Issuu on Google+

Terça-feira

Ano XV w NATAL-RN,

13 DE NOVEMBRO DE 2012 w Nº 4.490

R$ 1,00 w jornaldehoje.com.br

Heracles Dantas

> QUADRILHA SONEGAVA DESDE 2005

“Operação Drible”, do MPE, desasticula fraude milionária no comércio de combustíveis Patrícia Martins: “Grupo criminoso adquiriu 16 milhões de litros direto das usinas”

GOLPE ATÉ AGORA ESTIMADO EM R$ 7 MILHÕES PERMITIA A MAIS DE 20 POSTOS DE NATAL E INTERIOR REVENDER ÁLCOOL SEM IMPOSTO E GASOLINA ADULTERADA CIDADE 7 José Aldenir e Heracles Dantas

> CANDIDATURA PRÓPRIA EM 2014

Garibaldi admite que PMDB poderá romper com Rosalba POLÍTICA 3

> ACAREAÇÃO NA JUSTIÇA FEDERAL

Godeiro afirma que nunca se encontrou com Carla Ubarana A

ACUSADA DE COMANDAR ESQUEMA DE DESVIO DE DINHEIRO DOS

PRECATÓRIOS TERIA CONFIRMADO ENVOLVIMENTO DO DESEMBARGADOR POLÍTICA 5

> NA FIERN

> TEMPORADA 2013

Bando arromba América anuncia: terminal do BB e Roberto Fernandes força o da CEF fica mais 5 meses CIDADE 7

ESPORTE 15

Acareação entre o desembargador afastado e a ex-chefe do setor de precatórios aconteceu esta manhã. Acusados evitaram jornalistas

> CANTEIROS DE OBRAS VAZIOS...

Heracles Dantas

Manifestantes saíram do Sintracomp, no Alecrim, até o TRT. Avenidas Mário Negócio, Bernardo Vieira e Jaguarari foram interditadas, causando grande congestionamento

Operários em greve fazem o maior protesto da construção civil no RN PRESIDENTE DO SINDICATO EXPLICA QUE OBJETIVO É “SENSIBILIZAR DESEMBARGADORES”, PARA QUE O DISSÍDIO COLETIVO DA CATEGORIA SEJA DISCUTIDO O MAIS BREVE POSSÍVEL CIDADE 9

Túlio Lemos

Marcos A. de Sá

Página 3

Página 8

w Hermano afirmou que desgaste da governadora Rosalba atrapalhou sua candidatura. INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,06 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,15 R$ 2,06

Euro x real R$ 2,62 Poupança 0,5% / 0,41% Taxa Selic 7,25%

jornalismo@jornaldehoje.com.br

Página 13

Página 12

w Tudo pronto para a abertura w Carlos Eduardo convidou amanhã da 53ª. Convenção Na- Cipriano Maia para comancional do Comércio Lojista. dar a Saúde de Natal.

EMAIL REDAÇÃO:

Vicente Serejo

Daniela Freire

ACESSE O SITE:

w Ascensão e queda da menina que um dia derrotou a todos como uma esperança.

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

ESCREVEM ARTIGOS DA EDIÇÃO DE HOJE Armando Negreiros João Felipe da Trindade Sérgio Luiz Bezerra Trindade Valério Marinho Paulo Pereira do Santos Afranio Pires Lemos OPINIÃO - Página 2 TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 13 de novembro de 2012

ARMANDO NEGREIROS, médico (negreiros@digi.com.br)

Amancio

Terça-feira

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

O PI e o PHI Todos nós já ouvimos falar em número PI. É o irracional mais famoso da história, com o qual se representa a razão constante entre o perímetro de qualquer circunferência e o seu diâmetro (equivale a 3,141592653589793238462643383279502 884197169399375... e é conhecido "vulgarmente" como 3,1416). Não confundir com o número Phi que corresponde a 1,618. O número Phi (letra grega que se pronuncia "fi") apesar de não ser tão conhecido, tem um significado muito mais interessante. Durante anos o homem procurou a beleza perfeita, a proporção ideal. Os gregos criaram então o retângulo de ouro. Era um retângulo, no qual as proporções eram: do lado maior dividido pelo lado menor e a partir dessa proporção tudo era construído. Assim eles fizeram o Parthenon... a proporção do retângulo que forma a face central e lateral. A profundidade dividida pelo comprimento ou altura, tudo seguia uma proporção ideal de 1,618. Os Egípcios fizeram o mesmo com as pirâmides: cada pedra era 1,618 menor do que a pedra de baixo, a de baixo era 1,618 maior que a de cima, que era 1,618 maior que a da 3ª fileira e assim por diante. Bom, durante milênios, a arquitetura clássica grega prevaleceu. O retângulo de ouro era padrão, mas depois de muito tempo veio a construção gótica com formas arredondadas que não utilizavam o retângulo de ouro grego. Mas, em 1200, Leonardo Fibonacci um matemático que estudava o crescimento das populações de coelhos criou aquela que é provavelmente a mais famosa sequência matemática, a Série Fibonacci. A partir de 2 coelhos, Fibonacci foi contando como eles aumentavam a partir da reprodução de várias gerações e chegou a uma sequência onde um número é igual a soma dos dois números anteriores: 1 1 2 3 5 8 13 21 34 55 89 .... 1+1=2 2+1=3 3+2=5 5+3=8 8+5=13 13+8=21 21+13... e assim por diante. Aí entra a primeira "coincidência": a proporção de crescimento média da série é... 1,618. Os números variam, um pouco acima às vezes, em outras um pouco abaixo, mas a média é 1,618 - exatamente a proporção das pirâmides do Egito e do retângulo de ouro dos gregos. Então, essa descoberta de Fibonacci abriu uma nova idéia de tal proporção a ponto de os cientistas começaram a estudar a natureza em termos matemáticos e começaram a descobrir coisas fantásticas. - A proporção de abelhas fêmeas em comparação com abelhas machos numa colméia é de 1,618;

Artigo

AFRANIO PIRES LEMOS, escritor (afrapil@yahoo.com.br)

- A proporção que aumenta o tamanho das espirais de um caracol é de 1,618; - A proporção em que aumenta o diâmetro das espirais sementes de um girassol é de 1,618; - Aproporção em que se diminuem as folhas de uma árvore a medida que subimos de altura é de 1,618. E não só na Terra se encontra tal proporção. Nas galáxias, as estrelas se distribuem em torno de um astro principal numa espiral obedecendo à proporção de 1,618. Por isso, o número Phi ficou conhecido como A DIVINA PROPORÇÃO. Por que os historiadores religiosos descrevem que foi a beleza perfeita que Deus teria escolhido para fazer o mundo? Bom... por volta de 1500, com o Renascentismo, a cultura clássica voltou à moda. Michelangelo e, principalmente Leonardo da Vinci, grandes amantes da cultura pagã, colocaram esta proporção natural em suas obras. Mas Da Vinci foi ainda mais longe: ele, como cientista, pegava cadáveres para medir a proporção do seu corpo e descobriu que nenhuma outra coisa obedece tanto a DIVINA PROPORÇÃO quanto o corpo humano. Por exemplo: - Meça sua altura e depois divida pela altura do seu umbigo até o chão; o resultado é 1,618. - Meça seu braço inteiro e depois divida pelo tamanho do seu cotovelo até o dedo e o resultado é 1,618. - Meça seus dedos, ele inteiro dividido pela dobra central até a ponta ou da dobra central até a ponta dividido pela segunda dobra. O resultado é 1,618; - Meça sua perna inteira e divida pelo tamanho do seu joelho até o chão. O resultado é 1,618; - A altura do seu crânio dividido pelo tamanho da sua mandíbula até o alto da cabeça. O resultado 1,618; - Da sua cintura até a cabeça e depois só o tórax. O resultado é 1,618; Considere sempre erros de medida da régua ou fita métrica, que não são objetos acurados de medição. Tudo, cada osso do corpo humano é regido pela Divina Proporção. Coelhos, abelhas, caramujos, constelações, girassóis, árvores, arte e o homem; coisas teoricamente diferentes, todas ligadas numa proporção em comum. Então até hoje essa é considerada a mais perfeita das proporções. Meça seu cartão de crédito, largura / altura, seu livro, seu jornal, uma foto revelada. Encontramos ainda o número Phi em famosas sinfonias como a 9ª de Beethoven e em outras diversas obras. Apesar de tudo o que está relatado acima, há cientistas, pesquisadores e matemáticos que contestam muitas dessas medidas, afirmando que há muito exagero no chamado número áureo. De qualquer forma há muita coincidência com a tal proporção de 1,618.

JOÃO FELIPE DA TRINDADE, professor da UFRN, sócio do INRG e do IHGRN (jfhipotenusa@gmail.com)

Domingos João Campos, tetravô de João Café Filho (II) Escreveu João Bosco, pesquisador da família Fernandes Campos, em seu discurso de posse no IHGRN: dos filhos do casal Domingos João e Rosa Maria, Manoel Fernandes Campos foi o terceiro filho, a ele coube ser o testamenteiro dos bens deixados quando do falecimento dos seus pais. Manoel foi batizado em Jundiaí, no dia 22 de julho de 1749, por duas vezes eleito vereador em Natal, e ainda moço foi sargento-mor, morava na sua propriedade no lugar Socavão, próximo ao Jundiaí, onde era grande produtor de farinha. Por motivos que não sabemos explicar, por falta de documentação, Manoel nunca casou, porém constituiu família com a jovem Mariana da Costa, filha de Antonio de Melo de Oliveira e Clara Rabelo Vieira, de origem cearense. No artigo anterior, mencionamos o batismo de uma filha de Manoel Fernandes Campos e de Antonia Maria Mendonça, em 1767. Em 1774, já sargento-mor, ele foi padrinho de uma sobrinha, sendo apresentado como solteiro. Em 1786, Luisa Fernandes, filha natural dele com Damasia Rodrigues da Silveira, casa com Eugenio Ferreira de Lima, filho natural de Matheus Rodrigues da Silveira e Anna de Nis. Em 1835, uma neta dele, Damasia Fernandes Campos, filha de Eugenio e Luisa, casa, na Matriz de São João Batista do Assú, com Felis Pereira da Silva, filho de José Pereira da Silva e Florência Maria de Jesus. Lá no Assú, encontramos três filhos de Felis e Damásia que foram batizados, dois na capela de São José das Oficinas e um na Fazenda Morro. Mas, é do relacionamento de Manoel Fernandes Campos e Mariana da Costa que nasce Lourenço Fernandes Campos, que herdou o nome de um tio. Lourenço casou no dia 7 de abril de 1830, na Matriz de Nossa Senhora da Apresentação com Josefa Thereza das Virgens, filha de Manoel Ignácio Barbosa e Florência Maria de Nazaré. Diz João Bosco que desse Lourenço pouco informação obteve, apenas que teve um filho de nome Lourenço Fernandes Campos Junior, que casou em 8 de maio de 1851 com Feliciana Joaquina Rangel, filha do casal Boaventura Dias de Sá e Felícia Joaquina Rangel. Feliciana e Felícia devem descender de outra Felícia Joaquina Rangel, filha de Valentina, irmã de Catharina Peralta Rangel.

Segundo João Bosco Campos, Lourenço substituiu Junior por Café, pelo fato de ter ele plantado café em uma de suas propriedades. Ganhou prestígio na sociedade natalense e foi padrinho de muitas crianças, principalmente na capela de Canabrava, em Macaíba. Do seu casamento com Feliciana não encontrou filhos, porém teve vários filhos naturais com Felisminia Carolina de Moura Soares. Foram eles Joaquim Fernandes Campos Café, casado em 1888 com Maria Soares Leite; Tertuliano Fernandes Campos Café, residente em Macaíba e casado com Francisca Gomes da Silva; José Joaquim Moura Café, residente em Natal, e casado com Maria Amélia Cordeiro; Enéas Fernandes Campos Café, casado em Natal, mas que foi residir no Pará; e, por último, João Fernandes Campos Café. João Fernandes Campos Café nasceu no dia 16 de abril de 1865, tendo casado duas vezes. Não há informação de quando casou, nem o nome da primeira esposa. A segunda vez casou com uma sobrinha da primeira mulher. Chamava-se Florência Amélia Campos Café, nascida em 1 de novembro de 1877 e falecida em 14 de agosto de 1944. Foi Administrador da Fazenda Jundiaí, Encarregado do Serviço de Fiscalização de Rendas da Ribeira, pertenceu a Maçonaria e fundou a Igreja Presbiteriana Independente, aquela da Rua João Pessoa, em Natal. Faleceu em 1931. Do casamento com Florência Amélia Campos Café nasceram os filhos Maria e Luiz, que faleceram com poucos dias de nascido, João Fernandes Café Filho, Alice Fernandes Café, Alzira Fernandes Café e Jessé Fernandes Café. João Fernandes Café Filho, que nasceu em 03 de fevereiro de 1899, alterou, oficialmente, seu nome para João Café Filho, no ano de 1933. No nosso blog http://putegi.blogspot.com postamos um artigo de Marcos Pinto, sobre descendentes de José Fernandes Campos, lá em Apodi, bem como informações colhidas por um colega genealogista dos ascendentes, em Portugal, de Domingos João Campos. Esperamos que o livro de João Bosco Campos sobre Domingos João Campos seja publicado o mais breve possível, pois ele deve conter mais informações sobre esse português de Viseu.

Dr. Dalton - II

Artigo

SÉRGIO LUIZ BEZERRA TRINDADE, professor do IF-RN (slbtrindade@yahoo.com.br)

De cidadania, corrupção e Supremo O moralismo udenista paira sobre o mundo político há mais de seis décadas. A aura de limpeza do mundo político brasileiro agora é sustentada - não sei até quando - pelo PSTU e PSOL. A do PT morreu no mensalão. A do PSDB, no emenda da reeleição. A do PMDB, nos anos Sarney da Nova República, quando o coronel maranhense, encantado com a popularidade que angariara com a mágica tecnocrata, sepultou o Plano Cruzado ao estendê-lo além da conta. O julgamento do mensalão é um marco na história jurídica e política nacional. Alguns dos punidos dizem que o Supremo Tribunal Federal é um tribunal de exceção, como se todos fossemos idiotas supremos manietados por supremos idiotas, os mensalinheiros (aqueles que cacarejam no poleiro a cantiga dos mensaleiros) acusam Joaquim Barbosa de estar fazendo justiçamento. Ora, como pode ser tribunal de exceção e um juiz fazer justiçamento se todos os acusados tiveram amplo direito de defesa, se foram julgados publicamente, se a mídia cobriu o julgamento desde o primeiro dia?

Artigo

O receio da malta que se lambuza no dinheiro, assaltando o Erário, é que o cidadão brasileiro acorde e saio de seu estado de letargia e exija satisfações. Em meados da década passada, o Centro de Pesquisa e Documentação da Fundação Getúlio Vargas fez pesquisa (Cidadania, participação e instituições políticas: o que pensa o brasileiro?" que mostrava como o cidadão brasileiro é conformado com o "mar de lama" (para lembrar a tese udenista dos anos 1950) que subtrai as riquezas nacionais. Os números são emblemáticos: 79% dizem que a corrupção está entranhada no serviço público; para 72%, os políticos só querem trabalham em benefício próprio; 43% dizem que o governo poderia endurecer na política; 26% não dão bola para a democracia; 30% querem se livrar do Congresso Nacional. A descrença da década passada, expressa nos números acima, não deve estar muito distante da desta, pois como diz Wanderley Guilherme dos Santos (que chegou a escrever algo em defesa dos mensaleiros) o nosso país "encontra-se muito aquém do limiar da

sensibilidade social e assim tem convivido, pacificamente, com a miséria cotidiana, material e cívica, sem gerar grandes ameaças. Aqui, o horizonte do desejo ainda é puro desejo, sem horizonte". O fim do regime militar trouxe a crença de que a democratização das instituições traria quase que instantaneamente um país muito melhor. A manutenção das grandes desigualdades sociais e econômicas desgastam os mecanismos e agentes da democracia, desaguando na descrença que o povo tem da política. Fazer as instituições funcionarem decentemente e resolver o passivo social são os caminhos a serem percorridos. Juntos. Não cabe a um partido ou a um grupo político, imbuído da "missão" de acabar com as desigualdades sociais, atropelar as instituições democráticas. É difícil que as instituições democráticas sobrevivam num país assolado pela miséria econômica e social. Resolver esse impasse, sem matar a frágil democracia brasileira, é tarefa hercúlea mas necessária. Podemos começar respeitando as instituições.

VALÉRIO MARINHO, advogado (valeriomarinho@yahoo.com.br)

O flanelinha Pelo que pude ler nos jornais desta cidade, o prefeito, o eleito, já elencou antes de assumir mais de cem promessas. Espero a realização delas pensando no bem comum. Isto por que, passadas as comemorações e demais conseqüências das urnas, chegou o momento de trabalhar sem olhar para o retrovisor. Ora, o prefeito é da cidade e não de facções. Recebeu a procuração democrática lhe outorgada pela vontade soberana das urnas e tal não se discute vai governar, espera-se, para todos. Deus proteja os natalenses. É verdade que existem pessoas pequenas que só mostram a cara quando ganham e esquecem as várias vezes em que seu processo foi recusado e aproveitam o momento para tripudiar daqueles que não alcançaram o sucesso eleitoral, são os componentes do exército de ocupação. Para que haja uma vitória é necessário um adversário e o respeito entre ambos valoriza e engrandece a prática democrática A transição democrática é pratica do processo, como também o é a alternância do poder. Os aliados de hoje, foram adversários de ontem e, conforme circunstâncias, quem sabe se reencontrarão.

Artigo

Antigamente era palavrão falar-se em parceria ou acordo entre Maluf e Lula. Contudo, pelo que se viu na mídia, Maluf era o mais entusiasmado, o pai da vitória de seu candidato em São Paulo. Coisas de Brasil. As pessoas afirmam que lutam pela verdade, independência e liberdade. Palavras candentes e ilusões motivadoras da honra. Pregam-se tais subjetividades e a maioria pratica o contrário. Aqueles cronistas vitoriosos decidem de que lado está o bem e o mal. A política sadia, a ética e a moral pouco valem. Dito isso volto ao motivo central do meu registro. O personagem é o "Flanelinha". Possui este o dom de estar em todos os lugares. À porta de cinemas, farmácias, hospitais, clinicas, restaurantes, igrejas, prédios governamentais, em todas as instancias, judiciais e administrativas. Tem o dom de se apresentar solteiro, casado, em união estável com preferências sexuais constitucionalmente asseguradas. Trabalha sem horário fixo, é educado em, o mais das vezes, impositivo. Limpa os vidros dos carros mesmo contra a vontade do dono. E ainda tem o privilegio, caso ocorra algo com o seu carro, de estar isento de qualquer responsabili-

dade pelo prejuízo. Assim, os donos de veículos de tanto se queixarem ao bispo pelos danos sem responsabilidade chegaram a obvia conclusão de que não mais se pode ignorá-los. Eles existem como pessoa, cidadão com a dignidade constitucional que merece ser assegurada com direitos e deveres. Os mais extremados dizem que os flanelinhas são agentes da CIA, outros afirmam serem pessoas ligadas ao Talibã. Não chego a tanto. Eles existem e fazem parte da grande massa de desempregados não incluídos pala mídia oficial como emergentes da nova classe média. Chegou a hora da verdade. Não se pode mais ignora-los. A legalização deve ser implementada. Com cadastro pessoal, uso do solo, espaços, identificação e gerenciamento da atividade estabelecendo-se sindicato ou associação com o apoio e estimulo do Poder Público em todos os seus níveis. O Ministério do Trabalho pela sua representação local e o MPT podem ser, com o apoio da OAB/RN, os motores de impulsionamento desse desafio. Não há mais lugar de toma que o filho é seu. Todos devem ser engajados e já, estes novos tempos exigem: legalize-se o flanelinha.

PAULO PEREIRA DO SANTOS, economista, professor aposentado da UFRN e sócio efetivo do IHGRN (paulopsantos@supercabo.com.br)

Autossuficiência do petróleo está morrendo... A autossuficiência foi divulgada na imprensa em 2006 quando o Brasil passou a produzir mais petróleo do que consumia. E o presidente Lula alardeou como esse fato foi épico. Mas, na verdade, a propaganda omitia que a conquista da autossuficiência ainda tinha um déficit na conta externa de energia, porque o Brasil continuaria a vender petróleo cru e importar gasolina e diesel. Apesar do saldo externo negativo, produzir tanto petróleo internamente ajudou a reduzir a vulnerabilidade da economia a choques externos, como os catastróficos eventos das décadas de 70 e 80, quando a produção brasileira de petróleo totalizava menos de um décimo da atual. Voltar a ser dependente da importação é uma má notícia. Um estudo inédito do Centro Brasileiro de Infraestrutura conseguido com exclusividade pela Veja, mostra que, já em 2013, o Brasil estará consumindo mais óleo do que será capaz de produzir.

Se teve seus méritos na conquista da autossuficiência, o governo também é culpado pela perda desse privilégio. Por duas razões: a primeira foi forçar a Petrobras a subsidiar o preço ao consumidor da gasolina e diesel, mantendo-o estável mesmo com o aumento do custo internacional do petróleo; a segunda foi incentivar a venda de carros novos com crédito farto e corte de impostos, o que aumentou a frota nacional e, claro, o consumo. Essas formas heterodoxas têm efeitos imprevisíveis. Ao proibir a Petrobas de repassar os aumentos ao preço do petróleo, o governo conseguiu impedir um acréscimo médio de 0,4 ponto porcentual no índice de inflação, que já bem acima da meta de 4,5% estabelecida para 2012. Mas, ao estabelecer o subsídio, que só neste ano já provocou um prejuízo de 12,8 bilhões de reais, a Petrobras perdeu sua capacidade de investimento. E também não mo-

dernizou os poços já produtivos, interrompendo a prospecção de novas jazidas, inclusive atrasando a extração da riqueza do óleo de grande profundidade do pré-sal. A presidenta Dilma Rousseff se encontra com um problema difícil. Se afrouxar o caixa da Petrobras autorizando o repasse dos preços externos, a inflação vai subir com rapidez. Se mantiver a política de subsídio pela companhia, vai haver o risco de não apenas perder a autossuficiência como também entravar a empresa, que é um orgulho nacional. Os últimos resultados da Petrobras mostrados no dia 26 do mês de outubro apontam o estrago dessa política. O lucro diminuiu, os custos subiram e o endividamento chegou ao limite. E a imprensa divulgou que a presidenta foi a culpada, porque mandou a Petrobras segurar o preço dos combustíveis para conter a inflação, mas isso debilitou a empresa e matou a autossuficiência.

– Olhe: o salão de danças do Aero, aquele salão grande, em todas as festinhas, virava festival. Foi ali que Ademilde foi coroada Rainha dos Estudantes, em 48, nas festas que vinham desde os anos 30, quando se festejava a data. Tenho já crônica a esse respeito, pois morei um tempo na Rua Apodi, e na Apodi morava a Rainha dos Estudantes de 37. E lá estava eu contando os carros, tudo Ford e Chevrolet. A gente não sabia que tinha carro no Oriente e o Oriente não queria comprar carro americano, nem alemão, francês ou inglês. Elas por elas. Achávamos bom, pois havia carro, e acabou-se. – E você no Aero? – Pelo meio; ainda brabo. E pinicávamos no bolero. No fox. No tango. Veja aí. – Ele falou disso no artigo dele? – Não. Também não tinha nada a ver. Só falou nuns desenhos que eu fazia, numa história que inventava e tais. Fiz revistinha de HQ com o nome de Afrapil. E continuei envolvido nos planos e nos estudos, livre e solto, pela direita à procura sempre de gol de placa, como ainda não pude. E ele, Dr. Dalton se esqueceu de frisar isso. Deu só a geral assim de maneiro, e falou mais do Afrapil, magazine, ali na descida da Junqueira Aires. – Magazine? – Sim, rapaz. Como escrevo desde que nasci, tenho feito presepadas por aí. Assim, fazer o que no Atheneu? Uma revista em quadrinhos! Naqueles tempos, era luta grande. Havia de se vencer o mau-olhado. Então me pus a fazer a revistinha que tinha o nome de Afrapil – Seu i-mail, hoje? – Ele mesmo. Não me lembro se no artigo, ele fala sobre isso, mas falava de uma revista que eu fazia como se fosse novidade. E que a turma ficava esperando a besteira. -Verdade? – Só que não era. Era a semente de um nada que se transformaria na ponta pequena de raiz já encalacrada no chão da nossa vida. – Ele conheceu essa Afrapil? – Não me lembro dele ser dos nossos. Me lembro de Agripino, outro danado de bom. Amigo de Dalton, também. Que se formou em Medicina parece, e foi pra Campina. Nunca mais soube dele e tenho vaga lembrança de Chico, seu irmão, – Eram muitos os amigos? – Muitos? Você se ponha ai no maior colégio de capital aguerrida. O Ateneu estava cai, não cai, vinha aos pedaços há tempos, e só não via quem não tinha ideal maior. Até que Joaquim Holanda começou aquele prédio, que hoje tá lá, caindo já aos pedaços, de novo e ninguém se incomoda, ninguém sabe o valor do prédio na vida de cidade, orgulhosa como a nossa. – Bem, e a revista? – Bom, é isso ai. Ele me alegrou, bem, falando do episodio, porque foi de fato, estonteante. A nossa garra, sabe? Nossa disposição. Já pensou? Você só com a coragem, um lápis grafite preto n. 2. a desenhar, criar heróis e, não satisfeito, fazer variação da Afrapil, criando a Afrapil Lemosada, que era só de adivinhação, charadas e histórias curtas. – Charadas? – Naquele tempo as palavras cruzadas não estavam ainda criadas. Na moda só mais algum tempo depois, apareceu a Enigmática. E, mais tarde ainda, o grupo Coquetel, criou as palavras cruzadas diretas, que foi sucesso. E permanece até hoje. Foi tiro que acertou o alvo da modernidade, em passatempo. – E os amigos seus, desse tempo? – Ele falou em Jurinha e Roberto Frutado. Caras imensos, ainda por ai, Roberto hoje, estimadíssimo no meio jurídico, e Jurinha, idem, idem. E amigos; tiveram vida alta na administração estadual. Um, no tempo de Djalma e outro no tempo do Monsenhor, ainda hoje, mui querido. A POESIA SERVE, SIM BEM RECEBIDO Brilhava ainda o sol nas calçadas do Alecrim e Lagoa Seca via chegar o seu bonde 17 sempre O JORNAL DE HOJE recebe colaboração pelo correio (Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova - Natal-RN, CEP 59056570), por fax (0xx84 3221-5058) e por email: artigos@jornaldehoje.com.br. Pede-se que os textos sejam concisos e contenham nome completo, endereço e telefone. O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de selecionar e publicar trechos.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Fernanda Souza Juliana Manzano João Ricardo Correia EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos EDITOR DE ESPORTES

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r Gabriel Negreiros EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Terça-feira

Natal, 13 de novembro de 2012

O Jornal de HOJE 3

PMDB vai discutir se rompe ou não com Rosalba e candidatura própria em 2014 GARIBALDI FILHO, PRINCIPAL LÍDER DO PARTIDO, AFIRMA QUE EM 2013 HAVERÁ REUNIÃO PARA DEFINIR POSIÇÕES FUTURAS ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O PMDB deve se reunir em 2013 para discutir a permanência ou possível saída da base de apoio da governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Após uma campanha eleitoral marcada por forte desgaste do governo, os líderes peemedebistas estão preocupados com a sobrevivência política em 2014. Atendendo ao apelo das bases e dos mais de 50 prefeitos eleitos neste ano, as lideranças da legenda devem debater internamente a conveniência da manutenção desta aliança. A possibilidade de o PMDB deixar a base de Rosalba será avaliada nesta discussão. Ampliação da participação da legenda na gestão, por ora, está suspensa. O partido também não descarta discutir candidatura própria para o governo do Estado e para o Senado em 2014. "Nós vamos fazer uma avaliação mais consistente, mais precisa. Vamos nos reunir no partido, através de uma iniciativa do presidente, deputado Henrique Alves, que já está pensando nesta reunião, a ser realizada provavelmente no próximo ano, para tomar algumas decisões, a partir de uma avaliação mais abrangente", explicou hoje o ministro da Previdência, Garibaldi Filho (PMDB). Segundo ele, esta "é uma posição de cautela legítima" do partido, que deseja "fazer a avaliação do que houve nos últimos dois anos". Em entrevista ao Jornal de Hoje, o ministro reconhece o des-

gaste da gestão, que em Natal supera 70%, como principal motivador da discussão sobre a continuidade ou não da aliança. "Mas como eu já tenho um compromisso mais abrangente, não vou fazer essa avaliação isoladamente antes de comungar com meus companheiros uma análise mais aprofundada, uma agenda até a eleição de 2014", frisou Garibaldi, que por ser aliado de primeira hora da governadora é cauteloso. "O que digo é que nós esperamos que a governadora, já que está entrando mais para o final do governo do que para o início, que ela supere essas dificuldades que são maiores nas áreas de saúde e segurança. "Acredito que possamos realmente e acreditamos que venha acontecer", disse o ministro. Garibaldi participou nesta segunda-feira de um encontro de lideranças estaduais do PMDB com prefeitos, vereadores eleitos e candidatos que participaram da última eleição, evento que reuniu cerca de 800 pessoas. Ao JH, o senador licenciado repetiu o que disse no evento, a respeito da sua expectativa em relação à governadora. "Até lá minha palavra vai ser essa. Se algum isoladamente quiser fazer (a discussão) acredito que o partido não vai tolher a liberdade de ninguém, principalmente dos parlamentares, e daqueles que quiserem se pronunciar. Apenas achamos, da parte da direção, que vamos aguardar", frisou. NATAL Ao ser abordado sobre a influência negativa da aliança com

Arquivo

Ministro Garibaldi Filho revela cautela em relação a permanência do PMDB no Governo e não quer mais cargos para o partido Rosalba na eleição para prefeito de Natal, onde o PMDB disputou com o deputao Hermano Morais, que perdeu no segundo turno, Garibaldi admitiu a dificuldade. "A própria governadora reconhece que a avaliação dela não estava bem durante a campanha. Então, a contribuição dela não seria das mais eficazes", avaliou. Ao declarar, porém, Garibaldi ressaltou não estar tecendo críticas à administração, da qual participa com o PMDB através da indicação de um secretário. "Não estou fazendo nenhum ataque a ela, estou constatando o óbvio. E ela própria deu uma nota se eximindo de participar do segundo turno, uma

posição cautelosa", explicou. CANDIDATURA EM 2014 Ex-governador do Rio Grande do Norte e atualmente senador licenciado para exercer o cargo de ministro da Previdência, Garibaldi salienta que nas discussões que irá promover em 2013 o PMDB irá decidir se permanece ou se abandona a gestão Rosalba Ciarlini, se indicará ou não secretários (se o partido for convidado a assim proceder) e ainda se a legenda deverá ou não apresentar candidatura própria em 2014. "Vamos analisar tudo. Não tenho como fixar a data, mas já é uma premissa que

será no próximo ano. Quem vai fixar datas, depois de consultas, é o nosso presidente (Henrique Alves)", informa o ministro, que deixa claro que a posição do PMDB hoje é de aliado do governo Rosalba Ciarlini. "Não vou me antecipar se vamos permanecer ou se vamos deixar totalmente de integrar a base do governo. Isso tudo será objeto de análise. Por ora, nós estamos apoiando o governo, não podemos negar. Estamos com um titular de secretaria pelo menos indicado por mim de minha responsabilidade, que é o secretário Luiz Eduardo Carneiro Costa", afirmou se refe-

rindo a única indicação do PMDB no governo, o titular da pasta de Trabalho, Habitação e Assistência Social (SETHAS). Indagado sobre a possibilidade de ampliação da participação do PMDB, através da indicação de outros nomes, Garibaldi salientou que antes da avaliação partidária isto não será possível. Contudo, ressalta que o tempo do governo é da governadora e que se ela quiser antecipar a reforma anunciada, não há nada que se possa fazer. "Acredito que antes dessa avaliação, não teremos (indicação). Ninguém está disposto a isso, nem recebemos nenhum convite, nenhum aceno com relação a isso", acrescenta o ministro. Segundo ele, mesmo com espaços a serem preenchidos, como as pastas de Agricultura e Desenvolvimento, antes da avaliação interna não será possível antecipar a posição do PMDB. "O governo é da governadora, se ela quiser antecipar a reforma do secretariado, deve-se ouvir a governadora. Antes dessa avaliação acho que não vai haver acréscimo da participação do PMDB no governo", enfatizou. A respeito de candidatura própria do PMDB para governador em 2014, o ministro considera natural e enfatiza a convicção pessoal de que o tema será suscitado dentro da sigla, a partir de agora. "Tudo isso será discutido. Isso que você está perguntando (candidatura própria) é uma coisa natural, que aflora naturalmente, mesmo que você não queria pautar. Os próprios participantes da reunião irão perguntar e questionar, claro".

Hermano afirma que desgaste de Rosalba prejudicou a candidatura dele a prefeito Candidato do PMDB a prefeito de Natal derrotado no segundo turno da eleição deste ano, o deputado estadual Hermano Morais admitiu ontem, em entrevista ao "Jornal das Seis", da FM 96, que o desgaste da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) em Natal prejudicou a sua candidatura. "Acredito que sim, porque isso foi muito bem explorado pelos adversários, que tiveram um marketing competente que conseguiu vincular nosso nome. Embora a governadora tenha declarado neutralidade, evidente que o marketing bem feito termina por influenciar o eleitor, especialmente aquele que não está muito atento e muitas vezes se deixa influenciar por uma propagada bem elaborada", avaliou. Indagado sobre os motivos da derrota, Hermano citou a experiência da chapa vencedora, composta por um ex-prefeito, Carlos Eduardo (PDT), como candidato, e uma exprefeita e ex-governadora, Wilma de Faria (PSB), como vice, além da ausência de 20 anos do PMDB na disputa em Natal e a própria inexperiência na disputa por cargos majoritários como justificativas.

Arquivo

Hermano Morais afirma que foi prejudicado pelo desgaste da desaprovação do Governo Rosalba Ciarlini em Natal "Nós enfrentamos uma chapa muito experiente, formada por dois ex-prefeitos, uma governadora, que era considera imbatível. A ausência do PMDB durante 20 anos e eu diria a falta talvez de experiência de uma disputa da qual eu nunca tinha par-

ticipado, diria que também fez a diferença", completou o peemedebista. Além disso, Hermano salientou o sentimento de mudança da população diante de uma gestão reprovada, e a própria campanha do

adversário, "que passou quatro anos dedicados à política partidária", como fatores que contribuíram para a falta de êxito. "Foi acima de tudo uma eleição atípica, considerando a má avaliação da atual gestão, o desapontamento e a decepção, muito

bem aproveitados pelo nosso adversário", frisou. Apesar disso, o deputado afirmou que o PMDB saiu fortalecido das eleições municipais no RN, o que, segundo ele, credencia a legenda a disputar "qualquer cargo" em 2014. "O PMDB saiu fortalecido e demonstra força para disputa qualquer cargo, inclusive governo do Estado, e temos que avaliar a relação com o governo, embora ainda tenhamos dois anos de governo pela frente". Hermano defende que o PMDB se posicione "com antecedência" em relação a 2014. Contudo, até tomar uma posição, ele defende que o PMDB continue participando do governo. "Nós estamos no final de ano, teremos recesso parlamentar, teremos tempo para refletir nos próximos três meses, avaliar e tomar posição". Sobre indicação de quadros para o governo Rosalba, se for oferecido, Hermano diz que primeiro a possibilidade deve ser materializada. "Se isso for colocado, eu diria que o PMDB já tem participação no governo, duas secretarias, e não tem tido apoio para resolver os problemas e realizar um bom trabalho, como

acontece em outras secretarias. Inclusive o governo passa por dificuldades, com avaliação negativa junto ao povo potiguar. Eu diria que este assunto deve ser tratado com muito cuidado, a partir de uma manifestação que haja do governo", frisou. OPOSIÇÃO Se há indefinição sobre a posição do PMDB em relação ao governo, pelo menos quanto à prefeitura esta posição está clara. Para Hermano, a bancada do PMDB na Câmara Municipal adotará perante a gestão que se inicia em janeiro o comportamento que foi reservado pelas urnas. "Vamos trabalhar com compromisso com o povo de Natal, que demonstrou apreço ao PMDB, fazendo oposição, acompanhando cada passo do futuro governo, cobrando o cumprimento de promessas feitas e publicizadas sem esquecer o compromisso de buscar soluções para a cidade. Mesmo não fazendo parte do governo, passada eleição, Natal tem muitos problemas e naquilo que o PMDB puder ajudar, assim deveremos fazer", concluiu o peemedebista.

Túlio Lemos POLÍTICA - TÚLIO LEMOS ATRAPALHOU O deputado Hermano Morais afirmou ontem, em entrevista ao Jornal das Seis, da 96 FM, que o desgaste da governadora Rosalba Ciarlini atrapalhou sua candidatura. Segundo ele, os adversários foram competentes para vincular o desgaste da mulher de Carlos Augusto ao seu nome, o que teria criado dificuldades na campanha. DISTÂNCIA A situação do PMDB em relação ao Governo Rosalba Ciarlini não é confortável. Lideranças de diferentes calibres comungam a tese de afastamento da desgastada gestão. Sem receber o tratamento adequado a que julga ter direito, o

tuliolemosjh@gmail.com / www.tuliolemos.com.br / twitter: @tuliolemosrn

PMDB ganha mais se ficar livre, sem receio de contaminação pelo desgaste da Rosa. O preço que o partido está pagando para dar respaldo ao Governo é muito alto, desproporcional ao bônus que deveria receber. AMADORISMO O PMDB reclama do amadorismo com que o Estado tem sido conduzido; tanto na esfera administrativa, quanto na política. A República de Mossoró, dizem peemedebistas nos bastidores, não tem a noção dimensão do que significa o Estado, suas lideranças políticas e empresariais e por isso a atuação amadora tem provocado distanciamento da realidade e des-

gaste agudo. A possibilidade de micarlização de Rosalba já é tratada dentro do partido. SAÍDA Caso o PMDB realmente se afaste do Governo Rosalba, aprofunda a crise na gestão e pode desencadear um isolamento da Rosa, o que é profundamente perigoso, pois naturalmente haverá a união de forças da oposição, o que pode inviabilizar o futuro da governadora. REALIDADE O pior do Governo Rosalba é a cegueira que toma conta da maior parte de seus integrantes, entorpecidos por uma ilusão remunerada que não permite uma visão nítida

e lúcida do quadro circunstancial. Quando há conhecimento da realidade e preocupação com a mudança, é possível reverter o quadro. Porém, quando há miopia político-administrativa, a reversão torna-se cada vez mais distante. CANDIDATURA O dono do café Santa Clara, empresário Pedro Alcântara, deverá ser candidato a deputado federal na eleição de 2014. Independente, o empresário sempre ajudou políticos do RN, com dinheiro para a campanha e estrutura; alguns chegam a usar até aeronaves da empresa para a locomoção. Pedro não quer mais intermediário, o próprio vai enfrentar as urnas

em busca do voto popular; deve ser candidato a federal pelo PMDB. RISCO De um advogado e professor: "Direito não se inventa. Cedo ou tarde se aplica. Paulinho e Edvan, ou se afastam do exercício do cargo de prefeito após a diplomação, ou correrão o risco de impugnação e perda do mandato de vereador por acumulação proibida. Uma questão de escolha deles. Sobre a hipótese de um Juiz da Fazenda Pública assumir, ao invés de obediência ao critério de sucessão nos impedimentos, previsto na Lei Orgânica de Natal, será o caso de perguntar: Se é assim,

por que o Juiz não assumiu desde a saída de Micarla? Que diferença faz agora, ou antes? Esta alternativa seria puro casuísmo para evitar que o primeiro vice presidente da Câmara, Ney Jr, assuma a PMN". Será? DESPEDIDA O conselheiro Valério Mesquita faz sua despedida da presidência do TCE amanhã. Haverá sessão solene e lançamento da 14ª edição da Revista do TCE um livro com a Lei Orgânica e o Regimento Interno da Instituição. Durante a gestão de Valério, o Tribunal de Contas experimentou alguns avanços expressivos em seu funcionamento.


Natal, 13 de novembro de 2012

4 O Jornal de HOJE

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

Cinco a postos No Senado, Comissão de Notáveis propõe mudanças no pacto federativo. Objetiva – “como prioridade”, segundo o presidente do Congresso Nacional, José Sarney (PMDB-AP) – a ampliação de autonomia dos estados e municípios no quesito referente a incentivos. Com as mudanças, o colegiado espera acabar com a guerra fiscal entre as unidades federativas e tornar igualitária, ou próximo dessa meta, a distribuição de recursos públicos entre as regiões. nnn São avaliadas 11 propostas. O conjunto da obra de reformulação inclui três projetos de emenda à Constituição e quatro de lei complementar. No primeiro momento, o item de maior potencial de polêmica é o que altera o Código Penal. Considera crime a concessão de benefícios tributários ilegais. Pena: reclusão de um a quatro anos. nnn Outra questão marcante trata da normatização dos incentivos concedidos para atrair investimentos. Observação do pragmático relator da reforma, Everardo Maciel, ex-secretário da Receita Federal: nnn “Não vai ser ótimo para todo mundo, mas também não será ruim para ninguém.”

Início da virada Momento marcante da transição em Cuba. Veja só o que ocorre no país dos irmãos Castro. Abrese a agricultura da ilha a investimentos estrangeiros dentro do prisma capitalista. Quem inicia o ciclo é a Odebrecht, grupo brasileiro com atuação em várias áreas – algumas estratégicas. A empresa vai administrar uma central de colheita de cana e produção de açúcar nnn Inicialmente, o contrato vale por 13 anos.

Política

Terça-feira

Audiência Pública vai discutir orçamento de R$ 2 bilhões RANIERE B ARBOSA

QUER DISCUTIR MELHOR PARA DEFINIR PRIORIDADES Arquivo

JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

O vereador Raniere Barbosa, do PRB, que foi indicado relator do orçamento municipal para o próximo ano pela Comissão de Finanças, o Orçamento, no valor de 2 bilhões, 180 milhões e 400 mil reais, anunciou na manhã de hoje que realizará Audiência Pública na segunda quinzena de novembro para discutir o assunto com a equipe de transição e representante de segmentos da sociedade para que se tenha um orçamento equilibrado, com transparência e com a participação dos vereadores através da colocação de emendas. "Temos que discutir prioridades para o próximo governo municipal", ressalta o vereador do PRB. Raniere Barbosa, que foi indicado relator por possuir perfil técnico e ter exercido cargos públicos identificados com o setor, esclarece que o orçamento foi elaborado pela administração da prefeita Micarla de Sousa e segundo ele, "contempla situações desnecessárias e totalmente fora da realidade", daí ser necessária uma discussão aprofundada para ade-

Raniere Barbosa é o relator do orçamento de Natal para 2013 e quer aprofundar discussões sobre valores e metas quá-lo a uma nova e diferente realidade. O vereador Raniere Barbosa entende ainda que existe a necessidade de emendas supressivas, modificativas e aditivas para tornar o orçamento atualizado, atendendo assim, as necessidades da população.

De acordo com Raniere, o orçamento deve ser votado até 20 de dezembro porque a partir dessa data os vereadores entrarão em recesso parlamentar. Na oportunidade serão convidados representantes da sociedade e do controle social, a exemplo do Sindicato dos

Servidores e do Conselho Municipal de Saúde. "O orçamento é uma peça importante porque constituise na vida da cidade para o futuro, amparado na arrecadação de recursos que serão destinados para custeio, manutenção e investimentos", ressalta o vereador do PRB.

> SUCESSÃO 2014

Presidente do PMDB de Caicó admite candidatura de Henrique ao Governo Vez do quinteto Uma cobiça natural do PT de São Paulo. Depois de ganhar a prefeitura da capital, deseja conquistar o governo do estado. Semana passada, a coluna citou quatro petistas dispostos à disputa pelo Palácio dos Bandeirantes. Três são ministros – Alexandre Padilha (Saúde), Aloisio Mercadante (Educação) e Marta Suplicy (Cultura) – e um é o prefeito (reconduzido) de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho. Inclua-se José Eduardo Cardozo (foto) na relação. Ele é ministro da Justiça e integrou a bancada paulista na Câmara dos Deputados. nnn Pós-escrito: O PSDB governa os paulistas desde 1995. Começou com Mário Covas (dois mandatos). Depois, Geraldo Alckmin (2001 a 2006) e José Serra (2007 a 2010). Alckmin voltou ao Executivo em 2011 e postula a recondução em 2014.

O lado sombrio Previsão do presidente da Câmara dos Deputados que incomoda o Palácio do Planalto. Marco Maia (PT-RS) desenha um cenário nebuloso para a tramitação da medida provisória 579. Trata das concessões do setor elétrico, alta prioridade da administração Rousseff. nnn Diz ele: “O governo vai ter de trabalhar muito a interlocução com o Parlamento. Há complicadores recorrentes na articulação.”

LEITURA DINÂMICA t Consta da agenda elei-

toral de 2014: Rogério Marinho (DEM), ex-vereador e ex-deputado federal, pretende eleger-se à Assembleia Legislativa. Situação contrária à de Walter Alves, a caminho de trocar Natal por Brasília. O peemedebista busca assento na Câmara Baixa. t Incentive seu filho a ler. Quem lê sabe mais e aprimora o texto que redige. t O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, participa, em Punta Del Leste (Uruguai) da Conferência Anual do Cemla (Centro de Estudos Monetários LatinoAmericanos). t Quem está na Europa é Eduardo Campos, governador de Pernambuco,

presidente nacional do PSB e personagem sublinhado do pleito de 2014. Como candidato ou como apoiador. t Fim do mês, a senhora Rousseff reúne em jantar, no Palácio da Alvorada, os seis governadores estaduais e os cinco prefeitos filiados ao PSB. t A partir de dezembro, a Petrobras planeja reajustar o preço do óleo diesel e da gasolina. São dois os propósitos: reduzir prejuízos da empresa e evitar o desabastecimento. t Para refletir: “É preciso viver, não apenas existir” (Plutarco, filósofo e historiador grego).

O presidente do PMDB de Caicó, vereador Raimundo Inácio Filho (Lobão), que se reelegeu com 1.266 votos no último pleito municipal entende que o deputado Henrique Eduardo Alves, líder nacional do seu partido, poderá ser candidato a governador do Estado em 2014, caso Rosalba Ciarlini, do DEM, decida não disputar a reeleição. Entretanto, o parlamentar seridoense acredita que o deputado do PMDB seja candidato a senador, segundo ele, mesmo Henrique Eduardo tendo afirmado em algumas oportunidades que deverá disputar mandato de deputado federal. Questionado sobre a possibilidade do PMDB afastar-se politicamente da governadora devido as dificuldades e o baixo índice de aprovação do governo, Lobão Filho diz não concordar. Segundo o presidente do Diretório Municipal do PMDB de Caicó, vereador Lobão Filho, o objetivo do partido é trabalhar para melhorar o governo e consequente-

Arquivo

Vereador Lobão quer Henrique Alves disputando a sucessão de Rosalba Ciarlini mente a governadora Rosalba Ciarlini disputar a reeleição, mas se isso não acontecer, aí sim, Henrique Eduardo poderá ser uma alternativa para o Governo do Estado em 2014", ressalta o líder peemedebista, lembrando que em Caicó a governadora tem que decidir sobre quem apoia, se o sistema integrante do PMDB ou

o grupo político liderado pelo deputado Vivaldo Costa. "Rosalba precisa definir se que fica com Garibaldi Filho e Henrique Eduardo ou com Vivaldo Costa e Bibi Costa. O que não pode é permanecer essa situação de dubiedade, que deve ocorrer também em outros municípios do Rio Grande do Norte", disse o

peemedebista. VITÓRIA EM CAICÓ O vereador Lobão Filho falou também, sobre a vitória de Roberto Germano em Caicó e a expectativa com relação a futura administração do PMDB. "A vitória já era esperada, mas mesmo assim, existe uma grande expectativa, principalmente na recuperação do setor de saúde, onde o prefeito Bibi Costa não foi bem, além do saneamento básico e da coleta de lixo", observa Lobão Filho. Questionado se teria terminado o ciclo da família Costa em Caicó, o vereador peemedebista diz que não, já que segundo ele, o deputado Vivaldo Costa ainda detém uma forte liderança e deverá se reeleger em 2014. Lobão Filho conclui dizendo que Caicó precisa ocupar o espaço na Assembleia Legislativa através do PMDB, elegendo, possivelmente o médico Álvaro Dias, que já foi deputado federal, estadual e presidente do legislativo estadual.

> DESPEDIDA

Valério Mesquita deixa nesta quarta-feira, presidência do Tribunal de Contas do RN O conselheiro Valério Mesquita despede-se amanhã(14) da presidência do Tribunal de Contas do Estado, com a realização de uma sessão solene, seguido do lançamento de duas publicações que refletem momentos da sua gestão: A 14ª edição da Revista do TCE e o livro que, em um mesmo volume, reúne a nova Lei Orgânica e o Regimento Interno da instituição. A solenidade será realizada a partir das 11h no plenário do Tribunal. Na ocasião, assumirá a presidência do TCE, o conselheiro Tarcísio Costa. A Revista do TCE foi antecipada em decorrência da aposentadoria compulsória de Valério Mesquita. A publicação presta uma homenagem ao fundador da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN,

Onofre Lopes, disponibilizando artigos de familiares e amigos que participaram daquele momento histórico, fundamental para o desenvolvimento do Estado. A publicação contém artigos de especialistas que abordam aspectos significativos do Controle Externo, e a rigidez da norma técnica é amenizada ao apresentar fatos e fotos de personalidades marcantes da história potiguar, a exemplo do que foi feito no ano passado, quando homenageou o mestre Câmara Cascudo. Será lançado ainda o livro sobre a nova Lei Orgânica e o Regimento Interno do TCE apresentando aspectos atualizados da Corte de Contas, cujo trabalho foi executado com esmero na atual gestão, preparando o Tribunal para os desafios do futuro.

Arquivo

Valério Mesquita deixa presidência do TCE com acervo importante de realizações


Política

Terça-feira

Natal, 13 de novembro de 2012

José Aldenir

Desembargador Rafael Godeiro manteve a negativa de que teria participado de esquema fraudulento com Carla Ubarana

O Jornal de HOJE 5

Heracles Dantas/Reprodução

Ré confessa no esquema milionário dos precatórios do TJ, Ubarana reafirmou denúncias contra desembargadores

Godeiro frente a frente com Carla: “Nunca me encontrei com ela” DESEMBARGADOR CIRO MARQUES REPÓRTER DE POLÍTICA

Após meses de espera, o desembargador afastado do Tribunal de Justiça, Rafael Godeiro, finalmente teve seu pedido concedido: ficou cara a cara com a chefe do setor de precatórios do TJ, Carla Ubarana e o marido dela, George Leal. A acareação, que será válida para o processo penal que corre no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e o administrativo no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), foi realizada na 5ª Vara da Justiça Federal, em Natal, e durou pouco mais de uma hora. Dentro da sala onde foi realizada a acareação, apenas advogados, acusados e magistrado - o desembargador Rogério Fialho, do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5). "Estou tranquilo, sempre estive tranqüilo", repetiu o desembar-

NEGA ENCONTRO COM gador Rafael Godeiro, ao deixar a sala e explicando que não poderia dar qualquer outra declaração pelo fato dos processos estarem em segredo de justiça. A única "pista" a mais sobre o que pode ter acontecido dentro da sala que Rafael Godeiro deu foi dizer que "nunca me encontrei com ela", quando questionado como foi reencontrar a ex-chefe dos precatórios pela primeira vez após ela tê-lo denunciado como um dos beneficiados pelo esquema de desvio de dinheiro do Tribunal de Justiça do RN. Além de Rafael Godeiro, acompanhado pelo seu advogado, Boris Trindade, participaram da acareação também o advogado Flaviano Gama, que representa o desembargador Osvaldo Cruz (que não esteve presente, mas também solicitou a acareação com Carla Ubarana), claro, a exchefe dos precatórios, o marido dela,

UBARANA,

QUE CONFIRMA AS ACUSAÇÕES DIANTE DA JUSTIÇA E DO

alguns promotores do patrimônio público do Ministério Público do RN (Flavio Pontes e Rinaldo Reis, que fizeram a denúncia), e a subprocuradora da República, Lidora Maria Araújo. O advogado de Ubarana, Marcos Leal, também presente na acareação, avaliou o encontro entre os dois como "bom, positivo". Antes, ele havia dito que era de interesse de Carla realizar a acareação, "até porque ela está muito segura de tudo o que tem para falar". Segundo a procuradora da República que participou da acareação e relatou aos colegas do Patrimônio Público, Carla Ubarana se mostrou realmente “segura durante o encontro, confirmou as acusações e “não caiu em contradição em nenhum momento”. Se estava realmente segura, não há como saber. Afinal, Carla Ubara-

na não falou com a imprensa. Ela chegou alguns minutos antes da acareação começar, com o cabelo longo e preto, junto ao marido, George Leal. Depois, saiu pelo elevador reservado a magistrados da JF, "por questões de segurança". HISTÓRICO Denunciada no início do ano pelo desvio de, segundo o próprio TJ, R$ 14 milhões da divisão de precatórios, Carla Ubarana assumiu a participação nos crimes, mas disse ter agido junto com os desembargadores Rafael Godeiro e Osvaldo Cruz, ex-presidentes da instituição. Segundo ele, os valores eram pagos a eles em dinheiro, em encontros no próprio TJ - daí o motivo para Rafael Godeiro fazer questão de deixar claro que nunca se encontrou com Carla Ubarana. A denúncia aos desembargado-

res foi encaminhada pelo MP - que tem processo contra Carla Ubarana na 7ª Vara Criminal - à Procuradoria da República. De lá, foi para o Superior Tribunal de Justiça (STJ), que abriu um processo penal contra os dois para apurar a denúncias, e ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que abriu um processo administrativo com o mesmo fim. Na época em que a denúncia chegou ao CNJ, O Jornal de Hoje teve acesso as defesas prévias de Rafael Godeiro e Osvaldo Cruz e confirmou que os dois desembargadores (que foram afastados pelo órgão de suas funções no TJ) solicitaram a acareação com Carla Ubarana. Segundo eles, por meio dessa ferramenta, seria possível confrontar informações e contradições presentes no discurso da ré confessa. LEILÕES Nesta semana, o juiz da Central

MP

de Avaliação e Arrematação da Comarca de Natal, Eduardo Bezerra de Medeiros Pinheiro, publicou edital de leilão e intimação para o Leilão Público do apartamento de Carla Ubarana e George Leal. O leilão está marcado para o dia 26, às 10h30 na no auditório da Central de Avaliação e Arrematação, em Neópolis. Com aproximadamente 220 m², o aparamento é localizado à rua Maria Auxiliadora, em Petrópolis. O imóvel foi avaliado em R$663.380,00. O veículo de Carlos Eduardo Palhares, um modelo Tucson, ano 2007, foi avaliado em R$ 35 mil. Não havendo licitante ou lance superior ao avaliado fica designado o dia 10 de dezembro de 2012, no mesmo horário e mesmo local, para a realização do Segundo Praça - quando o lance inicial dos bens começará com o valor 20% menor do que o valor inicialmente avaliado.

> DEFESA DO ADVOGADO

Paulo Lopo Saraiva: “Não há nenhuma prova cabal contra Micarla de Sousa” advogado Paulo Lopo Saraiva, que defende a prefeita afastada de Natal, Micarla de Sousa (PV), afirmou esta manha que não há nenhuma prova cabal contra a gestora, apartada do comando da Prefeitura no dia 1º de novembro por decisão do desembargador Amaury Moura Sobrinho, a pedido do procurador-geral de Justiça, Manoel Onofre Neto, por suspeitas de corrupção na gestão do município. "Na operação Assepsia, sequer a prefeita foi denunciada. Então, os elementos que levam o Ministério Público a confirmar isso, desconfirmam ao mesmo tempo, porque ela não foi denunciada segundo eu soube. Eu não vi ainda os autos da Assepsia, mas a imprensa já divulgou que ela não foi denunciada e se ela não foi denunciada é porque não há nenhuma prova cabal das suas responsabilizações", afirmou o advogado esta manhã, durante entrevista ao programa "Jornal da Cidade", da Rádio Cidade (FM 94). Paulo Lopo considerou que no caso do afastamento, não há nada que implique na responsabilização de Micarla. O advogado explicou que está atuando no sentido de fazer com que a prefeita retorne ao poder para que possa exercer seu direito de defesa. "Porque tudo isso que o

Arquivo

Advogado Paulo Lopo Saraiva quer que Supremo Tribunal Federal determine o retorno da prefeita Ministério Público acusou, só será verdade depois da instrução processual. Se não houver ampla defesa no processo, é inconstitucional. É a tese que eu estou defendendo perante o Supremo Tribunal Federal", afirmou o advogado. O advogado de Micarla cobrou da Justiça o cumprimento de um preceito básico do Direito. "Estou pedindo que a prefeita volte para o lugar para se defender, para ela ser citada, para se defender como

qualquer pessoa da face da terra. Isso vem da carta de João sem terra (1215). É uma conquista da sociedade mundial multissecular". Segundo ele, tudo o que o MP diz só será verdade se passar pelo crivo do contraditório e da ampla defesa. "Qualquer indício só se transforma em prova, como eu disse no agravo que eu fiz, quando houver a instrução processual. O que eu estou pedindo ao Supremo e eu disse ao ministro Lewandowski,

José Aldenir

Prefeita Micarla de Sousa foi afastada por indícios de participação em esquema de corrupção na Saúde

que é o relator, é isso: que a prefeita se defenda como qualquer ser humano". 3º REICH Segundo Paulo Lopo Saraiva, ao contrário do que afirma o MP, Micarla "nunca atrapalhou, jamais atrapalharia" qualquer investigação dos promotores. "Isso é um argumento que vem da época de Hitler. É o negócio do clamor público. Eu também atuo na área penal e nós es-

tamos destruindo esse argumento. É o argumento do clamor público, do Alfred Rosemberg, que foi advogado de Hitler. Então ainda hoje se usa esse clamor público e não tem mais cabimento nenhum". Ainda se referindo à negativa do contraditório a Micarla, Paulo Lopo disse que os próprios juristas, inclusive o desembargador Marco Antônio, que é titular da PUC de São Paulo, onde Lopo fez mestrado e doutorado, já tem tra-

balhos destruindo essa teoria. "Então, nesse caso, eu acho que a prefeita poderia se defender como prefeita e o que ela quer é isso. Não havia cabimento nenhum para o seu afastamento. Essa é a minha decisão e eu já estou no Supremo. Eu tinha que jogar o tudo ou nada, eu não podia brincar. Diante da avalanche que eu enfrentei, da pororoca que eu enfrentei, tinha que ir para o Supremo. Meu grito seria o Supremo e já está no Supremo".

Saraiva: “A esperança é a última que morre” Paulo Lopo Saraiva disse ter expectativa de que algum desembargador do Tribunal de Justiça modifique o entendimento predominante na Corte favorável ao afastamento da prefeita. Na semana passada, o Pleno do TJ manteve, por seis votos a zero, o afastamento. O desembargador Assis Brasil, contudo, solicitou vista, e deverá apresentar

seu voto na sessão plena de amanhã. Após ele, votará o desembargador Vivaldo Pinheiro. Indagado se espera reverter o placar, uma vez que quem já votou pode mudar o voto, Lopo respondeu: "Sempre há expectativas. A esperança é a última que morre. Por que, nesse caso? Porque pode ser que algum juiz faça um voto substan-

cial, fundamental", explicou. O advogado disse ainda que nos seus recursos combate tanto a investigação do MP quanto a decisão do desembargador. "Combato o procedimento do MP e combato a decisão do desembargador, que afastou sem ouvir a prefeita, sem lhe dar condições de defesa, portanto sem conceder a ela o que há de mí-

nimo na Constituição, que é a ampla defesa no devido processo legal". O advogado disse ainda que na defesa de Micarla atua em conjunto com o advogado criminalista Rafael Campelo. "Temos que unir forças e unimos os dois grupos de advogados. O advogado Rafael Campelo, que há um convênio entre o meu escritório e o escritório dele, e

nós aguardamos que o desfecho ocorra em qualquer frente", afirmou. Para Saraiva, o fato de a prefeita estar desgastada administrativamente não o impede de fazer uma boa defesa. "Eu separo o problema político da prefeita Micarla, o problema da rejeição dela, da reprovação. Isso não leva em conta na defesa do direito dela. Eu estou defen-

dendo o direito dela como defendo o de qualquer pessoa. Então na minha defesa não entra esse problema de política. Esse fator político eu afasto, porque não pesa na defesa do direito. Na argumentação jurídica, esse fator político não pesa. É claro que ele existe e a gente não é cego para não ver. Mas não pesa na minha defesa", finalizou.


6 O Jornal de HOJE

Natal, 13 de novembro de 2012

Cidade

Terça-feira

Prefeitura analisa relatório feito por peritos e recursos para obras emergenciais ainda é incerto MUNICÍPIO QUER UTILIZAR RECURSOS FEDERAIS JÁ ASSEGURADOS PARA VIABILIZAR MEDIDAS QUE ANTECEDEM A RECONSTRUÇÃO José Aldenir

ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

A Prefeitura de Natal tem até o dia 23 de novembro para definir como serão executadas as obras emergenciais que foram apresentadas nesta segunda-feira (12), em audiência realizada com o Ministério Público Estadual, pela equipe de técnicos responsáveis pela elaboração da perícia sobre a destruição do calçadão da praia de Ponta Negra. Uma nova audiência foi agendada para o dia 23 de novembro, quando a Prefeitura apresentará um cronograma de trabalho e elencará possíveis questionamentos. A perícia apresentada pelo Ministério Público levantou dados em 33 pontos ao longo do calçadão de 2,3 km de extensão. Desse total, 1,4 Km da estrutura está danificado. O segundo laudo, que apontará opções técnicas para a recomposição do calçadão, será concluído até o dia 17 de dezembro. De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Natal, Carlos Paiva, o documento é bem extenso, tem cerca de 130 páginas e aponta sugestões para adoção de medidas de segurança e de reuso do calçadão e enfatiza a necessidade de três providências básicas para evitar novos desmoronamentos: ampliação emergencial da faixa de areia, por meio de uma engorda ar-

Uma das providências sugeridas é a engorda artificial da praia. Para isso, seriam necessárias cerca de 3 mil caçambas de areia tificial da praia, para garantir a durabilidade dos reparos; instalação de dissipadores na tubulação de drenagem de águas pluviais a fim de evitar a formação de valas à beira mar e; construção de passarelas e escadas provisórias durante as obras de recomposição do equipamento. "Nossa grande preocupação é não perdermos a praia de

Ponta Negra e vamos adotar as medidas emergenciais que se adaptem à segunda perícia que devem ficar pronta em dezembro", afirmou. A apresentação do relatório da equipe técnica foi coordenada pela promotora Gilka da Mata, do MPE, e por Fábio Venzon, da promotoria de Meio Ambiente do Ministé-

rio Público Federal, e reuniu representantes da Procuradoria Geral do Município (PGM) e das secretarias de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), Defesa Civil e Serviços Urbanos (Semsur). De acordo com Carlos Paiva, os técnicos e engenheiros da Prefeitura estão analisando o relatório apresentado pelo Ministério Públi-

co, mas a grande questão é de onde virão os recursos para as obras emergenciais. Carlos Paiva disse que não tem certeza se os recursos oriundos da Secretaria Nacional da Defesa Civil, órgão ligado ao Ministério da Integração Nacional, podem, ou não, ser utilizados nas obras emergenciais. Até o momento, a Secretaria já liberou 25% dos R$ 4 milhões, o que corresponde a R$ 1 milhão. Os técnicos também apontaram a necessidade de um grande volume de areia para o aterro, aproximadamente 36 mil metros cúbicos de areia. Os R$ 4 milhões liberados pelo Governo Federal para atender o decreto de calamidade pública tem finalidade específica e são destinados para a recomposição da orla. Carlos Paiva, da coordenadoria da Defesa Civil de Natal, adiantou que o projeto que embasou o decreto de calamidade será reapresentado em Brasília com modificações. A intenção dos gestores é verificar a possibilidade de utilizar os recursos para viabilizar a adoção das medidas emergenciais que antecedem a recomposição propriamente dita do calçadão. "Os técnicos vão analisar, até o dia 23, quais os custos para a adoção dessas medidas emergenciais e enquanto isso, vamos pedir a permissão ao Ministério da Integração Nacional para utilizar parte

dos R$ 4 milhões destinados para atender o decreto de calamidade pública. Não acreditamos que teremos empecilho, mas teremos que fazer um aditivo ao plano de trabalho já apresentado", destacou o coordenador da Defesa Civil. Em relação à engorda sugerida pela equipe técnica para a praia de Ponta Negra, o secretário adjunto de Obras da Semopi, Caio Pascoal, fez um cálculo aproximado para dimensionar a 'engorda' artificial da praia. "Seriam necessários 36 mil metros cúbicos de areia para se criar uma faixa de 30 metros à beira mar com um metro de altura e 1,2km de extensão. Cerca de três mil caçambas", estimou. Ele alerta para o fato de que não há uma jazida de areia operando nas proximidades e uma das soluções seria dragar areia do fundo do mar. Carlos Paiva está hoje em Recife para conhecer o modelo adotado na praia de Boa Viagem, que também sofreu com problemas de erosão marítima. "Os peritos indicaram e viemos conhecer para saber como podemos aplicar em Natal", afirmou. O prefeito de Natal, Paulo Freire, está em Brasília, onde terá uma reunião com o ministro do Turismo, Gastão Vieira, para reafirmar o compromisso de liberação de R$ 100 milhões para solucionar o problema da praia de Ponta Negra.

> SEMANA DA CONCILIAÇÃO

Mutirão negocia pendências burocráticas na saúde Processos que envolvem questões de medicamentos e procedimentos hospitalares estão em negociação durante a Semana Nacional de Conciliação, realizada pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. Essa é a primeira vez que está sendo possível negociar diretamente com o Estado e o Município de Natal sobre algumas burocracias na saúde que impedem servidos destinados à população conforme direitos previstos em lei. As conciliações iniciaram ontem e serão realizadas durante todo o dia de hoje na Escola de Magistratura do RN (Esmarn). De acordo com a juíza Valéria Maria Lacerda, do Juizado Especial da Fazenda Pública da Comarca de Natal, foram pautadas cerca de 190 audiências de conciliação. "Sempre houve uma dificuldade para o Estado e Município fazerem negociações porque não havia um meio de transacionar os acordos. Fizemos reuniões com os secretários de saúde e de planejamento do Estado e do município de Natal e vimos que era possível realizar

essas negociações", disse Valéria. A juíza explicou que as administrações estadual e do município de Natal decidiram aproveitar a Semana Nacional de Conciliação para negociar os medicamentos regularizados que existem em estoque e os medicamentos que estão em vias de aquisição. Além disso, pessoas que entraram com processo junto às instâncias públicas solicitando consultas médicas e cirurgias, por exemplo, também estão podendo negociar os procedimentos com a Justiça. "O Governo do Estado e o Município de Natal vieram com todo o aparato para cumprir com suas responsabilidades. As pessoas que entraram com medidas judiciais terão suas solicitações atendidas por vias administrativas. Se houver um desabastecimento de medicamentos, por exemplo, essas pessoas terão uma sentença judicial que poderão executar", explica a juíza. "Espero que essas audiências voltem a acontecer nos próximos anos para podermos sanar mais processos", disse. Esmeralda Fernandes, 27, en-

Wellington Rocha

Expectativa é de que cerca de 190 audiências sobre questões de medicamentos e procedimentos hospilatres sejam realizadas trou com um processo contra o Município de Natal para poder receber um medicamento que lhe privará de uma gravidez de risco. De acordo com ela, só o medica-

mento Clexane, cedido pelo Município, lhe dará condições de engravidar. "É esse medicamento que dará sustentação ao feto. Já engravidei três vezes e perdi meus filhos.

Quando descobri que eu tinha direito de receber pelo SUS, entrei com o processo", disse. Segundo a farmacêutica bioquímica do município, Magda

Dantas, Esmeralda já sairá da conciliação com o documento que lhe dará permissão para receber o medicamento. "Cadastramos no sistema a quantidade do medicamento prescrito no laudo médico e ela poderá retirar assim que sair daqui", disse. Esta é a sétima edição da Semana Nacional de Conciliação, uma campanha do Conselho Nacional de Justiça, realizada anualmente, que envolve todos os tribunais brasileiros, onde são selecionados os processos que tenham possibilidade de acordo e intimam as partes envolvidas para solucionarem o conflito. A medida faz parte da meta de reduzir o grande estoque de processos na Justiça brasileira. Em 2011 foram realizados 6.705 acordos no Rio Grande do Norte e uma movimentação financeira de R$ 15.796.380,46. A expectativa para 2012 é que esses números sejam superados. A Semana Nacional de Conciliação acontece até quarta-feira, 14 de novembro, na Escola de Magistratura do RN.

> DIA MUNDIAL

Unidade de Saúde alerta para prevenção do Diabetes O Dia Mundial do Diabetes, que acontece nesta quarta-feira (14), vem sendo responsável pela realização de ações educativas e atividades de prevenção da doença desde o começo da semana. Na expectativa de tentar controlar o crescimento da doença, que acomete 300 milhões de pessoas em todo o mundo, a Federação Internacional de Diabetes (International Diabetes Federation - IDF) elegeu como tema deste ano o slogan "Diabetes - Educar Para Prevenir". O cenário atual da doença inspira a preocupação da classe médica, tendo em vista que, apenas no Brasil, cerca de 10 milhões de pessoas sofrem dos tipos 1 e 2 do Diabetes e a cada dia 500 novos casos são registrados. Como uma alternativa de controle e combate deste problema, diversas unidades de saúde de Natal vem realizando durante todo o ano um trabalho de divulgação do tema nos bairros e comunidades em que estão instaladas. A Unidade Básica de Saúde de Mirassol é um bom exemplo desta conduta adotada pelos profissionais da área. Desde a última segunda-feira (12), os funcionários da UBS realizam ações que incluem palestras em escolas do bairro, ses-

José Aldenir

Funcionários da UBS Mirassol estão realizando ações que incluem palestras, testes de glicemiae aferição de pressão sões de exercício físico orientado, testes de glicemia, aferição de pressão arterial, entre outras. Para a diretora da UBS Mirassol, Márcia Barreto, o objetivo é levar o máximo de informações sobre o Diabetes para o cotidiano dos que moram no bairro, tornan-

do-os multiplicadores e parceiros no combate ao problema. "Ações de divulgação como essas são importantes para alertar as pessoas sobre a necessidade de ficar de olho na doença, uma vez que o diagnóstico precoce é um dos quadros mais favoráveis para o controle do

Diabetes", explica. A UBS de Mirassol conta com um grupo de atenção ao Diabetes composto por 60 pessoas, dos quais 35 sofrem da doença. Os pacientes são acompanhados pela equipe médica com consultas renovadas a cada três meses e recebem toda

a medicação receitada, além de acompanhamento nutricional personalizado. "Também os estimulamos a participar do nosso grupo Melhor Idade em Ação, que sempre realiza encontros de atividade física e recreativa, atuando na frente preventiva e de promoção da saúde para pessoas com mais de 55 anos", conta a diretora Márcia Barreto. A nutricionista Polyana de Oliveira Castro acredita que o combate ao Diabetes começa com uma mudança de hábitos, que abrange também os mais jovens. "É uma doença que pode trazer consequências graves como disfunções renais, cardíacas, cegueira e problemas de cicatrização que podem levar ao amputamento de membros. Nos preocupa ver cada vez mais jovens diagnosticados com diabetes. É preciso tomar muito cuidado com a alimentação desregrada aliada ao sedentarismo", declara a nutricionista da UBS Mirassol. O funcionário público Antonio Dantas, que descobriu ser diabético do tipo 2 há seis anos, diz que o acompanhamento médico e o acesso à informação são imprescindíveis para o convívio saudável com o problema. "Nesse tempo

todo, a doença nunca me atrapalhou. É uma questão de aprender a controlar e cuidar da saúde e alimentação sempre", declara. O Diabetes é uma doença crônica caracterizada pelo aumento do nível de glicose no sangue devido a uma diminuição ou ausência na produção de insulina pelo pâncreas ou por uma deficiência na sua ação, que é de levar a glicose para dentro das células. Pode ser de tipo 1 ou 2. Na primeira, a incidência causa insuficiência na produção de insulina do pâncreas, pois suas células sofrem o que se chama de destruição autoimune e os pacientes precisam de injeções diárias de insulina. A segunda, que compreende 90% dos pacientes, ocorre geralmente em pessoas obesas com mais de 30 anos de idade, em virtude de maus hábitos alimentares, sedentarismo e stress da vida urbana O Dia Mundial do Diabetes foi criado pela IDF e, ainda que as campanhas temáticas durem todo o ano, a data de 14 de novembro foi escolhida devido ao nascimento de Frederick Banting, que junto com Charles Best, foram os cientistas que descobriram a insulina em 1921.


Cidade

Terça-feira

Natal, 13 de novembro de 2012

O Jornal de HOJE 7

Esquema fraudulento é desarticulado EMPRESÁRIOS DE POSTOS DE COMBUSTÍVEIS SÃO ACUSADOS DE ADULTERAR E REVENDER PRODUTO IRREGULARMENTE ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

O Ministério Público Estadual desarticulou um esquema criminoso que adulterava e revendia combustíveis de forma irregular no Rio Grande do Norte. Durante a ação, batizada de ‘Operação Drible’, foram cumpridos dois mandados de prisão e 16 de busca e apreensão, nas cidades de Natal, São Gonçalo do Amarante, Extremoz, Mossoró e Taipu. Conforme as investigações, os crimes vêm acontecendo desde 2005 e os prejuízos aos cofres públicos ultrapassam a marca de R$ 7 milhões. Segundo a coordenadora do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Patrícia Martins, durante todo esse tempo, o grupo criminoso adquiriu mais de 16 milhões de litros de álcool diretamente de usinas, o que se caracteriza como concorrência desleal. Isso porque os preços eram baixos e com menor carga tributária que a do álcool para combustível. "As investigações apontaram que a quadrilha comprava o álcool hidratado das usinas para outros fins comerciais, mas o revendia nos postos de combustíveis do grupo. Quando esse esquema passou a ser monitorado, eles mudaram a forma de atuar e passaram a usar empresas fantasmas ou em nome de laranjas, muitas delas criadas em outros estados brasileiros", explicou. Isso permitia que o combustível fosse destinado aos próprios postos da rede criminosa, mesmo que as notas fiscais informassem que ele estava sendo comercializado em outro estado, por outra pessoa jurídica. Dessa forma, os empresários envolvidos adquiriam o combustível por um preço menor e o revendiam sem que pagassem os impostos devidos. Segundo o secretário estadual de Tributação, José Airton da Silva, será feita uma avaliação do combustível encontrado nos tanques dos postos do grupo, bem como um levantamento para traçar o perfil das dívidas que os acusados possuem com o não pagamento de impostos estaduais e federais, como o ICMS que foi sonegado durante todo esse período e também o Imposto de Renda, já

Fotos: Heracles Dantas

que as empresas apresentavam lucros muito abaixo do que realmente tinham com os crimes cometidos. Ele disse ainda que desde 2005 que o Estado vem percebendo a ocorrência de irregularidades e a cada investida contra o grupo criminoso, havia um recuo dos acusados e a mudança da forma de atuação destes. "Conseguimos fazer apreensões várias vezes, mas infelizmente, a maioria delas era apenas de uma parte das cargas irregulares. Somente quando passamos a trabalhar em conjunto com o Ministério Público é que passamos a entender melhor esse esquema criminoso", afirmou José Airton. GASOLINA ADULTERADA Além dos crimes contra o sistema tributário estadual e federal, o grupo criminoso também lesava os consumidores do Rio Grande do Norte, através da adulteração de combustíveis. Segundo Patrícia Martins, há indícios de que o grupo também adulterava os combustíveis com a mistura de gasolina comum em tanques para gasolina aditivada. "Durante as investigações, descobrimos que eles vendiam gasolina comum como se fosse aditivada e também que eles faziam a aditivação do combustível, o que é ilegal já que somente a Agência Nacional do Petróleo (ANP) é que pode fazer isso. Ou seja, faziam o consumidor adquirir algo que não era aquilo que ele apresentava e que podia até mesmo causar prejuízos maiores às pessoas, como no caso do combustível aditivado por eles", explicou a coordenadora do Gaeco. Assim, além da sonegação de impostos estaduais e federais, adulteração de combustíveis, concorrência desleal e lavagem de ativos, há indícios também de formação de quadrilha, distribuição ilegal de álcool, falsificação de documentos públicos, falsidade ideológica, uso de documento falso e corrupção ativa. DUAS PESSOAS CONTINUAM FORAGIDAS Durante a Operação Drible, que teve início às 5 horas, duas pessoas foram presas e 16 mandados de busca e apreensão forma

Coordenadora do Gaeco, Patrícia Martins, contou os detalhes de como o esquema ocorria no Estado, que desde 2005 desconfiava da prática criminosa cumpridos em escritórios e postos de combustíveis espalhados nos municípios da região Metropolitana de Natal, São Paulo do Potengi, Santa Maria, Taipu e Mossoró. Os dois presos foram o empresário e gerente de um dos postos, Alexandre Bruno Mendes Correia, e o advogado do grupo, João Maria Sátiro de Barros, detidos em Natal, pelos agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que participou da operação junto com a Secretaria Estadual de Tributação e da Polícia Civil, além das promotorias de Defesa do Consumidor e de Combate à Sonegação Fiscal. Outros dois mandados de prisão não foram cumpridos porque os acusados estão foragidos. São

eles: Severino Fernandes Nunes, que é um ‘laranja’ e sócio de uma das empresas fantasmas usadas pelo grupo e o empresário Alcivan Mendes de Moura, que é apontado como o chefão do esquema criminoso. Severino mora em João Pessoa e, conforme as investigações do Ministério Público, usava o nome falso de João Henrique. Já Alcivan Mendes de Moura seria o mentor do esquema, que vem atuando no Rio Grande do Norte desde 2005. Os agentes da PRF foram até a residência do empresário, no loteamento San Vale, mas ele não foi localizado. "Os postos de combustíveis do grupo são de várias bandeiras, incluindo a Ypiranga e a 30 de Setembro", disse Patrícia Martins.

Rosemberg Alves explicou atuação da Polícia Rodoviária Federal na operação

>USANDO MAÇARICO

Quadrilha arromba caixa eletrônico na Fiern Uma quadrilha composta por dez homens arrombou um terminal eletrônico do Banco do Brasil e tentou abrir outro da Caixa Econômica Federal, no prédio da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern), em Natal. Durante a ação, os criminosos estavam usando máscaras de gás e um maçarico para romper os equipamentos. Eles fugiram em um Tucson com placas clonadas. Segundo o tenente do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), Marcelo Queiroz, os bandidos renderam os três vigilantes que estavam no local e os amarraram em uma sala, para que eles não acionassem a polícia. Depois, com um maçarico, arrombaram o terminal do Banco do Brasil, que fica no hall do prédio e retiraram o gavetão onde ficam guardadas as cédulas de dinheiro. Eles ainda tentaram arrombar o terminal da Caixa Econômica, mas desistiram e fugiram no mesmo veí-

culo em que chegaram ao local. Os ladrões ainda roubaram as roupas e as armas de fogo dos vigilantes rendidos, que só conseguiram se soltar e ligar para a Polícia Militar 15 minutos após os ladrões terem deixado o prédio. O tenente Queiroz disse também que, apesar dos bandidos terem isolado os sensores de incêndio, por causa da fumaça, e algumas câmeras do sistema de monitoramento eletrônico do hall do prédio da Fiern, ainda assim foram gravadas imagens da quadrilha e do veículo usado. "Eles tiveram todo esse cuidado, mas haviam câmeras na área externa que captaram as imagens deles chegando e fugindo, inclusive a placa do veículo, que foi rastreado e identificado. Essas imagens já foram entregues à Polícia Civil e devem ser repassadas para a Polícia Federal, que também irá investigar o caso", explicou o tenente Queiroz.

Os policiais do BPChoque conseguiram rastrear o endereço do proprietário do veículo, através das imagens captadas pelas câmeras da Fiern e, ao chegarem ao local indicado, constataram que o carro dos bandidos era clonado. "Possivelmente, os bandidos roubaram o carro e clonaram as placas de outro Tucson, para despistar a polícia", explicou o tenente. A Polícia Militar continua as diligências em busca da quadrilha em toda a Região Metropolitana de Natal, mas até esta manhã, não havia conseguido localizar nenhum dos dez bandidos que participaram da ação na Fiern. "Estávamos próximos ao local, mas, infelizmente, fomos prejudicados pela demora no acionamento da polícia, já que as vítimas estavam amarradas e só conseguiram se soltar 15 minutos depois da fuga dos criminosos, o que deu tempo suficiente para eles se afastarem do local do crime", desabafou o tenente.

Wellington Rocha

Equipamento da Caixa Econômica Federal ficou livre da ação dos bandidos, que fugiram em carro com placas clonadas

> TUBERCULOSE

Seminário discute estratégias de controle da doença Apesar da abertura de cada vez mais espaços de discussão acerca da tuberculose, na mídia e em âmbito especializado, a doença ainda representa um problema grave de preconceito e exclusão social para os pacientes. Os números de incidência têm diminuído nos últimos anos, mas o medo do contágio e a falta de informação da população fazem com que grande parcela dos doentes não procure o tratamento adequado. Com o objetivo de ampliar ações educativas junto às comuni-

dades e elevar o número de parceiros em torno da luta contra a tuberculose, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) promove hoje e amanhã o XII Seminário Estadual de Tuberculose. O evento é organizado pelo Programa Estadual de Controle da Tuberculose (PECT) e deve reunir cerca de 400 participantes, entre profissionais de saúde, representantes de diversas instituições e estudantes universitários. Conforme dados do PECT, 1270 novos casos da doença foram registrados em 2011, dos quais 57%

concentravam-se em Natal, Parnamirim e Mossoró. A incidência está diminuindo, apesar de os número de mortalidade terem crescido. É o que informa a responsável técnica do Programa, Marta Santos, que contabiliza 67 óbitos no Estado, no ano passado. "O seminário que estamos realizando pretende capacitar os profissionais de saúde para atuarem na sensibilização da população e juntos identificarmos mais "tossidores crônicos" (com sintomas há mais de três semanas). Um dos

grandes entraves no controle da tuberculose ainda é o diagnóstico tardio", declara Marta Santos. Ela acredita que a mobilização social pode ser de grande importância no aumento do número de diagnósticos, adesão efetiva ao tratamento, propiciando a redução do abandono, e a cura sem seqüelas dos pacientes. O PECT conta com parceiros atuando em frentes de divulgação da tuberculose, em iniciativas como o Programa Saúde nas Escolas (PSE), que promove palestras e discussões sobre o tema.

Com relação ao tratamento, todos os pacientes devem tomar o coquetel padronizado composto de rifampicina, isoniazida, etambutol e pirazinamida durante seis meses. Nesse tempo, é imprescindível a atenção da família para que o paciente não abandone o tratamento. Fatores como dependência química reduzem a probabilidade de cura. Os dados do PECT apontam para um crescimento de casos notificados na população prisional e entre os portadores de AIDS no Estado. De acordo com a responsável técnica

do Programa, já estão sendo realizadas ações de identificação de casos e articulação com as unidades hospitalares e equipes de saúde da família, para tentar reverter este quadro. "Oferecer o medicamento é uma medida eficaz, porém é necessária a tomada de medidas integradas, que atendam às necessidades especiais dos pacientes. A tuberculose é uma doença excludente e é preciso enfrentá-la percebendo o indivíduo em todos os aspectos da sua vulnerabilidade", declara Marta Santos.


8 O Jornal de HOJE

Natal, 13 de novembro de 2012

Economia

Terça-feira

Wellington Rocha

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

marcossa@jornaldehoje.com.br

Tudo pronto para a abertura amanhã da 53ª. Convenção Nacional do Comércio Lojista n A cúpula da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (representada pelo presidente Roque Pellizzaro Júnior), e os dirigentes da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RN e da CDL Natal - respectivamente Marcelo Rosado e Amauri Fonseca - estão desde ontem totalmente dedicados às providências finais que garantirão o sucesso da 53ª. Convenção Nacional do Comércio Lojista, evento que será aberto amanhã à noite no Centro de Convenções da Via Costeira e prosseguirá até a noite de sábado, atraindo para a capital potiguar mais de 5 mil convencionais de todo o país. n Como a maioria dos participantes chegará a Natal acompanhada de familiares e assessores, toda a capacidade de hospedagem da rede hoteleira da grande Natal se encontra inteiramente comprometida a partir de hoje e até o próximo domingo. n A programação da Convenção irá contemplar vários segmentos do varejo nacional através de palestras, painéis e debates. Entre os palestrantes se encontram figuras de projeção nacional como Flávio Rocha, Luiz Felipe Scolari, Fernanda Young, Paulo Barros, Rogério Mainardes, além de nomes do cenário local como Gláuber Gentil, Jussier Ramalho e Fred Alecrim. TV Tropical festeja 25 anos oferecendo jantar a clientes e parceiros do mercado n Na próxima segunda-feira, 19 de novembro, a Direção da TV Tropical estará celebrando o

Senac/RN anuncia vagas gratuitas para dezembro nAtravés do "Programa Senac Gratuidade", o Departamento Regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial no RN disponibilizará mais 75 bolsas de estudos integrais para cursos de capacitação profissional a serem oferecidos pela instituição no mês de dezembro próximo. n As inscrições para as bolsas se iniciaram ontem e prosseguem até a próxima segundafeira (dia 19). Os interessados devem recorrer ao endereço eletrônico www.rn.senac.br/psg. n As vagas contemplam apenas o município de Natal e abrangem os cursos de Almoxarife e Operador de Telemarketing. n A seleção dos candidatos será feita de conformidade com a ordem da inscrição, observando-se critérios definidos pela política do 'Programa Senac Gratuidade". n É necessário que os candidatos possuam renda familiar mensal per capita de até dois salários mínimos e atendam aos requisitos exigidos pelo curso escolhido. n Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone (84) 4005-1000 e pelo site www.rn.senac.br. I Salão de Turismo Rota 101 Nordeste n Os secretários estaduais de Turismo do RN, Paraíba, Pernambuco e Alagoas se encontram reunidos hoje em Recife, discutindo qual das capitais desses Estados sediará em 2014 (ano da Copa do Mundo no Brasil) o Salão de Turismo

25º. aniversário da entrada do seu sinal no ar. n A data será comemorada com o oferecimento de um jantar aos clientes e parceiros da emissora. n Retransmitindo a programação nacional da Rede Record para a grande Natal e boa parte do interior do Rio Grande do Norte, a Tropical hoje ocupa o segundo lugar na liderança geral de audiência na grande Natal e, no que diz respeito à programação produzida localmente, ela chega a disputar o primeiro lugar em alguns horários. n Os convites para o jantar, segundo informa o diretor Fernando Eugênio, começarão a ser distribuídos a partir de amanhã. Ministério Público promove seminário sobre irrigação na Chapada do Apodi n O Ministério Público Estadual - através do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça do Meio Ambiente - e o Ministério Público Federal promoverão amanhã em Mossoró, das 8:30 às 13:00 horas, no auditório do Instituto Federal de Educação Tecnológica (IFRN), o seminário "Projeto de Irrigação na Chapada do Apodi - Aspectos Econômicos, Técnicos e Ambientais". n Atuarão como palestrantes no evento o geólogo e professor da UFRN João Abner, que falará sobre "Aspectos Técnicos do Perímetro Irrigado da Chapada do Apodi"; o professor Joaquim Pinheiro, da Ufersa, sobre "Aspectos da Organização Social da Agricultura Familiar"; e o professor Daniel Santiago, do IFRN, sobre "Impactos Econômicos do Perímetro Irrigado sobre a Apicultura".

Rota 101 Nordeste. n Segundo informa o titular da pasta do Turismo potiguar, Renato Fernandes, o encontro dos quatro secretários foi provocado pelas empresas Espacial Eventos e Argus Eventos de Turismo (ambas do RN), que idealizaram o I Salão de Turismo Rota 101 NE, uma feira de turismo que acontecerá entre os dias 4 e 6 de junho de 2013, no Pavilhão Parque das Dunas do Centro de Convenções de Natal. n A feira, que terá como justificativa a integração dos Estados do Nordeste Oriental proporcionada pela duplicação da rodovia BR-101, servirá para o lançamento de um amplo projeto de desenvolvimento do turismo regional, que já está sendo elaborado por técnicos do Ministério do Turismo e do Sebrae Nacional. Projeto de Lei cria figura do advogado individual n Está em tramitação na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 4.318/12, que cria a figura do "advogado profissional individual" - aquele que exerce a advocacia de forma individual e autônoma, sem participar de sociedade de advogados e sem vínculos empregatícios - e o equipara às sociedades de advogados para efeitos tributários. n Segundo o deputado federal Aelton Freitas, autor da proposição, o que se pretende é corrigir uma injustiça histórica, uma vez que, enquanto as sociedades de advogados são tributadas em 11,3 por cento, os advogados autônomos são obrigados a recolher até 27,5 por cento de Imposto de Renda

sobre os honorários recebidos. n O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil já se posicionou favoravelmente ao Projeto de Lei, concordando com o argumento do parlamentar, de que os profissionais da área que exercem a atividade individualmente enfrentam dificuldades, no que diz respeito à discrepância na tributação em relação àqueles que participam de sociedades de advogados. n O próprio presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante, se posiciona a favor da luta em busca de uma tributação menos gravosa para os advogados, seja pela inserção da classe entre os beneficiados do Simples Nacional (regime tributário simplificado aplicável às micro e pequenas empresas), seja mediante a criação da figura do advogado profissional individual. 60 anos de fundação da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias do RN n No próximo dia 20 de Novembro será comemorado o 60º. aniversário de fundação da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FTIRN), uma das mais antigas e atuantes entidades representativas da classe trabalhadora em nosso meio, cuja sede se localiza em Natal, na Avenida Bernardo Vieira, 576, bairro das Quintas. n Entre as solenidades comemorativas pela passagem da importante data, a Diretoria da FTI-RN oferecerá um jantar às lideranças trabalhistas do Estado e autoridades do setor.

O presidente do CDL, Amauri Fonseca, falou da importância de ter Natal novamente como sede do evento nacional

Começa amanhã em Natal o maior encontro de lojistas do Brasil A 53ª CONVENÇÃO NACIONAL GRANDES NOMES DA MÍDIA NO Quem mora em outros estados, não tiver feito reserva e quiser viajar agora para Natal pode encontrar dificuldades em encontrar vôo. A explicação está no Centro de Convenções, onde começa nesta quarta-feira a 53ª Convenção Nacional do Comércio Lojista, com a previsão de um público recorde de mais de cinco mil participantes. A última convenção em Natal aconteceu em 2007, tendo a educação como mote central. A deste ano foi inspirada pela proximidade da Copa de 2014. Com o tema "Craques do Varejo, campeões na vida", de amanhã até a próxima sexta-feira, o evento terá uma extensa programação, onde os participantes poderão participar de palestras, painéis e debates com alguns festejados nomes, como os de Luiz Felipe Scolari, ex-ex-técnico da seleção brasileira de futebol; Flávio Rocha, presidente do Grupo Riachuelo; Rogério Mainardes, fundador

COMÉRCIO REUNIRÁ CENTRO DE CONVENÇÕES DO

Grupo Positivo e o casal Paulo Barros e Fernanda Young, roteiristas de importantes série de tevê. Hoje à noite, um jantar será

"...Mostramos o que todos já sabem: que Natal é uma jóia do turismo(...)” AMAURI FONSECA PRESIDENTE DO CDL

oferecido a todos os presidentes de associações comerciais do País, no restaurante Guinza. Mas a programação pra valer começa as 8 horas desta quarta-feira, com cre-

denciamento dos participantes e entrega de material. Hoje, o presidente do Clube dos Dirigentes Lojistas de Natal, o empresário Amauri Fonseca, falou sobre o trabalho desenvolvido nos últimos anos para trazer a convenção nacional dos lojistas novamente para Natal. "Nós mostramos o que todos já sabem: que Natal é uma jóia do turismo brasileiro, que temos uma hotelaria forte, um clima e uma cidade maravilhosa", disse. Os gastos para a realização do evento, orçado em R$ 2 milhões, teve que ser reforçado na última hora em mais R$ 100 mil, para que uma estrutura fosse montada no ambiente do Centro Convenções, para abrigar centenas de pessoas com mais conforto. "Foi uma ampliação de 20% no espaço, o que nos leva à reflexão de que, em breve, o Centro terá que pensar no seu crescimento físico", comentou Fonseca.

> PROGRAMAÇÃO Quarta-Feira (14/11/2012) 08h - Abertura da Secretaria: credenciamento e entrega de material; 14h - Encontro do SPC Brasil - Sala 01; 14h - Encontro de Assessores de Comunicação - Sala 02; 14h - Encontro de Gestores de FCDLs - Sala 03; 19h - Solenidade de Abertura; 20h30 - Coquetel de boas vindas; Quinta-Feira (15/11/2012) 09h - Abertura da plenária; 09h15 - Palestra: Cases de Sucesso com Flávio Rocha e Pedro Lima; 11h15 - Palestra: Rogério Mainardes; 12h15 - Brunch; 13h30 - Palestra: Renato Castro; 14h30 - Painel de Franquias: Rita Ortega, Glauber Gentil e Renato Claro; 16h30 - Coffee Break;

17h - Palestra: Luiz Felipe Scolari; Noite - Jantares das Delegações; Noite - Festa da CDL Jovem: Praia Devassa Via Costeira; Sexta-Feira (16/11/2012) 09h - Abertura da plenária; 09h15 - Palestra: Lourenço Bustani; 10h15 - Intervalo; 10h30 - Painel Estratégias em Mídias Sociais: Cláudio de Oliveira, Rodrigo Demétrio e Fred Alecrim; 12h15 - Palestra: Paulo Barros; 13h30 - Brunch; 14h20 - Palestra: Jussier Ramalho; 15h - Palestra: Fernanda Young - Encontro da Mulher Empreendedora; 15h - Encontro Jurídico - Sala 02; 15h - Encontro da CDL Jovem - Pátio externo; 20h - Jantar de Encerramento da 53ª CNCL.

CMYK


Cidade

Terça-feira

Natal, 13 de novembro de 2012

O Jornal de HOJE 9

Operários da construção civil interditam trânsito PROTESTO REALIZADO PELA CATEGORIA PARTIU DO ALECRIM ATÉ A SEDE DO TRT E INTERROMPEU TRÁFEGO EM VÁRIAS VIAS ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

Cerca de 20 mil trabalhadores da construção civil, que estão em greve desde a última quinta-feira (8), realizaram um grande protesto pelas ruas da capital na manhã desta terçafeira (13). Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil (Sintracomp), este foi o maior protesto da categoria já realizado no Rio Grande do Norte. Os operários saíram da sede do Sintracomp, na rua Fonseca e Silva, no Alecrim, em direção ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT), na avenida Capitão Mor Gouveia, em Lagoa Nova. Durante o percurso, que durou mais de três horas, os trabalhadores interditaram as avenidas Mário Negócio, Bernardo Vieira e Jaguarari, causando grandes congestionamentos. Os trabalhadores da construção civil reivindicam reajuste salarial de 20% e algumas alterações nas cláusulas sociais, tais como redução do desconto do vale transporte e fim do trabalho aos sábados. O sindicato patronal ofereceu reajuste de 3,5%, que foi rejeitado pela categoria. O protesto de hoje, segundo explica o diretor financeiro e vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, Luciano Ribeiro da Silva, também conhecido como Xuxa, teve o objetivo de sensibilizar os desembargadores do Trabalho para que se convoque uma audiência, o mais breve possível, para discutir as questões salariais dos trabalhadores. "O movimento de hoje foi o maior da construção civil do Rio Grande do Norte. Um movimento ordeiro, pacífico e formado por trabalhadores que saíram as ruas de Natal para lutar pelos seus direitos e por melhores condições de trabalho. Isso mostra o quanto estamos unidos e somos fortes", destacou o sindicalista. Neste sexto dia de paralisação, a adesão da categoria já ultrapassa os 80%. Até o fechamento desta edição, a diretoria do Sindicato não havia

conseguido garantias do Tribunal Regional do Trabalho de que seria marcada, ainda esta semana, a audiência para discutir o dissídio coletivo da categoria. Apesar da adesão maciça da categoria, Luciano Ribeiro garante que 30% do efetivo dos trabalhadores da construção civil estão cumprindo a Lei de Greve, "mas não podemos forçar nenhum operário a trabalhar. A insatisfação entre os trabalhadores está muito grande". Sem acordo com o Sindicato da Indústria da Construção Civil do RN (Sinduscon/RN), o reajuste salarial da categoria será definido pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT), através do dissídio coletivo. Inicialmente os operários da construção civil filiados ao Sintracomp apresentaram uma proposta inicial de aumento de 35%, há três semanas, que foi recusada pelo Sinduscon. Em nova rodada de negociação, os operários reduziram o pedido de reajuste salarial para 25%, novamente recusado pelo sindicato patronal. A chamada construção civil engloba as edificações de moradia, comerciais e de serviços públicos. Já a construção pesada emprega as obras de construção de portos, pontes, aeroportos, estradas, hidrelétricas e túneis. Essas obras, em geral, são contratadas por empresas e órgãos públicos. O vice-presidente do Sintracomp, Luciano Ribeiro, reclama da separação das negociações. O salário de pedreiro da construção civil é de R$ 810, enquanto que na pesada é de R$ 928. O ajudante de pedreiro na construção civil é de R$ 630, já na construção pesada é de R$ 755. Além disso, os trabalhadores da construção pesada recebem uma cesta básica no valor de R$ 130 e hora extra de 60% de segunda a sexta e de 120% nos finais de semana e feriado. "Queremos a equiparação, a isonomia, a igualdade salarial entre os trabalhadores, pois um pedreiro que ganha um valor se estiver trabalhando na construção pesada, quando vier trabalhar na construção civil irá ganhar

bem menos e isso não é aceitável. Estamos lutando pela equiparação salarial e pela unificação da categoria em apenas um sindicato patronal. Não pode uma categoria ganhar 12% de reajuste e os mesmos trabalhadores serem obrigados a apenas 3,5%", explicou o representante sindical. Embora os trabalhadores da construção civil pesada tenha aceitado o reajuste salarial de 12% oferecidos pelos construtores na semana passada e tenham desistido das mobilizações, Luciano Ribeiro afirma que, caso até esta quarta-feira (14), não seja marcada uma audiência no TRT, os cerca de 20 mil irão paralisar as obras de construção da Arena das Dunas, na próxima segunda-feira, dia 19. "Vamos parar a Arena das Dunas para unificar ainda mais a categoria. Não queremos pressionar e sim sensibilizar para a nossa causa", afirmou. De acordo com Arnaldo Gaspar Júnior, presidente do Sinduscon/RN, as reivindicações dos operários são legítimas. Porém, é preciso ter cuidado na velocidade com que esses aumentos são conferidos, tendo em vista que um aumento salarial de 20% interferiria em muito nos custos das empresas. Aproposta que sempre foi apresentada pelo Sinduscon corresponde ao valor da inflação do ano de 2012, medida pelo IPCA: apenas 3,5%, sem mexer em nenhuma cláusula social. "Nos últimos três anos, os operários tiveram um aumento real de 21%. Hoje não temos a mesma situação de aquecimento no setor", justifica. Arnaldo Gaspar Júnior disse que está marcada para esta quarta-feira (14), a partir das 15h, a audiência que vai tratar sobre o dissídio coletivo da categoria. Em relação ao protesto realizado na manhã de hoje, o presidente do Sinduscon/RN disse que não tem nenhuma gerência a respeito do Sintracomp. "Me sinto até constrangido em falar sobre essa paralisação. Não entendi esse protesto se a audiência já estava marcada para amanhã".

Heracles Dantas

Mais de 20 mil operários participaram do protesto considerado pelo Sindicato como o maior já feito pela categoria no RN

Sindicato é alvo de ação civil do MPT O Ministério Público do Trabalho, através do Procurador Regional do Trabalho, Xisto Tiago de Medeiros Neto, moveu uma ação civil pública contra o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil Pesada, Instalações e Afins do Rio Grande do Norte (Sintracomp/RN) a respeito de atos ilícitos realizados pelo Sindicato e sua diretoria. A ação é desde 2007 e ainda não foi julgada. Os primeiros fatos irregulares descritos na petição são relativos à alteração ilícita procedida no Estatuto do Sindicato e à fraude na convocação das eleições, da constituição de empresas "fantasmas" para "esquentar" carteiras de trabalho. Quanto a este fato, segundo o procurador do MPT, desvendado a partir de vários dados e documentos obtidos perante a Receita Federal do Brasil, a Superintendência Regional do Trabalho e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea/RN), demonstrou-se que os réus criaram vá-

rias empresas com o intuito único de conferir falsa condição de membros da categoria profissional a pessoa do lado político da atual Diretoria do Sindicato. A petição cita como empresas fantasmas a C.M. Construções, Damião José dos Santos M.E, P & P Serviço de Construção e Pavimentação LTDA e O R Empreendimentos LTDA. Além disso, o MPT acusa o Sintracomp/RN de malversação de recursos sindicais, das fraudes na gestão do Sindicato e de outras ilicitudes praticadas pelos réus. O Ministério Público do Trabalho pediu a destituição dos cargos ocupados no Sindicato todos os membros da Diretoria, do Conselho Fiscal e os Delegados junto à Federação. Além disso, que a Justiça designe, para administrar o Sindicato e convocar eleições, na forma do Estatuto Social anterior, auditor fiscal do Trabalho, do Núcleo de Relações do Trabalho ou do Setor de Fiscalização do Trabalho.

A petição do MPT também requer que se determine a proibição dos réus assumirem cargo administrativo ou de representação da categoria profissional, pelo prazo de oito anos, declare a invalidade da alteração estatutária procedida pelos réus e fixar pena pecuniária aos demandados, consistente em multa diária de R$ 10 mil, reversível ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e que sejam condenados os réus a pagarem, solidariamente, a quantia de R$ 200 mil, por danos morais coletivos, reversível ao FAT. Questionado a respeito das denúncias do MPT, o diretor financeiro do Sintracomp, Luciano Ribeiro Silva, que também responde a ação civil pública como réu, preferiu não comentar as acusações. "Esse é um processo antigo, que já está arquivado, pois não há nada de errado. Além disso, esse não é o momento de discutir essas coisas é o momento de lutar pelos direitos dos trabalhadores", afirmou Xuxa.


10 O Jornal de HOJE

Natal, 13 de novembro de 2012

Cidade

Terça-feira

Fotos: José Aldenir

Sem pressa, Governo do Estado aguarda regularização dos ônibus escolares

VEÍCULOS ESTÃO EM PROCESSO DE EMPLACAMENTO E PADRONIZAÇÃO DA FROTA E DEVEM SER ENTREGUES EM 2013 CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

Cerca de 146 ônibus que estão estacionados há alguns meses no Centro Administrativo do Governo do Estado deverão ser entregues aos municípios do interior do RN apenas no início do próximo ano. Segundo informações da Secretaria de Estado da Educação (Seec), os veículos ainda estão passando pelo processo de emplacamento e de padronização da frota, com aplicação da logomarca do Governo e do programa Caminho da Escola do Ministério da Educação. A secretária de educação, Betânia Ramalho, disse que o Governo não está "apressado" e garante que a entrega dos ônibus será feita dentro do prazo previsto, que seria para o primeiro semestre de 2013. "Não estamos com pressa. Estamos nos organizando para que as entregas sejam feitas sem nenhuma irregularidade. Enquanto isso, está sendo feito um levantamento dos municípios que terão prioridade no recebimento", disse Betânia, alegando que serão contemplados os municípios com maior nú-

mero de alunos transportados e os mais carentes do sistema. Também terão prioridade os municípios que não foram beneficiados com os veículos no primeiro semestre. Alguns que já foram beneficiados deverão ter sua frota ampliada, como é o caso de Mossoró. Em março de 2012, o Governo do Estado já havia feito a entrega de 120 novos ônibus, dos quais parte foi adquirida com recursos próprios do Estado e outros através do Ministério da Educação. Os ônibus distribuídos no primeiro semestre favoreceram mais de trinta mil alunos da rede estadual de ensino público. Com os novos ônibus, o Governo do Estado pretende resolver definitivamente os problemas de transporte escolar, além de oferecer um sistema seguro, eficiente e adequado aos alunos, uma vez que os veículos são adaptados exclusivamente para o transporte escolar. A ampliação do programa Caminho da Escola está inserida em um conjunto de ações que visam melhorar a qualidade do ensino na rede estadual. Betânia Ramalho falou sobre a importância de oferecer um trans-

Para oferecer mais segurança aos alunos da rede pública, cerca de 146 ônibus serão entregues aos municípios do RN porte de qualidade aos alunos do Rio Grande do Norte. "Essa é uma maneira de incentivarmos a frequência escolar. Além disso, a oportunidade dos alunos utilizarem os transportes escolares se caracteriza em uma ferramenta de inclusão social e de se-

gurança. Na ausência dos ônibus, os municípios contratavam qualquer tipo de veículo para realizar o transporte, podendo colocar a vida dos jovens em risco", afirmou. O programa Caminho da Escola foi implantado em 2007 pelo Go-

verno Federal, com o objetivo de renovar a frota de veículos escolares, garantir segurança e qualidade ao transporte dos estudantes e contribuir para a redução da evasão escolar, ampliando, por meio do transporte diário, o acesso e a permanên-

cia na escola dos estudantes matriculados na educação básica da zona rural das redes estaduais e municipais do Brasil. Os ônibus destinados ao transporte escolar são adquiridos por meio de recursos próprios do Estado e de convênio com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A Secretaria de Estado da Educação, por sua vez, celebra convênio com os municípios, cedendo os ônibus e responsabilizando cada prefeito pela gestão do transporte. "Uma exigência do convênio é que os ônibus sejam utilizados para transporte exclusivo de estudantes da Educação Básica. Compete aos gestores e à sociedade acompanhar a correta utilização do transporte escolar", disse Betânia. Natal foi beneficiada, desde o início do ano letivo, com 26 novos ônibus escolares, atendendo a mais de 4 mil crianças e jovens alunos das Escolas Estaduais Walter Duarte Pereira, Professor Antonio Pinto de Medeiros, Peregrino Júnior, José Fernandes Machado, Luiz Antonio, Djalma Aranha Marinho e Walter Gurgel.

> NEWTON NAVARRO

Ciclistas promovem mutirão de limpeza na Ponte Com o objetivo de tornar as ruas da cidade pela qual passeiam mais limpas, ciclistas de Natal realizaram na manhã de hoje um mutirão de limpeza na Ponte Newton Navarro. Por conta da visão privilegiada de quem passa por ela e pelo fato de unir as zonas leste e norte da cidade, a ponte é um dos pontos de percurso dos atletas em suas pedaladas. Organizada pela Associação dos Ciclistas do RN (ACIRN), a ação teve início às 5h45 da manhã, com concentração na Praia do Forte e contou com a participação de voluntários da Ong Baobá, além de outros atletas e populares que moram perto da ponte ou caminham por ali. A limpeza foi realizada no sentido Centro/Zona Norte até o meio da ponte e os voluntários conseguiram coletar uma quantidade significativa de lixo, entre garrafas plásticas, peças de carro, embalagens diversas, cocos verdes, latas, parafusos e pregos e outros restos deixados pelos que passam por ali diariamente. De acordo com um dos organizadores do mutirão, Haroldo Mota, a sujeira encontrada na ponte é reflexo da falta de cuidado da população com o meio ambiente.

Fotos: Divulgação

Mutirão foi realizado no início desta manhã, no sentido Centro/Zona Norte. Voluntários conseguiram coletar uma quantidade significativa de lixo, entre garrafas plásticas, peças de carro e embalagens diversas "Muitos ainda não têm consciência dos impactos causados pelo acúmulo de lixo nas ruas. Ali na ponte, perto da praia, encontramos um grande volume de lixo, que poderia ter sido menos se a população que passa por ali não jogasse o lixo pela janela. Vemos muitas pessoas que, apesar de atravessarem a ponte diariamente, não estão

preocupados em preservá-la. Além disso, não preservam o meio ambiente, pois o lixo que jogam ali são carregados pelo vento para dentro do mar. Infelizmente esse é um quadro da nossa cidade", disse Haroldo Mota. No próximo dia 21 de novembro, a ponte Newton Navarro completa cinco anos e, para comemo-

rar, outro mutirão de limpeza será realizado, dessa vez no sentido zona Norte/Centro, no dia 20 a partir das 20h30h, horário em que o fluxo de carros é menos intenso na ponte. Além da tentativa de conscientização dos que se utilizam da ponte para se deslocar com maior facilidade, a ação é muito importante para quem trafega usando a lateral

e margens das pistas de rolamento da ponte. Para Haroldo Mota, o cuidado com o patrimônio público é uma responsabilidade que cabe a todos os cidadãos. "De fato notamos que a ponte está há muito tempo sem limpeza e mal cuidada, mas precisamos ter cada vez mais consciência de que é necessário cuidar do

meio em que vivemos. A responsabilidade não é apenas dos órgãos públicos, a população tem que fazer a sua parte também. O patrimônio público beneficia a todos os cidadãos, que se beneficiam com seu uso, e por isso devemos preserválo. Temos que fazer a nossa parte e dar exemplo de cidadania", conclui o organizador do mutirão.


Cidade

Terça-feira

Natal, 13 de novembro de 2012

1 E1 den o O Ja H lrJ

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

INTERINO - CONRADO CARLOS - ccpsilva@hotmail.com

CONTE ATÉ 10

A manipulação dos números continua no Governo Federal. Voltada para reduzir os chamados homicídios "por impulso" que, segundo estatísticas, seria a principal causa dos assassinatos esclarecidos no Brasil, o Conselho Nacional do Ministério da Justiça e da Estratégia Nacional de Segurança Publica (Ufa!) contratou uma campanha publicitária com Anderson Silva e o djabo a quatro.

CONTE ATÉ 10 - II

O que eles não dizem é que apenas 8% dos homicídios têm a investigação concluída. Oito por cento! A maioria por brigas de bar, no trânsito, entre torcedores, etc. Mas os outros 92% são varridos para baixo do tapete sem que nenhuma ação radical seja tomada. A suposta banalidade dos crimes sugerida pelo Governo passa longe da barbárie cotidiana que temos visto.

CONTE ATÉ 10 - III

A voz embargada dos Balcãs Em 1994, o jovem Sasa Stanisic (lê-se Sasha Stanichitch) tinha quatorze anos e morava na pequena Visegrad, atual Bósnia-Herzegovina. Então com pouco mais de vinte mil habitantes, a cidade tinha os muçulmanos como maior grupo étnico-religioso. Foco da carnificina promovida pelo ditador sérvio Slobodan Milosevic, "O Carniceiro dos Balcãs", os seguidores de Alá serviram, em um primeiro momento, como justificativa para a guerra de manutenção da unidade nacional. Sasa viu de perto o começo das atrocidades, mas fugiu com a família para a Alemanha. A repentina mudança provocou alívio e nostalgia. Da memória juvenil embotada surgiu o romance "Como o Soldado Conserta o Gramofone". Traduzido em trinta idiomas, "Como o Soldado..." apresenta linhas biográficas do autor. Narrada em primeira pessoa, a história do menino Aleksandar corre paralela à desintegração iugoslava. Com o pai frio e uma mãe nervosa, ele tem na figura do avô paterno, o sérvio e nacionalista Slavko, seu alicerce educacional. A tragédia inicia no verão de 1991, quando o avô sofre infarto fulminante - "enquanto o americano Carl Lewis batia o recorde mundial dos 100m rasos". Dono de uma varinha mágica, presente do avô, ele acreditava na influência de seus poderes no feito do negro velocista. Todos os esforços 'sobrenaturais' foram transferidos para ressuscitar o avô. O livro é dividido em três partes. Na primeira, a singela visão infantil sobre a terra natal

em crescente tensão é conflitada com episódios familiares. A transição da infância para a adolescência tem dimensão de parábola. A segunda é a tentativa de fabricar um elo entre a infância perdida e a nova vida na Alemanha. Ao receber cartas e documentos do avô, Aleks-Sasa escreve outro livro, intitulado "Quando tudo era bom", dentro da narrativa principal. Inadequação no estrangeiro e saudade do país de origem ilustram fantasias na mente juvenil. Por fim, na terceira parte, Aleksander retorna a Visegrad, ávido por encontrar sua avó, viúva de Slavko, e a jovem Asija, bonita refugiada que conviveu durante um dia em um porão, enquanto a faxina étnica era executada. Dez anos de correspondência unilateral alimentaram o amor platônico do bósnio. "Será que você existe?", pergunta em uma das cartas. A resposta está nos escombros ou na reconstrução de um novo país? Ainda criança, Aleksandar imaginava reproduzir "o riso dos dias felizes por cima da preocupação no rosto da minha mãe". Adolescente, percebeu que "a Somália e a Bósnia [...] são a mesma coisa, com a diferença que entre nós não existem crianças negras, de cabelo curto e fuzis no ombro". Já adulto, reflete que "uma boa história [...] é como nosso Drina [rio balcânico], impiedoso, longo, afluentes jorram para dentro dele, enriquecem-no, transborda, borbulha e troa, aqui e ali fica mais raso, mas aí vem as cataratas, abertas para profundezas onde se pode chapinhar [...] para os dois não há volta".

O pior é ouvir do Ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, que o Governo está "ajudando" São Paulo, ao participar de ações conjuntas com a polícia de Alckmin na onda de mortes que assustam a região mais rica do país. Como se não fosse obrigação federal cuidar das fronteiras e das estradas, para não chegar armamentos nas cidades; ou investigar rotas do tráfico internacional de drogas.

fala da ralé que engarrafa o primeiro piso do Midway Mall. Pois esse fragmento da pirâmide social virou um país à parte. Com 95 milhões de pessoas e grande poder de consumo, ele seria o 12º mais populoso e 18º mais rico do mundo, caso fosse independente.

TAMANHO DA CRISE

Bancos espanhóis tomaram mais de 400 mil imóveis por falta de pagamento dos financiamentos. Com 25% dos adultos aptos ao trabalho desempregados, o país estremece a cada semana. Na capital Madri, bairros inteiros viraram cenários de "Mad Max".

DEVOLVA O QUE É MEU

A Universidade de Yale, nos Estados Unidos, devolveu ao governo peruano o último lote de artefatos incas que estavam em poder da instituição. Mais de 35 mil peças entraram no acordo assinado em 2010 pelo então presidente Alan Garcia e um representante americano. O material foi saqueado pelo explorador Hiran Binghan em uma expedição por Machu Picchu, em 1912. Em maior escala, conterrâneos de Atatürk reclamam de alguns dos maiores museus do mundo, cujos acervos foram enriquecidos após a dissolução nada amigável do Império Turco-Otomano.

NÉSTOR, O FILHO DA ARGENTINA

Na verdade, o problema está na tríade do terror: traficantes, viciados e policiais. Aí estão os 92%. E o que foi feito? Campanhas bobinhas anti-crack e nada mais. São quase 50 mil assassinatos por ano, e um número aproximado de mortos nas estradas. Agora confronte com os números do Iraque, do Afeganistão, da Síria e do México.

Assim como "Lula, O Filho do Brasil" passou em cada esquina do país, a Argentina será bombardeada com o marketing em torno do filme "Néstor Kirchner", cuja pré-estreia será no sábado (17). Em 120 salas de todo o país, número quatro vezes maior que qualquer lançamento badalado, a história do finado marido de Cristina terá uma cortina estendida sobre casos de corrupção, como de praxe na América Latrina.

ORKUTIZAÇÃO

MICK JAGGER

CONTE ATÉ 10 - IV

A primeira rede social que atrasou a vida de muito jovem brasileiro virou sinônimo pejorativo para a invasão da nova Classe C. Mais ou menos o que a turma do andar de cima

Já em minha prateleira a biografia escrita por Philip Norman (o mesmo que escreveu a de John Lennon, lançada há quatro anos). Dizem que é a mais completa do Stone.

ROCK IN RIO Mais duas atrações foram confirmadas: os ingleses do Muse e os americanos do Alice In Chains. Programado para acontecer entre os dias 13 e 22 de setembro de 2013, o evento já tem no line-up Ben Harper, Bruce Springsteen, Iron Maiden, George Benson, Ivan Lins, Sepultura e Tambores do Bronx. Como na última edição, em 2011, muitos natalenses foram conferir in loco, olho atento aos derradeiros ingressos, disponíveis a partir de abril no site oficial (www.rockinrio.com.br) com o valor de R$260 (inteira) e R$130 (meia-entrada).

João Ricardo Correia jornalistajoaoricardocorreia@gmail.com / @joaoricardo_rn

CARNE O Brasil exportou 61.742 toneladas de carne suína em outubro, 33,64% a mais do que o volume exportado no mesmo mês de 2011. A receita alcançada totalizou US$ 166,39 milhões, um aumento de 23,04% na comparação com o mesmo período do ano passado. Com isso, as exportações da carne suína fecham outubro como o melhor mês do ano, tanto em receita, quanto em volume, segundo a Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs). CONSTATAÇÃO Os bandidos e seus maçaricos continuam desafiando a sociedade. Falta bala na cabeça desse bando de safado.

MEDICINA Nesta segunda-feira, a deputada federal Fátima Bezerra esteve no Teatro Candinha Bezerra, em Santa Cruz, onde participou de audiência sobre a instalação do curso de Medicina no interior. De acordo com a proposta apresentada pela reitora da UFRN, Ângela Paiva, o projeto pedagógico do curso de Graduação em Medicina será multicampi e envolverá o Ceres de Caicó e Currais Novos, a Facisa e o Hospital Universitário Ana Bezerra, ambos em Santa Cruz. INTERAÇÃO Do leitor Valério Siqueira, o colunista recebeu a seguinte mensagem, por e-mail: “Respeitado jornalista João Ricardo Correia, na edição do jornal de ontem (12.11.12), com o título ‘De virar a cabeça’, achei interessante o que trata sobre a Copa do Mundo de 2014 em Natal/RN. Os inocentes e infantis acreditam na ficção, na fantasia. E na panaceia dos mendigos da sociedade, até quando essa nefasta cultura vai existir? De escândalos e escândalos, a impunidade persiste. Quantos milhões se gastam para se promover o julgamento dos corruptos e corruptores e os que estão no contexto também no tráfico de influência.” O conteúdo a que Valério se refere foi o seguinte: “E as obras de mobilidade para a Copa 2014 em Natal?” AGRESSÕES As redes sociais são ferramentas poderosas, mas utilizá-las para agressões pessoais é lamentável. Gestões públicas podem ser criticadas, mas o bom senso não permite que as imagens das pessoas sejam denegridas. SUJOS Os mal-educados precisam se controlar não despejar o lixo produzido nas suas casas em via pública.

De virar a cabeça

DESASTRES 2 Segundo a Agência Brasil, os dados fazem parte da Pesquisa de Informações Básicas Municipais – Perfil dos Municípios (Munic) de 2011, divulgada hoje. Pela primeira vez, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) pesquisou a existência de planos municipais de redução de riscos.

Divulgação

HIPISMO De 07 a 09 de dezembro, Natal se torna palco do hipismo do nortenordeste. É que a capital potiguar sediará o Concurso de Salto Nacional, Campeonato Norte-Nordeste de Hipismo e VII Etapa do Circuito NorteNordeste. O evento acontecerá no Centro Hipico do Jiqui Country Club e as disputas seguirão as fases preliminar, intermediária, especial e principal. A competição vale ponto para o ranking Norte-nordeste e brasileiro. As provas começarão às 8 horas, com entrada gratuita. Toda estrutura de bar e restaurante será montada para atender ao publico e participantes. Mais informações: 3221-3957/ 3221-0603.

A fonte da capital está secando. O negócio é começar a pegar a estrada para tomar café, almoçar e jantar no interior. Né, meninos?

DESASTRES Do total de municípios brasileiros em 2011 (5.565), apenas 344 (6,2%) tinham planos municipais de redução de riscos de desastres naturais e recuperação ambiental preventiva. Cerca de 10% (564) estavam elaborando o documento e 32,5% (1.812) declararam ter algum tipo de programa ou ação de gerenciamento de riscos. A drenagem urbana, presente em 1.135 cidades, e redes e galerias de águas pluviais, construídas em 1.090 municípios, são as ações mais executadas.

Sem desistir “Desistir... eu já pensei seriamente nisso, mas nunca me levei realmente a sério; é que tem mais chão nos meus olhos do que o cansaço nas minhas pernas, mais esperança nos meus passos, do que tristeza nos meus ombros, mais estrada no meu coração do que medo na minha cabeça.” (Cora Coralina)


12 O Jornal de HOJE

Natal, 13 de novembro de 2012

Cidade

Terça-feira

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br Canindé Soares

w MONTANDO O TIME

Bobflash

w FEIRA DE ARTES

w OPS!

Nesse caso, no entanto, há um problema partidário a ser superado. >>> É que Cipriano é filiado ao PT e o partido garantiu que não participará da gestão pedetista ocupando cargos. >>> É aguardar!

Deputado Walter Alves com a sua Carol na The Best Of The Year

Larissa e Arturo Arruda no casório-chic de Diego e Nicole Marinho

w DE NOVO?

E no "grande-encontro" peemedebista realizado ontem pela manhã no hotel Imirá, para preparar os prefeitos eleitos pela sigla para as gestões que irão começar em janeiro próximo, muito se falou sobre a possibilidade do ministro da Previdência Garibaldi Filho apostar novamente numa candidatura ao Governo do RN. >>> Mais que isso. >>> Na ocasião, Garibaldi, foi, na verdade, "incentivado" por várias lideranças do PMDB a entrar na disputa, que é um sonho político do primo do ministro, o líder Henrique Alves.

Desaboya.com

João Neto

...do ex-deputado federal e ex-presidente nacional do PTB Roberto Jefferson: "Nova classe média prefere "ditadura competente a democracia incompetente", mesmo abrindo mão do direito de ir e vir etc";

Gabriela Nóbrega, Débora Farias e Andrea de Paula na Officina Designers

w CONVERSAS E ACORDOS...

w UMAQUESTÃO DE GÊNERO?

Ao ser abordado sobre o assunto, Garibaldi fez as contas. "Ganhei nove disputas". >>> E ressaltou um detalhe: "E perdi uma eleição para uma mulher. Depois dessa derrota virei ministro e hoje minha chefe é uma mulher!". >>> Risos entre os presentes.

Em tempo de eleição para o TCE... >>> Chamou atenção a troca de olhares e o bate-papo entre dois cotados para a vaga de conselheiro da Corte de Contas: deputados Poti Jr e Fábio Dantas. >>> O fato ocorreu hoje no plenário da Assembleia Legislativa, no início da sessão. >>> Dizem pelos corredores da Casa que a disputa está cada dia mais acirrada.

w SEM CHANCE

w EMBATE

Em seguida, o ministro ressaltou: "Se eu ganhasse, seria governador pela terceira vez no RN". >>> Foi quando uma voz da plateia gritou: "E vai ser de novo!". >>> E Garibaldi respondeu: "Não repita isso, pelo amor de Deus!". >>> Para bom entendedor, meia palavra...

w HERDEIRO NO TRONO

A informação é de que Garibaldi prepara o terreno para que o filho seja candidato a governador em 2016.

Petrópolis sempre foi considerado um dos bairros que representa o coração da capital potiguar. E no dia 1º de dezembro, ocorrerá na Praça das Flores a 1ª Feira de Artes e Antiguidades de Petrópolis, com exposição de adornos, quadros, esculturas, dentre outros. >>> E o médico e artista plástico Iaperi Araújo, membro da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras, estará presente na Feira, para expor as suas belas telas. >>> Oportunidade para o natalense conhecer um pouco mais da cultura da nossa cidade.

GIRO PELO TWITTER

w PLANOS PARA ELE

Porém, nem como segunda opção o nome de Henrique surge entre os principais peemedebistas. >>> Nesse lugar está o deputado estadual Walter Alves, filho de Garibaldi, que tem trabalhado com toda a pinta de quem será candidato num futuro próximo à chefia do Executivo potiguar.

w PONTOS

Aldo é vice-presidente da OAB e é candidato dissidente do grupo liderado pela atual gestão. >>> E já conseguiu apoios importantes como o de Lúcias Jales, de Eriberto e agora do advogado Erick Pereira. >>> A eleição da OAB acontece dia 19 deste mês.

Como era de se esperar... >>> ...o prefeito eleito Carlos Eduardo Alves já começou a montar a sua futura equipe de primeiro escalão do secretariado. E convites já estão sendo feitos. >>> O ex-Pró-Reitor de Extensão da UFRN, Cipriano Maia, por exemplo, foi o convidado para cuidar da pasta da Saúde na capital.

Clima quente dominou o debate entre os candidatos a presidente da OAB-RN, ontem, na TV União. >>> O candidato da situação, Sérgio Freire, que é irmão do atual prefeito de Natal Paulinho Freire, alertou para o fato de que o candidato adversário Aldo Medeiros, embora atual vice-presidente da OAB e presidente da Associação dos Procuradores, jamais ajudou os procuradores do Município, que enfrentam dificuldades. >>> Ponderado, Aldo preferiu não expor o parentesco de Sérgio com Paulinho e apenas disse que não seria a OAB que resolveria os problemas de abastecimento de toner, entre outras defasagens em termos de material de trabalho. >>> E lembrou que ele foi eleito por duas vezes presidente da associação dos Procuradores do Município.

Antônio Peixoto, Vicente Freire e Fernando Lessa

...do jornalista Jorge Bastos Moreno: "Zé, impedido pelos ossos do ofício, de me manifestar, saiba que tô (sic) triste com o desfecho. Mas respeito a decisão da justiça do meu país".


Cidade

Terça-feira

Natal, 13 de novembro de 2012

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w INFLUENTE O deputado Henrique Alves é a única presença do Rio Grande do Norte entre os cinqüenta nomes mais influentes em Brasília na relação da revista CQ, na edição de novembro, com Luana Piovani na capa. w LUTA Santa Cruz, com hospital e tudo, não vai deixar fácil sair de lá a instalação do curso de medicina até como forma de atender também ao Seridó. A luta vai arregimentar a classe política e governo federal. w ALIÁS Nessa luta o papel fundamental será da deputada Fátima Bezerra junto à bancada federal e Ministério da Educação. A governadora Rosalba Ciarlini e os senadores também serão convocados pela cidade. w RETRATO A Caern não consegue explicar a falta de água em vários bairros da cidade, alguns deles muito antes do verão e da alegada e recente manutenção da rede. Mas cobra a conta de cada cidadão pontualmente. w FARMÁCIAS O que os comunicadores do governo acham de dez farmácias populares fechadas, oito em Natal e duas em Mossoró, por falta de recursos para pagamento de funcionários responsáveis pelo funcionamento? w PERDA O arcebispo D. Jaime Vieira Rocha pode perder a presença de Clemente Rocha de Medeiros, o monge beneditino que é seu secretário particular, um homem de uma sólida formação teológica e filosófica. w VOLTA Potiguar de Santa Cruz, e com pós-graduação em filosofia na Universidade de São Paulo, Clemente já está fora do claustro do Mosteiro de São Bento, em Salvador, há mais de dois anos. É hora de voltar.

Ascensão e queda

N

unca uma carreira foi tão meteórica em tudo: na ascensão, flutuação e queda. Decolou como se desafiasse a própria lei da gravidade política, e caiu de forma espetacular, empurrada por denúncias as mais graves, e desabando num abismo suspeito de tenebrosas transações. No espaço de alguns anos, passou de ícone catalisador da grande maioria de sua cidade contra um acordão de caciques, a exemplo histórico de rejeição com os maiores índices de reprovação da histórica política de Natal em 400 anos. Herdeira de uma vocação paterna de comunicador, com a carreira de vereador a senador feita no rastro de recordes consagradores, ela substituiu o pai na tevê com forte e corajoso estilo jornalístico. Fez da tela um espaço de lutas e de consagração garantida pela segunda maior rede de tevê, e a mais populista. Do estúdio, saltou para o plenário da Assembleia e, de lá, para eleger-se prefeita de Natal derrotando uma grande aliança em torno da candidata petista com uma avalanche de três governos. Do primeiro ao último passo, na caminhada para ocupar o Palácio Felipe Camarão, o ritmo foi sempre tão firme e vitorioso que nada foi capaz de detê-la, até a consagração nas urnas do primeiro turno. Foi a favorita em todas as pesquisas esmagando a força da governadora Wilma de Faria, prefeito Carlos Eduardo Alves, senador Garibaldi Filho, senadora Rosalba Ciarlini, do deputado Henrique Alves e dos deputados estaduais, todos reunidos em torno dos governos municipal, estadual e federal.

Mas terminaria ali, na festa da vitória, e sem que ninguém suspeitasse, aquela que seria uma carreira meteoricamente desastrosa. Da equipe inicial, com participação dos partidos da aliança, afastou todos os nomes e abrigou sob sua inspiração a equipe que se mostraria subalterna, preocupada em salvar seus espaços e, por vezes, como o tempo mostrou, a tirar vantagem dos cargos. E fechou o seu primeiro ano com sinais de pouco controle administrativo e de uma debilidade sem precedente. O que nos primeiros meses parecia ser resultado do isolamento político sem abrir as portas do Palácio do Planalto, logo se revelou uma grave ineficiência de gestão. A área técnica não conseguia transformar ideias em projetos e estes em recursos. E mesmo quando as obras da mobilidade surgiram como uma salvação, sua gestão nada conseguiu realizar, prisioneira de uma prefeita perdida, sem saber gerir até as ações mais comuns de uma cidade que já se preparava para receber a Copa do Mundo. Com menos de dois anos, ultrapassou a faixa assombrosa de 80% de desaprovação em todas as classes sociais, níveis econômicos, graus de instrução e faixas etárias, chegando a ultrapassar os 90% nos seus últimos dias de imolação pública. E como se faltasse só um traço para completar o trágico retrato que vai deixar do seu rosto na história política do Rio Grande do Norte, deixou o Palácio pela porta dos fundos. Ela que lá chegou nos braços do povo como um símbolo de juventude e renovação.

Feira de Estágio e Emprego prepara alunos para mercado de trabalho OPORTUNIDADE: EMPRESAS DE NATAL VÃO À FACULDADE PARTICULAR PARA OFERECER ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL E VAGAS DE TRABALHO A ESTUDANTES A tão decantada "falta de experiência" já não está mais entre as principais dificuldades de se conquistar um espaço no mercado de trabalho para estudantes de ensino superior. Isso porque algumas empresas da capital potiguar acreditam no potencial deles ainda no decorrer do curso acadêmico e investem nessas pessoas, para contratos de estágio e até mesmo de emprego efetivo. Na 2ª edição da Feira de Estágio e Emprego promovida pelo Espaço Estágio e Emprego - E3 da Estácio, algumas dessas empresas estão em contato direto com os estudantes visando futuras contratações. O evento, que acontece na Estácio Câmara Cascudo desde ontem, segunda-feira (12) e segue até a noite desta terça (13) visa, ainda, orientar os alunos para o mercado de trabalho. "O nosso intuito é não só manter a Estácio como uma grande rede formadora de profissionais, mas que eles também estejam preparados para enfrentar o mercado", explica a gerente de relacionamento da Estácio no RN, Vivian Escorsin. Minicursos sobre como montar um plano de carreira profissional e palestras motivacionais também fazem parte da programação. No local, estandes de grandes empresas e instituições como IEL, CIEE e Escola de Governo, por exemplo, estão instalados para cadastrar os alunos e oferecer vagas de estágio e emprego. A aluna Amanda Raísa Macêdo está entre os beneficiados pelas ações do Espaço Estágio e Emprego. Através do vínculo com a Faculdade, a aluna do 3º período do curso de Gestão em Recursos Humanos conseguiu estagiar em dois lugares diferentes. "Todo o processo fica por conta do Espaço, que prepara o aluno ao fornecer a instrução que ele precisa na hora da contratação", comemora.

Divulgação

Minicursos sobre plano de carreira profissional e palestras motivacionais também fazem par te da programação Para as emeliminadas, para que presas, a justificao documento não fuja tiva de procurar do propósito real. Por "O nosso intuito é não só manter a Estácio por colaboradores exemplo, um curso como uma grande rede formadora de com esse perfil, básico de informátiparte da possibiprofissionais, mas que eles também estejam ca já não possui tanto lidade do estudanvalor de mercado, preparados para enfrentar o mercado” te ou recém-forcomo antes. mado se adequar, VIVIAN ESCORSIN de forma mais SER GERENTE DE RELACIONAMENTO DA ESTÁCIO RN fácil, à filosofia OBJETIVO: de trabalho das Na hora de elaboinstituições, diferar um currículo é rentes daqueles que já possuem ex- CURRÍCULO preciso saber o que você realmenperiência em outras empresas. "É Para não errar na hora de mon- te quer. Faça com que o seleciojustamente essa falta de experiên- tar um currículo, a analista do E3, nador visualize o perfil que ele decia que pode nos trazer um profis- da Estácio Câmara Cascudo, Ingrid seja no seu currículo. sional mais aberto a novas pers- Bessa separou três dicas fundamenpectivas de atuação, que possa ab- tais, geralmente dadas aos alunos da CLAREZA: sorver melhor o pensamento da em- rede, antes de cadastrar o documenÉ necessário especificar a funpresa e se encaixar dentro nas nos- to no banco de dados da instituição: ção você já desenvolveu. Por exemsas expectativas", ressalta o diretor plo, o cargo de assistente adminisda Microlins Zona Sul, Maurício USE O BOM SENSO: trativo pode ser realizado em diRibas, que no evento, pretende seAlgumas atividades, com o pas- versas áreas. É preciso detalhar, lecionar alunos para atuar como sar do tempo, perdem o valor den- para não confundir quem irá ler o instrutores na instituição. tro de um currículo e precisam ser documento.

w SACADA Na edição de novembro de Piauí uma longa matéria com o economista Ricardo Paes de Barros, o PB, aquele liberal que é considerado o cérebro do Bolsa Família, a grande sacada que fez de Lula um líder. w BARROCO Encerra amanhã na UFRN o VIII Colóquio de Estudos Barrocos com conferência do professor Manuel Geraldo Simplício Ferro, da Universidade de Coimbra sobre 'A prolixa multiplicação dos Polifemos'. w PARA... Quem não sabe quem foi Polifemo o Google informa às nossas almas pobres: 'Polifemo, na mitologia grega, é um ciclope, filho de Posídon e da ninfa Teosa e que vivia solitário numa caverna da Sicília'. w GARRANCHOS Nas livrarias 'Garranchos', de Graciliano Ramos, artigos, resenhas, discursos e manifestos políticos dos anos 10 até sua morte, além de textos inéditos reunidos pelo professor Thiago Mio Salla, da USP. w AVISO Milton - 9461.3550 - avisa a quem passa no Centro de Convivência: para doenças da pele nada como a pomada de Própolis produzido pelas abelhas na florada da Fazenda Gavião, de Umarizal. Faz milagre. w SÉCULO Neste Nordeste, e talvez no Brasil, até onde estes olhos alcançam, só a revista Continente prestou uma homenagem aos cem anos de Álvaro Lins com um caderno especial sobre o grande crítico brasileiro. w POESIA Do poeta Audálio Alves, que deixou saudade no Recife romântico dos seus amigos, estes versos tristes assim: 'Ultimamente / eu temo o sol / a se esconder / em mim, /e acendo luzes / para não ser noite'.

> OLHAR BRASIL

Alunos de escolas públicas do RN terão atendimento oftalmológico gratuito Oferecer tratamento oftalmológico integral, ampliar a capacidade instalada de atendimento no país, com formação de cadastro nacional de estabelecimentos privados e públicos especializados na área de oftalmologia, além de reajustar valores de procedimentos na tabela do Sistema Único de Saúde (SUS). Estas são as principais novidades do novo projeto Olhar Brasil, desenvolvido pelo Ministério da Saúde em parceria com o Ministério da Educação. Com nova redefinição, o projeto estima atender até 2014, 502.777 crianças, jovens e adultos matriculados na rede pública e inseridos nos programas Saúde na Escola (PSE) e Brasil Alfabetizado (PBA) no Rio Grande do Norte. Para isso, o Ministério da Saúde está ampliando e qualificando a assistência oferecida pelo projeto Olhar Brasil. Uma das medidas será a contratação de estabelecimentos de saúde privados e públicos para atender mais de quatro milhões de consultas e exames oftalmológicos. Com a formação de um cadastro nacional de estabelecimentos de saúde - públicos e privados -pretende-se aumentar a capacidade instalada de atendimento e reduzir as filas de espera. A inscrição dos serviços deve ser feito na internet pelo link: http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=9744) que consta no Edital, publicado no dia 1º de novembro no Diário Oficial da União. O cadastro ficará disponível em um site para consulta dos gestores responsáveis pela contratação dos serviços. "A oferta e o acesso de serviços oftalmológicos de qualidade e especializados são decisivos para quem quer ler e escrever, e representa qualidade educacional para a criança, já que passa a ter maior capacidade para aproveitar seu potencial e, com isso, inclusive, ascender socialmente. Muitas pessoas não aprendem a escrever e desistem do programa de alfabetização justamente porque não consegue en-

xergar", ressalta o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. O Ministério da Saúde estima atender até 2014, 10, 5 milhões de crianças, jovens e adultos matriculados no PSE e PBA em todo o país. Dos 502.777 alunos que passarão pela triagem oftalmológica, 216.991 deverão ser encaminhadas para consulta oftamológica, e 46,5% desse universo (101.011) precisarão de óculos. Já para os 94.511 jovens e adultos cadastrados no Brasil Alfabetizado, o Ministério da Saúde e o MEC preveem que 100% deles serão encaminhados ao oftalmologista. Entre os alunos de faixa etária de 15 a 40 anos, 11.341 precisarão de óculos. Já entre os adultos de 41 a 60 anos, 34.024 necessitarão de óculos, e dos 18.902 alunos com mais de 60 anos, 100% precisarão de óculos. Os estados e municípios receberão recursos a mais para realizar todas as etapas do projeto. Para realização das consultas serão investidos em todo o Brasil cerca de R$ 100 milhões, acrescidos dos valores para custear o fornecimento de óculos e o tratamento das doenças secundárias identificadas, além do tratamento de doenças da refração. Parte desses procedimentos terá reajuste na tabela do SUS para o atendimento no projeto Olhar Brasil. O valor pago pela consulta terá aumento de 47%, passando de R$ 14,29 para R$ 21, por exemplo. Problemas de refração contribuem para a evasão escolar e a dificuldade de aprendizagem. As evidências e estudos epidemiológicos referentes à saúde ocular apontam que 30% das crianças em idade escolar e 100% dos adultos com mais de 40 anos apresentam problemas de refração. Ressalta-se que, após os 40 anos de idade, 100% da população mundial apresenta processo de vista cansada ou presbiopia. Quanto às consequências diretas estão altos índices de evasão e repetência escolar, limitações na qualidade de vida e dificuldades de inclusão no mercado de trabalho.


14 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 13 de novembro de 2012

Terça-feira

Direito Vivido

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

RIBAMAR DE AGUIAR (ADVOGADOS ASSOCIADOS) - ribamar@ribamardeaguiar.com.br / www.ribamardeaguiar.com.br

Responsabilidade dos atos O Tribunal de Justiça de São Paulo mandou os pais de três adolescentes de Jardinópolis (SP), que abusaram sexualmente de um menino de 6 anos, pagarem indenização por danos morais e materiais de 100 salários mínimos, ou R$ 62,2 mil, à família da vítima. Eles também terão que arcar com os custos do processo, que tramitou na Justiça durante uma década e meia. As informações são do jornal A Cidade. "Vamos aceitar a indenização imposta porque, se fizermos outro recurso, apenas vamos atrasar a efetivação desta decisão. Esta ação já se arrasta há 15 anos", disse Kamilo Toscano de Campos, advogado que representa a família da vítima. A ação contra os três adolescentes foi baseada no testemunho de uma mu-

lher. Ela viu os jovens saírem correndo do local do crime. Em seguida, ela presenciou a criança chorando e com sinais de sangramento. Laudo da perícia também confirmou que o menino havia sido vítima de abuso. O pai da criança ficou sabendo e denunciou o caso à Justiça. Ele solicitou que os pais dos adolescentes fossem responsabilizados pela atitude dos filhos. Alegouque "os pais são solidariamente responsáveis pelos atos dos filhos, nos termos da lei". De acordo com o advogado Daniel Rondi, a responsabilidade dos pais não se esgota no simples dever de sustento, educação e guarda. "Mais do que isto, o nosso Código Civil, em seu artigo 932, inciso I, prevê a responsabilidade dos pais em face de atos ilícitos oriun-

dos de sua prole", afirmou o advogado. Segundo ele, pela redação do Código Civil, é possível, em determinados casos, responsabilizar uma pessoa que não deu causa direta ao dano. "O adolescente pode não ter responsabilidade penal, pode não ter patrimônio, mas os pais, que têm dever e a guarda deles, são os responsáveis pelo que o adolescente causar, já que não tiveram o dever de cautela." A sentença de primeira instância foi favorável à família da vítima e os réus recorreram no Tribunal de Justiça, que confirmou a decisão de primeiro grau. Os envolvidos no caso negam que tenham abusado sexualmente do menino. O advogado de um deles, Nélio Pereira Lima, não quis se pronunciar sobre o caso.

Atraso involuntário Uma revendedora de automóveis do Rio de Janeiro, endividada no valor de R$ 2 milhões, ganhou o direito de participar do Refis IV, programa de pagamento e parcelamento de dívidas tributárias com o fisco sem multas e encargos, depois de alegar que não conseguiu enviar seu formulário de inscrição no programa por problemas no site da Receita Federal. A decisão é do Tribunal Regional Federal da 2ª Região que reconheceu, no dia 24 de outubro, a impossibilidade dos contribuintes de comprovar as falhas ocorridas no site. A União Federal, outra parte do processo, afirmou que as empresas deveriam provar a impossibilidade de participação, porém o juiz Theophilo Miguel, responsável pelo processo, entendeu que os contribuintes não teriam como produzir provas das falhas ocorridas no site, que é sigiloso, além de se tratar de prova negativa. A revendedora, entrou com pedido a fim de que a União/Fazenda Nacional não a excluisse do programa Refis IV e que fosse expedida em seu favor

Certidão Positiva com Efeitos de Negativa. O pedido foi julgado procedente pelo relator pela impossibilidade de obtenção de prova negativa. "A comprovação que problemas técnicos no site da Secretaria da Receita Federal inviabilizaram o cumprimento das formalidades exigidas para a consolidação do parcelamento é de difícil produção, bem como geraria um ônus demasiado para que o agravante exercesse o seu direito." Em primeira instância, o pedido da revendedora a fim de antecipar os efeitos da tutela para a sua manutenção no programa Refis IV, instituído pela Lei 11.941/2009, foi indeferido. Ela então interpôs agravo de instrumento, alegando que requereu a sua adesão do Refis IV e recolheu as prestações em dia. Além disso, argumentou que não conseguiu concluir o pagamento por dificuldades técnicas no site da Receita Federal. Ainda, alegou que não é possível a exclusão do parcelamento especial por mero descumprimento de formalidade prevista na Portaria 2/11 e que não é possível fazer prova

exigida pelo juz por se tratar de prova negativa. A tentativa de consolidação dos débitos para manter o funcionamento da empresa, comprovou, segundo o relator, o interesse da revendedora em regularizar o pedido de parcelamento fiscal (Lei 11.941/09). Os possíveis prejuízos da empresa, caso fosse excluída do parcelamento, também foram levados em consideração pelo relator. "Não se pode olvidar os inúmeros prejuízos que teriam de ser suportados pela agravante em virtude da exclusão do parcelamento e também na infecácia da eventual procedência da ação em sede de cognição exauriente." Amparado pelo parágrafo 1°, alínea "a" do artigo 557 do Código de Processo Civil, o relator deu provimento ao agravo de instrumento, concedeu a liminar e determinou que a União "se abstenha de praticar atos tendentes a excluir agravante do programa de parcelamento Refis IV, bem como não crie empecilhos para expedição de Certidão Positiva com Efeitos de Negativa em favor da recorrente.

O Porto de São Francisco do Sul é considerado o mais eficiente do Brasil, segundo pesquisa realizada nesta semana NATAL Navio Lagoa Carioca Lagoa Paranaense Golia h Global Iroquois Pegasus CMA-CGM Aristote Thais Marfret Marajó Silver Cloud Azamara Quest

Bandeira Brasil Brasil Panamá Vanuato Panamá U. Kingdom I.Marshall França Bahamas Bahamas

Agência W. Sons W. Sons Semaster Semar Semaster CMA-CGM Petrobras W. Sons Superservice Superservice

favorável da Promotoria, e em vista das decisões do Conselho Superior da Magistratura do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), que permitiu recentemente uniões do tipo, autorizou o casamento. Uma das mulheres reconta com emoção o momento em que, no fim de outubro, receberam a ligação

Brasil

Petrobras

Destino --MÉXICO MÉXICO MÉXICO Algeciras/ESP São Sebastião(SP) Algecira/ESP Recife(PE) Recife(PE)

Carga Descarga Em Operação -Em Operação -Reabastecimento -Reabastecimento -Reabastecimento -Contêineres --Combustível Contêineres --Turismo -Turismo

16/11

Salvador (BA)

Óleo Cru

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN Callio TBN

Dia 13 14

Panamá Itália

A. Marítima 14/11 A. Marítima 18/11

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 15:55 2.5 21:51 0.0 04:26 2.5 10:09 0.1

avisando de que a união fora aprovada. Embora afirme que o casal nunca tenha sofrido qualquer discriminação, acha que a união servirá para ajudar os outros casais homossexuais a conquistarem seus direitos. "Acho que [o casamento] abriu muitas portas, para todo mundo ter o mesmo espaço na sociedade", explica.

Cooperativas & Negócios Jornalista Responsável: Gil Oliveira (gilbamar@gmail.com)

Chegada No Porto No Porto Ao Largo Ao Largo Ao Largo 17/11 20/11 24/11 08/12 12/12

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN TBM

União homoafetiva Duas mulheres oficializaram neste sábado passado o primeiro casamento civil entre pessoas do mesmo sexo em Indaiatuba (SP). Seis meses elas entraram com um processo de habilitação de casamento, sob orientação do cartório. O pedido foi encaminhado para a juíza Corregedora da Comarca que, após parecer

apronianocfs@hotmail.com

Santos(SP) Santos(SP)

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Sal Sal

---

FASES DA LUA Minguante (06/11 - 21:36h) Nova

(13/11 - 19:08h)

Crescente

(20/11 - 11:31h)

Cheia

(28/11 - 11:46h)


Esporte

Terça-feira

Fotos: Wellington Rocha

Natal, 13 de novembro de 2012

O Jornal de HOJE 15

Renovado, mas por apenas 5 meses AMÉRICA ANUNCIA PRORROGAÇÃO DO CONTRATO DE ROBERTO FERNANDES, PORÉM A PERMANÊNCIA DO TREINADOR TEM DIAS CONTADOS

"O discurso pode ser pessimista, mas a reunião com o financeiro foi muito preocupante. Não vou é entregar o América quebrado para outro presidente"

Demorou. Foram dias e mais dias de negociações em busca de um acordo bom para ambos os lados. A renovação do contrato do técnico Roberto Fernandes era uma das prioridades dentro do planejamento alvirrubro para a próxima temporada, porém, as atualizações salariais pedidas pelo treinador era o principal empecilho. O presidente alvirrubro, Alex Padang, chegou a citar algumas vezes que os resultados da Timemania e do incremento no número de sócios seria definitivo para a manutenção. Na noite de ontem, via Twitter, Alex Padang anunciou a permanência do técnico por mais cinco meses. Ele comandará o time no Campeonato Potiguar e na Copa do Nordeste. Uma nova negociação pode estipular um novo prazo, mais longo, mas isso dependerá dos resultados financeiros do clube. "Não podia ser irresponsável e renovar por mais tempo. Renovamos cinco meses e vamos analisar. Se não for viável, não vou é inviabilizar o América. Não vou é entregar o América quebrado para outro presidente. Não tenho essa ganância por ganhar acima de qualquer coisa, precisamos ser conscientes da nossa realidade. Eu já estava disposto a não renovar, por essa dificuldade mesmo. Alguns conselheiros afirmaram que me ajudariam, por isso confiei", garantiu Alex. As preocupações financeiras são muitas. A realidade atual do futebol é a maior preocupação. "Estou muito preocupado com a inflação do futebol. A situação financeira dos clubes é muito preocupante. Para se fazer trabalho de base eu teria que trabalhar três ou quatro anos levando ca-

O treinador aceitou manter o mesmo nível salarial nos próximos meses. Novas negociações devem acontecer após esse período cete para conseguir usar alguns atletas. A gente vai ter uma perda de receita de 1.350.000 milhão no próximo ano. Que era o restante de uma negociação com a Constel. O último cheque entra agora. Essa diferença seria tirada pela Timemania. Mas volto a dizer: ou entra no G1 da Timemania e tem mais de cinco mil sócios ou não teremos time para a Série B", completou Alex. Questionado se o discurso não era muito pessimista e se essa não era uma estratégia para fazer o torcedor investir no clube, Alex negou. "O discurso pode ser pessimista, mas a reunião com o financeiro foi muito preocupante. Repito: posso fazer qualquer coisa, menos com-

prometer a administração do próximo presidente. Para se ter uma ideia, estou pensando em fazer um banco de reservas apenas de juniores. Na realidade atual minhas perspectivas são de fazer um time com a metade do investimento na Série B do próximo ano." Outro fato definido na noite de ontem com o treinador foi a permanência de todo o grupo até o final da competição. A solicitação foi feita pelos próprios jogadores, que queriam passar o Natal com suas famílias. "Os próprios jogadores pagam suas passagens para visitar suas famílias. Se liberássemos agora eles teriam que voltar dia 15 e depois, novamente comprar outra passagem

para ir passar o Natal com a família. Houve uma solicitação e ontem conversei com Roberto e acertamos que os jogadores permanecem até a final da competição", explica. Uma das polêmicas que permearam o debate esportivo foi a possibilidade da contratação pelo América de dois jogadores do ABC, Raul e Andrey, fato negado por Alex Padang. "Não tem nenhum jogador do ABC que me interessa nesse momento. Não vou entrar nessa polêmica. Gosto do futebol do Éderson, do Andrey, mas temos os nossos próprios nomes. E se a gente não está conseguindo acertar o financeiro dos que temos atualmente, imagine investir em outros", finalizou.

> CAMPEONATO POTIGUAR

Sem ABC e América, estadual tem tabela definida O Campeonato Potiguar de Futebol já tem data marcada para começar suas disputas. No dia 13 de janeiro oito times do Rio Grande do Norte iniciam a batalha pelo título de 2013. Porém, ao olhar o calendário de jogos o torcedor não deve se espantar ao não encontrar ABC e América. Isso porque os dois times não participarão da primeira fase da competição, que seguirá até o início do mês de março, onde será disputada a final. Ambos estarão concentrados nessa fase na disputa da Copa do Nordeste. Desses oito clubes, seis se mantém na disputa com a inserção de ABC e América na segunda fase. O

regulamento da competicão ainda não foi divulgado de forma oficial e ainda essa semana deve ser conhecido. Para o presidente da FNF, José Vanildo, a não participação do ABC e América não será um problema neste primeiro momento. "Isso já tinha sido definido há muito tempo e foi cláusula fundamental para o retorno da Copa do Nordeste. Foi definido que os times não poderiam utilizar equipes reservas e ficar de fora do estadual em algum momento é comum a praticamente todos. Quanto ao fato do campeonato não contar com as duas equipes inicialmente, fomenta o futebol das demais equipes, que po-

derão lutar em poder de igualdade pelas vagas na Copa do Brasil e no restante da competição", explicou anteriormente José Vanildo. PRIMEIRA RODADA Baraúnas X Assu Santa Cruz X Palmeira Potyguar de Currais Novos X Potiguar de Mossoró Alecrim X Corinthians TÉCNICOS DEFINIDOS Perto de começarem a preparação para a disputa do Campeonato Potiguar, os times anunciam seus novos comandantes. Alguns já co-

meçaram a montagem do elenco há tempos, outros apenas iniciam o trabalho. O Potiguar de Mossoró anunciou ontem a contratação de Gilberto Gaúcho, jovem treinador que ano passado comandou o Corinthians de Caicó. Maurílio, exjogador do Palmeiras, será o responsável por comandar o novo projeto do Alecrim. Paulo Roberto será o treinador do Potyguar de Currais Novos, que negociava com Pedrinho Albuquerque, que levou o time ao acesso, mas acabou não concretizando o negócio. Mirandinha, exjogador do Corinthians, será o responsável pelo Assu, que será gerido por Souza (ex-América e sele-

Gabriel Negreiros GABRIEL NEGREIROS - gabrielnegreiros@gmail.com - twitter: @gabrielnegreiro MAIS CINCO MESES Ontem Alex Padang anunciou a permanência de Roberto Fernandes por mais cinco meses no América. Pelo menos até o final da Copa do Nordeste e Campeonato Potiguar. Decisão acertada, principalmente pela participação do treinador no planejamento para o próximo ano. Mais um motivo para Roberto Fernandes ter dado mais espaço para os garotos. Agora não tem mais como analisá-los. De qualquer forma, Roberto tem uma base consistente, conhece bem os jogadores e a estrutura que terá a sua disposição. Para o treinador, uma excelente oportunidade, afinal vinha pulando de galho em galho há um bom tempo. Para o América também, que vinha batendo recordes e mais recordes de trocas. Não é simples hoje encontrar um clube em que treinador e equipe ganhem identidade. América e Roberto criaram e não somente aspectos financeiros devem influenciar nisso. O mercado de técnicos é cruel para quem não tem esse vínculo vencedor. Não há perdão. Perdeu, cai fora.

GIVANILDO TAMBÉM FICA Já que o assunto é renovação, o técnico Givanildo Oliveira também deverá assinar sua manutenção pelo ABC. Tanto diretoria como treinador não confirmam nada ainda, mas as últimas entrevistas já deixam isso claro. Também será bom para o ABC, que sofreu com a interferência de empresários nesse último ano. FRANCISCO DIÁ: BAJULADO OU ACHINCALHADO Natal é uma cidade extremamente preconceituosa com seus representantes. Não é de hoje que o "estrangeiro" é muito melhor recepcionado que os nossos próprios conterrâneos. O que acontece com Francisco Diá é um exemplo disso. Por aqui existem duas correntes. Para alguns, Diá é o Guardiola do Sertão, o melhor treinador do mundo. Chega a ser estranho a forma como se referem a ele. Para outros, preconceituosos natos, Diá é praticamente um verme. Tratado com desdém e com más intenções. Para mim, nem oito, nem oitenta. Diá é um bom treinador, conhece

futebol e tem bons e maus trabalhos, como muitos outros. Diante de uma centena de enganadores que já passaram por aqui, Diá é uma opção justa, que pode comandar qualquer time potiguar. O grande problema é a forma de se portar em entrevistas, em campo. Isso é que causa intrigas. A maioria prefere os engomadinhos que falam bonito e enrolam mais do que realmente conhecem. Outros perfis, como o boleiro falastrão também é bem conhecido e admirado. Diá é humilde e desengonçado. Tratar bem as palavras não é bem seu forte. Já tive oportunidade de conversar com alguns jogadores que afirmaram que as palestras antes dos jogos eram ridículas e que geralmente ficava a cargo de algum jogador fazer. Por outro lado, já conversei com vários que elogiaram. O que realmente vale é resultado em campo e no geral acredito que Diá conseguiu alguns bons projetos. A maioria como "apagador de incêndio", casos do América em 2009 e do Icasa mais recentemente. Todos elogiam a forma como ele monta equipes,

As vagas na Copa do Brasil serão o principal atrativo da primeira fase, segundo o presidente da FNF, José Vanildo ção brasileira) e Gilberto de Nadai (empresário). O Palmeira de Goianinha manterá Marco Emanoel, que nos últimos dois anos fez bom tra-

PisandonaBola AMÂNCIO

mas só tem funcionado mesmo quando ele monta para outros treinarem. Para seu próprio aproveitamento isso não tem surtido muito efeito. Não comento sobre o homem e sim pelo trabalho que ele faz, afinal, não sou comentarista de fofoca. Também não sou o defensor dos oprimidos. Torço para que ele vença na vida, como qualquer trabalhador. E isso ele é. Não posso é simplesmente vestir uma armadura, esquecer os erros e ser um escudo de Diá, como alguns preferem ser. JUDÔ O SEST/SENAT Natal foi transformado em um polo de treinamento olímpico para a modalidade Judô. Nossos campeões já estão treinando lá e as inscrições agora são para crianças, com turmas pela manhã e a tarde. As aulas são de segunda a sexta-feira e para os filhos de trabalhadores do transporte é gratuito. Para mais informações e entrevistas o contato é JEFFERSON DANTAS (Diretor do SEST/SENAT Natal) nos telefones 3218 7227 | 3218 7225 | Cel.:

balho. Para completar a lista, Santa Cruz e Baraúnas terão Wassil Mendes e Filinto Holanda, respectivamente.

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Natal, 13 de novembro de 2012

Esporte

Fica ou não fica? A

Terça-feira

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

COMEMORAÇÃO DO TÍTULO BRASILEIRO, O PRIMEIRO DA COMPETIÇÃO

ABEL BRAGA, O TREINADOR BERROU PARA AS ARQUIBANCADAS QUE FICARIA NO FLUMINENSE, PORÉM A EMPOLGAÇÃO PAROU POR AÍ E O TREINADOR ADMITIU QUE AINDA NEGOCIA COM O INTERNACIONAL CONQUISTADO POR

O grito partiu do meio de campo. "Claro que eu fico", exclamou o empolgado Abel Braga na comemoração do título do Fluminense. Um dia após a 'decisão' contra o Palmeiras, no entanto, o discurso do treinador mudou um pouco e ele deu mostras de que uma transferência para o Internacional não está totalmente descartada. Técnico do Internacional de 2006 a 2008, Abel conquistou a Libertadores e o Mundial e se consagrou no comando do clube, tornando-se um ídolo no Beira-Rio. O treinador também retribui o carinho que recebeu nos tempos em que esteve em Porto Alegre e se declara torcedor colorado - por tudo isso, apesar de ter conquistado o Brasileiro pelo Flu, pode acabar tomando o rumo de Porto Alegre em 2013. "Claro. Vou analisar [possível proposta do Inter]. Mas não converso antes do final do Brasileiro. Minha família não quer ir para fora. E quando se fala em Inter, meus familiares adoram o clube e Porto Alegre. Ainda vou decidir meu futuro. A relação [com o Inter] é muito forte", declarou o comandante do Flu, que afirmou ainda que o seu histórico no Inter tem muito peso. "Cheguei em um patamar um pouco mais alto como treinador. Não é o que fiz pelo Inter, é o que o Inter

Casal das Confederações

O treinador do Fluminense ainda vai sentar na mesa de negociações. O Inter e um contrato milionário é o principal rival do Fluminense nessa disputa me proporcionou. O torcedor sabe que sou eternamente vermelho. Vou resolver minha vida em uma semana. Sei que ontem (domingo), disse para os torcedores que devo ficar (no Fluminense). Vou pesar os prós e contras", comentou. Ontem, em entrevista ao Sportv, o treinador voltou a criar mais dúvidas em relação a sua permanência ao comentar sobre a possível contratação de Ronaldinho Gaúcho pelo Fluminense. Ele afirma não

saber da possível negociação, mas já sabe dizer até como utilizaria Ronaldinho em sua equipe. "Eu não sei te falar. Não que eu saiba. Mas sei te falar, tenho convicção plena que, se o nosso patrocinador quiser, vai buscá-lo", comentou. "Eu jogaria com o Ronaldinho exatamente como o Cuca está jogando, em uma linha de três, com ele tendo liberdade. Ele é um jogador fenomenal, e o Cuca tem o utilizado muito bem. Cuca foi feliz em tirá-lo de

uma zona limitada no campo. Ele é um grande jogador, fenomenal. Naquele jogo que o Atlético-MG venceu, incontestável. Ela se deve muito ao que ele jogou, não conseguimos marcá-lo", finalizou. Apesar do irmão e empresário de Ronaldinho, Assis, já ter se reunido com o presidente da patrocinadora de parceira do Fluminense, Celso Barros, as partes ligadas ao clube seguem negando qualquer tipo de proposta oficial.

> FICA, LUXEMBURGO!

Grêmio oferece 5 milhões por título da Libertadores O grito de "Fica, Luxemburgo" ecoou pelo Estádio Olímpico de Porto Alegre após a última vitória do Grêmio sobre o São Paulo. Porém, a permanência do treinador ainda depende de negociações. Vanderlei Luxemburgo tem em mãos uma proposta contratual com o Grêmio que prevê a ele um prêmio de R$ 5 milhões caso consiga levar o time ao título da Libertadores da América de 2013. É o que informa a coluna Painel FC da edição desta terça-feira da "Folha de S. Paulo". Apesar disso, o treinador não quer nem sequer comentar o assunto. "Não falo sobre isso. Não me interessa falar mais sobre isso. Não adianta eu querer saber só de mim. Tenho o compromisso de levar o Grêmio à Libertadores, que foi a base da minha contratação pelo Paulo Odone. Consegui. Agora é tentar ser segundo pois nos leva direto à fase de grupos e avançar na Sul-Americana. As coisas vão acon-

tecer ou não acontecer no momento certo", disse Luxemburgo após vencer o São Paulo. O jornal diz que o acordo só não foi assinado ainda por uma discordância no tempo de duração do novo vínculo, cujo clube quer por um ano, enquanto o técnico defende que seja por dois. Segundo quem teve acesso à oferta, não há previsão de aumento salarial a Luxemburgo, que, caso assine, continuará recebendo cerca de R$ 600 mil por mês. O texto diz, ainda, que a pressão sobre o presidente eleito, Fabio Koff, contribui para que a proposta seja tão satisfatória. O Grêmio já está em solo colombiano onde, na quinta-feira, enfrentará o Millonarios por vaga à semifinal da Sul-Americana. No primeiro jogo, no Olímpico, venceu por 1 a 0. Se passar de fase, enfrentará o São Paulo pelas semifinais do torneio.

O técnico Vanderlei Luxemburgo não quer falar sobre o assunto renovação e vai esperar o término do Brasileiro para negociar

> SELEÇÃO

Jogo histórico motiva jogadores Amanhã, contra a Colômbia, o MetLife Stadium de Nova Jersey recebe o milésimo jogo da história da Seleção, de acordo com dados da própria CBF. Uma partida história, que poderia ter sido disputada no Brasil, mas que a entidade mais uma vez levou a seleção para longe do torcedor. Apesar disso, os principais nomes da Seleção Brasileira atual, Neymar e Kaká, além do goleiro titular Diego Alves, falaram sobre a ansiedade em participar de jogo que tem significado especial para o Brasil. "Acho que é um privilégio poder fazer parte do jogo mil, um jogo histórico e fico feliz de poder participar. Para mim também poder falar que estava presente no milésimo jogo, no pentacampeonato também... minha história na Seleção vai ficando cada vez mais legal", disse Kaká, que no retorno a seleção ainda busca a afirmação e a titularidade absoluta.

Artilheiro da era Mano Menezes com 16 gols, Neymar chegou ao hotel da Seleção na noite de segunda-feira visivelmente cansado - a viagem que teve início em Santos e terminou em Nova Jersey teve cerca de 15 horas. Ainda assim, o atacante se mostrou motivado pela importância histórica do jogo de quarta e afirmou ser "sempre um privilégio defender a Seleção". Nome forte nos planos de Mano Menezes para a Copa do Mundo de 2014, o meia do Real Madrid falou também sobre a ausência das eliminatórias. Como é país sede, a Seleção não disputa vaga no Mundial. "Realmente os jogadores sentem falta da competitividade das eliminatórias. Tem aquela tensão, o receio de ficar fora da Copa em uma eliminatória. Mas por outro lado não acho que isso faça algum time ganhar o Mundial. A França é um exemplo disso", completou Kaká.

Novamente na seleção, Kaká afirma que ainda não se sente dono da vaga e promete lutar por ela

Marcaram a reunião pessoal para depois do envio das crianças à escola. Uma conversa séria, definitiva e a sós. Quanto ao telefone, nenhum risco de incômodo. Estava cortado fazia três meses, assim como a TV a cabo entrava no ar quinzenalmente, quando se pagava uma fatura atrasada há um bimestre. Depois, desligavam outra vez. Ele analisava a página de economia dos jornais, as cotações financeiras, os investimentos estrangeiros prometidos para o Rio Grande do Norte. Sua sagacidade felina esperava alguma presa para o exercício da nobre função de lobista. Atividade que lhe garantia comissões jamais declaradas ao Imposto de Renda, o mantinha próximo aos poderosos e abastecia sua vaidade compulsiva nas roupas caras e nos cortes de cabelo modernos banhados a gel. As chateações dos credores de lojas de paletós e salões de beleza, ele tirava de letra. Se nascera sem dom para profissões regulamentadas, o diabo lhe dera a lábia de vocação. Era um vigarista de luxo e dormia bem e sossegado. Sua vaidade aflorava mais ainda quando aparecia em coluna social, de papagaio de pirata, ao lado dela, a mulher, loira siliconada que conhecera num inferninho sofisticado em Recife e para cá trouxera, sendo apresentada às principais damas da new sociedade potiguar. >>> Enquanto ele folheava as notícias econômicas, examinando o twitter pelo moderno Iphone através do sistema de wireless do vizinho , já que o 3G da operadora havia sido suspenso também por problemas contábeis, a mulher observava, noutro jornal, com tédio de meia-armador da Pauferrense, as semijoias usadas por uma amiga que considerava falsa. Destilava a bondade de uma jararaca: “A perua pensa que me engana. Nunca foi ouro, se tomar um banho, vira bandeira do ABC, pretinha, kkkkk”, gargalhava, sem prestar atenção na secretária, uma senhora de 63 anos e paciência de um monge de 1750 milênios. O último salário mínimo que recebera contava seis meses e continuava, por absoluta falta de opção, a trabalhar, diuturnamente, suportando a pose do casal e, pior, os ataques histéricos da mulher quando embriagada por champanhe contrabandeado. O casal não se olhava na mesa do café, servido na sala do apartamento alugado (débito tratado na Justiça) e com visão panorâmica para a orla marítima de Natal. Ela, sem maquiagem, não tinha o atrativo que mantinha da cintura para baixo, à custa da academia de ginástica frequentada todos os dias de graça, sabe-se lá o motivo da gentileza do proprietário. Foi quando o homem, mexendo na gravata de seda que comprara no cartão de crédito, passou a falar sobre o assunto em pauta: “Precisamos discutir e avaliar nossa situação. Tomar uma decisão. É grave. Não podemos continuar no impasse, que é o indeciso na eleição da vida”, ousou filosofar. >>> E prosseguiu, na grande área da discussão: “ Será o fim de nossa reputação não comparecer à Copa das Confederações no ano que vem. Vai toda a galera. Em Recife não dá, você sabe, seria um desastre, nossos amigos tomando conhecimento do seu passado. Fortaleza também não, que somos muito manjados por lá. Teve aquela fuga do hotel na Praia do Futuro.” Exibindo um traçado de pernas de invejar o craque Neymar, a loira de raízes capilares negras concordou: “Amoor, você tem razão. Todas as minhas amigas vão para a Copa das Confederações. Será um luxo. Estamos descolando cortesias para camarotes Vips de recepções, shows, desfiles, baladas, o problema é o dinheiro dos ingressos, pois tudo está programado para a final no Maracanã.” Navegador de longo curso nos oceanos da picaretagem, mergulhou os olhos na linha do mar do Atlântico, buscando ideias, planos, tramas, tramoias, estripulias financeiras: “Hospedagem eu garanto com um gringo idiota que planeja comprar um terreno que não existe numa praia que inventei perto de Barra do Rio(Litoral Norte).” Ele manteve o tom de voz e a capacidade criativa para a vigarice: “ Passagens, uso aquele cartão de crédito de reserva ou peço grana ao agiota que descobri que é corno e prometi não espalhar. Quanto aos dois ingressos, custariam 836 paus no setor A, o mais nobre, nem precisa. A gente faz a foto na entrada do Maraca, dá um drible na turma e volta pro hotel. O importante é aparecer no jornal”. Ela, numa agilidade tigresa, saltou sobre o gênio crápula e transaram ali mesmo, diante da velha e caloteada secretária, que, num despeito inútil, quebrou um copo. De Geleia de Mocotó Colombo. O jet nunca perde a classe. SEM MIMIMI Trocando em miúdos, o empate no sábado mantém ABC e Boa Esporte na Série B. Então, o empate é uma boa. Para os dois e ponto final. O que mais está se vendo é pênalti escandaloso e com time paulista se aproximando, os menos favorecidos dançam.

mitir ficar no ABC, anunciou que vai prestigiar as bases. Ótimo. Givanildo, com sua cara amarrada, tem que espantar os vampiros empresários de perto do Estádio Maria Lamas, o Frasqueirão. Nas bases, ele terá a segurança de um cidadão de bem, o novo coordenador, Erandy Montenegro.

LIVRO Recebo com dedicatória especial o livro A Praia de Pipa do Tempo dos Meus Avós, trabalho de ourives do escritor Ormuz Barbalho Simonetti, com quem tive a honra de conviver profissionalmente. Ormuz é um ótimo pesquisador e escreve com ternura sobre o seu tempo e seus vivos e mortos.

PAPELIN Sérgio Papelin, de origem paraense, volta à gerência de futebol do América. Substituir Leandro Sena é tarefa difícil. Leandro, bom profissional, também desfruta de uma excelente imagem, fruto de sua maneira de proceder.

BASES Givanildo Oliveira, ao ad-

FALCÃO No futsal, Falcão venceu até a Medicina. Imbatível. Um ilusionista das quadras.


Cultura

Fotos: Canindé Soares

Terça-feira

Natal, 13 de novembro de 2012

O Jornal de HOJE 17

PELAS RUAS

QUE ANDEI UM

DOS PRINCIPAIS FOTÓGRAFOS DO

ESTADO

DE UMA CIDADE DESPERCEBIDA POR OLHOS CONRADO CARLOS CCPSILVA@HOTMAIL.COM

Essencial na construção de nosso sistema de valores, a fotografia está inserida em uma rede de relações sociais, históricas e culturais que vai além da imagem em si. De um episódio singular, simples em sua aparência, ela dispara aspectos emocionais, subjetivos e sensíveis para criar uma nova experiência que transcende o literal. Mais que a reprodução ou homenagem a um tema, uma foto é sua extensão, um meio quase despótico de ganhar controle sobre ele e direcionar o espectador. Sob o olhar perscrutador de quem controla uma câmera, nossa imaginação vai além do mundo retratado, fora das normas conduto-

ras do tempo e do espaço. Das primeiras máquinas fotográficas de rápido registro e fácil manuseio, nos anos 1920, até a vigente era digital, toda uma linguagem foi forjada e comportamentos interpretados e sugeridos – a máxima balzaquiana de que uma pessoa é um conjunto de aparências com infinitas camadas de significação, visíveis conforme o foco adequado, nunca foi tão precisa. O conjunto de uma vida pode ser resumido em uma aparência momentânea. E o profissional que vive entre a instantaneidade sintética da informação cotidiana e a possibilidade de expansão dos horizontes estéticos com um mero clique converte qualquer resistência inicial em cumplicidade. O natalense Canindé Soares serve de exemplo. De

“NATAL – POR CANINDÉ SOARES”, LIVRO COM 163 IMAGENS COMUNS; EVENTO SERÁ AMANHÃ, NO CENTRO DE CONVENÇÕES

LANÇA

sua lente saltam aniversários, casamentos, eventos das classes política e empresarial, da mesma forma que contornos silenciosos de uma cidade, sertanejos em meio ao chão infértil e dores infantis em uma favela. Com mais de trinta anos de profissão, ele é o fotógrafo mais conhecido do Rio Grande do Norte. Tido como educado, discreto e simpático, tem um vasto portfólio, que inclui publicações em veículos locais, assim como de circulação nacional – caso da revista Veja e dos jornais Correio Braziliense e Folha de São Paulo. Como poucos, Canindé, 56, mistura a leveza e a cadência de um movimento de um bailarino com a precisão e a virulência do golpe de um pugilista. Com um toque do dedo, cria pequenas

obras de arte de efeito imediato. Para atestar sua excelência, uma pincelada em parte de sua produção dos últimos dez anos ganhará o formato de livro, nesta quarta-feira (14). “Escolhi fotos tiradas ao longo de dez anos, mas que estão atualizadas. São fotos aéreas, de paisagem, praias, dunas, da nossa cultura, de festas, religiosidade, gastronomia, do bairro do Alecrim, de monumentos, entre outras“. Daí surgiu “Natal – Por Canindé Soares”, seleção de 163 imagens, cujo lançamento será durante a Convenção Nacional do Comércio Lojista, no Centro de Convenções. Editado com recursos próprios e sem patrocinadores (1500 exemplares), o trabalho tem a apresentação dos jornalistas Rubens Lemos Filho (o homem da coluna Passe

Cultura HOJE

Livre, aqui d’O Jornal de Hoje), Anna Maria Cascudo e Sandro Fortunato - quem for ao Centro de Convenções verá algumas fotos estampadas em painéis com, aproximadamente, 3 metros de altura, no corredor onde ficará o estande de lançamento do livro. Uma ligeira ideia da proposta pode ser vista na seção “Imagens do RN”, no site do fotógrafo (www. canindesoares.com). Se o fotógrafo é aquele indivíduo com o nome escondido, em letras miúdas, no alto ou na lateral da imagem de um impresso, Canindé registra sua assinatura no centro da notícia e empurra as palavras para o segundo plano – ao vermos o ensaio na Favela do Maruim, a menina suja, pobre e subnutrida que surge de sua lente dispensa legenda, ainda que a foto só

faça sentido em nosso mundo de classe média; olhar imagens doloridas reforça o sentimento de estarmos a salvo daquela existência sombria. Tanto nos buffets e salões governamentais, como na dureza e imprevisibilidade da rua ele dança e troca golpes em busca da beleza e da realidade despercebida pelo senso comum. Acima do fotógrafo, tem um homem que sempre está com o radar pictórico ligado.“Eu sinto muito prazer com o que faço, independente de ganhar dinheiro ou não. Às vezes, as pessoas me perguntam se eu não tiro férias e eu sempre digo que não preciso, pois me sinto um privilegiado de ser pagos para fazer o que gosto, mesmo trabalhando 15h, 20h por dia”.

com Dani Pacheco

DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com - INTERINO - CONRADO CARLOS - ccpsilva@hotmail.com

ELETRÔNICA Sexta-feira (16), o DJ holandês Hardwell tocará no Centro de Convenções do Hotel Pirâmide. Além da atração principal, a noite terá também o DJ Tom Keller (SP), residente de uma das maiores casas nortunas do mundo, a Sirena, em Maresias/SP; Sax in the House, Diego Américo VS Sady.JK, Henrique Abreu VS MucioNT e muito mais. Uma superestrutura com decoração temática e iluminação especial será um dos grandes diferenciais da festa. Os ingressos estão à venda na Viva Promoções (Shopping Cidade Jardim). Informações: (84) 3207-1818.

OZZY A ST2 Music lançou o DVD “Speak Of The Devil”, show do maior maluco da história do rock no Irvine Meadows, na Califórnia, em 1982. Na sequência da morte do mítico guitarrista Randy Rhoads, é um retrato perfeito da catarse que Ozzy promovia no palco, quando ainda resistia aos efeitos do ácido que tomou em doses cavalares no começo dos 70s. CONTEMPORÂNEO APRESENTA MUSICAL A magia dos personagens das histórias infantis será vivida pelos alunos do Complexo Educacional Contemporâneo, amanhã (14), no Teatro Alberto Maranhão (TAM), a partir das 18h. Na ocasião, os estudantes da Educação Infantil e Ensino Fundamental I irão encenar dois espetáculos teatrais e musicais: “Era uma vez... encante-se outra vez” e “Revivendo o mundo encantado”, respectivamente. O evento marca o fim do ano letivo de 2012.

50 TONS DE CINZA

HILKÉLIA Hoje (13) tem a primeira apresentação da cantora que mistura rock e música erudita. A partir das 21h, o Teatro Riachuelo receberá um grande público, que esgotou os ingressos da única noite programada inicialmente (amanhã, dia 14). Ambos os shows serão a base para a gravação do DVD da cantora que faz a união de sons, cores, gestos, cenário, iluminação, figurino e interpretação, uma experiência artística sui generis.

O livro que tem animado a mulherada bate recordes a cada novo boletim da Intrínseca (dona de seus direitos no Brasil). Até o final do ano, serão impressos nada menos que 2,5 milhões de cópias de “Cinquenta Tons”. Já foram vendidos 650 mil do primeiro livro e 350 mil do segundo - esses continuam rodando nas gráficas. O terceiro sai nesta quinta-feira (15) com 600 mil exemplares. E, no fim deste mês, sai ainda uma caixa com os três volumes, com algo entre 150 e 200 mil unidades. Como comparação, em média, a primeira edição de um romance de qualquer escritor top estrangeiro, no mercado brasileiro, oscila entre 3 mil e 8 mil unidades.


18 O Jornal de HOJE

Cultura

Natal, 13 de novembro de 2012

Terça-feira

Canal 1

BATE-REBATE

POR FLÁVIO RICCO Colaboração: José Carlos Nery - flavioricco@gmail.com.br

o sábado, neste mesmo espaço, se falou da N ausência do Raul Gil no Teleton e dos motivos que o levaram a isso - o pedido para que um menor de Piquete, São Paulo, fosse atendido. Como isso não aconteceu, o apresentador, sentindo-se desrespeitado, achou por bem não participar do programa. A AACD, em nota, a propósito do assunto, informa que lamenta também qualquer mal-entendido que tenha ocorrido com o apresentador e esclarece que, sobre o caso divulgado, a criança mencionada passou por um processo de avaliação na instituição. O diagnóstico constatou que o caso estava fora das especialidades atendidas pela entidade e que haveria necessidade de tratamento para além de sua atuação técnica. Conclui, dizendo que a família foi orientada a procurar apoio apropriado externamente. Da nossa parte, as fotos dos pés do João Gabriel, que esta coluna se reserva o direito de não publicar, não deixam qualquer dúvida de que ele precisa de um tratamento conveniente. Caso colocado e partes ouvidas. Que o bom senso prevaleça.

CONTRATO

Fox

AACD esclarece mal-entendido com Raul Gil

RENOVADO

A Fox acaba de confirmar mais uma temporada, a terceira, do "Show de Bebê", para o canal Bem Simples, que trará algumas novidades no formato do programa em 2013. Os trabalhos de gravação terão início ainda no primeiro trimestre, sempre sob o comando da atriz Joana Limaverde.

A QUE PONTO Durante um tiroteio, em São Paulo, algumas cápsulas de revólver foram encontradas pela Polícia Militar. Em uma delas estava escrito o nome do Datena. Ao tomar conhecimento, ele disse que isso, em nenhum momento, irá intimidá-lo. TRABALHO ENXUTO "Saramandaia", próxima das 11 na Globo, vai reunir um total de 34 personagens, já incluindo o elenco de apoio. Também por consenso foi decidido que a novela terá exatos 60 capítulos. Nada mais ou menos que isso. A adaptação é do Ricardo Linhares. CIRURGIA Pelé, Edson Arantes do Nascimento, passou por uma cirurgia no Albert Einstein, para cor-

reção de um problema no quadril. Está se recuperando. Deve deixar o hospital na quinta ou sexta-feira. HORA DA TAÇA O esporte da Globo foi, no mínimo, incoerente ao escalar Galvão Bueno para Palmeiras e Fluminense, domingo, em Presidente Prudente, que deu o título ao time carioca. Primeiro que ele não estava nas melhores condições. Terminou a transmissão no sacrifício, completamente rouco. E por que o Galvão? Se os outros jogos do Brasileirão foram feitos pelo Cleber Machado, Luiz Roberto, Milton Leite e Luiz Carlos Jr.? Passou, do lado de cá, como desrespeito a todos os outros. REUNIÃO DE ONTEM Conforme o previsto, ontem, a direção da Rede TV! se reuniu e foi colocado o desejo de, a partir de agora, fazer uma televisão econômica. Em todas as outras vezes que se ouviu algo parecido como "televisão econômica", alguém sempre saiu pagando a conta. Resta saber quem será desta vez?

Uma equipe do Canal France 3, está realizando reportagens no Brasil sobre pessoas e fatos importantes da nossa história, em diversas áreas. O escritor Jorge Amado e o arquiteto Oscar Niemeyer estão na pauta. O trabalho inclui ainda uma visita ao Projac, no Rio, nesta quarta, para uma entrevista com o pessoal de "Lado a Lado", produção que retrata a luta dos negros e das mulheres no século 20. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

INTERESSE Bianca Rinaldi está cotada para viver um dos principais papéis do primeiro trabalho de Carlos Lombardi na Record. Oficialmente ainda não existe um elenco e nem se pode falar dele, porque todas as atenções, a partir de agora, estão voltadas para a nova versão de "Dona Xepa", de Gustavo Reiz. PRIMEIRO DIA Ontem, no Projac, a Globo realizou o primeiro workshop de "O Caribe é aqui", título provisório da novela do Walther Negrão, substituta de "Lado a Lado" na faixa das 18 horas. Mesmo chocado com a morte do amigo Marcos Paulo e das fortes chuvas que caíram em São Paulo, na manhã de ontem, o Negrão fez questão de estar presente. ESTÁ CHEGANDO Luiza Thiré, filha do ator Cécil Thiré, estreia na Record em participação especial em "Balacobaco". Mônica é a personagem, advogada de Eduardo (Victor Pecoraro), acusado por pedofilia, devido a uma armação de Norberto (Bruno Ferrari).

HORÓSCOPO Áries 21/03 a 20/04 Dia turbulento pela própria natureza de um eclipse solar, quando só o que está oculto se revela e o que estava explicito se esconde. Próximos dias trazem mudança nas finanças, prepare-se para ajustamentos.

Leão 22/07 a 22/08 Cenário doméstico e familiar é palco de profundas transformações mais do que necessárias. Soluções capengas já não darão conta; o eclipse solar de hoje afeta relações familiares e rediscute poderes e controles ali.

Sagitário 21/11 a 21/12 De hoje até o final de novembro a vibração astral pede recolhimento, discrição e lealdade a sentimentos e emoções. Menos conversa e mais adesão aos instintos. É o jeito também de domar exageros e excessos.

Touro 21/04 a 20/05 É no setor astral do casamento, das relações duradouras com quem você se consulta normalmente e das parcerias de negócios que o eclipse solar de hoje vem provocar desafios, criticas e mudanças.

Virgem 23/08 a 22/09 Nem tudo pode ser dito, explicado ou entendido: aprenda mais essa com o eclipse solar em curso hoje, que promete desequilibrar conceitos e preconceitos até que você reveja posições e desvele verdades e tabus. Dura 14 dias.

Capricórnio 22/12 a 21/01 Planos de futuro serão alterados de um momento para o outro de hoje até o fim de novembro. Relações com amigos se tornam difíceis e você pode perder um deles, já que há lutas por controle e poder atrapalhando algo.

Gêmeos 21/05 a 20/06 Como vai sua saúde? Sua rotina de vida está de acordo com o que você precisa? E o seu convenio, atende suas necessidades? Fique de olho: a época de viradas radicais começa ai. Agora. Ajustes com empregados.

Libra 23/09 a 22/10 Tome conta dos seus pertences, libriano; o eclipse solar de hoje afeta seus bens e seu poder de gerar riqueza e rendimentos. Uma crise se instala e algumas verdades precisarão ser encaradas de frente. Até o fim de novembro.

Aquário 21/01 a 19/02 Fique de olho na sua reputação e carreira! Eclipse solar balança credibilidade, contrapondo você e seu chefe em uma questão essencial. Fique com o que é fundamental, o resto descar te sem dó. Até onde você manda?

Câncer 21/06 a 21/07 Eclipse solar em Escorpião sinaliza período de altos e baixos na relação amorosa. É preciso ir fundo e desbastar distrações e imagens falsas. Filhos são um assunto em pauta também. Acredite no seu poder de mudar sua vida..

Escorpião 23/10 a 21/11 Saúde é foco do eclipse solar de hoje, um poderoso estimulo para mudar hábitos prejudiciais, rever condutas medicas, rotina e alimentação. Prepare-se também para confrontos e abalos na sua autoridade. Decida por instinto.

Peixes 20/02 a 20/03 O foco deste eclipse solar poderoso de hoje, para você, é a fé. A crença em algo, o rumo espiritual, a postura filosófica diante do mundo. Eventos e fatos irão obrigar você a confrontar sua cosmovisão. Assuntos da lei em alta.

(dub) Moviecom 7 - 15h10/ 18h05/ 21h (leg)

Cinemark 4 - Hora: 13h30 / 15h50 / 18h20 / 20h50; Moviecom 2 - Hora: 14h05 (sáb/dom e feriado) e 21h50

CINEMA GONZAGA DE PAI PARA FILHO (12 Anos) Cinemark 1 - Hora: 11h05 (exceto sex); 13h45 / 16h30 / 19h30 / 22h15 Cinemark 6 - Hora: 13h00 / 15h45 / 18h40 / 21h35; Moviecom 4 - Hora: 15h50 / 18h30 / 21h10 007: OPERAÇÃO SKYFALL (16 Anos) Cinemark 2 - Hora: 14h00 / 17h10 / 20h20; Cinemark 3 - Hora: 14h40 Cinemark 5 - Hora: 21h50 Moviecom 2 - 16h10 e 19h

ATIVIDADE PARANORMAL 4 (12 Anos) Cinemark 3 - Hora: 17h50 / 20h00 / 22h05; FRANKENWEENIE (10 Anos) Cinemark 3 - Hora: 12h40 Moviecom 6 - Hora: 16h / 20h (3D) ATÉ QUE A SORTE NOS SEPARE (12 Anos)

rique Ganso, foi bastante alto o número de famosos assistindo ao show do Roberto Carlos, sextafeira, em São Paulo. w A Record ainda não tem um nome para apresentar o "Got Talent". w Muito boa a reportagem do "Domingo Espetacular", da Record, sobre o Ney Latorraca. No ponto. Sem exagero ou pieguice. w O ator Gustavo Wabner começa a aparecer a partir de amanhã em "Carrossel", do SBT. É o professor Renê. w Futebol - Na Espn, hoje, 17h25, o amistoso internacional, Inglaterra e Irlanda do Norte.

C´EST FINI

>> TV - TUDO w LINHA DE CHEGADA Ainda não há uma manifestação oficial, mas correm rumores que a Globo, a partir do ano que vem, deixará de transmitir as provas da Stock Car. Que ficariam exclusivamente no SporTV.

w Tentando chegar a um consenso sobre quem deveria levar quem a tal destino, motoristas do SBT quase saíram no tapa, sexta-feira, primeiro dia do Teleton. w O clima ficou tenso lá na salinha do transporte, no Anhanguera. w A Rede TV! gravou, valendo, o seu programa de humor, que deve estrear na semana que vem. Provavelmente na terça-feira. w Carla Cecato, antes anunciada como nova apresentadora, está apenas fazendo reportagens para o "Programa da Tarde", na Record. w De Fausto Silva a Paulo Hen-

DIÁRIO DE UM BANANA 3 Livre Cinemark 5 - Hora:12h55 / 15h00 / 17h20 / 19h40 ARGO (14 Anos) Cinemark - Hora: 11h20 / 13h50 / 16h20 / 19h00 / 21h30 Moviecom 1 - Hora: 14h25/ 16h50/ 19h15 e 21h40


Cidade

Terça-feira

Natal, 13 de novembro de 2012

Divulgação

Arquivo

Além de teste do pezinho, da orelhinha, do coraçãozinho e do olhinho, mães poderão receber benefício de novo exame

Gutemberg Moura: fonoaudiólogo

Médicos defendem que ‘teste da lingüinha’ seja obrigatório TRATAMENTO

PARA A CORREÇÃO DA ‘LÍNGUA PRESA’ É FEITO POR MEIO DE

UMA PEQUENA CIRURGIA GÉSSICA RIBEIRO GESSICAJORNALISTA.UFRN@GMAIL.COM

Quando se espera um bebê, muitas ansiedades e incertezas rodeiam os pensamentos dos pais. Perguntas do tipo "como será o bebê?", "com quem vai se parecer?"e o desejo: "espero que venha com saúde". A maioria desses questionamentos só o tempo responde, mas há um que pode ser previamente percebido, como a saúde do bebê, se ele tem alguma doença que pode ser detectada em seu nascimento, com triagens neonatais que podem prevenir doenças e até detectar alguma alteração o mais cedo possível, para evitar seqüelas mais graves. Os mais famosos são teste da orelhinha, teste do pezinho, teste do olhinho e teste do coraçãozinho. Mas nem todos são obrigatórios e não chegam ao conhecimento nem ao alcance dos pais, principalmente na rede pública de saúde. Mas próprios médicos defendem que os exames sejam obrigatórios e lutam para que sejam disponibilizados o quanto antes. A mais nova batalha é pela obrigatoriedade do ‘teste da lingüinha’, pois a Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia quer ampliar o acesso de bebês a esse exame, que permite diagnosticar precocemente a chamada ‘língua presa’. Criado pela fonoaudióloga Roberta Martinelli, o teste da lingüinha ainda não foi disseminado em todos os estados e atualmente é oferecido gratuitamente apenas na cidade de Brotas, interior paulista, por determinação de lei municipal, desde o mês de setembro. Em Brotas, o teste da linguinha está disponível para cerca de 25 crianças que nascem, em média, por mês, na unidade hospitalar Santa Therezinha. Agora, a ideia da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia (SBFA) é tornar essa determinação a nível nacional, para que o teste possa ser oferecido gratuitamente em todo o País. A ‘língua presa’ ocorre quando o frénulo lingual é curto diminuindo a mobilidade da língua. O frénulo (freio) é uma prega de tecido localizada embaixo da língua e que se insere na parte de trás da gengiva inferior. Quando ele é curto, diminui a mobilidade da língua, trazendo algumas complicações ao desenvolvimento e saúde do bebê, como por exemplo: dificuldades na amamentação, pela dificuldade de movimentar a língua para facilitar o padrão natural de sucção, alterações na mastigação, pela dificuldade de movimentar a língua e o alimento, alterações na fala, principalmente no uso de fonemas que utilizam as letras "L e R". Apesar de todos esses transtornos causados por quem apresenta essa alteração no frénulo lingual, o diagnóstico e o tratamento dessa pequena anomalia ainda é motivo de discussão, mas os fonoaudiólogos estão lutando para

-

FRENECTOMIA

padronizar o tratamento deste, por meio do ‘teste da lingüinha’. De acordo com o fonoaudiólogo Gutemberg Moura, a categoria pretende que o teste seja visto com a mesma importância que os outros testes que se tornaram obrigatórios. "O teste da lingüinha é muito importante, pois através dele é possível diagnosticar uma anomalia pequena, porém nada insignificante, que pode evitar maiores problemas na vida de uma pessoa. Nós estamos lutando para que seja instituída por lei a obrigatoriedade da realização desse teste, assim como o teste do pezinho e da orelhinha, onde as autoridades reconheceram sua necessidade e benefícios para a saúde pública. Da mesma forma, uma vez que o teste da lingüinha estiver disponível em todos os Estados brasileiros, os índices de tratamentos posteriores com crianças que têm a chamada 'língua presa' irá diminuir significativamente, gerando melhor qualidade de vida, e segurança aos futuros pais", disse Gutemberg. O tratamento para correção da ‘língua presa’ é feito por meio de

-

QUE REMOVE O FREIO LINGUAL

uma pequena cirurgia que remove o freio lingual, possibilitando os movimentos normais da língua. A frenectomia é feita por um dentista e não existe idade certa para realizá-la. No entanto, os fonoaudiólogos defendem a realização do teste para que o procedimento seja feito até os primeiros seis meses de vida. Até 1940, a língua presa era ‘cortada’ pelas próprias parteiras, mas a prática que foi deixada de lado pelo receio de se fazer uma cirurgia desnecessária e pelo risco de contaminação. Para o fonoaudiólogo Gutemberg Moura, quanto antes a alteração foi diagnosticada, mais fácil será o tratamento e correção do problema. "Antes dos 6 meses de vida, a criança ainda está em fase de maturação e a cirurgia é bem simples, pois a pele é fina e ela não sente dor. A intervenção cirúrgica vai evitar que no futuro a criança seja afetada física e psicologicamente, por suas limitações na mastigação e fala. No lado da questão psicológica, se a criança cresce com esse problema, muitas vezes sente-se envergonhada, não faz amigos por vergonha de falar e

perceberem a alteração na sua fala, e devido a isso, muitas crescem com um complexo. E é exatamente isso que o teste da lingüinha, quando popularizado vai evitar esses problemas. Esperamos que os parlamentares reconheçam a importância desse teste, e dêem a esse exame a credibilidade que merece, pois só trará benefícios, e não é de alto custo", disse o fonoaudiólogo Gutemberg Moura. Embora haja poucos estudos epidemiológicos, estima-se que pelo menos 10% dos recém-nascidos apresentem o problema. Atualmente, com as recentes pesquisas, o diagnóstico da língua presa pode ser facilmente realizado por um profissional capacitado. Mas apesar de todo o conhecimento que se tem hoje em dia, ainda existem pessoas que consideram a língua presa, um problema normal, que se resolve sozinho com o tempo. Contudo, os fonoaudiólogos só indicam a cirurgia quando a alteração do frénulo lingual interfere na fala. Quando não há alterações da fala, sessões de tratamentos fonoaudiólogos podem resolver os demais problemas.

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

apronianocfs@hotmail.com

O Porto de São Francisco do Sul é considerado o mais eficiente do Brasil, segundo pesquisa realizada nesta semana NATAL Navio Lagoa Carioca Lagoa Paranaense Golia h Global Iroquois Pegasus CMA-CGM Aristote Thais Marfret Marajó Silver Cloud Azamara Quest

Bandeira Brasil Brasil Panamá Vanuato Panamá U. Kingdom I.Marshall França Bahamas Bahamas

Agência W. Sons W. Sons Semaster Semar Semaster CMA-CGM Petrobras W. Sons Superservice Superservice

Chegada No Porto No Porto Ao Largo Ao Largo Ao Largo 17/11 20/11 24/11 08/12 12/12

Destino --MÉXICO MÉXICO MÉXICO Algeciras/ESP São Sebastião(SP) Algecira/ESP Recife(PE) Recife(PE)

Carga Descarga Em Operação -Em Operação -Reabastecimento -Reabastecimento -Reabastecimento -Contêineres --Combustível Contêineres --Turismo -Turismo

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN TBM

Brasil

Petrobras

16/11

Salvador (BA)

Óleo Cru

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN Callio TBN

Dia 13 14

Panamá Itália

A. Marítima 14/11 A. Marítima 18/11

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 15:55 2.5 21:51 0.0 04:26 2.5 10:09 0.1

Santos(SP) Santos(SP)

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Sal Sal

---

FASES DA LUA Minguante (06/11 - 21:36h) Nova

(13/11 - 19:08h)

Crescente

(20/11 - 11:31h)

Cheia

(28/11 - 11:46h)

O Jornal de HOJE 19


20 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 13 de novembro de 2012

Terça-feira

Érika Nesi Moda & Atitude erikamnesi@hotmail.com

Ah, quer saber...

Antecipando os parabéns Amanhã a mais querida Tatyanna Bulhões receberá, como sempre faz no dia do seu aniversário, as amigas mais chegadas para sessão luluzinhas regada a muita resenha e brindes à vida. Parabéns Taty!

A moda internacional de olho no Brasil Mais uma atração da moda internacional desembarcou no Brasil nesta segunda-feira (12). Depois das estilistas americanas Nicole Miller e ToryBursh, e de Narciso Rodriguez (o designer predileto de Michelle Obama), é a vez de LydiaMaurer, diretora criativa da Paco Rabanne desde junho deste ano.

t t t

As bolsas de palha estão de volta Edna Galvão que com Larissa Luana organizaram um dos casamentos mais lindos do ano, inaugurando o novo Boulevard com uma mega estrutura, tornando-o assim o melhor espaço para grandes ocasiões

t t t

Lançamento da fragrância Lady Million É a primeira vez da jovem de 29 anos no país, que apresentará a coleção de verão da grife - a mesma de sua estreia na Semana de Moda de Paris - nesta terça-feira (13), na Galeria Sergio Caribé, em São Paulo. Na passarela, 15 looks e o lançamento da fragrância Lady Million, com presença da perfumista Anne Flipo. Lydia é filha de pai alemão e mãe colombiana e já trabalhou para importantes marcas como Yves Saint Laurent e Givenchy.

Sempre vistas na praia compondo looks marítimos, as bolsas de palha saem das areias e vão direto para o asfalto. Isso mesmo, se você tem um delas já pode usar sem medo compondo seus looks, melhor companhia pra ela é a sandália Anabela. t t t

Falando nisso...

O casamento dos sonhos de Nicole e Diogo Marinho

Ana Paula e Herculano Jr

t t t

O veraneio já está chegando e as lojas já começam a receber as roupas que você vai usar e abusar nas varandas, nas praias ou mesmo nas baladas. Invistam nessa hora em estampas florais, tons metalizados e até mesmo no famoso paetê. Mas escolha sobretudo um modelo que se identifique com o seu corpo, muito cuidado nessa hora.

Foco nos cabelos Depois de reinar durante várias estações consecutivas, as mechas californianas perdem os seus poderes para os cabelos mais monocromáticos, como os tons de castanho e todo o seu dégradée.

t t t

Bem Você & Wella

t t t

Campeã de pedidos

Ana Rê Emerenciano, Thacy Flor e Nati Bezerra

Rosane e Lauro Herculano

Todo mundo sabe, que a moda que está inserida nas novelas, principalmente aquelas em que seus personagem vivem nos tempos de hoje, é algo de forte apelo popular e tomam as ruas de todo o Brasil, com a trama global do horário nobre não poderia ser diferente, pois os cabelos das atrizes Giovana Antonelli, Claudia Raia e Carolina Dieckman são os mais falados.

t t t

Prada A Prada lançou a versão mais nova para o óculos de estilo "gatinho" para quem quer investir no look praia, super bacana, ele surge em várias cores dá até pra combinar com seu biquíni ou maiô. Dependendo do bolso, lógico, o modelo custa em torno de R$ 1.000,00 e já virou item obrigatório das It girls antenadas.

t t t

CAT Enquanto Heloisa (Giovanna Antonelli) tenta administrar os problemas com o ex-marido Stenio (Alexandre Nero) e a filha Drika (Mariana Rios ), sua beleza chama a atenção do público, que colocou suas madeixas no terceiro lugar da lista da CAT (Central de Atendimento ao Telespectador). A próxima posição na lista também é dela: o esmalte marrom da personagem foi o quarto item mais pedido pelos telespectadores.

Marize e José Maria Brasil

t t t

Natura Crer para Ver tem novidades em seu portfólio

t t t

Toda loira Mas as loiras continuam também reinando lindas por aí, só que agora dividem sim a cena com as morenas, mas sempre nos tons de castanho. Mas caso você não seja do tipo que aceita mudanças, continue com seu estilo e não mexa nas suas madeixas.

Laurita Arruda Câmara e Henrique Alves

Esta colunista com a mais querida Taty Bulhões em dia de parabéns amanhã

Natura Crer Para Ver acredita que uma sociedade mais justa se constrói com uma educação pública de qualidade e convida a todos a abraçar essa causa. Esse anseio é materializado na forma de uma virtuosa rede de relações, que se movimenta a partir de uma linha de produtos inspiradores cujo lucro é revertido para iniciativas voltadas para professores e alunos da rede pública por todo o Brasil. t t t

t t t

Caderno com certificação FSC

Gipsy kings

Para seu portfólio de produtos, Natura Crer para Ver traz o novo caderno com certificação FSC (sigla em inglês para Forest StewardshipCouncil ou Conselho de Manejo Florestal, selo verde mais reconhecido em todo o mundo). O caderno para adultos é lúdico e traz mensagens e ícones que incentivam a criatividade e o hábito de escrever. Contém ainda bolsa de guarda, miolo conta paginas pautadas, adesivos, planejamento semanal e divisórias com temas inspiradores e motivacionais.

Vira e mexe os anos 80 estão de volta, e com eles o exagero absoluto, tal qual dos cigano. Portanto podem investir ou tirar do closet, os vestidos rodados estampados, os decotes no estilo "ombro a ombro", muitas pulseiras e tudo mais que lembram o povo nômade, assim como toda a sua alegria. t t t

Márcio & Flávia Augusta A coluna rende homenagem ao casal Flávia Augusta e Márcio Guedes, que hoje comemoram 19 anos de casados, feito difícil nos dias de hoje. E mais beijos para Manuela e Fernanda, belas filhas do casal.

A Wella está lançando seus novos produtos para os salões e escolheu o Bem Você para ser a estrela da vez. Ontem foi no do CCAB, Petrópolis, hoje será no Natal Shopping e amanhã será no espaço Bem Você do Midway Mall.

Stefani Pires e Belle Azevedo

Márcio Guedes e Flávia Augusta que hoje comemoram 19 anos de casados

Até amanhã!


Flip 13/11/2012