Issuu on Google+

Quarta-feira

Ano XVI w NATAL-RN,

20 DE NOVEMBRO DE 2013 w Nº 4.793

R$ 1,00

w jornaldehoje.com.br

Heracles Dantas

> APÓS COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA...

Presidente da Assembleia anuncia que impeachment de Rosalba irá a Plenário RICARDO MOTTA ALEGA QUE O REGIMENTO DA CASA DETERMINA O PROCESSO DE VOTAÇÃO PELOS DEPUTADOS SE LEGALIDADE DO PEDIDO FOR COMPROVADA Faxina no Departamento de Assistência ao Servidor aconteceu após perícia da PF

POLÍTICA 3

> ALÉM DE FEZES...

Wellington Rocha

Vândalos são suspeitos de furtar um notebook e três celulares da UFRN CIDADE 6

> MUDANÇA PARA O DUCAL

Proprietário do Novotel contesta declarações da secretária de Educação POLÍTICA 5

> JOGOS ESCOLARES DA JUVENTUDE

Atletas do RN voltam de Belém com 3 medalhas de prata e 8 de bronze ESPORTE 15

Arquidiocese aproveitará o Dia de N.S. da Apresentação para comemorar o encerramento do Ano da Fé. Todas as paróquias se farão representar. CIDADE 8 Heracles Dantas

AVISO AOS LEITORES

ESCREVEM ARTIGOS NA EDIÇÃO DE HOJE João da Mata Costa

Em razão do Dia de Nossa Senhora da Apresentação, Padroeira de Natal, O JORNAL DE HOJE não circulará amanhã. Voltaremos sexta-feira.

Juliano Siqueira Berilo de Castro Elísio Augusto Medeiros e Silva M. das Graças Menezes Venâncio Maciel Matias

OPINIÃO - Página 2

Ensinamentos do segundo livro mais vendido do mundo, que completa 70 anos, encantam crianças e adultos. E o baobá de Natal também faz parte da história

Crianças vão ao baobá ouvir as histórias do ‘Pequeno Príncipe’ CIDADE 14

Daniela Freire

Marcos A. de Sá

Túlio Lemos

Vicente Serejo

Rubens Lemos F.

Página 13

Página 16

TACIANA CHIQUETTI INTERINA

Página 12

Página 7

Página 3

w Prefeito desconhece realidade w Com energia abundante e dos postos de saúde de Natal e barata o RN viverá uma nova defende cegamente o secretário. realidade econômica.

INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,27 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,36 R$ 2,27

Euro x real R$ 3,05 Poupança 0,50%/0,41% Taxa Selic 9,5%

w Mais próximos garantem que o desejo real de Wilma de Faria é voltar a governar o RN.

E-MAIL REDAÇÃO:

w Propaganda oficial só faz efeito se antes o governo se construir na opinião pública.

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

w O futebol agradece um digno representante na Copa -- que deveria reunir os melhores.

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

16


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Natal, 20 de novembro de 2013

BERILO DE CASTRO, médico (berilodecastro@hotmail.com.br)

O aluno doutor Não tenho conhecimento, me parece que não, que em outras profissões, exceto medicina, aconteça a mesma cobrança profissional, com tanta ênfase e com tanta freqüência como ocorre com o estudante do curso médico. O inocente calouro mal entra na faculdade e já é considerado médico de verdade (principalmente no meio familiar e entre os amigos). Daí pra frente, só cobranças, consultas pra tudo que é lado, e haja "micos"e "saias justas". Para o leigo, o aluno de medicina desde o seu primeiro dia de faculdade, já passa a ser reconhecidamente médico, com todas as honras de um grande conhecedor da medicina prática, a ponto de poder tratar de forma correta os seus novos "pacientes," quaisquer que sejam as suas doenças. Não sabendo os "doentes" consultantes, que o aluno nos primeiros anos do curso médico (até o seu 4 ano ou hoje, o 8 período) não tem ainda a noção da prática médica e o conhecimento científico para exercer a arte de curar. Aqueles mais afoitos e arrogantes (existem, sim!) ainda arriscam e já se acham. No entanto, a maioria passa a ser vítima das mais numerosas cobranças indevidas e incabíveis. Certa vez, no início da minha vida acadêmica, em momento muito especial e de tristeza, em um velório quando ainda era feito em residência, fui abordado como sendo o único "médico" presente para atender uma pessoa que não passava bem: muito nervosa, angustiada e bastante chorosa. Foi um choque tremendo, mas o que fazer? Usei vários e vários argumentos, tentando justificar

Artigo

Artigo

Quarta-feira

Artigo

JOÃO DA MATA COSTA, Prof. Depto de Física - UFRN (damata@dfte.ufrn.br)

Adeus a Antonio Amâncio a minha condição de ser um simples iniciante aprendiz da medicina, sem o menor conhecimento técnico para fazer o atendimento. De nada adiantou; "É médico e dos bons"! "Deixe de modesta"! Vivia um momento de glória, curtindo ainda a minha lua de mel com a aprovação no vestibular; naquela fase de tontura e confusão mental e cientifica. O familiar pedinte argumentou: "Doutor aqui está a medicação: um forte tranquilizante injetável pra fazer logo efeito, pois a "pobrezinha' está muita angustiada". "Aqui também doutor, ninguém sabe aplicar, (desculpe doutor, a gente está lhe usando muito), mas como o senhor é um bom médico deve saber aplicar muito bem." E me entregou a seringa, a agulha e a medicação (nunca tinha pegado em uma seringa, nem usado agulha, pior ainda, ter que aplicar uma droga totalmente desconhecida). Tremi nas bases e muito nas as mãos. A sensação era a mesma de um boi que entra no corredor da morte do matadouro para ser abatido. Enfrentei o desafio. Só a proteção de Deus e mais ninguém! Finalmente apliquei a "bendita/maldita" injeção. Passado o grande sufoco e o temido aperreio, soube depois que a minha primeira paciente ou vítima, dormiu dois dias direto, não acordando nem pra se alimentar e, no local da aplicação da injecção tinha rebentado um imenso e doloroso abscesso que teve que ser cirurgiado para alívio total da minha primeira paciente, vítima por insistência de um atendimento precoce e extemporâneo pelo o sofrido e usado, - o aluno doutor. Que desastre!

JULIANO SIQUEIRA, cidadão, professor, torcedor do América e do Vasco da Gama (juliano.homem.siqueira@hotmail.com)

98 anos da fundação do América FC: uma resposta, três inspirações Artigo assinado por cidadão e desportista, merecedor do nosso respeito, alusivo ao 97º aniversário da fundação do América, publicado em vespertino local ("América FC: o começo de tudo"), apresenta duas versões sobre o tema em tela, além de considerações relativas à origem e razões do nome América, bem como das do seu rival - o ABC FC. O autor, honestamente, declara, por motivos que não me cabe conhecer ou julgar, ser adepto de uma das versões, aquela atribuída ao Dr. Gil Soares. Questiona e refuta, em consequência, o depoimento de um dos fundadores: o desembargador Oscar Homem de Siqueira. Contrariamente ao articulista, por sua atitude de beligerância com a realidade objetiva e os acontecimentos históricos concretos, como demonstraremos na sequência, fico com a exposição do meu tio Oscar. Valho-me, também, das afirmações de Carlos Homem de Siqueira, outro dos fundadores, igualmente, meu tio; de Esmeraldo Homem de Siqueira, meu pai, nascido em 16 de agosto de 1908; e, inclusive, do Dr. Gil Soares. Do tio Carlos, guardo conversas no tradicional "Carneirinho de Ouro", Ribeira, do qual era habitual frequentador; do Dr. Gil Soares, os diálogos sazonais, sempre nos meses finais do ano, quando, morador no Rio de Janeiro, regularmente, incursionava à Natal, para rever familiares e amigos, em suma, "matar saudades". Um dos seus programas era visitar minha casa paterna. Foi onde o conheci. Invariável, quase impossível não ser, nos contatos periódicos com papai, não vir à tona, entre acontecimentos da velha Natal, notícias relacionadas aos primórdios do nosso futebol e, logicamente, ao América. Com o desembargador Oscar, tive, sobre a matéria, entrevistas e dados, tão "econômicos", como nosso relacionamento mais geral. Era, ou, parecia-me ser, um homem de poucas palavras. Hirsuto, até. Causou-me, por isso, surpresa a inserção, no texto em questão, entre aspas, de uma "informação" por ele "oferecida". Areferida "informação", no sentido amplo, expressa a verdade dos fatos. Contudo, sabedor da sua rígida cultura, tenho certeza absoluta de que jamais se referiria ao 14 de julho como "feriado nacional". Mesmo porque, no Brasil, nunca o foi. Ainda que, pelo significado histórico, seja um dia de prestígio internacional. Na França, tudo bem. Não apenas é feriado nacional, como é o mais importante: Queda da Bastilha, data nacional comemorativa da Grande Revolução Francesa, de 1789 - início da chamada Idade Moderna, sentença de morte da Idade Média, do feudalismo e do absolutismo. Na sua obra autobiográfica, ("Roteiro de Uma Vida"), Esmeraldo Siqueira dedica, certo número de páginas, ao nascimento e primeiros passos do América. Acasa do meu avô, desembargador Joaquim Homem de Siqueira Cavalcanti, na Rua da Palha (hoje Vigário Bartolomeu); o quarto de Carlos e Oscar, seus irmãos mais velhos, nos fundos, dando para o Beco da Lama (atualmente, Rua Prof. José Ivo), surgem como espaço do ato inaugural e formal, com Ata, Lista de Presenças, Eleição da Primeira Diretoria. Em conclusão, da fundação do América FC, em 14 de julho de 1915. Deduz-se que, a reunião de 11 de julho, fundamental para a criação e surgimento do América, teve caráter preparatório, avançando em vários aspectos historiográficos e simbólicos. Foi, concomitantemente, o começo, organizado e rápido, da resposta à iniciativa, datada de 29/06/1915, geradora do ABC. Os fundadores do ABC, bem diverso do dito, no artigo em foco, buscaram o nome do clube em analogia e homenagem à Operação Naval, amistosa, que reuniu belonaves das Marinhas de Guerra da Argentina, Brasil e Chile, ocorrida no início de 1915, por iniciativa do, então, presidente da República, Ven-

Opinião

ceslau Brás (1914-18). O objetivo do mandatário brasileiro era demonstrar a unidade da América do Sul, do Pacífico (Chile) ao Atlântico (Brasil e Argentina), frente ao brutal conflito que eclodira no continente europeu (I Guerra Mundial). Reunindo as três principais armadas sul-americanas, a Operação Naval teve a denominação de ABC, obviamente, por imposição de ordem alfabética e não, necessariamente, levando em consideração o nível do poderio bélico de cada um dos participantes. Nunca existiu nenhum tratado internacional, no contexto sul-americano, entre Argentina, Brasil e Chile, muito menos chamado "tripartite" (sic), para "juntos lutarem contra o pobre Paraguai", ou "para dizimar um outro país co-irmão". Basta dizer, é só olhar o mapa, que o Chile sequer faz fronteira com o Paraguai. Tem mais. À época da Guerra do Paraguai, não existia aviação... nem para-quedistas. Pelo que registra a história militar da América do Sul, o Chile participou (e venceu), unicamente, na Guerra do Pacífico, contra o Peru e a Bolívia. Ganhou terras das duas nações e, no caso da Bolívia, tomou-lhe a saída para o mar (Oceano Pacífico). Questão, ainda no presente, objeto de disputa diplomática. Para tranquilidade e alívio dos nossos adversários abecedistas, (ou, abecistas?), está claro que a nominação do seu clube não se origina de uma guerra genocida, mas de pacíficas (e atlânticas) manobras navais. Sobre a Guerra do Paraguai, dezembro de 1864 a março de 1870, esta é considerada um verdadeiro genocídio, reduzindo a população guarani a 1\4 (um quarto), 25%, caindo de um milhão para 250.000 habitantes, quase todos velhos, mulheres e crianças, findos os cinco anos de conflito. O Paraguai, ainda, perdeu mais de 100.000 Km2, para a Argentina, e uns 60.000, para o Brasil. Este massacre foi conduzido pela Tríplice Aliança (Brasil, Argentina e Uruguai), com apoio material, militar e financeiro da Inglaterra. Vale acrescentar que, neste exercício de barbárie, as tropas da Aliança perderam 100.000 homens, dos quais 80.000 eram brasileiros. O extermínio, quase total, da população masculina adulta paraguaia foi tão extenso, violento e bestial que, por imposição objetiva das circunstâncias, a Igreja Católica fechou os olhos à poligamia. Outro consolo, dado pela história real, aos abecistas, ou melhor abecedistas (de onde vem o D?), a valer "a história, segundo o articulista", ABC não seria ABC, mas ABU (U de Uruguai). Estranho, não? E muito mais feio. Outro paradoxo do simbolismo "abcedista", verifica-se no seu hino: "quando vou para o gramado...". Claro que torcedor vai ao estádio, ou, então, é invasão de campo. No gramado, somente os jogadores e o árbitro. Podese alegar "licença poética" (!?). Mas, como diria o genial e irreverente João Saldanha, querido companheiro: "Vida que segue...". Para concluir, voltemos ao América, ao que mais importa. Por que América? Em primeiro lugar, para render homenagem ao Novo Mundo, ao continente inteiro, não se resumindo em 3 (três) países, mesmo que, entre eles, esteja o Brasil. Em seguida, cabe dizer que, ao tempo da fundação, o América-RJ era o time de futebol mais conhecido e popular do antigo Distrito Federal e do País. A data da fundação, 14 de julho, e as cores, azul e branco, posteriormente, vermelho e branco, definem uma escolha, uma opção histórica e emblemática. A bandeira da Revolução Francesa, a bandeira tricolor, como a chamava o povo de Paris, era vermelha, azul e branca. O lema, eterno, imortal: Liberdade, Fraternidade, Igualdade. Por tudo isso, pelo que foi, pelo que é, pelo que virá, em nome da verdade, salve o América!

Natal está de Luto e mais triste. Faleceu o grande chargista e amigo Antônio Amâncio. O Jornal de Hoje e a imprensa norte-rio-grandense perderam um dos seus mais talentosos e combativos chargistas, vítima de um acidente automobilístico sofrido durante o feriadão de 15 de novembro, quando ia visitar a família em Macau-RN. Amâncio tinha saído em férias. Estava feliz quando se despediu por um mês. Não vai mais voltar a abrilhantar a página 02 do nosso O Jornal de Hoje. Será possível Pensar se Potiguar e expressar esse pensa-

Artigo

mento abertamente e democraticamente? Penso que não, a julgar pela demissão recente do chargista Amâncio da Tribuna do Norte. Na ocasião, proclamei meu repúdio quando ele foi demitido por uma suposta charge falando da governadora Rosalba. Uma medida antidemocrática e antiliberdade de expressão. Nos anos mais duros da repressão os chargistas se utilizaram de seu traço para denunciar e gritar. Nos tempos atuais são inaceitáveis atitudes como essa. O Amâncio era um grande artista várias vezes premiado em salões nacionais. Inad-

MARIA DAS GRAÇAS DE MENEZES VENÂNCIO, professora aposentada da UFRN (gracave@yahoo.com.br)

missível no estado da arte em que se encontra a democracia brasileira, duramente conquistada por uma geração proibida de falar e gritar. Não aceitamos mais esse tipo de censura. Aos quarenta anos na flor da idade perdemos um grande talento, talvez vítima das péssimas condições de nossas rodovias. Um sujeito humilde e afável. Dizia sempre que eu era um dos grandes articulistas de Natal. Gentilmente me fez uma charge alusiva ao Quixote e sua paixão pela leitura. Perdi um grande amigo. Muito obrigado por tudo, pela luta e coerência. Descanse em paz.

ELÍSIO AUGUSTO DE MEDEIROS E SILVA, empresário, escritor e membro da AEILIJ (elisio@mercomix.com.br)

A mulata dengosa do Arpege Naquela noite chegamos ao "Arpege" pelas nove horas da noite. Como era uma sexta-feira, mesmo cedo, o salão do primeiro andar já estava cheio de fregueses costumazes como nós, todos ansiosos para conhecerem a novata recém-chegada do Rio de Janeiro. A música alta se estendia da travessa até a Rua Chile. A dança dominava o salão. Sentamos em uma mesa da pista, onde fomos atendidos por Chico - um dos garçons da casa -, nosso conhecido. Logo avistamos a mulata tão comentada - era mesmo de encher a boca d'água. Ao nos avistar, ela abriu os lábios carnudos em um sorriso sensual. O corpo bem-feito se movimentava cadenciado pelo swing da radiola de fichas que não parava. Era uma mulatinha nova e bonita. Os pedaços de carne morena apareciam sob o decote generoso - os seios meio a mostra chamavam atenção de todos os presentes no cabaré. Olhou ligeiramente para nossa mesa - um olhar de volúpia e oferecimento. Claro que todos nós sorrimos para ela. A essa altura, dançava sozinha no salão - suas ancas largas mexiam de acordo com os requebros do seu corpo rebolante. A jovem sorria e gingava o corpo, remexendo suas avantajadas cadeiras. Sabendo ser alvo de todas as atenções do salão,

Artigo

também requebrava seus lindos olhos verdes penetrantes à procura de companhia. A noite avançava, os copos esvaziavam-se rápidos sobre as mesas do salão vermelho esfumaçado. Outras inquilinas da casa dançavam no salão, tentando atrair atenção dos homens do local. De repente, a cabrocha dengosa parou e sentou-se em uma mesa próxima da nossa. O corpo jovem e bem-feito brilhava sob a luz vermelha do salão do cabaré. Pelo jeito, a noite iria se estender - uma verdadeira noitada de amor, bebida e música. A mulata sabia ser o alvo das atenções - todos pareciam estar enfeitiçados por ela. Sentara-se à mesa de perna cruzada, mostrando um pedaço da coxa grossa, bem torneada. - Mulata dengosa! Disse alto um dos homens da mesa mais próxima à nossa. Ela ouviu o elogio e sorriu para o homem. Deve ter gostado. Sacudiu o cabelo e os seios mulatos, que balançavam livres no vestido preto curto. Levantou-se rebolante e dirigiu-se até a mesa de onde viera o elogio. Acho que ela se sentia irresistível aos olhares masculinos. Não demorou muito na mesa dele. O homem agarrou-lhe pela cintura e encaminharam-se para o salão. Aí deu para vê-la mais de perto:

ancas largas, cinturinha de pilão, peitos salientes. Os olhos dela tinham um certo brilho e a boca era pintada em vermelho-sangue, a cor da moda. Eles dançaram agarrados por um bom tempo, roçando os seus corpos suados, ao ritmo das músicas que se sucediam. À medida que novas fichas eram introduzidas no Jukebox. Quando passaram perto da nossa mesa, sentimos o cheiro dela - usava um perfume extravagante, "doce", que diziam ser o cheiro das "raparigas" que frequentavam os cabarés da Ribeira. Mas a dança não se estendeu muito. Ela era uma mulher da vida que se entregava por dinheiro, que fazia do amor o seu ofício. O homem entendeu a razão da impaciência, amassando os seus lábios de encontro aos dela - pois ele também tinha urgência... a pressa dos homens que não sabem onde estarão amanhã. Então, ele abraçou-lhe pela cintura e dirigiram-se a um dos quartos que ficava nos fundos da casa de amor. A essa altura, o cheiro de beira de cais chegava até nossa mesa. Outros casais também se dirigiram aos quartos. A dança continuava no salão vermelho "cardeal" bem encerado. A madrugada rompia e nos apressamos a sair. No dia seguinte, com certeza, estaríamos de volta. Quem sabe a mulata não estaria desacompanhada?!

MACIEL MATIAS, médico (maciel.matias@terra.com.br)

Os seres vivos continuam evoluindo sem controle - Já leu 1889 de Laurentino Gomes? - Ainda não. - Vale a pena. Além de retratar fatos importantes da nossa história, seu estilo jornalístico de contar os fatos, torna sua leitura muito agradável. - Realmente concordo com você. Li os outros dois da trilogia, 1808 (Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal e do Brasil sobre a transferência da corte portuguesa para o Brasil, ocorrida em 1808) e 1822 (Como um homem sábio, uma princesa triste e um escocês louco por dinheiro ajudaram D. Pedro a criar o Brasil - um país que tinha tudo para dar errado) e gostei bastante. O que mais lhe surpreendeu neste 1889 (como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contribuiram para o fim da monarquia e a proclamação da Republica no Brasil)? - Tudo é muito interessante, porém a descrição das descobertas e acontecimentos que mudaram o mundo e os hábitos das pessoas no século de XIX foi o que mais me impressionou. - Foi um período de grandes descobertas, reformas sociais e políticas no mundo todo. - Fico pensando nas repercussões das observações de Charles Darwin com sua teoria da seleção natural. - Se tivesse acontecido um pouco antes, teria sido apanhado na inquisição e terminado seus dias na fogueira, ah, ah, ah!!! Charles Darwin defendia que tudo o que existe é fruto de uma evolução a partir de um ancestral comum. Nascido no dia 12 de fevereiro de 1809 em Shrewsbury (oeste da Inglaterra) de família rica, ele é orientado por seu pai, médico, a estudar Medicina, enquanto que suas próprias aptidões o levam a seguir o caminho de seu avô Erasmus Darwin, naturalista renomado. Abandona o curso de Medicina por achar monótono e sem entusiasmo, não suportando assistir as cirur-

gias, naquela época, sem anestesia. O pai o encaminha para estudar Teologia na Universidade de Cambridge para que se torne um pastor. Seu interesse era observar a natureza. Ele aproveita uma oportunidade, quando um de seus professores o recomenda a Robert FitzRoy, capitão do "HMS Beagle", que busca um companheiro para uma expedição científica de dois anos em torno do mundo. O "Beagle" iça as velas em 1831, levando Darwin, então com 22 anos. A viagem dura cinco anos, com escalas no Brasil, nas ilhas Galápagos, no Taiti, na Nova Zelândia e na Austrália. "A viagem do Beagle foi de longe o evento mais importante de minha vida", afirmou após alguns anos de pesquisa nos seus achados. A sua principal obra, "On the Origin of Species by Means of Natural selection, or preservation of favoured races in the struggle for life", ( A origem das espécies ), publicada em 1859, em que Darwin fundamenta as suas teses, teve uma péssima repercussão por parte da sociedade científica em todo o mundo e ainda hoje é fortemente contestada, porém muito estudada. Suas publicações tiveram grandes sucessos, no entanto, proporcionaram reações violentas das autoridades religiosas, que o viam como uma refutação da doutrina cristã com a criação do mundo. O debate chega ao auge com "A descendência do homem e a seleção ligada ao sexo", no qual Darwin demonstra em 1871 que o homem e o macaco descendem de um ancestral em comum. "Considerando agora com que brutalidade fui atacado pelos ortodoxos, parece-me grotesco que eu tenha tido alguma vez a intenção de ser pastor", ironiza em sua autobiografia. Darwin morre em 1882, aos 73 anos. - Isso ainda é valido com os conhecimentos atuais? - Evidente que novas pesquisas e conhecimentos agregaram valor às observações de Darwin. Hoje existe uma classe de pensadores desse segmento, chamados de neodarwinis-

mo, que apresentam as causas para a variedade de uma espécie, como: n Ocorrência de mutação nas células germinadas. n Reprodução sexuada (meiose). n Disjunção aleatória dos cromossomos. n Fecundação. - E aquela teoria do uso e desuso, que a meninada quando inicia o estudo de Ciências, só pensa nela, lembrando o pescoço da girafa? - Ah, ah, ah! Agora você me fez lembrar uma das histórias do Joãozinho. - Qual delas? - Joãozinho, demorando no banho, a mãe pergunta: - Que banho demorado Joãozinho! - Estou estudando ciências. - Quem já viu estudar ciência no banheiro? - Sim mãe, é a lei do uso e desuso. - Termina logo isso, deixa de safadeza. - Ah, ah, ah! todos nós tivemos um pouco desse tal de Joãozinho. - Esta teoria é de Lamarck. Em 1809, 0 biólogo francês Jean Baptiste Lamarck propôs uma teoria para explicar de qual maneira os seres vivos evoluem. Segundo ele, uma grande alteração no meio ambiente provocaria, em uma espécie, a necessidade de se modificar. Essa necessidade levaria à formação de novos hábitos. Essa ideia aliada à observação da natureza levaram Lamarck o formular as duas leis básicas de sua teoria evolutiva: a lei do uso e desuso e a lei dos caracteres adquiridos. A primeira suposição de Lamarck é válida: o uso e o desuso provocam alteração nos organismos. Assim, sabemos que os atletas desenvolvem seus músculos através do uso, enquanto que a paralisação das pernas, por exemplo, determina atrofia. A falha está na segunda hipótese: caracteres adquiridos por uso e desuso nunca são transmitidos aos seus descendentes. - Muita coisa ainda está por descobrir, principalmente observando as modificações da intimidade celular, muitas vezes incontroláveis.

Cidadania e espaço urbano O deslocamento das pessoas transformou-se num signo que diferencia espaço e tempo e se expressa através das práticas corriqueiras das viagens, ganhando uma conotação especial a partir do século XIX, não somente por agregar os fundamentos comerciais, mas quanto à percepção do viajante, mesmo admitindo-se que importa muito mais na história das viagens e das cidades as atitudes e os comportamentos saudáveis a viagens que cada um faz internamente. Os lugares onde os homens passaram ou nos quais se estabeleciam revelavam um olhar que vai da magia e a sua interelação com os primeiros instrumentos de trabalho para dominar a natureza e dela tirar o seu sustento até a magia e a religião, as expressões da cultura e das artes nas suas várias linguagens, a ciência tentando vencer as limitações que foram impostas a si e ao mundo e a evolução tecnológica, fundamental para o aperfeiçoamento do processo de trabalho, evidentemente gerando inúmeras contradições. As trajetórias de muitas cidades algumas vezes resgatadas e outras reconstruídas permitem compreender porque alguns símbolos são preservados e outros negligenciados, o que implica muitas vezes em rever biografias e histórias de vida. Seus signos, símbolos e representações e como esses foram usados retificam muitas vezes o poder e a manutenção de relações interpessoais até certo ponto desconcertantes, bem como auxiliam na compreensão de como alguns eventos vão surgindo e outros são programados. Na percepção que se tem alcança os supostos olhares pós-modernos muitas vezes reeditando velhas práticas, algumas das mais hediondas, outras vezes demonstram reações à elitização, individualismo e narcisismo. Obviamente, que esse percurso nunca foi linear e envolveu muitas vezes confronto entre classes e concepções do mundo, bem como referenciais coletivos e individuais. O significado e o conteúdo da produção cultural e das artes que se entende como sintetizadora das várias expressões da linguagem refletem as condições sociais e a consciência social que prevalecem em cada período da história da humanidade. Sociedades diferentes geram espaços urbanos distintos, neles se refletem as suas contradições, com seus locais de produção e comercialização, prática de lazer e esportes, que muitas vezes repercutem em desigualdades sociais, como aqueles que alguns trabalham para edificar lugares de entretenimento, lazer ou aquisição de cultura, mas apenas outros podem frequentar. Como é sabido o ícone é uma maneira de imortalidade passageira, na sua origem deriva da palavra eikon que corresponde à imagem e tinha uma relação com as efígies sagradas dos templos orientais. Na sociedade complexa ao significado do ícone foram incorporados os avanços da informática e da semiótica e esses passaram a compor um catálogo de ícones - pessoas, datas, monumentos e apetrechos. Eles são usados nos eventos, nas várias manifestações culturais e nas expressões da arte e da cultura: pintura, cinema, música, teatro, arte popular ou erudita, publicidade etc, associados até à apetrechos e embutindo um caráter de fetiche aos mesmos. A vida das pessoas nas cidades norteadas por uma lógica às vezes extremamente perversa e excludente deixou claro que em muitas cidades as necessidades básicas da maior parcela das populações não eram satisfeitas, são criados continuamente produtos que terminam desencadeando o consumo do supérfluo por grupos muito restritos, contrariamente prevalecem altos índices de pauperização, terminando a violência urbana circundando todas as camadas sociais. As críticas mais recentes dizem respeito ao incentivo ao desperdício e ao extermínio do meio ambiente ou então o terrorismo ou a tortura física e mental em prisões, mansões, instituições educacionais ou por profissionais até porque a percepção do que seja cidadania na sociedade civil em instituições educacionais, de comunicações, jurídicas, dentre outras, por incrível que pareça ainda é mal assimilada. Ir de encontro à violência urbana ou institucional e resgatar a ética é primordial, caso contrário todos perdem. É interessante atentar que prevalecem apenas duas concepções do que seja cidadania, até porque o entendimento com clareza da cidadania ainda confunde bastante muitos profissionais, quando com a mundialização essa compreensão é fundamental. Senão vejamos: 1ª) A perspectiva marxista que aborda as contradições da trajetória da cidadania num processo de hegemonia da classes burguesa e a integração das classes tidas como "inferiores" às classes hegemônicas e 2ª) A perspectiva liberal-burguesa, uma vez que através de confronto constante e pressões das classes dominadas essas se fortalecem se humanizam e alcançam uma consciência política, o que é possível via autonomia e a prevalência de seus direitos e deveres resguardados pelo Estado através de políticas públicas, pelas instituições mais representativas e canais de representação.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Fernanda Souza Juliana Manzano EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Fábio Pacheco EDITORA DE CULTURA Conrado Carlos EDITOR / JH Online Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Quarta-feira

Wellington Rocha

Natal, 20 de novembro de 2013

O Jornal de HOJE 3

Ricardo critica Governo e afirma que Impeachment de Rosalba será votado PRESIDENTE

DA

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

AFIRMA QUE GESTÃO DO

DEM

CHEGOU A ESTA SITUAÇÃO POR NÃO CONVERSAR COM DEMAIS PODERES

Ricardo: “Governo não tem dialogado. Muitas coisas poderiam ter sido evitadas”

O Governo do Estado chegou a mais de 70% de desaprovação popular ainda no segundo ano de mandato da governadora Rosalba Ciarlini. Contudo, a situação difícil só se agravou este ano, quando a crise atingiu também a relação do Executivo com o Judiciário, o Legislativo e os órgãos auxiliares - Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado. E por que tanta dificuldade? Pela falta de diálogo, conforme apontou o presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Ricardo Motta, do PROS. A crise, por sinal, causou uma crise administrativa que acabou dando origem a denúncia popular feita na Assembleia Legislativa contra a administração de Rosalba Ciarlini, por crime de responsabilidade, devido ao descumprimento do Executivo com suas funções sociais e pagamento de fornecedores. A matéria, que atualmente tramita na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia, vai ser votada em plenário, garante Ricardo Motta. "É o que determina o regimen-

to da Casa", afirmou na tarde desta terça-feira, no RN Acontece, do jornalista Diógenes Dantas. "A votação será democrática, tanto para o afastamento, como para negar. O regimento determina que tem que ir para o plenário. Não podemos fazer juízo de valor. Temos que nos basear em parecer dos técnicos do Legislativo. No relatório da Comissão. Estamos bastante tranquilos. A Assembleia analisará sem cor partidária, sem paixão", acrescentou o parlamentar. Ricardo Motta também acrescentou que a crise administrativa e também financeira - que o Estado atravessa é consequência da falta de diálogo. O Governo do RN não tem conversado com os demais poderes. "O governo não tem dialogado. Muitas coisas poderiam ter sido evitadas. Tentei várias vezes reunir o Tribunal de Justiça, o Ministério Público, o Tribunal de Contas, mas o governo não dialogou", analisou o presidente. A mais: para Ricardo Motta, o Governo não aprendeu nada com o

momento atual e está repetindo os mesmos erros. "Também não há diálogo e sem conversa não se chega a lugar algum. É só perguntar ao relator, deputado José Dias", acrescentou Motta, se referindo a Dias, que é relator do Orçamento-Geral do Estado (OGE) 2014. O presidente anunciou ainda que os técnicos da Assembleia Legislativa constataram que o percentual adequado para o corte no orçamento seria de 4,7% e não 10,74% como foi feito pelo Executivo. Por sinal, essa análise é a mesma feita pelo Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público do RN e Tribunal de Justiça. PROS Contudo, não foi só sobre situação administrativa do Governo Rosalba que Ricardo Motta falou na tarde desta terça-feira. O presidente da Assembleia Legislativa comentou também o novo partido dele, o PROS. "Tivemos pouco tempo para estruturar o partido, mas vamos fazê-lo muito forte. Cinco deputados

na Assembleia Legislativa, atingindo todas as regiões do Estado. E um capital de 400 mil votos, ou 20% do eleitorado potiguar para qualquer coligação a ser discutida", comentou. Segundo o presidente da Assembleia, hoje, o PROS tem a maior bancada na Câmara Municipal de Natal, Macaíba, Assu e Caicó. "O Partido tem bastante musculatura e com certeza será importante para as eleições de 2014.Temos a orientação de apoiar a reeleição da presidente Dilma Roussef", analisou. E sobre Rosalba? "No Estado somos independentes, mas não fazemos oposição ao Rio Grande do Norte. Não vejo nenhum deputado fazer oposição por oposição. PROS está mais próximo do RN, para ajudar, para fazer o Estado crescer. Por onde você passa que vê obras, tem o dedo da Assembleia. Não existe oposição, mas é claro que deixamos todos os deputados à vontade. Cada um vota com a sua consciência.Ninguém pode reclamar da Assembleia Legislativa", respondeu.

> DECISÃO SERÁ SÁBADO

Resultado da eleição no PT ainda poderá ser mudado O Processo de Eleição Direta (PED) do Partido dos Trabalhadores, depois de mais de duas semanas de discussão e troca de acusações, vai ser decidido neste sábado, em reunião do Diretório Estadual da sigla. Pelo menos, é o que prevê o candidato a presidente do PT no RN, Olavo Ataíde, um dos propositores de alguns dos 29 recursos. "O que do Diretório decidir, para nós, está decido. Não pretendemos recorrer a instância nacional", prometeu Olavo Ataíde. E o candidato afirma isso mesmo sabendo que a diferença entre ele e o nome vencedor do pleito, Eraldo Paiva, ser tão pequena que a simples alteração na condição de uma das votações municipais anuladas influencia diretamente na definição da eleição. "No pleito nacional, que definiu a reeleição de Rui Falcão, a diferença foi muito grande, mas aqui não foi assim. A diferença é pequena. Com todas as urnas consideradas, o resultado foi um, o eleito fui eu. Com a anulação de algumas, como foi o caso, a vitória é de Eraldo. Por isso, dependendo da aceitação dos recursos ou não, teremos uma mudança no resultado", explicou Olavo

Divulgação

Divulgação

Eraldo Paiva foi reeleito presidente do PT com a anulação de algumas votações

Olavo Ataíde, porém, recorreu da decisão e o resultado do pleito pode ser mudado

Ataíde. Segundo o Diretório Estadual do PT, a convocação extraordinária é possível desde que proposta por um terço de seus membros. E foi isso que aconteceu hoje, quando 24 dos 47 membros efetivos da direção estadual protocolaram um pedido de convocação da instância para o próximo sábado, às 10h. Pelo Regulamento do PED, os recursos devem ser julgados na instância estadual e, por isso, os dirigentes preferiram não protelar as pendências do processo e entendem

dos Trabalhadores no RN, não votou e, por isso, acusou o pleito de ser fraudado. Ressalta-se, entretanto, que apesar de não ser intenção dos dois lados, o debate sobre as eleições do PT pode parar sim na Executiva Nacional. Afinal, está previsto que os recursos movidos para a analise do Diretório Estadual, podem partir para uma Câmara de recursos que, aí, vai observar se um assunto merece ou não ir para julgamento da Executiva Nacional do partido. "O que esperamos é por fim às

que o melhor é que o julgamento aconteça logo pela instância superior à Executiva, no caso o Diretório. Dois membros do Diretório Nacional deverão acompanhar a reunião. É claro que não foi só a chapa de Olavo que entrou com recursos. Os apoiadores de Eraldo Paiva, mesmo com a vitória do atual presidente do partido, também recorreram, alegando irregularidades na eleição. O vereador de Natal, Fernando Lucena, por exemplo, mesmo sendo um dos fundadores do Partido

polêmicas que envolveram as eleições internas do PT, fazer valer a vontade do conjunto de filiados e filiadas do PT que depositaram o seu voto e nos elegeu. Assim sendo, vamos cuidar de preparar o partido para as lutas que se avizinham, fazer crescer o partido nas próximas eleições ampliando o nosso espaço na Assembleia Legislativa, mantendo a nossa vaga na Câmara Federal e eleger a primeira senadora de um partido de esquerda no RN. Essa é a nossa tarefa", afirmou Olavo Ataíde.

FÁTIMA E CHAPA Por sinal, apesar desse desentendimento a respeito de quem é, realmente, o novo presidente do PT, a sigla parece unida no que diz respeito a uma situação: a eleição da deputada federal Fátima Bezerra senadora. Como será feito isso, no entanto, ainda gera discussão e polêmica no Diretório Estadual. O atual presidente Eraldo Paiva, por exemplo, prefere uma chapa "puro sangue" para o PT no próximo ano, com Fátima senadora e, possivelmente, o deputado estadual Fernando Mineiro para o Governo do Estado. Ele, porém, ressalta que está "aberto" para o debate e aceita o que a maioria decidir. Olavo Ataíde, no entanto, tem um entendimento diferença. Usando a recomendação da Executiva Nacional do PT como norte, ele afirma que o partido precisa tentar reunir a base aliada da presidente Dilma Rousseff no Rio Grande do Norte. Por isso, fica praticamente impossível, junto a outros partidos, o PT indicar mais de um nome na chapa majoritária. "Não pensem que poderemos indicar senador e governador e os partidos aliados apenas apoiá-los", analisou.

Túlio Lemos tuliolemosjh@gmail.com

PASSADO Durante sua primeira gestão como prefeito, Carlos Eduardo agiu de forma semelhante. Defendeu sua então secretária Aparecida França, contra todas as evidências de que o serviço prestado era péssimo; brigou com vereadores e manteve a secretária até o fim do mandato, com avaliação negativa e prejuízo para a imagem da gestão. Vai repetir a dose? BANCADAS O distanciamento do Governo Rosalba Ciarlini em relação aos deputados estaduais, pode ser men-

surado a partir da contagem de bancada, por exclusão. Ao lado da Rosa, estão apenas Getúlio Rêgo, cujo filho é secretário e ele é líder do Governo; José Adécio, que conseguiu nomeações no Governo para seus filhos; Leonardo Nogueira, que anda insatisfeito, mas as conseqüências vindas de Mossoró não permitem que mude de lado; e Antonio Jácome, que sempre está pendurando em qualquer Governo. Os demais estão contra ou quase. HOMENAGEM Mais do que justa a homenagem que será prestada pelo Congresso, dando o nome de 'governador Aluízio Alves' ao novo aeroporto de São Gonçalo do Amarante. O pai de Henrique tem história de serviço prestado e visão de futuro. JULGAMENTO Como Sherloquinho havia adiantado, o julgamento da prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, não aconteceu ontem. Foi adiado para

a próxima semana. Até lá, muita conversa há de ocorrer e mudanças de posição, idem. CASSAÇÃO O deputado Henrique Alves já havia cometido uma brutal omissão como presidente da Câmara, ao evitar que a Casa efetivamente se livrasse do deputado Donadon, que divide seu tempo entre sessões e a prisão. Agora, Henrique evita tomar posição a respeito da situação de José Genoino. PERSEGUIÇÃO O novo presidente do PRB no RN, Abraão Lincoln, além de ter tomado, via cúpula, o partido do vereador Raniere Barbosa, resolveu praticamente expulsar o parlamentar da legenda. Na verdade, Abraão quer mandar e comandar o partido sem possibilidade de sombra de qualquer outra liderança. Para isso, não teve a menor preocupação em tomar a sigla do parlamentar natalense, mesmo sabendo que o PRB perde força e votos com a saída de Raniere.

Fotos: Marlío Forte

SAÚDE O prefeito Carlos Eduardo, que não visita os postos de saúde de Natal, defende cegamente seu secretário Cipriano Maia. O problema é justamente esse: A defesa cega a partir dos argumentos do próprio auxiliar, sem levar em consideração a realidade vivida por quem precisa do atendimento médico e não encontra, provocando insatisfação.


Natal, 20 de novembro de 2013

4 O Jornal de HOJE

Política

Quarta-feira

Heracles Dantas

José Aldenir

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

A ambivalência na política Bombardeio de palavras que vergastam. Atirador: Eduardo Campos, governador de Pernambuco, presidente nacional do PSB e aspirante ao Palácio do Planalto. No alvo: Dilma Rousseff, petista que governa a República Surrealista dos Trópicos. nnn Seguem três comentários de Campos - chamado "Dudu Beleza" na época de universitário. Dois feitos durante reunião, em São Paulo, com 500 empresários: 1. "Ela preside o Brasil e, ao mesmo tempo, insiste em dirigir o Banco Central, autoridade econômica carente de autonomia"; 2. "O seu governo tem um gosto pelo precipício que eu não cultivo." nnn A terceira - e mais dura - observação fê-la em restrito grupo de jornalistas do eixo paulista-brasiliense: "Mesmo quando faz o bem, ela faz com má vontade." nnn Pós-escrito: o pronome pessoal "ela" refere-se à senhora Rousseff, ex-aliada do senhor Campos. Divulgação

Fora do controle Caso Henrique Pizzolato chega ao Parlamento da Itália. Da representação de ítalo-brasileiros na Casa, a deputada Renata Bueno (foto) pediu informação ao Ministério do Interior a respeito de registro da "suposta entrada" do ex-diretor do Banco do Brasil (sob o governo Lula da Silva) no país.

nnn Pergunta também a parlamentar, advogada com mestrado em Direito Público, se algum consulado italiano deu ao foragido de dupla cidadania segunda via de passaporte. Desde o início da semana, ele é procurado pela Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal). O primeiro, conforme exigência legal, fora entregue pelo advogado de Pizzolato à Suprema Corte brasileira.

nnn Renata, paranaense de Curitiba, onde exerceu mandato de vereadora, é filha do líder do PPS na Câmara dos Deputados do Brasil, Rubens Bueno.

O fator eleitoral Incoerência do Executivo Federal. Pede economia para cumprir as metas fiscais e, na sequência, apoiado pelo Senado, cria empresa estatal. Trata-se da Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural. No próximo exercício, a Anater custará ao contribuinte R$ 1,3 bilhão.

nnn A presidente Rousseff é pródiga quando descortina 2014, ano em que pede a renovação de seu mandato. Os senadores também a atenderam no pedido para a criação de 518 cargos comissionados no Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

LEITURA DINÂMICA t Em dezembro, Aécio t Doe um livro a uma bi-

Neves, presidenciável tucano, lança a Agenda para o Futuro. Item sublinhado: fortalecimento da economia. t Sugestão do birô da coluna: leitura da reportagem "O casamento do ano", edição de novembro da revista Piauí. O bom texto de Carol Pires relata os bastidores da aliança de Marina Silva com Eduardo Campos para confrontar o projeto de poder do petismo. t Marcelo Crivella (PRB) e Lindbergh Farias (PT) ambos são senadores e candidatos ao governo do Rio de Janeiro - conversaram, ontem, sobre a sucessão no estado. Não acordaram o apoio de quem for eliminado na primeira fase ao que chegar ao inevitável segundo turno. Fosse hoje a eleição, Farias enfrentaria Anthony Garotinho (PR), em campanha para reconquistar o Palácio Guanabara.

blioteca pública. A leitura pode mudar a vida de um jovem carente. t O paulista Michel Temer, vice-presidente da República, tenta acalmar o ânimo belicoso de seus companheiros do PMDB que presidem o Senado e a Câmara. Renan Calheiros (AL) e Henrique Eduardo Alves (RN) estão de armas ensarilhadas no duelo da vaidade. t José Vicente de Sá Pimentel assume a embaixada do Brasil no Canadá. t Amanhã, o PEN (Partido Ecológico Nacional) protagoniza rede nacional de rádio (20h às 20h05) e tevê (20h30 às 20h35). t Para refletir: "Os melhores autores sempre compreenderam que escrever é enfrentar, e em certa medida alegorizar, o próprio regime de mediação tecnológica sem a qual a escrita sequer existiria" (Tom McCarthy, escritor estadunidense).

Abraão Lincoln preside o PRB no RN e a Confederação Nacional de Pescadores

Raniere Barbosa tem cargo de vereador, mas atualmente administra a Semsur

Abraão Lincoln destitui Raniere do PRB e é acusado de perseguição VEREADOR NATALENSE CRITICA DECISÃO DA CÚPULA E ADMITE DEIXAR A LEGENDA O presidente do diretório estadual do PRB no Rio Grande do Norte, Abraão Lincoln, que preside a Confederação Nacional de Pescadores e Aquicultores (CNPA), destituiu o diretório municipal do PRB em Natal, alijando da função de presidente o secretário de Serviços Urbanos da Prefeitura de Natal, vereador licenciado Raniere Barbosa. Abraão Lincoln, que também é vice-presidente da Força Sindical Nacional, enviou ofício eletrônico ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) oficializando a mudança. Ele nomeou o pastor Valdir Trindade, atual suplente de deputado estadual e que já presidiu o PRB, para presidir a legenda em Natal, tendo como vice o vereador Junior Grafith. Sem apontar objetivamente as motivações do ato, Abraão disse que não era "refém de ninguém", no que seria uma crítica indireta a Raniere Barbosa, que desde o início desde ano administra a Secretaria de Serviços Urbanos de Natal. "O nosso partido não é refém de ninguém. Não somos uma legenda de aluguel. Temos programa. Trabalhamos com base em prin-

cípios. Valorizamos quem é da casa. Valorizamos os filiados ao PRB. E exigimos respeito", disse Abraão Lincoln após confirmar a mudança. Raniere Barbosa, por sua vez, se disse surpreendido a apontou perseguição como motivação da sua destituição. "Ele veio me pedir para agregar um caminhão pipa para um eleitor dele, e eu disse que não podia atender e ele ficou chateado porque a forma dele fazer política é utilizando-se de moeda de troca, e aqui na Secretaria não é assim que funciona. Minha forma de fazer política é republicana, sempre defendendo o interesse público e o coletivo da população", disse o auxiliar do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT). "O que posso afirmar para a sociedade natalense é que entrei para o PRB em 10 de setembro de 2007, quando o PRB era ainda um partido nanico, muito pequeno. Na eleição de 2008, eu fui o que mais filiou militantes à legenda, segundo o próprio TRE. Em 2012, na minha reeleição, o PRB também foi o que mais filiou militantes. Entretanto, o PRB é um partido

que só me deu a legenda, nunca me ajudou em nada, nunca me deu estrutura financeira, nada. Sou eu, por exemplo, que mantenho a contabilidade do partido e faço a prestação de contas. Então hoje sou surpreendido pelo presidente estadual, que é um personalista, com essa destituição", relatou Raniere Barbosa ao Jornal de Hoje. Raniere Barbosa disse que, diante da postura do PRB no Rio Grande do Norte, se sente perseguido. "Estamos incompatíveis, me sinto perseguido, a começar que a direção nacional entregou a direção estadual a ele, e nunca me chamou para participar de nenhuma convenção. Mesmo eu sendo o maior eleitor do partido no Estado, nunca fui prestigiado em absolutamente nada, apesar de carregar a bandeira do partido aqui". Ainda segundo o secretário Raniere Barbosa, a entrega do PRB a Abrão Lincoln teve como motivador o fato de o presidente nacional, Marcelo Crivela, ser o ministro da Pesca e Abraão, presidente da CNPA. "Infelizmente o ministro Crivela tinha interesse político por ser ministro da Pesca, e Abraão,

como presidente do Sindicato da Pesca, foi contemplado. No entanto, Abraão é mesmo militante assumido do PMDB. Em Natal, nunca fez nenhuma filiação ao PRB. Enquanto eu coloquei mais de 10 mil pessoas no partido só em Natal". Raniere Barbosa concluiu afirmando que vai preparar juridicamente sua defesa para deixar o PRB após sua destituição da legenda. "Vou preparar juridicamente a minha saída do partido, porque fui destituído e porque o partido não me quer. Vou pedir o afastamento e procurar um partido que possa agregar minha militância e trabalho que tenho feito por Natal, enquanto vereador e secretário municipal de Serviços Urbanos". Raniere disse, por fim, considerar que o PRB não agiu corretamente, e que, sem querer ser prepotente, a legenda perde com sua saída. "Acho que o partido não agiu correto comigo, mas perdeu sua principal bandeira. Não quero ser prepotente, mas é lamentável a atitude autoritarista do presidente estadual, que respeitarei, mas não ficarei mais no partido".

> HOMENAGEM

Roberto do Acordeon é cidadão natalense

Elpídio Junior

Por proposição do vereador Júnior Grafith (PRB), a Câmara Municipal de Natal realizou nesta quarta-feira (20) uma sessão solene em homenagem ao músico Roberto José Belém dos Santos, conhecido como Roberto do Acordeon. Na ocasião, foi feita a entrega do título de cidadão natalense ao homenageado. Roberto do Acordeon é natural do Rio de Janeiro, mas cresceu em Paratibe, distrito de Paulista, Pernambuco. Aos seis anos de idade, ganhou do avô sua primeira sanfona, e, desde então, não parou de tocar. Em 1976, ao se mudar para Natal, Roberto viu sua carreira prosperar com o convite do então secretário de Turismo de Natal, Franklin Delano, e do então prefeito Wolban Bezera, para realizar diversas apresentações na cidade. Durante todos esses anos residindo na capital potiguar, Roberto do Acordeon prestou inúmeros serviços sociais ao realizar shows beneficentes em épocas de dificuldades no RN, como, por exemplo,

a cheia que atingiu a cidade de Santa Cruz na década de 1970; os tremores de terra que atingiram as cidades de João Câmara e Poço Branco, em 1986, além de campanhas para arrecadar recursos para entidades filantrópicas. O cantor, que já gravou 12 LP's e 4 CD's, agradeceu a homenagem do Legislativo Municipal. "Este título de cidadania vale mais que uma montanha de ouro para mim porque não é algo que se ganha, mas que se conquista com honestidade, seriedade e gratidão aos companheiros que me ajudaram a chegar até aqui", declarou emocionado Roberto do Acordeon. "Quem acompanha meu mandato sabe que defendo a bandeira da cultura do nosso Estado e esta merecida homenagem que conferimos a uma das mais importantes personalidades do meio artístico potiguar simboliza este fato", afirmou o vereador Júnior Grafith, que emendou: "Roberto do Acordeon dissemina, através de seu brilhante trabalho, nossas raízes, a essência do Nordeste".

Roberto do Acordeon recebe título das mãos do vereador Júnior Grafith, na Câmara


Política

Quarta-feira

Natal, 20 de novembro de 2013

O Jornal de HOJE 5

Empresário defende Novotel e critica Justina por escolher prédio do Ducal SEGUNDO HAROLDO AZEVEDO, RENOVAÇÃO DO HABITE-SE É RESPONSABILIDADE DAS SECRETARIAS DA EDUCAÇÃO E SAÚDE Experiente profissional, boa gestora pública, mas mal informada. Foi assim que o empresário Haroldo Azevedo, diretor-presidente da A. Azevedo Hotéis e Turismo Ltda., empresa proprietária do prédio do ex-Novotel, classificou a secretária municipal de Educação, Justina Iva. Isso porque, segundo Azevedo, os prédios foram entregues ao poder público no início da locação para sediar as secretarias de Educação e Saúde com os respectivos Atestados de Vistoria (Habite-se) do Corpo de Bombeiros, de números 210/94P, datados de 12/04/2010 e 20/04/2010. E que a partir daí caberia às Secretarias providenciar a renovação das Vistorias bem como a mudança na natureza de Ocupação. Na coletiva realizada na manhã desta terça-feira, Justina Iva minimizou o fato da falta de licenças do prédio do antigo hotel Ducal, na Cidade Alta, para onde a SME e a SMS devem se mudar em breve. "O Novotel também não tem habite-se", afirmou a secretária ressaltando, porém, que as pastas só mudarão para a nova sede quando o imóvel for atestado pelo Corpo de Bombeiros Militar, o que ainda não aconteceu. Como as Secretarias não tomavam providências da renovação do Habite-se do Corpo de Bombeiros, Haroldo Azevedo explicou que a própria empresa requereu a renovação da Vistoria, dando entrada no

Divulgação

Heracles Dantas

Haroldo Azevedo comentou as declarações de secretária sobre a mudança para Ducal

Justina Iva, segundo Haroldo Azevedo, seria boa gestora pública, mas mal informada

dia 8 de agosto passado, com Protocolo de números 30091 e 30092, havendo pago inclusive as taxas devidas, em nome das Secretarias de Educação e de Saúde. Os prédios já teriam sido fiscalizados pelo CBM e nada de grave foi detectado. "Apenas pequenos ajustes que já estão sendo providenciados,

para renovação de pranchas e projetos, com indicação de rampas e demais exigências da acessibilidade", fez questão de enumerar ele, dizendo que já deu entrada em projetos; detalhes e plantas; memoriais descritivos e Anotação de Responsabilidade Técnica do CREA/RN. Enquanto isso, vale lembrar, a situação do Ducal é bem diferente.

como projetos para reanálise, mudança de ocupação de privada para pública e cálculo de vazão e pressão de bombas e reservatórios, além de sinalização com placas informativas nos elevadores, escadas e hidrantes, bem como complementação de corrimãos, recarga de extintores manuais de incêndio, memoriais descritivos, apresentação

Lá, o Corpo de Bombeiros encontraram 24 pontos que precisavam ser contornados para o prédio receber o Habite-se, mas dois deles têm certa gravidade: a escada com degraus em leque, que forçam a construção de uma nova escada, possivelmente pelo lado de fora do prédio, fazendo uma séria mudança estrutural nele; e a ausência de área

de refúgio contra incêndio. Como a secretária Justina Iva garante que só mudará para o Ducal quando o Corpo de Bombeiros tiver dado o aval, a mudança para a nova sede fica suspensa, não se sabe, por quanto tempo. CHAMAMENTOS Haroldo Azevedo disse que a Secretaria Municipal de Educação de Natal instaurou processo administrativo número 000039/201339/SME/PMN em 16 de abril deste ano, de Aviso de Procura de Imóvel para Locação, publicado no Diário Oficial do Município (DOM) de 17 de abril. Segundo ele, tal processo foi republicado com o mesmo número em 8 de maio passado, no DOM de 10 de maio passado. E que o processo ainda está inconcluso. Ele declarou também que a Secretaria de Saúde de Natal instaurou processo administrativo no. 021354/2013-22, referente ao Edital de Chamada Pública 20.001/2013, de 29 de abril de 2013, publicado no DOM de 30 de abril passado. Curiosamente, segundo o empresário, a Chamada Pública foi anulada através de Ata de Deliberação da CPL/SMS com Despacho de Anulação do secretário Cipriano Vasconcelos Maia em data de 27 de setembro de 2013 e Termo de Anulação publicado no Diário Oficial do Município de 1o de outubro passado.

“Micarla nunca fez campanha no meu hotel. No Ducal, a imprensa diz que Carlos Eduardo fez” Sentindo-se perseguido politicamente pela atual gestão municipal, pelo fato de ser amigo da ex-prefeita Micarla de Souza, Haroldo Azevedo declarou que Micarla nunca fez campanha política no ex-Novotel. "Cedi sim várias salas para ela instalar sua equipe de transição e

isso não fere a legislação. Como cedi também aos ex-governadores José Agripino Maia, Wilma de Faria, Geraldo Melo e ao ex-prefeito Aldo Tinoco. Dizem que meu hotel dá sorte e possui boa energia". E pergunta, "por que a atual gestão municipal não quer continuar nos meus

prédios? Apenas porque sou amigo dos meus amigos? Essa é uma característica minha. Minhas amizades independem de política", disse. Haroldo Azevedo afirma que "nunca procurou a Prefeitura para renovar os contratos. Sempre fui procurado. Nossos prédios são os

melhores da cidade para abrigar as Secretarias. Possuem acessibilidade para os portadores de necessidades especiais, atendendo as normas da NBR 9050. Locamos edificações equipadas e mobiliadas, bem como mantemos uma equipe de manutenção permanente para a boa

conservação das instalações. Temos certeza de que nossos edifícios proporcionam um melhor atendimento aos usuários e melhores condições de trabalho ao funcionalismo municipal. É fácil comparar e tirar conclusões. Tivemos os contratos renovados por duas vezes pela nova

gestão municipal, recomendada por relatório técnico do Setor de Engenharia da Secretaria Municipal de Saúde, datado de 3 de julho passado, que elogia e aprova as atuais instalações das Secretarias no exNovotel, assinado pela servidora Marilia Morais, Chefe do DIFT".

“Desde quando locatário tem poder de polícia para dar segurança?” A secretária Justina Iva, segundo Haroldo Azevedo, argumentou que o bairro de Petrópolis não tem segurança pública nem linhas de transporte urbano suficiente. Entretanto, ele rebate: "Desde quando um locatário tem poder de polícia para dar segurança pública ao bairro? Isso é dever do Estado. E quanto ao aumento de linhas de transportes coletivos, a própria municipalidade pode resolver", diz o empresário, lembrando que as atuais instalações estão localizadas a poucos metros do Tribunal de Contas do Estado, e dos Hospitais Onofre Lopes da UFRN, ITORN e Médico Cirúrgico.

FALHAS DO DUCAL Haroldo Azevedo estranha a determinação da atual gestão municipal de querer levar a todo custo as Secretarias de Educação e de Saúde "para um determinado prédio no centro da cidade, condenado pelo Corpo de Bombeiros, conforme amplamente noticiado na imprensa", diz ele, fazendo menção ao relatório realizado pela Secção de Vistoria e Investigação de Sinistros do CPMRN número 30.886-1, de 9 de outubro deste ano. As falhas apontadas no referido relatório, segundo ele, "são gravíssimas e comprometem a segu-

rança dos usuários do prédio". Sem querer entrar em detalhes, ele diz que "precisa se acabar com essa história de que os que estão no poder pensam que podem tudo. Acho que o prefeito Carlos Eduardo é refém do seu discurso de campanha", declarou. Haroldo Azevedo disse ainda que "como engenheiro civil que sou, para que esse antigo edifício no centro da cidade possa cumprir com a exigência de ter uma escada enclausurada com degraus retilíneos, de acordo com a legislação vigente, levará bem mais de um ano, pois precisa fazer sondagem do

terreno; elaborar projeto arquitetônico; cálculo estrutural; obter licenças de construção e executar as obras", observou. NOVA MATEMÁTICA Haroldo Azevedo disse ainda que a secretária Justina Iva falou em economia. "Em que matemática 150 mil é menor que 136 mil? Quanto iria custar uma mudança do atual prédio das Secretarias da Saúde e da Educação do Município de Natal? Uma mudança dessas vai gerar altos custos como reformas, novos cabeamentos, instalações de TI (computadores e

telefonia) e CPU, além de um grande tumulto. Será que um ato desses atenderia aos princípios da moralidade e da eficiência?", questiona. "Tomei conhecimento que muitos funcionários das pastas da Saúde e da Educação da PMN, diante da eminência de trabalharem em permanente estado de alerta e pânico devido à falta de segurança do determinado edifício no centro da cidade, atestada pelo Corpo de Bombeiros, cogitam de pedir até mesmo a aposentadoria ou mesmo exoneração. Li na imprensa que o prefeito Carlos Eduardo poderá ser até de-

nunciado por improbidade administrativa, pois teria utilizado esse prédio em campanha eleitoralmente", disse Azevedo. "Ora, que vença a disputa o melhor prédio, sem critérios políticos", diz. Haroldo Azevedo finalizou dizendo que sua empresa tem sido discriminada. Que tem a receber da administração passada quase um milhão de reais de alugueis atrasados e reajustes, e que a PMN disse que começaria a pagar esses atrasados no inicio de 2014. Disse ainda que a atual administração municipal está com o pagamento dos alugueis praticamente em dia.

> CÂMARA CRITICA MUDANÇA

“O Ducal é um vulcão que pode explodir a qualquer momento”

Wellington Rocha

JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

A transferência das secretarias Municipais de Saúde e Educação foi o assunto predominante nos debates desta última terça-feira na Câmara Municipal de Natal. Os vereadores de oposição e situação foram quase que unanimes nas críticas à decisão do prefeito Carlos Eduardo em promover a mudança para o Ducal, um prédio antigo, superado e sem as mínimas condições de abrigar servidores, principalmente pela falta de conforto e segurança, segundo laudo do Corpo de Bombeiros. "O Ducal é um vulcão que pode explodir a qualquer momento. Manda o prefeito instalar o gabinete dele no último andar para ver se ele quer", disse o vereador Fernando Lucena, para em seguida ameaçar reabrir a CEI dos alugueis. "Se o prédio está condenado pelo Corpo de Bombeiros existe risco para a população", disse a vereadora Amanda Gurgel, acrescentando: "não se pode colocar pessoas num prédio inseguro para atender ape-

nas interesses do prefeito de Natal". a transferência das secretarias muO vereador Maurício Gurgel, do nicipais do Novotel para o Ducal, PHS, reclamou a falta de atenção que está causando polêmica junto a do prefeito Carlos Eduardo com re- vereadores de oposição e situação, lação aos pedidos de informações na Câmara Municipal de Natal, o dos vereadores. "As informações vereador Jacó Jácome, do PMN, está que chegam são badefendendo a realelas. Essa Casa lização de uma Autem que tomar prodiência Pública vidências com relacom a presença da ção ao aluguel do “Manda o prefeito instalar secretária Justina prédio do Ducal", Iva (educação) e o gabinete dele no último disse ele. do secretário CiQuem também andar para ver se ele quer” priano Maia reclamou da falta de (saúde). "É preciFERNANDO LUCENA informações por so que os secretáVEREADOR/PT parte da prefeitura rios compareçam à foi o vereador RaCâmara Municipal fael Motta. "Conpara esclarecer os vencer 29 vereadofatos detalhadares com uma folha mente", disse Jacó de papel e 4 tabelas é muito difícil. Jácome. O prédio do Ducal não tem seguranLuiz Almir, vereador do PV, ença nem acessibilidade. Se houver um tende que existe muita especulação incêndio a responsabilidade é do pre- sobre o assunto, daí a necessidade feito de Natal", diz o líder do PROS. de mais informações do Corpo de Bombeiros e das autoridades muniAUDIÊNCIA PÚBLICA cipais, enquanto o vereador Bispo Diante do impasse causado com Francisco de Assis, do PSB, ques-

tiona: "a então prefeita Micarla de Souza estava com razão quanto levou as secretarias para o Novotel", observa, lembrando que naquele momento muitos vereadores mostraram-se contrários. Aroldo Alves, do PSDB, também questiona: "será que Natal não tem outro prédio para abrigar as secretarias?". Em seguida defende a demolição do prédio do Ducal. "Seria uma questão de segurança, já que o Ducal não tem as mínimas condições de funcionamento", ressalta. RECLAMAÇÃO DE ELEIKA A vereadora Eleika Bezerra, do PSDC, reclama a falta de atenção por parte da secretária Municipal de Educação, Justina Iva, afirmando que ela foi convidada em várias oportunidades mas não compareceu à Câmara Municipal para dar explicações. Apenas a vereadora Júlia Arruda, do PSB, declarou-se favorável à transferência das secretarias para o Ducal. "É até uma forma de moralidade, já que o Novotel foi objeto de uma CEI", disse ela. (JP)

Fernando Lucena cobrou a instauração da Comissão Especial de Inquérito sobre Ducal


6 O Jornal de HOJE

Natal, 20 de novembro de 2013

Cidade

Quarta-feira

Heracles Dantas

PF investiga se houve furto em invasão a prédio da UFRN A

PRINCÍPIO, UM NOTEBOOK E TRÊS CELULARES NÃO FORAM ENCONTRADOS CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

A Polícia Federal está investigando se a invasão ao Departamento de Assistência ao Servidor (DAS) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) irá configurar em crime por furto. Na madrugada de ontem, o prédio sofreu uma invasão por pessoas ainda desconhecidas, as quais deixaram o espaço revirado, com pichações e fezes espalhadas pelo chão e pelas paredes. A pedido da PF, funcionários do DAS farão um levantamento dos objetos que não foram encontrados após a ação. Segundo o diretor do núcleo, Francisco Carlúcio, até o momen-

to já se sentiu a falta de um notebook e três aparelhos celulares corporativos. "A perícia da Polícia Federal só finalizou na tarde de ontem e o espaço começou a ser reorganizado. Hoje, quando voltamos às atividades, observamos que estavam faltando esses objetos. Ainda estamos conversando com os funcionários para fazer o levantamento geral e encaminhar à Polícia", afirmou Carlúcio. Através da assessoria de imprensa, o delegado de plantão que esteve no local da invasão disse que ainda será preciso alguns dias para iniciar o processo de inquérito policial e investigação. Quando o laudo pericial for concluído, poderá ser relatado se a ação partiu

de uma ou mais pessoas. Até então, a Polícia Federal informou que não é possível atribuir o fato aos integrantes de manifestações na própria universidade. Ainda de acordo com a assessoria de imprensa da PF, mesmo que não haja comprovação do furto, os envolvidos, quando encontrados, serão punidos por dano qualificado ao patrimônio público. A reportagem ouviu a pró-reitora de Gestão de Pessoas da UFRN, Miriam Dantas, sobre as medidas que serão tomadas pela universidade caso o(s) culpado(s) seja(m) da casa. "Vamos aguardar o resultado do processo que está nas mãos da Polícia Federal. Esse acontecimento configura questões administra-

tivas e civis, mas a UFRN só poderá se pronunciar com base no resultado da perícia e das investigações. Como não temos informações dos responsáveis pelo ato, ainda não podemos fazer nada. Porém, posso adiantar que as punições administrativas serão tomadas", disse Miriam Dantas. As atividades voltaram ao normal na manhã de hoje no Departamento de Assistência ao Servidor. Os setores já estão todos limpos e as pichações internas foram removidas. O prédio do DAS fica localizado por trás do Departamento de Artes, que está ocupado por estudantes do setor desde o dia 7 de novembro, sob reivindicação de direito à liberdade de expressão.

Limpeza estava sendo concluída esta manhã e funcionários já voltaram ao trabalho

> JUSTIÇA NEGA LIMINAR

Aristófanes Fernandes continua sob administração da Anorc Ajuíza Marta Suzi Peixoto Paiva Linard, da Vara da Fazenda Pública de Parnamirim, indeferiu uma liminar pedida pelo Ministério Público que solicitava a anulação do convênio celebrado entre o Governo do Estado e a Associação Norte-Riograndense de Criadores (Anorc). A intenção do MP era que a administração do Parque de Exposições Aristófanes Fernandes fosse retomada exclusivamente ao Estado. O jornalista e agropecuarista Marcos Aurélio Sá, atual presidente da Anorc, considera que a decisão evidencia que a Justiça não vê ilegalidade no contrato de comodato entre a Associação e o Governo do Estado. Segundo a juíza Marta Suzi Peixoto Paiva, a utilização do local pela Anorc tem sido objeto de convênios sucessivamente celebrados desde 1990, o que descaracteriza a urgência do pedido. O MP havia alegado no mês de outubro que a forma de convênio está errada e deveria ser vista e firmada como um contrato, retornando a administração do parque ao Estado do RN. O presidente Marcos Aurélio Sá explicou que a Anorc é uma entidade de classe, de direito privado, sem

fins lucrativos, e que durante o período de vigência do contrato com o Governo do Estado, investiu, aproximadamente R$ 20 milhões, na estrutura do Parque, em obras de ampliação, melhoramento, conservação e manutenção do equipamento, resultado de toda receita oriunda dos eventos promovidos dentro do Parque. No início da década de 1990, o Parque tinha cerca de 10 mil metros quadrados de área construída e era cercada com arame farpado. Hoje, o Parque possui quase 30 mil metros quadrados de área construída, é todo murado e com todas as ruas calçadas. "Este convênio está com mais de 20 anos sem que tenha causado o mínimo de prejuízo e desgaste ao patrimônio público do Governo do Estado. Pelo contrário, ao longo desse período de comodato, a Anorc aplicou, em beneficio do próprio Parque, todos os resultados financeiros dos vários eventos que são promovidos todos os anos no local. O Parque hoje é considerado um dos três melhores do Brasil e o melhor do Nordeste. Tanto o Governo do Estado, através da Procuradoria Geral do Estado, quanto a Anorc, esperavam que o convênio

Wellington Rocha

Intenção do MP era de que o Parque voltasse a ser administrado pelo Estado não viesse, liminarmente, ser considerado irregular", afirmou o agropecuarista, Marcos Aurélio Sá. Na decisão, a juíza diz que o MP limitou-se a mencionar que a continuidade da utilização do bem público por associação particular, em proveito desta, consolidará o agravamento de uma irregularidade há anos perpetrada, agravada pela importância financeira que repro-

duz, principalmente diante da possível negociação do bem público com vistas à realização do Carnatal, no próximo mês de dezembro. Diante disso, foi constatado que há nos autos cópia de acordo celebrado entre os réus e a empresa Destaque Promoções, referente ao uso do bem público mencionado, com contraprestação pecuniária em favor do estado do Rio Grande do Norte,

> FRENTE PARLAMENTAR

Selo Copa Legal visa combater violência sexual contra crianças e adolescentes A defesa dos direitos da criança e do adolescente ganhará um importante reforço às vésperas da Copa do Mundo a ser realizada no Brasil, no próximo ano. O Selo Copa Legal, iniciativa da Frente Parlamentar Estadual da Criança e do Adolescente e Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, foi lançado na manhã desta quartafeira (20). A iniciativa pretende reunir proprietários e representantes de bares, restaurantes, hotéis, agências de viagem e empreendimentos ligados ao turismo para assinar uma carta-compromisso com diretrizes para minimizar os impactos negativos, como a exploração sexual de crianças e adolescentes, durante o Mundial de Futebol a ser realizado durante os meses de junho e julho do próximo ano. O Selo será conferido, no período que antecede a Copa do Mundo, no dia 18 de maio, Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual aos estabelecimentos que cumprirem as metas propostas pelo documento. Para receber o Selo, os empreendimentos precisarão assinar a carta-compromisso Copa Legal e seguir as normas presentes no documento que vai requerer projetos e ações de promoção ao combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, em seus ambientes e em suas áreas de atuação. "Infelizmente o turismo sexual, que inclui promoções de exploração sexual de mulheres, crianças e adolescentes continua sendo um grave problema em Natal e em todo o Estado. Um evento na dimensão da Copa do Mundo pode trazer conseqüências desastrosas, pois a rede de explo-

Wellington Rocha

Selo lançado hoje pretende reunir estabelecimentos ligados ao turismo para assinar compromisso e minimizar exploração sexual ração sexual é articulada e conta com a colaboração de pessoas ligadas ao turismo para promover essa prática criminosa. Queremos um legado positivo da Copa. Não apenas um legado de concreto, mas um legado humano", disse a presidente da Frente e deputada estadual, Márcia Maia. A parlamentar disse que a intenção do Selo Copa Legal é fazer com que possa ser combatida, dentro dos próprios estabelecimentos, a exploração sexual de crianças e adolescentes, que é um crime. "Isso deixa sequelas, às vezes, difíceis de mudar a realidade", afirmou. Márcia Maia afirmou que o RN ainda é deficitário nas políticas públicas que garantam os direitos da criança e do adolescente. "Muitos

programas sociais e políticas públicas nas áreas de assistência social, saúde, educação e segurança pública, que deveriam funcionar estão paralisados", destacou. Márcia Maia conta que, na Copa da África do Sul, realizada em 2010, segundo números da fundação francesa Scelles apontam que a parcela de jovens vítimas de exploração sexual, estimada em 100 mil antes da realização da Copa, em 2010, aumentou em 40% em meio à competição internacional. No Brasil, os números têm aumentado, pouco mais de um ano antes da realização do evento. Em 2012, segundo dados do Disque 100, foram feitas 130 mil denúncias de violência contra crianças e adolescentes, número superior em 58,3%

as denúncias realizadas em 2011. "Não podemos deixar que aconteça aqui no Brasil o que aconteceu na África do Sul", afirmou. O coordenador estadual da Justiça da Infância e da Juventude, o juiz José Dantas de Paiva, parabenizou a iniciativa que tem o objetivo de proteger, preservar e manter os direitos das crianças e dos adolescentes. "É um momento oportuno para se fazer um trabalho de prevenção, de conscientização e, ao mesmo tempo, chamar a responsabilidade de órgãos que possam trabalhar a repressão e a responsabilização. O lançamento do Selo é fundamental para tornar visível um assunto que ainda é muito tabu na sociedade", destacou José Dantas Paiva.

o que acaba por enfraquecer a urgência alegada. O presidente da Anorc, Marcos Aurélio Sá, explica que a realização do Carnatal, nas dependências do Parque Aristófanes Fernandes, é fruto de um contrato entre o Governo do Estado, proprietário do Parque, e a empresa realizadora do evento, e que a Anorc não tem nenhuma participação. A juíza também argumentou que, além de se utilizar da força trabalhista de servidores públicos efetivos do Estado, a Associação possui total controle da gestão administrativa e financeira do referido bem público, tendo lucros com sua exploração, conforme perícia contábil realizada por iniciativa do MP. "A preservação desse convênio de comodato é de grande importância, tanto para a economia rural do Rio Grande do Norte, quanto para o Governo do Estado, que está vendo seu patrimônio sendo bem cuidado e valorizado ao longo do tempo, pela forma eficiente como a Anorc o preserva, o amplia e o beneficia", destacou o presidente da Anorc. FESTA DO LEITE Diante da decisão judicial, o

presidente disse que a diretoria da Anorc já se sente estimulada a começar os preparativos para a realização, na primeira semana de junho de 2014, da 1ª edição da Festa do Leite, que será uma grande exposição agropecuária, voltada para raças de vocação leiteira. A intenção é que a Festa do Leite atraia criadores de todas as regiões de todo Brasil. Durante a Festa do Leite, será realizado no interior do Parque, o Festival de Quadrilhas Juninas, promovido pela Rede Globo de Televisão, através da afiliada Intertv Cabugi. "Vamos tentar transformar a Festa do Leite em um grande São João da Grande Natal, atraindo para o interior do Parque, não apenas o Festival de Quadrilhas, mas também representações de todas as regiões do estado, com artesanato, comidas típicas, concurso de bandas de musicas, apresentações culturais. Queremos juntar o lado econômico, que é a grande feira, com o lado popular, oferecendo os atrativos para a população", destacou Marcos Aurélio Sá. A Festa do Leite será transformada na 2ª grande Feira Agropecuária do Estado.


Economia

Quarta-feira

Natal, 20 de novembro de 2013

O Jornal de HOJE 7

Wellington Rocha

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

marcossa@jornaldehoje.com.br

Com energia abundante e barata o RN viverá uma nova realidade nA escassa disponibilidade de oferta de energia elétrica, além do elevadíssimo preço do MegaWatts/hora (mesmo para os grandes consumidores), tem sido, ao longo das últimas décadas, um dos principais fatores limitantes das vocações empresariais no Rio Grande do Norte e a causa mais forte da quase inexistência de indústrias de base em nosso território. n Mas esse entrave ao desenvolvimento econômico potiguar pode estar perto de desaparecer, em razão da descoberta e do início da exploração, nesses últimos anos, de uma nova, viável e inesgotável fonte geradora de energia: os ventos constantes (e na velocidade adequada) que sopram sobre o Estado de janeiro a dezembro. n Os avanços da tecnologia e a produção de equipamentos aerogeradores em larga escala pelo mundo a fora estão provocando uma acelerada redução dos custos de implantação de usinas eólicas, fato que, no Brasil, já começa a colocar essa fonte energética em condições de competitividade com as hidrelétricas e com as termelétricas, sem os inconvenientes de exigir inundações de imensas áreas de terras férteis nem de poluir o meio ambiente com milhares de toneladas de gases tóxicos. n O Rio Grande do Norte sempre esteve na condição de importador de energia, consumindo atualmente algo em torno de 600 MegaWatts, em sua quase totalidade fornecida pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (CHESF), empresa estatal controlada pelo Governo Federal. E somente na presente década está mudando de status, graças à implantação dos primeiros parques eólicos no Litoral Norte e na região do Mato Grande, e da instalação da Termoaçu, uma usina termelétrica (com capacidade de gerar 300 MW) no município de Alto do Rodrigues, mas construída pela Petrobrás com objetivo primeiro de produzir vapor a ser inConvention Bureau promove Natal na EIBTM, em Barcelona n Para promover a capital do Rio Grande do Norte como destino turístico para os europeus e prospectar a captação de eventos internacionais para a cidade, o Natal Convention & Visitors Bureau (Natal CVB) está participando esta semana, em Barcelona, de um dos principais eventos da indústria do turismo de negócios do mundo: a feira EIBTM - The Global Meetings & Events Exibition. n Durante os três dias da EIBTM, iniciado nesta terça-feira e com encerramento amanhã, a representante do Natal Convention - a gerente executiva Valeska Magalhães - apresenta os diferenciais e a infraestrutura de eventos de Natal para os milhares de participantes da EIBTM, ao mesmo tempo em que faz contatos diretos e reuniões de negócios com potenciais interessados em realizar congressos e encontros no Brasil. n O Natal CVB agendou previamente 37 reuniões dentro da feira com profissionais do segmento de eventos de turismo de negócios de quase vinte países, entre eles Estados Unidos, Ale-

jetado em poços terrestres de petróleo para elevar sua produtividade. n Entre parques eólicos já instalados, em fase de implantação ou aprovados (com previsão de entrarem em funcionamento até o final de 2014) existem no Rio Grande do Norte algumas dezenas, com potencial de produção energética superior a 3 mil MegaWatts, o que já representa cerca de seis vezes o total de energia elétrica consumida por todos os consumidores residenciais e comerciais do Estado, incluindo todas as pequenas, médias e grandes indústrias, além dos perímetros irrigados pelo agronegócio. n Com esse notável excedente energético provindo da fonte eólica (que decerto continuará crescendo no futuro, pois é absolutamente inquestionável a vocação do Estado para receber grandes investimentos nessa área e não param de surgir interessados, dentro e fora do país, para explorar esse filão de oportunidades sustentáveis de bons lucros) não será nenhuma surpresa se, dentro em breve, começaram a aparecer grupos econômicos dispostos a construir parques aerogeradores não para vender energia ao Governo através dos leilões da ANEEL, mas para garantir a energia a ser consumida pelos seus próprios empreendimentos industriais em áreas como siderurgia, cimento, barrilha, cerâmica, indústria química, ou megaprojetos de fruticultura irrigada, etc. n O que não é correto, nem lógico, nem aceitável, é que a sociedade norte-rio-grandense se mantenha passiva em relação a essa nova perspectiva de desenvolvimento que se descortina no horizonte para a nossa economia. E, muito menos, que a nossa elite dirigente, por incompetência, descaso ou outros interesses escusos, continue contribuindo para alongar os prazos para que o povo do Rio Grande do Norte possa usufruir dos benefícios sociais que advirão do progresso que está batendo nas nossas portas.

manha, Suécia, França, Reino Unido, Itália, Turquia, Rússia, Israel e México. nA EIBTM atrai anualmente empresários do segmento de eventos e da indústria de viagens de negócios do mundo inteiro. Na edição em curso na Espanha estão participando mais de 15 mil profissionais do setor. n Do Natal Convention, além da gerente executiva, se encontram em Barcelona mais 22 empresários vinculados à entidade, todos se utilizando com estande da Embratur para a promoção dos seus produtos. n O segmento MICE (Meetings, Incentive, Conferences and Exhibitions) é, atualmente, um dos que mais contribuem para o incremento do fluxo de turistas estrangeiros para o Brasil. A mais recente classificação do ranking da ICCA (International Congress and Convention Association) colocou o Brasil como o sétimo país do mundo que mais sediou eventos internacionais em 2012, com crescimento de 18 por cento na comparação com 2011. AVIESP elege Natal "A Melhor Cidade Brasileira" n A Diretoria da AVIESP (Associação das Agências de Viagens do Interior do Estado de São Paulo) encaminhou hoje ao secretário de Turismo da Prefeitura de Natal, Fernando Bezerril, comunicado dando conta de que na última edição da Aviestur (Feira de Turismo do Estado de São Paulo), ocorrida em maio passado, a capital potiguar foi indicada para o Prêmio TOP em Turismo de 2013 e eleita "A Melhor Cidade Brasileira". n Tiveram direito a voto apenas os agentes de viagens do inte-

rior paulista que participaram da 36ª Aviestur, realizada em Holambra e Campinas. n A entrega do troféu acontecerá segunda-feira próxima (dia 25), em solenidade no hotel Royal Palm Plaza, em Campinas. Emparn demonstra a viabilidade da cultura do algodão em Apodi n Experimentos realizados pela Emparn (Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte) na Estação Experimental de Apodi, conduzidos sob a supervisão da Embrapa, mostram que é viável a produção de algodão irrigado na região, desde que observadas algumas singularidades. n Os resultados da experiência foram apresentados esta semana durante um seminário técnico interno no auditório da sede da Emparn, em Parnamirim, pelo pesquisador da Embrapa/Algodão, de Campina Grande, José Renato Cortez Bezerra. n A variedade de semente denominada BRS 286 foi a que apresentou melhor resultado, segundo o pesquisador. As pesquisas vêm sendo desenvolvidas ao longo de vários anos, com o envolvimento de pesquisadores de diversas áreas da Emparn e da Embrapa. Em Apodi, por conta da oferta de água e da baixa incidência de pragas, está sendo possível colher até mais de 9 mil quilos de algodão por hectare. n As experiências deverão servir para a disseminação e difusão de tecnologias aos futuros irrigantes do projeto de irrigação do Apodi, desenvolvido pelo Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS), que em sua primeira fase prevê a irrigação de cerca de 4 mil hectares.

Empresa se preparava para redimensionar sua frota para uma perspectiva de captura de 10 mil toneladas por ano

Atlântico Tuna já acumula R$ 12 milhões de prejuízo RESULTADO DE QUATRO MESES COM BARCOS APREENDIDOS MARCELO HOLLANDA HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COM

Esta semana, a empresa potiguar Atlântico Tuna completou quatro meses com suas embarcações apreendidas pelo Ibama e já acumula prejuízos superiores a R$ 12 milhões com a inatividade da frota e depósitos em juízo enquanto trava uma monumental batalha nos tribunais com o principal órgão ambiental do país. Ontem, Gabriel Calzavara, presidente da empresa constituída especialmente para formar a joint venture com a Japan Tuna, dona dos barcos e da tecnologia de pesca em águas profundas, falou para estudantes de economia da UFRN sobre o pólo atuneiro e teve que explicar, pela enésima vez, a origem de toda a confusão com a autoridade ambiental. Em agosto último, a Atlântico Tuna obteve uma liminar para liberar um dos três barcos apreendidos no início do mês pelo Ibama, com uma carga de 194.909 quilos de atuns estimada em mais de R$ 1 milhão, que pôde ser comercializada. No entanto, para isso, teve que depositar em juízo R$ 1,5 milhão - um caso típico de molho mais caro que o peixe. Hoje, falando ao JH, Gabriel Calzavara lembrou, de novo, que sem tecnologia e correndo o risco de perder suas cotas internacionais de pesca, o Brasil precisa trabalhar para transferir todo esse know how de pesca em águas profundas que só os japoneses têm, mantendo o processo de formação de mão de obra de brasileira iniciada em 2011 para ocupar completamente a tripulação desses barcos. "É um processo, leva tempo, mas tudo está sendo feito com transparência porque seria uma estupidez agir diferente num país hoje marcado por um amplo controle social dentro e fora das instâncias governamentais", lembrou. Recentemente, a falta de uma política governamental para o estímulo do mercado brasileiro da pesca, considerado a última fronteira da aquicultura mundial, levou o economista com décadas de experiência no ramo, a desabafar: "Importar

é fácil, difícil é produzir". Em seu terceiro ano de operação com a Japan Tuna completada em junho último, antes de ver suas operações brecadas pelo Ibama, a Atlântico Tuna se preparava para redimensionar sua frota para uma perspectiva de captura de 10 mil toneladas anuais - o dobro do que é pescado por todas as empresas brasileiras no período. Quando finalmente havia fechado o ciclo de transferência de tecnologia com os japoneses e já contratava uma consultoria especializada para ampliar as operações com embarcações próprias e objetivos definidos, começaram as apreensões dos barcos. Além disso, a empresa ainda trabalhava para resolver problemas em terra, como criar uma estrutura de recepção, congelamento a

albacoras branca, laje e bandolim foco do projeto em parceria com os japoneses -, o Brasil capturou, em 2010, cerca de 4.000 toneladas, menos de 2%. A frota do Rio Grande do Norte foi responsável por 80% dessas capturas. Para Calzavara, a utilização do método de pesca japonês representou um salto tecnológico na captura dos atuns, assegurando maior competitividade à frota atuneira brasileira. "Além de ser mais seletivo nas capturas, aumentando a rentabilidade delas, o processamento a bordo e o congelamento a menos 60 graus, permite que a comercialização do pescado possa se desenvolver de forma mais planejada pelo produtor", explica. Atualmente, o método utilizado pela frota nacional, importada dos espanhóis e americanos, pescadores de Espadarte (Meka), restringe as operações de pesca a profundidades de até 80 a 100 metros, onde está o espadar“Importar é fácil, difícil é produzir” te, ao contrário do espinhel japonês que trabalha a 180 e Gabriel Calzavara 380 metros, região onde estão Presidente da Atlântico Tuna os atuns. Hoje, 75% da pesca oceânica é de atum para o mercado do sushi e sashimi e 5% de meca, um pescado para o qual menos 60 graus do pescado, des- já há expertise local na captura por congelamento, processamento em se encontrar em águas bem menos terra e distribuição. Agora, com as profundas. Mesmo assim, os pesapreensões dos barcos, nem uma queiros locais, por ocasião de lua coisa e nem outra. cheia, conseguem capturar atuns, Com uma impressionante mas em temporadas curtíssimas, ao média para os padrões brasileiros de passo que em águas profundas o 2.700 quilos de peixes capturados ciclo migratório é constante e nesta por barco/dia, a Atlântico Tuna, estão os exemplares maiores. desde abril de 2011, vinha mantenOutro diferencial buscado pela do um plano de investimentos de Atlântico Tuna é o aumento da proR$ 4,1 bilhões para a moderniza- dutividade dos barcos usando a tecção da atividade e o fortalecimen- nologia japonesa de pesca ao conto da indústria e do comércio pes- trário das usualmente utilizadas pelos queiro nacional. brasileiros de origem americana e "No outro lado do Atlântico, no espanhola. Neste ponto, a diferença continente africano, essa mesma é dramática, pois comparando os corrida já começou e não podemos números de uma e outra é possível perder mais um minuto", alertava perceber a gigantesca diferença. em junho, antes da apreensão dos Num período de seis anos, o númebarcos. "Estão em jogo aqui pelo ro de lançamentos de espinheis por menos 500 mil toneladas/ano e a uma embarcação com tecnologia frota brasileira com espinhel cap- convencional chegou a 1.870, entura hoje 5% disso (25 mil tonela- quanto com um barco com tecnolodas)", lembrava. gia brasileira o número de lançaMais, das 273 mil toneladas/ano mentos chegou a 2.700 em apenas de captura sustentável possível das um ano e meio.

> RENOVAÇÃO

Conselho de Contabilidade do RN encerra eleição amanhã Duas chapas estão concorrendo à eleição para o Conselho Regional de Contabilidade do RN, CRC/RN, que começou ontem (19) e encerram nesta quinta-feira (21). Concorrem ao pleito a Chapa 1 - Trabalho, Resultado e Eficiência no CRC/RN -, liderada por João Gregório Junior e a Chapa 2 - Renova CRC, Juntos Somos Mais Forte - encabeçada por Luzenilson Moreira. O sistema de votação é on-line (pelo site www.cfc.org.br) e terá a participação de 5.518 eleitores, dentre contadores e técnicos em contabilidade. O voto é obrigatório, direto e pessoal e será exercido pelos contadores e técnicos em contabilidade em situação regular perante o CRCRN. Quem não votar e não justificar a ausência terá que pagar uma multa no valor de R$ 112,80. Con-

tudo, o voto é facultativo para os Contadores e Técnicos em Contabilidade com 70 (setenta) anos de idade ou mais. O sistema de votação é gerenciado pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e idêntico para todos os Conselhos Regionais de Contabilidade. Para votar, o profissional deve acessar o site de posse da senha provisória e preencher os campos para que uma senha definitiva seja gerada. Em seguida, com essa senha, o eleitor deve acessar o mesmo site e votar. No RN, o sistema está disponível desde às 0h do dia 19 até ás 20h horas do dia 21. Ambos os casos, toma-se como referência o horário de Brasília. Dentre as particularidades da eleição do Sistema CFC/CRCs é que

ela é feita de forma indireta e com plenário renovando-se em 2/3. A chapa eleita exerce mandato com início em 1º de janeiro de 2014 e 31 de dezembro de 2017. Outra característica que marca as eleições do Sistema CFC/CRCs é que as datas das escolhas regionais são distintas do pleito nacional. A eleição para o plenário do Conselho Federal de Contabilidade aconteceu no último dia 8. Do estado, foram eleitos os contadores Everildo Bento da Silva, atual presidente do CRC/RN, e Maria do Rosário de Oliveira, ex-presidente do CRC/RN e atualmente vice-presidente da Junta Comercial do Estado do Rio Grande do Norte, JUCERN, que vão ser empossados na primeira sessão de 2014, prevista para o dia 7 de janeiro.


8 O Jornal de HOJE

Natal, 20 de novembro de 2013

Cidade

Quarta-feira

Wellington Rocha

Wellington Rocha

FESTA DA PADROEIRA MARCARÁ ENCERRAMENTO DO ANO DA FÉ ARQUIDIOCESE

DE

CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

Apesar de o encerramento do Ano da Fé ser realizado em todo o mundo no próximo domingo, dia 24, sob honras do Papa Francisco, a Arquidiocese de Natal irá antecipar as comemorações e proporcioná-las junto ao encerramento da Festa da Padroeira Nossa Senhora da Apresentação. Paróquias de todo o Estado foram convidadas a enviar seus fiéis nesta quintafeira (21), quando será realizada a tradicional procissão conduzindo a imagem da padroeira da antiga à nova Catedral. Nesse dia a programação começa à zero hora, com uma vigília na Pedra do Rosário, coordenada pela Comunidade Católica Shalon. Às 3h30 acontecerá a procissão fluvial, pelas águas do Rio Potengi, até a Pedra do Rosário, onde, às 5 horas, será celebrada missa, presidida pelo pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Apresentação, Padre Flávio Herculano. Às 7h30, na antiga Catedral, também haverá missa, presidida pelo Arcebispo emérito de Natal, Dom Heitor de Araújo Sales. Às 10

NATAL

UNE COMEMORAÇÕES E ATRAI MILHARES DE FIÉIS

horas, na Catedral, haverá missa solene, presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha. A procissão da festa, conduzindo a imagem da padroeira, terá início às 16 horas, saindo da antiga Catedral, passando em frente à Prefeitura Municipal, seguindo pela rua Ulisses Caldas, rua Mossoró, avenida Hermes da Fonseca, rua Apodi e avenida Deodoro da Fonseca, culminando na Catedral, onde será celebrada missa, marcando o encerramento dos festejos. De acordo com o arcebispo Dom Jaime Vieira, as proximidades da Festa da Padroeira com o encerramento do Ano da Fé viabilizaram as comemorações em uma única data. "Para que toda a arquidiocese pudesse participar, nós resolvemos antecipar o Ano da Fé. Em função disso, achamos por bem reduzir o percurso da procissão, já que esperamos um grande número de fiéis", informou Dom Jaime. "Com isso, nós facilitamos a vinda das delegações do interior, que também participarão da grande Festa da Padroeira de Natal. Faremos um belo e grande encontro na procissão. A partir do próximo ano,

voltaremos a realizar a procissão em seu percurso tradicional, cumprido nos últimos dez anos", explicou o Arcebispo. Nos últimos anos, a procissão da festa fazia o percurso entre o Santuário dos Mártires, no bairro de Nazaré até a Catedral. Amanhã a Arquidiocese de Natal estará

comemorando os 260 anos da chegada da imagem de Nossa Senhora da Apresentação à Pedra do Rosário. "Nós queremos, com a graça de Deus, contar com o maior número possível de pessoas nas ruas, já que todas as paróquias foram convidadas", disse Dom Jaime Vieira.

Preparativos para o encerramento da Festa da Padroeira estão sendo concluídos

Trânsito na área da festa será alterado A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) preparou uma operação especial para a festa de celebração de Nossa Senhora da Apresentação. A ação, que visa garantir mais segurança no trânsito aos devotos, começa na noite desta quarta-feira (20), quando agentes de mobilidade estarão interditando a avenida do Contorno para tradicional Missa na Pedra do Rosário, às 5h da manhã de quinta-feira (21). O trecho somente estará liberado por volta das 8h. No período da tarde, durante o cortejo da procissão, os devotos

seguirão com acompanhamento dos batedores da Semob pela Praça Sete de Setembro, rua Ulisses Caldas, rua Mossoró, avenida Hermes da Fonseca, rua Apodi, avenida Deodoro da Fonseca até a chegada na Catedral Metropolitana, por volta das 17h, quando acontece a missa solene. A Semob informa ainda amanhã, feriado em Natal, será aplicada a tarifa social no Sistema de Transporte Público de Passageiros. Com a determinação, ônibus e opcionais estarão operando com desconto de 50% na tarifa para deslocamentos urbanos.

CMYK


Cultura

Quarta-feira

Natal, 20 de novembro de 2013

O Jornal de HOJE 9

Brent Stirton

CURTAS Fotos: Divulgação

TRILHA DA COPA Ontem, durante o intervalo do jogo entre Brasil e Chile (2x1), o sistema de som do estádio de Toronto, no Canadá, tocou “La vie en rose”, standard francês imortalizado na voz de Edith Piaf (ilustração). O que me fez imaginar a música o que ecoará dos autofalantes das arenas brasileiras no ano que vem. Anitta, Claudia Leitte e Gusttavo Lima, com todos os Ts possíveis, são os favoritos. Mas haverá espaço para bizarrices regionais, como o pornô forró de uma penca de bandas consumidas pela juventude nordestina e a turma espevitada que vem lá do Pará. VINHOS Na próxima sexta-feira (22), a Vinhedos realiza, em parceria com a distribuidora Decanter, um Wine Dinner com o enólogo chef da Viña El Principal, Gonzalo Guzmán. O evento acontecerá na loja da Avenida Prudente de Morais, em Natal, a partir das 20h. Com a finalidade de oferecer informações sobre a famosa vinícola chilena, a organização avisa que as vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas nas lojas Vinhedos do Natal Shopping, Midway Mall ou Prudente de Morais. O telefone para contato é esse: (84) 32139080.

(In) consciência parda DIA

DA

CONSCIÊNCIA NEGRA

É A TÍPICA DATA QUE GERA PALESTRAS, SIMPÓSIOS

E REFLEXÃO SOMENTE NA ACADEMIA, NUNCA NA SOCIEDADE EMBASBACADA COM SMARTPHONES E AUTOMÓVEIS PARCELADOS EM MEIA DÉCADA CONRADO CARLOS EDITOR DE CULTURA

Franco, Tolstoi e Zumbi dos Palmares. O dia 20 de novembro registrou a morte desses três homens cujas biografias têm longos capítulos com direitos humanos no centro da narrativa. O general espanhol ficou marcado por sua contribuição atroz para o início dos conflitos na Europa que culminaram na Segunda Guerra Mundial, no lastro da Guerra Civil Espanhola (1936-1939). O escritor russo por ser um dos precursores do pacifismo, política inútil na prática, como viu Gandhi, seu adepto mais fervoroso, mas boa para fazer pensar (igual ao marxismo). E Zumbi por ter sido canonizado como símbolo da luta dos escravos por liberdade em um país que, mais de três séculos depois, mantém uma dinâmica social em vários pontos semelhante a que viveu o chefe do quilombo que muito historiador diz ter sido comandado, na verdade, por um sujeito chamado Ganga Zumba. Como várias pessoas, sou contra o Dia da Consciência Negra – assim como cotas específicas em universidades e no mercado de trabalho, exceto para deficientes físicos. É o tipo de data que gera palestras, simpósios e ‘reflexão’ somente na academia, nunca na sociedade embasbacada com smartphones e automóveis parcelados em meia década. Ninguém está preocupado com uma realidade só conhecida nos livros de história, mas, sim, com a pobreza na carteira e nos valores que transformam nossa exemplar miscigenação em balela laboratorial socialista para francês aplaudir e soltar ‘Bravo!’ – acho questionável a veiculação de dados sobre salários menores para negros; o que existe é salário abaixo do aceitável para analfabetos miseráveis que lutam por um pedaço de pão com as armas que tem, seja de qualquer cor, raça, credo,

naturalidade ou categoria de peso. Muito se discute e pouco se faz para mudar a vida das minorias. Em Natal, por exemplo, se você quiser uma prova do tempo perdido com reuniões sobre desigualdade ou preconceito, basta pedir a agenda de audiências públicas da Câmara Municipal ou da Assembleia Legislativa. Vão dois ou três vereadores e deputados (até bem intencionados), o mesmo número de secretários, representantes de ONG’s e outras entidades para debater o óbvio já previsto em leis descumpridas por todos nós – inclusive por essa turma aí, que vai e volta tem o nome exposto na mídia em situações desabonadoras e destoantes do que costumam pregar diante dos holofotes. Repito o que escrevi neste espaço em 2012: o ‘nêgo’, o banguelo, o encardido, o burro, o tacanho continuará vacilando na entrada ou na saída, para a maioria dos pardos brasileiros. A coisa só muda com livros, Justiça e honestidade de nossos líderes (utopia?). É bacana termos o negro Joaquim Barbosa na presidência do Supremo? Demais. Mas viram a chuva de xingamentos absurdos que ele levou nas redes sociais por evitar outro absurdo de impunidade no caso do Mensalão? Será que no meio dos autores de tanto “preto safado” não existem militantes de um governo que gosta de tudo categorizar e que garante tratar minorias como nunca antes na história desse país? Dos três ícones citados no começo do texto, fico com Tolstoi, que se isolou em sua propriedade de belo nome (Yasnaya Polyana) para fugir da corrupção dos homens. Ler um de seus clássicos faz mais sentido e surte mais efeito do que o legado de um rei quilombola – na Rússia ou no Sertão Nordestino. O que os descendentes de bantos, nagôs e iorubas querem é o mesmo que os duzentos milhões de conterrâneos: ação.

SEMINÁRIO O seminário “Jornalismo, Cultura e Sociedade: Visões do Brasil Contemporâneo” acontece nos dias 28 e 29, no Auditório Central da Biblioteca Zila Mamede (BCZM), na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, coordenado pelos professores João Freire Filho (ECO/UFRJ) e Maria das Graças Pinto Coelho (UFRN). O objetivo do evento, que reunirá professores de várias instituições de ensino superior do país, é discutir as maneiras como o campo jornalístico vem abordando tendências e traços marcantes da cultura e da sociedade brasileira contemporânea. Inscrições no site: www.procadnovasfronteiras.wordpress.com. HUMANIDADES Segue a XX Semana de Humanidades. Hoje acontece a conferência “A invisibilidade das classes sociais como problema sociológico”, com o prof. Jessé de Souza da UFJF, às 9h, no auditório da Biblioteca Central Zila Mamede. Às 14h, no mesmo local, o prof. Paulo Cesar da Costa Gomes, da UFRJ, fala sobre “Ordem espacial e ciências humanas”. O evento busca compreender demandas novas e antigas da sociedade e do indivíduo. A programação completa pode ser vista no www.cchla.ufrn.br/humanidade ou com o professor Prof. Aldo Dantas no telefone: 99623637. SHOW Como brasileiro adora feriado, sei que a partir das 16h de hoje, véspera do dia de Nossa Senhora da Apresentação, padroeira de Natal, as pessoas aceleram afazeres já pensando no amanhã. Tudo bem. Com a quantidade exorbitante de impostos que roubam meses de nosso trabalho, jogar as pernas para o alto em plena quinta-feira é a vingança besta que podemos ter. Para quem vai ficar em casa, deixo a dica do showzaço de Sharon Jones & The Dap Kings, em 2010, no Nancy Jazz Festival, na França. Tive a felicidade de ver a mesma apresentação em São Paulo, meses depois, de graça no Parque Ibirapuera. Afirmo sem medo de errar que poucas coisas são mais legais na música atual. Digite o nome completo da banda no Youtube, clique no primeiro link que aparecer (01h20) e pode abrir a cerveja. Até sexta-feira!


10 O Jornal de HOJE

Natal, 20 de novembro de 2013

Cidade

Quarta-feira

Portal BO

Homem morre com mais de 20 tiros na estrada de Genipabu CORPO AINDA NÃO IDENTIFICADO FOI ENCONTRADO POR POLICIAIS MILITARES ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Policiais militares encontraram o corpo de um homem não identificado com mais de 20 marcas de tiros de pistola calibre 380, caído ao lado de uma motocicleta na estrada de Genipabu, ontem à noite. Eles chegaram até o local após denúncias de disparo de arma de fogo

na região, mas não localizaram nenhuma testemunha do crime. Já em Macaíba, moradores de uma propriedade privada encontraram o cadáver de um homem parcialmente enterrado em uma cova rasa. A vítima, que estava sem roupas, pode ter sido morta a golpes de faca-peixeira. Conforme o oficial de operações do 4º Batalhão da Polícia Militar, pela

Homem estava caído com as várias marcas de tiro ao lado de uma motocicleta ontem à noite. Nenhuma testemunha do crime foi localizada pela Polícia até agora forma como o corpo foi localizado, a suspeita é que a vítima conhecia seu assassino e que teria sido atraída até o local para depois ser morta. A motocicleta da vítima estava em pé, estacionada próximo ao acostamento, o que reforça a suspeita de que o homem foi atacado de surpresa. Por ser um local bastante deserto e sem iluminação pública, os policiais militares e os peritos do Ins-

> REAÇÃO À ALTURA

tituto Técnico Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (Itep/RN) tiveram dificuldades em recolher todas as cápsulas que foram deflagradas durante o crime e também obter outros materiais que pudessem auxiliar a desvendar o assassinato. Somente próximo ao corpo, que ainda estava de capacete, foram encontradas mais de 20 cápsulas de pistola calibre 380.

Já em Macaíba, os moradores de uma fazenda levaram um susto ao encontrar o cadáver de um homem morto e parcialmente enterrado em uma área de mata aberta, ontem à noite. Assustados, eles comunicaram o fato às policias civil e militar, que foram ao local e confirmaram a denúncia. Sem nenhuma peça de roupa ou documentos, o cadáver apresentava

várias marcas de perfurações, que a princípio, teriam sido feitas por facapeixeira, no entanto, os peritos do Itep/RN não souberam informar se a vítima foi assassinada a tiros ou facadas. No local, não havia nada que pudesse ajudar a polícia a desvendar o caso. Pelo estado de decomposição do cadáver, os peritos acreditam que o crime tenha sido cometido no último domingo.

> NA CADEIA

Ladrão que atirou em oficial do Preso homem acusado de planejar BP Choque morre após confronto assassinato de policiais no Estado Um assalto a uma residência terminou com um policial militar baleado e um ladrão morto ontem à noite no município de São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Natal. Atingido por quatro disparos, o oficial do Batalhão de Polícia de Choque (BP Choque) foi socorrido para o Hospital Santa Catarina e transferido hoje para o Complexo Hospitalar Clóvis Sarinho, onde passou por cirurgia. Outros três bandidos conseguiram fugir, após troca de tiros com policiais do 4º Batalhão. Segundo o comandante geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, o soldado Roberto Ribeiro foi atingido por quatro disparos de arma de fogo no tórax, pescoço, ombro e maxilar e foi socorrido em estado grave por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), enquanto os policiais faziam diligências para prender a quadrilha, que estava em um veículo Fiat Uno prata, com placas NOG-9317/RN. Ele descartou a primeira possibilidade do crime ser um atentado contra policiais militares no Estado e disse que a ação foi um assalto comum, pois os ladrões não sabiam da profissão da vítima. O comandante explicou que o soldado foi atacado por quatro homens que o abordaram no momento em que

Portal BO

Assaltante acabou morto após tentativa de assalto a estabelecimento comercial ele fechava o estabelecimento comercial em frente à sua residência. Eles tentaram invadir o imóvel e, diante da reação da vítima, atiraram contra ela e fugiram. "O soldado possui um pequeno comércio em frente à sua casa e isso chamou a atenção dos delinquentes, que invadiram a casa dele para roubar. Só não contavam com a reação da vítima, que conseguiu efetuar alguns disparos antes de ser baleado e acionar a Polícia. Felizmente, ele foi socorrido a tempo e

não corre mais risco de morte, mas vai ter que e submeter a cirurgias ortopédicas, já que os disparos atingiram os ossos, como o maxilar", explicou o coronel Araújo. Ele afirmou ainda que está acompanhando o caso desde o início e que, após ter sido transferido para o Clóvis Sarinho, o policial foi atendido por médicos da própria corporação especialistas em ortopedia. E que, apesar dos disparos terem atingido áreas importantes, o soldado não corre risco de morte.

Em fuga, bandidos trocam tiros com PM Durante as diligências, os policiais militares do 4º Batalhão cruzaram com os bandidos na BR-101 Norte, já na saída para Extremoz, e passaram a persegui-los. A partir daí, começou uma troca de tiros que terminou com um dos ladrões baleado e morto. Identificado como . Já os outros três que também estavam no carro, que havia sido alugado a uma pessoa em São Gonçalo do Amarante, conseguiram fugir. Segundo o comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, major

Manoel Kennedy, assim que perceberam a aproximação das viaturas, os bandidos começaram a atirar contra os oficiais e, para tentar fugir do cerco, se embrenharam em um matagal próximo ao local, até chegar a uma rua sem saída. "Eles se atrapalharam e acabaram retornando para um ponto próximo ao local do assalto, daí conseguimos montar o cerco policial e reiniciar a troca de tiros, que terminou com um bandido morto e a fuga dos demais, que conseguiram

entrar em uma área de mato e sumiram. Apesar disso, continuamos as diligências e a prisão dos bandidos é questão de tempo", afirmou o major Kennedy. O oficial disse ainda que, dentro do veículo onde o bandido, não identificado, morreu, foram encontradas duas armas de fogo, incluindo um revólver calibre 38 e uma escopeta, de grosso calibre. A Polícia Militar continua as buscas pelos três ladrões que participaram da ação, em toda a Região Metropolitana de Natal e proximidades.

Uma denúncia anônima ajudou a Polícia Militar a prender um homem acusado de integrar uma quadrilha de traficantes de drogas que planejava a execução de policiais civis e militares no Rio Grande do Norte, ontem à noite. Com o suspeito, foram apreendidos um veículo com chassi adulterado, cerca de 30 quilos de uma substância em pó branca, semelhante à cocaína, balanças de precisão, prensas industriais, uma pistola calibre 380 e outros equipamentos para a fabricação e comercialização de entorpecentes, em Nova Parnamirim. Segundo o comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar, major Rodrigues Barreto, os denunciantes informaram que uma quadrilha de bandidos ligados à facção criminosa paulista Primeiro Comando da Capital (PCC) usava um veículo importado e blindado em diversas ações criminosas na Região Metropolitana de Natal. Eles também seriam matadores de policiais e planejavam assassinar profissionais no Estado. Ontem, após trabalho de inteligência e monitoramento policial, uma equipe conseguiu localizar o veículo em uma oficina mecânica. Quando o motorista chegou para buscá-lo, os policiais passaram a persegui-lo e o interceptaram próximo a um posto de combustíveis na Avenida Salgado Fillho. Diante do flagrante, foi feita uma busca na casa do acusado e lá, os militares encontraram todo o material apreendido. "Ainda no posto, os policiais descobriram que o veículo estava com o chassi adulterado, o que configurou crime de receptação de carro roubado. A partir daí, fizemos uma incursão até a residência do acusado e lá, descobrimos os materiais usados para fabricação e venda de entorpecentes. Os quase 30 quilos da substância branca foram enviadas para o Itep, para análise e o acusado, identificado até o momento como Idalécio Lima da Silva, foi autuado em flagrante na delegacia de

Cedida

Policiais descobriram que veículo dos suspeitos estava com o chassi adulterado plantão", explicou o comandante do 5º BPM. O oficial disse também que, apesar da localização do veículo e da prisão de um acusado, as diligências continuam até a prisão de todos os integrantes da quadrilha, já que há a suspeita deles fazerem parte do PCC. Além disso, a Polícia Civil já tem a identificação parcial de dois acusados, que podem ter ligação com crimes comandados de dentro de unidades prisionais no Estado.

"O homem preso ontem é mais um integrante, mas a denúncia deixou bem clara que, pelo menos outros dois acusados, são suspeitos de serem matadores de policiais e de planejarem ações no Rio Grande do Norte. Eles também foram apontados como os autores de uma série de crimes ocorridos nos últimos dias. Por isso, os trabalhos de inteligência e monitoramento não podem parar", afirmou o major Rodrigues.


Cidade

Quarta-feira

Natal, 20 de novembro de 2013

1 E1 den o O Ja H lrJ

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

OS FORAS DA LEI

JOGO ÉPICO

COITADISMO

CAMPEÕES

O PT decidiu por uma ação coordenada e coletiva dos seus integrantes para tentar desmoralizar o presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa. A tática é vender a ideia de que a mais alta Corte do país está sendo ameaçada pelo seu próprio presidente.

20 de Novembro

Uma das mais fantásticas partidas de futebol que eu vi pela TV, ontem em Estocolmo, na vitória da seleção de Portugal por 3 x 2 na Suécia. Um espetáculo digno dos deuses do futebol promovido pela genialidade de Cristiano Ronaldo, hoje o melhor do mundo.

O deputado cearense José Guimarães, aquele que ficou famoso com os dólares na cueca e por ser irmão do criminoso José Genoíno, vociferou na tribuna da Câmara exigindo regalias para o prisioneiro, que está doente e precisaria de tratamento em casa.

Com a classificação das seleções da França e do Uruguai, o clube dos campeões de Copas do Mundo agora está completo e garantido no torneio de 2014. Brasil, Itália, Alemanha, Argentina, Uruguai, Inglaterra, França e Espanha estarão entre nós.

REGALIAS

CHAVE BRASIL

Quantas dezenas de presos comuns morrem no Brasil dentro das cadeias insalubres, sofrendo frio e sem alimentação adequada, sujeitos às mazelas e necessitando de médicos? Por que o mensaleiro Genoíno tem que ter tratamento especial e eles não?

Atenção para o sorteio das chaves da Copa, dia 6 de dezembro. A seleção brasileira tem uma opção "batata", provavelmente com Honduras, Irã e Bósnia; e outra "da morte", com México, Itália e França. Isso baseado no formato do sorteio de 2006 e 2010.

ASSASSINOS

O grupo terrorista a que pertenceu José Genoíno durante a famigerada guerrilha do Araguaia, nos anos 70, matou e esquartejou um jovem de apenas 17 anos, chamado João Pereira, por suspeitar que o garoto serviu de guia na selva para os comandos militares.

ALUIZIO

O empresário Aluizio Alves Filho, primogênito do patriarca da família Alves, está em busca da revista do TCE de 1996 a que me referi em artigo recente, onde consta discurso de Romildo Gurgel. Quer colocá-la no acervo do Memorial Aluizio Alves.

REPERCUSSÃO

Além dos e-mails recebidos abordando o teor do artigo "Aluizio Alves e o TCE", recebi telefonema do atual presidente do órgão, Paulo Roberto Alves, que agradeceu a referência em nome do tribunal e da família, ele que é sobrinho do saudoso líder.

CIDADÃO

Emocionante, mesmo que singelo, o discurso do músico Roberto do Acordeón, ontem na Câmara Municipal, ao receber o título de cidadão natalense, iniciativa do vereador Junior Grafith. O artista vive na cidade desde 1975 e a adotou com naturalidade.

HUMANISMO

Dia da Consciência Negra

Roberto do Acordeón contou um episódio da sua vida que me remeteu à infância e adolescência, e envolve a figura folclórica do morador de rua, doente mental, conhecido por "Lambretinha". Abordarei o fato no artigo da coluna da edição de amanhã.

Esporte é arte A foto de baixo inspirou a de cima. A postura do ator Christopher Reeve no voo do Superman, no filme de 1978 do cineasta Richard Donner, foi uma idéia do diretor de elenco Lynn Stalmaster, que mostrou-lhe a capa da revista Sport Ilustrated, de 29 de agosto de 1975, estampando o jogador de beisebol, Pete Rose, em foto do alemão Heinz Kluetmeier. O atleta mergulhou na terceira base, em jogo do seu time Cincinnati Reds AllStar contra o Chicago Cubs.

Danilo Sá jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br / Twitter: @DaniloSa

GENTE DEMAIS, ESPAÇO DE MENOS

Divulgação

FAZER CONTAS

Os vereadores Fernando Lucena e Hugo Manso, ambos do PT, são os propositores da sessão solene que a Câmara Municipal de Natal realiza hoje, a partir das 18h30, em homenagem ao Dia da Consciência Negra e ao aniversário de morte do revolucionário líder negro Zumbi dos Palmares. Justa iniciativa.

DUNAS DE JANEIRO

As prisões dos mensaleiros aca- disposição em conseguir permanebaram tirando o foco, pelo menos cer como presidente da Câmara, e por enquanto, das questões políti- Fátima Bezerra (PT), caso seu procas também aqui no Rio Grande do jeto de disputar o Senado acabe não Norte. As articulações em torno do se transformando em realidade. cenário eleitoral de 2014, nos últi- Assim sendo, a única desistência mos dias, ficaram em segundo plano seria de Paulo Wagner (PV), que entre os destaques da imprensa local. tentará vaga na Assembleia LegisMas, o que poucos abordaram lativa. antes mesmo de ser noticiada a caNa lista das novidades ao lado deia para os ex-intede Jácome, na corrida grantes da cúpula pepor um mandato em tista, é a acirrada disBrasília, estão o vereaDisputa pela Câmara dor Rafael Motta puta que se aproxima para a Câmara será acirrada no RN. É (Pros), a ex-prefeita de dos Deputados. gente de peso demais, Mossoró, Fafá Rosado Hoje, são mais de 10 (PMDB), e o secretário para espaços de as opções colocadas estadual de Desenvolmenos. para assumir uma vimento Econômico, das oito vagas destiRogério Marinho nadas ao Rio Grande (PSDB), na tentativa de do Norte. recuperar a vaga que foi sua na leAmanhã, a expectativa é que An- gislatura passada. tonio Jácome, presidente do PMN, Correndo por fora nesse jogo assuma oficialmente sua pré-candi- eleitoral, mas de olho em uma chandatura por uma vaga de deputado ce de vencer a disputa com os votos federal. Além dele, é praticamente de legenda, estão o presidente estacerta a candidatura a reeleição de dual do PRB, Abraão Lincoln, e o Felipe Maia (DEM), João Maia (PR), atual secretário chefe da Casa Civil Sandra Rosado (PSB), Betinho Ro- da Prefeitura de Natal, Sávio Hacsado (PP) e Fábio Faria (PSD). kradt, nome escolhido pelo PDT do Ainda em compasso de espera, prefeito Carlos Eduardo para entrar mas próximos de se definirem, estão no jogo. É gente de peso demais, o Henrique Alves (PMDB) e sua para espaços de menos.

Já tem data prevista para a inauguração oficial do Arena das Dunas: 12 de janeiro de 2014. O jogo será mesmo entre ABC e América. Antes disso, porém, é esperada a presença da presidente Dilma Rousseff (PT) no estádio, para um pontapé inicial, em uma partida de festa que, possivelmente, será entre os trabalhadores responsáveis por transformar a obra em realidade. O projeto, por dentro e por fora, está em passos largos para a conclusão.

ANTIGAS ADVERSÁRIAS

Por falar no Arena das Dunas, a construção do estádio levou a governadora Rosalba Ciarlini e a exgovernadora Wilma de Faria a um princípio de discussão pública ontem, durante lançamento da nova edição da revista “Empresas e Negócios”. A Rosa teve direito a discurso, e lembrou das dificuldades para trazer a Copa para Natal, que classificou como “já perdida”, quando assumiu o cargo. Ao encontrar com Wilma em meio a solenidade, ouviu um desmentido.

CRISE PETISTA

Difícil saber o que é mais ridículo para os líderes petistas do RN e, porque não, do país. O que é pior: negar a existência do mensalão, crime que levou os ministros do STF, à unanimidade, a condenar os envolvidos no caso; ou argumentar que, no lugar do desvio de recursos públicos, a prática ilegal cometida foi de “simples” caixa 2?

Gira Mundo Divulgação

Com a proximidade do fim do ano, o Gabinete da Vice-Presidência da República resolveu renovar as vestimentas funcionais dos servidores da casa, ao custo de R$ 60 mil. O montante foi comprometido no orçamento (empenhado) para a compra de artigos femininos e masculinos, destinados ao trabalho específico de copeiros, cozinheiros, entre outros. A notícia está no portal da ong Contas Abertas. A Vice-presidência não concedeu qualquer justificativa para o gasto. Como se vê, é uma questão de prioridade.

Megafone Wellington Rocha

“Foram condenados sem provas, num processo político e influenciado pela mídia conservadora. Não houve Mensalão. O que aconteceu foi Caixa 2, o que infelizmente é uma prática corrente nas campanhas eleitorais”

FÁTIMA BEZERRA EM DEFESA DOS MENSALEIROS

ERRO

A defesa dos petistas pelos seus ex-líderes, condenados e presos por crimes de corrupção, é um tiro no pé. É bem verdade que, no geral, os militantes da legenda continuarão votando e elegendo seus representantes, mas atinge diretamente os planos da legenda para disputas majoritárias. Daí a postura adotada pela presidente Dilma Rousseff, de evitar até tocar no assunto. Talvez, tenham esquecido de passar essa orientação a Fátima Bezerra.

VIVA A DEMOCRACIA

Por falar em Fátima, ontem neste JH, a deputada disse que as prisões de Dirceu, Genoíno e companhia foram “arbitráreas” e que estava “perplexa” com a decisão do presidente do STF, Joaquim Barbosa. Anteontem, Fernando Mineiro já havia dito que não foram descobertas provas da existência do mensalão, mas apenas de caixa 2. Ainda bem que vivemos em uma democracia, onde cada um acredita no que quer.

OPORTUNIDADE

Assunto que está em evidência no momento, a segurança na internet será discutida, em Natal, com a maior autoridade em Direito Digital do Brasil, Patrícia Peck. A especialista fará uma palestra no Centro de Convenções, dia 28 de novembro, às 19h, a convite do Complexo Educacional Contemporâneo. A entrada custa R$ 20,00 e será integralmente doada ao Hospital Infantil Varela Santiago.

CORREÇÃO

Apesar de não ter feito, em nenhum momento, comentário em relação a foto principal publicada nesta coluna ontem, o colunista esclarece que a imagem do Hospital Walfredo Gurgel aqui veiculada não era das mais recentes. Hoje, os corredores do local estão livres, embora outras unidades do Estado continuem lotadas. O objetivo da imagem, e do texto, foi mostrar como os líderes do RN vivem em uma realidade que não é a mesma da população.


12 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 20 de novembro de 2013

Daniela Freire

I

Quarta-feira

I

I

POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br - INTERINA: Taciana Chiquetti (tacychiquetti@hotmail.com)

w Desejo secreto

Divulgação

Embora diga que o seu foco político é disputar o Senado Federal, interlocutores próximos à vice-prefeita e ex-governadora Wilma de Faria (PSB) garantem que ela sonha silenciosamente com a possibilidade de voltar a comandar o governo do RN. >>> Para isso, conta com o apoio do bloco da oposição e do PMDB do deputado Henrique Alves.

w Poucas chances

Por falar no PMDB, fontes do partido dizem que é pouco provável que ganhe corpo uma chapa encabeçada pelo empresário Fernando Bezerra. >>> Há quem garanta que as "sondagens" não passaram de “balão de ensaio”. Aliás, se depender da opinião de familiares de Bezerra, ele ficará do jeito que se está atualmente: longe dos caminhos da política partidária.

Jornalista Joaquim Pinheiro e vereador Rafael Motta na entrega do título de cidadão natalense para Roberto do Acordeon, proposição do vereador Júnior Grafith

w Feriado com a Fifa

Confirmada a presença do prefeito Carlos Eduardo (PDT) na reunião com representantes da Fifa, no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (21). >>> A governadora Rosalba Ciarlini também tem participação prevista nesse encontro, que abordará as ações de mobilidade urbana nas cidades-sede da Copa 2014. >>> Prefeito e governadora acertaram a ida conjunta em audiência na semana passada, na Governadoria. >>> Por causa disso, Carlos Eduardo não poderá acompanhar a missa de Nossa Senhora de Apresentação, Padroeira de Natal, na Pedra do Rosário, como faz todos os anos.

JB Santos

Prefeito Jaime Calado com a atriz global Giselle Tigre, na apresentação do musical infantil “Agora é Tempo”, em São Gonçalo do Amarante

w Gosto de gás

Ivanízio Ramos

Governadora Rosalba Ciarlini, ministro da Previdência Social Garibaldi Alves Filho e o prefeito Klauss Rego na inauguração da agência do INSS de Extremoz. A agência é a 40ª que foi reformada e faz parte das 294 novas unidades inauguradas no Brasil

Divulgação

Bob Flash

Acionada logo neste início da legislatura atual, a Comissão de Ética da Câmara Municipal de Natal já está com muito trabalho. >>> Por enquanto, seis processos estão em andamento: dois do vereador Sandro Pimentel (PSOL) contra o vereador Adão Eridan (PR); dois da vereadora Amanda Gurgel (PSTU) contra o vereador Adão Eridan (PR); um do vereador Adão Eridan (PR) contra o vereador Sandro Pimentel (PSOL); e um do vereador Aroldo Alves (PSDB) contra a vereadora Amanda Gurgel (PSTU). >>> Na oitiva de Adão Eridan, ele afirmou que 19 faixas teriam sido espalhadas, em vias públicas da cidade, por pessoas ligadas ao vereador Sandro Pimentel. O edil do PSOL foi ouvido nesta quarta-feira (20).

w Jornalismo em pauta

O Seminário Jornalismo, Cultura e Sociedade: Visões do Brasil Contemporâneo ocorre nos próximos dias 28 e 29, na Biblioteca Zila Mamede, na UFRN. >>> Os professores João Freire Filho (ECO/UFRJ) e Maria das Graças Pinto Coelho (UFRN) são os coordenadores do evento, cujo objetivo é discutir as maneiras como o campo jornalístico vem abordando tendências ou traços marcantes da cultura e da sociedade brasileira contemporânea.

Ivanízio Ramos

Advogado Kennedy Diógenes e a empresária Raquel Umbelino, casal em plena harmonia, durante a passagem por Madri, Espanha

w Publicação potiguar

Editada pelo jornalista e escritor Antonio Nahud, a revista trimestral “Ícone – Turismo & Cultura no Nordeste” será lançada nesta quarta-feira (20), às 19h, no Solar Bela Vista. >>> A noite será animada por show de Chico Beethoven (“Perfume de Gardênia”) e Quarteto, performance de Arruda Salles. >>> Na edição piloto, matérias sobre São Miguel do Gostoso, os engenhos de Ceará-Mirim, a arte de Newton Navarro, Natal na Segunda Guerra Mundial, os Clowns de Shakespeare, entrevista

com a cantora Lígia França e ensaios fotográficos de Ricardo Prado e Morvan França.

w Novidades para o Ano Novo

Novidades para 2014 serão apresentadas pela RN Tecnologia (empresa que atua com soluções tecnológicas inovadoras), nesta quarta-feira (20), às 21h, no Olimpo Recepções. >>> A empresa atua desde 2001, com produtos que abrangem do desenvolvimento de hardwares para aplicações industriais até softwares de alta complexidade.

O jovem André Luvi sempre de bem com a vida, curtindo música e gente bonita pelas baladas de Natal

GIRO PELO TWITTER ...do jornalista Heldon Simões: “Joaquim Barbosa proclamou a República dia 15 de novembro? Nooossa, que absurdo dito pela #LillianWitteFibe no #ProgramadoJô”. ...da governadora Rosalba Ciarlini: “Antes de dormir, quero dar esta boa notícia: a previsão é amanhã as máquinas voltarem para concluir o prolongamento da Prudente de Morais”. ...de Hildegard Angel: “Incrível nú-

mero hoje de indignados no Twitter se filiando ao PT, em atos de protesto contra prisões dos ‘Zés’ de ontem. A onda vermelha pegou”. ...do jornalista Ricardo Rosado: “Os vereadores de Natal passaram a tarde discutindo a guerra da Síria. Agora vai. Te cuida, Obama!” ...da escritora Zíbia Gasparetto: “Feliz aquele que sabe que nada é como parece. É buscando a essência que a verdade aparece”.


Cidade

Quarta-feira

Natal, 20 de novembro de 2013

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w DELÍRIO - I Hélio Schwartsman chamou de delirantes os petistas que acusam o Supremo de má fé. E é porque ele certamente nunca leu as afirmações estapafúrdias dos petistas desta Aldeia Velha de Felipe Camarão. w ALIÁS - II Quando os petistas alegam que outros partidos fizeram o mesmo que o PT e nada sofreram não notam que desse jeito eles se comparam a quem antes mais criticavam. Calar seria o único gesto inteligente. w SACADA Coube à revista Época a sacada da semana para a capa de sua edição sobre as prisões dos petistas do caso Mensalão com a frase de Lula: 'Nunca antes neste país'. Por essa, nem o próprio Lula esperava. w PALAVRA O pregador da missa de Nossa Senhora da Apresentação, amanhã, dia 21 de novembro, na Pedra do Rosário, será o padre Flávio Herculano. A organização da cerimônia é toda da comunidade Shalon. w INVEJA De quem tem certeza de que Saint-Exupéry fez escalas em Natal nos anos vinte e trinta. Há uns trinta anos, ou mais, procuro esse furo e até hoje nunca mereci. Nem aqui, nem ali. Nem sequer em Paris. w EXPO Dia 28 próximo, às 18h, na sede do Memorial Câmara Cascudo, a abertura da exposição 'Caricaturas & Bonecos' de Ubiratan Gomes. E fica aberta aos visitantes nas suas salas até o dia 11 de dezembro. w VITÓRIA O empresário Antônio Gentil inaugura amanhã, quinta, em São Luiz, o complexo Habib's que acaba de construir no Maranhão. Além de sua presença também como homem forte das marca O Boticário.

DA PROPAGANDA OFICIAL É

preciso deixar bem claro aos que confundem, mesmo sem má fé, a opinião desta coluna como se fosse contra a propaganda oficial. Não é. Seria incoerência. Fui redator de algumas peças para agências locais, e exerci o cargo de diretor comercial do Diário de Natal/O Poti, quando ainda era uma posição das mais relevantes no mercado da comunicação no Estado. Não creio é na função milagreira, como se a formação do processo de opinião pública estivesse acima das circunstâncias. Esta coluna tem sido obstinada ao afirmar que o problema do Governo não é de comunicação. Seria cômodo e fácil associar a posição ao gosto dos que preferem cobrir o governo com a peneira da servidão. Seria abrir mão da visão crítica, último e rico reduto do jornalismo impresso hoje na longa periodicidade de circular a cada 24 horas, uma era, se comparada ao motocontínuo das redes sociais. A informação objetiva já não é uma hegemonia do velho e bom jornal, de páginas grandes e soltas. Retomo a questão menos por alguma dúvida de ordem pessoal e mais em razão do cuidado de precisar ser vigilante diante dos que teimam em exigir da comunicação atributos que não são da sua natureza intrínseca. Seria um erro supor que ainda vivemos num mundo de fala monocrática, presa a esta ou aquela força política, ou até econômica. A pluralidade de vozes simultâneas é um concerto incontrolável, por vezes ruidoso e profuso, gerando juízos de valor bem acima de qualquer controle.

As jornadas de junho, como ficaram conhecidas as manifestações coletivas nas ruas do Brasil inteiro, nasceram de convocações que sequer passaram pelos veículos formais, como jornais, rádios e televisões. Foram as redes sociais, de pessoa a pessoa, no primeiro passo, mas formando uma cadeia de comunicação a se propagar coletivamente em segundos e minutos, numa avalanche exponencial acima de qualquer previsão, a força formadora das correntes de opinião pública em todos os níveis. Ora, Senhor Redator, o que havia a uni-los? Qual foi a força a conduzi-los na mesma direção e a fazê-los erguer o mesmo gesto e gritar o mesmo grito, em uníssono? Havia em cada um, isto sim, um mesmo sentimento de revolta diante de uma classe política que de repente encontrou milhões e milhões para a construção de vários estádios num pais de governantes que declaravam não ter recursos públicos para construir hospitais, melhorar a segurança pública e garantir educação a todos. Não se trata de condenar a propaganda governamental, mas de não transformá-la em varinha de condão ou culpá-la por fracassos que não nasceram nas mensagens levadas ao público. O governo, antes de tudo, há de saber construir-se a si mesmo, ser um bom produto e, só assim, buscar na sua propaganda o veículo capaz de fazê-lo encontrar seu público. Sem passes de mágica. Sem lavagem cerebral. Defender a propaganda é isentá-la de cobranças injustas. E é isto que esta coluna tem feito.

Festival Goiamum Audiovisual começa dia 25 com homenagem às mulheres SERÃO

MAIS DE

30

HORAS DE EXIBIÇÃO DE FILMES NESTA SÉTIMA EDIÇÃO Fotos: José Aldenir

Durante os dias 25 e 29 de dezembro o campus do IFRN Cidade Alta será palco do maior evento de produção audiovisual do Rio Grande do Norte, o Goiamum Audiovisual. O evento chega a sua sétima edição, com homenagem às mulheres e proporcionará ao público a oportunidade de vivenciar o universo da produção cinematográfica nacional e internacional das mais diversas formas. Serão mais de 30 horas de exibição, além de oficinas, palestras, encontros e a mostra competitiva. Na manhã de hoje (20), os organizadores do evento receberam a imprensa para anunciar as novidades deste ano. Com a temática "força e poesia" a mulher ganhará um destaque no Goiamum Audiovisual com a exibição de filmes que tratam da realidade feminina e seus desafios, da luta pela humanização do parto à superação do preconceito contras as mulheres. "Fazemos um chamamento às nossas estrelas anônimas, que além de militantes ou espectadoras, como é o caso da Zezé Mota, nossa Diva, homenageada este ano, pela trajetória dela no cinema e sensibilidade com alguns trabalhos culturais", destacou Keila Sena, diretora geral do Goiamum Audiovisual. Keila Sena disse que uma das novidades do festival este ano é trazer assuntos que utilizem o audiovisual como uma ferramenta de comunicação. "Queremos colocar o festival como uma possibilidade de engajamento de interesse da social. Ao longo desses sete anos, estamos conseguindo encontrar o caminho certo, dentro do que propomos como festival, pois nosso festival tem a intenção de trabalhar a capacitação, a exibição e a discussão de políticas públicas para o desenvolvimento do setor no Estado. Teremos cinco dias e procuramos atender demandas diferentes dentro desse segmento, como o realizador que quer se profissionalizar e se capacitar, a criança, pois precisamos formar platéia desde pequeno", afirmou

“Precisamos de mais iniciativas e editais acontecendo para as pessoas que tenham ideias possam realizar, mas para que nossos trabalhos tenham expressão é preciso que haja investimento” KEILA SENA DIRETORA DO GOIAMUM AUDIOVISUAL

a diretora do Festival Goiamum Audiovisual. Para a diretora, ainda é um desafio para a produção audiovisual no Rio Grande do Norte. "Temos um cenário que está em processo de crescimento, que ainda é lento. Desde que começou o festival, até hoje, melhorou bastante, mas as políticas públicas locais voltadas para o audiovisual ainda são muito tímidas. Precisamos de mais iniciativas e editais acontecendo para as pessoas que tenham ideias possam realizar, mas para que nossos

trabalhos tenham expressão é preciso que haja investimento", destacou Keila Sena. Willian Hinestrosa, co-diretor do Festival, destacou a exibição de dois longas que trazem o olhar feminino perante situações da própria realidade, enfrentando dilemas humanistas e sociais. "Eles voltam", de Marcelo Lordello (PE), premiado como melhor filme do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro e exibido no Festival de Roterdam, na Holanda, e "Mãe e Filha", de Petrus Cariry

(CE), premiado em diversos festivais no Brasil e no exterior. "Para completar o programa, exibiremos o filme `O renascimento do parto`. de Eduardo Chauvet, que traz uma sensível discussão acerca dos procedimentos de parto no Brasil", afirmou o co-diretor. Após a exibição, marcada para o dia 28 de novembro, às 20h30, o diretor do filme e membros da ONG RAMA (Rede de Apoio a Maternidade Ativa) participarão de uma conversa com o público no debate `Humanização do parto`.

w MISTÉRIO Não faltam recursos na Prefeitura de Natal nem houve perda de sua capacidade de endividamento, o que mostra ter faltado a boa e cristalina prestação de contas quando da queda de Micarla de Souza. w GESTO - I Monsenhor Lucas Batista não aceitou a decisão da Arquidiocese de marcar a cerimônia de formação de Diáconos acima da sua posição de diretor da escola de Diáconos e apresentou a carta de demissão. w AVISO - II Esta coluna, tendo em vista a ausência do Monsenhor Lucas Batista em sua viagem de peregrinação ao exterior, informou da deselegância do gesto, adiantando que era uma decisão tomada sob medida. w REAÇÃO - III Na carta ao arcebispo D. Jaime Vieira o Monsenhor Lucas deixa claro que sua decisão é irrevogável. Na verdade, o gesto deselegante nasceu da determinação de provocar sua reação para vê-lo afastado. w ESPECIAL A edição de novembro da Continente circula com um caderno especial com vários textos sobre José Lins do Rego, homenageado da Fliporto. Em 2013 'Fogo Morto', o seu maior romance, faz 70 anos. w SINAIS Alguns rosalbistas estão vendo sinais de que o desgaste do governo será menor com a inauguração da Arena das Dunas, na Copa do Mundo, e com o saneamento de Natal funcionando. Então é aguardar. w PERDÃO Caetano Veloso pediu perdão a Roberto Carlos pelos impropérios durante o affair em torno das suas biografias. Segundo Caetano, foi só um excesso, mas nem por isso vai deixar de amá-lo. Para sempre.


14 O Jornal de HOJE

Natal, 20 de novembro de 2013

Cidade

Quarta-feira

Fotos: José Aldenir

Escritor Diógenes da Cunha Lima conversou com as crianças sobre a história da árvore baobá, que teria inspirado Saint-Exupéry na obra O Pequeno Príncipe

Árvore baobá recebe homenagens em comemoração aos 70 anos da obra literária O Pequeno Príncipe ESCRITOR FRANCÊS ANTOINE DE SAINT-EXUPÉRY TERIA SE INSPIRADO EM NATAL PARA ILUSTRAR O SEGUNDO LIVRO MAIS VENDIDO EM TODO O MUNDO Um principezinho cheio de ensinamentos, personagem de um dos livros mais famosos do mundo, "O Pequeno Príncipe", completa 70 anos em 2013. Quem escreveu essa história - uma das mais famosas que se tem notícia no mundo literário - foi o francês Antoine de Saint-Exupéry. Ele foi piloto aventureiro, daqueles que fazem manobras arriscadas, e escritor de livros para adultos, como "Vôo Noturno", mas ficou conhecido mesmo como o pai do Pequeno Príncipe, herói de uma fábula ilustrada por aquarelas também criadas pelo autor. Em Natal, a comemoração aos 70 anos da obra teve uma programação especial realizada pelo sistema Fecomércio, através do SESC/RN. Exposições de livros, quadros, contação de histórias, realejo e sarau músico-poético foram uma das atividades que reuniram estudantes e curiosos em volta da árvore baobá, na rua São José, artefato natural que teria servido de inspiração para as ilustrações do escritor ao visitar Natal entre as décadas de 1920 e 1930. Escritor, advogado e presidente da Academia Norte-riograndense de Letras, Diógenes da Cunha Lima, um dos propositores da homenagem, relembra a importância da obra que permanece na memória das pessoas a cada ano. "Atri-

buo a importância dessa obra a uma coisa simples: a infância que vive em nós. Todas as pessoas carregam em si um lado infantil. O autor soube guardar a sua infância e compartilhar isso", avaliou escritor potiguar. "O Pequeno Príncipe é uma história de humanismo, bondade, história do coração. Tudo aquilo que a humanidade precisa. Na minha concepção, é uma espécie de ficção do que seria o nascimento de Jesus. Esse livro, que já foi traduzido em mais de cem línguas pelo mundo, mostra que é possível o homem conviver com o bem", destacou. Defensor da conservação da árvore baobá, Diógenes da Cunha Lima chegou a comprá-la para garantir que a árvore não venha a ser destruída pelo homem. "Essa árvore faz parte da história de Natal e faz parte de mim. Faz 22 anos que eu a comprei. Mantenho isso aqui e já deixei aos meus filhos e netos a responsabilidade de continuar cuidando dela. Da mesma forma que O Pequeno Príncipe sobrevive de geração em geração, as nossas próximas gerações precisam continuar mantendo a baobá viva", disse. Dentro da agenda prevista pelo Fecomércio, ainda hoje, às 19h, acontecerá o lançamento do livro "Flores Que Encantam o Brasil", de autoria de Diógenes com sua filha,

Árvore baobá foi adquirida por Diógenes da Cunha Lima há mais de 20 anos

Diógenes da Cunha Lima: “O Pequeno Príncipe é uma história de humanismo” a fotógrafa Leila da Cunha Lima Almeida, e com o também escritor Nelson Patriota. "Estamos realizando esse belo evento que vem contemplar um dos nossos maiores objetivos: o incentivo à leitura. Trazemos as crianças aqui para que elas possam se deliciar com as histórias literárias, conhecer a árvore baobá e as intenções do Antoine de Saint-

Exupéry, que nos presenteou com essa maravilhosa obra", explicou a diretora de programas sociais do SESC/RN, Ilsa Galvão. O Pequeno Príncipe é o segundo livro mais vendido e traduzido no mundo - só fica atrás da Bíblia. O livro já vendeu mais de 143 milhões de cópias e está presente em mais de 200 países. No Brasil, a obra começou a ser lida em 1945.


Esporte

Quarta-feira

Natal, 20 de novembro de 2013

O Jornal de HOJE 15

Divulgação

Equipe de handebol do Sagrada Família conquistou medalha de bronze nos jogos

ATLETAS POTIGUARES

BRILHAM EM BELÉM DELEGAÇÃO

RIO GRANDE

DO

Após sediar a primeira etapa dos Jogos Escolares da Juventude, em setembro passado, o Rio Grande do Norte conquistou 11 medalhas na etapa de 15 a 17 anos da competição, que aconteceu entre os dias 07 e 16 de novembro, em Belém (PA). O Estado foi

DO

NORTE

premiado nas modalidades de atletismo, luta olímpica, natação, futsal, judô, vôlei de praia, handebol e vôlei com três medalhas de prata e oito de bronze. Para a ida da delegação potiguar ao evento, a Secretaria Estadual de Esporte e Lazer (Seel)

CONQUISTA

11

custeou R$ 320 mil em passagens aéreas. Para o secretário adjunto da pasta, Giovani Carvalho, coordenador da delegação do RN nos Jogos, “além da boa participação, a equipe pontuou também no comportamento: não houve nenhum problema”. Outro saldo

MEDALHAS NOS JOGOS positivo para o RN: a dupla de estudantes do colégio Sagrada Família obteve destaque e o jogador William Nóbrega foi convocado para participar da seleção brasileira. Esta foi a primeira vez que a região Norte sediou o evento que

ESCOLARES

DA JUVENTUDE

contou com a participação de quatro mil atletas de 1251 escolas do Brasil. Ao todo, participaram os 26 estados brasileiros, o Distrito Federal e a cidade sede. Os Jogos Escolares da Juventude acontecem anualmente em duas etapas. A primeira, de 12 a 14 anos, foi

> VÔLEI DE PRAIA

AMÉRICA

MELHOR JOGADOR DO MUNDO VEM A NATAL O atleta Álvaro Filho, considerado o melhor jogador da Copa do Mundo de Vôlei de Praia, virá a Natal abrilhantar a última etapa do Circuito Estadual de Vôlei de Praia, promovido pela Federação Norte-Riograndense de Voleibol (FNV), que ocorrerá entre os dias de 29/11 a 01/12 (sábado e domingo) na Arena de Mirassol, com a presença dos melhores atletas do Nordeste. Álvaro tem 23 anos de idade e já carrega grandes títulos como o de Campeão Sul-Americano 2011/2012 e campeão de etapas do Circuito Banco do Brasil. Recentemente Álvaro, com o seu parceiro Ricardo, sagrou-se vice-campeão Mundial. O atleta paraibano, destaque da

em Natal, quando o RN conquistou 18 medalhas. Em 2014, a cidade de Londrina, no Paraná, será a sede dos Jogos Escolares da Juventude, etapa para jovens com idade entre 12 e 14 anos. A etapa de 15 a 17 anos ainda não tem local confirmado.

Divulgação

Álvaro Filho (D) participará da última etapa do Circuito Estadual de Vôlei de Praia, promovido pela FNV modalidade, começou a jogar voleibol por influência do pai ainda na adolescência.

Peterson Dantas, diretor de Vôlei de Praia da FNV, afirma que “trazer o melhor do mundo para

participar do nosso evento é uma forma de estimular a base do voleibol Potiguar que está emergindo

através de nossas ações”. Corroborando com essa afirmativa, Igor Ribeiro Dantas, Presidente da FNV complementa que “é inequívoco que o Circuito Estadual de Vôlei de Praia que desenvolvemos no Estado deu um novo ânimo aos adeptos da modalidade. Já estamos empenhados na realização do Circuito de 2014 com a meta de ampliação deste que foi considerado o melhor do país. É com satisfação que trabalhamos e a recompensa vem do reconhecimento de nosso trabalho aqui e principalmente nos outros estados brasileiros, que se espelham no que se está fazendo no Rio Grande do Norte”, conclui o Presidente.

DELEGAÇÃO VIAJA AMANHÃ PARA SÃO CAETANO DO SUL A delegação do América embarca amanhã para São Paulo, de onde seguirá para São Caetano do Sul, local da partida decisiva contra o Azulão, no próximo sábado, às 20h10 (de Natal), no estádio Anacleto Campanella. O zagueiro Edson Rocha será liberado pelo departamento médico para participar do coletivo de apronto de hoje à tarde, no CT Abílio Medeiros. Ontem, o jogador fez uma atividade mais forte no CT e hoje será definido sua condição e provável inclusão entre os relacionados para o jogo de sábado contra o São Caetano. Caso não reúna condições, o técnico Leandro Sena deverá repetir o miolo da zaga com Cléber e Zé Antônio. Quanto a Max, o atacante segue fazendo tratamento intensivo contra as dores musculares, mas não deve ser problema para o técnico Leandro Sena.

Fábio Pacheco fabiopachecorn@gmail.com

Peres tem razão O promotor público José Augusto Peres está coberto de razão em pedir mais rigor contra a violência entre as torcidas do Rio Grande do Norte. Esses crimes contra torcedores não podem mais ser tratados como atos de violência isolados, mas sim como um conjunto de crimes, defende Augusto. Está na hora do Ministério Público, juntamente com a Polícia Civil e Militar aprofundarem as investigações e descobrir os autores e responsáveis por toda essa covardia que estamos assistindo. Vamos fechar o ano com 14 mortes, um absurdo para uma cidade relativamente pequena, onde a maioria da torcida torce para clubes de fora. Concordo também quando José Augusto Peres compara os atentados aos crimes neonazistas. Parece que estão matando torcedores apenas por ódio, pois não há explicação para tanta rivalidade numa capital onde os estádios vivem praticamente vazios e as cores do Flamengo e Vasco da Gama são mais fortes que a de ABC e América. Tem algo de muito errado acontecendo em Natal e precisa ser investigado urgentemente. BASQUETE Natal poderá ter mais um grande evento de basquete. Depois do Campeonato Mundial Master, a federação potiguar pleiteia PanAmericano Master de 2018. O presidente da Federação Brasileira, Carlos Galvão, esteve ontem em Natal e gostou da ideia e vai levar a proposta para a Fimba (Federação Internacional).

GRACIE Quem está em Natal é o professor e faixa preta, Carlson Gracie Júnior. Gracie participará de seminário sobre jiu-jitsu que tem início hoje à tarde, no ginásio da escola Marie Jost, em Capim Macio. O encontro vai até o sábado. A ideia do projeto é unificar o modo de treinar do jiu-jitsu.

CEEMS A Escola Estadual Jean Mermoz, de Extremoz, faturou dois títulos no futebol de areia do Campeonato das Escolas Estaduais e Municipais (CEEMs). As equipes foram campeãs nas categorias juvenil e infantil masculino, enquanto a Escola Estadual Antônio Fagundes faturou o mirim masculino.

DALBERTO A jovem promessa alvirrubra, o atacante Dalberto, de 18 anos e 1m80, já renovou contrato com o América, se tornando na principal revelação do clube na temporada. Dalberto é do município de Bento Fernandes e ganhou a torcida de toda a região do Mato Grande. MEMÓRIA Há três anos, nesta mesma data, o ABC conquistava o primeiro título nacional para o Rio Grande do Norte. Participaram do Campeonato Brasileiro da Série C naquele histórico empate com o Ituiutaba: Wellington; Sueliton, Thiago Garça, Leonardo e Renatinho Potiguar; Marcílio , Ricardo Oliveira, Éverton Cézar, Pio, Jackson, Claudemir, Cascata, João Paulo, e Leandrão. O técnico era Leandro Campos.

RENOVAÇÕES ABC e América já começaram a trabalhar nos bastidores as renovações contratuais para a próxima temporada. Fala-se muito nas permanências de Régis e Júnior Timbó, dois jogadores que revolucionaram a maneira de jogar de ambas as equipes. ATLETA DO FUTURO A Prefeitura de Natal por meio da Secretaria Municipal da Juventude, Esporte, Lazer e Copa do Mundo da Fifa (Sejel/Secopa), em parceria com o Sesi (Serviço Social da Indústria) estão com inscrições abertas para o Programa Atleta do Futuro (PAF). O programa tem como objetivo incentivar à atividade física entre crianças e jovens de 7 a 17 anos. Diferente das escolas esportivas, o “Atleta do Futuro” dá a oportunidade aos pequenos de experimentarem várias práticas esportivas. CADEIRA DUPLA A diretoria do América lançou uma promoção de cadeira dupla. Quem adquirir uma cadeira na Arena América terá direito a outra cadeira na Arena das Dunas. O torcedor que comprar sua cadeira no futuro estádio do América irá começar a usufruir seu acento a partir de 2014 no estádio da Copa.


16 O Jornal de HOJE

Esporte

Natal, 20 de novembro de 2013

> O PRIMEIRO DUELO

Flamengo e Atlético-PR começam a decidir o título da Copa do Brasil E QUIPE

RUBRO - NEGRA FAZ O JOGO DE

IDA NA

V ILA C APANEMA ,

EM

C URITIBA

Atlético-PR e Flamengo começam a decidir hoje o título da Copa do Brasil. O jogo de ida da grande final será às 21h50 (de Brasília), na Vila Capanema, em Curitiba. A expectativa da torcida rubro-negra é sobre o provável retorno do goleiro Felipe, que viajou com o grupo , mas ainda não está garantido pelo técnico Jayme de Almeida. Após o treino de ontem, no antigo estádio do Grêmio, o Olímpico, em Porto Alegre, o capitão Léo Moura mostrou confiança na força do elenco rubro-negro. "Todos estão focados e com o mesmo pensamento", garantiu o lateral, que aproveitou para elogiar os goleiros Felipe e Paulo Victor. "O Felipe é um goleiro experiente e que está acostumado com jogos difíceis. Já nos ajudou muito, assim como Paulo Victor, nos jogos que entrou. Se estiver 100% e for jogar estaremos felizes por se tratar de um companheiro acostumado a disputar títulos", disse Léo Moura. Sobre o time que jogará o primeiro jogo das finais, em Curitiba, o lateral-direito deixou a escalação para a hora do jogo. "O torcedor vai ver na hora em que a bola rolar. O companheiro que entrar vai dar conta do recado, é uma certeza absoluta. Foi assim em todos os jogos. Todos os atletas estão com foco total, será um jogo dificílimo", concluiu. O provável time rubro-negro deve ser: Paulo Victor, Leonardo Moura, Wallace, Chicão e André Santos; Amaral, Luiz Antônio, Elias e Carlos Eduardo; Paulinho e Hernane. Em relação ao time atleticano, o técnico Wagner Mancine tem algumas preocupações. Para a partida, o único desfalque é o lateral Léo, suspenso nos dois jogos – além de Roger de Bruno Silva, que disputaram a competição por outra equipe. Jonas assumirá a lateral direita. Os problemas podem ficar para a volta, no Rio de Janeiro. Além do próprio Jonas, o goleiro Weverton, os zagueiros Manoel e Luiz Alberto, os volantes Juninho e João Paulo e o meia Everton estão pendurados com dois cartões.

> SUL-AMERICANA

São Paulo e Ponte Preta iniciam semifinal São Paulo e Ponte Preta fazem hoje o primeiro jogo da semifinal da Copa Sul-Americana, às 21h50, no estádio Morumbi. Pra variar, o técnico Muricy Ramalho fechou à imprensa a primeira parte do último treino, aumentando o suspense em re-

lação à escalação de sua dupla de atacantes para o duelo de ida das semifinais. “Já está definido, mas não vou falar”, desconversou Muricy, que tem Luis Fabiano, Aloísio e o jovem Ademilson como opções para o setor ofensivo.

O confronto de hoje à noite terá um sabor especial para Rogério Ceni. O goleiro fara sua 1.116ª partida com a camisa do São Paulo, alcançando o recorde de Pelé em número de jogos por um mesmo clube. Do outro lado, contudo, a Ponte Preta des-

fruta da mesma animação para a partida. Apesar de ser a penúltima colocada do Campeonato Brasileiro, a equipe de Campinas já fez história em 2013 ao eliminar o argentino Vélez Sarsfield na etapa anterior da Sul-americana.

Quarta-feira

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br NONONONONONONONONON

Marselhesa e fado É justa a enxurrada de elogios ao centroavante Cristiano Ronaldo, o português universal e sua crueldade sutil ao finalizar a Suécia e garantir os patrícios na Copa do Mundo de 2014. Cristiano Ronaldo calou os críticos e provou que é muito mais do que um belo gajo multimilionário e mordido de ciúmes do Lionel Messi, a Pulga genial. Cristiano Ronaldo venceu o duelo de destruidores de zagueiros com Ibrahimovic, um raro exemplar do executor capaz de saltos de acrobata. Cristiano Ronaldo é o samba lusitano. Ibra é um solitário e o mundo perderá sem a sua presença no Brasil enquanto um timeco do nível do Irã garantiu sua vaga. A Grécia também, acompanhada de sua retranca de arcada de Navarone. Alegra a qualquer vivente normal a confirmação francesa. Marselhesa, majestosa e marcial em sua cruzada iluminada sobre a Ucrânia no estádio superlotado de pessimismo enraizado substituído pela euforia merecida. A França passou pelo adversário assombrado como rolo compressor azulado. Uma noite celeste cobria o aparelho de TV numa imagem sedutora. O primeiro gol foi rápido, anularam o segundo, legítimo, confirmaram outro, impedido e o terceiro veio na pressão avassaladora, um gol contra de zagueiro apavorado. Seria injusta a ausência da França. A França pagaria por critérios absurdos da FIFA. Disputou eliminatórias no mesmo grupo da Espanha. Duas seleções campeãs do mundo. Deveriam estar comandando suas chaves e com pontuação diferenciada dos bagulhos asiáticos, africanos e da Oceania. Os Bléus têm tradição de carrascos do Brasil. Tinha muito brasileiro torcendo contra. É sinal de fraqueza. A nossa vitória de 1958 foi gigante, as três derrotas, de 1986, 1998 e 2006, também justas, os franceses mostraram superioridade absoluta pelo menos nas duas últimas. Em 86 foi tudo igual, exceto nos pênaltis. A França traz charme ao futebol, à música, ao cinema, à literatura. Torci pela França por Catherine Deneuve, Simone Signoret, Fanny Ardant, musas de formas delicadas no traçado. Torci pela França pelo Inspetor Jules Maigret, meu detetive favorito, meu guia parisiense na inspiração do belga Georges Simenon. Por Edith Piaf cantando cada gol marcado. Vibrei ao fim do jogo por gratidão a Alain Delon e Jean -Paul Belmondo, especialmente pelo clássico mafioso Borsalino, raro nas cinematecas e programações por assinatura. Torci pelas lembranças de Tiganá, Giresse, Platini, meio-campo dos meus tempos, por Zidane, o maior da dita fase em que os holofotes caíram sobre Ronaldo, o Fenômeno de mídia. Gostei da vitória da França, vou confessar e finalmente. Pelo camisa 8 baixinho, atrevido, habilidoso, quase anão, Valbuena, pequenino que me fez recordar Odilon, melhor do que ele nos bons idos do ABC no Machadão. Odilon, na pronúncia e na elegância caprichosa do seu futebol de sonhos, soa francês. O futebol agradece um digno representante na Copa do Mundo, que, por essência, deveria reunir os melhores, sempre. ABC E AMÉRICA SE ARRUMAM Os técnicos Roberto Fernandes e Leandro Sena ajeitam ABC e América para os confrontos do fim de semana, cruciais para a permanência na Série B. O ABC tem que fazer ajustes do meiocampo para a frente e o América na retaguarda. SEM MISTÉRIOS O ABC não conta com Júnior Timbó e terá Erick Flores em sua vaga. Flores jogou bem contra o ASA de Arapiraca. A dúvida é Gilmar no ataque. Gilmar funciona bem um tempo. Tem uma contusão, mas precisa estar presente, fazer um esforço, tamanha é a importância do jogo. MAX Acredito que Max jogue. Max incorporou o espírito do jogadortorcedor. É uma força maior que a do profissional. É um estilo único e consagrado por dois monstros de raça americana: Arthurzinho no futebol de salão e Bagadão em suas arrancadas de raça no Juvenal Lamartine e nos primeiros anos do saudoso Estádio Castelão. LUCRO E LETRA Alguns textos comprovam que é semelhante a vinho e vinagre a sintonia entre capacidade de escrever e de ser bom vendedor. Palavra e comércio até combinam em algumas ocasiões, mas na escrita a distância é Natal/Guiné Bissau. EXPLICAÇÃO PARA PREÇO No seu twitter, o diretor Wilson Cardoso explicou que o ABC subiu de 10 para 20 reais o preço de arquibancada para "honrar prêmio dos jogadores". A justificativa é até discutível, mas Wilson Cardoso ao menos se dispôs, com sua habitual cortesia a dar uma satisfação para a torcida. PM PODE SER CAMPEÃ O time da Polícia Militar pode ganhar o título antecipado do Campeonato de Futebol Society da Polícia Federal, realizado com apoio da Constel e Caio Fernandes e disputado no campo da Aspofern em Lagoa Nova.

DOIS TURNOS Ganhadora do primeiro turno, a PM fica com o caneco se vencer o segundo turno, que terá a decisão hoje às 20 horas. O adversário é o bom time da Caern, que despachou a Receita Federal por 3x0 nas semifinais. A PM bateu o Tribunal de Justiça por 3x1. Se a Caern conquistar o returno, haverá uma extra. LUCAS O meia-atacante Lucas, exSão Paulo e hoje no PSG (França), que faz gol na proporção de zagueiro deve perder a vaga na Copa do Mundo para o veterano e malandro Robinho. Lucas deveria ter vergonha. O ideal seria naturalizar Ibrahimovic, um desperdício de volúpia artilheira fora de um Mundial lotado de cabeças de bagre. PERTO DO TETRA No dia 21 de novembro de 1982, feriado de Nossa Senhora da Apresentação, o América empatou com o ABC por 2x2 e eliminou o alvinegro da disputa do Estadual. Foi um jogão. Com 14.366 torcedores no Estádio Castelão (Machadão). Arbitragem de César Virgílio. Júnior e Silva abriram 2x0 para o América. Soares e Neinha empataram para o ABC. PÊNALTIS O jogo valia pelas semifinais do terceiro turno e na prorrogação houve empate por 0x0. Nos pênaltis, o América venceu por 2x1, gols de Severinho e Vassil, com Tinho acertando a cobrança alvinegra. O América seria tetracampeão estadual em 1982 e invicto. TIMES Naquela partida, o América do técnico Caiçara jogou com Rafael; Saraiva, Ivã Silva, Noronha (Norival) e Vassil; Baltasar, Gilson Lopes e Aílton; Júnior (Didi Duarte), Silva e Severinho. O ABC do treinador Erandy Montenegro despediu-se do campeonato com Carlos Augusto; Gelson, Edgar (Tinho), Otávio Souto e Soares; Draílton, Arié, Jadir e Marinho Apolônio (Jorge Bonga); Noé Macunaíma e Neinha.

CMYK


20112013