Page 1

Ano XV w NATAL-RN,

Sábado e Domingo

29 E 30 DE SETEMBRO DE 2012 w Nº 4.455

R$1,00

> ELEIÇÃO NO INTERIOR DO RN

Robinson denuncia que Rosalba está usando a Polícia para perseguir e amedrontar adversários DURANTE COMÍCIO EM MONTE ALEGRE, VICE-GOVERNADOR ACUSOU O USO DA MÁQUINA PÚBLICA NA CAMPANHA ELEITORAL PARA BENEFICIAR OS ALIADOS DO DEM E CAUSAR TERROR NOS POLÍTICOS QUE NÃO ESTÃO NO PALANQUE DA GOVERNADORA POLÍTICA 3

> QUASE 90 DIAS DE CALAMIDADE...

Prefeitura corre risco de perder verba para a obra do calçadão

> HOMENAGEM Maurício Cuca

José Aldenir

Francineide Miranda, jornaleira há 20 anos, conta que começou ajudando e se apaixonou

Jornaleiros relatam os prazeres e desafios do dia-a-dia nas bancas CIDADE 9 Impedida de iniciar a recuperação do calçadão de Ponta Negra pela Justiça, secretária de Obras Públicas lamenta "situação de inércia" CIDADE 6 Wellington Rocha

> PESQUISA START

Gilson Moura cresce e eleição está empatada em Parnamirim POLÍTICA 5

> SISTEMA CARCERÁRIO DO RN

Secretário de Justiça promete 560 vagas para o próximo mês CIDADE 10

> NO DIA MUNDIAL DO CORAÇÃO

Ação incentiva prevenção aos problemas cardíacos CIDADE 8

Com o tema “Um mundo, uma casa, um coração”, profissionais da saúde atendem gratuitamente, neste sábado, os natalenses

Daniela Freire

Vicente Serejo

Rubens Lemos F.

Hemetério Gurgel

Página 12

Página 13

Página 16

Página 20

w Carlos Eduardo tem sido requisitado por candidatos a prefeito pelo interior do RN.

w Golbery, a poesia de Gilberto e a Bahia de todos os santos e quase todos os pecados.

w É ótima uma confusão em parada de ônibus, principalmente quando passa do meio-dia.

w Outra pesquisa em Parnamirim. w Bacardi - 150 anos. w Bombocado alta pâtisserie.

ESCREVEM ARTIGOS DA EDIÇÃO DE HOJE Públio José Ricardo Sobral Jurandyr Navarro Dalton Melo de Andrade Marco Almeida Emerenciano Luciana F. de Medeiros A. OPINIÃO - Página 2

INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,02 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,13 R$ 2,02

Euro x real Poupança Taxa Selic

R$ 2,60 0,5% 0,45% 7,5%

EMAIL REDAÇÃO:

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

DALTON MELO DE ANDRADE, professor universitário aposentado (dandrade@supercabo.com.br)

Amancio

Sábado e Domingo

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

Sim e Não Cidade turística. Agradável, limpa, povo educado, trânsito organizado, preços razoáveis, hotéis confortáveis, pessoal atencioso e serviços bons, restaurantes variados e serviços também bons, com preços adequados. Boas lojas, com bom atendimento, preços competitivos. Jardins abundantes, bem cuidados, todas as ruas asfaltadas, sem buracos e sem lixo. Segurança evidente. Uma real cidade turística? Sim. Qual é essa cidade? Gramado, no Rio Grande do Sul. Cidade suja. Trânsito caótico. Alguns bons restaurantes, mas com serviços deixando a desejar e preços caros, com algumas exceções. Hotéis razoáveis, mas caros e serviços deficientes, também com exceções. Lixo por todos os lados. Ruas sujas e esburacadas. Povo sofrido, amargurado, retratando as mazelas da cidade. Já foi uma cidade atrativa, com turismo crescente, agora em decadência evidente. Cidade turística? Não. Que cidade é essa? Natal, a nossa cidade, que já não pode ser chamada de cidade turística. Já fui à Gramado diversas vezes. Cada vez, a encontro melhor. Sempre bem cuidada, agradável, tranqüila, sensação de ser bem recebido e de segurança. Em Natal, que vem perdendo sua simpatia, o oposto vem ocorrendo. Talvez, daí, essa diminuição do número dos que nos visitam. Pelo que se lê nos jornais, o movimento turístico na nossa cidade vem caindo paulatinamente. As notícias são de crescente diminuição da ocupação nos hotéis, diminuição de vôos charter,

Artigo

desinteresse pela cidade. Enquanto isso, nossos vizinhos, João Pessoa, Fortaleza e Recife, em ascensão constante. O turismo em Natal já foi uma grande indústria. Devemos tentar reaver nossa posição de pólo turístico no Nordeste. Mas temos que trabalhar muito. A impressão, para quem não é do ramo, como eu, mas que se sentia feliz em ver nosso progresso nessa área, é do descaso generalizado, dos governos, e também dos empresários. Parece que, na intenção de usufruir lucros imediatos, esqueceram que há uma concorrência ativa em outras partes e que o turista tem opções de escolha. Preços altos, atendimento deficiente, espantam os possíveis clientes. Quem não se sente bem, busca outras plagas. Parece que é o que está acontecendo. Penso comigo mesmo. Morasse eu em outro lugar, viria passar minhas férias em Natal, ao comparar com outros locais, até mesmo do exterior? Uma análise de custo/benefício me faria pensar duas vezes E, com certeza, pelo menos atualmente, as outras opções são mais atraentes. Buenos Aires está relativamente mais barata do que Natal. Dependesse de minha vontade, a cidade estaria cheia de turistas. Não é o que ocorre. Mas, pela recepção que tem o nome de Natal por onde andamos, as possibilidades de recuperação do mercado são enormes. Depende dos operadores da área e do apoio que conseguirem dos governos, de quem, na realidade, não podem muito esperar.

JURANDYR NAVARRO, procurador do Estado, aposentado, e presidente do Instituto Histórico e Geográfico do RN

Celestino Pimentel Relembro o Atheneu Norte Riograndense dos anos 40, no seu antigo prédio da avenida Junqueira Aires, da subida da Ribeira. Evoco emocionado esse tempo da minha mocidade. Educandário criado em 1834, o primeiro ou segundo do Brasil, por lá passou uma sucessão de gerações. Mestresescolas, docentes outros, funcionários e estudantes deram vida àquela escola de humanidades. De época em época, pontificavam em suas salas de aulas artífices da sabedoria magisterial, dentre esse corpo docente houve, também, nomes que se destacaram na direção do seu destino. Um deles foi Celestino Pimentel, professor dos mais ilustres e ilustrados. Autores aludem que os primórdios da escola pública são consignados desde a batalha de Maratona, Grécia, quando a cidade de Trezena hospedou velhos e crianças, sob a ameaça dos persas, ocasião em que os trezenenses alimentaram e pagaram os salários dos mestres educadores, fato narrado por Plutarco, no livro "Vida de Temístocles". Séculos depois, Políbio, historiador, censura Roma por ainda negar a instrução às crianças, uma medida já antiga utilizada pelos gregos. Tal iniciativa helena é gravada em inscrições referentes à estatização da escola. Havia legislação atinente à educação das crianças, por parte do poder público. Em Roma o educador inicial era o chamado pater familae. Relatos históricos da época assinalam ter sido Espúrio Carvílio o pioneiro em abrir uma escola em Roma. Dessas raízes, alteou-se a frondosa árvore da escola pública até os nossos dias. O Atheneu, no Rio Grande do Norte, do Brasil, recebeu essa herança bendita, abençoada através dos séculos, em abnegação e trabalho. O velho educandário hospedou durante anos um verdadeiro símbolo principalmente nos anos 30/40 que se chamou Celestino Pimentel, cujo nome incorporou-se à sua existência. Vocacionado para a instrução pública, o conhecido educador lecionava o idioma inglês. Na sala de aula pontificada a sua pedagogia conservadora, tipo lorde britânico, ensinando uma língua enviesada para a época, suscitando a curiosidade geral dos alunos. Nesse tempo, um dos nossos colegas, chegando em casa foi indagado pelo pai, se o inglês era difícil, respondeu: "muito difícil, papai. Basta dizer ao senhor que as palavras dessa língua tem três significados. Por exemplo: o professor disse uma palavra que se escreve five, pronuncia-se faive e quer dizer cinco!" Todavia, tais dificuldades de começo eram resolvidas pela didática compreensiva do mestre experimentado neste mister. Celestino Pimentel, pela sua capacidade, credenciou-se a ocupar um cargo importante, conferido pelo poder público: - o de tradutor oficial da língua inglesa do Estado. E nessa investidura, de grave responsabilidade, permaneceu por longos anos. Era ele conceituado docente, porém, denotava um perfil bem característico diverso do usual da sala de aula. Vocacionado se apresentava mais para dirigir do que para lecionar, embora se apresentasse um professor dos melhores. O lugar de diretor de estabelecimento escolar preenchia os requisitos

de sua personalidade, cuja empatia era portadora de liderança. Tinha ele mais qualidades para o pragmatismo das ações. O desempenho irrepreensível no posto de comando, a política educativa junto ao alunado e a sintonia bem correspondida ao lado dos colegas professores, constituía-se no trinômio plausível a uma salutar administração. Reunindo esses requisitos positivos, o seu nome foi, progressivamente, aclamado, durante anos, para a direção do velho Atheneu. E sob o seu criterioso comando o vetusto educandário, famoso se tornou na historia da instrução pública do Rio Grande do Norte. Lembro-me de alguns componentes da sua diretoria, os executores dos chamados serviços burocráticos, que era composto por figuras importantes da nossa sociedade de então. Todos eles, competentes e cumpridores dos seus deveres funcionais. Chamavam-se Emídio Fagundes, maçom ilustre da época; Sérgio Santiago, secretário e escritor de livros sobre o Espiritismo e outros assuntos; Elesbão de Macedo, inspetor de alunos, vocacionado para a política, tendo, depois, sido eleito vereador. O professor Celestino marcou época na direção do Atheneu. O biótipo lembrava o estrangeiro anglo-saxônico, de tez corada, alvo, aquilino, dolicocéfalo e de gestos nobres. Recordo que ele se apresentava um docente e dirigente incansável. Dava expediente diário, o dia todo, no velho educandário. Nas horas vagas gostava de fumar charuto, de cheiro suave. De costume, portava terno azul, de paletó e gravada e era temível nas provas orais do final do ano, provas complementares dos exames escritos parciais. Recordo-me que em períodos de férias regulamentares convidava professores para dar cursos de férias. Num desses cursos a cargo do professor Antônio Fagundes, houve uma palestra do padre Luiz Monte, professor de latim e matemática, que discorreu sobre o tema, "Formação Moral e Cívica da Mocidade", realizado se me não engano, na Associação dos Professores, prédio localizado na avenida Rio Banco, desta capital. De outra feita, a palestra ficou sob responsabilidade do professor Clementino Câmara, intitulada "Caldeamento de Raças; o mestiço, o mulato e o cafuzo, depois do descobrimento do Brasil". Noutra data, o palestrante foi o professor Israel Nazareno, que teceu comentários sobre "o Idioma Nacional e a nova ortografia". Era assim Celestino Pimentel, trabalhando sem alarde, mas, sempre atuante e delegando tarefas educacionais a outros colegas de magistério, contanto que o aluno não ficasse esquecido. Raramente era visto sentado no seu birô da sala da diretoria. A sua constante era o atendimento com o professor, o funcionário e o aluno. Homem de simplicidade a toda prova, no seio da família, na diretoria, na sala de aula, e na sociedade. O recato também era outro atributo da sua personalidade marcante. A figura eloqüente do professor Celestino Pimentel deverá ser mais cultuada pela geração presente. O seu nome não deve ser esquecido na memória da educação pública do Rio Grande do Norte.

LUCIANA FERNANDES DE MEDEIROS AZEVEDO, psicóloga e professora da Unifacex e Uni-RN (lumedeirospsi@hotmail.com)

Amamentando

Artigo

MARCO DE ALMEIDA EMERENCIANO, advogado (malmeme@yahoo.com.br)

O Colégio Santo Antônio Marista Diariamente levamos nossa filha ao colégio Marista. Atualmente cursa o pré-vestibular e admiramos seu esforço e dedicação aos estudos. Cumpre uma jornada dura e longa. As aulas são pela manhã e tarde, até começo da noite, exceto às sextas feiras. Sem contar algumas avaliações aos sábados e domingos. Muito diferente do tempo em que freqüentávamos o mesmo colégio. Geralmente quando a estou esperando, aproveito para passear pelo pátio, entrar na capela e fazer uma oração pedindo proteção para todos, sem exceção, e lembrar do Colégio Santo Antônio Marista de ontem. Por isso pensei em dizer em poucas linhas alguns fatos marcados na memória daquele tempo. Lembrei que, quando menino, sabia que o colégio era uma espécie de segunda casa. Nele, as crianças recebiam os primeiros ensinamentos e despertavam para o saber. Letras, ditados, números, operações matemáticas, tudo era novidade. Professores, novos amigos, um mundo distinto. O colégio, de fato, representava uma segunda casa, ainda que a jornada não fosse de 'tempo integral'. Em geral, todos estudavam em uma mesma instituição de ensino até ir para a faculdade. A turma era a de sempre. E as

Artigo

amizades também. E foi assim no Colégio Santo Antônio Marista, cujo fundador das Escolas Irmãos Marista foi o padre Champagnat. Fui matriculado alí em 1971 e vinha do preliminar na Escola Doméstica. De orientação religiosa cristã, tinha como diretor geral, à época, Irmão Arthur. Era rígido, porém simpático e amigo de todos. Formávamos fila para tudo. A hora do 'recreio' era ansiosamente esperada. Não por nada, mas pelo simples fato de o pátio do colégio ser imenso e permitir varias brincadeiras: 'espiribol'; as coloridas 'bilocas'; tica, garrafão e tantas outras. Para lanchar os pequenos sempre levavam lancheiras de casa. À medida que cresciam passavam a comprar a merenda na cantina de traços arredondados, entre frondosas mangueiras e uma jaqueira. Lembro que certa vez estávamos à sombra quando de repente caiu uma jaca enorme no ombro de João Barreto (Manoca). Um susto! Na cantina 'despachavam' refrescos (Dadá), refrigerantes Crush, Grapete, pão de queijo, sonhos de noiva e caramelos tipo Embaré. Os picolés da marca 'Big Milk', cremosos e de sabores variados, eram trazidos por um simpático senhor que cada dia estacionava seu carrinho. Naquela época os cursos eram: pre-

liminar; primário (primeira, segunda, terceira e quarta séries); ginásio (quinta, sexta, sétima e oitava séries); e científico (primeiro, segundo e pré vestibular). O primeiro grau foi marcado por inesquecíveis professores como 'Pró Almira', Inês e Conceição, apenas por citar alguns. A educação física era obrigatória, mas muitos frequentavam as escolinhas de esporte: futebol de salão, basquete, vôlei e handebol. As Olimpíadas também tinham destaque no calendário escolar. Jogar no Maristão era novidade. As arquibancadas cheias com as torcidas empolgavam os pequenos atletas. A congregação possuía uma ampla residência em Ponta Negra, naquele então, praia de veraneio, e para lá tinha excursão de um dia. A turma crescia e incorporava alguns novatos para o segundo grau, objeto do próximo texto. Foi mais ou menos assim o primeiro grau no Marista. Era época de pouca pressa, como se quiséssemos que o tempo não fluísse. Imaginávamos a vida por distintos ângulos. E vendo aquele Marista de ontem e esse de hoje, vieram as palavras do filósofo espanhol Fernando Savater citando o pensador escocês Robert Louis Stevenson, dizendo assim: 'Não é a vida que amamos, mas o fato de viver'.

PÚBLIO JOSÉ, jornalista (publiojose@gmail.com)

Joga no rio! Há tempos atrás, uma revista semanal registrou, numa matéria sobre a tendência do ser humano de causar poluição por onde anda, a naturalidade com que, em épocas imemoriais, as populações ribeirinhas descartavam lixo e produtos inservíveis pelo rio. Parece até que havia um ensinamento universal apontando para a única solução possível àquelas alturas: "joga no rio!". Este era o brado que se fazia ouvir pelo mundo afora. Não passava pela cabeça de nenhum agrupamento humano de então que a manipulação do lixo fosse de sua responsabilidade. Desde cedo, portanto, o ser humano acostumou-se a passar para frente, a empurrar na direção dos outros, a solução de problemas criados pela sua rotina diária. Pouco importava se, jogando dejetos no rio aqui, problemas seriam criados para outras populações acolá. O negócio era limpar a sua área mesmo que sujando a dos outros. A realidade é que o homem desenvolveu-se através dos tempos em todas as áreas que se possa imaginar. Só não aprendeu o que fazer com o lixo. Ao que parece, a manipulação do lixo caiu naquela área da mente humana na qual a saída é fugir da responsabilidade e passar o pepino para os outros. Nada de encarar a questão de frente, de bus-

Artigo

car solução para os problemas criados em comunidade. Por conta disso, o que se vê hoje, com raras exceções, é a quase totalidade dos rios morrendo, desfilando seus últimos instantes de vitalidade diante de uma sociedade que soube chegar à Lua, soube se globalizar, alcançar níveis nunca imaginados de desenvolvimento tecnológico, mas não sabe, lamentavelmente, se organizar em comunidade de maneira a não prejudicar a seara alheia. Tanto é que permanece, até hoje, o hábito de se desfazer de lixo e dejetos através da inércia e da passividade dos rios. No tocante ao homem de hoje, esse hábito desgraçado de não assumir responsabilidades, de não enfrentar suas próprias demandas, não se restringe apenas a degradar rios e nascentes de água. Impera em todas as atividades onde o homem põe a mão. Na política, por exemplo, este homem aparece por inteiro, pelas mazelas causadas à população, pela má administração do dinheiro público, pelas obras superfaturadas, pela corrução, pela roubalheira generalizada. E ele nem, nem. O país afogado num lodaçal sem fim e os acusados se dizendo inocentes - e empurrando o problema para o mais próximo. Ninguém tem a hombridade de dizer

"este problema foi eu que criei e vou arcar com as suas conseqüências". Não. Não aparece ninguém com esse topete. Aparece gente de montão para enganar, para se esquivar, para encontrar saídas e esgrimir evasivas na hora de apurar as responsabilidades e apontar culpados. Do mesmo modo que o homem de antigamente aprendeu a fazer do rio o desaguadouro natural de seus lixos e dejetos, o de hoje tornou-se mestre em transformar pessoas frágeis em verdadeiros rios, para onde são lançados seus mais abjetos projetos de interesse pessoal e carreados os dejetos mais desprezíveis do que é produzido em suas mentes. Aos mais fracos, enfim, são destinados, por essa gente sem escrúpulo, os sonhos mais egoístas e os feitos mais degradantes. Pois ao meter a mão no dinheiro público, prejudicando populações indefesas, se eximindo, além do mais, de encarar com seriedade o seu trabalho, o que estão fazendo os agentes públicos que agem assim, senão transformando em verdadeiros rios a massa humana que não pode se defender, que não pode protestar? "Joga no rio!", parecem dizer, eternizando a irresponsável máxima de outrora. "Joga no riiiiiiiiiooooooooo!!!!" Trágico, né não?

RICARDO SOBRAL, advogado (ricms@uol.com.br)

O tiro saiu pela culatra Seu Boa, velha raposa política, movido por uma ambição sem freios, estava determinado a todo custo a quebrar um trato com um correligionário. Entretanto, não havia jeito de encontrar uma desculpa. O parceiro, correto e leal, não dava o menor motivo. O tempo passava e nada dele conseguir uma justificativa convincente. Já estava resolvido a quebrar o trato imotivadamente, quando sua esposa interveio radicalmente: - Não faça isso com nosso amigo. Ele tem sido correto com você todos esses anos. Além do mais, devemos a ele muitas atenções, ou não lembra mais? Diante de argumentos tão irrefutáveis, não teve outra alternativa senão recuar; mas, no íntimo, não desistiu. Mantinha acesa a esperança de surgir um motivo a qualquer hora. Não tinha mais interesse na manutenção do trato.

Certo dia concebeu um plano e lhe deu curso. Era simples: intrigar sua mulher – que sabia ciumenta e insegura – com o parceiro. Calculou os riscos: No início ela pode até ficar furiosa, mas aos poucos tende a abrandar, pois nunca teve coragem de enfrentar uma separação. Num terceiro momento, ela vai canalizar sua ira paro o alvo certo. É a hora que vou quebrar o trato sem resistência nenhuma. Passou a pedir à sua vítima potencial para busca-lo em casa. Dois quarteirões depois se separavam. Nessas oportunidades, se comportava de modo a dar a entender a sua esposa que estava farreando. Tudo com o intuito de intriga-la com o amigo político a fim de poder quebrar o trato sem traumas, pelo menos em casa. O plano ia bem até que um dia as duas esposas se encontraram no shop-

ping. – Mulher, estou com um problema muito sério lá em casa. – Mesmo? - Perguntou a esposa do alcaide. – Faz mais de ano que meu marido está com disfunção erétil. De início até desconfiei do coitado, atribuindo-lhe pulos de cerca. Mas logo o médico me disse que é consequência da diabetes e da pressão arterial elevadíssima. Um advogado, parente de uma delas, ao ouvir a conversa, não se segurou e comentou: – Esse é o tipo do crime impossível, pois a arma do ilícito não estava funcionando. A mulher do alcaide ardiloso, então, lembrou-se de uma frase predileta de seu marido: – Meus conterrâneos, voto é como santidade: é a metade da metade.

A amamentação traz, sem sombra de dúvidas, benefícios para a mãe e para o bebê. Os programas de saúde destacam a importância de amamentar, no mínimo, 06 meses podendo se estender até os 02 anos. O aleitamento materno não traz somente benefícios para a saúde da criança, mas também ajuda a construir o vínculo mãefilho e tornar essa relação mais especial que tudo. Apesar desses fatos, ainda é comum escutar mulheres que não se sentem tão disponíveis para amamentar e decidem parar por motivos, digamos, fúteis, em alguns casos. Com exceção daquelas que precisam sair para trabalhar e de outras que não conseguem amamentar, há aquelas que se sentem cansadas, esgotadas, outras decidem que já aleitaram o suficiente (ela que decide, não o bebê). Outras se sentem tolhidas em sua liberdade, pois precisam ficar em casa para dar de mamar. Ainda há aquelas que resolvem viajar (não por obrigação, que fique bem claro) e deixam o bebê sem o peito. Essas que viajam provavelmente vão deixar de amamentar porque sem estímulo, o seio deixa de produzir o leite. Obviamente que as pessoas decidem o que é certo e o que é melhor para elas naquela situação, naquele contexto. Longe de mim julgá-las como péssimas mães ou contribuir para aumentar sua culpa já tão grande em função de outras coisas. Meu objetivo aqui é apontar possíveis aspectos que contribuem para isso e trazer à tona algumas reflexões sobre esse fato. O primeiro aspecto é que amamentar dói. No primeiro mês, ou até mais, o bico do seio racha, fica ferido, sai sangue. Dói mesmo! Dá vontade de desistir, pegar uma mamadeira e pronto. Para essas mães que estão a ponto de desistir, eu recomendo que não desistam. Aguentem a dor, vale a pena! Em algum momento, vai passar. Depois dessa fase dolorida, amamentar traz prazer e satisfação tanto para a mãe quanto para o filho. O segundo aspecto é que existem tantos estímulos em nossa vida, tanta coisa legal para fazer que ficar em casa amamentando parece até perda de tempo. Amamentar exige quietude, desprendimento e disponibilidade emocional e física. É você e seu filho, nada mais, ninguém mais. Se você não vê a hora de ir para a balada, passear, ir às compras e sair com os amigos, você é do grupo que logo, logo vai parar de amamentar. Nesse caso, minha recomendação é que tente ficar em casa mesmo, curtindo seu filho. Essa fase de amamentação passa mais rápido do que a gente imagina, o bebê cresce, também vai querer outros estímulos, vai ter outras necessidades... E essa sensação de amamentar... já era. O terceiro aspecto é que por mais que alguns sociólogos, antropólogos e até colegas psicólogos apontem que o amor materno é socialmente construído e que qualquer pessoa pode ser uma figura significativa, nada vai substituir a mãe e o leite materno. Portanto, minha amiga, se você é mãe, seja MÃE, assuma seu desejo de amamentar e amamente até onde puder. Isso me leva ao quarto e último aspecto. Muitos profissionais de saúde recomendam que o bebê seja amamentado de 3 em 3 horas. Outros recomendam que não amamente depois de 01 ano, pois isso pode prejudicar a dentição do bebê, etc. Minha recomendação é que amamente seu filho sempre que ele quiser, aos poucos, será estabelecida uma rotina de aleitamento que não precisa rigidamente seguir essa regra de 3 em 3h. Amamente até quando ele quiser e você puder, porque é possível ajeitar os dentes, mas é difícil saber as consequências no desenvolvimento afetivo e emocional da criança em que a amamentação foi bruscamente interrompida. Por fim, aprenda a se ouvir, a perceber o que faz sentido para você, realmente, autenticamente. Se nessa reflexão, você ainda acreditar que o melhor para você é parar de amamentar, então pare. Vai ser pior para o seu filho ter um peito disponível fisicamente, mas indisponível emocionalmente. O JORNAL DE HOJE recebe colaboração pelo correio (Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova - Natal-RN, CEP 59056-570), por fax (0xx84 32215058) e por e-mail: artigos@jornaldehoje.com.br. Pede-se que os textos sejam concisos e contenham nome completo, RG, CPF, endereço e telefone. O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de selecionar e publicar trechos.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Fernanda Souza Juliana Manzano João Ricardo Correia EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos EDITOR DE ESPORTES

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r Gabriel Negreiros EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Sábado e Domingo

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

O Jornal de HOJE 3

Robinson Faria denuncia que a Polícia de Rosalba está “amedrontando” adversários DECLARAÇÃO

DO VICE- GOVERNADOR FOI FEITA DURANTE MOVIMENTAÇÃO POLÍTICA NA CIDADE DE Fotos: Divulgação

JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

O vice-governador Robinson Faria denunciou na noite desta última sexta-feira que a polícia está sendo usada para "amedrontar" adversários políticos no interior do Estado. Ele se refere especificamente ao município de Monte Alegre, distante 30 quilômetros da capital, onde tem acontecido fatos desagradáveis envolvendo policiais e partidários da prefeita Graça Marques, sua correligionária. "Não aceito que a polícia que tanto ajudei na condição de deputado e presidente da Assembleia Legislativa transforme-se em capanga do candidato do PMDB em Monte Alegre", afirmou o vice-governador durante comício realizado no distrito Comum em Monte Alegre. Na sua fala, Robinson Faria pediu respeito do candidato peemedebista, Severino Rodrigues, afirmando: "Não gosto de mentira nem de mentiroso. Ele tem que ser homem para falar a verdade". A declaração refere-se à críticas feitas pelo candidato do PMDB, afirmando que Robinson Faria teria nascido em berço de ouro e que não tem serviços prestados ao povo de Monte Alegre. O nome do vice-governador Robinson Faria continua sendo lembrado por correligionários nos palanques da atual campanha eleitoral como alternativa oposicionis-

Vice-governador Robinson Faria, quando participava de comício em Monte Aledre, na noite de sexta-feira, ao lado da prefeita Graça Marques, disputa a reeleição ta para o Governo do Estado nas eleições de 2014. Nesta última sexta-feira foi a vez da prefeita de Monte Alegre, Graça Marques, do PSD, afirmar em discurso no distrito de Comum que o líder agrestino será o futuro governador do

Rio Grande do Norte. Candidata à reeleição no pleito deste ano, Graça Marques destacou a aliança política feita com o ex-prefeito Solon Ubarana, que ao lado da prefeita forma as duas maiores lideranças políticas do município de Monte

Alegre. "Este é o palanque da verdade, do trabalho e da justiça", ressaltou a prefeita, em resposta ao adversário do PMDB, que teria feito críticas contundentes a sua administração e ao vice-governador.

Ainda na sua fala, Robinson Faria destacou e enalteceu o entendimento político feito com o exprefeito Solon Ubarana e o trabalho realizado pela atual prefeita Graça Marques em benefício do povo de Monte Alegre, que segun-

MONTE ALEGRE do ele, tem mudado completamente o perfil do município com a execução de obras estruturantes e sociais, melhorando significativamente a vida da população local nos diversos setores de atividade como saúde e educação, por exemplo. TRAIÇÃO AO POVO Também presente em Monte Alegre, o deputado José Dias, além de reconhecer o trabalho da prefeita Graça Marques, direcionou seu discurso à críticas contundentes à governadora Rosalba Ciarlini. "A governadora traiu o povo do Rio Grande do Norte e consequentemente o povo de Monte Alegre, mas a vitória de Graça será grande como a derrota de Rosalba será em Mossoró", disse ele, referindose a disputa eleitoral na terra da governadora, onde a candidata do DEM está em desvantagem com relação a Larissa Rosado, do PSB. O deputado Fábio Faria, também esteve presente em Monte Alegre, aproveitou a oportunidade para prestar contas ao povo das suas ações na Câmara Federal, segundo ele, viabilizando recursos através de emendas para ajudar a administração da prefeita Graça Marques. "Tenho certeza que o povo reconhecerá seu trabalho e lhe elegerá novamente prefeita de Monte Alegre", disse Fábio Faria, ressaltando também, a participação do vice-governador no processo desenvolvimentista de Monte Alegre.

> RIACHUELO

Pai de candidata a prefeita morre no palanque da filha Um dos principais líderes políticos da região do Potengi, o ex-prefeito da cidade de Riachuelo Luiz Gonzaga Cavalcanti, morreu de ataque cardíaco na noite desta sextafeira quando discursava em um comício de sua filha Mara Cavalcanti, prefeita e candidata do PSB à reeleição. O comício acontecia no distrito de Cachoeira do Sapo, o maior do município de Riachuelo. Luiz Gonzaga Cavalcanti foi prefeito de Riachuelo por dois mandatos e tem forte tradição na cidade. Além de pai da candidata a prefeita Mara Cavalcanti e da candidata a vereadora Nataly Cavalcanti, ele é ainda tio do principal opositor de sua filha, o candidato Marcílio Pessoa (genro e sobrinho). Gonzaga fazia um discurso emocionado, quando desmaiou, foi socorrido, mas não resistiu e faleceu.

Segundo familiares, o ex-prefeito de 73 anos já havia feito cirurgias e tinha insuficiências no seu sistema vital. Segundo pessoas que estiveram presentes no comício, Luiz Gonzaga estava discursando há cerca de oito minutos, falando da sua trajetória, que tinha sido prefeito por dois mandatos, eleito sucessores e que tinha certeza que a filha teria a maioria dos votos e seria reeleita. “Ele estava dizendo que já estava satisfeito com a missão dele aqui na terra, com as coisas que tinha construído e vivido e que tudo mais que tinha para receber deveria acontecer na vida eterna, porque, nesta, já estava satisfeito com tudo que tinha vivido e visto”, relatou a administradora Katarina Cavalcanti, sobrinha do ex-prefeito. Logo em seguida, ele desmaiou.

No momento, mais de três mil expectadores acompanhavam o comício, e o incidente gerou um grande alvoroço na multidão. Gonzaga foi socorrido ao Centro de Saúde de Riachuelo, onde já teria chegado sem vida. Pouco tempo depois, chegou ao local do comício a ex-governadora Wilma de Faria, líder maior do PSB no Estado, que tinha agenda naquela localidade em favor da movimentação de campanha de Mara. No entanto, com o incidente, o comício foi encerrado. O corpo do ex-prefeito Luiz Gonzaga Cavalcanti está sendo velado desde a madrugada de ontem na Fazenda Salvação, a residência dele, em Riachuelo. O sepultamento será neste sábado às 16 horas, no Cemitério de Potengi Pequeno, também naquele município.

Ex-prefeito Luiz Gonzaga Cavalcante disse minutos antes de morrer que estava satisfeito com o que havia feito na terra

Túlio Lemos POLÍTICA - tuliolemos.com.br/tuliolemosjh@gmail.com RETA FINAL A última semana de campanha em Natal será decisiva para desenhar com mais nitidez se vai ou não haver segundo turno na capital. Carlos Eduardo, que lidera as pesquisas, intensificou sua agenda com eventos populares, como caminhadas. O objetivo é evitar que a disputa seja decidida em uma segunda etapa. Outrora com gordura nos índices de pesquisas que revelavam folga e garantia de vitória no primeiro turno, o filho de Agnelo sofreu uma lipoaspiração eleitoral e está preocupado com resultado que sairá das urnas no próximo domingo. MUDANÇA Os candidatos de oposição, se é que são realmente de oposição a Carlos Eduardo, precisam intensificar as inserções com fatos negativos da gestão do ex-prefeito. Só assim ele perderá os pontos suficientes para não vencer em primeiro turno. Se a cumplicidade implícita não for quebrada, no dia 7 Carlos Eduardo comemora a vitória. Se resolverem parar de encenar, haverá queda do favorito, que provoca o segundo turno. REAÇÃO A entrevista do deputado Fer-

nando Mineiro, afirmando que cresceu e vai para o segundo turno contra Carlos Eduardo, provocou reação em cadeia dos outros candidatos. Rogério e Hermano também afirmaram que estão com vaga garantida para 28 de outubro.

ta "Como o senhor se sente, apoiado por Lula & Cia e não consegue evoluir na campanha não ultrapassando uma casa decimal? Lamentável são as pesquisas. Quando não agradam são falsas, manuseadas e pertencem aos mais votados.

CRESCIMENTO Por falar em Mineiro, o petista está crescendo na reta final. No bairro das Rocas, os dois candidatos a vereador mais fortes são Ubaldo Fernandes e Chagas Catarino. Porém, em muitos casos, o eleitor não está acompanhando o candidato a prefeito dos vereadores; dizem que vão votar em Mineiro para prefeito.

PROJETOS II O leitor conclui: "Apresentação de projetos para angariar recursos é outro resposta esdrúxula. Bastaria, no sentido simplório, enviar uma foto da cidade. Onde já se viu, projetos para tapar buracos, sanear, ofertar saúde, educação e segurança para o povo! São princípios emanados da administração pública e da vontade politica. Coloquem técnicos e desprezem filiados de partido, prometidos em troca de apoio, que tudo muda".

CONVICÇÃO O deputado Rogério Marinho está convicto que os institutos de pesquisa serão desmoralizados pelas urnas e que ele vai ao segundo turno disputar contra Carlos Eduardo. O filho de Valério embasou sua convicção durante as caminhadas, pela reação dos eleitores ao seu nome. PROJETOS O leitor Eduardo Leite manda e-mail: "Prezado jornalista: Achei bastante interessante na entrevista de ontem com Mineiro, a pergun-

ARRECADAÇÃO A coluna recebeu e-mail do leitor Allan Kardec: "Caro Túlio Lemos, como servidor público estadual e cidadão fico indignado com notícias deste DESgoverno do DEMônio alegando falta de recursos, pois as mesmas são mentirosas. Neste Estado nunca se arrecadou tanto. Não houve queda nas principais receitas do Estado, pelo contrário, continua com recordes sucessivos de arrecadação e de

transferências constitucionais". ARRECADAÇÃO II Segue o e-mail do leitor: "O discurso torto do RN é que o FPE caiu, coisas desse tipo. Entretanto é bom atentarmos que ele é cíclico, mês cai outros sobem e no geral no mesmo período de 8 meses o estado só em FPE teve um acréscimo de mais de 56 MILHÕES. Nestes primeiros oito meses de 2012 a arrecadação de receitas já ultrapassou 400 MILHÕES. Isso destacando que 2011 em comparação com 2010 (primeiro ano do governo atual) já foi recorde em quase 900 MILHÕES a mais. Na realidade o que há é má gestão, corrupção e desvios de programas. Muito em breve, apresentaremos índices vergonhosos, dignos de outrora estados como Alagoas e Maranhão". FESTA Hoje, sábado, tem show com Roberto Carlos cover e banda Anos 60 na Festa de São Francisco de Assis, em Cidade Satélite, a partir das oito e meia da noite. A festa acontece no pátio da Igreja e é aberta à população em geral. A organização é do Padre José Zilmar de Andrade, religioso muito querido por todos.

ARMADA Momento em que a governadora Rosalba Ciarlini pega uma pistola da PM. Segundo Sherloquinho, a Rosa teria dito na primeira foto: “Não tô conseguindo acabar com o povo na minha gestão, agora vai ser na bala”. O comandante da PM completa: “Governadora, é só a senhora destravar aqui e meter bala”.


Política

Sábado e Domingo

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

O Jornal de HOJE 3

Robinson Faria denuncia que a Polícia de Rosalba está “amedrontando” adversários DECLARAÇÃO

DO VICE- GOVERNADOR FOI FEITA DURANTE MOVIMENTAÇÃO POLÍTICA NA CIDADE DE Fotos: Divulgação

JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

O vice-governador Robinson Faria denunciou na noite desta última sexta-feira que a polícia está sendo usada para "amedrontar" adversários políticos no interior do Estado. Ele se refere especificamente ao município de Monte Alegre, distante 30 quilômetros da capital, onde tem acontecido fatos desagradáveis envolvendo policiais e partidários da prefeita Graça Marques, sua correligionária. "Não aceito que a polícia que tanto ajudei na condição de deputado e presidente da Assembleia Legislativa transforme-se em capanga do candidato do PMDB em Monte Alegre", afirmou o vice-governador durante comício realizado no distrito Comum em Monte Alegre. Na sua fala, Robinson Faria pediu respeito do candidato peemedebista, Severino Rodrigues, afirmando: "Não gosto de mentira nem de mentiroso. Ele tem que ser homem para falar a verdade". A declaração refere-se à críticas feitas pelo candidato do PMDB, afirmando que Robinson Faria teria nascido em berço de ouro e que não tem serviços prestados ao povo de Monte Alegre. O nome do vice-governador Robinson Faria continua sendo lembrado por correligionários nos palanques da atual campanha eleitoral como alternativa oposicionis-

Vice-governador Robinson Faria, quando participava de comício em Monte Aledre, na noite de sexta-feira, ao lado da prefeita Graça Marques, disputa a reeleição ta para o Governo do Estado nas eleições de 2014. Nesta última sexta-feira foi a vez da prefeita de Monte Alegre, Graça Marques, do PSD, afirmar em discurso no distrito de Comum que o líder agrestino será o futuro governador do

Rio Grande do Norte. Candidata à reeleição no pleito deste ano, Graça Marques destacou a aliança política feita com o ex-prefeito Solon Ubarana, que ao lado da prefeita forma as duas maiores lideranças políticas do município de Monte

Alegre. "Este é o palanque da verdade, do trabalho e da justiça", ressaltou a prefeita, em resposta ao adversário do PMDB, que teria feito críticas contundentes a sua administração e ao vice-governador.

Ainda na sua fala, Robinson Faria destacou e enalteceu o entendimento político feito com o exprefeito Solon Ubarana e o trabalho realizado pela atual prefeita Graça Marques em benefício do povo de Monte Alegre, que segun-

MONTE ALEGRE do ele, tem mudado completamente o perfil do município com a execução de obras estruturantes e sociais, melhorando significativamente a vida da população local nos diversos setores de atividade como saúde e educação, por exemplo. TRAIÇÃO AO POVO Também presente em Monte Alegre, o deputado José Dias, além de reconhecer o trabalho da prefeita Graça Marques, direcionou seu discurso à críticas contundentes à governadora Rosalba Ciarlini. "A governadora traiu o povo do Rio Grande do Norte e consequentemente o povo de Monte Alegre, mas a vitória de Graça será grande como a derrota de Rosalba será em Mossoró", disse ele, referindose a disputa eleitoral na terra da governadora, onde a candidata do DEM está em desvantagem com relação a Larissa Rosado, do PSB. O deputado Fábio Faria, também esteve presente em Monte Alegre, aproveitou a oportunidade para prestar contas ao povo das suas ações na Câmara Federal, segundo ele, viabilizando recursos através de emendas para ajudar a administração da prefeita Graça Marques. "Tenho certeza que o povo reconhecerá seu trabalho e lhe elegerá novamente prefeita de Monte Alegre", disse Fábio Faria, ressaltando também, a participação do vice-governador no processo desenvolvimentista de Monte Alegre.

> RIACHUELO

Pai de candidata a prefeita morre no palanque da filha Um dos principais líderes políticos da região do Potengi, o ex-prefeito da cidade de Riachuelo Luiz Gonzaga Cavalcanti, morreu de ataque cardíaco na noite desta sextafeira quando discursava em um comício de sua filha Mara Cavalcanti, prefeita e candidata do PSB à reeleição. O comício acontecia no distrito de Cachoeira do Sapo, o maior do município de Riachuelo. Luiz Gonzaga Cavalcanti foi prefeito de Riachuelo por dois mandatos e tem forte tradição na cidade. Além de pai da candidata a prefeita Mara Cavalcanti e da candidata a vereadora Nataly Cavalcanti, ele é ainda tio do principal opositor de sua filha, o candidato Marcílio Pessoa (genro e sobrinho). Gonzaga fazia um discurso emocionado, quando desmaiou, foi socorrido, mas não resistiu e faleceu.

Segundo familiares, o ex-prefeito de 73 anos já havia feito cirurgias e tinha insuficiências no seu sistema vital. Segundo pessoas que estiveram presentes no comício, Luiz Gonzaga estava discursando há cerca de oito minutos, falando da sua trajetória, que tinha sido prefeito por dois mandatos, eleito sucessores e que tinha certeza que a filha teria a maioria dos votos e seria reeleita. “Ele estava dizendo que já estava satisfeito com a missão dele aqui na terra, com as coisas que tinha construído e vivido e que tudo mais que tinha para receber deveria acontecer na vida eterna, porque, nesta, já estava satisfeito com tudo que tinha vivido e visto”, relatou a administradora Katarina Cavalcanti, sobrinha do ex-prefeito. Logo em seguida, ele desmaiou.

No momento, mais de três mil expectadores acompanhavam o comício, e o incidente gerou um grande alvoroço na multidão. Gonzaga foi socorrido ao Centro de Saúde de Riachuelo, onde já teria chegado sem vida. Pouco tempo depois, chegou ao local do comício a ex-governadora Wilma de Faria, líder maior do PSB no Estado, que tinha agenda naquela localidade em favor da movimentação de campanha de Mara. No entanto, com o incidente, o comício foi encerrado. O corpo do ex-prefeito Luiz Gonzaga Cavalcanti está sendo velado desde a madrugada de ontem na Fazenda Salvação, a residência dele, em Riachuelo. O sepultamento será neste sábado às 16 horas, no Cemitério de Potengi Pequeno, também naquele município.

Ex-prefeito Luiz Gonzaga Cavalcante disse minutos antes de morrer que estava satisfeito com o que havia feito na terra

Túlio Lemos POLÍTICA - tuliolemos.com.br/tuliolemosjh@gmail.com RETA FINAL A última semana de campanha em Natal será decisiva para desenhar com mais nitidez se vai ou não haver segundo turno na capital. Carlos Eduardo, que lidera as pesquisas, intensificou sua agenda com eventos populares, como caminhadas. O objetivo é evitar que a disputa seja decidida em uma segunda etapa. Outrora com gordura nos índices de pesquisas que revelavam folga e garantia de vitória no primeiro turno, o filho de Agnelo sofreu uma lipoaspiração eleitoral e está preocupado com resultado que sairá das urnas no próximo domingo. MUDANÇA Os candidatos de oposição, se é que são realmente de oposição a Carlos Eduardo, precisam intensificar as inserções com fatos negativos da gestão do ex-prefeito. Só assim ele perderá os pontos suficientes para não vencer em primeiro turno. Se a cumplicidade implícita não for quebrada, no dia 7 Carlos Eduardo comemora a vitória. Se resolverem parar de encenar, haverá queda do favorito, que provoca o segundo turno. REAÇÃO A entrevista do deputado Fer-

nando Mineiro, afirmando que cresceu e vai para o segundo turno contra Carlos Eduardo, provocou reação em cadeia dos outros candidatos. Rogério e Hermano também afirmaram que estão com vaga garantida para 28 de outubro.

ta "Como o senhor se sente, apoiado por Lula & Cia e não consegue evoluir na campanha não ultrapassando uma casa decimal? Lamentável são as pesquisas. Quando não agradam são falsas, manuseadas e pertencem aos mais votados.

CRESCIMENTO Por falar em Mineiro, o petista está crescendo na reta final. No bairro das Rocas, os dois candidatos a vereador mais fortes são Ubaldo Fernandes e Chagas Catarino. Porém, em muitos casos, o eleitor não está acompanhando o candidato a prefeito dos vereadores; dizem que vão votar em Mineiro para prefeito.

PROJETOS II O leitor conclui: "Apresentação de projetos para angariar recursos é outro resposta esdrúxula. Bastaria, no sentido simplório, enviar uma foto da cidade. Onde já se viu, projetos para tapar buracos, sanear, ofertar saúde, educação e segurança para o povo! São princípios emanados da administração pública e da vontade politica. Coloquem técnicos e desprezem filiados de partido, prometidos em troca de apoio, que tudo muda".

CONVICÇÃO O deputado Rogério Marinho está convicto que os institutos de pesquisa serão desmoralizados pelas urnas e que ele vai ao segundo turno disputar contra Carlos Eduardo. O filho de Valério embasou sua convicção durante as caminhadas, pela reação dos eleitores ao seu nome. PROJETOS O leitor Eduardo Leite manda e-mail: "Prezado jornalista: Achei bastante interessante na entrevista de ontem com Mineiro, a pergun-

ARRECADAÇÃO A coluna recebeu e-mail do leitor Allan Kardec: "Caro Túlio Lemos, como servidor público estadual e cidadão fico indignado com notícias deste DESgoverno do DEMônio alegando falta de recursos, pois as mesmas são mentirosas. Neste Estado nunca se arrecadou tanto. Não houve queda nas principais receitas do Estado, pelo contrário, continua com recordes sucessivos de arrecadação e de

transferências constitucionais". ARRECADAÇÃO II Segue o e-mail do leitor: "O discurso torto do RN é que o FPE caiu, coisas desse tipo. Entretanto é bom atentarmos que ele é cíclico, mês cai outros sobem e no geral no mesmo período de 8 meses o estado só em FPE teve um acréscimo de mais de 56 MILHÕES. Nestes primeiros oito meses de 2012 a arrecadação de receitas já ultrapassou 400 MILHÕES. Isso destacando que 2011 em comparação com 2010 (primeiro ano do governo atual) já foi recorde em quase 900 MILHÕES a mais. Na realidade o que há é má gestão, corrupção e desvios de programas. Muito em breve, apresentaremos índices vergonhosos, dignos de outrora estados como Alagoas e Maranhão". FESTA Hoje, sábado, tem show com Roberto Carlos cover e banda Anos 60 na Festa de São Francisco de Assis, em Cidade Satélite, a partir das oito e meia da noite. A festa acontece no pátio da Igreja e é aberta à população em geral. A organização é do Padre José Zilmar de Andrade, religioso muito querido por todos.

ARMADA Momento em que a governadora Rosalba Ciarlini pega uma pistola da PM. Segundo Sherloquinho, a Rosa teria dito na primeira foto: “Não tô conseguindo acabar com o povo na minha gestão, agora vai ser na bala”. O comandante da PM completa: “Governadora, é só a senhora destravar aqui e meter bala”.


Política

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

4 O Jornal de HOJE

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

E já se cuida de 2014 (Fim) Na grande extensão de terra do Norte brasileiro, 10,6 milhões de pessoas estão aptas ao voto. Parte considerável dos que têm o título é formada por cidadãos de tacanha formação intelectual. Sublinhe-se, porém, que na região brilham talentos com admiradores dentro e fora do país. Alguns são estrelas na politica nacional, mas vários se sobressaem nas artes e nos esportes.

ttt

Lá, o tempo, quente e úmido, parece vagaroso. Há certa letargia na área. Registre-se, entretanto, uma contradição: as campanhas eleitorais envolvem paixões e ódios de protagonistas e coadjuvantes. No momento, o tema básico é o pleito para prefeito e vereador, essencial para a sustentação de candidaturas a governador, daqui a dois anos. Em três dos sete estados, os titulares estão bem posicionados para renovar o mandato: Tião Viana (PT), Acre; Camilo Capiberibe (PSB), Amapá; e Confúcio Moura (PMDB), Rondônia. No Amazonas, o senador Eduardo Braga (PMDB) é favorito a voltar ao poder. Simão Jatene (PSDB) conclui o segundo mandato no Pará. Flexa Ribeiro, também tucano e representante do estado no Senado, pretende a sucessão. A petista Ana Júlia Carepa talvez tente reconquistar a chefia do Executivo. Em Roraima, governado pelo questionado José Anchieta Júnior (PSDB), a conturbação impede uma visão nítida da tendência político-eleitoral. O octogenário Siqueira Campos (PSDB) governa Tocantins pela quarta vez. Pode tentar o quinto mandato no novo ciclo, mas a idade recomenda aposentadoria. Dois senadores estão de olho no cargo: Kátia Abreu (PSD) e Vicentinho Alves (PR).

ttt

Embora tenha a mesma força eleitoral – ao redor de 10 milhões

Sábado e Domingo

Agripino em Extremoz: “Vim apoiar um prefeito sério que trabalha pelo povo” SENADOR

DEMOCRATA PEDE MAIS QUATRO ANOS DE MANDATO PARA

O presidente dos democratas e o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ricardo Motta, participaram de Carreata saindo dos Jardins de Extremoz até a Praia de Pitangui. A afirmação do senador José Agripino, presidente nacional do partido Democrata (DEM), foi na noite desta sexta-feira, 28, na Praia de Pitangui, Distrito de Extremoz, após uma carreata realizada pelo prefeito Klauss Rêgo (PMDB), candidato a reeleição pela coligação 'Extremoz cada vez mais forte'. "Eu precisava vir aqui para dizer algumas coisas sobre este homem, trabalhador incansável. Sim, porque Klauss vai continuar a fazer muito mais. Ele pode não ser o mais simpático, mas é o mais responsável e competente", disse Agripino. "O turismo neste município é inevitável e nós, eu e Klauss, sabemos que precisamos preparar a juventude daqui para ocupar os postos de trabalho que virão. Quero me juntar com você, meu caro Klauss, para fazermos educação de qualidade para ninguém tomar o emprego dos filhos de Extremoz", almejou o senador. "Os empregos virão", continuou José Agripino. "E, eu quero os jovens de Extremoz preparados para eles; mas, Klauss já está tomando conta dessa providência", anunciou o democrata. "Quero

Divulgação

Senador José Agripino participou de mobilização do prefeito Klauss Rêgo também que os pescadores saibam que vim falar bem de um candidato que pode construir o futuro de Extremoz. Klauss tem o apoio do Governo Federal e do Governo Estadual e não tem o apoio da Câmara Municipal de Extremoz. Não faça isso com ele! Vote nos candidatos a vereadores que o apóiam porque ele precisa ter maioria na Câmara para poder governar bem", recomendou o senador José Agripino. ÚNICO Por fim, o presidente nacional dos Democratas disse que o Padre Edilson foi o único sacerdote liberado pelo Bispo para ser candida-

to. "Por isso, uma chapa abalizada", concluiu o senador. O prefeito Klauss Rêgo iniciou suas palavras agradecendo a recepção que a comunidade de Pitangui ofereceu a ele, seus candidatos a vereador e ao senador José Agripino. "Como foi bonita nossa carreata!" Disse o prefeito. E, quando esboçou suas primeiras palavras, ao som de muitos fogos, soltou: "Haja bomba!". "Quero agradecer ao senador José Agripino e ao deputado Ricardo Motta por suas presenças. Ambos estão dando apoio a nossa gestão e confiam na nossa vitória no dia 07 de outubro", agradeceu Klauss Rêgo. "Parecia que o sena-

KLAUSS

dor José Agripino havia combinado comigo para falar do futuro dos nossos jovens. Ele não sabia do convênio que eu fiz com o Prodetur que formou mais de 2.000 jovens para o desenvolvimento do turismo", comentou o prefeito. LEMBRANÇA "Eu não quero ser conhecido apenas pelo prefeito que libertou e mudou a educação e a saúde. Orgulho-me de também ser conhecido como o prefeito do turismo, porque com o turismo todo mundo ganha. O turismo é uma indústria sem chaminés e dá emprego para todos", ensinou. "As pessoas crescem com o turismo e eu vou trabalhar para isso! Estou preparando o município para isto! Hoje Extremoz tem identidade em várias áreas, inclusive na cultura e no artesanato. Cito a fibra da banana. Temos até papel A4 de qualidade a partir da fibra da banana", citou Klauss, lembrando que o turismo cresce juntamente com o artesanato. Ele também lembrou no discurso a nova Feira de Estivas, a urbanização de Jenipabu, cuja ordem de serviço já estava assinada e o desenvolvimento geral da cidade, sem esquecer-se da construção da Escola Técnica de Nível Médio (IFRN), que será implantada em Jardins de Extremoz.

de votantes –, o Centro-Oeste destaca-se, sobretudo, pela prosperidade e influência político-administrativa. Enfim, os Três Poderes da República estão no Distrito Federal, cujo governador – Agnelo Queiroz (PT) – vai tentar mais quatro anos no Palácio do Buriti. Dois aliados – ou adversários manhosos? – sonham em ocupar o lugar do petista: Tadeu Filippelli (PMDB), vice-governador do DF; e o senador Rodrigo Rollemberg. Em Goiás, é possível que o tucano Marconi Perillo, por causa do efeito da CPMI do Cachoeira, desista da recondução. Lançaria a senadora social-democrata Lúcia Vânia. O PMDB deve entrar em campo com o ex-governador Íris Rezende ou, então, apoiar o petista Paulo Garcia, que, dia 7, se reelege prefeito de Goiânia. Silval Barbosa (PMDB) é pule de dez para ganhar o segundo mandato em Mato Grosso. No outro Mato Grosso – o do Sul –, os senadores Delcídio Amaral (PT) e Waldemir Moka (PMDB) agrupam apoios para a sucessão do peemedebista André Puccinelli, nos três meses finais do segundo mandato.

Troca de cenário Momento de angústia para o DEM. Próximo do final da campanha do primeiro turno da eleição municipal, o ex-PFL é ultrapassado pelo PT em duas cidades referenciais do Nordeste – Fortaleza e Salvador.

Servidores fichados no SCPC e Serasa porque Prefeitura descontou e não pagou empréstimos Funcionários públicos de Extremoz estão indignados com o fato de estarem recebendo correspondências do Serviço Central de Proteção em Crédito (SCPC) e do Serasa, por estarem em atraso com o pagamento de empréstimos feitos junto à Caixa Econômica Federal (CEF). Uma das prejudicadas é a professora Nesilda Pinheiro da Silva, que trabalha no Centro Infantil Estrela do Mar. A questão é que o empréstimo contraído para pagamento com desconto no contracheque dos funcionários, feito pela Prefeitura, conforme consta nos contracheques,

não estão sendo repassados para a CEF. "Fiz um empréstimo em 48 prestações, já estou com 36 pagas, procurei a Caixa, lá fui informada que o problema era com a Prefeitura, que estava descontando sem repassar para a instituição financeira", afirma indignada. A professora recebeu correspondências do Serasa e do SCPC, indicando 10 dias para regularizar a situação, sob pena de ter o nome no cadastro nessas duas instituições."Não vou procurar a prefeitura, lá não se resolve nada, principalmente quando se trata do secretário Municipal de Planejamento, Admi-

nistração e Finanças, Antônio Lisboa Gameleira, que vive tratando mal as pessoas. Vou sim ao Procon, a Promotoria de Justiça, onde for, para buscar meu direito", desabafou Nesilda, que encontra-se com os pagamentos dos meses de julho e agosto em atraso. JUSTIÇA Outra funcionária que também está vivenciando o mesmo drama é a professora JoseleideVanderléia Xavier Lima de Souza, da Escola Municipal Francisco Dantas, em Estivas. "Já recebi correspondência do SCPC, informando do não paga-

mento do meu empréstimo, já tendo pago 19 meses", informou a educadora. "Já entreguei cópias do contrato do empréstimo e da correspondência que recebi do SCPC para um advogado ingressar na Justiça, pois o valor do meu empréstimo está sendo descontado do meu salário todos os meses", disse Vanderléia Xavier. A ação da professora foi ajuizada esta semana pelo seu advogado. Além dos funcionários da educação, servidores de outros órgãos municipais também estão recebendo correspondências do SCPS e Serasa.

> CANDIDATO A VEREADOR EM NATAL

Solon Silvestre: “Experiência é fundamental”

ttt

Elmano de Freitas tira Moroni Torgan do segundo turno fortalezense e deve enfrentar Roberto Cláudio (PSB) na etapa decisiva. Por trás das candidaturas que avançam estão a petista Luizianne Lins (foto), prefeita em segundo mandato, e o socialista Cid Gomes, governador reeleito do Ceará.

ttt

Na capital baiana, Nelson Pelegrino “destrona” Antonio Carlos Magalhães, neto. O democrata era líder das sondagens de intenção de voto desde a primeira pesquisa divulgada. Hoje, Pelegrino tem quatro pontos percentuais a mais que o herdeiro do carlismo.

LEITURA DINÂMICA t A presidente da República fala em comício de Fernando Haddad na Zona Leste de São Paulo, dia primeiro de outubro. Se o petista passar para o segundo turno, a senhora Rousseff será consagrada como talismã. A sorte está lançada. t Faz sucesso no triângulo Brasília-Rio de JaneiroSão Paulo o livro Keynes, crise e política fiscal. José Roberto Afonso assina a obra. Nome completo do economista britânico personagem-título: John Maynard Keynes. t Dia 11 de outubro, o Senado realiza sessão de saudade para lembrar os 20 anos da morte de Ulysses Guima-

> DENÚNCIA

rães, dirigente e principal referência do PMDB, que nascera com ele sem o “P” de partido. Foram tempos duros. t O PTB sacramentou o apoio à eleição do potiguar Henrique Eduardo Alves (PMDB) à presidência da Câmara. t Bom fim de semana, e até terça. Como é de praxe, Joaquim Pinheiro redige e edita a coluna de segunda-feira. t Para refletir: “Não é apenas o poder que corrompe. O ser humano, com frequência, é facilmente corrompido” (Eduardo Gonçalves de Andrade – o Tostão –médico e comentarista esportivo brasileiro).

Comunicador, empresário, com mais de 20 anos de experiência, o jornalista Solon Silvestre, do PSD, pode afirmar: a experiência é fundamental. Principalmente, quando se pretende exercer um cargo público tão importante quanto o de vereador, para o qual ele concorre este ano, em Natal. "Vivo do meu trabalho, não estou entrando na política para viver com o salário de vereador. Por isso, posso exercer um papel mais independente, sem amarras que muitas vezes terminam por atender a interesses de poucos e não da maioria dos eleitores", avalia Solon Silvestre. O jornalista e empresário, por sinal, coloca o seu sucesso profissional como o grande diferencial em relação a muitos daqueles que concorrem as 29 vagas na Câmara Municipal de Natal. "A experiência profissional é fundamental para um candidato e para um vereador. Me desculpe, mas não acredito que alguém com 20 e poucos anos possa ser um bom vereador. É mais para atender um capricho do pai ou da família. É preciso ter a experiência necessária para ser um vereador. É preciso estar preparado e, além de uma forma-

Arquivo

Solon Silvestre tenta, pela primeira vez, uma vaga na Câmara de Vereadores de Natal ção acadêmica, ter também uma vivência", afirma. Contudo, além da experiência dos candidatos, Solon avalia que é preciso também a experiência do eleitorado, "que tem evoluído bastante". "Espero que o eleitor natalense tenha essa visão e a maturidade. Temos candidatos com excelentes perfis e acredito que haverá uma renovação muito grande, em mais da metade das vagas na Câmara". Essa maior exigência do eleitor passa, diretamente, segundo Solon, pela questão da Ficha Limpa. "Vai mudar e já está mudando a decisão do eleitorado. Alguns ainda conse-

guiram escorregar, passar pela Justiça Eleitoral e vão sair candidatos, mas o eleitor consciente pode dar a decisão dele nas urnas. A Ficha Limpa tem sido fundamental para moralizar a eleição". DECISÃO Quanto a decisão de ser candidato, Solon Silvestre afirma que não foi algo pensado "do dia para a noite", apesar da vontade já existir há algum tempo. "Quis primeiro conseguir minha independência financeira e graças a Deus consegui. Cheguei ao topo da montanha. Consigo vive da minha empresa e dos

meus negócios, não preciso do dinheiro da política, mas acho que preciso contribuir de outra forma para Natal, sendo vereador e ajudando em projetos que já tenho em mente". A decisão de disputar o cargo de vereador, mesmo nunca tendo ocupado qualquer cargo público, é uma forma que Solon Silvestre afirma ter encontrado para retribuir o carinho do povo de Natal, que o acolheu tão bem, há muitos anos. "Sou pernambucano, mas natalense de coração. O vereador é a comunicação do povo com a prefeitura. Natal está precisando de pessoas que olhem para ela. É uma pena que muitos vereadores nem sempre ouçam o povo o ano todo. Muitos escutam só agora, durante o ano eleitoral". Responsável por um projeto social que ajuda jovens e adultos a encontrar uma profissão e a aprender idiomas e, também dono de programas de televisão e de uma empresa, Solon Silvestre promete que "quem der o apoio nessa candidatura, não vai me ver jamais envolvido em qualquer escândalo, até porque não preciso sujar meu nome com isso", finalizou.


Política

Sábado e Domingo

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

O Jornal de HOJE 5

Wilma de Faria endossa proposta de resgatar Natal em apenas 200 dias EX-PREFEITA E CANDIDATA A VICE REAFIRMA A PROMESSA DE CARLOS EDUARDO DE “REORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA” Não bastaram as críticas do vereador Enildo Alves (DEM) que afirmou ser enganosa a proposta de resgatar Natal em 200 dias, conforme propõe o candidato do PDT, Carlos Eduardo Alves. A ex-governadora Wilma de Faria (PSB), vice do pedetista, endossou a ideia do “Natal Urgente”, afirmando se tratar de uma proposta viável. “É viável limpar a cidade em 200 dias. Claro que isso é urgente e foi isso que ele prometeu”, disse, durante entrevista ao Jornal da Cidade, da FM 94, na manhã desta sexta-feira. De acordo com a ex-prefeita e ex-governadora, a diminuição de repasses como o Fundo de Participa-

ção dos Municípios (FPM) não pode ser apresentada como uma barreira à execução dos serviços básicos, uma vez que a capital possui arrecadação própria e não depende exclusivamente deste recurso. Além disso, ela afirmou que uma reforma administrativa faria bem às finanças municipais, com diminuição de secretárias e corte de gastos. “Carlos Eduardo vai fazer uma reorganização administrativa do ponto de vista das secretarias existentes. A máquina está pesada. Ele precisa reduzir para permitir que ele administre com mais rapidez e ao mesmo tempo diminua esse excesso de despesa que pode ser im-

portante para fazer esses serviços básicos que não estão sendo feitos. E também reorganizar as finanças do ponto de vista da arrecadação” afirmou a ex-governadora, que é companheira de chapa de Carlos Eduardo na disputa pela prefeitura de Natal. No que diz respeito a melhorias na arrecadação, Wilma citou como exemplo a alta inadimplência no que diz respeito ao recolhimento do IPTU por parte da Prefeitura Municipal. “Hoje se paga um IPTU caro porque houve um reajuste de preços em relação aos impostos, principalmente o IPTU, no entanto, há uma inadimplência muito grande por falta

de confiança da população no gestor atual. Com isso há uma grande inadimplência, de mais de 50%. Então, a confiança é fundamental para as pessoas pagarem o IPTU”. Wilma disse que no seu governo, mostrava a população que o dinheiro do IPTU era revertido para obras na rua ou bairro onde as pessoas moravam. Isso era feito através das placas afixadas nos canteiros de obras. “Isso fazia com que a população se entusiasmasse e estivesse sempre conosco trabalhando juntos, inclusive para definição de novas obras para melhorar a vida daquelas pessoas, naquela comunidade”.

Arquivo

Wilma: “Inadimplência grande por falta de confiança da população na gestão atual”

>PARNAMIRIM

Start: Gilson Moura cresce e eleição está empatada A uma semana da eleição, o quadro eleitoral no município de Parnamirim apresenta mudança significativa. A mais recente pesquisa do Instituto Start, contratada pelo O Jornal de Hoje, comprova que está configurado o empate técnico entre os dois principais candidatos a prefeito da cidade. De acordo com a análise dos dados da pesquisa, o candidato Gilson Moura (PV) cresceu, o candidato Mauricio Marques (PDT) caiu e o pleito hoje está empatado. O empate técnico é apresentado nas pesquisas espontânea e estimulada. Na pesquisa estimulada (quando os nomes dos candidatos são apresentados), o candidato Maurício Marques tem 39,1% dos votos e o candidato Gilson Moura tem 37,9% dos votos, uma diferença de 1,2% inserida dentro da margem de erro. Na sondagem espon-

Wellington Rocha

Wellington Rocha

Gilson Moura, do PV, aparece com 37,9% das intenções de voto na estimulada

Prefeito Maurício Marques continua a frente, mas vantagem é de apenas 1,2%

tânea (quando não são citados os nomes dos candidatos), Maurício tem 30,0% e Gilson Moura tem 28,6%. A pesquisa da Start, realizada no dia 27 de setembro de 2012, foi contratada pelo Jornal de Hoje e

ques lidera o índice de rejeição com 26% e Gilson Moura tem 24,1%.

registrada no TRE sob o número RN 000154. A margem de erro é de 3,9% para mais ou para menos e a amostra é de 626 entrevistas com 95% de intervalo de confiança. Ainda de acordo com a pesquisa Start, o candidato Maurício Mar-

DEBATE "Vamos mostrar as nossas fichas para a população. A minha é limpa". Com um discurso crítico, o

candidato a prefeito de Parnamirim, Gilson Moura, encerrou a caminhada realizada na noite desta sexta-feira (28) entre os bairros Jardim Planalto e Centro. O candidato voltou a criticar a falta de ações da atual administração e citou que

o município teve de devolver recursos federais por falta de gestão. "Foram disponibilizados no Orçamento Geral da União R$ 56 milhões para serem aplicados em obras de saneamento nos bairros de Nova Parnamirim e Emaús, mas a atual gestão foi incapaz de realizar essas obras e os recursos tiveram de ser devolvidos", disse. Gilson Moura também lamentou a ausência de Maurício Marques no último debate, realizado pela TV União e fez um desafio. "Ele fugiu de todos os debates que foi convidado. Infelizmente ele parece não querer discutir os problemas de Parnamirim. Mas eu lanço um desafio: vamos para a praça pública discutir propostas para melhorar a vida do povo. E vamos mostrar as nossas fichas para a população. A minha é limpa. E a sua?", indagou Gilson.

> ELEIÇÕES 2012 Fotos: Divulgação

Ex-prefeito Jurandir Marinho, do PSD, ao lado da filha, Gesane Marinho, na campanha para voltar a Prefeitura de Canguaretama

Com o carinho dos eleitores, Jurandir Marinho cresceu nas pesquisas e já teve 15% de vantagem segundo pesquisa

Pesquisa aponta vitória de Jurandir Marinho com 15% de vantagem em Canguaretama Jurandir Marinho (PSD) caminha para retornar à Prefeitura de Canguaretama, na região Agreste do Estado. A pesquisa realizada pelo Instituto Perfil, em parceria com O Jornal de Hoje, registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRERN) sob o número 155/ 2012, na qual 450 pessoas foram ouvidas,

nos dias 21 e 22 de setembro, aponta para a vitória de Jurandir, que é pai da deputada estadual Gesane Marinho (PSD), no próximo dia 7 de outubro. Com uma vantagem de 12 pontos percentuais sobre o segundo colocado, tanto na espontânea quanto na estimulada, o ex-prefeito con-

firma seu favoritismo e a rejeição da atual administração. Na estimulada, Jurandir possui 42% das intenções de voto, seguido pelo prefeito Wellison Ribeiro (PR), com 30,44%. Edmilson Faustino (DEM), candidato da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), aparece na terceira colocação, com 12%, e,

em seguida, Tatá, com 3,78%. Na espontânea, as diferenças de percentual entre os candidatos são similares: Jurandir (39,12%), Wellison (27,11%), Edmilson (10,44%) e Tatá (3,11%). Questionados sobre a expectativa de vitória na eleição municipal deste ano, 44,44% também “apostam” em Jurandir Mari-

nho, 24,89% não souberam responder e 24,67% acreditam que Wellison poderá ser reeleito. Quando questionados sobre a possibilidade de mudarem o voto, 79,11% dos entrevistados foram enfáticos ao dizer que não mudariam – fato que comprova a cristalização do voto na cidade agrestei-

ra. Já com relação ao índice de rejeição dos candidatos, 38,01% dos entrevistados afirmaram que jamais votariam em Wellison para prefeito do Município, enquanto que 22,44% não rejeitariam nenhum dos candidatos. A pesquisa foi realizada em nove bairros de Canguaretama.


6 O Jornal de HOJE

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

Cidade

Sábado e Domingo

Fotos: José Aldenir

Obra de reconstrução seria iniciada pela Semopi nesta 2a feira, mas diante do impedimento, não tem prazo determinado

Prefeitura do Natal continuará realizando medidas paliativas, como a contenção mecânica e enchimento de sacos de areia

Justiça Federal impede início das obras e Natal pode perder os R$ 4 milhões para reconstrução do Calçadão de Ponta Negra D EFESA C IVIL M UNICIPAL ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

Atendendo a recomendação do Ministério Público Estadual (MPE), a Justiça Federal determinou que a Município de Natal não pode dar início as obras de reconstrução do calçadão de Ponta Negra até que o laudo pericial seja realizado. Diante do impedimento legal de tocar as obras, a Secretaria de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi) fica de 'braços cruzados' e correndo o risco de perder os R$ 4 milhões destinados às obras de reconstrução, liberados pelo Ministério da Integração Nacional. Com isso, as obras que seriam iniciadas nesta segunda-feira (1º), não têm prazo determinado para começar. Além disso, o impasse e a demora no início das obras podem trazer novos prejuízos, pois o trabalho de georeferenciamento feito em julho apontava 800 metros de calçadão danificados. Hoje, já são 1,5 mil metros de cal-

ESTUDA POSSIBILIDADE DE PEDIR PRORROGAÇÃO DO

çadão destruído. "Como técnica que sou do Município há mais de 30 anos, me sinto altamente constrangida com esse tipo de obstáculo que nos coloca numa situação de inércia. Trabalhamos muito desde que a Secretaria Nacional de Defesa Civil reconheceu o nosso Estado de Calamidade e hoje estamos de braços cruzados. E não porque queremos, mas porque somos impedidos judicialmente. Com isso, corremos o risco de perder estes recursos. Isso sim é prejuízo do dinheiro público e não em se fazer uma obra que pode durar cinco ou seis anos. A postura do Município é de luto, pois trabalhamos muito para que os recursos chegassem", desabafou a secretária de Obras Públicas e Infraestrutura, Tereza Cristina Vieira. O Estado de Calamidade Pública em relação ao calçadão de Ponta Negra foi decretado no dia 14 de julho. A Secretaria Nacional da Defesa Civil reconheceu a calami-

dade no dia 25 de julho. Desde o dia 10 de setembro, os 25% dos R$ 4 milhões que o Ministério da Integração Nacional já havia liberado, se encontra na conta da Coordenadoria de Defesa Civil de Natal. Para que não perca os recursos, a Prefeitura tem que começar as obras em até 90 dias após a decretação do Estado de Calamidade, que seria dia 14 de outubro. Diante desse impasse, o secretário de Segurança Pública e Defesa Social e coordenador da Defesa Civil de Natal, Carlos Paiva, já estuda a possibilidade de pedir a prorrogação do prazo, como forma de garantia dos recursos federais. "Não cumprindo o prazo, corremos o risco real de perdemos os recursos, pois decretamos o Estado de Emergência e o dinheiro foi liberado justamente por essa emergência. Mas o Ministério verá que não há essa emergência toda, muito embora haja, já que a obra não foi iniciada. Estávamos

> PARA ESTUDO TÉCNICO

com tudo pronto pra começar na segunda, mas fomos surpreendidos com esta decisão", afirmou Tereza Cristina Vieira. Com a decisão judicial, a Prefeitura de Natal está legalmente impedida pela Justiça Federal de realizar qualquer procedimento na praia antes que o laudo técnico seja concluído. São três estudos. Um primeiro, para as obras emergenciais, o segundo com soluções em médio prazo e o terceiro com um estudo da dinâmica da maré, que deve ter duração de 365 dias, com estudo em longo prazo. A sentença proferida nesta sexta-feira (28) pela juíza federal substituta Gisele Maria da Silva Araújo Leite aponta seis itens considerados fundamentais para o começo dos trabalhos em Ponta Negra: a realização das perícias; a contratação dos peritos indicados pela Justiça pelo Município; o depósito referente a esse contrato, no valor de R$ 118 mil, em cinco dias, conta-

E STADO

dos a partir do recebimento da notificação; fornecimento da cópia integral do convênio firmado com a Defesa Civil nacional em 48 horas; o não início das obras antes dos laudos e; o apoio permanente nas áreas para evitar acidentes. A secretária disse que ainda não foi notificada em relação à decisão, mas que o início das obras foi suspenso. Tereza disse que vai procurar a Procuradoria Geral do Município (PGM) nesta segunda-feira (1), para que recorra da decisão e possa contra-argumentar. "A situação é complicada, pois por mais argumentação técnica que apresentemos não conseguimos convencer. Parece que têm pessoas que não querem que as obras sejam iniciadas. Está havendo um grande equívoco conceitual, pois não vamos trabalhar soluções para a praia e sim resolver o problema numa estrutura urbana que é uma calçada e, que casualmente esta, calçada está localizada a beira-mar.

Esta semana, o juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública de Natal, Ibanez Monteiro da Silva, confirmou a necessidade de ser feito o estudo técnico para avaliar o grau de comprometimento da estrutura. No entanto, o magistrado não recomendou a interdição do Viaduto do Baldo. Com a decisão, o Município tinha 60 dias para realizar os estudos. Este estudo pretende complementar e atualizar o estudo realizado pela Semopi em 2009, que não foi concluído. Tereza Cristina Vieira, titular da Semopi, disse que não houve nenhum agravante para solicitar a interdição do Viaduto do Baldo e que a decisão surgiu após a reunião com os técnicos e engenheiros que ficarão responsáveis pelos estudos. "Não precisa de alarde. O viaduto não apresenta nenhuma perspectiva de que a estrutura possa ruir. A decisão foi para que os técnicos pudessem trabalhar com mais tranquilidade e para dar mais segurança aos transeuntes e aos técnicos, pois o acesso às estruturas é pela parte interna", afirmou.

C ALAMIDADE

Queremos restabelecer as condições estruturais do calçadão e não a balneabilidade da praia", disse Tereza Cristina Vieira. Em relação à contratação dos dois peritos, a secretária não concorda com os peritos indicados pelo Ministério Público, um inclusive do Rio de Janeiro, pois, segundo ela, para construir uma calçada é necessário apenas engenheiros e topógrafos, e a Semopi dispõe de técnicos capacitados para assumir a obra. Enquanto a Justiça não libera o início das obras, Tereza Cristina Vieira disse que vai dar continuidade ao trabalho diário das medidas paliativas, como a contenção mecânica e enchimento de sacos de areia. "Se até isso formos impedidos de fazer não sei o que será do calçadão de Ponta Negra, pois a cada maré alta o prejuízo só aumenta e tememos que o calçadão possa ruir por completo", destacou a secretária.

> INTEGRAÇÃO José Aldenir

Viaduto do Baldo será interditado a partir desta quinta-feira (4) A parte superior do Viaduto do Baldo será interditada, de forma preventiva, a partir da próxima quinta-feira, dia 4 de outubro, para que os técnicos da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi) possam realizar o estudo técnico envolvendo a parte estrutural do viaduto, que irá determinar qual a melhor alternativa para restaurar o equipamento. A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) ficará responsável pela ordenação do trânsito na região. A interdição deve durar 60 dias, no entanto, o estudo só deverá ficar pronto em 90 dias. A decisão foi tomada depois que engenheiros e técnicos da Secretaria realizaram uma nova vistoria no local, na manhã desta sexta-feira (28), e decidiram, em consenso com a titular da pasta, Tereza Cristina de Vieira, interditar o viaduto. A interdição já havia sido solicitada, através de uma Ação Civil Pública, pelo Ministério Público Estadual, no final de agosto.

DE

A secretária explica que embora o estudo dure cerca de 90 dias, dentro de 20 ou 30 dias, será apresentado uma prévia deste estudo, que vai apontar se haverá a necessidade de interdição na parte inferior, incluindo a rua Mermoz, na subida da avenida Rio Branco e na descida da avenida Deodoro da Fonseca. "Além disso, já deverá apontar quais reparos serão necessários e se ampliaremos a interdição da parte superior até que seja concluída a reforma na estrutura", afirmou. Tereza conta que o dia 4 de outubro foi escolhido, por ser um dia após um feriado, quando o fluxo de carros no local é bem menor e que, portanto, a Secretaria de Mobilidade Urbana teria todas as condições de fazer o isolamento, os desvios e sinalizar a região. Em maio deste ano, o Viaduto do Baldo já havia sido interditado, nos dois sentidos, por 30 dias, para as obras da Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern), na Estação de Tratamento de Esgotos do Baldo (ETE Baldo). José Aldenir

Viaduto será interditado para realização de estudo técnico por 60 dias. Porém, laudo só deve ser enntregue em 90 dias

Foram oferecidas oficinas de reciclagem (foto), confecção de hortas, jardinagem e paisagismo, entre outras atividades

Universitários e alunos de escola pública participam de ação social Na manhã desta com o objetivo de realizar atividades culturais e sociais em prol da comunidade escolar, a Escola Municipal Professor Zuza foi, nesta manhã, centro de uma ação social promovida pelo do Centro Universitário Facex (UniFacex) e desenvolvida por alunos dos cursos de Biologia, Ação Social, Pedagogia, Enfermagem, Direito, Tecnologia da Informação e Petróleo e Gás. Durante a manhã foram realizadas oficinas de reciclagem, confecção de hortas, jardinagem e paisagismo para melhorar determinadas áreas da escola. Além destas atividades, alunos e pais participaram juntos de oficinas de arte, contação de histórias, palestra sobre cidadania enfatizando os temas sobre gravidez precoce e uso de drogas, além de orientações sobre alimentação e nutrição. Serviços de atendimento jurídico ao público também foram realizados durante a ação social. A atividade faz parte de um projeto da UniFacex e é realizado periodicamente em várias escolas de

Natal, visando a integração entre escola, pais e alunos. Na Escola Municipal Professor Zuza, acontece pela segunda vez. De acordo com o coordenador do Curso de Petróleo e Gás da UniFacex, Jardel Dantas, esta é uma oportunidade de aproximar pais e filhos em atitudes positivas. "Essas ações não são voltadas apenas para os alunos, temos atividades para todos, de forma a aproximar a comunidade da escola, fazendo com que os pais participem um pouco da vida de seus filhos realizando, juntos, atividades educativas e divertidas", diz Jardel. Durante o evento, os alunos fizeram apresentações de danças e música para os presentes. A Escola Municipal Professor Zuza dispõe de diversos parceiros que utilizam o prédio para realizar projetos e trabalhos sociais voltados para os alunos e para a comunidade. Os alunos são beneficiados com aulas de teatro, treinos esportivos, aula de dança e música. Já para a comunidade são disponibilizadas semanalmente oficinas de artesanato e informática.

Segundo a diretora da escola, Irene Ferreira, essas ações têm grande influência na vida dos alunos e seus familiares. "Vemos mudanças no comportamento dos alunos que participam dessas ações e também vemos a felicidade que eles sentem em ter seus pais presentes, participando dentro da escola. A cada evento, mais pessoas participam, e agradecem demais. É uma atitude que faz todo o diferencial para uma escola como essa, localizada em uma comunidade carente. É lindo ver tantos voluntários dando tudo de si para ajudar", disse a diretora. Durante a ação da UniFacex, uma grande área verde foi transformada na 'Praça da Cidadania', os voluntários plantaram flores e decoraram o espaço, que agora servirá como mais um espaço para lazer dos alunos. A Escola Municipal Professor Zuza, atende às comunidades dos bairros Nazaré, Bom Pastor e DixSept-Rosado. A unidade foi fundada no ano de 1988 e é considerada uma das melhores escolas municipais de Natal.


Economia

Sábado e Domingo

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

O Jornal de HOJE 7

Arquivo

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

administracao@jornaldehoje.com.br

SYLVIA SÁ - INTERINA Licitação do quarto cais do Porto de Natal está na fase de habilitação das empresas n A licitação do berço 04 do Porto de Natal está na fase de habilitação das empresas. O prazo foi aberto no início desta semana e na próxima segunda-feira, dia 1º de outubro, será o julgamento das habilitações. n Ao todo, cinco consórcios tentam se habilitar para disputar a concorrência. n Nesta fase do processo é legalmente vedada divulgação dos nomes das concorrentes. n A habilitação é o processo onde os consórcios comprovam a regularidade jurídica, fiscal, técnica e econômico-financeira das empresas. n O Edital de Concorrência 028/2012 foi publicado no dia 14 de agosto, sendo republicado no dia 21 de setembro por incorreção. nAo todo, 30 empresas retiraram o edital com emissão de recibo pela Codern. Deste total, cinco consórcios e dez empresas individuais garantiram a caução da apólice de seguro. Ao final, porém, apenas os cinco consórcios, cada um composto por duas empresas, resolveram participar efetivamente do certame e estão agora na fase da habilitação. n Com as empresas habilitadas, a abertura das propostas acontecerá no dia 10, caso não haja recurso. Do contrário, o prazo vai para o dia 17. n O julgamento das propostas de preço acontecerá no dia 15 (se não houver recursos) ou no dia 27 (em caso de recurso). A declaração do consórcio vencedor da concorrência será no dia 29 de outubro. n A conclusão do processo licitatório, com a homologação do certame e o encaminhamento para a assinatura do contrato, acontecerá no dia 5 de novembro. n A obra do berço 04 prevê a construção de 220m de cais acostável e retroárea no Porto de Natal, o que totalizará 10 mil metros quadrados de ampliação. n Além disso, haverá a construção de uma cortina metálica com extensão de 144m para contenção do aterro de retaguarda do berço 03. n O atracadouro para embarcações de pesca artesanal também está incluso nesta licitação, conforme acordo celebrado entre a Codern e a Colônia de Pescadores Z-4, chancelado pela Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP). n Neste acordo, também ficou acertada a constru-

ção de edificações na retroárea externa do Porto de Natal para abrigar os pescadores. n O orçamento global estimado para a obra é de R$ 113.146.086,55 e o prazo para sua execução será de 20 meses contados a partir da emissão da ordem de serviço. Prazo para o agricultor solicitar subvenção da cana-de-açúcar encerra no dia 23/11 n Termina no dia 23 de novembro o prazo para o produtor independente de cana-de-açúcar pleitear junto à Conab a subvenção aprovada pelo Governo Federal para a safra 2010/2011. n No Rio Grande do Norte, serão beneficiados os agricultores com cana cultivada e processada no período em usinas e destilarias localizadas nas áreas de atuação da Sudene. n A subvenção será de R$ 5 por tonelada, limitada a 10 mil toneladas por produtor. n Para receber o benefício, o produtor deverá apresentar nota fiscal de venda ou nota de entrada emitida pela usina ou destilaria, entre 1º de agosto de 2010 e 31 de julho de 2011. Também precisa estar em situação regular com a Receita Federal e o Cadin. n Uma declaração deverá ser preenchida pelo produtor e certificada pela entidade local. n O modelo está no site da Federação da Agricultura do RN, além da integra do regulamento da Conab para a subvenção e roteiro com todas as informações sobre prazos e documentações necessárias. n Os arquivos podem ser consultados em www.faern.com.br, clicando em "Subvenção da canade-açúcar, safra 2010/2011". n Fruto de uma ação da CNA, a subvenção funciona como paliativo para minimizar as perdas do setor nas últimas safras. n "O objetivo é proporcionar maior equivalência de condições aos pequenos produtores de regiões que enfrentam baixa precipitação e problemas topográficos. Desde o anúncio do mecanismo, em junho, a Faern tem agido para que o maior número possível de produtores potiguares seja beneficiado, noticiando amplamente o auxílio e prestando orientações aos interessados", finalizou o presidente da Faern, José Vieira.

Parceria entre Sebrae, BNB e Faern facilita crédito para produtores afetados pela seca n Dirigentes do Sebrae no Rio Grande do Norte, da Federação da Agricultura e Pecuária (Faern) e do Banco do Nordeste assinaram, nesta sexta-feira, um acordo de cooperação que prevê a prestação de consultoria técnica no processo de elaboração de projetos de financiamento, prérequisito para quem quer ter acesso as linhas de crédito do Programa Emergencial para Seca 2012 do BNB. n A parceria faz parte das ações do Programa Sebrae no Semiárido, que irá beneficiar quase 2 mil produtores potiguares até o fim do ano. n A ideia é que técnicos do Sebrae ajudem os produtores a elaborar, adequar e entregar as propostas de financiamento ao banco. n Já foram investidos R$ 54 milhões em linhas de crédito voltadas para o enfrentamento da seca e a previsão do BNB é que esse volume dobre até o final do ano.

n O alerta foi feito em audiências realizadas no Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte (MPT/RN), quando o coordenador da Regional da Caixa Econômica Federal, Marcelo Ramos de Souza, entregou a cada um dos empregadores um relatório detalhado dos montantes não individualizados, juntamente com instruções sobre o procedimento de individualização a ser adotado. n "Os trabalhadores que já atuaram em tais municípios e empresas devem ficar atentos, bem como consultar extrato do FGTS junto à Caixa, para verificar possíveis pendências," destacam os procuradores do Trabalho Rosivaldo da Cunha Oliveira e Gleydson Gadelha, que presidiram as audiências. n Segundo os procuradores, "é importante lembrar que, em caso de morte do trabalhador, os herdeiros também podem verificar tais pendências e, após os trâmites legais, até mesmo receber os valores devidos", acrescentam.

Empregadores devem individualizar beneficiários dos R$ 6 milhões do FGTS n Os Municípios de Mossoró, Japi, João Câmara e Touros, e as empresas Natal Invest Investimentos Turísticos, Companhia Açucareira Vale Ceará Mirim e Urbana Companhia de Serviços Urbanos devem começar imediatamente a identificar os reais beneficiários de valores recolhidos (e não individualizados) por eles ao FGTS dentro do Estado, que somam aproximadamente R$ 6 milhões.

Le Biscuit traz novo conceito de lojas de departamentos para Natal n A filial da rede de lojas de departamentos Le Biscuit, inaugurada esta semana no Midway Mall, já é considerada sucesso de público e venda. n Essa é a 28ª loja da rede, em continuidade ao seu processo de expansão, que teve início no ano passado. A nova filial recebeu investimento de R$ 2,5 milhões e gerou mais de 40 empregos diretos. n Com foco em inovação, a em-

presa traz um conceito diferenciado de loja de departamento a Natal, em um espaço com cerca de 1000 m², e um mix de mais de 60 mil itens de decoração, utilidades para o lar, papelaria, brinquedos, festa, armarinho, bazar e bomboniére. n A Le Biscuit prioriza a organização dos espaços, para proporcionar aos clientes uma experiência de compra única e diferenciada. "Temos uma grande preocupação com o atendimento, não só nos pisos de venda, mas também nos caixas. E isso oferece ao cliente agilidade e conforto durante todo o tempo em que permanece na loja", explica Álvaro Sant´Anna, diretor-presidente da Le Biscuit. McDonald's inaugura mais duas filiais no RN, em Natal e em Mossoró n O McDonald's está expandindo sua atuação no RN. n Dois restaurantes da rede, em Natal e em Mossoró, serão inaugurados neste mês de outubro. n Em Natal, o novo restaurante será na avenida Bernardo Vieira, no Midway Mall, e funcionará das 7h às 23h, de segunda a segunda. n Já em Mossoró, o primeiro restaurante da rede no interior do RN, o McDonald's irá funcionar na avenida João da Escóssia, Nova Betânia, no Mossoró West Shopping, de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos das 11h às 22h. n A rede marca presença no Rio Grande do Norte há 15 anos e atualmente tem três restaurantes na capital potiguar.

Dispara o abate de gado por causa da seca no RN NÚMEROS DEVEM SUPERAR OS REGISTRADOS NA SECA DE 2010 Herácles Dantas

MARCELO HOLLANDA HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COM

Que o abate de animais cresceu muito este ano no Rio Grande do Norte, por causa da seca e a escassez de comida para o rebanho, disso ninguém duvida. A grande questão, agora, é saber qual o tamanho do estrago, especialmente depois que o milho começou a faltar nos armazéns da Conab e os produtores denunciaram o esvaziamento do Comitê Contra a Seca instituído pelo governo estadual. Segundo os últimos números divulgados esta semana pelo IBGE, a grande vítima é o rebanho de bois, cujos abates cresceram mais de 17% em relação ao ano passado. Só no segundo trimestre deste ano foram abatidas quase 29 mil cabeças, um aumento de 9% sobre o mesmo período do ano passado. Por causa da produção leiteira, que também caiu muito este ano, as vacas foram mais poupadas do descarte, mesmo assim o abate apresentou uma variação positiva de 11,6%. Trata-se de uma tendência nacional, pois os abates de bois e vacas aumentaram em 7% em todo o território nacional no segundo trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2011. Segundo o chefe do escritório do IBGE no RN, Aldemir Freire, os descartes de bovinos no RN deverão ser bem superiores aos verificados em 2011, quando o volume chegou a 106.672 abates. Os números corroboram o alerta das li-

Presidente da Anorc, Júnior Teixeira: mortes por inanição todos os dias no RN deranças rurais, que falam de um encolhimento progressivo do rebanho potiguar. "Há propriedade que registra dezenas de cabeças mortas por inanição todos os dias", disse essa semana ao JH o presidente da Associação Norte-rio-grandense dos Criadores, Júnior Teixeira. Ele prepara um documentário sobre as agruras enfrentadas pelo interior, onde agricultores estão recebendo a visita de uma equipe que registra tudo em imagens. Para o empresário Gustavo Rocha, diretor da Lanila Agropecuária, os números oficiais foram beneficiados este ano com a recente atualização cadastral do Idiarn o Instituto de Defesa Agropecuária

do Rio Grande do Norte. Mas admitiu que os dados estão muito longe da realidade dos abates em curso neste momento, por conta da seca e da falta de alimento para o gado. "Eu diria, sem medo de errar, que é o número real é o dobro ou um pouco mais", diz Gustavo Rocha. "Comparar apenas os descartes de cabeças a cada semestre não reflete com a mesma exatidão de uma comparação ano a ano", afirmou Rocha. "Nessa conta do IBGE, não entrou o imenso abate clandestino da carne que vai parar nas feiras livres do interior e mesmo do gado enviado para outros estados, burlando a barreira erguida recentemente por Pernambuco e Ceará", acrescentou.

Números podem passar dos registrados em 2010 Para o chefe do escritório do IBGE no RN, Aldemir Freire, os números de abates de cabeças deste ano indicam que eles podem superar os de 2010, um ano de seca. "Não há mais qualquer dúvida que teremos um aumento no descarte de cabeças em relação a 2011, quando o volume chegou a 106.672 abates", lembrou Freire. Mas para produtores como Gustavo Rocha, quando se fala em 100 mil cabeças abatidas, o melhor é projetar 200 mil cabeças ou mais. “Não é uma crítica aos dados oficiais, eles não poderiam mesmo considerar os abates clandestinamente de cabeças para as quais não há GTAs- Guias de Trânsito Animal”. Ontem, em entrevista a este jornal, o presidente do Sindicato dos Produtores de Leite do Rio Grande do Norte (Sinproleite), Marcelo Passos, admitiu pela primeira vez que a atividade a que ele pertence está mudando seu modelo de produção e há poucas chances desse quadro ser revertido. E previu que muitos produtores poderão se retirar da atividade, com repercussões sociais sérias para o campo. Ao comentar os dados do IBGE sobre que de 7% na captação de leite pelos laticínios

Divulgação

Gustavo Rocha, da Lanila Agropecuária entre o primeiro e o segundo trimestre deste, o vice-presente do Sindicato da Indústria do Leite (Sindleite), Francisco Belarmino, previu neste sábado um inevitável enxugamento na produção da bacia leiteira potiguar a partir de agora. "Os pequenos produtores familiares já se retiraram da atividade", assegurou. "Estamos com muito medo do que está acontecendo e vai chegar a hora que a indústria processadora terá

que parar por falta de matériaprima", alertou. Segundo Belarmino, o Governo do Estado está pagando em dia os R$ 0,93 por litro do programa do leite, mas as queijeiras já estão pagando até R$ 1,15 no interior. "E a impressão que temos que, mesmo assim, está difícil encontrar leite para comprar, pois as coisas estão piorando numa velocidade muito grande", afirmou. Semana passada, a confirmação que a última licitação da Conab para enviar uma carga de milho para o Rio Grande do Norte fracassou por falta de transportadores interessados desesperou muitos produtores potiguares, a ponto do presidente da Faern, José Vieira, dirigir duras críticas ao Governo que, segundo ele, estaria apático e imobilizado para entender as dimensões da crise. Segundo Vieira, o Comitê Contra a Seca, instituído este ano pela governadora Rosalba Ciarlini, estaria totalmente esvaziado. Ele cobrou reciprocidade do estado, depois da ajuda dada pela Faern para o processo de reorganização do Idiarn, para qual o Federação colaborou com o pessoal para a reestruturação do cadastro de produtores.


Cidade

Sábado e Domingo

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

O Jornal de HOJE 9

Maurício Cuca

Ao lado do representante da Editora Abril no Estado, Manoel Lopes, jornaleiros da cidade contam histórias do cotidiano

Profissionais comemoram Dia do Jornaleiro neste domingo PROFISSÃO

EXISTE HÁ MAIS DE

GÉSSICA RIBEIRO GESSICAJORNALISTA.UFRN@GMAIL.COM

Neste domingo, dia 30 de setembro, é comemorado o Dia do Jornaleiro, profissional tão comum, que existe em quase todos os bairros de uma cidade e sempre é conhecido por muita gente. A profissão é bem antiga e no Brasil existe há mais de 150 anos. Dados históricos contam que tudo começou com os negros escravos que saíam pelas ruas gritando as principais manchetes estampadas nas primeiras páginas do jornal 'A Atualidade' (primeiro jornal a ser vendido avulso, no ano de 1858). No século 19, imigrantes italianos chegaram ao Brasil e expandiram a atividade, paralela ao desenvolvimento da imprensa no País. Na época, os 'gazeteiros', como eram chamados, não tinham ponto fixo e carregavam os jornais nos ombros pelas ruas da cidade. O termo 'gazeteiro' foi escolhido para definir a profissão na época porque muitos estudantes costumavam 'gazetear' as aulas (faltar escondido dos pais) para ficar nas bancas, olhando os jornais e revistas, ao invés de ir para o colégio. O nome 'jornal', que veio a nomear, depois, o 'jornaleiro' tem sua origem na palavra latina 'diurnális' - referente a 'diário' - e que significaria o relato de um dia de atividades. As primeiras bancas eram montadas sobre caixotes de madeira, com uma tábua em cima, onde os jornais ficavam expostos para venda. Com o passar dos anos e com a popularização do serviço, as bancas foram evoluindo e hoje existem em diversas estruturas. Atualmente, as bancas nem sempre estão instaladas em ruas. Há muitas dentro de estabelecimentos comerciais e o público que as frequenta é muito diversificado. Francineide Miranda é jornaleira há quase 20 anos e tem bancas instaladas em uma rede de supermer-

150

cados de Natal. O interesse pela profissão vem de família, pois ao se casar com o filho de um antigo jornaleiro da cidade, passou a conhecer melhor a profissão e ajudar na banca. Segundo ela, ao ver eu sogro trabalhando nas bancas ficou admirada com o cotidiano de um jornaleiro. "Quando comecei a ajudar na banca, achava uma profissão bem simples, mas com o passar do tempo, comecei a ficar admirada com o relacionamento do meu sogro com os clientes e gostei tanto da profissão que abri minha própria banca em 1993. Esta foi a primeira banca de auto-serviço de Natal. Mesmo quando me separei, optei por ficar com a banca, no lugar de receber a pensão", disse a jornaleira Francineide Miranda. A filha de Francineide Miranda, Cristiane Miranda, segue os mesmos passos da mãe e já abriu a própria banca. A jovem, que começou a ajudar a mãe por obrigação, hoje administra todas as bancas da família e exerce com orgulho a profissão de jornaleira. "Comecei a ajudar na primeira banca da minha mãe contra minha vontade, mas foi impossível não gostar da profissão. Fazemos amigos, escutamos, aconselhamos e até nos divertimos com os clientes. Hoje sou apaixonada pelo que faço. Sou formada em Administração e a banca foi meu laboratório, pois eu aplicava na loja tudo o que aprendia no curso. E inovação é o que sempre buscamos oferecer aos clientes", disse Cristiane Miranda. Com os avanços tecnológicos e o grande alcance da internet, durante algum tempo jornaleiros tiveram suas atividades econômicas afetadas, pois muitas revistas passaram a disponibilizar a versão digital em sites. No entanto, nos últimos, a frequência dos clientes às bancas voltou a crescer. O jornaleiro Antônio Barbosa investe há 23 anos na

ANOS NO

BRASIL

modernização de suas bancas, acompanhando as mudanças no mercado e na clientela. "O mundo está em constante mudança e foi preciso me habituar a elas e acompanhar para manter o interesse dos clientes. Hoje o 'mix' nas bancas mudou, pois não vendemos apenas jornais e revistas, mas também guloseimas, bebidas, CDs, DVDs, cigarros e muitas outras opções, buscando oferecer o melhor e mais amplo serviço", conta Tota Barbosa. O ofício de jornaleiro é um desafio diário, pois sempre conta com novidades. Além disso, exige uma série de características específicas como dinâmica, simpatia, conhecimento e até espírito empreendedor, pois são estratégicos até na disposição de revistas e jornais em suas bancas, além de saber o que deve ser exposto para atrair a clientela. Para o jornaleiro Paulo Sérgio de Andrade, as pessoas ainda vão às bancas porque são atraídas pelo conteúdo exposto, mas também porque gostam de encontrar muita diversidade de informação em um só lugar. "Tenho clientes jovens, adultos e até crianças. Muitas vezes eles chegam na banca sem saber se querem comprar algo, mas diante de tantas opções, e após coversar conosco, sempre levam alguma coisa. Para mim, o segredo do jornaleiro está em saber reconhecer o público alvo, oferecendo a eles o que querem e se isto estiver em alta, oferecer outras alternativas que lhes interessem", disse Paulo Sérgio. O jornaleiro pode ser aquele que fica na banca de jornais, que vende todo tipo de material informativo periódico como jornais, revistas, palavras-cruzadas e apostilas ou aqueles que vendem jornais nas ruas ou nos semáforos. Seja como for, todos são canal de informação, que, casado ao jornalismo leva a todos o conhecimento sobre o que acontece no mundo.

> SEM PAVIMENTAÇÃO

Ney Lopes Jr denuncia insegurança em ruas registradas como calçadas O vereador Ney Lopes Jr afirma que existe em Natal um "descaso inexplicável", em relação à grande número de ruas, que "têm núcleos de habitação e tráfico regular de veículos e, no entanto, são registradas na Prefeitura Municipal do Natal como calçadas. Por tal razão, não se incluem no plano municipal da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semopi) como habilitadas para serviços de limpeza, segurança, pavimentação, ou calçamento". O vereador tem catalogado e fotografado as ruas nestas condições para até acionar, se for o caso, os órgãos judiciais competentes, visando à retirada destes logradouros registrados como calçadas na Prefeitura. Diz também que insistirá na responsabilização judicial das empresas, que ganharam licitações para executar obras nestes locais e não concluíram. Ney Lopes Jr destacou que vem abordando esta reivindicação há

Wellington Rocha

Ney Jr diz que acionará órgãos judiciais para retirar ruas registradas como calçadas anos no plenário da Câmara Municipal do Natal e não encontra receptividade de providências efetivas por parte dos administradores. O vereador acrescentou que por falta da urbanização, esses tipos de 'artérias' da cidade se transformam, às vezes, em locais de encon-

tros de viciados e criminosos, tudo facilitado pela ausência de rondas policiais, diante da absoluta falta de acesso. "Outro aspecto danoso é a condenação dos moradores que são obrigados a viverem com a insegurança, poeira e lama constantes", declarou Ney Lopes Jr.

CMYK


10 O Jornal de HOJE

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

Cidade

Sábado e Domingo

Outubro: mais 560 vagas para presos PAVILHÃO DE ALCAÇUZ E REFORMA NA ANTIGA DEPROV POSSIBILITARÃO O ‘DESAFOGAMENTO’ DE UNIDADES PRISIONAIS Wellington Rocha

José Aldenir

ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

O secretário estadual da Justiça e da Cidadania, Kércio Pinto, anunciou neste sábado, numa entrevista a’O JORNAL DE HOJE a criação de 560 vagas no sistema carcerário do Rio Grande do Norte, até o final de outubro próximo. Ele afirmou também que o projeto para construção de duas novas penitenciárias estaduais já está pronto e que os recursos para as obras devem ser liberados pelo Ministério da Justiça em novembro próximo. Kércio, que é delegado de Polícia Federal, anunciou ainda a reforma e ampliação de outras unidades prisionais no interior do Estado. As duas novas unidades prisionais anunciadas por Kércio Pinto, com 386 vagas cada uma, devem ser construídas nos municípios de Ceará-Mirim e Parelhas e integram o plano imediato para desafogar o sistema carcerário do Estado, que sofre com o caos. No entanto, apesar dos recursos para isso saírem em novembro, conforme expectativa do secretário, ainda não há previsão de término dessas obras. "De imediato, teremos a liberação do novo pavilhão da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, que vai ofertar 400 novas vagas, e o reinício da reforma dos prédios do Centro de Detenção Provisória (CDP) e do antigo prédio da Delegacia Especializada na Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov), ambos situados na zona Norte. Juntos, os dois vão oferecer mais 160 vagas, totalizando as 560 que afirmamos", explicou o secretário. Kércio Pinto disse que, para a reforma desses dois prédios na zona Norte, o Governo do Estado, através da Sejuc, está concluindo um acordo judicial para o pagamento das empresas responsáveis pelas obras. Com isso, ele espera que os dois prédios sejam liberados para

Enquanto as obras anunciadas e planejadas pelo secretário Kércio Pinto (À DIREITA) não forem executadas, sistema penitenciário do Rio Grande do Nor te continuará sofrendo com a superlotação uso já no final de outubro, desafogando os demais CDPs da cidade. Além disso, ele anunciou ainda a reforma do ‘Pereirão’, no município de Caicó, cuja licitação deve sair já em outubro e também a ampliação da unidade prisional de Nova Cruz, que deve ganhar 54 novas vagas. "Essas reformas não irão salvar o mundo, mas darão um alívio importante para o sistema, que está saturado e carecendo urgentemente de melhorias e de ampliação de vagas", afirmou Kércio. UMA SEMANA APENAS PARA A TRANSFERÊNCIA DE 82 PRESOS Faltando apenas sete dias para o final do prazo determinado pela Justiça Potiguar para a transferência de todos os presos detidos no Núcleo de Custódia da Polícia Civil, a unidade ainda está com 82 homens. Durante uma revista na única cela do local, que possui 18 metros quadrados, os policiais encon-

traram dez celulares, uma faca-peixeira e uma pequena quantidade de maconha, que foram apreendidos após a inspeção. Segundo a diretora do Núcleo, Tânia Pereira, ainda não há previsão para o esvaziamento total da unidade, já que não há vagas disponíveis no sistema prisional do Rio Grande do Norte. Ela afirmou que já conseguiu realizar muitas transferências de presos para centros de detenção provisória, principalmente para o do bairro de Pirangi, na zona Sul, mas que acaba recebendo o mesmo número de detentos, o que desequilibra a balança. "Infelizmente, não há lugar para colocar as pessoas que são presas em flagrante delito e elas acabam vindo parar aqui mesmo, apesar da superlotação. Eu não posso me negar a receber um acusado, porque, se isso acontecer, ele vai ficar dentro de uma viatura policial para cima e para baixo. Então, enquan-

to o Estado não construir novas unidades, o Núcleo vai continuar com presos", explicou a diretora. Ela disse que se sente impotente diante desta situação e que isso afeta diretamente o trabalho de todos os agentes policiais que atuam na unidade, que estão estressados e ansiosos com o esvaziamento total do prédio. A única esperança que eles têm é a promessa feita pelo secretário de Justiça e Cidadania, Kércio Pinto, que afirmou que o Estado iria construir duas novas unidades prisionais para desafogar o sistema carcerário potiguar. "Isso acontecendo, vai melhorar bastante a atual condição do Estado, que sofre com a superlotação das unidades prisionais existentes e a consequente falta de vagas. Nós trabalhamos em permanente estado de estresse e muitos de nós já sofre com problemas de saúde crônicos causados ou piorados pelas condições que enfrentamos. Eu mesmo tenho hipertensão arterial,

sinto angústia e dores no peito e de cabeça por conta dessa pressão toda", desabafou Tânia. PRESOS COM SENTENÇA JUDICIAL NO NÚCLEO DE CUSTÓDIA Além dos problemas estruturais do Núcleo de Custódia, que deveria funcionar como um centro de triagem, a diretora Tânia Pereira enfrenta ainda a existência de presos que deveriam estar em penitenciárias já há muito tempo, mas que, por causa da falta de vagas atual, estão detidos lá ainda. "Temos presos que já foram condenados pela Justiça, presos com mandado de prisão e até foragidos. No entanto, todas essas pessoas deveriam estar em presídio e não aqui, que é uma espécie de núcleo de triagem e não uma penitenciária, como vem sendo usado. Isso representa um perigo grande para todos nós", afirmou. Tânia disse ainda que na sema-

na passada, chegou a ter 107 homens presos no Núcleo de Custódia, onde foi necessário prender 11 deles algemados do lado de fora da cela improvisada, que já não tinha mais nenhum centímetro quadrado livre para abrigar ninguém. Apenas no final da tarde do mesmo dia é que ela conseguiu 15 vagas em centros de detenção provisória, o que deu um pouco mais de tranquilidade para os policiais civis de plantão. "Estamos no final do prazo determinado pela Justiça e, sinceramente, não sei se vamos conseguir transferir esses presos todos, porque não há vagas disponíveis para todo mundo. Já chegamos a ficar com apenas 65 detidos, mas, infelizmente, continuamos a receber novos presos, o que atrasou o esvaziamento total do local. Mas, até o final do prazo, o Governo do Estado tem que resolver isso, porque a Polícia Civil está sendo penalizada por uma responsabilidade do Governo e não dela", concluiu.

> ARMAS DE FOGO

Fim de semana começa com mortes no Paço da Pátria e Igapó Três homicídios nas últimas 24 horas, em Natal. Mais uma vez, os moradores de duas ruas do bairro do Igapó, na zona Norte, acordaram assustados com os barulhos de disparos de armas de fogo e, ao saírem de casa, se depararam com os corpos de dois homens assassinados. A mesma cena foi registrada também na comunidade do Paço da Pátria, na zona Leste da Capital. Em Mossoró, um homem sofreu um tiro no rosto durante um atentado, na porta de casa. Na manhã de hoje, um homem não identificado foi assassinado a tiros de revólver quando caminhava pela rua Beira Canal, na comunidade. Alertados pelos barulhos dos disparos, muitos moradores do local correram para fora de suas residências e, ao chegarem à rua, se depararam com o cadáver da vítima, que já estava morta. Apesar da lei do silêncio que domina a área, algumas pessoas ainda ligaram para o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), para alertar sobre a ocorrência. Policiais militares foram até o local do crime para levantar informações sobre o caso e descobriram que a vítima, que não

portava nenhum documento de identificação, não morava na comunidade. Peritos do Instituto TécnicoCientífico de Polícia do Rio Grande do Norte (Itep/RN) foram acionados e removeram o cadáver da vítima para a sede do órgão, no bairro da Ribeira, onde passou por perícia. A Polícia Militar iniciou diligências na região para levantar mais informações sobre o crime e tentar identificar quem teria cometido o assassinato. Até o final da manhã de hoje, os policiais militares não tinham conseguido prender nenhum suspeito de ter assassinado o desconhecido. A suspeita é que ele tenha sido atraído até o local ou que tenha sido morto em algum acerto de contas. Os moradores da rua onde ocorreu o fato afirmaram que não conheciam a vítima. O segundo homicídio desta manhã aconteceu na rua Henrique Dias, no bairro de Igapó, zona Norte de Natal. Um homem, também não identificado, foi assassinado com vários disparos de arma de fogo quando passava pela via. Mais uma vez, as pessoas negaram que tenham visto o momento em que o

José Aldenir

Comunidade do Paço da Pátria voltou a ser palco de assassinato, na manhã de hoje desconhecido foi morto ou quem poderia ter cometido o crime. E ontem à noite, mais um assassinato misterioso aconteceu em Igapó. Desta vez, o homicídio foi registrado na Rua Sebastião Gonçalves, onde um homem identificado como Francisco Leandro da Silva, de 43 anos foi atingido com vários disparos de arma de fogo,

efetuados por desconhecidos. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas o homem já estava morto. Apesar de o crime ter sido cometido em um horário de intensa movimentação de pessoas na rua onde aconteceu a morte, ninguém soube dar informações sobre como aconteceu o homicídio para os po-

liciais militares do 4º Batalhão, que foram até o local. Os peritos do Itep/RN removeram o cadáver para necropsia. HOMEM SOFRE ATENTADO NA PORTA DE CASA, EM MOSSORÓ A noite foi violenta também no município de Mossoró, no Oeste Potiguar, onde um homem sofreu tentativa de homicídio ontem à noite, quando saia de sua residência para abastecer uma motocicleta. De acordo com informações da Polícia Militar, o atentado pode ter sido motivado por vingança. Conforme relatos de testemunhas, o representante comercial Francisco Genilson de Brito estava na porta de casa, retirando a motocicleta da garagem, quando duas pessoas passaram e efetuaram disparos contra a vítima. O homem foi atingido por um tiro no rosto e socorrido por pessoas que estavam na rua no momento do atentado. Após os disparos, os acusados, que estavam em uma motocicleta, fugiram em alta velocidade, tomando rumo ignorado. Já Francisco Genilson foi levado para o Hospital Regional de Mossoró, onde passou

por procedimento médico para a retirada da bala, que o atingiu de raspão. A Polícia Militar continua as diligências em toda a região, para identificar e localizar a dupla que tentou matar o representante comercial. MOTORISTA ATROPELA E MATA MOTOCICLISTA NA BR-101 Um acidente envolvendo um veículo Citröen C4 e uma motocicleta provocou a morte de uma pessoa na manhã de hoje, na BR-101, próximo à entrada para o bairro de Cidade Satélite, na zona Oeste de Natal. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor do carro apresentava sinais de embriaguez e foi preso em flagrante. Conforme relatos policiais, o motociclista identificado como José Lourenço não resistiu à gravidade dos ferimentos e faleceu antes que a equipe do Samu chegasse ao local do acidente. Já o motorista do Citroen, que não teve o nome revelado pela PRF, foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia de Plantão da zona Sul, no bairro da Candelária.


Cidade

Sábado e Domingo

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

O Jornal de HOJE 11

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

PT defende democracia em videoteipe Por Guilherme Fiuza* O julgamento do mensalão está pondo a democracia em risco, porque está todo mundo vendo. O alerta do secretário de comunicação do PT, André Vargas, deputado pelo Paraná, é preocupante. Ele denuncia as transmissões ao vivo do Supremo Tribunal Federal como um perigo para as instituições, as pessoas e os partidos. De fato, esse negócio de ficar mostrando as coisas como elas são, na hora em que acontecem, ainda vai dar problema. Tudo era muito melhor antes de Roberto Jefferson abrir a janela e deixar a luz entrar. Na penumbra, sem ninguém de fora ver nada, a democracia estava bem mais protegida. Os negócios patrióticos que corriam de lá para cá pelo valerioduto teriam prosperado, e certamente haveriam pulado da casa dos milhões para a dos bilhões. No que a TV mostrou e a imprensa publicou, aquele promissor projeto nacional escorreu pelo ralo. Um prejuízo incalculável. André Vargas diz que o julgamento no STF virou "quase um Big Brother da Justiça". Com a habilidade de comunicador que fatalmente tem um secretário de comunicação, ele está indicando que o que se passa na corte suprema do país é uma palhaçada. Sua imagem nos permite imaginar que, a qualquer momento, os juízes vão tirar suas capas e mergulhar de sunga na piscina, exibindo seus músculos, seus planos para a festinha de logo mais e suas intrigas para jogar o colega ao lado no paredão. É uma sólida argumentação. Realmente, fora do circo, as palhaçadas só deveriam ocorrer entre quatro paredes. Sem transmissão ao vivo. A palhaçada da cúpula do PT com Marcos Valério, por exemplo, transferindo dinheiro do Estado para o partido, não tinha nada que vir a público. Era um assunto privado deles, ninguém tinha nada com isso. E o fato de a operação envolver dinheiro do povo não tinha o menor problema. Eles tinham sido eleitos por esse povo para fazer o que sabiam fazer. Estavam, portanto, cumprindo seu compromisso democrático. Tanto que depois disso foram eleitos novamente duas vezes para dirigir o país. Cada povo tem os palhaços que merece. Só não fica bem, como alertou André Vargas,

botar essas coisas na televisão. Se a família está jantando, por exemplo, a comida pode não cair bem. É um risco para a democracia e para o estômago dos brasileiros. Para que viver perigosamente? Democratas deste Brasil grande, interrompam imediatamente a transmissão das sessões do Supremo. Detenham enquanto é tempo esse atentado às instituições e às pessoas de bem. Não é preciso tanta pressa para saber o que se passa no tribunal. Vamos deixar as coisas se acalmarem, a febre baixar e o povo se distrair com outra coisa. Papai Noel não demora, depois tem o Carnaval e aí começa a contagem regressiva para a Copa do Mundo no Brasil. Ninguém vai querer que este país sedie o maior evento do mundo com sua democracia em risco. Desliguem as câmeras no STF já! Outro brasileiro que subiu o tom em defesa da democracia foi o senador Jorge Vianna, do PT do Acre. Jorge Vianna era um político moderado, equilibrado, conhecido pela sensatez. Mas tudo tem limite. Depois que o nome de Luiz Inácio da Silva começou a circular no Supremo, e que supostas declarações de Marcos Valério colocaram o ex-presidente no topo da palhaçada, o senador mansinho virou bicho. Assim como seu colega André Vargas, botou o dedo na ferida: isso é um golpe da elite preconceituosa. Para os não-iniciados, é bom esclarecer: "elite", no dicionário do PT, é um termo figurativo muito importante para os ladrões do bem, que os mantém na condição de milionários oprimidos. Eles têm o poder, mas "elite" são os outros. É um conceito que funciona bem há bastante tempo, e em time que está ganhando não se mexe. A outra palavra-chave desse dicionário é "preconceito". Luiz Inácio da Silva é o filho do Brasil, vítima da elite. Se você tiver preconceito contra a montagem de um governo quadrilheiro, esqueça. Você estará sempre sendo discriminatório contra o pobre homem bom. Não importa quantos valeriodutos atravessem a biografia dele. Como já decretara o nosso Delúbio, o mensalão é um golpe da direita contra o governo popular. O que Jorge Vianna, André Vargas e grande elenco petista estão dizendo é: pelo amor de Deus, continuem acreditando nisso, senão estamos fritos. (GF, na Época)

ISMAEL

DISSIMULADO

O ex-deputado Ismael Wanderley recupera-se bem no São Lucas no pós-operatório e deverá deixar a UTI ainda nesse sábado, depois de uma avaliação de um quadro infeccioso debelado pelos médicos. As visitas ainda estão limitadas aos familiares.

O crítico feroz das pesquisas de Paulo de Tarso tentou de todo jeito servir à prefeita Micarla de Sousa, fazendo visitas a alguns auxiliares dela, em duas ou três secretarias. Os titulares das pastas nem lhes deram muita bola, a não ser ouvi-lo por pura educação.

PESQUISAS

Nos 20 anos do impeachment de Fernando Collor, o PT tem evitado a efeméride. Foi protagonista do movimento que derrubou o alagoano e hoje é seu maior aliado. Muitos "caras pintadas" de ontem se tornaram os "caras de pau" da petralhada de hoje.

Em toda eleição é a mesma coisa: candidato que está atrás na preferência do povo repete o mantra da "pesquisa interna" em que aparece bem. Ora, por que diabos, então, não se publicam as tais "internas"? Pior é que quando abrem as urnas, bate com as 'externas'.

LÁ E LÔ

Pelo menos em relação às pesquisas publicadas em Natal, PT e PSDB pensam exatamente do mesmo jeito. Seus respectivos candidatos, Fernando Mineiro e Rogério Marinho repetem um mesmo discurso nas postagens da timeline do Twitter.

COLLOR

PROTESTO CHIQUE

A presidente Dilma Rousseff não viu, mas algumas figuras da comitiva viram, na semana passada, em plena Quinta Avenida, em Nova York, um grupo de manifestantes exibindo faixas com o apelo "S.O.S Brazilian Federal Police e Security in First Place".

A RUA

Tanto Mineiro quanto Rogério já postaram por mais de uma vez que a impressão das ruas, constatadas em suas caminhadas, guarda enorme diferença dos números das pesquisas. Ou seja, de acordo com a receptividade popular ambos irão ao 2º turno.

AVISO

Assim como "pesquisa interna" não reflete nunca o resultado final da apuração da justiça eleitoral, o tal do "tracking" não ganha eleição. Então, vamos parar com essa besteira de vomitar resultados positivos de uma ferramenta sem precisão científica.

ATRASO

O Brasil é a única grande nação, pretensamente democrática, em que o Estado e a imprensa são cúmplices na defesa e manutenção de uma aberração constitucional, o famigerado voto obrigatório. Votar não é o determinante para definir uma democracia.

VOTO E IMPOSTO

É ridícula a campanha publicitária da justiça eleitoral enaltecendo o voto obrigatório como a sétima maravilha da democracia e maior conquista da cidadania. Balela. O voto tem que ser livre e facultativo. E mais importante que ele para todos é pagar imposto.

DIAS GOMES 90 A filha do dramaturgo, Mayra Dias, que mora em Los Angeles com o roqueiro Coyote Shivers, virá ao Brasil para lançar um livro em homenagem aos 90 anos de nascimento do pai e também aos 50 anos da conquista do filme "O Pagador de Promessas" em Cannes. Entre as muitas comemorações pela data, a mais relevante virá da TV Globo com a exibição de um remake da novela Saramandaia, sucesso em 1976.

João Ricardo Correia jornalistajoaoricardocorreia@gmail.com / joaoricardocorreia@yahoo.com.br

EMPREGO O Governo do Estado está nomeando os candidatos aprovados em concurso público, ocorrido em 2010, para preenchimento dos cargos de enfermeiro e técnico de enfermagem, integrantes do Quadro Geral de Pessoal do Estado, na Secretaria da Saúde Pública. O ato foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado, 29. Os profissionais convocados serão encaminhados para as unidades de saúde da Região Metropolitana de Natal. PORTOS Na segunda quinzena de outubro, o governo federal deve lançar um programa de concessões para que o setor privado invista na construção de portos e melhoria da infraestrutura já existente no setor. Segundo o presidente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Bernardo Figueiredo, o objetivo é reduzir em cerca de 30% o custo do escoamento dos produtos para baratear as exportações. PORTOS 2 De acordo com Figueiredo, estudos indicam que o setor necessita hoje de recursos entre R$ 30 bilhões e R$ 40 bilhões. Um dos novos terminais será construído na região de Ilhéus, no sul da Bahia, em conexão com o eixo da ferrovia que ligará o Oeste baiano ao Sul do Estado.

Divulgação

LUTO Luiz Gonzaga Cavalcanti, ex-prefeito de Riachuelo, faleceu nesta sextafeira à noite, de ataque cardíaco. Prestigiado líder político na região há décadas, ele ocupou a prefeitura em duas ocasiões (1983/1988 e 1993/996). Conhecido como Gonzaga pelos amigos e correligionários, morreu fazendo política. No momento que passou mal, fazia um discurso no comício de sua filha, Mara Cavalcanti, sucessora política e candidata a prefeita. O corpo está sendo velado em Riachuelo. A missa de corpo presente foi velebrada às 14 horas, em Potengi Pequeno, e o sepultamento será às 16 horas. CAMPANHA Fim de semana promete ser animado para os candidatos a vereador e prefeito. Faltando oito dias para as eleições, são muitas as movimentações. Em Natal, Carlos Eduardo continua liderando as pesquisas, acreditando que poderá vencer no primeiro tuno, mas os correligionários de Hermano Morais e Fernando Mineiro lutam para provocar a segunda fase da disputa. Em Mossoró, Larissa Rosado e Cláudia Regina dividem as atenções dos eleitores. CAMPANHA 2 Na terceira maior cidade do RN, Parnamirim, a promessa é de pesquisa hoje, sábado, e segunda-feira. Até agora, o prefeito Maurício Marques, do PDT, tem liderado as intenções de votos e comanda movimentação neste sábado, a partir das 16 horas, saindo do Parque Industrial. Em segundo lugar, o deputado estadual Gilson Moura, do PV. NATAL Nunca imaginei ver Natal tão decadente, suja e toda esburacada. Lamentável. Que, pelo menos, sirva de exemplo para os eleitores. Chega de aventureiros com carinhas bonitinhas sendo eleitos. A capital merece um administrador sério, que não seja chegado a babaquices e discursos medíocres planejados por ‘gênios’ da comunicação. DESCASO Eu adoraria ver a saúde pública do Brasil funcionando bem, para que esses planos de saúde ‘quebrassem’todos, pois na hora de vender são todos maravilhosos, mas o atendimento, a cada dia, piora. Volto a sugerir: as autoridades deveriam fiscalizar as recepções dos pronto-socorros de hospitais particulares, principalmente à noite, nos finais de semana, onde adultos e crianças são vítimas do descaso. DICA Aproveite o fim de semana para começar a ler um livro.

De virar a cabeça Quem é mais difícil ganhar em Natal: PT ou PSDB?

APELO Torço para que o bom senso prevaleça. Nenhum protesto dos grevisas do Itep deve deixar corpos no meio da rua, por respeito às vítimas e seus familiares.

Acredite na superação Quando tudo parecer estar dando errado, sempre acredite em sua capacidade de superação. Problemas todos têm. Saiba que você não é melhor nem pior que seu vizinho, mas tenha certeza ser, sempre, superior às situações que tentam te derrubar. Respire fundo, pense que amanhã será outro dia e que Deus não esquece de você. Bom fim de semana e muito obrigado por acompanhar meu trabalho neste rodapé de página.


12 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

Sábado e Domingo DeSaboya.com

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br João Neto

w PRESTÍGIO Líder nas pesquisas sobre a sucessão na capital potiguar, o candidato a prefeito Carlos Eduardo Alves tem sido "super requisitado" por postulantes a prefeituras de municípios do interior do RN. >>> Muitos querem a palavra do presidente regional do PDT a seu favor, como em Ceará-Mirim, e Assu, cidades importantes do Estado. >>> Esta própria colunista foi testemunha do assédio, quando, ontem, ao final de uma entrevista a SimTV, o ex-prefeito foi abordado por uma liderança do município de Lagoa de Pedras com um texto pronto para Carlos Eduardo gravar. w SEM PLANOS... Porém, o fato de estar sendo procurado por políticos pelo interior, não faz de Carlos Eduardo um candidato em 2014. >>> Pelo menos foi o que garantiu à coluna a assessoria do pedetista. >>> Que ressaltou que Carlos Eduardo "não disputará nada" no ano da Copa. w PARTICIPATIVA Falando no ex-prefeito... >>> ...quem tem acompanhado a campanha dele de perto garante que a participação da esposa Andrea Ramalho tem sido frequente. >>> Como ocorreu ontem em debate promovido pelo Sindsaúde sobre saúde mental. >>> Segundo testemunha "in loco", Andrea foi quem orientou o marido nas respostas. w ATITUDE Pela vaga de Desembargado do Quinto Constitucional, o juiz eleitoral Verlano Medeiros tem feito de um tudo. >>> Ao se reunir, em Mossoró, com advogados para apresentar suas propostas, ontem, ele doou 400 kg de alimentos ao Lar da Criança Pobre irmã Ellen. >>> Alimentos que o magistrado havia recebido dias atrás dos amigos na comemoração do seu aniversário de 40 anos. >>> Próxima semana ele fará doação também em Natal. >>> Para o Quinto, pode!

GIRO PELO TWITTER ...da candidata a vice-prefeita Wilma de Faria: "Graças a nossa pressão e dos agropecuaristas do RN, o Governo saiu da inércia, tornando viável a mudança do status da aftosa. Vitória de todos!"; Juiz Federal Ivan Lira de Carvalho em noite de autógrafos de sua nova obra: "De Perto e de Longe"

...do procurador da República Fernando Rocha: "Decepção grande terão esses que se digladiam de morte, João Neto

defendendo seus candidatos, quando receberem a notícia das aliança entre eles"; ...do juiz Raimundo Carlyle: "TJRN e MPRN repudiam in-

Ângelica Lins e Bianca Rezende posando para flashes na balada potiguar

gerência do Executivo. Harmonia e independência são

Márlio Forte

faces de um mesmo binômio: autonomia". ...do publicitário Pedro Ratts: "Trabalho com marketing político há 12 anos. Nunca Jota Oliveira recebendo Graça Silveira na sua Forever Young Mulheresnofds

tinha visto um nível tão baixo de candidatos ao legislativo municipal.#reformapolitica".

w POR FALAR... A Potigás, inclusive, conquistou o melhor resultado histórico em termos de lucro líquido do 1º semestre em 2012. >>> Os gestores da empresa conseguiram essa marca que beneficia a distribuidora, além de garantir mais lucros para o Governo do Estado e Petrobras. >>> Um bom exemplo na gestão pública, empresa de economia mista.

Andréa Ramalho firme e forte em defesa da candidatura do seu maridão, Carlos Eduardo Alves

w PERTINENTE... Comentário do vereador mossoroense Lahyre Rosado Neto, irmão da candidata a prefeita da cidade pelo PSB Larissa Rosado: >>> "O mais estranho que tem na propaganda eleitoral de Natal é Hermano Morais e Rogério Marinho batendo no governo de Rosalba. Não são aliados?". O mesmo Agripino que pede votos para Rogério Marinho e Claudia Regina é o que pediu para Micarla e Fafá?". >>> Pois. w CULTURA SOCIAL A Potigás investiu no show do novo CD da cantora Khrystal, intitulado "Dois Tempos", no Teatro Alberto Maranhão, este mês. >>> Além disso, a empresa proporcionou latas de leite, mais de 500, que foram doadas para o Hospital Varela Santiago. >>> A entrega aconteceu esta semana, com a presença do Diretor Presidente da Potigás, Fernando Dinoá, o diretor do hospital, Paulo Xavier, e a cantora Khrystal.

Coleção Verão 2013 Matersol

w CULINÁRIA CHIC O restaurante "La Brasserie de La Mer" do Hotel Best Western Premier Majestic, a partir da próxima quinta-feira, estará lançando o novo cardápio sob o comando de um dos mais importantes chefs franceses em atividade no país: Erick Jacquin. >>> Erick foi eleito Melhor Chef do Ano pelo júri da revista "Veja São Paulo". >>> E os pratos do La Brasserie serão elaborados com o rigor e o requinte de Jacquin.

Cantinho do Zé Povo BOB MOTTA - bobmottapoeta.com.br - bobmottapoeta@gmail.com - Telefone: 9965-6080

ISPIA, FRÁVO!... Eita, minha gente! Esse indivído do quá eu tô falando, e na maraviosa linguage do mato, é meu subríin Flávio da Motta Urbano Pereira; filho de minha irmã Tereza. É isso aí, meu fíi! Amenhã é teu aniversário e seu tio véio quer arrelembrá aigumas passage dais nossas andança meais meu saudoso Pai, seu avô João Motta. Lá in Pocíin, do mêrmo jeito qui eu tive a felicidade de tê ao meu lado, cumo mestre, meu cumpade Júlio Prêto na Maiáda de

Roça, tu tivesse cumo mestre, Mario Véio; o qui dispensa quaiqué cumentáro na tua "foimação fulerágica"... E teve como agravantes, no bom sentido, é claro; a convivência com Paluca de Ciço Hiláro; Maria Rita e suas menina; Arlindo Motorista; o saudoso Givaldo Motorista; o nêguíin Rivaldo, qui graças a Deus inda tá por aqui pelo Bairro Nordeste; Sebastião Aritica e seu fíi Pêdo de Aritica; Mané Queroz; Mané Doido, cujos aperreios eram de totá reci-

procidade; tanto você eperriava o pobre, cumo êle tombém tirava seu juízo. Não Posso deixar de falar em João Domingo e Felomena, qui bebia mais cachaça do que o marido... De Chica Prêta e Balisa, ais duas burra da sela de João Domingo, "pode ficá tranqüilo qui eu num vô nem falá"... E as pescaria noturnas na bêra do Açude da Porta, lá in Pocíin ?! Se ais peda daquele lagêro falasse; Vixe Nossa Sinhora, era tanta da históra; cada quá mais cabelu-

da uma qui a ôta... E ais fulêrage que a agente aprontava em Boa Vista, no Bar de Bastião ?! E nossas andança nais fêra de Boqueirão, Cabaceiras, e Campina ?! A cachaça, Mané Doido ia comprar de bicicleta, lá na Budega do finado Dedé Bezerra. Prá tira gôsto, nunca fartava um preá, uma curimatã ô uma traíra, cum farinha da grossa. Sebastião Aritica te chamava de "Frázo" e o resto da mundiça era "Frávo" mêrmo... Lembro como se fôsse hoje que

a gente no quarto dos motorista, Mané Doido "grêiô" tanto cum tu, qui tu pergunto a êle: - Ô Mané; quanto é qui tu qué, mode me dêxá in paiz ? E Mané, cum uis zóio arregalado e a cara mais cínica do mundo, respondeu : - Me dá déis... Tu deu uma nota de "dez" e êle foi se sentar a uns cinquenta metros de onde a gente tava; e de lá da ponta da calçada, fazendo sinal de positivo com o dedo polegar,

gritava de instante em instante: - Ispííía, Frávo ?! É, MEU FÍI! A GENTE ERA FELIZ; E SABIA... Lhe escrevo hoje, do Cantinho do Zé Povo, para além de lhe dar os parabéns pelo seu aniversário amanhã, lhe dize, muito embora talvez nem precise, pois você sente nos fluídos que saem do meu coração todo remendado, em direção ao seu; o quanto você foi, é e será para sempre, importante na vida do seu velho tio Bob...


Cultura

Sábado e domingo

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br

Golbery, Gilberto e a poesia Um dia - há quanto tempo, nem sei - numa livraria antiquária de São Paulo, garimpando livros velhos, puxei um pequeno volume, na prateleira que reunia os livros de Gilberto Freyre, sem nada impresso no dorso. Olhei a capa: a Poesia Reunida do autor de Casa Grande & Senzala, edições Pirata, Recife, 1980. Coisa do poeta Jaci Bezerra que reinventou uma editora para publicar os poetas do Nordeste e que conheci numa tarde lírica do Recife antigo, entre copos de cerveja, e de quem lembro, comovido, da sua Comarca da Memória: "No silêncio cansado do domingo/a vida dentro do homem renovou-se:/ a dor não resistiu, tornou ao limbo,/e o fel, embora roxo ficou doce". Pois bem. Passei a capa e lá estava na folha de rosto, inacreditável de tão inesperado: 'Para o ilustre companheiro de estudos Golbery do Couto e Silva, com um abraço do talvez poeta Gilberto Freyre. Recife, abril, 1980'. Era aquele o milagre dos livros que andam pelo mundo e, em algum lugar, descansam a espera das mãos que o procuram, como dizia o grande Rubens Borba de Morais. E para que o registro tenha cheiro e gosto de poesia brasileira, transcrevo o poema de Gilberto Freyre 'Bahia de Todos os Santos e de Quase Todos os Pecados'. Foi publicado originalmente em 1926, numa pequena edição da Revista do Norte, mas brilhou como novidade quando saiu em O Cruzeiro, em janeiro de 1942. Quatro anos depois, Gilberto Freyre estava na Antologia de Poetas Bissextos Contemporâneos, organizada por seu conterrâneo e amigo Manuel Bandeira, editora Zélio Valverde, Rio, 1946. A poesia gilbertiana virou livro em 1962 na José Olympio com o título de 'Quase Poesia' e prefácio de Mauro Mota. Uma segunda edição saiu pela Editora Guararapes, aí já com o título de Poesia Reunida mantido nas edições Pirata, mas agora sem o prefácio de Mauro Mota. O próprio Gilberto escreve o novo prefácio, datado de Apipucos, 1980, e pergunta naquele seu jeito cheio de charme: 'Será mesmo poesia o que aqui se reúne?'. Para Edson Néry da Fonseca, o poema guarda e revela ao mesmo tempo a grande influência de Amy Lowell no seu imagismo e de Vachel Lindsay na sua enumeração caótica. Vai o poema dos santos e dos pecados da Bahia, saudando o verão nesta primavera, quando já floram os ipês e as craibeiras no sertão monumental.

Bahia de Todos os Santos e de Quase Todos os Pecados Bahia de Todos os Santos (e de quase todos os pecados) casas trepadas umas por cima das outras casas, sobrados, igrejas, como gente se espremendo pra sair num retrato de revista ou jornal (vaidade das vaidades! Diz o Eclesiastes) igrejas gordas (as de Pernambuco são mais magras) toda a Bahia é uma maternal cidade gorda como se dos ventres empinados dos seus montes dos quais saíram tantas cidades do Brasil inda outras estivessem para sair ar mole oleoso cheiro de comida cheiro de incenso cheiro de mulata bafos quentes de sacristias e cozinhas panelas fervendo temperos ardendo o Santíssimo Sacramento se elevando mulheres parindo cheiro de alfazema remédios contra sífilis letreiros como este: Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo (Para sempre! Amém!) automóveis a 30$ a hora e um ford todo osso sobe qualquer ladeira saltando pulando tilintando pra depois escorrer sobre o asfalto novo que branqueja como dentadura postiça em terra encarnada (a terra encarnada de 1500)

gente da Bahia! Preta, parda, roxa, morena cor dos bons jacarandás de engenho do Brasil (madeira que cupim não rói) sem rostos cor de fiambre nem corpos cor de peru frio Bahia de cores quentes, carnes morenas, gostos picantes eu detesto teus oradores, Bahia de Todos os Santos teus ruisbarbosas, teus otaviosmangabeiras mas gosto das tuas iaiás, tuas mulatas, teus angus tabuleiros, flor de papel, candeeirinhos, tudo à sombra das tuas igrejas todas cheias de anjinhos bochechudos sãojões sãojosés meninozinhosdeus e com senhoras gordas se confessando a frades mais magros do que eu O padre reprimido que há em mim se exalta diante de ti Bahia e perdoa tuas superstições teu comércio de medidas de Nossa Senhora e de Nossossenhores do Bonfim e vê no ventre dos teus montes e das tuas mulheres conservadores da fé uma vez entregue aos santos multiplicadores de cidades cristãs e de criaturas de Deus Bahia de Todos os Santos Salvador São Salvador Bahia Negras velhas da Bahia vendendo mingau angu acarajé Negras velhas de xale encarnado

peitos caídos mães das mulatas mais belas dos Brasis mulatas de gordo peito em bico como pra dar de mamar a todos os meninos do Brasil. Mulatas de mãos quase de anjos mãos agradando ioiôs criando grandes sinhôs quase iguais aos do Império penteando iaiás dando cafuné nas sinhás enfeitando tabuleiros cabelos santos anjos lavando o chão de Nosso Senhor do Bonfim pés dançando nus nas chinelas sem meia cabeções enfeitados de rendas estrelas marinhas de prata tetéias de ouro balangandãs presentes de português óleo de coco azeite-de-dendê Bahia Salvador São Salvador Todos os Santos Tomé de Sousa Tomés de Sousa padres, negros, caboclos Mulatas quadrarunas octorunas a Primeira Missa os malês índias nuas

vergonhas raspadas candomblés santidades heresias sodomias quase todos os pecados ranger de camas-de-vento corpos ardendo suando de gozo Todos os Santos missa das seis comunhão gênios de Sergipe bacharéis de pince-nez literatos que lêem Menotti del Picchia e Mário Pinto Serpa mulatos de fala fina muleques capoeiras feiticeiras chapéus-do-chile Rua Chile viva J. J. Seabra morra J. J. Seabra Bahia Salvador São Salvador Todos os Santos um dia voltarei com vagar ao teu seio moreno brasileiro às tuas igrejas onde pregou Vieira moreno hoje cheias de frades ruivos e bons aos teus tabuleiros escancarados em x (esse x é o futuro do Brasil) a tuas casas a teus sobrados cheirando a incenso comida alfazema cacau.

Cidade Satélite completa 30 anos neste domingo COMEMORAÇÃO FESTIVA INCLUI MISSA E CAMINHADA PELAS RUAS DO CONJUNTO POR GERALDO MIRANDA GERALDOMIRANDA83@YAHOO.COM.BR

Em comemoração aos 30 anos do Conjunto Cidade Satélite, a Associação de Moradores da Cidade Satélite (Amocisa) está promovendo um evento para este domingo (30). As festividades serão iniciadas com uma missa às 6h, na sede da Associação, localizada Rua das Nogueiras, 7820, vizinho ao Pelotão da Polícia Militar na Terceira Etapa. A celebração será do padre Iranildo Virgílio da Cruz,diretor do Seminário Menor de Emaús, em Parnamirim. Após a missa, os moradores realizarão uma caminhada, que sairá da sede da Amocisa, percorrendo trechos de ruas da Primeira e Terceira Etapas do Conjunto, voltando em seguida para a sede da Associação, totalizando um percurso de 4,5 km, com direito a trio elétrico e apresentação e animação da locutora da Rádio 96 FM, Moniquinha. A previsão é de que participem 300 pessoas. Quem quiser participar do evento terá que adquirir a camisa da caminhada ao custo de R$ 10 e doar um quilo de alimento não perecível, destinado ao Espaço Solidário, entidade criada pelo padre Sabino em Mãe Luiza e que desenvolve diversas ações com idosos. Após a caminhada será servido um café da manhã e durante o evento haverá sorteio de bicicletas, tênis e brindes.

O presidente da Amocisa, Anízio Lúcio Barbosa Neto, informou que a iniciativa visa integrar a comunidade, pois o Conjunto ainda permanece como um conjunto-dormitório e não há muito tempo de se conhecer os vizinhos. "Cidade Satélite pouco mudou no decorrer dos 30 anos, pois hoje o local ainda é um conjunto-dormitório, onde as pessoas saem para trabalhar, retornando apenas após o dia de trabalho. E a iniciativa da Amocisa é trazer este morador para dentro da comunidade e saber quem são as pessoas que vivem no mesmo local que ele", disse. Porém nem tudo é comemoração nas três décadas. Segundo Anízio Lúcio, o Conjunto ainda carece de apoio do poder público, no tocante a mais segurança, iluminação, áreas de lazer e saneamento básico para melhorar as condições de vida dos moradores. Em relação ao comércio, a região mais desenvolvida é a Segunda Etapa, nas proximidades da Avenida Xavantes, mas que também enfrenta problemas com a ação de assaltantes e ladrões residenciais. "Precisamos que o poder público olhe mais um pouco por nós aqui, no Conjunto Cidade Satélite, pois estamos com muitas dificuldades. Temos registrado vários assaltos nas proximidades da Uva Instituto Brasil Ensino Superior Ibrapes, onde os ladrões se aproveitam das saídas di-

Arquivo

Paróquia de São Francico de Assis, símbolo do Conjunto, foi fundada em 1988 ferentes para se evadir após os crimes, sem contar que os moradores ficam trancados em suas casas sem atender ninguém, temendo que seja alguma tentativa de assalto", comenta o presidente. HISTÓRIA Em 1983, nascia o conjunto residencial Cidade Satélite, com três etapas construídas, totalizando um número de 3.545 residências e sendo considerado um dos maiores conjuntos erguidos da América Latina. O Conjunto foi projetado pelo arquiteto pernambucano Acácio Borsoi, que foi escolhido pelo Banco Nacional de Habitação.

Na década de 90 foi aberto o prolongamento da Prudente de Morais, que com as obras da Copa do Mundo de 2014 chegará até Parnamirim. Cidade Satélite foi subdividido em três etapas, com os nomes de ruas que recebem nomes de serras e árvores brasileiras, pássaros e rios. Hoje, a região vem adquirindo maior destaque na cena local, devido ao crescimento veloz da construção civil na região metropolitana, convertendo-se em um dos espaços mais disputados pelas construtoras, fato esse, que faz do Bairro Pitimbu, onde se localiza o Conjunto, um dos mais procurados pela nova e emergente classe média potiguar.

MUDANÇA DE NÍVEL COMEÇA A SER IMPLANTA EM OUTUBRO Na segunda-feira, 24 de setembro, parte da direção do Sindsaúde se reuniu com o secretário de administração Álber Nóbrega e com o secretário adjunto, Mário Sérgio, para tratar a respeito da implantação da mudança de nível. A negociação levou a uma implantação gradual, ou seja, para os servidores de nível médio e elementar em outubro, para servidores de nível superior em novembro e para os médicos em dezembro. Mesmo com o acordo o Sindsaúde vem mantendo a pressão para que isso seja publicado antes do dia 1º de outubro para que o reajuste conte para o mês inteiro. Uma nova audiência deve ocorrer na segunda-feira, 1º de outubro, às 15h, para acertar os detalhes. GOVERNO CONVOCA NOVOS CONCURSADOS O governo do estado procurou o Sindsaúde para informar que irá convocar nove novos enfermeiros e 37 técnicos de enfermagem para a abertura de novos leitos. Serão 60 leitos que irão funcionar de forma temporária no Hospital Universitário Onofre Lopes e depois de 90 dias serão transferidos para a clínica médica que voltará a funcionar no Hospital João Machado. s leitos da clínica médica que funcionam no João Machado foram criados há cerca de dez anos com o intuito desafogar o Hospital Walfredo Gurgel, no entanto no final do governo de Wilma de Faria o então secretário, José Renato, fechou os leitos sobrecarregando ainda mais os corredores do Walfredo. O Sindsaúde aproveita para alertar aos concursados que fiquem atentos às publicações no Diário Oficial pois devem sair neste final de semana. GOVERNO PEDE PELA VOLTA DOS SERVIDORES MUNICIPALIZADOS Na mesma ocasião em que informou sobre a abertura dos leitos a governadora Rosalba Ciarlini aproveitou para fazer um apelo aos servidores municipalizados que tenham interesse de retornar às atividades no estado que eles serão muito bem-vindos. O retorno desses profissionais às atividades estaduais diminuíra os problemas com falta de pessoal. Para o Sindsaúde o retorno dos municipalizados é benéfico para os servidores pois com a aposentadoria estes trabalhadores perdem as gratificações pagas pelo município tendo uma redução considerável de salário. No estado as gratificações são incorporadas para efeito de aposentadoria. TRABALHADORES DA EMPRESA SAFE CANCELAM GREVE E DEVEM RECEBER ATRASADOS EM OUTUBRO Os funcionários da empresa Safe haviam decidido em assembléia por iniciar uma greve por tempo indeterminado a partir

desta quarta-feira, 26 de setembro. Entretanto, depois de posicionamento da empresa e do governo do estado, o Sipern resolveu cancelar o movimento. A proposta do Sindsaúde é de que a assembléia do dia 26 deveria ter sido mantida e ouvido os trabalhadores se ia começar a greve ou não. A decisão de suspensão foi tomada pelo Sipern sem o conhecimento do Sindsaúde. A empresa Safe possui dívida com vários funcionários referentes a rescisões contratuais, férias, vale-alimentação e não repassou o aumento da data-base da categoria que ocorreu em janeiro. Isso porque devido aos aumentos ocorridos o estado deveria ter atualizado os valores dos contratos, o que não foi feito. O estado tem uma dívida de mais de R$ 5 milhões com a empresa. Na última audiência ocorrida na Procuradoria Regional do Trabalho (PRT) ficaram previstas duas audiências, uma na secretaria de planejamento e outra na secretaria de saúde. Essa audiência com a Sesap só ocorreu na sexta-feira, 21 de setembro. De acordo com a audiência entre o secretário de saúde Isaú Gerino e o dono da empresa Safe, Maximilliem Robespierre, o estado se compromete a quitar suas dívidas referentes a 2011 até o dia 25 de outubro e a empresa teria até o dia 30 para pagar os empregados. Caso cumpram o acordo, todos os atrasados serão pagos no próximo mês. TERÇA-FEIRA TEM NOVA ASSEMBLÉIA PARA DEBATER O PONTO ELETRÔNICO O governo do estado começará a cobrar o registro no ponto eletrônico na próxima segunda-feira, mas os servidores prometem resistir. Eles alegam tratamento desigual aos servidores de diferentes níveis. No contato que teve com a governadora esta semana, o Sindsaúde aproveitou para tratar do assunto. A governadora afirmou que não irá adiar a implantação que está prevista para começar em 1º de outubro e que este mês será um espécie de fase experimental que poderá se prorrogar por mais um mês. Entretanto ela afirmou que a revogação está completamente descartada devido à pressão que o estado vem sofrendo do Ministério Público. Segundo ela, os médicos serão obrigados a bater o ponto e em caso de não cumprimento, as faltas e descontos serão lançados. O secretário de saúde informou ainda que há uma série de normas no setor de recursos humanos regulamentando a implantação do ponto, o que trata, por exemplo, do regime de trocas que tantas dúvidas causa na categoria. O Sindsaúde solicitou este documento para poder apresentá-lo na assembléia que está prevista para terça-feira, às 14h30 no auditório do Sindsaúde.


Cultura

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

14 O Jornal de HOJE

Sábado e Domingo

Fotos: Divulgação

“Uma História Sem Fim” DANIELA PACHECO EDITORA DE CULTURA

BIA BEDRAN

“Hoje você só brinca de game ou computador, mas houve um tempo em que não existia luz, e as crianças brincavam assim. Se você não mostrar, ela nunca mais vai saber que houve um tempo em que isso existia e nunca vai conhecer. E a gente só pode gostar daquilo que a gente tem a chance de conhecer. E meu papel é mostrar. O que eu puder mostrar no palco, ao vivo, às pessoas, eu mostro”, declara Bia Bedran. A cantora, compositora, contadora de histórias e escritora Bia Bedran desembarca em Natal neste domingo, dia 30, trazendo na bagagem o musical “Uma História Sem Fim”, seus sucessos consagrados pelas crianças e educadores além de muitas novidades em seu repertório. A apresentação será no Teatro Alberto Maranhão, às 16h30. No espetáculo, Bia canta e conta os temas de seus próprios

QUE REÚNE

NATAL NESTE DOMINGO, DIA 30, ESPETÁCULO MÚSICA, DANÇA, BRINCADEIRAS E CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

APRESENTA EM

livros misturados com contos populares do Brasil, utilizando bonecos, adereços e muitas coreografias, de acordo com seu estilo próprio de se apresentar para as crianças. Este musical de Bia Bedran recebe o nome do seu livro para crianças “Uma História Sem Fim”, lançado em 2011 pela Editora Nova Fronteira, que é também a Editora dos seus outros nove livros. Explorando a ideia de que não tem fim esta arte de cantar e contar histórias que falam da vida, da natureza, da ecologia, dos medos e perdas, das aventuras em busca da sorte, da alegria, enfim do amor. A abertura é uma pequena homenagem ao Rei do Baião Luiz Gonzaga, que no dia 13 de dezembro deste ano completaria cem anos. Em seguida, Bia vai ti-

rando do baú todas as suas ideias criativas que durante mais de três décadas vêm encantando crianças de todas as idades. “Na realidade meu público se renovou, e eu poderia ser avó de muitas das crianças que assistem a mim. O que elas querem é ouvir as histórias, elas querem se enredar, se envolver no encantamento que as canções e as histórias proporcionam. Eu sou feliz por isso, por trabalhar com a arte, que descobri ainda na minha juventude”, disse. Quanto a resgatar brincadeiras musicais que muita gente hoje em dia não conhece, ela conta que, “faz parte da ideologia do meu trabalho, porque há uma ideologia. Não é só entretenimento. Faz parte mostrar a pais e educadores presentes na plateia que a história da vida da gente tem que estar na

arte e que houve um tempo em que as crianças já brincaram assim, já houve um tempo em que essa inocência estava presente, havia uma liberdade de movimentos. A gente no palco resgata brincadeiras absolutamente criativas, gostosas, a que não há quem não se renda”. Afinal, quem nunca brincou de fazer uma roda, dar as mãos ou entoar cantigas com rimas, como: “Passa debaixo da ponte e vira lavadeira, passa debaixo da ponte e vira costureira, passa debaixo da ponte e vira princesa” ou “Eu sou pobre, pobre, pobre de marré, marré, marré / Eu sou rica, rica, rica de marré decê” (cantando) — ; um é pobre, o outro é rico e, depois, troca: quem era rico fica pobre. “Nesse mundo tão distorcido, a musicoterapia tem uma contri-

buição muito grande a dar. A música faz com que a linha do tempo seja muito clara na vida da criança, porque ela passa a se lembrar das músicas que a embalavam na infância, que a fazem se lembrar de seus amigos, das brincadeiras de roda. A música é uma construção histórica, as pessoas tocavam nas rodas desde tempos muito remotos”, lembra. Bia Bedran sobe ao palco do Teatro Alberto Maranhão acompanhada dos músicos Paulão Menezes (percussão), Guilherme Bedran (violino, bandolim e vocais), Tadeu Santiago (acordeom, teclado e vocais) e Elias Rosa (percussão e danças). Bia Bedran é Mestre em Ciência da Arte pela UFF (Universidade Federal Fluminense), professora da UERJ, graduada em Musicoterapia e Educação Artística,

cantora, compositora, contadora de histórias e escritora. Integrante do Quintal Teatro Infantil de 1973 até início dos anos 80 e do Grupo Musical “Bloco da Palhoça”, onde mesclava composições suas com uma profunda pesquisa de ritmos e gêneros musicais do Folclore Brasileiro. Apresentou os programas "Canta-Conto" e "Lá vem História", na TVBrasil/RJ e TV Cultura de S.P. nas décadas de 80 e 90. Com quase 40 anos de carreira dedicados ao público infantil, Bia Bedran escreveu 11 livros e gravou 8 cds com histórias populares e canções de sua autoria. Também lançou 2 DVDs gravados ao vivo, "Histórias de um João de Barro", uma homenagem aos 100 anos de Braguinha em 2007, e " Cabeça de Vento", em 2010. Nos últimos anos, viaja pelo Brasil participando de eventos culturais e congressos, levando seus espetáculos e palestras para diversos palcos em teatros, escolas e praças públicas.

Cultura HOJE DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com

com Dani Pacheco

CÔMICU-FÔNICU O evento “1º Grande Encontro Cômicu-Fônicu “ acontece neste sábado, a partir das 22h e terá como atrações Cabrito e o grupo Cool do Elefante. Participações da banda Caprinos, Civone Medeiros e Ácido Martins (Júlio Lima). O evento acontece no Castelo Pub (Rota do Sol em frente ao estádio do ABC). TEATRO Neste sábado estreia o espetáculo "No Cafundó do Riso" que reúne causos, poesia popular, anedotas e músicas regionais. A peça começa às 20h, no Teatro Alberto Maranhão. O elenco, formado por Geraldo Maia, J.C Castro e Joe Reis, leva para o palco as histórias do Velho Mané Lourenço (um saudoso contador de causos) e seu eterno companheiro, Chico Bigode; do bêbado Zé do Buraco, das fofoqueiras Guilhermina e Filomena, do Padre Biú e do irreverente Xexéu. A trilha sonora fica por conta de Zé Martins.

TALENTO POTIGUAR Depois de uma temporada no Rio de Janeiro, a atriz Titina Medeiros (foto), que interpretou a personagem Socorro na novela Cheias de Charme, voltou ontem para Natal, e vai começar imediatamente as atividades com o grupo de teatro Clowns de Shakespeare, para a montagem do clássico Hamlet. O espetáculo tem estreia marcada para janeiro de 2013.

MAGIA O IFRN Cidade Alta, às 19h, será palco de um show de mágica baseado no mentalismo com números relacionados à mente do espectador, como advinhações e predições com os mágicos Hórus, Aline Satler, Tom Oliver e Eric Von Master. IMPERDIVEL O grupo carioca Roupa Nova apresenta o show “Cruzeiro Roupa Nova”, hoje, às 21h, no Teatro Riachuelo (Shopping Midway Mall).

AMANHÃ O espetáculo Rua de Leite com Silvia Rodrigues e o coreógrafo potiguar (radicado em Berlim) Clébio Oliveira acontece neste domingo, dia 30, às 20h, na Casa da Ribeira (Rua Frei Miguelinho, 52, Ribeira).


Esporte

Sábado e Domingo

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

O Jornal de HOJE 15

Garotos voltam a ter oportunidade COM DESFALQUES IMPORTANTES, INCLUSIVE COM O MEIA NETINHO SENDO CORTADO APÓS O ÚLTIMO TREINAMENTO, E O DESLIGAMENTO DOS ATACANTES ÍNDIO E MAX, O AMÉRICA TENTA A SEGUNDA VITÓRIA CONSECUTIVA LONGE DE CASA Eles praticamente não foram lembrados durante a competição inteira. Nem para o banco de reservas eram opção. O técnico Roberto Fernandes encontrou um time praticamente ideal e com os resultados acontecendo os garotos da base alvirrubra foram deixados de lado. Porém, com o andamento da competição, o desligamento de vários atletas por deficiência técnica no percurso e o mais recente desligamento do atacante Max, por doping, e do meia atacante Índio, que deixou o clube para jogar pelo Paysandu, dois atletas voltaram a ter oportunidade. O meia Rivaldo e o atacante Deivison estão relacionados para enfrentar o Guarani. Os dois jogadores não serão titulares, mas podem pelo menos sentir o gostinho de compor a delegação que se encontra em Campinas para o desafio. O técnico Roberto Fernandes novamente tem problemas para escalar a equipe e não contará com o principal articulador, o meia Netinho, que foi vetado por lesão. O ala Norberto é desfalque certo e passará alguns dias no estaleiro, houve uma ruptura parcial do ligamento do tornozelo, o que afastará o atle-

Fotos: Wellington Rocha

Flagrado no exame antidoping, o atacante do América, Max, fala pela primeira vez e afirma: "foi um vacilo"

Max pede desculpas O atacante Deivison tinha sido esquecido e sequer ganhava uma oportunidade entre os relacionados. Desta vez foi convocado ta por pelo menos 15 dias. O time do América deverá contar com Thiago Schmidt; Thiaguinho, Cleber, Edson Rocha e Brunho; Márcio Passos, Ricado Baiano, Fabinho e Wanderson; Isac e

Lúcio Curió. RELACIONADOS DO AMÉRICA: Goleiros: Thiago Schmidt e Dida Laterais: Bruno e Wanderson

Zagueiros: Cléber, Edson Rocha e Rodrigão Volantes: Alan Bahia, Ricardo Baiano, Ewerton, Fabinho e Márcio Passos Meias: Netinho, Rivaldo e Phillip Atacantes: Isac, Patrick, Daivison, Pingo e Lúcio.

O atacante Max se pronunciou pela primeira vez desde que foi pego no exame antidoping. Apesar de ter o seu contrato no América encerrado, o jogador continuará treinando no clube até que todos os procedimentos jurídicos sejam realizados. "É um momento difícil, mas graças a Deus estou tento o apoio da minha família e do clube. Tenho que superar o mais rápido

possível e que eu possa voltar às minhas atividades. Tenho que pedir desculpas também pelos meus atos. Ao América, a minha família e aos torcedores. Foi um vacilo que aconteceu por momento de desespero. Tinha acabado de chegar de Minas, estava há dois meses parado, sem clube, e acabei fazendo besteira. Isso não vai mais acontecer", disse o atacante.

> SÉRIE A

Fla x Flu agita a rodada

O atacante Ederson e o lateral Pedro Silva fizeram exames e podem estar em campo no próximo desafio do ABC

> ABC

ADVERSÁRIOS TROPEÇAM

E ABC COMEMORA

Que o resultado da última terça-feira não foi nada bom para o ABC diante de um adversário direto, o Asa de Arapiraca, ontem o clube potiguar, mesmo sem entrar em campo teve o que comemorar. É que dois adversários diretos na luta contra o rebaixamento também jogavam em seus domínios, mas acabaram tropeçando. O CRB foi derrotado no estádio Rei Pelé por 2 a 0 pelo

Criciúma. O Guaratinguetá, em São Paulo, também perdeu pelo mesmo placara para o Goiás. Apenas o Paraná, que venceu o São Caetano, ultrapassou o ABC na classificação. Com os resultados o ABC agora é o 14º colocado com os mesmos 33 pontos e agora chega a oito de vantagem em relação a zona de rebaixamento. Os próximos adversários do ABC são bem

complicados e com a série de desfalques previstos o técnico Ademir Fonseca deve fazer algumas substituições no time principal. O zagueiro Gladstone deve ganhar sua primeira oportunidade. "Estou vivendo uma expectativa boa pela minha estreia. Estou ansioso, mas sei que aqui tem grandes jogadores e respeito muito os meus companheiros. É uma briga sadia e acredito que quem entrar vai

estar preparado para contribuir com a busca do resultado positivo. Já estou me sentindo bem, 100% fisicamente e pronto para jogar." Os resultados dos exames de imagem do atacante Ederson e do lateral direito Pedro Silva foram animadores. Como o ABC volta a campo apenas no próximo sábado há tempo suficiente para a recuperação.

Gabriel Negreiros GABRIEL NEGREIROS - gabrielnegreiros@gmail.com - twitter: @gabrielnegreiro A dependência química é talvez um dos grandes males da sociedade nos dias de hoje. Não falo apenas das drogas ilícitas, mas principalmente das lícitas, como o álcool. Elas são o pontapé inicial e um elo importante para se conhecer outros produtos mais pesados, pelo menos no olhar geral da sociedade. Quando olhamos um atleta, seja de qual esporte for, vislumbramos saúde. As crianças criam a imagem do "ser absoluto", um ídolo intocável. Quando algum atleta é flagrado no exame antidoping, duas coisas passam logo na minha cabeça: primeiro, ele tentou buscar uma vantagem ilícita com uso de substâncias proibidas. Segundo: é dependente químico. Não conheço o caso de Max, jogador do América. Sei apenas o que todos sabem: doping por uso de cocaína. Ele se encaixa no segundo grupo. Max talvez seja um dos casos que o álcool levou para outros

MAX, DOPING, EXEMPLO E APOIO caminhos. Apesar dos dirigentes afirmarem que o comportamento dele sempre foi exemplar, nos bastidores sempre há aquelas conversas de jogador baladeiro. Max sempre foi visto como um. E olha que ele nem vive mais na época em que afirmavam: "quem não bebe, não joga". Era ditado comum entre os boleiros mais antigos. O América promete apoio e deve realmente dar a mão ao jogador. Afinal, é uma dependência química. Doença mesmo. O que não pode, e vejo sempre em vários casos, é passar a mão na cabeça como um afago e que nada aconteceu. Neste caso há outra coisa que incomoda, mas acredito que foi um ato de desespero, quando Max afirmou não reconhecer a própria assinatura para os exames de contraprova. Pelo menos foi o que a imprensa repercutiu. Não vi

declaração do jogador sobre isso. O STJD concedeu ao goleiro do Atlético Paranaense uma segunda chance. Ele também foi flagrado por cocaína. Foi a primeira vez que vi uma medida sensata do Tribunal. Ele não foi liberado para jogar, mas foi concedido o direito do tratamento, de provar mês a mês que está limpo. Se em 12 meses for comprovado que ele manteve o tratamento, estará livre para atuar. Se tiver uma recaída e for flagrado novamente, a pena de dois anos estará mantida. Bom para Max, que pode buscar o mesmo procedimento. Sair é difícil. As tentações são constantes. Imaginem você que está lendo essa coluna e está acima do peso. Você chega em uma padaria e lá estão os doces, pães, refrigerantes, bolos. Tudo exposto esperando sua dentada e a quebra do regime. Difícil resi-

A vigésima sétima rodada do Campeonato Brasileiro começa logo com uma excelente notícia. Agora não tem mais essa de algum time ter jogo a menos que os outros. Todas as equipes estão equilibradas e partem para a nova campanha sabendo a realidade dos pontos na competição. Para o Fluminense, líder e com quatro pontos de vantagem para o segundo colocado, o Atlético Mineiro, será o momento de enfrentar um adversário muito tradicional e que na última rodada o ajudou, vencendo o vicelíder do campeonato. É hora de medir forças no clássico carioca com o Flamengo. O time comandado por Abel Braga vem de uma sequência invejável. Venceu quatro dos últimos cinco jogos que disputou e desde a última rodada conta com o retorno de Deco ao time principal. Já o Flamengo faz o caminho inverso, apesar de ter vencido os dois úl-

O Deco e Fred são as armas do Fluminense para manter a liderança do campeonato

PisandonaBola AMÂNCIO

stir. Com as drogas deve ser bem pior. O meu vício era refrigerante. Consumia em excesso. Desde dezembro que não tomo um gole sequer. Mas ao ver alguém abrir uma Coca-Cola meus nervos estalam, se é que eles são capazes de fazer isso. Apesar do jogador pedir desculpas e falar sobre as dificuldades do momento, quem mais sofre em uma situação como essa são os familiares. As verdadeiras vítimas. Por mais que o dependente seja o afetado de forma direta, a família é quem sente os traumas das dores e da tristeza. Como é um atleta profissional, defendo que Max seja punido na esfera esportiva. Como ser humano desejo que ele seja liberto. Que busque a cura baseado nas pessoas que estão ao lado dele e, principalmente, dos que lhe dão afeto. Que olhe para sua família e veja nela a possibilidade real de superação.

timos jogos vinha de uma sequência extremamente negativa de oito partidas sem vencer. O vice-líder do campeonato, o Atlético Mineiro, encara a Portuguesa, que luta contra o rebaixamento, na casa do adversário. O Grêmio, terceiro colocado, enfrenta o Santos, que chega ao Rio Grande do Sul embalado com o título da Recopa. Já o Vasco tenta se livrar da sina das derrotas ao encarar o Figueirense, candidato ao rebaixamento, em São Januário. Se perder, pode ver o São Paulo, que encara o Coritiba, lhe ultrapassar na tabela. Lá embaixo, na zona de rebaixamento, o Palmeiras tenta a segunda vitória consecutiva. O adversário será a Ponte Preta, ex-time do atual técnico Gilson Kleina. O Palmeiras precisa tirar cinco pontos de diferença em relação ao Coritiba, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

Esporte

Sábado e Domingo

Fotos: Divulgação

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

Debate ao sol O América Tigres conquistou recentemente o Campeonato da Região Nordeste realizado em Salvador

BASQUETE POTIGUAR BRILHA COM HISTÓRIAS DE SUPERAÇÃO FUNDADO

NO ANO PASSADO,

O AMÉRICA TIGRES, TIME POTIGUAR DE BASQUETE EM CADEIRA DE RODAS, COMEMORA CONQUISTA DO CAMPEONATO DA REGIÃO NORDESTE COM PERSONAGENS ÍMPARES

O que para muitos significaria um ponto final para Eduardo Gomes foi apenas o início de uma história de sucesso no paradesporto. Vítima de um acidente com arma de fogo em 1991, Eduardo viu no esporte uma saída para buscar um novo sentido para a sua vida. Presidente e atleta do Clube de Basquete Paralímpico do Rio Grande do Norte - América Tigres,

o atleta comemora a excelente fase do time, que recentemente conquistou o Campeonato da Região Nordeste de Basquete em Cadeira de Rodas. Quem acompanha o sucesso atual da equipe pode até pensar que Eduardo Gomes é um veterano das quadras. Mas a história dele com o basquete tem pouco mais de dois anos. Um ano depois de so-

frer o acidente, Eduardo iniciou na natação por recomendação médica. Foram mais de dez anos de conquistas nacionais e internacionais nas piscinas. No currículo, o atleta acumula também a experiência de ter sido presidente da Sociedade Amigos do Deficiente Físico do RN - SADEF. Apesar dos resultados conquistados dentro das quadras, o Amé-

rica Tigres sofre o problema comum aos esportes paralímpicos: a falta de apoio. "Falta incentivo por parte dos governantes, uma vez que não temos uma participação efetiva do Governo do Estado e da Prefeitura do Natal. Faltam projetos que sejam colocados em prática para que seja possível ter resultados mais expressivos", destaca Eduardo.

Confira a entrevista com o presidente do América Tigres: JH - Como você foi apresentado ao esporte paralímpico: Eduardo: Fui vítima de um acidente com arma de fogo 1991 e acabei me tornando cadeirante. Já em 1992 iniciei na natação por recomendação médica. No ano de 1998, tive a oportunidade de participar do I Campeonato da Região Nordeste de Natação e consegui sete medalhas, acabando conquistando o título de atleta revelação dos jogos. Conquistei títulos importantes na natação, como o tetracampeonato da Região Nordeste e o tricampeonato brasileiro; também fui campeão no pré-mundial, Argentina 2001; 7º lugar do mundo em Mar Del Plata, Argentina, 2002; 5º lugar nos Jogos Parapanamericanos, Cidade do México, México 1999. Apenas em 2010, comecei a treinar o basquete em cadeira de rodas e só em 2011 resolvemos partir para as competições. JH - Como surgiu o América Tigres? Eduardo: O time surgiu da vontade de trazer destaque para a modalidade no Rio Grande do

Norte. Percebemos que a logística do basquete em cadeira de rodas precisava de uma atenção especial, por se tratar de um esporte muito caro. Nesse sentido, precisávamos criar um clube que pudesse dar toda a atenção. O time também surgiu com a importância de se trabalhar a inclusão no esporte, no profissional, na pessoa física e no meio social. Com essa finalidade, percebese que também trabalhamos a questão motivacional, a autoestima e o resgate das pessoas com deficiência, buscando-se a

melhora na qualidade de vida.

maior no aspecto financeiro, pelas grandes despesas que o clube vem adquirindo, principalmente quando participamos de uma competição de alto nível, como o Regional e o Brasileiro. Faltam incentivos por parte dos governantes, uma vez que não temos uma participação mais efetiva do Governo do Estado e da Prefeitura do Natal, faltando projetos que sejam colocados em prática para que se possa ter um resultado mais expressivo. Além disso, faço questão de lembrar que o Rio Grande do Norte é um dos Estados em que não se tem Bolsa Atleta.

JH- Como vocês fazem para manter o time? Eduardo: Precisamos de apoios e patrocinadores para bancar as despesas com viagens e materiais. Por isso, temos alguns parceiros, como Unimed, Ortorio, Potigás, Natalcard, Uniodonto, UNI-RN, Governo do Estado, Prefeitura do Natal, além da 10 Sports, que gerencia o trabalho de comunicação e imagem da nossa equipe. Contudo, ainda é pouco, já que precisamos de uma logística

JH - Quais as principais metas do clube: Eduardo: Buscamos novos patrocinadores que possam condicionar salários para todos os atletas e ainda ajudar com as despesas de viagens, hospedagem e alimentação dos atletas. É importante a busca da Bolsa Atleta para os paralímpicos. Precisamos ter uma quadra modelo de treinamento para obtenção de excelente rendimento, além de um ônibus para transporte dos atletas.

> JUDÔ

Neste final de semana, Natal é a capital do Judô brasileiro O Ginásio Nélio Dias, na Zona Norte de Natal, recebe hoje e amanhã os atletas brasileiros mais importantes do Judô. É o Campeonato Brasileiro Sênior, último evento do calendário nacional de 2012. O torneio é o principal da categoria adulto e terá a participação de 275 atletas de 25 estados. E para aumentar sua importância, é a última porta de entrada para a primeira seletiva nacional visando aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016. O Campeonato Brasileiro marcará a volta de algumas atletas ao cenário do judô nacional, entre elas as atletas olímpicas em Pequim 2008 Edinanci Silva e Danielli Yuri, além dos quatro medalhistas das Olimpíadas de Londres 2012 Sarah Menezes, Mayra Aguiar, Felipe Kitadai e Rafael Silva. "Fiquei um período sem competir por motivos pessoais e também por ter trocado de clube. Mas, estou de volta à São Caetano, onde vivi

minha melhor fase. O objetivo é lutar bem e garantir a vaga na seletiva para a seleção brasileira", diz Danielli Yuri, que terá a companhia na categoria até 63kg de Rafaela Silva, representante do Brasil em Londres 2012 e que estreia no novo peso. "A Rafaela é bastante jovem e muito experiente, mas acho que hoje sou uma atleta mais madura e isso pode me ajudar", completa. As disputas começaram às 9h

deste sábado e seguirão até amanhã. Hoje ainda, a partir das 13h30, tem início os combates nos pesos meio-leve, leve, meio-médio e médio. O domingo, dia 30, está reservado para as lutas no meio-pesado e pesado. "Não tive uma temporada muito boa, mas espero aqui em Natal me recuperar e buscar a vaga nesta primeira seletiva para a Rio 2016. Estou confiante porque treinei muito forte para lutar este Brasileiro", diz Yuri Miranda. Para o presidente da Confederação Brasileira de Judô, Paulo Wanderley Teixeira, Natal encerra com chave de ouro a temporada de campeonatos nacionais. "Tenho convicção que a Federação do Rio Grande do Norte fará um excelente evento e vamos encerrar com chave de ouro este ano de 2012. O cenário não poderia ser melhor. Além disso, vamos prestigiar a torcida local e levar os nossos quatro medalhistas olímpicos de Londres para assistirem ao Brasileiro", revela Paulo Wanderley.

É adorável uma discussão em ponto de ônibus. Muito melhor do que ônibus pegando fogo por causa de bagunceiros metidos a militantes. É ótima uma confusão em parada de ônibus quando passam dez minutos do meio-dia e você retorna de um cartório onde enfrentou fila para autenticar uma(humilhante) carteira de identidade. É imperdível um debate acalorado em ponto de ônibus especialmente após o rapaz da copiadora olhar para sua carteira de identidade em frangalhos como uma dondoca observa uma travessa de preá no batizado do filho da empregada. Olhar de nojo. Tentei atravessar a Rua Ulisses Caldas pela prefeitura, corrijo, pela sede da prefeitura, pois prefeitura não temos em Natal. Engarrafamento e motoristas chateados. Gente que troca pneu como peça íntima ante a buraqueira geral que assola a cidade. Parecendo um pingüim no terno escuro, retornei até a lateral do palácio onde deveria funcionar uma prefeitura, atravessei a Junqueira Aires em frente ao cartório e, após contemplar famintos devorando seus almoços numa lanchonete, consegui chegar até a Praça dos Três Poderes. Lá, existe desde que eu fazia o secundário, um ponto ou uma parada de transporte coletivo das mais movimentadas. Menos agitação apenas do que naquele perto do Tribunal Eleitoral, onde circulam as conduções, os vendedores ambulantes, as mariposas insinuando sexo sincero e os batedores de carteira que somem pelas ruas íngremes até a Cidade Baixa, com passagem(no pique) pela velha Casa do Estudante. Na tal ponto, faz ponto um cara novo que ocupa o lugar que já foi de um velho e depois de sua mulher. Vendem um pipoca deliciosa. Meu estômago roncava mais que cuíca da Mangueira em domingo de Sapucaí, mas me bateu aquela saudade. Comprei um sacão de pipoca(manteiga do sertão franca) e uma latinha de Coca-Cola. Pedi o sal e desafiei o colesterol. Rolava um bate-boca ferrenho entre uma mulher nos seus 65 anos e um homem também na faixa etária da verdade adquirida e indiscutível. Juntou um grupo. Heterogêneo. Eu era a anomalia. Comendo pipoca, tomando Coca-Cola e engravatado a serviço. Tinha um cara com a camisa do América, uma mocinha(bonita) fazendo propaganda dessas vitaminas de emagrecer que transformam baleia em cabra e um engraxate desconfiado. Um PM que fazia vista grossa à viciada em drogas pedindo dinheiro para antecipar seu sepultamento. >>> O impasse era entre os dois(prováveis) sexagerários. A mulher, exaltada, agitada, daquelas que transformam uma rua num Oriente Médio de fofoca e intromissão na vida alheia. Ela, que se apresentou Conceição, aposentada da Secretaria de Finanças de Natal, a sol inclemente, acusava Manoel Florêncio(o torcedor do América perguntou o nome ao homem sessentão) de chegar atrasado e impedi-la de subir no veículo que a levaria(ou a ambos), até o Conjunto Cidade Satélite, Zona Sul bem distante dali. "O senhor atrapalhou minha vida. Tenho neto para dar banho, levar à escola, marido para dar de comer, louça para lavar(rangendo os dentes). O senhor pediu parada, o motorista atendeu, eu fui subir e o senhor ficou ai, esperando, perdendo tempo. Agora, quem vai compensar meu atraso?", cobrava Dona Conceição, que merecia, com louvor, um megafone de passeata. Palmas para a elegância de Manoel Florêncio, com toda a pinta de ex-datilógrafo de repartição federal. Conservava óculos de aros finos, fáceis de pendurar na ponta do nariz e corrigir o texto, como tão bem faziam os escribas de ofícios e avisos circulares de serviço público de 25 anos passados. "Tenha calma Dona Conceição. Sou um homem de respeito e exijo o mesmo respeito para com a minha pessoa". Por dentro, o "para com a minha pessoa" me pôs em dúvida: "Será seu Manoel Florêncio um desses comentarisas de futebol de rádio atual, que juntam verbetes de dicionário para não dizer absolutamente nada? Plateia silenciosa. Tanto que nem notou a chegada de dois camelôs vendendo DVD Pirata. Dona Conceição retomou a palavra(e eu perdendo o meu tempo, mas amando): " O senhor me deve desculpas. Dá vontade de prestar queixa(não disse a quem), por um estrago tão grande." Seu Manoel Florêncio, perto das 12h37, pôs fim ao meu deleite calorento no centro de Natal: "A senhora repare no meu dedão." Um dedão esfolado, sangrava pelos lados da sandália de couro. " Não subi no ônibus por um motivo: A senhora com este salto alto que parece uma faca, pisou no meu dedo e nem ouviu o meu berro de dor!". Calados todos permanecemos, menos o PM que esboçou um gracejo e a mulher não reclamou porque formiga sabe a farda(digo, folha, que corta). Se subiu, ninguém sabe, ninguém viu. Nem Cauby Peixoto. O fato é que Conceição sumiu. Seu Manoel Florêncio foi levado a um boteco na esquina, para limpar com álcool o destroçado dedo. GOLFE A imprensa vai pegar no taco amanhã a partir das 9 horas no Sesi Clube. É o Torneio de Golfe Jornalista Aluizio Alves, promovido pelo professor Jamilson Martins, criativo desportista que está escanteado e fazendo falta ao esporte oficial. LEBRE Machucado, Paulo Henrique Ganso, antes apelidado de Cisne ao chegar ao São Paulo, pode também atender por Paulo Henrique Lebre. O meio-campista, em sono profundo desde 2010, não deve estrear este ano pelo tricolor. A torcida do Peixe tripudia. ÓDIO Longo telefonema de um amigo dileto que pediu reserva do nome do santo para liberar a divulgação do milagre. Chamoume de adesista ao Flamengo pelo texto sobre o falecido Geraldo Assoviador. ABRAÇO Vascaíno radical e opositor ferrenho do ex-presidente Lula, deu a medida do seu ódio ao rubro-negro:

"Abraço um petista, mas não quero acordo com flamenguista." OS OUTROS Mergulhado por entre as linhas do noticiário do ABC e a predileção ortodoxa do técnico Ademir Fonseca pelo volante Serginho, passei, por masoquismo, a rever no pensamento as jogadas de Ricardo Oliveira, Nicácio, Alciney, Roberto Nascimento, Draílton e Baltasar. Tomei um Dramin B6 depois. ACORDO No acordo com o atacante Max, o presidente do América, Alex Padang, consolidou o estilo. Pode-se não gostar dele, mas ninguém deve duvidar de sua capacidade de cumprir a palavra com os jogadores. Raridade nesse meio. Ou fim. DESTRUIÇÃO Se quiser saber como um filme destrói um livro, perca seu tempo assistindo Eu Receberia As Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios, que profana a obra do escritor Marçal Aquino. Nem Camila Pitanga, nua, salva.

CMYK


Cidade

Sábado e Domingo

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

O Jornal de HOJE 17

FICHA TECNICA Modelo: Tráfego Models Make & Hair: Salão Bem

Érika Nesi

Você - CCAB- Petrópolis Fotos: Aurino Neto Produção: Victor Hugo Damasceno

erikamnesi@hotmail.com

Ah, quer saber...

Cheias de Charme, a novela que vai virar livro Quem acompanhou a novela Cheias de Charme, sucesso de audiência no horário das seis da tarde, descobriu que Cida, papel de Isabelle Drummond, possuía um diário no qual escrevia suas angústias, desilusões e seus maiores segredos. No último capítulo, que foi ao ar nesta sexta-feira (28), a personagem foi incentivada a publicar um livro.

As tendências que vão se destacar no Verão 2103 Fizemos um resumo rápido de algumas tendências que você precisa saber na hora de se jogar nas compras do Verão 2013, tendo em vista os desfiles internacionais e nacionais.

t t t t t t

Cida, a Empreguete Um Diário Íntimo ganhará 'na vida real' as estantes das livrarias brasileiras em outubro (Editora Casa da Palavra em parceria com a Globo Marcas), escrito por Leusa Araújo, pesquisadora da novela. A tiragem inicial é de 20 mil exemplares.

Art Déco O glamour e o luxo do anos 20, tanto das melindrosas como do estilo de decoração. Foi muito explorado na coleção da Gucci. A mulher é sexy com ar ingênuo e delicado, como as dessa época, que decidiram viver livres de espartilhos e usar vestidos curtos.

Look Giocare, sandália Collezione by Luiza Barcellos e colar Andréa Moura

Cores: dourado, preto, branco, nude. Peças-chave: batom vermelho, estampas geométricas, sapato boneca, pérolas, paetês, franjas metalizadas, vestido tubular.

t t t

Look Prefácio

t t t

Esportivo A estética é limpa, funcional, moderna. A inspiração vem do universo dos esportes e do hip hop. A modelagem é mais solta, e os shapes são dos uniformes dos esportes e do colegial americano. Esse universo é colorido, ativo e confortável. Cores: branco, laranja, preto, azul. Peças-chave: costas nadador, peças com amarração e corda, tecido neoprene, telas, costuras e emendas estilo scuba diving (roupa de mergulho), listras.

Modelo já utilizado no exterior "Nos baseamos num modelo já muito utilizado no exterior, especialmente pela Disney, que tem casos de sucesso nesta área, como a Fada Sininho, por exemplo, que existia apenas no álbum de figurinhas e depois virou filme. O Brasil tem ainda grande potencial para avançar neste segmento", diz Thais Marques, sócia da Editora Casa da Palavra. "O lançamento oferecerá aos telespectadores uma experiência única para quem deseja vivenciar um pouco do universo encantador da TV", explica José Luiz Bartolo, diretor de licenciamento da TV Globo. t t t

Detalhe da rasteira by My Shoes

t t t

Detalhe do Óculos Gucci by Diniz Prime

Tribos É a busca pelo natural, pelas origens, pelo mundo antigo. Forte apelo artesanal, rústico e histórico. Inspiração no Egito e tribos da África. Cores: terrosos, vermelho, ouro velho, laranja. Peças-chave: amarrações, saia envelope, franjas rústicas, material natural como palha e lona, detalhes de enfiados, hand-made, rasteiras, anabelas.

Fios bem tratados com o novo Selador de Pontas da Natura Plant Pensando na manutenção e no cuidado diário com os cabelos, a Natura Plant lança o Selador de Pontas Hidratação Prolongada, uma vez que são as pontas que sinalizam se o cabelo necessita de um bom tratamento e de um cuidado mais profundo. Elas podem estar duplas, sem formato (não acompanham os cachos nem o caimento do liso), quebradiças ou com aspecto mastigado. Bom fim de semana!

t t t

Do Fundo do Mar O mundo aquático vem como inspiração. Os oceanos, a vida aquática real ou mitológica, conchas e texturas iridescentes para dar cara de mar aos tecidos. A beleza é natural, molhada, frágil. Essa tendência aborda a fantasia e a magia e encanto do mar.

Look Donna Donna e sandália My Shoes

Cores: branco, prata, todos os tons de azul, turquesa, candy colors e a cor principal da tendência, verde-água. Peças-chave: peplum, calça flare, vestidos de prega, tops, bainha plissé, pérolas, lantejoulas, corais.

CMYK


18 O Jornal de HOJE

Cultura

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

Canal 1

BATE-REBATE w Adriane Galisteu está desde a última quarta-feira em Fortaleza, para a apresentação do "Miss Brasil" ao lado do Sérgio Marone. w A transmissão da Band acontece neste sábado. w Na Bandeirantes, alguns setores começam a fazer contas sobre as chances de cada clube no campeonato brasileiro deste ano. w As chances de o Palmeiras disputar a Série B no ano que vem, já têm despertado euforia, mas ainda contida. w Marcos Mion gravou, na quinta-feira, participação especial em "Rebelde".

Globo

POR FLÁVIO RICCO - Colaboração: José Carlos Nery / flavioricco@gmail.com.br / http://twitter.com/flavioricco

Concorrência prepara artilharia para receber nova novela da Record “Balacobaco”, substituta de “Máscaras”, não terá vida fácil pela frente, pelo menos se depender das concorrentes Globo e SBT. Essa recepção ao avesso já é articulada nos bastidores. Pior é que não tem pra onde correr. Se estrear no dia 2, como se imaginou no começo, será obrigada a enfrentar o filme de uma e o debate político da outra. Na quarta, 3, tem o futebol, que é sempre uma parada indigesta. Sobrou, diante disso, a quinta-feira que nunca foi um dia apropriado para iniciar uma novela, mas na falta de melhores alternativas, acabou se confirmando. O que também não significa que o tiroteio das rivais pode parar por aí. Existe mais munição guardada, tanto nos “fronts” da Anhanguera como nos do Projac, através de “Tela Quente”, “Cine Espetacular”, “Gabriela” em seus momentos finais, além de outras que ainda não são anunciadas. De qualquer forma, em “Balacobaco”, da autora Gisele Joras, a Record vem com uma proposta nova de trabalho, calçada no humor e que também pode entrar como boa opção. No mais, é com o telespectador.

w DISCO O lançamento do novo CD da Ivete Sangalo, “Real Fantasia”, vai acontecer no próximo dia 9, terça-feira. Existe, já de algum tempo, uma briga por parte de alguns programas de TV para ter a primazia deste trabalho. w SACODE O SBT estará, uma vez mais, em 2013, transmitindo o carnaval da Bahia. O contrato está assinado. A direção será de Norma Mantovanini. O mesmo, no entanto, não se pode afirmar sobre os desfiles do Rio e São Paulo. Existem negociações, mas não tem nada fechado. w HOMENAGEM O Teleton deste ano, no SBT, che-

gará à sua 15ª edição e todos os artistas que participam desde o primeiro programa serão homenageados. São os casos de Hebe Camargo, Eliana, o cantor Daniel e do próprio Silvio Santos, entre outros. Todas as emissoras concorrentes também já foram chamadas a participar, ficando sob a responsabilidade de cada uma, informar quem irá. w VIU, NINA? Uma importante rede de supermercados, bem no embalo de “Avenida Brasil”, lançou uma campanha publicitária divertida e até mesmo curiosa. Bem em função dos últimos acontecimentos da novela, a empresa está anunciando "Pen drives para guardar milhares de fotos por R$ 14,90. Viu, Nina? Ih, acho que não!" Então, tá! w UMA QUESTÃO Pergunta que não quer calar, ainda sem resposta, dos telespectadores da Record, em São Paulo: - aonde foram parar o anão e as três bailarinas do Geraldo Luís? Pelo menos o galão foi levado para a edição da manhã do "Balanço Geral”.

Com bronca de alguns jornalistas, a Rede TV! deixou de distribuir a eles material de divulgação da emissora. O departamento encarregado está seguindo ordem de alguém, claro. Fica a pergunta: quem perde mais com isso? Festa de estreia de “Balacobaco”, dia 4 no clube Monte Libano, no Rio, receberá 1500 pessoas entre elenco e convidados. O evento será embalado pelo “Baile da Favorita”, ou seja, com muito funk carioca. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

MILHAGEM Deborah Secco, certamente, está bem perto de um recorde. Entre todos os atores e atrizes da nossa TV, ela é a que mais se utiliza dos serviços da ponte-aérea Rio – São Paulo. Nunca deixa de voar pelo menos uma ou duas vezes por semana. É a mais conhecida de todas as tripulações e também a mais elogiada pela boa educação. Nunca reclama de nada.

w CAIU DE BICO Há uma preocupação na Bandeirantes com o fraco desempenho do “Jornal da Band” em tempos mais recentes. Existem dias que a sua audiência não consegue ultrapassar a marca dos dois pontos. Desfalcado do Joelmir Beting e com a apresentadora Ticiana Villas Boas próxima de subir ao altar, há o pressentimento que o que já está ruim poderá ficar ainda pior. w OPINIÃO A declaração é do Governador

HORÓSCOPO Áries 21/03 a 20/04 Desde ontem a Lua entrou no seu signo, elevando a temperatura das emoções. Mais frágil e se sentindo vulnerável, você corre o risco de se meter em encrencas com parceiros. Evite enfrentar gente poderosa que não mostra a cara.

Leão 22/07 a 22/08 Nesta noite, a Lua cheia promete ser bonita, e vem trazendo portentos, promete reviravoltas, e você precisará ficar a disposição dos amigos e familiares que precisarem de ajuda e amizade. Seja um elemento de concórdia e não de brigas.

Sagitário 21/11 a 21/12 Tudo é sempre muito pouco para você nas luas cheias, mas hoje será bom manter rédea curta nos excessos. Gastos financeiros inesperados podem ocorrer, fique alerta; tudo para atender alguém que vai precisar de ajuda..

Touro 21/04 a 20/05 Finalmente chegou o dia da Lua cheia, em que as diferenças ficam mais claras e até é possível entender melhor porque tantas divergências se acumularam na relação com seu amor. Aproveite para esclarecer o que for possível.

Virgem 23/08 a 22/09 Astral tenso, você tende a ficar um tanto ranzinza e mal humorado. O clima anda esquisito mesmo. Tudo parecerá diferente. As boas dicas para hoje: cuide das plantas, dos animais, faça uma comidinha especial para quem ama.

Capricórnio 22/12 a 21/01 De hoje a 2ª feira os confrontos com a família e cônjuge estão em primeiro plano. São tensões de muito tempo, mas eventos inesperados podem dar um novo rumo para estas pressões. Veja com que arma vai enfrentar um poderoso.

Gêmeos 21/05 a 20/06 Clima astral turbulento, como se era de esperar com a vigência de uma Lua cheia em Áries, que muda tudo, pois introduz o tema da pressa, da necessidade de criar algo novo e fugir das pressões sociais.

Libra 23/09 a 22/10 Conflitos entre seu amor e sua família podem criar um estresse maior do que o tolerável hoje, portanto é melhor evitar situações em que isto possa ocorrer. Atitudes difíceis de entender por parte de um sócio. Aguarde.

Aquário 21/01 a 19/02 Viagens curtas, palavras impensadas, preconceitos e declarações enraivecidas podem atrair problemas nesta noite. Não corra de carro. Seja bondoso com um camarada, um irmão e com seu vizinho. Para longe com gente mesquinha!

Câncer 21/06 a 21/07 No centro das atenções nesta cheia lunar, cuide de manter o astral leve e seja flexível, assim diminuirá tendência a ter problemas. Nada de ousadias, mas aposte no dialogo e no calor humano. Evite lidar com aparelhos elétricos.

Escorpião 23/10 a 21/11 Desavenças em curso no íntimo da família podem elevar a temperatura hoje. Evite cutucar os pontos fracos das pessoas. Faça seu programa independente. Fuja de esportes violentos, cuidado com a cabeça.

Peixes 20/02 a 20/03 Com suas antenas poderosas e sua sensibilidade, está captando as ondas arrevesadas desta Lua cheia. Esteja pronto a dar seu carinho e apaziguar quem anda soltando fogo pelas ventas - bem do seu ladinho! Gastos inesperados.

RESIDENT EVIL 5 - (16 Anos) MOVIECOM 1 – Hora:17:55 / 21:00; Hora:17:55 / 20:00 / 22:05 (Sáb e Dom)

UM HOMEM QUALQUER - (16 Anos) MOVIECOM 3 - Hora:19:25; Hora: 15:25 / 19:25 (Sáb e Dom)

ABRAHAM LINCOLN - CAÇADOR DE VAMPIROS - (14 Anos) MOVIECOM 6 – Hora:19:35 / 21:50

E AÍ, COMEU? - (14 Anos) MOVIECOM 1 – Hora:15:50; Hora: 13:45 / 15:50 (Sáb e Dom)

LOOPER-ASSASSINOS DO FUTURO - (16 Anos) MOVIECOM 4 - Hora:14:25 / 16:50 / 19:15 / 21:40

CINEMA

À BEIRA DO CAMINHO -(12 Anos) MOVIECOM 2 – Hora:16:45 OS MERCENÁRIOS 2 - (16 Anos) MOVIECOM 2 - Hora:19:00 / 21:15 TOTALMENTE INOCENTES (14 Anos) MOVIECOM 3 – Hora:17:20 / 21:25

NA ESTRADA - (16 Anos) MOVIECOM 5 - Hora:18:10 / 21:00; Hora: 15:20 / 18:10 / 21:00(Sáb e Dom) HOTEL TRANSILVÂNIA - (Livre) MOVIECOM 6 – Hora:14:05 TINKER BELL - O SEGREDO DAS FADAS - (Livre) MOVIECOM 6 - Hora:16:05 / 17:50

w Não foi a sua primeira vez nas novelas. Antes, ele atuou em "Vidas em Jogo" e "Bicho do Mato", também da Record. w Mion vai aparecer como ele mesmo, organizando uma versão do “Ídolos” no colégio da novela e os cantores da banda serão os jurados. w Chay Suede, inclusive, ficou com o “papel” de Marco Camargo. w Num curto espaço de tempo, entraram para a lista da violência, em São Paulo, os jornalistas César Menezes (Globo), Carlos Nascimento e Karyn Bravo (SBT). A coisa tá feia!

C´EST FINI

>> TV - TUDO w MUDANÇA A exemplo de outros, que num passado recente tomaram o mesmo caminho, Otávio Prévidi, o Magrão, também está deixando a chefia de esportes da Rede TV! rumo à Bandeirantes. Atendendo a um convite do José Emílio Ambrósio, essa mudança deve acontecer no começo da semana que vem.

Quinta-feira

TED - (16 Anos) MOVIECOM 7 - Hora:19:20 / 21:35; Hora: 17:05 / 19:20 / 21:35 (Sáb e Dom) O DIÁRIO DE TATI - (Livre) MOVIECOM 7 – Hora:17:05; Hora:13:15 / 15:10 (Sáb e Dom) OBS: A aprogramação pode ser alterada sem prévio aviso. Favor consultar o cinema para confirmar o filme do dia.

de São Paulo, Geraldo Alckmin: "Não faz mais sentido ter a 'Voz do Brasil' fixo, se o governo pode prestar contas inclusive nas redes sociais." w EM ANDAMENTO O planejamento está sendo feito e a direção do SBT deve fechar nos próximos dias o pacote de Especiais de Fim de Ano, que irá produzir. Não se sabe, ainda, se haverá uma nova versão do "Chaves" com o elenco da casa, assim como aconteceu no ano passado. Isto ainda está em discussão.


Cidade

Sábado e Domingo

O Jornal de HOJE 19

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

Segurança: MPT notifica construtoras do RN EXIGÊNCIAS DA NORMA REGULAMENTADORA 35 PASSAM PELO PLANEJAMENTO, ORGANIZAÇÃO E EXECUÇÃO DO TRABALHO Para garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores envolvidos com a construção civil, o Ministério Público do Trabalho do Rio Grande do Norte (MPT/RN) notificou as construtoras do Estado para adotarem as novas exigências aplicadas para todo trabalho que seja executado em altura, onde haja risco de queda. Conforme estabelece a Norma Regulamentadora nº 35, que entrou em vigor na quinta-feira passada, as empresas de construção civil têm o prazo máximo trinta dias para informar as providências tomadas em adequação ao regulamento. Segundo recomendação do MPT, as exigências da Norma Regulamentadora vão desde o planejamento e organização, até a execução do trabalho, de forma a garantir a segurança dos trabalhadores envolvidos com a atividade. A norma também contempla trabalhadores que estão no entorno das atividades, mesmo não atuando diretamente com diferença de níveis, sujeitos aos riscos relativos ao trabalho em altura. A notificação foi enviada a mais de 100 construtoras dentro do Estado, para que observem e cumpram a nova norma, aplicando-a em todas as obras e corrigindo eventuais irregularidades. De acordo com o MPT/RN, o descumprimento das medidas implicará na adoção das providências cabíveis. "Caso as empresas não informem as adequações tomadas, entraremos com um inquérito civil junto à procuradoria", disse a procuradora regional do Trabalho, Ileana Neiva. A assessoria do Ministério Público do Trabalho no RN informou que durante esta semana foram feitas inspeções em obras de diversas construtoras, com a presença de auditores fiscais do trabalho, onde foram constadas algumas inadequações no processo da atividade. A queda de altura é uma das principais causas de acidentes graves e fatais na construção civil. A NR35 traz uma série de cuidados individuais e coletivos que devem ser seguidos para evitá-los. De acordo com Liciana Leitão, engenheira especializada em segurança do trabalho, muitas vezes a segurança anda na "contramão da construção civil" e, segundo ela, como o segmento trabalha com prazos muito curtos para a entrega do empreendimento, algumas aspectos podem passar despercebidos. "Mas a segurança dos trabalhadores deve ser sempre assegurada, para o bem do funcioná-

Wellington Rocha

Trabalhadores das obras devem interromper as atividades se constatarem riscos graves para sua segurança e saúde rio e para a construtora", disse Liciana, da Moura Dubeux Engenharia, que cumpre a NR-35 e possui a certificação OHSAS 18001, conquistada em 2003 após uma série de avaliações na área de segurança e saúde ocupacional. A engenheira ainda enfatiza que o investimento na segurança do trabalhador é também um meio de minimizar os custos da construtora. "Uma vez que o trabalhador sofre algum acidente, ele precisará ficar um tempo afastado da obra e teremos que substituí-lo. Dependendo do grau do acidente, a empresa pode receber uma multa e obra ser colocada em risco", disse. A engenheira responsável por uma das obras da construtora, Maria Assunção, também reforça que todos os operários no canteiro de obras dos empreendimentos da construtora trabalham não só com os chamados EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), como também com os equipamentos de proteção cole-

tivos e estão em contínuo processo de capacitação. NOVA NORMA ESTABELECE A ORDEM DEANÁLISE DE RISCOS A Norma Regulamentadora Nº 35 trata sobre trabalho em altura e define os requisitos e medidas de proteção para os trabalhadores que atuam nestas condições, independente do setor. Antes, as medidas de segurança para serviços com risco de queda eram voltadas para a construção e indústria naval. Dentre as responsabilidades das empresas, todo trabalho executado em altura acima de dois metros deve ser precedido de Análise de Risco (avaliação dos riscos potenciais, suas causas, consequências e medidas de controle), sendo necessária ainda a prévia autorização, mediante Permissão de Trabalho, para as atividades. As construtoras também devem assegurar que esse tipo de trabalho seja realizado sob supervisão, cuja forma será de-

finida pela análise de riscos, de acordo com as peculiaridades da atividade. Qualquer trabalho em altura só poderá ter início depois de serem adotadas as medidas de proteção definidas na Norma Regulamentadora. De acordo com a procuradora Ileana Neiva, o trabalhador não pode estar portando apenas os Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs). "A maioria dos acidentes da construção civil ocorre muito mais em razão da deficiência em Equipamentos de Proteção Coletivos e das análises de riscos, do que da falta de uso dos Equipamentos de Proteção Individuais." Conforme texto estabelecido na NR-35, cabe aos trabalhadores "interromper suas atividades exercendo o direito de recusa, sempre que constatarem evidências de riscos graves e iminentes para sua segurança e saúde, ou a de outras pessoas, comunicando imediatamente o fato a seu superior hierárquico".

> PLANO DE CONTINGÊNCIA

Agências franqueadas dos Correios serão fechadas Com o fim da greve dos Correios, a expectativa é de que o serviço volte ao normal em todo o Brasil. No entanto, não é o que vai acontecer na maioria das Agências de Correios Franqueadas (ACFs), que podem ser fechadas em todo o País. Elas oferecem os mesmos serviços de uma agência dos Correios como, por exemplo, postagem de cartas e Sedex, mas não opera serviços do banco postal. Fundadas há cerca de 20 anos através de sistema de Parceria Público-Privada (PPP), que é um contrato administrativo de concessão, as franquias sempre foram um exemplo de sucesso desse modelo de administração no Brasil. Ao todo, existem 1.368 agências franqueadas no País e todas correm o risco de fecharem as portas à população, por determinação do Ministério Público e Tribunal de Contas da União, que exigem dos Correios processo licitatório para o serviço. Em 2009, os Correios fizeram a primeira licitação para enquadrar as ACFs em um modelo padronizado, mas apenas 550 contratos foram fechados. A licitação atual foi aberta no ano passado com o objetivo de regularizar as outras 818, mas poucas delas conseguiram atender às exigências do edital. O processo licitatório exige, entre outras coisas, a aquisição de equipamentos modernos de informática, balanças e cofres de marcas e valores estabelecidos, acessibilidade total nas lojas, maiores dimensões no espaço e "IP fixo"

(número que identifica os computadores), que além de caro, demora para ser instalado. Tais exigências estão acima da capacidade financeira dos franqueados e muitos reclamam de que os Correios não estão levando em conta peculiaridades locais ao estabelecer os critérios dos novos modelos de agências. Mas segundo a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), o processo atende a determinação legal e de governo, cumprindo a Constituição e a Lei de Licitações. O fechamento das Agências de Correios Franqueadas (ACFs) está pegando funcionários e usuários de surpresa. Em Natal, algumas iniciaram as demissões. Na ACF da avenida Prudente de Morais, em frente ao Hiper Bompreço, só esta semana todos os funcionários foram demitidos e cumprem aviso prévio. De acordo com Farouk Nagib, proprietário da agência, os Correios não estão levando em conta o sentido da parceria e os benefícios. "Somos responsáveis por boa parte do faturamento da ECT, e nos últimos 20 anos trabalhamos de forma a otimizar o serviço oferecido pelos Correios. Não estão levando em conta os anos de dedicação dos funcionários como se fossem da empresa, de fato, até agora não foi feito nada para assistir os funcionários e nem os empresários franqueados. Existem funcionários que trabalham desde a fundação das ACFs e que hoje, já estão na maior idade, e que agora demi-

tidos, não terão outras opções de empregos. Infelizmente essa decisão contribui muito para o aumento de desempregados no país, pois cerca de 25 mil empregados diretos e indiretos estão sendo demitidos", disse Farouk Nagib. Na Grande Natal, existem sete Agências de Correios Franqueadas (ACFs) , das quais apenas duas continuarão a funcionar. De acordo com cartas oficiais recebidas pelos franqueados, até o próximo dia 30, todas as unidades não enquadradas terão suas portas fechadas Os Correios garantem que plano de contingência está sendo montado para que as áreas atendidas pelas franquias que serão fechadas sejam supridas por agências próprias ou postos de atendimento, mas segundo informações da Assessoria de imprensa dos Correios em Natal, o processo de desativação das ACF´s está em 'standby' pois os franqueados pediram uma liminar para impedir os fechamentos da agências. O atendimento próprio dos Correios já é considerado deficiente, e as Agências de Correios Franqueadas funcionavam como alternativa de desafogamento das sedes da Estatal. Agora, com a desativação, imagina-se que o serviço ficará mais lento em todas as vertentes e a população será bastante afetada, isso sem contar com a possibilidade de um novo item da próxima greve dos Correios: a falta de pessoal, gerando sobrecarga à categoria.

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

apronianocfs@hotmail.com

CONTAGEM REGRESSIVA: faltam 23 dias para grande exposição dos 80 anos do Porto de Natal na Capitania das Artes NATAL Navio Lagoa Carioca Lagoa Paranaense Marta Orwell Marfret Guyane Shoei Maru 7 CMA-CGM Aristote Marfret Marajó Silver Cloud

Bandeira Brasil Brasil Brasil Bélgica França Japão U. Kingdom França Bahamas

Lorena BR

Brasil

Agência W. Sons W. Sons Petrobras W. Sons W. Sons Veleiros CMA-CGM W. Sons Superservice

Chegada No Porto No Porto No Porto No Porto Hoje 01/10 06/10 13/10 08/12

Destino --Belém(PA) Guamaré(RN) Algecira/ESP Alto Mar Algeciras/ESP Algecira/ESP Recife(PE)

Carga Em Operação Em Operação --Contêineres -Contêineres Contêineres --

Descarga --Combustível Draga -Atum --Turismo

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN Petrobras

No Porto

Fortaleza (CE)

Água

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN Araya

Dia 29 30

Panamá

A. Marítima No Porto

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 16:06 2.3 21:51 0.2 04:21 2.4 10:06 0.2

Santos(SP)

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Sal

--

FASES DA LUA Minguante (08/09 - 10:15h) Nova

(15/09 - 23:11h)

Crescente

(22/09 - 16:41h)

Cheia

(30/09 - 06:19h)


20 O Jornal de HOJE

Natal, 29 e 30 de setembro de 2012

Gastronomia

Sábado e Domingo

Hemetério Gurgel

hemeterio@uol.com.br DICAS CULINÁRIAS DA JOR. MARIANA

RECEITA DA CHEF SANYLLE

ALHO - BATATA

PETIT GATEAU DE CHOCOLATE BRANCO INGREDIENTES: P/10 und. Chocolate branco 200gr Farinha de trigo 2 colheres de sopa cheia Ovos 3und Gemas 3und Açúcar 1\2 colher de açúcar Manteiga sem sal 120g MODO DE PREPARO: Derreta o chocolate com a manteiga no microondas, misture para ficar um chocolate liso, deixe esfriar, acrescente a farinha de trigo, misture bem e reserve. Bata na batedeira os ovos, gemas e o açúcar até ficar um creme esbranquiçado. Deixe o chocolate esfriar e acrescente o chocolate aos poucos até ficar homogêneo. Divida em formas de bom bocado untada e polvi-

lhada com farinha de trigo . Asse em forno pré-aquecido na função de ar quente 180 graus, e passe para 150 graus durante 3 a 4 minutos.

MOLHO-ALHO Coloque os dentes de alho descascados dentro de um vidro com óleo de cozinha. Assim, eles não ficam ressecados e o óleo pode ser usado depois como molho para saladas.

SANYLLE FARAJ

DICA DO CHEF: Desenforme assim que retirar do forno. Sirva quentinho com sorvete de creme. Fica uma delícia!!!Vai receber muitos parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

ALHO-SAL Para facilitar o seu trabalho, amasse os dentes de alho com sal e guarde num pote bem fechado, na geladeira. Assim, quando você precisar ele já estará pronto. ALHO - CASQUINHAS SE SOLTAM Deixe os dentes de alho de molho em água durante 10m antes de usar. As casquinhas se soltarão facilmente e não ficará com cheiro de alho nas mãos.

- FAST FOOD-

APERITIVO - BATATAS Não jogue fora as cascas de batata. Frite em óleo quente, tempere com sal. JOR. MASRIANA E sirva como aperitivo. BATATAS - SEQUINHAS Corte as batatas em fatias grossas, coloque para fritar em óleo bem quente e adicione um pouco de sal. As batatas ficarão coradas e sequinhas. COMO SALGAR - BATATAS Para salgar as batatas fritas de maneira uniforme, coloque dentro de um saco de papel com uma porção de sal. Depois, sacuda por alguns segundos. CASCAS - ADUBO Você pode obter um excelente adubo para as suas plantas batendo no liquidificador uma porção de cascas de batatas.

- CONVERSA DE RESTAURANTE -

-ELEIÇÕES EM NATAL E MOSSORÓ - MARQUETEIROS - PESQUISAS -BARCARDI 150 ANOS,100 MIL DOLARES A GARRAFA-MIDWAY INAUGURA -A CRISE DA SAÚDE - ATIVISTA COMUNISTA NA AREA - OBRAS COMEÇARAM RUM A BEBIDA MAIS SABOROSA DO MUNDO

PESQUISA DA START PARNAMIRIM Data de coleta: 27/09/2012. Registro: RN:TRE/RN- 00154/2012 Foto:Gilson 1ª-P- Então se a eleição fosse hoje, em quem o Sr. (a) votaria para PREFEITO de Parnamirim? -

Como surgiu -História A industria Bacardi surgiu em 1862 e ganhou seu primeiro prêmio em 1876, na Feira Mundial da Filadélfia, USA, quando o rum foi reconhecido como uma inovação de impacto revolucionário no universo das bebidas, passando a ocupar lugar de honra entre os destilados existentes no mundo inteiro. O Rótulo, atual comemorativo dos 150 anos. Em 150 anos 550 Premiações A Medalha de Ouro obtida naquela Exibição de Filadelfia,USA, seria a primeira das 550 outras que ganhou nestes 150 anos de existência, que o Barcardi comemora este ano, de tantas outras Medalhas de Ouro em

Feiras Mundiais . Tornou-se, assim,o Rei dos Destilados através dos tempos, superando todas as outras bebidas desse tipo, inclusive , uísques, bourbons, conhaques, licores, gins, tequilas e vodkas. A foto acima é a garrafa de Barcadi da comemoração dos 150 anos. É um rum de 60 anos, engarrafado numa garrafa de cristal Lalic e a tampa foi folheada a ouro 22k, sendo somente 100 unidades. Não tem preço. No final das comemorações, Dezembro/2012, serão leiloadas em NY,USA. Experts acham que nenhuma garrafa sairá por menos de 100 mil dólares.

O Fundador Foi Don Facundo Bacardi Masso, um pioneiro com suas inovações transformadoras que definiram um padrão para a produção de rum, revolucionando a indústria de bebidas destiladas. Depois de passar mais de uma década experimentando técnicas diferentes de produção - entre elas, o uso de uma só variedade de levedura para manter a uniformidade do sabor, ou o processo de atenuação proposital, ou ainda a filtragem com o uso de carvão - Don Facundo criou o primeiro rum suave e levemente encorpado do mundo, além de ser apropriado para as misturas. Foto:1º Rótulo Bacardi O rum já era consumido, há centenas de anos, sendo uma bebida muito forte e não aceitava misturas. Cuba sempree foi a capital do rum,antes de Fidel impor sua ditadura. Depois os industriais se manda-

ram para outros países e inst. suas fábricas. E daí conquistou, como Rei,a coroa de medalhas e mais medalhas de premiações. Foto:Don Facundo Bacardi em sua 1ª. Fabrica em Havana, Cuba. Hoje, as fábricas de Rum Bacardi estão fora de Cuba, mas continuam na família Bacardi Masso, 8ª geração. MIDWAY INAUGURA AMPLIAÇÃO O Midway Mall inaugurou no dia 27/09,quinta, a 3ª Expansão. Funcionando lá:o Empório Le Biscuit, há 45 anos no Brasil, com um mix de mais de 60 mil itens de decoração, utilidades para o lar, papelaria,

CMYK

Ind.NEVALDO

brinquedos, festa, armarinho, bazar e bomboniére, ocupa uma area de 1.000 m². O Pres. dessa loja é o Sr. Álvaro Sant'Ana, 35 anos. Na solenidade de abertura, além da presença do presidente do Le Biscuit, participaram o fundador do Grupo Grararapes, Nevaldo Rocha, o presidente da Riachuelo, Flávio Rocha, o superintendente do Midway Mall, Afrânio Marinelli e o diretor de patrimônio do Grupo Guararapes, Pedro Siqueira. Novas Lojas Está programada para brevíssimamente a abertura do McDonalds, área aberta, lateral ao Hipermercado EXTRA. Na primeira quinzena de outubro será a Casas Bahia, varejo nacional de móveis e eletrodomésticos e em novembro, entra em funcionamento a Central de Serviços da Oi. Com a ampliação realizada o Midway fica com 280 lojas em três pisos. Foto Grande: Nevaldo.

- ESPONTÂNEA: Empate Técnico Maurício 30,0 - 1,4% Gilson 28,6 Prof. Tita 4,4 Camarada Leto 4,2 Não Sabem/Não Responderam 23,2 Nenhum/Branco/Nulo 10,6 TOTAL 100,0 2ª-P. E entre estes candidatos , em qual deles o (a) Sr. (a) votaria para PREFEITO de Parnamirim, se a eleição fosse hoje? -ESTIMULADA: Maurício Gilson Prof. Tita Camarada Leto NS/NR Nenhum/Branco/Nulo TOTAL

3ª-P-Diga-me em qual deles o (a) Sr. (a) NÃO VOTARIA de jeito nenhum para Prefeito se a eleição fosse hoje?

- ESTIMULADA: Gilson Maurício PÁPRIKA E SEUS PRATOS MARAVILHOSOS A marca Páprika, situada na bela praia de Ponta Camarada Leto Negra, só usa ingredientes altamente selecionados, Prof. Tita elaborado por cusiniers o que garante o padrão de Não Sabe/N/Respo Nenhum dos outros

qualidade. Tudo isso em um ambiente rústico e charmoso, propício para reunir os amigos e saborear deliciosas Pizzas assadas no Forno a lenha e ouvir uma boa música; tem também um lindo jardim e com vistas para o mar. Endereço: Rua Pedro Fonseca Filho, 9001,P. Negra - Natal/RN .Alem de pizzas, o Páprika tem pratos maravilhosos.Veja este que escolhemos para vocês ficarem com água na boa. MAIS DOCERIA PARA OS POTIGUARES

Empate Técnico 39,1 - 1.2% 37,9 2,0 0,3 14,5 6,3 100,0

26,0 24,1 14,0 14,2 10,2 11,5

Diferença 1.9%

AS ELEIÇÕES DE NATAL Self La Tavola - Diziam que a guerra em Natal, nestas eleições, não era travada nos loucos números dos Inst. de Pesquisas, mas sim na capacidade profissional dos marqueteiros de cada candidato. E comentaram: Quando Carlos Eduardo estava diringido sua campanha ele disparou nas Pesquisas chegando a 57%, e o mais perto, um dígito.Quando inciou os Progs.de TV e Rádio, ocasião que assumiu o marqueteiro, ele só tem caído nelas. Chegando,agora, ao quase impossível de falar, 2,5% para um possivel 2º Turno.É de se indagar, o que estar havendo? Porque atacar Rosalba? Já não cansou o eleitor os ataques a Micarla? Esses temas obscurecem os seus projetos positivos para Natal! Porque, a ex-Gov.da Ope. Higia, profundamente desgastada em Natal? Em Mossoró agradeceram a sua ausência pois estava acabando com a cand. Larissa, pois a Obra dela é o Presidio Fed.!Carlos Eduardo é inteligente, idealista, ousado, será que não está sentindo o desastre e não impõe a sua linha, que lhe dava o viés de subida? Outro disse:Vejam: Hermano começou com menos de dois dígitos,sabendo aproveitar bem o apoio de Garibalde e Hen-

Poderia votar em todos 11,4 Não votaria em nenhum 6,6 TOTAL 100,0 OBS: O Instituto STAR é diridido pela Socióloga DRA.KEILA BRANDÃO CAVALCANTI, Prof. da UFRN, pessoa das mais concituadas nos meios cientiíficos potiguares. Sua correção é reconhecida, não só aqui nas terras de Poty, como além das fronteiras do RN. Daí darmos o maior crédito em todas as suas pesquisas. Parnamirim:Constatação desta COLUNA. Verifica-se claramente que o Pref. Mauricio, reeleição, começou com umas maioria de mais 25%, sobre o Dep. Gilson. Reta final Chegam agora na reta final:Mauricio, em evidente VIÉS de Queda, chegou a ter mais de 25% de maioria, agora está empatado com seu opositor. O Dep. Gilson principal adversário de Mauricio, chegou agora na reta final da campanha, consumindo os 25% de maioria, ESTANDO rigorosamente empatado com Maurico. Vitória impressionante de Gilson! O quadro atual Contudo a Pesquisa espelha o seguinte quadro: Na Espontânea há, ainda, 26% que não sabem e não quiseram responder em quem vota. Na Estimulada, o índice cai para 14,5% que não sabem ou não quiseram responder. Conceito Popular sobre resultado de eleições Ha um conceito que ,em eleições, só se trai GOVERNO. Em sendo assim, esses INDECISOS decidirão as eleições no 3º maior Colegio Eleitoral do RN. Havendo uma maior inclinação do eleitorado para o Dep. Gilson, que é o que apresenta projeção de crescimento.Vale lembrar que nas eleições passadas, Mauricio era vice Prefeito e candidato a Prefeito, mesmo contra Gilson, em mais de 100 mil eleitores, ganhou por cerca de 2mil votos, e só. Mas...eleição é como bumbum de menino novo, ninguém sabe dizer o que pode sair! Foto:Mauricio. rique, pela genialidade de seu marqueteiro, já alcançou dois dígitos, começando a ameaçar um 2º Segundo Turno. É a mais bem feita campanha eleitoral dos últimos tempos em Natal. Então a criação do Boneco Nildo é genial e papo em toda a cidade. Até a parte agressiva ele responde inteligentemente. Isso é que é marketing. -O proprio marqueteiro de Rogério, com todas s dificuldades financeiras, o tem levado a bons programas de TV, e contribuído para sua subida, lenta, mas constante, ajudando em números para a realidade de um possivel 2º Turno. E é bom advertir: 2º Turno é um outra eleição e com muitas surpresas. Há pouco tempo para ajustes de marqueteiros no rumo da campanha. Mas existe esse tempo! Natal é muto diferenciado e pode virar por qualquer fato novo impactante. Quem duvidar que espere os resultados das urnas. Disse um jornalista: quando o candidato ganha, quem ganhou foi o marqueteiro. Quando perde, a culpa total é da incompetência do marqueteiro!

O PORQUE DA CRISE DA SAÚDE NO RN 4.359.288,54 , recuperação geral, Res.Dei Fiore - Embora eu não co- ampliação de 11 leitos UTI Adulto; nhecesse, apostaria que naquela mais 06 leitos UTI Pediátrica, com mesa eram médicos. Só falavam 06; 36 leitos. Empresa responsável sobre a crise da saúde aqui no Es- Tecnicenter Engenharia, Comércio tado. Principalmente do Represen- e Serviços.-Central Metropolitana tante Federal totalmente desmora- de Regulação, que funcionará no lizado em sua tentativa de tumul- térreo e 1º andar da SESAP, o intuar a classe médica potiguar. Ele Genilde Asfora, pernambucana, sua marca há muito é do famoso comunista de uísque; vestimentos de R$ 480.277,73. que se dedica apaixonadamente em fazer e criar doces Cand. a Dep. pelo Esp. Santos. Foi Firma responsável:A FK Construções Ltda. -Serviços de elaboração maravilhosos. Podemos dizer que ela é uma patisse- uma vergonha... dos projetos complementares para rie vocacionada. Sua marca, sempre foi, BOMBOCAas unidades R$ 285.384,61. EmDO. Vive e exerce sua douçura há 40 anos. Agora abriu AS OBRAS:que estão sendo feitas presa responsável a Cipex Engeum aconchegante casa, climatizada, a Av. Rui Bar- Hos.W. Gurgel e P. Socorro C. Sa- nharia. Disse a Gov. Rosalba: “Esbosa, 1370, L. Nova, Natal, RN, tel. 32066884. A ma- rinho, invests. 1.904.686,62 milhões tamos gastando 17 milhões de recurtriz continuou na R. Assu, em Petrópolis.O toque para Reformas: Subestação e ampl. sos dos cofres do Estado, fizemos agradável e o conforto foi criação da Arq. Ana M. Ma- do depósito de resíd. sólidos, ade- um plano de enfrentamento, planechado. Parabéns, Ana. Muito bom gosto em tudo. quação da UTI B c/ 10 leitos/semi jado de acordo com as demandas, Deu seu show. Afora o setor de doces, Gena, para os intensiva. A empresa responsável : partindo das urgências e emergêníntimos, capricha também nos salgadinhos. São óti- Flague Construções Ltda.-Hosp. cias, mas que irá reestruturar os Lindolfo G. Vidal, em S.Antonio,inmos também. Ela avisa que tem Torta Diet. Sugere vestido de R$ 4.455,91 milhões para hospitais gerais e regionais". A cera de Maçã com Canela. É uma das poucas lancho- restauração e recuperação total teza é que já no final do Prazo da netes e cafeteria que não deixou de lado a centena- desta unidade. Empresa responsá- Emergência a saúde potiguar será o que nunca dantes foi e haverá ria sobremesa CARTOLA. Chamou-me a atenção o vel, Azevedo Coelho Ltda.-Hosp. poucas no Brasil igual. seu Pavê, cujo preço é muito bom, não menos do que Regi.de S. Paulo do Potengi R$ Agora não podia em menos de 2 esse doce, R$ 35 o quilo. Lá ela tem dois ambientes. 451.816,61, reformas gerais. Hosp. anos construir o que foi destruído Inclusive pode receber grupos de até 35 pessoas para Reg. Tarcísio Maia, pR$ R$ em 8 anos. Sem nenhum roubo! comemorações, com reservas antecedentemente. Sucessos. Foto:Gena e Ricardo,esposo. AAI EU ME VIREI E TODOS TINHAM DESAPARECIDO

CMYK


FLIP  

Economia, politica, cidade e cultura

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you