Page 1

Quinta-feira

Ano XVI w NATAL-RN,

24 DE JANEIRO DE 2013 w Nº 4.548

R$1,00 w jornaldehoje.com.br

> RECOMENDAÇÃO É DO PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

Cuidado, prefeitos: o Ministério Público vai fiscalizar gastos com festas carnavalescas NA

EDIÇÃO DESTA QUINTA-FEIRA DO

AOS ADMINISTRADORES DOS

DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO, MANOEL ONOFRE NETO VOLTA A FAZER UM ALERTA 139 MUNICÍPIOS DO RN EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA, ATINGIDOS PELOS EFEITOS DA SECA POLÍTICA 5

> HOSPITAL DA MULHER

> COMPROMISSO NACIONAL

Heracles Dantas

Auditoria do Estado aponta desvio de R$ 8,4 milhões no contrato com a Marca POLÍTICA 3

> CONSTRUÇÃO CIVIL

Parceria Conisa/Ecohouse resulta em R$ 700 milhões em lançamentos para 2013 ECONOMIA 7

> DENGUE EM NATAL

Agentes de endemias não fazem trabalho preventivo em residências há 8 meses CIDADE 9

> COMBATE AO CRIME

Polícia Militar apreendeu mais de 900 armas no RN durante o ano passado

Os operários Damião Moura, Antônio Francisco e Manoel Pantaleão foram eleitos para garantir a representação sindical no local de trabalho

Obra da Arena das Dunas é a 1a a ter Comissão de Trabalhadores OBJETIVO É AMPLIAR O DIÁLOGO ENTRE EMPRESA, SINDICATO E COLABORADORES CIDADE 6

CIDADE 10 José Aldenir

> AUTOMOBILISMO

> COPA DO NORDESTE

Especulações sobre construção do kartódromo dividem opiniões

América vence o Asa de Arapiraca; enquanto o ABC fica no empate

CIDADE 8

ESPORTE 15

> INSTRUMENTO DE PROTEÇÃO SOCIAL

Previdência Social celebra 90 anos com homenagens Em Natal, na sede do INSS, programação teve início com o hasteamento das bandeiras. Funcionários e beneficiados prestigiaram

Túlio Lemos

Marcos A. de Sá

Walter Gomes

CIDADE 6

Daniela Freire

Vicente Serejo

TACIANA CHIQUETTI INTERINA

DANILO SÁ INTERINO

Página 3

Página 7

Página 4

w No mesmo dia, Rosalba recebe Carlos Eduardo e João Maia na Governadoria.

w No Ceará, Henrique garante acabar com subserviência do Legislativo ao Executivo.

w Crise da pecuária leiteira resulta em desativação da maior vacaria do RN.

Página 12

Página 13

w Ex-vereadores “esquecem” w Tutelada pelo medo e a conde devolver equipamentos à veniência, democracia sangra Câmara Municipal de Natal. nas manchetes dos jornais.

ESCREVEM ARTIGOS DA EDIÇÃO DE HOJE Ormuz Simonetti Júlio César Cardoso Valério Mesquita Adalberto Targino Paulo Pereira dos Santos OPINIÃO - Página 2

INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,03 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,09 R$ 2,03

Euro x real R$ 2,71 Poupança 0,50%/ 0,41% Taxa Selic 7.25%

EMAIL REDAÇÃO:

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 24 de janeiro de 2013

Amancio

ORMUZ SIMONETTI Colaborador

Quinta-feira

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

PAULO PEREIRA DOS SANTOS, economista, Sócio Efetivo do IHGRN e Membro da UBE.

Recordando os vendedores ambulantes e seus pregões matinais-parte II Havia também o vendedor de manguzás, ou munguzás, ou ainda “chá de burro”, como também era conhecido um mingau feito de milho com leite de coco, temperado com açúcar e canela, muito apreciado, fazia parte do desjejum de inúmeras famílias. Utilizava a mesma técnica do verdureiro, na condução do seu produto: nas extremidades do pau de galão, preso por cordas conduzia dois caldeirões de alumínio. Na mão, uma grande concha para servir a iguaria geralmente adquirida em generosas porções, para atender a toda a família, por ocasião do café da manhã, ou no jantar. Por cima da roupa vestia um avental branco já meio encardido pelo tempo e pelo uso, com dois grandes bolsos onde colocava o apurado. Na cabeça, um chapéu de pano evitava que algum indesejado cabelo, aterrissasse indevidamente no prado do freguês. Anunciava seu produto com um pregão um tanto esquisito: nunca falava o nome do que estava vendendo, gritava apenas “tem coco!”, e a freguesia já sabia que se tratava do gostoso manguzá. Na esquina da Rua Ulisses Caldas com a Avenida Deodoro, onde ainda existe o Colégio da Imaculada Conceição, fazia ponto alguns ambulantes. O mais famoso deles era Prego, um vendedor de poli – o picolé da época -, que atendia por esse apelido. Nunca soube o seu verdadeiro nome. Diziam que era agricultor e chegou a Natal retirante, fugindo de uma seca braba na região do Seridó, onde morava com mulher e filhos. Nunca mais voltou. Da família, não teve mais notícias. Apenas, algumas lembranças que se perderam no tempo, juntamente com o sofrimento vivenciado durante as constantes secas que enfrentou naquele longínquo sertão. Morava lá pros lados das Rocas, bairro pobre que se desenvolveu nas margens do Rio Potengi, onde comprava em uma pequena fabriqueta, os tais polis, que nada mais eram que uma mistura de água, essência e açúcar. Conheci-o desde a minha tenra idade, quando eu era aluno no Instituto Brasil, localizado na Rua José Pinto, das saudosas professoras Carmem Pedroza e Pina. Naquela época, ele já era um homem velho. Muito espirituoso, sempre estava fazendo algum gracejo para atrair a clientela. Um de seus preferidos era espremer sua enorme língua, que conseguia dobrá-la com incrível habilidade, entre suas gengivas, já que era desprovido de todos os dentes. Num instante, transformava sua cara magra e enrugada, numa ca-

Artigo

reta engraçada e assustadora, que mais lembrava uma máscara carnavalesca. Ao seu lado, sempre encontrávamos o vendedor de roletes de cana. Sentado em um tamborete com texto de couro, trabalhava pacientemente com sua quicé – pequena faca -, transformando um pedaço de taboca de bambu, em um suporte para os roletes de cana. Abria a taboca em diversas hastes onde fixava em cada extremidade, um suculento rolete de cana caiana, formando uma espécie de cacho. Os maiores chegavam a ter até doze roletes, dependendo da largura da taboca. Lembro-me dos cachos, dispostos cuidadosamente em cima do tabuleiro forrado com um pano branco, com bordados coloridos nas extremidades, aguardando a cobiça da meninada. Quando terminava o dia colocava o tabuleiro na cabeça apoiado em uma rodilha de pano e retornava para casa apregoando os últimos cachos: rolete, rolete de cana caiana, ainda tem rolete de cana... Por ocasião da sazonalidade, também se arranchavam naquela calçada, diversos vendedores: o de jabuticabas, de siriguelas, de umbus, que eram vendidos em litro, medida padrão, amplamente utilizada por diversos vendedores. Naquela época, o litro do óleo Benedito era o que mais se via, em virtude de sua larga utilização pelas classes mais pobres, além de ter sua fábrica na vizinha cidade de Macaíba. Aparecia também naquela esquina o vendedor de goiabas, mangas, sapoti e também o vendedor de milho assado, que utilizava um fogareiro feito com lata de querosene e as espigas ficavam expostas em cima de uma pequena grelha sobre o fogareiro. Já o vendedor de pitombas comercializava seu produto em cachos. O balaio ficava em cima de um tamborete e os cachos eram engordados, amarrando-se uns aos outros, com embira de fibra da bananeira. A exposição era feita sem muito critério. Os cachos ficavam amontoados no balaio a espera dos fregueses. Os compradores sempre procuravam os mais recheados, pois, não havia diferença de preço. Quando a fruta ainda não estava madura, ou como dizíamos, inchada, era possível degustar a polpa, que se desprendia do caroço com facilidade. Porém se as frutas já estivessem maduras, tornar-se-ia difícil a retirada da polpa, uma vez que ficavam bastante escorregadias, aumentando assim o risco de engoli-las juntamente com o caroço. Nesse caso, dependendo da quantidade de caroços ingeridos, o indivíduo inevitavelmente teria sérios problemas após a digestão.

JÚLIO CÉSAR CARDOSO Bacharel em Direito e servidor federal aposentadoBalneário Camboriú-SC

Efetivação de servidores não concursados O Tribunal de Contas da União (TCU) mudou seu ponto de vista sobre a Lei 8.112/90, que trata do regime jurídico dos servidores da União, e autorizou que funcionários não concursados passem a ser efetivados nos quadros permanentes do serviço público como se tivessem prestado concurso público. Adecisão dos ministros é contrária às recomendações da área técnica do próprio TCU, à manifestação do Ministério Público e até mesmo a decisões do Supremo Tribunal Federal (STF). Fonte: oglobo.globo.com/pais/senado-autorizouefetivação O Brasil vai de mal a pior. Este país é a pátria do assistencialismo e do jeitinho de tirar vantagem da coisa pública. Aqui todos os safos, biltres, canalhas, gatunos e demais fístulas se dão bem. E um país sem ética e sem moralidade pública, cuja Constituição, eivada de privilégios políticos, é desrespeitada para beneficiar alguns cidadãos em detrimento da maioria daqueles que são obrigados a pagar altas cargas tributárias para sustentar as sinecuras, as prebendas de políticos e de seus apadrinhados mamadores estatais. Este país dos oportunistas desalmados não tem solução, e quem não quiser conviver com isso tem de cair fora. “Trem da alegria”, efetivando não concursados, que vergonha! E não temos a quem recorrer... O nosso Judiciário é dependente de indicações políticas para preenchimento de seus tribunais. De vez em quando consegue se libertar das amarras, como no julgamento do mensalão, e mostra serviço. Mas de resto, demonstra incompetência, preocupa-se muito com seus altos salários e não faz valer o repei-

to da Constituição. Ora, o "trem da alegria" agride o contribuinte nacional, desacredita a seriedade das entidades públicas, mormente o Congresso Nacional, fere a Constituição na igualdade dos direitos de que trata o Art. 5º, bem como os princípios esculpidos no Art.37. Este país está de cabeça para baixo em matéria de desrespeito legal. Mas o que nos chama a atenção, nesse “trem da alegria”, é a inaceitável complacência do STF, como guardião constitucional, que não interfere para abortar tamanha agressão à Carta Magna, e isso que, conforme matéria do jornal, o Tribunal já se posicionou contrário a essa efetivação de não concursados. Para que serve a eleição de políticos no Brasil, se eles não se preocupam com a moralidade pública, não corrigem as distorções constitucionais, como, por exemplo, a indicação política para preenchimento de vagas nos tribunais de contas? Vejam, o TCU, um órgão técnico por excelência e fiscalizador das regularidades das atividades públicas, que deveria ser formado exclusivamente por elementos imparciais e sem nenhuma conotação ou relação partidária política, tem entre os seus ministros políticos e egressos do Congresso Nacional. O TCU é um cabide de emprego oficial e constitucional, aprovado por congressistas espertalhões, sequiosos por tirar vantagem da coisa pública, que merece a nossa veemente repulsa, por contar com elementos de raízes políticas que demonstram compromissos escusos ao satisfazer interesses ilegítimos de grupos políticos e apaniguados, como o reconhecimento da efetivação de não concursados nos serviços públicos.

As Confissões de Santo Agostinho

Artigo

VALÉRIO MESQUITA Escritor. Mesquita.valerio@gmail.com

Viva do seu jeito Não se irrite se os principais sinais de trânsito em Natal estão encobertos por galhos de árvores. Nem se apavore com o aumento prenunciado da gasolina e do álcool. O país dos veículos motorizados agradece as autoridades o sufoco de viver hoje em dia. Não fique indignado com o desperdício de duzentos e oitenta milhões gastos na recuperação dos apartamentos para os senhores deputados federais em Brasília. Pois, o exercício da missão é árduo, penoso e estafante. Não entre em parafuso se o Walfredo Gurgel e similares não tomaram conhecimento do plano de emergência oficial para a normalização - haver passado, passando. As brancas batas dos médicos continuam Omo total. Não se perturbe com as obras de mobilidade, pois passarão o céu e a terra, e elas também não passarão. Jamais ponha credibilidade em tudo que se disser em nome da copa do mundo que virá. Já está ficando chato o uso e abuso das coisas nesta cida-

Artigo

de em função de uma mixuruca rodada afro-asiática do futebol do terceiro mundo. Não se desespere com as exigências da vida social, cultural, política e social. O melhor mesmo é cuidar da vida pessoal sem patrão e sem fardos para carregar. Nem se assuste com os índices de criminalidade reinante na periferia da droga ululante. Ela está tirando a vida de uma geração inteira de jovens aqui e alhures, como diria o amigo jornalista Paulo Macedo. Viva do seu jeito. Como é gostoso ouvir as canções que despertam sentimentos adormecidos. Ou respirar proustianamente aromas que nos recordem a infância, a adolescência: aprendi a lição wildeana de que a “tragédia da velhice não consiste em ser idoso, mas em ter sido jovem”. Não se sinta infeliz pela amolação de estar fazendo parte da sociedade. Pior é se posicionar como excluído dela. Aos aposentados de toda sorte pela guilhotina da compulsória afirmo que não me considero envelhecido, mas

amadurecido. Relembro: viva do seu jeito, sendo você mesmo, porque as outras personalidades já têm dono. Por tudo, subestime os feriados santos brasileiros que tanto desabitam as igrejas. Daí, eu ter horror ao ponto facultativo. Aconselho o cultivo do humor. “A Escolinha do Professor Raimundo” ainda é a minha preferida. Chico Anísio foi um gênio. Tipos como Rolando Lero (Rogério Cardoso), Baltazar da Rocha (Walter D’Avila), Brandão Filho, entre outros, honraram o humorismo nacional que hoje sobrevive de pornochanchadas, imoralismos e nudez. O nu, para os aficcionados é muito bom, mas sem confundi-lo com o humor. Não confie muito na televisão que explora a superficialidade de muitos com programas de baixo nível como o Big Brother e a Fazenda. Seja você mesmo. Não vá na onda. Viva do seu jeito. Não “Salve o Jorge” da novela global. Tudo é picaretagem.

ADALBERTO TARGINO O autor é Procurador do Estado e Presidente da Academia de Letras Jurídicas do RN.

Meros Intelectuais II Os intelectuais produzem conhecimento e o público decide o que fazer com ele, valorando-o ou desprezando-o. Karl Popper esclarece que uma reivindicação do conhecimento é sempre um apelo à autoridade, o que quer dizer que, se alguém declara saber algo, está procurando deferência à sua autoridade. Para tanto, o intelectual autêntico e respeitado é o que transmite sem complicações e preciosismos, podendo ser compreendido pelos não especialistas. A simplicidade (saber que sabe apenas uma partícula do imenso saber humano), a humildade (valorizar o outro e mudar de opinião se necessário) são os alicerces do intelectual verdadeiro. Sem esses requisitos, aliados a independência preconizada por Immanuel Kant, o intelectual corre o risco nefasto do alinhamento político incondicional como dos filósofos Georg Lukács (húngaro) e Martin Heidegger (alemão), que, respectivamente, foram defensores intransigentes dos genocidas Stalin e Hitler. Para eles, ambos eram heróis... Devemos, desse modo, nos acautelar dos intelectuais descuidados em suas pesquisas, impressionistas em suas observações e, particularmente, “dos tendenciosos em seus julgamentos”. Algumas teses e ensaios focalizam o óbvio e ululante, engessados pela ideologização ou pela absoluta ausência de inovação, e, pior ainda, pela excessiva vaidade e falta de independência. A filósofa Marilena Chauí, em artigo no Jornal de Ciência, da SBPC, de 20/11/2009, intitulado “Intelectual Engajado: um ser silente ou animal em extinção?”, preleciona: “O projeto histórico moderno apostou na autonomia nacional das artes e do saber... determinante para o surgimento da figura do artista e do pensador independentes das instituições eclesiásticas, estatal e acadêmico-universitário, com autoridade teórica e prática para criticar a ordem vigente”. Em tese, por conseguinte, o desafio retórico do intelectual é defender uma perspectiva crítica sem parecer alarmista ou reacionário, plan-

tando idéias aptas a reconfigurar grupos e amalgamar o campo político. Seguindo o adágio popular que “nada se cria, tudo se copia”, parafraseado de Lavoisier que dizia “na natureza nada se cria, tudo se transforma”, as produções intelectuais, em geral, inovam muito pouco. Algumas obras são mais importantes pelas citações ou notas de rodapé do que pelo que escreve o autor, apesar da megalomania de alguns autores. Daí que se faz oportuna a afirmação do eminente escritor Steve Fuller: “a personalidade paranóica sofre de um complexo de perseguição provocado pela megalomania, uma espécie de ‘macrocefalia’ que normalmente leva o intelectual a exagerar sua própria importância”. O intelectual paranóico se julga o próprio Deus do Olimpo reencarnado, e, como tal, não perde tempo com os “seres inferiores”. No entanto, Raquel de Queiroz – eminente, combativa e consagrada intelectual – com extrema humildade dizia que “escrever é um martírio”, que “nunca reli uma página depois de escrita que me deixasse satisfeita”, e mais ainda, se referindo às suas obras, afirmava: “com tanto livro ruim no mundo, mais um ou dois não fazem diferença”. Aliás, os grandes sempre são humildes e complacentes com os menos aquinhoados com a iluminação literária. Escritor sem carisma como Carlos Maul, da geração de Olavo Bilac, foi impiedoso crítico e perseguidor dos modernistas, dentre os quais muitos se tornaram referencia nacional, diferentemente do seu algoz.O famoso dramaturgo Nelson Rodrigues, no início da carreira, foi espinafrado pelo crítico Bandeira Duarte, do Jornal “O Globo”. Nelson, todos conhecem e Bandeira, quem é? Dizia Montaigne: “mais vale uma cabeça bem feita do que uma cabeça bem cheia”. Formar o espírito é uma maneira de formar a vontade, visto que o fim da educação intelectual é, sobretudo, a formação do juízo (a aptidão lógica, o espírito de discernimento, o rigor no encadeamento das idéias, acompanhados do bom-senso, previsão das exceções, etc). A análise genuinamente intelectual, portanto livre e despreconcei-

tuosa, proíbe apontar um dos lados de competente, e o outro de incompetente. Todos, sem exceção, têm a sua verdade, a sua consciência e valor personalíssimo, que convergem para a completude e não para se tornarem ilhas de auto-suficiência. O debate sadio, no entanto, é o centro da atividade, o verdadeiro palco e contexto onde atuam os intelectuais despretensiosos. Sei, entretanto, que certos intelectuais marqueteiros vendem a sua “obra” como é vendida a Coca-cola, que, mesmo sendo uma xaropada sem nenhum nutriente real, é aceita, consumida e aplaudida pelas massas. Afinal, a propaganda é a alma do negócio. Os sofistas (escola grega de grandes sábios), há 2.500 anos são execrados como malandros e falaciosos. Mas a versão não corresponde à realidade dos fatos. Reza a história que o sofista Protágoras, combatido pela elite grega comandada por Sócrates, era um excepcional filósofo, autor da primeira gramática da língua grega, consultor literário e um dos pioneiros da implantação da linguagem escrita na Grécia. Apesar dos notórios méritos, Protágoras e seus discípulos, teriam sido expulsos do foro de Atenas por Sócrates, que, também, usando de sua influência pessoal (filho nato da Grécia, herói de guerra, professor de muitos e proprietário de terras), destruiu a sua imagem profissional e as suas obras. Eis como a mentira dita repetidas vezes, principalmente quando divulgada por pessoa convincente ou influente, pode passar a ser tida como verdade, transformando o bom em ruim, o culto em analfabeto, ou vice-versa. Goebbels sabia disso... De fato, no dizer de Marcos Rey: “o êxito literário fica um pouco na razão direta das amizades do peito e da quilometragem promocional”. Em conclusão: adoto a magistral assertiva do já citado professor e sociólogo norte-americano Steve Fuller que “os verdadeiros filósofos evitam tanto o otimismo empresarial (meio explorador) estimulado por Protágoras quanto o pessimismo paranóico (meio inquisidor) a que Sócrates era propenso. Aqueles que não conseguem navegar entre esses dois extremos formam a fileira dos meros intelectuais”.

As Confissões agostinianas são, pois, um hino de ação de graças pelos benefícios celestes. E é justamente como um hino de louvor a Deus que Agostinho narra sua vida. É a história de uma alma, onde se revelam os prodígios da graça divina em uma natureza rebelde e decaída. Neste gênero literário, cabelhe a precedência genial. É Papini, autoridade competente na matéria, quem o declara expressamente: "Sob esse aspecto - escreve ele - o único precursor de Agostinho foi Marco Aurélio, mas não se podem imaginar coisas mais antípodas do que as Confissões e os Pensamentos. Em Marco Aurélio há toda frieza satisfeita do aprendiz estóico; em Agostinho, todo flamejar de uma alma resgatada que se acusa para melhor exaltar o seu Deus". Todavia, se isto era verdade para os contemporâneos, não o foi para a Idade média. A cidade de Deus ao lado da De consolatine philosophiae de Boécio, da Regula Pastoralis de Gregório Magno e da Etymologiae de Isidoro de Sevilha, a De Civitate Dei figura entre as obras mais lidas e apreciadas na Idade Média. Época do objetivismo teológico, a Idade Média dera mais relevo à Cidade de Deus. A Idade Moderna era do subjetivismo psicológico, canonizara as Confissões. Já Petrarca, o Pai do Humanismo, designado com razão "o primeiro Homem moderno", havia manifestado seu entusiasmo por essas páginas tão palpitante de sentimentos íntimos: " Todas às vezes que li as tuas Confissões, me comovi até às lágrimas, impelindo por dois sentimentos: a esperança e o temor. Parece que li a história dos meus próprios erros e não a dos de outro". Assim no século IX temos a Confissão de Álvaro de Córdova, onde são frequentes as frases extraídas literalmente das Confissões e dos solilóquios de Santo Agostinho. Seguem pouco depois as Confissões do jesuíta P. Pedro de Ribaneyra, calcadas também sobre as de Santo Agostinho, como o próprio autor o confessa. CONCLUSÃO De fato, vivemos no século das Autobiografias, das "Confissões"... Vivemos numa época em que o subjetivismo atinge seu zênite. A filosofia do existencialismo, o expressionismo na arte, o desenvolvimento prodigioso da psicologia, da psiquiatria, da psicanálise, da psicologia do profundo, são as manifestações mais patentes dessa era da introspecção. O Homem moderno tende a fechar-se dentro de si, a resolver sozinho o problema da vida, o sentido da existência. Não lhe resta senão ser devorado por ela. Um resultado positivo só será possível colocando um outro dado no problema, tantas vezes esquecido ou voluntariamente omitido: a graça de Deus. Daí o valor perene das Confissões do Doutor da Graça: "Livro de leitura forte, de sugestões sem números, de supremo deleite para as almas grandes e nobres". Livro uno e único em seu gênero, como único é o gênio que o concebeu e lhe deu o ser. Livro eterno, que parece renovar-se e crescer com os séculos. O mais original, o mas belo o mais intimo. Poema da alma, canto de triunfo e de amor com ressonância de céu e de terra, com acentos de santa emoção, que só a graça divina compôs e só com ela se sente e percebe. Gemido de rola ferida, suspiro de ardente paixão, rugido de leão prisioneiro, grito de triunfo e vitória de uma alma que se salva entre a vida e a morte. Tudo isto são as Confissões de Santo Agostinho, e por isso sua leitura nos arrebata e como a nobres prisioneiros, nos subjuga e arrasta consigo num impulso sempre ascendente para Deus. Pe. Riolando Azzi S. D. B.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Fernanda Souza Juliana Manzano EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos EDITOR DE ESPORTES Gabriel Negreiros

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Quinta-feira

Natal, 24 de janeiro de 2013

O Jornal de HOJE 3

Relatório parcial da auditoria no Hospital da Mulher aponta prejuízo de R$ 8,4 mi CONTRATO ENTRE GESTÃO ROSALBA E A MARCA, ATÉ O MOMENTO, TERIA CAUSADO DANO MILHONÁRIO AOS COFRES PÚBLICOS A primeira parte da auditoria realizada pelo governo do estado no contrato firmado entre a Secretaria Estadual de Saúde Pública e a Associação Marca para Promoções de Serviços, apontou um prejuízo aos cofres públicos de R$ 8,4 milhões. A empresa foi contratada pela gestão Rosalba Ciarlini (DEM) para administrar o Hospital da Mulher Maria Parteira, em Mossoró. O documento foi enviado à Secretaria de Saúde Pública (Sesap) há cerca de uma semana para que o órgão enviasse novas informações e mais documentos sobre o caso. Segundo o controlador geral do Estado, Anselmo Carvalho, o objetivo foi “aprofundar alguns aspectos e consolidar o trabalho realizado até agora”. Ainda de acordo com o controlador, que ficou responsável pela análise do material sob determinação da governadora Rosalba Ciarlini, apenas quando o trabalho estiver finalizado todos os detalhes poderão ser divulgados. A partir daí, o material será encaminhado para o Ministério Público Estadual (MPE) e Tribunal de Contas do Estado (TCE) que deverão tomar as devidas providências. “Esta é apenas uma parte do que a auditoria levantou. Estamos olhando todo o processo, tudo o que foi achado pela auditoria para fazermos um trabalho consistente, com segurança para que os órgãos fiscaliza-

Divulgação

Wellington Rocha

Hospital da Mulher, em Mossoró, foi inaugurado pelo governo Rosalba Ciarlini (DEM) e administrado pela Associação Marca

Auditoria está sob a responsabilidade do controlador geral Anselmo Carvalho

dores possam fazer o seu trabalho”, disse Anselmo. O controlador enfatizou que o governo vai se empenhar para combater qualquer tipo de prejuízo que tenha sido causado ao poder público. Além disso, ressaltou o fato de que a investigação foi iniciada a partir de uma determinação da própria governadora, logo após o Ministério Público realizar a Operação As-

3.707.561,25 referentes a funcionários de uma empresa terceirizada de outro estado, sem relação com o Hospital da Mulher. Somem-se estes valores a outros menores referentes a multas, despesas particulares, juros, despesas bancárias, e chegaram a R$ 8.414.600,69”. O relatório orienta ainda a Sesap a criar comissões especiais de sindicância para apurar o problema. De

sepssia, que descobriu fraudes no contrato entre a Marca e a Prefeitura de Natal. Conforme informações divulgadas pelo Jornal de Fato nesta quinta-feira (24), o documento produzido pelo governo sugere que o secretário de Saúde, Isaú Gerino, e governadora adotem medidas imediatas para responsabilizar os responsáveis pelo dano, assim como pedir a de-

volução dos valores desviados. De acordo com o jornal de Mossoró, “somando todos os pagamentos feitos e observando o serviço que foi realizado, os auditores encontraram desvios de R$ 2.387.006,00. Houve também uma transferência ilegal da SESAP para a Marca no valor de R$ 1.761.548,12. A Marca também fez um pagamento indevido de FGTS no valor de R$

acordo com o De Fato, “os auditores destacam que a Marca quando solicitado documentos originais para balizar os trabalhos de auditoria, através de seu corpo diretivo solicita mais um prazo e quando entrega, o faz de forma incompleta, de forma proposital, numa tentativa de burlar o trabalho de auditoria e esconder os desvios que se configuraram evidentes nos contratos”.

Organizações Sociais que atuam em Natal serão investigadas As Organizações Sociais (OS) que atuam no município de Natal serão objeto de inspeção extraordinária por parte do Tribunal de Contas do Estado. A decisão foi tomada pela Segunda Câmara de Contas atendendo uma representação do Ministério Público de Contas (MPCJTCE). De acordo com a representação formulada pelo procuradorGeral junto ao TCE Luciano Ramos e o Procurador Ricart César Coelho dos Santos, “os fortes indícios de irregularidades no(s) processo(s) administrativo(s) de despesas da Associação MARCA, a qual recebeu elevada quantidade de recursos públicos para gestão das unidades

de saúde do Município de Natal, impõe-se a realização de fiscalização do TCE/RN sobre os mesmos, para elucidação dos fatos apontados e quantificação do dano ao erário”, justificaram. O órgão ministerial quer apurar as irregularidades formais e os danos causados ao patrimônio público existentes na contratação de organizações sociais para gestão de unidades de saúde no Municipio de Natal, como a Associação Marca, contratada para administratar, a UPA Pajuçara, e os Ambulatórios Médicos Especializados (AMES). E também, o Instituto Pernambucano de Assitência à Saúde (IPAS). O pedido vem fundamento na

comunicação do Parquet estadual que constatou “o uso da Associação Marca em esquema de desvio de recursos públicos”. A chamada Operação Assepsia (Processo 0120177-41.2012.8.20.0001). A Operação Assepsia desarticulou um esquema que promoveu contratos no Município de Natal com organizações sociais para a administração da UPA Pajuçara e dos Ambulatórios Médicos Especializados AMES, por meio de fraudes nos processos de qualificação e de seleção das entidades. Os relatórios gerados pelo então interventor da Associação Marca, Marcondes de Souza Diógenes Paiva, encaminhados ao Ministé-

rio Público estadual, comprovaram diversas irregularidades nos contratos firmados entre a Associação Marca e empresas privadas. Os contratos de serviços são com laboratório de análises clínicas, contratos na área de assessoria de imprensa, publicidade e propaganda; contratos relacionados à assessoria, consultoria, apoio à gestão do projeto; contratos relacionados com serviços de assessoria/consultoria de pesquisa popular; contratos cujo objeto é o fornecimento/instalação/suporte e manutenção do sistema; contratos com a cooperação técnica na gestão e execução das ações e serviços de saúde e contratos para manutenção.

Divulgação

Procurador Luciano Ramos é um dos autores da representação junto ao TCE

Túlio Lemos DANILO SÁ - INTERINO AJUDA Pode até não ser um apoio político, mas os encontros que a governadora Rosalba Ciarlini tem na sua agenda para hoje mostram que, alguns atores da nossa vida pública estão dispostos a ajudar a socorrer sua administração. Primeiro o prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), num gesto de grandeza, deixou os desentendimentos de lado e foi até a Governadoria. Na pauta, discutir com a Rosa o que Estado e município vão pedir ao Ministério da Saúde na próxima semana. ALIADO Agora no final da tarde tarde, foi a vez do deputado federal João Maia aparecer no Centro Administrativo e subir a rampa da sede do Executivo estadual. O republicano foi acompanhado de lideranças do Seridó, cheias de reivindicações para fazer a Rosalba. Não é nada, não é nada, mas já é alguma coisa. FUTURO I Nas bases do PMDB cresce o movimento favorável a uma candidatura própria ao governo do estado em 2014. Mas, o fato dificilmente acontecerá. Primeiro porque a bola da vez do partido no RN no próximo ano será o deputado federal Henrique Alves, que deverá assumir a Presidência da Câmara a partir de fevereiro. Caso queira e aceite, a legenda entra na disputa com a candidatura de seu presidente estadual a sucessão de Rosalba. Mas, é praticamente certa que, nas condições ditas, Henrique vai preferir disputar o Senado.

jornalistadanilo@hotmail.com

FUTURO II Explica-se. Fortalecido em Brasília como há muito tempo um potiguar não consegue, Henrique dificilmente abrirá mão da sua influência na capital federal. Além disso, a cadeira de senador que se abrirá em 2014 está, justamente, com o PMDB, no caso com Garibaldi Alves, o pai. FUTURO III Com Henrique na disputa pelo Senado, dificilmente o PMDB entrará no jogo com uma chapa purosangue. Mas, deverá tentar emplacar também o nome para vice-governador, seja na chapa governista de Rosalba ou na oposição de Robinson. Neste caso, a tendência se volta para o deputado estadual Walter Alves. FUTURO IV Por fora de toda esta articulação, está o PR. Forte aliado do PMDB potiguar, a legenda sabe da sua importância no jogo e vai querer negociar sua participação na chapa majoritária, caso tenha quadros para isso. Há quem garanta que o deputado federal João Maia tope abrir mão de sua reeleição para compor chapa como vice. É esperar. ANÚNCIO A presidente Dilma Rousseff voltou a aparecer na TV em cadeia nacional. E, como já é de praxe, sempre anunciando um projeto ou um benefício bastante popular. Dessa vez, foi a confirmação do barateamento da energia elétrica. A petista aproveitou ainda para afastar de

forma enfática os riscos de apagões no país. No governo federal, pelo menos o marketing continua numa boa. SEM CIÊNCIA Totalmente lamentável a notícia de que o governo federal decidiu cancelar convênio firmado com a Prefeitura de Mossoró para a construção da Cidade da Ciência. O projeto, criado pelo deputado federal Betinho Rosado (DEM), não chegou nem mesmo a ser colocado no papel. Não se chegou nem ao término do projeto básico. Como diz o velho poeta, as vezes pagamos pelos erros que cometemos a cada quatro anos. OBRA Parece que finalmente o abandonado Hotel da BRA, na Via Costeira, vai ter seu destino definido. Segundo o Ministério Público, o projeto de adequação apresentado pela empresa NATHWF Empreendimentos será analisado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo de Natal. Caso seja aprovado, será um grande passo para o turismo e o desenvolvimento econômico potiguar. MODERNIDADE A Justiça Federal do RN fará mais uma etapa no projeto de informatização completa dos processos. A partir do dia 18 de fevereiro será obrigatório o ajuizamento e tramitação dos mandados de segurança no Processo Judicial Eletrônico (PJE). Todos os incidentes processuais e ações conexas também são atingidos pela obrigatoriedade.

INVESTIMENTO O prefeito Carlos Eduardo aproveitou a viagem a Brasília e teve ontem uma reunião com a ministrachefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann. Entre outros pedidos para a auxiliar da presidente Dilma Rousseff, a liberação integral dos R$ 20 milhões colocados pela bancada federal ao Orçamento Geral da União para este ano. A ministra mostrou conhecimento sobre a realidade natalense e o pedido será estudado. Sem querer ser pessimista, mas já sendo, este interino duvida que o montante seja liberado totalmente. ARENA Está empossada a primeira Comissão de Trabalhadores do Arena das Dunas, após a assinatura do Compromisso Nacional para Aperfeiçoamento das Condições de Trabalho na Indústria da Construção. A comissão é formada por três trabalhadores eleitos pelos colaboradores da obra e tem o objetivo de garantir a representação sindical no local de trabalho. Uma das principais atribuições da comissão será ampliar o diálogo entre empresa, sindicato e colaboradores e avaliar se as diretrizes firmadas no Compromisso Nacional estão sendo cumpridas. ARTESANATO O sucesso alcançado pela 18ª Fiart, que se realiza no Centro de Convenções de Natal, deve-se ao apoio do governo do estado, por meio do secretário Luiz Eduardo Carneiro Costa, que fez todo o esforço possível para a realização

"As pessoas não elegeram Carlos Eduardo pensando que ele ia fazer isso, que aumentaria o próprio salário. Ninguém prometeu isso na campanha eleitoral" (VEREADORA AMANDA GURGEL, DO PSTU).

do evento. A secretaria de ação social está patrocinando a participação de mais de 2 mil artesãos. Destaque para o estande da Sethas que tem sido um dos mais procurados. SUSPEITA A Secretaria Municipal de Administração e Gestão Estratégica decidiu anular procedimento licitatório que estava em andamento no órgão. Além disso, o secretário Matheus de Castro Ribeiro determinou a abertura de processo de improbidade administrativa para in-

vestigar possíveis fraudes no processo. A pasta vai criar ainda uma comissão de sindicância para apurar os fatos. EXPEDIENTE O procurador-geral do município, Carlos Castim, determinou que seja fixado no órgão o ponto de frequência obrigatório a todos os seus servidores, efetivos e comissionados, bem como aos estagiários, ficando excluídos de tal obrigatoriedade apenas os procuradores municipais, procuradores legislativos e assessores jurídicos.


Política

Natal, 24 de janeiro de 2013

4 O Jornal de HOJE

Quinta-feira

Divulgação

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

Ai de ti, contribuinte O governo central dá pouco, mas cobra muito do brasileiro. Veja o caso da defasagem entre a correção da tabela do Imposto de Renda e a inflação apurada por entidades oficiais. Levantamento do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal mostra a injustiça cometida contra, sobretudo, os assalariados do país. nnn Conforme o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), o acumulado inflacionário no período 1996 a 2012 aproximou-se de 190%. Entretanto, o valor expurgado referente ao pagamento do tributo sobre rendimentos não chegou a 74%. nnn Neste 2013, a tabela vai ser corrigida em 4,5% – mesmo índice aplicado ano passado. Já o percentual inflacionário atingiu 5,84 pontos. nnn Do primeiro mandato de Fernando Henrique Cardoso ao segundo ano da administração Dilma Rousseff, o Tesouro da República Surrealista dos Trópicos lesou o contribuinte em quase 67%. Divulgação

A transposição das águas do Rio São Francisco é um projeto antigo e que poderia, segundo seus defensores, ajudar a amenizar o problema da seca no Nordeste

Henrique sobre transposição do São Francisco: “vexatória” DEPUTADO

É SEMPRE ASSIM Mais uma intromissão do Executivo no Legislativo. A presidente da República não gosta de Anthony Garotinho (foto) e, por isso, trabalha contra a ascensão dele à liderança do PR (Partido da República) na Câmara. O ex-governador do Rio de Janeiro continua favorito, mas tem perdido espaço na bancada de 44 deputados (*). nnn Fernando Giacobo, paranaense no segundo mandato, é o nome do Palácio do Planalto para enfrentar Garotinho. Se for mantida a agenda dos republicanos, a eleição será no primeiro dia de fevereiro. nnn (*) João Maia representa solitariamente o Rio Grande do Norte.

A BOA COLHEITA Henrique Eduardo Alves recebeu, ontem, apoio de deputados do Ceará. Dos 22 representantes do estado em Brasília, 16 reuniram-se, em Fortaleza, com o candidato à presidência da Câmara. O potiguar foi aplaudido pelos colegas ao garantir que vai intensificar o trabalho “para acabar com a subserviência do Legislativo ao Executivo”. nnn Sublinhou o caso da liberação dos recursos de emendas parlamentares, “que será resolvido com a adoção do Orçamento impositivo”. Comprometeu-se, também, a resolver o impasse sobre o dinheiro do Fundo de Participação dos Estados. nnn A respeito dos royalties do petróleo, Henrique Eduardo deixou implícita posição a favor da derrubada dos vetos presidenciais ao projeto da partilha igualitária. A observação é do governador Cid Gomes, anfitrião do encontro ocorrido no Palácio da Abolição, sede do poder estadual.

(

PERGUNTAR NÃO PAGA IMPOSTO CURIOSIDADE APENAS Ao prometer, enfática, uma era de riqueza ao Brasil, a senhor Rousseff, rejuvenescida e até simpática (pelo menos, no pronunciamento dessa quarta-feira na tevê), não teme o castigo dos deuses da economia?

LEITURA DINÂMICA t José Agripino foi fun-

damental para manter o DEM na prefeitura de Mossoró. Cabe-lhe, agora, se possível for, repetir a receita próximo ano, quando a governadora Rosalba Ciarlini pretende renovar o mandato. t Cuide do seu filho, antes que um traficante o adote. t Segunda-feira, Aécio Neves retorna de férias no exterior. Dia seguinte, o senador recebe, em Brasília, aliados que cobram dele a reestruturação de diretórios regionais do PSDB. Para esses correligionários, três grande bases eleitorais exigem mudança imediata: Bahia, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. t Maria Elisa de Bittencourt Berenguer vai chefiar a missão diplomática do Brasil

na Colômbia. Ela, carioca da Zona Sul, é embaixadora em Israel. t Iniciada a transcrição de gravações dos registros de Fernando Henrique Cardoso sobre os seus oito anos na Presidência da República. Cálculo provisório: vai render ao redor de dez mil páginas de texto. t Há insatisfação no PT com o desempenho de Ideli Salvatti na pasta de Relações Institucionais. A ministra faz capenga articulação do governo com o Parlamento, analisa o grupo crítico – expressivo, saliente-se. t Para refletir: “O sucesso é um professor perverso. Ele seduz as pessoas inteligentes e as faz pensar que jamais vão cair” (Bill Gates, empresário estadunidense).

)

CRITICOU ANDAMENTO DO PROJETO, QUE JÁ DUPLICOU DE PREÇO

O deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB), candidato favorito para assumir a Presidência da Câmara em Brasília, classificou como "vexatória" a situação atual das obras de transposição do rio São Francisco, um dos projetos mais importantes das gestões do PT no governo federal. A opinião do parlamentar surge mesmo com o apoio do Palácio do Planalto a sua candidatura. A posição do parlamentar foi externada em João Pessoa (PB), durante sua visita ao estado em meio a campanha para assumir o cargo. Em reunião com a bancada federal paraibana, o grupo reivindicou o andamento do projeto, que está parado e teve seus custos duplicados. Começou em R$ 4,7 bilhões e já chega a R$ 8,2 bilhões. Um aumento de 80%. Desde 2005 o Tribunal de Contas da União encontrou irregularidades que chegam a R$ 734 milhões. "Lamentavelmente a obra da transposição está na situação que está. Uma obra que era para estar avançada atrasou. Agora novas licitações estão sendo que ser feitas. Uma situação, portanto, vexatória", disse Henrique a imprensa paraiba-

Pernambuco. Isso não pode ficar assim", afirmou.

Henrique lembra que primeiros estudos da transposição foram na gestão de Aluizio na, conforme publicou em sua edição desta quinta-feira (24) o jornal Folha de São Paulo. O deputado também comentou a reportagem do "Fantástico", da TV Globo, que no último domingo (20) mostrou atrasos e aumento de custos da obra. "A situação da transposição mostrada pelo Fantástico é vexatória. Essa é uma preocupação do Nordeste que precisa dessa água de maneira ordenada para evitar, por exemplo, o tema da seca que hoje nossos irmãos estão vivendo", disse.

O deputado lembrou ainda que os primeiros estudos da transposição foram feitos na gestão de seu pai, Aluísio Alves (1921-2006), que foi ministro da Integração Regional do governo de Itamar Franco (19921994). "Meu pai foi descobrir essa coisa da transposição e Itamar foi quem ordenou os primeiros estudos como presidente da República. Essa é uma questão sagrada, emocional, afetiva, histórica para o Rio Grande do Norte, associado a Paraíba, Ceará e

APOIOS O deputado federal Henrique Eduardo comemorou o resultado do encontro com a bancada federal da Paraíba. Segundo o próprio parlamentar, dos 12 parlamentares que o Estado possui, 11 já declararam voto na sua candidatura. Isso mesmo após as denúncias que foram publicadas contra o seu nome pela imprensa nacional. Segundo as acusações, Henrique teria trabalhado para liberar emendas e recursos federais junto ao Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs) para prefeituras que fossem administradas pelo PMDB no Rio Grande do Norte. Depois, estes municípios eram obrigados a contratar a empresa Bonacci Engenharia e Comércio Ltda, de propriedade do ex-assessor de Henrique, Aluizio Dutra. Ao todo, pelo menos seis obras estão sob suspeita nos municípios de São Gonçalo, Brejinho, Alto do Rodrigues, Coronel Ezequiel, São João do Sabugi e Campo Grande. Nesta última o Ministério Público estadual abriu inquérito civil para apura as possíveis irregularidades.

> FUTURO

Atual presidente, Sérgio Andrade afirma que a missão é a reconstrução do PP O presidente do PP estadual, exvereador de Parnamirim, Sérgio Andrade, informou na manhã de hoje que recebeu uma missão da Executiva Estadual de reconstruir o PP no Estado objetivando a formação de uma imagem própria e de independência do partido, segundo ele, após dificuldades vividas num passado recente. "Isso foi feito", resume o ex-vereador, acrescentando também ser interesse da cúpula partidária construir uma base eleitoral própria, daí ter apresentado 16 candidatos a prefeito, além de 7 vice-prefeito e 107 vereadores nos diversos municípios do Estado. De acordo com Sérgio Andrade, mesmo diante das dificuldades e dos desafios o PP tem crescido no Rio Grande do Norte, destacando a eleição de uma bancada significativa para a Câmara Municipal de Natal. O PP elegeu os vereadores Rafael Motta (o mais votado do partido e o segundo mais votado da capital), Chagas Catarino, Albert Dickson, Paulinho Freire e Ary Gomes. O vereador Sérgio Andrade diz a estratégia do PP não vai mudar e

Wellington Rocha

De acordo com Sérgio Andrade, mesmo diante das dificuldades e dos desafios, o PP tem crescido no Rio Grande do Norte nas próximas eleições apresentará candidatos, tanto para a chapa proporcional quanto para a majoritária. MELHORES MOMENTOS O PP do Rio Grande do Norte viveu seus melhores momentos du-

rante a presidência do então deputado Nélio Dias quando o partido cresceu significativamente e destacou-se na defesa do setor agrícola do Estado e do País. Posteriormente o PP esteve sobre o comando do então deputado esta-

dual, Robinson Faria (na época o presidente da legenda era o prefeito de Passa e Fica, Pepeu Lisboa e em seguida Benes Leocádio, prefeito de Lages). No momento, o PP é presidido pelo ex-vereador de Parnamirim, Sérgio Andrade. (JP)


Política

Quinta-feira

Natal, 24 de janeiro de 2013

O Jornal de HOJE 5

Procurador-geral pede que promotores fiscalizem gastos públicos com carnaval MANOEL ONOFRE NETO CIRO MARQUES REPÓRTER DE POLÍTICA

Os gastos públicos com as festas de carnaval continuam sendo motivo de preocupação no Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP/RN), mesmo com a decisão de algumas cidades de cancelaram a folia depois de recomendações enviadas pelo órgão e pelo Ministério Público Junto ao Tribunal de Contas do Estado (MPJTCE). Tanto é assim que na edição desta quinta-feira do Diário Oficial do Estado (DOE), o procurador-geral de Justiça, Manoel Onofre de Souza Neto, recomendou que os “membros do MP com atribuições na Defesa do Patrimônio Público, sem caráter vinculativo, que fiscalizem os gastos públicos eventualmente efetuados pelas administrações municipais com a realização de eventos festivos, especialmente agora no período do carnaval”. O procurador-geral afirmou que essa fiscalização deve ocorrer, sobretudo, “no âmbito dos 139 municípios do Estado incluídos no Decreto nº 22.637, de 11 de abril de 2012 e no Decreto nº 23.037, de 09 de outubro de 2012, ambos assinados pela governadora (Rosal-

ORIENTA QUE MEMBROS DO

ba Ciarlini)”, e deve persistir enquanto a situação de emergência declarada pelos referidos decretos continuar. Manoel Onofre ressaltou ainda que, além de fiscalizar os gastos, é importante também que os promotores e demais membros do MP “adotem as medidas pertinentes no sentido de obstar a realização de despesas com eventos festivos, incluindo a contratação de artistas, serviços de ‘buffets’ e montagens de estruturas para eventos”. Nesta recomendação, que teve caráter de “conjunta” por ter sido pelo procurador-geral e, também, pela corregedora-geral do MP, Maria Sônia Gurgel da Silva, foi lembrado o conteúdo de outra recomendação conjunta, assinada pelo órgão e os Ministérios Públicos Junto ao Tribunal de Contas do Estado (MPJTCE), Federal do Rio Grande do Norte e pelo Eleitoral, para que os prefeitos das cidades em situação de calamidade devido à seca, não realizem gastos públicos com festa. Esta, assinada em junho de 2011, tinha como objetivo evitar, principalmente, os gastos com festas juninas, tradicionais em muitas cidades do interior. Além disso, o procurador e a

MP

ADOTEM MEDIDAS PARA EVITAR

“DESPESAS José Aldenir

Recomendação do procurador Manoel Onofre aos promotores leva em conta a “estiagem na área rural dos municípios” corregedora consideraram também o decreto 23.037, da governadora Rosalba Ciarlini, assinado no dia 9 de outubro do ano passado, que renovou a situação de emergência por mais 180 dias, ou seja, estará valendo também no período do carnaval.

“A estiagem na área rural dos municípios do RN continua caracterizada como gradual e de evolução crônica, de nível III, de grande porte e grande intensidade, onde os danos causados são importantes e os prejuízos vultosos, contribuindo para intensificar a estagnação

econômica e o nível de pobreza do semiárido norteriograndense e, consequentemente, os desequilíbrios interregionais e intrarregionais”, destacou Rosalba naquele decreto. Na recomendação publicada hoje, o procurador-geral de Justiça ressaltou ainda “a existência de

COM FESTAS”

precedentes de que a realização de festas e eventos costumeiramente é desvirtuada, passando a ser utilizada com fins de promoção pessoal, conduta que, se já é reprovável em condições normais, o é ainda mais quando se tem contexto de situação de emergência causada pela seca”. E, também, lembrou que “constitui ato de improbidade administrativa que causa prejuízo ao erário "qualquer ação ou omissão, dolosa ou culposa, que enseje perda patrimonial, desvio, apropriação, malbaratamento ou dilapidação dos bens ou haveres" pertencentes a entidades públicas, consoante dispõe o artigo 10, caput, da Lei nº 8.429/92, sujeitando-se o infrator às sanções previstas no inciso II do artigo 12, da citada lei”. É importante acrescentar que várias cidades, algumas até que tinham carnavais tradicionais no interior do Estado, decidiram cancelar os gastos públicos e, consequentemente, a festa carnavalescas para atender à recomendação do MP e poupar as finanças municipais. Conforme O Jornal de Hoje noticiou, Guamaré, Lajes, Jardim do Seridó, Almino Afonso, Felipe Guerra e Santana do Matos são exemplos disso.

> INSATISFAÇÃO

Lei criada por Walter Alves está engavetada há dois anos e deputado cobra ação do governo Rosalba As pessoas com deficiência visual do Rio Grande do Norte enfrentam um grave problema ao analisar as contas de água, luz e energia. Elas simplesmente não conseguem por meios próprios conferir dados simples como: valor da conta; data de vencimento; valor dos juros e multa por atraso; e o nome da empresa responsável pela emissão da fatura. Essa exclusão social já deveria ter sido solucionada com a implementação da lei estadual 9.287, de 25 de janeiro de 2010, de autoria do deputado estadual Walter Alves, do PMDB, mas ela está engavetada há dois anos. De acordo com a lei, as concessionárias e empresas fornecedoras de energia elétrica, água e esgoto, telefonia fixa e telefonia móvel devem fornecer, nas faturas e outros documentos de cobrança, os dados e informações básicas dispostos em método Braille para

facilitar a leitura por parte das pessoas com deficiência visual. Para isso, as fornecedoras de serviços poderiam optar pela impressão em todos os documentos emitidos ou por realizar o cadastramento prévio dos consumidores que tenham a deficiência. A lei não foi colocada em prática porque aguarda uma regulamentação por parte do Poder Executivo, ou seja, que o Governo do Estado diga as regras para a norma possa ser colocada em prática. Para o deputado Walter, quem perde não é o Governo, e sim o Estado uma vez que todos os deficientes serão beneficiados. “Já faz dois anos que essa lei está sem efeito algum por causa da falta de regulamentação. O Governo precisa agir para colocá-la em prática”, afirmou o deputado, ressaltando que a “Constituição Federal de 1988, no inciso I, do artigo 5º,

garante que todos os homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, devendo o poder público zelar pela garantia e execução desse princípio. O decreto presidencial n.º 5296/2004 já prevê diretrizes nesse mesmo sentido”. O deputado do PMDB lembrou que já existem leis semelhantes em outros estados e um amparo legal em normas no âmbito federal que garantem a aplicabilidade do Braille nas contas de serviços de água, luz e telefone, fato que acaba por agravar a insatisfação pela demora na regulamentação da Lei potiguar. “Cerca de 20% da população do Rio Grande do Norte possui algum tipo de deficiência. Hoje quem tiver alguma deficiência visual grave precisa de ajuda de terceiros para saber uma coisa básica para qualquer cidadão. Ela termina excluída socialmente. A obrigatoriedade da confecção das faturas de for-

necimento em Braille é um passo fundamental para a acessibilidade dos deficientes visuais que hoje não contam com tal benefício de cidadania. Esse instrumento de inclusão já existe em outros estados. Temos que colocar em prática o que determina a lei”. O presidente da Sociedade dos Cegos do Rio Grande do Norte (Socern), Ronaldo Tavares, elogiou a iniciativa do deputado e criticou a falta de ações efetivas por parte do Governo do Estado. “Essa lei é da mais alta importância. Essa lei é a autoestima, cidadania, respeito, independência e na melhoria da qualidade de vida no seguimento. É um projeto de grande iniciativa do deputado Walter. Ele realmente está de parabéns. Só que o Governo precisa fazer mais. Falta tudo, inclusive colocar essa lei em prática. O nosso seguimento precisa de mais respeito”, declarou.

Arquivo

Walter Alves criou lei que facilitaria vida de deficientes visuais no Rio Grande do Norte

“Fui eleito para trazer melhorias para o RN e precisamos dessa lei” Ao comentar a demora pela regulamentação de uma lei engavetada há dois anos, Walter Alves revelou mais uma vez sua postura de independência diante do Governo do Estado, apesar do PMDB fazer parte da base aliada do Governo do Estado e ele ser filho do ministro da Previdência Garibaldi Alves Filho, um dos atuais

apoiadores de Rosalba. "Não sou subserviente ao Governo. Fui eleito com a votação de mais de 50 mil potiguares para trazer melhorias para o povo do Rio Grande do Norte e precisamos dessa lei em vigor", afirmou Walter Alves sobre essa questão da regulamentação da Lei. No final de 2012, em sessão ex-

traordinária na Assembleia Legislativa, Walter Alves também demonstrou que exerce o mandato de parlamentar graças ao voto do povo potiguar e lamentou a falta de ações efetivas do Governo do Estado para enfrentar a crise na segurança pública refletida diariamente em números crescentes de violência e criminalidade.

"Sou deputado e fui eleito graças ao povo do Rio Grande do Norte. Não sou subserviente ao Governo do Estado. A segurança pública está numa situação caótica. As pessoas me procuram perguntando o que o Governo do Estado tem feito para a segurança pública. Eu não sei informar", criticou.

Durante o aparte, Walter também ressaltou a capacidade de endividamento do Estado que mesmo alta, ainda tem um baixo investimento em áreas básicas como segurança e saúde. "Iremos votar um empréstimo de R$ 615 milhões. O RN ao longo de vários governos tem tido uma boa capacidade de

endividamento, o que a gente não pode permitir é que o Estado fique nesse paradoxo: a arrecadação sobe, o investimento com recursos próprios cai, o custeio cresce, a dívida aumenta e os serviços básicos e essenciais como a segurança pública e saúde não são atendidos", criticou.

> MONTE ALEGRE

Ex-prefeita comenta decreto de emergência: “Causou estranheza” Em várias cidades do interior do Rio Grande do Norte, sobretudo naquelas onde o candidato de oposição venceu as eleições municipais e tomou posse no início de janeiro, foram decretados situação de emergência devido a crise financeira que se encontrou nas contas públicas ou em consequência a desorganização administrativa. Contudo, em Monte Alegre, a situação é diferente e, por isso, o decreto de emergência "causou estranheza". Pelo menos, é assim que analisa a ex-prefeita da cidade, Graça Marques, em contato com o Jornal de Hoje. "A emergência administrativa (decretada pelo atual prefeito, Severino Rodrigues da Silva) causou estranheza, tendo em vista que foi obedecido todo o teor da recomendação do Tribunal de Contas do

Estado do RN a respeito da instalação da equipe de transição do seu governo, que tinha como objetivo transmitir toda as informações administrativas, patrimoniais, jurídicas e financeiras para o atual governo", afirmou Graça Marques. Segundo a ex-prefeita, toda a documentação exigida foi entregue na ocasião à comissão, como prestação de contas de 2009 a 2012, banco de dados de todas as secretarias e documentação contábil, "que comprova que não restou dívidas para o atual governo, com exceção de aproximadamente 40% da folha de pagamento do mês de dezembro/2012, que não foi efetuada devido as dificuldades enfrentadas nos repasses do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) durante todo o exercício de 2012", conforme explicou a ex-

Arquivo

Ex-prefeita Graça Marques afirma que ainda não foi notificada sobre inquérito do MP gestora. Segundo Graça Marques, por sinal, essas dificuldades não estão acontecendo agora, ou pelo menos

não com a mesma intensidade. "A Prefeitura Municipal recebeu repasses líquidos no valor de R$ 1.388.481,52, no período de 1° de

janeiro a 23 de janeiro de 2013, o que representa R$ 421.554,14 a mais, se comparado ao mesmo período do ano de 2012. Não estando incluídos os repasses dos recursos dos programas da saúde e da assistência social". MINISTÉRIO PÚBLICO Na última terça-feira, O Jornal de Hoje publicou que o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP/RN), por meio do promotor de Justiça, Mariano Paganini Lauria, instaurou um inquérito civil público, para investigar as razões que ocasionaram a decretação de regime de emergência administrativa na Prefeitura Municipal de Monte Alegre, cidade localizada na Grande Natal. A investigada em Monte Alegre será a ex-prefeita da cidade, e

o representante da denúncia, segundo o MP, foi o atual prefeito. Sobre esse assunto, Graça Marques esclareceu "não ser de seu conhecimento, e também não ter recebido nenhuma intimação a respeito da investigação do MP". Por outro lado, ela afirmou que "estarei a disposição para prestar quaisquer esclarecimentos no que concerne a minha administração na cidade de Monte Alegre". Vale lembrar que na semana passada, várias cidades do Rio Grande do Norte decretaram estado emergência devido à situação administrativa e financeira que encontraram, com documentos sumidos e altas dívidas. Entre elas, Touros, Taipu, Caiçara do Norte, Caiçara do Rio do Vento, São José do Mipibu, Currais Novos e Nova Cruz.


6 O Jornal de HOJE

Natal, 24 de janeiro de 2013

Cidade

Quinta-feira

Consórcio Arena das Dunas empossa primeira Comissão de Trabalhadores GRUPO FORMADO POR TRÊS TRABALHADORES TERÁ MISSÃO DE AMPLIAR DIÁLOGO ENTRE EMPRESA, SINDICATO E COLAORADORES Fotos: Herácles Dantas

ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

O Consórcio Arena das Dunas deu um passo importante na manhã desta quinta-feira (24) na relação entre colaboradores e a diretoria da empresa. Hoje foi empossada a primeira Comissão de Trabalhadores, cumprindo o Compromisso Nacional para Aperfeiçoamento das Condições de Trabalho na Indústria da Construção Civil, na obra de construção da Arena das Dunas. Com o termo de adesão assinado em 14 de setembro de 2012 entre o Governo Federal, Sindicato da Indústria da Construção Civil do RN e a Construtora OAS, a obra da Arena das Dunas foi a primeira da empresa a implantar o Compromisso Nacional. A comissão é formada por três trabalhadores eleitos pelos colaboradores da obra, os operários Damião Moura, Antônio Francisco e Manoel Pantaleão, e tem o objetivo de garantir a representação sindical no local de trabalho. Uma das principais atribuições da comissão será ampliar o diálogo entre empresa, sindicato e colaboradores e avaliar se as diretrizes firmadas no Compromisso Nacional estão sendo cumpridas. A Comissão de Trabalhadores irá beneficiar cerca de 1.600 colaboradores, que desde o início da obra já contam com ações de responsabilidade social como a Escola OAS, o programa de Inclusão Digital, que atende gratuitamente a funcionários e também ao público externo além de cursos profissionalizantes. Demétrio Torres, secretário Extraordinário para Assuntos Relativos à Copa do Mundo, destacou a importância da comissão para estreitar, ainda mais, a relação entre os colaboradores e a empresa, pois os três operários participarão de reuniões sistemáticas com a direção a fim de solucionar, ou minimizar, os problemas que surgirem. Ele acredita que durante as duas paralisações dos operários da Arena das Dunas durante o ano passado, caso

Solenidade de posse da comissão de trabalhadores do Consórcio Arena das Dunas foi realizada nesta manhã. Comissão irá beneficiar 1,6 mil colaboradores que trabalham na construção da obra para a Copa do Mundo a comissão já tivesse sido formada, o desfecho fosse outro. "Talvez se a comissão já existisse, as greves sequer tivessem acontecido, mas o importante que é que não houve prejuízo para o andamento das obras", afirmou. Charles Maia, diretor presidente do Consórcio Arena das Dunas, conta que a OAS escolheu a obra do estádio Arena das Dunas como a primeira obra a receber a Comissão de Trabalhadores, pela importância e relevância nacional que tem. Charles conta que as reuniões serão mensais, com o objetivo de negociar as melhorias das condições de trabalho na construção civil. "Esperamos que seja uma experiência boa e que possa servir de laboratório para a implantação em outros canteiros de obras", afirmou o diretor do consórcio. O encarregado de concreto, Antônio Francisco, que trabalha na construção da Arena desde o dia 1º de fevereiro do ano passado, foi eleito para compor a comissão. "Estou muito feliz e me sinto prestigiado por poder representar a nossa categoria", afirmou. O armador Damião

Moura, que trabalha na construção do estádio desde junho do ano passado, estabeleceu a qualidade da alimentação servida aos operários como a principal meta a ser alcançada. "A refeição é boa, mas ainda há muita reclamação dos operários e vamos levar os pleitos da categoria para a direção", disse. O sindicalista Assis Pacheco considera a criação da comissão como uma "causa justa e nobre". Em um discurso inflamado, em que enalteceu a importância dos trabalhadores da construção civil, Assis Pacheco parabenizou os três integrantes da comissão e elogiou o zelo que a Empresa OAS tem para os colaboradores. "No passado, os trabalhadores da Construção Civil eram considerados como a borra da sociedade e como peão, hoje a realidade é outra. Esse é um momento de felicidade, pois a empresa está honrando mais este compromisso", destacou. O representante da Federação Nacional das Indústrias da Construção Pesada, Wilmar Gomes dos Santos ressaltou a importância da criação da Comissão de Trabalhadores,

como sendo um divisor de águas na relação entre patrão e empregado. "Estes trabalhadores se somam a um contingente que busca organização através de um processo de transparência das relações trabalhistas. A partir de agora haverá uma mudança de postura", afirmou. Cláudio Gabriel, conciliador do Ministério do Trabalho, disse que o momento tem um significado especial e emblemático. "Conheço a luta dos trabalhadores e fiquei impressionado com a grandeza e beleza dessa obra, e o mais importante que por trás dessa beleza está a importância do trabalhador da construção civil, através do suor, da luta diária. É preciso enaltecer o trabalhador da construção, pois o crescimento da nação depende essencialmente desse trabalhador", ressaltou. O representante do Ministério do Trabalho conta que já havia solicitado a criação dessa comissão há meses. "Espero que a criação dessa comissão venha ser um marco para sensibilizar as outras empresas a seguirem o exemplo, pois a comissão é vital e importante para o estabe-

> INSS

Previdência Social celebra 90 anos com forró e homenagens Com 90 anos de prestação de serviços aos brasileiros, a Previdência Social comemora, nesta quinta-feira (24), a evolução da estruturação prática e jurídica desde 1923. Eventos alusivos foram montados em todo o país. Em Natal, na sede do INSS, no Tirol, uma programação que envolveu pronunciamentos dos principais representantes administrativos, minishow com a Orquestra Sanfônica do Museu do Vaqueiro de São José do Mipibu e um café da manhã para funcionários e beneficiados. Instrumento de proteção social alicerçado no Poor Relief Act inglês, de 1601, que, pela primeira vez na história, viu surgir a preocupação governamental com os mais pobres, e germinado nas Constituições de 1889 e 1891, a Previdência Social brasileira abarca, hoje, 30 milhões de pessoas (510 mil no RN). Para destacar a relevância do caráter distributivo de renda e de possibilitar que os menos favorecidos tenham uma vida digna, a gerente executiva do INSS-Natal, Dione Regalado, aproveita o dia de festa para conclamar a população para uma maior participação. "As pessoas devem ter noção de que precisam contribuir durante a vida, procurar por uma filiação previdenciária para garantir seu futuro e da família". Três beneficiários, que nasceram no mesmo ano em que a Previdência foi oficializada no Brasil, foram homenageados. "É muita alegria poder vir receber esse prêmio ainda lúcida. Agradeço a Deus por ele ter me dado forças de poder vir aqui pessoalmente", fala Dona Maria das Dores do Nascimento, natural de Macaíba que nasceu no dia 05 de janeiro do longínquo 1923. Com oito filhos ("nasceram onze"), ela nunca teve o benefício atrasado, em 90 anos. Ao som de Luiz Gonzaga,

José Aldenir

Programação alusiva à data contou com pronunciamentos dos principais representantes, Orquestra Sanfônica e café da manhã

Dona Maria das Dores, de 90 anos, foi uma das beneficiárias homenageadas conduzido pelo maestro José Wicliff, caminhou até o mestre de cerimônia para receber o diploma. Outro cidadão contemplado com os primeiros benefícios, no começo dos anos 1920, Letício Ferreira de Fontes era agricultor do sítio Paul, em Luís Gomes, município no Alto Oeste potiguar. Contribuiu por toda uma vida sofrida, em nome da se-

gurança para os oito filhos. Hoje é um morador de Natal que demonstrava felicidade ao segurar o certificado de beneficiário original. "O reconhecimento que sinto, na verdade, é muito orgulho por receber essa homenagem. A Previdência faz muito pela humanidade". A estiagem que assola o Nordeste aumenta a necessidade de man-

ter a contribuição. No entendimento da gerente Dione Regalado, os avanços dos últimos anos, com obras que melhoraram a estrutura física e o atendimento aos segurados derrubam qualquer desconfiança de quem tem um pé atrás com tudo que envolve o poder público. "As pessoas têm dificuldade em entender isso [a importância da contribuição], mas quando surge um câncer terminal e ele não tem como receber dinheiro algum, veem o quanto erraram". Mais conhecida como "Lei Elói Chaves", a instituição da Previdência Social é um marco para o desenvolvimento do país. Em plena expansão da rede, em 2013, 11 novas cidades com mais de 20 mil habitantes do Rio Grande do Norte receberão novas agências, dentre os quais Monte Alegre, Nova Cruz e Alexandria. Com isso, deslocamentos desnecessários, agilidade e conforto no atendimento para quem está inválido, na dependência do salário-maternidade, do auxílio-reclusão e pensão por morte.

lecimento e cumprimento dos direitos dos trabalhadores", destacou o conciliador do Ministério do Trabalho, Cláudio Gabriel. O evento foi realizado no canteiro de obras da Arena das Dunas e contou com a participação do assessor da Secretaria Geral da Presidência da República, José Lopez Feijó, do representante da Superintendência Regional no Ministério do Trabalho do RN, Cláudio Gabriel, do

Representante da Federação Nacional das Indústrias da Construção Pesada, Wilmar Gomes dos Santos, do Representante da Força Sindical do RN, Assis Pacheco, da assessora jurídica do Sindicato Nacional da Indústria da Construção Pesada (Sinicon), Renilda Cavalcanti, do secretário Extraordinário para Assuntos Relativos à Copa, Demétrio Torres e de representantes da alta administração da Construtora OAS.


Economia

Quinta-feira

Natal, 24 de janeiro de 2013

O Jornal de HOJE 7

Divulgação

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

marcossa@jornaldehoje.com.br

Pecuaristas que precisam de cana para salvar o rebanho temem o fim da safra n Os criadores de gado da região Agreste, que estão se valendo da compra de cana de açúcar aos plantadores do Vale do Ceará-Mirim para garantir o volumoso suficiente para matar a fome dos seus animais, já foram informados de que a safra está chegando ao fim, com toda a cana que resta devendo ser colhida em no máximo 15 dias. n A única saída para que não seja inteiramente interrompido o atendimento aos criadores a partir da segunda quinzena de fevereiro será se a cana plantada nas terras da Usina São Francisco (que está desativada e sob intervenção judicial) passar a ser disponibilizada para alimentação dos rebanhos. n Na manhã de hoje o presidente da Anorc (Associação Norte-rio-grandense de Criadores), Júnior Teixeira, manteve entendimentos com representantes do interventor da Usina para discutir sobre a possibilidade da venda aos agropecuaristas, pelo menos de parte da safra de cana que ainda não foi colhida. n O contato foi proveitoso e já na próxima segunda-feira a Usina disporá de um levantamento a respeito da quantidade de cana que poderá ser reservada para este fim, a qual ficará à disposição dos associados da Anorc, cabendo porém à entidade de classe a responsabilidade pela distribuição de cotas e pelo repasse dos pagamentos. n Atualmente, os criadores chegam a pagar até R$ 100,00 pela tonelada de cana (com palha) posta em cima do veículo transportador, preço que é cerca de 40 por cento superior ao que pagam as usinas e destilarias (cerca de R$ 80,00, porém com desconto do frete e do custo da mão-deobra do corte). n Durante a próxima reunião semanal da Anorc, na noite da terça-feira (dia 29), no Parque Aristófanes Fernandes, o presidente Júnior Teixeira Igarn contrata consultores nA Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarch) lançou uma requisição de manifestação de interesse para contratação de serviços individuais de consultoria nas áreas de Geologia, Engenharia Civil, Ciência da Computação e Engenharia da Computação. n A seleção e contratação dos profissionais habilitados serão financiadas pelo Programa de Desenvolvimento Sustentável e Convivência com o Semiárido Potiguar (PSP), através de acordo de empréstimo entre o Banco Mundial e o Governo do Estado. O Programa tem por finalidade implementar atividades a serem realizadas no âmbito do Instituto de Gestão de Águas do Rio Grande do Norte (Igarn). n O perfil completo dos profissionais e demais informações estão disponíveis na internet

já espera poder transmitir aos associados interessados na compra do volumoso todos os detalhes de como terão de proceder. n Sabendo-se que, mesmo que a nossa estação chuvosa comece no decorrer do mês de fevereiro, somente a partir de meados de março é que haverá a formação de pastagem no campo, a estratégia da Anorc de buscar uma garantia para o suprimento de cana para os agropecuaristas está sendo vista como providencial e acertada. Lojas Riachuelo condenada a indenizar criança que caiu de uma escada rolante n Após longa batalha judicial, uma unidade natalense das Lojas Riachuelo foi condenada a pagar indenização de R$ 26 mil à família de uma criança que caiu do alto de uma escada rolante, depois do equipamento ter prendido sua roupa e provocado o desequilíbrio. n A causa foi defendida pelo Escritório de Advocacia Diógenes da Cunha Lima. Crise da pecuária leiteira resulta em desativação da maior vacaria do RN n O agropecuarista Clóvis Veloso, que há 40 anos se dedica a produção leiteira na região do Potengi e é proprietário hoje da maior vacaria do Rio Grande do Norte, deu início esta semana ao desmonte do seu plantel, considerado de alta produtividade. n Em conversas com os amigos, Clóvis tem explicado que cansou de pagar para trabalhar. E que, como não vê muitas perspectivas de que a nossa pecuária leiteira venha a se recuperar nesses próximos dois anos, está preferindo se desfazer gradativamente dos animais. n Como suas matrizes têm qualidade reconhecida muito além das fronteiras do Estado, ele está recebendo ligações de vários colegas da Paraíba, Pernambuco e Alagoas - onde produzir leite não dá prejuízo - interessados em adquirir a cabeceira do plantel.

(www.semarh.rn.gov.br - link: Editais e Requisição de Manifestação de Interesse N.º 002/2012SEMARH/PSP Segunda Chamada). n O telefone para esclarecimento de dúvidas é o 3232-2456 e o e-mail é o semiarido@rn.gov.br. Eficiência operacional no Natal Hospital Center n Após levantamento feito através de uma consultoria especializada da Sociedade Beneficente Israelita Albert Einstein, o Natal Hospital Center (NHC) está iniciando a implantação de um processo de ampliação da sua eficiência operacional, melhoria de qualidade da assistência e segurança do paciente. n Em busca de critérios para alcançar o objetivo desejado, os dirigentes e principais executivos do NHC estão reunidos com um grupo de 12 consultores especializados nas diversas áreas de gestão hospitalar. n Com as mudanças que estão em curso, o hospital irá se adequar à Creditação de Nível Internacional e atingirá o grau de eficácia e boas normas almejados. Diretores do Sescon/RN Integrarão a REDESIM n Os diretores do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Asses-

soramento, Perícias, Informações e Pesquisas do Estado do Rio Grande do Norte (Sescon/RN), Max Rocha de Medeiros e Edner Roberto de Sousa da Silva, foram indicados pelo presidente João Antonio Matias para integrar o Subcomitê Estadual da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (REDESIM). n A indicação foi feita atendendo solicitação da governadora Rosalba Ciarlini. n Os indicados foram empossados na manhã desta sexta-feira, durante evento de apresentação do Subcomitê da REDESIM no auditório da Secretaria Estadual da Administração e dos Recursos Humanos, no Centro Administrativo de Lagoa Nova. Condomínio de alto padrão no Litoral Norte n As principais imobiliárias de Natal já estão comercializando lotes do mais completo condomínio residencial do Litoral Norte: o "Reserva Pitangui", recém-lançado pelo consórcio SPEL/Cipasa. n Localizado a beira-mar, na Praia de Pitangui, a menos de 30 quilômetros de Natal, o condomínio reúne uma série de vantagens, tais como infraestrutura de lazer completa e sistema de segurança 24 horas, tudo com entrega prevista para 12 meses.

Anthony Armstrog e Mauro Dias de Melo: planos de crescimento só possíveis com a fusão dos dois negócios

Fusão entre Conisa e Ecohouse já tem VGV de R$ 700 mi em 2013 NOVA

EMPRESA PROJETA

MARCELO HOLLANDA HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COM

O engenheiro Mauro Dias de Melo, fundador da Conisa, passou as últimas 48 horas explicando para clientes e fornecedores da construtora que ele fundou 17 anos atrás que continua no comando do negócio, a despeito da avalanche de informações dúbias sugerindo que ele teria vendido integralmente a empresa para a Ecohouse, do inglês Anthony Armstrong. Hoje, engenheiro explicou que se trata de uma parceria para investimentos meio a meio em cada uma das incorporações a serem lançadas pela Conisa em 2013, cujo valor já soma R$ 300 milhões. O contrato assinado pelas partes estabelece o direito de Armstrong adquirir 50% do capital da Conisa ao atingir os valores de investimentos previstos no contrato de fusão. As cifras envolvidas estão sob cláusula confidencialidade. Ouvido pelo JH, Armstrong, radicado em Natal há sete anos, casado com potiguar e dono do Alecrim Futebol Clube, comparou o negócio com a Conisa como a compra de um carro. No caso, a metade dele. "Quando você financia um bem ele fica alienado até que sejam pagas todas as prestações, mas ninguém diz que o carro não é seu pois é a mesma coisa", explicou o empresário em perfeito português. Nesta quinta-feira, irritado com a maneira agressiva com que a fusão foi comunicada ao público, Mauro Dias de Melo, conhecido por não investir em áreas que não sejam o "creme do creme" em matéria de terrenos em bairros como o Tirol e Petrópolis, disse que o negócio seguiu a tendência do mercado frente à concorrência de "pla-

R$ 1

BILHÃO EM CINCO ANOS

yers" nacionais poderosos, inclusive com ação em Bolsa, como Cyrela e Rossi. "Não inventamos a roda, seguimos os passos de construtoras como a Ecocil e a Delphi, que em menor ou maior grau assumiram esse formato para continuar vivos e crescendo", resumiu. Segundo Armstrong, a Ecohouse, que este ano está investindo R$ 100 milhões de recursos próprios em empreendimentos pelo país, há tempos vinha prospectando uma empresa que pudesse assumir suas obras físicas e que, ao mesmo tempo, atuasse fortemente no segmento A e B. "Encontramos a Conisa a partir de uma aproximação toda ela costurada no escritório do advogado André Elali", contou o empresário inglês. Hoje, Mauro Dias Melo confirmou que a Conisa assumirá como construtora as obras que estiverem sendo desenvolvidas pela Ecohouse, cuja expertise está nos projetos mais populares, com financiamento do programa "Minha Casa, Minha Vida". Segundo Armstrong, esses projetos só na região metropolitana de Natal (Zona Norte e São Gonçalo) já somam um Valor Global de Vendas de R$ 400 milhões. Nesse caso, somando os lançamentos das duas empresas em 2013, fala-se aqui em R$ 700 milhões de Valor Global de Vendas. "Foi uma casamento de experiências, de poder de investimento que tem tudo para dar muito certo", diz Mauro Dias, que em 17 anos de Conisa nunca ergueu um tijolo em áreas que já receberam grandes investimentos imobiliários, como o bairro de Ponta Negra e Nova Parnamirim. "Para nós, a fusão foi extremamente positiva, pois reforça a nossa posição de construtora junto

à outra empresa com forte experiência incorporadora", afirmou. Para Armstrong a fusão com a Conisa tem sabor de expansão, já que além de Natal, o grupo atua em Toronto, Singapura, Londres e Dubai. Aqui, ela desenvolve mais de três mil casas populares na região da Grande Natal, controlando mais de 70% do desenvolvimento da cidade de São Gonçalo do Amarante, onde a construção do aeroporto internacional tem produzido profundas mudanças. Além disso, Armstrong tem projetos em Blumenau, Brasília, São Paulo e Gravataí. O empresário inglês também ostenta na parede prêmios internacionais recebidos pela Ecohouse como o "Winner Compare The Financial Markets - Best Strutured Product Brazil 2011" (Melhor Produto Estruturado de Investimento Imobiliário Brasileiro 2011) e o "The Fast 50", uma das 50 empresas em todo mundo de mais rápido crescimento, conferido pela A revista Nova Europa, ao lado de instituições como Banco Itaú, British Airways e HSBC. Apesar das raízes potiguares, a sede formal da empresa de Armstrong é Londres. Nesta quinta, Anthony Armstrong confirmou os planos ambiciosos da fusão com a Conisa: alcançar um VGV de R$ 1 bilhão nos próximos cinco anos - uma cifra que não deixa muito a dever em relação ao VGV anunciado pela Ecocil depois da fusão com gestora inglesa de fundos de private equity Salamanca Capital Investments. Só no começo de 2012, graças a uma injeção de R$ 100 milhões feitos pelos ingleses, a Ecocil lançou um VGV de R$ 490 milhões. Já a Conisa, com a Ecohouse, tem R$ 700 milhões na agulha em lançamentos.

Entrevista KARINE SEVERO TEIXEIRA GERENTE DO DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO CORPORATIVA E SUSTENTABILIDADE DA COSERN

O governo publicou na edição desta quinta-feira (24) do "Diário Oficial" uma medida provisória e um decreto regulamentando as reduções em tarifas de energia, que deverão garantir queda no preço da conta de luz. O corte tarifa para residências de 18% e para a indústria de até 32% deixou a dúvida de como o governo pretende cobrir o gasto excessivo com a energia gerada pelas termoelétricas, cuja função é suprir as necessidades de consumo na ponta, quando a matriz hídrica atravessa problemas com a baixa nos reservatórios do País. Para medir as consequência junto á concessionária de energia elétrica do RN, JH mandou três perguntas para a Codern, respondidas por Karine Severo Teixeira, Gerente do Departamento de Comunicação Corporativa e Sustentabilidade. Qual o impacto da redução da conta de energia no setor industrial e residencial? Conforme anunciado ontem (24/01/13) pela presidenta Dilma Rousseff, os consumidores residenciais terão 18% de

Divulgação

redução nas contas de energia elétrica. Para os setores industrial, comercial e rural o percentual poderá chegar até 32%. A Cosern fará algum ajuste financeiro no plano de investimentos? A diminuição da tarifa de energia elétrica, prevista na Lei 12.783 de 11/01/13, que vigorará a partir de fevereiro/2013, será possível em função da redução dos custos da energia comprada e dos encargos e tributos do setor elétrico. Portanto, não haverá qualquer influên-

cia dessa redução nos planos de investimento e manutenção do sistema elétrico da Cosern. Qual o calendário da revisão tarifária? O processo de revisão tarifária da Cosern, que ocorre a cada cinco anos, está em andamento e deverá ser concluído pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) no próximo mês de abril. Antes disto, a ANEEL irá realizar uma audiência pública para ouvir a sociedade.


8 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 24 de janeiro de 2013

Quinta-feira

Hipóteses sobre novo kartódromo dividem envolvidos NOVA

PISTA PODERÁ SER CONSTRUÍDA NO

Segue a corrida de pilotos e dirigentes do kart potiguar rumo a um destino desconhecido. Sem pista para o campeonato 2013, surgem hipóteses variadas sobre o local onde as provas serão disputadas. Enquanto especulações são estudadas, uma reunião entre representantes do Governo e do automobilismo do Estado foi realizada na tarde da última quarta-feira (23) para definir próximos passos após a demolição do Kartódromo Geraldo Melo. Reclamações à parte, o espaço será utilizado como estacionamento da Arena das Dunas e gerou pronunciamentos desencontrados entre as partes envolvidas. Na presença do chefe de Gabinete Civil, Carlos Augusto Rosado, o presidente da Federação Potiguar de Automobilismo, o presidente da Associação de Pilotos de Competição, Michel Aguiar e o entusiasta e pai do piloto Victor Uchôa, Gláucio Uchôa, escutaram que o Governo do RN construirá um novo kartódromo assim que for apresentado um terreno e este for doado à Associação. Pelo menos foi o que garantiu Michel Aguiar: "A Prefeitura já tem um no Planalto, que foi prometido pelo então candidato Carlos Eduardo Alves quando estava em campanha, no ano passado. O que ficou acertado foi que a pista pertencerá à Associação, não à Federação, que tem a função de apenas fiscalizar competições no Estado". Portanto, sem algo concreto, o presidente da Federação, Sesimar Correia, fala com cuidado sobre a incipiente ideia de construir uma pista de automobilismo no bairro da

PLANALTO,

EM

EXTREMOZ

OU ATÉ NO

PARQUE ARISTÓFANES FERNANDES Fotos: José Aldenir

Retirada de portas e esquadrarias do bar temático e das salas de administração foi feita na manhã desta quarta-feira

Terreno no Planalto teria sido prometido pelo prefeito Carlos Eduardo para nova pista

zona Oeste de Natal. "Vou procurar o Prefeito para saber onde e como é esse terreno. Mas ainda estamos no campo das promessas, da apresentação de idéias". São necessários, segundo Sesimar, pelo menos, 8 hectares para a obra completa. "Dois só para a pista" - pedida por Ayrton Senna, em 1989, a do Kartódromo Geraldo Melo tem em 1.200 metros. Em 2012, engenheiros e o próprio presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo, Cleyton Pinteiro, estiveram no Estado

coração de uma capital, que será destruído", é o diagnóstico feito pelo gerente administrativo do bar, Ricardo César. Ele estava há seis anos na condução do empreendimento que oferecia, além de comes e bebes, cursos de pilotagem. "Do instrutor ao auxiliar de pista, todos estão sem dinheiro agora". Um dos funcionários mais antigos do Kartódromo, o mecânico Pedro Freire chegou ao circuito de Lagoa Nova em 1990. "Eu vi Nelson Piquet correndo aqui. Foi demais. Agora estão falando nessa

para conhecer um terreno em Extremoz, de propriedade de um empresário que estaria disposto a doá-lo. Desde então, nada foi feito: nem laudo técnico foi enviado, nem cobranças da Federação. Resultado: chegou o prazo de devolução do espaço do Kartódromo ao Governo e nenhum plano B foi armado. Na manhã desta quinta-feira, 24, os últimos funcionários foram vistos pela reportagem, durante a retirada de portas e esquadrias do bartemático Kurt-Kart e das salas da administração. Um deles era Ema-

noel Silvestre, encarregado de manutenção do local que enfrentava o sol forte e a tristeza por abandonar o trabalho que executa há 11 anos. "Vi muita coisa aqui. Em 2001, por exemplo, a seletiva que a Petrobrás fez aqui me emocionou. Tinha piloto do Brasil todo e as arquibancadas estavam lotadas". Só com o fechamento do KurtKart serão 15 pessoas desempregadas. "Eles já estão procurando emprego. É muito triste, mas é isso. Eu lamento porque é o único kartódromo que conheço dentro, no

coisa de irmos para o Planalto [bairro]. Só acredito no dia em que eu ver. Para mim, será a mesma história do cemitério que iam fazer lá. Cadê? Até hoje, nada". Casado e pai de três filhos, ele freia ao falar do futuro. "Sinceramente, ainda não sei o que fazer". No outro box da disputa da prova de resistência entre desportistas e poder público, o secretário estadual de esporte e lazer, Joacyr Barros, desconhece a disponibilidade do citado terreno no Planalto e ventila novas possibilidade, tanto para a construção definitiva do kartódromo, como o paliativo para a temporada deste ano. "Eu sugiro que seja construído no Parque Aristófanes Fernandes [onde acontece a Festa do Boi]. Aquela área é muito grande, 'em cima' de Natal e funciona uma vez por ano. "Quanto ao campeonato de 2013, tenho um projeto de levarmos para o Interior, com circuitos de rua. Já pensou? Seria uma festa", avisa Joacyr. A experiência foi exitosa em 2011, com duas provas de exibição disputadas em Currais Novos e Santa Cruz, com grande participação popular. Com a possibilidade de serem organizadas entre seis e oito provas, o projeto de interiorização de um esporte considerado de elites seria ajudo para divulgar corridas de carro e oferecer entretenimento em cidades menos desenvolvidas.

CMYK


Cidade

Quinta-feira

Natal, 24 de janeiro de 2013

O Jornal de HOJE 9

Sem trabalho dos agentes de endemias, risco de epidemia de dengue aumenta em Natal POR

FALTA DE CONDIÇÕES MÍNIMAS DE TRABALHO, PROFISSIONAIS ESTÃO HÁ QUASE

8 MESES SEM VISITAR DOMICÍLIOS Fotos: Herácles Dantas

CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

São quase oito meses que o trabalho de combate à dengue não está funcionando em Natal. Segundo o diretor do Sindicato dos Agentes de Endemias do RN (Sindas), Cosmo Mariz, a falta de condições mínimas para trabalho em campo impede a ação dos agentes, situação que põe a cidade e a saúde da população em risco. O líder sindical ainda afirmou que a possibilidade de infestação se torna ainda maior porque, no ano passado, o ciclo de visitas dos agentes foi quebrado. O Ministério da Saúde preconiza que os Agentes de Endemias realizem o mínimo de seis visitas nos bairros da cidade no período de um ano. Entretanto, há casos onde só foram realizados três ciclos de visitas. Dentre os bairros que costumam ter os maiores índices de dengue estão o bairro de Mãe Luíza e Alecrim, na zona Leste; Quintas, Bom Pastor, Guarapes e Felipe Camarão, pertencentes à zona Oeste; Planalto e Ponta Negra no distrito Sul e, na zona Norte, quase todos os bairros. "Na zona Norte é onde se encontram os casos mais graves, já que o ciclo de visitas foi o mais prejudicado. Com a paralisação das visitas, os índices de infestação devem ter aumentado", avalia

Cosmo Mariz, presidente do Sindas, explica que os profissionais estão sem o material básico de trabalho, além do número de agentes ser insuficiente para realização do ciclo de visitas nas casas Cosmo Mariz. "Precisamos de equipamentos básicos para poder voltar às atividades, além de uma quantidade maior de agentes. Hoje temos 512 agentes para trabalhos de campo, dos quais 154 estão com o contrato temporário já terminando. E posso garantir que, com menos de 500 agentes, não temos condições de cumprir com

a meta", disse. De acordo com Cosmo, o Sindas já se reuniu com o atual secretário Municipal de Saúde, Cipriano Maia, e com o diretor do Centro de Controle de Zoonoses, Alexandre Tavares, para discutir as necessidades mais urgentes para a volta dos trabalhos. "A atual administração se mostrou muito aten-

ciosa e interessada em resolver os problemas. A reunião foi muito positiva e esperamos resultados em breve", afirmou Cosmo Mariz. Entre os acordos discutidos em reunião, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) garantiu a disponibilidade de equipamentos de trabalho, materiais de uso pessoal, ampliação de quadro de fun-

cionários e direitos do trabalhador. Além disso, o sindicato reafirmou a importância da volta do Zoneamento, onde a cidade deverá ser dividida em zonas administrativas por agentes fixos. "Essa medida é uma forma de identificar e resolver os problemas da comunidade de uma maneira mais rápida e eficaz. O

sistema de Zoneamento prevê a atuação de um agente para 800 a 1 mil imóveis", disse Cosmo. A reportagem d'O Jornal de Hoje tentou contato com o secretário Cipriano Maia, mas ele não atendeu nem retornou as ligações. A assessoria da SMS não encontrou outra pessoa que pudesse falar sobre o assunto.

> CONTRATOS

Prefeitura garante retomada das obras de urbanização e saneamento de bairros de Natal

José Aldenir

As obras de urbanização, revitalização e saneamento do Planalto, Nossa Senhora da Apresentação, Rocas, Mãe Luiza, Paço da Pátria e da comunidade do Jacó devem sair do papel nos próximos meses. Algumas obras começaram e foram interrompidas, como é o caso das obras da comunidade do Paço da Pátria e Nossa Senhora da Apresentação, outras sequer foram iniciadas. Para solucionar os entraves que impediram o andamento das obras, uma equipe da secretaria de Habitação do Ministério das Cidades deve vir à Natal nos próximos dias para tentar solucionar os problemas que levaram a paralisação de contratos firmados com a Prefeitura nos últimos dois anos. A visita foi acertada na reunião que o prefeito de Natal Carlos Eduardo e a secretária municipal de Planejamento, Virginia Ferreira, tiveram nesta quarta-feira (23) com a secretária nacional de Habitação, Inês Magalhães. Na gestão da ex-prefeita de Natal Micarla de Sousa, quatro contratos com a Prefeitura de Natal

foram cancelados pela Caixa Econômica Federal (CEF) em 2011 e 2012 cujo total chegava a R$ 13.678.907,75, dos quais R$ 12.539.629,25 de repasse do Governo Federal e o restante de contrapartida do Município. Três dos quatro contratos eram recursos para assistência técnica e regularização fundiária e um deles era para obras de urbanização nas Rocas, Mãe Luiza e comunidade do Jacó. O prefeito também tratou com a secretária de Habitação da ampliação do Projeto de Urbanização Integrada do bairro de Nossa Senhora da Apresentação, iniciado na gestão anterior dele e que não foi concluído pela Prefeitura, bem como de um novo Projeto de Urbanização Integrada que está sendo elaborado pela Prefeitura para o bairro do Planalto. Para os contratos ainda vigentes estão sendo tomadas algumas providências como a elaboração do diagnóstico de cada contrato, visitas técnicas aos setores da Caixa Econômica envolvidos no repasse e fiscalização da execução deles, licitação de obras sem contrato e vi-

sitas às comunidades, além de uma articulação entre as secretarias envolvidas com esses projetos. A previsão da Prefeitura é encerrar esse trabalho em no máximo 60 dias para que seja elaborada uma reprogramação de todos os contratos. "Solicitamos à secretária Inês Magalhães a compreensão e anuência para a prorrogação dos contratos ainda vigentes em virtude desse trabalho que está sendo feito pela Prefeitura de reprogramação, inclusive com uma composição definitiva dos investimentos que precisam ser feitos e também pelo fato de estarmos ouvindo a comunidade para chegar a essa forma final", diz o prefeito Carlos Eduardo, que afirma ter percebido a boa vontade do Governo Federal em atender a esses pleitos. Os contratos que a Prefeitura de Natal ainda mantém com o Ministério das Cidades são referentes às obras nos bairros de Nossa Senhora da Apresentação, África, Paço da Pátria, entre outros, como os relativos à elaboração dos Planos de Habitação e Saneamento.

As obras de urbanização e revitalização da comunidade do Paço da Pátria começaram, mas foram interrompidas

> MUNDIAL

Fifa convoca voluntários para trabalhar na Copa Famoso por sua beleza natural e por jogar o futebol mais exuberante desde 1904, data de fundação da Fifa, o Brasil apresentará ao mundo, no ano que vem, durante a Copa do Mundo, outra característica peculiar que encanta visitantes e admiradores de nossa cultura: a hospitalidade. Foi com essa aposta que o Governo Federal criou o programa Brasil Voluntário, gerido pelo Ministério do Esporte, com a participação dos ministérios da Defesa, do Turismo, da Cultura, da Ciência e Tecnologia, da Casa Civil, das Relações Exteriores, do Trabalho, da Educação, da Saúde, da Justiça, do Planejamento, Orçamento e Gestão, além da Secretaria de Aviação Civil. Já na Copa das Confederações, evento-teste em junho próximo, o trabalho será posto à prova. Serão 50 mil voluntários para as 12 sedes (7 mil, na Copa das

Confederações, em seis cidades). Na pauta, uma rede de mobilização social para atender torcedores nativos e estrangeiros, além da imprensa sem credencial, em lugares como aeroportos, festas e praças públicas, museus, Fan Fests [evento festivo organizado pela Fifa nas cidades-sedes]. Uma rede social própria foi criada para dar suporte aos voluntários, que devem ter mais de 18 anos, morar no Brasil e ter disponibilidade de tempo. Terá mais chances de classificação quem dominar um idioma, além do português, tiver experiência anterior em voluntariado, formação acadêmica ou cursos relacionados às áreas de atuação. Para o vice-presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), Alexandre Mulatinho, o momento é de convocação. "Nesse primeiro instante, o foco é a Copa das Confederações. Mesmo Natal não partici-

pando do evento, é importante que tenhamos um exército cadastrado. Isso será fundamental para o sucesso da Copa, no ano que vem. Serão eles que receberão os

ciais, igrejas, empresas privadas e demais grupos da sociedade". Com uma breve experiência nos 18º Jogos Escolares SulAmericanos, disputado em Natal

‘ ’ “Nesse primeiro instante, o foco é a Copa das Confederações. Mesmo Natal não participando do evento, é importante que tenhamos um exército cadastrado. Isso será fundamental para o sucesso da Copa, no ano que vem” ALEXANDRE MULATINHO

VICE-PRESIDENTE DA EMPROTUR

turistas". Ele destaca o que ouviu do ministro do esporte, Aldo Rebelo, em recente reunião em Brasília. "O evento precisa de 50 mil, mas o ministro aposta em 1 milhão de voluntários, com a ajuda de sindicatos, movimentos so-

e João Pessoa, em novembro último, o responsável por divulgar, promover e realizar eventos relacionados com a Copa do Mundo na capital potiguar ensina o caminho das pedras para os interessados. "São apenas oito telas

que ele deve preencher no site www.brasilvoluntario.gov.br. Lá ele receberá uma senha para acessar a rede social. Essa rede é fundamental para criar afinidade com o grupo de voluntários da Fifa, desenvolver o espírito de colaboração e obter informações sobre o evento", diz Mulatinho. No cadastro, o voluntário deve informar a cidade em que deseja trabalhar. "Quem tiver disponibilidade para ir à Fortaleza, por exemplo, basta dizer isso no ato de preenchimento dos dados", lembra Mulatinho, ainda que os custos de transporte interestadual e hospedagem sejam arcados pelo voluntário. "Ele terá os deslocamentos dentro da cidade em que atuará e alimentação durante o trabalho". O processo seletivo terá cinco etapas: inscrição no site; seleção; treinamento à distância (virtual); treinamento pre-

sencial nas cidades-sede; e atuação em campo. Todo o processo será realizado dentro da nova rede social, em que os candidatos receberão informações atualizadas e poderão interagir. Após concluírem os cursos preparatórios, os participantes ganharão um certificado, emitido pela Universidade de Brasília (UnB). Além da certificação, os voluntários receberão uniforme, alimentação e um seguro de responsabilidade civil e contra acidentes pessoais. Mais importante ainda será o ganho de conhecimento e a interação com visitantes dos mais diversos países, qualificado com aulas de cultura local, cultura do voluntariado, história do esporte e das Copas do Mundo, datas e personalidades importantes do nosso país, hábitos e costumes regionais, feriados, calendário cultural e esportivo.


10 O Jornal de HOJE

Natal, 24 de janeiro de 2013

Cidade

Quinta-feira

Acervo Pessoal

Família procura garota de 11 anos desaparecida nas Rocas após telefonema CRIANÇA

ESTAVA NA CASA DA AVÓ PATERNA, QUANDO RECEBEU UMA LIGAÇÃO

E SAIU.

FAMILIARES

ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Uma menina de 11 anos está desparecida desde a última terça-feira, quando visitava a avó paterna no bairro das Rocas, na zona Leste de Natal. Conforme relatos de testemunhas, Bianca Santos estava conversando com algumas meninas próximo ao imóvel e saiu dizendo que iria encontrar uma pessoa logo após receber um telefonema, por volta das 17h30. O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Capturas na manhã desta quinta-feira (24). Segundo a avó materna, Velma Santos, a menina estava usando um vestido modelo tomara que caia, estampado com flores. Desesperados, os familiares e amigos de Bianca espalharam uma foto dela com os

FAZEM CAMPANHA E PEDEM AJUDA PELA INTERNET

contatos, para que as pessoas que a vissem possam ajudar a encontrá-la. "Teve gente que disse ter visto ela em Parnamirim, mas tudo isso será investigado pela polícia", explicou. Velma falou também que a menina estava tranqüila e não aparentava sofrer nenhum tipo de ameaça ou pressão que pudesse justificar uma possível fuga. E que a família acredita que ela tenha sido raptada ou esteja na casa de alguma colega, apesar de Bianca ter morado até pouco tempo no município de Extremoz. "É a nossa esperança, o que nos faz acreditar que ela está bem e que vai aparecer a qualquer momento, tirando este peso dos nossos corações. Todos da família e também os amigos estão espalhando a foto dela pela internet, nas

redes sociais, com os nossos contatos, para que possamos encontrála o mais rápido possível", desabafou a avó de Bianca. Bianca e sua família se mudaram recentemente para a comunidade de Brasília Teimosa, no bairro de Santos Reis, mas que a garota não estava se adaptando bem e que, por isso, não gostava do lugar. E que, como tinha ido passar uns dias com a avó paterna, ninguém desconfiou do sumiço dela. "Ela e a mãe foram para a casa da outra avó e a Bianca ficou do lado de fora, conversando com algumas meninas. Depois de um tempo, a mãe saiu e, não encontrando a filha, pensou que ela tivesse ido para a casa de algum conhecido por perto, por isso, não desconfiou do desaparecimento", disse.

Somente no dia seguinte, quando retornou ao imóvel e soube que a filha não havia dormido no local, é que ela percebeu o que tinha acontecido. Toda a família, então, entrou em desespero com o sumiço de Bianca e começou a espalhar a foto com os contatos telefônicos dos pais e avós, para que as pessoas pudessem ajudar a encontrá-la. Velma disse ainda que Bianca tem um namorado, de 14 anos, que também ficou desesperado ao saber que a menina havia desaparecido sem deixar rastro. "Ele está muito aperreado, me liga o tempo todo em busca de notícias e não conseguiu dormir até agora. Ele me disse que falou com ela pela última vez na manhã do dia em que Bianca desapareceu e que, até ali, ela estava bem feliz", finalizou.

> TERROR Fotos: Portal BO

Família de Bianca Santos afirma que ela não tinha motivos para fugir de casa

> BALANÇO

PM apreendeu mais de 900 armas em 2012

Acácio Sabino, que era usuário de drogas, foi assassinado por casal no bairro do Golandim, em São Gonçalo do Amarante, após receber um telefonema em casa

Duas execuções marcam a noite de quarta-feira no RN Dois homens foram executados a tiros no Rio Grande do Norte. O primeiro crime ocorreu no município de São Gonçalo do Amarante, quando um usuário de drogas foi assassinado por um casal no bairro de Golandim, após conversar com eles. Já em Mossoró, funcionários de um abatedouro encontraram o corpo de um homem, com algumas cápsulas de balas em uma das mãos. De acordo com informações do 11º Batalhão da Polícia Militar, o pintor Acácio Sabino da Costa estava em casa ontem à noite, quando recebeu um telefonema e disse aos parentes que iria conversar com uma pessoa. Próximo ao cruzamento das ruas São Francisco e Goiás, ele foi abordado por um casal, que estava em uma motocicleta e parou o veículo ao encontrá-lo. Depois de alguns minutos, os criminosos efetuaram seis disparos contra Acácio e fugiram em seguida, em alta velocidade, deixando a vítima caída no chão. Um detalhe curioso relatado pelas testemunhas do crime é que os assassinos chegaram a apertar a mão da vítima antes de efetuar os tiros. Rapidamente, várias pessoas que estavam no local ligaram para a Polícia Militar e para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), pedindo socorro, mas quando estes chegaram, o pintor já havia morrido. As testemunhas disseram ainda que a vítima tentou correr durante os disparos, mas

Em 2012, 921 armas de fogo foram retiradas de circulação no Rio Grande do Norte, durante operações realizadas pela Polícia Militar. O número, segundo o comandante da corporação, coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, representa um acréscimo de 12% em relação ao total apreendido no ano anterior, quando 823 peças foram recolhidas. Parte deste material foi apresentada hoje à sociedade, como resultado do trabalho de prevenção e combate ao crime no Estado. "Isso significa que a possibilidade de um crime de assalto a mão armada, homicídio ou tentativa, ameaças ou outro tipo de violência acontecer foi reduzido no Rio Grande do Norte, graças à atuação enérgica e ativa da Polícia Militar. A maioria dessas armas foi apreendida durante barreiras policiais, prisões de delinquentes, abordagens pessoais e outras situações em que a vida e a integridade de pessoas de bem foram ameaçadas", explicou o comandante. Do total apreendido em 2012, 550 estavam em poder de bandidos na Região Metropolitana de Natal e outras 371, espalhadas pelos municípios do Estado. Dos mais variados calibres, esses armamentos eram usados em ações criminosas e, depois de apreendidas pela Polícia Militar, foram entregues à Civil para a instauração dos inquéritos ou ajuntamento de provas. "Enquanto corre o processo na Justiça, elas ficam sob a guarda da Polícia Militar. De-

pois disso, são entregues ao Exército Brasileiro para destruição. Todas essas que foram apresentadas hoje ainda estão em processo, aguardando os resultados destes para terem a destinação correta", disse Araújo. Entre os calibres, estão 32, 38, nove milímetros, ponto 40, 12, 762 e 357, entre outros. Algumas nacionais, outras importadas e até as de fabricação caseira, que, segundo o comandante Araújo, possuem o mesmo risco que as industrializadas ou maior ainda, já que são feitas por armeiros que usam peças de várias outras armas, sem contar as alterações nos canos, que podem aumentar a área atingida pelos projéteis. O comandante Araújo afirmou que a corporação assinou um convênio com o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ-RN), para que todas as armas de fogo apreendidas no Estado sejam guardadas pela própria PM até que os processos em que estão anexas sejam concluídos e elas possam ser destruídas. Ele disse ainda que, das 823 armas apreendidas em poder de bandidos no Estado em 2011, 526 estavam na Região Metropolitana e as 297 restantes, em municípios do interior. "A nossa meta é aumentar a apreensão este ano, para diminuirmos a criminalidade no nosso Estado. Para isso, vamos intensificar as ações policiais, com blitzen e abordagens pessoais nas ruas das cidades", afirmou o comandante da PM. PMRN

Corpo de Pedro Narciso foi encontrado com marcas de balas na cabeça, costas e, em uma das mãos, projéteis intactos foi atingido na cabeça e costas e caiu. Para a Polícia, o crime pode ter sido cometido em um acerto de contas, pois os familiares do pintor afirmaram que ele era usuário de entorpecentes e que costumava comprar a droga com traficantes locais. Ele já havia sido detido por envolvimento com o crime. Os militares ainda chegaram a realizar diligências na região, mas não conseguiram localizar o casal apontado pelas testemunhas.

CORPO É ENCONTRADO EM ESTRADA DE BARRO EM MOSSORÓ

Já na Região Oeste, pessoas que seguiam para o trabalho na manhã de hoje encontraram o corpo de Pedro Narciso Alves Gomes, próximo ao Abatedouro Frigorífico Municipal, em Mossoró. A vítima apresentava marcas de balas na cabeça e costas e segurava alguns projéteis intactos em uma das mãos. Testemunhas afirmaram aos policiais militares que teriam ouvido ba-

rulho de tiros ontem à noite, próximo ao local onde o corpo foi localizado e que, na manhã de hoje, encontraram o cadáver. A suspeita é que a vítima tenha sido levada para o local e que tenha sido assassinada lá mesmo. Peritos do Instituto Técnico Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (Itep/RN) foram ao local e recolheram o corpo e os projéteis, que serão investigados pela Polícia Civil para saber se são iguais aos usados para matar a vítima. Ainda não há suspeita de quem cometeu o crime.

Peças só poderão ser destruídas após conclusão de processos judiciais


Cidade

Quinta-feira

Natal, 24 de janeiro de 2013

O Jornal de HOJE 11

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

DO CONTRA

Penélope

A presidente Dilma Rousseff vociferou bonito, bem treinada pela tropa de João Santana, e mandou recado para a "turma do contra". Como fugiu do fórum de Davos, creio que foi uma indireta para o Financial Times, o Le Monde, a BBC e a The Economist.

O PIBINHO

Tia Dilma deu show com o barateamento da energia, nem parecia a chefe de uma nação que no momento é a que menos cresce no contexto econômico da América do Sul, ficando atrás até da republiqueta canhestra da viúva louca, ali na fronteira do Prata.

DAVOS

Começa assim um editorial do Estadão: "Com o Brasil no fundo da cena, meio envergonhado e quase escondido, Rússia, China, Índia e África do Sul são presenças importantes na reunião deste ano do Fórum Econômico Mundial, em Davos".

DAVOS II

POR NORTON FERREIRA*

"Separei hoje, começo amanhã". Com esta bela síntese, num Classificados, Penélope iniciou-se na prostituição. O nome também foi pensado, queria que o nome artístico fosse de quenga, mesmo... Putaputa, segundo ela. "Aputaria é uma segunda natureza da mulher", assim diz Céline, Louis-Ferdinand Céline, no clássico Viagem ao Fim da Noite. Um livro para sempre. Me chamou a atenção a beleza do título, a concisão, a determinação e toda uma história que estaria por trás dele: "Separei hoje, começo amanhã". Não foi bem isso que me chamou a atenção, e, sim, toda uma raiva, toda uma ira, toda uma re-

volta, um "foda-se o mundo" que estava no pilotis de uma existência. Aos cinco, foi 'acariciada' pelo tio; Aos 14, foi estuprada no banheiro, pelo namorado. Afundou no porão da autoestima e rolou de copo em copo, de baseado em baseado. Consegui o primeiro encontro, dizendo que era apenas para entrevistá-la; que ela deveria ter uma história interessante de feia. Concordou, desde que eu pagasse o cachê: 200 reais. Paguei. A cidade de Santos tem bares interessantes, preferiu um que já conhecia. Sob uma lua que pedia atenção e choramingava desespero, num ambiente que escarrava bêbados por todos os buracos, conversamos. Morena, alta, ainda bonita, cabelos com-

pridos e uma sobrancelha torta, que lhe sobrou de uma tentativa de casamento. - Não dá mais! Cansei! Se eu chegar a beijar a boca do ralo, estarei melhor. Que venham todos os gatos pretos, todas as sextas-feiras 13. Quero calo, mas calo de sapato novo. Quero dor de verdade. Tchau, Disney! Tchau, faculdade. Tchau, dignidade de barriga vazia. Tchau, calcinha de R$1,99, quero DeMillus, cuequinha Calvin Klein. Eu quero é gozar no final. Vou botar minha sobrancelha no lugar. Homem não presta, o mundo não presta. E o amor?, perguntei. "O amor, meu bem, o amor é o infinito posto ao alcance dos cachorros". (NF é redator publicitário)

A ausência do Brasil no fórum econômico mundial foi tema do meu artigo "Dilma refugou", em 17 de janeiro. O governo petista fugiu do debate, para não ter que explicar as derrapadas de 2012. Vai ficar jogando pra plateia interna, como fez ontem.

pública, guarda com zelo, para evitar que se movam até de uma gaveta a outra".

RENANGATE

No Estadão, matéria sobre o esquema de blindagem do senador Renan Calheiros, liderado pelo próprio vice-presidente da República, Michel Temer. Em 2 anos, aliados de Calheiros faturaram R$ 70 milhões com o programa Minha Casa, Minha Vida.

PUBLICIDADE

Começou a temporada das pressões políticas pelas verbas de propaganda das prefeituras do interior. Depois dos encarecidos pedidos das lideranças, vem a fase de teatralizar as licitações forjando disputas fictícias para favorecer essa e aquela agência apadrinhadas.

VERÃO CANHOTO

Não foi à toa, coincidência de essência empírica, que o revolucionário Karl Marx curtiu as regalias do rico Friedrich Engels. Nada é mais dialético do que um esquerdista nas varandas da burguesia; toda pose de Beco da

Lama quer o charme do veraneio.

SELEÇÃO DO FELIPÃO

Com as convocações do goleiro Julio Cesar e do atacante Hulk, vão por terra, na prática, a teoria do próprio técnico e de nove entre dez comentaristas, de que uma seleção se faz com os melhores do momento. Hulk foi apenas eleito o pior do campeonato russo.

FILMES EM CASA

Não bastasse a disputa com o mercado de DVDs genéricos, as casas de cinema estão enfrentando também a disponibilidade dos filmes no canal YouTube (agora com obras na íntegra) e alguns sites de download, como o hipervisitado "omelhordatelona.biz".

NOVO CANAL

Definido o nome do novo canal fechado do radialista Solon Silvestre, que já administra a TV Mix. Vai se chamar TV Nacional, ou TV N na marca de fantasia, e entrará no ar em março na grade da Cabo Telecom. Jornalismo e entretenimento do RN e região.

DURA CRÍTICA

O jornalista Jânio de Freitas rasga o verbo em seu artigo de hoje na Folha de S. Paulo contra as eleições de Renan Calheiros e Henrique Alves nas presidências duas casas do Congresso. E apela até para que MPF e OAB tentem impedir (o processo é interno).

IRONIA DE FREITAS

E diz o articulista: "Mas Renan Calheiros e Henrique Alves estão pendurados há anos em processos criminais que o Ministério Público, pela Procuradoria-Geral da Re-

SUPERMAN MUSIC Um post do compositor Hans Zimmer no Twitter, em 17 de janeiro, está rendendo até agora. Autor da trilha sonora da trilogia O Cavaleiro das Trevas, serão dele também os temas do novo filme do Superman, dirigido por Zack Snyder, que até já aprovou a música principal. Zimmer afirmou depois, em novo post dia 20, que não serão utilizadas nenhuma das trilhas do clássico filme de 1978, dirigido por John Williams e com o ator Christopher Reeve no papel do super-herói da DC.

> SOLIDARIEDADE

Sindsaúde promove mutirão para doação de sangue no Hemonorte O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde) realizou na manhã desta quinta-feira (24) um mutirão para doação de sangue, com o objetivo de ajudar a repor o estoque do Hemonorte, que está bem abaixo do necessário. A ação foi promovida com o intuito de atender a solicitação do Hemocentro, que anunciou na última segunda-feira (21) que não há bolsas de sangue suficientes no estoque, solicitando a necessidade urgente de doações da população. O Sindicato realizou mutirões, simultaneamente em Natal, Caicó e Pau dos Ferros, na expectativa de que um número significativo de pessoas se dispusesse. De acordo com a diretora do Sindsaúde, Sônia Godeiro, a proposta do mutirão partiu do exemplo de outros grupos, e para ela, a satisfação mão tem preço. "Estamos seguindo o exemplo de outros grupos que também já fizeram isso. Na última greve que fizemos, no ano passado, eu propus essa ideia, mas poucas pessoas se prontificaram, mas quando vi essa semana a necessidade do Hemonorte, lancei novamente a proposta aos diretores e associados do sindicato, que atenderam à solicitação e vieram aqui para doar sangue. Infelizmente, nem

Fotos: Wellington Rocha

Sônia Godeiro disse que Sindsaúde realizou mutirões simultâneos em outras cidades do RN

Diretores e associados , além de membros de outros sindicatos, doaram sangue, contribuindo para a redução do déficit nos estoques

todos podem, pois há algumas restrições médicas, mas o fato de estarem aqui, nos apoiando já é bastante válido", disse Sônia Godeiro. Além dos diretores e associados do Sindsaúde, representantes de outras entidades sindicais como o Sindicato dos Agentes de Saúde do Rio Grande do Norte (Sindas), e voluntários que tomaram conhecimento da ação, se fizeram presentes para realizar a doação de sangue. Para a psicóloga Guadalupe Segunda, que soube do mutirão e re-

solveu participar, a iniciativa é nobre e pode estimular pessoas que não doam há muito tempo voltarem a fazê-lo. "Quando vi a chamada do Sinsaúde, na hora me propus a ajudar, essa iniciativa é super importante, pois apesar de as pessoas saberem da necessidade e da importância da doação de sangue, muitas vezes, na correria do dia a dia vão deixando pra depois. Eu senti na pele há um tempo atrás, as dificuldades enfrentadas por quem precisa, quando falta sangue no estoque,

LOCAIS PARA DOAÇÃO - Sede do Hemonorte, das 7h às 18h : Avenida Alexandrino de Alencar, no bairro doTirol (próximo ao Parque das Dunas); - Unidade Móvel, das 8h às 12h e das 13h às 17h: avenida Deodoro da Fonseca, no Centro (em frente à Catedral); - Posto de Coleta da zona Norte, das 8h às 17h: no Complexo Cultural, na Avenida João Medeiros Filho, bairro Potengi.

quando minha mãe precisou de sangue e eu precisei apelar a outras pessoas para que ela pudesse receber a transfusão. Desde então, para mim, a doação de sangue tem um significado especial, e vai voltar a fazer parte da minha vida regularmente. Até o início desta semana, na segunda-feira (21), o estoque do Hemonorte contava com cerca de 400 bolsas de sangue, das quais a grande maioria é de fator RH positivo, por isso a maior necessidade do centro é por sangue de fator

RH negativo, mas todos os tipos sangüíneos (A,B,AB e O), negativos ou positivos estão sendo recebidos. Pois não há bolsas suficientes no estoque para atender as urgências e emergências, cirurgias eletivas e até mesmo pacientes com leucemia, e hemofílicos, que precisam do sangue para sobreviver. Para manter o estoque de sangue do Hemonorte equilibrado são necessárias 800 bolsas por dia, e para isso, as doações da população são indispensáveis.


12 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 24 de janeiro de 2013

Daniela Freire

Quinta-feira João Neto

I

III

II

POLÍTICA E SOCIAL - TACIANA CHIQUETTI- Interina - tacychiquetti@hotmail.com - Colaboração de OCTÁVIO SANTIAGO Fotos: Divulgação

w MEMÓRIA CURTA Início de ano movimentado na Câmara Municipal de Natal, principalmente com as diversas mudanças estruturais. Obras dos novos gabinetes, sorteios das salas, sessões extraordinárias, preenchimentos dos cargos... >>> Os vereadores de Natal enfrentam também problemas com relação às ferramentas de trabalho. >>> É que cada um deles tem direito a computador, impressora e notebook para trabalharem, mas muitos deverão ficar sem os equipamentos porque os antecessores que não conseguiram se reeleger - e deixaram a Casa - "esqueceram" de devolver os objetos, que são patrimônios públicos. >>> A presidência da Câmara já notificou os ex-vereadores de memória curta e aguarda a devolução dos equipamentos.

Danielle e George Marques, casal alegria nas programações do mês mais quente do ano

Repórter da TV Assembleia do RN Riccelli Araújo, entrou, ao vivo, nesta semana, em rede nacional, pela TV Câmara. A reportagem foi sobre a crise nas prefeituras municipais

>>> Ômega 3 e vitamina B12 para eles! w DISCUTINDO A RELAÇÃO Depois de prometer acomodar Elias Fernandes em uma secretaria, reunião, no último final de semana, selou a permanência do PMDB no governo do Estado por mais um ano. >>> E outros pleitos peemedebistas foram atendidos, que devem repercutir, por exemplo, em mudanças na Saúde - pasta temida e sempre delicada.

Janeiro especial para o jornalista Marcos Alexandre, profissional de confiança do prefeito Carlos Eduardo. Aniversário de casamento e mais um ano de vida da esposa Mônica Forte. Juntos, comemoram com a filhinha Maiara

w TV RENTÁVEL Deu no portal Comunique-se que a Rede Globo passou a ser a segunda maior emissora do mundo em renda comercial.

w INTERINIDADE LONGA Parece que os interinos do secretariado da Rosa estão com os dias contados. >>>

>>>

Mesmo em um governo em que um substituto chega a passar dois anos - metade do mandato - no cargo, como é o caso do DER, onde Demétrio Torres acumula função com a Secopa. w LUAL SOLIDÁRIO Em clima de recesso - mas sem passar despercebido - o deputado estadual Hermano Morais (PMDB) está convidando os amigos para mais uma edição do Lual Solidário, na praia de Tabatinga, neste sábado (26), às 21h. >>> Entre as atrações, as bandas Uskaravelho, Sonzera e o DJ Bertho. >>> Para ter acesso, os participantes devem levar latas de leite em pó, que serão doadas ao Hospital Infantil Varela Santiago e à Associação dos Amigos do Coração da Criança - Amico.

Em corrente positiva para Savana Galvão, Zé Ivan Fernandes, Claudio Santos, Miguel Josino, Artêmio Azevedo, Adolpho Simonetti e Carlos Paccal. Reunião do grupo Reviver

O canal brasileiro ganhou uma posição em relação ao ranking apresentado em 2011 e superou a americana CBS, agora em 3º lugar. >>> Com os novos números, a Globo fica atrás apenas da ABC (EUA).

Jussier Ramalho: potiguar que é, atualmente, o terceiro palestrante mais solicitado do Brasil, atrás apenas de Alberto Carlos Almeida e Oscar Schmidt w MAIS HERANÇAS DE MICARLA Já famosa pela inadimplência em diversas áreas, a ex-prefeita Micarla de Sousa deixou prejuízo, até mesmo, para suas pessoas de confiança e os profissionais da ativa terceirizada. >>> Muitos se queixam que saíram da

administração sem receber direitos básicos, como a segunda parcela do 13º salário, licença maternidade e 1/3 férias.

w INSCRIÇÕES ABERTAS O 4º Fórum de Turismo do RN está com inscrições abertas, com preços promocionais, até o próximo dia 24 de fevereiro.

>>> As audiências no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) já começam a pipocar, em busca dos direitos "perdidos".

w DILMA RECEBE Mais de 20 mil representantes dos 5.568 municípios brasileiros estarão em Brasília, com a presidenta Dilma Rousseff, nos dias 28 e 30 de janeiro. >>> É o 2º Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas.

>>>

>>>

O evento acontece nos dias 13 e 14 de março, no Centro de Convenções de Natal.

Durante o evento, o governo federal apresentará os principais programas com impacto na vida dos municípios brasileiros.

GIRO PELO TWITTER ...do publicitário Jener Tinoco: "Precisa chegar a hora de responsabilizar administradores públicos não só por roubo, também por incompetência, descaso, falta de compromisso". ...do ex-secretário de Desenvolvimento Econômico do RN Segundo de Paula: "Não encontre defeitos, encontre soluções. Qualquer um sabe queixar-se - Henry Ford". ...da jornalista Juliana Celli: "Você jura que Rosalba já ta fazendo campanha antecipada indo pra blitz e tudo apertar a mão do povo? Mulher, vá dar uma mãozinha no Walfredo!!!" ...do ex-secretário de Energia do RN Jean Paul Prates: "A chatice da pseudo-blitz na BR101 altura da entrada p/ Genipabu continua? Qual o intuito? Só atrasar a vida do turista e do veranista?" ...da professora universitária Maria da Graça Pinto Coelho: "Transmitem a posse do presidente dos Estados Unidos (do Brasil?), na minha timeline, com tanto entusiasmo, que beira a vassalagem..."


Cidade

Quinta-feira

Natal, 24 de janeiro de 2013

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w LUTA Os seridoenses arregimentam forças para a conquista da Universidade Federal do Seridó: vão pedir o apoio dos arcebispos D. Jaime Vieira e D. Heitor Sales que foram bispos em Caicó. A luta é grande.

w REAÇÃO - I Não poderia ser outra a reação dos médicos diante da desastrosa decisão do governo de uma médica ao chancelar institucionalmente denúncia contra um médico que atua sem condições mínimas de trabalho.

w PRESENÇA Carlos Marcelo, um dos autores de O Fole Roncou, a maior pesquisa sobre o forró já feita no Brasil, confirmou presença nas Feiras do Livro de Caicó, Mossoró e Natal. E com direito a animar a plateia.

w PASSEATA - II Uniu a categoria na Passeata do Fio de Aço que sairá às ruas dia 26, às 8h30m, da sede da Associação Médica, na altura do 16RI, e sofre uma nota de repúdio. Um erro político de um primarismo absurdo.

w MISSÃO - I Depois de atuar em Angola, o ex-secretário Vagner Araújo é convidado pelo marqueteiro João Santana para comandar sua coordenação de planejamento estratégico na campanha na República Dominicana.

w PIOR - III Governo entra em confronto depois de expor o Walfredo Gurgel a dois anos de imagens públicas em denúncias, de decretar, de próprio punho, seu estado de calamidade, e fracassar de forma retumbante.

w ANOTEM - II Vagner faz segredo, mas já tem convite na área política em razão da boa atuação à frente do orçamento geral do Governo Wilma de Faria ao longo de oito anos. E, desta vez, um convite de âmbito nacional. w NÃO João Maia não confessa, mas já admite nas conversas mais íntimas: pode não ser mais candidato a uma nova vaga na Câmara Federal. E se decidir assim, antes escolhe um nome para sucedê-lo na política. w RICA Depois de explodir com sucesso e ficar rica em shows por todo o Brasil, Paula Fernandes vira símbolo sexual. É capa da Brasileiros num belo ensaio de fotos sensuais nascidas do olho de Marcio Scavone. w SINAL Amanheceu em grandes letras pretas sobre um muro branco na Rua Israel Nunes o que já estava na parede da delegacia de Mãe: 'PCC em Morro Branco'. É o Primeiro Comando da Capital já em Natal.

Democracia tutelada

É

feito do medo de uns, da conveniência de alguns e do legalismo de outros mais esse modelo de democracia tutelada que os governantes - prefeitos e governadores - passaram a adotar nos últimos anos, depois dos novos poderes constitucionais do Ministério Público. Principalmente diante do caldo de cultura nascido dos exemplos caudalosos de corrupção e impunidade em todos os níveis da gestão pública. Nem por isso, e apesar da lei, deixou de nascer uma deformidade hoje perigosa e legalista. Não é apenas o denuncismo, monstruoso por si só, o que deforma o papel da lei e da legalidade na sociedade sob o império do medo. É a degradação da magnitude de governar. Os jornais exibem governantes, mesmo os honestos e de boa fé, transferirem ao Ministério Público, e este receber até com declarada vaidade, tarefas inerentes ao ofício de governar, como organizar feiras, proibir as festas populares em nome da austeridade e determinar a apuração de funcionários faltosos às suas funções. Feiras populares são centros abastecedores centenários. Espaços coletivos de compra e venda, garantidos pelos princípios consuetudinários do costume que veio antes da lei, mas hoje submetido a intrincados condicionamentos e exigências de modismos contemporâneos. Revoga-se a força da tradição, como se a ciência do Direito, até por seus postulados filosóficos, pudesse desconhecer os saberes antropológico e etnográfico dos direitos individuais e coletivos, submetendo-os a uma tutela.

Seria natural esperar de municípios assolados pela seca com seu povo empobrecido nas perdas de um parco, quando não um miserável acúmulo de bens, discutissem a conveniência de gastar ou não com carnaval. Mas é estranho, mesmo sob o pálio de simples recomendação, que a Corte de Contas, o Ministério Público ou qualquer instituição, deixe os seus limites e formalizem éditos a respeito, ou que tais. A crítica tem o condão legítimo da livre manifestação, nunca a voz de um aparelho de estado. O Governo, ao concluir o censo de presença funcional na área da saúde, ao invés de manter as providências devidas no seu próprio âmbito - prazos de defesa, sindicância, inquérito administrativo - anunciou que iria ao Ministério Público. Fruto de baixa ou falsa formação democrática, os governantes encontraram nas promotorias de defesa do patrimônio o álibi perfeito para transferir a tarefa de fazer o mal, quando também descumprem a lei se não punem o ilegal e sob as barbas do Ministério Público. Como fica o estado democrático de direito? Forte só para punir feirantes e servidores públicos municipais e estaduais e isentar governantes que não cumprem o que impõe o dever constitucional? E o Ministério Público que os governantes usam como anteparo, aceita ser o escudo dos governantes sem também chamá-los aos deveres da lei? Na verdade, erram todos os que usam a lei como símbolo do medo e não da boa ordem jurídica. Ferem a democracia que hoje sangra nas manchetes dos jornais.

Visuais CONRADO CARLOS - ccpsilva@gmail.com

Batendo LATA Artista britânico anônimo, conhecido como Banksy, tem livro lançado no Brasil; imagens de desenhos nas ruas de Londres e na Palestina retratam militância política, ironia, anticonsumismo e até amores impossíveis

Editado em 2005, Guerra e Spray vendeu mais de 1 milhão de cópias em todo o mundo, desde então. O número isolado é quase insignificante, se comparado ao total multiplicado por quarenta, atingido por best-sellers como Cinquenta Tons de Cinza. Mas o fato é que um livro com reproduções de imagens de arte urbana em grafites e estêncils de um artista anônimo, que atende pelo nome de Banksy, chegou com atraso ao Brasil, não sem deixar os fãs do britânico em estado de êxtase. Considerado um ícone urbano, Bansky espalhou desenhos pelas ruas de Bristol e Londres, onde o foco é a militância política, a ironia, o anticonsumismo, crítica social, vazio existencial e até amores impossíveis. À surdina noturna, escondido, o sujeito joga tinta em prédios para impor a cultura da lata de spray, polêmica por natureza. O livro, lançado no Brasil com ótimo acabamento pela editora Intrínseca, traz uma

coletânea de imagens fortes, por vezes, abstratas e sempre reflexivas - como não ficar besta com o que eles registrou no muro que circunda a Palestina? Guerra e Spray tem poucos textos. Quando aparecem, entra em cena um homem invisível ligado aos problemas mundiais e senhor da arte em que atua. "Eu vou falar o que penso, então isto não vai ser nada demorado", é a primeira frase do primeiro escrito, editado em uma fotografia, aparentemente, do próprio Bansky em ação. Com lucidez, ele divaga sobre a arte do grafite. "Não existe elitismo ou badalação, o grafite fica exposto nos melhores muros e paredes que a cidade tem a oferecer e ninguém fica de fora por causa do preço do ingresso". Confundidos com pichadores, grupo sombrio que rabisca desconexas mensagens em lugares não autorizados, o grafiteiro pode trabalhar na legalidade, sob permissão de proprietários de empresas

e residências que emprestam muros para servirem de tela. Banksy prefere a escuridão. Optou por ter a identidade preservada para, assim, garantir sobrevida a seus desenhos - e distancia da polícia. Ainda não se sabe se ele recebeu os direitos autorais pelas 240 páginas subversivas, segundo seu editor inglês. Na contracapa de Guerra e Spray, a reprodução de uma fala do porta-voz da polícia metropolitana londrina é emblemática do sentimento que envolve o artista. "Não há a menor chance de você conseguir uma declaração nossa para usar na capa do seu livro". Enquanto na folha de rosto, a imagem de um policial com o dedo estirado serve de ilustração para o pronunciamento oficial raivoso. "Um muro sempre foi o melhor lugar para divulgar seu trabalho. As pessoas que mandam nas cidades não entendem o grafite porque acham que nada tem o direito de existir se não gerar lucro, o que

torna a opinião deles desprezível", filosofa Banksy em notas distribuídas em silêncio. Para quem ainda despreza desenhos observados em muros da capital potiguar, o livro-portfólio de um dos maiores nomes do grafite mundial funciona como manual introdutório dessa arte contemporânea presente em cada esquina.

GUERRA E SPRAY Autor: Banksy Editora: Intrínseca Preço médio: R$ 49,90

w RETRATO - IV Formalizado o processo a partir da denúncia, certamente que a defesa do médico vai juntar algumas dezenas de fotografias e imagens de tevê daqui, e algumas delas nacionalmente divulgadas pela Globo. w PIOR - V O governo, no destrambelho político de intolerância, perde o apoio da categoria profissional da própria governadora, assume publicamente o estilo punitivo e joga em circuito nacional um confronto louco. w DESTAQUE - I Câmara Cascudo é chamada de capa da edição de janeiro da revista História, da Biblioteca Nacional, com sua História da Alimentação no Brasil. São quatro páginas de um belo ensaio de Mariana Corção. w FEIJOADA - II A escritora, autora de um livro sobre a alimentação no Paraná, busca em Cascudo a certeza da feijoada como prato brasileiro com presença internacional, de raízes portuguesas e produto do gênio coletivo.


14 O Jornal de HOJE

Turismo

Natal, 24 de janeiro de 2013

Turismo DESSANA ARAÚJO

PROMOÇÃO Para quem quer viajar e economizar, uma opção é a promoção da Azul Viagens, operadora de turismo da Azul Linhas Aéreas. São pacotes para diversos destinos com preços a partir de dez parcelas de R$ 69. Os pacotes contemplam além de Natal, Florianópolis (SC), Trancoso (BA), Balneário Camboriú (SC), Porto de Galinhas (PE) e Ilhéus (BA). O pacote deve ser adquirido com dez dias de antecedência da data de início da viagem, que deve ser realizada entre 16/02 e 30/06. Estão incluídos passagem aérea, hospedagem e traslado entre aeroporto e hotel. Para mais informações, acesse o site www.azulviagens.com.br ou o call center 4003 1181, além dos agentes de viagens. UNIÃO FAZ A FORÇA Os convention bureau de Natal, São Luís, Maceió, Recife e João Pessoa investem na integração dos CVBs do Nordeste e na qualificação de seus quadros de dirigentes e técnicos. Esta semana, em Natal, acontece o curso de captação de recursos do Governo Federal através do Sistema de Convênio (Siconv). A iniciativa tem como objetivo preparar técnicos do setor financeiro para gestão de convênios por meio da plataforma do sistema. O curso é ministrado pela consultora Renata Pozza com aulas para 15 pessoas até a sextafeira (25) no Hotel Best Western Premier Majestic, das 9 às 12h30 e das 14 às 17h30.

- Interina - / dessana@gmail.com / twitter: @dessanaaraujo

CURSOS PRONATEC COPA O secretário de Turismo de Natal Fernando Bezerril reuniu-se com técnicos da Fecomércio/Senac para inteirar-se dos cursos de qualificação que serão oferecidos para seus funcionários através das empresas que exerçam atividades turísticas por ocasião da Copa do Mundo 2014, que tem Natal como uma das subsedes. O Pronatec Copa oferecerá mil vagas em atividades como auxiliar de cozinha, inglês e espanhol aplicados ao turismo, agente de informações turísticas, recepcionistas de meios de hospedagem, governança em meio de hospedagem, recepcionista de eventos, organização de eventos, camareira, e cerimonialista e mestre de cerimônias. As cidades contempladas nesta primeira etapa serão Natal, Baia Formosa, Canguaretama, Tibau do Sul, Parnamirim e Barra de Maxaranguape. NA TURQUIA O secretário Estadual do Turismo, Renato Fernandes, e a gerente de Promoção Internacional da Emprotur, Gina Robinson, estão em Istambul, na Turquia, onde representam o Rio Grande do Norte na feira de turismo EMITT . Lá participam de um jantar exclusivo promovido pelo embaixador brasileiro no país, Luiz Henrique Fonseca e a embaixatriz Solange Greco da Fonseca, e que contará com a participação de representantes das principais companhias aéreas que operam na região e em toda a Europa.

> E POR FALAR NA DIVULGAÇÃO DO RN... Mais uma novidade na Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur). Depois da confirmação do vice-presidente, Alexandre Mulatinho, agora é a vez de o ex-vereador Assis Oliveira assumir a diretoria de programas do turismo religioso no RN. O diretor-presidente da Emprotur, Sandro Pacheco, destacou em press release oficial que "Assis Oliveira é um amigo, tem um grande círculo de amizade, homem de bem, com vasta experiência profissional em relacionamento pessoal e, estou certo, contribuirá em muito na coesão da equipe da Emprotur". Pacheco também afirmou que Assis Oliveira "ajudará nosso trabalho com seu conhecimento da cidade do Natal, onde foi tantos anos vereador e também com sua origem que é o interior do Estado. Estou feliz com a vinda de mais esse parceiro", comentou o presidente da Emprotur.

Salão Rota 101 Nordeste terá lançamentos nacionais NA PRÓXIMA SEMANA, EVENTO SERÁ MOSTRADO AO TRADE PARAIBANO E DEPOIS EM NATAL, SÃO PAULO E RECIFE O Salão de Turismo Rota 101 Nordeste, que se realizará no Centro de Convenções de Natal, de 4 a 6 de julho de 2013, teve nova reunião na última terça-feira (22) na sede da Empresa de Promoções Turísticas do Rio Grande do Norte (Empetur), no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda, quando foi definido um calendário de lançamentos. Entre outras medidas tomadas na reunião, ficou decidido que o primeiro grande lançamento do Salão em nível nacional será na próxima semana (quarta ou quintafeira) em João Pessoa, para o trade turístico paraibano. Logo depois, o evento será lançado na cidade-sede, Natal. Após o Carnaval, o Salão será apresentado no Workshop CVC, nos dias 20 e 21 de fevereiro, em São Paulo. E no final de fevereiro será a vez do trade turísti-

co pernambucano ver de perto os benefícios do evento. Alessandra Lontra, diretora de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Paraíba, e Débora Luna, técnica da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), ressaltaram a importância do evento e adiantaram a formatação do lançamento do Salão na Paraíba, na próxima semana, quando também será decidida a sede do II Salão em 2014, já que o evento é itinerante. “Vamos convidar todas as entidades de classe do Turismo, autoridades, técnicos de Governo e prefeituras para a apresentação do Salão em um grande espaço, que possa comportar muitos profissionais de Turismo. A participação da Paraíba num evento deste porte é fundamental”, ressaltou Alessandra. Outro avanço do Salão de Turis-

mo Rota 101 Nordeste obtido na reunião diz respeito ao Guia de Turismo com aplicativo para smartphones e tablets, que mostrará atrações culturais e gastronômicas dos quatro estados que integram a Rota: Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas. Bruno Albertim, do Jornal do Commercio, de Pernambuco, jornalista especializado em Turismo e Gastronomia, esteve presente à reunião, ocasião em que coletou informações dos estados envolvidos na publicação. O secretário executivo da Fundação CTI Nordeste, Roberto Pereira, comenta que o Salão e o Guia são as primeiras ações concretas de uma integração regional que poderá servir de modelo para outros estados da federação, assim como suscitar apoios do Ministério do Turismo e do Sebrae, entre outras instituições. Fotos: Divulgação

> NA REDE Natal acaba de ganhar o Guia Rota 84. A iniciativa é dos jornalistas Tulius Tsangaropulos e Karla Larissa. O guia é fruto de um trabalho de Conclusão de Curso na UFRN e pretende, segundo seus editores, suprir a deficiência e a descentralização de informações do estado no ambiente virtual. Os diversos tipos de turismo e a diversidade de paisagens do território potiguar estão presentes no guia.

> VIVA O VERÃO Sexta-feira é dia da 9ª edição da festa mais badalada da estação o Viva o Verão 2013. O evento comandado pelo colunista Jota Oliveira acontece no Buteko da Praia, dentro do espaço Ecomax, em Pirangi e terá como atrações o som descolado de Thiago Correa e sua mistura de ritmos samba/rock, além da banda São Jó . A festa terá ainda a decoração criativa e exclusiva da Designer Brasil, luzes de Castelo Casado, a estrutura da Prátika Eventos e a sonorização de Hellisom, além de open bar com cerveja Devassa. As senhas para o Viva o Verão 2013 estão à venda na loja Donna Donna e na Banca Cidade do Sol em Petrópolis e também no Buteko da Praia em Pirangi.

Quinta-feira

Roberto Pereira (secr. executivo CTI Nordeste) e equipe Empetur: Maria Monteiro, Stela Teles, Julia Duarte, Jane e Gil Marinho

> 13A EDIÇÃO > OPÇÃO PARA CARNAVAL O spa Termas Center, na praia de Rio do Fogo, oferece nova turma em fevereiro, no período de 8 a 17. Quem preferir, pode fazer um mini spa apenas no Carnaval, de 8 a 13 de fevereiro. Na terça-feira de Carnaval (12) os spasianos terão direito, inclusive, a um Baile de Carnaval para perder mais calorias. Sem bebida alcoólica, claro. Mais informações sobre o Spa Termas Center pelo fone 3211-7308 ou através do sitewww.spatermascenter.com.br

Fest Verão movimenta Barra do Cunhaú com esportes de praia A paradisíaca praia da Barra do Cunhaú, cartão postal mais famoso do município de Canguaretama, localizado a 65 quilômetros de Natal, será o destino de atletas e apreciadores de esportes praticados na estação mais quente do ano a partir deste final de semana, com a realização da 13ª edição do Fest Verão. Neste sábado e domingo, 26 e 27, das 9h às 17h, as areias da Barra do Cunhaú vão receber duas moda-

lidades: o voleibol e o futevôlei. Enquanto isso, na água, no domingo, é o surf que vai mostrar o porquê do lugar ser considerado um dos melhores no Estado para a prática do esporte. Já no outro final de semana, nos dias 2 e 3, será a vez do futebol de areia, tanto o masculino quanto o feminino, movimentar a praia da Barra. Os vencedores de todas as modalidades serão contemplados

com premiações. O evento é uma realização da Prefeitura Municipal de Canguaretama, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, em parceria com o Banco Bradesco, Natureza Tur, Barraca do Tonho, Unilar, Pastéis e Massas Express, Esporte Calçados, Restaurante Casa de Maria e Pousada do Forte. As inscrições permanecem abertas através dos telefones (84) 9141-0383 ae 9411-0823.

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

apronianocfs@hotmail.com

Tripulante do navio Polaris 2 recebe alta e volta a embarcar com destino a Rio Grande e Turquia NATAL Navio Bandeira Erick Explorer Bahamas Lagoa Carioca Brasil Lagoa Paranaense Brasil Gemini Brasil Polaris 2 Panamá Ocean Stalwart Vanuato Marfret Guyane França Sifnos Marie Malta CMA-CGM Homere Inglaterra CMA-CGM Aristote U. Kingdom

Agência Seamaster W. Sons W. Sons W. Sons JSF/NML Seamaster W. Sons NML/JSF CMA-CGM CMA-CGM

Chegada No Porto No Porto No Porto No Porto Ao Largo Ao Largo 26/01 01/02 02/02 09/02

Destino Guamaré(RN) ---Mersin/Turquia Guamaré(RN) Algeciras/ESP Fortaleza(CE) Algeciras/ESP Algeciras/ESP

Carga Pesquisa Em Operação Em Operação Em operação Gado Pesquisa Contêineres -Contêineres Contêineres

Descarga -------Trigo ---

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN Lobato

Brasil

Petrobras

No Porto

Fortaleza (CE)

Água

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN

Dia 24 25

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 15:09 2.1 21:13 0.4 03:34 2.1 09:19 0.5

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

FASES DA LUA Minguante (05/01 - 00:58h) Nova

(11/01 - 16:44h)

Crescente

(18/01 - 20:45h)

Cheia

(27/01 - 01:38h)

Bela praia de Barra do Cunhaú, cartão postal mais famoso do município de Canguaretama, fica localizada a 65 km de Natal

> NOVO GRUPO

Compra da Conisa pela Ecohouse repercute no mercado natalense Ainda repercute no mercado imobiliário natalense o anúncio da compra da Construtora Conisa pela Construtora Ecohouse Brasil Construções, empresa liderada pelo empresário inglês, Anthony Armstrong. A Ecohouse Brasil Construções pertence ao grupo internacional Ecohouse Group, e é líder de mercado no segmento de empreendimentos populares chancelados pelo programa governamental "Minha Casa Minha Vida". Já a Conisa atua há 17 anos no setor da construção civil e que tem como foco a edificação de empreendimentos voltados para as classes sociais A e B. A partir de sua fusão com a Co-

nisa, o novo grupo empresarial irá movimentar um VGV (Valor Geral de Vendas) superior a R$ 1 bilhão. Anthony Armstrong anuncia ainda que a Ecohouse, que já atua fortemente na Grande Natal, se encontra em processo de expansão para Blumenau, Brasília e Mossoró. Com sede em Londres e filiais em Toronto e Singapura, o grupo internacional "ECOHOUSE" inaugurou em 2012 mais um braço empresarial no estado - a "EH Negócios Imobiliários LTDA", empresa que comercializa não apenas os seus produtos, como também de outros parceiros do setor imobiliário. Segundo o investidor inglês, o ECOHOUSE Group está

entre as 50 maiores empresas que mais rapidamente crescem no mundo. Em 2011, por exemplo, o grupo recebeu, ao lado de empresas como o Banco Itaú e a British Airways, o prêmio The New Europe Fast 50, concedido às 50 empresas que mais crescem no mundo, em áreas como finanças, tecnologia, gestão de investimentos, entre outros setores da economia. Ainda em 2011 o ECOHOUSE Group foi contemplado com o "Winner Compare The Financial Markets.com - Best Strutured Product Brazil 2011" (Melhor Produto Estruturado de Investimento Imobiliário Brasileiro 2011).


Esporte

Quinta-feira

Natal, 24 de janeiro de 2013

O Jornal de HOJE 15

Fotos: Wellington Rocha

Equipe do ABC marcou com o atacante Rodrigo Silva no Frasqueirão, mas sofreu o empate do Bahia, com Fahel

O treinador alvinegro Givanildo Oliveira aprovou o rendimento do time no segundo tempo, mas cobrou reforços

Apenas um empate O PRIMEIRO JOGO DO ABC NO FRASQUEIRÃO NÃO FOI BEM COMO O TORCEDOR ESPERAVA. APESAR DE MOSTRAR AVANÇOS, O ALVINEGRO APENAS EMPATOU COM O BAHIA E SEGUE EM SITUAÇÃO DELICADA DENTRO DO SEU GRUPO NA COPA DO NORDESTE Um segundo tempo com mais qualidade e uma primeira etapa mais equilibrada. Assim os jogadores e o técnico Givanildo Oliveira resumiram o jogo de ontem a noite no Frasqueirão no qual o ABC empatou com o Bahia em 1 a 1. Os gols saíram ainda na primeira etapa, com Rodrigo Silva marcando de pênalti para o ABC e Fahel descontando após cobrança de escanteio para o Bahia. O empate é o primeiro ponto conquistado pelo ABC na Copa do Nordeste. O Bahia lidera o grupo com quatro pontos, mesma situação do Ceará, que ontem empatou com o Itabaiana jogando fora de casa. E é jus-

tamente o Itabaiana o próximo adversário do ABC, fechando a primeira metade desta fase classificatória da competição. "Deu para ver crescimento principalmente no segundo tempo. No primeiro tempo fomos razoáveis e algumas peças não renderam. Na segunda etapa criamos muito, fomos valentes, mas as chances não foram aproveitadas. Tivemos posse de bola e fez com que o Bahia recuasse. Eles ainda tentaram alguma coisa no fim do jogo, mas sem sucesso. Ainda temos jogadores que não apresentaram o que podem. Nossa lamentação segue no jogo passado, onde

sofremos o empate no último minuto. O Bahia é um time forte, mas o que fizemos hoje me deu uma luz", avaliou Givanildo Oliveira. O treinador abcedista voltou a cobrar por reforços e chegou a criticar o atacante Romarinho, jogador das bases que deveria ter se apresentado ao time profissional logo após a disputa da Copa São Paulo de Futebol Junior, mas que não apareceu no CT durante vários dias e apenas ontem se apresentou. "Nós temos hoje três atacantes e mais três que ainda estamos negociando para ver se pelo menos dois ainda chegam. Tem o Romarinho, que jogou a Copa São

Paulo e não apareceu mais. Ele sabe que só temos três jogadores e não apareceu. Era pra vir correndo! Como é que quer jogar fazendo isso? Os outros que estão inseridos no time principal se apresentaram. Ele não", completou Givanildo. Para o atacante Vanderlei, que entrou no segundo tempo e melhorou a força ofensiva do time, o que faltou foi capricho nas finalizações. "O empate dentro de casa foi ruim. Infelizmente não concluímos bem em gol. Não podemos baixar a cabeça e agora temos que ir a Sergipe buscar o resultado. Eu acredito que o árbitro prejudicou um

pouco, fiz um gol legítimo e ele anulou. Vocês devem ter visto, mas agora não adianta mais reclamar, o empate já está concretizado." Já o autor do gol alvinegro, Rodrigo Silva, elogiou a postura do time em busca do ataque. "Nós buscamos a vitória o tempo inteiro. Vontade não faltou. Temos um tempo para acertar os pontos negativos e enfatizar os positivos. Se teve uma equipe que merecia uma vitória era o ABC. Estamos crescendo e a vitória uma hora vai aparecer. JUNIOR XUXA CHEGA HOJE O meia Junior Xuxa desembarca na tarde de hoje em Natal. O

jogador partirá do aeroporto direto para o centro de treinamento do ABC, onde se apresentará e iniciará o trabalho pelo seu novo clube. "O Junior Xuxa é um jogador de qualidade e estamos precisando disso. Essa é uma competição forte que precisamos de toda força possível. O grupo que estamos é difícil, mas vamos buscar. Pra fazer isso é necessário qualidade", disse o técnico alvinegro. Todo o grupo alvinegro se reapresenta na tarde de hoje, às 15h30. A noite o time segue de ônibus para Recife e de lá pega um avião para Sergipe para no domingo enfrentar o Itabaiana.

> AMÉRICA

> CAMPEONATO POTIGUAR

Vitória no contra-ataque

Tudo embolado

O América conheceu na noite de ontem sua primeira vitória na Copa do Nordeste. Mesmo jogando fora de casa o time comandado por Roberto Fernandes buscou os primeiros três pontos na competição ao bater o Asa de Arapiraca por 1 a 0, gol marcado por Rico após bela enfiada de Cascata, onde o atacante teve forças para disputar com o zagueiro, passar pelo goleiro e tocar para o fundo do gol. A vitória deixa o América em situação confortável no grupo, mesmo que o líder esteja bem dis-

A quarta rodada do Campeonato Potiguar deixou a classificação da competição ainda mais equilibrada. O Baraúnas, que mantinha os 100% de aproveitamento até a noite de ontem conheceu sua primeira derrota. E custou caro. O time mossoroense perdeu inclusive a liderança da competição, que agora pertence ao Assu, apesar de somarem o mesmo número de pontos. O time de Mossoró foi surpreendido dentro de casa pelo Santa Cruz, que também chega aos mesmos nove pontos de Baraúnas e Assu, após a terceira

tante. O Vitória-BA goleou o Salgueiro por 5 a 1 e chegou aos seis pontos conquistados. O América vem em seguida, com três pontos, mesma pontuação do Salgueiro. O Asa de Arapiraca ainda não pontuou. O triunfo do América não reflete muito o que foi o jogo em Alagoas, pressionado quase que o tempo inteiro, o grande destaque alvirrubro foi o goleiro Dida, que fez defesas importantes e tem influência fundamental no resultado.

vitória consecutiva. O Gol da partida foi marcado por Felipe Alves. Na próxima rodada, o Baraúnas enfrenta o Alecrim, no Estádio Nazarenão. O Santa Cruz-RN faz sua segunda partida fora de casa, desta vez, contra o Potyguar, em Currais Novos. Para assumir a liderança da competição o Assu venceu o Palmeira de Goianinha por 1 a 0, gol de Michel. O jogo foi realizado no estádio Edgarzão e era um confronto direto pela liderança, já que o Palmeira era o vice-líder e seguia invicto no estadual. O Assu volta a campo no

Gabriel Negreiros GABRIEL NEGREIROS - GABRIELNEGREIROS@GMAIL.COM - TWITTER: @GABRIELNEGREIRO FREGUESIA O América conquistou a primeira vitória na Copa do Nordeste diante do Asa de Arapiraca. Mais uma vez Roberto Fernandes levou a melhor em cima de Leandro Campos. Para completar, com seis ex-jogadores do ABC em campo. Sabe aquela história que todo treinador leva seus queridinhos para todo lugar, pois é, no Asa e com Leandro Campos também é assim. Thiago Garça, Basílio, Pedro Silva, Ray, Léo Gamalho são alguns exemplos. Mas difícil mesmo de acreditar é que Leandro Campos continue apostando em Marcos Vinicius, lembram dele? Tem gosto pra tudo. A freguesia fica ainda mais clara quando observamos que o melhor jogador do América em campo foi o goleiro Dida, que salvou em diversas oportunidades. O Asa jogou mais, procurou o gol, criou diversas oportunidades, e perdeu. CASCATA É DIFERENTE Fora de forma, sem ritmo de jogo, escondido. Não faltam adjetivos ruins para alguns torcedores e até jornalistas descreverem Cascata. O que é injusto. Aliás, desde os tempos em que ele era o grande cérebro do ABC que críticas desse tipo são feitas ao meia. Cascata é diferente, não é um meia comum, como es-

tamos acostumados a ver praticamente o tempo inteiro. E craque é assim, em um lance decide. JEAN CARIOCA E VANDERLEI O ABC não venceu, mas mostrou evolução. Foi a tônica de todos os comentários na noite de ontem. E a realidade é realmente essa. Falta apenas mais velocidade para o ataque. E isso depende muito da capacidade dos meias tornarem o jogo mais rápido e efetivo. O que não parece ser característica de Walter Minhoca ou Raul, que são jogadores que cadenciam mais o jogo. Jean Carioca, mantendo-se saudável, vai buscar uma vaga nesse time. Seja no lugar de quem for. Vanderlei também já merece a titularidade substituindo Canga. Não me assustaria se daqui há algumas rodadas o meio campo do ABC fosse formado com Edson, Hamilton, Junior Xuxa e Jean Carioca. Ah, Bileu no banco. Edson tem mostrado boas qualidades. CAMPEONATO POTIGUAR Surpreendente a arrancada do Assu, que após três vitórias consecutivas assume a liderança. Santa Cruz também segue esse ritmo. Baraúnas perdeu, mas também está na disputa no topo. Lamentável mesmo é a situação do Potiguar de Mossoró, que começou bem, mas

domingo e enfrenta o Corintians-RN em Assú. No mesmo dia o PalmeiraRN visita o Potiguar de Mossoró no Estádio Nogueirão, em Mossoró. Quem também se deu bem na rodada foi o Corintians de Caicó, que conheceu a primeira vitória, deixou a lanterna do campeonato e ainda derrubou o técnico Gilberto Gaúcho, que treinava o Potiguar de Mossoró. A derrota de ontem por 2 a 0 foi a terceira consecutiva dos mossoroenses na competição, o que acabou motivando a demissão do treinador. Fagner e Didi marcaram os

VIÚVAS Judas Tadeu Gurgel envia informa que já está sendo preparada a prévia carnavalesca, As Viúvas de Tadeu - 4º choro. Será no dia 02 de fevereiro, em Pirangi, com concentração às 17h na praça principal da praia. Informações: 8847-4028 ROMARINHO Escrevo sempre neste espaço em defesa das categorias de base, mas hoje não poderei defender as atitudes de Romarinho. Garoto das bases do ABC que ontem foi interpelado pelo técnico Givanildo Oliveira por não se apresentar para os treinamentos. Ser destaque por dois dribles em um clássico da categoria de base parece ter inflado o ego do garoto que pode estar sendo mal orientado. Ser chamado de Romarinho não significa dizer que o cara é "quase Romário". Pra isso, tem que comer muito feijão. Tomara que ele jogue muito na vida e faça sucesso por onde passar, mas uma carreira de verdade começa desde cedo e não é reflexo apenas do que é feito dentro de campo.

ALECRIM EM CAMPO HOJE Hoje a noite, no estádio Nazarenão, em Goianinha, o Alecrim entra em campo para enfrentar o Potyguar de Currais Novos e completar a rodada em um jogo chave para as duas equipes. Após os jogos de ontem o Alecrim ocupa a sexta colocação e o Potyguar é o lanterna. Quem perder fica na zona de desclassificação para a próxima fase da competição. O jogo está marcado para às 20h30.

PisandonaBola AMÂNCIO

acumula três derrotas consecutivas e já demitiu o treinador. O Potiguar tem sido exemplo de desorganização.

gols do Galo do Seridó.

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Esporte

Natal, 24 de janeiro de 2013

Quinta-feira

São Paulo goleia,

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

Grêmio sofre EM

CASA, O

DE GRUPOS

SÃO PAULO PRATICAMENTE GARANTIU SUA PRESENÇA NA FASE DA LIBERTADORES E O GRÊMIO PERDEU PARA LDU POR 1 A 0

O trio de ataque escalado por Ney Franco para enfrentar o Bolívar deu resultado e participou direta ou indiretamente de todos os gols de uma fácil vitória por 5 a 0 sobre o Bolívar, na noite desta quarta-feira. Osvaldo, Luis Fabiano (duas vezes, com ajuda de Aloísio), Jadson e Rogério Ceni (de pênalti) construíram o placar que permite ao São Paulo perder por até quatro gols de diferença - ou cinco, desde que também marque - daqui a uma semana, em La Paz, para passar da fase preliminar da Copa Libertadores. Quem passar, cai na Chave C, com Arsenal, da Argentina, The Strongest, da Bolívia, e Atlético-MG. Questionado antes do jogo pela opção de tirar Ganso do time titular, Ney Franco deu a resposta na coletiva ao ressaltar o desempenho de Jadson. "Não posso sair sem falar do Jadson. Vocês (jornalistas) estão muito preocupados com o Ganso. Para mim, o Jadson foi o melhor em campo. O torcedor tem de prestar atenção nele também. Não posso forçar nada, mas estamos falando de um jogador de nível de Seleção Brasileira, que tem experiência internacional. Parece que estamos falando de um jogador que não tem histórico. O jogo hoje é para falar dele", disse o treinador. Antes do apito final, a alegria dos são-paulinos se completou com as entradas do argentino Marcelo Cañete, xodó de alguns mesmo tendo pouco jogado, e de Ganso. Também teve chance o volante Casemiro, cuja aplicação nos treinamentos foi elogiada por Ney Franco nesta semana. GRÊMIO PRECISA REVERTER PLACAR Apesar de considerar que o Grêmio merecia uma melhor sorte contra a LDU, em Quito, na

Fotos: Divulgação

Com dois gols na noite de ontem, Luís Fabiano se torna o segundo maior artilheiro do estádio Morumbi primeira partida da Libertadores, o técnico Vanderlei Luxemburgo minimizou a vantagem dos equatorianos com o 1 a 0 da noite desta quarta-feira e acredita na reversão no placar na competição. O comportamento dos jogadores gremistas foi muito elogiado pelo comandante, que tirou a postura fora de casa como o melhor da derrota. "É do futebol. Eles tiveram a chance em um lance que entrou o Marcelo e a bola bateu par alá e cá. Equilibramos o aspecto físico. Agora é convocar o torcedor, o jogo é em casa. Para que a Arena seja nossa casa, que faça a diferença como imaginamos que poderia. Está em aberto. Eles têm uma vantagem, mas se decide no próximo jogo. Gostei do comportamento da equipe, buscando o ataque, jogando. Botei o Vargas, ele incomodou e jogou a LDU para trás. Eles tem essa vantagem mínima", analisou Luxemburgo.

O Grêmio treinou 10 dias no Equador para se adaptar a altitude. Mesmo assim, acabou sendo derrotado

> CAMPEONATO CARIOCA

Flamengo fica no empate com Madureira O Flamengo não conseguiu repetir a estreia no Campeonato Carioca, tropeçou nos próprios erros e não passou de um empate por 1 a 1, pela segunda rodada da Taça Guanabara, diante do Madureira. O time de Dorival Júnior abriu vantagem no fim do primeiro tempo, com Ibson, mas viu o adversário chegar à igualdade no início da etapa final. O capitão Rodrigo, de pênalti, marcou. "Foi justo (o resultado). É natural, oscilações vão acontecer, o time está em um processo de formação. É um fato normal. Eu disse no jogo anterior para ter calma porque era ainda um pouco cedo. Vamos melhorar, mas tem de ter paciência", disse Dorival Júnior. O técnico só demonstrou insatisfação, mesmo, com a atuação de Nixon. Logo aos três minutos da segunda etapa, o camisa 10 foi sacado para a entrada de Adryan. Sobre o caso de Ibson, que não comemorou o gol e desabafou sobre sua situação apos a partida, Dorival Júnior preferiu não abordar o assunto de forma profunda. Ibson é titular do Flamengo desde o início da temporada e o técnico pediu apenas tranquilidade com a situação. Já Ibson, preferiu desabafar. "Foi um momento do jogo. Infelizmente vêm acontecendo coisas desagradáveis a meu respeito. Todo mundo sabe o carinho que eu tenho por essa torcida, por esse clube. Sempre quando o Flamengo foi

Fugazes orientais A tietagem anda frenética no Corinthians por conta de uma pedalada, drible celebrizado onze anos atrás pelo ainda inocente Robinho, aplicada pelo chinês Zizao, tratado como estrela de primeira grandeza no céu opaco do futebol de um gênio apenas: Messi, e de um solitário craque brasileiro: Neymar. O Corinthians tem história relacionada ao futebol oriental. O famoso drible do elástico, do qual Rivelino foi useiro e vezeiro foi ensinado pelo japonês Sérgio Echigo, jogador dos juvenis e aspirantes do Timão. O elástico é humilhante. A bola é grudada no pé, jogada para o lado em que está o marcador enganado com um repentino toque por entre as pernas. A gordinha vai e volta colada na chuteira do driblador. Echigo encantou Rivelino e lhe passou a técnica que inventou pelo instinto. Rivelino, genial, aprendeu e passou a humilhar médios-volantes pelo mundo. O falecido Alcir, do Vasco, foi a vítima principal do golpe astuto. Rivelino estancou à sua frente no Maracanã lotado. Transformou a chuteira em chiclete e Alcir travou a coluna, virando-se como se fosse quebrá-la ao meio. Rivelino só foi encontrado diante do goleiro argentino Andrada, a quem venceu com um toque de chapa, garantindo a vitória do Fluminense(a então Máquina Tricolor), por 1x0. Zizao, na fase de primeiros dias de ano sem notícias que mata repórteres, colunistas e comentaristas, entrou na área do Paulista e balançou diante do zagueiro, passando as pernas sobre a bola e conseguindo imitar Robinho, na famosa decisão de 2002 contra o Corinthians, que passou de vítima a vilão. Foi um drible bonito como todo drible deve ser, já que o drible é a superioridade comprovada de um jogador sobre o outro no futebol. Zizao está em êxtase. A pedalada, como o elástico, são frutos do futebol de salão por ocupar espaço curto e requerer, do autor, atrevimento e habilidade. Esta semana, o time de futebol de salão(futsal para os tecnocratas e retranqueiros convictos), do Corinthians, foi inteiro cercar Zizao no campo de treinamentos, fazendo fotos com o assustado e alegre chinês a dar entrevistas e ser sutilmente gozado pelos jornalistas pela pronúncia confusa das palavras que domina como cabeça-de-bagre do idioma pátrio(português). O Corinthians, codinome paixão, trata Zizao como ídolo carimbado e pronto. Foi somente um drible que o menino de olhos miúdos aplicou no tonto zagueiro do Paulsta. Zizao daqui a uns dias estará em todas mesas redondas da TV e Galvão Bueno o levará para o Bem, Amigos, da Sportv. Certamente fará o garoto cantar. Zizao não deu certo em seu país e nem em Portugal. Foi trazido numa jogada empresarial e de marketing para o Corinthians. Jogou 13 minutos no ano passado pelo Campeonato Brasileiro diante do Cruzeiro. Passou despercebido como se estivesse numa multidão de compatriotas. O lance de Zizao, é necessário pesquisar, se foi de sorte ou virtude natal. Por enquanto, Zizao está curtindo sua fama e a torcida, empolgada, pede sua permanência entre os titulares. Uma verdade: O balanço de Zizao, ainda que casual, foi belíssimo como o elástico de Sérgio Echigo. Por falar em Sérgio Echigo, quebrou sua chuteira borralheira e nunca conseguiu brilhar. Dos aspirantes do Corinthians, seguiu para uma pequena turnê de cigano por pequenos times de São Paulo. Voltou ao Japão e, aos 67 anos, é comentarista esportivo. Detesta falar sobre o “elástico”. É consciente como o barítono que se mete a puxador de escola de samba. Zizao, ontem, tomou um drible de gafieira contra a Ponte Preta, abrindo o pano de sua verdadeira identidade e do nível de relacionamento com a bola. Tomou o troco da fama e ainda assim foi cercado como um semideus ninja pelos torcedores mirins do Corinthians. Rivelino aprendeu a lição de Sérgio Echigo e, dela, tornou-se professor imitado por um garoto pobre de Buenos Aires, um certo Diego. Armando. Maradona. . Rivelino jogava futebol acima da média mundial, além de exercer a arte plástica do gramado. Sérgio Echigo e, talvez Zizao, a história provará, passarão como fugazes malabaristas.

CASCATA Eis a verdade de quem é acima da média: Em 180 minutos de quase apagão, num átimo do passe longo e belo, Cascata resolveu a situação do América, cabendo a Rico a tarefa de finalizar. Cascata é o imprevisível. É o que já foi chamado de craque. E o craque decide. DIDA A atuação impecável contra o ASA serviu para consolidar a posição do goleiro Dida como titular do América. Fez defesas monstrengas, até mesmo no derradeiro minuto. A torcida precisa olhar para Dida com mais confiança. BATER E APANHAR Comentaram comigo após ASA 0x1 América: "A verdade é que Roberto Fernandes tanto bate em Leandro Campos quanto Leandro Campos apanha de Roberto Fernandes." Equilíbrio né?

Ibson marcou o gol flamenguista, não comemorou e depois desabafou: "vem acontecendo coisas que não agradam" atrás de mim, nunca hesitei, sempre demonstrei vontade em voltar. Mas vêm acontecendo coisas que não agradam. Não estou reclamando, é apenas um desabafo. Vou sempre trabalhar dentro de campo, dando o meu melhor. Botei na cabeça que vou voltar melhor que o ano passado. Agora é continuar dentro de campo, cada vez mais, calando os críticos", disse Ibson, incluído pela diretoria em uma lista

de negociáveis. DEDÉ FICA NO VASCO Dedé fez de pênalti o quarto gol da vitória vascaína sobre o Macaé, por 4 a 2, nesta quarta-feira à noite, em São Januário. Aplaudido, o zagueiro não fugiu ao ser perguntado se deixaria o Vasco. "Não tenho como descrever esse carinho da torcida, é só emoção, felicidade. Agradeço à torcida, cresci

no Vasco por causa da torcida. Fico feliz, agradeço ao Corinthians pela proposta, me valoriza, o clube foi campeão mundial, mas estou feliz no Vasco e hoje tenho que agradecer à torcida, porque foi brincadeira o que ele fizeram por mim. Só quero jogar e agradar a instituição Vasco da Gama", afirmou Dedé, que saiu de campo ouvindo a torcida gritar "fica" e "melhor zagueiro do Brasil".

SALGUEIRO Para chegar a ser chamado de ruim, o time do Salgueiro, próximo adversário do América no sábado, precisa piorar muito. São onze pernas de pau que tomaram um verdadeiro sacode do Vitória, um time absolutamente normal. NO FRASQUEIRÃO Empate ruim em casa para o ABC. O time vai precisar, de

todo jeito, pontuar fora de casa para recuperar o ponto perdido para o Bahia, um time sem nenhuma força maior. TARDE DEMAIS O ABC acendeu tarde demais. Melhorou com a entrada de Jean Carioca no meio-campo, tão criticado após um ano parado(eu mesmo bati duro nele). Nos poucos minutos em que esteve em campo, Jean Carioca jogou com agilidade, teve iniciativa, partiu para cima dos marcadores. Seria titularíssimo no elenco atual. SEM CRIATIVIDADE Raul e Walter Minhoca deram mais uma demonstração de que podem ser bons coadjuvantes e jamais protagonistas. Nunca serão jogadores que chamem a responsabilidade para uma jogada decisiva. Apenas andaram em campo. JEFF Com suas tranças que pareciam cordas de botar menino de fazenda nos eixos, Jeff Silva repetiu sua nulidade. EM MIM A jogada de Neymar ontem foi tão desconcertante que até minha crise de tendinite no braço foi agravada. Vai driblar assim na Europa, menino. Vai logo pro Barcelona ou para o Real Madrid. Aqui perdeu a graça.


Cultura

Quinta-feira

Natal, 24 de janeiro de 2013

O Jornal de HOJE 17

Fotos: Divulgação

PROFESSORA LANÇA LIVRO SOBRE OS ASPECTOS SOCIOECONÔMICOS DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE DANIELA PACHECO EDITORA DE CULTURA

“São Gonçalo do Amarante é uma área que está inserida na região metropolitana de Natal e que se encontra em franca expansão, mas na realidade ainda necessita de investimentos em todos os seus segmentos”, destaca a professora Iaponira Peixoto de Brito. O objetivo desta obra é mostrar, como também, registrar as transformações recentes do município, em virtude da construção do aeroporto na cidade, e que consequentemente, tem refletido na sua economia e em uma nova configuração urbana. A professora Iaponira Peixoto lança no próximo sábado (26), durante asfestividades religiosas do padroeiro São Gonçalo, o seu segundo livro intitulado “Aspectos Socioeconômicos do Município de São Gonçalo do Amarante/RN”. A sessão de dedicatórias e apresentação dos exemplares acontecerá no patamar da Igreja Matriz, a partir das 18h. Iaponira nasceu em Santo Antônio do Potengi que carinhosamente a escritora chama de “minha aldeia”. Iniciou sua carreira no magistério há 27 anos, “mantive uma relação de amor pelo que faço ao longo desses anos, pois acredito literalmente no poder transformador da educação”, declarou a professora em entrevista para O JORNAL DE HOJE. Em 2002, publicou o meu primeiro livro didático “Estudos Sociais do Município de São Gonçalo do Amarante-RN”. Em 2009 produziu a peça teatral “E assim surgiu Jardim Lola” que retratava o surgimento dessa comunidade”, conta Iaponira Peixoto. O conteúdo é resultado de uma pesquisa da professora que também servirá de referencial bibliográfico aos alunos das séries finais do ensino fundamental e médio de São Gonçalo, aos professores e demais pessoas que tiverem interesse em conhecer detalhes deste espaço. O JORNAL DE HOJE - Seu primeiro livro intitulado foi “Estudos Sociais do Município de São Gonçalo do Amarante” e publicado em 2002. O que lhe motivou trabalhar este tema? Iaponira Peixoto - A necessidade de um referencial bibliográfico para trabalhar a geografia e a história desse espaço nas escolas do município. Ao longo dos meus 27 anos de magistério em São Gonçalo, sempre senti a necessidade de um material didático que viabilizasse uma melhor compreensão do espaço onde nossos alunos estão inseridos. O JORNAL DE HOJE - E como surgiu à ideia do livro “Aspectos Socioeconômicos do Município de São Gonçalo do Amarante-RN”? Iaponira Peixoto de Brito - Da mesma necessidade do livro anterior, só que ao longo desses 10 anos, o município de São Gonçalo do Amarante passou por transformações bastante significativas em todos os seus segmentos, portanto, senti que havia necessidade de obter dados e informações atualizadas. O JORNAL DE HOJE - Resumidamente, qual a realidade em que

se encontra São Gonçalo do Amarante? Iaponira Peixoto - É uma área que está inserida na região metropolitana de Natal e que se encontra em franca expansão, mas na realidade ainda necessita de investimentos em todos os seus segmentos. O JORNALDE HOJE - Qual a necessidade real para que este livro seja didático? Iaponira Peixoto - Ele auxiliará principalmente os alunos e professores do município de São Gonçalo, tanto a ter uma melhor compreensão da geografia e história da sua cidade, como também, levá-los a ter um entendimento das transformações econômicas, sociais e espaciais ocorridas nesse espaço. O JORNAL DE HOJE - Quais foram os fatores que contribuíram? Iaponira Peixoto - A necessidade e vontade de ter um entendimento maior acerca da realidade do espaço do qual faço parte e, poder compartilhar com nossos alunos e colegas professores. Dentre os demais fatores que contribuíram para produção desse trabalho, posso destacar o apoio incondicional da prefeitura local, da secretária

de educação do município, Fundação de Cultura D. Militana e demais secretarias, sem este apoio não teria condições de concluir meu projeto. O JORNAL DE HOJE - Qual a sua opinião sobre a cultura sãogonçalense? Iaponira Peixoto - É simplesmente fantástica! E falo isso sem nenhum apego exagerado a São Gonçalo. Somos o berço da cultura popular, temos muitos artistas e grupos folclóricos na nossa terra, temos também a maior romanceira do país “D. Militana salustino”, cidadã sãogonçalense que sempre nos encheu de orgulho e que representou muito bem o nosso estado e município nas suas andanças pelo centro-sul do país. Possuímos vários grupos folclóricos e parafolclóricos que representaram muito bem o nosso município no 47º festival de folclore de Olímpia em São Paulo, em agosto de 2011, e no 6º salão de turismo no Parque Anhembi em São Paulo,

em julho de 2011. Todos os grupos são gerenciados pela Fundação de Cultura D. Militana, órgão ligado a prefeitura local onde eles encontram total apoio para suas apresentações. O JORNAL DE HOJE - Existe uma visão socioeconômica em relação ao segmento cultural deste município? Iaponira Peixoto - Sim. O município tem passado por um crescimento acelerado em todos os segmentos nos últimos dez anos, e existe atualmente uma expectativa muito grande de crescimento que está relacionada à conclusão do maior aeroporto internacional de cargas e passageiros da América latina, e 7º maior do mundo, no município de São Gonçalo do Amarante. Acredito que esta expectativa de crescimento está também associado ao crescimento natural das regiões metropolitanas, que é o caso de São Gonçalo, e trará conseqüentemente para o município a necessidade de maiores investi-

mentos na área turística e cultural. O JORNAL DE HOJE - E Projetos? Iaponira Peixoto - Dedicar-me cada vez mais a projetos de pesquisa que envolva o município de São Gonçalo do Amarante. O JORNALDE HOJE - Este livro será adotado nas escolas municipais? Iaponira Peixoto - Este é o meu objetivo principal, partindo do pressuposto que o saber precisa e deve ser compartilhado, e quando isso não acontece, o saber deixa de exercer a sua principal função que é socializar o homem e o espaço do qual ele faz parte, passando a fazer parte unicamente do acervo de quem o escreve e registra. O JORNAL DE HOJE - Qual a importância de um livro como este para a comunidade (melhor município) de São Gonçalo? Iaponira Peixoto - Fundamen-

tal para a compreensão das nossas raízes históricas, culturais, e o entendimento de um espaço em constante transformação. O JORNAL DE HOJE - Professora, você tem planos para a produção de outros livros? Fale um pouco sobre isso. Iaponira Peixoto - Sim. Em função da minha disponibilidade de tempo, pois me aposentei recentemente da Secretaria Estadual de Educação do RN, e no momento estou pleiteando a minha aposentadoria deste município, pretendendo assim, dedicar meu tempo livre à pesquisa. Tenho um projeto de estudar as áreas recentes do município que surgiram nos últimos 10 anos, e transformá-lo em mais um livro. Pois existe uma desinformação total por parte das pessoas que fazem parte deste espaço, onde eu me incluo, a respeito do novo ordenamento urbano do município de São Gonçalo do Amarante.

LITERATURA

Cultura HOJE DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com MUSEU DA RAMPA Mais um passo foi dado em prol da construção do Museu da Rampa. Nesta quarta-feira, dia 23, o Governo do Estado publicou no Diário Oficial o edital de licitação para execução do serviço. Para os interessados, o processo licitatório que irá escolher pelo menor preço a empresa responsável pela implantação do Centro Cultural Rampa, que envolve o Museu da Rampa e o Memorial do Aviador, será aberto no dia 28 de fevereiro, sempre das 9h às 12h30, na Secretaria de Infraestrutura, Centro Administrativo. INVESTIMENTO Com investimento total de R$ 7,3 milhões, recursos do Ministério do Turismo com a contrapartida de R$ 730.000,00 do Governo do Estado, o projeto do Centro Cultural Rampa contempla, numa área 11,4 m², o Memorial do Aviador com recepção, bilheteria, auditório para 126 pessoas, espaço em homenagem aos aviadores e promoção de eventos culturais, área de administração e instalações sanitárias; o Museu da Rampa terá área de exposição temporária, área de exposição permanente (acervo ligado à história da aviação e da 2ª Guerra Mundial), bar temático (American Bar), loja de souvenir e banheiros; além de um espaço externo com uma área de contemplação do Rio Potengi e do Por do Sol, estacionamento para carros próprios, serviços de táxis e de guias, ônibus de turismo, calçadão a beira-rio e outros equipamentos. E, POR FALAR... As empresas interessadas em comprar o edital poderão adquiri-lo a partir de segunda-feira, das 8hs às 12h30, ao preço de R$ 50,00, na sede da SIN, localizada no Centro Administrativo, bairro de Lagoa. O recebimento das propostas será no dia 28/02 às 9hs da manhã no mesmo local.

com Dani Pacheco Wellington Rocha

A editora Jovens Escribas lança nesta quarta dois novos títulos - “O Homem de Firme Destino”, de Márcio Nazianzeno de Freitas, e “Corpúsculo num plano”, de Daniel Liberalino - e relança “Maldito Sertão”, de Márcio Benjamin. O evento acontece a partir das 18h, no Solar Bela Vista (Av. Câmara Cascudo, 417, Cidade Alta).

IMPERDÍVEL Nesta quarta, acontece o segundo ensaio aberto da banda Independente da Ribeira, a partir das 19h, ao lado do atelier de Flavio Freitas (Travessa José Alexandre Garcia, Ribeira – próximo ao Teatro Alberto Maranhão). Detalhe a programação é gratuita. E, o desfile oficial está marcado para o dia 1º de fevereiro. PROJETO VERÃO A previsão para as quintas-feiras de janeiro é de muito calor humano, com sorrisos de longa duração e incidência direta de malemolência. Afinal, a banda DuSouto está em plena temporada no Buraco da Catita (Travessa José Alexandre, 95, Ribeira - próximo ao Teatro Alberto Maranhão), sempre às 22h. O trio potiguar, formado por Gustavo Lamartine (voz e guitarra), Paulo Souto (voz e baixo) e Gabriel Souto (cavaco, escaleta, samplers, sintetizadores e voz), volta ao palco da casa para apresentar aquela mistura (sambarock, funk e dub) que faz dançar até quem torceu o pé. AMANHÃ Acontece o lançamento do primeiro livro digital produzido em Natal, intitulado de “Os Porquês de Luísa” que é voltado ao público infantil. Totalmente ilustrada e interativa, a publicação foi transformada em aplicativo na Apple Store para iPads e sai também com versão em inglês. "Os Porquês de Luísa" é, na verdade, uma série de três livros, feitos para divertir as crianças e auxiliar os adultos na hora de falar sobre assuntos delicados como separação, morte e a chegada de um irmãozinho. A série foi idealizada e escrita pelo designer gráfico Carlos Magno, que contou com uma equipe de design montada especialmente para o projeto. O lançamento acontece lançado nesta sexta-feira (25), às 19h, na livraria Saraiva do Midway Mall.


18 O Jornal de HOJE

Natal, 24 de janeiro de 2013

Cultura

Canal 1

BATE-REBATE w A Record suspendeu a compra de produtos de maquiagem. O pessoal da área está trazendo de casa. w Na terça-feira, representantes das sete principais emissoras da Rede Record estiveram em São Paulo. w E todos participaram de reuniões sobre a definição da grade em 2013. w Ontem, pela manhã, no “Balanço Geral – SP”, da Record, Giuliano Marcos voltou a cutu-

Divulgação

POR FLÁVIO RICCO - Colaboração: José Carlos Nery - flavioricco@gmail.com.br

Cuidado com ele

Quinta-feira

Independentemente da cor, idade,

car o SBT por causa dos jornais gravados. w Várias vezes repetiu coisas como "aqui é tudo ao vivo. O que o senhor e a senhora aí em casa vão querer com notícia velha?”. w “...Aqui não tem jornal gravado. O que aconteceu à noite e de madrugada você vê primeiro aqui". w E ele não está errado. Só no SBT existe jornal gravado e reprisado três vezes seguidas todos os dias.

tamanho ou preferência sexual de cada uma, como pode determina-

C´EST FINI

da emissora produzir “O Canto da

"Avenida Brasil" estreia no catálogo de vendas da Globo. Uma das principais mudanças, e que serão expostas na 50ª edição da NATPE, em Miami, o personagem Tufão, do Murilo Benício, passa a se chamar Tifon. A feira será realizada entre os dias 28 e 30 de janeiro, que, traduzindo, segunda a quarta da semana que vem. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Sereia” e, quase ao mesmo tempo, a outra ter a coragem de apresentar um tamanho ananás com o nome de “Amigos da Onça”. Começa se perdendo pelo nome. O personagem imortalizado pelo cartunista Péricles jamais deveria servir de referência a uma coisa tão

PENTEADO DIFERENTE

No programa “Superbonita”, do GNT, que vai ao ar no dia 28, às 21h30, Fernando Torquatto transforma Luiza Valdetaro na modelo Twiggy, ícone dos anos 60. Luiza vem de uma participação muito boa na novela “Gabriela”.

ruim. Era para ser, no SBT, um simples quadro no programa da Patrícia Abravanel, que acabou não vingando. Mas sabe-se que lá, ele ainda passou por melhorias. É de se imaginar como era. A pergunta é: será que o Silvio Santos chegou a assistir? Porque, com toda certeza, ele jamais permitiria colocar tamanho lixo no ar. E se ainda persiste alguma dúvida, faça você mesmo a experiência: tire as crianças da sala e assista ao próximo programa. Mas, por maior que sejam os seus pecados, nada além de um ou dois minutos. Ninguém merece mais do que isso.

>> TV - TUDO w REPERCUSSÃO Evidente que o almoço dos executivos Guilherme Stoliar e Walter Zagari, na terça-feira, não foi simplesmente um encontro de velhos amigos. Tem coisa por trás. Chamou atenção apenas o local, o Rubayat, da Faria Lima. Em São Paulo, com toda certeza, não existe uma vitrine maior.

w EM TODO CASO... Algumas questões, desde já, precisam ser colocadas. O Zagari está muito bem na Record. E a Record também está bem com ele. O SBT, por sua vez, quer trocar a sua direção comercial. Já se concluiu que Glen Valente, que tem boa entrada no ramo bancário, não é o profissional indicado para desempenhar esta função. A oposição a ele, dentro da própria emissora, é muito grande.

la, para fazer uma personagem completamente diferente. Ela mesma.

w E POR ÚLTIMO... O preço do Zagari e equipe é muito alto para o SBT dos dias atuais. Pode até se acertar um valor para ele, mas dificilmente se chegará ao que Record hoje paga aos demais diretores do departamento comercial. Por aí se entenda Madeira, Elian, Tota e companhia bela. De qualquer maneira, a bola está rolando.

w ALTOS E BAIXOS - 1 As emissoras de TV brasileiras observaram uma forte queda na venda de novelas e séries para o exterior. É fato. Até por conta disso, em muitos casos, essas feiras internacionais servem apenas para turismo. Tem executivo que não perde uma.

w PRETA NA GLOBO Além da sua imprescindível presença no “Esquenta”, Preta Gil também está acertada na Globo para o “Pé na Cova”. Está confirmada a sua participação no novo seriado do Miguel Falabel-

w ESTACA ZERO Ainda não há uma decisão no SBT sobre a transmissão da Copa do Mundo no ano que vem. A Globo tem esta cota à disposição, mas ainda não existe qualquer definição sobre ela. Para todos os efeitos, Carlos Gomes, ex-esporte da Band, foi visto na Anhanguera na tarde de terça-feira.

w ALTOS E BAIXOS – 2 Mas, se por um lado, o produto pronto, finalizado, não tem mais a mesma força lá fora e continua perdendo espaço, por outro, segundo esses profissionais, tem aumentado o interesse pelos nossos roteiros.

HORÓSCOPO Áries 21/03 a 20/04 As questões materiais e mentais vão fluir com mais facilidade. Este é um período para buscar expansão e crescimento em todos os sentidos. Originalidade, ousadia, criatividade e atitudes inovadoras estão beneficiadas.

Leão 22/07 a 22/08 O velho e o novo se enfrentam e antigos padrões devem ser renovados. Novos conhecimentos, aprendizados, percepções ou revelações alteram profundamente a vida e o levam para novos estágios.

Sagitário 21/11 a 21/12 Seu espírito está a cada dia mais aventureiro. O período de intercâmbio, novidades e inovações continua, mas o foco agora se volta para a forma de se comunicar e interagir. Campanhas de divulgação só terão sucesso se estiverem bem planejadas e estruturadas.

Touro 21/04 a 20/05 Algo relacionado ao velho modo de agir ou trabalhar deve mudar. Seus objetivos serão maiores, você deseja conseguir mais! Incorpore novos elementos e técnicas para se atualizar. Com Vênus em Capricórnio, a chave é perseverar.

Virgem 23/08 a 22/09 Sua competência profissional passa por um período de teste. Mercúrio enfrenta Saturno, é importante manter a organização, planejar o trabalho e ajustar detalhes de seu projeto. Os assuntos práticos ganham mais lentidão.

Capricórnio 22/12 a 21/01 Continua o período excelente para harmonizar e reparar um vínculo importante. Pessoas ou novas situações serão portadores de mudanças, Mas Mercúrio e Saturno pedem que redobre a atenção em suas tarefas para evitar erros.

Gêmeos 21/05 a 20/06 Ensinamentos preciosos estão ao alcance de suas mãos, basta decidir o que você realmente quer. Haverá expansão somente se souber priorizar os assuntos mais importantes. Não é tempo de atirar no escuro. A tensão entre Mercúrio pede atenção extra no trabalho: mais respeito aos horários.

Libra 23/09 a 22/10 É tempo de liderar um trabalho ou investir em uma atividade independente. Agora também é o momento de cultivar maturidade em relação ao amor: a preferência vai para tudo o que for mais tradicional, consistente e algo com mais chance de futuro. Não há tempo a perder!

Aquário 21/01 a 19/02 Os movimentos tendem a ser menos precisos no período da tarde, diminua o ritmo no trabalho. Cuidado com as distrações, principalmente no trânsito. Sol, Júpiter e Urano enviam confiança e otimismo. Oportunidades continuarão surgido, somente o melhor vai servir para você.

Câncer 21/06 a 21/07 No período da manhã, Lua e Urano indicam imprevistos. Pela noite, evite lugares tumultuados e situações arriscadas. Dê preferência para a segurança, programas mais reservados e para a companhia das pessoas mais queridas.

Escorpião 23/10 a 21/11 Saturno em seu signo briga com Mercúrio. Os movimentos e a comunicação devem ser pensados. Dê mais atenção ao trabalho, invista numa imagem séria e profissional. Dedique-se a cumprir os prazos e tudo o que foi combinado previamente.

Peixes 20/02 a 20/03 As oportunidades no trabalho e no amor crescem de acordo com a expansão da sua consciência e dos investimentos nos assuntos mais transcendentais. Uma nova orientação financeira pode vir em sonhos, ou por meio de videntes, místicos, astrólogos e canais espirituais.

UMA FAMÍLIA EM APUROS (Livre) MOVIECOM 2 - Hora:16:45 / 19:00

17:25 / 20:50 JOÃO E MARIA - CAÇADORES DE BRUXAS - (14 Anos) MOVIECOM 6 - Hora: 21:20 (Sáb)

CINEMA DE PERNAS PRO AR 2 - (12 Anos) MOVIECOM 1 – Hora:13:20 / 15:30 / 17:40 / 19:50 / 22:00 MOVIECOM 3 – Hora:14:15 / 19:10 DETONA RALPH - (Livre) MOVIECOM 2 – Hora:14:30 MOVIECOM 6 - Hora:14:20 / 16:40 / 19:00 / 21:20; Hora: 14:20 / 16:40 / 19:00 (Sáb) AS AVENTURAS DE PI - (10 Anos) MOVIECOM 2 – Hora:21:15

JACK REACHER- O ÚLTIMO TIRO - (14 Anos) MOVIECOM 3 - Hora: 16:30 / 21:25 DJANGO LIVRE - (16 Anos) MOVIECOM 4 - Hora: 14:35 / 17:50 / 21:05 A VIAGEM - (16 Anos) MOVIECOM 5 – Hora: 14:00 /

O ÚLTIMO DESAFIO - (14 Anos) MOVIECOM 7 - Hora: 14:40 / 17:00 / 19:20 / 21:40 OBS: A aprogramação pode ser alterada sem prévio aviso. Favor consultar o cinema para confirmar o filme do dia.

Sai mais em conta. w ACELERADA Maria Adelaide Amaral, titular de “Sangue Bom”, próxima novela das sete da Globo, está bem adiantada no texto. Só para se ter uma ideia, ela já entregou mais de 20 capítulos para o elenco. w PERFIL A substituta de “Guerra dos Sexos”, na Globo, vai fazer uma aposta muito forte na personagem de Sophie Charlotte. O seu papel é o de uma garota carismática, cheia de atitudes e que dita regras de moda. Na novela do Aguinaldo, que mal pergunte, ela não fazia algo parecido? w PROGRAMA DO RONNIE Hoje, quinta, Ronnie Von traz no “Todo Seu”, da Gazeta, uma entrevista com Nando Reis, realizada na casa do cantor em São Paulo. Durante a conversa, ele revela detalhes sobre sua trajetória na banda Titãs, da parceria com Samuel Rosa e Marisa Monte, e se emociona ao relembrar a morte da amiga Cássia Eller.


Cidade Projeto de restauração do Forte do Reis Magos pretende aumentar demanda de visitantes

Quinta-feira

APESAR

DE NÃO TER DATA PARA INÍCIO, REFORMA PROMETE SER AUDACIOSA

A capital potiguar é mundialmente conhecida por seus incontáveis pontos turísticos, como as belíssimas e paradisíacas praias, e a área de preservação ambiental do Parque das Dunas. Mas um dos principais pontos conhecido, e que é destino certo no roteiro dos turistas que vêm à capital potiguar, é o Forte dos Reis Magos. Segundo o guia turístico Odilon Ribeiro, a maioria dos turistas vem curiosos para conhecer de perto a história do forte. "Os pacotes turísticos para Natal sempre incluem uma visita ao Forte dos Reis Magos, e a maioria dos turistas vem ansiosos por conhecer de perto o contexto histórico do ponto. Eles sempre saem bastante satisfeitos tanto pela beleza, quanto pelo conhecimento obtido, e apesar do pouco acervo material exposto, os guias locais fazem uma explanação dinâmica e ilustram muito bem a história", disse Odilon. Localizado no litoral Leste de Natal, na conhecida praia do Forte, no final da faixa que compreende também as praias do Meio e a dos Artistas, o Forte dos Reis Magos sempre foi um local bastante frequentado durante o ano inteiro, tanto por turistas, como por nativos, que visitam o local para conhecer de perto sua história ou apenas para apreciar a vista privilegiada. A estudante Virgínia Araújo, do município de Cruzeta, no interior do Estado, sempre que pode vi-

sita os pontos turísticos de Natal, e para ela, o Forte dos Reis magos sempre foi um dos mais atraentes, mas precisa ser restaurado. "Gosto muito de trazer minha família para passar uns dias em Natal, onde tem os melhores lugares turísticos. Faz um tempo que vim pela última vez, e hoje percebi algumas mudanças, mas por ser um patrimônio cultural, deveria estar mais bem cuidado", disse Virgínia. Apesar de ser considerado um ícone do turismo potiguar, o nú-

tração pública da cidade no último ano, que fez com que os turistas interessados em visitar o Nordeste, escolhessem outros destinos como Recife e Fortaleza, por exemplo", afirmou Aparício. Mesmo com o movimento fraco, os turistas que visitam o local ficam impressionados com sua grandiosidade e imponência, como é o caso da turista paulistana, Dirce Mazali, que esperou ansiosamente para conhecer o local de perto. "Assim que escolhi vir à Natal, de-

‘’ “Estou impressionada com tanta beleza e com a história que envolve a produção desse marco, que eu espero que seja mantido” DIRCE MAZALI TURISTA PAULISTANA

mero de visitantes ao Forte dos Reis Magos, está diminuindo significativamente nos últimos meses, como afirmou o administrador do local, Aparício Antunes. "No ano passado, nesse mesmo período, o fluxo de pessoas visitando o Forte era bastante intenso, e ficava lotado de turistas o dia inteiro. Infelizmente, tenho notado uma diminuição significativa nesse número ultimamente, e acredito que isso é reflexo dos problemas de adminis-

cidi visitar o Forte, mas amo o turismo cultural. Estou impressionada com tanta beleza, e com a história que envolve a construção desse marco, que eu espero que seja mantido", disse a turista. A construção do Forte demorou 30 anos para ser concluída, em formato de estrela, os principais materiais utilizados foram areia, óleo de baleia, bronze e grandes pedras de granito trazidos de Portugal. Com 415 anos de existência, os

problemas em sua estrutura estão cada vez mais visíveis e hoje, quem visita o local, percebe as rachaduras, ferragens expostas, instalações elétricas danificadas, iluminação precária, e pisos danificados em alguns ambientes. Para resolver os problemas estruturais e manter o local em boas condições, a Secretaria Extraordinária de Cultura do Rio Grande no Norte, por meio da Fundação José Augusto (FJA) está desenvolvendo um projeto de restauração do Forte. De acordo com a assessora de comunicação da FJA, Denise Barcelos, o projeto surpreenderá a todos. "O projeto está em fase de prospecção, em fase de estudos e análise da estrutura. Assim que o projeto for aprovado e os recursos forem repassados pela União, as obras de restauração serão iniciadas, mas posso assegurar que será um projeto grande e extremamente audacioso", afirmou Denise. HISTÓRIA O Forte dos Reis Magos, em Natal, teve presença em diversos momentos históricos do Brasil, foi usado como prisão pelos portugueses para confinar os que tentavam a Independência, e a seguir foi utilizado pelos brasileiros para confinar os rebeldes portugueses. De 1630 foi dominado pelos holandeses de 1630 e no ano de 1654 os portugueses retomaram retomado o domínio do Forte.

QUEDA: mesmo incluso no roteiro de pacotes turísticos, administração do Forte diz que número de visitantes vem caindo consideravelmente nos últimos meses

> EDUCAÇÃO

Primeira chamada do ProUni já está na internet A primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) já está disponível na internet. Para ver o resultado, o estudante deve entrar na página do programa, através do endereço: http://siteprouni.mec.gov.br/. Os alunos terão até 31 de janeiro para apresentar a documentação e fazer a matrícula na instituição de ensino para a qual foram selecionados. Segundo números divulgados

pelo MEC, o balanço final do ProUni registrou 1.032.873 inscritos. O total de inscrições foi 2.011.538, considerando que cada candidato teve a oportunidade de fazer até duas opções de curso. O estado com o maior número de candidatos na primeira edição do programa neste ano foi São Paulo, com 187.489; seguido por Minas Gerais, com 141.839, e o Rio de Janeiro, com 75.935.

Em 8 de fevereiro, será feita a segunda chamada de pré-selecionados. O candidato deve providenciar a matrícula e a apresentação de documentos até o dia 19 do mesmo mês. O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica em instituições privadas de educação superior. Para o primeiro semestre deste ano, estão sendo oferecidas 162.329

bolsas, sendo 108.686 integrais e 53.643 parciais (cobertura de 50% da mensalidade). Para concorrer à bolsa integral, o candidato deve comprovar renda familiar por pessoa até um salário mínimo e meio (R$ 1.017). Para as bolsas parciais, a renda familiar deve ser até três salários mínimos (R$ 2.034) por pessoa. Cada estudante pode optar por até dois cursos.

Fotos: José Aldenir

Natal, 24 de janeiro de 2013

O Jornal de HOJE 19


20 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 24 de janeiro de 2013

Érika Nesi

Quinta-feira

Moda & Atitude

erikamnesi@hotmail.com

Ah, quer saber...

Fotos:Divulgação

Neste sábado (26) a Ânima Pipa promove sua primeira festa do branco: Ânima White! Vista-se de branco e venha celebrar o verão na Praia da Pipa, numa das casas mais charmosas do Brasil. A grande atração da noite é o DJ Vibe de Portugal, um dos mais antigos e respeitados do mundo que se apresenta pela primeira vez no Norte/Nordeste.

La Roche-Posay lança novo produto para combater a pele oleosa Pesquisas comprovam: 55% das brasileiras tem pele oleosa e sofrem com as imperfeições causadas por esse problema, como poros dilatados, cravos e excesso de brilho na zona T (testa, nariz e queixo). Pensando nas necessidades específicas dessa mulher, a La Roche–Posay lança em janeiro Effaclar Mat. O produto é um tratamento anti-oleosidade com dupla ação: efeito matificante e redutor de poros e também pode servir como um primer.

t t t

Line Up Completando o line up tem os pernambucanos do E-Double tocando junto com DJ Fernando Marx e ainda o DJ Múcio NT de Natal fazendo o warm up do evento. Os ingressos estão à venda no site: www.showdeingressos.com.br/animawhitesem taxa de conveniência.

t t t

Effaclar Mat tem ação matificante e redutora de poros A grande inovação da fórmula está na descoberta do ativo Sebulyse®, ingrediente patenteado pelos laboratórios da L´Oréal. Com atuação mais potente que a do Zinco, este ativo age na origem da oleosidade para solucionar os dois grandes pesadelos das mulheres que tem este tipo de pele: o excesso de brilho e o tamanho dos poros.

Dermatologista: a bela Larissa Morais

t t t

Ânima Pipa: DJ Vibe

Reality Desafio da Beleza, parceria entre GNT e O Boticário, terá segunda temporada A emocionante competição entre maquiadores apresentada pela modelo Fernanda Tavares e pelo make up artist de O Boticário, Fernando Torquatto, ganhará segunda temporada em abril de 2013. Com patrocínio exclusivo de O Boticário, Desafio da Beleza entrou para a grade do canal em agosto de 2012 e foi assistido por mais de 3,4 milhões de pessoas no GNT. Deu à vencedora da disputa, a paranaense Suelen Johann, prêmios como R$ 100 mil em contrato com a marca, a oportunidade de se promover no mercado e de aprimorar os conhecimentos no mundo da moda e beleza.

t t t

Pele uniforme Sua textura oil-free, hipoalergênica e sem parabenos é enriquecida com água termal de La RochePosay, perlite e microesferas absorventes, garantindo um efeito anti-umidade, mate e aveludado. O resultado é uma pele mais uniforme, menos oleosa, com poros menos visíveis e menos brilho. O produto conta também com uma embalagem moderna.

Concurso: celebrando a recente aprovação, Bruno Ribeiro Dantas, com a esposa Raquel e o filho Luiz Felipe

t t t

Campanha inverno 2013 da Dumond traz Giovanna Antonelli como musa Para o inverno 2013, a Dumond buscou na natureza da Chapada Diamantina as referências para a nova coleção. Assim, um dos destinos mais imponentes do território brasileiro surge como cenário da nova campanha da marca. Em meio à paisagem exuberante, a atriz Giovanna Antonelli empresta sua beleza e carisma à campanha. Com styling de Rodrigo Grunfeld e beleza de Lavoisier, a campanha contou com Direção de Arte de Christine Sassen e fotografia de Valério Trabanco.

t t t

Inscrições As inscrições para a nova edição do reality show acabam de abrir no site do canal (www.gnt.com.br). No momento, o GNT reapresenta a primeira temporada toda segunda-feira, às 20h. Desafio da beleza: Fernando Torquato e Fernanda Tavares

Itália: Cris Ianni t t t

Campanha Online de Carnaval: Você na Sapucaí de Carmen Steffens

t t t

O carnaval está chegando e a Carmen Steffens não poderia ficar fora dessa. Para comemorar esta data tão festiva no nosso país, foi desenvolvida uma campanha online, onde o prêmio será um dia na Sapucaí. Isso mesmo, um dia inteiro em plena sapucaí, com direito a acompanhante, e todos os clientes da nossa rede podem participar, seguindo as instruções online.

Empresa natalense desenvolve produtos a base do “ouro marroquino” O óleo de argan, conhecida popularmente como o “ouro marroquino” devido a sua aplicabilidade para diversos tratamentos, tornou-se matéria-prima para uma linha de produtos para cabelo e pele desenvolvido pela empresa potiguar Formule Farmácia de Manipulação. A partir do óleo de argan, rico em ômegas 9 e 6, vitamina E e polifenóis, foram desenvolvidos diversos produtos como shampoo, máscara capilar e hidrantantes.

t t t

Confira tudinho no blog da marca

t t t

Basta conferir no Instagram (http://instagram.com/carmensteffens [2]) da marca os modelos de sapatos selecionados pelo badalado stylist Rogério S e curtir o seu preferido. O concurso começou dia 22/01/2013, vai até o dia 01/02/2013 e o resultado sai no dia 02/02/2013 no blog da Grife. Vai perder? Saiba mais no blog.carmensteffens.com.br _

Prevenção A farmacêutica Luciana Liberato explica que o óleo de argan tem uma ação de prevenir os sinais de envelhecimento cutâneo tornando a pele mais flexível e tonificada. Além disso, o produto também atua na ultrahidratação ajudando a prevenção das estrias. A atuação do óleo de argan é tão eficiente que o shampoo é indicado para todos os tipos de cabelo, atuando como hidratante e recuperando os fios.

Ânima Pipa promove festa do branco neste sábado com atração internacional

Little Tree: Dayse Estanislau com a linha praia da Catulina na Little Tree, vestindo as belas: Juju Estanislau, Amanda Rosado, Fernanda Mello, Gabriella Nesi e Beatriz Rosado

Midway Mall: Afrânio Marinelli e Nevaldo Rocha

Até amanhã!!!

FLIP 24/01/2013  

Cidade, cultura, economia e politica

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you