Page 1

Segunda-feira

Ano XVI w NATAL-RN,

26 DE MAIO DE 2014 w Nº 4.943

R$ 2,00 w jornaldehoje.com.br

> SECRETÁRIO DE SEGURANÇA CONDENA GREVE

“NÃO PODEMOS TOLERAR A AMEAÇA DOS POLICIAIS À NOSSA SOCIEDADE” GENERAL ELIÉSER GIRÃO MONTEIRO AFIRMA QUE GOVERNO E SOCIEDADE NÃO PODEM ACEITAR A MANEIRA COMO A CATEGORIA ESTÁ AGINDO. REUNIÃO MARCADA PARA HOJE À TARDE, NA CONTROLADORIA, TENTARÁ EVITAR PARALISAÇÃO CIDADE 10 José Aldenir

> RACHA NO DEM

Governadora planeja vingança contra José Agripino e Felipe Maia POLÍTICA 3

> ELEIÇÕES 2014

Para Robério, acordão significa continuidade do fisiologismo no RN POLÍTICA 5

> SAÚDE EM NATAL

Primeiro dia de greve gera sobrecarga para médicos cooperados CIDADE 6

Apesar da greve dos médicos do município, as unidades de Saúde funcionaram normalmente hoje - com o atendimento realizado por médicos de cooperativas

> ACORDO

> LITERATURA

> TECNOLOGIA

> SÉRIE B

Obras do hotel da BRA podem ser retomadas após oito anos

“História do Cabelo” mostra o humor crítico de Alan Pauls

Professor de literatura usa o WhatsApp para ensinar e ajudar

ABC volta ao G4. América se recupera na classificação

ECONOMIA 7

CIDADE 14

CULTURA 9

ESPORTE 15 Heracles Dantas

ESCREVEM ARTIGOS NA EDIÇÃO DE HOJE José Normando Bezerra Paulo Benz Ailton Salviano Armando Negreiros Ana Luíza Rabelo Spencer Roberto Cardoso Anísio Marinho Neto

OPINIÃO - Página 2

ARTISTAS DE NATAL TERÃO

PRIORIDADE NO FIFA FAN FEST Prefeitura anuncia 45 atrações, sendo 40 locais, para o período de 12 de junho a 13 de julho. O Fan Fest custará aproximadamente R$ 6,4 milhões. CIDADE 8

Túlio Lemos

Marcos A. de Sá

Danilo Sá

Daniela Freire

Vicente Serejo

Página 3

Página 7

Página 11

Página 12

Página 13

w O termo acordão continua incomodando os aliados do deputado Henrique Alves. INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,22 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,30 R$ 2,22

Euro x real R$ 3,03 Poupança 0,50%/0,41% Taxa Selic 11%

w Estado quer terras da usina para criar um Distrito Industrial em Ceará-Mirim.

E-MAIL REDAÇÃO:

w Declarações mostram que os políticos do RN não possuem muita memória.

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

w Decidido a apoiar chapa Henrique/Wilma, Agripino já subiu no palanque da dupla.

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

w Enquanto isso, o Varela Santiago vende camisetas para salvar crianças com câncer.

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

16 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 26 de maio de 2014

JOSÉ NORMANDO BEZERRA, geógrafo e professor (normandobezerra@yahoo.com.br)

Artigo

Artigo

la comunidade. Um dos momentos mais marcantes daquela cerimônia é quando o manto de Nossa Senhora circula pela igreja e todas as pessoas querem passar por baixo fazendo promessas e agradecimentos ao som da música de Roberto Carlos: "Cubra-me com o seu manto de amor, guarda-me na paz desse olhar, cura-me as feridas e a dor e me faz suportar...". Outro instante comovente é a entrada do Santíssimo Sacramento naquele templo. Algumas coincidências na minha vida com Nossa Senhora de Fátima: nasci na rua 13 de maio na cidade de Pau dos Ferros/RN, minha saudosa mãe nasceu no mês e ano da primeira aparição de Nossa Senhora em Fátima/ Portugal. No dia 13 de maio de 2011 ao subir em um coletivo fiquei preso a porta do mesmo e caí com o ônibus em movimento e não sofri nenhum dano físico. Em maio de 2013 fiz uma cirurgia cardíaca com absoluto sucesso. Em maio de 72 fui vítima de um acidente quando servia ao exército sem consequência grave. No ano de 2007, o Alecrim FC escapou do rebaixamento ao fazer 4 gols de saldo no São Gonçalo FC, exatamente a quantidade que precisava. Por essa razão alguns torcedores fizeram uma promessa: hoje na sede do clube tem uma imagem de Nossa Senhora de Fátima, trazida de Portugal pelo torcedor Francisco Antônio de Souza Filho. É bom lembrar que o Alecrim FC foi fundado no dia da assunção de Nossa Senhora. Quando conheci minha esposa ela era professora do Colégio Nossa Senhora de Fátima. É por essas e outras que agradeço e canto como o rei Roberto Carlos: "...Se uma lágrima me rola e o pranto eu não contenha choro nas escadarias de Nossa Senhora da Penha, Nossa Senhora de Fátima peço que a alegria venha ..."

Pouco tempo atrás, chamou-me a atenção uma curta notícia que dava conta de um homicídio um tanto singular. Dois russos, amigos, muito provavelmente sob efeito etílico, encetaram acirrada discussão na pequena Irbit, nos montes Urais, contrapondo opiniões sobre qual o mais nobre gênero literário. O anfitrião, defensor ardente da prosa como verdadeira literatura, provavelmente deve ter dito as suas últimas palavras justamente em defesa do gênero preferido e dos grandes prosadores, com um rol tão qualificado de compatriotas a servir de exemplo. A notícia seguia dizendo que o convidado, um ex-professor de 53 anos, amante da poesia, lá pelas tantas da discussão, esfaqueou mortalmente o contendor. Vê-se que substituiu, com grande velocidade, a arma da argumentação pela lâmina de uma arma branca. Veja-se que, no caso, não se tratava de contenda entre um poeta e um prosador, os quais, possivelmente, se digladiariam com frases de efeito e estrofes definitivas. Cuidava-se, isso sim, de amantes e admiradores de verso e prosa. Tenho cá os meus amores pela leitura, mas reconheço que seria incapaz sequer de imaginar tamanha ênfase na defesa de um gênero literário. O engraçado é que, em que pese escrever mais poesia do que prosa (e de por força do hábito colocar ao lado do meu nome, à guiza de "qualificação", o epíteto de poeta), como leitor, leio muita prosa e pouca poesia. O que me faz pensar que, numa hipótese como a dos amigos russos, mataria ou

Artigo

É uma tristeza perder um grande amigo do quilate de Miguel Josino. Há cerca de vinte anos o conheci, na casa do meu irmão Fernando. Família boa e fácil de conviver. Ficamos íntimos de toda a família areia-branquense. O Sebastião pai, o Sebastião filho, Daniel, Rodrigo, enfim, todos passamos a nos frequentar e criamos uma sólida amizade. O acidente que levou o nosso amigo ocorreu no seu apartamento, uma queda de menos de três metros de altura, quando preparava um churrasco. Escorregou, caiu de mau jeito, traumatismo craniano e medular, com morte cerebral. Telefonemas no início da noite do domingo (18 de maio de 2014) e pela madrugada da segunda já davam conta de morte cerebral. A noite inteira acordado pensando e imaginando todo o mundo pronunciando a palavra "fatalidade". Para quem tinha tanta fé, era devoto de tantos santos, deveria ter sido amparado em sua queda, que o conduziu para a extinção terrena, para continuar difundindo a sua generosidade e inteligência. Mas... é a tal fatalidade, o tal livre arbítrio... por aí... Miguel Josino Neto era portador de uma convergência perigosíssima: inteligência, erudição, memória e amizade. Convivi, e convivo, com poucas pessoas que agregam essas qualidades. São tão criativas que conseguem mesmerizar e cativar os cir-

Artigo

morreria não em minha defesa, mas renegando o gênero que mais exploro. Seria uma morte um tanto irônica, convenhamos. E, nesta toada, coloquei-me a pensar em alguns grandes nomes que ficaram conhecidos pela poesia, mas que também, como me parece muito natural, avançaram pelos textos mais longos para deixar suas ideias. Vinicius de Moraes, Carlos Drummond de Andrade, Fernando Pessoa, só para mencionar os que mais rapidamente vieram à memória. Qual seria a trincheira que ocupariam neste embate. Seriam capazes de defender a própria obra poética com unhas, vodka e dentes ou pisoteariam seus próprios livros em defesa do gênero que mais gostavam de ler, se diverso. Ou serei apenas eu o "desgenerado" (ok, inventei a palavra agora). Talvez quem melhor tenha se postado, ainda que não de forma admirável, para esta batalha literária, tenha sido Arthur Rimbaud. Poeta brilhante até os 19 anos, rabiscando suas palavras em Charleville, na França, o fim do romance com o também poeta Paul Verlaine, aos 19 anos, foi representada como uma verdadeira "morte" do poeta. Daí vagou pela Europa, até ir para a África, onde o poeta de "O barco ébrio" e também das prosas "Uma Temporada no Inferno e As Iluminações" tornou-se, entre outras coisas, traficante de armas e de escravos, negociante de marfim e peles. Nunca mais escreveu. Matou verso, prosa, versejador e prosador que haviam dentro de si, deixando uma das biografias mais enigmáticas da história da literatura.

AILTON SALVIANO, geólogo/jornalista (ailtonsalviano@uol.com.br)

Sua excelência, o anacoluto É bem provável que a figura de linguagem denominada "anacoluto", por suas nuances e peculiaridades, seja para os estudantes do nosso vernáculo, uma das mais de difícil compreensão. Por isso, há casos em que gramáticos divergem de opinião quando perguntados se determinada sentença possui tal figura. Mesmo a análise da sua etimologia não deixa muito claro o seu significado. Vejamos: "anacoluto" deriva de duas palavras do grego antigo. O radical "an" que denota negação ou ausência e "acoluto" que quer dizer seguimento (de seguir). Portanto, unindo os dois sentidos fica: "não seguimento", "não extensão" etc. Este estranho termo foi escolhido para significar uma espécie de irregularidade gramatical na construção da frase e está mais presente na linguagem oral. Consiste de uma interrupção (não seguimento, não continuidade) do sentido que se espera do locutor após o enunciado da primeira palavra ou frase. Para ficar mais claro – inicia-se uma frase e, na sequência, usa-se uma oração sem qualquer relação gramatical com a primeira, embora guarde algum sentido com aquela. É como se houvesse uma mudança de pensamento ou uma descontinuidade de raciocínio. Quando usado na escrita, diz-se que o autor tenta dar espontaneidade ao seu texto.

Eis alguns exemplos clássicos: "O meu carro, levo-o sempre àquele posto". "Eu, parece-me que vou desmaiar". "Quem ama o feio, bonito lhe parece". "Eu, também me parece que as leio...". Obviamente, o propósito deste artigo não foi ensinar gramática, mas apresentar para alguns leitores que desconheciam esta figura de linguagem, um pequeno embasamento para ele tivesse a capacidade de analisar as frases seguintes pinçadas de alguns discursos de improviso da nossa presidente. Faça sua avaliação com os exemplos abaixo: "... A Floresta Amazônica, mas, além disso, ali tem o maior volume de água doce do planeta ..." (Discurso em Bruxelas) "Então, também eu tenho consideração e apreço pela fome de vocês todos".(Discurso em Campo Mourão -PR) "Sempre que você olha uma criança, há sempre uma figura oculta, que é um cachorro atrás, o que é algo muito importante" (Discurso em Porto Alegre) Diante da constante quebra de raciocínio das sentenças dos seus complexos discursos, a única explicação que alguns estudiosos do nosso idioma encontraram foi que a nossa chefe de governo usa e abusa dos anacolutos.

cunstantes; ora recitando e interpretando textos em prosa, poesia ou até mesmo discursos, de memória; ora telefonando nos momentos mais inesperados com convites irrecusáveis; ora com demonstrações de carinho e afeto elogiando algo que você fez. Sempre sem a inibição de demonstrar interesse em manter o contato, o diálogo, a aproximação. Quando todas essas qualidades são direcionadas para o bem não há o menor perigo, obviamente. Fui até a Unidade de Tratamento Intensivo, mas não quis ver o corpo que já estava em fase de doação de órgãos, atitude nobre que todos nós devemos ter. Fui ao velório e assisti aos vários depoimentos, todos pungentes e verdadeiros. Abracei alguns familiares que encontrei, todos profundamente comovidos com o infortúnio grave, irreversível e repentino. É um milagre estarmos vivos. Vivemos à própria sorte. Li alguns depoimentos que mostram Miguel Josino com a sua face conhecida de conciliador, amigo generoso dos amigos e dos bons livros e vinhos; pai, marido, filho, etc., apaixonado; recebi fotos da adolescência em 1977, na casa de Titico Maia, com Toinho Pitel, meu cunhado, Fred Câncio, Osório Sampaio, Paulo Maia, Moacir Vilar, Júnior Maia, Januário Fernandes, Edilson Maia, Delevam, Marcos Mendes e o professor Janjão. Reportagens inteiras nos principais

jornais da cidade elogiando o grande jurista, professor, profissional do direito, procurador do estado, humanista, escritor, acadêmico imortal das letras jurídicas, todos, em uníssono, deixando o seu registro sobre essa grande figura inesquecível. Artigos no Jornal de Hoje de Vicente Serejo e Alex Medeiros que retratam características bem verdadeiras do Miguel sedento por cultura. Conheci a biblioteca jurídica de Miguel Josino e fiquei impressionado. Na época ele tinha 32 anos de idade e a quantidade de livros era impressionante. No seu escritório havia uma coleção de girafas. Porque girafas?, perguntei. Porque gosto de girafas!, respondeu. Numa viagem que fiz trouxe uma girafa para Miguel, mas do pescoço bem curto. Ele não gostou muito, mas disfarçou e agradeceu, sensibilizado. Precisei dele para as minhas filhas advogadas, Carla e Bruna, fazerem estágio no seu escritório, foi na hora. Precisei para filhos e filhas de amigos, também foi de uma presteza imediata. Vou usar um lugar comum, comuníssimo: quem era amigo de Miguel não estava só. É uma injustiça todos nós perdermos um homem amigo, fraterno, generoso e íntegro como Miguel Josino Neto. Os pais, irmãos, filhos, enteados (mesmo que filhos), todos os parentes, amigos e aderentes e principalmente minha amiga Karla, muita força nessa hora!

ANA LUÍZA RABELO SPENCER, advogada (rabelospencer@ymail.com)

Influências

PAULO BENZ, servidor público e poeta (paulobenz@uol.com.br)

Amores fatais: prosa ou poesia

Artigo

ARMANDO NEGREIROS, médico (armandoanegreiros@hotmail.com)

Miguel Josino Neto, uma unanimidade sábia

Santuário de Fátima no Parque das Dunas "A treze de maio na cova da iria/ No céu aparece a Virgem Maria/ Ave, ave, ave Maria/ Ave, ave, ave Maria...". Ouvindo essa música gravada pela cantora Joana relembrei da minha infância no interior do RN, quando acompanhado pela minha saudosa mãe Maria de Lourdes Bezerra assistia as missas aos domingos e essa era uma das músicas mais cantadas. No dia 13 de maio passado eu tive a felicidade de participar pela primeira vez da mais bonita celebração religiosa da capital natalense, que já acontece há dez anos e só agora conheci. E a partir de então estarei presente todos os meses naquele evento. Para quem não sabe informo que todo dia 13 ao meio-dia o Santuário de Nossa Senhora de Fátima, no conjunto Parque das Dunas, no bairro Pajuçara na zona Norte de Natal, é celebrada uma missa reverenciando Nossa Senhora de Fátima da qual sou devoto há alguns anos. Confesso que em toda a minha vida foi a celebração mais bela e emocionante que já assisti e aconselho os católicos do RN venham pelo menos uma vez no ano participar desse ato religioso com aproximadamente 3:30h de duração. Informo aos leitores que já estive nos Santuários do Padre Cícero em Juazeiro do Norte, frei Damião em Guarabira/PB, Monte do Galo em Carnaúba dos Dantas/RN, Serra do Lima em Patu/RN, Santa Rita de Cássia em Santa Cruz/RN, Santuário de Fatima em Fortaleza/Ceará. Em todos senti um clima de muita paz, fé e esperança. Esses santuários são amplamente divulgados pela imprensa o que, infelizmente, não acontece com este de Natal. Parabenizo o padre João Maria, pároco da igreja de Nossa Senhora de Fátima, em nossa cidade, e toda a sua equipe por aquele dia de fé e reflexão vivido naque-

Segunda-feira

É interessante pensar como as pessoas em geral nos afetam. Algumas nos deixam felizes ou chateadas, outras nos deixam cansadas ou energizadas, umas nos dão esperanças enquanto outras tiram de nós até os menores sonhos e desejos. Num mundo onde nada é linear, nada se perde e tudo, absolutamente tudo, se transforma, cada ser humano muda muito ou pouco, de acordo com as interações sociais as quais está exposto. Costumamos nos preocupar, nos atrevemos a julgar e bisbilhotar as atitudes e, ouso dizer, as intenções do outro. Nem sempre para auxiliar ou construir. E isso me embaraça profundamente. Se pensarmos que cada um tem uma história, uma cruz e uma estrada, chegaremos à conclusão lógica de que nós também carregamos uma bagagem pessoal, que está sendo observada minuciosamente por mentes,

Artigo

que têm tanta ocupação quanto a nossa, mas que preferem ver "um cisco no olho alheio do que o tijolo que há em seu próprio olho". Aquele que age pensando apenas no que os olhos e línguas de fora vão ver nunca se permite ser quem verdadeiramente é. Aquele que passa a vida "vigiando" o próximo nunca resolverá os próprios problemas. As energias emanadas por esse tipo de pessoa não atraem para si a positividade que o universo reserva para cada um de nós e, como nada se perde, essa positividade pode transformar-se em outros tipos de vibrações, talvez não tão especiais quanto a que gostaríamos de receber. Todo dia recebemos uma nova chance, de ser quem somos, de respeitar o que o irmão é e de sermos felizes, como é direito de cada um. Tudo depende daquilo que se semeia. É fato notório que o plantio é livre, a colhei-

ta, porém, é compulsória, não podemos negá-la, ou simplesmente deixar para lá... Ela continuará esperando para ser juntada, mais cedo ou mais tarde. Toda boa ação traz luz ao caminho de quem as faz, e ser uma boa influência, trabalhar a positividade, deixar de reclamar e dar o máximo de si, de amor e compreensão são degraus importantíssimos na escala evolutiva. Se não se tiver nada mais que uma palavra de conforto, um gesto de esperança, alegria e desprendimento, você terá amigos por toda a vida. Rabugice e mau humor não fazem ninguém feliz, não trazem companhia e, literalmente, fazem muito mal à saúde. Cuide de si, cuide do próximo, cuide do mundo. Espalhe felicidade e bons fluidos por onde passar. Assim como as flores que perfumam e embelezam sem pedir nada em troca, devemos ser nós humanos, e sempre estaremos cercados de beija-flores.

ROBERTO CARDOSO, cientista social e sócio efetivo do IHGRN (rcardoso277@yahoo.com.br)

A desconstrução do conhecimento (2) O escalonamento do aprendizado e do conhecimento é dividido em três graus, três etapas, três estágios, do básico ao superior. Do primeiro grau ao terceiro grau, onde termina e determina uma graduação. O que vem depois é denominado com algo posterior, além do tradicional, um pós-conhecimento, a pós-graduação, já indicando que não é para todos. Apenas para aqueles que desejam, e podem ir além. A princípio o escalonamento do conhecimento é dividido em três degraus; alto, baixo e mediano; alto, baixo e médio; tal como três classes sociais, alta, média e baixa. Um modo de diferenciar uns de outros, estabelecendo os extremos e admitindo uma classe mediana. Tudo se nivela por três patamares, até a administração pública com os governos: municipal, estadual e federal, um sobrepondo o outro. O topo da pirâmide controla a base e o intermediário. O homem sempre procurou estabelecer três níveis aos seus conceitos, de modo consciente ou inconsciente: Pai, Filho e Espírito; alma, corpo e mente. Tal como os estados da matéria: gasoso, liquido e sólido O liquido é um estado intermediário entre o solido e o gasoso, e permite uma visualização de suas misturas, que podem se tornar homogêneas, diferente dos sólidos que podem se tornar homogêneas ou heterogêneas, dependendo dos pontos de vista das analises. Um ser mortal e comum, primeiro conclui o curso fundamental, ou primeiro grau, onde se conclui que obtenha conhecimentos fundamentados e fundamentais. Após o curso fundamental ingressa no curso de nível médio, por outras vezes, também chamado de segundo grau. Onde se conclui que termine com um conhecimento mediano, diante do proposto em três etapas, atingida com o terceiro grau ou nível superior, onde há uma solidez, uma graduação. O estudante começa por um estado gasoso,

passa ao estado liquido e chega ao estado sólido. Os líquidos se misturam com facilidade, daí hoje a sociedade ser considerada liquida. Com novas regras e opções de mercado, se faz uma sublimação chegando rapidamente a outro estado, em pouco tempo vai-se do gasoso ao sólido, do nível fundamental ao nível superior e além. Terminadas as duas primeiras etapas, então poderá almejar uma faculdade obtendo uma graduação, onde se tornará um cidadão graduado, diferenciado dos outros. Tornando-se um bacharel ou um licenciado em determinada área do conhecimento, solidificando seus conhecimentos. Terminado o curso de nível superior terá direito ao conhecimento e reconhecimento, respaldado por diplomas e honras, com rituais e memoriais. Um estudante seguindo o tramite legal, formal e temporal da educação leva ou levaria anos para concluir a graduação, a obtenção do diploma de bacharelado. Com mais alguns anos depois de bacharel, um diploma de especialista (lato sensu). Depois mais alguns outros anos a percorrer para obter primeiro um título de mestre, e seguidamente depois obter um título de doutor (stricto senso). Pós-graduação não confere diplomas, confere títulos de especialista, mestre e doutor. Títulos de saber e conhecimento em um determinado tema específico; especialistas, mestres e doutores em determinado assunto. E por muitas das vezes não é a especialidade da banca de avaliação. Uma inundação de faculdades com cursos denominados tecnológicos invadiu as cidades. Proporcionou uma conclusão do nível superior em menor tempo. A grande chamada aos cursos tecnológicos foi a possibilidade obter um curso superior em menor tempo; prestar concursos públicos que exigissem nível superior; e uma possível entrada no mercado de trabalho antes de prazos mais extensos

da graduação. Cursos voltados ao mercado de trabalho. Grades curriculares montadas de acordo com as necessidades apresentadas pelas empresas que foram consultadas e requisitadas. Mas mudanças conceituais e mercadológicas são dinâmicas. As fabricas produzem produtos com quantidades, qualidades e finalidades de acordo com a demanda e oferta do mercado. Fato que não é corrigido dentro dos cursos preparatórios para o mercado de trabalho. Cursos preparatórios com status de faculdade. O conhecimento é uma mercadoria renovável, ótima mercadoria para instituições escolares, uma mercadoria de pouco tempo de prateleira. Depois do incentivo governamental para fazer cursos técnicos, pregouse que o conhecimento técnico não era mais suficiente. Não bastou ser técnico para ocupar um espaço intermediário entre a produção e a coordenação, entre a base e o topo da pirâmide, seria preciso ser tecnólogo. A pirâmide foi redimensionada e adaptou-se o espaço do tecnólogo. Desconstruiu-se o que estava construído. Pelas ruas e avenidas, em faixas e cartazes, ou distribuição de folhetos é possível encontrar oportunidades para fazer e concluir o primeiro grau em alguns dias, o segundo grau com ou sem especialização em alguns meses. Em mídias mais restritas e mais expensas (outdoor e busdoor), com maior apelo mercadológico; jornais e revistas para públicos mais específicos, já encontramos oferecimentos de cursos superiores com conclusão em reduzido espaço de tempo. Incluindo-se os cursos à distancia (EaD), com raras atividades presenciais, a não ser para mensurar conhecimentos. E continua-se a desconstruir o conhecimento construído. Quanto mais fácil o acesso a um titulo escolar, maior será a sua desvalorização proporcionada por uma "inflação de títulos" (Bourdieu).

ANÍSIO MARINHO NETO, 1º procurador de Justiça, professor e membro da ALEJURN, IHGRN e UBE (anisiomarinho@unp.br).

Função inadiável O novo Direito da Criança e do Adolescente que nasceu no Brasil com o advento da CF, de 1988 (art. 227, introduzindo a doutrina da Proteção Integral como concepção fundamental da Normativa Internacional), e espraiou-se com a edição da Lei nº 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente), foram inspirados em Leis Internacionais, quais sejam a Convenção Internacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, as Regras Mínimas das Nações Unidas para os Jovens Privados de Liberdade e as Regras Mínimas das Nações Unidas para a Administração da Justiça Juvenil, trouxe alterações profundas, ao estabelecer para o adolescente à defesa técnica por advogado, a remissão podendo ser concedida pelo Ministério Público, o direito de só vir a ser privado se sua liberdade, se pego em flagrante de ato infracional ou mediante decisão fundamentada da autoridade judicial competente, além do período máximo de internamento resultante do julgamento do processo em que tenha ocorrido grave ameaça da vida, ou a prática reiterada de descumprimento de outra medida anteriormente aplicada. Ressalte-se ainda a criação dos Conselhos Tutelares, órgãos não jurisdicionais, mas com competência de fiscalização e de aplicação de medidas que objetivem o atendimento imediato dos interesses da criança e do adolescente. Na gestão pública, a estrutura política de promoção e defesa dos direitos da criança e do adolescente estabelece uma nova relação entre as diversas esferas, como a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, com o princípio vetor da descentralização político administrativa, bem assim da nova relação entre o Estado e a sociedade, com a participação da população por intermédio de suas organizações representativas. Claro que toda esta estrutura só acontecerá, em havendo uma perfeita compreensão da lei, por todos a competir aplica-la e fazê-la cumprir. Será preciso então todos os segmentos que tenham participação direta ou indireta na questão dos direitos da criança e do adolescente, não só as Escolas de todos os níveis, nos hospitais, nos parques infantis, nas Delegacias de Polícia, nos departamentos de serviço social da esfera pública e das empresas particulares, mas principalmente, na Defensoria Pública, no Ministério Público e no Poder Judiciário, para promover a defesa intransigente dos direitos das crianças e dos adolescentes, em todas as oportunidades que eles forem alvo de ameaça ou de violações. É, portanto tarefa de todos os segmentos sociais a responsabilidade do cumprimento do art. 227, da CF, de 1988, quando emana que é dever da família, da sociedade e do Estado, assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, á educação, ao lazer, à profissionalização, á cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligências, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, bem assim da Lei nº 8.069/90, assegurando as estruturas necessárias ao cumprimento de todas as medidas de proteção e sócio educativas nela inseridas e que constituem, inquestionavelmente, a única forma de se alcançar a estabilidade social de uma nação que pretende figurar na lista dos países desenvolvidos do primeiro mundo. Destaco neste particular a garantia dos direitos através do Habeas Corpus, que significa "tenha corpo", ou seja, liberdade de ir e voltar de onde quiser. Essa garantia é impetrada toda vez que uma criança ou adolescente ou qualquer pessoa - sofra ou se ache ameaçada de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção por ilegalidade ou abuso de poder. Atinge duas situações: quando alguém estiver ameaçado de perder sua liberdade - Habeas Corpus Preventivo e quando alguém estiver preso ou apreendido - Habeas Corpus liberatório. Qualquer pessoa (não é exclusivo de advogado) poderá impetrar Habeas Corpus à autoridade judicial, a fim de que uma apreensão ilegal de criança ou adolescente cesse. Será indispensável que o tripé da Justiça (Poder Judiciário, Ministério Público e Advocacia) por força de dispositivos constitucionais e dele serem peças indispensáveis, fazerem destas honrosas funções, a peregrinação para assegurar o futuro das nossas gerações. Com o exercício pleno dessas funções, será possível mudar as estruturas, quer seja, do Poder e das Instituições, quer seja da sociedade onde estamos inseridos. Será preciso que todos façam da lei e da intenção do legislador brasileiro, a nossa ferramenta de trabalho e de luta em favor dessa significativa parcela da população, que terá a responsabilidade de conduzir a nação que estamos construindo.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Fernanda Souza EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Fábio Pacheco EDITOR DE CULTURA Conrado Carlos EDITOR / JH Online Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


4 O Jornal de HOJE

Política

Natal, 26 de maio de 2014

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br JOAQUIM PINHEIRO - jtpinheirojh@gmail.com - (INTERINO)

BOA IMPRESSÃO O pernambucano Eduardo Campos, pré-candidato do PSB à presidência da República, deixou uma boa impressão na sua passagem pelo Estado, tanto no trato pessoal, quanto no conhecimento que demonstrou ter dos problemas brasileiros e as possíveis soluções.

Peemedebista afirma que prestígio de Henrique fará mudanças no RN POLÍTICO,

PROFESSOR E AGROPECUARISTA ENTENDE QUE DEPUTADO REÚNE

MUITOS PARTIDOS E FARÁ GOVERNO DE COALIZÃO PARA DESENVOLVER O

RN

Heracles Dantas

JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

>>> Mesmo momentaneamente inferiorizado nas pesquisas, o neto de Miguel Arraes confia num crescimento progressivo que lhe permitirá atingir níveis satisfatórios até setembro. Tornar-se conhecido pela população é o seu primeiro desafio. Isso é o que o pré-candidato está fazendo viajando por Estados da Federação. Ele espera ultrapassar os 25 por cento de visibilidade que diz ter nesse início de campanha. >>> Eduardo Campos afirma que não fará debate desqualificado, mas de ideias e propostas para mudar o Brasil. Citou que o governo petista parou o País e que é necessária a retomada do crescimento urgentemente. Obras inconclusas do governo Dilma Rousseff, a exemplo da transposição das águas do São Francisco também foram objeto de crítica por parte do pernambucano pretendente ao Palácio do Planalto. >>> É um pré-candidato que agradou a todos e pode perfeitamente superar os concorrentes e eleger-se presidente da República na eleições de outubro. Carismático, tem empatia com a população e fez um bom governo em Pernambuco, importantes atributos para quem deseja chegar ao posto máximo da hierarquia nacional.

MAIS VOTADOS EM PARNAMIRIM Walter Alves (PMDB) e Sávio Hackadt (PDT), deverão ser os candidatos mais votados para deputado federal no município de Parnamirim. Walter tem o apoio do prefeito Maurício Marques e Agnelo pedirá votos para Sávio, que terá também o apoio do prefeito de Natal, Carlos Eduardo. O prefeito Maurício Marques e o deputado Agnelo Alves, são as duas principais lideranças políticas do vizinho município. EDUARDO CAMPOS O pré-candidato a presidente da República, Eduardo Campos, será o entrevistado do programa “Roda Viva_da TV Cultura a partir das 22 horas desta segunda-feira. O presidenciável, ex-governador de Pernambuco, falará sobre seu programa de governo para o País e fará críticas ao governo petista comandado pela prolixa Dilma Rousseff. Eduardo Campos tem como companheira de chapa a seringalista Marina Silva.

LEITURA DINÂMICA t Integrantes do DEM defendem que a governadora Rosalba Ciarlini não seja candidata à reeleição, preservando-se para disputar a Prefeitura de Mossoró em 2018, e consequentemente ajudando os candidatos proporcionais do seu partido. Mas, a governadora comporta-se como pré-candidata, e já declarou em particular que será candidata, até para defender o seu governo e dizer o que conseguiu fazer, mesmo diante das dificuldades e até boicote que enfrentou. t A bem da verdade é bom esclarecer. Criticar o deputado Henrique Eduardo com o argumento de que só agora ele defende mudanças não é justo. Henrique foi e é legislador durante toda sua vida pública, portanto, não compete a ele fazer mudanças administrativas. Só agora, o pré-candidato a governador disputa cargo executivo em condições de realmente realizar mudanças se eleito. t O nome do deputado José Dias, do PSD, está sendo citado nos meios políticos como possível suplente da deputada Fátima Bezerra, pré-candida-

Segunda-feira

ta à senadora pelo PT. Os dois não tiveram convivência harmoniosa quando deputados estaduais juntos, mas como a política é dinâmica, quem sabe agora. t O médico hematologista, Enildo Alves, é o aniversariante de hoje. Vereador dos mais atuantes na Câmara Municipal de Natal, Enildo está sendo incentivado a retornar à vida pública nas eleições de 2018. No momento desenvolve suas atividade profissionais no exercício da profissão e professor da UFRN. t “Sem corte X Sem censura” é título do programa apresentado pelo casal 21, Manoel Ramalho X Vilma Wanderley na TV União todos os sábados no início da tarde. É um bom programa de informações gerais, música e entretenimento. A dupla de empresários tem contribuído positivamente com o setor de comunicação e o desenvolvimento do Estado. t Para refletir: “Eu não me envergonho de corrigir os meus erros e mudar de opinião, porque não me envergonho de raciocinar e aprender”(Herculano)

Integrante do Diretório Estadual do PMDB e suplente de vereador em Natal, o médico João Maria Marinho, que é também agropecuarista, entende que o povo do Rio Grande do Norte não pode perder a oportunidade de eleger o deputado Henrique Eduardo governador nas eleições deste ano por se tratar do político do Estado de maior prestígio nacional e consequentemente com maiores condições de tirar o Rio Grande do Norte da atual situação de dificuldade e colocá-lo no caminho do desenvolvimento. Ele lembra que a capital passa por um processo de transformação em razão, principalmente, do apoio do presidente da Câmara Federal ao prefeito Carlos Eduardo, cujo legado será uma realidade num futuro bem próximo. "O bom relacionamento institucional do deputado Henrique Eduardo com o Governo Federal poderá viabilizar mais recursos para o Estado e consequentemente para melhorar os serviços prestados à população norte-rio-grandense", avalia o peemedebista João Maria Marinho, conhecido como professo Joca, entende que o Estado vive uma das suas piores crises nos setores de saúde e segurança pública, que certamente serão prioridade num possível governo do PMDB comandado por Henrique Eduardo, segundo ele, por um político com experiência na vida pública e condições de realizar as mu-

Joca: “O bom relacionamento institucional de Henrique com o Governo Federal poderá viabilizar mais recursos para o RN” danças e transformações necessárias para o desenvolvimento do Estado. Ele lembra que o Rio Grande do Norte tem potencialidades para desenvolver o turismo, a agricultura, a indústria e outros setores geradores de emprego e renda para o povo norte-rio-grandense. Professor Joca ressalta também o bom relacionamento que Henrique Eduardo tem com os prefeitos por ser um municipalista convicto e defensor de um novo Pacto Federativo para melhor a distribuição de verbas federais para os municípios.

UNIÃO PELO ESTADO Sobre críticas com relação à união de vários partidos na coligação liderada pelo PMDB, tendo o PSB indicando o vice na pessoa de João Maia e o PSB apresentando Wilma de Faria para o Senado, o integrante do PMDB entende que chegou o momento da classe política unir-se num projeto apartidário para tirar o Rio Grande do Norte da atual situação de dificuldade em que se encontra. "Não existe essa história do acordão. O que vemos é um numero grande de partidos unidos em torno

de um projeto para o Estado, onde prevalecerá o bem comum num somatório de esforços para que seja alcançado um objetivo. Nesta campanha estamos vendo no mesmo palanque as principais lideranças políticas do Rio Grande do Norte, a exemplo de Garibaldi Filho, Henrique Eduardo, Wilma de Faria, João Maia e vários outros que desejam construir um governo de coalizão para construir um novo Rio Grande do Norte", ressaltou o peemedebista, lembrando que o radicalismo retrógrado e atrasado, passou.

> DESENVOLVIMENTO E PLANEJAMENTO

Rogério: “Mais RN será um marco para o desenvolvimento do Estado”

Wellington Rocha

Ex-secretário estadual de Desenvolvimento Econômico (Sedec), o pré-candidato a deputado federal Rogério Marinho celebra a confirmação do lançamento do Mais RN para o dia 18 de julho. A data foi anunciada pelo presidente da Federação das Indústrias do RN (Fiern), Amaro Sales, durante solenidade de entrega da Medalha do Mérito Industrial Walter Byron Dore, no último sábado (24). Idealizador do projeto, criado durante sua passagem pela Sedec, e responsável pela articulação que uniu a Federação das Indústrias do RN (Fiern), Sebrae e as várias empresas privadas financiadoras do projeto, Rogério afirma que a consolidação da iniciativa poderá revolucionar o futuro da economia potiguar. "O Mais RN será um marco

para o desenvolvimento do Estado", disse o ex-secretário. "O Rio Grande do Norte precisa ter um plano de desenvolvimento pensado de maneira conjunta a curto, médio e longo prazo. Com o Mais RN, o estado terá a integração de sua economia com projetos que garantirão o crescimento sustentável e competitivo em uma perspectiva de 20 anos", completou Rogério. O Mais RN tem como objetivo detalhar áreas estratégicas de investimento no território potiguar, possibilitando o planejamento adequado para desenvolver a economia do Estado pelas próximas décadas. O projeto está sendo desenvolvido pela Fiern em parceria com o Sebrae e a Sedec, e foi totalmente custeado pela iniciativa privada.

Ex-secretário, Rogério Marinho ajudou a desenvolver o Mais RN no Estado


Cidade Prefeitura aposta no Fifa Fan Fest como vitrine para as potencialidades de Natal 8 O Jornal de HOJE

Natal, 26 de maio de 2014

EVENTO TERÁ A PARTICIPAÇÃO DE 40 ARTISTAS

Segunda-feira

LOCAIS Heracles Dantas

CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

Um lugar muito especial, visto como local ideial para a realização do Fifa Fan Fest. Foi assim que o prefeito Carlos Eduardo se referiu à área da Praia do Forte que receberá 46 atrações musicais gratuitas durante os dias da Copa do Mundo em Natal. Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira (26), o prefeito garantiu que o evento, por diversas vezes criticado pela população, vai acontecer de modo a beneficiar não só a promoção do mundial do futebol, mas principalmente da capital potiguar. "Iremos comer essa oportunidade com casca e tudo", disse Carlos Eduardo, rebatendo críticas sobre a viabilidade do evento. A realização do Fifa Fan Fest, evento aberto ao público para a transmissão de todos os jogos da programação da Copa, contará também com shows de artistas nacionais e locais. Ao todo, a promoção da Fan Fest custará ao município aproximadamente R$ 6,4 milhões. Entre as atrações, voltadas para um público diário de cerca de 20 mil pessoas, destaca-se a presença de artistas de renome como Marina Elali, Dorgival Dantas, Olodum, Araketu e Maestro Spok e Forrobodó. Margareth Menezes também integra a lista de atrações musicais, porém com show ainda a ser confirmado pela organização. Os artistas locais ocuparão o maior espaço da programação do Fifa Fan Fest. Ao todo, são 40 cantores e bandas que se destacam entre os músicos potiguares. "O nosso foco é prestigiar a prata da casa. Demos vez aos nossos talentos, que merecem esse amplo espaço de divulgação. Além do grande público que se fará presente no evento, emis-

Em coletiva de imprensa na manhã de hoje, Carlos Eduardo apresentou detalhes técnicos e logisticos da festa, além da programação cultural soras de televisão de diversos países também estarão transmitindo o evento, abrindo assim a possibilidade de novos mercados para Natal", afirmou Carlos Eduardo. "Será um oportunidade única, pois a principal atividade econômica da cidade é o turismo. Nunca tivemos uma oportunidade dessas no passado e, talvez, nunca tenhamos no futuro. Estados Unidos, Japão, Itália e Uruguai não são mercado para nós, mas teremos milhares de visitantes, já que esses países estarão jogando em Natal", destacou o Prefeito de Natal. Os shows acontecerão entre os dias 12 de junho a 13 de julho, das 10h às 22h, com pausa nos horários em que serão transmitidos os jogos da Copa do Mundo. A estrutura da arena Fifa Fan Fest, que contempla 34 mil metros quadrados, já começou a ser instalada pela Pratika Locações, empresa vencedora da licitação, devendo estar pronta até o dia 5 de junho. "O que cabe à Pratika, estará pronto até o dia 5. Nesta quartafeira (28) estaremos liberando o espaço para os parceiros iniciarem

suas montagens. As estruturas de som e iluminação, por exemplo, será um serviço que compete a Fifa e não a nós", disse Bruno Melo, diretor da Pratika. Para receber visitantes locais, nacionais e também do exterior, o evento em Natal terá cerca de 2000 seguranças privados, com apoio ainda de planos de segurança da Polícia Militar e Polícia Civil. O Corpo de Bombeiros também terá um posto instalado no local. De acordo com a regulamentação do evento, todos os visitantes terão de passar por um detector de metais para ter acesso à estrutura. Câmeras de vigilância também serão instaladas no local. Sobre a mobilidade dos visitantes, a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), presente também na coletiva, informou que serão disponibilizados 24 linhas de ônibus que contemplam os bairros da região, com 189 ônibus operando 1.402 viagens durante o período do Fifa Fan Fest. A respeito de estacionamento pata veículos particulares, a secretária Elequicina Santos não tinha dados a repassar.

CMYK


Cultura

Segunda-feira

Natal, 26 de maio de 2014

O Jornal de HOJE 9

Fotos: Divulgação

DITADURA DA ESCOVA Segunda parte da trilogia dos anos de chumbo na Argentina, “História do Cabelo” traz humor fino e crítico de Alan Pauls; fetiche capilar é causa de tormentos psicológicos para muita gente

CONRADO CARLOS EDITOR DE CULTURA

Há três anos, na festa de aniversário de minha filha (à época, completava 11 anos), vi algo estranho e brilhoso, duas mesas adiante. Uma de suas amigas mais tímidas estava sentada, conversando desenvolta em meio a turma, enquanto exibia uma cabeleira chamativa – para usar um adjetivo mais educado. Enquanto a maioria dos imberbes dançava e interagia em uma boate improvisada, ela ria e sacudia a pelagem, só para os mais chegados, como quem escolhe a dedo os privilegiados que fruirão daquela obra de arte do mau gosto, com tempo livre para testar diferentes ângulos. Autorizada pelos pais, e guiada pelo padrão estético do momento, a menina espichou os fios ca-

pilares até o limite, criando um efeito bizarro que transformou o encaracolado natural em uma vassoura de piaçava. Imagino o quanto aquela criatura deve sofrer (assim como as pessoas que escolhem roupas, músicas, lugares que frequenta, de acordo com pesquisas de mercado). Cabelo, em uma época de escovas progressivas, definitivas e de luzes californianas, é motivo de angústias no universo feminino. Basta uma saída de casa para vermos um exército de cabeças fabricadas, quase sempre douradas, com traçados milimétricos tentando pôr ordem nos fios rebeldes que insistem em contrariar as donas. Na adolescência, a batalha entre genética e ‘a última moda’ pode causar danos psicológicos incontroláveis – quem não conhece aquela trintona sem noção que usa

short curto e apertado, com salto alto, ao passo em que uma pochete de sedentarismo e excessos gastronômicos enfeita o abdômen? Como extensão e aprimoramento do cotidiano, voltei à literatura do argentino Alan Pauls, de quem tinha lido apenas a “História do Pranto”. O livro faz parte de uma trilogia dos anos 1970, os de chumbo, para os hermanos, que ganhou o segundo volume com a publicação neste “História do Cabelo” (Cosacnaify). Se o roteiro é hilário, as agruras vividas na juventude ganha tom ensaístico na pele do personagem que tem 24 anos, é extremamente cabeludo, em uma família de carecas, e vê a onda roqueira e Black Power conflitar pais e filhos em uma Argentina conservadora e militarizada. Em busca do corte perfeito, ele devaneia sobre estilos, cosméticos

e o cabelo como símbolo político e social. Feito um fantasma pelas ruas de Buenos Aires, procura salões recém-inaugurados (nunca repete o mesmo estabelecimento), impessoais. Durante as andanças, a paranoia com o cabelo ganha a companhia de reflexões acerca da infância, namoradas, amigos e casamento – o real subterrâneo de sua mente. A entrada em cena de Celso, cabeleireiro paraguaio, portanto imigrante, mudará o foco de seus anseios. Alan Pauls, autor de “O Passado” (adaptado para o cinema por Hector Babenco) utiliza ironia e humor na tentativa de autoafirmação que jovens enfrentam nessa idade, que repercute na fase adulta e demora a nos abandonar, e reconta a história sombria do período em que sua terra natal viveu sob uma ditadura - esta, militar.

HISTÓRIA DO CABELO Autor: Alan Pauls Editora: Cosacnaify Preço médio: R$ 45,00

CMYK


10 O Jornal de HOJE

Natal, 26 de maio de 2014

Cidade

Segunda-feira

SECRETÁRIO DE SEGURANÇA DIZ QUE GREVE DA PM “AMEAÇA A SOCIEDADE” POLÍCIAS E BOMBEIROS MILITARES DO RN TÊM REUNIÃO AGENDADA COM REPRESENTANTES DO GOVERNO PARA ESTA TARDE José Aldenir

DIEGO HERVANI REPÓRTER

A confirmação de que os Policiais e Bombeiros Militares, que estão acampados desde o último sábado (24) no Centro Administrativo, irão parar as atividades nesta terça-feira (27) por conta das reivindicações que não foram atendidas, não foi bem recebida pelo secretário de segurança do Rio Grande do Norte, o general aposentado Eliéser Girão Monteiro, que não poupou críticas contra a forma que os servidores tem atuado. "Não podemos tolerar a maneira como a categoria vem agindo. Eles estão ameaçando não apenas o Governo, mas estão ameaçando a sociedade também. Isso nós não podemos admitir", frisou Eliéser, que também informou que caso os militares realmente entrem em greve, irá procurar a justiça para que a paralisação acabe. "Não cabe o direito de greve para policiais e bombeiros militares. Se eles pararem, estarão fazendo isso de forma ilegal. Não foi o Governo que obrigou esse pessoal a ser policial ou bombeiro, eles que quiseram. Eles foram contratados para proteger a sociedade, mas agora estão ameaçando essa mesma sociedade". O presidente da Associação de dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros do RN (ASSPMBM-RN), Eliabe Marques, afirmou que a categoria fez de tudo para evitar que a greve acontecesse, mas a falta de resposta do Governo levou até esse ponto. "Nós sabemos o quanto uma paralisação da Polícia é ruim, principalmente para a sociedade, que já passa por uma situação complicada com o atual momento da segurança, imagine com os policiais em greve. Sabemos do caos que o Es-

Policiais e bombeiros militares estão com acampamento montado na Governadoria desde o último sábado. Secretário Eliéser Girão tentará convencê-los a cancelar paralisação

Saber o que eles têm para nos passar. Esperamos respostas desde a nossa última paralisação. Como eu falei, os policiais e bombeiros não querem parar. A situação atual é culpa do Governo e somente o Governo pode impedir que essa paralisação aconteça, mas para isso queremos respostas concretas e não apenas promessas", afirmou Eliabe Marques. Dentre a pauta de reivindicações, a categoria está cobrando o enquadramento dos níveis remuneratórios, revisão das Diárias Operacionais, revisão do Estatuto da Polícia Militar, assistência psíquica aos servidores, pagamento das promoções em atraso, revogação do Decreto 20663/2008, que altera as normas para o limite quantitativo das promoções dos oficiais e a causa prioritária que é a reposição do subsídio de 56,7% que há cerca de dois anos não vem sendo cumprida pelo Governo. Wellington Rocha

tado fica quando os policiais resolvem parar. Não queremos isso, mas infelizmente o Governo não nos deu outra alternativa", argumentou. Para a paralisação desta terçafeira, os Oficiais da Polícia Militar se juntarão aos Praças. "Fizemos uma assembleia no domingo (25) e decidimos que também iremos participar dessa paralisação, já que as reivindicações atingem todos os policiais, não apenas os Praças", frisou o capitão Antônio Moreira, presidente da Associação dos Oficiais da Polícia Militar do RN. De acordo com o presidente da Associação de Cabos e Soldados do Estado (ACS-RN), Roberto Campos, com a participação dos Oficiais, a paralisação deve mobilizar

quase 100% da categoria. "Na paralisação do dia 22 (de abril), os oficiais participaram em apoio aos Praças, já que a principal pauta era a Lei de Promoção de Praças. Mas agora as reivindicações vão beneficiar a todos da corporação, desde os praças até o policial da reserva. Se a outra paralisação atingiu mais de 80% da categoria, agora eu acredito que vai chegar perto dos 100%", afirmou.

REUNIÃO PODE EVITAR A GREVE

Com a possibilidade real de greve dos Policiais e Bombeiros Militares, o Governo do Estado resolveu agir e marcou uma reunião com os representantes das categorias para as 16h desta segunda-feira,

> NA BR-304

na Controladoria Geral do Estado, que fica no Centro Administrativo, para tentar evitar a paralisação. "Eu terei uma pré-reunião com a equipe do Governo às 12h30, para discutirmos alguns pontos. Sempre que nos reunimos com os representantes das categorias eles chegam com novas situações. Então vamos levar a equipe econômica do Governo para apresentar algumas situações para eles e mostrar o que o Governo tem feito para tentar atender algumas reivindicações deles", destacou o secretário Eliéser Girão. A categoria deu a entender que dependendo das respostas dadas pelo Governo na reunião, a paralisação pode ser cancelada. "Vamos sentar e conversar com o Governo.

> NA BR-406

Gerente da Caixa é encontrado Em novo protesto, MST fecha morto depois de sofrer acidente rodovia federal em Ceará-Mirim Divulgação

Veículo foi encontrado pelos policiais rodoviários carbonizado e sem nenhum corpo notícias de Nielsen desde a noite de sábado", disse Cabral. O corpo de Nielsen foi encontrado apenas na manhã desta segunda. "Depois de irem ao Hospital e entrarem em contato com a família, os policiais voltaram ao local e começaram as buscas, mas nada acharam. Como escureceu e a região tinha muito mato, foi decidido que as buscas recomeçariam ao amanhecer. Mas antes dos policiais voltarem, o pai da vítima ligou informando que o corpo de Nielsen tinha sido encontrado cerca de 200 metros distante do veículo", destacou Roberto Cabral, que disse também que o corpo da vítima não aparentava sinais de queimadura. "Quando os policiais

encontraram o carro, ele não estava queimado. Depois, possivelmente por algum curto no carro, ele pegou fogo. Pelo que se observou no acidente, a vítima provavelmente foi arremessada do veículo logo depois do acidente, até por isso se explica a distância que ele foi encontrado". O corpo de Nilsen foi transportado para o Instituto Técnico-Científico da Polícia (Itep), em Natal, por onde passou por exames para saber a causa da morte. Até o fechamento desta edição, o Itep não tinha divulgado esse laudo. Nielsen era natural de Assu e trabalhava como gerente da agência da Caixa Econômica do bairro de Lagoa Nova, em Natal.

Os motoristas que têm o costume de trafegar pela BR-406 na altura do quilômetro 163, perto da comunidade de Massaramduba, que fica próxima ao município de Ceará-Mirim, na Grande Natal, tiveram uma surpresa nada agradável nesta segunda-feira (26). Aproximadamente 300 manifestantes do Movimento dos Sem Terra (MST), bloquearam a pista e não permitiram a passagem de nenhum veículo desde o início da manhã. A mobilização começou por volta das 6h e até o fechamento desta edição ainda estava acontecendo. “Segundo as informações que nos foi passada pelo pessoal

que está lá, os manifestantes estão cobrando mais segurança em um assentamento deles que fica localizado no município de São Gonçalo do Amarante”, afirmou o inspetor Roberto Cabral, da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Segundo Cabral, os representantes dos manifestantes afirmaram que eles querem a presença do Secretário de Segurança, Eliéser Girão, do delegado geral da Polícia Civil, Ricardo Sérgio, do superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), além de representantes da OAB e dos Direitos Humanos. Só depois da chegada des-

sas pessoas é que a via será liberada. “Nós tentamos negociar com eles, para que eles liberassem pelo menos uma das faixas da via, mas eles não quiseram acordo. Vamos esperar esse pessoal chegar para tentar negociar. Mas não temos previsão para liberar as vias”, explicou. Ainda de acordo com Roberto Cabral, a orientação para os motoristas que precisam trafegar por aquela região é ir por algumas vias alternativas. Ele sugeriu que o motorista poderá pegar um desvio pela estrada de Estivas, em CearáMirim até chegar a BR-101 Norte, de onde poderá seguir viagem. Divulgação

Depois de buscas que começaram desde a madrugada do domingo (26), o corpo de Nielsen Almeida, de 27 anos, foi encontrado por familiares na manhã desta segundafeira (27), em um matagal na BR304, no município de Angicos. De acordo com o inspetor Roberto Cabral, da Polícia Rodoviária Federal do RN, tudo indica que Nielsen perdeu o controle do carro que estava dirigindo, um Honda Civic. "Os policiais que atenderam a ocorrência afirmaram que o carro estava bastante danificado, visivelmente com sinal de ter capotado. O acidente foi tão violento que o carro estava cerca de 200 metros distante da pista", destacou. Ainda segundo a PRF, o acidente ocorreu por volta das 4h da madrugada. "Por volta das 12h do domingo, a PRF foi informada que tinha acontecido um acidente na BR304 próximo ao município de Angicos. Chegando lá, os policiais encontraram o carro, mas sem nenhum corpo. Testemunhas informaram que o acidente aconteceu por volta das 4h. Então os policiais foram para um Hospital em Assu, para saber se alguém tinha dado entrada com ferimentos de acidente de carro. Mas também tiveram uma resposta negativa. Os policiais então conseguiram identificar a família do dono do carro, através da placa do veículo. A família confirmou que estava sem

Integrantes do Movimento Sem-Terra estariam cobrando por mais segurança e interditaram fluxo de veículos na BR


Cidade

Segunda-feira

Natal, 26 de maio de 2014

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

Por Aécio Neves

NUVEM DE SMITH

O fim da miséria

Não existe um único brasileiro que não queira o fim da miséria no país. Este é um desafio que precisa ser enfrentado com responsabilidade e requer que o compromisso com a propaganda não supere o compromisso com a transformação da dura realidade vivida por milhões de pessoas no país. Para que a miséria de fato seja vencida é preciso garantir proteção integral à família contra desproteções econômicas, sociais e comunitárias que desagregam o núcleo mais importante da sociedade. Ao contrário do que entende o governo federal, a miséria não pode ser identificada apenas pela ausência de renda. O PSDB defende duas visões e compromissos para enfrentar esta questão: a) No campo da renda, além da manutenção atual do Bolsa Família, buscamos o que foi pactuado nos Objetivos do Milênio no ano 2000 e que, apesar de anunciado pelo governo federal em 2011, não vem sendo cumprido: que nenhum brasileiro tenha renda inferior a 1,25 dólar/dia. b) Adotar o Índice de Pobreza Multidimensional (IPM) do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), que mede a pobreza a partir das privações de saúde, educação, moradia e qualidade de vida. O IPM leva em conta um conjunto de ausências que vão muito além da ausência de renda. Minas Gerais foi a primeira unidade subnacional (Estado) do mundo a pactuar com o Pnud, em 2011, o uso do IPM para identificar as famílias e as comunidades em situação de extrema pobreza. Precisamos mapear os territórios brasileiros e o risco social das famílias. Temos que trabalhar com inteligência e com metas para que possamos afirmar que uma área não tenha mais analfabetos e moradias inseguras, que todas as

Uma gigantesca nuvem de matéria escura, com quase 10 mil anos-luz de largura, avança em super velocidade para a Via Láctea, detectou o telescópio Green Bank, da Fundação Nacional de Ciência, dos EUA. Foi descoberta em 1963 pelo astrônomo Gail Smith.

NEM MÉDICI

O terceiro general do regime militar não chegou a tanto quando investiu na vitória da seleção brasileira em 1970. O governo Dilma Rousseff queria que o time de Felipão protagonizasse um filme publicitário levantando a bola do governo. Tomou um NÃO.

TE VIRA, DILMA

Por coincidência, ontem o técnico Felipe Scolari declarou em entrevista que as questões da Copa existentes fora dos gramados nada têm a ver com a seleção. Lembrou João Saldanha respondendo a Médici sobre a não convocação do atacante Dario.

LENDA OU FATO?

Espalhou-se nas redes sociais uma suposta blitz comandada pelo tenente Styvenson Valentim (aquele que prendeu os seguranças de Dilma em janeiro) realizada na saída do casamento da filha do prefeito de Parnamirim. A narrativa tem lances hilários.

crianças e adolescentes estão estudando e que todas as famílias são acompanhadas por equipes sociais. Isso, sim, significaria o fim da miséria. Precisamos construir o caminho para uma verdadeira transparência cidadã em que todos os brasileiros inscritos no Cadastro Único sejam informados anualmente de seus direitos sociais ainda não conquistados. Um sistema direto de informação, com gestão social de um conselho formado por usuários, trabalhadores sociais, gestores e Ministério Público. As famílias precisam conhecer os direitos que não estão vivenciando. Que a criança tem direito a uma vaga na escola, que o adulto pode voltar a estudar e que a moradia em que vivem não está segura. Todos os brasileiros devem ter o direito de deixar de ser pobres. A pobreza não pode ser uma herança, não pode ser uma condição intransponível. A superação real da miséria se dará quando de fato as famílias tiverem plena educação, pleno trabalho e autonomia em relação à dependência estatal. (AN, senador-PSDB)

PADRÃO FIFA

Líderes do movimento de policiais, militares, civis e federais, não incorrerão no erro de paralisar os serviços durante a Copa, mas farão operação estratégica contra o padrão FIFA, aplicando leis antes e depois dos jogos. É o estilo Styvenson em todo o país.

OSCAR O QUÊ?

Era só o que faltava na Avenida Afonso Pena, aquela que as socialites chamam de Oscar Freire (mas, tem

O clássico "2001 - Uma Odisséia no Espaço", lançado em 1968, está completando 50 anos de roteiro, iniciado em 1964 por Arthur C. Clarke e Stanley Kubrick. Para marcar a data, a editora alemã Taschen botou no mercado o livro-caixa "The Making of Stanley Kubrick's 2001: A Space Odyssey", contendo em quatro volumes os fotogramas do filme, um álbum de fotos da filmagem, um roteiro original da dupla e as anotações feitas no set de produção.

sopa popular, jogo do bicho, bodega, mercadinho...). Pela segunda vez, um assassinato é realizado à luz do dia. Depois do Buongustaio, agora foi no PAPI.

EU, HEIN!

A principal finalidade das tais obras de mobilidade é minorar os problemas de trânsito e os acessos urbanos. Um primeiro túnel foi inaugurado ontem, extinguindo quatro semáforos em Lagoa Nova. Mas, congestionou com os maracatus tirando fotos.

CINISMO

A mesma esquerda que durante décadas ignorou o saudoso jornalista Rubem Lemos, o mesmo PT que sequer apareceu no seu funeral, agora fazem loas com um vídeo sobre ele. Mané que Rubão chamava de "mala", político que ele achava um grande "chato".

FAXINA NA EUROPA

As esquerdas estão sendo varridas pela vassoura do voto popular na Europa. O domingo foi de vitória dos liberais e conservadores, os socialistas da França ficaram com apenas 13% dos votos, os da Espanha perderam dezenas de cadeiras no Parlamento.

ANTI-RÚSSIA

Na Ucrânia, o milionário Petro Poroshenko, de 48 anos e porta-voz do capitalismo, venceu a eleição presidencial com quase 60% dos votos. Seu discurso de campanha foi centrado em críticas à interferência soviética no país.

FIGURINHAS

Bela reportagem da dupla Miguel Medeiros e Bruno Araújo, no Portal No Ar, sobre a febre das figurinhas da Copa em Natal. Fantástico o caso da cigarreira em Candelária, onde o dono sopra um apito a cada vez que ajuda a preencher um livro ilustrado.

BAÚ DE UMA ODISSÉIA

Danilo Sá jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br / Twitter: @DaniloSa

Declarações

IMPASSE NO DEM

Divulgação

Aos poucos, começa a vazar o conteúdo da tensa reunião realizada entre a governadora Rosalba Ciarlini e o senador José Agripino Maia. O que muitos tentaram pintar como início de um entendimento, na verdade passou longe disso. O parlamentar deixou bem claro que está praticamente fechada a aliança do DEM com o PMDB, de Henrique. A gestora, porém, colocou a importância de sua candidatura a reeleição.

FALTA DE VIABILIDADE

Historicamente, os representantes políticos do Rio Grande do Norte não têm muita memória. Os discursos mudam, as vezes de forma bastante rápida, sem que sejam ao menos justificados. Basta haver a necessidade de formação de um novo palanque, uma parceria, as famosas alianças partidárias. Está sendo assim este ano, com a nova união da ex-governadora Wilma de Faria e os primos Henrique Alves e Garibaldi Filho. Adversários históricos, estiveram juntos apenas em 2008, quando acabaram derrotados junto com Fátima Bezerra e a força presidencial de Lula da Silva. Mas, se a poderosa coligação que está prestes a ser montada por Henrique é fruto destes acertos de última hora, do outro lado também não é muito diferente, embora estejam apenas dois partidos até agora. O próprio vice-governador Robinson Faria foi eleito em 2010, na chapa de Rosalba Ciarlini, de mãos dadas com Garibaldi e Agripino.

É por tudo isso que a declaração do deputado estadual José Dias, apesar de forte e certeira, também abre brecha para réplicas. Ora, se Henrique apoiou os últimos governos, o próprio parlamentar também esteve neles quando Garibaldi era o chefe do executivo e, por sua vez, também apoiou a ascensão de Rosalba, agora tão criticada. Diante da falta de memória de Henrique, que só agora percebeu a crise antiga da saúde pública potiguar, como bem lembrou Zé Dias, também é de assustar que o vicegovernador Robinson Faria, há mais de duas décadas com mandatos políticos no RN, não tenha percebido antes os mesmos problemas. Aliás, há quantos anos está o próprio deputado na Assembleia? É por tudo isso que, no RN, as declarações políticas têm todas as chances de serem fortíssimas, mas sempre acabam deixando o espaço aberto para uma resposta de mesmo grau em sua própria direção. Mas, isso não impede que as frases sejam ditas, só exige coragem dos interlocutores.

Agripino tem medo de perder os mandatos legislativos do seu partido no Rio Grande do Norte, tanto na Assembleia quanto na Câmara, daí a necessidade de uma aliança proporcional forte, como aparentemente será a do PMDB. O argumento da Rosa é simples, há como atrair outros partidos para viabilizar sua candidatura. Será?

LIDERANÇA

No final das contas, este colunista ousa arriscar que, o projeto de reeleição da governadora Rosalba Ciarlini está com os dias contados. Agripino convocou a executiva estadual do DEM para discutir o assunto e, dificilmente, os deputados ficarão contra a posição tomada pelo senador, mesmo com o líder do governo na Assembleia, Getúlio Rêgo, tendo anunciado seu apoio a Rosa.

VEM PRA RUA

Os jogadores convocados para a seleção brasileira, para a disputada Copa do Mundo, se apresentaram hoje pela manhã. E com direito a muitos protestos. Um grupo de 100 professores causou muito tumulto em frente ao hotel onde a delegação se apresentou no Rio de Janeiro. É importante que a população se manifeste da forma como deseja, mas, os jogadores não têm culpa do desastre que vive o país atualmente.

Gira Mundo Divulgação

A arrecadação de impostos e contribuições somou R$ 105,884 bilhões em abril e bateu recorde para o mês, apontam dados da Receita Federal. Houve alta real (com correção da inflação pelo IPCA) de 0,93% em relação a abril do ano passado. Em relação a março deste ano, a arrecadação apresentou alta real de 21,42%. A arrecadação das chamadas receitas administradas pela Receita Federal somou R$ 99,776 bilhões em abril. As demais receitas (taxas e contribuições recolhidas por outros órgãos) foram de R$ 6,109 bilhões.

Megafone Wellingtonr Rocha

“Degradante, degradante”

ARTHUR PERCÍNIO ENGENHEIRO RESPONSÁVEL POR REALIZAR A PERÍCIA NO HOTEL REIS MAGOS, AO ANALISAR A ATUAL SITUAÇÃO DO IMÓVEL ABANDONADO.

BANDEIRA

A assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos informa que, como abordou esta coluna no último sábado (24), foi identificada a bandeira da Itália instalada ao contrário em uma das passarelas da BR-101. O órgão informa que, ainda no sábado, a posição foi corrigida. Agilidade que merece o registro. Agora sim a cidade está preparada para os turistas italianos. Pelo menos eles.

MERCADO

Grife que encantou o Brasil e o mundo com camisas de estilo inconfundível, a Dudalina inaugura, no próximo dia 29 de maio (quinta-feira), no terceiro piso do Shopping Midway Mall, sua segunda loja em Natal. A Dudalina será aberta ao público a partir das 15 horas e os primeiros 15 clientes serão premiados com um brinde especial.

CULTURA NA COPA

A Banda DUGIBA, regida pelo músico Gilberto Cabral, se prepara para a Copa do Mundo. O grupo foi selecionado no Concurso Cultura 2014, do Ministério da Cultura, para realizar apresentação e promover a cultura brasileira no período da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Serão realizadas cinco apresentações, gratuitas, nos dias 12, 13, 19, 20 e 23 de junho, sempre após os jogos, no pátio da Fundação Cultural Capitania das Artes.

SERVIDORES

O Diário Oficial do Estado deste sábado (24) publicou a nomeação, em caráter efetivo, de 73 candidatos classificados em concurso público da Secretaria Estadual da Saúde Pública (Sesap). Os convocados serão encaminhados para as regiões Metropolitana, Oeste, Alto Oeste, Agreste e Mato Grande.


12 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 26 de maio de 2014

Daniela Freire

I

Segunda-feira

I

I

POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br

w EMPAREDADA

O senador José Agripino terminou a conversa com a governadora Rosalba Ciarlini e o marido Carlos Augusto (Casa Civil), na última sextafeira, decidido a ir para a briga com o casal para que a chefe do Estado não saia candidata à reeleição pelo DEM. >>> O presidente nacional da sigla está irredutível - e disse isso a Rosalba - na decisão de apoiar a chapa Henrique (Governo) e Wilma (Senado) na eleição de outubro. >>> E não tem quem o faça abrir mão. >>> "Ele vai para o 'pau'", garantiu à coluna uma fonte do alto ninho agripinista, afirmando que o senador está disposto a conversar com cada membro da comissão executiva do partido... que irá se reunir no próximo dia 2 de junho para tomar a decisão oficial do DEM para o pleito desse ano.

Márlio Forte

Desaboya.com

Mulheresnofds

Deputada Fátima Bezerra recebendo o abraço e apoio do prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, na comemoração do seu niver, na última sexta, no Clube da Petrobras

w AVISADOS

A Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte, sob o comando de Amaro Sales, fez festão esse fim de semana no Boulevard Recepções... para a entrega da Medalha do Mérito Industrial Walter Byron Dore. Noite prestigiada. Na foto, o presidente e a esposa Fátima Cedida

Bobflash

O líder democrata já comunicou aos mais próximos que irá apenas cumprir tecnicamente todas as etapas necessárias (reunião da executiva) para declarar oficialmente o apoio do DEM ao projeto peemedebista.

w MAIS UMA

w CORUJA

Além da pressão dos deputados estaduais, que querem se reeleger numa boa coligação proporcional, Agripino precisa proteger a reeleição do próprio filho, o deputado federal Felipe Maia.

w RUSGAS

Fora isso, os demos agripinistas lembram que o casal Rosado nunca deu 'cabimento' ao presidente nacional da legenda, que não tinha acesso ao governo de seu próprio partido. >>> "Rosalba e Carlos Augusto nunca conversavam com Agripino e nem abriam as portas do Governo. E só apareciam no gabinete do senador de seis em seis meses", contou um informante do cerrado. >>> Mais: Agripino ainda tem o argumento do péssimo índice de satisfação do povo potiguar com a gestão Rosa.

w DESENROLANDO...

E tanto já está decido que Agripino fará campanha ao lado de Henrique e Wilma que no fim de semana pósconversa com o casal Rosado ele já subiu em palanques com a chapa peemedebista pelo interior do RN. >>> Agendas conjuntas com direito a discursos elogiosos... >>> Em Ipanguaçu, por exemplo, ao comentar sobre as candidaturas presidenciais de Aécio Neves e Eduardo Campos, tentando explicar que ele e Wilma tinham candidatos diferentes, o senador fez um afago na pessebista. "Wilma tem um candidato e eu tenho outro... Acho que vamos nos encontrar no segundo turno", disse em tom simpático. >>> No mesmo município, Agripino ainda fez questão de antecipar de que lado ficará na eleição: "Esse palanque provavelmente vai se encontrar depois".

Desfile Noivas de Maio

Registro do um encontro com muitos sorrisos entre o presidenciável Eduardo Campos e o presidente da ALRN, deputado Ricardo Motta, mais o vereador Rafael Motta, na visita a Santa Cruz

Grife famosa pelo estilo inconfundível, a Dudalina inaugura, na próxima quinta-feira (dia 29), no terceiro piso do Shopping Midway Mall, a sua segunda loja em Natal. >>> O espaço será aberto ao público a partir das 15h e os primeiros 15 clientes serão premiados com um brinde especial. >>> A Dudalina no Midway já inaugura trazendo varias peças da nova campanha inspirada na cidade de Perugia, que é considerada o centro cultural e histórico da região da Úmbria, na Itália.

GIRO PELO TWITTER ...do jornalista Diógenes Dantas: "Carlos Augusto vai se vingar de Agripino atrapalhando a reeleição de Felipe";

A bela Regilene Finamor na inauguração do salão M.Hair

w RUMOS

Como o PSD deve caminhar sozinho na chapa proporcional, agora a deputada Gesane Marinho começa a surgir como opção para vice na chapa PSD/PT. >>> Gesane tem forte base eleitoral em Canguaretama, onde a mãe Fátima Marinho é prefeita. >>> Seria um nome para somar na chapa encabeçada por Robinson Faria.

w PLANOS

Em contrapartida, para fortalecer o PSD... >>> ...o grupo de Gesane apoiaria a reeleição do deputado José Dias, que receberia bases fortes do Agreste. >>> As mesmas que em 2010 apoiaram o deputado Raimundo Fernandes, hoje no PROS.

w FALANDO NISSO...

O PCdoB evita qualquer declaração no momento, mas com o PT respaldando a coligação proporcional para a Assembleia Legislativa o partido do deputado Fábio Dantas, do vereador George Câmara e do ex-prefeito de Tangará, Theodorico Bezerra, fecha com a chapa Robinson (Governo) e Fátima (Senado), conforme já noticiou esta coluna. >>> Tudo vai depender do PT ligado ao deputado Fernando Mineiro. >>> A expectativa do PCdoB é que a Executiva Estadual do PT já confirme a coligação proporcional nesta segunda-feira. >>> É aguardar!

...do deputado Fernando Mineiro: "De suavizar a alma, ver-ouvir @gilbertogil em #GilbertosSamba, noite

d'ontem. Gênio da raça!"; ...do deputado George Soares: "Tivemos um resultado positivo da nossa reunião com o DNOCS hoje. Titularidade das casas de São Rafael está encaminhada".


14 O Jornal de HOJE

Natal, 26 de maio de 2014

Cidade

Segunda-feira

Professor usa WhatsApp como ferramenta para ensinar literatura aos seus alunos IDEIA

INOVADORA ESTÁ SENDO IMPLEMENTADA EM ESCOLA PARTICULAR DE

Fotos: José Aldenir

ALESSANDRA BERNARDO ALESSABSL@GMAIL.COM

Um dos principais aplicativos de troca de mensagens instantâneas online do momento, o WhatsApp deixou de ser um problema dentro de sala de aula para se tornar uma nova ferramenta de estudos em Natal. A ideia, desenvolvida pelo professor de literatura Walter Freitas em seu projeto de Mestrado em Educação, transformou a forma como os alunos do 1º e 2º anos do Ensino Médio de uma escola particular vêem e usam o aplicativo no seu cotidiano e também a metodologia de estudos durante as aulas. "O objetivo é tirar o professor do centro do conhecimento e colocar os alunos como sujeitos ativos do processo de aprendizagem, o que vem ocorrendo de forma positiva. Formamos 26 grupos de alunos no WhatsApp, cada um com uma responsabilidade própria e todos interagem de acordo com o andamento dos estudos, sempre baseados em livros exigidos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Deixo que eles trabalhem à vontade, mas sempre faço intervenções quando solicitam ou quando percebo que é necessário", explicou o professor. O resultado destes três meses de trabalho foi apresentado no último sábado (24) à comunidade escolar, com a realização do I Festival Literário da Escola Doméstica/Henrique Castriciano. As peças teatrais, produzidas pelos próprios estudantes, foram baseadas em livros como

Professor Walter Freitas é o idealizador da nova “técnica” de ensino. Alunas Ana Tamires e Rafaela Nogueira aprovam o “WhatsApp Literário” "Durante todo esse tempo, eles tiveram que cumprir rigorosamente

Madame Bovary, Inocência, Os Miseráveis, Memórias de um Sargento de Milícias e outros, e receberam

notas que foram acrescentadas às demais avaliações realizadas durante o trimestre escolar.

> RISCO A SAÚDE PÚBLICA

Vítima da meningite: falecimento prematuro de aluno comove UFRN A morte prematura de André Donaldson Pegado Mendes, aluno do Bacharelado de Ciências e Tecnologia (BCT) da Escola de Ciências e Tecnologia (ECT) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), na madrugada deste sábado, 24, surpreendeu a comunidade acadêmica da instituição. Familiares, colegas, professores, dirigentes da Escola e gestores da UFRN acompanharam, consternados, o sepultamento de André Pegado, no Cemitério de Nova Descoberta, ao final da manhã do mesmo sábado. Filho único, André Pegado foi vítima de meningococcemia, que é a forma mais grave de infecção pela Neisseria meningitides (meningococo). A direção da Escola tomou conhecimento da hospitalização do aluno na UTI do hospital ainda na sexta-feira, 23, à tarde, ocasião em que não havia diagnóstico definitivo a respeito. Juntamente com a reitoria da UFRN, passou a acompanhar o estado de saúde do aluno.

PROCEDIMENTOS A respeito da transmissão do meningococo, a Reitoria da UFRN e a direção da ECT consultaram o médico-infectologista e professor Kleber Luz, do Departamento de Infectologia da UFRN. Kleber Luz esclareceu que é necessário um contato muito próximo e prolongado, como compartilhar ambientes fechados (dormitórios), por várias horas seguidas. Outra forma de transmissão é o compartilhamento de copos e talheres, assim como contatos interpessoais íntimos (beijo). De acordo com o médico, a recomendação da utilização de medicamentos para evitar o surgimento da doença (quimioprofilaxia) deve ser restrita aos familiares e parceiros sexuais. O infectologista orienta que não é recomendável o procedimento profilático às pessoas que trabalham em um mesmo ambiente e/ou estudam em uma mesma sala de aula. Ele alerta que o uso de medicamentos profiláticos em tais grupos ao

invés de proteger pode interferir na flora bacteriana normal e favorecer a chegada de um germe agressivo. O professor Kleber Luz esclarece que por ser exclusivo de seres humanos esse tipo de germe é incapaz de sobreviver em superfícies inanimadas, como carteiras, cadeiras, bebedouros, aparelhos de ar condicionado, livros, mochilas, trinco de portas. Portanto, “não precisa adotar medidas de desinfecção em ambientes físicos frequentados por pessoas portadoras da bactéria meningococo”, tranquiliza o professor. Segundo o infectologista Kleber Luz, um caso, como o do aluno Donaldson Mendes, está dentro das expectativas de ocorrência e não se trata de um surto da doença. Ainda a respeito da doença, na manhã deste sábado, 24, a Coordenadoria de Promoção à Saúde, por meio da Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica, da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP/RN), divulgou Nota Informativa.

> NOVIDADE

Empresas investem em campanha de vacinação para funcionários Sono, cansaço, febre e dores no corpo. O vírus da gripe pode se instalar no local de trabalho e contaminar uma empresa inteira. Controlar absenteísmo (ausência ou afastamento do trabalho) é hoje, o grande desafio das companhias em função dos impactos financeiros que ele produz. A velha máxima do “melhor prevenir que remediar” está sendo implementado através de campanhas de vacinação empresarial, no qual todos os funcionários são vacinados contra a gripe, mantendo a produtividade regular durante os meses chuvosos. A vacina também beneficia os funcionários. Além de melhorar a qualidade de vida e proteger con-

NATAL

tra uma doença frequente que pode causar muitas complicações e desconforto, a imunização evita ainda a transmissão da gripe para os membros da família, especialmente para crianças e idosos e reduz os gastos com medicamentos e consultas. Há 28 anos, a rede de clínicas AMI atua em campanhas de vacinação no Rio Grande do Norte e é a única empresa do estado creditada pela SBIM – Sociedade Brasileira de Imunização. Só em 2014, já foram comercializadas cerca de quatro mil doses de vacina contra gripe, entre as aplicações nas clínicas e as extra-muros, como a escola Maple Bear, que vacinou seus

alunos de um a nove anos de idade e a Petrobrás, que já imunizou mais de 1.000 funcionários do Porto de Guamaré, Alto do Rodrigues e a sede de Natal. Além do combate à gripe, outras vacinas são indicadas para funcionários de determinados setores, como quem trabalha com manipulação de alimentos, restaurantes, bares e setor de transporte (motoristas), tem indicação de proteção à Gripe, Hepatite A, Hepatite B, Pneumocócida, Febre Tifóide e Febre Amarela. Os profissionais da saúde e limpeza devem ser imunizados contra Gripe, Ref. DPTa adulto, Hepatite A, Hepatite B, Anti-tetânica e Pneumocócica

E JÁ RENDE MELHORAS NAS NOTAS

o prazo de 30 dias para a leitura das obras recomendadas, a adaptação do texto, a revisão final do texto, ensaios e apresentação. Isso foi importante porque o número de livros exigidos pelo Enem é muito grande e inviável para se trabalhar em sala de aula. E também temos a conscientização dos alunos para a importância do auto estudo e do uso pedagógico das mídias sociais, como o WhatsApp", explicou Walter Freitas. ALUNOS APROVAM MEDIDA INOVADORA O que antes era um problema grave para alunos e professores, agora é uma ferramenta poderosa de estudos, aprovada por todos. "Isso facilitou muito o contato com o professor, que nos atende também fora da sala de aula, quando precisamos de alguma orientação sobre o trabalho que temos que desenvolver. E também é interessante porque podemos interagir com mais rapidez", disse a estudante Ana Tamires Medeiros, do 2 º ano. A possibilidade de discutir e tirar

dúvidas sobre os trabalhos passados pelo professor em sala de aula, com os demais colegas, foi um dos benefícios citados por Rafaela Nogueira, também do 2º ano. "Como é uma ferramenta bastante usada por todos, ficou muito mais fácil ter contato com os outros alunos para discutirmos o conteúdo dos trabalhos. Foi uma boa ideia", afirmou. Para o professor Walter Freitas, além de auxiliar no aprendizado de seus alunos, o uso pedagógico do WhatsApp também diminuiu os ruídos em sala de aula, provocados pelo uso do aplicativo, o que prejudica bastante a concentração e notas dos estudantes. "É um trabalho inédito no mundo acadêmico e que tem também ajudado a melhorar as notas escolares e o relacionamento em casa. Já teve casos de pais que tiveram que tomar o celular do filho, por causa de notas baixas na escola, e que se surpreenderam com a melhora destas após o início do projeto", enfatizou.


Esporte

Segunda-feira

Natal, 26 de maio de 2014

O Jornal de HOJE 15

José Aldenir

Jogando em Santa Cruz, time alvinegro venceu os cearenses pelo placar de 3 a 0

ABC ESTÁ DE VOLTA AO G-4 ALVINEGRO VENCE O I CASA E RECUPERA O QUARTO LUGAR DA

SÉRIE B

O ABC manteve o bom aproveitamento no estádio Iberezão e conseguiu a reabilitação no Campeonato Brasileiro da Série B. No último sábado, em Santa Cruz, pela sétima rodada da Série B, time alvinegor bateu o Icasa, por 3 a 0, passando a somar 13 pontos e recuperando a quarta colocação, voltando a figurar

no grupo de acesso à Primeira Divisão. Os gols da vitória foram marcados por Rogerinho, Beto e João Henrique. Na próxima rodada, o Mais Querido enfrenta o Oeste-SP, amanhã, às 21h50, no Iberezão. O time jogou tão bem que o treinador Zé Teodoro disse que o placar poderia ter sido bem maior. "Estou muito satisfeito com a apresentação da equipe. Fomos superiores desde o primeiro tempo, marcando forte, saindo rápido e criando diversas chances de gol. Acredito que o placar poderia até ter sido mais elástico. Fomos merecedores do resultado e os jogadores estão de parabéns", afirmou o técnico. O técnico alvinegro também elogiou a evolução da equipe. "Estamos

AMÉRICA VENCE E AFASTA

O INÍCIO DE CRISE O América conseguiu se recuperar da derrota para o Ceará e venceu o Vila Nova-GO por 3 a 1, de virada, no último sábado, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela sétima rodada da Série B. Os gols da vitória americana foram marcados por Rodrigo Pimpão, Max e o estreante Jeferson. Com os três pontos conquistados, o Mecão chegou a dez pontos, subindo para a sexta colocação e afastando o início de crise, já que o técnico Oliveira Canindé vinha sofrendo pressão da torcida americana nas redes sociais. A vitória deu mais tranquilida-

de ao grupo que amanhã terá um jogo bem mais complicado, contra o Joinville, às 19h30, na Arena Joinville. Para este compromisso, o treinador americano já poderá contar com Isac, recuperado de lesão, e vai jogar na vaga de Max, suspenso com três cartões amarelos. A delegação america segue hoje de Goiânia para Florianópolis, onde seguirá de ônibus até Joinville. O estreante Jéferson, depois de marcar um gol, deve sair jogando pela primeira vez com a camisa alvirrubra. O técnico Oliveira Canindé define a equipe somente amanhã.

Frankie Marcone/Divulgação

evoluindo e trabalhando bem melhor do que em jogos anteriores. Hoje fizemos um grande jogo e seguimos em crescimento. Agora volto a falar, quero o ABC forte para depois da Copa, quando teremos uma equipe mais encorpada", garantiu o comandante abecedista, que comemora a volta ao G-4 e já foca o Oeste/SP. "Essa foi uma vitória importante, pois no coloca de volta ao G-4. Vamos nos preparar agora para o jogo contra o Oeste, pois será mais um jogo difícil e precisamos vencer em casa para permanecermos no grupo de classificação, que é o nosso objetivo. Queremos chegar à paralisação para a Copa no G-4", declarou o treinador.

CLASSIFICAÇÃO Clube 1º América-MG 2º Joinville-SC 3º Ceará-CE 4º ABC-RN 5º Luverdense-MT 6º América-RN 7º Ponte Preta-SP 8º Vasco da Gama-RJ 9º Paraná-PR 10º Sampaio Corrêa-MA 11º Náutico-PE 12º Boa Esporte-MG 13º Bragantino-SP 14º Icasa-CE 15º Avaí-SC 16º Atlético-GO 17º Santa Cruz-PE 18º Oeste-SP 19º Portuguesa-SP 20º Vila Nova-GO

PG 17 14 14 13 12 10 10 9 8 8 8 8 8 8 7 7 7 6 5 1

J 7 7 7 7 7 7 7 6 7 6 6 7 7 7 6 7 7 7 7 7

V 5 4 4 4 3 3 2 2 2 2 2 2 2 2 2 1 0 1 1 0

E 2 2 2 1 3 1 4 3 2 2 2 2 2 2 1 4 7 3 2 1

D 0 1 1 2 1 3 1 1 3 2 2 3 3 3 3 2 0 3 4 6

GP 15 10 10 9 10 12 11 8 9 7 8 8 9 7 6 8 6 6 8 1

6ª RODADA - SÉRIE B GC SG 4 11 6 4 9 1 5 4 6 4 11 1 10 1 4 4 8 1 6 1 8 0 10 -2 12 -3 10 -3 9 -3 11 -3 6 0 11 -5 12 -4 10 -9

A% 81,0 66,7 66,7 61,9 57,1 47,6 47,6 50,0 38,1 44,4 44,4 38,1 38,1 38,1 38,9 33,3 33,3 28,6 23,8 4,8

fabiopachecorn@gmail.com

De leitor perguntando por e-mail: "qual foi a vitória mais importante, do ABC ou do América? Eu diria que as duas. O alvinegro não só voltou ao G-4 como mostrou que pode jogar sem Dênis Marques. O técnico Zé Teodoro foi ousado ao escalar mais uma vez Rogerinho ao lado de Xuxa, atuando praticamente com três atacantes, já que o meia jogou avançado e marcou um belo gol de falta, além de dar o passe do outro para Beto. Mas a vitória mais importante será contra o Oeste. Se vencer esse jogo e a combinação de resultados favorecer, irá terminar o período da pré-Copa no G4. Já o Mecão mostrou que tem poder de recuperação e elenco para também brigar pelas primeiras colocações. O técnico Oliveira Canindé parece que encontrou um substituto à altura de Arthur Maia. Jéferson foi soberano no meio-campo, fez tudo o que um camisa 10 precisa fazer para levar o time à vitória, inclusive marcando um gol. Os alas voltaram a jogar e Fabinho voltou a ser o volante polivalente. As coisas começam a mudar e o grande teste será sem dúvida contra o Joinville, amanhã, em Santa Catarina. EVOLUÇÃO Mesmo com os problemas de lesões e desfalques, o técnico Zé Teodoro vem conseguindo superar os problemas e mostrando uma certa evolução da equipe. O ABC vem demonstrando uma certa regularidade e se continuar jogando desta forma, com equilíbrio em todos os setores e marcando gols, se transformará num sério candidato ao acesso.

Boa Esporte-MG

2x0

Avaí-SC

23/05 - 19h30

Bragantino-SP

3x0

Oeste-SP

23/05 - 19h30

Santa Cruz-PE

1x1

América-MG

23/05 - 21h50

Ceará-CE

3x2

Ponte Preta-SP

24/05 - 16h20

Vila Nova-GO

1x3

América-RN

24/05 - 16h20

Portuguesa-SP

2x0

Atlético-GO

24/05 - 16h20

Joinville-SC

0x0

V. da Gama-RJ

24/05 - 16h20

S. Corrêa-MA

1x0

Luverdense-MT

24/05 - 21h00

Paraná-PR

2x0

Náutico-PE

24/05 - 21h00

ABC-RN

3x0

Icasa-CE

CONFIANÇA É TUDO Quando o time começa a vencer e a crescer no campeonato, a tendência é todo elenco evoluir também. Veja o caso de Beto, há dois meses o atacantes estava na lista de dispensas do clube, ontem marcou seu primeiro gol pela Série B e podem apostar, foi só o início, pois futebol ele tem.

Fábio Pacheco EVOLUÇÃO POTIGUAR

23/05 - 19h30

NONONONONONONONO

PRESSÃO POSITIVA A boa campanha alvinegra também é positiva para o América que fica na obrigação de vencer e dar uma resposta a sua torcida. A pressão existe e é saudável para os dois clubes, excelente para o futebol do Rio Grande do Norte que nunca iniciou uma Série B nas primeiras colocações. FRIEZA A forma como Max converteu a cobrança de pênalti contra o Vila Nova foi de uma frieza impressionante. Lembrou até Serginho Chulapa. É visível a evolução técnica do atacante americano, que aos poucos vai construindo um grande repertório de gols.

FUTSAL Em um jogo emocionante que contou com o ginásio Ovídio Dantas lotado, o Novo Stylo (de Currais Novos), derrotou o Centenário (de Parelhas) na última sexta-feira (23), nos pênaltis, e ficou com o título da Etapa Parelhas da Taça AC Sport RN de Futsal. ROSBERG Nico Rosberg garantiu sua segunda vitória consecutiva no GP de Mônaco e retomou a liderança do campeonato de pilotos após liderar todas as voltas em Monte Carlo, à frente de seu companheiro de equipe Lewis Hamilton. O brasileiro Felipe Massa terminou em sétimo após largar em 16º, enquanto Bianchi foi classificado em nono, atrás da Lotus de Romain Grosjean.

LUTO O ex-atacante Washington, que formou, com Assis, o "casal 20" do Fluminense na década de 1980, faleceu neste final de semana. Ele lutava contra uma doença degenerativa, um tipo de esclerose, e entrou para a história do tricolor carioca com os três títulos estaduais, em 1983, 1984 e 1985, e um título brasileiro em 1984. REVANCHE O adversário de Renan Barão, o americano TJ Dillashaw vinha de duas vitórias por nocaute, mas não era páreo para o potiguar. Na minha modesta opinião de admirador do MMA há mais de 15 anos, deu pra ver que Barão não estava 100% preparado para esta luta e foi surpreendido. Tenho certeza que na revanche o nosso ilustre natalense irá recuperar o cinturão.


16 O Jornal de HOJE

Esporte

Natal, 26 de maio de 2014

Segunda-feira

Divulgação

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br Divulgação

Veterano de guerra e gol

CRUZEIRO DERRUBA

O ÚLTIMO INVICTO RAPOSA VENCE O INTER E SE MANTÉM NA LIDERANÇA DO B RAISLEIRÃO O Cruzeiro voltou à liderança do Campeonato Brasileiro. Ontem, no estádio Centenário, na Serra Gaúcha, o time de Marcelo Oliveira recuperou o primeiro lugar – que ficou com o Fluminense durante a sétima rodada, vencendo o Internacional de virada, por 3 a 1. Gols de Ricardo Goulart, William e Marcelo Moreno. Wellington marcou para os gaúchos. O placar encerra o 100% de aproveitamento do Colorado como mandante e a invencibilidade no campeonato. A primeira posição na tabela deixou de ser do Cruzeiro após a vitória do Fluminense no sábado, diante do Bahia. Mas com o triunfo em uma noite fria em Caxias do Sul, o time celeste chega aos 16 pontos. Já o Internacional para nos 12 pontos e se afasta da ponta da tabela. Já o Palmeiras foi surpreendido ontem e perdeu para a Chapecoense, que até então era lanterna do Brasileirão. E, no jogo na Arena Condá, em Chapecó, teve até gol de Tiago Luis, aquele que em 2008

chegou a ser chamado na Espanha de "Messi brasileiro", para construir o placar de 2 a 0. Já o Botafogo não consegue deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Ontem, o Alvinegro voltou a apresentar as conhecidas falhas e cedeu o empate ao Vitória no segundo tempo. O resultado de 1 a 1 - gols de Emerson Sheik e Dinei -, em Macaé, manteve o Alvinegro na degola com apenas cinco pontos conquistados e a 17ª colocação. Os baianos respiraram um pouco e estão na 15ª posição, com seis pontos. Enquanto isso, o Corinthians venceu o Sport por 4 a 1 e quebrou um tabu de 15 anos sem vencer na Ilha do Retiro pelo Brasileirão e, de quebra, voltou a ganhar depois de três jogos. Com o triunfo, o Timão é o sexto colocado, com doze pontos ganhos. Já o Sport, do técnico Eduardo Baptista, chegou a sua segunda derrota consecutiva (perdeu para o Cruzeiro antes) e caiu para a 13ª posição, com sete pontos.

Homem que é homem, chora. Sozinho. Então fui para o quarto, fechei a porta e mergulhei a cabeça no travesseiro. Lágrimas desciam devagar para doer mais a tortura pela eliminação do Vasco, melhor campanha do Campeonato Brasileiro de 1988. Terminou com quatro jogos a menos e um ponto a mais que o campeão Bahia. O Vasco perdera de 3x2 para o Fluminense. Venceu nos 90 minutos de 2x1 e jogava pelo empate, em razão da campanha superior. O tricolor, com um daqueles timinhos traiçoeiros que costumava armar, era a sombra do tricampeão carioca de 1983/84/85. Brasileiro de 1984, Vasco, vice. Caiu no confronto das quartas de 1988, Vasco arrasador e liderado pelo meia Geovani, estilista e melhor jogador da temporada. Embalado, o Vasco freou com a paralisação do campeonato em dezembro para recomeçar no final de janeiro de 1989. Perdeu a primeira partida por 1x0, gol contra de Zé do Carmo, que cabeceou como um Romário. O ruim é que foi para o cantinho da trave do goleiro Acácio. Zé do Carmo botou a mão na cabeça e nós perdemos o rumo.

No segundo jogo, o Fluminense manteve o volante Donizete grudado a Geovani. Na filosofia do vigilante, o alvo pode até dançar samba de breque em sua frente, desde que não saia com a bola. Donizete tomava três, quatro dribles e derrubava Geovani. Se recompunha, triunfal. No primeiro tempo, em contra-ataque, um corredor lhe foi aberto à consagração: Donizete recebeu lançamento primoroso de Washington fez 1x0, obrigando o Vasco a virar para provocar a prorrogação. Ao fim do primeiro tempo, o velho Roberto Dinamite fez o pivô e tocou para o chute corajoso do jovem Bismarck mandar a bola às redes de

ROGERINHO O dono da rodada foi o meia Rogerinho do ABC. Fez o que quis contra o Icasa nos rotundos 3x0. Golaço de falta e um passe tão perfeito que o atacante Beto, de pontaria torta, conseguiu acertar o gol. Madson foi garçom para João Henrique marcar o terceiro. CAMPANHA O ABC nunca teve um começo tão bom de Série B. Está provado que o meio-campo ainda é o centro nervoso, é o Pentágono da bola. Quem tiver inteligência por lá, leva vantagem. O ABC com dois meias, está em quarto lugar. AMÉRICA O América chacoalhou o Vila Nova no Serra

Ricardo Pinto. No segundo tempo inteiro, pressão cruzmaltina. Aos 44 minutos, (minhas) unhas devastadas, falta em dois toques dentro da grande área tricolor. Geovani cobra com efeito e parece coroar com a bola a cabeça do zagueiro Leonardo, de onde ela parte como bólido para o segundo gol. Ainda aos 18 anos e com menos de uma temporada em redação, vibrei me esgoelando. Enfim justiça e o Vasco seria campeão atropelando Bahia na semifinal e fosse qual fosse o adversário na decisão. A euforia é perigosamente embriagadora. Em campo, desengonçado, magro e caneludo, permanecia o centroavante Washington. Marasmo de goleador é parente do silêncio das cadeias. Antecede a uma convulsão, uma rebelião, uma explosão. >>>>>> O Fluminense abriu 1x0 na prorrogação com um reserva -Zé Mariaum tipo inexpressivo presente no sobrenatural nascido para estragar prazer e desaparecer. O Vasco, em desespero, partiu para o ataque kamikaze. O time inteiro, menos Acácio, sufocando o Fluminense. Sobra uma bola com alguém de camisa verde, branca e grená. Washington arranca e para, Acácio imóvel. Ele ameaça chutar, o goleiro despenca e o chute por cobertura sai sutil, uma navalhada cravando 2x0 em nossa ferida. Washington e Assis formaram uma famosa dupla de renegados. O

Dourada e 3x1 foi pouco, muito pouco. O time fez o suficiente para vencer e está na sexta posição. É injustificável a ira de alguns exigentes. Não existe nenhum timaço em todo o futebol brasileiro e o América jamais poderá ser cobrado igual a Real Madrid. AMANHÃ De nada valerão os jogos do fim de semana, sem vitórias amanhã. TORNEIO INÍCIO Quem nunca foi a um Torneio Início não sabe o que é futebol por dentro. Chegava bem cedo, para ver todos os jogos, cada um com dois tempos de 15 minutos, geralmente decididos por pênaltis.

Casal 20, em alusão a uma enjoada série policial da Rede Globo. Assis fazia tremer rubro-negros. Matava-os nas decisões. Em 1983, a massa majoritária festejava no Ex-Maracanã e o delgado camisa 10 tocou por baixo de Raul, gol do título de 1983. Lá estava ele, outra vez, para meter a cabeça com força no ângulo do argentino Fillol e garantir o bicampeonato. Assis assombrava o Mengo, Washington judiava do Vasco. Antes do gol que me chorar, Washington estragou meu aniversário de 13 anos. Recebia presentes, cara feia para quem entregava meias e cuecas, mas com rádio ligado na Globo 1220, Waldyr Amaral narrando. Estreavam pelo Vasco os zagueiros Daniel González (um espetáculo) e Nenê, revelado pela Ponte Preta. Foi 3x1 para o Fluminense, três gols de Washington e, quando revia as fotos da festa, tripudiava de minha própria carranca de desconsolo. Washington fez outras e tantas, como driblar Acácio quatro vezes antes de fazer o gol. Eu aos 17 anos. O domingo das páginas esportivas é triste. Abro o noticiário e leio a notícia da morte de Washington em Curitiba (PR), aos 54 anos. Washington lutava contra a esclerose lateral amiotrófica, uma doença degenerativa. Nos últimos meses, estava sendo acompanhado diariamente por uma equipe médica e ainda assim seu corpo foi encontrado sem o respirador. A polícia vai investigar o caso. O mal que abateu o artilheiro é raro e, de acordo com especialistas, atinge combatentes com estresse de batalha. Um veterano de guerra. Era Washington, da patrulha de Assis.

HÁ 29 ANOS No dia 26 de maio de 1985, 2.744 torcedores foram ao Castelão (Machadão) assistir a América 1x0 Riachuelo, Alecrim 2x0 Atlético, ABC 5x4 América nas penalidades. ABC ganhou do Alecrim, também nos tiros livres, por 6x5. Após 0x0 no jogo. TIMES ABC: Pavão; Vassil, Luís Oliveira, Sérgio Poti e Valdeci; Baltasar, Rômulo (Adalberto) e Tião; Quinho, Neinha e Djalma (Leandro Perequeté). Técnico: Givanildo. Alecrim: César; Saraiva, Ronaldo, Cléber e Soares; Álvaro, Didi Duarte e Odilon (Emídio); Curió, Beto Platini (Ademir) e Romildo. Técnico: Ivã Silva.

CMYK

26052014