Issuu on Google+

José Aldenir

Canindé Santos

> ÔNIBUS EM NATAL

> SISTEMA ENDÓCRINO

Valor da passagem só será recalculado após o decreto legislativo

Campanha no HUOL alerta para prevenção de doenças da tireóide

CIDADE 9

Sexta-feira

Ano XVI w

CIDADE 9

NATAL-RN, 24 DE MAIO DE 2013 w Nº 4.646

R$1,00 w jornaldehoje.com.br

> SUCESSÃO ESTADUAL

Para Agnelo, “não surpreende” Rosalba ser derrotada numa disputa direta com Robinson DEPUTADO ANALISA PESQUISA CERTUS, SOBRE A POSIÇÃO DO ELEITORADO NUM POSSÍVEL CONFRONTO ENTRE A ATUAL GOVERNADORA E O SEU VICE. CIENTISTA POLÍTICO CONSIDERA INCERTO O QUADRO ELEITORAL DE 2014 MAS VÊ CANDIDATURA DE ROSALBA COMO INVIÁVEL POLÍTICA 3 José Aldenir

> EDUCAÇÃO PÚBLICA

Professores do Estado também ameaçam entrar em greve, por descumprimento de lei CIDADE 6

> CANDELÁRIA

> EM OBRAS

> POLÍTICA ECONÔMICA

Reconstrução do calçadão de Ponta Negra começará em duas semanas

Para presidente da Fiern, a indústria no Estado “está sobrevivendo”

Hoje faz um mês que a construtora contratada pela Prefeitura de Natal começou as obras de proteção do calçadão. Com o cronograma adiantado, a segunda fase será iniciada antes. CIDADE 8

Amaro Sales deposita confiança em projeto, desenvolvido junto ao Governo do Estado, que mapeará os setores da atividade industrial que precisam de maior atenção. ECONOMIA 7

> PROPOSTA APROVADA

Bando faz arrastão em motel, Arena das Dunas será a nova mas é surpreendido por PM casa do América até 2018 CIDADE 10

ESPORTE 15 Canindé Santos

ESCREVEM ARTIGOS DA EDIÇÃO DE HOJE José Narcelio Marques Sousa Maurilton Morais Cid Montenegro Adauto Medeiros Laurence Bittencourt Matias Soares Luciano Capistrano OPINIÃO - Página 2

Túlio Lemos

Marcos A. de Sá

Alex Medeiros

Danilo Sá

Vicente Serejo

Página 3

Página 7

Página 11

Página 11

Página 13

w A pesquisa Certus/JH provocou diferentes reações, algumas bem engraçadas.

INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,05 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,12 R$ 2,05

w Rosalba anuncia que Programa do Leite vai pagar R$ 1,15 pelo litro ao produtor.

Euro x real R$ 2,65 Poupança 0,50%/ 0,41% Taxa Selic 7.50%

w Ratos que atacam Marina são os mesmos que agridem Magnus Delgado.

EMAIL REDAÇÃO:

w Se a disputa para o Senado w Carta enviada a um amigo, e agora aberta, sobre o vale fosse hoje, vitória seria de sempre verde do Ceará-Mirim. Fátima Bezerra por W.O.

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 24 de maio de 2013

JOSÉ NARCELIO MARQUES SOUSA, engenheiro civil (narcelio@supercabo.com.br)

Amancio

Sexta-feira

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

A imagem do vilão

LUCIANO CAPISTRANO, historiador/Semurb e professor/Escola Estadual Myriam Coeli (@lbjg2capistrano)

No dia 15 deste mês li no caderno Cidade, do "O Jornal de Hoje", a seguinte manchete: "Motoristas criticam montagem de barracas da feira da Avenida São José antes do horário previsto". A feira em questão funciona aos domingos, mas já na manhã do sábado, feirantes montam suas barracas. Com elas, estrangulam a avenida e atanazam a vida de motoristas e transeuntes que utilizam passeio e via públicos. Essa ocupação irregular é prática normal na nossa cidade. Como também é comum estacionar em local proibido, em vaga para deficiente físico, em faixa de pedestre, em fila dupla para descer ou embarcar pessoas, tudo isso sem o menor pudor para com o semelhante prejudicado pelo abuso descabido. Na hora me veio à lembrança uma crônica de João Ubaldo Ribeiro, publicada em 14 de novembro de 2005, no Jornal do Meio Ambiente, denominada "Precisa-se de matéria-prima para construir um país". O que foi escrito ali, oito anos atrás, de tão atual, chega a doer de revolta por nada haver mudado. Continua atual porque nós, a matéria-prima do país, continuamos a mesma matéria desqualificada e desacreditada para ajeitar ou dar um rumo melhor à nação. Porque ainda subornamos o guarda de trânsito para evitar a multa, adulteramos o Imposto de Renda para tungar a sociedade, instalamos "gatos" para furtar água e energia elétrica, jogamos lixo na rua para depois reclamar de bueiros entupidos, apresentamos atestados médicos sem estar doente e comprovamos despesas inexistentes com nota fiscal adulterada. E tem mais. Orgulhamo-nos do "jeitinho brasileiro" de ser e da esperteza descabida e desonesta. Exaltamos o enriquecimento ilícito porque tal prática denota senso de oportunidade. Praticamos os fundamentos

Índios Potiguara: Um Memorial

Artigo

da "Lei de Gerson" porque querer levar vantagem em tudo é astúcia, e não malandragem. Na maior desfaçatez, participamos de concursos públicos ou entrevistas de emprego com certificados falsificados. Aposentado por invalidez, continuamos trabalhando com carteira profissional assinada. Na concepção da matéria-prima brasileira a falta de pontualidade é charme, e não falta de educação. Saquear cargas de veículos acidentados é oportunismo, e não improbidade. Encontrar e se apossar de objetos perdidos é pura sorte, e não apropriação indébita. Destruir patrimônio público é protesto, e não burrice anormal e ilegal. Pois bem, é essa matéria-prima contaminada que escolhe o parlamentar para nos representar no Congresso Nacional e elege dirigentes públicos para alçá-los à condição de mentores dos anseios da nação. Então, com qual moral podemos reclamar dos defeitos deles? De qual autoridade dispomos para pleitear benefícios sociais, pedir mudanças estruturais ou exigir seriedade nas suas ações? Que postura utilizar para cobrar deles ética e honestidade? Culpar o governo é culpar a nós mesmos, pois ele é o retrato fiel do povo. Moldado à imagem e semelhança da matéria-prima que o elegeu. Ao denegrir o gestor público ímpio ou o parlamentar prevaricador estamos desvalorizando a nós mesmos. Afinal, eles são o nosso prolongamento e comungam dos mesmos defeitos que nos forjaram. E ainda temos o desplante de perguntar quem é o culpado pelos desmandos do país. O próprio João Ubaldo Ribeiro, no artigo citado acima, nos fornece a maneira correta de identificar o vilão da história do Brasil. Basta fixar o olhar no espelho para vermos claramente o reflexo do responsável por tudo.

MAURILTON MORAIS, psiquiatra e psicoterapeuta cognitivo comportamental (mauriltonmorais@uol.com.br)

A realidade interior e o mundo externo A Sra K esbarrou e quebrou um jarro em seu apartamento. Foi quando se apercebeu que nunca tinha visto tal jarro. Tomou consciência que ele estava lá, mas não existia para si. Embelezava o ambiente, mas nunca o havia notado. A realidade interna é assim: as coisas do mundo externo só valem quando têm significado para nós. E esse mundo que experimentamos é aquele espelho de nossa realidade interna e vemos a nós mesmos quando observamos o mundo. Poderse-ia contestar dizendo que o jarro é uma realidade física, independente de nosso olhar interno. Verdade. Mas não para as relações humanas, pois os mundos externo e interno se fundem com peculiaridades específicas para cada indivíduo. A tal da realidade interior, a verdade de cada um, faz com que João seja muito feio para Teresa, mas não para Joana. Ou Maria tão chata para José, pareça tão lindo para Carmen. As mesmas sensações são vivenciadas diferentemente em acordo com a história, os sentimentos, emoções, desejos, paixões de cada um. Essa tal de realidade interna, para o filósofo E. Kant, é o centro do universo, os olhos de quem vê tudo, o centro do Ser. Como avisar a mulher apaixonada da periculosidade do preso na penitenciá-

ria? Da maldade de propósitos do fiscal sem escrúpulos? Como, se a apaixonada nega tudo, justifica tudo. A verdade do apaixonado é a mais verdadeira das verdades. A realidade interna de cada um é uma das causas da intolerância no campo das relações humanas. Sectarismos ou dogmatismos ideológicos surgem quando não toleramos a realidade interna do outro, pois as emoções, sentimentos ferem sutil ou grosseiramente os raciocínios mais lógicos. E a saúde mental implica em democracia, abertura ao diálogo, a realidade interna do outro, pois acatando a dialética dos opostos, estaremos matando o que em nós se esconde. A realidade interna pode estar tão perturbada que dificulta a crítica do mundo exterior, causa profundos estragos no comportamento, na agressividade, no corpo ou no desejo. Mas não é obrigatório que a realidade interna se adapte as desigualdades do mundo externo, e sim que a compreenda e faça o agir na hora adequada. Se não controlarmos a nossa realidade interna, se perdermos seu controle ,cairemos na perda da liberdade perante nosso destino,, neurotizandose ou psicotizando-se sem rumo, as vezes sem volta.

Carta CARLOS AFONSO. DEPOIMENTO Sr. Editor: O conheci menino, convivi com ele e por isso posso atestar. Carlinhos, como era chamado carinhosamente por todos ou "Charles" como o chamava o cunhado Antonio Roberto Rocha, era uma pessoa do bem e para o bem. Se não bastasse ele tinha excesso de bondade, tinha um ótimo temperamento, um conciliador, um fazedor de amizades, um ótimo papo, um degustador de run cuba libre, vascaíno, fã incondicional de Frank Sinatra além de um médico cirurgião da maior competência que ao lado do Dr. Arruda muitos procedimentos fizeram salvando vidas. Sua simplicidade se comparava à do papa Francisco, inclusive seu segundo nome próprio, e sem exagero ele chegava a contrariar Nelson Rodrigues em sua eterna frase: "Toda unanimidade é burra", pois ele era uma e quem o conheceu concorda comigo. Há anos ele nos deu um susto e venceu a maldita e covarde doença mais temida da humanidade. Todavia ha poucos dias foi surpreendido e surpreendeu a todos com uma morte súbita e precoce.

Assim como um tornado que devora casas nos USA e mata pessoas abruptamente em poucas horas, um mal que sequer foi identificado ainda devorou nosso amigo em poucos dias atacando de forma feroz, impiedosa e letal seus pulmões. A seus irmãos José Emanuel, João Antonio, Manoel Augusto, a seu sobrinho Nelson e a toda família eu me associo na dor e compartilho a saudade. A sua querida irmã que tanto o amava Maria Lúcia uma outra pessoa espetacular e também detentora de inúmeras qualidades, que é uma amiga irmã das minhas irmãs Mada e Bebeta eu faço a Lucinha uma deferência especial e lhe digo: "Tenha a certeza que se ele lhe deixou foi abraçar na eternidade sua mãe Dulce e parabéns pela irmã exemplar e cuidadosa que você sempre foi". A seus filhos Guilherme e Karla mesmo no holocausto de uma perda irreparável tenham o louvor e agradecimento pelo pai que DEUS lhes deu. CID MONTENEGRO EMPRESÁRIO (FLABCID@UOL.COM.BR)

Artigo

ADAUTO MEDEIROS, engenheiro civil e empresário (adautomedeiros@bol.com.br)

O feitiço caiu por cima do feiticeiro Os partidos de esquerda no Brasil sempre defenderam a estatização até mesmo do oxigênio para uso dos pulmões. Agora imagine em um país como o nosso privatizar qualquer atividade industrial ou serviços mesmo que seja para melhorar a vida do país. Ora, quando se privatiza (isso é um fato em qualquer atividade) se melhora a vida para a população porque com a privatização ela terá serviços melhores, produção melhor, menos burocracia e mais postos de trabalho e mais riqueza, o problema é que a nossa esquerda tem ódio zoológico a riqueza (para ser mais verdadeiro só quem pode ser rico são eles). Mas na linguagem demagógica deles, ser rico fede e eles não entendem que o Brasil é pobre porque tem poucos ricos. E mesmo esses poucos ricos em um país como o nosso são odiados e

Artigo

perseguidos e sempre ameaçados de pagar mais impostos. A única coisa que falta ainda no Brasil é o governo começar a cobrar mais impostos sobre as chamadas "grandes fortunas". Só não fizeram isso porque eles ainda não conseguiram avaliar o que é uma grande fortuna. Creio, na verdade, que os homens de bem e casados nesses dias pagarão mais impostos, pois não existe nenhuma fortuna maior do que um casal que vive bem. A grande pergunta que estou me fazendo e ainda não obtive uma resposta adequada, é saber como agora que a gangue aliada formada por partidos de esquerda votou favorável a privatização dos portos? Ora, tal medida é o fim para a classe politica. Como eles, os políticos, vão nomear os funcionários e diretores se os portos forem privatizados? Como eles ganharão dinheiro nas con-

corrências públicas se a coisa vai para a mão da iniciativa privada? Claro que com a privatização dos portos, haverá uma melhora substancial na vida das pessoas, mas isto para os políticos é apenas um mero detalhe, pois só eles se acham com direito divino de ter uma vida melhor e maravilhosa à custa, claro, dos que recebem o salário mínimo. Quando afinal os brasileiros vão entender esta molecagem que é praticada contra os humildes eleitores que vão as urnas nas melhores intenções para receber depois as piores noticias? A nossa presidenta - a partir de Dilma, o nome é estudanta e não mais estudante (português tem esses caprichos) mesmo usando da famigerada medida provisória, ao privatizar os portos está absolutamente certa. Parabéns presidenta.

LAURENCE BITTENCOURT, jornalista (laurenceleite@bol.com.br)

Natal mudou Natal mudou. É inegável que a cidade de Natal com a entrada do prefeito Carlos Eduardo mudou da água para o vinho. E não bastam só as ruas que deixaram os buracos para se constatar tal mudança. Com quem se conversa que trabalha em algum órgão da prefeitura o relato é sempre o mesmo: mudou tudo, e para melhor. Não há dúvidas que o prefeito Carlos Eduardo tem se constituído em um bom gestor. Há falhas? Sempre há. Mas Natal hoje é outra. Claro que eu tenho acompanhado agora o conflito com relação à passagem de ônibus. Mas essa é querela antiga. E certamente haverá uma solução. Acredito. Tenho amigos que fazem parte do secretariado do atual governo municipal e tenho procurado saber como é o prefeito como gestor. São unânimes em dizer que o prefeito cobra e cobra muito. Tem ur-

Artigo

gência, quer providência para os problemas da cidade. Não somos afeitos a esse tipo de atitude, e sempre há reclamações. Mas Natal mudou. Na Secretaria de Educação falam que a mudança foi total e geral. Acertaram os ponteiros. Mas ainda tem problemas? Sim tem claro. Os professores já ameaçam greve. E ainda tem muito que fazer. Mas a Natal do ano passado, um caos administrativo e técnico mudou. Próximo ano teremos eleições para governador. Parece que há um compromisso firmado do prefeito em apoio à candidatura de Robson Faria. Será que Robson mais uma vez na última hora será preterido pelos seus aliados? Já se insinua a possibilidade da ex-governadora ser candidata ao governo, o que claro, é um nome forte. Mas e o compromisso a Robson? Claro que ainda é cedo, mas a eleição estadual passará por composições na-

cionais. E há no meio do caminho o governador de Pernambuco, virtual candidato a presidente da República, e que uma candidatura de Wilma de Faria seria uma peça a mais nas intenções do chefe do executivo pernambucano atual. E o prefeito Carlos Eduardo como ficará nesse xadrez? Ele é político, prefeito e certamente tem pretensões futuras. Então, qual será o passo dado por ele, na composição do próximo ano? Apoiará Robson Faria, como parece ter sido esse o compromisso, uma vez que Robson o apoiou para prefeito? Tudo isso veremos próximo ano. E Natal mudou. Mudou para melhor. Pode não ser a Natal dos sonhos de muitos, mas que mudou isso é inegável. Alguém pode dizer: mas estamos apenas iniciando uma gestão e muita coisa irá ocorrer. Sim, sem dúvida, mas o inicio é promissor. E que Natal mudou, mudou. E foi para melhor.

MATIAS SOARES, padre, pároco de S. José de Mipibu-RN e Vig. Episc. Sul. (mspesoares@hotmail.com)

A espiritualidade eclesial O mundo vive uma época de divisões globais. Temos um tempo das tribos. As pessoas se agregam em redes e comunidades. Parece tão contraditório, mas acontece como fenômeno humano e digital. O humano toma forma instantânea e isto tornou complexo e alucinante o modo como as pessoas estão vivendo nos espaços e instituições. Com a relevância na e da racionalidade, foram ofuscadas outras dimensões da condição humana, como a importância de tudo o que é sensível e vinculante. A Igreja está neste contexto e não dispensa esses invólucros contextuais para falar e dinamizar sua ação evangelizadora. Necessita do diálogo com o mundo para que possa ser e viver plenamente a sua vocação, que é de evangelizar. Quando se faz uma leitura unilateral e tendenciosa do Concílio Vaticano II, principalmente do documento Gaudium et Spes, acontece de se pensar que a relação da Igreja com as outras realidades dispensa a primária preocupação que ela deve ter com aquilo que lhe é próprio e que configura sua mais digna e honrosa identidade. A Igreja, num futuro, vai retomar o estilo primitivo de evangelização dos primeiros cristãos. Quando no tempo da Páscoa meditamos o texto dos Atos dos Apóstolos e o inserimos nas atuais circunstâncias como instrumento de interpretação, visualizamos uma Era da Igreja que não é tão nova e que cobrará mais uma vez uma atuação martirológica dos cristãos que exigirá uma postura de coragem e abnegação do individual para que seja fortalecido o que é de Deus para o mundo, a fim de que o que é do mundo possa experimentar o que é de Deus. A Oração Sacerdotal de Jesus, no capítulo 17 do evangelista João, é um texto

emblemático para a experiência cristã da atualidade e do futuro. Ou nós nos tornamos um como Ele e o Pai são Um, ou não conseguiremos nos fortalecer para testemunhar o Deus Amor na história humana. O mundo nos provoca e o faz porque estamos pecando contra a comunhão cristã e eclesial. Leiamos os capítulos 13-17 do mesmo evangelista e internalizemos o que é próprio dos Discípulos de Cristo, que faz com que as pessoas se sintam encantadas pelo que é de Cristo. Quando isto não acontece, o próprio Cristianismo e a Igreja tornam-se refém de facções. A divisão dentro do Cristianismo deu azo para que a fala sobre a "morte de deus" ressoasse em muitos lugares e fosse propagada como a grande afirmação da cultura moderna. Ainda levou, não só à relativização do que seja o conceito de dignidade humana e os valores inerentes ao decrépito; mas também a esta como objeto da técnica e das novas ideologias. O maior desafio com o qual a Igreja deve aprender a conviver na atualidade é o diálogo com as novas ideologias. Elas alvoreceram na modernidade, mas se radicalizaram na pos-modernidade e penetraram nas instancias eclesiais. Não só por serem fruto da subjetividade, mas porque esta dispensou nesta época sua relação com o real. As ideologias que fomentam os valores hodiernos são as maiores causas das divisões dentro da Igreja. Neste contexto, o que o Apóstolo Paulo disse à comunidade da Galácia (Gl 1,1-12) continua sendo de profunda atualidade. Não podemos ser traidores da Verdade de Jesus Cristo. Hoje mais uma vez devemos fortalecer uma espiritualidade eclesial, que é essencialmente um sentimento com ação de unidade nas diferenças sem dispensar a Verdade, pois só ela nos fará livres (João 8,32). No Cristianismo, quando

não há comprometimento com a Verdade de Cristo, a partir da Palavra de Deus e da sua Tradição, não é possível o acontecimento da comunhão. A modernidade cunhou a idéia da tolerância para sanar o problema das confusões de interesses. Isto não foi suficiente, nem funcionou; ainda mais com a manipulação exacerbada da verdade proporcionada na hipermodernidade pelos meios de comunicação a serviço de quem possui o poder econômico e ideológico. A Igreja não pode trair a sua identidade, que está no coração de Deus. Não podemos conceber de outro modo que não seja uma atitude de Fé. Quem não a tem não se sacrifica pelo que é de todos e precisa ser de cada um que compõe esta Igreja. Na atualidade esta espiritualidade eclesial tem seus fundamentos teológicos e comunitários no que São Paulo disse aos coríntios (12,1231). Ferir a comunhão eclesial, seja por negação da Verdade ou por atitudes contrárias a esta, é ferir o próprio corpo de Cristo. Percebemos problemas neste sentido e precisamos enfrentá-los. Podemos fazê-lo porque recebemos o Paráclito que é o nosso defensor (Jo 16,7). Para que a Igreja não seja vista pelo mundo como só mais uma instituição sem alma, devemos nos deixar conduzir por um profundo espírito de Fé. Por fim, não nos esqueçamos que acabamos de celebrar a festa de Pentecostes, que é a festa da Igreja. Agora temos a certeza que a Trindade mora no coração da Humanidade. A Igreja tem a missão de tornar isto credível, através do testemunho dos seus componentes. Quem não vive a comunhão, pela consagração à Verdade, não será Um com o Pai e com o Filho, pela ação do Espírito Santo. Assim o seja!

A Cidade do Natal fundada em 25 de dezembro de 1599 pelos portugueses, tem em suas ruas, edificações, lugares que guardam a herança dos colonizadores e nativos formadores do núcleo inicial da cidade. Encontramos neste cenário da urbe, bem ou mal conservado, "memórias" muito mais dos europeus, símbolos dos ibéricos, por outro lado quase não encontramos vestígios da presença dos índios potiguara, urge, então, construir ações de preservação da memória destes primeiros habitantes da terra Potiguar. O domínio Ibérico não ocorreu de forma pacífica, muitos foram os confrontos entre nativos e os europeus na luta pela ocupação do hoje Brasil. Duas civilizações, dois mundos, duas culturas, fazendo nascer um "mundo novo". O padre jesuíta, Pero Rodrigues, em uma carta datada de 19 de dezembro 1599, faz o seguinte relato: "Fez-se grande estrago neste gentio porque matarão os nossos muita gente em que entravão muitas crianças das quaes os padres batizarão algumas vinte e tantas que achavão ainda vivas com (cruéis) feridas, e logo acabavão, andando com água as costas vendo onde achaqvão crianças para morrer e assi foi Nosso Senhor servido, irem estas almas gozar de seu criador, do que alguns soldados honrados que neste ministério aiudavão e davão graças a Deus dizendo salvasse hum filho de hum selvagem e eu não sei que será de mym". (SALVADOR, 1965) Estes relatos ilustram a forma como ocorreu a dominação Ibérica das terras antes dominadas pelos Potiguara, como assinalou Darcy Ribeiro, em O Povo Brasileiro, os portugueses durante o processo de colonização do Brasil, construíram uma verdadeira máquina de moer gente. Este processo de dominação, não restringiu-se apenas ao extermínio físico das populações indígenas e sim a imposição de uma outra cultura forjada no continente europeu, os homens bons, capitães do mato, se perpetuam no tempo presente, seu modo de ver os índios quando olhamos ao nosso redor e não achamos monumentos representativos dos costumes, do saber fazer desses grupos humanos nascidos as margens do rio Potengi. A muito tempo sentimos a necessidade de erguer monumentos representativos dos grupos indígenas em terras potiguares. É bem verdade que a sede do Poder Executivo Municipal, na década de 1950, recebeu o nome de Felipe Camarão, uma justa homenagem ao maioral dos potiguara, líder da resistência a invasão holandesa, lutou ao lado dos portugueses. Em 7 de agosto de 2012, o Diário Oficial da União, publicou a Lei nª 12.701, inscrevendo o nome de Felipe Camarão no Livro dos Heróis da Pátria, antes o município de Natal já tinha consagrado o chefe dos potiguara Herói da cidade. Estas homenagens à figura de Felipe Camarão são fatos importantes na preservação da memória dos povos indígenas, agora caro leitor, precisamos avançar em uma política de preservação, não centralizada na imagem de um personagem, faz necessário erigir um memorial referente aos habitantes dessa terra, aqui vivendo antes, muito antes, da chegada dos povos europeus. O JORNAL DE HOJE recebe colaboração pelo correio (Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova - Natal-RN, CEP 59056-570), por fax (0xx84 32215058) e por e-mail: artigos@jornaldehoje.com.br. Pede-se que os textos sejam concisos e contenham nome completo, RG, CPF, endereço e telefone. O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de selecionar e publicar trechos.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Fernanda Souza Juliana Manzano EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Bruno Araujo EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Sexta-feira

Natal, 24 de maio de 2013

Heracles Dantas

Agnelo Alves relembra que Rosalba Ciarlini foi vaiada recentemente em Mossoró, enquanto Robinson Faria foi aclamado

O Jornal de HOJE 3

José Aldenir

Segundo pesquisa da Certus, Rosalba Ciarlini alcançou uma desaprovação de mais de 80% na Região Metropolitana de Natal

“Diante da desaprovação de Rosalba, vitória de Robinson não surpreende” DEPUTADO AGNELO ALVES ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O deputado estadual Agnelo Alves (PDT) afirmou na manhã desta sexta-feira que, diante da desaprovação da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), a vitória de Robinson Faria, atual vice-governador e presidente do PSD, num embate eleitoral direto entre ambos, não seria surpresa. Ainda segundo Agnelo, dois fatos públicos retratam este quadro: em Mossoró, num mesmo ambiente, enquanto Rosalba foi vaiada, Robinson passou aclamado. A pesquisa do Instituto Certus em parceria com O Jornal de Hoje revelou que se as eleições fossem hoje e os candidatos fossem Rosalba Ciarlini e Robinson Faria, o vice-governador venceria o pleito com 54% as intenções de voto con-

ANALISA PESQUISA

CERTUS/JH,

tra 17% da governadora. Não sou- de Natal e dos 63% em Mossoró. beram, não opinaram ou não res- Para Agnelo Alves, a desaprovaponderam somou 27% dos pesqui- ção de Rosalba não surpreende. sados. Neste quesi"A pesquisa to, a reprovação comete uma de Rosalba seria omissão que não responsável por “A pesquisa comete me autoriza, nem ela perder a eleiuma omissão que não me a ninguém, fazer ção, caso o canautoriza a fazer juízo de juízo de valor, didato fosse apesalvo se o pleito nas Robinson valor, salvo se o pleito for for entre RobinFaria, tanto em entre Robinson e Rosalba. son e Rosalba. Natal, quanto Neste caso, Rosalba não Neste caso, Roem Mossoró. No tem vez, o que não salba não tem caso de Mossosurpreende” vez, o que não ró, a situação é AGNELO ALVES surpreende", demais emblemáclarou Agnelo. tica, haja vista A pesquisa ser o berço políCertus/JH, realitico e principal zada entre os dias 16 e 19 de maio, base eleitoral da governadora Rocom 1.513 pessoas, revelou ainda salba Ciarlini, onde ela foi eleita que a desaprovação da governado- governadora, no pleito de 2010, ra atinge a casa dos 80% na Gran- com quase 90% dos votos válidos. Divulgação

Reunião com os membros do PSD e os do PT foi realizada nesta quinta-feira, na sede do Diretório Estadual petista

QUE APONTOU SUPERIORIDADE DO VICE- GOVERNADOR

QUADRO INCERTO dro é muito incerto", destacou o Para o professor do Departa- professor. mento de Ciências Sociais da UniNa avaliação de Spinelli, a versidade Fedeúnica conclusão ral do Rio Gransegura que se de do Norte, Anpode tirar da tonio Spinelli, pesquisa é que a “A recuperação dela é porém, o quadro governadora é remota. Se não se eleitoral do ano inviável enquanrecuperar, ela caminha que vem ainda to candidata. "O está muito incertempo não trabapara a inviabilidade da to e é preciso lha muito a própria candidatura. Diria aguardar algumas favor dela. Porque Rosalba teria até o definições para que já está no final do ano para reverter uma análise aproterceiro ano de alguma coisa” fundada. "Estagestão, e, porANTONIO SPINELLI mos muito distanto, do ponto tantes da eleição, de vista da gese a pesquisa daria tão, é muito difíum quadro mais cil uma recupereal se tivesse incluído outros pos- ração. Acho que essa é a única consíveis candidatos. Nenhum partido clusão mais segura, porque o cenáfez, até hoje, convenções para de- rio eleitoral não está definido", anafinir candidaturas, e por isso o qua- lisa Spinelli, reforçando que a po-

pulação não está focada neste debate. "A única certeza que a população tem é que esse governo não atendeu as expectativas, não cumpriu promessas e não está respondendo às necessidades do povo e do Estado. Porque este cenário não revela muita coisa". Ainda segundo Spinelli, a desaprovação de Rosalba torna a candidatura dela à reeleição praticamente inviável. "Ela poderia sofrer até um desgaste maior se fosse candidata do que se não se candidatar. A não ser que ela se recupere. A recuperação dela é remota, do ponto de vista administrativo. Se não se recuperar, ela caminha para a inviabilidade da própria candidatura. Diria que Rosalba teria até o final do ano para reverter alguma coisa. Se não faz isso, em ano eleitoral é praticamente impossível".

Robinson: “Formamos com PT, PDT, PSB e PCdoB um grupo de oposição” Os integrantes do Partido Social Democrático (PSD) no Rio Grande do Norte liderados pelo vice-governador Robinson Faria participaram nesta quinta-feira 23 de reunião com os líderes do Partido dos Trabalhadores (PT) no Estado. O encontro faz parte do ciclo de reuniões políticas iniciadas pelo PT com os partidos que formam o bloco de oposição ao governo do Estado que, além do PSD e PT, inclui o PSB, o PDT e o PCdoB. O grupo político do PSD foi convidado pelo PT para discutir

ações do governo federal no RN e iniciar diálogo da oposição para 2014. Para o vice-governador, o encontro foi importante para reforçar a união da oposição no Estado. "O PT é um grande parceiro do PSD nacionalmente e também aqui no Rio Grande do Norte. Formamos junto com o PT e os partidos PDT, PSB e PCdoB um grupo de oposição. Vamos continuar unidos por um projeto maior pelo Rio Grande do Norte", argumenta Robinson Faria. O grupo a que Robinson se re-

fere é formado por, além dele, vicegovernador, pelas lideranças políticas do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, da vice-prefeita e presidente do PSB, Wilma de Faria, da deputada federal Fátima Bezerra (PT) e do deputado estadual Fernando Mineiro (PT), da deputada federal Sandra Rosado (PSB) e dos deputados estaduais Márcia Maia (PSB0, Larissa Rosado (PSB), Gustavo Carvalho (PSB) e Tomba Farias (PSB), além do PC do B e outras legendas menores.

culdade inversamente proporcional à viabilidade eleitoral do candidato; quanto maior for a aceitação do candidato, menor a dificuldade para unir a oposição.

sição, pois ganhará consistência e palanque, longe de eventual isolamento partidário. O quadro hoje não revela que haja um adversário capaz de tomar a vaga de Fátima para o Senado. Amanhã, tudo pode mudar; mas hoje a irmã de Tetê é a mais forte candidata a uma vaga no céu sem precisar morrer.

valor seria reduzido ainda mais. Mas o prefeito se omitiu em relação ao que depende exclusivamente dele e que produziria uma redução no preço da passagem de ônibus em Natal.

Túlio Lemos tuliolemosjh@gmail.com

PESQUISA A pesquisa Certus/JH provocou diferentes reações. Mas de jornalistas remunerados pela máquina que chupam matérias seletivas foram as mais engraçadas. Como não podem desmentir os números por causa da seriedade do instituto, assumem militância política e questionam a ausência de nomes que já disseram que não são candidatos. Ou seja: O político diz que não é, mas eles querem que seja. Alguns chegam a publicar até boato de pesquisa, desde que seja em favor de sua conveniência. CONFRONTO O fato é um só: Haverá um confronto direto entre Governo e oposição. E hoje, nesse confronto, o Governo, representado por Rosalba Ciarlini, aparece com números assustadoramente baixos, perdendo para seu vice, Robinson Faria. Se o quadro vai ser esse na eleição, é

outra história. Porém, é possível que o cenário seja este. Afinal, a governadora deve ser candidata à reeleição, o que é natural; e o vice tenta viabilizar sua candidatura pela oposição. CONFRONTO II O Governo do Estado tem uma base de sustentação política com vários partidos e inúmeras lideranças. Havia estabelecido que o candidato 'mais fácil' para ser derrotado seria o vice-governador Robinson Faria. Aparece uma pesquisa em que o vice derrota a governadora num quadro perfeitamente possível de acontecer no cenário político do RN e o mundo cai; não sobre a situação da governadora; não sobre o desempenho do vice; cai sobre o confronto direto, como se este não pudesse ocorrer. Aí alguns simplesmente se negam a avaliar o quadro como ele está hoje, como se isso tivesse a força de mudar a realidade.

RECUPERAÇÃO A governadora Rosalba Ciarlini tenta recuperar a imagem de sua gestão e ganhar competitividade para ser candidata à reeleição, para evitar o fato inédito de Micarla de Sousa, cuja candidatura foi inviabilizada pelo desgaste administrativo. É possível que ocorra a recuperação? Ainda é possível, mas o tempo é o maior inimigo da Rosa. Ela tem feito um esforço grande para mudar o quadro, mas os números de desaprovação da gestão, mostram que a população já perdeu a esperança e a paciência. Reverter o quadro não é fácil. OPOSIÇÃO Pelo lado oposicionista, o grande trabalho de Robinson Faria é unir os partidos liderados por Wilma, Carlos Eduardo e Fátima Bezerra, em torno de um palanque único contra Rosalba. Difícil missão? Sim, mas com grau de difi-

CANDIDATURA A deputada federal Fátima Bezerra disse hoje, no Jornal 96, que deseja ser candidata ao Senado e coloca seu nome à disposição do PT. Foi extremamente verdadeira, se divorciando da tradicional falsidade que reina na classe política, que quer uma coisa e diz outra, num jogo de cena que tenta ludibriar o eleitor e fazê-lo pensar de forma até a 'pedir' para determinado político seja candidato aquele cargo que ele renega. SENADO A candidatura de Fátima Bezerra é viável do ponto de vista eleitoral; precisa se viabilizar no aspecto político e se consolidar como candidata do grupo de opo-

REDUÇÃO O prefeito Carlos Eduardo foi rápido no gatilho para mandar recalcular o valor da passagem de ônibus após o anúncio da redução do PIS e do COFINS, feitas pelo Governo Federal. Porém, ficou silente diante do pedido de seu próprio líder na Câmara, para reduzir o ISS, imposto municipal. REDUÇÃO II A redução dos impostos federais provocaria um preço de R$ 2,33 na passagem. Caso houvesse redução do ISS, certamente o

CHATEADO O senador José Agripino finge bem sua insatisfação, mas pessoas ligadas ao pai de Felipe, estão indignadas com a governadora Rosalba Ciarlini e seu nome discurso quase petista. CAVALO O deputado Agnelo Alves disse que o cavalo está selado, de banho tomado, pelo escovado, só esperando que Henrique ou Garibaldi montem para ganhar a eleição para governador. Um aliado de Carlos Eduardo não resistiu: "Agnelo não pode esquecer que esses dois cavaleiros montaram o cavalo de Hermano para derrotar o filho dele". A turma não perdoa.


Política

Natal, 24 de maio de 2013

4 O Jornal de HOJE

Sexta-feira

ASSECAN/Divulgação

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

Um nome que soma Prevaleceu o currículo de Luís Roberto Barroso, indicado para o Supremo Tribunal Federal. Ao optar por esse fluminense de Vassouras, a presidente da República ouvira opiniões de personalidades de sua agenda de consultas. Dilma Rousseff revelou a auxiliares, que se encarregaram de cochichar a jornalistas e políticos, a alegria pelos cumprimentos recebidos “pela feliz escolha”. n n n Será surpresa se Barroso – 55 anos de idade, mas muito saber jurídico – tiver dificuldades na sabatina, obrigatória, no colegiado técnico do Senado e, em seguida, na votação no plenário da Casa. Até a unção, o escolhido venceu concorrentes de mérito. Um deles, Luiz Edson Fachin, do Paraná, chegou à finalíssima na reunião, manhã de ontem, da Presidente com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. n n n Informações detalhadas a respeito do próximo togado o leitor vai encontrar no blogue do jurista. Endereço na rede mundial de computadores: http://www.luisrobertobarroso.com.br/inicial.html. n n n Pós-escrito: É provável que o futuro ministro participe da análise dos embargos de declaração do batizado Mensalão. Isso porque o presidente da STF, Joaquim Barbosa, adiou para agosto essa etapa do julgamento.

A tesoura cruel

O governo central prejudica estados e municípios. Na reprogramação de seu orçamento cortou R$ 20,3 bilhões de transferências às unidades federativas. n n n Efeito: agravamento da crise financeira nas pequenas cidades, já atingidas pelo comprometimento da receita ao longo dos últimos anos. Divulgação

Jornalista Joaquim Pinheiro recebeu a homenagem ao lado de autoridades potiguares, como o ministro da Previdência, Garibaldi Filho e a vice-prefeita Wilma de Faria

Joaquim Pinheiro recebe título de cidadão natalense JORNALISTA DO JORNAL DE HOJE RECEBEU HOMENAGEM NA CÂMARA MUNICIPAL A Câmara Municipal de Natal realizou nesta quinta-feira (23) uma sessão solene em homenagem ao jornalista Joaquim Tavares Pinheiro. O Projeto de Lei é de autoria do ex-vereador Ney Lopes Júnior. Na ocasião, foi realizada a entrega do Título de Cidadão Natalense ao homenageado pelo vereador Aquino Neto (PV), proponente da sessão. A iniciativa contou com a participação do ministro da Previdência Social do Brasil, Garibaldi Alves Filho, da vice-prefeita de Natal Wilma de Faria, do assessor de Comunicação Social do Governo do Estado do RN, Edilson

Braga, dos deputados estaduais Walter Alves (PMDB) e Hermano Morais (PMDB), além de jornalistas, profissionais da imprensa, artistas populares e personalidades dedicadas à cultura da capital potiguar. O presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Albert Dickson (PP), falou sobre a importância da homenagem. "O jornalista Joaquim Pinheiro construiu uma carreira profissional pautada na ética e responsabilidade fazendo jus ao título de cidadania que concedemos nesta noite", destacou Albert Dickson, que presidiu a sessão solene. "É uma grande satisfação rece-

ber representantes de todos os segmentos da nossa sociedade no plenário desta Casa que vieram prestigiar o nosso amigo Joaquim Pinheiro", afirmou o vereador Aquino Neto. "A cultura do Rio Grande do Norte agradece aos inestimáveis serviços prestados pelo nosso homenageado". Ney Lopes Júnior disse que o trabalho de Joaquim Pinheiro enobrece o Jornalismo. "O povo de Natal está orgulhoso em ter como conterrâneo um cidadão que escolheu o caminho da integridade", concluiu. Joaquim Pinheiro agradeceu a todos pela homenagem. "Muito obrigado por este momento tão es-

pecial. Espero honrar este título que vocês me concederam com tanto carinho e apreço", declarou emocionado. Também participaram da solenidade os vereadores Ubaldo Fernandes (PMDB), Chagas Catarino (PP), Felipe Alves (PMDB), Bispo Francisco (PSB), Fernando Lucena (PT), Dagô (DEM), Ary Gomes (PP), Hugo Manso (PT), George Câmara (PC do B), Júlia Arruda (PSB), Adão Eridan (PR), Eleika Bezerra (PSDC), Júlio Protásio (PSB), Franklin Capistrano (PSB), Paulinho Freire (PP), Júnior Grafith (PRB), Aroldo Alves (PSDB), Jacó Jácome (PMN) e Dickson Nasser Júnior (PSDB).

> NOVO HOTEL LADEIRA DO SOL

Empresário acusa Prefeitura de Natal Divisão é real

Eduardo Campos (foto) será candidato ao Palácio do Planalto. Diz Fernando Henrique Cardoso que foi o pernambucano quem lhe confirmou o propósito. O ex-presidente considera importante a participação de Campos no embate, porque garante o segundo turno na eleição presidencial. n n n Apesar de dirigente máximo do PSB, há resistências na legenda ao projeto federal de Eduardo Campos para o próximo ano. A dissidência, iniciada por Cid Gomes (CE), amplia-se com a adesão de dois outros governadores: Renato Casagrande (ES) e Camilo Capiberibe (AP). O trio apoia a recandidatura de Dilma Rousseff, a não ser que a imponderabilidade dê o ar de sua graça. n n n Com o governador Campos estão os colegas dele da Paraíba (Ricardo Coutinho) e do Piauí (Wilson Martins).

LEITURA DINÂMICA t O senador Lindberg Fa-

rias (PT) persiste na candidatura a governador do Rio de Janeiro. Não acredita que a sapa do PMDB fluminense envolva “companheiros do meu partido”. Farias confia na cobertura de Lula da Silva, chefe supremo do petismo. t Fique atento às amizades do seu filho. O companheiro da balada pode ser um agente do tráfico de drogas. t Michel Temer foi o intermediário de Dilma Rousseff na mensagem a Henrique Eduardo Alves, presidente da Câmara: impedir a criação da CPI da Petrobras. O pedido para constituir a comissão foi subscrito por 51 deputados do PMDB. Contabilidade de ontem. t Contra a demarcação de terras indígenas e de quilombolas, a Frente Parlamentar da Agropecuária dispõe-se a fazer protesto radical. Pretende interromper, dia 14 de junho, o tráfego de veículos nas rodovias federais. Duas centenas de deputados e senadores integram o forte colegiado.

t Quem acompanhou a articulação do ministro Guido Mantega com os governadores dos grandes estados percebia que não haveria mudança na política de cobrança do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). t Grupo de amigos de José Serra patrocina pesquisa nacional para saber em que posição o ex-governador de São Paulo estaria se fosse candidato à Presidência da República. t O PSDC realiza às l8 de hoje, em Rio Branco (AC), a Marcha da Inconformidade. É a primeira de uma série nacional contra a leniência do governo “diante de problemas que se perpetuam”. O presidente da seção do Rio Grande do Norte é o advogado Joanilson de Paula Rêgo. Em Natal, a social-democracia cristã tem uma atuante vereadora: Eleika Bezerra. t Para refletir: “Às vezes, as coisas boas desmoronam para coisas melhores acontecerem” (Marilyn Monroe, atriz estadunidense).

O diretor-presidente da A. Azevedo Hotéis e Turismo, empresário Haroldo Azevedo, criticou na manhã desta sexta-feira o despacho dado em processo que tramita nas secretárias de Saúde e de Educação da Prefeitura de Natal com objetivo de contratar imóveis para servirem de sede para as duas secretarias. Dono do Novo Hotel Ladeira do Sol, atual sede das secretarias de Saúde e Educação, ele acredita que estaria sendo discriminado por uma tentativa da Prefeitura de evitar a permanência das secretarias no prédio. Tal discriminação, segundo Haroldo Azevedo, foi constatada num despacho que consta do processo de chamamento público, no qual a chefe de Projetos, Regina Guanabara, restringe a concorrência em desfavor do Novo Hotel, afirmando que o bairro de Petrópolis não tem segurança pública nem linhas de transporte urbano suficientes. Além disso, o despacho insinua supostos problemas com o estacionamento do local, afirmando que faltariam vagas quando, em verdade, os prédios que abrigam hoje as duas secretarias possuem 162 vagas. Haroldo se defende afirmando que não pode ser prejudicado por falhas nos deveres do Estado. "Desde quando um locatário de um prédio tem poder de policia para dar segurança pública ao bairro? Isso é dever do Estado. Nossos pré-

dios estão localizados próximos ao Tribunal de Contas do Estado, e dos Hospitais Onofre Lopes da UFRN, Ruy Pereira e Médico Cirúrgico e é bem servido por linhas de ônibus", rebate Azevedo. Além disso, segundo Haroldo Azevedo, os prédios do Novo Hotel "são um dos poucos da capital dotados de acessibilidade para portadores de necessidades especiais, exigidas pela legislação vigente", fato este que viria sendo minimizado no processo de discriminação e possível favorecimento a outro imóvel. DEPRECIAÇÃO Lembrando que a Secretaria de Saúde publicou também Edital de Chamada Púbica no Diário Oficial de 30 de abril passado, Haroldo afirma que "o citado aviso contém graves erros, um dos quais no item 2.5, que contém de forma desleal e injustificada referência depreciativa infundada às atuais instalações que abriga a Secretaria de Saúde". Ele afirma que tal referência motivou a sua empresa a anexar à proposta uma "Carta de Repúdio e Protesto", com pedido de retratação, da presidente da Comissão Permanente de Licitação (CPL), Maria do Céu Mendes. Além disso, de acordo com o empresário, "durante a audiência de entrega das propostas, ocorreram gravíssimos equívocos, facilmente comprovados na Ata de Abertura da Chama-

da, quando foram aceitas propostas ferindo os termos do Edital", denuncia. Todas essas informações são reforçadas, segundo o empresário, por comentários recorrentes no setor imobiliário da cidade, dando conta de que as irregularidades no processo de chamamento visariam impedir a renovação do contrato dos prédios do ex-Hotel Ladeira do Sol e beneficiar um prédio no centro da cidade, que, segundo profissionais do mercado imobiliário, não preencheriam condições técnicas, construtivas e de seguran-

ça. Haroldo Azevedo declarou ainda que "vença a melhor proposta, a que oferecer as melhores condições, sem interferências politicas, pessoais ou ideológicas". Haroldo Azevedo finaliza destacando a secretária Justina Iva que, na sua avaliação, é reconhecidamente uma gestora competente, experiente, mas que deve ficar atenta ao que está acontecendo na sua pasta. "Bem como o prefeito Carlos Eduardo Alves, que tem marcado seu inicio de gestão pela vontade de acertar", afirmou.


Política

Sexta-feira

Natal, 24 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 5

Fernando Mineiro: “O PMDB é o balão de oxigênio do Governo Rosalba Ciarlini” PETISTA AFIRMA QUE PARTIDO DE HENRIQUE ALVES E GARIBALDI FILHO ESTÁ FORA DA UNIÃO ENTRE OS OPOSICIONISTAS O PMDB não está nos planos da oposição, mesmo com a perspectiva de rompimento com o Governo do Estado e com o fato do partido ser, nacionalmente, o principal aliado do PT, que lidera o grupo dos oposicionistas no Estado. Quem afirma é o deputado estadual Fernando Mineiro, do PT. Segundo ele, com a reunião realizada nesta segundafeira, com o PSD, os petistas encerraram essa que foi a primeira rodada de discussão com os oposicionistas. "O PMDB é situação, é aliado do Governo. Hoje, o PMDB está fora. É o balão de oxigênio do Governo do Estado", afirmou Fernando Mineiro, em contato com O Jornal de Hoje pela manhã, desconsiderando as recentes possibilidades de rompimento do PMDB com o Governo do Estado, que tem sido defendida, incluive, por alguns membros peemedebistas. Além disso, Mineiro ressaltou que o PT já se reuniu com a oposição do RN, formada por PSD, PSB, PC do B e PDT. "Nós con-

cluímos essa rodada com os partidos de oposição no RN. Agora, vamos começar a discutir um projeto para a oposição para que seja levado à população. Pedimos a todos os partidos que façam o mesmo, que façam um projeto que seja uma opção a gestão Rosalba Ciarlini", acrescentou. Com relação especificamente a reunião com o PSD, a informação que se tem é que Robinson Faria, vice-governador e líder do partido no RN, cobrou mais união da oposição. Ele, que foi o único oposicionista que até o momento anunciou pré-candidatura ao Governo do Estado, também busca o apoio do PT, do PSB e do PDT ao seu nome para o próximo ano. Para Mineiro, apesar de ser importante que a oposição caminhe unida para o próximo ano, esse não é o momento de discutir nomes. "O PT não está discutindo nomes no momento, está querendo discutir o projeto, porque é muito mais importante. É legítimo que os outros partidos tenham seus nomes, já lançados, mas não é o caso do PT", afir-

Wellington Rocha

Mineiro: “PT não está discutindo nomes no momento, está querendo discutir o projeto, porque é muito mais importante” mou o deputado estadual, que é citado como um nome "forte"

para uma chapa de vice-governador, mas considera cedo falar

nessa possibilidade. Do mesmo jeito, a deputada

federal petista Fátima Bezerra, que também participou do encontro e é apontada como integrante de uma eventual chapa, como candidata a senadora, disse que o importante primeiro era discutir a união, e não os nomes. Até mesmo porque apesar dela confirmar que tem interesse em disputar o Senado, o PT ainda aguarda um posicionamento do PSB, com quem já teria acertado um acordo de pré-aliança na reunião ocorrida na semana passada. E o Partido Socialista Brasileiro tem no seu quadro a ex-governadora e atual vice-prefeita Wilma de Faria, que pode tanto disputar o Senado, quanto o Governo e a Câmara Federal. A reunião contou com a participação do PSD através dos deputados estaduais Gesane Marinho e José Dias, do deputado federal Fábio Faria e dos prefeitos de Touros, Ney Leite; de Tibau, Naldinho; de Antonio Martins, José Júlio; de São Paulo do Potengi, Naldinho e ainda dos prefeitos de Jardim de Piranhas, Elídio Queiroz e do prefeito de Várzea, Getúlio Ribeiro.

> POR MEIO DE DECRETO LEGISLATIVO

Líder do prefeito crítica anulação do aumento da passagem A Prefeitura de Natal pode até não estar certa moralmente, mas com certeza está correta no aspecto legal. Quem garante é o vereador Júlio Protásio, do PSB, que em pronunciamento na Câmara Municipal nesta quinta-feira, criticou o trabalho do colega do PT, Fernando Lucena, que recolhe assinaturas para propor a tramitação em regime de urgência de uma proposta de decreto legislativo que anula o aumento da passagem de ônibus até que seja feito o processo licitatório para o transporte público em Natal. Segundo Fernando Lucena, o decreto legislativo se baseia em duas irregularidades principais ocorridas durante o aumento da passagem: o fato da autorização para o reajuste não ter sido feita pelo prefeito Carlos Eduardo Alves, e sim pela secretária Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), Elequicina Santos; e a ausência de discussão antes da autorização para as empresas ter sido confirmada.

José Aldenir

José Aldenir

Lucena propõe novo decreto legislativo semelhante ao de Júlio no ano passado...

... Mas o líder do prefeito na Câmara Municipal afirma agora que a proposta é ilegal

Segundo Júlio Protásio, líder da bancada do prefeito Carlos Eduardo Alves na Câmara Municipal de Natal, não existe na Lei Orgânica do município nada que determine que o aumento só possa ser concedido pelo

mentos para conseguir aprovar na Câmara um decreto legislativo que anulou o aumento das passagens (também autorizando a elevação para R$ 2,40), durante a gestão Micarla de Sousa.

prefeito. "É privativo ao Município de Natal regular o transporte público. Não diz que é privativo ao prefeito, mas sim ao governo", afirmou Júlio Protásio que, segundo Lucena, usou exatamente esses dois argu-

"Este projeto de decreto legislativo, no ponto de vista do Governo está calcado na ilegalidade, diferente do projeto de decreto da Câmara no ano passado, que foi calcado na falta de transparência pela prefeita

Micarla de Sousa", afirmou Júlio Protásio, acrescentando que todos os vereadores que assinarem essa proposta deveriam "ter cuidado e cautela". "Aconselho que tirem a assinatura por prudência", ressaltou. É importante lembrar que esse pronunciamento de Júlio Protásio foi feito durante a discussão de um projeto do vereador Júnior Grafith, do PRB, que nada tinha a ver com a discussão sobre as passagens. Por isso, gerou críticas de outros parlamentares, como Marcos Antônio, do PSOL. "O senhor quer ser regimentalista, então vamos ser. Não pode usar um projeto que tem um tema para discutir outro completamente diferente", afirmou Marcos, ouvindo de Júlio Protásio que "se você me mostrar o artigo que está isso". "Não, não vou mostrar artigo, porque não tenho habito de discutir artigo, versículo", respondeu o vereador do PSOL, que voltou a ser alvo do ataque do pessebista. "Você está artigo um novo artigo, é isso?"

Lucena questiona: “Quem votou em Elequicina para prefeita?” Depois do discurso de Júlio Protásio contra a anulação do reajuste, Lucena pediu a palavra para comentar as declarações do líder do prefeito. Defendeu os aspectos de sua proposta de decreto legislativo e afirmou que o prefeito, na verdade, evitou assinar o decreto para não ter problemas de desaprovação política mais na frente.

"O prefeito está escamoteando, está fugindo da raia, porque desgasta, e está mandando a dona Elequicina, que ninguém sabe nem que é no jogo do bicho", afirmou Lucena, questionando em seguida: "quem votou em Elequicina para prefeito?" Uma vez que, para ele, o aumento só poderia ter sido consentido pelo chefe do executivo

municipal, por meio de decreto, e não pela secretária da Semob, através de uma portaria. O vereador do PT também afirmou que não houve debate ou transparência no processo de aumento da passagem. "Só teve a aprovação do conselho do usuário que de usuário não tem coisa nenhuma. Porque o mais pobre que

tem lá anda de Pajero", acrescentou, afirmando que "quem quiser retirar (a assinatura), pois retire, mas eu vou dizer quem retirou e o porquê". Contudo, ao final, Júlio Protásio falou de novo. E aproveitou para dizer que aqueles vereadores que foram contrários ao requerimento dele, que solicitava à

Prefeitura de Natal e ao Governo do Estado a redução de imposto para conseguir a redução da passagem. "O PT (da Câmara) foi contra o meu requerimento, mas a presidente Dilma concorda", afirmou ele, se referindo ao fato de Dilma Rousseff ter decretado nesta quinta a redução do PIS e Cofins para diminuir a passagem

- leia mais sobre essa redução na página 9. De qualquer forma, vale lembrar que além dos vereadores do PT, quem foi contrário ao requerimento foi o próprio prefeito Carlos Eduardo Alves, que o vetou no âmbito municipal devido à necessidade da gestão de arrecadar recursos com impostos.

> TRANSITADO EM JULGADO

STF confirma condenação e ex-prefeito de Macau pode ser preso Agora é oficial. O processo contra o ex-prefeito de Macau, Flávio Veras, do PMDB, transitou em julgado. A confirmação foi feita pelo Supremo Tribunal Federal (STF), no último dia 20. Agora, fica faltando apenas a comunicação da decisão ao Superior Tribunal Eleitoral (TSE) para haver o cumprimento dela, ou seja, possivelmente, a prisão do ex-gestor macauense por compra de voto. Em abril, diante da recusa do STF em julgar o caso e a determinação de que o processo voltasse ao tribunal de origem, O Jornal de Hoje já havia noticiado que o exprefeito poderia ser preso pelo crime eleitoral. Contudo, faltava, para isso, justamente, a confirmação do transito em julgado do processo. "O plenário desta Corte firmou o entendimento de que não cabe recurso ou reclamação ao Supremo Tribunal Federal parar rever decisão do Tribunal de origem que aplica a sistemática da repercussão geral, a menos que haja negativa

motivada do juiz em se retratar para seguir a decisão da Suprema Corte", afirmou o ministro, em despacho publicado no final de abril no processo eletrônico no STF. "Diante do exposto, não conheço do agravo e determino a devolução dos autos ao Tribunal de origem a fim de que lá seja apreciado como agravo interno", acrescentou Teori Zavascki. De qualquer forma, é importante ressaltar que Flávio Veras foi condenado junto a mulher, Erineide dos Santos Silva Veras, por compra de votos ainda durante a campanha eleitoral de 2004 em Macau. Em 2005, o casal foi condenado por compra de voto, tendo sido a maior pena para o, agora, exprefeito, condenado a três anos e oito meses de prisão e multa de R$ 10,4 mil. Na época, Flávio Veras foi cassado, perdeu o mandato, mas recorreu, conseguiu se candidatar novamente, venceu e ficou até o final do segundo mandato evitando a condenação - apesar de ser derro-

Heracles Dantas

Flávio foi condenado a três anos e oito meses de prisão e multa de R$ 10,4 mil tado em todas as instâncias possíveis. Para se ter uma ideia, quando recorreu ao STF, em junho do ano passado, Flávio Veras já tinha visto a condenação de 2005 ser confirmada no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (duas vezes) e o TSE (três vezes). "Proferida essa decisão, ele está inelegível porque o TSE já é um

órgão de colegiado e pode ser preso quando ocorrer o trânsito em julgado dela, no caso, quando ela passar pelo STF", explicou, na época, o mestre em Direito Eleitoral e doutor em Direito Constitucional, Erick Pereira. Nesse período em 2012, Flávio Veras tinha perdido o agravo regimental no Recurso Especial Elei-

toral, que foi uma possibilidade utilizada pelo condenado para tentar reverter, no mesmo órgão, uma condenação anterior. A ementa da análise no TSE apontou: "Prescrição da pretensão punitiva não configurada. Agravo regimental cujas razões são insuficientes para infirmar a decisão agravada, proferida nos termos da jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Súmula 182 do Superior Tribunal de Justiça Agravo ao qual se nega provimento". No agravo regimental de Flávio e Erineide Veras tentou reverter uma decisão da relatora Cármen Lúcia, de maio de 2011, por compra de votos entre agosto e outubro de 2004 - quando o prefeito foi eleito pela primeira vez nos quase oito anos que está como gestor municipal em Macau. Como a decisão foi mantida por unanimidade no TSE, Flávio Veras seguiu condenado à prisão junto à mulher, Erineide Veras, que teve uma pena de um ano e dois meses de prisão e multa de R$ 6.500,00.

A decisão de Cármen Lúcia em 2011 arquivou o recurso de Flávio Veras que pedia a improcedência da denúncia apresentada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) que levou à condenação criminal e aplicação de multa a ele e a mulher, Erineide Veras. Além disso, o casal pedia a desconstituição do julgamento no Tribunal Regional Eleitoral, para a inclusão na denúncia dos nomes dos eleitores que teriam negociado seus votos. Ou ainda a substituição da pena de reclusão por restritiva de direito, a redução das punições ou a suspensão condicional do processo. MÁSCARA NEGRA É necessário ressaltar que o exprefeito de Macau não é apontado apenas por envolvimento em situações irregularidades no aspecto político. No administrativo, ele é apontado pelo Ministério Público do RN como um dos líderes da Operação Máscara Negra, que apontou superfaturamento em contratos de shows e festas no interior do Estado.


6 O Jornal de HOJE

Natal, 24 de maio de 2013

Cidade

Sexta-feira

Descumprimento de lei pelo Governo pode levar professores à nova greve

> PREVENÇÃO

SINTE EXIGE QUE ESTADO CUMPRA DETERMINAÇÃO JUDICIAL E PAGUE HORAS EXTRAS Natal pode chegar a presenciar duas greves de uma única vez na educação. Com os professores da rede municipal já paralisando as atividades por falta de reajuste salarial, agora o Sindicatos dos Trabalhadores em Educação (Sinte-RN) busca meios de garantir os direitos dos profissionais da rede estadual. A categoria não descarta a possibilidade de greve, caso o Governo do Estado continue descumprindo a lei 11.738/2008 que regulamenta a jornada de trabalho. Conforme dita o decreto, na composição da jornada de trabalho dos docentes, 2/3 da carga horária devem ser reservadas para desempenho das atividades presenciais com os alunos. O restante das horas é para planejamento pedagógico, formação profissional e atividade extraclasse. Entretanto, segundo o sindicato, desde o ano da publicação da lei que o Governo do Estado descumpre o pagamento de um terço da hora atividade. As atividades extraclasses englobam correção de provas, preparação de aulas, reciclagem e outras modalidades laborais dos educadores, fora da sala de aula, mas que não estão sendo cumpridas com exatidão. A ordem de pagamento das quatro horas extras trabalhadas, retroativa a 2008, é uma decisão do desembargador Claudio Santos, em caráter liminar. José Teixeira, que integra a equipe de coordenação do Sinte, conta que, mesmo sob ordem ju-

Wellington Rocha

Segundo a secretária de Educação, Betania Ramalho, a Procuradoria Geral recorreu da decisão ao STF e aguarda decisão dicial, a governadora se nega a pagar o direito dos trabalhadores. "Nós já protocolamos uma reclamação junto ao Ministério Público, solicitando a investigação do descumprimento da decisão judicial. Fomos à Justiça uma vez, ganhamos a causa em caráter liminar, mas o governo se esconde", afirmou. De acordo com Teixeira, o Estado alega problemas burocráticos e "dificuldade para saber as horas/aula dadas por cada professor da rede". "A última resposta que tivemos foi que a decisão da Justiça seria cumprida a partir de junho. Esperaremos até o perío-

do informado e convocaremos a categoria, no mesmo mês, para fazermos uma avaliação. Se o caminho mais viável para conseguirmos os direitos dos professores for a greve, certamente não evitaremos de utilizar esse instrumento", disse. Em contato com O Jornal de Hoje, a secretária de Estado da Educação (Seec), Betânia Ramalho, disse que a Procuradoria Geral do Estado recorreu da liminar ao Supremo Tribunal Federal e está aguardando uma decisão oficial. "Claro que o sindicato continuará pressionando o Governo, mas todas as ações que têm

impacto financeiro ao Estado - ou infringem as normas estabelecidas - temos por obrigação recorrer. Até agora, o que sabemos é que esse assunto não está mais no âmbito da educação. O procurador geral do Estado, Miguel Josino, também falou à reportagem, alegando que "não há obrigatoriedade no pagamento dessa jornada". "O Supremo Tribunal Federal já suspendeu uma decisão com os mesmos questionamentos relativos ao Estado de São Paulo e a orientação que temos, todos os procuradores do país, é de também recorrer ao STF", afirmou.

> CULTURA POPULAR

Duas gerações de violeiros prestam homenagem a jornalista d'O Jornal de Hoje Fábio Ewerton

CONRADO CARLOS CCPSILVA@HOTMAIL.COM

Em virtude da homenagem prestada pela Câmara Municipal de Natal ao jornalista d'O Jornal de Hoje, Joaquim Pinheiro, realizada na noite de ontem (23), duas gerações de cantadores populares se reuniram para mostrar o vigor de um gênero tradicional nordestino, diante da massificação e do alto consumo de culturas estrangeiras. Mais de cinco décadas separam o poeta paraibano de nascimento e cearense por adoção, Pedro Bandeira, do potiguar Helânio Moreira. Tempo em que alterações no formato da cantoria geraram mais de 80 subgêneros, como o quadrão perguntado, boi da cajarana e o rojão pernambucano. Ao tomar emprestado temas típicos do homem do campo, ambos os poetas percorrem a história da região mítica por onde o Brasil começou. Pedro Bandeira, 75 anos, mora em Juazeiro do Norte, terra natal do Padre Cícero e, por conseqüência, um dos centros religiosos do país. Com 13 livros publicados, mais de mil cordéis, três mil poesias escritas e participação em mais de 40 filmes e documentários, ele também tem no currículo uma apresentação diante do Papa João Paulo II, durante a turnê brasileira do pontífice em 1980. Em Fortaleza, 'João de Deus' tocou na cabeça 'O Príncipe do Cariri', ato lembrado até hoje: "Posso dizer que cantei para um santo". O episódio rendeu um poema declamado com empolgação: "Porque eu derramei pranto/a morte ceifou a vida/mas uma coisa eu garanto/a terra perdeu um gênio, mas Deus recebeu um santo". Vinte e cinco anos depois, o advogado de formação tocou em um evento promovido pela Rede Globo em homenagem à morte do Papa. Desde os seis anos, Pedro Bandeira despertou para rimas e a métrica que envolve a poesia. Aberto às influências que surgem da aridez do Sertão, costuma utilizar temáticas que vão de decepções amorosas à crítica social. "Natal é a capital que mais gosta de cantoria. Já toquei para mais de 10 mil pessoas em um festival em São Paulo, mas é aqui onde vejo maior interesse das pessoas. Isso em uma capital. Porque no interior é diferente". A empolgação com a Cidade do Sol foi completada em 2009, após receber o título de Cidadão Natalense - propositura do vereador Aquino Neto. Convidado

Pedro Bandeira e Helânio Moreira mostram que gênero está ativo como uma das principais expressões culturais nordestinas por Joaquim Pinheiro, ele passou uma noite inteira para compor um poema alusivo à história do jornalista. "Participar desse evento foi uma das emoções mais fortes que tive. Por tudo que Pinheiro representa, me senti na obrigação de homenageá-lo". Poeta e jornalista matuto, cujas origens remontam imagens do clima e solo ressecado, animais esquálidos e vegetação rasteira. "A ação humana é minha maior inspiração, mas tiro muita ideia da natureza também". Para Pedro Bandeira, a falta de interesse dos governantes em conhecer uma cultura própria, nativa, valiosa como patrimônio histórico-cultural, faz com que a cantoria, o repente, a poesia de cordel e demais segmentos artísticos surgidos no Nordeste tenham pouco apelo junto aos jovens. "Eles não sabem a grandiosidade de um cantador, de um repentista. Existe uma mensagem séria sendo levada para todo canto por gerações de violeiros". "Pedro conseguiu juntar o interior e a capital que sempre existiu em minha vida. Ele contou tudo o que eu gosto de uma forma que ficou uma obra prima", fala um agradecido Pinheiro, com o poema emoldurado, pronto para ser colocado na parede de sua casa. Com quase 60 anos de vida profissional, o poeta do Juazeiro justifica a alcunha de ser um dos maiores nomes da cantoria nacional. Convites para shows e participações em álbuns de outros artistas garantem rendimento sufi-

ciente para ele ter na atividade seu único ganha pão. "Talvez eu esteja na melhor época de minha vida. Um dia desses, eu fui convidado para um documentário que revisa a vida de Padre Cícero", diz o admirador de outro mito nordestino, o Rei do Baião, Luiz Gonzaga, com quem conviveu. "Era uma pessoa maravilhosa". O olhar atento na conversa com Pedro Bandeira denotava o interesse de Helânio Moreira. Natural de Serra de São Bento, o jovem de 22 anos despertou para a música através de um programa de rádio chamado Poesia, Verso e Viola, da rádio Serrana de Araruna, na Paraíba. "Foi ali que ouvi a capacidade de fazer improviso que é a base da cantoria". Estudante do curso de Letras da Universidade Estadual da Paraíba, o norte-riograndense tem "quatro ou cinco composição" para seu primeiro disco. "Até o final do ano terei tudo pronto. Havia um preconceito grande com o poeta popular, que começou a falar da vida dele no sítio, no Sertão. Mas isso mudou ao ganharmos os grandes centros. Antes eram, para muita gente, só dois velhos tocando por aí". Sem poemas de homenagem, mas com palavras de reconhecimento pelo interesse e apoio que recebe de Joaquim Pinheiro, ele comemora a possibilidade de divulgar o trabalho por meios virtuais. "Hoje a internet mudou a vida do cantador popular. Temos Facebook, Youtube e outros canais onde somos vistos por todo mundo. Por isso, também

cresceu a chance de alguém viver exclusivamente da cantoria, o que era difícil antigamente". Segundo Helânio, a seca dos últimos dois anos causou uma febre de rimas feitas sobre a tragédia climática e ambiental. "Todos os cantadores fizeram um relato". Mas, ainda que as novas tecnologias ampliem o leque de oportunidades, a falta de incentivo no Rio Grande do Norte provoca o sonho de cruzar fronteiras estaduais. "Planejo sair daqui. Eu tenho onde me apresentar quase toda a semana, mas mais na Paraíba, em Pernambuco e no Ceará. Começar do zero no RN é muito complicado". Arte feita por autodidatas, a cantoria popular explora metáforas como espinha dorsal de letras que costumam tratar o amor com irreverência e honestidade. "Nossa escola é o roçado, é a conversa no pé da serra. Do convívio com outros cantadores é que fiquei sabendo dos vários gêneros que existem, dos temas diversos. É uma história muito rica para ser tratada como aquela música feita por e apenas para matutos". Munido de banners e uma viola fabricada no Cariri Paraibano, "custa uns R$1.300", Helânio gostou de fazer parte de uma reverência prestada pela Câmara Municipal a um dos principais repórteres políticos do Estado. "Precisamos de mais pessoas como Pinheiro que apóiam nosso trabalho, que se interessam em divulgar toda uma cultura que existe no Interior".

Moradores e estudantes de Nova Descoberta participam de caminhada de combate à Dengue Na manhã desta sexta-feira (24), moradores e estudantes do bairro de Nova Descoberta se uniram aos profissionais do Distrito Sanitário Sul e agentes de endemias, em uma grande caminhada educativa de prevenção e combate à dengue, que percorreu diversas ruas do bairro. Cerca de 150 pessoas participaram da mobilização, entregando panfletos informativos sobre os cuidados que devem ser tomados para evitar a proliferação e formação de focos do mosquito Aedes aegypti. A caminhada faz parte do projeto 'Mãos em ação! Unidas contra a Dengue', idealizado pelos supervisores e agentes de controle de endemias do Distrito Sanitário Sul. Esta é a primeira das diversas ações que serão desenvolvidas nas próximas semanas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através dos Distritos Sanitários em todas as regiões do município. Estudantes da Escola Municipal Professor Ulisses de Góis, das estaduais, Presidente Café Filho e Hegésippo Reis, e das escolas privadas Potencial e Cardoso, levaram faixas e cartazes alertando a população sobre os perigos da doença. De acordo com a diretora do Distrito Sanitário Sul, Lúcia Rêgo, o número de casos notificados de dengue reduziu, mas ainda assim, o combate deve ser contínuo. "Tivemos uma redução no número de casos, em relação ao mesmo período do ano passado. Mesmo assim, estamos preocupados em conscientizar a comunidade, pois o combate à dengue deve ser feito em conjunto entre o poder público e a população. Vamos levar essas mobilizações para todos os Distritos, pois é uma questão educativa e queremos que as pessoas adotem essa cultura como uma ação cotidiana e não apenas quando a dengue atingir o ápice". Segundo a professora Alcione Fonseca, da Escola Municipal Ulisses de Góis, os alunos foram preparados e ensinados sobre o tema para participarem da caminhada, conscientes de

sua importância. "Nós, enquanto professores, temos a preocupação de conscientizar os alunos sobre os problemas sociais, e a dengue é um desses problemas que causa muitos danos à população. Trabalhamos durante toda essa semana o tema, desenvolvendo miniprojetos com exibição de vídeos, trabalhos e depoimentos, para os alunos ficarem inteirados do assunto e participarem da caminhada entendendo a verdadeira motivação. Não basta conscientizá-los, mas sim sensibilizá-los para que entendam sua obrigação como cidadãos no combate à dengue", disse. O trabalho com os alunos parece ter surtido bons resultados, pois as crianças 'vestiram a camisa' com o objetivo de passar sua mensagem à população, como disse Giovana da Costa, de oito anos. "Quero ensinar as pessoas a não jogarem lixo nas ruas, pois qualquer copinho pode acumular água e o mosquito da dengue pode se reproduzir. A dengue é uma coisa ruim e todo mundo tem que prestar atenção para evitar esse problema", disse. No ano de 2012, foram notificados no período de 6 a 12 de maio, 721 casos de dengue. Em 2013, no mesmo período, a SMS notificou 170 casos, sendo a maioria do bairro Lagoa Nova. De acordo com o secretário Municipal de Saúde, Cipriano Maia, que também participou da caminhada, mesmo com o número de casos reduzindo, todos devem permanecer em alerta. "O Poder Público está fazendo sua parte, realizando limpeza em terrenos baldios, retirando o lixo e fazendo a limpeza das galerias para evitar a formação de focos do mosquito transmissor da dengue. Mas se a população também não colaborar, esse combate será difícil. A incidência não é tão grande quanto no ano passado, mas ainda assim, não podemos relaxar, pois estamos entrando no período chuvoso, e chuva e calor é tudo que o mosquito quer", afirmou.


Economia

Sexta-feira

Natal, 24 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 7

Wellington Rocha

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

administracao@jornaldehoje.com.br

Rosalba anuncia que Programa do Leite vai pagar R$ 1,15 pelo litro ao produtor n A governadora Rosalba Ciarlini anunciou na manhã de hoje, em Currais Novos, que a partir de primeiro de junho o Governo do Estado passará a pagar aos produtores o preço de R$ 1,15 pelo litro de leite bovino e R$ 1,60 pelo leite de cabra fornecidos ao Programa do Leite. n A medida, que vinha sendo reclamada pelos agropecuaristas desde o segundo trimestre do ano passado - quando se consolidou a seca que ainda perdura em algumas áreas do território potiguar e que ocasionou grande perda de animais além de queda abrupta da oferta de leite no mercado regional - apesar de chegar com atraso, é saudada como um incentivo à recuperação da atividade leiteira. n O anúncio, que se esperava viesse a ser feito somente no dia 5 de junho, data em que será aberto oficialmente, no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, o 11º. ENEL (Encontro Nordestino do Setor do Leite e Derivados), acabou sendo antecipado pela governadora. n Ela preferiu aproveitar uma solenidade ocorrida hoje cedo na Associação dos Municípios do Seridó Oriental, em Currais Novos, para transmitir a boa notícia. n Nos últimos dois anos o Governo do Estado vem pagando aos produtores rurais apenas R$ 0,93 pelo litro de leite de vaca, valor que não cobre o custo de produção. Sudene quer aplicar R$ 46 milhões em C&T voltada para semiárido nordestino n A Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) está obtendo, através de emendas ao Orçamento da União para o próximo ano, recursos da ordem de R$ 46 milhões para serem aplicados em pesquisas científicas e tecnológicas

Leilão Anual da Fazenda Rockefeller n Será na manhã deste sábado, às 9:30 goras, na Estação Experimental de São Gonçalo do Amarante, da Emparn (Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte), a abertura do "Leilão Anual da Fazenda Rockfeller", para venda de animais dos plantéis de raças puras e mestiços bovinos criados nas diversas estações experimentais da instituição. n Serão disponibilizados aos criadores interessados em adquiri-los 40 lotes (totalizando 70 animais) das raças Guzerá, Gir, Sindi, Pardo-Suíço e mestiços. n Nos lotes se encontram animais aptos à reprodução (com registro genealógico) e animais destinados ao abate. n As modalidades de pagamento proporcionadas serão: em duas parcelas mensais; ou à vista, com desconto de 10 por cento. Não haverá cobran-

voltadas para facilitar o convívio dos produtores rurais nordestina com o fenômeno da seca. n A ideia do órgão federal é direcionar a verba para programas que facilitem a captação e melhorem o uso da água na irrigação, possibilitem a geração de energias alternativas, deem sustentação à pecuária leiteira, estimulem o surgimento de novas cadeias produtivas, entre outras atividades. n Para tanto, a Sudene espera fazer parcerias com os governos dos nove estados da região e com instituições como o Banco do Nordeste (BNB), o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), universidades federais, institutos federais de educação tecnológica, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e as empresas estaduais de assistência técnica e extensão rural. Lançamento da campanha "Simplifica Já" que pede mudanças no sistema tributário n Será amanhã, 25 de maio, Dia Nacional do Respeito ao Contribuinte (data que marca a quantidade de dias do ano que o brasileiro tem de trabalhar, a partir de primeiro de janeiro, somente para pagar impostos), o lançamento nacional da campanha "Simplifica Já", que reivindica do poder público a simplificação do sistema tributário brasileiro, um dos mais complicados e trabalhosos do mundo. n O evento se dará na cidade de Curitiba e é liderado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), cuja Diretoria participará da manifestação que luta por um modelo de cobrança de impostos mais simples e mais justo. n Além de uma grande concentração de pessoas em frente à sede da Associação Comercial de Curitiba, estão previstas ações simultâneas em pelo menos 20 cidades paranaenses.

ça de comissão de leiloeiro. INSS está pagando R$ 355 milhões em benefícios no RN n A Previdência Social injetará na economia do Rio Grande do Norte neste final de mês e até o dia 7 de junho, a soma de R$ 355 milhões, relativa ao pagamento de 514.326 aposentados e pensionistas do Estado. n Na Gerência Executiva do INSS/Mossoró, que atende 89 municípios das regiões Oeste e Alto Oeste, estão sendo pagos R$ 139,5 milhões a 212.583 beneficiários, enquanto o restante diz respeito à área de coberta da Gerência Executiva do INSS/Natal. n O pagamento dos benefícios da Previdência Social é realizado de acordo com o número final do cartão de cada beneficiário, entre os últimos cinco dias úteis do mês em curso e os cinco primeiros do mês seguinte. Vagas para mestrado em Engenharia do Petróleo n A Universidade Potiguar (UnP) iniciou inscrições para o mestrado profissional em Engenharia de Petróleo e Gás, que prossegue até o dia 9 de junho. n Ao todo serão oferecidas 24 vagas, distribuídas entre as linhas de pesquisa: Automação de Processos Industriais (Campus Natal), Engenharia de Poço (Campus Mos-

soró) e Tecnologias Ambientais (tanto no Campus Natal quanto no de Mossoró). n O processo seletivo acontecerá em etapas distintas, sendo a primeira a de análise curricular, de histórico escolar e de Proposta de Estudo e Pesquisa. Após esta fase, o candidato deverá realizar a defesa oral de sua proposta. n A proposta do PPgEPG (Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Petróleo e Gás), criado pela Escola de Engenharia e Ciências Exatas da UnP, é destinada a egressos dos cursos ligados à área e visa desenvolver, no âmbito profissional, as competências indispensáveis para o gerenciamento dos processos produtivos na indústria de petróleo e gás natural, que possibilitem a melhoria do seu desempenho econômico-financeiro e o aumento da sua competitividade no mercado, observando sempre as condições ambientais, de saúde e segurança das pessoas. n O resultado final será divulgado através do site da Universidade, dia 4 de julho, e as matrículas estarão disponíveis para os aprovados entre 5 e 12 do mesmo mês, sob pena de desclassificação para os que perderem o prazo. O início das aulas está previsto para 2 de agosto. O edital completo e as especificações da documentação exigida estão disponíveis no www.unp.br.

Presidente da Fiern diz que indústria "sobrevive" no RN AMARO SALES FALA DO NOVO MAPA DO DESENVOLVIMENTO MARCELO HOLLANDA HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COM

"Sobrevivendo, sobrevivendo". Assim, o presidente da Federação da Indústria do Rio Grande no Norte, Amaro Sales, resumiu nesta sexta-feira a situação vivida pela atividade industrial no estado, enquanto se preparava para a solenidade de inauguração à noite da nova galeria de fotos dos presidentes da FIERN e lançamento do primeiro número da Revista da Indústria, de periodicidade bimestral, elaborada pela equipe de jornalistas da casa. Décimo sexto presidente da história da Federação da Indústria, Amaro Sales encarou pela proa a tarefa de conduzir uma série de eventos comemorativos dos 60 anos de fundação da Fiern, o que implicou em eventos festivos, mas também em declarações mais duras sobre a paralisia do segmento industrial, que não cresce no RN há pelo menos cinco anos. Hoje, bem humorado, ele voltou a depositar confiança no projeto desenvolvido junto ao Governo do Estado para mapear os setores que precisam de atenção maior dentro de uma política de desenvolvimento industrial. As conclusões sairão de um estudo a ser contratado no segundo semestre por 52 empresas arregimentadas pela Fiern. Algumas grandes consultorias de fora do estado já foram contatadas e Amaro acredita que brevemente será possível informar o valor da conta para que comece o rateio. O plano de negócio, anunciado em fins de maio por Amaro Sales e o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Rogério Marinho, se depender do presidente da Fiern, seguirá o caminho mais

isento possível. "Vejo que precisamos de um mapa bem feito das nossas maiores potencialidades, que sirva de base para empresários e gestores quando eu não for mais o presidente a Fiern e o governo do estado estiver sob a responsabilidade de outro gestor", acredita. Ele citou pelo menos 10 segmentos da economia potiguar que precisam urgentemente ter suas informações atualizadas pela importância que têm no contexto do crescimento econômico do estado. Entre eles, Amaro destacou os de petróleo e gás, energias renováveis, turismo, aquicultura, pesca, indústria de cimento e cerâmico, agronegócio, entre outros.

“O desenvolvimento do Estado deve estar acima de diferenças políticas” AMARO SALES PRESIDENTE DA FIERN

"O que está em questão aqui não é estabelecer um segmento mais importante do que o outro, mas entender nossas políticas econômicas de forma integrada com a finalidade de produzir um conjunto de ações mais eficazes"- resumiu. Desde que assumiu a Federação da Indústria na condição natural de vice do ex-presidente Flávio Azevedo, Amaro Sales vem pavimentando um estilo próprio de se relacionar com o governo estadual, mesmo sabendo da tradição que costuma ser de aparente harmonia entre o gestor do momento e as entidades representativas da indústria e do comércio.

Embora Amaro Sales seja quase um diplomata, a prática mostra que ele não costuma deixar perguntas sem respostas. Quando lhe indagam, por exemplo, se a parceria com o Governo do Estado com Fiern é importante, ele responde: "Sim é muito importante". Mas quando querem saber se o Governo está atrasado em suas ações, ele prontamente responde: "Sim, estamos atrasados". Essa conduta de dizer o que pensa também era uma característica de seu antecessor, Flávio Azevedo, bastante evidenciada em alguns episódios como, por exemplo, as divergências públicas com altos diretores da Petrobras. E embora seja a quintessência da diplomacia nessa comparação, Amaro parece convencido de que amaciar as coisas quando o tema é a retomada de um crescimento, definitivamente, não é bom negócio. Ele sabe que a indústria no Rio Grande do Norte está estagnada há pelo menos cinco anos, período em que o fornecimento de energia elétrica cresceu para o consumidor residencial, mas desabou para a indústria, especialmente depois do encolhimento da Coteminas. Recentemente, numa entrevista, Amaro foi mais uma vez direto ao afirmar que o RN está atrasado economicamente, pois "não pensa no futuro". E criticou o gestor (sem se referir especificamente a nenhum) que "age por demanda e que dispensa o planejamento". Nesta sexta-feira falando ao JH, ele acrescentou que atrapalha muito o desenvolvimento de um estado olhar o futuro como uma obra a ser atribuída a este ou aquele político. "O Estado deve estar acima disso se quiser realmente trilhar esse caminho", finalizou.

> ELETRICIDADE

Setor rural é o que mais consome energia no RN À pedido de "O Jornal de Hoje", o Departamento de Comunicação Corporativa e Sustentabilidade da Cosern requereu do setor técnico responsável números de consumo de energia do Rio Grande do Norte no primeiro quadrimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2012, discriminando os setores residencial, industrial, comercial, rural e poder público. A resposta encaminhada com agilidade típica da iniciativa privada não surpreendeu. O setor que mais consumiu energia nos primeiros quatro meses

de 2013 em relação ao primeiro quadrimestre de 2012 foram, pela ordem, o setor rural com 26,5%, muito por conta dos projetos de irrigação; seguido do poder público (governo estadual, federal e prefeituras), com 11,3%: residencial com 10,2%; comercial com 8 por cento e na lanterna, em último lugar, o setor industrial, com apenas 4,5% de crescimento no consumo de energia elétrica. Mesmo sendo números parciais, eles repetem a tendência dos últimos anos, agravada com o fechamento da fábrica da Coteminas em São Gonçalo, que re-

solveu apostar em outro segmento. Os números do quadrimestre mostrados com exclusividade pelo JH apernas confirmam que a atividade industrial exibe um sutil aumento de consumo, o que evidencia a afirmação do presidente da Federação da Indústria do Rio Grande do Norte, Amaro Sales, que a atividade apenas “sobrevive” no estado. O levantamento mostra, ainda, que é relevante a preocupação da Fiern em realizar um diagnóstico das potencilidades do estado para a implementação de uma política de crescimento.


8 O Jornal de HOJE

Natal, 24 de maio de 2013

Cidade

Sexta-feira

Obras de reconstrução do calçadão de Ponta Negra deverão ser iniciadas em 15 dias, diz Prefeitura AS OBRAS DE PROTEÇÃO - O ENROCAMENTO ADERENTE - JÁ ULTRAPASSARAM OS 20% E DEVEM SER CONCLUÍDAS EM 4 MESES Fotos: José Aldenir

ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

Hoje faz exatamente um mês que a Prefeitura de Natal iniciou as obras de proteção do calçadão, o enrocamento aderente, na praia de Ponta Negra. A empresa responsável pela obra, a Construtora Camillo Collier, abriu uma nova frente de trabalho e agora caminha nos dois sentidos da praia: sentido norte, em direção a Via Costeira, e sentido Sul, em direção ao Morro do Careca. Com isso, conseguiu acelerar o ritmo da obra, que já ultrapassou os 20% do cronograma estabelecido pela empresa. Até a manhã desta sexta-feira (24), o enrocamento já ocupa mais de 200 metros de faixa praial e a empresa trabalhava em outros 150 metros. A Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi) garantiu que as obras de enrocamento serão concluídas antes do prazo estabelecido que é de 180 dias. No entanto, o início da obra de recuperação de calçadão só deve ser iniciada daqui a, pelo menos, 15 dias, pois depende da liberação do restante dos recursos do Ministério da Integração Nacional para contratar a empresa que ficará responsável por essa nova fase da obra. O secretário adjunto de Operações da Semopi, Caio Múcio Pascoal, disse que o ritmo de trabalho

Obras de enrocamento começaram há um mês e já ocupam mais de 200m da praia

Para o comerciante Francisco Vilmar, quando obra estiver concluída, atrairá turistas

está dentro do esperado pela Secretaria. "O início de qualquer obra é sempre de ajuste, mas agora a obra caminhará com mais velocidade e conseguiremos entregá-la bem antes do prazo estabelecido". Caio Pascoal explica que o trabalho iniciou-se pelas áreas mais altas, com uma altura de 3,5 a 4 metros, o que tornou o trabalho mais lento. "Mas agora iremos para a área mais baixa, onde conseguiremos dobrar o trabalho e ser mais ágil em até a

rial na praia, para então espalhar", explica. "Já estamos trabalhando em uma área onde é mais perto de onde está o material que chega para as obras. Com a proximidade da avenida Erivan França, depositar os materiais direto onde deve ser colocado ficará mais fácil, pois o acesso direto ao local facilita o trabalho", ressalta o secretário. O secretário explicou que a pendência para que o Município inicie as obras de recuperação do

metade do tempo gasto até o momento". Caio Pascoal conta que as duas frentes de trabalho também contribuíram para o avanço da obra. De acordo com o secretário, a parte da praia em direção ao Morro do Careca é mais fácil de trabalhar devido à altura do nível da areia em relação ao calçadão. "A parte que tem mais hotéis é mais difícil de trabalhar porque é longe das decidas e precisa colocar todo o mate-

calçadão se deve a uma adequação ao plano de trabalho e a consequente liberação do restante do montante de recursos necessários pelo Ministério da Integração Nacional. O Ministério já liberou pouco mais de R$ 5 milhões, faltando uma complementação de aproximadamente R$ 1,3 milhão. "O valor que a Secretaria dispõe foi o suficiente para iniciarmos as obras de enrocamento, mas ainda é insuficiente para podermos iniciar

a recuperação do calçadão, pois sem dotação orçamentária é impossível contratar a empresa. O prefeito esteve em Brasília e pediu celeridade na liberação dos recursos. Esperamos que dentro de 15 dias esses recursos estejam liberados e possamos iniciar as obras", destacou Caio Pascoal. O calçadão da praia de Ponta Negra foi destruído em julho do ano passado, em virtude da erosão marítima. No entanto, as obras emergenciais só iniciaram este ano. O enrocamento da praia de Ponta Negra começou no dia 24 de abril e faz parte das obras emergenciais de recuperação do calçadão. A ordem de serviço foi assinada no dia 11 de abril, oito meses após a interdição do calçadão e um ano depois que os primeiros trechos começarem a cair. O comerciante Francisco Vilmar há 15 anos trabalha no calçadão vendendo roupas de praia. Ele conta que ainda não percebeu mudança na praia, mas está confiante de que quando a obra estiver pronta poderá voltar a atrair os turistas. "O movimento nem melhorou, nem piorou e acredito que vai ficar assim enquanto tivermos em obras. Mas espero que no final possamos ter aquela velha Ponta Negra, que era bonita e atraente e bastante movimentada", espera o comerciante.

> DOS ARTISTAS ATÉ O FORTE

Licitação para recuperar calçadão de praias urbanas está aberta A Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi) abriu o processo licitatório, nesta sexta-feira (24), para contratação da empresa que irá realizar os serviços de recuperação do calçadão e do muro de proteção das praias do Meio, dos Artistas e do Forte, na zona Leste de Natal. Estas obras, orçadas em aproximadamente R$ 724 mil, são preparatórias para um grande projeto de urbanização destinado às praias urbanas de Natal, que vai desde a praia de Ponta Negra até a Praia do Forte, onde será realizado o FIFA Fan Fest, durante os jogos da Copa do Mundo de Futebol da FIFA, no próximo ano. Hoje, o calçadão entre as praias dos Artistas e do Forte está completamente deteriorado, e em alguns trechos, grandes crateras já foram formadas. O secretário adjunto de Planejamento de Obras da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), Tomaz Neto, explicou que a Prefeitura de Natal tem assegurado recursos na ordem de R$ 13,8 milhões para projetos de acessibilidade das praias urbanas de Natal, contemplando as praias de Ponta Negra, Areia Preta, Praia dos Artistas, do Meio e do Forte. "Essas praias devem ser dotadas de obras de acessibilidade, alteração do piso

José Aldenir

quitetas da Semopi, Tereza Cristina Vieira e Jussara Cabral. Tomaz Neto garantiu que a obra deverá ficar pronta em maio do próximo ano, antes da Copa do Mundo de Futebol que será realizada em Natal no mês de junho. A previsão é que a obra, depois de iniciada, dure entre oito a dez meses para ser concluída. Como nesse período, o calçadão de Ponta Negra estará passando pelas obras emergenciais de contenção, o se-

cretário Tomaz Neto explica que as obras serão iniciadas pela Praia do Forte. "Começando pela praia do Forte, quando chegarmos em Ponta Negra, as obras de contenção já terão terminado e poderemos concluir a obra sem nenhum contratempo", ressaltou. A praia de Ponta Negra possui 28 quiosques e o projeto não irá alterar esta quantidade. No trecho entre as praias dos Artistas e do Forte, há 18, dos quais funcionam

apenas 16. "Com o novo projeto nós vamos substituir todos esses quiosques por uma estrutura mais moderna, funcional e bonita, pois a nossa orla está precisando. Todos os quiosques serão padronizados. Enfim, toda a orla será dotada de equipamentos esportivos, ciclovias, banheiros públicos, iluminação modernas e retirada das barreiras arquitetônicas que impedem o acesso dos cadeirantes, bem como uma sinalização adequada", destacou.

Obra irá recuperar trechos destruídos para que depois seja iniciada urbanização da orla do calçadão. Hoje, o piso existente é pedra portuguesa que não é acessível, e vamos substituí-lo pelo piso intertravado, que permite sinalização para deficiente físico e a execução de rampas de acessibilidades para cadeirantes", destacou. "Vamos fazer a licitação nos próximos meses, pois queremos urbanizar toda a orla de Natal. Primeiro, iremos reparar aquela área do

calçadão. Depois começaremos a licitação do grande projeto, que é uma nova Orla, de Ponta Negra a Praia do Forte. É uma urbanização com o que já tem. Mudar aquele modelo, com banheiros definitivos, quiosques mais bonitos, equipamentos de ginástica, jardins. É um projeto muito bonito", analisou. O secretário disse que o projeto básico foi elaborado pelas ar-

CMYK


Cidade

Sexta-feira

Natal, 24 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 9

Secretária da Semob não confirma novo valor da tarifa de ônibus, mas garante reajuste APÓS OFICIALIZAÇÃO DAS MEDIDAS DE DESONERAÇÃO DO PIS E COFINS PELO GOVERNO FEDERAL, TARIFA SERÁ REDUZIDA Canindé Santos

CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

A medida anunciada nesta última quinta-feira (23) pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega que visa combater a inflação no país adotando medidas de desoneração do PIS e do Cofins das passagens de ônibus - trouxe esperança para a população natalense. Os estudantes e usuários do transporte público urbano que vêm lutando há duas semanas pela redução das tarifas em Natal podem, finalmente, sentir um alívio no bolso. De acordo com a secretária municipal de Mobilidade Urbana (Semob), Elequicina Santos, a Prefeitura irá aguardar a oficialização do anúncio do ministro para refazer o estudo do preço das passagens na capital potiguar. "Caso seja publicada a Medida Provisória que oficializa o discurso do Ministro, iremos sim refazer os cálculos do valor das passagens. Na divulgação dada por Mantega, a intenção do Governo Federal é zerar a alíquota dos dois tributos, mas ainda não temos a oficialização disso. Estamos aguardando a normatização dessa medida para saber a redução real do valor da tarifa. Ainda não podemos declarar em quanto ficará esse reajuste", afirmou Elequicina San-

dida deve impactar no valor das passagens em Natal em torno de R$ 0,10 a R$ 0,12 centavos. "É uma medida simpática. Se olharmos para o trabalhador, sobretudo aquele que sobrevive com um salário mínimo, será um percentual de ajuste que ajudará, certamente. O usuário de transporte público aqui paga o segundo maior preço pelo serviço em nível de nordeste. É muito pesado", expli-

cou o economista. "A meu ver, essa deveria ser uma medida definitiva, e não provisória. O problema é que o Governo não realiza uma reforma tributária e por isso precisa desonerar os tributos que incidem sobre produtos e serviços. Haverá um impacto para as prefeituras, que deixarão de arrecadar, mas é em benefício ao trabalhador. Dentre os males, uma boa saída", avaliou.

Estudantes farão novo protesto segunda-feira Medida deve começar a valer no mês de junho e redução da tarifa em Natal pode ser de R$ 0,10 a R$ 0,12, segundo economista tos.

As alíquotas do Plano de Integração Social (PIS) e da Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins) incidentes sobre o transporte coletivo urbano somam 3,65%. Com a redução das taxas, o objetivo do Governo Federal é impactar os custos das classes média e baixa, que utilizam ônibus e metrôs em todo o

país, aliviando o impacto dos reajustes anunciados neste ano em várias capitais do país. A medida terá validade a partir do início de junho. Segundo Elequicina, a Prefeitura de Natal aguarda refazer os cálculos das passagens já na próxima semana. "Como a nova norma passará a valer a partir de junho, acreditamos que na próxima semana a Medida Provisória já terá sido

publicada. Assim teremos condições de refazer os cálculos", disse. Sobre a participação da Prefeitura no que diz respeito ao subsídio dos ISS - Imposto Sobre Serviço, a secretária é direta: "Não temos condições, nem vislumbramos ter essa redução de imediato", afirmou. Em conversa com O Jornal de Hoje, o professor e economista Zivanilson Silva avaliou que a me-

O novo protesto da Revolta do Busão que estava agendado para hoje foi adiado para segunda-feira (27), em virtude da realização de outras manifestações como a Marcha da Maconha, que fará passeata pelo Alecrim, e a greve dos professores da rede municipal de ensino. Na oportunidade, os estudantes continuarão os trabalhos de mobilização e reivindicações, em concentração na Praça Gentil Ferreira, a partir das 15h, no Alecrim. Ontem, o grupo se juntou novamente ao Movimento dos Tra-

balhadores Sem Terra (MST), tentando invadir o prédio da Prefeitura de Natal. Em reunião com representantes do Poder Executivo, o movimento apresentou as pautas reivindicadas, que inclui a revogação do aumento das passagens; fim da dupla função entre cobradores e motoristas de ônibus; estabelecimento de fórum permanente de discussão sobre mobilidade urbana; e retorno das linhas extintas. Os estudantes ainda conseguiram marcar uma reunião quarta-feira (29), na presença do prefeito Carlos Eduardo.

> DOENÇAS DA TIREÓIDE

HUOL realiza mutirão de atendimento preventivo O Hospital Universitário Onofre Lopes, através da disciplina de Doenças do Sistema Endócrino e Ambulatório de Endocrinologia, encerra nesta sexta-feira (24) um mutirão de atendimento aos pacientes, funcionários e visitantes do hospital. Além do exame clínico, o paciente poderá ser encaminhado para fazer ultrassonografia e punção. O mutirão, de acordo com o professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Marcos Oliveira, tem o objetivo de ajudar na prevenção das doenças da tireóide, bem como informar sobre os riscos dessas doenças. O evento foi concebido como atividade alusiva à Semana Internacional da Tireóide, que teve início dia 20 de maio e segue até o próximo dia 26. A expectativa é que mais de mil pessoas sejam atendidas durante os dois dias. A tireóide é uma glândula, em forma de borboleta, localizada na região do pescoço, logo abaixo do chamado "pomo de adão". É responsável pela produção do hormônio tireoidiano, que desempenha importante papel no metabolismo e funcionamento de praticamente todos os sistemas e órgãos do nosso corpo. Dessa forma, é essencial que a tireóide esteja funcionando adequadamente, pois o aumento ou diminuição na quantidade de hormônio tireoidiano causará desequilíbrio no funcionamento do organismo. A professora da UFRN e endocrinologista, Adriana Nunes, colaboradora da campanha, disse que o evento tem o objetivo de chamar a atenção da população para as doenças tireoidianas. Além disso, explica a professora, a campanha, que é mundial, pretende fazer a detecção precoce de nódulos. "Vamos mostrar para os pacientes como se faz a apalpação de pescoço. Em seguida, os pacientes respondem um questionário para sabermos como identificar

Fotos: Canindé Santos

Mutirão de atendimento tem expectativa de receber cerca de mil pessoas

Campanha, que é mundial, pretende fazer a detecção precoce de nódulos a doença através dos sintomas, pois estes são muito inespecíficos e podem ser confundido com muitas outras doenças. Queremos alertar a população sobre os sintomas da doença tireoidiana pelo excesso ou pela falta de hormônios. Além disso, queremos fazer um rastreamento clínico, pois de cada 100 pessoas, talvez em cinco consigamos diagnosticar a doença. Nossa intenção é fazer a detecção precoce do tumor", destacou a professora. Nas pessoas em que for diagnosticado o tumor, o paciente será encaminhado para fazer o exame de ultrassonografia. A endocrinologista Adriana Nunes conta que a doença da tireóide é mais comum do que se pensa.

A doença é mais comum em mulheres a partir dos 40 anos, mas também é possível identificar casos em recém-nascidos até a idade adulta. "Há uma tendência na endocrinologia internacional de se estudar os disruptores endócrinos, que são substâncias do dia a dia que podem afetar as nossas glândulas, por exemplo, o plástico usado em mamadeira tem um efeito na glândula da tireóide. Além disso, tem se visto crianças que consomem soja tem uma incidência maior de doenças tireoidianas que outras. Tudo isso ainda são estudos preliminares, mas talvez sejam fatores ambientais que contribuam para a doença", destacou. A médica conta que o tratamen-

to é simples. Caso a pessoa tenha falta de hormônio, repõe-se. Caso tenha excesso, controla-se e se tem o nódulo, investiga-se para saber qual procedimento a fazer. "Até mesmo quando ele é maligno, na maioria das vezes, se fizer a investigação direita, a recuperação é fácil. O câncer da tireóide é o mais comum quando se fala de glândulas, e para ser diagnosticado tem que se procurado", afirmou Adriana Nunes. No corredor do hospital, os estudantes de Medicina abordavam os pacientes a respeito da campanha. A estudante do 5º período de Medicina da UFRN, Emília Ellen, era uma delas. Emília destacou a importância da campanha para a formação do futuro profissional. "É importante para estarmos treinando a relação médico-paciente, pois o contato com a população desde cedo é essencial para formação do aluno e importante também para que possamos ter a compreensão social de que o médico tem frente à população. Essa campanha nos ajuda também a desenvolver as nossas habilidades comunicativas, para nos expressarmos corretamente e passar as informações de maneira clara e nos fazer entender e transmitir o nosso conhecimento aos pacientes". A dona de casa Francisca Luciene mora no município de Pedro Avelino e desde janeiro do ano passado descobriu que tinha um nódulo na tireóide, através de uma bateria de exames de rotina. "No início me assustei, mas depois o médico explicou que não havia risco de morte e que o tratamento era simples. Não preciso tomar medicamentos, mas todos os anos vou ter que repetir os exames. Até hoje, o que mais me preocupa é o sistema nervoso e a ansiedade, mas o medo já passou. Acho que essas ações são importantes e deviam se repetir mais vezes", afirmou.


Natal, 24 de maio de 2013

10 O Jornal de HOJE

Cidade

Sexta-feira

Ex-policial militar e comparsa são presos acusados de terem cometido três homicídios

Canindé Santos

RESULTADO

DA

OPERAÇÃO NÊMESIS

ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Um ex-policial militar apontado como integrante de grupos de extermínio no Rio Grande do Norte foi preso hoje durante a Operação Nêmesis, realizada pela Polícia Civil, em parceria com a Polícia Militar. Ele é acusado de ter cometido um duplo homicídio em 2010 na cidade de Macaíba e uma execução no Dia das Mães do ano passado, ocorrido no bairro das Quintas, em Natal. Outro homem também foi detido, por suspeita de ter sido o responsável pelo deslocamento do ex-PM até os locais dos crimes. Segundo a delegada da Especializada em Homicídios (Dehom), Karla Viviane, o objetivo da operação foi prender o ex-policial militar Márcio André de Souza Silva e Denílson Álvares Farias, conhecido pelo apelido de "Pitoco", que foram localizados nos bairros das

Quintas e da Cidade da Esperança, respectivamente. Eles são acusados ainda de terem assassinado José Gomes Tibira, no dia 12 de maio de 2012, em frente à residência da vítima, nas Quintas. Karla explicou que Tibira era tio de Josemar Gomes, executado pelo ex-policial militar em 2010 na cidade de Macaíba. Na ocasião, ele estava com o amigo Charles Paiva, que também foi morto pelo acusado. A partir deste duplo homicídio, os parentes de Josemar começaram a investigar os crimes por conta própria e chegaram até o nome de Márcio André. "A família de Tibira é conhecida por ser extremamente vingativa e assassinar quem mata um deles, em troca da vida perdida. Ao descobrirem que Márcio André tinha sido o assassino de Josemar, eles passaram a ameaçá-lo, no entanto, ele foi mais rápido e matou o Tibira. A partir daí, começamos a investigar o acusado até conse-

FOI APRESENTADO HOJE PELA MANHÃ guirmos prendê-lo hoje", disse a delegada. O ex-policial militar foi preso em sua residência, no bairro das Quintas, na manhã de hoje. No imóvel, foram encontrados um revólver calibre 38, que foi modificado para receber munição calibre 357, além de várias balas, dois carregadores, câmeras fotográficas e dois telefones celulares. A suspeita é que a arma encontrada com ele tenha sido usada para matar Tibira. Já Denílson, que foi preso na Cidade da Esperança, é acusado de ter dirigido o veículo do ex-policial no dia do crime. Segundo o delegado Laerte Brazil, que também atuou no caso, além dos homicídios, Márcio André também é suspeito de dominar o tráfico de drogas no bairro das Quintas. "Ele havia sido expulso da corporação por acusações de extorsão mediante seqüestro e é apontado ainda como integrante de grupos de extermínios", explicou.

> ASSALTO À MÃO ARMADA

PM NA OPERAÇÃO O delegado deral da Polícia Civil, Ricardo Sérgio Oliveira, destacou a importância das participações do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope) e do Batalhão de Choque, como também ressaltou que outras operações como esta devem continuar a ser realizadas pela Polícia Civil. "Esse é mais um resultado positivo da Polícia Civil e pretendemos potencializar as investigações fazendo sempre um trabalho conjunto com a PM", frisou. De acordo com os delegados, a operação foi batizada de Nêmesis em referência à deusa da Mitologia Grega, conhecida também como deusa da vingança. A ação também contou com o apoio de policiais civis da Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc), de Furtos e Roubos (Defur) e a de Atendimento ao Turista (Deatur), além das equipes de Nísia Floresta, Pedro Velho e Extremoz.

Delegado geral de Polícia, Ricardo Sérgio, e delegada de homicídios, Karla Viviane "Quem souber de algum homicídio ou suspeito de ter cometido um assassinato, pode nos comunicar através do número 3232-0320

ou ainda pelo endereço de e-mail: dehom@rn.gov.br. As denúncias podem ser feitas de forma anônima", pediu a delegada Karla Viviane.

> PARA A CADEIA

Adolescentes são apreendidos após Dupla é presa ao assaltar Correios trocar tiros com policial em motel de Felipe Guerra pela quarta vez Canindé Santos

A Polícia Militar ainda está procurando os dois integrantes da quadrilha que realizou um arrastão em um motel no bairro de Candelária, ontem à noite, em Natal. Outros dois ladrões, de 17 anos, foram detidos quando procuravam atendimento médico no Hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim. Eles foram baleados durante uma troca de tiros com um policial militar que estava hospedado em uma das suítes e reagiu à ação criminosa. Segundo o comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Ulisses Paiva, os quatro bandidos chegaram ao estabelecimento por volta das 23h30 de ontem e, após roubarem os funcionários que estavam na administração do motel, resolveram assaltar também os clientes que estavam nos quartos. Os dois adolescentes entraram e os outros dois, que tiveram suas identidades reveladas à polícia pelos detidos, ficaram dentro de um veículo não identificado, no portão de entrada. Eles invadiram duas suítes, onde roubaram celulares e objetos de valor das vítimas, mas, na terceira, foram surpreendidos por um policial militar, que percebeu a movimentação suspeita e, desconfiado de que estivesse acontecendo algo errado, reagiu. Na confusão, os dois ladrões ficaram feridos, mas conseguiram fugir com os compar-

Quadrilha invadiu motel localizado em Candelária para roubar clientes e funcionários sas, que os deixaram no hospital de Parnamirim. "Durante a reação, o militar conseguiu atingir os dois e isso acabou facilitando a prisão deles, já que os funcionários dos hospitais são orientados a comunicar todo caso de paciente vítima de disparo de arma de fogo. No entanto, quando perceberam que os comparsas seriam presos, os outros dois fugiram e abandonaram o veículo no final de Nova Parnamirim", explicou o coronel. O veículo usado pelos bandidos tinha sido roubado em Parna-

mirim na noite anterior e foi localizado pelos policiais militares por volta das 4h da madrugada de hoje, durante as diligências feitas para tentar prender os outros dois ladrões. Até o final da manhã, eles ainda não haviam sido localizados. Depois de medicados, os adolescentes foram levados para a Delegacia de Plantão da zona Sul, no bairro de Candelária, onde acabaram confessando o crime e também as identidades dos dois comparsas que estão foragidos. Com eles, a polícia espera recuperar os objetos roubados das vítimas.

O Câmera

Dois homens foram presos em flagrante após cometerem um arrastão na agência dos Correios da cidade de Felipe Guerra, no Oeste potiguar. Eles estão sendo acusados de já terem atacado os funcionários e clientes do estabelecimento outras três vezes e, quando foram detidos, estavam com mais de R$ 1,2 mil em dinheiro e a motocicleta usada durante a abordagem criminosa. De acordo com informações da Polícia Militar, a dupla chegou à agência se passando por clientes e, depois de alguns minutos, abordaram os funcionários e anunciaram o assalto. Armados, eles obrigaram as vítimas a entregar todo o dinheiro que estava nas caixas registradoras e também em suas bolsas. Depois, teriam saído tranquilamente do estabelecimento federal e fugido em direção ao município de Mossoró, em uma motocicleta Honda, de placas MYX 5723. Aterrorizadas, as vítimas denunciaram o crime à Polícia Militar na cidade, que, com as informações repassadas por estas, deu início às diligências em toda a região, para tentar capturar os dois ladrões. O assalto praticado por Paulo Cesar Ferreira Alves e Manoel Alzivan Vieira Silva, que é conhecido ainda pelo apelido de "Novo", foi registrado pelo sistema de monitoramento eletrônico da agência, que também tinha capturado as ima-

Dupla chegou à agência se passando por clientes antes de anunciar assalto gens dos outros três assaltos ocorridos nos últimos meses no local. De posse das imagens, os policiais militares de Felipe Guerra, Apodi, Caraúbas e Itaú saíram em diligências e após algumas horas de trabalho, conseguiram chegar até um sítio na área rural de Mossoró, onde flagraram Paulo César chegando ao imóvel. Ele ainda tentou fugir, mas foi detido e, com ele, os oficiais encontraram a arma de fogo usada durante o crime. Diante do flagra, ele acabou confessando a participação no caso e levou os policiais militares para um sítio vizinho, onde seu comparsa estava escondido com a motocicleta do crime e o dinheiro roubado dos fun-

cionários dos Correios. Manoel Alzivan confessou que o veículo havia sido roubado de um motociclista que trafegava pela estrada de Upanema, próximo à Mossoró. Após a prisão dos dois acusados, as vítimas acabaram reconhecendo-os como os mesmos bandidos que os atacaram em, pelo menos, quatro ações criminosas, praticadas de forma semelhante neste ano, ou seja, eles se apresentavam como clientes e depois de uns instantes, anunciavam o assalto e roubavam todo o dinheiro da agência dos Correios. Na Delegacia da Polícia Federal, ambos foram autuados em flagrante por porte ilegal de armas e assalto a mão armada.

> NA JUSTIÇA

MP recorre da decisão que libera PMs para delegacias O Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial, do Ministério Público Estadual (MPE), pediu a suspensão das decisões judiciais que permitem o retorno de policiais militares às delegacias regionais da Polícia Civil nos

municípios de Alexandria, Patu e Pau dos Ferros. O pedido foi encaminhado ao Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, hoje. De acordo com o MPE, a retirada dos militares, determinada pelo Comando Geral da corpora-

ção, foi legal e estava previsto no artigo número 5 da Constituição Federal, já que à Polícia Militar cabe o trabalho de policiamento ostensivo e preservação da ordem pública. No entanto, uma vez nas delegacias, eles acabavam fazen-

do atividades inerentes à polícia judiciária, como a investigação criminal, por exemplo. Em 1999, o MPE já questionava a ilegalidade na designação de policiais militares para o exercício de atividades próprias de po-

liciais civis em cidades do interior do Rio Grande do Norte, sem concurso público, em claro desvio de função; e desconsideraram ainda os efeitos vinculantes da decisão do Supremo Tribunal Federal, proferida na Ação Direta de In-

constitucionalidade nº 3441/RN, com o trânsito em julgado certificado no dia 21/03/2007, que declarou a inconstitucionalidade do desvio de função de policiais militares no exercício de atividades específicas da Polícia Civil.


Cidade

Sexta-feira

Natal, 24 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 11

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

CALUNIADORES

novos nomes na disputa, não deixa de ser preocupante para Rosalba Ciarlini ficar tão atrás de Robinson Faria na preferência popular, em todo o estado.

Marina Silva foi mais uma vítima do que ela chama de "rede subterrânea da calúnia atua na internet". A militância virtual espalhou-se pelo país e tem cúmplices atuando diariamente em Natal, como está evidente nas agressões ao juiz Magnus Delgado.

DEPUTADA

A perspectiva, ainda que remota, da empresária Rose de Sousa assumir a cadeira do deputado federal João Maia (PR), caso ele venha a ser cassado por crime de "caixa 2", traria desconforto e complicaria sua atual situação de trabalho, entre Natal e o Rio.

FOBIA

Atenção. O termo acima, proveniente do idioma grego, significa "medo" e não aversão ou ódio, como tentam impor os militantes afetadinhos do movimento GLBT. Portanto, nem adianta me chamar de "homofóbico", porque eu não tenho medo de boiola.

SEGURANÇA

Mais do que louvável e necessária a atitude do governador paulista, Geraldo Alckmin, em presentear com um bônus salarial os policiais que ajudarem no combate direto ao crime. Deveria pagar soldo extra para cada bandido morto pela arma do policial.

PATERNIDADE

É curioso, pelo fato de tratar-se de uma figura pública e que faz questão de se expor na mídia, a facilidade com que o cientista Miguel Nicolelis demonstra no Twitter uma preocupação com o Palmeiras e não com um filho pedindo emprego de pedreiro.

RUBÃO 40

E continuam chegando os textos sobre o saudoso jornalista Rubens Lemos, para compor uma coletânea de comemoração aos 40 anos da sua volta do exílio no Chile. O colega Luciano Herbert conta fatos importantes dos tempos de editor no Diário de Natal.

ELEIÇÃO 2014

Por Marina Silva Na Folha de S. Paulo

Mensalet

Nos anos da ditadura militar, vivíamos sob censura. Liberdade de imprensa era um sonho, às vezes regado com lágrimas e sangue. Conquistada ao menos uma parte da liberdade, passamos a lutar contra o monopólio das mídias, o controle de poucas pessoas e empresas, a filtragem política e econômica das notícias e o resultado perverso: manipulação da opinião pública. O caso clássico, que muitos lembram com certa nostalgia, é a edição do debate entre Lula e Collor nas eleições de 89. A seleção dos trechos que prejudicavam Lula ficou, na indignação de seus partidários e da opinião pública, como exemplo de uso criminoso da mídia a ser sempre repudiado. Agora temos a internet, com liberdade e velocidade antes inimagináveis. A militância dirigida, de partidos e outras organizações, é confrontada pela nova militância autoral de indivíduos livres para defender as causas que escolhem. Também a imprensa tradicional tem que disputar opinião pública com um jornalismo autoral, avulso e diversificado. No universo das mídias, as virtudes da credibilidade e a opinião informada convivem com os vícios dos preconceitos, mentiras e desinformação. Dois mundos, real e virtual, se interpenetram, com invasões súbitas. Nesta semana, uma onda de pânico levou os beneficiários do Bolsa Família aos bancos, com o boato de sua extinção se espa-

lhando sem origem nem autoria. Segue-se a troca de acusações e os donos das pranchas políticas tentam "surfar" na onda. Acontece que o atraso também buscou o novo ambiente. Nesta semana, quando a edição maldosa do "Diário de Pernambuco" me acusando de defender o deputado Feliciano e suas ideias equivocadas ainda nublava algumas mentes e corações bem-intencionados, surgiu outra difamação tentando me associar a um criminoso do Paraná. Ao respondê-la, localizei um perfil falso que disseminava a mentira para vários sites. Depois encontrei outros perfis falsos, agindo coordenados. Na eleição de 2010 já era visível essa militância dirigida, que depois se profissionalizou. Várias organizações mantêm suas brigadas digitais, com "editores" dos debates e notícias cujos critérios são os interesses de seus patrões. Uma investigação detalhada poderia mostrar essa espécie de "mensalão da internet", uma indústria subterrânea da calúnia. Pessoas mais bem informadas não se enganam, especialmente quem viveu o tempo da censura e viu os casos de manipulação da mídia. Mas ainda há muita gente que não verifica as fontes e se assusta com boatos. Enquanto esses esquemas não se tornam mais visíveis, vamos navegando e cultivando a democracia como um ambiente de aprendizado, de persistência em busca da verdade. Só ela pode honrar a liberdade que lutamos para conquistar. (MS é ambientalista, educadora líder do partido Rede Sustentabilidade)

Como os números de uma pesquisa do Instituto Índice só serão publicados em junho, na revista Foco, a pesquisa Certus/JH acabou saindo na frente na aferição do embate Rosalba vs Robinson, por enquanto os únicos nomes na condição de pré-candidatos.

TRÁFEGO DE CAUSAS - A Revolta do Busão tá mais organizada que partido comunista. Agora já tem "plenária", "comunicado oficial" e "Comissões" para determinadas áreas de atuação. (O comentário em italic, hilário e preciso, é do jornalista Sergio Vilar, no Portal no Ar)

NO OESTE

De todos os resultados por região publicados ontem aqui no JH, nenhum repercutiu mais no ambiente político do que os do Oeste e principalmente de Mossoró, terra da governadora e que apontou vantagem do vice-governador com mais de 20 pontos.

AMÉRICA

Os dirigentes e conselheiros do América FC bateram o martelo com a OAS, pelo que entendi no noticiário esportivo. O time vai atuar na Arena das Dunas a partir de 2014, mesmo com a sua Arena do Dragão em obras. Vai se tornar centro de treinamento?

CAPOTE

Apesar de ser muito cedo para o pleito do ano vindouro, onde é mais que provável o surgimento de

Obama adolescente A foto apareceu na revista Time, revelando um momento da juventude de Barack Obama, no baile de formatura do colégio Punahou, no Hawaí. Está ao lado do melhor amigo à época, Greg Orme, a namorada dele, Kelli Allman, e a colega Megan Hugues, parceira de dança do atual marido de Michelle. Na ocasião, o garoto Obama, de 17 anos, passou uma cantada na namorada do amigo (a baixinha da foto).

Danilo Sá jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br

VAGA ABERTA PARA O SENADO É estranho, mas, por incrível que pareça, se as eleições fossem hoje, a deputada federal Fátima Bezerra (PT) estaria eleita senadora do Rio Grande do Norte com extrema facilidade. E não apenas por causa do desempenho da petista, que é inegavelmente um dos destaques da bancada potiguar desde que seu partido assumiu o comando do país em 2002. Mas, a eleição da parlamentar para a Casa mais disputada do Congresso Nacional ocorreria sem dificuldades porque, simplesmente, não há adversários. Hoje, Fátima faz uma campanha solitária rumo ao Senado Federal. Só por ter saído na frente, já é uma forte candidata a conquistar a vitória, mesmo que surja um novo nome no jogo eleitoral até o próximo ano. Aliás, apesar de nadar em mar calmo atualmente, é muito pouco provável que o atual cenário se mantenha até 2014. Basta, que os espertos líderes políticos do estado percebam o vácuo que a petista pretende ocupar, espaço que ela identificou antes de todos os outros. Dos nomes que podem atrapalhar a pretensão de Fátima, o principal deles é o da vice-prefeita Wilma de Faria (PSB), que já tentou conquistar uma vaga no Senado sem sucesso em 2010. Mas, ao fazer o jogo ambíguo de que pode concorrer a qualquer mandato eletivo no próximo ano, a ex-governadora acaba perdendo um tempo precioso, que está sendo muito bem aproveitado pela deputada. Depois de Wilma, há apenas mais dois nomes que podem se interessar pela disputa majoritária de senador. O principal deles é o deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB). Atual presidente da Câmara, o peemedebista talvez queira passar mais alguns anos em Brasília, onde está extremamente fortalecido. Quem sabe não seja este o motivo para o parlamentar defender tanto a permanência do seu partido na base aliada da governadora Rosalba Ciarlini (DEM). A terceira alternativa é o deputado João Maia (PR). Mas, neste caso, o jogo deixaria o campo das incógnitas e voltaria a ter Fátima como favorita, principalmente devido a sua inserção em diversos municípios do interior potiguar, recheados de investimentos do governo federal que a parlamentar tão bem ligou ao seu nome, uma estratégia midiática praticamente perfeita. Mas, deixando de lado as hipóteses, a deputada do PT pode acabar fazendo história nas eleições estaduais do próximo ano. Caso seja vitoriosa, será a primeira vez que um nome do partido vence uma eleição majoritária no RN, algo que a legenda procura há muito tempo. O problema pode vir, justamente, das mudanças que ocorrerão até o início do processo, ou até os oponentes perceberem que a vaga para o Senado está aberta.

NOVO NOME

Diante do espaço aberto na disputa pelo Senado, aliás, já há quem defenda a candidatura de um nome representativo da classe empresarial potiguar. Sempre uma boa opção, é o nome do ex-senador Fernando Bezerra, que hoje está filiado ao PMDB. Mas, nos bastidores, se comenta a possibilidade de um novo concorrente entrar na disputa. E as apostas giram em torno do ex-deputado federal Flávio Rocha. Será???

ADIADO SEM MOTIVO

Maio já está no fim e nada da presidente Dilma Rousseff vir ao RN. Até aí nada demais, a não ser o fato de que a presença da petista no estado foi o motivo alegado por Henrique Alves para adiar o encontro do PMDB, que aconteceria no início deste mês. Pelo visto, o deputado encontrou a desculpa ideal para evitar o lançamento precoce do seu nome na disputa pela sucessão do governo Rosalba Ciarlini (DEM).

DESEJO NACIONAL

Em tempo, a deputada federal Fátima Bezerra (PT) disse hoje pela manhã, em entrevista a 96 FM, que aguarda a vinda de Dilma ao RN no mês de junho, ainda sem data definida. A parlamentar voltou a se colocar à disposição do partido para uma possível candidatura ao Senado, e enfatizou que este é o desejo do diretório nacional da legenda. O jogo está só começando.

OPOSIÇÕES UNIDAS

E já que o assunto é o PT, os líderes da legenda se reuniram ontem com os membros do PSD no estado, liderados pelo vice-governador Robinson Faria. Mais uma vez os planos para 2014 foram colocados na mesa. O PSD aproveitou para reafirmar o projeto de lançar a candidatura de Robinson ao governo. O grupo decidiu se manter unido, sem esperar o posicionamento do PMDB, que, como sempre, continua em cima do muro.

Gira Mundo Divulgação

Na última terça-feira, um homem matou o vizinho e o filho dele por suspeitar que os dois teriam roubado galinhas e patos do seu quintal. O crime ocorreu no bairro de Nordelândia, na zona Norte de Natal. Ontem em um condomínio de luxo em um bairro nobre de Santana de Parnaíba, Grande São Paulo, o empresário Vicente D’Alessio Neto, de 60 anos, ficou irritado com o barulho que um casal fazia no andar de cima, pegou um revólver e foi ao apartamento dos vizinhos. Seis tiros foram disparados, matando Fabio de Rezende Rubim e a mulher Miriam Cecilia Amstalden Baida. Em seguida, Vicente se matou dentro do elevador do prédio. O casal tinha uma filha de um ano e meio, mas não ficou ferida. O bebê está com a avó. A notícia foi destaque hoje nos jornais de todo o país. O que está acontecendo com o mundo?

Megafone Heracles Dantas

“É preocupante que se continue a ter dificuldade em dar cumprimento às decisões judiciais, quando se refere às pessoas situadas no topo da estrutura social. É preciso que todos estejam ao alcance do sistema de justiça”

ROBERTO GURGEL PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA, CRITICANDO A DEMORA EM CUMPRIR A DECISÃO DO STF SOBRE A PRISÃO DOS MENSALEIROS

PALAVRA DO MINISTRO

HOTEL ABANDONADO I

O ministro Garibaldi Alves Filho, presente na solenidade que entregou o título de cidadão natalense ao jornalista Joaquim Pinheiro, ontem na Câmara Municipal, não conseguiu escapar das perguntas sobre o futuro do PMDB e o rompimento com o governo Rosalba Ciarlini. Do seu jeito matreiro, o peemedebista disse apenas que a decisão não poderia ser apenas sua, mas de todos os integrantes da legenda.

Antes tarde do que nunca. Finalmente a Prefeitura deu início aos ritos para desapropriar o Hotel Reis Magos, histórico prédio abandonado na Praia do Meio. Agora, ou os proprietários do local criam algum investimento ou acabarão perdendo o imóvel para o poder público. Já existem dezenas de ideias e projetos para serem implantados na área, que representa os áureos tempos do início do turismo potiguar.

NEGÓCIOS EM PAUTA

HOTEL ABANDONADO II

O mercado imobiliário potiguar irá receber, agora em maio, os dois primeiros lançamentos do ano no nicho de alto padrão. São os residenciais Bacara e Montoril, empreendimentos localizados em Lagoa Nova, um dos bairros mais requisitados da capital potiguar. Os produtos têm a assinatura da BSPAR. Em apenas dois anos no RN, a empresa já entregou oito empreendimentos e 762 unidades residenciais autônomas.

Além do imbróglio com o Hotel Reis Magos, a Prefeitura de Natal ainda vai precisar resolver outro impasse semelhante. É o caso do Hotel da BRA, abandonado ainda em meio as obras em um dos principais trechos da Via Costeira. O projeto foi paralisado ainda na gestão anterior de Carlos Eduardo, e a expectativa é que agora seja feito um acordo para que a obra continue. O turismo do RN agradece.


Cidade

Sexta-feira

Natal, 24 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 11

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

CALUNIADORES

novos nomes na disputa, não deixa de ser preocupante para Rosalba Ciarlini ficar tão atrás de Robinson Faria na preferência popular, em todo o estado.

Marina Silva foi mais uma vítima do que ela chama de "rede subterrânea da calúnia atua na internet". A militância virtual espalhou-se pelo país e tem cúmplices atuando diariamente em Natal, como está evidente nas agressões ao juiz Magnus Delgado.

DEPUTADA

A perspectiva, ainda que remota, da empresária Rose de Sousa assumir a cadeira do deputado federal João Maia (PR), caso ele venha a ser cassado por crime de "caixa 2", traria desconforto e complicaria sua atual situação de trabalho, entre Natal e o Rio.

FOBIA

Atenção. O termo acima, proveniente do idioma grego, significa "medo" e não aversão ou ódio, como tentam impor os militantes afetadinhos do movimento GLBT. Portanto, nem adianta me chamar de "homofóbico", porque eu não tenho medo de boiola.

SEGURANÇA

Mais do que louvável e necessária a atitude do governador paulista, Geraldo Alckmin, em presentear com um bônus salarial os policiais que ajudarem no combate direto ao crime. Deveria pagar soldo extra para cada bandido morto pela arma do policial.

PATERNIDADE

É curioso, pelo fato de tratar-se de uma figura pública e que faz questão de se expor na mídia, a facilidade com que o cientista Miguel Nicolelis demonstra no Twitter uma preocupação com o Palmeiras e não com um filho pedindo emprego de pedreiro.

RUBÃO 40

E continuam chegando os textos sobre o saudoso jornalista Rubens Lemos, para compor uma coletânea de comemoração aos 40 anos da sua volta do exílio no Chile. O colega Luciano Herbert conta fatos importantes dos tempos de editor no Diário de Natal.

ELEIÇÃO 2014

Por Marina Silva Na Folha de S. Paulo

Mensalet

Nos anos da ditadura militar, vivíamos sob censura. Liberdade de imprensa era um sonho, às vezes regado com lágrimas e sangue. Conquistada ao menos uma parte da liberdade, passamos a lutar contra o monopólio das mídias, o controle de poucas pessoas e empresas, a filtragem política e econômica das notícias e o resultado perverso: manipulação da opinião pública. O caso clássico, que muitos lembram com certa nostalgia, é a edição do debate entre Lula e Collor nas eleições de 89. A seleção dos trechos que prejudicavam Lula ficou, na indignação de seus partidários e da opinião pública, como exemplo de uso criminoso da mídia a ser sempre repudiado. Agora temos a internet, com liberdade e velocidade antes inimagináveis. A militância dirigida, de partidos e outras organizações, é confrontada pela nova militância autoral de indivíduos livres para defender as causas que escolhem. Também a imprensa tradicional tem que disputar opinião pública com um jornalismo autoral, avulso e diversificado. No universo das mídias, as virtudes da credibilidade e a opinião informada convivem com os vícios dos preconceitos, mentiras e desinformação. Dois mundos, real e virtual, se interpenetram, com invasões súbitas. Nesta semana, uma onda de pânico levou os beneficiários do Bolsa Família aos bancos, com o boato de sua extinção se espa-

lhando sem origem nem autoria. Segue-se a troca de acusações e os donos das pranchas políticas tentam "surfar" na onda. Acontece que o atraso também buscou o novo ambiente. Nesta semana, quando a edição maldosa do "Diário de Pernambuco" me acusando de defender o deputado Feliciano e suas ideias equivocadas ainda nublava algumas mentes e corações bem-intencionados, surgiu outra difamação tentando me associar a um criminoso do Paraná. Ao respondê-la, localizei um perfil falso que disseminava a mentira para vários sites. Depois encontrei outros perfis falsos, agindo coordenados. Na eleição de 2010 já era visível essa militância dirigida, que depois se profissionalizou. Várias organizações mantêm suas brigadas digitais, com "editores" dos debates e notícias cujos critérios são os interesses de seus patrões. Uma investigação detalhada poderia mostrar essa espécie de "mensalão da internet", uma indústria subterrânea da calúnia. Pessoas mais bem informadas não se enganam, especialmente quem viveu o tempo da censura e viu os casos de manipulação da mídia. Mas ainda há muita gente que não verifica as fontes e se assusta com boatos. Enquanto esses esquemas não se tornam mais visíveis, vamos navegando e cultivando a democracia como um ambiente de aprendizado, de persistência em busca da verdade. Só ela pode honrar a liberdade que lutamos para conquistar. (MS é ambientalista, educadora líder do partido Rede Sustentabilidade)

Como os números de uma pesquisa do Instituto Índice só serão publicados em junho, na revista Foco, a pesquisa Certus/JH acabou saindo na frente na aferição do embate Rosalba vs Robinson, por enquanto os únicos nomes na condição de pré-candidatos.

TRÁFEGO DE CAUSAS - A Revolta do Busão tá mais organizada que partido comunista. Agora já tem "plenária", "comunicado oficial" e "Comissões" para determinadas áreas de atuação. (O comentário em italic, hilário e preciso, é do jornalista Sergio Vilar, no Portal no Ar)

NO OESTE

De todos os resultados por região publicados ontem aqui no JH, nenhum repercutiu mais no ambiente político do que os do Oeste e principalmente de Mossoró, terra da governadora e que apontou vantagem do vice-governador com mais de 20 pontos.

AMÉRICA

Os dirigentes e conselheiros do América FC bateram o martelo com a OAS, pelo que entendi no noticiário esportivo. O time vai atuar na Arena das Dunas a partir de 2014, mesmo com a sua Arena do Dragão em obras. Vai se tornar centro de treinamento?

CAPOTE

Apesar de ser muito cedo para o pleito do ano vindouro, onde é mais que provável o surgimento de

Obama adolescente A foto apareceu na revista Time, revelando um momento da juventude de Barack Obama, no baile de formatura do colégio Punahou, no Hawaí. Está ao lado do melhor amigo à época, Greg Orme, a namorada dele, Kelli Allman, e a colega Megan Hugues, parceira de dança do atual marido de Michelle. Na ocasião, o garoto Obama, de 17 anos, passou uma cantada na namorada do amigo (a baixinha da foto).

Danilo Sá jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br

VAGA ABERTA PARA O SENADO É estranho, mas, por incrível que pareça, se as eleições fossem hoje, a deputada federal Fátima Bezerra (PT) estaria eleita senadora do Rio Grande do Norte com extrema facilidade. E não apenas por causa do desempenho da petista, que é inegavelmente um dos destaques da bancada potiguar desde que seu partido assumiu o comando do país em 2002. Mas, a eleição da parlamentar para a Casa mais disputada do Congresso Nacional ocorreria sem dificuldades porque, simplesmente, não há adversários. Hoje, Fátima faz uma campanha solitária rumo ao Senado Federal. Só por ter saído na frente, já é uma forte candidata a conquistar a vitória, mesmo que surja um novo nome no jogo eleitoral até o próximo ano. Aliás, apesar de nadar em mar calmo atualmente, é muito pouco provável que o atual cenário se mantenha até 2014. Basta, que os espertos líderes políticos do estado percebam o vácuo que a petista pretende ocupar, espaço que ela identificou antes de todos os outros. Dos nomes que podem atrapalhar a pretensão de Fátima, o principal deles é o da vice-prefeita Wilma de Faria (PSB), que já tentou conquistar uma vaga no Senado sem sucesso em 2010. Mas, ao fazer o jogo ambíguo de que pode concorrer a qualquer mandato eletivo no próximo ano, a ex-governadora acaba perdendo um tempo precioso, que está sendo muito bem aproveitado pela deputada. Depois de Wilma, há apenas mais dois nomes que podem se interessar pela disputa majoritária de senador. O principal deles é o deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB). Atual presidente da Câmara, o peemedebista talvez queira passar mais alguns anos em Brasília, onde está extremamente fortalecido. Quem sabe não seja este o motivo para o parlamentar defender tanto a permanência do seu partido na base aliada da governadora Rosalba Ciarlini (DEM). A terceira alternativa é o deputado João Maia (PR). Mas, neste caso, o jogo deixaria o campo das incógnitas e voltaria a ter Fátima como favorita, principalmente devido a sua inserção em diversos municípios do interior potiguar, recheados de investimentos do governo federal que a parlamentar tão bem ligou ao seu nome, uma estratégia midiática praticamente perfeita. Mas, deixando de lado as hipóteses, a deputada do PT pode acabar fazendo história nas eleições estaduais do próximo ano. Caso seja vitoriosa, será a primeira vez que um nome do partido vence uma eleição majoritária no RN, algo que a legenda procura há muito tempo. O problema pode vir, justamente, das mudanças que ocorrerão até o início do processo, ou até os oponentes perceberem que a vaga para o Senado está aberta.

NOVO NOME

DESEJO NACIONAL

Diante do espaço aberto na disputa pelo Senado, aliás, já há quem defenda a candidatura de um nome representativo da classe empresarial potiguar. Sempre uma boa opção, é o nome do ex-senador Fernando Bezerra, que hoje está filiado ao PMDB. Mas, nos bastidores, se comenta a possibilidade de um novo concorrente entrar na disputa. E as apostas giram em torno do ex-deputado federal Flávio Rocha. Será???

Em tempo, a deputada federal Fátima Bezerra (PT) disse hoje pela manhã, em entrevista a 96 FM, que aguarda a vinda de Dilma ao RN no mês de junho, ainda sem data definida. A parlamentar voltou a se colocar à disposição do partido para uma possível candidatura ao Senado, e enfatizou que este é o desejo do diretório nacional da legenda. O jogo está só começando.

ADIADO SEM MOTIVO

E já que o assunto é o PT, os líderes da legenda se reuniram ontem com os membros do PSD no estado, liderados pelo vice-governador Robinson Faria. Mais uma vez os planos para 2014 foram colocados na mesa. O PSD aproveitou para reafirmar o projeto de lançar a candidatura de Robinson ao governo. O grupo decidiu se manter unido, sem esperar o posicionamento do PMDB, que, como sempre, continua em cima do muro.

Maio já está no fim e nada da presidente Dilma Rousseff vir ao RN. Até aí nada demais, a não ser o fato de que a presença da petista no estado foi o motivo alegado por Henrique Alves para adiar o encontro do PMDB, que aconteceria no início deste mês. Pelo visto, o deputado encontrou a desculpa ideal para evitar o lançamento precoce do seu nome na disputa pela sucessão do governo Rosalba Ciarlini (DEM).

OPOSIÇÕES UNIDAS

Gira Mundo Divulgação

Na última terça-feira, um homem matou o vizinho e o filho dele por suspeitar que os dois teriam roubado galinhas e patos do seu quintal. O crime ocorreu no bairro de Nordelândia, na zona Norte de Natal. Ontem em um condomínio de luxo em um bairro nobre de Santana de Parnaíba, Grande São Paulo, o empresário Vicente D’Alessio Neto, de 60 anos, ficou irritado com o barulho que um casal fazia no andar de cima, pegou um revólver e foi ao apartamento dos vizinhos. Seis tiros foram disparados, matando Fabio de Rezende Rubim e a mulher Miriam Cecilia Amstalden Baida. Em seguida, Vicente se matou dentro do elevador do prédio. O casal tinha uma filha de um ano e meio, mas não ficou ferida. O bebê está com a avó. A notícia foi destaque hoje nos jornais de todo o país. O que está acontecendo com o mundo?

Megafone Heracles Dantas

“É preocupante que se continue a ter dificuldade em dar cumprimento às decisões judiciais, quando se refere às pessoas situadas no topo da estrutura social. É preciso que todos estejam ao alcance do sistema de justiça”

ROBERTO GURGEL PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA, CRITICANDO A DEMORA EM CUMPRIR A DECISÃO DO STF SOBRE A PRISÃO DOS MENSALEIROS

PALAVRA DO MINISTRO

HOTEL ABANDONADO I

NEGÓCIOS EM PAUTA

HOTEL ABANDONADO II

O ministro Garibaldi Alves Filho, presente na solenidade que entregou o título de cidadão natalense ao jornalista Joaquim Pinheiro, ontem na Câmara Municipal, não conseguiu escapar das perguntas sobre o futuro do PMDB e o rompimento com o governo Rosalba Ciarlini. Do seu jeito matreiro, o peemedebista disse apenas que a decisão não poderia ser apenas sua, mas de todos os integrantes da legenda. O mercado imobiliário potiguar irá receber, agora em maio, os dois primeiros lançamentos do ano no nicho de alto padrão. São os residenciais Bacara e Montoril, empreendimentos localizados em Lagoa Nova, um dos bairros mais requisitados da capital potiguar. Os produtos têm a assinatura da BSPAR. Em apenas dois anos no RN, a empresa já entregou oito empreendimentos e 762 unidades residenciais autônomas.

Antes tarde do que nunca. Finalmente a Prefeitura deu início aos ritos para desapropriar o Hotel Reis Magos, histórico prédio abandonado na Praia do Meio. Agora, ou os proprietários do local criam algum investimento ou acabarão perdendo o imóvel para o poder público. Já existem dezenas de ideias e projetos para serem implantados na área, que representa os áureos tempos do início do turismo potiguar.

Além do imbróglio com o Hotel Reis Magos, a Prefeitura de Natal ainda vai precisar resolver outro impasse semelhante. É o caso do Hotel da BRA, abandonado ainda em meio as obras em um dos principais trechos da Via Costeira. O projeto foi paralisado ainda na gestão anterior de Carlos Eduardo, e a expectativa é que agora seja feito um acordo para que a obra continue. O turismo do RN agradece.


12 O Jornal de HOJE

Natal, 24 de maio de 2013

Cidade

Sexta-feira

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br Divulgação

w A SENADORA DE GARIBALDI Consta nos bastidores da política do RN que a deputada federal Fátima Bezerra sonha em formalizar uma coligação entre o PT e o PMDB, com o intuito de aumentar para ela as chances de chegar ao Senado.

João Neto

>>> Fátima sabe que, apesar de sua força isolada, o partido de Henrique e Garibaldi Alves tem cacife para garantir a vitória petista. >>> Aos mais próximos, Fátima lembra que foi o PMDB que pesou nas vitórias de Fernando Bezerra (1998) e Rosalba Ciarlini (2006). >>> Os dois eram rotulados nas respectivas eleições como os senadores "de Garibaldi".

Sucesso: Michelle Geppert, Flávia Alessandra, Amauri Fonseca e Gláucio Paiva no final do desfile Toli

w AVERIGUANDO... Da reunião entre o prefeito Carlos Eduardo Alves e os vereadores aliados, sexta passada, um detalhe importante: ele anunciou aos 18 parlamentares presentes que a reforma administrativa que tanto vem sendo falada só será realizada após a empresa de consultoria Falconi Consultores de Resultados assinar contrato com o Executivo.

Mulheresnofds

GIRO PELO TWITTER ...do jornalista Jânio Vidal: "Preço da tarifa de ônibus não é o único problema do transporte de massa em Natal";

>>> A necessidade é de se investigar folha de pagamento do Município. >>> Até lá, nenhuma mudança acontecerá. w BINÓCULO E o Ministério Público do Estado começará a apurar o não fornecimento de documentos solicitados a algumas prefeituras do RN. >>>

A design de joias Luanda Galvão mostrando as peças da nova coleção Luanda Gam DeSaboya.com

A prática de alguns prefeitos tem irritado. >>> Em Campo Grande, no Alto Oeste, por exemplo, a promotora Beatriz Azevedo de Oliveira vai apurar possível prática de improbidade administrativa, através da ausência de prestação de contas pela Prefeitura do município (exercício financeiro 2005). w SEM SUCESSO Mesmo após duras críticas ao Governo Rosado...

Maria Célia Nóbrega, Violeta Maia e Marília Oliveira conferindo exposição Long Dress, que estreou ontem na NY NY, na Afonso Pena

>>> ...o deputado Nélter Queiroz tentou marcar uma conversa reservada com o secretário Chefe da Casa Civil, Carlos Augusto Rosado. >>> Sem sucesso! >>> O marido da governadora Rosalba Ciarlini disse que só receberia o deputado de Jucurutu na Governadoria. Mas, o peemedebista queria mesmo era conversar na residência Oficial, mais no estilo "íntimo do casal-Rosado". w DEBOCHE Após essa tentativa, circula a piada de que a única vez que Nélter esteve na Governadoria foi no último dia 1º de abril, data conhecida como o "Dia da Mentira". w ARREDIO Nélter, que já havia prometido que não subiria a rampa da Governadoria enquanto Rosalba estiver por lá... >>> ...agora tem dito nos corredores da Assembleia que não tem quem o faça sequer subir em um palanque com a turma demo. É aguardar!

As belas Dani Leite e Marília Galvão curtindo a noite natalense

w DEDICADA Toda noiva coruja, a bogueira Laurita Arruda deixou de lado o seu Território Livre essa semana para acompanhar de perto o deputado e poderoso presidente da Câmara Federal Henrique Alves em sua expedição aos Estados Unidos. >>> De Washington a Nova York, o peemedebista potiguar participa até amanhã de missão oficial da Câmara brasileira no país de Barack Obama. >>> Em seu Instagram, Laurita registra os bons momentos do amado. w PRESTÍGIO DELE A Câmara Municipal de Natal realizou nesta quinta-feira uma sessão solene em homenagem ao jornalista e colega deste JH Joaquim Pinheiro. >>> Projeto de Lei de autoria do ex-vereador Ney Lopes Júnior. >>> Na ocasião, foi realizada a entrega do Título de Cidadão Natalense ao jornalista pelo vereador Aquino Neto. >>> A homenagem a Pinheiro foi muito bem prestigiada, com a presença do ministro da Previdência Social Garibaldi Filho, da vice-prefeita de Natal Wilma de Faria, do secretário de Comunicação Social do Governo do Estado Edilson Braga, dos deputados estaduais Walter Alves e Hermano Morais, além de jornalistas, profissionais da imprensa, artistas populares e personalidades dedicadas à cultura da capital potiguar. w PALESTRAS DE PESO A "Siga Comunicação e Eventos" está realizando hoje, das 14 às 18h, a segunda edição do Fórum de Arquitetura, que contará com a participação de profissionais de renome internacional. >>> Estão em Natal para ministrar as palestras os arquitetos Índio da Costa e Carlos Fontes.

...do blogueiro Reinaldo Azevedo: "Sempre que o PMDB briga com o PT e com o governo, o país fica mais próximo da moralidade. Pena que logo reatam!";

...do senador José Agripino: "O Brasil está longe de obter um transporte público de qualidade em todas as cidades brasileiras, como o metrô".


Cidade

Sexta-feira

Natal, 24 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br

w PERDA A Secretaria de Educação reivindica posse do prédio onde funciona a Faculdade de Teologia D. Heitor Sales e o Instituto de Teologia, o Itepan. O processo está nas mãos do procurador geral, Miguel Josino. w FALTA A Diocese deve levar ao MEC os processos de mudança de sua sede, recredenciamento da faculdade e reconhecimento dos cursos de filosofia e teologia. Nessa hora, o padre João Medeiros Filho faz falta! w PORTOS - I No Brasil, ninguém, muito menos um pobre cronista de província, precisa adivinhar para prever. Sabe aquela pressa toda na aprovação da PEC dos Portos? O interesse cívico do bolso dos nossos políticos. w PAGA - II A Folha de S. Paulo explicou tudo na sua edição de terça-feira passada: os donos de portos, na última campanha, doaram R$ 120 milhões a políticos. No lobby dos gabinetes da Câmara e Senado.

Começou com uma frase sobre a política, ele comentando omissões de um texto publicado aqui. Respondi, fustigando o requinte do seu Samsung Galaxy Note. Provocado, banhou o Vale com seu lirismo. Respondi com o bilhete que publico em homenagem a Roberto Varela, de quem sinto saudade até hoje, e a ele, Ricardo. Não sei se, encolhido no canavial de sua infância, aprovaria seu bilhete transcrito aqui, com aquela sua saudade terna do tempo de menino. Por isso não transcrevo.

Bilhete a Ricardo Sobral Ricardo, Os rios do Ceará Mirim não são os rios da minha infância e, por isso, não correm nos vastos campos da alma como um daqueles de lá, de nome tão triste - Amargoso. Nem assim, deixei de vivê-los como pude, nos banhos de Nascença, com meu amigo Roberto Varela. Na sua solidão sem mágoa, quando já estavam adormecidas as lembranças das lutas políticas e fechadas as feridas das frustrações, como as janelas dos seus velhos casarões de fogo morto. Algumas vezes, tomávamos banho bebendo taças de Armagnac legítimo, depois do sarapatel cortado a ponta de peixeira por um velho morador de suas terras. O contrafilé que Aninha sabia assar na brasa, muito do gosto de Roberto, a banana frita bem seca, a farofa - nunca farófia! - no azeite daquele dendezeiro do jardim da casa grande, guardada pelo olhar de porcelana dos galgos que um dia, em tempos nobres e senhoriais, vigiaram a riqueza do Guaporé. Começávamos, ainda lembro, com um uísque, tocado a sementes cozidas de fruta-pão de caroço que adejavam suas folhas verdes do outro lado das nascentes, enchendo de um último orgulho o menino de engenho que ainda carregava no anfitrião requintado o sinal de aristocracia que lhe restava no peito de brasão assinalado, mas já esmaecido pelos anos. Ali, em Nascença, numa manhã da criação, como aquela descrita por Nilo Pereira, ouvi Odilon Ribeiro Coutinho falar sobre a vida nos engenhos, da aristocracia de Joaquim Nabuco no Massagana, e de onde um dia partiu para brilhar em Londres e Paris, ao lado de Oliveira Lima. No Guaporé, por artes da divina providência, restaurado e renascido - hoje outra vez em agonia - ouvi Oriano de Almeida tocar num pequeno teclado levado por Carlos Lyra para filmá-lo, a trilha sonora que compôs para o poema de Diógenes da Cunha Lima, como se fosse possível acordar seu velho piano agora mudo, fantasma adormecido para sempre ali na sala. Ouvi Nilo, na Academia, falar de sua meninice, e ouvi Veríssimo de Melo, na mesma noite, dizer de cor o trecho da Manhã da Criação de Nilo em 'Imagens do Ceará Mirim'. Li a série dos três artigos de Jayme Adour da Câmara lembrando a madrugada que viveu num carro-de-bois atravessando o canavial, gemendo nos eixos

Carlos Magno FLASHES DO SERIDÓ - carlosm.dantas@hotmail.com ACARIENSES O prefeito de Acari Isaias Cabral esteve na cidade de São Bernardo do Campo-SP, onde participou no Clube de Campo dos Metalúrgicos, do 10º Encontro dos Acarienses realizado anualmente pelo deputado federal eleito por São Paulo, Vicentinho(PT), que é acariense. w

BELDADES Camila Araújo e Daniel Medeiros serão aclamados Miss e Mister Acari 2013, amanhã, durante a tradicional festa Rosa de Maio 2013, no Clube Municipal. Tudo sob a batuta de Diogo Dantas. 50 ANOS Getúlio Costa, uma das legendas do rádio caicoense, atuando há vários anos na Rádio Rural, comemora com festão amanhã, no Clube Corintians de Caicó, seus 50 anos. A noitada terá como atração a estrela maior da Capital do Seridó, Dodora Cardoso.

w

w APLAUSO O seu a seu dono: correta a fala do senador José Agripino no programa de tevê do DEM, dirigida aos jovens do empreendedorismo e que contam com projetos seus de incentivos já aprovados pelo Senado. w PRONTO! Depois do ator José de Abreu, agora foi a vez do criador de novelas Walcyr Carrasco confessar na sua entrevista à Playboy que é bissexual. Mas, no caso dele, com um agravante: 'Acho que todo mundo é'. w POESIA De Apollinaire, na Ponte Mirabeau, Álcoois, tradução de Mário Laranjeira, na edição, bilíngüe com fac-símile original, avisando ao mundo: 'Venha a noite, soe a hora / eu fico e os dias vão-se embora'.

OS PARABÉNS PRA VOCÊ serão cantados hoje para os médicos Pedro Cavalcanti de Oliveira Filho e Socorro Medeiros, a ex-Miss Seridó, Madja Cristhellen e a ex-primeira-dama de Florânia, Ligia Freire Bezerra de Medeiros. Amanhã brinda idade nova o ortopedista caicoense Joan Barreto, ex-deputado estadual Nelson Freire e o conselheiro Tarcísio Costa. Domingo rasga folhinha o deputado estadual Antônio Jácome e o empresário Paulo Tarso de Andrade. Segunda-feira o senador Garibaldi Filho festeja 90 anos e será homenageado na Assembleia Legislativa, com a medalha do Mérito Legislativo.

MISS SERIDÓ 2013

OLHE O PASSARINHO! Miss Acari 2013, Camila Araújo, ladeando o casal prefeito de Acari, Isaias Cabral e Ana Maria durante o Festival do Pescado. (Foto Diogo Dantas)

w DEGUSTAR O decorador seridoense Neto Freitas retornando de São Paulo, onde participou da 10ª edição do Degustar 2013, exposição da alta gastronomia e decoração de luxo para festas e casamentos. Realizado no Espaço Leopoldo Itaim, o evento reuniu mais de 40 empresas.

w

w MAIS - II A ideia é envolver a OAB federal por sua força, abrir um canal direto com a Secretaria de Segurança e firmar uma posição simbólica homenageando o advogado Gilson Nogueira, assassinado em Macaíba.

Começou a contagem regressiva para a 23ª edição do concurso Miss Seridó 2013, dia 6 de julho, no Clube Municipal de Acari. Estão inscritas e vão brigar pelo título, Camila Araújo(Acari), Elayne Elionaria(Bodó), Déllis Luana(C. dos Dantas), Daniela Silva Medeiros(Cruzeta), Brígida Diniz(Equador), Márcia Cunha(Florânia), Mariana Medeiros(Ipueira), Luciana Carla Lopes(Jardim de Piranhas), Zuliane Rodrigues(Jucurutu), Anaise Cabral(Lagoa Nova), Maria Lúcia Azevedo(Parelhas), Kamila Morais(Santana do Seridó), Ingridy Azevedo(São Fernando), Lediane Lucena(São João do Sabugi), Letícia Isadora(São José do Seridó), Jéssica Lima(São Vicente),Lidiane Silva(Tenente Laurentino Cruz) e Elica Silva(T. dos Batistas).

w SEMINÁRIO Na última sexta-feira na Casa de Cultura Cônego Estanislau em Florânia foi realizado o I Seminário de Sensibilidade para Prevenção de Drogas no município, com a presença do professor João Maria Mendonça Moura e da coordenadora do Programa RN Vida, Sonali Rosado.

w PARABÉNS O cirurgião-dentista José Wellington Gomes, uma das figuras mais queridas da nossa sociedade, ganha muitos parabéns hoje, quando completa idade nova.

untados de breu, até a estação de trem, depois Natal, a travessia do Potengi, o Rio de Janeiro, o nunca mais voltar de verdade, a não ser em viagens proustianas, em busca de um tempo perdido. Num de seus textos, fala de uma manhã de alumbramento quando espiava, ainda meninote, as moças tomando banho quando um cavalo chispou no rio. Elas correram com medo, como um bando de aves, sem saber que corriam em sua direção, ele escondido na folhagem, com seus olhos curiosos e lascivos. Entrevistei Edgar Barbosa, já canceroso, amargo, sobre a criação do curso de Direito, ele que minha avó Edith Serejo, sua vizinha de frente, na Prudente de Morais, só chamava, respeitosamente, de Dr. Edgar, marido de Dona Leonor, sua amiga. Anos depois, descobri Rodolfo Garcia, o historiador austero, anotador consagrado da História Geral do Brasil, em três volumes, do grande Francisco Adolfo de Varnhagen, o Visconde Porto Seguro. Foi diretor da Biblioteca Nacional e primeiro norte-rio-grandense a chegar ao Petit Trianon como imortal da Academia Brasileira de Letras. Ceará Mirim de Juvenal Antunes nas suas 'Scismas' e nas suas 'Acreanas', seus dois únicos livros que tenho aqui, o primeiro com um longo e consagrador prefácio de Henrique Castriciano. Ceará Mirim de 'Outeiro', de Magdalena Antunes, aquela que nomeia o palacete onde hoje está instalada a Prefeitura. Por tudo isso, citado assim, de cor, indo buscar na memória afetiva, Ceará Mirim ficou pregado nas paredes da alma como uma tatuagem. Sem que nada deva a mim, sem que nada lhe possa exigir. Hoje, o Vale do Ceará Mirim é um quadro de Thomé na parede. Longe, a minha Macau, aquela da infância, onde fui Quixote a lutar contra os meus moinhos de vento. Lá, nas margens daquele rio e daquele mar, fui neto de um avô comerciante e próspero, de quem herdei o nome e a gargalhada, mas filho do seu filho, meu pai, um dia ficou pobre e por isso entregava nas bodegas os pequenos bolos que fazia na padaria que herdou do pai, caída no infortúnio da falência, e onde viu arder um pequeno império. Que mais poderia contar? Nada. Só mandar, daqui desta caverna de livros velhos, o abraço fraterno deste leitor que admira os seus textos escandidos do Verde Nasce de sua própria alma. a) Serejo

w AMEAÇADOS - I A comissão da OAB formada para apurar o brutal assassinato do advogado Antônio Carlos aproveita o fato para propor um levantamento de advogados hoje sob risco de ameaças, intimidações e represálias.

TINTIM

w ERRO Mais uma vez o demônio da informática que vive nas entranhas dos computadores infernizou a pobre alma do cronista e a repetiu-se aqui uma coluna já publicada em edição anterior. Por isso a mea culpa.

ELEGÂNCIA - Cirurgiãodentista José Wellington Gomes e Elizabeth Gurgel, casal do maior destaque na vida social de Caicó. Ele rasga folhinha hoje (Foto Cedida)

FELIZES Secretário de Cultura e Turismo de Parelhas, Carlos Alberto Assis de Araújo e a presidente da Câmara Municipal, Maria da Guia Dantas, em clima de felicidade total (Foto Lourenço)

VERMELHOU A deputada federal Fátima Bezerra faz festa hoje, no Clube da Petrobras, a partir das 20h, para festejar seu aniversário. Prefeitos e lidpoliticas do Seridó vão bater o ponto. Entre as atrações do palco, Dodora Cardoso, Debinha e banda e Uskaravelho. Entrada aberta para quem quiser abraçar a deputada petista.

w

GALÃ - Esdras Pereira, candidato de Jardim de Piranhas no concurso Mister Seridó 2013, dia 06 de julho em Acari (Foto Marcos Antonio)

TURISMO O secretário municipal de Turismo de Florânia, Júnior Silva participou hoje na Catedral de Natal, de uma reunião com representantes dos municípios que tem santuários religiosos. O encontro foi coordenado pelo Emprotur.

w

COMEMORAÇÃO O prefeito de Serra Negra do Norte, Urbano Batista de Faria será muito parabenizado amanhã, quando aniversaria. Começa a festejar a data hoje, na festa da deputada/aliada Fátima Bezerra.

w

NA SESAP - Secretário Luiz Roberto Fonsêca recebe para reunião sobre a implantação do SAMU Seridó/Trairi,os prefeitos Vilton Cunha(Currais Novos), Francisco Medeiros(Parelhas), Roberto Germano(Caicó) e Fernanda Costa (Santa Cruz). (Foto João Bezerra Jr)

w SAMU Os prefeitos Roberto Germano (Caicó), Francisco Medeiros (Parelhas), Vinton Cunha (Currais Novos) e Fernanda Costa (Santa Cruz), participaram ontem, na Sesap, de uma reunião com o secretário estadual de Saúde, Luis Roberto Fonseca e com a coordenadora regional do SAMU/RN, Cecília Picinin. Em pauta o processo de regionalização do SAMU, que segue para a terceira etapa e irá contemplar municípios do Seridó-Trairi. Atualmente o SAMU/RN atende a 29 municípios, com 24 unidades de Suporte Básico e 6 de Suporte Avançado.


Esporte

Sexta-feira

Natal, 24 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 15

ARENA DAS DUNAS É DO AMÉRICA ATÉ 2018 APESAR DE INÍCIO TUMULTUADO, REUNIÃO DO CONSELHO DELIBERATIVO APROVA PROPOSTA DA OAS PARA UTILIZAÇÃO DA ARENA DAS DUNAS POR CINCO ANOS. CLUBE RECEBERÁ BÔNUS INICIAL DE R$ 1,2 MILHÃO E PATROCÍNIO MENSAL Heracles Dantas

BRUNO ARAÚJO EDITOR DE ESPORTES

RAIO-X DA PROPOSTA

Ainda não houve a assinatura, mas o principal obstáculo para o América jogar na Arena das Dunas parece ter sido vencido. Em reunião do Conselho Deliberativo do clube que durou quase três horas, foi aprovada a proposta da empresa baiana OAS ao time potiguar para utilização do estádio da Copa do Mundo pelos próximos cinco anos. Ainda não há informação sobre quando o contrato será assinado, mas a expectativa é que o acordo seja oficialmente fechados nos próximos dias. A reunião começou com ânimos acirrados e chegou a ser ameaçada de ser paralisada e retomada apenas 10 dias depois. Mas após muita conversa e com mais calma, os conselheiros acabaram retomando as discussões de forma mais serena e a discussão se encaminhou para o objetivo final: a aprovação do contrato. Ela veio, mas com restrições que prometem ser levadas em uma contraproposta ao contrato da OAS. Na nova cláusula proposta, a intenção é de que o clube fique protegido de eventuais prejuízos financeiros e que, se após cinco anos (tempo de duração do contrato) for registrado algum prejuízo financeiro na parceria, a empresa gestora do estádio terá de arcar com os custos, não o clube.

n Bônus de R$ 1,2 milhão após assinatura; n Patrocínio mensal de R$ 100 mil; n Prêmio de R$ 10 mil por vitória; n Distribuição de 2 mil ingressos a proprietários de cadeiras e camarotes na Arena América; n Mínimo de 30% dos jogos do Estadual; n Mínimo de 60% das partidas da Série B; n Clássicos contra o ABC terão prioridade para Arena das Dunas; n Programação do estádio administrada pelo Consórcio n Estacionamento de responsabilidade do

Após realização da Copa do Mundo, acordo prevê utilização da Arena das Dunas pelo América nos próximos cinco anos

Outro ponto abordado é a perspectiva de reajuste a partir de um eventual acesso ou novas condições que se apresente ao clube americano. Entre os principais pontos do contrato com a construtora - e uma das administradoras do Estádio - estão o bônus imediato de aproximadamente R$ 1,2 milhão, além de R$ 100 mil mensais na forma de patrocínio durante todo o tempo do contrato, e Divulgação

Atacante Vinícius Pacheco é apresentado no América e espera recuperar bom futebol

ainda, um bônus de R$ 10 mil por vitória conquistada. O consórcio Arena das Dunas fornecerá, ainda, 1,5 mil ingressos ao clube para serem distribuídos aos proprietários de camarotes e cadeiras cativas na Arena do América, além de 500 ingressos adicionais para quem adquirir a partir da assinatura do acordo. Como obrigações propostas pelo contrato, o mínimo de 30% dos

Consórcio.

jogos válidos pelo Campeonato Estadual terão que ser disputados na Arena das Dunas. No caso do Campeonato Brasileiro, o números dobram a obrigatoriedade será de 60% das partidas. Os duelos entre América e ABC deverão ser disputados necessariamente na nova praça esportiva, com exceção de jogos de fases classificatórias, que passariam a ser opcionais.

O América segue para Florianópolis disposto a mudar sua trajetória na temporada depois de uma sequência negativa que lhe custou não apenas a classificação para a terceira fase na Copa do Brasil após um vexame em casa, mas especialmente pela perda do título Estadual para o Potiguar de Mossoró. E para viver uma nova vida, o técnico Roberto Fernandes promete mudar muita coisa no América, em especial, o time para a estreia contra o Figueirense-SC, no sábado, no Estádio Orlando Scarpelli, para a estreia na Série B do Campeonato Brasileiro. No último coletivo realizado pelo treinador americano, ao menos sete mudanças no time que disputou

as finais do Campeonato Potiguar foram realizadas. Elas começaram no gol, com a saída de Dida, vilão na partida final após sofrer o gol de empate numa falha individual, para a entrada de Rodrigão. Inicialmente, o meia Ruy Cabeção seria utilizado na lateral direita, já que o ala Norberto foi vetado pelo departamento médico do clube. Mas com a lesão do zagueiro Edson Rocha, durante o treinamento, o jogador acabou deslocado para sua posição original. Assim, Arnaldo assume a titularidade. Com a saída do zagueiro Thiago, que fazia a função de lateralesquerdo improvisado, para a defesa, o meio de campo acabou sofrendo mudanças também. Daniel

quinta-feira à tarde, enquanto o segundo deve se apresentar ao elenco rubro nesta sexta-feira. O atacante Vinicius Pacheco, que contabiliza passagens por Flamengo, Grêmio, Figueirense e estava no Náutico-PE disputando o

Campeonato Pernambucano, veio em condições especiais para o Alvirrubro, já que 65% do seu salário será pago pelo time carioca. No Náutico desde o meio do ano passado, só conseguiu jogar em 2013, devido a problemas na

documentação. A fase do atacante, contudo, não é das melhores nas últimas temporadas. Depois que deixou o Flamengo, clube no qual fez sua melhor temporada, em 2010, o jogador não voltou a apresentar um

Bruno Araújo início da competição única e exclusivamente pelo bom desempenho da sua equipe. É verdade que no ato da contratação, os próprios jogadores limitam a multa e impõe cláusulas que garantem liberação para clubes do exterior e Série A, por exemplo. Mas isso não significa que o clube precise cruzar os braços e ver seu elenco ser desfeito. Futebol é habilidade, dentro e fora de campo. Seja uma engenharia financeira arrojada ou prospecção de patrocínios mais eficiente, os clubes de médio porte têm a obrigação, se um dia quiseram subir para a classe dos principais clubes do país, aprenderem a lidar com as dificuldades que lhes são impostas - e são muitas. Caso contrário, o futebol para esses emergentes da bola não passará de uma montanha-russa sem graça, cuja subida sempre será interrompida por um novo obstáculo. Pois como diz o velho e malcriado ditado: "não sabe brincar, não desce para o play". RELAÇÃO CURIOSA Não sei se existem poucos empresários de futebol no país ou se a ligação entre clube e esses profissionais costuma ser estreita demais. Basta uma rápida olhada no elen-

perdeu a vaga de titular no meio para Ruy Cabeção e, o lateral-esquerdo Renatinho Potiguar que trabalharia a armação das jogadas ao lado de Cascata preencherá a vaga na sua posição de origem deixada por Thiago. O meia Netinho, um dos principais jogadores do elenco americano, continua fora por problemas musculares No meio-campo, o esperado retorno do volante Márcio Passos após se recuperar de uma lesão no tornozelo esquerdo, aconteceu. O jogador substitui Ricardo Baiano, que cumpre suspensão pela expulsão na última partida da competição, no ano passado e vai atuar ao lado de Fabinho. O ataque americano é o setor que mais sofreu mugrande futebol e pouco atuou. Entre as temporadas 2011 e 2012, atuou pouco mais de 10 partidas entre suas passagens por Grêmio e Estrela Vermelha, da Sérvia, com apenas um gol marcado. No Náutico, na atual temporada, o jogador teve mais oportunidades e foi titular em cinco partidas, saindo do banco de reservas em outras 11 oportunidades. Com a camisa do

Timbu pernambucano, marcou apenas dois gols. Além da dupla, estão no novo elenco reformulado do América para o Campeonato Brasileiro da Série B, os alas Arnaldo e Pedro Henrique, o zagueiro Cléber, os volantes Daniel, Élton e Mazinho, os meias Vaninho, Bruninho e Ruy Cabeção, além dos atacantes Júnior Negão, Alex, Ebinho e Kattê.

PisandonaBola AMÂNCIO

BRUNO ARAÚJO - TWITTER: @brunoaraujo7 EMAIL: wesckley@yahoo.com.br NÃO DESCE PARA O PLAY A boa fase que se avizinha ao ABC após a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil começa a deixar o torcedor esperançoso por uma campanha mais tranquila na Série B do Campeonato Brasileiro. Por outro lado, o baixo custo do elenco formado em relação a outros centros começa a despertar uma preocupação entre os dirigentes alvinegros antes mesmo do início da competição mais importante para o clube na temporada. Os três primeiros na mira são o meia Junior Xuxa, de saída praticamente confirmada para o Santa Cruz, o volante Bileu e o atacante Rodrigo Silva. Esses dois últimos, entre os melhores jogadores do atual elenco abecedista, chamaram atenção do Sport-PE, equipe com maior poder de investimento e que, se decidir subir o tom das negociações, dificilmente será o possível o time da capital potiguar segurar a dupla de atletas. Mais do que planejamento para contratar o jogador bom e barato, ABC e qualquer outro clube com menor poderio financeiro precisa traçar um planejamento capaz de impedir que o clube sofra um desmanche às vésperas ou mesmo no

co do ABC, do início do ano até aqui, para constatar que o clube abrigou quase uma dezena de jogadores do mesmo empresário até aqui. Ano passado, situação parecida ocorreu na ocasião da passagem do técnico Ademir Fonseca e também sob a forte influência do empresário Alex Fabiano. OITO PARA TRÊS A constatação acima é apenas uma curiosidade, já que dos oito indicados pela PL Sports, do empresário Ytalo Pontes, apenas três conseguiram se firmar no Alvinegro e garantirem a titularidade no tempo em que estão ou estiveram no clube. Os meias Raul, que já deixou o clube, e Junior Xuxa, além do goleiro Lopes, são os únicos da lista que conseguiram uma sequência mais longa. Sem chamar muita atenção em campo ou no banco, a empresa ainda empregou no ABC este ano, o atacante Canga e o lateral Jeff Silva, além de manter ainda o atacante Jheimy, meia Diogo Barcelos e o bom volante Leandro Santos no clube. COELHO SABIDO Uma situação que gera expectativa e traz a tona um debate importante. O América-MG, até o final

a entidade gestora da Arena. Atualmente, as obras da Arena das Dunas estão 66% conclusas. Para a Copa, o estádio terá uma capacidade para receber 43 mil torcedores, após o Mundial, entretanto, 10 mil assentos deverão ser removidos com a praça passando a ter uma capacidade final para 33 mil pessoas. A conclusão da obra está prevista para dezembro deste ano. danças e deverá estar em campo 100% modificado. A dupla ofensiva, inclusive, é a que mais preocupa o treinador americano que viu seu time sofrer com o excesso de oportunidades desperdiçadas ao longo da temporada e com uma média de gols abaixo do esperado nas disputas da Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Estadual. Assim, o ataque da final, formado por Índio Oliveira e Tiago Adan deve dar lugar aos recém-chegados Junior Negão e Kattê. Após um complicado quebracabeças, o treinador, enfim, conseguiu definir a equipe que deve fazer a estreia contra os catarinenses e o time titular do América deve ser formado por: Rodrigão; Arnaldo, Índio, Thiago e Renatinho Potiguar; Márcio Passos, Fabinho, Ruy Cabeção e Cascata; Júnior Negão e Kattê.

CARA NOVA PARA ESTREIA

AMÉRICA JÁ CHEGA A 15 REFORÇOS O América chega a 15 reforços para a Série B do Brasileiro. Os dois últimos a acertarem com a equipe americana foram o atacante Vinicius Pacheco e o zagueiro da Tombense-MG, Alexandre. O primeiro está em Natal desde a

Além disso, o consórcio terá prioridade na administração do programa de sócios do clube e a receita do estacionamento da praça esportiva será toda da Arena das Dunas. Além disso, a prioridade da programação do estádio será dada à gestão do estádio, com shows, eventos esportivos e de entretenimento incluídos nas prioridades a fim de garantir o aumento de receita para

da quinta-feira ainda não havia assinado com a Rede Globo a autorização para os direitos de transmissão. O valor de cota oferecido de R$ 2,7 milhões - mesmo valor pago a ABC e América - foi considerado baixo pelo clube. Equipes como Palmeiras e Sport recebem cotas bem mais altas em decorrência de negociações individuais com os membros do Clube dos 13 na oportunidade do racha da entidade, no ano retrasado. Até o momento, 17 clubes já acertaram acordo com a Rede Globo. Para este ano, os potiguares não podem sonhar em engrossar o pescoço, já que os lcubes adiantaram parte da verba no início do ano. MENINOS DO VÔLEI AAABB será o Rio Grande do Norte na Etapa Regional da Supercopa Banco do Brasil, também denominada Etapa Dunas, competição na categoria adulto masculina. A disputa será realizada na cidade de Fortaleza, no Ceará, a partir desta sexta-feira e vai até o próximo domingo deste mês de maio. A equipe é a mesma que representará o estado, em junho, no Campeonato Brasileiro de Seleções na cidade de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul.

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Natal, 24 de maio de 2013

Esporte

Sexta-feira

Leonardo Pessoa/ABCFC

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

João Pessoa

ABC VIAJA COM CAMISA 10 AINDA SEM DEFINIÇÃO SOBRE A PROPOSTA DO SANTA CRUZ, MEIO-CAMPISTA J UNIOR X UXA VIAJA PARA ENFRENTAR O PARANÁ , EM J OÃO P ESSOA Em meio à novela da possível saída do meia Junior Xuxa, o ABC viaja para João Pessoa na noite desta sexta-feira para enfrentar, no sábado, o Paraná, pela estreia na Série B do Campeonato Brasileiro. E a expectativa pela saída do camisa 10 abecedista continua, já que o jogador treinou entre os titulares no último coletivo antes da partida e deverá estar entre os relacionados para o jogo do fim de semana, contra os paranaenses. O jogador treinou normalmente na equipe titular e apenas uma reviravolta na negociação entre ABC e Santa Cruz, que promete se arrastar um pouco mais, poderá tirá-lo da partida de estreia dos abecedistas. "Ele já falou que quer fazer uma boa estreia e treinou como titular. Ele disse que está focado em ajudar o grupo no jogo de sábado contra o Paraná", afirmou o superintendente de futebol do ABC, Ferdinando Teixeira, que espera contar com atleta em campo. A saída da delegação abecedista do CT com destino à capital paraibana está prevista para as 18h30 desta sexta-feira.

Ferdinando espera uma posição do procurador sobre a negociação, mas até lá, pretende ter o atleta à disposição antes da definição sobre a saída de Junior Xuxa, dada ainda como certa. "Xuxa fez um bom jogo contra o Sport, não se omitiu, e tinham representantes do Náutico no estádio. Depois da partida, houve uma investida forte do Santa Cruz, e chegaram a conversar com os dirigentes do ABC, mas não tem nada certo. Estamos esperando uma definição do procurador do jogador", concluiu. Para a partida contra os paranaenses, fora de casa, o técnico Paulo Porto tem apenas uma dúvida para escalar a equipe. O treinado ainda não sabe se contará com Bileu na direita ou no meio de campo. Se optar pela primeira alternativa, Geovani deverá ser mantido no meio ao lado de Junior Xuxa. Caso contrário, o jogador perderá a vaga entre os titulares para que o volante volte a sua posição de origem ao lado de Leandro Santos, com Mateus e Xuxa formando a dupla de meio na armação das jogadas. Renato voltaria ao time

titular, na esquerda. Apesar da dúvida do gaúcho, o provável time do ABC para o confronto deverá ter mesmo o volante Bileu do lado esquerdo e a mesma formação que venceu o Sport-PE, de virada, na Ilha do Retirno: Lopes; Bileu, Vinícius, Leandro Cardoso e Lino; Leandro Santos, Bileu, Mateus e Júnior Xuxa; Vanderlei e Rodrigo Silva. LARGADA NESTA SEXTA A Série B do Campeonato Brasileiro de 2013 será aberta na noite desta sexta-feira com quatro partidas. Os primeiros dois jogos são às 19h30. O São Caetano recebe o Ceará e o Oeste duela contra o Avaí em Itápolis (SP). Os outros começam às 21h50. O Boa enfrenta o Chapecoense em Varginha (MG ) e Paysandu joga contra Asa em Paragominas (PA). A rodada continua no sábado com outras seis partidas. Destaque para a estreia do Palmeiras, oito vezes campeão nacional. A equipe inicia a luta para voltar para a elite do futebol contra o Atlético-GO, em

Itu, às 16h20. A Série B desta temporada será disputada de terça-feira, sexta e sábado. Serão disputadas seis rodadas até o dia 11 de junho. Depois haverá uma pausa por causa da Copa das Confederações. O torneio recomeçará só no dia 2 de julho.

1ª RODADA DA SÉRIE B SEXTA-FEIRA - 19H30 São Caetano x Ceará Oeste x Avaí 21h50 Boa x Chapecoense Paysandu xAsa SÁBADO - 16h20 Figueirense x América Joinville x Bragantino Icasa x Sport Palmeiras x Atlético-GO 21h ABC x Paraná Guaratinguetá x América-MG

> SEM ALTERNATIVA

Sem pista para treino, jovem potiguar se prepara para Brasileiro de Kart O piloto potiguar Victor Uchôa se prepara para a disputa do Campeonato Brasileiro de Kart. A principal competição acontece entre os dias 8 e 13 de julho na cidade de Serra (ES). Sem kartódromo em Natal, demolido para construção da Arena das Dunas, o piloto está se desloca semanalmente a Recife, a 300 quilômetros de distância da capital potiguar. O deslocamento gera custos para a equipe do piloto, que está poupando em disputas de competições na temporada 2013, a fim

de evitar que os gastos extrapolem o orçamento previsto. O equilíbrio financeiro vem sendo mantido devido aos apoios e patrocínios com o qual o jovem piloto tem contado, "Os custos realmente estão muito acima da realidade, depois da demolição do kartódromo, devido ao deslocamento semanal até Recife. Mas a solução vai sair logo. Tivemos com o chefe da Casa Civil do Rio Grande do Norte e ele reiterou que o Estado segue empenhado para que seja construído um kartódromo de qualidade na Grande

Natal", destacou Gláucio Uchôa, pai e chefe da equipe de Victor. Enquanto se busca uma solução para a questão do kartódromo, o piloto segue focado apenas nas questões técnicas. Amenizando a perda de um espaço em Natal com um simulador, Victor Uchôa está confiante para conquistar mais um título brasileiro e repetir o ano de 2010. No ano passado, o kartista foi vicecampeão e acredita que com poucos ajustes pode conquistar o lugar mais alto do pódio. Um fato especial para o kartis-

ta nesta temporada é despedida da categoria supercadete, na qual esteve por três temporadas. "É uma categoria muito disputada e que vai ficar marcada para sempre em minha trajetória, pelas corridas difíceis que fiz. Foi um aprendizado e tanto participar da supercadete, depois de ter vindo de categorias onde se valoriza mais o aprendizado, como é a cadete e a mirim. Estou trabalhando muito para me despedir com o título mais importante do país", destacou o kartista que fará, em breve, a estreia na categoria júnior menor. Divulgação

Estressômetro ultrapassou o limite, vou a João Pessoa. Logo eu, que detesto viajar por ter viajado tantas vezes sem querer ao longo da infância e adolescência. Só vou à Fazenda dos Ingás, no Encanto e a João Pessoa. A Recife, para visitar a Livraria Cultura. Vou pela manhã, volto quando termino minha missão. Tenho, sim, horror a viagem. A Brasília, então, é tormento. O lugar que mais gosto na capital federal é o aeroporto. Pela certeza de que voltarei para minha casa. Brasília é insuportável pela impessoalidade e a luta canibal entre as pessoas por poder e prestígio. Pela nova BR-101, João Pessoa se descortina em uma hora e meia, no máximo. A duplicação da estrada alargou a viagem e deu segurança aos motoristas. É uma obra digna de aplauso e, por ela, chego rápido ao meu destino, na condição de passageiro profissional. Nunca aprendi nem quero dirigir carro. Nunca me meto a fazer o que não sei porque sei: Vai dar errado. João Pessoa me encanta sem fazer esforço. É como uma Natal dez anos atrás. Note que o sotaque do paraibano e do potiguar é igual. Em qualquer outro lugar do Nordeste o povo chia. Um chiado diferente dependendo do chão onde se pisa. O chiado de pernambucano é um, o de cearense é outro, o de maranhense, diferente. Paraibano e potiguar falam do mesmo jeito. Sem chiado. São quase irmãos. Nem deveria existir divisa. Deveria ser criado um Mercado Comum Tabajara Potiguar, o MercoJaguar. É tudo muito parecido. Natal está lotada de problemas de metrópole emergente. João Pessoa ainda conserva a paz. Sossego. É uma maravilha caminhar pela orla de Tambaú. Sem barracas infectas e pútridas, sem assaltantes circulando como se estivessem num shopping, sem águas poluídas nem desordem na ocupação dos espaços. Você dá uma caminhada por Tambaú e relaxa. Pode até ensaiar um passo maior que a perna e esticar até Cabo Branco. Nunca fiz o trajeto por sedentarismo convicto e irredutível. Toma-se uma cerveja gelada em barracas limpas, com esgotamento sanitário, cozinhas bem tratadas, preços módicos. O povo é atencioso. Se você pede uma informação, o cara é capaz de entrar no seu carro, lhe deixar no lugar e voltar a pé, contente e satisfeito por ter prestado uma informação. A cultura paraibana também é vasta. Há oradores e escritores brilhantes que a gente reencontra em bancas de revista, em livretos biográficos. Estão lá José Américo de Almeida, Ronaldo Cunha Lima, Raymundo Asfora, José Augusto Crispim, Agnaldo Almeida, Severino Biu Ramos. >>> Gosto de João Pessoa, para onde ia criança, para a casa de Tia Nila, irmã do meu pai. Tia Nila era a segunda mais velha dos nove de José Ferreira e Maria Bertulina, avós que não conheci. Tia Nila tinha cabelos brancos e um rosto lindo. Morreu há uns dois anos e não quis vê-la no caixão. Gostava de observá-la sorrindo direto do coração. Bebe-se bem em João Pessoa. Para um cervejeiro nato, nem é preciso sair do hotel, onde há bons restaurantes servindo pratos de qualidade. À tardinha, o famoso Bolero de Ravel, em Cabedelo, num pôr do sol reafirmando, sem despedidas, as boas razões de se viver. O centro de João Pessoa é um corredor de cultura. O Palácio do Governo guarda a suntuosidade das liturgias. O paraibano gosta de cumprir as liturgias oficiais e é radical na política, bem mais do que o norte-rio-grandense. Tem o Ponto de Cem Reis, reduto histórico de analistas eleitorais berrantes, resolvedores dos problemas do mundo inteiro e espaço por onde o pessoense circula respirando a memória e os seus arquitetos. Gosto de João Pessoa e do seu Sebo Cultural, um dos mais sortidos do Brasil. É lá que se reúne a intelectualidade e onde você encontra obras antigas e polêmicas, como os livros de Severino Biu Ramos, repórter de texto sem reparos, sobre os Crimes que Abalaram a Paraíba, envolvendo gente poderosa, até secretários de Estado de governos de quatro décadas atrás. Gosto dos taxistas de João Pessoa. São bons de conversa. Taxista bom pra mim é aquele que engata o papo tão logo pergunto como anda o futebol da cidade. O Botafogo de João Pessoa está brigando por um título estadual que persegue há 10 anos e seu astro é Warley Brasília, atacante com passagem opaca pelo ABC. Por falar em ABC, é em João Pessoa a estreia na Série B do Campeonato Brasileiro. O ABC perdeu mando de campo no Frasqueirão por bobagens cometidas por idiotas que não são seus torcedores. vai jogar no Estádio Almeidão, logo à entrada da cidade no rumo das praias. Que o ABC, amanhã à noite contra o Paraná, tenha a minha sensação quando estou em João Pessoa. Que o ABC se sinta em casa. LINHAS DE MARCAÇÃO O técnico Paulo Porto, do ABC, para quem enxerga o mínimo de futebol, optou por duas linhas de quatro homens na marcação. Convenhamos, até para quem é inimigo da retranca, é quase intransponível a barreira dupla. O miolo de zaga tem falhado pontualmente e atrapalhado o esquema. EDMO O fechamento da equipe de esportes da 96 FM foi ruim para o mercado. Mas o jornalista Ênio Sinedino deve ter suas razões e quando a empresa é privada, o dono faz o que quer e ninguém pode reclamar. Apenas o fim dos comentários de Edmo Sinedino, o melhor de Natal, o que enxerga o jogo taticamente e explica sem dificuldades ao ouvinte.

Piloto Victor Uchôa participa a partir do próximo dia 8 de julho do Brasileiro de Kart em Recife

REFORÇOS O América traz Vinicius Pacheco, jogador experiente, com passagem discreta pelo Flamen-

go. Nada de consagrações ou condenações antecipadas ao meio-campista. É deixá-lo jogar. Ninguém pode sentenciar primeiro do que a bola, que diz sim ou não a quem lhe procura. MEMÓRIA Há 37 anos, um show de Reinaldo, atacante dos melhores nascidos no Rio Grande do Norte. Marcou todos os quatro gols do ABC na vitória de 4x0 sobre o Riachuelo. Público pagante no Castelão(Machadão): 4.373 pessoas. TIMES ABC: Hélio Show; Fidélis, Pradera, Vágner e Vuca; Draílton, Danilo Menezes(Raimundinho) e Zé Carlos Henrique(Zé Carlos Olímpico); Noé Silva, Reinaldo e Noé Macunaíma. Riachuelo: Erivan, Birunga, Carlos Elias, Manoel(Oscar) e Carlindo; William, Francisquinho e Teles; marcos Pintado, Fernando Carioca e Jacó.


Cultura

Foto: Paprica Fotografia/Divulgação

Sexta-feira

Natal, 24 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 17

SAMBA4FRIENDS TRAZ O

CLIMA DA LAPA PARA NATAL DANIELA PACHECO EDITORA DE CULTURA

O grupo carioca Casuarina é hoje um dos principais expoentes do samba brasileiro, reconhecido mundialmente por conta de suas turnês internacionais. Toda a alegria do último trabalho do grupo o DVD “Casuarina: 10 anos de Lapa”, gravado num show que reuniu 50 mil pessoas no mais boêmio e festejado bairro carioca pode ser conferida neste fim de semana na capital potiguar. A edição especial da festa Samba4Friends acontece neste sábado, dia 25, a partir das 17h, na Praia Devassa e além do grupo Casuarina, conta ainda com o samba dos grupos Arquivo Vivo, Preto no Branco, Quarteto Linha e Bloco da Madame. Os ingressos estão à venda na Soul Bijoux do Midway Mall e comissários. Mais informações: www.fb.com/bpproducoes. Ao sair do seu velho palco de costume, o monumento histórico dos Arcos da Lapa, o show na praia O JORNAL DE HOJE – Casuarina surgiu em 2001, na sua opinião, quais foram as principais mudanças do grupo? João Fernando - Depois de todo esse tempo acho que as mudanças estão relacionadas à ma-

da terra de Poti traz um roteiro especial, com canções autorais como “Dissimulata” (João Cavalcanti) e “Pequenino” (Daniel Montes, Gabriel Azevedo e Sergio Fonseca) e regravações como “Eu quero botar meu bloco na rua” (Sérgio Sampaio), “Lapinha” ( Baden Powell / Paulo César Pinheiro), e um divertido pout- pourri que emenda “Com que roupa” (Noel Rosa), “Peço licença” (Zé Keti), “Pimenta no vatapá” (João Nogueira / Claudio Jorge) e “Insensato destino” (Acyr Marques / Chiquinho / Maurício Lins). Formado por Daniel Montes (violão de 7 cordas), Gabriel Azevedo (pandeiro e voz), João Cavalcanti (tantan e voz), João Fernando (bandolim e vocais) e Rafael Freire (cavaquinho e vocais). Já recebeu várias premiações como o Prêmio da Música Brasileira (Melhor Grupo de Samba de 2010), o Rival (Melhor Grupo de 2006), além de duas outras indicações ao PMB (então Prêmio Tim) e ao VMB 2009. O JORNAL DE HOJE entrevistou um dos integrantes do Casuarina, o músico João Fernando.

turidade. Conseguimos gravar e tornar conhecidas as nossas composições. Hoje em dia elas são cantadas em coro pelo público, o que nos enche de orgulho. Além disso, hoje em dia conseguimos atingir um públi-

co muito maior do que no tempo em que nos apresentávamos exclusivamente no Rio. O JORNAL DE HOJE – Como surgiu o nome Casuarina para o grupo?

João Fernando - Casuarina, além de ser uma árvore, é o nome da rua, no Rio de Janeiro, onde ocorreram nossos primeiros ensaios. Era onde ficava a casa do nosso cavaquinista Rafael Freire. O JORNAL DE HOJE - O que os fãs podem esperam desse show na capital potiguar? João Fernando - É sempre muito bom tocar pela primeira vez em uma cidade! Nesse show tocamos as músicas de nosso último DVD: Casuarina 10 anos de Lapa, além de outras músicas dos CDs anteriores. Mas como nunca viemos antes a Natal pode ser que pintem algumas surpresas. O JORNAL DE HOJE – Quais artistas mais influenciam nas composições do grupo? João Fernando - Todos nós temos nossas influências individuais, mas enquanto grupo acho que todos os clássicos nos

influenciaram de uma ou outra forma, pra citar alguns: Cartola, Paulinho da Viola, João Nogueira. O JORNAL DE HOJE – E, o que inspira vocês? João Fernando - Viajar levando nossa música a todos os cantos do país e também pra fora do Brasil. O JORNAL DE HOJE – O grupo já fez show no exterior. O que significa para vocês levar um pouco da cultura brasileira para outros países? João Fernando - É sempre muito gratificante ver a reação das pessoas ao samba. Tanto nas grandes cidades onde há muitos brasileiros e o clima é de saudades da terra natal, quanto nas pequenas cidades onde boa parte do público é de curiosos que nunca tiveram contato com o samba. O JORNAL DE HOJE – Fale um

pouco sobre o DVD? João Fernando - O DVD Casuarina 10 anos de Lapa, lançado há poucos meses e que também contém registro ao vivo das músicas do nosso CD de 2011 (Trilhos/Terra Firme). O DVD conta com a participação de grandes convidados que de alguma forma cruzaram o nosso caminho nesses últimos anos, como Teresa Cristina, Lenine, Marcos Sacramento, Nilze Carvalho, Áurea Martins. O JORNAL DE HOJE – Conte pra gente, depois desse show. Quais são seus próximos projetos (turnê)? Continuaremos com a turnê de lançamento desse DVD, estamos levando esse show a várias cidades que assim como Natal, nunca estivemos antes. Ainda esse ano também faremos uma homenagem aos 100 anos do grande Cyro Monteiro com um show comemorativo especial.

Cultura HOJE

com Dani Pacheco

DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com Divulgação

CHORO E GAFIEIRA Nesta sexta-feira, dia 24, a partir das 22h, o Espaço Cultural Buraco da Catita recebe o grupo Catita Choro e Gafieira que conta com a participação especial da cantora Silvana Martins.

Divulgação

JAZZ, BOSSA NOVA E MPB Conhecido por sua técnica e virtuosismo, o músico apresenta um repertório que mescla jazz, Bossa Nova e MPB, o guitarrista Joca Costa se apresenta hoje a partir das 21h, no Jobim Gastronomia e Música, na Praça da Flores, em Petrópolis. RECITAL O clarinetista Amandy Bandeira e o pianista Durval Cesetti se apresentam nesta sexta, às 20h, no auditório da Escola de Música da UFRN. O recital contará com peças de Brahms, H. Rabaud, A. Marquez e Louis Cahuzac. A entrada é gratuita.

CAUSOS, POESIAS E CANÇÕES O poeta, escritor e compositor paraibano Jessier Quirino está de volta ao palco do Teatro Riachuelo, hoje e amanhã, sempre às 21h. Desta vez para mostrar seu novo espetáculo, “Vizinhos de Grito”. Acompanhado de músicos de primeira grandeza, que dão um tom solene e divertido ao recital, o artista apresenta causos, poesias e canções autorais, que vão do interior ao litoral.

CINEMA CULT A sétima edição do evento, promovido pelo Cineclube Natal em parceria com o jornalista Rodrigo Hammer, acontece em Natal até o dia 26 de maio no Teatro de Cultura Popular – TCP. E, nesta sexta-feira (24), às 18h30, será exibido o filme “A Mulher das Dunas” (Japão, 1964), com direção de Hiroshi Teshigahara. Considerado um clássico do Cinema Fantástico narra a história de entomologista aprisionado por mulher cujo objetivo é localizar filho e marido soterrados na areia. Um relacionamento bizarro se desenvolve.

PROGRAME-SE No próximo dia 8 de junho, o cantor e compositor maranhense Zeca Baleiro apresenta na capital potiguar o projeto Baile do Baleiro, onde propõe uma atualização do modelo do “baile”, cantando e tocando de tudo, com arranjos modernos e sonoridade contemporânea. A ideia do Baile do Baleiro é evidenciar a diversidade cultural das metrópoles. A cada noite, o artista e sua banda tocam canções de todas as épocas e reverenciam ídolos de todas as gerações. A Banda do Baile inclui um naipe de sopros e backing vocals, sempre afinados para receber os convidados de Zeca. E, nesta edição a cantora potiguar convidada foi a querida e talentosa Khrystal (foto).

CMYK


18 O Jornal de HOJE

Cultura

Natal, 24 de maio de 2013

Sexta-feira

Musicomania CONRADO CARLOS - ccpsilva@gmail.com

HISTÓRIA DO

“SAINDO DA SARJETA” É A AUTOBIOGRAFIA

CHARLES MINGUS, UM DE

DOS MAIORES COMPOSITORES DO JAZZ QUE TEVE UMA VIDA MAIS AGITADA DO QUE QUALQUER ÍDOLO DO ROCK

Fazia pelo menos uns dois anos que “Saindo da sarjeta” estava empilhado por aqui, aguardando meu interesse em lê-lo. Feito um navio na fila de espera de um porto brasileiro, virou uma espécie de carga preciosa sem estrutura logística para ser despachada. Nesse período, eu o folheei diversas vezes, o que aumentava a certeza de que bobeava em desprezá-lo. Tinha lido uma dúzia de resenhas elogiosas sobre a autobiografia do contrabaixista Charles Mingus, mas sempre o preteria. Até que uma releitura de “História Social do Jazz”, de Eric J. Hobsbawn, promoveu um revival de três álbuns clássicos do maior baixista do jazz moderno (“Pithecanthropus Erectus”, “Mingus Ah Um”, “The Black Saint and the Sinner Lady”, todos lançados entre 1956 e 1963). O que, novamente, fez com que eu abrisse “Saindo da sarjeta” em uma página ou outra, como um flerte pré-coito. Em todas elas, as impressões de

HOMEM ZANGADO

Mingus me fizeram rir ou querer seguir o fluxo das páginas bem escritas. Mesmo com a versão de que um ghost writer seria o verdadeiro autor deixando uma certa desconfiança. Qual o problema? Mingus fez parte da Era de Ouro do jazz. Viveu de forma intensa, com acusações de que era cafetão, prostituto e bandido entremeadas com sua arte vanguardista que trouxe um instrumento secundário para frente do palco. Mais rocker do que todos os ídolos juvenis de então, ele só parou de chocar o universo jazzístico quando a esclerose lateral amniotrópica começou a vencê-lo, no começo dos 70s. Charles Mingus (1922-1979) era um colosso. Alto, bonito e multitalentoso, ele nasceu no Arizona, mas passou a adolescência em Watts, subúrbio de Los Angeles, megalópole que viria a ser sua base artística, juntamente com Nova York. Na Big Apple, aliás, foi onde

conheceu Louis Armstrong e Lionel Hampton. Nos anos 1950, tocou com nada menos que Charlie Parker, Miles Davis e Duke Ellington. Dessas experiências musicais foi forjado um estilo que mesclava o jazz com música clássica, em uma sonoridade única. Ao mesmo tempo, em sua vida privada, alimentava a fama de garanhão com uma compulsão sexual de fazer Jimi Hendrix se sentir um pré-mirim na esbórnia. No começo da carreira, Mingus manteve casos com mulheres mais velhas para garantir uns trocados. Antes de engordar e virar uma montanha de banha, suor e mau humor (seu apelido é The Angry Mano of Jazz, ou “o homem zangado do jazz”), ele impressionava pelo porte atlético e vigor com que tocava o contrabaixo. “Saindo da Sarjeta” é narrado na terceira pessoa do singular. Mingus é “meu garoto” que aparece nas primeiras páginas em uma sessão de terapia, em franca conver-

sa com um psicólogo ingênuo quanto à complexidade do ídolo. O pai dominador, a madrasta religiosa, a vagabundagem no submundo das drogas, os episódios com parte da elite do jazz, bem como da cena nova-iorquina, transformaram o livro em um marco na bibliografia jazzística. Sempre com seus relacionamentos tumultuados de pano de fundo. Se você não gosta de jazz, saiba que a autobiografia de Charles Mingus é um livraço, daqueles que nos consome durante dias. Ora sensual, ora cômico, “Saindo da sarjeta” vai além de meras minúcias de um musico doidão que quis fazer um troco contando suas desventuras. Ativista social, ele foi um dos poucos jazzistas a fazer análise, a ponto de se autointernar em uma clínica psiquiatra. Com ar beatnik, freudiano e hunterthompsiano, sua trajetória é um mosaico de exageros que compõem uma obra de grande valor humano e literário.

SAINDO DA SARJETA Autor: Charles Mingus Editora: Jorge Zahar Editor Fora de catálogo, mas disponível em vários sebos virtuais

CD: JAZZ POP

A DOCE VOZ DE BLUBELL

CD: BLUES-ROCK

DE VOLTA PARA CASA Formado em 1967, o Ten Years After foi a banda residente do mítico clube Marquee, em Londres, durante os anos finais daquela década. Após uma breve circulada por festivais de blues e jazz, gravou seu primeiro disco que, de cara, destacou-os em um período em que todos queriam psicodelia ou botar a flor no cabelo e partir para São Francisco. Foi o que aconteceu com a turma do vocalista e guitarrista Alvin Lee. Convidados pelo famoso empresário Bill Graham, eles estouraram no Fillmore West, casa onde pisava boa parte da elite do High Ashbury – sobretudo Jefferson Airplane e Greateful Dead. O sucesso em território americano conduziu os ingleses em direção a o maior festival de rock feito até aquele momento: Woodstock. É com esse currículo que, em 1983, o próprio Lee, mais Leo Lyons (baixo), Chick Churchill (teclado) e Ric Lee (bateria), integrantes originais do Ten Years After, voltaram ao Marquee para gravar sua parte em uma série de shows comemorativos dos 25º do clube. O material com a apresentação chega às lojas brasileiras através da ST2

Music no DVD “Live From Marquee Club, London”. Para fãs de blues-rock, é item obrigatório. Logo na aberta, um dos clássicos do TYA, “Love Like a Man”, com seu riff conhecido até em Nova Papua Guiné, mostra o virtuosismo de Lee e Lyons – as evoluções da guitarra com a linha melódica do baixo formam pacote coeso e instigante. Outros temas conhecidos, como “Help me”, “I’m going home” (um dos hinos de Woodstock), compõem o número que ainda inclui Standards – casos de “Blues suede shoes” e “Hound Dog”. Como todo bom grupo do gênero, o fator instrumental tem relevo, como se as faixas fossem verdadeiras jams que os quatro improvisavam ao vivo. A simplicidade dos extras e da produção do show de 30 anos atrás não diminui o valor histórico e estético da banda que um dia teve o Black Sabbath como abertura e discípulos. Se muitos, hoje, consideram um item arqueológico, o som do Ten Years After que, pelo nome, pressupõe um olhar à frente, uma banda moderna para seu tempo, merece atenção redobrada de quem gosta

do bom e velho rock and roll, pelo menos como descoberta da essência da sonoridade de medalhões surgidos nos anos posteriores – vide Zeppelin e AC/DC.

LIVE FROM MARQUEE CLUB, LONDON Artista: Ten Years After Gravadora: ST2 Music Preço médio: R$ 34,90

Uma cantora considerada por parte da crítica brasileira como dona de uma voz que nos remete aos anos 1950, tempo em que das divas do jazz eram sumidades, se junta a três músicos experientes e remanescentes da banda Música Ligeira (trio que marcou presença nos 90s como expoente da música pop de câmara) para lançar um álbum com standards do rock e do jazz. É o que aponta este Blubell & Black Tie. Lançado em janeiro último, o disco é considerado pela própria cantora paulista como um trabalho independente em sua discografia oficial. Com dois discos na carreira, Blubell tem uma voz limpa, doce, que se estende bem por sussurros e ironias. Ela esbarrou com o violista Fábio Tagliaferri, do violonista e violoncelista Mário Manga e do violonista Swami Jr., e resultou em versões para temas de Michael Jackson, Edith Piaf, The Who e Celly Campello e até Beatles. Os arranjos bonitos e o repertório especial formam um conjunto agradável para ouvidos sensíveis e otimistas, mas desperta a desconfiança de quem gosta de som mais visceral (e original). Bons momentos são oferecidos em “Billy”, de Campello, “Long Long Long” de George Harrison e, sobretudo, em “Luz Negra”, de Nelson Cavaquinho - que era o caminho a ser seguido em todo o

CD, com lirismo, dramaticidade e melancolia na dose certa. No restante das músicas, deram uma suavizada em “My Generarion”, clássico do Who, abusaram de temas batidos, como “La vie en rose” (Edith Piaf) e “It’s Oh so quiet”, gravada por uma penca de gente (de Björk a Beyoncé), e deixaram a sensação de que o potencial do quarteto foi mal explorado. C.C.

Blubell & Black Tie Gravadora: Boranda Preço médio: R$ 27,90


Cidade

Sexta-feira

Natal, 24 de maio de 2013

Governo quer chegar a 3,6 milhões de ocupações formais no turismo PROJETO TAMBÉM QUER AUMENTAR NÚMERO DE TURISTAS ESTRANGEIROS NO PAÍS O governo federal pretende incrementar a participação do turismo na economia brasileira, que atualmente representa 3,7% do Produto Interno Bruto (PIB). Entre as propostas está o aumento para 7,9 milhões do número de turistas estrangeiros no país e para 250 milhões do número de viagens domésticas feitas até 2016. Com o incremento, o governo pretende chegar a 3,6 milhões de ocupações formais no setor. As propostas estão no Plano Nacional de Turismo, apresentado nessa sexta-feira (24). Em 2012, 5,8 milhões de turistas estrangeiros visitaram o Brasil. Para 2013, a estimativa é que o país receba 6,2 milhões de estrangeiros. As chegadas internacionais de turistas ao país não têm se alterado substancialmente em relação aos anos anteriores, mas o Ministério do Turismo aposta no aumento em virtude da realização de grandes eventos no país, entre eles a Copa das Confederações em 2013, a Copa do Mundo de Futebol em 2014, os Jogos Olímpicos e Paralímpicos em 2016 e a Jornada Mundial da Juventude em junho próximo. Segundo o Ministério do Turismo, os grandes eventos contribuirão para a melhoria da infraestrutura e da qualidade dos serviços turísticos no país, criando condições para consolidar o Brasil como um dos principais destinos mundiais. O documento destaca que os financiamentos concedidos pelas instituições financeiras federais, como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal, chegaram a R$ 11,2 bilhões, um aumento de cerca de 30,1 % se comparado ao ano anterior. O governo acredita que o setor pode contribuir para o crescimento sustentado, com a redução de desigualdades regionais e a geração de emprego e renda. De acordo com o plano, a preparação para esses eventos antecipa e dá prioridade a investimentos em infraestrutura básica e

José Aldenir

Turismo é considerado um dos principais setores da economia do Rio Grande do Norte e deve ser influenciado com projeto turística. "É esperado que, entre os legados a serem deixados pelos megaeventos e o impulso nas atividades econômicas, haja uma expansão no estoque total de empregos no setor de aproximadamente 800 mil pessoas ocupadas até 2016. Com isso, o estoque total aumenta de 2,78 milhões para 3,59 milhões de empregos formais, representando um crescimento anual de 6,64% e elevando de 0,27 para 0,6 milhões o número de empreendedores individuais", diz o documento. As vagas estão ligadas a atividades relacionadas à hotelaria, às agências de viagens, companhias aéreas, a outros tipos de transportes de passageiros, restaurante e lazer. O incremento da atividade turística ligada a esses eventos deve contribuir para reduzir o déficit no setor. Em 2012, os brasileiros gastaram no exterior US$ 22,2 bilhões e os turistas estrangeiros geraram ao país receita de US$ 6,6 bilhões, com déficit, portanto, de US$ 15,65

bilhões. Para isso, o Ministério do Turismo pretende atrair especialmente os visitantes da América do Sul, responsáveis por quase metade de todo o volume de turistas estrangeiros (48,38%) que estiveram no Brasil em 2012. A Europa, com 29,83%, e a América do Norte, com 13,43%, são, respectivamente, as duas regiões com o maior número de turistas que visitam o país. A Ásia (com 5,13%) tem pouca representatividade, apesar do crescimento econômico da China, Índia e Indonésia. Os dados mostram que 70% dos turistas estrangeiros ingressaram por via aérea, 27% por via terrestre, 3% por via marítima e 1% por via fluvial. Sobre o turismo doméstico em 2013, a estimativa é ter 215 milhões de brasileiros visitando as 276 regiões turísticas nas quais o país é dividido. Em 2012, o mercado doméstico transportou 11,1 milhões a mais de passageiros do que no ano

anterior, com aumento de 6,9%. A intenção do governo é incentivar as viagens durante o período de baixa estação, reduzindo os efeitos da sazonalidade do turismo internacional. Para isso, o governo investe em programas como Viaja Mais Melhor Idade. O programa é voltado para pessoas com mais de 60 anos, um público estimado atualmente em mais de 20 milhões, e oferece condições diferenciadas de crédito a idosos, aposentados e pensionistas, principalmente nos períodos de baixa estação. Caso os prognósticos se confirmem, o Brasil passará a ser a terceira economia turística do planeta até 2022. De acordo com o Ministério do Turismo, o Brasil ocupa atualmente a sexta posição no ranking. Para atingir o objetivo, o setor precisará ter crescimento anual médio de mais de 8%, taxa superior ao crescimento médio dessa atividade no mundo. (Agência Brasil).

> DEBATE NACIONAL

Alunos de Direito realizam debate sobre PEC das Domésticas amanhã Wellington Rocha

O Centro Acadêmico de Direito da UnP realiza neste sábado (25) o 1º Papos & Ideias Direitos em Debate. O encontro traz como tema a PEC das Domésticas e acontece às 17h30 no auditório da Livraria Saraiva, Midway Mall. A entrada é gratuita mediante a doação de uma lata de leite em pó. Para debater sobre os novos direitos previstos na PEC das Domésticas, teremos como palestrantes a Juíza Maria Rita Manzarra, Presidente da Amatra 21 - Associação Norte Rio-grandense dos Magistrados do Trabalho - e o Advogado Luiz Gomes, Presidente da Anatra Associação Norte-Riograndense dos Advogados Trabalhistas. Há quase dois meses, no dia 03 de abril, a chamada PEC das Domésticas entrou em vigor no Brasil, igualando os direitos dos trabalhadores domésticos aos dos trabalhadores urbanos e rurais. Entretanto ainda há muitos itens que precisam ser regu- Juíza Maria Rita Manzarra estará presente no debate com alunos de Direito

lamentados, tais como o segurodesemprego, adicional noturno, indenização em demissões sem justa causa, conta no FGTS, entre outros. A regulamentação dos direitos trabalhistas que foram estendidos aos trabalhadores domésticos está em pauta no Congresso Nacional, de onde sairá um relatório que terá a meta de unificar as propostas do executivo e do legislativo. Para os estudantes de Direito é fundamental acompanhar de perto este debate. O Projeto Papos & Ideias Direitos em Debate é uma iniciativa do Centro Acadêmico de Direito UnP Seabra Fagundes, entidade sem fins lucrativos que representa os mais de três mil alunos de Direito da Universidade Potiguar. O Projeto visa promover debates sobre temas contemporâneos da área jurídica e ações educativas que ultrapassem as fronteiras acadêmicas e estabeleçam diálogos com a sociedade.

O Jornal de HOJE 19


20 O Jornal de HOJE

Natal, 24 de maio de 2013

Cidade

Sexta-feira

Érika Nesi Moda & Atitude erikamnesi@hotmail.com

Ah, quer saber...

A coleção Glaucio Paiva, estilista da marca, se superou, e dessa vez reuniu várias mulheres em sua coleção, desde a mais básica até a mais sofisticada tiveram seu espaço, sem falar nas glamurosas e nas mais fashions. Destacamos aqui dentre as muitas estampas exclusivas da marca, a Faiça (inspirada nos azulejos portugueses), na melhor linha provençal, que está muito rica, assim como todaa linha de longos e de alfaiataria presentes na coleção.

Cristine Rosado comemora hoje na idade da Loba

A aniversariante do dia, a mais querida Cristine Rosado, recebe de presente surpresa do maridão Tales Rosado: festa em torno da chegada dos seus 4.0, do jeito que ela gosta cercada por grandes amigos. Noite que será animada pelo top DJ Luiz Couto, que promete arrasar e colocar todos na pista de dança. Sim, porque a festa será no apê do Atlântico Master, que foi todo decorado para a ocasião. Tales cuidou minuciosamente de todos os detalhes, sempre muito atento e de um bom gosto peculiar, formou um dream team para que a noite seja inesquecível... e será !

Renato Teles, Rafa Rosito, Amaury Fonseca e Renan Cristofoletti

t t t

Diva Anadele Souza Douglas Pranto Lara Santiago

t t t

A Toli traz Flávia Alessandra à Natal

Ontem, precisamente às 9h da manhã, a Toli reuniu a imprensa e franqueados de todo o Brasil para o lançamento do seu verão 2014. Evento que aconteceu no Espaço Guinza, completamente decorado para a ocasião pelo the best Renato Teles. Ele criou uma sala de desfile, espaço para imprensa, backdrop para fotos com a musa Flávia Alessandra, que será a garota propaganda da campanha.

Segundo Glaucio, o processo criativo dele, começou a partir da viagem de pesquisa em Londres, onde passou 4 dias para que iniciasse a pesquisa para a nova coleção, que é feita em 4 etapas e cada uma delas, foram desenvolvidas mais de 300 peças. t t t

Campanha Hoje a atriz Flávia Alessandra vai tirar as fotos para o catálogo e para a campanha. O stylist Kaio Assunção e o fotógrafo Renan Cristofoletti estão juntos e vieram de Sampa para isso. O cenário será a praia de Pirangi e suas belezas naturais.

Beatriz Fernandes e Arionete Gomes

t t t t t t

Aniversário em dose dupla O evento

Aaniversariante do dia Cristine Rosado divide os vivas com o maridão Tales Rosado, que organizou festão pra ela hoje. Na foto, as filhas Amanda e Beatriz e a afilhada Bebel Gurgel

Completamente diferente, o Espaço Guinza ganhou uma decoração exclusivérrima. Renato Telles, criativo como ele só, criou uma bela sala de desfiles para a imprensa e franquiados, tendo com fundo de passarela, o telão em led de última geração by Castelo Casado, onde o balanço das ondas das praias do nosso litoral eram vislumbrados por todos, e avisando que a coleção foi inspirada de fato "nas praias do mundo" dentre elas as do nosso RN. Entre o vai e vem das ondas, eis que surge linda, a atriz Flávia Alessandra, que esteve presente no evento, desfilando a nova coleção e entrou na passarela para os 70 franqueados presentes. Linda e loira, na ocasião, os convidados já munidos de note books, podiam ver cada roupa e seus detalhes. Depois foi a vez do show room, realizado no mesmo local. t t t

Organização

Desde o início desta tarde, as amigas Luciane Benfica e Lorena Santos comemoram seus aniversários em dose dupla, na morada da amiga Marcela Nogueira em Areia Preta. Com certeza vai ser show! t t t

Gacc convida parceiros e faz homenagem às mães No próximo dia 27 de maio, o Grupo de Apoio a Criança com Câncer do RN (GACC) vai realizar uma homenagem especial às mães das crianças assistidas pela instituição em comemoração ao Dia das Mães e mais um encontro com parceiros. Na comemoração de Levi Jales, o encontro das amigas Sumatra e Auxiliadora Nesi

t t t

Objetivo O objetivo da instituição é homenagear cada voluntário que, de alguma forma, doou recursos financeiros, tempo ou habilidades para ajudar o Grupo. Assim, periodicamente são convidados parceiros por segmentos e na lista são incluídos também voluntários e funcionários, de forma que todos tenham a oportunidade de participar desse encontro solidário. Esta será a vez do GACC receber o Clube dos Suboficiais e Sargentos da Aeronáutica de Natal, Clube Albatroz, a fotógrafa Pipa Jardim, Paparazzi, Hollywood Fotografia e a DJ Lari Costa.

Julia Nesi representou o América, desfilando com vestido feito exclusivamente para o clube em dia de evento de noivas

Impecável a organização do evento. De parabéns a equipe da Toli, tão bem presidida por Amauri Fonseca, que sempre, muito solicito e simpático foi o anfitrião da manhã fashion. Logo depois do desfile, a imprensa foi recebida por Flávia Alessandra e cada um dos que estiveram presentes puderam conferir in loco o quanto ela é simpática e carismática, tudo sob a batuta do assessor de imprensa da marca, Augusto Bezerril

t t t

t t t Ainda... Ainda nessa data, haverá a apresentação musical de professora de música Irma Sueli e a distribuição de roupas arrecadadas em doação para as mães presentes.

Brunch

Ao final, em sala reservada ao lado, um delicioso brunch foi servido aos convidados com cardápio excepcional e foram montadas mesas em 8 lugares, onde a resenha rolou solta.

Levi Jales com a musa Vilma, filhos e netos na hora do parabéns

Michelle Guepper, Flavia Alessandra e Amauri Fonseca

Até amanhã!

CMYK


FLIP 24/05/2013