Page 1

Sexta-feira

Ano XVI w NATAL-RN, 20 DE JUNHO DE 2014 w Nº 4.964

R$ 2,00 w jornaldehoje.com.br

Fátima gera crise ao escolher suplente sem consultar aliados

Marcos A. de Sá Página 7

w Tentativas de fraude contra os consumidores brasileiros cresceram 9,4% em maio.

CANDIDATA AO SENADO PELO PT CONVIDA EX-SECRETÁRIO DE SUA ADVERSÁRIA WILMA DE FARIA PARA COMPOR CHAPA E IRRITA PRESIDENTE DO PCDOB: “NÃO HÁ INTELIGÊNCIA POLÍTICA NISSO”

Daniela Freire

POLÍTICA 5 Página 12

Wellington Rocha

> CADÊ OS ÔNIBUS?

w Instituto que faz pesquisas para Kassab está monitorando o cenário para Robinson.

Sindicato garante que 70% da frota estão nas ruas nos horários de pico

Vicente Serejo TACYANA CHIQUETTI - INTERINA

Página 13

w Números da pesquisa Consult ativam memória recente de observadores atentos.

CIDADE 6

> FELICIDADE

Rubens Lemos F.

Taxistas faturam alto com turistas que acompanham a Copa em Natal

Página 16

w É justo e lógico chamar James Rodriguez de craque, de dominador de volantes.

CIDADE 6 Elizeu Silva afirma que arrecadação está bem acima do esperado. "Os mexicanos e americanos são generosos nas gorjetas" José Aldenir

> CASO SEJA ELEITO...

Presidente do PSB de Wilma rejeitará adesão de Henrique POLÍTICA 3

ESCREVEM ARTIGOS NA EDIÇÃO DE HOJE Adalberto Targino Rinaldo Reis Lima José Narcélio Marques Sousa Adauto Medeiros Cid Montenegro Paulo Lopo Saraiva OPINIÃO - Página 2

> 6 ANOS DEPOIS

Obra da Cidade da Criança será concluída próximo mês CIDADE 8 Apesar de já estar quase pronto, governo ainda não definiu data para reabertura do parque Wellington Rocha

DESABRIGADOS RECLAMAM DE FALTA DE ASSISTÊNCIA DO PODER PÚBLICO Atingidos pelo deslizamento de terra em Mãe Luiza, ocorrido há uma semana, contam que estão recebendo ajuda de vizinhos, parentes e sociedade. Eles revelam “negligência” da Prefeitura. CIDADE 8 INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,23 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,34 R$ 2,23

Euro x real R$ 3,04 Poupança 0,50%/0,41% Taxa Selic 11%

EMAIL REDAÇÃO:

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

16 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 20 de junho de 2014

ADALBERTO TARGINO, advogado, procurador do estado e presidente da Academia de Letras Jurídicas/RN (ceaf_pge@rn.gov.br)

Artigo

JOSÉ NARCELIO MARQUES SOUSA, engenheiro civil (jnsousa29@gmail.com)

Civismo e patriotadas Pergunto: onde foi parar o nosso Civismo? Vocês, leitores e leitoras, jovens ou não, poderão até indagar: o que é Civismo? Civismo vem do latim Civis , e quer dizer: Cidadão que, na velha Roma, significava orgulho de ser romano, equivalente àquela época a Cidadão do Mundo. Em português e outras línguas, acredito, traduz: dedicação à causa pública, patriotismo ou amor à Pátria. Ele se manifesta de várias maneiras: pelo orgulho da nacionalidade, respeito às Leis e às Instituições legalmente estabelecidas; pela honradez, caráter e altruísmo do cidadão comum, e do político e detentor da função pública. Civismo: é, igualmente, o exercício do direito do voto livre, a arma mais poderosa de um Cidadão na Democracia, para escolher os seus governantes e legisladores, sem abastardá-lo ou prostituí-lo. E mais: pelo apreço às tradições, respeito ao direito próprio e de cada um, individualmente. Civismo quer dizer, também: veneração aos símbolos sagrados da Pátria, que encerram toda a nossa glória e a alma de nossa gente e, nos momentos difíceis, nos encorajam na defesa da honra e do solo sagrado, em que habitamos. Mas, que tristeza!... Hoje, em dia, poucos brasileiros mesmo ministro de Estado, excluindo-se os militares, sabem, de có, a letra do Hino Nacional, para entoálo, orgulhosos e desembaraçadamente. Por que esta decadência cívica? Por que a criança, o adolescente e o cidadão, mesmo os mais respeitáveis, andam arredios, despidos e distanciados do civismo? Facilmente, explicável: nas escolas e em muitos lares, o culto do civismo é coisa do passado, caiu da moda. Mas, em parte, culpa não lhes cabe: porque nossos educandários e nossas autoridades se esqueceram, se descuidaram e se omitiram desse dever fundamental: transmitir às novas gerações o valor e o conceito da palavra civismo , não só na teoria, como na prática. Olvidaram, criminosamente, em manter acesa essa chama sagrada, legado maior dos nossos antepassados. Na minha escola secundária, semanalmente, tínhamos aula de canto e de Instrução Moral e Cívica, onde aprendíamos a cantar o Hino Nacional, o da Bandeira e outras canções patrióticas; a reverenciar os símbolos sagrados, cultuar e respeitar os vultos da nossa História, fossem eles civis ou militares; a razão e o porque das nossas datas cívicas. Nos desfiles escolares e militares, quando passava o Pavilhão Nacional, ninguém ficava sentado, nem de cabeça coberta. O hasteamento e o arreamento da Bandeira aos sábados motivavam o nosso ardor cívico, enchendo-nos de ufanismo e de entusiasmo. Assim, éramos desde cedo, instruídos em nossos deveres patrióticos, mais elementares. Porém para a atual geração, princi-

Artigo

palmente, os mais jovens, tudo isso é "um porre", como costumam dizer. Pai! Perdoai-lhes! Eles não sabem o que dizem. Não os culpo, pois nada lhes foi dito, nem ensinado. Do passado desdenham e, do presente, bastam-lhes as futilidades. É vergonhoso presenciar a frieza, a apatia e a indiferença da maioria dos que, por acaso, assistem à uma solenidade cívica: nenhum gesto a demonstrar a menor centelha de civilidade. Vejamos, agora, o vexame que nos causam os nossos heróicos jogadores de futebol, quando, perfilados, no campo, ao lado de uma equipe estrangeira, ouvem os acordes do Hino Nacional. Não sabem onde enfiar as mãos: ora coçam o nariz, as partes pudendas... Mexem-se para frente, para traz e para os lados, como bonecos desengonçados. Se abrem a boca, é só para moverem os lábios; dela não sai nenhum som. Já está na hora de os clubes implantarem em suas sedes, em todo o País, um curso de Instrução Moral e Cívica para educar os seus jogadores. Não basta incurtir-lhes no bestunto, somente, a cultura do chulé. É preciso que os jogadores se sintam heróis na defesa da pátria e não mercenários sem emoção. Basta de pop star e picaretas embriagados de vaidade e ganância. E a torcida que, anos atrás, foi para a Alemanha, durante a Copa, hem? Embrulha-se na Bandeira Nacional, cobrindo a cara e outras partes menos respeitáveis, num espetáculo deprimente e debochado, de achincalhe e profanação ao que temos de mais sagrado o nosso estandarte. Diferente não foi durante a copa da África do Sul, cujo "espetáculo patriótico" se resumiu ao ensurdecedor barulhos das cognominadas vuvuzelas. Senhores torcedores, aquilo era puro fanatismo, patriotismo de sarjeta, exibicionismo barato, digno de um picadeiro de circo mambembe! Brasileiros e brasileiras, cultuemos o passado, vivamos dignamente o presente e olhemos com esperança o futuro radioso que nos acena! Somos um povo ordeiro, uma Nação soberana e independente. Um País legalmente constituído e respeitado no concerto das nações civilizadas. Possuímos uma identidade própria e não precisamos copiar ou imitar costumes de outros povos. O que está nos faltando, para atingirmos a nossa maioridade política, social e econômica? Civismo. Senhor Presidente da República, demais autoridades, educadores, pais de família, cidadãos deste invejado e privilegiado país, vamos recuperar o tempo perdido. Vamos reeducar o nosso povo, nem que para isso tenhamos de apelar para os ensinamentos da caserna, que sempre foi e é um viveiro de civismo. Senhores! Desgraçado do povo que não tem disciplina, perdeu a honra, abdicou de sua vocação cívica e regenerou as suas tradições mais caras.

RINALDO REIS LIMA, procurador-geral de Justiça do MPRN

Democracia e eficiência No último dia 18 fizemos um ano à frente da Procuradoria-Geral de Justiça. Nesse período, foram realizadas diversas reformas institucionais que, entendemos, deixarão importantes legados para a melhoria do funcionamento da Instituição. Um dos eixos perseguidos foi o incremento da democracia interna, como forma de quebrar distinções injustificáveis para uma organização que se pretende moderna e dinâmica, e, sobretudo, promover a ampliação do universo de recrutamento de membros aptos a ocuparem funçõeschave para a qualidade do serviço que prestamos à população. Nesse sentido, uma das principais medidas foi a alteração legislativa que permitiu que qualquer membro que tenha mais de 35 anos de idade e 10 anos de carreira possa ocupar o cargo de Procurador-Geral de Justiça Adjunto, braço direito do Procurador-Geral. Antes, a escolha do titular desse cargo recaía apenas entre os 21 procuradores de justiça. Agora, qualquer promotor ou procurador de justiça pode ocupálo, desde que satisfeitas aquelas condições. Seguindo a mesma linha, acabamos com todas as restrições que existiam para que membros – que não de determinadas categorias – ocupassem cargos e funções na Administração Superior da Instituição. Agora, quaisquer promotores de justiça vitaliciados podem integrar a equipe do Procurador-Geral de Justiça nos mais diversos órgãos. Permitimos, igualmente por mudança legislativa, que promotores de justiça que substituem o cargo de procurador de justiça pudessem ter assento no Colégio de Procuradores, nosso mais importante colegiado, medida que foi confirmada recentemente pelo Conselho Nacional do MP. Foi estabelecida ainda forma impessoal para a substituição dos procuradores por promotores, eliminando a influência da indicação pessoal no processo. No campo do assessoramento jurídico dos membros, ao acabar uma injustiça gritante (assessores de procuradores percebiam 3 vezes mais que os dos promotores, embora realizassem funções iguais), criamos a assessoria jurídica única para todos, com igual remuneração, atraindo profissionais ainda mais qualificados para a Instituição. Outro vetor relevante nos esforços empreendidos desde a posse foi o foco na eficiência da gestão, aperfeiçoando o legado de incrementos estruturais recebido de meus antecessores. Para tanto, mudamos o perfil de nossa Direção-Geral, trazendo para ela um pro-

fissional oriundo da iniciativa privada, que implantou valores como simplicidade e foco nos resultados. Implantamos também sistemas informatizados nas nossas diretorias, para sairmos paulatinamente do controle manual das demandas e dos registros. Alinhado com isso, iniciamos medidas inovadoras para a resolução de problemas administrativos comuns, como: a implantação dos Núcleos Volantes de Serviços Auxiliares, que impedem a descontinuidade de serviços administrativos nas promotorias em todo o Estado em decorrência de afastamentos prolongados de seus servidores; e o serviço de Administradores Regionais, em que servidores da Casa visitam preventivamente as comarcas por rotas anteriormente definidas, munidos de check list para a correção de problemas eventualmente encontrados nas mais diversas searas. Criamos 7 novas Promotorias de Justiça na região metropolitana, objetivando melhor atender os direitos coletivos da população de Parnamirim, Ceará-Mirim, Macaíba, Monte Alegre e São Gonçalo do Amarante. Nomeamos mais 17 promotores para o cargo inicial da carreira. Sempre pensando na qualidade da prestação do serviço, hoje temos promotores de justiça e servidores em todas as comarcas, não havendo claros de pessoal que prejudiquem a continuidade da prestação ministerial aos cidadãos. Na imensa maioria de nossos prédios, o usuário pode contar com estrutura nova e confortável para pleitear seu direito - de que são exemplos as sedes das comarcas de Arês e Serra Negra do Norte, que inauguramos. Em breve, interligaremos todas nossas unidades, bem como o MPRN com outras instituições, com ousado projeto de videoconferência, a partir do qual poderemos nos comunicar à distância, em tempo real. Gerimos 74 prédios por todo o Estado, temos 239 membros (promotores e procuradores de justiça) e aproximadamente 1.150 integrantes do corpo de apoio (técnicos, analistas, assessores, assistentes, residentes e estagiários), sendo que nosso orçamento anual corresponde a 2,07% do orçamento geral do Estado deste ano. No segundo biênio de nossa gestão, esperamos intensificar o ritmo de melhorias administrativas e institucionais em curso, bem como aperfeiçoar a atuação do MPRN em sintonia com as principais demandas sociais. Nosso sentimento é o de que estamos cada vez mais preparados para bem atender a população.

Sexta-feira

Números A utilização dos números está de tal forma associada à evolução da comunicação que nada se define com precisão sem o auxílio deles. Além de servir para a quantificação e a ordenação, os números naturais também são essenciais nas comparações. Então exercitemos a força comparativa dos números. A imprensa divulga que o Brasil vivencia o maior evento de sua história. Um acontecimento maior que alguns outros aqui sediados tais como a Copa de 50, os Jogos PanAmericanos de 2007, a Rio 92 com a presença de 108 chefes de estado e até da Rio+20 - Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, realizada em 2012. Os números fazem a diferenciação. Neles podemos confiar, pois os números não mentem desde que usados com honestidade e sem subterfúgios. Números fenomenais. Assim serão classificados os três bilhões de pessoas em 200 países que acompanharão as partidas de futebol da Copa do Mundo de 2014. Impressionam os seis bilhões de reais investidos pelo mercado publicitário no evento. O dinheiro público empregado para viabilizar o torneio no

Artigo

Brasil alcançou a cifra de R$ 30 bilhões. Para que a 20ª versão da Copa do Mundo (8ª das Américas) ocorra serão credenciados 18 mil profissionais da mídia e estarão envolvidas 170 mil pessoas ligadas à propaganda. Estima-se que 20 chefes de estado visitarão o país no mês do Mundial. Desde que a Copa é Copa foi justamente aqui no Brasil, em 2014, que romperam uma tradição de 30 anos. É praxe o chefe da nação-sede discursar na cerimônia de abertura do evento, fato omitido na insípida festa inaugural da Copa 2014. Nunca dantes na história das Copas do Mundo isso havia ocorrido. Qual a razão de tal mudança de procedimento logo no país onde tudo foi custeado pelo governo federal? Ah, voltando aos números! Segundo a revista britânica The Economist, o Brasil depois de ostentar durante alguns meses em 2012, o título de sexta economia mundial, até o final de 2014 deve cair da sétima para a nona posição ficando atrás de dois membros do Brics: Índia e Rússia. Enquanto isso o IDH, a referência mundial criada pela ONU para avaliar o desenvolvimento humano de cada país, mantêm o Bra-

PAULO LOPO SARAIVA, advogado e professor (pauloloposaraiva@hotmail.com)

sil na 85ª posição. E tem mais: pelo quarto ano seguido, o Brasil perdeu competitividade no cenário mundial. Ficou em 54º lugar em uma lista de 60 países no Índice de Competitividade Mundial da escola suíça IDM. Há quatro anos o país ocupava a 38ª posição. Numa avaliação apoiada pelo jornal britânico Financial Times em 2014 para comparar 40 países, no quesito desempenho escolar, o Brasil aparece na 38ª posição na frente de México e Indonésia. Já, com base em dados oficiais da Organização Mundial da Saúde, do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional, a agência de notícias Bloomberg, em 2013, colocou o Brasil entre os piores sistemas de saúde do mundo. Sem querer nem poder duvidar, tampouco questionar a força comparativa dos números quando utilizados com seriedade é que ousamos acreditar na última pesquisa do Pew Institute, entidade americana que fornece informações sobre tendências e questões que estão moldando os EUA e o mundo, ao afirmar que 70% dos brasileiros estão hoje descontentes com o governo. Ora, pois, pois! Pois, então mudemos.

ADAUTO MEDEIROS, engenheiro civil e empresário (adautomedeiros@bol.com.br)

Povo pede mudanças urgentes, e eles respondem com Lei da Palmada Esta leitura que os políticos estão fazendo dos anseios da sociedade brasileira, me parece muito mais com o samba do crioulo doido. O povo vai às ruas pedir melhoras nos serviços públicos, ética na política, controle nos gastos excessivos nos três poderes, além de total ausência nos desvios de verbas e mesmo melhoria nesta que parece ser o grande sonho da esquerda esquizofrênica, que é a Petrobras. Mas nada disso vemos. Mesmo no setor judiciário, no chamado Supremo Tribunal, um ministro é desafiado por um advogado com dedo em riste, com o silêncio dos outros ministros. Parece mesmo que neste país comandado pelo PT só que pode ser condenado são os políticos de oposição. Sinceramente diante de todo

Artigo

esse "samba do criolo doido" a minha conclusão é que não estamos vivendo sob um bolchevismo disfarçado e sim é ele mesmo em sua maior edição. Enquanto isso o Congresso faz que não tem nada a ver com essa esculhambação (desculpem o palavrório chulo) e com isso sua importância vai diminuindo até chegarmos a conclusão que não precisamos dele mesmo. É o fim da democracia. Não é Renan? Creio mesmo que Renan Calheiros não entende que o povo quer mudança, porque ele continua com a mesma mentalidade de quando saiu de seu povoado que não tinha luz elétrica, escola, sanitário dentro de casa, pois é assim que ele vê o Brasil. Devemos reconhecer, no entanto, que ele é

quem tem menos culpa e sim os 80 senadores restantes que o transformaram em Presidente do Senado, levando-nos a ter uma noção de que o senado não serve para nada. Quem sabe na sua cabeça (a de Renan) o país deve continuar carregando água da pior qualidade e com isso não mata a nossa sede de justiça nem de dias melhores. Tenho a convicção e a consciência de que o senado se não serve para nada, ou muito pouco, para a sociedade brasileira, tem um poder imenso de atrapalhar o país. Senhores senadores acordem. Senão quem vai terminar levando a palmada final são os senhores, e que me desculpem os leitores, senhores que são na verdade excelências de araque!

CID MONTENEGRO, empresário (flabcid@uol.com.br)

Copa, encontro dos povos Se existem entre os rios o encontro das águas, em Copa do mundo é o encontro dos povos. Muitas vezes dois países estão em guerra e no gramado jogadores desses países se enfrentam com lealdade e o perdedor abraça o vencedor como um exemplo real de respeito à vida, a paz e ao próximo. Me programei para assistir in loco (até porque fui convidado) a abertura com Brasil x Croácia em SP. Comprei Uruguai x Itália em Natal. Só que não parei aí. Pois meu querido Gonçalves ex-zagueiro do Botafogo e seleção brasileira jogou em Guadalajara /México. Outro querido nosso capitão do Tri Carlos Alberto jogou no Cosmos/NY, e o Rei da Nação Rubronegra Zico, nosso Galinho é mais que muito querido, é um Imperador no Japão onde tem uma estátua sua no maior estádio de lá. Todos esses: Gonça, Carlinhos e o Galo me ligaram com uma só frase. "Montenegro, estão chegando aí na sua cidade uns casais amigos com filhos e lhe peço que dê uma atenção a eles, ok? Afinal Natal é com você." Evidentemente que eu disse ok. (risos). Cada povo tem suas características, mas todos têm uma coisa em comum: O amor pelo futebol. Os mexicanos animados, barulhentos ("Mérrico, mérrico e mérrico) tão alegres que contagiam e chegam ao deslumbramento. Os americanos preferem informações da cidade como: População, índice de segurança, economia, desenvolvimento. Eles desembarcaram à noite e iam embarcar também pela noite então quiseram retornar ao aeroporto durante o dia e perguntaram capacidade de armazenamento, pediram para conhecer o ginásio que se praticava o basquete então fui ao Nélio Dias com eles. Se aqui praticava futebol americano, beisebol, onde era o maior campo de golfe aqui (aí me complicaram) e indagaram se aqui havia cassino, nem que fosse flutuante (me complicaram mais ainda. Disseram que vários grupos de grandes industriais

norte americanos viajam em jatos particulares para jogar cartas, gerando emprego, renda e não se importam da enorme carga tributária cobrada pelo estado.). Eu disse: "Pois é, em vez do pessoal vir gastar aqui, os daqui que vão gastar lá. Aqui jogo não pode, só pode sim, embargos infringentes para proteger mensaleiro, pode superfaturar", mas ... jogo não pode". Porque trata se de jogo de azar, só que aqui quem mais faz jogos de azar é o governo: Tele Sena, mega sena, ligue agora pague 2,80 e concorra a mihão, etc. Todavia se encantaram com as praias e o Iate Clube, mesmo com tempo contrário. Os japoneses alegres, sorridentes e fotografavam tudo que vinham pela frente. Às vezes batia uma ansiedade para falar mas tinham certeza que ninguém iria entender (kkk). Eu contratei um interprete, pois inglês e espanhol se dá um jeito, mas japonês ? Nem pensar kkk. Gostaram muito da nossa culinária em especial o Camarões e a ginga da Redinha de Hélio Rocha, Eunélio e Vicente Serejo. Todos os mexicanos, norte americanos e japoneses adoraram os amigos que os apresentei Nelson Freire, Romildo Jr, Sami Elali entre outros... Disseram que o brasileiro é um povo feliz e que sabe viver a vida e não pede muito para ser feliz. Falaram na beleza das nossas mulheres, nossas praias e também das belezas diferentes em cada região do nosso país. Todos eles foram às compras, do Midway , o artesanato e camelôs. Prometeram voltar e me convidaram para eu ir nas suas cidades para retribuir. Todos são muito bem sucedidos, porém muito simples. São empresários em seus países e o norteamericano o Dr. Patrick Boeher tem um irmão que foi senador pelo partido Democrata e outro que é deputado federal que lá se chama Câmara dos Representantes. Já o seu filho Daniel (que o ex-deputado Elias Fernandes conheceu) é afilhado de batismo de Bill Clinton a quem Dr. Pa-

Artigo

trick tem uma grande amizade pessoal. Não vai parar por aí, pois o gênio Júnior ex-jogador do Flamengo e seleção e o rei Galinho que moraram na Itália já me avisaram que virão esse fim de semana amigos deles de: Milão, Turim, Udine e Roma para eu receber. Eu além de atender aos amigos que me recebem com todo carinho no Rio, me orgulho de apresentar a todos eles meu estádio Frasqueirão, minha cidade Natal, o meu lugar, o meu time ABC, o meu país, os meus amigos. Por uma questão cultural os filhos de tio Sam e os homens dos olhos apertados sempre pediram notas fiscais, com a exceção dos camelôs porque eu logo expliquei que eram trabalhadores honestos, dois inclusive meus amigos, mas que estavam na informalidade. Que voltem, já dizia o saudoso Alcione do memorável Tahiti em suas legendárias faixas espalhadas em Natal : "A volta do turista é a gente que faz. Turistas merecem casa, comida e roupa lavada, carinho neles" E assim é Natal, assim é o Brasil. PS. Obrigado ao professor Joca pelas palavras e leitura desse eterno aprendiz de escritor e registro um papo mais que agradável com amigos de gerações de nossas famílias ontem: Casais Rogério Santos/Maruska Alencar e Fernando Tavares Vemvem/Liane Fagundes. PS II: A fazenda de nome Picada do meu saudoso avô ex deputado Major Montenegro no vale do Assu tinha um enorme e agradável terraço. Então ... Se um dia o Dr. Patrick me levar ao irmão dele deputado a Washington D.C eu já tenho o título do artigo nesse JH. "Do alpendre da Picada aos jardins da Casa Branca", kkk ... PS III. Todos os turistas mencionados receberam camisas do ABC e eu ate brinquei com os novaiorquinos. "Eu sabia que um dia ia ver americanos com a camisa do Mais Querido", kkk. Até a próxima.

A posse da ministra Elizabeth Guimarães Segunda-feira, próxima passada, dia 16 de junho de 2014, participei, com imenso jubilo, da posse da ministra Elizabeth Guimarães, como presidente do Superior Tribunal Militar STM, em Brasília/DF. Foi um momento inesquecível, de grande significação humanística, em face da trajetória da nova presidente do STM. Conheci a ministra Elizabeth, nos anos 90, quando instalei e presidi a Comissão de Estudos Constitucionais, do Conselho Federal da OAB. Na época, ela era constituída por ilustres constitucionalistas pátrios, com destaque para o mestre Paulo Bonavides, o professor Arx Tourinho e a própria ministra, aqui destacada. Foram tempos mágicos, místicos e mitológicos que ficaram gravados para sempre na memória e no coração da sociedade brasileira. A ministra mineira possui um invejável curriculum vitae; é mestra em Direito pela Universidade Católica de Lisboa; doutora pela Universidade Federal de MG; pós-doutora pela Universidade de Lisboa. Pertence e pertenceu a inúmeras entidades de direitos humanos, sendo uma das coordenadoras da obra "Lições de Direito Constitucional", em homenagem ao professor lusitano Jorge Miranda, editada pela Forense, em 2008. Participei dessa obra com um artigo inédito sobre a "Constituição da Casa Grande e da Senzala". A Justiça Militar tem importância, na historiografia judiciária brasileira. Foi instalada, na época de D. João VI, sendo a mais antiga, entre nós. Ela está prevista pelos artigos 122, 123 e 124 da CFB/88, com a seguinte dicção: "Seção VII - Dos Tribunais e Juízes Militares Art. 122. São órgãos da Justiça Militar: I - o Superior Tribunal Militar; II - os Tribunais e Juízes Militares instituídos por lei. Art. 123. O Superior Tribunal Militar compor-se-á de quinze Ministros vitalícios, nomeados pelo Presidente da República, depois de aprovada a indicação pelo Senado Federal, sendo três dentre oficiais-generais da Marinha, quatro dentre oficiais-generais do Exército, três dentre oficiais-generais da Aeronáutica, todos da ativa e do posto mais elevado da carreira, e cinco dentre civis. Parágrafo único. Os Ministros civis serão escolhidos pelo Presidente da República dentre brasileiros maiores de trinta e cinco anos, sendo: I - três dentre advogados de notório saber jurídico e conduta ilibada, com mais de dez anos de efetiva atividade profissional; II - dois, por escolha paritária, dentre juízes auditores e membros do Ministério Público da Justiça Militar. Art. 124. À Justiça Militar compete processar e julgar os crimes militares definidos em lei. Parágrafo único. A lei disporá sobre a organização, o funcionamento e a competência da Justiça Militar." Na época do regime militar brasileiro, o STM pontilhou de garantismo as suas decisões, concedendo inúmeros habeas corpus, em favor de presos políticos, dentre eles Miguel Arraes e Djalma Maranhão. Este segmento judiciário sempre foi afeito aos apelos sociais, escrevendo na história pátria, páginas de civismo e de grandeza constitucional. Muitos dos ministros militares e civis souberam enfrentar os "anos de chumbo", sem perder a noção da dignidade da pessoa humana. De fato, o ser humano pode perder sua liberdade, mas jamais perderá a sua dignidade. Com a presença da ministra Elizabeth, no comando do STM, teremos dias de concretização constitucional, no mais alto padrão humanístico, pois sua formação cultural garante esse novo "saber", esse novo "fazer", em benefício dos que baterem à porta do STM. Agradeço o gentil convite que recebi e a convivência imorredoura daquela tarde, quando, mais uma vez, convivi com uma das mulheres brasileiras, mais sábias e dignas da história feminina do nosso país. Que Deus ilumine a ministra Elizabeth Guimarães.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Fernanda Souza EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Fábio Pacheco EDITOR DE CULTURA Conrado Carlos EDITOR / JH Online Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 300,00 Interior (via ônibus): R$ 350,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 2,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 6,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Sexta-feira

Natal, 20 de junho de 2014

O Jornal de HOJE 3

Candidato a presidente de Wilma afirma que não quer Henrique em seu Governo EDUARDO CAMPOS AVISA QUE PEEMEDEBISTAS VÃO FICAR NA OPOSIÇÃO SE ELE FOR ELEITO PRESIDENTE DA REPÚBLICA Heracles Dantas

Wellington Rocha

Heracles Dantas

Henrique Alves não é bem visto por parte do PSB já há algum tempo...

...Eduardo Campos, inclusive, já havia confirmado que não foi consenso...

...Quando Wilma de Faria desistiu do Governo para apoiar o PMDB

CIRO MARQUES REPÓRTER DE POLÍTICA

A diversidade política reunida no palanque do pré-candidato ao Governo do Estado, Henrique Eduardo Alves, do PMDB, tem causado situações interessantes e uma delas pode ser vista na entrevista concedida pelo pré-candidato a presidente da República, Eduardo Campos, do PSB, ao portal IG. Isso porque Campos afirmou que, se eleito, no governo dele não haverá espaço nem para o atual presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), nem para Henrique, chamados por Campos como representantes da "velha política". A situação merece destaque porque Eduardo Campos é o "presidenciável" apoiado pela principal aliada (de momento) de Henrique, a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria. Campos, inclusive, é o presidente nacional do PSB, sigla dela e já havia externado, até em entrevista coletiva realizada em Natal, que era contrário a continuidade de integrantes dessa "velha política" na gestão federal pessebista. Eduardo Campos, no entanto, não havia sido, até agora, tão direto com relação a aversão dele a Henrique e aos líderes peemedebistas. Segundo o IG, "depois de dizer que seu governo não abrigará 'velhas raposas' da política (o que ele falou, até, em Natal) como o

senador José Sarney (PMDB-AP) e Fernando Collor (PTB-AL), o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, estendeu a afirmação a toda a parcela do PMDB que hoje apoia a reeleição da presidente Dilma Rousseff". O site acrescentou que, na conta do ex-governador e pré-candidato a presidente, entrou a ala do partido hoje comandada por nomes como o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL),

o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e o líder do partido na Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). "Esse lado do PMDB (de Renan, Henrique Eduardo Alves e Eduardo Cunha) estará na oposição no meu governo. Pode estar certo disso", afirmou Campos em entrevista ao programa Opinião, da TViG. "Esse PMDB está no governo de Dilma. Não é possível que, depois de 30 anos de

redemocratização, a democracia brasileira fique de joelhos diante de uma velha política que constrange todo dia o cidadão que paga impostos. O PMDB que está conosco é o de Pedro Simon, de Jarbas Vasconcelos", acrescentou. Em entrevista concedida em Natal, Eduardo Campos já havia afirmado que o problema das administrações federais não eram apenas o PT e o PSDB, mas sim partidos que, independentemente

de quem está na cadeira da presidência, continuam no poder. A declaração foi uma clara referência ao PMDB, que apoiou os dois partidos na administração federal. "O que vejo é o Governo repetir os mesmos erros, cercado das mesmas forças que estiveram com Fernando Henrique no segundo governo. É a mesma turma", afirmou Eduardo Campos. Além disso, na oportunidade, Eduardo Campos também afirmou

que a decisão do PSB local de se aliar a Henrique Alves não foi uma unanimidade dentro da sigla. As revelação foi feita em meio à lembrança das duras críticas feitas pela ex-senadora Marina Silva, que deverá ser a candidata do PSB a vice-presidente. No ano passado, ela afirmou que Henrique Alves representava a "velha política" e o fisiologismo político, ou seja, a troca de apoio político por cargos, por exemplo.

Palanque de Henrique, Wilma, Agripino e Adenúbio reúne apoiadores de quatro candidatos a presidente A situação "complicada" de Henrique Eduardo Alves - e mais ainda de Wilma, que apóia um candidato que será oposição a um eventual governo do partido dela - já era esperada. Isso porque no extenso palanque formado pelo peemedebista há, simplesmente, apoiadores de quatro pré-candidatos a presidência da República. Henrique e o PMDB, por exemplo, apoiam a reeleição da atual presidente da República, Dilma Rousseff, do PT. O pré-candidato ao Governo do RN, inclusive, foi um dos defensores da continuidade da aliança nacional entre PT e PMDB na convenção nacional peemedebista. Além disso, Henrique também comemorou e divulgou a declaração da presidente Dilma Rousseff, que ele seria o "candidato dela" no Rio Grande do Norte, mesmo o PT no Estado estando aliado ao PSD, do pré-candidato ao Governo, Robinson Faria. Senador e principal adversário ao projeto de reeleição do PT, o précandidato do PSDB à presidência, Aécio Neves, também encontra apoiadores no palanque de Henrique.

Candidatura à reeleição, Dilma Rousseff foi defendida por Henrique Alves na convenção nacional do PMDB Afinal, a sigla tucana e o Democratas estão com os peemedebistas no Rio Grande do Norte, de olho na "forte" coligação proporcional que os permitirá (re)eleger candidatos do partido à Câmara Federal. Por isso, para os pré-candidatos a deputado fed-

eral, Rogério Marinho (PSDB) e Felipe Maia (DEM) não há problemas em subir ao palanque liderado por um aliado nacional de Dilma. Além de Aécio Neves e Dilma, há também os apoiadores de Eduardo Campos, como o PSB de

Túlio Lemos tuliolemosjh@gmail.com CRISE A deputada federal Fátima Bezerra conseguiu provocar uma crise dentro do grupo que apóia sua candidatura ao Senado. Ao escolher, sem qualquer tipo de assembléia ou votação interna, um filiado recente do PT para ser seu suplente, Fátima ignorou os aliados e até os filiados históricos do PT. O salto da irmã de Tetê está cada vez mais alto. CRISE II Fátima escolheu simplesmente um ex-secretário de Wilma para ser seu suplente. Menos pelas qualidades técnicas de Jean Paul Prates, mais pela forma como o nome foi escolhido. Afinal, a própria Fátima sabe que tudo no PT é discutido e

Wellington Rocha

José Aldenir

votado. Ela desconheceu a prática de seu partido e a importância que os aliados poderiam ter na escolha. PRESIDENTE A união dos contrários começa a dar problemas aos seus integrantes. Com uma chapa de três cabeças, o acordão termina provocando situações desconfortáveis. O candidato a presidente de Wilma de Faria, ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, considera Henrique Alves, personagem indesejado para sua eventual gestão. O que dirá a Guerreira, que hoje morre de amores por Henrique? SUMIU Um leitor atento e question-

ador, quer saber da secretaria de Obras da Prefeitura, para onde foi a entrada da Rua Romualdo Galvão, para quem vai de Candelária para o Centro. Antes, existia uma entrada ao lado da casa de Geraldo Melo; agora, com o túnel, a entrada sumiu. A Semopi deve ter alguma explicação. FALSIDADE O senador José Agripino afirmou que a nota de solidariedade do vice-governador em desagravo ao que ocorreu na convenção do DEM, "é tão falso quanto uma nota de R$ 3". O pai de Felipe acertou. Até porque, em matéria de falsidade, Agripino é professor. Que o digam Rosalba e Carlos Augusto; Wilma e Henrique.

Aécio Neves é apoiado por José Agripino, do DEM, e Rogério Marinho, do PSDB, ambos aliados a Henrique

Wilma de Faria, pré-candidata ao Senado Federal. O contraste da opinião dela com a do presidente nacional do PSB é tamanha, inclusive, que Wilma até abriu mão de uma eventual candidatura ao Governo do Estado (mesmo sendo a fa-

vorita para a disputa segundo as pesquisas divulgadas no final de 2013) para apoiar Henrique, que era um dos mais fracos pré-candidatos naquele momento - até se recusava a disputa o Governo, ressalta-se. Ainda há no palanque de Hen-

rique Alves o Pastor Everaldo, do PSC, partido que faz parte do palanque peemedebista, com a representação do presidente da sigla no RN, o ex-vereador Adenúbio Melo, pré-candidato a deputado estadual.


4 O Jornal de HOJE

Política

Natal, 20 de junho de 2014

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

Sobre o agora e o depois Lula da Silva, sensível aos fatos de hoje e atento aos efeitos no amanhã, confessa sua perplexidade a respeito do quadro político-popular a menos de quatro meses do pleito para o Palácio do Planalto. nnn Conforme interlocutores dele no feriado de Corpus Christi, o ex-presidente da República identifica clima desfavorável ao PT em centros eleitorais estratégicos. Foram citados São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul. Os cinco estados representam a metade dos quase 142 milhões de cidadãos aptos ao voto. nnn O birô da coluna ouviu curiosa inconfidência de um dos que estiveram, ontem, no apartamento de Lula em São Bernardo do Campo, cidade próxima da capital paulista. Do que entendeu da "conversa enviesada" o senhor Silva descrê do sucesso do projeto de reeleição da afilhada que elegeu em 2010. Se confirmado "o infortúnio", planeja assumir a liderança da oposição no próximo ano e preparar o Partido dos Trabalhadores para reconquistar o governo em 2018. Aí, sim, ele poderá ser candidato. Neste 2014, não. nnn Pós-escrito: Segundo especialista em análise de pesquisa, rejeição de 40% complica uma candidatura. Acima desse índice, estágio da senhora Rousseff com 43%, acende-se o sinal vermelho. Divulgação

CASO EM QUESTÃO

"Quem está preso tem pressa". Autor da frase: Luís Roberto Barroso (foto). Disse-a quando prometeu colaborar para que se realize, o mais cedo possível, o julgamento dos recursos de réus condenados na Ação Penal 470. nnn Barroso é ministro-relator do processo apelidado Mensalão do PT e que levou ao cárcere antigas estrelas petistas e de siglas coligadas. O pleno do Supremo Tribunal Federal deve apreciar próxima semana, talvez na quarta-feira, os pedidos para prisão domiciliar - caso de José Genoíno - e de liberação para trabalho externo de prisioneiros como José Dirceu.

FALTA DE PRÁTICA

É ampla a lista de fatos jocosos protagonizados por gente do poder. Desde a época de ministra - Minas e Energia e, depois, Casa Civil -, Dilma Rousseff tem sido pródiga na colaboração com o folclore político. nnn Há dois dias, a presidente da República visitou áreas inundadas no interior do Paraná. No discurso de solidariedade à população, prometeu um barco de "fibra ótica" (*) para ajudar "o povo na enchente". nnn (*) Meio de transmissão que permite o tráfego de dados com rapidez próxima à velocidade da luz, ensinam os dicionários.

(

PERGUNTAR NÃO PAGA IMPOSTO

CURIOSIDADE APENAS Já escolheu seu candidato a governador do Rio Grande do Norte ou prefere aguardar os debates no rádio e na tevê, para comparar os pretendentes?

)

LEITURA DINÂMICA t Vai além do retorno ao diálogo a relação do Planalto com o líder do PMDB na Câmara. Dilma Rousseff designou Roberto Derziê, indicado por Eduardo Cunha (RJ), para dirigir a área de operações corporativas da Caixa Econômica Federal. t Desinteresse da juventude pelo voto, neste ano. Só 25% dos brasileiros entre 16 e 17 anos se habilitaram ao título de eleitor. t Três grupos do PR se confrontam, amanhã, na convenção nacional do PR: dilmistas, aecistas e defensores de candidatura própria - a do senador capixaba Magno Malta.

t Eduardo Campos avisa que "está tudo muito bem" entre ele e Marina Silva, provável vice do presidenciável socialista. t Mudança em Goiás: com 34,5% das intenções de voto, o ex-governador Íris Rezende (PMDB) assume a liderança da corrida ao Palácio das Esmeraldas. O tucano Marcone Perillo, recandidato, está na cola: 33,9%. Na sequência, Vanderlan Cardoso (PSB), 11%; Antonio Gomide (PT), 7,2%; Maria Jane (PCdoB), 1,9%; e Professor Pantaleão (PSOL), 1,8%. t Para refletir: "O ciúme é um latido que atrai cães" (Karl Kraus, dramaturgo e poeta austríaco).

Sexta-feira

Justiça nega indenização a direção da Urbana e reforça “liberdade de imprensa” JUIZ AFIRMOU QUE DECISÃO SE BASEIA NO DIREITO DO JORNALISTA SE EXPRESSAR Heracles Dantas

O juiz Agenor Fernandes da Rocha Filho julgou improcedente a ação movida por diretores da Companhia de Serviços Urbanos (Urbana) contra o colunista Tulio Lemos, d'O Jornal de Hoje. A ação pedia indenização paga pelo jornalista por dano morais por notas publicadas na coluna, onde foram apontadas irregularidades no processo licitatório da Urbana – que depois foram comprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Segundo os diretores da Urbana, "o jornalista se muniu do seu veículo de comunicação de trabalho (jornal) para proferir por escrito diversas notas as quais afrontaram diretamente a honra, objetiva (imagem) e subjetiva (caráter), dos mesmos". Em sua sentença, o juiz se reporta ao pedido: "Alegam ainda os demandantes que as notícias foram veiculadas diversas vezes através do jornal escrito as quais comprometeram a idoneidade do grupo que compõe a diretoria da Urbana". Contudo, em nenhum momento os nomes dos autores foram proferidos. "Em análise das alegações formuladas por ambas as partes litigantes e das provas documentais acostadas aos autos, verifica-se que, de fato, os nomes, pessoas físicas, dos membros da diretoria da urbana não foram sequer mencionados nas notas publicadas pelo jornal, a todo momento, o réu sempre se refere à 'Diretoria da Urbana', tratando o alvo de suas críticas como um 'órgão' da empresa", analisou o magistrado. "Dessa forma, constata-se que nenhum dos autores foram ofendidos diretamente em sua honra diante da ausência de menção dos nomes específicos de cada integrante da diretoria; todavia, se os autores se sentiram de certa forma abalados e/ou constrangidos é algo natural, pois a empresa a qual trabalha estava sendo alvo de críticas

Direção da Urbana havia processado colunista Tulio Lemos devido às notas publicadas apontando irregularidades na licitação e diversos questionamentos", mento foi evidenciada alguma acrescentou o magistrado. prova de que os autores, de forma As notícias individual e diapenas foram reta, tenham sido relacionadas à afrontados. “Não se pode visualizar como "Diretoria da "Verifica-se Urbana" e que, que a parte ré outra coisa senão opiniões de de fato, houve um jornalista, também cidadão, apenas veiculou questionamen- protegidas pelo manto da liber- de forma públitos a determica em razão de nados detalhes dade de expressão, e por terem sua profissão as do edital de li- sido veiculadas através de jor- suas opiniões, citação, bem alertas e desconnal, abraçadas também pela como da metotentamentos com liberdade de imprensa” dologia utilizaa forma de proda para o certaceder da Urbana, AGENOR FERNANDES DA ROCHA me. Agenor objetivando alarJUIZ DE DIREITO Fernandes da mar a sociedade Rocha Filho recivil e as autorilembrou tamdades públicas bém que durante a audiência de sobre o tema, mas em momento instrução foram colhidos os de- algum cita os nomes das partes aupoimentos das partes, de testemu- toras depreciando-as como profisnha e declarante e em nenhum mo- sionais da empresa ou como cidadãos, se referindo apenas a diretoria ou órgão diretor o qual possui o condão de coordenar um certame de licitação", analisou o magistrado. Dessa forma, cobrar indenização pelas notas acabariam sendo um atentado a liberdade de imprensa. Até porque é fato que, depois delas e das matérias publicadas n'O Jornal de Hoje, houve uma redução do valor que seria pago na licitação da Urbana por meio de decisão do Tribunal de Contas do Estado - que observou um sobrepreço de R$ 28 milhões no edital. "Com efeito, não se pode visualizar tais declarações escritas através de notas como outra coisa senão opiniões de um jornalista, também cidadão, protegidas pelo

manto da liberdade de expressão, e por terem sido veiculadas através de notas em um jornal, abraçadas também pela liberdade de imprensa, pois em nenhuma delas se aponta pessoas específicas e/ou culpados por algo que não se sabe ao certo se ocorreu, vem ocorrendo ou ainda vai ocorrer e conforme anteriormente mencionado, não cabe a este Juízo analisar as regras de direito administrativo do processo de licitação criticado nem mesmo as eventuais e/ou possíveis irregularidades caso tenham ocorrido", decidiu o juiz, ressaltando que, tanto de forma objetiva, quanto subjetiva, a honra dos autores não foi atingida pelo jornalista. LIBERDADE O jornalista Tulio Lemos comemorou a sentença do juiz Agenor Fernandes: "A liberdade de imprensa foi respeitada, associada à liberdade de expressão. Afinal, o que nós fizemos foi somente alertar que o dinheiro público poderia ser utilizado de forma indevida e a sentença é bem clara a esse respeito. Nunca trabalhamos de forma irresponsável ou com agressões pessoais. O que fazemos é crítica ou denúncia de forma institucional, com objetivo explícito de evitar gastos desnecessários do dinheiro público". Segundo o colunista deste vespertino, a sentença é importante para evitar que ações intimidatórias prejudiquem o trabalho da imprensa. "O Judiciário foi guardião da liberdade em favor da sociedade", acrescentou Lemos.


Política

Sexta-feira

Natal, 20 de junho de 2014

O Jornal de HOJE 5

Fátima escolhe ex-secretário de Wilma para suplente e gera crise entre aliados DECISÃO DA DEPUTADA NÃO PASSOU POR ANÁLISE DOS DEMAIS PETISTAS, PROVOCANDO INSATISFAÇÃO DOS CORRELIGIONÁRIOS Wellington Rocha

ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

A deputada federal Fátima Bezerra (PT), pré-candidata ao Senado, escolheu um ex-secretário da gestão Wilma de Faria (PSB), sua provável adversária nas eleições deste ano, para ser seu primeiro suplente de senador. O fato, veiculado nas últimas horas, eclodiu uma nova crise na aliança com o PSD e o PC do B. Além de escolher um ex-auxiliar do governo Wilma de Faria, Jean Paul Prates, ex-secretário de Energia, para suplente, a crise também se deve à restrição, feita pelo PT, de que só petistas poderão assumir a primeira e a segunda suplência da deputada. É a segunda exigência do PT considerada prejudicial à chapa Robinson governador, Fátima senadora. A primeira reivindicação que prejudicou o palanque de Robinson e Fátima foi a requisição, da parte dos petistas, de que a chapa proporcional para deputado estadual tinha que excluir o PSD dos deputados José Dias e Gesane Marinho. Inicialmente, os petistas partiriam para uma aliança "puro sangue", ou seja, apenas com candidato do PT a deputado estadual.

Fátima Bezerra um nome para suplente que causou insatisfação em parto do Partido dos Trabalhadores... Num segundo momento, após a exclusão do PDS, o PT abriu para se coligar com o PC do B. O fato gerou a retaliação da deputada estadual Gesane Marinho, que terminou desistindo de concorrer à reeleição, abandonou o palanque e o projeto de Robinson e Fátima e anunciou o apoio do seu grupo político à pré-candidata de Henrique Alves ao governo do Estado e Wilma de Faria ao Senado.

Agora, o PT restringe a indicação dos suplentes de Fátima aos petistas, expondo novo flanco na aliança. O presidente estadual do PC do B, Antenor Roberto, relatou que em reunião com Fátima foi informado sobre a resolução dos petistas definindo as indicações para suplência como sendo exclusivas do próprio PT. Em entrevista à imprensa, ele apontou "falta de inteligência" na

Heracles Dantas

... Porque Jean-Paul Prates é ex-secretário de Wilma de Faria, principal adversária na disputa pelo Senado

postura do PT e "acumulação política" inexplicável. "Não há inteligência política nisso. Se o PT tivesse nome que agregasse política e eleitoralmente poderia ser explicada essa acumulação política do PT", analisou Antenor Roberto. O nome de Jean Paul Prates não é consenso nem mesmo dentro do PT. O partido também quer indicar o empresário Raimundo Glauco para primeiro suplente. A seus

interlocutores, Fátima tem dito que Jean Paul, pelo perfil técnico, agrega mais à chapa. Mas, há controvérsias. Há quem defensa um nome ligado ao empresariado ou a segmentos específicos da sociedade, como o presidente da CUT no RN, José Rodrigues Sobrinho. Caso fosse aberto ao PC do B indicar, o nome do próprio presidente da legenda, Antenor Roberto, é bem visto. Entretanto, não é

o único. O próprio dirigente do PC do B aponta a indicação de Airene Paiva, tabelião em Parnamirim filiado ao PCdoB. "Ele viria a integrar e somar porque faz parte de um segmento presente em todo Estado. A categoria dos tabeliães é importante e somaria para chapa", avaliou Antenor, ressaltando que a indicação do seu partido serviria para acumular força "política e eleitoral". Wellington Rocha

> NOVO RUMO POLÍTICO

Enildo deixará partido de José Agripino:

“Me filiar ao DEM foi um grande erro” Ex-vereador de Natal, o médico e professor universitário Enildo Alves, atualmente no DEM, deverá pedir desfiliação e efetivar nova opção partidária. A meta política do ex-líder governista na Câmara Municipal de Natal foi anunciada na manhã desta sexta-feira, durante entrevista ao "Jornal da Cidade", da FM 94, e coincide com o momento de crise por que passa o DEM no Rio Grande do Norte, com o veto à candidatura à reeleição da governadora Rosalba Ciarlini (DEM). "Quando eu deixei o PSB, depois de conseguir na Justiça Eleitoral a justa causa, cometi um grande erro político quando, em setembro de 2011, no final dos prazos para você concorrer aos pleitos de 2012, eu fiz a opção pelo DEM. Foi um grande erro meu. Já tinha até tido uma conversa com Garibaldi, com Walter Alves, com Hermano, já estava bem encaminhada a minha ida para o PMDB, mas cometi esse equívoco, porque o DEM está mostrando, nesse episódio desse ano, e outros, que realmente eu fiz uma opção equivocada", disse Enildo. O ex-vereador declarou que,

nesse período, nunca ficou à vontade na legenda. "Eu nunca fiquei à vontade no DEM", afirmou Enildo, destacando que sofreu falta de prestígio dentro da legenda comandada estadual e nacionalmente pelo senador José Agripino Maia (DEM). Enildo afirmou que estuda se filiar ao PMDB. Nos próximos dias, ele deverá ter uma conversa com o atual presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB), pré-candidato do PMDB a governador. A tendência é apoiar Henrique para o governo e a atual vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria (PSB), para o Senado. Ele foi convidado pela pré-candidata ao Senado a atuar na campanha nos dois meses anteriores ao pleito. Entre as razões de decepção com o DEM, Enildo cita o fato de que o partido "esqueceu" a capital, Natal, nas eleições municipais passadas. Em 2012, segundo ele, o partido da governadora Rosalba manteve preocupação eleitoral apenas com a sucessão no município de Mossoró, esquecendo-se de trabalhar por melhores resultados em Natal. O fato teria sido prejudicial à candidatura de Rogério Marinho

(PSDB) a prefeito de Natal. Na época, o DEM de Agripino indicou o engenheiro e empresário Haroldo Azevedo Filho para vice de Rogério, mas o partido, mesmo tendo a governadora do Estado, teve participação inexpressiva na campanha. "Se você se recordar da eleição passada, o DEM esqueceu Natal. Nós fomos abandonados pelo partido na eleição majoritária. O candidato apoiado era Rogério Marinho. Nós fomos abandonados. Os vereadores também foram abandonados pelo partido que se fixou na eleição de Mossoró, e deu no que deu", disse Enildo, que foi um dos prejudicados pela falta de prestígio. "Mas se pagou um preço muito alto e terminou se perdendo a Prefeitura de Mossoró", associou. Ainda sobre a falta de prestígio, Enildo declarou que chegou a ser ventilado para ocupar o cargo de secretário estadual de Saúde, mas a promessa do governo Rosalba não passou disso. "Houve até sinalização, mas eu disse ainda que não queria assumir nenhum cargo de governo. Mas o político sobrevive da política. A questão de ter indicações do governo, eu me senti total-

> SEGUNDO A VEJA

Felipe Maia lidera ranking de avaliação positiva na internet Depois de ter sido reconhecido o “Parlamentar Nota 10” pela Revista Veja, em 2012, o deputado federal Felipe Maia é apontado pelo site www.políticos.org.br como número um no ranking que avalia os parlamentares brasileiros. A página faz uma análise da atuação dos deputados e senadores do país. Para elaborar a lista e estabelecer uma pontuação foram adotados os seguintes critérios: presença nas sessões da Casa; gastos; ter ou não processos judiciais; qualidade administrativa e outros fatores, como formação acadêmica e filiação partidária. Os dados foram coletados de sites oficiais como o da Câmara dos Deputados, por exemplo. De acordo com Felipe Maia, estar novamente em primeiro lugar em um ranking que analisa os parlamentares do país é reflexo do trabalho desempenhado com seriedade e responsabilidade. “Agradeço o reconhecimento que mostra que estou no caminho certo na luta para

Reprodução

Ranking apontou Felipe Maia como um “parlamentar nota 10”, pela Revista Veja contribuir com o crescimento do Rio Grande do Norte e do Brasil”, comentou o parlamentar. SOBRE O SITE: O projeto “Ranking Políticos” surgiu em 2011 com o objetivo de

avaliar os políticos do Brasil. O site é administrado por Alexandre Ostrowiecki e Renato Feder autores do livro “Carregando o Elefantecomo livrar-se das amarras que impedem o Brasil de decolar”, lançado em 2007.

mente desprestigiado pelo partido, e nesse desfecho agora me levou definitivamente a decidir deixar o partido".

Ex-vereador, Enildo Alves acabou perdendo a reeleição na disputa eleitoral de 2012


6 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 20 de junho de 2014

Sexta-feira

Wellington Rocha

Wellington Rocha

Eliseu Silva (à esquerda) e Diogo Ferreira (à direita) são exemplos de motoristas de táxis que estão faturando algo com o mundial

TAXISTAS COMEMORAM AUMENTO DE PASSAGEIROS COM A COPA EM NATAL CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

Até o final da Copa do Mundo, Natal terá recebido cerca de 170 mil turistas nacionais e internacionais, de acordo com as projeções já divulgadas pelo Ministério do Turismo. O grande número de pessoas transitando na capital potiguar, uma das doze cidades-sede do Mundial, está aumentando o lucro dos taxistas, mudando o cenário já esperado para este período. De acordo com os profissionais, a arrecadação vem sendo entre 30% a 50% maior.

"A arrecadação está sendo bem acima do que o esperado", conta Elizeu Silva, motorista de táxi há mais de 15 anos. O comportamento dos estrangeiros e a boa aceitação dos serviços em Natal por parte dos turistas surpreendeu Elizeu, que já levou em seu carro visitantes do México, Gana, Estados Unidos, Japão, Grécia, Índia, Filipinas, Emirados Árabes e do Irã. "Os mexicanos e americanos são os mais generosos", disse, afirmando um lucro de aproximadamente 30% em cada viagem devido às gorjetas. "Alguns querem pechinchar e é claro que há negociação, mas a

maioria só quer saber o valor da corrida, deixando uma gorjetinha para nós", afirmou. Segundo o taxista, a boa comunicação com os turistas pode ser um fator a mais de 'sorte' no momento do pagamento pelo táxi. No seu caso, a boa comunicação parte da fluência em duas outras línguas: inglês e espanhol. "Teve um americano que me perguntou se eu falava inglês e se impressionou quando eu dei sinal positivo. Disse que eu fui o primeiro taxista que ele encontrou nessas condições. Mas também não tem muita dificuldade. Os turistas já chegam com o endereço certo, sa-

bendo exatamente os locais que querem ir, como os shoppings, a praia de Ponta Negra e, claro, o estádio Arena das Dunas", explicou Elizeu Silva. "Fiquei feliz com o reconhecimento deles conosco, com a aceitação pela cidade e também por estar superando minhas expectativas". Diogo Ferreira, que também é taxista há cerca de 20 anos, concordou quando o assunto se trata "superar as expectativas". De acordo com ele, a Copa do Mundo está "dando para ter um apurado muito bom". "Os turistas, principalmente os estrangeiros, não

APROVAÇÃO

DOS

TURISTAS COM OS SERVIÇOS EM

NATAL

É REFLETIDA EM ALTAS GORJETAS PARA OS MOTORISTAS

fazem questão de negociar o preço da viagem de táxi. Eles sempre deixam dinheiro a mais. Certamente, já podemos dizer que tivemos um primeiro legado da copa", afirmou. Para Diogo, os inúmeros estrangeiros que ocuparam seu carro saíram bem satisfeitos com a cidade. "Eu não sei falar inglês, mas consigo entender algumas palavras. Deu para observar que eles ficaram satisfeitos com Natal. A única reclamação que senti foi em relação a um transporte eficiente. A greve dos ônibus fez aumentar a demanda por táxi, mas a nossa frota

aqui é muito pequena. Então acredito que eles tenham sofrido um pouco com isso". O último jogo a ser realizado na Arena das Dunas pela Copa do Mundo será entre as seleções da Itália e Uruguai, marcando o fim do mundial na capital potiguar. Perguntado se essa é uma realidade triste diante dos faturamentos, Diogo rebate: "pelo menos não tivemos prejuízos. Os turistas estão sendo bem simpáticos e estão à vontade em nossa cidade. Claro que a presença deles não seria por muito tempo, mas o tempo que está sendo é suficiente", disse.

José Aldenir

> IMPASSE

Sintro confirma 70% da frota nos horários de pico e Semob avalia impacto de greve

Valdir Brito, diretor do Sintro, diz que categoria não ficará contra a sociedade

Com o dissídio coletivo entre motoristas e cobradores e os empresários marcado para a próxima terçafeira (24), o Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Rodoviário do Rio Grande do Norte (Sintro/RN) afirmou que está cumprindo o índice de 70% de ônibus urbanos e metropolitanos rodando nos horários de pico em Natal e desmentiu a informação que havia ordenado o recolhimento da frota na noite da última quarta-feira, como circulou nas redes sociais. Segundo o diretor do Sintro/RN, Valdir de Brito, apesar do fracasso nas tentativas de negociações entre a categoria e os empresários, os rodoviários estão cumprindo à risca a determinação judicial desde a segunda-feira passada, com 70% dos veículos circulando nos períodos das 5h às 9 h e das 16h às 20h e com 50% da frota nos demais horários. E que a redução no número de car-

José Aldenir

Na próxima quarta-feira toda a frota será colocada na rua durante negociação ros nas ruas foi pontual. "A sociedade pode ficar tranquila porque estamos cumprindo a liminar desde quando fomos notificados e não existe essa história de recolhimento de frota, como disseram. Mas, na última terça-feira soubemos que aconteceu uma redução

do número de ônibus circulando na cidade durante o horário do jogo do Brasil, quando apenas 30% dos veículos estavam nas ruas", afirmou. Ele falou ainda que, na próxima terça-feira, quando será decidido o dissídio coletivo entre motoristas e cobradores de ônibus e empresá-

rios no pleno do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), a expectativa é colocar toda 100% da frota nas ruas de Natal durante todo o dia, incluindo o horário do jogo entre Uruguai e Itália. "A previsão é suspender a paralisação neste dia, para demonstrar que realmente estamos dispostos a encerrar o movimento e que não queremos prejudicar a sociedade, apenas lutar pelos nossos direitos". disse. Na próxima segunda-feira (23), a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) divulgará um relatório contendo dados referentes aos dias de paralisação do transporte público e uma avaliação do impacto da greve do sistema de transporte coletivo no município. E, hoje à tarde, o prefeito Carlos Eduardo deve receber os representantes do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Natal (Seturn), para discutir a greve dos rodoviários.

> JOGO DECISIVO

Italianos instalam Casa Azurri em Natal antes de duelo com Uruguai A capital do Rio Grande do Norte vai ter um pontinho azul cravado no litoral: a Casa Azurri. O espaço é uma espécie de centro de tradições italianas promovido pela Federação Italiana de Futebol, mas reservada para convidados. Em Natal, o Chaplin Recepções foi escolhido para se transformar na casa azul. Segundo o proprietário do estabelecimento, Paulo César Galindo, a abertura da casa vai acontecer amanhã (sábado) e segue aberta até o dia 25 de junho. Durante a tarde e a noite de hoje, será preparada a decoração nas principais cores predominantemente da seleção mediterrânea. "Vai ser uma verdadeira embaixada do futebol italiano em Natal", classificou Galindo. De acordo com ele, a Federação já enviou o chefe de cozinha italiano, assim como massas e vinhos que vieram direto do país tetra campeão. "Hoje, ele [o chefe] até foi

Divulgação

Divulgação

Casa Azurri Brasile também foi instalada na cidade de Mangaratiba, no Rio

Local é reservado para convidados e será decorado com as conquistas da Itália

hoje na Ceasa complementar", acrescentou. Há seis meses, os italianos vieram a Natal para verificar a estrutura da cidade e a possibilidade de instalar a Casa Azurri Brasile. A cidade de Mangaratiba, onde a seleção italiana está baseada, também recebeu a casa. A decoração do es-

copas de 2008 e 2012. Na avaliação de Galindo, Natal não foi escolhida apenas por sediar uma partida decisiva da Azzurra. "Natal é uma cidade que tem muitos italianos, uma colônia muito grande e é uma cidade fortemente turística", disse. "Também fizemos um trabalho de captação muito

paço ressalta o quatro títulos da seleção (1934, 1938, 1982 e 2006) e ídolos da equipe. A organização desse tipo de estrutura começou a funcionar na Copa de 1998 na França. Desde então, também funcionou como base para os agregados à seleção italiana nas copas seguintes e nas Euro-

bom", continuou. A Casa Azzurri deverá receber jornalistas internacionais, autoridades, patrocinadores da equipe italiana, celebridades e também servirá de espaço para eventuais entrevistas coletivas de jogados ou comissão técnica. Conforme o proprietário do Chaplin, cerca de 100 jorna-

listas italianos utilizarão a estrutura. "A mídia espontânea não tem preço. Isso gera um efeito multiplicador enorme", pontuou. Além disso, haverá salas para uso dos convidados e serviço refeições o dia inteiro (café da manhã, almoço, jantar e open bar). Paulo César Galindo afirma que seu estabelecimento está preparado para receber até 600 pessoas em um espaço de 1.800 metros quadrados. "A nossa localização também influenciou nessa escolha, estamos praticamente à beira-mar. E o ambiente é todo climatizado". Na opinião dele, os estabelecimento que receberam eventos internacionais durante a Copa do Mundo fortaleceram seu portfólio. "O Chaplin agora está credenciado para qualquer evento internacional. O intercâmbio gastronômico que estamos fazendo também é outro ponto muito importante", destacou.


Economia

Sexta-feira

Natal, 20 de junho de 2014

O Jornal de HOJE 7

Fotos: Heracles Dantas

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

administracao@jornaldehoje.com.br

A coluna abre espaço hoje para o excelente artigo do consultor empresarial Ricardo Barbosa, no qual ele enumera uma série de qualidades indispensáveis aos profissionais que atuam como dirigentes ou executivos no mundo dos negócios, ao mesmo tempo em que dá dicas de como adquirir tais qualidades.

Oito características de um gestor de sucesso RICARDO M. BARBOSA DIRETOR EXECUTIVO DA EMPRESA INNOVIA TRAINING & CONSULTING E CONSULTOR EM GESTÃO DE PROJETOS COM ATUAÇÃO EM GRUPOS COMO ERNST & YOUNG, WURTH DO BRASIL, UNIBANCO E DAIMLER CHRYSLER A maioria dos colaboradores anseia em um dia alcançar o papel de gestor, e quando conquistado é motivo de grande alegria. Mas não podemos deixar de lado os aspectos negativos que surgem: há uma grande distância entre um bom profissional e um bom gestor. Não existe uma fórmula pronta para se tornar um bom gestor. Cada situação pede características diferentes e próprias do negócio que dificilmente poderão ser utilizadas em outros ramos. Mas, existem dois pontos imprescindíveis para uma gestão adequada: paixão por aquilo que se faz e capacidade de resiliência. Ter paixão pelo negócio é imprescindível para vencer as barreiras diárias e principalmente para motivar a equipe. Uma pessoa que não acredita e não defende o projeto no qual faz parte não consegue enfrentar todas as barreiras, o que reflete diretamente na produtividade. Outro ponto importante, a resiliência é a capacidade de se adaptar a diversas situações, mesmo que adversas. Em cada situação e até mesmo nas mudanças de equipe, deverá ocorrer adaptação na postura do profissional, de forma que não haja prejuízo nos processos de trabalho. Outras características que devem ser priorizadas pelos bons gestores são: 1) Capacidade de mediar e resolver conflitos - É saber ouvir e mediar os conflitos logo que surgem, mas não se deve tomar partido e buscar que as respostas para os conflitos ocorram naturalmente, trazendo ganhos para a corporação. Tenha uma postura racional evitando reações que prejudiquem o clima. Discussões ríspidas e muito emocionais devem ser controladas; 2) Iniciativa e pró-atividade - Em qualquer

Tentativas de fraude contra os consumidores brasileiros cresceram 9,4% em maio n Segundo a Serasa Experian, principal empresa do país no segmento da proteção ao crédito, o último mês de maio registrou em todo o território brasileiro mais de 171 tentativas da fraude conhecida como "roubo de identidade", em que dados pessoais obtidos clandestinamente são utilizados por criminosos para firmar negócios sob falsidade ideológica e até mesmo para obter crédito com a intenção de não honrar os pagamentos. n Esses dados constam do "Indicador Serasa Experian de

empresa, ter iniciativa e pró-atividade proporciona destaque, mostra o quanto você é engajado e quer crescer. O gestor, por sua vez, não se preocupará apenas com os demais funcionários, mas com todos os concorrentes que existem no setor de atuação. Agir é imprescindível para fazer os resultados aparecerem; 3) Autoconfiança - O profissional que quer tomar a frente de uma equipe precisa confiar em si mesmo para tomar decisões, arriscar e buscar novas formas de solucionar um problema que envolve vários setores; 4) Capacidade de reter talentos - Mais do que se esforçar para manter talentos na sua empresa é imprescindível cativá-los e dar aos mesmos ambições e segurança para que eles queiram continuar no projeto e, principalmente, almejem crescer. Para isso incentive a aprender e estar perto do núcleo de decisões do negócio; 5) É importante delegar o operacional - Um gestor tem como função gerenciar as ações, e se ficar se dedicando às questões operacionais perderá tempo e, principalmente, não estará preparado para sua real função. Delegue tarefas operacionais; 6) Conexões e criatividade - O gestor deve estar atento às inovações e mudanças do mundo e saber aplicar essas inovações ao cotidiano da empresa e ao seu campo de atuação levando a um retorno imediato; 7) Controle - O gestor não pode esquecer que ele está no comando e que é possível e aceitável delegar as funções. Mas não é adequado entregar todo o processo nas mãos da equipe, por mais competente e confiável que ela seja. Portanto, esteja na frente e crie métodos que possibilitem a visibilidade de todos os projetos em andamento, com o bom e velho relatório; e 8) Aprendizagem Contínua - O bom profissional busca se capacitar. Mas, se não possuir algumas das características citadas, aprenda e se especialize para então desenvolvê-las e aprimorá-las com o conhecimento adquirido.

Tentativas de Fraude - Consumidor" referente ao período acima e demonstra que houve uma tentativa de estelionato a cada 15,6 segundos no país, o que significou alta de 9,4 por cento em relação aos número apurados em abril. n O setor de telefonia respondeu por 64.329 registros, totalizando 37,5 por cento do total de tentativas de fraude realizadas, enquanto o setor de serviços - que inclui construtoras, imobiliárias, seguradoras, agências de viagens, etc. teve 54.823 registros, equivalente a 32 por cento do total, vindo em terceiro lugar o setor bancário, com 34.632 tentativas. n A Serasa Experian responde diariamente a 6 milhões de consultas relativas a crédito, auxiliando cerca de 500 mil empresas de diversos portes e segmentos a tomar a melhor decisão na hora de vender fiado. Indústria de confecção pode manter redução de intervalopara almoço aprovada em acordo n A 1ª. Turma do TST (Tri-

bunal Superior do Trabalho) manteve decisão do TRT da 21ª. Região (TRT-RN) que considerou legal a redução, por acordo coletivo, do tempo diário destinado ao intervalo para refeição, no caso dos trabalhadores em regime de 44 horas semanais. n Essa decisão resultou do julgamento de uma ação intentada por um trabalhador que não se conformou com a sentença do TRT e recorreu ao TST. Ele trabalhou na empresa Guararapes Confecções S/A entre os anos de 2007 e 2010, e protestava contra o intervalo de apenas 50 minutos para o intervalo de almoço, estabelecido mediante acordo coletivo de trabalho. n Para o relator no processo, ministro Walmir Oliveira da Costa, todas as exigências legais para a redução do período mínimo de intervalo, contidas no artigo 71, parágrafo 3º., da Consolidação das Leis Trabalhistas, foram atendidas, com autorização do Ministério do Trabalho e Emprego, não havendo portanto jornada extra de trabalho, como pleiteou o empregado.

Greve de ônibus e Copa prejudicam vendas de produtos do São João EM MEIO AOS JOGOS DO MUNDIA, FESTA ESTÁ “ESQUECIDA” Heracles Dantas

ALESSANDRA BERNARDO ALESSABSL@GMAIL.COM

A greve dos ônibus urbanos e metropolitanos da Região Metropolitana de Natal e a Copa do Mundo no Brasil estão prejudicando as vendas de fogos de artifício, roupas e comidas típicas de São João, segundo os comerciantes. Eles reclamam que a procura pelos artigos juninos caiu até 80% na cidade, em relação aos anos anteriores e que o efeito negativo foi ampliado pelas chuvas que estão caindo na cidade nos últimos dias, o que afugentou os compradores. "Estão devagar, quase parando, infelizmente. As pessoas estão mais centradas nos jogos da Copa do que no São João e isso está trazendo prejuízo para todos nós que comercializamos roupas típicas. Sem contar que a greve dos ônibus e as chuvas também têm dado sua contribuição para afugentar os compradores e não temos muitas expectativas não, para este ano. É muito triste", desabafou a comerciante Adalgisa Pereira. A situação é semelhante para todos os vendedores que trabalham na Avenida Antônio Basílio, um dos principais pontos de venda de roupas juninas. Lá, todos têm algo para reclamar e até mesmo quem está comercializando camisas da seleção brasileira e de outros países fala em prejuízos financeiros. Anielly Neres é uma delas. Com um stand repleto de camisas verdeamarelo, ela disse que o empate do Brasil contra o México esfriou o interesse das pessoas. "As vendas caíram 70% desde o empate. O brasileiro é um povo muito emotivo e esse resultado abalou a confiança das pessoas na nossa seleção, o que se reflete também nas vendas das camisas do Brasil. Hoje mesmo, ainda não vendi nada. Mas, basta a seleção ganhar o próximo jogo para todo mundo correr para comprar a camisa da seleção. Já se perder, com certeza todo o meu estoque vai encalhar", disse Anielly. Quem trabalha com milho, que é o ingrediente principal dos pratos

Roberto Xavier diz que poucas pessoas estão procurando por comidas típicas juninos, também relata prejuízos e baixas vendas a três dias do São João. "Cheguei aqui logo cedo e até agora, mais de 10h da manhã, só consegui vender uma mão de milho (que contém 50 unidades). Infeliz-

mente, as pessoas não estão chegando e eu acredito que seja principalmente por causa da greve dos ônibus. As pessoas têm medo de vir e ficar sem transporte para voltar", afirmou o vendedor Roberto Xavier.

Fogos de artifício também em baixa Outro item bastante procurado no período junino são os fogos de artifício, sejam aqueles coloridos ou os que fazem apenas barulho, conhecidos por fogos de tiro ou estouro. Estes são os mais procurados pelos torcedores, segundo o comerciante João Bosco, que acredita em um aumento na procura pelos produtos com a proximidade da data comemorativa, na próxima semana. "Muitos deixam para comprar os produtos de última hora, por isso, acredito que, quanto mais perto da data nós estivermos, mais as pessoas virão comprar os fogos, principalmente os foguetes de mão, que fazem mais barulho. A Copa do Mundo ajudou mais neste tipo de fogo", disse João. Mas, para Washington Reis, gerente de uma loja de fogos de

artifícios do Alecrim, o evento ajudou, mas também atrapalhou bastante o comércio local e a coincidência de datas do próximo jogo da seleção brasileira e o São João causou um efeito contrário nas vendas, principalmente dos principais tipos de fogos mais procurados da época. "A Copa aumentou a procura pelos fogos de barulho, tiros e estouros, que só podem ser manuseados por adultos, mas prejudicou bastante as vendas dos itens voltados para criança, como os traques e as bombinhas coloridas, que não oferecem tantos riscos. Mas, pode ser que isso mude com a proximidade da data, por isso, temos que aguardar, mas é fato que a greve dos ônibus e as chuvas prejudicaram as vendas neste período", disse. Heracles Dantas

João Bosco acredita em melhora nas vendas com proximidade da festa


8 O Jornal de HOJE

Natal, 20 de junho de 2014

Cidade

Sexta-feira

Fotos: José Aldenir

Wellington Rocha

Na fachada, letreiro está pronto e também a grande maioria dos prédios. Biblioteca, escolinhas de iniciação artística, quiosques, restaurante e concha acústica fazem parte da estrutura da nova Cidade da Criança

Cidade da Criança fica pronta até julho, mas governo não tem data de abertura ao público FUNDAÇÃO JOSÉ AUGUSTO AINDA ESPERA FINALIZAR ESCOLHA DE PRESTADORES DE SERVIÇOS PARA MARCAR DATA DEFINITIVA MARCELO LIMA REPÓRTER

Desde o período que foram iniciadas as obras da Cidade da Criança, muitas deixaram a infância e outras tantas nasceram. São seis anos de obras, adiamentos e promessas atravessando três governos. Agora, no último ano de gestão, o equipamento de lazer e convivência parece que vai se finalmente entregue à população. Conforme o empresário Fabiano Moreira, da construtora Ramalho Moreira, é possível entregar a obra até o mês de julho, mas a data de abertura da Cidade da Criança fica a cargo do governo do Estado. A presidente da Fundação José Augusto (FJA), Isaura Rosado, afirmou que prefere não marcar uma data, pois ainda haverá processo de ocupação dos quiosques e outras estruturas. Na manhã desta sexta-feira (20), no local, cerca de 60 trabalhadores da construtora Ramalho Mo-

reira seguem engajados na finalização do serviço, que é realizado entre 7h e 17h. Restam praticamente apenas a instalação elétrica, pintura, calçada da entrada, plantação da grama e a limpeza. Muitos prédios já estão prontos. Praticamente metade dos espaços verdes já teve a grama plantada. Na fachada, o letreiro com o nome colorido também está pronto, inclusive com a iluminação que estava ligada hoje pela manhã. Logo na entrada, há um novo prédio da administração com dois andares (térreo e superior). A Cidade da Criança também voltará a funcionar com a sua biblioteca, restaurante, quiosques, escola de iniciação artística, postos de segurança (para bombeiros e polícia militar), concha acústica, banheiros, pista de cooper e passeio de pedalinhos. "Não marcamos a data porque vamos iniciar o processo de instalação dos espaços e isso só pode ser feito depois da entrega da obra",

de Vozinha" e do museu taxidérmico (com animais empalhados) com apoio da UFRN. Os espaços como quiosques e restaurantes ainda não tem os ocupantes definidos. "Estamos abrindo processo seletivo para a sorveteria, o café bistrô, quiosques e pedalinhos", acrescentou Isaura Rosado. Ela prefere não definir uma data para não se comprometer em caso de imprevistos.

Trabalhadores realizam os últimos retoques na pintura e instalações elétricas declarou a presidente da FJA. Segundo ela, haverá a montagem da

biblioteca infantil, a instalação do museu de brinquedos antigos "Casa

SEIS ANOS DE OBRAS De acordo com a última medição oficial da SIN, a obra está 84,2 % concluída. Como essa verificação do andamento das obras foi feita há alguns dias, o trabalho já avançou um pouco mais. Conforme a Construtora Ramalho Moreira, a Cidade da Criança já está 90% pronta. Com seis anos de obras, o processo de revitalização atravessou três governos e inumeráveis adiamentos de sua reinauguração: Wilma de Faria, Iberê Ferreira de

Souza e Rosalba Ciarlini. Nesse meio tempo, duas empresas estiveram à frente da obra. A primeira foi a M&K Comércio e Construções LTDA, que teve o contrato com o governo encerrado em 2012 e consumiu R$ 4.289.235,95 de dinheiro público pela parte da obra que foi realizada. Depois disso, a Construtora Ramalho Moreira foi a vencedora do processo licitatório e vai executar a outra parte da obra no valor de R$ 4.976.447, 42. Conforme a presidente da FJA, a Lagoa Manoel Felipe, localizada no centro da Cidade da Criança, também passou intervenções. Segundo ela, a Prefeitura de Natal extinguiu as ligações clandestinas de esgotos para dentro da Lagoa. "Nas últimas chuvas, ela foi observada e se comportou normalmente, porque aquela lagoa recebe a água das chuvas do bairro. Podemos dizer que ela foi aprovada", disse, se referindo também à eficiência no processo de drenagem.

> MÃE LUIZA

Moradores denunciam desassistência da Prefeitura Fotos: Wellington Rocha

"Nós temos abrigo, alimentação e água por causa dos amigos e parentes. Quem está dando toda a assistência e ajudando com os donativos é a população, e não a Prefeitura". A crítica feita à Prefeitura de Natal vem de Dirce Neide Góis, técnica em radiologia que está prestes a ver a sua casa, em Mãe Luiza, descer cratera abaixo. Ela e mais centenas de pessoas estão aguardando um posicionamento da Prefeitura em relação às indenizações e pagamento de aluguéis, sem a certeza de quando voltarão a ter uma vida normal. Nesta sexta-feira (20) completa uma semana da tragédia que invadiu a vida de diversas famílias na zona Leste de Natal. A cratera que se abriu entre os bairros de Mãe Luiza e Areia Preta continua com resquícios daquilo que seriam casas e móveis de famílias humildes, vítimas das fortes chuvas que atingiram os sistemas de esgotamento sanitário e drenagem da região. Um novo deslizamento de terra que ocorreu ontem destruiu pelo menos mais duas casas da Rua Guanabara e fez com que outros três imóveis entrassem na área de risco. "Faz mais de um mês que um pequeno buraco abriu nessa avenida. Era um vazamento da rede de esgoto. Ligamos imediatamente para Caern e diversos órgãos da Prefeitura, mas nada foi feito. Se eles tivessem feito o reparo quando avisamos, talvez não estivéssemos nessa situação", afirmou Dirce Neide. "Isso tudo é resultado da negligência da Prefeitura. Minha casa ainda não caiu porque a mão de Deus está segurando", disse a técnica em radiologia, moradora de Mãe Luiza há mais de 50 anos. "Todos os dias venho observar como está a situação dessa cratera e a impressão que tenho é de que não encontrarei mais a minha casa em pé. Enquanto isso, os secretários da Prefeitura vão para a televisão dizer que estão dando toda assistência a

Novo deslizamento de terra ocorrido ontem destruiu mais casas e deixou novos imóveis sob risco na Rua Guanabara. Semopi iniciou ontem o aterramento da cratera com areia do próprio deslizamento nós. Mentira deles", disse. Jailson de Oliveira, 41, é uma das pessoas que estão desalojadas em função do risco em que a cratera se apresenta. Segundo ele, desde quando teve que deixar a sua casa não recebeu nenhuma ajuda da Prefeitura de Natal. "Quem está nos ajudando é a população, através das doações feitas nas ONGs, igrejas e instituições de caridade. Fora as assistente sociais que fizeram o cadastramento das famílias prejudicadas, ainda não vi ninguém da Prefeitura de Natal fazendo algo", afirmou. A desassistência é tanta que, segundo Jailson, à noite "os vândalos aproveitam para saquear as casas". "Estou na casa da minha sogra, na Rua Atalaya, que também está com casas em situação de risco. Nós não conseguimos dormir com medo de um novo desastre ou de saber que nossos bens foram tomados. Não posso ficar na minha casa, não posso retirar meus bens, nem posso ir para outro lugar seguro". Zilma Matias de Souza, 57, vive de aluguel em uma casa na Rua Atalaya há mais de dez anos. Desalojada, ela está recorrendo à

vez maior de pessoas. "Nós, que estamos aqui diariamente, sabemos que ainda corremos muito risco. Gostaria que o prefeito Carlos

Eduardo cumpra o que prometeu e nos ajude com o pagamento de alugueis. Não podemos esperar mais nada", disse Zilma Matias.

Drenagem provisória

Dirce: “Nós temos abrigo, alimentação e água por causa dos amigos e parentes” ajuda da ex-patroa e de amigos que se solidarizam na doação de mantimentos e de um lugar para dormir. "Nesse momento, o que eu mais queria, era a ajuda da Prefeitura para retirar meus móveis daqui para não correr o risco de perdê-los. Na segunda-feira passada eles ficaram de enviar um caminhão para recolher tudo e dei-

xar na casa da minha ex-patroa e até agora nada. Eu queria poder salvar o pouco do que tenho nessa vida", desabafou. Após dias sem água e sem energia elétrica, as residências de Mãe Luiz estão aos poucos voltando a receber esses serviços. Entretanto, o comprometimento de inúmeras casas gera medo a um grupo cada

Na tarde de ontem (19), a Secretaria de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi) começou a aterrar a cratera com a própria areia proveniente dos deslizamentos de terra. O objetivo é fazer uma drenagem provisória e evitar que o terreno sofra mais erosão. Além de mais duas casas que sofreram desmoronamento com o novo deslizamento de ontem, a terra ainda soterrou dois carros que passavam pela Avenida Governador Sílvio Pedrosa, em Areia Preta, sendo um deles ocupado por turistas chilenos. Não houve registro de feridos. De acordo com a Semopi, o município de Natal tem o prazo de seis meses, dado pelo Ministério da Integração, para executar os projetos de recuperação da área atingida entre Mãe Luiza e Areia Preta. Segundo Walter Fernandes, secretário-adjunto da Semopi, o serviço de aterro vai possibilitar maior estabilidade da área e facilitar o desvio da água pluvial, levada até o local pelo sistema de drenagem, para cair sobre as lonas estendidas. "Neste momento estamos realizando a chamada Ação de Resposta para conter dos danos causados pelos deslizamentos de terra. Após análise dos relatórios que estão sendo feitos por geólogos encaminhados pelo Ministério da Integração, teremos condições de iniciar o projeto de reabilitação da área, dando procedimento à Ação Definitiva", explicou. "Ainda não temos como mencionar qual será o custo para tudo isso", disse Walter Fernandes. No final da manhã de hoje, o ministro da Integração Nacional Francisco José Coelho Teixeira esteve ao lado do prefeito Carlos Eduardo visitando as áreas atingidas pelo deslizamento.

CMYK


Cultura

Sexta-feira

Natal, 20 de junho de 2014

O Jornal de HOJE 9

CURTAS

Canindé Soares

ccpsilva@hotmail.com Fotos: Divulgação

SANGUE LATINO O sucesso das seleções latino-americanas dentro e fora de campo é um dos fatos marcantes desta Copa. Desde o grito de “Pu-to!” dos mexicanos, na hora do tiro de meta adversário, até o já tradicional “Chi-chi-chi-le-lele”, a imprensa mundial destaca a força que la hinchada tem transmitido para os jogadores – não à toa, no confronto direto, a Europa é goleada por 5x1, em oito dias de disputa. E o crescimento econômico da região, nos últimos anos, pode explicar essa presença de milhares de vizinhos. De 2011 a 2013, enquanto o Brasil cresceu míseros 2%, em média, o Equador chegou aos 5,7%, o Chile, 5,1%, a Colômbia: 5%, o Uruguai: 4,8% e a Costa Rica: 4,3%. Portanto, mais que o dobro de nós outros. Só o México tem números semelhantes aos nossos. Para o crescimento fute-

O QUE VIRÁ DEPOIS

bolístico não ser pontual, urge crescer a Copa América e a Libertadores

Em meio ao clima de euforia com a Copa e elogios estrangeiros quanto à beleza do país e à hospitalidade do povo, proponho oito ações para o Rio Grande do Norte ampliar o fluxo turístico nos próximos anos para além dos pacotes que vendem praia, bunda e carnaval

peões mundiais e tal. Mas a Espanha rodou para duas seleções em plena

CONRADO CARLOS EDITOR DE CULTURA

Aproveito o clima festivo da Copa para dizer que ela vai, sim, deixar legado. Um deles é a cobrança por melhorias em nossa vida prática, agora que vimos que sobra dinheiro e capacidade de executar obras grandiosas. É a hora de pegarmos a listinha com o que foi prometido antes do Mundial e cobrarmos item por item. Estruturar a cidade é o básico. O que proponho aqui é a manutenção de um fluxo constante de turistas com opções que fogem do esquema praia, bunda e carnaval. Não em mesmo número, mas é possível manter a cidade com alta frequência de visitantes, semelhante ao que estamos vendo nos últimos dias. Sugestões? Abaixo seguem algumas que acredito totalmente na viabilidade, sobretudo quando abrimos o Diário Oficial do Estado ou do Município e vemos uma penca de despesas fúteis ou esquisitas. A união entre poder público e classe empresarial é urgente para aproveitar todo o charme que Natal possui, mesmo com a insistência de alguns seres em estragá-lo. 1. GEOGRAFIA FAVORECE CULTURA MARÍTIMA Na esquina do continente, com clima agradável e relativa proximidade da Europa e Estados Unidos, Natal precisa explorar com eficiência parrachos, dunas, praias, Pipa, São Miguel do Gostoso, Pipa, o interior e demais pontos do litoral. É inadmissível ver uma capital brasileira perder estrangeiros para ilhotas caribenhas que nada mais são que meros bancos de areia, cercado por águas cristalinas. Devemos vender algo a mais, como a história da região. E para isso, facilitar a chegada dessa gente é uma

obrigação do poder público. A reforma do porto, a construção da marina e a conclusão dos acessos ao novo aeroporto é para ontem. 2. CRIAÇÃO DO CIRCUITO COLONIAL POTIGUAR Gringo de país desenvolvido gosta de coisas feitas pelo homem, mas aqui só pensam em vender a natureza, como um “presente de Deus que nos traz prosperidade”. Só que existe uma faixa litorânea com vários municípios cujo patrimônio arquitetônico tem alto poder de sedução para quem vem de outros continentes. De Ceará-Mirim a Baía Formosa, sobram igrejas e casarões, quase todas com forte ligação com a história portuguesa e holandesa. Desprezar essa herança é de uma ignorância absurda. Sem atrativos outros que não as praias, vimos japoneses circulando por Mãe Luiza, curiosos com as crateras abertas pelas chuvas. 3. FORTALECER OS PRINCIPAIS FESTIVAIS GASTRONÔMICOS A gastronomia atrai turistas em banda de lata em países como França, Espanha e até o vizinho Peru. O Nordeste, como bem sabem os leitores, tem um enorme potencial nessa área. A variedade de ingredientes e a mistura de culturas permitem planos audaciosos. Mas, apesar de termos bons chefs, a falta de divulgação no exterior, ou mesmo em polos emissores nacionais faz com que o segmento engatinhe em suas reais possibilidades. Não foram poucos os elogios dos estrangeiros à nossa comida, o que poderia ser ampliado se a informação superar o além-mar. Sem mídia especializada presente não há cena. 4. UM TORNEIO DE VERÃO Agora que temos a Arena das

Dunas e vimos o poder do futebol, devemos pensar em criar um torneio internacional para o calendário da cidade. Não precisa ser Barcelona ou Real Madrid, que vivem na Ásia em suas pré-temporadas. Mas que venham dois grandes times da Europa, um latino (o Boca ou a Universidad de Chile viriam por duas cocadas e uma mariola), um nacional (já pensou Flamengo ou Corinthians?) e ABC e América. Se a Espanha cobrava U$2 milhões por amistoso, antes da Copa, clubes cobram bem menos. Com apoio do trade, basta somar e ver que o gasto seria viável. 5. PRECISAMOS DE UM BOM FESTIVAL DE MÚSICA Esqueça as tranqueiras que pululam em outdoors ou páginas de jornal. Quando falo em festival de música, exclui por completo o axé baiano, o sertanejo e o forró comercial. Inúmeras localidades mediterrâneas, e inclusive caribenhas (caso do Caribbean Sea Jazz Festival, em Aruba) ganham rios de dinheiro ao mesclarem arte com beleza natural. Temos aqui no RN dois eventos legais (o MPB Jazz, no Teatro Riachuelo e o Fest Bossa & Jazz, em Pipa) que deveriam ganhar investimentos vultosos para que atrações locais, regionais, nacionais e internacionais insiram Natal no circuito do turista classe A. 6. ESPETÁCULO AO AR LIVRE Nova Jerusalém capitaliza em cima de Jesus, com sua Paixão de Cristo. Por que não fazemos o mesmo com os mártires do Cunhaú e Uruaçu? Ou demais episódios fundadores do Rio Grande do Norte? Quanto custa a “Chuva de Bala” de Mossoró? Multipliquem por cinco, dez, o que for

preciso, tragam diretores e atores de fora, mas encenar a matança de nativos empreendida por índios, alemães, holandeses ou portugueses seria interessante para apresentar parte da história potiguar. Parcerias entre agências de turismo poderiam oferecer pacotes para gringos com a peça no roteiro tradicional.

com a inclusão de clubes e seleções do Caribe, da América Central, do México (mais vagas), dos Estados Unidos e Canadá. GRUPO DA MORTE Tudo bem que o Grupo D, com Itália, Inglaterra e Uruguai tem três camforma: Chile e Holanda. E ainda tem a Austrália, que costuma fazer jogo duro com os menos dispostos. O Brasil que se cuide, pois as Oitavas de Final serão duríssimas, com chance de virar tragédia nacional, em caso de derrota. Desde já, torço pelos sul-americanos. Uma revanche contra os holandeses seria uma ótima oportunidade para mostrar do que o time de Felipão é feito. COPA DO SHOPPING Até 30 de junho, a Arena Futebol Coca-Cola oferece atividades recreativas alusivas à Copa do Mundo. São competições de videogame, totó e labirinto pogoball. O palco da ação é o Natal Shopping, que terá um estande localizado no segundo piso (em frente à Brinkids), com televisor, videogame, mesa de totó, poltronas e arquibancadas, permitindo que o público se reúna para torcer pelos seus jogadores favoritos durante os torneios. O

7. INTERIORIZAÇÃO Dizem que o México é o berço do surrealismo. E o que tem em seus rincões? O mesmo que temos aqui. Pedra, aridez, sol claudicante, luminosidade incomum, flora agressiva e escassa. Ouvi do padre João Medeiros Filho uma história incrível sobre um cemitério judeu na divisa com o Ceará criado durante a colonização do Seridó - feita em grande parte por holandeses em fuga de Pernambuco. Cadê os voos charters para Amsterdã? Aumentem isso e botem a galera em um ônibus Sertão adentro.

funcionamento é horário do shopping - de seg. a sáb, das 10h às 22h e

8. SEM DIVULGAÇÃO, PODE ESQUECER SUGESTÕES ANTERIORES O festival Mada (Música Alimento da Alma) virou referência nacional por trazer a MTV em suas primeiras edições. Em pouco tempo, bandas e produtores souberam que em Natal existia um evento bacana, com retorno de mídia para os iniciantes. Logo a coisa pegou. Quero dizer com isso que, no caso do festival de jazz ou do torneio de futebol no verão, bancar passagens aéreas e hospedagem para veículos especializados e da grande mídia é fundamental. O que diria um jornalista do Estado de São Paulo ou da revista Down Beat ao ouvir um jazzista no cenário praiano de Pipa? Com o cachê de Ivete Sangalo se contrata vários ícones do gênero.

mo jogo em Natal (Itália X

Fotos: Divulgação

aos dom. das 14h às 22h. DIA D O Hospital Varela Santiago lança uma nova campanha: o “Dia D do Varela Santiago”. O objetivo é massificar a campanha “Nessa Copa Marque um Gol na sua Consciência", que tenta vender 50 mil camisetas para ajudar na estrutura da instituição. O foco está no dia do últiUruguai), 24 de junho. Ajudar a nobre causa é obrigação de todos, até como afronta aos verdadeiros responsáveis pela saúde das pessoas. BIBLIOSESC A unidade móvel BiblioSesc chega a mais uma cidade do interior do estado. Depois de dois meses em Santa Cruz, o projeto estaciona em Angicos, distante 155 km de Natal. Durante um mês, a iniciativa do Sistema Fecomércio RN, realizada por meio do Sesc, oferecerá gratuitamente um bom acervo de publicações para empréstimo e consulta. A inauguração acontece dia 25/06, às 15h30, na Praça Jota da Penha. FIDEL NA INTIMIDADE Juan Reinaldo Sánchez foi guarda-costas pessoal do líder cubano ao longo de 17 anos. Responsável pela segurança de um dos homens mais odiados do mundo, ele também testemunhou relacionamentos, a vida em família, horas de lazer e discussões sobre estratégias políticas. Agora tudo vem à tona em um livro elogiado pela critica. “A Vida Secreta de Fidel” foi escrito em parceria com o jornalista Axel Gylden, repórter da revista francesa L’Express. Manipulador, egocêntrico e carismático, Fidel até hoje reina entre esquerdistas carnívoros.

Festivais como o Umbria Jazz Festival (ITA) atraem milhares de turistas; "A Paixão de Cristo" (PE) é exemplo lucrativo da união entre teatro e viajantes


10 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 20 de junho de 2014

Sexta-feira

José Aldenir

DIEGO HERVANI REPÓRTER

Os Guarda Vidas do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) ainda não obtiveram sucesso nas buscas aos dois irmãos, turistas do Rio de Janeiro de 13 e 16 anos. Até o meio dia de hoje, as buscas continuavam. Os dois desapareceram nesta quinta-feira (19) no mar da Ponta do Morcego, localizada na divisa das praias de Areia Preta e Artistas, em Natal. Por volta das 14h15 desta quinta, ambos estavam tomando banho de mar quando foram surpreendidos por uma corrente marítima. O primo, que estava no local, ainda tentou ajudar, mas viu que não iria conseguir e voltou para terra firme para chamar o Corpo de Bombeiros. Segundo informações de um primo da dupla, os irmãos desaparecidos estavam em Natal de férias, desde o dia 13 de junho, onde permaneceriam por uma semana. Os adolescentes visitavam parentes que residem na capital. Três helicópteros (Marinha, Secretaria Estadual da Segurança Pública e Defesa Social e Força Nacional), uma embarcação da Marinha, além de mergulhadores do Corpo de Bombeiros e Marinha, participaram ativamente das buscas. A Força Nacional, que montou postos em diversos pontos no litoral norte, urbano e sul da capital potiguar, compreendendo uma faixa litorânea de aproximadamente 145 Km. Os pais dos adolescentes chegaram à capital potiguar nesta sexta (20) e acompanham as buscas. Um dos primeiros reforços que as equipes de resgate receberam foi a do Potiguar 1, helicóptero que é de propriedade da Sesed. Ele é equipado com uma câmera espe-

Continuam buscas por jovens que desapareceram no mar

IRMÃOS ESTAVAM PASSANDO FÉRIAS EM NATAL E SUMIRAM NAS ÁGUAS DA PRAIA DE AREIA PRETA cial, chamada de "Imageador". Durante a manhã, por exemplo, o Imageador permite identificar e moni-

torar alvos sem que a aproximação seja notada em uma distância de até 10 km. Durante a noite, outro

sensor ajusta a melhor luminosidade para a situação. Em áreas de baixa visibilidade, como uma mata

fechada, a câmera capta imagens por meio da diferença de calor. Mesmo com todo o aparato mon-

tado, até o fechamento desta edição os adolescentes ainda não tinham sido encontrados.

> TORCEDOR

Mexicano que pulou de navio não foi encontrado O 3º Distrito Naval, juntamente com o apoio da Força Aérea Brasileira segue realizando buscas na tentativa de encontrar um mexicano de 28 anos que teria pulado do transatlântico "MSC Divina", de bandeira panamenha, no final da tarde da última quarta-feira (18) cerca de 50 km ao norte do Cabo Calcanhar, no Rio Grande do Norte, na divisa com o Ceará. De acordo com o JConline, alguns passageiros disseram que o rapaz teria prometido parar a embarcação em alto mar e pulou do 15º andar da embarcação para que isso ocorresse. Ainda segundo passageiros que estavam a bordo da embarcação no momento do acidente, o turista, que não teve seu nome revelado, estaria tentando impressionar uma mulher e estava aparentemente bêbado. Logo após o incidente, que aconteceu quando

a maior parte dos turistas estava em uma sala acompanhando a partida entre Chile e Espanha, uma lancha foi lançada ao mar para tentar resgatar o mexicano, mas ele não foi encontrado. Desde então o Comando do 3º Distrito Naval vem realizando buscas no local adotando o plano "quadrado crescente", sem que nenhum vestígio do passageiro tenha sido encontrado. Para esta operação de busca, a Marinha utiliza o NavioPatrulha "Macau" e contou com o apoio de dois aviões modelo P-3 Orion, da Força Aérea Brasileira, procedente de Salvador-BA, durante o dia. Além disso, mais de 100 homens estão trabalhando no mar e em terra, do Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN), do Comando de Patrulha Naval do Nordeste (ComGptPatNavNE) e da Capitania dos Portos do Rio Grande

> PADRÃO FIFA

do Norte (CPRN). Apesar de quase dois dias já terem se passado desde o incidente, a expectativa ainda é encontrar o mexicano com vida. "Estamos trabalhando com essa possibilida-

“Temos diversos casos em que as pessoas sobrevivem em situações bem complicadas. Além disso, a região em que ele caiu tem águas em uma temperatura que facilita a sobrevivência” KLÉBER RIBEIRO

de. Temos diversos casos em que as pessoas sobrevivem em situações bem complicadas. Além disso, a região em que ele caiu tem águas em uma temperatura que facilita a sobrevivência dele e também é um

local de pouca movimentação de barcos. Também não sabemos as condições que ele estava, se ele sabia nadar, se alguém jogou alguma bóia. Mas a Marinha sempre vai trabalhar com a possibilidade dele ter sobrevivido", destacou o comandante Kléber Ribeiro. Até o fechamento desta edição, o turista ainda não tinha sido encontrado. A Marinha determinou ainda o contato com toda a Comunidade Marítima local e solicitou ao Centro de Hidrografia da Marinha (CHM) a emissão de Avisos Rádios Náuticos com o propósito de alertar todas as embarcações que transitam pelo local quanto à ocorrência e solicitando a informação de qualquer indício. As condições climáticas na região indicam tempo encoberto com visibilidade boa, reduzindo para moderada durante as panca-

das de chuva; com ventos que chegam a 32 quilômetros por hora; e ondas variando de 1 a 2 metros de altura. A embarcação, que partiu do Recife para Fortaleza e fazia o trajeto de volta, viaja com cerca de 3,5 mil mexicanos e 1,4 mil tripulantes. O MSC Divina saiu de Miami no dia 19 de maio e chegou a Salvador no dia 4 de junho, passou pelo Rio de Janeiro, Santos e atracou no Recife no dia 10 deste mês. Inicialmente ele iria parar em Natal, mas a altura da Ponte Newton Navarro, que é de 57 metros, impediu que isso acontecesse, já que o navio tem 66 metros. No último dia 15, o Divina zarpou para Fortaleza e retornava para o Recife, onde a seleção mexicana joga contra a Croácia na próxima segunda-feira (23). Em nota, a MSC Cruzeiros lamentou o ocorrido e afirmou que

respeitou todos os procedimentos de segurança. "A MSC Cruzeiros informa que um hóspede mexicano do MSC Divina caiu no mar na última quarta-feira (18/06) aproximadamente às 17h00, enquanto a embarcação navegava entre Fortaleza e Recife. Imediatamente ao ocorrido, o Comandante do navio informou as autoridades brasileiras e iniciou os procedimentos de busca e salvamento - conforme previsto nas normas da companhia. Infelizmente, o hóspede ainda não foi encontrado, mas a empresa continua dando todo o suporte possível às autoridades competentes. O MSC Divina foi autorizado a prosseguir com seu roteiro e a Capitania dos Portos liderará as buscas. A empresa reitera que segue todas as regras e procedimentos de segurança estabelecidos pelos órgãos mundiais".

Onze cambistas já foram presos em Natal durante a Copa do Mundo A Copa do Mundo em Natal tem sido considerada tranquila pelos órgãos que fazem a segurança do município durante o Mundial. Quem mais tem trazido "dor de cabeça" para os policiais são os cambistas. O saldo final após os três jogos realizados na capital potiguar contabiliza 11 presos por esse tipo de crime. O caso que mais chamou atenção das autoridades aconteceu exatamente antes da partida entre Grécia e Japão, que aconteceu nessa quinta-feira (19). Um grego identificado como Constantinus Mamiras foi detido com cerca de 300 ingressos para o duelo de ontem e para jogos em Fortaleza. Ele alegou que trabalha com agência de turismo e estava repassando os ingressos de

forma legal. Como ele estava representando um órgão particular e a Lei Geral da Copa proíbe que qualquer empresa não credenciada pela Fifa faça essa venda, o turista foi autuado por contravenção. Também nessa quinta, pai e filho dinamarqueses também foram abordados pelo mesmo motivo. Segundo a Polícia Militar, o filho estava com pelo menos cinquenta ingressos e por isso somente ele deve ser autuado. Além deles, dois alemães e um japonês também foram presos por tentarem vender ingressos acima do valor original. No dia 13, antes do jogo México e Camarões, quatro mexicanos foram presos pela Polícia Rodoviária Federal suspeitos de ven-

derem ingressos no entorno da Arena das Dunas. No mesmo dia, a Polícia Militar prendeu um camaronês também tentando vender as entradas a preços abusivos. Já no dia 16, pouco antes de a bola rolar para Gana e EUA, a PRF deteve um americano suspeito de cometer a mesma infração. No Fifa Fan Fest a situação também tem sido calma. Segundo dados da Prefeitura do Natal, pelo menos 30 mil pessoas passaram pelo local do evento nos sete primeiros dias que ele aconteceu. Durante esse período, a Polícia Civil afirmou que foram registrados, ao todo, cinco furtos e quatro perdas de documentos. A segurança do evento é feita por quase 500 homens, entre policiais

militares, agentes da Força Nacional de Segurança e seguranças privados, além de 40 bombeiros. Uma delegacia móvel da Polícia Civil com 10 policiais por turno, sendo seis policias civis e quatro da força nacional, além de dois delegados, também garantem a tranquilidade para os torcedores que vêm conferir o festival. "Está tudo ocorrendo como planejado. Os dias mais temidos para a segurança pública eram os dois primeiros jogos, mas nada fugiu do nosso controle e esperamos ainda mais tranquilidade no decorrer da Copa do Mundo em Natal", afirmou o delegado Luiz Lucena, que comanda a Polícia Civil na área interna e externa ao evento.

Rocam/Divulgação

Dezenas de ingressos para Japão e Grécia foram apreendidos com cambista


Cidade

Sexta-feira

Natal, 20 de junho de 2014

O Jornal de HOJE 11

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

O Nacional-Socialismo Petista Por Reinaldo Azevedo Folha de S. Paulo Sim, eu estava perplexo com o "Dilma, vai tomate cru"! Pensava: "O que aconteceu com o povo cordial dos que não leram Sérgio Buarque de Holanda e dizem que o nosso povo é cordial?". Muitos cronistas se arrepiaram de emoção com o hino a capela e de horror com o protesto, especialmente porque quem cantou uma coisa também cantou outra. Deve ser bom se arrepiar por tão tolos motivos... De súbito, apareceu o coro dos Catões dispostos a moralizar a República, rebaixando os torcedores a uma "elite branca sem calo na mão". Houve até quem pedisse desculpas a Dilma em nome dos brasileiros! Em meu nome? Não endosso xingamentos. Mas eu é que espero que a Soberana se desculpe por ter usado o meu dinheiro para tirar uma casquinha eleitoral da Copa. Ela não tem o direito moral de recorrer à Rede Nacional para não ouvir o Itaquerão. O PT pode se perder nos fatos, e está perdido, mas sempre se arranja nas versões. Esta semana foi tomada por uma avalanche de notícias assegurando que as vaiais foram excelentes para a presidente porque ela pôde, assim, exercer o poder da vítima. Não é Nietzsche, mas malandragem política. As vaias e os xingamentos teriam servido à estratégia petista de fazer a luta do "nós" (a turma do amor) contra "eles" (a turma do ódio). Então tá! Se assim é; se, há tempos, os petistas esperavam uma boa notícia para a campanha eleitoral, e se as vaias e os xingamentos ajudaram o PT a encontrar um discurso, o que dizer? Vai ver os companheiros decidiram se comportar como Odorico Paraguaçu, de "O Bem-Amado", de Dias Gomes. Quando ele queria um pretexto para empastelar o jornal da oposição, mandava pichar na parede: "Odorico é ladrão". Se as ofensas são um ativo eleitoral, quanto mais, melhor! O PT me obriga a ser binário: então quem vaia vira cabo eleitoral de Dilma. Qual é a razão do chororô? É evidente que o lado positivo da vaia é cascata. Essa versão é obra de "spin doctors", cujo trabalho só é efetivo quando conta com a opinião abalizada de "especialistas" e com a sujeição voluntária ou involuntária da imprensa. No dia seguinte à vaia, o PT e suas franjas no jornalismo e no subjornalismo a soldo já espalhavam a versão de que a hostilidade era obra da "elite branca", em conluio com a oposição e com a imprensa. Desta feita, o partido inovou. O sr. Alberto Cantali-

QUEDA E COICE

A nova pesquisa Ibope para a CNI manteve a tendência de desgaste de Dilma Rousseff. A aprovação do governo caiu 5 pontos e agora está em apenas 31%, enquanto a rejeição ao nome da presidente na sua própria sucessão foi a 43%. Um índice altíssimo.

REAÇÃO

A manifestação do jornalista José Trajano na ESPN em favor de Dilma e criticando a torcida do Itaquerão tomou um troco gigantesco ontem, durante o jogo Uruguai x Inglaterra. A multidão gritou "Trajano, vendido" quando viu o comentarista no telão.

EFEITO

ce, seu vice-presidente, publicou no site da legenda uma primeira lista de profissionais do mal: Reinaldo Azevedo, Augusto Nunes, Diogo Mainardi, Lobão, Demétrio Magnoli, Danilo Gentili, Guilherme Fiuza, Marcelo Madureira e Arnaldo Jabor. Segundo ele, nossas "pregações nas páginas dos veículos conservadores estimulam setores reacionários e exclusivistas da sociedade brasileira a maldizer os pobres e sua presença cada vez maior nos aeroportos, nos shoppings e nos restaurantes", de sorte que "o subproduto dos pittbuls (sic) do conservadorismo teve seu ápice nos xingamentos torpes e vergonhosos à presidenta (...)" --aqueles mesmos que, dizem os próprios petistas, fizeram um imenso bem a Dilma... É calúnia e difamação, mas isso é para o tribunal. Falas como a do sr. Cantalice têm história. Fiz uma tradução (is.gd/iOAfO5) do discurso proferido por Goebbels no dia 10 de fevereiro de 1933, 11 dias depois de Hitler ter assumido o cargo de chanceler. Seu alvo era a "imprensa judaica", que acusava de "ameaçar o movimento Nacional-Socialista". Advertiu: "Um dia nossa paciência vai acabar, e calaremos esses judeus insolentes, bocas mentirosas!" Cumpriu a ameaça. À lista de Cantalice seguiu-se um previsível silêncio na própria imprensa – vai ver somos mesmo os "judeus insolentes" da hora. Mais uma advertência de Goebbels para quem está aliviado por ter sido poupado: "E, se outros jornais judeus acham que podem, agora, mudar para o nosso lado com as suas bandeiras, então só podemos dar uma resposta: Por favor, não se deem ao trabalho!'". Pronto! Já escrevi o que queria, menos uma coisa: "Goebbels, vai tomate cru!". (RA)

A reação do público no Itaquerão não partiu apenas do fato de José Trajano defender a presidente da República no ar. Coincidência ou não, pouco tempo após a defesa, o canal ESPN passou a veicular propaganda de estatais como Petrobras e Banco do Brasil.

REPERCUSSÃO

O jornalista Reinaldo Azevedo, da Veja, recebeu mais de 1 milhão de postagens em seu blog após publicar textos criticando as posturas dos jornalistas da ESPN e um promotor público de São Paulo que está tentando proibir vereadores de emendar projeto de Lei.

GASTOS

Somente em 17 dias do mês da Copa, o governo Dilma Rousseff torrou R$ 28,1 milhões em publicidade. Entre janeiro e maio, o aumento nos gastos com propaganda foi de 61,84% a mais do que o mesmo período em 2013. O PT só vê a trave no olho alheio.

POUCA VERGONHA

BELDADES DA COPA A imprensa inglesa arrumou coisa melhor para fazer do que cobrir a irregular seleção do país. E elegeu as dez mais belas e gostosas jornalistas da Copa do Mundo entre aquelas que cobrem os jogos nos estádios. Pois não é que o México não está surpreendendo apenas no futebol… Na lista inglesa, a liderança é das mexicanas Ines Sainz (36) e Vanessa Huppenkithen (29). A primeira à direita da foto.

Cidadãos natalenses que procuraram ontem a UPA da Cidade da Esperança foram surpreendidos com uma ordem da secretaria municipal de saúde priorizando apenas os casos oriundos da Arena das Dunas. Talvez seja isso o tal legado da Copa, né não?

plico a magia da Copa do Mundo ao longo de 84 anos, desde Montevidéu em 1930 a Natal em 2014.

EXPORTAÇÃO

Já a partir do próximo número, a Versailles contará com código de barra para poder se expandir às bancas e livrarias de todo o Brasil. O projeto gráfico passou por modernização e a revista terá um tamanho maior, nos moldes de marcas consagradas.

O FARINHEIRO

De plantão permanente na bajulação aos integrantes do PT, o zé mané vendedor de "farinha" anda agitado nos inferninhos e points de Ponta Negra em busca de torcedores estrangeiros que queiram consumir o seu conteúdo maldito, imundo e criminoso.

POUCA BOLA

Um apanhado em diversas opiniões da imprensa que cobre a Copa do Mundo foi possível elencar os cinco jogos mais fracos da Copa no aspecto técnico, até agora: México x Camarões, Suíça x Equador, Gana x EUA, Irá x Nigéria, Japão x Grécia.

FESTA UNIVERSAL

A revista Versailles, que espelha em seu projeto editorial o bom gosto da idealizadora Larissa Borges, publica na próxima edição um artigo em que eu ex-

Danilo Sá jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br / Twitter: @DaniloSa

Sobre traídos e traidores

Divulgação

LULA-LÁ

De um atento observador da cena política potiguar, após a confirmação de que o DEM não permitirá a candidatura a reeleição da governadora Rosalba Ciarlini: “Será que José Agripino resolveu ajudar o ex-presidente Lula a extinguir com o Democratas?”. Este colunista ouviu a pergunta, que ficou sem resposta entre seus ouvintes.

NOVIDADE

A traição acompanha a humanidade desde sempre. Vide o caso histórico envolvendo Judas e Jesus Cristo, eternizado pela bíblia e pela fé. Traído com um beijo no rosto de quem considerava um discípulo. É também comum entre os casais, homens e mulheres que acabam jogando casamentos para o alto devido a uma escapada imperdoável. Há ainda traídos e traidores entre amigos. Sim, aqueles em quem se confia de olhos fechados, as vezes, causam as piores decepções. Não é à toa que o mundo se acostumou a considerar o cão como o melhor companheiro do ser humano, já que os animais jamais rejeitam os seus donos. Na política não é diferente. Aliás, ao relembrar os principais fatos da história, serão vários os exemplos neste sentido, seja no Rio Grande do Norte, no Brasil, ou nos demais países do planeta. Diz-se, por exemplo, que Napoleão Bonaparte enfrentava constantes conspirações contra ele, inclusive de seus irmãos. Já o sanguinário Adolf Hitler, segundo contam os historiadores, traiu um pacto de não agressão com o ditador russo Josef Stalin, entre muitos outros, diga-se de passagem. Há ainda

os que acreditam em uma polêmica traição de Fidel Castro ao ex-companheiro de jornadas revolucionárias, Ernesto Che Guevara. No Brasil não é diferente. Os militares passaram a perna no ex-presidente João Goulart. Juscelino Kubitschek, conforme relatam suas biografias, deixava a esposa Sarah em casa para se encontrar com outras mulheres. Já a atriz Irene Ravach, petista histórica, admitiu recentemente se sentir traída pelo PT, diante dos escândalos de corrupção. Eis que chegamos ao RN, este sim crescido em meio a casos como esse. De Aluizio Alves, Dinarte Mariz e Tarcísio Maia a Garibaldi Filho, Wilma de Faria e José Agripino, são muitas as acusações de traição, de todos os lados. Para uns mais, outros menos, é verdade. Agora, é a vez de Rosalba, a traída. Após uma amizade de décadas, a governadora terá sua vitoriosa carreira política interrompida não por vontade da população, mas por uma decisão interna do seu partido, liderado por Agripino. Certamente, não será o último caso. De certa forma, vivemos em uma sociedade de traídos e traidores.

O Diário Oficial do Município trouxe em sua edição de hoje a regulamentação da lei que determina a aplicação da verba indenizatória na casa, em substituição a verba de gabinete. A partir de agora, os vereadores precisarão comprovar os gastos com assessorias e atividades parlamentares, para serem ressarcidos posteriormente pela Câmara Municipal. Um modelo semelhante ao que acontece no Congresso Nacional.

PROJETOS

Em clima de Copa do Mundo, a Câmara Municipal de Natal aprovou esta semana três projetos importantes. O primeiro deles foi a autorização para concessão de adicional aos servidores que estiverem trabalhando durante o evento, como médicos, enfermeiros do Samu, PM’s, etc. Outra foi a aprovação em primeira discussão da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Por último, os vereadores ainda votaram mais uma projeto que fazia parte da reforma administrativa.

ARTICULAÇÃO

O detalhe de todos estes projetos aprovados pela Câmara Municipal, é que ambos tiveram apoio das várias lideranças presentes na casa, seja de oposição ou da base de apoio ao governo. Mais uma vitória da boa articulação política do líder do prefeito na Casa, Júlio Protásio.

Gira Mundo Divulgação

No Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal -- onde estão presos alguns dos condenados pelo STF (Supremo Tribunal Federal) no caso do Mensalão, como os ex-deputados do PT José Dirceu e José Genoino -- também tem Copa. No setor onde ficam os dois políticos e os demais detentos do regime semi-aberto, a presença de TVs é liberada. Desde a última semana, passam o dia ligadas nas partidas do Mundial. Segundo o portal Uol, Dirceu e Genoino passam o dia em tranquilidade e estariam assistindo aos principais jogos juntos, na TV de tela plana que Dirceu possui em sua cela de 23 metros quadrados.

Megafone Arquivo

“A coisa desceu! Isso foi gotejando, que não enfrentamos a corrupção, que aparelhamos o estado, essa história pegou! Essa eleição vai ser a mais difícil de todas”

GILBERTO CARVALHO SECRETARIA GERAL DA PRESIDÊNCIA , SOBRE AS VAIAS A PRESIDENTE DILMA , DISCORDANDO QUE TENHAM VINDO DA “ELITE BRANCA PAULISTA”

PRIORIDADE?

Lamentável o fato ocorrido ontem momentos antes do jogo entre Japão e Grécia, na Arena das Dunas. Dois irmãos cariocas desapareceram no mar da Praia do Meio. Nas buscas, o helicóptero do governo do Estado foi chamado para auxiliar nos trabalhos. A resposta foi negativa. Simplesmente, a prioridade naquela hora era a escolta da princesa japonesa que havia acabado de chegar na cidade.

VAI DEIXAR SAUDADES

Natal encerra sua participação na Copa do Mundo na próxima terça-feira com direito a despedida de honra. O jogo decisivo entre as poderosas seleções da Itália e do Uruguai deve atrair a atenção do mundo. Após a partida, é hora de avaliar os ganhos e as perdas da cidade. E aproveitar o máximo possível a participação no evento.

FORA DE CAMPO

Em tempo: enquanto dentro dos estádios a Copa se consolida como mais um sucesso de público e crítica, do lado de fora continuam os problemas de sempre. Ao contrário do esperado, o mundial não se transformou no auge do governo petista, mas sim em um verdadeiro calo na administração Dilma Rousseff. Agora, é hora do marketing dos candidatos explorar os lados positivos e negativos do evento. Dos dois lados, foram muitos.

HISTÓRICO

Esta Copa já tem algumas imagens eternizadas. Os japonses limpando as arquibancadas é uma delas. Uma dura lição nos brasileiros, tão acostumados a jogar tudo no chão. O choro de Luiz Suares, craque do Uruguai, é outra, assim como a lamentável eliminação da Espanha ainda na fase de grupos. Cenas para a história.


12 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 20 de junho de 2014

Sexta-feira

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br Assessoria de Imprensa

w TOMANDO CONTA

Desaboya.com

O Instituto de Pesquisa e Marketing Paulista Informática (IPEMPI) é um dos que fazem pesquisas internas para o PSD de Gilberto Kassab, exprefeito de São Paulo. >>> Aqui no Estado, o instituto monitora o cenário para o vice-governador Robinson Faria, pré-candidato ao Governo pelo PSD.

w PASSO

O PT fechou a indicação da primeira suplência na chapa de Fátima Bezerra ao Senado. >>> Será o especialista em Energia, Jean Paul Prates. >>> Carioca, ele foi secretário de Energia no Governo Wilma, concorrente de Fátima na disputa pelo Senado.

Rosalba recebendo a princesa Takamado, membro da Família Imperial japonesa, que veio a Natal para acompanhar a partida entre Japão e Grécia, na Arena das Dunas, pelo mundial de futebol

w PERDEU

O detalhe é que havia outro partido da coligação de olho na vaga: o PCdoB queria indicar a suplência de Fátima Bezerra. >>> O presidente da sigla, Antenor Roberto chegou a ensaiar nos bastidores e a imprensa vazou a informação.

Belas Julia Montenegro e Mariana Neiva na festa de Rapha Correia

Canindé Soares

Mulheresnofds

Desaboya.com

w GULOSO

A segunda suplência de Fátima Bezerra pode também cair para o PT. >>> Raimundo Glauco que já foi candidato a federal em 2006 e estadual em 2010 é o nome do momento.

w REALEZA NIPON EM NATAL

A Governadora Rosalba Ciarlini acompanhou a partida entre Japão e Grécia, na Arena das Dunas, na noite desta quinta-feira, ao lado da Princesa Takamado, da Família Imperial Japonesa. >>> A princesa nipon, que havia se encontrado com a Rosa momentos antes no Palácio Potengi para presentear a chefe potiguar com uma camisa oficial da Seleção Japonesa, elogiou a Arena e recebeu o convite para voltar outras vezes ao Rio Grande do Norte. >>> Em tempo: Takamado chegou a Natal em voo comercial pelo aeroporto de São Gonçalo.

w AUTORIDADES

Também marcaram presença no estádio, ontem, ao lado da Rosa, o Embaixador da Grécia, Dimitri Alexandrakis, e do secretário-geral da FIFA, Jérôme Walcke. >>> Japão e Grécia disputaram a penúltima partida da Copa em Natal. O próximo jogo será entre Itália e Uruguai na próxima terça-feira (24).

Invasão japonesa, ontem, na Arena das Dunas para o jogo Japão X Grécia...

w VALIDADE

Mateus Dore e Beatriz Fonseca também marcando presença no niver de Rapha Correia

w PUXÃO DE ORELHA

>>>

E quem esteve presente no jogo entre Japão e Grécia foi o ex-deputado federal Wanderley Mariz, filho de Dinarte Mariz. >>> Disse ser leitor da coluna e elogiou o trabalho do jornalista Marcos Aurélio de Sá, que também se encontrava no estádio, e de toda a equipe deste JH. >>> Mariz aproveitou para dizer que não será candidato no pleito deste ano. "Estou com a validade vencida", disse.

Preocupada com a repercussão sobre prefeitos do PT que não apoiavam a candidatura de Robinson Faria (PSD) para o Governo, a deputada federal Fátima Bezerra decidiu 'chamar' os seus prefeitos. >>> Essa semana, Fátima recebeu três gestores do PT: Maria do Sindicato (Pureza), Urbano Faria (Serra Negra do Norte) e Fátima Araújo (Ouro Branco). Os dois últimos conversaram nesta quarta-feira, no escritório da pré-candidata ao Senado, em Natal.

E as vendas de ingressos já acontecem na

w PRESENÇAS Na área Vip da Arena das Dunas, mais políticos: Henrique Alves, Wilma de Faria e a exprefeita Micarla de Sousa também conferiram a partida Japão X Grécia, que terminou sem gols.

w PRETO & BRANCO Vou festejar! É o evento no Olimpo Recepções - dia 27, às 22h, Open Bar com UsKaravelho, Pedro Lucas e DJ Luis Couto - que irá comemorar os 99 anos e lançar o centenário do ABC F.C.

O evento, que terá início a partir das 19h,

ABC Store, no Tirol.

w ARRAIÁ Está confirmado para o próximo dia 27 de junho o "Arraiá dos Jardins", festa junina que será realizada no condomínio horizontal Jardins Amsterdã, localizado no bairro de Cajupiranga, em Parnamirim. >>> será animado por banda de forró e trio de sanfoneiros. Terá ainda quadrilha improvisada, buffet de comidas típicas e ilhas de coquetéis e caipirinha.

Desfile Vivaz Verão 2015 no Minas Trend

GIRO PELO TWITTER ...do deputado Henrique Alves: "Na bonita Arena das Dunas para ver Grécia x Japão! Torcidas fazem a festa, alegria geral, e Natal encantando o mundo! Muito bom para o RN"; ...do presidente da Emprotur Alexandre Mulatinho: "O #JN noticia que a única arena que não teve problemas com comidas e lanches foi o @arenadunas"; ...do presidenciável Eduardo Campos: "Varejo brasileiro cai de 1º para 5º colocado no Índice de Desenvolvimento do Varejo Global".


Cidade

Sexta-feira

Natal, 20 de junho de 2014

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br TACIANA CHIQUETTI - tacychiquetti@hotmail.com - INTERINA w PARA TODOS OS GOSTOS Depois da pesquisa Consult recém divulgada, o que se comenta, nos bastidores, é que ambas as chapas majoritárias têm pesquisas paralelas, as quais divergem dos dados publicados. Nesses levantamentos, a diferença entre os candidatos estaria em outro patamar. w MEMÓRIA RECENTE Observadores mais atentos lembraram que a Consult foi a mesma que se equivocou na pesquisa para prefeito, em 2012, calculando pontos desfavoráveis ao terceiro colocado Fernando Mineiro (PT), que, após abertas as urnas, quase chegou ao segundo turno. w TÚNEL DO TEMPO No estado da Paraíba, nas eleições de 2010, a pesquisa do instituto também apontava José Maranhão (PMDB) como governador, porém o vencedor do pleito foi Ricardo Coutinho (PSB). w ANDANÇAS Nas andanças pelo interior do Estado, o deputado Gustavo Fernandes (PMDB), que tentará seu segundo mandato em outubro, participou da festa da padroeira de Pilões, Nossa Senhora Perpétuo Socorro, ao lado do prefeito Francisco das Chagas (PMDB) e dos vereadores Chico de João Bosco e Maria Paiva. w ADICIONAL APROVADO Vereadores de Natal aprovaram, nesta semana, Projeto de Lei do Executivo que concede “adicional de serviço extraordinário”, para o período de 12 de junho a 13 de julho, aos servidores municipais, empenhados na realização da Copa do Mundo.

Honrando as origens A

plaudo os orientais, tiro o chapéu para os indígenas, manifesto minha admiração às culturas que valorizam quem veio antes. Conduzem o passado como algo importante para o prosseguimento da vida. Porém, não como forma de estagnação e nostalgia, mas como referencial que norteia. Eles se inspiram em suas raízes, agradecem e seguem em frente, em um fluxo salutar para o andamento da vida. O alemão Bert Hellinger, que criou o método psicológico das “constelações familiares”, corrobora, na teoria, com a prática que tais culturas já implementam no dia a dia há séculos. Ele explica que existem três leis naturais que regem os relacionamentos humanos – “as três leis do amor”: hierarquia (estabelecida pela ordem de chegada), pertencimento (estabelecido pelo vínculo), equilíbrio (estabelecido pelo dar e tomar/ receber). Quando essas leis são violadas em uma família ou grupo, surgem compensações que atuam nos membros, como: depressões, doenças, problemas nos relacionamentos, dificuldades em geral. Em nossa cultura ocidental, somos acostumados a excluir o que nos incomoda, aposentar o que já não nos serve mais. Vivemos uma vida de esquivas, em que encarar o pas-

sado e se despedir dele é tarefa difícil. Paradoxalmente, tais posturas nos aprisionam a acontecimentos e pessoas que já fizeram parte de nossas vidas. Parece que quanto mais fugimos do que não queremos mais ver ou lembrar, mais esta “realidade” segue em nosso encalço. Além dos conceitos de Hellinger, gosto de um trecho de um artigo de Stephan Hausner, sobre o assunto. “Seguramente, cada indivíduo recebeu algo de seus pais e também sente que algo lhe falta da parte deles. Entretanto, está ao alcance de cada um aquilo a que pode conectar-se. Quando ele consegue olhar para o que recebeu, sente que recebeu uma dádiva e que depois também terá algo para dar. Enquanto permanece reivindicando e fixado no que deixou de receber, provavelmente se sente enganado pela vida e pelos pais. Então, sente-se mal e carente, e não terá condições para doar”. É preciso, além de reconhecer o que os nossos antepassados nos proporcionaram, agradecer verdadeiramente e, depois, se despedir. O passado (e também as pessoas do passado) precisa ser honrado – tal como ele ocorreu – e deixado em paz. É este o respeito e a reverência que o passado nos “cobra”. É revigorante quando aceitamos e acolhemos qualquer situação. Quando permitimos que ela naturalmente se vá, as doces lembranças permanecem.

Transmissão de jogos da Copa em cinemas atrai torcedores potiguares NA

REDE

CINEMARK,

Para muita gente, não basta ter uma tela de 50 polegadas com som e imagem digital para ver os gols da Copa". É preciso mais. Ver os jogos em tela de cinema pode ser até mesmo uma opção para quem não comprou um aparelho de TV de última geração. Os principais cinemas de Natal estão exibindo os jogos da Copa do Mundo no Brasil. No Natal Shopping, o complexo de cinema vai exibir 25 jogos até o final do campeonato de futebol. O preço para qualquer jogo é R$ 25,00. As vendas só ocorrem de forma antecipada na bilheteria ou via site do cinema na internet. Nos próximos dias serão exibidos os seguintes jogos: EUA X Portugal (dia 23, às 17h) e Brasil X Camarões (dia 24, às 13 horas). Além dessas, o cinema exibirá todas as partidas da segunda fase. O Cinemark também tem programação para esta copa. Segundo Bettina Boklis, diretora de Marketing da rede de cinemas, a primeira experiência ocorreu ainda na Copa de 2010. "Na verdade, gente tentou fazer em 2010. Chegamos a fazer dois jogos abertos para convidados. Nesse ano, solicitamos a autorização de transmissão para a Fifa e eles deram", disse Bettina. Ainda este ano, outros jogos serviram de treino para a empresa. "A gente exibiu a final da Copa da UEFA, a Liga dos Campeões, e foi um sucesso também", avaliou a diretora. A tecnologia é 100% digital e de alta definição de som e imagem. O projetor também é digital. As redes de cinema tiveram que comprar os direitos de exibição. Segundo a diretora do Cinemark, a liberação só foi finalizada há duas semanas de iniciar os jogos. Até agora, a rede de cinemas exibiu cinco jogos. No total serão 17

BEBIDAS ALCÓOLICAS E CORNETAS ESTÃO LIBERADAS Fotos: Divulgação

Partidas podem ser vistas em telas de até 700 polegadas, com tecnologia 100% digital e alta definição de som e imagem

jogos exibidos. Em Natal, uma sala de cerca de 250 lugares foi colocada à disposição dos torcedores. O ideal é que a compra da entrada seja an-

tecipada, visto que os cinemas estão fechando uma hora antes do início dos jogos (embora isso não afete o acesso às salas). A conduta dos torcedores é

completamente diferente das dos cinéfilos. Segundo a diretora, bebidas alcoólicas e instrumentos do tipo vuvuzelas e outros tipo de corneta são permitidos. Gritar, torcer e cantar o hino nacional no escurinho do cinema também é válido. A rede que tem salas no Midway Mall também já está vendendo ingressos para a final e para a semifinal da Copa, independentemente do avanço da seleção brasileira. No Cinemark, os preços são diferenciados. A entrada custa R$ 20,00 inteira e R$10,00 meia-entrada em partidas regulares. Em jogos do Brasil, final e fase eliminatória: os preços variam entre R$ 15 e R$ 40.

w LANÇAMENTO O “alma boa” Flávio Rezende, escritor e ativista social em Natal, lança o livro “Quero que este livro vire um filme”, no próximo dia 15 de julho, na Saraiva do Natal Shopping, às 19h. Na data, ele comemora também seus 53 anos de vida no bem. w PRÓ-CULTURA O Mossoró Cidade Junina e o São João de Assu estão na lista das festas juninas do Nordeste que contam com o patrocínio da Petrobras neste ano. Em Mossoró, a festa vai até o dia 29, com cerca de 60 shows locais e nacionais, festivais de quadrilhas e os mais de 30 projetos culturais no Corredor Cultural. w RAÍZES Com decoração em azul e branco, comidas e bebidas típicas e clima de torcida para a seleção italiana, o Chaplin Recepções se transformará na Casa Azzurri até o dia 25 de junho. Criado pela Federação Italiana de Futebol em 1998, o espaço é para a promoção do país durante grandes eventos esportivos. w PRESOS POLÍTICOS Uma carta escrita por presos políticos do presídio Romão Gomes, em SP, em 1975, e que trazia nomes e codinomes de 233 torturadores do regime militar no país virou o livro “Bagulhão: A Voz dos Presos Políticos contra os Torturadores”, lançado, nesta semana, pela Comissão da Verdade de São Paulo. w FUSÃO MUSICAL Música brasileira homenageada, novamente, no Jobim, neste fim de semana. A proposta é oferecer a fusão do samba, chorinho e soul com a gastronomia. Nesta sexta-feira (20), o palco da casa recebe Laryssa Costa e Dois de Breque e, no sábado (21), os músicos Oswin Lohss, Renato Carvalho e Thiago Santana acompanham Dudu Galvão no show 'Soul Brasil', às 21h30.


14 O Jornal de HOJE

Natal, 20 de junho de 2014

O QUE ESTÁ EM CARTAZ

Claquete Newton Ramalho

Cidade

Sexta-feira

Sexta-feira imprensada e preguiçosa, com cara de segunda, mas, com um monte de jogos da Copa, e outro tanto de estreias nos cinemas. As novidades são a animação "Como Treinar o Seu Dragão2", a ficção "Transcendence - A Revolução", com Johnny Depp, o policial "13º Distrito", último filme de Paul Walker, a comédia "Vizinhos", e a produção portuguesa "Florbela", na Sessão Cine Cult do Cinemark. Teremos também a re-exibição de "Os Embalos de Sábado à Noite", marco da Era Disco. Continuam em cartaz o sensível drama "A Culpa É das Estrelas", a aventura "Malévola", "Os Homens São de Marte... E É Pra Lá Que Eu Vou", e "X-Men: Dias de um Futuro Esquecido". Nas programações exclusivas, o Moviecom exibe a ficção "No Limite do Amanhã", com Tom Cruise. Lembro que a programação agora muda nas quintas-feiras.

Fotos: Divulgação

ESTREIA 1: "COMO TREINAR O SEU DRAGÃO 2" Cinco anos após convencer os habitantes de seu vilarejo que os dragões não devem ser combatidos, Soluço convive com seu dragão Fúria da Noite, e estes animais integraram pacificamente a rotina dos moradores da ilha de Berk. Entre viagens pelos céus e corridas de dragões, Soluço descobre uma caverna secreta, onde centenas de novos dragões vivem. O local é protegido por Valka, mãe de Soluço, que foi afastada do filho quando ele ainda era um bebê. Juntos, eles precisarão proteger o mundo que conhecem do perigoso Drago Bludvist, que deseja controlar todos os dragões existentes. A direção é de Dean DeBlois. "Como Treinar o Seu Dragão 2" está em exibição nas Salas 4 e 6 do Moviecom, nas Salas 2 e 7 do Cinemark, Salas 1, 2 e 5 do Natal Shopping, e Salas 1 e 4 do Norte Shopping. Cópias dubladas, exibição em 3D. Classificação indicativa livre. (T. O.: "How to Train Your Dragon 2")

ESTREIA 2: "TRANSCENDENCE - A REVOLUÇÃO" Will Caster (Johnny Depp) é o mais famoso pesquisador sobre inteligência artificial da atualidade. No momento ele está trabalhando na construção de uma máquina consciente que conjuga informações sobre todo tipo de conteúdo com a grande variedade de emoções humanas. O fato de se envolver sempre em projetos controversos fez com que Caster ganhasse notoriedade, mas ao mesmo tempo o tornou o inimigo número 1 dos extremistas que são contra o avanço da tecnologia - e por isso mesmo tentam detê-lo a todo custo. Só que um dia, após uma tentativa de assassinato, Caster convence sua esposa Evelyn (Rebecca Hall) e seu melhor amigo Max Waters (Paul Bettany) a testar seu novo invento nele mesmo. Só que a grande questão não é se eles podem fazer isto, mas se eles devem dar este passo. A direção é de Wally Pfister. "Transcendence - A Revolução" está em exibição na Sala 3 do Cinemark, Sala 3 do Natal Shopping. Classificação indicativa 12 anos. (T. O.: "Transcendence")

ESTREIA 3: "13º DISTRITO" Brick Mansions é uma área da cidade de Detroit onde a violência tem índices altíssimos. Lá, o traficante Tremaine Alexander (RZA) tem status e poder, enquanto Lino (David Belle) tenta erradicar as drogas do local. Lino tem problemas com a polícia, corrompida pelo crime organizado, o que faz com que seja preso. Damien Collier (Paul Walker), um dos poucos policiais honestos recebe como missão entrar em Brick Mansions para resgatar uma bomba que pode matar milhões. Para tanto, ele precisa contar com a ajuda de Lino, que deseja retornar ao local para resgatar Lola (Catalina Denis), sua namorada, que foi raptada pelos capangas de Tremaine. A direção é de Camille Delamarre. "13º Distrito" está em exibição na Sala 6 do Norte Shopping. Cópia dublada. Classificação indicativa 14 anos. (T. O.: "Brick Mansions")

Filme da Semana: "O Homem Duplicado" Devido ao lado comercial da indústria do cinema, a maioria dos filmes, principalmente os que são feitos em Hollywood, obedecem a receitas simplistas, com histórias lineares, com clímax e finais felizes. Mesmo o cinema francês, famoso por seus filmes com finais abertos, tem se rendido à tentação das bilheterias fartas, seguindo o modelo hollywoodiano. Por isso, filmes como "O Homem Duplicado", do diretor canadense Denis Villeneuve, constituem-se em honrosas exceções no momento atual. Villeneuve tem em seu currículo dois filmes impactantes e bastante elogiados, "Incêndios", de 2010, e "Os Suspeitos", de 2013. O primeiro mostra uma odisseia familiar que começa no Canadá e termina nos territórios palestinos, enquanto o segundo traz Hugh Jackman e Terrence Howard como pais desesperados, fazendo justiça com as próprias mãos. Mostrando gostar de histórias complicadas, o diretor enfrentou a dura tarefa de levar às telas o livro homônimo de José Saramago, produto fiel do escritor, conhecido por suas obras complexas e repletas de simbolismos. Longe de se tornar uma adaptação incompreensível, o filme ficou bem interessante, embora exija do espectador algo que normalmente não lhe é exigido: pensar e buscar a sua interpretação do filme. O protagonista é Adam Bell (o ótimo Jake Gyllenhaal, que já trabalhou com o diretor em "Os Suspeitos"), um professor universitário que ensina Ciência Política ou algo parecido e tedioso, para alunos que não parecem muito interessados. Tediosa parece ser a palavra que descreve bem a vida de Adam, que obedece a um padrão bem repetitivo, sempre casa, aula, casa, sexo. Até a namorada de Adam, Mary (Mélanie Laurent) participa da rotina imutável. Um dia, um colega do trabalho sugere a Adam que assista a um filme de que ele gostara. Aceitando a sugestão, ele resolve alugar o filme, e é surpreendido ao desco-

brir que um dos atores é um sósia perfeito dele. Adam fica obcecado sobre esta pessoa, que parece ser uma cópia fiel dele, e passa a investigar pela internet e até fica de plantão na porta da agência do ator. Descobre que ele chama-se Anthony St. Claire (Jake Gyllenhaal), é casado com Helen (Sarah Gadon), que está grávida, e fica intrigada com os telefonemas misteriosos do homem que tem a mesma voz do marido. Ela fica chocada quando o procura na universidade e descobre que é idêntico ao marido. Os dois chegam a encontrar-se, mas, a coisa não flui bem, e há uma animosidade entre os dois homens, com suspeitas de parte à parte, e uma atitude mais agressiva de Anthony, que suspeita do outro, e quer passar-se por ele para sair com Mary. Essa história poderia até ser contada como comédia, ou ficar perdida num drama vazio não fosse a impressionante construção do filme, com uma tensão sempre crescente, e uma trilha sonora por vezes angustiante. Certamente cada um que assistir o filme irá desenvolver a sua teoria sobre qual é a verdade por trás da história, se são gêmeos separados no berço, se são a mesma pessoa, se são delírios de um ou do outro. Para alimentar essas teorias, diversas pistas surgem ao longo da história, nos diálogos com as mulheres, e na breve, mas, importante aparição de Isabella Rossellinni como a mãe de Adam. Para dar mais sabor à história, existem diversas aparições surrealista de aranhas, de minúsculas a monumentais, cujo lugar e sentido ficarão a cargo da imaginação do espectador. "O Homem Duplicado" não é um blockbuster para ser assistido com pipoca e guaraná. É um filme que exige atenção e mente aberta, para desenvolver a sua própria teoria, e quem sabe dar lugar a uma saudável e prolongada discussão de mesa de bar.

LIVROS DE CINEMA: ESTREIA 4: "VIZINHOS" Mac (Seth Rogen) e Kelly Radner (Rose Byrne) acabaram de se mudar para uma casa nova, junto com o filho recém-nascido deles. Aparentemente trata-se do local perfeito para criar uma família, mas logo o casal percebe que as aparências enganam. Especialmente quando um dos vizinhos é Teddy Sanders (Zac Efron), o presidente de uma fraternidade que organiza festas dia sim e no outro também, e que lidera os jovens das redondezas nas confusões aprontadas por eles. A direção é de Nicholas Stoller. "Vizinhos" está em exibição nas Salas 2 e 6 do Cinemark, Sala 3 do Natal Shopping. Cópias dubladas e legendadas. Classificação indicativa 16 anos. (T. O.: "Neighbors")

ESTREIA 5: "OS EMBALOS DE SÁBADO À NOITE" Tony Manero (John Travolta), um jovem do Brooklyn e um excelente dançarino de disco music, só encontra significado na vida quando dança, pois passar a semana trabalhando em uma loja de tintas não o gratifica de forma nenhuma. Assim ele se perfuma, se veste de um jeito fashion e vai para a discoteca no final de semana. Sob a influência de seu irmão, um padre frustrado, e de Stephanie (Karen Lynn Gorney), sua parceira de dança, começa a questionar a maneira como encara a vida e a limitação de suas perspectivas. Paralelamente Tony vive uma crise amorosa, enquanto se prepara para participar de um concurso em uma discoteca. A direção é de John Badham. "Os Embalos de Sábado à Noite" será exibido na Sala 3 do Cinemark, no sábado às 23h55m, domingo às 12h30m e quarta-feira às 19h30. Classificação indicativa 12 anos. (T. O.: "Saturday Night Fever")

SESSÃO CINE CULT: "FLORBELA" A poetisa Florbela Espanca (Dalila Carmo) não consegue levar uma vida de dona de casa e esposa em uma região rural. Seu desejo de descobertas leva-a a acompanhar o irmão Apeles (Ivo Canelas) na grande Lisboa, onde pode enfim conhecer tudo o que desejava: festas, amantes, movimentos populares... Embora o marido tente trazê-la de volta, e o irmão seja obrigado a partir, Florbela sente que encontrou seu lugar. Nesta cidade surge a inspiração para os seus maiores poemas. A direção é de Vicente Alves do Ó. "Florbela" será exibido na Sala 7 do Cinemark, na segunda-feira (23/6), e terça-feira (24/06), na sessão de 20h00. Classificação indicativa 14 anos. (T. O.: "Florbela")

> LANÇAMENTOS EM DVD/BLU-RAY "CAÇADORES DE OBRAS-PRIMAS"

nobre cavaleiro do reino e protetor do Rei, até que ambos foram traídos e mortos pelo terrível Sir Heraclio. Contra o desejo de seu pai, Justin decide ir em busca de seu sonho e começa uma jornada para tornar-se cavaleiro. Filme com formato de tela widescreen anamórfico e áudio em Dolby Digital 5.1. (T. O.: "Justin and the Knights of Valour") "TOQUE DE MESTRE" Antes da apresentação que marca seu retorno, o pianista Tom Selznick (Elijah Wood), que sofre de medo do palco, descobre um bilhete assustador entre suas partituras. A ameaça afirma que ele terá que fazer o melhor concerto de sua vida, sem um único erro, se quiser salvar a si mesmo e também sua esposa, Emma (Kerry Bishe). O disco traz o filme com formato de tela widescreen anamórfico e Áudio em Dolby Digital 5.1. (T. O.: "Grand Piano")

Durante o declínio de Hitler na Alemanha, um grupo de 13 especialistas vindos de países diferentes é reunido para reencontrar obras de arte roubadas pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. George Stout (George Clooney), um oficial americano e conservador de obras de arte, lidera a equipe. O elenco conta ainda com Matt Damon, Bill Murray, Cate Blachett, John Goodman, e Jean Dujardin. O disco traz o filme com tela widescreen anamórfico e Áudio em Dolby Digital 5.1. (T. O.: "The Monuments Men") "JUSTIN E A ESPADA DA CORAGEM" Justin sempre quis ser um cavaleiro, mas seu pai, conselheiro-chefe da Rainha, quer que o filho siga seus passos e se torne um advogado. Em busca de ajuda, o garoto procura a avó e descobre que seu avô, Sir Roland, foi o mais

"25ª HORA" Segunda Guerra Mundial, Johann Moritz (Anthony Quinn) um simples camponês romeno e Suzana (Virna Lisi), sua linda esposa são envolvidos num emaranhado de situações, que não conseguem entender. O chefe de polícia deseja sua mulher e sob a falsa alegação de ser ele judeu, é enviado a um campo de concentração. Entre as incoerências da era nazista, tem início sua terrível saga. Porém em uma avaliação pelos nazistas de seu biotipo, Johann é considerado um "exemplar-modelo da raça Ariana". Em sua busca para conseguir de volta sua esposa e sua família e sem entender as verdadeiras razões do conflito, ele luta contra os dois lados da guerra. Filme com formato de tela standard e Áudio em Dolby Digital 2.0. (T. O.: "The 25th Hour")

A NARRATIVA CINEMATOGRÁFICA O cinema é uma poderosa forma de arte com grande capacidade de trazer ao público histórias fascinantes. Porém, quais são as estruturas, seja em um filme de arte, seja em um filme comercial, que fundamentam o ato audiovisual de contar histórias? A obra Narrativa Cinematográfica procura esmiuçar o que fica oculto para o espectador a maneira como o ato de narrar pode se configurar dentro de uma articulação entre som e imagem. Para isso, os autores vão em busca das instâncias fundamentais da narrativa (o narrador, o tempo, o espaço e o ponto de vista) para desvendar as peripécias e artimanhas da narrativa audiovisual. 228 p - Editora UnB.


Esporte

Sexta-feira

Natal, 20 de junho de 2014

O Jornal de HOJE 15

Fotos: Divulgação

Japoneses e gregos fizeram um jogo morno ontem à noite em Natal

No penúltimo jogo da Arena das Dunas na Copa do Mundo, ontem à noite, em Natal, nem os milhares de torcedores japoneses foram suficientes para fazer com que o Japão conseguisse superar a forte retranca da Grécia. O resultado de 0 a 0, acabou favorecendo a Colômbia que venceu a Costa do Marfim por 2 a 1, chegou aos seis pontos e não pode ser mais alcançada no Grupo C, garantido a classificação antecipada para as oitvas de final. Apesar da expulsão de Katsouranis, da Grécia, ainda no primeiro tempo e da boa atuação de Honda, o Craque do Jogo Budweiser, o Japão não conseguiu transformar sua superioridade numérica e territorial em gols. Os japoneses tiveram 70% de posse de bola e passaram o tempo quase todo no campo de ataque. Ainda assim, o elenco nipônico teve dificuldade para criar boas chances de gol. A melhor delas veio com uma cobrança de falta de Honda. Karnezis defendeu e deu rebote, mas se recuperou e afastou a bola. O goleirão grego também apareceu bem aos 45 minutos finais, pulando para espalmar a boa cobrança de falta de Endo. E nada mudou o placar em Natal. O jogo contou com a presença do Secretário Geral da Fifa, Jérôme Valcke, da governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, e da Princesa Takamado, membro da Família Imperial Japonesa. Mesmo com um ponto cada, Japão e Grécia seguem com chances de classificação, pois a Costa do Marfim possui três pontos e pode ser ultrapassada na última rodada.

JAPÃO E GRÉCIA

CLASSIFICAM A COLÔMBIA E MPATE

SEM GOLS NA

A RENA

DAS

D UNAS

FAVORECEU SELEÇÃO

SUÁREZ COMANDA REAÇÃO URUGUAIA Atacante retornou de lesão e marcou os dois da vitória sobre a Inglaterra

Com dois gols do atacante Suárez, o Uruguai venceu a Inglaterra por 2 a 1, ontem, no estádio Itaquerão, em São Paulo, pela segunda rodada do Grupo D da Copa do Mundo. Com a vitória, os uruguaios reagiram da derrota para a Costa Rica na sua estreia no Mundial e somaram os três primeiros pontos na classificação, ficando na terceira colocação da chave nos critérios de desempate. Já os ingleses agora terão de torcer para a Itália vencer

fabiopachecorn@gmail.com

Pela primeira vez desde a reapresentação da Seleção Brasileira, o técnico Felipe Scolari demonstrou preocupação. Devoto de Nossa Senhora de Caravaggio, parece que ele entendeu que ficar somente esperando por um milagre não dará o hexa ao Brasil. É preciso trabalhar e começar a fazer o seu papel de treinador. Ontem ele dedicou boa parte do treino ao aprimoramento dos chutes de Daniel Alves. Felipão sabe que falta força ofensiva ao seu time e por isso quer o lateral avançando e chutando mais. O treinador que não aceita críticas, finalmente, viu que Hulk não tem função nesse grupo e Bernard, apesar de também ser fraco, começa a ganhar espaço nos titulares. A entrevista de Júlio César, que classificou o elenco como inferior aos das duas últimas Copas, também ajudou e foi fundamental para ligar o alerta e deixar pra trás o devaneio do título da Copa das Confederações. Aquilo foi um treino para a maioria das seleções e a realidade é outra, principalmente quando se vê seleções como Holanda, Alemanha, Argentina, Colômbia, Uruguai e Chile jogando bem. Hoje, os atletas e comissão técnica sabem que os chilenos são uma grande ameaça nas oitavas de final e que se não melhorarem, poderão ser protagonistas do maior fiasco de nossa seleção. FRAUDE NA FIFA O Scorpyn, desenvolvido por hackers, é um programa que fura a fila digital da Fifa. Dá a notícia de que novos ingressos podem ser comprados com minutos de antecedência em relação aos torcedores que só saberão depois — e essa diferença de tempo é garantia de que a compra vingará.

a Costa Rica, nesta sexta (20), em Recife, pois será o único resultado que os manterá com chances de classificação na chave. Na rodada final, no próximo dia 24, o Uruguai enfrenta a Itália, em Natal, enquanto a Inglaterra joga contra a Costa Rica, em Belo Horizonte. Os gols de Suárez foram marcados aos 38 minutos do primeiro tempo, quando Cavani cruzou para atacante cabecear no contrapé do goleiro Hart e fazer 1 a 0 para os

uruguaios. Na etapa final, a Inglaterra conseguiu o empate. Aos 29 min, Johnson fez bela jogada pela direita e cruzou rasteiro para Rooney só escorar para o fundo do gol e marcar o seu primeiro gol em Copas. Mas, em um lance isolado, Suárez, novamente, decretou a vitória uruguaia. Aos 39 min, o atacante aproveitou lançamento do goleiro Muslera e, ao invadir a grande área inglesa, chutou forte para fazer os 2 a 1.

TABU Os dois gols do artilheiro Suarez colocaram o Uruguai na briga pela classificação e de quebra, superaram um tabu que havia desde 1970. Há extatos 44 anos a seleção sul-americana não derrotava uma equipe europeia em Copas do Mundo. O último triunfo havia sido contra a União Soviética, por 1 a 0, na Copa do México.

Fábio Pacheco ANTES TARDE DO QUE NUNCA

C OLOMBIANA

Divulgação

GRUPO DA MORTE É decisivo para os ingleses que a Itália vença nesta sexta-feira a Costa Rica. Assim, ela iria aos 6 pontos. A Costa Rica é a próxima adversária da Inglaterra, que precisaria fazer saldo e torcer para vitória azzurra sobre o Uruguai para se classificar. Parece que a despedida de Natal da Copa terá sua melhor partida no dia 24. MÉDIA DE PÚBLICO A média de público da Copa de 2014 até aqui é a quarta mais alta da história dos mundiais. Nas 16 partidas da primeira rodada, os estádios brasileiros receberam um público total de 796.113 pessoas, média de 49.757 por jogo. A maior média pertence aos EUA, em 1994, com 68.991. Depois vem a Copa da Alemanha de 2006 com média de 52.491 torcedores por partida. O mundial realizado no México em 1986 aparece em terceiro, com 50.124.

REFORÇO A reapresentação do elenco abecedista aconteceu na última quartafeira e teve como novidade a presença do volante Marcel, que vem da Caldense-MG. O novo reforço tem 27 anos, é natural de Juiz de Fora-MG, e já atuou pelo Ipatinga, Tupi e Água-PA.

R$ 30 MILHÕES Nenhuma apostador acertou as seis dezenas sorteadas no concurso 1.609 da Mega-Sena realizado na última quarta-feira (18), em Osasco (SP). As dezenas sorteadas foram: 02 – 06 – 13 – 26 – 53 – 60. A previsão é de que a Mega-Sena pague R$ 30 milhões no sorteio de sábado (21), segundo a Caixa Econômica Federal.

DESFALQUE O técnico Oliveira Canindé perdeu um importante jogador. O volante Dudu fraturou a fíbula no último treino do América e passará por um bom tempo fora dos planos da Série B. Em compensação, a cirurgia de meniscos do goleiro Andrey foi um sucesso. O jogador já iniciou a fisioterapia e deve voltar aos treinos em 15 dias.

DE OLHO NA VAGA O vencedor do duelo entre França e Suíça estará classificado se não houver ganhador na partida entre Honduras e Equador. Será um confronto interessante entre a sólida defesa hondurenha e um conjunto equatoriano de bons recursos ofensivos. O retrospecto é levemente favorável aos sul-americanos, com três vitórias e sete empates para duas derrotas em 12 jogos.


16 O Jornal de HOJE

Natal, 20 de junho de 2014

Esporte

Sexta-feira

BRASIL VAI BRIGAR PELO PRIMEIRO LUGAR DO GRUPO

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br Fotos: Divulgação

Divulgação

JULIO CESAR

DIZ

QUE SELEÇÃO ESTÁ ENCARANDO JOGO COM

CAMARÕES

Meu nome é James

COMO UMA DECISÃO Depois do tropeço diante do México, o Brasil tem uma partida decisiva na próxima segunda-feira (23) contra a já eliminada seleção de Camarões, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa do Mundo. O time se reapresentou ontem em Teresópolis-RJ e começou a se concentrar para o que o goleiro Julio Cesar classificou como uma decisão, pois a meta brasileira é encerrar a fase em primeiro lugar do Grupo A. "Camarões é uma seleção fisicamente forte. Independentemente de estar eliminada vai querer mostrar serviço. Todo mundo quando joga com o Brasil se dedica mais. O próximo jogo é nossa final de Copa do Mundo. Temos que entrar com a mesma seriedade dos últimos jogos para ficar em primeiro do grupo", afirmou Julio Cesar em entrevista coletiva após o treinamento na Granja Comary. "Passar em primeiro é o nosso

Goleiro da seleção concedeu entrevista coletiva após reapresentação do elenco na Granja Comary

objetivo. Procuramos fazer sempre o melhor. Não pensando em fugir de A ou B. Passar em primeiro do grupo traz confiança. Isso é o mais importante." O goleiro explica que, se não trouxeram os melhores resultados possíveis, os dois jogos que a Seleção Brasileira já fez na Copa do Mundo ocasionaram uma evolução. "A gente está se comportando bem. Saímos atrás da Croácia e viramos o jogo. Agora contra o México não

perdemos a cabeça contra uma equipe muito bem preparada e o goleiro fez a partida da vida dele. São situações adversas que não havíamos enfrentado nos amistosos e na Copa das Confederações. Foram dois jogos que serviram para dar mais maturidade para este grupo." Julio Cesar acredita que a Copa das Confederações foi um divisor de águas para o atual elenco da Seleção Brasileira. "No início da Copa

das Confederações, o time ainda não tinha uma identidade. Muitas equipes não respeitavam o Brasil como hoje. Pelo que apresentamos lá, mudou tudo. Hoje entram respeitando, se defendendo muito. Naquela competição a gente conseguiu gol no inicio em todas as partidas e isso facilitava para nós. Hoje é diferente e temos de descobrir maneiras de enfrentar as dificuldades", disse o camisa 12.

ITÁLIA PODE SALVAR A INGLATERRA A Inglaterra pode ser a segunda campeã do mundo eliminada na segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo. Para os ingleses continuarem com alguma chance de classificação, Itália e Costa Rica não podem empatar nesta sexta-feira (21). A Azzurra encara os centro-americanos no Re-

cife, às 13 horas (de Brasília). Uma vitória da Itália é o único resultado interessante para o time de Roy Hodgson. Se o duelo de hoje terminar empatado, Itália e Costa Rica vão a 4 pontos. A Ingaterra, com zero, já não poderá mais alcançar o segundo lugar do Grupo D e, assim, estará eliminada. Caso a

Costa Rica vença, Itália e Uruguai definem a segunda vaga nas oitavas de final no duelo da terceira rodada, em Natal. A Costa Rica iria a 6 pontos e estaria classificada, pois apenas uma das equipes entre Azzurra e Celeste chegaria aos 6 pontos. A rodade desta sexta-feira ainda

terá, às 16h, em Salvador, Suíça e França decidindo a liderança do Grupo E, quem vencer praticamente garante vaga nas oitavas de final. O jogo da noite, às 19h, será entre Honduras e Equador, na Arena da Baixada, em Curitiba. Nenhuma das equipes venceu ainda pelo Grupo E.

Sou do time reserva do terceiro reserva do romantismo. Quanto mais criticado, mais defendo o belo acima do sistemático e modista. Morrerei defendendo o futebol de toques, dribles, lançamentos e gols desenhados. Ninguém vai a um show de Chico Buarque de Holanda, o setentão, para ouvir música de Catinguelê ou Peidões do Forró. Forró bom, o de Gonzagão, de Dominguinhos. Serra pega pelo pé. Mantenho-me no subsolo. No lugar destinado ao arquivo dito morto da preservação convicta do futebol gingado e sincopado. Prefiro um replay do falecido Denner do que três ingressos para ver Jô. Um calcanhar reprisado do mago magérrimo Sócrates a um cabelinho pintado de Daniel Alves. Morando na esnobada filosofia, gostei da Colômbia. Parece um time brasileiro dos anos 1970/80. Bola de pé em pé, uma firula aqui, uma moganga ali, um meia-armador nato e clássico - e ainda por cima, canhoto, comandando as ações. O camisa 10 colombiano, Jámes Rodríguez é a personalidade de um Rivaldo aos 27. A bola é quem corre. Ele fica por ali, de delegado, dando as ordens, prendendo e soltando na meiúca. James Rodríguez é tudo o que imaginávamos ter sido Paulo Henrique Ganso. A esperança 90% perdida por contusões, máscara e preguiça. Dos pés de Rodríguez, a bola sai precisa e ligeira, doce e faceira até o ataque. Quando o jogo está quente, muita gente embolando o meio, como vemos em cada pelada do Campeonato Brasileiro, Jámes Rodríguez pede licença, pisca o olho para a bola e a chama pra um namoro, escondendo-a com a parte interna do pé. Pronto. Está tudo resolvido e os lances recomeçam a fluir. A atual geração da Colômbia pode me enganar, mas esbanja alegria no seu jogo, contentamento aliado ao ímpeto ofensivo. Mais pé no chão do que aquela turba de mascarados de 1993/94, com os comediantes Higuita (goleiro) e Valderrama (meia cabeludo), o craque Rincon e o fugaz Asprilla. É bom ver a Colômbia praticar o futebol de acordo com a regra do fazer bem e exótico. Obra de um argentino formador de craques, José Pekerman. Técnico que escolheu a técnica como doutrina. É justo e lógico chamar James Rodriguez de craque, de dominador de volantes, de conhecedor dos palmos e detalhes de um meio-campo. Seus toques têm o sal da sutileza, irmã da carícia (que arrepia) e sacramenta o prazer, clímax da alcova. Fatal Sean Connery, 007 camisa 10 dos mapalés de dança típica, o nome dele é James. James Rodríguez.

Ciclos e fins

Parte da geração brasileira tricampeã mundial em 1970 iniciou seu ciclo no fracasso de 1966. Estavam lá o zagueiro Brito, o armador Gerson, os atacantes Jairzinho, Tostão e Edu. Fora Pelé, um veterano de 1958. Humilhados na Inglaterra, estavam consagrados no México em 1970. O ciclo acabou em 1974. Rivelino, Jairzinho e Piazza foram titulares do TRI integrantes da pífia campanha brasileira na Alemanha. Zé Maria, Piazza, Marco Antônio, Paulo Cézar Caju e Edu também participaram. Moral da história: o tempo é implacável no futebol. Da Itália, que muita gente acha azarã, mas tinha um timaço em 1982 (apenas demorou a engrenar), havia gente da vergonhosa eliminação na primeira fase de 1974. A base, liderada pelo lendário goleiro Zoff - jogou bem em 1978, derrotando a campeã Argentina, terminou em quarto lugar e levantou a taça, amadurecida e forte. Em 1986, quem sobrou, sem fôlego, caiu na terceira fase num jogo em que a Azzurra não foi goleada pela França de Platini, Tiganá e Giresse por absoluta piedade. Moral da história: o tempo é implacável (também) no futebol. O que aconteceu com a Espanha, renovadora artística e resistente, é repetição natural. Em futebol, não existe botox ou photoshop. Envelheceu, é seguir para a galeria nobre da imortalidade.

QUASE TIME Jéferson; Maicon, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo (porque Maxwell não é jogador de seleção); Luiz Gustavo, Hernanes e Oscar; Neymar, Hulk (salve Stalonne!) e Fred (misericórdia), seria um time menos ruim do que o atual. O ataque está causando saudade - sacrilégio - de Luís Fabiano e Leandro Damião. CAMARÕES É pior time de todos os que disputaram Copas. Contra a Croácia, apanharia de oito ou onze a zero sem sobressaltos. O Brasil não pode fazer festa se vencer Camarões por menos de seis gols de diferença. Mas o Brasil optou pelo temor gerado pela mediocridade. O jogo é barbada, mas não aposto ou entro em bolão.

Um clássico para a retina do planeta inteiro. SUÁREZ Um atacante pleno. Finalizador, decisivo. O segundo gol foi uma porrada ao estufar as redes e trazer Montevidéu para cá. Comovente Uruguai, investido do espírito banto de Obdúlio Varela, comandante campal da vitória de 1950. IGNORÂNCIA Faz 60 anos que o Brasil empatou com a Iugoslávia por 1x1 na Copa do Mundo de 1954, o Jogo da Ignorância. Sem conhecer o regulamento, a seleção inteira chorou após o resultado e foi consolada pelos adversários. No Estádio La Pontaise em Losanne, na Suíça, Zebec abriu o placar e o gênio Didi empatou.

FRANÇA X SUÍÇA Depois de Itália x Costa Rica, o jogo interessante da sexta-feira é França x Suíça. Os dois times surpreenderam na primeira rodada. A França nem tomou conhecimento da falta de Ribery. A Suíça aposentou a retranca. Jogo bom. Honduras contra Equador é prenúncio de castigo maior do que prazer.

BRASIL DE ZEZÉ O Brasil do técnico Zezé Moreira: Castilho; Djalma Santos, Pinheiro e Nilton Santos; Brandãozinho e Bauer; Julinho Botelho, Didi, Baltazar, Pinga e Rodrigues. Iugoslávia: Beara; Stankovic, Crnkovic e Cjaikoviski; Horvat e Boskov; Milutinovic, Nitic, Zebec, Vukas e Dvornic.

CELESTE O Uruguai vai decidir seu destino na Copa do Mundo em Natal contra a Itália. Para dar um prêmio ao eterno craque do ABC, Danilo Menezes e ao jornalista Dionísio Outeda.

PEDRINHO Legal Pedrinho Mendes no Sportv com sua Linda Baby, declaração de amor à cidade. Pedrinho é craque desprezado como o Marinho Chagas da música.

20062014