Issuu on Google+

Terça-feira

Ano XVI w

NATAL-RN, 13 DE AGOSTO DE 2013 w Nº 4.713

R$ 1,00 w

jornaldehoje.com.br

> SUCESSÃO ESTADUAL

Fernando Bezerra analisa ‘desastre’ de Rosalba e elogia o nome de Walter

Ca

nin

Sa

nt

os

EX-SENADOR

CONSIDERA “CRÍTICA” A SITUAÇÃO POLÍTICO -ADMINISTRATIVA DO ESTADO E DEFENDE UM CHOQUE DE GESTÃO. ELE ACREDITA QUE PODE SER A VEZ DE UM JOVEM POLÍTICA 3 José Aldenir

> SEM ATENDIMENTO MÉDICO...

Juiz afirma que Estado continua proibido de gastar com publicidade POLÍTICA 5

> GREVE DOS PROFESSORES

Secretaria de Educação registra que só 20% das escolas estão sem aulas CIDADE 6

Maternidade Januário Cicco, a maior do RN, está superlotada de pacientes que chegam de cidades do interior. Casos de peregrinações e mortes são relatados

Recém-nascidos voltam a ocupar UTI improvisada e corredores

> SEGURANÇA EM GREVE

Delegados, policiais e bombeiros reclamam de descaso do Governo CIDADE 10

CIDADE 6 Canindé Santos

Túlio Lemos

Daniela Freire DESSANA ARAÚJO (INTERINA)

Página 3

Página 12

w O vereador Fernando Lucena recebeu hoje um verdadeiro 'dossiê' do saco preto.

w George Câmara tem tudo para ser o novo líder de Carlos Eduardo na Câmara.

Marcos A. de Sá

Vicente Serejo

Página 7

Página 13

w Da arte de viver com justificativas pendentes nesses tempos de mistérios virtuais.

w Falsa proteção ao meio-ambiente é usada como barreira ao desenvolvimento do RN.

Alex Medeiros TACIANA CHIQUETTI (INTERINA)

Página 11

w Para 2014, PSD e PSB conversam sobre apoios da oposição e caminhadas em conjunto

Área no cruzamento da Av. Antônio Basílio com a Rua Dr. José Gonçalves está abandonada há mais de 15 anos. Matagal atrai pragas e usuários de drogas CIDADE 19

ESCREVEM ARTIGOS NA EDIÇÃO DE HOJE Raimundo Nonato Nunes Maciel Matias Teônio Vieira João Felipe da Trindade Matias Soares Afrânio Pires Lemos OPINIÃO - Página 2

INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,30 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,42 R$ 2,30

Euro x real R$ 3,05 Poupança 0,50%/0,41% Taxa Selic 8%

EMAIL REDAÇÃO:

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 13 de agosto de 2013

RAIMUNDO NONATO NUNES, professor universitário e sindicalizado/ADURN-SN

Amancio

Terça-feira

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

O que deveria ser justiça e meia, torna-se meia justiça! Será que poderíamos classificá-la dessa forma? Há muito que essa instituição se apresenta como tal. Para uns, extremamente rigorosa, para outros, complacente leniente, parceira e até poderíamos dizer, correligionária. O rico ao cometer um delito e, por ter muito dinheiro, recorre ao artifício do pagamento de uma fiança, e aí, ganha automaticamente a liberdade. Essa brecha legal favorece a quem? Seguramente, aos endinheirados, claro! É assim que vêm se apresentando para a sociedade, as leis formuladas por um conjunto de malfeitores eleitos pelo próprio povo, que legislarão em causa própria, abrindo espaços para nela se protegerem. Nós que vimos o nascimento do Partido dos Trabalhadores, e que esperávamos ver o surgimento de uma instituição partidária inovadora, ética e que desse uma virada nessa página suja de nossa história, constatamos um decepcionante engano. Qual o que, vimos e ouvimos pelo rádio e televisão, petistas históricos declararem-se indignados, quanto à condenação de seus membros corruptos, comprovadamente contraventores, alegando com muito cinismo e desfaçatez, que o mérito da condenação, dar-se-ia pelo fato de provocar

Artigo

uma execração pública. Vejam só, não é execração pública quando os denunciados são delinquentes de outros partidos? Quando são os deles, aí é execração? Desnudemos os corruptos, corruptores e demais elementos que estiverem envolvidos com atos escusos, sendo eles, pretos brancos, pobres ou ricos, sendo imputadas penas adicionais àqueles que por conhecerem a legislação, a violarem. Na realidade, quem comete um ato delituoso, é sem sombra de dúvida, delinquente, seja ele quem for, pobre, rico, africano ou europeu, por conseguinte deve ser condenado. Calcado nesse raciocínio, indignado estamos, ao constatar que o escândalo do mensalão perpassa por uma situação de obscurecimento, de mascaramento, ao analisarmos que o ordenador do ato criminoso não vai responder pelo crime cometido. Trata-se, de um certo molusco, que por ser escorregadio e sorrateiro, e protegido pelos seus comparsas, não está sendo alcançado pelos tentáculos da justiça, ou melhor, a justiça está fazendo vistas grossas ao fato! Acreditando na parcialidade da justiça, possivelmente, mais um delinquente importante ficará acobertado pelo manto da impunidade. Que vergonha!

MACIEL MATIAS, médico (maciel.matias@terra.com.br)

A "Mídia Ninja" será "O Pasquim" da era virtual? Você já acessou a Mídia Ninja? – Os guerreiros marciais japoneses? Respondi, achando tratar-se de um jogo eletrônico. – Já vi que você não está acompanhando os movimentos de protesto, ao vivo. – Claro que estou. Respondi, um pouco chateado com a autossuficiência do amigo, achando-se mais atualizado do que eu nas notícias de repercussão nacional. – Será que você é como a maioria que só assiste aos canais abertos, principalmente a Globo que tem a maior audiência com o Jornal Nacional e os programas policiais das outras emissoras, e depois voltando para as novelas da Globo? – O que é isso amigo, assim você me agride. Apesar de gostar de algumas novelas da Globo, leio também vários jornais locais e nacionais, além de várias mídias digitais na internet. – Fica calmo. Vou lhe explicar. A Mídia Ninja é a abreviatura de Narrativas Independentes, Jornalismo e Ação. Um grupo de jovens que se reuniu em uma mídia social, para transmitir ao vivo, através de smart fones, câmaras fotográficas e filmadoras, retransmitindo em tempo real ou com simples edições, todos os fatos que estão acontecendo. Ao mesmo tempo, também recebem dados via internet de colaboradores por todo o país, atualmente com milhares de seguidores. Realmente é algo fantástico na informação. O jornalista Rosental Calmon Alves, professor de jornalismo na Universidade do Texas, ex-editor do Jornal do Brasil na década de 1990, em entrevista ao jornal Valor, vê na Mídia Ninja um exemplo do novo tipo de jornalismo baseado na abundância de informações promovida na rede. "Passamos da era dos meios de massa para a era da massa de meios". – Sabia que fato semelhante aconteceu no Brasil num passado recente? – Como, se a internet é relativamente nova entre nós? – Claro que não foi através da internet e sim da mídia impressa. – Realmente não me lembro de algo semelhante. – Parece que apesar de sermos da mesma idade, apenas recentemente você se interessa em saber dos assuntos importantes. Aproveitei para dar uma resposta vingativa e continuei em tom professoral: – O Pasquim, jornal hebdomadário de grande repercussão no país. O Pasquim foi um semanário brasileiro editado no final dos anos 60, fortemente perseguido pela ditadura militar. Inicialmente uma publicação liberal e até com linhagem anarquista, tornou-se com o passar dos anos um forte contestador do regime militar, recebendo retaliações na sua impressão e distribuição, sofrendo seus editores perseguição violenta do regime. Tornou-se um fenômeno editorial, sem a mínima estrutura, chegando à marca de 200 mil exemplares, competindo com grandes revistas semanais da época como Manchete e Veja. O projeto nasceu no fim de 1968, após uma reunião entre o cartunista Jaguar e os jornalistas Tarso de Castro e Sérgio Cabral. Juntaram-se a eles figuras fantásticas do jornalismo, dese-

nho, humor e principalmente da inteligência, como Ziraldo, Henfil, Paulo Francis, Millôr Fernandes, Ruy Castro e muitos outros. A época era da irreverência, e circulava uma piada típica da criação brasileira que dizia: "Se Deus havia criado o sexo, Freud criou a sacanagem". Baseado nisso, Jaguar criou o símbolo de jornal, o ratinho Sig. Infelizmente encerrou suas publicações no final de 1991. – Realmente você acertou na mosca. É uma comparação semelhante adicionando-se novas e modernas técnicas de comunicação. As novas formas de mídia, com uso da internet, estão dando um novo formato às informações. As redes sociais são capazes de repassar em tempo real fatos que ocorrem em qualquer parte do mundo, exigindo apenas uma conexão de internet. Os recentes protestos sociais no Brasil evidenciaram isso através da transmissão ao vivo pela Mídia Ninja. Além de demonstrar todas as ações, foi capaz de esclarecer atos de excesso, tanto da polícia como de grupos violentos infiltrados nos movimentos. "O grupo entrou em evidência porque as pessoas estavam esperando uma cobertura mais próxima sobre o que estava acontecendo nas ruas", explica o jornalista Bruno Torturra, um dos líderes da Ninja. A imprensa internacional, também acompanhou as transmissões e divulgou ao mundo tudo o que estava acontecendo no Brasil, no mesmo período em que o papa Francisco visitava o Rio de Janeiro. A alemã DW (Deutsche Welle): "Ascensão da Mídia Ninja põe em questão imprensa tradicional no Brasil". "Com o aumento das críticas à TV Globo pelos manifestantes, a Mídia Ninja se tornou rapidamente uma fonte confiável de informação para muitos dos envolvidos nos protestos e transmitiu ao vivo manifestações em todo o Brasil", o britânico The Guardian. "A Ninja estava presente onde a grande mídia não esteve", jornalista e sociólogo Venício A. de Lima, professor titular de Ciência Política e Comunicação da Universidade de Brasília (UnB). "Oxigênio para o jornalismo tradicional brasileiro", afirma Sylvia Debossan Moretzsohn, professora da Universidade Federal Fluminense no Rio de Janeiro. "Queremos democratizar a produção de informação e, com isso, informar melhor as pessoas para que tenhamos uma democracia cada vez mais sólida, justa, integrada e próxima dos fatos. Acho que o próprio jornalismo tem de ser repensado e atualizado", afirma o líder da Ninja, que aponta para a concentração dos meios de comunicação brasileiros nas mãos de "pouquíssimas pessoas, grupos e famílias". – O maravilhoso de tudo é que o mundo gira e evolui, porém, as grandes ideias estão na coragem das novas gerações, perpetuando as inovações e superando os desafios. – Ainda bem, pois estamos numa democracia e temos a obrigação de fortalecê-la e defendê-la, mantendo acima de tudo a liberdade à informação. – Com certeza a Mídia Ninja será um desses elementos, como foi O Pasquim no passado.

AFRANIO PIRES LEMOS, escritor (afrapil@yahoo.com.br)

Encontro

Artigo

TEÔNIO VIEIRA, empresário e colaborador (teonio.vieira@hotmail.com)

A sociedade vulnerável continua esperando O governo tentou impedir o comércio de armas de fogo e munições, todavia, mesmo depois de uma forte campanha publicitária persuadindo a população a votar favorável, a maioria, inteligentemente, desaprovou a proibição. Assim, o cidadão brasileiro pode adquirir uma arma, desde que cumpra as formalidades legais, mas não pode portá-la. "Aquele que for flagrado com uma arma de fogo poderá perdê-la, ser preso sem direito a fiança, processado e julgado sem direito à condicional". Entretanto, os adolescentes usam armas de fogo pesadas, cometem atos violentos e zombam das vítimas, convictos de que no dia seguinte voltarão às ruas para cometer novos crimes. Isso é um fato incontestável que já se tornou rotina. A sociedade de agora é diferente de quando os índices de criminalidade eram desprezíveis e os jovens uns bobocas. Os adolescentes de hoje, em nada parecidos com os do passado, encontram-se protegidos por um estatuto que não se ajusta a necessidade de responsabilizar os delinquentes pelos erros cometidos e reprimi-los com pena exemplar. A lista de crimes cometidos por menores com requintes de perversidade só faz

Artigo

crescer; mesmo assim o governo defende os direitos humanos de uma minoria de marginais e não adota medidas para proteger a maioria. Asociedade, depois de desarmada, tornou-se refém da vontade dos delinquentes que continuam a enlutar famílias, sem temer mais nada, na certeza de que são intocáveis. O Estatuto da Criança e do Adolescente não deve conservar-se inalterado; a redução da maioridade penal se mostra necessária, urgente e as mudanças devem estabelecer punições mais rigorosas para os reincidentes e aqueles que cometem crimes violentos com requintes de perversidade. A precariedade e a superlotação dos presídios refletem o descaso a que são submetidos problemas tão graves e não deveria justificar a liberação de transgressores da lei, o que se tornou um procedimento banal. O ministro da justiça José Eduardo Cardozo, já reconheceu as condições sub-humanas e o colapso do sistema carcerário, disse: "Se fosse para eu cumprir uma longa pena em um presídio brasileiro, preferia morrer" (SIC). Dá para admitir que recorresse a um simbolismo para atenuar a expectativa, que ainda prevalece, acerca da prisão dos criminosos condenados

no processo do Mensalão, envolvendo políticos do PT e outros. Porém, tudo continua com dantes! O que deveria ser uma prioridade do governo, na verdade consiste num direito inalienável do cidadão, a segurança. Portanto, cabe às autoridades constituídas delinear medidas pertinentes para resolver, em curto e médio prazo, a situação caótica de insegurança que angustia a população brasileira. Diante do descaso dos legisladores; da frouxidão das leis; da falência do sistema prisional; da impunidade que permite os menores continuarem soltos praticando assaltos, atos violentos e crimes cruéis; da tolerância com estupradores que permanecem soltos fazendo barbaridades; da violência que impera; das lambanças dos governos Lula e Dilma; eu sinto vergonha da falta de vergonha daqueles que cooperam para que essa conjuntura seja mais favorável para os criminosos do que para os cidadãos. A inversão de prioridade caracteriza o Brasil; primeiro o futebol depois o resto. Alegria, alegria, alegria! Para promover mudanças é imprescindível vontade política, coerência e determinação. Como nada de novo aconteceu, a sociedade vulnerável continua esperando.

JOÃO FELIPE DA TRINDADE, professor da UFRN, membro do IHGRN e do INRG (jfhipotenusa@gmail.com)

Professora Júlia Alves Barbosa Depois que escrevi o último artigo, que foi postado neste "O Jornal de Hoje", no dia 6 de agosto de 2013, recebi a notícia, de Dodora Rocha, que seu tio, Leonardo Trindade Cavalcanti, tinha falecido, em Recife, na segunda-feira, dia 5 de agosto. Ele era filho, como vimos nesse artigo, de Dr. Francisco Ivo Cavalcanti e de sua 4ª esposa Marta Trindade. Quando Francisco Ivo enviuvou da 3ª esposa, Venice Dantas, casou com Marta Trindade. Venice era mãe de meu colega do colégio marista, Francisco Ivo Dantas Cavalcanti, que também mora em Recife. As histórias de pessoas ilustres ficam mais interessantes quando se conhece os parentes delas. Por isso, fui buscar informações sobre os ascendentes das nossas personagens, em estudo. A 2ª esposa do Dr. Francisco Ivo era a professora Júlia Alves Barbosa. Seu batismo, conforme o registro, é o que segue: aos oito de fevereiro de mil oitocentos e noventa e nove, na Matriz de Nossa Senhora da Apresentação, batizei Júlia, nascida aos dezoito de novembro do ano pas-

Artigo

sado (1899), filha legítima de Pedro Alves Barbosa e D. Júlia Alves Barbosa, sendo padrinhos Juvino Barreto e D. Ignez Barreto. Do que faço e assino este termo. O pároco João Maria Cavalcanti de Brito. Pelos jornais antigos, encontro que o pai de Júlia era major e foi suplente de intendente da nossa cidade do Natal. Descubro, também, que a mãe de Júlia, que tinha o mesmo nome, faleceu aos 11 de fevereiro de 1907, de eclampsia, com apenas 35 anos de idade, deixando cinco filhos. Nesses mesmos jornais, aparecem os nomes de irmãos de Júlia: Luiz que aniversariava em 24 de setembro e Lucilla, em 2 de agosto. D. Júlia, mãe, aniversariava no dia 14 de outubro; e o major Pedro Alves Barbosa aniversariava no dia 26 de abril. Pedro Alves Barbosa casou com D. Júlia Alves de Mello, na Capela do Bom Jesus das Dores, aos dez de maio de 1893. Ele, natural de Recife, filho legítimo de José Alves Barbosa e Severiana Alves Barbosa; ela, natural de Goiana de Pernambuco, filha legítima de José Joaquim de Mello e Emília Alves de Mello. Ambos moravam

no bairro da Ribeira da cidade do Natal. O casamento de Francisco Ivo Cavalcanti com Júlia Alves Barbosa foi aos 4 de junho de 1832. O documento de registro, diferentemente de outros que encontrei, é uma tabela, onde nas linhas e colunas são escritas as informações. Embora tenha partes ilegíveis, dá para ler que ele tinha 40 anos e ela 33. As testemunhas parecem ser José Pedro do Monte e Ulisses de Góis. Desse enlace não resultou filhos. Ela faleceu em 17 de novembro de 1942, não havendo no registro informações sobre a causa da morte. Pela internet vemos que a professora é muito festejada. Foi uma das fundadoras da Associação de Eleitoras Norte-rio-grandense e a segunda eleitora do estado do Rio Grande do Norte. Foi eleita para a Câmara Municipal do Natal, sendo, portanto, a primeira vereadora da Capital (1928). Consta, também, que foi a primeira mulher a lecionar matemática na Escola Normal de Natal. Sobre Dona Hercília Araújo, 1ª esposa de Francisco Ivo, falaremos em artigo posterior.

MATIAS SOARES, padre, pároco de S. José de Mipibu-RN e Vig. Episc. Sul (mspesoares@hotmail.com)

Paróquia, comunidade de comunidades Mesmo que seja afirmado que vivemos uma época de individualismos e egolatrias, fruto da emancipação da subjetividade em detrimento da comunidade e do institucional, o valor da comunidade não pode ser renegado, nem relativizado. Os paradigmas culturais que formaram a civilização ocidental, a saber, o grego e o hebraico, sempre tiveram clarividente que o ser humano está na comunidade como ser político (Aristóteles) e como aquele que não pode estar só (Gn 2,18). Esta consciência de que é com o outro, na comunidade, que a realização humana e existencial acontece, sempre foi referência da condição humana em todos os tempos. Este fato social não pode ser desfeito, no que é essencial para as perspectivas da Humanidade, nem muito menos no que acidental para a História das Civilizações. Autores como Zigmunt Bauman e Michel Maffesoli retomam esta questão sobre o fenômeno da vida em comunidade na Posmodernidade. O primeiro a descreve como fato social que existe de modo líquido, ou seja, de modo banal, superficial e objetual; em contrapartida, o segundo a enfatiza como realidade efêmera, de composição cambiante, com inscrição local e com ausência de organização, ou seja, com configurações tri-

bais e grupais. Mesmo com prerrogativas da subjetividade moderna, estes pensadores retomam, mais uma vez, a importância da vida em comunidade como lugar imprescindível da realização humana na contemporaneidade. Poderiamos dizer o seguinte: se no período clássico a comunidade era constitutiva do estatuto ontológico da pessoa, na época hodierna a comunidade é constitutiva das relações individuais das pessoas. A Igreja não pode desconsiderar esta mudança de mentalidade que vai gerar a mudança de época. Esta conjuntura não é mais institucional; mas individual e pessoal. Aliás, desde o Concílio Vaticano II, com a reviravolta bíblica e litúrgica, veio também a personalista (Hans Balthasar), a nossa mãe e mestra já reconhecera que a pessoa é centro de toda a sua vida pastoral e missionária. Por isso, convocou a todos que a compõe para uma renovação interna "sem ruptura", que a levasse a um profícuo diálogo com o mundo, para o qual ela deveria ser Sacramento de Salvação. A Paróquia é o lugar capilar da vida da Igreja. É nela que estas mudanças começam a acontecer. Ela é esta célula constitutiva das igrejas particulares e, consequentemente, da catolicidade da Igreja. A adequação das suas práticas

missionárias e pastorais às provocações da atualidade são urgentes e desafiadoras. A V Conferência de Aparecida falou da necessidade da Conversão Pastoral (N. 356-66). Atentos aos sinais dos tempos, os nossos pastores afirmaram que esta mudança estrutural não aconteceria se não houvesse uma conversão dos batizados que estão na Igreja e que precisam ser Discípulos/Missionários de Jesus Cristo. A paróquia só será Comunidade de comunidades se a mesma se tornar lugar do encontro dos que a compõem com Cristo e destes entre si. Para haver renovação das paróquias elas precisam ser comunidades de amor e do encontro; precisam urgentemente ser mais "humanizadas"; devem ser casa de acolhimento por excelência da vida do Povo de Deus. Por fim, nos empenhemos todos para que a vida da Igreja retome o caminho das primeiras comunidades cristãs! (At. 2,42-47). A resposta mais coerente para o Mundo de como podemos e devemos viver em comunidade, os primeiros e mais autênticos cristãos já o fizeram, renovando assim, a vida de todas as instituições e comunidades. As paróquias podem retomar esta caminhada de Discípulos/Missionários de Jesus Cristo. Assim o seja!

– Então vemos fotos, reportagens, registros outros de recantos de nossa cidade e nos apressamos em nos preocupar. – Não deveríamos nos preocupar com tanta pressa. – São as contingências. As agruras do mundo todo, a residir aqui conosco, numa cidade que, abençoada por Deus, permanece ainda com pedaços enormes de chão, com muita lama, sujos e calçadas quebradas. – E o que o senhor tem com esses desmantelos? – A alma, sabe? A alma. Dói-me a alma quando vejo, principalmente na boquinha de noite fria, como a que vamos ainda usufruindo. Você, dentro de seu carrinho tipo aquele do papa, ver recantos sujos, água empoçada, pedras soltas, buraquinhos que, juntos, tornam-se decepções urbanísticas. São esses pedaços de alma citadina, sabe? Que nos trazem essa tristeza, que chega e se locupleta de realidade, e nos exibe o que o outro prefeito deveria ter visto. – Você sabe se o atual não vê? – Saber assim de assinar embaixo, não. Acredito que não. Porque, olhe, se ele fosse quem passasse ali pelo bairro, que foi, um dia, o de maior projeção citadina, ele não gostaria. Por quê? Porque está sujo, triste, meio envergonhado, com aquela repetição de gente que não lhe dá a atenção devida, por nunca mais haver sido atendida em suas necessidades. – Olhe; você deve se aprumar no serviço; melhorar essa maneira de dizer civismos. Deve se contentar com o pouco que tem, e se certificar que não é mais aquele estudante de dois vinténs, que você foi. Nem aquele rapaz de meiasola; nem aquele cara de pouco balanço; nem aquele embranquecido senhor de cabelos rebeldes. Deveria saber disso. – E tudo isso respeito, Cipriano. – Sei, sei. No entanto, nos falou aqui e agora, nesta mesa, onde tomamos cervejinha que tem princípio, meio, e fim, que lhe dói constatar, ouviu? Ainda haver sujeirinha geral. Toda vida existiu, sempre haverá. É a verdade. O que falta é rapidez nessa limpeza. Entendeu? Falta atenção municipal, maior. Aí a diferença. O trato. Avançarmos com profissionalismo e com decência; sabe? Você deveria saber que toda cidade sofre. Ela morre todo dia, um pouquinho. Por outro lado, lhe nasce todos os dias, nova esperança. Noutros bairros, noutras esquinas; e noutros bares. Tá entendendo? Noutros bares. Onde se ouvirão cantar felicidades mil de homens e mulheres que experimentam um drinque novo, com uma azeitona. – Eu sei. E sabia. – Não lhe digo isso, caro amigo, por soberba. Olhe: por acaso morei na Ferreira Chaves. Por acaso morei na Apodi. Morei na Alexandrino. Por acaso morei na Rio Branco... – Não acredito. Só morou por acaso? E até na Rio Branco? – Sim, senhor, pois não. No tempo que ali não havia esse retinir de metais, essa velocidade por horas a ganhar, naqueles lados do sol, onde sombra nenhuma cobria a singeleza de quem quisesse ser feliz. A não vender, expor e a descrever que, outras esquinas, seriam os lugares pra se vender caldo de cana, com pão doce, ou pedaços assim, de canjica. Quando no tempo delas, visto? Isto faz muito tempo? Faz. Hoje, a vida é eterna rua esburacada, que a Prefeitura não sabe sequer, onde fica a dita! Pra que banda lhe nasce o sol, e por aonde a noite chega, com sua lua de dois vinténs. – Mas Prefeitura não é pra isso. – Sabemos. Eu e o meu povo... – Quem é o seu povo? – Todos aqueles que sabem olhar o chão de cada dia, sem o espinho do desconforto, o desconserto da mofa; e tudo sem a devida solução, sem a simplicidade de ser apenas um servidor, atento aos desenganos de povo e seus amores por ela. – Você tem mais cara de poeta, do que de fiscal da Prefeitura. – Antes fosse. Porque vi essa mesma Natal, com menos de quarenta mil habitantes; que lhe senti o cheiro de terra molhada; de fruteiras ali, na entrada, pela atual Curva da Morte. E, estou hoje aonde? Onde fica a Nove? Cadê a Sete? Por que não imprimem no Caderninho da Lei, que as avenidas do povo, vivam sempre com os nomes que a Lei lhe deu? E fossem respeitadas com esses nomes; como Dez, Sete, Três, Quatro, Nove?... A Nove é muito estimada! Então, por que não continuar Nove, até o fim dos mundos? – Por que há uma lei dizendo que ela tem outro nome. – Não tem quem faça o povo deixar de chamar a 9, a7, a 5, por que já são dele. E Deus não deixa. Da 14 em diante, tá certo. Podem chamar de CapitãoMor Gouveia, Amintas Barros, Miguel Castro, Nascimento de Castro, Bernardo Vieira... Naquele tempo o povo não as conhecia, pois tudo era mato. – Certo; certo. Vamos ver. Mas, tome sua cervejinha, mais calmo... A POESIA SEREVE, SIM DE AREIA PRETA Andava paisano pelas ruas de ontem e seu coração batia já era muito perto das arrebentações

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Fernanda Souza Juliana Manzano EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Bruno Araujo EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Terça-feira

Natal, 13 de agosto de 2013

O Jornal de HOJE 3

Fernando Bezerra: “Acho Walter um bom candidato. Não será a vez de um jovem?” EMPRESÁRIO E EX-SENADOR ANALISA O QUADRO POLÍTICO E ADMINISTRATIVO DO RN, O GOVERNO ROSALBA E O PMDB ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O empresário Fernando Bezerra, senador da República por doze anos, líder dos governos Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva no Congresso Nacional, hoje à frente dos negócios da família, na construtora Ecocil, concedeu entrevista esta manhã ao "Jornal da Cidade" (94 FM), na qual avaliou o quadro político e administrativo do Rio Grande do Norte, o governo Rosalba Ciarlini (DEM), o PMDB - seu atual partido - e a sucessão de 2014. Fernando Bezerra é citado nas altas rodas de conversas políticas como um bom nome para disputar o governo do Estado nas eleições do ano que vem. Como empresário de sucesso - a Ecocil é, além de tradicional, uma sólida marca empresarial - Bezerra é posto ao lado de outros empresários vitoriosos, como Marcelo Alecrim (ALE) e Flavio Rocha (Guararapes), como uma alternativa para tirar o RN do atraso. Para o ex-senador, contudo, a situação político-administrativa do Estado é crítica. Ele concorda com a necessidade de um choque de gestão, mas não se mostra afeito ao convite. Para ele, a lembrança por nomes fora do contexto político atual do Estado "demonstra, sobretudo, uma angústia popular desse povo que foi às ruas" em junho de 2013. "Nós estamos caminhando para um desastre muito grande dentro do RN". Como peemedebista, porém, o empresário elogia as lideranças do partido - o ministro da Previdência, Garibaldi Filho, e o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves - mas destaca a possibilidade de candidatura do deputado estadual Walter Alves a governador. "Acho Walter Alves um nome bom. Há o argumento de que falta experiência, mas meu Deus, os experientes não têm levado o Estado no caminho que a sociedade deseja! Não será a vez de um jovem? Eu acho Walter um bom candidato", afirmou. Confira a entrevista com Fernando Bezerra. Jornal de Hoje - Qual o impacto da crise para o crescimento do Estado? Fernando Bezerra - Eu não teria condição de dar a você números a respeito disso. Eu acho que isso é um processo que vem se arrastando ao longo do tempo. Não estou aqui isentando a responsabilidade do atual governo, eu acho que ele tem um dever a fazer e que deve inclusive convocar toda a sociedade para fazêlo. A situação do RN, pelo que eu vejo, é crítica. Eu acho que era hora de as pessoas serem convocadas, mesmo aquelas que estão fora do governo e quem tem muitas vezes uma visão muito mais crítica do governo e podem dar uma contribuição. Eu acho que a gente vive um péssimo momento, mas que não é fruto apenas deste governo, vem se acumulando ao longo do tempo e é preciso que os homens públicos saiam daquela situação que muitas vezes eu vejo,

Heracles Dantas

que você se elege com o apoio do povo e já está pensando na próxima eleição, ele se elege para se eleger de novo, profissionaliza-se na política e deixa de atender àquilo que é fundamental, que é o processo de crescimento econômico. Há muitos e muitos anos que eu não vejo alguém apresentar uma proposta concreta para o desenvolvimento do Estado do RN. JH - Como recebe a lembrança de seu nome para o governo? FB - Claro que eu fico feliz com isso, embora já distante o tempo em que eu fiquei na política e não tenho a menor pretensão de voltar. Eu acho que agora tenho o espaço que ocupei na minha família, nos meus negócios e não pretendo, mas isso demonstra, sobretudo, uma angústia popular desse povo que foi às ruas. Eu acho que foi um movimendade, saúde de qualidade, transto absolutamente legítimo e boporte público - eu quase não nito para o Brasil, infelizmente chego aqui devido ao trânsito manchado pela atitude dos vânnão há sequer estacionamento. dalos que saíram quebrando as A prefeitura, nesse momento, cidades, quebrando o patrimônio no meu ponto de vista, devia espúblico; eu acho que é muito timular que o setor privado fizesfruto disso. O povo está achanse estacionamento para poder lido e eu também penso que nós berar as ruas e os carros andaestamos precisando de uma gesrem. São essas coisas que nós tão séria à frente do governo, tanto vimos, por tanto tempo, uma gestão que reorganize as que precisam de uma intervenfinanças do Estado. Para isso ção séria de quem governa, em eu acho que nunca é tarde - esse todas as áreas. governo que está aí deveria convocar toda a sociedade para esse JH - Considera que a discussão entendimento. Os sindicatos, os sobre a eleição seguinte se sobrejornalistas, que eu acho que são põe à discussão sobre melhoria da hoje a vangestão e dos serguarda do viços? que acontece FB - Eu acho que de melhor e esse movimento... Tribunal nenhum vai de mais críque a sociedade resolver a questão tico para a está em busca disso do RN. Se há um sociedade. A aí. Ou nós saímos excesso de gastos gente está do mesmismo... Eu abrindo os me lembro, era no Judiciário, na olhos da pomuito jovem na Assembleia, no MP, pulação, eu época, mas Aluízio o governo sente, acho que nós Alves foi um gopois, à mesa e precisamos vernador revoluhabilmente mostre disso nesse cionário. Todas as momento. coisas importantes que o RN ainda JH - A que atrihoje tem foram bui o RN não estar no caminho do construídas pela gestão compedesenvolvimento? tente e criativa de Aluízio: a CoFB - Porque todos nos acostusern, a Telefônica, as casas pomamos ao mesmismo: Os pulares. Eu me lembro de Cormesmo fazem as mesmas coisas tez Pereira como um governahá muitos anos. A máquina está dor criativo, inovador. Nós estasaturada, eu acho que há funmos precisando disso, eu acho cionários em excesso e de quaque o povo está em busca disso, lidade ruim - somos nós quem tanto que eu acho que um nome os pagamos isso e a sociedade que surja, até diferente desse contem o direito de cobrar. As filas texto atual, eu acho que leva a que se veem para atendimento eleição. Eu acho que os nomes em todos os setores. O País tem que estão aparecendo são bons, hoje a única saída, que eu vejo, eu não tenho críticas, Waltinho, que é o investimento em eduCarlos Eduardo e tantos outros, cação. Eu estava olhando aí, não que são nomes que ainda não sei nem se há razões para entrar foram testados pela sociedade. em uma greve no Estado, num Ah é muito jovem! Mas talvez Estado que está no caos, emboesteja na juventude uma saída ra eu compreenda que uma das para esse processo. causas dessa má qualidade da educação que nós temos seja a JH - Fala-se que o Estado precibaixa remuneração do profes- sa de um empresário de sucesso. sor, que vem acompanhada da Se esse nome fosse o seu, se recumá qualidade do professor. Eu saria? acho que nós estamos precisanFB - Primeiro eu não acho que do discutir esses temas que a sová ser cogitado esse nome, nem ciedade trouxe às ruas com seeu tenho interesse. Eu acho que riedade. O que é que o povo nenhum de nós se negará em quer? Uma educação de qualiqualquer momento a ajudar o

RN, mas tem muitas formas de ajudar. Eu acho que hoje eu promovo esse apoio na medida em que nós estamos produzindo, gerando emprego em várias áreas dentro das empresas que eu possuo. Eu gostaria muito de ver Flávio Rocha como um dos nomes que fossem cogitados como governador do Estado. É um empresário vitorioso, acho difícil que ele deixe isso, porque ele é o herdeiro para comandar esse imenso império que Nevaldo Rocha construiu pelo RN. Eu me referi a Flávio, porque tem também uma experiência política por trás dele aí. Não é que eu me negasse ou não, eu não quero mais. A minha família hoje não me aceitaria de maneira nenhuma numa condição dessa, e eu acho que tem direito. Já estou com 72 anos, acho que é hora de usufruir, muito embora eu trabalhe todos os dias, e muito, e pretendo fazer pelo resto da minha vida. JH - O senhor está filiado ao PMDB? FB - Eu estou filiado ao PMDB. Eu fiz isso quando deixei a política e Henrique disse: "Fernando, volte para o PMDB, foi onde você começou". E eu apenas, como gesto de atendimento, uma cortesia, assinei. Mas cada vez que cogitam o meu nome eu fico pensando em me desfiliar, porque não tenho essa pretensão (risos). JH - Flávio Rocha seria um bom perfil para administrar o Estado? Marcelo Alecrim? FB - Eu citei (esses nomes) porque você citou nomes de empresários. Flávio Rocha é um empresário vitorioso, a diferença entre os dois é que um passou por uma experiência política, o outro não. Mas eu não acho que seja necessariamente o nome de um empresário que venha governar o RN. Nós precisamos de um bom gestor, alguém de sensibilidade política, mas o fator mais importante de quem governa é se assessorar bem, você procurar bons assessores, porque você sozinho não vai fazer um bom governo. JH - O que acha da gestão Rosal-

um passeio, para qualquer coisa aqui no RN. Acho que Henrique vive um momento muito especial da vida dele, o acompanhei algumas vezes e vejo que ele atravessa um momento muito bom em sua vida; acho que era um nome também a ser testado. E acho Waltinho um nome bom. Há o argumento de que falta experiência, mas meu Deus, os experientes não têm levado o Estado no caminho que a sociedade deseja. Não será a vez de um jovem? Eu acho Walter um bom candidato - não estou descartando a candidatura de ninguém nem estou lançando candidatura, só estou respondendo a uma pergunta. Mas há outros nomes que poderiam ser analisados também. JH - O senhor aceita disputar o governo? FB - Não, eu não pretendo mais. Se o PMDB me convocar ou quem me convocar para dar uma contribuição de alguma forma, que não através de uma candidatura para disputar o governo eu estou absolutamente pronto. Eu acho que nesse momento há o perigo de aparecerem os salvadores da pátria. Esse é um momento muito perigoso para o Brasil, inclusive. Mas eu não pretendo mais voltar à política. Foram 12 anos de uma contribuição e eu tenho certeza que dei, pelo menos dentro dos meus limites, do meu esforço, da minha capacidade de trabalho, eu acho que dei uma contribuição ao Estado.

ba? FB - Veja bem, julgar é muito difícil. Todos nós, se o governo fosse muito bem, nós devíamos, alguém devia, ou associaria, que podíamos fazer um pouco mais: 'eu acho que está faltando isso, eu acho que está faltando aquilo'. Eu acho que nesse bojo da análise sobre o governo nós não podemos deixar de olhar para trás. Isso não aconteceu do dia para a noite. O governo em dois anos e meio se acaba, mas há uma evidente falha de gestão, de compromisso político. Por que não há um entendimento antes de fazer uma disputa? Será que é preciso que nós sejamos tão incapazes, que é preciso levar A máquina está os nossos proJH - Robinson saturada, eu acho blemas para Faria? que há funcionários um tribunal FB - Robinson é em excesso e de para serem reum bom nome, eu solvidos? Trinão tenho dúvida qualidade ruim bunal nenhum disso. Está lutansomos nós quem vai resolver a do, está na polítipagamos isso e a questão do ca há algum sociedade tem o RN. Se há um tempo, vem de direito de cobrar excesso de uma família de gastos no Juempresários, eu diciário, na acho que é um Assembleia dos nomes que Legislativa, no MP, o governo tem aí. sente, pois, à mesa e habilmente mostre: olhe, eu estou numa JH - Do que o RN precisa? situação de gravidade, nós vamos FB - Eu apostaria nos jovens. chegar aqui a um ponto de esEu acho que nós precisamos trangulamento. Eu acho que é dar uma balançada nesse Estaisso que está precisando e acho do e alguém que tenha coraque nesse ponto há uma enorme gem de matar o galo na primeifalha do governo. ra noite: vamos pegar aqui, planejar e fazer no primeiro dia JH - Que nota dá para o governo aquilo que é mais doloroso para Rosalba? o RN. Será que o Estado comFB - Eu não quero atribuir nota porta tanta gente (servidores) nenhuma, eu quero é manifestar como tem aí? Quantos gabineo meu desejo de que haja uma tes cheios! Eu acho que está imediata correção de rumo. O precisando de alguém que olhe rumo em que nós estamos camipara as coisas pequenas do Esnhando. Nós estamos caminhantado. Quanto desperdício nós do para um desastre muito grantemos, meu Deus? Sinceramende dentro do RN. te, precisava de ter tantos carros no setor público? Por que o JH - Acha que o PMDB deve lanprefeito ou o governador não çar candidato ao governo? usa, na maioria das vezes, o FB - Eu acho que qualquer parpróprio carro? Eu vou trabalhar tido tem que buscar um nome no meu carro. Pra que isso? É bom para o momento atual. Eu porque no Brasil o chapa branacho que o PMDB é um granca passou a dar status. Você se de partido e tem nomes como o pendura ali atrás e acha que é de Garibaldi, que é meu amigo. o dono do mundo. Nós precisaGaribaldi, se for candidato, é mos da simplicidade.

Túlio Lemos tuliolemosjh@gmail.com

SACO PRETO O vereador Fernando Lucena recebeu hoje um verdadeiro 'dossiê' do saco preto. Um farto material a respeito do suposto esquema de direcionamento e superfaturamento na licitação da Urbana. A 'metralhadora humana' promete apurar tudo e soltar o verbo na Câmara. SACO PRETO II A Urbana sempre foi considerado um 'antro' de corrupção ao longo de várias administrações. O prefeito Carlos Eduardo tem a oportunidade única de dar uma nova imagem à empresa de limpeza pública, com conseqüência direta ao seu Governo. Manter o edital como está, é compactuar com o direcionamento

e com o superfaturamento. PROJETOS A vice-prefeita Wilma de Faria apresentou 'projetos' ao prefeito Carlos Eduardo e fez questão de dar visibilidade ao fato. Amãe de Márcia não agüentou ficar apenas na função de substituta do prefeito, já que vice é vice, mas Wilma é Wilma. Deixou o filho de Agnelo na situação de ter que aproveitar seus projetos; ou deixá-la em posição de isolamento na gestão. POSIÇÃO Por falar em Wilma, a viceprefeita não disse uma palavra a respeito das críticas feitas pelo vereador Júlio Protásio, ao secretário de Saúde de Natal. Afinal, Júlio é

filiado ao PSB, partido presidido por Wilma no Estado e em Natal, por sua filha, Márcia Maia. Wilma concorda com as críticas de Júlio contra o secretário Cipriano Maia ou discorda? PALESTRA A agenda oficial da governadora Rosalba Ciarlini foge completamente ao colapso no serviço público no RN e à crise financeira. A Rosa está em Recife, onde será, pasmem, palestrante de um Fórum Nordeste. O tema abordado pela governadora: "As estratégias adotadas pelos Estados da região Nordeste para atrair investimentos e gerar emprego e renda". Deve expor toda sua experiência de su-

cesso no Governo do RN. PALESTRA II O detalhe é que a governadora Rosalba Ciarlini, que está em posição de naufrágio no RN, foi convidada para dar palestra juntamente com outros governadores, estes, símbolos de boa gestão: Eduardo campos, de Pernambuco; Jaques Wagner, da Bahia; e Ricardo Coutinho, da Paraíba. QUADRO Leitor que pede preservação da identidade, manda e-mail: "Jornalista Tulio Lemos, preocupado com o quadro que se desenha no RN, levo a você minhas poucas palavras de apreensão, inquietação, indignação e

vergonha, e externo o desejo de vê-las publicadas em sua coluna. Depois da redemocratização os Governos são ocupados por políticos profissionais que só sabem fazer política, mas administrar as finanças públicas é outra coisa. E quando se cerca de secretários sem a qualificação devida ao cargo ocupado, vira o Governo do RN". QUADRO II Segue o e-mail do leitor: "Historicamente os governos aplicam mal os recursos do Estado, não sofrem a devida fiscalizam, a prestação de contas vira um grande faz de contas, O Governo e O Estado se transformam numa coisa só, pior, com dono temporário! Sim dono, uma vez que nem as sentenças judiciais são res-

peitadas e cumpridas, ou seja, é a oficialização de um Estado com mandatário, posseiro e senhor, diante do silêncio preocupante e aceitação do TJRN e o MPRN". QUADRO III Continua o e-mail do leitor: "Falar que o atual governo não tem planejamento, que é sem visão administrativa, sem diálogo, que vive da ladainha da falta de recursos, que só enrola, mente, manipula e distorce os números para esconder a falta de competência administrativa caiu no vazio de sempre, pois os órgãos fiscalizadores estão surdos, mudos e cegos a tudo que acontece no RN. A desmoralização é generalizada! Lamentavelmente".


Política

Natal, 13 de agosto de 2013

4 O Jornal de HOJE

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

Um porém para preocupar Dilma Rousseff lidera sondagem de opinião contratada pelo PSDB. Coube ao instituto Ideia, de bom conceito no mercado de pesquisas político-eleitorais, a realização do trabalho. Com 29,% das intenções de voto, a Presidente (recandidata) lidera o ranking da ventura. Ao conquistar 25,1% de apoios, Marina Silva fica na vice-liderança. No segundo bloco, Aécio Neves, terceira posição, tem a preferência de 16,6% das pessoas entrevistadas. Eduardo Campos – 5,3% de citações – fecha o grupo. ttt A senhora Rousseff acumula duas outras primeiras colocações: é a mais conhecida e a mais rejeitada entre os postulantes ao “trono” da República Surrealista dos Trópicos. ttt Pós-escrito: A respeito do levantamento do Datafolha, divulgado semana passada, um detalhe chamou a atenção de alguns petistas. Ao birô da coluna três deles, que examinam, acuradamente, os índices das sondagens, consideraram fraca a intenção de voto espontânea – sem a apresentação de nomes pelos entrevistadores – à senhora Rousseff. Ela foi lembrada por 16% das pessoas consultadas. No primeiro semestre, 35% citavam, de bate-pronto, o nome da aspirante a renovar o mandato.

Dono da situação

Na Câmara, a aprovação do orçamento impositivo é certa. Possivelmente, também no Senado. Contrariada com o resultado no Legislativo, a chefe do Executivo anuncia reação. Pode até recorrer à Suprema Corte. ttt O artífice do sucesso é o deputado-presidente Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

Na forma direta

Dois pleitos sublinhados de empresários ao Congresso Nacional. Pela ordem: 1. Derrubada do veto presidencial ao fim da contribuição de 10% do FGTS no caso das demissões sem justa causa; 2. Urgência na regulamentação do trabalho terceirizado. ttt A Confederação Nacional da Indústria comanda o “lobby”. Wellington Rocha

Rombo no cofre

A propósito do perdão nacional a dívidas de países sob o jugo de tiranos. Tem a palavra Roberto Romano (foto), professor de Ética e Filosofia da Unicamp (Universidade de Campinas): “No tabuleiro internacional, o Brasil joga com pedras ruins. Portanto, com governantes sem credibilidade.”

ttt Romano é autor de livros consagrados no país e no exterior. Dois destaques: “Cidadania – Verso e reverso” e “Conservadorismo romântico”.

(

PERGUNTAR NÃO PAGA IMPOSTO CURIOSIDADE APENAS

Na eleição do próximo ano, o PSD potiguar coliga-se com o PT, que apoia a reeleição de Dilma Rousseff, ou com o PSB, do presidenciável Eduardo Campos?

LEITURA DINÂMICA t José Serra está mais

próximo do PPS que do PSDB, ao qual é filiado e sob a bandeira da sigla concorreu duas vezes à Presidência da República. t Valdemir Garreta, bom de serviço, assume o marketing da campanha do senador Lindbergh Farias (PT) ao governo do Rio de Janeiro. O petista está na frente, diz o instituto GPP. Anthony Garotinho (PR) é o segundo. Na sequência, Fernando Gabeira (PV), candidatura incerta, e Cesar Maia (DEM). t O Supremo inicia amanhã o debate sobre os recursos dos réus da Ação Penal 470 – o Mensalão

do PT. Entretanto, o reexame das condenações só em setembro ou outubro. t Renan Calheiros (PMDBAL) transferiu para março de 2014 o anúncio de seu projeto eleitoral. Senador até janeiro de 2019, o presidente do Congresso Nacional programa candidatura a governador. t A Petrobras pede reajuste no preço da gasolina e do óleo diesel, mas o Palácio do Planalto (ainda) resiste. t Para refletir: “A imaginação é a primeira fonte da felicidade humana” (Giacomo Leopardi, poeta italiano).

)

Terça-feira

Projeto de Fábio Faria que determina vistorias periódicas em prédios é aprovado por Comissão DESENVOLVIMENTO URBANO DA CÂMARA APROVOU PROJETO POR UNANIMIDADE A Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU) da Câmara dos Deputados aprovou, por unanimidade, o Projeto de Lei 3370/2012 que cria a Política Nacional de Manutenção Predial e estabelece uma série de regras para garantir a segurança de edificações contra desabamentos e incêndios. Os sete projetos apensados a este também foram aprovados, através de Substitutivo do relator William Dib (PSDB-SP). O PL 3507/2012, de autoria do deputado federal Fábio Faria (PSDRN), apensado ao principal, visa identificar eventuais falhas de segurança que possam comprometer a estabilidade das construções e teve seu texto incorporado integralmente ao voto do relator. A proposta já está sendo analisada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJC). "Nossa preocupação é com a segurança das pessoas que vivem ou circulam por edifícios, definindo medidas preventivas e as competências de proprietários, construtores e gestores públicos responsáveis pela fiscalização. Sabemos que a maior causa dos desabamentos são falhas

Divulgação

Fábio Faria explica projeto: “Nossa preocupação é com a segurança das pessoas que vivem ou circulam por edifícios” estruturais e falta de manutenção. Com vistorias periódicas, vários acidentes podem ser evitados", explicou o segundo vice-presidente da Câmara dos Deputados.

O texto determina que as inspeções técnicas devem avaliar o estado geral da edificação quanto à segurança, à solidez e funcionalidade a cada cinco anos. A medida será

válida em todo território nacional, em edificações residenciais, comerciais, locais de prestação de serviço e prédios onde se realizam reuniões públicas.

> FUTURO POLÍTICO

PSDB prepara fortalecimento da sigla no RN Wellington Rocha

JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

O presidente do PSDB estadual, advogado Valério Marinho, informou nesta terça-feira que está em curso no Rio Grande do Norte uma campanha de filiação e criação de novas Comissões Provisórias objetivando a reestruturação e fortalecimento do partido com vistas às eleições do próximo ano quando o PSDB disputará a Presidência da República e pretende ampliar sua representação na Câmara Federal e nas Assembleias Legislativas de todos os Estados da Federação. "O momento é de crescimento para retomada do Poder e colocar novamente o País no caminho do desenvolvimento", ressaltou Valério Marinho, acrescentando ainda, que também estão sendo realizados seminários regionais levando as propostas do candidato a presidente, Aécio Neves, ao conhecimento da população brasileira. Segundo o presidente Valério Marinho, os seminários servirão também para discutir os problemas e reivindicações dos norte-rio-grandenses que poderão ser encaminhados ao futuro candidato à Presidência da República para que sejam inseridos no seu programa de governo. "Até final do ano haverá uma reunião conclusiva dos tucanos do Rio Grande do Norte com a presença do ex-governador mineiro, estabelecendo assim, uma verdadeira interação, eleitor/candidato, o que é bastante salutar numa democracia representativa", ressaltou, lembran-

Valério Marinho: “O povo brasileiro está decepcionado com o governo do PT” do ainda, que na condição de candidato a presidente, Aécio Neves realizará incursões em todas as regiões do Brasil para massificar seu nome, principalmente no Nordeste onde não é muito conhecido. PSDB NO ESTADO A representatividade do PSDB no Rio Grande do Norte era restrita a apenas um deputado Estadual, Dibson Nasser, que recentemente perdeu o mandato por decisão da Justiça Eleitoral. Atualmente o partido conta apenas com o vereador, Dickson Júnior, na Câmara Municipal de Natal e poucos prefeitos e vereadores em todo o Estado. Segundo o presidente, Valério Marinho, uma das recomendações da cúpula partidária nacional é trabalhar forte

para melhorar a representatividade nas Casas Legislativas. "Esse é um dos nossos desafios, além de trabalharmos para eleger Aécio Neves presidente e retomar o espaço na Câmara Federal com a candidatura de Rogério Marinho", observa o dirigente partidário. “O BRASIL É COMPARADO COM HAITI, VENEZUELA E EL SALVADOR” "O povo brasileiro está decepcionado com o governo do PT por tudo que vem ocorrendo no campo da ética e recentemente pelas declarações da presidenta Dilma Rousseff afirmando que o ex-presidente Lula da Silva ainda está no governo, numa prova que ele continua mandando". As palavras são do presidente do

PSDB estadual, advogado Valério Marinho, que recentemente assumiu o partido com a missão de fazêlo crescer no Rio Grande do Norte. Ainda baseado em críticas ao governo petista, o presidente do PSDB diz que o Brasil não tem crescido na sua economia, comparando-se com Países subdesenvolvidos como Haiti, Venezuela e El Salvador. "A presidente Dilma Rousseff, cujo índice de popularidade tem diminuído significativamente, disse também que só agora o governo começa executar os programas lançados anteriormente, quando já se encontra no terceiro ano do mandato da atual presidenta da República", ressalta, criticando também o excessivo número de ministérios. "A velocidade da comunicação mudou e o povo quer ser protagonista dos destinos da Nação", disse ele, referindo-se aos movimentos sociais e ao fenômeno da internet, acrescentando: "Os movimentos não têm liderança nem ideologia, mas representam um momento de consciência da Nação". Sobre a estratégia para 2014, Valério Marinho diz primeiramente acreditar num segundo turno na disputa presidencial, defendendo em seguida um maior número possível de candidato no primeiro momento para se unir no segundo turno com aquele que for mais votado. Concluindo, o presidente do PSDB estadual critica veementemente o programa Bolsa Família, segundo ele, "uma necessidade que precisa ser aperfeiçoado e ter tempo determinado para atuação". (JP)

> CRISE POLÍTICA EM MACAU

Vice-prefeito rompe com gestão municipal A situação do prefeito de Macau, Kerginaldo Pinto, do PMDB, poderia ser pior, mas ainda está bem "delicada". Depois de demitir 250 cargos comissionados na administração municipal, alegando falta de recursos para pagá-los, o prefeito conseguiu reveter a saída do bloco aliado de oito vereadores. Contudo, não conseguiu "manter" o vice da cidade ao lado dele. Einstein Barbosa, também do PMDB, anunciou o rompimento político com Kerginaldo. A oficialização da decisão deverá ser confirmada hoje, no plenário da Câmara Municipal da cidade. O rompimento foi baseado pela situação administração e, claro, a exoneração em massa, que teria, segundo Einstein Barbosa, comprometido a máquina pública. Porém, é bem verdade que a situação de Kerginaldo, logo após as exonerações, parecia ser pior. Afi-

nal, 10 vereadores aliados dos 11 que ocupam a Câmara Municipal (lá, apenas um parlamentar era de oposição), anunciaram que romperiam com ele. Até o momento, entretanto, até o momento, confirmaram que “mudaram de lado” diante do “caos administrativo”. Por causa disso, inclusive, aquele que já era oposição antes de toda essa situação vir à tona, Décio Cabral, revelou que não vai poder seguir o plano de instaurar uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para analisar as contas da gestão atual, conforme o previsto, ou seja, com o voto dos parlamentares. “Vou buscar o apoio popular para conseguir abrir essa CEI. Precisamos de 1,5 mil para ser uma medida de iniciativa popular”, explicou Décio Cabral. Segundo o vereador, a CEI vai ser responsável por analisar os gastos públicos com a contratação de postos de gasolina, alugueis de

imóveis. “Queremos saber o que aconteceu com o dinheiro que o Município já arrecadou até agora. Já foram mais de R$ 50 milhões e agora o prefeito diz que está sem dinheiro, mesmo sem ter melhorado a situação da saúde pública, da educação”, afirmou Décio Cabral. O vereador também lembrou o caso que foi relatado no Jornal de Hoje na semana passada: a coloca-

ção dos gastos com o lançamento do carnaval 2013 (quando foi pago um almoço para jornalistas e artistas em uma churrascaria de Natal), na lista de despesas com a saúde. “O Portal da Transparência não é nada transparência. Aquelas despesas foram colocadas na lista dos gastos com a saúde. O erro foi apontado e decidiram colocar na despesa de Turismo”, questionou Cabral.


Política

Terça-feira

Natal, 13 de agosto de 2013

O Jornal de HOJE 5

Juiz desmente Governo do RN e afirma que pacientes ainda esperam por atendimento DECISÃO QUE PROÍBE GASTOS COM PUBLICIDADE ESTÁ VÁLIDA E NEM COM SENTENÇA EXECUTIVO VIABILIZOU SERVIÇOS MÉDICOS Wellington Rocha

CIRO MARQUES REPÓRTER DE POLÍTICA

Deveria estar tudo de volta a “normalidade” no Estado: pacientes com cirurgias garantidas pelo sistema único de saúde e o Governo liberado para gastar com publicidade. Deveria, se o que o Governo do Estado afirmou em contato com O Jornal de Hoje no último sábado, tivesse realmente ocorrido. O problema é que não ocorreu. A decisão do juiz da Vara Cível da Comarca de Currais Novos, Marcus Vinícius Pereira Júnior, que proibiu o Executivo de gastar com publicidade para, dessa forma, conseguir o atendimento médico de pacientes do Município, continua em vigor. E mais: até o momento, nenhum embargo de declaração da Procuradoria-Geral do Estado foi sequer interposto. “Está tudo do mesmo jeito. Ninguém da Procuradoria-geral do Estado veio aqui (em Currais Novos), a cirurgia não foi feita, nem marcada, e não foi apresentado nenhum embargo de declaração”, garantiu o juiz Marcus Vinícius em contato com O Jornal de Hoje pela manhã. Na matéria publicada no último sábado, o procurador-geral do Estado, Miguel Josino, afirmou que a Procuradoria havia observado obscuridade, dúvidas e contradições “na decisão do eminente juiz Marcus Vinícius” e, por isso, havia sido interposto um embargo de declaração que havia suspendido automatica-

Marcus Vinícius: “Notícia provocou situação constrangedora porque não foi garantida o atendimento médicos” mente a sentença. Além disso, o procurador afirmou que os atendimentos médicos que motivaram a decisão já haviam sido viabilizados. “Ainda por cima foi provocada uma situação bem constrangedora porque não foi garantida qualquer atendimento médicos. A paciente até veio aqui (à Câmara), achando que a cirurgia dela havia sido marcada, mas não foi. Foi uma grande falha porque gerou uma ex-

pectativa muito grande que acabou não se confirmando”, revelou o juiz Marcus Vinícius. O desmentido foi feito no final da tarde desta segunda-feira, pela comunicação oficial do Tribunal de Justiça. Nele, o juiz Marcus Vinicius informou que recebeu de um setor administrativo da Secretaria Estadual da Saúde a notícia de que não era possível atender a demanda da senhora M.E.D.A. em rela-

Divulgação

Miguel Josino: “Surgiram fatos novos e vamos entrar com o embargo de declaração nesta quarta-feira”

ção ao tratamento de câncer, em unidades do Rio Grande do Norte e somente no hospital A.C. Camargo, em São Paulo, poderia ser feita a intervenção adequada ao caso. O JH também buscou a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), mas até o fechamento desta edição, nenhuma resposta sobre os atendimentos foi dada. Além disso, o magistrado garantiu que nenhum procurador foi

a Currais Novos, informação inicialmente divulgada pela Assessoria de Comunicação do Governo do Estado. "Ele (Miguel Josino) vai analisar o processo para ver como pode recorrer da decisão. Só depois de ler o processo, e analisar, ele vai saber quais caminhos vai utilizar para recorrer" explicou o secretário de Comunicação do Governo, Edilson Braga, logo no dia seguinte a publicação da decisão.

“Sequer foi solicitada a certidão referente à decisão, peça fundamental para a entrada de agravo no Tribunal de Justiça. Apenas uma empresa respondeu a intimação da Vara Cível e outras estão sendo notificadas da decisão, assim como autoridades relacionadas ao processo, por meio de cartas precatórias. Não há ainda nenhuma resposta oficial do Executivo sobre essas intimações”, respondeu a comunicação do TJ.

“Fatos novos” impediram interposição de embargo de declaração Após a frustração dos pacientes provocada pela falha na comunicação da Procuradoria do Estado, O Jornal de Hoje voltou a entrar em contato com o procurador-geral do Estado, Miguel Josino. E, desta vez, o procurador informou que o embargo de declaração, que suspenderia a decisão do juiz automaticamente, não foi interposto como o previsto devido aos "fatos novos" que surgiram no decorrer da semana. "Soube disso apenas no domingo", justificou Miguel Josino. "Tem ações obrigando o Estado a fazer campanhas educativas na saúde, na

segurança pública...", explicou o procurador-geral do Estado, acrescentando que amanhã esse embargo deve ser interposto na mesma Vara Cível autora da sentença. Resta saber se ainda haverá prazo para a interposição dessa medida, uma vez que o tempo para recebimento de embargos é menor do que o de recursos. De qualquer forma, com esse "instrumento jurídico", os prazos processuais ficam suspensos (e, consequentemente, os efeitos da sentença), até que seja esclarecidos as obscuridades e as dúvidas que motivaram o embargo. "Teria que ler o teor do embargo para dizer

se houve obscuridade. Não tenho como fazer um pré-julgamento", afirmou o juiz Marcus Vinícius. MULTAS E INTIMAÇÕES Na terça-feira, 30 de julho, o juiz Marcus Vinícius determinou a suspensão imediata de todos os serviços de propaganda/publicidade pagos pelo Estado, intimando emissoras de TV da capital e do interior, jornais e rádios AM e FM para o imediato cumprimento da medida, que deve perdurar até que o Estado garanta o direito à saúde de pacientes de Currais Novos. A decisão faz parte do Proces-

so nº 0101509-70.2013.8.20.0103. Os órgãos de imprensa devem enviar demonstrativo informando os serviços prestados nos últimos doze meses, os valores pagos e os valores que ainda estão pendentes de pagamento, isso em relação ao Estado do Rio Grande do Norte. Caso não prestem as informações no prazo devido, deverão pagar, também nos termos do art. 461, §5º do Código de Processo Civil, multa que foi estipulada em R$ 50 mil. Pelo descumprimento da determinação, foi fixada, nos termos do art. 461, §5º, CPC, multa pessoal em R$ 1 milhão, que deverá ser

destinado ao custeio de demandas de saúde, ou seja, o valor deve ser depositado em favor do Fundo Estadual da Saúde, caso haja descumprimento da decisão por parte da governadora do Estado do RN. UTIS NEONATAL E GERAL Dois dias depois, o magistrado determinou que o governo do Estado realizasse a implantação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) no Hospital Regional de Currais Novos Dr. Mariano Coelho. Com a intimação pessoal da governadora Rosalba Ciarlini, a decisão determina a nomeação de médicos para tra-

balharem em escala de plantão. A decisão reitera a multa pessoal, no valor de R$ 1 milhão, a ser aplicada à chefe do Executivo em caso de descumprimento da medida. O titular da Vara Cível de Currais Novos ressalta ainda que governo não praticou nenhuma ação efetiva para possibilitar o funcionamento contínuo e permanente dos serviços de Pronto Socorro e da UTI (adulto e infantil) no Hospital Regional, não nomeou médicos em número suficiente para atendimento de urgência nem efetuou o repasse de verbas públicas da forma devida. (CM)

> RELAÇÃO DIFICIL

Henrique ameaça aliança do PMDB com Rosalba: “O PMDB está aberto ao diálogo” ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, líder do PMDB no Rio Grande do Norte, afirmou que o partido está aberto ao diálogo com outras legendas, visando a formação de chapas para concorrer nas eleições do próximo ano. Henrique preferiu não abordar a possível pré-candidatura do deputado estadual Walter Alves, líder do PMDB na Assembleia Legislativa, a governador do Estado. Em contato com o Jornal de Hoje, Henrique afirmou que o PMDB não discutirá nenhum caminho para as eleições do ano que vem antes de uma pesquisa que traga informações de como pensa o Estado. "O PMDB não discutirá nenhum caminho antes de uma pesquisa que traga informações de como pensa o RN, do seu presen-

te e do seu futuro", afirmou Henrique. Henrique afirma que o PMDB mantém a aliança com Rosalba, mas acena com a possibilidade de rompimento e escolha por outro caminho. "O partido não radicalizará nenhum posicionamento, aberto ao diálogo com os que queiram o melhor para o nosso Estado", afirmou. Ele disse que os passos do PMDB para 2014 serão dados com "verdade e transparência". Nesta segunda-feira, o ministro da Previdência, Garibaldi Filho, confirmou a realização de um encontro do diretório estadual do PMDB este ano para discutir o rumo do partido para 2014. O ministro negou que vai se candidatar e disse que a legenda está "órfã" de candidaturas a governador. Entretanto, Garibaldi se disse lisonjeado com o lançamento de Walter pela Juventude peemedebista. O ministro afirmou que o PMDB irá

discutir a possibilidade de outras alianças para 2014. Até o fechamento desta edição de O Jornal de Hoje, Henrique preferiu não comentar as declarações do ministro. Também não respondeu se haverá o fim da aliança com o governo Rosalba Ciarlini. Henrique era tido, até bem pouco tempo, como plano b para disputar o governo do Estado, caso a governadora Rosalba Ciarlini não disputasse a reeleição no ano que vem. O nome de um empresário de sucesso também é cogitado nos bastidores da política potiguar para disputar, com o apoio do PMDB e do DEM, o governo do Estado do Rio Grande do Norte. Entre estes candidatos, citam-se os presidentes do Grupo Guararapes, Flavio Rocha, da Ecocil, Fernando Bezerra, e da Ale, Marcelo Alecrim. Henrique também preferiu não comentar o assunto.

José Aldenir

Henrique: “O PMDB não discutirá nenhum caminho antes de uma pesquisa que traga informações de como pensa o RN”

Walter, Wilma e Fátima podem integrar chapa única em 2014 Entre parentes e amigos de integrantes do PMDB têm-se como certa a possibilidade de Walter Alves disputar o governo do Estado nas eleições do ano que vem. Inclusive, as notícias são de que representantes políticos da legenda estariam dialogando com outros partidos, como é o caso do PSB, da ex-governadora Wilma de Faria,

líder socialista no Estado, com vistas à formação de uma futura chapa. Segundo esses interlocutores, a chapa Walter governador, Wilma senadora, estaria sendo bastante avaliada e comentada. Sobre esta chapa, o ministro da Previdência, Garibaldi Filho, afirmou ontem que é "especulativa", mas disse não ter "nada

contra a ex-governadora", contra quem disputou o governo e foi derrotado em 2006, quando Wilma concorreu à reeleição ao governo. Há ainda quem aposte, entretanto, que a chapa poderá contar com o reforço do PT, desde que a legenda indique um candidato ao Senado. Neste caso, Wilma de Faria dis-

putaria um mandato de deputada federal, e o PSB indicaria um nome para vice, que poderia também partir da Assembleia Legislativa, provavelmente a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) ou a deputada estadual Márcia Maia (PSB). Neste caso, o PT indicaria a deputada federal Fátima Bezerra como candida-

ta ao Senado. Apossibilidade de união do DEM e do PSD a essa chapa também não é descartada. Assim, o deputado Felipe Maia seria valorizado numa disputa pela reeleição, contemplando o senador José Agripino Maia, presidente nacional do DEM. O deputado federal Fábio Faria (PSD) tam-

bém seria reforçado na condição de candidato à reeleição, considerando o vice-governador Robinson Faria, que, por sua vez, disputaria novamente a Assembleia Legislativa, com o objetivo de conquistar a Presidência da Casa pela terceira vez e ter o compromisso de trabalhar para retirar o Estado do atual momento de crise.


6 O Jornal de HOJE

Natal, 13 de agosto de 2013

Cidade

Terça-feira

Seis recém-nascidos ocupam leitos de UTI improvisado na Maternidade Januário Cicco PARA RECEBER BEBÊS PREMATUROS, DUAS SALAS DO CENTRO CIRÚRGICO OBSTETRÍCO E DO CRO FORAM INTERDITADAS Fotos: José Aldenir

ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

O caos voltou a se instalar na maior unidade obstétrica do Estado, a Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC). Além de mais de 15 mulheres internadas em macas e cadeiras nos corredores da Maternidade, seis recém-nascidos ocupam leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) improvisada, no local onde antes funcionava o Centro de Recuperação de Operadas (CRO) e as duas salas do Centro Cirúrgico Obstétrico. Com o Centro Cirúrgico Obstétrico interditado, os partos cesáreos de urgência e emergência estão sendo realizados no Centro Cirúrgico Ginecológico, que conta com três salas, dividindo o mesmo espaço com as cirurgias eletivas ginecológicas. A diretora médica da Maternidade, Maria da Guia Medeiros, disse que a situação se agravou desde a semana passada. Ela conta que desde o dia 27 de junho, quando a maternidade fechou as portas por falta de pediatras, houve uma diminuição das pacientes do interior para a Unidade. Por semana, a Maternidade recebia uma média de 60 pacientes do interior, nas últimas semanas, esse número caiu para até 30, porém na última semana, foram registradas 57 pacientes do interior do Estado. Além disso, o Hospital Regional de São José de Mipibu foi reaberto e conseguiu dar uma resposta melhor nas últimas semanas. "Mas agora começamos a encher novamente. As cinco pacientes de ginecologia dormiram na cadeira. Tem seis pacientes no corredor e mais algumas pacientes no corredor do alto risco. Havia melhorado, pois

Além dos seis bebês internados em UTI improvisada, mais de 15 mulheres estão em macas e cadeiras nos corredores

tivemos dias que só havia uma mulher. Mas hoje o nosso grande problema é que os bebês voltaram a ocupar as salas do centro cirúrgico. Quando o problema é de corredor, pedimos para que os municípios não encaminhem ou para outros hospitais darem uma resposta melhor para conseguirmos amenizar. Mas quando se trata de UTI, a situação é mais complicada, pois não temos para onde encaminhá-los", destacou a diretora Maria da Guia Medeiros. Na manhã de hoje, uma paciente do município de Pedro Avelino deu entrada na Maternidade Januário Cicco depois de peregrinar para realizar o parto, de gestação geme-

lar. A história dela não é tão rara de acontecer, segundo relato da própria direção da Maternidade. No início da noite desta segunda-feira (12), a jovem, de 23 anos, já sentindo as primeiras contrações, procurou o Hospital de Pedro Avelino, mas não tinha médico. O técnico de enfermagem encaminhou a paciente para Lajes. Chegando lá, a mulher foi atendida e examinada pelo médico que a encaminhou de volta para Pedro Avelino, mesmo sabendo que não havia médico. De madrugada, a paciente pariu em Pedro Avelino o primeiro bebê. Os técnicos de enfermagem colocaram a mulher e o bebê na ambulância e vol-

taram para Lajes. Os técnicos não sabiam que a gravidez era gemelar, pois a paciente não realizou nenhuma ultrassonografia. No caminho, o bebê que havia nascido morreu. Quando ela chegou em Lajes, o médico a examinou e achou que havia outro filho dentro da barriga dela. Ao invés de ficar com ela em Lajes, o médico encaminhou a paciente para o Hospital de São Paulo do Potengi. No caminho, o segundo bebê nasceu, dentro da ambulância. O hospital acolheu a paciente, fez os primeiros socorros e encaminhou a paciente para a Maternidade Januário Cicco. "Imagine o quando essa mulher sofreu para ter um bebê e perder o

outro. Uma gravidez de prematuro e de gêmeos necessita de cuidados especiais. O médico de Lajes deveria ter mandado direto para a Maternidade, já que era uma gravidez de 32 semanas. É por isso que não diminuímos essa mortalidade infantil e materna", considera Maria da Guia Medeiros. O recém-nascido nasceu com 32 semanas de gestação e pesando aproximadamente 1,1 quilo. Ele foi o sexto bebê a ocupar um leito de UTI improvisada e segundo informações dos profissionais da UTI, como ele está com o peso muito baixo, o bebê deve permanecer por, pelo menos, dois meses.

> EDUCAÇÃO

“Quando se trata de UTI, a situação é mais

complicada, pois não temos para

onde encaminhá-los” MARIA DA GUIA MEDEIROS

DIRETORA MÉDICA DA MEJC

Seec aponta que apenas 20% das escolas aderiram à greve Wellington Rocha

O primeiro dia de greve na rede pública estadual do Rio Grande do Norte não apresentou grandes números de adesão, segundo dados levantados pela Secretaria de Estado da Educação (Seec). Através de relatórios emitidos pelo Sistema Integrado de Gestão da Educação (SIGEduc) e contato com os professores da rede, foi apontado que apenas 20% das escolas estaduais em Natal aderiram à paralisação da categoria, enquanto que 80% estão funcionando normalmente. No interior do RN as assembleias regionais ainda estão acontecendo, razão pela qual não foi possível ainda identificar um dado geral. Para a secretária estadual de Educação, Betânia Ramalho, a greve não deverá ter apoio de mui-

tos professores por se tratar de uma pauta "muito administrativa". "Ainda é cedo para fazer esse levantamento, mas dá para observar que não terá muita adesão. Nós estamos mostrando tudo o que está sendo feito pela Secretaria, esclarecendo a opinião pública sobre esse cenário e pedindo a atenção dos professores para que o ano letivo não seja interrompido. Já imaginou parar uma rede com 300 mil alunos? Espero que não tenhamos essa repercussão", declarou. A reportagem entrou em contato com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sinte/RN) e a entidade declarou que ainda não fez o seu registro percentual de adesão. Apesar de contrariar a secretária Betânia Ramalho sobre o pequeno número de

Betânia assinou hoje documento justificando pedido de ilegalidade da greve

escolas que paralisaram, a presidente do sindicato, Fátima Cardoso, preferiu esperar mais um tempo para divulgar o balanço, até receber as informações definitivas de cada escola. Porém, com ou sem adesão, a postura do Governo do Estado relacionado à ilegalidade da paralisação não irá mudar. Na manhã de hoje, Betânia assinou o documento justificando o pedido de ilegalidade da greve, que deverá ser encaminhando ainda nesta tarde para apreciação da Procuradoria Geral do Estado. "Queremos que os professores se contraponham a essa medida exagerada do Sindicato, pois estamos trabalhando. Eu não sou uma pessoa política, sou uma técnica que está trabalhando por uma edu-

cação diferenciada. A Secretaria está fazendo todo o esforço para evitar que os alunos sejam prejudicados sem necessidade. A categoria dos professores foi a que mais teve benefícios nessa gestão e é nesse sentido que eles deveriam refletir", afirmou a secretária Betânia Ramalho. Para o Sinte, uma das grandes razões da greve é a falta de investimentos nas escolas. Uma pesquisa realizada pela entidade sindical em mais de 300 escolas apontou que 94% delas estão com a estrutura física, elétrica e hidráulica comprometidas. Além disso, a presidente do Sinte afirmou que o déficit da rede estadual de ensino é de 1,5 mil professores e que o Governo não investe na área da educação como determina a lei.

> QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Fila para inscrições em cursos do Pronatec revolta população Quando Eduardo Santos, 51 anos, chegou por volta das 9h30, no Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda localizado na rua João Pessoa, no bairro Cidade Alta, para dar entrada no processo de inscrição nos cursos do Pronatec, a fim de se qualificar, e conseguir um trabalho, a fila já tinha virado a esquina, com a rua Voluntários da Pátria, na frente da Praça Padre João Maria. O homem achou um tanto estranho encontrar tantas pessoas ali, afinal não esperava se deparar com essa realidade. Porém, estava animado. "É bom ver uma fila deste tamanho, pois vemos que tem muita gente procurando se profissionalizar", disse. Dentro do prédio, enquanto algumas pessoas esperavam o atendimento, outras estavam aguardando a entrega de fichas para serem recebidas na tarde de hoje ou amanhã. Em meio ao tumulto, Fátima Oliveira, coordenadora do espaço, organizava quem entrava e para onde ia. Segundo ela, o movimento era normal e típico de dias com muitas vagas disponibilizadas. Ela revelou que no dia anterior uma média de 300 a 400 pessoas também passaram pelo local. "As pessoas que estão na fila hoje é porque não tem mais ficha. Serão agendadas 50 para esta tarde e mais

Fotos: Wellington Rocha

Por dia, 150 pessoas são atendidas, sendo 100 pela manhã e 50 no turno da tarde

No segundo dia de inscrições, procura por cursos de qualificação continua intensa. Ontem média de 400 pessoas foram atendidas

150 para amanhã", disse a mulher revelando a logística de atendimento. De acordo com a coordenadora do Pronatec, Margarete Pereira Souza, o atendimento é feito mediante o agendamento. Cerca de 150 pessoas são atendidas por dia, sendo 100 delas pela manhã e mais 50 durante à tarde. Diante da fila forma-

Durante o período de apuração desta matéria, choveu forte na região, e muitas pessoas se mantiveram na fila do lado de fora mesmo levando chuva. Para amenizar, um grupo menor foi colocado para dentro do prédio. Andriele Luzinete da Cunha, 20 anos, estava aguardando na fila desde as 4h da madrugada lamentou a falta de espaço. "Acho uma vergo-

da, Margarete argumenta dizendo que "nenhuma instituição tem espaço para colocar tanta pessoa em um mesmo lugar". Por não ter ninguém para entregar a ficha, as pessoas que chegam mais cedo têm de esperar até a chegada dos funcionários. Por esse motivo, o tamanho da fila de pessoas aguardando a entrada no espaço é grande.

nha. Era para a gente ter pelo menos um lugar para ficar. Estamos sendo tratados como cachorros", criticou. Durante essa semana, a procura aumentou devido à quantidade de cursos abertos, para as áreas de cuidados com idosos e crianças, higiene em serviço de saúde, agente em combate de endemias, massagista, balconista de farmácia, recreador,

entre alguns outros. "APrefeitura não tem o interesse de excluir ninguém. Só não vai entrar no curso quem não estiver dentro dos critérios", argumentou a coordenadora do Pronatec, revelando que os próprios funcionários estavam totalmente dedicados com o atendimento. "Ontem ninguém almoçou. Eu almocei às 19h", declarou a coordenadora.


Economia

Terça-feira

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

marcossa@jornaldehoje.com.br

Falsa proteção ao meio-ambiente é usada como barreira ao desenvolvimento do RN n Nos últimos tempos, sob o fortíssimo argumento

de que faz parte dos deveres do Estado proteger a sociedade dos danos resultantes da poluição, impedir agressões ao meio ambiente e reduzir as possibilidades de riscos à vida e à segurança da população decorrentes da implantação de empreendimentos com finalidade econômica, o Poder Público brasileiro, em todos os níveis, passou dedicar enorme prioridade à montagem de estruturas burocráticas voltadas para a análise, o licenciamento, a fiscalização e a cobrança de taxas das ações empreendedoras da iniciativa privada. n Não há o que discutir quanto à razoabilidade e oportunidade dessas ações governamentais em nosso meio, levando-se em conta que - pelo menos em tese - elas são adotadas com vistas a assegurar melhor qualidade de vida à população, espelhando-se nos bons exemplos dos países do primeiro mundo. Mas só em tese. n Pelo menos no caso específico do Rio Grande do Norte, os órgãos federais, estaduais ou municipais encarregados da tarefa de conceder e fiscalizar licenciamentos (entre eles o Ibama, o Idema, a Semurb, o Corpo de Bombeiros, as Procuradorias do Ministério Público voltadas para o meioambiente etc.) acabaram por consolidar a imagem de notórios criadores de barreiras ao desenvolvimento do Estado, seja pela vagareza extrema com que prestam seus serviços, seja pela exorbitância das taxas que cobram, ou seja pela sofreguidão com que se dedicam a aplicar multas milionárias a quem é flagrado em falta. n Num Estado onde está mais do que evidenciado que a causa do atraso, da pobreza e da indigência em que vive a maior parte dos seus habitantes é a escassez de oportunidades de emprego e renda, como entender que a concessão - pelo Poder Público - de uma autorização para a construção de um edifício ou para a instalação de uma indústria demore até mais de um ano para ser expedida? n Em qualquer grande cidade do mundo existem, desde o começo do século passado, cemitérios caSTJ define: empresa é responsável por obrigações não cumpridas de terceirizada n Em decisão unânime, a 3ª. turma do Superior Tribunal de Justiça negou provimento a recurso especial impetrado por uma empresa condenada solidariamente pelas obrigações não cumpridas por firma terceirizada. n Uma construtora sediada em Rondônia, que havia vencido processo licitatório para obra de recuperação e pavimentação asfáltica no Estado, terceirizou o serviço. A firma terceirizada alugou máquinas e equipamentos para realizar a obra, mas deixou de pagar parte do valor acertado no contrato de aluguel. n O proprietário das máquinas decidiu cobrar os valores devidos da empresa vencedora da licitação e não da firma terceirizada. A sentença julgou o pedido improcedente, sob a alegação de o contrato de locação fora firmado com outra empresa. n No Tribunal de Justiça de Rondônia, entretanto, o entendimento foi outro. O acórdão considerou que a empresa acionada teria legitimidade para responder pela dívida. Primeiro, pela falta de publicidade do contrato entre as duas empresas, o que impossibilitou ao fornecedor conhecer o que foi acordado entre elas; segundo, pela responsabilidade em razão da má escolha na contratação da subempreitada. n No STJ, a decisão do acórdão foi mantida. O ministro Sidnei Beneti, relator, entendeu que afastar

pacitados a providenciar a cremação de cadáveres e, certamente, a tecnologia por eles empregada já foi testada e declarada segura. Diante disso, qual a justificativa para que não se autorize em Natal a existência de um forno crematório, apesar do licenciamento para isso ter sido solicitado há mais de um ano por uma empresa funerária local?... n Qualquer aluno da escola elementar sabe que uma das atividades econômicas mais tradicionais do Rio Grande do Norte é a produção de sal marinho, o que se faz regularmente e com sucesso há séculos em vários municípios do nosso litoral mediante o sábio aproveitamento das condições naturais favoráveis. A grande insolação, os ventos constantes, a impermeabilidade do solo e o clima seco, tudo favorece à implantação de salinas, a ponto de sermos responsáveis por 97 por cento de todo o sal produzido no Brasil. Mas eis que, de repente, burocratas desconhecedores da nossa realidade decidem interromper nossa tradição e passam a perseguir as empresas, aplicando-lhes autos de infração em valores impagáveis e absurdos. n Quantas vocações econômicas comprovadas existem no Rio Grande do Norte (seja no turismo, na mineração, na aquicultura, na indústria, na agricultura irrigada, no comércio e nos serviços em geral), que ficam inexploradas por causa de dificuldades impostas pelos chamados órgãos ambientais, em muitos casos sem nenhuma justificativa plausível. n Enquanto no vizinho Estado do Ceará, por exemplo, se produzem 38 mil toneladas de tilápia por ano nos açudes públicos e particulares, sem que se conheçam danos ao meio ambiente daí decorrentes, no Rio Grande do Norte é praticamente proibido criar peixes em cativeiro nos mananciais aquíferos interiores. Só recentemente, após muita luta, alguns piscicultores conseguiram convencer os tecnocratas do Idema de que a atividade não destrói a natureza, e a partir daí algumas licenças começaram a ser concedidas. Hoje o RN já consegue produzir 1,8 mil toneladas de tilápia por ano, ou seja, menos de 5 por cento do que produzem os cearenses.

a responsabilidade solidária da empresa implicaria, necessariamente, na reapreciação das provas dos autos, o que é vedado em recurso especial. Rui Cadete ministra palestra no maior evento contábil de São Paulo nA 23ª. Convenção dos Profissionais da Contabilidade do Estado de São Paulo, promovida pelo Conselho Regional de Contabilidade paulista, a ser realizada entre os dias 18 e 20 do corrente, contará com palestra do contador e empresário potiguar Rui Cadete. n Sua participação será no dia 19, quando dividirá o painel "As Tendências da Contabilidade na Sustentabilidade" com os estudiosos de Contabilidade Ambiental Gardênia Braga e Paulo Roberto de Paiva. n Bacharel em Ciências Contábeis, pós-graduado em Contabilidade Gerencial e MBA em Gestão Empreendedora, Rui tem participado, como palestrante convidado, de inúmeros eventos da Contabilidade em todo o país, sempre com o intuito de disseminar as melhores práticas de sua empresa de consultoria e assessoria, a Rui Cadete Consultores. Correção na data da reinauguração da sede do Sebrae/RN: 24/10 n O superintendente do Sebrae/RN, economista Zeca Melo retifica informação publicada ontem nesta coluna: a data correta da reinauguração da sede do Sebrae em Natal é 24 de outubro

e não 30 de setembro. Associados da Anorc terão facilidades para adquirir milho na Conab n A Associação Norte-rio-grandense de Criadores (Anorc), em parceria com a Superintendência Regional da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), disponibilizará aos associados um serviço de terceirização de compra de milho do Programa "Venda em Balcão" através do qual o Responsável Técnico da entidade junto a Conab passará a emitir os boletos a serem recolhidos ao Banco do Brasil. n Após o pagamento do mesmo, o associado poderá retirar o milho (de acordo com a disponibilidade de estoque), diretamente na Central de Abastecimento da Conab em Natal, no bairro de Lagoa Nova. n Com essa iniciativa, se evitará a burocracia atualmente enfrentada pelos criadores cada vez que procuram fazer a retirada do milho nas unidades armazenadoras. n São os seguintes os requisitos para se beneficiar do serviço de terceirização: 1) ser associado da Anorc e estar adimplente com a Tesouraria até o exercício de 2012; 2) estar regularmente cadastrado na Conab; e 3) reconhecer firma em cartório, da declaração de credenciamento (que pode ser solicitada via internet). n Para maiores informações os interessados devem entrar em contato com Pedro Góes pelo telefone 9120-8016.

Natal, 13 de agosto de 2013

O Jornal de HOJE 7

Aceleradora de negócios está à procura de bons projetos no RN PERÍODO DE INSCRIÇÕES SE ENCERRA NA PRÓXIMA QUINTA Fotos: Canindé Santos

CLEO LIMA CLEOLIMA86@GMAIL.COM

Abrir um negócio não é tarefa fácil. Às vezes, ótimas ideias esbarram na falta de capital, no desconhecimento de mercado ou, ainda, na ausência de uma boa consultoria. Foi para que isso não acontecesse que um grupo de jovens empresários lançou a Mandacaru, primeira aceleradora de empresas do Rio Grande do Norte. A iniciativa nasceu após o êxito de iniciativas surgidas de maneira despretensiosa no âmbito da SGS Soluções, empresa de consultoria que gere a Mandacaru. Um dos executivos à frente do grupo, Samuel Gondim, explica que a chave para o sucesso é apostar no diferente. "Foi através do desenvolvimento de um aplicativo para uma rede de motéis - o 'Cama Certa' - que enxergamos a oportunidade de transformar projetos singulares, surpreendentes, práticos e originais em realidade. E uma realidade rentável. O projeto foi premiado em diversas feiras de negócios em todo o Brasil, o que nos levou à decisão de dar esse passo adiante mais formalmente", explica o empreendedor. O modelo adotado pela Mandacaru se sobressai pelo caráter inovador até mesmo na seleção dos projetos. "Adotamos uma estratégia mais agressiva de captação, que realmente despertasse o interesse geral da população. Abrimos, no último dia 01/08, inscrições para bons projetos. Assim, simples. A finalidade da ação é estimular a implantação de idéias inovadoras no mercado. Os empreendedores em potencial podem inscrever suas ideias informando quais serviços pretendem oferecer, o público-alvo e como a demanda será atendida em todo o país. O grupo irá avaliar tecnicamente a viabilidade das ações, para que as iniciativas possam receber o suporte da nossa empresa, que consiste na disponibilização de know-how, capacitação, treinamentos, gestão, estrutura e networking, além de um capital de até R$20 mil reais. A contrapartida que temos é a sociedade com os empreendedores em questão, em um índice que varia entre 20% e 30%. O formato é vencedor porque não somos apenas um grupo de investidores financeiros, a ideia é que estejamos no dia-a-dia vivenciando a realidade de cada empreendimento, prestando assistência, con-

Mandacaru é fruto da iniciativa de um grupo de jovens empresários de Natal sultoria, treinando e capacitando. A sociedade é altamente participativa e dinâmica", salienta Gondim. Questionado se a capital potiguar teria condições de absorver um projeto como o da Mandacaru, o empresário enfatiza que sim, apontando que as inscrições de ideias originais já dobraram a expectativa ini-

“Nossa estrutura de trabalho consiste em um prazo médio de cinco meses para fazer uma empresa engrenar e emplacar resultados” SAMUEL GONDIM EMPRESÁRIO

cial, que era de 10 cadastros. "Já são 20 pessoas cadastradas e as inscrições ainda nem acabaram. De certa forma é um índice surpreendente, principalmente pelo fato de ser a primeira rodada de captações que promovemos. Tanto Natal tem potencial para nos receber que já temos projeções para realizar um segundo round de captações no mês de de-

zembro", conta. "A nossa estrutura de trabalho consiste em um prazo médio de cinco meses para fazer uma empresa engrenar e emplacar resultados. Claro que há variação de uma situação para outra, mas trabalhamos com esse tempo-base. Após essa rodada inicial é feito o 'demo-day', que consiste em uma espécie de feira em que nossos produtos são apresentados ao mercado mundial das grandes corporações. Em termos práticos, funciona da seguinte maneira: pegamos uma ideia do zero e a transformamos em um projeto rentável. Com o demo-day esse projeto pode ser alçado à posição de destaque no mundo todo, com aportes financeiros milionários e alcance global. O foco do nosso trabalho é em estruturas conhecidas como Startups, que são negócios escaláveis de crescimento muito rápido vinculados a algum serviço online, na grande maioria das vezes. Um exemplo disso são os sites de compra coletiva, como o Peixe Urbano", finaliza Samuel Gondim. A empresa recebe os projetos até a próxima quinta-feira (15). As boas ideias devem ser enviadas para o e-mail contato@mandaca.ru, ou através do site 'www.mandaca.ru'. A equipe da Mandacaru é formada por engenheiros, profissionais de marketing, publicidade e administração. Os projetos vencedores que receberão a consultoria de aceleração de negócios serão conhecidos no dia 30 de agosto. Os novos participantes da Mandacaru começarão os trabalhos a partir de setembro e o primeiro 'demo-day' da cartilha de clientes da aceleradora está marcado para fevereiro de 2014.

> PARCERIA

Petrobras quer serviços de técnicos do Senai de Mossoró Na tarde desta segunda-feira (12), o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (Fiern), Amaro Sales, recebeu, em seu gabinete na Casa da Indústria, o Gerente Geral da Petrobras no RN, Luiz Ferradans Mato, acompanhado do Gerente de Engenharia de Produção, Luiz Antônio Costa, e do Gerente de Segurança, Saúde e Meio Ambiente, Jaime Barros Filho. A audiência contou com participação do Diretor Regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/RN), Afonso Avelino, do superintendente jurídico, Davis Coelho, e do coordenador do Centro de Atendimento ao Empresário da Fiern,

Hélder Maranhão. A pauta do encontro contemplou o estreitamento das relações entre as duas instituições, além da celebração de novas parcerias, tendo em vista que Fiern e Petrobrás já são colaboradoras no Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (CTGÁS-ER). Foi debatida, também, a prestação de serviço, por parte do Centro de Tecnologias Ítalo Bologna, do SENAI de Mossoró, em diversas áreas técnicas que envolvem a logística das empresas. O interesse da petrolífera na parceria advém do fato de que, atualmente, é necessária a vinda de funcionários do Inmetro, lotados originalmente no Rio de

Janeiro, para atender as demandas da empresa no RN. "Enxergamos o Senai como um parceiro importante no Estado", disse o Gerente Geral, Luiz Ferradans Mato. O presidente da Fiern solicitou ao diretor Afonso Avelino para que seja feito um estudo técnico com o intuito de viabilizar a melhor maneira de atender à essa demanda da Petrobras. Ainda na reunião, Amaro Sales convidou a empresa para participar da Feira Potiguar da Indústria, que será realizada no próximo mês de dezembro, pedido que encontrou receptividade por parte do Gerente Geral da estatal de petróleo. Divulgação/Fiern

Presidente da Fiern, Amaro Sales (centro), convidou Petrobras para participar da Feira Potiguar da Indústria


8 O Jornal de HOJE

Natal, 13 de agosto de 2013

Terรงa-feira

CMYK


Cidade

Terça-feira

Natal, 13 de agosto de 2013

O Jornal de HOJE 9

Paciente com tétano ocupa leito de UTI no Hospital Giselda Trigueiro DOENÇA É 100% EVITÁVEL, ATRAVÉS DE VACINA QUE É DISTRIBUÍDA GRATUITAMENTE EM TODAS AS UNIDADES DE SAÚDE Fotos: José Aldenir

ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

O déficit de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Rio Grande do Norte, segundo a Secretaria Estadual de Saúde Pública ultrapassa os 150 leitos, e tem feito com que pacientes, em estado grave, aguardem em longas filas à espera de uma vaga nos corredores dos principais hospitais do Estado. Na contramão da necessidade de novos leitos, os que já existem estão sendo utilizados por pacientes com doenças que poderiam ser completamente evitáveis por vacinação, como é o caso do tétano. Nos últimos anos, o número de pacientes com a doença tem causado preocupação, já que a doença pode ser prevenida. Em 2012, seis pacientes deram entrada no Hospital Giselda Trigueiro, referência estadual no tratamento de doenças infectocontagiosas, com tétano e uma foi a óbito. Este ano, em apenas sete meses, o Hospital já registrou cinco pacientes com a doença, sendo uma de vítima fatal. Devido à gravidade da doença, os pacientes necessitam de cuidados especiais e terminam ocupando um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), por se tratar de uma patologia de internação prolongada. Há meses, a UTI do Giselda, que conta apenas com sete leitos, chegou a ter três pacientes com tétano internados ao mesmo tempo. Na manhã de hoje (13), um paciente estava, em estado grave, internado na UTI do Giselda com a mesma doença. Todos estes casos são de pacientes oriundos do interior do Estado. O tétano é uma doença infecciosa grave, não contagiosa, causada por toxina produzida pela bactéria Clostridium tetani. Sob a forma de esporos, essa bactéria é encontrada nas fezes de animais e humanos, na terra, nas plantas, em objetos e pode contaminar as pessoas que tenham lesões na pele (feridas, arranhaduras, cortes, mordidas de animais, etc.) pelas quais o microorganismo possa penetrar. Crianças até cinco anos devem receber a vacina tríplice contra té-

Número de pacientes com tétano internados na UTI do Giselda Trigueiro tem crescido nos últimos anos. Direção explica que problema tem sido corriqueiro e que pacientes geralmente são oriundos do interior tano e, a partir dessa idade, a vacina dupla (contra difteria e tétano) que também é recomendada para os adultos e pode ser obtida em qualquer posto de saúde. Uma dose de reforço deve ser tomada a cada dez anos para garantir a proteção contra a doença. "Hoje em dia não se admite que se tenham pacientes com tétano, pois é uma doença que se previne com uma vacina que custa R$ 0,40 para o Governo e que para a população é gratuita nos postos de saúde. Mas o paciente adquire a doença por falta da vacina, interna no hospital e é uma doença que tem uma letalidade alta. O paciente ocupa um leito de UTI porque é uma doença grave e necessita de cuidados intensivos, por muito tempo. Esse ano já tivemos cinco casos de tétano e esse é um número muito alto porque não deveríamos ter nenhum", explica a diretora do Giselda Trigueiro, Milena Martins. A diretora explica que o tempo de permanência de um paciente com tétano em um leito de UTI gira em torno de 60 dias, o que acarreta um alto custo para o Estado. "Além do alto custo, o paciente ocupa o leito que deveria ser usado por um paciente de outra patologia. Isso traduz uma deficiência da atenção básica e

Milena Martins: “Precisamos intensificar a vacina na vida adulta” precisamos fazer um alerta à população para que sempre que for ao posto de saúde procurar se informar sobre a vacina contra o tétano. Precisamos intensificar a vacinação na fase adulta", afirmou. Segundo a diretora, o perfil dos pacientes internados são homens, em idade adulta, geralmente agricultores e operários da construção civil.

Milena Martins explica que ainda existe o risco do tétano neonatal, que é o tétano que a criança pode adquirir no momento do parto, quando é feito em condições inadequadas. "Por isso, todas as gestantes, obrigatoriamente, recebem a vacinação antitetânica durante o prénatal. Raramente encontramos um caso de tétano neonatal, mas os homens terminam esquecidos", afirmou a diretora do Giselda Trigueiro. A diretora conta que os sete leitos de UTI para a demanda do Hospital são insuficientes. Com freqüência, os pacientes que necessidade de um leito de UTI são mantidos no Pronto Socorro, na sala de reanimação, em uma espécie de UTI improvisada. "De rotina, dois ou três pacientes ficam lá necessitando de UTI à espera da vaga que não conseguimos. Somos um hospital que recebemos pacientes com doenças infectocontagiosas graves em sua maioria, como AIDS, tuberculose, meningite, dengue hemorrágica e leptospirose", destacou. GREVE A diretora do Giselda Trigueiro, Milena Martins, explicou que a greve dos servidores estaduais da saúde, iniciada desde o dia 1º de

agosto, comprometeu alguns serviços. Os exames ambulatoriais não estão realizados. O atendimento ambulatorial está limitado e o Pronto Socorro está atendendo apenas casos de urgência e emergência, dentro do perfil do hospital. "A greve está intensificando um atendimento que realmente não é prioritário para o Pronto Socorro". Milena disse que os servidores estão cumprindo o efetivo mínimo de 30% dos profissionais trabalhando. MUDANÇA Milena Martins disse que o entendimento da Secretaria Estadual de Saúde Pública, não apenas para o Hospital Giselda Trigueiro, mas para os demais hospitais da Rede Estadual, é de que os hospitais sejam referência para o atendimento de urgência e emergência. "Não vamos fechar a porta, mas o paciente obrigatoriamente vai passar pela classificação de risco e aqueles que são classificados como verde e azul não serão atendidos no hospital. Hoje já fazemos a classificação de risco, mas ainda atendemos o paciente", disse. A diretora explicou que, a partir do dia 1º de outubro, através de uma articulação com o município de Natal, já que a demanda do Hos-

pital é de cerca de 75% de pacientes de Natal, os que forem classificados como verde e azul, serão referenciados para unidades de saúde do Município. "São pacientes que podem ter o atendimento agendado nos postos de saúde. Pedimos ao Município a relação de todas as unidades que funcionam com médicos e devemos nos reunir para pactuarmos compromissos no sentido de fazer o encaminhamento responsável desses pacientes. Com isso ganha todo mundo, pois os profissionais ficam dedicados a atender aquilo que realmente é obrigação do hospital", destacou. INDICATIVO Na noite desta segunda-feira (12) foi realizada uma assembleia na sede do Sindicato dos Médicos com os profissionais médicos do município de Natal e do Estado. Durante a assembleia ficou definido que os profissionais do Município se reunirão na próxima segunda-feira (19) para definir o plano de negociação com o secretário de Saúde de Natal, Cipriano Maia. A assembleia desencadeará a campanha salarial. Ficou determinado também que os profissionais do Estado se reunirão na próxima segunda-feira, quando será votado o indicativo de greve.

> SAÚDE

Governo apela para que servidores retornem ao trabalho Caso a greve dos servidores da saúde seja suspensa imediatamente, o Governo do Estado poderá atender, pelo menos, quatro dos cinco pontos apresentados pelo Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do RN (Sindsaúde) em mais uma rodada de negociação realizada na tarde desta segunda-feira (12) com membros da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). A garantia é do próprio secretário Luiz Roberto Fonseca, que apela aos servidores que retornem logo ao trabalho para a continuidade das negociações. "Sem diálogo não tem como haver negociação, precisamos alcançar de mãos dadas resultados práticos e rápidos para a melhoria dos serviços de saúde, sem animosidade e padecimento da população que é quem mais necessita da assis-

tência pública", disse o secretário. Dentre os pontos apresentados pelos servidores da saúde, apenas a implantação da tabela salarial, elaborada pelo Dieese, que tem por base a Lei 333/2006, necessitará de estudo mais aprofundado por parte do Governo do Estado, para identificar o real impacto financeiro ao RN que, atualmente, passa por dificuldades financeiras já anunciadas, estando inclusive acima do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LFR). Por outro lado, o Governo do Estado já assegurou o pagamento da incorporação de 25% da Jornada Especial e da Gratificação de Atividade Estadual (GAE) no salário base, a reposição das férias e um terço de férias, bem como gratificações e vantagens, já na próxima folha de pa-

gamento, retroativo a julho de 2013. Além disso, a Sesap garantiu a convocação de 265 concursados, ainda no mês de agosto, para suprir as necessidades de pessoal, sendo 222 convocados para atuar no Hospital da Mulher e 43 para a região Metropolitana, incluindo o Hospital Geral da Polícia Militar. Também houve uma sinalização positiva pelo Governo em relação à apresentação de um calendário para implantação do reajuste dos 22% na GAE e na Jornada Especial para os aposentados e, ainda, a manutenção da Comissão de Revisão do PCCR com a devida publicação no Diário Oficial do Estado. Na próxima quinta-feira (15) está prevista uma nova audiência com o Conselho de Política de Administração e Remuneração de Pes-

Ascom/Sesap

Em reunião realizada ontem, secretário garantiu que reivindicações seriam atendidas

soal (Coarp), presidido pela Secretaria de Administração e Recursos Humanos (Searh), para uma nova análise dos pontos prioritários da pauta de negociação. Os servidores, por sua vez, só têm assembleia na sexta-feira (16), mas, diante do esforço da Sesap em atender os pleitos e continuar com uma mesa permanente de negociações, o secretário Luiz Roberto reitera o apelo para que o Sindicato convoque uma assembleia extraordinária para votar pelo retorno imediato ao trabalho. "Agora é momento do Sindicato retroagir na paralisação e dar oportunidade para o Governo atuar. Com o retorno dos servidores ao serviço conseguiremos avançar com mais efetividade nas negociações", enfatizou.

> BR-101

Obras de esgotamento sanitário entram em fase final Wellington Rocha

Etapa tem prazo de 30 dias para ser concluída. Ruas para desvio são as mesmas

A segunda etapa das obras de esgotamento sanitário realizadas pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), em Candelária, na marginal da BR-101, foi iniciada nesta terça-feira (13). Por esse motivo, alterações no trânsito do local já estão sendo realizadas. Na primeira fase, o serviço ficou concentrado na frente do Natal Shopping, fazendo com que a parada de ônibus não fosse liberada para o uso. Os passageiros tinham acesso ao transporte apenas no ponto de ônibus mais próximo ao Carrefour. De acordo com o gerente de obras, Alisson Pereira, a Caern pediu 20 dias para concluir o serviço na primeira etapa, porém acabou entregando antes do prazo,

em 17 dias. Esta segunda e última etapa tem a previsão de 30 dias para a conclusão. O trabalho acontecerá até o túnel que faz a ligação com o campus da UFRN. Porém, a interdição será gradativa. Para evitar prejuízos aos comerciantes e minimizar o transtorno, o trânsito será interrompido aos poucos. Nesta etapa, as barreiras interrompem até a rua Ataulfo Alves, na altura do posto Planalto. De acordo com o gerente do posto de gasolina, Marcelo Nunes, ainda não dá para mensurar a queda no movimento, mas foi algo acima da metade, "cerca de 60%", segundo ele. O chefe de obras, responsável pelo trabalho no local, informou

que o trabalho tem acontecido com tranquilidade. Mesmo estando de posse apenas dos projetos e sem ter conhecimento ainda sobre os prazos, ele está confiante na entrega do serviço o quanto antes. DESVIO O acesso ao desvio continua pela rua Ataulfo Alves, seguindo a mesma rota até a avenida das Brancas Dunas, ao lado do Natal Shopping, através da rua Jerônimo de Albuquerque. A diferença é que o trânsito no Largo Ivonildo Ubaldo Bezerra, nas proximidades da Agaé, está liberado. Outra diferença é na entrada pela BR-101, que também está livre, nas cercanias da loja de material de construção, facilitando a vida de quem vem pela rodovia.

Alecrim também tem trecho interditado Na rua Presidente Quaresma, no bairro do Alecrim, a rede de água será substituída. O antigo material produzido de cimento amianto deverá ser trocado por PVC. A obra deveria ter ser iniciada na manhã desta segunda-feira (12), porém, devido ao movimento no local, funcionários da Caern fizeram um trabalho de conscientização com os comerciantes do local. A interdição deverá acontecer desta terça-feira (13) para a quarta-feira (14). A conclusão está prevista para os próximos 30 dias.


10 O Jornal de HOJE

Natal, 13 de agosto de 2013

Cidade

Terça-feira

Delegados fazem paralisação de advertência em protesto contra o “descaso” do Governo CATEGORIA COBRA MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO E A RETIRADA DE TODOS OS PRESOS DAS DELEGACIAS DO ESTADO Fotos: Canindé Santos

ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Em seu segundo dia de paralisação de advertência, os delegados da Polícia Civil do Rio Grande do Norte se reuniram hoje pela manhã para analisar as contrapropostas de negociação apresentadas pelo Governo do Estado. A categoria reivindica, entre outras coisas, a retirada total de presos das delegacias, a nomeação dos aprovados no último concurso público e melhorias nas condições de trabalho. A presidente da Associação dos Delegados do Estado (Adepol), Cláudia Saraiva, disse que na próxima sexta-feira, a categoria deve votar o indicativo de greve, também por tempo indeterminado, caso o Governo não atenda aos pedidos apresentados, que contemplam ainda a transferência do Arquivo Público Estadual para o prédio onde funciona a Delegacia Geral de Polícia (Degepol). Cláudia disse ainda que a nomeação de novos delegados é uma das reivindicações mais urgentes da categoria, que sofre com o déficit de quase 200 profissionais. Atualmente, são apenas 163 delegados para atender a uma demanda de 167 municípios, incluindo várias delegacias distritais em Natal. Ela explicou que existem 350 cargos de delegados criados em lei para o Estado, no entanto, como o déficit representa 54% da necessidade atual, muitos profissionais acabam sendo sobrecarregados com o acúmulo de cargos em vários municípios. Além da responsabilidade,

Associação de Delegados da Polícia Civil se reuniu na manhã de hoje para definir mobilizações. Para a presidente da entidade, Ana Cláudia Saraiva, a nomeação de novos delegados é urgente para suprir déficit há o agravante da estafa física e do estresse psicológico. "Há colegas que acumulam mais de dez delegacias em municípios diferentes no interior do Estado, o que provoca um nível de estresse muito alto para o profissional, com doenças emocionais, físicas e até problemas sociais, já que eles não têm tempo de se dedicar às suas vidas pessoais por causa do excesso de trabalho", explicou. Outra reivindicação dos delegados é a retirada dos presos que ainda estão sendo custodiados nas delegacias do interior, uma solicitação antiga não só da categoria, mas também dos agentes e escrivães, que já estão há uma semana de braços cruzados. A falta de estrutura

dos prédios públicos também é um ponto de atrito, já que os integrantes da Polícia Civil pedem a reestruturação das unidades. Se os delegados acatarem o indicativo de greve, que deve começar já na próxima sexta-feira, dia em que a categoria irá decidir isso em assembleia geral, a Polícia Civil para por completo. Enquanto durar o movimento, apenas as delegacias de plantão da Capital funcionarão, registrando os casos de flagrantes. Já no interior, apenas as delegacias regionais estarão abertas. POPULAÇÃO DEVE PROCURAR DELEGACIA VIRTUAL Por causa da suspensão dos atendimentos ao público, a Dege-

pol emitiu nota oficial orientando a população a procurar as delegacias de plantão, as regionais e também a Delegacia Virtual, para registro de perda, furto ou roubo de documentos pessoais e de telefones celulares, via internet. O serviço funciona 24h por dia. O acesso ao atendimento online pode ser feito através do site da Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), pelo endereço http://www.defesasocial.rn.gov.br. Ao abrir a página, o interessado deve clicar no link da Delegacia Virtual, ou ainda acessar diretamente o http://www.defesasocial.rn.gov.br/delegaciavirtual/bovirtual.dll/EXEC e preencher o formulário, conforme sua necessidade.

CATEGORIAS DECIDEM MOBILIZAÇÕES PELA MANHÃ De braços cruzados há uma semana, os agentes e escrivães da Polícia Militar se reuniram na manhã de hoje com os servidores do Instituto Técnico Científico de Polícia do Estado (Itep/RN), no bairro Cidade Alta, para decidir sobre as mobilizações e atos públicos que serão realizados no período da tarde. Ontem, eles promoveram uma passeata entre a sede do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública (Sinpol), na Avenida Rio Branco, até a Praça Gentil Ferreira, no Alecrim, zona Leste de Natal. Durante o ato, eles explicaram à sociedade os motivos que levaram as duas categorias a iniciar

a greve por tempo indeterminado. Os policiais reivindicam a melhoria das condições de trabalho e de infraestrutura das delegacias, sobretudo as localizadas nos municípios do interior do Estado, onde muitas não oferecem as mínimas condições de funcionamento e segurança física para os servidores e população. Já os grevistas do Itep reivindicam o envio do anteprojeto de lei que cria o Estatuto e a Lei Orgânica da categoria para a Assembleia Legislativa, para ser votada pelos deputados estaduais e sancionada pela governadora Rosalba Ciarlini. Eles suspenderam as atividades ontem, após dezenas de tentativas de negociação com o Governo, sem sucesso.

> MAIS PROTESTOS

Policiais e bombeiros militares querem valorização profissional Wellington Rocha

Nos primeiros seis meses deste ano, 42 policiais militares pediram desligamento da corporação, por vontade própria. O número é o mesmo registrado em todo o ano passado e, para a Associação dos Cabos e Soldados do Rio Grande do Norte (ACS-PM/RN), um dos principais motivos é a falta de valorização do profissional, que gera desestímulo e desistência do trabalho e que atinge também os bombeiros militares. A categoria possui uma média de oito desistências por ano, em um efetivo já reduzido de cerca de 650 homens. Diante desta realidade, policiais e bombeiros iniciam na próxima semana várias ações dentro da campanha de valorização profissional das duas categorias, que devem culminar no Dia Nacional de Mobilização, comemorado em 23 de agosto. Nesta data, os profissionais irão às ruas, com o objetivo de mostrar à população e ao Governo do Estado que também integram a sociedade brasileira e que lutam pelas mesmas melhorias reivindicadas nos últimos protestos pelo Brasil. Segundo o presidente da ACSPM/RN, Roberto Campos, a campanha começará na segunda-feira, com a veiculação em rádio e emissoras de televisão de peças publicitárias, além das ações que serão realizadas no próximo dia 23. Neste dia, os profissionais farão uma

moção a cabo foi realizado há 12 anos. Já para mudança de cabo para sargento foi realizado há 16 anos. Ou seja, como as vagas nesses concursos foram limitadas, muitos não passaram, então, hoje, nós temos na Polícia Militar centenas de soldados que estão há 30 anos sem promoção", explicou o presidente da ACS-PM/RN. Segundo Roberto Campos, outros problemas clássicos enfrentados pelos militares são a falta de estrutura física e material de trabalho, em alguns casos com registros até mesmo de falta de munição para os policiais saírem para o combate à criminalidade. "Outra questão grave é a falta de atendimento à saúde dos militares, com déficit de médicos, pois o último concurso foi em 2001, bem como constatamos que o projeto da abertura de vagas no quadro de psicólogos nunca saiu do papel", disse. Nos primeiros seis meses deste ano, já são 42 policiais militares que desistiram da profissão por vontade própria grande caminhada entre a sede do Clube Tiradentes, na Avenida Presidente Bandeira, até a Assembleia Legislativa, no bairro de Cidade Alta. "Esse será um ato público em defesa de uma segurança pública verdadeiramente cidadã. Por isso, convocamos todos os militares, seus familiares, outras categorias e todos aqueles que se preocupam

com uma qualidade de vida melhor no nosso Estado", disse Roberto. Ele completou ainda que o objetivo das ações é mostrar que os integrantes da polícia também fazem parte da sociedade e assim como vários segmentos vêm realizando protestos pelo Brasil, também têm suas reivindicações pelas quais lutam diariamente. Um exemplo de luta antiga da

categoria, citado por Roberto Campos, é a falta de perspectiva de promoção dos mais de seis mil soldados que integram a Polícia Militar do Rio Grande do Norte. E o desestímulo que esse fator provoca nos profissionais, o que vem gerando o alto índice de pedidos de dispensa da corporação, que já supera os 42 registrados no ano passado. "O último concurso para pro-

BOMBEIROS SOFREM COM FALTA DE PERSPECTIVA Além de enfrentar um déficit de pouco mais de 2,6 mil homens, os bombeiros também sofrem com a falta de perspectiva de ascensão profissional, conforme o presidente da Associação dos Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte (ABM/RN), Rodrigo Maribondo. Ele disse que há colegas de profissão com mais de 24 anos de serviço sem nenhum tipo de progres-

são, o que também gera desistência, principalmente nos bombeiros mais novos na corporação. "Hoje, o profissional não estuda mais para ficar na corporação e sim para sair para outra atividade em que possa ter a chance de crescer, de poder receber uma promoção ou ser reconhecido e valorizado. Por isso, registramos uma média de oito desistências por ano, o que pode ser considerado alto se levarmos em conta que temos apenas 659 homens, quando há uma lei estadual de 2002 que estabelece o número de 1.065 bombeiros", explicou. Rodrigo disse ainda que, além da lei não ser cumprida, ela já está defasada, já que o ideal seria termos 3,3 mil bombeiros, para atender com segurança e eficiência às demandas existentes no Rio Grande do Norte. "O ideal seria termos um bombeiro para cada grupo de mil habitantes", afirmou. Para ele, a campanha de valorização profissional de policiais e bombeiros militares é importante para as duas categorias, para mostrar força e organização destas, seja para a população quanto para o Governo do Estado. "Vamos mostrar que não estamos dormindo, nem acomodados com a nossa situação. Que também temos as nossas pautas de lutas e que vamos para as ruas, para cobrar os interesses das categorias", disse.


Cidade

Terça-feira

Natal, 13 de agosto de 2013

1 E1 den o O Ja H lrJ

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros TACIANA CHIQUETTI – tacychiquetti@hotmail.com – (INTERINA)

alex.medeiros1959@uol.com.br

ACOMODAÇÕES

Solução dos sonhos Divulgação

Por Nizan Guanaes, publicitário (Folha de S. Paulo) Tenho lutado continuamente para me reinventar e reinventar o meu negócio. Fiz um grupo de comunicação justamente porque tinha e tenho consciência de que às vezes a melhor campanha de publicidade é um bom plano de relações públicas. Ou um trabalho de marketing direto. Ou uma ação digital. Em tese, todos concordam com isso. Mas colocar isso em prática é como fazer dieta. Dificílimo. Eu não corro duas horas por dia porque eu amo. Mas porque preciso disso para ter pique e ter bom sono. As pessoas ferem suas empresas brigando com o novo. E querendo ter razão. Eu não quero ter razão, eu quero ter sucesso. Cerco-me de mentes jovens que sabem mexer, fazer e ver coisas que eu não sei. Mas também adoro gente de cabelo branco. Sou uma pessoa que adora falar. Mas eu também adoro ouvir. Não tenho medo de voltar atrás, de desdizer e desfazer em segundos a bobagem que eu fiz. É melhor aprender com os erros dos outros. Mas, se você errar, erre logo e corrija mais rápido ainda. Faço parte de uma equipe digital que tem produzido alguns dos trabalhos mais "likados" do mundo digital do Brasil. Mas não adianta olhar só para o novo em busca do novo. Velhos elementos funcionam muito bem em novos tempos. A roda e a alavanca não perderam sua utilidade séculos e séculos depois de descobertas. Elas ainda oferecem muitas soluções para o mundo de hoje e o mundo de amanhã. Adoro criar para o rádio, um meio burramente desprezado por muitos hoje em dia. E acabo de comprar de uma só vez mais de 500 páginas de anúncio para um cliente porque mídia impressa é uma grande oportunidade, com uma grande (relação com sua) audiência. Tem coisas que só existem no papel. Assim como tem coisas que só existem na internet. Estamos naquele momento Santiago de Compostela. Foco no essencial. Escolha um cajado, leve o mínimo possível e, acima de tudo, cuidado para não molhar os pés e não criar bolhas. Se você me perguntar o que eu estou fazendo neste momento pela minha empresa, eu respondo prontamente: controle de custos e muito exercício. Eles não melhoram a realidade, mas a percepção. No fim do dia, vou novamente à academia Body-

para 85 vagas, em 15 cargos - mostra como está em alta a cultura da "estabilidade". Mais da metade dos inscritos optou pelo cargo de técnico legislativo (nível médio) e o mais concorrido proporcionalmente foi o de Técnico do Controle Interno, que oferece mais de R$ 17 mil como salário.

Nos bastidores do Procon-RN, comenta-se que a governadora Rosalba (DEM) pretende encaixar o exvereador Ney Júnior (DEM) no órgão. Apesar de ter perfil para vários cargos, ele, após a derrota, ainda não encontrou um lugar ao sol. Acomodando Ney Júnior, a Rosa agradaria, de quebra, ao ex-deputado Ney Lopes, que sempre reclama a sua falta de prestígio no governo do DEM potiguar.

EMPREENDEDORISMO

Natal receberá, em setembro, o curso de Economia Criativa e Empreendedorismo – evento que já foi realizado em diversas capitais do país, criado pela Garimpo de Soluções (SP). No RN, quem realiza é o Sebrae, com o apoio da Casa da Ribeira. Dois professores, referências nacionais na área, ministrarão as aulas: o economista Leandro Valiati e a economista e urbanista Ana Carla Fonseca.

RECONHECIMENTO

O Programa Pai Presente, coordenado pela Corregedoria Nacional de Justiça (CNJ), em parceria com os tribunais de Justiça de todo o país, completa três anos neste mês e contabiliza quase 23 mil reconhecimentos espontâneos de paternidade desde a criação, em agosto de 2010.

BOLSAS

RANKING DAS PIORES

tech me exercitar. Grandes empreendedores que conheço fazem atividade física intensa, e hoje, para mim, é fácil entendê-los. Ajuda a despertar, a dormir e a sonhar. E, quando a realidade está difícil, o melhor caminho é sonhar. Como disse lindamente o mestre Oscar Niemeyer: a linha reta não sonha. Pois é o sonho do chinês que sustenta o desenvolvimento chinês. Sua aspiração pessoal conectou-se de alguma forma à aspiração nacional. É o sonho americano que inspira o sonho do americano. O Brasil ainda não sonha assim. No futebol, talvez. É um caminho. Temos orgulho daquela camisa amarela. A força que projetamos nela, sentimos em nós. Entramos em campo para ganhar. Precisamos construir esse sonho grande e essa força para o país. O povo nas ruas caminha por isso e para isso. A nova classe média não ia mesmo ficar parada. Ela sonha ascender mais e prover mais para si, para seus filhos e para seus netos. Seu movimento é impossível de ser detido e empurra o país. Antes a brasileira tinha cinco filhos em média, e a maioria mal frequentava a escola. Hoje ela tem em média menos de dois filhos, que estão na escola e com probabilidade cada vez maior de chegar à universidade. Formarão uma geração muito diferente e muito mais preparada do que os seus pais para exercer e cobrar a cidadania econômica e social. Por isso, e para isso, nós precisamos dar o próximo passo, superar as próximas barreiras. Elas ficam cada vez maiores à medida que se avança. Mas nós também crescemos. Philippe Starck me disse certa vez que todas as vezes que ele tem um problema para resolver ele dorme. Dormindo, ele se sente uma impressora de ideias. Não é uma imagem genial? Está difícil dormir? Vamos sonhar.

Bolsas nos cursos técnicos de Enfermagem, Radiologia e Cuidado dos Idosos estão sendo oferecidas pelo Centro Universitário Facex (Unifacex), por meio do Sisutec. A primeira chamada acontece nesta quarta-feira (14). Os interessados devem se inscrever pelo site sisutecaluno.mec.gov.br.

As piores companhias aéreas do mundo para fazer uma viagem longa em classe econômica foram elencadas pelo site de negócios Business Insider. Além da opinião dos usuários, foram avaliados conforto, entretenimento a bordo, limpeza e condições da cabine, refeições e eficiência dos serviços. Nenhuma companhia brasileira integrou o levantamento. A vencedora foi uma empresa do Turcomenistão, país da Ásia central.

HOMENAGEM PÓSTUMA

A família Farias, de autênticos forrozeiros, se reúne, nesta sexta-feira (16), para fazer um show em homenagem ao cantor e compositor Dominguinhos, que morreu no mês passado, aos 72 anos. O tributo especial acontece no Espaço 21 Prime, em Cidade Verde, às 22h.

ESTABILIDADE CONCORRIDA

A concorrência para o 1º concurso público da Assembleia Legislativa do RN - mais 28 mil inscritos

Caminhada a dois

Wellington Rocha

A oposição se reúne na próxima segunda-feira (19). O PSD do vicegovernador Robinson Faria e PSB da vice-prefeita Wilma de Faria vão, mais uma vez, discutir as eleições de 2014, especialmente quanto aos apoios e aos destinos das caminhadas, que deverão ser feitas agora em conjunto.

Danilo Sá jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br

UM NOVO RUMO PARA O RN

PODER CONTRA FRITURA

Divulgação

Engana-se quem pensa que o deputado federal Henrique Alves é carta fora da eleição governamental de 2014. Apesar da fritura que vem sofrendo em virtude do cargo que ocupa, como presidente da Câmara Federal, o parlamentar é um dos únicos capazes de arregimentar grande parte dos partidos políticos com força no RN, governistas e oposicionistas. Basta querer. O problema, neste caso, é surgir um novo “acordão”.

POSTURA

O vácuo aberto na sucessão da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) é uma oportunidade histórica de sobrevivência para o Rio Grande do Norte. É o quebra de paradigmas que o Estado espera há séculos, uma chance única em uma região dominada eternamente por oligarquias. Explica-se. Caso realmente a democrata seja engolida pelo desgaste do seu próprio governo, abre-se a brecha para um novo nome em um período onde não se esperava este espaço. Sem Rosalba no jogo, a sucessão ficará aberta para qualquer pleiteante, daí a pressão interna do PMDB de lançar a candidatura própria do partida. Os peemedebistas perceberam, antes dos demais, que a vitória de 2014 pode cair no colo de qualquer um. É justamente nessa incógnita que mora a esperança do povo potiguar de romper com o passado. O RN pode eleger, pela primeira vez em muitos anos, um nome que não possui ligação política com as famílias que rondam o poder. Nos bastidores, até mesmo os políticos mais antigos já cogitam o apoio a esta opção. Neste sentido, surge a possibilidade de nomes com reconhecido sucesso na iniciativa privada entrar no jogo eleitoral do próximo ano, apoiado por uma ampla aliança partidária. Uma ideia que poderia ecoar de forma perfeita aos ouvidos da população revoltada das ruas. Nas bolsas de apostas, os mais cotados são o trio formado pelo exsenador Fernando Bezerra (PMDB), Marcelo Alecrim, hoje filiado ao PR, e Flávio Rocha, ex-deputado afastado da política desde o início dos anos 90, período em que se dedicou ao império da Guararapes. Com um candidato sem passado político, com uma vida exitosa no seu ramo empresarial, respeitado pela sociedade e respaldado pelos atuais detentores de mandato, o pleito do próximo ano tem tudo para sofrer uma grande reviravolta, e com grandes chances de terminar de forma positiva para a população. Resta saber apenas o principal, se um empresário bem sucedido aceitaria se aventurar no mundo, muitas vezes sujo, da política nacional, deixando de lado e colocando sob risco os seus negócios. Quem topar, pode acabar mudando o rumo político do RN.

O vereador Júlio Protásio (PSB) saiu por cima da função de líder do prefeito Carlos Eduardo. Além do bom trabalho realizado na função, deixou o cargo para reivindicar os direitos da sociedade, como no caso do fechamento do posto de saúde do Jiqui. Aliás, Júlio está mesmo disposto a enfrentar o secretário Cipriano Maia pela decisão tomada.

PASSEATA NO JIQUI

Uma das iniciativas de Júlio acontecerá já no próximo sábado. O vereador se unirá aos moradores do Jiqui em passeata pelas ruas do Conjunto em protesto contra o fechamento da unidade. Outra luta do parlamentar que tem tudo para receber o apoio da sociedade é pela continuação do programa Proeduc, que concede bolsas de estudos a universitários. O prefeito Carlos Eduardo já anunciou o fim do projeto.

LÍDER NOVO

Por falar na liderança do prefeito, os vereadores da base de apoio de Carlos Eduardo já tem um nome preferido para a função: Jacó Jácome (PMN). Em seu primeiro mandato, o parlamentar tem se destacado por seu desempenho nos debates em plenário e nas comissões. A boa articulação com os colegas compensaria a falta de experiência. Seria uma boa alternativa para o prefeito

Gira Mundo Canindé Santos

O Banco do Brasil, maior instituição financeira da América Latina, teve o maior lucro líquido da história dos bancos no país, com ganhos de R$ 10,03 bilhões no primeiro semestre. Com isso, o BB supera o Itaú Unibanco entre os maiores lucros de bancos privados no país. O lucro de R$ 7,2 bilhões do Itaú Unibanco no primeiro semestre é, agora, o segundo maior entre os bancos do país. Os dados são da consultoria Economatica. O lucro do Banco do Brasil no semestre foi puxado pela venda bilionária de ações de sua área de previdência, seguros e capitalização, a BB Seguridade.

Megafone Canindé Santos

“Estamos buscando corrigir a rota da má gestão deixada pelos governos anteriores e seus nove secretários em oito anos”

BETÂNIA RAMALHO SECRETÁRIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CONTRA A GREVE E EM RESPOSTA ÀS CRÍTICAS

ESCOLHA DE JACÓ

O nome de Jacó, inclusive, seria indicado pela bancada como consensual ao prefeito Carlos Eduardo ainda hoje. A partir daí é que o gestor deve definir se aceita ou não a sugestão dos seus aliados. A escolha do parlamentar foi feita ontem, em reunião realizada no gabinete da presidência da Casa.

TECNOLOGIA

O Instituto Metrópole Digital da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) abriu seleção para o Curso de Formação Técnica em Tecnologia, para o ingresso em 2014, a ser realizado nos polos de Natal, Mossoró, Caicó e Angicos (UFERSA). As inscrições, abertas no último dia 5 de agosto, prosseguem até 3 de setembro e podem ser feitas pelo site do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve). O Metrópole Digital foi criado pelo então deputado federal Rogério Marinho e implantado na UFRN pelo ex-reitor Ivonildo Rêgo.

DINHEIRO VOANDO

Se a obra do Aeroporto de São Gonçalo está dando trabalho, imagine a situação em Manaus. Por lá, o Tribunal de Contas da União (TCU) apontou superfaturamento de R$ 2,2 milhões no projeto, recheado de irregularidades. O órgão concedeu prazo de um mês para a Infraero reaver o dinheiro junto ao Consório Encalso-Engevix-Kallas, que está à frente das obras, e também cobrou explicações.

INTERNET E TURISMO

O Encontro das Belas do Turismo, idealizado pela jornalista Cristina Lira e que existe há três anos, na edição especial de agosto, recebe nesta quinta-feira (15), às 19hs no Serhs Natal Grand hotel, a coordenadora de mídias sociais do Ministério do turismo, Tatiana Lobão, que fará uma oficina sobre mídias sociais e sua influência no Turismo. O evento conta com apoio especial da Secretaria de Turismo do Estado do RN, Serhs e Potiguar Turismo.


12 O Jornal de HOJE

Natal, 13 de agosto de 2013

Cidade

Terça-feira GIRO PELO TWITTER Do jornalista Juliano

Daniela Freire

Freire: Um povo que não lê tem o futuro mais curto, as esperanças

POLÍTICA E SOCIAL - DESSANA ARAÚJO - dessana@gmail.com (Interina) João Neto

w LÍDER O vereador George Câmara tem tudo para ser o novo líder do prefeito Carlos Eduardo Alves na Câmara Municipal. Com a saída de Júlio Protásio e a desistência de alguns nomes que foram sondados, ao que parece Câmara será a voz do prefeito na Casa do Povo. >>> Porémmmmm... Ele jura que não tem interesse na função, que prefere ter liberdade para tomar suas próprias decisões na Câmara..

Arquivo Pessoal

reduzidas e sonhos desfeitos.

Do deputado estadual Walter Alves: Abandonada, obra da Prudente é usada até para esportes radicais

Do

vereador

de

Mossoró Lahyre Neto: A cada dia que passa,

w PROTESTO E por falar em Protásio, ele organiza um protesto contra a gestão da saúde da Prefeitura no próximo sábado, com apoio de outros vereadores e de moradores do conjunto Jiqui, por causa do fechamento do posto de saúde do bairro. >>> Vale lembrar que o fechamento desse posto de saúde foi a gota d'água na já difícil relação entre o prefeito e o ex-líder da sua bancada na Câmara Municipal de Natal.

me surpreendo mais com a soberba e arrogância de alguns seres

A toda bela Miss Brasil Gabriela Markus curtindo um momento turista nas dunas de Genipabú, durante temporada potiguar Divulgação

humanos.

Espíritos

pobres

rasteiros.

e

Longa caminhada.

w PRE-PA-RA Fim do mistério. Sucesso no Brasil em 2013, Anitta chega a Natal dia 21 de setembro para apresen-

w THE FLASH O processo que pede a cassação da prefeita de Mossoró Cláudia Regina e a inelegibilidade da governadora Rosalba Ciarlini já está nas mãos do juiz Verlano Medeiros. Serão 60 volumes com os documentos. >>> Mesmo com tamanha carga de documentos, a coluna soube que a previsão colocação em pauta para julgamento deste processo será no próximo mês, mas sem uma data fixada até o momento. w PRIMEIRO ROUND Representantes do Governo do Estado e do Tribunal de Justiça estarão amanhã frente a frente na mesa de negociação, perante o ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandovski. >>> Em pauta estará o processo, que tramita desde o ano passado, com o TJ pedindo a regularização do duodécimo. >>> Promessa de uma negociação tensa, ainda mais depois do pedido de bloqueio das contas do Governo do Estado pedido pelo Ministério Público e que recebeu total aval do TJ. >>> Pois é... a guerra está apenas começando e os próximos capítulos devem ser movimentados. w SEGUNDO ROUND A queda de braço entre o Sindicato dos Professores e a Secretaria de Educação pela liberação de 35 professores para atividades sindicais, com todos os ônus para o Governo do Estado, respinga nos pobres alunos, que sempre pagam “o pato”. >>> A preocupação é com as provas do Enem. Se antes já se achava difícil conseguir ministrar todo o conteúdo até outubro – quando as provas serão aplicadas – agora, dependendo do tempo de paralisação, será impossível. >>> Aí vem a pergunta: quem vai bancar o prejuízo desses estudantes??

tar o seu “Show das Poderosas” no Praia Devassa, que fica na Via Costeira. >>> No almoço do Dia dos Pais do Versailles, Acásio Pereira era só mimos com o rebento Pedro

A turnê de Anitta chega pela primeira vez ao Rio Grande do Norte trazida pela 98 FM, B! Shows e

João Neto

Jovem Pan Natal. w EU, RIO! Começam a circular nos próximos dias os convites para a festa deste ano de Chrystian de Saboya. Ousado como sempre, ele e a turma da TP Publicidade distribuirão 1.200 pães de açúcar, produzidos pela padaria Mercatto, para os convidados VIPs da noite inspirada no Rio de Janeiro. >>> A festa acontece no dia 31 de agosto, no Olimpo Recepções, com diA querida Simone Farret poderosa usando vestidinho da Animale na Arezzo Mob Party George Maranhão e o filho Benjamim Borges Divulgação

reito à presença da Bateria da Mangueira. Imperdível! w PARTICIPANDO Na próxima semana, de 22 a 25 de agosto, acontece na Praia de Pipa,

w PARA CEARENSE VER A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) no Rio Grande do Norte realiza hoje mais um workshop divulgando os potenciais turísticos do Rio Grande do Norte bem como os serviços oferecidos por seus associados. Dessa vez, o destino é Fortaleza, no Ceará. >>> O presidente Habib Chalita, o consultor Márcio Guedes e os associados vão apresentar a oito operadoras e 140 agentes os potenciais turísticos que o RN dispõe. No retorno da capital cearense, o grupo vai parar em Mossoró na quarta-feira onde serão recebidos em um almoço no hotel VillaOeste. w VIAJANTES Uma comitiva com representantes do Estado está pronta para participar nos dias 19 a 22, em São Paulo, do CONARH – Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas. À frente do grupo está Martha de Sousa, presidente da seccional RN da ABRH. Todos os anos o congresso traz inovações para os participantes. >>> Em 2013, na 39ª edição, uma das novidades é o RH 15 Minutos. Duas sessões – uma no dia 20 e outra no dia 21 –, cada qual com três apresentações de 15 minutos, vão tratar de assuntos relevantes no dia a dia dos profissionais da área.

no Rio Grande do Norte, o Fest Bossa & Jazz. Além de apresentações totalmente gratuitas de grandes nomes nacionais e internacionais da música instrumental, do Jazz, do Blues e da Bossa Nova, os participantes poderão se inscrever gratuitamente nas oficinas e workshops com músicos renomados. Para isso basta fazer a inscrição no site: www.festbossajazz.com.br >>> Desde sua 1ª edição em 2010, o festival tem demonstrado que veio para ampliar a cultura da música instrumental, do Jazz, do Blues e da Bossa Nova no Estado e região. Este ano, em sua 4ª edição, o evento vai apresentar grandes atrações A It Girl Paula Gaspar vive dias de Embaixadora Arezzo Mob Party

e tudo gratuito.


Cidade

Terça-feira

Natal, 13 de agosto de 2013

O Jornal de HOJE 13

edadC i

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w ATENÇÃO Esta coluna, com base na mesma fonte da vez passada, torna a repetir e com a mesma convicção de julho: os salários de agosto serão pagos dias 29 e 30 deste mês. Previsão é oficial, sem especulação.

w POSSE Fernando Paiva, Grão-Mestre do Grande Oriente Independente do Rio Grande do Norte, presidirá dia 24 próximo à posse do novo Grão-Mestre Antônio de Brito Dantas. No Hotel Imirá Plaza, 19h.

w ESTILO - I Na Prefeitura de Natal o panorama visto da Pç. Sete de Setembro se divide assim: uns tantos acham que vai haver mudança na equipe do prefeito Carlos Eduardo; já uns tantos outros, acham que não.

w LIVRO - I José Eduardo Vilar Cunha lança amanhã seu quarto livro, na Academia Norte-RioGrandense de Letras, às 18 horas, o livro 'Joaquim Lux - memórias'. Uma edição União Brasileira de Escritores.

w MAS... - II As duas partes convergem num ponto: o desempenho na saúde, o mais urgente, está bem abaixo do esperado. E a saúde foi um dos esteios de sua campanha apesar do enterro dos remédios vencidos.

w VIDA - II É a história do médico sanitarista e professor Joaquim Luz, um dos fundadores das Faculdades de Medicina e Farmácia da UFRN, um dois pioneiros nas áreas de obstetrícia e ginecologia no Estado.

w ALIÁS - III Fechar postos de saúde não tem a menor originalidade. Nem culpar o passado. O governo começou assim e chegou a decretar emergência por seis meses e não conseguiu sequer comprar mais macas.

w BELEZA Mossoró está convencida que nem só de lutas vive um povo bravo. Por isso anuncia que logo agora que no dia 11de novembro realiza o maior evento de beleza: a II Tarde Beauty no Requinte Buffet.

w AVISO A filósofa Marilena Chauí quebra o silêncio em entrevista à revista Cult de agosto e fala sobre as manifestações populares de junho, os erros do PT e do Governo Dilma e de como continua petista. w EXPO - I Vem ai III ExpoCondominial, maior evento local na área de produtos e serviços para condomínios com o III Workshop sobre gestão de condomínio. De 15 a 17 de agosto no Centro de Convenções. w INSCRIÇÕES - II Informações sobre reserva de stand e espaços livres para exposição pelo telefone 3201.7429 ou pelo fax 3211.4116. A exposição terá palestras sobre gestão, uso do gás, os riscos e as questões jurídicas.

Notificações pendentes N

unca tive facebook, Senhor Redator, nunca. Muito menos a petulância de desafiar os seus mistérios. No entanto, nem assim pude ser um homem livre de suas ameaças veladas. Todo dia, e a qualquer hora, aparece na tela deste computador um aviso, entre faixas azuis: 'Vicente, você possui justificativas pendentes'. Logo depois, vem o pior num outro aviso que parece despretensioso, mas é terrível no seu escárnio: 'Olá, Vicente, aqui estão algumas atividades que você pode ter perdido'. Não bastasse o trauma que todo brasileiro arrasta com as notificações do imposto de renda a anunciar naqueles avisos cinzentos uma mordida do leão, tem agora o facebook que sequer se dá ao luxo de dizer quem é e falar a mesma língua da gente. Vem o aviso e pronto. Fica por isso mesmo que o cidadão virou um pobre bicho acuado, com medo de tudo. Juro, jamais segui a sugestão: 'Ver todas as notificações'. Olho, olho, e só. Tenho sempre a impressão de ser uma armadilha. E fujo. O mundo, Senhor Redator, anda misterioso. Outro dia, recebi a ligação de uma moça de voz suavemente encantadora, perguntando: 'O senhor deseja recuperar milhas perdidas?'. Tive vontade de ouvir mais algum tempo aquela voz que parecia esconder o segredo de uma promessa, mas tive medo. E respondi às pressas, em frações de segundo: 'Não, minha senhora, deve ser um engano'. E desliguei. E ninguém mais do este cronista teria tanto o que recuperar nesses anos todos de perdas.

E olhe Senhor Redator, se é pra ser justo e sincero, mesmo diante do medo: gosto das vozes. Não falo das vozes que apascentam em nós todos os medos - a voz da minha mãe, de minha mulher, das filhas e dos netos. São vozes docemente íntimas. Falo de outras vozes que alguns dias é como se perscrutassem a pobreza de mistérios de nossas vidas e chegassem. E ficassem pregadas nas paredes da alma como se ali falassem ao coração naquelas horas mais danadas de suas urgências inadiáveis. Mas o mundo, até nas suas vozes, desastradamente banalizouse. Vivemos um tempo feito de interesses e não de desejos. São muitos os perigos do grande inferno virtual, principalmente depois que inventaram o tal do 'call center'. Aquela sala sem fim, cheia de minúsculas cabinas onde moças e rapazes são treinados como autômatos e vão repetindo uma infinidade de gerúndios com falas robóticas de um mundo inumano. Sem o calor da vida, onde tudo é gravado de tão suspeito. Aliás, sequer são vozes. São sons emitidos sem coloquialidade humana. Sem alma, vindos não se sabe de onde. Da China ou da Índia, de um tigre asiático domesticado ou do Jalapão. Foi-se o tempo daquele 'Como vai?', casual. Do velho e desleixado 'E aí, quais são as novidades?'. Não. Há uma grande sisudez no mundo nascida dessas conversas entre estranhos. E mesmo no caso de uma voz bonita que se propõe a salvar suas milhas, não vale à pena arriscar. Pode ser a gota d'água.

w FILO Amanhã tem Quarta Filosófica no Mercado de Petrópolis. Quem conversa sobre 'Auto Poiésis e(m) em Feminismo é a artista, poeta e feminista Civone Medeiros. Das 17 às 20h. Depois tem um show. w MEMÓRIAS O desembargador Lourival Serejo, do Tribunal de Justiça do Maranhão, lança um novo livro com os poemas do Pescador de Memórias, numa bela edição ilustrada da Academia Maranhense de Letras. w MUSEU Visite o Museu do Vaqueiro, na Fazenda Bom Fim, quase às margens da Lagoa do Bomfim, aberto de terça a domingo das 8 às 15h. Você pode ter informações pelos fones 9424.9373 e 9406.9454.

Frente Parlamentar em Defesa do Livro e da Leitura lança projeto "Autores Potiguares na Escola" PARA

DAR INÍCIO ÀS ATIVIDADES , VEREADORA

Estimular entre as crianças o gosto pela literatura e tornar essa atividade permanente e prazerosa requer não só a aceitação pelo próprio aluno, mas também um projeto de incentivo que possa acompanhar o desenvolvimento das crianças e contribuir para a formação de cidadãos críticos e criativos. Sobre esse aspecto, a Frente Parlamentar em Defesa do Livro e da Leitura da Câmara Municipal de Natal, presidida pela vereadora Eleika Bezerra, discutiu na manhã desta terça-feira (13), meios de efetivar uma política pública de incentivo à leitura, dando destaque a obras de autores potiguares. A ideia do projeto "Autores Potiguares na Escola" apresentada pela parlamentar parte de propostas para o Plano Plurianual, de modo a assegurar recursos que financiem essa política na capital do Rio Grande do Norte. "Não há prioridade nos serviços da vida pública, se isso não for acompanhado de um orçamento. Queremos tratar da importância do livro e da leitura, prevendo questões orçamentárias para os próximos quatro anos, através do Plano Plurianual. Seremos vigilantes para o que diz respeito ao investimento na literatura e em bibliotecas públicas em Natal", disse Eleika. Para dar início ao projeto, a própria parlamentar resolveu doar o seu salário. Foram escolhidas dez escolas municipais que já desenvolvem programas de leitura para receberem, cada uma delas, 60 livros de autores potiguares. "Mas não se trata apenas da doação. Junto, enviamos um projeto para que a escola desenvolva com os alunos e corresponda às expectativas. O livro por si só não resolve. Tem que ter um mediador e um incentivo". As escolas beneficiadas neste primeiro momento receberão uma estante expositora e um acervo com livros de autores como Luís da Câmara Cascudo, Juliano Freire, José de Castro, Celeste Borges, Salizete

ELEIKA BEZERRA

RESOLVEU DOAR O SEU PRÓPRIO SALÁRIO Fotos: Canindé Santos

<<< 10 escolas públicas municipais que já desenvolvem trabalhos de leitura foram escolhidas para receber, cada uma, 60 livros de autores potiguares.

Escritor de literatura infantil Juliano Freire, integrante do projeto, destacou a iniciativa: “ Única forma de fazer a cidade, estado e país dar um salto de qualidade no ensino e na formação de cidadãos conscientes é através^^^ da leitura".

Freire e Diógenes da Cunha Lima. O investimento do projeto "Autores Potiguares na Escola" é da ordem de R$ 16.388,00. Entre as unidades estudantis a receberem o benefício estão a Escola Municipal Henrique Castriciano; Escola Madalena Xavier Andrade; Luiz Maranhão Filho; Maria Cristina Ozório Tavares; Ulisses de Góis; Profa. Adelina Fernandes; Prof. Antônio Campos e Silva; Zeneide Igino de Moura; Ascendino de Almeida e Carlos Belo Moreno. Entre os anos de 2014 e 2016, mais 60 escolas serão beneficiadas com o projeto. Indignada com o veto do prefeito Carlos Eduardo a um projeto de lei de sua autoria, que dispõe da obrigatoriedade das bibliotecas de Natal

colocar em exposição livros de autores potiguares, a vereadora reforça a necessidade de ações como essa. "Acho que houve um equívoco do Executivo. Esse projeto foi aprovado com unanimidade dos votos da casa legislativa, mas ele voltará a ser apreciado e tentaremos derrubar o veto. Temos que investir na educação e cultura das crianças. Quem não lê, não enxerga", declarou. Um dos autores consagrados na seleção de livros que serão entregues às escolas, o jornalista e escritor de literatura infantil Juliano Freire relatou que "a única forma de fazer a cidade, estado e país dar um salto de qualidade no ensino e na formação de cidadãos conscientes é através da leitura". "Nãos se vê

nenhum país desenvolvido que não tenha um alto índice de leitura. Porém, ficamos tristes ao ver que o Brasileiro destina diariamente 2h35 minutos para a televisão, em média, e 6 minutos para leitura. Esse é um diagnóstico triste e desolador apontado recentemente pelo IBGE", disse. Segundo ele, o incentivo à leitura não é dever apenas do poder público, mas sim da sociedade como um todo. "Temos que lutar pela democratização do livro. Muita gente não tem dinheiro para comprar necessidades básicas, quanto mais comprar um livro. Qualquer iniciativa que leve as pessoas a ler mais deve ser apoiado, incentivado e ampliado", afirmou.


14 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 13 de agosto de 2013

Terça-feira

Movimento dos Navios

Direito Vivido

APRONIANO CÉSAR

Quatro Estados do Nordeste fazem parte da Hinterlândia do Porto de Santos: Bahia, Sergipe, Pernambuco e Paraíba

RIBAMAR DE AGUIAR (ADVOGADOS ASSOCIADOS) - ribamar@ribamardeaguiar.com.br / www.ribamardeaguiar.com.br

Ministério público Qualquer pessoa pode representar contra julgadores. Foi com esse entendimento que o Conselho Nacional de Justiça determinou ao Tribunal de Justiça de Goiás o exame de recurso interposto pelo Ministério Público contra o arquivamento de processo administrativo, para apurar irregularidade praticada por um juiz, em Piracanjuba (GO). O tribunal havia recusado o recurso, alegando que o Ministério Público não teria legitimidade para mover o processo. O Plenário do CNJ decidiu, na sessão nessa terça-feira (6/8), anular a decisão

para que o tribunal aprecie o recurso. O juiz é acusado alterar estatísticas do sistema que contabiliza a produtividade dos magistrados e de nomear peritos de São Paulo para atuarem em sua comarca. O juiz também seria responsável por adotar posições jurídicas irresponsáveis e de promover o distanciamento da comunidade local. Após esclarecimentos do magistrado, o TJ-GO arquivou o processo. O Ministério Público recorreu contra o arquivamento, mas o recurso foi negado sob a alegação de que não teria legitimida-

de para atuar em processo administrativo. O conselheiro relator do processo no CNJ, observou que a decisão foi proferida quando já estava em vigor a Resolução 135 do conselho. "Conforme se depreende do texto da Resolução, o membro do Ministério Público, quer em sua atividade particular, quer em sua atuação profissional, tem legitimidade para propor a representação e o recurso administrativo correspondente contra as decisões proferidas em sede de investigação preliminar", disse.

NATAL Navio Bandeira Lagoa Paranaense Brasil Scorpius Brasil BBM 333 Holanda South Wind Ant. Holan. Alem Mar Brasil CMA-CGM Aristote U. Kingdom CMA-CGM Homere Inglaterra Marfret Guyane França Siem Carrier Noruega V34-Barroso Brasil

A 2ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho não reconheceu a ilegalidade da demissão de uma empregada da Milbratz Comercial, de Minas Gerais que sofreu acidente de trabalho mas não retornou ao serviço após ter recebido alta do INSS. A empregada foi dispensada sob a justificativa de abandono de emprego. A turma negou provimento ao agravo de instrumento contra decisão desfavorável do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (MG). Na reclamação trabalhista, a empregada relatou ter se acidentado quando fazia a lavagem de um balão publicitá-

rio e sofreu traumatismo na coluna lombar. Ela alegou que só não voltou ao trabalho, após a alta do INSS, por que estava debilitada. Na decisão do Tribunal Regional, há a conclusão do laudo pericial atestando que a empregada é portadora de hérnia de disco decorrente de processos degenerativos sem qualquer relação com o trabalho, e de fibromialgia, doença que altera os mecanismos de percepção de dor. Na 2ª Turma, o relator, ministro José Roberto Freire Pimenta, observou que o TRT, a quem compete a análise dos fatos

Agência W. Sons W. Sons W. Sons W. Sons GPM CMA-CGM CMA-CGM W. Sons Seamaster M. Brasil

Libéria

Petrobras

vo dos dois benefícios, o INSS cessou a concessão do Loas em julho de 2010, emitindo, posteriormente, ofício de cobrança de R$ 38,8 mil. Ela só voltaria a ter direito ao benefício do ente federal mais tarde, quando teve suspensa a pensão recebida do governo catarinense. Como a cobrança da dívida continuou, autora foi à Justiça para contestar o INSS, por meio da Defensoria Pública da União. Na Ação Declaratória de Inexistência de Débito, o defensor João Vicente Pandolfo Panitz sustentou que a autora é pessoa simples e que não tinha conhecimento sobre a proibição de receber simultaneamente os dois benefícios, nem sobre a necessidade de esclarecer que já usufruía da pensão do Estado. O juiz Marcos Hideo Hamasaki, da 2ª Vara Federal de Joinville, julgou improcedente a demanda, mantendo a cobrança. Em sede de Apelação, a 5ª Turma do TRF-4 reverteu a sentença, por abri-

Callio e provas do processo, concluiu que a empresa comprovou devidamente o abandono de emprego da trabalhadora. Mesmo após ter sido comunicada pelo empregador, por meio de correspondências em jornal de circulação local, ela não retornou ao trabalho. O relator esclareceu que, para se concluir de forma diferente, como pretendia a empregada, seria necessário reexaminar os elementos de provas produzidos no processo, o que não é permitido nesta fase recursal, como estabelece a Súmula 126 do TST. A decisão foi unânime.

Dia 13 14

Panamá

Arrow

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 14:19 0.6 20:51 2.0 02:51 0.6 09:23 1.9

gar entendimento diverso daquele do juízo de origem. A relatora do caso, juíza federal convocada Maria Isabel Pezzi Klein, afirmou no acórdão que a jurisprudência prevê a não-devolução de valores recebidos de boa-fé pelo segurado, dado o caráter alimentar das prestações previdenciárias. ''Consequentemente, não se cogita de devolução da pecúnia, frente ao caráter alimentar das verbas que lhe foram alcançadas. Essa interpretação do artigo 115, da Lei de Benefícios, aqui incidente em face do que preceitua o artigo 20, parágrafo 4º, da Lei 8.742/1993, inserindo a condicionante da má-fé como pressuposto à devolução, não espelha malferimento à higidez do preceito legal. Ao revés, conferelhe eficácia conforme a Constituição, porque é garantia fundamental do cidadão brasileiro a de não fazer 'algo' senão havendo legal imposição'', destacou a juíza.

Cooperativas & Negócios Jornalista Responsável: Gil Oliveira (gilbamar@gmail.com)

Destino --Guamaré(RN) Guamaré(RN) F. de Noronha(PE) Algeciras/ESP Algeciras/ESP Algeciras/ESP Macaé (RJ) Designar

Carga Em Operação Em operação --Mantimentos Contêineres Contêineres Contêineres Offshore Corveta

Descarga --Balsa Rebocador -------

No Porto

Salvador(BA)

Óleo cru

- -Reem Island

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN

Verba alimentar Não é irregular a acumulação de benefícios de natureza alimentar concedidos por erro administrativo e recebidos de boa-fé pelo segurado do Instituto Nacional do Seguro Social. Assim, não se pode falar em devolução de valores aos cofres públicos. Com essa argumentação, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região extinguiu cobrança de R$ 39 mil contra uma segurada de Joinville (SC), deficiente física e mental. De fevereiro de 1984 a setembro de 2010, a mulher recebeu pensão de meio salário-mínimo regional do estado de Santa Catarina, concedida aos portadores de deficiência pertencentes a famílias carentes, conforme a Lei 6.185/1982. Em maio de 2003, ela passou a receber do INSS, cumulativamente, o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC-Loas), no valor de um salário-mínimo mensal. Descoberto recebimento cumulati-

Chegada No Porto No Porto No Porto No Porto No Porto 17/08 24/08 31/08 01/09 06/09

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN Elka Bene

Justa causa

apronianocfs@hotmail.com

No Porto

Santos (SP)

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Sal

Nova

--

FASES DA LUA (06/08 - 18:51h)

Crescente

(14/08 - 07:56h)

Cheia

(20/08 - 22:45h)

Minguante

(28/08 - 06:35h)


Esporte

Terça-feira

Natal, 13 de agosto de 2013

O Jornal de HOJE 15

FAZER DEVER NO ICASA

APÓS EMPATE NO CLÁSSICO, ABC TENTA ENGATAR SEQUÊNCIA POSITIVA NA SÉRIE B DO BRASILEIRO E VENCER FORA. ADVERSÁRIO DESTA TERÇA-FEIRA É O ICASA, EM JUAZEIRO DO NORTE. PARTIDA É CONFRONTO DIRETO NA LUTA CONTRA O Z4 Na corrida contra o rebaixamento, o ABC enfrenta esta noite mais um obstáculo na Série B do Campeonato Brasileiro. O adversário da vez é o Icasa-CE, em Juazeiro do Norte, no Ceará. Em meio a mudanças no time e no comando, o Alvinegro espera enfim começar a mudar também o seu destino na competição nacional. A partida, prevista para as 21h50 desta terçafeira, no Estádio Romeirão, marcará o encontro de times que lutam para evitar o descenso. Último colocado da tabela, com oito pontos, o ABC terá três desfalques para a partida contra o Icasa. O técnico Roberto Fernandes não terá o zagueiro Gladstone, o lateral Renato e o atacante Rodrigo Silva, que estão em processo de recuperação da forma física. Além desses, o treinador abecedista não poderá contar com os meias Diogo Barcellos e Erick Flores. Os dois atletas foram vetados pelo departamento médico do clube após se lesionarem na última partida, contra o América. As principais opções para suprir essas vagas são Alexandre e Jean Carioca. A partida, além de difícil pelo fato de o time do Cariri busca contra os Alvinegros a sua reabilitação, também promete ser complicada pela falta de entrosamento entre o treinador recém-chegado e o elenco abecedista. A situação, inclusive, tem sido administrada com muita conversa entre comandante e comandados. Na partida que terminou empatada sem gols contra o América, por exemplo, a cena mais comum durante as paralisações para aten-

José Aldenir

riri acumulou 16 pontos, apenas um a mais do que o Paysandu - primeiro na zona da degola. O Icasa terá dois desfalques para esta partida. O zagueiro Neylor e o atacante Juninho Potiguar receberam o terceiro cartão amarelo e terão que cumprir suspensão automática. O técnico Sidney Morais não espera facilidade por parte do ABC. "Temos um adversário difícil nesta terça. Independente do mesmo estar na lanterna do campeonato tem jogadores de qualidade e podem surpreender. Se entrarmos atentos e disciplinados taticamente sairemos com o resultado positivo", afirmou o comandante icasiano.

FICHA TÉCNICA Icasa-CE: João Ricardo; Neílson, Luis Otávio, Luis Gustavo e Carlinhos; Guto (Leandrinho) (Adalgísio Pitbull), Radamés, Elanardo e Chapinha; Gilmak e Tadeu. Técnico: Sidney Moraes De olho na primeira vitória, Roberto Fernandes orienta jogadores para buscar primeiros três pontos sob seu comando

dimento médico, cobranças de falta ou qualquer motivo que fosse, era a do então estreante Roberto Fernandes convocando um ou outro atleta para oferecer instruções sobre como se comportar em campo diante do adversário. "O treinador chegou, tivemos pouco tempo para treinar, mas precisamos nos adequar à forma de trabalho dele. Não podemos perder tempo e, de um

jeito ou de outro, precisamos procurar vencer para sair dessa situação", afirmou o volante Leandro Santos. Apesar de reconhecer a dificuldade devido ao tempo curto de trabalho - fez apenas três treinamentos desde que chegou e já enfrentará sua segunda partida -, Roberto Fernandes destacou a necessidade de administrar a falta de tra-

balho com orientações à beira do gramado. "Não poderia ser de outra forma. A dificuldades numa Série B são grandes e precisamos minimizar os problemas da forma que é possível", disse. ICASA-CE Depois de duas derrotas seguidas na Série B, o Icasa quer a recuperação diante do lanterna ABC.

O Verdão do Cariri recebe o Mais Querido no estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte. Nas últimas duas partidas, o time do Ceará perdeu para o Figueirense (3 a 0) e para o Boa Esporte (1 a 0). Com isso, o Icasa aposta em sua força em seus domínios para melhorar a posição e se afastar da zona de rebaixamento. Após 14 rodadas disputadas, o Verdão do Ca-

ABC: Lopes; Thiaguinho, Lino, Flávio Boaventura e Guto; Bileu, Edson, Leandro, Alexandre e Jean Carioca; Gilcimar. Técnico: Roberto Fernandes Local: Estádio Romeirão (Juazeiro do Norte-CE) Horário: 21h50 (de Brasília) Árbitro: Renan Roberto de Souza (PB)

> PROBLEMAS

América perde atacante por doping e dispensa outro A "folga" do América na tabela de jogos da Série B do Campeonato Brasileiro está longe de ser das mais tranquilas. De uma tacada só, a equipe perdeu dois atacantes para a sequência da Segundona. O primeiro deles foi o atacante Cléo. O jogador acertou a rescisão contratual é, de forma oficial, não faz mais parte do elenco americano para a sequência da temporada. A história do atacante Cléo no América foi marcada um longo período entregue ao departamento médico e de inatividade. Com a camisa Alvirrubra, o atleta fez apenas três partidas, chegou a balançar as redes, mas ainda assim, muito pouco para sequer ser lembrado pelo futebol. A rescisão partiu por

proposição da diretoria americana, insatisfeita com a indisponibilidade clínica do atleta para atuar. Outro "perdido" pelos próximos dois anos é o jovem de 19 anos, Índio Oliveira. O jogador foi punido com dois anos de suspensão, por infringir o artigo 6 do Regulamento de Controle de Doping da Fifa. Contra a situação, o Alvirrubro já entrou com um pedido de revisão da pena junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para reduzir o tempo que o jogador ficará afastado dos gramados. O jovem atleta foi suspenso devido ao uso do diurético furosemida, substância proibida pela Agência Mundial Antidopagem. Ele foi pego no exame antidoping após a

derrota para o Figueirense, por 3 a 2, no dia 25 de maio, em jogo válido pela primeira rodada da Série B 2013. Apesar de não ter um histórico de problemas com doping, Índio não tem um retrospecto dos mais tranquilos. Índio chegou, no meio do ano, a abandonar a equipe por aumento de salário, chegou a ter um atrito com integrante da comissão técnica quando Roberto Fernandes ainda era treinador, mas segue com contrato na equipe americana. O jogador passou pelas categorias de base do São Paulo, Guarani e AtléticoMG. No América, o atacante disputou a Copa do Nordeste, o Campeonato Potiguar e os primeiros jogos da Série B deste ano. Na temporada, Índio marcou quatro gols.

Wellington Rocha

Pego no doping por uso de diurético, Índio Oliveira pode ter pena reduzida no Superior Tribunal de Justiça Desportiva

Bruno Araújo

PisandonaBola AMÂNCIO

BRUNO ARAÚJO - TWITTER: @brunoaraujo7 EMAIL: wesckley@yahoo.com.br PESOS E MEDIDAS Um jovem de 19 anos que vê no futebol a válvula de escape de uma vida comum. O personagem de uma micro história como essa sequer precisa de batismo ao protagonista. São muitos, tantos que sequer é possível enumerá-los na cabeça ou mesmo numa lista de chamada por ordem alfabética. É o sonho coletivo de ser alguém maior do que a realidade dos problemas sociais e as estatísticas impõem. Para todos, a história começa sempre da mesma forma. Para maioria esmagadora também. O capítulo final chega em letras garrafais com uma resposta negativa num cenário de uma peneira cruel e desmotivadora em campos de futebol pelo mundo. É verdade que ninguém tem o direito de privar o outro de sonhar. No entanto, há o choque entre sonhos. Esse confronto data de tempos imemoriais. O confronto entre realidades, na qual a falta de consonância entre um e outro, são mais do que suficientes para definir quem continua a sonhar e quem verá esse sonho se transformar em ilusão. O jovem Índio Oliveira, atacante do América, é

um produto dos pesos e medidas aplicados aos sonhos de cada um de nós. Suspenso por dois anos pelo uso do diurético furosemida, substância que máscara o uso de outras substâncias proibidas no esporte de alto rendimento, o jogador entra numa fila para ter a pena revista pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Não é uma busca por redenção de alguém que descumpriu as regras por indisciplina ou desconhecimento, mas na verdade, uma oportunidade a quem, dificilmente, terá outra na vida. Garoto humilde, asfixiado pelo ar rarefeito do futebol, um produto de um sistema que pune, não educa. Em abril de 2013, os meias Carlos Alberto e Deco, respectivamente do Vasco e Fluminense, movimentaram as páginas dos jornais por terem sido julgados por uso de substâncias proibidas. A falta de antecedentes - o currículo e o sobrenome clubístico - pesaram na decisão de absolvê-los por falta de antecedentes. São pesos e medidas que, num mesmo contexto, acabam por ganhar diversos tons de cinza que estão longe de margear a pa-

lavra justiça. Todo o cenário colocado letras acima nos leva a um questionamento mais do que inevitável, necessário e urgente. Quem é capaz de poder julgar o tamanho do sonho de alguém? GRAMADO E por falar em sonho, o gramado do Estádio Barretão está longe de ser um. Jogadores, atletas de categorias de base e integrantes de comissões técnicas de clubes que tem atuado no local têm reclamado bastante das condições do palco dos jogos em Ceará-Mirim. A dureza e a irregularidade do solo, além de alguns buracos pelo campo tem dificultado o desenvolvimento do futebol. TAÇA RN Equilíbrio. Essa promete ser a marca dos dois confrontos entre Macau e URV/São Gonçalo, na decisão da Taça RN de Futsal. As duas equipes começam a decidir o título no próximo sábado, às 20h3, no Ginásio Nélio Dias, em Natal. A entrada custa R$ 2,00. O jogo da volta está marcado para o dia 22, uma sexta-feira, em Macau. Para che-

gar a decisão a URV/São Gonçalo, campeão da Taça Natal, disputada no primeiro semestre, desbancou Alto do Rodrigues com duas vitórias: 4 x 2, em Natal, e uma humilhante goleada por 9 x 2, em plena casa do adversário. Macau não deixou por menos e desbancou o favorito América/Cavaleiros do Forró, também, com duas vitórias: 2 a 1 e 3 a 2. HALTEROFILISMO A atleta da Sociedade de Amigos do Deficiente Físico (Sadef/RN), Maria Rizonaide Silva, garantiu medalha de ouro na 6ª Edição dos Jogos Mundiais de Anões, em East Lansing, nos Estados Unidos. Ela foi a única natalense a participar da competição e conquistou o primeiro lugar na categoria 48 quilos. A competição reuniu mais de 500 atletas de 25 países. O Brasil, que participou do evento pela primeira vez, levou uma delegação composta por quatro halterofilistas. Todos os atletas brasileiros - Erinaldo Ferreira de Lima, Lucas Elias Tavares e Luciano das Chagas Dantas - também conquistaram medalhas de ouro e superaram suas marcas pessoais.

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Natal, 13 de agosto de 2013

Esporte

Terça-feira

Divulgação

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

Estatuto do Cinismo

Campeão Juvenil no Aberto da Austrália, Tiago Fernandes é um dos cinco brasileiros com título de Grand Slam

Favoritos vencem na abertura do Future Natal Internacional FAVORITOS CONFIRMARAM STATUS E AVANÇARAM AS OITAVAS DE FINAL DO TORNEIO FUTURE NATAL INTERNACIONAL. TORNEIO DÁ PONTOS NO RANKING DA ATP Três dos principais favoritos confirmaram seus status nesta segunda-feira e avançaram as oitavas de final do torneio Future Natal Internacional, evento internacional com premiação de US$ 10 mil e que dá 18 pontos ao campeão no ranking mundial da ATP. A competição teve o primeiro dia da chave principal na nas quadras de saibro do Aeroclube, em Natal. A entrada ao público é gratuita. José Pereira Jr, cabeça de chave 3 e que ficou bem perto do melhor ranking nesta segunda-feira, é o 333º colocado (melhor posição é o 329º), superou o qualifier brasileiro Enrique Bogo por 2 sets a 0 com parciais de 6/1 6/2. "Tive uma boa estreia, joguei o que vinha treinando, colocando meu ritmo e dominando os pontos. Agora é me preparar para a próxima batalha", disse o pernambucano radicado no Pa-

raná que treina com a irmã Teliana Pereira, primeira top 100 do Brasil após 23 anos. Zé Pereira enfrentará nas oitavas de final o gaúcho Eduardo Dischinger, 576º colocado, que derrotou Victor Maynard por 7/6 (7/5) 6/3. "Terei uma dura partida, Eduardo vem evoluindo no circuito", descreveu. Tiago Fernandes, campeão juvenil do Aberto da Austrália em 2010 e cabeça de chave 8, precisou virar contra o brasileiro Charles Costa, 1173º colocado, com parciais de 6/7 (7/5) 6/2 6/4. "Foi um jogo bem difícil, as condições estavam duras, com bastante calor. Saquei em 40/15 e 5/3 no primeiro set, poderia ter fechado em dois sets e não consegui fechar. Mas fico feliz com a vitória tenho bastante a melhorar nas próximas rodadas", disse Fernandes. O alagoano é um dos únicos

cinco brasileiros com título de Grand Slam igualando feitos de Gustavo Kuerten, Maria Esther Bueno, Thomaz Koch e Bruno Soares. Ele busca seu primeiro título profissional no piso de saibro. Este ano, o número 567 do mundo foi campeão de um evento de US$ 10 mil na Turquia, sobre o piso rápido. Tiago Fernandes, um dos pupilos de Marcos Daniel, ex-57 do mundo, enfrenta o santista Allan Gomes Oliveira, que marca seu segundo ponto no ranking ao superar Gabriel Bendazoli por 6/3 6/1. Tenista de Ribeirão Preto e quarto pré-classificado, André Miele, 455º colocado, derrotou o convidado Américo Lanzoni por 6/1 6/0 e encara Gabriel Friedrich que derrotou Leonardo Telles por 6/1 6/3. Os dois principais favoritos jogam apenas na terça-feira. Ricar-

do Hocevar, campeão em São Paulo (SP) e 259º colocado, enfrenta seu parceiro de treinos, o tenista carioca que que joga pela Suécia, Christian Lindell, e que já fez parte da equipe sueca na Copa Davis, principal evento por equipes do tênis. "Nós treinamos juntos no Rio de Janeiro então o conheço bem. Ele joga muito bem, é uma primeira rodada bem dura, mas espero fazer um bom jogo para sair com a vitória", avaliou Hocevar, o principal favorito da chave. Bruno Sant´Anna é o segundo pré-classificado. O pupilo do extop 60 mundial, Marcos Daniel, desafia Fernando Romboli, que vem de final no torneio de Manaus. "Será um jogo longo, já nos enfrentamos algumas vezes, provavelmente terei um jogo longo, mas estou preparado e confiante", detalhou Bruno.

> SÉRIE B

LÍDER PALMEIRAS TENTA

MANTER FASE CONTRA JOINVILLE O Palmeiras não perde há nove jogos e lidera a Série B do Brasileiro, mas terá uma real prova de qualidade às 21h50 (de Brasília) desta terça-feira, em Santa Catarina. O Palmeiras precisará mostrar força de elenco para superar as ausências de Valdivia e Alan Kardec, principais nomes da arrancadas atual, em visita ao Joinville, real candidato a uma das vagas na primeira divisão do ano que vem. O Mago é o desfalque mais sentido. Das nove partidas de invencibilidade, o meia atuou em sete e participou de quase todos os gols nessa sequência que estabeleceu após 114 dias vetado por dores musculares. Mas o camisa 10 está à disposição da seleção chilena, que enfrenta o Iraque nesta quarta-feira em amistoso na Dinamarca, e até forçou o amarelo para voltar 'zerado' à Série B. Já Alan Kardec recebeu seu terceiro cartão no torneio sem ter planejado sua ausência, obrigando o time a mudar de esquema. Se Mendieta já tem como substituto de Valdivia, que cumpre cronograma especial para evitar lesões e é frequentemente poupado, o centroavante vinha se destacando, tanto que marcou quatro gols em seis jogos pelo time, sendo que balançou as redes em suas quatro últimas atuações, mas não tem um reserva à altura. Caio, único centroavante à disposição, ainda não convence e, como Vinicius segue vetado por dores no tornozelo e no joelho direitos, Gilson Kleina aposta em Ananias como titular, confiando em Leandro como referência e na

O Estatuto da Criança e do Adolescente, lei sueca, aplicada numa republiqueta chamada Brasil, pretencioso arremedo de Nação, foi sancionado no dia 13 de julho de 1990 pelo presidente Fernando Collor de Mello.Elle dispensa maiores delongas. É, hoje, estandarte do governo petista que enfrentou jogando sujo em 1989. Se merecem. O ECA, a lei sueca, na verdade é o Estatuto do Cinismo Assassino.?O manto protetor dos criminosos “dimenor”.Alguns, usados para assumir as maldades dos maiores.Outros, de perversidade nata.Ou será bondosa a mocinha que participou da tentativa do resgate do, bandido cumprindo pena, em plena rua de Parnamirim, Grande Natal? O preso ia ao médico. Por que não foi atendido na prisão? E apenas dois homens faziam sua guarda?Interceptado por um Pálio Branco, o carro dos agentes brecou.A mocinha desceu, juntamente apoiando seus comparsas, atirando na escolta do amado de uma amiga, namorada do presidiário. Uma versão pútrida de Bonnie and Clyde do cinema.Sobrou para o agente Maxwell Marcelino, 44 anos, 11 de serviço, marido e pai. Que deixa viúva e órfãos. Maxwell, baleado, agonizou no asfalto e morreu.Mais alguns dias, será gelada estatística. No arquivo público, papel apodrecendo. A mocinha, presa em Canguaretama, confessou o crime.Também disse que assaltou uma joalheira num shopping em Natal, na qual deixou um artefato explosivo. A mocinha, que a polícia pegou porque tomou tiros no confronto e saiu ferida , cumpriu o script tenebroso de sempre em casos similares: Mentiu para proteger os cúmplices mais velhos e articulados , e demonstrou que é irrecuperável. Seu cinismo nas entrevistas causou engulhos. Triste do traste que juntar os trapos com ela. É menos arriscado um salto da Ponte de Todos Newton Navarro. O clima é de pânico geral. Sem o romantismo dos Capitães de Areia, uma premonição de primor literário feita por Jorge Amado sobre meninos praianos que aterrorizavam Salvador como punguistas. O filme é uma droga. Em geral, no Brasil, o que se escreve é estragado pelo cinema e seus diretores metidos a Copolla. Em Natal é todo mundo assustado com a ousadia da tropa “dimenor”. Com a criminalidade avançando em qualquer idade o terror não escolhe classe. É motorista de ônibus assassinado trabalhando, quadrilhas estourando caixas eletrônicos, invadindo casas, sequestrando famílias, matando a sangue-frio, atirando à queimaroupa, as drogas sendo vendidas como se fossem verduras. >>> O nervo dos “dimenor” é o discurso falacioso de quem não aceita mudanças nas leis. Parece que esses doutos não procriam, nem pensam nos filhos dos outros. O Brasil adora imitar os Estados Unidos em tudo o que é de supérfluo. Copia o que é interessante. Lá, “dimenor” assassino vai para o banco dos réus, a cadeira elétrica ou leva injeção letal. Quando condenado. Concordo que no Brasil, seria difícil ver um “dimenor” safado e rico sendo punido igual a um pobre. Aí é desacreditar do Judiciário e eu creio nos juízes. Em qualquer categoria há bons e ruins, mas acho que existem muito mais juízes corretos e severos do que raros desviados de conduta. É perigoso condenar por antecipação. Na época em que foi aprovado, o Estatuto do Cinismo agradou ao público que detestava Collor, o esquerdismo radical. Os teóricos de academia e discussões filosóficas, que nem sempre precisam pegar quatro transportes para chegar em casa na penumbra da madrugada ou retirar malote de dinheiro a serviço para ser abordado por bandos armados de metralhadoras. Cheios de criancinhas dispostas a matar e a morrer. Outro dia, fui na Sport Master do Centro comprar uma bola de futebol prometida a um grupo de peladeiros amigos e sem grana. O vendedor é meu chapa antigo. Preservo o nome. Estava uma pilha de revolta. Assaltado duas vezes em quatro meses. Sempre por menores de idade. Perdeu celular e a aliança de casamento. Humilhado no crime e atormentado em casa, dando explicações à mulher. Faixa-preta de karatê, esteve bem próximo de um dos rapazes: “Bem magrinho e atrevido. Com um revólver na mão. Teve um instante em que ele baixou a arma. Quase eu quebrava o pescoço dele. Mas pensei na família.” Pensou bem. Se fizesse o que imaginou, estaria preso e massacrado pelas ONGs. E o Estatuto, escrito por teóricos com 235 pós-graduações lá, bem encadernadinho. Mote para um bocado de discurso hipócrita.O agente penitenciário Maxwell desceu ao chão do esquecimento.Sua imagem se debatendo no youtube é deplorável. O ex-presidente Collor signatário do RCA, apeado por corrupção, é um dos notáveis do Senado.Está aboletado, ora na tribuna, seja no gabinete confortável, longe da guerra civil das ruas.Collor nem lembra que assinou a Lei 8.069/90.ECA, em expressão juvenil de nojo. É a lei do “dimenor”. Cuidado quando defende esses precoces do crime.Você pode ser o próximo Maxwell. CONTRATAÇÕES Para ABC e América: Só adianta contratar se for para resolver. Trazer jogador mediano ou igual aos que já estão aí é até masoquismo. É só para encher a paciência da torcida. Se não der, vai com o que tem até o final do campeonato.

Campeão Juvenil no Aberto da Austrália, Tiago Fernandes é um dos cinco brasileiros com título de Grand Slam aproximação de Mendieta e Wesley para auxiliar a dupla da frente. Além de apostar nos seus reservas, principalmente. "Em todos os jogos, estamos provando que nosso elenco é qualificado. Independentemente de quem jogar, tem que dar conta do recado. E tenho certeza de que dará. Vivemos uma fase muito boa e queremos nos manter assim", disse o lateral esquerdo Juninho. Além de Valdivia, Alan Kardec e Vinicius, também desfalcam o Palmeiras os volantes Eguren, à

disposição do Uruguai para enfrentar o Japão em amistoso nesta quarta-feira, na Ásia, e Léo Gago, que mantém trabalho de recuperação física depois de operar o tornozelo direito em maio. Ausências que complicam a missão diante de um dos principais candidatos a subir. Após chegar perto da Série A no ano passado, o Joinville começa a 15ª rodada em oitavo lugar, a dois pontos da faixa de acesso. O Verdão, contudo, faz campanha bem superior: os catarinenses têm 21 pontos, con-

tra 34 da equipe de Kleina, líder com dois pontos e um jogo a mais em relação à Chapecoense, segunda colocada. O time do técnico Ricardo Drubscky vem de derrota para o Paysandu, em Belém, e só somou seis pontos nos últimos oito jogos. Mas pode chegar a uma das quatro primeiras posições caso derrote o líder da competição. Para isso, Drubscky contará com as voltas do zagueiro Rafael e do volante Augusto Recife, que cumpriram suspensão no Pará.

SEM FUTURO Os nomes citados pelos lados do ABC principalmente, não acrescentam. Somam pelo aspecto do amontoado. Jamais pelo crescimento, avanço ou expansão. ERICK FLORES Para se ter uma ideia da fase: A ausência de Erick Flores é lamentada aos quatro cantos da Frasqueira como se fosse a de um Alberi, de um Danilo Menezes, de um Jorginho ou de um Marinho Apolônio. É como a seca no Nordeste de 1983. SEM CRIATIVIDADE Está no meio-campo o drama do técnico Argel Fucks do

América. A criatividade, tão decisiva algum tempo atrás, foi embora. O América joga na correria. COPA AMÉRICA No dia 13 de agosto de 1975, o Brasil goleava a Venezuela por 6x0 pela Copa América com 31.870 torcedores no Estádio Mineirão. Gols de Roberto Batata(2), Nelinho, Danival, Campos e Palhinha. O técnico Oswaldo Brandão montou o escrete com base em Cruzeiro e Atlético. TIMES Brasil: Raul; Nelinho, Luís Pereira, Amaral e Getúlio; Vanderlei, Danival e Marcelo(Palhinha); Roberto Batata, Campos e Romeu(Joãozinho). Apenas o miolo de zaga, Luís Pereira do Palmeiras e Amaral do Guarani não jogava em Minas Gerais. Venezuela: Arizoleta; Ochoa, Useche, Marquina e Torres; Alejo, Acurcio e Rivas(Ruben); Mendoza, Iriarte e Paez.


Cultura

Terça-feira

Natal, 13 de agosto de 2013

O Jornal de HOJE 17

Fotos: Divulgação

O REI DO ROCK NÃO MORREU! DANIELA PACHECO EDITORA DE CULTURA

Nos idos dos anos 50, foi Elvis Presley que popularizou o rock n´roll, gênero até então considerado música de negro. E, até os dias de hoje arrebata fãs em todo o mundo. Para se ter uma ideia, ele é um dos artistas que ainda hoje mais vende discos, sem contar, que é um dos mais imitados também. Clones, covers e discípulos é o que não faltam por aí e ajuda manter vivo o eterno Rei de Rock. “Não acho que as pessoas só morrem quando são esquecidas, que não é o caso de Elvis, que é tão lembrado depois de 36 anos de morte, que por sinal é 16 de Agosto, o dia do show em Natal”, destaca o artista cearense Gerardo Alves, mas que prefere ser chamado de Gerard Presley. O Rei do Rock nasceu em 1935 e natural de Tupelo (Mississipi) marcou a história da música mundial ao apresentar-se com um balanço singular de seus quadris no compasso do som enérgico de sua guitarra e com roupas excessivas conseguiu escandalizou a sociedade da época e perpetuar a sua obra, dança e trejeitos. E, quem já viu garante, o cearense não sobe no palco para ao embalo das músicas balançar o esqueleto. O artista é um dos poucos que realmente canta acompanhado

por uma banda, dispensando o uso de play-back e se apresenta em Natal, no Aquaria Natal Hotel, nesta sexta-feira, dia 16, às 20h, data do aniversário de falecimento do rei do rock. A entrada é gratuita. Na oportunidade, ele vai cantar algumas das músicas que fizeram e fazem sucesso até os dias atuais, como: "Hound Dog", "Don't Be Cruel", "Love me Tender", "All Shook up", "Teddy Bear", "Jailhouse Rock", "It's Now Or Never", "Can´t Help Falling In Love", "Surrender", "Crying In The Chapel", "Mystery Train", "In The Ghetto", "Suspicious Minds", "Don't Cry Daddy", "The Wonder Of You", "An American Trilogy", "Burning Love", "My Way", "My Boy" e "Moody Blue". O JORNAL DE HOJE entrevistou o artista que é considerado um dos melhores covers do Brasil, Gerard Presley que promete relembrar essa sensação internacional, com uma técnica mais apurada, nos tons originais e com roupas Jumpsuits. O JORNAL DE HOJE - O que motivou se tornar cover de Elvis Presley? Gerard Presley - Eu sou fã do Elvis desde os meus 12 anos, aos 15 apendi violão popular, aos 23 me formei em Inglês para cantar as músicas do Rei

e as pessoas diziam que minha voz parecia com a dele, então me tornei músico e no reveillon de 2000 para 2001 eu tive a minha estreia. O JORNAL DE HOJE - Como foi o seu encontro com a arte do rei do rock? Gerard Presley - A minha estreia foi muito emocionante e ao mesmo tempo tensa por causa da responsabilidade de representar o maior ícone da música. O JORNAL DE HOJE - O que representa a música na sua vida? Gerard Presley - A música me preenche por completo, tanto na vida pessoal quanto profissional. O JORNAL DE HOJE - Quando você esta no palco caracterizado de Elvis. Não surge a dúvida se a plateia curte o rei ou você? Gerard Presley - Quanto ao Elvis eu não tenho dúvidas, porque eu vejo de criança a idoso acessando o Elvis na net e nos meus shows todos participam, agora quanto a mim eu sempre fico tenso antes de subir ao palco com medo de não agradar a todos. O JORNAL DE HOJE - Um detalhe dos seus shows é que você não dubla as músicas. Por que?

Gerard Presley - Pois é, como disse anteriormente, antes de imitar o Elvis nos bailes, as pessoas sempre me pediam suas músicas por achar minha voz parecida com a dele, e eu não teria coragem de dublá-lo. O JORNAL DE HOJE - Já pensou em seguir carreira autoral? Gerard Presley - Sim, inclusive já compus algumas, mas vou deixar meu coração decidir, pois sou muito feliz fazendo o que faço. O JORNALDE HOJE - O que foi mais difícil para compor o personagem? Gerard Presley - Tudo, porque o Elvis é um artista muito completo, desde a voz à performance no palco, por isso eu sou muito centrado no show. O JORNAL DE HOJE - O que você preparou para esse show em Natal? Gerard Presley -Eu preparei um repertório das músicas mais solicitadas, como " It's now or never” e “Kiss me quick", em torno de 25 músicas. O JORNAL DE HOJE - Qual é o seu maior sonho? Gerard Presley - Meu maior sonho é cantar em Las Vegas vestido de Elvis.

Cultura HOJE DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com REGISTRO A equipe da Comissão Permanente de Apoio a Estudantes com Necessidades Educacionais Especiais da UFRN (CAENE) e alunos com deficiência visual do Projeto de Extensão Flauta Doce, coordenado pela professora Catarina Shin, da Escola de Música da UFRN (Grupo Esperança Viva), visitaram a exposição fotográfica coletiva “O rosto real nunca é suave”, que contou com a curadoria do consagrado fotógrafo Numo Rama, dos fotógrafos Carla Belke, Rhovani Bezerra, Silvia Batistuzzo, Simone Sodré e Hugo Macedo, todos participantes do Grupo de Estudos Fotográficos 50 milímetros e do Movimento Alumiar. Os visitantes, além de disporem do Braille, contaram com a presença de pessoas da CAENE (Aparecida e Ricardo, entre outros), que fizeram a descrição das fotos e instalações. A idéia do grupo Grupo de Estudos Fotográficos 50 milímetros e do Movimento Alumiar foi muito elogiada e parabenizada. “Eles disseram que foi a primeira vez em Natal que viram uma exposição acessível a pessoas com necessidades especiais e também que os autores estavam disponíveis para conversar e ouvir, além de debater o tema da acessibilidade”, revelou Silvia Batistuzzo. Depois das discussões sobre exposição e acessibilidade, onde ouvimos muitas sugestões os alunos presentearam os expositores com apresentação de musica popular brasileira em flautas doce. “A tarde não poderia ter terminado mais doce que isso!” Concluiu Silvia Batistuzzo.

com Dani Pacheco

R$ 50 MILHÕES PARA CULTURA DURANTE A COPA A ministra da Cultura, Marta Suplicy, anunciou que o valor investido ultrapassará R$ 50 milhões e que o objetivo é ampliar a imagem que o mundo tem do Brasil, apresentando sua riqueza e diversidade. “Temos cerca de R$ 19 milhões para o edital cultura, R$ 17,5 milhões para a revitalização de equipamentos escolhidos pela cidades-sede, R$ 20 milhões da Petrobrás para museus, R$ 2 milhões para flash mob – muito interessante na cultura – e R$ 12 milhões para os espaços cultura fan fests, que acontecerão nas cidades-sede. São quase R$ 60 milhões que estamos investindo de formas diferentes”, disse Marta. APRESENTAÇÕES CULTURAIS Mesmo a ministra ter ressaltado que o Brasil é reconhecido pelo samba, carnaval, música e futebol e que a realização da Copa do Mundo no Brasil é o momento de ampliar essa identidade. A principal ação da pasta é o edital do concurso Cultura 2014, que prevê a contratação de, no mínimo, 1.200 apresentações culturais para o período da competição (10 de junho a 15 de julho) para reforçar a programação cultural das cidades-sede. E, POR FALAR... Alguns dos grandes nomes da músi-

ca potiguar já começaram a ser contatados pela produção local. A média dos cachês oferecidos será de R$ 1. 500,00. Então, os R$ 12 milhões serão divididos entre a infra-estrutura das fan fests e pagamento das 1.200 apresentações? Como o que está sendo contatado por aqui na terra de Poty para alguns será destinado em torno de ‘mil conto’para cada grupo local. Se a banda tiver mais de 10 músicos, produtor, roldie, técnico de som, entre outros, não vai dar nem para pagar o táxi. Agora, vale salientar que esses cachês são para os que fazem a cultura potiguar. Os cantores baianos de axé o valor do cachê é outra coisa. E, viva a cultura potiguar! NÃO CUSTA NADA PERGUNTAR... Vai ser cobrado ingresso nas fan fests ou a entrada será gratuita? SÓ PARA LEMBRAR... Na ocasião, a ministra fez questão de destacar que “o Ministério da Cultura é voltado, sem dúvida nenhuma para a inclusão social. Temos tido ações nesse ângulo todo tempo. Imaginamos que essa Copa não pode ser para meia dúzia, tem que ser para o Brasil inteiro. Nós vamos fazer todo o esforço para que assim seja, além de mostrar a nossa identidade brasileira, que é tão diversa, rica e bonita”.

ARTE A exposição "A Lua em Conceição", do artista plástico Flávio Freitas, permanece aberta à visitação na Sala de Seminários do Sesc Centro até 30 de agosto, de segunda a sexta, entre 8h e 17h.


18 O Jornal de HOJE

Cultura

Natal, 13 de agosto de 2013

Canal 1

BATE-REBATE w Meio que na surpresa, a Globo estreou, domingo, a segunda temporada da série “Revenge”. w A Band poderá realizar, ainda este ano, algumas mudanças bem importantes na sua programação... w ... A prioridade é mexer com os horários mais desguarnecidos... w ... Ou aqueles que apresentam maiores problemas com a audiência. w Dedicado ao Dia dos Pais, o “Esquenta” foi encerrado com a música “Pai”, cantada pelo Péricles, inclusive na presença do Fiuk, filho do autor Fábio Junior... w ... Tudo muito bonito e emo-

Na Globo é comum a novela das 7 entrar às 7 e meia, a das 8, que agora é 9, às 9 e 10, mas nenhuma se aproxima de “Saramandaia, anunciada como “novela das 11”. Inúmeros fatores exercem influência direta no bom desempenho ou não de qualquer programa, mas a fixação de um horário, com o número de ligados oscilando para cima ou para baixo, é sempre decisiva no registro da audiência. “Saramandaia”, levada ao ar de terça a sexta, em cada dia tem um horário de exibição diferente, comprometendo seriamente os seus resultados. É difícil para o telespectador se habituar a uma variação dessas. Até os que pretendem gravar, se utilizando das facilidades oferecidas por operadoras como Net e Sky, são surpreendidos com as alterações. “O Astro” e “Gabriela”, em seus períodos de exibição, não enfrentaram nada parecido. “Saramandaia” tem lá os seus problemas, mas este, o de entrar a qualquer momento, com certeza é um deles.

Divulgação

POR FLÁVIO RICCO - Colaboração: José Carlos Nery - flavioricco@gmail.com.br

Questão do horário

Com o “Casos de Família” passando a semanal, a partir do dia 21, o SBT vai abrir mais um horário de novela. No dia 19, faixa das 17h30, será reapresentada a mexicana “O Privilégio de Amar”. Faleceu ontem em São Paulo, aos 72 anos, o narrador esportivo Ênnio Rodrigues, conhecido pela sua atuação no Scratch do Rádio, da rádio Bandeirantes. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

w A LISTA É GRANDE Além da Thammy, Gabi pretende dar um avanço no seu trabalho. Também, para os próximos dias, estão acertadas, para o mesmo programa, gravações com Daniela Mercury e Harry Louis. w QUESTÃO DA BOLA É de uma burrice extrema a CBF insistir com a bola laranja nos jogos noturnos do campeonato brasileiro. Os estádios brasileiros, com as suas iluminações precárias, não permitem nada diferente que a branca. É um detalhe, mas no futebol, é só o mais importante. w RESERVA DE MERCADO É complicado entender. O campeonato espanhol, com Neymar, Messi, Kaká e companhia bela, será transmitido pela Espn na TV fechada. Na aberta por nenhuma, porque a Sky não permite. Aí entra a ques-

tão: a Sky é produtora ou distribuidora? w OUTRO PROBLEMA O Esporte Interativo, para todos os efeitos, é uma televisão aberta. Para o mercado, pelo menos, é apresentada assim. Mas como explicar a presença dele na ABTA, congresso de televisão por assinatura? w FUGA ESTRATÉGICA Considerado principal evento da TV por assinatura e banda larga da América Latina, a ABTA teve mais uma edição encerrada na última semana. E entre os seus participantes, foi reforçada a tese de se estabelecer uma grade, em termos de prime time, sempre a partir das 10 e meia da noite. Disputar com novela da Globo, concluiu-se, não dá. w TRILHA SONORA “Pecado Mortal”, da Record, inclusive o seu tema de abertura, terá 80% de músicas de fora, com sucessos da década de 70. Este é o plano. A relação está pronta e só não é divulgada porque ainda faltam as autorizações.

ESTRELAS

Carol Castro recebe Angélica em casa para gravação do “Estrelas” que a Globo exibe dia 17. A atriz, atualmente na “Dança dos Famosos” e “Amor à Vida”, ensina a fazer tapioca.

w FESTADE LANÇAMENTO A Record deverá fazer um evento em São Paulo para promover a estreia de “Pecado Mortal”, além de uma grande festa no Rio de Janeiro, embalada pelas músicas da sua trilha sonora. Festa anos 70. w CADÊ O HOMEM? No SBT estão todos com uma interrogação em cima, querendo saber notícias do dono. A volta do Silvio Santos às gravações, para aumentar o suspen-

HORÓSCOPO Áries 21/03 a 20/04 Focalização máxima em assuntos financeiros - vença a impaciência e fale com o gerente, reveja custos, planeje o fim de dívidas. Critério ao lidar com recursos de outras pessoas, tanto no trabalho como no âmbito pessoal. Saúde merece uma boa desintoxicação.

Leão 22/07 a 22/08 Lua e Saturno juntos em Escorpião marcam o fim de um ciclo doméstico, familiar. Decisões maduras podem ser tomadas a partir de agora em relação a casa, propriedades e imóveis, bem como a familiares idosos. Conte com uma intuição poderosa, um anjo da guarda.

Sagitário 21/11 a 21/12 O astral está favorável a você, desde que se mantenha longe das fofocas e seja super discreto em relação aos seus planos. É dia de doação pessoal, de mostrar sua generosidade ao próximo. Tudo sem alarde e com muito otimismo.. Notícias de um amor antigo.

Touro 21/04 a 20/05 Clima astral um tanto sério demais para os assuntos do coração, mas apropriados para tomar decisões importantes a respeito de sociedades e participação em empreitadas conjuntas. Pode ser que você tenha de se distanciar de um grupo. Não ceda a ciúmes com seu amor.

Virgem 23/08 a 22/09 Para quem ama as delicadezas de uma vida bem disposta, hoje você tem motivos pra se alegrar. Lealdade e compromisso, por exemplo, são ingredientes essenciais pra você progredir no trabalho com vistas a uma viagem. Assuntos de casa em pauta de noite.

Capricórnio 22/12 a 21/01 Um temperamento disposto ao trabalho como o seu não se espanta com dificuldades. Mirando o futuro será mais fácil mostrar aos próximos a sua intrepidez e boa disposição. Exemplo para os menos corajosos. Hoje tenha cuidado com as palavras - elas podem pesar demais.

Gêmeos 21/05 a 20/06 Saúde, consultas medicas, relacionamento com empregados, tarefinhas chatas a cumprir, problemas com o convênio - há um limite pra tudo e não adianta insistir! Reconheça e siga dentro do possível. Clima astral favorece o exame intimo, mas esfria relações amorosas.

Libra 23/09 a 22/10 O cenário astral está favorável para empreendimentos imobiliários e decisões relativas a imóveis em geral. Você fará bons negócios, poderá se sair muito bem. Autoconfiança e consciência de seus talentos ajudam no trabalho também. Assuma seus limites no amor.

Aquário 21/01 a 19/02 Reserve um período para as atividades físicas - será ótimo para manter seu pique. E você vai precisar dele pra enfrentar demandas e responsabilidades que chegam urgentes do campo profissional. Escolha bem o que irá manifestar para o mundo. Frieza amorosa.

Câncer 21/06 a 21/07 As coisas estão mudando pra melhor! Depois de dias de embates e desgastes, chega o momento de fazer um balanço mais objetivo do que pode negociar com parceiros. Casa e trabalho estão ainda num momento de escolhas e decisões importantes. Intuição a toda prova!

Escorpião 23/10 a 21/11 Hoje a Lua transita seu signo, anunciando dias ótimos pra você cuidar bem de si, de sua aparência e saúde. Pode agendar uma viagem ou resolver assuntos pendentes na justiça; embora um tanto demorados, serão favoráveis a você. Pegue leve com seus queridos.

Peixes 20/02 a 20/03 Os afetos tomam a dianteira de tudo hoje. O que ser�� maravilhoso para o âmbito amoroso e com filhos. Também para mostrar toda a sua profunda criatividade. Porem deve ter cuidado com as relações sociais e profissionais. Com elas fará falta a objetividade. Esforce-se.

VENDO OU ALUGO - (14 Anos) MOVIECOM 3 - Hora:15:20 / 17:20 / 19:25 / 21:30 CINEMARK 4 - Hora:13:30 / 15:40 / 18:00 / 20:00 / 22:00

18:45 / 21:00 CINEMARK 6 - Hora:14:00 / 16:30 / 19:10; Hora: 21:30 [NÃO será exibida Terça-feira (13/08) e Quinta-feira (15/08)] CINEMARK 7 - Hora:14:55 / 17:15

CINEMA WOLVERINE: IMORTAL - (14 Anos) MOVIECOM 1 – Hora:16:25 / 21:00 MOVIECOM 6 – Hora:16:40 / 21:35 CINEMARK 3 - Hora:14:40 / 17:30 / 20:20; Hora: 23:20 (Sáb) MEU MALVADO FAVORITO 2 - (Livre) MOVIECOM 1 – Hora:14:20 / 19:00 CINEMARK 1 - Hora:12:45 / 14:50 / 17:10 O CONCURSO - (12 Anos) MOVIECOM 2 – Hora:14:35 / 19:10 CINEMARK 5 - Hora:12:50 / 17:20 / 19:20 / 21:20; Hora: 23:40 (Sáb) RED 2 APOSENTADOS E AINDA MAIS PERIGOSOS - (14 Anos) MOVIECOM 2 – Hora:16:35 / 21:15 CINEMARK 7 - Hora:19:40 / 22:10

CÍRCULO DE FOGO - (12 Anos) MOVIECOM 4 – Hora:15:10 / 18:00 / 20:50 CINEMARK 1 - Hora:19:30 / 22:20 CINEMARK 2 - Hora:15:50 / 21:40 CINEMARK 2 - Hora:13:00 / 18:50 OS ESCOLHIDOS - (14 Anos) MOVIECOM 5 – Hora:15:00 / 17:15 / 19:30 / 21:45 OS SMURFS 2 - (Livre) MOVIECOM 6 – Hora:14:25 / 19:20 MOVIECOM 7 – Hora:14:15 / 16:30 /

cionante, menos aquele gesto da Regina Casé com o dedo seguido de um chiado. Ali, aquilo não cabia. w “Amor à Vida”, com capítulos intensos de emoção, alcançou seu recorde semanal entre os dias 5 e 10 passados, números de São Paulo... w ... Fechou com 37 pontos de média e 61% de participação. w Nesta terça-feira, em um evento, a TV Paranaíba, de Uberlândia, afiliada da Record no Triângulo Mineiro, irá apresentar a sua nova programação local.

C´EST FINI

>> TV - TUDO w É COISA NOSSA Integrada ao SBT, como repórter do “Famoso quem”, Thammy Gretchen vai iniciar o seu desfile pelos diversos programas da casa. Nesta semana, abrindo a série, ela será entrevistada no “Gabi quase proibida”, da Marília Gabriela.

Terça-feira

MINHA MÃE É UMA PEÇA (12 Anos) CINEMARK 5 - Hora:15:00 ANTES DA MEIA NOITE (14 Anos) CINEMARK 6 - Hora:21:30 [SOMENTE Terça-feira (13/08) e Quinta-feira (15/08)] OBS: A programação pode ser alterada sem prévio aviso. Favor consultar o cinema para confirmar o filme do dia.

se entre os presentes, foi marcada e desmarcada diversas vezes. Ontem, de novo. Quem conhece, sabe; é leão na jaula. w BATERAM O MARTELO A direção da Record, depois de tirar algumas questões da frente, decidiu que será ainda este ano a exibição da série “A Bíblia”, “The Bible”. Falta marcar a estreia. São 10 episódios. Nos Estados Unidos, pelo History Channel, foi vista por mais de 100 milhões de pessoas.


Cidade

Terça-feira

Natal, 13 de agosto de 2013

Fotos: Canindé Santos

MUITO MATO E LIXO:

terreno em desuso causa transtorno à população INSETOS

E USUÁRIOS DE DROGAS TOMAM CONTA DO LOCAL ABANDONADO

Localizado na esquina entre a Avenida Antônio Basílio e a avenida Dr. José Gonçalves, um terreno baldio tem causado transtorno a população natalense. Em desuso há anos, o local está dominado por um grande matagal. Muitos moradores das proximidades já procuraram os órgãos responsáveis, porém sem nenhum sucesso. Os pedestres que passam todos os dias se arriscam a caminhar pela rua, pois do lado da Avenida Dr. José Gonçalves, está se formando um verdadeiro depósito de lixo, impedindo a passagem das pessoas na calçada. Os carros estacionados na via completam o cenário de barreiras para os transeuntes que passam diariamente no local. Os vizinhos ficam preocupados com o abandono, pois várias pragas e insetos se manifestam no terreno. Além disso, o terreno é ocupado por usuários de drogas que costumam usar a região para utilizar entorpecentes. Francisca de Assis, vizinha do terreno, reclama da sujeira e, segundo ela, o que mais incomoda são os mosquitos que atacam os moradores. Com o risco de dengue após o período de chuvas, o medo é que a doença afete alguém da família. Francisca revela que antes manda-

Lixo impede o uso da calçada pela população que se arrisca no meio da rua va limpar o terreno, mas hoje costuma ligar para a Urbana prestar o serviço, entretanto, depois do serviço tudo volta ao “normal”. Além de mosquitos, ratos e baratas são outros bichos também causadores de transtornos à população, que corre risco até mesmo de pegar alguma doença mais grave.

Outra reclamação é da entrada de algum estranho na propriedade. "Algumas vezes quando eu passo aqui na frente vejo pessoas dormindo no meio do mato", disse a mulher denunciando a utilização do terreno até mesmo para o uso de drogas. "Se você for ali perto do muro, tem até um caminho, de

tanto que eles entram", completou Francisco Alves, dono de uma cigarreira na Avenida Antônio Basílio, na frente do terreno. "Os mais prejudicados são a população vizinha. A governadora deveria fazer algo", completou Solano Ambrósio, funcionário de um estacionamento vizinho ao terreno. Pelo estabelecimento é possível ver os muros destruídos, e a altura da vegetação. O terreno que antes era de posse da Secretaria Estadual de Tributação, foi repassado para a Procuradoria Geral do Estado, e segundo o procurador geral Miguel Josino, existe o projeto de construir no local uma repartição do órgão. Entretanto, o projeto está em processo de licitação, e com o regime financeiro vivido pelo Rio Grande do Norte, a construção só deverá ser iniciada em 2014. Quanto à limpeza do terreno, o gerente administrativo, Caio Vinícius Oliveira, revelou que o serviço já está programado, e existe uma equipe terceirizada para a realização. Porém, devido à posse de um novo procurador adjunto, a data não está marcada. Ele revelou o agendamento de uma reunião, mas garantiu que no máximo em trinta dias a faxina será concluída.

> AUGUSTO SEVERO

Ônibus que dá acesso ao Aeroporto altera a rota e prejudica os usuários A Linha A da empresa de transporte coletivo Trampolim da Vitória é o único ônibus que pode entrar no Aeroporto Internacional Augusto Severo, que fica no município de Parnamirim, região metropolitana de Natal. No entanto, o veículo teve o seu trajeto alterado há mais de um ano e tem prejudicado as pessoas que necessitam se deslocar até o aeroporto. A Trampolim da Vitória afirmou que a linha sai do terminal, que fica no bairro de Rosa dos Ventos, em Parnamirim, e passa pela BR-101, depois entra no Aeroporto Augusto Severo e, em seguida, vai para Natal. Na volta para o seu terminal, o ônibus não passa mais no Aeroporto, portanto, quem vai no sentido Natal-Parnamirim não tem acesso, através de ônibus, para o terminal. Quanto às linhas alternativas, a Cooperativa de Transportadores Autônomos de Natal (Transcoop-Natal) disse que não existem transportes alternativos da capital que tenham acesso ao Augusto Severo. Há cinco anos Ingrid Leite trabalha no setor de cargas da Infraero. Ela conta que não dispõe do cartão de passagem Trampolim Card, e considera uma falta de respeito por parte da empresa mudar a rota do transporte sem uma discussão com os usuários. "Estou indignada. A linha A

José Aldenir

Usuários reclamam por não terem sido ouvidos pela empresa antes da mudança que fazia o trajeto Natal/ Aeroporto não entra mais. Para quem vem de Natal não há mais ônibus direto para o aeroporto. Pagamos uma tarifa de R$ 2,60 para nos deixar no aeroporto e temos que descer na BR nas proximidades do posto, a mercê de acidentes, assaltos, estupros, como já aconteceu com várias mulheres", relata Ingrid Leite. Ela conta que a empresa disponibilizou um microônibus que

faz a integração até o Aeroporto, no entanto, para que essa integração seja feita é necessário que o usuário tenha um cartão de bilhetagem eletrônica. Quem não possui o cartão é obrigado a desembolsar mais R$ 1,25, totalizando R$ 3,85 pelo deslocamento de Natal até o aeroporto. "Se a empresa Trampolim da Vitória não tem condições de suprir as necessidades dos trabalhadores que usam

este serviço diariamente, abra mão da licitação que lhe foi concedida para que outra empresa possa nos oferecer um serviço de vergonha", desabafou a usuária. A Trampolim da Vitória informou que por ser uma empresa intermunicipal tem um método de cobrar tarifa diferente do municipal, no intermunicipal a tarifa é cobrada por quilometragem e a linha A fazendo o itinerário de ida e volta entrando no aeroporto tinha uma quilometragem incompatível com a tarifa. A partir daí a empresa junto com os órgão competentes vinha discutindo o problema desde 2009 planejando reajustar a tarifa. De forma a não prejudicar os usuários, explica a empresa, foi feito um acordo na qual a solução encontrada foi a linha A, na ida, entrar no aeroporto, mas na volta, quem de Natal quiser ir ao aeroporto pode ir no alimentador, uma espécie de circular, que é a linha Q. Um micro ônibus fica esperando pela linha A, na BR, pega os usuários e levam até o aeroporto. A tarifa da linha Q é de apensa R$ 1,25, mas para quem tem o Trampolim Card pode utilizar e assim fazer integração. A empresa informou que a linha faz as viagens entre 12 e 15 minutos no máximo. Esse é o tempo que o usuário irá esperar o mesmo em qualquer parada.

O Jornal de HOJE 19


20 O Jornal de HOJE

Natal, 13 de agosto de 2013

Cidade

Terça-feira

Érika Nesi Moda & Atitude erikamnesi@hotmail.com

Ah, quer saber...

Divulgação

BobFlash

Cazuza & Chilli Beans A marca de óculos Chilli Beans não para. Depois de firmar várias parcerias com estilistas famosos, agora lança uma coleção inspirado no astro do pop rock da década de 80, o exagerado Cazuza.

“Dia da Fibromialgia” é sucesso Dr Levi Jales e Vilma exultantes com o sucesso do evento "O Dia da Fibromialgia e o IV encontro das Ligas Acadêmicas de Saúde", o qual foi contemplado com a presença maciça de profissionais da Saúde, sobremaneiradestacado pela atuação de Doutora Sumatra Jales que abordou o tema " Urgencias e emergência em Odontologia" e do Dr Levi Jales Neto que focalizou "As fibromialgias/ Enfermidades Reumatológicas".

t t t

Letras de músicas O bacana é que óculos e relógios da marca, possuem além do design inspirado no cantor, letras das suas músicas e terão parte do lucro revertida para a Sociedade Viva Cazuza. Só que tem um porém: a coleção só será vendida durante o Rock in Rio, ou seja, em setembro.

t t t

Anitta "pre-pa-ra" o Praia Devassa dia 21 de setembro com o "Show das Poderosas"

Fim do mistério. Sucesso no Brasil em 2013, Anitta chega a Natal dia 21 de setembro para apresentar o seu "Show das Poderosas" no Praia Devassa, que fica na Via Costeira.

t t t A aniversariante de hoje Cristiane Queiroz comemora a data com familiares e o love Guto Rodrigues

Allan Liderzio na XTreme

I Mostra artefacto/home.D BobFlash

BobFlash

t t t

A turnê...

A turnê de Anitta já é sucesso em todo o Brasil e chega pela primeira vez ao Rio Grande do Norte trazida pela 98 FM, B! Shows e Jovem Pan Natal. O hit ''Show Das Poderosas'', que dá nome ao show, é famosa pelo refrão "Prepara que agora é a hora do show das poderosas".

t t t

Evento reúne tendências e profissionais renomados da arquitetura local

t t t

Show das Poderosas

A música está entre as mais tocadas em diversos estados e foi apresentada em diferentes programas de TV. O clipe do "Show das Poderosas" tem quase 45 milhões de visualizações no Youtube. t t t

Mais detalhes

Nos próximos dias, a organização vai divulgar mais detalhes de outras atrações da festa assim como os locais de venda dos ingressos nas redes sociais da B! Shows (@B_shows: instagram e twitter).

Com abertura para o público marcada para o dia 29 de agosto, a I Mostra artefacto/home.D reúne um mix de trabalhos de arquitetos e decoradores consagrados no Rio Grande do Norte. Serão 10 espaços ambientados livremente por profissionais de diferentes estilos, que ao longo dos 30 dias de evento, transformarão o espaço em uma vitrine exclusiva.

Beleza de mãe para filha :Ana Cecília e Cleide Ratis em dia de lançamento literário Divulgação

Daniele e Ricardo Bezerra no show do Revelação Divulgação

Instalada na sede da artefacto/home.D, com arquitetura moderna e um espaço de aproximadamente 500m², recheado de obras de arte, peças de design e os últimos lançamentos do mercado, a Mostra é localizada em um endereço nobre da capital potiguar e servirá de inspiração para muitos profissionais e participantes, prometendo ser um novo ponto de encontro para quem gosta de decoração, design, arte e boa gastronomia. t t t

Salada de Fruta

Mostra artefacto

O tropicalismo encheu o verão 2014 com estampa de frutas, de todos o tipos, das mais diversas cores e tamanhos. Elas chegam impressas tanto nos vestidos de festas, quanto em biquínis, pode apostar... t t t

Tons adocicados

Mas quem pensa que a coleção verão chega somente com tons vibrantes, está redondamente enganado. Os tons adocicados no melhor estilo romântico, ou como os fashionistas adoram falar: lady like. Daí surgem os conjuntinhos monocromáticos, os shapes sequinhos, a alfaiataria minimal e a dupla blazer e saia lápis.

Gracita e Ciro Pedroza na exposição do artista Mocó BobFlash

Vilma/Levi Jales, Sumatra/Levi Neto Canindé Soares

t t t

Calendário anual da cidade Por essa razão, a partir deste ano, a artefacto/home.D lança ao calendário anual da Cidade, a Mostra como evento tradicional da arquitetura e pretende reunir a assinatura de grandes profissionais, com móveis sofisticados, acabamentos manuais e concebidos um a um, para encantar quem visita a loja artefacto/home.D.

t t t

Antonio Gentil é agraciado com a Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho

Destacado por sua atuação no segmento do varejo e franchising, o empresário Antonio Gentil recebe nesta próxima quarta-feira (14), em Brasília, a Comenda da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho. A condecoração é uma iniciativa do Tribunal Superior do Trabalho (TST) através do presidente do TST, Carlos Alberto Reis de Paula. t t t

Bem merecida

A indicação de Gentil, que se tornará Comendador, foi feita pelo ministro Emmanoel Pereira e teve aprovação de todos os membros do Órgão Especial da Corte. Personalidades do segmento empresarial, político, judiciário, esportivo e do entretenimento, além de instituições de destaque no Brasil, também receberão a OMJT. A cerimônia acontece na sede do TST.

O evento é idealizado pela empresária e arquiteta Ysnara Almeida, que segue os moldes da tradicional Mostra artefacto, num projeto de expansão da franquia, e apresenta ao público o conceito das marcas artefacto/home.D, além de mostrar ambientes que imprimem o porquê da empresa ser referência no setor.

t t t Casal lindo: Manuela Guedes e Eduardo Fonseca no show do Revelação

Pryscilla Freire e Suzana Scott apresentadoras do Miss RN

Roger&Gallet traz ao Brasil fragrância masculina Roger&Gallet traz para o Brasil sua primeira fragrância exclusivamente masculina: L'Homme Sport, um perfume refrescante e discreto, para entrar na rotina dos homens, assim como o simples gesto de se barbear. Trata-se de um perfume marcante, dotado de uma personalidade original, mas perfeito para ser usado no dia a dia. Até amanhã!


13082013