Issuu on Google+

Quinta-feira

Ano XVI w NATAL-RN,

23 DE JANEIRO DE 2014 w Nº 4.844

R$ 1,00 w jornaldehoje.com.br

Heracles Dantas

> ESTÁDIO PRONTO, MAS...

Ingressos para os jogos de inauguração da Arena das Dunas não estão liberados VENDA

Na sede social do América, máquina que imprimirá os bilhetes está desligada. Torcedores tentam desde terça-feira...

DOS INGRESSOS PARA A RODADA DUPLA DE DOMINGO SÓ PODERÁ SER INICIADA APÓS A EMISSÃO DO HABITE-SE CIDADE 5

> “FUI MAL INTERPRETADO”

José Aldenir

Henrique nega candidatura e defende Fernando Bezerra POLÍTICA 3

> NO BAIRRO DAS QUINTAS

PM apreende mais de 50kg de drogas e armas em favela CIDADE 6

> LEI SECA EM NATAL

Blitz flagra policiais e até motorista de ambulância CIDADE 6

> SÓ EM FEVEREIRO...

Livros didáticos estão em falta no comércio de Natal Wellington Rocha

Ao lado de Rosalba e de alguns dos mais de 4 mil operários que participaram da construção do estádio, a presidente finalizou a cerimônia oficial

> FESTA NA ARENA

Dilma Rousseff inaugura “um estádio tão bonito quanto Natal” CIDADE 5

Ano letivo começou mais cedo, mas algumas livrarias ainda aguardam os pedidos. CIDADE 8

Túlio Lemos CIRO MARQUES - INTERINO

Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,45 R$ 2,39

Euro x real R$ 3,26 Poupança 0,50%/0,41% Taxa Selic 10,5%

w Merkator se mobiliza para a a ‘40 Graus - Feira de Calçados e Acessórios’.

E-MAIL REDAÇÃO:

w Bastidores da inauguração do Arena das Dunas revela “termômetro de prestígio”.

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

ESCREVEM ARTIGOS Roberto Cardoso Ilma Araújo Montenegro

Página 13

Página 12

Página 7

w PMDB nacional não deve interferir na aliança estadual do partido com o PSB.

INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,39

TACIANA CHIQUETTI - INTERINA

SYLVIA SÁ - INTERINA

Página 3

Vicente Serejo

Daniela Freire

Marcos A. de Sá

w PMDB e PSB no jogo de esconde-esconde, um desconfiando do outro e o PT no meio.

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

Valério Mesquita Augusto Coelho Leal Carlos Roberto M. Gomes Pe. João Medeiros Filho

OPINIÃO - Página 2

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

16 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 23 de janeiro de 2014

ROBERTO CARDOSO, cientista social e sócio efetivo do IHGRN (rcardoso277@yahoo.com.br)

Artigo

Artigo

ternacionais, com franquias e chancelarias. As universidades federais e estaduais fizeram acordos e parcerias com instituições diversas do mundo criando grupos internacionais e multinacionais, como o Grupo Coimbra. Parcerias que se comprometem reconhecer entre si: diplomas e certificados, seus saberes e seus conhecimentos. Promovem cooperação nas áreas da ciência, tecnologia e inovação, fomentando e investigando. Cada instituição buscando agregar valores a seus nomes e professorados. Buscam um reconhecimento internacional para criar intercâmbios para professores e alunos. Implantam um oligopólio, agregam logomarcas a seu marketing fazendo merchandising em outdoors e busdoor. Para as escolas, faculdades e universidades vão valer as leis de mercado: lei da oferta e procura, e a lei da concorrência. Instituições de ensino para continuar no mercado da educação terão que fazer o dever de casa, aplicar aquilo que ensina, insiste e cobra do aluno: inovação e criatividade. Sair do modo econômico e imprimir em modo otimizado a sua função, de formar e informar. Evitando assim a necessidade de utilizar uma nova ferramenta de gestão, o termômetro de Kanitz. Visões e missões não foram criadas para colocar em um quadro bonito na parede de entrada, para que o cliente veja ao entrar. Visões e missões formam um conjunto, uma busca de resultados, um caminho utópico e sem fim, no caso aqui, uma escola a ser melhorada a cada semestre. A busca do melhor, do inovador, o diferencial. Melhor não apenas no conhecimento oferecido, mas principalmente as condições que este conhecimento pode e deve ser oferecido. Um dos grandes legados da Copa vai ser a nova maneira de ver o mundo, uma visão deixada pelos estrangeiros que aportarão em nossas terras. Poderemos ver ombro a ombro, in loco, como eles enxergam o mundo, a sociedade e a cidade. E um consumidor mais exigente surgira, um consumidor cidadão respeitando a si e principalmente ao próximo.

ILMA ARAÚJO MONTENEGRO, psicóloga Clínica (ilmamontenegro@yahoo.com.br)

Catástrofes Naturais As cenas de desamparo provocadas pelo acumulo de águas em Minas Gerais, desperta sentimentos de piedade por vermos o outro sem recursos operacionais pra sobreviver. Mostra nossa fragilidade diante da natureza. Dei-me conta dos grandes desastres como o ataque de 11 de setembro, o tsunami, o furacão Katrina, dentre outros. De fato, o final de 2013 e o começo de 2014 foram marcados por desastres de grande amplitude como as chuvas, inundações e deslizamentos em Minas Gerais. As imagens pungentes que vimos na televisão nos mostram o impressionante poder da natureza. O que nos faz ver o enorme sofrimento de milhares de pessoas. No entanto, essa situação nos permite experimentar nossas próprias emoções, enquanto estamos numa região que permite vivermos "seguros". A tragédia do tsunami foi maior que a do Haiti por que nela morreram mais pessoas? A queda das Torres Gêmeas foi mais trágica por que atingiu o maior centro poderoso do mundo, com conseqüências em termos de guerras vindouras e ressentimentos constantes? Não, pois são situações únicas, embora, tratadas em massa, mas sem comparação, sem contagem ou qualificação de alma. Lembrando os gregos, os primeiros a inventar o gênero trágico e, trazendo para a época atual. Do ponto de vista da nefasta enchente de Minas Gerais, de casas destruídas, colapso da infra-estrutura e mortes de vidas. O desamparo que rodeia e que encontramos figurada na catástrofe presente, na verdade já ocorreu. Com a trágica limitação de nosso controle sobre as forças da natureza. Diante disso, motivos para preo-

cupações não faltam, o maior de todos são os temores da morte. Em algum lugar de nós, fantasiosamente ansiamos por controle do tempo, da natureza, entre outras variáveis. Se perguntar sobre o futuro e da melhor forma de resolver as inundações, é bastante saudável. O complicado é quando as aflições nos invadem de maneira exagerada, embotam emoções e nos impedem de pensar de maneira criativa. É como se ficássemos presos numa correnteza, numa angústia. No entanto, um dos aspectos espantosos é o desconhecimento sobre tais fenômenos. De certa forma, o estranho é uma ameaça. Mas no mesmo tempo, pode encorajar os sobreviventes a refazer á vida. A catástrofe transmitida pelos meios de comunicação em geral, inclusive os de massa, anunciam um grito de socorro, um início de travessia no meio de tantas nuvens escuras, e nestes termos, esperamos soluções. Afinal, dar uma força é olhar uma criança, um idoso na hora que precisa. Um simples ato de ajudar alguém que conhecemos ou não, anterior as situações de calamidade, pode mudar o mundo. É então nesse direcionamento que, "em meio às dificuldades estão às possibilidades", afirmava Albert Einstein. Muitos que superaram uma situação de estresse compartilham dessa visão. Cada vez mais buscamos compreender aspectos que podem fortalecer o psiquismo e ajudar as pessoas a vencer o sofrimento. levando-se em conta dar uma força, como cuidar do outro? Sem torná-lo impotente, passivo... O cuidador é mais forte, mais sábio, mais nobre do que aquele de quem se cuida? Nesse sentido, temos de ponderar, nem todo auxílio é bem vindo.

Artigo

VALÉRIO MESQUITA, escritor (mesquita.valerio@gmail.com)

Figuras emblemáticas

Os maiores legados da Copa (parte 4) Empresários estão cautelosos com seus investimentos, em função dos futuros acontecimentos, aos rumos da economia e do Brasil depois da Copa do Mundo e das eleições de 2014. Também existe uma grande preocupação de quem está no poder, seu futuro está em jogo. O governo e os governantes estão sendo criticados e julgados. Grupos defendem a retomada do governo e do poder pelos militares. Diante de tantas especulações e previsões só o tempo tem a resposta. Apenas um fato é certo: é necessário investir em educação, e empresários do ramo estão vislumbrando um aquecimento do mercado educacional, enxergam lucros em seus comércios. Educação se torna um bom negócio, e como tudo termina em pizza, onde a massa é a mesma e só muda a cobertura, as faculdades remechem e misturam professores e disciplinas criando novos cursos, acomodando, cozinhando e assando os alunos no mesmo espaço. Coberturas que encobrem a mesma massa básica feita de farinha e água, modelada e assada em forma de disco. O futuro onde cada um criará a sua profissão esta cada vez mais perto. Pizzarias já montam a pizza ao gosto do freguês, que escolhe os ingredientes. Faculdades particulares primeiro se reuniram para formar centros universitários e universidades. Grupos universitários apresentam-se mostrando diversas logomarcas procurando uma dar sustentação a outra, embora sejam controladas por um grupo formado pelos mesmos, e até liderado por uma mesma pessoa como acionista majoritário e controlador. Estratégias de marketing maquiando estratégias administrativas. Cursos superiores tornaram-se um grande negócio para vender um produto que a sociedade é convencida de não possuir: saber e conhecimento. Com estratégias de exemplos silviossantistas, como a historia épica do menino pobre que sai do sertão torna-se engraxate e transforma-se em um grande empresário à custa de seu esforço e sacrifício. As mesmas estratégias de marketing utilizadas em net work. Universidades particulares fizeram convênios com instituições in-

Quinta-feira

O monsenhor Humberto Bruening, vigário de Mossoró até o último dia de vida, era amado e respeitado por todos. Como descendente germânico, herdou o jeitão de "ouvir muito e falar pouco". Certa feita, observava o trabalho que um pedreiro seu contratado fazia no altarmor da catedral. O servente foi chegando com argamassa e disse: "Padre Humberto, só se fala no ouro de Serra Pelada". E, depois, de rápida pausa: "Eu tou pensando, agora no final do ano, me casar e ir embora pro Amazonas. O que o senhor acha?". Padre Humberto no alto dos seus dois metros de altura e 70 anos de experiência, alfinetou: "Você vai fazer duas bostas de uma vez só". Assim mesmo o monsenhor fez o casório e não cobrou nada. Dix-Neuf Rosado, marcou sua passagem com integridade e zelo por tudo que lhe dizia respeito. Algumas vezes falava aos amigos mais íntimos: "A mulher manda na casa e eu mando nela." Nessa paz e filosofia viveram felizes por mais de 40 anos. Certa vez, mandou fazer uma pintura geral no casarão. Terminado o serviço, Dix-Neuf convidou a esposa para ver a obra. Ela achou lindo e aprovou com algumas restrições: "Gostaria que a cozinha fosse azul, os quartos fos-

Artigo

sem verdes, a sala de visitas amarela." O velho chamou o pintor e ordenou: "Anote aí, faça como ela quer". Três semanas depois, tudo pronto, pintado novamente, aprovado pela matriarca. "Seu" DixNeuf como era tratado, pergunta: "Tá bom assim?". Com a resposta positiva, Dix-Neuf ordena contraditoriamente: "Paulino", era o pintor, "chame o pessoal, raspe tudo e, pinte como eu mandei antes. Não se preocupe. Você, é claro, ganha de novo." Assim era o emblemático Dix-Neuf Rosado Maia. Em tempos longínquos, atribuiuse ao patriarca Messias Targino a paternidade de um garoto. Isso fez com que a mãe solteira deixasse a região e fixasse residência na capital pernambucana. Passados muitos anos, "Messias Targino" virou nome de cidade. O então deputado Valmir Targino, como um dos expoentes da família, lá estava para receber as homenagens póstumas ao pai e, agradecer em nome de todos. Em meio as festividades, via-se uma senhora que, apesar da idade ainda apresentava traços de antiga beleza, acompanhada de um adolescente. Em dado momento o moço aproximouse de Valmir Targino e disse: "Deputado, está muito bonita a homenagem ao senhor seu pai". Valmir en-

carando o jovem não titubeou como era do seu feitio. E sem egoísmo ou rancor, respondeu: "As homenagens são para o nosso pai". Ambos sabiam tudo e não diziam nada. O silêncio continuava a ser o maior conspirador e arauto do assentimento. João Lúcio era um feio que convivia muito bem com sua feiúra. Um cigano esperto, por não ter conseguido ludibria-lo, saiu falando mal dele. Adiante, uns trezentos metros, o sagaz malandro deparouse com um jovem e comentou: "Ganjão, nessa cidade tem o cabra mais feio do Brasil". E continuou: "Aquele que tá lá na esquina! Ô cabra feio!". O rapaz olhou, abriu um pouco a camisa deixando à mostra o cabo do revólver, disse: "Aquele feio, é meu pai....". De imediato, o cigano emendou: "Ô homem feio de coração bom. Foi a melhor pessoa com que eu falei aqui, fora o sinhô. Benza-te Deus". Outra de João Lúcio, o sujeito reconhecidamente feio. Ele próprio se considerava como tal. Em plena rua, uma senhora muito indiscreta interpelou-o: "Seu João, como é que o senhor, um cara tão feio, fez três moças tão bonitas?". João Lúcio respondeu na hora, efusivamente: "É que eu não fiz com a cara, comadre". E foi educado.

AUGUSTO COELHO LEAL, engenheiro civil (augusto.coelho.leal@gmail.com)

Dias de verão É verão, praias cheias, cidade com mais turistas, em determinadas regiões da Grande Natal festa todo dia. Mulheres bonitas e machos feios complementam as belezas naturais das nossas praias. Noite com lua, a beleza da criação de Deus - mar e lua -me leva certa tristeza. Resolvo pegar meu teclado e lembro-me de Raul Seixas "Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo" Na verdade procuro opinar sobre muitas coisas, não opino sobre tudo, mesmo porque a minha inteligência é ínfima, mas, existem coisas que as autoridades incompetentes enxergam que eu não consigo vê. Como diz o grande filósofo chinês Lu Zen Nildo, "senão vejamos." Fala-se muito que o turismo é uma das molas propulsoras da nossa economia, por isto estas autoridades tentam nos fazer de bobo, outras nem isto fazem. Acho que o serviço público faliu. Vivemos em um estado que a segurança é zero ou abaixo de zero (se der para quantificar), mas inventaram tal Operação Verão que deveria se chamar "Operação Embromação". Nos sábados, domingos e feriados colocam-se em um Posto Policial localizado na Rota do sol para os que passam olharem, um aparato policial, todos armados, ambulâncias, viaturas, ambulâncias e até helicóptero para que o turista pense que em caso de acidente terá assistência médica melhor que a do Hospital de Grenoble - onde Schumacher está - e que aqui ele está mais seguro do que dentro da NASA. Nós humildes nativos da região e veranistas, já sabemos que isto tudo é "conversa mole para boi dormir", pois estamos tendo as nos-

Artigo

sas casas invadidas e nossas famílias ameaçadas por marginais todos os dias da semana, ainda não baixaram um decreto, uma lei que diga Aos marginais, excetuando alguns políticos, ficam proibidos a pratica de assalto, roubos, estupros ou outros delitos durante os dias da semana, porque a policia só esta nas praias de sábado e domingo das oito às dezessete horas. Afinal policiais são filhos de Deus e tem direito a ver mulheres desfilando de biquíni. Outro caso que me espanta é que tem uma empresa paulista construindo um Flat em Cotovelo, e coloca as caçambas de coleta de entulhos e são várias, em cima da pista de rolamento sem que DER, Batalhão Estadual de Trânsito, DETRAN tomem qualquer providência. Além de ser um provável causador de acidente, a sinalização e precaríssima. No meu tempo de engenheiro rodoviário, se lia em quase todas rodovias placas educativas com os dizeres - Proibido estacionar no acostamento- no caso em questão nem no acostamento estão, estão em cima da pista de rolamento. Os caminhões quanto vão descarregar estacionam paralelos, fechando a rua e nós veranistas que vá reclamar a Seu Cabral. Ainda sobre esta construção onde existia um morro, depois foi aplainado, plantado vários coqueiros e liberado para construção do tal Flat, para driblar o gabarito o primeiro andar é bem abaixo do nível da rua, mas o MP do meio ambiente nada fez ou fez que não viu ou não vê, enquanto isso o plano de esgotamento sanitário de Cotovelo e Pirangi está emperrado há vários anos. Afinal estamos em um país que nada anda tudo é atravancado e o povo

que fique fod..., deixa prá lá. A Prefeitura de Parnamirim também é outra gracinha, desde que estou veraneando na praia de Cotovelo que ela não faz nada ou quase nada, às vezes cuida da iluminação pública e a coleta de lixo mesmo deficitária é feita. Mas também está junto com o DER na operação "Me engana que eu gosto", pois coloca alguns homens trabalhando na estrada Rota do Sol, fazendo a limpeza dos acostamentos e do canteiro central apenas nesta época, essa estrada, passa o ano todo abandonada, nunca vi qualquer ação da Prefeitura na urbanização da praia de Cotovelo, é tudo entregue ao deus-dará, uma vergonha. Até os equipamentos eletrônicos que inibiam velocidades foram arrancados. Vejam que no entroncamento da Rota do Sol com a rua que dá acesso a Cidade Verde precisa urgentemente de um semáforo, pois a probabilidade de acidente é alta. Mas vem aí o IPTU, os nossos (veranistas) os mais altos da região, ninguém reclama, ninguém diz nada, todos calamos e assim com diz a historia bíblica - na Galileía o povo é quem se reia - assistimos tudo, cantando com Zé Ramalho "Tô vendo tudo/Tô vendo tudo/Mas fico calado/Faz de conta que sou mudo. Tínhamos uma associação de moradores, onde cinco ou seis abnegados foram presidentes várias vezes, mas cansaram de ouvir críticas, não apareceu mais ninguém, o prédio abandonado, a praia também, infelizmente não sabemos administrar esta pequena área, mas falamos do presidente que administra o Brasil. Assim é que caminha a humanidade já dizia o imortal Brenchu.

CARLOS ROBERTO DE MIRANDA GOMES, professor aposentado da UFRN, advogado e escritor (mirandagomes1939@yahoo.com.br)

Cartas de Cotovelo 2014 (11) Fazer registro de partidas não me oferece satisfação, ao contrário de quando me é ofertada a oportunidade de falar em chegadas. A vida, no entanto, nos prega peças inusitadas, que tolhe o nosso pensar, sem alternativa de reparo. Nem ao menos o tempo de recuperação da partida de três amigos e já contabilizamos mais duas – Moacy Cirne, meu colega de Faculdade de Direito da Faculdade da Ribeira até o 3º ano, quando foi atraído pela cidade grande de São Sebastião do Rio de Janeiro. Lembro-me bem de ter sido escalado para, em nome da Turma, demovê-lo da interrupção do seu Curso, mas não tive competência para convencê-lo e Moacy ganhou espaços na Cidade Maravilhosa onde permaneceu por longos anos. Eventuais retornos a Natal, para suspender a prescrição, como dizia Dr. Mário Moacyr Porto, com ele tive alguns encontros informais no

Sebo Vermelho de Abimael ou em lançamentos de livros, sem que nos envolvesse algum tema específico. Um elo, porém, nos permitia afinidade – os quadrinhos, os quais sempre foram do meu gosto desde o ocaso dos anos 40 e ainda guardo os ‘Gibis e Guris’, genericamente falando, na minha biblioteca, todos encadernados por títulos, alguns desde o primeiro número; como relicário da minha feliz infância em Macaíba e em Natal até que a força do destino me tenha feito presa dos trágicos deveres, usando uma expressão do poeta Cruz e Souza. Vai o homem, fica a fama. Lembranças e saudades! O outro foi Mário Luiz Cavalcanti Moura, meu companheiro conscrito da turma de 1959 do 16º RI, a quem carinhosamente apelidamos de ‘estaca de queixo’ (peça de madeira que segurava as cordas das barracas de campanha).

Dele recordo de dois episódios – o primeiro quando perdera o seu sabre num exercício durante a manobra militar daquele ano, em Capim Macio, o que lhe renderia um processo. Mas a solidariedade dos colegas de farda e da CCS, com a permissão do Comandante Mílton Freire de Andrade e do Tenente Carvalho, saiu em diligência numa grande coluna na direção do lugar dos exercícios, em toda a sua largura obtendo resultado positivo. Achamos o artefato e tudo voltou como antes no quartel de Abrantes. O outro acontecimento se deu ainda na manobra quando a gaiatice de um colega (possivelmente o presepeiro Tarcísio Motta), imitando um animal fuçava abarraca de Mário e este, com o sabre na mão bradava: ‘saí daí raposa; chô raposa’. Ao derredor as gargalhadas eram muitas. Lembranças e saudades, também!

PE. JOÃO MEDEIROS FILHO, (pe.medeiros@hotmail.com)

Maria Santíssima e os poetas Mãe de Deus e nossa é um dos muitos oragos com que Maria é invocada pelos cristãos. Na história da humanidade, nenhuma criatura teve o privilégio de escolher sua própria mãe. Só Cristo pôde fazêlo, pois, desde toda a eternidade, Ela estava nos planos divinos. Neles, refulgia com intensidade a vinda do Redentor, que nasceria de uma mulher, a ser preservada do pecado. Podemos atribuir-lhe as palavras do Livro da Sabedoria (Sb 7, 25-27): "Ela é o reflexo da luz eterna, mais bela que o sol..., espelho sem mancha do poder de Deus e imagem de sua bondade". Os poetas costumam louvá-la com versos inspirados, enaltecendo os dons singulares com que Deus a dotou. A liturgia das horas a exalta diariamente com teológicos e poéticos cânticos. A literatura latina, a portuguesa e tantas outras são ricas em poemas e odes à Mãe de Deus. O Padre José de Anchieta, prisioneiro entre os tamoios, escreveu em latim, nas areias da praia de Peruíbe, o Poema à Virgem, com dois mil e oitenta e seis dísticos. Foi traduzido para o nosso idioma pelo padre Armando Cardoso, também sacerdote da Companhia de Jesus. Numa passagem, o bem-aventurado Anchieta compara Maria à Árvore da Vida, "fértil de frutos eternos, cujas raízes se escondem nas entranhas da terra, cujas franças sublimes chegam às estrelas do céu". E ao descrever o mistério da encarnação do Verbo, exclamou: "Uma sombra orvalhada, sobre suas entranhas virginais descansa, e meiga aragem sopra no horto cerrado de seu seio. No mesmo instante, o Verbo escondido ocupa o seu sacrário e a Virgem Mãe concebe o autor da vida". Poderíamos recordar também os versos de Dante Alighieri, na "Divina Comédia": "Virgem Mãe, por teu Filho procriada, humilde e superior criatura, por conselho eternal predestinada! Por ti se enobreceu tanto a humana natura, que o Senhor não desdenhou de se fazer, de quem criou, feitura". Leão XIII, considerado em sua época o príncipe dos poetas latinos, no final do seu pontificado, tirou da sua lira a "Última prece à Virgem", em que assim enaltece Maria e os seus poderes: "Se eu atingisse o céu, se contemplasse, por suprema mercê, de Deus a face, e, ó Virgem, teu olhar visse também... acolhe-me no céu; e se ali for eu um daqueles da cidade santa, direi eternamente que ao favor da Virgem Mãe devi ventura tanta"... Dom Silvério Gomes Pimenta - arcebispo de Mariana e o primeiro eclesiástico a integrar a Academia Brasileira de Letras - louvando a beleza da alma de Maria, escreveu: "Tu és mais linda que as estrelas e as flores ... em ti mancha não há". E Dom Francisco Aquino Corrêa, outro membro da ABL, proclamando a magnitude da Mãe do Criador, pergunta: "Quem fez o lírio de tua alma, ó Pura, quem fez as rosas dos teus lábios, ó Santa"? Não podemos esquecer, na multiplicidade dos poemas marianos, os versos do vate mineiro Primo Vieira, que foi sócio do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte. Em belíssimas estrofes no livro Litanias, mostrando Maria como Porta do Céu (uma das invocações da Ladainha), rezou: "Porta do céu à cuja entrada esquece o pecador as trilhas do pecado (...) da altura excelsa em que morais na glória, olhai os pequeninos sem história e a miséria de rojo pelo chão... Nós somos esses filhos que não param de caminhar nas réstias que ficaram da esteira luminosa da Assunção". Pinçamos apenas algumas das inúmeras exaltações poéticas a respeito da Mãe de Deus. Contemplando com fervor o rosto de Nossa Senhora, a Compadecida - há séculos venerada e louvada pelos cristãos - vislumbramos algo celestial em seu semblante e um fulgor divinal no seu olhar. É a Imaculada, mas, sobretudo, a Mãe dos pecadores e aflitos.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Juliana Manzano EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Fábio Pacheco EDITORA DE CULTURA Conrado Carlos EDITOR / JH Online Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Quinta-feira

Natal, 23 de janeiro de 2014

O Jornal de HOJE 3

Henrique afirma que foi “mal interpretado” e Fernando Bezerra será o nome do PMDB PRESIDENTE DA SIGLA NO RN REAFIRMA QUE NÃO É CANDIDATO AO GOVERNO E PARTIDO VAI ANALISAR NOME DO EMPRESÁRIO José Aldenir

CIRO MARQUES REPÓRTER DE POLÍTICA

Numa hora, é candidato. Na outra, não é. E, se ontem era cotado para ser candidato ao Governo do Estado, hoje, o presidente da Câmara Federal e estadual do PMDB, Henrique Eduardo Alves, negou tal hipótese e reafirmou que vai tentar a reeleição para à Casa Legislativa, com o objetivo de ser, mais uma vez, presidente e conseguir os esperados recursos e projetos federais para o Rio Grande do Norte. “Primeiro eu tenho destacado que não sou candidato a governador? A minha prioridade é a reeleição na Câmara Federal, por entender da importância dessa parceria entre governo federal e estadual", afirmou Henrique Alves em entrevista ao Jornal 96. As especulações que o ligavam, novamente, a uma candidatura ao Governo do Estado ganharam força no início da semana, quando o presidente peemedebista visitou Tibau e, em entrevista a imprensa mossoroense, teria admitido a candidatura em caso de uma “coalizão” de partidos - que é o que está surgindo em torno do PMDB. “Não declarei nesses termos, mas as pessoas insistem tanto que eu procuro ser habilidoso na respos-

Henrique Alves afirma que foi mal interpretado em entrevistas concedidas para jornalistas de Mossoró ta, para não parecer uma negativa absoluta. Então, procuro ser muito habilidoso, dizer que não quero por isso e isso, e às vezes pode dar essa interpretação. Então, quero afirmar que, no que depender da minha vontade, eu vou pleitear a reeleição, por entender na importância dessa parceria", afirmou Henrique Alves. Então, se o presidente do partido não é candidato ao Governo, quem será? O empresário Fernando Bezerra. Bom, pelo menos, se ele

passar no "crivo" dos demais deputados estaduais e prefeitos peemedebistas. "O candidato que para mim e Garibaldi será apresentado para o partido, não será imposto, será o nome de Fernando Bezerra, pela sua qualificação e seu currículo", afirmou Henrique, defendendo que "ele tem o perfil de um gestor que o Estado deveria ter" - praticamente, as mesmas palavras ditas por Garibaldi Filho quando defendeu o nome de Fernando Bezerra para o

Arquivo

Dessa forma, Fernando Bezerra segue como o nome do partido para a disputa pelo Governo em 2014

cargo, no final de dezembro. “Eu agradeço, não vou dizer que meu nome não uniria o partido. Mas o nome de Fernando Bezerra agora que será levado ao PMDB. Estou convocando a Executiva Estadual para apresentar e iniciar um diálogo”, acrescentou o presidente Henrique Alves, ressaltando que essa reunião deverá ocorrer na sexta-feira da próxima semana - depende da agenda de Garibaldi Filho.

DEMOCRACIA Henrique Alves também fez questão de dizer que a escolha para o candidato do partido nas próximas eleições não será "imposto" pela cúpula do partido. A escolha será em consenso, assim como a definição se a chapa será composta por uma candidata a senadora do PT (Fátima Bezerra) ou do PSB (Wilma de Faria). "Não adianta eu dizer: 'vamos fazer aliança com o PT'. Não é assim. Não se faz mais

as coisas assim hoje ou está fadado ao fracasso", afirmou Henrique. O presidente do PMDB, porém, ressaltou que a companheira da chapa vai buscar uma candidata que agregue valores a chapa, que agregue novos aliados, para forma uma grande junção de forças para o partido. Henrique não afirmou, mas é provável que, dessa forma, ganhe pontos Wilma de Faria, uma vez que o PT veta partidos como o PSDB e o DEM, previamente definido como apoiadores do PMDB.

> (IN) DEFINIÇÃO

Ex-secretário, Luiz Eduardo, afirma que a demora dos peemedebistas provoca “vácuo” na sucessão José Aldenir

Divulgação

JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

Ao analisar o processo sucessório estadual o ex-secretário do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social, professor Luiz Eduardo Carneiro Costa, seguidor da orientação política do senador e ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho, de quem foi auxiliar em várias oportunidades, entende que chegou o momento do Partido do Movimento Democrático Brasileiro ter uma candidatura própria, segundo ele, "não só identificada com as lideranças municipais, estaduais e nacionais mas, sobretudo, com a população". Para o ex-secretário, não se constrói nada sem uma conjunção de esforços entre todos os segmentos da sociedade, como político, econômico, religioso, trabalhadores, instituições profissionais, universidades e principalmente a juventude, que de acordo com o professor Luiz Eduardo, "foi a grande sacrificada no processo histórico". Ainda dentro do mesmo raciocínio, Luiz Eduardo diz que o modelo brasileiro não permitiu o surgimento de novas lideranças fora das famílias tradicionais da

Luiz Eduardo Carneiro foi secretário da gestão Rosalba Ciarlini até o ano passado

Ministra Tereza Campelo citou o ex-secretário pelo trabalho positivo no Governo

política brasileira e em razão disso a juventude foi excluída desse processo de renovação, daí ela (a juventude), "está sem rumo". Segundo Luiz Eduardo, que é um dos históricos do PMDB o foi candidato a vice-prefeito de Natal na chapa com a deputada Fátima Bezerra, o partido está demorando na definição do candidato que disputará a eleição deste ano e isso está

Para Luiz Eduardo, o PMDB precisa definir o seu candidato e as alianças políticas que serão feitas, principalmente por conta de prazos eleitorais a serem cumpridos e para por em prática a organização da campanha e a elaboração do programa de governo. "Quem dar o rumo da campanha são os candidatos e os partidos aliados, e partido nenhum sozinho, nem governa nem

vence eleições", observa o peemedebista.

Faria se diz tranquilo diante do acordão que se forma na chapa adversária, a do PMDB. E, de certa forma, isso deveria ser esperado por ele. Afinal, não acredito que Robinson, realmente, confiasse que, com o PMDB mantendo o projeto de candidatura ao Governo, ele teria o apoio de partidos ligados, tradicionalmente, a Henrique Alves, como o PROS, o PDT, o PV e o PR. Robinson deveria estar trabalhando com isso desde o começo da pré-candidatura.

Oficial do Município a convocação extraordinária dos vereadores para o período entre 3 e 13 de fevereiro. Na pauta, serão discutidos o projeto de financiamento no BNDES do Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos (PMAT) e a criação das "vagas de provimento efetivo para o Cargo de Agente de Combate as Endemias e de Agente Comunitário de Saúde, lotados na Secretaria Municipal de Saúde".

que, quando inaugurada, você nem parece que está no Brasil. Ou melhor: você nem parece que está no pobre estado do Rio Grande do Norte. É algo de "primeiro mundo". Há de se ressaltar, porém, que a obra não está totalmente pronta. O entorno, então, nem se fala. Tem muito ainda o que ser feito na área para que o estádio tenha condições de receber jogos da Copa.

CONFIRMADA AMesa Diretora da Câmara confirmou na edição de hoje do Diário

BELEZA AArena das Dunas é, realmente, bonita. E é uma daquelas obras

provocando um vácuo, ansiedade e insegurança entre militantes que desejam a vitória do PMDB e o bem do Rio Grande do Norte, mesmo com o partido dispondo de nomes bons e competitivos como é o caso do senador Garibaldi Filho, deputado Henrique Eduardo, empresário Fernando Bezerra e o deputado Walter Alves, todos cotados, mas ainda permanecendo a indefinição.

RECONHECIMENTO AO TRABALHO O professor Luiz Eduardo Carneiro Costa, que foi até pouco tempo o secretário do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social teve seu trabalho reconhecido recentemente pela ministra do Desenvolvimento

Social e Combate à Fome quando a ministra analisou a evolução do programa "Brasil sem Miséria" do Governo Federal e destacou o Rio Grande do Norte, sobretudo no período de 2012 a 2013 quando Luiz Eduardo era secretário e o Estado, através da Sethas foi o articulador de todos as políticas públicas requisitadas pelo ministério. A ministra Tereza Campelo citou como referência positivas os programas de construção de cisternas, evolução do Bolsa Família em função da estruturação do cadastro e sua expansão, além do Crediamigo (o BNB e o BB precisavam incrementar parcerias para empréstimos a pequenos empreendedores). Mostrando-se satisfeito pelo reconhecimento ao seu trabalho à frente da Sethas, Luiz Eduardo destaca que antes de deixar a secretaria foi convidado para apresentar a forma de gestão que estava sendo executada no Rio Grande do Norte durante um encontro nacional em Brasília. "Recebo a notícia do reconhecimento da ministra Tereza Campelo com satisfação porque mesmo com poucos recursos realizamos um bom trabalho", ressaltou o ex-secretário.

Túlio Lemos Ciro Marques - INTERINO - cirowmarques@gmail.com PT E PMDB Nesta sexta-feira, os diretórios de PT e PMDB devem se reunir com os presidentes nacionais das duas siglas, Rui Falcão e Valdir Raupp, respectivamente, para discutir os projetos e definições para as eleições de 2014. Nas duas siglas, aliadas nacionais na reeleição da presidente Dilma Rousseff/Michel Temer, formas bem diferentes de trabalhar. PT E PMDB II Afinal, enquanto no PT a definição do rumo do partido nas eleições de 2014 passa, diretamente,

pelas permissões e vetos da Executiva Nacional, no PMDB a situação, bem provavelmente, será outra. O diretório estadual, do presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves, é quem vai dizer qual rumo está tomando e, apenas, informar como serão as eleições deste ano para o partido. Não há, aí, a necessidade de aprovação da cúpula nacional peemedebista, mesmo que nos planos estejam alianças com o PSB, adversário nacional de Michel Temer. ROBINSON O vice-governador Robinson

URBANA A Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana) suspendeu a sessão pública que seria realizada hoje, para que a comissão julgado-

ra do certame licitatório apontasse as ganhadoras do edital público para ampliar a coleta de lixo. A suspensão foi motivada por um recurso impetrado nesta quarta-feira, pela empresa Marquise. URBANA 2 A abertura dos envelopes com as propostas de preço estava marcada para às 8h00, no auditório da Varella Barca, da seccional regional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RN). Uma nova data será marcada para a abertura dos envelopes com as propostas de preço, após a análise do recurso.


4 O Jornal de HOJE

Natal, 23 de janeiro de 2014

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

Uma situação anômala Conforme as cenas do roteiro liberado, o Supremo Tribunal Federal inclina-se a parodiar plenários de grêmios estudantis. Às vezes, de forma mais confusa e menos respeitosa. >>> As transmissões ao vivo pela televisão incentivam o exibicionismo do saber de seus juízes. Não é só isso, apenas. Os doutos (alguns dos 11 nem tanto) ministros, aqui e acolá, deixam transparecer o toque da politiquice na composição de seus votos. >>> Durante o julgamento da Ação Penal 470 – o Mensalão, como ficou conhecida a causa –, o respeitável público percebeu a argumentação sinuosa de magistrados que atuaram como promotores e outros que se comportaram como advogados de defesa. >>> Embora sem conhecimento técnico, mas observadores de perspicácia, cidadãos identificam e criticam impropriedades de membros da Suprema Corte. Uma delas: os togados brasileiros falam demais fora dos autos. Precisam ser menos diletantes nos seus comentários ácidos a respeito, sobretudo, dos dois outros poderes –Legislativo e Executivo. >>> Pós-escrito: Joaquim Barbosa e Ricardo Lewandowski estão quase sempre em posições antagônicas. Ambos têm ido além da discordância jurídica. O presidente e o vice do STF protagonizam rivalidade com a marca de entrevero. Apesar de representantes da elite jurídica nacional, Barbosa e Lewandowski não foram liberados do respeito ao catecismo da civilidade.

VOZES DAS RUAS Há apoios importantes para quem concorre ao governo potiguar. Dois são indispensáveis. Ambos são de pessoas que administraram o Rio Grande do Norte e passaram pela prefeitura de Natal.. Além do mais, a dupla continua popularíssima, como atestam as sondagens de opinião. >>> Nomes, pela ordem alfabética: 1. Garibaldi Alves, filho (PMDB); 2. Wilma de Faria (PSB).

Política

Quinta-feira

Câmara deverá vetar projeto que cria 800 cargos comissionados PROJETO DA SEMTAS DEVE SER A PRIMEIRA DERROTA DE CARLOS EDUARDO EM 2014 A primeira derrota do prefeito Carlos Eduardo Alves, do PDT, em 2014 poderá chegar antes mesmo de início do período regular do Legislativo Municipal. Isso porque, na convocação extraordinária para analisar os projetos encaminhados pela Prefeitura, a Câmara vai votar um projeto que cria 800 cargos comissionados temporários na Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas). E nem mesmo os vereadores da bancada governista se mostram interessados na aprovação da matéria. Alguns parlamentares governistas, inclusive, já teriam comunicado ao líder do prefeito na Casa, o vereador Júlio Protásio (PSB), que votarão contra o projeto quando este for levado ao plenário. Os parlamentares defendem a realização o mais rápido possível de um concurso público para preencher as mais de 800 vagas que seriam abertas. AO Jornal de Hoje, Júlio Protásio disse que a Semtas está com vários projetos paralisados por falta de pessoal, devido aos antigos servidores do órgão terem sido cedidos pela Ativa, prestes a ser liquidada na nova reforma administrativa. Além disso, o prefeito se comprometeria a realizar um certame no início do próximo ano, já que a permissão para os cargos teria duração de um ano. Contudo, até mesmo dentro da própria gestão municipal, já haveria uma corrente contrária a iniciativa da pasta. A expectativa é que esta seja a proposta mais difícil de ser aprovada no plenário da Câmara. Os vereadores exigem até mesmo uma justificativa para a quantidade de cargos que seriam abertas e onde estes ficariam lotados. Júlio Protásio chegou a sugerir que seja feita uma reunião da ban-

Wellington Rocha

Vereador Júlio Protásio, do PSB, é líder de Carlos Eduardo e terá que fazer uma longa articulação para aprovar projeto cada com o prefeito Carlos Eduardo, antes da votação da matéria, para que todas as dúvidas fossem retiradas. Mas, até agora, ainda não há uma confirmação sobre o possível encontro. O segundo projeto polêmico diz respeito a um empréstimo de R$ 56 milhões junto ao BNDES. O recurso seria necessário para viabilizar a construção de um centro administrativo para a Prefeitura e de uma nova sede para a Câmara Municipal, além de permitir a modernização dos equipamentos do Executivo. "Com esse dinheiro o prefeito garantirá a qualidade dos serviços, será possível centralizar a administração, e representará uma grande economia para a cidade, já que vamos nos livrar dos aluguéis", disse Júlio Protásio, relembrando em seguida que a quantidade de prédios locados pelo município para

abrigar secretárias já motivou até mesmo a abertura de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) na gestão Micarla de Sousa. Júlio enfatizou ainda a importância de a própria Câmara ter um prédio próprio, como vem defendendo o atual presidente da Casa, vereador Albert Dickson (Pros). A futura nova sede do Legislativo seria construída ao lado do Centro Administrativo municipal, em um terreno no bairro da Redinha, zona Norte de Natal. CONSENSOS Além dos dois projetos considerados mais polêmicos, os vereadores ainda deverão analisar mais duas iniciativas enviadas pelo prefeito para a Casa, antes da volta aos trabalhos. Mas, ao contrário das anteriores, estas teriam o apoio da maioria dos parlamentares e devem ser aprovadas de forma con-

sensual, sem maiores debates em plenário. Uma delas é o reajuste salarial do funcionalismo de 8%, conforme acordado por Carlos Eduardo com as categorias em reivindicações anteriores. O outro é a regularização dos agentes de endemias, contratados na gestão passada e que, agora, devem ter seus trabalhos regulamentados. Júlio Protásio explicou ainda que a reforma administrativa precisou ser "adiada" para após o retorno dos trabalhos na Câmara, dia 15 de fevereiro, por ser necessária a alteração da Lei Orgânica do Município. Conforme o regimento interno da Casa, para mudar a legislação, é preciso aprovar a matéria em duas votações com distância de 20 dias entre elas, o que seria impossível nesta convocação extraordinária, que deve durar a metade disso.

> DISCUTINDO A RELAÇÃO

Encontro pode discutir desentendimentos entre PMDB e PT no Rio Grande do Norte EM TEMPO REAL Tudo bem definido pela presidente da República. Aloizio Mercadante (foto), próximo chefe da Casa Civil, acompanhará, como fiscal e analista, as ações dos colegas ministros. Vale para representantes de todos os partidos. Enquadra-se no critério a pasta das Relações Institucionais, responsável pela articulação do Planalto com o Parlamento. Nem o Ministério da Fazenda deverá escapar do olhar crítico do economista que exerceu vários mandatos conquistados nas urnas. >>> Mercadante, embora escolado em eleições, está fora do dia a dia da campanha de recandidatura da senhora Rousseff. Dado o seu conhecimento, será difícil que o petista não atue, pelo menos, como consultor.

LEITURA DINÂMICA t Caso seja fechada a aliança DEM-PSDB, o democrata Paulo Souto credencia-se a voltar ao governo da Bahia. O vice será escolhido entre os tucanos Antonio Imbassahy (deputado federal) e João Gualberto (empresário). Para fechar o firo: Souto torce para Geddel Vieira Lima (PMDB) aceitar a candidatura ao Senado. t O presidente (em exercício) do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), vai dizer amanhã, em Natal, que o partido “está com o PT e o PT com a gente”. Por isso, aplaude a viagem de Lula da Silva aos estados, principalmente os problemáticos. Três serão nominados: Ceará, Paraíba e Rio de Janeiro. t Atenção, leitor, chega aos postos de venda um belo livro: ‘O tímido e as mulheres”. O autor, Artur Carlos Maurício dos Santos, angolano apelidado Pepetela, envolve, no enredo,

conflito amoroso, guerra política e a economia de seu país.. t Três aspirantes a líder do PDT na Câmara dos Deputados. Um não vai longe: Marcos Rogério (RR). Chegam à final – 4 de fevereiro – Félix Mendonça, filho, (BA) e Vieira da Cunha (RS). A candidatura do gaúcho a governador pode beneficiar o baiano. t No Brasil, não há justiça fiscal. A defasagem da tabela do Imposto de Renda maltrata o contribuinte pessoa física. Mais: o tributo corrói o salário do trabalhador. t Para refletir: “Há homens que lutam um dia e são bons, há outros que lutam um ano e são melhores, há os que lutam muitos anos e são muito bons. Mas há os que lutam toda a vida e estes são imprescindíveis” (Bertolt Brecht, dramaturgo alemão).

Os jornalistas Marcos Martinnelli, especialista em marketing político e comunicação em mídias sociais e Beto Andrade, publicitário e pós-graduado em jornalismo digital proferirão palestra nesta sexta-feira no Hotel Imirá na Via Costeira abordando o tema "Conexão Mídias Sociais". Em visita a ´O JORNAL DE HOJE na manhã desta quinta-feira, o jornalista Marcos Martinelli falou sobre o evento que contará com as presenças do presidente do PMDB nacional, senador Valdir Raupp e do PT nacional, Ruy Falcão. "O objetivo principal é discutir a importância das mídias sociais no contexto atual da política brasileira e chamar os jovens para a discussão, já que estão isolados", avalia o jornalista gaúcho. O seminário, que também está

Wellington Rocha

Jornalista gaúcho Marcos Martinelli visitou a redação d’O Jornal de Hoje pela manhã sendo realizado em outros Estados, reunirá peemedebistas, lideranças e comunicadores para um debate sobre o uso da internet na

difusão de propostas políticas, além de conscientizar e preparar parlamentares, lideranças, assessorias e jornalistas para uma in-

teração qualificada no universo das mídias sociais. ESPAÇO POLÍTICO O jornalista informa que após o encerramento do encontro promovido pela Fundação Ulisses Guimarães, haverá reuniões paralelas, oportunidade em que poderão ser discutidos assuntos da política local entre líderes do PMDB e PT, possivelmente os desentendimentos entre os dois partidos, que são aliados nacionalmente, mas enfrentam problemas no Rio Grande do Norte, principalmente com relação a composição da chapa majoritária onde o PMDB articula uma aliança com a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria (que deverá ser candidata à senadora na chapa peemedebista, espaço que está sendo pleiteado pelo PT nacional para a deputada federal, Fátima Bezerra. (JP)


6 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 23 de janeiro de 2014

Quinta-feira

Heracles Dantas

PM apreende 53 quilos de drogas na Favela do Mosquito OPERAÇÃO FOI REALIZADA HOJE PELA MANHÃ. SETE PESSOAS FORAM PRESAS

Cedida/BPChoque

E VÁRIAS ARMAS APREENDIDAS A equipe do BPChoque, da Polícia Militar realizou uma operação na manhã de hoje na Favela do Mosquito, bairro das Quintas, zona oeste de Natal. A Polícia prendeu sete criminosos e apreendeu 53 kg de drogas, além de diversas armas. Durante a operação houve troca de tiros, mas não houve vítimas. Segundo informações do Tenente Thales, que comandou a operação, os policiais do BPChoque estavam nas proximidades da favela do Mosquito para realizar uma blitz nos ônibus, mas quando chegaram ao local, tiros foram disparados de dentro da favela. Em busca dos criminosos, os policiais entraram em confronto, enquanto os ban-

didos tentavam se esconder nas casas da favela. Durante a busca os PMs chegaram a um local onde havia uma loja de reciclagem de fachada, que na verdade servia como laboratório de drogas e ponto para armazenar armas e produtos ilegais que seriam comercializados. Lá eles conseguiram prender parte do grupo, entre eles seis adultos e um jovem de menor. Foram apreendidos um fuzil 762, uma carabina calibre 44, uma pistola 9mm, um revólver calibre 38 e munições diversas, além de 3kg de crack e 50kg de maconha. Os criminosos foram encaminhados para a Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC).

PF flagra casal grego com cocaína no aeroporto de Natal Um casal de nacionalidade grega foi preso em flagrante pela Polícia Federal, na noite de ontem, no Aeroporto Internacional Augusto Severo, acusado de tráfico de drogas. Um estudante de 21 anos e uma professora, 25, tentavam sair do país com 8,39 kg de cocaína camuflados em uma mala. Esta foi a primeira apreensão do ano e a maior já feita de cocaína pela Polícia Federal no local, nos últimos cinco anos. O casal pretendia embarcar em um voo para Lisboa, Portugal, quando os policiais da imigração procediam uma fiscalização de rotina junto aos passageiros na área de embarque internacional. Ao passar pela máquina de raios X, uma das malas apresentou indícios de que

Fotos: Cedidas/PF

Fundo falso foi encontrado na mala do casal preso pelos policiais federais

Apreensão dos 8,39 kg de cocaína é a maior dos últimos cinco anos no Aeroporto

continha substância suspeita. Os donos foram identificados e conduzidos para uma revista, onde ficou

Os acusados receberam voz de prisão e seguiram para a superintendência da PF, em Lagoa Nova, onde

constatado através de teste preliminar, de que havia cocaína em um dos compartimentos.

foram autuados. Quando a mala foi esvaziada, encontraram um fundo falso, onde estavam nove pacotes

plásticos contendo a droga. Após apreciação foi confirmado o alto grau de pureza da droga. Durante o interrogatório, a mulher confessou que eles haviam sido contratados na Grécia, por um desconhecido, que custeou todas as despesas da viagem até o Brasil e propôs uma gratificação de 8 mil euros, caso a droga levada de Natal fosse entregue na cidade de Lyon, na França. Ela disse também que, como a mala chegou vazia às suas mãos, mas tinha um peso considerável, imaginou que estivesse transportando "ouro". O casal de estrangeiros foi indiciado por tráfico internacional de drogas e permanece sob custódia da PF, à disposição da Justiça.

> LEI SECA

Supostos policiais da segurança de Dilma são pegos em blitz A Polícia Militar em parceria com o Detran/RN realizaram Blitz na Avenida Engenheiro Roberto Freire, madrugada de hoje. Foram 79 apreensões de carteiras nacionais de habilitação (CNH) e 16 motoristas conduzidos a delegacia por dirigirem sob efeito de álcool. Entre os autuados estavam policiais federais, policiais rodoviários federais, dois oficiais da aeronáutica e policiais militares, além de um moto-

rista de ambulância, que estava no veículo de trabalho no momento da autuação. A fiscalização durou cinco horas. A blitz que contou com 13 policiais militares do CPRE e sete agentes do Detran, teve início à meia-noite, bloqueando os dois sentidos da avenida e parando todos os veículos que passavam no momento. Segundo informações do tenente Styvenson Valentim, foram

apreendidas 79 CNHs por motoristas que se negaram a realizar o teste do bafômetro, enquanto 16 pessoas foram autuadas após o teste, sendo que um deles policial rodoviário federal e um policial militar, que dirigiam sob o alto efeito de álcool. Foram realizados aproximadamente 1.500 testes de bafômetro. Entre os autuados também estão supostos policiais federais do Gabinete de Segurança da Presidência

da República, oficiais da Aeronáutica e da Policia Militar do Rio Grande do Norte. "Eu não posso confirmar que eles eram realmente da segurança da presidente porque eu não quis ver a documentação que eles apresentaram, o que eu queria ver mesmo era a habilitação e o a documentação do veículo. Pedi para que eles fizessem o teste do bafômetro, mas se recusaram e vão responder por um processo ad-

ministrativo", afirmou o tenente Styvenson, que comandou a operação. Segundo o tenente, os policiais federais e oficiais confessaram que estavam sob o efeito de álcool e que vinham de uma festa em Ponta Negra. Outro caso que chamou a atenção da fiscalização foi um motorista de uma ambulância que estava trabalhando quando foi parado na fiscalização. Quando poli-

ciais convidaram para realizar o teste do bafômetro, ele se recusou, afirmando que havia ingerido bebida alcoólica. Outro condutor se apresentou como sobrinho da Governadora Rosalba Ciarlini e se recusou a fazer o exame. Ele foi autuado e teve a CNH recolhida. A fiscalização, que está dentro do cronograma de ações da Operação Verão da PM realizou cerca de 1.500 testes de bafômetros.

> IMPRENSA NACIONAL DENUNCIA

Com munição limitada, policiais do RN precisam fugir dos bandidos O SBT Brasil denunciou na noite de ontem, a situação em que os policiais civis do Rio Grande do Norte trabalham. Sucateamento de armamentos, a falta de munição e de coletes à prova de balas, foram alguns dos casos registrados pela emissora. Enquanto delegados da Polícia Civil do estado são flagrados utilizando viaturas para fins particulares, a falta de estrutura das delegacias e as condições de trabalho da polícia foram colocadas em questionamento, em rede nacional. A reportagem registra relatos de agentes que tiveram que recuar em meio a um tiroteio por falta de munição. "Enquanto ele efetuava dois disparos eu só podia efetuar um, porque eu estava com pouca munição, estava contando os meus disparos, sabendo que a munição iria acabar, e que se o dele não acabasse eu teria que correr", afirmou um agente que não quis se identificar. Além da falta de munição, os policiais convivem com armas sucateadas. No 4º distrito policial, a única é da época da Segunda Guerra Mundial. Já na Delegacia de Pipa, a única arma é um rifle contendo 10 balas. Situação que põe em risco

José Aldenir Reprodução

Policial civil mostra arma sem munições e ironiza perigo que a categoria corre

Em entrevista ao SBT Brasil, policiais relataram as dificuldades de enfrentar o forte armamento dos bandidos do Estado a vida dos agentes, uma vez que não existe treinamento para o manuseio desses tipos de armamentos e que servem para "fazer presença" segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do RN (Sinpol), Djair Oliveira. O equipamento ideal de acordo

com Djair Oliveira seria a arma de calibre ponto 40, que tem maior poder de precisão e função de derrubar o indivíduo, mas a maioria dos agentes ainda usam a calibre 38 mm, que tem poder de perfuração maior podendo até, em meio a um tiroteio, atingir outras pessoas que

estão próximas. Outro fato citado pelo sindicalista é que nem todos os agentes possuem armamento, o que põe em risco a segurança da própria polícia. "São 450 armas para 1450 policiais civis, com armamento obsoleto e inadequado. O ideal seria que todos os agentes assim que

nomeados recebessem a sua arma, mas infelizmente isso não acontece e nos coloca em risco", disse. Quanto à falta de munição, Djair Oliveira (Sinpol) afirma que a compra de balas só pode ser feita por meio de um processo licitatório e que pode demorar meses, diferente dos bandidos que tem acesso facilitado. "Para solicitar a munição é necessário, junto ao governo do estado, fazer a solicitação e a partir daí será realizado um processo licitatório e é ai que entram as dificuldades. Falta munição, ar-

mamentos e vontade política também. Enquanto isso, os bandidos compram com facilidade do mercado negro". Os coletes a prova de balas também foram alvo da reportagem. O que deveria ser um instrumento para assegurar o policial em serviço, é motivo de piada e mostra que o colete é bem menor do que os próprios policiais. "Isso é brincadeira, piada de mau gosto", disse um dos agentes ouvidos pela reportagem. Segundo o Sindicato, atualmente existem 400 coletes, a maioria deles vencidos.


Economia

Quinta-feira

Natal, 23 de janeiro de 2014

O Jornal de HOJE 7

Demis Roussus/Divulgação

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

administracao@jornaldehoje.com.br

SYLVIA SÁ - INTERINA Merkator se mobiliza para a 2ª edição da 40 Graus - Feira de Calçados e Acessórios n A Merkator Feiras e Eventos inicia os preparativos para a segunda edição da 40 Graus - Feira de Calçados e Acessórios, que levará às regiões Norte e Nordeste as novidades das principais marcas calçadistas do Brasil. n O evento acontecerá nos dias 11, 12 e 13 do próximo mês de março, das 10h às 18h, no Centro de Convenções de Natal. n A feira, que teve sua primeira edição em 2013, surgiu através da necessidade setorial visualizada pela Merkator, promotora do Salão Internacional do Couro e Calçado (SICC) e da Zero Grau - Feira de Calçados e Acessórios, e por sindicatos parceiros do Rio Grande do Sul. n O Norte e Nordeste concentram mais de 60 milhões de pessoas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. "Juntas, as duas regiões representam populações superiores à da maioria dos países da América Latina. Por isso a importância de uma mobilização especial dos fabricantes para estar mais perto dos clientes e entender cada vez melhor a cultura regional", diz Frederico Pletsch, diretor da Merkator Feiras e Eventos. n Ele salienta ainda que o Rio Grande do Norte, escolhido para sediar a feira, possui alguns dos requisitos necessários para a realização de um evento de sucesso. "O estado tem uma tradição de turismo alinhado a negócios, o que se identifica muito com o perfil de atuação da nossa empresa", enfatiza Pletsch. n Mais de 150 marcas estarão presentes na 40 Graus de 2014. Entre elas estão: Piccadilly, Miúcha, BeCosern distribui lâmpadas econômicas em estande na Feirinha de Pium nAté domingo, os consumidores residenciais que comparecerem ao estande da Cosern instalado ao lado da Feirinha de Pium, em Parnamirim, poderão ser contemplados com três lâmpadas fluorescentes compactas econômicas. n A ação faz parte do Programa de Eficiência Energética da Cosern, regulado pela ANEEL. n Estão aptos a receber as lâmpadas os usuários que estejam em dia com a Cosern e não tenham participado de outra ação de doação de lâmpadas nos últimos três anos. Para isto, será necessário levar o CPF e um documento com foto. n Além das lâmpadas, os consumidores também receberão kits contendo jogos educativos e cartilhas informativas com orientações sobre uso seguro e eficiente da energia elétrica e iluminação pública. n Poderão ainda atualizar o cadastro, autorizar o débito automático da conta de energia e os consumidores que atendem aos critérios estabelecidos pelo governo federal para inscrição na Tarifa Social de Energia Elétrica poderão atualizar o cadastro para obter o desconto na conta de energia. Shopper Experience recruta "clientes secretos" para avaliar lojas de aeroportos n A Shopper Experience está recrutando consumidores interessados em atuar como "clientes

becê, Demiler, Usaflex, Bibi, Beira Rio, Company, River Land, Scamboo, Crysalis, Andrea Balleno, NOS, Kammy, Grendene, entre muitas outras. MTur investe em centros móveis de atendimento ao turista em Natal n Prevendo o aumento da demanda de turistas com a inauguração do Arena das Dunas, o Ministério do Turismo (MTur) investiu R$ 326 mil na compra de quatro trailers que farão o papel de Centros Móveis de Atendimentos ao Turista (CATs). n Os trailers vão ficar nas praias da Redinha, do Meio e Ponta Negra, além do Centro Histórico na Cidade Alta, levando informações em diversos idiomas e orientando os turistas que visitam a capital. n Após a Copa, os trailers serão reaproveitados em outros pontos turísticos da cidade. "Nossa experiência na Copa das Confederações mostrou que temos de focar no nosso cliente, o turista. O investimento na construção de CATs vai ao encontro dessa estratégia. A ideia é facilitar a vida do visitante por meio de informações corretas e objetivas em locais estratégicos", comentou o ministro do Turismo, Gastão Vieira. n Natal é o sétimo destino mais visitado, se consideradas apenas as viagens dentro do país. De acordo com dados do Anuário Estatístico 2013, do Ministério do Turismo, em 2012, o Rio Grande do Norte recebeu mais de 40 mil turistas, de avião e navio. n O MTur reservou R$ 37 milhões para investimento em 105 centros, todos em estados-sede da Copa, em operação até a Copa do Mundo. A ação é uma parceria com estados e municípios, que investem mais R$ 3,3 milhões.

secretos". n Pioneira e líder no Brasil na avaliação do atendimento ao cliente por meio de pesquisas conduzidas por pessoas com real experiência de compra, a empresa está avaliando lojas de aeroportos brasileiros instaladas nas áreas de embarque e desembarque internacional, nas cidades de Recife, Fortaleza, Florianópolis, Natal, Belo Horizonte, Curitiba, Brasília e Porto Alegre. n O candidato deve ter mais de 20 anos e ter viagens internacionais agendadas - uma vez que a avaliação é feita em áreas com acesso restrito. Atento e crítico, o "cliente secreto" deve avaliar aspectos que vão da limpeza e organização da loja ao atendimento e o tempo de espera nas filas. n A remuneração para as avaliações em lojas instaladas nas áreas de embarque e desembarque internacional é de até R$ 100 - incluindo R$ 30 em compras. n Segundo Cissa Perez, gerente de atendimento da Shopper Experience, a empresa tem por proposta incentivar as pessoas a conciliar uma viagem de férias ou a trabalho com um ganho extra, em uma atividade divertida. n "Para atuar como clientes secretos, os selecionados serão capacitados em um treinamento online. O primeiro passo é a inscrição no site da Shopper Experience, que selecionará os colaboradores de acordo com o perfil de consumo e as viagens agendadas", detalha a executiva, acrescentando que cerca de 600 pes-

soas devem ser incorporadas ao projeto de avaliação. n Na base, a Shopper Experience conta com mais de 53 mil "clientes secretos" ativos, que avaliam o atendimento ao consumidor em todo o Brasil e na América Latina. Informações e inscrições no www.shopperexperience.com.br Percentual de polpa da fruta ou suco terá destaque no rótulo de bebidas nA partir de julho a indústria deverá informar no painel principal do rótulo das bebidas não alcoólicas o percentual de polpa da fruta ou suco utilizado nos ingredientes. n A regra foi determinada pelas Instruções Normativas nº 17, 18, 19 e 42 publicadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). nApós um amplo debate com os integrantes da cadeia do agronegócio de bebidas, ficou claro que é necessário informar com mais clareza ao consumidor o que está sendo ofertado para ele. Segundo o chefe da Divisão de Bebidas do Ministério, Marlos Schuck Vicenzi, todos os refrigerantes, refrescos e chás devem declarar o percentual. n "Em dezembro de 2014 a regra passa a valer também para os néctares e sucos tropicais. Essa obrigatoriedade beneficia tanto o produtor quanto o consumidor, pois aumenta a transparência nas relações de consumo das cadeias produtivas envolvidas", ressaltou.

Governadora Rosalba Ciarlini se reuniu com moradores da região para prometer indenizações com a construção

Criado grupo de trabalho para obras da barragem DECRETO FOI PUBLICADO NA EDIÇÃO DESTA QUINTA-FEIRA O Diário Oficial do Estado pu- recenseamento das 77 famílias de nidade. A entrega das casas - por blica nesta quinta-feira decreto crian- Barra de Santana está concluído esse planejamento - ficará para abril do o grupo de trabalho que acom- desde o final de dezembro do ano de 2015 - na teroria, seis meses antes panhará a relocação das famílias re- passado, 30 dias antes do previsto. da conclusão da obra da Barragem sidentes em Barra de Santana, na E que existem por volta de 70 lau- de Oiticica. zona rural de Jucurutu, que serão dos prontos para dar início ao proA barragem de Oiticica, a ser inundadas para a construção da bar- cesso de indenização por parte do construída no leito do rio Piranhasragem de Oiticica. Governo do Estado. Açu, entre os municípios de Caicó Há duas semanas, a governadoO decreto publicado hoje cum- e Jucurutu, é mais outro dos velhos ra Rosalba Ciarlini se reuniu com um pre na prática a principal promessa sonhos do Estado como forma de grupo de moradores de Barra de de Rosalba aos moradores daquela minimizar os eternos problemas híSantana para debadricos. ter a transferência O valor total da deles e também obra é de R$ 311 mipara desfazer boalhões, dos quais R$ Valor da Barragem de Oiticica é de tos que circularam 292 milhões virão na região sobre a do Governo Federal R$ 311 milhões. A capacidade será de possibilidade de e R$ 19 milhões do 556 bilhões de litros de água e beneficiará um calote nas inGoverno do Estado. denizações. A capacidade é de 500 mil pessoas de 17 municípios. Rosalba disse 556 bilhões de litros a um grupo de 150 de água e, quando pessoas que os reestiver cheia, beneficursos para as inciará diretamente denizações das famílias já estão as- região: nomear a comissão forma- 500 mil pessoas de 17 municípios segurados no Orçamento do Estado da por representantes do Governo, das regiões Central, Seridó e Vale do para este ano e se comprometeu a Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Açu. respeitar o desejo da maioria deles Líderes Comunitários, Igreja CatóPara os especialistas, a barrade se mudar para o Alto do Paiol, a lica e um engenheiro indicado pela gem de Oiticica é importante para nova região escolhida. Prefeitura de Jucurutu. barrar o volume de água que vem Havia receio de que os moraO passo seguinte será apresen- carreado da Paraíba, onde nasce o rio dores paralizassem a obra com pre- tar, até janeiro do ano que vem, um Piranhas-Açu. Sua construção vem visão de entrega em outubro de 2015 estudo completo da área conhecida sendo defendida há anos por liderane tem 10% do cronograma concluí- como Alto do Paiol, para onde os ças políticas como forma, inclusive, do. Na ocasião, o secretário estadual moradores de Barra de Santana vão de conter os efeitos das inundações, de Recursos Hídricos, Leonardo ser transferidos e elaborar para lá coisa que não vem acontecendo nos Rêgo, lembrou que o processo de um projeto urbano da nova comu- últimos três anos.

‘ ’

> EM OBRAS

Ministro dos Portos visita obras do novo Terminal de Passageiros O ministro dos Portos, Antônio Henrique da Silveira, desembarca em Natal nesta quinta-feira à tarde para uma "visita técnica" ao Terminal Marítimo de Passageiros, obra de R$ 72,5 milhões prevista no PAC da Copa. Amanhã, com a mesma missão, o ministro visitará obras do terminal de passageiros de Fortaleza, onde o total previsto de investimentos no PAC Copa é de R$ 202,6 milhões a serem investidos não só no terminal de passageiros, como na construção de cais para um berço de múltiplo uso; pavimentação e urbanização de via interna de acesso, estacionamento e pátio. Em Natal, ele inaugura a galeria de ex-presidentes da Companhia Docas do Rio Grande do Norte, com as fotos de todos os indicados ao cargo expostos em sequência cronológica. O Capitão dos Portos do Rio Grande do Norte, Rodolfo Góis de Almeida, que transmite o cargo nesta sexta-feira para o sucessor Alexander Novaes de Assumpção, ainda durante a presença do Ministro por Natal, receberá a comenda do Mérito Portuário, uma justa homenagem a quem se importa com a segurança do porto. Foi o comandante Góis quem fechou a circulação de navios no porto após as 17 horas, uma medida de segurança à falta de defensas nos pilares da ponte Newton

Divulgação

Ministro Antônio Henrique da Silveira está em Natal nesta tarde

Navarro. Até hoje, a Codern não conseguiu reverter essa situação, que impede as embarcações de maior porte de ganharem tempo saindo de madrugada. Aqui, o ministro Antônio Henrique assistirá a uma palestra para apresentação da nova linha marítima que ligará o Porto de Natal a Porto of Spain, capital de Trinidad e Tobago, uma nova ligação que a Codern considera importante para aproximar Natal dos portos dos Es-

tados Unidos e da Ásia. Além do presidente da Companhia, Pedro Terceiro de Melo, deverão estar presentes a governadora Rosalba Ciarlini, o prefeito de Natal Carlos Eduardo, deputados, senadores, empresários, agentes portuários, agentes de cargas e servidores da Companhia. O palestrante será Julho Coelho, CMA CGM, empresa que faz a ponte marítima do RN com os portos da Europa.


8 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 23 de janeiro de 2014

Quinta-feira

Pais relatam dificuldades para comprar livros didáticos em Natal COM ANTECIPAÇÃO DO ANO LETIVO, ALUNOS ESTÃO INICIANDO AULAS SEM MATERIAL ANA PAULA CRUZ ANAPRCRUZ@GMAIL.COM

Neste ano, o período letivo começou mais cedo devido a Copa do Mundo 2014 que será realizada no mês de junho. A peregrinação dos pais em busca dos livros didáticos dos filhos também foi antecipada, mas muitos ainda estão em busca dos livros que, em algumas livrarias, estão em falta e só chegarão em fevereiro, quando as aulas já terão sido iniciadas. De acordo com os lojistas das livrarias, nesse período é comum acontecer a falta de livros. Os mais difíceis de serem encontrados pelos pais são os paradidáticos, que as livrarias estão dando um prazo de 20 a 30 dias para chegarem às lojas. A funcionária pública Rochelle Rangel reclama que o filho já está em aula e ela ainda está procurando os livros solicitados pela escola. "Está muito difícil encontrar os livros, precisamos andar em muitas livrarias para poder conseguir, inclusive tem alguns que ainda nem chegaram. As aulas do meu filho já

começaram e ele iniciou o ano sem os livros. Acho isso muito errado". O gerente da Livraria Câmara Cascudo, Paulo Henrique Ferreira, informou que a falta de livros no início de ano é comum. "Todo início de ano existe essa falta dos livros. Neste ano, com o período letivo iniciando mais cedo, muitos pais anteciparam suas compras e os livros que tinham já foram levados". Segundo Paulo Henrique, as editoras neste período já têm dificuldade sobre a questão de livro didático em estoque, pois quando não tem no Estado, é preciso fazer pedido e os atrasos acontecem comumente. Entre os meses de outubro a dezembro, as editoras de livros passam nas escolas para divulgar seus materiais e a partir do momento que as escolas fazem suas escolhas, as livrarias têm acesso à lista de livros que serão utilizados no ano. O gerente de livraria sugere que os pais antecipem a compra de livro didático, pois caso venha a faltar terá tempo hábil para fazer o pedi-

Wellington Rocha

Segundo Paulo, a antecipação do ano letivo aumentou a procura antecipada do e o livro chegará em tempo para o início das aulas. "Quando o pai não encontra o livro, a livraria dá Wellington Rocha

Para alguns livros como os paradidáticos, as livrarias estão dando prazo de 20 a 30 dias para chegar

a opção de deixar o material pago e depois mandamos entregar, sem custo adicional. Mas costuma de-

morar um pouco nesse período", explicou Paulo Henrique. A estudante Teresa Cristina de Oliveira ainda não conseguiu sucesso na busca pelos livros do filho. "Essa é a primeira livraria que visito, mas até agora não tem nenhum dos que estão em minha lista. As aulas do meu filho já começaram, inclusive hoje falei com a professora dele e ela disse que vai começar a trabalhar com o livro de matemática na segunda-feira, mas este está em falta. Acho isso um absurdo, pois todas as livrarias da cidade deveriam estar preparadas, já que as escolas passam as listas para elas bem antes". O responsável pelo setor de livros da Livraria Asa Branca, Wellington da Costa Nobre, disse que eles entendem o lado dos pais, mas isso não depende só da livraria. "Tudo não depende só da livraria, dependemos também das editoras. Às vezes pedimos um estoque de 50 livros, mas elas só mandam 25. Alguns livros que pedimos ainda não chegaram e a previsão é só para fevereiro". Wellington Rocha

As aulas do filho de Rochelle já começaram, mas ela ainda não conseguiu encontrar os livros

Heracles Dantas

Vacina contra HPV é usada na prevenção do câncer do colo de útero

SUS oferece vacina contra HPV a partir de março A vacina contra o Papiloma Vírus Humano (HPV), usada na prevenção do câncer de colo do útero, passará a ser ofertada no Sistema Único de Saúde (SUS), para meninas de 11 a 13 anos, a partir do dia 10 de março. A estratégia de vacinação foi apresentada na quarta-feira (22), pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha. A proposta do Ministério da Saúde (MS) é incentivar as secretarias estaduais e municipais de saúde que promovam, em parceria com as secretarias de educação, a vacinação em escolas públicas e privadas. A campanha terá início somente no dia 10 de março e segue até 10 de abril. As adolescentes de 11 a 13 anos que não forem vacinadas no período da campanha poderão procurar a unidade de saúde mais próxima. A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) passará as orientações necessárias sobre a vacina para os pais a partir do início de março. A ginecologista Bianca Nunes fala sobre a importância das adolescentes participarem da campanha. "É importante essas meninas serem vacinadas, pois elas estarão protegidas contra o câncer de colo do útero, um dos cânceres que mais mata mulheres no Brasil". A vacina contra HPV é aplicada em três doses. Após a primeira dose, a segunda deve ser aplicada seis meses depois e a dose de reforço cinco anos após a segunda dose. Para o primeiro ano de vacinação, o MS adquiriu 15 milhões de doses. Será utilizada a vacina quadrivalente, que confere proteção contra quatro subtipos (6, 11, 16 e 18). O vírus HPV é uma das principais causas de ocorrência do câncer do colo de útero terceira maior taxa de incidência entre os cânceres que atingem as mulheres. A meta do Ministério é vacinar 80% do público-alvo, formado por 5,2 milhões de meninas. A vacina contra HPV tem eficácia comprovada para proteger mulheres que ainda não iniciaram a vida sexual e, por isso, não tiveram nenhum contato com o vírus. Hoje, é utilizada como estratégia de saúde pública em 51 países. O Papiloma Vírus Humano é um vírus transmitido pelo contato direto com pele ou mucosas infectadas por meio de relação sexual. Também pode ser transmitido da mãe para filho no momento do parto. O MS orienta que mulheres na faixa etária dos 25 aos 64 anos façam o exame preventivo anualmente. A vacina não substitui a realização do exame preventivo e nem o uso do preservativo nas relações sexuais. Hoje, a vacina contra o HPV ainda não está disponível na rede pública de saúde e só pode ser encontrada em clínicas particulares. CMYK


Cultura

Quinta-feira

Natal, 23 de janeiro de 2014

O Jornal de HOJE 9

Fotos: Canindé Soares

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO APRESENTA VARIEDADE DE ATRAÇÕES MUSICAIS QUE VAI DO FORRÓ A GRUPOS DE DANÇA Um dos principais eventos do calendário cultural potiguar, a 19ª Feira Internacional de Artesanato começa nesta sexta (24) com expectativa de público em torno de 68 mil visitantes, em seus 385 stands com artesãos locais, nacionais e de quinze países. Eventos como o Salão e o Seminário do Artesanato Potiguar, Oficina e Salão dos Mestres, Prêmio Vitrine do Artesanato, Festival de Danças Folclóricas, tribos indígenas Pataxó e Fulni-ô, praça de alimentação e shows artísticos atrairão profissionais da área e curiosos por produtos gerados na primeira expressão artística do homem. O evento prossegue até o dia 02 de fevereiro no Pavilhão das Dunas do Centro de Convenções. Gêneros variados permeiam a programação cultural da Fiart. Estão previstas apresentações de música eletrônica, do Trio de Forró Santa Maria, Trupi Ashaki Cia de Dança, Quadrilha Arraiá Rei do Baião, grupo cultural Dialetos, grupo pastoril Renascer, encerrando com a banda de música do 3º Distrito Naval, Maiorais do Forró e banda Perfume de Gardênia. Para Clécio Alves, músico e professor universitário, o que a feira oferece vai suprir a necessidade das pessoas de ter um complemento durante a visitação, com negócios e entretenimento lado a lado. “É importante ter música em todo lugar. E numa feira de artesanato então, nem se fala. O que gostei quando vi os nomes, foi que tem atrações locais de vários esti-

los, para todos os gostos. Eu, particularmente, quero ver os grupos de dança”, diz Clécio. Ele se refere ao sábado, dia em que grupos circenses e bandas musicais darão o tom – na agenda tem o grupo cultural da Fundação José Augusto, grupo de arte Dança Enigma, Academia Evidance, Grupo Raízes Potiguar, banda de música Trampolim da Vitória e os shows de Carlinhos Zens e Forró Meirão. Com o tema A Originalidade Dá Forma A Novas Oportunidades, a Fiart deste ano pretende movimentar um valor acima do que foi comercializado em 2013 (R$ 5,7 milhões). Ainda que o caráter internacional a credencie como uma das principais do Nordeste, um dos focos é valorizar a produção local. Por isso, além dos 60 estandes adquiridos pelo Governo do Estado e distribuídos entre artesãos do interior, músicos locais compõem a grade de atrações. No domingo, o trio de forró Santa Maria, a Orquestra Sanfônica de Parelhas, Macambiras, banda de música de Extremoz, Cacetada do Forró e Banda Anos 60 (foto) prometem som, durante o final de semana, até às 22h.

SOM E DANÇA

DA FIART CURTAS - ccpsilva@hotmail.com Fotos: Divulgação

CAOS DE ONTEM Sei que existe o protocolo de a presidente inaugurar estádio e tal, mas tudo que envolve a Copa e o momento de bagunça social é tão evidente, que ela poderia ter nos poupado de mais um tormento, como o de ontem. Natal é pequena, tem ruas estreitas e cada vez mais carros. No momento, é impossível armar qualquer evento que precise bloquear um trecho tão importante da cidade, já paralisado, em parte, por causa das obras, sem nos deixar furiosos. Não existem vias de escape. Fiquei 40 minutos preso no Campus Universitário, porque tive que sair de Candelária, ir até o viaduto de Ponta Negra, ziguezaguear por Mirassol, para pegar minha filha no Contemporâneo de Nova Descoberta (em um dia normal, gasto cinco minutos). Vi muita gente revoltada, carros no prego e nenhum amarelinho, pois todos estavam no entorno da Arena. Um absurdo sem tamanho que poderia ter sido amenizado se a festa tivesse sido marcada para o final de semana. Mas, numa quarta-feira, em horário de pico, foi de lascar. TEMA OFICIAL DA COPA Prefiro acreditar que é brincadeira do CQC ou do Pânico, o papo de que a música da Copa do Brasil será feita por Pitbull, Jennifer Lopez e Claudia Leitte. O americano descendente de cubanos, cujo nome verdadeiro é Armando Christian Pérez, é ruim de doer. Faz aquele hip-hop açucarado cheio de gostosas nos clipes que a horda ianque adora. O troço teria até título, “We are one”, e seria anunciado ainda nesta quinta-feira (23). Lá no blog (conradocarlos.jornaldehoje.com.br) eu falo mais sobre o trio, com direito a vídeos.

ALICE NO SHOPPING Segue a diversão gratuita no Natal Shopping. Até o dia 13 de fevereiro, a criançada de 03 a 12 anos verá o mundo encantado de Alice no País das Maravilhas, com todos os seus famosos personagens e um cenário que insere a garotada no conto infantil escrito por Lewis Carrol. A história do sonho da menina que é levada para um lugar fantástico, após entrar na toca de um coelho branco sempre apressado com seu relógio de bolso, tem feito tanto sucesso que já superou a expectativa de visitantes em 25% além do esperado. O circuito de aproximadamente 20 minutos permite aos pequenos interagir com a própria Alice, representada por monitoras, e com os demais personagens da história. Os pequenos participam da confecção de bombons de chocolate, de oficinas de pintura, brincam nas xícaras giratórias e no labirinto, além de jogar boliche de cartas e Gatebol (espécie de jogo com mini taco) com a Rainha de Copas. PEPPER’S HALL DE VOLTA A casa noturna voltará com as atividades nesta sexta-feira (07/02), com a festa We Love Pepper’s, com Forró do Bom e Chamou Porque Quis (CPQ). Já no sábado (08), mais um edição da festa Target, com a DJ Dai Ferreira (foto), paulista eleita a melhor do Brasil em 2013. Em julho, ela vai tocar no Festival Yahoo Wireless em Londres, e promete um setlist animado para os natalenses. Além dela, a noite terá o projeto E-fusion, com sua mistura de Progressive e Eletro House, e o paraibano Kevin Luke com suas seleções de house e disco house. Mais informações: www.peppershall.com.br / (84) 3236-2886.

JUNK FOOD Leio no blog Mundo Sustentável (www.mundosustentavel.com.br) do competente André Trigueiro uma longa entrevista com o jornalista Michael Moss, autor do livro “Salt Sugar Fat: How the food giants hooked us” (ou Sal Açúcar Gordura: Como os gigantes dos alimentos nos fisgaram, em tradução literal). O cara conversou com criadores e pesquisou documentos sobre os alimentos de maior sucesso no mercado americano. Fiquei curioso, bastante curioso, com os resultados que ele detectou em comida com excesso de açúcar, sódio e gordura para extrair o máximo de prazer - sobretudo em crianças. Assim como na comunicação, o papo de que “entregamos o que o povo quer” é pura balela. Se a indústria acatasse sua sugestão de promover brócolis, por exemplo, veríamos o legume verde na mesa de qualquer fariseu. Soa engraçado, mas é verdade. O lance é financeiro (comida ruim é prática e vicia). O ebook custa R$38,69 no site da Livraria Cultura. LIVRO Eleito um dos melhores romances da literatura hispânica das últimas décadas, “Aorigem do mundo” (Cosacnaify), do chileno Jorge Edwards (Prêmio Cervantes 1999 e atual embaixador na França) tematiza, de forma trágica, porém bem humorada, a decadência e o renascimento do amor e do desejo, do fracasso de sonhos políticos e a ficção como elemento de resistência indispensável à vida. Na história, o casal de médicos Silvia e Patricio Illanes, exilados em Paris após o golpe de Pinochet, em 1973, convive com o amigo Felipe Diaz, um boêmio livre e sedutor, corajoso crítico dos velhos dogmas da esquerda. O livro tem sido apontado como semelhante a “Dom Casmurro” de Machado de Assis.

O LOBO DE WALL STREET O novo filme de Scorsese estreia amanhã nos cinemas de Natal, mas a loira Margot Robbie, atriz australiana que encara o Leonardo DiCaprio, é a grande sensação para os hedonistas de plantão. Considerada a nova Nicole Kidman para os australianos, ela mentiu para os pais e para os avôs, sobre a cena de nudez. Jornais e canais televisivos ficaram chocados, o que só aumentou a mídia em torno do filme, que foi indicado a cinco Oscars, ao contar a história do jovem Jordan Belfort, milionário da noite para o dia, com especulações na bolsa de Nova York, e passou a ter uma vida na esbórnia. Lobo de Wall Street foi o apelido que Jordan ganhou da revista Forbes por descobrir um negócio lucrativo nos 90s, chamado penny stocks, um emaranhado de baixas cotações em algumas empresas, centavos de dólar e ativos de clientes lá no alto que lhe rendeu milhões em cocaína e devassidão. NINFETA Para quem curte a beleza feminina em seu Nível 1, a canadense Eugenie Bouchard tem enchido os olhos dos fãs de tênis. Mesmo eliminada nas quartas de final do Australian Open (a primeira canadense a chegar nesta etapa de um Grand Slam desde 1984), ela virou a musa do torneio e estampou editorias esportivas de vários jornais do mundo. Da província de Quebec, saiu para ocupar atualmente o 32º lugar no ranking (deve subir, após o bom resultado em Melbourne). Por enquanto, tem apenas um defeito: disse que se jogaria nos braços de Justin Bieber, caso ele topasse.


10 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 23 de janeiro de 2014

José Aldenir

Quinta-feira

Crianças cardiopatas dependem da Justiça para garantir cirurgias AMICO FIRMA PARCERIA PARA PRESTAR ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA GRATUITA ÀS FAMÍLIAS CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

Se os serviços públicos não funcionam, o jeito é recorrer à Justiça. É isso que diversas famílias terão que fazer para evitar que crianças que nasceram com problemas no coração não venham a

vidade na capital potiguar. Internada na UTI Neonatal do Hospital Santa Catarina, Júlia está esperando o posicionamento oficial da Justiça para ter direito à cirurgia. A mãe da recém-nascida, com 14 anos, e o pai, aos 19, agora dependem da agilidade da ação impetrada através da assistência jurídica

‘ ’ “Hoje estamos aguardando a transferência de Júlia Vitória e dando entrada em mais cinco ações na Justiça. Estamos fazendo de tudo para garantir a vida de todas as crianças que estão desassistidas pela saúde pública” MADSON VIDAL MÉDICO E PRESIDENTE DA AMICO

falecer por falta de assistência no Sistema Único de Saúde (SUS). O Instituto do Coração (Incor), em Natal, atendia crianças cardiopatas sob efeito de contrato com a Secretaria Municipal de Saúde, mas a suspensão do serviço deixou diversas crianças em situação de risco sem direito a consultas, exames ou cirurgias. A pequena Júlia Vitória, com apenas dez dias de nascida, representa um dos casos de maior gra-

gratuita conquistada através da Amico - Associação Amigos do Coração. "Tem dois dias que a ação foi ajuizada. A última informação que tivemos é de que a juíza ainda está analisando o pedido da liminar, mas acreditamos que a transferência de Júlia para um hospital especializado seja dada ainda no dia de hoje, por se tratar de um caso grave", explicou Renato Duarte, advogado que representa Júlia Vi-

tória junto à Justiça. "Ela está em situação clínica grave, dependendo de dosagens de um medicamento que pode acabar a qualquer instante", disse. Caso a liminar seja concedia, Júlia será encaminhada a um hospital em São Paulo, onde passará por um processo cirúrgico e tratamento especializado. Renato Duarte é um dos sócios do escritório de advocacia Castro, Smith, Duarte e Rocha, que firmou parceria com a Amico com objetivo de ajudar famílias carentes. "Esse é o quinto caso que estamos assumindo, tentando ajudar pessoas humildes que dependem do serviço público ineficiente. Se esse problema contratual com o Incor não existisse, talvez não estivéssemos precisando passar por isso. Nessa situação, ou a criança morre, ou temos que ir à Justiça", destacou o advogado. A Associação Amigos do Coração, que presta assistência a crianças cardiopatas no RN, informou que há uma lista de 50 crianças e recém-nascidos precisando atualmente de cirurgias no coração. Para dar agilidade a esses casos, uma parceria com o Núcleo de Prática Jurídica da Universidade Potiguar (UnP) também foi firmada. O grupo formado por estudantes e professores de Direito deverá dar entrada imediata em 18 casos considerados urgentes.

Neste momento, as crianças precisam de uma decisão judicial que determine que o Estado, o Município e o Ministério da Saúde custeiem o transporte e a cirurgia em outro Estado. "O Núcleo de Prática Jurídica da UnP, que também prestará assistência judiciária gratuita, abraçou essa causa de extrema urgência. Sabemos que há vida de crianças em jogo e não podemos esperar pela lentidão do serviço público", afirmou Marília Almeida, coordenadora do Núcleo. "A Amico levantará as informações pessoais, exames e documentações de cada criança para darmos entrada nessas ações e protocolarmos o mais rápido possível. Quando o juiz toma conhecimento da causa e vê que se trata de situações graves, a resposta normalmente é rápida", explicou Marília. Madson Vidal, médico anestesiologista e presidente da Amico, reconhece a importância dessas parcerias. "Se não fosse por isso, muitas crianças já teriam morrido. Ontem mesmo conseguimos encaminhar uma criança para São Paulo, com a garantia que sua cirurgia será realizada com sucesso. Hoje estamos aguardando a transferência de Júlia Vitória e dando entrada em mais cinco ações na Justiça. Estamos fazendo de tudo para garantir a vida de todas as crianças que estão desassistidas pela saúde pública".


Cidade

Quinta-feira

Natal, 23 de janeiro de 2014

O Jornal de HOJE 11

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

Das varandas de Davos II POR UGO VERNOMENTTI - ENVIADO ESPECIAL

Olha eu traveiz aqui. Cheguei com a comitiva da presidanta Dilma, carona esperta que consegui em Natal logo após a inauguração do Elefante das Dunas. Viajo também com diárias pagas por um amigo procurador, que me cedeu parte do seu auxílio-paletó. No voo para Zurique, tirei pela primeira vez dez dedos de prosa com um chefe de Estado brasileiro, posto que nas vezes anteriores eu só conseguira nove, com o então presidente Luiz Inácio. Dilma estava felicíssima com a inauguração em Natal. Perguntei-lhe se não achava sintomático que as duas arenas em destaque no momento, a de Natal, mais bela, e a de Brasília, mais cara, sejam coincidente e respectivamente obras tocadas por governos do DEM e do PT. Ela parou de tuitar e respondeu: "Meu caro Ugo, sintomático é o tomate ter voltado aos preços antigos e vocês da imprensa continuarem ressuscitando a inflação". Disselhe que minha pauta não tinha bola pequena e vermelha, mas a bola que se desvia nos chutes dos orçamentos. Ela desconversou e fez aquele olhar de quem sugere "se não estiver gostando do voo, sarte fora". Eu, que não sou besta e nem sou PSTU, fui trocar umas figurinhas com o novo ministro da Saúde, que não parava de tirar fotos na janela da aeronave. Indaguei dele se havia alguma coisa nítida, além das nuvens, para fotografar naquela altura o lado externo do avião. Ele fez um muxoxo e sorriu amarelo. Lembrei do documentário sobre Humberto Teixeira, "O Homem que Engarrafava Nuvens". Numa outra poltrona, vi a colega Helena Chagas, chefe da secretaria de comunicação da Presidência, olhando centenas de fotos no iPad, todas realizadas no estádio de Natal. Ajudei-a a identificar alguns rostos que ela não conhecia, e um era eu mesmo. Toquei num assunto que ela recebeu sem graça: sua função que já fora um dia do seu pai, Carlos

Chagas, em 1969, quando do governo do general Costa e Silva. E mandei: - Carlos escreveu "O Brasil Sem Retoque", você publicará "O Brasil Com Botox"? Vocês precisam ter visto a cara da mulher. Levantou de dedo em riste e me plantou a mão na bochecha, me derrubando no colo da Graça Foster. Procurei a embaixada brasileira aqui na Suíça e fiz um BOD - Boletim de Ocorrência Diplomático. No hotel, tentei de todo jeito esconder a vermelhidão do tapa, mas de nada adiantou. Guido Mantega sugeriu passar margarina. Mas, resolvi não esconder o fato de ninguém, e todos que me perguntam eu vou logo respondendo: "É a chaga de Helena". Hoje, quando Dilma chegou na sede da FIFA, havia um grupo de manifestantes ingleses com faixas reivindicatórias. Umas diziam "Amazon not!", outras "Royal Team in Rio". Uns colombianos em rolezinho gritavam "Sem Falcao Garcia não vai ter Copa!". Pendurada nas costas de um guarda-costas de Joseph Blatter, uma brasileira do PSOL e filha de um agiota do PT, que estuda em Berna com uma bolsa do Ciência Sem Fronteiras, gritava: "Dilma / pode esperar / os camaradas da Croácia vão ganhar". Um hippie chileno, que toca bandoneon numa praça ali por perto, deu uma gargalhada e replicou a jovem: "Lo que es esta, chica? Murió el comunismo al este, y Chile, si, va a ganarle a Brasil". Dois diplomatas argentinos aplaudiram o músico dos Andes. No gabinete de Blatter, Dilma informou que a segurança será garantida e que nenhum manifestante chegará perto das arenas. "Fizemos ontem um teste no Barretão, em Ceará-Mirim. O único problema é que o time de maior torcida perdeu o jogo". Jerôme Valcke olhou para mim e para Paulo Sérgio Passos, presidente da Empresa de Planejamento e Logística - responsável pela mobilidade e estradas de acesso - e cochichou: "I want to see the Cup!". Dilma virou-se e disse: "Uót, uai?". (UV)

PONTAPÉ Malandra como um zagueiro que se antecipa ao atacante, a governadora Rosalba Ciarlini simulou bem a jogada e deu o pontapé inicial na Arena das Dunas, e só depois repetiu o gesto para que a presidente Dilma Rousseff realizasse o seu chute na Brazuca. CASCUDINHO O título acima era o nome que se dava a uma brincadeira com uma só trave, onde todos os meninos disputavam a bola. Pois o "cascudinho" da minha infância se repetiu ontem na Arena, com muita gente chutando a esfera, até o deputado Paulo Wagner. TIETAGEM Não faltaram nem gritinhos dos jornalistas para registrar a alegria com a cerimônia no estádio da OAS. Na rede social Instagram, homens e mulheres da nossa imprensa derramaram "fotinhas" tipo "selfie" em suas páginas. Que felicidade, gente. ROLEZINHO NA COPA Joseph Blatter e seus asseclas da FIFA estão renovando as preocupações com a Copa em encontro com Dilma na cidade de Zurique. O capo quer garantias de que as manifestações da campanha "NãoVaiTerCopa" não atrapalharão os jogos do torneio. É HENRIQUE Em sendo verdade que o PMDB vai esperar até o carnaval para Fernando Bezerra consolidar sua candidatura a governador, então o candidato do partido será mesmo o deputado Henrique Alves, que já tem aquelas condições ditas pelo tio Agnelo Alves. COM WILMA Será rápido. Se o PMDB decidir que o candidato é Henrique, a vice-prefeita Wilma de Faria aciona o PSB para anunciar a aliança, ela na condição de senadora. Os dois partidos fazem o

Web bizarra

Está nos jornais ingleses de hoje. A senhora Sarah Wilson apelando às autoridades para que haja um controle do acesso das crianças à Internet. Ela perdeu sua filha Tallulah Wilson (foto), de 15 anos, que se atirou sobre os trilhos e foi esmagada por um trem. A menina vivia dividida entre o mundo real e a fantasia por causa do vício no Tumblr, que a fez encarnar um personagem fictício e levou ao uso de drogas, à exposição da intimidade e depois à loucura. lançamento da chapa em evento conjunto. Podem escrever. E O PT? Nem Fátima Bezerra, nem Fernando Mineiro pensam como o histriônico vereador Fernando Lucena. E não lançarão o partido numa aventura solitária, comprometendo a campanha de Dilma Rousseff no RN, que é a parte que mais interessa no momento. TRAUMA O portal parapetista 247, que poderia chamar-se 171, não sossega na perseguição ao presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, o homem que botou os mensaleiros na cadeia e que no retorno das férias vai prender também o meliante João Paulo Cunha. LOBO ANTUNES "A literatura me salva da ideia do suicídio, que tanto me cerca".

A declaração do renomado escritor português está numa entrevista publicada hoje no diário espanhol El Mundo. Lobo Antunes venceu um câncer, mas não abandona o cigarro Marlboro. INFÂNCIA Falando sobre o livro "Sôbolos rios que vão", escrito após grave cirurgia, Lobo Antunes diz: "Venho de uma família que teve privilégios da ditadura, meu pai não era de direita como meus tios, mas de qualquer forma foi o tempo mais feliz da minha vida". 4 POR 400 A imprensa esportiva mundial mais uma vez babando com Lionel Messi, que ontem completou 400 partidas pelo Barcelona e deu um verdadeiro show de bola em Valência, dando os passes para os 4 gols (3 de Tello) contra o Levante pela Copa do Rei.

Danilo Sá jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br / Twitter: @DaniloSa

Henrique candidato?

Caso se confirme a tese mais nova das especulações políticas do verão potiguar, e o deputado federal Henrique Eduardo Alves se coloque como candidato a sucessão da governadora Rosalba Ciarlini, o cenário eleitoral do Rio Grande do Norte mudará por completo. Ora, uma coisa é um ex-senador sendo candidato após sete anos afastado da vida pública, e outra é entrar no jogo defendendo o nome do atual presidente da Câmara dos Deputados. Certamente, serão poucos os partidos que aceitarão enfrentar o segundo homem na linha de sucessão presidencial. Sendo o cabeça da chapa, Henrique ganha força mais do que suficiente para exigir o apoio do PT da presidente Dilma Rousseff, mesmo preferindo e impondo o nome da ex-governadora Wilma de Faria para compor como candidata ao Senado. Ora, como os petistas explicariam a imprensa nacional não apoiar o peemedebista? Uma coisa é o PMDB lançar o nome de Fernando Bezerra e preterir o apoio do PT ao do PSB. Outra, é entrar no jogo com um líder nacional do partido e este preferir ter

ao lado o poder wilmista no lugar do ainda fraco partido do Planalto em terras potiguares. Os companheiros terão que engolir. Com Henrique, há ainda outra mudança importante no tabuleiro. Se, ainda sem oficializar um candidato, o PMDB já começa a acumular declarações de apoio de diversos aliados, imagine quando o presidente estadual da legenda se colocar no centro das atenções. Será anúncio de adesão quase todo dia. Implica também, diretamente, na total desmobilização de uma possível candidatura de Rosalba Ciarlini ao segundo mandato. Por uma explicação um tanto quanto simples. Pelo mesmo motivo que atrairá automaticamente o PT, Henrique também deixará a Democrata quase se apoios. Idem para Robinson Faria. Por essas e outras é que muitos especialistas apontam esta como a maior oportunidade da carreira política de Henrique Alves, pelo menos em se tratando de uma disputa majoritária. Esta pode ser, talvez, a chance do eterno deputado finalmente realizar o sonho do seu pai, o saudoso ex-governador Aluizio Alves.

FECHAMENTO POSITIVO

Como o esperado, a inauguração da Arena das Dunas e a imponência do novo estádio, de fazer inveja a muitos localizados na Europa, abafaram qualquer chance de repercussão maior dos protestos contra os gastos com a Copa do Mundo. Ponto positivo para a governadora Rosalba Ciarlini, que soube marcar seu nome ao lado do projeto após muito trabalho de um marketing competente.

PRESENÇA E AUSÊNCIA

Entre os detalhes que chamaram a atenção durante o evento, destaque para a presença do vice-governador Robinson Faria, de volta a uma solenidade do governo do Estado depois de muito tempo. A ausência sentida foi da vice-prefeita Wilma de Faria, uma das maiores responsáveis pela inclusão de Natal no evento e pela escolha do projeto arquitetônico da Arena.

“ENCANTADA”

Em entrevista a imprensa, Dilma Rousseff fez o favor de vender a imagem de Natal positivamente para todo o país, ao considerar o estádio tão belo quanto a capital potiguar. Depois, se descobriu que o autor da frase dita pela presidente foi o vereador Hugo Manso, que havia cumprimentado a gestora minutos antes na tribuna da Arena.

É SEMPRE BOM LEMBRAR

Já Rosalba Ciarlini, em entrevista a imprensa, tratou, mais uma vez, de relembrar aos presentes que iniciou a obra do estádio com a Fifa disposta a excluir Natal dos jogos. A primeira licitação deu deserta, nenhuma empresa se interessou em construir o estádio. Apenas quando a Rosa assumiu o poder, por meio do baiano Benito Gama, foi possível atrair a construtora OAS, sediada na Bahia e também responsável pela reforma da Fonte Nova.

Gira Mundo Divulgação

Em entrevista ao jornalista-bloqueiro Josias de Souza, que tem blog hospedado no portal Uol, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse que, se tivesse 15 anos a menos, tentaria sim, mais uma vez, assumir o controle do país na disputa eleitoral de 2014. FHC diz que o povo já sente necessidade por uma mudança nos rumos da administração federal e que há uma “fadiga de material” na gestão petista. O ex-presidente afirma ainda que, seja Aécio Neves ou Eduardo Campos, um novo nome terá condições de “arejar” o país.

Megafone José Aldenir

“De todas que vimos até agora, a Arena das Dunas é uma das mais bonitas. Dá até vontade de jogar bola novamente”

CAFÚ CAPITÃO DO PENTACAMPEONATO EM 2002 DURANTE INAUGURAÇÃO DA ARENA DAS DUNAS

PAPAGAIOS DE PIRATA

Outro detalhe que chamou a atenção dos presentes na nova Arena, foi a tentativa de alguns nomes da política potiguar em se aproximar a todo custo da presidente Dilma Rousseff. Alguns tentavam até tirar a petista do lado da governadora Rosalba Ciarlini, o que era impossível em um evento como aquele. De deputado federal a vereador, passando por estaduais, muitos tentaram aparecer demais.

E O RESTO?

A questão agora fica em torno de qual será o próximo passo da governadora Rosalba Ciarlini. São muitas as promessas para esse último ano de gestão e, apesar do sucesso com a Arena das Dunas, o povo não aceitará apenas o investimento milionário na Copa do Mundo. Os problemas com a saúde, educação e segurança são cada vez maiores e mais problemáticos.

CRISE

O SBT voltou a bater forte no caótico sistema de segurança pública do Rio Grande do Norte. Após mostrar o uso de veículos da Polícia para serviços particulares de delegado, ontem o SBT Brasil expôs a triste realidade dos agentes do Estado, que sequer possuem munições e armas suficientes para enfrentar a bandidagem. Situação totalmente lamentável. E parece que hoje tem mais, dessa vez em cima do ITEP.

CARROS DEMAIS

A população natalense não aguenta mais o transtorno diário que é o trânsito da cidade. As obras de mobilidade nas vias são esperadas com ansiedade, já que as intervenções pioraram bastante o problema. Esta semana, com o reinício das aulas de muitos estudantes, parece que tudo ficou ainda pior. Será preciso paciência.


12 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 23 de janeiro de 2014

Quinta-feira

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - TACIANA CHIQUETTI - tacychiquetti@hotmail.com (Interina) Fotos: Cedidas

w PORTÃO DOS SONHOS

A inauguração do estádio Arena das Dunas rendeu muitos comentários, especialmente pela divisão por “prestígio” nos portões de entrada. >>> O portão D foi o mais cobiçado. Por ele, só entravam VIPs... >>> Tão VIPs que, nem mesmo, vereadores e secretários municipais de Natal – cidade onde está instalado o estádio – não eram bem-vindos.

Divulgação

O Xereta também flagrou a empolgação do deputado estadual George Soares (PR), ex-aliado da Rosa, que dispensou a gravata e já foi vestido com a camisa da seleção. Número sugestivo no peito, o de seu partido

w O “C” DO CABIMENTO Eles tiveram que aguardar por horas, ao sol, até a fila do portão C, repleta de convidados e comissionados, começar a andar. >>> Nem mesmo os filhos e familiares da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) tiveram mamata e enfrentaram a multidão do “C” para ver a mãe desatar a fita ao lado da presidenta Dilma Rousseff. w DRIBLE DA VACA

Mesmo assim, houve quem conseguisse entrar pelo “portão dos sonhos”. O vereador petista Hugo Manso driblou um, driblou dois, driblou três e... chegou lá. >>> Ficou o tempo todo do lado das companheiras de PT, presidenta Dilma Rousseff e da deputada Fátima Bezerra.

w VISITA RELÂMPAGO

Conta o fotógrafo que este teria sido um momento rápido de prece: um apelo de Dilma e Rosalba ao Céu, neste ano eleitoral Fotógrafo Xereta fez uns cliques especiais na inauguração do Arena das Dunas: enquanto todos queriam segurar a bola oficial, Betinho Rosado não largava sua “discreta” maleta. Dizem que era bem pesada...

w FORA DA ARENA

Também “na boca do povo”, a beleza do estádio e as condições privilegiadas de visão do campo, nos vários pontos... >>> Mas duas falhas importantes: o áudio dos telões que não funcionou e a ausência de lixeiras pelo estádio.

Do lado de fora da Arena, ocorria a manifestação já anunciada. Cerca de 400 pessoas, pelas contas do vereador Sandro Pimentel (PSOL), que compareceu ao ato, ao lado da colega de Câmara, Amanda Gurgel (PSTU). >>> Os manifestantes seguiram do Midway até o estádio, sustentando o mote de haver recursos públicos para a Copa e não para os serviços essenciais: “Saúde e Educação padrão Fifa”.

w AUSÊNCIA

w VISTORIA NO PORTO

Muitos questionaram o custo de se trazer a caravana da Presidência para 15 minutos de evento, em que, nem mesmo, um discurso foi feito.

w NA BOCA DO POVO

Ausência sentida da vice-prefeita Wilma de Faria (PSB), que deu o start no projeto do Arena das Dunas quando ainda era governadora do Estado. >>> Nesse contexto, ela seria tratada como uma “autoridade comum” ou como “mãe da criança”?

Reitor do UNI-RN, professor Daladier Cunha Lima comemora, nesta quinta-feira (23), seu aniversário e o sucesso da instituição, que ocupa o 1º lugar entre os centros universitários do Norte, Nordeste, Centro-Oeste Sul

O ministro da Secretaria de Portos (SEP), Antônio Henrique da Silveira, faz visita técnica, nesta quinta-feira (23), no Terminal Marítimo de Passageiros (TMP) de Natal. >>>

A obra está prevista no PAC da Copa para as cidades-sede do Mundial de 2014 e recebe um investimento de R$ 72,5 milhões.

w ESTREIA

A 19ª edição da Fiart-RN começa, nesta sexta-feira (24), com seus 385 stands, com artesãos locais, nacionais e de 15 países. >>> A programação cultural inclui diversas atrações, como: Trio de Forró Santa Maria, Trupi Ashaki Cia de Dança, Quadrilha Arraiá Rei do Baião, grupo cultural Dialetos, grupo pastoril Renascer, banda de música do 3º Distrito Naval, Maiorais do Forró e banda Perfume de Gardênia. >>> Expectativa de público de cerca de 68 mil visitantes.

Congratulações à segurança presidencial que não deixou “de fora” a Miss Jardim Lola e permitiu o contato tête-à-tête de um popular com o senador José Agripino (DEM)


Cidade

Quinta-feira

Natal, 23 de janeiro de 2014

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w FEIO Convenhamos: foi medrosa, e por isso mesmo pífia, a inauguração da Arena das Dunas. Com as portas fechadas ao futebol e sem povo que vai pagar com imposto um bilhão e duzentos mil reais em 20 anos. w RECORDE - I A família Alves pode o recorde nacional como poder oligárquico: ter o prefeito de Natal, governador do Estado, presidente do Tribunal de Contas e presidente da Assembléia Legislativa ao mesmo tempo. w MÉRITO - II Se isto ocorrer os familiares de Aluizio Alves terão conquistado o maior mérito como administradores de um espólio político na história do Brasil. Restaria saber se é bom para a história política do Estado. w INCRÍVEL O médico Cipriano Maia, secretário de saúde de Natal, portanto, ordenador de despesa, engavetou por seis meses as graves denúncias de irregularidades no ano de 2012 da então prefeita Micarla de Souza. w ABSURDO - I A Secretaria de Cultura usou um quadro da artista plástica Clarissa Torres para ilustrar o catálogo da exposição de quadros sobre a Copa do Mundo, mas não a convida para participar da exposição. Como? w PIOR - II Os abusos acontecem a torto e a direito na área cultural e as chamadas entidades culturais calam numa rendição vergonhosa. Intelectual oficial, já se sabe desde os velhos tempos da ditadura, adora o poder. w ALIÁS - III Estão totalmente fora do cronograma as obras de reforma e instalação da Biblioteca Câmara Cascudo. Ao contrário do interesse demonstrado pelo Governo de Mossoró com a Arena das Dunas. É o estilo?

Entre nomes e datas N

o jogo do PMDB com o PSB, até agora cercado de dúvidas, nenhuma verdade pode ser falsa, se a verdade, em política, basta ser possível. Menos uma: o dia 5 de abril, data-limite fixada para a desincompatibilização improrrogável. No caso, do ministro Garibaldi Filho, detentor de cargo público. Até lá, o comando pemedebista joga com a ameaça velada de lançá-lo ao governo se a ex-governadora Wilma de Faria decidir disputar a sucessão, forçando sua opção se aceitar ser a candidata ao Senado. É verdade que o PMDB tem uma alternativa de magnitude inegável: evoluir para a candidatura ao governo de Henrique Eduardo Alves se o empresário e ex-senador Fernando Bezerra abrir mão do convite. E parece mais cômodo a ele ter Wilma de Faria na chapa. O problema é que até agora a ex-governadora não sabe, de fato, quem é o candidato do PMDB e parece manter viva a possibilidade de lançar seu nome ao governo se o candidato não for Garibaldi Filho, segundo temem os pemedebistas. O que parece não passar de um mero jogo de palavras, faz sentido. O deputado Henrique Alves sabe que nenhum outro nome do seu partido, exceto Garibaldi Filho, teria condições de plena disputa independentemente de qualquer formação adversária. E parece não ser do seu interesse eleger Fátima Bezerra ao Senado reforçando a bancada petista em Brasília com quem seu PMDB disputa o espaço de poder no Legislativo e de força política no Palácio do Planalto. Jogo invisível, mas nem por isso fácil.

A indefinição do PMDB - ou seria um jogo velado? - com as múltiplas escolhas não declaradas que pode sair do bolso do colete a qualquer momento, parece levar cada lado a postergar ao máximo o anúncio oficial. E a suspeita cresceu depois da declaração enviesada de Agnelo Alves, pai do prefeito Carlos Eduardo Alves ao afirmar que o PDT, partido do filho, não apoia Wilma ao governo, mesmo sabendo que ela apoiaria a candidatura de Carlos, como ela aceitou ser sua vice reforçando sua vitória. Depois de 5 de abril, sem a possibilidade legal da candidatura Garibaldi Filho, e até de Carlos Eduardo Alves em caráter de emergência, o poder de barganha do PMDB perderá força para conter seu medo eventual de enfrentar Wilma, assim como o próprio peso wilmista será avaliado com uma maior nitidez. Wilma declararia seu apoio a Carlos Eduardo se ele de repente decidisse disputar o governo? Sim. Aceitaria ser a candidata ao Senado, renunciando à Prefeitura? É bom ouvi-la para ter a certeza. Uma coisa é certa: o jogo dissimulado é neste instante o maior adversário do PMDB e do PSB. Há uma crise de confiança entre os parceiros que apascenta o ânimo de Fernando Bezerra e reduz o vigor indispensável de sua presença retórica. Uma dúvida forte que nutre, todos os dias, a candidatura de Henrique. Um silêncio que amordaça Wilma como única voz livre para assumir com autenticidade o discurso de oposição nas ruas e antes que o PT, com ou sem uma chance, assuma essa voz no palco.

Consolidada no calendário turístico, Fiart atrai dez mil artesãos de 15 países 19ª

EDIÇÃO DA

FEIRA

O Centro de Convenções de Natal já está com a estrutura quase pronta para a realização da 19ª Feira Internacional de Artesanato (Fiart). Cinco mil artesãos inscritos e dez mil profissionais de 15 países serão representados nos diversos produtos artesanais. Neste ano, a Feira será realizada a partir desta sexta-feira (24) e segue até o dia 2 de fevereiro, com o tema 'A Originalidade dá Forma a Novas Oportunidades' proposta que pretende consolidar a cultura de diversas nações como produtos originais. Segundo o idealizador e coordenador geral da Fiart, Neiwaldo Guedes, a organização da Feira deste ano buscou promover a realidade da vida dos artesãos. "Queremos mostrar o talento advindo da criatividade dessas pessoas e a sensibilidade que remete ao trabalho realizado por eles, o qual, na maioria das vezes, é feito pelas próprias mãos dos artesãos", disse. Entre a apresentação do artesanato potiguar, brasileiro, africano, sulamericamo, oriental e de países árabes, todos os anos a Feira apresenta um tipo de produção em destaque. Nesta 19ª edição o foco será dado às esculturas feitas em madeira e cerâmica. Ao todo serão 385 estandes, com a expectativa de atrair mais de 70 mil pessoas e movimentar R$ 8 milhões em comercialização dos produtos. Como uma forma de valorizar a produção local, 60 estandes foram adquiridos pelo Governo do Estado e distribuídos entre artesãos interioranos que raramente sabem a qualidade do que sai de suas mãos. "Mais do que nunca, por se tratar de um ano de Copa do Mundo, essa será uma grande oportunidade para mostrar o que os potiguares têm de bom. Com certeza teremos resultados maravilhosos para esses artesãos", destacou Neiwaldo Guedes.

PRETENDE MOVIMENTAR

R$ 8

MILHÕES EM VENDAS Fotos: Wellington Rocha

Feira começa amanhã e prossegue até 2 de fevereiro. Na manhã de hoje, montagem dos estandes estava sendo concluída e expositores já chegavam

Além da estrutura física e um grande volume de expositores e mercadorias, a Feira Internacional de Artesanato ainda oferece aos visitantes o Salão de Artesanato Potiguar, Seminário do Artesanato Potiguar, Salão dos Mestres, Prêmio Vitrine do Artesanato, Festival de Danças Folclóricas e Shows artísticos. "A cada ano, a Feira se incorpora ao calendário turístico e se consolida ainda mais. Mas, por outro lado, a responsabilidade aumenta a

cada edição, já que a cobrança também aumenta. Temos que ficar antenados com as novidades de mercado para trazermos para a exposição, por exemplo. A Feira já é um sucesso e prova disso é que estamos com os mesmos parceiros há 18 anos. Uma Feira que começou regional e hoje ganhou proporções internacionais", disse Neiwaldo. A programação cultural da Fiart começa já na sexta-feira com música eletrônica e apresentações se-

quenciadas de Trio de Forró Santa Maria, Trupi Ashaki Cia de Dança, Quadrilha Arraiá Rei do Baião, grupo cultural Dialetos, grupo pastoril Renascer, encerrando com a banda de música do 3º Distrito Naval, Maiorais do Forró e banda Perfume de Gardênia. No sábado, a programação segue com grupos circenses, grupo cultural da FJA, grupo de arte Dança Enigma, Academia Evidance, Grupo Raízes Potiguar, banda de música Trampolim da Vitória e os shows de Carlinhos Zens e Forró Meirão. O domingo cultural na Fiart começa com trio de forró Santa Maria, mamulengo, orquestra sanfônica de Parelhas, Macambiras, banda de música de Extremoz e, fechando o domingo, Cacetada do Forró e Banda Anos 60. A programação cultural da Fiart vai das 18 às 22h, enquanto a feira funciona das 15 às 22h. O valor de entrada é de R$ 5.

w MEDALHA A jornalista Dodora Guedes recebe dia 9, em Brasília, a Medalha da Assembléia Nacional Constituinte como participante da cobertura como repórter do Jornal do Brasil entre fevereiro de 87- outubro de 88. w CERVO - I O professor José Geraldo de Albuquerque já nos deixou há mais de um ano, mas seus irmãos Maristas não o esqueceram. O acervo de sua hemeroteca está sendo todo digitalizado e vai ser aberto à consulta. w VALOR - II Será preservado como patrono do acervo seu nome Marista, Irmão Olímpio, e serão mais de trinta mil recortes coletados e ordenados por ele, o maior pesquisador da obra de Henrique Castriciano de Souza. w ÍCONE O texto em análise na revista Lingua Portuguesa deste janeiro de 2014 é um trecho de A Bagaceira, de José Américo de Almeida, um ícone histórico da literatura regional que deflagrou o romance de trinta. w SESSENTA - I Dia 5 de fevereiro, às 15h, na Fundação Luduvicus, a reunião sobre os sessenta anos de lançamento do Dicionário do Folclore Brasileiro, considerada a mais importante obra intelectual de Câmara Cascudo. w TAMBÉM - II Este 2014, para a obra de Câmara Cascudo, é um ano que marca a publicação de 'Viajando o Sertão', a histórica viagem cultural para registrar, em 1934, os hábitos, costumes e as tradições da vida sertaneja. w MAIS - III É hora - uma tarefa para a editora da UFRN - de promover uma nova edição do texto com as anotações preciosas de Manoel Rodrigues de Melo e introdução do professor Raimundo Arraes. Fica a sugestão.


14 O Jornal de HOJE

Natal, 23 de janeiro de 2014

Cidade Arquivo

Em Natal, Ponta Negra é um dos principais focos da exploração sexual de adolescentes

Turismo lança campanha contra a exploração sexual de crianças AÇÃO

ESTIMULA POPULAÇÃO A DENUNCIAR SUSPEITAS

O Ministério do Turismo (MTur) inicia o ano da Copa do Mundo com a distribuição de 150 mil peças de material publicitário para a campanha “Proteja – não desvie o olhar”. A ação estimula a população a denunciar casos de exploração sexual de crianças e adolescentes pelo telefone, o disque 100. Cartazes, folhetos e adesivos serão distribuídos em bares, hotéis, Centros de Atendimento ao Turista, rodoviárias e aeroportos

de todo o Brasil. No carnaval e durante os jogos da Copa do Mundo, a campanha será reforçada. “A prevenção da exploração sexual de crianças e adolescentes é um dos maiores e mais urgentes desafios a serem vencidos por nossa sociedade”, disse o coordenador-geral de Proteção à Infância do MTur, Adelino Neto. De acordo com a Rede Global de Proteção às Crianças, o crescimento do turismo pode levar a índices maiores de exploração sexual

de crianças. Segundo a organização, 76% das crianças exploradas sexualmente são menores de 10 anos. No Brasil, a exploração sexual de crianças e adolescentes ocorre principalmente nas regiões de praia, nas fronteiras estaduais e internacionais. O estado que apresenta o maior número de denúncias é o Rio de Janeiro (1.951), seguido da Bahia (1.942) e de São Paulo (1.826). Os dados são do Ministério da Justiça, de 2012, quando foram registradas

Quinta-feira

18,3 mil denúncias. O programa Turismo Sustentável e Infância, do MTur, previne e enfrenta a exploração sexual de crianças e adolescentes em todos os níveis do turismo brasileiro. Além de seminários e campanhas publicitárias, o MTur realiza projetos de inclusão social para as vítimas da exploração sexual. Uma parceria firmada entre o MTur e o Serviço Social da Indústria (SESI) já permite que jovens vítimas de exploração sexual sejam incluídos no Pronatec Copa Social, projeto que qualifica jovens em situação de vulnerabilidade. Jovens atendidos pelo projeto ViraVida, do SESI, e seus familiares podem fazer os 37 cursos oferecidos pelo Pronatec Copa Social, entre eles, garçom, barista e auxiliar de cozinha. As cidades atendidas são Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Cabo de São Agostinho, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Foz do Iguaçu, Goiânia, João Pessoa, Maceió, Manaus, Natal, Parnaíba, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Luís, São Paulo, Vitória e Uruguaiana. Uma das formas de a população contribuir é por meio da denúncia dos crimes. O disque 100, serviço de telefonia do Governo Federal, é um canal de comunicação da sociedade civil com o poder público. No ano passado, foi lançado o Manual do Multiplicador – Projeto de Prevenção à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no Turismo. A publicação orienta professores, gestores públicos, líderes comunitários, organizações não governamentais e envolvidos no setor de turismo em ações de combate à violência e à exploração sexual de crianças e adolescentes.

> INÍCIO DAS AULAS

Especialista enfatiza importância da adaptação O período de adaptação na escola é uma etapa bastante delicada pela qual pais e crianças passam. Para tentar entender e tranquilizar a todos a respeito dessa fase, escolas precisam estar preparadas. A comparação pode ser feita com um adulto que irá enfrentar o primeiro dia em um novo trabalho ou ainda sozinho em uma festa, onde todos são seus desconhecidos. Sensação ruim essa, não é? Pois é. A adaptação da criança na escola pode demorar de um dia a meses, dependendo da idade e do tipo de relação que a criança tem com as pessoas mais queridas. De acordo com a psicóloga do colégio Prince, Jane Dantas, no berçário, até uns cinco ou seis meses de idade, costumamos dizer que a adaptação é mais dos pais, que não sem razão, ficam apreensivos em ter que delegar os cuidados que até então eram feitos só por eles a outras pessoas. “Até essa idade, apesar de poder estranhar um pouco a nova rotina o bebê, via de regra, ainda não estranha pessoas e essa transição costuma ser muito tranquila”, disse. Dos seis ou sete meses até quase três anos de idade é a idade mais trabalhosa, conforme relata Jane Dantas, pois a criança já estranha e não consegue elaborar um raciocínio para compreender o que significa a escola, o que está fazendo lá e principalmente que os pais continuam a existir mesmo quando não

José Aldenir

Início das aulas para as crianças é uma etapa importante inclusive para os pais estão diante de sua vista. “Por isso é preciso ter muita tranquilidade, paciência e principalmente confiança na sua escolha”, acrescenta. É importante que a mãe, o pai, avós ou alguém com quem a criança tem um vínculo afetivo forte a acompanhe nos primeiros dias. “Essa pessoa deve ficar em algum espaço que a escola tenha reservado para isso enquanto que a criança reúne-se com a professora e os novos amiguinhos. Sempre que a ansiedade, insegurança ou choro resolverem aparecer, a criança vai ao aconchego desta pessoa para

que saiba que tem um respaldo e que não foi abandonada”, alerta a psicóloga. Ela acrescenta que é imprescindível que os pais permitam essa aproximação, pois ela precisa formar vínculos com a professora e os novos amigos. “Se os pais ficam dentro da sala de aula é claro que a criança vai ficar o tempo todo debaixo da proteção e não conseguirá estabelecer um relacionamento”, completa. Segundo Jane Dantas, aos poucos, a criança vai percebendo como é gostosa essa nova vida e entendendo o que significa a escola, aonde

ela vai se socializar, desenvolver a coordenação, aprender a lidar com tempo, espaço, lateralidade, percepção, desenvolver a linguagem, pensamento lógico, aprender músicas, fazer artes plásticas, além de outras artes, lidar com a diversidade e elevar sua auto-estima além de muitos outros aspectos. “É claro que ela não quer nem saber tudo isso, pra ela é pura brincadeira e é isso o mais divertido, desenvolver todos esses aspectos de forma lúdica e saudável”. Com relação as crianças com quatro ou mais anos de idade, a adaptação costuma ser bem mais tranquila, pois a criança já verbaliza bem e compreende o que está acontecendo. “Neste caso um ou dois dias já costumam ser suficientes para que a criança se integre”, completa a psicóloga. O acolhimento deve acontecer de todos os lados. “Pais acolhem a escola, a escola acolhe a criança, a escola acolhe os pais, os pais acolhem a criança e assim pode acontecer o aval dos adultos para a vida social desses heroizinhos cheios de janelas abertas para o novo”, explica Jane, que deixa uma dica para todos os envolvidos neste processo: “Conduta amorosa, acolhedora e lúdica, muito lúdica. Brinquedos, mãos estendidas, fantoches, abraços, instrumentos, cantoria, folclore, tudo disponível em atividades adequadas e agradáveis. Sim, mantenha a compaixão viva o tempo todo”, finaliza.

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

apronianocfs@hotmail.com

Rebocador da Wilson “Búfalo” chega de Fortaleza para ajudar na atracação do navio NATAL Navio Simon Bolivar Lagoa Paranaense Alem Mar II Jetstream São Luis CMA-CGM Homere CMA-CGM Aristote Marfret Marajó Marfret Guyane Silver Cloud Seabourn Quest

Bandeira Venezuela Brasil Brasil Matal Brasil Inglaterra Inglaterra França França Bahamas Bahamas

Chegada No Porto No Porto No Porto No Porto 24/01 25/01 01/02 08/02 15/02 15/02 27/02

Destino Recife(PE) -F. de Noronha(PE) Salvador(BA) Fortaleza(CE) Algeciras/ESP Algeciras/ESP Algecira/ESP Algecira/ESP Fortaleza(CE) Santarém(PA)

Carga Veleiro Rebocador Geral Trigo Trigo Contêiner Contêiner Contêineres Contêineres Turismo Turismo

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN Angra dos Reis Orient Scorpius

Bahamas No Porto Salvador(BA) Singapura Ao Largo Salvador(BA)

Óleo cru Óleo cru

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 14:45 0.7 21:17 1.9 24 03:23 0.7 09:58 1.9

Dia 23

FASES DA LUA Nova (01/01 - 08:14h) Crescente (08/01 - 00:39h) Cheia (16/01 - 01:52h) Minguante (24/01 - 02:19h)


Esporte

Quinta-feira

Natal, 23 de janeiro de 2014

O Jornal de HOJE 15

José Aldenir

AMÉRICA DEFENDE LIDERANÇA ALVIRRUBRO ENFRENTA O SERGIPE PELA COPA DO NORDESTE, HOJE À NOITE, NO ESTÁDIO NAZARENÃO O América volta a campo hoje à noite pela Copa do Nordeste. Líder do Grupo A, o time do técnico Leandro Sena defende o priemiro lugar contra o Sergipe, às 19h30, no estádio Nazarenão, em Goianinha. Após a grande vitória em Salvador quando goleou o Vitória por 3 x 0, o torcedor alvirrubro promete comparecer em grande número ao Nazarenão e empurrar o time na busca por mais três pontos. A equipe americana contará com os desfalques de Max e Dener. Uma vitória hoje deixará o América numa situação confortável na tabela de classificação, já que o próximo confronto também será em casa contra o Confiança. Se vencer os dois compromissos, garantirá sua classificação à segunda fase da Copa do Nordeste. Para seguir ganhando, o treinador Leandro Sena decidiu manter a mesma equipe que goleou o Vitória. Max e Denner saíram muito cedo da partida no Barredão e suas ausência não vão comprometer, já que Jean Natal e Alfredo entraram

muito bem no decorrer da partida. Quem também deverá ser muito observado pelo torcedor alvirrubro é o meia-atacante Rafinha que teve uma atuação destacada. Ao lado de Alfredo, Rafinha foi o grande destaque contra o Vitória e deve fazer a torcida esquecer Régis. O zagueiro Zé Antônio, que rompeu o ligamento cruzado anterior, será operado nesta quinta-feira pela equipe dos médicos Márcio Rêgo e Marcelo Rêgo. O prazo de recuperação é de sete a oito meses. O treinador do Sergipe, Vinícius Saldanha, terá apenas um desfalque: o zagueiro Fernando Belém. Quem joga é Emerson, campeão estadual como titular na zaga do Sergipe. O alvirrubro sergipano vem de vitória na estreia da Copa do Nordeste sobre o Confiança, seu maior rival. INGRESSOS Os ingressos ainda podem adquirir os ingressos no Espaço Sócio Dragão, localizado na Sede Social do América. Os valores cobrados

são de R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia).

FICHA TÉCNICA AMÉRICA: Andrey; Cléber, Edson Rocha e Adalberto; Fabinho, Márcio Passos, Jean Cléber, Rafinha e Rai; Adriano Pardal e Alfredo.Técnico: Leandro Sena

Técnico Leandro Sena vai repetir a mesma formação que goleou o Vitória

SERGIPE: Juninho; Magno, Émerson, Cláudio Baiano e Rômulo; Rafael, Edinho, Rodrigo e Bruno Gaúcho; Clóvis e João Paulo.Técnico: Vinícius Saldanha LOCAL: estádio Nazarenão, Goianinha/RN Horário: 19h15 (local) Árbitro: Emanuel Diniz de Araújo (PB)

RESULTADOS Vitória da Conquista 2x2 CSA Treze 0x1 Ceará Confiança 1x3 Vitória Bahia 1x1 Santa Cruz

> ESTADUAL

ABC entra na briga contra o rebaixamento O tropeço do ABC diante do Glob, por 2 a 0, ontem, em CearáMirim, o deixou o clube numa situação delicada na tabela de classificação do Grupo A, também conhecido por grupo da capital. Com apenas três pontos, em quatro jogos, a equipe de Roberto Fernandes assumiu a última colocação e passou a brigar contra o rebaixamento à segunda divisão do Campeonato Estadual. É que na primeira fase da competição, a Copa FNF, os últimos colocados de cada grupo disputarão dois jogos

para definir o clube rebaixado, ficando de fora do restante do campeonato. E por correr o risco de ficar de fora da segunda fase do Estadual e ver o sonho do título ser adiado mais uma vez, o time de Roberto Fernandes terá que conquistar os últimos seis pontos que tem para conquistar. O próximo duelo alvinegro é contra o Alecrim, dia 26, na inauguração da Arena das Dunas. O último jogo da primeira fase será contra o Palmeira, dia 30, na Arena das Dunas.

INTERIOR O Baraúnas venceu o Santa Cruz com gol de Victor no fim do segundo tempo e assumiu a liderança da chave do Interior, com oito pontos ganhos. Já o Corintians de Caicó voltou a vencer diante de sua torcida. Ganhou do ASSU por 2 x 1 e assumiu a viceliderança. Ebinho abriu o placar para o Galo do Seridó aos 11 minutos da etapa inicial e ampliou logo aos 16, com Michel. Aos 29 minutos, Edivan descontou para o Camaleão do Vale.

CLASSIFICAÇÃO GRUPO A

GRUPO B

Clube

P

J

V

E D G P

GC SG %

Globo

6

4

1

3 0 5 3

2

Alecrim

4

4

0

4 0 5 5

Palmeira 4

4

0

ABC

4

0

3

P

J

V

E D G P

GC SG %

50.00%

Baraúnas 8

4

2

2 0 3 1

2

66.67%

0

33.33%

Corintians 7

4

2

1 1 4 7

-3

58.33%

4 0 5 5

0

33.33%

Santa C. 6

4

2

0 2 8 3

5

50.00%

3 1 3 5

-2

25.00%

ASSU

4

0

1 3 1 5- 4

fabiopachecorn@gmail.com

Quando Roberto Fernandes assumiu o ABC na Série B de 2013, ele pegou o time em andamento. Se não desse certo a empreitada de salvar o clube do rebaixamento, ficaria isento de qualquer culpa, pois a responsabilidade da queda seria da diretoria que errou nas contratações no início da temporada. Agora, a situação é totalmente diferente. Roberto ganhou carta branca, dentro da realidade financeira do clube, para contratar e montar um time competitivo, capaz de conquistar o título estadual. Mas o que nem ele e muito menos o torcedor imaginava é que o grupo encontraria sérias dificuldades para enfrentar times de menor estrutura e sem tradição no Campeonato Estadual, caso do Globo, que está estreando na primeira divisão. E esse tipo de situação a Frasqueira não costuma perdoar. Como qualquer outra agremiação de massa, a pressão é grande e pela primeira vez, Roberto Fernandes está conhecendo a fúria do torcedor alvinegro. A situação é tão delicada, que até o novo plano de sócio foi adiado, pois a diretoria sabe que o momento é inoportuno para o lançamento de qualquer produto do clube. A ordem é vencer o Alecrim no próximo domingo para amenizar a RODADA MANTIDA O habite-se da Arena das Dunas foi liberado somente para a inauguração simbólica com Dilma Rousseff. Os laudos técnicos do Corpo de Bombeiros que garantirão a segurança dos 27 mil torcedores para a rodada dupla no próximo domingo deve sair no final da tarde de hoje. O presidente da FNF, José Vanildo, disse que a rodada está mantida. "O estádio está pronto e teremos a rodada do estadual neste domingo na Arena, podem ter certeza", garantiu.

1

8.33%

ÔNIBUS GRATUITO Pelo menos uma grande notícia para o torcedor menos favorecido. Natal contará com duas linhas de transporte coletivo gratuitas durante a Copa do Mundo no Brasil. Ao todo, 12 veículos circularão diariamente entre a Via Costeira e a Avenida Salgado Filho. As linhas gratuitas serão destinadas para o transporte de passageiros voltada especialmente para a Fan Fest, que acontecerá na Via Costeira.

Fábio Pacheco Situação é delicada

CLUBE

Divulgação

WALLYSON NO FOGÃO O Botafogo acertou ontem a contratação do atacante Wallyson, de 25 anos, que pertence ao Deportivo Maldonado (URU). No ano passado, o atacante esteve emprestado ao Bahia, onde disputou o Campeonato Brasileiro. CONFIRMADO O secretário municipal da Secretaria da Juventude Esporte e Lazer (Sejel), Luiz Eduardo Machado, confirmou a realização do UFC Fight Night 38, no dia 23 de março, em Natal. A primeira edição do ano do UFC vai ocorrer no ginásio Nélio Dias, e terá como luta principal a revanche entre Maurício Shogun e Dan Henderson. TIME SENSAÇÃO A vitória do Globo sobre o ABC colocou o time de Marconi Barreto na condição se sensação do campeonato. Ricardo Lopes é o nome mais falado em Ceará-Mirim. Foi do atacante os dois gols da vitória que deixaram o clube muito perto da classificação para a decisão da final da Copa FNF, que dará ao campeão uma vaga na Copa do Brasil de 2015. Já pensou o Globo disputando a sua primeira competição nacional.

PATROCÍNIO NIKE Os dirgentes de ABC e América e o presidente da FNF, José Vanildo, tiveram uma reunião proveitosa com o presidente da CBF, José Maria Marin, ontem, no restaurante Abade. Foi ventilado um patrocínio da Nike para os dois clubes e um aumento nas cotas de participação. O desejo dos potiguares é aumentar a cota para R$ 3 milhões. Hoje, cada clube recebe R$ 1,8 milhão.

RODADA MANTIDA O habite-se da Arena das Dunas foi liberado somente para a inauguração simbólica com Dilma Rousseff. Os laudos técnicos do Corpo de Bombeiros que garantirão a segurança dos 27 mil torcedores para a rodada dupla no próximo domingo deve sair no final da tarde de hoje. O presidente da FNF, José Vanildo, disse que a rodada está mantida. "O estádio está pronto e teremos a rodada do estadual neste domingo na Arena, podem ter certeza", ga-

COPA DO BRASIL A CBF divulgou ontem as datas da Copa do Brasil. O América enfrentará o Boavista-RJ no dia 2 de abril, às 20h30, no estádio Eucy Resende, em Saquarema-RJ. O jogo da volta será no dia 16 de abril, às 20h30, na Arena das Dunas. O ABC vai jogar antes. O jogo de ida contra a Desportiva-ES vai ser no dia 12 de março, às 20h30 em Cariacica. A partida da volta será no dia 2 de abril, às 19h30, na Arena das Dunas. O Potiguar estreia no mesmo dia contra a Portu-


16 O Jornal de HOJE

Esporte

Natal, 23 de janeiro de 2014

Quinta-feira

Fotos: Divulgação

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

Suecos

Secretário Jérôme Valcke visitou projeto do jogador Jorginho

FIFA PROMETE INVESTIR R$ 50 MILHÕES NO BRASIL DINHEIRO

É PARA BANCAR PROJETOS SOCIAIS, EDUCACIONAIS E DE SAÚDE

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, anunciou hoje que a Fifa vai criar em março um "fundo de legado da Copa do Mundo". Por meio dele, a entidade máxima do futebol vai investir pelo menos US$ 20 milhões (cerca de R$ 50 milhões) em projetos educacionais, sociais e de saúde no Brasil. Valcke disse que detalhes sobre o fundo e os projetos apoiados ainda serão divulgados. Ele adiantou, porém, que

a ideia da Fifa é apoiar iniciativas que tenham alguma relação com o futebol e que prezem, principalmente, pelo desenvolvimento de crianças brasileiras. O tal fundo de legado será a segunda iniciativa social da Fifa no Brasil. A primeira é a Football for Hope (Futebol para Esperança), que vai destinar US$ 1 milhão (cerca de R$ 2,5 milhões) a 25 projetos brasileiros. Um desses projetos é o Bola para Frente, visitado nesta

quinta-feira por Valcke e uma comitiva da Fifa. O Bola para Frente oferece atividades esportivas e educacionais para crianças em Guadalupe, na periferia do Rio. O projeto é coordenado pelo ex-jogador e agora técnico Jorginho, que foi campeão da Copa do Mundo de 1994 jogando pela seleção brasileira. Só o Bola para Frente receberá US$ 200 mil (cerca de R$ 500 mil) da Fifa por meio de repasses do Football for

Hope. Valcke anunciou que outros US$ 800 mil (quase R$ 2 milhões) também serão repassados por meio do fundo de legado. Com o dinheiro, o Bola para Frente espera ampliar o número de crianças atendidas no projeto e construir um novo prédio em sua sede, em Guadalupe. "A Fifa quer organizar a Copa do Mundo, mas também quer deixar um legado social", afirmou Jorginho.

> VIOLÊNCIA

CRUZEIRO VAI PROCESSAR TORCIDAS ORGANIZADAS Depois de proibir o do uso do nome e do escudo por torcidas organizadas, o Cruzeiro prepara-se agora legalizar a nova medida. Na primeira semana de fevereiro, será impetrada uma ação judicial contra as facções. “O Conselho determinou que tenhamos essa postura, para que defendamos as marcas do clube. O nome e marca do clube não podem ser confundidos com nome e marca de torcida organizada. Tomaremos providência nesse sentido”, explicou o diretor jurídico do Cruzeiro, Fabiano de Oliveira Costa. Havendo êxito junto à Justiça, o Cruzeiro espera que a Polícia Militar coíba o uso indevido da marca do clube. “De maneira geral, quem tem a função de prestar segurança pública é o Estado. Havendo uma decisão judicial que determina que as torcidas não podem utilizar a marca do clube, essa decisão tem de ser cumprida pelo poder público. Se tivermos êxito numa

Facções não poderão mais usar o escudo e o nome do clube

decisão judicial nesse sentido, a consequência lógica é que a Polícia Militar cumpra essa decisão”, ressaltou o diretor jurídico do clube.

> CORINTHIANS

O clube pretende pedir a aplicação de multa para quem descumprir a decisão judicial. Não serão apenas as torcidas organizadas que estarão

sujeitas à proibição de utilização do nome e da marca, além de estarem sob risco de sofrerem busca e apreensão.

> IFFHS

Ex-jogador Piá é Espanhol Del Bosque suspeito de roubo a é eleito o melhor caixa eletrônicos técnico do mundo O ex-jogador Piá, que teve passagens por clubes como Corinthians, Santos e Ponte Preta, foi preso na madrugada desta quinta-feira em Campinas por suspeita de envolvimento com roubos a caixas eletrônicos, informou a TV Globo. A Polícia Militar encontrou no carro de Piá objetos usados para "pescar" enve-

lopes dos caixas. Outras duas mulheres, sendo uma delas a mulher de Piá, também foram presas. Todos foram levados ao 1º Distrito Policial de Campinas para prestar depoimento. Como já tinha passagens por porte de arma e entorpecentes, o ex-jogador deve ser transferido para a penitenciária de Hortolândia.

Atual campeão do mundo e bicampeão da Eurocopa, o técnico espanhol Vicente Del Bosque colocou mais um prêmio em sua galeria. Ele foi eleito pela IFFHS (International Federation of Football History & Statistics), o mais conceituado órgão de estatística do futebol mundial, o melhor treinador

de 2013. É a quarta vez que ele conquista o prêmio, depois de 2009, 2010 e 2012. O treinador brasileiro Luiz Felipe Scolari, que assumiu a seleção recentemente, ficou em terceiro lugar depois do título da Copa das Confederações, conquistado exatamente em cima da Espanha, no Maracanã.

Suecos são admiráveis. Representam um padrão de dignidade cívica e simpatia esportiva. No dia da final da Copa do Mundo de 1958, o Estádio Rasunda Solna( Estocolmo) estava debaixo de tempestade e o gramado havia se transformado numa piscina. Cenário tenebroso para o toque de bola artístico do Brasil e favorável aos donos da casa. Os suecos preferiram bancar os bons anfitriões, secaram o campo com toalhas colocando água em baldes por horas e assistiram ao passeio de Pelé, Garrincha, Didi e Vavá. Foi 5x2 e eles aplaudiram o olé que tomaram. Na próxima reencarnação – embora duvide que exista -, gostaria de voltar sueco. Loiro e atraente, belo e sedutor. Primeira vantagem. Seria famoso entre as mulheres num lugar onde o sexo é tratado na maior naturalidade. Garrincha tomava banho nu com suas namoradas e familiares em pequenas saunas domésticas. Costume local. Na Suécia se faz um bom cinema também e poderia estar escalado para um filme de suspense eletrizante. Tomaria o lugar de Daniel Craig, o novo 007, em Millenium, os Homens que Não Amavam as Mulheres, fascinante história de prender a atenção do primeiro ao último dos 178 minutos. Os suecos vivem bem, obrigado e são sensatos. Acabam de recusar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022. Todos os partidos políticos, que lá existem para debater e não se devorar verbalmente para se reconciliar impunemente depois, deram apoio ao primeiro-ministro Fredrik Reinfeldt e ao prefeito de Estocolmo, Sten Nordin. Três argumentos foram usados pelas autoridades sucessoras do time vice-campeão de 1958: Estocolmo tem prioridades mais importantes, a conta dos gastos para o evento seria alta demais e um eventual prejuízo com a organização dos Jogos teria que ser coberta com o dinheiro dos contribuintes. É sonho né? Parece. Ainda mais quando a gente vislumbra as figuras de quem trouxe a Copa do Mundo, as arenas e as Olimpíadas de 2016 para o Brasil. A decisão recebeu apoio unânime da sociedade local. O prefeito Sten Nordin foi aplaudido ao declarar em entrevista coletiva: “Não posso recomendar à Assembleia Municipal que dê prioridade à realização de um evento olímpico. Precisamos priorizar outras necessidades, como a construção de mais moradias.” O custo estimado pelo Comitê Olímpico era de 10 bilhões de coroas suecas ou R$ 3,6 bilhões. Na Suécia, houve pacto verdadeiro e, na opção pelo mais importante, descartaram o supérfluo. O Partido Democrata Cristão foi ainda mais duro: “Apresentar uma candidatura aos Jogos Olímpicos seria especular demais com o dinheiro dos contribuintes. Os riscos financeiros seriam demais,” foi a declaração oficial reforçada pelo primeiro-ministro: “O prejuízo, realmente, acaba no colo dos contribuintes”. >>> No jogo do desenvolvimento, a Suécia é o Brasil da Copa do Mundo de 1958 e dá de goleada no país das megalomanias e tragédias banalizadas. A Suécia lidera o Índice de Progresso Social no Mundo, divulgado no ano passado e feito pela instituição Progress Interative com base em métodos simples e sem as tradicionais equações e palavreados esquisitos do economês. Avaliados 50 países, o Brasil ficou em 18º lugar. A Suécia é campeã mundial em necessidades humanas básicas atendidas: nutrição e cuidados médicos, moradia, água, ar e saneamento. Ganha também em educação básica e superior, acesso à informação e à tecnologia da comunicação, saúde e bem estar, igualdade e inclusão, liberdades e direitos individuais e no confronto crucial. É na segurança, onde também lidera com folga, que a Suécia está mais longe do Brasil. Lá, presídios são fechados por falta de bandido. É uma diferença que causa espanto na atitude. Com tais requisitos, lideranças e sucessos econômicos e sociais, a Suécia, a 8ª no Índice de Desenvolvimento Humano(IDH) – o Brasil ostenta a impávida 85ª colocação – chega ao paraíso que os estudiosos chamam de “Felicidade Interna Bruta”. É um fenômeno. O nosso é Ronaldo, o ex-artilheiro metido com cartolas manjados. A Suécia rejeitou as Olimpíadas de 2022 exatamente pelos índices que alcançou e, na prática, foram os criadores da consciência racional e refratária ao desperdício e ao contraditório da ostentação diante das necessidades. No Brasil, inauguram-se arenas luxuosas em cidades sem hospitais e com cadáveres empilhados, assassinatos por segundo quadrado. É imitação um pouco menos ofensiva da África do Sul e o Mundial de 2010 sem legado fora o maravilhoso futebol da Espanha. Câmara Cascudo, orgulho universal potiguar, que viajou o mundo, puxaria o cachimbo, renascido, daria uma tragada, de sua janela contemplaria o Rio Potengi e , teria razão , se deixasse escapar um sussurro ao sol poente: “O melhor do Brasil é o Brasileiro, que poderia de vez em quando ser um sueco.”

ARENA Inaugurada, a Arena das Dunas ontem foi dos convidados. Alguns incluem no currículo e chateiam colunistas sociais e blogueiros pelos próximos 10 anos para descolar foto provando que estiveram na cerimônia VIP. Com direito a castigo para entrar e briga feia pelos convites. RODADA GARANTIDA A rodada de domingo foi garantida pela Semurb e terá para os pagadores de ingressos e sócios-torcedores América x Confiança pela Copa do Nordeste e ABC x Alecrim pela Copa RN. ARENGA O ABC contra o Globo foi o que tem sido. Não uma bela Arena, mas uma Arenga, em A maiúsculo, briga contínua e alarmante com a bola. Incrível quando não se pode dizer que ninguém, absolutamente ninguém com a camisa alvinegra, chegou a ser nota 3,5.

GLOBO O Globo não é nenhuma Brastemp, mas mereceu a vitória e até poderia ter goleado. Mérito para seu técnico, o batalhador Higor César, exjogador de futebol de salão que sofreu acidente e dedicou-se primeiro a treinar times nas quadras e agora recebeu a confiança do cartola Marcone Barreto. CALAFRIOS O sorriso mefistofélico do presidente da CBF, José Maria Marin causou calafrios em sua visita a Natal. Foi ele quem declarou que o jornalista Wladimir Herzog, assassinado pela Ditadura em 1975 , era um suicída. GOL DE DINAMITE Dia 23 de janeiro de 1977, o Brasil venceu a Bulgária por 1x0, gol de Roberto Dinamite no Morumbi(SP) diante de 67.908 pagantes. No time titular, Marinho Chagas na lateral e Lula na ponta-esquerda, crias do Estádio Juvenal Lamartine.


23012014