Issuu on Google+

Segunda-feira

Ano XVI w NATAL-RN,

23 DE SETEMBRO DE 2013 w Nº 4.747

R$ 1,00 w jornaldehoje.com.br

> DESASTRE AMBIENTAL

Encalhe de trinta baleias em Areia Branca é o maior do litoral brasileiro SEGUNDO O BIÓLOGO FLÁVIO SILVA, NÃO HÁ REGISTRO DE UM ENCALHE COLETIVO NESSAS PROPORÇÕES NO PAÍS. DUAS HIPÓTESES PARA O ACIDENTE SÃO ANALISADAS: DOENÇA DO LÍDER DO GRUPO OU BANCOS DE AREIA DA PRAIA DE UPANEMA Projeto Cetáceos da Costa Branca/UERN

Encalhe de baleias da espécie Falsa-Orca (Pseudorca crassidens) aconteceu na madrugada deste domingo na praia de Upanema. Cinco delas foram achadas mortas e 25 foram devolvidas ao mar, mas duas não resistiram. Técnicos do Projeto Cetáceos da Costa Branca/UERN, que realizam o monitoramento ambiental da costa potiguar, aguardam resultado de exames para apontar as causas do acidente. CIDADE 9

> SUCESSÃO ESTADUAL

Líder do DEM ‘não vê chance’ de Rosalba tentar reeleição POLÍTICA 3

> ALBERT DICKSON

Presidente da CMN articula sua reeleição e sede própria POLÍTICA 5

> RN NA ROTA

POLÍCIA PRENDE 14 PESSOAS ACUSADAS DE TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS CRACK, COCAÍNA E MACONHA DA BOLÍVIA, PERU E ESPANHA ERAM DISTRIBUÍDOS NO NE E SUL DO BRASIL CIDADE 10 Heracles Dantas

ESCREVEM ARTIGOS NA EDIÇÃO DE HOJE Ana Luíza Rabelo Spencer Alcimar de Almeida Silva Roberto Cardoso Ailton Salviano Jahyr Navarro Anísio Marinho Neto

OPINIÃO - Página 2

> ECOHOUSE

> SETE OBRAS

Vitória e Ferroviário nas quartas de final

Ve Barbosa estrea com “Apenas Reflexo”

Clubes do Grupo B da Copa Ecohouse encerraram a primeira fase. O Vitória-BA superou o ABC e se classificou em 2º lugar. O Ferroviário-CE continuou na liderança.

Exposição da publicitária e artista visual Ve Barbosa, que em sete quadros revela seu olhar sobre as superstições e fé coletivas, pode ser conferida na Livraria Nobel.

ESPORTE 16

CULTURA 17

> DOAÇÃO DO GOVERNO FEDERAL

Seis cidades não foram pegar os caminhões-pipa ECONOMIA 7 Prefeitos de seis dos 18 municípios beneficiados no RN não compareceram esta manhã à cerimônia de entrega

Marcos A. de Sá

Alex Medeiros

Daniela Freire

Vicente Serejo

Rubens Lemos F.

Página 7

Página 11

Página 12

Página 13

Página 16

w Diretor da Highstil, Ron Horovitz, participa de inauguração de franquia em Natal.

INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,20 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,26 R$ 2,20

Euro x real R$ 2,97 Poupança 0,50%/0,41% Taxa Selic 9%

w Cada vez mais provável uma disputa Wilma versus Fátima para o Senado.

E-MAIL REDAÇÃO:

w No fim de semana, Dickson trabalha sua reeleição e volta de Júlio na liderança do prefeito.

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

w Nizan Guanaes mostra o perigo de uma classe alta como a brasileira, sem educação.

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

w O Frasqueirão é imóvel em teoria estrutural e não pode chutar por tosco. É inegociável.

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Natal, 23 de setembro de 2013

ANA LUÍZA RABELO SPENCER, advogada (rabelospencer@ymail.com)

Opinião Amancio

Segunda-feira

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

Fui abduzida! Recentemente sofri uma abdução alienígena e retornei um tanto quanto atordoada, portanto, peço desculpas aos leitores caso não se identifiquem com as ideias deixadas neste artigo. Tenho pensado no que realmente move o mundo e as pessoas... É o desejo de ter dinheiro ou o desejo de Poder? Caso a resposta seja dinheiro, eu consigo, na minha mente, justificar (não entender) a corrupção, o egoísmo, a inveja e tantos outros sentimentos que corroem a alma de quem os cultivam e destroem todo o resto. Pessoas, projetos, amor... Nesse caso, é passível procurarmos (por favor, não leiam encontrarmos) justificativas para as batalhas que o ser humano tem travado desde sempre. Territórios, petróleo, ouro e tudo o mais que traga acúmulo de riquezas a quem os detém. As cruzadas? São (talvez) justificadas pela necessidade premente da Igreja em arrebanhar mais pastos e ovelhas. As Guerras? Podem ter sido causadas pelo anseio dos capitalistas em destruir os comunistas (comedores de fígado de crianci-

Artigo

ANÍSIO MARINHO NETO, 1º procurador de Justiça, professor e membro da ALEJURN, IHGRN e UBE (anisiomarinho@unp.br).

nhas!!). Mas se é o desejo por dinheiro que tem sido a causa de tantos atropelos, eu alimento um pequeno plano de que, se doarmos tudo o que temos ao FMI, à Igreja, à indústria farmacêutica e a uns outros poucos 'grandes colecionadores', eles nos deixarão em paz, para vivermos nossas vidas tranquilamente. Porém o que realmente tem tirado meu sono é: e se a resposta não for dinheiro, for poder? O poder de controlar os homens, de decidir seus destinos... O poder de ser Deus! Então estaremos acabados. Pois a fome de poder é inexaurível. O desejo de ser Deus também. Não haverá paz. Não haverá cura para a AIDS ou para o câncer. Apenas formas paliativas de suportar a dor de ser um fantoche. Nunca haverá luz ou salvação. Apenas trevas, pecado e danação. A menos que cada um, em sua consciência, reprima os sentimentos ofensivos, reprima a inveja, a superioridade, o egoísmo, o ódio e o desamor e desenvolvam a caridade e generosidade. Só então, os dominadores, sequiosos de poder, sucumbirão e o bem triunfará.

ALCIMAR DE ALMEIDA SILVA, advogado, economista, consultor administrativo, fiscal e tributário (aasconsultoria@bol.com.br)

Imposto desprezado Prestes a se concluir o prazo de declaração anual do ITR - Imposto Sobre a Propriedade Territorial Rural, não deixa de ser sugestivo tomá-lo como paradigma para desfazer em parte alguns mitos sobre a tão criticada carga tributária brasileira. Pois ainda que se trate do tributo mais barato sofre ele de uma inadimplência muito elevada, o que seria por si só suficiente para jogar por terra aquela crítica, demonstrando o desprezo que os contribuintes têm por ele. Da União, a cuja competência pertence, praticamente inexistem maiores esforços por parte da Secretaria da Receita Federal no sentido de melhorar sua arrecadação ou de assistir os contribuintes, o mesmo podendo ser dito dos Municípios aos quais pertence 50 por cento da arrecadação dos imóveis situados em seus respectivos territórios. Isto sem falar que a Emenda Constitucional nº 42, de 19 de dezembro de 2003, ao introduzir alterações no Sistema Tributário Nacional criou a possibilidade de transferir a totalidade da arrecadação daquele imposto aos Municípios que assumissem sua fiscalização e cobrança, impedida a redução ou qualquer outra forma de renúncia fiscal. Mesmo assim, poucos, pouquíssimos mesmo foram os que se interessaram por esta alternativa. Basta que se examine o balanço anual das receitas orçamentárias de qualquer Município para, à luz dos valores do ITR se extrair esta realidade, enquanto caracterizado possa ele ser de natureza predominantemente agrária, como um localizado na região central, de população pouco superior a 10 mil habitantes. Enquanto sua receita total no exercício de 2012 foi superior a 18 milhões de reais, dos quais 13 milhões se constituíram em transferências da União, correspondendo o FPM Fundo de Participação dos Municípios no importe superior a 8 milhões de reais, o pobre e desprezado ITR figura com apenas 12 mil e 700 reais. É bem verdade predominarem os

Artigo

Artigo

minifúndios na maioria dos Municípios do Rio Grande do Norte, o que resulta numa insatisfatória relação custo-benefício com a adesão às atividades de sua fiscalização e cobrança. Pois embora tendo caráter extrafiscal, de desestimular a manutenção de propriedades rurais improdutivas, recursos adicionais devem ser dispendidos para fazer face àquelas atividades por parte da administração municipal. Tanto é que, com base no histórico da arrecadação e no percentual de 50 por cento a que fazem jus, apenas 2 municípios do Rio Grande do Norte recebem de participação valores acima de 20 mil reais que são Mossoró e São Gonçalo do Amarante; 4 recebem entre 20 mil e 15 mil reais (Arês, CearáMirim, Goianinha e Nísia Floresta); 9 recebem entre 15 mil e 10 mil reais (São José de Mipibu, Touros, Extremoz, Parnamirim, São Miguel do Gostoso, Santa Cruz, Macaíba, Macau e Santana do Matos); e 16 recebem entre 10 mil e 5 mil reais (Caicó, Assu, Serra Negra do Norte, Serrinha, Carnaubais, Tibau do Sul, Augusto Severo, Serra de São Bento, Apodi, Maxaranguape, Caraúbas, Cangaretama, Areia Branca, Riachuelo, Baía Formosa e Serra do Mel). Os demais municípios têm participação anual inferior a 5 mil reais, havendo alguns de arrecadação diminuta, como São Bento do Trairi; Frutuoso Gomes; Jundiá; Jaçanã; Venha-Ver; João Dias; Passa e Fica; Riacho de Santana; Tibau; Monte das Gameleiras; Major Sales; Paraná; Água Nova; e Lucrecia. Entretanto, assumindo as atribuições de fiscalização e cobrança do ITR os municípios poderão usufruir de outros benefícios, como o controle da ocupação territorial; o conhecimento da produção agropecuária; e bem assim a prestação de serviços aos proprietários de imóveis rurais aí localizados muitos dos quais deixam de apresentar suas declarações anuais à falta de capacidade técnica ou de capacidade financeira para contratação de profissionais capacitados.

ROBERTO CARDOSO, cientista social e sócio efetivo do IHGRN (rcardoso277@yahoo.com.br)

Indisponibilidade processual

Artigo

AILTON SALVIANO, geólogo e jornalista (ailtonsalviano@uol.com.br)

Personagens da minha infância A maioria das crianças de hoje é muito mais apegada às máquinas e aos brinquedos eletrônicos que às pessoas. Na minha infância vivida em Natal logo após a Segunda Guerra, as pessoas mais velhas exerciam grande influência na formação da personalidade das crianças. Eram tipos diversos. Desde o comerciante autodidata que soltava seus conhecimentos de forma homeopática, à velha vizinha que contava incríveis histórias de Trancoso. Alguns fatos que ocorrem nos dias atuais, quase sempre me transportam para aquele tempo que enlevava meus sonhos pueris. Diante dos fatos políticos acontecidos nesta última semana, não pude deixar de me lembrar do velho Simeão. Era o comerciante da esquina que me ensinou a ler as horas no grande relógio de parede que se destacava no seu estabelecimento quando eu tinha apenas quatro anos. Simeão era paraibano de Picuí. Possuía um domínio teórico em várias áreas do conhecimento humano, bem acima da média das pessoas que moravam na minha rua. Tinha amplos conhecimentos políticos muito além da minha capacidade de discernir, então uma criança na primeira infância. Na campanha política para a Presidência da República em 1955, Simeão revelou logo a sua posição. Simpático ao Movimento Integralista, identificou-se com o candidato Plínio Salgado, um paulista culto de extrema direita, que além de político, era escritor, jornalista

Artigo

e teólogo. Simeão era católico praticante e considerava ateu todo comunista. Numa época em que uma das poucas fontes de conhecimento eram as Enciclopédias, ele sabia de muitos detalhes sobre os costumes na extinta União Soviética. Falava-me, vez por outra, sobre a vida e a falta de liberdade nos países socialistas. Simeão possuía o único receptor de rádio da redondeza. Era um Philips valvulado, painel esverdeado, olho mágico e 6 faixas de onda. Lembro-me bem que na apuração das eleições presidenciais de 1955, ele destacou uma das suas filhas para acompanhar a contagem dos votos transmitidos pelo Repórter Esso. Ficou indignado com o fraco desempenho do seu candidato integralista. Dizia – infelizmente o brasileiro desconhece quem está mais bem preparado para governar. Todos os dias às nove horas da noite, era seu costume sintonizar a Radio BBC de Londres para ao som das badaladas do Big Ben acertar seu relógio de parede com precisão de minutos, uma utopia para a época. Assíduo às transmissões da Rádio BBC, Simeão me dizia que durante a guerra, se atualizava com o que estava "acontecendo no front" pelas transmissões da estação londrina. Eram tempos difíceis para quem queria ser informado até mesmo para quem possuía receptor. Não havia rádios alimentados a pilha e a energia elétrica fornecida pela Companhia Força e Luz era

intermitente com algumas noites de completo blecaute. Foi no valente receptor Philips de seu Simeão que escutei a transmissão dos jogos do Brasil na Copa do Mundo de 1954 na Suíça. De conhecimentos amplos e variados, apesar de não torcer por nenhum clube, Simeão me falava maravilhas sobre a seleção da Hungria, principalmente sobre um jogador chamado Puskas. Do alto de sua invejável capacidade cognitiva, dizia-me: Puskas é, sem dúvida, o melhor jogador do mundo e exagerava – é capaz de controlar duas bolas de futebol ao mesmo tempo. Apesar disso, não tem salário. Na Hungria, terra dele, não existe profissionalismo em futebol. Puskas é major do Exército húngaro. Certa vez, ele me chamou ao balcão do seu comércio, mostroume dois cristais do mineral berilo e falou – isto é mineral estratégico. Na minha terra Picuí, tem muito e guardo esses cristais desde criança. Por mera coincidência, tornei-me geólogo, duas décadas depois. Na Escola de Geologia, durante as aulas de Mineralogia, lembrei muito da figura do velho Simeão Leitão de Almeida quando me deparava com amostras de berilo. Simeão era pai de três filhas, todas muito bem instruídas. Lamentava não ter tido um filho. Certamente, para transmitir tantos conhecimentos que adquiriu ao longo da vida com exclusivo esforço próprio e sem a orientação de professores.

JAHYR NAVARRO, médico (jahyrnavarro@gmail.com)

A construção do conhecimento (2)

Lembrando a origem de certos sobrenomes

Existem algumas teorias da criação e formação do Mundo e do Universo. Todas são teorias, hipóteses de uma criação universal. O ser humano só entende algo que tenha um início, um meio e um fim, tal como ele mesmo vê acontecer com os outros seres e com seus semelhantes. Não admite um universo sempre existente, sem início e sem fim. Para tudo tem que haver um fato, uma causa, um efeito. Um momento de criação e uma responsabilidade pela criação, e se não foi o homem o responsável pela criação, foi um deus do mundo invisível. Todo efeito tem que ter uma causa, mesmo que não se comprove ou veja por meios científicos. Tal como o vento, o homem sempre o sentiu, mas não o via, apenas sentia sua passagem e sua temperatura, até que pode justificar os ventos pelos estudos de variação de pressão em pontos diferentes. A religião e a ciência são duas retas que se encontram no infinito. Hoje existem candidatos a uma viagem de ida sem volta ao planeta Marte. Aquele viajante da viagem sem volta que conseguir se adaptar e sobreviver vai se fixar naquele planeta. Lá irá constituir e construir uma história de gênese naquele novo planeta, para justificar e explicar aos seres descendentes. E seres vindos do céu em naves espaciais trarão mensagens da Terra. Antes não havia naves espaciais, havia carruagens, e carruagens de fogo desciam do céu. Os relatos são de acordo com o conhecimento do escritor. Com certeza a nave que levará os pioneiros terá um computador de bordo controlando todos os sistemas, e os pioneiros estarão autorizados a mexer em algumas placas que são verdes como um jardim. Mas estarão proibidos de mexer no circuito central do computador onde tem o desenho de uma fruta mordida. Até que o cientificismo com suas provas e contraprovas prove o contrário, a história do mundo, do nosso mundo, começa com dois personagens, em nosso planeta, Adão e Eva em um paraíso, um lugar com as necessidades básicas de sobrevivência a seres humanos, a uma geração de descendentes da raça adâmica. Adão e Eva, um casal com o objetivo de ocupar o planeta, crescendo e se multiplicando. Dispunham ali naquele jardim, um pomar com uma infinidade de frutos para saciar a

Meu professor de otorrinolaringologia dr. Raul Fernandes – de saudosa memória –, costumava provocar o seu grande amigo e colega dr. José Tavares da Silva, também falecido, ao afirmar em tom jocoso, que toda pessoa com o sobrenome "Silva", não possuía berço, lastro familiar ou raízes. – "Qual o sobrenome?" –"Ponha... da Silva." – Era o início de mais uma das inúmeras discussões que aconteciam constantemente na sala dos professores de otorrino, depois do atendimento ambulatorial no hospital Universitário Onofre Lopes. Folheando páginas do III volume do "Nosso Universo Maravilhoso", da Editora Brasil – Lê, deparei-me com um capítulo que de imediato fez-me lembrar dos dois professores: – "A origem de certos sobrenomes". Lembrei-me também, que corre pelo Brasil, uma certa crença de que todos os sobrenomes com nomes de plantas e animais, são sobrenomes de "cristãos novos" – judeus –, que assim, escondiam suas raízes ante a perseguição implacável que sofriam da Inquisição nos séculos XVII e XVIII. Tudo isso, consta nos arquivos da Torre do Tombo, em Lisboa. Com os sobrenomes de animais, conhecemos: leão, cordeiro, bezerra, carneiro, coelho, etc.. E de plantas; carvalho, oliveira, pereira, figueira, mangabeira e muitos outros. Citarei de forma resumida, alguns trechos que achei interessante da leitura que fiz. – Um homem que se parecia com uma raposa e o povo que não é preguiçoso para procurar defeitos alheios, pôs-lhe o apelido de raposo, que com o tempo, se converteu em sobrenome. Assim, encontramos tantos Renard

fome fisiológica da necessidade corporal. E apenas um fruto dentre tantos naquele jardim era proibido, o fruto do conhecimento. A árvore no centro do Edem ficou simbolizada pela macieira, a arvore que produz o mesmo fruto com diversidades simbólicas, o fruto que foi envenenado pela bruxa no conto de Bela Adormecida, o fruto que caiu na cabeça de Newton fazendo-o entender a gravidade. E ainda o mesmo fruto que inspirou Steve Jobs, na criação de uma logomarca. Steve Jobs logo após a sua morte apareceu em uma nuvem em capas de revistas. Macintosh é uma variedade de maçã, apreciada por um parceiro de Steve Jobs. Por muito tempo a maçã foi a fruta simbólica que alunos levavam como um presente à professora, a provedora do conhecimento. Um fruto que cortado ao meio, dá ideia de ressurgência, e foi a partir da ingestão de um alimento que começou o conhecimento, Adão e Eva no paraíso. O conhecimento começa pela boca, pelos saberes e sabores. Adão e Eva provaram justamente daquele fruto que era proibido e se deram conta de situações que não tinham conhecimento anterior. Perceberam que estavam nus e precisavam de vestimentas, não só para cobrir a sua nudez, mas para fazer excursões e incursões a outras paragens, e ocupar um planeta com variações de temperatura e diversidade climática. O Brasil não viveu a época das descobertas e usos dos metais. O Brasil viveu e ainda vive a época do couro. As vestimentas dos vaqueiros são as suas armaduras, para se proteger de inimigos na caatinga. O sertanejo cobre o corpo com gibão de couro para se proteger não só das juremas e seus espinhos, mas também de mandacaru, facheiro e xiquexique. Fica bem expositivo isto no depoimento de Cila, testemunha do massacre, falando sobre o cerco policial, que matou Lampião. A Bíblia é encarada como um livro religioso, mas é um manual de instruções para sobrevivência no planeta, e a ciência se apropria de elementos da religião (A usurpação da ciência 1, 2, 3, 4, 5 e 6. Jornal de Hoje. ago e set/ 2013). A Bíblia com tantas informações contidas justifica ser um livro sagrado, deixado pelos primeiros ocupantes do planeta.

em França, Fox, na Inglaterra e raposo em Portugal e no Brasil. Outros sobrenomes provêm do lugar de nascimento. - Um certo Pedro Gonzalez que saiu de Toledo, Espanha, se instalou em outra cidade e para distingui-lo dos outros com o mesmo nome, começaram a chama-lo de Pedro de Toledo. Com o passar dos anos, seu antigo sobrenome deixou de existir e seus filhos e netos levaram Toledo como sobrenome. Por esta razão, nos deparamos com sobrenomes: Catalão, Coimbra, Porto, Navarro – cidade de Navarra –, Milanês, Brasileiro, França, Lisboa etc. Numa povoação espanhola, um homem exercia o ofício de alfaiate, era conhecido como João Sastre – alfaiate em espanhol. Para não confundi-lo dos demais que residiam na região, seus filhos começaram a ser chamados como Pedro o do Sastre, Joãozinho, o do Sastre. Seus descendentes levaram Sastre como sobrenome. João, filho de Pedro que nasceu numa aldeia italiana, chamava-se Giovani di Pietro. Acontece, que tinha uma perna torta e ficou conhecido com o sobrenome de gambias-torta, que significa perna torta em italiano. O garoto crescia e o apelido não o largava. Finalmente, se casava e tinha um filho chamado Bruno. Esta criança em vez de ser chamada como Bruno di Giovani, era conhecida como Bruno Gambiastorta. Assim, o apelido passava a ser sobrenome. Na Europa, os nobres ao herdarem um feudo, herdavam também o nome do feudo. Daí, a partícula "de" dos nobres da França. René de Chateaubriand, que quer dizer René do castelo de Briand - chateau

em francês significa castelo. Chateaubriand é hoje sobrenome de muitas famílias ilustres, aqui no Brasil. Como as pessoas burguesas e plebeias, não possuíam feudos, os sobrenomes foram sendo formados de seus ofícios, defeitos físicos, apelidos e lugar de nascimento. É o caso do famoso pintor italiano da Renascença, Sandro Fillippepi, conhecido como Botticelli, que corresponde a "botija ou barrilzinho." Assim, como os outros exemplos acima citados. Vejo então, que muitos sobrenomes de famílias ilustres, não têm a origem tão requintada que julgam possuírem. Dessa forma, não encontro motivos para certas ostentações, quando a origem não justifica. Muito menos, para o desmerecimento quando o sobrenome é "Silva", como enfatizava em tom de gozação o meu saudoso professor dr. Raul Fernandes. Quando estagiava no navio Hope – do projeto do mesmo nome –, assisti uma cena que nunca esqueci. Uma enfermeira americana que falava fluentemente o nosso idioma, ao chamar a paciente Francisca da Silva para a sala de cirurgia, disse: – "Aqui no Brasil só existe a família da Silva..." O professor Raul que estava presente e já morou nos Estados Unidos, além de muito viajado por esse mundo afora, não se conteve, e de forma elegante e ferina, respondeu: – "Minha filha, você pode até ter suas razões, mas lembre-se que mesmo considerando a devidas proporções, o nosso Silva, é numericamente bem inferior aos Smith de sua terra." A vergonha acobertada por um silêncio sepulcral, foi a única resposta da enfermeira americana.

A Lei nº 8.069/90 caracteriza, basicamente, a remissão como uma forma de exclusão, suspensão ou extinção do processo (art.126). Sob tal aspecto é considerada "pura e simples" definindo mera manifestação unilateral da vontade do órgão, titular da chamada "ação sócio educativa pública", ou do órgão jurisdicional julgador no sentido da não oportunidade ou inconveniência da instauração ou prosseguimento do processo. Tem, neste caso, a característica semântica de perdão, embora se afaste do conceito técnico jurídico do termo já que é unilateral e, além de independer da vontade do remisso, pode ser manifestada antes da instauração do processo; por igual se afasta da "renúncia" porque, além de ser possível após a instauração do processo, é também concedida pelo órgão jurisdicional julgador. Sob essa forma pura e simples é irreversível e definitiva, não comportando revisão judicial após o exaurimento das formalidades e preclusão dos recursos. Pode, entretanto, a remissão "incluir eventualmente a aplicação de qualquer das medidas previstas em lei, exceto a colocação em regime de semiliberdade e a internação" (art.127). Adquire, em tal caso, a natureza transacional porque a aplicação dessa medida depende da concordância do infrator. Seria ilógica a aplicação dessa medida sem tal concordância porque "a medida aplicada por força da remissão poderá ser revista judicialmente a qualquer tempo, mediante pedido expresso do adolescente ou de seu representante legal" (art.128). Isso significa que, no caso de ser aplicada uma medida sócio educativa, não ocorre preclusão de um seu exame pelo órgão jurisdicional pela via do contraditório, mesmo que, anteriormente, tenha havido concordância por parte do adolescente e seu representante legal. Dessa forma tem-se assegurado, sempre, o acesso à via jurisdicional, não sendo a remissão mais do que uma fórmula para antecipar os resultados de um processo. Ao representante do MP, como titular exclusivo da ação pública para imposição de medida sócio educativa, a Lei nº 8.069/90 outorgou atribuições para conceder ambos os tipos de remissões: a pura e a transacional. É o que se deduz da dicção do parágrafo primeiro do art.181, "homologado o arquivamento ou a remissão, a autoridade judiciária determinará, conforme o caso, o cumprimento da medida". Entretanto, essa atribuição só pode ser exercida antes de instaurado o processo e com o objetivo de excluílo (art. 201, I). Define-se, assim, como um ato típico de jurisdição voluntária porque sua eficácia depende de sua homologação pelo Poder Judiciário, que exercerá o seu controle. E, no caso de ter o representante do MP imposto medida sócio educativa com a aquiescência do adolescente e seu representante legal, esse controle jurisdicional será duplo: direto e imediato pela homologação ou indireto e mediato pela possibilidade de ser revista (art. 128). Instaurado o procedimento jurisdicional contraditório, pelo deferimento da representação ("petição inicial", "denúncia") do representante do MP, a remissão só pode ser concedida por ato do juiz (art.148, II) desde que não tenha prolatado sentença (art. 184, "caput"; 186, "caput") e, também, o representante do MP (art.186, parágrafo primeiro). A remissão, neste caso, não deixa de ter caráter transacional porque somente terá eficácia se acordes o adolescente, seu representante legal e o representante do MP por força do art. 128. Caso a remissão seja concedida sem tal aquiescência, a parte interessada poderá usar do agravo de instrumento (no caso de determinar mera suspensão do processo) ou apelação (no caso de determinar a extinção do processo), conforme o sistema recursal do CPC (art.198). Como se percebe, neste caso, a remissão é ato inserido na privativa competência do juiz quer no tocante à iniciativa quer quanto à concessão, embora condicionado à concordância das partes. Aqui, portanto, a "discricionariedade regulada" enriquece a atividade jurisdicional, afastando o princípio da indisponibilidade do processo (arts. 42, 385 e 576, CPP).

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Fernanda Souza Juliana Manzano EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Bruno Araujo EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Segunda-feira

Natal, 23 de setembro de 2013

O Jornal de HOJE 3

Agripino acredita que Rosalba está inviabilizada para tentar reeleição COLUNISTA NACIONAL AFIRMA QUE JOSÉ AGRIPINO DESCARTA CANDIDATURA DA GOVERNADORA. ELE NÃO DESMENTIU ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

Restando um ano e sete dias para as eleições de 2014, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) ainda não decidiu se será candidata à reeleição. Entretanto, com reprovação acima dos 80%, segundo a última pesquisa Consult, a possibilidade de ela vir a disputar a reeleição é vista como algo improvável - embora não impossível. Neste sentido, os próprios políticos já emitem sinais, diretos e indiretos, de que estariam "abandonando o barco" rosalbista. Sinal forte neste sentido, recentemente, foi o rompimento do PMDB com o governo. Os líderes peemedebistas Henrique e Garibaldi Alves já decidiram, inclusive, que o partido terá candidato próprio nas eleições de 2014. No último final de semana, foi a vez do líder nacional do DEM, partido de Rosalba, José Agripino Maia, anunciar que não vê chan-

Heracles Dantas

ces de a governadora disputar a reeleição de 2014, uma ameaça ao projeto de candidatura à reeleição da governadora. No entanto, Agripino colocou uma condição para que Rosalba dispute a reeleição: ter o apoio do PMDB. A informação foi veiculada pela coluna do jornalista Claudio Humberto, que disse: "Presidente do DEM, o senador José Agripino não vê chance de a governadora Rosalba Ciarlini disputar reeleição em 2014, a não ser que ela consiga costurar ampla aliança, com apoio do PMDB". Até o final da manhã de hoje, a reportagem tentou falar com o senador José Agripino, mas não conseguiu e nem o presidente do DEM havia desmentido a nota do colunista. DIFICULDADES Devido à falta de apoio popular, escasseiam os apoios políticos ao governo Rosalba. Nesse contexto, há forte preocupação quanto ao futuro do DEM no RN. A ideia é

Segundo o jornalista Claudio Humberto, José Agripino Maia já considera Rosalba Ciarlini fora da disputa eleitoral de 2014 que, não dando para salvar o mandato da governadora, que o DEM

busque resguardar ao menos os demais mandatos que tem: hoje o

DEM tem dois deputados federais e três estaduais.

Eleita por uma ampla aliança que incluía, além do DEM, o PMDB, o PR, o PV, o PMN, o PSD, o PSL e outras legendas, Rosalba Ciarlini terminou cedendo na sua base e vários partidos abandonam o barco. Primeiro foi o vice-governador Robinson Faria (PSD), que deixou o governo ainda no final do primeiro ano de gestão, em 2011. Em seguida, foi o PV, presidido no estado pelo senador Paulo Davim, que também deixou o governo, rompendo em 2012. Na sequencia, em julho passado, o PMDB, dos líderes Garibaldi e Henrique, afastou-se do governo. Mais recentemente, o PSL, do exdiretor do PROCON Araken Farias, também deixou o barco governista. Apenas PMN e PR acompanham o DEM no apoio ao governo. Seria improvável que o DEM apoiasse a candidatura à reeleição da governadora com tão poucos apoios. Seria "suicídio político", com a exterminação dos mandatos legislativos.

Dúvida é se Rosalba teria legenda para disputar No seio governista, discute-se, porém, a possibilidade de Rosalba disputar a reeleição. O PR, do deputado federal João Maia, seduzido por cargos e pela verba pública que eles representam, já teria mudado de planos e decidido permanecer no governo após a saída do PMDB. O PMN do deputado Ricardo Motta,

que traz a tiracolo o PP, presidido no RN pelo vereador Rafael Motta, seu filho, também permaneceria na base governista. Na verdade, há quem aposte que esses partidos também evacuarão o governo, bastando para tanto que a gestão continue ladeira abaixo como está - segundo os levantamentos.

Por isso, permanece a dúvida: se, com o apoio desses partidos apenas, o senador José Agripino, que detém o controle da máquina partidária do DEM, "daria" a legenda para a governadora, correndo forte risco de prejuízo político. É válido lembrar que a relação política entre Agripino e a governadora Rosalba

Ciarlini não é das mais amistosas desde há algum tempo, quando ele cobrou uma postura oposicionista dela em relação ao governo federal e Rosalba, pensando no seu governo estadual, adotou o discurso "republicano" difundido pela presidente Dilma Rousseff e seus correligionários no Estado.

Terminou entrando para história a desfeita de Rosalba a Agripino, quando da negativa dela em participar da propaganda política do DEM criticando o governo do PT. Agovernadora preferiu ficar fora, desagradando ao democrata, tentando fazer a política de governadora domesticada do Palácio do Planalto, de quem

depende para obter recursos federais. Nessa linha, Rosalba chegou a acenar, publicamente, com a possibilidade de votar em Dilma na reeleição em 2014, "se Dilma for o melhor para o Brasil". A postura da governadora azedou a relação política com José Agripino, que se afastou temporariamente da gestão.

Governo usa cargos do PMDB para formar “exército eleitoral” Nos últimos dias, porém, com a saída do PMDB da gestão, o "núcleo diretivo" do governo, comandado por Rosalba e Carlos Augusto Rosado, aproveita os espaços abertos na administração com a saída de Henrique e Garibaldi para acomodar os

que pretendem "formar o exército" rosalbista que irá para a "luta eleitoral" defender o nome de Rosalba nas eleições do ano que vem. Entre os contemplados com cargos e fartos espaços no governo, constam, além do PR, que assumiu o con-

trole da Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social, e ainda a Emater, que administra o disputado "Programa do Leite", os deputados federais e estaduais do DEM e o próprio presidente do DEM, senador José Agripino, a quem teria sido ofe-

recida a indicação do novo secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, no lugar de Junior Teixeira, indicado por Henrique e que saiu da pasta com o afastamento do PMDB. Com a reocupação desses cargos - quase 500 -, Carlos Augusto espe-

ra agradar a José Agripino, de modo a obter do líder democrata a legenda para que Rosalba "vá para a guerra" mostrar o que fez de bom na sua administração. Aliás, este - candidatar-se para mostrar o bom do seu governo - já tem sido o discurso pro-

palado pelos deputados do DEM, que na semana passada na Assembleia Legislativa defenderam que Rosalba deve ir para a campanha eleitoral porque "tem o que mostrar, e dizer que não há corrupção no seu governo".

Reeleição de deputados do DEM preocupa e aumenta dificuldades Apesar disso, a preocupação quanto à reeleição dos deputados do DEM - especialmente - Felipe Maia, filho do senador José Agripino e herdeiro político da tradicional oligarquia Maia no Rio Grande do Norte, ainda perdura, e poderá criar dificuldade para que Rosalba tenha o partido para disputar a reeleição, conforme sugerido pelo colunista Claudio Humberto. Neste sentido, Agripino alimentaria a possibilidade de o DEM formalizar uma aliança política com o PMDB para as eleições de 2014. Ele não esperava que o PMDB fosse efetivamente romper com o governo do DEM. Em verdade, o líder do DEM acreditava que Henrique contornasse o problema gerado pelo deputado Walter Alves, que defendeu em entrevista ao Jornal de Hoje o rompimento do PMDB com o governo Rosalba. Mas Henrique não pôde ser contra o partido e acatou o afastamento. Nos bastidores, todavia, é tido

que o PMDB não rompeu com o DEM, afastou-se apenas - e em parte - do governo, com quem manteria relações administrativas pontuais, dado o interesse do presidente da Câmara dos Deputados na execução de obras federais no Rio Grande do Norte. Henrique teria deixado em aberto junto a José Agripino, a hipótese de o PMDB aliar-se ao DEM na disputa proporcional - mandatos de deputados estaduais e federais -, não fechando, em definitivo, as portas do PMDB para composições com DEM para 2014. O problema é que, aparentemente tendo percebido essa jogada, o ministro da Previdência, Garibaldi Filho (PMDB), que já descartou por várias vezes candidatar-se ao governo, assumiu a condução do processo sucessório dentro do PMDB, com uma forte sinalização de apoio ao nome do vice-governador Robinson Faria, presidente estadual do PSD e pré-candidato a governador. Se a tese de Ga-

ribaldi prosperar, entrará em confronto com a de Henrique. Entre os analistas políticos, a janela a um entendimento com o DEM poderia ser a "senha" para que Henrique venha a ser candidato das oposições ao governo do Estado, contando com o apoio do DEM. Já se Henrique for levado pela tese de Garibaldi, significará o "isolamento político" do DEM e do senador José Agripino, Rosalba e o DEM. Neste sentido, José Agripino estaria disposto a fazer qualquer negócio para não ficar isolado. Desde apoiar uma candidatura de Wilma de Faria, presidente do PSB, que acabou de romper com o PT em nível nacional, a até mesmo disputar o cargo de governador do RN, já que uma derrota não afetaria seu poder, haja vista que o seu mandato de senador tem validade até 2018. Tudo para atrair apoios para fortalecer a chapa do DEM, de modo que o partido não saia prejudicado nas eleições de 2014.

José Aldenir

Felipe Maia seria a principal preocupação de Agripino

Heracles Dantas

Betinho Rosado tentou deixar o Democratas na Justiça

Túlio Lemos tuliolemosjh@gmail.com

VIABILIDADE A declaração não desmentida do senador José Agripino, de que a governadora Rosalba Ciarlini está inviabilizada para tentar a reeleição, já foi ouvida por outros políticos que mantiveram contato com o pai de Felipe. Em conversas reservadas, o marido de Dona Anita não poupa a inoperância da Rosa: "Zeeeero; chance zeeero de Rosalba ser candidata", diz o presidente do DEM a interlocutores. ENERTEC Título protestado publicado neste JH no último final de semana, da empresa Enertec, que presta serviços à Prefeitura de Natal. O que é que tá havendo? FILIAÇÃO

Fica cada vez mais confusa essa filiação da ex-prefeita de Mossoró, Fafá Rosado, ao PMDB. Os principais líderes da legenda já alertaram que o partido é de oposição ao Governo Rosalba. Mesmo assim, ela assina ficha na tarde de hoje. O detalhe é que a solenidade conta com a presença da atual prefeita Cláudia Regina, do DEM. FILIAÇÃO II Haja interpretação para a filiação de Fafá Rosado e as presenças que prestigiam o evento. A atual prefeita Cláudia Regina é do DEM, foi responsável por incluir a governadora Rosalba Ciarlini no processo que investiga abuso de poder econômico na eleição de Mossoró; sabe que Fafá está se filiando a um partido de oposição a Rosa, mas fez questão de

prestigiar. GREVE O leitor José Almir Amaral, de Nova Parnamirim, manda e-mail: "Tulio, sei que a Greve é um direito Constitucional, como também sei que o ser humano precisa se alimentar e tomar seus remédios quando doente, como é meu caso. Estive pela manhã na Agência do Banco do Brasil da Av. Ayrton Senna Nova Parnamirim e o saque máximo era 200,00. Isso é um crime. Só tive condições de sair de casa hoje com minha esposa fazer compras no Supermercado e remédios compramos o que foi possível ou seja quase nada. Remédio nem pensar. A quem vamos apelar?" PROJETO Mais um projeto milionário

entra na contabilidade da gestão Carlos Eduardo. A Prefeitura de Natal, através da SEMOB, contratou a Tectran, empresa de Belo Horizonte, para elaborar o "projeto básico de engenharia/arquitetura para implantação de infraestrutura nos corredores do Sistema de Transporte Público de Passageiro". O valor: R$ 999.000,00 (novecentos e noventa e nove mil reais). Poderiam ter arrendondado logo para R$ 1 milhão. PROJETO Esse valor, de R$ 1 milhão, é só para a empresa fazer o 'projeto'. A execução é outra história bem mais cara. Pra quem quer pagar quase R$ 300 mil por apenas uma unidade da estação de transferência, projeto de R$ 1 milhão é merreca.

LIXO A licitação milionária da Urbana é alimentada de um banquete de suspeitas de direcionamento e superfaturamento. Uma gestão que não completou nem o primeiro ano e quer imprimir uma imagem de seriedade, não pode chancelar o reajuste nos valores pagos atualmente, cujo processo é questionado em sua essência, inclusive por técnicos do Tribunal de Contas. SUSPEITO O prefeito Carlos Eduardo finge que nada sabe, não quer ver que algo perigoso está em gestação em sua administração, que poderá lhe trazer sérios problemas de imagem no futuro. Sua omissão ou ação equivocada hoje, será cobrada através de desgaste inconveniente amanhã.

FARDAMENTO A coluna recebeu e-mail da secretária de Mobilidade Urbana, Elequicina Santos, a respeito da nota que trata da compra de fardamento para a Semob: "A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana - SEMOB, informa que ao contrário do que foi divulgado nesta coluna, adquiriu 554 kits de fardamento (masculino/feminino), contendo calças sociais, calças meia-bota, saias, camisas, capas de chuva, bonés, quepes, cintos, apitos, macacão, portatalonário e demais acessórios para uso diário dos agentes de transporte e de trânsito, conforme regular processo licitatório, na modalidade pregão eletrônico, devidamente publicado no Diário Oficial do Município de 13-08-2013".


4 O Jornal de HOJE

Natal, 23 de setembro de 2013

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br JOAQUIM PINHEIRO - jtpinheirojh@gmail.com - (INTERINO)

Henrique ou Garibaldi Definitivamente, o PMDB terá que apresentar candidatura própria ao Governo do Estado nas eleições do próximo ano e o nome será o de Henrique Eduardo ou Garibaldi Filho. Walter Alves, liderança emergente do partido, ficará para outra oportunidade. O caminho do jovem deputado será a reeleição. Senador de 1 milhão de votos, Garibaldi Filho resiste o quanto pode, mas a pressão das bases partidárias e o grande apelo popular podem superar qualquer tentativa contrária a gostos pessoais. O fato é que Garibaldi ou Henrique será a decisão peemedebista. Houve especulações e até tentativas fora do PMDB, sem sucesso, no entanto. Uma delas foi Carlos Eduardo, que tem o apoio de Garibaldi Filho, mas encontra resistência por parte de Henrique Eduardo. Razões: os dois não se toleram. Além disso, existe o argumento de que o prefeito não pertence aos quadros do PMDB. O segmento do partido contrário ao nome do prefeito alega que há pouco tempo ele recebeu convite para se filiar ao PMDB e ser candidato a prefeito de Natal, mas não considerou o apelo, decidindo permanecer no PDT. A filiação de Carlos Eduardo seria também uma forma de reaproximação da família depois de anos dividida. Pós - escrito: Para o Senado, peemedebistas admitem uma aliança com a vice-prefeita, Wilma de Faria, do PSB, com o argumento de que a chapa ficará forte e competitiva. Entendem que com um nome do PMDB - Henrique ou Garibaldi - para governador e Wilma para o Senado, abre espaço para o PT eleger 2 deputados federais, no caso Fátima Bezerra (reeleição) e Fernando Mineiro. Pós - escrito II: Consolidados esses nome, resta apenas a vaga de vice para ser preenchida por um nome de outro partido aliado que comporá a aliança oposicionista. No DEM, por exemplo, o senador José Agripino articula para acomodar o filho, Felipe Maia, principalmente mantendo a aliança política com o PMDB. Fotos: José Aldenir

Política

Segunda-feira

Deputado do partido de Wilma discorda do TJ e elogia orçamento de Rosalba TOMBA FARIAS

DISSE QUE MATÉRIA ENVIADA PELA GOVERNADORA É

“REAL” Wellington Rocha

ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O presidente da Comissão de Fiscalização e Finanças da Assembleia Legislativa, deputado estadual Tomba Farias, filiado ao PSB, partido presidido no RN pela exgovernadora Wilma de Faria, discordou do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Aderson Silvino, que na semana passada disse, em entrevista ao Jornal de Hoje, que o orçamento enviado pelo governo para apreciação e votação na Assembleia Legislativa é "irreal". "A gente tem escutado muito nos jornais, as notícias, das dificuldades que estão chegando, mas pelo menos uma coisa é certa, eu acho que o orçamento foi feito o real", disse Tomba, esta manhã, em entrevista ao "Jornal da Cidade", da FM 94. "No ano que se passou fizeram um orçamento fictício e esse ano fizeram um orçamento dentro da realidade da arrecadação do Rio Grande do Norte", completou o parlamentar, que nesta semana será responsável por indicar o relator do Orçamento. "Nós estamos aguardando que o Orçamento chegue à Comissão e em seguida vamos analisar para na próxima quarta-feira definirmos quem será o relator", afirmou Tomba. Para ele, o que o leva a dizer que o orçamento está mais real é o fato de que o orçamento deste ano foi subestimado. "A gente

Deputado Tomba Farias, que faz oposição a Rosalba, elogia proposta enviada pela governadora para análise da Assembleia sabe que o Estado está em uma situação difícil. As despesas aumentam e isso nos preocupa muito. Hoje o governo não tem dinheiro para custeio, o governo não tem dinheiro para investimento, isso é uma preocupação muito grande e a gente tem visto os poderes já se pronunciando, reclamando o orçamento e mais uma vez o orçamento vem cair no colo e nos braços da Assembleia Legislativa, que era

uma peça que devia vir mais ou menos já definida, organizada, debatida por esses poderes, para que a gente pudesse apenas fazer algumas mudanças ou talvez aprová-la toda", analisou. O deputado Tomba Farias defendeu que diante das dificuldades, "chegou a hora também de todas as pessoas cederem um pouco; a própria Assembleia, o Tribunal de Justiça, o Ministério

Público. A gente sabe que se precisa de recursos, que eles são importantes para gerir o órgão, mas tem que ser analisado com muito carinho, com muito cuidado, porque, se todo ano aumenta, e todo ano aumenta, vai chegar um dia que vai topar, não vai ter recursos. Isso precisa ser mais detalhado e está na hora de sentar todo mundo e poder fazer o orçamento desse ano", afirmou.

> DINHEIRO NO BOLSO

Elaboração de projeto básico para corredores de ônibus custará quase R$ 1 milhão a Natal José Aldenir

JUNTOS NA PROPORCIONAL A informação vem de Brasília: DEM, PR e PP poderão se coligar na chapa proporcional com o propósito de reeleger Felipe Maia(foto), João Maia e eleger Rafael Motta (foto) deputado federal em 2014. O líder do PR decidiu permanecer na base aliada da governadora Rosalba Ciarlini por entender que ao lado da governadora tem mais chance de reeleger-se.

LEITURA DINÂMICA t O Psol terá candidato a governador do Estado nas eleições do próximo ano. Quem afirma é o vereador Marcos Antonio, um dos cotados para disputar o cargo atualmente ocupado por Rosalba Ciarlini. Os outros nomes são Santino Arruda, Robério Paulino e Lailson Almeida. t O vereador Marcos Antonio é um pessimista com relação à obras de mobilidade urbana. Prevê que a cidade continuará tendo sérios problemas, principalmente no trânsito. Daí, ter decidido que votará contra o pedido de empréstimo encaminhado pelo Poder Executivo para apreciação dos vereadores natalenses. t Dagô, vereador do DEM, será candidato a deputado estadual em 2014. Atualmente, ele apresenta um programa popular ao meio dia na TV União ao lado do boneco Benedito. t O cantor Fernando Luiz tem recebido convites de vários partidos pretendendo a sua filiação, a exemplo do PT do B, que quer vê-lo candidato a governador. A resposta será

dada no próximo dia 30. Fernando é um dos artistas mais populares do Rio Grande do Norte e defensor intransigente dos valores locais. t A vereadora Eudiane Macedo, do PHS, não transgrediu nenhuma norma estatutária nem tampouco desobedeceu recomendação do seu partido. Em documento emitido pela executiva, o PHS recomenda independência e não rompimento político com o prefeito Carlos Eduardo. t O cientista político, Nazareno Neris está reorganizando o PTB de Parnamirim objetivando disputar as eleições do próximo ano. Ele próprio será candidato a deputado federal. O PTB ficou totalmente abandonado no comando do baiano Fábio Rodamilames, preposto de Benito Gama, que tomou o partido do deputado Ezequiel Ferreira. t Para refletir: "A solidariedade não faz mais parte do cotidiano das pessoas. No seu lugar estão o egoísmo e a falsidade". (Jaques Pinni, jornalista brasileiro).

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) firmou contrato junto a Tectran - Técnicos em Transporte Ltda. A empresa será a responsável pela elaboração de projeto básico de engenharia e arquitetura, com o objetivo de implantar a infraestrutura necessária nos corredores do sistema de transporte público de passageiros em Natal. Pelo serviço, a Prefeitura pagará o equivalente a R$ 999.000,00. A contratação foi publicada na edição desta segunda-feira (23) do Diário Oficial do Município. A empresa contratada fica localizada em Belo Horizonte (MG), e já tem em seu histórico uma série de obras relacionadas a transporte público, principalmente em relação a metrôs. Ainda de acordo com o Diário Oficial, o documento assinado no último dia 6 de setembro, tem validade até 31 de outubro, quando os projetos já deverão estar prontos. Segundo o contrato, assinado pelo secretário adjunto da Semob, Walter Pedro, a fonte para o pagamento são recursos federais e sua despesa é prevista dentro dos projetos de melhoria de corredores do sistema público de transporte. Esta reportagem entrou em contato com a secretária Elequicina dos Santos, titular da Semob. A auxiliar do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) explicou que os recursos foram conquistados junto ao Ministério das Cidades e as obras fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2, do governo federal. Até mesmo o cronograma para a conclusão do projeto seria estabelecido pelo Ministério. Conforme a secretária, os recursos possibilitarão a inclusão de faixas exclusivas para ônibus em vários pontos da cidade, um deles em toda a Avenida 9. Em outros pontos, serão construídos túneis e viadutos.

Secretária Elequicina dos Santos explicou que recursos para o projeto foram disponibilizados pelo Ministério das Cidades Elequicina acrescentou ainda que, após a conclusão dos projetos básicos, a Prefeitura dará andamento ao processo licitatório para escolher as empresas responsáveis pela obra. O valor total estimado para o projeto é de R$ 134 milhões, valor também já garantido pelo Ministério das Cidades. O projeto faz parte de um leque de obras anunciadas por Carlos Eduardo com previsão de entrega antes da Copa do Mundo de 2014. O objetivo do prefeito é tentar concluir o máximo de projetos antes do mundial de futebol, para aproveitar os investimentos garantidos com o maior evento esportivo do planeta. Além de destinar faixas exclusivas para ônibus, a Prefeitura também já anunciou a recuperação de dezenas de abrigos para passageiros e a reconstrução de calçadas na cidade. O município ainda vai investir na construção de cinco tú-

neis e seis viadutos. Para este projeto, aguarda liberação da Câmara Municipal para empréstimo junto a Caixa Econômica Federal. A implantação de faixas para ônibus é uma proposta oriunda ainda da campanha eleitoral de 2012, quando Carlos Eduardo conquistou seu atual mandato. O objetivo é reduzir o tempo gasto dos ônibus no trânsito da cidade, levando a população a utilizar o transporte público.

Projeto semelhante foi realizado pelo prefeito em sua gestão anterior, encerrada em 2008. Na época, o gestor implantou a faixa exclusiva na Avenida Bernardo Vieira. Mas, ao contrário da expectativa, o projeto recebe críticas até hoje, principalmente por inviabilizar o comércio no local, além de colocar dezenas de semáforos em locais onde antes não existiam. Dezenas de lojas fecharam as portas na via nos últimos anos.


Política

Segunda-feira

Rosalba Ciarlini: “Meu Governo não terá só uma marca; mas várias” R OSALBA

PREFERE NÃO COMENTAR DECLARAÇÕES DE

JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

A governadora Rosalba Ciarlini prefere não comentar declarações do senador José Agripino, líder nacional do seu partido, afirmando que sem apoio do PMDB a governadora não tem condições de disputar a reeleição. As declarações de Agripino foram publicadas no blog do jornalista Cláudio Humberto, jornalista com atuação em

Brasília. "Sobre política e reeleição só falarei em 2014", resumiu a governadora ao ser questionada sobre o assunto na manhã de hoje momentos após reunir a imprensa para falar sobre ações na educação. Mostrando-se descontraída e confiante na recuperação do seu governo a partir de agora, Rosalba Ciarlini disse ao ser instada a falar sobre se teria uma marca para a sua administração, a exemplo de outros governantes que "o meu go-

verno não terá somente uma, mas várias marcas", citando a prioridade recuperação da educação, que segundo ela, encontrou em situação de dificuldades, além do setor de recursos hídricos que está potencializando através da construção de 17 mil cisternas, por exemplo. "Estamos dotando o Rio Grande do Norte de sustentabilidade hídrica", disse a governadora, acrescentando que " muitas coisas boas irão acontecer", concluiu a governado-

Natal, 23 de setembro de 2013

O Jornal de HOJE 5

Wellington Rocha

J OSÉ A GRIPINO ra. BETIN HO ROSADO O deputado Betinho Rosado, presente à governadoria na manhã de hoje, também prefere não comentar as declarações do senador José Agripino. No seu entendimento, a governadora Rosalba Ciarlini deverá mesmo ser candidata à reeleição. "A governadora tem muita coisa a fazer", ressalta. Ao ser questionado se a oposição estaria sendo injusta nas críticas a governadora, ele resumiu: " oposi-

governadora Rosalba Ciarlini disse que só falará de política eleitoral em 2014

> DISPUTA PELA PRESIDÊNCIA

Por sede própria para CMN, Albert articula reeleição O vereador Albert Dickson (PP) trabalha para garantir sua reeleição na presidência da Câmara Municipal de Natal para o biênio 2015/2016. O parlamentar acredita que a continuidade do seu mandato é fundamental para retirar do papel o projeto de construção da sede própria para o Legislativo natalense, ideia capitaneada pelo pepista desde que assumiu o cargo, em janeiro deste ano. Segundo Albert, a Câmara já possui R$ 1 milhão garantidos para iniciar o projeto, recurso oriundo da venda da conta única da Casa para a Caixa Econômica Federal. Também já há o compromisso junto ao BNDES para financiar o aparelhamento das novas instalações da CMN. Além disso, o prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) aceitou ceder terreno da Prefeitura, localizado no bairro da Redinha, para erguer o novo prédio. "Então, nós queremos fazer na Câmara como é feito na Assembleia Legislativa, por exemplo. Que a eleição seja permitida na mesma legislatura e não em legislaturas diferentes, como é hoje. Porque o tempo de quatro anos é importante para os projetos terem continuidade", disse Albert Dickson na manhã de hoje, durante visita realizada a direção deste O Jornal de Hoje. Com a construção da sede pró-

pria, o vereador enfatiza que o município terá uma economia de recursos equivalente a, pelo menos, R$ 70 mil por mês. Este é o valor pago pela Câmara pelos imóveis alugados onde atualmente funciona a Casa, no bairro de Petrópolis. Entre outros benefícios da sede própria, Albert relata o fato de contribuir para a redução do trânsito na cidade, já que a obra ficará em uma espécie de contra fluxo da maioria dos veículos, e também o desenvolvimento que levará para a zona Norte da cidade, em especial o bairro da Redinha, tradicional ponto turístico da cidade. Ainda de acordo com o parlamentar, o prefeito Carlos Eduardo também planeja aproveitar a iniciativa do Legislativo para erguer, no terreno vizinho onde funcionará a futura Câmara, o centro administrativo municipal. A ideia é a mesma, eliminar os gastos com aluguéis, hoje um dos maiores custos da cidade. DEMAIS PROJETOS Além da construção da sede própria, Albert Dickson enfatiza a importância dos demais projetos iniciados durante sua administração. Entre eles está o investimento na melhoria do sistema de segurança do Palácio Frei Miguelinho, sede da Câmara. Após os recentes problemas

com invasão de manifestantes no local, o parlamentar instalou porta giratória e detector de metais no local. Além disso, os visitantes também precisam realizar cadastros para entrar no lugar. Tudo para aumentar a proteção de quem esteja dentro da Casa. Albert listou ainda a dedicação em implantar o portal da transparência, criado na gestão do ex-vereador Edivan Martins (PV), mas que recebeu apoio da atual administração para entrar em funcionamento. Para o pepista, a medida foi fundamental para melhorar a "transparência" dos atos dos vereadores. Recentemente a Câmara voltou a utilizar o colegiado de líderes, como forma de otimizar as decisões tomadas pela Casa e agilizar votações e debates. Segundo Albert, também serviu para democratizar as decisões dos vereadores, antes submetidos as vontades da mesa diretora. Outra conquista, na análise do vereador, foi o canal aberto para a TV Câmara. Com 10 anos completados em 2013, a emissora legislativa mais antiga do país está perto de ser transmitida pelo canal 51. Para isso, Albert está destinando investimentos para o início do processo de cabeamento. Com isso, as decisões da Câmara tendem a ser ainda mais divulgadas e acompanhadas pela população.

Semana da Câmara será com projetos polêmicos O vereador Albert Dickson confirmou ainda para esta semana uma série de votações importantes na Câmara Municipal. O parlamentar disse que o empréstimo milionário solicitado pela Prefeitura junto a Caixa Econômica será analisado amanhã, em regime de urgência. Caso seja aprovado, o município terá garantido os recursos para financiar as contrapartidas das obras de mobilidade urbana previstas com a Copa de 2014. Na sequência, os vereadores devem apreciar o projeto de redução das férias parlamentares, atualmente de 90 dias, para apenas 45 dias, sendo 15 no meio do ano e outros 30 nos finais de cada temporada. O Passe Livre, proposto pela vereadora Amanda Gurgel (PSTU), e

José Aldenir

Sandro Pimentel é autor dos projetos do fim do voto secreto e da redução das férias o fim do voto secreto, do vereador Sandro Pimentel (PSOL), também devem aparecer na pauta do plená-

rio durante esta semana. Albert assumiu ser favorável as matérias, e acredita na aprovação das mesmas. José Aldenir

Empréstimo da Prefeitura deve ser votado nesta terça-feira, já o Passe Livre está perto de conseguir consenso na Casa

José Aldenir

Vereador Albert Dickson, do PP, trabalha para viabilizar a construção de uma sede própria para a Câmara Municipal de Natal


6 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 23 de setembro de 2013

Segunda-feira

Rosalba promete iniciar recuperação do Colégio Atheneu no próximo mês ORDEM DE SERVIÇO PARA RECUPERAÇÃO DA TRADICIONAL ESCOLA DEVERÁ SER ASSINADA EM 30 DIAS. OBRA CUSTARÁ R$ 2,2 MI Wellington Rocha

José Aldenir

CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

A Escola Estadual Atheneu Norte-Riograndense receberá um investimento de R$ 2,2 milhões para recuperação completa da estrutura física. A escola mais tradicional de Natal, por onde passou as maiores autoridades do Estado, já carecia de reforma há muitos anos, devido nunca ter passado por uma intervenção. Em coletiva de imprensa realizada na manhã de hoje, a governadora Rosalba Ciarlini, na companhia da secretária de Estado da Educação, Betânia Ramalho, anunciou que a ordem de serviço será assinada no mês de outubro. "Dentro de um mês estaremos assinando a ordem de serviço, de modo a concretizar um sonho antigo de muitos que fizeram história no Rio Grande do Norte. Mais do que merecida, essa é uma reforma necessária para melhorar a estrutura física do prédio, que é muito antigo", avaliou a Rosalba Ciarlini. "Esse é o resultado da persistência do nosso governo, que vem lutando para recuperar tanto tempo perdido", disse. A licitação da reforma foi encerrada na última quarta-feira (19), faltando apenas o relatório final do processo e assinatura da ordem. "O Atheneu receberá uma estrutura mais adequada e moderna, sem perder sua arquitetura original", afirmou a governadora. As obras de recuperação do Atheneu incluirão a reforma completa da estrutura, contando com renovação da rede elétrica e da

Durante coletiva, Rosalba Ciarlini e a secretária Betânia Ramalho falaram sobre a reforma completa da estrutura do prédio, que incluirá substituição das redes elétrica e hidráulica, além da reforma do ginásio Sívio Pedroza tubulação hidrosanitária, que ainda é de ferro e será substituída por tubos de PVC. Também está incluída a reforma do ginásio de esportes e a construção, no pátio interno, de um recreio coberto, com cozinha e área para refeitório. Segundo Betânia Ramalho, a Secretaria de Educação tem acompanhado de perto os processos que irão garantir a recuperação do Atheneu. "Ao mesmo tempo em que estávamos elaborando os projetos de reforma e ultrapas-

sando as barreiras burocráticas para uma recuperação tão complexa como essa, por se tratar de um prédio tombado, estivemos trabalhando fortemente para melhorar um ponto essencial da escola, que é a parte pedagógica. Agora vem o próximo passo, que é a reestruturação física", disse. Aproximadamente mil estudantes estão matriculados no Atheneu atualmente. Todos cursam o Ensino Médio Inovador, um modelo diferenciado de Ensino Médio, que garante mais recur-

sos para o caixa da escola. "A recuperação física será muito positiva, mas eu sempre gosto de falar que a principal reforma do Atheneu nós já estamos fazendo há algum tempo, que é a reforma pedagógica. O quadro de professores está completo desde o início do ano, os quais estão contribuindo com uma mudança no projeto pedagógico da escola", afirmou. A reforma do Atheneu deverá ser realizada em um período de seis meses, estando finalizada no primeiro semestre de 2014.

Durante a administração do atual governo, 215 escolas da rede estadual de ensino já receberam obras de recuperação. Dessas, 153 receberam até R$ 100 mil em recursos para recuperação hidráulica e/ou elétrica, pintura e pequenos e médios reparos. Outras 30 unidades tiveram aporte de recursos da faixa de R$ 100 mil a R$ 500 mil, cada, para recuperação mais abrangente e 32 unidades precisaram ser praticamente reconstruídas, com investimentos entre R$ 500 mil a R$ 2,5 milhões.

GOVERNO ANUNCIA CONSTRUÇÃO DE 53 GINÁSIOS POLIESPORTIVOS Durante a coletiva de imprensa, o Governo do Estado anunciou que escolas estaduais de 23 municípios receberão ginásios poliesportivos. Ao todo serão 53 ginásios, construídos em unidades de ensino que não possuem espaço adequado para prática de atividade física. O investimento será de aproximadamente R$ 22 milhões, com recursos provenientes do Governo do Estado, em parceria com o Ministério da Educação (MEC).

> PROART

Governo se reúne com artesãos para discutir calendário de eventos para Copa do Mundo Durante a manhã desta segundafeira (23), um grupo com cerca de 150 artesãos se reuniu com a secretária do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), Shirley Targino, e a coordenadora do Programa de Artesanato Potiguar (Proart), Elaine Morgado, a fim de promover um diálogo para a montagem do calendário de atividades para 2014. Um dos importantes temas discutidos foram as ações que serão realizadas durante a Copa do Mundo de Futebol. A abertura do encontro foi feita pela governadora Rosalba Ciarlini, que destacou a importância de iniciativas voltadas para a melhora na prestação de serviços aos profissionais da arte. Ela ressaltou que as obras da biblioteca Câmara Cascudo estão em andamento e no local deverá ter um espaço para a exposição de artesanato, em uma área denominada Café Cultural. Para a secretária Shirley Targino, que está à frente da pasta há menos de um mês, este encontro tem sua importância revelada através da oportunidade gerada entre as partes interessadas e com deveres e talento para atuarem no meio. "Estamos esperando sair daqui com ideias e procuramos envolver mais

Heracles Dantas

o artesão, gerando mais oportunidades para que ele cresça mais e venda seu produto", destacou a secretária. Os artesãos destacaram a importância de eventos, tanto locais como também nacionais para que o fruto do trabalho de cada um seja finalmente exposto para a população. O profissional do artesanato, Gilson Firmino Miguel, destacou que a principal dificuldade encontrada pela categoria está na comercialização. "Acredito que devem existir mais feiras e o que esperamos é que sejam realizadas novas feiras e mais eventos para mostrar o nosso trabalho", concluiu. O artesão analisa com expectativa a abertura deste canal para que as melhorias possam acontecer e os anseios da classe sejam atendidos. "Através deste espaço podemos mostrar o que interessa para cada artesão", afirmou Gilson Firmino. NOVO COMANDO O evento também marcou a apresentação de Elaine Morgado como coordenadora do Proart. Ela destacou que o grande evento, a Copa do Mundo, que se aproxima deverá ser um marco para o artesanato potiguar. Além da programação

Encontro realizado esta manhã contou com a presença da governadora Rosalba e da nova secretária da Sethas, Shirley Targino para este grande evento, o calendário para 2014 também será definido juntamente com os artistas. O cronograma de feiras para 2013 ainda não acabou, porém o do ano seguinte já está sendo pensado com eventos locais e realizados em

outras regiões. Ainda no solo do RN, duas últimas oportunidades serão a Feira do Comércio e Empreendimentos da Zona Norte (Fecern) entre os dias 27 deste mês até seis de outubro e, por fim, a Festa do Boi que acontece entre os dias 12 e 19 de ou-

tubro. Para abrir 2014, está programada mais uma edição da Feira Internacional e Artesanato (Fiart), que acontecerá no Centro de Convenções. Entretanto, para os próximos meses ainda acontecem debates ba-

seados no aumento da quantidade de recursos que serão dispostos pelo Estado, estimado em R$ 1,2 milhão, e os que virão por meio do Governo Federal. Quanto a este último, o valor ainda não definido, porém acredita-se que o valor girará na casa dos R$ 3 milhões. Durante o período de realização da Copa do Mundo, o Ministério do Turismo espera levar para cada uma das cidades-sede, cerca de 100 estandes para a exposição do trabalho nacional. Este espaço será dividido com as obra oriundas de todos os 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal. Porém, a maior parte dos estantes será destinada para a obra potiguar. "Os artesãos serão os nossos recepcionistas durante a Copa", ressaltou a representante do Proart. Entretanto, ainda não existe um local definido para a realização deste evento. Para selecionar o expositor durante a copa, o curador Marcílio de Souza, fará a análise das obras selecionando os artesãos. O cadastramento dos artistas é outra frente de atuação, hoje em todos os estados estão listados 7 mil artesãos, entretanto espera-se chegar ao número de 10 mil profissionais após o levantamento.

> “COMPENSAÇÃO POR DANOS DO CARNATAL”

Para MP, Destaque deve castrar os gatos de rua de Natal Os 22 anos de realização do Carnatal, maior micareta do Brasil, causaram diversos danos ambientais na visão da Promotora de Justiça de Defesa do Meio Ambiente, Rossana Sudário. Segundo ela, é necessário que a degradação ambiental causada em detrimento do evento seja, de alguma maneira, recompensada. Sem apresentar um valor liquidado a cerca dos danos causados, a promotora vem tentando discutir com a empresa responsável pelo evento, a Destaque Promoções, um meio de conciliação. Para ela, uma das formas da empresa compensar os danos seria contribuindo com a castração de gatos de rua.

Apesar de soar estranho, a proposta levantada pela Promotora do Meio Ambiente visa garantir que os prejuízos causados possam ser compensados em algum benefício para a população. De acordo com ela, um dos maiores problemas da promotoria e de órgãos públicos relacionais à saúde e meio ambiente se dá na extinção dos gatos de rua, transmissores de doenças. "A minha proposta é de conciliação. São muitos anos do evento que geram conseqüências ao meio ambiente. Como não se trata de um processo, não tenho como mensurar o valor desse prejuízo, mas posso sugerir uma compensa-

ção. E é isso que estou tentando negociar", afirmou a promotora. "Nós temos muita dificuldade em resolver os problemas dos animais. Acredito que essa seja uma ótima maneira da Destaque compensar os prejuízos", destacou. O município de Natal não possui hospital público para animais. Sob esse argumento, a promotora Rossana Sudário propôs que a empresa venha a ceder uma de suas propriedades para construção de um hospital. Essa proposta foi apresentada durante audiência de conciliação realizada na manhã de hoje, no Ministério Público. "O representante da Destaque alegou que está passando por crise finan-

ceira, mas sabemos que eles têm propriedades que podem nos ajudar. Porém, nada ficou definido", disse Rossana. Outra audiência de conciliação entre a promotora e a Destaque Promoções foi agendada para o dia 22 de outubro, oportunidade em que a empresa deverá apresentar uma contraproposta. "A Destaque quer contribuir, mas também não reconhece que deve algo. Essa proposta foi um tanto inesperada para nós, mas ainda iremos avaliar melhor. Veremos o que poderá ser apresentado na próxima audiência", declarou Francisco Canindé Alves, advogado da Destaque.

Wellington Rocha

Para promotora, danos ambientais causados pelo Carnatal precisam ser compensados


Economia

Segunda-feira

Natal, 23 de setembro de 2013

O Jornal de HOJE 7

Fotos: Heracles Dantas

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

administracao@jornaldehoje.com.br

Empresas se unem para lançamento de condomínio inteligente no bairro do Tirol n A Construtora e Incorporadora Estrutural, em parceria com a Sael/Mini/BMW, Quinta de São Sebastião e Adega São Cristóvão, está preparando o evento de lançamento em Natal - nesta quartafeira, às 19:00 horas - do edifício residencial "Koster 1029", a ser construído no bairro do Tirol, de frente para o Parque das Dunas. n Trata-se de um prédio com design avprojetado pelo arquiteto Luciano Barros (do escritório Abreu e Barros) que utilizará as tecnologias digitais mais atualizadas para garantir a segurança, o conforto e o lazer dos condôminos. n Segundo informa o engenheiro Marino Almeida, da equipe da Estrutural, a festa para apresentação do empreendimento será na loja da Sael (Avenida Prudente de Morais, 3966). Diretor da Highstil, Ron Horovitz, participa de inauguração de franquia n O diretor da rede de franquia Highstil, Ron Horovitz, desembarcará ainda hoje em Natal para prestigiar a inauguração da primeira loja da marca no Rio Grande do Norte, que acontecerá amanhã, às 18:00 horas, no Natal Shopping Center. n Fundada em 1969, a rede paulistana está hoje presente em todo o Brasil por meio das 2.500 multimarcas de confecções masculinas e femininas que revende e, agora, com lojas em regime de franquia. Sua franqueada em Natal é a empresária Isabella Vale. n No conceito de Ron Horovits, sua empresa deve se preocupar em atender o consumidor por completo. Por isso, as lojas Highstil oferecem todos os artigos para o guarda-roupa masculino, da meia ao boné, passando pelas camisas clássicas até o paletó. n A Highstil se constitui num forte grupo empresarial que atua em toda a cadeia produtiva do setor têxtil, desde a produção do algodão até a fiação, tecelagem, tinturaria e confecção. Potiguar reeleito para presidir a CNPA pelos próximos três anos n O líder sindical norte-riograndense Abraão Lincoln Ferreira da Cruz foi eleito sábado último, em Brasília, por aclamação, para um terceiro mandato de 3 anos à frente da Confederação Nacional de Pescadores e Aquicultores (CNPA), entidade máxima dos trabalhadores da pesca no país. n Cerca de 200 representantes sindicais da pesca brasileira participaram da Assembleia Geral Eleitoral, no auditório do Hotel Saint Paul, quando asseguraram apoio à chapa única encabeçada por Abraão. n O presidente reeleito afirma que importantes conquistas

Para o STJ, impostos entram no cálculo de comissão de vendedor n Ao julgar ação movida contra a indústria de tintas Sherwin Williams do Brasil por um dos seus representantes comerciais, a 3ª. Turma do Superior Tribunal de Justiça decidiu que a base de cálculo das comissões pagas pela empresa ao vendedor deve levar em conta o valor final da Nota Fiscal emitida, incluindo o que foi (ou vier a ser) recolhido de impostos à União, estados ou municípios. n Segundo alegou a empresa em sua defesa, o valor total das mercadorias vendidas pelo representante comercial deveria ser entendido como o valor líquido, ou seja, descontados os tributos, já que sobre eles não há geração de lucro. n Para a ministra Nancy Andrighi, que relatou o processo do STJ, a questão fiscal não é tão simples. No Brasil, diferentemente de outros países onde o imposto é exigido posteriormente à operação de compra e venda de maneira destacada do preço, o valor de tributos indiretos está embutido no preço total, compondo assim o próprio preço do produto. n Além disso, sustentou a ministra, "a lei não faz distinção, para os fins de cálculo da comissão do representante, entre o preço líquido da mercadoria (excluídos os tributos) e aquele pelo qual a mercadoria é efetivamente vendida e que consta na nota fiscal". Assim, para ela a comissão deve incidir sobre o preço pelo qual a mercadoria é vendida, já que não é possível fazer distinção de ordem tributária para alcançar um preço total. n No entendimento da magistrada, seguido pelos demais membros da 3ª. Turma do STJ, "permitir a exclusão dos impostos da base de cálculo seria contrário à Lei 4.886/1965, que regula a atividade dos representantes comerciais autônomos. A lei veda o desconto de vários custos incluídos no valor da fatura, como despesas financeiras, frete, embalagem e o próprio imposto. Desse modo, o preço constante na nota fiscal é o que melhor reflete o resultado financeiro obtido pelas partes e nele deve ser baseado o cálculo da comissão".

para os pescadores e aquicultores foram consolidadas nos seus dois primeiros mandatos, com destaque para o direito assegurado aos benefícios da Previdência Social e o acesso das colônias de pesca às cartas sindicais. Acertados grandes shows musicais da Festa do Boi n As principais estrelas da programação musical da Festa do Boi 2013 - maior exposição agropecuária do RN - já estão confirmadas: as bandas "Chiclete com Banana", "Garota Safada" e "Limão com Mel", além da dupla sertaneja "Bruno e Marrone". Complementarão a agenda os cantores Gabriel Diniz, Silvanno Salles e Geraldinho Lins, e as bandas "Arreio de Ouro", "Farra de Rico", "Grafith", "Encantus", "Mastruz com Leite" e "Magníficos". n As apresentações serão realizadas entre os dias 11 e 20 de outubro na Arena de Shows do Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, com expectativa de atração de um público recorde. n O domingo (dia 20) será dedicado às crianças com a apre-

sentação do show "Volta ao Mundo", com os palhaços "Patati e Patatá", já assistido por mais de meio milhão de pessoas em todo o Brasil. "The Guardian" entrevista presidente do Natal CVB n O diretor-presidente executivo da fundação Natal Convention & Visitors Bureau (Natal CVB), George Costa, concedeu no último final de semana entrevista aos repórteres Aarti Waghela e Nicolas Danaux, do jornal britânico "The Guardian". n Os jornalistas vieram à cidade para realizar uma série de entrevistas com autoridades e líderes empresariais, tendo em vista o fato de Natal vir a ser uma das subsedes da Copa do Mundo de 2014. n O presidente do Natal CVB falou sobre o papel da entidade que dirige no setor de turismo na cidade, abordando ainda os diferenciais do Rio Grande do Norte como destino turístico de eventos e de lazer. n A reportagem do "The Guardian" sobre Natal circulará num suplemento especial que o jornal publicará em janeiro próximo sobre o Brasil.

Seis municípios não aparecem para receber seus carros-pipa GOVERNO FEDERAL

FEZ DOAÇÕES PARA

18

PREFEITURAS

MARCELO HOLLANDA HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COM

Os prefeitos de seis dos 18 municípios potiguares escolhidos para receber nesta segunda-feira a doação de um caminhão-pipa novinho, cada um no valor de R$ 250 mil, simplesmente não apareceram e nem mandaram representantes. Eles foram os primeiros dos 149 municípios em estado de emergência a receber a doação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), do Governo Federal, como forma de minimizar os efeitos da seca. Outros carros só chegarão em novembro. Reservado pelo cerimonial da governadora Rosalba Ciarlini para ser um dos eventos mais importantes do dia da agenda oficial, a doação dos caminhões-pipa (um investimento de R$ 4,5 milhões do Ministério do Desenvolvimento Agrário para o RN) mereceu bem mais a atenção de Rosalba do que a reunião marcada para o mesmo horário na Escola de Governo. No encontro promovido pela Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (SETHAS) para planejar o calendário dos artesãos para 2014, a chefe do Executivo não passou nem 14 minutos. Logo ela chegou à outra reunião, esta bem menos concorrida, mas considerada mais importante do ponto de vista institucional para o governo - numa manhã em que a agenda da governadora nem foi distribuída aos veículos de comunicação. Pouco antes de sua chegada de Rosalba à Escola de Governo, por volta das 9h15, uma funcionária do cerimonial procurou o delegado do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA) no RN, Raimundo Costa, preocupada com a falta de pessoas à cerimônia de entrega dos carros-pipa. "Estou achando muito pouca gente", comentou para Raimundo Costa. "É lasca, você liga para todos os prefeitos, um por um, e nem assim fica tranqüilo se vão aparecer", disse o delegado do MDA. E entre os municípios que não apareceram para pegar seu caminhão-pipa estavam Grossos, Guamaré, Ipanguaçu, Itaú, João Câmara e Jucurutu. Boa Saúde, que não fazia parte da lista original de beneficiados, acabou incluída na última hora. A ausência desses municípios motivou um comentário do chefe da Defesa Civil, tenente coronel Josenildo Aciolly: "Eles (os prefeitos) não devem estar muito precisados", ironizou. Mais de 70 mil moradores da zona rural, entre eles cerca de oito mil famílias de agricultores, devem ser atingidos pelo programa de paliativos do Governo Federal. A própria Rosalba, em várias oportunidades, afirmou considerar a presença de carros-pipa uma "vergonha" para o Estado - sinal de que não existem obras estruturantes capazes de resolver definitivamente o secular quadro da seca no Nordeste. Em 80 municípios do Rio Grande do Norte, segundo a Emparn, choveu menos de 300 milímetros este ano. "Por causa disso, boa parte deles serão beneficiados com os caminhões-pipa", justificou o delegado do MDA. Raimundo Costa lembrou dados do IBGE, segundo os quais das 476 mil pessoas a serem atin-

Delegado do MDA, Raimundo Costa, lamenta a falta de interesse dos prefeitos

Prefeito de Boa Saúde, Paulo de Souza, recebe as chaves do caminhão-pipa gidas com esses equipamentos, 76 mil são agricultores familiares. Depois de receber retroescavadeiras e motoniveladoras, municípios potiguares voltaram a fazer parte da segunda etapa do Plano de Aceleração do Crescimento. Desde 2012, o RN já recebeu 446 equipamentos, entre eles 163 retroescavadeiras, 149 motoescavadeiras e agora os caminhões-pipa. O Comitê Integrado de Combate à Seca, criado em maio de 2012, ainda coordena a entregas de cisternas, perfuração e equipagem de poços, construção de barragens entre outras iniciativas. Dentre as ações previstas ainda estão a assinatura do termo de cooperação técnica com Associação dos Municípios do Seridó Oriental (AMSO) e a Associação dos Municípios do Seridó (MAS) voltadas para 23 prefeituras da Região, 14 associadas à AMSO e nove à AMS. Cada cidade receberá cinco 5 poços, num total de 115 e ação ainda segue em execução. A governadora Rosalba Ciarlini, mais uma vez, mencionou superficialmente as obras de construção da Barragem de Oiticica, cujo início vem sendo adiado sistematicamente desde junho, mas que agora deverá sair, atingindo diretamente 350 mil habitantes em 17 municípios do estado. Com capacidade para 560 milhões de metros cúbicos e abastecendo a população dos municípios do Seridó, Vale do Açu e região Central do Rio Grande do Norte, a barragem é um antigo sonho dessas populações há décadas. Sem qualquer tipo de monitoramento ou preocupação do Governo do Estado em criar um pai-

nel evolutivo das obras no Estado como forma de informar melhor a opinião pública, os recursos de emergência do PAC-Seca financiam também a recuperação de 17 dessalinizadores na região Seridó. Pelo Programa Água Doce, do Governo Federal, estão sendo investidos R$ 11 milhões, com contrapartida de R$ 1,1 milhão do Governo do Estado para 68 comunidades de diversos municípios do Estado (inclusive região Seridó), com a recuperação de dessalinizadores. Só não se sabe os números parciais dessas obras. Outras iniciativas foram os convênios assinados entre o Ministério da Integração e o Governo do Estado, através da Semarh, com R$ 26 milhões para obras de infraestrutura hídrica. Esta ação está dentro do "Água para Todos", programa do Governo Federal voltado para o semiárido nordestino e um dos âncoras do plano de erradicação da miséria. Pelos convênios, R$ 23 milhões seriam destinados à implantação de sistemas simplificados de abastecimento d'água em comunidades e aglomerados rurais e R$ 3 milhões para a construção de barreiros. E, finalmente, foram retomadas as obras da adutora Parelhas/Carnaúba dos Dantas, um investimento de R$ 10 milhões. Outra medida anunciada foi a retomada da obra da adutora de Laginhas, em Caicó, que beneficiará 600 pessoas e terá investimento de R$ 730 mil. Também em Caicó foi retomada a obra da adutora de Barra da Espingarda que beneficiará 400 pessoas e o investimento é de R$ 1,1 milhão do Orçamento Geral do Estado.


8 O Jornal de HOJE

Natal, 23 de setembro de 2013

Segunda-feira

CMYK


Cidade

Segunda-feira

Trinta baleias encalham em praia de Areia Branca e sete morrem

Natal, 23 de setembro de 2013

O Jornal de HOJE 9

Fotos: Cedidas/Projeto Cetáceos da Costa Branca

ENCALHE DOS MAMÍFEROS, QUE ACONTECEU NA MADRUGADA DE ONTEM (22) NO LITORAL POTIGUAR, É O MAIOR DO BRASIL ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

Os moradores da praia de Upanema, no município de Areia Branca, distante 330 quilômetros de Natal, foram surpreendidos na manhã deste domingo (22) com 30 baleias encalhadas nos bancos de areia da praia. Inicialmente, cinco foram encontradas mortas e das 25 que foram devolvidas ao mar com vida, duas foram encontradas mortas horas depois, totalizando sete baleias mortas. Esse é maior encalhe de baleias registradas no litoral brasileiro. Técnicos do Projeto Cetáceos da Costa Branca, que realizam o monitoramento ambiental da área, apontam que os mamíferos pertencentes à espécie Falsa Orca (Pseudorca crassidens) mediam de três a seis metros. Em 2011, uma baleia Jubarte ficou encalhada na mesma região e conseguiu ser reintroduzida ao mar com sucesso. Os biólogos do Projeto fizeram o salvamento dos animais que encalharam em uma área que possui muitas pedras, e tentaram encaminhar vários para águas profundas. Os animais mortos foram recolhidos para necropsia no laboratório de monitoramento ambiental localizado na sede do Projeto Cetáceos Costa Branca, onde será identificada a possível causa da

que não há registros de um encalhe coletivo nessas proporções no Brasil. "Há muitos encalhes de baleias no litoral brasileiro, mas não me recordo de algo nessa quantidade. Em 1991, 19 baleias encalharam em São Miguel do Gostoso, também no litoral potiguar. Mas um encalhe coletivo com 30 animais é a primeira vez que ouço falar no nosso país". A presença desta espécie ocorre em regiões tropicais e temperadas de todos os oceanos, embora também possa ser encontrada próxima à costa e em águas frias. Em geral, forma grupos de 10 a 50 indivíduos de ambos os sexos e todas as classes de idade, embora grupos com centenas de animais já tenham sido observados. No Brasil, existem registros no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia e Paraíba. Até então, não havia registro da presença da espécie no litoral do Rio Grande do Norte. Existe um registro de encalhe em massa de 14 falsas orcas, sendo oito machos e seis fêmeas, no Rio Grande do Sul em junho de 1995. Ainda não foram identificadas as causas do encalhamento. O coordenador do projeto Cetáceo da Costa Branca, Flávio José Lima, explicou que trabalha com duas hipóteses. A primeira, mais forte, está associada com alguma

praias de Caiçara do Norte a Icapuí, no Ceará. De 20 em 20 dias, de Icapuí até a praia de Aquiraz, ambas no Ceará. O projeto é uma parceria entre a Fundação Guimarães Duque, Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN) e Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Segundo técnicos que realizam o monitoramento ambiental da área, mamíferos da espécie Falsa Orca mediam de 3m a 6m

‘ ’ “Em 1991, 19 baleias encalharam em São Miguel do Gostoso, também no litoral potiguar. Mas um encalhe coletivo com 30 animais é a primeira vez que ouço falar no nosso país” FLÁVIO SILVA COORDENADOR DO PROJETO CETÁCEOS DA COSTA BRANCA

morte dos mamíferos. O professor Flávio Lima, coordenador do Projeto, disse que foi coletada amostra de material biológico para os exames de sangue, toxicológico e bacteriano, além da análise de tecido do corpo do animal. Os resultados dos exames devem sair de dois dias, os mais simples, até 90 dias, prazo final para concluir a análise da causa morte das baleias. O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a Polícia Ambiental de Mossoró e a Capitania dos Portos foram acionados para ajudar no salvamento. O coordenador do Projeto, Flávio Lima, disse que o sétimo animal encontrado morto apresentava marcas de predação, semelhante a ferimentos como sendo de mordidas de tubarão. O professor descartou o risco de tubarão na região, pois esta espécie de mamíferos ocorre em águas profundas, com profundeza acima de 200 metros de profundidade, distante da costa marítima. Por isso, é provável que o animal tenha sido ferido em alto mar. "Sem dúvida, este foi um dos maiores encalhes de baleias do Brasil", afirmou. O biólogo Flávio Silva disse

doença do líder do grupo, que se desorientou e levou o grupo até a praia de Upanema, que tem um banco d'água raso. "Essa espécie forma grandes grupos coesos e sempre acompanham os líderes mais velhos e ao acompanhar o líder, que possivelmente estariam doentes, eles mudaram a rota e se perderam", afirmou. A segunda hipótese apresentada pelo coordenador do Projeto é que, independente de estar doente, devido ao relevo do fundo da Costa Branca, encontraram os bancos de areia, se desorientaram, e encalharam na área rasa da praia de Upanema. "A plataforma continental entra muito para o mar e a geologia da região pode ter sido a causa do encalhamento coletivo", explicou o professor Flávio Lima. O projeto Cetáceo da Costa Branca completa 15 anos de atuação no mês de outubro no trabalho de monitoramento das praias atendendo os encalhes de baleias, golfinhos, peixes-boi, tartarugas e aves marinhas. Desde 2009, o projeto intensificou as atividades e faz o monitoramento de uma área de mais de 400 quilômetros. Diariamente, eles fazem o monitoramento do trecho que compreende as

Biólogos fizeram o salvamento dos animais que encalharam em uma área com pedras

CMYK


Cidade

Natal, 23 de setembro de 2013

10 O Jornal de HOJE

Segunda-feira Fotos: Polícia Civil Paraíba

Peruano Walner Ramirez Campos era o líder do bando e foi detido em Fortaleza junto com a esposa, a brasileira Raquel Vieira, também integrante da quadrilha

Quadrilha de tráfico internacional de drogas com ramificação no RN é desarticulada ENTORPECENTES

VINHAM DA

ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Uma ação conjunta entre as polícias civil e militar da Paraíba desarticulou uma quadrilha de traficantes internacional de drogas que atuava no Rio Grande do Norte e em outros oito estados brasileiros onde o grupo tinha ramificações. Ao total, 14 pessoas foram pressas e 22 indiciadas até este final de semana, incluindo o líder do bando, o peruano Walmer Ramirez Campos, detido em Fortaleza. Os entorpecentes vinham da Bolívia e encaminhados

BOLÍVIA

para o Ceará, de onde era distribuído para os demais estados. Segundo o delegado Cristiano Jacques, a quadrilha mantinha contato com vários traficantes que estão cumprindo penas em penitenciárias de vários estados e as investigações começaram em julho passado, quando três pessoas foram presas em flagrantes no município de Patos, no sertão paraibano, com dois quilos de maconha prensada. "Após a prisão dos suspeitos, iniciamos um trabalho investigativo que resultou na prisão de outros traficantes, e também investigamos

PARA O

CE

E ERAM DISTRIBUÍDOS EM

inclusive pessoas presas, como é o caso de um apenado do Presídio Regional de Patos, na Paraíba, condenado a 14 anos de reclusão por tráfico, associação e formação de quadrilha. Com isso, chegamos à rota de entrada da droga no Brasil, bem como a sua distribuição para os demais estados", explicou o delegado. Conforme as investigações, os entorpecentes (crack, cocaína e maconha) vinham da Bolívia e entrava no Brasil através dos estados do Acre e Mato Grosso, nas regiões Norte e Centro-Oeste do país. Des-

9

tes, o material era levado para o município de Fortaleza, no Ceará, onde era distribuída para o Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Maranhão, Piauí, São Paulo, Amazonas e Acre. "Além destes, a droga também era enviada para os países do Peru e Espanha, o que demonstra o caráter internacional da distribuição dos entorpecentes. A rede criminosa era muito complexa e os traficantes-compradores faziam o pagamento através de depósitos bancários em contas indicadas pelo líder da quadrilha ou ainda pela

ESTADOS.

14

PESSOAS FORAM PRESAS

chefia ou pessoa indicada por este, que, em muitos casos, era a esposa de Walmer, a brasileira Raquel Vieira de Lima", afirmou o delegado. Walmer, também conhecido pelos apelidos de "Tony" e "Gringo", usava o nome falso de Marco Antonio Chavarry Trujillo e foi já havia sido detido anteriormente pela Polícia Federal quando transportava cocaína vinda do exterior, no aeroporto de Fortaleza. No último sábado, ele e sua esposa foram presos em flagrante por policiais civis e militares da Paraíba e do Ceará, du-

> ZONA NORTE

Adolescente de16 anos é apreendido acusado de executar rival no Vale Dourado Mais um adolescente foi apreendido em Natal acusado de ter cometido um assassinato neste final de semana. Desta vez, o crime aconteceu na tarde deste último domingo (22), quando um jovem de 19 anos foi executado com dois disparos de revólver calibre 38, após uma briga com o rapaz de 16 anos, que o ameaçou de morte, no Vale Dourado, zona Norte de Natal. A última apreensão de adolescentes envolvidos em homicídios foi há dez dias, quando dois jovens mataram um auxiliar de serviços gerais no bairro Cidade da Esperança. Conforme o oficial de operações do 4º Batalhão da Polícia Militar, o acusado foi reconhecido por testemunhas do crime, que o denunciaram logo após a remoção do cadáver da vítima, identificado como Alysson Silva de Andrade. Ele foi detido com a arma usada no crime, escondido em uma residência no mesmo bairro. No local, outras duas pessoas estavam com ele no imóvel. O adolescente de 16 anos não

Portal BO/DIvulgação

Jovem de 19 anos foi executado com dois disparos de revólver calibre 38, no tórax e cabeça, após briga com menor confessou o crime, mas testemunhas disseram aos policiais militares que ele e a vítima tinham se estranhado nos últimos dias, quando chegaram a se agredir fisicamente. Depois disso, o acusado ameaçou Alysson, que não acreditou que ele pudesse

cumprir a promessa. No entanto, ontem à tarde, o rapaz passou pela vítima, que caminhava com um parente pela Travessa da Paz, e efetuou os disparos. Atingido no tórax e na cabeça, ele morreu no local. Ainda no domingo, o corpo do

fazendeiro José Gomes Neto, de 56 anos, foi localizado entre os municípios de São José do Campestre e Senador Elói de Souza, no agreste potiguar. A vítima estava desaparecida desde o dia anterior, quando foi levada à força por cinco homens

armados que chegaram à sua residência no final da noite de sábado se passando por policias. Logo após o desaparecimento de José Gomes, os próprios familiares dele comunicaram o fato à polícia e ajudaram nas buscas, que só foram encerradas após o encontro do corpo da vítima, que foi morta com mais de dez disparos de pistola calibre 380. Para a Polícia Militar, o motivo da execução pode estar relacionado à disputa por terras na região. O caso foi encaminhado para a Polícia Civil. Já na madrugada de hoje, um adolescente de 17 anos foi encontrado morto com vários tiros no loteamento Alto da Torre, no bairro da Redinha, zona Norte de Natal. Conforme o 4º BPM, o crime não teve testemunhas, o que dificultou as diligências em busca dos possíveis assassinos. O cadáver da vítima foi encaminhado para o Instituto Técnico Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (Itep/RN), na Ribeira.

rante a Operação "Prefixo", em um imóvel no bairro Henrique Jorge, na capital cearense. A Polícia Civil da Paraíba vai investigar ainda a quantidade da movimentação financeira da quadrilha internacional, já que os valores cobrados pelo quilo das drogas chegavam a R$ 16 mil, como no caso da cocaína. Os responsáveis pelas investigações devem enviar ainda nesta semana as informações relacionadas aos integrantes da quadrilha que atuam no Rio Grande do Norte, para que eles sejam localizados e presos.

Duas mulheres são executadas neste sábado em Natal Entre as 14 mortes registradas neste final de semana, duas vítimas foram mulheres, mortas a tiros nos bairros Bom Pastor e Quintas, na zona Oeste da Capital, no último sábado (21). A primeira a ser atacada foi uma adolescente de 17 anos, surpreendida por dois homens em uma motocicleta quando conversava com amigos em frente a sua residência, na Rua Presidente Mascarenhas.Conforme relatos de testemunhas aos policiais militares, a jovem foi atingida por três disparos de arma de fogo na cabeça, tórax e um na mão, ao tentar se proteger, mas não resistiu e morreu no local. A segunda vítima foi identificada como Micarla Soares Ribeiro, de 34 anos, também atacada na porta de casa. A execução aconteceu já no final da noite de sábado, no momento em que a vítima trabalhava vendendo espetinhos. Nos dois casos, a Polícia ainda não tem suspeitas de quem pode ter cometido os crimes.

> PLANO PALUMBO

Quadrilha faz arrastão em restaurante do bairro de Petrópolis Clientes de um restaurante no bairro de Petrópolis, zona Leste de Natal, passaram momentos de desespero ao sofrerem um arrastão durante a madrugada deste último

domingo (22). Fortemente armados, quatro homens invadiram o local e depois de alguns minutos, fugiram levando pertences pessoais dos consumidores e funcionários.

Até o momento, nenhum deles foi identificado ou detido. De acordo com informações da Polícia Militar, os ladrões chegaram em duas motocicletas de

placas não identificadas e armados, renderam os vigilantes do estabelecimento. Enquanto um deles ficava do lado externo, para evitar uma possível reação de fuga das ví-

timas, os demais recolhiam os objetos de valor. Após a fuga dos bandidos, a Polícia Militar foi acionada, mas, conforme relatos das vítimas, as Wellington Rocha

guarnições teriam demorado cerca de 30 minutos para chegar até o local. Os militares realizaram rondas por toda a região, mas não conseguiram identificar ou localizar nenhum dos quatro ladrões que participaram do arrastão. Nos últimos meses, os moradores e comerciantes do bairro relataram a ocorrência de vários assaltos a mão armada, principalmente no entorno das avenidas Afonso Pena e Potengi, onde há pontos fixos e móveis de policiamento ostensivo desde o início do ano. Apesar disso, quem circula pela região não se sente protegido. Entre os estabelecimentos atacados pelos criminosos na região estão lojas do shopping CCAB Norte, padarias, casas lotéricas e até clínicas médicas.


Cidade

Segunda-feira

Natal, 23 de setembro de 2013

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

Madrid festeja seu mito O principal assunto na mídia e nas rodas esportivas de toda a Espanha, nessa segunda-feira, é o aniversário de 60 anos da chegada de Alfredo Di Stefano ao Real Madrid, em 23 de setembro de 1953, vindo de uma breve e conturbada passagem pelo arquirrival do time blanco, o Barcelona. O clube catalão já contava com um gênio da bola em suas fileiras, o húngaro Laszlo Kubala, cujo talento era tamanho que o Barça decidiu construir um novo estádio, o Camp Nou, em substituição ao pequeno Les Corts, que já não cabia seu imenso futebol. Di Stefano e Kubala jogaram algumas partidas juntos pelo Barcelona, provocando êxtase na torcida da Catalunha. Chegaram a repetir o feito nas eliminatórias da Copa 1958 pela seleção espanhola, que ficou fora do evento na Suécia por causa de um empate em casa com a Suíça. A chegada de Di Stefano no Barcelona atiçou a ciumeira do Real Madrid, que já vinha de olho no craque desde que sua fama no poderoso River Plate estourou na Europa e depois, ao vê-lo ao vivo, numa turnê do Milionários, da Colômbia, que o comprou em 1949. Por intermédio da força política da Espanha franquista o passe do argentino virou uma disputa salomônica entre Real Madrid e Barcelona, numa luta renhida de bastidores, com direito a todas as jogadas sujas que só a política consegue estabelecer. E então lá se foi Di Stefano para o clube merengue fazer gols, magia e História. O futebol espanhol nunca mais foi a mesmo depois que ele vestiu-se de branco. O Real Madrid, por sua genialidade, conquistaria tudo e se tornaria a maior equipe do século XX, conforme decisão da FIFA. No lançamento do livro "Historias de una Leyenda", o controverso e festejado presidente do Real, Florentino Pérez, repetiu o que toda a Espanha não cansa de afirmar: "Di Stefano foi o melhor de todos os tempos, o grande revolucionário do futebol total". Realmente, quando se vê os registros dos feitos desse velhinho bem humorado que assiste aos jogos do seu time com a alegria de um fanático adolescente, é que se tem a real dimensão do seu virtuosismo. "Foi o primeiro ícone universal do Real", disse Pérez. Qualquer torcedor "blanco" sabe que a história do grande clube espanhol se divide em dois momentos:

Divulgação

antes e depois de Alfredo di Stefano. E muito deve a ele o acúmulo de títulos que contribuíram para sua hegemonia por duas décadas, entre 1953 e 1966. O craque, artilheiro, maestro e ídolo transformou para sempre o Real Madrid, que só depois dele acostumou-se a ser um vencedor, um papa-taças. "A Flecha Loira" impôs uma cultura, uma essência, o orgulho que hoje permeia o vitorioso clube. "Ele nos mostrou o caminho, nos ensinou o estilo e os valores imprescindíveis para erguer a fortaleza que nos acompanha ao largo de toda a nossa história", declarou o presidente Florentino enquanto o mito autografava o livro para o então elenco do time. Cada um dos jogadores que ao longo do tempo passaram pelo Santiago Bernabeu vestindo a alva camisa da casa, sabe assimilar, entre tantos ensinamentos que o clube transmite, o culto em torno da áurea estampa do seu presidente de honra. Di Stefano é figura onipresente na vida do Real Madrid, é sua lenda viva exibida com pompa e orgulho em qualquer cerimônia, desde a contratação de novos atletas aos rituais que antecedem grandes clássicos no belo estádio classificado com 5 estrelas. Seu legado não é um fato para pesquisador, não está restrito aos livros, jornais e vídeos, se estende por todo o espaço físico do clube e se concentra na mente dos torcedores. Madridista que se preza sabe de cor a trajetória e as façanhas de "Don Alfredo". Quando ele lá chegou, em 53, o time não ganhava um título desde o final da Guerra Civil. Sua primeira temporada mudou o destino do Real, que ganhou a liga e iniciou o fantástico ciclo de conquistas, na Espanha, na Europa e no mundo. Para o jornalista espanhol Santiago Segurola, nenhuma outra lenda do futebol tem a generosidade de Di Stefano, um incansável e gentil estimulador dos novos craques. Imune a mesquinhez, não economiza elogios aos que hoje lutam para um dia ser como ele é: inesquecível, genial, imortal. E lá vão 60 anos de reinado na Espanha. (AM)

DOENÇA

AUDIÊNCIA

DE LUIZ PONDÉ

TUDO AZUL

A sociologia, não. Só a patologia pode explicar alguém se tornar esquerdista depois de velho, sem ter experimentado qualquer surto rebelde na juventude. Natal está repleta de quarentões e cinquentões mijando revolução retroativa no mictório do Twitter.

Minha fonte sobre os acessos na blogosfera local é o site norte-americano Alexa.Com, que mede em tempo real a movimentação de internautas nos sites e blogues. Os dados não são estáticos, o que leva alterações de posicionamento entre os mais visitados.

A vida intelectual pública está morta no Brasil, vítima da mania de ver em toda parte "um processo histórico", da Avenida Paulista às ruas de Damasco, o mesmo ridículo "frisson" com "um processo político" em curso, visando a "autonomia popular".

O alemão Sebastian Vettel, com seu macacão azul, e o Cruzeiro de Belô, com sua camisa idem, são as únicas certezas absolutas de êxito em 2013. A temporada de F1 e o Brasileirão Série A já têm seus donos, quem quiser sonhar que planeje 2014.

PT X PSB

FALTAM OS GOLS

A saída do PSB de Eduardo Campos da base aliada de Dilma Rousseff já leva a imprensa nacional a prever disputas regionais entre socialistas e petistas. Talvez a maior delas ocorra no RN, com Wilma e Fátima brigando pela única vaga do Senado.

EDUARDO

O que têm em comum Gareth Bale, Isco, Higuaín, Falcao Garcia, David Villa, Paulinho, Soldado, Tevez, Özil, Kloze, Scocco, Julio Batista? Todos foram contratados há pouco e já marcaram gols oficiais pelos novos clubes. Falta só Neymar fazer o mesmo.

"O Eduardo é conhecido como homem de tirocínio, um homem público que enxerga lá adiante, e não tenho dúvida que ele passa a ter de forma clara agora, de que esse ciclo de governo do PT está se encerrando". Aécio Neves, sobre o governador de PE.

Divulgação

CONDENAÇÃO

Odiado pela esquerdopatia, o tributarista Ives Gandra virou de repente uma referência à reverência dos militontos do PT e PCdoB, após defender o meliante Zé Dirceu. O doutor IG bem que poderia perguntar como Micarla foi catapultada da prefeitura.

E AS PROVAS?

Vai fazer um ano que o MP-RN pediu e a Justiça atendeu, expulsando a prefeita Micarla de Sousa da função que assumiu pelo voto direto. Vai fazer um ano que se espera pelas provas prometidas pelo MP. Se a ex-prefeita fosse de esquerda a história era outra.

O PASTOR POP

A ira santa dos militantes gays contra Marco Feliciano (PSC) fez do presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara um provável campeão de votos em 2014. Sabedor disso, o PMDB entrou no culto para levar o pastor para a sua igreja.

BLOGOSFERA

Com a liderança inconteste de Robson Pires e Marcos Dantas, ambos no Seridó, a audiência dos blogues no RN tem em Natal uma disputa acirrada entre os blogueiros Marcos Lopes, Eliana Lima, Bruno Giovanni, Ricardo Rosado e Thaisa Galvão.

Charlotte nas telas

A atriz e cantora Charlotte Gainsbourg, de sangue anglo-francês na transfusão amorosa de Jane Birkin e Serge Gainsbourg, vem aí em dose dupla. Estrela de "Nymphomaniac", novo filme de Lars Von Trier, a moça está filmando "Misunderstood", dirigido pela italiana Asia Argento, com filmagens nas cidades de Roma e Turim.

Danilo Sá jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br

TERRA DE NINGUÉM

SOCORRO

Canindé Santos

Em tempo, o mesmo temor que existe em Natal é comum também em Mossoró, inclusive em maiores proporções. Na cidade da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), moradores não têm coragem mais de sair na calçada de casa com medo da ação dos bandidos. É um verdadeiro faroeste caboclo. Salve-se quem puder.

SEM PLANEJAMENTO...

Na madrugada, quatro bandidos invadem tranquilamente um bar freqüentado por jovens da alta sociedade potiguar, no bairro com o metro quadrado mais caro da cidade. Sem serem incomodados, recolhem tudo o que encontram de valor e saem pela porta da frente, sem muita pressa. Antes da partida, um irônico desejo de "boa noite". Um pouco mais tarde, em plena luz do dia, um jovem bem vestido se aproxima de um veículo parado no semáforo, no cruzamento entre duas das principais ruas da cidade. De forma educada, fala algo para a motorista do carro, que, demonstrando medo, desce do automóvel e permite a entrada do homem. O cidadão ajeita o banco para o seu tamanho e vai embora. Já à noite, policiais militares, com armas ultrapassadas e coletes à prova de balas antigos e inseguros, se arriscam em uma operação de combate ao tráfico, na via turística mais importante de uma capital que sobrevive exclusivamente deste setor econômico. Tiros, aos montes, são ouvidos dentro dos vários hotéis de luxo que fazem parte do cenário. Este foi um pequeno resumo do último domingo registrado em Natal, uma verdadeira terra de nin-

guém. Nos olhos dos bandidos, não se vê mais nenhum medo em serem pegos pela polícia. Todos eles sabem que, uma vez na prisão, passarão pouco tempo atrás das grades, isso se não fugirem antes. Não há mais receio também em causar danos aos cidadãos de bem, trabalhadores responsáveis por manter esta sociedade de cão, de pé. Se matam algum, só serão procurados se o morto for alguém conhecido ou o crime mais brutal do que deveria. E, uma vez pegos, são totalmente protegidos pelos direitos humanos. Se questionados sobre qualquer chance de arrependimento ou mudança de comportamento, os próprios marginais ridicularizam a situação. Como assim deixar de roubar? É desse "trabalho" que tiram seu sustento, respondem sem nenhum constrangimento. Enquanto não houver uma reação a altura do tamanho da criminalidade que toma conta das ruas da cidade, o problema tende a aumentar cada vez mais em Natal. E, o pior, é não ver nenhuma atitude para enfrentar a situação. É preciso equipar melhor as policias, aumentar o efetivo, punir os marginais que põem medo no cidadão de bem. Já passou da hora de devolver a cidade aos verdadeiros natalenses.

A Prefeitura de Natal anda dando muita bola fora depois que resolveu "tomar" a organizacao da Copa do Mundo de 2014 para si. Depois da secretária de Planejamento Virginia Ferreira dizer na Camara Muncipal que quem mandava na Globo e na Fifa era a Prefeitura, agora foi a vez da municipalidade anunciar a transferencia da Fifa Fan Fest da praia do Forte para o Centro de Convencoes. Esse colunista, só por curiosidade, consultou o calendário do novo local.

...SEM FESTA

E, pelo visto, o município se esqueceu de perguntar ao governo se o Centro de Convenções estaria disponível no período da Copa. Resultado: o local está reservado pela própria Fifa para servir como ponto de entrega dos ingressos dos jogos da Copa. O que é que tá havendo?

VAIDADE

E já que o assunto é Prefeitura, olhos mais atentos já observaram que a pressa do prefeito Carlos Eduardo em anunciar a construção de viadutos e túneis ao redor da Arena das Dunas em oito meses só deve ter um propósito: tirar o mérito da festa da governadora Rosalba Ciarlini. É bom lembrar que a gestora iniciou as obras da Arena por último e o projeto está perto de ser concluído antes das demais. Além de não ter estourado o orcamento de R$ 400 milhões. Carlos Eduardo quer dividir com a Rosa os bônus da realização da Copa.

Gira Mundo Divulgação

Dessa, poucos sabiam. Segundo reportagem produzida pelo portal Uol, nos últimos 10 anos, quase 1,3 mil pessoas morreram vítimas de raios no Brasil. O Estado com mais mortos pelo efeito da natureza é São Paulo, com 181 óbitos. Rio Grande do Sul (98), Minas Gerais (97), Pará (93) e Mato Grosso do Sul (82), completam a lista dos cinco primeiros no ranking. O Rio Grande do Norte, neste mesmo período, registrou 10 mortes por efeito de raios. Outro dado que chama a atenção, é o fato de 19% das mortes terem ocorrido em atividades rurais. É o perigo que vem do céu.

Megafone Divulgação

“Fumar maconha não pode, mas Mensalão pode fazer de novo, né?” SAMUEL ROSA, VOCALISTA DA BANDA SKANK DURANTE SHOW NO ROCK IN RIO, EM CRÍTICA AO

NOVO JULGAMENTO DO MENSALÃO

SEM TEMPO

Mas, é sempre bom enfatizar que dificilmente os projetos anunciados pelo prefeito serão concluídos dentro do prazo estipulado: maio de 2014. É obra demais para ficar pronta em alguns meses, principalmente quando não há nem mesmo a garantia das contrapartidas, ainda dependentes da autorização de um empréstimo da Câmara Municipal junto a Caixa Econômica Federal.

FEIRA NA ZN

Hoje tem mais um programa Pensando Bem na TV Câmara, dessa vez dedicado a realização de mais uma Feira de Comércio e Empreendedores do Rio Grande do Norte (Fecern), que começa na próxima sexta-feira (27) e segue até 6 de outubro, no complexo cultural da zona Norte. O evento é organizado, mais uma vez, pela Associação de Comerciantes da zona Norte (Asconort), e conta com uma vasta programação musical. A entrada custa R$ 3,00.

SEM CONSENSO

Promete muita polêmica a semana da Câmara Municipal de Natal. Como se não bastasse a complexidadade dos próprios projetos a serem discutidos nos próximos dias, são muitas as opiniões diferentes no plenário, e sobre quase todas as situações. Em pauta, o fim do voto secreto, a redução das férias parlamentares e o Passe Livre. Mas, há quem garanta que todas as matérias serão aprovadas. É esperar.

DISPUTA

As eleições internas do PT prometem, mais uma vez, uma forte disputa entre suas principais lideranças no RN. Neste final de semana, Fátima Bezerra percorreu vários municípios do interior para pedir votos ao seu candidato, Olavo Ataíde. Já Fernando Mineiro é a favor da reeleição do vereador de São Gonçalo do Amarante, Eraldo Paiva, atual presidente da legenda. As urnas vão falar no dia 10 de novembro.


12 O Jornal de HOJE

Natal, 23 de setembro de 2013

Cidade

Segunda-feira

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br DeSaboya.com

w EM BUSCA DE MAIS UM MANDATO... O fim de semana foi de muita articulação entre os vereadores natalenses. >>> Comandada pelo presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Albert Dickson, que tenta viabilizar a sua reeleição. >>> Parte do "grupo de Albert" se reuniu no reduto eleitoral do vereador Aroldo Alves, no bairro de Nazaré para discutir a possibilidade, que já conta com a simpatia do prefeito Carlos Eduardo Alves. w TRÂMITE Para conseguir reeleger a atual Mesa Diretora da Casa são necessários vinte votos para mudar a Lei Orgânica. Isso em duas votações com intervalo de dez dias. >>> Depois, é preciso aprovar requerimento (15 votos) para marcar a data da eleição.

Cedida

Low Profile: Luciano Berberick comemora chegada da Paul Smith e Bollé na Opis Lunetterie Juiz Fábio Hollanda disse “sim” a bela Priscilla Vinagre neste sábado, no Versailles Recepções DeSaboya.com

Cedida

w O RETORNO Também neste fim de semana, Albert Dickson iniciou uma conversa para tentar a volta do vereador Júlio Protásio para o cargo de líder do prefeito Carlos Eduardo na CMN. >>> A pedido do próprio prefeito, Dickson marcou encontro entre o pedetista e o ex-líder para tratar sobre o assunto amanhã. w ABERTO A NEGOCIAR... Júlio está disposto a aceitar retomar a função. "Eu acredito no governo". >>> Mas com uma condição. "Será um prazer continuar, mas o governo também não pode prejudicar as bases do meu mandato. Se der para conciliar os interesses da minha base (como o Proeduc) com o governo, eu continuo", disse ele à coluna hoje cedo. w MARCANDO PRESENÇA O Jornal O Globo destaca na edição de hoje uma matéria mostrando que nos estados brasileiros 15% dos conselheiros de Tribunais de Conta já sofreram ações do Ministério Público. >>> No infográfico do texto, surge o Rio Grande do Norte. >>> O conselheiro Poti Júnior está na lista dos suspeitos, por causa de uma condenação por improbidade administrativa pela Justiça estadual. w ESPERANDO... Mesmo com a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), onde conseguiu "justa causa" para trocar de partido, o deputado Kelps Lima ainda não pediu sua desfiliação do PR. >>> Ele tem dito que vai aguardar até o último dia de prazo, para escolher sua nova agremiação. >>> Na Assembleia Legislativa, há quem diga que Kelps faz "charme", pois ele já tem compromissos assumidos para assinar a ficha do PP.

Felizes com o sucesso do evento "Encontro dos Amigos de Santa Cruz", que lotou os salões do América Futebol Clube no fim de semana, o deputado Tomba Farias e a esposa-prefeita Fernanda Costa receberam entre os convidados o ministro Garibaldi Filho Mulheresnofds

Ricardo Sérgio Faria com Larissa Duarte curtindo a preview da nova Pink Elephant

w PREPARANDO A CAMPANHA... A vice-prefeita de Natal Wilma de Faria escolheu São Paulo para trabalhar no fim de semana. >>> E participou de uma audiência com uma especialista em Assistência Social que atua na capital paulistana. Lá, ouviu sobre projetos bem sucedidos... >>> Em seu Twitter, ela anotou: "Estou em SP buscando experiências para a nossa querida Natal. Tivemos reunião produtiva com a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social Luciana Temer. Estamos buscando ações de retorno social para famílias em situação de vulnerabilidade social. O social sempre fez parte de nossa caminhada. No governo, além dos programas vindos da União, realizamos o Primeiro Emprego, bancado pelo RN". >>> Em tempo: Wilma poderá ser candidata ao Governo ano que vem. w VISITA AO COLEGA A pessebista aproveitou a ida a SP para fazer uma visita ao ex-governador do RN e vice-presidente do PSB Iberê Ferreira de Souza, que passou por cirurgia, semana passada, e está internado no Sírio Libanês. >>> "Apesar da complexa cirurgia a que foi submetido encontrei um guerreiro sempre disposto a lutar", escreveu Wilma em seu Twitter.

w DIFICULDADE... No Alto Oeste Potiguar, o deputado Raimundo Fernandes deverá fazer campanha somente com poucos aliados em São Miguel. >>> Ano passado, ele assistiu a derrota da esposa, a ex-deputada Nirinha Fernandes, que perdeu para prefeita por 1.878 votos de maioria, para o prefeito Dário Vieira. w ...DE ELEIÇÃO A coligação com o antigo adversário, o ex-prefeito Acácio Campos também não deve prosperar para o próximo ano. Acácio já confirma apoio ao deputado Gustavo Fernandes. >>> Por tudo isso, Raimundo deverá enfrentar a campanha mais difícil de sua história. >>> Em São Miguel vai enfrentar sua ex-'cria', o ex-prefeito Galeno Torquato, candidato a deputado estadual.

Lançamento Verão 2014 Lulu Store

w MENOS UM O prefeito Dário Vieira, mesmo filiado ao PP, partido que Raimundo Fernandes deve assinar a ficha, também não apoiará o ex-bigodão. >>> Dário vai retribuir o apoio a Galeno Torquato, que parte do Alto Oeste com boa parte de bases que já votaram em Raimundo.


Cidade

Segunda-feira

Natal, 23 de setembro de 2013

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w COMO? O vereador Fernando Lucena levantou suspeitas gravíssimas em torno do projeto da marina prevista para ser construída no Potengi. Declarou na tribuna que há mistérios nas suas tenebrosas transações. w CRIVO Ao prorrogar até janeiro o estado de calamidade na saúde, a Prefeitura de Natal revela a gravidade da saúde municipal. E gravidade na saúde exige austeridade absoluta. Sem nada de festas e festejos. w SINAL A ausência do TCE, MP e da Procuradoria da Prefeitura de Natal nos debates sobre a concorrência do lixo, na Câmara, mostra que as entidades estão afinadas. E que o edital será aprovado como está. w CHAVE Ninguém é feliz só por ser rico, mostra a pesquisa divulgada pelo Blog do BG. Com certeza. Mas, a pobreza também não traz felicidade. E como se faz, então, para se ser feliz? Com ou sem dinheiro? w RETRATO O RN é o estado que mais deve com os empréstimos do atual governo e mais as dívidas que herdou. Agora somos os que mais devem e mais cobram impostos. Ainda há quem fale em fazer acontecer. w ATENÇÃO A RN 66 que liga a Av. Olavo Montenegro a Cajupiranga, em Parnamirim, está sem as condições mínimas de tráfego. A Prefeitura e Governo precisam unir esforços com um pouco de boa vontade.

Classe alta e elite É

bom que o Brasil tenha um Nizan Guanaes. Primeiro por sua inegável inteligência, depois por ser vitorioso em sua profissão, a publicidade, e ter grande riqueza material. Só assim, reunindo a um só tempo essas três qualidades, pode criticar o que chama de classe alta. Não nega a existência de uma elite brasileira, mas identifica graves deficiências nos ricos, e chega a admitir serem ainda apenas castas não dotadas da consciência para exercerem o papel que a rigor é reservado às elites. Não é difícil entender. E a argumentação de Guanaes é de um brilho invulgar. Dos exemplos práticos às idéias que projeta no seu artigo na Folha de S. Paulo, basicamente o mesmo que chegou a publicar há algum tempo. Ele parte da constatação básica de que o Brasil precisa, com urgência, cuidar de formar uma elite capaz de fazêlo moderno de verdade, sob pena de não ter líderes para guiar transformações que já estão ocorrendo hoje. Transformações econômicas, políticas e sociais. Sem abrir mão do prosaico - 'o pai funda e o filho afunda' - retoma a tese de que só através da educação é possível formar elites, mas com uma diferença que faz o estilo Guanaes: a defensa de uma educação também ou talvez principalmente para os ricos. Ele sabe: nós temos os ricos mais despreparados do planeta. E a imperfeição alcança a perfeição, e se é possível tanto, nos filhos dos ricos. Como ele diz, criados no shopping, consumindo, preocupados com o novo modelo de iPhone. E Guanaes não precisou conhecer a tal casta dos ricos desta aldeia de Felipe Camarão nem os seus filhos. Talvez fosse maior seu horror diante do despreparo e falta de sensibilidade para os desafios da vida. É como se os ricos não percebessem que mais cedo ou mais tarde o Brasil ocupará não só um dos assentos do Conselho de Segurança das Nações Unidas e, numa síntese genial, ainda não tivesse percebido que para ser um líder, é preciso falar bem inglês, mas também o português.

Museu resgata a magia e o universo lúdico dos brinquedos populares VISITAÇÃO DO LOCAL, NO IFRN CIDADE ALTA, É GRATUITA CLEO LIMA CLEOLIMA86@GMAIL.COM

"Há um menino, há um moleque morando sempre no meu coração. Toda vez que o adulto balança, ele vem pra me dar a mão". Começa assim a canção de Milton Nascimento e Fernando Brant, e é exatamente essa a sensação que toma conta do corpo e da mente ao adentrar o Museu do Brinquedo Popular, localizado no campus Cidade Alta do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN). A iniciativa surgiu há quatro anos, exatamente quando o prédio - já restaurado - foi entregue à instituição. Um dos idealizadores do museu, o professor Lerson dos Santos, explica que a ideia para criação do espaço remonta a um período um pouco anterior, por volta de 2007. "Eu já coordenava, em parceria com o professor Marcus Vinícius Oliveira, o Núcleo de Estudos da Ludicidade Infantil (Neclin). Na época, o Ministério da Cultura (Minc) abriu um edital com o intuito de financiar pesquisas sobre cultura popular em todo o

Brasil, então elaboramos um projeto que contemplava o registro e mapeamento dos brinquedos e brincadeiras tradicionais no RN", explica. "O projeto final da pesquisa era a elaboração de quatro exposições - nas cidades de Nova Cruz, Mossoró, Natal e Caicó - além da publicação de um livro (Brinquedos e brincadeiras populares: Identidade e memória; Ed. IFRN). Após o cumprimento dessa etapa, tínhamos mais de 300 brinquedos na mão e não sabíamos o que fazer com eles. Chegamos a iniciar negociações para montar o museu em algumas instituições do Estado, mas aí o IFRN, onde somos professores, recebeu o prédio em que hoje funciona o campus Cidade Alta, então o espaço nos foi disponibilizado", conta Santos. No museu, logo de cara é possível sentir a nostalgia dos anos de criança. A primeira sala abriga carrinhos de rolimã de todos os tamanhos. A seguir, bolinha de gude, baladeira, curral de osso, futebol de prego, carrapateira, cama-de-gato, roladeira, corrupio, uma verdadeira e invejável coleção de brinque-

dos populares. "Aqui cabe uma explicação", aponta o organizador. "Existe uma diferença básica entre brinquedo popular e artesanal. Enquanto o brinquedo artesanal é construído com fins comerciais e recebe todo um acabamento estético, pintura e tudo mais, o artigo popular geralmente é feito pela própria criança ou pelo pai, ou seja, tem fins puramente lúdicos", detalha. O foco do museu, aliás, é voltado aos brinquedos e brincadeiras populares. A visitação ao Museu do Brinquedo Popular é gratuita e ocorre de segunda à sexta, das 7h30 às 21h. Aos sábados, o horário é das 7h30 às 16h. Caso um grupo a visita envolva um grupo com mais de 15 pessoas é necessário fazer o agendamento através do telefone 4005-0967. Professor Lerson Santos, um dos idealizadores do Museu, conta que o projeto contempla o registro e mapeamento dos brinquedos e brincadeiras tradicionais do RN. Bola de meia, carrinho de rolimã e bolas de gude estão entre os mais de 300 brinquedos disponíveis

A constatação é óbvia, mas exige ser enfatizada: é preciso ser preparado para ser líder. Do contrário sequer será possível compreender a dinâmica de um país como o Brasil que no espaço de duas décadas foi presidido por um intelectual catedrático, um operário e uma ex-guerrilheira. Daí o risco da sanha contra os ricos, mas também e, ao mesmo tempo, de tê-los despreparados. Não basta, pois, educar os pobres. Na visão de Guanaes é necessário com a mesma urgência educar os ricos. Irônico, como é dos inteligentes, traça um perfil dos ricos brasileiros e seus filhos dizendo que as bibliotecas das grandes universidades norte-americanas é o lugar mais seguro para um ricaço levar a passeio sua amante proibida no Brasil. Nessas universidades - e ele conheceu algumas para matricular seu filho - encontrou muitos pais chineses e indianos, por exemplo, mas não viu nenhum pai brasileiro, embora o português seja hoje uma das línguas mais faladas nos shoppings de Miami. Guanaes é suave, mas muito seco e direto: 'Ser rico é um privilégio, um direito e também uma responsabilidade'. E depois: 'Nasci no Pelourinho (Salvador), no Largo do Carmo, número 4. Descia a ladeira do Carmo e subia o Pelô todos os dias para ir ao Colégio Marista. Eu ia de ônibus, e a escola era mais cara do que os meus pais podiam pagar. Não era escola, era um investimento'. Que mais um homem vitorioso, hoje muito rico e internacional, precisa para criticar nossas elites? Tem mais. Seu pai era médico do serviço público de saúde e um dia conseguiu uma bolsa de estudos na Inglaterra. Conta Guanaes: '... e me levou para aprender inglês, conhecer o mundo e não ter medo dele'. Seu avô era comunista, líder sindical e um grande leitor. Foi assim a escola da vida de Nizan Guanaes. Por isso, um dia, ao visitar Bill Gates, nos Estados Unidos, ficou emocionado ao vê-lo vaidoso de mostrar sua biblioteca. A grandeza de Guanaes serve para medir a pequeneza dos nossos ricos e seus filhos entre a barriga de tanquinho e o último lançamento do iPhone. Helàs!

w PERIGO Apareceu neste computador um revolucionário curso capaz de ensinar seiscentos passes de mágica em apenas alguns dias. Imaginem se cai nas mãos de alguns políticos, hein? Deletei imediatamente. w CARUSO A edição de Gosto homenageia os 140 anos de nascimento do grande tenor Enrico Caruso que era um glutão que gostava de um prato chamado Bucatini à base de vegetais, tomates frescos e massa. w PRESENÇA Confirmada a palestra do crítico literário José Castelo na Feira do Livro e do quadrinho que será realizada em novembro próximo, no Campus, ao lado da Feira de Ciência e Tecnologia da UFRN. w LIVRO Quem trabalha na conclusão de mais um ensaio é Lenine Pinto. Agora com detalhamento de rotas, mapas e depoimentos, do outro lado até este lado daqui, em Touros. E deve lançar até final do ano. w AVISO Os dias amanhecem mais cedo e mais luminosos, como se um sol mais vivo acendesse o azul por sobre esses morros. É a alegria da vida que explode, como as flores, por toda parte. É a primavera. w POESIA É hora, pois, de cantá-la com o poeta Carlos Drummond de Andrade no Boato da Primavera: 'Como sabe, então, que ela está ai? / Foi notícia que trouxe um colibri / ou saiu em manchete de jornal?'.

Fotos: José Aldenir


14 O Jornal de HOJE

Natal, 23 de setembro de 2013

Cidade

Segunda-feira

Érika Nesi Moda & Atitude erikamnesi@hotmail.com

Fotos: Divulgação

Ah, quer saber... Expectativa na abertura da Zara

Desde que ergueram os tapumes no imenso espaço onde está destinado para a maior cadeia internacional de varejo, a Zara, o público de Natal está na expectativa. O mês previsto para inauguração na sua loja do Midway é setembro e todos estão na contagem regressiva.

Slim detox

t t t

Um pouco da história da Zara...

Beta Alice, Tereza Tinoco e Rita Alexandre em dia de Fashion Day

Hilnet Correa e Maninha Dias prestigiando evento do querido Toinho silveira

A Zara é uma rede de lojas de roupas e acessórios para o público feminino, masculino e infantil fundada por Amancio Ortega e Rosalía Mera.1 Pertence ao Grupo Inditex, que também detém outras marcas como Massimo Dutti, Pull and Bear, Oysho, Bershka, Stradivarius, Uterque, Kiddy's Class além da Zara Home (presente em alguns países).

t

Uma loja a cada três dias...

A linda Litiane Sena recebe na Yolla Village:Thiago Carvalho e Aymberê

t t t

Variação de preços...

A maior parte dos produtos ofertados em suas lojas são importadas porém por causa das dificuldades no processo de Comércio Exterior, passou a valer-se de fornecedores locais. Por isso seus preços tem aqui no Brasil uma variação que vai de 10% a 60% em comparação ao resto às suas outras lojas espalhadas pelo mundo. Mesmo assim, continuam sendo bem atrativos, mas esse entrave não favoreceu o seu crescimento como o esperado aqui no nosso país.

Miss Rio Grande do Norte, Cristina Alves. Foto Carol Gherardi, Band

t t t

II edição da Revista Casar RN será lançada hoje no Espaço Sinval de Souza

O mercado editorial passa a contar com uma publicação especializada e voltada para o crescente mercado de casamentos e festas. Em sua segunda edição, a revista "Casar RN", traz um conteúdo voltado para ao seguimento que neste ano, pretende movimentar o mercado de festas núpciais em torno de R$ 16 bilhões, 8% a mais do que em 2012, que, por sua vez, movimentou o dobro do volume de dinheiro de 10 anos antes. Em 2011, foram R$ 11,67 bilhões. Os números são da Associação dos Profissionais, Serviços para Casamento e Eventos Sociais (Abrafesta), que reúne empresas do ramo em todo o país.

Cinthia Barros e Anna Leila Santos na festa Forever Young by Jota Oliveira

t t t

Eduardo Gomes Seabra assume a presidência da Academia Norteriograndense de Odontologia

Eduardo Gomes Seabra assume hoje às 19h30, a Presidência da Academia Norteriograndense de Odontologia com o 1º Vice-Presidente: Acadêmico Doriélio Barreto da Costae o 2º Vice-Presidente: Acadêmico José Evilson Machado Dantas. A coluna parabeniza os novos dirigentes! t t t

Eduardo Seabra assume hoje a presidência da Associação Norteriograndense de Odontologia

Ficar em forma também pode ser solidário. A Dermage aposta em você!

Entre os dias 27 e 29 /09, em todas as lojas Dermage, acontece uma grande ação promocional acompanhada de uma ação social. É a comemoração do "DIA DO FIT DERMAGE". Para participar é simples, traga e doe uma roupa que você não quer que caiba mais em você e ganhe na hora 15% de desconto na compra de qualquer produto da linha corporal da marca, inclusive no Slim detox, novíssimo produto corporal que a Dermage está lançando. Todas as roupas recolhidas nesta ação serão doadas para a Associação Saúde Criança Renascer.

t

t

Novidades e descontos

t t t A primeira loja fora de Espanha foi inaugurada no ano de 1988, na rua de Santa Catarina, na cidade do Porto, em Portugal. Atualmente, a Zara é provavelmente a rede de lojas de roupas em mais rápido crescimento, possuindo 1.540 lojas em 78 países, tendo inaugurado uma nova loja a cada três dias, em 2000.2

O Slim detox é um tratamento completo e revolucionário para o cuidado diário do corpo, principalmente das pernas, região abdominal e culote. Sua fórmula diminui a retenção de líquidos e acúmulo de gordura, proporcionando melhora em toda a área aplicada, inclusive, aliviando a sensação de pernas cansadas. Além da ação modeladora, o produto possui ação antioxidante e antienvelhecimento,.

A cantora Annita recebeu em seu camarim, antes do seu show no último sábado, as It Girls: Ingrid Galvão, Carol Cirne e Amanda Rosado

Lorena Tinoco e Ana Karla Azevedo conferindo os lançamentos na TT

Mas a promoção não para por aí! A marca também está lançando um desafio. No ato da compra, todas as suas medidas serão anotadas e se no mês seguinte houver redução das medidas, você ganha 15% de desconto novamente.Informações: www.dermage.com.br ou ligue para 0800 0241064. Até amanhã!


Esporte

Segunda-feira

O Jornal de HOJE 15

Natal, 23 de setembro de 2013

José Aldenir

Lance da cotovelada de Thiago Luiz em Flávio Boaventura foi na frente do árbitro

FERNANDES MANTÉM 100% DE APROVEITAMENTO NO FRASQUEIRÃO O ABC segue invicto e com 100% de aproveitamento sob o comando do treinador Roberto

Fernandes em jogos disputados no estádio Frasqueirão nesta Série B. No último, o alvinegro fez mais uma vítima, vencendo o vice-líder Chapecoense/SC pelo placar de 2 a 0, gols de Gilmar e Rodrigo Silva. Com o resultado, Fernandes chegou a quarta vitória consecutiva em casa, alimentando as esperanças de fuga da zona de rebaixamento. “É mais um grande resulta-

do que conquistamos dentro de casa. Foi um jogo difícil, em que enfrentamos um adversário bastante qualificado, que vem muito bem, mas a nossa equipe se comportou bem, dominou praticamente todo o jogo e foi merecedora desse importante resultado. É uma vitória que mostra mais uma vez que temos condições de sair dessa situação”, declarou o comandante abecedista.

A LVINEGRO

VENCEU A

C HAPECOENSE

E ALCANÇOU

A QUINTA VITÓRIA SEGUIDA DENTRO DE CASA De acordo com Roberto Fernandes, se o ABC vencer todos os jogos restantes em casa, um total de oito, escapará da degola. "A matemática está apontando que com 44 pontos dá para escapar do rebaixamento e como temos mais 24 para disputar em casa, escaparemos fácil, sem precisar vencer jogos fora. É só fazer o dever de casa", afirma o técnic que agora foca o confron-

to contra o Boa Esporte/MG, no próximo sábado, no Frasqueirão. “Temos uma semana inteira de trabalho e vamos treinar forte para que podemos chegar bem preparados para enfrentar o Boa, que é outra equipe que vem bem, brigando na parte de cima da tabela. Os nosso jogos em casa são fundamentais para sairmos da atual situação e mais do que nunca dois resultados positivos

seguidos será muito importante para isso”, destacou. Apesar de ainda seguir na lanterna, o ABC começa a se aproximar de fato dos demais adversários. Agora com 20 pontos, o alvinegro pode ver a distância entre a primeira equipe fora da zona de rebaixamento cair de sete para cinco pontos, no caso o Atlético-GO, com 25 pontos.

RESULTADOS FAVORECEM AMÉRICA

O time do técnico Pintado perdeu por 2 a 0 para o Guaratinguetá, no interior paulista, pela última rodada da Série B, mas a combinação de resultados favoreceu o clube alvirrubro que segue em 15º lugar na tabela de classificação com 26 pontos. As derrotas do ASA e São Caetano, mais o empate entre Paysandu e AtléticoGO ajudaram o alvirrubro, mas que pode ver a situação se complicar na próxima rodada, já que o próximo compromisso será contra o líder Palmeiras fora de casa e uma derrota pode colocar o time novamente na zona da degola. A reapresentação do grupo aconteceu na manhã desta segunda-feira no CT Abílio Medeiros, em Parnamirim. O técnico Pinta-

do não contará com o volante Márcio Passos para o jogo no Pacaembu. Ele foi expulso contra o Guaratinguetá e cumprirá suspensão automática. O zagueiro Edvânio e lateral-esquerdo Raí também não jogam. Eles sofreram o terceiro cartão amarelo e desfalcarão o time contra o Palmeiras. Mas os problemas de Pintado não param por aí. No ataque, Rodrigo Pimpão, sofreu afundamento do maxilar e se encontra no Departamento Médico. O jogador será avaliado hoje e dependendo da situação poderá jogar no Pacaembu com uma proteção facial. Pintado começa a definir o time a partir de amanhã, no primeiro treino com bola da semana.

24ª RODADA

CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE B

20/09 - 19h30

Oeste-SP

1x1

América-MG

20/09 - 19h30

São Caetano-SP

0x1

Bragantino-SP

20/09 - 19h30

Icasa-CE

5x2

ASA-AL

20/09 - 21h50

Joinville-SC

1x2

Avaí-SC

21/09 - 16h20

Boa Esporte-MG

1x2

Ceará-CE

21/09 - 16h20

ABC-RN

2x0

Chapecoense-SC

21/09 - 16h20

Figueirense-SC

1x0

Paraná-PR

21/09 - 16h20

Palmeiras-SP

2x1

Sport-PE

21/09 - 21h00

Guaratinguetá-SP

2x0

América-RN

21/09 - 21h00

Paysandu-PA

0x0

Atlético-GO

Fábio Pacheco Depois de 24 rodadas, finalmente, Roberto Fernandes encontrou a formação ideal do ABC. É só deixar de inventar e colocar em campo as peças certas, sem improvisos ou testes insistentes que só servem para queimar o jogador. No sábado, a equipe que contou com a estreia de Wesley Bigu na lateral-esquerda e o retorno de Thiaguinho pela direita, não teve dificuldades para bater o vice-líder da Série B. Com Giovanni Augusto fazendo sua melhor partida desde que chegou, o alvinegro teve domínio completo da partida. Lá atrás, Boaventura e Lino se entenderam muito bem e Daniel Paulista jogando na função original, como primeiro volante, deu a segurança necessária aos dois defensores. Somália nem se fala, jogou tanto que cansou. Mas o que mais surpreendeu foi a formação do ataque com Alvinho, Gilmar e Rodrigo Silva. Parece que Roberto Fernandes entendeu a necessidade de ser ofensivo dentro de casa, abrindo mão de um terceiro volante. Espera-se agora, que o time seja mantido para o duelo decisivo contra o Boa Esporte, pois esse será o jogo que colocará o ABC na porta de saída da zona de rebaixamento. DESTAQUE O grande destaque da Série A foi sem dúvida o potiguar Wallyson. Para tristeza dos amigos botafoguenses foram dele os dois passes dos dois gols do Bahia na vitória de virada em pleno Maracanã. Parece que o atacante está recuperando o velho futebol, só faltam os gols aparecerem. ALEMÃO VOADOR Na primeira corrida após a confirmação de sua saída da Ferrari no final do ano, o brasileiro Felipe Massa ganhou algumas posições nas últimas voltas e terminou em sexto o GP de Cingapura. A próxima etapa do campeonato, marcada para o dia 6 de outubro, será realizada na Coreia do Sul. Enquanto Vettel dispensa comentários, o alemão voador corre para mais um título.

PAGANTES O apoio da Frasqueira vem sendo fundamental para o time, mas ainda tá faltando muita gente no Frasqueirão. Mesmo com a promoção dos dez reais antecipados, o jogo contra a Chapecoense só teve 1.939 pagantes. O ideal seria oficializar de vez esse preço, pois o ABC precisa de no mínimo oito mil torcedores em cada jogo e não apenas quatro mil.

Clube Palmeiras-SP Chapecoense-SC Paraná-PR Joinville-SC Icasa-CE Sport-PE Avaí-SC Ceará-CE América-MG Boa Esporte-MG Bragantino-SP Figueirense-SC Guaratinguetá-SP Oeste-SP América-RN Atlético-GO Paysandu-PA ASA-AL São Caetano-SP ABC-RN

PG 55 46 42 41 38 37 37 35 35 35 33 32 30 30 26 25 24 23 23 20

J 24 23 24 24 24 24 24 24 24 24 24 23 24 24 24 24 24 24 24 24

V 17 14 12 12 12 12 10 9 9 9 9 10 9 8 6 7 6 7 6 5

E 4 4 6 5 2 1 7 8 8 8 6 2 3 6 8 4 6 2 5 5

D 3 5 6 7 10 11 7 7 7 7 9 11 12 10 10 13 12 15 13 14

GP GC SG A% 49 20 29 76,4 43 22 21 66,7 38 19 19 58,3 39 25 14 56,9 38 42 -4 52,8 38 39 -1 51,4 36 32 4 51,4 36 29 7 48,6 36 33 3 48,6 22 25 -3 48,6 23 23 0 45,8 39 37 2 46,4 26 33 -7 41,7 24 35 -11 41,7 27 36 -9 36,1 23 33 -10 34,7 25 36 -11 33,3 26 43 -17 31,9 29 36 -7 31,9 22 41 -19 27,8

PisandonaBola AMÂNCIO

fabiopachecorn@gmail.com

O TIME IDEAL

1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

NADA DE NOVO E Pintado, mais uma vez não apresentou nada de novo jogando fora de casa. O treinador segue insistindo com três volantes que não resolvem nada. Era para ter apostado mais no seu ataque contra o Guaratinguetá, arriscado mais, até porque o próximo adversário é o Palmeiras. Ainda bem que os resultados favoreceram, permanecendo em 15º lugar.

TORCIDA X IMPRENSA O clima esquentou no estádio Nazarenão, em Goianinha, no jogo entre Baraúnas x Santa Cruz-PE. O narrador Jaedson Freitas e toda a equipe da Rádio Resistência 93,7 FM, de Mossoró, quase foram agredidos por torcedores do Santa Cruz quando saiu o gol de empate do Baraúnas, pela 15ª rodada do Grupo A da Série C. No final, o Barú perdeu por 3 a 1 e confirmou o descenso com três rodadas de antecedência.

ARBITRAGEM PÉSSIMA A arbitragem segue prejudicando ABC e América. Aqui em Natal, Grazianni fez vistas grossas na cotovelada de Thiago Luiz em Flávio Boaventura, e em Guaratinguetá, as fotos postadas na internet por Rodrigo Pimpão mostram muito bem o grau de capacidade do árbitro alagoano Francisco Carlos do Nascimento.

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Esporte

Natal, 23 de setembro de 2013

Segunda-feira

Divulgação

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

Frasqueirão joga

Sub-20 do Vitória não tomou conhecimento dos reservas do ABC

FERROVIÁRIO E VITÓRIA ESTÃO NAS QUARTAS DE FINAL ABC

FOI ELIMINADO APÓS DERROTA PARA O TIME BAIANO POR

Após três rodadas, os clubes participantes do Grupo B da Copa Ecohouse encerraram as suas participações na primeira fase. Neste último domingo (22), no chamado "grupo da morte", o Vitória-BA conseguiu superar o ABC pelo pla-

car de 3 a 1 e se classificou às quartas em segundo lugar. Já o Ferroviário-CE, mesmo com um empate sem gols diante do Ceará-CE, se manteve na liderança isolada e chega com moral para a próxima fase da competição. Jogando no Ninho do Periquito, o ABC começou pressionando o Vitória e os quatro minutos abriu o placar. Diogo Barcellos bateu falta da direita, Michel Schmoller desviou para marcar o primeiro do jogo. Os baianos, com um time formado pelo sub-20 foram facilmente dominados pelos jogadores mais expe-

rientes alvinegros e que não estão sendo aproveitado no time principal, como Gilcimar, Diogo Barcellos, Renato, Alexandre e Erivélton. Mas no final do primeiro tempo, aos 41 minutos, Mauri arrancou da intermediária, passou por dois jogadores do ABC e tocou para Marcone, na entrada da área, empatar a partida. A etapa final foi de poucas chances de gols para os potiguares. Mais determinado, os baianos marcaram duas vezes. O Vitória chegou ao segundo gol através de Marcone que fez grande jogada pelo meio e tocou

3

A

1

para Agdon, fazer 2 x 1. O terceiro gol do Vitória nasceu de uma jogada individual de Wellington que livrou-se da marcação e rolou para Mauri, livre, fechar o placar. O técnico Roberto Fernandes acompanhou o jogo das arquibancadas, mas não comentou a respeito. O ABC se despediu da Copa Ecohouse com apenas três pontos em três jogos, encerrando em terceiro lugar. O Ferroviário terminou em primeiro com sete pontos e o Vitória em segundo com quatro pontos. Cearenses e baianos estão nas quartas de final.

É chato conversar com tecnocrata. Só enxerga número, percentual, cálculo, lucro, vantagem exata. Dinheiro é ótimo, mas insuportável quando se torna obsessão. Tem gente que mede os outros pelo maço de cédulas na carteira ou o saldo de aplicação bancária. É um tipo gelado de sujeito se multiplicando a cada geração que sucede a anterior. O futebol se contaminou firme desse veneno fatal e, se falasse, a bola poderia se vingar cobrando mil reais por chute dos cabeças de bagre reinando hoje. Nessa falácia de calculadora, de olhar e paladar monetários, o ABC fez um contrato com a empreiteira da Copa do Mundo e vai jogar na Arena das Dunas. Time bom, ora, joga em qualquer lugar. O ABC colecionou conquistas e glórias no demolido Machadão, antes Castelão, tão bonito que ganhou sinônimo de poema de concreto versado pelo arquiteto Moacir Gomes. Moacir projetou um filho gigante e querido e começaram a apunhalar Moacir desde que tratores derrubaram seu trabalho e o seu sonho. É das quimeras que vivem os homens de verdade. Quem frequentou o Castelão depois Machadão sempre ouviu a cantiga de grilo dos especialistas e "abalizados" do jorno (radialismo) esportivo, de que lá sempre foi campo neutro. E a distância da torcida ao campo era grande, o gramado parecia um imenso e belo vale visto ao longe, do alto de uma arquibancada ou na localização intermediária das cadeiras ou nivelada ao campo das populares e alegres gerais. Campo neutro poderia ser. Insensível, jamais. Quem viveu para ver um clássico no Castelão depois Machadão depois cemitério de sentimentos, jamais passará por emoções semelhantes. Era uma catedral de religiões democráticas e passionais ao mesmo tempo no espetáculo de bandeiras, papel picado e nos rojões explodindo. Lindo quando ABC e América saíam dos seus túneis para a batalha e a paixão aflorava das estruturas em curva. >>>>>> A meninada de hoje que me desculpe. O melhor que for adjetivado agora é o mais ou menos dos tempos do Castelão (Machadão). Desafio que alguém me apresente boleiro com 30% do futebol de Odilon, Marinho Apolônio, Dedé de Dora, Silva, Danilo Menezes, Didi Duarte, Humberto Ramos, Kobayashi, Moura, Sérgio Alves, Sérgio China. Cascata, inteiro, resvalaria nos 10%. E olhem que Cascata é formidável para os padrões habituais. Quando formavam grandes times, ABC e América não se preocupavam com medições entre campo e assistência. Enfrentavam quem viesse e faziam bonito. Alberi pôs o Flamengo para suplicar piedade ao chão dos seus dribles em 1972. Hélcio Jacaré, a finesse da arte em corpo marmorial, cansou de fintar adversários fortes do América, como o São Paulo em 1975. Time ruim não joga em lugar nenhum. Time de mediano pra bonzinho hoje não pode dispensar seu estádio. É puxar os exemplos pelo Brasil afora. Antes de ser construído, o Estádio Frasqueirão gerou polêmica de fim de mundo. A argumentação (boa) dos favoráveis ao estádio foi dividida em independência, economia, casa própria para o clube e perspectivas de vitórias. O Frasqueirão vem cumprindo sua parte. O bafo do torcedor desempata a favor do ABC. O time perdeu jogando lá, é claro, ainda mais com a horda que usava sua camisa na atual Série B até a remontagem ainda por concluir do time. O Frasqueirão é imóvel em teoria estrutural e não pode chutar por tosco. O Frasqueirão é patrimônio, pulsa pela sua gente e as quatro vitórias seguidas sentenciam: O Frasqueirão joga. O Frasqueirão é inegociável. José Aldenir

> UFC

Renan Barão mantém o cinturão O potiguar Renan Barão defendeu o cinturão interino do peso-galo pela segunda vez, no sábado (21), em Toronto, mostrando mais uma vez talento e versatilidade ao desferir um lindo chute rodado (spinning back), que pegou Wineland de surpresa no segundo round, quando o duelo estava muito equilibrado. Foi a 31ª vitória do brasileiro, em 33 lutas. E o 21º triunfo seguido do potiguar, que tem um no contest (sem resultado) e só perdeu uma vez na carreira, na estreia, há oito anos. A incrível sequência mereceu destaque de Dana White, diante dos jornalistas em Toronto, no Canadá, garantindo ao natalense a lua de unificação do cinturão contra Dominick Cruz para o início de 2014.

SEM INVENÇÕES O ABC ganhou porque jogou sem invenções laboratoriais. Jogou o feijão com arroz, fez o básico, sem excessos defensivos. Rodrigo Silva e Gilmar se afinam como dupla atacante e Daniel Paulista parece ter quatro pulmões. RETRANCA O América destronou o ABC em 2012 pela coragem de atacar. Desde a chegada do técnico Argel, substituído por Pintado, fechou-se em ferrolho zagalliano. O América se tranca e perdeu o faro ofensivo. Pintado disse que vai chamar os jogadores para conversar. O presidente Alex Padang também poderia ter uma conversa com Pintado.

SÉRIE A CRUZEIRO SEGUE NA LUTA PELO TÍTULO E VASCO CONTRA O REBAIXAMENTO Mesmo com o empate por 0 a 0 com o Corinthians, fora de casa, válido pela 23ª rodada do Brasileirão, o Cruzeiro aumentou a vangatem na liderança para oito pontos, e disparou nas chances de título. O líder do campeonato tem 85% de conquistar o seu terceiro título nacional,

ABC NA BOA Além da vitória convincente, a combinação de resultados conspirou em favor do ABC. Está todo mundo embolado na rabeira da Série B e a próxima rodada, contra o Boa Esporte será crucial. O ABC joga em casa e, com mais três pontos, mantém o sonho (difícil) de ficar na segundona.

segundo o matemático Tristão Garcia, do site Infobola. Já o vice-líder Botafogo perdeu a chance de encostar na liderança, com a derrota de 2 a 1 para o Bahia. E, com isso, suas chances de título diminuiram. Antes com 12%, agora o Botafogo tem apenas 7% de chances de conquistar o título. Único integrante do G4 a vencer na rodada, o Atlético-PR, terceiro colocado, tem

5% de chances de título. Na parte debaixo da tabela, o Vasco perdeu a quarta seguida, dessa vez para o Atlético-MG, por 2 a 1 e viu sua situação se complicar ainda mais. Na 18º colocação, o time carioca tem 57% de chances de ser rebaixado. O lanterna Náutico somou um ponto contra o Flamengo, e tem 99% de chances de queda.

TESTE Faça um teste se você tem pacote de transmissão das séries A e B. Assista um tempo da primeira e outro da segunda divisão. Esqueça as camisas dos times e concentre-se no futebol. É igual. Tire os veteranos habilidosos e é uma mediocridade geral. Só bombão da defesa ao ataque. O meio-campo virou lixo. Ninguém cria. DE NOVO Foi capturado no interior da Bahia mais um "torcedor" do Corinthians preso na Bolívia sob acusação da morte do menino de 14 anos, Kevin Spada, atingido no rosto por um sinalizador. O vândalo é o terceiro dos 12 envol-

vidos no caso, a aprontar depois de libertado para voltar ao Brasil. Corintiano de verdade é muito diferente dessa gente. TIROS NA PM Durante uma blitz, o rapaz rompeu a barreira policial atirando e tentou fugir na garupa de uma moto. Tomou bala junto com o piloto. Estão internados e certamente terão apoio irrestrito de entidades ditas "humanitárias". NOSSO PAPEL Os 12 presos na Bolívia foram tratados piedosamente pela imprensa. Foram bater na capa da Revista Isto É e em programas sensacionalistas. Deram entrevistas, juraram arrependimento. O jornalismo tem culpa, sim, por essa turma continuar solta. Ninguém deve mimosear marginal com holofote e fama. A reincidência prova que a maioria não tem jeito. Ficou com raiva? Pense na família do menino boliviano. GALO VIRA Pela quarta rodada do Brasileirão, 23 de setembro de 1972, o ABC perdia de virada para o Atlético (MG) por 2x1 no Castelão com 21.416 pagantes. O falecido centroavante Petinha fez 1x0 para o ABC. Dario, o Dadá Maravilha e China marcaram para o Galo. Presença ilustre do goleiro uruguaio Mazurkiewickz, destaque na Copa do Mundo de 1970. TIMES ABC: Tião; Sabará, Edson, Quelé e Anchieta; Nilson Andrade, Maranhão e Alberi; Libânio, Petinha (Everaldo) e Soares. Atlético (MG): Mazurkiewickz; Zé Maria, Raul Fernandes, Vantuir e Cláudio; Vanderlei, Oldair e China (Cabinho); Guerino, Dario e Romeu.

CMYK


Natal, 23 de setembro de 2013

O Jornal de HOJE 17 Divulgação

Cultura

Segunda-feira

ANNE CAROLINE MEDEIROS EDITORA DE CULTURA

"Apenas Reflexo" é o título da exposição de estreia da publicitária e artista visual Ve Barbosa, que expõe - em sete obras - seu olhar sobre as superstições e fé coletivas, além de levantar questionamentos sobre nossas próprias crenças. As obras podem ser vistas até o dia 5 de outubro, na Livraria Nobel da Salgado Filho. Os quadros, produzidos em tela e caneta "permanente", mostram o universo da artista, que descobriu a arte visual sem grandes pretensões, “entre uma taça de vinho e um blues”. Em entrevista a´O Jornal de Hoje, ela fala sobre si mesma, da descoberta de sua arte, da exposição e de seus novos projetos. O JORNAL DE HOJE – Em poucas palavras, quem é Ve Barbosa? Ve Barbosa – Ve Barbosa é Verônica Barbosa Maciel, baiana, nascida em 1984, caçula de três irmãs. Alguém que se estabeleceu em uma carreira de sete anos no mercado publicitário como diretora de arte, designer gráfico e diagramadora. Começou a faculdade de marketing, mas decidiu interromper para dedicarse às artes e acabou entregandose também ao financeiro de uma empresa, dando por vencido o seu período na publicidade. JH – Como nasceu seu interesse pelas artes visuais? Ve Barbosa – Sempre gostei de arte. Na verdade, meu envolvimento com a publicidade surgiu daí, eu sempre quis trabalhar com algo que pudesse unir arte e informática. Foi um completo acaso que deu certo. Com a arte, esta arte que eu crio hoje, foi também assim. Eu queria criar algo que representasse Frida, para presentear quem me apresentou a vida e obra dela. E assim, numa noite, em meados de 2012, entre uma taça de vinho e um blues, nasceu "Frida, o preto e branco de quem só pintou cores". Desta noite em diante não parei mais de pintar, desta forma em específico, com esses traços. E eles vêm evoluindo, descobrindo novas formas, e isso

APENAS REFLEXO é bacana. Diferente de Frida, que dizia pintar a si mesma por ser quem ela mais conhecia, o Eu pintar leva também ao Eu me conhecer, e isso é ótimo. À medida que as telas se exibem para mim eu as reconheço, elas me conhecem e eu me conheço.

JH – Sobre o projeto "Apenas Reflexo", como surgiu e de que tema ele trata? Ve Barbosa – Quando voltei de São Paulo e fui a Nobel definir a data da exposição, a Kátia [gerente] me falou que gosta de abrir exposições sempre às quintasfeiras. Olhamos no calendário e percebemos que a sexta seria dia 13. Na hora eu decidi que era perfeita para a exposição, pois gosto da superstição em torno desta data. Gosto do misticismo e, principalmente, do quanto isso reflete em nós. A partir de então, as telas foram se mostrando e "Apenas Reflexo" surgiu. O nome da exposição, portanto, é isso. O quanto todas essas crenças e superstições alheias refletem em nós? Até que ponto elas são realmente alheias? Quando elas se tornam nossas e de que forma? As telas estão lá para reflexão mesmo. Para mim, importa menos a admiração sobre

elas e mais a reflexão sobre os seus sentidos. Tanto que elas têm uma ligação. São sete telas, ligadas, enumeradas. Quem as tiver, saberá que outros as têm também, porque elas são sete de um. E somente quem as tiver receberá o poema que conecta todas elas.

JH – No que se baseia a técnica do seu trabalho? Tem alguma referência? Ve Barbosa – O trabalho é feito sobre tela, com canetas do tipo permanente e, de certa forma, não se baseia em nada específico. Existem muitos artistas que eu admiro e muitas técnicas que eu acho fantásticas. Mas eu acho tudo isso quando vejo, porque minha memória não permite guardar nomes, apenas sensações. Quanto à referência, a vida em si é uma grande referência. No momento que respondo a estas perguntas, por exemplo, estou num café da manhã/almoço com duas pessoas que se amam, e em meio ao meu café e o arroz e feijão delas e o violão ao fundo, eu já tenho impulso suficiente para afastar os móveis e começar a riscar minha própria parede. Tanto na poesia, quanto na arte, eu gosto do que

a vida pode levar a elas.

JH – Das sete obras expostas, qual a sua preferida e por quê? Ve Barbosa – Difícil. "O gato", sem dúvida, é o preferido de muitos que passam por lá. "Amadurecência" é uma criança bela, porque ela representa o seu próprio perceber sobre o que importa a ti, de tudo que lhe cerca. E, "Frigga", é a incrível Deusamãe que só podia ser finalizada na sexta-feira, o seu dia. Então, eu poderia descrever essas três como minhas preferidas, mas a verdade é que a minha preferência nesta exposição é aquela que une todas as sete, e que nem faz parte delas: "Frida, o preto e branco de quem só pintou cores", minha primeira, que decidiu permanecer exposta por mais tempo, além da noite de abertura.

JH – Quanto tempo levou desde a produção da primeira obra até a exposição? Ve Barbosa – As obras nascem e são criadas no seu tempo. Duas delas nasceram antes de eu pensar em fazer uma exposição, "Fui, Sou, Serei" e "Amadurecência". Eu sabia que elas não eram de ninguém naquele momento, mas não sabia ao que elas

pertenciam. Quando a exposição foi fechada, eu entendi o sentido delas e assim elas foram finalizadas. Se você reparar, todas foram finalizadas próximo à data da exposição, porque elas têm o tempo delas. Elas se mostram e param, e eu tenho que respeitar isso. "Frigga" só podia ser finalizada na sexta-feira, pelo seu próprio sentido. E só podia ser na manhã da sexta. E assim foi. Até hoje só duas telas foram criadas em um único dia: "Frida", em cerca de três horas, creio; e "Vermelho", que está em São Paulo, e foi produzida em cinco horas ininterruptas.

JH – Como está sendo a sua estreia nas artes visuais? E a recepção do público? Ve Barbosa – O mais complicado nisto tudo não é a visão do público sobre mim, mas a minha aceitação como artista plástica. Desde que comecei a pintar, os que estavam ao meu redor passaram a me descrever como "a artista" e isso sempre em incomodou. Daí, entrei num processo de aceitação, de entender que o "ser artista" faz parte do "fazer arte". Minha ida pra São Paulo foi importante para isso, porque tive 22 dias entregues à arte. Res-

pirei e criei arte durante todo esse período. Quatro telas ficaram por lá e eu comecei a me aceitar melhor como "artista", tanto que meu primeiro contato com a Nobel foi enquanto eu estava lá. Então, de certa forma, a exposição também é a minha própria "Amadurecência".

JH – Há novos projetos sendo elaborados? O que podemos esperar da arte de Ve Barbosa para o futuro? Ve Barbosa – Sim, já tem uma exposição pré-agendada, para 2014, em um café-bar de João Pessoa. E estou tentando fechar uma em Recife, com uma temática mexicana. Fora isso, existem paredes me aguardando, canecas sendo produzidas e outras telas que ficaram em stand by durante a produção da exposição e que agora serão finalizadas. Há muito o que explorar daqui pra frente. Fato é que a publicidade me encantou, a diagramação ainda me tem, o financeiro me apresenta um novo universo, mas, sem dúvida, é a arte que me conduz, é com ela que eu quero manter a minha vida. Sabe a ideia de um amor perfeito? É este que eu tenho com a arte.

CMYK


18 O Jornal de HOJE

Cultura

Natal, 23 de setembro de 2013

Canal 1

BATE-REBATE w Depois de mandar meio mundo embora, a Record está contratando produtores para o seu novo programa dos domingos... w ... E o grande alvo de toda essa ação foi a Rede TV!. O ataque provocou forte mal-estar entre as duas emissoras. w O SBT vai estrear o seu novo jornal, hoje, às 18h30, com a expectativa de ao menos repetir a mesma audiência da novela, 6 ou 7, que estava no horário. w A Playboy do Brasil ganhou a medalha de ouro no Promax Latin America, importante premiação com foco em criativida-

Divulgação

POR FLÁVIO RICCO - Colaboração: José Carlos Nery flavioricco@gmail.com.br

Chamadas da Globo não apresentam nenhuma novidade A Globo está com um jeito diferente nas chamadas dos seus programas, mas é preciso dizer que, antes de qualquer inovação, este seu atual formato se aproxima muito do que o SBT, lá no passado, e a Record, mais recentemente, já tinham criado. Não se trata, portanto, de nenhuma novidade. E para que não reste alguma dúvida, em 1996, na novela “Antonio Alves, o taxista”, do Ronaldo Ciambroni, estes recursos já eram utilizados pela Criação Visual da então TV S, de São Paulo, com Fernando Pelégio, Macarrão, Verão e outros tantos. Como acontece agora em “Joia Rara”, uma mulher, Rose de Oliveira, na época voz padrão da Eldorado FM, foi chamada para fazer este trabalho. Outro exemplo é a Regina Volpato. Antes de estrear no “Casos de Família”, ela também foi locutora de várias chamadas no SBT, assim como a inserção de falas dos artistas ou apresentadores. Não se discute a força do alto-falante da Globo, mas é sempre válido respeitar a ordem cronológica das coisas. A roda, como se vê, foi descoberta faz tempo.

w FIM DO VIRTUAL (2) O “trêspontozero” foi criado para permitir a participação direta do pessoal da Internet com os participantes desses programas, utilizando câmeras e toda a parte operacional. No lugar dele, a Band passa agora a apostar no conceito de Segunda Tela, que é um complemento em tempo real à televisão. Por meio de computadores, smartphones ou tablets, o “teleinternauta” recebe informações extras sobre o assunto em questão. w FIM DO VIRTUAL (3) A “Segunda Tela” é um recurso que as emissoras ou vários programas já utilizam há algum tempo. E também não existem termos de comparação entre os investimentos ou custos de um e de outro.

HORÓSCOPO

w MERCADO DA TV A CNT contratou uma empresa especializada em fusões e aquisições para tratar de todos os assuntos referentes a uma possível venda da sua rede de emissoras. Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial, chegou a fazer uma proposta, mas não ofereceu as garantias bancárias exigidas. w MESMO CASO Sabe-se que Valdemiro Santiago, não faz muito tempo, também teve interesse em comprar a Rede 21, do Grupo Bandeirantes, cuja programação já está quase que inteiramente na mão dele. Mas o problema foi o mesmo. A negociação foi interrompida pela falta de garantias. w SEMINÁRIO O Grupo Bandeirantes de Comunicação e o Goldman Sachs, em parceria, apresentam nesta quartafeira o seminário econômico “The Brazil Infrastructure Opportunity”, O evento vai acontecer no Goldman Sachs Conference Center, em Nova York. O presidente da Band, Johnny Saad, será um dos palestrantes.

A nova “Família Trapo”, da Record, será apresentada inicialmente como especial de fim de ano. De acordo com os seus resultados, aí sim, poderá ser transformado em produto fixo na grade de 2014. Os autores Letícia Dornelles e Bosco Brasil, além do diretor Ignácio Coqueiro, trabalham apenas em cima de um programa, assim como os atores que serão chamados para compor o elenco. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Alerta máximo

Os erros de direção em momentos-chave de “Amor à Vida” estão sendo muito criticados, fora da Globo e dentro dela. A falta de emoção e cuidados em situações como a morte de Nicole (Marina Ruy Barbosa) e a briga de Susana Vieira e Vanessa Giácomo, que acabaram servindo como avisos, não podem mais se repetir.

w O QUE VALEU, VALEU A sequência prevista para a gravação da abertura da nova novela da Record, “Pecado Mortal”, com a participação do seu elenco, foi interrompida no meio. Alguns dizem que isto aconteceu depois de uma discussão da atriz Paloma Duarte com a direção da novela. A atriz, consultada, disse que não teve nada com isso. w EDIÇÃO INFANTIL O “Som Brasil”, normalmente exibido após o “Jô”, em outubro, terá uma edição especial, apresentada por Patrícia Pillar, no sábado, 10 da manhã.

Áries 21/03 a 20/04 Ótimo faro para concretizar planos e ideias! Ataque os problemas e os resolverá hoje - você tem mais chances agora! Relacionamento bom com familiares, que permite ajuda material e apoio afetivo. No amor, a falta de compasso pode ser contornada com paciência.

Leão 22/07 a 22/08 Saturno e os nodos lunares estão forçando todas as barras não é? Está difícil aguentar a pressão em casa, as obrigações intermináveis - alguém podia ao menos reconhecer seu esforço. Circule por aí, esbanjando beleza e estilo - apareça num evento e arrase!

Sagitário 21/11 a 21/12 O lado palpável da vida pode ter um atrativo especial pra você hoje - vá no embalo e toque tudo que anda parado, esperando solução. Lua e Júpiter advertem para os perigos dos excessos, em qualquer nível e campo. Irá receber um dinheiro atrasado.

Touro 21/04 a 20/05 Com a Lua em seu signo e em aspecto positivo a Júpiter, sua sensibilidade está maior, expansiva e acolhedora. Relações com algumas pessoas mais próximas podem evoluir para planos futuros. Criatividade no trabalho e respostas positivas para seus esforços.

Virgem 23/08 a 22/09 Se quer provas concretas, peça a um amigo ou vá buscar em um grupo; as portas estão abertas pra você. Aposte mais no esforço conjunto do que no individual, e na construção coletiva do que no brilho individual. Forças ocultas no amor - não seja obsessivo!

Capricórnio 22/12 a 21/01 O ideal seria curtir um beauty day, mas se não der, descobrirá alternativa decente pertinho do seu trabalho. Como hoje você já acorda bem mais confiante no seu taco, também pode arriscar um pouco mais no amor. Celebre vitórias na carreira.

Gêmeos 21/05 a 20/06 Será necessário usar toda a sua capacidade argumentativa para convencer partes em divergência. Pule as teorias e focalize os resultados. Um amigo que anda chato talvez crie caso, saia correndo! Adie aquele pedido de dinheiro que você ia fazer. Sonhos esquisitos.

Libra 23/09 a 22/10 Tão bom ser notado por seu brilho! Até seu humor melhora; falta ainda acertar o quanto toda esta distinção será traduzida em dinheiro, mas logo, logo Vênus lhe dará a boa notícia. Dinheiro, pontos de vista e valores não devem ser postos em discussão com amigos agora.

Aquário 21/01 a 19/02 Nesta semana, mostre que você ainda está no controle e sabe ser diferente do que tem por aí. Dê duro no trabalho. E nada de tentar aprender inglês com letras de música - Saturno pede mais formalidade e constância até o fim da semana.

Câncer 21/06 a 21/07 Tudo vai num passo lento hoje, mas você se adapta a isto sem esforço. Os outros é que podem ficar impacientes. Climas sedutores são a última coisa pra fazer se quer ganhar a atenção de seu amor; um jantar caprichado cai bem melhor.

Escorpião 23/10 a 21/11 Contradições poderosas agitam você hoje - também não é agora que irá achar a saída. Enquanto você ferve por dentro, pode curtir a beleza e a sensualidade do parceiro. Viajar com ele será um ótimo plano pra se distrair do seu inferno pessoal.

Peixes 20/02 a 20/03 Você tem um blog, um site, escreveu um livro? Que tal se arriscar na poesia? A vida não é só consumir conhecimento, chegou sua vez de traduzir seu sentimento do mundo. Dinheiro é assunto proibido na hora do jantar hoje. No amor, ciúme faz mal à saúde.

MOVIECOM 6 - Hora:15:50 / 18:00 / 20:10

(Sáb)

CINEMA INVOCAÇÃO DO MAL - (14 Anos) MOVIECOM 1 – Hora:16:00 / 18:30 / 21:00 CINEMARK 2 - Hora:13:30 / 16:00 / 18:30 / 21:00; Hora: 23:30 (Sáb) O ATAQUE - (14 Anos) MOVIECOM 2 – Hora:16:20 / 21:15 DOSE DUPLA - (16 Anos) MOVIECOM 2 - Hora:14:05 / 19:00 CINEMARK 4 - Hora:17:20 [NÃO será exibida Terça-feira (24/09) e Quintafeira (26/09)] RUSH - NO LIMITE DA EMOÇÃO (14 Anos) MOVIECOM 3 – Hora:21:20 AVIÕES - (Livre) MOVIECOM 3 - Hora:14:50 / 17:00 / 19:10

ELYSIUM - (16 Anos) MOVIECOM 4 - Hora:14:45 / 17:05 / 19:25 / 21:45 CINEMARK 1 - Hora:13:40 / 16:10 / 18:40 / 21:10; Hora: 23:40(Sáb)

de em televisão do mundo... w ... A campanha em prol da luta contra a Aids venceu na categoria “Serviço Público”. A peça, veiculada em 2012, chamava a atenção para o uso da camisinha. w "O que terá acontecido a Nayara Glória?", com Maria Rocha e Alexandra Bastida, será apresentada no Teatro Santos Dumont, em São Caetano, dias 27 e 28. w A peça une o teatro e o audiovisual, com as atrizes no palco e participações em vídeo de Betty Faria, Aguinaldo Silva, Kadu Moliterno e Thalita Carauta.

C´EST FINI

>> TV - TUDO w FIM DO VIRTUAL (1) O chamado 3.0, implantado em 2010, para o “CQC”, “Pânico” e “Jogo Aberto”, deixou discretamente de existir, como parte do processo de enxugamento colocado em prática na Bandeirantes. Era uma extensão desses programas na Internet.

Segunda-feira

BOA SORTE MEU AMOR - (16 Anos) CINEMARK 4 - Hora:17:20 [será exibida SOMENTE Terça-feira (24/09) e Quinta-feira (26/09)]

CINE HOLLIÚDY - (12 Anos) MOVIECOM - Hora:16:10 / 18:20 / 20:30 CINEMARK 5 - Hora:12:50 / 17:10 / 19:20 (NÃO será exibida Quinta-feira)

JOBS - (12 Anos)

AS BEM-ARMADAS - (14 Anos) MOVIECOM 7 - Hora:14:20 / 16:45 / 19:10 / 21:35 CINEMARK 3 - Hora:13:10 / 15:40 / 18:10 / 20:40; Hora: 23:20 (Sáb) OS ESTAGIÁRIOS - (12 Anos) CINEMARK 4 - Hora:20:00 / 23:00

(NÃO será exibida Quinta-feira)

CINEMARK 5 - Hora:00:20 (Sáb) CASA DA MÃE JOANA 2 - (14 Anos) CINEMARK 5 - Hora:15:00

OBS: A programação pode ser alterada sem prévio aviso. Favor consultar o cinema para confirmar o filme do dia.

A exibição, no Dia das Crianças, 12, vai relembrar programas ou especiais como “Balão Mágico”, “Plunct Plact Zum” e “Sítio do Picapau Amarelo, entre outros infantis. w TURMA DO MAL Depois de uma série dedicada às Grandes Atrizes, o “Arquivo N”, da Globo News, agora vai produzir uma outra com os Grandes Vilões da teledramaturgia brasileira, para ir ao ar em outubro. Os personagens, e seus intérpretes, que serão relembrados estão ainda sendo fechados pela produção.


Cidade

Segunda-feira

Natal, 23 de setembro de 2013

O Jornal de HOJE 19

Cultura HOJE ANNE CAROLINE MEDEIROS - annemedeirosjh@gmail.com Reprodução

PÉ DIREITO Ô de casa, leitor! Peço sua licença (e um olhar mais desarmado, essencial no início de uma nova amizade) para poder entrar na sua vida e cotidiano. É que a partir de hoje assumo este espaço editorial, por vários anos assinado pela amiga jornalista Daniela Pacheco (que resolveu dar novos passos rumo a uma formação acadêmica no velho Mundo). Como é de praxe, continuarei a trazer entrevistas, novidades, dicas de boas programações culturais, mas, sobretudo, buscarei boas histórias de nossa cultura e seus personagens, pois há muitas esperando para ser contadas. Além da leitura, espero também poder contar com a sua colaboração neste novo momento. Sugestões e críticas são mais que bem-vindas e meu e-mail está à disposição: annemedeirosjh@gmail.com

GRATIDÃO Como não poderia deixar de ser, quero agradecer enormemente a O Jornal de Hoje. Sinto-me muito honrada pelo espaço, oportunidade e confiança. E espero estar à altura. Também aos amigos, que acreditam no meu trabalho e caráter e que torcem sinceramente pelo meu sucesso. À minha querida Dani Pacheco, gratidão e desejo de toda boa sorte neste novo desafio. Agora, com licença concedida e agradecimentos feitos, ao trabalho!

ESPAÇO CULTURAL E por falar em IFRN, hoje (23) o instituto está fazendo 104 anos. Também no mesmo dia, o Campus da Cidade Alta comemora 4 anos de atividades. Mais que um centro de educação, o Campus é um espaço destinado à cultura e lazer, abrigando, por exemplo, o Museu do Brinquedo Popular (com mais de 300 brinquedos e brincadeiras regionais catalogados), Galeria de Arte, oficinas de produção artística e o Memorial, que exibe a história da fundação do seu prédio, um casarão histórico, desde sua fundação, em 1937. Tudo gratuito. Vale a pena a visita!

Divulgação

NÓS NA TELA Começa hoje (23) - e vai até o dia 25 - a Mostra de Audiovisual Nós na Tela. Os filmes, produzidos por alunos de oficinas cinematográficas realizadas no interior do RN desde 2008, podem ser vistos, a partir das 19h, no Teatro de Cultura Popular. A exibição começa com “Belísssima”, realizado em Caicó na primeira leva do projeto. A entrada é gratuita.

BOB Hoje (23) tem vernissage da exposição do artista plástico Marcelo Bob, que comemora 33 anos de produção. Apontado pela revista alemã de arte Neue Blätter como um dos 100 maiores artistas de vanguarda do mundo, Marcelus Bob mergulha no underground urbano para criar seus personagens, quase sempre em “ambientes etílicos”. O evento será na Galeria de Artes do IFRN Natal - Cidade Alta, das 18h às 19h. A exposição, que conta com diversas obras do artista, pode ser visitada entre os dias 23 de setembro e 10 de outubro.

RABECA O professor de artes Roderick Santos lança nesta terça-feira (24) “Isso não é um violino?”. O livro, sobre a rabeca no Nordeste, é o primeiro específico sobre o tema a ser lançado no Brasil, segundo o professor. O evento começa às 16h, no Calçadão da Av. Rio Branco.

Fotos: José Aldenir

Feira do Alecrim apresenta mudanças positivas após projeto de padronização APESAR DE AINDA ESTAR LONGE DO IDEAL, CONDIÇÕES DO LOCAL MELHORARAM O projeto de revitalização e padronização das feiras livres de Natal, iniciado no último mês de junho pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), já apresenta resultados satisfatórios para quem frequenta a Feira Livre do Alecrim. Problemas estruturais que comprometiam o funcionamento pleno do local receberam alguns ajustes e facilitaram as atividades dos vendedores e usuários de uma das maiores feiras livres do Estado. O ponto mais radical nessas mudanças é a questão do espaço. Com a padronização das barracas, as vias de acesso aos diversos setores do local ficaram muito mais amplas, solucionando em parte o recorrente aborrecimento gerado pelo 'trânsito' caótico de pessoas, mercadorias, carrinhos de mão e até animais. Durante a visita da equipe de reportagem d´O Jornal de Hoje na manhã do último sábado (21), foram constatados, também, a instalação de um pórtico de entrada, banheiros químicos e placas de identificação das seções. Além disso, assistentes de fiscalização da Semsur transitavam todo o tempo pelas dependências da feira, assim como várias equipes de limpeza. Segundo o músico profissional Zé Marcos, natural de Minas Gerais, mas radicado em Natal e frequentador assíduo do comércio mais popular da capital potiguar, pode-se dizer que as melhorias chegam a um índice de 50%. "Eu, que venho sempre aqui, posso afirmar o quanto o funcionamento da feira já melhorou. Ainda assim, é preciso resolver uma série de pendências para que possamos usufruir desse espaço da melhor maneira possível. Acho que falta principal-

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

apronianocfs@hotmail.com

Ceará sai na frente de novo. Já tem o Porto do Pecém, agora é a vez do aeroporto de cargas e passageiros do Pecém NATAL Navio Bandeira Aquamarine Panamá Petkum Ant. Barbuda Alem Mar Brasil Lagoa Paranaense Brasil Scorpius Brasil Sea Martin Panamá CMA-CGM Aristote Inglaterra CMA-CGM Homere Inglaterra Silver Cloud Bahamas Louis Aura Grécia

Agência NML/JSF W. Sons GPM W. Sons W. Sons Seamaster CMA-CGM CMA-CGM Superservice Viamar

Chegada No Porto No Porto No Porto No Porto No Porto No Porto 28/09 05/10 04/12 05/12

Destino Cabedelo(PB) Algecira/ESP F. de Noronha(PE) ---Algeciras/ESP Algeciras/ESP Recife(PE) F. de Noronha(PE)

Carga -Contêineres Mantimentos Em Operação Em operação Em operação Contêineres Contêineres ---

Descarga Trigo -------Turismo Turismo

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN Elka Aristótles

Libéria

Ao Largo

Ao Largo

Salvador(BA)

Óleo cru

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN Para Zé Marcos, a higienização e refrigeração do setor de carnes precisa ser revista mente respeito dos comerciantes para com os frequentadores, questão de gentileza, mesmo. Mesmo com a ampliação do espaço, eles continuam empurrando as pessoas com os carrinhos de maneira grosseira", aponta. "Um ponto que ainda precisa ser organizado com mais cuidado é o setor de carnes, onde não há refrigeração e os cuidados com higiene são bem precários. Acho que é primordial que se adotem práticas que permitam uma maior segurança no comércio desse tipo de mercadoria, que é altamente perecível", finaliza o artista. O feirante Francisco da Silva, vendedor de frutas e verduras há

quase 40 anos no local, explica que o cadastramento dos comerciantes já foi feito e que a documentação toda deve ser entregue até o fim do ano. "O secretário [Raniere Barbosa] prometeu a regularização ainda para 2013, estamos aguardando. As ações da Prefeitura aqui foram excelentes, mas ainda há muito trabalho a ser feito. As tendas, por exemplo, estão em um estado deplorável; trocaram apenas três ou quatro lá da entrada e pronto, essas mais de trás estão em tempo de cair. Além disso, a feira não tem energia elétrica e falta segurança. Esperamos que essas questões sejam resolvidas para que a Feira do Alecrim possa funcionar ainda melhor", afirma, esperançoso.

São Luís CMB Julliette

Dia 23 24

Brasil Arrow Hong Kong Arrow

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 12:21 0.4 18:54 2.1 00:49 0.4 07:15 2.0

No Porto Ao Largo

Paranaguá(PR) Nueva Palmira/URU

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Nova

Sal --

-Trigo

FASES DA LUA (05/09 - 08:36h)

Crescente

(12/09 - 14:08h)

Cheia

(19/09 - 08:13h)

Minguante

(27/09 - 00:55h)


20 O Jornal de HOJE

Natal, 23 de setembro de 2013

Segunda-feira

CMYK


23092013