Issuu on Google+

Divulgação

Canindé Santos

> PROTESTO

> TUBARÕES?

‘Falta de condições de Preservação do meio trabalho’ faz sindicato ambiente garante a paralisar o Santander tranquilidade no RN CIDADE 6

Sexta-feira

Ano XVI w

CIDADE 9

NATAL-RN, 16 DE AGOSTO DE 2013 w Nº 4.716

R$1,00 w jornaldehoje.com.br

> MAIS DE 1.000 MORTES VIOLENTAS EM 2013...

UMA PESSOA É ASSASSINADA A CADA SEIS HORAS NO RN HOMICÍDIOS REGISTRADOS NOS QUASE 8 MESES DO ANO SUPERAM O TOTAL DE 2012. CONSELHO DE DIREITOS HUMANOS ESTIMA QUE 1.560 POTIGUARES SERÃO ASSASSINADOS EM 2013 E COBRA AÇÃO DO GOVERNO CIDADE 10 Wellington Rocha

Manifestação na manhã de hoje, mais uma vez comandada por "Robalda", atraiu poucos participantes e interrompeu o trânsito. Grevistas da Saúde e Educação reclamam do corte do ponto CIDADE 6 Canindé Santos

> SEM CONCILIAÇÃO

TJ julga que decreto que corta orçamento dos poderes é ilegal Judiciário solicitou ao Supremo Tribunal Federal que, se não houver acordo sobre o repasse na pró-

xima semana, decida se o Executivo deve - ou não - transferir integralmente o duodécimo. POLÍTICA 5

ESCREVEM ARTIGOS NA EDIÇÃO DE HOJE Adauto Medeiros Maurilton Morais Fernando R. C. de Oliveira Iaperi Araujo Guto de Castro José Narcelio Marques Sousa Ormuz Barbalho Simonetti Rinaldo Barros OPINIÃO - Página 2

> DENÚNCIA

Professor da UFRN aponta falhas e irregularidades em obras no campus central Professor do Departamento de Educação Física, Raimundo Nonato Nunes relata problemas como o re-

vestimento solto nas piscinas recémreformadas e infiltrações em prédio ainda em construção. CIDADE 19

Túlio Lemos

Marcos A. de Sá

Alex Medeiros

Vicente Serejo

Rubens Lemos F.

Página 13

Página 16

TACIANA CHIQUETTI (INTERINA)

Página 3

Página 7

Página 11

w Wilma cada vez mais entusi- w Henrique Alves ajuda Júnior asmada com a possibilidade de Teixeira a obter apoio federal retornar ao Governo do RN. para agropecuária do RN.

INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,37 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,42 R$ 2,37

Euro x real R$ 3,16 Poupança 0,50%/ 0,41% Taxa Selic 8%

w Governo Rosalba é tema de discussões, até mesmo, no Legislativo municipal.

EMAIL REDAÇÃO:

w Câmara Cascudo é autor da Oração Integralista publicada em 35 na revista Anauê.

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

w Tricampeão Mundial, o São Paulo não pode passar por um vexame assim.

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Natal, 16 de agosto de 2013

ADAUTO MEDEIROS, engenheiro civil e empresário (adautomedeiros@bol.com.br)

Opinião Amancio

Sexta-feira

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

Artigo

China versus Brasil

RINALDO BARROS, professor (rb@opiniaopolitica.com)

Mao Tsé Tung quando fez o "grande passo" na verdade sua intenção mesmo era matar todos os chineses de fome. É provável que Mao tenha sido o mais sádico dos tiranos modernos. Bom, mas a atual classe dominante chinesa foi vítima da grande fome de Mao. Deng Xiau Ping liderou as mudanças que funcionaram muito bem em um período de ouro para os chineses. Em vez de estatizar mais fizera grandes privatizações e fizeram uma nova política econômica e como foi isto? Basearam todo investimento em construir a infraestrutura e fomentar as exportações que também está se aproximando do fim. Durante quase trinta anos esta política tirou da China milhares de pessoas da pobreza e transformou aquele país na potência que é hoje. Como ainda tem gente que ainda acredita em comunismo? Como é possível? Bom, hoje os chineses podem se dar ao luxo de financiar o consumo o que joga a China para a posição de destaque em que se encontra no cenário mundial.

Foco na educação, refazendo tudo

Artigo

No Brasil começamos pelo fim, isto é, financiando o consumo sem produção e infraestrutura. Enquanto o nosso consumo aumentou nos últimos dez anos 120% nosso aumento de produção foi de 30%. Dai que precisamos de importar para abastecer o mercado interno feito artificialmente com o dinheiro do contribuinte. Ora, como há mais dinheiro do que mercadoria vem a inflação e a queda de nossas reservas. Este ano já está previsto um rombo de 75 bilhões de dólares. Isto não tem o menor problema para os nossos governantes, eles por certo tem a certeza que nós temos a obrigação de trabalhar e pagar impostos que eles, os políticos, com isso, terminam levando uma vida que pediram a Deus. Apenas eu pergunto: se um deputado ou senador tem apartamento para morar a custo zero, mais passe livre de avião, e 20 assessores que não cabem nem na sala, porque o povo que sustenta esta vagabundagem não tem o direito a transporte coletivo grátis? Esse país é uma vergonha, e a classe política vergonhosa.

MAURILTON MORAIS, psiquiatra e psicoterapeuta cognitivo comportamental (mauriltonmorais@uol.com.br)

Assertividade no controle da ansiedade (III) Este é o último artigo sobre o assunto. Para sermos assertivos, na maioria das vezes, em nossas vidas, não precisamos fingir sermos hipócritas, expressarmos aquilo que não estamos sentindo. Ao contrário, o nosso comportamento verbal tem de se coadunar com os sentimentos, sejam eles de raiva, versão, mágoa, tristeza e outros. A questão mais difícil é como expressar tais sentimentos, sem agredir o outro, sem querer desrespeitar o direito alheio, sem passar como um trator para atingir seus objetivos. Em função disto, a terapia cognitivo comportamental fala em elementos atômicos da assertividade. O que é necessário, fundamental para nem sermos passivos (onde os demais determinam a nossa vida), ou agressivos (onde passamos como um trator sobre os demais). Vejamos: – Olhar diretamente nos olhos da outra pessoa para a qual você está conversando é um modo eficaz de que o outro sinta sua sinceridade. As suas palavras são dirigidas a ele. Observe que o fóbico social ou o tímido, nunca, ou quase nunca fita nos olhos os demais. – A postura do corpo transmite a sua mensagem. Cabeça ereta, postar-se de frente, ficar próximo, dá um "peso na sua assertividade." Mas nunca extrapolar para a postura agressiva. – Agesticulação adequada é importante. Se exagerada, fica fora de propósito, mas se adequada à situação, transmite sua segurança.

Artigo

– Expressão facial. Se você sorri, gargalha, numa situação dramática, não está adequando os seus sentimentos à razão. Pode parecer cinismo, humilhação, deboche, ridicularização. Asserções eficazes requerem uma expressão facial que combine com a mensagem verbal. – Tom de voz, Inflexão e Volume. Este é um nó górdio da questão. Poucas pessoas sabem expressar idéias de forma correta. Se sussurram não parecem convincentes. Se em ímpeto gritam, bloquearão seu campo de comunicação, suscitando resistência na outra pessoa. Um tom coloquial, bem modulado, poderá ser mais convincente e não intimidativo. – Escolher a hora apropriada: O ideal seria a espontaneidade. Mas se não for possível será procurar por um local apropriado (por ex., com o seu chefe a sós no escritório). – O conteúdo da fala: Embora o que você tente dizer, seja logicamente importante, é na prática menos importante do que pensamos ser. Por exemplo dizer: "Sinto-me constrangido com o que você comentou de mim" do que agredir: "Você é um mentiroso...". É desnecessário humilhar o semelhante, para se ser assertivo. Na clínica dispomos de uma série de cartões, onde o indivíduo se sente em situação complexa e é treinado a compatibilizar seus sentimentos com as diversas formas assertivas de expressão, como técnicas de diminuir a ansiedade.

FERNANDO ROBERTO C. DE OLIVEIRA, assinante/colaborador (fernandorco@hotmail.com)

SOS futebol A participação dos nossos times de futebol nos campeonatos em andamento está de mal a pior. De tão ruim está quase parando. Em Mossoró, por exemplo, domingo passado chegou mesmo a parar. Dois jogadores, quase que ao mesmo tempo, contundidos, necessitaram de ambulância para ser socorridos em hospital. Como não há nada que esteja tão ruim a ponto de não poder piorar, o juiz suspendeu a partida. A regra diz que não pode haver jogo sem a presença de uma ambulância no estádio e esta ainda estava prestando socorro aos atletas vitimados. Pelo que se tem notícia do nível da partida, inclusive com mais uma derrota do time da casa, era para a regra dizer que também não pode haver jogo "sem jogadores", o que evitaria tanto constrangimento. Aos que foram reclamar, os mossoroen-

Artigo

ses responderam que se fosse aqui em Natal a situação poderia ser bem pior. Afinal, até agora a tal ambulância poderia estar retida no hospital à espera da maca e a partida estaria em estágio terminal. Quanto a recuperação dos dois "jogadores", ante a violência das jogadas, até que tiveram sorte. Ambos "apenas" sofreram fraturas. Não sei qual a explicação médica. Quanto a dos torcedores, como sempre muito conformados, atribuíram à consistência das canelas dos atletas. Jogador perna-de-pau tem lá suas vantagens. Espera-se que na Copa do Mundo não haja esse vexame. Mesmo com tanto pernade-pau que também vai jogar, um ou outro não aguenta o tranco e aí sim teremos a nossa fratura exposta para o mundo todo.

GUTO DE CASTRO, escritor (gutodecastro_rn@hotmail.com.br)

Não existem problemas no Paraíso Os problemas somente existem na Terra e no Inferno. Ninguém, por exemplo, nunca ouviu falar de engarrafamentos na Via Láctea ou movimento Passe Livre nos discos voadores a caminho de Marte, Júpiter ou Plutão. O atendimento da saúde em Mercúrio é de excelência. E por aí não caminha a humanidade. Por outro lado, a estrada que leva ao oposto é cheia de buracos, acidentes, roubos, fome, guerras, brigas, violência sexual, vítimas fatais e, inclusive, os engarrafamentos de cada dia. A verdade e que o homem não deu certo e Deus até tentou corrigir. Mas, a coisa não andou no Paraíso, deu merda com Adão, Eva e seu amigo conspirando contra o sistema divino. Hoje, graças a Deus, o Céu se livrou do homem e o confinou no imenso campo de concentração, extermínio, chamado Terra. Durante esse processo, Deus ainda disponibiliza uma última oportunidade aos decaídos. Para o home que se purifica, se cura da doença do mal, é reservado um pedaço de chão com valor imensurável no Paraíso por meio da fé e da promoção da paz e o bem entre os semelhantes. De fato vamos perceber na Carta aos Hebreus (11,1 - 2.8 - 12) que "a fé é um

modo de já possuir o que ainda se espera a convicção acerca de realidades que não se vêem. Foi a fé que valeu aos antepassados um bom testemunho. Foi pela fé que Abraão obedeceu à ordem para uma Terra que deveria receber como herança, e partiu, sem saber para onde ia." A Carta aos Hebreus "revela ainda que foi pela fé que ele residiu como estrangeiros que ele residiu como estrangeiro na Terra Prometida, morando em tendas com Isaac e Jacó, os co-herdeiros da mesma promessa. Pois, esperava a cidade alicerçada que tem Deus mesmo por arquiteto, construtor e prefeito." A Bíblia narra outros exemplos. João batista, Pedro, São Paulo, Moisés e tatos outros. Foi pela fé que Sara, embora estéril e já de idade avançada, se tornou capaz de ter filhos, por que considerou fidedigno o autor da promessa. É por isso também que de um só homem já marcado pela morte, nasceu uma multidão comparável as estrelas do céu e inumerável com a areia das praias ou as gotas d'água dos oceanos, rios e lagos. Portanto, não se iluda, "não me iludo, como já dizia a velha canção do Gilberto Gil, aqui na Terra tudo permanecerá do jeito que tem sido" pelos séculos e dos séculos amém.

"Os investimentos em Educação ocupam papel central no progresso das sociedades". (Darcy Ribeiro)

Artigo

JOSÉ NARCELIO MARQUES SOUSA, engenheiro civil (narcelio@supercabo.com.br)

Lucas, o monsenhor Eu conheço monsenhor Lucas Batista Neto há anos. Desde quando ele exercia o ministério do sacerdócio na antiga Catedral Metropolitana, na Praça André de Albuquerque. O monsenhor casou meus três filhos e batizou dois dos cinco netos, daí o estreitamento de nossa amizade. O que não é privilégio apenas meu, digase de passagem, mas da multidão de fieis que frequenta as igrejas onde ele celebra ou celebrou sua vocação. Homem simples, não se afeta quando o interlocutor esquece o título de monsenhor e o trata por padre. Exercita com perfeição a singularidade de prender a atenção dos ouvintes de suas homilias com exemplos de fatos do nosso dia a dia. Sabe como ninguém desanuviar o clima formal das cerimônias que preside, amenizando ansiedades sem escapulir da liturgia de cada ato santo. É um craque na comunicação com as massas. A vocação de pastor aflora-lhe à pele. Desnecessário afiançar o quanto preserva os votos de humildade, pobreza e obediência. Caicoense, 70 anos (23 de junho), devoto de Santana, São Francisco de Assis, Santa Teresinha, São João Batista e de Nossa Senhora, mantém uma agenda cheia e variada no coti-

Artigo

diano da paróquia. Celebra a eucaristia diariamente, batiza, crisma, casa, unge enfermos, confessa, aconselha, comanda diversas pastorais e procura estar perto do próximo numa ação humanitária permanente. Os números que acumulou ao longo dos 42 anos de sacerdócio são impressionantes: 15.500 batizados, 4.000 casamentos e outros tantos milhares de sacramentos, que já lhes fogem da contabilidade da memória. E vai mais além. Durante anos divulgou o ensino religioso no nosso estado, atuou na formação de leigos, foi vigário episcopal e ainda arranjou tempo para construir templos: seis capelas e duas igrejas. Depois de 26 anos celebrando missas dominicais pelo sinal da afiliada local da TV Globo, saiu da telinha para dar lugar ao padre Marcelo Rossi. Em Natal, na titularidade da Paróquia de Santa Teresinha passou 25 anos, e ainda estaria lá se assim quisesse. Afastou-se para uma vida de contemplação no Eremitério de Emaús. Não esconde de ninguém que nesse período, por falta de condições financeiras, precisou da colaboração de amigos e paroquianos para manter-se. Pediu à arquidiocese para retornar ao contato direto com o povo, e lá se vão sete anos na

Paróquia de Santo Afonso Maria de Ligório, em Mirassol. É um batalhador incansável de fé indobrável e larga ação pastoral. Um clérigo que sabe dosar muito bem firmeza com docilidade. "O guia perfeito para quem deseja conhecer a Terra Santa!" – é o depoimento unanime de fieis, seus acompanhantes nessas viagens. Por conta do carisma e da fala fácil tentaram-no com a política. Esquivou-se por mais de uma vez. No meu entendimento, Lucas detém o perfil ideal cobrado pelo papa Francisco para revitalizar a Igreja: simplicidade, pobreza, honestidade, fidelidade aos votos assumidos e proximidade com o povo. Esta é uma homenagem singela à pessoa querida e simpática do monsenhor Lucas Batista. Faço isto porque comungo do mesmo pensamento do poeta Nelson, o do cavaquinho, quando divulgou que "se alguém quiser fazer algo por mim que faça agora". Daí eu lhe oferecer em vida "o carinho e a mão amiga para aliviar seus ais." Até porque, "depois que lhe chamarem Saudade, não precisará de vaidade, somente de preces e nada mais". Meu prezado amigo, eu lhe desejo a saúde restabelecida e muitos anos de vida no nosso convívio!

ORMUZ BARBALHO SIMONETTI, presidente do Instituto Norte-rio-grandense de Genealogia e vice-presidente do Instituto Histórico e Geográfico do RN (ormuzsimonetti@yahoo.com.br)

História da magistratura do município de Acari-RN A sorte, em algumas oportunidades, beneficia aqueles que cultivam o gosto pelos fatos históricos e os costumes do nosso povo. E isso foi exatamente o que ocorreu em relação a minha pessoa. Revolvendo os meus desarrumados alfarrábios encontrei no meio deles, um artigo publicado no Jornal "A República", edição de 10 de setembro de 1936, pelo então Juiz de Direito Dr. Meiroz Grilo, cujo texto foi-me presenteado pelo seu dileto filho Inácio Grilo, na oportunidade em que fazíamos pesquisa para a publicação do livro Genealogia dos Troncos Familiares de GoianinhaRN, publicado no ano de 2008. Por se tratar de fatos importantes ligados à instalação e funcionamento da atual comarca do Acari, deste Estado, ouso reproduzir um trabalho do Dr. Joaquim Manoel de Meiroz Grilo, para o pleno conhecimento de todos os seus conterrâneos. "O povo do Acari, vivendo sob a proteção de Nossa Senhora da Guia, desde a formação nucelar de sua existência, já tinha a sua capela nos meados do século dezoito e adquiriu os foros de freguesia por lei provincial de 1835, ano em que foi confirmada a criação de seu município, instituído pelo Conselho Provincial desde 1833. Do ponto de vista de organização judiciária fazia parte da velha Comarca do Seridó, que compreendia toda a região e tinha a sede na Vila do Príncipe, que é hoje a cidade de Caicó. Da antiga comarca do Seridó, desmembrou-se a do Jardim, em 1873, e desta a do Acarí, no ano de 1882 (1). Nesse tempo, parece que a administração pública da Província do Rio Grande do Norte se preocupou um pouco com a distribuição da justiça, pois, no mesmo ano, foram criadas as comarcas de Macaíba, Goianinha, Acari, Santana do Matos e Touros, a única que dentre todas, não chegou a ser provida, sendo extinta logo depois. Na organização republicana do Estado foi mantida a Comarca do Acari, por Lei n° 12, de 09 de setembro de 1892, e assim, viveu, até que o rompimento político dos dirigentes do Seridó, com a situação dominante, determinou a sua suspensão em

1894, conforme a Lei n° 43, de 10 de setembro desse ano. Em 1889, a Lei 114, de 8 de agosto designou para a sede da circunscrição jurídica a Vila do Acari, sete dias depois promovida a cidade pelo Poder Legislativo do Estado. Foi a primeira restauração da Comarca do Acari, que já então reivindicava os seus direitos de unidade judiciária autônoma. Com tais prerrogativas se manteve, até que um "Governo inconsciente, ignorante da causa pública" decretou a sua supressão em 15 de junho de 1893, subordinando-a, como distrito judiciário, à comarca de Currais Novos e, depois, à de Jardim do Seridó. A nossa Assembléia Constituinte, ao se transformar em Assembleia Legislativa Ordinária, de acordo com a Constituição Federal, teve como preocupação primeira a gloriosa comarca sertaneja e o fez com a Lei n° 1, sancionada pelo Excelentíssimo Sr. Dr. Governador do Estado, em 30 de março do corrente ano. A sua reinstalação teve lugar no dia 21 de abril findo, com grande pompa e intensas manifestações de regozijo público. Se bem que fosse comarca independente, desde 1882, o Acari esteve até 1890 sob a judicatura do Dr. Manoel José Fernandes, juiz de direito da Comarca do Jardim, que foi uma espécie de patriarca da Justiça do Seridó, exercendo por mais de vinte anos o seu múnus judiciário, sucessivamente e, às vezes, cumulativamente, nas comarcas de Caicó, Jardim e Acari. É verdade que, antes dele e anteriormente à Comarca, estiveram no Acarí, como juízes de órfãos, outros magistrados, que deixaram traços indeléveis de sua passagem pelo sertão primitivo e adusto daqueles tempos. Chega a ser tocante a peregrinação do Dr. Francisco Aprigio de Vasconcelos Brandão, de fazenda em fazenda, sob o sol ardente do estio, amparando e regularizando a situação dos menores deixados em abandono pelos pais que morreram de inanição ou emigraram na grande seca de 1887. Há outras figuras veneradas da justiça que viveram na tradição do

lugar e são os juízes de órfãos doutores Jose Rufino Pessoa de Melo, José Inácio Fernandes Barros, Manoel Rodrigues da Cunha Machado Beltrão, José Ferreira Muniz, Caetano Guimarães, o Dr. Falcão, o Dr. Fragoso, etc. Em 1890, porém, é que o Acari se integra na sua autonomia judiciária com a recepção de seu Juiz de Direito Dr. José Pedro de Almeida Pernambuco, que é o primeiro magistrado que vem fixar residência na cidade de Acari, sede da comarca de igual nome (2). Com a sua retirada exerce novamente o juizado da comarca o Dr. Manoel José Fernandes, até a primeira supressão em 1894, quando o ilustre magistrado passou a juiz da comarca de Jardim de que o Acari se tornou distrito judiciário. A 1° de setembro de 1898, inaugurou-se a nova comarca restaurada, festivamente, com um filho do sertão como juiz de direito do lugar. É o Dr. Juvenal Lamartine de Faria que exerceu a judicatura durante o período de sete anos, assinando termos de audiência ainda em 1905, nas vésperas de ser eleito para a nossa representação federal, de onde somente se afastou com o fim de vir ocupar o governo do Estado e daí a ser levado ao seu exílio na Europa e ao discreto retraimento em que vive. Sucederam-lhe no juizado do Acari os doutores Augusto Carlos de Vasconcelos Monteiro, Vicente de Pádua Veras, Celso Dantas Sales, Silvino Bezerra Neto, João Francisco Dantas Sales, Eurico Soares Montenegro e Joaquim Manoel de Meiroz Grilo, que fora afastado com a suspensão de 1893, e, agora torna a seu posto como titular de um direito adquirido. Acari, 5 de maio de 1936 Meiroz Grilo (1) A lei n° 844, de 26 de junho de 1882, criou a Comarca de Acari, em sua sede própria (Câmara Cascudo, Rev. Potiguar ano II, n° XI Rio)1937. (2) A Comarca foi instalada solenemente a 17 de fevereiro de 1890, sendo promotor José Carlos Pereira de Brito e juiz municipal o bacharel José Ferreira Muniz (Câmara Cascudo – Ver. Potiguar – Rio)".

É fundamental compreender a questão educacional como parte de um projeto civilizatório de Nação. É importante repetir que, no entender deste locutor que vos fala, a Educação não pode ser um projeto de governo ou um projeto de partido, mas um projeto da sociedade, um projeto de Nação. Grande desafio do povo brasileiro, implicando na defesa da soberania nacional, na redefinição das prioridades de investimentos, visando um novo pacto federativo fundado na equidade, para superação das desigualdades e conquista do desenvolvimento com menos consumismo, mais respeito ao meio ambiente, universalização da educação de qualidade e da saúde pública, sustentabilidade da matriz energética a partir de fontes renováveis; com resgate pleno da cidadania. A modernização brasileira foi atravessada por essas questões cruciais: impactos da urbanização acelerada, aviltamento do papel social do professor, projeto repartido de educação (público e privado), visão dominante preconceituosa em relação à pobreza, desigualdade espacial e cultural, e socialização vazia de Ética, de valores universais. Os diversos indicadores educacionais ainda atestam as péssimas condições da educação brasileira, comparadas a outros países do mundo, e como esta situação afeta o nosso projeto de desenvolvimento, no médio e longo prazo. Vide nosso índice de desenvolvimento humano (IDH). A escola atual não consegue levar as crianças e jovens a interiorizar e transferir para a vida cotidiana os conceitos, hábitos e atitudes que procura ensinar, e coloca os professores num difícil dilema. Essa contradição somente poderá se resolver a partir da articulação estreita entre a Universidade e a sociedade, através de um fórum permanente de debates sobre as grandes questões locais vinculadas ao processo de desenvolvimento, tal como ele ocorre hoje no patropi. Na situação específica hoje vivida pelas universidades brasileiras, somos compelidos a tentar responder a exigências históricas de reformar os currículos e repensar a relação Universidade/sociedade. Algo de novo há de chegar, como uma lufada de ar fresco na arte de pensar. Enfrentar esse desafio supõe o abandono das certezas, para aceitar a transitoriedade dos saberes e dos conceitos. Tais movimentos não se realizam por imposições externas, mas por consolidação de convicções pessoais e coletivas na busca de novos entendimentos para dar novos significados ao que fazemos ou desejamos fazer. Trata-se, primordialmente, de um convite irrecusável ao exercício coletivo da reflexão sobre o que faz e o que pretende fazer a Universidade, como instância privilegiada de formação profissional. O ponto de partida é a percepção de que qualquer instituição educacional tem a cumprir um papel que lhe é socialmente atribuído, e que esta deve se organizar e atuar no sentido de cumprir determinadas funções na sociedade a qual pertence ou está inserida. Depois, é preciso olhar em volta de si, para o mundo. A sociedade mudou, o mundo mudou. Estamos na sociedade da informação e do conhecimento globalizado; interligados virtualmente - em tempo real - com infinitas possibilidades de criação. No caso das universidades, historicamente, cabia-lhes (ainda cabe?) prioritariamente produzir e transmitir conhecimento, conservar e difundir a cultura elaborada, e garantir a formação daqueles indivíduos que poderão ampliar saberes que conduzam para o desenvolvimento. Isto quer dizer que as atividades de ensino e as demais funções de uma Universidade devem responder - com competência - aos anseios da sociedade, principalmente em relação ao seu futuro. Isto porque, mesmo considerando que os processos educativos são reflexos do modo como estão constituídas as sociedades e, portanto, exercem a função de manter esse modo, estou convicto de que, ao mesmo tempo, cabe às universidades enfrentar o paradoxo de promover mudanças socialmente desejáveis na direção do progresso humano. Sempre. Para cumprir essa tarefa, a Universidade precisa ser maior do que ela mesma. Encerro com uma dica para nossos parlamentares federais: no mundo do "dever ser", o Brasil precisa urgente de uma "Lei de Responsabilidade Educacional", estabelecendo as premissas para a Revolução da Educação brasileira. Refazendo tudo!

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Fernanda Souza Juliana Manzano EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Bruno Araujo EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Sexta-feira

Natal, 16 de agosto de 2013

O Jornal de HOJE 3

Robinson: “Sou candidato a governador e não há motivo para mudança de foco” VICE-GOVERNADOR GARANTE QUE CONTINUA CANDIDATO MESMO COM AS “NOVAS” CONJECTURAS SOBRE A SUCESSÃO ESTADUAL ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O vice-governador Robinson Faria, presidente estadual do PSD, afirmou hoje que seu sentimento é de que será candidato a governador nas eleições do ano que vem e que até agora não surgiu nenhum motivo para que ele mude de foco. "Enquanto tiver esperança e perspectiva, e estou encontrando a cada dia, meu rumo é esse. Estou sendo incentivado, estou rodando o Estado, minha conversa tem sido no meio da rua. Tenho idade de vida pública para ter noção do que é real e do que é possível", afirmou. As palavras de Robinson Faria coroam uma semana em que os bastidores da política estadual foram tomados por conversas e conjecturas envolvendo a sucessão do próximo ano. A praticamente inviável candidatura da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) à reeleição no ano que vem terminou fomentando teses que uniriam partidos em torno de candidatos como o líder do PMDB na Assembleia Legislativa, deputado estadual Walter Alves, e mesmo o prefeito de Natal, Carlos

Eduardo Alves (PDT). Nesta sexta, Robinson lidera com a presidente estadual do PSB, ex-governadora e atual vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, um encontro entre PSD e PSB. Na pauta da reunião, consta a discussão da conjuntura estadual e as eleições 2014. Segundo Robinson, o encontro faz parte de um roteiro de conversas que os partidos de oposição vêm realizando há mais de dois anos. "Venho pregando isso há três anos, para que tenhamos uma sintonia na forma de pensar e caminhar. Para que tenhamos uma proposta discutida entre nós no Estado, para que não tenhamos uma proposta minha, uma proposta de Wilma, outra de Fátima Bezerra (PT). Mas para discutir e montar uma unidade, já que somos aliados e não temos interesse de aproximação com o governo do DEM", explicou o líder do PSD. Robinson disse não se intimidar com o surgimento de novas chapas e alianças entre os partidos do Estado com vistas à sucessão do ano que vem, quando ele pretende disputar o cargo de governador. Em contato com O Jornal de Hoje, o

José Aldenir

pré-candidato do PSD afirmou que mantém a sua postulação, "até porque não há nenhum fato novo ou informação nova para eu ter mudado esta posição", disse. CURIOSIDADE Sobre o encontro de hoje com o PSB, ele revela curiosidade, já que Wilma de Faria, a principal interlocutora do PSB, também é posta no cenário estadual como possível candidata ao governo ou ao Senado. "Quero muito ouvir o que está pensando o PSB. Porque a linha de pensamento do PSD é de que nós temos um projeto claro de construção de uma candidatura, que ninguém esconde de ninguém, ao governo em 2014". Entretanto, o vice-governador deixa claro que a construção do PSD deve ser feita em parceria. "Ninguém vai impor aos aliados o nosso nome. Mas o nosso nome está em discussão, está colocado para a discussão e avaliação. Mas também aceitamos discutir o que eles têm a nos falar. Então, nessa construção, o dialogo é muito importante. Porque a oposição unida fica numa situação muito fortalecida e confortável".

Robinson Faria: “Venho pregando isso há três anos, para que tenhamos uma sintonia na forma de pensar e caminhar”

“Não posse me preocupar com chapas que surgem” Robinson rompeu com o governo Rosalba em 2011. Desde então, afirma que postulará a vaga de governador em 2014, quando haverá eleição geral. Entretanto, o vice-governador salienta: "Se dentro dos partidos de oposição surgir um nome que una mais, que tenha maior densidade eleitoral, eu respeitarei", afirma.

Instado a falar se abriria para um nome mais viável, declarou: "Isso é muito delicado. A forma de colocar, se não colocar de maneira correta, vai parecer que eu estou desistindo, quando, a cada dia, eu estou mais animado e decidido em ir adiante com meu nome candidato a governador. Meu sentimento aparece cada dia mais forte, para ser Arquivo

Wilma de Faria vai se encontrar hoje com o Robinson Faria para discutir sucessão

candidato a governador". Ele afirma que nada irá tirar sua motivação. "Cada dia surge uma chapa nova, uma aliança nova. Algumas deixando meu nome de fora, mas nada disso me intimida. Não estou querendo ser autossuficiente, me achando vitorioso. Até porque há vitoriosos que já perderam. Mas não tenho porque perder

a motivação". Sobre as especulações em torno de uma candidatura do atual prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, a governador do Estado, Robinson disse que não poderia fazer conjecturas. "Não posso falar pelos outros. Ele é meu amigo e me disse que é candidato à reeleição como prefeito de Natal. Mas eu não posso

fazer um exercício de conjecturas que não estão ao meu alcance", observou. "Não posso estar preocupado com chapas que surgem a cada dia na imprensa ou no meio político". Robinson fez questão de deixar claro, todavia, que sua jornada não surge agora, de uma hora para outra, mas data de 2006. "Minha

caminhada não começou agora, mas em 2006 e terminou em 2010, quando fui preterido por Iberê. Não é porque rompi com Rosalba que sou candidato a governador. Sou candidato há oito anos. Tenho uma vida pública de vários mandatos de deputado estadual. Não tenho ideia fixa, mas é uma construção".

“Oposição unida em 2014, teremos palanque forte contra quem vier” O vice-governador Robinson Faria enalteceu a situação da oposição hoje no Rio Grande do Norte, declarando que se os partidos que formam a oposição a Rosalba Ciarlini se mantiverem unidos, formarão palanque praticamente invencível em 2014. "Se chegar 2014 com os partidos de oposição unidos, iremos ter um palanque muito forte, uma aliança muito forte, contra quem vier", afirmou. Robinson deixou claro, ainda uma vez, a necessidade de aliança. "Ninguém é aliado de si próprio, mas o que deixo claro é a intenção nossa, nós não temos desfaçatez nem hipocrisia de esconder que

temos o projeto de viabilizar nosso nome para o executivo. Mas terá que ser um projeto natural e de respeito aos demais partidos. Sou consciente que são etapas que buscamos vencer cada uma delas" frisou. COMPLEXIDADE Sobre o convite a que um empresário vitorioso assuma uma candidatura ao governo do Estado, o vice Robinson Faria disse achar que está havendo um equívoco. "Um governo de um Estado é muito mais complexo do que uma empresa privada", afirmou, ainda em sua entrevista ao Jornal de Hoje. "Se fosse assim, em cada esta-

do do Brasil, pegava o empresário mais bem sucedido e entregava o Estado para governar. E pergunto: quais foram os governadores mais bem avaliados do Brasil? Eduardo Campos, de Pernambuco, não é empresário. Aécio Neves (minas Gerais) também não foi resgatado do meio empresarial. Cid Gomes (Ceará) também não. O que significa que o Estado não é melhor para ser candidato quem é executivo bem sucedido. Está havendo um equívoco, estimando que pelo fato de ser um empresário essa pessoa será um excelente servidor público. Tem que saber o que a pessoa pensa. É muito mais com-

plexo do que uma empresa privada", analisa. Segundo Robinson, em relação ao governo, a palavra de ordem é preocupação. "Com o que está acontecendo com o RN, com a governabilidade, com o calote aos fornecedores, com o Estado não pagando a quem fornece, com o abandono da máquina pública, dos serviços essenciais, todos abandonados. É preocupante, ultrapassa qualquer conotação política e partidária. Minha preocupação é como cidadão", afirmou. "O governo demonstrou a sua falta de capacidade de gestão em todos os setores".

clarecimentos: 1. O próprio Ministério Público solicitou que o bloqueio na conta do Estado somente fosse realizado, após a intimação da Governadora, ou seja, trata-se de um pedido subsidiário".

mas, um princípio constitucional, assegurado a todos os processos em geral, não há que se falar em benevolência, mas, da aplicação do princípio do Contraditório, previsto no art. 5º, inciso LV, da Constituição Federal".

Túlio Lemos tuliolemosjh@gmail.com

ELA QUER A ex-governadora Wilma de Faria está cada vez mais entusiasmada com a possibilidade de retornar ao Governo do RN. O alimento desse entusiasmo é povo. Por onde ela passa, especialmente no interior, a população diz que está com saudades de sua gestão. Para quem tem vaidade em mais de 80% do corpo, a Guerreira está 'balançada' a aceitar o 'desafio'. PASSADO Wilma de Faria fez uma gestão de quase 8 anos e tem obras espalhadas em praticamente todos os municípios do Estado, o que lhe garante discurso onde chega. Ou seja: além de poder criticar a inoperância da atual gestão, Wilma também tem o respaldo de seu passado como governadora para explorar nas cidades por onde anda. NEGATIVO O passado que credencia Wilma a pensar em voltar, é o mesmo que a faz tremer. Afinal,

por mais que haja discurso positivo de sua gestão, os escândalos que marcaram sua administração serão exumados e ampliados da pior forma possível. Ela foi a única governadora do RN que, em pleno exercício do mandato, foi obrigada a assistir a prisão de um filho por suspeita de comandar um esquema de corrupção no Governo. Isso é forte e não é difícil de ser apagado; especialmente numa campanha política. ALVO Quando pensa na possibilidade de ser alvo durante uma campanha, o que naturalmente trará muitos riscos, Wilma de Faria avalia com um pouco de racionalidade a candidatura de deputada federal. Barata, sem riscos e sem ser alvo de ataques. Mas ela também não descarta a candidatura ao Senado, pois o cenário pode lhe ser favorável, pois a disputa hoje seria apenas contra a deputada Fátima Bezerra, que não tem o poder de articulação e penetração que ela tem.

DECISÃO A maior liderança eleitoral da oposição no momento, Wilma de Faria terá que tomar uma decisão que seja racional, afastada dos bajuladores que querem se locupletar em um eventual retorno ao comando do RN. Ouvir críticos e avaliar pesquisa séria é o melhor caminho para evitar outro desastre na vitoriosa carreira política da Guerreira. SONHO Na verdade, o sonho de Wilma para 2014 é a candidatura do prefeito Carlos Eduardo a governador. O filho de Agnelo tem que renunciar em abril e a mãe de Lauro assume a Prefeitura, sem riscos e sem qualquer preocupação com o resultado do pleito. Em 2016 poderá ser candidata à reeleição e encerrar sua carreira política como a mulher que governou Natal por mais tempo. PERCENTUAL O desarranjo financeiro nas contas do Governo provocou uma crise institucional, associada a um

descrédito junto à classe política e aos demais poderes e instituições. O percentual de 10,74% escolhido pelo secretário Obery Rodrigues, para cortar o repasse aos demais órgãos, tem sido derrubado por técnicos do Judiciário, Ministério Público e Assembleia. Não encontram respaldo legal nem critério justo para o corte linear, pois desrespeita a individualidade e as diferenças de cada instituição. EDUCAÇÃO Coordenadores do programa Mais Educação estão revoltados com a secretaria de Educação do Estado, que estaria afirmando que tudo está pago, quando o pessoal não recebeu nada; o atraso está configurado. TRIBUNAL A coluna recebeu e-mail da desembargadora Zeneide Bezerra: "Caro Túlio Lemos, em relação as notas publicadas em sua coluna, no Jornal de Hoje, edição da quintafeira, 15 do corrente, faço alguns es-

TRIBUNAL II Segue a resposta da desembargadora: "2. Conforme ressaltei em minha decisão, datada de 14 corrente, o Parquet, requereu a intimação da Governadora do Estado para efetuar o pagamento, em 24 (vinte e quatro) horas, do repasse integral do duodécimo. Todavia, esta Magistrada, já havia determinado o pagamento nestes termos, na decisão de fls.447/462, datada de 31 de julho do corrente, inexistindo motivo para determinar novamente referida transferência de valores". TRIBUNAL III Continua Doutora Zeneide: "3. Em relação ao prazo de 48 (quarenta e oito) horas, para o Estado se pronunciar, registro que, não é um faculdade desta Desembargadora,

TRIBUNAL IV A desembargadora conclui: "4. Por fim, no tocante a comparação realizada pelo Senhor, com o procedimento adotado pelo meu colega e amigo, Des. Virgílio Macêdo Jr., o qual tenho tanto apreço, nos autos do Mandado de Segurança 2012.014913-4, informo que, antes de determinar as prisões dos secretários de Estado, foi, igualmente, aberto prazo de 05 (cinco) dias, para o Estado do Rio Grande do Norte, se pronunciar sobre o cumprimento ou não da decisão (despacho datado de 21.01.2013), ou seja, mesmo procedimento adotado por esta desembargadora, a qual, dentro da minha discricionariedade, entendi razoável 48 (quarenta e oito) horas".


Natal, 16 de agosto de 2013

4 O Jornal de HOJE

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

A curva que satisfaz Nas grandes cidades, a recuperação da popularidade da presidente da República é lenta. Nos recentes levantamentos de opinião – o do Datafolha e os realizados por institutos contratados pelo PSDB e PT –, a média nacional atingiu seis pontos. Nos municípios com mais de 500 mil eleitores, três a menos. nnn O resultado está no cálculo previsto, diz-se no Palácio do Planalto. Em gabinetes de aliados do poder nas duas casas do Congresso, usa-se, entretanto, o adjetivo “razoável”. nnn “Importa a inversão da curva para o alto”, raciocina o líder do governo na Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP). Ele lembra que falta mais de um ano para a primeira fase da eleição, “portanto, há tempo e motivo (execução de obras) para ampliar o índice”. O deputado paulista inscreve, “considerando-se o número de pretendentes”, o desfecho do embate no segundo turno, “mas Dilma chega lá com a tranquilidade do favoritismo”, sublinha Chinaglia.

É bastante claro De tão evidente, não há como ignorar. No Supremo Tribunal Federal, pode ampliar-se a bancada dos ministros aplaudidos pelo indiscreto PT. Indicado pela presidente Dilma Rousseff, Luís Roberto Barroso, estreante na Corte, é uma boa promessa. nnn Dois são notórios: 1. Ricardo Lewandowski; 2. Dias Toffoli. Ambos foram escolhidos no governo Lula da Silva. nnn Pós-escrito: Ontem, segundo dia da nova etapa do julgamento da Ação Penal 470 – o Mensalão –, o ministropresidente do STF desrespeitou o manual da civilidade. Não foi a primeira vez que Joaquim Barbosa abaixou o nível do debate e elevou o do autoritarismo. Barbosa chamou o colega Lewandowski de chicaneiro. Outros, menos ácidos, o identificariam como advogado de defesa.

Política

Sexta-feira

Leleu: “Espero que Wilma não seja acometida do mal da vaca louca e cometa erro de se aliar ao PMDB” PARLAMENTAR DEFENDE QUE PSB SE UNA A PARTIDOS QUE JÁ ESTÃO NA OPOSIÇÃO Wellington Rocha

JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

O vereador caicoense, Leleu Fontes, do PSB, considera "um erro político" uma aliança do partido liderado no Estado pela atual viceprefeita de Natal, Wilma de Faria, com o PMDB, já que a legenda presidida pelo deputado Henrique Eduardo é a principal aliada da governadora Rosalba Ciarlini e como tal, deve apoiar a reeleição da governadora em 2014. "E o pior" - completa o vereador - "o PMDB impôs uma grande derrota a Wilma recentemente na disputa para o Senado". De acordo com o raciocínio do vereador Leleu Fontes, o PSB não tem motivos para se aliar, nem ao PMDB, nem tampouco fazer parte de uma aliança onde esteja o DEM, partido da governadora Rosalba Ciarlini e do senador José Agripino. Segundo ele, a líder do PSB, Wilma de Faria deveria levar o partido a caminhar unido com legendas oposicionistas como o PSD, do vice-governador Robinson Faria, PDT, do prefeito de Natal, Carlos Eduardo e PT, da deputada Fátima Bezerra. "Esperamos que Wilma não seja acometida do mal da vaca louca e cometa esse erro político, que poderá ser fatal para o futuro político da exgovernadora". Até porque, no entendimento de Leleu Fontes, a população do Rio Grande do Norte não entenderá sua posição de aliada do PMDB e do governo Rosalba Ciarlini que passa por uma crise sem precedente ", ressaltou o caicoense.

Leleu Fontes: “Seria a união de liderança que presidem partidos de oposição à Rosalba que retomarão Poder em 2014” CANDIDATURA AO GOVERNO Mesmo mostrando-se desejoso de deixar o PSB e a liderança da exgovernadora Wilma de Faria, o vereador Leleu Fontes diz também não concordar com uma possível candidatura da vice-prefeita de Natal ao Governo do Estado, por entender que ela (Wilma) já contribuiu para o Estado na condição de governadora em duas oportunidades e nessa condição deve deixar o espaço para outras lideranças da nova geração de políticos que estão chegando e deve assumir o comando do Estado. CHAPA FORTE Ao opinar sobre nomes para o

Governo do Estado, Leleu Fontes entende que primeiramente tem que haver um esforço concentrado para unir os partidos de oposição para posteriormente decidir sobre um nome que segundo ele, "tenha viabilidade político-eleitoral e seja um consenso". No caso da ex-governadora Wilma de Faria, ele diz que seria uma alternativa interessante que a prefeita de Natal concorresse à vaga do Senado. Para governador, Leleu Fontes cita os nomes de Carlos Eduardo, Robinson Faria e até a petista Fátima Bezerra. "Seria a união de liderança que presidem partidos de oposição à governadora Rosalba Ciarlini que certamente retomarão o Poder em 2014", ressalta.

ENTENDIMENTO COM A REDE "Estou mantendo entendimento com lideranças da Rede e Sustentabilidade, inclusive com a pré-candidata à presidência da República, Marina Silva, para uma possível filiação, já que desejo deixar o PSB", informa o vereador Leleu Fontes, acrescentando que a decisão de sair do partido da ex-governadora Wilma de Faria é motivada pela desatenção e falta de apoio que está tendo dentro da legenda. Ele prevê que a Rede e Sustentabilidade será um partido forte no Estado, inclusive com chances reais de eleger Marina Silva presidenta da República nas eleições do próximo ano.

Vereador cobra: “O prefeito de Caicó tem que dizer qual é seu programa de governo” De bom currículo Cristovam Buarque (foto) entra na fila dos candidatos ao Planalto. Readapta o projeto de 2006, quando se opôs sem sucesso à reeleição do então presidente Lula da Silva. Dele, fora ministro da Educação (2003 a 2004). nnn Buarque, pernambucano do Recife, engenheiro de 69 anos, governou o Distrito Federal (1995 a 1999) sob a bandeira do PT. Tentou reeleger-se, mas perdeu. Joaquim Roriz (PMDB), o antecessor, voltou ao Palácio do Buriti. Senador há 10 anos, Cristovam, antes de concorrer a mandato popular, foi reitor da UnB (Universidade de Brasília). Integrou o petismo de 1990 a 2004, ano em que se filiou ao PDT; e nele continua. nnn Entre as duas dúzias de livros com a sua assinatura, Cristovam Buarque é autor de quatro obras marcantes: “O berço da desigualdade”, “A desordem do progresso”, “O semeador de utopias” e “A revolução na esquerda e a invenção do Brasil”.

LEITURA DINÂMICA t Está programada para

amanhã manifestação contra Renan Calheiros. Local: em frente da residência oficial do senadorpresidente do Congresso, no brasiliense Lago Sul. Uma das faixas do protesto: “Renuncia, Renan”. t Magno Malta (PR-ES) presidirá a CPI do Erro Médico, a ser instalada no Senado. t Reúne-se quarta-feira (21), em Brasília, a Comissão Especial da Reforma Política constituída pela Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais). Dia seguinte, o colegiado vai à Câmara em busca de informações sobre as propostas em trâmite na Casa. t Sempre que seja possível, leve seu filho a uma livraria. Incentive-o a frequentar esse templo da cultura e

do saber. t Hoje, a seção paulista do PT alenta a pré-candidatura do ministro da Saúde ao Palácio dos Bandeirantes. Lula da Silva, patrono de Alexandre Padilha, participa da reunião. t O real lidera a queda de moedas emergentes. A expectativa do mercado é que, em dezembro, talvez sejam necessários R$ 2,70 para adquirir um dólar. t Aécio Neves (PSDBMG) sempre tem uma palavra de elogio ao potiguar José Agripino, seu colega de Senado. Ontem, o presidenciável tucano dizia a jornalistas sobre o líder nacional do DEM : “É educado, competente e honrado.” t Para refletir: “A minha liberdade não deve procurar captar o ser, mas desvendá-lo” (Simone de Beauvoir, escritora francesa).

"O prefeito de Caicó, Roberto Germano, nesses quase 8 meses de mandato não realizou praticamente nada. Está apenas cumprindo formalidades administrativas junto ao Governo Federal. Falta ao prefeito dizer ao povo de Caicó qual é o seu programa de governo". Foi o que disse o vereador Leleu Fontes ao analisar a administração do prefeito Roberto Germano, do PMDB, nesses primeiros meses de trabalho à frente do Poder Executivo Municipal. Ele informa, entretanto, que o prefeito limita-se a dar continuidade a algumas obras da administração passada do então prefeito Bibi Costa, do PR, a exemplo de pavimentação em algumas ruas, rodoviária, ginásio no Bairro Monsenhor Walfredo Gurgel e uma construtura do distrito de Laginha a Palma.

Questionado sobre o futuro político do ex-prefeito Bibi Costa, o vereador Leleu Fontes diz não existir outra alternativa a não ser se engajar no trabalho para reeleição do deputado Vivaldo Costa, que ele considera ao lado do ex-deputado Álvaro Dias as maiores lideranças políticas do Seridó. "Tudo que Bibi Costa conseguiu foi através de Vivaldo. Foi prefeito de Caicó, juiz classista, diretor da Dired, professor da UFRN e presidente da Fundação Carlindo Dantas, graças a Vivaldo. Portanto, para que Bibi seja justo deve continuar sendo liderado de Vivaldo e não de Wilma de Faria. Com Wilma, é apenas chamá-la de madrinha. Da mesma forma, com relação a Vivaldo, deve agir o outro irmão, Dadá Costa", concluiu o vereador Leleu Fontes. (JP)

Wellington Rocha

Roberto Germano, segundo Leleu, não realizou praticamente nada em 8 meses


Política

Sexta-feira

Natal, 16 de agosto de 2013

O Jornal de HOJE 5

TJ afirma que decreto de Rosalba é ilegal e quer que Supremo o derrube JUDICIÁRIO AFIRMA QUE SE PAGAMENTO INCOMPLETO CONTINUAR NÃO VAI TER COMO PAGAR FOLHA SALARIAL DE AGOSTO José Aldenir

CIRO MARQUES REPÓRTER DE POLÍTICA

O Poder Executivo (Governo do Estado) não pode mais continuar defendendo a legalidade do decreto que oficializou os cortes no orçamento anual de 2013. Não se ainda quiser um acordo com o Judiciário (Tribunal de Justiça) sobre o assunto. Isso porque, para o TJ, simplesmente, não há dúvidas de que o decreto é ilegal e inconstitucional e, por isso, já foi solicitado ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que se não houver um acordo sobre o assunto na semana próxima (que é o que deve acontecer), ele julgue a liminar e decida se o Governo tem ou não que pagar integralmente o duodécimo definido na Lei Orçamentária Anual para os demais poderes. Não que o Judiciário tenha “fechado a porta” para a conciliação. É porque o acordo, realmente, é difícil, uma vez que o Executivo tem baseado suas atitudes em um decreto que, para eles, é legal, mas para o Tribunal de Justiça está totalmente equivocado. “O decreto é inconstitucional e ilegal”, analisou Fábio Filgueira, juiz auxiliar da presidência do TJ e que está desde o anúncio da crise financeira, participando de reuniões sobre a redução de corte dos poderes. Contudo, foi justamente baseado nesse decreto “ilegal e inconstitucional”, que o Executivo fez sua argumentação na primeira reunião entre os poderes na sede do STF, em Brasília, ocorrida na última quartafeira. Segundo Fábio Filgueira, no

Fábio Filgueira afirma que Judiciário busca acordo com o Executivo, mas não pode concordar com decreto encontro (que não teve status de audiência, mas a próxima, marcada para o dia 21, deverá ter) o Governo do Estado apenas defendeu a legalidade do decreto e demonstrou, com gráficos e planilhas, a frustração de receita que tinha acontecido no primeiro semestre do ano, justificando a necessidade de corte de gastos. E se isso acontecer novamente no próximo encontro, o Judiciário já afirmou que não poderá mais esperar que o Executivo se conscientize do “equivocado” e vai aguardar apenas que o ministro Ricardo Lewandowski julgue a liminar impetrada pelo Tribunal solicitando o pagamento integral do duodécimo. “Pedimos ao ministro que caso não

haja uma audiência na próxima semana ou não se chegue a um acordo nesse próximo encontro, ele julgue a liminar, porque não podemos ficar esperando mais”, afirmou Fábio Filgueira. Não era para menos. Se o repasse do duodécimo em agosto for semelhante ao feito em julho, ou seja, ter o valor de R$ 49 milhões, o pagamento integral da folha de todo o Judiciário potiguar fica inviabilizado. Isso porque o gasto mensal com salários é de R$ 52 milhões, ou seja, ficaria faltando R$ 3 milhões para fechar a folha. “Isso já aconteceu no mês passado, mas tínhamos uma reserva orçamentária que pudemos usar para cobrir a folha. Para este mês, não temos mais da onde tirar, por isso

Wellington Rocha

Desembargador Aderson Silvino, presidente do TJ, não recebeu qualquer proposta de acordo do Executivo

precisamos de uma definição sobre o assunto. Nos próximos dias já começamos a fechar a folha”, explicou o magistrado, lembrando que o repasse, correto, baseado no orçamento definido no início do ano, para o Judiciário, é de R$ 61,3 milhões por mês. E por que é ilegal e inconstitucional o decreto? Segundo o magistrado, é inconstitucional por ferir a independência entre os poderes e pelo fato de ter sido feito sem o consentimento dos demais envolvidos. Houve a reunião de demonstração da situação financeira estadual, Judiciário, Legislativo, Ministério Público do RN e Tribunal de Contas do Estado (TCE) concordaram em reduzir as despesas, mas o Executivo se antecipou e antes de um "segun-

do encontro", que oficializaria o que seria reduzido, foi lá e decretou a redução linear de 10,74% do orçamento de cada um dos poderes. E é ilegal por desrespeitar uma série de determinações da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Um dos pontos desrespeitados, por exemplo, seria a base do cálculo feito pelo Executivo ao cortar os valores. Segundo o Judiciário, essa equação deveria ter sido feita já desconsiderando as despesas com a folha de pagamento. "Só se pode cortar a verba para custeio e investimento e mesmo assim baseado na proporcionalidade e não num corte linear. Até porque se houve um aumento de receita, o repasse não vai ser linear, vai ser proporcional",

analisou o magistrado. Outros pontos ilegais estão no fato do decreto do Executivo ter sido publicado no dia 27, datado do dia 25 e com efeito retroativo a ações praticadas no dia 20, data do repasse do duodécimo ao Judiciário, já feito com o desconto. "Não se justifica esse percentual de 10,74%, até porque ele zera toda a verba para o custeio, para o investimento e ainda impede o pagamento integral da folha. Estamos dispostos a conversar e negociar em busca de um acordo, mas não temos como concordar com uma proposta que seja ilegal, baseado em um decreto que é ilegal em vários sentidos, na visão do Judiciário", afirmou Fábio Filgueira.

Rinaldo Reis cobra diálogo: “Estamos esperando o Governo para negociar, mas até agora nada” Se a negociação com o Tribunal de Justiça não está das mais fáceis, com o Ministério Público do RN está ainda mais complicada. Até porque, passados quase 10 dias desde que o decreto do Executivo determinando os cortes no orçamento dos poderes e órgãos auxiliares, foi publicado, ninguém do Governo do Estado buscou o procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis, para buscar uma conciliação. E é porque o PGJ foi consideravelmente paciente e cuidadoso nas palavras ditas referentes a esse assunto durante todo esse tempo. Evitou entrar em polêmica, por exemplo, respondendo a declaração da governadora de que MP e TJ se comportavam com "filhos sem mesada" quando o pagamento do duodécimo não foi feito de forma integral. Agora, porém, não há muito mais o que esperar. A paciência já está curta com a falta de diálogo com o Governo do Estado, que não se manifestou nem depois que o MP impetrou um mandado de segurança cobrando o restante do pagamento do duodécimo de julho, que não

José Aldenir

Wellington Rocha

Procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis, cobra diálogo com Poder Executivo...

... Mas Rosalba Ciarlini só deve se pronunciar sobre assunto na próxima semana

foi feito até agora, nem mesmo depois que o Tribunal de Justiça, por meio de decisão da desembargadora Zeneide Bezerra, determinou isso em decisão favorável ao MP, datada do dia 31 de julho, ou seja, há mais de duas semanas. "Esperamos que o Governo se manifestasse ou chamasse para dia-

esse período para conversa. "Nós temos compromissos e contratos e não podemos ficar sem o pagamento e sem uma resposta", ressaltou. Na quarta-feira, a desembargadora Zeneide recebeu do procurador-geral de Justiça um novo pedido: para que fosse feito o bloqueio das contas do Estado, no valor de

logar. Porém, nada aconteceu. Tínhamos ciência que a parcela do FPE (Fundo de Participação dos Estados) seria paga no dia 10 e como essa data passou sem nenhuma novidade decidimos acionar a Justiça novamente", explicou Rinaldo Reis, acrescentando que ninguém do Governo buscou o MP durante todo

R$ 4,6 milhões, que é justamente o valor que falta para completar o duodécimo do MP. "Não houve até agora o cumprimento da decisão, nem recurso, então tivemos que entrar com um pedido de bloqueio e a desembargadora solicitou da governadora Rosalba Ciarlini que se manifestasse sobre o não cumpri-

mento da decisão em 48 horas", afirmou Rinaldo Reis. Até o momento, não há a informação se a governadora já foi ou não notificada sobre a decisão, o que impediria que o prazo começasse a contar. "Não concordamos com o corte linear, mas acredito que é possível chegar a um acordo sobre a situação. Estou disponível para um acordo, agora só não podemos ficar assim, sem receber e sem resposta do Governo", analisou. SILÊNCIO Em contato com O Jornal de Hoje pela manhã, o Governo do Estado evitou comentar a atuação situação do pagamento do duodécimo. Afirmou que só deverá se pronunciar oficialmente sobre o assunto depois da reunião marcada para a próxima quarta-feira. Há a informação de que se o pagamento for feito de forma proporcional, o Executivo também poderia sofrer com a falta de dinheiro para pagar integralmente a folha salarial deles. A notícia, porém, não foi confirmada pelo Governo.

MEMÓRIA A questão do repasse do duodécimo não é recente. No segundo semestre do ano passado, houve uma situação semelhante entre o Executivo e os demais poderes e órgãos auxiliares. Devido à frustração de receita, o Governo do Estado passou a re-

passar valores referentes ao duodécimo inferiores aos estabelecidos no orçamento anual. O caso foi levado à Justiça (no caso do TJ, ao Supremo Tribunal Federal), e foi determinado o pagamento integral dos valores acertados anteriormente.

Neste ano, diante da mesma situação, o Governo do Estado publicou um decreto que, segundo o Executivo, legalizava toda a realização dos cortes. "A diferença entre o que foi feito este ano e o que foi feito no ano passado foi só o decreto que, na visão

do Judiciário potiguar, é ilegal. Tudo que fazemos, todas as despesas e contratos que temos, são baseados na previsão orçamentária. Temos contratos firmados, empenhos feitos e não podemos mudar o nosso planejamento assim", afirmou Fábio Filguei-

José Aldenir

> ASSEMBLEIA

Projeto de Lei institui gratuidade do transporte coletivo em dia de eleição

Deputada Larissa Rosado justifica projeto com a obrigatoriedade do voto no Brasil

Projeto de Lei de autoria da deputada Larissa Rosado (PSB), protocolado na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, institui a gratuidade do transporte coletivo urbano nos dias de realização de pleitos eleitorais no Rio Grande do Norte. Ela justifica que como o voto no Brasil é obrigatório, o eleitor deve comparecer ao local da eleição mu-

nido de seus documentos e dentro do horário estabelecido, arcando com a despesa do transporte em dia que, a rigor, não teria esse tipo de custo, já que a eleição ocorre sempre aos domingos. “Cabe ao Poder Público garantir que o direito de voto seja exercido em condições de igualdade por todos os eleitores, sendo este direito

um dos pilares da democracia. Acontece que, muitas vezes o exercício do direito de sufrágio é utilizado como instrumento de barganha, diante da onerosidade da locomoção até o local da votação. Por este motivo, entendemos que o projeto que está sendo apresentado poderá reduzir o problema, com a possibilidade de extinção de uma das formas de crime

eleitoral que ainda vem sendo praticada”, justificou. Larissa Rosado disse ainda que o Projeto pode representar uma grande colaboração para diminuir os níveis de abstenção nos dias de eleição. A deputada propõe que o transporte coletivo seja gratuito no período compreendido entre seis e 19 horas no dia da eleição.


6 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 16 de agosto de 2013

Sexta-feira

Servidores em greve unificam mais um ato em protesto contra o governo Rosalba FALTA DE INVESTIMENTO EM ESCOLAS E UNIDADES DE SAÚDE ESTÃO ENTRE PRINCIPAIS REIVINDICAÇÕES DE GREVISTAS Fotos: Wellington Rocha

CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

Mais uma vez as pautas de greve se unificaram em Natal. Saúde e Educação Estadual, Sindicato dos Bancários e membros da Revolta do Busão interromperam o trânsito na manhã de hoje para reivindicar os direitos de cada categoria. Ocupando faixas das avenidas Hermes da Fonseca e Salgado Filho, a mobilização seguiu em direção ao Centro Administrativo, comandada por uma figura já apresentada a população em outros manifestos: "Roubalda", boneco alusivo à gestão e pessoa da governadora Rosalba Ciarlini. Os servidores da Saúde, paralisados desde o dia 1° de agosto, questionavam a falta de investimento nas unidades de saúde regionais, bem como direitos de implantação de uma tabela salarial e convocação de mais profissionais. A coordenadora geral do Sindsaúde, Simone Dutra, questionou as últimas colocações do secretário de Saúde, Luiz Roberto Fonseca, alegando que ele "está indo à imprensa para mentir". "Não há mais negociação. A Secretaria se fechou e não se dispõe a negociar conosco. A única

No início da manhã, servidores se concentraram em frente ao Hospital Walfredo Gurgel e seguiram em caminhada pela avenida Salgado Filho até a Governadoria, onde realizaram protesto contra atual gestão coisa que tinha sido acertada é a criação de uma comissão paritária dos trabalhadores, mas nem isso chegou a ser publicado. A primeira reunião com essa comissão seria ontem, mas não aconteceu", disse Simone. "O secretário está indo à imprensa para mentir. Nada do que

foi discutido em nossa pauta chegou a ser concretizado. Tivemos apenas três reuniões antes da greve e nada mais. Ele disse que as questões econômicas não podem ser arbitradas pela Secretaria de Saúde, mas sim com a Administração", declarou a coordenadora. "Na última assembleia

realizada, decidimos que iríamos priorizar cinco pontos para negociar o fim da greve e, desses pontos, nada foi atendido". A nova pauta consta do pagamento de uma tabela que o Dieese elaborou, preservando o Plano de Cargos, Carreiras e Salários de 2006; convocação de profissionais

para suprir a demanda, especificando quando e quantos profissionais serão destinados para cada unidade; pagamento das gratificações de aposentados; funcionamento da comissão paritária e elaboração de uma folha de pagamento extra para repor os descontos indevidos e incorporação dos 25%

da GAE e da Jornada Especial. "O secretário só vai à imprensa para mentir a opinião pública. Nós continuamos sem a negociação da pauta e com as péssimas condições de trabalho. Esse governo não garante nem os insumos básicos para a população não morrer", afirmou Simone Dutra.

Ponto dos grevistas da Saúde Sesap se compromete em atender será cortado a partir de hoje > NEGOCIAÇÃO

pautas de reivindicação Em nota oficial enviada à imprensa nesta manhã, a Secretaria de Estado da Saúde Pública se comprometeu a atender "de forma imediata a quatro desses pontos" apresentados pelo Sindisaúde, "e a negociar o quinto, por meio de uma Comissão Paritária". De acordo com a nota, sobre a implantação da tabela do Dieese, o governo explica que "uma tabela de progressão de níveis de interstícios do PCCR está vigente e foi democraticamente negociada com os servidores e acordada entre as partes. Os aumentos acordados estão sendo implementados, com cronograma que se estende até fevereiro de 2014". Segundo a Sesap, o que o Sindsaúde demanda neste momento é a revisão do acordo já celebrado e em pleno curso de implantação. No entanto, a adoção de uma nova tabela salarial elaborado pelo Dieese e apresentada pela nova direção do Sindicato, "precisa ser analisada com maior profundidade, levando em conta principalmente o impacto dos reajustes demandados pelo Sindsaúde sobre as finanças do Estado".

Sobre o reajuste dos 22% na GAE, Jornada Especial para os aposentados e pagamento retroativo, o Governo do RN sinalizou positivamente a esta reivindicação e se dispôs a negociar um calendário para implantação desse reajuste, no âmbito de uma comissão paritária. Quanto aos concursados, o Governo do Estado já convocou 639 servidores

Adoção de nova tabela salarial precisa ser analisada com maior profundidade, levando em conta o impacto dos reajustes sobre as finanças do Estado

para trabalharem na rede estadual de Saúde, estando prevista ainda a convocação de mais 265, até o mês de setembro deste ano, para atender ao Hospital da Mulher e a unidades da Região Metropolitana de Natal, incluindo o Hospital Geral Coronel Pedro Germano da Policia Militar. Sobre uma folha de pagamento extra, a Secretaria de Ad-

ministração e Recursos Humanos (Searh) já sinalizou positivamente para a incorporação de 25% das gratificações na folha de pagamento do mês de agosto, retroativa a julho de 2013. "Somente esta incorporação resultará em um aumento de mais de 1 milhão, ao mês, na folha de pagamento da Sesap". EDUCAÇÃO De acordo com a coordenadora geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte), Fátima Cardoso, os profissionais da Educação continuam lutando contra a "arbitrariedade" do governo Rosalba, que não se mostra preocupado com os problemas das escolas públicas em todo o RN. Segundo ela, uma pesquisa realizada em 306 escolas do estado mostrou que 94% enfrentam problemas de infraestrutura e sucateamento. Ela ainda afirma que, atualmente, o RN tem um déficit de 1,5 mil professores para a rede estadual. Segundo o Sinte, 75% da categoria aderiu à greve iniciada na última segunda-feira (12). Em cidades como Mossoró e João Câmara, o índice chega a 90%.

Wellington Rocha

Não são apenas os professores do Estado que correm o risco de ver a greve da categoria acabar devido pedido de ilegalidade por parte da Secretaria de Estado da Educação (Seec). Com a mesma avaliação, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) também adotou uma postura mais firme, ao anunciar que, a partir de hoje, os servidores da saúde que não comparecem ao trabalho terão ponto cortado, situação que reflete em desconto salarial da categoria. Ainda hoje o titular da secretaria, Luiz Roberto Fonseca, encaminhará documentação à Procuradoria Geral do Estado solicitando ação na Justiça que venha estabelecer a ilegalidade da greve. Conforme informou Luiz Roberto Fonseca durante coletiva de imprensa realizada ontem, o ponto só será cortado se o servidor em greve estiver na escala do dia. Ele ainda afirmou que oito reuniões foram realizadas com a categoria para tratar do assunto, mas o sindicato se mostrou sem interesse na negociação. A pedido do secretário, todas as direções das unidades estaduais de saúde ficaram de enviar uma listagem com os nomes dos funcionários que estão trabalhando normalmente e aqueles que aderiram à greve. "Excluídos os pontos considerados pela Sesap como pouco razoáveis, inadequados ou ilegítimos do

Simone Dutra diz que orientação do Sindicato é para resistir à “pressão” da Sesap ponto de vista do interesse público, todo o esforço vinha sendo realizado para o atendimento das reivindicações dos servidores da Saúde, consideradas as possibilidades objetivas do Estado", declarou a Secretaria de Saúde em nota oficial enviada à imprensa. Diante do anúncio de que o governo irá cortar o ponto dos servidores da Saúde em greve, o Sindsaúde convoca a imprensa para uma entrevista coletiva, a partir das 16h, no auditório do Sindicato. "O secretário tem feito uma guerra pela imprensa. Ele não diz a verdade sobre a quantidade de reuniões e os com-

promissos que o governo deixou de assumir. Agora, faz parecer que não temos o direito de fazer greve e que somos nós os intransigentes", diz Simone Dutra. "O servidor irá reagir a essa postura. Essas pessoas estão aqui reivindicando porque estão além das suas condições de trabalho, muitas vezes improvisando e tirando dinheiro do próprio bolso para as coisas acontecerem. Nós estamos trabalhando com o servidor para resistir. Não vamos nos intimidar com essa postura ilegal, que quer acabar com o nosso direito de greve", declarou a coordenadora do Sindicato.

> SEM RECURSOS HUMANOS

Sindicato dos Bancários fecha agências do Santander Canindé Santos

Após fechamento das agências hoje, Sindicato aguarda retorno da direção da empresa

Todas as agências do Banco Santander em Natal estão fechadas. A paralisação, articulada pelo Sindicato dos Bancários do Estado do Rio Grande do Norte (Seeb/RN), foi decidida após assembleia realizada na noite dessa quinta-feira(15) na sede da entidade de classe. O protesto é motivado, segundo representantes do órgão sindical, pela falta de condições de trabalho na instituição financeira, que não teria recursos humanos suficientes para operar de acordo com suas demandas. Hoje, o banco conta com 136 funcionários, mas o número mínimo necessário para o funcionamento 'normal' é de 160. De acordo com comunicado divulgado pelo Sindicato, o Santander atende hoje em condições precárias, chegando ao extremo de faltar funcionários que exerçam a função de caixa em determinadas agências. Em outras, ainda segundo a nota publicada, o

serviço de três a quatro pessoas é realizado por apenas um empregado. O banco é um dos que mais demite e somente no último ano dispensou mais de 3,5 mil trabalhadores. O Sindicato ressalta, ainda, que os bancários do Santander são os que mais adoecem, e, por consequência, registram os maiores índices de demissão. O diretor de imprensa do sindicato, Marcos Tinôco, denuncia que "no RN, hoje, existem 10 funcionários do banco afastados por problemas de saúde ocupacional. Estamos vivendo um caos dentro do sistema bancário no Estado". O diretor administrativo da entidade classista, Gilberto Monteiro, explica que a paralisação desta sexta-feira (16) no Santander não tem motivação salarial. "O movimento é única e exclusivamente voltado à questão das condições de trabalho. Exigimos que o banco contrate mais funcionários para que a operacionalização seja viabilizada

de maneira minimamente decente. Os funcionários estão adoecendo com tanta cobrança. Veja bem, no ponto de vista do cliente, o bancário representa a instituição, ele é o culpado de tudo. Só que, na realidade, é o próprio banco que não permite um atendimento sequer razoável à população", argumenta. O sindicalista conta que há agências do Santander sem funcionários suficientes para cobrir todo o expediente. "Recebemos denúncias de Postos de Atendimento Bancário (PAB) sem ninguém no caixa, para atender a clientela. O banco tem 12 PABs na capital, mas apenas sete caixas trabalhando! É inadmissível que ainda se pratique esse tipo de coisa, o sindicato existe justamente para coibir essa postura nociva das instituições bancárias", exclama Monteiro. "Já havíamos feito uma reclamação formal acerca da situação há menos de um mês. Na ocasião, a diretoria do Santander se prontificou a solucio-

nar o problema, mas nada foi feito. Agora precisamos tomar uma medida drástica. O movimento não tem previsão de término. Ainda estamos aguardando um posicionamento do diretor regional do Santander para decidirmos o que será feito daqui em diante. Hoje (16) à noite teremos nova assembleia para avaliar os resultados da ação", finaliza o diretor administrativo do Seeb/RN. A assembleia ocorrida na noite de ontem no Sindicato dos Bancários chegou a emocionar alguns dos mais experientes diretores da entidade. Primeiro pelo número de participantes, nunca visto em uma assembleia específica de bancos privados. Segundo, pelo grau de emoção presente nos depoimentos dos bancários. "Nunca tinha visto algo como aquilo, as pessoas choravam contando suas histórias, algo muito triste", contou Marta Turra, coordenadorageral do Seeb/RN.


Economia

Sexta-feira

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

administracao@jornaldehoje.com.br

Henrique ajuda Júnior Teixeira a obter apoio federal para agropecuária do RN n O deputado Henrique Alves, presidente da Câmara Federal, fez questão esta semana de acompanhar pessoalmente o secretário da Agricultura do Rio Grande do Norte, Júnior Teixeira, a várias audiências em Brasília para tratar de problemas do setor rural do Estado junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, e ao relator da Medida Provisória em tramitação no Congresso Nacional que trata de ações emergenciais para a seca do Nordeste, senador Eunício Oliveira. n Aos dois ministérios foram encaminhados pleitos de recursos para a reestruturação e ampliação da rede de informações meteorológicas da Emparn (Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN), obra orçada em R$ 6,5 milhões, com a qual será possível aperfeiçoar o nível de qualidade e agilidade das previsões climáticas, dando margem a que o Estado se capacite a estabelecer o zoneamento agroclimatológico para as culturas de sequeiro nas suas diversas regiões. n Também foram reivindicados recursos para outros dois projetos: R$ 2,1 milhões para investimentos em pesquisas sobre o aproveitamento de resíduos industriais de caju, mandioca e mamão (entre outras culturas) para a produção de ração animal; e R$ 9 milhões para execução de um grande programa de melhoramento genético (via utilização de técnicas de inseminação artificial e transferência de embriões) dos rebanhos bovino, ovino e caprino do Rio Grande do Norte. n Com o senador Eunício Oliveira, o presidente da Câmara Federal e o secretário estadual da Agricultura trataram sobre os vetos apresentados pela presidente Dilma Rousseff às emendas à Medida Provisória que beneficia pequenos e médios produtores rurais quanto à renegociação das dívidas nas carteiras de crédito agrícola dos bancos oficiais. Foi feito um apelo no sentido de que o relator da MP se posicione pela derrubada dos vetos. n Júnior Teixeira regressou na manhã de hoje a Natal confiante de que os pleitos levados a Brasília serão atendidos. Prazo para declarar ITR começa na segunda-feira n Os titulares de propriedade rural já poderão entregar a Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (DITR/2013, ano-calendário 2012) a partir desta segundafeira, 19 de agosto. n O prazo prosseguirá até o dia 30 de setembro e a entrega à Receita Federal só será possível via Internet, mediante utilização do programa de transmissão "Receitanet" (disponível no site www.receita.fazenda.gov.br). n Estão obrigados a apresentar declaração as pessoas físicas ou jurídicas proprietárias de imóvel rural, titulares do domínio útil ou possuidoras a qualquer título, inclusive a usufrutuária; um dos condôminos, quando o imóvel rural pertencer simultaneamente a mais de um contribuinte, em decorrência de contrato ou decisão judicial ou em função de doação recebida em

Senac/RN oferece cerca de 4,5 mil vagas gratuitas em seus cursos profissionalizantes n O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte, empresário Marcelo Queiroz, que também preside o Conselho Regional do Senac/RN (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), anuncia que o órgão já abriu processo seletivo para preenchimento de cerca de 4.500 vagas gratuitas em vários municípios do Estado. n As oportunidades estão disponíveis por meio dos dois principais programas de democratização do ensino profissional e inclusão social com os quais o Senac atua: o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e o Programa Senac de Gratuidade (PSG). n Através do Pronatec, são disponibilizadas 4.104 vagas para cursos técnicos e de formação inicial destinados a estudantes de escolas públicas estaduais. As inscrições serão encerradas já na próxima semana (dia 23) e podem ser feitas através da internet (www.pronatec.rn.gov.br). Ao todo, são cerca de 40 opções de capacitação distribuídas nos municípios de Natal, Mossoró, Macaíba, Parnamirim, Caicó e Assu. n Entre as oportunidades de qualificação, estão cursos técnicos em Segurança do Trabalho, Logística, Estética, Recursos Humanos, Transações Imobiliárias, além dos cursos profissionalizantes nas áreas de Informática, Comunicação, Gestão de Negócios, Turismo e Hospitalidade, Imagem Pessoal, entre outros. n Os interessados em concorrer às vagas devem ser alunos regulares do ensino médio da rede estadual, podendo se inscrever apenas em capacitações que tiverem horário de aula diferente do escolar. n Já as inscrições para os cursos do Programa Senac de Gratuidade (PSG), que terão início em setembro, se encerram nesta segunda-feira (dia 19). São oferecidas 380 vagas em 13 cursos diferentes, distribuídos apenas pelos municípios em Natal, Macaíba e Mossoró. Os interessados devem se inscrever exclusivamente pelo site www.rn.senac.br/psg. n Para participar do PSG é necessário que o candidato possua renda familiar mensal (per capita) de no máximo dois salários mínimos e atenda aos requisitos exigidos pelo curso escolhido.

comum; e um dos compossuidores, quando mais de uma pessoa possuir a propriedade. n Além disso, devem entregar a DITR as pessoas ou empresas que: entre 1º. de janeiro de 2013 e a data da efetiva apresentação do documento perderam a posse do imóvel rural, pela imissão prévia do expropriante, em processo de desapropriação por necessidade ou utilidade pública, ou por interesse social, inclusive para fins de reforma agrária; têm o direito de propriedade pela transferência ou incorporação do imóvel rural ao patrimônio do expropriante, em decorrência de desapropriação por necessidade ou utilidade pública, ou por interesse social, inclusive para fins de reforma agrária; ou perderam a posse ou a propriedade do imóvel rural, em função de alienação ao Poder Público, inclusive às suas autarquias e fundações, ou às instituições de educação e de assistência social imunes do imposto. n A DITR deverá ser composta pelo Documento de Informação e Atualização Cadastral do ITR (Diac) e pelo Documento de Informação e Apuração do ITR (Diat), sendo porém dispensando o preenchimento do Diat no caso de imóvel rural imune ou isento do imposto. n Quem entregar a DITR após o prazo terá que pagar multa de 1 por cento ao mês-calendário

ou fração de atraso, calculada sobre o total do imposto devido, não sendo admitido valor inferior a R$ 50,00. Miranda promove eventos sobre TI n Começou na tarde de hoje e continua até domingo em Natal, no Praia Shopping e no Natal Norte Shopping, uma série de eventos voltados para a tecnologia da informação, abertos ao público em geral e promovidos pela rede de lojas Miranda Computação que comemora seu vigésimo sexto aniversário. n Constando de palestras técnicas, campeonato de games e concurso cosplay, os eventos são gratuitos. Dentre os mais de 20 temas de destaques no ciclo de palestras, que acontece nos três dias, estão "Fotografia Digital", "Facebook Marketing", "Games", "Segurança na Internet", "Produção de Vídeos", "Computação em Nuvem", "Novos Sistemas Operacionais como iOS 7 e Windows 8.1", "Certificação Profissional Microsoft"," Samsung Galaxy S4" etc. n As inscrições devem ser feitas no local de cada evento, a partir das 13:00 horas, e as vagas serão limitadas. Para os campeonatos de games e o concurso cosplay os inscritos deverão fazer doação de uma lata de leite em pó, a ser repassada ao NAM (Núcleo de Amparo do Menor).

Natal, 16 de agosto de 2013

O Jornal de HOJE 7

Mídias sociais são armas para divulgação do Turismo AUMENTA

PROCURA POR INFORMAÇÕES NA INTERNET Canindé Santos

CLEO LIMA CLEOLIMA86@GMAIL.COM

Por ocasião do projeto Encontro das Belas do Turismo de Natal, a capital potiguar recebeu a visita da coordenadora de mídias sociais do Ministério do Turismo, Tatiana Lobão, que apresentou, nesta quinta-feira (15), palestra com o tema 'Turismo e Mídias Sociais: as estratégias de comunicação digital do MTur'. O evento, realizado no Hotel Serhs, Via Costeira, contou com apoio da Secretaria de Estado do Turismo do Rio Grande do Norte (Setur/RN). O encontro acontece uma vez por mês e é voltado às diversas áreas da indústria turística. Participam turismólogos, hoteleiros e agentes de viagens, além dos secretários de turismo do Estado e do Município, entre outros profissionais. Em conversa com a equipe de reportagem d´O Jornal de Hoje, a palestrante Tatiana Lobão abordou diversos pontos, como o crescimento assustador e desenfreado das mídias sociais. Segundo a especialista, de 10 anos para cá, dois fatores foram determinantes para desenhar o atual panorama da interação entre o mercado turístico e as redes sociais. Em primeiro lugar, a popularização do acesso à internet (confira os dados no box informativo), e, depois, a recente queda nos preços dos smartphones. "O Brasil vem se firmando como um país conectado. A própria televisão está fazendo todo o esforço do mundo para agregar o seu conteúdo ao ambiente online. Digo mais; imagino que em um futuro bem próximo a indústria televisiva caia definitivamente para o segundo plano, funcionando quase que como um acessório das redes. Hoje já é possível ver muita gente que passa mais

Tatiana Lobão analisou em Natal a estratégia digital do Ministério do Turismo tempo na internet do que assistindo TV. Até 2015, com a implantação definitiva da tecnologia 4G e a desoneração de algumas taxas, devemos ter uma revolução mais radical nesse sentido", explicou. Tatiana enfatizou que os reflexos dessas projeções no setor turístico forçaram uma 'evolução' do turista. "Tivemos uma mudança no perfil do turista, que passou a uma espécie de 'versão 2.0'. Antigamente as pessoas chegavam às agências de viagem e pediam todas as indicações; compravam um pacote prémontado com tudo já especificado, prontinho. Hoje quem quer viajar entra nos fóruns especializados, nos guias de viagens online, compara destinos, rotas, trechos, preços. Há muita consultoria na internet, muito conteúdo colaborativo. Isso muda completamente o perfil da própria indústria turística, as agências estão sofrendo demais com esse impac-

to. Podemos dizer que o uso especializado da internet, no panorama atual, é condição para o sucesso e a continuidade das operações no setor", frisou a especialista. O simples fato de o Ministério do Turismo possuir uma coordenação específica para mídias sociais demonstra um alinhamento do órgão com as tendências mais recentes do mercado turístico. Segundo a responsável pelo setor, essa modernização nas ações foi iniciada por solicitação do atual titular da pasta, Gastão Vieira, que desde o início de sua gestão sinalizou para a importância da presença do Ministério na grande rede. A estratégia inicialmente adotada foi dividida em quatro macro etapas, o mapeamento/diagnóstico; o planejamento estratégico; a ativação e gestão dos canais; além do constante monitoramento da situação.

DADOS GERAIS - Somos 102,3 milhões de internautas brasileiros* - 87% dos brasileiros acessam internet regularmente* - ¾ dos usuários de internet fazem parte de redes sociais* - 33,3 milhões de usuários ativos no Twitter no Brasil em 2013** - 76 milhões de usuários ativos no Facebook. Este número cresceu mais de 630% desde 2011*** * Fonte: Ibope Media - julho 2013 ** Fonte: Twitter - julho 2013 *** Fonte: facebook - julho de 2013 Redes Sociais do Ministério do Turismo Twitter - 130.231 mil seguidores. Média de 790 novos seguidores por semana Facebook - Média de 480 novos fãs por semana - 137.511 fãs curtiram a nossa página

Entrevista

Instagram - 1555 posts. 3.993 seguidores - 16.126 - Utilizaram a tag #MTUR Youtube - 63 publicações. 266.856 visualizações - 1.047 compartilhamentos. - 221.278 minutos assistidos Google + / desde agosto 2012 - 255.785seguidores. - 3442 comentários. 504 (compartilhamentos) Flickr - desde junho 2012 - 1532fotos publicadas. 59.204visualizações Pinterest - desde maio 2012 - 1042 pins. 444seguidores - 786 likes. 958 repins (compartilhamentos)

Tatiana Lobão COORDENADORA DE MÍDIAS SOCIAIS DO MINISTÉRIO DE TURISMO

“Internet se tornou uma ferramenta fundamental na escolha de um destino” O Jornal de Hoje - Há quanto tempo você trabalha com mídias sociais? Tatiana Lobão - Desde 2008. Na verdade, comecei antes, com netnografia, ou seja, pesquisa etnográfica nos ambientes digitais. Depois comecei a trabalhar com blogs, campanhas eleitorais e não parei mais. JH - Qual o grau de importância das mídias sociais no desenvolvimento do setor turístico hoje em dia? TL - A internet, de forma geral, se tornou uma ferramenta fundamental na escolha de um destino. As mídias sociais são parte do cotidiano dos cidadãos e, claro, dos viajantes. Elas oferecem subsídios aos consumidores para a escolha de seus próprios roteiros turísticos, dessa forma, é imprescindível que estas informações estejam acessíveis, como meio de promover os destinos e os serviços. Essas plataformas sociais são excelentes ferramentas para a transmissão de informações e serviços de turismo aos viajantes de maneira direta, já que dia após dia cresce o número de pessoas que navegam em busca

de informações sobre as localidades. Antes de viajar buscamos informações sobre o destino e montamos os roteiros sem precisar sair de casa. JH - E a adesão do mercado é satisfatória? Podemos dizer que chegou a um nível ideal? TL - Há muito a ser feito. Recentemente o (Instituto de Pesquisas, Estudos e Capacitação em Turismo) Ipeturis divulgou pesquisa que mostrou um dado interessante. 54% das empresas do setor usam as mídias sociais para fidelizar clientes e aumentar as vendas. Entre os entrevistados houve quem considerasse o site uma mídia social, o que retrata um profundo desconhecimento sobre o tema. Quem investe e se atualiza sem dúvidas consegue destaque. JH - Já podemos dizer que ficar à margem das mídias sociais é 'assinar o atestado de óbito', empresarialmente falando? TL - Sou suspeita, mas acredito nisso sim. Até porque, você pode não estar nas redes, mas alguém certamente estará lá, falando de você ou até mesmo por você.

JH - Qual o próximo grande passo das mídias sociais? TL - Nossa... difícil prever. Mas acredito que elas estarão cada vez mais presentes em nosso cotidiano, incorporando cada vez mais instrumentos de conectividade, interação e prestação de serviços. Além, claro, da crescente massificação, garantindo cada vez mais usuários conectados. JH - Como você vê essa participação online do setor turístico especificamente aqui no RN? Deu pra observar? TL - Pelo interesse dos secretários do Estado e do município, além de outros agentes do setor, vejo que há uma boa vontade em se qualificar e investir mais no tema, e isso é um importante passo. Governos, trade e os cidadãos devem se unir em torno da promoção dos destinos. Existem iniciativas bacanas, como o #vivernatal e uma preocupação em debater sobre o tema. É preciso investir. Com o setor unido, fica mais fácil trabalhar e construir essa presença digital. Espero que em próximas oportunidades já tenhamos mais experiências pra analisar.


8 O Jornal de HOJE

Natal, 16 de agosto de 2013

Cidade

Sexta-feira

'Escravidão contemporânea' é debatida durante VI Congresso Internacional de Direito do Trabalho DADOS MOSTRAM QUE CERCA DE 20 MILHÕES DE PESSOAS PODEM ESTAR SUBMETIDAS À ESCRAVIDÃO TRABALHISTA NO MUNDO Questões ligadas ao trabalho serão debatidas durante o VI Congresso Internacional de Direito do Trabalho, iniciado na noite desta quinta-feira (15) e que seguirá até este sábado (17). Resultados de ações já realizadas também serão apresentadas no evento que está sendo realizado no Ocean Palace Hotel. Na manhã de hoje, o ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Cláudio Mascarenhas Brandão, proferiu uma conferência com o tema 'A jurisprudência nacional sobre o trabalho escravo contemporâneo e as perspectivas acerca da PEC do trabalho escravo'. De acordo com ele, a importância do evento se dá em discutir os temas não só com a classe atuante no meio, mas também com a sociedade civil. A conscientização da população é uma arma importante de inibição dos crimes praticados contra os trabalhadores. Cláudio Brandão revelou que a delação pública é de extrema importância para dar início à investigação dos órgãos competentes. Segundo ele, as pessoas pensam que

Canindé Santos

Evento que prossegue até este sábado contou com a presença do ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Cláudio Brandão crimes de trabalho escravo acontecem mais nas zonas rurais. No entanto até mesmo uma trabalhadora doméstica pode passar por esse comportamento cruel na cidade mais populosa do mundo.

O ministro também revelou que a atuação de criminosos acontece de forma generalizada em todas as regiões da Federação. Entretanto, o perfil de cada uma é diferente. "O trabalho escravo é mais comum nas

> LANÇAMENTO

regiões Norte, Nordeste e Sul, mas ele acontece de uma forma geral em todo o país", disse. O ministro ressalta que o Brasil está fazendo avanços no combate, com políticas públicas de pre-

venção e repressão. Entretanto ainda há muito a ser investigado e coibido. "Esta questão é uma praga global. Não existe só aqui, mas em todo o mundo", afirma. Segundo Cláudio Brandão, a incidência desse tipo de crime se deve devido ao retorno financeiro que o acompanha. Por isso, acaba se tornando muito rentável ter essa mão de obra mais barata. Corroborando com a opinião dele, a juíza do trabalho, Maria Rita Manzarra, exemplificou com uma recente descoberta de bolivianos trabalhando em confecções para a marca Zara, na qual cada produto custava em média R$ 2 na produção e o resultado final era vendido pelo valor de R$ 140. Ela ainda levantou a preocupação de essas empresas ligadas ao setor de confecções estarem migrando para o RN. A juíza ainda disse que em todo o mundo, cerca de 20 milhões de pessoas podem estar submetidas à escravidão trabalhista. No ano de 2012, cerca de 3 mil pessoas foram resgatadas dessa situação de risco durante 147 operações. Entre os resgatados, a maioria eram homens,

com faixa etária entre 18 e 44 anos, pois estes tem mais vigor físico para algumas formas de trabalho. Ainda foi contabilizado que 85% das vítimas eram analfabetas ou tinham escolaridade incompleta. No Rio Grande do Norte, algumas empresas do setor de fruticultura são suspeitas de trabalho escravo. A fiscalização, que ainda está em andamento, investiga três negócios do setor. No Estado, os dados quantitativos ainda não foram fechados, mas o que já se pode adiantar é que o número de denúncias aumentou nos últimos anos. Pelo interior potiguar outros casos foram constatados, como em uma carvoaria de João Câmara, com péssimas condições para os trabalhadores, onde o alimento era depositado em uma lona e os funcionários serviam-se no local. Rita Manzarra revela que essas pessoas são mais suscetíveis à manipulação dos contratantes, devido à baixa escolaridade. "Eles bebem águam onde os bichos também bebem. Em algumas vezes essas pessoas são tratadas como bichos, se não pior", completou.

> VIDA EM CONDOMÍNIO

Projeto Paralapraca atenderá III ExpoCondominial discute mais de 5 mil crianças em Natal soluções para questões comuns Visando atuar na formação e aprimoramento tanto de gestores, como também dos professores de escolas infantis, o Instituto C&A, e a Avante Educação e Mobilização Social, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Natal, lançaram o projeto Paralapraca. O lançamento foi realizado na manhã de hoje, no Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves (Cemure). O projeto está entrando no segundo ciclo, que durará 30 meses. Na primeira etapa, as cidades contempladas foram Campina Grande (PB), Caucacia (CE), Feira de Santana (BA), Jaboatão dos Guararapes (PE), e Teresina (PI). Encerrado em 2012, algumas questões foram aprimoradas e postas em prática já nesta segunda edição, que irá acontecer no período entre 2013 e 2015. "Com os resultados do primeiro ciclo, pretendemos levar esta edição para outro estágio", disse o diretor executivo do Instituto C&A, Paulo Castro. Na rede de ensino natalense, 30 Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) serão contemplados. Localizados nas quatro zonas da cidade, o projeto deverá atender a cerca de 360 docentes e 5.365 crianças. Os professores devem passar por treinamento, cursos e experiências durante dois anos e meio. Além do material didático, equipamentos para serem usados em sala de aula também serão disponibilizados pelo programa. O Instituto C&A entrou no projeto com o investimento financeiro, como também, cooperando com a elaboração do mesmo junto à Avan-

Wellington Rocha

Projeto lançado na manhã de hoje, no Cemure, irá contemplar 30 Cmeis da capital te. Uma das atividades já executadas foi a visita dos gestores de cada município participante à província de Reggio Emilia, na Itália, para o acompanhamento das atividades naquele lugar. A visita aconteceu entre os meses de maio e junho e foi direcionada para os secretários analisarem a forma como o trabalho é realizado. Paulo Castro diz que não acredita em modelo, mas em iniciativas que podem ser adaptadas a cada realidade. Durante esta oportunidade, os administradores dialogaram trocando experiências de atuações. A seleção das cidades aconteceu através de editais públicos. Os escolhidos eram avaliados de acordo com a prioridade que educação infantil tinha com o executivo local. Outro fator relevante para a escolha foi o compromisso de que este trabalho se torne um processo duradouro. "A nossa visão é que a criança se desenvolva. Para isso, fazemos pesquisas. Mas quem está lá, diretamente com ela, é o professor. Por isso, trabalhamos com a valorização deles, o reco-

nhecimento do seu valor", completou Paulo Castro. De acordo com a coordenadora da Avante, Mônica Samia, parceira técnica e desenvolvedora do projeto, questões de ordem nacional foram estudadas para formatar a proposta. Mas o programa no impacto com cada realidade será adaptado a cada região. "O projeto não vem aqui para ser mais um. Ele vai ser integrado à rotina da escola", disse revelando que o trabalho será complementar. Carlos Eduardo revela a importância da parceria com o Instituto. "É uma parceria importante, pois a educação é uma prioridade e precisar ser valorizada", disse o prefeito. Os gestores de escolas também revelam estar na expectativa do início das ações locais. "Espero que o projeto venha atender na capacitação dos professores. Nós já demos uma olhada no material e é um conteúdo rico. Os pais também estão com grande expectativa", disse Ariadna de Carvalho Barbosa, diretora do Cmei Irmã Dulce, no bairro de Felipe Camarão.

Divulgação

Funcionando como uma ferramenta de marketing para encontrar soluções para o dia a dia das pessoas que moram e trabalham em condomínios, teve início, nesta quintafeira (15), a III ExpoCondominial. A feira, que está sendo realizada no Centro de Convenções de Natal, prossegue até amanhã (17). O evento foi aberto pela diretora da Verbo Comunicação & Eventos e promotora da ExpoCondominial, Sylvia Serejo. "Durante a feira, as empresas do ramo podem oferecer soluções para os problemas que acontecem nos condomínios. Então, a Expocondominial vem para agir como um catalizador", afirma Sylvia Serejo. Neste ano está acontecendo ainda, o III Workshop sobre Gestão de Condomínios, que reúne várias instituições e empresas do setor, síndicos e interessados no assunto. Além do workshop, a feira conta com cerca de 50 estandes. Na palestra de abertura, o professor, articulista e advogado especializado em Direito Condominial, Orandyr Luz, falou sobre o tema 'Situações de inadimplência em condomínios'. Orandyr alertou para o fato da alta inadimplência de condôminos em Natal. "Aqui não há índices oficiais, mas imagina-se que seja em torno de 15%, o que é alto, ainda mais se o condomínio tiver poucos condôminos", informou. Na ocasião, estiveram presentes o presidente do Sindicato das Empresas Corretoras de Seguros, de Previdência, de Capitalização e

Problemas como inadimplência são debatidos em evento no Centro de Convenções de Resseguros (Sinec), Romer Torres; o presidente do Sindicato Patronal dos Condomínios Residenciais, Comerciais, Mistos e Administradoras de Condomínios (Sipcern), Ismael Benévolo Xavier; o diretor-presidente da Potigás, Fernando Dinoá; a diretora administrativo-financeira do Senac, Elza Izac; o superintendente do CreaRN, Claudionaldo Câmara; o diretor da Conectrom e presidente do Sindicato da Indústria de Instalação, Manuntenção de Redes, Equipamentos e Sistemas de Telecomunicações (Sindimest), Alberto Serejo; além de síndicos e visitantes da feira. O evento tem o patrocínio da Potigás/RN, Crea/RN, Fecomercio/Senac e Conectrom, e contra com o apoio do Hotel Praiamar, da Revista Condomínio, Sipcern, SINECRN e do AAST.

EDUCAÇÃO Uma turma com 25 alunos do curso de porteiro e vigia do Senac visitou a feira. Para o instrutor, Alexandre Medeiros, esta é uma forma dos alunos agregarem informações e aprendizado ao curso. Também é assim que pensa Leandro Matias da Silva, 24 anos, que ficou surpreso com diversos equipamentos que não sabia que existiam em condomínios. "Estou gostando bastante da feira porque se eu for trabalhar em um condomínio precisarei conhecer alguns produtos e serviços que estão aqui", definiu. Durante a feira também foi lançado o livro 'A, B, C, e D do Síndico e do Morador em Condomínio', de Francisco Monteiro, fundador da empresa Moradasul. A empresa atua na área de vendas, locação, administração de imóveis e condomínios e fundador da Revista Infosíndico.

CMYK


Cidade

Sexta-feira

Natal, 16 de agosto de 2013

O Jornal de HOJE 9

PRESERVAÇÃO LIVRA NATAL DOS ATAQUES DE

TUBARÕES WAGNER GUERRA EDITOR

Tubarão! Ao ouvir esse grito, qualquer banhista provavelmente despertará em si o instinto mais primitivo dos seres vivos, o da sobrevivência. Não há como não sentir medo nessa hora, basta imaginar a 'terrível fera' de dentes dilacerantes e mordida cinco vezes mais forte que a de um leão ou de um crocodilo nos rondando em mar aberto, igualzinho as cenas do clássico de Spielberg. Mas é preciso perguntar: o que nos causa tanto espanto: o tubarão em si ou a imagem que produzimos dele? Especialistas admitem que esses animais estão por todo o litoral do RN, porém, não percebem isso com preocupação; Afinal, se faltam registros de ataques na nossa costa, sobram lendas urbanas. Diferente de Recife, onde o comportamento desses animais foi alterado por causa da degradação dos ecossistemas costeiros e outras alterações ambientais na região, nas praias de Natal os ataques aos banhistas não são comuns. Tanto na capital, quanto em Maracajaú, onde já teve a oportunidade de conhecer, o mergulhador e documentarista, Lawrence Wahba, lembra a'O JORNAL DE HOJE de pouquíssimos incidentes ocorridos entre tubarões e pescadores potiguares, no momento da retirada dos anzóis. "Foram com tubarões-lixa, que são espécies consideradas pacíficas ao homem e suas lesões não causam ferimentos graves. Agora, eles usam seus mecanismos de defesa como qualquer outro animal que está sendo ameaçado", frisou. Para ele, ataques a seres humanos são episódios raros. Das quase 400 espécies de tubarão no planeta, menos de 10% são consideradas potencialmente agressivas ao homem. E esse percentual é responsável por 80 ataques em média por ano - número ínfimo se considerarmos o numero de pessoas nos mares de todo o mundo. "A costa do RN é rica em alimentos para esses peixes. Além do mais, aqui não há interferências que pudessem causar danos ambientais, como a mudança na salinidade, que pode atraílos para a costa".

A NATUREZA É A SENHORA DO SEU DESTINO, NÃO OS HUMANOS Estudos dizem que 73 milhões de tubarões são mortos por ano por causa de suas barbatanas - com a ascensão de uma nova elite na China. Nos grandes banquetes ou em reuniões de negócios, servir a "iguaria" é considerado sinal de prestígio. "Eles são mortos todos os dias para alimentar nossos caprichos. É só abrir o cardápio para conferir as suculentas sopas de barbatanas, filé de cação, entre outros pratos que resultam no extermínio de milhares de tubarões no mundo inteiro". Com essa observação, o mergulhador e diretor da Natal Divers, Flávio Marcato, define a captura e matança dos tubarões como um crime sem precedentes contra a natureza. Segundo ele, em primeiro lugar, deveria haver respeito ao meio ambiente, à preservação das espécies e equilíbrio ambiental, pois a retirada ou diminuição populacional de algumas espécies em ecossistema tão complexo como o marinho, pode provocar desequilíbrios irreversíveis, levando a extinção de algumas espécies e a proliferação de outras. "Hoje, é verdade que assassinamos milhares de tubarões para levarmos uma mordida".

Fotos: Arquivo Pessoal

Marcato destaca o Aquário de Natal como ponto de encontro entre turistas e tubarões Por outro lado, um bom exemplo de que nem tudo são barbatanas quando o assunto é lucrar com esses cartilaginosos, sem agredir o ecossistema, pode ser conferido no Aquário de Natal, localizado na praia da Redinha, na zona Norte. Lá, dezenas de turistas podem observar e até mergulhar com exemplares antes só visto no fundo do mar, como tubarões-lixa,

raias, tartarugas marinhas e outros peixes. "Entendo que animais em aquário tem uma importância maior do que lucros e faturamentos. Acredito muito que alguns indivíduos sejam sacrificados em viver dentro de um aquário longe da liberdade do seu habitat natural, por um bem maior que é a educação ambiental", explica Marcato.

Tubarões não podem ser educados, as pessoas sim A prevenção de um ataque de tubarão em áreas consideradas de elevado risco depende em primeiro lugar do cumprimento de medidas de precaução por parte do banhista, as quais podem diminuir bastante a sua exposição ao risco de ataques. No caso de Recife, essas regras encontram-se amplamente divulgadas pela mídia, pelas sinalizações na orla, pela informação prestada por banhistas e guarda-vidas, e compreendem, por exemplo, evitar o banho de mar durante o período de maré cheia e ao amanhecer ou entardecer, em trechos de mar aberto, entre outras. De acordo com Fábio Hazin, é im-

portante ressaltar que o risco de afogamento é bem mais elevado do que o risco de sofrer um ataque de tubarão, pelo que as iniciativas que visem prevenir afogamentos deverão ser prioritárias e suficientes para minimizar qualquer risco de ataque, não obstante esse risco se encontrar sempre presente. O conhecimento sobre repelentes de tubarão ainda é extremamente vago e incerto, pelo que não existe ainda nenhuma solução real e comercial que garanta a repulsa de tubarões de determinada área, apesar da existência de inúmeras pesquisas dedicadas a esse objetivo, através de substâncias químicas e eletrolíticas, entre outras.

Lawrence Wahba desmistifica a “fera do mar”

Descalabro ambiental gera tragédia em Recife Apesar de a sociedade brasileira ainda estar chocada com o caso da jovem Bruna Silva Gobbi, 18 anos, após ser atacada fatalmente por um tubarão, no último dia 22, na praia de Boa Viagem, Zona Sul do Recife, Wahba acredita que o fato precisa ser dimensionado pela mídia. "Neste ano, apenas duas pessoas morreram por ataques de tubarão em Recife, mas 110 perderam a vida afogadas em Pernambuco. Por que os afogamentos não ocupam as páginas de jornal?", criticou o mergulhador. O ex-presidente do Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit), Fábio Hazin, também não inclui Natal na rota de ataques. Aliás, com exceção de Recife, ele não condena qualquer outra praia no litoral brasileiro, como local de risco. Segundo Hazin, os ataques são reflexos de anos de interferência humana na costa local, alterando a área de mangue, cavando canais para o porto de Suape, montando quebra mares para evitar a elevação do nível do mar, entre outras alterações consideradas inevitáveis para o desenvolvimento sócio-econômico da cidade. Uma das soluções, destacou, seria a remoção dos tubarões de áreas muito próximas à praia, com a subsequente marcação e soltura. "Isso também pode ser uma ferramenta eficaz na redução de riscos de ataques, com reduzido impacto ambiental e consideráveis ganhos de conhecimento sobre a ecologia desses animais".

PRINCIPAIS ESPÉCIES AMEAÇADORAS ENCONTRADAS NO LITORAL NORDESTINO TUBARÃO-TIGRE O que torna estes tubarões particularmente perigosos para banhistas e mergulhadores é a combinação de seu grande tamanho, estilo de caça (perto da costa e da superfície), curiosidade natural e apetite indiscriminado; os tubarões-tigre comem praticamente qualquer coisa que flutue. TUBARÃO-CABEÇA-CHATA Estes predadores agressivos preferem águas rasas e quentes perto da costa - exatamente onde as pessoas gostam de nadar. São encontrados em todo o mundo e podem até tolerar água doce; tubarões-cabeças-chatas já foram encontrados até em

rios de Illinois, em Massachusetts. Quando atacam uma presa, estes tubarões usam a técnica de "trombar-e-morder", ou seja, eles batem contra a vítima para "provar" seu gosto e então a destroçam. TUBARÃO-GALHA PRETA É um tubarão grande com um longo focinho pontudo e possuem nadadeiras peitorais com mancha negra nas pontas. Os dentes são estreitos e fortemente serrilhados.Podem crescer até 2,55 m. Um exemplar de 2 metros pesa mais ou menos 70 quilos. Habita águas continentais, tropicais e temperadas. Muitos casos de ataques a pessoas têm sido atruibuídos a esses animais.


10 O Jornal de HOJE

Natal, 16 de agosto de 2013

Cidade

Sexta-feira

Rio Grande do Norte ultrapassa marca de mil mortos em menos de oito meses NÚMERO FOI ATINGIDO DURANTE ESTA MADRUGADA. A ESTIMATIVA É QUE 2013 TERMINE COM 1560 EXECUÇÕES NO RN Wellington Rocha

O Câmera

ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Hoje, o Rio Grande do Norte completou a macabra marca de mil homicídios registrados desde janeiro, conforme dados do Conselho Estadual de Direitos Humanos (CEDH/RN). O número representa um aumento de 5% em relação ao total das mortes violentas ocorridas no ano passado, quando 952 pessoas foram assassinadas no Estado. A estimativa é que, mantendo-se a média de 130 mortos por mês, o RN termine 2013 cm 1.560 assassinatos. Somente na Capital, foram 356 mortes no mesmo período, ou 80,18% do total de casos contabilizados em 2012, quando ocorreram 444 execuções. Para o presidente do CEDH/RN, Marcos Dionísio, a situação mostra que o Estado vem enfrentando uma total fragilização dos órgãos ligados à área da Segurança Pública, sobretudo das polícias Civil e Militar, que também passaram a ser alvos dos bandidos. Uma prova disso foi o incêndio, criminoso, de uma viatura policial que estava estacionada em frente ao prédio do Destacamento da PM no município de Afonso Bezerra, no Oeste potiguar, na madrugada de ontem. Marcos também citou a questão da pequena presença ostensiva dos militares nas ruas das cidades como um dos fatores que têm servido de incentivo para que os bandidos cometam seus atos violentos sem qualquer tipo de receio de serem pegos e punidos. "Quando ando nas ruas, raramente vejo policiais. Eles podem até passar, mas como não têm como ficar parados em um local só, os bandidos acabam aproveitando os intervalos entre uma passada e outra para agir", disse. A precariedade das estruturas físicas e de recursos humanos nas polícias, sobretudo na Civil, que está em greve há 11 dias reivindicando melhores condições de trabalho, também são fatores importantes para o aumento da violência. A situação das delegacias é tão grave que, conforme denúncia do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública no Estado (Sinpol/RN), muitas unidades estão praticamente caindo aos pedaços, com equipes bem reduzidas. Sem contar que há municípios onde não há representação da polícia judiciária ou ainda nos casos de delegados que respondem por até dez cidades de uma vez, o que causa sobrecarga física e emocional nos profissionais. Segundo o presidente do Sinpol/RN, Djair Oli-

Natal é a cidade com mais execuções no Estado, já são 356 mortes. Mossoró, já contabiliza 120 homicídios. Para Marcos Dionísio, dos Direitos Humanos, os números mostra a fragilização dos órgãos de segurança veira, isso causa um grande número de inquéritos policiais não solucionados, já que há apenas 1.482 policiais civis para atender a todo o Estado, sendo somente 163 delegados. "De todos os inquéritos policiais, apenas 5% são solucionados porque não temos as mínimas condições de fazermos os nossos trabalhos nas atuais condições que o Governo dá à Polícia Civil, que vive sucateada e com déficit de profissionais. E isso tem gerado um aumento descontrolado da violência e da sensação de impunidade nos bandidos, que sabem que não serão punidos porque a polícia não tem condições de trabalhar como se deve", afirmou Djair. Para Marcos Dionísio, o quadro é preocupante também em razão do não equacionamento da gestão da segurança no tocante ao número de servidores necessários para recompor as polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e o Instituto Técnico Cientifico de Polícia (Itep). "No caso da Polícia Civil, existe em torno de 300 profissionais, entre delegados, agentes e escrivães, formados desde novembro de 2010 que ainda não foram convocados pelo Governo. Em relação à PM, um imbróglio jurídico ainda não foi resolvido, impedindo que os remanescentes do último concurso, sejam convocados para cursarem a Academia de Polícia Militar", explicou. GRANDE NATAL CONTABILIZAM 594 EXECUÇÕES Com o maior número de homicídios do Estado, Natal já regis-

trou 356 homicídios até a madrugada de hoje e, segundo Marcos Dionísio, a situação é mais crítica nos bairros das zonas Norte e Oeste, as mais pobres e esquecidas pelo poder público. É nessas áreas onde há o maior índice de violência, com notícias quase diárias sobre execuções e outros tipos de crime. O bairro de Nossa Senhora da Apresentação é o que possui maior número de homicídios nestes oito meses, 52 casos, já supe-

rando o total ocorrido no ano passado, que foi 45. "Além dele, nos preocupa também os bairros de Felipe Camarão, que teve 36 mortes, número igual ao total de 2012; Planalto, com 25; Potengi, com 21; Dix-Sept Rosado, com 11 e Cidade da Esperança, com 12. Todos já superaram ou igualaram as marcas de 2012, mas Lagoa Azul, Redinha, Cidade Nova, Quintas, Pajuçara, Bom Pastor e Mãe Luíza aproximam-se rapidamente

dos números de 2012", explicou Marcos. Quando juntamos Natal aos demais municípios da Região Metropolitana, temos quase 600 assassinatos. Conforme os dados do CEDH/RN, o município de Parnamirim já contabiliza 71 homicídios até hoje; em terceiro lugar vem Macaíba, com 64 mortes, já incluindo a do ex-presidiário José Jefferson da Silva, morto ontem em uma emboscada; São Gonçalo do Amaran-

te tem 34 execuções; Ceará-Mirim, 30; São José do Mipibu, 22 e Nísia Floresta, 17 crimes cometidos. Fora da Região Metropolitana, a situação de Mossoró, segundo município mais importante do Estado, também é preocupante. Com a marca de 120 homicídios ocorridos até ontem à tarde, a parcial de 2013 já se aproxima do total registrado em todo o ano passado, quando 143 pessoas foram assassinadas.

Drogas estão presentes em maioria dos crimes A chegada das drogas, em especial o crack, nas cidades do Rio Grande do Norte é um dos principais fatores apontados pelos especialistas como o causador do aumento desenfreado da violência nos municípios potiguares. Uma prova é o grande número de jovens mortos por envolvimento com o tráfico, como no caso do garçom Daniel Silva de França, morto com vários tiros ontem à noite no bairro de Mãe Luíza ou ainda de Romário Rodolfo Felipe da Silva, de 19 anos, executado com vários tiros ontem em Mossoró. O perfil dos criminosos também está mudando e é cada vez maior a presença de adolescentes em crimes como homicídios, tráfico de drogas e assaltos a mão armada. Segundo o juiz da Vara da Infância e Juventude de Natal, Homero Lechner, que revelou recentemente ter sido obrigado a libe-

rar adolescentes apreendidos por falta de vagas nas unidades de medida socioeducativas no Estado, a entrada de drogas cada vez mais pesadas e com maior poder viciante na sociedade reforçou essa transformação. Antes, os adolescentes estavam envolvidos em crimes de menor poder ofensivo, como furtos simples, brigas com lesões corporais leves e tráfico de maconha, essencialmente. "Hoje, principalmente depois do crack, o perfil dos atos infracionais está mais agressivo e destrutivo. Um estudo preliminar feito pelas Varas da Infância e Juventude revelou que cerca de 60% dos homicídios e latrocínios (roubo seguido de morte), por exemplo, ocorrem com a participação de jovens com menos de 21 anos. E também nos assaltos a ônibus, que chegam a 40% de participação", explicou o magistrado.

Além disso, Marcos Dionísio chamou a atenção também para os crimes relacionados a assaltos, arrombamentos, invasões a residências e estabelecimentos comerciais e o furto e roubo de veículos. Para ele, o alto índice desses tipos de ocorrências está transformando a rotina das pessoas e modificando a qualidade de vida de todos, já que a população foi obrigada a alterar seu comportamento, para evitar ser vítima dos criminosos. Ele acredita que, para reverter esse quadro negativo, é preciso investir em Segurança Pública e integrar as polícias Militar, Civil; o Ministério Público e o Judiciário, para uma atuação mais contundente e fortalecida contra a criminalidade. "É preciso retomar um mínimo de governança urgentemente ou nos transformaremos numa Maceió , Salvador ou Vitó-

ria antes do ano findar. A elucidação do sequestro de uma mulher desaparecida na Zona Norte e também a prisão de um ex-policial militar e seu comparsa evidenciam que a impunidade está criando serial killers no Estado", desabafou. RN NO TOPO DO CRESCIMENTO DE HOMICÍDIOS Em junho passado, o Ministério da Saúde divulgou a relação dos estados com o maior índice de crescimento no número de assassinatos nos últimos anos e o Rio Grande do Norte foi o primeiro, com um aumento de 27,9% entre os anos de 2010 e 2011. O percentual indicou o registro de 1.042 homicídios. No entanto, o secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), Aldair da Rocha, disse, na época, que o percentual real era de apenas 10%.

> GREVE CONTINUA

Policiais civis fazem mobilização em Mossoró Em greve, os servidores da Polícia Civil e do Instituto Técnico Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (Itep) concentraram as ações de mobilização de hoje no município de Mossoró. Lá, eles promoveram atos públicos onde explicaram à população os motivos pelos quais iniciaram as paralisações e a situação de precariedade

das estruturas físicas das delegacias e demais dependências policiais no Estado. Enquanto os servidores do Itep lutam há mais de quatro anos pela aprovação do Estatuto e da Lei Orgânica da categoria, os agentes e escrivães da Polícia Civil reivindicam melhorias nas condições de trabalho, convocação dos aprova-

dos no último concurso público, para aumento do efetivo, que hoje é de apenas 1.482 policiais para atender a todo o Estado e a retirada total de presos, entre outros. Conforme o Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Estado (Sinpol/RN), praticamente todas as delegacias do interior estão fechadas

e somente as unidades regionais, nos municípios de Mossoró, Caicó, Pau dos Ferros e outros, estão abertas. Já na Capital, as duas delegacias de plantão, situadas nas zonas Norte e Sul, funcionam 24 horas, para atender a demanda existente. Para a diretoria do sindicato, a adesão maciça dos servidores em todo o Estado demonstra o grau de

descontentamento da categoria com relação à falta de diálogo e de entendimento com o Governo do Estado, que até o momento não se manifestou sobre a greve. O silêncio do Executivo também é visto como descaso da gestão estadual para a atual situação de precariedade da Polícia Civil e das péssimas condições de trabalho dos servidores.

Ontem, os agentes e escrivães e servidores do Itep foram à Assembleia Legislativa, onde receberam apoio dos deputados, que falaram sobre os problemas das categorias em Sessão, além de se comprometerem a formar uma comissão parlamentar para intermediar as negociações com o Governo do Estado.


Cidade

Sexta-feira

Natal, 16 de agosto de 2013

O Jornal de HOJE 11

Alex Medeiros TACIANA CHIQUETTI – tacychiquetti@hotmail.com – (INTERINA)

alex.medeiros1959@uol.com.br

JUSTIFICATIVAS O vereador Júlio Protásio (PSB) manda avisar que "deixou a liderança do governo para lutar pela reabertura do posto do Jiqui e pela manutenção do Proeduc". Somente por esses motivos e nada mais. PROTAGONISTAS As nordestinas e as sulistas são as que mais empreendem no Brasil, de acordo com dados da última pesquisa Global Entrepreneurship Research Association (GEM 2012), que é realizada em 69 países, e que, no Brasil, tem a parceria do Sebrae. O Nordeste e Sul concentram as maiores proporções de empreendedorismo feminino - 51,8%. DESTINOS EXÓTICOS Pacotes para destinos exóticos estão rendendo bons resultados para o empresário Abdon Gosson. Ele comemora mais uma vitória de sua agência, a Arituba Turismo: campeã de vendas de destinos na região da Emirates Airline, principal companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos. TRIBUTO A RAUL SEIXAS Os fãs do eterno Raul Seixas poderão matar a saudade do ídolo no 24º Maluquez Revisitada, tributo a Raul Seixas, que acontece neste sábado (17), às

A tapioca vira A lei da ação e reação – ou da causa e efeito – é clara e simples, mas há quem a ignore. Esta "legislação universal" se manifesta de diversas maneiras, em toda a parte. Há sempre retorno a partir de nossos comportamentos – boas recompensas ou amargos resultados. Mas há quem, na pretensão de estar no controle, age como se as consequências não existissem. Sim, a vida dá voltas. E nos mostra isso em todo momento. Nem precisa ser um bom observador. Mas há quem ignore o fato de vivermos ciclos. Ciclos envolvem relações diversas, ações e esperas. Quando estamos na melhor fase há uma tendência em nos esquecermos dos esforços empregados, dos colaboradores envolvidos e das esperas acalentadas. Passamos a viver como se as consequências não existissem, embriagados pela adrenalina da "crista da onda". Daí, a tendência é temer a perda desta posição, mesmo que nos lugares mais íntimos da alma, sem que ninguém esteja olhando.

O medo da mudança – e também das perdas que toda mudança implica – provoca comportamentos de presunção e soberba, revestidos de uma falsa sensação de "estar no controle". A sensação de "dominar" a vida, apesar de ser totalmente um equívoco, pode até causar uma sensação de bem-estar no início, mas, em seguida, revela sua fragilidade, porque não é real! As leis universais não funcionam como no Brasil. Elas realmente têm efeito, na teoria e na prática. A vida é dinâmica e o mundo realmente gira. Por isso, a mudança deve ser vista como um processo natural e inadiável. De nada adianta temê-la, ela virá, assim como as consequências. Basta, talvez, que sejamos capazes de lidar com ela: há momentos para agir, há momentos para esperar, há momentos para pedir, há momentos para receber, há momentos para oferecer e há momentos para trocar. Tudo é uma questão de sentir a vida, de sentir o momento de virar a tapioca.

15h, na Estação Cultural, em Ceará-Mirim. A homenagem ocorre sempre neste mês em referência à data de falecimento do cantor, em 21 de agosto de 1989. Informações: 9130-4170. ENCONTROS A união entre composições eruditas e música popular dará o tom neste domingo (18), às 18h, na Escola de Filosofia Nova Acrópole, em Petrópolis. O recital "Encontros" será conduzido por Sabrina Fernandes e convidados. RETRATOS DA ÁGUA A 1ª edição do Prêmio Caern de Fotografia, com o tema "Retratos da Água", vai premiar os melhores trabalhos fotográficos relacionados à preservação dos recursos hídricos e o uso racional da água. As inscrições vão até o dia 10 de setembro. SEM FRONTEIRAS Estudantes de psicologia, que viveram uma experiência no projeto Ciência Sem Fronteiras, nos EUA e Espanha, farão uma palestra sobre o assunto, nesta segunda-feira (19), às 19h, no UNI-RN. O evento, promovido pelo Conselho Regional de Psicologia, faz parte da programação da XII Semana Norte-Riograndense de Psicologia. Wellington Rocha

Em foco A governadora Rosalba Ciarlini (DEM) não sai de pauta. Nem na Câmara de Natal, onde o foco, teoricamente, seriam as ações do prefeito Carlos Eduardo (PDT). Diversos vereadores usaram a palavra, nesta semana, para criticar situações do âmbito estadual, como as greves e a segurança pública.

Danilo Sá jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br

SOBRE AS GREVES

QUEREM FICAR EM CASA

José Aldenir

O vereador Dickson Nasser Júnior (PSDB) ainda não desistiu de aprovar projeto de lei que institui sessões plenárias nas manhãs de sexta-feira, na Câmara Municipal. O parlamentar acredita que os vereadores precisam deste horário para votar os projetos discutidos na Casa. Mas, a proposta do tucano está sofrendo forte rejeição de alguns antigos membros do legislativo, acostumados a tranquilidade dos trabalhos de terça a quinta.

BOA ALTERNATIVA

Na ampla maioria dos movimentos grevistas, pelo menos desde o reinício da democracia brasileira, o alvo principal sempre acaba sendo mesmo a população. Os governantes, "causadores" deste tipo de protesto quase sempre passam incólumes e, se brincar, ainda conseguem dividendos eleitorais com os mesmos. Em relação aos professores, por exemplo, não há prejuízo maior do que o sofrido pelos estudantes. Aliás, um dano que fica para toda a vida. Os dias de aulas perdidas é praticamente irrecuperável, não pelo fato de não serem repostas, mas porque dificilmente a qualidade do ensino será a mesma. No setor da saúde pública, o problema é ainda pior. O que dizer as pessoas que, já acostumadas a esperar horas por atendimento, vão passar ainda mais tempo aguardando por um simples contato com algum médico? E se estas sofrerem alguma sequela, quem pagará pelo problema? Já a segurança pública passa por uma situação quase vexaminosa. Hoje, quem for assaltado nas ruas inseguras de Natal precisarão de muita paciência para fazer um simples boletim de ocorrência. Na sala improvisada no Quartel da Polícia Militar, fichas estão sendo distribuídas para o dia seguinte. São apenas alguns dos vários casos onde as greves atingem em cheio a toda a sociedade, deixando a classe política de lado, observando de camarote a um confronto que em nada ajuda a população. O mesmo acontece quando os motoristas de ônibus decidem parar, ou os bancários, ou até mesmo os servidores da limpeza pública. É preciso redefinir as formas de se protestar. Uma categoria insatisfeita não pode se voltar contra a sociedade, mas encontrar formas de fazer sua reclamação chegar aonde realmente precisa. Que decidam ocupar as sedes do Executivo, como habilmente fizeram os permissionários do transporte alternativo em Natal, ou que acampem em frente aos legislativos. Mas, o povo, é que não merece pagar pelo erro dos governos e pela insatisfação da classe trabalhadora.

Caso aprovasse o projeto de Dickson, a Câmara daria mais uma resposta aos protestos realizados pela população em junho passado. Além de que a sessão da sextafeira não traria nenhum aumento de custo, já que a Casa possui expediente neste horário. Isso para não falar na contribuição que daria para o melhor andamento do trabalho, tão travado por discussões inúteis.

MAIS DERROTAS

Por falar na Câmara, o prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) viu mais dois vetos serem derrotados no plenário do legislativo na tarde de ontem. Já são seis os projetos aprovados pelos vereadores contra a vontade do pedetista. Como este colunista adiantou ontem, caso demore mais tempo para escolher seu novo líder, Carlos deve sofrer novas derrotas para os parlamentares.

DESGASTE CRESCENTE

A quantidade de votações em que os vereadores foram de encontro a vontade do prefeito só comprovam a falta de articulação do Executivo junto ao Legislativo. No primeiro semestre foram vários os momentos de insatisfação dos vereadores com o prefeito, que veio à tona no episódio da prestação de contas dos 200 dias, quando nenhum deles foi convidado. Neste período, quem evitou desgaste maior foi o ex-líder Júlio Protásio.

Gira Mundo Divulgação

Por esta os petistas não esperavam. Os contratos das empresas envolvidas no suposto cartel de trens e metrô em diversos estados brasileiros vão muito além daqueles firmados com as estatais estaduais. Ao todo, as entidades suspeitas de fraude em licitações receberam R$ 1,2 bilhão diretamente do governo federal entre 2004 e 2013. A Siemens, que denunciou o esquema de corrupção, é a campeã de recebimentos da União. A empresa embolsou R$ 454,2 milhões em prestação de serviços, fornecimento de materiais de consumo e obras para órgãos públicos. Neste ano, por exemplo, os valores já chegam a R$ 12,5 milhões. A informação é do site Contas Abertas.

Megafone Arquivo

“Me denunciaram que ninguém quer vender mais para o governo, pois ainda devem o peixe da Semana Santa” VICE-PREFEITA WILMA DE FARIA SEM PERDER A CHANCE DE CRITICAR O GOVERNO ROSALBA CIARLINI, QUE ATÉ PEIXE

ESTARIA DEIXANDO DE PAGAR

QUESTÃO DE ENERGIA

HOMENAGEM

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho (PSDB) tomou posse ontem como membro do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE). O potiguar é o representante dos Estados brasileiros no grupo, órgão de assessoramento da Presidência da República que discute centralmente a formulação de políticas e diretrizes de energia destinadas a promover o aproveitamento racional dos recursos energéticos do Brasil.

O deputado estadual Ricardo Motta (PMN) apresentou e a Assembleia Legislativa aprovou voto de congratulações pelo aniversário do Alecrim Futebol Clube, que completou ontem 98 anos de fundação. Para quem não sabe, Ricardo também tem sangue Esmeraldino. O ex-deputado Clóvis Motta foi presidente do Verdão nos anos 60. Este colunista, como não poderia deixar de ser, também prestou sua homenagem no Blog do Periquito, no Portal Noar.

RETORNO À ADVOCACIA

DUELO

Após a campanha do Quinto Constitucional para desembargador, onde se destacou por ter saído como o mais votado entre os colegas advogados e também no Tribunal de Justiça, Artêmio Azevedo está com fôlego total de volta à advocacia. Foi ele quem fez a sustentação oral, no Tribunal Regional Eleitoral, do processo de cassação do prefeito de Caiçara do Norte, Alcides Fernandes.

Ainda sem solução o confronto entre a Secretaria de Educação e os professores. Pior, a expectativa é que o conflito chegue a níveis mais altos, ou melhor, mais “baixos”, em relação ao nível. Nos últimos dias, membros da diretoria do Sindicato divulgaram o contra-cheque a secretária Betânia Ramalho, lhe acusando de acumular ganhos. Agora é esperar as próximas acusações. Porque virão.


12 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 16 de agosto de 2013

Sexta-feira Fotos: João Neto

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - DESSANA ARAÚJO - dessana@gmail.com (Interina) w ESTRANHO, NO MÍNIMO Em um estado que respira política, chamou atenção a declaração do ministro Garibaldi Filho ao jornal O Globo nesta sexta-feira: “Não sou candidato . Estou pensando em desembarcar . É muita turbulência. É “fora, fulano”; é “fora, sicrano”. “Eu é que estou fora”.

w SUCESSO Construída em local estratégico da cidade, a nova unidade da Famiglia Reis Magos já comemora as metas superadas para o atendimento de balcão e delivery em apenas dois meses de funcionamento. Além de atender às necessidades dos moradores de Lagoa Nova e região, a unidade da Amintas Barros proporcionou uma agilidade ainda maior no serviço de entrega para outros bairros.

>>> Será que ele cansou da agenda ministerial e quer voltar ao “céu” do Senado Federal? Bem, ao que parece Garibaldi Filho agora quer mesmo é tranquilidade pelos lados do salão azul do Congresso Nacional. w NÃO TÁ FÁCIL I Pelas notícias dos vetos do prefeito Carlos Eduardo derrubados pelos vereadores da Câmara Municipal, há quem veja uma “guerra fria” entre os Palácios Felipe Camarão e Frei Miguelinho, Executivo e Legislativo, respectivamente.

Fernando Amaral fazendo pose em momento degustação Divulgação

Mário Cardoso e sua Elaine juntinhos

>>> Pelos corredores da Câmara, apenas uma certeza: falta um líder ao prefeito na Câmara para articular com os demais parlamentares e falta um interlocutor na Prefeitura para tratar assuntos do Executivo com o Legislativo. w NÃO TÁ FÁCIL II Se antes o pessoal da bancada de situação era acessível à imprensa, sempre com sorrisos, agora a coisa mudou pelos lados da Assembleia Legislativa. Procurados pela imprensa, os representantes da governadora Rosalba Ciarlini fogem de todas as formas possíveis. >>> Tem deputado, que para negar entrevista, alegou estar com virose. Detalhe: a doença já dura quase um mês, mas ele continua visitando as bases e participando das sessões normalmente e sem nem aparência de quem está tão doente. >>> Qual seria o mistério? w NÃO TÁ FÁCIL III “Rosalba, Rosalba, cadê o dinheiro. O povo está morrendo nas macas do Walfredo”. Era o grito de guerra dos servidores do estado durante a manifestação realizada na manhã de hoje. w NÃO TÁ FÁCIL IV Já está virando quase sem graça a pendenga sobre o novo líder da bancada do prefeito Carlos Eduardo Alves na Câmara Municipal. >>> Minha sugestão ao nobre chefe do executivo: esquece! Fica sem ninguém e toca a bola pra frente. >>> Masssss... Como é preciso ter alguém na função, um olhinho observador na Câmara diz que mudanças podem acontecer nos próximos dias. Quem foi pode voltar...

w AGENDA Giannini e Thábata desembarcam na capital potiguar neste sábado, 17 de agosto, para mais um show que promete balançar os natalenses. A apresentação da dupla será no evento Red Party, que acontece na boate Vogue Natal.

Ígia Siminéa e Goretti Bonnani na abertura da Dermage no Natal Shopping

Twyla e Thiago Cortez in love

w ACERTOS Vices da Prefeitura e do Governo, Wilma de Faria e Robinson Faria vão colocar na mesa suas intenções políticas para as eleições de 2014. A reunião acontece hoje à tarde e deve render muitos panos pra mangas... >>> Robinson não esconde de ninguém o desejo de ser governador do RN. Já Wilma de Faria comenta a vontade de retornar ao Legislativo Federal, mas deixa nas entrelinhas que pode tentar o Executivo, assim como deseja o presidente nacional do PSB, Eduardo Campos. >>> Aí vem uma pergunta: como é que os dois vão se entender se – no fundo – querem ocupar o mesmo cargo? Teremos um repeteco da situação vivida pelo próprio Robinson no governo Wilma e na atual gestão?

>>> É que o partido de Henrique e Garibaldi Alves contratou uma pesquisa interna para avaliar quais os rumos deve tomar em 2014, logicamente com um quesito especial sobre a popularidade da governadora Rosalba Ciarlini. >>> Sem precisar de bola de cristal, e tendo em vista os últimos acontecimentos, desgastes e etc, o fim está cada vez mais próximo. w E POR FALAR NO FIM... O deputado estadual Leonardo Nogueira chutou de vez o pau da barraca. No plenário da AL ele não poupou críticas ao governo, demonstrando que as relações estão rompidas.

>>>

>>>

Eita que essa novela ainda vai render bons capítulos. Aguardem cartas!

Pois é... todo mundo acha legal chutar cavalo que está moribundo. Se tudo estivesse bem, com dinheiro, ninguém ia pular fora do barco.

w CORRENDO POR FORA A deputada estadual Larissa Rosado (PSB) reverteu mais uma multa no Tribunal Superior Eleitoral. A acusação era de propaganda eleitoral extemporânea. A decisão foi da ministra Luciana Lóssio. w ENQUANTO ISSO.... O jurídico da prefeita de Mossoró, Claudia Regina, tenta encontrar argumentos para evitar a temida cassação dela e o vice Wellington Filho. w QUANDO OUTUBRO CHEGAR E para quem aguarda com ansiosamente pelo rompimento entre o PMDB e o Governo do Estado, vem mais um capítulo.

w TECNOLOGIA Começa hoje o maior evento na área de tecnologia do RN, no Praia Shopping e Norte Shopping, com palestras na área de tecnologia, campeonato de games e concurso cosplay. >>> Os eventos que acontecem até este domingo fazem parte da comemoração do aniversário de 26 anos da rede de lojas Miranda e são gratuitos para a população.

w GIRO PELO TWITTER @HenriqueEAlves Bonita procissão da Padroeira de Acari,Nossa Senhora da Guia.Multidão nas ruas até a missa, à porta da Igreja. Sob as atençõess do Prefeito Isaias. @peresfilho Nem o Papa Francisco curte tanto procissão quanto os políticos do RN. Pense num povo piedoso e temente a Deus! @SauloCarvalho_ "Quanto mais elevado é o espírito mais ele sofre." (Arthur Schopenhauer). @FatorRRH Li que o Mercado de Petrópolis, caindo aos pedaços, ganhou câmeras de vigilância eletrônica. Decadence avec elegance @DinarteAssuncao "Detenta vira empresária e ajuda outras a reconstruir a vida em Campo Grande". Cadê que esses exemplos são seguidos?


Cidade

Sexta-feira

Natal, 16 de agosto de 2013

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w TOQUE - I O empenho do prefeito Carlos Eduardo Alves, depois de sofrer três derrotas, em ter de volta como líder o vereador Júlio Protásio só tem uma explicação: a fragilidade política do secretário da saúde.

w ACERVO A pesquisadora Leide Câmara acaba de adquirir alguns discos e partituras originais e históricos para a pesquisa que realiza em torno da produção musical de Oswaldo de Souza. Gravações raríssimas.

w ALIÁS - II O doutor Cipriano Maia tem um empenho considerado bom no controle dos problemas da área de saúde, mas não parece contar com apoio financeiro pelo número de postos de saúde que já fechou. w PIOR - III Em nome de rubricas prédefinidas Maia assiste a Prefeitura gastar cerca de R$ 3 milhões nas obras de recuperação do Parque da Cidade como se fosse mais prioritário que a saúde das comunidades.

O

Anauê!

utro dia, batendo papo na Caixa Econômica do Campus Universitário, enquanto aguardava a minha vez, descobri que lá trabalha um pesquisador do Integralismo no Brasil e no Rio Grande do Norte: Florizel de Medeiros Júnior. E, como todo bom pesquisador, ele arrasta a obstinação de tentar encontrar os livros que lhe faltam e, mais desafiador ainda, completar a sua coleção da revista 'Anauê', de números raros e caros, principalmente com a sua circulação ao longo dos anos trinta. Está no seu acervo, no número 4, outubro de 1935, a edição de Anauê que circulou com a oração 'Salve Pátria!', de Câmara Cascudo. Ocupa toda a página 5, sobre uma ilustração onde estão o símbolo do Integra-

w HISTÓRIA Na revista História, da Biblioteca Nacional, o tema é a história do anarquismo no Brasil. A ainda um bom ensaio de Zuenir Ventura 'Não eram apenas 20 centavos', sobre as manifestações de junho.

lismo com o desenho de um integralista de braço direito erguido naquele gesto clássico que se completava com a palavra de ordem de saudação - Anauê!, adotado inicialmente pelos escoteiros e, a partir de 1930, pelo Movimento Integralista e seu grande líder Plínio Salgado. Noutra edição, há fotografias no Rio Grande do Norte onde aparecem o professor Otto de Brito Guerra, o futuro governador, Monsenhor Walfredo Gurgel, e Câmara Cascudo, entre outros. A oração integralista de Cascudo tem dois parágrafos e é a alegoria de um credo a louvar a mãe pátria e sua bandeira, rogando que sejam mantidos fiéis e puros diante do amor ao Brasil. E fecha com um juramento afirmando viver para defender e morrer se preciso for para manter suas cores sagradas.

Salve Pátria! Salve Pátria! Mãe de heroísmos, vida, força, esplendor, esperança nossa, salve! A vós bradamos, os humildes soldados de vossa grandeza, e a vós suspiramos, gemendo e sonhando nesta hora de combate. Eia, pois, advogada do nosso passado, a nós volvei, perpetuamente, os exemplos dos nossos mortos e,

w FABIÃO Hoje, começo da noite, no Solar Bela Vista, a estreia do novo ciclo "O Fazer Documentários: Visão Crítica", a apresentação de 'Fabião das Queimadas, Poeta da Liberdade', do cineasta e Buca Dantas.

TINTIM

w SABER O Instituto Ludovicus convida para o lançamento na sua sede - Av. Câmara Cascudo, 377-do livro 'Câmara Cascudo - Memória do Saber', do professor Marcos Silva. No dia 22, a partir das 18 horas.

depois da batalha, conservai-nos puros ante vossa presença augusta. Bendito é o fruto de vossa história, oh nobre! Oh altiva! Oh sempre gloriosa pátria, mantém-nos fiéis ao espírito e à terra do Brasil, para que possamos viver em vosso serviço e morrer defendendo as cores sagradas de vossa Bandeira Imortal! Luiz da Câmara Cascudo

OS PARABÉNS PRA VOCÊ serão cantados hoje para a empresária caicoense Maria José Saraiva, empresário Itânio Rodrigues Diniz e a ex-senadora Ivonete Dantas. Amanhã é dia de parabenizar a médica Hermínia Bezerra e o empresário Diógenes Dantas. Domingo rasga folhinha a ginecologista e ex-vereadora de Caicó, Verônica Alcântara e na terça-feira, o médico e ex-prefeito de Santana do Matos, Assis Santos e o presidente da Fiern, Amaro Sales de Araújo.

w EXPO Continua aberta à visita, com acesso livre, no Centro de Convenções, em Ponta Negra, os quarenta stands da III Expor Condominial. Reúne os produtos e serviços para condomínios urbanos e rurais. w GESTO - I Que se faça justiça: a Academia Norte-Rio-Grandense de Letras foi a primeira instituição a apoiar a Câmara Municipal de S. Gonçalo ao indicar o nome de Aluizio Alves para nomear novo aeroporto. w MAIS - II Este cronista, na reunião, defendeu a idéia de Aeroporto Governador Aluizio Alves por considerar mais singular numa vida política governar o seu povo pelo voto do que ser um ministro de estado. w PERDA - III Resta às instituições lutar para manter o nome de Augusto Severo no aeroporto de Parnamirim por todo seu pioneirismo na aviação e tradição histórica. E antes que seja substituído por um brigadeiro.

Carlos Magno FLASHES DO SERIDÓ - carlosm.dantas@hotmail.com Fotos: Divulgação

O SUCESSO DA 26 NOITE MAIOR DE ACARI a

O Clube Municipal de Acari manteve a tradição e fez a sua Noite Maior, dentro do roteiro social da festa de Nossa Senhora da Guia, padroeira da cidade. A noitada num clima de alegria e confraternização só terminou às cinco da manhã, com a excelente Orquestra Super Oara garantindo o dancing sempre lotado. Lourenço fez alguns flashes da noite que reuniu muitos nomes conhecidos da nossa sociedade e que hoje ilustram nossa coluna.

Prefeito de Acari, Isaias Cabral e a primeira-dama do município, Ana Maria Presidente da AABB/Natal, Edilson Fernandes de Assis e Heloisa Lacerda

Procurador do Estado, Nivando Brum e a advogada Giza Xavier

O maitre Dumont Rodrigues e a empresária Vânia Bezerra

Rogério Medeiros e Iara Cabral

Empresário Diógenes Dantas e Lourdes Flor. Ele brinda idade nova amanhã

Empresário Jorge Luiz de Medeiros e Daguia

Presidente da FIERN, Amaro Sales de Araújo e Fátima Araújo. Ele aniversaria terça-feira

Engenheiro Valdemir Marinho e a empresária Edna Galvão

Miss e Mister Seridó 2013, Délis Luana e Pedro Farias também prestigiaram o grande evento social do ano


14 O Jornal de HOJE

Natal, 16 de agosto de 2013

Cidade

O QUE ESTÁ EM CARTAZ Agosto, mês dos ventos, confusões no Egito, protestos no Brasil, recursos do Mensalão, e uma cratera sem fundo no metrô de São Paulo - alguma novidade? Enquanto isso, nos cinemas estreiam a aventura "Percy Jackson e o Mar de Monstros", o drama nacional "Flores Raras", com Gloria Pires, e a comédia "Gente Grande 2". Teremos, também, a pré-estreia de "Os Instrumentos Mortais - Cidade dos Ossos". Continuam em cartaz a ficção-científica "Círculo de Fogo", a comédia nacional "Vendo ou Alugo", o infantil "Os Smurfs 2", a ficção-científica "Wolverine: Imortal", a animação "Meu Malvado Favorito 2", e a comédia nacional "O Concurso". Nas programações exclusivas, o Cinemark mantém "Minha Mãe é uma Peça - O Filme" , e o drama "Antes da Meia-Noite", na Sessão Cine Cult, enquanto o Moviecom exibe o suspense "Os Escolhidos".

Fotos: Fotos:Divulgação Divulgação

ESTREIA 1: "PERCY JACKSON E O MAR DE MONSTROS" O aniversário de 17 anos de Percy Jackson (Logan Lerman) foi surpreendentemente calmo, sem ataques de monstros ou algo do tipo. Entretanto, uma inocente partida faz com que Percy e seus amigos se vejam desafiados a um jogo de vida ou morte contra um grupo de gigantes canibais. A chegada de Annabeth (Alexandra Daddario) traz ainda outra má notícia: a proteção mágica do Acampamento MeioSangue foi envenenada por uma arma misteriosa e, ao menos que seja curada, todos os semideuses serão mortos. Não demora muito para que Percy e seus amigos tenham que enfrentar o mar de monstros para salvar o local. A direção é de Thor Freudenthal. "Percy Jackson e o Mar de Monstros" estreia nesta sexta-feira, na Sala 2 do CineESTREIA 2: "FLORES RARAS" 1951, Nova York. Elizabeth Bishop (Miranda Otto) é uma poetisa insegura e tímida, que apenas se sente à vontade ao narrar seus versos para o amigo Robert Lowell (Treat Williams). Em busca de algo que a motive, ela resolve partir para o Rio de Janeiro e passar uns dias na casa de uma colega de faculdade, Mary (Tracy Middendorf), que vive com a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares (Glória Pires). A princípio, Elizabeth e Lota não se dão bem, mas, logo se apaixonam uma pela outra. É o início de um romance acompanhado bem de perto por Mary, já que ela aceita a proposta de Lota para que adotem uma filha. A direção é de Bruno Barreto. "Flores Raras" estreia nesta sexta-feira, na Sala 3 do Cinemark. Classificação indicativa 12 anos. (T. O.: "Flores Raras") ESTREIA 3: "GENTE GRANDE 2" Três anos após os eventos mostrados em "Gente \grande", Lenny Feder (Adam Sandler) está voltando com a família para Connecticut, onde ele e os amigos Eric (Kevin James), Kurt (Chris Rock), e Marcus (David Spade) cresceram. Desta vez, os grandões é que receberão lições de seus filhos em um dia notavelmente cheio de surpresas, o último dia da escola. No começo, todos pensavam que seus filhos ainda eram crianças, mas, ao longo do dia eles perceberão que seus filhos estão crescendo. O filme tem participação de Taylor Lautner e Patrick Schwarzenegger, filho do Arnold. A direção é de Dennis Dugan. "Gente Grande 2" estreia nesta sexta-feira, na Sala 1 do Cinemark (legendado), e na Sala 4 do Moviecom (dublado). Classificação indicativa 12 anos. (T. O.: "Grown Ups 2")

Sexta-feira

Claquete Newton Ramalho

Especial: Cinema 3D Embora seja uma tecnologia dominada há décadas, na indústria do cinema, a exibição de filmes em 3D ainda é novidade para muitas pessoas. Com o barateamento dos equipamentos domésticos, a tecnologia está mais acessível para todos, embora o apelo não seja mais tão forte quanto no início. Depois de resistir muito, finalmente resolvi entrar nessa onda, menos pela empolgação e mais pelo comodismo, ao perceber que já dispunha da infraestrutura necessária para ver os filmes 3D no conforto do meu santo lar. A verdade é que, embora os modernos televisores 3D de LED ou plasma possam converter qualquer programação, o verdadeiro efeito tridimensional só é sentido quando se dispõe de uma mídia produzida com esta intenção. E, além do disco Blu-Ray 3D, é necessário também um leitor de Blu-Ray apropriado, e obviamente, a TV. O lado bom é que todos estes equipamentos hoje custam uma fração do preço da época em que foram lançados. Mas, afinal, como funciona essa coisa do 3D? Se a garotada pensa que isso é coisa recente, saibam que o primeiro filme em 3D foi exibido em 1922, e que quando o cinema foi inventado pelos irmãos Lumière, em 1895, o conceito da visão de uma imagem tridimensional já era plenamente conhecido na comunidade científica. No final da década de 1890, o fotógrafo e inventor britânico William Friese-Greene, pioneiro de cinema e admirador dos irmãos Lumière, patenteou o primeiro sistema cinematográfico em 3D. O invento não obteve sucesso comercial, devido sobretudo ao complexo desenvolvimento que significava para a tecnologia da época. Foram vários os inventores que se sucederam no intento, entre os quais Edwin S. Porter e William E. Waden, propulsores do sistema anaglífico, que permitiu separar a leitura de uma imagem baseando-se nas

cores verde e vermelho. Na verdade, assim como o próprio cinema é uma ilusão de movimento criado a partir da exibição de imagens fixas, a uma velocidade que permite que o nosso cérebro aceite como contínuo, a exibição de imagens tridimensionais também decorre de um processo semelhante. Nos filmes em 3D antigos usavam-se imagens anáglifas, que incluíam duas camadas de cor em uma única tira do filme reproduzida por projetor. Uma das camadas era predominantemente vermelha e a outra azul ou verde. Os espectadores usavam óculos com lentes coloridas, que forçavam um olho a enxergar a seção vermelha da imagem e a outra azul ou verde. Devido à diferença entre as duas imagens o cérebro as interpreta como uma imagem em três dimensões. Embora isso pareça muito ar-

caico, lembro-me muito bem de ter utilizado um óculos destes na exibição de "Flesh for Frankenstein", nos anos 1970, no saudoso Cine Municipal, em João Pessoa. Nessa época não existiam salas especiais em 3D, e a exibição era feita nos projetores normais, com a utilização desses óculos com lentes de celofane, que, curiosamente, eram alugados à parte (!). Usando esse tipo de lente, é preciso forçar um pouco a vista para ter a visão 3D, e era comum as pessoas terem dores de cabeça, enjoos e outros efeitos colaterais. Posteriormente, passou a se utilizar as lentes polarizadas, que são lentes que captam as ondas luminosas voltadas em sua direção, permitindo que cada olho veja uma imagem diferente, e que o cérebro consiga compor a imagem tridimensional. Durante muito tempo esse tipo

de tecnologia era proibitivo para o mercado doméstico, pois havia a necessidade de armazenamento de uma grande quantidade de dados, além da necessidade dos equipamentos apropriados para a exibição. Com o advento do disco BluRay, onde cada disco consegue armazenar 25 Giga bytes de dados, foi possível gravar os filmes em 3D. Os aparelhos Blu-Ray 3D, inicialmente caríssimos, hoje podem ser encontrados por pouco mais de trezentos reais nas lojas online. Os aparelhos de TV com capacidade para exibição em 3D também tiveram uma queda grande de preços, mas podem ser encontrados modelos custando pouco mais de mil e quinhentos reais, para tamanhos de 42 polegadas. Obviamente há diferenças de fabricantes e outros recursos, mas como tudo o que envolve tecnologia, é necessário fazer uma boa pesquisa antes de comprar. Há uma diferença importante no mercado doméstico, que envolve o tipo de óculos utilizado: ativo ou passivo. O sistema ativo, utilizado principalmente pela Samsung, usa baterias e faz o sincronismo com a TV através de Bluetooth. Por conta disso são um pouco mais pesados e mais escuros. O sistema passivo, criado pela LG, é o mesmo utilizado nas salas de cinema. Como não tem baterias ou qualquer conexão, são mais leves e claros, e as lentes polarizadas trazem imagens distintas para cada olho, sem a necessidade de sincronismo. Ambos os sistemas podem ter dificuldades com a exibição, com os efeitos chamados de Flicker (cintilação da luz), Crosstalk (sobreposição de imagens), profundidade e ângulo de visão. O certo é que, como não existem emissoras de programação 3D, o que existe disponível para se ver com qualidade são alguns filmes e shows, e que deve se limitar a isso, pois passar horas e horas com um óculos destes deve provocar cansaço e outros efeitos indesejáveis, quando o que se quer é um bom e agradável entretenimento.

>> EVENTOS "FABIÃO DAS QUEIMADAS - POETA DA LIBERDADE" NA SESSÃO CINE SOLAR O Cineclube Natal e o Solar Bela Vista, dentro da programação do Cine Solar, inicia um novo ciclo de exibições regulares no Solar Bela Vista, sempre as terceiras sextas-feiras de cada mês. Serão exibidos documentários premiados do DocTV, com a participação dos respectivos diretores nos debates. Nesta sexta-feira será exibido "Fabião das Queimadas - Poeta da Liberdade", de Buca Dantas. Fabião Hermenegildo Ferreira da Rocha, poeta popular, romancista e tocador de rabeca nasceu no ano de 1848. Negro, filho de escravo, à custa de muito trabalho, e guardando o pouco dinheiro que ganhava conseguiu comprar sua alforria, da sua mãe e de uma sobrinha, com quem posteriormente se casou. A sessão inicia às 19h, no Solar Bela Vista. Entrada franca.

> LANÇAMENTOS EM DVD/BLU-RAY "A HOSPEDEIRA" A fome e a violência foram erradicadas da Terra, bem como os problemas climáticos do planeta foram resolvidos. Estes feitos foram conquistados graças aos seres alienígenas conhecidos como Almas, que ocupam corpos humanos como se fossem parasitas. Pregando uma sociedade baseada na paz, as almas perseguem os poucos humanos que ainda não foram dominados. Um deles é Melanie Stryder (Saoirse Ronan), que se sacrifica para que o irmão caçula, Jamie (Chandler Canterbury), possa escapar. Melanie passa a ser dominada por uma alma chamada Peregrina, que tem por missão vasculhar suas memórias para encontrar rastros de outros humanos. Entretanto, a consciência de Melanie ainda está viva dentro do corpo, o que faz com que Peregrina tenha que lidar com ela constantemente. O disco traz o filme com formato de tela widescreen anamórfico e áudio em DD 5.1. (T.O.: "The Host"). "TERAPIA DE RISCO" A trama gira em torno da jovem Emily Hawkins (Rooney Mara), que acaba de ver o marido (Channing Tatum) ser libertado da prisão por um crime de colarinho branco. Mesmo aliviada, Emily tem crises de depressão e busca a ajuda de medicamentos prescritos para conter a ansiedade. Ela também busca amparo num tratamento psicológico, lidando com profissionais (Jude Law e Catherine Zeta-Jones). O tratamento, por mais que comece de forma positiva, vai gerar consequências inesperadas na vida da jovem. Disco com formato de tela widescreen e áudio DD 5.1. (T. O.: "Side Effects")


Esporte

Sexta-feira

O Jornal de HOJE 15

Natal, 16 de agosto de 2013

José Aldenir

“Contratar nesta altura da temporada é muito difícil, porque estamos na lanterna da Série B. Tem 20 times da Série A e 19 da Série B na frente, então não tem esse grande jogador dando sopa no mercado. Teríamos pelo menos 39 equipes na nossa frente. Para entrar nessa briga, a gente teria que ter condições de poder disputar uma contratação com um poder de barganha maior” ROBERTO FERNANDES, TÉCNICO DO ABC, SOBRE CONTRATAÇÕES PARA TIRAR EQUIPE DA LANTERNA DA COMPETIÇÃO.

ARRUMAR A CASA ÀS

FIGUEIRENSE-SC, ABC DÁ SEQUÊNCIA À "FORÇA-TAREFA" COM ANÚNCIO DE DISPENSAS NOS PRÓXIMOS DIAS. NA LANTERNA, TIME VOLTA A CAMPO NESTE SÁBADO

VÉSPERAS DA PARTIDA CONTRA O

REFORÇOS E DEVE CONFIRMAR O processo de reformulação do elenco do ABC para buscar a reação na Série B do Campeonato Brasileiro começa a ganhar corpo e o Alvinegro já anunciou dois reforços e promete confirmar outros nos próximos dias. Depois de anunciar o atacante Gilmar, que já se apresentou ao clube, o Alvinegro apresentou na manhã desta sexta-feira o atacante Lima. O jogador estava no futebol mexicano e já participou nesta manhã dos primeiros trabalhos com bola na equipe. O jogador teve sua contratação anunciada pelo clube na quintafeira à tarde. Lima atuava no Lobos BUAP, do México, e contabiliza passagens por grandes clubes do futebol brasileiro, como CoritibaPR, Cruzeiro-MG, Braga-Portugal, Corinthians, dentre outros. Com a camisa do time mexicano, o jogador fez 22 jogos e marcou seis gols entre a temporada 2012 e a 2013. A última partida oficial do jogador foi em março deste ano. A chegada da dupla, entretanto, é apenas o primeiro passo da caminhada projeta pela diretoria abecedista para tentar tirar a equipe da crise técnica e da zona de rebaixamento da Segundona, na qual está desde a primeira rodada. O time tem apenas oito pontos em 15 jogos disputados e seu aproveitamento não passa de 17,8%. Para promover a reação, a diretoria tem

se movimentado para assegurar a contratação de reforços. O técnico Roberto Fernandes, entretanto, reconhece a dificuldade em disputar contratações com outros clubes das Séries A e B que também procuram se reforçar. Segundo ele, até mesmo a posição abecedista na competição pesa no momento de negociar as contratações, além da situação financeira difícil da equipe potiguar. "Contratar nesta altura da temporada é muito difícil, porque estamos na lanterna da Série B. Tem 20 times da Série A e 19 da Série B na frente, então não tem esse grande jogador de sopa no mercado. Teríamos pelo menos 39 equipes na nossa frente. Para entrar nessa briga, a gente teria que ter condições de poder disputar uma contratação com um poder de barganha maior", afirmou Roberto Fernandes. O treinador afirma que para tentar superar essa dificuldade, a experiência e a disponibilidade do mercado têm sido as apostas para garantir os reforços para o clube. "Estamos priorizando aqueles jogadores que tenham experiência e que não vão sentir a pressão. Posso dizer que isso é uma das coisas que estão pesando no perfil dos contratados", afirmou Fernandes que avaliou de forma positiva os dois reforços indicados por ele. "Gilmar e

Lima são jogadores bem conhecidos, Gilmar fez parte do grupo do Criciúma e entrou em toda a Série B do ano passado, foi para o OesteSP, mas por uma questão de choque de empresários ficou livre. Lima é jogador experiente, estava no exterior, mas com seu retorno do Brasil surgiu essa possibilidade e acabou dando certo", avaliou. O superintendente de futebol do ABC, Ferdinando Teixeira, também reconheceu as dificuldades para contratar e acredita que até as relações interpessoais deverão ser utilizadas para assegurar os reforços necessários ao time Alvinegro. "Quem tem jogador bom, não quer liberar. E aqueles que liberam, o salário é muito alto. Então, temos que usar da amizade, de conversar com técnico, dirigente. Mas, para que novos jogadores cheguem, é normal que alguns deixem o clube. Estamos fazendo tudo para tirar o time dessa situação vexatória que se encontra dentro da competição e a torcida por ficar tranquila que a direção vai dar a resposta", concluiu Ferdinando Teixeira. A declaração do dirigente reforça a informação de que o clube vai passar por uma processo de dispensas a serem anunciadas nos próximos dias. Ainda não há confirmação dos nomes, mas é provável que os nomes sejam divulgados logo após a partida deste final de se-

mana, contra o Figueirense-SC, pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. LIBERADOS A comissão técnica abecedista recebeu boas notícias. Três jogadores que vinham em recuperação, Renato e Wanderley, que estavam entregues ao Departamento Médico, e Rodrigo Silva, que trabalhava para recuperar o condicionamento, foram liberados. Renato e Rodrigo Silva trabalharam normalmente com o grupo. Os dois participaram de um treino técnico de finalização e do coletivo comandado pelo treinador Roberto Fernandes no estádio Frasqueirão. Wanderley treinou em separado do restante do elenco. Em relação ao time, Fernandes ainda não definiu a equipe para o duelo deste final de semana. Os meias Diogo Barcelos e Erick Flores seguem como dúvidas e não devem jogar. Desfalque confirmado, o atacante Pingo está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Com isso, o meia Jean Carioca aparece com oportunidade de aparecer como titular na equipe contra os catarinenses. Para tentar levar mais torcedores ao Frasqueirão, a direção do clube anunciou uma promoção nos ingressos. Arquibancada vai custar R$ 10 e cadeiras R$ 40. Estudantes e idosos pagam meia.

Bruno Araújo De fato, meus caros, nunca. E justamente por isso - e pelo fato da proximidade de algumas temporadas inserido no contexto do futebol - torna-se possível observar de formar impessoal, analisar com a frieza que determinadas avaliações exigem. No tiro de obviedades, o treinador de futebol, no sistema todo, é o último da cadeia de comando e, geralmente, aquele que tem menos influências nas decisões que refletem de forma mais substancial no futuro do clube. Enfim, mais do que ter o cargo de gestor, mandatário, cartola-mor ou presidente, é preciso ser um gestor. Administrar um clube de futebol, atividade rodeada de interesses paralelos e recheada de paixão, de certo não é uma missão das mais fáceis, mas quem assume, traz para si a responsabilidade de representar não apenas uma nação no mundo da bola, mas um sentimento. Equilíbrio, competência e arrojo precisam estar de mãos dadas, são a tríade do sucesso nesta concorrência desleal imposta em várias oportunidades, principalmente se colocado o Rio Grande do Norte no cenário nacional. E em meio a uma crise cataclísmica que pode rebaixar nosso estado para longe até mesmo da divisão de acesso à elite, é preciso mais do que nunca da persona-

lização dessas qualidades no comando dos clubes. COTA Enquanto ABC e América agonizam na Série B do Campeonato Brasileiro ocupando, respectivamente, lanterna e vice-lanterna da competição, já começa a circular a informação de aumento da cota para a edição de 2014 do campeonato. Atualmente, a cota ultrapassar os R$ 2 milhões para clubes emergentes, casos dos potiguares que não chegaram a integrar, no passado, as negociações que envolveu o Clube dos 13. VISITA O Jornal de Hoje e este colunista recebeu no final da tarde de quinta-feira a visita do gerente de comunicação da Fifa, Nelson Ayres. O profissional veio a Natal para explicar um pouco sobre a infraestrutura do mundial do ano que vem, bem como, traçar um paralelo com o trabalho de cobertura do evento em 2014 na capital potiguar e no país. Em primeira mão, Ayres confirmou que a Fifa deverá realizar ainda duas visitas operacionais, uma delas ainda este ano, para realizar os primeiros testes na Arena das Dunas. JIU-JITSU O ginásio do Colégio Sagra-

Sábado - 17/08 América-MG x América-RN Chapecoense-SC x Paraná ABC x Figueirense-SC Palmeiras x Paysandu-PA Icasa-CE x Bragantino-SP Guaratinguetá-SP x ASA-AL

Sexta-feira - 16/08 Avaí-SC x Ceará São Caetano-SP x Boa Esporte-MG Oeste-SP x Joinville-SC Sport-PE x Atlético-GO ---

CLASSIFICAÇÃO 1 Palmeiras 2 Chapecoense 3 Sport 4 Paraná 5 América-MG 6 Figueirense 7 Boa Esporte 8 Bragantino 9 Avaí 10 Joinville 11 Icasa 12 Oeste 13 Ceará 14 Atlético-GO 15 ASA 16 São Caetano 17 Guaratinguetá 18 Paysandu 19 América-RN 20 ABC

P 37 32 27 26 25 23 23 22 22 21 19 19 17 16 16 16 15 15 14 8

J 15 13 15 15 14 15 15 15 15 15 15 15 15 15 15 15 15 15 14 15

V 12 10 9 7 7 7 6 6 6 6 6 5 4 5 5 4 4 4 3 1

E 1 2 0 5 4 2 5 4 4 3 1 4 5 1 1 4 3 3 5 5

D 2 1 6 3 3 6 4 5 5 6 8 6 6 9 9 7 8 8 6 9

GP 31 30 28 22 27 29 15 16 21 26 19 14 18 10 15 18 18 16 14 10

GC 10 12 24 11 20 25 17 13 20 19 29 20 20 20 26 19 24 23 22 23

SG 21 18 4 11 7 4 -2 3 1 7 -10 -6 -2 -10 -11 -1 -6 -7 -8 -13

% 82.2 82.1 60 57.8 59.5 51.1 51.1 48.9 48.9 46.7 42.2 42.2 37.8 35.6 35.6 35.6 33.3 33.3 33.3 17.8

PisandonaBola

BRUNO ARAÚJO - TWITTER: @brunoaraujo7 EMAIL: wesckley@yahoo.com.br TRÍADE DO SUCESSO A demissão do treinador é a primeira solução apontada para todos os males de um clube de futebol. É capaz de resolver desde a desde a sequência negativa em meio à disputa de uma competição até garantir o fim imediato dos problemas financeiros no clube. Ao menos e, aparentemente, é a impressão que os dirigentes tentam passar na maioria das oportunidades. A saída de um comandante de uma comissão técnica, nada mais é, do que a continuidade de um círculo vicioso no qual se insiste, ano após ano, em erros que, em geral, não são culpa deste profissional. Eventualmente, o dono do boné à beira de campo pode ser sua parcela de contribuição num insucesso, mas na maioria das vezes, ele não passa de um bode expiatório para incapacidade gerencial dos clubes em lidar com as próprias dificuldades em promover um time de futebol. Administrar um clube de futebol não se resume a alcunha de presidente, uma sala com ar condicionado e um amontoado de pessoas ao redor com cargos e pouca competência para exercê-los. Alguns apontarão o dedo para dizer: "mas e qual foi a última vez que administrou um clube de futebol?"

JOGOS DA 16ª RODADA

AMÂNCIO da Família, em Natal, receberá neste final de semana a I Copa RN de Jiu-Jitsu. As lutas começam a partir das 08 horas da manhã. O evento tem o apoio Federação de Jiu-Jitsu Esportivo do Rio Grande do Norte (JJERN) e terá toda a competição regida pelas normas da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu Esportivo. Para quem quiser acompanhar as lutas, a entrada custará R$ 2,00 ou dois quilos de alimentos não perecíveis que serão doados a instituições de caridade. Para mais informações, basta acessar www.rnjiujitsu.com. HOMENAGEM Em reconhecimento às ações de incentivo ao desenvolvimento do Karatê no RN empreendidas pela Estácio Natal desde 2009, a Federação Estadual de Karatê Amigos da Escola Norte Riograndense (FEKAEN) prestou uma homenagem à instituição, durante a 1ª Taça Natal de Karatê Esportivo, realizada neste fim de semana. O diretor-geral da instituição de ensino em Natal, Telmo Schmitz, recebeu certificado de Honra ao Mérito e Medalhas que simbolizavam as três vitórias consecutivas da equipe do RN, no Campeonato Norte-Nordeste de Karatê, desde 2011.

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Esporte

Natal, 16 de agosto de 2013

Sexta-feira

BRASIL ATROPELA CUBA POR 3 A 0 NO GRAND PRIX NESTA SEXTA-FEIRA, C UBA , POR 3 SETS Na estreia da terceira semana do Grand Prix feminino de vôlei, o Brasil confirmou o favoritismo e seguiu rumo à classificação na competição. Na manhã desta sexta-feira, a equipe não encontrou dificuldades para vencer Cuba, por 3 sets a 0, com parciais de 25/16, 25/11 e 25/20, na cidade de Almaty, no Cazaquistão. Embora seja um clássico do vôlei mundial, o duelo entre os dois países pôs frente a frente dois times em situações completamente diferentes. Enquanto as brasileiras são as atuais bicampeãs olímpicas e estão no pódio pelo menos nas últimas cinco edições do Grand Prix, as cubanas não vêm tendo um bom desempenho e estão longe de repetir as conquistas do passado. Com isso, a diferença também foi claramente notada dentro de quadra. 27 dos 75 pontos do Brasil foram através de erros das adversárias. Outro fator importante foi o bom aproveitamento no bloqueio, que trouxe 12 pontos à equipe. No time vencedor, as que mais marcaram foram Fernanda Garay e Gabriela Guimarães, com dez pontos, mesma pontuação da cubana Melissa Vargas, maior pontuadora da sua equipe. No primeiro set, em apenas 21 minutos, o time comandado por José Roberto Guimarães viu que poderia conquistar a vitória com tranquilidade e venceram por 25/16. Na segunda parcial, a vantagem foi adquirida com ainda mais facilidade. Com o resultado de 25/11, o set contra Cuba foi a parcial vencida pelo Brasil com maior diferença de pontos considerando os sete jogos

A

0,

NA CIDADE DE

A LMATY,

NO

C AZAQUISTÃO Divulgação/FIVB

O Papa torcedor

Para avançar, Seleção Brasileira de Vôlei ainda terá pela frente Holanda e Cazaquistão disputados no Grand Prix. Tentando fazer o improvável e em busca da virada, as cubanas começaram melhores no terceiro set e chegaram a ficar à frente no placar, com 3 a 1 a favor. Porém, pouco tempo depois, as brasileiras reassumiram a ponta, mas não tiveram tanta facilidade para acabar com o jogo e viram as adversárias na cola durante grande parte do tempo. Neste sábado, também às 6 horas (de Brasília), o Brasil volta à quadra para enfrentar a Holanda. No domingo, no mesmo horário, a equipe encara o Cazaquistão. Ainda

nesta sexta, Holanda e Cazaquistão se enfrentam a partir das 9 horas. RECUPERAÇÃO Recuperando-se de uma lesão no ombro direito, Tandara vem tendo grandes resultados no tratamento que vem fazendo junto com a comissão técnica do Vôlei Amil, em Campinas. Mesmo com a evolução, a ponta/oposto prefere não fazer previsões de seu retornou, mas já deixou claro sua ansiedade de voltar às quadras. "Minha recuperação está melhor do que eu esperava. Mas ainda não

posso dizer que jogo a Copa São Paulo. Esses primeiros jogos acho que não. No Paulista creio que jogo sim. Ontem comecei a fazer encaixe de bola e não senti dor nenhuma. Estou sentindo meu ombro mais forte e mais estável, tenho mais confiança pra encaixar. Dei até alguns saques do chão", comentou a atleta. A Copa São Paulo começou na última sexta-feira. Cortada da Seleção Brasileira por causa do tratamento da lesão, ela pensa no Campeonato Paulista e na Superliga, que têm início em setembro, e já deixa um recado: "Quero voltar logo".

Presidente dos Santos pede afastamento do clube por um ano Divulgação

Mandatário santista coleciona problemas de saúde e decidiu pedir um novo afastamento do clube par a gerência de futebol. Um grupo de conselheiros do Santos havia protocolado na quinta-feira, o abaixo-assinado com o pedido de uma reunião extraordinária para a votação de impeachment do presidente Luis Álvaro

de Oliveira Ribeiro. Ao todo, 97 assinaturas foram recolhidas - 50 era o mínimo necessário - e apresentadas para o Conselho Deliberativo. Por enquanto, não há informação se a denúncia e o processo do

pedido de impeachment de Laor terá sequência. A denúncia feita pelo grupo de conselheiros teve como base o item B do artigo 68 do Estatuto do Peixe, que prevê: prejuízo considerável ao patrimônio ou à imagem do Santos.

> SÉRIE B

De olho no G4, Sport-PE encara o Atlético-GO Terceiro colocado da Série B do Campeonato Brasileiro, com 27 pontos, apenas dois a mais que o quinto colocado, o Sport busca tranquilidade na zona de acesso para a elite nacional. Nesta sexta-feira, na Ilha do Retiro, a partir das 21h50, a equipe de Marcelo Martelotte encara o Atlético-GO, pensando em se firmar ainda mais no G-4, lugar de onde o time não sai desde a nona rodada. No último jogo, contra o Ceará,

RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

EQUIPE NÃO ENCONTROU DIFICULDADES PARA VENCER

> POLÊMICA

Em meio à crise política nos bastidores do Santos, com um grupo de conselheiros apresentando nesta quinta-feira um pedido de impeachment, o presidente do clube praiano, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, apresentou uma solicitação de afastamento por um ano do cargo. O pedido de Laor foi anunciado na reunião extraordinária do Conselho Deliberativo do Peixe, na noite desta quinta, na Vila Belmiro. O mandatário santista vem colecionando problemas de saúde nos últimos tempos e, por esta razão, decidiu pedir um novo afastamento aos conselheiros, que aprovaram a solicitação por unanimidade. O vice Odílio Rodrigues assume interinamente o posto. A nova licença médica de Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro esfria a pressão interna pela sua saída, que aumentou depois da goleada sofrida pelos alvinegros para o Barcelona (Espanha), por 8 a 0, no último dia 2, no Camp Nou. Na semana passada, o dirigente chegou a demitir dois membros do Comitê de Gestão do Santos Pedro Luiz Nunes Conceição e Caio De Stefano -, que vinham fazendo resistência a Laor nos bastidores. Além deles, Luciano moita pediu demissão do órgão. O presidente também despediu Nei Pandolfo, contratando Zinho para ocu-

Passe Livre

também em casa, o Leão venceu por 2 a 1, mas não deixou de ser ameaçado por seus concorrentes diretos às primeiras posições, como o América-MG e o Paraná, que também venceram na rodada. Diante do Atlético-GO, o técnico não poderá contar com o volante Rithely, expulso no duelo com os cearenses. No lugar dele, Renan Teixeira deve ficar entrar e compor o meio. Por outro lado, o treinador já tem à disposição os reforços do ata-

cante Diego Maurício e do meia Chumacero, duas das grandes contratações do Rubro-negro para a temporada. Ambos estão prontos para estrear e podem ser escalados entre os titulares. Do lado do Dragão, a derrota em casa para o Bragantino na última rodada deixou a equipe em situação delicada. Com 16 pontos, um a mais que o Guará, primeiro time da zona de rebaixamento, os goianos ocupam a 14ª colocação. O treinador PC Gusmão, que

viu evolução na equipe mesmo após o revés, vai contar com o retorno de Ernandes na lateral direita. Assim, John Lennon, que entrou como titular contra o Massa Bruta, volta para o banco de reservas. O goleiro Márcio acredita que a equipe não pode mais mostrar fragilidade, pois atingiu o limite de tropeços possíveis. Mesmo assim, ele acredita que é possível roubar pontos do Sport na casa dos pernambucanos.

O Papa Francisco está me ganhando. Ele é um sedutor no melhor dos sentidos da bondade genuína. O que lhe poderia faltar, sobra. É louco por futebol. Recebeu os jogadores de Itália e Argentina antes do amistoso em sua homenagem e deu um drible de corpo ao estilo dos Di Stéfanos de sua pátria mãe, hermana. Disse que não torceria por ninguém E nem iria ao jogo. O Papa conquistou e ofuscou os ídolos. Messi parecia um coroinha de capela interiorana. Buffon, o goleiraço italiano, declarou em sincera emoção: - Com um Papa assim é muito fácil se sentir melhor. Ele lhe indica o caminho, aquece o seu coração, lhe enche de ânimo - opinou o paredão da Azzurra. Buffon perdeu a frieza dos grandes guardiães diante da simplicidade autêntica do pontífice que desarma o mundo com gestos e palavras certeiras e francas, de um ser humano decidido a pregar fora da clausura do castelo do Vaticano. Francisco, argentino de nascimento, italiano de ascendência, deu o famoso migué, o drible docemente malandro do futebol ao pregar o empate. Que nada. Seu coração é argentino, até a última das artérias. O papa é San Lorenzo de Almagro, de carteirinha de sócio. Vibrou em contrição pela vitória portenha. Torcedor, do Papa ao bêbado, morre sem trocar de time. Muda de convicção, de cueca, de dentadura. De casa, de fechadura. O time é colado na alma. É parte do sujeito e parte com ele quando vai para o túmulo. Nem os piores adúlteros quebram a fidelidade pelo seu escudo futebolístico. O Papa é San Lorenzo e de acompanhar as partidas desde a juventude. Seu esquadrão preferido é o de 1946, que marcou época ao ser campeão nacional e arrasar numa excursão em terras espanholas. Bateu Real Madrid e Atlético de Madrid. Chamaram a seleção. Tomou de 7 a 5 e 6 a 1 do “Ciclone”, como é conhecido o San Lorenzo. Quando arcebispo, o Papa dos Pobres declarou que acompanhava todas as partidas do seu time de coração em seu estádio, destacando a escalação: Blazina, Basso e Colombo; Vanzini, Grecco e Zubieta; Imbellone, Farro, Pontoni, Martino e Silva (De la Matta). O técnico era Omar. Nessa equipe, o orgulho de Jorge Mário Bergoglio, o nome sem vestes sagradas do líder católico tornou-se um velho conhecido dos brasileiros: era o zagueiro Oscar Basso, que mais tarde, em 1949, atuou no Botafogo e se tornou um dos maiores defensores da história do Alvinegro. >>> Basso, até a década de 1980, sempre foi eleito o melhor quarto-zagueiro da história do Botafogo. Com a morte de suas testemunhas e o prazer sacana do brasileiro em pulverizar a memória, o beque descrito por Nilton Santos como um imperador da área foi sendo substituído nas votações. Qualquer dia entra Gonçalves no seu lugar, aquele cabeludo sem talento e reserva de Júnior Baiano na Copa do Mundo de 1998. Ter sido reserva de Júnior Baiano dispensa maiores considerações sobre Gonçalves, ídolo de muitos rapazolas metidos a entendidos. O San Lorenzo, do Papa, é um ancoradouro brasileiro. Por lá passaram Waldemar de Brito, o homem que levou Pelé para treinar no Santos e merecia pensão vitalícia extensiva aos seus tataranetos e Petronilo de Brito. Silas, o meia do São Paulo dos tempos de Cilinho e Pepe, sagrou-se campeão argentino de 1995 e deve ter alegrado Sua Santidade. Do San Lorenzo veio, na década de 1960 para o Brasil, um loiro rebelde. Narciso Doval. Ídolo do Flamengo de 1968 até 1975, vestia a camisa 10, cortava defesas com valentia e milonga, a malandragem portenha, gols de raça e técnica em dribles cortantes. Doval passou a 10 para Zico em 1974. Dois anos depois, estava no Fluminense. Na Máquina Tricolor, de Francisco Horta, Doval fez o gol do bicampeonato carioca aos 14 minutos do segundo tempo da prorrogação contra o Vasco. Ganhou de cabeça de Abel Braga, o técnico metido a brabo e a bola acabou mansa no fundo das redes do goleiro Mazarópi. Doval morreu aos 47 anos, fulminado por um ataque cardíaco ao sair de uma boate em Buenos Aires. Estrela de uma noitada com suas madeixas, caiu na calçada. Suspeitas sem confirmação apontam para consumo de cocaína. Doval jogou e viveu perigosamente. O Papa Francisco torceu pela argentina por ser um homem legítimo. Suas palavras e o seu olhar inspiram confiança. É despido do pedantismo cardeal de vestais do catolicismo. Sua identidade é com a pobreza. A multidão compacta feito uma arquibancada lotada. O Papa Francisco é o futebol de verdade. Dos alquebrados , crédulos e penitentes. Nas suas homilias, futebol não combina com o azinhavre dos dinheiros. REFORÇOS O ABC segue abrindo o cofre. Agora é o atacante Lima, indicado pelo técnico Roberto Fernandes. Lima tem 32 anos e vem para ser a solução que quase um time inteiro de contratações não conseguiu alcançar. O volante Alan Bahia passou pelo América despercebido. PROMOÇÃO A Frasqueira das profundezas de Natal voltou a merecer a atenção da diretoria do ABC. Ingresso de arquibancada a 10 reais com estudante a 5 pilas. O povão parece que vai ser conveniente outra vez. AMÉRICA É articulado o técnico Argel Fucks. Ele cantou a pedra das deficiências no meio e no ataque. Precisa de reforços pois a situação do América é menos complicada duas rodadas ou seis pontos. ALECRIM Todo torcedor do ABC, do

América, do Força e Luz ou do Atlético é um pouco Alecrim, o mais simpático de Natal. O Alecrim é um coração apaixonante como o bairro que lhe batiza. São 98 anos de sacrifício e amor. BOB E O TIMAÇO O poeta Bob Motta manda uma escalação que publico em homenagem a cada alecrinense: Augusto; Miltinho, Preta, Berilo Castro e Jácio; Pedrinho e Vasconcelos; Zezé, Odilon, Icário e Burunga. Técnico: Geléia. BASE DO JL A base do time de Bob Motta é do Estádio Juvenal Lamartine. Menos Odilon, um cracaço. Ele também escala Capitão Haroldo de preparador físico, Perequeté de massagista, Pedro Selva, de médico. O presidente é uma homenagem justa e afetiva: Seu irmão, ex- vicegovernador Clóvis Motta, que comandou o Verdão em tempos de glória e caneco. Viva o Alecrim.


Cultura

Sexta-feira

Natal, 16 de agosto de 2013

O Jornal de HOJE 17

Fotos: Divulgação

CORREIOS PROMOVE LANÇAMENTO

NACIONAL DE SELO NO RN A QUADRA HOMENAGEIA O PATRIMÔNIO HISTÓRICO BRASILEIRO ONDE FORAM SELECIONADOS O CEMITÉRIO DE AREZ (RN), O CEMITÉRIO DO BATALHÃO (PI), O CEMITÉRIO DE SANTA ISABEL (BA) E O SELO ALUSIVO AO CEMITÉRIO DA SOLEDADE (PA) DANIELA PACHECO EDITORA DE CULTURA

De acordo com Câmara Cascudo, o portão do cemitério de Arez, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 1962, com inscrição no Livro do Tombo Histórico, é considerada a peça mais sugestiva de todo o Estado, com seus ornamentos barrocos como decoração mural e frontispício de composição simétrica com cinco divisões feitas por colunas compósitas. Na divisão central, em arco pleno e frontão em forma de sino encimado por cruz, existe seu vão de acesso. Duas divisões ornadas por motivos florais, ladeando o arco. Nichos em arco pleno cercado por ornatos, vazam as duas divisões extremas. Motivos flo-

rais nas bases e no rodapé. Pináculos em forma de lótus fechados sobre a cornija, coroando as colunas. E, neste sábado, dia 17, os Correios colocam em circulação a emissão postal ‘Cemitérios Brasileiros: Patrimônio Cultural’, que retrata quatro cemitérios tombados pelo IPHAN, e será realizado, simultaneamente, nos Estados do Rio Grande do Norte, Bahia, Pará e Piauí. A cerimônia acontece às 19h, durante a Feira de Cultura de Arez, município do litoral sul potiguar. Numa parceria entre os Correios, o Iphan-RN e a Prefeitura Municipal de Arez, será aberto à população, e contará com participação de grupos folclóricos, exposições culturais, feira de artesanato e apresentação da Banda da Polícia Militar do Rio Grande

do Norte. Segundo José Alberto Brito, diretor regional dos Correios, “o monumento que inclusive é o único frontão tombado do Brasil, integra o Patrimônio Cultural Brasileiro, retratado pelos Correios nessa Emissão Especial, que divulgará nossa riqueza histórico-cultural para todo o Brasil e vários países do mundo. Foram produzidos 600 mil selos e pode ser utilizados para correspondências internacionais”, destaca José Alberto Brito. Elevada à categoria de Vila de Ares em 1760, fora anteriormente aldeia indígena onde se instalaram os jesuítas. O frontispício do cemitério de Arês foi considerado obra bastante expressiva no Barroco. De estilo único no Nordeste brasileiro, a construção do frontão do cemité-

rio de Arez/RN foi em 1822 e é atribuída ao capuchinho Frei Herculano, quando viveu naquela vila. O último lançamento nacional de selo com imagens do Rio Grande do Norte ocorreu em 2006. E, esta quadra focaliza, artisticamente, elementos essenciais de cemitérios brasileiros tombados como patrimônio cultural pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). O Cemitério de Arez (RN) foi representado por um detalhe de seu portão tombado. O Cemitério do Batalhão (PI), por algumas sepulturas e uma árvore, destacando a beleza e a simplicidade do lugar. As sepulturas brancas à frente do fundo montanhoso são os elementos destacados do Cemitério de Santa Isabel (BA). O selo

alusivo ao Cemitério da Soledade (PA) traz em detalhe a imagem de uma das muitas estátuas que ornamentam o local. O uso da cor prata dá aos selos um caráter de relíquia e preciosidade, valorizando a percepção dos cemitérios a serem preservados como patrimônio cultural. A técnica utilizada foi ilustração vetorial. A funcionária dos Correios Halinna Dantas, destaca ainda, a visão social marca registrada da instituição em que trabalha e conta que, “dentro da programação de lançamento do selo, os Correios promoveram uma oficina filatélica com 120 estudantes do ensino fundamental da rede municipal de educação de Arez. Onde durante a oficina, as crianças na faixa etária de 7 a 11 anos criaram pequenas coleções de

selos e aprenderam aspectos da história do selo postal e da filatelia como fonte de conhecimento cultural. E, os 24 melhores trabalhos elaborados pelos estudantes serão expostos amanhã, na Feira de Cultura”. A iniciativa, que integra o projeto Correios nas Escolas, visa estimular alunos e educadores a utilizar os selos postais como instrumento de cultura, pesquisa, entretenimento e integração social. Os selos serão comercializados a R$ 2,00 cada. As peças filatélicas poderão ser adquiridas pela loja virtual (www.correios.com.br/correiosonline), pela Agência de Vendas a Distância (centralvendas@correios.com.br) ou nas agências dos Correios.

Cultura HOJE DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com REGISTRO O Prêmio Jabuti, a mais importante premiação editorial do país, encerrou suas inscrições da edição 2013 com 2.107 participações, em 27 categorias. Foram aceitas obras inéditas, editadas no Brasil, entre 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2012, inscritas no ISBN e que apresentavam ficha catalográfica. O Prêmio Jabuti é organizado pela Câmara Brasileira do Livro (CBL).

TOLO DE OURO O intuito foi formar uma banda que pudesse reler com originalidade e criatividade algumas das pérolas do repertório de Raul Seixas, cantor e compositor baiano saudado pelo Brasil como um dos seus roqueiros mais emblemáticos e polêmicos. A Raul Seixas Banda Clube promete esquentar as noites de 16 e 23 de agosto na capital potiguar, se apresentando no Zona Cultural, misto de sebo e bar localizado à Rua Frei Miguelinho, 130. O grupo faz a mini-temporada ‘Raul Sextas’ com o Show Tolo de Ouro nessas duas datas sempre a partir das 22h.

com Dani Pacheco

ECONOMIA CRIATIVA No dia 16 de setembro, segunda-feira, a cidade de Natal receberá o Curso de Economia Criativa e Empreendedorismo, evento que já foi realizado em diversas capitais do país. Trata-se de um projeto criado pela Garimpo de Soluções (SP) e que, na capital do Rio Grande do Norte, será realizado pelo Sebrae RN, com o apoio da Casa da Ribeira. Na programação, que tem início às 09h, estão as aulas de dois professores que são referências nacionais na área. Políticas públicas e estratégias de negócios na Economia Criativa será ministrada pelo economista Leandro Valiati. Na sequência, a economista e urbanista Ana Carla Fonseca é responsável pela aula Empreendedorismo e Economia Criativa em nossas cidades: cidades criativas. No período da tarde, os dois professores conduzem o módulo discussões, exemplos e propostas – Economia Criativa e cultura: empreendedorismo nos setores público e privado. HOJE O violinista André Kolodiuk apresenta nesta sexta, dia 16, às 20h, no auditório Oriano de Almeida, na Escola de Música da UFRN. O recital que conta em seu repertório com obras de Arvo Pärt, Edino Krieger, Tommaso Vitali e Johannes Brahms. A entrega de senhas gratuitas acontecem a partir das 18h30.

TELAS BRASILEIRAS NA ESPANHA Dois quadros do pintor paulista Rafael Murió serão expostos na mostra “Art Meeting in Barcelona”, a partir do dia 24 de agosto, na BCM Gallery, situada no centro de Barcelona. O evento reunirá diversos artistas europeus e americanos. “Trata-se de um encontro anual nessa cidade que já é das Artes e da Cultura, um verdadeiro museu a céu aberto, que abriga obras de Gaudí e a coleção mais completa do mundo de Picasso”, afirma a curadora Geni Settanni, da Waylight Eventos Culturais. SÓ PARA LEMBRAR... Rafael Murió está completando 50 anos de carreira e vem se destacando por ser um dos pintores com maior presença em eventos internacionais. Só neste ano, participou de exposições no Carrousel du Louvre, em Paris (França), em Nova York (EUA) e na cidade do Porto (Portugal). Suas obras estão presentes em acervos de grandes colecionadores, principalmente europeus, americanos e australianos. No País, podem ser encontrados nos principais leilões do mercado de arte, além de galerias e museus. Detém inúmeros certificados, prêmios e menções honrosas, além de registros em diversos guias de arte.


18 O Jornal de HOJE

Cultura

Natal, 16 de agosto de 2013

Sexta-feira

Musicomania CONRADO CARLOS - ccpsilva@gmail.com Fotos: Divulgação

A ERA DOS MEGAFESTIVAIS

Esqueça os festivais das tevês Tupi, Excelsior e Record. Nos últimos anos, o Brasil, finalmente entrou na rota dos grandes artistas internacionais que, com mercados europeus e norte-americanos em crise, apostam na pujança latino-americana para encherem os bolsos – os Rolling Stones bem que poderiam ter nos incluído nesses shows de aniversário que fizeram em Paris, Londres e Nova York (dezembro passado). Poucos países têm cinco, seis

cidades com capacidade de receber uma turnê portentosa. Se, antigamente, São Paulo e Rio de Janeiro eram os únicos destinos, agora, é raro um artista desprezar Belo Horizonte, Brasília e Porto Alegre – quando não entra Curitiba, Recife e Salvador. Dinheiro correndo solto nas maiores capitais brasileiras, cujos jovens pagam ingresso mais caro que no exterior. Ingresso caro que pode ser creditado na conta dos milhares

de picaretas que falsificam carteiras de estudante. Com o abuso da meia-entrada, dobra o preço normal – só assim promotores sobrevivem. A cena de cambistas em jogos de futebol se repete em shows Brasil afora. Sem fiscalização e cumprimento da lei, morremos com escandalosos duzentos, trezentos reais por evento. Festivais, por aglutinarem em dois, três dias uma penca de bandas, pululam em todo canto. Cansativas maratonas musicais e as-

sustadores pelo tamanho, eles funcionam como um mosaico de parte do que está sendo produzido. Para quem mora em uma cidade fora da rota das estrelas, nada melhor. É o caso do Lollapalooza Brasil (foto). Com um line up repleto de astros do rock (Pearl Jam, The Black Keys, Queens Of The Stone Age, Franz Ferdinand) e nomes de vanguarda da música eletrônica, a filial tupiniquim de um dos maiores festi-

vais americanos teve sua segunda edição em março de 2013, em São Paulo. Organizado no bonito cenário do Jockey Club paulistano, os três dias custaram R$ 990,00. Barato, se dividirmos este valor por sessenta (número de shows programados). Tem gente que gasta mais do que isso para mergulhar em um abadá e ouvir Chiclete com Banana ou Asa de Águia pela milésima vez. Com passagens aéreas em constantes

promoções, vi, em março passado, muito natalense batendo cabeça e dançando no Jockey. Marcas como Rock in Rio, Planeta Terra, Back2Black (musica negra) são produtos estabilizados no mercado de entretenimento nacional. Para quem ainda guarda lampejos de juventude e disposição, todos valem o quanto pedem. Bem estruturados, seguros e com boas atrações, em nada deixam a desejar aos correlatos estrangeiros.

DVD: BLUES-ROCK

SÓ PARA MAIORES CD: METAL

CARICATURA DE SI MESMO Para os fãs da New Wave of British Heavy Metal (N.W.O.B.H.M.), experimento britânico que estourou o gênero no mundo no final da década de 1970, o novo álbum de estúdio do Saxon é pura naftalina. Em Sacrifice, seu 20º álbum, a banda produziu dez novas canções, mais pesadas do que as do último álbum, A Call to Arms, mas ainda assim com os pés nos anos 1980. As guitarras e os vocais se tornam uma marca registrada desta banda que não teve a mesma influência do Iron Maiden e do Judas Priest, sendo que figura entre os expoentes, junto ao Def Leppard e Diamond Head de um movimento que trouxe a melodia e os bons arranjos para além das distorções. Melodias essas que, por vez, soam excessivas – caso deste Sacrifice. “Menos truques, mais poder”, afirma o vocalista e fundador Biff Byford, em entrevista para a mídia inglesa. “Minha ideia era fazer algo bruto, real e não ter medo de olhar para trás, para o antigo material clássico de inspiração”. Em tempos de estagnação do heavy metal e de pouca criatividade no rock, são afirmações descartáveis – assim como o álbum. As composições possuem uma nostalgia que remete à época clássica da banda (entre 1979 e 1984). Warriors Of The Road, Wheels Of Terror e Stand Up And Fight são

faixas que gritam por dias felizes com a mesma intensidade e repetição de outrora. A manutenção de grunhidos e cabeças batendo por tios de cabelo alisado surgem como alguns dos melhores momentos humorísticos de 2013. “Desde as músicas para a produção, eu queria focar nos aspectos principais que nos fizeram grandes em primeiro lugar. Pensando nisso, combinando as novas composições com alguma grande composição clássica da banda, fez o Saxon mais atual do que nunca, na minha opinião”, acredita Biff. Eu não botei fé. Fossilizados e sem olhar para as mudanças sonoras dos últimos trinta anos, a tentativa de trazer de volta algo que já estava enterrado só pegará àqueles que gostam de revival constantemente.

Sacrifice Artista: Saxon Gravadora: EMI MUSIC Preço médio: R$ 29,90

Com uma existência curta, porém original, o Cream obteve status como uma das bandas mais influentes do rock de todos os tempos. O trio lançou quatro álbuns de estúdio que foram um enorme sucesso em todo mundo, em ambos os lados do Atlântico. Em maio de 2005, eles se reuniram novamente para uma sequencia de concertos ao longo de quatro noites no Royal Albert Hall, em Londres. Filmado em alta definição, os melhores momentos destas apresentações finalmente estão disponíveis como uma espécie de aula obrigatória. Com Eric Clapton, Ginger Baker e Jack Bruce mostrando como coroas dominam seus instrumentos sem afetação – nos extras, boas entrevistas relembrando a trajetória da banda. Numa época em que os Beatles balançavam, os Stones viram mitos e o hard rock surgia como a opção mais viável para toda aquela rebeldia musical, o Cream fez sua releitura do blues e do rock com uma qualidade impar – até hoje reverenciada roqueiros. Foram apenas três anos de parceria, mas com frutos degustados em doses generosas por quem gosta de boa música – sobretudo o disco Disraeli Gears, de 1967; entre os melhores de todos os tempos em quase toda lista de críticos e revistas especializadas. O show de oito anos atrás é um achado. A bonita e mítica casa de espetáculo londrina estava lotada, espaço que viu as duas últimas apresentações do Cream, em 1968. E os três artistas, inspirados em uma noite de rápidas viagens entre o Delta do Mississipi e os pubs da cinzenta capital do império onde o sol nunca sumia. Ver Clapton acompanhado por companheiros talentosos e responsáveis por uma pedra fundamental na estrutura do rock (o trio ajudou na formatação desse formato enxuto de grupos), em plena sexta-feira, instiga uma passada no supermercado para comprar meia dúzia de cervejas. Se a combinação não funcionar, troque de remédio.

Royal Albert Hall London Artista: Cream Gravadora: ST2 Music Preço médio: R$ 40,00 (Blu-Ray)


Cidade

Sexta-feira

Natal, 16 de agosto de 2013

Fotos: Canindé Santos

Piscina da universidade passou por reforma há cerca de três meses e já possui parte dos azulejos danificados. O piso também apresenta problemas

Obras recém-inauguradas na UFRN já apresentam falhas, denuncia professor UNIVERSIDADE NEGA PROBLEMAS NA FISCALIZAÇÃO DOS PROJETOS REALIZADOS Obras realizadas no campus central da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) estão sob suspeita. O professor do Departamento de Educação Física da instituição, Raimundo Nonato, procurou a redação de O Jornal de Hoje para relatar uma série de irregularidades. O professor começou falando sobre as reformas realizadas nas piscinas da UFRN, onde o piso estava soltando mesmo depois de ter passado por melhorias "há três meses". A equipe de reportagem foi ao local, e constatou algumas peças soltas no piso de uma das piscinas. Em outro ponto da mesma, a "parede", também estava sem os azulejos. De acordo com o superintendente de infraestrutura da universidade, Gustavo Rosado, estes problemas já estão sendo reparados. Entretanto, ele ressalta ter inaugurado a obra há aproximadamente quatro anos, e não há três meses como o denunciado. Também informou que esse tipo de problema pode acontecer devido a diversos outros fatores, como por exemplo, o movimento na piscina, e algum déficit na execução. Outra crítica do professor universitário diz respeito às instalações do novo prédio destinado ao departamento de educação física. O denunciante revela que, aberta ainda neste ano, a construção já apresenta falhas em sua estrutura, com infiltrações e vazamentos, prejudicando até mesmo a rede elétrica. Gustavo Rocha disse não ter sido informado sobre estes eventos. O que ele sabe é de uma entrada de água, devido aos cobogós instalados na parede, para uma melhor iluminação e ventilação do prédio. O superintendente afirmou que em períodos de chuvas mais fortes, "esses detalhes se manifestam", questionado sobre os custos destes reparos pós-construções, ele disse que são mínimos e comuns em obras de longa duração. Durante uma passagem pelos corredores do prédio, a reportagem não observou nenhuma infiltração, entretanto, os cobogós estavam tapados. O educador, ainda levantou outra questão: um prédio de dois andares, construído há mais de um ano estava sem acesso para os estágios superiores, ou seja, escadas e elevadores.

Laboratório do Departamento de Geologia, construído há cerca de dois anos, ainda não possui acesso ao segundo andar A construção em questão é o Laboratório de Análises Estratigráficas, pertencente ao departamento de Geologia. De acordo com o professor Francisco Pinheiro que coordena um projeto no local, o imbróglio se deu devido ao fato da obra ter sido dividida em dois módulos, sendo o primeiro destinado para laboratórios. Esta fase está quase concluída. O segundo módulo será destinado para outros laboratórios, salas de professores, e uma litoteca, um local destinado para o armazena-

mento e descrição de rochas. Entretanto, esta etapa ainda não foi iniciada, e não tem previsão para isso. Segundo o professor, existem algumas discordâncias entre a universidade e o financiador. O acesso para os andares superiores do Laboratório de Análises Estratigráficas está projetado no segundo módulo, por este motivo na construção já quase pronta ainda não há acesso para os níveis superiores. Segundo Gustavo Rosado, a paralisação no andamento da

construção se deu devido fato da captação dos recursos acontecerem em dois editais diferentes. O primeiro módulo já obteve recursos, e por isso, está prestes a ser concluído. Porém, a segunda etapa não obteve sucesso tão rapidamente. Entretanto o processo de licitação já está em andamento, de acordo com o superintendente de infraestrutura, e a empresa responsável pela obra deverá ser conhecida em poucos meses, com isso, retomando as obras do laboratório.

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

apronianocfs@hotmail.com

Rebocador Ramco Cruzader pegou fogo no litoral do Rio Grande do Norte e naufragou em Beberibe no Ceará NATAL Navio Bandeira Lagoa Paranaense Brasil Scorpius Brasil BBM 333 Holanda South Wind Ant. Holan. CMA-CGM Aristote U. Kingdom Alem Mar Brasil Vectis Pride U. Kingdom CMA-CGM Homere Inglaterra Marfret Guyane França Siem Carrier Noruega

Canindé Santos

Agência W. Sons W. Sons W. Sons W. Sons CMA-CGM GPM Viamar CMA-CGM W. Sons Seamaster

Chegada No Porto No Porto No Porto No Porto 17/08 19/08 22/08 24/08 31/08 01/09

Destino --Guamaré(RN) Guamaré(RN) Algeciras/ESP F. de Noronha(PE) -Algeciras/ESP Algeciras/ESP Macaé (RJ)

Carga Em Operação Em operação --Contêineres Mantimentos -Contêineres Contêineres Offshore

Descarga --Balsa Rebocador --Maquinários ----

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN Almi Star

Libéria

Petrobras

No Porto

Salvador (BA)

Óleo Cru

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN Clementine

Dia 16 17

Raimundo Nonato acusa UFRN pela falta de fiscalização nas obras

U. Kingdom Arrow

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 12:13 1.9 18:19 0.6 00:41 2.0 07:00 0.5

21/08

Santos (SP)

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Sal

Nova

--

FASES DA LUA (06/08 - 18:51h)

Crescente

(14/08 - 07:56h)

Cheia

(20/08 - 22:45h)

Minguante

(28/08 - 06:35h)

O Jornal de HOJE 19


20 O Jornal de HOJE

Natal, 16 de agosto de 2013

Cidade

Sexta-feira

Érika Nesi Moda & Atitude

erikamnesi@hotmail.com

Ah, quer saber...

Sessão de cinema Na próxima terça-feira, dia 20, a marca Lilly Sarti, das irmãs Lilly e Renata, vai apresentar sua a coleção de verão 2014 de forma, digamos, pouco convencional. O tradicional desfile será substituído pela versão digital com duração de nove minutos e apresentado em uma sala de cinema, do Cinépolis localizado no JK Iguatemi.

New York Fashion Week De 05 a 12 de setembro está marcada a semana de moda de Nova York, com participação brasileira das marcas Osklen e Alexandre Herchcovitch, que desfila fora do line-up oficial no MilkStudios, no dia 07 de setembro.

t t t

LuisFiod assinou toda a concepção e recrutou a modelo espanhola Clara Alonso para o trabalho

t t t

Inauguração da Dermage no Natal Shopping Ontem, o Natal Shopping viveu uma noite de festa. É que a empresária Fátima Jales abriu mais uma loja da Dermage, que chegou com o novo conceito da marca, nos tons do verão, com o laranja predominando na decoração, bem de acordo com uma das linhas de verão da marca.

O supervisor de franquias da Dermage Renato Pinto e Vanessa Britto Dr Alex Pinheiro, Joélio Oliveira Regina e Fátima Jales na nova loja da Dermage no Natal Shopping

t t t

t t t

Agnaldo Timóteo Agnaldo Timóteo iniciou sua carreira cantando em programas de calouro na rádio de Caratinga, Governador Valadares e Belo Horizonte. Mudou-se para o Rio de Janeiro, passando a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria. Enquanto isso, continuava sua carreira e aos poucos tornou-se conhecido nacionalmente pela sua voz. Ficou famoso ao gravar a canção Meu Grito, de Roberto Carlos. Depois disso vieram vários sucessos românticos, como Ave-Maria, Mamãe e Os Verdes Campos De Minha Terra. De lá para cá, gravou mais de 50 álbuns.

Noite Badalada A noite foi bastante badalada. Estava presente o supervisor de franquia Renato Pinto, familiares, amigos de Fátima e clientes da loja. A produção do evento foi da dupla Rafa Rosito e Augusto Bezerril, que estão dando show nas produções. t t t

Momentos de descontração Momentos descontraídos com borbulhas de prosseco e scotch 12 anos, que eram servidos aos convidados e nas bandejas também mini porções deliciosas e lights. Não podemos deixar de citar a presença do querido Leonardo Arruda Câmara, abcedista de carteirinha, que foi devidamente de preto. Ele estava acompanhado da filha Silvinha - animadíssima com a nova coleção da BlueMan, que chega em setembro - e a esposa Graça, sempre muito elegante e simpática.

Jefferson e Caio Cunacia donos da revista Mais Estilo prestigiaram o badalado lançamento

t t t

São muitas emoções...

A empresária Fátima Jales com o maridão Roberto e a filha Regina Sales, felizes com o novo empreendimento

t t t

A festa bombou Enfim, mesmo depois das 22h a festa continuou bombando no primeiro piso do Shopping. A Dermage fica bem em frente à escada rolante e vale a pena fazer um visita por lá.

No show "Agnaldo Timóteo canta Roberto Carlos" o cantor faz um passeio pelas canções do Rei com sucessos consagrados.Também irá cantar músicas de sua autoria e também de artístas como Moacir Franco, Ângela Maria, Nelson Ned e Nelson Gonçalves. Será um show recheado de grandes clássicos! Agnaldo Timóteo Local: Teatro Riachuelo Dia: 23 de Agosto (Sexta) / 21h Ingressos: venda na bilheteria do teatro ou ingresso rápido.

Goretti Bonanni, Salete Medeiros e Simone Farret na nova loja Dermage

t t t

t t t

Roger&Gallet lança Fleur de Figuier no Brasil

Presença de Denis

Pesquisas comprovam que 65% das brasileiras preferem fragrâncias florais, seja aromática, frutal ou oriental. Para atender esse desejo feminino, Roger&Gallet criou Fleur de Figuier: uma fragrância excepcional, que estimula a sensualidade e sedução. Simplesmente irresistível, assim como toda mulher deseja ser.

E Fátima Jales já avisou que em breve o top maquiador oficial da marca Denis Proença estará em Natal, fazendo demonstração das makes e dos produtos da Dermage. Imperdível! t t t

As melhores marcas em dias dedicados a você De 18 a 31 de agosto, o Espaço Bem Você do Midway, estará fazendo Massagem Corporal e Banho de Lua, com produtos Amazônia Viva, sem nenhum custo adicional pra você. Ligue 3646-3210 e garanta o seu agendamento.Lembrando que os produtos Amazônia Viva, você encontra com exclusividade, em Natal, na loja Parfumerie mais perto de você.

Com duas sessões, os convidados vão conferir as novidades para a próxima temporada regados a drinks, pipocas e polvilho. O diretor de arte LuisFiod assinou toda a concepção e recrutou a modelo espanhola Clara Alonso para o desfile virtual.

t t t

Aroma exclusivo

Silvinha Arruda Câmara, Rafaela Rosito e a blogueira Kadja na noite de inauguração

O abcdista Leornardo Arruda Câmara e a americana Ígia Siminea

Para chegar ao aroma exclusivo, a marca buscou inspiração no jardim mediterrâneo de Esterel, localizado no sul da França.Fleur de Figuier proporciona uma experiência sensorial, com o aroma de figo. Até amanhã!


17082013