Issuu on Google+

Terça-feira

Ano XV w NATAL-RN,

11 DE DEZEMBRO DE 2012 w Nº 4.512

R$ 1,00 w jornaldehoje.com.br Wellington Rocha

> PRIMEIROS NA LINHA DE SUCESSÃO NÃO ASSUMEM

Vereador Ney Lopes Júnior será o prefeito de Natal a partir desta sexta-feira PAULINHO FREIRE E EDIVAN MARTINS PREFEREM NÃO CORRER O RISCO DE ASSUMIR O EXECUTIVO E PERDER SEUS MANDATOS NO LEGISLATIVO POLÍTICA 3

Vice-presidente da Câmara, o 4º na linha sucessória, Ney Júnior confirma que aceitará o desafio

José Aldenir

> CASO RANIERE E GEORGE

Juiz afirma que o TRE está discutindo se exclui a legenda ou a coligação POLÍTICA 3

> PROJOVEM TRABALHADOR NO RN

Dois mil jovens e adultos prestigiam lançamento do programa de capacitação CIDADE 7

> INVESTIMENTOS

Em clima de aula magna, alunos do programa dos governos federal e estadual que prevê qualificação profissional lotaram o Centro de Convenções

Grupo paulista negocia 70% do Norte Shopping. Sócio prevê crescimento ECONOMIA 8

> REDE ESTADUAL DE ENSINO

Pais de alunos aprovaram renovação de matrículas através do SIGEduc Heracles Dantas

ESCREVEM ARTIGOS DA EDIÇÃO DE HOJE Armando Negreiros Augusto Coelho Leal Maciel Matias João Felipe da Trindade Minervino Wanderley Sérgio Luiz Bezerra Trindade OPINIÃO - Página 2

Na E.E. Floriano Cavalcanti, esta manhã, mães elogiavam atendimento ágil após a implantação do Sistema Integrado de Gestão da Educação: "Sem fila" CIDADE 6

Túlio Lemos

Marcos A. de Sá

Página 3

Página 8

w Garibaldi sinaliza cada vez mais forte para o rompimento com o governo de Rosalba. INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,07 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,14 R$ 2,07

Página 12

w Presidente da Faern reclama da falta de crédito para produtor rural resistir à seca. Euro x real R$ 2,70 Poupança 0,5% / 0,41% Taxa Selic 7,25%

Daniela Freire

w Segundo Luiz Almir, Ricardo Motta será um dos articuladores do "grupo dos 17".

EMAIL REDAÇÃO:

Vicente Serejo

Rubens Lemos F.

Página 13

Página 16

w Há palavras que nascem na w Porte imperial e elegância de boca do povo e só muito de- ébano, Cláudio Adão tratava pois chegam aos dicionários. a bola com carinho e carícia.

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 11 de dezembro de 2012

ARMANDO NEGREIROS, médico (negreiros@digi.com.br)

Amancio

Terça-feira

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

MINERVINO WANDERLEY, jornalista (minervino@natalpress.com.br)

Guia OAB para sexo seguro A Internet tem coisas maravilhosas. Há algum tempo recebi uma apresentação bem ilustrada sobre o perigo de aventuras sexuais com pessoas conhecidas. E o camarada fazia um cálculo bem interessante. Farei um resumo. O título era "um caminhão de mulheres" e era assinado pela "Associação das Prostitutas do Estado de São Paulo". Conta que tudo começou quando Marcello engravidou Celline, uma estagiária. O cara fez algumas contas, mas Marcello jamais poderia ver, pois seria incitação ao suicídio. Vejamos os cálculos. Marcello ganha seis mil reais por mês. O juiz da vara de família condenou Marcello a pagar um terço do seu salário, durante 21 anos, para sustentar o seu rebento. Em números redondos Marcello desembolsará, todo mês, dois mil reais. Ao cabo de 21 anos ele pagará quinhentos e quatro mil reais. Se ao invés dessa aventura ele tivesse saído com profissionais, ao preço de quinhentos reais, cada uma, daria para ele "conhecer" mil e oito mulheres diferentes. A apresentação é feita com muito bom humor e termina com o seguinte conselho: Você pensou bem, não é? Estagiária, vizinha, cunhada, secretária: FUJA!!! Agora recebo do colega Armando Fortuna, anestesiologista e advogado em Santos, São Paulo, um texto que ele recebeu de Deusdedit Pinheiro. Vale a pena. Antes de transar, consulte SEMPRE um advogado. Você se lembra do tempo em que "sexo seguro" significava usar camisinha para evitar doenças sexualmente transmissíveis e gravidez? Esqueça, os bons tempos terminaram. Confira aqui as dicas para sexo seguro que um homem deve observar no maravilhoso mundo feminista moderno! A coisa está ficando assim: sabe aquela gatinha que você conheceu na balada, que deu a maior mole, você convidou para um motel e ela topou? Primeiro leve a garota a uma emergência hospitalar e solicite um teste

Artigo

de dosagem de álcool e outros entorpecentes, para evitar acusação de posse sexual mediante fraude. (Art. 215 CP); Depois passe com ela em um cartório e exija que ela registre uma declaração de que está praticando sexo consensual, para evitar acusação de estupro. (Art. 213 CP); Exija também o registro de uma declaração de que ela está praticando sexo casual, para evitar pedido de pensão por rompimento de relação estável. (Lei 9.278, Art. 7); Depois vá a um laboratório e exija o exame de beta-HCG (gonadotrofina coriônica humana) par a ter certeza que você não é o pato escolhido para sustentá-la na gravidez de um bebê que não é seu. (Lei 11.804 Art. 6); No motel ou em casa, use camisinha e nada de "sexo forte" pra evitar acusações de violência doméstica e pegar uma Maria da Penha nas costas; Além disso, você deve paparicálas, elogiá-las, jamais criticá-las ou reclamar coisa alguma, devem ser perfeitos capachos, para não causar qualquer "sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral", sem que tenha obviamente os mesmos direitos em contrapartida. (Lei 11.340 Art. 5); Na saída do motel leve-a ao Instituto Médico Legal e exija um exame de corpo de delito, com expedição de laudo negativo para lesões corporais (Art. 129 CP) e negativo para presença de esperma na vagina, para TENTAR evitar desembolsar nove meses de bolsa-barriga caso ela saia dali e engravide de outro. (Lei 11.804 Art. 6); Finalmente, se houver presença de esperma na vagina da moça exija, imediatamente, uma coleta de amostra para futura investigação de paternidade (Lei 1.060 Art. 3 inciso VI) e solicitação de restituição de eventuais pensões alimentícias obtidas mediante ardil ou fraude. (Art. 171 CP). Fazendo tudo isso, agora você pode fazer "sexo seguro". Se ainda estiver interessado!

AUGUSTO COELHO LEAL, engenheiro civil (arteepiso@digi.com.br)

A incompetência do serviço público Tenho a impressão que uma nova epidemia está surgindo no estado e atingindo principalmente os funcionários públicos, federais, estaduais e municipais. Acho que o monossílabo de determinadas pessoas desses setores saiu do lugar e alojou-se no cérebro, aliás não sei se têm cérebros. Na verdade o besteirol e a incompetência criam uma diarreia mental que chega a irritar. O DNIT é uma beleza, a duplicação e reparos na BR101, mostram e nos dão uma aula do que não se deve fazer na construção de uma rodovia. A seca matando o rebando e os governos estadual e federal quase inertes, o povo sofrendo barbaridade, até as igrejas caladas e o povo entregue à sua própria sorte. A URBANA, (Urgente Banalizaram Natal), é de fazer vergonha. Não sei e não entendo e não venham me explicar porque as ruas que serviam de roteiro para os trios do Carnatal, no outro dia estavam cheias de garis limpando e lavando com carros pipas. Enquanto isto o resto das ruas e avenidas entregues às baratas, ratos e mosquitos da dengue de tanto lixo acumulado. A propósito, telefonei para esta repartição denunciando um lixão existente na esquina da Rua Georgino Avelino com Av. Prudente de Morais, provocado por moradores de um pequeno imóvel, que são carroceiros. Um funcionário atendeu e perguntou onde era o imóvel. Respondi que era na esquina, que só tinha esta esquina e essa casa, pois em frente era um terreno baldio. Ele perguntou o número da casa. Respondi que era um casebre, dentro de um terreno, e que não tinha número. Na sua capacidade de atendimento e na sua nobre inteligência ele respondeu que eu tinha que ir lá, colocar um número e depois telefonar para ele comunicando o número do tal imóvel. Para não perder a viagem, perguntei ao cidadão se o monossílabo dele tinha número, caso positivo ele me fornecesse que eu colocaria lá. Arre. Haja paciência. Já que falei em besteirol administrativo, o secretário das finanças da Prefeitura de Parnamirim anunciou que é preciso aumentar o IPTU, pois a receita atual não dá para custeio e investimentos em obras urbanas. O povo continua pagando as contas. Que não dá para o custeio? Se a Prefeitura for administrada corretamente e honestamente tenho certeza que é suficiente. Quantos investimentos em obras urbanas, dou boas risadas. Ando pelas aque-

las bandas litorâneas como dizia Camões, "derna que King Kong era saguim" e só vi um prefeito fazer alguma coisa e muito pouco por aquelas praias e adjacências que foi Agnelo Alves. Nenhum outro fez nada, ou quase nada, as praias continuam abandonadas. Falando nisto, na Praia de Cotovelo existem taludes que para ter acesso ao mar, tem que se descer umas escadarias (construídas pelos veranistas). Pois bem, esses taludes têm uma vegetação rala, que no inverno devido o calor, queima toda e serve para juntar lixo que as pessoas visitantes jogam. Um amigo meu, veranista - não digo o nome porque ele tem medo que lhe cobrem mais caro o dízimo da sua igreja - limpou toda área do talude em frente a sua casa, colocou um ponto de água para regar as plantas, areia barrada e ia colocar uma grama especial vinda da Europa, indicada por um engenheiro agrônomo graduado pelo MIT, – sigla em inglês para Instituto de Tecnologia de Massachusetts, indicada para aquela região. Apareceu umas mentes iluminadas da Prefeitura mandou parar e ainda por cima multou o cidadão, é verdade? É por incrível que pareça é verdade sim, mas afinal estamos na era das mentes brilhantes. E como estamos lá pras cercanias do Pirangi, conforme o grande cronista social Durvalino Ambrósio, que beleza aquela obra no cajueiro ou Cajueiro como queiram. Sem dúvida nenhuma, obra de mente privilegiada, fico pensando eu que passei dezoito anos estudando, jamais teria condições de imaginar tamanha preciosidade em obra de engenharia cajupiranga, uma beleza, uma obra de arte. E por último no mesmo caminho, na Av. Roberto Freire, a pintura dos meios fios, "que beleza", obra digna das grandes metrópoles, se Ernest Hemingway pudesse apreciar aquela beleza, certamente ia escrever outro romance – Natal é uma festa – e na capa o lixo amontoado e em vez de moscas, borboletas voando de um lado para o outro, enquanto as rosas silenciosas dos canteiros prevendo que para os rio-grandenses do norte o próximo ano vai ser "mais pior" (como diz mestre José Miguel) para a população do que pinguim viver em Jucurutu. É gente por aqui vou ficando, e como diz o padre Antonino – Que Deus tenha piedade de nós, vá dá tanta estupidez assim junta na baixa da égua.

Manoel, o errante

Artigo

MACIEL MATIAS, médico (maciel.matias@terra.com.br)

Sobra para a classe média Sempre achei que estar na média era a melhor forma de sobreviver, em todos os sentidos. Ser o primeiro ou o último é sempre estressante e a curva de Gauss confirma esta verdade e a necessidade de correções. Segundo critérios do Banco Mundial (Bird), "classe média" é quem ganha por dia entre dez e cinquenta dólares. Com o dólar a dois reais, seria o equivalente a vinte a cem reais por dia, o que no mês representaria entre seiscentos a três mil reais. Em relatório recente o presidente do Bird, Jim Yong Kim, identifica um grupo chamado de "vulneráveis" que estão entre os pobres que ganham menos de quatro dólares por dia. Este grupo tem um grande risco de retroceder na escala social, nos cinco anos seguintes. Isto torna fundamental que medidas sejam tomadas impedindo este retrocesso. Quem sofre com estas medidas restritivas? Claro, é sempre a classe média. Na grande turbulência financeira que passa a Europa, as medidas, com objetivo de correção, são tomadas atingindo a classe média. A pressão do Fundo Monetário Internacional (FMI), não parece

Artigo

ter preocupação, nem condescendência, com a classe média e muito menos com a pobreza: quer resultados. Haja vista o que passamos no final dos anos 80 até meados dos anos 90. No entanto, foram medidas socioeconômicas implementadas pelos nossos economistas e políticos de então, que conseguiram ascender pessoas da faixa da miséria para a pobreza e ampliar a faixa da classe média, fato também reconhecido pelo presidente do Bird. Um alerta importante esta semana foi emitido por François Hollande, presidente da França, sobre medidas a serem tomadas, principalmente nas pessoas pesadamente atingidas com a crise econômica, no sul da Europa. Afirma ele: "há um limite para o sacrifício dos cidadãos, as pessoas precisam de esperança num horizonte cada dia mais distante, ocupado por cortes de gastos e medidas de austeridade". Michael Marder, professor e pesquisador da Universidade do País Basco, afirma que as condições impostas pela "troika" – Comissão Europeia, Banco Central Europeu e FMI – equivalem a adiar por tempo indeterminado a satisfa-

ção das necessidades básicas, daqueles aos quais foram pedidos sacrifícios, principalmente a classe média. É fundamental vislumbrar a luz no fim do túnel, um fim claro, sem perder a esperança, para justificar um grande sacrifício. Temos que tomar como exemplo este momento por que passa a Europa, onde na tentativa em legitimar a União Europeia, a um rápido crescimento econômico seguiu-se uma forte austeridade, desencadeando desestabilidade social e política. O Brasil, com suas dimensões continentais e desequilíbrios regionais, tem que ficar alerta, pois, diante de exemplos mundiais, necessita desenvolver estratégias de superação e antecipação de soluções para problemas semelhantes. O radicalismo, a impunidade e o descompromisso são exemplos de fatores que inviabilizam o desenvolvimento e impedem a estabilidade social e política de uma nação. A classe média como fator preponderante do equilíbrio, deve ser ampliada e preservada e a faixa dos chamados "vulneráveis" deve ser estimulada e fortalecida para não regredirem à pobreza.

SÉRGIO LUIZ BEZERRA TRINDADE, professor do IF-RN (slbtrindade@yahoo.com.br)

Saco sem fundo Há mais ou menos duas semanas houve surpresa com o convite feito pelo ministro da Educação, Aluízio Mercadante, à Cláudia Costin, ex-ministra da Administração no governo de Fernando Henrique Cardoso e hoje secretária municipal de Educação do Rio de Janeiro, para que assumisse a Secretaria de Educação Básica no Ministério pilotado por ele. Foi imediata a reação de parcela considerável de professores à possível nomeação de Cláudia Costin. Um abaixo assinado, com chavões e jargões do tempo do ronca, circulou pela internet. Em dado momento, o texto de autoria de não sei quem diz que a quase secretária de Educação Básica do Ministério da Educação

Artigo

(Cláudia Costin não aceitou o convite de Mercadante) deveria ser evitada no Ministério para que não reduza os alunos a "indivíduos médios, reproduções de tipos ideais que incorporam todos os traços e qualidades de que se nutrem as comunidades ilusórias". Se o texto formulado pelos professores não for, ele mesmo, uma ilusão, suspeito que não tenha sido escrito no idioma de Camões. É esse tipo de, digamos, reflexão feita pelo professores que tem infestado as universidades brasileiras. Os alunos são obrigados a ler e a ouvir baboseiras e depois saem a reproduzi-las nas escolas de ensino fundamental e médio como se fossem a última invenção na área de ciên-

cias humanas e sociais. Pede-se dinheiro para a educação como se o problema da área fosse apenas falta de dinheiro. É fato que vai para a educação menos dinheiro do que deveria. Mas é fato também que um dos grandes problemas da área é de gestão. De má gestão, como demonstra a infinidade de recursos despejados em programas e políticas fracassadas nos últimos anos. Acrescente-se ao quadro o fato de que os professores são formados num caldinho ideológico que passa a anosluz dos reais problemas de sala de aula e vê-se a ponta do iceberg que abalroou o imenso, velho e ultrapassado transatlântico que é o sistema educacional brasileiro.

JOÃO FELIPE DA TRINDADE, professor da UFRN, sócio do INRG e do IHGRN (jfhipotenusa@gmail.com)

Francisco Emiliano Pereira, pai e filho Quando estava escrevendo sobre o Professor de Latim, Francisco Emiliano Pereira, minha intuição dizia que poderiam ser dois com esse nome. Cheguei até escrever isso, mas apaguei. Com o artigo no ar, novas informações de amigos e pesquisadores foram chegando e comprovando uma intuição que foi desprezada. Mas, antes uma correção. No artigo sobre o mestre latinista, onde aparece Afonso Arinos, leia-se Almino Afonso. O primeiro documento, que me chegou às mãos, o óbito de Francisco Emiliano, foi enviado lá de Martins pelo pesquisador Junior Marcelino. Francisco Emiliano Pereira, branco, casado com Josepha Cordulina de Souza Pereira, morreu de hidropisia do peito, com a idade de quarenta e cinco anos, aos dois de agosto de mil oitocentos e sessenta e nove, e foi sepultado no cemitério público no mesmo dia, sendo encomendado solenemente. Padre Anísio de Torres Bandeira. Coadjutor. Com a informação acima, o fundador da cadeira de latim do Assú, em 1827, não poderia ser o Francisco Emiliano que foi prefeito de Martins. Mas, Junior Marcelino mandou o casamento que fecha a relação entre o que foi Professor de Latim e o que foi Prefeito de Martins. Aos vinte três dias do mês de agosto de mil oitocentos e quarenta e sete, em oratório privado, em minha presença e das testemunhas José de Souza Pereira e Domingos Velho Barreto Junior, receberam-se em matrimônio os meus paroquianos Francisco Emiliano Pereira Junior e Josefa Cândida de Souza, branco, aquele filho legítimo do Professor Francisco Emiliano Pereira, e esta filha legítima de João de

Souza Pereira, moradores nesta Vila e logo receberam as bênçãos nupciais; do que para constar fiz este assento em que assino. O Vigário Antonio de Souza Martins. Outra informação, para enriquecer nossos estudos sobre o mestre latinista, veio de Mossoró, do nosso amigo e genealogista Marcos Pinto. É uma partilha dos bens deixados pelo professor Francisco Emiliano, do qual ele extraiu o seguinte trecho, que nos interessa para este estudo. Dizemos nós, abaixo assinados, Maria Joaquina Chaves, Francisco Emiliano Pereira e sua mulher Josefa Cordulina de Souza Pereira, José de Souza Martins Pereira e sua mulher Emília Cândida de Souza, Manoel Antonio Pinto e sua mulher Rosa Caetana de Jesus, Francisco Fernandes Pinto e sua mulher Lucina Emiliana Pereira, Maria Joaquina de Chaves, solteira, idade de vinte e sete anos: aquela mulher do falecido Francisco Emiliano Pereira, e estes filhos e genros dos mesmos; que tendo falecido nosso marido, e pai no ano de mil oitocentos e cinquenta e oito, aos vinte de nove de julho, temos acordado unanimemente em proceder a partilha dos bens deixados pelo mesmo particular, e amigavelmente, e de conformidade com o beneplácito da lei, havendo para isto concordado todos nós os bens do monte, pedido para isto os autores, o herdeiro Francisco Emiliano Pereira, cujo termo de partilha convencional é da maneira seguinte: cidade de Imperatriz, 1º de abril de mil oitocentos e sessenta e dois. Seguem assinaturas. No mesmo dia, mês e ano retro, reunidos todos nós abaixo assinados, mulher, filho e genros do falecido Francisco Emiliano Pereira, e de conformidade com a con-

venção já declarada foram dados à partilha pela inventariante, viúva Maria Joaquina Chaves, os bens existentes no seu monte, bem como as dívidas ativas e passivas, os quais bens foram por nós avaliados unanimemente, tudo da maneira seguinte... Na relação acima são filhos: Francisco Emiliano Pereira, Emília Cândida de Souza, Rosa Caetana de Jesus, Lucina Emiliana Pereira, e Maria Joaquina de Chaves. Posteriormente, Marcos Pinto complementa com mais informações: Li em um compêndio de edição fac-similar do jornal "O Comércio de Mossoró", ano de 1904, de grande seca, que informa em uma das páginas que uma das suas filhas (de Francisco Emiliano), a esposa do advogado rábula Manoel Antonio Pinto, grande articulista das primeiras edições do jornal "O Mossoroense" (1873-1874), Sra. Rosa Caetana de Jesus, faleceu de inanição em Mossoró. Informa, ainda, Marcos Pinto, que José de Souza Martins Pereira (esposo de Emilia) é da gens dos Souza Martins, que vem do padre e político Antonio de Souza Martins. No meu blog, postei um artigo, A Paisagem Humana de Martins, de Franklin Jorge, que transcreve o testamento do Padre, bisavô de Junior Marcelino. Na relação dos filhos não aparece Antonio, cujo batismo transcrevi no artigo anterior. Deve ter falecido. Outro detalhe, importante, é que Domingos Velho Barreto Junior, que aparece como testemunha no casamento de Francisco Emiliano, era pai de Alexandrina Barreto Chaves, esposa de Joaquim Ferreira Chaves Filho. Este último foi duas vezes governador do Rio Grande do Norte.

Manoel é que se pode chamar de "self made man". Caçula de uma família de seis, ficou órfão de pai aos seis anos. A mãe, d. Hertha, teve que dar duro para sustentar a família, já que 'seu' Salim morreu sem deixar nada para a família. Aliás, deixou. Saudades, muitas saudades! D. Hertha trabalhava desde a manhã até à noite para colocar comida na mesa. Sobrou para Manoel, que cresceu sem ter os afagos e carinhos tão divinos e necessários de uma mãe. E assim, Manoel encarou seu futuro. Sempre aprendendo na dura escola da vida. Como tinha uma certa habilidade para o futebol, as coisas se tornaram menos difíceis, pois havia um lugar na pelada e a diversão estava garantida. E ele seguiu em frente, pulando as barreiras que, com muita frequência, apareciam à sua frente. Conseguiu terminar o curso primário e foi para o ginasial com dez anos. Ginásio 7 de Setembro. Aí, amigo velho, a coisa empacou. Penou para sair do primeiro ano, e ficou no segundo um bom tempo. Perambulou por alguns colégios, mas não achava graça em nada. Até expulso foi. Manoel começava a mostrar seu desgosto com a vida. Virou "hippie" e viajou em busca do sonho que ele criara em seus pensamentos. Nunca o achou. Voltou para casa, teve um acesso de lucidez, fez um supletivo e passou. O ginasial tinha ficado para trás. Empolgada, d. Hertha colocouo no Colégio Marista para fazer o científico e "pré". Chegou até o "pré', mas não suportou aquele ritmo "careta" que o levaria a fazer o vestibular, se formar e ser apenas mais um na multidão. Ele queria mais e resolveu dar um passo maior. Botou na cabeça que seu destino era São Francisco, Califórnia, terra na qual tudo era permitido. E falou que iria caminhando igual ao cara do Johnnie Walker. Na verdade, ele queria mesmo era imitar os caras de "Perdidos na Noite", Dustin Hoffman e Jon Voight, no filmaço de John Schlesinger. A decisão estava tomada. Mas, ("Mas" é de lascar! Tira a graça da coisa.) como não tinha uma prata no bolso, um cunhado o aconselhou a fazer um concurso, juntar dinheiro e, depois, partir para sua odisseia. Assim ele fez. Passou para os quadros do Banco do Brasil. Um glória pra todo mundo e uma chatice para Lauro. Tinha um porém nisso tudo. A grana que o BB pagava era respeitável, fato o que o colocava numa dúvida cruel: largar tudo e dar asas ao sonho ou ficar naquela de bancário? Mesmo a contragosto, optou por permanecer no emprego. Um belo dia, já casado com uma moça de nome russo e de tradicional família, foi a São Francisco conhecer o seu sonho. Só que de avião. Primeira classe. Cheio de mimos. Tudo em ceu de brigadeiro. Depois, escolheu a Europa como seu destino de férias. Foi várias vezes. Tinha bom gosto, o cara. Parecia que a vida, já cansada de tanto flerte, estava abrindo os braços pra ele. Mas Manoel não tinha jeito. Com quase 25 anos de serviço, pediu demissão e foi, mais uma vez, para a aventura da vida. Pena que ele tinha esquecido que os caminhos dessa vida que ele já conhecera eram muito tortuosos e cheios de armadilhas. E ele quase sucumbiu ante às adversidades. Ora, Manoel era um forte. Com a ajuda de amigos e parentes, refez-se das porradas, formou-se em Jornalismo e mostrou sua inteligência, o quinhão que lhe cabia na herança de d. Hertha. Não tive mais notícias dele. O que se sabe é que ele estava morando em frente a um bar em Lagoa Nova que, por sinal, tem um nome muito sugestivo para uma clínica de proctologia, estava solteiro outra vez, ainda correndo atrás da bola com seus ex-colegas do BB e pensando em ser evangélico. Gente boa, Manoel. Como dizem que ele parou de beber, espero que ele esteja tomando, no lugar de whisky, pelo menos um pouco de juízo. O JORNAL DE HOJE recebe colaboração pelo correio (Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova - Natal-RN, CEP 59056570), por fax (0xx84 3221-5058) e por email: artigos@jornaldehoje.com.br. Pede-se que os textos sejam concisos e contenham nome completo, endereço e telefone. O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de selecionar e publicar trechos.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Fernanda Souza Juliana Manzano João Ricardo Correia EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos EDITOR DE ESPORTES

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r Gabriel Negreiros EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Terça-feira

Natal, 11 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 3

Paulinho renuncia e Ney Jr assume Prefeitura de Natal por 10 dias úteis VEREADOR

DO

DEM

A Prefeitura de Natal vai cair no colo do vereador Ney Lopes Júnior. O 4º na linha sucessória, por ser o primeiro vice-presidente da Câmara Municipal de Natal (CMN) e não ter nenhum impedimento jurídico, o parlamentar do DEM se reunirá hoje com o atual gestor municipal, Paulinho Freire, do PP, e o presidente da CMN, Edivan Martins, do PV, para discutir a posse e as condições da Prefeitura. A gestão de Ney Júnior deverá durar 18 dias, sendo apenas 10 úteis. A informação foi confirmada a O Jornal de Hoje pelos envolvidos: Ney Júnior e Edivan Martins. E confirmada também pelo próprio Paulinho Freire a Edivan. "Ele afirmou que vai renunciar por escrito, não sabemos ainda se já na quarta-feira ou na quinta (a diplomação é na sexta-feira, em Natal)", antecipou Edivan Martins. Apesar de já ter comunicado ao pevista, Paulinho Freire ainda mantém segredo junto a Prefeitura. Afinal, em contato com a Secretaria Municipal de Comunicação, o secretário Gerson de Castro afirmou que a informação de momento é que na quinta-feira Paulinho vai dizer se fica ou não no cargo. A decisão de deixar a Prefeitura de Natal, na verdade, é uma medida de "segurança jurídica", tanto de Paulinho Freire, quanto do presidente da Câmara, Edivan Martins. O primeiro foi eleito vereador e, caso se mantenha como prefeito, há um questionamento jurídico se poderia ser ou não diplomado para a Câmara Municipal

SERÁ PREFEITO GRAÇAS AO TEMOR DE

PAULINHO FREIRE

E

EDIVAN MARTINS

COM DIPLOMAÇÃO José Aldenir

Paulinho Freire vai renunciar por escrito ao mandato de prefeito de Natal para não duplicar diplomas (um político não poderia ter dois diplomas). Para não enfrentar a dúvida e ter que transformar uma posse certa em algo questionável, Paulinho deverá renunciar a gestão municipal. O caso de Edivan Martins é semelhante, mas não igual. Ele não está garantido na Câmara Municipal, visto que seu novo mandato depende da decisão da Justiça Eleitoral, que analisa o cancelamento ou não do registro de candidatura dos vereadores Raniere Barbosa (PRB) e George Câmara (PC do B). Confirmando esses cancelamentos, Edivan Martins será diplomado. Não confirmando, ele

ainda pode recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas quer evitar mais um imbróglio jurídico na sua posse e não vai assumir a Prefeitura. Se a prefeita Micarla de Sousa foi afastada em meio a denúncias de corrupção feitas pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP/RN); o vice-prefeito (atualmente na condição de prefeito), Paulinho Freire, e o presidente da Câmara, Edivan Martins, não querem correr o risco de assumir e perder seus novos mandatos, sobrou para Ney Lopes Júnior (que não conseguiu se reeleger para mais quatro anos na Casa

Vereador Ney Lopes Jr. deve assumir Prefeitura de Natal com a renúncia de Paulinho Freire

Legislativa Municipal. "Fui sondado, questionado se assumiria a Prefeitura nessa condição, devido a impedimentos jurídicos que todos nós já sabemos. Eu confirmei que aceitaria o desafio, sem nenhuma vaidade, apenas para cumprir o meu papel constitucional por ser vice-presidente na Câmara", afirmou Ney Lopes Júnior, em entrevista ao JH. Segundo Ney Jr e Edivan Martins, os dois devem se reunir à tarde com Paulinho Freire para discutir como será a gestão de 18 dias. "Sobre como será minha administração e o que poderei fazer, prefiro só falar quando a situação

se confirmar", acrescentou Ney Júnior. Como vereador, agora em final de mandato, Ney Lopes conseguiu a aprovação de 38 leis municipais e tem a impressionante marca de não ter faltado a nenhuma sessão da Câmara. "Vou seguir minha vida com a sensação de dever cumprido", acrescentou. seguir minha vida com a sensação de dever cumprido", acrescentou. CAMPANHA Durante a campanha eleitoral, por sinal, Ney Lopes Júnior se destacou como um dos principais opo-

sitores da candidatura de Carlos Eduardo Alves. O vereador do DEM votou pela condenação dele na Câmara Municipal e, pouco depois, o processou devido a uma declaração do ex-prefeito (agora eleito) que teria dito que Ney Júnior teria recebido vantagem da governadora Rosalba Ciarlini (também do DEM), para votar contra ele na Câmara. O fato curioso de toda essa situação de divergência entre os dois, é que agora, será Ney Júnior que empossará o novo prefeito eleito, Carlos Eduardo Alves, para os próximos quatro anos a frente da Prefeitura.

> POLÊMICA DOS VEREADORES

Ibanez: “O TRE vai interpretar a própria decisão que tomou” O juiz da 1ª Eleitoral de Natal, Ibanez Monteiro, afirmou que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) está discutindo a própria decisão de anulação dos votos da coligação "União por Natal II", que resultou na retirada dos nomes de Raniere Barbosa (PRB) e George Câmara (PC do B) da lista de vereadores eleitos e inclusão de Edivan Martins (PV) e Claudio Porpino (PSB). "Quando eu decidi alterar o resultado da totalização dos votos, foi já baseado na decisão do TRE, cujo recurso de registro de candidatura, não era a respeito de decisão minha, mas do juízo da 69ª Zona Eleitoral. Eu cumpri a decisão, e aí o TRE está analisando a questão da interpretação do artigo 69 da resolução do TSE. Como o TRE na decisão interpretou que deveria ser aplicado o artigo 69, exclui os candidatos. Posteriormente, o TRE está discutindo se importava excluir só a legenda ou a coligação. Então, é o TRE que vai interpretar a própria decisão que tomou e não eu que já decidi a minha", explicou Ibanez. Assim, se não houver mudança no entendimento do TRE, o juiz da 1ª Zona Eleitoral de Natal diplomará, na próxima sexta-feira, os verea-

dores Raniere Barbosa e George Câmara como vereadores de Natal. Segundo Ibanez Monteiro, neste caso será cumprida a última decisão do TRE que, da terça-feira da semana passada. A decisão, embora em sede de liminar, se não for modificada, será a que valerá no dia marcado para a diplomação. O centro da discussão é a participação irregular do PT do B na coligação de Raniere e George, estando oficialmente coligada com outra coligação, a Transformar Natal. A ilegalidade gerou a aplicação do artigo 69 da resolução nº 23.373, do TSE, que diz que, "recebida a comunicação de que foi anulada a deliberação sobre coligações e os atos dela decorrentes (...), o juiz eleitoral deverá, de oficio, cancelar 'todos' os pedidos de registro, para as eleições majoritárias e proporcionais, que tenham sido requeridos 'pela coligação' integrada pelo respectivo partido comunicante". A aplicação deste dispositivo gerou o recalculo dos votos, com a consequente exclusão de Raniere e George da lista de eleitos do TSE. Com isso, os primeiros suplentes das coligações mais votadas, no caso, Edivan Martins (PV) e Claudio Por-

Arquivo

partido irregular, e não os demais partidos. O problema é que a resolução fala em "cancelar todos os pedidos de registro, para as eleições majoritárias e proporcionais, que tenham sido requeridos pela coligação". E é isso que os advogados discutem no TRE. Caberá à Corte Eleitoral julgar no mérito se irá prevalecer este entendimento. "Por esta última decisão, serão diplomados os vereadores de-

clarados eleitos no primeiro resultado, o Raniere Barbosa e o George Câmara. A decisão não pode ser descumprida", afirmou nesta manhã ao Jornal de Hoje e o juiz Ibanez Monteiro. "Se o Tribunal daqui para sexta feira não modificar esta liminar que foi decidida, se não apreciar o mérito, serão diplomados conforme a liminar". Hoje serão julgados dois recursos eleitorais envolvendo o tema, de autoria também da "União por Natal II". Os dois reursos, também de autoria da coligação de Raniere e George, se somam à reclamação Na prática, nos três recursos há uma tentativa de mudar a decisão do próprio tribunal nos autos do outro processo, de número 14.732, que anulou os votos da coligação. Na visão dos advogados de Edivan e Claudio, todos os três recursos eleitorais e reclamações são vias jurídicas inadequadas para este fim. Na verdade, segundo esses advogados, a discussão acerca da aplicação do artigo 69 já é considerada "coisa do passado" porque transitou em julgado, e não poderia ser discutida. Neste sentido, houve manifestação do próprio presidente do TRE, João Rebouças, que na ses-

são da terça-feira da semana passada acusou o erro processual. "Na verdade, os advogados de Raniere e George Câmara deveriam ter discutido a aplicação do artigo 69 no outro processo, mas não falaram nada, nem recorreram dessa aplicação, daí o trânsito em julgado", afirmou uma fonte jurídica que acompanha o desenrolar desse processo, pedindo para não ser identificado. Na verdade, meio mundo jurídico aguarda o desfecho deste caso, para saber que solução o TRE dará ao imbróglio processual-jurídico. Para Ibanez Monteiro, porém, cada decisão tem seu momento. "No momento está prevalecendo decisão liminar do Tribunal. Se não houver modificação, seja pelo tribunal regional, ou TSE, a liminar do Tribunal está válida", afirmou. Sobre o mérito da aplicação do artigo 69, Ibanez afirmou que cabe ao TRE fazer. "Essa analise o tribunal é que tem que fazer. O juiz não tem poder nenhum de interferir na decisão do Tribunal. Pelo contrário, deve cumprir. Não tenho como nem posso descumprir", salientou o magistrado. "Já decidi o que me caberia decidir. Agora, há recurso do tribunal, cabe ao tribunal".

como se buscasse uma recompensa pelo fato do DEM ter anunciado apoio a Henrique.

ção e sem ameaça para renovar o mandato; a única ameaça viva é Lula. Sem ele...

visitar Zé Dirceu na cadeia e nem ajudar em 'vaquinha' para pagar as multas dos condenados.

é ladrão ou está pensando em ser".

DESGASTE O PT nacional enfrenta uma onda de desgaste por conta de casos de corrupção. Além das condenações no STF por causa do Mensalão, agora surge Marcos Valério para jogar Lula no núcleo sujo do poder. E não será culpando parte da imprensa e da oposição que o partido vai convencer a sociedade do contrário.

LUCIDEZ O prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad, entrevistado ontem no Roda Viva, da TV Cultura, disse que não há o que contestar, do ponto de vista institucional, o STF pelo julgamento e condenação de petistas no caso do Mensalão.

Juiz Ibanez Monteiro “Quando eu decidi, foi baseado em decisão do TRE” pino (PSB), passaram a integrar a lista dos eleitos. Na semana passada, ao julgar uma reclamação dos advogados de Raniere e George, o TRE voltou a abordar o assunto em sua pauta, interpretando de modo diferente o artigo 69. Por quatro votos a dois, os juízes eleitorais decidiram que a punição - cancelamento dos registros e tudo o que decorre disso, como a votação, diplomação, posse - atinge apenas o PT do B,

Túlio Lemos POLÍTICA - TÚLIO LEMOS ROMPIMENTO O ministro Garibaldi Filho afirmou, em entrevista à jornalista Ana Ruth, da Tribuna, que o estoque de paciência dele já se esgotou em relação à gestão Rosalba Ciarlini. O pai de Waltinho disse que seu primo Henrique Alves é que tem sido mais paciente nesse caso. ESTILO Para quem conhece o estilo de Garibaldi e de Henrique, sabe que as palavras dos dois sinalizam para um rompimento praticamente irreversível. Gari disse na Tribuna o que já havia dito a O Jornal de Hoje, reforçado pelo desabafo ácido de Henrique nestas páginas, reclamando que ficou ainda mais rouco de tanto falar sem ser ouvido. RECOMPENSA A governadora Rosalba Ciarlini

tuliolemosjh@gmail.com / www.tuliolemos.com.br / twitter: @tuliolemosrn

disse ontem a O Jornal de Hoje que foi a Brasília prestar apoio ao nome de Henrique Alves como candidato a presidente da Câmara dos Deputados. A Rosa mencionou o fato como demonstração de que a relação com o PMDB está boa e como se tivesse alguma força no DEM nacional para fazer o partido apoiar o namorado de Laurita. APOIO A candidatura de Henrique não depende em nada do apoio de Rosalba. O respaldo do DEM é importante, pois reforça que candidato do PMDB, mesmo sendo aliado do Governo Dilma, também recebe apoios de partidos da oposição, mas independente disso, pois ele já contabiliza número bem acima de qualquer expectativa para ser eleito presidente da Casa. O que Rosalba fez soou

CONSPIRAÇÃO Como tudo na política parece ter cheiro de conspiração, já há quem ache que a presidente Dilma possa estar por trás do fato de Marcos Valério ter incluído Lula no Mensalão. Afinal, Dilma governa sem oposi-

LUCIDEZ II Haddad afirmou que acompanhou a nomeação da maioria dos ministros do STF pelo Governo do PT, o que afasta qualquer conotação de politização do Supremo. O prefeito eleito disse que as condenações podem ser avaliadas por juristas, mas não contestadas. Haddad também afirmou que não vai

PEC 37 O deputado Felipe Maia nunca foi alvo de nenhuma investigação do Ministério Público. Aparentemente, tem vida limpa e nada a temer. Como será que se posiciona em relação a PEC 37, que tira poder de investigação do MP? Resta saber também como será a posição de Betinho Rosado, Sandra Rosado, Henrique Alves, João Maia e Paulo Wagner, pois Fátima Bezerra e Fábio Faria já revelaram posição contrária à PEC da impunidade. TEMOR A coluna continua achando que "Político que é a favor da PEC 37 ou

DISCUSSÃO Mais uma vez, o jurista potiguar Erick Pereira, é destaque na imprensa nacional. A revista Época, na coluna de Felipe Patury, publica posição do filho de Emmanoel a respeito de condenações do STF: "O Congresso Nacional não é instância recursal para submeter a decisão do Supremo Tribunal Federal a uma censura da Casa Legislativa. Se os direitos políticos foram suspensos não há o que se falar em mandato eletivo. As afirmações são do advogado Erick Wilson Pereira, constitucionalista da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo, e se referem à possibilidade dos parlamentares envolvidos no julgamento do mensalão perderem os seus cargos ao final do processo no STF".


Política

Natal, 11 de dezembro de 2012

4 O Jornal de HOJE

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

De prós e contras Ministro da Fazenda (maio de 1993 a março de 1994) sob o governo Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso liderou a reforma monetária que criou o real. A partir da nova moeda, iniciou-se no Brasil fase de relativa estabilidade da inflação. E lá se vão quase duas décadas. No seu período presidencial, subsequente ao de Itamar, o sociólogo FHC começou a implantar uma política de transferência de renda. O processo foi ampliado pelo sucessor, o ex-líder sindical Lula da Silva. nnn Impulsionada pelas ações nos mandatos do social-democrata e do petista, a economia prosperou nos 16 anos em que os dois lideraram a República, embora a crônica registre descompassos ali e outros acolá. O bom resultado supera eventuais insucessos, alguns, diga-se, provocados e alimentados pela crise internacional do último quadriênio. nnn O desempenho econômico e a resultante social desenham um cenário de progresso. Saliente-se que sublinha bem mais os indicadores de desenvolvimento, apesar do ressurgimento de índices inflacionários preocupantes, do que de melhora na qualidade de vida. Cabe, agora, a Dilma Rousseff tomar o pião na unha. Por enquanto, prestes a concluir o segundo ano de governança, a Presidente está na etapa de treino com apoio da torcida. Falta-lhe juntar à ética que pratica a dinamização administrativa que não alcançou. nnn Pós-escrito: na era Fernando Henrique, foi de 2,3% a média anual de crescimento da economia; sob a administração Lula, quase duplicou (4,06%); nos dois primeiros anos do governo Rousseff, 1,85%.

A nova tentativa Idas e vindas do anteprojeto da reforma política. Às vésperas do recesso parlamentar, o filme continua em cartaz por poucos dias. Mas, o debate vai ser retomado depois de eleitas, em fevereiro, as mesas diretoras da Câmara e do Senado. nnn Na falta de consenso e tempo – até aí, nenhuma novidade –, diminui-se o raio de ação da outrora “ambiciosa mudança”. Está circunscrita a três pontos: 1. Bloqueio de tempo no rádio e tevê, além de recursos do fundo partidário, para dificultar a criação de legendas (*); 2. Fim de coligações nas eleições proporcionais – vereadores e deputados (estaduais e federais); 3. Financiamento público de campanha. nnn (*) É possível a abertura temporária de janela para permitir a mudança de legenda sem prejuízo para os vira-casacas.

(

PERGUNTAR NÃO PAGA IMPOSTO

CURIOSIDADE APENAS Quem interroga é Luiz Fux (foto), ministro do Supremo Tribunal Federal, a propósito da cassação de parlamentares-réus na Ação Penal 470 – apelidada Mensalão: “Será que os mandatários do povo podem continuar falando pelos cidadãos depois de condenados criminalmente?”.

LEITURA DINÂMICA t Uma boa aposta: na sessão de amanhã do Supremo, Celso de Mello deve defender a cassação imediata do mandato dos parlamentares condenados pela Corte. O voto dele desempata o placar 4 a 4. t Rui Falcão vai reelegerse presidente nacional do PT. Ele é deputado estadual em São Paulo. t Os presidentes Dilma Rousseff e Vladimir Putin, reúnem-se, amanhã, em Moscou. Pauta prioritária do Brasil: fim do embargo russo à importação de carnes (bovina e suína); da Rússia: exportação de equipamento militar. t Além dos ministros Maria Elizabeth Rocha (STM) e Benedito Gonçalves (STJ),

dois tributaristas concorrem à vaga de Carlos Ayres Britto na Suprema Corte. t Dois senadores do Distrito Federal retiraram o apoio ao governador Agnelo Queiroz (PT). Cristovam Buarque (PDT) foi o primeiro; Rodrigo Rollemberg (PSB) oficializou a decisão ontem. t José Sarney adiou a votação, no Congresso (Câmara e Senado), dos vetos da presidente da República à divisão dos royalties do petróleo. Motivo alegado: a senhora Rousseff está fora do país. t Para refletir: “Aprendi que, na vida, você tem de viver o dia a dia. Projetos de longo prazo são muito perigosos” (Roberto D’Ávila, jornalista brasileiro).

)

Terça-feira

Indicado para TCE, Poti é acusado de causar prejuízo de R$ 2 milhões F UTURO

CONSELHEIRO VAI ENFRENTAR AÇÃO CONTRA SUA INDICAÇÃO

Ao que depender do Movimento Articulado de Combate à Corrupção (MARCCO), a Assembleia Legislativa do RN vai ter que escolher um novo nome para ocupar a vaga deixada pelo conselheiro Valério Mesquita (aposentado) no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Isso porque o MARCCO encontrou irregularidades na escolha, tanto pelo fato da escolha ter sido "meramente política", quanto por Poti Júnior, do PMDB, não ter, na visão do Movimento, a "conduta ilibada" necessária para ocupar o cargo. São seis ações por improbidade administrativa que o ex-prefeito de São Gonçalo do Amarante responde na Justiça Estadual. Um prejuízo aos cofres públicos que, somado, chega a quase R$ 2 milhões. Por isso, inclusive, o MARCCO vai entrar com representações no próprio TCE e no Ministério Público Estadual para que Poti não seja nomeado conselheiro. "O que o MARCCO observou é que todas as discussões giraram muito em torno de interesse político, não da qualificação profissional necessária. Não se olhou o currículo, se a pessoa tem o notório saber jurídico e contábil, porque isso sim é de interesse público", analisou a delegada da Polícia Federal Ohara Fernandes, presidente do MARCCO/RN. Além dessa ausência de análise curricular, há de se ressaltar também o fato de Poti Júnior não ter a chamada "ficha limpa". "Também nos chamou a atenção as ações a que o deputado responde por improbidade administrativa. Elas são incompatíveis com as atribuições do cargo de magistrado, de conselheiro. Quem ocupa funções assim não deve apenas aparentar uma conduta ilibada, é necessário que tenha e consiga provar, realmente, uma conduta ilibada. Causa estranheza o fato que um ocupante de um cargo como esse tenha processos assim porque ele vai julgar pessoas assim". Ressaltando que essa análise deveria ter sido feita na Assembleia Legislativa (e não o foi), Ohara Fer-

José Aldenir

Deputado Estadual Poti Jr. venceu eleição interna na Assembleia contra Fábio Dantas e será indicado para o TCE nandes garante que vai entrar com uma representação no MPE e no próprio TCE contra a nomeação de Poti Júnior. "O presidente do Tribunal de Contas pode não nomear se não quiser. No TCU (Tribunal de Contas da União), já teve um desse, que o presidente não nomeou porque o indicado não atendia as expectativas da Corte de controle da legalidade", acrescentou. A presidente do MARCCO/RN também cobrou uma mobilização maior da sociedade em torno dessa situação. Segundo ela, é necessário que as pessoas se articulem contra esse tipo de manobra. "Aqui as pessoas tem muito a presunção de inocência, não dão muita importância a quem responde um processo se não tiver sido condenado, mas isso não pode ser levado ao extremo". PROCESSOS Segundo Ohara Fernandes, o MARCCO já teve conhecimento que Poti Júnior responde a processo da Polícia Federal, que chegou a ser arquivado no Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), porque prescreveu, e tem ações por improbidade administrativa na Jus-

tiça Estadual, nas comarcas de São Gonçalo do Amarante e Natal. Ainda está acompanhando no TCE um levantamento feito pelo órgão para saber se Poti Júnior tem alguma condenação na Instituição, o que tornaria sua situação ainda mais grave. Na internet, O Jornal de Hoje encontrou uma condenação sofrida pelo deputado federal em 2010, quando ele foi condenado a devolver R$ 70 mil aos cofres públicos. A acusação, feita pelo Ministério Público, é referente ao período em que foi prefeito de São Gonçalo do Amarante, em 2002. De acordo com a sentença, Poti teria firmado convênio com Estado, para licitar, contratar e executar um empreendimento, feito pela construtora Ecocil. Contudo, sem nada realizar, utilizou parte da verba para pagar dívida com construtoras e serviços vinculados a outro negócio jurídico, inclusive simulando a prestação de contas. Poti Júnior entrou com recurso no Tribunal de Justiça do RN e o caso ainda tramita no órgão. E não é só. Esse, por sinal, é um dos valores mais baixos de processos. Em outra ação é possível encon-

trar um relatório expedido pela Corte de Contas (prova documental no processo número 000355315.2009.8.20.0129), em que Poti Júnior agiu "arbitrariamente e de forma ilegal na aplicação das verbas do Fundef". Com isso, teria causado um desvio de R$ 170,7 mil. O deputado estadual do PMDB, que tem a maior bancada na Assembleia Legislativa, também é acusado na Justiça Estadual de investir na saúde um percentual inferior ao que prevê a Constituição; causar de "dano ao erário" de R$ 403,6 mil em um processo, mais R$ 270 mil em outro e ainda R$ 1 milhão em outro. Se somadas, só essas ações teriam causado prejuízos ao erário de R$ 1,9 milhão. Contudo, a medida que o levantamento é feito, novos casos podem ser acrescentados, inclusive, com a situação atual dos processos. "Não temos o detalhamento dessas causas, mas vamos ao MP saber quais foram os motivos. Esse trabalho deveria ter sido feito na Assembleia Legislativa quando na discussão sobre a escolha, mas não foi", avaliou Ohara Fernandes.

> CONTRA A PEC 37

Ministério Público lançou hoje em Brasília campanha “Brasil contra a impunidade” O Conselho Nacional de Procuradores Gerais (CNPG) e associações representativas dos membros do Ministério Público de todo o Brasil lançaram nesta terça-feira, em Brasília, a campanha "Brasil contra a IMPUNIDADE" com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para a Proposta de Emenda à Constituição 37, apelidada pelos oposicionistas de "PEC da Impunidade", que confere poderes investigativos exclusivos às polícias Civil e Federal na seara criminal, inviabilizando a atuação de outros órgãos do Estado, entre eles o Ministério Público. O lançamento da campanha "Brasil contra a Impunidade" foi pela manhã, na sede do Ministério Público Militar (MPM), junto a uma entrevista coletiva à imprensa pelos presidentes das associações do MP e outras entidades de classe que se opõem à PEC da Impunidade, tais como a Federação Nacional dos

Heracles Dantas

Procurador Geral de Justiça do RN, Manoel Onofre Neto, participou do evento Agentes de Polícia Federal (FENAPEF), a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) entre outras. O procurador-geral de Justiça do Ministério Público do RN

(MP/RN), Manoel Onofre de Souza Neto, que está em Brasília para o lançamento da campanha, classificou como uma ofensa à sociedade a PEC 37. "Essa proposta é um acinte à população brasileira. Pode representar um golpe mortal no com-

bate à criminalidade, principalmente aquela em que bandidos do colarinho branco desviam recursos públicos da saúde e da mesa do trabalhador honesto. Seria um retrocesso sem precedentes para o País a aprovação da PEC 37. Um episódio deplorável que permitirá o coroamento da impunidade de criminosos em um país onde esta ainda insiste em ocorrer. De fato, uma grande derrota, não para a Instituição, mas para toda a sociedade brasileira", alertou. A campanha é organizada em conjunto pelo CNPG, pela Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), pela Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), pela Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM) e pela Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (AMPDFT).


Política

Terça-feira

Natal, 11 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 5

“Rosalba culpa a seca e Dilma para esconder sua própria incompetência” DEPUTADO FERNANDO MINEIRO, ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O deputado estadual Fernando Mineiro (PT), que faz oposição declarada ao governo Rosalba Ciarlini (DEM), afirmou hoje que a governadora culpa a seca no estado e a presidente Dilma Rousseff (PT) para esconder a incompetência e a falta de rumo da administração. Mineiro disse que, no que toca à seca, o governo dispõe de recursos, mas não soube operacionalizá-los. E quanto à queda do Fundo de Participação dos Estados (FPE), o petista assegura, com números, que não se tratou de grande perda para o estado como anunciou a governadora. “Rosalba culpou a seca e a presidente Dilma para esconder sua própria incompetência e falta de rumo do governo. E a falta de gerenciamento. O próprio governo Rosalba anunciou que existe cerca de R$ 756 milhões assegurados para enfrentamento da estiagem. É verba para sistema de adutora, poços, dessalinizadores, cisternas, barragens. Se não acontece é porque falta operacionalização. Se tem assegurados R$ 756 milhões, segundo o próprio governo dela, é

DO

porque falta gestão”, avalia o petista. O deputado do PT apresentou números. Segundo ele, o governo do Estado teve excesso de arrecadação de ICMS e a variação negativa do FPE de 2011 para 2012 (considerado até novembro), foi de apenas 1,15%, não sendo, na sua avaliação, uma diferença expressiva. Em 2011, a receita de FPE foi de R$ 2,442 bilhões enquanto que em 2012, até novembro, o Estado recebeu R$ 2,414 bilhões. “Como é que o governo fala em grandes quedas se o próprio Portal da Transparência está dizendo isso?”. Segundo Mineiro, o governo enfrenta dificuldades, como os demais estados do país. Mas, responsabilizar a seca e o governo Dilma pelos maus resultados da gestão, acrescenta o petista, “é uma forma de desviar a atenção diante da incompetência, falta de gestão e da dificuldade de operacionalização e administração do que existe”, avalia. “É lógico que todos os estados passam por dificuldade, agora é o próprio governo que divulga que foram destinados R$ 776 milhões para enfrentamento da estiagem no RN”, disse Mineiro.

PT,

AFIRMA QUE ATUAL GESTÃO ESTÁ SEM RUMO E SEM GERENCIAMENTO Arquivo

Mineiro: “Tem um entravamento na gestão do Estado. O Estado está travado e Rosalba quer responsabilizar o governo federal” Ainda de acordo com Fernando Mineiro, a administração do Estado sob a condução da governadora Rosalba Ciarlini passou o ano de 2011 culpando o governo passado, da ex-governadora Wilma de Faria (PSB) e de Iberê Ferreira de Souza (PSB), e agora quer encer-

rar 2012 culpando o governo federal. “Tem um entravamento na gestão do Estado. O estado está travado e ela quer responsabilizar o governo federal”, aponta. Para o petista, o fato é que o governo chegou à metade do mandato vivenciando uma crise adminis-

trativa e também política. “A crise administrativa se dá porque o governo não consegue administrar o Estado. E há crise política porque os próprios aliados estão a anunciar as rupturas”, analisar. Sobre a redução do IPI promovida por Dilma Rousseff, que im-

pacta na diminuição do FPE, Mineiro afirma que o governo federal busca formas de compensações adotando outras medidas de impacto econômico. “O governo está tomando medidas para manter a economia noutro rumo, dar sustentabilidade econômica ao país, e tem buscado medidas para compensar”, finalizou. Em entrevista ao Jornal de Hoje, Rosalba culpou a concessão de isenção de IPI por parte do governo federal e a seca, a maior dos últimos 50 anos, como agravante dos problemas da administração em 2012. “Tivemos um ano muito difícil porque tivemos uma frustração de receita que chega a quase R$ 300 milhões. Isso em função do IPI que, por decisão do governo federal, está servindo de estímulo à indústria automobilística, e retirou do FPE”, afirmou a governadora. Rosalba disse esperar que a desoneração do setor de automóveis e da chamada linha branca, que estão com IPI reduzido, não seja renovada para 2013. “Já foi renovado várias vezes. Espero que não seja de novo porque o prejuízo já foi grande em função da queda não só do FPE, mas do FPM também”, afirmou a governadora.

> OPERADOR ABRE O JOGO E ABALA A REPÚBLICA

Marcos Valério denuncia ao MPF que Mensalão pagava contas pessoais do ex-presidente Lula A prefeita afastada Micarla de Sousa, do PV, pode não ter sido a única gestora que teria usado recursos públicos para pagar contas pessoais. Na edição de hoje do Estadão, de São Paulo, o empresário Marcos Valério revelou em depoimento prestado à Procuradoria-Geral da República que o esquema do Mensalão ajudou a bancar "despesas pessoais" de Luiz Inácio Lula da Silva. Valério também afirmou que o ex-presidente deu "ok", em reunião dentro do Palácio do Planalto, para os empréstimos bancários que viriam a irrigar os pagamentos de deputados da base aliada. Valério disse ter passado dinheiro para Lula arcar com "gastos pessoais" bem no início de 2003, quando o petista já havia assumido a Presidência. Os recursos foram depositados, segundo o empresário, na conta da empresa de segurança Caso, de propriedade do ex-assessor da Presidência Freud Godoy, uma espécie de "faztudo" de Lula. Considerado o "operador do Mensalão", Marcos Valério afirmou ter havido dois repasses, mas só especificou um deles, de aproximadamente R$ 100 mil. Ao investigar o Mensalão, a CPI dos Correios detectou, em 2005, um pagamento feito pela SMPB, agência de publicidade de Valério, à empresa de Freud. O depósito foi feito, segundo dados do sigilo quebrado pela comissão, em 21 e janeiro de 2003, no valor de R$ 98.500. Diferente do que ocorreu no caso de Micarla de Sousa, em Natal, quando o

Fotos: Divulgação

Marcos Valério resolveu abrir o jogo ao Ministério Público Federal e contou o que sabe sobre Mensalão MP relatou e descreveu alguns dos gastos pessoais da gestora, Marcos Valerio não deu detalhes sobre o que Lula teria pago de conta pessoal com os recursos. As declarações teriam sido feitas em setembro, mas só agora o conteúdo teria sido revelado. Valério ainda afirmou que Lula atuou afim de obter dinheiro da Portugal Telecom para o PT; disse que seus advogados são pagos pelo Partido e que deu detalhes de uma suposta ameaça de morte que teria recebido de Paulo Okamotto, exintegrante do Governo, que hoje dirige o instituto do ex-presidente, além de ter relatado a montagem de uma suposta "blindagem" de petistas contra denúncias de corrupção em Santo André na gesHeracles Dantas

Senador José Agripino; “O PT não tinha acesso ao poder, teve e se embriagou”

tão Celso Daniel. Marcos Valério acusou também outros políticos de terem sido beneficiados pelo chamado "valerioduto", entre eles o senador Humberto Costa (PT-PE). A existência do depoimento com novas acusações do empresário mineiro foi revelada pelo Estado em 1º de novembro. Após ser condenado pelo Supremo como o "operador do Mensalão", Valério procurou voluntariamente a ProcuradoriaGeral da República. Queria, em troca do novo depoimento e de mais informações de que ainda afirma dispor, obter proteção e redução de sua pena. A oitiva ocorreu no dia 24 de setembro em Brasília - começou às 9h30 e terminou três horas e

Ex-presidente Lula sabia da criação do Mensalão e deu ‘ok’ para seu funcionamento, segundo Valério

meia depois; 13 páginas foram preenchidas com as declarações do empresário, cujos detalhes eram mantidos em segredo até agora. Segundo o jornal Estadão teve acesso à íntegra do depoimento, assinado pelo advogado do empresário, o criminalista Marcelo Leonardo, pela subprocuradora da República Cláudia Sampaio e pela procuradora da República Raquel Branquinho. No relato feito ao Ministério Público, Valério afirmou que no início de 2003 se reuniu com o então ministro da Casa Civil, José Dirceu, e o tesoureiro do PT à época, Delúbio Soares. Ao longo dessa reunião, Dirceu teria afirmado que Delúbio, quando negociava com Valério, falava

em seu nome e em nome de Lula. E acertaram, ainda segundo Valério, os empréstimos. Nessa primeira etapa, Dirceu teria autorizado o empresário a pegar até R$ 10 milhões emprestados. Terminada a reunião, Lula teria dito "ok". Lula também teria sido colocado como protagonista por Valério em outro encontro. Segundo o empresário, o ex-presidente negociou com Miguel Horta, então presidente da Portugal Telecom, o repasse de recursos para o PT. Segundo Valério, Lula e o então ministro da Fazenda, Antonio Palocci, reuniram-se com Miguel Horta no Planalto e combinaram que uma fornecedora da Portugal Telecom em Macau, na China, trans-

feriria R$ 7 milhões para o PT. O dinheiro, conforme Valério, entrou pelas contas de publicitários que prestaram serviços para campanhas petistas. CONTRA-ATAQUE Enquanto Marcos Valerio denunciou, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, defendeu. Classificou como uma "sucessão de mentiras" as declarações por Marcos Valério dadas em depoimento prestado pelo empresário mineiro. O dirigente afirmou que o PT não arcou com os honorários dos advogados de Valério, como este relatou à Procuradoria, conforme o jornal. "Não há nenhum pagamento do PT a advogados do Marcos Valério", disse.

Agripino pede fim da gestão PT: “É preciso trocar um ciclo de corrupção perigoso pelo bem das Instituições” A publicação do jornal Estadão serviu como uma luva para a oposição ao Governo Federal. Mais precisamente para o presidente nacional do DEM, o senador potiguar José Agripino Maia. Na manhã de hoje, diante das novas denúncias do "Mensalão" e também da Operação Porto Seguro, Agripino avaliou que o modelo de gestão do PT já "se exauriu" e uma mudança é fundamental "para o bem das instituições". "As pessoas se apropriam do Estado e, de tanto permanecerem em suas funções, pensam que o Estado pertence a elas. É o que está acontecendo no governo do PT. Não tinham acesso ao poder, tiveram e

se embriagaram com o excesso de poder", avaliou o parlamentar do DEM, pouco depois da publicação de uma matéria do jornal Estado de São Paulo com detalhes do depoimento de Marcos Valério, considerado o "operador do Mensalão", a Procuradoria-geral da República, onde ele revela a participação do ex-presidente Lula no esquema. Agripino lembrou as sucessivas denúncias de corrupção envolvendo o PT. Entre eles está o mensalão, considerado "maior escândalo do governo Luiz Inácio Lula da Silva e que atualmente está sendo julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF)", levando a condenação de representantes da cúpula do

partido, como o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genuíno e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares. "Só tem uma saída para isso: já que esse modelo está dando claros sinais de que se exauriu, é preciso trocá-lo com o objetivo de, consequentemente, mudar as pessoas", analisou José Agripino. "É preciso trocar um ciclo de corrupção perigoso pelo bem das instituições e dos interesses da sociedade", acrescentou Agripino. Além do Mensalão, é importante lembrar, José Agripino também citou a Porto Seguro, deflagrada no dia 23 de novembro pela Polícia Federal. A operação realizou buscas

em órgãos federais no Estado de São Paulo e em Brasília para desarticular uma organização criminosa que agia para conseguir pareceres técnicos fraudulentos com o objetivo de beneficiar interesses privados. O mais recente escândalo envolvendo a gestão petista é a Operação Porto Seguro. Vale lembrar que em contato com O Jornal de Hoje, na semana passada, José Agripino já havia ressaltado que o principal ponto deixado pelo julgamento do Mensalão foi o fato de que não importa o cargo que o político ocupa, "ele também vai para a cadeia", se referindo a cúpula do PT condenada no processo.


6 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 11 de dezembro de 2012

Terça-feira

Implantação do SIGEduc agiliza renovação de matrículas na rede estadual de ensino RESPONSÁVEIS

DEVEM COMPARECER ÀS SECRETARIAS DAS ESCOLAS PARA CONFIRMAR MATRÍCULA ATÉ ESTA

O período de renovação de matrículas para os alunos da rede estadual de ensino começou, e este ano, o processo está sendo realizado com o Sistema Integrado de Gestão da Educação Pública (SIGEduc), que foi implantado para agilizar e facilitar os processo de gestão escolar, dando suporte às instituições no que diz respeito aos dados dos alunos e assuntos pedagógicos. O prazo foi aberto desde ontem e permanece até a próxima sextafeira (14). Para realizar a renovação, os pais ou responsáveis devem se apresentar às secretarias das escolas, confirmando o interesse em manter o aluno matriculado na instituição. Hoje pela manhã, as escolas e os profissionais treinados já estavam preparados para receber os interessados na renovação. Na Escola Estadual Floriano Cavalcanti, muitos pais e responsáveis compareceram à secretaria para antecipar as solicitações, e os procedimentos foram realizados com agilidade. A dona de casa Elizângela Rodrigues, foi ao local para realizar a renovação da matrícula de seus filhos, e para ela, o SIGEduc agilizou muito o atendimento. "Todos os anos eu enfrentava uma fila enorme só para rematricular meus filhos, e agora, com esse sistema, tudo é feito pelo computador, eles já têm a ficha completa, com os dados dos alunos. Foi muito mais rápido do que eu pensava, não teve estresse, e ninguém reclamou", disse Elizângela Rodrigues. De acordo com a secretária da Escola Estadual Floriano Cavalcanti, Maria de Fátima Morais, a implantação do SIGEduc, apesar de ter sido feita recentemente, já

6a

FEIRA

Fotos: Herácles Dantas

Na Escola Estadual Floriano Cavalcanti, o sistema está funcionando normalmente e, com isso, procedimento se torna ágil

Para a secretária Maria de Fátima, sistema traz mudanças significativas para escola

está trazendo mudanças significativas para a escola. "O SIGEduc é um sistema muito bom e nossas expectativas estão sendo superadas. O atendimento está mais rápido, gerando menos transtornos tanto aos pais quantos aos funcionários, e já podemos perceber que isso é só o começo. Tenho certeza de que o sistema trará muito mais benefícios para as escolas estaduais", afirmou Maria de Fátima. A renovação de matrículas de alunos veteranos é a terceira etapa realizada desde que o SIGEduc foi implantado. A primeira delas foi a

ra do SIGEduc, Ana Paula Oliveira, o sistema ainda passa por adequações, mas está sendo implantado em todas as escolas de Natal, e posteriormente em todo o Estado. "O SIGEduc é um sistema novo e embora esteja funcionando muito bem, está passando por algumas adequações. Mas a Secretaria Estadual de Educação (Seec) pretende estendê-lo à todas as escolas da rede, em todo o Rio Grande do Norte. É só uma questão de tempo. Até agora, todas as etapas de utilização do SIGEduc foram realizadas sem problemas e está dando muito

oferta de vagas pelas escolas, e a segunda foi a matrícula de alunos portadores de necessidades especiais. Inicialmente, o sistema está disponível apenas nas escolas estaduais de Natal, atendendo um total de 112 unidades. Infelizmente, o SIGEduc não está ativo em todas as escolas da rede em Natal, e nessas unidades, os processos de gestão escolar permanecem como antes. Na Escola Estadual Vigário Bartolomeu, por exemplo, o SIGEduc ainda não foi implantado, e a funcionária, Francisca Gomes, lamenta que uma fer-

ramenta tão útil não tenha chegado à unidade. "Todos os colegas que trabalham em outras escolas comentam o quanto o sistema é bom e agiliza o atendimento, mas aqui ele não foi implantado. Poucos pais estão vindo agora pra fazer a renovação das matrículas, mas assim que as provas terminarem, o movimento vai começar. Infelizmente aqui na escola nós teremos que fazer do jeito antigo, apesar de existir uma ferramenta tão boa, que agilizaria muito todos os processos", afirmou a funcionária. De acordo com a coordenado-

certo. Além de agilizar os processos, também ajuda a implantar na comunidade a cultura de cumprimento de regras e prazos, já que todas as etapas têm período de início e término pré estabelecidos". Para os pais ou responsáveis que perderem o período de renovação de matrículas, que vai até a próxima sexta-feira (14), o procedimento não poderá ser feito nas escolas, pois o sistema estará bloqueado. Dessa forma, devem se dirigir à Secretaria Estadual de Educação (Seec) e solicitar a renovação junto à Central de Matrículas.

> REDE MUNICIPAL

Decisão do TJ inviabiliza conclusão do calendário letivo O cumprimento do calendário escolar dos alunos da rede pública municipal de Natal deverá ficar apenas no sonho dos alunos e professores. Isso porque o desembargador Vivaldo Pinheiro decidiu pela suspensão imediata da ordem do juiz da 2ª Vara da Infância e Juventude de Natal, que determinou ao Município de Natal que garanta e viabilize a conclusão do ano letivo de 2012 em todas as unidades escolares da rede municipal de ensino. A decisão do desembargador diz respeito ao repasse do valor de R$ 12 milhões por parte da Prefeitura para a Secretaria Municipal de Educação. Metade desse valor deveria ser pago em um prazo de 48h após a ordem do juiz da Vara da Infância, sendo a outra metade paga depois de passados 30 dias da ordem. Sem condições mínimas para realização de aulas presenciais em algumas escolas, a medida encontrada pelo Conselho Municipal de Educação para não prejudicar os alunos seria a de solicitar ao Prefeito de Natal que ele

declare estado de calamidade pública na Educação. Mesmo tendo conhecimento de que as escolas devem cumprir o mínimo de 200 dias letivos, o secretário de Educação Walter Fonseca disse que "a próxima gestão deverá achar um meio de cobrir esse prejuízo aos alunos". "As escolas que não tiverem condições de cumprir com o calendário letivo, por falta de verba, deverão esperar pela próxima gestão. Hoje o déficit na Educação é superior a R$ 100 milhões. Nós estamos buscando soluções, mas não vemos muito o que fazer. Estamos impossibilitados de continuar com as aulas", disse. Quando julgou o pedido de suspensão do repasse dos R$ 12 milhões, o desembargador Vivaldo Pinheiro observou que há evidências para a concessão do efeito suspensivo. Em sua decisão, Vivaldo ressaltou que não há dúvidas que a Constituição Federal norteia pelo princípio da absoluta prioridade e do melhor interesse da criança e do adolescente.

José Aldenir

Secretário diz que "próxima gestão deverá achar um meio de cobrir esse prejuízo”

Porém, explicou que há peculiaridades que o deixa impossibilitado de priorizar tal pleito. Segundo o desembargador, é de conhecimento geral o absoluto estado de calamidade das finanças do Município de Natal, com diversas denúncias de irregularidades, levando o Tribunal de Justiça, inclusive, a deferir o afastamento da então prefeita Micarla de Sousa. Os serviços públicos estão sendo prestados de forma insuficiente, resultante da desordem administrativa praticada por quase quatro anos de mandato, deixando o Município impossibilitado de honrar seus compromissos contratuais, legais e constitucionais. "Não há dúvidas que o requerimento do Ministério Público é totalmente plausível, uma vez que, caso não seja efetuado o repasse, as crianças e adolescentes frequentadores da rede de ensino municipal ficarão prejudicadas pela interrupção do ano letivo. Entretanto, tal requerimento encontra obstáculo no caos financeiro do Muni-

cípio", considerou. O desembargador considerou que se fosse mantida a decisão do MP, o pagamento da folha de funcionários seria inviável, possibilitando um possível e perigoso efeito multiplicador, já que, conforme afirmado, as obrigações não estão sendo cumpridas em quase todas as áreas. Ele chamou a atenção para o fato de que mais da metade do dinheiro do bloqueio/repasse, tem como objetivo efetuar o pagamento de serviços terceirizados, em detrimento dos servidores efetivos do quadro, nos termos da declaração da Secretária Municipal de Planejamento, Fazenda e Tecnologia de Informação. A direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte) informou a O Jornal de Hoje que se reunirá na tarde desta terça-feira com a promotora de Defesa da Educação, Zenilde Alves. Na ocasião, serão discutidas as medidas a serem tomadas para não prejudicar o ano letivo dos alunos da rede municipal de ensino.

Divulgação

> EXPORTAÇÃO DE SAL

Codern corre para cumprir TAC com MTE

Porto ilha de Areia Branca terá que cumprir, ainda hoje, medidas contidas no TAC

Para suspender a interdição imposta pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e voltar a operar na exportação de sal, o porto ilha de Areia Branca terá que cumprir ainda hoje, até o final do dia, uma série de medidas contidas do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado ontem pela Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern). Entre as medidas estão as de colocar barreiras provisórias em aberturas no piso, esteiras transportadoras, moegas, transmissões de força, polias, correias e outras partes móveis de máquina e equipamentos de forma a bloquear completamente o risco de apreensão de partes do corpo do trabalhador", bem como "as proteções provisórias deverão ser substituídas por proteções definitivas, fixas ou móveis, dentro do limite de tempo previsto em outras cláusulas do TAC.

Para os próximos 30 dias, a Codern está obrigada, mediante o mesmo Termo de Ajustamento, de "planejar e implementar estratégias de execução das ações preventivas e corretivas em Ergonomia, Segurança e Saúde do Traba-

está obrigada a coordenar, em cooperação com o Serviço Especializado em Segurança e Saúde do Trabalhador Portuário (SESSTP) e a Comissão de Prevenção de Acidentes no Trabalho Portuário (CPATP), a implantação de melhorias con-

O não cumprimento de cláusulas do TAC implicará em multa de R$ 5 mil/dia por obrigação descumprida, corrigida monetariamente e depositadas na conta do Fundo de Apoio ao Trabalhador (FAT). lhador, otimizando o gerenciamento do Sistema de Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho, de forma integrada e participativa com todos os setores da empresa, evitando os esforços isolados". Além disso, a Codern também

tínuas no ambiente do trabalho visando maior segurança, saúde e eficiência nos postos de trabalho. Da mesma forma, as instalações sanitárias, vestiários, refeitórios, alojamentos, locais de repouso e aguardo de serviços devem

ser mantidos em condições de limpeza, higiene e condições de uso. Pelo que está disposto no TAC, a autoridade portuária não vinha obedecendo a uma série de dispositivos relacionados à saúde e segurança do trabalhador, no que se refere à Brigada de Incêndio ou distribuição de equipamentos de segurança, como protetores auriculares, capacetes, calçados, equipamento de proteção respiratória, protetor solar, como também não vinha realizando exames médicos admissionais, periódicos, de mudança de função, de retorno ao trabalho e demissionais dos empregados, atestando sua aptidão ou não ao trabalho, além de eventuais limitações. O não cumprimento de algumas das muitas cláusulas do TAC implicará em multa de R$ 5 mil/dia por obrigação descumprida, corrigida monetariamente e depositadas na conta do Fundo de Apoio ao Trabalhador (FAT).


Cidade

Terça-feira

Natal, 11 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 7

Fotos: José Aldenir

Alunos relatam problemas e confirmam que jovens abandonaram aulas por conta do atraso na primeira parcela de R$ 100

Solenidade realizada esta manhã contou com a presença da governadora Rosalba Ciarlini e do secretário da Sethas

Jovens buscam capacitação e criticam falhas no funcionamento do Projovem Trabalhador EM

EVENTO PARA CONRADO CARLOS CCPSILVA@HOTMAIL.COM

Com as aulas iniciadas no mês passado, o Projovem Trabalhador no Rio Grande do Norte teve sua abertura oficial na manhã desta terça-feira (11), em evento no Centro de Convenções de Natal, com a participação de 2 mil jovens e adultos, e a presença da Governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, e do secretário de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), Luiz Eduardo Carneiro Costa. O atraso de uma hora foi esquecido por meninos e meninas que lotaram o auditório. Alunos dos 14

2

MIL ALUNOS, PROGRAMA PARA QUALIFICAÇÃO DE ADOLESCENTES E ADULTOS É LANÇADO

cursos oferecidos no projeto aguardavam em clima de aula magna, ainda que os diplomas só cheguem às suas mãos em maio próximo. São sete mil alunos, de 90 municípios, inseridos no programa que prevê a qualificação profissional de quem está na faixa etária entre 19 e 29 anos. O Governo Federal repassará um total de R$18 milhões, enquanto a contrapartida do Estado é de R$1,3 milhão. Coordenadora do Projovem RN e subcoordenadora da Qualificação Profissional da Sethas, Juliana Amaral Nóbrega, destaca a importância de instituições locais para o funcionamento da idéia de inserir, de forma direta, 30% dos concluin-

tes no mercado de trabalho. "As instituições que ganharam a licitação trabalham em parceira conosco por essa qualificação profissional", explica. Ela se refere à Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), Associação de Promoção do Desenvolvimento Local (APDL), Instituto Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (INDES), Cooperativa de Produção Artesanal do Centro Rural Universitário de Treinamento e Ação Comunitária (COOPERCRUTAC) e a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL). Já para Wexlley Anderson, de 24 anos, aluno do curso de turismo,

algumas críticas foram mencionadas. "Por enquanto, faltam alunos nas salas e muitos estão ali só pelo dinheiro". O Projovem assegura R$ 100 para cada aluno matriculado, como uma simbólica ajuda de custo. "Avisaram que o dinheiro do primeiro mês ia atrasar e, com isso, muitos desistiram", diz o aluno. Amigo de Wexlley, Lailton da Silva Martins, 21 anos, reclama da falta de uma caderneta de chamada, e que a presença em sala de aula é confirmada através de uma lista circulada pela professora. "Teve gente que assinou pelos dias anteriores sem ter assistido aula". Ambos freqüentam a Escola Estadual Arquiteta Elizabeth de Fátima

Araújo Guilhermino, localizada na rua dos Caroás, s/n, no conjunto Nova Natal. No mesmo tom, Lucas Tadeu, de 19 anos, Yan Santos, também de 19, e Vitoriano Neto, de 20, os três moradores de Elói de Souza, município distante 64 km da capital, confirmam que colegas abandonaram as aulas com menos de 30 dias após o início, em virtude do anúncio de que a primeira parcela de R$ 100 sofreria atraso. "Esses aí queriam o dinheiro só para tomar cachaça", pontua um deles. A chegada do secretário da Sethas, Luiz Eduardo Carneiro, permitiu que a reportagem indagasse, diante de uma cerimônia festiva

com a implementação de um importante projeto de melhoria sócioeconômica para jovens carentes, sobre crianças e adolescentes que mendigam no trevo de entrada da Via Costeira, na sequência da avenida Roberto Freire - trechos sob responsabilidade estadual. "É triste, mas a lei sobre meninos de rua determina a obrigação de cada poder em cumprir a sua parte. Ali é obrigação municipal. Nós [o Governo do Estado] cumprimos a nossa. Esperamos que isso seja feito, pois a Prefeitura recebe até dinheiro para isso, através da Casa de Recolhimento, coisa que nós não recebemos", disse o secretário.

Fotos: Canindé Santos

> ARTESANATO

Casa Durval Paiva realiza Bazar Natalino Solidário

Kátia Ferreira conta que gosta de confeccionar bonecas e flores. “Meu amor por elas é tão grande que criei a UTI da Boneca”

Com o intuito de melhorar as condições sócio-econômicas das mães e acompanhantes dos pacientes atendidos na Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva, a instituição está promovendo, nesta terça e quarta-feira, o Bazar Natalino Solidário, que estará aberto ao público das 8h às 18h, sendo realizado na Pinacoteca do Estado (antigo Palácio do Governo). A ação faz parte do projeto Novo Rumo Design, que capacita e qualifica as mães em diversas técnicas de arte e artesanato, conciliando a geração de renda com o momento de tratamento dos seus filhos. O Bazar Natalino conta com trabalhos desenvolvidos pelas artesãs da instituição. São diversos produtos de decoração natalina, arranjos e enfeites feitos como todo o cuidado e amor de mãe. Guirlandas, mini árvores e famílias Noéis, fazem parte dos produtos que estarão expostos no Bazar. Os visitantes poderão apreciar e ajudar a instituição levando para casa os produtos de Natal confeccionados pelas mães dos pacientes e ainda assistir a atrações culturais locais. As peças do bazar foram produzidas nas oficinas do Projeto Novo Rumo Design, financiado pelo Banco do Brasil, dentro de uma proposta de terapia e inclusão social. "Durante todo o ano buscamos capacitar e qualificar as mães dos pacientes, utilizando a arte como terapia e ainda proporcionando uma geração alternativa de renda para as famílias", explica Rilder Campos, presidente da Casa. Parte do dinheiro arrecadado com as vendas dos objetos será destinada à instituição. Metade do valor de cada produto fica com a mãe/artesã e a outra metade vai para a renda da Durval Paiva. A programação cultural contará com a participação do Coral Bem Viver que faz parte do Projeto Semeando Vidas, formado por mães e pacientes da Casa. Também haverá

atrações do Boi de Reis do Mestre Manoel Marinheiro e do Grupo Araruna. A entrada é franca. Para Rita Alves, 53, é muito satisfatório poder ajudar a instituição e ainda conseguir um lucro em cima de cada peça vendida. "Primeiro minha filha começou a participar das ações da Casa, em função de um câncer no joelho. Hoje,

Metade do valor de cada produto fica com a mãe/artesã e a outra metade vai para a renda da Durval Paiva.

com minha filha casada e com filhos, eu continuo ajudando a instituição, estando cada vez mais presente nas oficinas. É gratificante porque a gente ajuda as crianças e adquire uma renda extra", disse. Kátia Ferreira, 40, disse que também tem uma satisfação enor-

me em ajudar os trabalhos da Casa Durval Paiva. "Eles são minha família. Cheguei com minhas duas filhas ainda bebês na Casa. Hoje uma já tem 19 anos e, a outra, 15. Por causa de uma doença falciforme elas precisam estar sempre sendo assistidas e eu ainda conto com a ajuda da instituição", disse. Artesã por curiosidade, Kátia disse que o que ela mais gosta de fazer é bonecas e flores. "Sempre achei lindo o trabalho do artesanato e nunca soube se teria dinheiro para investir em cursos. Quando eu conheci a Casa Durval Paiva, realizei um sonho. Comecei a ter acesso aos cursos e estou sempre querendo aprender mais. Principalmente, se for para confeccionar bonecas e flores. Meu amor por elas é tão grande que eu criei a UTI da Boneca", afirmou. O Bazar da Durval Paiva conta com o apoio da Fundação José Augusto, do SESC/RN e da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), através do Programa de Artesanato (Proart).

Para Rita, é satisfatório ajudar a Durval Paiva e conseguir lucro extra com venda


8 O Jornal de HOJE

Natal, 11 de dezembro de 2012

Economia

Terça-feira

Divulgação

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

marcossa@jornaldehoje.com.br

Presidente da Faern reclama da falta de crédito para produtor rural resistir à seca n O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (Faern), José Vieira, reclama dos bancos oficiais a liberação de empréstimos para que os produtores rurais de pequeno e médio porte não enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) consigam salvar o pouco que ainda resta dos seus rebanhos, após quase nove meses de uma seca que está sendo considerada a mais severa das últimas quatro décadas. n Explica Vieira que, para os micro e para os grandes produtores rurais, têm sido disponibilizadas com relativa facilidade várias linhas de crédito a juros subsidiados. Mas, para o pessoal da faixa intermediária, onde se encaixam proprietários de pequenas e médias fazendas, os empréstimos bancários são quase impossíveis de conseguir. n "A situação está tão grave - explica o presidente da Faern - que neste começo de dezembro está existindo disponibilidade de milho a preço abaixo do mercado nos armazéns da Conab aqui no Rio Grande do Norte, mas muitos criadores, com o gado morrendo de fome, não estão conseguindo acesso ao grão porque não têm dinheiro para fazer o depósito prévio do valor da guia de compra no Banco do Brasil." Conselho Deliberativo do Sebrae espera há meses por uma audiência com Rosalba n Com uma pauta de assuntos acumulados, todos de grande interesse para o desenvolvimento econômico do Rio Grande do Norte, os membros do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae esperam há meses por uma resposta da governadora Rosalba Ciarlini a um pedido de auRisco de fechamento da Itagrés em Mossoró n Comentários nos meios empresariais de Mossoró dão conta de que a direção do grupo catarinense Itagrés - que implantou no município uma unidade industrial para a produção de pisos e revestimentos de porcelanato - cogita de desativar o empreendimento, em virtude de não ter conseguido até hoje o atendimento de promessas que lhe foram feitas pelo poder público estadual e municipal. n Por enquanto, a fábrica deu férias coletivas aos seus quase 500 empregados, enquanto seus executivos se queixam de que a empresa continua esperando por solução para o problema da escassez de água (que impede a manutenção do seu ritmo produtivo), e pelo fornecimento da quantidade de gás natural a preço subsidiado estabelecida no contrato através do qual o Governo do Estado concedeu à Itagrés os incentivos do Proadi (Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial). n Há, na verdade, um clima de apreensão no meio dos empregados da indústria, pois eles temem a perda dos empregos.

diência que há meses lhe foi encaminhado através da Chefia do Gabinete Civil. n Na linha de frente das políticas de incremento ao empreendedorismo de micro e pequeno porte no Estado e com um ambicioso programa de incentivo à legalização de agentes econômicos que nos últimos dois anos levou para a formalidade quase 50 mil empreendedores individuais na capital e no interior potiguar, o Sebrae tem o seu Conselho Deliberativo composto por 15 membros, entre eles os presidentes das principais entidades do empresariado do RN. n A expectativa é de que a governadora ainda receba o grupo este ano. Estado poderá ganhar agroindústria de agua de coco e grandes plantios de café n O secretário estadual do Desenvolvimento Econômico, Sílvio Torquato Fernandes, tem sido procurado por dois grupos empresariais do Sudeste interessados em investir no Rio Grande do Norte. n O primeiro quer se dedicar ao plantio irrigado de mil hectares de coqueirais no semiárido para fins de industrialização e exportação de água de coco. n O segundo deseja introduzir em nosso meio a cultura do café (variedade "robusta", com a qual já foram feitas experiências que comprovam sua adaptabilidade e boa produtividade no clima nordestino, mediante o uso de técnicas de irrigação). n Uma das alternativas que o governo do Estado está analisando para atender aos dois grupos é oferecer a eles, mediante concessão ou arrendamento, parte da área de 2,8 mil hectares até hoje não aproveitados do Distrito Irrigado do Baixo Açu (Diba), no município de Afonso Bezerra, servidos por canais abastecidos com água da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves.

Oi inaugura primeira loja própria em Natal n A Oi, empresa pioneira na prestação de serviços convergentes de telefonia e tecnologia da informação no Brasil, inaugurará amanhã em Natal sua primeira loja própria no Rio Grande do Norte. n Com 120 metros quadrados, ela funcionará no Midway Mall, contando com infraestrutura de atendimento e oferecendo serviços de telefonia fixa, móvel, internet e OiTV. n O novo modelo de operação da companhia, com cerca de 200 lojas próprias sendo instaladas nas principais cidades do país no decorrer deste ano, atua de forma complementar aos seus outros canais de vendas e visa aprimorar o atendimento ao consumidor, segundo informa o diretor de Vendas e Varejo da Oi, Kleber Laurindo Filho. Cipasa apresenta o "Reserva Pitangui" n A sociedade natalense será brindada na noite desta quinta-feira, pela Cipasa Urbanismo, com um show da cantora Luiza Possi, por ocasião da apresentação ao mercado do empreendimento imobiliário "Reserva Pitangui". n O evento terá lugar no Hotel Serhs, a partir das 20:00 horas, quando alguns dos principais dirigentes e executivos do grupo empresarial paulista entre eles Pedro Lodovici, diretor Financeiro, e Ricardo Navas, diretor Comercial - recepcionarão cerca de 300 convidados especiais. n Localizado a 30 quilômetros de Natal, no litoral de Extremoz, o condomínio horizon-

tal "Reserva Pitangui" disporá de cerca de 190 lotes numa área de 230 mil metros quadrados, dotada de toda infraestrutura de segurança e de lazer. Farmafórmula está na final do Prêmio Inovação n A rede de franquia Farmafórmula, com sede em Natal, está entre os quatro finalistas que concorrem ao Prêmio Nacional de Inovação, após passar por numa peneira que excluiu quase 400 empresas da disputa pela categoria "Gestão da Inovação", modalidade empresa de médio porte. n Promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com o Sebrae Nacional e com o Movimento Brasil Competitivo (MBC), e apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), o Prêmio Nacional de Inovação é uma iniciativa da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), que visa o reconhecimento de empresas brasileiras que contribuem para o aumento da competitividade do país por meio da utilização de sistemas e técnicas voltados para o aprimoramento da gestão da inovação, bem como por meio da implementação de projetos inovadores. n Estão concorrendo com a Farmafórmula as empresas Unum (do Ceará), Wirklich (do Rio Grande do Sul) e BCM Automação (também do RS). O resultado será anunciado no dia 23 de abril de 2013. Até lá as concorrentes passarão por auditorias que identificarão seus pontos fortes e oportunidades de melhorias.

Grupo paulista negocia 70% do Norte Shopping SOCIEDADE É PARA O CRESCIMENTO, DIZ FERNANDO BEZERRA MARCELO HOLLANDA HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COM

A Partage, braço que administra os investimentos imobiliários da família Baptista, uma das sócias do Laboratório Aché, está em vias de adquirir 70% de participação do Norte Shopping, de propriedade do ex-senador Fernando Bezerra. Nesta terça-feira, sem querer entrar em detalhes, Bezerra explicou a principal motivação do negócio: capital para crescer. "Sozinhos não conseguiríamos realizar a expansão que o Norte Shopping merece para atender o nosso grande foco de consumo que está na classe C, justamente a faixa que mais cresce economicamente no Brasil", afirmou. Segundo ele, as seis salas de cinema, com 1.500 lugares, um investimento de R$ 50 milhões, já estão encaminhadas e deverão ser entregues ao novo sócio antes que o Natal Shopping inaugure as suas, informou o empresário. Fernando Bezerra, que prefere usar a palavra "sociedade" à expres-

são "venda", pois continuará no conselho de administração do shopping com 30% de participação societária, disse que o negócio começou a ser costurado quatro meses atrás, quando um corretor paulista realizou a aproximação entre os dois grupos. A holding representada por Fernando Bezerra, além do Norte Shopping, detém participações numa empresa importadora de uma marca de vitaminas juntamente com um sócio português; na Cabo Telecom; na Ecocil Incorporadora com aporte de capital inglês e Ecocil Engenharia. A Partage está quase sempre no noticiário econômico, a frente de empreendimentos no mercado imobiliário e como sócio e desenvolvedor em shoppings centers, um segmento que vem atraindo cada vez mais atenção de investidores de peso nos últimos anos. "Nós buscamos e precisamos da sinergia de um grupo desses em nossos negócios", comentou esta manhã Fernando Bezerra, que também vendeu anos atrás sua participação no Natal Shopping, de onde saiu parte do capital para os investimentos fei-

tos no Norte Shopping. Bezerra comemorou os últimos números do Norte Shopping que, segundo ele, registraram em novembro um crescimento de 25% na vendas em relação ao mesmo período do ano passado. "Estamos muito satisfeitos com os resultados, mas para crescer precisamos do capital e da força de um parceiro com as credenciais da Partege, que tem uma história de sucesso no segmento imobiliário", afirmou. Fundada em 1997, a Partage era conhecida por só investir em edifícios comerciais de alto padrão, conhecidos no mercado como "triple A". Hoje, a empresa é dona de uma área bruta locável (ABL) de 220 mil metros quadrados de escritórios alugados só na cidade de São Paulo. Isso coloca a Partage literalmente entre as maiores empresas do país no segmento de imóveis comerciais. Embora seja um negócio pujante, os indicadores na indústria de shoppings revelam a existência de um filão maior ainda, com espaço de sobra para novos empreendimentos.

CMYK


Cidade

Terça-feira

Natal, 11 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 9

Hoteleiros têm poucas expectativas para a alta temporada em Natal REDUÇÃO NO NÚMERO DE TURISTAS PREOCUPA EMPRESÁRIOS DO SETOR HOTELEIRO, QUE CRITICAM FALTA DE DIVULGAÇÃO Arquivo

GÉSSICA RIBEIRO GESSICAJORNALISTA.UFRN@GMAIL.COM

O final do ano chegou, e nesse período de férias, muitas pessoas procuram destinos turísticos para passarem seus dias de descanso e diversão com familiares e amigos. Os destinos mais procurados no Brasil são as cidades com praia e sol, já que nesse período o calor é intenso. O Rio Grande do Norte costuma ser um destes locais bastante procurados, por suas belas praias e demais riquezas naturais e a capital potiguar sempre foi objeto de desejo dos turistas como um bom lugar para aproveitarem os dias de descanso. No entanto, nos últimos anos, a alta temporada já não tem sido a mesma, pois o número de turistas reduziu significativamente, preocupando os empresários do setor hoteleiro. De acordo com o vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH/RN), George Gosson, os empresários do ramo hoteleiro de Natal estão preocupados com a questão econômica da sociedade, que tem influenciado na diminuição de turistas na cidade. "O que mais tem preocupado os hoteleiros nos últimos tempos são os valores das passagens aéreas, que estão muito altos e muitas vezes até absurdos. A fusão de empresas aéreas que atendem Natal diminuiu a oferta de assentos e as operadoras de turismo estão tendo dificuldades com as vendas, pois muitos turistas optam por destinos mais baratos. Este ano, a temporada será ainda mais curta que em outros anos, devido ao Carnaval 2013 ser na segunda semana de fevereiro. Para os turistas, não vale a pena pagar tão caro assim para aproveitar pouco tempo", diz George. Outro fator que influencia diretamente na queda do número de turistas em Natal, na alta temporada é a pouca divulgação, por parte do Governo do Estado e da Prefeitura, da cidade de Natal como destino turístico. De acordo com o diretor-presidente do Ocean Palace Hotel, Ruy Gaspar, o setor hoteleiro não sofreu grandes mudanças nos últimos anos, devido a falta de interesse dos gestores públicos. "Surpreendentemente para o nosso hotel, a temporada estará lotada. Mas somos a exceção, em relação a maioria dos outros hotéis da cidade. Desde 2005 que ficamos estagnados, mas este ano deu uma melhorada. No ano passado tivemos uma divulgação tímida, mas que não foi intensificada. Os gestores públicos deveriam ter um olhar especial para este setor, que influencia diretamente na economia do Estado e da cidade como um todo. Mas essa falta de interesse em divulgar a cidade influencia diretamente no ramo hoteleiro, diminuindo o interesse dos turistas, pois quem não é visto não é lembrado. Não há investimento para essa área, os hoteleiros tentaram um acordo com a Secretaria de Turismo pra tentar um incentivo para redução de taxas como o ICMS para as operadoras

Hoteleiros e turistas criticam abandono da Praia de Ponta Negra, um dos principais cartões postais da cidade, que hoje possui um calçadão destruído de turismo, com o objetivo de baratear o valor dos fretamentos, mas não houve acordo. Se continuarmos assim, Natal cairá no esquecimento dos turistas e o setor hoteleiro sofrerá cada vez mais", afirma Ruy Gaspar. A estrutura da cidade e dos

“No ano que vem, com certeza eu voltarei. Espero ver essa cidade em perfeitas condições para me apaixonar ainda mais por ela”. ANA MARIA TURISTA

pontos turísticos dela causam grandes impactos na opinião dos turistas. Para Ruy Gaspar, estes pontos turísticos deveriam ser mais bem cuidados e explorados. "Natal tem pontos turísticos be-

líssimos, como a praia de Ponta Negra, por exemplo. É inaceitável que o calçadão permaneça desse jeito, e isso acontece por falta de planejamento e de um bom projeto de engenharia. Deveriam investir nisso, criando um projeto no calçadão com materiais que tenham maior resistência às ondas, mas as soluções são sempre paliativas. Os turistas vêm e se deparam com aquela destruição à beiramar", critica o hoteleiro. Ruy Gaspar também ressalta que a Via Costeira poderia ser mais 'explorada'. "Poderiam ser feitas construções que trariam mais vida ao local, como barzinhos e restaurantes, mas não permitem que isso aconteça, por questões ambientais. O turismo em Natal precisa de uma reestruturação e de um projeto que beneficie os hoteleiros, os turistas e os próprios cidadãos natalenses", afirmou Ruy Gaspar. Apesar da redução do fluxo de turistas na cidade de Natal nos últimos anos, a cidade ainda permanece como uma boa opção para o turismo de eventos. De acordo com o com o vice-presidente da ABIH/RN, George Gosson, o setor hoteleiro de Natal não é mais prejudicado devido aos eventos que se mantêm. "O turismo em Natal esteve estagnado e há dois meses tivemos uma melhora, justamente no período em que tivemos dois grandes eventos na cidade, o Congresso Brasileiro de Psiquiatria e a Convenção CDL, que atraíram pessoas de todo o Brasil, e movimentou significativamente o setor hoteleiro e econômico da cidade. O turismo de eventos é muito importante e é preciso uma integração entre o setor público e privado para a promoção de mais eventos na capital potiguar. A estrutura já existe, com diversos hotéis que têm capacidade de comportar eventos dos mais diversos segmentos e magni-

tudes, além do nosso centro de convenções. Precisamos apenas de mais investimentos para trazer eventos para a cidade", pontua George Gosson. A crise sócio-econômica, administrativa e estrutural pela qual a cidade de Natal está passando e o caos nas áreas de saúde, educação e serviços urbanos, repercuti-

dos nacionalmente, são outros fatores que assustam os turistas e colocam a cidade como uma das últimas opções entre os destinos turísticos. O turista Manoel Lucas, veio do Mato Grosso do Sul passar as férias em Natal com a família e programou a viagem durante todo o ano, por recomendação de ami-

gos. Mas, para ele, a cidade deixou a desejar. "Viemos numa expectativa muito grande, pelas boas recomendações e fotos que vimos dos nossos amigos. Mas quando chegamos pudemos perceber imediatamente os problemas estruturais da cidade e estamos surpresos. Em quase todas as praias que fomos, que por sinal são muito belas, vimos o esgoto correndo para o mar, e ficamos até com medo de deixar as crianças tomarem banho de praia. A praia de Ponta Negra também, que é um cartão postal da cidade, está destruída. As ruas da cidade estão sujas, enfim, uma cidade tão bela, mas que está deixando a desejar, e sinceramente, isso tudo diminui a nossa vontade de voltar à Natal", disse o turista Manoel Lucas. Ainda assim, com todos os problemas de ordem administrativa da cidade, Natal ainda é uma cidade que chama a atenção dos turistas, que imaginam a cidade como um verdadeiro paraíso. Para muitos, os problemas da Cidade do Sol são passageiros e não tiram o brilho dela. Para a carioca Ana Maria, a cidade de Natal possui muitas belezas para se deixar ofuscar em meio às crises administrativas. "O lugar é maravilhoso, as pessoas são muito solidárias e hospitaleiras, mas é uma pena que algumas coisas estão tão largadas. Nada disso tira a beleza de Natal, muito menos a minha vontade de estar aqui. No ano que vem, com certeza eu voltarei. E espero ver essa cidade em perfeitas condições para me apaixonar ainda mais por ela", disse Ana Maria.

Fotos: José Aldenir

Para Ruy Gaspar, Via Costeira poderia ser mais ‘explorada’. Já George Gosson diz que turismo de eventos evita prejuízo maior CMYK


10 O Jornal de HOJE

Natal, 11 de dezembro de 2012

Cidade

Terça-feira

Inaugurada a Central de Videomonitoramento O SISTEMA É DOTADO DE 30 CÂMERAS DE SEGURANÇA ELETRÔNICA INSERIDAS EM VÁRIOS PONTOS ESTRATÉGICOS DE NATAL ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Foi inaugurada hoje, em fase experimental, a Central de Videomonitoramento de Natal, que conta com 30 câmeras de segurança eletrônica instaladas nos principais pontos da cidade. O projeto, que é fruto de parceria entre o Ministério da Justiça e a Prefeitura Municipal, tem o objetivo principal oferecer maior sensação de tranquilidade aos natalenses e cobre cerca de 60% da Capital. Segundo o secretário municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), Carlos Paiva, as câmeras foram instaladas em pontos mais vulneráveis, com maior incidência de casos de violência e criminalidade e também grande fluxo de pessoas e veículos. Entre eles, estão a Praça Gentil Ferreira, no bairro do Alecrim; Feira do Carrasco, em Dix-Sept Rosado e Largo da Ribeira. Além da Central de Videomonitoramento, a Prefeitura oficiali-

zou a implementação do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), que reúne todos os órgãos de segurança pública que operam na cidade. Carlos Paiva disse ainda que o órgão funcionará na Praça Gentil Ferreira, em um prédio de acesso restrito às forças de segurança do Estado. "Os projetos contam com investimentos na ordem de R$ 1 milhão, sendo R$ 730 mil apenas para o videomonitoramento", disse. Com 30 câmeras de segurança já instaladas em pontos estratégicos, a capital potiguar passará a ser monitorada 24 horas por dia pela Guarda Municipal. "Estas câmeras irão cobrir boa parte da cidade, em especial, os pontos mais críticos e com mais ocorrências policiais. Além disso, as imagens serão compartilhadas com o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), do qual o município faz parte através da Guarda Municipal e da Defesa Civil", explicou Carlos Paiva.

Heracles Dantas

Estiveram presentes o prefeito Paulinho Freire e os secretários de segurança do Estado e município, Aldair da Rocha e Carlos Paiva Já o GGI é composto pelos órgãos de segurança que atuam na

capital como as Polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal, Guarda

Municipal e a comunidade, através dos conselhos comunitários de se-

gurança. O secretário da Semdes explicou que órgão já está implantado e atuante, no entanto, aguarda a chegada de equipamentos para que passe a funcionar também do ponto de vista físico. Segundo a secretária adjunta da Semdes e responsável técnica do projeto, Ana Cláudia Bezerra, a Central atuará em caráter experimental, para possíveis ajustes técnicos. "Além disso, as câmeras foram instaladas em áreas apontadas pelo próprio Ciosp como de maior risco de violência e criminalidade, o que requer um acompanhamento mais constante", disse. O prefeito da Capital, Paulo Freire, disse que a Central de Videomonitoramento é fruto de um trabalho intenso dos integrantes da Semdes e de outros órgãos da Prefeitura, como a Guarda Municipal. Para ele, a inauguração do órgão é mais um reforço na segurança da população natalense e que a cidade ganha muitos benefícios com isso.

Cedida

> EM ASSU

Polícia prende foragido acusado de roubar dez mil reais em joias

Agentes encontraram em um imóvel usado como esconderijo, revólver, maconha, celulares e uma quantia de dinheiro em espécie

A equipe de policiais civis da Delegacia de Polícia Civil de Assu, sob o comando do delegado Emerson Valente cumpriram dois mandados de busca e apreensão, no início da manhã dessa terça-feira (11) e prendeu um homem identificado como André Fernando Alves do Nascimento, 23 anos, acusado de roubar R$ 10 mil em jóias. Outras três pessoas foram presas durante a operação policial. A ação foi desencadeada por volta das 6h, com o objetivo de elucidar um crime de roubo ocorrido no último dia 20 de novembro, no qual foi subtraído a quantia de dez mil reais em jóias de uma moradora de Assu. Os policiais cumpriram mandado de busca e apreensão na re-

> ABONO DE 30%

‘BOY CHICLETE’ É MORTO APÓS TROCA DE TIROS COM O BPCHOQUE EM LAGOA NOVA

Vigilantes potiguares comemoram a aprovação da Lei 12.740/2012 Os vigilantes que atuam no Estado estão felizes com a aprovação, pela presidente Dilma Rousseff, do Projeto de Lei 133/2003 que institui o abono de 30% para todos os trabalhadores da categoria no país. O documento já havia sido aprovado por unanimidade na Câmara dos Deputados em novembro passado e desde o dia 21 estava no gabinete da presidenta, conforme o presidente do Sindicato Intermunicipal dos Vigilantes do Rio Grande do Norte (Sindsegur), Francisco Benedito da Silva. Ele explicou que a expectativa dos 6,5 mil vigilantes que trabalham no Estado sempre foi muito positiva para a presidenta, que sancionou o documento na íntegra e que agora é a Lei 12.740/2012 - uma necessidade básica para o profissional da área, que enfrenta outros problemas inerentes à atividade. Entre elas, a falta de equipamentos de proteção individual, como armamento e coletes à prova de balas e precárias condições de trabalho, sobretudo nas instituições ban-

sidência de Cátia Maria da Cunha Gomes, local onde foram encontrados dois kits de joias os quais foram reconhecidos pela vítima como sendo os que foram subtraídos no dia do roubo. Cátia foi autuada por receptação. Em seguida os policiais receberam a informação dando conta de que o autor do roubo das jóias estaria escondido com mais dois parceiros numa casa localizada no centro do município. Numa ação conjunta com o Grupo Tático Operacional do 10° BPM de Assu, foi identificado o referido esconderijo e preso um dos autores do roubo de nome André Fernando Alves do Nascimento, 23 anos, juntamente com Leandro Cesar Tavares, 24 anos, e Aldemir Saraiva

de Sena Junior “Junior da Professora”, de 24 anos. Na referida casa também foram encontrados um revólver calibre 38 com seis munições, duas porções de maconha, R$ 146,00 em dinheiro, três aparelhos celulares e diversos pássaros silvestres. André Fernando estava foragido da Penitenciária Mario Negócio de Mossoró e Leandro Cesar era foragido do Centro de Detenção Provisória de Pendências. Junior da Professora já responde por crime de roubo na cidade de Assu. André e Leandro serão recambiados para o Sistema Prisional enquanto Junior foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo e crime ambiental.

José Aldenir

Cedida

Há tempos, a categoria esperava pelo índice maior do adicional de periculosidade cárias e nos shopping centers. "São itens essenciais e inerentes à atividade profissional, que trabalha com segurança pública também, já que muitos colegas atuam em estabelecimentos comerciais e públicos, como agências e correspondentes bancários, órgãos públicos de atendimento à população e outros", disse.

Benedito disse que o Projeto de Lei 1033/2003 determina o pagamento de um adicional de periculosidade, calculado em 30% do valor da remuneração da categoria, que hoje varia entre R$ 700 e R$ 905. Para ele, a aprovação do documento vai trazer um pouco mais de dignidade e reconhecimento à atividade.

Um dos assaltantes mais procurados por roubo a passageiros de ônibus em Natal foi morto no final da manhã de hoje, na comunidade Areinha, em Lagoa Nova, após trocar tiros com o BPChoque. Conhecido como Boy Chiclete, o acusado Vagner Silva, 19 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Outro jovem, apontado pela polícia como comparsa, identificado apenas como Tiago, foi preso e levado ao 5º Distrito Policial, na Cidade da Esperança. De acordo com informações do sargento PM, Juanildo, por volta das 10h30, o Ciosp comunicou uma ocorrência de assalto em andamento no ônibus da linha 35, na avenida Prudente de Morais. Devido à proximidade do veículo e com todas as características dos suspeitos, uma equipe do BPChoque seguiu o veículo, até a descida da dupla. O cerco foi feito nas mediações da comunidade Areinha, ao lado dos Coqueiros, em Lagoa Nova. "Foi quando demos voz de prisão. Tiago se rendeu, mas Boy Chiclete atirou contra nós e tivemos que reagir na mesma medida. Infelizmente ele não resistiu", contou o sargento. Até o fechamento desta edição, policiais aguardavam a chegada de uma equipe do Itep para a remoção do cadáver. Com ele, foi apreendido um revólver calibre 38 com quatro munições deflagradas. (WG)


Cidade

Terça-feira

Natal, 11 de dezembro de 2012

1 E1 den o O Ja H lrJ

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

E deus cansou Quando li a notícia de que o universo parou de fabricar estrelas e que em 13 bilhões de anos de produção, o forno do Cosmo diminuiu seu fogo atômico e praticamente fechou a fábrica, lembrei-me de uma velha tese sobre mundos dentro de mundos. Há quem diga, não sei ao certo se homens da física quântica ou gente da ficção científica, que o contexto do universo se reproduz "ad infinitum" nas estruturas materiais, desde uma galáxia inteira a um micro organismo unicelular. Assim como um sistema solar é composto de um padrão de corpos, gases e ácidos que formam um todo, também um planeta, um asteroide, um pedregulho ou um corpo humano tem seu conjunto de partes fundamentais para o seu equilíbrio físico. Tal tese, ao que parece sem tantos fundamentos científicos, não é a mesma coisa da ideia dos universos paralelos, formulada pelo americano Hugh Everett no começo dos anos 50, nem tem semelhanças com a teoria das cordas e seu mundo de 11 dimensões. Foi observando a trajetória da luz gerada pelas galáxias nos confins do universo, que chega até à Terra com milhares ou milhões de anos depois da morte dos astros, que os cientistas perceberam uma provável fadiga na maternidade cósmica das nebulosas. Para quem fundamenta a concepção do universo por vias religiosas, a descoberta sugere o cansaço de deus no ofício de arquiteto do mundo e que se supunha eterno. Como se o dono de tudo estivesse de saco cheio das tantas estrelas sem o brilho do princípio. Na tese do mundo dentro de mundos, vejo na entressafra estelar a gênese da matriz responsável pelo que também ocorre nas esferas inferiores. No âmbito político e cultural de um pequenino planeta azul, a carência de novas estrelas é hoje uma realidade. Na música, o modelo Beatles foi copiado ao longo das décadas, dos Monkeys aos Menudos até ao Restart; dos Rolling Stones viemos parar no One Direction; Tom Jobim deu lugar a Carlinhos Brown e Elvis Presley foi substituído por Justin Bieber.

Foi-se o tempo do britânico universal Charlie Chaplin. Agora é o humor nebuloso do seu conterrâneo Sacha Baron Cohen. Vocês que choraram na morte de Chico Anysio, riam no besteirol do Rafinha Bastos. Jerry Lewis já deu lugar ao Jack Black. O cinema perdeu seus grandes astros e ganhou estrelinhas decorativas, saiu Marlon Brando entrou Bem Affleck; a dramaturgia nacional trocou Paulo Autran por Toni Ramos, Tonia Carrero por Juliana Paes, Paulo Gracindo por José de Abreu. Na fadiga de deus o forno de estrelas esfriou e o infinito ganhou efemeridade. Na política, qualquer Luiz Inácio se compara a JK e basta um playboy mineiro no patamar de Getulio Vargas. No legado de Winston Churchill o lenga lenga de Barack Obama. Cadê o brilho filosófico? Enfiaram na estante um Leonardo Boff no espaço onde estava Nietzsche, jogaram um tal de Slavoj Zizek na gaveta destinada a Umberto Eco. Querem vender-me o miolo mole de Noam Chomski numa falsa capa dura de Gay Talese. Estrelas mudam de lugar, eu sei, como cantou o rei Roberto Carlos; mas não precisava mudar tanto ao ponto de um apagão generalizado. E não adianta tentar aclarar-me as ideias com argumentos de reciclagem cósmica, de renovação estelar de gerações. Podem ficar com Maria Gadu que eu ficarei com a originalidade de Cássia Eller; não me venham encher com Amy Winehouse que eu estou repleto de Janis Joplin; agradeço a Adele que me indicaram, mas já não cabe em mim outra que não seja Billie Holliday. No berçário dos astros em que nasceu Wilson Simonal, não é qualquer Alexandre Pires que se deita; no meteoro que trouxe Noel Rosa não havia células de Belo ou de Netinho; deus preferiu não manchar com algum Vavá o santo nome de Paulinho da Viola. Tempo sem estrelas esse em que vivemos, e comprovado pela ciência. Evidente que os defensores da vida atual haverão de acusar-me de sofrer um surto de estrelismo nostálgico. Que se danem! Não sou eu que vou iluminar seu céu escuro. (AM)

SOCIOLOGIA

FILMES

RESPEITO

CÓPIA VS CÓPIA

SALÁRIOS

ENGANAÇÃO

A UFRN tem grandes sociólogos, marxistas ou não, que sempre souberam fazer suas críticas políticas sem descer ao desrespeito pessoal. Destaco figuras como Lincoln Morais, Homero Costa, Antonio Spinelli, Moisés Domingos, Alex Galeno, entre outros. De nenhum dos nomes citados na nota anterior, ouviu-se alguma vez a manifestação oral ou escrita contendo desaforos, contra quem quer que seja. Aí aparece um sociólogo rasteiro no Twitter, comparando o ministro Garibaldi Filho (PMDB) a um cachorro.

Quase que diariamente, recebo e-mails reclamando das cópias nojentas que espertalhões reproduzem em quantidade e repassam para vendedores. Na calçada do Cassol, por exemplo, o vendedor de DVDs está perdendo clientes por causa da má qualidade.

SALÁRIOS II

ALECRIM E BOTAFOGO

LULAGATE

POESIA

No próprio Ministério Público há quem defenda a tese dos bons salários em grandes prefeituras como alternativa à incompetência e à corrupção. Não há como esperar muito de um servidor no nível de secretário municipal recebendo abaixo de R$ 2 mil. A popularidade de Luiz Inácio foi tão somente o único empecilho para que a oposição covarde e as autoridades medrosas tomassem a iniciativa de acusá-lo formalmente. E o tempo todo, era ele o chefe de tudo, o fiel depositário dos esquemas do PT.

Ato público foi realizado na manhã desta terça-feira, em frente ao Huol to, sindicalistas afirmam que já impediram a determinação da adesão em dois momentos e ainda podem vir a impedir, uma vez que o prazo máximo de adesão foi estabelecido para o dia 31 de dezembro. Segundo Sandro Pimentel, vereador eleito e um dos dirigentes do Sintest/RN, "a luta para salvar os hospitais universitários não tem preço". Por isso ainda é possível lutar contra a decisão. "No dia 31 de outubro a reitora estava decidida a aprovar a adesão e nós conseguimos impedir. Eles (Consumi e reitoria) se mobilizaram da noite para o dia, e no dia 01 de novembro tentaram novamente anunciar a adesão e nós mais uma vez impedimos. Como o prazo máximo é até o dia 31 de dezembro, nós entendemos que é possível seguir barrando, protelando a ordem até seguir a data limite", disse. Para a direção da UFRN, uma

das vantagens da adesão é a rapidez nos processos administrativos dos hospitais universitários. De acordo com a reitora Ângela Paiva, o modelo de gestão vigente não é compatível com a necessidade dos hospitais, uma vez que os procedimentos demandam tempo e os hospitais não podem esperar para atender a população com dignidade. A reitora ainda alega que a EBSERH é uma empresa pública que atenderá 100% ao SUS, sem possibilidade de atender por planos de saúde, como alega o Sintest. Entretanto, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Superior não concorda com a medida, alegando que a adesão será o primeiro passo para que ocorra um processo de privatização do atendimento nos hospitais e nos serviços educacionais prestados à comunidade acadêmica da UFRN, situação que teria reflexo direto nos servidores.

Os atuais dirigentes do Alecrim FC bem que poderiam organizar um amistoso com o Botafogo sub23 na campanha pelo gol 1.000 de Túlio Maravilha, numa forma de repetir o gesto com Garrincha em 1968, o titular eterno da mesma camisa 7 alvinegra.

Resgatando uma prática urbana que perdurou entre as décadas de 60 e 80, o jovem poeta Zenildo César perambula pelas mesas de bares e restaurantes de Natal vendendo seus dois livretos de poemas "Aprendiz de Inspirações e de Quedas" e "Milhões de Uns".

CELINE E O GENERAL O jornal semanal "L'Express", da França, publicou matéria sobre uma revelação histórica na revista "Histoires Littéraires". Diz lá que o escritor e novelista LouisFerdinand Céline, autor do clássico "Viagem ao Fim da Noite", pediu exílio ao ditador espanhol Francisco Franco em 1949, por crimes de cumplicidade com o período da República de Vichy, em que parte da França colaborou com o nazismo.

SINDICATOS PROMOVEM NOVA MOBILIZAÇÃO CONTRA A ADMINISTRAÇÃO DA EBSERH Mesmo com o apoio da reitoria e da maioria dos membros do Conselho Universitário (Consumi) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, a adesão dos hospitais universitários à gestão federal da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) ainda não está totalmente definida. Na manhã desta terça-feira, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Ensino Superior (Sintest/RN) e outras entidades sindicais realizaram mais uma manifestação contraria a adesão. Reunidos em frente ao Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol), um dos que sofrerão mudanças com a possível adesão, os líderes sindicais voltaram a discutir em manifestação de ato público os problemas que irão atingir a população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS). Também estão envolvidos nas mudanças o Hospital de Pediatria, Hospital Ana Bezerra e Maternidade Januário Cicco. "É nossa obrigação fazer defesa dos hospitais escolas e públicos do estado. Devido o caos na saúde, os nossos gestores públicos preferem recorrer a uma medida de privatização, apesar de alegarem por todos os corredores da cidade que não há possibilidade de privatização", afirmou Santino Arruda, dirigente do Sindicato dos Servidores da Administração Indireta do RN (Sinai). No início do mês de novembro, o Conselho Universitário emitiu uma nota para toda a comunidade acadêmica manifestando a opinião favorável da maioria dos integrantes à adesão dos hospitais. Dos 63 conselheiros, 46 assinaram a nota. Como instância máxima deliberativa, o Conselho deveria ter o poder para tomar qualquer decisão na universidade. Entretan-

Minha geração formou-se tirando "xerox" de livros e apostilhas, e nem por isso se fez tantos discursos antipirataria. No entanto, é preciso combater as cópias produzidas a partir de celulares nos cinemas ou baixadas da Internet sem qualquer qualidade.

As câmaras de vereadores das cidades de São Gonçalo, Parnamirim e Macaíba equipararam os salários dos secretários municipais, dando um aumento que não ocorria há quatro anos. O argumento: pagar bem para atrair profissionais com competência.

Gestão dos hospitais universitários do Rio Grande do Norte ainda está indefinida Canindé Santos

Não faço o discurso hipócrita contra os DVDs genéricos; sou cliente assíduo de alguns locais de vendas que prezam pela qualidade das cópias e que nos livram do alto custo imposto pela indústria cinematográfica internacional e pela extorsão tributária nacional.

A EBSERH surgiu a partir da Medida Provisória assinada pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva, no dia 31 de dezembro de 2010, no final de seu governo. A empresa possui caráter público, é dotada de personalidade jurídica de direito privado, com patrimônio próprio e capital exclusivo da União. Para os membros do Conselho Universitário e diretores dos hospitais envolvidos, não há motivos claros para que haja essa rejeição do sindicato. Mas o líder sindical Sandro Pimentel reafirma a importância de continuar lutando contra a adesão à EBSERH. "Qualquer esforço que a gente faça para impedir essa adesão ainda é muito pouco. Estamos unindo forças de diversas outras entidades de Natal e de todo o país. Estamos também de sobreaviso, 24h por dia, em contato direto com diversos estudantes e temos uma lista de e-mail de pessoas que estão prontas para se mobilizarem junto a nós", afirmou. O sindicalista ainda informou que foi entregue a reitoria um abaixo assinado da população com quase cinco mil assinaturas contrárias à Empresa. Além da manifestação sobre o futuro dos hospitais universitários, o sindicato aproveitou a oportunidade para denunciar o professor João Batista, pró-reitor de administração da UFRN. "Ele me agrediu durante uma manifestação realizada no dia 01 de novembro. O Sintest deflagrou uma campanha também contra ele. Não é possível que um gestor público, que recebe quase R$ 30 mil em salário, um dos maiores do estado, se preste a um papel desses. Isso só prova que ele é desqualificado para ocupar o cargo. Queremos que a universidade o exonere", disse Sandro.

> SAÚDE

Estácio Fatern inaugura consultório de Enfermagem Alunos do curso de Enfermagem da Estácio Fatern contam agora com uma estrutura completa para colocar em prática todos os conhecimentos vistos em sala de aula. O Consultório de Enfermagem, localizado na própria sede da instituição, foi inaugurado e já funciona em tempo integral. No local, são atendidos funcionários da Estácio, parentes de alunos, e comunidade em geral, e os atendimentos são realizados por alunos e professores do curso de Enfermagem, com o objetivo de prevenir e diagnosticar doenças simples, no espaço composto por um consultório e uma central de material. A aluna do 6º período do curso de Enfermagem da Estácio Fatern, Bruna Lorena Coelho já realizou o seu primeiro atendimento clínico no novo espaço. Para ela, a clínica-escola serve como um ambiente de aprendizado contínuo, principalmente para os estudantes que começam a entrar em contato com a vivência prática da profissão. "Durante os atendimentos, nós alunos podemos colocar em prática um leque enorme de assuntos vistos nas matérias que já estudamos, porque temos a oportunidade tanto de executar, como também de orientar o paciente sobre procedimentos e prevenção de doenças", explica. Além de contar com toda a aparelhagem básica, o consultório tam-

bém é equipado com uma mesa ginecológica para exames preventivos. O material coletado será analisado na própria Faculdade por especialistas em lâminas e, caso seja identificado algum problema, as pacientes serão encaminhadas ao posto de saúde para tratamento. Toda a segurança dos procedimentos chamou a atenção da auxiliar de sala, Rita de Cássia, que mora no bairro de Alecrim e foi ao consultório realizar um exame ginecológico de rotina. "Todo o espaço é muito bem organizado, o atendimento que recebi foi muito bom, estou bastante satisfeita", comenta. Os exames ginecológicos não são os únicos serviços disponibilizados pelo consultório. "No espaço interdisciplinar pretendemos atender a todos os públicos, em diversas áreas da Enfermagem. A partir do próximo ano, realizaremos o acompanhamento clínico de crianças, e até consultas para diabéticos", destaca a coordenadora do curso de Enfermagem da Estácio Fatern, Elizabete Alves Couto. O consultório fica na própria unidade da Estácio Fatern, na Av. Engenheiro Roberto Freire e está aberto ao público das 8h às 11h; das 13h às 17h; e das 19h às 22h. A marcação de consultas também é feita no próprio local. Divulgação

Atendimento realizado por alunos e professores é aberto à comunidade em geral


12 O Jornal de HOJE

Natal, 11 de dezembro de 2012

Cidade

Terça-feira Canindé Soares

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br João Neto

w ARTICULADOR

EM AÇÃO Presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Ricardo Motta deverá entrar nas discussões a respeito da sucessão na Câmara Municipal de Natal.

A informação foi dada hoje, no programa Sua Cidade, na Sim TV, pelo vereador eleito Luiz Almir, integrante do "grupo dos 17" vereadores que estão unidos para lançarem um candidato à presidência da Casa. "Estive hoje na Assembleia com Ricardo Motta para uma conversa sobre a eleição do novo presidente", disse Almir.

Vice-prefeita Wilma de Faria com o seu noivo José Maurício, mais o casal Marcelo Alecrim com a sua bela Elinor e Toinho Silveira aproveitando a folia do Carnatal 2012 Cedida

A participação de Motta nas articulações para a eleição da nova Mesa Diretora da CMN tem uma justificativa: o seu filho e vereador eleito em segundo lugar em Natal, Rafael Motta, também faz parte do "grupo dos 17". Bom de diálogo como ele só, Ricardo Motta tem muito a contribuir com essa turma...

w FALANDO NISSO...

Ainda na semana passada, esta coluna noticiou a formação do "grupo dos 17" vereadores de Natal (eleitos e reeleitos no último pleito) que se juntaram para lançar um candidato forte à presidência da Câmara Municipal de Natal.

O belo casal Felipe Bezerra e Thacyanne Flor curtindo o agito do Carnatal 2012 no badalado Camarote Skol João Neto

Eterna professora das mais respeitadas do Estado, Maria Dourado completou 96 anos no último sábado, dia 08. Lúcida como poucos, leitora diária deste JH, ela comemorou idade nova ao lado de familiares e amigos. Aqui, Maria Dourado ao lado dos filhos Vânia Dourado Lemos e Marcos Dourado

Inclusive, ressaltou a possibilidade de a vereadora Júlia Arruda, eleita há poucos dias a Parlamentar do Ano pelo Comitê de Imprensa da CMN, ser o nome preferido do grupo - caso o atual presidente da Casa, vereador Edivan Martins, não consiga o seu mandato na Justiça.

DeSaboya.com

A deputada Gesane Marinho homenageou ontem, com a medalha de mérito social Maria do Céu Fernandes, concedida pela Assembleia Legislativa do RN, a coordenadora geral da Caravana Natal Feliz, Rosyelle Medeiros de Araújo Costa.

Pois bem, ontem, em entrevista ao programa Direto ao Ponto, apresentado pelo jornalista Alex Viana, repórter de Política deste JH, na TV Câmara, Júlia admitiu que o seu nome está à disposição para disputar a principal cadeira do Legislativo natalense.

A entidade completou 15 anos este ano. E Rosyelle é a primeira mulher a coordenar a Caravana.

w PALAVRA

Lilia Almeida e Têca Melo no lançamento Folic

"Hoje, não sou candidata, não coloquei meu nome, mas faço parte de um grupo que está tentando dar desdobramento a um nome de consenso para que possa agregar, tornar o grupo sólido", disse ela na entrevista.

E admitiu o que esta colunista também já havia adiantado: que Edivan Martins (PV) pode ser o nome a encabeçar a chapa, dependendo do que resolver a Justiça...

w NOVIDADE NA ÁREA

E na véspera de votações importantes, como a do Orçamento Geral do Estado (OGE) e a retomada do percentual de 5% para o Governo Rosado remanejar... Eis que surge na Assembleia Legislativa um novo Bloco Parlamentar que promete oposição: PT, PTB e PHS. Os deputados Fernando Mineiro, Ezequiel Ferreira e Fábio Dantas protocolaram hoje a oficialização do bloco.

GIRO PELO TWITTER ...do

deputado

estadual

Hermano Morais: "Ontem parti-

w OPINIÃO DE

w BINGO!

Júlia também confirmou as duas reuniões que já ocorreram entre os 17 vereadores, como noticiou a coluna.

w HOMENAGEM

A dupla Roberta Trindade e Márcia Gabriele marcando presença no agito do Carnatal 2012

w PODER DE FOGO E sabe quem foi o escolhido para líder? O deputado do PT, que faz oposição sistemática e vigilante ao Governo Rosalba. Mineiro, agora, terá direito a voto no colegiado de líderes e poderá, por exemplo, não aceitar algumas dispensas de tramitações de projetos que - às vezes - o Governo Rosalba manda com "urgência" para ser aprovado no Poder Legislativo.

w PRESENTES Além de Mineiro, já tinham assento no colegiado de líderes: Márcia Maia, do PSB, Walter Alves do PMDB e Raimundo Fernandes do PMN. Agora, aguarda-se que o PR defina também o seu líder, já que agora a legenda conta com três parlamentares na Casa: George Soares, Vivaldo Costa e Kelps Lima.

QUEM ENTENDE Ontem, após ouvir áudio de uma entrevista concedida à imprensa local em que o ministro da Previdência Garibaldi Filho reafirma que o PMDB pode romper com o Governo Rosado... ...o deputado Agnelo Alves fez dois comentários pertinentes no programa que comanda na Rádio Globo Natal... Primeiro, ele disse que não acredita mais na recuperação do Governo Rosalba. Depois, analisou que se o PMDB votar a favor de todos os projetos favoráveis ao Governo na Assembleia Legislativa e depois anunciar rompimento, isso não levará de nada.

w ONDE ESTÁ WALLY?

"Você só vai falar comigo em 2013?". Mensagem do vereador eleito Luiz Almir para o também vereador elei-

to Paulinho Freire após varias tentativas do verde em falar por telefone com o atual prefeito da capital.

cipamos da entrega do Selo Unicef a 46 municípios do RN que conquistaram avanços na

Almir queria respostas e soluções para problemas de falta d'água em vários bairros da cidade.

saúde, educação e proteção social. É muito gratificante ver que apesar da crise financeira

Em tempo: ele ainda aguarda retorno.

que atinge todo o Brasil, 46 municípios do RN cresceram

w TELHADO DE VIDRO...

"As pessoas se apropriam do Estado e, de tanto permanecerem em suas funções, pensam que o Estado pertence a elas. É o que está acontecendo no governo do PT. Não tinham acesso ao poder, tiveram e se embriagaram com o excesso de poder". A frase é do líder do Democratas no Senado, José Agripino Maia, sobre o governo petista.

em áreas importantes";

...do jornalista Alex Viana: "Manoel Etelvino não teme concorrência: 'Quanto mais cabra, mais cabrito'";

...do apresentador do CQC Marcelo Tas: "Freud, o que orga-

Como se isso também não tivesse ocorrido em governos de direita...

nizava as peladas presidenciais,

Não é novidade que em todos os âmbitos do Poder Público essa, digamos, "posse" dos cargos acontece.

para pagar contas de Lula?

recebia dim-dim na conta dele

Explica, Freud!".


Cidade

Terça-feira

Natal, 11 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w ATENÇÃO Esta coluna não afirmou que há criadores locais alimentando seus rebanhos com ração contaminada de ossos e carnes de frango que provoca a doença da 'Vaca louca'. Só que a ração foi usada aqui. E foi. w ALIÁS A fonte é do Ministério da Agricultura que deveria fiscalizar. Saber a quem a ração foi adquirida, quantidade e para que regiões do RN. E, por precaução proibir o seu uso. Ou é melhor sem controle? w AVISO Não são tão raros assim os deputados que votam no governo, mas estão insatisfeitos com o tratamento que recebem. Principalmente com a liberação de emendas sem um critério justo. Só para alguns. Será? w CARTAS É um sucesso surdo junto a algumas cabeças coroadas do clero o livro com as Cartas Secretas do Papa Bento XVI. Os documentos que foram retirados dos aposentos pontifícios, roubos, suspeitas e prisões. w MAS É preciso fazer justiça: não há a presença de um só brasileiro nas tramas e tramóias vaticanas, mesmo com o acesso de algumas aos corredores guardados pelos muros leoninos que cercam aquele mundo. w ASAS Com prefácio do filho também morto, Fred Aires, o livro póstumo de João Alves – Asas sobre Natal – tem pré-lançamento em Macaíba, dia 19, e lançamento oficial dia 20, no Palácio Potengi. E com festa. w LEITURA A nova série 'Clarice Lispector na cabeceira' recupera textos até hoje inacessíveis como as 'Cartas a Hermengardo' e as suas entrevistas com Tom Jobim, Nelson Rodrigues, Carlinhos Oliveira, e outros.

F

Desonerar, desunerar

ique certo, Senhor Redator, que muito maior do que a dúvida de vosmicê foi a minha quando decidi grafar 'disunerou' naquela notícia que outro dia publiquei aqui sobre o ponto de fio quando se é de fazer mel e não cocada. Menos por mim que tenho meus pendores pela língua falada, a língua certa do povo, como ensinou o poeta Manuel Bandeira, e mais pelos leitores. Alguns deles exigentes no uso do português, língua de cultura que tanto tem sido forte quando precisa impor a força de sua oralidade. Tem razão. Antônio Houaiss realmente registra uma só grafia para as duas formas, mesmo para sentidos diferentes. É desoneram-se os se livram de algum ônus num desobrigarse de incumbências, como é para designar algo que tem sua consistência alterada, estragada, degenerada. Exemplifica com uma frase da prosódia popular: 'O leite desonerou, é melhor não tomá-lo'. Resta a dúvida: o que levou, então, este cronista a optar pela forma regional 'disunerar', nascida da oralidade dos falares do povo? A escolha não foi fácil. Andei Seca e Meca. São pouquíssimos os dicionários, mesmo aqueles de expressões populares e que não registram outra grafia a não ser desonerar sempre com o sentido de livrar-se do ônus. O Houaiss, sempre mais rico nas averbações da oralidade, registra o sentido popular, mas com essa mesma grafia. Fui então ao Calepino Potiguar, do velho e bom Raimundo Nonato, e para surpresa minha lá encontrei livre de todo pedantismo, 'desunerar' no sentido vulgar de degenerado.

Não seria, se visto com muita exigência de propriedade, o mesmo que o disunerar das coisas que perdem a consistência ideal. Como mel que não pode ser concentrado no excesso de cozimento. No Calepino, 'desunerado' é 'o sujeito que pratica atos impensados. Sem juízo'. Mas, como a palavra é a mesma com uso corrente nos dois sentidos, escolhi 'desunerar', mas com certo desgosto de não ter encontrado 'disunerar' pra garantir o uso, pois é assim que o nordestino fala, e é entendido por todos. Cada um, Senhor Redator, tem seus gostos e desgostos com as palavras. Há delas antipáticas e estranhas, incapazes de um afago. Outras parecem macias, de tão íntimas. Cronista não sabe desses mistérios. Gosta ou não gosta. Ficam para sempre como lhe caíram na alma a primeira vez. E assim é para toda a vida. Para não falar em palavras feias como desiderato. Ou sonsas – todavia – que nunca se sabe o que afinal quer dizer. São piores do que as falsas porque estas são verdadeiras, mas enganam. Fica, pois, a explicação pelo desunerar. Para evitar um 'desonerado' besta e inexpressivo, como se fosse sinônimo de louco que, para o povo, é doido. Se pouco, é aluado. Se muito, varrido. Se capaz de tudo, joga pedra. Uma coisa é de bom tom desde logo reconhecer: não é à toa que o uso tem força de consagração. Tanto que o processo de dicionarização se faz também pelo uso corrente. É por isso que a gente encontra nos dicionários palavras inventadas pelo povo. Como xerox, xerocar e imexível.

Musicomania CONRADO CARLOS - ccpsilva@hotmail.com

> DVD

VIAGEM INSÓLITA

w OUSADIA Não basta constatar a força do moral acima até mesmo do legal se Câmara e o Senado aprovam de uma tacada o direito de terem décimo-quarto e décimo-quinto salários. Não há Supremo que segure esse povo. w CULPA O que parecia erro de revisão acabou sendo verdadeiro: desta vez não é de Wilma, mas de Dilma, a culpa pelo baixo desempenho do governo de Rosalba Ciarlini no combate à seca. E bastou uma letra. w ALIÁS Num campo a governadora tem recebido uma boa grana de Brasília: para a construção de cisternas. Já construiu mais de quinhentas e agora acaba de assinar novo repasse federal no valor de R$ 32 milhões. w PSD A História do PSD Potiguar, o verdadeiro e não esse de agora, é o novo livro do médico e ex-deputado Lauro Bezerra. Será lançado terça-feira, dia 18, às 17h, na Academia Norte-Rio-Grandense de Letras. w HISTÓRIA O ex-deputado Lauro Bezerra não quer desqualificar o novo PSD, de Gilberto Kassab. Que mostrar apenas a história que para ele é gloriosa de um partido que nasceu em 1945, com a redemocratização. w PLANETÁRIO - I Da série perguntar não ofende: o que a governadora Rosalba Ciarlini pretende fazer com o planetário que o governo adquiriu na Alemanha e continua encaixotado no armazém da Base Naval, no Alecrim? w PLANETÁRIO - II Construir a área física ou deixá-lo esperando que a maresia comece a enferrujar os equipamentos até que se transformem numa sucata? É justo investir em novas ideias e punir o que pertence à sociedade?

Remasterizado pela EMI, filme “Magical Mystery Tour” é o maior fiasco da história dos Beatles; exibido no Natal de 1967 pela BBC, ele foi vetado no mercado norte-americano; mesmo assim, coragem e criatividade musical do grupo compensam roteiro e direção caótica O segundo semestre de 1967 pode ser considerado o período mais problemático e definidor da débâcle dos Beatles, que viria três anos depois. Em junho, “Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band” era lançado como o primeiro álbum em que os integrantes trabalharam algumas composições isoladamente. Cada um trazia uma música, gravava sua parte e deixava partituras para os outros tomarem conhecimento do proposto. Frieza maior impossível (a fórmula deu certo e o maior disco da história do rock foi concebido). Em agosto, com apenas 32 anos, morria o empresário Brian Epstein, que já não tinha o controle sobre a banda, mas ainda sustentava certa influência. Sem sua voz pacificadora, as diferenças entre John Lennon e Paul McCartney estouraram. E em dezembro, o maior fiasco criativo foi exibido para todo o Reino Unido: o filme “Magical Mystery Tour”, um delírio circense-alucinógeno sem pé nem cabeça que mostra os Fab Four com uma trupe de atores do teatro londrino em viagem pelo interior do Inglaterra. Com o acréscimo de cenas cortadas à época e entrevistas com os sobreviventes, a EMI acaba de relançar o vídeo que pretendia misturar a balbúrdia de “Help!” com o cinema francês de JeanLuc Godard. A ideia foi de Paul, que após breve incursão pela Califórnia, teria se encantado com o estilo de vida dos ripongas norte-americanos. “Vamos pintar um ônibus com as cores do arco-íris, filmar imagens desconexas, fumar cem maços de cigarro e compor meia dúzia de faixas novas”, ele deve ter pensado. Exibido como especial de Natal pela BBC, o resultado foi tão ruim que “Magical Mystery Tour” não chegou aos Estados Unidos, disparado o maior mercado da indústria cultural. Cenas abstratas, inspiradas em memórias da infância e improvisadas como um esforço comunitário do elenco foram reunidas em formato de documentário durante uma viagem ao sul da ilha, em direção à Devon e Cornualha – Brian jamais aceitaria calado essa megalomania que Paul sistematizou enquanto brincava em casa com uma câmera. Sem roteiro e diálogos interessantes, e com uma trilha sonora razoável (mesmo com as geniais “The fool on

the hill” e “I am the walrus”), a história começa com uma das poucas cenas engraçadas, com Ringo Starr e uma tia gorda discutindo sobre castidade (ela acabou de ficar viúva, mas embarcou no ônibus de olhar atento à possíveis parceiros). E segue ladeira abaixo com ciclistas, padres, homens fortes, anões e belas mulheres, descritas nos extras, com legenda em português original, como “umas belas miúdas voluptuosas para nos ajudarem”. Extras que, por sinal, são o que o DVD (traduzido para onze idiomas, inclusive finlandês e dinamarquês) tem de melhor, com entrevistas atuais com sir McCartney explicando aquela doidera; Ringo, como sempre, bem humorado ao relembrar sua interpretação, e minibiografias dos atores coadjuvantes – mágicas também são as passagens em que John Lennon canta “I am the walrus” fantasiado de ovo (“I´m the eggman”) e do jantar em que ele joga uma gosma macarrônica em cima de uma mesa num restaurante sofisticado. Se você, assim como eu, for fã dos Beatles vai comprar “Magical Mystery Tour” para ver até onde foi o delírio, a força inventiva e a coragem que eles tiveram para arriscar projetos e sonoridades tão raras nas bandas de hoje em dia.

MAGICAL MYSTERY TOUR Artista: The Beatles Gravadora: EMI MUSIC Preço médio: R$49,90


14 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 11 de dezembro de 2012

Terça-feira

Direito Vivido

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

RIBAMAR DE AGUIAR (ADVOGADOS ASSOCIADOS) - ribamar@ribamardeaguiar.com.br / www.ribamardeaguiar.com.br

Abuso na vigilância Acusada injustamente por funcionários de um supermercado em Praia Grande, litoral paulista, de furtar um carrinho de bebê no qual transportava o seu filho recém-nascido, de marca e modelo idênticos ao que é comercializado no estabelecimento, J.F.S. deverá ser indenizada por dano moral. A determinação é da 3ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo. Cabe recurso. Em decisão unânime, os desembargadores negaram provimento a recurso de apelação interposto pela Companhia Brasileira de Distribuição, responsável pelo supermercado. Eles mantiveram o entendimento do juiz da 2ª Vara Cível de Praia Grande. Até o valor de R$ 8 mil de indenização fixado em primeira instância foi ratificado pelo TJ-SP. "Certamente, houve exercício abusivo do direito de vigilância e de proteção da propriedade, uma vez que a abordagem foi feita de forma inadequada e excedeu a normalidade, expondo a auto-

ra (J.F.S.) a uma situação vexatória e humilhante", fundamentou o relator Giacoia em seu voto. Segundo ele, o episódio constrangeu a cliente na frente de outros consumidores e funcionários, caracterizando o dano moral. A injusta abordagem que J.F.S. sofreu aconteceu em 2 de novembro de 2007. Ela foi ao supermercado junto com a irmã e uma amiga, levando o filho recém-nascido em um carrinho de bebê. Após passar pelo caixa e pagar os produtos comprados, a cliente foi indagada de forma grosseira por três seguranças do estabelecimento se não esquecia de nada e se também não pagaria pelo carrinho de bebê. O questionamento ocorreu dentro do supermercado, entre duas lanchonetes, em local de grande movimentação de pessoas. A defesa da Companhia Brasileira de Distribuição sustentou no processo que não houve abordagem e, se tivesse ocorrido, teria sido de "maneira discreta".

Por conta dessa divergência, não houve acordo entre as partes durante audiência de conciliação e o caso foi a julgamento. Em sua sentença, confirmada pela 3ª Câmara de Direito Privado, o juiz Renato Gandini destacou que foi produzida "prova segura" do alegado por J.F.S.. Segundo ele, "a sucessão de equívocos cometidos pelos prepostos (funcionários) da ré culminou com a abordagem grosseira e intimidativa da autora". Por fim, classificou a abordagem de "desproporcional", devido à falta de "fundada suspeita" e cautela. Além da indenização de R$ 8 mil, que não mereceu reparos na decisão do TJ-SP, "porque foram atendidos os princípios da proporcionalidade e da razoabilidade", o supermercado deverá arcar com o pagamento das custas judiciais, das despesas processuais e dos honorários advocatícios fixados em 15% do valor da condenação. Essas verbas ainda devem ser corrigidas monetariamente.

Sub-rogação contratual A falta de pagamento de aluguéis, cujo montante supere o valor da caução dada em garantia pela locatária, autoriza a ordem de desocupação do imóvel. Esse foi o entendimento que levou a 27ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo a permitir o despejo de um homem que estava com o aluguel atrasado. A decisão reformou sentença da primeira instância. Ao contrário do tribunal, o juiz de primeiro grau havia dito que, por haver caução, o despejo não poderia ser autorizado. "No que concerne à garantia do contrato, ao que se tem dos autos, o valor do débito é muito supe-

rior à importância dada como caução, razão pela qual ela não tem o condão de garantir a quitação da dívida e, portanto, é incapaz de obstar a concessão da medida", afirmou o relator, desembargador Dimas Rubens Fonseca. Segundo o processo, o imóvel havia sido alugado por uma mulher que vivia no imóvel com seu companheiro. Ela o abandonou e, dessa forma, caberia a ele a responsabilidade pelo pagamento dos aluguéis. O morador do imóvel, contudo, ficou devendo um valor maior do que o dado em garantia e o proprietário entrou na Justiça com uma ação pela retomada do imóvel. Em sua de-

Dilma comparou à iniciativa privada de D. João VI em 1908 em abrir os portos do país às nações amigas NATAL Navio ST Thais Sea Otter Lagoa Carioca Lagoa Paranaense Gemini Azamara Quest Marfret Guyane CMA-CGM Homere CMA-CGM Aristote Marfret Marajó

Bandeira Bélgica Chipre Brasil Brasil Brasil Bahamas França Inglaterra U. Kingdom França

Altea

Grécia

Agência Petrobras Seamaster W. Sons W. Sons W. Sons Superservice W. Sons CMA-CGM CMA-CGM W. Sons

De acordo com a nova norma, os documentos fiscais emitidos por ocasião da venda ao consumidor de mercadorias e serviços, em todo território nacional, deverão conter a infor-

Petrobras

Destino Suape(PE) Guamaré (RN) ---Recife(PE) Algeciras/ESP Algeciras/ESP Algeciras/ESP Algecira/ESP

Carga Descarga -Combustível Reabastecimento -Em Operação -Em Operação -Em operação --Turismo Contêineres -Contêineres -Contêineres -Contêineres --

No Porto

Salvador (BA)

Óleo Cru

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN Loyalty

Dia 11 12

Libéria

A. Marítima Ao Largo

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 14:53 2.4 20:51 0.1 03:24 2.3 09:09 0.2

fesa, o morador disse que não era parte legítima da demanda, alegação não aceita pelo relator. Conforme afirmou na decisão o desembargador Dimas Fonseca, a Lei do Inquilinato determina que, em caso de separação, a locação continuará com quem ficar no imóvel. "O artigo 121 da Lei nº 8.245/91 estabelece que, em caso de separação de fato, separação judicial, divórcio ou dissolução da sociedade concubinária, a locação prosseguirá automaticamente com o cônjuge ou companheiro que permanecer no imóvel". Unânime, a decisão da 27ª Câmara deu 15 dias para a desocupação do imóvel.

mação do valor aproximado correspondente à totalidade dos tributos federais, estaduais e municipais, cuja incidência influi na formação dos respectivos preços de venda.

Cooperativas & Negócios Jornalista Responsável: Gil Oliveira (gilbamar@gmail.com)

Chegada No Porto No Porto No Porto No Porto No Porto 12/12 15/12 22/12 29/05 05/01

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN

Às claras Publicada no dia 10/12/2012, no DOU, a lei 12.741/12 dispõe sobre as medidas de esclarecimento ao consumidor acerca dos impostos que incidem sobre mercadorias e serviços.

apronianocfs@hotmail.com

Paranaguá(PR)

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Sal

--

FASES DA LUA Minguante (06/12 - 12:31h) Nova

(13/12 - 05:42h)

Crescente

(20/12 - 02:19h)

Cheia

(28/12 - 07:21h)


Esporte

Terça-feira

Natal, 11 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 15

Presidente reeleito do ABC projeta

Série A até o ano do centenário ACLAMADO

CONSELHO, RUBENS GUILHERME PROMETE DEIXAR ERROS PARA TRÁS, VICE-PRESIDÊNCIA DO CENTENÁRIO, PARA INICIAR PLANEJAMENTO DE AÇÕES ATÉ 2015

PRESIDENTE APÓS ELEIÇÃO DO

RENOVAR DIRETORIA E CRIAR Nenhuma surpresa. Apesar da expectativa criada de uma eleição dura para o Conselho, o presidente Rubens Guilherme mostrou força e garantiu não apenas a eleição da maioria da Chapa ABC Centenário, mas também a aclamação de seu nome como presidente para os próximos três anos à frente do ABC Futebol Clube. Em entrevista ao JORNAL DE HOJE, o mandatário reeleito prometeu renovar a diretoria e projetou colocar a equipe na Série A do futebol brasileiro até 2015. Na noite de ontem, o comandante abecedista foi reeleito para o triênio 2013-2015. O seu vice-presidente será o empresário e conselheiro Silvio Bezerra. A dupla terá a responsabilidade de conduzir o ABC até o ano do centenário do clube. A votação foi realizada no Complexo Esportivo Maria Lamas Farache durante todo a segundafeira. A chapa ABC Grande, que tinha como nome principal o expresidente do clube Leonardo Arruda, teve 141 votos. Desses, 26 votos foram anulados. Assim, 178 dos integrantes do novo Conselho serão da Chapa ABC Centenário, enquanto 35 da Chapa ABC Grande. Depois de conhecido e empossado o novo Conselho Deliberati-

Divulgação

Apresentação de jogadores não deverá ter grupo completo no dia 17

vo do Clube do Povo, com 213 conselheiros, como rege o atual Estatuto, o presidente do CD, Ivis Bezerra, abriu a Sessão para Eleição da Diretoria Executiva, que por aclamação geral, recolocou Rubens Guilherme na presidência alvine-

gra. A chapa ABC Centenário, encabeçada pelo atual presidente do conselho Ivis Bezerra e que tem o presidente do clube Rubens Guilherme Dantas, recebeu 715 dos 882 votantes. Rubens agradeceu o apoio de

todos e disse que não faltará trabalho para os próximos anos. "Gostaria de agradecer a todos que confiam no meu trabalho e contribuíram para que eu permanecesse no comando do ABC. Não vou descansar e posso garantir que vou tra-

balhar todos os dias para fazer um ABC cada vez maior e mais forte. O melhor estar por vir", declarou. Rubens e Silvio Bezerra agora trabalham para a montagem da nova diretoria abecedista, que deve ser conhecida em breve, em festa de

posse do novo presidente do Alvinegro. O presidente, inclusive, promete renovação do quadro e a criação da diretoria do Centenário, para iniciar o planejamento de um cronograma e programação até 2015, ano em que o clube comemora 100 de fundação. Em relação aos novos contratados, o presidente confirma que deve anunciar até amanhã novo superintendente de futebol para assumir a função no clube e negociar os reforços para a temporada 2013. Ele, entranto, faz a ressalva que as contratações não ocorreram em larga escala e que o grupo deverá iniciar as competições com 28 atletas e outros três das categorias de base. Com a apresentação prevista para ocorrer no dia 17, menos de uma semana, Rubens afirma que não será refém do tempo. "Tinha parado tudo por conta da eleição. Vou voltar hoje e vou ter que sair para dar andamento ao que ficou parado. Vamos contratar, mas adianto que não serão muitas e que não deveremos chegar no dia 17 com o grupo completo. É melhor perder uma semana e contratar com qualidade, pois não podemos cometer os mesmos erros do ano passado", concluiu.

BATE-PAPO COM RUBENS GUILHERME PRESIDENTE DO ABC

Wellington Rocha

Qual o sentimento com a perspectiva de ser o presidente do clube no ano do centenário? Rapaz, a responsabilidade é muito grande. Posso dizer que é maior do que o primeiro. Reconheço que não queria ficar mais um mandato, é um sacrifício muito grande para a empresa, para a família. Mas comecei a me cobrar pelo passivo que estava ficando, preocupado por não entregar o ABC zerado. Posso dizer que se não tivéssemos obtido sucesso na eleição de ontem, teríamos patrocínio fechado para cuidar dele [do passivo] que está entre R$ 1,3 e 1,5 milhão. Como a família recebeu a notícia da reeleição? Pense numa bronca grande, oposição grande, é difícil, mas eles entendem com o clube é especial para mim. O fato de ter sido aclamado mais uma vez pelos conselheiros e com o apoio da torcida é especial? Para mim, a maior premiação

Gabriel Negreiros INTERINO - BRUNO ARAÚJO - WESCKLEY@YAHOO.COM.BR CENTENÁRIO LOGO ALI Faltam dois anos, é verdade, mas planejamento nunca é demais. A entrevista do presidente Rubens Guilherme, do ABC, após ser reeleito para a função por mais três anos foi coerente e sem mágoas pela concorrência imposta para a eleição do Conselho Deliberativo. Mais importante do que qualquer coisa, é a promessa do gestor em ter a partir de agora, um cronograma para o Centenário do clube. Com a meta traçada de estar na Série A, até 2015, o presidente pela primeira vez fala de forma aberta e direta sobre acesso, uma injeção de ânimo na autoestima do torcedor que andava em baixa pelo jejum de vitórias sobre o rival e a perda do Estadual, além da campanha discreta - até perigosa - na Série B deste ano. Com a criação de uma diretoria para pensar exclusivamente sobre o assunto, o clube mostra maturidade ao dar importância ao que é importante de fato. Diante da premissa de que não se comemora 100 anos todos os

dias, o ABC deu uma prova de união ao manter o presidente que pela primeira vez tratou o clube como empresa e, o próprio presidente, se mostrou apto ao reconhecer os erros do passado e, mais importante, olhar para o futuro, pois é lá que o clube poderá voltar a escrever uma nova história de glórias. IH, RENOVOU... O que parte da torcida do ABC mais temia aconteceu. O clube renovou por mais dois anos o contrato com a Lupo, fornecedora de material esportivo. A renovação garantiu ao time potiguar 50% a mais de peças - clube deixará de receber 4 mil e passará a 6,5 mil - para utilizar durante as competições. A justificativa para manter o vínculo com a fábrica do interior paulista foi a falta de tempo para que outra marca pudesse entregar os uniformes para o início da temporada. VIDA CURTA Apesar de a renovação ser por

dois anos, em 2014, o ABC deverá vestir Nike. Dirigentes do clube já visitaram fábricas da empresa que tem investido em outros clubes da região Nordeste que representam cidades-sede da Copa do Mundo. Há um contato e - talvez um contrato de gaveta - pronto para substituir a fornecedora que tem deixado falta uniformes nas araras das lojas. E no campo de jogo também... DIA DA VIRADA Na reta final da Timemania para garantir um reforço financeiro importante, o América reduziu ainda mais a distância para o Avaí após a apuração feita pela loteria. Numa reação incrível, os alvirrubros conseguiram reduzir a distância que em outubro era de 118 mil apostas para pouco mais de 7 mil. A expectativa é de que, com o apoio da torcida, o concurso da próxima quarta-feira seja o Dia da Virada para que o clube possa ultrapassar o rival e garantir vaga no G20 nos concursos da loteria federal até o final do ano.

é o reconhecimento. Dinheiro é bom, qualidade de vida é é importante, mas maior prêmio do ser humano é o reconhecimento. Sou feliz como torcedor, como presidente, como abecedista. É especial! Qual o planejamento para o próximo triênio? Há uma meta já definida? A primeira coisa que vamos fazer é construir o alicerce para o Centenário, começar a construir a partir de hoje. Quando o ABC completar os 100 anos em 2015, queremos os mesmos objetivos que a torcida. É possível chegar à elite no Centenário, mas podemos chegar antes. Em 2013, acho difícil. Nesse primeiro semestre vamos trabalhar com muita austeridade. Os erros de 2012 vão sacrificar o começo desta temporada. Queremos chegar a Série B com fôlego, poder de investimento e fazer uma campanha diferente deste ano. E a formação da diretoria para a

IÔ-IÔ Que papelão do Fabinho Cambalhota, hein? Primeiro foi anunciado por Sergipe e Baraúnas. Se apresentou no sábado à equipe mossoroense, deu entrevista e, ontem, foi oficializado como mais novo reforço do... Sergipe! Segundo o jogador, a visita a Mossoró foi para justificar a não ida para o clube. Sobre a entrevista como jogador do Leão? Preferiu não comentar.

Qual a maior lição dos últimos três anos no cargo? O aprendizado nos insucessos é muito grande. A grande lição que aprendi é a necessidade de o presidente estar sempre presente, delegar funções, mas com limites. Outra coisa que aprendi é que, ou você realmente profissionaliza ou vai para dentro do clube e vive 24 horas por dia lá. Quando tem um profissional especializado, você traça as metas e os parâmetros financeiros e ele executa. De outro jeito, você assume tudo e tem fazer acontecer.

PisandonaBola AMÂNCIO

EXCLUÍDOS Nenhum árbitro do Rio Grande do Norte apitou uma partida sequer no Campeonato Brasileiro da Série A. O levantamento foi publicado do blog do Gaciba, ex-árbitro e atualmente comentarista. Até representante do Espírito Santo, Mato Grosso, Sergipe e Tocantins participou da competição, apesar da pouca representatividade dos estados no futebol brasileiro, enquanto nenhum dos homens de preto do estado foi escalado. Com a palavra, a Comissão de Arbitragem do RN...

próxima gestão? Muda algo? Vamos fazer uma renovação, terminamos um mandato com uma diretoria muito pequena. Vamos nos reunir e formar um novo grupo com grandes abecedistas, Vamos criar uma diretoria para o Centenário. Estamos entrando no Triênio mais importante do clube e precisamos ter pessoas pensando nisso 24 horas.

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Esporte

Natal, 11 de dezembro de 2012

Terça-feira

Wellington Rocha

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

Matar no peito

Presidente Alex Padang confirma reforços e tem outros cinco para anunciar nos próximos dias

América anuncia dois e tem exmeia do ABC próximo do acerto PRESIDENTE ALEX PADANG CONFIRMOU A CONTRATAÇÃO DO ALA/MEIA FERNANDES, EX-CAMPINENSE-PB, E O ATACANTE TATU, EX-LUVERDENSE-MT. A CONTRATAÇÃO DO MEIA JÉRSON, EX-ABC, ESTÁ PRÓXIMA DE SER FECHADA Enfim, a diretoria do América revelou os nomes dos primeiros reforços para a temporada 2013. Depois de guardar a sete chaves os acertos, o presidente Alex Padang confirmou a contratação do ala/meia Fernandes, ex-Campinense-PB, e o atacante Tatu, ex-Luverdense-MT. O primeiro chega por empréstimo do São Caetano-PB, clube detentor dos seus direitos econômicos, enquanto o segundo, chega após o fim de seu contrato com o time do Mato Grosso. Além da dupla, os dirigentes alvirrubros estão próximos de fechar a contratação do meia baiano Jérson, que vestiu a camisa do ABC por quase duas temporadas. O ala Fernandes não é novidade para a torcida que, inclusive, aprovou o retorno do jogador ao time do América. O jogador vestiu a camisa rubra na temporada 2007 e as cinco partidas que esteve em campo - três pela Série A e duas pela Copa RN - agradou ao marcar dois gols, apesar da campanha negativa que levou os alvirrubros ao descenso da elite naquele ano. Após defender o clube rubro, o jogador teve boa uma ótima passagem pelo São Caetano, tendo inclusive atuado como meia, nas temporadas 2010 e 2011. Atuou no Campeonato Paulista e na Série B, fazendo ao todo, 37 jogos com a camisa do Azulão. Em seguida se transferiu para o Campinense, clube pelo qual disputou a Série D e foi titular absoluto da campanha da Raposa que acabou eliminada pelo Baraúnas no jogo do acesso, em Mossoró. O atacante Tatu, por outro lado, é um ilustre desconhecido do torcedor. Revelado no Guanambi/BA, o jogador chegou ao Vitória da Conquista em 2007 e ganhou visibilidade no Baianão do ano 2008, mar-

Fotos: Divulgação

FICHA

FICHA

Nome: Rômulo André Lopes Apelido: Tatu Data de nascimento: 05/12/84 Idade: 28 anos Natural: Guanambi/BA Posição: atacante Clubes que defendeu: Vitória da Conquista /BA, São Caetano / SP, Fortaleza, Aparecidense / GO e Luverdense/MT cando 16 gols em 26 partidas, onde foi artilheiro do Estadual ao lado do também atacante Souza, do Fluminense de Feira, e recebeu o "Troféu Armando Oliveira" como um dos melhores jogadores da posição no campeonato. No Cearense, em 2010, ele marcou 10 gols em 19 jogos com o Fortaleza, onde foi campeão estadual. Este ano, o jogador atuou em nove oportunidades pela equipe do Luverdense/MT, na Série C, e marcou dois gols. Na mira do América, e segundo fontes próximas à direção perto de chegar a um acordo, está o meia Jérson. No ABC desde o segundo

Nome: Micerlânio Fernandes da Silva Apelido: Fernandes Nascimento: 24/04/1985 Idade: 27 anos Naturalidade: Caaporã/PB Posição: Meia Clubes que defendeu: Botafogo/ PB, América/ RN, Campinense, Oeste/ SP, São Caetano/ SP e Campinense/ PB

semestre da temporada 2011, o jogador fez 26 jogos com a camisa abecedista nas duas edições da Série B em que defendeu o alvinegro, mas com apresentações irregulares e problemas com a comissão técnica abecedista, acabou por não renovar contrato. A reportagem do JORNAL DE HOJE tentou contato com o jogador, mas o telefone estava desligado. O presidente americano não confirmou o contato com Jérson, mas pelo seu perfil no Twitter, afirmou estar cumprindo a promessa de que, caso o América terminasse à frente do Avaí, no último concurso da Timemania, anunciaria os pri-

> MUNDIAL DE CLUBES

CORINTHIANS ESTÁ PRONTO PARA ESTREIA CONTRA O AL AHLY Faltam menos de 24 horas para a estreia do Corinthians no Mundial de Clubes. No último treino antes da estreia no Mundial, o treinador se transformou em um jogador do Al Ahly, do Egito, adversário do Timão, amanhã, às 7h30m (de Natal), no Toyota Stadium, no Japão. O técnico aproveitou a véspera da partida, estratégia adotada por ele sempre antes dos jogos, para comandar uma atividade de posicionamento colocando somente os titulares em campo. Entre eles, o goleiro Cássio, preservado dos últimos treinos devido a dores no ombro esquerdo. Nos 15 minutos em que a imprensa teve acesso ao gramado, Tite falou bastante durante todo o trabalho, cobrou precisão e empenho em todos os movimentos. A defesa foi a primeira a ser trabalhada, com domínio de bola e saída rápida para recompor a marcação.

Em seguida, posicionou-se como um defensor adversário para atrapalhar a construção de jogadas e marcar principalmente Paolo Guerrero. O peruano atuará como um típico centroavante, de costas para o gol e com a missão de segurar a bola para a chegada dos companheiros. Tite não deu folga na marcação e até puxou a camisa dele para impedir que girasse. No trabalho ofensivo, Tite deu mostras de que o volante Paulinho terá liberdade para atacar e, quem sabe, aumentar a marca de artilheiro corintiano no ano, atualmente com 13 gols. O técnico corintiano também exigiu precisão nas finalizações. Mesmo sem marcação, os jogadores desperdiçaram alguns chutes cara a cara com o goleiro Cássio. Sem dúvidas ou surpresas, o Corinthians estreia no Mundial com a seguinte formação: Cássio, Alessan-

dro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Douglas e Danilo; Emerson e Guerrero. ÍDOLO JOGA FAVORITISMO Ídolo do Al Ahly e do Egito, o atacante Mohamed Aboutrika falou sobre as suas expectativas para esta quarta-feira, quando enfrenta o time do Corinthians, pela semifinal do Mundial de Clubes. O jogador tirou a responsabilidade de vencer da equipe egípcia. "Nós não temos a obrigação de vencer o Corinthians, que é um dos grandes do futebol mundial. Mas temos que fazer o nosso melhor. É uma grande equipe, mas tomaremos providências e daremos o nosso melhor para vencê-la", disse o Aboutrika ao site oficial da Fifa. De acordo com o atleta de 34 anos, a motivação do Al Ahly será o próprio povo egípcio, que ainda lamenta a morte de 79 pessoas em

meiros reforços do clube para a próxima temporada. "Palavra foi feita para ser cumprida. Tatu atacante, que tanto faz jogar na área, quanto pelos lados e que queríamos há muito tempo. Fernandes jogador do São Caetano que tanto faz a ala esquerda quanto a meia", analisou o presidente. A estreia alvirrubra na temporada 2013 será no dia 20 de janeiro, pela Copa do Nordeste, contra o Vitória-BA, atual campeão da competição. A partida válida pelo grupo C, que tem ainda ASA-AL e Salgueiro-PE, tem início previsto para as 17 horas e será realizada no Estádio Barradão, em Salvador. um jogo entre o Ahly e o Al Masry, no último mês de fevereiro deste ano. "A nossa meta mais importante é a de dar alegria ao povo egípcio, principalmente às famílias daqueles que morreram. Queremos levar-lhes um pouco de felicidade, qualquer uma. Um sorriso que seja. O resultado, ganhar ou perder, nem sempre é o objetivo principal", ponderou o atacante.

DE OLHO NO APITO Marco Antonio Rodríguez será o árbitro do duelo entre Al Ahly e Corinthians na quarta-feira. O mexicano é conhecido em seu país como "Pequeno Drácula", por conta do penteado para trás e de um personagem da televisão do México. O juiz tem experiência em duas Copas do Mundo. Ele esteve na Alemanha, em 2006, e na África do Sul, em 2010, mostrando o estilo enérgico que é a sua marca característica. Rodríguez também não é novato no Mundial de Clubes. Foi o mexicano o árbitro da decisão da edição de 2007 da competição, vencida pelo Milan em confronto com o Boca Juniors.

Vágner Love olha o estilo. Sabe que nunca aprenderá a copiar matada de bola no peito de Cláudio Adão, 58 anos, um pássaro negro de grande área e tabelinhas, dono de cadeira principal no salão vazio dos injustiçados do futebol brasileiro. Com sua barba grisalha, casado com uma cineasta(Paula Barreto), Cláudio Adão parece um pouco Tio Barnabé, o amigável Preto Velho e mascador de fumo das nossas manhãs do Sítio do Picapau Amarelo nos anos 1970, tempo interrompido na vida de Cláudio Adão. Aos 17 anos, Cláudio Adalberto Adão, dono dos fundamentos elegantes do desfilar na relva, tabelava com o Rei Pelé no Santos. Foi apontado, claro, seu sucessor, um dos primeiros da legião de cobrados e fracassados na missão impossível até para Bruce Lee. Porte imperial, alto, de uma elegância de ébano, Cláudio Adão tratava a bola com carinho e carícia. Ao receber pelo alto um toque refinado de Pelé prestes a encerrar carreira, fazia a gordinha grudar em seu peito, suor e intimidade num improvável desenho lógico. Cláudio Adão continuou no Santos e fraturou sua perna passando quase dois anos sem jogar quando o presidente do Flamengo, Márcio Braga, foi buscá-lo na Vila Belmiro para fazer dupla com Zico e triangulação com um bailarino de morro chamado Adílio de Oliveira Gonçalves. O Flamengo vitorioso montado pelo falecido Capitão Cláudio Coutinho destruiu o poderoso Vasco de 1977, esfacelado pela vocação vendedora dos seus cartolas e o que restava da máquina tricolor, sem Rivelino, levado pelos árabes, mas com Marinho Chagas, Edinho, Pintinho e Doval. Cláudio Adão, o centroavante que cabeceava perfeito e fazia do peito, dança de mestre-sala, demonstrava a técnica sensual para a sequência de toques em linha reta e deslocamento que faziam defesas bater cabeça. Zico, Adílio e Adão. O sambista João Nogueira adaptou um samba que todo rubronegro da Velha Guarda canta com saudade: "O Mais Querido, tem Rubens, Dequinha(o mossoroense) e Pavão. Eu vou pedir pra São Jorge, pro mengo ser campeão", letra original de Wilson Batista que foi cantada assim, em 1978 e 1978: O Mais Querido, tem Zico, Adílio e Adão. >>> Cláudio Adão exibe um sorriso místico e um carisma dos bons de verdade. Saiu do Flamengo, passou pelo Botafogo e foi para o Fluminense para ser artilheiro e tetracampeão carioca em 1980. Assinou com o Vasco e foi goleador, jogando mais recuado, na ponta-de-lança, do Brasileirão de 1982. Nunca foi convocado para uma partida da seleção principal. Jogou nas equipes amadoras. Estava muito acima de Serginho e Roberto Dinamite, os que viajaram para a Espanha, no ano em que a geração dourada foi pintada de azul italiano. Hoje, em entrevistas, Cláudio Adão fala em racismo, mas larga um sorriso em seguida. "Por onde passei, fui astro e goleador." Atuou em mais de 20 clubes, sem deixar, um dia sequer, de impressionar pela magia de sua postura e da bola dominada no tórax banto. Tenta ensinar atores a não decepcionar em filmes sobre boleiros, mas teria sido um Heleno de Freitas muito mais competente que o ator Rodrigo Santoro. As lições de Cláudio Adão, o preparador de celebridades, não podem ser copiadas porque são dons. É repertório exclusivo dele. Enchendo o saco de um jovem fã de Ronaldo, elegi os cinco maiores atacantes que assisti desde meu namoro com o futebol: Romário, Reinaldo, Careca, o próprio Ronaldo e Cláudio Adão. "Quem é esse tal de Cláudio Adão?", perguntou o menino encantado com Jorge Henrique, do Corinthians e Luís Fabiano, do São Paulo. "Senhor, perdoai pelo que ele não teve o direito de ver." Foi minha resposta, sincera e saudosa. FORÇA NO BIGODE Murtosa, aquele auxiliar técnico que acompanha Felipão desde a época em que Dondom jogava no Andaraí(extinto time do Rio de Janeiro), tem mesmo a força no bigode de Asterix. Já se reuniu com Parreira e, pela pose na foto, terá muito mais poder na seleção brasileira do que o técnico do tetracampeonato. Murtosa é mais forte com Felipão do que Zagallo com Parreira. ATÉ TU, IBRA Ótimo atacante, daqueles homens de voleio de lutador de UFC e presença marcante na área, o sueco Ibrahimovic inventou de mexer com Messi, dizendo que o mérito do pequeno gênio são os gols de pênalti. Um caso de inveja penal. REFORÇOS O América pode trazer exalvinegros para o seu time. Jerson, com Jota, eu não acho que somaria. Parece um jogador feito nuvem passageira. Cascata, não. Se chegasse, uniria ao talento nato o desejo de ser vingar. JOGO SUJO O jogo sujo da intriga anônima tentou atingir ontem a mim, e a três ex-presidentes do ABC: Judas Tadeu Gurgel, Leonardo Arruda e Paiva Torres. Um canalha, cuja caligrafia de lamaçal apócrifo é conhecido, produziu um e-mail falso, atri-

buindo a Paiva, ofensas contra mim, Leonardo e Judas. Já está sendo desmascarado e vai responder a outro processo. E não terá sido a primeira vez. MEMÓRIA No dia 12 de dezembro de 1976, um domingo de sol, o Internacional treinado por Rubens Minelli conquistava o bicampeonato brasileiro vencendo o Corinthians no Beira-Rio por 2x0, gols de Dario e Valdomiro. Público de 84 mil pagantes. TIMES Internacional: Manga; Cláudio, Figueroa, Marinho Peres e Vacaria; Caçapava, Batista e Falcão; Valdomiro, Dario e Lula. Corinthians: Tobias; Zé Maria, Moisés, Zé Eduardo e Vladimir; Givanildo(hoje técnico do ABC); Ruço e Neca; Vaguinho, Geraldão e Romeu. Técnico: Duque. JL E FRANCISCO Francisco de Mariz Oliveira passou a frequentar o Estádio Juvenal Lamartine no início dos anos 1960. Sua seleção dos melhores do estádio é baseada naqueles anos. Erivan (ABC); Gaspar (ABC), Ivan Matos (ABC), Berilo (Alecrim/América) e Jácio (Alecrim/Globo/Ferroviário); Pedrinho (Alecrim) e Véscio (América); Izulamar (ABC), Alberi (ABC), Evaldo Pancinha (América) e Esquerdinha (ABC).

CMYK


Cultura

Terça-feira

Natal, 11 de dezembro de 2012

O Jornal de HOJE 17

Arquivo

O QUE VI DO LADO DE LÁ E O QUE FIZ DO LADO DE CÁ... DANIELA PACHECO EDITORA DE CULTURA

Conhecido por enaltecer o lado engraçado do cotidiano simples do nordestino. Entre causos, poesias, contos, prosas... Bob Motta sempre conseguiu brincar com suas palavras como um trote de cavalo solto por entre a vegetação da caatinga, sem parar e nem olhar para trás, à procura da liberdade e do riso. Ao trilhar sua história de vida, entre vitórias e tropeços, surpresas sempre tiveram presente na vida deste potiguar. Entre elas, no ano passado, Bob Motta vivenciou um dos momentos mais marcantes da sua existência ao ficar em coma num leito de hospital por cerca de 20 dias. E, nesta quarta-feira, dia 12, às 18h, na Assembléia Legislativa, dentro do projeto Assembléia Cultural, lança o livro “Na fronteira da existência - O que vi do lado de lá e o que fiz do lado de cá...” onde relata como uma experiência como esta pode sim mudar toda uma vida. Confira a entrevista que o poeta popular, contador de causos e colaborador deste vespertino Bob Motta concedeu para O JORNAL DE HOJE. O JORNAL DE HOJE - O que você aprendeu com esta experiência? Bob Motta - Aprendi que a vida da gente não se encerra quando nosso coração para de bater; aprendi que além desse mundo material, existe um mundo espiritual prá lá de maravilhoso e que quem confia em Papai do Céu, jamais estará sozinho. Também aprendi a importância da estrutura familiar que muita gente joga fora, sem se dar conta do tesouro que está perdendo... Jamais pensei em ser tão rico, em matéria do bem querer das pessoas; a gente se sentir amado é a sensação mais maravilhosa que o ser humano

estou procurando não somar virtudes; mas eliminar defeitos e defeito, "minha fía", eu tenho mais do que burro de cigano... O JORNAL DE HOJE - Como surgiu a ideia de escrever este livro? Bob Motta - Encontrei um casal amigo no supermercado; e eu lhes contando que havia ficado vinte dias em coma, e retratando algumas passagens que me lembrava, eles perguntaram por que eu não registrava tudo num livro. Aceitei a sugestão, e aí está meu relato da experiência mais fantástica pela qual um ser humano pode passar.

O JORNAL DE HOJE - Então, qual a mensagem que você pretende transmitir? Bob Motta - Pretendo transmitir uma mensagem retratando o amor e a misericórdia de Deus em absolutamente tudo o que eu venha a produzir de hoje em diante...

O JORNALDE HOJE - Bob, mudando de assunto, o que você gosta de ler? Tem algum escritor preferido? Bob Motta - Gosto de ler tudo que se trate da cultura popular nordestina. Meu autor preferido: José Cavalcante - Seu Zé; escritor paraibano, ex-prefeito da cidade de Patos-PB, foi um dos meus grandes mestres; e meu amigo Rolando Boldrim e outro mestre saudoso e querido, que foi Francisco Anísio de Paula, o grandiosíssimo Chico Anysio.

O JORNAL DE HOJE - O que mudou na sua vida? Bob Motta - TUDO; ou melhor; quase tudo, pois ainda

O JORNALDE HOJE - O que lhe motivou a se dedicar ao mundo das letras? Bob Motta - Quando meninote,

pode experimentar... O JORNAL DE HOJE - Quanto tempo você ficou internado? Bob Motta - 40 dias.

eu já "gaseava" as aulas da sexta feira, do Colégio Marista e me largava de ônibus, para os Estados Unidos de Cabaceiras-PB, onde meu saudoso pai, tinha suas propriedades rurais. Ali, eu vivia o dia a dia com violeiros, vaqueiros, tropeiros, repentistas, mas, meu maior aprendizado foi adquirido com meu querido compadre Júlio Prêto, que praticamente me criou para o mundo do Zé Povo... A motivação veio "cumo quem num qué e querendo"; e quando dei por mim, já estava com "um punhado" de escritos de várias espécies; publicáveis e impublicáveis também; por que não?...

José Aldenir

O JORNAL DE HOJE - E, por que causos e poesias matutas? Bob Motta - Pelo ambiente simples e indescritível do meu amado Cariry paraibano, onde vivi minha infância e adolescência. O JORNAL DE HOJE - Para finalizar este bate-papo, depois deste lançamento, quais são seus próximos projetos? Bob Motta - Concluir a terceira edição do meu dicionário de nomes e expressões idiomáticas matutas, “Preservando o matutês-letras da universidade do roçado; e gravar meu sexto CD que já está pronto, diga-se de passagem...

Cultura HOJE DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com

com Dani Pacheco

PARA ENCERRAR O ANO... Para quem achou que a Prefeitura de Natal, gestão Micarla / Paulinho Freire, através da Capitania das Artes, terminaria o ano sem mais nenhuma novidade. Estava totalmente enganado! Jamais, um espetáculo tão grotesco terminaria assim... A última página escrita tem como palco a famosa Árvore de Natal permanente desta capital. Ao tentar mais uma vez montar o ‘circo’, ao preparar uma programação de fim de ano neste mês de dezembro (que já está quase na metade), não é que a gestão municipal de cultura propôs para alguns músicos potiguares que se apresentassem sem ganhar nenhum tostão. Bem, na realidade, eles querem que os artistas façam uma doação dos seus cachês... PERGUNTA Doar os cachês para quem? E, POR FALAR... Depois do sucesso da festa do atual prefeito que é um dos donos do Carnatal, é possível acontecer tal situação? Por acaso, algum artista baiano doou o seu cachê para Natal? Sem contar que, seguramente, nenhum dos potiguares cobra o mesmo que, por exemplo, Claudia Leite ou Chiclete com Banana. Mesmo sendo uma festa privada tem patrocínio do Governo do Estado e da própria Prefeitura de Natal. E, por que expor desrespeitosamente tais artistas desta maneira? Doar o cachê? Por acaso, o pessoal da Capitania das Artes ou o prefeito vai doar seus salários? Bem, depois do sucesso do Carnatal bem que não faria falta... SÓ PARA LEMBRAR... É impressionante a falta de profissionalismo e principalmente desrespeito para com os artistas potiguares. Desde os primórdios da civilização humana a arte é ovacionada e principalmente, utilizada por aqueles que têm ou desejam ter poder. Os motivos são diversos, seja para ostentar riqueza ou para iludir o povo. De qualquer forma, o objetivo é único, o de lucrar de qualquer maneira. Até aí, é possível entender, a história foi construída com esses alicerces. Agora, num mundo capitalista como este, querer e pensar que os fazedores de artes têm que fazer o ‘circo’ sem receber. O trabalho do artista é esse! Por que profissionais, como: médicos, gestores públicos, engenheiros, arquitetos, entre outros, devem receber e os artistas não! O produto do artista é a sua arte. E, com sua arte que ele coloca comida em casa, paga a escola dos filhos, o plano de saúde... E, viva a Cultura Potiguar!

PARA DANÇAR Para mudar de assunto, vale à pena se programar para curtir o projeto “Quinta Cultural”, dia 13, uma noite de samba-rock, funk e dub com a banda DuSouto (foto). O evento começa às 21h, no Buraco da Catita (Travessa José Alexandre, 95, Ribeira). A entrada é gratuita. FORRÓ O inesquecível Luiz Gonzaga estaria completando 100 anos no próximo dia 13 e para comemorar a data, nesta quinta-feira, a partir das 18h, o espaço rústico do restaurante Últimas Nuvens Azuis da Alameda Principal, que fica na Praia de Cotovelo, promoverá um grande forró pé-de-serra em seu 'palhoção' com muita sanfona, comandado por Dinho da Sanfona. Uma típica e legítima festa nordestina. Mais informações pelo fone: 9491-8427.

VIRADA CULTURAL O evento acontece dias 15 e 16 de dezembro com 24h de programação gratuita diversificada e espaços para convivência e debates no bairro da Ribeira. Com a proposta de movimentar o bairro da Ribeira e levantar o debate sobre políticas públicas para a cultura da cidade, o selo Ribeira Território Criativo promove a Virada Cultural Natal numa espécie de Circuito Cultural Ribeira ampliado com programação nas ruas, nas casas e onde mais der para ocupar.


18 O Jornal de HOJE

Cultura

Natal, 11 de dezembro de 2012

Canal 1

BATE-REBATE w O “Programa da Tarde”, da Record, sairá de férias no Natal e voltará ao ar no dia 14 de janeiro, repito, em HD. w Carlinhos Brown tem que entender que em televisão o tempo é tudo. w A indecisão e demora quando é obrigado a se colocar no “The Voice”, em algumas oportunidades, tem comprometido o ritmo do programa. w Em São Paulo a Record dispensou Ivanildo Francisco Oliveira, o Chicão, chefe da sua segurança. w Os motivos não são conhecidos, mas está todo mundo lamentando

POR FLÁVIO RICCO - Colaboração: José Carlos Nery

O “Esquenta” voltou. É o bom programa de sempre, com os velhos defeitos do passado. A espontaneidade da Regina Casé conta e conta muito. Neste seu retorno, teve assunto sério – a entrevista com a presidente Dilma e uma colocação muito feliz sobre os problemas dos deficientes. Não teve jogo pra torcida. Se levantou com precisão o que ainda falta e deve ser feito. Teve ainda, e nem poderia faltar, boa música, com as presenças de Arlindo Cruz, Péricles – ex-Exaltasamba, Xande, Thiaguinho e Herbert Viana, num cenário maior e mais alegre. Mas se repetiram também os mesmos graves erros na edição de outros tempos. A impressão que se tem é que gravam demais e depois não existe como caber tudo dentro de um programa só. É o festival do corte seco, com consequentes diferenças acentuadas no áudio, que acabam incomodando quem assiste e comprometendo o próprio produto. Nada que um enxugamento não possa resolver. Não adianta gravar, valendo, mais de 3 ou 4 horas, se o tempo de arte não pode exceder 60 ou 70 minutos.

Fábio Cerati/Divulgação

flavioricco@gmail.com.br

Repetir no erro

w DICAS DE VIAGEM Antes de seguir para a Disney, acompanhado de toda a família, Neymar teve o cuidado de procurar alguns especialistas no assunto, que puderam colaborar na montagem de um roteiro bem organizado. João Guilherme, de 8 anos, filho do Fausto Silva, foi o principal deles. A conversa dos dois, entre anotações e gráficos, levou mais de duas horas. w SITUAÇÃO DIFÍCIL Setores da Record revelam que a apresentadora Carla Cecato não terá seu contrato renovado. Revela-se, inclusive, que ela não voltará mais ao ar. Ninguém sabe onde pegou.

Andréa Nóbrega vai patrocinar a última festa do “Mulheres Ricas”, que estreia em janeiro na Band. O encontro acontece hoje, terça, na casa da apresentadora, em Alphaville. Tema árabe, com direito a 16 dançarinas, DJ e uma banda internacional. O “Ricas” deve encerrar seus trabalhos no dia 14, numa gravação com Leonardo no Skyline Hall, também em Alphaville, São Paulo.

peito com os artistas da casa, que trabalham o ano todo e são colocados no mesmo nível de quem chegou agora. w E OUTRA... Será que alguém do SBT consegue explicar qual a relação que alguém, vestida de fantasma, tem a ver com o Natal? AMaisinha, sem fazer tipo, é quem aparece mais assustada com aquilo. Às vezes, as pessoas - acho - que não pensam. w PACIÊNCIA TEM LIMITE Aadrenalina num programa ao vivo é outra, completamente diferente. Só quem vive ou já passou por isso sabe como funciona. Sábado foi a vez do Gilberto Barros perder a paciência na Rede TV!. Não bastassem todos os problemas, inclusive de ordem técnica, ele foi obrigado a chamar a atenção – pela quinta vez – de um técnico de som.

PISTA LIVRE Reality show que estreia em janeiro na Mix TV, sob o comando de Karina Bacchi, “O melhor verão da minha vida”, de acordo com o MJ, recebeu autoclassificação provisória como programa não recomendado para menores de 10 anos, mas sem restrição de horário.

w COMO SE EXPLICA? A Record, depois de todo um noticiário em cima, veio a público e disse que nunca existiu a ideia de fazer um programa de tarde com o Rodrigo Faro. O plano, desde lá de trás, sempre foi dar a ele a “Fazenda de Verão”. Então tá. Só que agora se vê que o título “Hora do Faro” foi convenientemente registrado pela Rádio e TV Record. O número do processo é 904877280. E aí?

w RECADO DA GLÓRIA Sobre o corte de personagens em “Salve Jorge”, aqui colocado na edição de domingo, a autora Glória Perez se manifestou da seguinte maneira: “Flávio, isso não apareceu no grupo de discussão. Temos menos personagens até do que em novelas anteriores. É o tradicional das novelas. A coisa chegou torta até você: o que causou alguma dificuldade foi a mudança entre os cenários, Madrid, Istambul, Capadócia. Bjs.”

w INTERINO Após o pedido de demissão de José Emilio Ambrosio na última sexta-feira, Valdir Zwetsch, editor-chefe do “Jornal da Band”, passou a responder interinamente pelo operacional do Jornalismo e Esporte da Bandeirantes. O Zé, numa conversa no fim de semana, revelou que agora só quer descansar um pouco. Jura, de pés juntos, que não tem nada

Áries 21/03 a 20/04 A época é ótima pra programar uma viagem, mas hoje a tendências é exagerar nos gastos e ser impulsivo demais nas escolhas. Este é um dia de preparação astral, arranje um tempinho para aquietar a mente. Ciumeiras no amor.

Leão 22/07 a 22/08 Lua, Mercúrio e Júpiter embolam seu meio de campo hoje - na ânsia de mostrar seus talentos você corre o risco de exagerar na dose e causar má impressão. Drible autoritarismo crescente e saiba conciliar interesses múltiplos.

Sagitário 21/11 a 21/12 Por mais que você queira explicar o que está vendo e entendendo de algo, é bem capaz de não conseguir. Nem tente forçar a mão, pois seria ainda mais mal compreendido. Curto circuito entre emoções e razão.

Touro 21/04 a 20/05 Aplicar bem o 13º salário ou a bonificação que recebeu é essencial nesta época de dezembro! Porem, Lua e Júpiter em ângulo difícil sinalizam fraco poder de decisão. Espere a lunação de amanhã pra decidir melhor.

Virgem 23/08 a 22/09 Começou há pouco uma curta fase em que você está mais ligado no que acontece na sua vida intima do que nas altas esferas do poder. Fora das vitrines, você será mais feliz nestas semanas. Prepare sua agenda para isto.

Capricórnio 22/12 a 21/01 Vênus anuncia uma amiga capaz de levantar a sua bola e restituir sua autoconfiança. Marte em seu signo quer tudo pra agora. Difícil. Confie mais no lento poder de transformação interior, ele o levará mais fundo e mais longe.

Gêmeos 21/05 a 20/06 Astral bastante tenso agita a sua alma hoje! Você está sendo puxado para caminhos diferentes, antagônicos até. A pior coisa a fazer é prometer que vai dar conta de algo grande demais. Não hesite num relacionamento.

Libra 23/09 a 22/10 Vênus e nodo lunar nor te arranjam encontros e eventos sociais onde você pode ganhar com seu talento. O difícil será se desviar das ciumeiras e da manipulação emocional de uns e outros. Mas sim, você ganhará algo bom.

Aquário 21/01 a 19/02 A pergunta que não quer calar é: afinal, o que você quer fazer da sua vida? Até onde vai seu pique de mudar o mundo? Ao mesmo tempo, está abrindo a cabeça e não aceita respostas batidas. Achará caminhos novos agora.

Câncer 21/06 a 21/07 Seu corpo responde rápido as ameaças ambientes hoje e da mesma forma você está emocionalmente mais sensível. É importantíssimo seguir uma rotina bem saudável agora! Inspiração a mais nas tarefas de trabalho.

Escorpião 23/10 a 21/11 A beleza é difícil de explicar, você tem de aceitar isto. Há belezas sobre as quais todos concordam. Há outras que alguns enxergam e muitos não. Descubra qual é a sua e não se sinta fora do jogo da sedução.

Peixes 20/02 a 20/03 Os pequenos entreveros domésticos continuam - e como você está ligadíssimo hoje em suas próprias ambições e projetos sociais e profissionais, até as menores dificuldades parecem intoleráveis. É só isso.

CINEMARK 7 - HORA:21:50

CINEMARK 5 - HORA:14:20 / 16:30 / 18:50 / 21:10; HORA:23:20 (SÁB) A ORIGEM DOS GUARDIÕES (LIVRE) MOVIECOM 6 - HORA: 15:10 / 17:20 / 19:30 CINEMARK 7 - HORA:14:30 / 17:00 / 19:20 CINEMARK 7 - HORA:11:00 (SÁB)

w COISA ABSURDA Na vinheta do SBT, tiveram o capricho de colocar a menina da pegadinha entre as crianças de “Carrossel”. Algo tão estranho quanto assustador. Primeiro que é um desres-

HORÓSCOPO

CINEMA A ORIGEM DOS GUARDIÕES (LIVRE) MOVIECOM 1 – HORA:14:00 / 16:10 / 18:20 / 20:30 GONZAGA - DE PAI PRA FILHO - (12 ANOS) MOVIECOM 2 - HORA:16:35 / 21:35 CINEMARK 4 - HORA:12:30 / 15:00 / 17:55 / 20:50 AMANHECER - PARTE II - (12 ANOS) MOVIECOM 2 - HORA:14:10 / 19:10 MOVIECOM 6 - HORA:21:40 MOVIECOM 7 - HORA:14:00 / 16:30 / 19:00 / 21:30 CINEMARK 1- HORA:12:40 / 15:20 / 18:00 / 20:40; HORA: 23:15 (SÁB) CINEMARK 6 - HORA:13:40 / 16:20 / 19:00 / 21:40

a sua saída. w Lançado em novembro pela Som Livre, o CD nacional de "Salve Jorge" já registra bons números. w No período de um mês foram vendidas cerca de 50 mil cópias. w A música "Esse Cara Sou Eu", de Roberto Carlos, permanece em primeiro lugar no iTunes Brasil há várias semanas. w Luigi Baricelli está viajando para dois cursos. Um em Nova York e outro na Florida. w Gal Costa amanhã, quarta, e Seu Jorge, domingo, estão na programação do “De Frente com Gabi”, no SBT.

C´EST FINI

>> TV - TUDO w PARAR PRA PENSAR Qual o objetivo de fazer uma entrevista com um assassino, frio, confesso e condenado, que não seja a audiência? O que o assassino em questão, nesta sua última aparição – e espero que seja mesmo – conseguiu acrescentar de novo em relação à penúltima vez? É preciso um mínimo de prudência nesse vale tudo do Ibope.

Terça-feira

TRÊS HISTÓRIAS, UM DESTINO - (10 ANOS) MOVIECOM 3 - HORA:17:00 / 21:20 ERA UMA VEZ EU, VERÔNICA - (16 ANOS) MOVIECOM 3 – HORA:15:00 : 19:20 OS PENETRAS - (14 ANOS) MOVIECOM 4 - HORA:15:05 / 17:15 / 19:25 / 21:35 CINEMARK 2 - HORA:14:00 / 16:10 / 18:30 / 21:00; HORA: 23:30 (SÁB)

O HOBBIT: UMA JORNADA INESPERADA - (10 NOS) CINEMARK 1 – HORA:23:55 (QUI)

QUATRO AMIGAS E UM CASAMENTO - (16 ANOS) MOVIECOM 5 – HORA:15:35 / 17:40 / 19:45 / 21:50

OBS: A aprogramação pode ser alterada sem prévio aviso. Favor consultar o cinema para confirmar o filme do dia.

encaminhado ou ao menos conversado com ninguém. w CLASSIFICAÇÃO - 1 O Ministério da Justiça já disponibilizou a classificação indicativa do reality “Big Brother Brasil 13”, estreia da Globo em 8 de janeiro. Programa não recomendado para menores de 12 anos e exibição somente após 20 horas. w CLASSIFICAÇÃO – 2 O MJ informa também a classificação indicativa de “Pé na Cova”, nova série do Miguel Falabella, com lançamento previsto para 24 de janeiro. Produto não recomendado para menores de 16 anos e apresentação depois de 22 horas. O detalhe é que em ambos os casos, a classificação aparece como provisória, escolhida pela Globo. Portanto, sujeita a alterações.

Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!


Cidade

Terça-feira

Natal, 11 de dezembro de 2012

Natal possui menos da metade dos dentistas recomendados pelo MS LEVANTAMENTO

DESSE ÍNDICE FOI DEBATIDO NO

O Grupo Auxiliar de Saúde Bucal da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) promoveu na manhã desta segunda-feira, o 23º Fórum Estadual de coordenadores da área com o intuito de capacitar e debater problemas e soluções que dentistas enfrentam para uma boa prestação de serviços no interior do Rio Grande do Norte. Lotado no auditório da Sesap, o evento previa três palestras ministradas por dentistas, com as temáticas “Perdas dentárias em adultos de 35 a 44 anos no RN”, proferida pela Dr. Isa do Vale; “Prevalências das maloclusões [encaixe de dentes] em pré-adolescentes aos 12 anos no RN”, sob os cuidados do Dr. Alcides Caramel; e “Direitos e Deveres Trabalhistas dos CDS no serviço público”, com o presidente do Sindicato dos Odontologistas do RN (Soern), Ivan Tavares. Informes sobre o projeto fissurados (atendimento de pacientes com fissuras labiopalativas), centros de especialidades odontológicas e unidades, unidades móveis e laboratórios regionais de próteses estavam na pauta dos palestrantes. Sobre este último caso, a sanitarista e técnica do Grupo Auxiliar de Saúde Bucal, Jeanny Guedes explica o processo de liberação do valor de R$939,4 mil, pelo Ministério da Saúde, para a implementação de laboratórios de próteses em 19 municípios potiguares. “É incluído no teto financeiro do Ministério da Saúde como média a alta complexidade, através da portaria específica”. De acordo com Jeanny, a tabela segue os seguintes critérios: entre 20 e 50 solicitações de próteses, a cidade recebe R$7,5 mil por mês; entre 51 e 80, R$12 mil; entre 81 e 120, R$18 mil; e acima de 120, R$22,5 mil. Com 66 municípios dotados de laboratórios de próteses, a total execução do projeto prevê 82 cidades contempladas com dinheiro federal, depois de cumpridos processos licitatórios e de análise do Ministério da Saúde. “O problema é que faltam técnicos em prótese dentária no Estado. Por isso o Ministério está lançando um curso de formação para esse tipo de profissional em 2013”. Já para a Dr. Isa do Vale, chefe de um levantamento epide-

23 FORUM ESTADUAL O

Fotos: Canindé Santos

Profissionais assistiram às palestras e debateram temas preocupantes no RN, a exemplo da perda precoce dos dentes

A dentista Isa do Vale lembra que as consequências da falta de dentes são inúmeras

miológico, em 2010, em que 1060 pessoas com dentes extraídos foram analisadas, o problema bucal do potiguar vai além da fabricação de dentes postiços. Uma pesquisa com pessoas entre 35 e 44 anos revelou que “renda baixa, nível de escolaridade, sexo e acesso ao serviço são as principais causas para a perda de dentes. O que é uma pena, pois além da estética e de problemas na mastigação, efeitos imediatos da falta de um dente, o indivíduo certamente terá problemas intestinais, cardíacos e de Pericoronarite [inflamação do tecido que recobre a coroa dentária]”. O MS projeta uma equipe, composta de cirurgião dentista e auxiliar de saúde bucal, para cada três mil habitantes, mas pouco mais da metade dos municípios potiguares cumprem a regra. Em Natal, por exemplo, mal chega aos 50%. “Falta vontade política”, confirma Jeanny Guedes. Levantamento Nacional de Saúde de 2003 detectou que 13% dos adolescentes nunca haviam ido ao dentista, 20% das pessoas têm dentes extraídos e 45% desconhecem uma escova de dente.

> BALANÇO

Denúncia de violações contra idosos aumenta quase 200% em 2012 As denúncias a violações de direitos humanos recebidas pelo Disque 100 aumentaram 77% em 2012 em relação ao ano passado. De acordo com balanço divulgado nesta segunda-feira pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, em 2011 o serviço acolheu 87.764 denúncias. Este ano, esse número subiu para 155.336. O aumento se deu em todas as áreas atendidas, porém a que apresentou uma maior expansão foram as denúncias de violação a idosos, com avanço de 199%, passando de 7.160 registros em 2011 para 21.404 em 2012. Depois dos idosos, o grupo LGBT teve o segundo maior aumento (197%), seguido da pessoa com deficiência (184%). A categoria criança e adolescente teve 59% de aumento das denúncias em 2012 e a população em situação de rua, 26% - o menor aumento de denúncias entre os grupos atendidos. Segundo a Secretaria, de janeiro a novembro de 2012, o Disque Direitos Humanos (Disque 100) realizou 234.839 atendimentos, dos quais 10.131 (4,3%) orientações e disseminação de informações; 155.336 (66,1%) denúncias; 68.651 (29,2%) repasses de informações à população sobre telefones e endereços de serviços de atendimento, proteção e responsabilização presentes nos Estados e municípios; e 715 (0,3%) de outras manifestações, como elogios, sugestões e solicitações. Por região, a Secretaria avalia que os Estados do Norte apresentaram "importante crescimento das denúncias". Na comparação entre 2011 e 2012, houve "considerável aumento" para o Estado do Amapá (153%), Acre (129%) e Roraima

Divulgação

As denúncias de violações aos direitos humanos aumentaram 77% em 2012 em relação ao mesmo período de 2011 (104%). O Distrito Federal (120%) e Mato Grosso do Sul (114%) também aparecem como unidades da Federação de destaque no aumento do uso do Disque 100 para denunciar casos de violação de direitos humanos. Perfil de 2012. De acordo com o balanço, das 155.336 denúncias registradas este ano, 77,5% (120.344) são relacionadas a violações contra crianças e adolescentes; 13,8% (21.404) contra idosos; 4,8% (7.527) contra pessoas com deficiência; 1,8% (2.830) de violações cometidas contra a população LGBT; 0,3% (489) contra população em situação de rua. Os outros 1,8% (1.603), segundo a Secretaria, referem-se a denúncias de "outras populações em situação de

vulnerabilidade acrescida de assuntos relacionados a direitos humanos, como quilombolas, indígenas, ciganos, violência policial, tortura, entre outros". Contra crianças e adolescentes, as maiores violações registradas pela Disque 100 são a negligência, que mostra a ausência ou ineficiência no cuidado (com 68%), seguida de violência psicológica (49,2%), violência física (46,7%) e violência sexual (29,2%). Em relação aos idosos, o serviço registrou 68,7% de violações por negligência, 59,3% de violência psicológica, 40,1% de abuso financeiro/econômico e violência patrimonial e 34% de violência física. As violações registradas con-

tra a população LGBT indicam que 93,2% são de violência psicológica, 82,7% discriminação, 36,2% violência física, 6,2% de negligência, 4,3% de violência sexual e 2,5% violência institucional. "Os dados para a população LGBT revelam que é a população com o maior registro de violações na categoria violência", destaca o documento. A Secretaria explicou que as manifestações de violações de direitos humanos acolhidas pelo Disque 100 são examinadas e depois encaminhadas aos órgãos responsáveis para apuração e providências cabíveis. O Disque Direitos Humanos funciona 24 horas, todos os dias, inclusive fins de semana e feriados.

O Jornal de HOJE 19


20 O Jornal de HOJE

Natal, 11 de dezembro de 2012

Cidade

Terça-feira

Érika Nesi Moda & Atitude erikamnesi@hotmail.com

Fotos: Verona Moura/De Saboya.com

Ah, quer saber...

Por essas e outras que Toinho Silveira é tão querido por todos "Quero comemorar Uma Noite de Natal. Prepare seu coração e

Inauguração da Little Tree

emocione-se com tanta luz. Estaremos unidos, comemorando a vida,

Será amanhã a partir das 18h,

renascendo a cada dia...instante.

inauguração da Little Tree, loja dos

Paz, amor, vibração positiva. Di-

queridos Isabela e Hicham Chacra,

virta-se! Espero que seja assim

destinada aos pequenos. Eles trazem

todos os dias de nossas vidas. Fé,

uma proposta completamente difer-

paz e amor".

ente de tudo que foi visto até agora por aqui. Uma loja interativa, que

t t t

chama atenção de todos que passam pela sua frente. t t t

A hora do parabéns de Nicole Flor Elali

Idosos de instituições do Estado participam de ceia de Natal nesta quarta Nesta quarta-feira (12), o col-

Marcas

unista Toinho Silveira reúne 700

O seu mix de marcas é bem di-

idosos em mais uma edição do

versificado que conta com as in-

Natal Feliz. A 10ª edição do proje-

ternacionais: Tommy, Nike, Diesel

to, que promove uma verdadeira

e Lacoste. Fora isso, também fazem

ceia de Natal para idosos assisti-

parte, as nacionais: Reserva,Cen-

dos por várias instituições do Es-

topéia dentre outras e a Little Tree,

tado, será na Praça Augusto Leite,

marca da própria loja. Falaremos

no bairro do Tirol.

mais no decorrer da semana. Vale a pena visitar e conferir de perto a

t t t

inauguração e todos os nossos leitores estão convidados.

Programação... Além da doação de cestas bási-

t t t

Desfile na TT Tereza e Bebel Tinoco, sempre antenadas, movimentam a tarde do

cas a todos os idosos presentes, o evento oferecerá uma programação

Juliana, Nicole, Théo e André Elali

com shows de artistas locais e muitas surpresas. O evento conta com o apoio de políticos e pa-

dia 12 de dezembro. Com delicin-

tronesses como Anita Catalão Maia,

has e a presença de suas fieis

Tereza Tinôco, Wilma de Faria,

clientes, elas recebem para lançar

Júlia Arruda, Rosalba Ciarline,

a coleção branca da loja. As belezas

Mirian de Sousa, Odete Guerra,

serão mostradas em forma de des-

Flávia Diniz, Sandra Elali, entre

file técnico, com direito a muitas

outras.

dicas.

t t t

t t t

Petit Noir As empresárias Romina Salustino e Renata Tonelli, estão felizes da

Sandra e Sami Elali

Tânia Flor com as filhas: Daniella, Juliana e Kalina

mãe, conta Toinho Silveira. "Ela

"Petit Noir". A loja de brigadeiros

estava doente e eu reunia os meus

contempla mais de 40 sabores difer-

amigos em uma grande festa para

entes do doce, que é o mais pedi-

homenageá-la. Até que resolvi fazer

do entre a meninada e agora toma

essa festa na praça, que é perto da

conta dos adultos. Além dos

minha casa, e compartilhar esse

brigadeiros deliciosos, a loja conta

momento com os idosos. Hoje esse

com embalagens lindas, ótimas para

é o meu Natal. A ceia é como se

lembranças de Natal e decoração Salustino.

O Natal Feliz começou com uma festa em homenagem à sua

vida com o sucesso da brigaderia

maravilhosa feita por Bernadete

Homenagem à mãe de Toinho Silveira

Iolanda Dantas com os netos Marina e André Elali

Hugo Pinto e Isnara Almeida

fosse a da minha casa. É aqui, nessa noite, que eu celebro o Natal". t t t

t t t

Agradecimento

Aniversário de Nicole Ontem foi o aniversário de

A coluna agradece ao mimo que

Nicole, a pequena princesa filha de

acabou de receber da mais querida

Juliana e André Elali. O cenário da

Maninha Dias. Sempre com muita

festa foi o buffet infantil Abra-

alegria e beleza torna a nossa col-

cadabra, que ficou repleto de cri-

una cheia de felicidade.

anças e pais corujas, além da família da aniversariante. Mas uma delas era bem especial, a tia Marina Elali. t t t

Queridas dessa coluna, a anfitriã Ju Flor e Fabi Lyra

t t t

Gabriel Ribeiro e Dani Monte

Carnatal de parabéns Mais uma vez, ponto para a Destaque, que soube conduzir

Terça tem "Uma Noite de Natal"

muito bem a festa. Um dos even-

Nesta terça-feira (11), às 18h,

A segurança esteve presente e a an-

o colunista Toinho Silveira co-

imação também. É de festas como

manda mais uma festa em cele-

essas que precisamos, para que

bração a vida e em clima de con-

tanto nós que habitamos a cidade

fraternização. Com shows natali-

como os turistas, participem ante-

nos e desfile da Guilhermina, reúne

cipando a alta estação, e dando

200 amigas no Imperial Recepções,

lucro do pequeno ao grande em-

em Lagoa Nova, para "Uma Noite de Natal". A casa fica na Avenida Lima e Silva, nº 3045.

tos mais traquilos dos últimos anos.

Larissa Borges e George Maranhão

Sandra Elali e Keity de Saboya

presário. Até amanhã!!!


FLIP 11/12/2012