Issuu on Google+

José Aldenir

Segunda-feira

Ano XVI w NATAL-RN,

20 DE MAIO DE 2013 w Nº 4.642

R$ 1,00 w jornaldehoje.com.br

> TUMULTO EM AGÊNCIAS DA CAIXA

Boato sobre Bolsa Família comprova a força política do assistencialismo PARA VEREADOR PETISTA FERNANDO LUCENA, TRATA-SE DE “SABOTAGEM CONTRA O GOVERNO” E “SÓ PODE SER COISA DO DEM, DO PSDB OU DO PPS”. LIDERANÇAS DA OPOSIÇÃO SE DEFENDEM O boato sobre a suspensão dos pagamentos do programa do Governo Federal, que gerou pânico em milhares de beneficiários em pelo menos 12 estados brasileiros, especialmente nos da região Nordeste, preocupa políticos que

ESCREVEM ARTIGOS DA EDIÇÃO DE HOJE Élida Mercês Alcimar de Almeida Silva Jahyr Navarro Ailton Salviano Ana Luíza Rabelo Spencer Anísio Marinho Neto OPINIÃO - Página 2

Reprodução TV Seridó

estão no poder e também os que fazem oposição. O caso é investigado pela Polícia Federal, mas a boataria revela o tamanho do desespero que a desativação do programa paternalista causaria na população mais pobre. POLÍTICA 3 E CIDADE 6

> PORTAL DA TRANSPARÊNCIA

85% das despesas do TJRN foram com pessoal e menos de 1% com investimentos POLÍTICA 5

> HOSPITAIS REGIONAIS

Tribunal de Contas lista os problemas e apresenta 99 recomendações à Sesap CIDADE 8 José Aldenir

> AMANHÃ...

#RevoltadoBusão se unirá ao MST para uma grande manifestação nas ruas de Natal Durante movimentação esta manhã, na praça dos Três Poderes, estudantes e usuários do transporte público afirmaram que os protestos contra o reajuste das passagens de ônibus estão apenas começando. CIDADE 6

Tulio Lemos

Marcos A. de Sá

Danilo Sá

Vicente Serejo

Rubens Lemos F.

Página 3

Página 7

Página 11

Página 13

Página 16

w MP Eleitoral entra com ação pedindo a cassação do mandato do deputado João Maia.

INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,03 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,09 R$ 2,03

w Emprotur e Natal CVB participam em SP de feira voltada para turismo de negócios.

Euro x real R$ 2,62 Poupança 0,50%/0,41% Taxa Selic 7,50%

w No boato sobre fim do Bolsa Família, única verdade é a miséria do povo brasileiro.

E-MAIL REDAÇÃO:

w A debandada dos democratas obriga José Agripino a presidir o espetáculo de rendição?

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

w O frango e o pênalti nasceram do útero trágico das decisões. São desgraças irremediáveis.

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 20 de maio de 2013

ÉLIDA MERCÊS, jornalista especialista em marketing e mestre em administração (elidamerces@hotmail.com)

Amancio

Segunda-feira

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

Acesso à informação "O conhecimento e a informação são os recursos estratégicos para o desenvolvimento de qualquer país. Os portadores desses recursos são as pessoas" – Peter Drucker (Escritor, professor e consultor) Não sei como é para vocês, mas a facilidade de acesso aos mais diversos tipos de informação faz meu dia parecer pequeno diante da quantidade de coisas que quero aprender e conhecer. É indiscutível o que as novas tecnologias nos proporcionam no sentido de poder desbravar um mundo de ideias, acontecimentos e culturas que, há não muito tempo, parecia uma viagem possível apenas para poucos. Hoje, estamos a um clique de distância daquilo que podemos conhecer e queremos ser. É claro que a inclusão digital é um passo fundamental neste processo, pois, por mais absurdo que possa parecer para os que vivem integralmente o século XXI, o acesso à Internet e à informação ainda não é tão democratizados quanto acreditamos ser. Contraditório, não é mesmo? Começo falando sobre a abundância de informação a qual temos acesso e, ao mesmo tempo, sobre a necessidade de inclusão digital. É fato que a acessibilidade às ferramentas não se dá, ainda, na mesma velocidade que se dá a informação. No Brasil, após um ano de vigência da Lei 12.527 – que regulamenta o direito constitucional de acesso dos cidadãos às informações públicas e deveria ser aplicada aos três Poderes da União, Estados, Distrito Federal e Municípios –, ainda somos testemunhas de absurdas tentativas de burla ao nosso direito de saber o que é feito, de fato, com o dinheiro público. Exemplo disso é a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte que buscou e ganhou na Justiça o direito (?) de não revelar quem exerce os cargos que compõem a Casa e quanto recebe por isso. O que esperar de legisladores que burlam a lei? O que acontece nos corredores da AL e para onde vai o dinheiro que pagamos em impostos para sustentar o que nem mesmo podemos saber,

Artigo

não é, infelizmente, mistério registrado exclusivamente nas Terras de Poti. Em países que ainda vivem sob o regime socialista, como a Coréia do Norte, a informação é privilégio do governo que mantém, desde o início da década de 90, a população completamente alienada em relação ao que acontece no mundo, em aspectos que vão do cultural ao tecnológico. Em comum, aqui e na Coréia, há a clara necessidade de controle da informação por parte daqueles que estão no poder e desejam manter suas capitanias hereditárias às custas da ignorância alheia. Esta realidade comprova a máxima de que ela, a informação, é sim poder. E a nós, que temos acesso à ela e que damos aos detentores de mandatos a "carta branca" para que nos representem (?) no cenário político e administrativo, cabe a responsabilidade de usar as informações que nos chegam em favor da coletividade. Ler, buscar o contraponto daquilo que nos é dito, não aceitar as afirmações e o que é publicado pela imprensa, por exemplo, como verdades absolutas. Temos que questionar aquilo que nos é oferecido até que todas as dúvidas se esgotem - coisa que nunca acontecerá. Não, este não é um processo cansativo. Muito pelo contrário! A descoberta de novos horizontes e possibilidades é, na verdade, o motor que nos guia em busca de nossos sonhos e construção de uma sociedade mais democrática que beneficie a todos. Porém, para que todos possam usufruir das benesses que o desenvolvimento nos traz, precisamos também assumir a nossa responsabilidade individual diante do todo. Por isso leia. O que gosta é o que não gosta também. É importante entender o contraponto. Aproveite as oportunidades de qualificação que estão aí, à sua porta – ou na tela de computador. E mais, questione-se sobre o que tem feito com as informações às quais tem acesso. Lembrando que a sabedoria é o conhecimento colocado em prática. Portanto: Ação! De nada adianta reclamar que políticos nada fazem, pois eles são apenas um reflexo da sociedade. Eles mudarão quanto nós mudarmos!

ALCIMAR DE ALMEIDA SILVA, advogado, economista, consultor administrativo, fiscal e tributário (aasconsultoria@bol.com.br)

Desobediência brasileira Se já era cantada em verso e prosa, a desobediência dos brasileiros acaba de ser atestada pelo Índice de Percepção do Cumprimento da Lei, resultado de pesquisa levada a efeito pelo Centro de Pesquisa Jurídica Aplicada da Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas. Composto de duas variáveis - comportamento e percepção - na primeira os pesquisados foram questionados sobre a freqüência com que realizam determinadas condutas e na segunda sobre a importância de obedecer as leis; incentivos para cumprir a lei; desaprovação de condutas; e diferença entre o que é certo e o que é errado. O resultado apontou que 82 por cento dos brasileiros acreditam na facilidade de desobedecer as leis e que 79 por cento acham que, sempre que possível, o brasileiro apela para o famoso "jeitinho". Tendo por objetivo avaliar o grau de efetividade do Estado de Direito no Brasil, o índice busca conhecer a percepção dos brasileiros sobre o respeito às leis e o respeito às autoridades que devem fazer as leis serem cumpridas. Variando entre 0 (zero) e 10 (dez), esta primeira versão indicou em 7,3 pontos a percepção do brasileiro em relação ao cumprimento da lei, sem haver diferença entre os Estados pesquisados. Foram porém identificadas divergências em relação à idade e 7 pontos aos situados na faixa etária entre 18 e 34 anos. Também entre os níveis de renda dos pesquisados entrevistados, atribuindo-se aos maiores de 60 anos 7,6 pontos e aos para os jovens entre 18 e 34 anos foram atribuídos 7 pontos; aos de maior renda demonstraram percepção menor do que os de menor poder aquisitivo. As duas variáveis – comportamento e percepção – foram utilizadas porque as pessoas ao se referirem ao seu próprio comportamento tendem a responder que respeitam mais a lei do que quando avaliam o comportamento de outras pessoas. Tanto é que comprar CDs ou DVDs piratas, por exemplo, foi considerada uma conduta errada por 91 por cento das pessoas pesquisadas, mas 60 por cento delas afirmaram que a praticaram nos últimos 12 meses e

54 por cento consideraram provável a punição para este comportamento. Quanto ao ato de dirigir após o consumo de bebida alcoólica foi considerado errado por 99 por cento das pessoas, ao passo que 79 por cento delas acreditam ser provável a punição e 14 por cento delas declararam ter dirigido nestas condições nos últimos 12 meses. Foi revelado que quanto maior a desaprovação social, maior é a possibilidade de cumprimento das leis, de tal forma que levar itens baratos de uma loja sem pagar, por exemplo, foi apontado como uma conduta reprovável por amigos e conhecidos por 90 por cento dos entrevistados, sendo que apenas 3 por cento deles afirmam que já praticaram o ato nos últimos 12 meses. A compra de CDs e DVDs piratas foi considerada como uma conduta reprovada pelos amigos e conhecidos por 64 por cento dos entrevistados e praticada por 60 por cento deles no último ano. Os entrevistados que já utilizaram o Poder Judiciário alguma vez revelaram ter uma percepção menor do que as leis são cumpridas, sendo atribuído índice 7,1, comparativamente aos que nunca participaram de um processo judicial, a que foi atribuído índice 7,3. Atravessar a rua fora da faixa de pedestre obteve o maior percentual de condutas erradas cometidas no último ano confessada por 72 por cento dos entrevistados, enquanto a menor, com 3 por cento, foi dar dinheiro para evitar multa e levar itens baratos de uma loja sem pagar. A maior probabilidade de punição foi atribuída por 79 por cento a dirigir após consumir bebida alcoólica, sendo a menor, com 52 por cento, atravessar a rua fora da faixa de pedestres. Quanto ao reconhecimento de conduta errada, a maior freqüência foi atribuída por 99 por cento a estacionar em local proibido; jogar lixo em lugar proibido; dirigir após consumir bebida alcoólica e levar itens baratos de uma loja sem pagar, sendo a menor, com 91 por cento, a compra de CD ou DVD pirata. Eis um cardápio valioso para autoridades federais, estaduais e municipais e profissionais de diversas áreas.

ANÍSIO MARINHO NETO, 1º procurador de Justiça, professor e membro da ALEJURN, IHGRN e UBE (anisiomarinho@unp.br).

Mudança Penal

Artigo

JAHYR NAVARRO, médico (jahyrnavarro@gmail.com)

Lembrando o Ok bar Memórias de um passado que jaz in- À noite, quando o pessoal de casa adormesepulto. Abmael Morais, jornalista cia, eu pulava a janela do quarto e ia ao encontro dos meus amigos da rua e com eles, Lendo antigos jornais da coleção do apanhar carteiras vazias de cigarro amerimeu amigo Castilho, deparei-me com um cano nas imediações do Ok bar. Elas sertexto escrito por Augusto Severo Neto – viam para completar a nossa coleção e como já falecido – abordando a historia do Ok moeda corrente nas nossas "transações cobar e sua importância na cidade durante merciais". Os meus amigos da rua não tia segunda guerra mundial. De súbito, lem- nham nomes, eram todos apelidados: Biguá, brei-me dessa época que marcou minha in- Touro, Cavaco, Pescoção, Parrudo e Tim. fância pelo ineditismo de fatos ocorridos, Com eles aprendi o que nenhum colégio ou que de certa forma, deixaram recordações faculdade ensinou-me: as lições que o que mesmo se quisesse e pudesse, não mundo ensina quando se aprende com os conseguiria esquecer. próprios erros. Ainda me lembro de uma cidade esvaO Ok bar que conheci em menino e que ziada de uma parte de sua população, que acompanhei durante toda a juventude, perabandonou tudo para não enfrentar as amea- maneceu sempre o mesmo em sua estrutuças dos bombardeios alemães. Natal ficou ra física. Estava situado na av. Rio Branco, povoada de militares brasileiros e ameri- em frente ao cinema Rex – também falecicanos, que parecia mais um quartel bem am- do – possuía uma porta e no seu interior, pliado. Quando a sirene localizada na Força duas fileiras de mesas com suas cadeiras dise Luz – hoje Cosern – soava, era o sinal postas paralelamente – como todo bar desse que o black-out estava começando, a cida- gênero – e no fundo, um balcão de onde saia de ficava às escuras com o povo correndo o comando de tudo. Suas paredes laterais para suas casas ou para os abrigos antiaé- eram enfeitadas com espelhos que ofereciam reos localizados estrategicamente em cada uma sensação de profundidade, mera ilusão bairro. Enquanto isso, os céus continua- de ótica, já que o bar permanecia pequeno vam iluminados pela luz dos holofotes que aos olhos de todos. contrastava com a escuridão imposta pelo A nossa vontade de apanhar carteiras black-out. No interior das casas, as portas de cigarro vazias perto do Ok bar, não era e janelas eram revestidas com um pano tanta, comparada com o desejo de assistir preto para evitar que uma réstia de luz se às brigas que sempre aconteciam dentro do propagasse para o exterior. Quando a sire- bar entre brasileiros e americanos. Quando ne repetia sua triste melodia, estava anun- não havia um meio de separar os brigões, ciando o fim do black-out e que o perigo telefonavam para MP – Military Police – que havia passado. Continuava-se ouvindo ape- imediatamente chegava num camburão. nas o ronco dos motores dos aviões que pa- Eram somente três soldados que examinatrulhavam a cidade durante as vinte e qua- vam o ambiente e quando havia a presentro horas. ça de um oficial, eles calçavam luvas branComo a nossa rua também ficou quase cas e desciam o pau da mesma forma como deserta, as casas que ficaram vazias tiveram batiam nos soldados. Depois jogavam os as cercas de seus quintais derrubadas e as desfalecidos na carroceria do camburão, nossas fronteiras grandemente ampliadas. como se joga um saco de feijão ou de arroz.

Artigo

Com aquelas luvas brancas eles se protegiam da hierarquia militar. Esse bar, já existia com o nome de "Páu Pôdre", muito antes dos meus sonhos de menino. Aglutinava a rapaziada da época para degustar sua famosa fritada de camarão com leite gelado e um copo de cerveja malzebier, especialidade da casa. Segundo Augusto Severo, a rapaziada que frequentava o bar – da qual ele fazia parte –, representava a elite sócioeconômica de então, composta de: Xixico Couto, Genar Wanderley, Eutiquiano Reis, Manoel Vilaça, Joaquim Luz, Protásio Melo, Verissímo Melo, Marito Lyra, Luiz Tavares, Artur Tinoco, Humberto Nesi, Odilon Garcia, Alexandre Garcia, Ruy e Durval Paiva, José Matias, Temístocles Duarte, Omar Medeiros e Ney Marinho, o mais jovem dentre eles. Por sugestão do prof. Protásio Melo, foi trocado o nome de Páu Pôdre pelo o de Ok bar, aproveitando a presença maciça dos americanos, tornando-se um ponto de referência da cidade durante esse período. O seu único proprietário chamava-se Ruy Araújo, mais conhecido por Ruy Praieiro, que logo que terminou a guerra, trocou o nome de Ok bar para o de Bolero bar, talvez pela forte influência dos boleros importados do México e da América Latina. Em 1950 encerrou definitivamente suas atividades. Não posso pretender que esse artigo, que com certa dificuldade estou tentando reconstruir de memória, seja interessante para as pessoas cuja faixa etária esteja distante desse tempo. Mas, sinto-me compelido por uma obsessão compulsiva a externar essas lembranças, tiradas das sombras de onde se encontravam, para serem iluminadas pela luz do porão da nossa memória. Enfim, são "memórias de um passado que jaz insepulto."

AILTON SALVIANO, geólogo e jornalista (ailton@digi.com.br)

"Revolta do Busão" lembrou os velhos tempos De Brasília, onde me encontro, acompanhei pela mídia a manifestação estudantil que ocorreu na última semana na capital potiguar e que passou para as redes sociais com o devido e merecido título "Revolta do Busão". Acostumado com uma população, tantas vezes inerte e uma classe estudantil passiva e sem reivindicações, diante de um sem-fim de problemas sociais que ferem e subjugam a cidadania, pensei que jamais voltaria a ver um movimento desse porte. A classe estudantil que tanta força política e social tivera ao longo de décadas do século passado, entrou nos últimos anos em um período de hibernação em que a tudo assistia sem nenhuma reação. Mas, eis que ressurge das cinzas, um movimento com uma reivindicação justa para a classe e para todos os usuários do transporte coletivo em Natal. Pagar caro por um serviço ineficiente e inseguro pode até parecer uma bobagem para quem possui automóvel, mas representa muito para a maior parte da população. E este problema não é o único. Alguns noticiários enfatizaram a presença de vândalos oportunistas no movimento. Porém, isso é normal. Sempre foi assim. Uma manifestação dessa natureza, por suas próprias circunstâncias, não

Artigo

pode filtrar ou selecionar seus participantes. O que importa é que a maioria seja ordeira e defendam uma causa justa. Quanto à participação da Polícia, faz-se necessário para manter a ordem, mas sem exageros. As reclamações de pessoas que falam da impossibilidade de deslocamento com os seus veículos são compreensíveis, porém menos importantes que a razão do movimento. Pelo que pude deduzir, trata-se de uma ação pelos direitos da cidadania. Nenhum governante, em um regime dito democrático, tem o direito de impor à população um serviço público ineficiente e aceitar por ele uma cobrança incompatível com a sua qualidade. O direito de reclamar, reivindicar, dialogar e exigir respostas é perfeitamente aceitável numa democracia. E pensar que o problema do transporte coletivo é apenas um dos tantos que afligem a coletividade natalense. O que dizer da Segurança e da Saúde Pública? E as Escolas? Estes são serviços essenciais que os governantes têm a obrigação de oferecer ao cidadão. Não se trata de alguma benesse ou assistencialismo, deveria sim, ser o normal retorno dos impostos pagos. Os tributos pagos (e somos campeões mundiais nessa área) afetam todos os cidadãos, independente da sua classe social.

Da cachacinha ou do cigarro comprado na bodega da esquina ao aparelho de TV de plasma adquirido numa loja de departamento, em todas essas compras, os impostos estão embutidos. Desnecessário dizer aos funcionários públicos dos três poderes que os seus salários saem da arrecadação que o Estado consegue por meio de impostos e tributos. Portanto, a sua aplicação justa para com a sociedade é o mínimo que se pode exigir. Chega de subterfúgios! Quando um político assume o compromisso de gerir o Estado, deveria, antes de tudo, pensar que esta tarefa não é simples e fácil. O bom desempenho nesses cargos exige dosagens gigantescas de honestidade, tolerância, capacidade, liderança e inteligência. Afirmar que não há recursos é uma evasiva inaceitável. Todo candidato a um cargo executivo, em qualquer nível, deveria ter como premissa, o conhecimento de todos os obstáculos a serem enfrentados. O exercício do poder não se dá apenas para enriquecer currículo político ou para atender à exigência partidária. Trata-se de um cargo que exige muita doação do seu detentor. Claro que há momentos de glórias e de realização pessoal, mas na maioria das vezes, há também transtornos, desesperos e infindas dificuldades.

ANA LUÍZA RABELO SPENCER, advogada (rabelospencer@ymail.com)

Queria que não precisássemos... Queria que nunca, nenhum de nós, tivesse passado por coisas que precisasse esquecer, queria que nunca tivéssemos que superar ou tentar entender tantas coisas, tantos momentos. Queria que nenhuma situação fosse difícil ou dura o suficiente a ponto de doer. Para ninguém. Mas, Dona Vida, com seus labirintos, suas lições tortuosas, tem uma forma única de ensinar. Uma forma árdua, porém eficaz, de transformar o barro comum na pessoa única que nos tornamos. Cada passo, cada queda, cada erro ou acerto é o que nos transforma. Ensina-nos sobre amor, perdão, paciência. Ensina-nos sobre dar

e sobre receber. Cada dúvida faz com que possamos aprender; cada deslize permite que criemos novas formas de levantar; cada dor nos torna mais fortes, mais conscientes, mais coerentes para aprendermos as próximas lições. Todos temos máculas, grandes ou pequenas, no nosso curriculum. A forma de encará-las é o que nos caracteriza, nos particulariza. Seria perfeito se todos fossem bons, se tudo fosse ótimo. Mas não somos perfeitos e só poderemos deixar tudo ótimo quando aprendermos com nossos erros, aceitá-los e tentar mudar o que está imperfeito em nós. Fugir, "cabular" as aulas que a Vida nos dá, não soluciona, ao contrário disso,

atrasa e agrava a resolução do problema, a aprendizagem da lição. Entender a si próprio, entender o próximo, aceitar os limões e fazer mousse (é melhor que a limonada), é o mínimo que fazemos por nós e pelos outros. Coloque-se na pele do vizinho quando tiver que perdoar, jamais para repetir ou revidar os seus erros. Somos o que aprendemos ser e seremos aquilo que estamos estudando para ser. Se quisermos, seremos melhores. Se quisermos, não precisamos passar por nada que seja "menos", porque isso será apenas um capítulo da nossa história e não o resumo do nosso livro!

Nos dias atuais, diante do crescente aumento da criminalidade tanto nos centros urbanos quanto na zona rural do nosso país, é de extrema necessidade a mudança do atual Código de Processo Penal, por isso sugere-se ao legislador federal que o altere, possibilitando maior efetividade para os operadores do direito cumprirem suas funções dentro do devido processo legal. Assim entendemos necessário que haja mudança no sentido de que depois de ordenado o arquivamento do inquérito pelo representante do Ministério Público, por falta de base para a denúncia, a autoridade policial poderá proceder a novas pesquisas, se de outras provas tiver notícia. Nos crimes em que não couber ação pública, os autos do inquérito serão remetidos ao órgão competente do Poder Judiciário, junto ao qual aguardarão a iniciativa do ofendido ou de seu representante legal, ou serão entregues ao interessado, se o requerer, mediante traslado. A autoridade policial fará as comunicações necessárias quando da remessa dos autos do inquérito ou do boletim de ocorrência ao órgão competente do Ministério Público. Da comunicação deverá constar a menção ao órgão a que tiverem sido distribuídos, bem como os dados relativos à infração penal e à pessoa do indiciado. Nas infrações penais de menor potencial ofensivo, assim consideradas para o efeito da lei aquelas a que não seja cominada pena de reclusão, isolada, alternativa ou cumulativamente, poderá o órgão do Ministério Público, atento às circunstâncias e às consequências do caso, bem como aos antecedentes e à personalidade do indiciado, tomar uma das seguintes providências: determinar o arquivamento do caso, acordar com o indiciado e seu advogado a fixação de uma sanção pecuniária, sem qualquer caráter penal, hipótese em que também determinará o arquivamento do caso, oferecer denúncia. Não se aplicam as estas disposições aos crimes contra a vida, ainda que punidos com pena de detenção. Nas hipóteses em que o órgão do Ministério Público determinar o arquivamento do caso, acordar com o indiciado e seu advogado a fixação de uma sanção pecuniária, sem qualquer caráter penal, hipótese em que também determinará o arquivamento do caso, terá ainda de fazer em 03(três) dias, sob pena de falta grave, a remessa dos autos do inquérito ou das peças de informação ao Conselho Superior do Ministério Público, para fins de análise deste órgão. O arquivamento do caso, nestas hipóteses, não gera qualquer efeito penal nem será considerado para fins de antecedentes, contudo, constitui óbice à propositura de ação penal contra o indiciado, com base nos mesmos fatos. O termo de ajuste da sanção pecuniária será subscrito pelo indiciado, por seu advogado e pelo órgão do Ministério Público, e valerá como título executivo extrajudicial. Para fixação do valor da sanção pecuniária, deverão ser levadas em conta as circunstâncias bem como as consequências morais e materiais do evento e as possibilidades econômicas do indiciado e as necessidades da vítima. O valor da sanção pecuniária será recolhido em Fundo especial, que renda juros e atualização monetária. Em caso de lesão a direito individual, a vítima poderá requerer o levantamento da parte que lhe caiba do valor arrecadado, o que será decidido pela administração do Fundo, se o valor do prejuízo exceder ao valor recebido, a vítima poderá acionar o indiciado pelo saldo, na esfera cível, em ação de conhecimento. Havendo controvérsia sobre a quem deve ser feito o pagamento, a destinação da importância recolhido ao Fundo ficará sustada até decisão judicial. Não se habilitando nenhum lesado dentro dos prazos de prescrição para a respectiva ação de indenização, o saldo existente no Fundo será utilizado em programas de prevenção à criminalidade. Se o órgão do Ministério Público, em vez de oferecer denúncia, lançar promoção de arquivamento, deverá fazer a remessa dos autos ou das peças de informação em 05(cinco) dias ao Conselho Superior do Ministério Público, sob pena de falta grave. A promoção de arquivamento será submetida a exame e deliberação do Conselho Superior do Ministério Público, conforme dispuser seu regimento interno. Até que, em sessão pública do Conselho Superior do Ministério Público, seja homologada ou rejeitada a promoção de arquivamento, poderá o interessado apresentar razões escritas, documentos ou informações, que serão juntados aos autos do procedimento administrativo. Deixando o Conselho Superior do Ministério Público de homologar a promoção de arquivamento, designará no ato outro órgão do Ministério Público para prosseguir nas investigações ou para desde logo oferecer a denúncia.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Fernanda Souza Juliana Manzano EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Bruno Araujo EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Segunda-feira

Natal, 20 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 3

Vereador do PT acusa DEM e PSDB por boato sobre fim do Bolsa Família FERNANDO LUCENA RESPONSABILIZOU OS PARTIDOS DE OPOSIÇÃO E AFIRMOU QUE POLÍCIA FEDERAL VAI INVESTIGAR O CASO ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O vereador Fernando Lucena (PT) afirmou na manhã desta segunda-feira que o boato sobre o fim do programa "Bolsa Família", que tomou conta de vários estados do Brasil, especialmente do Nordeste, gerando pânico em milhares de beneficiários, que lotaram as agências da Caixa Econômica Federal atrás de receber o que seriam as três últimas parcelas do benefício, partiu do DEM, do PSDB e do PPS, partidos que fazem oposição ao governo da presidente Dilma Rousseff (PT). O boato de que o programa chegaria ao fim surgiu na noite do último sábado. Desde então, diversos estados registraram tumulto em suas agências bancárias. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, o Ceará foi o Estado brasileiro com maior registro de tumulto, 34 agências, seguido pela Paraíba (18 agências), Bahia (15), Pernambuco (14) e Maranhão (13). Até o

fim da tarde desse domingo (19), os números do transtorno em Sergipe e no Rio Grande do Norte ainda não estavam fechados, enquanto casos isolados foram registrados no Amazonas, no Pará e no Rio de Janeiro. "Ligaram para mim de João Câmara, onde o prefeito é do DEM, onde mais de 100 pessoas estavam na agência da Caixa. Tiveram que colocar no viva voz para eu dizer que era boato", contou o vereador Fernando Lucena. Até nesta segunda-feira, o boato rendia em Caicó, onde os correspondentes lotéricos abriram suas portas com filas imensas de beneficiários querendo sacar o benefício antecipado. Fernando Lucena disse que a Polícia Federal vai apurar. "É uma sacanagem. Tem que apurar e prender quem foi. Não estou dizendo que foi o prefeito. Isso é coincidência com a candidatura de Aécio Neves, partiu desse povo. Do PT é que não foi", afirmou o vereador. Fernando Lucena disse que o Wellington Rocha

Nogueira não aceita que membros do DEM, PSDB e PPS “tenham ajudado” no boato

"Bolsa Família" é um projeto consolidado de transferência de renda, por tempo indeterminado, do governo federal. "Tanto que houve reação do povo, o que mostra que o projeto é acertado. Só sabe o efeito (do fim do programa) quem precisa dele. Se não fosse o Bolsa Família, como estaria a seca no Nordeste? Quem segurou foi o Bolsa Família, a menina dos olhos de Lula e Dilma". Instado a falar sobre o 'boato de que o boato partiu do PT e do Palácio do Planalto, Lucena negou e acusou os adversários do PT. "Esse boato só pode ter sido do DEM, do PSDB e do PPS, a suspeita só pode ser sobre esses três". Na sua avaliação, quem está dizendo que partiu do PT quer desestabilizar o governo. "Mui amigo. Quem está dizendo isso é para desestabilizar o governo. Porque o povo procurou o povo do PT para cobrar. Isso é sabotagem contra o governo. Só pode ter sido o DEM, PSDB e o PPS. Partiu desses três, dos inimigos mortais do PT, não é de gente decente".

José Aldenir

Fernando Lucena analisa: “É uma sacanagem. Tem que apurar e prender quem foi. Não estou dizendo que foi o prefeito”

Leonardo Nogueira: “Não acredito que José Agripino faria um papel desses” O deputado estadual Leonardo Nogueira (DEM) disse não acreditar que o boato tenha partido das principais lideranças do DEM, como o senador José Agripino Maia, presidente nacional da legenda. O deputado estadual também não aceita a hipótese de que cardeais do PSDB e do PPS tenham engendrado tamanha infâmia. Por fim, o democrata disse também não acreditar que a

mentira sobre o fim do Bolsa Família tenha partido da presidente Dilma ou do Palácio do Planalto. "Presenciei ontem quando fui para o estádio em Ceará Mirim, várias agências da Zona Norte, um tumulto danado, uma verdadeira tragédia. Não sei de onde partiu. Onde tem boato a gente fica com medo de algum fundo de verdade. Esse foi muito forte, inclusive nacionalmen-

te. Em Fortaleza houve tumultos graves, não tenho detalhes, mas é coisa que preocupa", contou Leonardo. Instado a falar sobre as declarações que apontam o DEM como responsável pelos boatos, Leonardo declarou: "Acho que o DEM não se prestaria a um papel desses. Não acredito que pessoas sérias como senador José Agripino e toda a executiva nacional faria qualquer papel

desses. Não acredito nem que o DEM, nem que o PSDB, nem que o PPS criaria um boato desses". Sobre ter partido do Palácio do Planalto, Nogueira disse que, se fosse verdade, só teria a lamentar. "Não acredito que haja orientação da presidenta Dilma sobre isso, quando mais que nunca ela defende a seriedade do governo. Não vai criar factoide, ou leviandade política, de lá".

Presidente do PSDB afirma que fim do programa gera “crack social” O presidente estadual do PSDB, Valério Marinho, disse que a possibilidade do fim de um programa como o programa Bolsa Família gera uma expectativa muito grande, especialmente na população que depende do programa. Ele defendeu que o programa seja passado a limpo para saber se o objetivo está sendo atingido. "Qual a visão social desse programa? É preciso passar a limpo para que isso (boato e suas consequências) não volte a acontecer porque isso é uma massa, é um crack social, é um negócio (Bolsa Família) que ajuda muito, mas, ao mesmo tempo, precisa ser disciplinado". Na visão do presidente do PSDB, o que aconteceu no último final de semana causou uma insegurança e consequentemente uma perspectiva que precisa ser esclarecida. "Quem é que deve dar essa informação, quem é que pode nortear o cronograma de pagamento, quem é o porta-voz disso. Que todo mês alguém diga com dias de antecedên-

cia, para evitar esse tipo de acontecimento, trágico, com pessoas feridas, prejuízo ao patrimônio público, que foi depredado, ao mesmo tempo saber se objetivo do programa está sendo atingido". Segundo o advogado, as pessoas hoje que dependem desse dinheiro estão realmente necessitadas e colocaram o recurso no seu orçamento. "Retirar essa quantia de uma hora para outra deixa o camarada frustrado, não vou mais comer, pagar água, ter dinheiro para remédio. Estão todos dependentes do dinheiro. Tirando, fica na miséria". Anunciar o fim do programa, segundo o presidente do PSDB potiguar, é o mesmo que anunciar que vai soltar uma bomba atômica no Brasil. "Todo mundo vai ficar nervoso. Se disseram 'vamos suspender a Bolsa Família, criou pânico nas pessoas". Segundo Valério Marinho, a publicidade do governo federal deve se organizar para informar os menos esclarecidos. "A publicidade do go-

Heracles Dantas

Valério Marinho analisa necessidade da “ajuda”: "Retirar essa quantia de uma hora para outra deixa o camarada frustrado” verno que é tão forte, precisa ser organizada para que as classes mais humildes, que dependem do Bolsa

Família, não venham a sofrer um pandemônio desse tamanho. Há uma desorganização governamental nes-

ses aspecto", analisou. Sobre a declaração de que o boato teria saído do PSDB e que

DÚVIDA A grande dúvida no cenário de 2014 é o PMDB. Embora haja movimento interno de lançamento da candidatura própria, os nomes apontados pelas lideranças interioranas não aceitam o desafio da disputa. Henrique, Garibaldi e Waltinho não pretendem mudar de planos para 2014. Sem candidatura própria, o PMDB tem dois caminhos a seguir: Manter o apoio a Rosalba ou reforçar o palanque da oposição.

ma do Leite, com orçamento de quase R$ 200 milhões e tem influência direta na execução de obras também milionárias na secretaria de Recursos Hídricos. O afastamento político também significaria o rompimento administrativo. Coisa que Henrique quer protela ao máximo.

guardaria relação com a provável assunção do senador Aécio Neves (MG) à presidência nacional do PSDB, neste final de semana, Valério afirmou se tratar de uma declaração de desespero. "É tentar tampar o sol com a peneira, porque o governo federal tem meios para apurar. Disseram que vão apurar. Agora, é muito precoce. Ao mesmo tempo é a negação da democracia, acusar sem ter provas. Primeiro é preciso ter prova, para fazer uma declaração dessas", avaliou. Quem comanda o projeto Bolsa Família, lembrou Valério, é o governo federal. "Então quem sabe de onde saiu é o governo federal, quem faz o cronograma é o governo federal. É quem tem meios de saber, como foi difundido, quem tem o controle das concessões da mídia, quem tem a Polícia Federal, tem o Ministério Público Federal. Porque acusar o PSDB não tem nada a ver uma coisa com a outra. É totalmente infundado. É tapar o sol com a peneira".

Túlio Lemos tuliolemosjh@gmail.com

MANDATO O deputado federal João Maia corre o risco de perder o mandato. Durante a Operação Assepsia, o Ministério Público cumpriu um mandado de busca e apreensão na residência de um assessor do presidente do PR. Entre a documentação, havia uma espécie de livrocaixa de uma contabilidade não oficial da campanha. CASSAÇÃO Diante do que foi encontrado, o Ministério Público Eleitoral entrou com ação na Justiça, pedindo a cassação do mandato do deputado João Maia, por fraude na prestação de contas da campanha de 2010. Segundo Sherloquinho, o marido de Fernanda tinha duas contabilidades completamente diferentes. Uma, oficial, que foi entregue à Justiça Eleitoral; a outra, oficio-

sa, que não seria divulgada jamais. AÇÃO Alguns atores do teatro eleitoral de 2014 já começam a encenar os primeiros atos diante da platéia, o eleitorado potiguar. Rosalba, que deve ser candidata a reeleição, volta a freqüentar locais de grande movimento, com redução na possibilidade de levar vaias; Robinson Faria foi ao interior aproveitar o desgaste do Governo e Wilma não perde uma oportunidade de participar de eventos públicos para massagear o ego. CENÁRIO O quadro em 2014 ainda está longe de ser definido, pois tudo vai depender da situação da governadora Rosalba Ciarlini. Caso a Rosa consiga minimizar o desgaste e re-

cuperar a imagem, deverá ser candidata a reeleição. O apoio do PMDB vai depender também do caminho a ser escolhido pelo deputado Henrique Alves e pelo senador e ministro Garibaldi Filho. OPOSIÇÃO O grupo oposicionista, que hoje está dividido entre a certeza de Robinson Faria de ser candidato ao Governo e a dúvida de Wilma de Faria de disputar novamente o Executivo. Como Wilma não deverá ser candidata majoritária, Carlos Eduardo não vai deixar a Prefeitura e Fátima é forte candidata ao Senado, naturalmente o quadro vai se desenhar com o respaldo da oposição ao nome de Robinson. Porém, isso só vai ocorrer se o pai de Fábio se viabilizar de baixo pra cima; ou seja: Se exibir números razoáveis de intenção de voto do eleitorado.

DÚVIDA II O PMDB já falou, através de lideranças de dimensões variadas, que não quer permanecer no Governo Rosalba Ciarlini. Porém, o presidente do partido, Henrique Alves, tem interesse na permanência ao lado da Rosa, pois conseguiu administrar o Progra-

QUADRO Caso o PMDB permaneça com Rosalba, evitaria a candidatura própria e o quadro poderia ser reduzido em matéria de opções. A oposição sairá com um candidato, seja Robinson Faria ou Wilma; e o Governo sai com Rosalba lutando pela reeleição. BOLSA O boato sobre o Bolsa Família, que tomou conta do Nordeste e provocou pânico em parte da po-

pulação, serve para confirmar que o programa oficial de entrega de dinheiro aos pobres, não pode ser mexido sob qualquer hipótese. É uma bomba-relógio que pode explodir em forma de erupção da periferia para o centro. Com conseqüências absolutamente imprevisíveis em todos os aspectos. Ou seja: O Governo é refém do Bolsa Família. BURACOS Moradores das Rocas estão indignados com a CAERN. A empresa abriu uma vala para consertar um problema e 'esqueceu' de voltar para concluir o serviço. O resultado é que há uma grande vala e um enorme buraco na Rua General Glicério, entre Ribeira e Rocas. O problema já completou dois meses de inoperância da CAERN.


4 O Jornal de HOJE

Política

Natal, 20 de maio de 2013

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br JOAQUIM PINHEIRO - jtpinheirojh@gmail.com - (INTERINO)

Deflagrada a sucessão O processo sucessório foi deflagrado pelo pré-candidato do PSDB à presidência da República, Aécio Neves, durante convenção do partido no último final de semana em Brasília. No entanto, o neto de Tancredo Neves precisa primeiramente pacificar o seu próprio partido para em seguida tentar se tornar conhecido nacionalmente e viabilizar uma candidatura competitiva. A missão é difícil porque o mineiro terá na disputa uma presidenta bem avaliada e possivelmente um candidato do PSB Eduardo Campos - em ascensão. Os dois - Aécio e Eduardo - têm em comum o fato da realização de bons governos nos seus respectivos Estados - Minas Gerais e Pernambuco. Dilma Rousseff, recandidata do PT, ostenta índices elevados de aprovação popular por uma razão simples: a presidenta tem o melhor marketing para qualquer candidato que se chama Bolsa Família. É difícil um competidor para quem oferece comida a quem precisa de alimentos e não tem condições de comprar. É uma herança de Lula da Silva, ampliada por Dilma Rousseff, considerada uma verdadeira máquina de fazer votos. Herácles Dantas

FILIAÇÃO AO PMDB

O deputado Ezequiel Ferreira de Souza poderá ser o próximo a integrar o projeto político de deputado Henrique Eduardo de se eleger governador do Estado em 2014. Ezequiel foi praticamente expulso do PTB pelo baiano, Benito Gama, que só fez besteira quando por aqui passou. Henrique Eduardo teria convidado o deputado com base política no Seridó para se filiar ao PMDB. O presidente da Câmara Federal é a primeira opção peemedebista para governador, tendo Walter Alves como segunda alternativa, já que o senador Garibaldi Filho decidiu que não será candidato nas próximas eleições.

(

PERGUNTAR NÃO PAGA IMPOSTO

CURIOSIDADE APENAS Você, leitor/eleitor acredita que o PSDB caminhará unido na disputa pela presidência da República?

LEITURA DINÂMICA t O senador Garibaldi Alves será homenageado pela Assembleia Legislativa no próximo dia 27 de maio em razão do aniversário dos seus 90 anos de idade. Garibaldi, foi deputado estadual em duas oportunidades e vice-governador do Estado, após compor a chapa com o então candidato Geraldo Melo. Garibaldi foi também presidente da TELERN e atualmente exerce o mandato de senador em substituição à governadora Rosalba Ciarlini. t O deputado Antônio Jácome será o aniversariante do próximo domingo. As comemorações estão programadas para a Zona Norte de Natal, onde ele receberá várias homenagens, principalmente do segmento evangélico ao qual é um dos seus integrantes. t O presidente da Confederação Nacional de Pesca e vice-presidente da Força Sindical, Abraão Lincoln, será candidato a deputado federal em 2014. Filiado ao PRB, Abraão foi um dos que influenciaram na indicação de Marcelo Crivela para o Ministério da Pesca do governo Dilma Rousseff. t O PRB, presidido no Estado por José Silvestre de Moura, participará ativamente da próxima campanha eleitoral no Rio Grande do Norte. José Silvestre faz parte do seguimento evangélico e deverá ser candidato a senador nas

eleições de 2014. t Mesmo pertencendo ao PSDC, Herval Tavares participou da convenção do PSDB em Brasília no final de semana a convite do senador Aécio Neves. Herval examina a possibilidade de ser candidato a deputado federal. t Presidente da Fecomércio, Marcelo Queiroz, convidando para o lançamento do "RN em Foco". Será no dia 22.05 às 12 horas no Versallhes, Tirol. Palestra da secretária Kátia Pinto, que falará sobre obras de mobilidade urbana na Grande Natal. t Projeto de autoria da vereadora Eleika Bezerra obriga exposição de cota mínima de 2,5 por cento para obras de autores potiguares nas livrarias. Eleita pelo PSDC a vereadora é uma das principais defensoras da melhoria da educação no Estado. É também uma das mais assíduas aos trabalhos legislativos na Câmara Municipal de Natal. t A cantora Suelen Pimentel, filha do vereador Sandro Pimentel foi aprovada na Etapa Nordeste do "The Voice Brasil" da Rede Globo. Suelen canta na noite em Natal e seu estilo preferido é MPB. t Para refletir: "Esta é a minha palavra de governador: secretário meu faz tudo que quer, só não faz o que eu não quero". (Dinarte Mariz, ex-senador e ex-governador do Estado).

)

Segunda-feira

Dagô reclama ausência de Agripino e afirma que precisa de “ajuda” VEREADOR DO DEM NÃO FOI MAIS PROCURADO PELO PRESIDENTE DO PARTIDO José Aldenir

JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

O vereador Flaviano Dagoberto Ferreira de Andrade, popularmente conhecido por Dagô, eleito no último pleito com 5.380 votos para exercer o seu primeiro mandato na Câmara Municipal de Natal, disse que está sentindo a ausência do senador José Agripino junto aos liderados para discutir os problemas do partido e saber quais as orientações do líder partidário com vistas às eleições do próximo ano, quando pretende disputar uma vaga na Assembleia Legislativa. "O senador José Agripino me incentivou para ser candidato a vereador, mas depois da eleição não me procurou mais. Pretendo encontrá-lo para receber suas orientações", reclama o vereador do DEM. Sobre a possibilidade de ser candidato a deputado estadual, Dagô disse que continua tendo boa receptividade onde chega e se continuar recebendo o apoio e o reconhecimento por parte da população, disputará mandato de deputado estadual nas eleições de 2014. "Estou sendo incentivado por amigos e se eu continuar bem como estou agora, não tenho dúvidas que serei candidato. Inclusive, vou conversar com Ney Júnior e pedir o seu apoio, já que se eu for eleito deputado em 2014 quem assume o mandato de vereador na Câmara Municipal de

Dagô avalia possibilidade de disputar cadeira de deputado estadual e já articula pedidos de apoios de lideranças Natal é ele", lembra Dagô. Dizendo-se integrante da bancada "independente", o vereador Flaviano Dagoberto (Dagô), avalia que no geral, a administração do prefeito Carlos Eduardo é boa, mas, segundo ele, existem pontos ainda vulneráveis como no setor de saúde, por exemplo. "Muita gente em bairros como Quintas, Dix-Sept Rosado e Cidade da Esperança, continuam desassistidos", avisa, solicitando pro-

vidências também, para problemas existentes no Cemitério de Igapó, onde segundo ele, existe uma verdadeira cratera há vários meses. "Já solicitei providências várias vezes e até agora não foi resolvido. Se o problema continuar eu mesmo me disponho a tapar um buraco que é uma vergonha", disse Dagô, lembrando que é um político do povo e está atento às suas necessidades e reclamações. Dagô conclui opinando sobre o

governo Rosalba Ciarlini: "Rosalba recebeu o governo com muitas dificuldades, notadamente nos setores de saúde e segurança e tem feito um esforço grande para recuperar as finanças e realizar o trabalho que ela deseja em benefício do povo do Rio Grande do Norte. Acredito que mesmo diante das dificuldades, a governadora se recuperará e será candidata à reeleição com chances de vitória". (JP)

> FORTALECIMENTO DA LEGENDA NO RN

PP prepara-se para realizar encontro estadual O presidente estadual do PP, vereador Rafael Motta, está ultimando os preparativos para realização de um grande encontro na capital, possivelmente ainda no primeiro semestre deste ano para discutir problemas internos da legenda e estratégias para o processo de dinamização do PP após uma série de viagens que está realizando pelo interior do Estado. Ele disse que uma das recomendações da cúpula nacional é reestruturar o partido em todo o País com criação de novos diretórios e ampliação do número de filiados e parlamentares, municipais, estaduais e federais. "Temos atualmente, 37 deputados federais e 6 senadores, número que deverá ser ampliado nas próximas eleições para melhorar a representatividade", disse o vereador. Eleito com quase 10 mil votos para exercer o seu primeiro mandato de vereador em Natal, Rafael Motta, defende uma mudança de comportamento a partir da própria Câmara Municipal. "Temos que acabar com a política retrógrada que usa termos arcaicos e práticas que não priorizem o interesse coletivo", disse o vereador, acrescentando que no início do mandato ficou surpreso com posicionamentos de alguns parlamentares e a burocracia que segundo ele, dificulta o andamento dos trabalhos legislativos. "Além disso, existe muita vaidade", observa, mas afirma que "já estou aclimatado, procurando entender que convivo numa Casa plural e de opiniões diferentes". Instado a falar sobre os quase 5 meses da atual administração municipal, Rafael Motta entende ser necessária maior atenção à recupera-

ção dos serviços básicos oferecidos à população, principalmente no setor de saúde pública, onde segundo ele, ainda existem muitas dificuldades. "O povo continua reclamando por melhorias na saúde, na segurança e na geração de emprego", constata, reconhecendo que houve melhorias na malha viária. Sobre a eleição do próximo ano, quando o povo brasileiro elegerá presidente, governadores, senadores, deputados estaduais e federais, Rafael Motta considera cedo para discutir esse assunto. "O povo está querendo que sejam discutidas melhorias para suas ruas e seus bairros. Política partidária só no próximo ano", ressalta o vereador do PP.

José Aldenir

Presidente do PP no RN, vereador Rafael Motta, busca crescimento do partido


Política

Segunda-feira

Natal, 20 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 5

Tribunal de Justiça já gastou mais de R$ 174 milhões com pessoal em 2013 E,

SEGUNDO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA DO JUDICIÁRIO CIRO MARQUES REPÓRTER DE POLÍTICA

O Poder Judiciário gasta mal. A avaliação da ministra do Superior Tribunal de Justiça, Eliana Calmon, revelada na última sexta-feira, em visita à Natal, continua repercutindo dentro do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. Sobretudo, porque a ministra afirmou que se investia pouco e em equipamentos superfaturados ou obsoletos. Contudo, no caso do Judiciário potiguar, a verba pode até ser mal gasta, mas é, acima de tudo, curta. Afinal, das despesas até agora registradas, 85% foram para pagamento de pessoal. E menos de 1% para investimento em melhorias. Os números são claros e podem ser acessados por meio do Portal da Transparência do Tribunal de Justiça, disponível no site oficial do TJ. Até o momento, o Judiciário já gastou pouco mais de R$ 203 mi-

lhões em 2013 - a receita do órgão é de R$ 255 milhões até o momento. E, dessas despesas, foram mais de R$ 174 milhões destinados ao pagamento de pessoal. Na relação dos gastos, aparecem nas primeiras colocações os valores pagos a “pessoal e encargos sociais” divididos nos critérios de: vencimentos e vantagens fixas (R$ 96 milhões); sentenças judiciais (R$ 40 milhões); obrigações patronais (R$ 26,9 milhões); e despesas de exercício anteriores (R$ 8,9 milhões). Contudo, é claro que as despesas com pessoal não ficaram só nisso. Afinal, só com auxílio alimentação, que também se encaixa nesse tipo de gasto, foram destinados mais de R$ 8,6 milhões em 2013. Com funcionários terceirizados, outros R$ 8,4 milhões. O Tribunal de Justiça pagou ainda R$ 596 mil de “salário-família” e mais R$ 399 mil com diárias. Com obras e instalações, mate-

ESTADUAL,

rial de consumo, material permanente, passagens áreas e locomoção, se gastou, até o momento, menos de R$ 500 mil. Ressalta-se que esse “até o momento”, é porque o Judiciário ainda deve cerca de R$ 1 milhão de pagamento do material permanente e mais R$ 1,08 milhão a obras realizadas já este ano. Segundo o Portal da Transparência do TJ, o Poder Judiciário Estadual espera receber mais R$ 792 milhões, a maioria resultado do repasse do duodécimo do Governo do Estado. Até o momento, já chegaram aos cofres do TJ pouco mais de R$ 255 milhões, ou seja, 32% do valor total previsto. Tendo sido cerca de 1% do total de despesa (R$ 203 milhões registrados, ressalta-se) com investimentos, é possível dizer que foram, aproximadamente, R$ 2,3 milhões utilizados pelo Poder Judiciário potiguar para crescimento e valorização do Judiciário.

USOU MENOS DE

R$ 3

MILHÕES PARA INVESTIR Arquivo

Tribunal gastou mais de R$ 8 milhões com auxílio alimentação e quase R$ 100 milhões com o pagamento de “vantagens fixas”

TJ consome 94% das despesas do Poder Judiciário no RN Em visita a Natal, para evento da Defensória Pública do Estado, a ministra Eliana Calmon afirmou que “o Poder Judiciário não sabe administrar dinheiro” e que boa parte dos problemas financeiros eram consequência “em parte porque não (os

Governos) repassam bem e em parte porque o Tribunal gasta mal”. Para Eliana Calmon, os gastos de muitos tribunais de Justiça costumam ser em equipamentos superfaturados ou obsoletos “porque não se ouve o CNJ”. Segundo a minis-

tra do STJ, o maior reflexo desses gastos “errados” é visto nas primeiras instancias judiciais. “Os Tribunais têm tudo e o que sobrar vai para a primeira instância. É assim que acontece em muitos estados”, analisou.

E essa análise de Eliana Calmon, apesar de não ter sido feita especificamente para o Tribunal de Justiça do RN, pode se encaixar precisamente nesse quadro. Afinal, analisando os gastos do Poder Judiciário, é possível constatar que 94%

vão para o TJ (sem distinção entre primeira e segunda instâncias) e menos de 6% para a Escola da Magistratura do RN e para o Fundo de desenvolvimento da Justiça. Dessa forma, pode-se dizer que o valor destinado ao Tribunal de Jus-

tiça pelo Judiciário foi de mais de R$ 191 milhões do total de R$ 203 milhões gastos até agora. Apenas R$ 11 milhões foram para o Desenvolvimento da Justiça. E pouco mais de R$ 284 mil para a Escola de Magistratura.

> LICITAÇÃO DO TRANSPORTE COLETIVO

Vereador não acredita na palavra de Carlos Eduardo: “Com esse prefeito, não dá para garantir nada” O fato de Carlos Eduardo Alves, do PDT, ter criticado duramente o aumento da passagem de ônibus e, nove meses depois, ter feito silêncio ao decretar reajuste, fez com que ele perdesse parte de sua credibilidade. Pelo menos, para o vereador Sandro Pimentel, do PSOL. Segundo ele, inclusive, essa promessa feita na última sexta-feira, pela Prefeitura de Natal, de que será enviado o processo licitatório para o transporte coletivo em 15 dias para a Câmara Municipal, pode ser apenas para esvaziar o movimento. "Pode ser apenas uma jogada. Pode ser uma tentativa de desmotivar o movimento. Dizer que vai enviar o processo, diminuir a motivação do movimento nesses 15 dias, e depois não enviar. Não sei. Mas com esse prefeito, não dá para garantir nada", afirmou Sandro Pimentel em contato com O Jornal de Hoje. Segundo ele, de qualquer forma, essa manifestação da Prefeitura após o início do movimento, já pode ser considerada uma vitória da pressão

feita pelos estudantes. "Bastou ir para a rua, cobrar, protestar, que a Prefeitura já tomou essa postura. Afinal, não havia qualquer sinalização antes disso de que o processo licitatório seria feito nas próximas semanas. Agora, há. Então, só posso creditar a isso, ao movimento", afirmou Sandro Pimentel. Por isso, inclusive, o vereador do PSOL afirmou que não pretende tirar da Justiça a ação que deu entrada também na última sexta-feira, com o objetivo de suspender o aumento baseado no fato de que não foi acompanhado de discussão e melhorias reais no sistema de transporte. Porém, no mesmo dia em que deu entrada na ação, Sandro Pimentel ouviu da Prefeitura do Natal a promessa de enviar nas próximas semanas uma lei autorizativa para a Câmara Municipal com o objetivo de iniciar a licitação do transporte público da cidade. Esse pode ser o primeiro passo do processo, que vai contar ainda com audiências públi-

José Aldenir

Sandro Pimentel deu entrada na sexta-feira com ação contra aumento da passagem cas para discutir, junto com a população e segmentos da sociedade civil, todo o projeto que será implementado com as empresas que vão assumir o controle do transporte da cidade.

Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), a previsão é de que todo este procedimento, que envolve, desde a aprovação da lei autorizativa na Câmara Municipal até a realização das audiências pú-

blicas para a formalização dos projetos e início da licitação, dure até o final do ano. Ainiciativa é ter um projeto que contemple as deficiências do transporte coletivo da cidade. Em defesa dos empresários do transporte coletivo, a Semob garantiu que o aumento de R$ 2,20 para R$ 2,40 vai ser acompanhado de melhorias no sistema de transporte urbano de Natal. Dentre os avanços, estaria a melhoria na distribuição das linhas da cidade, que estão sendo estudadas desde o início da gestão. A outra é a redução da idade média da frota com aquisição de novos veículos. A Semob quer que os ônibus tenham entre um e três anos de tempo de uso. Atualmente, esta média está na casa dos seis anos. Outro objetivo da Secretaria é capacitar, por meio de cursos, os operadores do sistema de transporte coletivo (motoristas e cobradores) para oferecer um melhor atendimento à população. O sistema de bilhetagem também será aprimora-

do para melhorar o controle da gestão pública, com um sistema de biometria para os passageiros beneficiados com a gratuidade O Programa de Acessibilidade Especial (Prae), que realiza atendimento porta-a-porta, também está passando por avanços. A Semob já solicitou a imediata recuperação dos veículos que estavam em manutenção para o aumento da frota. Além dessas mudanças, a equipe da Semob trabalha no projeto de reaver as estações de transferência. Essas melhorias, segundo Sandro Pimentel, no entanto, só poderiam ser implantadas diante de um processo licitatório que garanta às empresas compromissos com isso. "Eu espero, primeiro, que o processo licitatório chegue à Câmara. Depois, que as empresas estejam comprometidas com a melhoria do transporte, colocando mais ônibus em todas as linhas, que sejam veículos com ar condicionado, com acessibilidade", enumerou Sandro Pimentel. (CM)

José Aldenir

>ANTECIPANDO O FIM?

Prefeitura retira R$ 135 mil destinados à manutenção da Secretaria da Mulher

Vereadora Júlia Arruda é da base aliada, mas contrária ao fim da pasta da mulher

A Prefeitura de Natal parece que não ter se sensibilizado com pedido dos vereadores - alguns da base aliada da gestão municipal para que a Secretaria Municipal da Mulher (Semul) não seja incluída na lista de pastas extintas na reforma administrativa prevista para ser enviada à Câmara Municipal no final deste mês. O prefeito Carlos Eduardo Alves, do PDT, e a secretária de Planejamento, Virgínia Ferreira, tiraram R$ 135 mil do orçamento previsto para manutenção da Semul para aplicação no programa de Proteção Social às Mulheres. Na publicação do Diário Oficial, a Prefeitura de Natal explica que "fica aberto à Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, o crédito suplementar de R$ 135.000,00, para reforço de dotações orçamentárias especificadas no Adendo I, deste Decreto" e "constitui fonte de recursos para

fazer face ao crédito de que trata o artigo anterior, anulações em igual valor de dotações orçamentárias consignadas no vigente orçamento". Ou seja, no texto, não esclarece devidamente que tira recursos da própria pasta, mais especificamente dos valores destinados a manutenção dela. Isso só é constatado quando se observa o anexo publicado abaixo do texto, que especifica a retirada. Não que o programa de Proteção Social às Mulheres não precise de mais recursos para o funcionamento, contudo, ao tirar recursos de manutenção da pasta, que já recebe pouco do orçamento, é basicamente antecipar o fim dela. E vale lembrar que o prefeito Carlos Eduardo antecipou no mês passado que pretende extinguir cinco secretárias municipais, justamente, para diminuir os gastos públicos. Ele, inclusive, já tem ideia

de quais serão as pastas, mas não revela para não provocar reclamações e questionamentos antecipadamente. Só essa possibilidade de extinção já provocou reclamação dos vereadores. Em requerimento enviado pelo presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, Rafael Motta, do PP, é solicitado a Prefeitura que não inclua a Semul em uma eventual eliminação de pastas municipais. "Sinceramente, acho que é um retrocesso, andar na contramão de tudo que foi alcançado de política administrativa", analisou o parlamentar. Rafael Motta ressaltou que o fim da Secretaria reduziria o valor de recursos enviados pelo Governo Federal ao município porque esse repasse está diretamente ligado a existência de uma pasta exclusiva para as mulheres na administração municipal. "Temos que ter uma secretária que não seja apenas

um escritório, temos que cobrar melhorias nessa pasta, mas não acabar com ela", acrescentou. Além de Rafael Motta, outros parlamentares foram contrários a possibilidade de extinção da pasta, inclusive a vereadora Júlia Arruda, do PSB, que faz parte da bancada do prefeito na Câmara. "Não tomei conhecimento oficialmente que essa importante secretaria será extinta, mas antecipadamente solicito do prefeito Carlos Eduardo que a secretaria seja mantida", afirmou a vereadora. Por sinal, Júlia Arruda afirmou que, justamente, a pasta precisava de mais recursos para continuar operando. Segundo ela, a Secretaria da Mulher foi criada na administração Micarla de Sousa, mas não funcionou na sua plenitude por falta de apoio e condições materiais. "Para ser um órgão inoperante, do faz de conta, é melhor não tê-lo", comentou.


6 O Jornal de HOJE

Natal, 20 de maio de 2013

Cidade

Segunda-feira

Fotos: José Aldenir

Durante manifestação esta manhã, estudantes se concentraram em frente à Assembleia Legistativa e abordaram a população com panfletos. Líderes do movimento apontaram principais pautas do movimento, que agora inclui até o transpor te intermunicipal

Estudantes realizam plenária e confirmam protesto junto ao MST: "A Revolta do Busão apenas começou" MANIFESTAÇÃO ENTRE OS DOIS GRUPOS SAIRÁ DO VIADUTO DE PONTA NEGRA ATÉ O DO 4º CENTENÁRIO PELA AV. SALGADO FILHO CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

Os estudantes e usuários do transporte público que vêm protagonizando os protestos da #RevoltadoBusão se reuniram na manhã de hoje, em frente à Assembleia Legislativa, para mais um dia de manifestações contra o aumento das passagens de ônibus em Natal. Sem muitos adeptos, o grupo resolveu dialogar com a população através de panfletagem, apontando as pautas reivindicadas e aquelas que serão reforçadas durante manifestação a ser realizada junto ao Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), nesta terça-feira (21). A concentração dos dois grupos de manifestantes acontecerá às 7h da manhã, no viaduto de Ponta Negra. De acordo com o que foi discutido e apresentado em plenária, os protestos se unirão em caminhada única que percorrerá a avenida Salgado Filho até o viaduto do Quarto Centenário, em Lagoa Nova. Dentre as pautas principais dos estudantes, destacam-se a licitação para um novo sistema de

transporte público, que deverá retirar o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Natal (Seturn) do controle do sistema, e a implantação do Passe Livre "real" para os estudantes. "A Revolta do Busão apenas começou. Nossa expectativa é que o grande ato que será realizado amanhã com o MST reúna mais de dez mil pessoas. Amanhã será o dia de parar tudo. Mesmo com a negativa da Prefeitura em atitude de não revogar o aumento das passagens de ônibus, nós continuaremos as mobilizações. A Revolta do Busão não vai parar", afirmou Géssica Régis, representante da Assembleia Nacional dos Estudantes - Livre (ANEL). Para a estudante, apenas a mobilização em massa da população fará com que o governo municipal volte atrás do reajuste tarifário nas passagens de ônibus. "Continuaremos unindo forças para derrubar isso, pois acreditamos que só através das manifestações conseguiremos pressionar a Prefeitura", afirmou Géssica. "A gente quer um transporte público de qualidade e redução do valor das passa-

“Amanhã é o dia de parar tudo”, diz Géssica sobre expectativa de reunir 10 mil pessoas

gens, e não conseguimos, até agora, nenhum pronunciamento de Carlos Eduardo, nem mesmo sobre a repressão que sofremos na última quarta-feira", disse. Além do protesto com os Sem Terra, os estudantes estenderão o ato público de amanhã para a Câmara Municipal de Natal, a partir das 15h. Na semana passada, o movimento conseguiu negociar com uma comissão de vereadores a viabilidade de um debate com os parlamentares durante a sessão plenária do dia. Na CMN, os usuários procuram cobrar dos vereadores que apreciem o pedido de revogação do aumento das passagens. O estudante e trabalhador Morais, que limitou-se a se identificar dessa forma para à reportagem, afirmou que o interesse do movimento em continuar os protestos se dá em função do aumento ter sido injustificável. Segundo ele, o grande problema hoje é que as empresas de ônibus, que se uniram em sindicato, "conseguiram em 21 anos se perpetuarem no sistema de transporte público". "Natal é o único lugar do país onde o sistema não é público. É

privado. Os empresários alegam que a prefeitura não tem condições de manter e, através de ações judiciais, vêm permanecendo na administração do sistema. Mas não deveria ser assim. Se estamos falando de um serviço público, quem deveria assumir a responsabilidade é o poder público. Como a gente tem uma Secretaria de Mobilidade Urbana que nem sequer sabe quantas passagens são vendidas ao dia?", avaliou Morais. Uma das formas de protesto contra os empresários, discutido durante a plenária, é incentivar os estudantes a adotarem o sistema de "roletagem" - onde os usuários saltam sobre as catracas sem pagar a tarifa. "Eles têm que sentir no bolso o efeito dessa mudança, assim como nós estamos sentindo", afirmou. "Hoje eu não paguei a passagem para vir ao protesto. Pulei a catraca, o motorista parou o ônibus e quis me expulsar, mas os populares não permitiram. É assim que a gente tem que se comportar. Não pagar a passagem não é crime, mas um ato infracional. Não ficha ninguém", orientou o jovem.

#RevoltadoBusão pretende conquistar mudanças intermunicipais

Transporte intermunicipal também reajustou tarifas. Algumas empresas recuaram

O aumento das passagens de ônibus não atingiu apenas os moradores de Natal. Nos últimos dias, toda a região metropolitana como Parnamirim, São Gonçalo e Macaíba, por exemplo, também apresentaram mudanças nas tarifas do transporte público. Na sexta-feira, algumas linhas que cobravam R$ 2,80 para cumprir o trajeto Parnamirim-Natal passaram a cobrar R$ 3,20, enquanto outras linhas subiram o valor da tarifa de R$ 2,20 para R$ 2,50. "As pessoas começaram a se mobilizar também sobre o sistema

intermunicipal e alguns empresários ficaram com medo e voltaram atrás, corrigindo o valor da tarifa. Mas tudo indica que eles voltem a aumentar o preço novamente", afirmou um dos integrantes do movimento. Os manifestantes participarão de uma plenária hoje à tarde, a partir das 16h, na Escola Estadual Presidente Roosevelt. "Terminando a plenária, iremos à Câmara de Vereadores de lá para protestar sobre o caso". Para o estudante Morais, essa situação que vem ocorrendo nos

últimos dias leva à população a debater sobre outro problema: a integração do transporte público na Região Metropolitana. "O papel da Revolta do Busão também deveria alcançar esses municípios, fazendo com os movimentos tenham autonomia em cada cidade. Iremos propor uma unificação dos atos nos municípios da Região Metropolitana, sendo realizado ao mesmo tempo e em locais distintos", disse. Segundo informações do Governo do Estado, as empresas não tiveram nenhuma autorização da

governadora Rosalba Ciarlini para conceder o aumento. A gestão estadual nem mesmo chegou a ser comunicada sobre as mudanças. O Jornal de Hoje procurou informações com o Departamento de Estradas de Rodagens (DER-RN), mas o secretário do órgão, Demétrio Torres, responsável pela fiscalização do sistema a nível intermunicipal, disse não poder dar nenhuma declaração. O pronunciamento sobre o caso só deverá ser feito após reunião com o sindicato das empresas, agendada para hoje à tarde.

> PROGRAMA CONTINUA

Governo Federal desmente boato sobre pagamento do Bolsa Família Um boato, que se espalhou pelo Brasil, sobre o possível fim do pagamento do programa social Bolsa Família deixou as agências da Caixa Econômica Federal lotadas na tarde deste domingo (19) em pelo menos oito municípios do Rio Grande do Norte. Segundo o superintendente da CEF no Estado, Roberto Sérgio Linhares, as agências de Mossoró, Parnamirim, Nova Cruz, Caicó, João Câmara, Goianinha, Canguaretama e duas agências de Natal, no Alecrim e em Igapó, ficaram lotadas. "Tudo isso não passa de um boato. Não vai haver suspensão nenhuma de nenhum benefício". Através de nota, a Caixa Econômica Federal informou que o pagamento do programa Bolsa Família ocorre normalmente de acordo com calendário estipulado pelo Governo Federal. A Caixa esclarece ainda que a informação de que ontem seria o último dia para o pagamento do Bolsa Família é inverídica.

Na agência de Goaninha, uma porta de vidro foi quebrada pela população. Em Parnamirim, a Polícia Militar teve que ser acionada para evitar uma confusão. Até o terminal bancário que a Caixa mantém no aeroporto Internacional Augusto Severo, em Parnamirim, ficou lotado. O falso boato sobre a suspensão dos pagamentos do Bolsa Família chegou a pelo menos 12 estados, segundo informou neste domingo (19) o Ministério do Desenvolvimento Social, órgão responsável pelo programa. A falsa informação, já desmentida pelo Governo Federal, se espalhou em várias regiões do país e gerou tumulto e confusão, com os beneficiários correndo às agencias da Caixa para sacar o dinheiro do Programa. Até por volta de 14h50 deste domingo, a pasta havia contabilizado problemas em ao menos 113 agências da Caixa, sendo o Ceará o estado mais afetado. Houve regis-

tro de tumulto em 9 agências em Alagoas, 15 na Bahia, 14 em Pernambuco, 18 na Paraíba, 34 no Ceará, 8 no Piauí e 13 no Maranhão. Também foram afetadas agências de Sergipe e Rio Grande do Norte, mas o número ainda não foi fechado. Apesar de ter confirmado inicialmente casos no Amazonas, Pará e Rio de Janeiro, até a última atualização desta reportagem, o Ministério não tinha o número de locais por onde o boato se espalhou nesses estados. Em entrevista à imprensa, neste domingo (19), a ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, reiterou que não existe possibilidade de suspensão do programa Bolsa Família. "Não existe qualquer possibilidade de suspensão ou de alteração do Bolsa Família. O programa está sendo e continuará sendo pago em dia, segundo o calendário", declarou a ministra.

Reprodução/TV Seridó

Boato sobre possível fim do benefício do Bolsa Família causou tumulto em, pelo menos, 12 estados, entre eles, o RN


Economia

Segunda-feira

Natal, 20 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 7

vcartigosenotícia.com.br

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

marcossa@jornaldehoje.com.br

Emprotur e Natal CVB participam em SP de feira voltada para turismo de negócios n A Emprotur (Empresa Potiguar de Promoção Turística) e a a fundação Natal Convention & Visitors Bureau (Natal CVB) participarão esta semana, entre os dias 22 e 23, em São Paulo, da EBS 2013 (Evento Business Show), uma das maiores feiras do gênero da América Latina. n Este ano, a EBS reunirá cerca de 150 expositores de todo o país. E segundo Marcello Baranowsky, diretor da feira, são esperados mais de três mil visitantes, entre organizadores e promotores de eventos e dirigentes das áreas de marketing, comunicação, recursos humanos, compras, turismo de negócios, etc.. n Para o presidente da Emprotur, empresário Sandro Pacheco, o turismo de eventos é um dos segmentos que mais crescem no Brasil, favorecendo especialmente à cidade de Natal, que possui diferenciais como a excelente localização do seu principal Centro de Convenções que, além de desfrutar da paisagem marinha de Ponta Negra, fica ao lado da maior e melhor rede hoteleira do estado, o que contribui para a redução dos custos logísticos dos grandes congressos. n A última edição da Feira EBS gerou mais de R$ 2,5 milhões em negócios de curto e médio prazo para o turismo do RN. Armazéns da Conab no RN abastecidos de milho para venda a preço subsidiado n Superadas as dificuldades no transporte rodoviário do produto, a Superintendência Regional da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) no Rio Grande do Norte vêm conseguindo, desde março último, normalizar o recebimento das remessas mensais - entre 8 e 9 mil toneladas - de milho dos estoques reguladores do Governo Federal. n Com isso, os armazéns da Companhia, espalhados pelas cidades de Assu, Caicó, Currais Novos, Mossoró e Natal, além dos polos de vendas de João Câmara e Lajes, vêm conseguindo atender satisfatoriamente aos milhares de produtores rurais cadastrados em todo o estado, aos quais estão sendo V Congresso sobre Gestão de Pessoas n Já estão abertas as inscrições para a quinta edição do Congresso sobre Gestão de Pessoas do Rio Grande do Norte, a ser promovido pela seccional potiguar da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RN) nos dias 27 e 28 de junho, no Centro de Convenções de Natal. n O tema do evento será "Dividir Conhecimento = Multiplicar Riquezas". Os interessados podem obter maiores informações pelo telefone (84) 32013451 e fazer inscrições via internet (www.abrhrn.org.br). n Entre os palestrantes confirmados estão Osvaldo de Oliveira (diretor-geral do LinkedIn Brasil), Sônia Regina Hess de Souza (presidente da Dudalina), Rogerio Leme (autor de livros sobre Gestão de Pessoas), Eugênio Mussak (professor da USP e da Fundação Dom Cabral), Marce-

repassadas quotas mensais de até 3 toneladas de grão, ao preço de R$ 21,00 a saca de 60 quilos, o que corresponde a menos de 50 por cento do valor praticado pelas lojas de ração. n Na primeira quinzena de maio chegaram aos armazéns da Conab/RN 3,2 mil toneladas de milho trazidas da região Centro-Oeste. A previsão é de que até o final do mês ainda cheguem mais de 5,8 mil toneladas, com o que será possível realizar o atendimento de 8,5 mil produtores cadastrados no programa Venda em Balcão, segundo informa o superintendente regional João Maria Lúcio. n Em abril foram vendidas pela Conab no estado um total de 8 mil toneladas. A grande procura de produtores interessados em comprar o milho a preço subsidiado impede que sejam formados grandes estoques. Natal sediará nesta sexta-feira o Fórum Estadual de Arquitetura n A Siga Comunicação e Eventos promoverá nesta sexta-feira (dia 24), das 14:00 às 18:00 horas, no Centro de Convenções do Hotel Pirâmide, a segunda edição do Fórum Estadual de Arquitetura, que já inscreveu cerca de 500 participantes, incluindo vários profissionais de renome internacional, entre eles os arquitetos Índio da Costa, do Rio de Janeiro, e Carlos Fontes, de São Paulo, que serão palestrantes do conclave. n O evento reunirá profissionais e acadêmicos das áreas de arquitetura, design, decoração e paisagismo, muitos deles vindos de outras capitais do Nordeste. n O arquiteto Índio da Costa fará palestra sobre o tema "50 Anos de Arquitetura", na qual compartilhará sua experiência, adquirida desde o inicio da carreira na década de 70, período em que produziu alguns trabalhos marcantes. n Já o arquiteto Carlos Fontes ministrará a palestra "Iluminação: Design e Arquitetura". Com mais de 20 anos de exercício profissional, ele atua principalmente no segmento de projetos de iluminação e design de luminárias. * Inscrições ainda podem ser realizadas através da internet (www.forumdearquitetura.com.br).

lo Arantes de Carvalho (vice-presidente de Pessoas, Organização, TI e Suprimentos da Brasken), Consuelo Aparecida Sielski Santos (chefe da Universidade Corporativa dos Correios), Guilhermo Santiago (diretor da Royes Consultoria), Eduardo Shinyashiki (presidente da Sociedade CreSer Treinamentos), Magno Valença de Barros (gerente executivo da Universidade Corporativa Banco do Nordeste) e Luísa Helena Pinheiro Spinelli (gerente de Desenvolvimento de Recursos Humanos da Petrobras). Construindo melhor qualidade de vida n O grupo empresarial cearense BSPAR, com forte participação no mercado imobiliário e na construção civil no Rio Grande do Norte, está realizando em seus canteiros de obras e escritórios administrativos em Natal um programa de palestras que visa conscientizar seus colaboradores sobre a necessidade de adotarem hábitos e cuidados simples no seu dia a dia que resultarão em melhorias na saúde e na qualidade de vida de cada um n As palestras abordam temas como os riscos da hipertensão e as consequências do tabagismo e do consumo elevado de bebidas alcoólicas, ao mesmo tempo em que incentivam a doação de sangue. n Essas ações fazem parte da Po-

lítica de Sustentabilidade da BSPAR, através do Projeto Cuidar. "International Fair" da UnP expõe programas de intercâmbio da Laureate n Nesta sexta-feira, entre as 17:00 e as 21:30 horas, a Universidade Potiguar (UnP), integrante da rede internacional de universidades Laureate, realizará em Natal - no Campus da Avenida Roberto Freire - mais uma edição da "International Fair", feira que expõe aos estudantes as oportunidades de intercâmbio oferecidas pelas diversas instituições acadêmicas ligadas à rede Laureate em 29 países dos cinco continentes. n Com acesso gratuito e aberto ao público em geral, a "International Fair" visa estimular os alunos a enriquecer seus currículos com uma experiência de formação no exterior, e disseminar a internacionalidade como uma ferramenta de crescimento profissional. n Além de alunos regularmente matriculados na UnP, os programas de intercâmbio também estão abertos para egressos e para a comunidade externa, através dos diversos cursos de férias voltados para o aprendizado de idiomas e especialidades profissionais. n Na feira também será possível conhecer um pouco sobre a cultura de cada país onde a Rede Laureate atua.

Grupo potiguar que viaja em breve para a Alemanha tendo ao centro o consul honorário do país, Axel Gepper t

Seis potiguares vão conhecer instituições da Alemanha ELES REPRESENTAM VÁRIAS ENTIDADES E ÓRGÃOS PÚBLICOS Seis potiguares escolhidos entre 10 de todo o país estão preparando as malas para uma estadia que começa no próximo dia 26 de maio e termina em 10 de agosto para celebrar o ano da Alemanha no Brasil, que acontece de maio 2013 a junho de 2014. Eles fazem parte de um programa para que brasileiros conheçam de perto o funcionamento de instituições germânicas com atuações próximas às que eles já vivenciam aqui no seu dia-a-dia. Viajarão a convite do governo alemão um representante da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo da Prefeitura de Natal (Semurb), da Empresa de Assistência Técnica e Extensão do Rural do Estado (Emater); CTGás, Senac e dos representantes do Sebrae RN. Eles vão conhecer o país e atuar como observadores no dia a dia de empresas áreas similares às que já atuam no Brasil. "Nesses dois meses e meio eles farão uma imersão em locais onde já possuam experiência, mas na Alemanha", explica o Cônsul Axel Geppert, cônsul Honorário da República Federal da Alemanha. Em 2011, Geppert conseguiu incluir um número ainda maior de norte-rio-grandenses numa ocasião em que as 20 vagas disponíveis foram disputadas por Brasil e Chile. O interesse do governo germânico pelo Rio Grande do Norte, segundo o cônsul, pode ser explicado pelo grande espaço em relação ao que ainda precisa ser feito. "É isso que motiva a Alema-

nha em sua busca pela interação com a economia brasileira", justifica. "São Paulo é o grande pólo de investimentos alemães fora do país de origem, ou seja, já tem um ambiente de negócios altamente ocupado - mas aqui no Rio Grande do Norte há ainda muito a se fazer", acrescenta. Sob o lema "Quando idéias se encontram", essa iniciativa faz parte de vários eventos organizados em todo o país para festejar não apenas as relações entre Brasil e Alemanha como uma forma também de dar visibilidade aos contatos bilaterais e parcerias na área comercial. Na missão de se apresentar por inteiro, nas áreas de economia, tecnologia, ciência, cultura, meio ambiente, educação, esporte e estilo de vida, uma comitiva composta por presidentes de federações, governo do estado, políticos e empresários do Rio Grande do Norte desembarca na Alemanha no próximo dia 14 de junho, permanecendo por mais oito dias, prospectando negócios e parcerias nas áreas das iniciativas públicas e privadas. Estarão os presidente e vice da Federação da Indústria - Amaro Sales e Pedro terceiro de Melo; da Federação do Comércio, Marcelo Queiroz e Gilberto Costa, presidente e vice; pelo Sebrae RN, Silvio Bezerra e Zeca Melo, respectivamente presidente do Conselho Diretor e superintendente; Pedro Neto, presidente da CTGás e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho, entre empresários

e políticos num total que pode variar entre 30 e 35 pessoas. Eles irão sob as expensas das entidades, órgãos e empresas aos quais estão ligados no ano. É uma retribuição à várias visitas já feitas por autoridades e empresários alemães ao Rio Grande do Norte. A quinta e última visita aconteceu num curto espaço de três anos em 2012. A delegação, formada por empresários e parlamentares, desembarcou por aqui depois de uma passagem por Buenos Aires e Porto Alegre, trazendo a vice-governadora alemã, o presidente do parlamento - assembléia legislativa, o vice-presidente do parlamento, o presidente do banco estadual e o da Câmara da Indústria e Comércio da Renânia, um dos 16 estados da Alemanha. O lançamento oficial da temporada Brasil e Alemanhã aconteceu simultaneamente no último dia 13 durante a 31ª edição do Encontro Econômico Brasil-Alemanha, com a participação do Presidente alemão Joachim Gauck e da Presidente Dilma Rousseff. A Temporada da Alemanha no Brasil é uma iniciativa do Ministério das Relações Exteriores da Alemanha e sua direção está a cargo da Confederação da Indústria Alemã (BDI). Os outros realizadores do projeto são o Goethe Institut (GI), o Ministério de Educação e Pesquisa da Alemanha (BMBF) e o Ministério para Cooperação e Desenvolvimento da Alemanha (BMZ).

> MOVIMENTO

Grito da Seca vai entregar cerca de 50 reivindicações Trabalhadores rurais de todas as regiões do Rio Grande do Norte se reúnem em Natal nesta terçafeira para participar do movimento Grito da Seca: sede de água, sede de direitos, uma grande mobilização que pretende chamar a atenção das autoridades e da população para os problemas provocados pela seca. A concentração do movimento está marcada para as 8h, no Viaduto de Ponta Negra. De lá, cerca de cinco mil trabalhadores vão seguir, em caminhada, para as proximidades do Estádio Arena das Dunas, onde acontecerá um ato público. Em seguida, o grupo irá para o Centro Administrativo, com o objetivo de cobrar ações estruturantes do Governo Estadual para a convivência com a seca. A Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte (Fetarn), que está organizando o movimento, junto com o Fórum do Campo Potiguar (Focampo), entregará uma pauta de reivindicações à governadora Rosalba Ciarlini, destacando pontos como a questão da terra, os recursos hídricos, a assistência técnica, a concessão de crédito aos agricultores, a educação no campo e a segurança. Segundo o vice-presidente da Fetarn, Francisco José, o maior problema hoje é a falta de uma política definida de convivência com a estiagem. "Muitas ações são anunciadas, mas grande parte esbarra na burocracia e não sai do papel. Não existe uma política permanente de enfrentamento da seca", afirma.

Wellington Rocha

Grupo do MST, acampado no Centro Administrativo, vai participar do protesto Um levantamento realizado pela Fetarn aponta que os prejuízos provocados pela seca à economia potiguar chegam aos R$ 5 bilhões. Segundo Francisco José, a grande preocupação, neste momento, é com o desequilíbrio da economia rural. "A situação é grave, e nós já perdemos 60% do rebanho bovino por causa da estiagem", ressalta o vice-presidente, completando que o problema da seca não é só do campo: "A seca é uma questão que diz respeito também à cidade. Se o Governo não tomar as providências necessárias, é possível que haja racionamento de água até em Natal". Após a mobilização, os agricultores vão continuar em Natal para negociar com outros órgãos, como o Instituto Nacional de Co-

lonização e Reforma Agrária (INCRA) e a Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB). O movimento Grito da Seca: sede de água, sede de direitos tem uma pauta de mais de 50 reivindicações. Entre as principais, está a criação de uma política de recursos hídricos para universalizar o acesso a água no Rio Grande do Norte; a implementação de um programa estadual de assessoria técnica permanente aos assentamentos e comunidades; a estruturação dos órgãos de assessoria e pesquisa; a ampliação do programa de distribuição de alimentos para os rebanhos; a renegociação de dívidas e o financiamento para estruturação produtiva da agricultura familiar; e a desapropriação de imóveis rurais pelo INCRA.


8 O Jornal de HOJE

Natal, 20 de maio de 2013

Cidade

Segunda-feira

Tribunal de Contas do Estado apresenta 99 recomendações à Secretaria Estadual de Saúde AUDITORIA OPERACIONAL TRAZ UM DIAGNÓSTICO PRECISO DA ATUAL SITUAÇÃO DOS 24 HOSPITAIS REGIONAIS DO ESTADO Herácles Dantas

ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) apresentou, na manhã desta segunda-feira (20), o resultado preliminar da auditoria operacional no âmbito das unidades hospitalares vinculadas à Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). O relatório, que tem como relator o conselheiro Tarcísio Costa, já conta com 154 páginas e traz um diagnóstico preciso da atual situação dos 24 hospitais regionais do Estado. Ao longo de mais de um ano de trabalho foram detectados problemas como o contingenciamento de recursos, a subutilização dos hospitais por falta de equipamentos, funcionários e insumos, além do descontrole no gerenciamento do setor de Recursos Humanos da Secretaria. Ao todo, foram apresentadas 99 recomendações à Sesap para os problemas encontrados. O processo que originou a auditoria operacional é fruto de uma representação do Ministério Público Estadual (MPE) apresentada em 16 de janeiro de 2012. Na reunião de apresentação do relatório, participaram além de conselheiros do TCE e do presidente do Tribunal, Paulo Roberto Alves, que conduziu a reunião, representantes da Secretaria Estadual de Saúde, do Ministério Público Estadual, do Ministério Público Junto ao Tribunal de Contas (MPJTCE), da comissão de auditoria, bem como o conselheiro relator do processo, Tarcísio Costa. O presidente do Tribunal de Contas, Paulo Roberto Alves, destacou que a auditoria operacional não aponta corrupção, "mas encaminha procedimentos para desobstruir caminhos de irregularidades,

Relatório que já conta com 154 páginas traz resultado preliminar e foi apresentado hoje que possivelmente poderiam desencadear em corrupção". O conselheiro Tarcísio Costa disse que a primeira etapa do diagnóstico foi concluída. "Agora pedimos, oficialmente, a ajuda da Secretaria de Saúde Pública para solucionar os problemas encontrados", afirma o relator. Thiago Guterres, que era procurador geral do MPJTCE à época do início das investigações lembrou o contexto em que foi iniciado o processo de auditoria. "Em meados de 2011, a saúde pública estava imersa no caos e um estudo do MP que apontava uma grande disparidade dos gastos com os Hospitais regionais e a efetividade das ações despertou o interesse para saber qual a disparidade e o que poderíamos sugerir como possíveis soluções". Segundo o procurador-geral do MPJTCE, Luciano Ramos, o objetivo da auditoria operacional não é apenas apontar irregularidades, mas também recomendar soluções para os problemas encontrados. Luciano Ramos conta que era ne-

cessário entender como funcionam os hospitais. "Precisamos saber se esses hospitais atendem as suas finalidades, pois se não atendem, qual é o caminho que devemos seguir para fazer com que o sistema atenda a sua finalidade. Hoje apresentamos 99 pedras para formar esse caminho. Mas como ele será construído depende muito da Secretaria Estadual de Saúde, mas o Tribunal de Contas está aqui para fazer a sua parte e ajudar a quebrar a inércia. Hoje é o início do novo ciclo. O Tribunal dá um passo, mas é preciso que caminhemos os próximos passos em conjunto", destacou o procurador. A existência de servidores "municipalizados" ou cedidos aos municípios, lotados na Sesap, sem aproveitamento dos hospitais regionais foi outra preocupação apresentada no relatório. Hoje, há 2.178 servidores estaduais que não estão à disposição da Sesap, o que gera um gasto mensal de R$ 3,3 milhões. A Grande Natal é onde concentra o maior número desses profissionais, com 1.098, contabili-

zando um gasto estimado em R$ 1,7 milhão. O relatório recomenda que a Sesap discuta com os municípios a real necessidade dessa cessão dos funcionários, bem como alocar critérios técnicos aos servidores que retornarem à Sesap às unidades mais carentes e necessárias à população. A promotora de Justiça de Defesa da Saúde, Iara Pinheiro, disse que o Ministério Público tem uma grande preocupação em relação a quantidade de servidores que estão cedidos aos municípios. "Em Natal, pelo menos, eles estão na rede de atenção à saúde pública. O que a promotoria nota é que no interior do Estado é que uma parte desses servidores está cedido, muitas vezes, verbalmente, totalmente irregular e precariamente, para as Apamis", destacou a promotora. Iara Pinheiro disse que o MP está fazendo um levantamento em

relação às Apamis, que demonstra a situação precária, de falta de condições de funcionamento. "A Apami de São José de Mipibu não tem condições de funcionamento e haviam 18 médicos cedidos, de boca, sem documento para essa força de trabalho e a Sesap sem nenhum controle em relação a esses profissionais. Pior, sem realizar o número de partos previsto e encaminhando as pacientes para Natal. A Sesap tem que fazer esse levantamento para saber quais e quantos são esses profissionais que estão lotados nas Apamis, pois elas não têm condições de funcionamento. No caso de São José de Mipibu, é uma casa precariamente adaptada para ser uma unidade hospitalar. Hoje, a força de trabalho da Sesap de lá está parada e o Hospital Regional de São José de Mipibu sem poder colocar duas salas de parto em funcionamento

plenamente porque não tem obstetra e anestesista e quatro anestesistas e obstetras de braço cruzado na Apami. Essas são situações violadoras do direito público e violadoras do direito à saúde", ressaltou a promotora. O secretário Luiz Roberto Fonseca reconhece que o número de hospitais regionais existentes no Estado é muito superior da necessidade e da condição de manutenção do Governo do Estado. Para isso, ele explica que está em processo de conclusão um estudo de perfilização dos hospitais que fará um novo retrato da saúde pública do RN. "O Estado tentou ser onipresente e é altamente ineficiente. Todas as recomendações do relatório não apresentam um milímetro de distorção da realidade, na verdade, aprofunda e avíscera ainda mais as deficiências", destacou.

CMYK


Cidade

Segunda-feira

Natal, 20 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 9

MÃE ANTES DO TEMPO yes!teen.com.br

ESPECIALISTA

ALERTA QUE OS RISCOS DE UMA GRAVIDEZ

DURANTE A ADOLESCÊNCIA PODEM SER AINDA MAIORES DO QUE EM MULHERES ACIMA DOS GÉSSICA RIBEIRO GESSICAJORNALISTA.UFRN@GMAIL.COM

A adolescência é um período de muitas descobertas, mas também bastante conturbado, devido às mudanças que acontecem nessa fase da vida. A transação entre a infância e a vida adulta traz uma série de novidades, com as mudanças do corpo e na forma de pensar e agir. É na adolescência que meninos e meninas começam a formar sua identidade e fazem valer suas vontades. A partir daí, começam as paqueras, os namoros e muitos deles decidem iniciar sua vida sexual. No entanto, pela falta de maturidade de meninos e meninas que tomam essa decisão precoce, o número de adolescentes grávidas é cada vez maior. E segundo pesquisadores e especialistas no assunto, isso já não caracteriza apenas uma questão sócio-econômica, pois ao contrário do que acontecia há alguns anos, atualmente adolescentes das classes média e alta também compõem esse quadro. No Brasil, o índice de gravidez na adolescência é de 20% e para evitar que esse número aumente, governos, escolas, hospitais, igrejas e entidades que desenvolvem ações sociais, estão desenvolvendo projetos de conscientização quanto à essa temática. No Rio Grande do Norte, a cada 100 crianças nascidas, 21 são filhos de jovens de 10 a 19 anos, isso corresponde a 21% do total de grávidas. Na tentativa de reduzir esse índice, em março deste ano, o Governo do Estado aderiu ao projeto 'Vale Sonhar', do Instituto Kaplan, que foi implantado em 167 municípios, por meio da Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seec). O Instituto Kaplan, referência em todo o Brasil na disseminação do conhecimento sobre educação e responsabilidade sexual, desenvolve o projeto 'Vale Sonhar', que visa contribuir com a diminuição do número de gravidez na adolescência através de um trabalho desenvolvido nas escolas públicas. O projeto realiza nas escolas de Ensino Médio palestras, ações e oficinas de prevenção sobre responsabilidade pessoal dos alunos, a partir da percepção do impacto da gravidez no projeto vida e no futuro de um adolescente. Para a titular da Seec, Betania Ramalho, a implantação do projeto tende a diminuir evasão escolar, causada pelas dificuldades geradas com uma gravidez pre-

45

ANOS

coce. "A gravidez na adolescência é o motivo pelo qual 25% das meninas deixam a escola antes do tempo. Por ser um período muito difícil para elas, quando a vida muda em diversos aspectos, e até por não ter com quem deixar os bebês quando nascem, elas optam por abandonar a vida escolar, abrindo mão das expectativas e do sonho de ser alguém por via da escola. Acredito que através do projeto 'Vale Sonhar', nós conseguiremos reduzir os índices de adolescentes grávidas no nosso Estado e evitar que elas desistam de seu futuro", afirmou. A gravidez é o período de crescimento e desenvolvimento do embrião na mulher e envolve várias alterações no orgaHerácles Dantas

Cleide Bessa ressalta importância do pré-natal para que adolescentes entendam mudanças que acontecem durante e após o parto

nismo, e sendo ela planejada ou não, exige cuidados importantíssimos à saúde da mãe e do bebê. Do ponto de vista físico-biológico, a gravidez na adolescência é de alto risco, devido ao sistema reprodutivo na menina ainda não estar completamente desenvolvido.

De acordo com a ginecologista e obstetra Cleide Bessa, os riscos em uma gravidez precoce são os mesmos de uma gravidez de uma mulher prestes a atingir a chamada melhor idade. "Do mesmo modo que uma mulher com mais de 45 anos apresenta uma gravidez de alto risco, uma adolescente também apresenta, pois seu ovário não ovula normalmente, e seu organismo não produz hormônios no equilíbrio total. A incidência de hipertensão, comum na gravidez, é ainda maior nas adolescentes que também são mais propensas a ter anemia. Além disso, elas não se cuidam como devem, geralmente continuam com os mesmo hábitos alimentares, não tomam a medicação indicada e, com isso, se o quadro anêmico se agravar, aumenta ainda mais o risco de o bebê nascer prematuramente, com baixo peso e dificuldades para sobreviver", explicou. A série de mudanças físicas e psicológicas que ocorrem durante a gestação, aliada aos conflitos com familiares e a perda da liberdade com a chegada do bebê, tornam o período pós-parto um momento difícil, e que pode trazer como conseqüência, a depressão. Para muitos destes adolescentes, não há perspectiva no futuro, e os planos de vida se perdem. Por isso, Cleide Bessa alerta sobre a importância da realização do pré-natal para que a adolescente tenha o apoio de um profissional para explicar todas as mudanças que ocorrem durante e depois da gestação. "A adolescente gestante deve ter o acompanhamento pré-natal, pois nesses atendimentos ela poderá compreender melhor o que está acontecendo com seu corpo, com seu bebê, prevenir doenças e, além disso, poder conversar abertamente com um profissional, esclarecendo suas dúvidas e anseios", disse. A gravidez na adolescência, geralmente acarreta sérias conseqüências para todos os familiares, mas principalmente para os adolescentes envolvidos, pois envolvem crises e confli-

tos, já que não estão preparados emocionalmente e nem mesmo financeiramente para assumir tamanha responsabilidade. Com isso, muitos são expulsos de casa ou até mesmo saem por conta própria para fugir da pressão que sofrem. Sem apoio, algumas meninas chegam a cometer abortos ou abandonam as crianças sem saber o que fazer ou para fugir da própria realidade. Diversos fatores podem estar relacionados à gravidez na adolescência e vão desde a estrutura familiar até a formação psicológica. Por isso, o apoio da família é tão importante, como afirma a gineco-

logista e obstetra, Cleide Bessa. "Muitas adolescentes escondem a gravidez dos pais, por medo das reações e até mesmo porque nunca tiveram um bom relacionamento com eles. A família é a base que pode ser um suporte para esses adolescentes, que não estão preparados para enfrentar todas as mudanças causadas por uma gravidez precoce. É importante a compreensão, o diálogo, a segurança, o afeto e auxílio para que tanto os adolescentes envolvidos quanto a criança que está sendo gerada se desenvolvam de forma saudável. O apoio da família é indispensável nesse momento", afirmou.

CMYK


10 O Jornal de HOJE

Natal, 20 de maio de 2013

Cidade

Segunda-feira

CDP Candelária registra terceira tentativa de fuga em dois meses BURACO FOI ESCAVADO NA PAREDE DE UMA DAS CELAS POR QUATRO DETENTOS, QUE SERÃO PENALIZADOS PELA DIREÇÃO José Aldenir

Canindé Santos

ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Quatro presos do Centro de Detenção Provisório (CDP) da Candelária serão penalizados por terem causado danos ao patrimônio público durante uma tentativa de fuga registrada ontem, no horário de visitas. Eles escavaram um buraco na parede da cela sete, mas foram flagrados pelos agentes penitenciários e policiais militares que estavam de plantão. Esta é a terceira tentativa de fuga em apenas dois meses de funcionamento da unidade. Segundo o diretor do CDP da Candelária, Canindé Alves, mesmo que os detidos tivessem conseguido abrir o buraco e saído por ele, teriam continuado presos, pois o túnel terminava dentro do prédio da Delegacia de Plantão da zona Sul, situada ao lado da unidade prisional. "Sairiam dentro da cela da delegacia, ou seja, não teriam feito nada. Felizmente, os agentes perceberam a tentativa de fuga a tempo, por causa do barulho das batidas que eles faziam na parede e puderam agir rápido. Agora, os presos identificados como os responsáveis serão penalizados e responderão a inquérito por danos ao patrimônio público", explicou. Canindé disse ainda que, depois do flagrante, os presos foram redistribuídos em outras celas até o final dos trabalhos para fechamento do buraco na parede, previs-

Centro de Detenção Provisória de Candelária foi reaberto recentemente para amenizar a superlotação das unidades prisionais. Diretor da unidade, Canindé Alves, diz que detentos serão penalizados to para ser encerrado na tarde de hoje. "Depois que o cimento secar, eles serão devolvidos à cela de origem. Como o prédio já é antigo, demora um pouco mais para concluir o reparo", afirmou o diretor, que hoje faz a custódia de 90 detentos no CDP. Reativado no último dia 18 de março, o CDP da Candelária, na zona Sul de Natal, já contabiliza sua terceira tentativa de fuga e uma evasão consumada, registrada no dia 28 de abril passado. Na oca-

sião, três detentos conseguiram sair da unidade após abrirem um buraco no teto de uma das celas, durante o horário de visitas. No dia seguinte, o juiz da Vara das Execuções Penais de Natal, Henrique Baltazar, visitou a unidade e constatou a falta de condições adequadas da estrutura física do prédio, construído originalmente para abrigar uma delegacia de bairro. Depois, foi transformado em CDP, que foi desativado no final do ano passado e depois, rea-

tivado por necessidade da administração estadual. OUTRAS FUGAS A primeira tentativa de fuga aconteceu apenas seis dias depois que o CDP da Candelária foi reativado. Na ocasião, os 12 presos que estavam na cela tentaram abrir um buraco no chão do banheiro, mas foram flagrados e impedidos pelos os agentes penitenciários e policiais militares que ouviram barulhos suspeitos vindos do cômodo.

Desconfiados de que os detentos estivessem preparando uma fuga, os agentes pediram o reforço aos policiais do 5º Batalhão da Polícia Militar, para realizarem uma vistoria na cela e, quando eles entraram no cômodo, descobriram o princípio de buraco no banheiro. Diante da descoberta, os presos foram transferidos temporariamente para o solário, até que os agentes pudessem fazer o fechamento da escavação com cimento, para evitar que os detentos reinicias-

sem a abertura do local. Durante todo o tempo, eles negaram que tivessem tentando abrir um túnel para fugir do cárcere. A segunda tentativa aconteceu na última sexta-feira, quando 12 presos também tentaram fugir, desta vez, por um buraco aberto no teto da cela. Mais uma vez, eles também foram flagrados. No entanto, no final de abril, três detentos conseguiram se evadir da unidade, na primeira fuga registrada no CDP da Candelária.

> VIOLÊNCIA NO FUTEBOL

Polícia apreende explosivo em forma de bola com torcedores Cedida/Polícia Militar

A Polícia Militar apreendeu um artefato explosivo que seria usado no jogo decisivo do Campeonato Estadual entre os times do América e do Potiguar, realizado ontem no estádio "Barretão", no município de Ceará-Mirim, Região Metropolitana de Natal. A peça, de fabricação caseira, estava com um grupo de torcedores dentro de um ônibus, no bairro Parque dos Coqueiros, na zona Norte. Segundo a capitã Geórgia Cristina, o explosivo foi feito a partir de uma bola de sinuca e estava cheia de pólvora, o que poderia ter causado uma tragédia se tivesse sido usada. Ela disse também que os policiais militares conseguiram apreender ainda quatro lança-rojões com

os torcedores e, por causa disso, uma pessoa foi presa em flagrante. "A apreensão aconteceu durante uma abordagem a veículos e pessoas, que estava sendo realizada especificamente para a segurança do jogo esportivo, com o intuito de inibir a prática de crimes como o tráfico de drogas, assaltos e o porte ilegal de armas, entre outras práticas delituosas", explicou a oficial. Por causa do evento, a Polícia Militar montou um rigoroso esquema de segurança, que contou com a participação de 500 homens em toda a região onde aconteceu a final do Campeonato Estadual 2013. Eles foram espalhados em diversos pontos estratégicos desde o município de Macaíba, até os arredores do

Barretão, situado em Ceará-Mirim. Segundo o comandante geral da corporação, coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, além das barreiras de fiscalização e de abordagem e revistas de pessoas e veículos que se dirigiam para as regiões próximas ao estádio, foi realizada também a escolta dos ônibus fretados pelas torcidas organizadas das duas equipes. Os torcedores do Potiguar, de Mossoró, receberam proteção desde o município de Macaíba, já os do América, desde a sede do clube oficial do time, localizado no bairro do Tirol, zona Leste de Natal. O objetivo, segundo explicou o comandante Araújo, era evitar enfrentamentos e confusões envolvendo as

torcidas das duas equipes. "Como era a decisão do campeonato estadual e as torcidas das equipes são bastante atuantes, elaboramos um esquema de segurança que oferecesse o máximo de proteção a todos os torcedores, sejam eles de grupos organizados ou não. Com isso, pudemos evitar que acontecessem situações de estresse e violência", disse. O comandante afirmou ainda que 500 policiais militares foram convocados para participar da ação preventiva, incluindo os do 4º Batalhão, que atua na zona Norte da Capital e que realizaram a apreensão do explosivo e dos lança rojões que estavam em um ônibus de torcedores.

Material foi encontrado dentro de um ônibus com torcedores rumo ao estádio

> MAIS MORTOS NO RN

Final de semana teve seis assassinatos em todo o Estado Seis pessoas foram assassinadas neste final de semana no Estado, todas atingidas por disparos de arma de fogo. Duas delas foram atacadas no município de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, onde Francisco Francinildo Patrício da Silva foi executado quando saia de um bar. Até o final da manhã de hoje, nenhum suspeito havia sido preso.

De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima estava acompanhada por um amigo em uma motocicleta quando foi surpreendida pelos tiros. A suspeita é que ele tenha sido assassinado por vingança, já que era apontado como participante em um crime ocorrido na região, há alguns anos. Em Natal, uma das vítimas

foi atingida por oito disparos, quando descia uma escadaria na comunidade Novo Horizonte, no bairro das Quintas, na zona Oeste de Natal. Marcos George Soares de Figueiredo tinha 24 anos e, antes de morrer, chegou a conversar com o seu assassino. Conforme o relato policial, após alguns minutos de conversa, o desconhecido obrigou a ví-

tima a ficar de joelhos no meio da Rua Santa Helena e efetuou os disparos à queima-roupa contra a cabeça de George, que ainda teria implorado para não ser morto. Depois, o bandido fugiu correndo. Por causa da lei do silêncio, ninguém quis comentar o crime. Já na zona Oeste, um homem ainda não identificado foi encon-

trado morto por enforcamento, abandonado em um terreno baldio ao lado de um condomínio residencial no bairro do Planalto. Pelo estado em que o corpo da vítima estava, a Polícia Militar acredita que ela tenha sido arrastada por vários metros antes de ser deixada no local. O cadáver foi encontrado por moradores do bairro, que cami-

nhavam pela Rua São Gregório, na manhã de ontem. Ele estava com um corda de sisal amarrada no pescoço, o que indica que morreu vítima de enforcamento. O corpo foi removido para a sede do Instituto Técnico Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (Itep), no bairro da Ribeira, onde deve permanecer até ser reconhecido por algum familiar.


Cidade

Segunda-feira

Natal, 20 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

BRASIL LÁ FORA

va do deputado Henrique Alves, que ainda sonha com Rosalba na base aliada de Dilma. A não ser que Garibaldi Filho se lance candidato a governador.

O jornal Financial Times voltou a criticar os rumos do Brasil, dessa vez em um editorial. Disse que o país "corre risco, mais uma vez, de frustrar imensas expectativas" e de que "a aparente sensação de bem-estar é uma fachada" do governo Dilma.

A VIRADA VIROU

Desde que foi criada, a Virada Cultural em São Paulo foi marcada pelo êxito e por influenciar outras cidades (como o Rio) a copiar o evento. E eis que em 2013, no primeiro ano do governo Fernando Haddad, a violência superou a organização.

BOLSA FAMÍLIA

Só há uma explicação lógica para o boato do fim do programa governamental se espalhar tão rapidamente por todo o país, principalmente no Nordeste e interior de Minas Gerais: uma bem organizada corrente de militância partidária. E foi isso.

AEROPORTO

De novo. Dessa vez foi um voo da TAP que sairia do Augusto Severo ontem à noite e foi cancelado em cima da hora, avisando aos passageiros que a decolagem só seria hoje. Na espera, estava a equipe da TVE, de Madrid, que veio filmar os parques eólicos.

TUMULTOS

Futebol pequeno pensa pequeno Todo torcedor brasileiro que se sente minimamente preocupado com o aspecto organizacional e empresarial do futebol pátrio deveria ter guardado no criado mudo, pronto para exibir ene vezes, a entrevista do ex-craque alemão Paul Breitner, na ESPN. Lembrei muito das suas palavras - em verdade quase um puxão de orelhas no futebol tupiniquim ao acompanhar ontem o final da temporada de alguns campeonatos estaduais pelo Brasil, em destaque o paulista, o mineiro, o baiano e o potiguar. As disputas domésticas, que tantas emoções já provocaram no passado, hoje são retratos da teimosia de alguns abnegados cegos pelo equívoco e da ganância financeira dos dirigentes, ávidos por acumular as migalhas geradas por arquibancadas quase vazias. Há algumas semanas, eu mesmo, apaixonado que sou pelo Botafogo carioca, herança bendita de um pai que ouviu o tetracampeonato de 1935 na prisão getulista pós Intentona Comunista, fiquei me perguntando: ser campeão do Rio serve pra quê? Qual a graça de ganhar o Paulistão, logo após ser eliminado da Libertadores, torneio que ascende o vencedor a disputar a conquista mundial? Talvez a vantagem seja ver o Santos se resumir a um vice-campeonato, após tanta expectativa de repetir a era Pelé. Sabe aquela sensação de vergonha alheia? É o meu sentimento ao ver torcedores do ABC e do América se digladiando verbalmente na internet e às vezes fisicamente nos botecos, corroendo neurônios por causa de uma competição de vaidade só umbilical. E nessa temporada que se encerrou ontem com a conquista do Potiguar de Mossoró, as duas torcidas conseguiram imprimir um clima mais do que folclórico, invadindo as beiradas do ridículo. Nenhum ganhou patavina em 2013, mas a chiadeira é mútua.

Semana passada, torcedores do alvirrubro chegaram ao ponto de torcer pela derrota do próprio time, só para prejudicar o alvinegro. Ontem, os abecistas vibraram muito mais que o povo mossoroense, não pela vitória do time macho, mas pela derrota do rival. Amanhã, certamente, o que for de americano estará torcendo pelo Sport do Recife para ver o ABC fora da Copa do Brasil, e assim estaria coroado de fracasso para os dois clubes de Natal um ano em que ambos não tiveram qualquer motivo para sorrir. Por mais que os interessados diretos na organização do campeonato estadual busquem argumentos satisfatórios, o fato real é que encerrou nesse domingo mais uma temporada de ausência de público nos estádios, numa média pífia bem aquém do antigo Matutão. Os registros oficiais mostram que a média de público foi menos de 1.200 torcedores por jogo, um volume que até alguns bares com show ao vivo nas sextas-feiras consegue superar. Comungo cada vez mais com os canais ESPN em favor do fim dos estaduais. É preciso carregar as energias para as quatro séries do Brasileirão (Se possível criar a quinta, a sexta... Na Inglaterra são doze), para a Copa do Brasil, a Copa do Nordeste, eventos que vão se consolidando na parceria com a TV e atraindo investidores. Qual a razão da manutenção dos estaduais pelo Brasil, se já não atraem as multidões de antanho, cansadas do baixo nível dos jogos, enjoadas da realidade dos clubes, indignadas com a estrutura dos estádios? E qual a vantagem mesmo de ganhá-los? Quando Breitner disse que o futebol no Brasil parou nos anos 1970, sem acompanhar o avanço do resto do mundo, fico imaginando no âmbito local. Atrair mil fanáticos para ver as peladas é a prova de que no RN o futebol parou no tempo das rádios AM. (AM)

Além de uma agência da Caixa no bairro de Igapó, muita gente procurou outros pontos de saque do dinheiro do Bolsa Família, como as farmácias. Em Macaíba, uma loja foi invadida e o proprietário se viu obrigado a chamar a polícia para controlar a multidão.

FIASCO DUPLO

A conquista do Potiguar de Mossoró no combalido campeonato estadual de futebol retrata um ano de fracassos das duas principais equipes do estado, ABC e América, que encerram 2013 com suas torcidas em chiadeira mútua, mas sem nenhum motivo.

DESVIOS

Por falar em Macaíba, uma Ong que atua na cidade e que vinha recebendo meio milhão de reais por ano do programa de proteção à testemunha, já está sob investigação. A dinheirama foi também utilizada para bancar campanha eleitoral de um parlamentar.

LÁ E LÔ

Ontem, quando o jogo encerrou em Ceará-Mirim, os torcedores do ABC lotaram as redes sociais com a multiplicação da letra "K" (gargalhadas). E amanhã, se o alvinegro perder para o Sport, será a vez dos americanos cuspir as mesmas letrinhas.

SENADO

O jogo triplo da vice-prefeita Wilma de Faria (PSB), que pode arriscar nas candidaturas a governadora, senadora ou deputada federal, está afunilando para a segunda opção. Ela já teria assimilado em conversas reservadas de que pode derrotar Fátima Bezerra.

DE NOVO?

Ainda tão jovem, o jogador Neymar segue acumulando mortes na praia. Do ano passado para cá, foi vice no Mundial de Clubes, nas Olimpíadas e agora no Paulistão. Talvez seu destino seja Flamengo, América de Natal ou Vasco, o trio que coleciona "vices".

ROMPIMENTO

Não será tão fácil um rompimento do PMDB com o DEM, se para isso depender uma decisão exclusi-

Que Shakira, que nada! A mulher colombiana que está parando o planeta no momento é a modelo e atriz Sofia Jaramillo, esse corpão com ar de templo de todos os desejos, figura popular no seu país, por causa das novelas e programas de TV onde atua. Estudante de Ciências Sociais, a menina tem se destacado em capas de revistas do mundo e enfeitiçou a Inglaterra com um ensaio no estádio Old Trafford, do Manchester United, seu clube de preferência.

Danilo Sá jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br

A MISÉRIA QUE NÃO É BOATO

AUMENTO DEFINITIVO Divulgação

Uma multidão de brasileiros foi pega de surpresa neste último domingo. De forma impressionante e, até agora, inexplicável, se espalhou por todo o país a notícia de que o programa Bolsa Família seria suspenso pelos próximos meses, e que o benefício só seria pago até ontem (domingo). O boato, desmentido no mesmo dia pelo governo federal, levou milhares de pessoas a agências da Caixa Econômica Federal de vários estados do país. No Rio Grande do Norte também não foi diferente. Até a Polícia Militar precisou ser chamada para evitar maiores problemas. Mas, após colocar os devidos pingos nos is e esclarecer a informação falsa, é inevitável fazer uma reflexão do tamanho que está tomando o programa federal e a influência que possui na população. Afinal de contas, é realmente com uma multidão de dependentes economicamente do governo que o Brasil vai conseguir seu desenvolvimento? A cena das agências bancárias superlotadas com pessoas desesperadas porque supostamente não teriam mais a garantia daqueles poucos reais, se não é trágica é totalmente lamentável. O fato prova que, além de colocar a população sob a sua dependência, o governo ainda não consegue fazer com que os beneficiários busquem seu sustento. O pior é perceber que pela forma como é tratado, o problema só tende a aumentar. Nascido de uma ideia honrosa que visava acabar com a miséria total de grande parte dos brasileiros, o Bolsa Família se transformou rapidamente num sucesso. Hoje, é o principal programa político do país. Agora, se faz urgente uma avaliação das proporções que o projeto pode tomar no futuro, deixando o próprio governo de mãos atadas, já que os beneficiários crescem a cada ano. Que se pense numa forma de capacitar os cadastrados no programa e que os mesmos possam encontrar empregos e conquistar salários decentes. O Brasil não pode mais aceitar cenas como a de ontem, quando milhares de pessoas enlouqueceram ao serem informadas de um simples boato. De toda essa história, a única verdade, pelo visto, é a miséria em que vive o povo brasileiro.

INTERESSE POLÍTICO???

Outro fato lamentável em torno desse boato que marcou o domingo de milhões de brasileiros, é a possibilidade do mesmo ter sido criado com objetivos políticos, já que atinge em cheio o governo da presidente Dilma Rousseff (PT). Não se pode brincar assim com a vida de pessoas que, bem ou mal, dependem deste benefício. Daí a importância da investigação que será feita na tentativa de se descobrir de onde partiu tal informação.

UNIÃO DE PROTESTOS

Finalmente o prefeito Carlos Eduardo Alves resolveu falar sobre o reajuste no valor das passagens de ônibus. Em entrevista a Tribuna do Norte, o gestor disse que a decisão estava consolidade e, novamente, mudou o assunto ao enfatizar que enviaria a licitação do transporte público para a Câmara Municipal. Como se isso fosse abaixar o preço pago para passar na roleta dos ônibus.

Em tempo, não deverá ser nada agradável trafegar por Natal amanhã pela manhã. Está sendo organizado para a partir das 8 horas um protesto conjunto entre os integrantes da #RevoltadoBusão e do MST, que defenderão a redução do preço das passagens de ônibus e protestarão contra a falta de investimentos para amenizar a seca no interior. Salve-se quem puder.

“PUNHAL NAS COSTAS”

LUTA ELEITORAL

Mas, Carlos Eduardo continua sem falar na sequência de protestos estudantis que começaram na semana passada e prometem marcar os próximos dias. O chefe do executivo também continua em silêncio sobre sua mudança de postura em relação a campanha passada, quando classificou como “um punhal nas costas” o fato da ex-prefeita Micarla de Sousa ter concedido o aumento da tarifa. Nada como um dia após o outro.

Entre os pré-candidatos a disputa eleitoral de 2014, a campanha parece já ter começado. Não há um final de semana que Wilma de Faria, Fátima Bezerra e Robinson Faria não gastem muita sola de sapato caminhando por diversas cidades do interior potiguar. A governadora Rosalba Ciarlini também já anda incluindo na sua agenda administrativa compromissos nos quatro cantos do RN. É a luta de 2014 que está apenas começando.

Gira Mundo Divulgação

Essa vai deixar muito crítico insatisfeito. O cantor Michel Teló ganhou o prêmio pela música "Ai Se Eu Te Pego" na categoria Top Canção Latina do Billboard Awards 2013, evento realizado na MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas, na noite deste domingo (19). A premiação é uma espécie do oscar da música mundial. A festa consagrou a americana Taylor Swift, estrela country que ficou conquistou 8 das 11 categorias que disputava, sendo eleita a Melhor Artista do Ano, Melhor Artista Country, Melhor Canção Digital, Melhor Artista 200 Billboard e Melhor Artista Feminina. Agora durma-se com uma dessas.

Megafone José Aldenir

“A amizade não deve ser parâmetro para concessão de Título de Cidadão Natalense” MAURÍCIO GURGEL VEREADOR, INSATISFEITO COM A BANALIZAÇÃO DA ENTREGA DO TÍTULO DE CIDADÃO NATALENSE

BOTANDO PILHA

COLUNA NA TV

LIQUIDA VEM AÍ

COLUNA NA INTERNET

Mais um levantamento feito pelo site Contas Abertas. A Presidência da República empenhou este mês R$ 9,6 mil para a aquisição de 1,5 mil pilhas alcalinas do tipo “AAA”, tamanho palito, e 12,3 mil itens do tipo “AA”, tamanho pequeno. Os dispositivos são da marca “GP Alcalina”. Pelo visto, pilhas não vão faltar no Palácio do Planalto. Resta saber onde serão utilizadas. Será que isso tudo é por medo do apagão??? A Câmara de Dirigentes Lojistas está finalizando os últimos detalhes para lançar mais uma edição do Liquida Natal, evento já consolidado no calendário do comércio potiguar. Para se ter uma ideia da importância da iniciativa, a data da promoção é considerada a segunda mais importante para os comerciantes da cidade, atrás apenas do período natalino. Quem agradece é a população, beneficiada por preços mais atrativos.

A TV Câmara de Natal exibe hoje mais um programa Pensando Bem, apresentado por este colunista. A partir das 20h30, o entrevistado será o vereador Felipe Alves, líder do PMDB no legislativo natalense. O parlamentar abordou projetos polêmicos em discussão na casa e analisou a situação política do partido, com direito a defesa pela candidatura própria peemedebista em 2014, citando nomes inclusive.

A partir das 20 horas de hoje o leitor deste canto de página poderá acompanhar as informações e opiniões deste colunista também na internet. Será liberado hoje para acesso o blog Ampliando a Notícia, produzido pela Cinte Design e com fotografia do amigo Alexandre Lago. Espaço para debater política, economia e cotidiano, local e nacional. Mais um espaço aberto para denúncias e críticas. Mais um desafio. Vamos à luta.


12 O Jornal de HOJE

Natal, 20 de maio de 2013

Cidade

Segunda-feira

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br Márlio Forte DeSaboya.com

w O ESTADO NÃO TOMA JEITO Não tem jeito para o governo Rosado. >>> Depois de muitas discussões com a UFRN, foi firmado convênio entre os dois para que o hospital Onofre Lopes disponibilizasse 60 leitos para pacientes do Walfredo Gurgel, evitando, assim, a triste visão dos pacientes nos corredores deste último. >>> Pois bem. >>> Agora, o que está acontecendo: desde janeiro, a Secretaria de Saúde não repassou nenhum "tostão" do que foi acertado com a Universidade, que não está suportando mais as despesas que vem tendo com os pacientes extras. >>> É brincadeira? w DE MAL A PIOR Falando na gestão demo... >>> ...o ministro Garibaldi Filho tem evitado falar com o todo poderoso chefe da Casa Civil do Governo Carlos Augusto Rosado. >>> E com Rosalba, a governadora de direito, o peemedebista só quer falar o necessário. >>> Clima dos piores possíveis. >>> Os peemedebistas em geral estão na fase da "exigência" pelo rompimento com o governo, conforme afirmou o deputado estadual Hermano Morais na semana passada, durante entrevista ao Jornal Verdade (SimTV). w UNINDO O ÚTIL AO AGRADÁVEL Durante a tensa reunião entre o prefeito Carlos Eduardo Alves e vereadores, na última sexta-feira, no restaurante Tábua de Carne, quando os parlamentares da base cobravam atenção dos secretários, além de obras e ações, principalmente nas áreas de Saúde e Educação, direcionadas para as áreas onde atuam os edis presentes... >>> ...eis que o chefe pedetista conseguiu um momento de descontração e gargalhadas. >>> Ao pedir ao vereador Júnior Grafith que ele se apresente gratuitamente nas solenidades realizadas pela gestão carlista, tornando-se, naturalmente, parceiros dos projetos. w É BAGUNÇA DEMAIS NO RECINTO A vereadora Eleika Bezerra, cansada de pedir silêncio no plenário da Câmara Municipal de Natal nos momentos de sessão, solicitou quarta passada - como nos tempos de professora - ao presidente da Casa, vereador Albert Dickson, que ele providenciasse fones de ouvidos para os vereadores "realmente interessados" em acompanhar as discussões. >>> As 'conversas paralelas' no plenário estariam atrapalhando o entendimento. >>> Albert pediu que o pedido fosse formalizado. >>> Agora, é aguardar.

Vânia Leite e Zélia Pinheiro marcando presença no jantar para Solange Bellinaso

DeSaboya.com

Vereadora Júlia Arruda posando ao lado da combatente Eliana Calmon, que recebeu título de Cidadã Natalense na última sexta

Lilia Almeida recebendo Zalix Marinho na comemoração do seu niver no Agáricus

Cedida

Mulheresnofds

Empresária Élia Lívia, dona da D'Optique agora assume também a Lilu no segmento de moda feminina

w É TUDO MENTIRA Ambrósio Lins, presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Norte (Fetarn), garante: a propaganda do governo do RN em relação à instalação de poços tubulares que vem sendo exibida em horário nobre "é enganosa". >>> "A instalação de poços está sendo divulgada, mas muito devagar", afirma ele. w SÓ DE CIMA E OLHE LÁ Mais: Ambrósio ressalta que hoje o que tem sido feito no RN pelo combate às conseqüências da seca é o que está vindo do Governo Federal. "E mesmo quando vem do Governo Federal nunca chega a nossa porta a quantidade total. Do recurso estadual até o momento não vejo nada implantado", alertou. >>> Exatamente o contrário do que defendem os poucos aliados do governo, que afirmam que o governo federal não tem enviado ajuda ao RN. w E NA ZONA NORTE? Há quem questione porque os protestos contra o aumento das passagens só acontecem na zona sul de Natal, área da chamada elite, que, em sua maioria, não paga por transporte público. >>> Querem saber por quais razões jamais foram organizados nos bairros das camadas mais humil-

des, que tomam ônibus todos os dias e vão sofrer as consequências da alta dos preços? >>> "Será que esses protestos visam de fato combater os aumentos, ou servem mais para mostrar às elites os rostos dos seus organizadores, fortalecendoos para embates eleitorais futuros?", questionam... w SÓ VAI COM PRESSÃO DA MÍDIA NACIONAL Após ter conhecimento das dificuldades da senhora Marisa Ferreira dos Santos Sarto para conseguir se aposentar por invalidez (ela tenta há 11 anos), enquanto há uma farra de aposentadorias desse tipo no Congresso Nacional, como mostrou ontem o Fantástico... >>> ...o ministro potiguar da Previdência Garibaldi Filho determinou a convocação imediata de Marisa Sarto para reavaliação por junta médica. Segundo o Twitter de Garibaldi, "os novos exames serão feitos na gerência do INSS de Guarulhos, em São Paulo". >>> "Estou em Brasília a partir das nove horas reunido área jurídica e de benefícios rever caso Marisa do Fantástico", escreveu o próprio ministro no seu microblog. >>> Só assim para resolver. Agora, imaginem quantos casos como esse, de Marisa, existem Brasil afora!

Desfile Andrea Marques Verão 2014 no Fashion Rio

GIRO PELO TWITTER ...da revista Veja: "STF pagou voo de ministros em período de férias"; ...do ministro Garibaldi Filho: "Ouvimos agora eu e Garibaldi pai que o Hospital de Angicos não vai fechar como esta

sendo propalado. O secretario de Saúde nos disse que não"; ...do publicitário Jener Tinoco: "Preocupado com a competição com os produtos chineses? Prepare-se para a competição com os produtos americanos".


Cidade

Segunda-feira

Natal, 20 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w FORÇA - I O quebra-quebra nas agências da Caixa Econômica mostra a força do Bolsa Família. Serve para medir a força popular do programa do PT e como é difícil vencer a presidente Dilma Rousseff ano que vem.

w TIRO As redes castigam o marketing dos governos brasileiros mostrando a eficiência perfeita do serviço de trens urbanos no Japão com apenas uma frase que tem efeito de um tiro: 'E nós construindo estádios'.

w ALIÁS - II O Bolsa Família virou símbolo do PT no sentimento popular e a oposição, na sua teimosia, continua subestimando sua eficiência. Com a pobre oposição Democratas, então, ficou mais fácil para o PT.

w CARTAS A pesquisadora Cristiane D'Ávila, do Rio, vai reunir em livro as cartas de João do Rio escritas há mais de um século para João de Barros e Carlos Malheiros Dias. A edição vai ser patrocinada pela Funarte.

w SINAL - I As empresas de transporte urbano são tão temidas na Prefeitura que o temor se revela na fala dos seus porta-vozes: no ato falho, declaram como se representassem a sociedade. Sem ponderação equilibrada. w ALIÁS - II O transporte é um livre-mercado em Natal. Até quando os seus motoristas fazem greve ninguém consegue saber a quem beneficia o protesto. É ouvir os usuários e sentir a insatisfação em toda cidade. w ASTROLOGIA A euforia da assessoria de Fátima Bezerra com o aniversário da deputada, sextafeira, dia 24, que tem até slogan: 'Escrito nas estrelas'. Ninguém sabe se nas estrelas petistas ou se na astrologia para 2014. w ESTILO De um petista irônico: 'O prefeito tomou o punhal de Micarla de Sousa e apunhalou Natal ele mesmo com o requinte perverso de aprovar o mesmo valor de R$ 2,40 e antes de fazer a concorrência pública'. wE Continuou, olhando o mar da Redinha: 'Os empresários sabem que o PT não começaria aumentando a tarifa às escondidas'. E completou: 'A Câmara aceitou desmoralizar a sua própria posição no passado'.

w ERRO É bom que a polícia mantenha uma viatura no cruzamento da Afonso Pena com a Potengi, mas não é um exemplo mantêla do lado esquerdo da via livre. Atrapalha o trânsito e ostenta contra a proibição.

Q

Democratas em debandada?

uem procurar nos arquivos desta coluna, hoje maior de trinta anos, vai encontrar o resmungo do colunista contra a falta de consistência dos liberais. Cumpriram um simplório artifício de marketing e imaginaram que mudando de nome passariam de liberais a democratas. Como não eram nem liberais de fato, caíram no limbo. Cobriram-se de uma falsa modernidade, quando teria sido mais coerente e digno serem conservadores sempre saudosos do poder quando as urnas impõem o destino de oposição. Quem acompanhou o noticiário político da semana viu, sem esforço, a agoniada e melancólica debandada dos Democratas na direção de outras siglas partidárias, sejam quais forem, desde que sob o abrigo do Palácio do Planalto. O sinal de debandar, como nos exércitos vencidos, veio da comandante Rosalba Ciarlini. Não só negou-se a participar do programa dos Democratas, partido que lhe fez três vezes prefeita, senadora e governante, como alegou receber o prestígio de um tratamento republicano. Ora, qualquer bom conhecedor das artimanhas politiqueiras neste Nordeste, sempre de cócoras diante dos palácios, desde o Catete sabe, até por simples vivência, que a gratidão não está entre as boas qualidades dos políticos. O oportunismo veste a fantasia da sobrevivência - as exceções só justificam a regra - e eles ficam pulando de sigla em sigla. Foi preciso que se improvisasse uma regulamentação da organização partidária para se evitar a troca de partido desses nômades em busca de novas sombras.

Dado o sinal, vieram as declarações do deputado Leonardo Nogueira, em seu nome pessoal e de sua mulher, a ex-prefeita de Mossoró, e o deputado federal Betinho Rosado que com a sua barba gravemente grisalha ungiu em nome do patriarca Carlos Augusto Rosado o novo destino de Mossoró. A valentia da cidade que enfrentou o Bando de Lampião outra vez se alevantou e em nome da gratidão explodiu seus clavinotes e brandiu suas espadas, agora inaugurando uma prosaica resistência a favor. No meio do fogo cruzado fica o senador José Agripino, presidente dos Democratas não só aqui, mas também no Brasil. Mas, a sua coerência parece não bastar para salvá-lo. E só ele, em nome do partido, pode acender a ira contra os trânsfugas, se é que eles praticam a desobediência, ferem a ética e desrespeitam a lei. Se calar, consente e consagra a velha tradição da sabença popular e desqualifica sua palavra em qualquer caso no país, mesmo diante de um grave processo de degradação do seu partido. Inconsistentes, os Democratas do Rio Grande do Norte temem perder a aliança com o PMDB, a senha de acesso ao Palácio do Planalto, na véspera de uma luta que a governadora Rosalba Ciarlini precisa disputar sua reeleição. A essa altura, sob o risco do isolamento, é preferível engendrar o xarope republicano a ficar sozinha no salão. Vendo os aliados descendo a escada, aqueles que subiram ao seu lado no dia de posse. Os Democratas, a essa altura, sequer sabem o que são e serão. Hoje e amanhã.

w EXPORT - I O queijo de leite de cabra da Fazenda Carnaúba, de Ariano Suassuna e Manoelito Dantas, em Taperoá, na Paraíba, ganhou uma embalagem tipo exportação, com informações técnicas e validade de um ano. w MARCAS - II Além do desenho tradicional feito por Ariano e os ferros dele e Manoelito Dantas marcando a origem, duas frases sobre a importância das cabras ibero-brasileiras - brancas, pardas e azuis - para o Nordeste. w TRADIÇÃO - III Para Ariano, a cabra é 'um caminho para a revitalização política, literária e econômica do sertão do Nordeste'. Para Manoelito, uma tradição que 'vem a manjedoura de Belém nas terras secas do mundo'. w HUMOR Do jornalista Chico Pinheiro na manhã de hoje no Bom Dia Brasil diante da notícia da fã que avançou em Milton Nascimento quando ele cantava no palco e o derrubou: 'Amor demais, às vezes, machuca'.

Campanha de Vacinação contra Influenza segue até o final do mês e Natal ainda não atingiu a meta VACINA

CONTRA A GRIPE ESTÁ DISPONÍVEL EM TODAS AS UNIDADE BÁSICAS DE SAÚDE DA CAPITAL POTIGUAR

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Vírus da Influenza segue até o próximo dia 31 de maio, em alguns municípios do Rio Grande do Norte. O prazo que inicialmente seria até o dia 10, foi prorrogado em virtude de o Estado não ter atingido a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde, mas no final da manhã desta segunda-feira (20), o Rio Grande do Norte atingiu 80,29% da cobertura, totalizando 412.992 doses aplicadas, meta programada. Agora, os municípios que mais precisam aplicar as vacinas são Natal e Mossoró, que concentram a maior parte da população norterio-grandense e ainda não atingiram a meta. Em Natal, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 130.699 pessoas deveriam ser imunizadas, mas até a manhã de

hoje, o levantamento da SMS apontou um total de 96.424 pessoas que já receberam a vacina, atingindo cerca de 77% da população alvo. Dos grupos prioritários, o único que atingiu a meta foi o dos traba-

acredita que até o dia 31, todas as metas serão alcançadas. "Infelizmente as pessoas têm o costume de deixar tudo para a última hora, e se o prazo não tivesse sido prorrogado, seria difícil atin-

‘ ’ De acordo com a SMS, em Natal, dos grupos prioritários o único que atingiu a meta foi o dos trabalhadores da saúde, com 92%.

lhadores da saúde, com 92%. No entanto, entre as gestantes, apenas 63% tomaram a vacina. Apesar dos números, a chefe do Núcleo de Agravos Imunopreveníveis da SMS, Solange Cruz,

gir a meta em todo o Brasil. As pessoas precisam se conscientizar e levar a sério essas questões, pois as vacinas são disponibilizadas, mas falta interesse da própria população em procurar os postos. Nos úl-

timos dias a procura pela vacina tem aumentado significativamente em Natal, e acredito que alcançaremos a meta", afirmou. Em Natal, a vacina contra a Gripe Influenza está sendo disponibilizada das 8h às 16h em todas as Unidades Básicas de Saúde, dos cinco Distritos Sanitários do município. Após o término dessa Campanha, será iniciada a Campanha contra a Polioielite 2013, prevista para começar no dia 8 de junho. A vacinação deve ser aplicada em 80% público-alvo da Campanha, que são os idosos a partir de 60 anos de idade, crianças na faixa etária de 6 meses a 2 anos, gestantes, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e os trabalhadores de saúde que atuam em unidades com atendimento para a doença.

Público-alvo da Campanha são idosos a par tir de 60 anos, crianças entre 6 meses e 2 anos, gestantes, puérperas e trabalhadores de saúde

Herácles Dantas


14 O Jornal de HOJE

Natal, 20 de maio de 2013

Cidade acajutibanews/Divulgação

Plano de Ação para a Saúde Mental também aponta que até 2020, 350 milhões de pessoas deverão sofrer de depressão

Doenças mentais e neurológicas atingem cerca de 700 milhões de pessoas no mundo, diz OMS 1/3

DOS CASOS NÃO TEM ACOMPANHAMENTO M É D I C O

As doenças mentais e neuroló- pendência de substâncias. A OMS o tratamento, melhores são os resulgicas atingem aproximadamente define depressão como um trans- tados. 700 milhões de pessoas no mundo, torno mental comum, caracterizado Vários fatores podem levar à representando um terço do total de por tristeza, perda de interesse, au- depressão, como questões sociais, casos de doenças não transmissí- sência de prazer, oscilações entre psicológicas e biológicas. Estudos veis, segundo a Organização Mun- sentimentos de culpa e baixa au- mostram, por exemplo, que uma em dial da Saúde (OMS). Os especia- toestima, além de distúrbios do sono cada cinco mulheres que dão à luz listas advertem que pelo menos um ou do apetite. Também há a sensa- acaba sofrendo depressão pós-parto. terço dos que sofrem com proble- ção de cansaço e falta de concen- Especialistas recomendam que amimas mentais e neurológos e parentes gicos não tem acompadas pessoas nhamento médico. A reque sofrem de velação está no Plano depressão parde Ação para a Saúde ticipem do traLevantamento mostra que as Mental 2013-2020. tamento. Ao longo desta seAs doenças doenças mentais representam 13% do mana, especialistas esneurológicas, total de todas as doenças do mundo tarão reunidos para dissegundo especutir o assunto, em Gecialistas, devenebra, na Suíça, duranrão afetar 50 te a Assembleia Munmilhões de pesdial da Saúde. O Plano soas, entre elas de Ação para a Saúde Mental 2013- tração. a epilepsia - doença cerebral crôni2020 mostra que as doenças menA depressão pode ser de longa ca que se caracteriza por convultais representam 13% do total de duração ou recorrente. Na sua forma sões recorrentes que podem levar à todas as doenças do mundo e são um mais grave, pode levar ao suicídio. perda da consciência. Aproximadaterço das patologias não transmis- Casos de depressão leve podem ser mente 35 milhões de pessoas devesíveis. tratados sem medicamentos, mas, rão sofrer do Mal de Alzheimer, sínSegundo as estimativas, cerca de na forma moderada ou grave, as drome crônica ou progressiva que 350 milhões de pessoas deverão so- pessoas precisam de medicação e leva à perda das funções cognitifrer de depressão e 90 milhões terão tratamentos profissionais. Segundo vas, entre outros distúrbios. (Agênuma desordem pelo abuso ou de- a OMS, quanto mais cedo começa cia Brasil).

> ALERTA

Dengue: Natal é o município com mais casos suspeitos da doença A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), através do Programa Estadual de Controle da Dengue, divulgou nesta segunda feira (20), um novo boletim com os números atualizados da doença. As informações são referentes à Semana Epidemiológica nº 19, que representa os dados notificados desde o início do ano até o dia 11 de maio. Nesse período, foram notificados 6.385 casos suspeitos de dengue no Rio Grande Norte, sendo 1.529 casos confirmados até o momento. No mesmo período do ano de 2012, esses números foram, respectivamente, 20.314 e 7.787, o que aponta um decréscimo no quantitativo de casos. Do total de municípios do RN,

61 apresentam baixa incidência da doença, 27 estão com média, 45 com alta e 34 com incidência silenciosa. Os cinco municípios que apresentam as maiores notificações de casos suspeitos são: Natal (718), Pau dos Ferros (538), Parelhas (456), Santa Cruz (322) e Jardim de Piranhas (236). Apesar da tendência de queda, o programa da dengue alerta que o combate ao mosquito deve ter ações permanentes em todos os municípios. A prevenção precisa ser mantida durante todo o ano. É importante que a população continue verificando o adequado armazenamento de água, o acondicionamento do lixo e a eliminação de todos os recipientes sem uso que possam

acumular água e virar criadouros do mosquito. Além disso, é essencial cobrar o mesmo cuidado do gestor local com os ambientes públicos, como o recolhimento regular de lixo nas vias, a limpeza de terrenos baldios, praças, cemitérios e borracharias. Aos primeiros sintomas da dengue (febre, dor de cabeça, dores nas articulações e no fundo dos olhos), a recomendação é que a pessoa procure o serviço de saúde mais próximo. É fundamental não tomar remédio por conta própria, pois isso pode mascarar sintomas e dificultar o diagnóstico, devendo ainda estar alerta para sinais de agravamento, como vômitos e dores abdominais. Wellington Rocha

Apesar da tendência de queda do número de casos da doença, a prevenção deve ser mantida durante todo o ano

Segunda-feira


Esporte

José Aldenir

Segunda-feira

Natal, 20 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 15

Após nove anos de jejum, Potiguar volta a derrotar o América numa decisão e conquista o título de Campeão do RN

MACHO BICAMPEÃO

POTIGUAR DE MOSSORÓ VENCE O AMÉRICA EM COBRANÇA DE PÊNALTIS (5 A 4) E CONQUISTA O TÍTULO DE BICAMPEÃO ESTADUAL. TIME MACHO NÃO GANHAVA UM CAMPEONATO POTIGUAR DESDE 2004, QUANDO BATEU O MESMO AMÉRICA Depois de nove anos de jejum, o Potiguar de Mossoró volta a conquistar um título do Campeonato Norte-Riograndense. A equipe da região Oeste arrancou um novo empate com o América no tempo normal, 1 a 1, e garantiu a vitória e o título de campeão nos pênaltis ao vencer por 5 a 4 no Estádio Barretão, em Ceará-Mirim. No primeiro encontro da decisão, entre as duas equipes, em Mossoró, o placar marcou novamente o equilíbrio do duelo: 2 a 2. Os gols da partida decisiva foram marcados por Índio Oliveira, ainda no primeiro tempo, e depois Chiquinho, de falta, que decretou o empate em cobrança de falta o título que contou com a falha do goleiro Dida, do América. A última vez em que o Campeonato Potiguar foi decidido nos pênaltis, havia sido justamente com o América em campo, no entanto, contra outro adversário: o ABC. Na oportunidade, os Alvirrubros da capital levaram a melhor. Contra o Potiguar, no entanto, os rubros desperdiçaram duas cobranças com o lateral-esquerdo Renatinho Potiguar e o atacante Itamar que pararam na noite inspirada do goleiro Santos. Pelo time mossoroense, apenas Giovani perdeu a cobrança, mas nada suficiente para provocar a perda do título. O Time Macho não levava a taça de campeão desde 2004, quando derrotou o mesmo América na decisão do título. Agora, os mossoroenses terão uma breve folga até o início da Série D do Campeonato Brasileiro, no próximo dia 09 de julho. E apesar do placar apertado e o jogo difícil, que contou com duas expulsões e muita polêmica, o que

se viu ao final da partida foi uma grande festa dos jogadores do Potiguar que Mossoró que comemoram mais uma vez o título na casa americana. Em 2004, na ocasião do primeiro título de uma equipe mossoroense, o Potiguar conquistou o título no dia 17 de abril, no Machadão, também numa sequência de duas partidas. Na primeira, goleou o rival no Nogueirão por 4 a 0. Na partida de volta, em Natal, perdeu por 1 a 0, mas garantiu o título com a vantagem do saldo conquistada no primeiro confronto. Heroi da conquista do Time Macho, com um gol marcado nas cobranças de pênaltis e dois salvos nos tiros livres rubros, o goleiro Santos, conta ter vivido no estádio Barretão, uma noite especial na sua carreira como jogador. Goleiro nas equipes de Celso desde 2006, ele afirma que a cobrança de pênaltis foi mais especial que outras. "É a primeira vez que sou campeão fora do meu estado. Eu já tinha sido campeão pelo Coruripe contra o ASA, em 2011, em Alagoas. Lá peguei um pênalti. Aqui foi ainda melhor, não só agarrei dois, como ainda fiz gol", afirmou o arqueiro da equipe mossoroense que destacou ainda a superação da desconfiança. "É um dia especial, um dia maravilhoso, principalmente por termos sido campeões quando ninguém acreditava", desabafou. Em estado de êxtase, o meia Vaninho voltou a se defender e negar as declarações atribuídas a ele, nas quais teria chamado o América de "time fraco" e destacou a força do rival para tornar o título ainda mais especial. "Eu nunca teria dito algo assim de um time de tra-

José Aldenir

dição como o América, uma equipe de Série B. Nunca saiu da minha boca. O que posso dizer é que enfrentamos uma equipe forte e resolvi demonstrar dentro de campo a força da nossa equipe. Conquistamos o título e agora é comemorar", afirmou o jogador que atravessou o campo de joelhos, cumprindo promessa pela conquista do título. Quem também comemorou muito foi o lateral Chiquinho, autor do gol mais bonito do campeonato e da temporada. "Não esperava tudo isso. Aquele gol, a força com que a nossa equipe chegou à final e esse título. Mas provamos dentro de campo que a vontade e a determinação superam tudo. Somos bicampeões e a torcida merece", concluiu o ala do Potiguar mossoroense.

AGRESSÃO E PROVOCAÇÃO Personagem da decisão e da trajetória do Potiguar até a conquista do título, o técnico Celso Teixeira voltou a trazer os holofotes para si. Primeiro, dentro de campo. Com caras e bocas, além de uma série de provocações aos rivais, dentre as quais até um toque impróprio no jogador Renatinho Potiguar. Não bastasse, até sobre a água, o treinador andou em passadas nervosas entre a beira do campo e o banco de reservas, separados entre si por uma poça d'água acumulada pelas chuvas dos últimos dias. Mas foi no final da partida que o treinador se envolve num episódio que manchou a partida, que em campo, havia sido marcada pela rivalidade honesta e quente de uma decisão, como qualquer outra. Logo

Bruno Araújo INJUSTIFICÁVEL Por mais provocador que tenha sido o técnico Celso Teixeira - que de fato foi durante toda a partida final contra o América -, não há qualquer argumento para justificar a reação desmedida e covarde do pequeno grupo de jogadores americanos que atacaram o treinador ao final da partida. Após um chute por trás do lateral Renatinho Potiguar, Teixeira recebeu golpes ainda no chão do atacante Índio Oliveira e outros atletas e, por pouco, não foi acertado na cabeça. Não fosse a turma do "deixa disso", o comandante do Potiguar poderia ter sido vítima de algo muito pior, sem qualquer exagero. PUNIÇÃO EXEMPLAR Os envolvidos na ação contra o treinador do Potiguar devem receber uma punição dura e exemplar pelo Tribunal de Justiça Desportiva do RN. Uma atitude reprovável como a que foi protagonizada em campo após a partida final do Estadual não tem espaço no futebol profissional. O próprio clube tem obrigação de tomar uma atitude para coibir que comportamentos do gêneno voltem a se repetir. Perder é consequência da competência alheia, e claro, da própria ineficiência. Resta

POTIGUAR, APÓS AGRESSÃO SOFRIDA POR JOGADORES DO AMÉRICA AO FINAL DA DECISÃO.

após a cobrança de pênalti convertida por Radames, o treinador atravessou o campo no sentido contrário à festa e foi perseguido por um grupo de jogadores do América. Foi acertado com um chute pelo

AMÂNCIO

saber se a punição valerá apenas para o Estadual ou se pode vir a ter reflexos na Série B.

brado que cedeu e obrigou a alguns torcedores segurarem a estrutura por parte do primeiro e todo o segundo.

SUMIU Aonde foi parar o bom futebol do América durante boa parte do Campeonato Estadual? A equipe, apesar dos poucos gols marcados durante a competição, era sem dúvida a mais consistente de toda a competição, tanto do poto de vista ofensivo, quanto defensivo. Nas últimas partidas, no entanto, além de não conseguir uma sequência de bons resultados, o rendimento caiu consideravelmente às vésperas da Série B do Campeonato Brasileiro. Enquanto é cedo, ao menos a postura precisa mudar, sob pena de os Alvirrubros enfrentarem um novo calvário na Segundona.

ZICA Não bastassem os problemas de estrutura, o Estádio Barretão tem se mostrado pouco vantajoso do ponto de vista técnico. Na praça esportiva de Ceará-Mirim, o América foi eliminado de forma vergonha da Copa do Brasil (6 a 2) para o Atlético-PR e perdeu o título Estadual que durante a maior parte da competição, era dado como certo por parte da torcida. A rejeição sobre o estádio começa a ganhar corpo entre torcedores e as súplicas pelo retorno ao Nazarenão, em Goianinha, deixaram de ser vozes perdidas na multidão.

MAIS UM O Estádio Barretão, nova casa do América, ainda está longe de ser um teto digno para jogadores rubros, torcedores e até mesmo jornalistas. Lama dentro e no entorno do campo, falta de energia que por pouco não deixou a partida sem transmissão de rádio e que impediu execução do hino nacional foram apenas alguns dos problemas. Isso, claro, sem falar em parte do alam-

CELSO TEIXEIRA, TÉCNICO DO

PisandonaBola

BRUNO ARAÚJO - TWITTER: @brunoaraujo7 EMAIL: wesckley@yahoo.com.br FRIEZA DO MACHO O Potiguar de Mossoró foi campeão sobre o América. Até aqui, não é mais novidade para ninguém. Curioso, no entanto, é entender como uma equipe do interior, com custo muito inferior, consegue derrotar o alto investimento da capital. Do ponto de vista técnico, é fato que as equipes não chegam a se equivaler em todos os setores. Os Alvirrubros da capital têm melhores atacantes, meias mais eficientes e defensores mais calejados. O que faltou ao América - e que sobrou ao Potiguar - foi a frieza no momento de definição. O sangue no olho que quase brotou nos olhos americanos, era apenas um filete contido e pulsante entre os jogadores mossoroenses. A vontade desmedida, cega, desatina, descoordena a mente e, consequentemente, as ações. Apesar de melhor em boa parte do duelo, bastou se ver em situação difícil que a equipe perdeu o controle, gols e o título. Do Oeste, por outro lado, o calor ficou contido nas pernas e mentes dos jogadores. Pareciam condicionados a explodir apenas no momento certo, o de levantar a taça de campeão depois de nove anos do último título. Mais do que Macho, o time do Potiguar é bicampeão.

"A gente critica tanto os times argentinos, mas depois aqui também não sabem perder. Agora terão que esperar para o ano que vem, porque nesse, vão ter que se contentar com o vicecampeonato" -

lateral-esquerdo Renatinho Potiguar e, ainda no chão, foi alvo de golpes de outros atletas, dentre eles, o jovem atacante Índio Oliveira. A agressão só foi interrompida com a chegada de jogadores do Potiguar e seguranças do clube mossoroense que impediram que o rompante de fúria resultasse em uma tragédia. Após o incidente, Celso Teixeira lamentou a atitude do grupo de jogadores do time rival e afirmou não esperar qualquer agressão do tipo, especialmente de Renatinho, jogador com o qual trabalhou como treinador. "Eu sai para o outro lado, jogadores estavam comemorado, mas eu estava cansado. Sai e vi um grupo de sete, oito jogadores em cima de mim. O Renatinho me acertou, depois o Ricardo Baiano. Graças a Deus que não tiraram a minha vida", relatou Celso. "O Renatinho é um cara que eu levei para dentro da minha casa", lamenta. O treinador paulista, no entanto, não se furtou a cutucar mais uma vez o time rubro e comparou a reação rubra de times argentes. "A gente critica tanto os times argentinos, mas depois aqui também não sabem perder. Agora terão que esperar para o ano que vem, porque nesse, vão ter que se contentar com o vice-campeonato", atacou ele que prometeu registrar queixa contra o lateral do América. Com o vínculo encerrado e a disputa da Série D com poucas semanas para ter início, Celso não confirmou a permanência na equipe e afirmou ainda não ter sido procurado para tratar sobre renovação e limitou-se a afirmar: "Ainda vou conversar. Meu compromisso com o Potiguar acabou hoje", disse após a partida.

MEIO NOVO Em relação à equipe que atuou na primeira partida contra o SportPE, pela Copa do Brasil, vencida pelo ABC por 2 a 0, o Alvinegro deve entrar com um time diferente. As duas principais mudanças devem ficar por conta das entradas do volante Mateus e do meia Giovanni no time titular. Em campo nesta terça-feira, os potiguares podem perder até por 1 a 0 que avançam para encarar o Goiás na terceira fase do torneio nacional.

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Esporte

Natal, 20 de maio de 2013

Segunda-feira

José Aldenir

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br José Aldenir

Roberto Fernandes projeta dispensas e chegada de ao menos mais um meia e um atacante para equipe rubra

Técnico pede reforços e promete ‘reformulação’ APÓS

PERDA DO TÍTULO,

ROBERTO FERNANDES

VOLTA A

LAMENTAR INEFICIÊNCIA OFENSIVA E PROMETE REDUZIR ELENCO PARA "NO MÁXIMO" A perda do título estadual para o Potiguar de Mossoró mexeu com os brios do técnico Roberto Fernandes, do América. Apesar das especulações de que o treinador deixaria a equipe ainda esta semana para assumir o Sport-PE, o treinador americano não deu qualquer pista de que a saída aconteceria e projetou um novo trabalho à frente do América com redução do elenco e a chegada de mais reforços para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Segundo Roberto Fernandes, o ritmo e a filosofia de trabalho em campo não devem sofrer mudanças, mesmo com a perda do título quando o clube a aparecia como favorito e com os fracassamos na Copa do Brasil e no campeonato regional. "Começa uma nova etapa. Futebol vive de resultado, especialmente de treinador. Se tem conquistado o título, teria base vencedora, com derrota, acaba não sendo uma base vencedora. Fracassamos, não classificamos na primeira fase da Copa do Nordeste, fomos eliminados de forma vergonhosa na segunda fase da Copa do Brasil e perdemos um título da forma que foi. Tendo chance de liquidar o jogo e tomando um gol aonde não existe explicação para uma situação dessa. Dentro de campo vamos dar repensada e uma mexida não apenas para sacudir, mas buscar equilíbrio melhor", destacou Fernandes. Entre as primeiras providências apontadas pelo pernambucano está a redução do elenco que contará com 49 jogadores com o retorno de atletas emprestados a outras equipes logo após o primeiro fracasso no ano, a eliminação na Copa do Nordeste. "Quero trabalhar na Série B com 32. Futebol é pautado por resultado, quando não vem, é preciso buscar alternativas, isso não é novidade para ninguém", afirmou o treinador americano que, mesmo

33

JOGADORES PARA

com a chegada do centroavante Junior Negão, ainda espera outro reforço para o ataque e o meio de campo. "Não tem muito que inventar, precisamos de meias e atacantes", revelou o treinador. Atualmente, o América conta com 11 atacantes já à disposição no elenco e apenas seis meias, entre eles, atletas revelados pelas categorias de base do clube para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. O setor de meio de campo, inclusive, é um dos que mais preocupa a comissão técnica, já que os dois principais jogadores vivem um mau momento. Cascata, camisa 10 da equipe, não consegue repetir as boas atuações há algumas partidas, enquanto Netinho, novamente lesionado, promete ser uma dor de cabeça para a primeira parte da competição. As demais opções para o setor não passam, até aqui, de apostas, já que o elenco ainda não foi colocado à prova numa sequência em competição nacional. Quando enfrentou uma equipe de maior porte, acabou derrotada por 6 a 2, ocasião da eliminação, em casa, na Copa do Brasil, pelo Atlético-PR. O treinador garante que os trabalhos para a Segundona já terão início nesta segunda-feira, com os atletas que estavam treinando e foram pouco ou não puderam ser utilizados no Estadual. Na terça, os jogadores que não participaram da partida decisiva contra o Potiguar devem retornar ao treinamento. Apenas na quarta-feira, os principais jogadores do elenco que disputou a decisão estarão em campo para iniciar a preparação para a estreia contra o Figueirense-SC, no sábado, fora de casa. "Não existe a palavra poupar, mas o América vem por três meses jogando duas vezes na semana, tem vários jogadores desgastados. É muito clara a queda de rendimento

SÉRIE B

dos jogadores no segundo tempo. A Série B é um campeonato de 38 rodadas e que exige muito fisicamente. Alguns jogadores se apresentam na quarta, outros na terça, e grupo que vinha treinando já na segunda feira. Isso não é poupar, é dar o repouso para poder realizar o treinamento necessário com aqueles atletas que precisam desse momento de repouso para recuperar um bom trabalho", justifica. O treinador que espera a parada da competição para a Copa das Confederações para equilibrar a equipe e colocar o time em melhores condições de atuar. A parada de ter por volta de 22 dias e ocorrer entre os meses de junho e julho. "Vai ser onde vamos dar uma equilibrada melhor", concluiu. AMÉRICA VAI APURAR AGRESSÃO A final do campeonato não deve ficar no passado para alguns jogadores. Atletas como Renatinho Potiguar, Ricardo Baiano, Índio Oliveira e Bruno deverão ser punidos pelo Tribunal de Justiça Desportiva do RN e, segundo o gerente de futebol do América, Carlos Moura, também pelo clube caso seja comprovado o envolvimento dos atletas nas agressões ao técnico Celso Teixeira, após a partida contra o Potiguar. "Eu não estava vendo, não posso afirmar nada. Com as derrotas, cada um tem uma reação e vamos avaliar, conversar e analisar o que houve. Se for comprovado, vamos levar a situação para o presidente do clube e decidir o que será feito", afirmou o dirigente americano. Se depender de provas, várias imagens foram exibidas por emissoras de TV na manhã desta segunda-feira e que comprovam a participação dos jogadores no incidente que culminou com chutes contra o técnico rival.

> NOVELA NO FIM?

Acerto entre Neymar e Barcelona

pode sair até quarta-feira A última palavra sobre a venda de Neymar para o Barcelona deverá ser dada na próxima quarta-feira pelo Comitê Gestor do Santos. Os nove integrantes do grupo já deram o sinal verde para o clube vender o craque e na próxima reunião estudarão o número que estiver na mesa para decidir se aceitam a proposta. Embora a diretoria santista negue ter tido contatos com Raúl Sanllehí (diretor de futebol do Barça que chegou ao Brasil quarta-feira) semana passada, a informação é de que houve uma longa reunião na noite de quinta-feira na casa de Neymar no Guarujá. Nesse encontro o clube espanhol subiu a oferta que havia feito na semana anterior em Madri ao presidente em exercício Odílio Rodrigues, passando de 14 milhões de euros (R$ 36,5 milhões) para 17,5 milhões de euros (R$ 45,6 milhões). Odílio voltou a confirmar no domingo que está conversando com o Barcelona, e deu a entender que o

Divulgação

Grupo gestor do Santos deve dar resposta até quarta sobre negociação com Barcelona por Neymar craque está de saída. "Queríamos que o Neymar ficasse até 2014, mas é difícil. Futebol é negócio e prevalece a lei do mercado." Muricy Ramalho também parece conformado em perder Neymar. "Parece que desta vez a coisa está forte. O clube vai sentir muito, mas é a vida."

Para esta segunda-feira está prevista uma nova rodada de negociações e o Barcelona vai melhorar um pouco a proposta. A tropa de choque escalada pelo clube espanhol para negociar esteve no domingo na Vila. Raúl Sanllehí e o agente de jogadores André Cury viram o jogo no camarote da FPF, e Marcos Malaquias (outro agente de jogadores) ficou no camarote do pai de Neymar. Os três se hospedaram de quinta-feira até ontem na casa de Neymar, no Guarujá. O jogador ganhou ainda a indicação do técnico Felipão, da Seleção Brasileira, ao presidente do Barcelona, Sandro Rosell. Os dois encontraram-se no Camp Nou, no domingo, durante o jogo contra o Valladolid, pelo Campeonato Espanhol. Colegas no início da última década, os dois tiveram como principal assunto a possível transferência de Neymar ao clube espanhol e aprovou a opção Culé pelo jogador brasileiro.

Frango e pênalti O frango e o pênalti nasceram do útero trágico das decisões. São desgraças irremediáveis. Para quem fraqueja e falha. São balões de oxigênio emocionais para quem está teoricamente perdido e reage. O Potiguar de Mossoró, o melhor time do campeonato a partir do segundo turno, soube ser glacial na hora da final. Um campeão não se constrói à base de teorias, que mantiveram o América impávido no pódio principal desde a primeira rodada. Um campeão se faz com o coração, a raça e o destemor. A competência na hora precisa quando o adversário principal parecia se contentar, apenas com a eliminação, por desempenho ridículo, do ABC, seu eterno rival. O Potiguar, até quando ganhou com méritos o segundo turno, foi um campeão que se olhava como o amigo de infância levado na troça e no ridículo, aquele cara franzino que o valentão decide bater na hora que quer e, quando se dá conta, está em casa, chorando a derrota após o clímax da refrega. Do murro bem colocado. Esqueceram, os bicampeões antecipados, que o Potiguar é do ventre de uma terra de autoestima incomparável. Mossoró é assim: Quanto mais provocada, menosprezada, mais forte, mais destemida. Esqueceu o América de que o Potiguar, ao eliminar o ABC e todos os outros, havia montado um bom time, treinado por um técnico, Celso Teixeira, que é um kamikaze, de postura pessoal absolutamente imprevisível, mas de conhecimento de futebol. O Potiguar foi buscar Celso Teixeira nas masmorras do ostracismo. Seu temperamento reprovável, de destempero e agressividade gratuitos, omite a sua capacidade de armar um time e observar um jogo com extrema competência. >>> O Potiguar tem alguns jogadores melhores que os de América e ABC em funções pontuais e o fato não deve ser encarado no bairrismo separatista. Mossoró é tão Rio Grande do Norte quanto Natal. A diferença é que o mossoroense é mais ele que qualquer forasteiro. Não fosse, o Potiguar jamais chegaria ao título. O Potiguar tem um lateral, ou ala, como queiram os analistas de videogame, com vaga em qualquer time de Série B: É Chiquinho, o melhor jogador do campeonato, se dependesse da escolha o meu voto. Decisivo no segundo turno, ao sair aos dribles e marcar o mais belo gol da vitória por 2x1. Eleito o número 1 da rodada no Brasil. Chiquinho que sabe defender e apoiar como os homens que devem tê-lo inspirado em antigos jogos e filmes. Chiquinho que dava equilíbrio e conges-

tionava a passagem da criação americana em seu meio-campo, além de partir para cima do lateral Renatinho Potiguar como se um ponta-direita arisco ele fosse. O América fez 1x0 ontem e recuou cedo. Recuou como fez o ABC em 2012 e o técnico Roberto Fernandes se aproveitou, ganhando clássicos seguidos ancorado numa filosofia ofensiva e ousada. Enquanto o comendador Leandro Campos despencava. Só para comprovar como a catraca gira, Leandro Campos soube se recuperar, não foi tratado longe do Frasqueirão como proprietário informal do ABC, não lhe bajularam, saiu-se bem no Joinville e é campeão cearense, numa campanha elogiável. Tirando o Fortaleza da final. Voltando ao jogo tenso e assustador do Barretão, o América foi cedendo espaço. No meio-campo, o Potiguar tem Daniel, cujo nome de guerra é do clube e, especialmente, Vaninho, meia-esquerda habilidoso, canhoto, bom driblador e tocador de bola. >>> Vaninho estava mordido por conta de insinuações sobre a extensão do seu talento. Jogou pelo América e não triunfou, anos atrás. Mas foi menosprezado em dia de decisão. Até não atuou bem, preocupado em duelo de pancadaria particular com o volante Ricardo Baiano. Mas Vaninho, sem comparação, a partir do segundo turno, foi melhor que Cascata, o 10 americano e último craque do Estado, nas duas partidas finais. Cascata apareceu ao bater bem sua cobrança, a primeira, na guilhotina dos pênaltis. Os pênaltis. Renatinho Potiguar perdeu para o América. Itamar também. Renatinho Potiguar anda diferente do cara simples dos tempos de ABC e Alecrim. É notável sua mudança, seu rebolado, sua arrogância. Itamar errou, mas fez gols em vários jogos. O frango. Dida fez, ao longo de sua carreira, defesas indescritíveis e salvadoras para o América. Em jogos que suas mãos garantiram vitórias. Ontem, falhou na solidão do fracasso do chute de Chiquinho. Um chute de longe que ele deixou passar por baixo do corpo. Um frango em aumentativo. Dida não é o culpado. Castillo, Gilmar dos Santos Neves, Taffarel, Rafael, quem sabe o maior da história do América de Natal, todos tomaram seu galináceo. O frango faz parte da vida de um goleiro bem como a briga de uma convivência de casal. Dida merece respeito. Do frango sobra a redenção. A hora é do Potiguar, merecido campeão, que leva, para Mossoró, o Troféu inspirado no Farol de Mãe Luíza. Taça, agora e para sempre, abençoada pela proteção doce e liberta da padroeira Santa Luzia.

O BARRETÃO Pela internet, vi o jogo ouvindo o rádio. Deu medo. Medo de uma tragédia no Barretão. Quando policiais foram pedir apelo a torcedores para se afastar do alambrado, agradeci por estar em casa.

ABC Torcedores do ABC foram a orgasmos pelo título do Potiguar. Há uma expressão antiga de arquibancada que define esse tipo de comportamento. Frase termina com "No dos outros."O ABC tem é que se cuidar.

CELSO TEIXEIRA É campeão, mas apareceu demais. Inventou desculpas prévias. Protestos antecipados, discutiu com repórteres. É competente, mas sem controle emocional. Mas construiu o time do Potiguar campeão.

AMANHÃ Luta alvinegra recomeça nesta terça-feira às 21 horas contra o Sport pela Copa do Brasil. O ABC meteu 2x0 em Natal e já contará com reforços. O Sportv anuncia a transmissão pelo canal 39 da operadora Sky.

AGRESSÃO Sou fã de Renatinho Potiguar, mas sua atitude, junto com Ricardo Baiano, chutando Celso Teixeira no chão, foi deplorável. Por mais que Celso tivesse provocado e é provável que tenha. Chutar no chão é covardia.

HÁ 40 ANOS Hoje faz 40 anos da decisão do 1o turno do Estadual de 1973. ABC 2x1 América, dois gols de Moraes para o alvinegro e Afonsinho para o América. Público pagante no Estádio Castelão(Machadão) em 20/05/73: 32.225 pagantes. Árbitro: Oscar Scolfaro (SP).

CMYK


Cultura

Segunda-feira

Natal, 20 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 17

Fotos: Divulgação

VII SEMANA DO FILME CULT COMEÇA AMANHÃ EM NATAL DANIELA PACHECO EDITORA DE CULTURA

EVENTO

DESTE

ANO TRAZ EXEMPLARES CULTUADOS PELO SEGMENTO E EM CADA SESSÃO SERÁ EXIBIDO UM CURTAMETRAGEM SURPRESA

“Geralmente quando se ouve falar em “Cult Movies” se acha logo que são filmes estranhos e chatos. Na realidade, os filmes considerados ‘cult’ é qualquer um que é cultuado por um grupo de pessoas. E, entra nessa lista não só o longa-metragem como um todo, pode ser cultuado pelo atores, pelo diretor, pelo estilo, entre outros”, conta o cinéfilo Nelson Marques. E, pelo sétimo ano consecutivo o Cineclube Natal – nas pessoas dos cineclubistas Nelson Marques e Gianfranco Marchi – além do crítico de Cinema Rodrigo Hammer, une forças para trazer ao público natalense um punhado de filmes que hoje ostentam o controverso rótulo de “Cult Movies”, ou seja, ganham valorização crescente por parte de cinéfilos e pesquisadores mundo afora. A VII Semana do Filme Cult acontece de 21 a 26 de Maio, sempre das 18h30, no Teatro de Cultura Popular Chico Daniel ( Rua Jundiaí, 641 – Tirol). Em entrevista para O JORNAL DE HOJE Nelson Marques conta que, “o crescimento da procura por esses filmes se dá por conta das facilidades de acesso que a internet proporciona. Para se ter uma ideia, antigamente só quem conseguia adquirir filmes ‘cult’ era um grupo muito restrito. Funcionava mais ou menos assim, uma pessoa conhecida de um conhecido

tinha e fazia um cópia que passava para outro e assim em diante”. Na abertura do dia 21, terça-feira, o cultuadíssimo O Homem do Planeta X (The Man From Planet X, 1951) traz uma amostra da paranoia norte-americana durante a Guerra Fria, quando os “invasores” da Cortina de Ferro poderiam se materializar – metaforicamente – como alienígenas em alguma região distante do globo. Produzido com orçamento baixo, ficou restrito às programações “double feature” dos drive-ins durante mais de cinco décadas, até ganhar edições modestas em VHS. Ainda mais underground, o brasileiro Mangue Negro (2008) pertence à marginália do Trash de zumbis que floresce fora do eixão Rio-SP – precisamente no Espírito Santo – com produção caprichada e maquiagem primorosa. Para infelicidade dos produtores, a inteligência do roteiro e a ousadia da proposta seriam trituradas pelo império dos blockbusters, lançando a obra ao eterno esquecimento. Será exibido na quarta-feira, 22. Mais perverso como expoente Sexploitation atacado pela ira moralista, O Incrível Show de Torturas (Bloodsucking Freaks, 1976) está programado para o dia 23. Tratase de uma produção dos Anos 1970 com as tintas sadomasoquistas que celebrizaram o cinema tresloucado de Herschell-Gordon Lewis aqui emulado por um discípulo ainda mais oportunista. Para narrar a

trajetória de um mágico mambembe, cujos truques são encenados com morte e tortura ao vivo, Joel M. Reed não poupa o espectador de sequências onde nudez farta e violência compõem um painel dantesco. O gore de Reed dá lugar, na sexta-feira, 24, à sofisticação do cult nipônico A Mulher das Dunas (Suna No Onna, 1964), filme do genial Hiroshi Teshigahara que gira sobre o refém de uma viúva traumatizada pela perda do marido e do filho numa região desolada por vendavais e tempestades de areia. Nesse cenário apocalíptico, o homem se vê escravo do desejo mórbido da captora, até os acontecimentos mergulharem num vórtice de insanidade que envolve os habitantes da localidade. No sábado 25, a Semana do Filme Cult dá lugar ao imaginário das histórias infantis naquela que é considerada a melhor adaptação do fabulista norte-americano Dr. Seuss (vide o fiasco natalino O Grinch, com Jim Carrey). Os 5.000 Dedos do Dr. T (The 5.000 Fingers of Dr. T) aborda o drama do pequeno Bart, atormentado pela sanha perfeccionista do professor de piano cujo plano é o de arregimentar à força 500 meninos para tocarem um gigantesco teclado na composição de peça megalomaníaca. Repleto de referências oníricas, bem típicas do gênero fundado por Seuss, o filme é uma relíquia divertida que dificilmente teria lugar na estúpida programação tele-

Cultura HOJE DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com

com Dani Pacheco

TEATRO O espetáculo A festa do Rei com texto de Racine Santos e encenação do Grupo Teart estreia amanhã, às 20h no palco do Teatro Alberto Maranhão. A peça conta a história de um Rei soberbo e avarento que deseja promover uma grande festa para sua filha. O poder, o território de classes, a avareza e a capacidade de superação fazem parte da trama. A estética armorial abordada na encenação mistura o erudito e o popular, o novo e o antigo, bem como as raízes culturais nordestinas, provocando no espectador uma relação com a identidade cultural de nosso povo. O elenco é composto por Crésio Torres, Bárbara Cristina, Kayony Venâncio, Alexandre Jota, Nataly Santiago e Binho Gondim.

PROGRAME-SE Uma das mais importantes cantoras de jazz de New Orleans Germaine Bazzle se apresenta no próximo dia 30 de maio, às 19h, no Teatro Alberto Maranhão com The Players New Orleans Jazz Band. O evento conta ainda com show da potiguar Valéria Oliveira junto com o Candeeiro Jazz formado pelos renomados músicos Jubileu Filho, Sérgio Groove e Zé Hilton.

FRASE DA SEMANA “Aquele que gosta de ser adulado é digno do adulador”. William Shakespeare

visiva de hoje. A programação se encerra em grande estilo, no domingo do dia 26, com a obra-prima Força Diabólica (The Tingler, 1959) sob direção de William Castle. Na fita, Vincent Price interpreta um legista psicótico interessado em provar teoria segundo a qual o acúmulo dos gritos de horror humano seria capaz de alimentar uma espécie de centopeia. Determinado a levar seus experimentos até o fim, começa a usar uma cobaia humana. Antes de cada sessão, será exibido um curta-metragem surpresa, seguindo o mesmo critério da seleção principal. Segundo o cineclubista, “o que posso dizer dessa surpresa é que será uma grande homenagem aos diretores que hoje em dia são muito famosos. Decidimos não anunciar a programação dos curtas porque é uma maneira de valorizá-los. Decidimos não anunciar para que as pessoas não baixem antes na internet e deixem de ir até o TCP”. “Na realidade, o grande objetivo da VII Semana do Filme Cult é promover um grande encontro entres os amantes do cinema e os que ainda não conhecem e tem vontade em assistir os filmes que serão exibidos. Sem contar, que é um momento de socialização com dos admiradores dos filmes da programação. Acredito até que este ano, vamos atrair diferentes públicos, porque iremos exibir filmes desde clássico brasileiro até de zumbi”, lembra Marques.

MÚSICA Os cantores Rafael Barros e Tiago Landeira, vozes do projeto musical Os Chicos levará ao público as muitas faces do compositor, cantando o amor, o Brasil, a política, e mesclando música e poesia em doses certas, no espetáculo Os Chicos que estreia no dia 04 de junho em única apresentação no Teatro Alberto Maranhão. Participam do show os músicos Bruno Barros e Egberto Trigueiro nos violões e o percussionista Dudu Campos, além dos bailarinos Charles Sales, Thazio Menezes e Natália Negreiros. E, POR FALAR... Rafael Barros e Tiago Landeira trabalham como coralistas da Camerata de Vozes do Rio Grande do Norte, grupo regido pelo Pe. Pedro Ferreira. Tiago Landeira cantou em diversos coros da capital potiguar, sendo a sua mais recente participação registrada junto ao grupo vocal Octovoci, com o qual apresentou o show Vestindo Beatles, espetáculo aclamado por crítica e público. Rafael Barros participou do Coral da UnP, e em 2010 ficou entre os 40 finalistas dentre os 43.000 participantes do programa Ídolos. Amante da noite, Rafael tem se apresentado em bares da cidade, dando sempre especial atenção ao samba em seu repertório. A exemplo disso, apresentou em 2011 show especial em homenagem a cantora Maria Rita. OFICINAS A oficina de “Iniciação Teatral” será ministrada pelo professor e diretor Lenilton Teixeira, e será realizada no Salão Nobre do Teatro Alberto Maranhão, a partir de hoje até 19 de junho, com aulas às segundas e quartas-feiras, sempre das 14h às 17h. Estão sendo oferecidas 30 vagas. E, a oficina de “Iluminação Cênica” terá à frente o professor e iluminador Ronaldo Costa e o tema será “Estética da Materialização da Luz em Cena”. Voltada para operadores de luz e iluminadores que já trabalham na área, a oficina será realizada no Teatro de Cultura Popular (TCP), no período de 23 a 27 de maio, no horário das 8h às 12h. Estão disponíveis 20 vagas. A promoção é da Funarte/Ministério da Cultura, em parceria com a Secultn/FJA. Mais informações pelo telefone 3232 5307.


18 O Jornal de HOJE

Cultura

Natal, 20 de maio de 2013

Segunda-feira

Divulgção/Globo

Canal 1

BATE-REBATE w O último show do Tom Cavalcante, antes da mudança para os Estados Unidos, será no Teatro Renascença, dia 9, em São Luís. w Começou, no Rio, a produção da peça “A Falecida”, de Nelson Rodrigues, com Bianca Rinaldi. w O capítulo de estreia de “Amor à Vida”, mesmo editado e enxugado, chegou a quase duas horas de arte. w Os diretores Wolf Maya e Mauro Mendonça Filho batalharam bastante para chegar a quase metade disso. w Amanhã, nos principais cruzamentos, a Record promoverá farta distribuição de maçãs. w Tudo por conta do lançamento

POR FLÁVIO RICCO - Colaboração: José Carlos Nery flavioricco@gmail.com.br

Marília Gabriela vai ganhar novo programa no SBT Enquanto se imaginava que o SBT tinha interesse em contratar Danilo Gentili – algo noticiado e comentado até o desmentido da Band, agora se sabe que já existia o desejo de se investir ainda mais forte no talento de Marília Gabriela. O plano de um novo programa para ela sempre esteve entre as prioridades da casa, mas só de uns tempos se passou a trabalhar no projeto com maior efetividade. Os detalhes de tudo serão revelados, no dia 19 de junho, em um evento na sede da Anhanguera. Gabi, apenas como reconhecimento, é a que melhor sabe entrevistar na televisão brasileira, muito provavelmente porque, além da sua enorme experiência, ela tem, entre outras virtudes, o tempo de tudo. Mesmo sem usar ou se colocar acima de quem quer que seja, não deixa nenhuma pergunta por fazer ou nada sem resposta. O seu novo programa irá substituir o que atualmente é apresentado nas noites de quarta-feira. Será semanal e com base no jornalismo. Oficiosamente fala-se num talk-show, mas os detalhes de tudo ela mesma irá anunciar neste encontro do dia 19.

C´EST FINI Vários funcionários da Record RJ não estão poupando críticas às decis��es tomadas pelo presidente Cláudio Rodrigues. Os mais exaltados chegam a ponto de falar que ele não entende coisa nenhuma de televisão. Caiu de paraquedas. Será que é bem assim mesmo? Também não seria o caso de alguém, de um andar mais acima, verificar mais de perto o que anda acontecendo? Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

>> TV - TUDO w O QUE ACONTECE? Imagina-se que Patrícia Abravanel deve ter duas figurinistas e com estilos completamente diferentes no SBT. Uma para o programa do pai, aos domingos, onde sempre aparece mais elegante, e outra no “Cante se Puder”, com enormes chances de virar personagem no “Esquadrão da Moda”. O que se vê por ali é sempre um enorme desafio ao bom gosto. w CINEMA – 1 Preta Gil não vai fazer o filme “Super Crô”, do Aguinaldo Silva e Bruno Barreto. Problemas na agenda. A produção se mexeu rapidamente e, sem perder tempo, Gaby Amarantos foi chamada para o seu lugar. w CINEMA – 2 Tiago Santiago, agora dedicado ao cinema, já tem na agulha o seu primeiro filme, “Apaixonados”, uma comédia romântica, que ele também vai dirigir. Os trabalhos começam entre julho e agosto, com as participações já confirmadas de Marcela Barrozo, Ricky Tavares, Juliana Xavier e Pedro Malta. w VOICE 2013 As seletivas para audições da 2ª

temporada do “The Voice” começam, em Natal, na quinta-feira, e devem terminar, no Rio, dia 12 de julho. Ao todo, oito capitais estarão envolvidas neste processo de seleção, cinco meses antes da estreia do programa. w EMPURRANDO COM A BARRIGA É curioso como em televisão, determinadas coisas andam tão rápido e outras demoram ou nunca saem do lugar. Existe um projeto pronto para necessária reformulação no “Jornal da Band”. Quase meio ano se passou e nada até agora saiu do papel. Pegou na liberação de verba. w PASSO ERRADO Rafael Cortez tinha uma posição privilegiada no “CQC”, sempre prestigiado com matérias muito boas. Mas se deixou levar pelo “canto da sereia” e agora está reduzido a um simples figurante de luxo no “Got Talent”. É a falta de paciência, em vez de seguir no seguro passo a passo. Alguém, tão novo, e com toda uma carreira pela frente, foi enganosamente seduzido por uma proposta “mais interessante”.

BUDA DA VEZ

O nome de Rodrigo Santoro, até então descartado por causa dos seus inúmeros compromissos com o cinema, entrou novamente na ordem do dia em “Joia Rara”, substituta de “Flor do Caribe”, no horário das 6. A Globo já fez uma outra proposta ao artista. Se tudo der certo, Santoro será simplesmente o Buda. A novela estreia no dia 9 de setembro.

w QUER OUTRO EXEMPLO... ... Do mudar por mudar? O “Hoje em Dia”, da Record. Com o seu pessoal do começo, Ana, Britto, Edu... - se lá estivessem até hoje, o programa continuaria com o mesmo sucesso inicial. E todos estariam se saindo muito melhor do que nas suas experiências solo. Mas se deixaram enganar. O programa caiu e eles também. w ESTÁ GRAVADO Gugu Liberato gravou o programa do Roberto Justus, quinta-feira, na Record. Esteve ao lado de Ian SBF, diretor do “Porta dos Fundos”, e falou sobre tudo, especialmente do futuro da televisão e da

HORÓSCOPO Áries 21/03 a 20/04 Saúde e bem estar físico, boa apresentação pessoal são temas em alta nestas últimas semanas. Mas hoje você pode se dedicar a atividades mais sutis como arte, meditação ou trabalho voluntário em entidades humanitárias.

Leão 22/07 a 22/08 Com a vida social bem movimentada nos últimos dias, os convites não param de chegar! Mas hoje fique atento a um deles, pois este colocará em marcha uma aspiração central pra você.

Sagitário 21/11 a 21/12 Sol e Lua em ângulo protetor reforçam trabalho duro e adesão a realidade, favorecendo consolidação da carreira e destaque social. Mas para que tudo isto seja realidade, é essencial que você focalize o lado prático.

Touro 21/04 a 20/05 Conte com uma boa reserva de energia e boa disposição para continuar a batalha por mais espaço em sua vida! Além disso, a inspiração vem forte, reunindo você a outros eu pensam e sentem a vida de forma semelhante.

Virgem 23/08 a 22/09 Com a Lua em seu signo e em ótimo aspecto com o Sol em Touro, o dia se anuncia positivo e enriquecedor. O contato com pessoas queridas será fácil, e com os poderosos também. Aliás, entre eles você conta com apoios também.

Capricórnio 22/12 a 21/01 Areje a mente, capricorniano! Invista em informações, técnicas práticas de concentração mental, saúde. Quando notar um pensamento ruim, pense no seuoposto para exercitar o cérebro. Será um dia lindo para o amor.

Gêmeos 21/05 a 20/06 Seu poder de comunicação encontra agora um ponto bem alto! Como se andasse com uma parabólica na mente, você capta e dissemina informações com tanta facilidade quanto rapidez. Linguagens, traduções e interpretação da vida em alta.

Libra 23/09 a 22/10 Decisões de hoje terão impacto em seus próximos meses - como você conta hoje com um bom reforço astral, vá adiante! Importante também manter a modéstia e a diligencia no trabalho, pois sua carreira exigirá mais de você hoje.

Aquário 21/01 a 19/02 Tempo de consolidar atitudes construtivas no ambiente familiar - melhore as relações conversando sobre os problemas, Mercúrio vai ajudar você a soltar a língua sem ferir corações. O amor pode estar bem perto de você por exemplo numa reunião de escola!

Câncer 21/06 a 21/07 Equilíbrio entre espírito e instinto facilitam suas decisões e posicionamento em qualquer campo e setor. Bater um papo com um amigo próximo pode ser revelador. Você se sentirá mais seguro se checar informações. Boa expressão e análise. A vida flui bem melhor hoje.

Escorpião 23/10 a 21/11 Se você quer um bom dia para se consultar com um especialista renomado, fazer um acordo importante com um sócio ou engatar uma parceria de trabalho, este dia chegou! Aproveite para iniciar a aproximação ou selar um contrato. Uma relação amorosa estável será reforçada.

Peixes 20/02 a 20/03 Boa conexão com o parceiro ou sócio eleva suas chances de acertar - sem asperezas e discussões cansativas - uma estratégia correta para ampliar os negócios em comum. Assuntos relacionados a universidades, estrangeiros, estudos e publicações caminham de vento em popa.

CINEMA GIOVANNI IMPROTTA (14 Anos) PRAIA SHOPPING 1 – Hora:14:45 / 17:00 / 19:15 / 21:30 UMA LADRA SEM LIMITES (12 Anos) PRAIA SHOPPING 2 – Hora:15:10 / 19:30 O ÚLTIMO EXORCISMO-PARTE II (14 Anos) PRAIA SHOPPING 2 - Hora:17:30 / 21:50

16:35 / 18:50 / 21:05 TERAPIA DE RISCO (14 Anos) PRAIA SHOPPING 3 - Hora:14:40 / 16:55 / 19:15 / 21:35 SOMOS TÃO JOVENS (14 Anos) PRAIA SHOPPING 4 – Hora:15:15 / 17:25 / 19:35 / 21:45 REINO ESCONDIDO (Livre) PRAIA SHOPPING 5 - Hora:14:20 /

de “Dona Xepa”. Na quarta-feira, serão sacos de pão. w Silvia Poppovic criou o projeto “Alma Lavada”. Trata-se de uma série de encontros que ela vem realizando com as mulheres mais influentes do país. w A ideia é colocar em discussão as principais tendências da atualidade. w O primeiro aconteceu no Recife e foi um sucesso. w ATV Globo, em São Paulo, com todos os paulistas eliminados, vai deixar a “Libertadores” de lado... w ... E priorizar o Santos na Copa do Brasil. A “Libertadores” só voltará se um brasileiro chegar a final.

HOMEM DE FERRO 3 (12 Anos) PRAIA SHOPPING 6 - Hora:15:00 / 17:40 / 20:20 PRAIA SHOPPING 7 – Hora:13:55 / 16:30 / 19:05 / 21:40 OBS: A aprogramação pode ser alterada sem prévio aviso. Favor consultar o cinema para confirmar o filme do adia.

nova geração da TV, com interatividade, novas tecnologias e mídias sociais. A previsão de ir ao ar é 17 de junho. w TREM EM DOIS CANAIS A Record definiu “Trem das Onze”, com Demônios da Garoa, na trilha sonora de “Dona Xepa”, até como homenagem aos 70 anos do grupo. A Globo, mais recentemente, fez o mesmo, incluindo “Trem das Onze”, cantada pelo Zeca Pagodinho, em “Amor à Vida”.A editora Irmãos Vitalle, responsável pelos direitos, não viu problema em liberar para as duas. A Globo também não. Curioso é que, em outros tempos, coincidências do tipo sempre foram evitadas.


Cidade

Segunda-feira

Natal, 20 de maio de 2013

O Jornal de HOJE 19

Suspeita de Gripe Suína no RN preocupa autoridades ESPECIALISTA INDICA QUE, ALÉM DE TOMAR CUIDADOS COM A HIGIENE, É PRECISO SE VACINAR PARA PREVENIR A DOENÇA O vírus Influenza A (H1N1), popularmente conhecido como Gripe Suína, volta a preocupar as autoridades estaduais no combate a doença. O infectologista Kleber Luz afirmou que o Rio Grande do Norte possui casos isolados com suspeita de gripe H1N1 que, inclusive, já foram notificados. "Alguns casos estão com suspeita de H1N1, que é um vírus sazonal, como também da gripe comum e outras doenças respiratórias", explicou o médico. Ainda segundo o especialista, as pessoas de grupos de risco, idosos, gestantes, pessoas com doenças crônicas e crianças pequenas, que não se vacinarem elevam o risco de contrair a gripe de forma grave. "A vacina bloqueia a ação do vírus. É importante a imunização para aumentar as defesas. O vírus passa por constante mutação e isso pode elevar os riscos de contágio da gripe H1N1 e até mesmo levar ao óbito", afirmou Kleber Luz. A Secretaria Estadual de Saúde Pública, através da Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica, confirmou que há casos suspeitos já notificados, mas que não pode garantir a confirmação dos mesmos, já que o Instituto Evandro Chagas (IEC), responsável pela análise, ainda não encaminhou os resultados. Esta semana, a Secretaria deverá enviar uma nota técnica em relação ao vírus H1N1. Em alguns estados como São Paulo, Mato Grosso do Sul e Ceará já foram registrados casos de morte pelo vírus H1N1. Em Natal, de acordo com a coordenadora do Núcleo de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Solange Cruz ainda não há confirmação. "Não temos o diagnóstico fechado, apenas suspeitas que não foram con-

> EM 2015

Arquivo

Kleber Luz: “Vírus passa por mutação e isso pode elevar riscos de contágio” firmadas até o momento", contou Solange Cruz. Ainda segundo a coordenadora, a campanha de vacinação ocorre entre os meses de abril e maio de-

Principal forma de transmissão da gripe suína acontece pelo ar. Para prevenir, além de medidas de higiene, é preciso se vacinar.

vido à alta incidência de doenças respiratórias nesse período. "Geralmente em junho ocorre à elevação dos casos de doenças respiratórias, por isso é importante à população

estar imunizada por período anual", afirmou Solange. De acordo com o Ministério da Saúde, os sintomas da gripe A (H1N1) são os mesmos da gripe comum: febre repentina, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações e coriza. Nos casos graves da doença, a pessoa apresenta febre acima de 38ºC, tosse e dificuldade respiratória. A principal forma de transmissão da gripe suína acontece pelo ar (por meio da tosse ou do espirro e de contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas) e o seu diagnóstico é comprovado por meio de exame laboratorial. Além de medidas de higiene, uma forma de prevenção contra doença é tomar a vacina.

Herácles Dantas

Segundo dados do Ministério da Saúde, o RN ainda não chegou a meta de vacinar 80% do público alvo da campanha CAMPANHA Até a última sexta-feira (17), segundo dados do Ministério da Saúde o Rio Grande do Norte ainda não tinha alcançado a meta de vacinar 80% do público alvo da campanha, mas está próximo. Foram imunizadas 407.393 mil pessoas, o que equivale a 79,2%. Em Natal, somente o público específico de trabalhadores de saúde ultrapassou a meta com 87,95% de imunização. Do público geral, o índice de vacinação está em 71,72%, o que corresponde a 93.732 imunizados. A campanha de vacinação segue até o dia 30 nos postos de saúde, após esse período a vacina da gripe não estará disponibilizada.

Escoteiros do Rio Grande do Norte se preparam para evento nacional A capital potiguar foi escolhida para sediar o maior evento nacional de escoteiros, e receberá cerca de 6 mil crianças e jovens de todo o Brasil na próxima edição do Jamboree Nacional. O evento acontece a cada três anos, e a 6ª edição está prevista para os dias 12 a 18 de janeiro de 2015. Mesmo faltando mais de um ano para a realização do evento, a União de Escoteiros do Brasil no Rio Grande do Norte (UEB-RN) já está preparando os membros que irão participar. Além disso a presidência regional também está definindo qual será o local mais apropriado para o evento de grande porte. Para o membro do Conselho Administrativo dos Escoteiros do Brasil, que integra a comissão organizadora, Bráulio Dantas, a realização do Jamboree em Natal será importante para divulgar ainda mais o escotismo no Rio grande do Norte. "Estamos muito ansiosos para a realização do Jamboree 2015, pois será uma excelente forma de disseminar o escotismo entre a população norte-riograndense. Já estamos aumentando o número de membros nos últimos anos, mas acredito que um evento desse porte atrairá ainda mais pessoas. Em 2006, contávamos com 1.650 escoteiros e atualmente esse número aumentou para 8 mil. Com o apoio que receberemos para esse evento, o escotismo, que

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

apronianocfs@hotmail.com

Pela primeira vez o navio-tanque Marajó da Marinha do Brasil atracará no Porto de Natal

José Aldenir

NATAL Navio Nathawee Naree Johanna C. Lagoa Paranaense Condock V G27-Marajó CMA-CGM Platon CMA-CGM Homere Louis Aura Louis Aura

Bandeira Tailândia Reino Unido Brasil A. Barbuda Brasil United King Inglaterra Malta Malta

Agência Chegada NML/JSF No Porto GPM No Porto W. Sons No Porto NML/JSF Ao Largo M. Brasil 22/05 CMA-CGM 25/05 CMA-CGM 01/06 BCR 05/12 BCR 10/12

SS Singapore

Singapura Petrobras

Ken Goh Callio

Vanuato Panamá

Destino Baia Blanca/ ARG Rio Grande(RS) -Las Palmas/ESP Rio de Janeiro(RJ) Algeciras/ESP Algeciras/ESP F. de Noronha(PE) F. de Noronha(PE)

Carga -Peças Em Operação Submersível Exercício Contêineres Contêineres ---

Descarga Trigo ------Turismo Turismo

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN No Porto

Salvador (BA)

Óleo Cru

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN

Dia 20 21 Bráulio Dantas é membro do Conselho Administrativo dos Escoteiros do Brasil é uma forma de autodesenvolvimento para crianças e jovens fará parte ainda mais desse público", afirmou. SOBRE O JAMBOREE O Jamboree Nacional Escoteiro é um evento que oferece aos escoteiros, uma oportunidade de se reunirem para compartilharem seus ideais. São jovens e

adultos, homens e mulheres, de diferentes origens, culturas e costumes, com uma experiência viva da Fraternidade Escoteira. Essa vivência durante o Jamboree visa a valorização das amizades e relacionamentos, oferece novos conhecimentos e habilidades, fortalece e desperta em outros o sentimento de fazer parte ativa dos Escoteiros do Brasil.

A. Marítima No Porto Arrow 23/05

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 12:30 1.9 18:38 0.6 01.02 2.0 07:00 0.5

Santos(SP) Paranaguá (PR)

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Sal Sal

---

FASES DA LUA Minguante (02/05 - 08:14h) Nova (09/05 - 21:28h) Crescente (18/05 - 01:34h) Cheia (25/05 - 01:25h) Minguante (31/05 - 15:58h)


20 O Jornal de HOJE

Natal, 20 de maio de 2013

Cidade

Segunda-feira

Érika Nesi Moda & Atitude erikamnesi@hotmail.com

Fotos: Divulgação

Permanent Collection de Saint Laurent

Ah, quer saber...

A Saint Laurent lança uma nova coleção permanente para celebrar a abertura da sua nova loja, na Av-

A volta da jaqueta jeans

enue Montaigne, em Paris. Algumas

A velha e surrada jaqueta jeans volta à cena fashion! Portanto, se você já tem a sua, tire do closet e aproveite esse momento revival. Ela que já foi muito vista em várias celebrities, tais como: Elvis Presley, Katie Holmes, Cameron Diaz e Miranda Kerr, toma conta das ruas e das produções das mais antenadas.

peças são marcas registradas da casa, como o 'Le smoking', o casaco com padrão leopardo, a 'duffle bag', camisas em crepe de seda brancas e pretas e um casaco ao estilo 'moComemoração do aniversário da querida Ana Manhãs, que foi pega de surpresa pela equipe da loja Josefina e convidou: Cléa Trigueiro,Eliza Araújo, Gizelda vilar,Luzia Sarinho, Salete Dantas, Darci Gidisom e Patrícia Jerônimo

tard', que nesta coleção promete estar sempre disponível, ao contrário das outras coleções criadas com um intuito sazonal.

t t t

Daniele Fonseca futura moradora do Jardins Amsterdã participou do café da manhã ao lado de Michelle Peres

t t t

Adeus à boca nude O inverno dá adeus ao minimalismo e pede lábios marcantes no que se refere às maquiagens, olhos e cabelos que estão cada vez mais marcantes. Não se deixe passar despercebida e já saia hoje com os lábios pintados de vermelho ou até burgundy.

Salão do Turismo Rota 101 Nordeste O Salão de Turismo Rota 101 Nordeste, que se realizará em Natal de 4 a 6 de julho deste ano, e é promovido pelos quatro estados beneficiados com a duplicação da BR101 (Rio Grande do Norte, Per-

t t t

nambuco, Paraíba e Alagoas), será

Apesar da chuva, café da manhã da FGR no condomínio Jardins Amsterdã foi sucesso Brincadeiras para criançada, quadriciclos para os futuros moradores, passear e ver seu lote de perto, exposição de cachorros e ainda uma bate-papo com as arquitetas mais cobiçadas de Goiânia, Ana Paula Munhoz e Gabriela Saback. Os clientes que foram para o café da manhã promovido no último sábado (18) ainda tiveram oportunidade também de conhecer os futuros vizinhos.

apresentado para os profissionais de Turismo e imprensa de João Pessoa e Recife nesta semana. t t t

No lançamento da Cartier na Parfumerie, Rochelle Cabral recebe a representante da marca Catharina Xavier Sayonara Silveira e a filha linda Sabrina

Arraiá do Aviões confirma atrações para maior festa junina em Natal O mês mais junino do ano será também o da festa mais comentada e esperada. Dia 15 de junho será realizado o Arraiá do Aviões, na arena do Hotel Imirá, na Via Costeira.

t t t

Arraiá "Pra lá de Dez!" agita o salão dia 7 de junho

t t t

No melhor estilo matuto estilizado, a 12ª Edição do Arraiá "Pra Lá de Dez!" reunirá grupos de festeiros, casados e solteiros da cidade, no Boulevard Recepções, próximo dia 07 de junho.

Atrações Como atrações principais no palco do Arraiá: Aviões do Forró, Dorgival Dantas e Solteirões do Forró. No intervalo das bandas, o camarote não para ao som da dupla

t t t Rochelle e Gabrielle Cahu recebendo a bela blogueira Tineza Emereciano

Os shows... Com shows de Jorge de Altinho, "levantando poeira" no salão, e da banda local Deixe de Brincadeira, a noitada comandada pelo colunista Jota Oliveira promete ser De Dez!

Brenno e Zeu além do cantor André Luvi. t t t

O Imirá vai virar uma festa matuta A festa vai transformar a Arena do Imirá em um grande arraiá como

t t t

acontece em cidades com tradição

Delícias Fazendo os sabores do Arraiá, espetinhos da Churrascaria Sal e Brasa e quitutes típicos do Dom Cervantes, que também oferecerá Open Bar de caipis e comercializará bebidas diversas. Os que quiserem, podem levar uísque de sua preferência, que lá terá gelo Ster Bom para não deixar esquentar.

nos festejos juninos como Campina Grande e Caruaru com tudo que tem direito: decoração temática; comidas típicas; e muito mais que vem sendo planejado pela organiGeorge Azevedo, coruja a nossa eterna Miss Brasil, Larissa Patriota

zação do evento. t t t

Estrutura premium da Prátika Locações

t t t

E mais... Com jogos e brincadeiras que são a cara do período, a decoração do evento será assinada pelo criativo Clodualdo Bahia e sua equipe da Designer Brasil, luzes de Castelo Casado, estrutura da Pratika Locações e a sonorização de Hellisom. As senhas para o Arraiá "Prá lá de Dez!" podem ser adquiridas na loja Donna Donna e Banca Cidade do Sol em Petrópolis. Os passaportes individuais custam R$100.

Com uma estrutura - espaços e serviços - diferenciada desde a sua montagem, a festa promete muito ser feita do melhor do forró do começo ao fim. Pela 1ª vez Natal recebe uma festa desse porte, que promete ser o maior evento junino de Natal. A organização vem trabalhando em ritmo acelerado e promete trazer muitas surpresas. Júlia Arruda e Renato Quaresma corujando o lindo campeão Matheus

Família Unida, torce unida: Alex Padang e Carol levando os filhos, Arthur e Duda para o estádio ver o Mecão jogar

Até amanhã!


FLIP 20/05/2013