos, eles cheiravam cola desde cedo e passavam em frente ao portão que sugeria estar apenas encostado. Foram descobertos por acaso. Com a chegada do verão, a situação de ter moradias fechadas por semanas é propícia para o aumento da criminalidade. Para Ricardo, algumas medidas podem amenizar a vulnerabilidade. "Uma das principais seria avisar aos vizinhos sobre o período que passará fora, que dia e hora estará de volta, deixar um telefone de um parente ou amigo como contato, pois muitas vezes o celular não pega na praia". Mesmo com sistemas de segurança, são cuidados básicos para evitar surpresas desagradáveis no retorno do veraneio. Natal tem 25 empresas de se-

gurança privada autorizadas pelo Ministério da Justiça e disciplinadas e fiscalizadas pela Polícia Federal. Com mensalidades entre R$150 e R$3 mil, que determinam o nível de aparato tecnológico ofertado, elas cresceram no vácuo deixado pelo poder estatal. "Sem essa autorização, tem mais de 400 empresas clandestinas, segundo o último levantamento que fizemos. É uma concorrência desleal, que deixa o cliente com o risco de não ter a proteção que precisa. Isso também deve ser observado na hora de contratar a segurança privada", diz Ricardo. Ao chegar à praia, novos perigos. Em meio ao sol, cerveja e animação, veranistas esquecem procedimentos simples, geralmente as principais brechas encontradas por marginais. "Não pode relaxar. Todos os veículos devem dormir na garagem. Portas e janelas, fechadas. Evitar dormir nas varandas. E estar

atento com vizinhos novos, que nunca apareceram na área, e conversar com os mais antigos". Casos de arrastões, estupros coletivos e assassinatos são divulgados na imprensa com freqüência. Sem a efetiva atuação do Estado, nos últimos anos, houve uma transferência para a sociedade do ônus de bloquear a ação de bandidos. "Insegurança pública é um problema de saúde. O crescimento da criminalidade, principalmente no Nordeste, chega, em alguns Estados, a mais de 200%. E como o Estado é uma máquina muito pesada, o problema sobra para o cidadão" - no Rio Grande do Norte, homicídios cresceram 189% de 2002 para cá. "Ninguém pode garantir 100% de segurança. Mesmo com cercas, alarmes, sistema de câmeras. Mas as pessoas devem prestar mais atenção em coisas aparentemente bobas e sempre, sempre conversar com vizinhos".

> HAJA CALOR!

Nutricionista alerta para a importância de manter-se hidratado neste veraneio O verão começou e este ano promete muito sol e um calor intenso, com altas temperaturas, ótimo para quem quer aproveitar as férias e se refrescar à beira mar, nas belíssimas praias que temos por aqui. O calorão que os natalenses estão enfrentando nos últimos dias é só o começo do que vem por aí, até o início da próxima estação, mas, em meio à curtição, os veranistas não devem esquecer os cuidados básicos com a saúde, que durante esse período, fica bastante vulnerável. De acordo com a nutricionista Brenda Sá, pequenos detalhes são muito importantes para manter-se saudável durante o verão. "Alguns hábitos simples, que fazem parte do dia a dia devem ser intensificados nesse período, como por exemplo, a ingestão de água, que é muito importante para manter o corpo hidratado. Os sucos naturais também são muito importantes, pois contém sais minerais e vitaminas, mas jamais devem substituir a água, pois ela é a principal fonte de hidratação", disse a nutricionista. Apesar da ingestão de líquidos ser indispensável durante o verão, refrigerantes, bebidas alcoólicas e sucos artificiais devem ser evitados, pois não contém nutrientes necessários à saúde, e de acordo com a nutricionista Brenda Sá, os sucos de soja também não são uma boa opção. "Muita gente pensa que os sucos derivados da soja são ricos em nutrientes e completamente saudáveis, no entanto, é preciso ter cuidado com eles, pois alimentos feitos com soja não fermentada, com os sucos, leites e a carne de soja, podem fazer mal à saúde,

Divulgação

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

apronianocfs@hotmail.com

FELIZ ANO NOVO PRA TODOS! NATAL Navio Lagoa Carioca Lagoa Paranaense Gemini CMA-CGM Aristote Ocean Stalwart Marfret Marajó CMA-CGM Herodote CMA-CGM Platon Marfret Guyane CMA-CGM Aristote

Bandeira Brasil Brasil Brasil U. Kingdom Vanuato França United King United King França U. Kingdom

Almi Star

Libéria

Agência W. Sons W. Sons W. Sons CMA-CGM Seamaster W. Sons CMA-CGM CMA-CGM W. Sons CMA-CGM

Chegada No Porto No Porto No Porto No Porto Ao Largo 05/01 12/01 19/01 26/01 02/01

Destino ---Algeciras/ESP Guamaré(RN) Algecira/ESP Algeciras/ESP Algeciras/ESP Algeciras/ESP Algeciras/ESP

Carga Em Operação Em Operação Em operação Contêineres Pesquisa Contêineres Contêineres Contêineres Contêineres Contêineres

Descarga -----------

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN Petrobras

No Porto

Salvador (BA)

Óleo Cru

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN Sider Joy Sir Halter

A água é o único líquido que hidrata o organismo, limpa e não possui caloria pois contém substâncias anti-nutrientes que podem provocar diversos problemas como disfunção o sistema endócrino. É preciso atentar para esse detalhe, pois nem tudo o que parece ser saudável, é de fato", afirmou a médica. Além da atenção que as pessoas devem dar ao organismo durante o verão, deixando-o hidratado com bastante ingestão de líquidos, os cuidados com a alimentação também são indispensáveis para evitar que doenças possam atrapalhar a diversão da estação. Segundo a nutricionista Brenda Sá, as pessoas não podem esquecer de escolher bem o que estão

comendo em seus momentos de descontração à beira-mar. "Quando estão na praia, algumas pessoas comem qualquer tipo de alimento, sem saber a procedência, e com isso podem ser acometidas por alguma patologia. É importante que nesse ambiente elas optem por frutas, e se possível, levem de casa os alimentos que desejarem, para evitar comer algo que, devido ao calor, possam estar estragados. Uma alimentação saudável, e a hidratação obtida através da ingestão de água ou sucos naturais, ajudam a população a manter-se saudável durante todo o verão", disse a nutricionista Brenda Sá.

Dia 31 01

Itália Panamá

Arrow A.Marítima

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 11:51 0.4 18:17 2.2 00:19 0.4 06:45 2.1

No Porto 05/01

Vitória(ES) Exportação

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Sal Sal

---

FASES DA LUA Minguante (05/01 - 00:58h) Nova

(11/01 - 16:44h)

Crescente

(18/01 - 20:45h)

Cheia

(27/01 - 01:38h)


20 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 31 de dezembro de 2012

Segunda-feira

Érika Nesi Moda & Atitude erikamnesi@hotmail.com

Ah, quer saber...

Os maquiadores famosos vieram até Natal Vários maquiadores famosos também estiveram por aqui lançando suas linhas. Foi o caso de Fernando Torquato para O Boticário, e as internacionais, YSL, Givenchy, através da Parfumerie e o caicoense Rosman Braz, que faz sucesso em São Paulo, além de Denis Proença, trazido pela Dermage.

Retrospectiva O ano de 2012 foi muito importante em vários sentidos, principalmente para a moda brasileira que cresceu, se tornou mais respeitada e participou, através dos nossos estilistas, dos principais eventos de moda do mundo.

Liti Sena, Victor Zerbinato e Yonne Álvares

Natal conheceu também além do trabalho, alguns dos seus mentores de perto, como foi o caso de Victor Dzenk, que lançou sua coleção para Yolla, e Victor Zerbinato, que veio no Espaço Tereza Tinôco mostrar suas peças.

t t t

Pesar Mas tivemos um começo de ano bem difícil, com a perda de Eliana Tranquese, dona do império chamado Daslu. Acometida por um câncer, a empresária faleceu em meio à folia do momo.

t t t

A American Girl vira febre entre as meninas

t t t

Abertura do mercado internacional Foi também no início do ano que o mercado internacional, começou a olhar com bastante atenção ao Brasil, e aos poucos começou a aportar com várias marcas. E as mais importantes hoje já têm filial aqui. Muitas delas no novo shopping JK.

Wagner Kallieno, Lalá Noleto e Thaysa Flor

Esta colunista com Denis Proença e Fátima Jales

O que fazer na virada... Para 2013, teremos a regência astrológica de "Saturno". O planeta que mostra a realidade da vida para encontramos força e descobrir as nossas limitações. Segundo a tradição chinesa, o ano de 2013 será o ano da "Serpente", que simboliza sabedoria, saúde e fertilidade... já para as tradições afro-brasileiras, "Obaluâe" será o orixá do ano.

Fast Fashion Fomos contaminados pela febre "fastfashion", que trocando em miúdos, significa o famoso BBB: Bom, Bonito e Barato. Muitas lojas abriram vendendo uma moda que estava acontecendo naquela hora, com preços baixíssimos e isso fez com que várias outras não suportassem, e fechassem as portas.

t t t

A Florbella vira loja

t t t

A informação rápida, também foi outra característica de 2012, quando os blogs de moda pipocaram, tendo um desdobramento local. Várias fashionistas potiguares apostaram como mais uma ferramenta para divulgar a moda.

Kelly Fonseca, Victor Zerbinato, Tereza Tinoco e Bebel Tinoco

A Florbella de Ana Cláudia Couto, vira marca e ganha loja, linda e superestilosa. Apostando também no fastfashion está fazendo o maior sucesso entre as fashionistas de todas as idades.

Helô Rocha

t t t

O Moda & Atitude se torna referência

t t t

A explosão de Wagner Kallieno O estilista que começou devagarzinho, porém focado no corpo da mulher brasileira, fez sucesso. É tanto que ele hoje é conhecido em todo o Brasil, com vários pontos vendendo a sua marca. Os seus modelos levam a sua cara e personalidade.

Lançamento do inverno na Donna Donna com as clientes desfilando

André de Paula e Santiago Jr

A coluna e o programa Moda & Atitude se tornam referência, divulgando de uma forma fácil e linguagem acessível, todas as tendências de moda, assim como entrevistando personalidades. E ainda diversifica fazendo matérias ligadas à vinhos, carros, gastronomia, bem estar... t t t

A valorização do cliente A Donna Donna fez evento pra lançamento de coleção colocando na passarela clientes para desfilar os modelitos, que fizeram bonito e arrancaram suspiros...

t t t

A S.Design vira paixão nacional As queridas Ana Lígia Pelocha e Sheilinha Moraes estão felizes da vida. Esse ano foi determinante para a grife de acessórios SD que também conquistou seu espaço em muitas cidades do Brasil. Uma das suas clientes famosas é Claudinha Leite, que usou várias das suas peças nas suas apresentações, inclusive no "The Voice Brasil".

O mundo da boneca American Girl toma conta das meninas antenadas da terrinha e Vanessa Dantas aposta nesse mercado e começou a vender na sua loja Fulana também roupa para a boneca. As peças não duram mais que uma hora quando chega nas araras. t t t

t t t

2012 também foi o ano dos blogs

Estilistas...

t t t

Até 2013 Mais um ano juntinhos. Esta coluna deseja a você leitor atento, um ano cheio de alegrias, boas notícias, muita saúde, paz e muita moda. Gabrielle Cahu na inauguração do primeiro Nail Bar no Bem Você - CCAB - Petrópolis

O casamento emocionante de Bruno e Katharina Fernandes

Feliz 2013!

FLIP 31/12/2012  

Cidade, economia, politica e cultura