Page 1

Segunda-feira

Ano XVI w NATAL-RN,

11 DE NOVEMBRO DE 2013 w Nº 4.786

R$ 1,00

w jornaldehoje.com.br José Aldenir

> NO PROCESSO DE ELEIÇÃO DIRETA DO PT...

Grupo de Mineiro derrota Fátima e acordão com PMDB fica ameaçado PARA

O PRESIDENTE ELEITO DO DIRETÓRIO DO PT EM NATAL, JULIANO SIQUEIRA, O RESULTADO REPRESENTA DESAPROVAÇÃO DA PROPOSTA DE ALIANÇA DO PARTIDO COM AS OLIGARQUIAS DO RN POLÍTICA 3 Wellington Rocha

> INSEGURANÇA

“Com tremor um pouco mais forte, casas poderão desabar”, diz sismológo

> OUTRO ABALO

Comerciantes do Alecrim cobram policiamento: a situação é crítica

População de Pedra Preta precisa estar preparada

Apesar dos assaltos, arrombamentos e furtos relatados, praticamente não existem policiais nas ruas e até as câmaras de segurança estão “desativadas para manutenção”.

CIDADE 8

ESCREVEM ARTIGOS NA EDIÇÃO DE HOJE

CIDADE 10

Ailton Salviano Ana Luíza Rabelo Spencer Alcimar de Almeida Silva Jahyr Navarro Roberto Cardoso Fernando Roberto. C. Oliveira Anísio Marinho Neto

> SANGUE NO RN

Fim de semana violento com 14 assassinatos e 3 mortes no trânsito CIDADE 10

OPINIÃO - Página 2

Principal comércio de rua do RN é alvo diário de bandidos, que agem livremente a qualquer hora do dia. E as ocorrências aumentam no fim de ano José Aldenir

Túlio Lemos

> DESENVOLVIMENTO

Para secretário, Mais RN e Pró-Sertão vão transformar o Estado

Página 3

w Fátima não comanda as bases do PT e vem sofrendo sucessivas derrotas internas.

ECONOMIA 7

Marcos A. de Sá

> EDUCAÇÃO EM NATAL

Relatório alerta para evasão e necessidade de construir escolas

Página 7

w CDL/Natal divulgará pesquisa sobre expectativa de negócios neste fim de ano.

CIDADE 6

Alex Medeiros

> TRANSPORTE PÚBLICO

Bilhetagem única ainda não tem data para implantação

Página 11

w Copa do Mundo 2014 ameaçada de um grande desfalque de estrelas.

Mais de 40 escolas do Ensino Fundamental e CMEIs foram visitadas por vereadores de Natal

CIDADE 14 José Aldenir

Daniela Freire Página 12

w Muitas discussões entre as alas de Fátima Bezerra e Mineiro nas redes sociais.

Vicente Serejo Página 13

w Do corpo quando se salva com a sua história, mesmo quando a carne é pobre e fraca.

INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,33 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,38 R$ 2,33

> SÉRIE B

ABC vence o Icasa; América se prepara para jogo de amanhã O time de Roberto Fernandes abriu três pontos de vantagem da zona de rebaixamento e amanhã enfrentará o Figueirense em Florianópolis. Já a equipe de Leandro Sena, que está sem três titulares, define hoje à tarde a escalação para a partida de amanhã contra o América-MG na despedida do Nazarenão. ESPORTE 15

Euro x real R$ 3,12 Poupança 0,50%/0,41% Taxa Selic 9,5%

E-MAIL REDAÇÃO:

No jogo deste sábado, no Franqueirão, ABC vence de 1 a 0 (gol de Geovanni Augusto) e respira aliviado

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

16 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Natal, 11 de novembro de 2013

AILTON SALVIANO, geólogo e jornalista (ailtonsalviano@uol.com.br)

Opinião Artigo

Segunda-feira

Artigo

JAHYR NAVARRO, médico (jahyrnavarro@gmail.com)

Falta dinheiro? Aumente os impostos!

Lembrando o Cais Tavares de Lyra do meu tempo

Este nefasto procedimento que sempre entupiu as burras dos governos nos persegue desde os tempos do Brasil Colônia. E esta repetição sequiosa e doentia ao longo da História nos transformou em maiores pagadores de impostos do planeta. Aos governantes não interessa analisar a queda das receitas ou fiscalizar a aplicação dos recursos arrecadados. É muito mais fácil e prático, espoliar o contribuinte. Vai ser difícil ou impossível surgir outro Marquês de Pombal para sugerir a extinção de tal derrama. Quase que diariamente, os jornais anunciam o desvio de dinheiro público. Isto se tornou algo banal, comum e que nós brasileiros aceitamos passivamente como se os bens do Erário não nos pertencessem. E assim, as metáforas proliferam: "É dinheiro da viúva". "A viúva pagou por uma obra inacabada". "Eles ainda pegaram uma lasquinha do dinheiro da viúva". Só que no caso brasileiro, a viúva parece ter uma fortuna interminável, ao contrário da fábula da viúva pobre contada por Jesus. Um dos exemplos que refletem o comportamento dos nossos dirigentes com o dinheiro da viúva aconteceu na última semana. O Tribunal de Contas da União (TCU), após alguns meses de fiscalização, encontrou uma série de irregularidades na aplicação dos recursos públicos em várias obras geridas pelo Governo Federal. Pois bem, a notícia foi divulgada pela mídia em todo o país. Na mesma semana, a presidente em entrevista no Rio Grande do Sul, indignouse com a sugestão do TCU de paralisar algumas dessas obras para averiguação. Quer dizer: ninguém vai pagar o que foi surrupiado? Pelo andar da carruagem, como sempre acontece nesses casos, parece que sim! Sem considerar fiscalizações de anos anteriores, somente em 2013, das 136 obras fiscalizadas pelo TCU envolvendo 34,7 bilhões de reais, 84 apresentavam irregularidades. Em apenas duas delas

Aquela parte da Ribeira onde se situa o Cais Tavares de Lyra foi durante muito tempo um dos lugares mais badalados da cidade. Nas suas imediações localizavam-se os dois únicos clubes náuticos - Sport e o Centro - que incrementavam o remo como o esporte que modelava o físico dos jovens, além de estimularem as disputas nas regatas, alimentando assim, uma antiga rivalidade. Os bares, com suas mesas esparramadas pelas calçadas, atendiam a uma freguesia que vibrava ao som da música americana tocada em suas radiolas no volume mais alto possível. Os cabarés, de todas as categorias, proliferavam na redondeza com suas prostitutas louras oxigenadas - uma das reminiscências do tempo da guerra -, despertando a curiosidade de muitos que por ali passavam, incluindo os remadores principiantes nas duas artes. Ficavam por perto, a ferrovia interestadual para o transporte de cargas, o comércio que atingiu o seu auge e a praça de automóveis de aluguel outrora muito procurada, mas extinta com o crescimento do bairro. Tudo isso exercia - de certa forma , uma importância muito significativa sobre o Cais, até pelos momentos nostálgicos do pôr-do-sol, como também com as despedidas que aconteciam a toda hora, mesmo com breves separações. Foi muito movimentado por comerciantes que utilizavam a via fluvial

Artigo

(Ferrovias Norte-Sul e Oeste-Leste) há indicativos de sobrepreços que somam 1,1 bilhão de reais. Se o órgão fiscalizador sugere que tais obras sejam paralisadas até serem apuradas tais irregularidades e isto não é cumprido, pergunto: "Para que então serve o TCU?" A fonte que abastece essas imoralidades não seca jamais - trata-se do bolso do contribuinte. Do trago do miserável na bodega da esquina, ao champanhe francês sorvido pelo milionário comemorando a finalização de um grande contrato, algo invisível saiu em termos de tributo para alimentar os cofres da boa viúva. É assim, foi sempre assim e vai continuar assim. Como diz o velho chavão dos cronistas esportivos: "Em time que está ganhando (time dos governantes) não se mexe". Mas, o exemplo mais escabroso que comprova o título deste artigo vem da maior cidade brasileira. Achando que a arrecadação do IPTU da capital paulista estava defasada, o prefeito de São Paulo decidiu aumentá-la em até 40%. A Câmara Municipal aprovou, mas a Justiça barrou. Enquanto Executivo e Judiciário entram em choque, eis que surge um dos maiores escândalos dos últimos tempos que envolvem exatamente arrecadadores de tributos. Até agora são apenas 500 milhões de reais desviados. Os auditores fiscais do município de São Paulo aproveitando-se do descaso que se dispensa aos recursos do Erário, transformaram os cofres públicos nas suas próprias fontes de renda e passaram a mão em grande parte dos Impostos Sobre Serviços (ISS) e também do IPTU. Apesar do escândalo, ninguém falou em suspender o aumento do IPTU, como se não houvesse qualquer relação entre os dois fatos. Será que o procedimento criminoso desses fiscais é privilégio apenas de São Paulo? Esta indagação deixo para o caro leitor refletir.

ANA LUÍZA RABELO SPENCER, advogada (rabelospencer@ymail.com)

Seja melhor Todos somos bons. Boas pessoas, bons profissionais... Todo dia, porém, precisamos nos esforçar para sermos melhores. Não melhor que A ou B, mas melhor do que nós fomos no dia de ontem. Se foi generoso, seja mais; se foi gentil, educado, paciente, fraterno, seja mais e mais. Todos os dias. O mundo, esse mundo que é nosso, é para os bons, mas existem outros mundos, que ainda iremos conhecer, e esses, sim, são para os melhores. Os mais esforçados, os mais amorosos, os mais humanos. Cabe a cada um fazer um balanço diário de que tipo de pessoa ele (a) foi naquele dia e tentar superar a si mesmo. Cabe a todos nós ajudarmos o próximo nesta conquista. Apesar de sermos bons, não somos perfeitos, e quando "escorregamos" na nossa

Artigo

imperfeição, "ajudamos" o outro a ser imperfeito também. Sendo brutos, despertamos a brutalidade do outro; sendo impaciente, mal-educado, egoísta, oferecemos ao próximo a chance de revidar, como se sendo cruel despertaremos a vingança que há dentro de nós. Nosso trabalho aqui nesta Terra é de distribuir esperança, respeito, conforto... Ajudar a amenizar as dores do próximo, para que, com menos obstáculos, ele também possa ser amanhã melhor do que foi hoje. Como dizia Herbert de Souza, Betinho, se cada um fizer a sua parte, já é o bastante para todos, porém de que adianta o passarinho fazer a sua parte se qualquer outro dos animais não pretende ajudar a floresta? Faça o que puder, mas faça também o melhor que puder, e veremos o mundo transformar-se diante de nós!

ALCIMAR DE ALMEIDA SILVA, advogado, economista, consultor fiscal e tributário (aasconsultoria@bol.com.br)

O leite das crianças O programa de distribuição de leite adotado pelo Governo do Estado há quase 30 anos e que foi motivo de censura há pouco mais de 1 ano em face do anúncio governamental de que aumentaria o preço de aquisição do produto em 3 centavos por litro, com o objetivo declarado de estimular a produção e garantir o abastecimento das famílias de baixa renda, está de volta à mídia, e agora com muito mais razão. Pois desta feita é anunciada a redução de 130 mil para 67 mil litros distribuídos diariamente, medida que se encontra em prática desde o início do mês, sob a alegação da necessidade de recadastramento dos beneficiários, pois estariam sendo atendidos muitos que não se enquadram nos critérios do programa, o que só virá a ser concluído no próximo mês de janeiro. É de se perguntar, como até lá serão identificados os que farão jus ao recebimento dos 67 mil litros diários, como ficarão as milhares de crianças que têm no leite o principal ou predominante item de sua alimentação e se haverá ampliação da distribuição para atender os que se enquadram no programa e ainda não são atendidos. Pois a qualquer leigo é possível saber da importância do leite nas fases de crescimento e desenvolvimento da criança, não precisando ser médico pediatra para ser detentor deste conhecimento. Por isso é inaceitável a explicação prestada à imprensa pelo Secretário da Agricultura com a qual pede-se vênia para discordar em face da velha amizade - de que o programa já não é tão necessário quanto era no passado, diante da melhoria no índice de mortalidade infantil. Outra razão à qual foi atribuída a redução da quantidade de litros de leite distribuídos foi o apoio à pecuária leiteira (?), a respeito do que o Sindicato dos Produtores de Leite admite que a redução no volume comprado poderá colocar o programa de volta nos eixos, desde que acompanhada pelo monitoramento da qualidade do leite distribuído, pelo aumento do preço ao fornecedor e pela regularização do pagamento, sem o que a mudança seria

um desastre. Por sua vez, o Sindicato das Usinas de Beneficiamento de Leite demonstra preocupação, pois com essa redução muitos produtores e usinas poderão quebrar, uma vez que das 20 usinas existentes 4 só vendem para o programa de distribuição, destacando ainda que o Governo do Estado compra metade de todo o leite produzido. Finalmente, a existência de uma rede de proteção social por meio de bolsas pagas à população, foi a terceira razão apontada para justificar a redução, quando é sabido que os valores recebidos a título de "Bolsa Família" se destinam à aquisição de outros itens da alimentação de toda a família e não apenas das crianças, a quais são beneficiárias pela distribuição do leite. E que, mesmo diante da sua existência há mais de 20 anos, o programa de distribuição do leite nunca deixou de funcionar, enquanto outros benefícios sociais são vinculados ou condicionados a outras características ou requisitos dos beneficiários, de que são exemplo a redução da tarifa de energia elétrica, o benefício mensal continuado destinado à pessoa portadora de deficiência e ao idoso que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção. A verdade verdadeira - permitam-me a redundância - pode ser encontrada no contexto da mesma entrevista prestada pelo Secretário da Agricultura, ao declarar não haver disponibilidade de recursos suficientes para bancar o programa com o volume de leite que estava sendo distribuído, implicando num dispêndio mensal de 6 milhões e 600 mil reais, que será reduzido com a medida adotada a 3 milhões e 500 mil reais e colocar em dia o que está atrasado, num importe de 9 milhões e 500 mil reais. E também afirma ter que trabalhar com os recursos disponíveis para o programa e com esta redução colocar em dia os débitos com os fornecedores e a partir daí passar a pagar o fornecimento sem atraso. Enquanto isso, o Governo do Estado mandou representante à Feira do Livro de Frankfurt.

Artigo

como meio de transporte de suas mercadorias em botes especializados. Já outro tipo de bote, era usado como transporte coletivo, acomodando seus passageiros em suas bordas e reservando sua parte central para as mercadorias de pequeno porte. Com as "velas pandas ao vento", tomavam o rumo da Redinha, como outrora faziam para Macaíba - cidade boêmia daquele tempo. Durante o veraneio a população flutuante da Redinha, duplicava e com ela, a maior procura pelos botes e lanchas, que obedeciam a um rígido horário que começava pela madrugada e terminava com o famoso "último bote" ao entardecer. O Cais Tavares de Lyra exerceu uma forte influência na minha adolescência. Foi nele, e em suas cercanias, que vivenciei momentos inesquecíveis, quando fui tomado por um deslumbramento em tudo que lhe dizia respeito. Era o lugar que sempre escolhia para assistir as regatas, como também pelos inúmeros eventos que se realizavam ao seu redor durante o ano inteiro. Vi, sem que me seja possível esquecer, uma única, das muitas situações que marcaram sua presença na minha atribulada adolescência, que foi um afogamento onde nada pude fazer para evitá-lo. Daí, surgiram as minhas apreensões com as pessoas idosas e indefesas ao entrarem nos botes, que oscilavam ao sabor do vento fazendo um ondeamento na superfície do rio, algumas vezes fora do normal.

ANÍSIO MARINHO NETO, 1º procurador de Justiça, professor e membro da ALEJURN, IHGRN e UBE (anisiomarinho@unp.br).

Quantas vezes desci seus degraus para com amigos atravessar o rio a nado pelo simples prazer da disputa? Quantas vezes, ao perder o último bote, desci seus degraus ao lado do meu amigo Waldemar Matoso, para aproveitar a maré vazante e com ela atingir a outra margem, para não perder as festas no Redinha Clube? Quantas vezes, meus olhos assistiram o pôr-do-sol, com meus pés fincados em seus degraus e a alma flutuando na imensidão oceânica dos meus sonhos? Quantas vezes, em momentos de meditação, debrucei-me em sua balaustrada e dela transportei-me para o mundo nostálgico da minha adolescência, que só a mim pertencia? Esse Cais, já não mexe mais com as minhas emoções. Dele, o que ainda resta está esvaindo-se como uma vela que chega ao seu fim. Os botes, desapareceram e já não atracam mais em seus degraus com a mesma expectativa de outrora. As lanchas, também não existem mais, e assim mesmo, já não guardavam mais a alegria de sua chegada, nem a tristeza de sua partida. Aquela vista do Cais do Porto - com ou sem navios -, o Canto do Mangue, com seus botes de pesca encalhados, já não refletem as mesmas emoções. As balsas chegaram, encurtaram o percurso, o tempo e finalmente, a ponte tirou o que mais prazeroso existia, que era a paisagem bucólica de sua travessia quando a viagem não era para chegar e sim, para navegar.

ROBERTO CARDOSO, cientista social e sócio efetivo do IHGRN (rcardoso277@yahoo.com.br)

A construção do conhecimento (9) O conhecimento e a informação estão nas ruas e nas calçadas, quem circula pelas ruas da cidade, a selva de pedra, adquire uma variedade de conhecimentos, tal como os homens denominados de primitivos. Aqueles homens primitivos saiam das cavernas, local onde se protegiam, para ir à caça ou à pesca, e para coletar frutos e alimentos silvestres. Com alguns saberes e sabores adquiridos, puderam entender e compreender que algumas plantas ou ervas, minerais ou animais podiam o favorecer em alguma enfermidade, e ate mesmo melhorar ou modificar sabores. Os gostos individuais de cada um os levaram aos saberes, construídos individualmente. Hoje o homem denominado civilizado, sai de casa, tal como o outro que saia da caverna. Enfrenta as ruas e avenidas em busca de um mercado, um açougue, padarias e mercearias, com algum conhecimento de enfermidades e patologias, procura uma farmácia. Pode sair deambulando ou a bordo de um carro que substitui seu cavalo e sua armadura, ou seu jegue e seu gibão. Os carros reduzem as distancias e protegem cargas e passageiros, evita infortúnios pelos trajetos, simboliza poder e segurança. O Brasil não viveu as idades dos metais, quando se forjava metais criando ferramentas e proteções, armas e escudos. Mas viveu e ainda vive a época do couro, produzindo artefatos à base de couro, para enfrentar o sertão e a caatinga, com seus espinhos e galhos retorcidos em arvores de pouca altura. Enquanto o homem da cidade corre com seu carro, com vários cavalos de potencia, pelas avenidas driblando o tempo e os obstáculos, o sertanejo corre com seus animais de carga e montaria pelas caatingas com gibão, gingando de xiquexiques, mandacarus e juremas. Komunicologia: supermercados e hipermercados acolhem comércios, grandes, médios e pequenos, em um mesmo endereço, mesmo imóvel. Todos procuram criar sua identidade visual, suas marcas e logomarcas, seus tipos e logotipos. Em fachadas de shoppings, logomarcas são expostas para o cliente que transitando, pelas avenidas saiba que lojas podem ser encontradas naquele estabelecimento. Apropriam-se de cores que despertam interesses, de

Artigo

fome e de sede, gastronômicos ou consumistas. Símbolos desde os mais simples aos de formas e cores variadas também podem passar uma informação, onde entender e compreender, sem a necessidade de saber ler ou escrever, bem como uma compreensão de um idioma. Há símbolos universais, de compreensão universal. E a informação está nas ruas, com ou sem o uso de alguma letra e nem sempre com o uso de alguma palavra. Tal como escoteiros se utilizam de símbolos feitos com galhos para deixar informações pelos caminhos e atalhos. Depois das ruas, em um estacionamento também é possível ter contatos com símbolos que indicam os sentidos das vias de transito do estacionamento, as vagas destinadas a idosos ou pessoas com mobilidade reduzida. Localização dos carrinhos de compras, equipamentos de acessibilidade, acessos ou passagens para pedestres. Grandes totens em estrutura metálica são instalados à frente de imóveis comerciais, onde se colocam marcas e logomarcas indicando e induzindo quais produtos e/ou serviços podem ser encontrados ali. Estabelecimentos comerciais, que já estão organizados e estabilizados, desde suas matrizes em outros países, têm sua logomarca e logotipo conhecidos e reconhecidos internacionalmente. Um bom exemplo é a letra "C" vazada entre duas figuras coloridas formando as cores da bandeira francesa. Supermercados de origem nacional utilizam pictogramas de significado internacional, para que o turista ou visitante estrangeiro e ate mesmo os nacionais, possam tem um conhecimento prévio do que pode ser encontrado naquele estabelecimento comercial. Os estacionamentos de shoppings e supermercados normalmente são divididos em cores e setores que se diferenciam por cores, letras e números. Em shoppings com vários andares também são utilizadas cores que diferenciam os andares, nos corredores, e mapas de localização espalhados, em pontos estratégicos. Locais para informações, posto médico, hidrantes e saídas de emergências, todos com símbolos, pois nas urgências e emergências não há tempo de parar e ler o que esta escrito. Pelos corredores de acessos nas

frentes de caixas dos mercados, símbolos indicam onde guardar pertences, para que lados estão localizados os sanitários, onde ficam os bancos ou caixas eletrônicos, loterias e farmácias. Espaços destinados a lanches, com lanchonetes, pizzarias e sorveterias. Tudo com o mínimo de uso de frases ou expressões, tudo tende ao uso de símbolos e direções. Símbolos com tamanho significado, que bastando setas e símbolos de serviços disponibilizados. Dentro dos mercados, corredores são numerados e coloridos, com placas posicionadas a uma determinada altura para que possam ser avistada e compreendida a uma distancia razoável, que produtos estão expostos em determinado corredor. Entre as grandes redes de supermercados e hipermercados de Natal/RN, um deles é cria da terra. Outros, já são marcas consagradas internacionalmente. Um visitante nacional ou estrangeiro poderá avistar de longe a marca internacional, o totem sinalizador da multinacional na avenida ou marcado em mapas turísticos. Basta o seu símbolo para saber que produtos são oferecidos ali. Adaptando-se e antecipando-se ao fato, do fluxo turístico, a rede nordestina incluiu pictogramas junto a sua marca, identificando os tipos de produtos encontrados e oferecidos no estabelecimento. Mapas turísticos já indicam agencias bancarias utilizando símbolos do banco. Um conhecimento pode ser obtido e armazenado no cérebro, uns com mais facilidade e outros com menos. O cérebro funciona como um HD. Os conhecimentos vivenciados são os melhores de serem armazenados, pouco menos os decorados, repassados pela oralidade e pela escrita, que demandam conhecimentos anteriores. Em caso de duvidas ou esquecimentos é possível recorrer a anotações ou quem possa informar de pronto, os HDs externos. É muito comum observar em mercados "super" ou "hiper" pessoas em ligação telefônica, acessando a uma informação remota, ligando para casa, para o trabalho, ou outro ambiente, para obter mais detalhes sobre um produto a ser comprado. O celular permite um contato com um ambiente original de laços afetivos ou profissionais, onde se encontra alguém que detém um conhecimento a respeito do produto desejado.

FERNANDO ROBERTO. C. DE OLIVEIRA, advogado, colaborador (fernandorco@hotmail.com)

Mossoró - dois prefeitos nenhuma prefeitura O mandato da prefeita Cláudia Regina de Mossoró tende a entrar para os anais do Direito Eleitoral do Estado. Não precisa nem do mérito da questão, para reconhecer que existe algo esquisito na cidade, além da chuva de bala. Em menos de um ano de mandato, ela já foi afastada do cargo três vezes, por decisão judicial, e reconduzida. A verdade é que no caso de Cláudia Regina a justiça "claudica". Não entenda-se "claudicar" como estar a favor de Cláudia.

Ou está sobrando prefeito, ou faltando sintonia no circuito judicial. Não precisa ser versado no Direito para esta constatação. Seja qual for o desfecho final, vale dizer o prefeito legal, os efeitos dessa indecisão por certo já influiu negativamente para o êxito da administração. Já está faltando grana, quanto mais faltando prefeito. Ou seja, Mossoró, segunda cidade do RN, Tem um prefeito eleito e outro tampão, e na prática não tem prefeito

algum. Só está faltando um novo Lampião querer assumir o controle. Se fosse preciso um prefeito para liderar de novo a resistência, a cidade ficaria à deriva, neste mar de decisões judiciais conflitantes. Em Pedra Preta por muito menos já está ocorrendo até terremoto e em Santana do Seridó caindo granizo. Ao contrário em Mossoró, mais ao oeste, a coisa já está´muito perto de pegar fogo.

Defesa da Legalidade É por todos sabido que a união de pessoas sempre fez a força. Isto se dá em decorrência de que as pessoas são feitas de suas próprias histórias de vida. E por mais diferentes que estas histórias sejam, por mais que cada uma delas tenha sua própria razão de ser, num certo momento da vida, elas se cruzam e recomeçam do mesmo ponto de partida. Porque a determinação e a paixão são as mesmas. Porque o ideal de conquista é o mesmo. E assim novas histórias surgem. Só que agora não mais como as histórias de cada um. É a história de todos. De toda uma união movida pelo espírito de defesa da legalidade. Pela Ética. Pela Moral. Pelo sabor de lutar, de antes percorrer caminhos diferentes mas que unidos no fim chegam ao mesmo lugar. Porque é assim que deve ser. É assim que uma união mostra sua força. O quanto coletivo, o comunitário, é mais poderoso que o individual. É como um rio que não sobrevive sem seus afluentes. É como uma cordilheira sem suas montanhas. União vem de solidariedade. E a união dos Procuradores de Justiça do Ministério Público do Rio Grande do Norte vem do vivido institucionalmente, pois todos nós temos em média mais de 30 anos de serviços prestados ao Ministério Público e à sociedade potiguar. Porque no momento em que se junta um grupo de pessoas, um monte de experiências, para colocar a Instituição Ministerial nos trilhos, isso tudo, no fundo, no fundo, significa, resistir. E esse é o espírito de todos nós os atuais Procuradores de Justiça do Ministério Público, que emitimos nota de repúdio ao atual Procurador-Geral de Justiça do Rio Grande do Norte, e desagravamos o movimento paredista dos servidores do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte, realizado na última quarta-feira (6), porque entendemos que temos que conviver em perfeita harmonia. A manifestação foi pacífica e em defesa do que eles lutam e ficou sem sentido e qualquer justificativa a polícia para intimidação como o Procurador-Geral de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte fez. O Ministério Público tem como missão a defesa do regime democrático. É preciso se respeitar as posições diferentes. Se o servidor manifesta sua posição, e há essa retaliação, entendemos ser indevida. Os Procuradores de Justiça do Ministério Público do Rio Grande do Norte estão unidos na defesa de suas prerrogativas constitucionais e legais e jamais se intimidarão. Continuarão sempre vigilantes na observância dos postulados da legalidade, buscando internamente e junto aos Poderes Constituídos a prevalência do Regime Democrático de Direito e assim criticamos a existência de um parecer da assessoria jurídica do Procurador-Geral de Justiça do Rio Grande do Norte que acusa de ilegal a manifestação realizada pelos servidores. Quem deve decretar se um movimento é ilegal ou não é o Poder Judiciário. A ilegalidade não pode ser decretada pelo Ministério Público. É muito grave. Nunca antes houve isso na história do Ministério Público do Rio Grande do Norte. Os servidores não concordaram com o parecer do Coordenador Jurídico da Procuradoria Geral de Justiça do Rio Grande do Norte sugerindo cortes no ponto, exoneração de efetivos em cargos em comissão, interrupção de licença prêmio e de estágio probatório, e-mails com orientações aos Promotores de Justiça para "dar um aviso" aos servidores de suas Promotorias, ofícios circulares e por último o Gabinete de Segurança Institucional e a Tropa de Choque no dia da paralisação de advertência, essas foram algumas das ferramentas que o Procurador-Geral de Justiça do Rio Grande do Norte, usou para aplicar o que chama de democracia para tentar intimidar e boicotar o movimento sindical pacífico e ordeiro em defesa da valorização dos servidores concursados. O mais triste é que os servidores foram tratados dessa forma dentro de uma Instituição que é a guardiã da Constituição Federal, da cidadania, dos direitos sociais, da Justiça, da lei e da ordem de nosso país. Nós membros e servidores nos orgulhamos muito em fazer parte desta Instituição pelo trabalho realizado em prol da sociedade potiguar, notadamente pelo compromisso e seriedade ao longo destes 25 anos de Constituição Federal, principalmente na defesa dos interesses sociais e individuais indisponíveis, e não poderíamos jamais concordar com ações repressivas que em nada contribuem para a manutenção do regime democrático de direito. Que pena que essas ações tenham sido tomadas por quem tem o dever de fiscalizar principalmente as garantias constitucionais. É evidente que isso que aconteceu só serviu para unir os servidores, cada vez mais. Consideramos um absurdo intimidar a manifestação com tropa de choque e outras punições. E olha que partiu do Chefe do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Fernanda Souza Juliana Manzano EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Fábio Pacheco EDITORA DE CULTURA Conrado Carlos EDITOR / JH Online Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Segunda-feira

Natal, 11 de novembro de 2013

O Jornal de HOJE 3

Mineiro derrota Fátima no

PT e implode “acordão”

NA DISPUTA INTERNA DO PT, CANDIDATO DE FERNANDO MINEIRO VENCE A ELEIÇÃO E ALIANÇA COM PMDB FICA AMEAÇADA ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O Processo de Eleição Direta do Partido dos Trabalhadores (PT), que ocorreu neste domingo, resultou na vitória da corrente partidária liderada pelo deputado estadual Fernando Mineiro (PT) e pelos vereadores Fernando Lucena (PT) e Hugo Manso (PT), tendo como principal derrotada a deputada federal Fátima Bezerra (PT). A corrente vencedora levou a melhor em Natal, com a vitória de Juliano Siqueira (PT), e vencia em nível de Estado o pleito até o fechamento desta edição, com o atual presidente estadual do PT, Eraldo Paiva, derrotando o candidato da deputada Fátima, Olavo Ataíde, com placar de 1.701 contra 1.515. Ainda restavam ser apuradas cerca de 20% dos votos. Além de vencer no Estado e na capital, a corrente petista liderada pelo deputado Mineiro e pelos vereadores Hugo e Lucena também derrotou a ala encabeçada por Fátima no segundo maior colégio eleitoral, Mossoró, e também em Caicó. Na capital do Oeste, a eleição foi muito apertada e, por uma diferença de quatro votos, Gilberto Diógenes derrotou a professora Ady Canário. Em Caicó, venceu Gilberto, que foi vice-prefeito na gestão do exprefeito Bibi Costa. O grupo liderado por Mineiro também venceu nos quatros zonais

Fernando Mineiro defendia a candidatura própria do partido nas eleições do próximo ano, enquanto... de Natal, derrotando as chapas apresentadas pela deputada Fátima, sendo na Zona Norte (Nilcley), Zona Leste (Chiquinho), Zona Oeste (Ceiça) e Zona Sul (Emerson). O presidente eleito do diretório do PT em Natal, Juliano Siqueira, define o espírito da eleição petista, afirmando que o resultado do PED em Natal e no Rio Grande do Norte refletiu a derrota da proposta de acordo do PT com as oligarquias tradicionais do Estado, defendida pela deputada Fátima, a maior derrotada nas urnas internas do PT. "As chapas que ela

defendeu foram eleitoralmente esmagadas. Ela não elegeu sequer os zonais. Tivemos 70% dos votos", confirma Siqueira. Para o vereador Hugo Manso, o resultado do processo eleitoral interno do PT mostra que o partido tem dinâmica e vida própria e que as diferenças e as disputas dos dirigentes são compartilhadas pelos filiados. "Não diria que haja derrotados. Trata-se da escolha que a maioria fez. A direção será composta de forma proporcional", disse, se referindo aos 47 cargos do diretório es-

... a deputada federal Fátima Bezerra prefere a aliança com o PMDB e a disputa pelo Senado Federal

tadual. Destes, 17 são da comitiva executiva da legenda. Sobre a influência das eleições internas na posição do PT em 2014, Manso afirma que o debate interno do PT é muito mais amplo que a sucessão estadual. "Trata-se de como o partido deva funcionar. O debate acontece independente desse resultado. Nós não votamos se vamos ter candidato próprio. Nada disso estava na eleição", declarou. O presidente do diretório estadual, Eraldo Paiva, levava vantagem sobre Olavo Ataíde até o fe-

“O PMDB elegeu Rosalba e está abandonado-a como rato em navio” Eleito presidente do diretório do PT em Natal, o advogado e professor Juliano Siqueira afirmou que defenderá no PT distância política dos grupos oligárquicos que governaram o Rio Grande do Norte. Segundo ele, o PMDB, dos líderes Henrique Eduardo e Garibaldi Filho, por exemplo, "foram poder e nada fizeram" pelo Estado. "O PMDB causou muitos males ao RN" e é "responsável pela eleição de Rosalba Ciarlini", disse. "O PMDB causou muitos males ao RN. É inclusive responsável pela eleição de Rosalba Ciarlini. E não fez a autocrítica disso. Para nós não interessa se o PMDB tem saltado do navio governista justamente agora quando o barco está indo a pique; os ratos também fazem isso. Eles têm que fazer uma autocrítica muito profunda. Se eles se aprofundarem na autocrítica, se se afastarem do DEM, do PSDB e do PPS, aceitaremos conversar. Mas com esse partido nós não teremos aproximação. A militância não concorda com isso", afirmou. Siqueira defende o total afastamento do PT dos projetos que se aproximem das oligarquias estaduais. "Queremos distância de todos os projetos do ponto vista oligárquico. Firmar independência política, ideológica e orgânica. Vamos ter um

Juliano Siqueira: “Queremos distância de todos os projetos do ponto vista oligárquico. Firmar independência política” projeto para o RN. E achamos que aqueles que foram poder e nada fizeram não têm condições de resolver os problemas do Estado. Queremos apresentar projetos novos, queremos nos unir às demais forças de esquerda para isso", afirmou. Ele revela ser totalmente adversário da proposta de aliança do PT com o PMDB nos moldes como proposto pela deputada federal Fátima Bezerra. "Sou totalmente contrário a qualquer acordo, acordão.

As chances de o PT apoiar isso é zero, não existe. A resposta foi dada ontem (nas eleições diretas internas, com a derrota das chapas apoiadas por Fátima Bezerra)", disse. "Quem estava pensando que o PT ia ser sublegenda do PMDB, tirou o cavalo da chuva. As candidaturas do partido serão decididas pelo partido. Projetos personalistas não passam. O partido não tem dono", ressaltou. Apesar desta posição, Siqueira deixa claro que não

se trata jamais de um veto ao projeto pessoal da deputada Fátima Bezerra. Segundo ele, ela poderá ser a candidata da legenda, desde que seja uma candidatura discutida e passe pela instância partidária. "Agora, sentar-se à mesa com o chefe do clã dos Alves e dizer que fez acordo e querer que a gente engula goela abaixo, impossível. É mais fácil o Náutico - que está rebaixado - ser campeão do campeonato brasileiro de futebol", comparou.

chamento desta edição. "Foi um processo onde a militância participou como um todo. O PED é um processo riquíssimo para a construção do PT. Somos escolhidos pela militância", disse Eraldo Paiva. Sobre os rumos do partido em 2014, ele acrescentou que o PT vai trabalhar coletivamente. "Nós vamos trabalhar coletivamente. Então, o resultado desta eleição coloca o desafio de conduzir os rumos que a militância do PT quer", declarou. O deputado Mineiro e a deputada Fátima não foram localizados

pela reportagem. Em termos de 2014, Mineiro defendia a candidatura própria do PT a governador, mas teve de retirar a proposta por influência do diretório nacional. A medida atendeu apelo do presidente Rui Falcão, tendo em vista acordo político entre PT e PMDB com vistas à sucessão estadual. Por este acordo, o PMDB apresentará candidato a governador e o PT, a senador. O nome do PMDB até agora é o do ex-ministro da Integração Fernando Bezerra. No PT a candidata ao Senado é a deputada Fátima.

“Acordão de 2008 foi um desastre para o PT. O acordão está superado” O acordão de 2008, que resultou na candidatura da deputada federal Fátima Bezerra à Prefeitura de Natal, com a derrota dela no primeiro turno para a, então, deputada estadual Micarla de Sousa (PV), ainda é um capítulo dramático na história do PT. É nesse sentido que o partido "foge" literalmente de qualquer trama política que se aproxime de acordo de poderosos questionáveis pela opinião pública. "Nós ainda estamos trabalhando na linha do acordão. O acordão de 2008 resultou num desastre. O partido tinha uma bancada de três vereadores e não elegeu nenhum. Perdemos a bancada e a candidata do acordão, Fátima Bezerra, foi derrotada no primeiro turno por uma figura com a expressão de Micarla de Sousa. Nem segundo turno houve. Depois do desastre, estamos tentado reconstruir. Tanto que as chapas que Fátima defendeu foram eleitoralmente esmagadas ontem. Ela não elegeu sequer os zonais. Tivemos 70% dos votos", observou Juliano Siqueira, associando a derrotada de Fátima à recusa da maioria do PT à proposta de acordão. "Quer decidir política nos gabinetes refrigerados, no conchavo? O acordão está superado. O brasi-

leiro não aceita mais. Esse tipo de política está tendo muitas derrotada no movimento popular. As multidões estão reclamando, excluindo os partidos políticos, inclusive o PT. A culpa é nossa. Temos que recuperar o PT histórico, que foi construído para trabalhar junto com as massas e trabalhadores brasileiros". Especificamente sobre o acordo entre o PMDB e o PT, Juliano Siqueira desmonta. "Para nós não existe nada disso, não conheço nada. Não vi nenhum papel. Não participei de nenhuma conversa. Quem quiser discutir alianças conosco, a sede fica na Olinto Meira. Adianto que tem alguns partidos que preferimos que nem chegue lá para não receber porta na cara: PSDB, DEM, PPS. Mas outros, se quiserem se redimir de seus erros e alianças ideológicas, receberemos e discutiremos. Mas, até agora, não recebemos. E minha posição pessoal e a tendência é no sentido de termos candidato próprio, podendo flexibilizar. Mas vai depender deles, ampliar o processo de discussão e principalmente da decisão da ampla maioria do partido. Não vai ser nenhum iluminado ou iluminada que irá decidir o nosso caminho".

guém a insatisfação com a situação que vive. Filiado ao PR e integrante do governo, ele é obrigado a ouvir, diariamente, as notícias de que o partido vai romper com a gestão estadual. Isso é igual a trabalhar sem saber se vai ficar até o final do mês, sem saber quem irá substituí-lo, sem poder programar viagens e investimentos.

não lembra, a pasta ficou vaga por vários meses no ano passado, depois da saída do empresário Ramzi Elali, indicação do PMDB.

Túlio Lemos tuliolemosjh@gmail.com

DERROTA A eleição para escolha dos novos dirigentes do PT em Natal e no RN, revela o que a coluna já havia adiantado há tempos, de que a deputada federal Fátima Bezerra, figura de maior expressão eleitoral do partido, não comanda as bases da legenda e vem sofrendo sucessivas derrotas internas. CANDIDATURA Fátima Bezerra tem boa relação com a cúpula do PT nacional, mas seu salto alto não tem permitido maior afinidade com as bases. A principal conseqüência da der-

rota interna é a possibilidade de o PT não ceder a legenda para Fátima ser candidata ao Senado. REAÇÃO O novo presidente do PT em Natal, professor Juliano Siqueira, rejeita o acordão formulado em Brasília entre os deputado Henrique Alves e Fátima Bezerra, sem o aval das bases do partido. Ou seja: A derrota de Fátima nas eleições internas pode sepultar seu sonho de ser senadora da República. Para a irmã de Tetê, o jogo está zerado e ela terá que trabalhar bastante para reverter a situação e se viabilizar.

DIVERGÊNCIA Pessoas ligadas ao casal governador Carlos Augusto e Rosalba Ciarlini, não comungam da tese de que a Rosa 'jogou a toalha' sobre sua sucessão. Um rosalbista disse a coluna que a governadora é candidata à reeleição de qualquer maneira, o que vai provocar um embate interno no DEM, pois o presidente do partido, senador José Agripino, quer liberdade para fechar aliança proporcional com o PMDB; para isso, o DEM não pode ter candidato ao Governo. DECISÃO O PMDB do deputado Henri-

que Alves vai continuar sem definição sobre candidato a governador. O ex-senador Fernando Bezerra, que foi convidado para enfrentar as urnas, não está propenso a aceitar o desafio. Dessa forma, o PMDB fica sem nome para compor a chapa majoritária. Há quem veja uma estratégia do próprio Henrique em 'guardar' o lugar para ele ser o candidato. O problema é que o marido de Laurita só aceitaria em caso de 'nomeação' e não de disputa arriscada. DESCONFORTO O secretário de Turismo, Renato Fernandes, não esconde de nin-

DESCONFORTO II Segundo Renato Fernandes, ele já comunicou essa dificuldade até a governadora Rosalba e ela pediu para ele esperar. Ver o que vai dar. Isso mostra a preocupação do Governo com o setor. Afinal, para quem

POLITICAGEM Alias, esse é mais um problema das indicações políticas em setores importantes da administração, ainda mais quando o Governo não vai bem de apoio, como é o caso de Rosalba. Os partidos vão saindo e os secretários indicados, também. O resultado é uma mudança obrigatória na gestão. E como se pode faz um planejamento a longo prazo se nem quatro anos os secretários ficam numa pasta?


Política

Natal, 11 de novembro de 2013

4 O Jornal de HOJE

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br JOAQUIM PINHEIRO

- jtpinheiro@bol.com.br (Interino)

Programa eleitoreiro O Governo Brasileiro, que já gastou quase 1 bilhão de reais no programa "Mais Médicos", não conseguiu trazer para o Rio Grande do Norte uma dezenas desses profissionais para atenuar o problema da falta de assistência médica nas cidades norte-rio-grandenses. Constata-se que se o governo usasse o dinheiro gasto só com a propaganda do programa, daria para implantar a carreira médica no Brasil, o que seria, segundo especialistas, a solução para fixar o médico nas cidades e a população ter um atendimento de boa qualidade. O "Mais Médicos" está se constituindo no principal programa eleitoreiro para reeleição da presidenta Dilma Rousseff, o que é uma coisa sem propósito, já que o Brasil precisa de iniciativas técnicas, concretas e eficazes para melhorar a vida do povo. Entidades médicas estão examinando a possibilidade de questionar os altos valores gastos no programa em razão da pouca eficácia do "Mais Médicos" junto à população do interior dos Estados Brasileiros onde a situação da falta de assistência médica continua presente no dia a dia das pessoas. O programa é um paliativo que tem servido mais para potencializar candidaturas governistas do que resolver os graves problemas do setor de saúde pública.

Alternativa do PMDB José Aldenir O nome do professor Luiz Eduardo Carneiro Costa poderá ser a alternativa do PMDB para o Governo do Estado. Pessoa de confiança do ministro Garibaldi Filho, de quem foi auxiliar em várias oportunidades, Luiz Eduardo foi candidato a deputado estadual e a vice-prefeito de Natal. É um técnico competente com sensibilidade política, bastante conhecido da população norte-rio-grandense e identificado com a comunidade educacional. Seria um candidato sem rejeição e um nome fora de qualquer suspeita pelo seu passado de ética e correção.

(

PERGUNTAR NÃO PAGA IMPOSTO

CURIOSIDADE APENAS Quando é que a Prefeitura de Natal vai resolver o grave problema de obstrução das calçadas e canteiros da cidade?

LEITURA DINÂMICA t A vice-prefeita de Natal,

Wilma de Faria está animada diante da receptividade que tem recebido da população e dos números, segundo pesquisa, que lhe são favoráveis. Fala-se que ela tem como alternativas principais, disputar o Governo do Estado e o Senado da República, descartando, portanto, a Câmara Federal. t A informação nos meios políticos é de que foi tenso o último encontro da viceprefeita de Natal, Wilma de Faria, com o vice-governador, Robinson Faria. Dois corpos não ocupam o mesmo espaço ao mesmo tempo. t O PMDB realiza encontro em Currais Novos no dia 14 de dezembro. Terá homenagem ao deputado Ezequiel Ferreira (novo filiado) e cobrança a Henrique Eduardo para uma definição com vistas as eleições do próximo ano. t Surge uma nova liderança política no município de Jucurutu. Trata-se do jovem Iogo Queiroz, filho do exprefeito Júnior Queiroz. t O vereador Gerson Vitor, de Nova Cruz, assume o PMDB local com a saída do ex-prefeito, Flávio Azevedo do partido. Indicação do deputado Ezequiel Ferreira de Sousa. t O presidente do Sindicato dos Servidores do Ministério Público Estadual, Aldo Clemente, será um dos entrevistados do programa "Repórter 98" na próxima

quarta-feira às 18 horas. Falará sobre a crise institucional vivenciada no momento e a paralisação dos servidores ocorrida no último dia 6. O programa é apresentado por Felinto Rodrigues e Robson Carvalho. t Empresário Manoel Ramalho anuncia mais um empreendimento de comunicação no Estado. Entra no ar a "Nova RN", em parceria com a Nova Nordeste Recife. Será vista através do canal 25 da Net. Slogan: "Nova RN ligando você ao Nordeste". t "Reminiscência de Família" é título do livro de autoria do médico Jairo dos Santos Leite. Será autografado na próxima quarta-feira a partir das 19 horas no Éden Recepções no San Vale. Fala sobre a família Santos Leite. t Presidente do IAPHACC, Ricardo Tersuliano (Cobra), agradece a iniciativa do deputado Felipe Maia de ter apresentado e aprovado Projeto de Lei sugerido pelo instituto, denominando "Ferrovia Dr. José Pacheco Dantas" ao trecho ferroviário entre Natal e Ceará-Mirim. t O paulista Varneci Nascimento, editor da Luzeiro, participará da "Semana do Cordel" nos dias 18, 19 e 20 deste mês, promoção dos poetas Abaeté e Nando Poeta. Varneci dará palestra com o tema "O Cordel Brasileiro" no dia 18 às 20 horas no auditório da livraria Saraiva no Midway.

)

Segunda-feira

Araken Farias pode ser candidato a governador

PRESIDENTE

DO

PSL NO RN

JÁ ESTÁ ELABORANDO UM PLANO DE GOVERNO Wellington Rocha

JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

O PSL - Partido Social Cristão, terá candidatura própria para o governo do Rio Grande do Norte nas eleições do próximo ano. Trata-se do presidente da legenda no Estado, advogado Araken Farias, que até pouco tempo foi diretor do Procon, onde realizou um bom trabalho à frente do órgão de fiscalização e defesa do consumidor. Ele disse que decidiu ser candidato oferecendo uma alternativa ao eleitorado fora dos nomes tradicionais do Rio Grande do Norte que comandam a política partidária há vários anos. Araken Farias disse que está elaborando um plano de governo a ser apresentado à população durante a campanha eleitoral, baseado em propostas concretas e exequíveis visando tirar o Estado da atual situação de dificuldade em que se encontra. "Inicialmente temos que desenvolver ações de convivência com a seca e posteriormente estabelecer programas que proporcionem a industrialização do Estado, fazendo assim, gerar emprego e renda para a população", disse ele. Questionado sobre o atual quadro político-partidário estadual e sua candidatura a governador, o expresidente do Procon avalia que a disputa será difícil, entretanto, no

Araken Farias revela prioridades para o Estado: “Inicialmente temos que desenvolver ações de convivência com a seca” seu entendimento, torna-se viável pela ausência de projetos dos outros pré-candidatos e pela descrença da população com prováveis candidaturas tradicionais. O pré-candidato do PSL critica o chamado "chapão", que segundo ele, encontra-se em processo de formação. "Articulações de gabinetes poderão levar a uma reação contrária do eleitorado", ressalta, acrescentando que

fará "a campanha do abraço". PRESIDENTE NACIONAL O pré-candidato do PSL recebeu sábado em Natal o presidente nacional da legenda, Roberto Siqueira, que segundo ele, veio referendar sua candidatura ao Governo do Estado. Recentemente, Araken Farias reuniu-se com integrantes do PSTU, PEN, PSDC, PTC, PRP e Psol, na

cidade de Mossoró para discutir sobre a sucessão da prefeita Cláudia Regina no caso da provável cassação definitiva, quando deverá haver eleições e os partidos estarão envolvidos na disputa. Ele anuncia que no próximo dia 29 os partidos voltarão a ser reunir para debater a segurança pública, dando sequência a uma série de encontros que o PSL participará em todo o Estado.

> DA ASSEMBLEIA PARA A CAMARA

Antônio Jácome será candidato a deputado federal em 2014 Wellington Rocha

O deputado estadual Antonio Jácome, do PMN, o mais votado no último pleito com 54.743 votos, confirma que disputará uma vaga na Câmara Federal em 2014 atendendo o chamamento de lideranças do segmento evangélico e recomendação da Executiva Nacional do partido, que segundo ele, "a exemplo de todo partido, precisa ter uma bancada federal forte e representativa". Outra motivação, de acordo com Antonio Jácome, é a necessidade de uma representação médica do Rio Grande do Norte na Câmara Federal. "Nunca a classe médica precisou tanto de representantes", ressalta Antonio Jácome, lembrando que o Governo Federal tem em posse pesquisa de opinião pública mostrando que o principal problema reclamado pelos brasileiros é a saúde pública, daí, não tendo respostas convincentes e orientado pelo marketing, criou o programa "Mais Médicos", segundo o deputado, "numa evidente estratégia de desmoralização do médico brasileiro para justificar a importação de milhares de médicos cubanos que estavam desempregados no seu País".

Antônio Jácome explica motivo da candidatura a deputado federal: “Nunca a classe médica precisou tanto de representantes” FALTA DE MÉDICOS O deputado Antonio Jácome, que é médico, diz reconhecer que a falta de médicos nas pequenas cidades é grande e de forma alguma poderia se posicionar con-

tra a vinda desses profissionais para o Brasil, mas critica a forma como esses profissionais estão chegando ao País e o montante dos recursos destinados ao programa "Mais Médicos", vez que

de acordo com Antonio Jácome, o problema não é só falta de médicos, mas as precárias condições de trabalho e a falta de equipamentos para realizar diagnósticos. (JP)

Jacó Jácome vai tentar ocupar o lugar do pai na Assembleia José Aldenir

"No próximo dia 21 haverá o Encontro Estadual do PMN na Assembleia Legislativa a partir das 9 horas, oportunidade em que serão discutidos assuntos de interesse do partido com vistas as eleições do próximo ano, como escolha de précandidatos a deputado estadual e federal". A informação é do presidente estadual da legenda, deputado Antonio Jácome, destacando que o PMN conta com vários nomes para formação de uma nominata que permita em coligação com outros partidos eleger uma bancada significativa na Assembleia Legislativa. Questionado se Jacó Jácome poderá ser um dos candidatos do partido a deputado estadual em 2014, Antonio Jácome informou que o vereador no exercício do seu primeiro mandato, disputará uma

vaga na Assembleia Legislativa. Ele disse ainda, que além de Jacó Jácome, surgem mais dois nomes do segmento evangélico que poderão compor a chapa proporcional com chances reais de vitória. São eles: Albert Dickson e Adenúbio Melo, segundo o presidente do PMN, "todos com bom potencial eleitoral e chances de eleição". Albert Dickson é o atual presidente da Câmara Municipal de Natal e Adenúbio Melo foi vereador e é primeiro suplente de deputado federal. A exemplo de Antonio Jácome e Jacó Jácome, Albert Dickson e Adenúbio Melo são evangélicos da Assembleia de Deus e deverão ser votados também por integrantes de outras denominações existentes em Natal e no Rio Grande do Norte. (JP)

Vereador de primeiro mandato, Jacó tentará ocupar a vaga do pai na Assembleia CMYK


8 O Jornal de HOJE

Natal, 11 de novembro de 2013

Cidade

Segunda-feira

Pedra Preta pode sofrer tremor de alta magnitude MUNICÍPIO JÁ REGISTRA MAIS DE 500 ABALOS EM VINTE DIAS José Aldenir

CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

Depois de alguns dias sem disparar, o sensor de tremores da estação de Riachuelo registrou mais um evento em Pedra Preta neste final de semana, às 21h49 do dia 10 de novembro. O tremor teve magnitude de 1.6, considerado baixo. Nos últimos 20 dias já foram registrados mais de 500 abalos - o maior deles com magnitude 3.7. Não há como prever, mas sismólogos que estão acompanhando as recentes atividades incidentes no município de Pedra Preta alertam que a situação dos moradores pode piorar. Segundo Joaquim Ferreira, sismólogo e chefe do Departamento de Geofísica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), é impossível prever como a atividade sísmica de um território irá evoluir. "Esses dias de pausa podem significar tanto o início de um período de baixa intensidade quanto um período de acumulação de energia, precedendo um evento de maior magnitude", disse. "Como não podemos prever, é importante preparar a população para situações mais graves. Já registramos que muitas casas sofreram danos e estão com rachaduras bastante expostas. Se nos próximos dias surgir um tremor com magnitude maior que 3.0, algumas dessas casas podem não resistir mais", avaliou Joaquim Ferreira. Um dos maiores perigos para a população é o deslocamento de telhas nas casas afetadas pelos tremores. Apesar das recomendações feitas pelo Laboratório de Sismologia da UFRN no ano de 2010, quando o município sofreu intensas atividades sísmicas, muitos

Neste domingo foi registrado mais um tremor. Estado de calamidade deve ser decretado dos telhados da região ainda continuam sem a ripa intermediária. De acordo com os especialistas, a falta da ripa intermediária faz com que, ao sofrer abalos, falte apoio para a telha e esta possa cair na cabeça das pessoas. Relatos feitos pelos moradores e reproduzidos neste vespertino demonstram a apreensão da população face ao fenômeno, principalmente quando ocorre uma sequência seguida de tremores. Diversas pessoas estão dormindo fora de suas residências, nas calçadas e praças da cidade, alpendres e também debaixo de árvores. Entre os dias 08 e 10 de novembro foram instaladas quatro estações sismográficas na região de Pedra Preta. O objetivo inicial das novas estações, segundo o Laboratório de Sismologia, é verificar se a área epicentral ainda é a

mesma que foi estudada anteriormente, há três anos, após a ocorrência dos vários sismos de magnitude acima de 3.0. CALAMIDADE A Prefeitura de Pedra Preta deverá decretar estado de calamidade no município. Apreensivo, o prefeito Luiz Antônio Bandeira já solicitou auxílio do Governo Estadual, por meio de envio de equipes da Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros e até de psicólogos da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). A calamidade deverá ser decretada após receber os laudos técnicos do Crea e a Defesa Civil Estadual, de modo a adquirir recursos para reformar as edificações mais importantes da cidade e conseguir barracas para os moradores que temem dormir dentro de suas casas.

CMYK


Cultura

Segunda-feira

Natal, 11 de novembro de 2013

Jubileu, Zé Hilton e Sérgio Groove mostraram que sofisticação jazzística e ritmos nordestinos têm apelo com o público

CONRADO CARLOS EDITOR DE CULTURA

As três câmeras, o gelo seco, as luzes e a quantidade de gente no Anfiteatro Pau-Brasil, no Parque das Dunas, anunciava que a coisa era séria, profissional. O site do local grifava “Após um longo período sem se apresentar [...]”, e os desavisados mantinham a formalidade que a parafernália sugeria, nos minutos que antecediam a apresentação. A quietude nos últimos bancos de alvenaria foi quebrada momentaneamente por um pai a reclamar de sua filha com não mais que cinco anos que jogara um saco plástico no chão. A pequena congelou num olhar desconfiado, e ele se levantou para corrigir o erro. Mas isso durou pouco. Aos primeiros acordes de Funk Baião, música autoral cujo título dispensa tradução, toda aquela gente embarcou na viagem proposta por Sérgio Groove (baixo), Jubileu Filho (guitarra) e Zé Hilton (acordeão), o trio de virtuosos responsável por uma das bandas potiguares mais interessantes desde os tempos de Jerônimo de Albuquerque e Mascarenhas Homem: o Candeeiro Jazz. Na tarde de domingo (10) em que Vasco e Fluminense agendaram o casamento com a segunda divisão, eles foram a atração de mais um Som da Mata, o proje-

‘FIQUE MAIS UM

BUCADINHO’

UMA DAS PRINCIPAIS EXPRESSÕES MUSICAIS DO ESTADO, CANDEEIRO JAZZ FAZ SHOW NO PROJETO SOM DA MATA DE OLHO NOS FESTIVAIS MUNDO AFORA to que precisa ser negociado com o Governo do Estado a cada seis meses para funcionar, em vez de entrar no calendário definitivo. Acredito que o RG artístico dos três seja dispensável. Todos têm uma longa trajetória na música e já emprestaram o talento para inúmeros grupos, além de possuírem sólidas carreiras solo. “A banda existe há cinco anos, mas está parada há quatro”, brincou Sérgio no palco. Ele passou duas temporadas nos Estados Unidos e uma e meia em São

Paulo, o que suspendeu as atividades do Candeeiro Jazz – em maio passado, tocaram com Valéria Oliveira no II MPB Jazz e só. Brincadeiras, aliás, que se destacaram em meio ao carisma do baixista. Suas caretas e a gargalhada efusiva no final das piadas surtiram efeito no público bestificado com seus slaps (técnica de bater e puxar as cordas do instrumento para reforçar o efeito rítmico) e solos. De forma natural, ele centraliza as atenções, o que de jeito algum ofusca Jubileu e Zé

Hilton, talvez mais tímidos, mas igualmente impressionantes. “Dominguinhos é nosso Chick Corea”, disse Sérgio antes de Nilopolitano, tema do vice-rei do baião ali comparado com o pianista, tecladista e compositor americano que tem um capítulo à parte na história do jazz fusion e do tradicional – sobretudo pela parceria com Miles Davis e na banda Return to Forever (indispensável no gênero). Sorrisos e o duo boca-queixo de espanto sobravam na plateia. O

show foi uma espécie de release para produtores de festivais nacionais e internacionais, por isso o registro em imagens. “Esse som é mundial, cara. Queremos mostrar para o mundo todo conhecer. Cada um tem sua carreira própria, mas quando nos juntamos dá nisso aí. Espere um minuto, que tá complicado aqui”, empolgou-se com razão um Sérgio Groove cercado por fãs que o abraçavam e tiravam uma fotografia atrás da outra, encerrada a apresentação de cerca

O Jornal de HOJE 9

de uma hora (o assédio dificultou a entrevista). As pessoas queriam tocá-lo, enchê-lo de mimos e elogios. Ninguém saiu sem o que queria. Minutos antes, em uma das passagens emblemáticas do show, a música Som da Mata, em que Sérgio usa da tecnologia para executar duas sonoridades distintas no mesmo baixo, arrancou aplausos de quem desconhecia que houve apenas um ensaio antes de subirem ao palco. “Fique à vontade, Sérgio, que eu vou falar com Zé Hilton no camarim, enquanto você atende a galera”, falei para ganhar tempo e garantir tranquilidade com o sanfoneiro – até então, eu mal enchera duas páginas do bloco de anotações e vi que ou falava com ele naquela hora, ou teria que descrever cores, odores, ruídos, árvores e animais para o texto render. Zé Hilton é natural de Pedro Velho, município com 14 mil habitantes, distante cerca de 80 km de Natal. Influenciado por um irmão mais velho, abraçou o acordeão aos doze anos. De lá para cá, se estabeleceu como um dos nomes mais importantes do instrumento no Estado. “Estamos prevendo um grande trabalho com o Candeeiro. Queremos viajar pelo país, como já tocamos no Paraná [Cascavel Jazz Festival], onde fomos a única banda aplaudida de pé. E também no exterior. Esse tipo de som sempre foi bem aceito pelo público. Temos que aproveitar isso”. A leitura moderna e jazzística com que eles percorrem ritmos nordestinos simplifica a fruição da música instrumental - para muitos, de difícil absorção. A breve conversa termina com agradecimentos mútuos e meu retorno a Sérgio Groove, agora menos cortejado naquele princípio de noite. Ele confirma que a ideia de retornar com a banda inclui trabalhos com vocais. Um CD com clássicos da MPB, em parceria com a cantora Valéria Oliveira, está engatilhado. “Nosso trabalho é aberto, não temos isso de ser uma banda apenas instrumental. Cada um tem sua função. Eu sou como a zaga, segurando ali atrás. Faço a função percussiva, já que a gente não tem bateria. Jubileu e Zé Hilton são mais do improviso e da melodia, jogam no ataque”. E nós aguardaremos o que a trinca mais acesa que lampião de sertanejo trará de novidade.

CMYK


10 O Jornal de HOJE

Natal, 11 de novembro de 2013

Cidade

Segunda-feira

Wellington Rocha

ALECRIM INSEGURO: COMERCIANTES PEDEM SOCORRO CENTRO COMERCIAL MAIS IMPORTANTE DO ESTADO SOFRE SEM POLICIAMENTO Wellington Rocha

ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Assaltos, arrombamentos, furtos e falta de policiamento. Essa é a rotina dos lojistas e comerciários que trabalham no bairro do Alecrim e que convivem diariamente com o medo de serem vítimas de ataques criminosos, mais frequentes principalmente nos períodos de datas comemorativas, como o Natal e Ano Novo. Eles relatam que só vêem policiais militares nas ruas quando acontece alguma ocorrência, como na sexta-feira passada, quando uma loja foi arrombada e outra, assaltada. Nos dois casos, nenhum dos envolvidos foi preso até agora. "Nós trabalhamos assustados e só temos a proteção de Deus, porque aqui não há policiamento e os bandidos, sabendo disso, fazem a festa. Praticamente todos os estabelecimentos comerciais do Alecrim já foram atacados e já estamos apreensivos com a proximidade das festas de fim de ano, quando as ocorrências aumentam bastante. Sem contar os ataques aos consumidores, sejam durante ou após as compras, nas paradas de ônibus", relatou a comerciária Raquel Pinheiro. Para quem já foi vítima de assalto, a sensação de insegurança é constante e a revolta e indignação

Lojistas fecham mais cedo com medo de assaltos Denerval disse ainda que, por causa da insegurança no bairro, alguns lojistas estão fechando seus estabelecimentos uma hora mais cedo. Outros, investindo mais em instalação de câmeras de vigilância eletrônica, em vigilantes particulares e em outras opções de segurança para seus comércios. Segundo o empresário, já são tantas ações de bandidos no bairro que não dá mais nem para contar. A última ação aconteceu na semana passada. No mesmo dia, uma loja de eletrodomésticos foi atacada. Os assaltantes ainda chegaram a render todos os funcionários do estabelecimento, antes mesmo do início do expediente. Pouco antes, arrombaram a porta da frente de outra loja. Segundo relatos, a pessoa que praticou o crime já é conhecida na região por outras ações. Nos últimos casos, os principais focos dos bandidos foram te-

lefones celulares, que são facilmente trocados ou revendidos no mercado pirata. Na semana passada, funcionários de uma loja em frente ao prédio da Guarda Municipal da Praça Gentil Ferreira, foram surpreendidos por dois homens armados, que os obrigaram a entrar no estabelecimento e fugiram levando dezenas de celulares de última geração. Segundo a comerciária Fabiana Gomes, enquanto um inocente não for morto em uma ação criminosa, as autoridades não farão nada de concreto para reduzir os altos índices de assaltos e furtos na região. "Agora, com a proximidade das festas, a nossa preocupação aumenta bastante e os relatos de vítimas são diários. A Polícia só aparece quando acontece alguma coisa, ou seja, quando não há mais o que fazer", disse.

Câmeras de vigilância estão desativadas para manutenção

Sem segurança, lojas criam forma de se defender, como “amarrar” as mercadorias

aumentam quando as datas festivas se aproximam. É o caso de Vilani de Souza, que já passou pelo terror de ter uma arma de fogo apontada para ela durante um arrastão cometido na loja em que ela trabalha, há algum tempo. "Não tem mais hora e os ataques acontecem a qualquer hora do dia, tenha clientes ou não dentro das lojas. Eu mesma já fui vítima. O bandido chegou se passando por cliente, pediu para ver os produtos e disse que compraria algo, mas na hora de efetuar o pagamento, anun-

ciou o assalto e fugiu levando o que podia, entre mercadorias e dinheiro. E assim acontece com vários outros comerciantes do Alecrim", afirmou. O presidente da Associação dos Empresários do Bairro do Alecrim (Aeba), Denerval Sá, disse que a situação é crítica e nenhum comércio do local está seguro. Ele também falou sobre a falta de policiamento ostensivo na área comercial e reforçou a preocupação dos comerciantes com a proximidade de grandes eventos festivos, como o Car-

natal e as festas de fim de ano, um dos períodos de maior movimentação do local. "Precisamos de providências urgentes da polícia, para coibir o alto número de assaltos que acontecem diariamente no Alecrim. E também sabermos, junto aos órgãos competentes, se as câmeras de vigilância eletrônica, que custaram um milhão de reais, estão funcionando como devem, já que o monitoramento é feito pela Prefeitura Municipal e não pela Polícia Militar, como deveria ser", explicou.

Instaladas há cerca de um ano, as câmeras de vigilância do Alecrim são foco de reclamações constantes dos lojistas e comerciários. Eles falaram que os equipamentos estão desligados e que isso contribui para a sensação de impunidade dos criminosos, que agem livremente no local. As imagens captadas pelas câmeras são gravadas pela central de monitoramento da Guarda Municipal e, em casos de crimes, repassadas para as polícias. Conforme um dos servidores da central, desde a última sextafeira, elas estão desativadas para manutenção e não há previsão de quando serão religadas. Os equipamentos tiveram que ser desligadas para que sejam feitos os reparos necessários para corrigir os problemas que elas vêm apresentando ultimamente, causadas principalmente por interrupções da rede elétrica e chuva.

Heracles Dantas

Câmeras de segurança desativadas

> FINAL DE SEMANA SANGRENTO Divulgação

CRIANÇA É MORTA EM BRIGA DE GANGUES EM MOSSORÓ Uma criança de apenas dois anos morreu com um tiro na cabeça durante uma troca de tiros entre gangues rivais no bairro Planalto 13 de Maio, em Mossoró. De acordo com informações da Polícia Militar, além do menino, um rapaz de 19 anos também foi atingido por um disparo de espingarda calibre 12 e morreu. Já no município de Apodi, uma adolescente de 17 anos foi executada com quatro disparos e o principal suspeito é o ex-namorado da jovem, que não teria se conformado com o fim do relacionamento. Outras 11 pessoas foram assassinadas neste final de semana. Júlia Mariana Torres de Oliveira estava conversando com amigas em frente à residência de sua família, na Rua Joana Ester Soares, ontem à noite, quando o acusado se aproximou das jovens e efetuou cerca de cinco disparos de revólver calibre 38 contra a adolescente. Atingida por quatro tiros, ela caiu no meio da rua e foi socorrida para o hospital local, mas não resistiu e faleceu. O suspeito, que já foi identificado pela polícia, fugiu em uma motocicleta e continua sendo procurado como o principal suspeito do crime, já que, conforme relatos de

Divulgação

Júlia Mariana de Oliveira, 17, foi morta com 4 tiros. Suspeito é ex-namorado

Estado contabiliza quatorze mortes no final de semana Criança de dois anos chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital

familiares da jovem, ele não teria se conformado com o fim do namoro entre os dois, ocorrido há cerca de um mês e teria cometido o crime por vingança. Já o menino de dois anos que morreu em Mossoró estava nos braços de um parente quando foi atingido por um disparo de espingarda calibre 12 na cabeça. O crime, ocorrido no sábado à noite, teria acontecido durante uma briga entre gangues rivais das comunidades do Pir-

richiu. Quatro homens armados chegaram ao local onde as vítimas estavam em um veículo não identificado e atiraram contra um grupo de pessoas. No local, além da criança de apenas dois anos, foram baleados também Marcelo Augusto Nascimento da Silva e Daniel de Moura Faustino, que foi socorrido para o Hospital Regional Tarcísio Maia com um tiro no ombro, sem risco de morte. Conforme a Polícia Mi-

litar, ele seria o alvo dos criminosos, por ser acusado de homicídio contra um homem. Já Marcelo Augusto foi atingido por um tiro de espingarda calibre 12 no pescoço e morreu enquanto era socorrido na Unidade de Pronto Atendimento do Alto de São Manoel, pra onde a criança também foi levada, durante os primeiros socorros. A Polícia continua as diligências em busca dos assassinos.

Ontem, o corpo do comerciante Ordicélio Dantas, de 30 anos, um dos 14 mortos do final de semana, foi encontrado carbonizado dentro de um veículo abandonado em uma estrada carroçável no bairro de Cajupiranga, em Parnamirim. O crime pode ter sido cometido por quatro homens que foram vistos fugindo do local antes da localização do cadáver, que apresentava ainda marcas de disparos de arma de fogo. De acordo com informações do 3º Batalhão da Polícia Militar, a vítima trabalhava ainda como vigilante patrimonial em um posto de combustíveis próximo ao local do crime

e teria sido atacado logo após ter saído do trabalho, na manhã de ontem. Ainda não se sabe o que motivou o crime, que foi registrado na Delegacia de Plantão da zona Sul, na Candelária. Ordicélio foi encontrado no banco de trás do veículo, já sem vida e seu corpo, removido para o Instituto Técnico Científico de Polícia (Itep/RN), no bairro da Ribeira. Os militares ainda fizeram buscas na região, mas não conseguiram identificar ou deter ninguém. A suspeita é que o crime tenha sido motivado por vingança, pela forma como foi cometido.

Polícia Rodoviária registra três mortes no trânsito O final de semana foi violento também no trânsito. Somente nas rodovias federais, foram três mortes, ocorridas nas BRs 226, 427 e 304, em que o excesso de velocidade foi o responsável pelo acidente envolvendo um caminhão e uma caminhonete Hilux, conduzida pelo

empresário Carlos Alexandre Soares Bezerra, de 34 anos, que morreu no local. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima, que era conhecida pelo apelido de Xanxa e era filho do ex-vereador Carlinhos de Everton, teria tentado ultrapassar o

caminhão e acabou colidindo contra a traseira deste, capotando várias vezes na pista. Com o impacto, o corpo de Carlos Alexandre foi arremessado para fora do veículo, causando sua morte. O acidente aconteceu na área rural de Assu, no Oeste potiguar. Pela manhã, Jailson de Oliveira

e Silva, conduzia uma motocicleta pela BR-427, o município de Jardim do Seridó, quando perdeu o controle do veículo e saiu da pista, morrendo no local. No sábado, Sinval Gomes de Medeiros foi vítima de atropelamento, quando tentava atravessar a BR-226 em Currais Novos. Ele tam-

bém não resistiu e morreu no local. Já na Região Metropolitana de Natal, os acidentes aconteceram no sábado. O primeiro foi registrado na Avenida Romualdo Galvão, envolveu uma motocicleta e um carro e causou ferimentos em uma mulher identificada como Rafaela Pi-

nheiro. O motorista envolvido no caso fugiu sem prestar socorro à vítima. Na zona Norte, José Luciedison Leite de Oliveira morreu após um acidente e, em Macaíba, Francisco Canindé Alves se envolveu em uma colisão próximo ao parque de vaquejada e não resistiu.


Cidade

Segunda-feira

Natal, 11 de novembro de 2013

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

VENEZUELA

EXPRESSÃO

O país caiu definitivamente num colapso social em consequência do desastre político do chavismo, seguido às cegas pelo colombiano analfabeto Nicolás Maduro, que mandou o povo fazer saques nas lojas e supermercados. Urge uma reação, inclusive eliminando-o.

Adriana Calcanhoto entrou na luta contra a censura das biografias e com uma palavra de ordem: "Herdeiro não é profissão". Por interferência de parentes, sua obra Antologia Ilustrada da Poesia Brasileira ficou sem Clarice Lispector e Manuel Bandeira.

MOMENTO

RIO DE JANEIRO

ESTUPROS

FIASCO FC

COM QUEM ANDAS?

JÁ VAI TARDE

A declaração do deputado Henrique Alves sobre não ser candidato ao governo "no momento", lembra a cantilena do vendedor que diz "tem, mas tá faltando" como se com isso garantisse a volta do cliente mais adiante. No momento, nem ele e nem ninguém.

Eduardo Campos convidando Gilberto Gil para disputar o governo carioca. Aécio Neves fazendo a mesma coisa com o técnico de vôlei Bernardinho. Irão adorar essa disputa de votos nas elites os candidatos Garotinho e Marcelo Crivella. Ah, se vão...

O perfil da presidente Dilma Rousseff no Twitter postou ontem que ela está alarmada com os 50 mil estupros ocorridos no Brasil em 2012. Ora, a onda de violência só aumentou de lá para cá, e adivinha quem governa esse país desde 2011? Hum ruum?

Desfalques na Copa Obviamente que todas as torcidas já sabem dos bilhões que vazaram do erário para serem torrados nos negócios da FIFA e da CBF com os governos federal e regionais. A História e as ações futuras da Justiça e do Ministério Público comprovarão a lama. Mas, os desfalques que trato aqui não são o da esfera político-adiministrativa, e sim os que envolvem direta e estritamente o lado esfério do jogo, a própria bola. Estamos sob o risco de ter uma Copa no Brasil sem a presença dos melhores jogadores do mundo. E se digo melhores, concentro meus argumentos em cinco craques que andam encantando as multidões pelos campos do planeta, principalmente na Europa: os astros Lionel Messi, Cristiano Ronaldo, Frank Ribery, Zlatan Ibrahimovic e Luis Suarez. O quinteto, composto por favoritos à conquista da Bola de Ouro de melhor de 2013, vive no momento a ameaça de não participar do torneio mundial em junho de 2014. Messi, por acúmulo de contusões, os demais por razões classificatórias das seleções. Hoje cedo, o técnico da Argentina, Alejandro Sabella, cortou o maior craque da atualidade da relação para os dois amistosos nos EUA, dia 15 contra o Equador e dia 18 contra a Bósnia. É que Messi sentiu a perna esquerda no jogo de ontem do Barcelona. Antes da metade do primeiro tempo, o jogador saiu de campo e logo foi constatada uma lesão no bíceps femural da sua canhota gloriosa. Faz poucos dias que ele havia retornado de uma contusão, o que gera preocupação com seu estado daqui a seis meses. Já o português Cristiano Ronaldo e o sueco Ibrahimovic dividirão a angústia de uma possível des-

classificação de seus times e consequente ausência pessoal. Portugal e Suécia disputam na repescagem uma vaga. Quem perder está fora da festa no Brasil. Candidatíssimo ao título de melhor do mundo na Bola de Ouro, o francês Ribery também corre o risco de não ir à Copa do Mundo, mesmo depois de uma temporada 2012/2013 impecável, quando conduziu o Bayern de Munique ao título da Champions. Para que o ídolo das duas pátrias jogue na Copa será preciso que a seleção da França não dê vexame diante da Ucrânia, com quem disputará uma vaga na repescagem européia. Os azuis são favoritos, mas nada garante que os ucranianos serão pato morto. O uruguaio Luis Suarez, desde o ano passado dando show e fazendo gols na disputadíssima Premier League, da Inglaterra, também está ameaçado de ficar de fora da Copa, bastando que a seleção celeste seja atropelada pela zebra da seleção da Jordânia. O Uruguai esteve sob risco de sequer cair na repescagem das eliminatórias da América do Sul, mas na reta final da competição os gols de Suarez, assim como os de Cavani, devolveram a esperança. Aliás, se der Jordânia, estão fora também Cavani e Forlan. Os jogos da repescagem na Europa e América do Sul ocorrem a partir dessa semana, começando pelo jogo do Uruguai. O México também tenta a sorte contra a Nova Zelândia, e se perder impedirá que um craque venha ao Brasil, o artilheiro Chicharito. A garantia de uma grande Copa é a presença dos craques, muito mais do que os turistas e a confraternização das torcidas. Que Messi supere as contusões e que a França, Uruguai e México se classifiquem. Pena que Ronaldo e Ibrahimovic, um deles, não estará aqui. (AM)

Mais uma vez, o domingo de futebol na TV Globo esteve longe dos padrões de audiência da emissora (se bem que o horário nobre também caiu). Ontem, Internacional 2 x 1 Botafogo rendeu apenas 13,2% segundo levantamento do Ibope.

As eleições internas ocorridas em todo o páis nos diretórios do PT, que o partido refuta como o maior exemplo de democracia da republiqueta, contou com a presença de mensaleiros, aloprados e propineiros, gente já condenada e gente sob investigação.

Teve festa no ambiente da Ferrari para a despedida do piloto brasileiro Felipe Massa, demitido pela tradicional escuderia que vive uma crise de glórias. Tomara que na temporada 2014 apareça alguém do nível de Alonso para devolver competitividade.

BRAVATA

NEYMAR

O neuropetista Miguel Nicolelis não poupou críticas à governadora Rosalba Ciarlini e ao prefeito Carlos Eduardo, usando o chavão de "representantes das oligarquias", para dizer que a mortalidade infantil só diminuiu no RN em Macaíba, depois que ele chegou.

Você que ainda se refere ao Titanic como o maior e mais luxuoso navio de cruzeiro da história naval, veja bem essa foto comparando o famoso barco de 1912 com um navio de luxo atual (que nem é o maior). Olhe a silhueta preta inferior do Titanic para ter uma visão clara da diferença entre ele e o gigantesco navio por trás dele na fotomontagem.

O atacante completou ontem 100 dias no Barcelona, onde até agora marcou 4 gols na Liga BBVA, uma estatística distante da que alcançava no Santos FC. Fez um gol num dia em que o time inteiro jogou mal, mesmo goleando o lanterna Betis por 4 x 1.

Gigantes do mar

Danilo Sá jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br / Twitter: @DaniloSa

PT DE MINEIRO

Mais uma vez se travou uma batalha de bastidores no Rio Grande do Norte pelo controle do Partido dos Trabalhadores. E, novamente, saiu vencedor o deputado estadual Fernando Mineiro, principal cabo eleitoral para a conquista da reeleição do vereador de São Gonçalo, Eraldo Paiva. Sai derrotada, de novo, a deputada federal Fátima Bezerra, principal nome do partido no Estado, que apoiou Olavo Athaíde. Mas, muito mais do que expor a divisão interna na qual convivem os petistas, a disputa desse ano tinha importância bem maior, e influência direta no futuro da legenda no pleito de 2014. Fátima pretendia retomar o controle do PT, do qual não dispõe há mais de dois anos, para afastar de vez qualquer risco de não ter apoio do próprio partido na disputa pelo Senado em 2014. O plano foi por água abaixo. Agora, Fátima vai ter que continuar andando na corda bamba, para manter o equilíbrio até as definições eleitorais. Quem acompanha o mundo político potiguar sabe que a relação de Fátima com a parte do PT liderada por Fernando Mineiro nunca foi das melhores. Mas, eles

VOTOS DEMAIS

Divulgação

se suportam. No entanto, o recente episódio da reunião da dupla com o presidente nacional da legenda, Rui Falcão, deixou muitas marcas. Mineiro não gostou de ter sido deixado de lado por Fátima nas suas articulações para ser candidata a senadora com o PT apoiando o nome do PMDB para o governo. Mas, teve que engolir, já que também é este o desejo nacional da legenda. O troco do deputado estadual foi em nível local. O parlamentar, uma das surpresas da disputa para Prefeitura no ano passado, mostrou a força de sua liderança e coloca, sim, o projeto de Fátima em risco. Não apenas em relação a possibilidade de melar o acordo com o PMDB, mas, se de repente a união for oficializada, de retirar das ruas a militância petista A atitude seria para penalizar a forma como Fátima conduziu o que muitos já chamam de novo acordão. Internamente, já há quem defenda esta decisão. Alguns petistas, com mandato, andam dizendo por aí que não participarão de uma possível campanha de Fátima no próximo ano. O PT tem suas particularidades.

SAÚDE EM PAUTA

Para finalizar o assunto do texto principal da coluna de hoje, resta apenas lamentar as diversas versões sobre o que levou a direção do PT em adiar o anúncio oficial da vitória de Eraldo Paiva para hoje pela manhã. A informação é que as duas chapas discordavam da contagem dos votos feita até a madrugada de hoje. Teve gente votando sem ter esse direito.

Nesta terça-feira (12), as condições de trabalho vivenciadas pelos profissionais que atuam no Samu Natal serão discutidas em audiência pública na Câmara Municipal. A discussão, proposta pelo vereador Aroldo Alves (PSDB), acontecerá a partir das 9h e vai reunir membros da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, além de parlamentares.

PT DIVIDIDO

TREMOR

Com Eraldo na presidência, o grupo liderado por Mineiro volta a ter importância no jogo eleitoral de 2014, mesmo com todos tendo ficado à margem do acordo firmado por Fátima Bezerra com o PMDB. Há chances da parlamentar ser candidata ao Senado com os peemedebistas na chapa para o governo, mas é grande a possibilidade da deputada chegar na disputa com desgaste até mesmo internamente no PT.

A terra em Pedra Preta, na região Central do Estado, voltou a tremer na noite deste domingo. Por sorte, a magnitude do novo abalo foi de apenas 1.6 na escala richter. Mas, a UFRN ainda não descarta a ocorrência de novas movimentações, inclusive com incidência maior do que as já registradas. Com isso, o medo persiste em cada morador da cidade. O RN pode viver uma tragédia anunciada a qualquer momento.

Gira Mundo Divulgação

A campanha do Cruzeiro na Série A do Campeonato Brasileiro é repleta de ensinamentos para diversos clubes do país. Primeiro, uma equipe precisa ser montada com jogadores minimamente competitivos, aqueles com vontade de vencer cada partida. Segundo, não adianta gastar milhões com uma estrela, melhor utilizar o dinheiro para reunir um elenco com qualidade em todos os setores. Por último, o mínimo de infraestrutura é indispensável. Não ter um local definido para treino, como ocorre com diversos grandes clubes do Brasil, é uma vergonha sem tamanho. Parabéns a equipe mineira, campeã brasileira de 2013.

Megafone Divulgação

“Só falta de pensão e flagrante de crime de sangue dão prisão imediata. E os políticos que roubam?” DEPUTADO FEDERAL ROMÁRIO MAIS UMA VEZ COM SINCERIDADE

INCOMUM AOS POLÍTICOS BRASILEIROS

RN INSEGURO

PERGUNTAR NÃO CUSTA

O Rio Grande do Norte viveu um final de semana de terror. Foram muitas as mortes no trânsito e também por ação dos bandidos, que continuam agindo livremente em praticamente todas as regiões do Estado. Em Mossoró, uma criança de dois anos perdeu a vida com um tiro na cabeça. Mas, apesar de tantos registros de violência, o governo Rosalba vai chegando ao fim sem apresentar nenhuma proposta para a segurança pública. Incrível.

Só uma curiosidade, mas o que pensam o vice-governador Robinson Faria, e seu filho, o deputado Fábio Faria, sobre as recentes e graves denúncias envolvendo a administração do ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD? A legenda é presidida no RN exatamente pela família Faria. Vários auditores fiscais paulistas estão sendo acusados por receber propina para reduzir impostos de grandes construtoras. Fraude milionária.

FALTA PRIORIDADE

IMAGINE NA COPA

Para não dizer que nada foi feito, o governo conseguiu ao menos incluir o RN no programa federal Brasil Mais Seguro, que até agora não passou de meia dúzia de promessas, entre câmeras de segurança e novos presídios. Tudo no papel, nada na prática. O fato é que ninguém aguenta mais tanta violência e tanta falta de atitude do poder público. A população está entregue a própria sorte.

Começou hoje pela manhã a segunda fase da venda de ingressos para a Copa do Mundo de 2014. Agora, a comercialização é por ordem de chegada. Com isso, milhares de pessoas entraram numa espécie de fila virtual quase sem fim. Foram muitos os relatos de quem passou praticamente o dia inteiro com o computador conectado e acabou sem conseguir sua entrada.


12 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 11 de novembro de 2013

Segunda-feira João Neto

Daniela Freire

I

I

I

POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br

w Briga interna, sim

Desaboya.com

A semana começou com muita expectativa em torno do pleito que definiu os novos presidentes do PT no RN, capital e cidades do interior. >>> E o que mais chamou a atenção no processo foi que, apesar de democráticas, as eleições internas do PT potiguar não foram tão pacíficas assim... >>> No início da madrugada de hoje, muita discussão ocorreu entre as tendências do deputado Fernando Mineiro e da deputada federal Fátima Bezerra - que não acompanhou a apuração na sede do partido -, principalmente pelas redes sociais.

w Longo processo...

Claudia Belém, Auxiliadora Alcântara e Caio Fernandes na abertura da Cantão no Natal Shopping

Cerca de 30 integrantes, entre eles atuais dirigentes e fiscais, permaneceram até tarde da noite de ontem na sede do PT, que fica na Cidade Alta, aguardando o resultado final do pleito. >>> Mas até o final desta manhã, petistas ainda apuravam o restante dos votos oficiais.

Marcus Guedes no estilo Dia das Bruxas na festa de Simone Silva

Desaboya.com

Márlio Forte

w De olho...

Durante esse período, circularam informações de que a turma de Olavo Ataíde, candidato a presidente estadual da sigla apoiado por Fátima Bezerra, estaria contabilizando votos "irregulares", de filiados e cidades que não estavam aptas a votar, como manda o manual de regras do PED (Processo de Eleições Diretas) 2013.

w Acerto por antecipação

Após divulgar a quinta parcial oficial, através do Twitter e do Facebook, o Diretório Estadual do PT chegou a publicar um resultado oficial, com maioria de 195 votos para o atual presidente Eraldo Paiva, que acabou realmente vencendo a disputa pela presidência da legenda no Estado. >>> Eraldo representou o deputado Fernando Mineiro nas urnas.

w Força do Mineiro Aliás...

>>> ...a vitória do ex-vereador Juliano Siqueira em Natal mostrou que o PT de Fernando Mineiro, Hugo Manso e Fernando Lucena continua mais forte do que o da ala de Fátima. >>> Agora, o poder dessa turma vai para 16 anos de hegemonia na capital. >>> Mineiro também comemorou a vitória de aliados em Mossoró (Gilberto Diógenes) e Caicó (Gilberto Costa).

Alê Gomes e Rafaela Rosito no lançamento de nova edição da Glam

w Influência

E o PED do PT potiguar será decisivo nas articulações para 2014. >>> A ala que venceu a eleição não aceita uma composição com o PMDB se o DEM do senador José Agripino estiver no mesmo palanque, independente de a formalização ser para a coligação proporcional e com outras siglas aliadas do Partido dos Trabalhadores. >>> Em tempo: caso a corrente vencedora tivesse sido a da deputada Fátima Bezerra, provavelmente ficaria mais fácil estabelecer a aliança com o PMDB e DEM, já que para ela não importa a aliança e sim o fortalecimento para a sua candidatura a senadora.

w Pelo fim do baixo nível

Essa semana deverá ser movimentada na Câmara Municipal de Natal. >>> Motivo: a Comissão de Ética da Casa irá começar a analisar as brigas ocorridas entre os edis na

Casa, com direito a troca de acusações, gritaria e etc... >>> Na mira da Comissão, os ataques de Adão Eridan, Amanda Gurgel, Marcos do Psol, Sandro Pimentel e etc...

w Muito trabalho pela frente

A propósito... >>> Já existem processos de Adão contra Sandro e de Sandro contra Adão para serem analisados de imediato. >>> E outros processos chegarão. Por falta de decoro e de condutas éticas inadequadas...

w Sem brilho extra

O deputado Henrique Alves assumiu hoje a Presidência da República pela segunda vez esse ano. >>> Agora, sem pompa. Nem dele, nem dos familiares... >>> Em seu Twitter, ele avisou: "Chegando a Brasília. Presidente

Dilma viajou para o Peru às 8h30. E na ausência também do Vice, Michel, assumimos a Presidência da República".

w Falando nisso...

...o PMDB lidera o ranking do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) dos dez parlamentares mais influentes do Congresso. >>> E em primeiro lugar ficou o potiguar presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves, seguido do líder da bancada do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha.

w Quantos mais?

E mais uma morte fatal ocorreu no BR-304 neste final de semana. >>> Questionado sobre o assunto pelo Twitter, o deputado Henrique Alves garantiu que o edital de licitação para a duplicação da BR304 será publicado em dezembro. >>> Promessa é dívida.

Vereadora-professora Eleika Bezerra aconselhando a governadora Rosalba durante visita de vereadores a Arena das Dunas, na última semana >>> Para quem já morreu ou perdeu entes queridos devido às condições do local, no entanto, é tarde demais!

w Criticada

Neste fim de semana aconteceu a Meia Maratona de Natal. E quem participou garante que a prova foi eleita a mais desorganizada dos últimos tempos. >>> Além do atraso de uma hora para a largada, faltou água para os corredores e a sinalização e interdição das ruas também não foram feitas para quem percorreu os 21km. >>> Sobre a quantidade de banheiros disponíveis, os atletas julgaram insuficientes. >>> "É lamentável que um evento esportivo que conta com grandes patrocinadores, como Caixa Econômica, Prefeitura de Natal e Governo coloquem os atletas em risco", disse um dos participantes.

GIRO PELO TWITTER ...do jornalista Lauro Jardim: "Henrique Alves brinca ao assumir o Planalto: 'Vou tirar só o Mantega'"; ...do vereador Lahyre Rosado Neto: "Só este ano, já são 159 homicídios em Mossoró. Número de guerra. São mais de 300 famílias arrasadas pela violência destas mortes"; ...do jornalista Diógenes Dantas: "Entre Fátima e Wilma, Carlos Eduardo fica com a petista quando o assunto é Senado".


Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w AVISO - I Não é tão pacífico assim o clima entre os pupilos de Fátima Bezerra e Fernando Mineiro. Essas contas estariam abertas desde a campanha municipal de 2012. Fátima é cobrada pelo empenho pouco atuante. w ALIÁS - II É discreta, mas intensa, a torcida dos seguidores de Fátima pela candidatura de Carlos Eduardo Alves. Wilma assumiria a Prefeitura, deixaria vaga de cadeira para a petista e ainda se empenharia na eleição. w ASSUME - III De um prócer noviço, mas já com malícia no trato: 'Se Carlos renunciar Wilma assumirá a Prefeitura. 'Não posso acreditar que os dois entreguem Natal ao presidente da Câmara. E Natal jamais perdoaria'. w PESQUISA - IV A renúncia do prefeito Carlos Eduardo deve passar por uma pesquisa de profundidade para saber qual é a avaliação dos natalenses, aquele que deram o seu voto e hoje o aprovam com quase 70% de apoio. w REAÇÃO - V E caso renuncie para Wilma assumir, ele sabe que contaria com a simpatia da cidade e que na mesa de negociação ficaria apenas uma reivindicação: respeito dos correligionários à reeleição da filha Márcia Maia. w MAS - VI Se por acaso o prefeito não renunciar e o PMDB improvisar um candidato, Wilma será candidata ao governo. Seu único compromisso de apoio a rigor é com Carlos Eduardo. Anotem: com mais ninguém.

F

De profundis

oi outro dia, Senhor Redator. Encontrei no site do Terra, onde também estavam suas imagens feitas no cenário frio de uma paisagem da Islândia. O redator, certamente de olhos caídos nos vales sedutores da carne, descreveu numa legenda curta e perfeita: 'A modelo Isabelli Fontana num decote profundo'. Nada mais acrescentou, posto que a beleza, nessas horas, dispensa explicações. É como se a arte consistisse em revelar e ao mesmo tempo esconder tudo aquilo que os olhos desejam descobrir. Pouco importa que desta vez não fosse um de profundis da alma, como escreveu Oscar Wilde na carta da prisão de Reading a Alfred Douglas. Mesmo menos nobre do que um triste e injusto crime de amor naquela Londres tão fria e vitoriana, conservadora e intolerante, nem assim a beleza pode ser negada no corte de um decote. Lá estava Isabelli Fontana, cabelos ao vento e, como num velho soneto parnasiano, saída do seu próprio mistério a legar aos olhos lascivos do mundo uma visão encantadora. Penso que os modernos, Senhor Redator, quando criticam em nós o parnasianismo que restou guardado na alma, mas ainda nos nossos olhos, na verdade nos invejam tão profundamente que nem notam. Imaginam, negando o passado, esconder as visões que os modernos perderam, como a fruição do belo. Apressados e tristemente cegos, querem proibir aos outros o velho exercício da contemplação. Aquele frêmito ardente nas azas da imaginação que nenhum parnasiano, mesmo tardio, ousaria negar. Enganam-se os que pensam que o corpo ainda é a descoberta proibida que viveu alguns séculos prisioneira de velhos fólios e cartapácios. Não faz tanto tempo, foi em 2008, a editora Vozes, católica e apostólica, lançou no Brasil os três grossos volumes da 'História do Corpo'. Vieram da França - e onde poderiam nascer? - sob o olhar de Alain Corbin, Jean-Jacques Courtine e Georges Vigarello, reunindo nas suas mais de mil e setecentas páginas o melhor que se escreveu sobre a vida da carne e seus cultos.

Não muitos anos depois, já em 2012, outra editora também católica, a Loyola, e em regime de coedição com a universidade São Camilo, esta com a mesma fé cristã, lançaram a edição do Dicionário do Corpo, organizado pela italiana Michela Marzano, em verbetes enciclopédicos assinados por cada autor, a mostrar aos incautos que o culto ao corpo, na vida e no saber, já não tem o pecado medonho e o vinagre profano que lhe quiseram emprestar. Mesmo que a carne, pobre e pura, seja fraca e perigosa. Nem falo dos fios que atam e desatam seus segredos e mistérios, como quis vê-lo a professora Christine Greiner, especialista em estudos semióticos da Pontifícia Universidade Católica do Rio, sob o olhar dos cardeais. Fios que segundo ela, entre tantas visões, atam as questões biológicas às culturais, agora sob a luz da etologia, ciência que herdou a palavra do grego 'ethos' e observa o comportamento animal no tanto de animalesco que há no corpo humano, entre a carne que peca e o espírito que eleva. Um tempo desses, levado pela humilde ciência da curiosidade humana, andei correndo os olhos nas páginas da inteligente devassidão de um inglês americanizado, Jesse Bering, doutor em psicologia, e de muito saber, articulista das grandes revistas e jornais londrinos e nova-iorquinos. É dele, imagine, a 'Ode às muitas virtudes evolutivas do sêmen humano'. Para ele, somos seres despudorados algumas vezes, quando não viciados nos prazeres da carne, além de pervertidos a ponto de espantar o mundo. Jacques Le Goff - astro da Escola dos Analles e um dos maiores medievalistas contemporâneos - escreveu 'Uma História do Corpo na Idade Média'. E concluiu para quem teve o privilégio de ser seu leitor, que o corpo tem uma história, e esta história é a própria história do homem. Como ensina Philippe Cormier, o homem, sensual e curioso, sempre desejou enfiar os olhos entre a alma e a carne. Campo e objeto do prazer. Até hoje tem sido assim. Isto posto salve-se a carne que a alma é de Deus.

Projeto Conexão Felipe Camarão comemora 10 anos de atuação CERCA

DE

500

CRIANÇAS E JOVENS DA COMUNIDADE PARTICIPAM DAS AÇÕES Arquivo

Para comemorar os dez anos de atuação, de hoje (11) até a próxima quinta-feira (14), o Conexão Felipe Camarão, projeto sócio-cultural e educativo desenvolvido na comunidade de Felipe Camarão, na zona Oeste de Natal, realiza uma semana de atividades, com a realização do Conexão Brasil 2013, evento que tem como tema 'Da tradição ao digital: 10 anos de ação, diversidade e diálogos'. Durante quatro dias serão realizadas ações, como apresentações de grupos de capoeira, oficinas e palestra sobre Cultura Digital, Roda de Prosa com o tema escolhido para este ano, além do cortejo de tradição e as apresentações culturais no encerramento. O Conexão Felipe Camarão é um projeto sociocultural e educativo, desenvolvido na comunidade de Felipe Camarão que integra 500 crianças e jovens entre 4 e 24 anos - e seus familiares - em ações que se fundamentam na Ações se fundamentam na cultura cultura local, tendo local e expressam a arte através do Boi como referenciais os Mestres Manoel Maride Reis, João Redondo, a musicalidade nheiro (in memorian), Chico de Daniel (in meda rabeca e a capoeira. morian), Cícero da Rebeca (88 anos) e Mestre Marcos da Capoeira e suas respectivas expreslipe Camarão prioriza os saberes sões: o Auto do Boi de Reis, a arte da tradição, orientando-se por uma do João Redondo, a musicalidade metodologia que dialoga passado, da rabeca e a capoeira. presente e futuro, na promoção do O projeto atua na perspectiva desenvolvimento integral da comudos Direitos Humanos e do Esta- nidade, a partir da formação musituto da Criança e do Adolescente cal, cultural e cidadã das crianças, (ECA), objetivando com suas jovens e adolescentes. O trabalho ações contribuir com o desenvol- é fortalecido pela rede social covimento integral das crianças e jo- munitária e que agrega oito escovens da comunidade, em uma pers- las públicas parceiras. São várias pectiva socioeducativa que visa ações integradas: oficinas de arte e integrar sujeitos sociais, institui- cultura, círculos de cultura, espetáções e poder público na promo- culos culturais, rodas de prosa, cição da cidadania, valorização, di- nema, ações integradas nas escolas fusão e preservação do patrimô- como aulas espetáculos, reuniões nio imaterial local, bem como pro- pedagógicas, entre outras. vocar intervenções significativas Programação no contexto sociocultural do bairA programação do Conexão ro. Brasil 2013 começa nesta segundaEm suas ações, o Conexão Fe- feira (11), a partir das 14h, com o

Divulgação

Encontro de Capoeira, envolvendo grupo de capoeiras do RN, mestres de capoeira, capoeiristas, comunidade, ONGs e associações. Na terçafeira (12), a programação também acontece à tarde, com o Ciclo de Cultura Digital, com a produção de Fanzines e discussão sobre o midialivrismo (ativismo em redes sociais). Na quarta-feira (13), o Ciclo

de Cultura Digital discutirá Cultura, tecnologia e contemporaneidade, das 9h às 11h. Encerrando a programação, no dia 14 de novembro, será realizado o cortejo com os grupos da comunidade. Na ocasião, será apresentado o Espetáculo Conexão Brasil, bem como a Feira de Artesanato e Feira de comidas típicas.

w QUARTA Nelson Marques confirma: quarta próxima, das 18 às 22h, no Mercado de Petrópolis, tem a Quarta da Cachaça. Debatem Civone Medeiros, Plínio Saldanha, Túlio Madson e Maíra Costa. Depois tem show. w PRESENÇA - I Rodrigo Levino, hoje na editoria Boa Vida da revista VIP, brilha três vezes na edição dos 15 anos: em Quem fez isso?, no Guia do Jazz e na resenha da edição brasileira de Pileques, de F. Scott Fitzgerald. w TUDO... - II Isso sem falar na matéria de página dupla sobre as últimas praias quase desertas do Nordeste com um destaque para Galinhos. Segundo a VIP, recanto ainda não invadido pelas hordas dos bárbaros turistas. w BEIJO De uma raposa ardilosa já com o pelo final da experiência: 'Aqui na política do Rio Grande do Norte, sectário de ocasião acaba caudatário. Aquilo que os chefes amenizam chamando correligionário fiel'. w LEITURA Abimael Silva lança mais dois títulos pelo Sebo Vermelho: 'Limites entre a Paraíba e o RN, de Nestor Lima' e 'A Importância dos Sebos para educação, cultura e lazer', de Fernando A. Costa Wanderley. w POESIA A tese de doutorado de Alexandre Alves será editada pela Queima-Bucha, de Mossoró. Certamente vai ser o maior levantamento sobre a poesia do Rio Grande do Norte com a seleção antológica de poemas.


14 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 11 de novembro de 2013

Segunda-feira

Bilhetagem única no transporte ainda sem data para implantação REPRESENTANTES

DO

SETURN

E

SITOPARN

IRÃO DEFINIR OS TRAMITES

PARA FUNCIONAMENTO DO SISTEMA EM REUNIÃO NESTA SEGUNDA-FEIRA Fotos: José Aldenir

Sancionada pelo prefeito Carlos Eduardo Alves no final de setembro, a lei que dispõe sobre a unificação da bilhetagem eletrônica nos ônibus e alternativos da capital potiguar ainda está sem data para implantação. Após a aprovação desse sistema, a proposta sancionada determinava que, em um prazo de 30 dias, fosse formada uma comissão com representantes da Prefeitura do Natal, Conselho Municipal de Mobilidade Urbana, Seturn, Sitoparn e Câmara Municipal do Natal. O grupo foi definido e a primeira reunião será realizada hoje, na Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob). A lei estabelece que todos os veículos do sistema de transporte público de passageiros de ônibus e opcional deverão possuir a infraestrutura necessária para a bilhetagem eletrônica unificada, prevendo utilização do mesmo cartão de passagens em ambos os veículos. Segundo o secretário adjunto de transporte, Clodoaldo Cabral, ainda não se pode estabelecer um período para funcionamento, uma vez que se faz necessário a adequação do sistema. "Essa é a primeira reunião após aprovação do projeto. Não temos muito o que adiantar sobre a implantação, nem podemos especificar um prazo para o funcionamento da bilhetagem unificada. Já que os ônibus e alternativos deverão controlar esse sistema, ambos precisam de uma mesma tecnologia implantada. E o que sabemos é que o Sitoparn ainda não tem nenhuma tecnologia", destacou Clodoaldo. "Eles não têm o GPS nos carros e o sistema em que trabalham é gerenciado pelo próprio Seturn", disse. Rebatendo as declarações do secretário adjunto da Semob, Nivaldo Andrade, presidente do Sitoparn, afirma que Clodoaldo está "blefando". "Ele está respondendo por uma categoria que ele não tem conhecimento. Quem sabe se temos ou não um sistema sou eu. E a gente tem sim", disse. "Precisaremos apenas sincronizar o serviço da bilhetagem eletrônica e destacar as regras, pois a mesma empresa, a mesma tecnologia e os mesmos equipamentos utilizados pelo Seturn nós já possuímos". Apesar de ainda não estar determinado o prazo para que a bil-

Ônibus e veículos alternativos terão o mesmo sistema. Clodoaldo Cabral, da Semob (ao lado) diz que ainda não há como estipular um prazo para a mudança

hetagem unificada entre em vigor, o que está confirmado, segundo Clodoaldo Cabral, é que a Prefeitura do Natal não vai subsidiar nenhuma intervenção necessária no sistema para que ocorra unificação da bilhetagem. "Está claro no projeto que serão as próprias empresas que arcarão com os custos. Seturn e Sitoparn serão responsáveis pelo sistema de implantação, monitoramento das passagens, emissões dos cartões. Nós, enquanto Prefeitura, iremos apenas fiscalizar". A lei de bilhetagem única estabelece ainda que a unificação poderá se dar mediante a escolha de uma única tecnologia de Bilhetagem Eletrônica ou através da interoperabilidade no Sistema Automatizado de Bilhetagem Eletrônica de Natal - SABE, mediante a

capacidade de duas ou mais tecnologias de bilhetagem eletrônica distintas aceitarem mutuamente os créditos eletrônicos e cartões utilizados por cada uma delas, respeitando padrões operacionais préestabelecidos pela Prefeitura Municipal de Natal. A unificação da bilhetagem eletrônica nos ônibus e alternativos era uma reivindicação dos permissionários de alternativos da capital, que desde 2010 lutam por igualdades no sistema. De acordo com os permissionários, a exclusividade do uso de cartão nos ônibus diminuiu consideravelmente o fluxo de passageiros nas linhas alternativas nos últimos anos e, consequentemente, vários veículos tiveram que parar de circular devido à escassez de clientes.

> INTERRUPÇÃO NO ABASTECIMENTO

Caern suspende fornecimento de água devido obras de mobilidade José Aldenir

Desde as primeiras horas da manhã de hoje (11), a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) suspendeu o abastecimento de água nos bairros de Dix-Sept Rosado, Alecrim, Lagoa Seca, Quintas, Bom Pastor e Bairro Nordeste, devido a execução dos serviços de interligação do desvio da adutora do reservatório R4, localizado entre o cruzamento das avenidas Prudente de Morais e Lima e Silva. A suspensão deve durar até as 18h. O chefe da Unidade de Água da Regional Natal Sul da Caern, Jacques Pinheiro, explicou que o reservatório R4 da adutora Lagoa Nova 1 passar exatamente no local onde será construído o Viaduto estaiado, parte das obras de mobilidade urbana no entorno do estádio Arena das Dunas, no cruzamento das avenidas Lima e Silva com a Prudente de Morais. "Foi necessário fazer o desvio da adutora, em função das obras de mobilidade urbana", afirmou. Jacques Pinheiro explicou que o desvio foi feito na semana passada, com a rede seca (sem passar água) e que hoje está sendo feito a interligação do desvio. "O serviço não pode ser realizado em um único dia. O trabalho que foi feito na semana passada foi preparatório para o de hoje, no trecho construído para ser utilizado a partir de agora, já que o trecho antigo, que passava no local da obra, será desativado",

Obra na Prudente de Morais e Lima e Silva ocasionou a suspensão disse o chefe da Unidade de Água da Regional Natal Sul da Caern. O representante da Caern, Jacques Pinheiro, conta que novas interrupções no fornecimento de água deverão ser realizadas nos próximos meses, em função da obra de mobilidade urbana no entorno do Arena das Dunas, na Avenida Capitão-mor Gouveia e na Jerônimo Câmara. "À medida que as obras forem avançando, novas interrupções serão necessárias e avisaremos no tempo certo, de modo

que a população possa se preparar com antecedência", destacou. A expectativa é que a Companhia de Águas e Esgotos restabeleça o abastecimento a partir da noite desta segunda e até terça-feira (12) todos os seis bairros já devem estar com o fornecimento de água normalizado. "Apesar de ser uma suspensão curta, recomendamos que a população evite o desperdício de água, para evitar que fique sem água durante o período de interrupção", disse Jacques Pinheiro.


Esporte

Segunda-feira

Natal, 11 de novembro de 2013

O Jornal de HOJE 15

Fotos: José Aldenir

Giovanni Augusto marcou o gol da vitória alvinegra no último sábado. Equipe já se encontra em Florianópolis para jogo com Figueirese.

ABC volta a respirar ALVINEGRO VENCE I CASA E

O esforço que o ABC fez para colocar Giovanni Augusto foi recompensado com o gol da vitória sobre o Icasa, no último sábado, no Frasqueirão. Com o gol marcado pelo meia, o alvinegro aumentou sua diferença para o primeiro time da zona de rebaixamento para três pontos. Na 16ª colocação, agora o ABC soma 39 pontos, enquanto o Paysandu que abre a zona da degola, em 17º lugar, soma 36 pontos. O Atlético-GO voltou a perder e perma-

ABRE TRÊS PONTOS DA ZONA DE REBAIXAMENTO

nece em 18º lugar, com 35 pontos. Passado a euforia da vitória, a equipe já caiu na estrada para o confronto contra o Figueirense, amanhã, em Florianópolis-SC, no estádio Orlando Scarpelli. O treinador Roberto Fernandes levou 20 atletas para o jogo válido pela 35ª rodada da Série B. O zagueiro Rogélio e o meia Erick Flores, suspensos pelo terceiro cartão amarelo não viajaram. Já o meia Júnior Timbó, lesionado, foi vetado pelo Departamento Médico. Além deles, o comandante abecedista segue sem contar com o lateral Guto e o atacante Alvinho, que continuam em tratamento intensivo. A novidade na relação é o retorno do zagueiro Flávio Boaven-

tura, que cumpriu suspensão e volta a ficar à disposição de Roberto Fernandes. Os jogadores relacionados são: Wilson Júnior e Rafael (goleiros); Renato, Toty, Wesley Bigú e Rodolfo Testoni (laterais); Lino, Flávio Boaventura e Gilson (zagueiros); Edson, Bileu, Daniel Paulista e Michel Schmoller (volantes); Giovanni Augusto e Somália (meias); Rodrigo Silva, Gilmar, Pingo, Maurinho e Schwenck (atacantes). Técnico Roberto Fernandes ganhou um problema para o jogo contra o Figueirense, amanhã, no Orlando Scarpelli. É que o meia Júnior Timbó lesionou-se e foi vetado pelo DM

AMÉRICA SEM TRÊS TITULARES O técnico Leandro Sena comanda hoje à tarde no CT Abílio Medeiros o treino que definirá a equipe para o confronto contra o América-MG, amanhã, no estádio Nazarenão, em Goianinha. Para o último compromisso alvirrubro em sua casa, já que foi penalizado pelo STJD com a perda de um mando de campo e terá que enfrentar o OesteSP, no estádio dos Aflitos, no Recife-PE, o treinador americano não terá o goleiro Andrey, o volante Márcio Passos e o atacante Adriano Pardal, todos suspensos. Sena ainda tem uma dúvida no ataque. Recuperando-se de uma lesão no joelho, Max voltou aos treinos físicos e será avaliado hoje à tarde para saber se tem condições de enfrentar o time mineiro. Para o gol, Sílvio é o substituto direto de Andrey. O goleiro Dida, depois de um longo período no departamen-

35ª RODADA

35ª RODADA

12/11 - 19H30 Figueirense- x ABC Paranáx Chapecoense Ceará x Avaí Boa Esporte x São Caetano Bragantino x Icasa Leandro Sena define equipe hoje à tarde no CT Abílio Medeiros to médico, deve reaparecer entre os relacionados. Ele vem treinando normalmente e deve ganhar sua primeira oportunidade na Série B deste ano. Para a vaga de Márcio Passos, Sena deve optar por Adilson Goiano, enquanto no ataque, Júnior

Negão é a única opção, caso Max seja novamente vetado. O provável time do América para o jogo de amanhã deve ser: Sílvio, Norberto, Cléber, Edson Rocha e Wanderson; Fabinho, Coutinho, Adilson Goiano e Régis; Rodrigo Pimpão e Júnior Negão.

21h50 América x América Paysandu x Palmeiras Joinville x Oeste ASA x Guaratinguetá Atlético x Sport

Fábio Pacheco fabiopachecorn@gmail.com

GANHANDO NA BOLA ABC e América estão dando um show de moral no STJD e na CBF. Apesar da perseguição explícita, inclusive da imprensa paulista, nossas equipes estão mostrando que futebol ainda se ganha dentro de campo. O alvinegro encarou de igual para igual o temido Icasa, venceu por 1 a 0, mas poderia ter sido por mais, caso não desperdiçasse tantas chances. Mas o resultado foi suficiente para a equipe abrir três pontos de diferença da zona de rebaixamento. Enquanto isso, os clubes prestigiados pela CBF, seguem patinando dentro de campo. O Atlético-GO perdeu mais uma e o Paysandu, mesmo jogando na Curuzu e com o apoio de sua torcida, só conseguiu empatar com o Oeste e mesmo assim ainda precisou de um pênalti. Mas isso é só o começo. As últimas quatro rodadas devem pegar fogo dentro e fora de campo. Os dirigentes alvinegros e alvirrubros precisam estar atentos à arbitragem. Em Santa Catarina, o presidente da federação catarinense pressionou a arbitragem no jogo entre Figueirense e Guaratinguetá e o resultado foi um pênalti inexistente a favor do Figueira. Como já tiraram nossos mandos de campo, é bom ficar atento as faltas, pois agora vai começar o festival de cartões amarelos e vermelhos. RENATO O lateral Renato, aquele mesmo que chegou ao clube por intermédio de Givanildo Oliveira, que lesionou-se e passou metade do ano em tratamento, voltou ao time e impressionou a torcida no jogo contra o Icasa. Uma opção a mais para o técnico Roberto Fernandes nesta reta final de Brasileiro.

DESFALQUES O ABC não terá Júnior Timbó e o América o goleiro Andrey para a rodada de amanhã. Dois jogadores importantes no esquema dos dois treinadores. Somália é a melhor opção para a meia, já que Erick Flores está suspenso, enquanto no alvirrubro, Sílvio é quem joga, enquanto Dida estará no banco de reservas.

PAYSANDU O líder Palmeiras venceu o Joinville por 3 a 0 no Pacaembu, em São Paulo, e chegou aos 73 pontos. Se vencer o próximo desafio contra o Paysandu, não poderá ser alcançado pelo vice-líder Chapecoense, com 62, e comemorará o título da Série B com três rodadas de antecedência.

VARGINHA A chance de título do Cruzeiro fica para a próxima quarta, contra o Vitória, em Salvador, ou diante da Ponte Preta, em Varginha, por conta da punição imposta pelo STJD. Além de perder a festa com a torcida, o Cruzeiro ainda perderá o direito de ser o campeão com maior antecedência na história dos pontos corridos. Daqui em diante, ele só poderá igualar o São Paulo, que em 2007 levantou a taça a quatro rodadas do fim do Brasileiro. INGRESSO EM CASA A Fifa anunciou ontem os preços do serviço de entrega dos ingressos da Copa do Mundo de 2014. Os compradores residentes no Brasil poderão receber os ingressos a um custo adicional de R$ 59, preço válido para todo o território nacional. No exterior, cada entrega custará US$ 41 (R$ 95). Os compradores podem decidir se querem ou não receber os ingressos pelo serviço de entrega ou retirá-los pessoalmente sem custos em um dos centros de distribuição dentro das doze cidades-sede no Brasil.

1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

Clube Palmeiras-SP Chapecoense-SC Sport-PE Icasa-CE Avaí-SC Ceará-CE Figueirense-SC Joinville-SC América-MG Paraná-PR Boa Esporte-MG Oeste-SP Bragantino-SP Guaratinguetá-SP América-RN ABC-RN Paysandu-PA Atlético-GO São Caetano-SP ASA-AL

PG 73 62 56 53 53 53 52 52 52 51 47 43 42 41 41 39 36 35 32 29

J 34 34 34 34 34 34 34 34 34 34 34 34 34 34 34 34 34 34 34 34

V 22 17 18 16 15 14 16 15 13 14 12 11 12 11 10 11 9 9 8 9

E 7 11 2 5 8 11 4 7 13 9 11 10 6 8 11 6 9 8 8 2

D 5 6 14 13 11 9 14 12 8 11 11 13 16 15 13 17 16 17 18 23

GP 64 55 58 45 47 56 56 50 45 49 30 37 33 38 41 40 38 34 40 37

GC 25 29 52 48 42 42 49 39 38 33 39 49 39 45 50 55 53 45 53 68

SG 39 26 6 -3 5 14 7 11 7 16 -9 -12 -6 -7 -9 -15 -15 -11 -13 -31

A% 71,6 60,8 54,9 52,0 52,0 52,0 51,0 51,0 51,0 50,0 46,1 42,2 41,2 40,2 40,2 38,2 35,3 34,3 31,4 28,4

FUTSAL Terminou empatado o primeiro confronto da final do primeiro turno do Campeonado Estadual de Futsal. No jogo da ida em Assu, Cruzeiro e América/Cavaleiros do Forró ficaram no empate sem gols, o resultado acabou sendo favorável ao time de Arturzinho que decidirá o título em casa, na próxima quinta-feira, às 21h, no ginásio Nélio Dias, na Zona Norte. "Vamos decidir o título em nossa casa e o apoio da torcida americana será fundamental para conquistarmos o primeiro turno", disse o técnico Artur Ferreira. COPA DA MULHER Carnaubais venceu a seleção de Macaíba no final da Copa da Mulher de Futebol, evento promovido pela Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer (SEEL) e Fórum Estadual de Secretários e Gestores Municipais do Esporte. A campeã ganhou o certame por 1 a 0. A disputa aconteceu em Boa Saúde. A terceira colocação ficou com São Gonçalo do Amarante e na quarta posição está a seleção de Boa Saúde. GUILHERME É CAMPEÃO DO NORDESTE O piloto potiguar Guilherme Barreto é o mais novo campeão Pernambucano de Kart. Neste domingo (10), no kartódromo Tamboril, em Paulista/PE, o kartista sofreu com problemas mecânicos, correu com o motor emprestado, largou na última posição, mas garantiu a maior e mais importante título da região. Para vencer, a jovem revelação contou a solidariedade do amigo Victor Uchoa. Líder até a sétima etapa, Guilherme chegou à última etapa como favorito para levantar o troféu. No entanto, problemas mecânicos antes da prova deixaram piloto e equipe preocupados. “São coisas que acontecem em todas as categorias, até na F-1, mas que prejudicam nosso desempenho. Tive a ajuda importante do meu amigo Victor Uchôa que cedeu o seu equipamento”, destacou Guilherme, que correu com o motor emprestado pelo conterrâneo.


16 O Jornal de HOJE

Esporte

Natal, 11 de novembro de 2013

Segunda-feira Fotos: Divulgação

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

Enrascada e semelhança

A 90 MINUTOS DO TÍTULO CRUZEIRO

VENCE O

O Cruzeiro até fez sua parte, ao vencer o Grêmio por 3 a 0, na última rodada do Brasileirão, mas acabou prejudicado pela derrota do São Paulo para o Atlético-PR em Curitiba, pelo mesmo placar, que fez com que a equipe

GRÊMIO

E FICA A UMA VITÓRIA DO TRICAMPEONATO

paranaense seguisse com chances matemáticas de ultrapassar os cruzeirenses na ponta da tabela. A vitória, no entanto, deixou o Cruzeiro ainda mais próximo do título. Se a equipe vencer o Vitória na próxima quarta-feira, no estádio Barradão, em Salvador, se sagrará campeão independentemente dos outros resultados. Com isso, parece ser questão de tempo para o troféu do Campeonato Brasileiro ir parar mais uma vez na Toca da Raposa, o que não acontece desde 2003.

Enquanto os torcedores já comemoraram nas ruas de Belo Horizonte, Marcelo Oliveira trabalha para que o Cruzeiro tenha foco na confirmação do título. O treinador prometeu mobilizar os jogadores e encarar a partida contra o Vitória como uma final. “Cabe a quem comanda, a quem lidera, criar mobilização para mais um jogo decisivo, mais uma final. Futebol não aceita acomodação, zona de conforto. Já alertamos sobre a necessidade de descansarmos bem e nos prepararmos para

uma decisão”, destacou. Mesmo se for derrotado pelo Vitória, o Cruzeiro pode ser campeão nesta quarta-feira. Caso o Atlético-PR não vença o Criciúma, em Santa Catarina, o título cruzeirense já estará assegurado. Próximo do título, Marcelo Oliveira vê a ansiedade como algo natural. “A ansiedade faz parte do processo, mas se não tiver alguém ansioso está errado. A ansiedade precisa estar no tempo certo. A melhor forma de minimizá-la é trabalhar bem”, destacou.

VASCO EMPATA E EMPURRA FLUMINENSE PARA A DEGOLA Depois de sair perdendo por 2 a 0 para o Santos, o Vasco reagiu e conseguiu o empate diante de um Maracanã com 50 mil torcedores. Com o resultado, o clube cariocao chegou aos 37 pontos e assumiu a 16ª posição, um a mais que o Criciúma, primeiro time dentro do Z4 (zona de descenso), com 36. Já o Santos, que não aspira mais nada na competição, aparece em nono, com 45. Restam mais cinco jogos para o término da Série A. Edmilson e André foram os autores dos gols salvadores.O empate vascaíno combinado com a derrota do Fluminense para o Corinthias, colocou o tricolor na zona de rebaixamento. Com gol de Alexandre Pato, o Corinthians terminou a sua sequência de três empates consecutivos e subiu para a 12ª posição, com 45 pontos. O time de Tite entrou na zona de classificação para a Copa Sul-Ameri-

35ª RODADA

50 mil compareceram ao Maracanã cana. Já o Fluminense se afundou de vez e agora entrou na zona de rebaixamento, na 18ª posição, com 36 pontos. Foi a terceira derrota consecutiva do time de Luxemburgo, que nas rodadas anteriores havia perdido para Flamengo e Vitória.

1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

Clube PG Cruzeiro-MG 71 Atlético-PR 58 Grêmio-RS 54 Botafogo-RJ 53 Goiás-GO 53 Vitória-BA 51 Atlético-MG 49 São Paulo-SP 46 Santos-SP 45 Internacional-RS 45 Flamengo-RJ 45 Corinthians-SP 45 Coritiba-PR 41 Portuguesa-SP 40 Bahia-BA 39 Vasco da Gama-RJ 37 Criciúma-SC 36 Fluminense-RJ 36 Ponte Preta-SP 34 Náutico-PE 17

J 33 33 33 33 33 33 33 33 33 33 33 33 33 33 33 33 33 33 33 33

V 22 16 15 15 14 14 13 13 11 11 11 10 10 10 9 9 10 9 9 4

E 5 10 9 8 11 9 10 7 12 12 12 15 11 10 12 10 6 9 7 5

D 6 7 9 10 8 10 10 13 10 10 10 8 12 13 12 14 17 15 17 24

GP 69 52 37 46 42 49 39 35 42 49 38 26 38 46 32 45 43 35 34 20

GC 29 39 33 38 35 45 30 35 35 47 37 20 41 45 39 54 57 42 48 68

SG 40 13 4 8 7 4 9 0 7 2 1 6 -3 1 -7 -9 -14 -7 -14 -48

A% 71,7 58,6 54,5 53,5 53,5 51,5 49,5 46,5 45,5 45,5 45,5 45,5 41,4 40,4 39,4 37,4 36,4 36,4 34,3 17,2

MAIS ESPORTES > COPA 2014

Começa a segunda etapa da venda de ingressos Cerca de 220 mil ingressos já estão disponíveis no segundo estágio de vendas para a Copa do Mundo de 2014, que foi aberto nesta segunda-feira, às 9h (horário de Brasília), através do site oficial da Fifa. Bilhetes para 57 jogos serão disponibilizados e alocados por ordem de encomenda, mas a expectativa é de que sejam vendidos rapidamente. A procura já é tão grande, inclusive, que a Fifa adotou um sistema de "fila virtual" para os interessados nos bilhetes. A demora para conseguir acessar o site é grande. Já estão esgotadas as entradas para o jogo de abertura, em São Paulo, a final, no Maracanã, jogos da fase de grupos da seleção brasileira, para as oitavas de final em Belo Horizonte, assim como as duas semifinais em Belo Horizonte e São Paulo.

> FIFA

Neymar concorre ao gol mais bonito A Fifa divulgou, nesta segundafeira, os dez finalistas do Troféu Ferenk Puskás, que elege o gol mais bonito do ano. Em 2013, mais uma vez, Neymar aparece entre os candidatos. O atacante do Barcelona, vencedor do prêmio há dois anos por causa do golaço marcado contra o Flamengo na Vila Belmiro -

quando atuava pelo Santos -, concorre pela quarta vez seguida. Desta vez, o gol escolhido foi o anotado pela seleção brasileira diante do Japão, na primeira partida da Copa das Confederações, em 15 de junho, em Brasília. Outro tento feito em terra canarinho também está na lista: é o de Juan Manuel Olivera, do Náu-

tico, na vitória sobre o Sport pela Copa Sul-Americana, na Arena Pernambuco, em 28 de agosto. Ibrahimovic, autor de golaços pelo Paris Saint-Germain, é um dos candidatos por balançar as redes de maneira épica contra a Inglaterra, uma bicicleta de fora da área, em 13 de novembro de 2012.

Faz um tempão que penso em rever Seu César Fontes. Me salvou numa enrascada enorme e é uma figura divertida, militar reformado da Marinha, enfermeiro, compositor, profundo conhecedor da Música Popular Brasileira. Apresentou programa dominical noturno, sem salário, Mesa de Botequim na Rádio Cabugi, hoje Globo. Pai de um amigo correto e leal, o goleiro de futebol de salão (no meu tempo) e hoje professor Jorian Fontes. Seu César trabalhava no Hospital da Base Naval e ajudava um monte de jogador de futebol. É apaixonado pelo Flamengo. Viu o Flamengo no Rio de Janeiro em tempos gloriosos, de Dequinha, Dida e Joel a Carlinhos, Nelsinho e Espanhol, passando por Silva Batuta. Sabe tudo e é o tipo de companhia que me agrada. Aquela disposta a conversar sobre o passado com alegria, nostalgia e nenhuma melancolia. O passado bom é para se reviver nas memórias e oferecer às gerações atuais contaminadas pelo individualismo e a impessoalidade. >>>>>> Corria o ano de 1988 e eu começava minha trajetória (ou sina, como queiram), no jornalismo. Tinha 17 anos e 8 meses. Esquelético de aula de Anatomia. Só o couro e o osso, conforme as provocações que me eram dirigidas e, quando chegavam às contendas físicas, diminuíam porque apanhar mesmo nunca apanhei de ninguém que não fossem meus pais. Caso apanhasse na rua, levava outra surra. Então, para evitar duas, mesmo magrinho, franzino, evitava ao máximo não usar meus truques selvagens de patota de pé de morro e buscava evitar ou ganhar logo a primeira. Não mexo com ninguém. Nunca provoquei. Também jamais rejeitei fuzuê. E em briga de rua, não há regras, portanto, métodos inovadores foram usados contra os maiores e mais fortes do que eu. Estava, retomando o prumo, maravilhado com o mundo de uma redação jornalística. Com o tilintar das máquinas de escrever, com as pautas recebidas, os textos publicados, o primeiro assinado, que foi uma entrevista com a jogadora de vôlei Virna Dias, à época, apenas o prenúncio do sucesso que seria internacional. Gostava, assim é de todo foca ou iniciante, de me desdobrar, de ficar até tarde no jornal, de suportar o mau humor crônico de Moacir Oliveira, o maior profissional da diagramação da história do Rio Grande do Norte. Ninguém fez ou fará uma primeira página igual a Moacir produzia, no capricho de artista dos tempos da Última Hora, escola do mestre Samuel Wainer, no Rio de Janeiro. >>>>>> O tempo passava e o meu medo, medo mesmo, aumentava. Assim era com os rapazes da minha faixa. Todo mundo fugia do serviço militar como mocinhas da Transilvânia escondiam seus pescoços dos vampiros. Hoje é o contrário. É gente sobrando e querendo ingressar por causa do salário e pouca vaga. Lembro de um parceiro de turma que chegou aos prantos da apresentação e da confirmação de que serviria ao Exército. Um mês depois, recruta, já agia como oficial, querendo dar ordens à maloca. Tomou tenência na primeira reunião importantíssima do CDD, Conselho Dos Desocupados. Me via sendo humilhado por oficiais e sem força nos braços para carregar fuzis, limpando latrinas, passando fins de semana isolado, pulando cordas, fazendo exercícios dos quais escapava por uma alegada escoliose. Nada que me impedisse, mas o fisioterapeuta da Escola Técnica (hoje IFRN) era chapa e me garantia. >>>>>> Foi chegando o prazo para apresentação, um mês antes do aniversário. Procurei Jorian, uma massa bruta de afetividade e ele falou com o pai. Tudo certo, pode ir que teu galho está quebrado. Você não vai servir. Mas fique calado, não diga nada. Foram horas de martírio e espera. Fomos sendo selecionados. Observado por médicos, prestamos juramento à Bandeira Nacional, até que apareceu um sujeito fardado, imaculado. Fez por ordem alfabética. Quando chegou a minha vez, o militar ordenou que me levantasse do auditório da base e fosse até uma saleta. Um outro que até hoje imagino, seu superior hierárquico, sorriu de escárnio e me disse: – Você nos será muito útil. Estamos precisando de alguém que saiba escrever e divulgar nossas atividades. Será você, que já trabalha em jornal. De onde busquei o aspecto frio de esfinge que mantive em fingimento, ninguém sabe. Até que apareceu a figura falante, discutindo a rodada do dia anterior pelo Campeonato Carioca. Lembro bem, um Flamengo x Volta Redonda: - Esse aí não fica não. É meu, pode liberar. Se quiser, vamos juntos falar com o comandante. O cara fez cara de chateado e me deu um papel com a dispensa "por excesso de contingente". Abracei Seu César, que havia mandado um amigo seguir todos os meus passos sem que eu notasse. Acabou a agonia. Penso em Seu César Fontes, quando calculo o que vão passar ABC e América - e suas torcidas - pelas próximas quatro rodadas da Série B. Pode até não ser igual, mas que será parecido com meu drama, não resta a menor dúvida. Eu tive Seu César para me ajudar. ABC e América contam com eles. Pronto. SACANAGEM COM ABC O Paysandu empatou com o Atlético de Goiás (3x3), aos 47 minutos do segundo tempo e na pressão. O Paysandu jogou em seu alçapão, o Estádio da Curuzu, onde um jogo foi suspenso por invasão de campo, quebra-quebra e falta de energia elétrica. O STJD puniu o Paysandu e voltou atrás. O STJD absolveu o ABC e voltou atrás. JOGAR NOS BASTIDORES ABC e América que usem seus prestígios. O jogo no submundo é pesado, de lamaçal. VITÓRIA O ABC venceu e respirou três pontos longe da Zona de Rebaixamento, mas jogou nervoso. A saída de Gilmar, contundido, foi decisiva. Gilmar vinha matando a pau. Edson é um armário de raça e dis-

posição. Monstro de novo. CADEADO O ABC, de novo, trancou seu adversário no vestiário. Com cadeado. Lá vem outro processo. Bobagem não ganha jogo. O MEIO Giovanni Augusto fez o gol e apenas. Júnior Timbó usava a camisa 7, segundo depoimentos diretos do Frasqueirão. E apenas. AMÉRICA AMANHÃ Goianinha é a cidadela do jogo contra o América Mineiro. Vencer sem discussões é o caminho do América potiguar. SONHO MINEIRO O América Mineiro sonha de novo com o acesso e precisa vencer quatro jogos.

CMYK

11112013  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you