Page 1

Ano XVI w NATAL-RN,

Sábado e Domingo

16 E 17 DE FEVEREIRO DE 2013 w Nº 4.565

R$ 1,00 w jornaldehoje.com.br

> OTIMISMO APÓS 2 ANOS DE DIFICULDADES

Túlio Lemos DANILO SÁ INTERINO

Página 3

w Rosalba diz que diminuiu gastos com diárias e aumentou em 76% salário dos professores.

Walter Gomes

José Adécio acredita que Rosalba tem tudo para transformar o RN num canteiro de obras EM ENTREVISTA EXCLUSIVA, DEPUTADO DO DEM ADMITE DESACERTOS NO GOVERNO E AFIRMA QUE VERBA DO BANCO MUNDIAL MUDARÁ A REALIDADE DO ESTADO. ADÉCIO TAMBÉM FALA SOBRE A SECA POLÍTICA 5 Wellington Rocha

Página 4

> GARGALO

w Henrique reúne governadores para debater a reformulação do pacto federativo.

Marcos A. de Sá SYLVIA SÁ INTERINA

Desativação da base de abastecimento inviabiliza operações no Porto de Natal ECONOMIA 7

Página 7

w Especialista dá dicas para prepara declaração de Imposto de Renda 2013.

Daniela Freire

> PRONTO-SOCORRO INFANTIL

Nova administração ainda não consegue amenizar problemas no Sandra Celeste CIDADE 6

Página 12

w Wilma usa rede social para anunciar a 'maternidade' da obra da Escola do Governo.

Vicente Serejo Página 13

w Quando a lua de champanhe sobre o mar também vibra nas cordas de um violoncelo.

> ENCONTRO EM NATAL

Jovens de diversos estados brasileiros discutem Ano da Fé e Jornada Mundial CIDADE 8

Encontro de Coordenadores Jovens da Pastoral Juvenil, realizado pela CNBB, debate assuntos que serão trabalhados durante o ano

> NA UPA DE PAJUÇARA

Heracles Dantas

Rubens Lemos F. Página 16

w Jason Gideon, ame-o ou deixe-o. A pele deu um basta ao personagem.

> COPA NORDESTE

> ESTADUAL

ABC faz jogo de ‘vida ou morte’ neste sábado no Frasqueirão

Alecrim mede forças com líder Santa Cruz neste domingo

ESPORTE 15

ESPORTE 16

> MERCADO PET

Procura por hotéis para cães e gatos aumenta em Natal

Hemetério Gurgel Página 20

Wellington Rocha

w Rosalba Ciarlini mostrou o que já fez pelo RN e as obras que pretender realizar.

Na noite desta sexta-feira, acompanhante de uma vítima de espancamento ameaçou médico e enfermeiro

Atendimento é suspenso após casos de agressões CIDADE 10

Com espaço ao ar livre e tratamentos especiais, animais sentem menos falta dos donos CIDADE 9

ESCREVEM ARTIGOS DA EDIÇÃO DE HOJE Cláudio Galvão Jurandyr Navarro Públio José Dalton Melo de Andrade Diógenes da Cunha Lima Marco Almeida Emerenciano OPINIÃO - Página 2

INDICADORES: Dólar comercial R$ 1,96 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,02 R$ 1,96

Euro x real R$ 2,63 Poupança 0,5% / 0,41% Taxa Selic 7,25%

EMAIL REDAÇÃO:

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

DALTON MELO DE ANDRADE, professor universitário aposentado (dandrade@ufrnet.br)

Amancio

Sábado e Domingo

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

PÚBLIO JOSÉ, jornalista (publiojose@gmail.com)

Economia Nossa economia anda periclitante. Para onde você se vira, as notícias são, todas, desagradáveis. O "pibinho" mandando no centro, a inflação ditando normas, o câmbio, uma incerteza, e o governo, como sempre, com esse ministro otimista (ou inocente?), formulando mensagens equivocadas. Pelo menos para a maioria dos comentaristas. Ao mesmo tempo, o nosso forte, as exportações, diminuindo cada dia mais. A China, hoje nosso grande comprador, comprando menos e só commodities. Os preços desses produtos, por isso mesmo, despencando. Agora, parece, surge alguma esperança nessa área, já que o mercado chinês começa a mostrar sinais de recuperação. Deus queira. Temos que apelar para Ele, pois o nosso governo está inerte, ou quase. Nossa indústria, cada dia produzindo menos, pedindo mais proteção ao governo com medo da concorrência, e obtendo, o que a impede de progredir e se tornar mundialmente competitiva. Nós, cativos, comprando produtos cada dia mais caros e de qualidade cada dia pior, antiquados. Com algumas exceções. No campo das exportações, a grande esperança de integração que foi o Mercosul, está afundando. Em vez de instrumento para o crescimento econômico de nossos países, passou a ser um instrumento político, diuturnamente perdendo mais sua expressão de apoio às nossas economias. Especialmente depois da suspensão, injusta e ilegal, do Paraguai, e a entrada esdrúxula e, do ponto de vista econômico, ineficiente, da Venezuela. Ao mesmo

Artigo

tempo, a Argentina, que vai de mal a pior com sua presidente esquisita, cria obstáculos diários ao desenvolvimento do comércio com o Brasil. De nosso maior parceiro, que foi até pouco tempo, já caiu alguns degraus. Enquanto isso, do outro lado do mundo, as coisas funcionam de uma forma mais inteligente. Agora mesmo, em sua mensagem ao Congresso, o presidente Obama abordou o tema da integração comercial entre o seu país e a Comunidade Européia. Essa medida irá permitir uma associação econômica que praticamente os tornará autossuficientes e será uma barreira para o ingresso de produtos de outros países. Perdendo mais esse mercado, sem o comércio intra-região, a situação do Brasil será cada vez mais complicada. Hoje, os negócios entre os Estados Unidos e a Europa chegam a 700 bilhões de dólares anuais. Com essa integração, o Céu é o limite. Para os de fora, o purgatório. O México, que vai muito bem, obrigado, já está dentro, com o Nafta - o acordo de mercado comum com os EUA e Canadá. E, pelas medidas que vêem sendo tomadas pelo governo, não se pode antever uma modificação racional no sentido de uma melhoria de nossas relações externas com os países desenvolvidos. Continuamos abrindo embaixadas em Timbuktu e outros locais assim importantes, como uma ilhota no Pacífico Sul que tem cerca de 50.000 almas, cujo nome nem me lembro mais, que nada nos compram ou vendem, por absoluta incapacidade econômica. Deus nos ajude.

DIÓGENES DA CUNHA LIMA, advogado, escritor e presidente da Academia Norte-rio-grandense de Letras (diogenes@dcl.adv.br)

Publiquemos Zaíra Zaíra Caldas, pessoa encantada, carregava nas mãos e distribuiu, generosamente, o sentimento da amizade, solidária. Trouxe no sangue e dele transmitiu a destinação criadora. Não houve para ela limitação do campo artístico. Insubmissa aos padrões estabelecidos, inquieta, ela parecia sempre dirigida pela emoção tensa. Pintou telas com nova técnica sobre o acrílico ou sobre o metal, fez gravuras, esculpiu com maestria. Uma revelação: Zaíra foi excelente compositora popular com sabor clássico. Desde menina afeiçoou-se ao piano. Uma noite de perfeito encantamento, ouvi-a cantar suas composições líricas, de um lirismo quase derramado, natural, palavras doces do cotidiano. Por isso esperei o seu livro de poemas, o primeiro a ser publicado, que semelhasse à música. Nova surpresa: a sua poesia é dura, grave, filosófica, contida, tão diferente da sua maneira de ser, melhor, de transmitirse aos outros na convivência habitual. A sua poesia é plástica, é expressão de formas, ritmo próprio, angústias insuspeitadas, surgimento do inconsciente poderoso, fidelidade às raízes de sua emoção e às suas criaturas plásticas. Usa de uma linguagem descarnada, como se desenhasse a bico de pena, a um só tempo límpida e enigmática, vezes tensa, mas sempre com um questionamento metafísico em sua reflexão poética. Muito já se falou da arte de Zaíra Caldas, hoje cobiçada pela magia refletida e

Artigo

pela força interior. Exposições e prêmios nacionais conquistados. Aplausos da crítica e dos colecionadores de bom gosto. Rubem Braga notou que as suas telas traduzem, com vigor, o senso da composição e das cores e Arquidy descobriu-lhe o traço de permanência das verdadeiras obras de arte: "a arte de Zaíra Caldas enfrentará o desafio do tempo, e permanecerá para sempre como um valor autêntico dentro da história da arte brasileira". Não pretendo fazer-lhe a exegese do verso. Outros a farão. Cada poeta é um testemunho da pessoa humana, criando para impor sua marca ao meio ambiente. Compete a cada leitor descobrir os rumos insuspeitados dos versos e do poema, seus valores simbólicos, a animação do inconsciente da autora, que, com boa perícia vocabular, fez complexa poesia. Afirmo apenas ser o livro, "Os olhos da noite", o escuro necessário à visualização da enorme claridade da beleza produzida por Zaíra, que só pode ser vista na sua globalidade inventiva. As cores claras do dia estão nos seus outros trabalhos. Lá, como um céu estrelado, brilham a sua inteligência e a sua sensibilidade pontilhadamente. Este livro faz repetir um Argos, sempre mitológico e novo, redimensiona o campo visual dos que têm sensibilidade poética. Este livro não pode permanecer inédito. A Fundação José Augusto (Viva Isaura!) trará aos nossos olhos e ao coração a poética e a artista inimitável.

MARCO DE ALMEIDA EMERENCIANO, advogado (malmeme@yahoo.com.br)

A saga de Ludovico Antes mesmo de falar sobre Ludovico, a principal figura desse texto, devo fazer uma pequena introdução. Em uma manhã ensolarada de verão, o mar de Cotovelo havia despertado radiante exibindo uns tons de verdes magníficos. Um domingo comum de calmaria: caminhada, banho de mar e papo no alpendre. Lá pelas onze horas, aparece para uma visita a João Faustino o amigo Flávio Augusto (Tapete). Trazia consigo uma "botella" de vinho espumante, daqueles que soltam borbulhas generosas quando são jovens. Devidamente acomodados começamos a papear. Flávio disse que tinha um pouco de pressa, já que havia saído de casa ainda na sexta-feira com a família. Entretanto, a pressa a qual se referia era porque deixara em casa o seu canário belga de estimação, presente de Rui Câmara de Souza. Mesmo sabendo que estava abastecido, queria servir água nova e comida fresca para 'Bobinho'. Esse é o nome do passarinho que possui uma plumagem de cor acenourada predominante e toques de amarelo. O nome foi posto em alusão ao cantor de 'reggae' jamaicano Bob Marley. É que, segundo consta, 'Bobinho' canta muito. Entre um sorvo e outro da refrescante bebida, notávamos que Flávio falava com muito entusiasmo sobre 'Bobinho' e, por isso, surge uma pergunta: mas ele não tem uma companheira? - Disse que não! E por que não trata de procurar uma? Disse, enfático, que jamais. Tudo em função de um fato ocorrido, revestido de toda a veracidade, cujo enredo está diretamente ligado ao titulo dessa crônica: a saga de Ludovico. Tratou de explicar que sua sobrinha, Mariana, batizara com o nome de Ludovico um pequeno e simpático mamífero roedor 'hamster', espécie muito conhecida nos animais de estimação. Prosseguiu

com sua narrativa e relatou que Ludovico vivia tranquilo, confortável e independente em uma espaçosa gaiola equipada com roda gigante para exercícios, um pouco de feno como dormitório e boa comida especialmente pensada para sua espécie, que possui dentes incisivos em constante crescimento. Certo dia, a mãe de Mariana vendo o animal sozinho, propôs à sua filha arrumar uma companheira para o animado 'hamster'. A primeira reação foi em contrário, justamente porque Ludovico vivia tranquilamente, acostumado com seu dia a dia, sem hora para nada nem explicações para dar a ninguém. Porém, imaginando a solidão do pequeno roedor e sem consultar o pobre ratinho, trouxeram a dita companheira e a puseram dentro da gaiola, cautelarmente. E passaram a observar. Naquele momento, Ludovico ficou acuado numa das esquinas de seu lar e, imediatamente, a ratinha partiu para cima dele. Constataram que a nova companheira parecia dizer frases sem parar em seu ouvido, insistentemente. Do tipo tititi- tititi- tititi (traduzindo: vai para onde?, com quem?, tá pensando que sou besta?). Sabese, também, que Ludovico exerceu sua posição de macho e tratou de pensar na perpetuação de sua espécie. Mesmo assim, a determinada companheira não parava de dizer coisas em seu ouvido, de maneira frenética. O fato é que, na manhã seguinte, com pouco mais de doze horas de convivência, Ludovico foi encontrado em sua gaiola com as patas para cima: morto, no sentido mais amplo da palavra, sem vida. Mas veja você, caro leitor, tratei apenas de rabiscar estas linhas sobre a saga de Ludovico que nos foi explicada naquela manhã de verão, sem emitir qualquer juízo de valor. A moral de história fica a cargo de cada um, individualmente.

Governar é...

Artigo

CLÁUDIO GALVÃO, historiador

Gracio Barbalho O dia 13 de fevereiro passado – quarta-feira de cinzas – marcou o décimo aniversário de falecimento de Gracio Barbalho. Durante muitos anos o seu nome foi uma referência no campo da música popular brasileira. Médico, bioquímico, proprietário de um conceituado laboratório de análises clínicas, tinha nas músicas do passado o seu hobby predileto. Muitas pessoas têm suas manias e o gosto por determinada área leva, muitas vezes, à materialização do prazer através de uma coleção de objetos concernentes. Talvez a mais famosa seja a internacional coleção de selos, a filatelia. Há coleção de tudo, de besouros e borboletas a caixas de fósforos e chaveiros de publicidade. Os objetos colecionados sempre revelam uma função primordial: eles são colecionados para o prazer do colecionador, que se verifica no próprio deleite pessoal e na alegria de mostrar aos amigos. Os detalhes de uma coleção de garrafas de bebidas parecem ter pouco alcance, pois o proprietário em geral apenas as permite ver e ouvir e se recompensa em dar sua explicação sobre detalhes, ano de fabricação, forma da garrafa, diferenças de rótulo, entre outros. Nunca ouvi falar de um colecionador de garrafas de bebidas que tivesse aberto aquele vinho antigo para que o visitante experimentasse. A mania de Gracio Barbalho era inteiramente diferente: era colecionador de antigos discos de 78 rotações por minuto (78 rpm) gravados por intérpretes brasileiros. Os objetos colecionados não se perdiam ou se estragavam quando consumidos. Um disco pode ser ouvido quantas vezes se queira. Nesse caso, certamente o proprietário era o seu maior beneficiário: amante e conhecedor do que colecionava, era sem dúvida o seu mais constante utilizador. Ter nas mãos "Pé de anjo", a primeira gravação de Francisco Alves datada de 1919 deve

Artigo

ter-lhe causado momentos de prazer inimagináveis para um leigo. Possuir todos os discos gravados por esse famoso intérprete decerto o levavam à plenitude. E a coleção completa de Carmem Miranda, Silvio Caldas, Orlando Silva, Carlos Galhardo e tantas outras que também possuía? Chega então o momento em que uma coleção extrapola o simples prazer pessoal do proprietário e passa a servir à comunidade. Era quando Gracio Barbalho evoluía de colecionador a prestador de serviços, ampliando os horizontes de sua ação. A coleção por si já é uma parte da memória, da história da música brasileira. Não se trata de uma realidade simplesmente local: é reconhecidamente um destaque, uma raridade em todo o Brasil. O conhecimento que dela possuía o elevava à condição de informante e orientador consciente, abrindo a possibilidade de consulta a todos quantos o procurassem. Pesquisador apaixonado pela música popular brasileira adquiriu vasto conhecimento teórico e prático do assunto. Passou a ser conhecido e reconhecido pelos pesquisadores de todo o Brasil e, por isso, tornou-se convidado sempre presente a inúmeras reuniões de estudos junto aos maiores especialistas nacionais. Quantas pessoas estiveram em sua residência para pedir uma informação? Quantos intérpretes vieram do Sul e foram ali encontrar uma gravação tão antiga que nem mais se lembravam dela? A todos Gracio Barbalho atendia com presteza e satisfação. Seu aspecto austero e temperamento fechado eram impressões apenas iniciais. Mesmo sorrindo pouco mostrava-se, no decorrer do contato, uma pessoa simples e aberta para servir. Esta faceta de seu temperamento foi abordada quando respondeu a uma pergunta que Vicente Serejo lhe fizera em uma entrevista que concedeu, a 18 de setembro de 1975, ao Departa-

mento de Gravação Sonora da Fundação José Augusto, quando disse: “A verdade é que eu sou, talvez, tímido e calado. Procure os meus amigos mais aproximados, que sabem que eu converso e converso regularmente.” Aquele seu aspecto reservado nunca me assustou nem impediu de procurálo. Quantas e quantas vezes me tirou uma dúvida por telefone, esclarecendo o que precisava? E eu era apenas um iniciante que procurava saber algumas coisas que só ele podia informar. Quantas vezes em sua casa eu lhe perguntava: "Doutor Gracio, aquela canção que tem um verso que diz assim..." Ele respondia de imediato: "É a canção tal, da autoria de fulano em parceria com sicrano, gravada por tal cantor." Então, voltava-se para a estante onde milhares de discos se confundiam na similaridade de suas capas e, a mão certa no lugar certo, retirava o exemplar da prateleira. Manuseando a gravação como quem amparava um recém-nascido, nunca passava o frágil objeto para outras mãos, no que estava absolutamente certo. Não satisfeito com gentileza que já me fizera ao informar e mostrar a raridade, colocava o disco na "victrola" e tocava a gravação. Notava que ele olhava para mim como se procurasse sentir a minha reação. O prazer que ele sentia era certamente tão grande quanto o meu. Estava fazendo o que mais gostava. O falecimento de Gracio Barbalho ocorrido há dez anos legou ao Estado do Rio Grande do Norte uma enorme responsabilidade. A coleção de discos que deixou – uma das maiores do Brasil – necessita de uma urgente ação dos poderes públicos para, em acordo com seus herdeiros, disponibilizá-la por via digital à consulta pública. Só assim o sonho de seu criador poderá ser mantido em sua terra e atingirá um universo maior de estudiosos e interessados.

JURANDYR NAVARRO, procurador do Estado, aposentado e presidente do Instituto Histórico e Geográfico do RN

Amaro Cavalcanti Filho de Caicó, antiga Vila do Príncipe, deste Estado, veio ao mundo aos 15 de agosto de 1849. Muito jovem enfrentou as dificuldades da vida. Ainda em plena révora submeteu-se a concurso de Retórica em São Luiz do Maranhão, obtendo o primeiro lugar; não sendo, todavia, aproveitado por veto político e influências domésticas. Em Baturité, no Estado do Ceará faz outro concurso: de Latim, logrando, também, a primeira classificação. É testada, assim, a sua capacidade intelectual. Lecionou por algum tempo o idioma do Lácio. Nasceu predestinado para o estudo do Direito e da Linguística. Nesta, aprendeu várias línguas: latim, espanhol, inglês, italiano, lia o alemão e conhecia o russo. E na ciência das leis tornou-se jurista famoso. Consoante Floriano Cavalcanti, ele escreveu alguns livros notáveis: "Responsabilidade Civil do Estado" e "Regime Federativo". E adiantou João Medeiros Filho, na sua obra magnífica "Contribuição à História Intelectual do Rio Grande do Norte", que ele escrevera mais de quarenta livros. Assinala ainda Floriano Cavalcanti, no belo ensaio sobre Amaro Cavalcanti ter ele alguns de seus trabalhos no idioma gaulês e no britânico, vertendo deste último, para o vernáculo intitulado "Ensino da Filosofia", do autor Tiberghien, e, do latim, "O Desprezo da Morte", de Cícero. Na sua mocidade frequentou o Seminário do Maranhão e aos vinte e cinco anos, idade que Goethe começara o seu "Fausto", estreou na Literatura com o livro "A Religião". E conclui o desembargador Floriano, em matéria publicada na Revista da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras que, "Naquela época não havia o Man-

dado de Segurança. Amaro e Pedro Lessa, numa interpretação sociológica, distenderam o Habeas Corpus além da liberdade de locomoção, para alcançar os direitos hoje protegidos pelo Mandado de Segurança, o mesmo acontecendo com o Recurso Extraordinário, a que eles deram a amplitude da Constituição atual. Juristas-filósofos, supriam assim deficiências do bem geral". Amaro Cavalcanti viajou pela Europa. Diplomou-se pela Universidade de Albany, nos Estados Unidos da América, tendo sido laureado, quando universitário, por ter sido o melhor aluno da sua turma. O seu diploma foi revalidado pela Faculdade de Direito da Universidade do Recife. Exerceu mandato na Assembleia Legislativa do vizinho Estado do Ceará. Depois, foi senador, eleito pelo Rio Grande do Norte. Como político exerceu o múnus público com dignidade e competência, fazendo que os seus contemporâneos não deixassem de regatear aplausos à sua conduta de intelectual e probidade de caráter. Em Albany, Nova Iorque, onde cursou Direito em 1881, foi o acadêmico distinguido com a primeira colocação numa turma de sessenta alunos. Aprovado com distinção, defendeu tese. E recebe o título honroso de "Consellor at Law", título este dado pela Corte Suprema daquele país estrangeiro. No seu retorno ao Brasil defende outra tese num congresso de educação, sob o tema "Ensino Moral e Religioso nas Escolas". Daria, com o passar dos anos, um gigantesco impulso ao progresso civilizatório. Por esse tempo atua na imprensa carioca escrevendo matéria política pugnando pelo Regime Republicano.

Inteligente, incursionou a sua capacidade intelectual por outros labirintos da coisa pública. Foi também homem de gabinete. Obteve êxito positivo a sua missão diplomática no Paraguai, delegada pelo então presidente da República Floriano Peixoto, para tratar da paz continental, da região sulamericana. Representou o Brasil na Conferência Pan-americana, em 1915, em Washington. Foi ministro da Justiça no governo Prudente de Morais, em 1897 e depois ocupou a Pasta da Fazenda, 1918. No ano anterior havia exercido o cargo de prefeito do Distrito Federal, Rio de Janeiro. Exerceu o mandato de vice-governador e de senador, pelo Rio Grande do Norte. Até a presente data foi Amaro Cavalcanti o único norte-rio-grandense a ter assento na Corte Suprema do País. Fez parte da Comissão Revisora do Código Civil Brasileiro. Membro Permanente do Tribunal Arbitral de Haia, honra insigne para um filho do Rio Grande do Norte. Veríssimo de Melo no discurso de posse no nosso Silogeu das Letras fez o seu elogio, exibindo as credenciais de intelectual desse homem culto. Dele, disseram José Augusto e Juvenal Lamartine, respectivamente: "insigne jurista, o maior dos intelectuais potiguares"; "a maior figura intelectual do Estado", daquela época. Faleceu no dia 28 de janeiro de 1922, tendo nascido aos 15 de agosto de 1849, tendo vivido, portanto, 73 anos. Por todos esses títulos conseguidos pelo caráter, estudo e capacidade intelectual fizeram do ínclito varão seridoense, Amaro Cavalcanti, um dos valores mais dignos da história do Rio Grande do Norte.

É atribuída ao presidente Washington Luiz a frase "governar é construir estradas". À época, tomou-se a expressão ao pé da letra, fato que não constitui nenhum demérito. Afinal, no Brasil daquele tempo, com uma malha viária praticamente inexistente e com uma deficiência enorme nas condições de tráfego nas estradas então existentes, a melhor solução estava realmente na disposição presidencial de estender, às mais remotas regiões brasileiras, a construção de boas rodovias, para, com isso, prover os inúmeros segmentos econômicos nacionais de condições ideais de produção, comercialização e exportação de mercadorias e serviços. Se não teve as circunstâncias perfeitas para materializar seus desejos na ocasião, Washington Luiz teve, pelo menos, o condão de cunhar uma máxima que reverberou pelo tempo e se concretizou no governo empreendedor e realizador de Juscelino Kubitschek. Entretanto, nestes tempos bicudos que atravessamos, coincidentemente recheados de caras novas de novos governantes, é chegada a hora de se fazer uma reflexão mais profunda, uma releitura da famosa frase de Washington Luiz. Que, aliás, continua atualíssima - porém, até os dias atuais, contemplada, atingida por uma leitura superficial, linear, rasa, pobre em seus nobres significados. Governar é, sem sombra de dúvidas, construir estradas. Mas hoje, com a complexidade que sobreveio ao Brasil, manter a expressão em seu contexto original seria uma atitude no mínimo simplista. Mesmo assim, como base, como lastro para outras projeções, outros vislumbres, "governar é construir estradas" permanece perfeitamente atual, se ampliarmos, se enlarguecermos a essência do seu significado. Pois construir é um termo muito mais abrangente do que simplesmente juntar pedra, areia e cimento. E estrada tem um conteúdo muito mais amplo e profundo do que simplesmente aplainar terrenos e abrir caminhos para a passagem de veículos. Assim, numa linha de raciocínio, digamos, mais madura e condizente com a complexidade e demandas atuais, construir significa, além do mais, consolidar sonhos, anseios e aspirações do povo, sejam eles emoldurados em função de itens físicos e materiais ou de ordem política, ideológica e social. Já estrada sinaliza para o contato com novos horizontes, novas realidades, novos contextos. Enfim, um forte instrumento de acesso do povo aos produtos e serviços prestados pelos poderes públicos. Entretanto, quando se observa atualmente a péssima qualidade dos serviços essenciais prestados pelo governo em seus vários níveis, concluise que os tais mandatários não vislumbraram, em toda a sua extensão, a nobreza do que seja "construir estradas". Pois construí-las nos encaminha para um patamar muito mais amplo e arrojado na análise das carências coletivas. Ou por outra: "construir estradas" nos leva a criar, para os necessitados, acessos mais substanciais e eficazes aos serviços de saúde; a estabelecer caminhos que liguem os analfabetos ao mundo do conhecimento; a projetar rumos que interliguem os jovens ao mercado de trabalho; a direcionar o povo para dias de menos violência; a aplainar realidades e obstáculos para, assim, priorizar as questões ambientais; a asfaltar espaços que melhorem a qualidade do sistema de ensino; a terraplanar... Como se vê, a essência da fala de Washington Luiz pode ser redimensionada, ampliada, aprofundada. Só basta querer. Por enquanto, já seria um bom início apensar-lhe uma nova moldura conceitual: "governar é construir o bem estar do povo". Você concorda? Já soa bem mais completo, não é verdade?

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Fernanda Souza Juliana Manzano EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Bruno Araujo EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Sábado e Domingo

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

O Jornal de HOJE 3

Rosalba critica “obra inacabada” e “desperdício” da gestão anterior EM SUA MENSAGEM NA AL, GOVERNADORA LISTOU 14 OBRAS DEIXADAS INCOMPLETAS PELA EX-GOVERNADORA WILMA DE FARIA Ivanizio Ramos

ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

Ao discursar na Assembleia Legislativa, abrindo o ano legislativo, no final da tarde desta sextafeira, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) sinalizou para um discurso de mais otimismo, conforme antecipado ontem por O Jornal de Hoje, mas, também, não deixou de olhar para o retrovisor e criticar a gestão passada, especialmente, da ex-governadora Wilma de Faria (PSB), adversária mais temida por ela nas urnas em 2014. No relato sobre os dois primeiros anos de governo, Rosalba afirmou que todas as obras inacabadas de importância para o desenvolvimento econômico e social do estado foram retomadas. "Obra inacabada é desperdício de dinheiro público. Com este governo, estamos enterrando a cultura de que não se conclui obra de um gestor anterior", afirmou, citando 14 obras da área de esgotamento sanitário e recursos hídricos na Grande Natal e interior do estado que estavam paralisadas e foram retomadas, apenas pela Caern. Já durante a manhã, foi a vez de Wilma utilizar o twitter para criticar a demora da inauguração da Escola de Governo, na noite anterior, uma obra da sua gestão. A ex-governadora disse que o governo atual inaugurou o prédio da escola somente dois anos após o início do mandato, mesmo a obra tendo ficado 70% concluída até 2010 e tendo a gestão anterior deixado recursos em caixa para finalizar. Além disso, Wilma denunciou o desvio de recursos públicos uma vez que o prédio estava sendo entregue à SECO-

Mineiro: “Mensagem não sinaliza mudança do modelo de gestão”

Rosalba fala de metas e investimentos, mas não esquece de criticar gestão Wilma PA e isso não seria permitido, porque o equipamento foi construído com recursos do FUNDESP, que é um fundo exclusivo para o desenvolvimento de pessoas. MENSAGEM Num discurso de mais de uma hora, que cansou os presentes, Rosalba fez um relato dos dois anos de sua gestão e destacou obras e projetos estruturantes em áreas como recursos hídricos e esgotamento sanitário, além de ações para recuperar a estrutura de segurança pública e a rede de saúde, com a reforma simultânea de 12 hospitais do Estado. O investimento de recursos em obras estruturantes, que vão produzir resultados no médio prazo, também foram enfatizados pela chefe do Executivo Estadual. "São adutoras, obras de esgotamento sanitário, hospitais em reforma, estradas, projetos que não se fazem em dois, nem em seis meses. Não estamos fazendo

obras vistosas e imediatistas. Nossa opção e nossa determinação, desde o princípio, foi a de fazer bem feito, com responsabilidade e compromisso com as atuais e as futuras gerações de potiguares". Em tom otimista, Rosalba Ciarlini afirmou que pela primeira vez em sua gestão, irá dispor de massa de recursos suficientes para concluir obras e programas já em curso, começar novos investimentos, qualificar os serviços públicos, acelerar o desenvolvimento econômico e realizar transformações sociais de fato, sendo a primeira delas a realização do Programa RN Sustentável. Conquistado por meio de financiamento do Banco Mundial, o programa foi definido como um dos maiores já idealizados na história do estado, pela abrangência, profundidade e poder de transformação econômica e social. (Com informações do governo)

O deputado estadual Fernando Mineiro (PT) criticou o discurso da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), ontem, durante a leitura da mensagem anual, na Assembleia Legislativa. Ao analisar a mensagem, Mineiro afirmou que a governadora não sinaliza para mudanças do modelo de gestão. Segundo Mineiro, Rosalba trouxe uma mensagem "ainda muito marcada pelo retrovisor". Ele afirmou que as obras que ela citou "são do governo federal". Por fim, disse que a sessão especial da Assembleia com a presença da governadora "a mais esvaziada" de que se tem notícia, o que se deve a "certo desgaste de um lado e falta de credibilidade". "No geral, foi um discurso ainda muito marcado pelo retrovisor, ela mesmo cita, 'alguns dirão que é retrovisor', e insistindo que o rumo que ela seguiu até agora está correto. Na verdade, esperava que ela anunciasse uma mudança de rumo da gestão. Mas ela reafirmou o rumo e cria do meu ponto de vista uma mensagem que 'revela um mundo cor de rosa' que ela criou para ela própria. As obras que cita são do governo federal, como por exemplo, o Pró-trans-

porte, complexo Abolição em Mossoró, obras de saneamento. E usou a palavra otimismo, mas, do meu ponto de vista, foi a sessão mais esvaziada que se teve Assembleia, pouca gente, se não fosse presença das manifestantes da Polícia Civil e Militar, sobrariam vaga nas galerias. Atribui isso a certo desgaste de um lado e falta de credibilidade", analisou o petista. MODELO Na visão de Fernando Mineiro, embora Rosalba tenha afirmado que em 2013 o governo terá recursos para investimentos, fato que acontecerá pela primeira vez no seu governo, o problema da gestão não é somente de falta de recursos. "Eu torço para que ela consiga administrar. Mas o problema do Estado não é tão somente falta de recursos, é problema de modelo de gestão", afirmou. Para o deputado, Rosalba já cumpriu a metade do governo insistindo num modelo de gestão centralizador, que não escuta nem dialoga com a sociedade. "É falsa a ideia de que o problema do governo é apenas de falta de dinheiro. É parte de um problema que se grava pelo modelo de gestão adotado, que é centralizador, que não escuta nin-

guém, que não dialoga com a sociedade". Outro resultado do modelo, segundo o parlamentar, termina sendo a lentidão na execução dos projetos. "Se tem recurso do governo para enfrentar a seca, a lentidão é muito grande. É um governo altamente centralizador, emperrado. Você não vê autonomia das pastas". Sobre o tom otimista do discurso governamental, o representante do PT na Assembleia diz que "está focado nos empréstimos e financiamentos em curso". Contudo, segundo ele, "para que esses financiamentos cheguem à ponta e se transformem em obras, é preciso mudar o modelo de gestão. Se não, não consegue ser operacionalizado". REPETECO Mineiro disse ainda que o principal item do discurso de Rosalba, o programa "RN Sustentável", resultado do empréstimo de R$ 1 bilhão do governo junto ao Banco Mundial, foi o mesmo da mensagem do ano passado. "Foi o tom da segunda mensagem no ano passado. Essa expectativa com recursos do Banco Mundial constava da mensagem do ano passado e é repetida este ano", afirmou.

João Gilberto

> PODER LEGISLATIVO

Mesa diretora da Assembleia toma posse para segundo biênio da 60ª Legislatura Foi empossada a mesa diretora para o biênio 2013-2014 em sessão preparatória para início dos trabalhos legislativos. O deputado Getúlio Rego (DEM), o parlamentar mais antigo da Casa, foi quem presidiu a sessão e o deputado Gustavo Fernandes (PMDB) fez a leitura do termo de posse. A diretoria que tomou posse

para o segundo mandato tem como presidente o deputado Ricardo Motta (PMN); primeiro vice-presidente, deputado Gustavo Carvalho (PSB); o segundo vice-presidente, deputado Leonardo Nogueira (DEM); o segundo secretário, deputado Raimundo Fernandes (PMN) e o terceiro secretário, deputado Vivaldo Costa (PR).

Os cargos de primeiro e de quarto secretário, vagos com a saída dos ex-deputados Poti Júnior (PMDB) e Dibson Nasser (PSDB), serão preenchidos com eleição a ser definida em reunião da mesa diretora na próxima semana. "Gostaria de parabenizar os colegas e desejar um excelente traba-

lho a todos, no sentido de fazer nossa Casa avançar e atender cada vez mais aos anseios da nossa população. A Assembleia está firme no seu propósito de estar cada vez mais próxima e aberta para a sociedade, seja intermediando os principais debates ou realizando projetos de cidadania e inserção social", afirmou o presidente. (AV)

Deputado Ricardo Motta assina termo de posse como novo presidente da Casa

Túlio Lemos DANILO SÁ - INTERINO MENSAGEM I A governadora Rosalba Ciarlini realizou ontem, na Assembleia Legislativa, uma das mais longas leituras de mensagens anuais de um chefe de executivo potiguar. Por mais de uma hora, a democrata apresentou números da sua administração, destacou projetos futuros e, para não perder a mania, voltou a atingir o governo Wilma de Faria em diversas oportunidades. MENSAGEM II Mas, alguns pontos abordados pela governadora merecem um pouco mais de destaque. O primeiro deles é o levantamento divulgado pela Rosa sobre o pagamento de diárias aos servidores do estado. Motivo de recente polêmica, diante dos milhares de reais gastos com viagens de funcionários públicos, a governadora disse que de 2010 para 2012 os recursos destinados a esta despesa foram reduzidos em R$ 9 milhões, o que significa quase a metade do valor de R$ 22 milhões gastos no último ano da gestão wilmista. MENSAGEM III Também não dá para deixar passar os elogios feitos pela própria Rosalba a sua equipe de Tributação. A governadora admitiu que o estado teve um crescimento de 14,7% nas suas receitas de ICMS em 2012, como também foi divulgado amplamente pela imprensa neste início de ano. É a prova de que nem

Divulgação

jornalistadanilo@hotmail.com

tudo anda mal no governo. A Secretaria de Tributação está no auge. MENSAGEM IV A governadora Rosalba Ciarlini ainda comentou a grave situação enfrentada pelo RN com relação a seca e a segurança pública, áreas em que elencou uma série de atividades a serem implantadas em 2013. A mesma coisa no setor de saneamento básico, onde pretende deixar o governo com 80% do estado saneado. Sobre saúde pública, listou uma série de projetos, ações, melhorias salariais, e exatamente nenhuma vírgula sobre o confronto que enfrenta com os médicos, sua própria categoria profissional. MENSAGEM V Outro ponto que também merece análise é a abordagem sobre a área da educação. Segundo Rosalba, o atual governo concedeu reajustes salariais a professores que, somados, chegam a 76,82%. É um recorde. Mesmo assim, o setor ainda vive em constante atrito com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação. O que é que tá havendo? ESPERANÇA Uma das melhores notícias da mensagem da governadora ficou por conta do anúncio de uma grande reforma na Biblioteca Câmara Cascudo, a primeira em seus 45 anos de existência. Ao todo, serão investidos R$ 3 milhões para recuperar a estru-

tura física, ampliar o acervo e modernizar os serviços oferecidos aos frequentadores. Será??? COPA Como não poderia deixar de ser, o assunto Copa do Mundo de 2014 também esteve presente no discurso da governadora. Mas, neste quesito, uma ironia. A Rosa disse que o governo ainda "não desembolsou nem um único centavo" na construção da Arena das Dunas. O que não foi dito, é que a dívida milionária contraída com o BNDES para financiar o projeto erguido pela construtora OAS será paga pelos próximos vários anos por todos os potiguares. OURO Na área econômica, um detalhe pouco abordado pelo jornalismo local. O RN atraiu, segundo disse a Rosa, seis grandes empresas de extração ou transformação de minérios. O total de investimentos no estado passaram dos R$ 2 milhões. As fábricas estão espalhadas por várias cidades do interior potiguar. ESQUECIMENTO Quem ficou praticamente ausente do discurso da governadora foram as ações da Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social, que mereceram quase nenhum destaque. Para quem não lembra, a Sethas é a única pasta controlada pelo PMDB, partido que está em iminente risco de rompi-

mento com o governo Rosado. DECEPÇÃO Servidor da Fundação José Augusto entrou em contato com a redação deste O Jornal de Hoje para relatar a situação com que foi recebida a notícia da suspensão do bloqueio de R$ 5,5 milhões para quitar o aumento salarial da categoria. "Estamos todos em depressão coletiva. A governadora, na sua insensibilidade, deveria deixar a especialidade de pediatra e se dedicar a psiquiatria. Assim poderia tratar os funcionários da FJA e seus familiares. Estamos todos em estado de penúria absoluta, decepcionados com a decisão do governo", disse. CONTATO I Da leitora Amélia Monteiro, servidora aposentada do estado, este interino recebeu o e-mail a seguir: "Gostaria que me cedesse umas poucas linhas para (só) dizer com poucas palavras ao senhor Santino Arruda - presidente do Sinai, que ele está 'perdendo tempo' tentando cativar a governadora Rosalba para ela pagar a nós servidores o nosso PCCS - Peso nas Costas dos Coitados dos Servidores - essa é a nova sigla do nosso plano de cargos, carreiras e salários." CONTATO II Continua a leitora: "Já falei nas reuniões que esse governo não gosta de servidor público, temos mais é

"E a gente que achou que o único problema aqui fosse o Renan Calheiros" (FRASE DITA POR UMA EX-ESTAGIÁRIA DO SENADO EM UMA REDE SOCIAL, EM REFERÊNCIA A FOTO ACIMA. A AUTORA DA PIADA PERDEU O ESTÁGIO APÓS A "BRINCADEIRA")

que torcer que esse governo passe rápido, o mais rápido possível. Os servidores nunca viram um governo tão massacrante para com os servidores - que o digam os médicos como esse. Veja o caso da saúde, segurança, educação e etc. Se a governadora está pensando que ela vai reverter esse 'quadro de despreparo administrativo', tá enganada!" CONTATO III Outro e-mail foi enviado a este interino pelo leitor Henrique Guerra de Macêdo. "Em relação ao comentário esclarecedor da ex-governadora Wilma de Faria enviado via twitter para o JH, sobre o dinheiro - em caixa - e com cerca de 70% das obras concluídas deixado pelo seu governo, concordo em gênero, números e graus, porque eu fui um dos que acompanhei com o ex-secretário da Searh, Paulo César Medeiros (não vai aparecer nenhum secretário como esse) o anda-

mento das obras, infelizmente, esse governo quando assumiu 'paralisou' não só essa obra, como outras." CONTATO IV Continua Henrique: "A grande maioria dos servidores públicos estaduais foram qualificados / capacitados em vários cursos, principalmente o de gestão pública, onde eu fui um desses formandos (tecnólogo em gestão pública) em 2009. Hoje, eu como os demais colegas servidores estamos relegados a assistir nomeações de cargos comissionados ganhando mais do que a gente (servidores). Então, a pergunta que não quer calar é a seguinte: será que vale apena se capacitar? Eu sinceramente, estou só esperando a justiça autorizar a implantação do PCCS no meu contra cheque para dar entrada na minha aposentadoria, porque se os servidores forem esperar algum benefício desse governo, vão morrer 'entunicado'".


4 O Jornal de HOJE

Política

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

Fatos e bastidores v Chico Alencar (PSL-RJ) chama a atenção dos colegas da Câmara: "Deputados fundamentalistas religiosos querem integrar a Comissão de Direitos Humanos; defensores de mensaleiros pretendem lugar no Conselho de Ética." nEmbora mais preparado intelectualmente do que Álvaro Dias (PR), Aloysio Nunes Ferreira (SP), líder do PSDB no Senado, perde para o antecessor em dois quesitos: 1) questionamento das ações do governo; 2) trânsito com a imprensa. v O PSB quer indicar o relator da MP dos Portos, mas o PMDB inclui a Medida Provisória 596 na cesta básica dos interesses de sua bancada no Legislativo. Até ontem, contavam-se 645 emendas sobre a regulamentação portuária, que põe em campos de conflito lideranças sindicais. É do Partido Socialista o titular do Ministério dos Portos - Leônidas Cristino, indicado pelo governador do Ceará, Cid Gomes. v Já foi definido o nome para a vaga do sergipano Carlos Ayres Britto no Supremo Tribunal Federal. A divulgação só mais adiante. Entre seis nomes bem cotados, está o da mineira Maria Elizabeth Rocha, ministra togada do Superior Tribunal Militar. v Dia 13 de março, Henrique Eduardo Alves ouve governadores a respeito da revisão do pacto federativo. O presidente da Câmara considera prejudicial aos estados o modelo da repartição de recursos.

Sábado e Domingo

Órgãos municipais terão que prestar contas todos os meses NORMA DO CONTROLADOR QUER DAR MAIS TRANSPARÊNCIA A USO DE RECURSOS Welligton Rocha

Carlos Eduardo e as medidas de controle nesta nova gestão

Prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, já tomou algumas medidas de controle das contas públicas neste início de gestão

O FIASCO ESPERADO Frase que parece dirigida a executivas como Rosalba Ciarlini. Serve de orientação crítica à governadora do Rio Grande do Norte, decepção administrativa e desastre politico. O autor da sentença é Benjamin Disraeli, duas vezes primeiro-ministro da Inglaterra: "Nunca se queixe, nunca se explique, nunca se desculpe." n n n É melhor agir assim, porque, segundo Disraeli, também escritor, "a vida é muito curta para ser pequena". Divulgação

É BEM MERECIDO No Senado, discurso da saudade em homenagem a Fernando Lyra. A iniciativa é do peemedebista gaúcho Pedro Simon (foto), companheiro de partido e um dos grandes admiradores do pernambucano sepultado, ontem, no Recife. n n n Segunda-feira (18), o senador sobe à tribuna para lembrar episódios políticos com a participação do ex-deputado. Lyra também vai ser lembrado como o primeiro titular do Ministério da Justiça na Nova República - o governo civil pós-ditadura militar.

LEITURA DINÂMICA t A divisão do PMDB no Congresso Nacional complica a frágil relação entre os presidentes da Câmara (Henrique Eduardo Alves) e do Senado (Renan Calheiros). t José Antônio Reguffe (PDT-DF) pede à senhora Rousseff que alivie a carga tributária sobre os remédios, "como o fez em relação aos automóveis". O deputado informa que medicamentos não pagam impostos em alguns países. Assim ocorre no Canadá e na Inglaterra. Na América do Sul, há um exemplo: Colômbia. t Na edição de Exame a revista chega às bancas nesta segunda-feira -, reportagem sobre o mau momento da Petrobras. Entre as dez maiores empresas mundiais do setor, a estatal brasileira é a mais endividada e tem a menor rentabilidade. t Lula da Silva confirmou, mas a presidente Rousseff silencia. Ele participa, em Fortaleza, do primeiro seminário comemorativo dos dez anos do PT no poder federal. Outros 12 serão realizados em outras capitais até 2014. t Guido Mantega desmente que pretenda usar o câmbio para deter a alta da inflação. O ministro da Fazenda opta pela elevação da taxa de juros.

t Sérgio Guerra (PE) e Tasso Jereissati (CE) articulam, no Nordeste, a candidatura de Aécio Neves (MG) ao Palácio do Planalto. O pernambucano é deputado; o cearense, riquíssimo empresário, foi governador e senador. t Dia 2 de março, Michel Temer (SP) reelege-se presidente nacional do PMDB e licencia-se, conforme o acordado. Quem assume o comando "pro tempore" é o senador Valdir Raupp (RO), que renova o mandato de primeiro vice da sigla. t Vale a recordação: ano passado, na campanha para voltar à prefeitura de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT) lançou o governador Eduardo Campos (PSB-PE) à Presidência da República. t Um registro da realidade constatada por um parlamentar governista que negociava a adesão ao partido que Marina Silva planeja. Desistiu porque "ela é tão autoritária e complicada quanto Dilma (Rousseff)". t Até terça-feira. Segunda, você fica na companhia de Joaquim Pinheiro. t Para refletir: "Feliz aquele que transfere o que sabe, e aprende o que ensina" (Cora Coralina, poeta brasileira nascida em Goiás).

A necessidade do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, do PDT, de recuperar as contas municipais de Natal e, para isso, controlar todos os gastos públicos, ganhou mais um episódio nesta sexta-feira, por meio de instrução normativa assinada pelo controlador-geral do Município, Fábio Sarinho Paiva. Na norma, publicada neste sábado no Diário Oficial do Município, o controlador solicita que todos os “órgãos da administração direta, as entidades autárquicas e fundacionais, as empresas públicas, sociedade de economia mista e, inclusive, os fundos especiais, remeterão a controladoria Geral do Município às prestações de contas regulares do mês imediatamente anterior até o dia 10 do mês subseqüente”. Para justificar a norma, Fabio Sarinho afirma que considerou “a necessidade premente e urgente do Município se adequar às regras estabelecidas pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado), mais precisamente por intermédio da resolução número 4/2013”, também “a busca incessante por controle eficientes, efetivos e eficazes” e “a política de adoção de mecanismos que confiram economicidade, transparência e legalidade à administração municipal”. O controlador-geral do município cobrou ainda uma série de fundamentos que devem ser seguidos na prestação de contas como, por exemplo, ter 300 folhas no máximo e enumerar e rubricar todas elas. Na prestação de contas das

despesas comuns deverá ser elaborada contendo, no mínimo, documentos como nome do servidor responsável pelo levantamento, demonstrativo de despesa orçada e relatório de processos pagos, entre outras informações necessárias. Fábio Sarinho lembrou que a conciliação bancária dos órgãos deverá ser devidamente preenchida e assinada pelo ordenador de despesas e pelo servidor responsável pela elaboração com os anexos: extratos bancários de conta corrente, aplicações financeiras e o conciliado emitido pelo sistema GESTEC. “A conciliação deve refletir exatamente o saldo bancário da unidade, ou seja, a soma do saldo final de conta corrente com o valor final de aplicação financeira deve ser igual ao valor constante do saldo final do extrato conciliado na respectiva competência”. Nesse caso, quando houver diferença entre o saldo conciliado e o extrato bancário, deverá ser apurada a diferença e informado em nota explicativa a sua origem. Se essa diferença for proveniente de ordem bancária que foi processada no sistema GESTEC e que não foi processada no banco, a mesma deve ser informada na capa de conciliação e acompanhada pelo setor de prestação de contas a regularização automática na competência seguinte. “Do contrário, se foi processada pelo banco e não aparece no sistema, causando assim, diferença de saldos, tem que ser providen-

ciada a imediata regularização no sistema GESTEC”. O controlador-geral ressalta que ocorrendo falhas que possam ser sanadas e não comprometam as informações contábeis da prestação de contas, a mesma poderá ser aprovada com ressalva. No caso de falta de documentação ou erro grave na prestação de contas, a prestação deverá retornar a secretaria de origem para saneamento das pendências apontadas, no prazo de 10 dias. “Havendo irregularidade insanável, que possam atestar indícios de fraude ou erro que propiciem danos ao erário municipal, a mesma terá a informação irregular e será imediatamente informada ao controlador para deliberar as ações cabíveis”, ressaltou Fábio Sarinho, alertando que “os responsáveis pelo controle interno sempre que tomarem conhecimento da prática de qualquer irregularidade ou ilegalidade insanável, sob pena de responsabilidade solidária”. Segundo Sarinho, a liberação de recursos para atender despesas com manutenção de órgãos, para obras e encargos diversos, se processará mensalmente após o pagamento da folha de pessoal, encargos da divida pública, sentenças judiciais e outras obrigações imprescindíveis, e desde que a unidade atenda as exigências apresentadas na instrução bem como, eventualmente, outras informações solicitadas pela controladoria necessárias ao regular andamento dos serviços.

Depois da prefeita Micarla de Sousa (e de Paulinho Freire e Ney Lopes Júnior), Carlos Eduardo Alves voltou a Prefeitura de Natal ciente de que teria que controlar os gastos públicos, até porque a dívida do Município, segundo o controlador-geral Fábio Sarinho, chegava a casa dos R$ 400 milhões. Dessa forma, o gestor municipal tomou, nesse curto período de tempo, já tomou algumas medidas de controle que não dizem respeito apenas a essa prestação de contas. Ele já, por exemplo, decretou obrigatória que toda dispensa e inexigibilidade de licitação com valor maior ou igual a R$ 150 mil, para obras e serviços de engenharia, e acima de R$ 80 mil, para as demais compras e contratações de serviços, terão que passar pela Procuradoria-geral do Município. O decreto, número 9.883 foi publicado no Diário Oficial do Município no início de fevereiro e, na época, o gestor ressaltou a “necessidade de se estabelecer maior controle sobre os atos administrativos de despesas e contratações pela Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Municipal” e a “prerrogativa do procurador-geral do município de avocar qualquer processo administrativo, prevista no art. 2°, IX, da Lei Complementar n° 02/1991, bem como o disposto no art. 64 da Lei Orgânica do Município e art. 2° da Lei n° 6.304/2011”. Dois dias depois, Carlos Eduardo reativou os jetons pagos a servidores municipais. A medida foi uma resposta, um mês depois, a outro decreto municipal, que havia suspendido o pagamento de jetons e gratificações a servidores públicos por tempo indeterminado como forma de conter gastos e controlar as finanças.

>SAÚDE

Dickson Nasser Jr recebe compromisso do secretário para reforma das maternidades O vereador Dickson Nasser Júnior (PSDB) está otimista com a informação do secretário da existência de recursos encaminhados para a reforma das três maternidades sob responsabilidade do município, a Dr. Leide Morais, no Potengi; a de Felipe Camarão e das Quintas. A promessa foi feita ao vereador durante encontro com o titular da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Cipriano Maia, ocorrido nesta sexta-feira, para discutir, justamente, a situação da saúde e fazer alguns questionamentos com relação as pretensões futuras da gestão municipal. Antes de assumir o cargo de vereador, vale lembrar, Dickson Júnior visitou unidades de saúde de Natal e, agora, levou ao secretário demandas desses locais. Na ocasião, ele teve a oportunidade de estar na maternidade Leide Morais e ver de perto os problemas. De acordo com Cipriano Maia, a situação em que encontrou a SMS foi de desestruturação, o que não se resolve da noite para o dia. “Como estava sem uma lógica de racionalização, precisamos colocar a casa em ordem. Neste primeiro ano é difícil uma melhoria significativa, já que temos o problema orçamentário. Precisamos primeiro regular o que não foi pago anteriormente”, informou. Segundo ele, problemas como defasagem de pessoal, principalmente de médicos, e falta de capacidade técnica também são desafios que precisam ser superados. “A falta de uma equipe qua-

Divulgação

Secretário municipal de Saúde, Cipriano Maia, e o vereador de Natal, Dickson Nasser Júnior, em reunião na tarde de sexta-feira lificada na Secretaria inviabiliza a elaboração dos projetos e, consequentemente, o repasse de verbas”, explicou. Mesmo assim, o secretário mostrou que quer tomar providências e entre as prioridades citadas por ele, a reforma das maternidades chamou a atenção do vereador, já que na época em que foi construída só foi lajeada, o que

ocasiona hoje muitos transtornos, e, segundo Cipriano Maia isso deve ser resolvido com os recursos que já estão destinados a esse fim. Outras prioridades citadas pelo gestor foram a manutenção de equipamentos odontológicos, a manutenção predial das unidades de saúde e os insumos de dengue. Dickson Júnior, dentro do seu papel de vereador, prestou apoio

ao Secretário, o que foi recebido positivamente pelo gestor. “Vamos precisar muito da Câmara. A saúde tem que ser um valor universal, para além dos partidos. Queremos manter o diálogo e o apoio, sobretudo para atualizar o arcabouço normativo referente às políticas públicas relacionadas à saúde e o debate orçamentário que viabilize nosso trabalho”.


Política

Sábado e Domingo

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

O Jornal de HOJE 5

José Aldenir

O JORNAL DE HOJE – Na condição de agropecuarista, que diagnóstico o senhor tem do problema da seca no Estado? JOSÉ ADÉCIO – Esse é um fenômeno que acontece ciclicamente. Desde que me entendo por gente, ouço falar em seca e pouco tem sido feito pelas autoridades para minimizar os seus efeitos devastadores. A de 2012, então, tem sido cruel porque os rebanhos estão sendo dizimados. Existe falta d´água e comida para alimentar o gado. De certa forma, o humano conta com programas governamentais, mas os animais estão sofrendo muito. Tem que haver programas urgentes e eficazes. JH – Quais as ações de governo que têm chegado ao interior? JA - Apenas algumas coisas timidamente, como distribuição de ração animal através da secretaria da Agricultura. É preciso que os governos, municipal, estadual e federal unam-se num esforço conjunto porque a situação é de extrema gravidade. JH – Numa visão macro, o que deve ser feito para o Nordestino conviver com a seca? JA – Na minha visão, uma política definida pelo Congresso Nacional que disponibilize recursos para combater um problema secular que se repete praticamente todos os anos. Na Constituição Estadual tem um artigo de minha autoria criando um fundo para cuidar disso, mas nunca foi colocado em prática. No meu entendimento, devem ser intensificados e disseminados programas de construção de barragens e poços tubulares, tanto no cristalino quanto nos espaços sedimentares para produzir água de boa qualidade para irrigação, consumo humano e animal. JH – O programa de adutoras chegou à exaustão? JA - Em alguns lugares, sim. É preciso que se cuide disso. É necessário e urgente que se faça uma fiscalização rigorosa para coibir abusos praticados ao longo das adutoras com pessoas retirando água clandestinamente. JH – O senhor é um dos maiores defensores de mais assistência para o homem do campo, principalmente nesse momento de dificuldades. Como está, por exemplo, o Programa do Leite? JA – Sempre fui um entusiasta do Programa do Leite, uma iniciativa importante do então governador Geraldo Melo. O programa cresceu no governo Garibaldi Filho, mas começou a apresentar distorções que precisam ser corrigidas. Atualmente, o Programa do Leite não beneficia quem deveria beneficiar que são os pequenos, médios e grandes produtores, além das pessoas carentes que recebem o produto. É inadmissível e intolerável que em vez das usinas estejam comprando leite em pó e não ao produtor do Rio Grande do Norte. Continuo sendo um crítico dessa prática nociva a nossa economia. Fui relator da CPI do Programa do Leite e fizemos proposições e adotamos decisões que foram encaminhadas ao Governo do Estado, Tribunal de Contas, Ministério Público e Procuradoria Geral, objetivando melhorar o

“ROSALBA TEM TUDO PARA FAZER DO RN UM CANTERIO DE OBRAS” DEPUTADO DO DEM, JOSÉ ADÉCIO, ADMITE QUE EXISTEM DESACERTOS NO GOVERNO, MAS QUE ELES SERÃO CORRIGIDOS NO NESTE TERCEIRO ANO DE GESTÃO, E ACREDITA QUE ROSALBA CIARLINI SERÁ CANDIDATA À REELEIÇÃO JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

A

gropecuarista, engenheiro civil e deputado estadual no exercício do seu sétimo mandato, José Adécio mostra-se otimista com relação ao governo Rosalba Ciarlini, a partir de agora quando o Estado receberá mais de R$ 1 bilhão do Banco Mundial para investimentos nos diversos setores. Com 37 anos de atuação parlamentar, José Adécio é um dos fundadores do antigo PFL no Estado, hoje DEM. Durante todo esse tempo exerceu outros cargos públicos como presidente da Cida no governo José Agripino e recentemente presidente da Ceasa. Quando deputado, foi escolhido “Parlamentar do Ano” por jornalistas que trabalham na Assembleia Legislativa. De estilo combativo e um dos mais assíduos parlamentares no plenário do Poder Legislativo, onde foi presidente, Adécio lembra que foi prefeito de Pedro Avelino e presidente da Cida e durante todo esse tempo de vida pública comemora não ter no seu currículo nenhuma ação por improbidade administrativa. “Isso é muito gratificante”, observa. Nessa entrevista a ´O JORNAL DE HOJE o deputado fala, principalmente sobre a crise que vive o interior do Estado em decorrência da seca. A seguir: programa. A bacia leiteira praticamente desapareceu e a qualidade do leite é questionável. Quando os laticínios reclamam e todos estão insatisfeitos é porque tem algo errado. JH – Qual a avaliação que o senhor faz da mensagem anual lida pela governadora Rosalba Ciarli-

ni na Assembleia Legislativa nesta última sexta-feira? JA – Faço uma avaliação ao meu estilo. O governo tem acertos e desacertos. É preciso mais agilidade em alguns setores, mas acredito que a tendência é o governo melhorar e torço para que isso ocorra. O Banco Mundial aprovou 540 milhões de dólares

para investimentos no Rio Grande do Norte, o que significa mais de 1 bilhão de reais, mas é preciso que exista projetos e gestores com competência e agilidade para por em prática esses projetos. Entendo que uma das razões das dificuldades do governo foi o Plano de Cargos e Salários dos Servidores Estaduais que foi aprovado pela Assembleia Legislativa no governo passado sem que tenha havido o cuidado de avaliar se havia recursos necessários para fazer face à essas despesas. JH – Aoposição tem sido cruel com a governadora? JA- No meu entendimento, não. Oposição é para fazer oposição, governo é para ser governo. Não acredito num lado só. Em tudo tem que haver concordância e discordância. A oposição é importante na democracia e no exercício do contraditório. JH – O senhor acredita no sucesso do governo após dois anos de dificuldades? JA – Sou muito otimista. A governadora tem tudo para fazer uma grande gestão. O então governador Garibaldi Filho, faltando dois anos para concluir o seu mandato, vendeu a Cosern por 700 milhes de reais e transformou o Estado. É tanto que ven-

>QUINTO CONSTITUCIONAL

ceu as eleições para José Agripino no primeiro turno. Rosalba, que foi competente gestora em Mossoró, tem tudo para fazer do Rio Grande do Norte num canteiro de obras. JH – Qual sua expectativa com relação a 2014? JA – Existe uma candidatura posta do vice-governador Robinson Faria, que tem viajando muito ao interior e tentado unir a oposição. Pesquisas indicam Wilma de Faria bem avaliada e a governadora Rosalba Ciarlini, que certamente será candidata à reeleição. Vejo também o PMDB com possibilidade de apresentar candidatura própria ao Governo do Estado, mas entendo que muita coisa poderá acontecer. JH – O senhor acredita na manutenção da aliança DEM/PMDB? JA – Torço para que isso ocorra. Qualquer político de bom senso do DEM deve trabalhar por isso. O PMDB tem dois expoentes da política estadual que são o senador Garibaldi Filho e o deputado Henrique Eduardo e na minha visão é importante a manutenção dessa aliança. Mas é um problema do PMDB. Eu, particularmente, votei em Garibaldi Filho três vezes e tenho um bom relacionamento com o deputado Henrique Eduardo.

A (seca) de 2012, então tem sido cruel porque os rebanhos estão sendo dizimados. Existe falta d´água e comida para alimentar o gado. É preciso que os governos, municipal, estadual e federal unam-se num esforço conjunto porque a situação é de extrema gravidade. Atualmente, o Programa do Leite não beneficia quem deveria beneficiar que são os pequenos, médios e grandes produtores É necessário e urgente que se faça uma fiscalização rigorosa para coibir abusos praticados ao longo das adutoras com pessoas retirando água clandestinamente.

Advogado Glauber Rêgo deve ser confirmado como escolha de Rosalba O advogado Glauber Rêgo deve ser o novo desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ/RN). A informação é dada como certa em algumas instâncias dentro do governo e, inclusive, já teria sido confirmada pela própria governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, ao presidente do TJ, desembargador Aderson Silvino, ainda nesta sexta-feira, pouco depois que o Tribunal escolheu os nomes dos candidatos da lista tríplice que iria passar por análise do Poder Executivo Estadual. O candidato, porém, ainda afirma que ainda não recebeu a confirmação de que foi mesmo o preferido da gestora estadual. "Não tenho essa informação de que fui o escolhido, soube pela imprensa da notícia", afirmou Glauber Rêgo, afirmando que falou com a governadora tanto antes, quanto depois de ter sido escolhido entre os três nomes do TJ, mas ela não chegou a confirmar que seria ele o es-

colhido. "Ela se mostrou receptiva e disse que era um bom nome para o cargo, contudo, a confirmação só será possível quando meu nome, como escolhido, for enviado para a Assembleia Legislativa", explicou. Apesar do governo ainda não ter se manifestado oficialmente a respeito da escolha, a informação seria que até o ofício com o nome de Glauber Rêgo já teria sido enviado pelo Executivo para a Procuradoria da Assembleia Legislativa, afirmando que o advogado era o escolhido para o Quinto Constitucional do TJ. Até o fechamento desta edição, porém, o ofício ainda não havia sido entregue. Sobrinho do deputado estadual Getúlio Rêgo, líder da bancada governista na Assembleia Legislativa, Glauber Rêgo tem 15 anos de experiência na advocacia e, além de Direito, é formado também em engenharia agrônoma. "Sendo mesmo o escolhido, vou exercer com sereni-

dade e o bom senso a função de desembargador, pautado pela ética com a qual trabalhei durante toda minha vida", afirmou ele, ressaltando que já foi legitimado pela sua classe (ao ser um dos mais votados pelos advogados para ocupar o cargo), pelo TJ e só faltaria a confirmação da escolha de Rosalba. A sabatina que ele precisa passar para demonstrar o saber jurídico e sua postura no futuro cargo, já estaria até marcada, para a próxima terça-feira, com a Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia, para que os deputados também avaliassem, em seguida, dessem seus pareceres sobre a escolha, no Plenário da Casa. É importante lembrar que a escolha do Quinto Constitucional começou em 2012, quando os advogados candidatos ao cargo apresentarem seus nomes e fizeram campanha eleitoral para receber os votos dos seus colegas. A lista com os

seis mais votados foi enviada pela OAB/RN para análise do TJ. Dessa análise, a lista foi reduzida a três nomes, que foram os mais votados pelos desembargadores da Corte Potiguar. Artêmio Azevedo foi o mais votado, seguido por Glauber Rêgo e Magna Letícia, que havia sido a mais votada na eleição da OAB. Na manhã de sexta-feira, em contato com O Jornal de Hoje, tanto Magna Letícia, quanto Artêmio Azevedo se mostraram confiantes em seguir na disputa, até, estavam dispostos a se reunir com a governadora Rosalba Ciarlini para se apresentar pessoalmente. Passada a fase da lista tríplice, os três nomes são enviados para a governadora que escolhe um nome (que deve ser o de Glauber Rêgo) para ser analisado pela Assembleia. Se confirmando a escolha, a nomeação do novo desembargador é feita por meio de decreto legislativo.

Divulgação

Advogado Glauber Rêgo exerce a profissão há 15 anos e é natural de Pau dos Ferros


6 O Jornal de HOJE

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

Cidade

Sábado e Domingo

Demanda de atendimento do Sandra Celeste cresce, mas problemas continuam sem solução APENAS NO PLANTÃO NOTURNO DESTA 6ª FEIRA, 164 CRIANÇAS FORAM ATENDIDAS NA UNIDADE DE PRONTO SOCORRO INFANTIL ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

Aesperança que a nova administração fosse solucionar os problemas do único Pronto Socorro Infantil de Natal, o Centro de Referência Infantil Dra. Sandra Celeste ainda não se concretizou. Quase dois meses depois, o Hospital Sandra Celeste, que é responsável por atender toda a demanda de Natal, Região Metropolitana de Natal e municípios do interior, ainda padece com a falta de estrutura para prestar um bom serviço à população infantil. A falta de estrutura torna o atendimento na unidade cada vez mais demorado. Em dias de grande movimento, as crianças chegam a esperar mais de três horas para serem atendidas. O único problema resolvido até o momento foi em relação à falta de pediatras, problema que ocasionou a suspensão do atendimento inúmeras vezes ao longo do ano passado. Por dia, cerca de 300 crianças são atendidas na unidade, sendo que uma média de 210 no Pronto Socorro e 90 no ambulatório. Destes, cerca de 30% são de pacientes oriundos de municípios da Região Metropolitana de Natal. Com a falta de pediatras em outros hospitais, como no Hospital Giselda Trigueiro e a ineficiência da rede básica de saúde, a demanda de atendimento infantil no Sandra Celeste tem aumentado a cada dia. O movimento na manhã deste sábado (16) estava tranquilo no Pronto Socorro Infantil Sandra Celeste. No entanto, só no plantão desta

sexta-feira (15), das 17h até as 6h da manhã do sábado, 164 crianças foram atendidas. A secretária executiva do Sandra Celeste, Ana Guimarães, reconhece que a unidade sofre com a falta de manutenção e de equipamentos. Material de expediente é outro problema enfrentado pelos profissionais que trabalham na unidade. O desabastecimento, em especial do material de higienização e limpeza, é o mais crítico. "Os problemas são inúmeros, mas trabalhamos em equipe, por isso que as coisas dão certo. Não houve ainda nenhuma melhora com essa nova administração. Não houve retrocesso, mas também não houve progresso. A nossa situação continua a mesma", desabafou a funcionária. Ana Guimarães conta que nem o prefeito de Natal, Carlos Eduardo, nem o secretário Municipal de Natal, Cipriano Maia estiveram na unidade para conhecer os problemas. Fazer cota para consertar ou comprar algo já se tornou rotina entre os profissionais do Sandra Celeste. Nos últimos meses, inúmeras cotas foram feitas para consertar a geladeira, televisão, cadeiras, comprar água mineral e na semana passada foi feita uma cota para trocar o óleo do carro. "A Secretaria de Saúde tem conhecimento de todos os problemas, mas não toma providência. O grande problema é que não há manutenção", reclama a secretária Ana Guimarães. O aparelho de raio-X, depois de passar mais de dois anos sem fun-

José Aldenir

Neste sábado, o atendimento estava tranquilo, mas funcionários reclamam da falta de manutenção e equipamentos cionar, está pronto para ser utilizado. No entanto, precisa passar por uma avaliação radiométrica, feita por um técnico de radiografia, para poder começar a realizar os exames no novo aparelho. A direção da unidade já solicitou à SMS há mais de seis meses a realização deste teste e até o momento não há perspectiva de quando essa avaliação será feita. Até o mês passado, as crianças que procuravam atendimento no Pronto Socorro Sandra Celeste, no bairro de Lagoa Nova, e necessitam

de um exame de raio-X eram encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Pajuçara, na zona Norte de Natal. Como o aparelho da unidade está quebrado, os exames estão sendo realizados no Hospital Infantil Varela Santiago, apenas de segunda a sexta-feira. Nos sábados e domingos, a equipe de serviço social e enfermagem entrou em peregrinação para conseguir a realização do exame, tanto no Hospital dos Pescadores, como no Hospital Maria Alice Fernandes.

O problema é ainda maior, pois a unidade não dispõe de ambulância e o único carro social está com inúmeros problemas, podendo quebrar a qualquer momento. Mesmo assim, em casos de urgência, uma média de três crianças é transportada no carro social em uma viagem que dura, entre ida e volta, aproximadamente três horas. "Essas crianças precisam fazer o exame, pois em caso de precisar encaminhar para internação, os hospitais só recebem as crianças com o diagnóstico com-

pleto", explicou a secretária executiva do Sandra Celeste. O motorista do Sandra Celeste, Fábio Gaspar, conta que o carro está com problemas na suspensão, com vazamento de óleo e de água e o ar condicionado quebrou. "Dá pra andar com ele, mesmo reconhecendo que o risco de acidente é grave. Mas como conhecemos os problemas, dirigimos com muito mais cautela. Dirigimos nesse carro porque conhecemos a necessidade, mas quando não der mais para dirigir e quando colocar em risco a vida das crianças eu paro e não dirijo mais", afirmou o motorista. Ana Guimarães conta que outro problema enfrentado é em relação a constante falta de guardas municipais que fazem a segurança do local. "Tem dias que temos só um e ele nos comunica que só ficará até determinado horário. Depois disso, ficamos desassistidos", destacou a secretária executiva do Pronto Socorro. A dona de casa Shirlaidy Alves da Silva procurou atendimento na manhã deste sábado para o filho Davi Alves, de três anos, que há dois dias estava com diarréia e vômito. Ela não reclamou do atendimento, pois o movimento estava fraco, mas disse que em dias de superlotação, a demora causa transtorno. "O atendimento aqui é bom. É o único canto que temos para ir, mas quando tem muita gente, a demora é grande, principalmente no laboratório de exames clínicos, que esperamos mais de três horas para fazer o exame", destacou.

> PARA COPA DO MUNDO

UFRN quer montar Centro de Imprensa Alternativo Para contribuir com uma das áreas mais importantes na organização da Copa do Mundo de 2014, a Superintendência de Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Comunica) está em processo de conclusão de um projeto para a montagem de um Centro de Imprensa Alternativo. Com direitos de imagem exclusivos a uma emissora de TV aberta e pouco mais de 7 mil jornalistas credenciados para a cobertura do evento inteiro (em todas as mídias), a proposta visa oferecer apoio logístico para profissionais sem credencial, mas que estarão em Natal para acompanhar o 'Lado B' dos jogos, como as confraternizações das torcidas, as Fan Fest e pautas culturais sobre a cidade. Até dia 15 de março, a Comunica pretende concluir o projeto e procurar a Federação Internacional de Futebol (Fifa) e o comitê organizador local para propor união na iniciativa - que já foi concretizada pela Associação dos Correspondentes Estrangeiros no Brasil, Federação Internacional dos Jornalistas (FIJ), Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e pelo Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Norte (Sindjorn). Dotada de um complexo de comunicação, a UFRN, além

José Aldenir

Projeto prevê instalação do Centro de Imprensa no prédio da Comunica, que possui complexo de comunicação de várias mídias de ficar próxima a Arena das Fotos, conta com estúdios de rádio e televisão, e usará a Secretaria de Relações Internacionais, em conjunto com o Instituto Ágora, para formar uma equipe multilíngüe, com especialistas em inglês, espanhol, fran-

cês e alemão (outros idiomas, como japonês, devem entrar na lista). Para o professor José Zilmar Alves da Costa, superintendente da Comunica, problemas como os observados na Rio+20, conferência da Organização das Nações Unidas

(ONU) sobre desenvolvimento sustentável, em que correspondentes internacionais sofreram para conseguir ligar equipamentos eletrônicos, diante do modo trifásico único utilizado em território brasileiro, ganharão atenção especial. "Dentro do

possível, vamos oferecer uma estrutura mínima para esses profissionais que ficam de fora do credenciamento. A UFRN tem uma boa estrutura, que pode ajudar na produção de conteúdo e apoio técnico operacional. Podemos atender, pelo menos, uns 100 jornalistas, sendo 30, 40 ao mesmo tempo". A ação voluntária partiu da própria superintendência de comunicação. Preocupada com um dos gargalos de evento do porte de uma Copa do Mundo, o departamento pretende contatar jornalistas que precisem editar imagens (será montada uma nova sala de direção da TVU com equipamentos de última geração), áudio, fotografias, usar internet ou mesmo os computadores da instituição - a Superintendência de Informática (Sinfo) também faz parte da empreitada. "Não queremos cobrar nada, nem obter lucros. Nosso intuito é apenas ajudar na comunicação da Copa do Mundo. Como somos parte de uma rede pública, podemos explorar aspectos que a rede privada não se interessa", diz José Zilmar. Experiente em duas Copas do Mundo, o jornalista e empresário Renato Bahia enaltece a ideia. Uma das sedes menos badaladas, junto com Cuiabá, Natal será ponto de

passagem para torcedores e parte da imprensa que vier cobrir as oito seleções que comporão os quatro jogos previstos. A possibilidade de grandes deslocamentos pode atrapalhar no planejamento dos jornalistas, e ter colegas de profissão disponíveis para orientá-los será fundamental. "Acho extremamente válido [o Centro de Imprensa Alternativo], principalmente para o pessoal de televisão, que sofre uma grande restrição, por causa dos direitos de transmissão. Sem dúvidas, a credencial abre portas. Na Alemanha, por exemplo, bastava mostrá-la para usarmos o sistema de transporte público de graça. Sem credencial, fica muita gente boiando pela cidade". Se na África do Sul o transporte era uma das barreiras para correspondentes, na Alemanha bastava mostrar a credencial para ser isento de pagamento em metrôs, trens urbanos e intermunicipais e ônibus. Facilidades difíceis de serem reprisadas no Brasil. "Como o tempo de estadia dos jornalistas e dos torcedores em Natal será pequeno, toda a atenção que eles receberem será essencial. Quem sabe a UFRN consegue parceiros para conseguir até um ônibus, não sei, para transportar jornalistas pela cidade, pelos pontos turísticos?", questiona Renato. José Aldenir

> FIM DO TUMULTO

Posto de Entrega de Documentos do Detran encerra atividades A partir deste sábado (16), os usuários que pretendiam retirar sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no Posto de Entrega de Documentos do Detran, localizado no Shopping Via Direta, não poderão recebê-las no local, pois a unidade não está mais em funcionamento. Sextafeira (15) foi o último dia em que o Posto estava ativado, pois o Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran) modificou o sistema de entrega de habilitação, que agora serão enviadas via Sedex para endereço dos usuários. A mudança no sistema de entregas foi realizada para otimizar o serviço, que até então era feito de forma desordenada, com longas filas de espera para poucos minutos de atendimento. Agora os usuários terão a co-

modidade de receber o documento em casa, um dia após sua emissão. A decisão de mudar o sistema de entregas das Carteiras de Habilitação foi tomada após diversas reclamações de usuários em relação ao serviço e o Detran entendeu que a melhor forma de solucionar seria com a entrega à domicílio. Além disso, o serviço é mais econômico para o Detran, que a partir de agora não precisa arcar com custos como locação de local, equipamentos, móveis e pessoal dispostos no Posto de Entrega. De acordo com o chefe de gabinete do Detran/RN, João Manoel Ferreira, a mudança só tratará benefícios aos usuários. "A intenção do Detran é melhorar cada vez mais o atendimento aos usuários,e a entre-

ga das carteiras à domicílio vai refletir uma melhora significativa nesse serviço, pois será mais ágil. Antes, as filas nos postos de entrega eram enormes, havia muito tumulto e isso não era bom, nem para o usuário, nem para o servidor. Agora os usuários terão a comodidade de recebêla em casa e esperamos que o serviço seja satisfatório para eles", afirmou João Manoel Ferreira. Apesar de a mudança estar sendo divulgada desde o dia 1º de fevereiro, hoje pela manhã, alguns usuários se surpreenderam com as portas fechadas no Posto de Entrega do Via Direta. O estudante Thomas Jefferson do Nascimento foi buscar sua CNH e ficou sem saber como proceder ao encontrar o local desativado. "É a minha primeira habilitação e eu optei

por vir buscar aqui, mas encontrei o local fechado e um aviso na porta. Dei viagem perdida, em pleno sábado, mas pelo menos agora, outras pessoas não precisarão passar pelo transtorno de vir buscar o documento. A entrega via Sedex é uma boa idéia", disse o estudante. Os usuários que optaram por retirar sua CNH no Posto de Entrega do Via Direta, e esperavam par recebê-las no local, nos próximos dias, agora deverão se dirigir à agência dos Correios mais próxima da residência cadastrada em sua solicitação, apresentando o requerimento feito junto ao Detran e a carteira de identidade original. Assim, o condutor poderá recebê-la normalmente a primeira via ou a renovação da Carteira Nacional de Habilitação.

Thomas encontrou local fechado, mas aprovou a entrega da habilitação em casa


Economia

Sábado e Domingo

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

O Jornal de HOJE 7

José Aldenir

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

administracao@jornaldehoje.com.br

SYLVIA SÁ - INTERINA - sylviasa@jornaldehoje.com.br Especialista dá dicas para prepara declaração de Imposto de Renda 2013 n Restando menos de um mês para poder começar a entregar a Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física, os contribuintes com rendimentos superiores a R$ 22.487,25 em 2012 - o equivalente a mais de R$ 1.637,11 por mês -, que são obrigados a declarar, já podem começar a se preparar para facilitar o trabalho no momento de prestar contas ao Leão. n E como desde 2011 a declaração do IRPF não pode mais ser feita em papel, ela deverá ser entregue por meio de um formulário na internet, que estará disponível no portal da Receita Federal a partir do dia 1º de março até 30 de abril. nA Receita Federal deve divulgar, nos próximos dias, as regras para o envio da declaração. Mas, a partir da versão teste do programa que foi colocada no site da Receita no final do ano passado, pode-se notar que não existem alterações profundas na comparação com a versão anterior. n O que o Fisco fez foi modificar alguns campos para facilitar o preenchimento e, consequentemente, elucidar possíveis dúvidas. n Um exemplo disso é a ficha referente aos rendimentos isentos. Neste ano, ela ficou mais detalhada e esclarecedora, já que incluiu itens como a restituição de imposto sobre a renda de anos anteriores, ganhos líquidos em operações com ouro e em operações de ações negociadas em bolsa, entre outros. n Mais uma novidade é no quesito Doações, com o desmembramento da ficha 'pagamentos e doações efetuadas'. Na parte de 'pagamentos', devem constar os gastos com médicos e instrução. Já em 'doações' entrarão os valores destinados a projetos que recebam incentivos da Lei Rouanet e também as doações aos Fundos de Direitos da Criança e do Adolescente. n "Pela primeira vez foi incluída a palavra 'companheiro' na ficha de informação referente ao cônjuge, o que significa um reconhecimento à União Estável. Isso vai possibilitar que duas pessoas cuja relação de convivência seja de mais de dois anos possam fazer a declaração do Imposto de Renda em conjunto", destaca Enio De Biasi, sócio-diretor da De Biasi Auditores Independentes. n Na declaração deste ano, que se baseia no que foi Empresa de tecnologia do RN é finalista em programa nacional de incentivo n A empresa potiguar DND Tecnologia foi finalista do programa nacional "Sua Ideia Vale 1 Milhão", do site Buscapé. O projeto foi desenvolvido em parceria com Wilbert Ribeiro, idealizador do Mapping My Money. n O projeto finalista é um serviço de controle financeiro pessoal e social. Promove o uso do controle financeiro pessoal ou compartilhando com outras pessoas, hospedado em nuvem, acessível, sincronizado e com suporte Web, desktop e mobile para as plataformas mais populares. Um sistema simples, sem perda de tempo para configurar, entender e usar. n Para Dante Henrique, da DND Tecnologia, estar entre os finalistas já é uma grande vitória. "A gente concorreu com empresas de todo o Brasil. Então, ficamos muito felizes com o reconhecimento e é um grande incentivo para sempre buscar produtos inovadores. Queremos mostrar que o nosso Estado também possui grandes projetos", destaca o empresário. n O Desafio "Sua Ideia Vale um Milhão" não é um concurso, mas sim um processo de seleção de projetos para empreendedores que desejam desenvolver suas ideias e lançar produtos comercialmente viáveis. n O objetivo é escolher uma proposta que esteja preferencialmente voltada para os seto-

recebido em 2012, um rendimento de até R$ 1.637,11 está isento do IR. Entre R$ 1.637,12 e R$ 2.453,50, a alíquota é de 7,5%. Já os ganhos de R$ 2.453,51 a R$ 3.271,38 estão sujeitos a uma alíquota de 15%, enquanto que os de R$ 3.271,39 a R$ 4.087,65 serão tributados em 22,5% e as rendas acima de R$ 4.087,65, em 27,5%. n Entre os dependentes, passou a ser possível incluir um menor de baixa renda de até 21 anos cuja educação seja de responsabilidade do declarante ou de quem ele tenha a guarda judicial, além de uma pessoa incapaz ou de quem o declarante tenha a tutela judicial. A dedução por pessoa dependente na declaração passou de R$ 1.889,64 para R$ 1.974,72. n Para fazer a declaração do IR 2013, primeiramente é necessário baixar o programa IRPF 2013, a versão atualizada que estará disponível no site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br). Ele pode ser utilizado em qualquer sistema operacional, desde que no computador esteja instalado o programa virtual Java. n "Se o contribuinte não fizer sua Declaração de Renda 2013, ele será penalizado em, pelo menos, R$ 165,74 pelo atraso, acrescido de uma multa de até 20% do imposto de renda devido", diz o especialista. n Uma dica que pode parecer óbvia, mas que nem todos seguem, é não deixar para a última hora. "O ideal é organizar-se mensalmente, arquivando os comprovantes de gastos dedutíveis no IR em uma pasta. Nela devem estar, por exemplo, todos os recibos e comprovantes de gastos com educação, saúde, contribuições previdenciárias, doações a entidades e pagamento de pensão alimentícia, entre outras, além de informes de rendimentos financeiros e das fontes pagadoras e contratos de compra e de venda de imóveis ou de bens móveis, como automóveis e motos", destaca De Biasi. n O consultor ainda recomenda atenção redobrada no momento de preencher a declaração, para evitar erros que podem levar o contribuinte a cair na malha fina. "É preciso ficar atento para não errar na digitação nem declarar dados incorretos. Para isso, sugiro conferir os documentos digitados antes de enviálos e também analisar com calma o que será declarado, já que o aumento patrimonial não pode ser maior que a renda ou os recursos", finaliza.

res de "Social Commerce" e/ou "Mobile Commerce". n Como prêmio o Buscapé Company poderá apoiar o projeto vencedor através de um aporte financeiro, tornando-se assim sócio dos empreendedores. Aprovado estudo de impacto socioambiental do projeto 'RN Sustentável' n O projeto RN Sustentável, que objetiva ser uma das alavancas do crescimento socioeconômico potiguar, teve seu Estudo de Avaliação de Impacto Socioambiental (AISA) aprovado pelo Banco Mundial no último dia 8. n E nesta sexta-feira, a Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças do RN (SEPLAN) publicou no seu site (www.seplan.rn.gov.br) a íntegra do estudo, documento chave para negociação da execução do RN Sustentável com o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD). n O estudo busca assegurar o cumprimento das Salvaguardas Socioambientais do Banco Mundial para validação dos investimentos a serem financiados, avaliando os potenciais impactos gerados, propondo medidas mitigadoras e estabelecendo o Plano de Gestão Socioambiental do Projeto. n O RN Sustentável propõe, na perspectiva sistêmica de desenvolvimento integrado, intervenções estratégicas de planejamento governamental no contexto da inclusão social e eco-

nômica, ampliando os serviços básicos, a atenção à educação, à saúde e à segurança pública, e o acesso a oportunidades de ocupação e renda no avanço da produtividade e competitividade dos setores produtivos do Estado. n A divulgação deste estudo de impacto dá maior transparência ao processo de negociação do Empréstimo BIRD/SEPLAN para financiamento do projeto 'RN Sustentável'. n O investimento do programa será de US$ 540 milhões. Com 9.5 mil inscritos no RN, Pronatec abre caminho para o emprego n Os cursos de qualificação profissional para o mercado de trabalho do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) do Plano Brasil Sem Miséria foram responsáveis pela capacitação de mais de 266 mil pessoas em situação de extrema pobreza em todo o país. n No Rio Grande do Norte, 9.463 alunos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal foram beneficiados em 19 municípios. n Os alunos inscritos no programa receberam capacitação profissional nas mais diversas áreas, como auxiliar administrativo, eletricista, instalador predial de baixa tensão, pedreiro, recepcionista, vendedor, operador de computador, montagem e manutenção de computadores.

Porto de Natal vem recebendo seguidos investimentos federais, mas agora falta um sistema próprio de abastecimento

Sem abastecimento próprio Porto já começa a agonizar EMPRESA ATLÂNTICO TUNA CONSIDERA DEIXAR TERMINAL MARCELO HOLLANDA HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COM

Herácles Dantas

Com a desativação da base de abastecimento da BR Distribuidora no Pier das Dunas e a remoção da área de tanques no bairro de Santos Reis, no final do ano passado, o Porto de Natal entrou numa lenta agonia que só terá fim quando mais esse gargalo for resolvido. Neste sábado, o presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte, Pedro Terceiro de Melo, disse que aguarda a conclusão de um estudo sobre a demanda de combustíveis depois da inauguração do Terminal Marítimo, prevista até agosto ou setembro, para empurrar o problema para o Ministério dos Portos e a Petrobras. No fim do ano passado, o JH enviou seguidos pedidos de informação à Petrobras, por meio de sua superintendência local, sobre um plano alternativo à base de abastecimento, mas não obteve resposta. Pedro Terceiro de Melo, presidente da Codern: preocupado com a situação A própria Codern agora examiWellington Rocha na a possibilidade de construir com recursos próprio pelo menos um tanque na área do porto para que a Transpetro, subsidiária integral da Petrobras, administre. "Mas tudo isso obviamente está no terreno das suposições que precisam ser aprofundadas", explicou Terceiro. Com investimentos em dragagem já concluídos e outros em curso na construção do Terminal Marítimo, de um quarto berço para recepção de mais um navio, além do Terminal Pesqueiro, totalizando R$ 230 milhões de dinheiro público, a remoção da base de abastecimento de combustíveis se transformou em um monumental tiro no pé. Resolveu um problema urbano, tirando os tanques do bairro de Santos Reis, mas privou o porto de um serviço essencial sem o qual nenhum terminal no mundo portuário sobreviveria. "Estamos muito preocupados com isso, pois perdemos navios para outros portos e é preciso que esta- Gabriel Calzavara, presidente da Atlântico Tuna: projeto do atum ameaçado do e prefeitura de Natal se posicionem rapidamente sobre esse pro- das em 2013 consumirá, em média, O empresário, que há meses trablema que é de todos nós", afirmou 600 toneladas de óleo diesel até o balha junto às autoridades em BraPedro Terceiro. Ele espera receber fim da temporada, sem contar as sília para renovar o acordo com os ainda nesta semana um relatório 400 toneladas consumidas anual- sócios japoneses no projeto de pesca atualizado sobre consumo de com- mente por cada um dos cargueiros de atum em águas profundas, reitebustíveis do porto, inclusive com a que fazem escala no porto de rou que a desativação do Pier das projeção para depois da inaugura- Natal, o que daria por volta de 1,6 Dunas atinge não apenas as operação do Terminal Marítimo. toneladas. No total, fala-se aqui ções de sua empresa, como toda a Para agravar ainda mais a si- de uma estimativa de demanda de comunidade de pesca e até a cidatuação, o presidente da Atlântico 6.400 toneladas de combustí- de que precisa ser abastecida. Tuna, Gabriel Calzavara, disse neste veis/ano. No final do ano passado, o sesábado que a companhia já estuda Sem os tanques, cada barco cretário de Desenvolvimento Ecodesativar a operação de pesca de atuneiro, que passa três meses pes- nômico, Sílvio Torquato, que ocuatuns em águas pou o cargo com a profundas a parsaída de Benito tir do Porto de Gama, disse que só a Com investimentos federais que somam Natal por causa Petrobras poderia do mesmo proR$ 230 milhões, Porto de Natal obteve apresentar uma solublema. ção. "Não podemos recentemente sua licença ambiental e O Complesupor que manter uma inicia licitação para administrar seu novo xo Industrial área de tanques no coPesqueiro no ração de um aglomeTerminal Marítimo de Passageiros Rio Grande do rado urbano seja bom. Norte ou Pólo Agora, cabe a PetroPesqueiro reprebras propor uma alsenta 80% da ternativa, já que ela é capturas brasileiras das espécies de cando atum em águas profundas, soberana nessa questão", afirmou na atuns (albacora branca, albacora consumiria em média 12 carretas ocasião. laje e albacora bandolim,) próprias carregadas com 25 mil litros de O atual titular da Sedec, Rogépara os milionários mercados de óleo, calcula Calzavara. "Agora, rio Marinho, que está no exterior, sashimi. O acordo celebrado com multiplique isso por oito embarca- ainda não se posicionou sobre o os japoneses passa neste momento ções", acrescentou. "O resultado problema, mas é provável que uma por uma reavaliação. estará circulando sobre as estra- resposta venha ainda esta semana Cada um dos oito barcos pes- das, entrando e saindo de um bair- por parte da Prefeitura de Natal, queiros programados para realizar ro histórico, de suas ruas estrei- que tem planos ambiciosos para a a pesca de atuns em águas profun- tas", completou. revitalização do bairro da Ribeira.


8 O Jornal de HOJE

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

Cidade

Sábado e Domingo

Resolução da UFRN proíbe trote, mas tradição universitária continua sendo realizada PROIBIÇÃO VISA PRESERVAR INTEGRIDADE FÍSICA E MORAL DOS ESTUDANTES, MAS INSTITUIÇÃO NÃO TEM CONSEGUIDO IMPEDIR CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

Para marcar o novo momento de ingresso à vida acadêmica, é comum a realização dos trotes uma das ações mais tradicionais do ensino superior. Nos últimos anos, os trotes a alunos novatos têm chamado a atenção devido aos excessos que colocam o aluno em exposição. Para assegurar a preservação da integridade física e moral dos estudantes, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) aprovou uma resolução proibindo o trote entre alunos dentro e fora das dependências da Universidade. Entretanto, sem ter como fiscalizar as movimentações fora do Campus, a UFRN vem sendo vítima dos seus alunos, que continuam realizando os trotes em diversos locais da cidade, batendo de frente com a resolução aplicada pela instituição. De acordo com a próreitora de Assuntos Estudantis, Janeusa Souto, é difícil fiscalizar as ações que ocorrem do lado de fora dos muros da universidade. "Nós temos seguranças e pessoas da própria universidade que estão a todo momento rodando pelas áreas do campus, o que ajuda

a identificar as movimentações de trote e assim punir os responsáveis. Mas fora da universidade fica mais difícil. Para fazer valer a resolução por completo, precisamos também da ajuda da sociedade", disse Janeusa. A pró-reitora informou que qualquer pessoa pode ajudar na aplicação da resolução, desde que tenha material que comprove a ação. "Se alguém estiver passando por algum local e vir alunos da nossa instituição sendo desmoralizados, pedindo dinheiro em sinal, ou realizando qualquer ato que lhe deixe incomodado, basta fazer alguma foto ou vídeo e nos enviar. Analisaremos o material e assim tomaremos as providências cabíveis aos responsáveis pela ação", afirmou. A medida é válida para as ações que possam trazer constrangimento, violência ou agressão física, moral ou psicológica ao aluno, dentro e fora do campus universitário. De acordo com a resolução, aprovada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRN, a instituição tem a obrigação de "assegurar a preservação da integridade física, moral e psicológica dos estudantes, bem como a realização de atividades de recepção de novos ingressos".

Wellington Rocha

Insituição pede ajuda à sociedade para coibir os trotes, denunciando a ação por meio de materiais comprobatórios, como fotos Dessa forma, é função da Universidade difundir a "observância dos princípios da civilidade, do respeito e do decoro universitário dentro e fora de seus espaços físicos". A prática dessas atividades que

possam gerar algum risco ao aluno será considerada infração grave, caracterizada como ato incompatível com o decoro ou a dignidade da vida universitária. Como penalidade, os infratores ficarão sujei-

tos à suspensão de um a 120 dias ou à exclusão da Instituição, dependendo da gravidade do caso. Qualquer pessoa poderá representar contra o estudante que infringir o que está disposto na reso-

lução, desde que apresente elementos comprobatórios. As medidas disciplinares serão aplicadas após a apuração dos fatos, por meio de Sindicância ou Processo Administrativo Disciplinar, instaurado pelo diretor da unidade acadêmica, a partir de denúncia ou de notícia do fato. A UFRN já possuía uma resolução que limitava algumas ações por parte dos estudantes. Entretanto, como era uma resolução muito generalizada, os estudantes continuavam fazendo diversas ações, em situações que o aluno se sentia ofendido. Para evitar possíveis ocorrências nesse início de ano letivo, foi necessário fazer ajustes na resolução. Para fugir das limitações estabelecidas pela Universidade, muitas turmas resolvem levar os alunos novatos para outros ambientes, fora do campus, onde podem realizar o trote mais à vontade. Entretanto, isso não impede que os alunos, antigos ou novatos, possam pagar pelo excesso na exposição do calouro. Em muitos casos, os alunos são levados para os semáforos, onde ficam pedindo dinheiro. A recomendação da Universidade é de que os motoristas não contribuam com isso, pois, na maioria dos casos, o dinheiro arrecadado é para compra de bebidas alcoólicas.

> DE TODO BRASIL

Jovens se reúnem em Natal para discutir o Ano da Fé Wellington Rocha

Jovens estão reunidos desde 5ª feira (14) para refletir evangelização por meio da Campanha da Fraternidade de 2013

Com o objetivo de auxiliar na missão de amadurecimento e educação da fé dos jovens, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) realiza o Encontro Nacional de Coordenadores Jovens da Pastoral Juvenil com o tema 'A Juventude no Ano da Fé'. Diversos jovens de várias partes do país estão reunidos em Natal desde quintafeira (14) para refletir a evangelização por meio da Campanha da Fraternidade de 2013. O encontro também funciona como uma preparação para a Semana Missionária, que será realizada em todas as dioceses do Brasil na semana que antecede a Jornada Mundial da Juventude - que acontecerá entre os dias 23 a 28 de julho, no Rio de Janeiro. De acordo com o Padre Carlos Sávio Costa, coordenador do Encontro e responsável por diversas pastorais no país, a ideia é evangelizar os jovens a

partir de estudos e debates de diversos temas. "Nesse Encontro nós temos a participação dos principais líderes jovens da Igreja Brasileira, que coordenam centenas de grupos de outros jovens por todo o país. Trazemos vários temas em debate, a

“Essa juventude, como dizia o Papa Bento XVI, é o presente e o futuro da Igreja e da Sociedade” DOM JAIME VIEIRA ARCEBISPO DE NATAL

exemplo do Ano da Fé e da Jornada Mundial da Juventude, que serão disseminados para outras pessoas. Queremos discutir estratégias com esses líderes para

serem trabalhadas durante todo esse ano", afirmou. Nas palavras do arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira, que celebrou uma missa neste sábado (16) voltada especialmente para esses jovens, esse momento destaca "a grande contribuição da Campanha da Fraternidade, como ação social e evangelizadora da Igreja". "Ficamos felizes com a realização desse encontro, pois já se trata de um encaminhamento para a Jornada Mundial da Juventude. E essa juventude, como dizia o Papa Bento XVI, é o presente e o futuro da Igreja e da Sociedade. Por isso, nós precisamos ir sempre ao encontro dos jovens", afirmou. O evento é caracterizado pelo encontro dos responsáveis nacionais pelas expressões juvenis, acompanhadas pela Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB. O encontro contou com a presença dos três bispos que compõem a Comissão: Dom Eduardo Pinheiro, bispo auxiliar de Campo Grande (MS); Dom Bernardino Marchió, bispo de Caruaru (PE); e Dom Vilson Basso, de Caxias (MA), além dos assessores nacionais, Padre Sávio Ribeiro e Padre Antônio Ramos do Prado e a coordenação dos Jovens Conectados. JORNADA MUNDIAL Em 1984 foi celebrado na Praça São Pedro, no Vaticano, o Encontro Internacional da Juventude com o Papa João Paulo II, em função do Ano Santo da Redenção. Na ocasião, o Papa entregou aos jovens a Cruz que se tornaria um dos principais símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), conhecida como a Cruz da Jornada. Esse ano foi declarado o Ano Internacional da Juventude pelas Nações Unidas. A Jornada Mundial da Juventude, que se realiza anualmente nas dioceses de todo o mundo, prevê a cada dois ou três anos um encontro internacional dos jovens com o Papa, que dura aproximadamente uma semana. A última edição internacional da JMJ foi realizada em agosto de 2011, na cidade de Madri, na Espanha, e reuniu mais de 190 países. "A participação na Jornada requer um corpo preparado para a peregrinação e um coração aberto para as maravilhas que Deus tem reservado para cada um. São catequeses, testemunhos, partilhas, exemplos de amor ao próximo e à Igreja, festivais de música e atividades culturais. Enfim, um encontro de corações que crêem, movidos pela mesma esperança de que a fraternidade na diversidade é possível", afirmou Padre Carlos Sávio Costa.

CMYK


Cidade

Sábado e Domingo

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

O Jornal de HOJE 9

Fotos: Wellington Rocha

Mercado Pet cresce no Brasil e hotéis para cachorros são a grande novidade ESTABELECIMENTO GÉSSICA RIBEIRO GESSICAJORNALISTA.UFRN@GMAIL.COM

A relação entre o ser humano e os animais existe desde os primórdios da humanidade e, em alguns casos, chega a ser inevitável. Mas é cada vez mais evidente que os laços entre o homem e seus animais de estimação estão se estreitando e é muito comum ver os bichinhos serem considerados parte da família, recebendo os mesmo tratamentos que os demais. Os chamados 'pets', como cães e gatos, já não tomam banho no quintal de casa, mas são levados à locais específicos como pet shops para receberem cuidados especiais e muitos deles já não dormem do lado de fora de casa, mas têm um espaço reservado e bem confortável para descansarem sob o mesmo teto que restante da família. Infelizmente, quem possui animais de estimação, muitas vezes sofre com o fato de não poder leválos a todos os lugares que freqüentam, já que a entrada não é permitida, ou simplesmente pelo fato de que, dependendo do lugar, como uma longa viagem, o animal pode ficar estressado. Para essas situações, uma inovação está ganhando força nesse mercado: os hotéis para cães e gatos. Esses estabelecimentos são bastante procurados por quem precisa se ausentar por um período e não tem como cuidar ou com quem deixar o animal de estimação. Este novo mercado tem sido considerado um empreendimento muito rentável e até mais lucrativo que um pet shop ou uma loja de rações. A gastrônoma Fabiana Capis-

TEM SE TORNADO OPÇÃO IDEAL PARA QUEM VIAJA E PRECISA DEIXAR ANIMAL EM 'BOAS MÃOS' trano costuma levar seus animais de estimação para tratamento em locais especializados, e para ela, é importante ter boas referências antes de deixá-los ali. "Eu procuro conhecer o local antes de trazer meus animais para ver se o espaço é limpo, seguro e, principalmente, as condições em que os animais são tratados. Meus cachorros são meus filhos e eu sempre busco oferecer o melhor para eles, por isso, é importante termos estabelecimentos de confiança para atendê-los. Ainda bem que hoje em dia temos várias opções", disse Fabiana. Em Natal existem diversas clínicas e pet shops que hospedam animais nestes casos. Mas existe também um local específico, apenas para hospedagem e lazer destes 'clientes'. O Paradise Centro de Treinamento e Hotel para Animais recebe cães e gatos de diversos tamanhos e raças quando seus donos não podem cuidá-los. Ali, os bichinhos de estimação são deixados sob os cuidados de uma família completa, com pai, mãe e duas crianças, que muitas vezes suprem a falta que eles sentem de seus verdadeiros donos, além de uma equipe formada por veterinários e adestradores. O local, ao contrário de outras clínicas e pet shops que oferecem o mesmo serviço, possui um grande espaço ao ar livre, com um extenso gramado e terra, para que os animais não se sintam presos, se divirtam e sejam tratados como verdadeiros hóspedes, com direito a atividades de lazer e até banho de piscina. De acordo com a sócia do Paradise Hotel para Animais, Joelma Torres, a ideia de montar o estabe-

lecimento surgiu da falta de opções de locais para deixar os cães da família quando precisava. "Nós sempre tivemos cachorros e quando precisávamos nos ausentar, não encontrávamos boas opções de locais para deixá-los. E quando o fazíamos, quando os buscávamos, eles estavam muito estressados, devido aos dias que passavam presos e longe de nós. Por isso, criamos esse hotel, com uma proposta totalmente diferente, que oferece uma maior liberdade aos animais hospedados", disse Joelma. Os animais hospedados no hotel, além da acomodação , também recebem treinamento para me-

pedagem deve se sentir em casa, e principalmente, aproveitar o momento, voltando a ser animal, pois alguns donos exageram muito nos cuidados, querendo que eles ajam como 'pessoinhas'. Eles não devem ser tratados assim. Enquanto estão hospedados, nós também os adestramos e a convivência é muito saudável entre eles. Eles correm, cavam, nadam, brincam e, por isso, não ficam estressados", explica o proprietário. Uma inovação no serviço oferecido pelo Paradise é o monitoramento 24h, onde o dono do animal, pode vê-lo de onde estiver, através de um login no endereço

‘ ’ “Não deixamos os cachorros presos. Enquanto estão hospedados, nós também os adestramos e a convivência é muito saudável entre eles. Eles correm, cavam, nadam, brincam e, por isso, não ficam estressados”. JOSÉ ANSELMO ALVES PROPRIETÁRIO DO HOTEL

lhorar o comportamento e conviver amigavelmente com a família dos cuidadores e também com os demais hóspedes caninos. De acordo com o proprietário do hotel, José Anselmo Alves, é importante que os hotéis para cães mantenham a natureza dos animais, permitindo que eles ajam como o extinto manda. "Não deixamos os cachorros presos, pois sabemos que cada animal tem um instinto a seguir. Existem hotéis que os deixam presos em gaiolas e isso não é o correto. O animal, durante a hos-

Jorge Augusto diz que prefere levar o animal quando viaja. Porém, quando não pode, recorre ao hotel para cachorros

eletrônico do hotel. Além disso, o estabelecimento tem convênio com todos os hotéis da Via Costeira de Natal e, por isso, recebe animais de estimação de turistas dos mais diversos lugares, enquanto seus donos conhecem a capital potiguar. Os valores pagos por quem hospeda o animal no hotel podem variar de acordo com o tempo de permanência. O serviço é cobrado por dia de hospedagem e pode custar de R$ 70 a R$ 200 por dia. Dependendo do local e da estrutura, o valor pode ser ainda maior, acei-

tando cheques, dinheiro ou cartão de crédito. Este serviço de hotel para cães é bem procurado, sobretudo nas grandes capitais, onde ter um animal de estimação pode ser um problema em viagem de férias da família. "Sabendo que o animal será bem tratado, muitas pessoas pagam com prazer pelo serviço", pontua Joelma Torres. Para deixar os cachorros em hotel, é necessário que os donos tomem alguns cuidados. Os animais devem estar com a vacinação em dia e, assim que entrarem no local, deve ser aplicado um antipulgas. O ideal é que os machos sejam castrados e as fêmeas não estejam no cio. Outra recomendação é levar os alimentos e pertences do animal de estimação, para ele não estranhar a nova alimentação. A expectativa de quem deixa seu animal de estimação em um hotel é de que ele receba o tratamento adequado, mas ainda assim, os donos preferem levá-los consigo enquanto puderem, como afirma o técnico em geologia, Jorge Augusto da Silva. "Já deixei um cachorro hospedado por uma semana, quando precisei viajar. Mas não gosto de fazer isso, prefiro levá-los comigo quando posso. Só deixo hospedado quando não tem outro jeito. A gente não vê, mas espera que o cuidado seja bom. Não pelo valor que é pago, mas sim devido à falta que eles sentem de nós, que precisa ser suprida com um bom tratamento", disse Jorge Augusto. Em todo o país, há cerca de 25 mil estabelecimentos de atendimento à animais, que concentram

parte dos R$ 2,18 bilhões previstos somente para a área de prestação de serviços. E atualmente, existem um animal de estimação para cada 4 brasileiros, somando aproximadamente 50 milhões bichinhos de estimação em todo o Brasil. Graças a esse relacionamento e, devido ao cuidado dedicado aos animais de estimação, o mercado 'pet' no Brasil está crescendo consideravelmente nos últimos anos, oferecendo e diversificando cada vez mais os serviços. Além dos tradicionais petshops que oferecem produtos e cuidados básicos a esse público, já existem salões de beleza especializados, onde esses animais têm seus pelos alisados, tratados, coloridos e desembaraçados. Também existem spas, onde podem banhar-se em ofurôs, passear com petwalkers e dormir sob os carinhos de uma petsitter. Além disso, eles podem acasalar em motéis feitos para essa clientela, e receberem tratamentos em hospitais veterinários e serem vestidos com roupas desenhadas por estilistas exclusivos desse segmento. Esse mundo de opções faz com que o mercado voltado aos cuidados com animais, principalmente para cães e gatos, seja um dos segmentos mais lucrativos do país. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o Brasil é o segundo maior mercado do mundo em faturamento, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. O setor movimentou R$ 12,2 bilhões em 2011 e em 2012, teve um crescimento de aproximadamente 11%, com R$ 13,6 bilhões em produtos e serviços.

Cães são tratados como hóspedes para que se divirtam em espaço ao ar livre com extenso gramado, terra e até piscina


10 O Jornal de HOJE

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

Cidade

Sábado e Domingo

UPA de Pajuçara interrompe atendimento depois de homem ameaçar profissionais SEM SEGURANÇA, UNIDADE PARALISOU OS TRABALHOS DURANTE A NOITE DE ONTEM. SERVIÇO VOLTOU AO NORMAL HOJE Fotos: Heracles Dantas

ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Os funcionários da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Pajuçara, na zona Norte de Natal, ainda estão assustados com os dois casos de agressão ocorridos dentro do estabelecimento ontem à noite. O mais grave envolveu a acompanhante de um homem vítima de espancamento, que teria se irritado durante o atendimento ao paciente e ameaçado de morte um médico e um enfermeiro. Segundo o diretor da UPA de Pajuçara, Niky Araújo, o fato aconteceu por volta das 22h de ontem e causou um grande tumulto na unidade, com profissionais e pacientes correndo assustados. Minutos antes, eles já haviam presenciado um paciente psiquiátrico agredir, sem motivos aparentes, outra pessoa que aguardava atendimento na entrada. "O homem ficou alterado e ameaçou os dois profissionais, que no momento estavam aplicando a medicação no paciente que ele acompanhava, na sala amarela. Depois, saiu gritando que iria para casa, buscar uma arma de fogo para atirar contra os funcionários da UPA, o que provocou todo o tumulto", explicou Niky. O diretor disse ainda que, diante das ameaças feitas pelo acompanhante do paciente, muitas pessoas que aguardavam atendimento desistiram e foram embora, com medo do homem voltar. E muitos funcionários da unidade, assustados, não queriam mais continuar trabalhando. "Ficou um clima muito tenso, terrível", falou. Para piorar a situação, no momento em que aconteceram os dois

Diretor da UPA de Pajuçara, Niky Araújo, disse que não havia nenhum membro da Guarda Municipal no local durante a confusão. Serviços precisaram ser suspensos temporariamente até a chegada de segurança casos, não havia nenhum guarda municipal na unidade, o que aumentou ainda mais o clima de insegurança e medo entre as pessoas que estavam no local. Apenas a Polícia Militar, que foi acionada pelos próprios funcionários, foi até a unidade averiguar o que havia acontecido. "Temos uma escala completa para a Guarda Municipal atuar na unidade durante este mês de fevereiro, mas, apesar disso, não tinha nenhum na hora em que aconteceu tudo isso. Eles só passam aqui de vez em quando e não ficam permanentemente, como deveria ser. Isso é muito ruim, porque nos obri-

ga a trabalhar sem nenhum tipo de proteção", afirmou. Quem trabalha na UPA de Pajuçara conhece alguma situação de estresse gerado por acompanhantes ou pacientes em atendimento. "É até compreensível, já que a pessoa chega à unidade com dor e querendo algo que alivie seu sofrimento. Mas, é importante lembrar que todos os atendimentos aqui seguem uma ordem de prioridade, que é determinada pela classificação de risco", disse um funcionário. Com medo, eles omitem seus nomes, mas revelam que não é a primeira vez que acontece algo desta natureza na unidade, sempre

cheia. Ontem, logo após a confusão, os atendimentos foram temporariamente suspensos até que os profissionais se acalmassem e conseguissem retornar às suas rotinas, ainda tensos pelo medo. "Não podemos fechar a UPA, que funciona 24h por dia, mas às vezes, acontece algo que foge do nosso controle e é importante lembrar que todos nós somos humanos, também temos medo. Felizmente, a Polícia Militar chegou rápido e agora pela manhã, recebemos a informação de que dois seguranças armados de uma empresa privada virão, para nos proteger", desabafou Niky Araújo.

PM instala trailer de policiamento no estacionamento da unidade Ontem, antes das confusões, o diretor da UPA de Pajuçara foi informado pelo 4º Batalhão da Polícia Militar que a corporação iria instalar um trailer no estacionamento da unidade, para policiamento ostensivo. A medida trouxe um pouco mais de alívio para os funcionários da unidade e, para o diretor da UPA, veio em boa hora. "O comandante do Batalhão me disse que o trailer vai funcionar das 10h às 22h, o que já trará um pouco

mais de tranquilidade e segurança para nós. Ficamos muito felizes com essa notícia, mas isso não diminui a necessidade da presença de seguranças na unidade, sempre bastante movimentada", afirmou o diretor. Niky disse ainda que a presença dos policiais militares no local, bem como a dos vigilantes ou guardas municipais, inibe uma possível situação como a ocorrida ontem à noite e que é sempre muito bemvinda.

> CRIME

Polícia Militar registra dois assassinatos em apenas uma hora no bairro de Felipe Camarão Wellington Rocha

Em apenas uma hora, duas pessoas foram executadas a tiros no bairro de Felipe Camarão, na zona Oeste de Natal. Os crimes aconteceram durante a madrugada, entre 2h e 3h e vitimaram um homem identificado como Herbert Pires dos Santos e também uma pessoa do sexo feminino, Ilana da Silva Dias, que foram mortos de forma semelhante: por dois homens em uma motocicleta não identificada. De acordo com informações do 9º Batalhão da Polícia Militar, o corpo de Ilana, de 28 anos, foi encontrado caído no meio da Rua Santa Cristina, próximo a uma empresa de ônibus. Ela apresentava três marcas de disparos de arma de fogo, que atingiram a cabeça, tórax e uma das pernas. Ao perceberem que ela estava morta, as pessoas que a encontra-

ram acionaram o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). Conforme o relato das testemunhas, a vítima é moradora de rua e usuária de drogas. Ela estava caminhando quando foi abordada por dois homens em uma motocicleta, que efetuaram os disparos e fugiram em seguida, tomando rumo ignorado. Apesar de ser uma rua residencial, ninguém soube dizer mais detalhes aos policiais militares que atenderam a ocorrência. Cerca de uma hora depois, Herbert Pires dos Santos foi encontrado morto, também com três disparos de arma de fogo, na Travessa Mar e Céu. Mais uma vez, as pessoas disseram que ele foi morto por dois desconhecidos, que pararam a motocicleta próxima ao local onde ele estava e efe-

tuaram os tiros. A Polícia Militar foi comunicada e ao chegar ao local do crime, já encontraram a vítima sem vida. Ninguém no local soube dar mais informações sobre o que teria motivado o assassinato de Herbert, que tinha 30 anos de idade. O corpo dele foi encaminhado para a sede do Instituto Técnico Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (Itep/RN) e deve ser liberado hoje para sepultamento. Nos dois casos, os oficiais do 9º Batalhão realizaram diligências em toda a região, em busca dos acusados pelos homicídios, mas não conseguiu identificar ou prender ninguém. Os casos foram registrados na Delegacia de Plantão da zona Sul, no bairro da Candelária, mas devem ser investigados pela 8ª Delegacia de Polícia.

Duas pessoas foram assassinadas em apenas uma hora em Felipe Camarão, um dos bairros mais violentos de Natal Cedida

> COMBATE AO TRÁFICO

Nova ação policial no Paço da Pátria apreende drogas e armas Denúncias anônimas levaram os policiais militares do Batalhão de Polícia de Choque (BP Choque) até a comunidade Paço da Pátria, onde eles apreenderam um revólver calibre 38, 30 gramas de crack e um adolescente. Outros cinco homens que estavam com o rapaz conseguiram fugir após se embrenharem no manguezal, às margens do Rio Potengi. Conforme informações do oficial de operações do BP Choque, moradores da comunidade ligaram para o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) ontem à noite e rela-

taram que um grupo formado por seis homens estavam traficando drogas em via pública. Foi montado um cerco policial pelo BP Choque e, ao chegarem ao local indicado pelos moradores, perceberam o grupo em atitude suspeita, próximo a um terreno baldio. Diante da presença dos policiais militares, os homens correram em direção ao manguezal e se embrenharam na vegetação, despistando os oficiais. Ainda assim, um adolescente de 15 anos foi apreendido com um revólver calibre 38, cerca de 30 gramas de crack já divididos

em diversas pedras, prontas para o consumo e a quantia de R$ 30. "O dinheiro estava todo fracionado em notas de R$ 2, o que é uma das características típicas do tráfico de entorpecentes", explicou o oficial de operações. O adolescente foi encaminhado para a Delegacia de Plantão da zona Sul, no bairro da Candelária, onde foi autuado em flagrante pelo porte ilegal de arma e munição e por tráfico de drogas. Em depoimento, ele se negou a dizer os nomes dos comparsas que estavam com ele no Paço da Pátria. Segundo o oficial de operações, os policiais militares do BP

Choque ainda realizaram rondas ostensivas na comunidade, para tentar flagrar outras situações de tráfico de drogas, mas por causa da intensa movimentação que começou no local após a primeira abordagem, não foi possível prender ninguém. Buscas foram efetuadas também na área do manguezal, principalmente no entorno do local usado pelos cinco acusados de tráfico, mas até a manhã de hoje, não havia localizado nenhum deles. Durante todo o tempo em que os oficiais permaneceram no Paço da Pátria, nenhum morador se pronunciou sobre o fato.

Denúncias anônimas levaram os policiais até a área onde foi encontrado o material


Cidade

Sábado e Domingo

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

O Jornal de HOJE 11

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

PÓS-CARNAVAL O presidente da Câmara Federal, Henrique Alves, vai entrar pra valer no novo ritmo político a partir de agora, depois de recarregar as baterias no feriadão do carnaval. E já tem dois grandes eventos, a convenção do PMDB, dia 2, e um big jantar no dia 8.

AFILHADO Na edição de Veja que chegou hoje às bancas o colunista Lauro Jardim publica em Radar que um tal Romualdo Miranda, denunciado pelo MP por desvios de recursos no Hospital Federal do Andaraí (RJ), teria sido nomeado por indicação de Henrique.

MAU CHEIRO

Zé Dias e Zé Luiz Antes que o leitor cantarole Jackson do Pandeiro e imagine a profusão de Zés lá na Paraíba, informo que os dois aí do título são potiguares da gema. Um, lá do Alecrim, outro do vale do Ceará-Mirim. O segundo luta para tirar o primeiro do ostracismo. O produtor musical Zé Dias, marido de Khrystal e escravo das pesquisas de resgate da MPB, teve uma surpresa quando realizou um show para o pessoal dos Correios, contando histórias e causos musicais que ele descobre em seus muitos garimpos. Ao final do espetáculo, uma moça o procurou para pedir seu auxílio quanto ao histórico de um tio já há muito falecido. Disse ser sobrinha de Zé Luiz, o compositor de Ceará-Mirim, autor do hino da cidade, e que desde sua morte em 1982 caiu no esquecimento. E lá se foi Zé pesquisar a carreira do outro Zé, o que acabou sendo um agradável e surpreendente trabalho de revelações sobre um enorme talento do Rio Grande do Norte e, infelizmente, ainda sem o devido reconhecimento. Zé Dias pirou com Zé Luiz. Descobriu que o músico nasceu em 1915 e aos 18 tomou o rumo do Rio de Janeiro onde centrou praça no Exército. Foi lá em terras cariocas que conheceu um pernambucano que estava fazendo sucesso, chamado Luiz Gonzaga. E um Luiz ajudou o outro. Antes da década de 1930 encerrar, Zé Luiz já tocava com Augusto Calheiros, um dos maiores cantores da época, e para ele compôs duas canções, Grande Mágoa e Vida de Caboclo. Não demorou e acompanhou também ao violão o mito Vicente Celestino. A sobrinha que procurou Zé Dias tinha como maior informação para buscar notícias sobre a carreira do tio apenas o fato dele ter "uma mú-

sica gravada por Moreira da Silva", o sambista irreverente da malandragem carioca. A música foi "Cremilda". No blog "Grande Ceará-Mirim" há inclusive a informação de que "Cremilda" foi defendida em 1949 por Moreira da Silva num concurso de sambas e marchas do carnaval do Rio, vencendo canções de Ary Barroso, Braguinha e Ataulfo Alves. Além das parcerias musicais e de participações em cinema do artista do Vale, o incansável Zé Dias acredita que está prestes a descobrir mais composições de Zé Luiz, algumas, ele desconfia, nas vozes das divas Elizeth Cardoso e Dalva de Oliveira. Com a então jovem Ângela Maria ele contracenou no filme de Mazzaropi "Fuzileiros do Amor", de 1956. Atuou ainda no mítico "O Cangaceiro", de Lima Barreto (1953) e nas comédias do hilário Ankito "O Grande Pintor" (1955) e "Fazenda do Ingá" (1958). Foi graças à amizade e parceria com Augusto Calheiros que o cantor de "Meu Dilema" se apresentou em Ceará-Mirim. O hino composto para a cidade foi oficializado em 1973 pela Câmara de Vereadores, por iniciativa do então prefeito Ruy Pereira Júnior. Zé Luiz começou a cair no esquecimento a partir de 1963, quando sofreu um derrame cerebral e perdeu os movimentos do lado esquerdo, além de comprometer sua voz. Morreu em Natal, em dezembro de 1982, e seu corpo jaz no cemitério do Bom Pastor. É muito importante que a obra do compositor seja resgatada por completo e que o produtor Zé Dias não fique sozinho nessa empreitada. Um estado cujos órgãos de cultura e prefeituras torram tanto com pirotecnia musical, deve isso à MPB. (AM)

Quanto mais a governadora Rosalba Ciarlini tenta achar um discurso que explique a situação da Saúde, principalmente a crise no Walfredo Gurgel, mais aparecem sinais de malversação do erário no contrato firmado com a empresa Marca, aqui e em Mossoró.

XEXO Após as ordens de prisão do TJ-RN contra os secretários

Obery Junior (Planejamento) e Álber da Nóbrega (Administração), o governo consegue no STF uma liminar para não pagar o plano de cargos, carreira e remuneração da Fundação José Augusto.

LULA LAU A mídia sudestina já traçou os perfis dos dois principais procuradores que tocarão a denúncia contra Luiz Inácio, a pedido do procurador-geral da República, Roberto Gurgel. São eles, Leonardo Augusto Santos Melo e José Adércio Leite Sampaio.

QUEM SÃO O primeiro é procurador e foi o sorteado para examinar as seis peças de acusação reunidas por Gurgel contra o chefe petista. O segundo é considerado aluno de Antonio Fernando de Souza, aquele que caracterizou Zé Dirceu como "chefe de quadrilha".

BARÃO EM LONDRES Os potiguares que curtem lutas de UFC têm um motivo a mais para sintonizar canais pagos e transmissões online gratuitas (como o Megacubo) hoje à noite. O conterrâneo Renan

Barão defende o cinturão contra o americano Michael McDonald, em Londres.

BARÃO ESMERALDINO Clientes do Restaurante Buongustaio ficaram curiosos ontem à noite com o enorme aparato de segurança civil na calçada, como se um chefe de Estado estivesse chegando. Eram os guarda-costas do presidente do Alecrim FC, o inglês Anthony Armstrong.

ALECRIM X BOTAFOGO O empresário Anthony Armstrong simpatizou com a ideia de um amistoso do "Verdão" com o Botafogo na programação do Gol 1.000 de Tulio Maravilha, que jogou com a mesma camisa 7 de Garrincha. Um jogo para lembrar Garrincha no Alecrim em 1968.

MESSI 300 Na partida desse sábado contra o Granada, o craque do Barcelona precisa de um gol para atingir a marca de 300 com a camisa azul-grená. E fica a dois clubes para alcançar o recorde de Cristiano Ronaldo em 2012: marcar contra todos os times da liga.

HIPERREALISMO A imagem da cantora Rihanna não é uma fotografia, mas um desenho do londrino Kelvin Okafor, 27 anos, um especialista em desenhos a lápis com impressionante estilo hiperrealista. Morador da região operária de Tottenham e formado em Belas Artes pela universidade de Middlesex, o rapaz está fazendo sucesso na Europa e seus trabalhos já rendem em média 11,6 mil euros.


12 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

Sábado e Domingo

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br Cedida

w MÃE DO FEITO A vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, resolveu utilizar a rede social para anunciar a 'maternidade' da obra da Escola do Governo, "inaugurada" nesta quinta-feira pela governadora Rosalba Ciarlini com toda a pompa. >>> Segundo garantiu a ex-governadora socialista, toda a ideia e início das obras se deram durante a sua gestão. E, em tom de reclamação, disse que deixou a escola "70% concluída". >>> "Após dois anos de mandato, o governo (Rosado) inaugura prédio da Escola de Governo, obra que deixamos 70% concluída e com recursos em caixa para finalizar. A Escola de Governo foi criada em julho/2007 como programa permanente de capacitação do servidor, desde o ensino médio até pós-graduação. Até 2010, 27 mil servidores tinham sido contemplados para ações de capacitação da EG, as quais foram sumariamente interrompidas na atual gestão", escreveu Wilma. w É DELA E NINGUÉM TASCA A vice-prefeita, para encerrar, usou um pouco da ironia ao citar cursos criados e ao parabenizar o ex-secretário de Administração, Paulo César, "que implantou a escola de governo em nossa gestão e hoje ocupa cargo similar na gestão estadual do RJ". >>> "Nosso governo deixou um instrumento eficaz de capacitação do servidor para melhorar a qualidade dos serviços públicos", ressaltou Wilma. w ENQUANTO ISSO... ...outra tuiteira de plantão, a advogada Tatiana Mendes Cunha, revelava que "a Escola de Governo não funcionará. A estrutura do prédio já foi alterada para abrigar o Centro de Comando e Controle da Copa". >>> Detalhe: Tatiana é a ex-consultora Geral do Estado, cargo que perdeu devido à crise entre o vice-governador Robinson Faria e a governadora Rosalba... w PEIXE O presidente do TJRN Aderson Silvino entregou ontem mesmo a lista com os três nomes sugeridos para ocupar a vaga de desembargador pelo Quinto Constitucional a governadora Rosalba Ciarlini. >>> Imediatamente, começou a correr rápida a notícia de que a Rosa já tinha um escolhido: Glauber Rêgo... >>> ...que no processo contou com campanha do tio deputado estadual Getúlio Rêgo.

Breno Barth comemorando os 4.0 com baile de máscaras e ao lado de Selma Barth Bobflash

Advogada Magna Letícia, ontem, à espera do resultado da eleição para a lista tríplice escolhida pelo TJ RN para o Quinto Constitucional. Magna disputou o acirrado terceiro lugar com Verlano Queiroz João Neto

Lu Benfica no Viva Verão de Jota Oliveira

Thiago Cavalcanti sendo recebido pela anfitriã Da Graça Ferreira de Souza no baile de carnaval dos Ferreira de Souza

GIRO PELO TWITTER ...do vereador Lahyre Neto: "Será que até o fim deste mandato em 2014 a governadora faz a indicação que o TCE e a sociedade esperam há um ano e meio?"; ...do juiz Raimundo Carlyle: "Quinto no TJRN se inverte: 2 OAB e 1 MP"; ...de Verlano Medeiros: "Momen-

to de parabenizar Artêmio Azevedo, Glauber Rego e Magna Letícia. Nossa classe deve ser orgulhar desses nomes"; ...do deputado Fernando Mineiro: "Conversando com deputados e funcionários da ALRN depois da leitura da mensagem da #GovRosaDEM, uma constatação unânime: sessão muito esvaziada".

Cantinho do Zé Povo BOB MOTTA - bobmottapoeta.com.br - bobmottapoeta@gmail.com - Telefone: 9965-6080

A MACACOA DO MATUTO Olá, amigos (as)! Macacoa, no dialeto do pé de serra ainda "sem rádio e se nutiça dais terra civilizada", tem vários significados, como menstruação, papeira e mais outros bastante sugestivos. Porém, também pode significar mau estar, náuseas, dores pelo corpo, "arrupêio de fríi"... Pois bem! Rimuardo (leia-se Romualdo) era casado, já tinha três ou quatro meninos; e tinha uma mulher "fogosíssima"; totalmente insaciável no que dizia respeito à sua vida sexual com o esposo; é claro... Dizia ela, quando perguntada; qui nem Maria de Pedão, lá nos Estados Unidos de Cabaceiras-PB: - Ôxe; de trabáio braçá; o mió qui tem prá pobre; é fazê minino... Pois assim, minha gente; era a muié de Rimuardo; o coitado saía de casa "cum o iscuro", já tendo "assinado o ponto"; já tinha dado uma "lapimbochada" daquela de cego vê o mundo... Aquilo começou a afetar o pobre do Rimuardo, qui "cumeçô a

DeSaboya.com

minguá, irmagricê; era gemendo cum dô p'ru tudo qui era canto", e resolveu ir ao médico, acompanhado de sua esposa. Em lá chegando, o médico fazendo as indagações de praxe; pediu para Rimuardo descrever sua vida sexual. E, à medida que Rimuardo descrevia seu dia a dia com a espossa, o médico ia ficando perplexo, mais e mais. E de repente, perguntou a Rimuardo: - Seu Romualdo, me diga uma coisa; qual a sua idade ? - Eu tenho sessenta e trêis janêro ? - Meu amigo, na sua idade já é prá você se resguardar mais um pouco; quantas vezes o senhor faiz amor com sua mulher ? - Duas ô trêis vêiz! - Por semana ? - Não sinhô, dotô; p'ru dia... -Já sei qual é seu problema; e a primeira providência que você tem dee tomar; é "dormir enxiqueirado" da mulher.

Aí a mulher já pinotou: - Qui é isso, dotô; "eu sô qui nem papé de budega; só drumo cum um peso in cima"... - Pois a senhora tem que mudar seu costume, pelo menos durante o tratamento, se não quiser que seu marido morra... Foram prá casa e fizeram tudo como o médico recomendou. A primeira noite, Rimuardo se agüentô e a muié também. Na sigunda noite, Rimuardo bateu na porta da muié: - Minha fíia, rumbora fazê inxirimento ? - Eu to querendo inté demais, mais o doto dixe qui tu morre e eu num quero te perder não, meu véio. E foram dormir. Na terceira noite, Rimuardo foi bater no quarto da muié, já com voz trêmula: - Minha fíia; ô minha fíia; me acuda puro amo de Deuso ? - E o qui é qui tu qué, Rimuardo ? - Eu quero morrrrrrêêêêê!...

w "EM QUAL MENTIRA VOU ACREDITAR"? E foi ontem que a Rosa apresentou aos deputados estaduais a sua Mensagem Anual. >>> Nela, muita ilusão... >>> Como a de que "este ano será mais fácil do que os dois primeiros". "Um otimismo com os pés no chão", disse a chefe. >>> Otimismo baseado em quê? "Na experiência política e na maturidade pessoal e administrativa de quem já enfrentou e venceu muitos desafios na vida pública, agora e antes". >>> Ah, tá! w ARTE NATURAL Luciano Almeida, do Olimpo, dedicou a quarta-feira de carnaval a percorrer o magistral Museu Contemporâneo de Inhotin, em Minas Gerais. >>> Ele reviu as mostras permanentes, percorreu parque assinado por Burle Marx e se deliciou no restaurante Santa Tereza. O trajeto arte, gastronomia e luxo deve continuar em São Paulo. w TUDO OK Mas o melhor é que enquanto vive dias entre os melhores endereços do Rio, São Paulo e Belo Horizonte, Luciano Almeida recebeu notícia mais que feliz na quarta-feira de carnaval: a reforma do Olimpo vai 'de vento em popa'. >>> Nesses dias de pente fino nas casas de eventos, a notícia é boa. "Sempre tivemos total cuidado com a segurança dos convidados", diz o perfeccionista Luciano.


Cidade

Sábado e domingo

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w RISCO - I Um engenheiro com experiência indaga: a elevação do nível da Arena das Dunas partiu do princípio da execução simultânea do túnel em três anos, portanto, bem depois da Copa, ano que vem, 2014? w SE... - II Partiu desse princípio e como havia uma grande lagoa ao lado da Creche Kátia Fagundes, demolida na construção da Arena das Dunas, o Centro Administrativo, num inverno forte, pode ser inundado. w EQUAÇÃO - I Fonte da governadoria assegura: desde a decisão da OAB que a decisão da governadora Rosalba Ciarlini estava tomada se o advogado Glauber Rocha saísse na lista tríplice do Poder Judiciário? w FORTE - II O apoio político mais junto ao governo foi do advogado Glauber Rego que além de mostrar uma presença bem votada é ainda sobrinho do deputado Getúlio Rego, líder do governo na Assembléia. w CRITÉRIO - III Assim como o Poder Judiciário não se julgou obrigado a cumprir a ordem da lista sêxtupla, votada pela OAB, também o Poder Executivo pode escolher qualquer dos três encaminhados pelo Tribunal. w SAUDADE O historiador Cláudio Galvão escreveu para este JH um artigo lembrando Dr. Grácio Barbalho. Foi no dia 13 de fevereiro, uma quarta-feira de cinzas, há dez anos. Uma figura insubstituível em Natal. w POR... Falar em data, neste 2012, se estivesse entre nós, o publicitário Everaldo Porciúncula completaria 80 anos. Pernambucano de Lagoa dos Gatos, era um perfeito natalense sem renegar as suas origens.

O professor e escritor Francisco Antônio Cavalcanti que dia 7 de março, às 19h, lança na Livraria Saraiva, do Midway, em Natal, seu instigante e surpreendente romance 'O Violoncelo', escreve de João Pessoa sobre a Lua de Champanhe que numa dessas tardes brilhou aqui acendendo saudades de um tempo que tinha nos seus dias e suas noites a alegria de uma juventude que já foi embora. Num bar, com uma lua de champanhe sobre o mar e uma canção de Caymmi a tocar.

Como uma lua de champanhe Meu caro Serejo: A lua de champanhe fez-me refletir. Uma reflexão emocionada, por ter encontrado em suas palavras a mais verdadeira tradução do que sinto. A obra de arte nos invade de um sentimento indescritível. A contemporaneidade com o autor, a constatação de uma circunstância semelhante e o orgulho que deriva da admiração pela genialidade, quando ocorrem, são um amálgama que arrebata e nos compele ao aplauso. Você teve a felicidade de captar em Proust que a memória é que salva. Segue afirmando que a vida seria insuportável se fosse feita apenas dos dias novos. Da contemporaneidade sempre igual, tediosa e entediante, sem pertencimento ao ontem, de dias e noites intensos como a vida. A história das nossas saudades, se narradas mansamente, é a nossa melhor história, a mais verdadeira. Não se esgota, todavia, nesse seu reconhecimento, a percepção da extraordinária importância do passado em nossas vidas. Você vai além e, com sensibilidade poética invejável, arremata dizendo que há tardes que chegam assim, para avisar que é tempo de voltar. Não para refazer os caminhos. Nem para revivê-los. Os caminhos desaparecem quando a gente passa. Como um bar, uma lua de champanhe sobre o mar, uma canção de Caymmi a tocar.

Aduzo, caro amigo, citando José Américo de Almeida - que no caminho de volta ninguém se perde. Não quero perderme na volta. Quero rever os amigos, os companheiros de sonhos e inquietudes. Aqueles e aquelas com quem dividi ricas vivências e compartilhei a volição encantada de mudar o mundo. Estarei em breve aí em Natal. Quero usar o momento de oferecer a público o resultado de uma aventura literária que intitulei de "O Violoncelo", para resgatar das gavetas do passado as jóias que ficaram guardadas por tanto tempo. É uma pequena espera, mas vejo-me tomado por uma certa ansiedade. Aliás, no poema épico de Hernandez, o glorioso Martim Fierro nos ilumina, afirmando que tempo não é mais que a demora por aquilo que se espera. Sim, amigo! Claramente, tempo não pode deixar de ser exatamente isso. Como pensar em outro conceito? Vale a pena esperar por um bar, por uma lua de champanhe sobre o mar, por uma canção de Caymmi a tocar. Muito cordialmente, a) Francisco Antonio Cavalcanti. João Pessoa, 10 de fevereiro de 2013.

w FEIO Deselegância lampiônica convidar o exsecretário da administração do Governo Wilma de Faria, Paulo César, e não convidar a ex-governadora na inauguração da Escola de Governo. Muito feio. w RISCO - I Pode acabar em novo confronto a suspensão do pagamento da segunda parcela do plano de cargos e salários dos funcionários da Fundação José Augusto. A intenção evidente do governo é não pagar. w TÁTICA - II Contornados os planos das categorias de peso - polícias civil e militar e professores - a tendência do governo é procrastinar ao máximo o pagamento dos pequenos grupos. Greve na cultura é um alívio. w ALIÁS - III O coronelismo jurídico pode até ser útil, mas desde o início é a principal causa do desgaste de 86% em Natal. Governo virou o maior inimigo dos funcionários numa cidade ainda feita de funcionários. w HUMOR É marcado pelo humor, quase deboche, a longa entrevista de Regina Duarte na edição de fevereiro de Bravo! Entre suas confissões o arrependimento de ter interpretado uns papéis muito caricaturais. w JORNAL - I O New York Times anunciou que primeira vez na sua história a receita da venda de exemplares foi maior que a receita publicitária. E festejou o leitor: 'Vocês importam e, agora, mais do que nunca'. w MAIS - II Outra notícia, também publicada pela Folha, confirma: 2012 foi um ano bom para o faturamento do New York Times, Wall Street Journal e USA Today. E crescem muito bem suas assinaturas digitais.

Horário de verão termina neste domingo e população deve atentar às mudanças ESTIMATIVA

DO GOVERNO É QUE ECONOMIA DE ENERGIA SEJA DE

Hoje é o último dia do horário de verão no Brasil, pois a partir da meia-noite deste domingo (17), os relógios devem ser atrasados em uma hora, nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins e no Distrito Federal. Em vigência desde o dia 21 de outubro de 2012, o horário de verão mudou um pouco a rotina dos moradores desses locais, que tiveram que se acostumar com os dias mais longos. Mesmo nos estados que não participam do horário de verão, a população precisou se readequar aos novos horários, já que em alguns setores públicos, como bancos e aeroportos, e até mesmo a programação da TV aberta seguem o horário de Brasília, tendo seus serviços antecipados em uma hora. Com o término do horário de verão, mais uma vez a população dos estados que não aderiram ao horário, entre eles o Rio Grande do Norte, a Bahia, de Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rondônia, Roraima e Sergipe, terá que atentar às mudanças. As agências bancárias, por exemplo, que durante o horário de verão funcionavam das 9h às 16h retornarão ao horário normal de atendimento, iniciando às 10h e encerrando às 15h. Nos aeroportos, todos os vôos terão os horários de chegada e partida alterados, sendo atrasados em uma hora. A recomendação da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), cuja recomenda-

R$ 280

MI

Arquivo/Canindé Santos

Agências bancárias voltarão a abrir às 10h e horários de chegadas e saídas de voos também serão modificados ção é que os usuários verifiquem as possíveis alterações junto às companhias aéreas. O horário de verão é implantado com o objetivo de economizar energia, diminuindo o risco de problemas de fornecimento de energia elétrica no período em que a demanda cresce, devido ao calor intenso e à produção industrial para o Natal. Com dias mais longos no verão e dessa forma com mais tempo de luz solar, a economia é bastante considerável. Segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), divulgados na última sextafeira (15), o horário de verão ren-

deu uma redução consumo de energia de cerca de 2.477 megawatts (MW), ou 4,5% do consumo na demanda no horário de pico. Essa redução foi menor que a do ano de 2011, quando a redução de demanda no horário de pico foi de 2.555 MW, representando 4,6%. Aestimativa do governo é de que o horário de verão de 2012/2013 tenha sido suficiente para uma economia de R$ 280 milhões e uma redução média de cerca de 5% na demanda por energia nessa faixa horária. Na edição anterior, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o País economizou R$ 160 milhões.

O horário de verão foi implementado pela primeira vez no Brasil no verão de 1931, pelo então presidente Getúlio Vargas, sendo adotado de forma esporádica até 1967. Depois ficou 18 anos sem entrar em vigor e voltou no verão de 1985 por conta do racionamento ocorrido na época por falta de água nos reservatórios das hidrelétricas. Em 2008 foi estabelecido por decreto que o horário de verão deve começar sempre no terceiro domingo de outubro e terminar no terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte, exceto quando este for o domingo de carnaval, como aconteceu neste ano.

OPOSIÇÃO GANHA ELEIÇÕES DO SINDSAÚDE A chapa de Oposição ganhou as eleições do Sindsaúde com 52,8% dos votos válidos. A Chapa 1 teve 2729 votos o que corresponde a 42,7% dos votos. Ao todo foram 6.104 votos válidos. A nova direção assumirá o sindicato a partir do dia 25 de fevereiro com um discurso de reconstrução do sindicato. GOVERNO ROSALBA PUNE SERVIDOR QUE DIZ A VERDADE COM EXONERAÇÃO O Governo Rosalba mais uma vez mostra sua face autoritária e intransigente exonerando um servidor que ousou dizer a verdade sobre o caos da saúde pública. Nesta quarta-feira, 6, foi exonerada a chefe do setor de farmácia do Hospital Walfredo Gurgel, Carla Francisca Magalhães. Ela esteve presente em uma audiência no Ministério Público e relatou a falta de medicamentos no setor. O Sindsaúde presta sua solidariedade à servidora que está sendo ameaçada de transferência da unidade. Pela primeira vez uma pessoa de fora do hospital será escolhida para chefiar um setor. Tal atitude tem deixado os servidores bastante descontentes pois o chefe sempre foi escolhido entre os próprios servidores. O fato faz lembrar o caso do cirurgião Jencarlo Cavalcante que foi denunciado após filmar uma cirurgia em que foi obrigado a utilizar um material que não era o adequado. O problema de falta de insumos no Walfredo é muito grave. Um exemplo clássico ocorreu nesta quarta-feira quando uma paciente da UTI precisou de um medicamento chamado polimixina. Cada ampola custa R$ 80. A família da paciente, bastante pobre, conseguiu comprar 10 ampolas que dariam para quatro dias de tratamento, sendo que para conseguir reverter o quadro da doença são precisos 15 dias de tratamento. Como ficarão os outros 11 dias de tratamento dessa paciente? GOVERNO ADIA IMPLANTAÇÃO DE PORTARIA QUE RETIRA GRATIFICAÇÃO DE SERVIDORES Na tentativa de falar com o secretário estadual de saúde, Isaú Gerino, um grupo de servidores do Hospital de Santa Cruz esteve em Natal na segunda-feira, 04. Infelizmente o secretário

se mostrou intransigente, mas um outro assessor da governadora, em contato direto com ela, conseguiu que a portaria fosse adiada por um mês,ou seja,passando a valer a partir do dia 1º de março. Até lá será preciso definir a situação dos hospitais penalizados. A proposta é a estadualização do Hospital Regional Aluísio Bezerra em Santa Cruz. O Governo Rosalba suspendeu imediatamente todas as gratificações recebidas "indevidamente" pelos servidores, mais precisamente, por todos aqueles que não preencherem os requisitos elencados nas legislações supramencionadas para percepção das gratificações dispostas no Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração, através da portaria nº 30/2013-GS Sesap de 25 de janeiro de 2013. Tal portaria prejudica centenas de trabalhadores que recebem as gratificações que em muitos casos representa a maior parte da sua remuneração. ato prejudica servidores de pelo menos sete hospitais. Incluindo o de Santa Cruz, que é municipalizado. A coordenação regional do Sindsaúde fez um Ato Público naquela cidade. GOVERNO PROMETE PAGAR SALÁRIOS ATRASADOS O secretário de administração, Álber Nóbrega recebeu a diretora do Sindsaúde, Sônia Godeiro, na tarde desta quarta-feira, 6, para afirmar que o pagamento dos 644 servidores que estão com o salário suspenso será pago na sexta-feira, 8, com recursos do repasse do Fundo de Participação do Estado. Infelizmente não o fez e deixou para o dia 15. Até o final do expediente os servidores ainda não haviam recebido. O mês de dezembro ainda está em negociação. MUDANÇA DE NÍVEL PODE SER PUBLICADA AINDA ESTA SEMANA O Sindsaúde aproveitou para tratar de outros assuntos e informou que os 12 dias referentes ao mês de janeiro dos servidores de nível elementar que tiveram a mudança de nível publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 18 de janeiro, será pago neste pagamento. Se comprometeu ainda em publicar no DOE os servidores de nível elementar até o próximo sábado, 9 e não cumpriu.


Cultura

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

14 O Jornal de HOJE

Sábado e Domingo

Fotos:Divulgação

MÚSICA

Secultrn/FJA, em convênio com o MinC, oferece o “Ciclo de Oficinas de Música”

“PENSANDO MÚSICA”

DOSOL

PROMOVE INICIATIVA QUE REÚNE OFICINAS, RODADAS DE NEGÓCIOS E SHOWS

DANIELA PACHECO EDITORA DE CULTURA

“O músico de hoje não é mais como dos anos 60 que só precisava fazer uma boa música e cair na graça de uma gravadora. Ele tem que trabalhar dentro de um processo criativo, onde é importante unir o talento e a criatividade com noções de empreendedorismo e gestão. Por isso, que há quatro anos começamos a realizar o projeto “Pensando Música” em Natal”, disse o produtor cultural Anderson Foca em entrevista para O JORNAL DE HOJE. Nos dias 18 e 19 de fevereiro, e no dia 2 de março, o Dosol promove o "Pensando Música". Toda a programação é gratuita e acontece no Centro Cultural Dosol. No primeiro momento, serão oferecidas duas oficinas completas em parceria com o Ciclo de Oficinas de Música promovido pela Fundação José Augusto. “O Pensando Música surgiu da ideia de despertar o interesse dos músicos do Rio Grande do Norte em se profissionalizar. O projeto reúne atividades ligadas à música, que vai desde formação, rodada de negócios e realização de shows. Este ano, es-

tamos participando no evento da FJA que ampliou a visão, fazendo novas parcerias e buscando mais gente para contribuir. Diferente do ano passado que inclusive não teve sucesso de público. Acho que agora está bem legal. Até porque acho de extrema necessidade o fato que todos devem sempre reciclar seus conhecimentos”, conta o produtor. Dentro do Ciclo de Oficinas de Música, o Dosol participará com duas oficinas, uma delas será nos dias 18 e 19 de fevereiro, das 14h às 19h, com a produtora técnica, executiva, roadie na Guria Produtora há seis anos e da cantora Valéria Oliveira, Camila Predrassoli que vai ministrar a oficina para capacitação de roadies (assistente de palco). Ela trabalhou em eventos, como: MADA 2012; Disney On Ice, em Curitiba e Porto Alegre; Disney Live Tour 2011. Como roadie: MTV 25 ANOS, Paralamas do Sucesso DVD Brasil A Fora; Prêmio Multishow 2011 e 2012; shows da Lady Gaga e Madonna POA/RS, 2012, entre outros. A outra será no dia 02 de março, das 10h às 19h, com o gestor do Centro Cultural Dosol, produtor cul-

tural, artístico e músico das bandas Camarones Orquestra Guitarrística, The Sinks e Luiz Gadelha e os Suculentos Anderson Foca que vai ministrar a oficina sobre produção executiva na música, abordando aspectos técnicos, gestão de carreira, preparação para tours e comunicação visual para bandas e artistas. Profissionalismo é um dos pontos mais importantes na carreira de qualquer um, independente da carreira que deseja seguir. E, a visão de que o músico é um ser que vive de

tocar, andar pela noite e só respira melodia é bem ultrapassado. É muito romântico achar que o processo criativo não pode estar condicionado a recursos financeiros ou prazos. É preciso desenvolver um senso maior de planejamento e organização. Afinal, um negócio, para ser sustentável, não pode ser feito na base do atropelo ou sem foco e orientação para resultados – sejam eles quais forem. Pensando em resultados na área de negócios, no dia 02 de março, das 16h às 19h, será promovido um grande meeting (rodada de negócios) entre o Dosol e os artistas, no intuito de desenvolver parcerias e lançamentos para os mais variados trabalhos na área da música como gravação de discos, vídeos de divulgação, documentários, clips musicais e desenvolvimento de merchandising e arte gráfica aplicadas as bandas. Tanto as oficinas como a rodada de negócios surgiram da necessidade do mercado da música atual. Como contou Anderson Foca, “todo ano é assim, passou o carnaval muita gente nos procura querendo informações, gravar CD, fazer vídeos de divulgação, entre outros, para organizar a situação, oportunizar

Cultura HOJE DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com

novos negócios, proporcionar intercâmbios de conhecimentos e decidimos que era o momento de fazer o Pensando Música, porque nos últimos quatro anos, fizemos duas edições, porque uma das coisas antes de fazer um evento é sentir o mercado”. E, como não poderia de faltar num evento pensado para o setor musical. No encerramento do projeto, no dia 02 de março, às 19h, o palco do Dosol recebe o show de três bandas potiguares. São elas Fukai, The Sinks e Kung Fu Johnny. “O segmento musical do RN está indo muito bem, temos artistas muito bons, já estamos num momento que não é surpresa alguma ouvir falar que algum músico potiguar está fazendo show ou se destacando fora do estado. Acho sim, que ainda tem muito que caminhar, mas, estamos vivendo uma época muito positiva”, declarou Foca. Todas as atividades têm inscrições e entradas gratuitas. Para as oficinas o número limite de participantes é de 15 pessoas e as reservas para participação devem ser feitas através do email assessoria@dosol.com.br.

A Fundação José Augusto (Secultrn/FJA), em convênio firmado com o Ministério da Cultura (MinC), oferecerá de 18 de fevereiro a 06 de março o “Ciclo de Oficinas de Música. Com a intenção de se aproximar cada vez mais dos artistas locais, a Secultrn/FJA oferecerá as oficinas em locais estratégicos, próximos aos músicos e entusiastas, que queiram participar das oficinas de capacitação. As inscrições acontecerão até 05 de março (checar datas das oficinas), são gratuitas e poderão ser feitas na sede da FJA, no Núcleo de Produção Cultural, das 9h às 13h, ou solicitadas através de email (nucleodeculturarn@gmail.com). Confira a programação completa: Camila Pedrassoli – Rodie (18 e 19/02, 14h às 18h30, no Centro Cultural DoSol); Rafael Telles – Como montar seu home estúdio (23 e 24/02, 8h30 às 13h, C.C. Vila de Ponta Negra); Júnior Primata – A base do jazz: condução rítmica, walking bass e acordes (23 e 24/02, 14h às 18h30, Pinacoteca do Estado); Jordan Santiago – Composição popular: unindo inspiração & elaboração (23/02, 8h30 às 12h e 13h30 às 18h, no Tecesol); Felipe Morais – Baixo elétrico: levadas: condução e ritmos brasileiros (23/02, 8h30 às 12h e 13h30 às 18, Pinacoteca do Estado); Robert Nicholas – Improviso guitarra e violão (23/02, 9h às 13h e 15h às 19h, local não definido); Eduardo Pinheiro – Técnica de sonorização: retorno, montagem e operação (26/02, 9h às 18h, no TCP Chico Daniel); Wilberto Amaral – Oficina mixagem (01/03, 8h30 às 12h e 13h30 às 18h, Conexão Felipe Camarão) e a oficina Tratamento de Som (02/03, 8h30 às 12h e 13h30 às 18h, idem); Anderson Foca – Produção executiva (02/03, 10h às 19h, no Centro Cultural DoSol); José Marcos – Produção musical e artística (02/03, 9h às 13h e 15h às 19h, no IFRN, dentro da programação do Grito do Rock ); Albert Halfon – Opera: estética, abordagem de papeis e comportamento (02 e 03/03, 9h às 13h30, na Pinacoteca do Estado); André Muniz – Interpretação da obra de L. Von Bethoveen (02 e 03/03, das 14h às 18h30, na Pinacoteca do Estado); Wagner D’elia – Sonorização: retorno, montagem e operação (05 e 06/03, 17h às 21h30, no TCP Chico Daniel); Fabio Rocha – Improviso: teclado e piano (05 e 06/03, das 14h às 18h30, Pinacoteca do Estado)

MÚSICA POPULAR BRASILEIRA. A cantora potiguar Lene Macêdo interpreta grandes nomes da Música Popular Brasileira, hoje, a partir das 21h30, no Paprika (Rua Pedro Fonseca Filho, 9001, Ponta Negra

com Dani Pacheco

TALENTO BRASILEIRO O documentário brasileiro "Hélio Oiticica", dirigido pelo cineasta César Oiticica Filho, foi premiado no 63º Festival de Berlim pela Federação Internacional de Críticos de Cinema (Fipresci) nesta sexta (15). O filme, uma das únicas maneiras de ver alguns dos trabalhos do artista plástico destruídos após um incêndio, ocorrido em 2009, foi exibido na sessão alternativo do Fórum do evento. Além do prêmio dado pelos críticos, "Hélio Oiticica" venceu o Galigari, honraria entregue aos filmes mais experimentais. E, POR FALAR... O grande vencedor da crítica na competição oficial foi o drama romeno "Child's Pose", de Calin Peter Netzer. Já o escolhido dentro da mostra Panorama foi "Inch'Allah", de Anais Barbeau-Lavalette.

DOMINGO Nas terças, quartas e quintas-feiras (às 19h) e domingos (ao meiodia) sempre tem um filme esperando por você no Sesc de Mossoró (Rua Dr. João Marcelino, s/n, Nova Betânia). E não paga nada para entrar. É só chegar, sentar e curtir. Neste domingo, será exibido a comédia "O Pequeno Nicolau" (Bélgica/França, 2010), do diretor Laurent Tirard.

POP / ROCK- O músico, cantor e compositor Rodrigo Lacaz interpreta músicas do U2, Coldplay, Beatles e de outros nomes do pop/rock internacional, neste sábado, a partir das 21h30, no Restaurante Galo do Alto (R. Dr. Manoel Augusto Bezerra de Araújo, 142, Ponta Negra).

IMPERDÍVEL Neste sábado, a banda Mobydick se apresenta com repertório especial dedicado a Jovem Guarda, a partir das 20h. Na sequência, sobe ao palco do Botequim Tá Na Hora (Rua Francisco Gurgel, 47, Ponta Negra), Os Grogs que interpretam músicas dos Beatles.


Esporte

Sábado e Domingo

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

O Jornal de HOJE 15

VENCER, VENCER, VENCER... COM

A VITÓRIA COMO O ÚNICO RESULTADO QUE GARANTE A CLASSIFICAÇÃO DO

ABC,

O TÉCNICO

GIVANILDO OLIVEIRA

QUER

EVITAR DECISÃO POR PÊNALTIS E, PARA ISSO, CONFIA NA SUA NOVA DUPLA DE ATAQUE PARA SUPERAR A DEFESA EQUIPE ALAGOANA Vencer para classificar, para acabar com o tabu de nunca ter derrotado o adversário, para manter a boa fase. Motivos não faltam para o ABC buscar na noite deste sábado, às 18h30, no Estádio Frasqueirão, a vitória sobre o ASA-AL, na partida que decide quem avança as semifinais da Copa do Nordeste. No primeiro encontro das duas equipes na competição, na última quarta-feira, o placar não saiu do 0 a 0, em Arapiraca. Para não colocar em risco a classificação, o Alvinegro potiguar precisa superar os alagoanos no tempo regulamentar e seus acréscimos. Um empate sem gols leva a decisão para os pênaltis, enquanto empate com gols marcados dá a vaga ao time visitante. A equipe vencedora do confronto avança à próxima fase para enfrentar o vencedor de Vitória-BA

e Ceará. Na primeira partida, os baianos bateram os cearenses por 2 a 0 e podem perder o segundo jogo por até 1 a 0. A vida do Alvinegro potiguar não tem sido das mais fáceis. Além do difícil confronto disputado no meio de semana em Alagoas, os potiguares enfrentaram ainda uma longa viagem da cidade de Arapiraca e fizeram apenas um treino antes da partida, na manhã da última sexta-feira, no Centro de Treinamento. Para chegar à classificação, o técnico Givanildo Oliveira reforça a necessidade de deixar de lado as dificuldades. “Precisa passar por cima de tudo. O importante é que o time esteja preparado para vencer e é assim que precisamos estar”, orientou o treinador. Para o duelo da noite de sábado, o comandante Alvinegro não

SAIBA MAIS O ABC nunca venceu o alvinegro alagoano. Ao todo, foram 12 jogos, cinco vitórias do ASA e sete empates. deverá surpreender na escalação da equipe que tem dado certo e não perde há quatro jogos. A única mudança deverá ocorrer no ataque, já que Vanderlei cumpre suspensão devido ao terceiro amarelo e está fora da partida de volta das quartas de final. A opção mais provável de companheiro para o centroavante Rodrigo Silva é pela entrada do atacante Jheimy. O jogador, inclusive, fez sua estreia no segundo tempo da primeira partida contra o ASA.

Corre por fora para assumir a função, o atacante Júnior. Ele participou do recreativo na manhã de sexta e teve uma conversa longa e reservada com o técnico Givanildo. Romarinho, relacionado nas últimas partidas, dificilmente deve ser escalado. Alternativa a entrada de um novo atacante seria a de um meia. Com Jean Carioca já tendo atuado na frente, o meiocampista pode ser avançado pelo treinador e Raul devolvido ao time titular para o setor de criação. O restante da equipe não deverá sofrer mudanças e escalação mais provável para o jogo decisivo deste sábado deve trazer a seguinte formação: Lopes, Renato, Flávio Boaventura, Vinicius e Alexandre; Hamilton, Edson, Jean Carioca, Júnior Xuxa; Jheimy e Rodrigo Silva.

Fotos: Welligton Rocha

Givanildo Oliveira acredita em um novo jogo difícil contra o ASA por vaga nas semifinais da Copa do Nordeste

Abecedistas creem na classificação

Centroavante Rodrigo Silva (número 9), um dos artilheiros da competição, é a esperança de gols do ABC para chegar à próxima fase da Copa do Nordeste

ASA segue indefinido para partida Do lado do ASA, o técnico Leandro Campos tem problemas para definir a equipe que luta em Natal pela vaga na próxima fase. O treinador ainda depende de um parecer do departamento médico para confirmar as presenças do lateral esquerdo Chiquinho Baiano e do meia Didira no time titular. Se Chiquinho Baiano for vetado, o meia Thalysson pode ser improvisado na lateral-esquerda e abrindo vaga no meio de campo.

Melhor para Rodrigo Dantas, que treinou normal na última sextafeira após se recuperar de uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda, em Campina Grande, e deve retornar ao time titular. Ainda sobre a formação do meio de campo, o treinador espera pelo jogador Didira, destaque da equipe alagoana. Se não puder contar com o camisa 10, Campos vai optar novamente pela entrada de Ray, como fez na primeira par-

tida. Desfalques confirmados, contudo, são o zagueiro Edson Veneno e o lateral Pedro Silva, ambos suspensos. Para o lugar de Veneno, o experiente zagueiro Fabiano retorna ao time titular. A provável escalação do ASA deverá trazer uma formação defensiva e com apenas um jogador de frente: Gilson; Osmar, Tiago Garça, Fabiano e Chiquinho Baiano; Basílio, Cal, Marcus Vinicius e Didira e Rodrigo

Dantas; Léo Gamalho. Para o técnico Leandro Campos, o empate na primeira partida com o ABC não foi um mau resultado. Ex-treinador do ABC, o gaúcho acredita que pode arrancar a classificação em pleno Frasqueirão. “É lógico que se tivéssemos vencido, iríamos para Natal um pouco mais tranquilos, mas penso que foi um resultado que nos deixa em condições de buscar a tão desejada classificação”, destacou o treinador.

Bruno Araújo Quando a fase é ruim, piorar é o caminho. Não bastasse a crise financeira pela qual o América passa e o consequente desmanche da equipe promovido pelo presidente americano, Alex Padang, agora, veio a tona uma racha no conselho deliberativo alvirrubro que promete tornar os próximos dias ainda mais turbulentos na casa rubra. A gota d’água para transformar a tempestade, antes só financeira, numa questão política dentro do clube veio a partir da reunião entre membros do Conselho Deliberativo americano – dentre eles o presidente José Rocha – e o empresário potiguar Marconi Barreto que teria selado a parceria para que o time alvirrubro utilize as dependências do Estádio Barretão, na cidade de CearáMirim, a 28 quilômetros de Natal. A notícia seria ótima para o clube, não fosse o fato de o presidente alvirrubro não ter sido convidado ou mesmo informado de que haveria um encontro para discutir o futuro americano. A trapalhada poderá resultar numa bomba no próximo dia 21, em

que até mesmo a renúncia de Padang tem sido especulada por alguns, apesar da negativa veemente do dirigente. Não é de hoje que, no América, uma crise que parece administrável ganha proporções apocalípticas por falta de tato. Ao invés da união, como aquela que levou Hermano Morais à presidência em 2011, dirigentes e – ex-dirigentes – insistem em digladiar pela paternidade da salvação rubra, que acaba por lançar o clube numa crise ainda mais profunda. Com a idade de 98 anos por vir, a esperança era de que a maturidade chegasse ao Dragão, mas parece que a preferência dele continua por lançar chamas a esmo.

INTOCÁVEL A cultura da troca de treinadores no futebol não poupou ninguém – ou quase ninguém – no Campeonato Potiguar. Com a primeira fase já na reta final, nove treinadores já deixaram seus cargos, uma média próxima de um por rodada. Até aqui, apenas o Santa Cruz e o velho conhecido Wassil Mendes não precisou entregar o chapéu - não por menos. O Gavião do Trairi é líder isolado da competição e caminha a passos largos para conquistar a vaga na Copa do Brasil 2013, oferecida ao primeiro colocado da primeira fase do Potiguar.

um adversário difícil e uma desvantagem após o empate sem gols em Arapiraca. “Com o regulamento da competição, nossa situação não é simples. O placar de 0 a 0 faz com que 1 a 1 dê ASA. Uma vitória simples nos classifica, mas vencer um time como o ASA é difícil, pois é um time forte, bem armado e com velocidade quando sai para o ataque. Agora, é a gente fazer nosso trabalho, ir para cima e fazer o placar que nos interessa para seguir na competição”, concluiu. Outro empolgado com a campanha, o presidente do ABC, Rubens Guilherme, espera estádio lotado para o duelo contra os alagoanos pelo fato de ser o primeiro jogo alvinegro em solo potiguar em um final de semana. “O torcedor está feliz, confiante com o grupo que tem, mas se quisermos alcançar nosso objetivo, teremos que ultrapassar todas as dificuldades que surgirem. O ASA é um grande time, mas queremos superá-lo para continuar no caminho para colocar o futebol do Rio Grande do Norte no melhor lugar possível”, destacou.

PisandonaBola AMÂNCIO

BRUNO ARAÚJO - TWITTER: @brunoaraujo7 EMAIL: wesckley@yahoo.com.br

Chamas a esmo

Apesar do jogo difícil enfrentado na quarta-feira, os jogadores do ABC deixaram claro que a classificação é um objetivo para o clube. Com a vitória obrigatória para avançar sem a necessidade de cobranças de penalidades, os atletas esperam aproveitar o apoio da torcida no Frasqueirão que promete invadir a casa abecedista e superar o adversário. “A gente sabia da dificuldade que seria enfrentar o ASA. O campo não ajudou, mas agora é fazer uma partida melhor e decidir em casa”, afirmou o lateraldireito Renato, um dos destaques do ABC na campanha da Copa do Nordeste até aqui. O zagueiro Vinícius também se mostrou empolgado com o fato de atuar contra os alagoanos em Natal e afirma que os atletas prometem entrar para decidir a classificação. “Com o apoio do torcedor, vamos conseguir nossa classificação. Nos últimos jogos, entramos para decidir e vamos nessa partida como fizemos em outras”, afirmou. O treinador também acredita na classificação para chegar à próxima fase do Nordestão, mas para tanto, terá que superar

BEISEBOL A cidade de Parnamirim sediará a segunda edição da Taça Nordeste de Beisebol. O torneio reunirá equipes amadoras de Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, no próximo final de semana, dias 23 e 24. A disputa teve sua primeira edição realizada em 2009 e contará este ano com três equipes: Recife Imortais, Ceará Beisebol Clube e o Natal Solaris. A Taça Nordeste será disputada no campo do Solaris, no Clube de Cabos e Taifeiros da Aeronaútica (CCTAN). Os jogos começam a partir das 7h e tem entrada aberta ao público.

TRY OUT-Um final de semana antes, outro esporte típico dos Estados Unidos ganhará os campos de Natal. O América Bulls, time de futebol americano potiguar, realiza neste domingo, a partir das 10 horas, uma "peneira" para selecionar novos atletas, processo conhecido no esporte da terra do Tio Sam conhecido como “Try Out”. O evento está será no campo de futebol do Jiqui. A seletiva é aberta ao público e receberá jovens a partir dos 14 anos. MEIA EMPRESTADO-O meia Erivélton, formado nas categorias de base do ABC, foi emprestado ao Santa Cruz-RN, para disputa do Campeonato Estadual. O jogador, entre os profissionais alvinegros desde 2011, se apresenta à comissão técnica do seu novo clube neste sábado. Outro que ainda aguarda uma definição sobre empréstimo é o atacante Romarinho, que vem sendo relacionado para jogos da Copa do Nordeste.

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

Esporte

Sábado e Domingo

REFORÇADO NO ATAQUE, ALECRIM quer brigar pelo título estadual

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

AINDA SEM PODER CONTAR COM A DUPLA OFENSIVA EX-AMÉRICA, RICO E RENAN MARQUES, ALVIVERDE ENFRENTA LÍDER SANTA CRUZ PARA CONFIRMAR ASCENSÃO Em meio à recuperação no Campeonato Estadual, o Alecrim aproveitou a crise do rival América e foi buscar no Alvirrubro a dupla de ataque Rico e Renan Marques, ambos dispensados do após a campanha da Copa do Nordeste, para entrar de vez na briga pela vaga na Copa do Brasil e o título do Campeonato Estadual. “São dois atletas de muita qualidade, com passagens em grandes clubes. Estou implantando um projeto ousado no Alecrim e esses dois atacantes vão ajudar muito na busca pelo título”, disse o presidente alecrinense, Anthony Armstrong. Para os jogadores, até recentemente no alvirrubro potiguar, o projeto alecrinense chamou a atenção e foi fundamental para a permanência dos dois no Rio Grande do Norte. Segundo os próprios, ambos estão em condições de jogo e dependem apenas da escalação do técnico para estrear já na rodada do próximo domingo, diante do Santa Cruz. “Fico feliz por ser uma experiência em um novo clube. Sempre vou procurar dar o melhor. Vou “chegar chegando” já e se for pra jogar domingo, vou jogar e dar de tudo para o Alecrim ter sucesso no campeonato”, disse Rico, assim como o companheiro. “Esse é mais um desafio que está aparecendo na minha vida. Vim para o Alecrim pois sei dos objetivos do clube e quero participar desse projeto vencedor que o presidente Anthony Armstrong apresentou pra mim”, confirmou Renan Marques. Os atletas foram apresentados à comissão técnica e ao restante do grupo, mas ainda não tem condições de jogo para poderem estrear ainda neste final de semana pelo Alecrim. O Alviverde entra em campo nesse

Gabriel Peres/AlecrimFC

Jason Gideon Meninos e adolescentes vivem fases. Ou viviam. O tempo de se divertir com brinquedos, de bater bola na rua ou em areia dura, a paixão paralisante do frio na barriga. Adultos em estado de velhice existencial, também ultrapassam as suas etapas. Voltei a gostar de séries policiais de TV. Tenho dedicado a elas o meu tempo livre.

Entre os atacantes Rico e Renan Marques, presidente Anthony Armstrong sonha em arrancada pelo título do Potiguar domingo, no Ninho do Periquito, às 17 horas, para enfrentar uma verdadeira pedreira: o líder Santa Cruz. Com 14 pontos e embalados pela sequência de seis pontos conquistados nos últimos dois jogos, uma vitória sobre o Tricolor do Trairi pode levar os time alecrinense a 17 pontos, quatro a menos que o rival, com três jogos para o final da primeira fase. O adversário, contudo, promete fazer jogo duro e ampliar a vantagem em relação aos concorrentes para seguir o caminho rumo ao título da primeira fase. OUTROS JOGOS Mais três partidas completam a 11ª rodada do Campeonato Poti-

guar Chevrolet 2013. Em Mossoró, no Estádio Nogueirão, o Baraúnas tem a chance de encostar de vez na liderança. Para isso, precisa bater o lanterna e candidatíssimo ao rebaixamento Potyguar de Currais Novos e torcer por um tropeço do Santa Cruz para empatar com o time da região Agreste com 21 pontos. A partida começa às 17 horas. No mesmo horário, Assu e Potiguar de Mossoró disputam a terceira colocação. Respectivamente na quarta e terceira colocações com 15 e 16 pontos, a dupla briga para garantir presença no grupo dos seis primeiros colocados e, quem sabe, ainda sonhar com a primeira colo-

cação já nesta primeira fase. O duelo será no Estádio Edgarzão, casa do Camaleão do Vale. Uma hora mais cedo, no Estádio Marizão, em Caicó, o sexto colocado Corintians pega o sétimo colocado Palmeira de Goininha se enfrentam no Clássico “paulista” genérico. Com 11 pontos, um a mais que o adversário da região Agreste, o Galo do Seridó quer evitar sustos nas últimas rodadas desta primeira fase, enquanto o adversário desse domingo corre agora para fugir do rebaixamento, antes de pensar em qualquer outra coisa. A partida promete ser uma das mais disputadas desta 11ª rodada.

BASQUETE

CARIOCA Maurício Val/VIPCOMM

Oscar entra para Hall da Fama no EUA

Ansioso por estreia contra o Botafogo, Carlos Eduardo espera atuar entre 60 e 70 minutos do clássico de domingo

Técnico do Flamengo projeta estreia de camisa 10 contra o Botafogo No último coletivo antes do clássico de domingo contra o Botafogo pela Taça Guanabara, o técnico Dorival Júnior comandou treino para ajustar os últimos detalhes do Flamengo. Prestes a estrear pelo Flamengo, o meia Carlos Eduardo foi testado em três posições e a expectativa é de que o jogador possa atuar ao menos 60 minutos da partida. “Vai ser difícil jogar durante os 90 minutos, já que só estou treinando há duas semanas, talvez precisasse de mais uma semana para ficar no ponto ideal. Acho que posso atuar por uns 60, 70 minutos. Ainda preciso treinar um pouco com a bola, mas isso melhora com o tempo”, declarou o futuro camisa 10 rubronegro. Carlos Eduardo também ressal-

tou a importância de estrear justamente em um clássico. “É especial estrear pelo Flamengo, ainda mais em um clássico contra o Botafogo. Conheço a rivalidade e será um jogo especial para mim, ainda mais com a camisa 10”, comentou. Na primeira escalação de Dorival, o camisa 10 foi escalado pelo lado direito do ataque na formação 4-3-3. Com os goleiros treinando à parte, o time foi treinado com: Léo Moura, Wallace, Marcos González e João Paulo; Cáceres, Ibson e Elias; Carlos Eduardo, Rafinha e Hernane. Após testar Amaral no lugar de Cáceres e Cleber Santana substituindo Carlos Eduardo, Dorival Júnior promoveu um 4-4-2 com Carlos Eduardo e Cleber Santa-

na na armação: Léo Moura, Wallace, Marcos González e João Paulo; Cáceres, Amaral, Cleber Santana e Carlos Eduardo: Rafinha e Hernane. Em um terceiro momento, Elias foi adiantado e Carlos Eduardo, que já admitiu não ter condições para atuar durante os 90 minutos, atuou pela esquerda no 4-3-3: Léo Moura, Wallace, Marcos González e João Paulo; Cáceres, Amaral e Ibson; Elias, Carlos Eduardo e Hernane. O Rubro-negro soma 16 pontos na liderança do Grupo B da Taça Guanabara, quatro a mais do que o segundo colocado Fluminense. O clássico contra o Botafogo, válido pela sétima rodada da competição, será no domingo, às 18h30 (de Brasília) no Engenhão.

Uma grande notícia para o basquete brasileiro. Oscar Schmidt ficou entre os cinco eleitos diretamente para o Hall da Fama do Naismith Memorial Basketball. O anúncio foi realizado em Houston, mesmo local onde está sendo disputado o All-Star Weekend da NBA, final de semana do jogo das estrelas da liga profissional norteamericana. Além do ‘Mão Santa’, que foi eleito por meio do Comitê Internacional, Roger Brown, Edwin B. Henderson, Richard Guerin e Russ Granik também constam na lista de jogadores renomados, que foi divulgada em Springfield, no estado de Massachusetts, nos EUA. Oscar Schmidt já faz parte do Hall da Fama da Federação Internacional de Basquete (Fiba) e agora se torna o terceiro brasileiro a entrar para o Hall da Fama norte-americano. O ex-pivô Ubiratan Maciel, campeão mundial em 1963, e Hortência Marcari, campeã mundial na Austrália, em 1994, e atual diretora da Confederação Brasileira de Basquete (CBB) são os outros representantes do Brasil que estão na seleta galeria de astros. A classe de 2013 será anunciada oficialmente no dia 8 de abril, durante a fase final do campeonato universitário norte-americano (NCAA), em Atlanta (EUA). Entre os 12 finalistas estão Gary Payton, Bernard King, Mitch Richmond, Maurice Cheeks, Tim Hardaway, Spencer Haywood, Dawn Staley e os técnicos Tom Heinsohn, Guy Lewis, Rick Pitino, Jerry Tarkanian e Sylvia Hatchell. Os finalistas precisam obter 18 dos 24 votos possíveis do Comitê de Honra para entrar no Hall da Fama do Naismith Memorial Basketball. Atualmente com 54 anos de idade, o ex-ala teve passagens por várias equipes do basquete brasileiro, entre elas Palmeiras, Sírio, Corinthians, Bandeirantes, Barueri e Flamengo. Fora do país, Oscar Schmidt vestiu a camisa de Caserta e Pavia, da Itália, e Forum/Valladolid, da Espanha. O ‘Mão Santa’ foi o maior cestinha da história do basquete ao marcar 49.073 pontos em 1.613 jogos disputados.

Criança, vibrava com a trilha de Swat, magnífica, estimulando o quinteto de elite americana a enfrentar assaltantes, sequestradores e matadores satânicos. A Swat antiga com suas armas ultrapassadas e enredos previsíveis, dá de dez a zero na fracassada tentativa de repetição em filme no cinema, aquela produção pra lá de mentirosa com Colin Farrell e Samuel L. Jackson, fracasso total de competência e público. Tenho me dedicado às séries americanas com ânimo juvenil, o que é muito bom. Todas elas passam na TV aberta, da qual estou divorciado há uma década, contando por baixo. Assisto em DVDs as temporadas inteiras. Sensacional a história dos Os Bórgias, primeira família criminosa do mundo, cujo chefe se torna o Papa Rodrigo Bórgia, corrompendo todo o colégio de votantes, exceto Juliano Della Rovere(Papa Julio Segundo), também execrável. Bórgia, ungido Papa Alexandre Quinto, é ordenador de assassinatos, praticante, dentro de Roma, de todos os pecados considerados capitais pela igreja. Vive com uma aristocrata jovem, que seduziu durante um confessionário. Os Bórgias correspondem a 10% da qualidade do romance de Mário Puzo, um sniper das palavras. Rodrigo Bórgia é pai de Juan, César, Lucrécia e Jofre. Juan é cruel, recalcado e invejoso. César, transformado em cardeal, é o líder nato. Apaixonado pela irmã, Lucrécia, com quem trava relação primeiro platônica e com veneno incestuoso. César Bórgia mata Juan e torna-se chefe do Exército. Terminaram as duas temporadas iniciais e a terceira começa em novembro, segundo informam os sites especializados. Em 2014, quando sair em DVD, comprarei a terceira etapa, torcendo, secretamente, por César, o menos vilão de todos. Também devorei com os olhos e admiração babaca Homeland, sacrificante história de um militar de elite dos Estados Unidos preso e torturado por oito anos no Afeganistão e resgatado por seus companheiros dos SEALS, aquele pessoal fraquinho que destroçou Osama Bin Laden com Barack Obama assistindo. O militar admite que é muçulmano e nas duas primeiras temporadas, dá um show de dubiedade. Começa terrorista e, aparentemente, renega o Islã após convencimento de uma bela e complicada agente da CIA com quem, nem precisa contar, termina entre os lençóis. O cara sofreu demais. Além de apanhar, foi corneado pelo melhor amigo nos Estados Unidos.

O pé de lã apela à atenuante de só haver invadido a cama da musa alheia por considerar o amigo morto. Homeland também terá sua terceira etapa este ano, levantando, em riste, o dedo e o sonho americanos contra o pavor. É instigante e politicamente injusto. Os muçulmanos, todos, são tratados como carrascos e toda a unanimidade é de asno, sentenciou Nelson Rodrigues, que jamais assistiu a uma série. Agora, do jeito que admirava Durango Kid, Daniel Boone e os caras da Swat, estou em idolatrias pelo agente Jason Gideon, da equipe de Análise Comportamental do FBI. É da série Criminal Mands ou Mentes Criminosas. Jason Gideon é aquele cara que se pode chamar de boçal acima do suportável. Analista forense, agente especial. Pensa pelo criminoso, traça seu perfil, se possível, troca tiros com ele e não move um músculo do rosto. É um tremendo chato, mas sensível a ponto de tocar piano e levar a mulher a uma cabana no campo. Criminal Minds parece ser a Irmãos Coragem das séries americanas(Irmãos Coragem, novela da Rede Globo em 1970, teve 328 capítulos). Até agora são oito temporadas, ou mais de setenta episódios, de quarenta minutos, cada. Ainda estou na segunda temporada, que me consumiu o tempo de carnaval. É só crime barra pesada. Sádicos, estupradores, assassinos seriais, mutiladores. A equipe tem a missão cerebral de descobrir os culpados pensando como eles pensam, fazendo quebra-cabeça de suas mentes pervertidas. E Jason Gideon é o cara. Quando tudo mundo concorda numa linha de investigação,ele põe a mão no queixo, murmura contrariado e desvia o foco: “Vocês estão errados. Ele(o criminoso) pensa assim, assim, assim.” Jason Gideon, só para esnobar, sabe o alcorão de trás para frente. Calma que vou entrar no quinto disco da segunda etapa. Linda a agente JJ e chato o CDF Dr. Spencer Reid, um moleque genial de 24 anos capaz de ler um livro em 6 minutos. Com 600 páginas. Imagino-o diante de um discurso de Joacy Bastos, o falastrão Secretário de Esportes do Estado.Estou, vocês notaram, com uma ponta de inveja de Jason Gideon. Queria ser ele também, por um minuto. O danado é que o seu intérprete, o ator Mandy Patinkin, também cansou de seu estrelismo e, esgotado, abandonou a série. “Ele é insuportavelmente confiante”, disse aos jornalistas. Jason Gideon, ame-o ou deixe-o. A pele deu um basta ao personagem.

UM CAMPEÃO O América sofre dois baques em uma semana. Primeiro o excraque e técnico Wallace Costa. Agora, o dirigente Henrique Gaspar, um vencedor. Diretor de futebol de 1979 a 1980, foi bicampeão. Presidente, de 1981 a 1984, completou o tetra em 81/82, perdendo em 1983 para o ABC insuperável de Dedé, Marinho e Silva.

dois dão conta. Diá também.

ALECRIM Rico e Renan Marques estão fazendo a torcida do Alecrim abrir um sorriso de clorofila. E já estreiam amanhã contra o líder Santa Cruz, no Ninho do Periquito. PEDRINHO Pedrinho Albuquerque e Vassil, que duelam no domingo, provam que não precisa jogada midiática para trazer gente cara de fora. Os

INÍCIO O ABC, partindo arrasador nos primeiros 15 minutos, sob o aplauso incendiário da Frasqueira, é capaz de jogar para depois da Barreira do Inferno, o jejum contra o ASA. ALEXANDRE Alexandre, o "Caca"do Campeonato do Bairro de Dix-Sept Rosado até bem pouco tempo, é titular do ABC. É bom ver Alexandre tapando a boca dos aduladores de barangas. ANDREY Contratado pelo Santa Cruz ao Vasco(RJ), o meia Andrey,20 anos, chega amanhã e assiste ao jogo contra o Alecrim. Andrey é filho de um monstro sagrado: Geovani, melhor camisa 8 da história cruzmaltina.


Cidade

Sábado e Domingo

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

O Jornal de HOJE 17

Érika Nesi erikamnesi@hotmail.com

Interino: Victor Hugo Damasceno

Veja quem fez bonito nesses dias de carnaval? A coluna traz os clicks de figuras queridas da nossa terrinha, que optaram por destinos fora de Natal ou por momentos mais tranquilos durante o feriadão deste carnaval. Confira! Fotos:Divulgação

Amanda Pessoa e Danilo Resende

André Azevedo faz tour pela Europa

Danusa alvarenga em momento family

Débora Oliveira fez relax no sul do país

Nathalia Lagreca e Felipe Maia

Júlia Arruda e Renato Quaresma

Mariana Santin e Armando Novak em Jurerê

Fernada Dore,linda de viver

Lara Santiago em Paris

Fernanda Fernades

Jujú Bezerra na Europa

Miss Dany e Lady V em carnaval mais que privê

Djair Abreu em São Paulo

Paula Gaspar

CMYK


18 O Jornal de HOJE

Cultura

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

Canal 1

BATE-REBATE w " Naldo será o convidado do "De frente com Gabi", neste domingo, no SBT. w No duro, no duro, ninguém no SBT sabe informar até quando Silvio Santos pretende continuar as suas férias nos Estados Unidos. w Podem acontecer, como surpresas, algumas participações especiais em "Guerra dos Sexos". w Silvio de Abreu vai se pronunciar sobre isso no momento oportuno. w Globo já colocou no ar entradas do Fausto Silva, ao longo da programação, apresentando os concorrentes do "Melhores do Ano". w Aliás, como sempre acontece, será um programa especial trans-

POR FLÁVIO RICCO - Colaboração: José Carlos Nery

Divulgação

flavioricco@gmail.com.br

Record é a que mais usa e abusa da presença de anões Se depender única e exclusivamente da Record e da cota que ela vem utilizando, não haverá mais anão desempregado, pelo menos na TV. Longe de querer brincar com isso ou cometer alguma injustiça com quem quer que seja, a coluna se dispõe a publicar necessária correção se for o caso. Por baixo, só considerando apenas pessoal de vídeo, quatro deles, atuando em programas como "O Melhor do Brasil", do Rodrigo Faro; "Legendários", do Marcos Mion; e "Balanço Geral", do Geraldo Luiz. Com todo respeito, circo perde. Nenhum até agora chegou a tanto. Na verdade, nada contra a presença de anões em programas. Ao contrário. São trabalhadores como outro qualquer. A questão toda se encontra na maneira como eles são acionados, e não somente na Record. Parece que se institucionalizou neles a figura do palhaço, que só servem para escrachos ou serem ridicularizados. Nada mais que isso. E, é claro, que não é por aí. Na contramão de tudo, como exemplo do bem e como simples consequência da sua enorme capacidade de trabalho, o ator Peter Dinklage - Tyrion Lannister, protagonista da série "Game Of Thrones", da HBO, e ganhador do Emmy. Tem apenas 1m35 e um talento absurdo. Mas, por aqui, pedir qualquer coisa diferente sempre será um pouco demais.

w BOM EXEMPLO O carnaval foi em frente, mas ficou em todos, principalmente entre os profissionais de rádio e TV, a melhor das impressões sobre a postura de Ivete Sangalo. Nos mais diversos momentos, ela sempre se mostrou disposta a colaborar. Não por acaso é o sucesso que é.

w XÔ, BAIXO ASTRAL A área musical da Record participou de uma reunião, no Recnov, Rio, e colocou à disposição diversas opções para a trilha sonora de "Dona Xepa". Desde já, o desejo é montar uma seleção das mais animadas. Bem pra cima.

w PACOTÃO PÓS-FOLIA Iris Abravanel, mulher do dono e autora do SBT, surpreendeu a equipe de "Chiquititas", substituta de "Carrossel". Na quarta-feira de cinzas, ela entregou os 30 primeiros capítulos da novela para início imediato dos trabalhos de produção. Ninguém pode reclamar de mais nada.

w PRÓXIMA PARADA Muitos ainda devem se lembrar do programa do Fábio Junior, na Record, que ele mais jogava charme do que propriamente cantava. Saiu até um casamento, entre os muitos da sua coleção, por causa disso. Informa-se agora que existe a ideia de fazer algo parecido com o Maurício Mattar, especialmente se depender da vontade dele.

w SÓ DEU ELE Raul Gil, pelo menos até aqui, foi o cara do "Luciana By Night", na Rede TV!. A sua entrevista, exibida em 4 de dezembro, atingiu o maior índice do programa até o momento, com 2,9 pontos no Ibope. Já a reprise da última terça-feira, ainda em pleno carnaval, com 2,7 de média, foi a segunda.

Em três dias, o correspondente da Globo na França, Marcos Uchoa, foi levado a um pequeno tour pela Europa. Saiu de Paris para Regensburg, na Alemanha, e na quinta-feira já estava em Zurique, na Suíça, num encontro da FIFA. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

REGRESSIVA

"Lado a Lado", que tem Marjorie Estiano no elenco, entra em suas últimas semanas na faixa das 18h da Globo.

w CAMPEÃ DE VENDAS Se depender única e exclusivamente do comercial da Bandeirantes, não haverá problema nenhum para renovar o contrato da Adriane Galisteu. O seu potencial é muito forte. Mesmo sem estar à frente de um bom produto, ela sempre vende muito bem. Adriane está voltando de Punta Del Este e a ordem, agora, é acelerar o ritmo das negociações. w VAI INDO Uma equipe da Mixer continua finalizando a produção da série "A Vida de Rafinha Bastos", do canal FX. As gravações, que acontecem em Portugal, seguem até meados de março.

HORÓSCOPO Áries 21/03 a 20/04 Procure descansar e poupe suas energias para a tarde e a noite. Você tem que respeitar certas formalidades até lá e não exagerar nos impulsos consumistas. Incursões no mundo das emoções serão terapêuticas.

Leão 22/07 a 22/08 As obrigações assumidas com a família ficam em primeiro lugar até o início da tarde. O clima se distende no fim do dia. Mesmo assim o sábado favorece decisões bem pensadas e de envergadura.

Sagitário 21/11 a 21/12 Atenção ao corpo e os sinais que ele dá; será bom respeitar estes limites. Sensação de estar a margem das coisas influi nos atos em casa, onde o clima só amaina a partir da tarde. No amor, seja generoso.

Touro 21/04 a 20/05 O sensato e correto é cuidar de si hoje e não insistir com ninguém em busca de atenção ou norteamento. Será por meio de um amigo ligado as artes ou a grupos humanitários que encontrará os seus iguais.

Virgem 23/08 a 22/09 Através de uma viagem poderá encontrar ou iniciar uma boa parceria. O namoro firme prospera, o casamento também. Fazer planos com este parceiro fortalece chances pra você se dar bem num negócio material.

Capricórnio 22/12 a 21/01 Um dia bom pra você soltar sua sensualidade refinada, dando mais atenção ao amor e ao presente do que aos planos futuros. Mude de ares e seja compreensivo com seus queridos. Afaste a amargura.

Gêmeos 21/05 a 20/06 Um sábado excelente pra dedicar uma parte do seu tempo a quem realmente precisa de sua orientação e visão sensata da vida. Corte um pouco as expectativas com familiares e descanse mais. Aproveite o domingo para passear.

Libra 23/09 a 22/10 Cuidado pra não se endividar hoje, nem pra pegar qualquer trabalho -sem critério irá se arrepender. Fantasias não pagam aluguel nem supermercado, fique atento. De noite o clima fica bom para o amor.

Aquário 21/01 a 19/02 Embora você anseie por momentos gostosos pra degustar sabe-se lá qual quitute apetitoso, você tem um compromisso a cumprir, a imagem a zelar, uma dieta ou uma promessa aos pais. A noite tudo melhora!

Câncer 21/06 a 21/07 Ou você irá encontrar um momento gostoso com amigos numa viagem, ou receberá novas notícias sobre um deles. Em qualquer caso o resultado terá poder de inspirar planos de expansão. Iniciativa conjunta.

Escorpião 23/10 a 21/11 Lua e Saturno em oposição sinalizam a consciência plena das diferenças de ritmo e de interesses entre você e uma pessoa bem chegada. Estas diferenças serão positivas pra um esforço comum, filhos etc.

Peixes 20/02 a 20/03 Ótimo entrosamento com um amigo, familiar, pode render uma boa ideia e uma promessa de ação em comum. Justamente você é quem pode facilitar o contato entre alguém próximo e alguém distante.

(14 Anos) MOVIECOM 3 - Hora:14:45 / 16:45 / 19:00 / 21:00 MOVIECOM 6 – Hora:20:00 / 22:00

AS AVENTURAS DE TADEO -

CINEMA MEU NAMORADO É UM ZUMBI - (14 Anos) MOVIECOM 1 – Hora:15:00 / 19:25 CAÇA AOS GÂNGSTERES - (16 Anos) MOVIECOM 1 – Hora:17:05 / 21:35 LINCOLN - (12 Anos) MOVIECOM 2 - Hora:16:15 / 21:10 INATIVIDADE PARANORMAL (16 Anos) MOVIECOM 2 – Hora:14:20 / 19:15 JOÃO E MARIA - CAÇADORES DE BRUXAS -

A HORA MAIS ESCURA - (14 Anos) MOVIECOM 4 - Hora:14:15 / 17:25 / 20:35 TAINÁ 3 - (Livre) MOVIECOM 5 – Hora:15:05 / 16:55; Hora: 13:15 / 15:05 / 16:55 (Sáb e Dom) O VÔO - (14 Anos) MOVIECOM 5 – Hora:18:45 / 21:30

mitido diretamente do Projac. w Já está em processo de produção. w Sonia Blota, da Band, se deslocou rapidamente para o Vaticano e desde o começo da semana tem acompanhado toda a movimentação em torno da renúncia do Papa. w A Rede TV! também está lá com Franz Vacek. w Lamenta-se apenas que a Record, ao contrário de outras ocasiões, continua minimizando a importância do fato. w Diogo Portugal, roteirista do programa "Luciana by Night", passou a integrar o time de humoristas do "Comédia ao Vivo", que se apresenta toda sexta-feira no Teatro Renaissance.

C´EST FINI

>> TV - TUDO w MUDANÇA DE RUMO A série "Doutora Priscila", de Aguinaldo Silva, que ainda não tem o seu programa piloto inteiramente escrito, poderá inicialmente ser apresentada na Globo como especial de fim de ano. E, a partir daí, dependendo dos seus resultados, se pensar numa coisa maior.

Sábado e Domingo

(10 Anos) MOVIECOM 6 - Hora:13:45 / 15:50 / 17:55 OS MISERÁVEIS - (14 Anos) MOVIECOM 7 - Hora:14:25 / 17:35 / 20:45 OBS: A aprogramação pode ser alterada sem prévio aviso. Favor consultar o cinema para confirmar o filme do dia.

w VAL CAUSA NA BAHIA Depois da presença da Val Marchiori em Salvador, o carnaval da Bahia nunca mais será o mesmo, pelo menos no que diz respeito ao pessoal da Band. Segundo informações de quem esteve lá, ela deixou alguns à beira de um ataque de nervos. w O MISTÉRIO DAS PANICATS As panicats foram escolhidas como garotas-propaganda do camarote da Band, em Salvador, é até fizeram antecipadamente todo um trabalho promocional em cima disso. Só que durante o carnaval mesmo, ninguém teve notícias delas. Simplesmente não apareceram. Agora tenta-se descobrir com ordem de quem?


Cidade

Sábado e Domingo

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

O Jornal de HOJE 19

Unicat garante abastecimento dos hospitais do RN nos próximos dias AÇÃO

JUDICIAL OBRIGA

Apesar das dificuldades, a Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat) vem trabalhando para dar continuidade à regularização do abastecimento das unidades hospitalares do Estado. Alguns hospitais estão com percentual de abastecimento bastante positivo, como é o caso do Hospital Giselda Trigueiro e Hospital João Machado, que estão 90% abastecidos, considerando o número de itens enviados e as solicitações encaminhadas à Unicat. No entanto, o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, apesar de ter autonomia financeira, sofre com a falta constante de medicamentos, e o abastecimento, nos últimos meses, tem ficado abaixo dos 50%. A diretora da Unicat, Alaíde Menezes conta que alguns empenhos de compras de medicamentos foram realizados no final do ano, o que impossibilitou a chegada de alguns medicamentos. Além disso, o orçamento de 2013 só será aberto na próxima semana, quando serão iniciadas as compras deste ano. "Todas as solicitações já estão prontas esperando apenas o orçamento abrir. A partir da próxima semana temos a certeza de que a situação melhorará nas unidades e na entrega à população", garantiu a diretora. Alguns medicamentos, como a Vigabatrina, para pacientes com epilepsia, continuam em falta. A direção da Unicat tem trabalhado na formalização das Atas de Registros de Preços que contemplem todo o arsenal de medicamentos e material médico-hospitalar de responsabilidade da Unidade, visto que alguns medicamentos de alto custo de algumas especialidades são de autonomia dos próprios hospitais. "Regularizamos a programação para o recebimento das entregas com o objetivo de melhorar a logística", disse Alaíde Menezes, diretora da Unicat. Como forma de garantir o cons-

ESTADO

A ADQUIRIR REMÉDIOS PARA O

WALFREDO José Aldenir

Unicat planeja normalizar abastecimento do Walfredo Gurgel a partir da próxima semana, com a abertura do orçamento tante abastecimento das unidades, a diretora da Unicat explicou que serão realizadas visitas freqüentes aos hospitais a fim de verificar in loco a real necessidade das unidades. "Os hospitais tem uma tabela, com itens padronizados e através dessa planilha com consumo médio mensal que é feita a distribuição dos medicamentos. Queremos otimizar a distribuição cada vez mais", garantiu Alaíde Menezes. No final do mês passado, o Governo do Estado foi obrigado a adquirir e entregar o material médicohospitalar e medicamentos que estão faltando no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel/Clóvis Sarinho. A decisão é do juiz da 1ª Vara da Justiça Federal Magnus Augusto Costa Delgado, que determinou ainda multa diária de R$3 mil para a governadora Rosalba Ciarlini em caso de des-

cumprimento do prazo ou medidas estabelecidas pelo magistrado. A ação foi movida pelo Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte (Cremern), que recebeu denúncias informando a situação de desespero pela qual se encontram os médicos e pacientes do Hospital Walfredo Gurgel, em decorrência da falta de materiais e medicamentos na referida unidade hospitalar. O percentual de abastecimento do Walfredo Gurgel está em torno de 41%. Esse cálculo é feito semanalmente, com base no montante requisitado à Unicat e no que é entregue ao hospital. Ano passado, o Hospital já chegou a 27% de abastecimento. "Afigura-se inegável o direito do cidadão à assistência estatal direcionada à proteção da saúde e ao tratamento médico-hospitalar pres-

tado pelo Estado, em caso de ameaça à incolumidade física ou mental de paciente que recebe atendimento por unidade que o integra", disse o juiz federal. Na decisão, o magistrado diz que a situação de desabastecimento vivenciada nas dependências do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em última análise, irradia efeitos malferidores dos direitos dos profissionais médicos que trabalham na unidade de saúde. No entanto, Alaíde Menezes conta que o abastecimento do Walfredo Gurgel está com o abastecimento acima de 70% dos itens padronizados. "O grande problema são os itens de alto custo, mas já estamos providenciando alguns medicamentos para suprir as necessidades dos hospitais, apesar de eles terem autonomia financeira", afirmou a diretora da Unicat.

> DECRETO DA PREFEITURA

Comissão especial vai acompanhar processo de licitação do transporte A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) deverá constituir uma comissão especial para acompanhamento do processo de licitação do Sistema de Transporte Público de Passageiros em Natal. A ordem foi disposta na Portaria 009/2013, publicada no último dia 7 de fevereiro no Diário Oficial do Município. Essa licitação visa legitimar a concessão do serviço de transporte, evitando irregularidades no condicionamento das linhas e preços praticados nas passagens de ônibus. A licitação na área de transporte público de Natal irá atender a várias demandas do atual sistema, mas, de forma resumida, servirá principalmente para organizar e estabelecer regras claras para o funcionamento da rede transportes. Isso inclui o reajuste tarifário, que é o lado mais sensível da questão. Hoje o funcionamento do sistema de transporte acontece, de certo modo, de forma "irregular". As empresas têm permissões para atuar no sistema, mas nunca se realizou uma licitação para escolher quem deve ofertar e explorar economicamente o serviço. O condicionamento da licitação vem tendo problemas há muitos anos, desde a última gestão administrativa. Em outubro do ano passado, o processo foi suspenso pelo Tribunal de Justiça do Estado durante um prazo de 90 dias, sob ordem do Juiz Cícero Martins de Macedo Filho, responsável pela 4ª Vara da Fazenda Pública. O motivo da suspensão seria a existência de fraudes na confecção do edital de licitação, que já havia sido concluído, e encontra-se sob apreciação da Câmara dos Vereadores. De acordo com o presidente da Câmara, o vereador Albert Dickson, membros da Casa Legislativa irão se reunir com o prefeito Carlos Eduardo na próxima semana, onde serão discutidas as vias de retorno da licitação. "O processo ainda está em apreciação da Câmara dos Vereadores e segundafeira deveremos nos reunir com o

Wellington Rocha

licitação e podem prestar o serviço durante um tempo pré-determinado no contrato firmado com o poder público.

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

apronianocfs@hotmail.com

Melões das cidades Icapuí, Quixeré e Tabuleiro de Russa, todas no Ceará, já estão exportando melões para o Reino Unido e Japão NATAL

Natal jamais realizou um processo licitatório para a concessão de linhas de ônibus prefeito para analisar o ordenamento da licitação", disse. O pedido de suspensão do edital, elaborado pela empresa Oficina Engenheiros Consultores Associados Ltda, foi formulado pelo Ministério Público (MP) para sustar o curso da licitação para concessão do serviço de transporte público da cidade. Segundo informações divulgadas na época pelo TJRN, na determinação o juiz considerou que, diante de relatos do MP, poderia haver a possibilidade de que o certame licitatório ou a contratação da empresa tenha lesionado a Lei das Licitações. O MP alegou que após investigações realizadas pela 60ª Promotoria de Justiça, para apurar esquema de desvio de recursos públicos na Secretaria Municipal de Saúde (SMS), investigados pela Operação Assepsia, medidas cautelares foram realizadas. Dentre elas está a quebra de sigilo telefônico dos envolvidos, na qual figura o ex-secretario Municipal de Planejamento (Sempla), Antônio

Carlos Soares Luna. Nos áudios da investigação surgiram diálogos que apontam para um suposto encontro por parte de Antônio Carlos Luna e o sócioproprietário da empresa Oficina Engenheiros Consultores Associados, Antônio Luiz Mourão Santana, pouco antes dela ser contratada pelo ente público para a elaboração do edital de licitação dos transportes públicos de Natal. CONCESSÃO DO SERVIÇO Em uma concessão, o poder público delega a uma empresa - ou conjunto de empresas, a responsabilidade de executar um serviço. Com relação ao sistema de transporte, a Prefeitura do Natal tem a responsabilidade de prestar o serviço público de transporte, mas concede a empresas privadas a execução desse serviço. Entretanto, o município continua com o dever de fiscalizar, criar e administrar regras e gerir o sistema como um todo. Para executar o serviço, as empresas devem ser escolhidas por

Navio ESF Crest Lagoa Paranaense Scorpius Ocean Stalwart Marfret Marajó CMA-CGM Herodote CMA-CGM Platon CMA-CGM Homere Marfret Guyane CMA-CGM Aristote

Bandeira I. Marshall Brasil Brasil Vanuato França United King United King Inglaterra França U. Kingdom

Agência JSF/NML W. Sons W. Sons Seamaster W. Sons CMA-CGM CMA-CGM CMA-CGM W. Sons CMA-CGM

Orient Scorpius

Singapura Petrobras

Chegada No Porto No Porto No Porto No Porto No Porto 23/02 02/03 09/03 16/03 23/03

Destino Baia Blanca/ARG --Guamaré(RN) Algecira/ESP Algeciras/ESP Algeciras/ESP Algeciras/ESP Algeciras/ESP Algeciras/ESP

Carga -Em Operação Em operação Pesquisa Contêineres Contêineres Contêineres Contêineres Contêineres Contêineres

Descarga Trigo ----------

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN No Porto

Salvador(BA)

Óleo cru

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN Saint Demetrios Atacama Queen

Dia 16 17

Panamá Panamá

A. Marítima No Porto A. Marítima 17/02

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 14:23 0.7 20:53 1.8 02:43 0.8 09:23 1.8

Exportação Exportação

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Sal Sal

---

FASES DA LUA Minguante (03/02 - 10:56h) Nova

(10/02 - 04:20h)

Crescente

(17/02 - 17:31h)

Cheia

(25/02 - 17:26h)


20 O Jornal de HOJE

Gastronomia

Natal, 16 e 17 de fevereiro de 2013

Hemetério Gurgel RECEITA DA CHEF : KIBE DE QUEIJO Rendimento: 15 porções

3 unidades de tomate picado(s), sem pele(s), sem sementes

1 unidade de cebola ralada 2 unidade(s) de cenoura ralada(s)

SANYLLE FARAJ

1/2 xícara(s) (chá) de hortelã picada(s)

1 unidade de cebola picada 1 unidade de pimentão vermelho picado 1 dente de alho picado 200 gr de Mussarela em fatias 1/2 xícara(s) (chá) de salsinha picada Sal a gosto

2 colher(es) (sopa) de óleo de soja

Montagem Shoyu suficiente para pincelar.

1/2 xícara(s) (chá) de queijo ralado

E mail: hemeterio@ uol.com.br DICAS DE GASTRONOMIA:

Recheio

Massa 2 xícara(s) (chá) de trigo para kibe

Sábado e Domingo

Invenções:Escalope-Restaurante- Cardápio - Guardanapo e Sushi Surgimento do Escalope provar seus diversos pratos, Substantivo proveniente do gaulês arcaico escha- ele criou o Cardápio no qual lope, denominação de um molousco, primo do in- explicava cada prato. glês scallop e aparentado com as vieiras do Bra- Leonardo Da Vinci, também sil. Ao se fritarem as lascas de carne muito finas, inventou o Guardanapo, elas se enrodilhavam e assumiam um formato pois ele observou que seus clientes e ele mesmo, quanequivalente ao do molusco. do comia macarrão, se sujaOrigem do Restaurante va inteiro. Em 1765, o Sr. Boulanger, dono de um boteco, afixou na faixada uma placa com os dizeres "Bou- Origem do Sushi MARIANA ROCHA langer Restaurante Divino" e só vendia caldos. Na China inventaram um Em 1786 os clientes passaram a sentar-se à mesa método de preservação de peixes. e comer lá mesmo. Com a Revolução Francesa Cozido o arroz, colocava-se no seu interior pedaesses estabelecimentos passaram a servir todo ços de peixe e sal. tipo de comida. Este estilo de estabelecimento fir- O peixe assim "embrulhado" fermentava por mou-se na França e se espalhou pelo mundo. meses. Só então servia de alimento. Inventor do Guardanapo e do Cardápio O Costume chegou ao Japão há 2 mil anos, onde No século XIV e XV, o gênio Leonardo da Vinci foi alterado o período de fermentação e adicionapossuía um rest. para que seus clientes pudessem do vinagre de arroz ao sushi.

- FAST - FOOD -

- CONVERSA DE RESTAURANTE -

-A HISTÓRIA DO CARNAVAL DE NATAL E DO RIO GRANDE DO NORTE -O PRES. DO AMÉRICA ERA MAIS IMPORTANTE DO QUE O GOVERNADOR -BAILE DOS HOMENS CASADOS , EMPREGADINHAS IMPERAVAM -BEBIDAS:CUBA-LIBRE - SAMBA- EM - BERLIN E PORRE DE LANÇAPERFUME

-ROSALBA MOSTROU O QUE JÁ FEZ PELO RN E AS OBRAS QUE REALIZARÁ -OS INVESTIMENTOS IRÃO A QUASE DOIS BILHÕES DE REAIS SÓ ESTE ANO -VITÓRIAS: RECUPEROU A CREDIBILIDADE DO ESTADO ANTE OS AGENTES FINANCEIROS -SÓ EM NÃO DEIXAR, JÁ COMPROVOU NESTES DOIS ANOS, A CORRUPÇÃO JÁ MERECE O NOSSO APLAUSO - ADV. GLAUBER REGO ESCOLHIDO DES. OFICIO JÁ NA AL

HISTÓRIA DO NOSSO CARNAVAL O início de 2013 A tradição brasileira indica que o ano novo só começa após o Carnaval. Assim o 1º dia de 2013 será na próxima segunda 18/02/013. Isso vale para o comércio, indústria, e, principalmente, o político. O Carnaval: como começou Os Papangus

meçaram a oferecer aos seus associados as famosas Matinês . Isso para a criançada e para os rapazes e moças, filhos de sócios. As crianças iam fantasiadas e os rapazes com a fantasia de seu bloco ou os avulsos, que iam só curtir. Iniciava às 15hse terminava rigorosamente às 19h. Fotos: 1º ABC F. C.,onde é o Shopping CCAB Petrópolis; Aero Clube e América. O Corso Depois da matinê todo mundo ia para o Corso que começou na Av. Rio Branco e no final permaneceu muito tempo na Av. Deodoro. O famoso Corso, que eram os carros em fila única, cheio de foliões, iam por um lado e voltavam pelo outro. Lembrome da Av. Deodoro o povão ficava nas calçadas jogando serpentinas e confetes. E os foliões dos carros respondiam também da mesma forma. Lança Perfume

Eis o histórico resumido do Carnaval potiguar, cujas origens são da cidade do Natal. No interior ninguém nem ouvia falar. Era constituiído de grupos de Papangus - pessoas da sociedade - homens e mulheres - fantasiados dos pés a cabeça - que assaltavam a casa de pessoas amigas e, a grande curiosidade, era descobrir quem era homem ou mulher. Os donos da casa serviam comidas e bebidas à vontade; era uma confraternização, com o rádio ligado tocando as mússicas carnavalescas da época. Os Sujos Eram os blocos constituídos de pessoas de menor

posse que saíam de qualquer maneira com uma pequena banda. Esses batiam nas Casas e os donos serviam pela janela comidas e aguardente e eles continuavam até o anoitecer de casa em casa. As vezes se constituiam de uma multidão que dançava e cantava na avenida principal. A sociedade assistia da varanda de suas casas. A evolução - Os Blocos Os rapazes e moças da sociedade se constituiam em Blocos com os nomes como: Jardim de Infância, Os Bacurais etc.... Durante o dia, a partir das 11h, numa carroceria puxada por um Trator, assaltavam a casa dos familiares e amigos que eram avisados com antecedência e concordavam em recebê-los.

Usava-se muito o Lança Perfume, sendo a melhor a Rodouro, metálica, cor de ouro e a outra Colombina era de vidro, não tinha o cheiro gostoso da Rodouro, mas fazia o mesmo efeito. Foi uma coqueluche, principalmente quando descobriam que um porre - que era colocar no lenço e cheirar bem - a satisfação era mais rápida e melhor do que qualquer destilado. Também matou muita gente de overdose. Daí depois de algum tempo o Gov. Fed. proibiu o seu uso. Essa, podemos dizer, foi a fase áurea do Carnaval potiguar. Até a eleição do Rei e da Rainha Momo, era uma disputa que apaixonava a cidade. O Declínio A escala final do Carnaval, não só em Natal como no Brasil todo, começou com a fracativa das matinês. Os clubes não suportavam pagar 2 orquestras. Uma para as matinês e outra para os bailes noturnos. Mesmo porque as matinês só faturavam refrigerantes e as mesas eram de graça. O baile da noite tinha de cobrir todos os custos - matinê e baile - verdadeiramente insustentável, pois começou a encarecer o preço das mesas e o pessoal começou a deixar de ir. As bebidas da época A bebida preferida dos foliões era o Rom Montilla, depois o Bacardi, com Coca-Cola. O chamado cubalibre. A garotada, com pouca grana como o povão, se divertia à tarde ou nos assaltos às casas com cubalibre, lógico, pois cada família queria demonstrar mais riqueza. Mas nos bailes e nos corsos era a cerveja e o Samba-emBerlim - que era a aguardente com Coca-Cola pois parecia com o Cuba-Libre. Fotos: Cuba Libre e Sami Berlim. Carnaval de Hoje Tudo sobre a terra tem um começo e um fim. Isso vale geral. Gente, objetos, países etc... E assim foi o Carnaval de Natal. Hoje, com as famílias de posse veraneando nas praias, temos um fuzuê mui restrito, ressaltando algumas como: Litoral Sul de Natal: Praia de Muriú. A PM acha que tinha umas 400 mil pessoas nos 03 dias no Litoral Norte Praia de Pirangi: Genipabu, com umas 50 mil e Muriú umas 10 mil. O forte de mesmo foi o interior. Macau tirou 1º lugar. A PM calcula umas 300 mil pessoas. Natal estava vazia totalmente.

Os Clubes e as Festa Carnavalescas As 16 horas os principais clubes da sociedade potiguar: Aero Clube, América F. C. e ABC. F.C, co-

Esplêndido Esquema de Segurança no RN Temos aqui de elogiar a segurança em todo o Estado.A Gov. Rosalba determinou e o Cel.Araújo da PM deu o show dele. Foi o menor índice dos últimos tempos de ocorrências policiais. Nossos parábens a Gov. e ao Comandante da PM Cel. Araújo. Também tudo se renova sobre a face da terra, assim vamos ver como serão os carnavais futuros. Assim como as gerações se sucedem, com os objetos,eventos, animais acontece o mesmo. É a vida...

GOV. ROSALBA DEMONSTROU O QUE FEZ EM 2 ANOS Rest. Le Soleil - Ocean Palace Resort: Os dados não mentem jamais Na tarde dessa sexta-feira (15), Rosalba fez a leitura da Mensagem Anual à Assembleia Legislativa, abrindo os trabalhos do ano legislativo de 2013. E continuou o cidadão falando para todo mundo ouvir. Durante a mensagem, a chefe do Executivo Estadual fez um relato dos 02 anos de sua gestão e destacou obras e projetos estruturantes em áreas como: 1- Recursos Hídricos e Esgotamento Sanitário;2- Ações para recuperar a estrutura de Segurança Pública;3Medidas drásticas de recuperação da Rede de Saúde, com a reforma simultânea de 12 hospitais do Estado;4 -Recuperação e confiança ao Gov. do Est. como ente admninistrativo perante os Agentes Financiadores nacional e internacional;5- Afirmou que todas as obras inacabadas - de importância para o desenvolvimento econômico e social do Estado - foram retomadas. O seu Gov. enterrou a cultura de que não se conclui obra de um gestor anterior e comprovou, pontuando 14 obras da área de Esgotamento Sanitário e Recursos Hídricos na Grande Natal e interior do Estado que estavam paralisadas e foram retomadas, apenas pela Caern. O Grande Anúncio ao RN Em tom otimista, Rosalba afirmou que pela primeira vez em sua gestão, irá dispor de massa de recursos suficientes para concluir obras e programas já em curso, começar novos investimentos econômicos e realizar transformações sociais de fato, sendo a primeira delas: a)- Programa RN Sustentável. Conquistado por meio de financiamento do Banco Mundial, o programa foi definido como um dos maiores já idealizados na história do Estado pela profundidade da transformação econômica e social. O RN Sustentável é coordenado pela Seplan e envolve nove secretarias de Estado com avanços na gestão pública nas áreas de Saúde, Segurança e Educação;b)-ProInvest, que será realizado com financiamento já contratado ao Banco do Brasil e BNDES, na importância de R$ 222 milhões que vão assegurar seis realizações importantes para o RN:1- A conclusão do campus da Univ. Est. do RN (UERN), na Zona Norte de Natal; 2-O programa de construção e reforma de estradas; 3-A capitalização da Caern, para programa de saneamento básico; 4-A Parceria Público Privada para implantação do novo Hospital de Trauma de Natal, obra vital para a rede pública de saúde da Região Metropolitana;5-A implantação do Pró-Transporte, com obras viárias para a Zona Norte de Natal;6 - Com Obras viárias na Região Metropolitana de Natal; Quanto à Seca Para atuar contra a pior estiagem da nossa história recente, estruturou o Comitê Estadual de Combate aos Efeitos da Estiagem e está conjugando ações emergenciais . Mais investimentos No total, o investimento em todas as frentes no RN, com recursos próprios e da União, somam cerca de R$ 1 bilhão para combater os efeitos da estiagem . Ao todo, são 22 projetos de adutoras e sistemas de abastecimento d´água em curso, em todo o Estado. Em parceria com o Governo Federal no valor de R$ 329 milhões de reais em obras como a Adutora do Alto Oeste, obra paralisada desde 2010 devidos a impasses burocráticos como o +de saldar dívidas passadas de R$ 35 milhões. Esta obra estrá concluída este ano. Ela resolverá o problema de água em 26 municípios, beneficiando 200 mil potiguares. Investimento de meio bilhão O maior programa de esgotamento sanitário da história do Estado já está sendo implantado. São 37 projetos para coleta e tratamento de esgotos em vários municípios de redes coletoras importando em R$ 500 milhões. Saúde tão badalada A governadora citou a melhoria do atendimento médico prestado à população como o maior desafio do seu governo e lembrou que, nos últimos sete meses, já foram investidos mais de R$ 18 milhões em recursos estaduais com a rede de urgência e emergência, incluindo as obras

em 12 hospitais. E ainda 1-A interiorização do SAMU, Rosalba lembrou que no início de 2011, a cobertura era de 16% da população. Este patamar foi elevado para 42 nos últimos 18 meses, recuperando 30 ambulâncias que estavam abandonadas no pátio do DER. A implantação de novas bases do SAMU 192 irá garantir que a cobertura deste serviço pssará para 72%. 2 - Será iniciada já a Parceria Público-Privada para construção de um novo Hospital de Trauma, em Natal, objetivando, desafogar o Hosp.W. Gurgel. O investimento será pelo ProInvest, e a obra terá início em meados deste ano, na Zona Oeste de Natal. O hospital terá capacidade inicial para 282 leitos, com equipamentos de alto nível 3 - A área da segurança pública, desatque para a modernização da Polícia Militar, que recebeu 259 viaturas, coletes à prova de balas, capacetes e escudos balísticos, 5.043 pistolas foram distribuídas para os policiais militares. 4-O Corpo de Bombeiros recebeu 32 veículos, dois caminhões bombas-tanques e 534 equipamentos de proteção individual . 5 - Polícia Civil teve a aquisição de duas delegacias móveis. 6 - A Polícia Científica do RN (ITEP) teve a sede própria reformada. O necrotério ganhou uma nova câmara frigorífica, com 12 gavetas individuais. Para este ano, já podem ser contabilizados de imediato cerca de R$ 100 milhões, entre recursos próprios e federais, em investimentos no aparato policial. Esses recursos vão cobrir os gastos com a chamada matriz de responsabilidade para a Copa do Mundo 2014 na área de segurança, que deverá ser assinada nas próximas semanas. Educação Para 2013, reformas do Atheneu , que será recuperado com recursos do Estadual. Aquisição de 266 ônibus escolares novos;, foram convocados 1.961 professores e especialistas concursados Em janeiro de 2013, nova chamada de 1.161 novos professores e especialistas. O ensino técnico profissionalizante e de tempo integral, teve 123 mil jovens beneficiados, em todo o Estado. Bem, concluiu, isso é que se chama de Governo sério e voltado para o bem do RN e não o enriquecimento de uma quadrilha que dominou o Estado por muito anos. A mesa toda aplaudiu de pé a exposição feita pelo seu amigo. HABEMUS NOVO DESEMBARGADOR Rest. Agaricus - Já se encontra na Assembleia Legislativa o Oficio da Gov. Rosalba indicando para Desembargador do TJRN o adv. GLAUBER ROCHA, 42 anos,que teve 1008 votos diretos dos Ope.de Dirt, do RN, e compôs a Lista de 6 nomes da OAB/RN e a Lista de 3 nomes do TJ. Nossos Parábens. O GRANDE PLANEJADOR FINACEIRO DO GOV. Rest. Abade, Midway - Faziam muitos elogios ao Sect. de Planejamento e das Finanças-Seplan, do Governo Rosalba,Francisco Obery Rodrigues Júnior. O cidadão contava aos seus amigos da mesa que o grande sucesso de estruturação e reorganização das finanças potiguares se deve a capacidade e talento desse Secretário. Com uma grande qualidade, niguém vê ele querendo aparecer como gênio. Seu serviço é de um profissional altamente qualificado e que a Gov. teve muita sorte em escolhê-lo. Por seu mérito o RN se recuperou ante os agentes financeiros nacional e internacional. E é muito elogiado pela transparência dos dinheiros do Estado. E também os nossos aplausos pelos serviços prestados ao nosso Estado. Falaram todos na mesa, com um brinde .

NOSSOS PÊSAMES

Este colunista e nossas equipes que fazem esta coluna do Jornal de Hoje, O Programa Sabor & Saber da TV Tropical, a página da revista Foco e o Blog hemeteriogurgel.com.br. , noticia pesarosamente o falecimento do grande americano HENRIQUE GASPAR e transmitem ao seu irmão e família Arnaldo Gaspar, seus irmãos, cunhadas e Cunhados, esposa, filhos e netos , nossos sentimentos. Henrique é um imortal para o América F. C e para o Esporte do RN, onde deixou plantado o amor, a dedicação e a competência durante grande espaço de sua vida. Deus Dá Deus Tira. Louvado Seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Foto: Henrique.

QUQUANDO EU ME VIREI, NÂO VI MAIS NINGUÉM!

CMYK

FLIP 16/02/2013  

Cidade, economia, cultura e esporte

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you