Issuu on Google+

Segunda-feira

Ano XVI w NATAL-RN,

16 DE DEZEMBRO DE 2013 w Nº 4.814

R$ 1,00 w jornaldehoje.com.br José Aldenir

> CRISE POLÍTICA CONTINUA

José Dias afirma que AL está pronta para votar o impeachment de Rosalba DEPUTADO ANALISA POSSIBILIDADE DO PEDIDO DE AFASTAMENTO DA GOVERNADORA DO RN A PARTIR DA CONDENAÇÃO NO TRE: “HÁ RESPALDO POLÍTICO E JURÍDICO” POLÍTICA 3 José Aldenir

> HUGO MANSO AVALIA

Corpos dos dois casais foram encontrados dentro de carro com marcas de tiros

> LAGOA DE PEDRAS

Chacina de jovens ainda é mistério para a polícia

PT não descarta nome de Fátima Bezerra para disputar governo do RN

CIDADE 10

> SOLDADO É SUSPEITO...

POLÍTICA 4

3 viaturas do Corpo de Bombeiros incendiadas

> CONSUMIDOR AGRADECE

Lei obriga supermercados a disponibilizar 80% dos caixas e embaladores

CIDADE 10

CIDADE 8

Marcos A. de Sá

Vicente Serejo

Página 7

Página 13

w Artigo de Ney Lopes em 'Hoje na Economia' alerta para 'mistério' na ZPE de Macaíba.

> SEMANA DO BEBÊ

Parnamirim intensifica ações para garantir os direitos da 1a infância CIDADE 6

w Democratas não têm a quem nem o que ensinar nas áreas de governo e gestão pública.

Daniela Freire TACIANA CHIQUETTI - INTERINA

Página 12 Natalenses aprovam a lei que deverá ser sancionada pelo prefeito Carlos Eduardo Heracles Dantas

w Veteranos “da paz” da CMN sugerem arquivamento dos processos na Comissão de Ética.

ESCREVEM ARTIGOS Ailton Salviano Roberto Cardoso Francisco Rodrigues Ana Luíza Rabelo Spencer Jahyr Navarro Anísio Marinho Neto

OPINIÃO - Página 2

Além do trecho interditado desde outubro, outra parte da importante avenida está fechada desde sábado e só deverá ser liberada em março de 214. CIDADE 14

INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,32 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,41 R$ 2,32

Euro x real R$ 3,19 Poupança 0,50%/0,41% Taxa Selic 10%

E-MAIL REDAÇÃO:

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

16 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 16 de dezembro de 2013

AILTON SALVIANO, geólogo e jornalista (ailtonsalviano@uol.com.br)

Artigo

Segunda-feira

FRANCISCO RODRIGUES, coordenador Disciplina Medicina, Saúde e Espiritualidade - UFRN/CCS/DMC (rodrigus@ufrnet.br)

A linguagem da violência IMAGINE (John Lennon) no futebol (II) Os jornalistas esportivos, de forma unânime, condenam a violência nos estádios. A selvageria nas arquibancadas transmitida ao vivo durante o último jogo Atlético Paranaense X Vasco chocou o Brasil e o mundo. Foram cenas que afrontaram a racionalidade humana. Sem a menor intenção de encontrar culpados, mas apenas para uma reflexão e a título de curiosidade, vejamos algumas palavras e expressões que foram incorporadas ao jargão futebolístico nos últimos anos. Matador, carrasco, disparou a bomba, matou o goleiro, matou o jogo, atirou, fuzilou, grupo da morte, fechou o caixão, time A atropelou time B, zona de degola e outros termos mais adequados para descrever personagens e cenas de violência são, atualmente, muito comuns nas transmissões esportivas. Como se não bastasse a violência urbana com quem dividimos o mesmo habitat, o linguajar usado por narradores, comentaristas e torcedores enveredou por uma rota perigosa que pode influenciar as torcidas e transformar um mero jogo de futebol em um verdadeiro combate entre inimigos. Até a palavra "estádio" que designava o local onde os torcedores se reuniam para assistir pacificamente à prática do futebol, estão mudando para "arena" por entidades responsáveis pela organização de torneios e campeonatos. E atentem para o que diz o dicionário de Houaiss sobre este verbete: "arena - parte central dos anfiteatros romanos, coberta de areia, onde se realizavam combates entre gladiadores e feras". Parece que definitivamente querem alterar a prática tranquila desse esporte. As hostilidades entre torcedores adversários, infelizmente, passaram a fazer parte do jogo como cenas de uma grande batalha. A atividade lúdica de ir a um estádio de futebol nas décadas de 50 e 60 do século passado foi travestida nos dias atuais em uma jornada perigosa em ambiente belicoso, onde vale tudo - bombas caseiras, pedradas, pauladas, tiros, sinalizadores, agressões físicas etc. É, sem dúvida, um retrocesso social aos costumes do homem primitivo. Entre as inúmeras histórias que tentam explicar a origem do futebol, existe uma que remota aos primórdios da civilização humana quando guer-

Artigo

reiros jogavam o protofutebol usando à guisa de bola, a cabeça decepada de um inimigo. O comportamento atual dos assistentes que frequentam as arquibancadas dos principais estádios de futebol do Brasil e do exterior parece encaminhar-se para o daqueles guerreiros. É bem provável que as torcidas organizadas brasileiras, responsáveis diretas pela violência nos estádios, se espelharam no péssimo exemplo europeu dos "hooligans". Embora esses grupos de torcedores tenham se originado e se destacado com mais soberba na Inglaterra, eles estão presentes com o mesmo fanatismo na Alemanha, Croácia, Polônia e República Checa. A mais triste lembrança associada a esses grupos foi a final da Liga dos Campeões da Europa entre os times do Liverpool da Inglaterra e a Juventus da Itália quando morreram 38 torcedores. O jogo disputado na Bélgica é uma das páginas mais tristes da história do futebol mundial. É conhecido como a "Tragédia de Heysel", nome do estádio da guerra campal. A vitória por 1 X 0 da Juventus não teve comemoração. Pelo contrário, momentos de dor e desespero seguiramse à partida. Infelizmente, ninguém foi detido. A polícia creditou os fatos aos "hooligans". Apenas os times ingleses foram punidos e passaram cinco anos sem participar de competições oficiais promovidas pela UEFA, a federação europeia de futebol. Hoje, os estádios ingleses possuem uma rede de câmeras que controlam todos os movimentos das torcidas. Aqueles que cometem qualquer ato de violência são severamente punidos. Neste momento, parece que esses grupos de malfeitores hibernam temendo a Justiça. No Brasil, as torcidas ditas organizadas, algumas com denominações que denotam hostilidades, tentam seguir esse péssimo exemplo dos britânicos. Só após algumas mortes nos estádios e suas adjacências, as autoridades tomaram providências para coibir essas manifestações. Dentre as medidas tomadas está o Estatuto do Torcedor que implantado há dez anos (16.05.2003) ainda não é cumprido em sua totalidade. A confiança na impunidade serve quase de incentivo para criminosos passando-se por torcedores continuem a atuar nos nossos estádios.

ROBERTO CARDOSO, cientista social e sócio efetivo do IHGRN (rcardoso277@yahoo.com.br)

Saberes e Sabores: Leite Escolher o leite significa escolher origens, procedências e qualidades, dentre uma enorme variedade de tipos, de qualidades, de quantidades e palatabilidades. Das apresentações encontradas e disponibilizadas no mercado encontramos do leite em pó ao leite condensado, passando pelo creme de leite e chantilly, entre rótulos brasileiros ou importados, de marcas nacionais ou multinacionais. Do leite de vaca ao leite de cabra, passando pelo leite de soja. Em algumas cidades brasileiras, o Corpo de Bombeiros se incube de recolher leite materno e distribuir a mães e filhos necessitados. O aleitamento materno evita infecções e alergias, já que anticorpos e nutrientes são passados para a criança de acordo com a idade, do colostro ao desmame. O leite pode ter sua origem em bacias leiteiras tradicionais, geográficas e históricas. Ou procedências duvidosas quanto aos cuidados desde a ordenha e a conservação do produto, coletado e transportado, até a chegada em cooperativas e indústrias de laticínios. Pode ser colhido em currais e vacarias não legalizadas e não vistoriadas pela vigilância sanitária, como pode ser em locais com controles de qualidade e controles fitossanitários, a partir de normas regionais ou nacionais. Podendo ainda ser embalado na origem, ou à longas distancias dos locais de ordenha e cooperativas arrecadadoras. No breve e próximo século passado ainda era comum cada qual ter seu próprio vasilhame de leite. E cada um, cada família, tinha a sua leiteira para abastecer e transportar o leite de consumo diário. Rapidamente estes utensílios foram sendo substituídos por vasilhames de vidro e retornáveis, quando o leite passou a ser distribuído em garrafas destinadas ao uso e transporte. O leite era engarrafado depois de um processo de pasteurização em cooperativas distribuidoras, e cada uma delas tinha seu vasilhame

próprio para distribuição, com modelos adaptados a linha de produção onde as garrafas eram lavadas e esterilizadas antes do envasamento. Rapidamente e novamente a distribuição do leite mudou, passando a ser acondicionado em sacos plásticos, e distribuído diariamente por caminhões refrigerados ou isotermicos. Surgiram então as classificações do leite: tipo A, tipo B ou tipo C, tipos que determinavam os valores percentuais de gorduras e coliformes, a pureza e qualidade do leite. Com valores diferenciados chegou-se a distribuir outro tipo, o leite padrão, com percentuais de gordura fixados pelo governo e com preços populares. Com um salto de tecnologia, agora o leite é distribuído em caixas do tipo longa vida, Tetra Pak® e Tetra Brik®. Com opções de teores de gordura definidos como: integral, semidesnatado, e desnatado, podendo ainda ser diet ou light. Hoje encontramos diversas marcas e diversos tipos de leites, com uma diversidade de embalagens, entre latas, vidros, potes, pacotes, caixas e saches. Transformados, modificados ou acrescidos de vitaminas, minerais, outros nutrientes ou outros componentes, flavorizados ou aromatizados. Tradicional, em pó, ou condensado, e raramente o evaporado. Teores zero de gorduras, com fibras ou mais cálcio, e sem lactose. Observar embalagens pode trazer outras duvidas na escolha, alem de datas, códigos e validades: teores de açúcar e de sódio, tipos e quantidades de gorduras, valores energéticos, com valores estabelecidos e não estabelecidos. Notificações de usos: em determinadas faixas etárias devem ter uma expressa indicação e orientação médica. Tomar um café não é uma simples decisão, adicionar leite ao café tornase mais difícil chegar a uma conclusão com as múltiplas escolhas. Um algoritmo para muitos bytes de memória e processamento.

Sempre considerei essa música como uma bela composição e que faz sintonia com o meu ideal de vida. Resolvi então aprofundar na sua essência Eis a letra disposta em forma de versos e os comentários após cada bloco: IMAGINE Imagine que não há paraíso É fácil se você tentar Nenhum inferno abaixo de nós Acima de nós apenas o céu Imagine todas as pessoas Vivendo para o hoje. Esta é uma filosofia sem Deus, de forte apelo individualista pelo bem estar. Não existe nenhuma perspectiva futura, de céu ou inferno. O céu é apenas isto que vemos acima de nossas cabeças. Um mundo onde as pessoas se preocupam em viver apenas para o hoje, o presente é supervalorizado. Imagine não existir países Não é difícil fazer Nada pelo que matar ou morrer E nenhuma religião também Imagine todas as pessoas Vivendo a vida em paz. Esse é um retrato da sociedade do Reino de Deus, somente que sem a presença de Deus. O que Deus quer que façamos, de vencer o egoísmo intrínseco ao nosso coração humano, de lapidar a nossa alma dos reflexos instintivos do corpo formando uma sociedade universal e fraterna, e que para isso envia os seus profetas e demais missionários para no ajudar nessa labuta, Lennon quer alcançar apenas pela imaginação. Em um aspecto ele está correto, o pensamento que gera a imaginação é o principal fator de transformação ao nosso redor. Mas a motivação que ele nos dá é fraca. Ele está focado apenas no presente, e sabemos que o nosso presente é fugaz. Poucos conseguem viver mais de 100 anos, e os anos de maturidade da consciência não ultrapassa esses 100 anos. Do ponto de vista individualista, sem a perspectiva de um futuro, de uma eternidade, de uma justiça suprema que corrija todas as dis-

Artigo

torções do pensamento individual, de um carma universal, me parece que o mais lógico seria cada um lutar para o seu próprio bem estar com todas as forças enquanto tivesse consciência e disposição para isso. Tanto para o bem estar imediato como para o bem estar logo a seguir com a velhice. Quem iria corrigir cada um se cada um usasse todos os recursos materiais e inteligência para alcançar esses objetivos, se cada um pudesse corromper a lei estabelecida, já que não existia uma lei divina? Acho que seria muito difícil de alcançar assim, apenas pela imaginação, essa sociedade onde todas as pessoas vivessem em paz. As coisas seriam mais ou menos como são hoje, uma minoria com os privilégios e a maioria subjugada, escravizada, e a luta constante em todos os setores por uma melhora pessoal, individual que não considera o bem estar e felicidade do próximo. Você pode dizer Que sou um sonhador Mas não sou o único Tenho a esperança de que um dia Você se juntará a nós E o mundo será como um só. Esta é a motivação que Lennon quer implantar na humanidade, um mundo sem fronteiras, de fraternidade, onde todos convivam em paz. Ele reconhece que isso é sonho e que, como ele, já existe outros. Eu também tenho esse sonho. Eu sonho com a sociedade do Reino de Deus que nós podemos construir a partir da transformação do nosso próprio coração. Para isso eu tenho o caminho para a construção desse sonho que foi ensinado pelo Mestre Jesus que nos foi enviando pelo Pai. O Mestre nos ensinou o fundamento da lei do Amor: "Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a mim mesmo". O meu sonho que é igual ao de Lennon, está alicerçado na perspectiva da minha aproximação cada vez mais do Pai, com a perfeição que irei adquirindo ao longo da eternidade que tenho à minha disposição, independen-

ANÍSIO MARINHO NETO, 1º procurador de Justiça, professor e membro da ALEJURN, IHGRN e UBE (anisiomarinho@unp.br).

te da deterioração do corpo biológico que por enquanto me auxilia nessa tarefa. O sonho de Lennon é apenas "o sonho" que eu posso criar na minha imaginação, mas que não conseguirá alcançar jamais a universalidade fraterna, pois nele todos estão preocupados apenas em alcançar uma felicidade individual no pequeno espaço de tempo que o corpo atual deixa à disposição. Imagine não existir posses Me pergunto se você consegue Sem necessidade de ganância ou fome Uma irmandade do homem Imagine todas as pessoas Compartilhando todo o mundo Essa imaginação que ele propõe, sem necessidade de ganância ou fome, sem o controle de uma lei superior que discipline nossos instintos e que nos ensine a imortalidade da alma, eu não consigo atingir. Com a humanidade que eu conheço, que sinto e me relaciono, não consigo ver ela se libertando dos fortes instintos passionais que possui para a manutenção do seu corpo efêmero, sem a perspectiva da imortalidade da alma e da gerência da vida pelo Criador que disciplina todo o universo com a Sua lei incorruptível. Ele até faz um esforço nesse sentido, pois quando apela para a irmandade do homem, ele quer que pensemos em um só pai. Mesmo que ele não seja explícito, o seu inconsciente colocou na sua composição, mesmo sem a aceitação da sua crítica consciente e até burlando a censura que ela pode fazer, a figura de um Pai único, de um Criador, enfim, de Deus. Interessante que até antes de fazer esse texto eu ouvia embevecido essa canção de Lennon sem perceber tanta fragilidade no sonho que ele oferece. Mas, enfim, agradeço a bela composição que ele nos ofertou e sei também que mesmo ele não tendo valorizado o Deus que nos criou, ele de certa forma desperta a nossa consciência para um mundo fraterno que poderemos construir e que é a vontade de Deus.

ANA LUÍZA RABELO SPENCER, advogada (rabelospencer@ymail.com)

Um saquinho de rancor Com o final de mais um ano, com premente início de um novo, renovam-se nossas esperanças, nossas promessas e nossos desejos. A sábia repartição do tempo em períodos nos permite enxergar além, pois olhar somente para o infinito cansa os olhos, cansa a vida. A chance que nos é dada de recomeçar é única, é mágica, é maravilhoso poder olhar para frente e saber que ainda há tempo de reconstruir. De se automoldar e mudar tudo o que não deu tão certo no tempo anterior a este. Um novo ano é massa de modelar, intacta em nossas mãos, para fazermos dele

Artigo

aquilo que quisermos, para fazer de nós algo que seria impensável, mas não sem esforço e força de vontade. Os desejos comuns, parar de fumar, começar uma dieta, estudar mais, tudo faz parte da pessoa que planejamos ser no ano vindouro. Existe, porém, um aspecto importante que tem sido ignorado por muitos. O rancor. Passamos um ou vários anos enchendo um saquinho de rancor, contra pessoas ou situações, e carregamos esse "pacote" para onde quer que vamos. Como se fizesse parte de nós, uma extensão, não muito salutar, da nossa própria existência.

Uma pena. Porque esta carga vai se tornando maior e mais pesada, vai transformando-nos naquilo que ele é, em uma massa feia, disforme e que merece existir. Existe, entretanto, uma solução para "dar um fim" a este pacote. Depende de cada um querer livrar-se dele. Deixe que as mudanças trazidas pelo novo ano destruam essa bagagem pesada que carregamos sem querer, sem perceber. O uso do perdão e dos ensinamentos cristãos nos ensinam a viver de alma limpa, a dar outra oportunidade aos outros e a si mesmo. Não deixe o rancor guiar sua vida e viva bem e viva mais!

JAHYR NAVARRO, médico (jahyrnavarro@gmail.com)

Lembrando o bar Azulão do meu tempo Existe um bar na avenida Afonso Pena, situado nas proximidades da Casa de Saúde São Lucas e do hospital Natal Center, já bem posicionado para em caso de uma emergência, encaminhar - sem ambulância - seus fregueses necessitados aos serviços médicos especializados. É o que se pensa ou que se presume, em se tratando de um bar cuja principal mercadoria é a bebida alcoólica. Ledo engano. Nesse caso - que julgo ser uma exceção - a ingestão alcoólica é secundada e muito pela discussão em torno da política e do futebol. Lógico, que há sempre por perto a presença de um copo com um bom vinho ou whisky, "ouvindo a conversa". Contudo, pode passar horas a fio sem ser utilizado, ou até mesmo esquecido, quando suplantado pelos gritos ensurdecedores que antecedem as apostas. Esse bar, conhecido como o "Azulão", de propriedade do sr. José do Patrocínio Amorim, carinhosamente apelidado de "Dequinha", que é irmão de João Nobre do Amorim - já falecido - e que foi seu sócio no bar de esquina com a rua Apodi. Tinha este, uma pintura horrível, de um azul agressivo e devido a esse descompasso com o bom gosto, recebeu o nome de Azulão, pelo qual ficou conhecido e que se perpetua até hoje no novo bar que ora estamos a descrever. Desfeita a sociedade, cada um tomou seu rumo. Joãozinho escolheu outra atividade e Dequinha continuou no ramo, inaugurando o novo bar na parte posterior do mesmo prédio com vistas à avenida Afonso Pena. Deu nova feição, nova roupagem e preencheu as lacunas existentes no anterior. Entre tantas, a música ao vivo, com cantores amadores de sua própria freguesia e com o magistral acompanhamento dos violonistas Franklin e Raimundo Flor. Até Fagner já se apresentou para essa plateia amante da

música popular. O tira-gosto de boa culinária domestica, é iniciado com uma paçoca de feijão verde e seguido por outros na escolha do gosto de cada um. Na parte que corresponde aos fundos, existe um pequeno recinto onde frequenta um diminuto grupo no horário noturno, conhecido como "Espaço da amizade tio Ney". Uma alusão ao dr. Ney Marinho, uma grande figura humana que nos deixou muito antes do esperado, impondo nos corações dos seus verdadeiros amigos, uma saudade imorredoura. A nossa conformação com esta perda, é que "Deus não prefere os escolhidos, Ele escolhe os preferidos." No seu interior frequentam vários grupos diferentes em diferentes horários, caracterizando uma rotatividade bem superior à sua capacidade de atendimento. Possui uma freguesia eclética e tranquila, composta por dentistas, advogados, engenheiros, economistas, comerciantes, bancários, juízes, padres, jornalistas, hoteleiros, políticos, médicos e demais componentes de nossa sociedade. Em suma, a sinfonia que toca é a mesma em todos os bares desse gênero: roedeiras, negócios realizados ou desfeitos, casamentos acabados ou recomeçados, futebol, política, prisão dos mensaleiros, etc. Em qualquer mesa se escuta sempre uma historia engraçada acontecida dentro do próprio bar. Muitas beirando a absurdidade. Algumas, dignas de serem ouvidas, outras, indignas de serem mencionadas. Nesse intermezzo, apela-se para o anedotário dissipando assim o constrangimento ocasional que sempre acontece. Certo dia, uma senhora ao passar por sua frente, tomou um grande susto ao avistar um conhecido que há muito procurava - um tabelião aposentado que estava bebericando uma cerveja. Refeita do susto, disse para o marido: -

Artigo

"Pia Pedro, veja quem está ali" e continuou: - "seu fulano, faz tempo que estamos à sua procura, pois estou me aposentando e a certidão de meu casamento está errada. O sr. casou-me com meu sogro." Num impulso de autodefesa, o tabelião respondeu: - "Minha amiga, não se preocupe que o juiz resolverá tudo. O que houve foi que a senhora levou-me para fazer esse casamento em sua fazenda e lá, entregou-me uma galinha bem torradinha e um litro de whisky. Só podia dar no que deu..." Deve acontecer o mesmo ou algo parecido em outros bares desse mesmo padrão. Entretanto, quando se conhece os personagens o quadro adquire um novo formato, pelo jogo fisionômico, os gestos, as peculiaridades e a graça de sua encenação. O "habituè" se torna conhecido pelo dono por sua bebida predileta, o assunto que costuma discutir, sua cor partidária, seu time de futebol e a gradativa transformação fisionômica que ocorre pela ingestão da bebida consumida. São esses dados que formam o conceito de cada freguês, despertando uma grande alegria por alguns que chegam, em contraste com uma imensa apreensão por outros que demoram em sair. Há ocasiões, em que o bar se reveste de uma aura positiva que o torna acolhedor, coberto pelo manto de uma quietude convidativa. Em outras, o negativismo impera e o ambiente fica sombreado pelo clima morno da indefinição. É por esse prisma que vejo o Azulão de hoje. Não com sua cor característica, muito menos pelas circunstâncias negativas que também acontecem em todos os bares. Mas, pelas cores que gostaria de pintá-lo e com elas, procurar alegrar o ambiente e o circulo de amizade que construí ao longo do tempo, renovando assim, o espírito boêmio que há muito me acompanha.

Prioridade de atuação O membro do Ministério Público sempre atua segundo algum critério de prioridade, mesmo quando se nega a defini-lo racionalmente e com clareza, posto que somente assim será capaz de bem desempenhar o seu novo perfil institucional, concebido à luz da Constituição Federal de 1988, escolhendo e fazendo valer as prioridades por ele escolhidas, sem contudo violar sua independência funcional e a liberdade de convicção. Neste particular temos que a materialização da "mens legis" constituinte reclamar que se confira maior produtividade à expressão "fiscal da lei". Não significa mera supervisão da subsunção dos fatos à ordem legal estabelecida. Antes disso, deve ser entendida como "custos" da observância pelo administrador, pelo legislador e pelo julgador, dos direitos fundamentais explícitos e implícitos na Constituição Federal. Atuar como fiscal da lei não traduz singela operação de adequação típica, mas exercício de função condicionada à realização dos valores sociais e da Justiça. Deve assim o membro do Ministério Público implementar formalmente a verticalização do seu relacionamento institucional com os sindicatos e outras entendidas de classe, organizações não governamentais, comunidades de bairros, clubes de serviços e outros organismos informais da sociedade, mediante a realização de audiências públicas destinadas a formular sugestões aos poderes públicos para que se corrijam distorções e sejam otimizadas soluções, por exemplo, para os problemas de infraestrutura urbana, moradia, serviços de saúde, manutenção de instalações escolares, atendimento ao idoso e erradicação das discriminações raciais, sexuais e religiosas. Deve inclusive, por exemplo, haver na nas atribuições dos membros do Ministério Público que cuidam da área de Habitação e Urbanismo, a unificação das atribuições criminais aos membros do Ministério Público que atuam na área cível. Isto atende ao interesse social que na área de atuação dos interesses difusos, que os órgãos do Ministério Público especializados tutelem também as atribuições criminais, especificamente as relacionadas a matéria de parcelamento do solo. Assim recebendo a atribuição criminal, poderão os órgãos ministeriais de defesa da Habitação e Urbanismo, utilizarem-se de instrumentos mais eficazes na prevenção aos loteamentos clandestinos, como o pedido de prisão preventiva, a busca e apreensão dos instrumentos do crime e outras medidas assecuratórias previstas no Código de Processo Penal. O certo é que a tutela de ambas as áreas pelos órgãos ministeriais que cuidam dos interesses difusos, em especial de Habitação e Urbanismo, propiciará também uma atuação mais eficaz da Polícia Judiciária, com a orientação para uma melhor colheita da prova penal, enriquecendo não só o processo penal como ação civil pública. É de se observar também que o membro do Ministério Público, nas ações que envolvam litígios coletivos pela posse da terra rural, tem a qualidade de interveniente em razão da natureza da lide, reveladora do interesse público primário da República Federativa do Brasil de incrementar, em conformidade com a Constituição Federal e com as leis, a reforma agrária. Tendo em vista que a posse que merece ser defendida pelo Direito é aquela que, nos termos do Código Civil seja justa e de boa fé e aquela que, em razão da Constituição da República e leis que regulamentam a matéria, ordinariamente escapa da possibilidade de servir à reforma agrária. Sendo assim, temos como ilegal a utilização dos institutos da legítima defesa da posse e do desforço imediato quando se tratar de ações de preservação de terras que não cumpram com a sua destinação constitucional. Cabe ressaltar ainda, que o ônus de provar que a posse carente de proteção judicial recai sobre terra que cumpra com sua finalidade social é do autor e que a indefinição dominial ou pendência relacionada à indenização por benfeitorias não desobriga o postulante da proteção possessória de comprovar os requisitos constitucionais para a obtenção da tutela pretendida. E por último, a redação do art.51, do Código Penal e demais alterações produzidas pela Lei nº 9.296/96, não trouxe mudança no que diz respeito a natureza penal da multa, bem assim que o órgão encarregado da cobrança/execução, que continua sendo unicamente o Ministério Público, além do que o juízo competente, continua sendo o da Vara das Execuções Penais. O real objetivo da Lei nº 9.296/96 foi a de simplificar o processo de execução da multa, adotando o rito da Lei nº 6.830/80. No entanto, impende observar, que a Lei nº 7.210/84 (Lei de Execução Penal), que não foi revogada por ela, naquilo que não a contrariou permanece perfeitamente aplicável a matéria.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Fernanda Souza Juliana Manzano EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Fábio Pacheco EDITORA DE CULTURA Conrado Carlos EDITOR / JH Online Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque


Política

Segunda-feira

Natal, 16 de dezembro de 2013

O Jornal de HOJE 3

“TRE não cassou a vontade popular, porque o povo não quer mais Rosalba” DEPUTADO JOSÉ DIAS AFIRMA QUE ASSEMBLEIA LEGISLATIVA ESTÁ PRONTA PARA VOTAR IMPEACHMENT DA GOVERNADORA Arquivo

ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

Ao anular o diploma dado à governadora Rosalba Ciarlini (DEM) pela eleição ao governo em 2010, na semana passada, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE) agiu em consonância com a vontade popular. Essa é a opinião do deputado estadual José Dias (PSD), presidente da Comissão de Finanças e Fiscalização da Assembleia Legislativa. Em entrevista ao Jornal de Hoje, José Dias disse não adentrar na discussão jurídica envolvendo a conduta vedada da governadora na eleição passada para prefeita de Mossoró, na qual ela foi acusada de abuso de poder político e econômico e uso da máquina administrativa para fazer campanha para sua candidata, Cláudia Regina (DEM). No entanto, segundo o parlamentar, o país está adotando através de seus tribunais, interpretações históricas da lei, como no caso do Mensalão, quando ex-ministros da cúpula nacional do PT,

José Dias: “No TSE, medida liminar é muita precária. A própria ministra diz que concede a liminar para evitar a mudança de poder” banqueiros e parlamentares foram presos e hoje começam a cumprir

penas em presídios. "Confesso que não entro na

discussão jurídica, de dizer que a lei permite ou não permite, por-

que o direito enseja interpretação. No entanto, a interpretação hoje que está nascendo, que é algo até revolucionário, é que os tribunais podem interpretar a lei de acordo com um momento histórico, uma consciência histórica, que foi o que foi feito no julgamento do Mensalão", disse José Dias. Neste sentido, José Dias disse que, ao afastar Rosalba do cargo, na semana passada, a Justiça Eleitoral "sancionou" uma decisão que o povo já tomou, haja vista a desaprovação do governo, que, segundo divulgou o Ibope na semana passada, é bem avaliado por apenas 7% da população. "Pesquisas feitas no RN confirmam isso, e as observações que fazemos é essa. Acho que o governo ainda tem muito, 7% de aprovação. Porque o governo é um desastre completo", disse. "O TRE, sob o aspecto político, de respeito à soberania popular, agiu absolutamente consonante com a opinião pública. O tribunal não cassou a vontade popular, porque a vontade popular já não quer mais Rosalba no governo. Esse é um fato que deve ser muito bem

considerado", declarou. Quanto ao TSE, que sustou, provisoriamente, o afastamento da governadora, José Dias disse que a decisão da ministra Laurita Vaz foi meramente política. "No TSE, medida liminar é muita precária. Primeiro porque não entra no mérito. Foi uma decisão absolutamente política, porque a própria ministra diz, através dos jornais, que concede a liminar para evitar a mudança de poder, a instabilidade no comando no poder. Então ela não entrou em considerações jurídicas, dizer que foi errado ou certo, disse apenas que na visão dela não se deve promover alteração no poder", constata Dias. Ainda segundo José Dias, não há como saber qual será o resultado, quando o TSE irá se pronunciar através da votação em plenário de todos os ministros, após a relatora, ministra Laurita Vaz, apresentar seu relatório. "Não tem como saber, como vai ser lá na frente, não tem mesmo. Porque o tribunal não se pronunciou. Isso foi apenas uma decisão monocrática, de caráter liminar".

“Temos absoluta tranquilidade para fazer o impeachment” O deputado José Dias também se pronunciou sobre a possibilidade de abertura de um processo de impeachment contra a governadora Rosalba Ciarlini na Assembleia Legislativa. Segundo o deputado, do ponto de vista político, o impeachment está respaldo pela concordância da opinião pública. No aspecto jurídi-

co, segundo Dias, também há razões seguras para o afastamento da governadora, com base na condenação, confirmada pelo Tribunal Regional Eleitoral na semana passada. "Eu acho que, sob o ponto de vista político, o respaldo é absoluto, com a opinião pública totalmente contra o governo. Agora, eu acho

que, também juridicamente, nós temos absoluta tranquilidade para fazer o impeachment, desde que seja formulado. Razões existem totais, ninguém discute. Essa condenação (do TRE) confirma, dá suporte total para um processo de impeachment. Porque, por coisas menos graves do que essa alguns já foram cassados",

diz, se referindo ao impeachment do ex-presidente Fernando Collor de Melo, em 2002. "Collor que foi cassado por uma Elba, avalie Rosalba por um avião". Segundo José Dias, para tramitar na Assembleia, o pedido de impeachment deve ser assinado por qualquer pessoa ou instituição.

"Acho que não deve ser um deputado, porque ele fica impedido de votar. Claro que há expectativa que instituições democráticas, que defendem o povo, se pronunciem. Essa que é a expectativa". No mês passado, integrantes do Sindicato dos Profissionais de Saúde e vereadores de esquerda assinaram

>BOA NOTÍCIA PARA SERVIDORES

um pedido de impeachment da governadora. O processo foi instaurado, mas recebeu parecer pela rejeição da Comissão de Constituição e Justiça. Relatório do deputado Hermano Morais (PMDB) considerou a fundamentação jurídica fraca, mas defendeu criação de uma comissão formada por deputados.

Wellington Rocha

Governo do Estado paga segunda parcela do 13º nesta quarta-feira Boa notícia para os servidores público do Governo do Estado. A segunda parcela do 13º salário vai sair na próxima quarta-feira, data limite para o pagamento da quantia. A notícia foi confirmada pelo próprio Executivo, por meio de nota enviada à imprensa nesta segunda-feira. É importante ressaltar, no entanto, que essa não é a primeira vez que o Governo do Estado,

desde que começou a tal "reprogramação financeira", anunciou que pagaria em dia e, depois, acabou utilizando a divisão no pagamento dos servidores. Em novembro foi assim. O Executivo prometeu pagar ao final do mês, contudo, acabou quitando integralmente os funcionários que recebem acima de R$ 3 mil só no início de dezembro. De qualquer forma, o pagamen-

to do 13º é uma tranquilidade a mais para os servidores, uma vez que seguidas entrevistas dadas por membros do Governo do Estado sobre o assunto, a matéria era tratada sempre com "obscuridade", devido à "grave situação financeira do Estado". Inclusive, o provisionamento no pagamento dos salários neste segundo semestre nem foi feito. "É bom esclarecer uma coisa:

em 2011 nós fizemos o provisionamento, em 2012 também, embora já no segundo semestre de 2012 o Governo tenha tido dificuldades de cumprir rigorosamente o provisionamento. Mas eu asseguro que em 2009 não foi feito o provisionamento de um real e em 2010 muito menos. Então é preciso deixar registrado isso", explicou o secretário de Planejamento e Finanças, Obery Rodrigues.

Obery Rodrigues havia confirmado que não estava fazendo provisionamento do 13º

Túlio Lemos tuliolemosjh@gmail.com

FRAGILIDADE A situação da governadora Rosalba Ciarlini é de absoluta fragilidade. Sem respaldo popular e sem apoio político, a Rosa continua no cargo por uma simples assinatura de uma ministra do TSE. Para quem foi eleita em primeiro turno, fruto de uma vitória inquestionável, a mulher de Carlos Augusto chega ao fim de seu terceiro ano na berlinda da incerteza. Nem os mais ferrenhos adversários originais de Mossoró, imaginaram esse desfecho para 2103. PESQUISA Rosalba já esteve em situação confortável para seu próprio partido, que a exibia com orgulho como modelo de administração municipal. Hoje, a Rosa amarga o título de pior governadora do

País, desgastando o DEM e fraturando o discurso de seu partido, que a considera uma vergonha administrativa. PROMESSA O prefeito Carlos Eduardo prometeu instalar duas estações de transferência ainda em 2013. Cada uma custará cerca de R$ 300 mil. O problema é que até o momento, a 15 dias do final do ano, não há nenhuma estação pronta. Tudo ficou só na promessa. APROVAÇÃO Pesquisa interna feita no Centro Administrativo, cujo resultado foi repassado à coluna, revela que o secretário José Airton, da Tributação, é o mais eficiente do Governo e querido pelos servidores de sua pasta; o de Administração, Álber Nóbrega e o de Planejamento, Obery Rodrigues, são os campeões de rejeição. URBANA Segundo Sherloquinho, servidores da Urbana reclamam de banheiros imundos em plena empresa de limpeza. Além disso,

o presidente da Companhia teria proibido o recebimento de brindes natalinos por qualquer servidor. Quem receber, pode responder sindicância. URBANA II O pior é que o presidente da Urbana persegue servidores por recebimento de presentes, mas esquece que não respondeu a nenhuma sindicância pelo fato de ter superfaturado quase R$ 30 milhões o edital de licitação, segundo verificou o Tribunal de Contas do Estado. PAGAMENTO O Governo do Estado anuncia pagamento do 13° do funcionalismo para quarta-feira. Nos últimos meses, o atraso tem provocado revolta nos servidores. Em novembro, quando anunciou que pagaria o restante em 10 de dezembro, os funcionários ficaram até 17h nos bancos para poder receber.


Política

Natal, 16 de dezembro de 2013

4 O Jornal de HOJE

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br JOAQUIM PINHEIRO

- jtpinheiro@bol.com.br (Interino)

Miséria e violência A TV Brasil é uma boa alternativa para o telespectador livrar-se dos canais abertos que estão priorizando a divulgação da miséria e da violência. É insuportável ligar a televisão em todos os canais abertos, indistintamente. Bandidos assumiram o lugar de destaque na programação das emissoras, espaço que deveria ser destinado à cultura, à música, ao esporte, ao lazer. Uma lástima essa inversão de valores que só piora o nível cultural das pessoas. Na TV Brasil, que inicialmente recebeu críticas de radicais de arautos do quanto-piormelhor, assiste-se a uma boa e diversificada programação divulgando fatos do cotidiano brasileiro, especialmente documentários interessantes e educativos. O telespectador pode sintonizar a TV Brasil através da cabo, canal 17, e nela encontrar o que não é oferecido nas congêneres abertas, que são concessões do Governo Federal, mas não prestam um serviço de qualidade à sociedade. Os bandidos viraram "artistas" televisivos, inclusive globais, enquanto os telespectadores são submetidos à "ditadura" da telinha como chamam alguns apresentadores de televisão. Cedida

Manuelito Dantas Este interino visitou a Fazenda Carnaúba no alto sertão do Cariri paraibano, onde conheceu e entrevistou Manuelito Dantas, criador de cabras e gado leiteiro das raças nelore e sindi. Um homem simples e conhecedor da problemática da seca do semi-árido nordestino. Há vários anos Manuelito denuncia o descaso e a incompetência dos governos na elaboração de programas eficientes de convivência com a seca. Manuelito é a maior referência do homem do campo que sofre, teima e luta com bravura para sobreviver na adversidade do tempo, enfrentando a incompetência dos governantes. Uma entrevista histórica que ficará registrada para a posteridade de um repórter que tem suas origens no sertão norte-rio-grandense na localidade Canoas, um pé de serra que faz parte da geografia do município de Santa Cruz do Inharé.

Economizar é preciso Os governos têm que iniciar imediatamente um programa de esclarecimento e conscientização da população brasileira para a importância da água para a vida humana. A situação atualmente é crítica com resultados imprevisíveis. Além do mais, rios, lagos e mares estão sendo poluídos e a água a cada dia mais escassa. O lixo jogado é a principal causa da poluição das águas. Em São Paulo, maior cidade brasileira, já se verifica a falta de água em diversos bairros. Em Natal, até pouco tempo detentora de água de boa qualidade apresenta problemas em razão da poluição. O trabalho de conscientização tem que iniciar pelas escolas. Conservar água é tarefa de todos.

(

PERGUNTAR NÃO PAGA IMPOSTO

)

Segunda-feira

Hugo: “Não podemos descartar Fátima Bezerra para o Governo” VEREADOR

AFIRMA QUE

O Partido dos Trabalhadores não descarta a possibilidade de lançar a deputada federal Fátima Bezerra (PT) ao governo do Estado. "É uma hipótese. Eu acho que nós não podemos descartar a possibilidade de Fátima ir para o governo, porque é o nome mais construído, está muito bem aceita na população e se não surgir uma candidatura forte o suficiente e que não atenda aos interesses do nosso programa, nós temos que lançar uma candidatura", afirmou o vereador Hugo Manso (PT), durante entrevista no "RN em Debate" (segunda a sexta, 12h15, TV União). Segundo o petista, a querela interna no PT, envolvendo a sucessão na presidência do Diretório Estadual, foi "superada" com a definição do PT nacional, que reconheceu a vitória de Eraldo Paiva, atual presidente do partido, como candidato eleito no Processo de Eleições Diretas (PED) do PT desde ano. A partir de agora, Hugo espera que o PT foque na sucessão de 2014, visando construir uma chapa forte, seja com parceiros, seja "puro sangue". Ainda segundo Hugo

PT

NÃO BUSCA APENAS VAGA NO Wellington Rocha

Hugo: “Temos duas possibilidades: Fátima para Senado e Mineiro para Governo” Manso, o próprio Mineiro também é opção como candidato ao governo do Estado. "Temos duas possibilidades: Manter Fátima para o Senado e lançar Mineiro para o governo, porque Mineiro também se coloca muito

bem na disputa para o Executivo", disse. "O problema é que nós colocarmos os dois principais dirigentes nossos - os dois têm mandatos de deputado - na disputa majoritária, nós corremos o risco de fragilizar as chapas proporcionais.

SENADO

EM

2014

Então, na minha maneira de ver, se nós tivermos Mineiro na majoritária, temos que ter Fátima na proporcional e vice-versa; se Fátima for para a majoritária, manter Mineiro na proporcional", diz. Quanto à chapa puro sangue, Hugo Manso diz, porém, considerar "difícil apostar todas as fichas" em uma candidatura ao governo e ao Senado sem parcerias. "O mais lógico é que a gente faça coligações. Então a coligação pode se dar com Fátima para o governo e outro partido indicando o Senado ou o contrário; o problema é que ainda não surgiu uma candidatura ao governo que atenda a esse interesse nosso, do ponto de vista, inclusive, do programa, porque o candidato ao governo ele expõe um programa, e nós temos que fazer um programa contundente contra a administração de Rosalba, contundente contra os desmandos, o caos administrativo que nós vivemos e sintonizado com o projeto de Dilma. Então, essa candidatura pode surgir de outro partido? Claro que pode, mas até o momento não surgiu", disse.

> PRÓXIMO ANO SERÁ MELHOR...

Fiern e Fecomercio lamentam investimentos “irrisórios” na Indústria e no Turismo do RN O ano está acabando para os setores industrial e comercial. Ainda bem, pensam os empresários dessas áreas. Isso porque o investimento público nesses locais foi quase que irrisórios, o que prejudicaram de maneira considerável o crescimento da indústria e do comércio de bens e serviços. Por isso, ao final de 2013, não sobraram críticas para a atual administração estadual. "O número de investimentos aqui no RN é tímido. Nós temos aí números que chega a ser irrisórios. O Estado precisa provocar, precisa fazer uma reorganização. Precisa ter um melhor gasto público, enxugar as despesas para que ele possa investir. Realmente, o RN tem uma excelente arrecadação, inclusive se for comparado a outros estados. Agora, a qualidade do gasto público, essa sim, precisa ser melhorada", analisou o presidente da Federação da Indústria

do RN (Fiern), Amaro Sales. Contudo, isso não foi só. Para o empresário, falta também um programa de atração de empresas para o Rio Grande do Norte. "O Estado passa por um momento onde o incentivo para novas empresas é muito tímido, em comparação com outros estados como Paraíba, Pernambuco, Ceará. O RN fica imprensado e nossos vizinhos conseguem atrair essas empresas, porque o empresário ele só se estabelece, ele só vem para outro estado, se tiver uma atração. Seja na área fiscal, seja na de infraestrutura, seja na área de energia, até na área de emissão de dados. Então você tem um conjunto que precisam acontecer para que o empresário possa vir se estabelece no nosso Estado", acrescentou. Para o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomercio), Marcelo Queiroz

(PDT), a análise não é diferente. "Tivemos uma crise no turismo. Faltou investimento do poder publico em divulgação das nossas atividades no Estado, dos polos emissores, dos estados no Sul do País. Nós tivemos uma seca que ninguém resolve. E falta de obras de infraestrutura. Nós estamos começando algumas obras agora, em nível municipal, mas no Estado nós não tivemos esse tipo de obra que é quem gera emprego também, gera renda", lamentou Marcelo. Não foi por acaso. Apasta de Turismo foi uma das que mais sofreu com a redução de orçamento e, neste final de ano, com a instabilidade política. Na realidade, desse segundo problema ainda nem se livrou totalmente: o secretário Renato Fernades, membro do PR (que rompeu com o Governo) vai sair, mas ainda aguarda a nomeação de um substituto para deixar a pasta.

2014 MELHOR Pelo menos, para o próximo ano, a previsão é de melhorias para os setores, não graças ao Poder Público – o Governo do Estado até reduziu o orçamento da indústria para 2014 – e sim devido à Copa do Mundo de futebol. "Acho que a indústria do RN não cresceu este ano, mas ela poderá acontecer no próximo ano. Aconstrução da aeroporto, as reformas do porto que estão acontecendo, a Copa do Mundo. Então, se tem alguns temas que no próximo ano poderão estar acontecendo. Agora, não existe projeto. Esses projetos precisam acontecer", antecipou Amaro Sales. "Estamos bastante otimistas. Teremos uma Copa, com vários jogos importantes, países importantes, e isso vai trazer muitos turistas. São pessoas que vêm para assistir aos jogos, mas que vai recomendar a cidade para outras", previu Queiroz.

CURIOSIDADE APENAS Você leitor, eleitor, está entendendo esse entra e sai de gestores públicos motivado por decisão da Justiça Eleitoral?

LEITURA DINÂMICA t O desembargador Vivaldo Pinheiro tornou sem efeito qualquer pretensão de aplicação de sanções da Procuradoria Geral de Justiça aos servidores que estiverem envolvidos com o movimento denominado "Paralisação de advertência pela valorização dos servidores concursados do Ministério Público." O sindicato dos servidores do Ministério Público do Rio Grande do Norte (Sindsemp), presidido por Aldo Clemente, havia conseguido mandado de segurança com liminar no Tribunal de Justiça. t Vivaldo Pinheiro determinou ao impetrado que se abstenha de cortar o ponto dos servidores que estiverem envolvidos com a referida paralisação de advertência. t Vereadores de Natal reúnem-se amanhã em sessão extraordinária para discutir o PPA (Plano plurianual) para o quadriênio 2014-2017. Na quarta-feira a secretária Virgínia Ferreira falará sobre a LOA Lei Orçamentária Anual que será discutida em primeira votação.

t Foi positivo para o legislativo municipal de Natal as condecorações recebidas pelos vereadores Albert Dickson, Júlia Arruda e Júlio Protássio. O destaque aconteceu em razão da boa atuação dos três parlamentares natalenses. A "medalha Tiradentes" foi entregue em Recife no último final de semana. t A disputa da eleição proporcional de 2014 será um "chapão". Acredita-se que 6 candidatos de 10 que concorrerão à Câmara Federal têm potencial eleitoral para se eleger. O total de 10 disputará oito vagas. t O prefeito de Parnamirim Maurício Marques continua com a tradição de realizar uma vasta programação natalina. Destaque para o natal das crianças e inauguração de importantes obras da atual administração. t O jornalista Allan Darlysson de Araújo Medeiros responde pela assessoria de imprensa do deputado Gustavo Fernandes e da Vereadora Eudiane Macedo. t Para refletir: "Perder tempo em aprender coisas que não interessam, privanos de descobrir coisas interessantes." (Carlos Drummond de Andrade)

CMYK


Política

Segunda-feira

Câmara estende sessões para discutir Orçamento

Natal, 16 de dezembro de 2013

O Jornal de HOJE 5

José Aldenir

TRABALHOS COMEÇARÃO PELA MANHÃ E VÃO ATÉ O ENCERRAMENTO DA DISCUSSÃO Apesar de ser considerada "uma peça de ficção" para muitos, o Plano Plurianual (PPA) e a Lei Orçamentária Anual (LOA) são assuntos consideravelmente polêmicos. Tanto que necessitam de horas de discussão, debates e votação. E, neste ano, diferente dos anteriores, a Câmara Municipal de Natal está preparada para isso. Na edição de hoje, do Diário Oficial do Município (DOM) publicou uma matéria disciplinando o expediente dos parlamentares neste

final de ano legislativo, com sessões mais extensas unicamente para a discussão de PPA e LOA. A lei orçamentária será apresentada aos vereadores nesta quartafeira, às 14h, pela secretária de Planejamento, Virgínia Ferreira. A votação do dia 19 ocorrerá em segunda discussão. No dia 23, haverá a segunda votação da matéria e a análise das emendas, acabando com uma "tradição" da Casa, de votar a LOA somente na última sessão or-

dinária do ano. No caso do PPA, a apresentação já ocorreu. "É uma peça de ficção de grande vulnerabilidade", analisou o vereador Marcos Antônio, do PSOL. "O orçamento do governo municipal é análogo aos gastos de um pai de família que diante de uma renda limitada prefere investir em mobiliar e comprar carro de luxo em detrimento à saúde e a educação", comparou o parlamentar. Mesmo assim, a matéria deve-

rá ter um dia todo de discussão e análise na Câmara já nesta terçafeira. Essa será a segunda votação da matéria e análise de emendas, que já foi aprovada em primeira discussão, ainda em novembro. "A mesa viu que o PPA tem uma lista extensa de emendas para ser discutidas e votadas. Por isso, essa semana as sessões serão mais cedo", explicou o primeiro secretário da Mesa Diretora da Câmara, o vereador Dickson Júnior, do PSDB.

Albert Dickson, presidente da Câmara, divulgou novo calendário na manhã de hoje

CALENDÁRIO DE ATIVIDADES DA CÂMARA MUNICIPAL ATÉ O FINAL DO ANO: 17/12/2013 (terça-feira) - Sessão Extraordinária a partir das 9 horas (o dia inteiro) para votação do PPA em segunda discussão, além de emendas. 18/12/2013 (quarta-feira) - Sessão Ordinária a partir das 14 horas (pequeno expediente) para apresentação da LOA pela secretária de Planejamento, Fazenda e Tecnologia da Informação (Sempla), Virgínia Ferreira. 19/12/2013 (quinta-feira) - Sessão Ordinária, ordem do dia, para votação da LOA em primeira discussão, sem emendas.

23/12/2013 (segunda-feira) Sessão Extraordinária a partir das 9 horas (o dia inteiro) para votação da LOA em segunda discussão, além de emendas. 24/12/2013 (terça-feira) - Não haverá expediente . 25/12/2013 (quarta-feira) - Não haverá expediente. 26/12/2013 (quinta-feira) - Sessão Ordinária normal. 27/12/2013 (sexta-feira) - Sessão Ordinária normal. A partir de 28/12/2013 (sábado) Recesso parlamentar até 18/02/2014.

Prefeitura não ouve vereadores e mantém objetivo de extinguir Secretaria Municipal da Mulher Os vereadores discutiram, apresentaram argumentos, aprovaram requerimento, realizaram audiência e, ao que parece, nada, nada disso valeu para a Prefeitura de Natal quando se fala de Secretaria Municipal da Mulher (Semul). Ao que parece, a pasta deverá ser mesmo eliminada na reforma administrativa que o Executivo elaborou e, na semana passada, apresentou aos parlamentares municipais, já dando início a reclamações e insatisfações. "Já antecipo que não sou favorável", afirmou o vereador Rafael Motta, do PROS, que na manhã de hoje realizou uma audiência pública com o objetivo de discutir a extinção da pasta. No primeiro semestre do ano, ainda quando o assunto era especulado, o parlamentar já havia se manifestado de forma contrária e até apresentado um requerimento solicitando à Prefeitura que retirasse a Semul da lista de futuras pastas extintas. "Sinceramente, acho que é um retrocesso. É andar na contramão de tudo que foi alcançado de política administrativa", analisou o parlamentar, que na Câmara Municipal de Natal preside a Comissão de Direitos Humanos. Rafael Motta ressaltou que o fim da Secretaria reduziria o valor de recursos enviados pelo Governo Federal ao município porque esse repasse está diretamente ligado à existência de uma pasta exclusiva para as mulheres na administração municipal. "Temos que ter uma secretaria que não seja apenas um escritório, temos que cobrar melhorias nessa pasta, mas não acabar com ela", acrescentou. O vereador do PROS não foi o único a se manifestar contra o assunto. Parlamentares como Fernando Lucena, do PT, também se manifestou contrário. Mesmo assim, a pasta já vinha tendo um "final" de vida antecipado. No início do ano, o prefeito de Carlos Eduardo Alves (PDT) confirmou o objetivo de extinguir a pasta e, pouco depois, cortou R$ 135 mil do já baixo orça-

mento municipal destinado à Semul. "Para ser um órgão inoperante, do faz de conta, é melhor não tê-lo", comentou a vereadora Júlia Arruda, do PSB. ECONOMIA Para o secretário municipal de Administração e Gestão Estratégica de Natal (Segelm), Dionísio Gomes, o corte da Semul representa, na realidade, uma economia para o Município. Além dela, a intenção é extinguir as estruturas da secretaria municipais de Relações Institucionais e Governanças Solidária (Serig) e da Empresa de Segurança Alimentar e Nutricional (Alimentar). Transformar a Ouvidoria Municipal em uma secretaria adjunta vinculada à Controladoria Geral do Município. Aadoção dessas medidas acarretará na extinção de 212 cargos, promovendo uma economia anual de R$ 9,5 milhões. A expectativa é que em três anos o município economize R$ 28,5 milhões. "Economizaremos dinheiro com alugueis de prédios para abrigar as secretarias, carros, combustíveis e pessoal", justificou. Com relação à Semul, o secretário Dionísio Gomes ressaltou que as políticas serão absorvidas pela secretaria municipal de Trabalho e Assistência Social, com a criação da Coordenadoria da Mulher. "Estamos extinguindo a estrutura física e organizacional da secretaria, mas a política pública municipal voltada para as mulheres vai continuar e será muito bem atendida por essa coordenadoria", explicou. Quanto aos 139 funcionários efetivos que são lotados na Alimentar, Dionísio Gomes disse que todos serão relocados nas outras secretarias do município sem nenhum prejuízo salarial. O secretário agradeceu a atenção que foi dada pelos vereadores de Natal e enalteceu o bom relacionamento que existe entre os poderes executivo e legislativo de Natal e revelou que a expectativa do poder executivo é que a matéria seja aprovada ainda neste ano. José Aldenir

Rafael Motta sobre extinção da Semul: “É um retrocesso. É andar na contramão” CMYK


6 O Jornal de HOJE

Natal, 16 de dezembro de 2013

Cidade

Segunda-feira

José Aldenir

ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

Desde o dia 1º de dezembro, quando a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) fechou o Pronto Socorro Infantil do Hospital Regional Deoclécio Marques de Lucena, quem precisa de atendimento pediátrico no município de Parnamirim tem que se deslocar até Natal, no Pronto Socorro Infantil Sandra Celeste. A falta de pediatras tem impossibilitado a abertura de novos serviços no município de Parnamirim, como o Centro de Pediatria e o setor de pediatria na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Rosas dos Ventos. Apesar das dificuldades, a Secretaria Municipal de Saúde garantiu que, a partir desta terçafeira (17), disponibilizará um pediatra diariamente na unidade de Rosa dos Ventos. O secretário municipal de Saúde, Márcio Cezar Pinheiro, conta que a Secretaria está tentando solucionar a falta de pediatras das unidades com profissionais do quadro efetivo do município, com a contratação de pediatras por meio da Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte (Coopmed-RN), bem como através de pediatras que tenham disponibilidade e desejo de dar plantão em Parnamirim. Márcio Cezar Pinheiro disse que a situação que já era complicada, pois só há oito pediatras na rede, piorou após o fechamento do Pronto Socorro Infantil do Hospital Regional Deoclécio Marques de Lucena. "Não temos um setor de urgência e emergência no município que dê assistência às nossas crianças. Acredito que com a abertura da UPA de Nova Esperança, prevista para ser aberta até março, possamos resolver esse problema definitivamente", destacou o secretário. Marcio Cezar Pinheiro conta que houve uma quebra de acordo e foi pego de surpresa com o fechamento do PSI do Deoclécio Marques. "O grande problema hoje é a falta de pediatras. Próximo ano, faremos concurso público para várias áreas, inclusive

Por problemas na pediatria, pacientes têm que se deslocar para buscar atendimento no Pronto Socorro Infantil Sandra Celeste, em Natal

MUNICÍPIO DE PARNAMIRIM SOFRE COM FALTA DE PEDIATRA COM APENAS 8 PEDIATRAS, SITUAÇÃO PIOROU APÓS FECHAMENTO DO PS INFANTIL DO DEOCLÉCIO MARQUES para a pediatria", afirmou Marcio Cezar Pinheiro. O secretário municipal de Saúde, Márcio Cezar Pinheiro, disse que tão logo resolva o problema da falta de pediatras no município será aberto o Centro de Pediatria, que será lo-

calizado na rua Luiza Bezerra de Lima 382, no bairro de Monte Castelo, com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 7h às 22h. "Neste local, iríamos funcionar como uma Unidade Básica de Saúde (UBS), mas com a suspensão do

atendimento pediátrico no Deoclécio Marques pelo Estado passamos a vivenciar uma situação de emergência. Por isso, resolvemos montar este Centro de Pediatria", explicou Márcio Pinheiro. Quando pronta, a unidade con-

tará com uma equipe de oito enfermeiros, 15 técnicos de enfermagem, dois pediatras por plantão e 12 pessoas de apoio. O Centro de Pediatria está sendo montado para atender somente as crianças de Parnamirim, através da rede de saúde

do município. "A nossa esperança é que possamos abrir para que as nossas crianças não tenham mais os problemas que tem agora, de ter que se deslocar até Natal em busca de atendimento", ressaltou Márcio Cezar Pinheiro.

> DE ZERO A SEIS ANOS

Parnamirim realiza a Primeira Semana do Bebê De hoje (16) até a próxima sexta-feira (20) o município de Parnamirim realiza a 1ª Semana do Bebê, com o objetivo de aprimorar as ações voltadas para o desenvolvimento pleno das gestantes, lactantes e crianças com idade até seis anos. A abertura da Semana do Bebê foi realizada no auditório Vinícius Medeiros da Silva, da Escola Municipal Augusto Severo, e contou com a presença de secretários municipais, gestores e gestantes, além da comunidade em geral, que assistiram a mesa redonda com o tema 'Garantia dos direitos da Primeira Infância de Parnamirim'. Durante a semana serão realizadas diversas oficinas temáticas. Esta é a primeira vez que a Prefeitura de Parnamirim realiza o evento que compreende diversas ações em torno da primeira infância. Dentre elas, estão os debates com a participação da sociedade civil organizada e o Poder Público Municipal, que irão refletir acerca do acompanhamento das gestantes desde o pré-natal até os primeiros anos de vida das crianças. Serão realizadas oficinas sobre aleitamento materno, vacinação, dentre outras. A secretária municipal de Educação, Vandilma Oliveira, explicou que a Semana do Bebê é uma parceria entre a Prefeitura de Parnamirim e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), com a finalidade de garantir os direitos da Primeira Infância. A secretária conta que o município deverá, após esta edição, enviar um projeto de lei à Câmara Mu-

Fotos: José Aldenir

Aberta hoje, programação visa aprimorar ações voltadas para o desenvolvimento pleno das gestantes, lactantes e crianças

Segundo Vandilma, expectativa é que Semana do Bebê se torne ação permanente

nicipal criando a Semana do Bebê como uma ação permanente anual. "Queremos garantir que todas as nossas crianças de zero a seis anos de idade tenham uma infância feliz. Nosso maior objetivo é que as secretarias que trabalham com esse público alvo (Educação, Saúde e Assistência Social) possam, juntas, elencar projetos para garantir cada vez mais melhorias para a qualidade de vida e o cumprimento dos direitos. Estamos abraçando essa causa por entendermos que é na primeira infância

namirim, Padre Antônio Murilo de Paiva, ressaltou a importância de destinar uma semana para discutir, aprofundar e intensificar a luta pela garantia dos direitos da primeira infância. "Não é uma semana apenas de atividades lúdicas, é de ações de muita responsabilidade. Trata-se de um tema de extrema importância, pois trata da vida. Somos referência estadual no cuidado com as crianças, mas enfrentamos dificuldades ainda, pois ainda precisamos de uma mobilização maior da comunidade", afirmou. Padre Murilo disse

que formamos os cidadãos. Então, temos que garantir a essas crianças o direito, desde a mãe gestante com o pré-natal, o nascimento, garantir a vacinação, uma vaga na escola e muito mais", afirmou Vandilma Oliveira. Na área de Educação, garante a secretária, crianças a partir de seis meses terão vagas asseguradas nas creches municipais. Vandilma Oliveira é, também, a atual articuladora do Selo Unicef Município Aprovado, em Parnamirim. Ela conta que o Unicef preconiza que os municípios partici-

pantes da certificação internacional possam ter a Semana do Bebê instituída. "E que tudo isso resulte no Plano Municipal da Primeira Infância. Queremos fazer com que esses direitos da primeira infância, que já são garantidos possam se expandir cada vez mais. E para isso precisamos reforçar os nossos serviços, que já são de qualidade", destacou a secretária Municipal de Educação. O presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) de Par-

que a Pastoral da Criança foi pioneira na luta pelos direitos da primeira infância. Padre Murilo lembra que o Unicef, por meio do Selo Unicef Município Aprovado, pediu que o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, do qual também é presidente, intermediasse junto ao Governo do Estado a criação de uma Semana Estadual do Bebê. AAssembleia Legislativa aprovou o projeto de lei criando a Semana, mas o Governo do Estado vetou o projeto.

> POR PARALISAÇÃO DE ADVERTÊNCIA

Justiça determina que servidores do MP não sofram sanções O Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Rio Grande do Norte (Sindsemp/RN) conseguiu mandado de segurança tornando sem efeito qualquer pretensão de aplicação de sanções da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) aos servidores que participaram da paralisação de advertência no último dia 06 de novembro. De acordo com a decisão do de-

sembargador Vivaldo Pinheiro foi deferido o pedido liminar "para determinar ao Impetrado que se abstenha de cortar o ponto dos servidores que estiveram envolvidos com a referida paralisação de advertência, bem como de adotar ou determinar a adoção de quaisquer das outras providências elencadas nos itens I e II das conclusões do parecer administrativo exarado no Procedimento Administrativo

nº 6467/2013-PGJ, assim como na Resolução 293/2013-PGJ, sob pena de eventual configuração do crime de desobediência". Segundo o advogado Aldo Clemente Filho, presidente do Sindsemp/RN, após a paralisação no início do mês passado, o procurador geral do MPRN ameaçou cortar o ponto dos servidores que participaram da mobilização, bem como exonerar

cargos comissionados que também estiveram presentes no movimento. Diante dessa ameaça, o Sindicato entrou com um mandato de segurança junto ao Tribunal de Justiça para assegurar o direito dos servidores. "Nós recebemos esta decisão com muita alegria, pois sabemos que nossa paralisação observou todos os trâmites legais e o Judiciário só veio confirmar. O Sindicato está aberto à

negociação tanto para conversar com o chefe do Ministério Público Estadual quanto com quem for designado por ele. Infelizmente ainda não houve nenhum avanço, mas estamos esperando a negociação", pontuou. De acordo com o presidente do Sindsemp/RN, a categoria pleiteia a valorização dos servidores concursados do Ministério Público e entre as principais reivindicações estão a cria-

ção de uma Lei Estadual de iniciativa do MP/RN, para combater possíveis casos de assédio moral na Instituição; redução dos cargos comissionados e que sejam chamados os aprovados nos concursos para nível médio, realizado em 2010, e para nível superior, em 2012 e valorização do servidor efetivo através de melhorias no Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR).


Economia

Segunda-feira

Natal, 16 de dezembro de 2013

O Jornal de HOJE 7

Divulgação

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

administracao@jornaldehoje.com.br

A coluna cede espaço para a publicação de artigo do ex-deputado federal Ney Lopes de Souza, que no exercício dos seus vários mandatos se dedicou à questão da criação de uma zona de livre comércio no Rio Grande do Norte e estudou a fundo a matéria, chegando mesmo a visitar países que adotaram essa solução para dinamizar seu comércio exterior. O tema volta a se tornar momentoso em vista de, no final da semana passada, a Prefeitura de Macaíba ter adotado a decisão privatizar, via licitação pública, a Zona de Processamento de Exportações projetada para o território do município e que, quando implantada, atenderá à região metropolitana de Natal.

O "mistério" da ZPE de Macaíba NEY LOPES JORNALISTA, ADVOGADO E EX-DEPUTADO FEDERAL (WWW.BLOGDONEYLOPES.COM.BR) Há um tema que precisa ser esclarecido. Tratase do verdadeiro mistério que envolve a privatização da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Macaíba/RN. Para evitar dúvidas fica esclarecido que é absolutamente legítimo a iniciativa privada beneficiar-se de áreas incentivadas de exportação. Por tal razão tem total legitimidade o pedido de agilização formulado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (Fiern). Os polos exportadores são formas de acelerar investimentos e alavancar a livre iniciativa. Tudo isto, entretanto, sem que o governo deixe de ser o agente moderador, em razão da concessão de regimes fiscal, cambial e tributário diferenciados, que envolvem vultosos incentivos e isenções fiscais, através do alfandegamento da Receita Federal. O correto é que o governo implante a infraestrutura, o arruamento até a construção dos galpões. O poder público faz tais investimentos com a visão social de atrair empresas, gerar empregos e novas oportunidades, sem objetivo de lucro financeiro imediato. No Acre, o governo agiu assim. Se o prazo para concluir a primeira fase está exíguo é o caso de pleitear uma prorrogação ao governo federal, considerando as dificuldades econômicas que rondam o país. No caso da ZPE de Macaíba, o curioso é apenas "uma" empresa ter apresentado proposta no recente processo de licitação (???), justamente do ramo imobiliário, administração de imóveis e construção civil. Vale recordar que para justificar a privatização propagou-se na mídia que haveria empresários nacionais e estrangeiros interessados em aportar recursos na ZPE de Macaíba. Onde estão esses empresários? Se a ZPE é o caminho correto e mais atraente, ao invés da área de livre comércio, modelo usado globalmente, por que outras empresas não se interessaram na concorrência, já que existe ao lado um aeroporto da dimensão do de São Gonçalo do Amarante, pronto para ser o corredor aéreo das exportações? No mínimo, muito estranho! 5º. Fórum de Turismo do RN tem palestrantes confirmados n O 5º. Fórum de Turismo do Rio Grande do Norte, que acontecerá no Centro de Convenções de Natal entre os dias 19 e 20 de fevereiro de 2014, está com sua grade de painelistas, palestrantes e debatedores praticamente confirmada e terá entre seus patrocinadores a Pre-

Seria o caso de realizar nova licitação, com mais publicidade. Pergunta-se: quanto irá investir no RN a empresa ganhadora "isoladamente" da licitação? Os investimentos serão realmente dessa empresa ganhadora da licitação, ou estarão condicionados a recursos públicos? Tratando-se de comércio internacional haveria "testas de ferro" do capital estrangeiro, que indiretamente manejarão as isenções e incentivos? O que a experiência mundial indica é que as ZPEs de Macaíba e Açu deveriam ser incorporadas a uma "área de livre comércio", ao lado do aeroporto de São Gonçalo do Amarante, que abrangeria outros municípios do Grande Natal, como ocorreu em Roraima na "Área de Livre Comércio de Boa Vista - ALCBV", através da lei 11.941/09, que agregou os municípios de Boa Vista e Bonfim. Ao contrário da ZPE, a área de livre comércio sempre abrange vários municípios, cadeias produtivas e a sua implantação depende de posição geográfica estratégica. No caso do RN, o "Grande Natal" é a maior fronteira aérea e marítima da América Latina e do Caribe, pela proximidade da África e da Europa. Nenhum outro estado tem esse privilégio, dado por Deus. A área de livre comércio, ao contrário da ZPE, não poderia ser "controlada" por grupos que manipulariam os incentivos, de forma indireta. A ALC é a forma típica e autêntica do verdadeiro capitalismo, do livre comércio e da competição. Talvez por isso, a alternativa não interesse àqueles que socializam prejuízos e privatizam lucros. Todo o cuidado é pouco em privatizações que envolvam dinheiro do contribuinte, através de incentivos e isenções, que suspendem impostos e contribuições, como Imposto de Importação; Imposto sobre Produtos Industrializados - IPI; Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social - Cofins; Contribuição Social para o Financiamento da Seguridade Social devida pelo Importador de Bens Estrangeiros ou Serviços do Exterior - Cofins-Importação; Contribuição para o PIS/Pasep; Contribuição para o PIS/Pasep-Importação; Adicional de Frete para Renovação da Marinha Mercante - AFRMM; e de ICMS. Os cuidados são para evitar que "a raposa seja colocada para tomar conta do galinheiro".

feitura de Natal, o Senac/RN, a Abih/RN, o Natal Convention e Praia Shopping. n Já garantiram presença no evento o diretor-comercial da American Airlines no Brasil, Dilson Verçosa Júnior; o presidente da Flytour Viagens, Claiton Armelin; o presidente da Associação de Agências de Viagem do Interior do Estado de São Paulo (Aviesp), Marcelo Matera; e a idealizadora e organizadora do Festival do Turismo de Gramado, Marta Rossi. n Paralelamente ao Fórum serão promovidos no Centro de Convenções outros dois eventos relacionados com a atividade turística: a 2ª. Mostra de Destinos e Produtos do RN e o Encontro de Agentes de Viagem do RN, este contando com a presença do presidente da Abav Nacional, Antonio Azevedo, e de diretores das principais com-

panhias aéreas do país. Programa "Pró-Sertão" tem 12 confecções operando e já criou 400 empregos no interior n O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho, anuncia que o Programa de Industrialização do Interior (Pró-Sertão) fechará 2013 com 12 unidades produtoras de confecção - em regime de facção - implantadas nas diversas regiões do Estado, oferecendo cerca de 400 empregos diretos. n A previsão da Secretaria é de que, ao longo dos próximos quatro anos, 20 mil empregos venham a ser gerados pelo PróSertão, em razão do bom número de grandes indústrias do setor - várias delas de São Paulo - interessadas em aderir ao modelo faccionista que está sendo adotado em nosso meio.

Empresários projetavam exportar 320 mil toneladas de sal durante o ano de 2013. Mas, não se chegou nem à metade

Retomada da exportação de sal no RN só em 2014 SALINEIROS EVITAM PREVISÕES POR INVESTIGAÇÃO DE CARTEL MARCELO HOLLANDA HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COM

Contrariando as expectativas do setor salineiro, a retomada das exportações tão aguardadas para 2013 devem acontecer mesmo só a partir de 2014 e se acontecerem. Até lá será difícil obter qualquer projeção não só dos embarques pelo porto Ilha de Areia Branca como qualquer outra informação pertinente ao estado que produz 90% do sal brasileiro. O motivo para tanta desinformação é processo administrativo aberto em fins de setembro pela Superintendência-geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para apurar o envolvimento de 21 empresas, três associações e 43 pessoas em um cartel na produção e venda de sal que estaria em operação há 20 anos no Brasil. Hoje, Aírton Torres, presidente do Sindicato da Indústria do Sal no Rio Grande do Norte, disse que não poderia fazer qualquer prognóstico de exportações, tanto do ponto de vista físico como comercial. Afirmou apenas que acredita no retorno de operações mais robustas de

exportação a partir 2014. "Maiores detalhes não podemos dar no momento", resumiu. Em 2010, o setor no RN era responsável por 69,8% da produção brasileira total de sal e por 90,3% da produção nacional de sal marinho. Em 2013, por conta da seca de 2012 que favorece a produção, projetava-se exportar entre 160 mil toneladas e 320 mil toneladas. Não chegou a metade disso. Volume insignificante para um estado que já atingiu durante o pico das exportações 800 mil toneladas. A investigação do Cade, que começou em julho de 2008 a partir de reportagens publicadas por jornais do RN, informando sobre possíveis ações conjuntas para enfrentar a queda no preço do produto, é a razão de todos os problemas dos salineiros. Em setembro último com apoio da Polícia Rodoviária Federal, o Cade cumpriu nove mandados de busca e apreensão em Mossoró, Natal e no Rio de Janeiro em empresas, no Sindicato da Indústria da Extração do Sal (Siesal), no Sindicato da Indústria de Moagem e Refino de Sal (Simorsal), e na Associação Brasileira de Extratores de Sal

> AEROPORTO

(Abersal). Na operação foram recolhidos na sede das empresas e das três associações 24 volumes, com cerca de cinco mil cópias de documentos em papel e cerca de 1.700 arquivos eletrônicos. O Cade buscou com isso caracterizar a existência um "cartel clássico" a partir dos indícios encontrados. Adocumentação, segundo o próprio Cade, aponta que o cartel teria iniciado em meados da década de 1990, tendo a Abersal como a organizadora. A partir de 2000, ainda de acordo com a investigação, Siesal e Simorsal teriam passado a exercer "importante e decisiva influência na organização e implementação dos acordos ilícitos." Isso não deixa de ser uma frustração para o Porto-Ilha, que duplicou sua capacidade de armazenamento e ampliou a área de cais em quase 100 metros para possibilitar o atracamento de até duas embarcações por vez para descarregamento, melhorando o transbordo de navios cargueiros, passando a acolher até 2.500 toneladas de sal por hora. Essa reforma custou R$ 270 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Arquivo

Desde o início das obras do novo Aeroporto de São Gonçalo (foto) o futuro do terminal de Parnamirim vem sendo discutido

Dúvidas ainda rondam fim das operações no Augusto Severo Ainda não está claro para a opinião pública se o aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim, será desativado para a Copa de Mundo, em junho próximo, se funcionará conjuntamente com o aeroporto de São Gonçalo do Amarante ou se será fechado para que o novo terminal, com prazo de entrega em abril, tome conta de toda a operação. Enquanto o consórcio Inframérica, que constrói e administrará o aeroporto Aluizio Alves, concentra sua preocupação na conclusão das obras e no temor de administrar um terminal para 6 milhões de passageiros/ano com um volume que não chegará a um terço disso, aumentam as dúvidas sobre questões técnicas ligadas à estrutura do empreendimento que levará o nome de um dos mais eminentes políticos potiguares. Claudio Louzada, com experiência de piloto de linha aérea (nacional/internacional) por 36 anos, em e-mail enviado ao O JORNAL

DE HOJE chama atenção para orientação da pista de pouso do aeroporto de São Gonçalo, “completamente diferente das três pistas do Augusto Severo”. E pergunta: “será que a direção do vento muda tanto em apenas poucos quilômetros? “ Mais adiante, Louzada sugere que “o governo estadual devia estar preocupado em desenvolver os ae-

roportos regionais e prover as principais cidades com uma pista Básica-Padrão de comprimento de 1700 metros por 30m de largura e resistência do piso asfáltico mínimo para suportar aeronave com 29mil quilos de peso”. E conclama: “Basta de construção de pistas de 1200m, não servem para as aeronaves regionais modernas”.


8 O Jornal de HOJE

Natal, 16 de dezembro de 2013

Cidade

Segunda-feira

Lei obriga supermercados de Natal a funcionar com 80% dos caixas PERCENTUAL

MÍNIMO VISA DIMINUIR FILAS E OFERECER MAIOR COMODIDADE Heracles Dantas

FERNANDA SOUZA FERNANDASOUZAJH@GMAIL.COM

O cenário não é incomum nos supermercados de Natal. Uma boa quantidade de caixas disponíveis, mas na verdade poucos funcionam. E para tentar compensar a pressa, muitos consumidores acabam indo para os caixas preferenciais, que por sua vez, ficam mais cheios do que os tradicionais. O resultado são longas filas e consumidores insatisfeitos. Para minimizar o problema, a Câmara Municipal de Natal aprovou o Projeto de Lei da vereadora Eudiane Macedo (SDD) que obriga os supermercados do município a disponibilizarem, no mínimo, 80% dos caixas existentes nos estabelecimentos para atender aos consumidores. A Lei, que agora segue para ser sancionada pelo prefeito Carlos Eduardo Alves, também prevê que todos devem ter embalador, como forma de evitar o desvio de função. A vereadora conta que já chegou a observar em um supermercado apenas quatro caixas funcionando dos 20 disponíveis. "Quem frequenta os supermercados de Natal sabe como é o transtorno, quando você termina suas compras e vai para o caixa. As filas são enormes. O tempo de espera é abusivo. E o que revolta a população é que, na maioria dos supermercados, enquanto as filas são imensas e a demora longa, poucos dos caixas existentes têm funcionários para atender os consumidores". De acordo com o diretor geral do Procon Natal, Kleber Fernandes, a lei representa um grande avanço para os consumidores de Natal. "Esta Lei vai dar condi-

Além da quantidade mínima de caixas disponíveis para atendimento, lei também prevê que todos devem ter embalador ções legais aos órgãos de proteção ao consumidor fazerem uma fiscalização no sentido de garantir uma maior comodidade e respeito aos consumidores, principalmente, às pessoas mais idosas. Hoje vemos os caixas preferenciais cheios e até mais do que as outras filas tradicionais, e apesar das várias reclamações existentes em nossos canais de comunicação, ficávamos limitados porque não havia uma legislação", declarou. Kleber revelou ainda que o órgão realizará um trabalho educativo junto aos supermercados. "Vamos orientar os supermerca-

dos sobre a importância de se adequarem e quando a lei entrar em vigor, fiscalizaremos e exigiremos o cumprimento da lei. Se for necessário iremos autuar e aplicar a penalidades previstas". A aposentada Lélia Silva ficou satisfeita com a nova legislação. "Achei excelente. Tudo que vier beneficiar o consumidor é muito válido. Nesta época de festas, por exemplo, que a gente faz mais compras, vai ajudar demais, principalmente nos grandes supermercados, onde o fluxo é maior. Não reclamo do atendimento, que sempre é muito bom, mas esta lei vai evitar situações como o de passar

40 minutos numa fila, como já aconteceu comigo". Já a pensionista Neiva Maria Lopes também reforçou que a medida vai ajudar a diminuir as filas em horários de pico. "Acho que não precisa ter todos os caixas disponíveis o tempo inteiro, mas sim, entre os dias 20 e 10, e após às 18h, onde há uma maior movimentação nos supermercados. Temos que ficar atentas a essas legislações e inclusive soube que está para entrar em vigor uma lei que obriga a sair de graça o produto que tiver com preços diferentes na prateleira e na hora do pagamento no caixa".

> EM JANEIRO

Eleitores irregulares com a Justiça Eleitoral devem procurar o TRE Quem não conseguiu fazer o recadastramento biométrico e receber o novo título com os dados atualizados terá que procurar o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para se regularizar junto à Justiça. O eleitor que perdeu o prazo, iniciado no último mês de julho, terá seu título cancelado e, consequentemente, ficará sem sua quitação eleitoral. Isso o impede de realizar uma série de tramitações burocráticas, como abrir uma simples conta no banco, por exemplo, ou mesmo se inscrever em concursos públicos. A partir do início de janeiro, o TRE-RN passará a receber eleitores do Estado para o período de alistamento eleitoral, previsto para aquelas pessoas que desejam realizar transferências do título ou retirá-lo pela primeira vez. Até o dia 7 de maio de 2014, quando será fechado o cadastro para as próximas eleições, o eleitor terá que levar os mesmos documentos exigidos no período anterior (título de eleitor original, comprovante de endereço original e documento de identidade com foto). Nesse mesmo período, quem quiser se regularizar com a Justiça Eleitoral poderá procurar o órgão. Não haverá multa pelo atraso. Caso as pessoas que estiverem irregulares vierem a perder também este prazo, a atualização do cadastramento biométrico só poderá ser feita após o segundo turno das eleições de 2014. Até lá, o cidadão permanecerá com o título cancelado. A partir de hoje, a estrutura montada no Fórum Eleitoral de Natal passará a ser desmontada e levada para outras cidades. Apenas uma pequena quantidade de guichês permanecerá funcionando. O restante servirá para o recadastramento biométrico em cidades como Mossoró, Assú e Ceará-Mirim, aten-

dendo ainda as regiões mais próximas a estes municípios. Com o término do prazo final do recadastramento biométrico em Natal, no último dia 14 de dezembro, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte funcionará com cartórios eleitorais apenas em expediente interno. O atendimento externo volta a partir de sexta-feira (20). RECESSO O TRE-RN entrará em recesso a partir do dia 20 de dezembro, seguindo até 6 de janeiro. Nesse período, será mantido o atendimento a eleitores, mas com estrutura reduzida. A partir de 7 de janeiro o atendimento para alistamento eleitoral terá o serviço de agendamento prévio com hora marcada. Os eleitores terão disponibilidade para agendar a biometria entre as 8h e 13h. O TRE-RN colocará à disposição cerca de 20 kits biométricos para efetuar o atendimento aos eleitores que terão os títulos cancelados e devem se regularizar. Hoje, primeiro dia útil após o período de finalização do recadastramento biométrico, o horário de funcionamento dos cartórios eleitorais da capital será, excepcionalmente, das 13h às 18h, como ocorre nas datas subsequentes aos pleitos eleitorais. Nos dias 17, 18 e 19, o horário das unidades cartorárias será das 8h às 15h. E de 7 a 31 de janeiro, das 8h às 13h. Arenovação do título com o novo cadastramento biométrico é obrigatório para quem vota em Natal. Portanto, quem não morar mais na cidade deve transferir sua inscrição para o local onde vive atualmente. Sem o título, o eleitor estará impedido de tirar passaporte, participar de concursos públicos, pedir empréstimos em bancos oficiais e matricular-se em instituição de Ensino Superior.

CMYK


Cultura

Segunda-feira

Natal, 16 de dezembro de 2013

O Jornal de HOJE 9

Fotos: Divulgação

FRENESI NOTURNO "Após o Anoitecer", do japonês Haruki Murakami, oferece ritmo cinematográfico ao misturar cultura pop e dramas pessoais CONRADO CARLOS EDITOR DE CULTURA

Dize-se que a vida noturna esconde o verdadeiro caráter de uma pessoa - ou seria o contrário? Bares, becos, boates, inferninhos. Como fuga ou emancipação, quem frequenta se traveste, interpreta personagens, usa máscaras ocultas à luz do dia. Em uma cidade grande, então, opções variadas facilitam a invisibilidade e o anonimato. Ao escurecer, perde-se a noção das horas e, muitas vezes, dos pudores. A suspensão do tempo - e das amarras sociais - só é revogada com o surgimento dos primeiros raios solares. E todo processo recomeça. A noite e seus enigmas é o cenário escolhido pelo escritor japonês Haruki Murakami para seu novo romance, "Após o Anoitecer" (editora Alfaguara). Particularmente Tóquio, capital sui generis da 'esbórnia' nipônica, cujos encantos seduzem ocidentais e preocupa autoridades locais, atentos a crescente influência da máfia chinesa - "perto deles a Yakuza é uma gracinha", diz Kaoru, uma das personagens do livro. A trama é desenrolada de forma intensa nas horas que delimitam uma madrugada qualquer - da meia noite as seis, sete da matina. Cada capítulo é cronometrado por um relógio que marca a hora dos novos acontecimen-

tos. Eri e Mari são irmãs. Enquanto a primeira, mais velha, linda, modelo e fútil está em um sono profundo há dois meses, quase coma, a segunda, dezenove anos, assexuada e introspectiva, resolve passar a noite em um bar, concentrada na leitura de um livro. A postura deslocada de Mari é surpreendida pela abordagem de um jovem trompetista. Apesar do desdém inicial, tal fato desencadeará uma noite agitada, em que o primeiro ato será a interlocução com uma prostituta chinesa espancada por um cliente - Mari quando criança aprendeu chinês. A narrativa se bifurca entre capítulos envolvendo Mari e a noite em Tóquio, e a hibernação da bonita Eri. Além da cama, seu quarto tem uma televisão que servirá de metáfora para o drama vivido pela jovem. Na tela, a imagem desfocada de um homem sentado em uma cadeira ganha nitidez com o desenrolar da história.

Em determinado momento é Eri quem aparece na imagem, como uma assombração. Os recursos narrativos utilizados por Murakami para tais cenas são impressionantes - não confundir com Ryu Murakami de "Miso Soup", romance que Win Wenders sugeriu uma adaptação para o futuro. Ambientes sombrios e decadentes ilustram a paisagem da megalópole oriental composta por Murakami. A expectativa após o final de cada capítulo é semelhante à provocada por dois filmes de mesma estranheza: o coreano "Old Boy" e "A Estrada Perdida", de David Lynch. Sentimento aflorado na modernidade, a solidão é tema central de obras artísticas atuais. Eri e Mari sabem disso. Murakami revela

os porquês aos poucos, mas fisga o leitor de imediato. Ao usar o formato de roteiro cinematográfico, Murakami transforma "Após o Anoitecer" em um texto de fácil leitura porque detalhista, e dinâmico pelo ritmo de edição hollywoodiana. Nas cenas no quarto de Eri, temos a percepção espacial através da posição da câmara descrita pelo autor. Enquanto nos quadros protagonizados por Mari, observamos a angústia e fragilidade da adolescente. Considerado um dos mais importantes escritores da atual literatura japonesa, Haruki Murakami tem no flerte com a cultura pop; na familiaridade com a sofisticação musical do jazz; e na erudição paterna, os elementos propulsores de uma narrativa, senão inovadora, incomum.

APÓS O ANOITECER Autor: Haruki Murakami Editora: Alfaguara Preço médio: R$42,90

CURTAS LANÇAMENTOS O colega Renato Lima, gerente da seção de CDs e DVDs da Rio Center, avisa por e-mail que chegaram os lançamentos de dezembro, mês em que as gravadoras começam entram em recesso, que se estende até janeiro. Destaco o de Toquinho, "Obrigado Vinícius"; Arnaldo Antunes, "Disco"; Maria Betânia, "Carta de Amor - Ato 1 e 2"; Ney Matogrosso, "Atento aos sinais"; Eric Clapton, "Crossroads Guitar Festival 2013"; Billie Joel e Norah Jones, "Foreverly"; "Roberto Carlos em Jerusalém Volume 1 e2"; Zélia Duncan, "Totatiando".

patrocinados, o programa apoiou, desde 2005, a realização de 924 shows, 77 CDs, 17 DVDs, 16 livros e 4 filmes e se converteu numa plataforma de renovação da música brasileira. Nos últimos anos, participou do lançamento e consolidação de alguns dos nomes mais representativos da nova geração, como Tulipa Ruiz, Marcelo Jeneci, Karina Buhr, Felipe Cordeiro, Luê, Marcela Bellas, Céu e Roberta Sá. Ao mesmo tempo, financia projetos de ícones da música brasileira como Gilberto Gil, Milton Nascimento, Ney Matogrosso, Marisa Monte e Tom Zé, Gilberto Gil, Lenine, Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown.

JACARÉ DE OURO Natal ganhou o "Jacaré de Ouro", como "Melhor Destino Turístico de Eventos do Nordeste", na 14ª edição do Prêmio Caio 2013. A premiação ocorreu no dia 10, no Expo Center Norte, em São Paulo. Mesmo com o esforço do secretário municipal Fernando Bezerril, sujeito capacitado e fácil acesso, fica a dúvida sobre quais critérios foram adotados na seleção. João Pessoa, por exemplo, tem um centro de convenções que lancha o de Natal. Quase diariamente, vemos o pessoal do trade na bronca com a queda na área - após quatro anos de paralisia administrativa (2009-2012).

RÉVEILLON O hotel Praiamar receberá a segunda edição do Réveillon Pepper´s On the Beach, organizado pela casa noturna que fica em Ponta Negra. A festa promete uma grande erestrutura com palco, área coberta e acesso exclusivo a praia. Com o primeiro lote de ingressos esgotados, a festa terá entre as atrações a cantora Rita de Cássia, Cristiano Frois, Caddu Rodrigues e DJ Gunner. O público contará ainda com Open Bar Premium, com Gold Label, Ciroc, espumante, Devassa, refrigerante e água além do serviço open food, com finger food, frios, seleção de queijos especiais, mesas de pães e torradas, quentes, sobremesas e um delicioso breakfast Continental. O segundo lote já está à venda no Pepper's Hall, no Praiamar Hotel (Mesas) e na Loja Rutra do Midway e podem ser parcelados em até duas vezes nos cartões Visa ou Master. Informações: (84) 3236-2886.

NATURA MUSICAL O programa da Natura de apoio à música brasileira completou oito anos em 2013. Destaque no cenário de patrocínio cultural do país, com mais de 200 projetos

SEGUNDAS INTENÇÕES Você é solteiro e está de bobeira nesta segunda-feira? Dê um pulinho no Taverna Pub que a coisa pode começar a mudar pro seu lado. Lá você terá cupidos entregando torpedos e adesivos de intenções que o ajudarão na paquera. Tudo ao som do soul-funk do Funkaholic e das trilhas sonoras dançantes do cinema com os Super Famosos, Para quem não sabe onde fica, é só subir ali na antiga rua do Salsa, que é como ainda chamam a rua Doutor Manoel Augusto Bezerra de Araújo, no Alto de Ponta Negra.

CMYK


10 O Jornal de HOJE

Natal, 16 de dezembro de 2013

Cidade

Segunda-feira

Chacina em Lagoa de Pedras ainda é mistério para polícias QUATRO PESSOAS FORAM ASSASSINADAS NO INÍCIO DA MANHÃ DESTE DOMINGO DEPOIS DE PARTICIPAREM DE UMA FESTA

Fotos: José Aldenir

ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

A execução dos quatro jovens na área rural de Lagoa de Pedras continua um mistério para as polícias Civil e Militar, que ainda não sabem o que pode ter motivado o crime. As vítimas, duas mulheres e dois homens, foram encontrados sem vida dentro de um veículo Pálio prata, abandonado na área rural do município, no início da manhã de domingo, com marcas de tiros. Segundo o comandante geral da Polícia Militar, coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, a chacina teria sido cometida por dois desconhecidos que abordaram as vítimas quando elas retornavam de uma festa realizada em um sítio da região, durante a madrugada. Apesar do ataque, nenhum pertence dos quatro jovens foi roubado durante a ação criminosa, o que levantou inúmeras suspeitas para os homicídios. "Infelizmente, os motivos que ocasionaram essas execuções continuam misteriosos e somente com as investigações desenvolvidas pela Polícia Civil é que vamos descobrir o que provocou essas mortes tão violentas. Pela forma como os corpos foram encontrados dentro do veículo, acreditamos que as vítimas tenham sido surpreendidas pelos assassinos e não tenham tido nenhuma chance de defesa ou reação", explicou o coronel Araújo. Os corpos de Ruth Lúcia Silva de Azevedo, de 19 anos; Iara do Nascimento Silva, de 17; Daniel Mendonça, 23 e de Patrício Penha de Souza, de 33, estavam dentro do Pálio prata, de placas MZG4609/Recife (PE), e apresentavam várias marcas de tiros, concentradas principalmente nas cabeças e tórax das vítimas. Segundo o coronel, logo após a localização dos corpos das vítimas, os policiais militares saíram em diligências para tentar identificar algum dos acusados, mas como a região é de mata, foi impossível des-

Automóveis envolvidos no caso ficaram com várias marcas de tiros, que foram disparados contra as quatro vítimas. Os veículos foram encontrados ao lado da estrada, em uma área rural do município de Lagoa de Pedras e atraíram muitos curiosos

cobrir alguma pista sobre o paradeiro dos assassinos. "Infelizmente, ainda é um mistério e ninguém sabe exatamente o que aconteceu. O que sabemos é que uma das moças executadas é parente de um policial militar", disse. TAXISTA ESPANHOL É ASSASSINADO EM PIUM Um espanhol radicado no Rio Grande do Norte foi morto com vários disparos de arma de fogo ontem à tarde enquanto trabalhava, na área rural de Pium, em Parnamirim. A suspeita é que a vítima, que residia há vários anos na localidade e trabalhava como taxista na região, tenha sido vítima de um acerto de contas ou de uma vingança. O coronel Araújo disse que o taxista espanhol, Esteban Mir Casamiquela, de 48 anos, estava no ponto de táxi do cajueiro de Pirangi quando foi solicitado para uma corrida por um homem desconhecido, que pediu para ser levado até o balneá-

rio de Pium. Ao chegar ao local, o passageiro teria efetuado os disparos contra o espanhol e fugido em seguida. "Ele foi encontrado por pessoas que passavam pelo local e o viram todo ensangüentado, agonizando dentro do veículo e que ainda tentaram socorrê-lo, levando-o para a unidade de saúde de Pium. Mas, ele não resistiu aos ferimentos graves e morreu antes de receber atendimento médico", explicou. Após o socorro à vítima, os policiais militares ainda tentaram obter mais algumas informações sobre o crime com as pessoas que estavam próximas ao local, mas ninguém soube dar detalhes sobre o assassino, que pode ter fugido pelo matagal que fica nas proximidades. O corpo de Esteban foi encaminhado para o Instituto Técnico Científico de Polícia (Itep) e o caso será repassado para a 1ª Delegacia de Parnamirim, que investigará o assassinato.

> PREJUÍZO DE R$ 750 MIL

Soldado é suspeito de incendiar três viaturas do Corpo de Bombeiros em Pau dos Ferros O principal suspeito de ter ateado fogo em três viaturas do Corpo de Bombeiros em Pau dos Ferros, durante a madrugada de hoje, continua desaparecido. O soldado, que entrou na corporação em março de 2012, está sendo procurado em todo o Estado, para que possa explicar o que provocou o incêndio que prejudicou o atendimento em 35 municípios atendidos pela unidade afetada. Segundo o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Elizeu Dantas, os três veículos atingidos pelo fogo - uma viaturamotocicleta, um auto-bomba tanque com capacidade para 5,5 mil litros de água e uma ambulânciaresgate de suporte básico - além de duas motocicletas de militares que estavam estacionadas na garagem da unidade de Pau dos Ferros, foram completamente destruídas. "Somente com o auto-bomba tanque e o veículo-resgate, temos um prejuízo de cerca de R$ 750 mil, que terá que ser reposto em caráter de urgência pelo Estado, porque são as únicas unidades que atendem à região do Alto Oeste potiguar. Felizmente, nenhum dos nossos homens ficou ferido no incêndio, que ainda custamos a acreditar que tenha acontecido, ainda mais causado por uma pessoa da própria corporação", desabafou o coronel. Ele disse também que todo o efetivo do Corpo de Bombeiros

Fotos: Heráclito Daniel

Com veículos destruídos pelo fogo, Corpo de Bombeiros não conseguirá atender casos da região de forma temporária está desolado e perplexo com o ocorrido e que por muito pouco, o incêndio não atingiu o prédio da corporação em Pau dos Ferros e também uma unidade de saúde situada ao lado desta. Ele falou ainda que a suspeita é que o soldado, que não teve o nome revelado, tenha tido um surto e provocado o incêndio das viaturas. O comandante do Corpo de Bombeiros na região, major Franklin Araújo, explicou que a ocorrência foi registrada por volta das 2h da madrugada, quando o soldado teria acionado os companheiros para atender o chamado de um incêndio. Ao saírem do prédio, os bombeiros foram surpreendidos

Prejuízo causado a corporação pelo ato será de aproximadamente R$ 750 mil

com a ambulância de resgate em chamas e, ao buscarem o autobomba tanque, também o encontraram já tomado pelo fogo. "Então, eles voltaram correndo para o prédio da Central, foi quando perceberam que o soldado havia trancado o local e fugido com todas as chaves e um veículo Ford Fiesta caracterizado com a cor e os símbolos da corporação. Foi preciso arrombar a porta para entrarem no local e acionar os companheiros de Mossoró, que vieram para socorrê-los", explicou. ATENDIMENTOS NA REGIÃO SERÃO AFETADOS O major Franklin Araújo disse que logo após o registro da ocorrência, a Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) foram acionadas e passaram a procurar o soldado em toda a região do Alto Oeste, para que ele pudesse explicar o que ocasionou os incêndios aos veículos. A família do suspeito também foi avisada e, conforme o tenente Christiano Couceiro, a corporação pede que o soldado se apresente a qualquer delegacia e explique o que aconteceu. Para o major Franklin, pior do que a perda total dos três veículos, é o fato de 35 municípios ficarem sem assistência do Corpo de Bombeiros, até que o problema dos veículos sejam resolvidos, em cará-

ter de urgência. Ele disse que a unidade, inaugurada no final de 2010, realiza uma média de 600 atendimentos por ano, ou 50 por mês e que além dos veículos danificados, uma parte do prédio da 6ª Regional Estadual de Saúde e uma unidade de atendimento médico foram atingidos por fuligem e fumaça, sem maiores problemas. "É uma situação de surpresa e de desolação para todos que compõem o Corpo de Bombeiros e, principalmente, para quem atua na região. Além do estranhamento, porque a principal suspeita é que a destruição dos veículos tenha sido causada por uma pessoa nossa. Quem estava de plantão está perplexo com tudo o que vivenciaram durante a madrugada. Agora, as ocorrências que forem registradas na região serão atendidas por Mossoró, que é distante, mas é a unidade mais próxima da região", afirmou o major. Segundo o tenente Couceiro, até o final da manhã de hoje, o soldado suspeito ainda não tinha sido localizado e a suspeita é que ele tenha tido um surto durante a madrugada e provocado a destruição dos veículos oficiais. Ele disse ainda que soldado nunca havia apresentado problemas. "Ele estava na corporação há pouco mais de um ano. É uma pessoa calma, sem histórico de distúrbios psicológicos", afirmou.


Cidade

Segunda-feira

Natal, 16 de dezembro de 2013

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

Para mudar o Brasil

VOTO LIVRE

APOIO MUDO

CHILE E FRANÇA

PRÓ-CRIME

MENTIROSO

O deputado estadual Fernando Mineiro (PT) não está isolado na iniciativa de pedir o afastamento definitivo da governadora Rosalba Ciarlini por causa da improbidade. Há gente se movimentando tanto no Ministério Público quanto na OAB-RN.

Por Aécio Neves O PSDB apresenta amanhã, em Brasília, as primeiras ideias colhidas em encontros regionais, que, acreditamos, podem representar as bases de uma nova agenda para o Brasil. Não se trata de um diagnóstico técnico ou um programa de governo, mas de reivindicações, cobranças, expectativas e sentimentos vindos dos quatro cantos do país, que constituem pontos de partida para o aprofundamento do diálogo com os brasileiros. Nesse tempo, fomos honrados com a preciosa interlocução de cidadãos, profissionais e militantes das mais diversas causas. E mergulhamos em alguns dos grandes desafios das regiões. Constatamos que as urgências de dez anos atrás permanecem as mesmas de hoje. E vimos surgir novos desafios. Testemunhamos a luta diária das famílias nordestinas, vítimas e reféns da seca e os limites do atual projeto de gerenciamento da pobreza extrema, sem horizonte concreto capaz de libertar e habilitar uma nova cidadania. Fomos impactados pela tragédia de milhares de vidas perdidas impunemente nas grandes cidades, em um país que não tem sequer um arremedo de política nacional de segurança, e pelo desastre cotidiano de um sistema de saúde abandonado em macas pelos corredores de hospitais superlotados, em filas imensas, em demora, desvios e desrespeito. Foi possível ver de perto, no Centro-Oeste, a contradição entre a alta produtividade brasileira da porteira para dentro e os gargalos da infraestrutura precária que se eternizaram da porteira para fora, travando nosso desenvolvimento. É desolador constatar o declínio da indústria de transformação e a extinção dos melho-

IMPEACHMENT

A eleição presidencial no Chile foi realizada com a participação de apenas 40% do povo, já que quase 60% dos eleitores aptos ao voto não compareceram às urnas. O voto por lá não é obrigatório, como em vários países desenvolvidos.

De todos os partidos com representação parlamentar no RN, apenas o PT manifestou-se através das suas lideranças em favor do afastamento de Rosalba, decretado semana passada pelo TRE. Os demais se omitiram ou prestaram apoio ao DEM no silêncio.

A corda de goiamum da esgotosfera vermelha festeja a eleição da socialista Bachelet no Chile. E eu comemoro a derrocada do governo de François Hollande, na França. Prefiro um esquerdista no submundo latino do que atrapalhando a vida na Civilização.

Uma pisada de bola, uma deselegância, uma pouca vergonha da presidente Dilma Rousseff em participar de manifestações partidárias em favor dos mensaleiros e de críticas ao Superior Tribunal Federal. Por muito menos já caíram governantes.

O silvícola Sibá Machado, da bancada petista, começou a ladainha terrorista contra os rivais de Dilma, dizendo que Aécio Neves e José Serra fecharão a Petrobras, o Bolsa Família e o Pré-sal. Eles não fariam isso, mas eu privatizaria tudo, até o BB e Caixa.

PEDOFILIA

HOMEM-GOL

GOVERNISTAS

TIROU O DEDO

Cinco meses após ser preso por 26 estupros e assédio sexual em meninas entre 10 e 13 anos, Eduardo Gaeivski, o assessor da ministra da Casa Civil, Gleisi Hofmann, continua tendo a solidariedade do PT. Ainda está filiado ao partido, como os mensaleiros.

res empregos e como fazem falta ao país o direito básico do cidadão de ter acesso a uma educação de qualidade, os anos perdidos em escolaridade e uma mão de obra mais qualificada. Dos inúmeros fragmentos de esperanças irrealizadas foi possível modelar uma paisagem de desafios reais a serem vencidos. Nela, descobre-se que as grandes conquistas nacionais não foram suficientes para acolher todos os brasileiros e grande parte dos nossos ficaram e continuam pelo caminho. Descortina-se um país inteiro ainda a ser construído, que demanda a superação do "nós e eles", estimulado pelo poder central, e a construção de uma inédita convergência em torno das grandes causas nacionais. Para isso, é preciso desprendimento, espírito público e generosidade. A formatação de um novo diálogo nacional tornou-se imprescindível para que a lógica das decisões do poder público, tantas vezes distante da realidade, ganhe legitimidade e efetiva participação da cidadania. É hora de somar forças para a construção coletiva de um novo projeto para mudar de verdade o Brasil. (AN, na Folha de S. Paulo)

O colunista espanhol Alfredo Relaño escreveu hoje no diário AS: "Diego Costa, o raio que não cessa". É impressionante a temporada do artilheiro do Atlético de Madrid, provável centroavante da Fúria na Copa. O homem marcou 16 gols em 16 partidas.

As últimas declarações da senhora Marina Silva, informando que a sua REDE irá caminhar separada do PSB de Eduardo Campos, esconde um joguinho esquerdopata. Ambos, ela e Dudu, vão desviar votos das oposições para uma vitória de Dilma.

Neymar desencantou na liga espanhola após 16 rodadas. O atacante marcou os dois gols, um de pênalti, na vitória do Barcelona por 2 x 1 contra o Villarreal, no sábado. O time catalão segue dividindo a liderança com o Atlético de Madrid, com 43 pontos.

Cinema de luto Nem bem dezembro chegou à metade dos dias, a sétima arte perdeu três grandes nomes da sua história. Começou dia 9 com a morte de Eleanor Parker, a atriz de mil faces e indicada 3 vezes ao Oscar. No sábado, 14, se foi um dos monstros sagrados das telas, o britânico Peter O'Toole, o eterno Lawrence da Arábia. E no domingo, o cinema perdeu Joan Fontaine, a americana nascida no Japão e preferida de Alfred Hitchcock. Todos eles, assim como as estrelas, morrem, mas nunca se apagam diante dos nossos olhos.

Danilo Sá jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br / Twitter: @DaniloSa

O ADEUS A UM GIGANTE Janguiê Diniz Mestre e Doutor em Direito Nelson Mandela, ou simplesmente Madiba, o primeiro presidente negro da África do Sul, faleceu na última semana, aos 95 anos. Mandela é um dos nomes mais citados na história recente, principalmente por suas ações, que se transformaram em símbolo de tenacidade e de luta pela liberdade. Através de sua autobiografia "O longo caminho para a liberdade", além das centenas de entrevistas e documentários realizados com o líder, Mandela deixou várias frases que se tornaram atemporais e pelas quais, jovens e adultos de todo o mundo podem compreender os ensinamentos que apenas um ganhador do Prêmio Nobel da Paz é capaz de dar. Assim como aconteceu com outros grandes líderes, nem toda a história de Mandela foi de luta pacífica. Durante 20 anos liderou uma campanha pacífica e não violenta contra o Governo e as suas políticas racistas, até que, após a morte de 69 pessoas pela polícia durante uma manifestação, em 1960, o levou a optar pela guerrilha como forma de defender sua causa. E por isso, em 1963 foi condenado à prisão perpétua por ofensas políticas, incluindo sabotagem. Embora tenha ficado preso durante 27 anos, por enfrentar o apartheid, o regime de segregação racial da minoria branca sul-africana, instalado na África do Sul pelo Partido Nacional a partir de 1948, Mandela não foi esquecido. Ao contrário. Sua prisão deu ainda mais força à luta antiapartheid. Ele se tornou símbolo dessa luta e continuou liderando os grupos negros, mesmo estando preso.

Nelson Mandela é o que podemos chamar de verdadeiro Estadista. Estadistas conseguem mudar a história de países e do mundo para melhor e os ditadores para pior. Existem muitos ditadores pelo mundo, no entanto, poucos estadistas. Em seu discurso de posse como presidente, em 1994, intitulado "Chegou o momento de construir", o discurso dizia: "Não existe caminho fácil para a liberdade. Sabemos que nenhum de nós consegue, sozinho, alcançar o sucesso. Devemos, portanto, atuar juntos, como um povo unido, para a reconciliação nacional, para a construção da nação, para o nascimento de um novo mundo. Que haja justiça para todos. Que haja paz para todos. Que haja trabalho, pão, água e sal para todos.” Palavras que viraram marco na história. Outro texto de Mandela está no livro “Líderes e discursos que revolucionaram o mundo”, junto a outros nomes da história como George Washington, Adolf Hitler, Joseph Stalin e John F. Kennedy. Na transcrição, um trecho chama atenção – “Durante minha vida, dediquei-me a essa luta do povo africano. Eu lutei contra a dominação branca, e eu lutei contra a dominação negra. Eu cultivei o ideal de uma sociedade democrática e livre na qual as pessoas vivam juntas em harmonia e com oportunidades iguais” – Este era o propósito de vida de Mandela, mudar o mundo. Centenas de líderes mundiais estão reunidos para o funeral de Rolihlahla Madiba Mandela, ou simplesmente Nelson Mandela, que em sua lápide pediu que fosse escrito a frase: "Aqui jaz um homem que fez o seu dever na Terra”. E que real-

JOGO JOGADO

O jogo eleitoral potiguar agora entra em uma nova fase, e não é apenas pela chegada do ano novo. A partir de agora, Rosalba Ciarlini só entra no jogo se conseguir reverter sua inelegibilidade na Justiça, isso sem contar a questão de sua viabilidade eleitoral, hoje praticamente inexistente diante do alto desgaste de sua administração. É a luta.

ESPECULAÇÕES

Caso não ocupe a vaga de candidata ao Senado na chapa ao lado do PMDB, é praticamente certa a candidatura de Wilma de Faria ao governo do Estado, contra os peemedebistas. E, dificilmente será contra Garibaldi Filho. Explica-se: o ministro não deverá deixar a vaga no primeiro escalão da equipe da presidente Dilma Rousseff sem saber se precisará ou não disputar o governo novamente em 2014.

PRAZO

Se passar de abril no cargo, mês limite para desincompatibilização de quem deseja ser candidato nas próximas eleições, Garibaldi estará definitivamente fora do jogo. Aí, estará nas mãos da exgovernadora a decisão sobre seu futuro político, e sem a possibilidade de maiores riscos negativos. Hoje, cresce a possibilidade de Wilma tentar voltar para o Centro Administrativo.

EXPECTATIVA

O presidente da Fecomércio, Marcelo Queiroz, ainda não confirma, mas pode ser uma das surpresas nas eleições de 2014. Com um trabalho elogiado à frente da instituição e respeitado junto a classe empresarial, pode entrar no jogo e buscar um mandato de deputado estadual ou federal. Em tempo: o empresário é filiado ao PDT, do prefeito Carlos Eduardo Alves.

Gira Mundo Divulgação

O cantor Jon Bon Jovi fecha 2013 no topo da lista das maiores turnês internacionais do ano. O levantamento, feito pela revista "Billboard", mostra que o grupo liderado pelo vocalista tocou para mais de dois milhões de fãs em 90 shows, arrecadando US$ 205 milhões (cerca de R$ 470 milhões). O público brasileiro participou ativamente de todo este montante ao lotar os shows da banda em setembro, em São Paulo e no festival Rock in Rio, na capital fluminense. O ótimo resultado mostra que a banda conseguiu superar alguns desafios durante o ano.

Megafone Arquivo

“Na campanha de Fátima Bezerra em 2008, o presidente Lula veio de avião, tomou um porre, ela perdeu. Quantos ministros vieram? Dez”

GETÚLIO RÊGO EM DEFENDESA DO USO DO AVIÃO POR ROSALBA E RELEMBRANDO OS VÁRIOS VOOS DE LULA E COMPANHIA EM CAMPANHAS PASSADAS

NA AGENDA

O 5º Fórum de Turismo do RN, que se realizará nos dias 19 e 20 de fevereiro, no Centro de Convenções, já tem 80% de sua grade de painelistas, palestrantes e debatedores pronta. Os patrocinadores também já estão definidos. Paralelamente ao Fórum serão realizados outros dois eventos: a 2ª Mostra de Destinos e Produtos do RN e o Encontro de Agentes de Viagem do RN.

QUASE PRONTO

O estádio Arena das Dunas recebeu neste domingo (15), a visita dos Atletas Ouro dos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte. Acompanhados pela secretária de Estado da Educação, professora Betania Ramalho e do diretor-presidente da Arena das Dunas, Charles Maia, os atletas fizeram um passeio no entorno do campo e posaram para a foto oficial na arquibancada do estádio.

NEGÓCIOS

A construtora potiguar Capuche, que possui uma central de vendas no Praia Shopping, funcionará em horário especial para atender os clientes durante o fim de ano. A partir de hoje até o dia 21 o stand ficará aberto das 10h às 23h, e no dia 23 das 9h às 23h. A empresa está oferecendo ainda um presente de natal para os novos clientes, por meio da promoção ‘Capuche e você pelo mundo’, que premia quem adquirir um novo imóvel com viagens, cruzeiros ou passagens.

INDUSTRIALIZAÇÃO

O Pró-Sertão termina 2013 com 12 confecções em funcionamento no interior potiguar e a marca de 400 empregos diretos já gerados. Uma grande notícia para um ano tão difícil do governo do Estado. E a expectativa é que o programa chegue ainda mais longe nos próximos anos.


12 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 16 de dezembro de 2013

Daniela Freire

I

Segunda-feira

I

I

POLÍTICA E SOCIAL - TACIANA CHIQUETTI (Interina) - tacychiquetti@hotmail.com

w EXERCÍCIO DE PERDÃO

GIRO PELO TWITTER

Os vereadores mais experientes - e pacíficos - da Câmara de Natal, Franklin Capistrano (PSB) e Eleika Bezerra (PSDC), sugeriram que todos os processos que tramitam atualmente na Comissão de Ética sejam arquivados. >>> E que a paz volte a reinar no Legislativo municipal. >>> Eles acreditam que é possível encontrar outras formas para se resolver as "picuinhas". >>> A vereadora Amanda Gurgel (PSTU), que deu seu depoimento, na semana passada, na Comissão, chegou a dizer que toparia tal proposta... >>> Desde que os processos contra ela também fosse extintos. E afirmou que seria um "ataque à liberdade de expressão e à democracia, caso seu processo não fosse arquivado"... >>> Muitos se perguntaram se o vereador Adão Eridan (PR) aceitaria encerrar o assunto.

Empresário Marino Eugenio, da Construtora Estrutural, que lançou o Koster1029, imóvel com infraestrutura pronta para automação residencial. Com a tecnologia, é possível, até mesmo, ser recebido em casa com sua música preferida www.joaonetofotos.com

w HORA EXTRA

A sessão desta terça-feira (17), na Câmara de Natal, promete ser longa. É que será votado o Plano Plurianual do município. >>> Como não falta quem peça a palavra na Casa, o início dos trabalhos será às 9 horas, seguindo pelo restante do dia. >>> Na quarta e na quinta-feira (18 e 19), será a vez dos vereadores votarem a Lei Orçamentária Anual (LOA). >>> E, na próxima segunda-feira (23), o PPA volta à pauta, com a sessão começando logo pela manhã, novamente.

jornalista

Willian

Bonner: "Primeiro Khrystal, agora Dom Paulinho... Só eliminações

injustas!

#TheVoiceBrasil". ...da jornalista Cristiana Lobo: "Avaliação bom e ótimo de Dilma por região: Nordeste é 52%; Sul, 46%, Norte, 45% Sudeste, 38%. Melhor no Sul que Norte, diz CNI/ Ibope". Vereadora Júlia Arruda (PSB) e jornalista Flávio Resende no Natal do Bem - parceria constante nas ações da Casa do Bem

Luis Carlos e Susana Costa: distribuindo harmonia e sorrisos nesta reta final de 2013

...do estudante de Filosofia Luciano Oliveira: "Tem

Canindé Soares Marlio Forte

gente no Twitter muito estranha. Esse povo quer ter uma discussão de natureza filosófica em um espaço de 140 caracteres".

w SEM PIZZA

Enquanto a idéia dos veteranos não avança, a Comissão de Ética garante que haverá punição, caso seja apurada, efetivamente, a falta de decoro de qualquer um dos edis envolvidos.

...do

...do Sucesso S/A: "'A potência intelectual de um homem se mede pela dose Ministro Garibaldi Filho prestigiando a inauguração de mais uma unidade da Clínica Pedro Cavalcanti, em Nova Parnamirim, com direito à benção do Monsenhor Lucas Batista

w PAUSA FORÇADA

Observadores atentos informam que as obras de acesso ao aeroporto de São Gonçalo do Amarante estão paradas desde a semana passada. >>> A EIT, empresa responsável pela execução do projeto, teria cruzado os braços por falta de pagamento. >>> Esta situação estaria persistindo há seis meses. >>> Com a credibilidade do governo do RN desmoronando ao longo desse tempo, crescem as incertezas em torno do projeto.

>>> Atraso na obra, será problema certo para a Copa. MAU EXEMPLO No reduto dos grandes hotéis de Natal, um mau exemplo de cidadania. >>> Parte do calçadão da Via Costeira foi destruída, em frente ao um hotel em obras. >>> Provavelmente para facilitar o acesso de operários e máquinas ao interior do estabelecimento. >>> Pelo cenário apresentado, meteram a marreta no patrimônio público, nas barbas

w

Deputado federal João Maia (PR) se torna cidadão de São Gonçalo do Amarante e recebe homenagem do Lions Clube

das autoridades. >>> Com a palavra a Semurb.

w FESTA LUAL

Com uma festa-luau-chiquérrima, a construtora Coengen fará, nesta terça-feira (17), às18 h, o pré-lançamento do "Summer Breezes", empreendimento de alto padrão, na praia de Muriú. >>> O evento terá como atração musical o grupo "Sax in the house". >>> E promete reunir chiques e famosos da cidade.

de humor que ele é capaz de manifestar' - Nietzsche".

w DUETOS DE MARINA

O novo DVD Marina Elali Duetos promete agradar a todos os públicos. >>> O trabalho, homenagem a Luiz Gonzaga e Zé Dantas, mostra a cantora potiguar com grandes nomes da música. >>> Ivete Sangalo, Zezé di Camargo e Luciano, Elba Ramalho, Gilberto Gil e Geraldo Azevedo são alguns dos artistas que cantam com Marina. >>> Além de Waldonys e Aviões do Forró. E o falecido Chorão, da banda Charlie Brown Jr.


Cidade

Segunda-feira

Natal, 16 de dezembro de 2013

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w PERIGO - I O Brasil não tem cultura política para ter reeleição. Um governante não pode usar o avião oficial para pedir voto para si mesmo ou para os seus correligionários. É adotar um mandato único de cinco anos. w BASTA - II Imaginar o que poderia acontecer se os partidos adversários, em nome da isonomia de direitos para uso da propriedade pública, pedissem à Justiça que garantisse avião para suas viagens. Seria uma pândega. w EMBATE - I O jornalismo tipo 'caras e bocas', da Cabugi, vive hoje a pior fase de sua história perdendo de manhã, de tarde e de noite. Apesar do sempre excelente desempenho profissional da apresentadora Lídia Pace. w ESTILO - II Envelhecido e sem torque pela falta de tensão e profundidade com a gravidade dos fatos, o jornalismo estiloso caiu na ineficácia. Como se a tela fosse o palco e o jornalismo uma forma artística de noticiar. w ALIÁS - III A exuberância, esses dias, fica por conta do jornal do meio dia da tevê Ponta Negra com Geórgia Nery, daí sua maior audiência segundo o Ibope. Peca pela pobreza de opinião, mas é noticioso e informativo. w ESTRANHO - I Quanto mais o secretário municipal de saúde, Cipriano Maia, fala em falta de recursos para atender aos natalenses, mais a Prefeitura gasta com festivais, festas e shows de artistas pagos com gordos cachês. w UM... - II Dia o secretário verá um pouco além do seu próprio cavanhaque e constatará que seu baixo prestígio não teve forças para incluir a saúde na paute de shows do Palácio Felipe Camarão. Ficou nos camarins.

Lições do DEM? S

ão pouco convincentes - para não dizer bizarras - as lições de política e gestão de governo que os Democratas, por seus deputados e senadores, ainda tentam passar no espaço da propaganda eleitoral gratuita na tevê. É como se ensinassem aquilo que não foram capazes de fazer. Basta não esquecer: a governadora Rosalba Ciarlini é a única a exercer um governo em todo Brasil e enfrenta um desgaste que levou sua imagem a decepcionar 80% de um eleitorado que a elegeu no primeiro turno da disputa. Não bastasse o exemplo de Rosalba, os Democratas do Rio Grande do Norte leia-se o senador José Agripino amarga o afastamento da prefeita Cláudia Regina por denúncia do Ministério Público Federal e não de adversários, e a governadora está condenada à inelegibilidade por seis dos seis juízes do Tribunal Regional Eleitoral, mesmo que uma liminar tenha sido vitoriosa no TSE, junto à ministra Laurita Vaz, preservando-a no cargo como manda a firme e serena precaução dos bons magistrados. No resto do Brasil, inclusive na Salvador do prefeito ACM Neto, nada se pode citar como um exemplo de modernidade política, e mesmo no Senado o que se tem é o brilho solitário do senador José Agripino, mas hoje dependente do PMDB do seu estado que nos dois últimos pleitos majoritários, aquele que é o maior aliado de Dilma, a quem faz oposição. O senador sabe que sem o artifício de por o pai de Garibaldi Filho como primeiro suplente de Rosalba no Senado teria sucumbido de uma vez.

É grave, pois, o estado da saúde política dos Democratas. Esta coluna, à época da mudança de sigla do PFL para DEM, alertou contra o absoluto e inócuo artificialismo da solução marqueteira. Os que hoje se dizem Democratas, em verdade, formam a nata do liberalismo conservador, sem liame com os grandes desafios de uma sociedade marcada por profundas desigualdades sociais e econômicas e só amenizadas pela falsa distribuição de renda dos governos petistas com a sua eleitoreira Bolsa Família. Evidente, diante da fome inadiável, que é melhor distribuir Bolsa Família do que não fazê-lo, afinal os vales disso e daquilo, dos Tucanos, apenas foram somados e ardilosamente rotulados com a 'família', um conceito limpo que congrega de forma incontestável. Mas, no seu sentido dominador - a dominação se faz também pela semelhança, mesmo que falsa - o Bolsa Família, num ardil, substituiu o velho coronel do cabresto pelo coronel de plástico, simbolizado pelo cartão que dá dinheiro ao povo. Não é à toa que a maior concentração de votos do PT, um partido de origens urbanas nascido no atrito das lutas dos sindicatos industriais de São Paulo, está concentrada hoje nos chamados grotões que antes elegiam os governadores do PDS. Ouvir lições de eficiência e modernidade do DEM é ferir a própria consciência. A sociedade brasileira - fruto de sua pobreza - foi partida ao meio, agora não mais por senhores e escravos, mas nem por isso seu libertador será um liberal desses feitos pelo marketing.

Parnamirim une programação natalina à comemoração de aniversário CIDADE COMPLETA 55 ANOS PROMOVENDO EVENTOS E INAUGURAÇÕES DE OBRAS A população de Parnamirim está em festa. Em comemoração ao período natalino e ao aniversário da cidade, que faz 55 anos nesta terçafeira (17), a Prefeitura do município preparou uma série de eventos, que vão desde grandes espetáculos culturais e ações socais a inaugurações de obras. De acordo com Henrique Costa, chefe do Gabinete Civil, toda a programação foi montada objetivando atingir um maior número de pessoas. "Queremos socializar as apresentações culturais para que todos tenham acesso e participem", enfatizou. Um dos destaques do calendário festivo é o tradicional espetáculos 'Nas Asas da História', que este ano terá como tema 'Mestre Elpídio e seu Boi de Reis nos Destinos de Parnamirim'. A encenação será em oito bairros diferentes, de 15 a 22 de dezembro, sempre a partir das 20h. O primeiro bairro a receber o evento será Boa Esperança. Outro destaque é o 'Natal das Crianças de Parnamirim', que entra no seu 18º ano e promete movimentar o Parque Aristófanes Fernandes no próximo domingo (15), das 14h às 17h. No total, 500 voluntários trabalharão em várias frentes para atender cerca de 15 mil crianças. Dentro das atrações do evento estão shows da Turma do Baú da Alegria, Galinha Pintadinha, recepção com a banda de música Trampolim da Vitória e Troça de Palhaços, a tradicional chegada do Papai Noel de helicóptero, sorteio de prêmios e distribuição de brindes e lanches. ANIVERSÁRIO Amanhã (17), data do aniversário de Parnamirim, será realizado um passeio ciclístico pelas ruas do município com concentração no Mercado do Centro a partir das

Fotos: Divulgação

Programação acontece durante todo o mês de dezembro e foi montada para atingir um maior número de pessoas, segundo Henrique Costa soldados ajudou no desenvolvimento da vila que logo se tornou distrito de Natal e, em 17 de dezembro de 1958, foi desmembrada da capital se tornando Município.

7h30. À noite, a partir das 18h, haverá missa com homenagens na Capela Santo Antônio. A história de Parnamirim remonta os anos da Segunda Guerra Mundial quando ainda não existia nem mesmo a cidade: apenas o Parnamirim Field utilizado pelos americanos como o Trampolim da Vitória para combater as forças do Eixo. A vinda dos

OBRAS Além do período festivo, a Prefeitura também inseriu no calendário comemorativo a entrega de obras importantes para a população. De acordo com o secretário Henrique Costa, na próxima quinta-feira (19) será inaugurada a obra de asfalto do bairro de Boa Esperança, onde 13 trechos de avenidas receberam pavimentação asfáltica, o que representou um investimento de mais de R$ 2,1 milhão. Já na sexta-feira (20), serão en-

tregues as obras de asfaltamento das avenidas Perimetral I, Paulo Afonso e Bela Parnamirim que abrange os bairros de Monte Castelo e Vida Nova investimento de mais de R$ 2 milhões. "Estamos vivendo um período importante. São obras de mobilidade urbana e eventos que agregam emprego e renda, pois envolve muitos autônomos, o que acaba movimentando e fortalecendo a economia do município, já que os impostos arrecadados serão reinvestidos na saúde, educação e segurança da população. Queremos agradecer a todos os parnamirinenses pelo grande respeito por nossa administração e como forma de retribuir continuaremos empenhados em realizar ainda mais obras", destacou. Já o réveillon preparado pela Prefeitura vem com novidades. Além do Reveillon no dia 31, na Praia de Pirangi, será montada uma grande estrutura de shows musicais no bairro Rosa dos Ventos.

w SINAL Os funcionários do Ministério Público Estadual não só derrotaram a intolerância, como deram exemplo de que a greve é a maior conquista da sociedade democrática que só o autoritarismo ainda tenta negar. w REBELDES 'Rebeldias coloniais - quando os povos dizem não', tema de capa da edição 99 da Revista de História da Biblioteca Nacional que já prepara a sua edição 100 para janeiro próximo. A mais longeva até hoje. w LUTA Na Piauí dois depoimentos marcam a edição 87 que está nas bancas: de Miruna, a filha de Genoíno na luta em defesa do pai, e de Evanise, ex-mulher de José Dirceu contando como vive sem seu ex-marido. w REVELAÇÃO - I O pesquisador João Felipe Trindade localizou nas páginas do 'Diário de Natal', o órgão do Partido Republicano fundado pelo coronel Elias Souto, grave denúncia contra o engenheiro Antônio Polidrelli. w ESTÁ - II Na edição do dia 7 de junho de 1908, na primeira página, com o título 'Crimes contra a honra - O caso Polidrelli', notícia denunciando: Polidrelli deixou Natal acusado de deflorar jovens de famílias pobres. w PROTEÇÃO - III Exercendo o cargo de engenheiro da Prefeitura de Natal - seria dele o moderno traçado urbanístico de Tirol e Petrópolis - os vários crimes deixaram de ser apurados, mesmo quando publicados nos jornais. w POESIA Já tem data marcada o lançamento do livro de estréia da poetisa Nassary Lee: 'Entre becos e sonhos': vai ser dia 21 de janeiro, às 19h, na Livraria Nobel. A poesia de Natal, assim, um novo e forte timbre.


14 O Jornal de HOJE

Natal, 16 de dezembro de 2013

Cidade

Segunda-feira

Mor Gouveia entregue às obras ALÉM DE BINÁRIO PARA COPA DO MUNDO, A AVENIDA TAMBÉM ESTÁ SOFRENDO UMA INTERVENÇÃO PARA PROJETO DE DRENAGEM CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

Quem precisa passar pela Avenida Mor Gouveia para seguir rumo às atividades diárias certamente se enxerga em meio a canteiros de obras. Além da interdição de parte da via para a formação de um binário com a Avenida Dr. Napoleão Laureano, contemplando parte do projeto previsto para obras de mobilidade da Copa do Mundo de 2014, a Mor Gouveia está passando por obras de drenagem. Apesar da importância de ambas as intervenções, a situação tende a prejudicar ainda mais a fluidez do trânsito. O trecho que compete à obra de mobilidade, interditado desde o mês de outubro, está previsto para ficar pronto em maio de 2014. Já as obras de drenagem, que começaram neste último sábado (14), deverão se estender até março do mesmo ano. "Acreditamos que seja esse o tempo para concluir essa parte da drenagem. A Mor Gouveia é uma Avenida muito grande e que precisará das intervenções em toda sua extensão, em ambos os sentidos", explicou o encarregado de obras, Milton Barbosa, da EIT, empresa responsável pelo serviço. A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) interditou a faixa que vai da Rua dos Potiguares até a

Avenida Jaguarari, na altura do prédio onde funciona o Sistema Sesi/Senai. A secretaria informou que agentes de mobilidade estarão no local orientando o trânsito, mas na manhã desta segunda-feira, enquanto a reportagem esteve no local, não foi visto nenhum agente ajudando no trânsito. O inspetor Carlos Eugênio, chefe do Setor de Intervenção Viária da Semob, explicou que o fluxo de veículos e ônibus das linhas 30, 31, 39 e 40 será desviado pela Rua dos Potiguares, Jerônimo Câmara, Jaguarari e Rua São José, onde retornaram as suas rotas normais. A Semob recomenda aos motoristas que, ao avistarem a canalização de orientação da pista, reduzam a velocidade dos veículos para maior segurança na via. Entretanto, sem a presença de fiscais de trânsito, os veículos desrespeitam até os semáforos para se antecipar aos engarrafamentos. Ana Cláudia Dias, que mora nas proximidades das intervenções, disse à reportagem que não há solução para facilitar o trânsito naquela região. "Para nós, que moramos nessa área e precisamos inevitavelmente passar pela Mor Gouveia, não existe alternativa. Uma alta dose de paciência diária e adaptação dos horários é a minha recomendação", disse ela que trabalha no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). Fotos: Heracles Dantas

Milton Barbosa, encarregado de obras, acredita no término do projeto até março

Tradicional ponto de congestionamentos, trecho na Mor Gouveia deve ficar ainda mais intransitável nos próximos meses


Esporte

Segunda-feira

Natal, 16 de dezembro de 2013

O Jornal de HOJE 15

Divulgação

> SURF

Treinador prepara equipe para jogo da semifinal na próxima quarta-feira

História de Jadson André vira filme

CUCA pede respeito ao RAJA

A trajetória do surfista potiguar Jadson André é tão cheia de histórias que, de fato, virou filme. O longa "Sem Pressão", que deve estrear em fevereiro de 2014, conta os passos de Jadson ao longo de 2013, ano de sua "redenção". Em entrevista ao XGames.com.br, o surfista falou sobre tudo isso e resumiu bem o que é estar "sem pressão". "Comecei a fazer as coisas diferentes, fiquei mais perto da minha família, treinei de uma maneira que me deixou feliz. Voltei a surfar com felicidade. Se

eu não estiver feliz, não consigo fazer absolutamente nada", conta. Nascido em Natal, Jadson viajou o mundo por conta do esporte e, em 2010, entrou para a elite do surf. Infelizmente, lesões acabaram tirando-o das disputas do circuito mundial depois de uma passagem "rápida" pelo WT (2010 a 2012). O fato é que Jadson André não desistiu do caminho que queria trilhar e, também em pouco tempo, recuperou-se e garantiu de novo sua vaga no WCT Divulgação

ATLÉTICO-MG VAI PEGAR O TIME MARROQUINO NO MUNDIAL DE CLUBES O Atlético terá pela frente um adversário perigoso na semifinal do Mundial de Clubes, que acontece no Marrocos. Os donos da casa, Raja Casablanca, surpreenderam os mexicanos do Monterrey e estão no caminho alvinegro. O técnico Cuca não quer saber de zebra em Marrakesh. "Feijão com arroz, respeito a todos. Os caras passaram em duas rodadas. Têm méritos. Não venceram qualquer um. Podem surgir manchetes, mas

não aqui. Se não correr em campo, não adianta o nome", afirma. Segundo o comandante do Galo, os jogadores estão cientes da dificuldade da partida. A história recente do Mundial já mostrou uma grande zebra envolvendo brasileiros. "Não precisa dar alerta. Eles são muito conscientes. Demoramos 105 anos para chegar até aqui. Não será agora que vamos querer ser o que não somos. O Internacional serve de exemplo tanto

na derrota para o Mazembe quanto na conquista do título sobre o Barcelona", avisou o treinador atleticano. O Raja Casablanca venceu o Auckland City, na estreia do torneio, e passou pelo Monterrey, nas quartas de final. "Eles têm sequência de jogos, mas também tem o desgaste. Será a terceira partida deles em sete dias", analisa Cuca. O objetivo do Galo é a conquista do título mundial de clubes, troféu

Fábio Pacheco fabiopachecorn@gmail.com

Profissionalismo ABC e América estão de parabéns por terem mantido dois técnicos competentes, extremamente profissionais e acima de tudo humildes. Roberto Fernandes e Leandro Sena poderiam estar curtindo as férias ao lado da família, mas preferiram o trabalho e o aperfeiçoamento profissional. Os dois treinadores participaram juntos do Footecon, evento internacional de técnicos no Rio de Janeiro, estão participando de todas as negociações da equipe e como se não bastasse optaram nesta semana em se aprofundar ainda mais na carreira. Sena está na Granja Co-

mary participando de um curso para treinadores, enquanto Fernandes embarcou para a Europa, onde irá fazer uma reciclagem, visitando clubes europeus, buscando informações com as comissões técnicas do Benfica, Paris Saint Germain e Milan, enriquecendo o seu conhecimento sobre o futebol. Dois treinadores com muita vontade de trabalhar, que estão decididos em ajudar ABC e América. As duas diretorias acertaram em mantê-los para a próxima temporada, o torcedor que aguarde, pois muita coisa boa está por vir em 2014.

BETÃO Amigos e familiares prestaram as últimas homenagens ao desportista Alberto Luiz da Silva (Beto de Cícero Luiz), mais conhecido como Betão, vitimado por um infarto, na cidade de São José de Mipibu/RN, onde residia há 20 anos. Betão, como também era conhecido no desporto poçobranquense, foi atleta do Sanelândia EC e do Alecrim FC. JEEP SHOW A abertura do Jeep Show será na próxima sexta feira, dia 20, em Natal, em local ainda a ser definido pela diretoria do clube e os patrocinadores e apoiadores. Haverá entrega de kits aos competidores inscritos. CHINA OU NATAL Rodrigo Silva está dividido entre o ABC e uma proposta do futebol chinês. O jogador está balançado pela melhor oferta financeira do clube asiático, enquanto sua mulher, que está grávida, quer ficar no Brasil e de preferência em Natal. A definiçaõ sai nesta semana. GREVE NOS ESTADUAIS O Bom Senso FC deve entrar com os dois pés no peito da CBF em 2014. A ideia é fazer uma greve em janeiro e atrasar o inícios dos estaduais, que começam no final do mês. Assim, teriam apoio dos jogadores que atuam em times do interior do Brasil. Os líderes do movimento, que reúne mais de 800 atletas, querem mostrar poder. Mesmo nas férias, os líderes, conversam todos os dias.

REUNIÃO Nesta segunda-feira, a partir das 19 horas, na sede social, o presidente Gustavo Carvalho comanda a sua primeira reunião de trabalho com todos os vice-presidentes e mais o diretor de futebol. ACUMULOU Impressionante os números do sorteio 1556 da Mega-Sena, realizado no último sábado: 01 - 04 - 07 - 11- 52. É óbvio que ninguém acertou e o prêmio acumulado deve pagar algo em torno de R$ 40 milhões na próxima quarta-feira. ITÁLIA EM MANGARATIBA A Federação Italiana de Futebol informou que a base da equipe no Brasil para a Copa do Mundo da Fifa 2014 será a cidade de Mangaratiba, no estado do Rio de Janeiro, a 120 quilômetros da capital fluminense. E os elogios a Natal? Nâo entendi. Divulgação

UM TIME ABENÇOADO O San Lorenzo, time de coração do Papa Francisco, foi o campeão do Torneio Inicial do Campeonato Argentino neste domingo. O empate sem gols da equipe de Chico contra o Velez foi o suficiente para garantir o 15º título argentino.

inédito na história do clube mineiro. "Para conquistar este título teremos que correr dobrado, dar o sangue em campo, dedicação total", avaliou o goleiro Victor.

Surfista potiguar Jadson André está de volta à elite do surf mundial


16 O Jornal de HOJE

Natal, 16 de dezembro de 2013

Esporte

Segunda-feira

Arena da Amazônia é interditada

Divulgação

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

Talentos perdidos MPT PEDE INTERDIÇÃO APÓS DUAS MORTES NO FIM DE SEMANA Duas tragédias no mesmo fim de semana na Arena da Amazônia. Um operário de 22 anos morreu na madrugada de sábado, após sofrer uma queda de uma altura de 35 metros na Arena da Amazônia, estádio da cidade de Manaus para a Copa do Mundo. Marcleudo trabalhava na cobertura do estádio era contratado de uma empresa que presta serviços à Arena da Amazônia. Ele teria caído sobre cadeiras e foi le-

vado ainda com vida para o Pronto Socorro mas não resistiu aos ferimentos. Aproximadamente seis horas após a morte de Marcleudo, José Antônio do Nascimento, encarregado do setor de pavimentação das obras do Centro de Convenções do Amazonas (CCA), sofreu um infarto durante o horário de trabalho e faleceu ontem. Em maio desse ano, um outro operário morreu após cair de

uma altura de cinco metros e sofrer traumatismo craniano. Os trabalhos na Arena foram interrompidos. A Justiça do Trabalho do Amazonas interditou as obras da arena em caráter liminar e se limita às obras que envolvam trabalhos realizado a grandes alturas. A medida é liminar e segundo o procurador do Trabalho Jorsinei Dourado do Nascimento confirmou, a empresa foi notificada e teve que parar os tra-

Operário sofreu queda de 35 metros de altura

balhos imediatamente. Conforme ação pública ajuizada pelo MPT, os trabalhos só poderão voltar a todo o vapor depois da apresentação de laudos que comprovem adequação aos "requisitos mínimos e das medidas de proteção para trabalho em altura". A ação do Ministério Público do Trabalho ainda pede que haja multa diária de R$ 100 mil, em caso de descumprimento da decisão.

> STJD

Julgamento hoje pode mudar o Z-4 Acontece hoje, às 17h (de Brasília), o julgamento no STJD que pode rebaixar a Portuguesa e salvar o Fluminense, tudo por conta do jogador Heverton que teria atuado de forma irregular pela Lusa no joga contra o Grêmio. Se perder os qua-

tro pontos, o Flu escapará da Série B. Também será julgado hoje o caso do Flamengo que atuou com André Santos de forma irregular. Caso as duas argumentações do Flamengo sejam consideradas pelo STJD e o tribunal opte por absolver o Fla, o

Corinthians pode ser rebaixado. Isso poderia ocorrer porque no dia 18 de outubro, uma sexta-feira, o atacante Emerson Sheik foi julgado e pegou um jogo de suspensão. O atleta não atuou contra o Criciúma em razão da pena. Naturalmen-

te, se a suspensão só passa a valer a partir do dia útil subsequente, como defendem Fla e Portuguesa, Emerson estava apto para o duelo contra o Tigre e não poderia atuar contra o Santos, partida em que esteve presente.

Revi Adalberto, o Neguinho do Passo da Pátria, margem escura do Rio Potengi por onde passam os trens embalados iguais ao pontas de antigamente. Adalberto está bem e se recuperando. Está trabalhando e com dignidade, conversamos dez minutos e voltei a agradecê-lo pelas alegrias que me deu. O Novo Adílio, em comparação ao companheiro desconcertante de Zico no Flamengo, surgiu nas escolinhas da Fenat, descoberto pelo antigo craque uruguaio Danilo Menezes. Nos Jogos Escolares, uma pequena multidão se formava para ver jogar o crioulo driblador e inteligente desmoralizando defesas e fazendo gols artesanais. Adalberto era levado ao ABC pelo professor Armando Viana, seu futuro técnico. Campeão juvenil e de juniores, integrou uma geração promissora com o zagueiro Luís Oliveira, depois Santa Cruz e times de Portugal, o volante Alciney, ídolo em Santa Catarina e com passagens pelo Cruzeiro, hoje auxiliar técnico de Paulo Bonamigo nos Emirados Árabes. >>>>>> Ainda havia o lateral-direito Tiê, das Rocas, bairro fornecedor das categorias de base quando habitadas por talentos natos e prontos para lapidação. Tiê nunca foi uma flor de técnica, batia mais do que alisava, mas chegou a jogar de titular no Ceará no Brasileiro de 1986 com média 6 da Bola de Prata da Placar. O hoje repórter policial Genésio Pitanga de zagueiro, o meia-atacante Tião Medonho e o ponta-esquerda Beto Cara de Cão formavam o núcleo habitual do time. Todos em função da estrela a encher os olhos da Frasqueira. Adalberto, aos 19 anos, estreava nos profissionais com a camisa 10 alvinegra. No primeiro clássico, em frente à torcida alvinegra no Estádio Castelão (Machadão), joga o corpo à frente do veterano volante Baltasar que pende o tronco. Adalberto aponta para Sandoval, na extrema direita e anuncia o lançamento. Baltasar abre as pernas e leva a primeira de uma série de canetas que a memória repete em slow motion. Baltasar, respeitado camisa 5, caçando um saci sorridente pelos quatro cantos do campo. Nascia não um craque. O sucessor de Alberi, Danilo Menezes e Marinho Apolônio como ídolo negro da massa. >>>>>> Adalberto faz gols em clássicos, vira manchete, atrai olhares externos, vai parar onde todo menino sonhador gostaria de estar na época: no São Paulo de Cilinho, dos Menudos Silas e Muller , dos monstros Careca, Oscar, Pita e Dario Pereyra. Jogou (bem), no Expressinho, estava na boca do caixa para ser relacionado entre os 15. O ABC encheu os olhos de ganância e o tricolor paulista, de arrogância. Achava, como sempre pensam os ditos grandes, que estava fazendo um favor ao meia clássico e irreverente. Adalberto voltou e seu futebol definhou em depressão escancarada. Perambulou por vários clubes, jogou em times de várzea, entregou-se ao alcoolismo, está em processo de reconstrução pessoal. O futebol perdeu sem ele. Seu rival na época era mais velho cinco anos. Valério fazia o que queria com uma bola de futebol. Era o xodó da torcida do América e um dos maiores dribladores nascidos no Rio Grande do Norte. Cortava como um tecelão o marcador em fintas de tesoura, lampejos geniais na pisada com o calcanhar que fazia o otário no encalço inútil cair de bunda no chão para riso coletivo no estádio. >>>>>> Valério jogava demais de volante, não de cabeça de área. Marcava e distribuía o jogo. Valério jogava ainda mais de meia-armador. Recebia e conduzia a bola aninhada ao pé direito, ultrapassando a fronteira do campo e tentando diálogos com os colegas menos favorecidos no intelecto ludopédico. Valério jogava mais do que demais de meia-atacante, o ponta de lança de minha época, chegando próximo ao centroavante para tabelinhas curtas e chutes fortes. Era completo, Valério. Não, não era. Por um detalhe. Valério jogava tanto quanto consumia álcool. Seu futebol maravilhoso fez um presidente desautorizar um técnico que o cortara da delegação para um jogo decisivo em nome da disciplina. O presidente gostava era de futebol e mandou devolver Valério, bafejando cerveja, ao ônibus da delegação. Dizendo mais: – Vai de titular! Ressacado, Valério extrapolou, quem sabe por vingança. Armou todos os três gols da vitória e da classificação. Um deles em linha de passe com o atacante Baíca. Valério foi ao Clube do Remo e conquistou o respeito de todos em Belém, até dos sinos das igrejas. Comeria todo o estoque de tucupi, de graça, se quisesse. O vício já o marcava de maneira implacável. Foi acabando fisicamente e hoje é uma sombra irreconhecível do que foi. Valério para sempre ainda é. Craque de bola. A história tratou de perpetuar o duelo ABC x América. Mas, com sinceridade absoluta, quem viu Valério e Adalberto em campo, no esplendor da criação, não enxergará nenhum dos dois nos bons jogadores de meia-cancha nos futuros clássicos da Arena das Dunas. Valério e Adalberto foram joias perdidas do futebol. REFORÇOS Os clubes de Natal sempre enfrentam uma concorrência bruta em primeiro semestre. É o Campeonato Paulista com a força da grana dos clubes do interior, ricos e bancados pela fartura econômica das cidades de porte médio e suas indústrias ou o agronegócio. CAUTELA É correta a cautela adotada pelo técnico do ABC, Roberto Fernandes, ao calar sobre os jogadores que estão sendo negociados para vir ao clube disputar o Campeonato Estadual. Quem ficou e está vindo está na conta do prestígio pessoal do treinador. RANKING Entre os primeiros 90 clubes do Brasil, o ABC ficou à frente do América Pelo terceiro andar do prédio. O Rio Grande do Norte pode subir mais em 2014 diante do nivelamento por baixo do Campeonato Brasileiro.

PAULO BAIER O Atlético Paranaense dispensou Paulo Baier. Aos 39 anos, Paulo Baier vinha se destacando como se virtuoso fosse. Começou no Vasco da Gama, quando o Vasco da Gama ainda existia, jogando (mal), de lateral-direito. E ainda reclamam quando se diz que o futebol brasileiro parou de revelar gente boa. Depois de Neymar, ninguém acima do convencional. PATROCÍNIO Por falar em ex-Vasco, a montadora Nissan encontrou a desculpa que precisava para deixar de patrocinar o timeco de Dinamite: estrago de imagem por conta da briga em Joinville. QUATRO TIMES Sou do tempo em que amigos escalavam quatro seleções brasileiras fortes numa mesa de bar. Sobrava craque.

CMYK


16122013