Page 1

Sábado e Domingo

Ano XVI w

NATAL-RN, 7 E 8 DE JUNHO DE 2014 w Nº 4.954

R$ 2,00 w jornaldehoje.com.br Divulgação

> COPA SEM EXPLORAÇÃO SEXUAL

POLÍCIA ABORDARÁ TODOS OS ESTRANGEIROS ACOMPANHADOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES SECRETÁRIO

AFIRMA QUE COMBATE AO TURISMO SEXUAL SERÁ INTENSIFICADO, JÁ QUE 170 MIL ESTRANGEIROS DEVERÃO PASSAR PELA CIDADE. PESQUISA APONTA: SEXO COM MENORES É ‘COMUM’ CIDADE 10

> LEI GERAL DA COPA Heracles Dantas

Irmãos Supla e João Suplicy tocam neste sábado no Whiskritório Pub

> EM NATAL

Muito punk e bossa com os ‘Brothers of Brazil’ CULTURA 9

> ABC

Retorno de Rodrigo Silva está confirmado ESPORTE 15

Comércio irregular no entorno da Arena não abrirá em dias de jogos Apesar de já estarem padronizados com propaganda de empresa patrocinadora do mundial, trailers na marginal da BR-101 não poderão funcionar. Comerciantes reclamam do prejuízo. CIDADE 6

Marcos A. de Sá SYLVIA SÁ (INTERINA)

Página 7

w Descoberta de químicos garante a primeira patente industrial para a UFRN.

> ROSALBA?

> MOBILIZAÇÃO

> NAMORADOS

Nélter culpa Carlos Augusto por fracasso do governo atual

Lideranças querem o uso econômico do Augusto Severo

Retiro reforça a importância da fé em Deus no relacionamento

POLÍTICA 3

ECONOMIA 7

CIDADE 8

Hemetério Gurgel

ECONOMIA 7

José Aldenir

Página 14

w Excepcionalmente nesta semana, Sabor & Saber será publicada na segunda-feira.

Vicente Serejo Página 13

w Conselhos padre Cícero Romão Batista para o cristão sobreviver na seca no sertão.

ESCREVEM ARTIGOS NA EDIÇÃO DE HOJE Diógenes da Cunha Lima Dalton Mello de Andrade Fernando Roberto C. Oliveira Públio José Marco Emerenciano Augusto Coelho Leal Elviro Rebouças OPINIÃO - Página 2

Procuradoria Geral entrou com ações judiciais. Servidores da Saúde, em greve há quase dois meses, estão acampados em frente à sede da Prefeitura. CIDADE 6

INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,24 Dólar turismo Dólar/Real

Greves e protestos de servidores de Natal são questionados na Justiça

R$ 2,32 R$ 2,24

Euro x real R$ 3,06 Poupança 0,50%/0,41% Taxa Selic 11%

EMAIL REDAÇÃO:

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

16 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

DIÓGENES DA CUNHA LIMA, advogado, escritor e presidente da Academia Norte-rio-grandense de Letras (diogenes@dcl.adv.br)

O Baobá do poeta O Baobá da Rua São José, no bairro de Lagoa Seca, é o Baobá desenhado em O Pequeno Príncipe por SaintExupéry, metade do povo e eu acreditamos. Adquiri o terreno para a preservação da árvore, em 1991. O fato motivou registros em revistas e jornais. O La Stampa, de Turim, abriu manchete: "Salvato il baobab del Piccolo Principe." O Baobá de Natal encanta os visitantes, com suas raízes, talvez, milenares, fascínio das flores e dimensão do seu tronco, que chega a dezenove metros de circunferência. A monumentalidade do Baobá torna pouco visível a sua flor. A floração maravilhosa ocorre entre os meses de dezembro e fevereiro. Um botão verde nasce, do tamanho de uma laranja, abrese flor em branco, torna-se creme, marrom, e termina aveludada com leve tom violeta. Será mesmo, o nosso, o Baobá do Pequeno Príncipe? O que se diz é lenda? É história? De fato, há grande semelhança entre o nosso Baobá em relação à sua espécie, folhagem e tronco. É sabido a existência de pelo menos dez tipos de baobás. A maioria deles desprovida de folhas, são como raízes pairando no ar. O aviador Antoine de Saint-Exupéry esteve em Natal e hospedou-se na casa de Dona Amelinha, a Viúva Machado, proprietária, à época, do terreno onde o Baobá eleva o seu império. Há depoimentos confirmando ter Saint-Exupéry referido-se ao pôr do sol do Potengi como um dos mais belos espetáculos do mundo. O elefante, um dos desenhos do

Artigo

clássico livro, é símbolo do Rio Grande do Norte, pela semelhança da sua forma com o mapa do Estado. E a estrela, cometa, o brasão da Cidade do Natal. Em livro póstumo, Cartas à sua mãe, há um trecho onde Exupéry, descrevendo sua viagem, diz que "Dacar é bem feia, mas o resto da linha, uma maravilha". O resto da linha, aérea, começava em Natal. Árvore simbólica, o Baobá tem recebido a visita de colegiais para aulas interativas e representação teatral. Falo aos meninos sobre a importância da ecologia, dos valores cultuados pelo Principezinho, como: amizade, amor, fé, confiança, respeito à natureza, esperança. Sob a orientação dos professores, eles pesquisam, escrevem, desenham, teatralizam a história do piloto-escritor. Na lírica e pitoresca história circense não deve ter havido representação mais expressiva. O dono de um circo que passava por Natal visitou o Baobá do Poeta. Entusiasmou-se. Levou notícia do que tinha visto e ouvido à sua trupe. Decidiram homenagear a árvore. No dia seguinte, dançarinas circundavam o Baobá, elefantes, camelos, mágicos, palhaços, exibiram os seus talentos e celebraram A Árvore. Em 6 de maio de 2009, Natal e o seu Baobá receberam a visita especializada do sobrinho-neto de Saint-Exupéry, o engenheiro François D'Agray, que responde pelo acervo do escritor e que, ao contemplar a imensidão da árvore, afirmou: "Lenda é história." Setenta anos completados do desaparecimento de Saint-Ex e ele e o seu baobá continuam mais vivos do que nunca.

DALTON MELLO DE ANDRADE, professor universitário - aposentado (dandrade@ufrnet.br)

6 de junho de 1944 - O dia D "Les sanglots longs / des violons / de l'automne" (Os longos soluços dos violinos do outono) indicavam que a Operação Overlord, a invasão da Europa, teria início em duas semanas. Foram transmitidas no dia 1o. de Junho. As linhas seguintes, "Blessent mon coeur / d'une langueur / monotone" (ferem meu coração com um langor monótono), indicavam que a invasão ocorreria em 48 horas e que a resistência deveria começar as operações de sabotagem, especialmente da rede ferroviária; essas linhas foram transmitidas no dia 5 de junho, às 23:15. Já lá se vão 70 anos. Nesse dia, 150.000 soldados de várias nações desembarcaram na Normandia; cerca de 10.000 perderam suas vidas. Às comemorações ontem realizadas, fizeram-se presentes chefes de Estado das principais nações que participaram da luta. Uma festa bonita, pois esse dia representa o começo da derrota do nazismo e a vitória final dos Aliados. E a libertação da Europa. Lembro-me perfeitamente desse dia. Estava no 3o. Ano do Ginásio, no Atheneu. As aulas começaram às sete da manhã e pouco depois, cerca das oito, chegou a notícia do desembarque. As aulas foram suspensas, e fomos todos para o Grande Ponto, onde muita gente se juntava para comemorar a invasão, que ficou conhecida como o Dia D. O serviço de alto-falantes de Luís Romão retransmitia as noticias que vinham da BBC, dando detalhes do desembarque. Claro, essa invasão não foi surpresa. Esse momento era aguardado por todos. Até para os alemães, que a esperavam e estavam atentos. A grande surpresa foi o local da invasão, a Normandia. Os alemães a esperavam na região de Calais, ponto mais estreito do Canal

Artigo

Opinião

Natal, 7 e 8 de junho de 2014

da Mancha. Hitler chegou a reter batalhões Panzer que poderiam ajudar na luta, certo de que a invasão principal ainda seria em Calais. Os primeiros dias foram, apesar da surpresa relativa, muito duros. Os Aliados, que esperavam consolidar com rapidez suas posições, levaram mais tempo do que imaginavam para dominar pontos estratégicos da região. O ataque dos pára-quedistas foi mais difícil do que se imaginara e o número de mortos e feridos maior do que o esperado. Apesar dessas dificuldades iniciais, o desembarque foi um sucesso e a derrocada da Alemanha nazista se prenunciava. Natal, que vivia intensamente a guerra, com tropas americanas e brasileiras em grande quantidade, que viveu dias de blackout e simulação de ataques aéreos e bombardeios de nossas costas por submarinos alemães, comemorou com alegria esse dia. O 6 de junho seria, para nós, o início do fim da guerra. Sabíamos que essa data marcaria também o retorno dos soldados americanos à sua pátria. Vários livros foram escritos sobre o Dia D. Vários filmes foram feitos. Um dos melhores livros foi "O Dia D", de Stephen Ambrose. O filme mais famoso - O mais longo dos dias - mostra com realismo todos os momentos da invasão. O site do "YouTube" tem uma enorme quantidade de filmes e documentários mostrando minuciosamente os diversos momentos do acontecimento. Aos curiosos, aos que gostam de história, aos que viveram esse dia, recomendo que vejam, ou revejam, essa ocorrência. Aos mais jovens, que conheçam em mais detalhes a luta que foi a II Guerra Mundial e as dificuldades para libertar a Europa do domínio nazista. Tempos que não podem ser esquecidos.

FERNANDO ROBERTO C. DE OLIVEIRA, assinante/colaborador (fernandorco@hotmail.com)

Dentro do padrão Goste-se ou não, a Copa do Mundo está mexendo com a vida de todo mundo. Não precisa nem sair de casa para perceber, basta ligar a TV. A programa cão não passa meia hora sem uma alusão ao evento, maioritariamente enaltecendo-o. Aliás, tem gente que vai preferir mesmo nem sair, porque não vai poder entrar. Para isso, teria que ser no padrão Fifa, vale dizer, entrar na fila. Deve ser por conta das obras de "mobilidade". Festa agora é "Fan Fest", estádio é arena, e sinônimo de qualidade é "Padrão Fifa". Mexeram até com os santos. As roupas dos "matutos" que estão aparecendo para o São João, agora são verde e amarelo. Só falta inventarem um caroço de milho de cor verde, para juntar com o conhecido amarelo. Esse ano não vamos ter o tradicio-

nal "São João na Roça". Para não esquecer do santo, vem aí o" São João na Taça". Se for considerar somente o lado etílico, está certo. Bebe-se bem mais na Copa. "Criatividade" é o que não falta. Para vender aos namorados, estão querendo antecipar até o "amor". Este ano os casais estão sendo "convidados" para comprar seus presentes e comemorar, não no dia 12, mas no dia 11 de junho, por conta do jogo de abertura. Faz sentido. Quem é que danado vai querer comprar lembrança em dia de jogo do Brasil, e perder o jogo. É um gol contra. Por falar em comércio dou aqui uma sugestão aos moteis. Porque não baixar os preços para vender também a sua mercadoria mesmo no dia da abertura, apelando com esta frase: aproveite "lembrança" padrão Fifa é a que fica.

Artigo

Sábado e Domingo

Artigo

PÚBLIO JOSÉ, jornalista (publiojose@gmail.com)

Você perde o príncipe ou o reino? Não sei se você já passou por essa situação de ter de escolher entre o todo ou a parte, de decidir entre uma pessoa só ou um conjunto de pessoas. Ou por outra, se você já prestou atenção na situação de presidente de um clube de futebol que teve de decidir entre o técnico ou o time todo. O técnico é muito bom, já deu várias vitórias ao clube, é um sujeito inteligente, pode ser considerado até um "boa praça", mas está criando problemas para o presidente do clube no campo do relacionamento pessoal. Já criou caso com um dos craques do time, ou melhor, não teve o discernimento necessário para administrar uma pequena quizumba, um leve atrito com um dos principais jogadores do time. De uma pequena rusga, o problema virou um problemão, jogando na área da discórdia irrecorrível todo um passado de companheirismo e convivência diária. Ninguém sabe o que se passa na cabeça do técnico. Fechado, macambúzio, a cada dia mais isolado, ele tenta se mover, tenta escalar o time para entrar em campo, mas o clima está pesado. Já tem jogador até se recusando a entrar em campo, outro já iniciou conversa com um time adversário, enquanto um terceiro já declarou que quer o cargo do técnico. Ou seja, quer disputar com o técnico, junto ao presidente do clube, o cargo, a primazia, a condição de comandar o time. Situação difícil, não é? Vamos supor que, no exemplo acima, você seja o presidente do clube. Como você agiria? A situação está insustentável. O campeonato corre solto, os outros times estão se fortalecendo, contratando, conversando, se articulando..... O tempo passa e a situa-

Artigo

ção a cada dia fica pior. E agora, o que você vai fazer? Você vai defender o técnico contra todo o time, ou vai dispensar o técnico para salvar "o restante da pátria?" A História nos mostra, em períodos diferentes, a réplica de situações semelhantes à que acabo de trazer à sua meditação. E, na maioria dos casos, o responsável pelo time termina sendo obrigado a optar pela manutenção do time em detrimento do técnico. Mesmo lamentando a situação, mesmo sentindo de forma intensa a perda do auxiliar, do companheiro, do filho, do irmão. Você também optaria por essa alternativa? Essas divagações me vêm agora a propósito de algumas pessoas que estão na posição de príncipes imaginando já serem reis. E metem as mãos pelos pés no tocante a um item importantíssimo na vida de qualquer pessoa - principalmente dos que estão em posição de comando: a questão do relacionamento pessoal. É muito difícil você conquistar e manter com sucesso um cargo de liderança se você não valoriza esse lado fundamental da vida. Vivemos em comunidade, precisamos dos outros, principalmente dos amigos. Para complicar a análise dessa história, você precisa ficar sabendo que todos nós nascemos para exercer função de liderança. O homem não nasceu para ser subalterno, submisso. Conseguir de alguém uma postura de submissão é algo a se conquistar - ou então se impor pela força. Neste último caso, os resultados já são conhecidos pelo suceder da história. Jesus Cristo, certo ocasião, dirigiu-se a Deus em oração, agradecendo ao Pai porque "dos amigos que Tu me deste eu não

perdi nenhum, salvo o filho da maldição" (se referindo a Judas). Pois é, Jesus valorizava demais os amigos que conquistava - e mantinha. Em certas ocasiões a um custo altíssimo, como foi o caso do próprio Judas a quem fez tesoureiro de seu ministério, homem de sua inteira confiança, mesmo sabendo de seu caráter que variava da adoração momentânea à revolta latente pelos lucros e vantagens que pensava auferir ao se unir ao Mestre e que, com o passar dos dias, não via se concretizar. Outro foi Pedro que, como todos sabem, traiu a Jesus três vezes seguidas numa noite só. É interessante se notar que, ao ressuscitar, Jesus se referiu aos demais apóstolos como seus irmãos, mas a Pedro ele se dirigiu pelo nome. Você talvez esteja afirmando ser muito difícil se fazer de Jesus para manter suas amizades. E realmente é. Nem eu estou pretendendo tal coisa. Acontece que tem gente que recebe uma herança de mão beijada e - praticando um dia-a-dia de arrogância e menosprezo pelos outros consegue deixar escapar pelas mãos um leque de amizades que lhe dá a sustentação necessária à manutenção do cargo que ocupa. São pessoas, portanto, inaptas para funcionarem como príncipes, mesmo tendo chegado ao posto pelos laços de parentesco com o rei. Mas ao rei cabe decidir se troca todo o seu reinado por um príncipe, ou se, em última instância, começa a ruminar, a articular, em seu silêncio e solidão palacianos, a saída política mais favorável, menos traumática. Aliás, você precisa tomar uma decisão, lembra-se? Afinal, vai optar pelo reino ou pelo príncipe?

MARCO EMERENCIANO, advogado (marco@ferreiraemerenciano.adv.br)

Parque Guinle Admiro os espaços públicos, sobretudo os arborizados. Geralmente retratam a evolução urbana e social de uma cidade. Aqui nesse mesmo espaço já escrevi algumas linhas sobre o Parque da Ciudadella, antiga cidade fortificada de Barcelona que deu lugar a em magnífico parque público, inspirado no famoso espaço parisiense 'Jardins de Luxemburgo'. Nessa mesma linha de admiração, fui buscar nas 'Laranjeiras do Rio de Janeiro' inspiração para o texto de hoje. É que justamente no encontro das ruas Gago Coutinho com a rua Paulo César de Andrade que encontra-se instalado um dos mais emblemáticos e bonitos espaço público da cidade maravilhosa: ' o Parque Guinle'. Não me refiro a ele a toa, mas pelo fato de tê-lo visitado algumas vezes. Fosse para passar o dia com os padrinhos Solange e Odilon Ribeiro Coutinho, que ali mantêm um apartamento, ou em passeios com meus avós Deda e Aderson, quando viveram no Rio de Janeiro. Lembro que era um belo programa de fim de semana. Fui buscar informação e vi que o Parque Eduardo Guinle foi conce-

Artigo

bido na década de 1920. Seriam os jardins do palacete em estilo neoclássico da residência do doutor Eduardo Guinle (1846-1914). Somente mais adiante, em 1940, o governo federal assumiu o espaço para, em 1943, ser objeto de um plano de urbanização com o timbre de Lucio Costa, diretor do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional naquela época. A proposta inicial foi a construção de um conjunto formado por seis edifícios residenciais. Desde o ponto de vista urbanístico e arquitetônico, significava um importante avanço ao progresso da cidade que crescia a passos largos. Os jardins do Parque Guinle, que ocupa uma área de mais de vinte e quatro mil metros quadrados, foram concebidos pelo paisagista francês Férard Cochet e, posteriormente, recebeu intervenções de Roberto Burle Marx. O complexo, repito, foi projetado pelo arquiteto Lúcio Costa, cuja obra foi realizada entre 1948 e 1954, com traços de uma arquitetura com forte influência do movimento 'modernista' e atenta à preservação do meio ambiente. Nos dias atuais, o que antes era

a mansão da família Guinle, é o Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governo do estado do Rio de Janeiro. Na entrada do Parque é possível observar um portão de ferro sustentado por duas colunas ao lado de estátuas de leões alados. Em seu interior, há um caminho que oferece acesso a uma ampla área com um pequeno lago, um córrego e extensa área verde entre alamedas arborizadas. Outro fato que chama atenção ao passear por aquela área: esse Parque Guinle fica muito próximo do emblemático 'Largo do Machado', no bairro do Catete carioca. Na verdade, o largo é formado por duas praças sendo a maior delas a 'Praça Duque de Caxias', estando o Largo do Machado propriamente dito localizado ao lado da Rua do Catete. Por outro lado, essa distinção é ignorada pelas cariocas, que chamam indistintamente as duas praças de Largo do Machado. Passear por toda essa região permite inúmeras leituras históricas do espaço próximo ao centro do Rio de Janeiro. Mas sobre o 'Largo' e arredores pretendo, quem sabe, escrever outro dia.

AUGUSTO COELHO LEAL, engenheiro civil (augusto.coelho.leal@gmail.com)

Casa de Mãe Joana Casa de Mãe Joana é uma expressão que significa o lugar ou situação onde vale tudo, sem ordem, confusão, onde predomina a desorganização. Natal virou uma cidade assim. Não posso nem chamar de Casa de Noca, pois conforme a música a Casa de Noca é bom e tem tudo que se quer, pra seu governo está assim de mulher. Natal, não só está assim de mulher, mas assim de ladrões, assassinos, transito desorganizados, obras inacabadas e mal administradas, secretários de governos incompetentes. Falta saúde, segurança, transportes públicos, afinal é uma verdadeira casa de Mãe Joana. E não vai ficar assim, do jeito que a barca está no mar vai ser difícil pelos menos no momento, aparecer um Noé para nos salvar, estamos assistindo um dilúvio de incompetência. Segunda feira, dia 02 de junho fui até SEMOB que diz ser a secretaria de mobilidade da nossa cidade, alertar a esculhambação no transito. As avenidas Alexandrino de Alencar e Hermes da Fonseca/Salgado Filho, principalmente no cruzamento entre elas. Chegando lá fui atendido, por um cidadão que diz ser técnico daquela secretaria, que foi logo me dizendo. - Fale logo que não tenho tem á perder. Olhei para o cidadão e disse - Não tem problema, nesse caso vou embora, pois quem não tem tempo á perder sou eu. Ele talvez percebendo a besteira que tinha dito pediu para que eu me explicas-

se. Falei para o que pensava, quais as providências que eu tomaria, mas valeu pouca coisa, pois notei que o cidadão pouco entendia, quando do lhe disse que o trânsito da Rua Múcio Galvão deveria ser em um único sentido, pois devido a edifícios construídos, clinicas e escritórios comerciais a rua não suportava mais o volume de automóveis por lá estacionados e trafegando. Para minha surpresa o cidadão alegou que a largura da rua sendo dez metros daria para estacionar carros de um lado e do outro e ainda passar um pelo outro folgado. Ora um carro médio, tem largura em média de 1,80m de pneu a pneu. Colocando mais o retrovisor que fica virado para rua, são mais vinte centímetros, mais 3ocm de distancia para o meio fio, da uma distancia de 2,30m para cada veículo de médio porte, que multiplicado por quatro, da uma ocupação de 9,20m, aí não incluso os retrovisores direito dos dois carros moveis. Imaginem dois carros grandes. Esses são os nossos técnicos, os nossos gestores públicos, pessoas totalmente desqualificadas. Saí de lá e fui até o Aeroporto Aluizio Alves, outro transtorno, Fui pela Ponte Newton Navarro. AAvenida. João Medeiros cheia de buracos, lama e areia, a BR 406 também. Logo na saída da BR406 para entrar no acesso recentemente construído, um carro quase bate no nosso, sendo necessário uma freada violenta. O Aeroporto inacabado parece

um canteiro de obras, Sinalização e informações precárias. Pensando bem, em respeito aos usuários não seria melhor abrir as portas quando já estivesse pronto? A falta de respeito com a população é muito grande. Voltei por São Gonçalo outra novela, quando cheguei em casa me lembrei das palavras da Rainha da Inglaterra. "Oh my God." A nossa capacidade de administrar obras, parece que acabou, as obras de mobilidade? Todos estão vendo, só 'my god' saberá dizer quando vão estar concluídas. São obras simples, como urbanização de Ponta Negra e praias urbanas, prolongamento da Prudente de Morais, reforma da Cidade da Criança. Obras de facil execução que se arrasta há muito tempo. É uma incompetência generalizada e não é de agora. Colocando-se os governos Wilma de Faria, Rosalba Ciarline, Micarla de Souza, Carlos Eduardo, Lula e Dilma em um liquidificador, dá um refresco de nulidade de um gosto muito especial. Saúde um caos, segurança piorou, todos os dias se assalta, se rouba, se mata em Natal e arredores, tudo isto estamos vendo. Fazemos o quê?. É isso. Os serviços públicos falidos, funcionários desmotivados e sem qualificação, salários baixos que não atraem aqueles mais qualificados. E nós pobres mortais, assistindo tudo calados. Enquanto isto, eleição, vem aí um "punhado" de Sassá Mutema. Que país é este?

ELVIRO REBOUÇAS, economista e empresário (cifrao@uol.com.br)

Em 10 anos - a maior retração na indústria brasileira Todos os dados copilados pelo IBGE, Banco Central, Ministério do Desenvolvimento Econômico, CNI, FIESP e IPEA são convergentes. Há uma desaceleração preocupante com a indústria brasileira, com a diminuição das vendas, quer no mercado doméstico, e acentuadamente com a involução nas exportações dos nossos produtos. A produção de veículos, por exemplo, continua em trajetória de queda, diante da forte freada do mercado doméstico e do entrave com a Argentina, principal destino das exportações da indústria automobilística brasileira. Em maio foram fabricadas 282,5 mil unidades, queda de 18% na comparação com igual mês do ano passado, informou nesta última sexta-feira (dia 06) a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Esta é a terceira queda anual consecutiva. Em relação a abril, entretanto, a produção cresceu 1,9% no mês passado. No acumulado do ano, a fabricação de veículos também teve uma queda significativa de 13,3% em relação ao mesmo período do ano passado, para 1,35 milhão de unidades, de acordo com a Anfavea. A produção brasileira de veículos despencou mais de 8 por cento no primeiro trimestre, com estoques crescendo 11 por cento e exportações desabando 15 por cento. O quadro tem feito representantes da indústria automotiva se reunirem com o governo federal em busca de medidas que incluem aumento no período de afastamento temporário de trabalhadores para além de cinco meses. Mesmo com essa queda na produção automotiva as vendas de laminados da Usiminas no mercado brasileiro no período cresceram 10 por cento, com consumo de estoques da companhia. Porém, para o segundo trimestre a empresa não espera um novo aumento nas vendas, com a produção se mantendo no mesmo 1,6 milhão de toneladas verificado no final de 2013. O ritmo morno da economia levou indústrias de diferentes áreas, especialmente dos setores de eletrodomésticos e de motocicletas, a dar férias coletivas aos empregados a partir deste mês. Além disso, os feriados previstos para a Copa também têm efeito na indústria. Desde segunda-feira, a Electrolux colocou em férias coletivas cerca de 4.600 dos 8.600 funcionários de suas três fábricas no país - localizadas em Curitiba, São Carlos (SP) e Manaus. As paralisações vão variar de 10 a 30 dias. De acordo com a empresa, a decisão de reduzir a produção se deve à "economia desacelerada e à Copa do Mundo". A Whirlpool, dona das marcas Consul e Brastemp, também colocou funcionários em férias coletivas. Levantamento junto a 550 empresas do setor feito pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) constatou que 58% delas prevêem perdas na produção por causa dos horários diferenciados dos jogos da Copa. E que um terço delas programou "jornada especial" para os dias das partidas a fim de "amenizar as perdas". Tem sido exceção a este desânimo, inclusive como manutenção à regra, os fabricantes de televisores modernos, com tecnologia digital, que já incrementam vendas em torno de 45 %, de janeiro a maio, em relação ao ano passado, tudo muito a ver com a chegada da copa do mundo aqui no Brasil. Em Manaus, o Centro das Indústrias do Estado do Amazonas (Cieam) confirmou que boa parte das grandes fabricantes de eletroeletrônicos (Semp Toshiba, Panasonic, Samsung, Sony) e de motocicletas (Honda e Yamaha) está antecipando o início das férias coletivas para junho. A Eletros não dispõe de dados sobre as vendas da linha branca (geladeiras, e máquinas de lavar), mas aposta numa recuperação após a Copa, a partir de agosto até o fim do ano, impulsionada por itens que continuam com as alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) menores do que tinham no início de 2013. O fraco desempenho de máquinas e equipamentos para construção prenuncia redução nos investimentos. A queda atingiu 70% dos itens pesquisados. A Copa elevou produção de bebidas alcoólicas, refrigerantes e TVs. Diante do pessimismo de empresários, inflação alta e juros elevados, a indústria crescerá pouco neste ano e sentirá o efeito de uma economia fraca e um consumo menor, prevêem analistas. Com alguma sorte, a ajuda da Copa e uma aceleração ainda incerta no segundo semestre, dizem, sua produção conseguirá avançar, no máximo, 0,5% neste ano. O IBGE divulgou nesta última segunda-feira, dia 02 de junho, o dado de abril: frente a março, a indústria manteve a tendência de retração e caiu 0,3% -em linha com as projeções. Em relação a abril de 2013, o setor registrou forte queda de 5,8%, a maior desde setembro de 2009, quando a indústria sofria os efeitos da crise global daquele ano. Para analistas, o pior sinal da pesquisa de abril, que sofreu com menos dias úteis e uma base elevada em igual mês de 2013 (alta de 9,9%), foi que o segundo trimestre já começou em baixa. Tal movimento já fez bancos e consultorias revisarem para baixo suas previsões para o Produto Interno Bruto (PIB) anualizado de 2014. Agora o nosso crescimento não passaria de 1% (hum por cento) em todo o ano. Muito abaixo do que o Ministério da Fazenda preconizava em janeiro, que seria em torno de 3%.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Fernanda Souza EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Fábio Pacheco EDITOR DE CULTURA Conrado Carlos EDITOR / JH Online Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 300,00 Interior (via ônibus): R$ 350,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 2,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 6,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Sábado e Domingo

Natal, 7 e 8 de junho de 2014

O Jornal de HOJE 3

Nélter Queiroz culpa Carlos Augusto pelo fracasso do Governo Rosalba DEPUTADO ESTADUAL DO PMDB QUESTIONA INTERESSE EM IMPEACHMENT DE ROSALBA E PEDE RENÚNCIA DE ROBINSON ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

Marido de Rosalba Ciarlini (DEM), o secretário-chefe do Gabinete Civil, Carlos Augusto Rosado, é o responsável pelo fracasso da atual gestão do Governo do Estado. Pelo menos, é isso que acredita o deputado estadual Nélter Queiroz, do PMDB. Segundo o parlamentar, é o companheiro de Rosalba que administra o Rio Grande do Norte, da mesma maneira que geria Mossoró quando a democrata era prefeita. "Primeiro ao tipo de gestão de Rosalba, que quem comanda o governo é o seu esposo Carlos Augusto. Ele tem o seu estilo, que teve por vários mandatos com a sua esposa prefeita de Mossoró e ele é quem comandava, ela apenas ia para as ruas fazer visitas em obras, tirar fotografias, dar entrevistas, simpática para aqui, simpática para acolá e os compromissos não foram honrados com a população do Rio Grande do Norte", afirmou. Nélter criticou o modo centralizador de o DEM governar e afirmou que é Carlos Augusto quem de fato comanda o governo. Nélter também não isentou de culpa o chefe do gabinete pelo isolamento em que Rosalba se encontra no Estado e dentro do próprio partido, sem apoios para uma eventual candidatura da govenadora Rosal-

José Aldenir

ba Ciarlini à reeleição. Sobre a "cassação branca" feita próprio partido, que não deverá permitir que Rosalba se candidate à reeleição, Nélter disse que governadora esqueceu que o mandato não pertence a ela, mas do Democratas. "Essa é a minha avaliação e a governadora Rosalba Ciarlini esqueceu que o mandato não era dela, era do partido. E aí houve essa decisão e internamente cabe ao DEM resolver esse problema", declarou o deputado. IMPEACHEMENT Sobre o pedido de impeachment da governadora Rosalba Ciarlini, enviado à Assembleia Legislativa pelo Movimento Articulado de Combate a Corrupção (MARCCO), Nélter disse que irá votar a favor, mas questionou se não haveria, por parte do Marcco, alguém interessado em que o vice-governador, Robinson Faria, do PSD, assumisse o poder - ele é pré-candidato ao Governo do Estado, justamente, contra o presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves, a quem Nélter apoia. "Particularmente, sou a favor. Com todo respeito que eu tenho ao MARCCO, mas será que não tem alguém por trás também interessado nesse processo de impeachment para Robinson assumir?", questionou o peemedebista. Vale lembrar que, nesta sema-

Nélter: “Carlos Augusto comandava Mossoró, Rosalba apenas ia para as ruas fazer visitas em obras, tirar fotografias” na, o parlamentar já havia sido mais direto e, durante declaração feita no plenário da Assembleia Legislativa, afirmou que os apoiadores do impeachment de Rosalba queria ver Robinson no poder. Para acabar com questionamen-

tos e opiniões como essas, Nélter sugeriu que Robinson Faria renunciasse a vice-governadoria, para que o pleito para o governo seja mais democrático. "Não tenho medo, eu voto a favor, agora o bom mesmo é que Robinson, democra-

ticamente, desse uma declaração: ‘Olha, eu vou renunciar, porque eu quero assumir com o voto do povo’; aí sim, isso era mais democrático, mais interessante, era mais justo, mais sensato", sugere Nélter Queiroz.

ACORDÃO Ainda segundo o parlamentar estadual, a possível disputa para o governo entre Henrique Robinson não será uma disputa desigual, criticando os que classificam de acordão a aliança do PMDB com partidos como o PR de João Maia e o PSB de Wilma de Faria - composta também por PROS, PV, PSDB, PEN e, possivelmente, pelo DEM. "Acordão como, se o PT, PSD que é um partido fortíssimo a nível nacional, está junto com o PC do B contra a pré-candidatura de Henrique? Muito pelo contrário, nós vamos disputar por igual, não existe acordão, existe aí você escolher o melhor", declarou. Em sua crítica aos adversários da pré-candidatura de Henrique, Nélter citou a deputada Fátima Bezerra, lembrando que na campanha para a Prefeitura de Mossoró, no mês passado (que elegeu Francisco José Júnior, do PSD), a pestista se uniu a políticos do DEM (como o deputado estadual Leonardo Rêgo) e do PMDB (ex-prefeita de Mossoró, Fafá Rosado) e ao próprio PSDB. "Engraçado, Fátima fala isso e há pouco tempo ela estava abraçada com Leonardo Nogueira, dom DEM, em Mossoró, com o PMDB de Fafá, que é ex-prefeita de Mossoró, com vários vereadores do PMDB. Fátima esquece, como Mineiro também esquece e alguns petistas esquecem, que estavam atrás do PMDB", acrescentou.

> ANTENOR ROBERTO AFIRMA:

“Superpalanque de Henrique e Wilma não nos intimida” José Aldenir

Antenor Roberto: “Dimensão do palanque não resolve o problema da política”

Mais novo aliado do pré-candidato do PSD a governador, Robinson Faria, e da pré-candidata do PT ao Senado, Fátima Bezerra, o PC do B, através do seu presidente, Antenor Roberto, afirma que a dimensão do palanque estruturado em torno das candidaturas do pré-candidato do PMDB a governador, Henrique Alves, e da pré-candidata do PSB ao Senado, Wilma de Faria, "não intimida". "A dimensão do palanque não resolve o problema da política. É quando começa o debate, a identificação das candidaturas, que o eleitor vai se manifestar. A questão do tamanho do palanque não nos intimida", afirma Antenor. Neste sentido, Antenor recorda que em vários momentos palanques menos estruturados foram vitoriosos, como em 1992, quando um pequeno grupo de partidos derrotou Henrique na disputa pela Prefeitura de Natal. "Nós já tivemos uma experiência até em uma disputa aqui em Natal. Nós fizemos uma pequena coligação, contra uma grande coligação. Na época, apoiamos Aldo Tinoco e o candidato, a propósito, era o pró-

Túlio Lemos tuliolemosjh@gmail.com PESQUISA Vai começar a guerra das pesquisas eleitorais. Como sempre, teremos resultados para todos os bolsos. Mesmo institutos que já erraram feio em seguidas campanhas para prefeito de Natal e Governo do RN, reaparecem com pompa e circunstância, acreditando na amnésia coletiva. É só o começo.

Geográfico. Ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado, Valério Mesquita é respeitado dentro e fora do Instituto, pela seriedade com que sempre se conduz. SOPA O prefeito de Santo Antonio, Lula Ribeiro, reabriu a entrega do sopão no município, que beneficia mais de 300 famílias carentes.

dizer, o médico perguntou o que significava uma tartaruga num poste. E o gari respondeu: "É quando o senhor vai indo por uma estradinha, vê um poste e lá em cima tem uma tartaruga tentando se equilibrar".

PERIGO O grande perigo das pesquisas eleitorais registradas é justamente esse: o registro na Justiça Eleitoral. Para o eleitor comum, o simples ato de registrar uma pesquisa no TRE, soa como se expressasse a chancela da Justiça Eleitoral ao resultado. O que não é verdade. O TRE não tem nada a ver com o resultado. Apenas cobra o registro técnico do material produzido.

TARTARUGA O leitor Ornilo Almeidae manda texto em que faz analogia da presidente Dilma com uma 'tartaruga em cima do poste': Enquanto suturava um ferimento na mão de um velho gari, cortada por um caco de vidro indevidamente jogado no lixo, médico e paciente começaram a conversar sobre o clima, o país, o governo e, fatalmente, sobre a Dilma".

TARTARUGA III "Diante da cara de interrogação do médico, o velho acrescentou: Você não entende como ela chegou lá; Você não acredita que ela esteja lá; Você sabe que ela não subiu lá sozinha; Você sabe que ela não deveria nem poderia estar lá; Você sabe que ela não vai fazer absolutamente nada enquanto estiver lá; Você não entende porque a colocaram lá; Então tudo o que temos a fazer é ajudá-la a descer de lá, e providenciar para que nunca mais suba, pois lá em cima definitivamente não é o lugar dela".

LUTA O intelectual Valério Mesquita trava permanente luta para conquistar recursos com o objetivo de recuperar a sede do Instituto Histórico e

TARTARUGA II "O velhinho disse: "Bom, o senhor sabe... a Dilma é como uma tartaruga em cima do poste...". Sem saber o que o gari quis

NA REDE A 'criatividade' da turma da internet é ilimitada. Essa montagem ao lado faz parte do que é produzido e se espalha na net.

prio Henrique. E nós o derrotamos", recorda Antenor, ao se referir à campanha memorável de 1992. "Nós não podemos subestimar a construção de uma coligação como esta (PSD, PT e PC do B). Tradicionalmente na política as pessoas apostariam primeiro suas fichas em uma grande coalizão. Mas o que a coligação PSD-PT e agora com o PC do B vai apontar é uma discussão que pode acumular uma vitória", destaca. O dirigente do PC do B vai além e antecipa qual será a arma de Robinson e Fátima para derrotar Henrique e Wilma. "Mostrar isso, como conciliar tantos interesses, esse conflito de interesses" entre tantos políticos num mesmo palanque. "Natal é uma cidade imprevisível. Em 2008 fizeram um grande palanque e todos achavam que Fátima Bezerra iria ganhar a eleição, todos no palanque, Lula, Garibaldi, mas Micarla ganhou no primeiro turno. Em outras situações isso funciona, como na grande coalizão nacional que foi feita em trono da reeleição de Lula, da eleição de Dilma, mas não é uma regra. O que faz a discussão na elei-

ção é a capacidade que a candidatura tem, a sua história, por que ela está pleiteando, a sua história de solução dos problemas impostos. Então, quando há essa identificação, o eleitor acompanha". Por conta disso, segundo Antenor, "tamanho de palanque não determina a vitória". Ele lembra que a própria governadora Rosalba Ciarlini (DEM), que hoje é figura política depreciada pelo seu próprio partido, venceu a disputa pelo governo em 2010 - quem poderia imaginar - enfrentando na época uma candidatura apoiada pelo governo federal. "Ela derrotou no primeiro turno a candidatura de Iberê Ferreira de Souza e a nossa e a de Carlos Eduardo. Então o tamanho do palanque não determina a vitória, mas a credibilidade", afirma o presidente do PC do B. Segundo ele, "naquele momento Rosalba criou uma história de credibilidade, o tal 'Fazer acontecer'. PREJUÍZO Antenor afirma que, para o debate eleitoral, Rosalba não ser candidata será muito ruim para o Esta-

do. "Nós teremos um grande prejuízo nessa campanha se Rosalba não for candidata, porque a contação da sua história, das suas dificuldades, ajudaria muito a nós surpreendermos o quadro do estado do Rio Grande do Norte. Quais são realmente os gargalos que deixaram o estado nessa situação?", questiona. Antenor propôe que os candidatos fujam do discurso demogógico. "Nós estamos muito convencidos, nós sabemos que campanhas políticas têm marketing, têm ações importantes e a vitória é o que se busca, mas nós não vamos criar mais um discurso demagógico, de falta de perspectivas para a sociedade, porque a sociedade, como vai acompanhar a Copa do Mundo, ela precisa também perceber que o resultado eleitoral tem a ver com o seu futuro, ela tem que entender que existem regras no direito, administrativo, direito financeiro, direito orçamentários, que são parte da vida delas, e que às vezes você não pode simplesmente se encantar com o discurso do candidato sem fazer a pergunta: Mas isso é possível realizar?".


4 O Jornal de HOJE

Política

Natal, 7 e 8 de junho de 2014

Walter Gomes DE BRASÍLIA

walgom@uol.com.br

O verso e o reverso Escrevem roteiro equivocado para a presidente da República protagonizar. A direção de cena falha, também. E Dilma Rousseff carece de talento para viver a personagem inventada por Lula da Silva. Ele, à época, estava no auge de sua popularidade. Por isso, o que dizia tinha aceitação da maioria dos eleitores. Já não é tanto assim, mas ainda é cabo eleitoral com alto potencial de votos. nnn A grande 'descoberta' do então chefe do governo não é real. As ações da senhora Rousseff, como executiva ou líder política, desmentem a propaganda enganosa. Como diz um dos seus ex-ministros com mandato parlamentar, "ela posa de doutora sabe-tudo e de dona da verdade porque precisa esconder que é ruim de serviço". nnn O marketing da recandidata exagera na firula da dramaticidade para levar ao medo, que pode evoluir para o pânico, os beneficiários dos programas sociais, sobretudo os inscritos no Bolsa Família. Dia desses na televisão, o 'script' insinuou que a ascensão de um oposicionista ao Palácio do Planalto seria o fim desse item da assistência social financiado pelo Estado brasileiro e não por uma agremiação partidária. nnn Em Porto Alegre, ontem, no lançamento da recandidatura do governador Tarso Genro (PT) - homem de bem e político honrado, à parte o radicalismo ideológico -, Dilma disse que a oposição divulga inverdades para contestar a sua presidência. Depois dos aplausos puxados por Lula e o senador petista Paulo Paim, ela, entusiasmada, proclamou que na eleição de outubro "a verdade irá vencer a mentira". nnn Procurados pela imprensa para comentarem a fala presidencial sobre a derrota da mentira nas urnas, grão-duques dos oposicionistas PSB e PSDB deixam a impressão que combinaram resposta comum: "Tomara que sim."

Sábado e Domingo

Ministra do TSE questiona rigor em fiscalização eleitoral na net LUCIANA LÓSSIO, ERICK PEREIRA E MARCO BRUNO DISCUTEM PROPAGANDA NA NET A ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luciana Christina Guimarães Lóssio, o juiz federal Marco Bruno Miranda e o advogado mestre em Direito Eleitoral, Erick Pereira, participaram nesta sexta-feira da Quinta Jurídica, evento realizado pela Justiça Federal do RN, para falar sobre o uso da internet e das redes sociais na campanha eleitoral deste ano. E o que os políticos poderão fazer sem ser acusados de conduta vedada? Quase tudo, segundo análise dos palestrantes.

"A gente tem pautas muito importantes para tratar e a gente termina perdendo tempo com páginas de internet. Será mesmo que vale a pena movimentar toda uma estrutura para tirar uma página da internet, que só foi encontrada porque uma pessoa foi atras daquela informação? E se a gente tira uma página do ar, outras milhares podem aparecer. Se a gente for se preocupar com cada caso desses, o Brasil para a cada dois anos", analisou Luciana Christina. Até porque, segundo Erick Pe-

reira, a situação pode até começar controlada, com os envolvidos tentando mantes as regras, contudo, depois, vira um "salve-se quem puder, ninguém controla mais nada". E quem descumpre na campanha, será um potencial descumpridor de leis após eleito. "Os que costumam praticar atos ilegais numa campanha, num mandato serão potenciais infratores. Se eles não conseguem respeitar regras eleitorais, como irão respeitar uma lei de licitação, por exemplo?",

questionou Erick Pereira. Marco Bruno Miranda, que coordena o trabalho do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sobre a propaganda eleitoral, concorda que as regras deveriam ser mais brandas sobre o tema, contudo, já que existem, devem ser cumpridas. Vale lembrar que, em maio, o juiz multou os pré-candidatos Henrique Eduardo Alves (PMDB, ao Governo), João Maia (PR, a vice) e Wilma de Faria (PSB, ao Senado) por propaganda antecipada.

Divulgação

Tom e conteúdo Intenção de voto para o governo de São Paulo. Comparada com o levantamento anterior, não houve mudança nos índices da pesquisa assinada pelo Datafolha e liberada ontem à tarde.

nnn O tucano Geraldo Alckmin (foto) lidera com 44% de apoios. Em segundo lugar, o peemedebista Paulo Skaf: 21%. Incluído na sondagem, embora não seja candidato ao Palácio dos Bandeirantes, Gilberto Kassab (PSD) foi escolhido por 5% das pessoas entrevistadas. O petista Alexandre Padilha tem a preferência de 3%.

nnn Eduardo Suplicy (PT), em busca do quarto mandato de senador, está inferiorizado no placar. Ele é escolhido por 32% dos eleitores. José Serra (PSDB), o líder, por 41%.

LEITURA DINÂMICA t Dilma Rousseff acertou

visita à convenção nacional do PMDB, nesta terça-feira, em Brasília. A sigla está dividida, mas a cúpula confia na renovação da aliança com o PT. Hoje de manhã, confirmou-se a dissidência em nove seções estaduais. t Everaldo Pereira (PSC) cresceu um ponto percentual como candidato ao Planalto. Chegou aos 4%. É o quarto posicionado na corrida com obstáculos. t Relator do caso de fraudes no metrô de São Paulo, o ministro Marco Aurélio de Mello, do Supremo, excluiu dois deputados federais - Arnaldo Jardim (PPS) e Edson Aparecido (PSDB) - e o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB). Mandou, porém, aprofundar a investigação sobre José Aníbal (PSDB) e Rodrigo Garcia (DEM), ambos com assento na Câmara dos Deputados. t Início da próxima semana, o Ibope divulga ín-

dices de intenção de voto para presidente da República. t Uma certeza fundamentada no interesse eleitoral. A Petrobras sofre o prejuízo, mas o (urgentíssimo) aumento do preço da gasolina só em novembro. t Marina Silva, provável vice de Eduardo Campos, está irritada. Ela contesta o apoio (unânime) do diretório paulista do PSB à reeleição de Geraldo Alckmin. t O senador Randolfe Rodrigues (PSOL) decepciona-se com a resposta das sondagens de opinião ao seu trabalho de candidato à Presidência da República. Não pontuou na pesquisa do Datafolha. t Segunda-feira, você fica na companhia de Joaquim Pinheiro. Bom proveito no fim de semana, e até terça. t Para refletir: "O que passou, passou. Jamais acenderá, de novo, o lume que apagou" (Ferreira Gullar, poeta brasileiro).

CMYK


Sรกbado e Domingo

Natal, 7 e 8 de junho de 2014

O Jornal de HOJE 5

CMYK


6 O Jornal de HOJE

Natal, 7 e 8 de junho de 2014

Cidade

Sábado e Domingo

Comércio irregular próximo ao Arena das Dunas terá que fechar em dias de jogos SEMSUR REUNIRÁ COMERCIANTES NA PRÓXIMA SEGUNDA PARA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE RESTRIÇÕES IMPOSTAS PELA FIFA Os donos de comércios no entorno do Arena das Dunas que não são regularizados na Prefeitura de Natal não poderão funcionar nos dias de jogos em Natal, seguindo determinação da Lei Geral das Copa 2014. Eles devem participar de uma reunião na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), na próxima segunda-feira (09), quando receberão orientações sobre essa e outras restrições previstas na Lei Geral da Copa. Segundo a fiscal da Semsur, Diana Dantas, somente quem não tem o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), como é o caso dos donos de cigarreiras e ambulantes, não poderão atuar nos dias de jogos, já os regularizados podem abrir normalmente seus estabelecimentos. "Por isso, somente eles foram convocados para a reunião. Infelizmente, é uma restrição prevista em lei e não podemos fazer o contrário", disse. Diana falou também sobre a questão de propagandas nos estabelecimentos situados no entorno do estádio, que só pode ser feita das empresas patrocinadoras do evento e que tenham sido licenciadas. "E com ressalvas, porque, mesmo que o comércio tenha licença na

Fotos: Heracles Dantas

Fabiano, proprietário de uma padaria, em Potilândia: “Vamos trabalhar normalmente, como em um dia qualquer”

Mesmo com padronização do comércio, informais não poderão abrir durante o Mundial. Comerciantes do entorno adequaram seus estabelecimentos, de acordo com as regras Prefeitura, não poderá fazer propaganda de uma empresa que não seja patrocinadora do evento. Mas isso já foi repassado para eles em reuniões anteriores e estão todos padrozinados", explicou. Para o comerciante Fabiano Gomes, que é regularizado na Prefeitura Municipal, os dias de jogos

em Natal serão normais, sem alterações importantes. "Não acredito que haverá mudanças significativas nestes dias. Vamos trabalhar normalmente, como em um dia qualquer. Estou tranqüilo", disse. Já a dona de uma cigarreira, situada próximo ao Centro Administrativo do Estado, que não quis se

identificar, os dias em que terá que permanecer com o seu comércio fechado serão de prejuízos financeiros. Ela, que disse ter recebido a notificação para a reunião na Semsur na última sexta-feira, também teve seu estabelecimento padronizado por uma das empresas patrocinadoras da Copa do Mundo.

"Não gostei e vou ter prejuízo sim, mas não posso fazer nada, porque não adianta reclamar, manda quem tem dinheiro. Nos dias de jogos, vou ficar em casa, assistindo a partida pela televisão. Vou para essa reunião de segunda-feira, mas já sei o que vão dizer à gente lá, que não podemos abrir nossos quiosques", disse.

> NA JUSTIÇA

Greve da Saúde em Natal é alvo de ação judicial Ações judiciais apresentadas pela Procuradoria Geral do Município (PGM) podem pôr fim com a greve dos servidores da Saúde em Natal. Há mais de 50 dias em protesto, um grupo de servidores municipais e do Sindsaúde estão acampados em frente à sede da Prefeitura, no Centro, cobrando reivindicações ao Executivo sobre benefícios da categoria e melhorias nos postos de trabalho. As ações da PGM visam impedir a realização de greves ou manifestações que bloqueiem o trânsito em vias de Natal e/ou promovam ocupação do espaço público principalmente no período da Copa, se estendendo até 30 de julho de 2014, situação que inclui a paralisação dos servidores, uma vez que eles estão ocupando duas faixas da Rua Ulisses Caldas. O acampamento em frente à Prefeitura já vem durando seis dias. Mesmo a greve e manifestações populares ser um direito conferido na Constituição, o procurador-geral da PGM, Carlos Castim (detalhe), justifica a medida alegando que os atos ocorrem de maneira "oportunista e com abuso do

José Aldenir

Trabalhadores estão acampados em frente à Prefeitura desde a última segunda-feira, ocupando a Rua Ulisses Caldas direito". "Precisamos acabar com essas posturas de abuso. Nenhuma pessoa pode impedir o direito das outras de ir e vir pela cidade, nem mesmo ocupar espaços públicos

como se fossem deles", disse. "Além disso, precisamos garantir que a onda de protestos não venha prejudicar ainda mais os problemas da cidade com mobilidade,

principalmente neste período de Copa do Mundo", afirmou. Em uma das ações, a Procuradoria solicita o impedimento da deflagração de movimento paredista de sete sindica-

tos no período da Copa do Mundo da Fifa 2014, entre eles o Sindicato dos Servidores Municipais de Natal (Sinsenat); Servidores da Saúde (Sindsaúde); Agentes de Endemias (Sindas/RN); Odontologistas (Soern); Médicos (Sinmed); Guardas Municipais (Sindguardas) e Trabalhadores em Educação Pública (Sinte). O Sindicato dos Rodoviários (Sintro), com greve marcada para a próxima quinta-feira, 12, não foi citado por não ter relação trabalhista direta com a Prefeitura, e sim configurar relação privada com o Seturn. Dentre os principais pedidos das ações, destaca-se a intenção de impedir greve durante a Copa do Mundo Fifa 2014; suspender as greves já iniciadas, considerando-as ilegais e determinando retorno ao trabalho; desobstruir imediatamente as calçadas, ruas, avenidas em frente à sede da Prefeitura do Natal; proibir a interdição, obstrução, fechamento e ocupação ilegal, total ou parcial, de qualquer via pública dentro de Natal; conceder auxílio da força policial; multa diária de R$ 200 mil para as entidades e de R$

20 mil para cada pessoa física (sindicalista ou manifestante). Com tendas, barracas e faixas, os servidores da Saúde ligados ao Sindsaúde não têm data para deixar o local ou encerrar a greve, que pode se estender até a Copa do Mundo. A greve dos servidores da saúde começou no dia 15 de abril, por uma pauta com 26 pontos, que inclui reajuste salarial e nas gratificações, pagamento de direitos atrasados e as 30 horas para a Enfermagem. Os servidores têm perdas salariais de 14% e a Prefeitura ofereceu 5,68%. Algumas gratificações estão sem reajuste desde 2006, com perdas de até 66%. Além disso, as unidades de saúde têm sofrido com falta d'água, de medicamentos e o aumento da violência. "A prefeitura diz que não tem dinheiro para atender as reivindicações dos servidores da saúde. Mas, enquanto isso, a Prefeitura gasta milhões para decorar a cidade e com as obras da Copa do Mundo", critica Célia Dantas, do Sindicato dos Servidores em Saúde do RN (Sindsaúde).


Economia

Sábado e Domingo

Natal, 7 e 8 de junho de 2014

O Jornal de HOJE 7

Marco Polo/Sebrae

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

administracao@jornaldehoje.com.br

SYLVIA SÁ INTERINA Descoberta de químicos garante a 1ª patente industrial para a UFRN n A Universidade Federal do Rio Grande do Norte comemora um fato inédito em sua história. Esta semana, Afonso Avelino Dantas Neto e Tereza Neuma de Castro Dantas, docentes do Departamento de Química, receberam a primeira Carta Patente referente a um invento industrial criado na Instituição. n O documento, emitido pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), atribui aos pesquisadores a descoberta de método para desidratar gás natural por microemulsão. "Os dez anos de espera valeram a pena", manifestaram-se os professores após receberem a notícia. n O trabalho é fruto de pesquisa de mestrado desenvolvida em 2004 pela então estudante Geraldine Angélica Silva da Nóbrega, atualmente docente da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA), e contou com a colaboração de Eduardo Luiz de Barros Neto, à época aluno do Programa de PósGraduação em Engenharia Química. n "Essa pesquisa nasceu no Laboratório de Química da UFRN e poderá chegar às indústrias", diz Afonso Dantas. "Nessa experiência, unimos, sobretudo, competências, porque criar algo de forma isolada é inviável em termos de pesquisa aplicada", completou Tereza Neuma. n O coordenador do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), Aldayr Dantas de Araújo, diferencia um pedido de patente de um artigo. Para se obter uma patente, explica, "é preciso que o invento, produto ou tecnologia tenha aplicação industrial. Daí, por que o mundo inteiro pode requerer o uso dessa metodologia pertencente à UFRN". n Ao parabenizar os primeiros pesquisadores da UFRN, proprietários de patente industrial, a reitora Ângela Paiva Cruz destacou o pioneirismo da criação do método como uma das inovações da pesquisa da Universidade. n A reitora disse ainda estar à espera de outras outorgas de patentes, já que mais de 70 pedidos de registros e patentes encaminhados pela UFRN aguardam decisão do INPI. n Conforme a legislação vigente no Brasil, a patenNeoenergia e Iberdrola vencem leilão para construção de parques eólicos no RN n A Força Eólica do Brasil, joint venture entre os grupos Neoenergia e Iberdrola, foi a vencedora de três lotes de geração de energia no Leilão A-3 (com início de operação em 2017), realizado nesta sexta-feira pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). n Os contratos envolvem a construção e operação dos parques eólicos Calango 6, com capacidade de geração de 30 MW (megawatts), Santana 1 (30 MW) e Santana 2 (24 MW), estes dois últimos desenvolvidos em parceria com a Horizonte Energias Renováveis do Brasil. n Os três parques serão construídos no Rio Grande do Norte, onde a Força Eólica já conta com outras dez usinas geradoras a partir dos ventos. Com os novos empreendimentos, a joint venture entre Neoenergia e Iberdrola totalizará 13 parques no Brasil, com uma capacidade combinada de 372 MW, fornecendo energia renovável para mais de 590 mil lares brasileiros e evitando a emissão de 660 mil toneladas de CO2 por ano. Ex-aluno UnP é eleito o melhor Chef do RN n O melhor chef do Rio Grande do Norte é ex-aluno da UnP. Daniel Simplício foi o campeão na categoria Estado do Prêmio Nacional Dólmã. n Considerada a premiação má-

te dá aos titulares o direito de propriedade da invenção em âmbito nacional durante os próximos dez anos. Isso quer dizer que, no período, qualquer empresa, pessoa ou instituição que queira usar o método deve pedir autorização à UFRN, assim como pagar royalties à instituição e aos inventores. Macroplan fará estudo para uso do aeroporto Augusto Severo n O futuro do prédio do Aeroporto Internacional Augusto Severo e da área de 42 hectares no entorno da estrutura poderá ser definido nos próximos 30 dias. n O Sebrae no Rio Grande do Norte solicitou à Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern) a inclusão de um estudo sobre a utilização da área do aeroporto no programa Mais RN, que está sendo planejado pela empresa de consultoria Macroplan. n A ideia é que um estudo preliminar seja entregue em 30 dias para nortear uma audiência pública sobre a questão antes da data oficial para a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) repassar a área à Aeronáutica, marcada para 31 de julho. n A decisão de encomendar um parecer técnico surgiu após reunião, no início da tarde desta sextafeira, com as principais lideranças das classes produtivas. O encontro foi marcado pelo presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae (CDE), Sílvio Bezerra, e reuniu representantes de instituições, como Fiern/Senai, Fecomércio, Faern, Anorc, FCDL, Associação Comercial, Agência de Fomento, Sedec, Fapern e bancos oficiais. A proposta era que cada representante apresentasse uma sugestão para o uso da área e assim chegar-se a um consenso acerca da opinião da classe produtiva sobre a questão. n Pelo menos, três propostas surgiram na reunião. Uma delas seria a transferência da Central de Abastecimento do RN (Ceasa) para o local. A outra é tornar a área em um terminal intermodal, que integraria os sistemas de transporte rodoviário e ferroviário. A outra seria transformar o antigo aeroporto em um centro de convenções e instalar no lugar um shopping e o museu da aviação.

xima da gastronomia brasileira, 64 chefs de 18 estados participaram do concurso. n A notícia foi bastante comemorada entre os docentes do curso de Gastronomia da UnP. "É imensamente gratificante saber que um egresso obtém tamanho reconhecimento dentro do universo gastronômico. Temos muitos talentos que já se formaram aqui e muitos outros em formação. Resultado disso é a ascensão da gastronomia do Estado, com restaurantes e bistrôs idealizados ou capitaneados pelos nossos ex-alunos", celebrou a professora Annamaria Nóbrega, coordenadora do curso de Gastronomia da UnP. Governo adia Implementação do eSocial n O eSocial, novo sistema que deve funcionar como uma folha de pagamento digital, unificando em uma plataforma on-line todas as informações fiscais, previdenciárias e trabalhistas que as empresas são obrigadas a enviar ao governo, deve ser implementando oficialmente em aproximadamente um ano e meio. n A alteração do calendário foi confirmada pelo ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias. n Essa é a quinta vez que o cronograma de implementação do sistema é adiado. A previsão é de que o eSocial comece a funcionar em junho de 2015, primeiro só para as grandes empresas, com receita anual superior a R$ 78 milhões.

n Segundo Dias, será criado um grupo de trabalho para montar uma nova pauta de implantação do eSocial e as cartilhas para informar as empresas e os trabalhadores, o que deve durar de três a quatro meses. Depois disso, de acordo com o ministro, o sistema terá um prazo estimado de mais 1 ano e 3 meses para efetuar a implantação. n"O eSocial é a maneira mais fácil e mais simples de prestação de informações dos empregadores ao governo e a todos beneficia. Simplifica a ação dos empregadores e vamos ter em mãos as informações necessárias para a implementação de políticas públicas melhores e mais justas com as informações corretas", observou Dias. n O ministro confirmou também que as micro e pequenas empresas ficarão fora do programa. Elas devem entrar no eSocial em uma segunda etapa, que o ministro não precisou quando deverá ocorrer. No futuro, o eSocial será obrigatório para todas as empresas do País, incluindo os Microempreendedores Individuais. n O adiamento foi formalizado em reunião do governo com as empresas que participam da implementação do projeto e a Fenacon, que representa as empresas de contabilidade. "É um projeto de primeiro mundo, mas que vai ser implementado em um país de terceiro mundo. Então nós pedimos mais tempo, e o governo atendeu", diz Valdir Pietrobon, diretor da Fenacon.

Lideranças do segmento pretendem levar o assunto à bancada parlamentar potiguar para que haja intervenção política

Entidades buscam reduzir perdas com desativação do Augusto Severo USO

DO TERMINAL JUSTIFICA O INVESTIMENTO GASTO MARCELO HOLLANDA

HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COM

Um Centro de Convenções, uma estação de ônibus metropolitano, um Ceasa para desafogar a hoje espremido em Lagoa Nova. Muitas idéias para tentar impedir a devolução de área de 42 hectares de um total de mil hectares pertencentes às Forças Armadas e dentro dos quais funcionava até poucos dias atrás o extinto Aeroporto Augusto Severo, em Paranamirim. Com atraso de pelo menos dois anos, o problema finalmente deve cair no colo do presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves, considerado o padrinho maior do novo aeroporto de São Gonçalo do Amarante que leva o nome do pai dele, o ex-governador Aluízio Alves. Hoje, algumas das lideranças que estiveram na última sexta-feira durante a reunião extraordinária do Conselho Deliberativo do SebraeRN, convocada justamente para debater o problema, estarão levando o assunto para o deputado, a figura mais influente do Estado na esfera federal. Entre eles, o presidente da Federação da Agricultura, José Álvares Vieira, disse que a esperança é que o deputado intervenha diretamente para evitar mais essa perda econômica para o RN.

A única dúvida até hoje pela manhã é se o encontro no apartamento de Henrique de Natal, inicialmente marcado para as 18 horas, começaria com esse tema ou outro ligado à energia eólica. A alegação em favor de um novo uso econômico para o Augusto Severo é de que há muito dinheiro do Prodetur (Programa de Desenvolvimento do Turismo do Estado) aplicado no antigo aeroporto e que a Aeronáutica não precisa de toda aquela área de volta, podendo perfeitamente ceder um terço para a execução de um projeto que minimize ou compense a perda e empregos e renda do município de Parnamirim. O presidente da Federação do Comércio, Bens, Serviços e Turismo do RN, Marcelo Queiroz, bem que tentou liderar o processo, resgatando um projeto de gaveta feito pela entidade há dois anos, propondo a transformação da área do terminal num Centro Comercial bem maior que o de Natal. E, apara agradar a aeronáutica, junto com um museu alusivo ao Augusto Severo e sua marcante história por ocasião da Segunda Grande Guerra. No fim do encontro, ficou decidido que é preciso primeiro apagar o incêndio, ou seja, evitar a devolução das instalações do aeroporto e estacionamento. Feito isso então se

abriria um processo maior de consultas junto a sociedade, por meio de audiências pública, para que se iniciasse um novo projeto de utilização. Já o Sebrae-RN defende que qualquer debate hoje sobre uma possível utilização do terminal é irrelevante e que a prioridade é ajudar a Aeronáutica na criação de seu centro de treinamento. Num segundo momento se iniciaria o processo de incorporação desse debate ao programa Mais RN, desenvolvido pela Fiern, Governo do Estado, com a consultoria da Macroplan, para evitar uma dispersão inconveniente de todo o debate. Neste sábado, O JORNAL DE HOJE contatou o secretário de Turismo de Parnamirim , Lailson Wanderlei, que disse desconhecer o teor do encontro no Sebrae-RN.“Não fomos convidados e até onde sei o prefeito esteve no mês passado no Augusto Severo e foi comunicado sobre o retorno da área do aeroporto para a Aeronáutica”, informou. Desde que foi anunciada a transferência das operações para o aeroporto de São Gonçalo, houve tentativas individuais e coletivas para tentar manter o emprego de comerciários e pelo menos 140 taxistas, que não poderiam transferir suas licenças para uma praça nova. Nenhuma dessas tentativas prosperou. José Aldenir

> BALANÇA

O peso de cada produto no bolso do consumidor no mês de maio Queda de 21% no preço das passagens aéreas e alta menor no preço dos alimentos fizeram inflação desacelerar em maio A inflação desacelerou em maio: a taxa ficou em 0,46%, abaixo de abril (0,67%) e de março (0,92%). Cinco grupos tiveram alta e quatro tiveram queda, mas alguns importantes pesaram mais. As passagens aéreas derrubaram a alta dos Transportes e a escalada do preço dos alimentos perdeu fôlego. Enquanto isso, itens como vestuário e artigos de residência subiram de forma expressiva. Veja a seguir qual foi a alta e o impacto de cada grupo monitorado pelo IBGE: Alimentação e bebidas: 0,58%, com impacto de 0,15 ponto percentual; Transportes: queda de 0,45% com impacto negativo de 0,08 ponto percentual;Educação: alta de 0,13%, com impacto de 0,01 ponto percentual; Despesas pessoais: alta de 0,80%, com impacto de 0,08 ponto percentual;

Divulgação

Enquanto alguns grupos apresentaram queda, outros sofreram reajustes Saúde e cuidados pessoais: alta de 0,98%, com impacto de 0,11 ponto percentual; Vestuário: alta de 0,84%, com impacto de 0,05 ponto percentual; Habitação: alta de 0,61%, com impacto de 0,09

ponto percentual; Artigos de residência: alta de 1,03%, com impacto de 0,05 ponto percentual; Comunicação: alta de 0,11%, com impacto de 0,00 ponto percentual. (Fonte Exame).


Cidade Casais participam de retiro espiritual em busca de namoro santo 8 O Jornal de HOJE

ATIVIDADES

Sábado e Domingo

Natal, 7 e 8 de junho de 2014

Fotos: Heracles Dantas

INCLUEM MISSAS , LOUVOR E DINÂMICAS

ALESSANDRA BERNARDO ALESSABSL@GMAIL.COM

Trazer Deus para o relacionamento amoroso, para criar uma base sólida para um casamento futuro. É essa a intenção dos casais que participam neste final de semana do "IV Retiro Namorando com Deus", realizado na Casa de Retiro, em Parnamirim. Entre as atividades estão previstos louvores, missa, dinâmicas e momentos de reflexão sobre a importância de se buscar uma preparação saudável para uma relação a dois santificada. Segundo a organizadora do evento, Amanda Menezes, os casais participantes poderão desenvolver uma perspectiva de busca de santidade para a construção e estruturação de uma futura família, que é o objetivo da maioria das pes-

soas que iniciam um namoro. Ela afirmou que o retiro, voltado para casais de namorados e noivos, atrai, em sua maioria, pessoas jovens e que buscam um relacionamento baseado nos ensinamentos católicos. "O casamento hoje é uma instituição bastante abalada por inúmeras coisas e situações banais e o que queremos é fazer com que esses casais que estão aqui possam estabelecer uma base sólida para esse sacramento tão importante para todos, baseados nos ensinamentos da Igreja Católica. Sabemos que o namoro é o tempo de preparação para o matrimônio, por isso, precisa ser vivido de uma maneira saudável e com a presença de Deus, preservando a castidade e a intimidade do casal", explicou. Amanda disse que estão previstos ainda, dentro da programa-

ção do evento, a celebração de missa, orações, uma sessão de cinema e um jantar romântico, com direito a música ao vivo. "Queremos oferecer uma experiência diferente para todos, para que eles possam fortalecer seus relacionamentos, preservando a castidade e a intimidade do casal, que é muito importante para o desenvolvimento emocional e espiritual das pessoas que estão em busca de um casamento santo", falou. CASAL DE JOVENS BUSCA FORTALECIMENTO EM DEUS Juntos há três meses, o casal de namorados Natália Antunes e Vitor Mateus estavam animados para participar do retiro e afirmaram que, apesar de muitas pessoas criticarem as suas formas de pensar e viver o namoro, eles estão firmes

Retiro é formado por jovens casais de namorados e noivos. Natália e Vitor (abaixo) querem um relacionamento baseado nos ensinamentos católicos no propósito de relacionamento santificado. Ambos se conheceram dentro da igreja, na Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus. "Buscamos um namoro santo e trazer Deus para o nosso relacionamento, torná-lo forte e sólido, casto e santificado, que é justamente o que não vemos muito nos dias de hoje. Estamos indo contra a maré do que a maioria faz hoje e lá fora, nos chamam de doidos por querer manter a nossa castidade, mas o

que nos importa é o que temos para nós dois e para Deus, que aprova a nossa escolha", disse Natália. Para Vitor, o retiro é o momento ideal para encontrar casais que também pensam e vivem seus relacionamentos iguais ao dele e de sua namorada. "É muito bom encontrar pessoas que pensem assim, igual a nós. Isso nos fortalece ainda mais em continuar a nossa caminhada e a nossa vontade de permanecer ao lado de Deus", afirmou.

> 20 MINUTES WORKOUT

Treino funcional vira mania entre todas as idades A nova onda que vem tomando a areia das praias de Natal é o treino funcional. É difícil não ter um sábado ou domingo com grupos se movimentando de um lado para o outro em meio a pneus e outros apetrechos. A dona de casa Etiana Oliveira começou o treino funcional há um ano, mesmo período em que entrou na academia de ginástica. Aos 47 anos, ela acompanha as filhas de 20 e 15 anos nos treinos e não deixa nada a dever. "E eu na ativa. Às vezes eu bato a de 20 anos. No outro treino funcional, eu consegui levan-

tar o pneu e ela não", comentou. Quem confirma essa disposição é a filha de 15 anos, Tereza Oliveira, que hoje estava ao lado da mãe. "Minha irmã cansa muito rápido. Eu já fiz algumas vezes o treino funcional, mas prefiro malhar [musculação] mesmo, eu não acho chato", disse a estudante. A caçula de Etiana entrou na há seis meses na mesma academia e também pratica Muay Thai. Para a dona de casa, o que mais melhorou depois que começou a fazer atividade física regular foi a capacidade respiratória. "O condi-

cionamento físico foi o que mais melhorou. Você fica mais ativa. Antes eu ficava cansada com tudo, com essas aulas você se sente mais disposta", contou. Além de Etiana e Tereza, um grupo da academia que elas freqüentam realiza o treino funcional. Segundo o profissional de educação física Eduardo Wernik, essa modalidade de atividade física pode ser realizada por pessoas de todas as idades desde que passem por avaliação médica antes que começar a prática. "É interessante que ele passe antes por esse tipo de avaliação,

principalmente se tiver parado por muito tempo. Se ele vier com uma patologia, a gente consegue adequar o treino", informou. O treinamento funcional serve principalmente como atividade complementar, como por exemplo, para a musculação. "A grande maioria não treinou na sexta para fazer esse treino hoje", disse Wernik. Dessa forma, as pessoas preservam o relaxamento de 24 horas entre um treino e outro de cada grupo muscular. "No domingo, descanso geral. É família, comer bem e dormir bem", recomendou.

Agrande diferença do treino funcional para musculação, por exemplo, é o uso do peso do próprio corpo para realizar os exercícios. Os praticantes também podem usar algumas ferramentas como bolas, bastões e halteres. Isso tudo trabalhando todos os grupos musculares numa mesma seção. "Como não é um treino com sobrecarga, eles trabalham o corpo todo. Enquanto eles fazem um exercício, o outro grupo muscular descansa", explicou o profissional de educação física. Segundo Eduardo Wernik, da academia Bodytech as pessoas ganham equilíbrio, agilida-

de, condicionamento, resistência e equilíbrio.Também na manhã deste sábado (7) , o grupo dessa academia experimentou uma nova modalidade de treino funcional: 20 minutes workout (20 minutos de malhação). Nessa modalidade, os praticantes fazem exercícios de forma ainda mais intensiva. São quatro rounds de cinco minutos. Entre os rounds há um intervalo de 1 minuto. Dentro de cada minuto dos rounds, o praticante faz um exercício durante 50 segundos e descansa 10 segundos, o tempo necessário para o educador físico demonstrar como será o novo exercício.

CMYK


Cultura

Sábado e Domingo

Natal, 7 e 8 de junho de 2014

O Jornal de HOJE 9

Curtas

PUNK, BOSSA & REAÇÃO

ccpsilva@hotmail.com

SINFÔNICA DA UFRN A Orquestra Sinfônica da UFRN, conduzida pelo maestro André Muniz (foto) realiza o III Concerto Oficial na noite (20h) deste sábado, no auditório Onofre Lopes, na sede da Escola de Música da própria instituição. No repertório, obras de Dvorak e Schubert Mussorgsky. A apresentação terá a participação de Lucas Barros, vencedor da temporada 2014 do concurso Jovem Solista. As são senhas limitadas e podem ser retiradas de forma gratuita no local, uma hora antes do concerto. Informações: (84) 3215-3633. ANTICONSUMISMO O Instituto Educacional Casa Escola (IECE) aproveita a festa de São João para criticar o consumismo. Na próxima quarta-feira (11), das 17h às 21h45, no SESI Clube, a festa ganhará o tema “A cultura potiguá vai animá, eu vim vendê, quem qué comprá?”, como uma das doenças das sociedades modernas. Alunos participarão de brincadeiras típicas da cultura nordestina.

Brothers of Brazil, banda formada por Supla e seu irmão João Suplicy, toca hoje à noite no Whiskritório Pub para natalenses verem o que crítica e público têm propagado: que a dupla faz rock and roll de primeira qualidade CONRADO CARLOS EDITOR DE CULTURA

"Tem o PT, PSDB, PMDB e o DEM, tem PTB, PSB, PR e sei lá mais quem, tô de saco cheio e acredito que você também [...] é Mensalão, Mensalinho, ele é meu amigo, ele é meu padrinho, Vai se f...!, vai se f...!, vai se f...!". A abertura de Tudo Pelo Poder, nova música de trabalho da banda Brothers of Brazil, dos irmãos Suplicy, poderia ser a trilha das Eleições deste ano. Filhos de dois ícones do Partido dos Trabalhadores, João e Supla foram pragmáticos na composição da letra. "Só para não ter ninguém enchendo o saco", diz o 'Papito', via telefone, na manhã deste sábado (07) em que Natal verá o show da dupla no Whiskritório Pub, em Capim Macio, a partir das 20 horas. A resposta sobre a impressão que a musica causou na ministra Marta e no senador Eduardo Suplicy diz muito sobre a postura que eles adotaram quanto ao fato de

descenderem de políticos - categoria profissional tão desacreditada no Brasil. "Eles são democráticos e respeitam nossa opinião", diz Supla que, minutos antes, tinha me chamado de professor e pedido um tempo para se recompor de um banho. Com quatro anos de união músico-fraternal, eles contabilizam mais de 500 shows no exterior e também inúmeros na terra natal. Se a noite de ontem foi em Fortaleza, hoje os roqueiros da capital potiguar terão a oportunidade de serem surpreendidos. O som que eles fazem é uma mistura curiosa de punk, rock e bossa nova. O que tem rendido elogios de critica e público, como na apresentação que fizeram em abril passado, no Lollapalooza, em São Paulo - uma das melhores de um artista nacional no festival. "O que eu já vivi junto com meu irmão é uma coisa maravilhosa. Tocamos em vários lugares fora do país, representando a boa música. Nos três últimos anos, nos dedicamos a divul-

gar o Brothers lá fora. Até que nós pensamos: 'Porra, meu, temos que tocar no Brasil'". Antes mesmo de concluir a pequena turnê nordestina, um retorno à região está previsto para novembro que vem, dentro de um festival no Ceará. O Brothers of Brazil tem dois discos lançados (Punkanova, de 2009, e On My Way, de 2012) e um prestes a chegar ao mercado. "Vamos tocar músicas já do terceiro disco, que gravamos nos Estados Unidos. O repertório de hoje vai disso". Supla canta e toca bateria. Enquanto João sustenta violão, guitarra e também os vocais. No programa entram temas conhecidos dos tempos de carreira-solo, como Garota de Berlim (clássico dos 80s, com o grupo Tóquio) e Japa Girl. Mas há espaço para covers que influenciaram a sonoridade atual breves citações de Break On Through, do Doors, Imagine, de John Lennon e a íntegra de Rock and Roll, do Led Zeppelin. "The Doors fazia rock com mú-

sica latina, o que tem a ver com o Brothers. E Imagine é uma citação da letra, que traz a liberdade. Fizemos também [no show de ontem a noite, em Fortaleza] umas coisas acústicas. Ao todo o show dura uma hora e pouco", diz Supla. Décadas de experiência são traduzidas em energia e competência roqueira, na contramão de quem desconhece o trabalho dos dois - para muita gente, o lado humorístico do ex-punk que teve um romance com a alemã Nina Hagen (sua garota de Berlim), durante o Rock in Rio, em 1985, é um bloqueio para aceitar quase uma unanimidade: o rock do Brothers é bem feito e tem grandes momentos. BROTHERS OF BRAZIL Abertura: Big Daddy Data: Hoje, 07 de junho Local: Whiskirtório Pub Horário: 20h Ingressos: R$ 80,00 (pista) R$ 160,00 (camarote) Informações: (84) 3081-1590

LIVRO Apontado por Brecht como um dos três livros mais importantes do século XX, “As aventuras do bom soldado Švejk”, do tcheco Jaroslav Hašek, ganha versão da Alfaguara brasileira. Previsto para formar um monumento com seis volumes, a história do soldado, entre tolo e dissimulado, que se envolve em confusões em meio à violência foi escrita logo após a Primeira Guerra, conflito que Hašek participou ao integrar o exército do Império Austro-húngaro (então senhor de sua terra natal). MOSSORÓ CIDADE JUNINA Hoje começa a maior festa do interior do RN. Com a festa a festa Pingo do Mei Dia, a capital do Oeste Potiguar dará inicio às atrações que dominaram a cidade até o próximo dia 29. Sem Pânico na Band, mas com índices de violência de fazer Honduras e El Salvador sentir medo de perder o posto de lugares mais sanguinários do mundo, a tradição nordestina atinge seu ponto alto, como entretenimento. LIVRO – II O peruano Daniel Alarcón, autor do ótimo “Rádio Cidade Perdida” (obrigatório se você quer entender o terror que a guerrilha maoísta Sendero Luminoso implantou no Peru), também tem seu novo livro lançado pela Alfaguara. “À noite andamos em círculos” conta a vida de Nelson, jovem que ator e dramaturgo que enfrenta uma serie de problemas pessoais, revistos em andanças pelo interior do país. Alarcón foi eleito um dos 20 melhores autores com menos de 40 anos pela revista inglesa Granta. SÃO JOÃO NA COPA As atividades no Mercado de Petrópolis não param. Também na próxima quarta-feira (11), das 14h às 24:00h, a Associação dos Permissionários do Mercado de Petrópolis (ASPERM) organiza o são João do local. Com comidas típicas e quadrilhas improvisadas, o evento terá exposições de vinis, CD’s, DVD’s e objetos naif e de época. Haverá discotecagem de músicas juninas e serviços gastronômicos para os presentes. BEATLES – 50 ANOS DE HISTÓRIA Galera que vai viajar a São Paulo em junho pode conferir a exposição que comemora meio século da primeira turnê do grupo pelos Estados Unidos – marco fundado de uma era, sobretudo pela apresentação no programa de Ed Sullivan (foto), vista por 73 milhões de americanos. Organizada pelo consulado britânico, a mostra “Beatles – 50 anos de história” será montada na Great Britain House, em Pinheiros, zona Oeste da cidade. Com entrada gratuita (seg. a sex, das 10h às 19h), você pode ver cinquenta objetos, como fotos e discos, o convite da festa em que John e Paul se conheceram e os famosos instrumentos dos quatro ingleses que mudaram o mundo.

CMYK


10 O Jornal de HOJE

Natal, 7 e 8 de junho de 2014

Cidade

Sábado e Domingo

Divulgação

Natal está entre as cinco capitais brasileiras com maiores índices de exploração sexual de crianças e adolescentes

Maioria dos homens em Natal acha comum o sexo com menores PESQUISA FEITA PELO INSTITUTO PROMUNDO REVELA DADOS SURPREENDENTES DIEGO HERVANI DIEGOHERVANI@GMAIL.COM

O problema da exploração sexual de crianças e adolescentes no Rio Grande do Norte sempre foi muito grande, principalmente em Natal, que é uma das capitais brasileiras que recebe maior número de turistas estrangeiros. Com a chegada da Copa do Mundo, essa preocupação aumentou e planos para inibir esse tipo de ação já estão sendo postos em prática. “Tem um plano específico envolvendo várias secretarias e órgão sociais. Fizemos diversas reuniões tratando desse tema. Conversamos com Defensores Sociais, Procuradores da Justiça, juizado da Infância e Adolescência. Antes de qualquer outras coisa, é um problema social que o turista tem que ser avisado”, destaco o secretario de segurança do Rio Grande do Norte, o ex-general do Exército, Eliéser Girão Monteiro. “Temos várias ações que já utilizamos em megaeventos como o Carnaval e que servirão para a Copa do Mundo. Plantões, acolhimento para crianças perdidas ou que sofreram alguma violência, além do reforço da rede de proteção, delegacias e do Disque 100”, explica o coordenador geral de proteção à infância do Ministério do Turismo, Adelino Neto. Durante o mundial, são esperados 172 mil turistas estrangeiros em Natal. Segundo Eliéser Girão, todos aqueles que forem identificados com crianças ou adolescentes serão abordados. “Os policiais estarão muito atentos a esse tipo de crime e já foram bem orientados nesse sentido. Estrangeiros com menores de idade serão abordados e os policiais irão saber o que está acontecendo naquela situação”, frisou o secretário, que adiantou que as delegacias do turista e da criança e adolescente funcionarão em sistema especial. “Aumentamos o atendimento na de-

legacia do turista. Além disso, apesar do pouco efetivo, a delegacia da criança e adolescente funcionará 24 horas por dia durante o Mundial. Iremos pagar diárias e vamos fazer um atendimento especial para essa situação. É muito triste para uma sociedade ter que admitir que existe o turismo sexual de criança e adolescente. Mas temos que combater essa prática”. Em todas as cidades-sede aconteceram formações para profissionais do turismo e elaboração de materiais sobre a questão que já estão sendo distribuídos em hotéis, bares, restaurantes, aeroportos e para taxistas. “O turista terá todo tipo de informação a respeito desse assunto para promover uma visita ao país de forma consciente, responsável, sustentável e decente”, frisou Adelino. Antes mesmo de chegarem ao Brasil, os turistas de 17 países europeus já terão informações por meio da campanha comandada pela rede internacional ECPAT (Redes Nacionais de Defesa dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes). Sob o mote “Não Desvie o Olhar”, a campanha está abordando nos aviões e aeroportos fora do Brasil quatro dimensões da questão: prostituição, pornografia, tráfico e turismo para fins de exploração sexual. O governo federal também promove a campanha “Proteja Brasil” que busca envolver a sociedade na proteção das crianças e adolescentes e estimular as denúncias de casos de violações de direitos. “A campanha é importante porque tira o assunto da invisibilidade. Nós que defendemos direitos de crianças e adolescentes sabemos que o crime existe e estamos atentos. Então, a primeira parte é tornar o problema público e não fazer com que isso seja uma prática natural”, explica a representante da ECPAT no Brasil, Tiana Sento-Sé. “Em seguida, queremos empoderar as pessoas

para que elas não fiquem caladas e denunciem. Acredito ainda que temos uma terceira função, que é colocar de forma efetiva o tema na nossa agenda de prioridades para que os setores de assistência, saúde, judiciário e segurança estejam melhores preparados.” Em pesquisa feita pelo Instituto Promundo, Natal, que é uma das cinco capitais brasileiras com o maior índice de exploração sexual contra crianças e adolescentes (Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Fortaleza são as outras da lista de acordo com a Secretaria Nacional de Direitos Humanos), 83% dos homens entrevistados acham comum o sexo com "prostitutas menores de idade” e 69% consideram que seja algo que todos os homens fazem ao menos uma vez na vida. Ainda segunda a pesquisa, cerca de 70% dos homens e 80% das mulheres acham que a "escolha é da 'prostituta'", no caso, a criança ou a adolescente. Por outro lado, a pesquisa quantitativa mostrou que 79% dos homens ouvidos em Natal acham que a prostituição de menores deve ser proibida e 87% concordam que os homens que fazem sexo com crianças ou adolescentes devem ser penalizados. “A gente parte de alguns mitos associados à masculinidade, que fazem, por exemplo, com que homens achem que estão ajudando uma criança quando têm relações sexuais pagas com ela. Partimos de uma pesquisa e os resultados mostram como muitos homens percebem o seu papel na sociedade, e como isso reforça a exploração sexual. Muitos não enxergam isso como um crime”, explicou a coordenadora de projetos do Instituto Promundo, Vanessa Fonseca. No último dia 21 de maio, foi sancionado pela presidenta Dilma Rousseff o Projeto de Lei (PL) que torna a exploração sexual de crianças e adolescentes crime hediondo.

A lei vem para reforçar o enfrentamento à questão. “Esse tema nunca foi tão debatido no Brasil como agora. Temos que ter como legado da Copa o fortalecimento da rede de atendimento e a união de esforços de todos que trabalham na área”, afirma o coordenador do Ministério, Adelino Neto. PROMUNDO TAMBÉM LANÇA CAMPANHA No último dia 26 de maio, o Promundo também lançou uma campanha para tentar combater a exploração sexual de crianças e adolescentes, com o tema de “Não é curtição, é exploração sexual contra crianças e adolescentes”. Acampanha foi lançada durante seminário sobre o assunto, promovido pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). Durante o evento, a ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Ideli Salvatti, destacou a importância da rede de combate à exploração sexual de menores funcionar articuladamente durante a Copa do Mundo e afirmou que esse pode ser um dos maiores legados do evento. "Tem muito questionamento a respeito da Copa. Muitas vezes, as pessoas querem um legado de concreto, ferro e aço, mas um dos legados mais importantes é essa articulação entre as instituições dos governos estaduais, federais e municipais". Ideli comemorou o fato de o Estatuto do Estrangeiro proibir a entrada de envolvidos em pedofilia no Brasil, a partir de uma portaria publicada na última semana. Como os dados usados para permitir ou não a entrada de estrangeiros terão como base informações da Interpol e do banco de dados do Disque 100 (que recebe denúncias de abuso contra menores), a ministra acredita que a regra estará em pleno funcionamento durante a Copa. "Não interessa ao país receber esse tipo de turista, ele não é bem vindo. Ele não fará bem", disse.

> TERÁ NOVA REGALIA?

Depois de escapar ‘de boa’ pela porta da frente de presídio, Linden Johnson é recapturado pela PRF Depois de fugir “facilmente” pela porta da frente do Complexo Penal João Chaves, na Zona Norte de Natal, no dia 22 de março de 2014, Linden Johnson Silva Ferreira, de 21 anos, foi recapturado na noite dessa sexta-feira (6). De acordo com informações, policiais rodoviários federais avistaram um carro parado na BR – 101, na altura do M 174. Quando começaram a se aproximar do veículo, que era um Fiat Uno, um homem correu para o matagal. Diligências foram feitas pela região, mas esse homem não foi encontrado. Porém, algum tempo depois, um taxista ligou para a polícia informando que um rapaz com escoriações tinha pedido para que ele parasse. A PRF foi até o local e conseguiu prender Linden Johnson, que estava portando documentos falsos. Depois de identificarem o homem, os policiais rodoviários federais constataram que havia um mandado de prisão em aberto contra Linden. Linden Johnson foi preso no final do ano passado depois da durante a Operação Revide – onde

Divulgação

Linden Johnson é conhecido como exímio ladrão de carros na capital potiguar mais de 100 policiais civis deram cumprimento a 17 mandados de prisão e 24 de busca e apreensão na Grande Natal que desarticularam uma grande quadrilha de roubos de carros. Em 22 de março, ele conseguiu escapar pela porta da frente da

João Chaves. “Na noite que ele fugiu, só tinha um policial na penitenciária, pois os outros tinham saído na viatura. Esse policial estava ocupado preenchendo uma papelada e ele aproveitou para sair pela porta da frente”, destacou o diretor da João

Chaves na época, Rondinelle Victor. Rondinelle também explicou que Lindem Johnson trabalhava na cozinha do presídio para não ter contato com os outros presos, já que ele vinha sofrendo ameaças por ser considerado “dedo duro”. “Os outros presos não gostavam dele. Os outros presos acreditam que depois que ele foi preso, Linden Johnson teria entregado os outros assaltantes. Por isso ele foi ameaçado diversas vezes e decidimos colocá-lo para trabalhar. Inclusive ele ficava em cela separada dos outros presos. Até por sofrer ameaças ele tinha um comportamento bem tranquilo”, afirmou. Nas investigações da Operação Revide, iniciadas em março de 2013, policiais concluíram que a quadrilha costumava utilizar veículos roubados e/ou furtados para “salvar” ou “clonar” outros com as mesmas características. De posse dos automóveis adulterados, alguns membros do bando praticavam outros crimes, como assaltos a residências e estabelecimentos comerciais, além de arrombamentos a veículos.


Cidade

Sábado e Domingo

Natal, 7 e 8 de junho de 2014

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

PESQUISA

O Instituto Consult registrou na Justiça Eleitoral uma pesquisa de intenção de voto para governador e senador do RN, contratada pela rádio 96 FM, do jornalista Ênio Sinedino. O resultado vai acabar com o disse-me-disse sobre quem tem pesquisa interna boa.

PESQUISA II

Nas últimas semanas, militantes do PT e PSB comentam sobre pesquisas internas que dão vantagem a suas respectivas candidatas ao Senado, Fátima Bezerra e Wilma de Faria. Tenho dito que pesquisa boa é como charme, quem tem mostra. E pronto.

DESPENCANDO

O processo de queda livre de Dilma Rousseff, registrado no Datafolha, aumentou o pânico no PT. O governo hoje só tem aprovação de um terço da sociedade. Ontem em Porto Alegre, Luiz Inácio alertou o partido para o inferno astral que se aproxima.

RIO DE JANEIRO

Lá vem a besta Um grande asteróide descoberto pelos cientistas somente há dois meses, batizado de "The Beast", passará raspando pela Terra neste fim de semana. Catalogado pelo nome 2014 HQ124, o objeto ficará numa distância três vezes maior que a da Terra pra Lua. O pedregulho espacial não tem possibilidade de chocar-se com nosso planeta, mas sua visita inesperada assusta, pois só foi visto no dia 23 de abril. Sua passagem é como um treino contra a Sérvia, não tem tanto valor assim, mas provoca alguns calafrios. Na pelada de ontem no Morumbi, em que a pequenez do futebol dos brasileiros ampliou a bola mediana dos sérvios, fiquei imaginando como será a onda de sustos que a família do Felipão provocará quando estiver diante de seleções maiores e de ataque letal. Há dois fatores que iludem os torcedores, mas que não deveriam provocar o mesmo equívoco nos analistas. Impressionante como a mídia esportiva, em sua grande maioria, se deixou levar pelo ufanismo de chuteiras erguido em bases nem tão sólidas assim. Hoje li na Folha que até o experiente jornalista Clovis Rossi viu na Copa das Confederações uma referência, como se o evento festivo de 2013 mobilizasse técnica e taticamente as seleções como numa Copa do Mundo. Em 2009, Dunga venceu também. O segundo fator é o jogo jogado em casa, tratado como uma força de antigamente. Há tempos, sem

contar os uruguaios, que os adversários da seleção brasileira não tremem atuando por aqui. Até Bolívia e Equador já arrancaram pontos diante de multidões. Obdulio Varela, o capitão que carregou o Uruguai na final que calou o Maracanã e o país inteiro, avisou aos seus comandados, quando adentrou o gramado e olhou os 200 mil torcedores: "Os que estão ao redor não jogam; só os que estão aqui dentro". Há alguns anos, perguntado se sentia a pressão de um estádio lotado com torcedores inimigos, o argentino Carlito Tevez respondeu: "Eu adoro traumatizar multidões". É temeroso demais o favoritismo do Brasil alardeado pela imprensa e por anunciantes. Assim como é falso o resultado do ano passado quando a seleção de Scolari passou pela Itália, Uruguai e Espanha num torneio em que a concentração e o empenho dos visitantes estavam em padrão festivo, vide a farra espanhola no Recife antes da final. Convém nessas horas lembrar da frase atribuída a Karl Marx, de que "a história se repete, a primeira vez como tragédia e a segunda como farsa". Quem nesse país suportará que a tragédia de 1950 aconteça outra vez na condição de farsa de 2014? Os sustos diante do fraco Panamá e as vaias frente à mediana Sérvia foram apenas como pequenos asteróides riscando o espaço do patriotismo de chuteiras. Quando a Copa começar, as grandes pedras surgirão como meteoros mortais. Hora de feras e bestas. (AM)

O sucesso do encontro de Aécio Neves com lideranças do PMDB carioca foi o oposto do fracasso da reunião de Eduardo Campos com artistas no Rio, onde o ator Marcos Palmeiras rechaçou o convite para ser candidato à sucessão de Sergio Cabral.

Aurora de uma princesa

PESQUISA III

Fiasco total a caravana de Alexandre Padilha pelas cidades paulistas, reeditando Lula numa das suas campanhas presidenciais. A pesquisa Datafolha mostra o candidato do PT ao governo com ínfimos 3%, contra 44% do atual governador Geraldo Alckmin.

Quem for assistir Malévola, o bom filme de aventura do cineasta Robert Stromberg, com olhos cinéfilos, vai rasgar elogios à produção e para Angelina Jolie, num grande papel. Mas, se tiver olhos genuinamente masculinos, não piscará diante da beleza da atriz Ellen Fanning, a irmã caçula de Dakota Fanning, em seu papel de Princesa Aurora. É a maioridade plástica e cinematográfica da garota.

ÉTICA ENVIESADA

De tanto agredir partidos e personalidades que não comungam com o PT, sem conseguir disfarçar o engajamento na campanha de Fátima Bezerra, tem gente praticando, sem saber, teoria de Lênin: "Acuse os adversários do que você faz, chame-os do que você é".

DESTAQUE

PREJUÍZO

A histórica condição de "piotário" (pioneiro e otário) do RN volta à baila com a tenebrosa emenda à Medida Provisória 641 que extingue incentivos fiscais da indústria eólica. Se aprovada, nosso estado corre sério risco de perder a liderança no setor.

A revista dominical do The New York Times circulará amanhã com matéria especial sobre a seleção brasileira, destacando a tragédia do "Maracanazo" em 1950 e mostrando a cena cultural e o comportamento dos jovens nas periferias do Rio e de São Paulo.

PROTESTOS

DESTAQUE II

A uma semana da festa da FIFA, centenas de entidades classistas e movimentos sociais planejam greves e manifestações por todo o Brasil, onde a movimentação mais robusta é a paralisação do metrô de São Paulo, principal sede da Copa e local da abertura.

O site do NYT exibe desde ontem na capa reportagem especial com o Lionel Messi. Fazendo trocadilho com a famosa canção da banda Steel Panther, "The burden of being wonderful", a manchete diz "The burden of being Messi" (o fardo de ser Messi).

Danilo Sá jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br / Twitter: @DaniloSa

Casamento aberto DORA KRAMER COLUNISTA D’O GLOBO

A fidelidade partidária não é norma escrita nem praticada entre nós, sabemos disso. Mas, sempre foi costume manter as aparências. Os infiéis atuavam por baixo dos panos, mantinham alguma discrição, deixando espaço para o desmentido da traição. Desde ontem, porém, ficaram revogadas quaisquer cerimônias depois do ato público do PMDB do Rio de Janeiro de adesão à candidatura do tucano Aécio Neves, cinco dias antes da convenção do partido que, conforme assegura o vice-presidente Michel Temer, renovará a aliança com o PT no plano federal. Em matéria de infidelidade, nunca se viu nada igual. Houve, em eleições passadas, o movimento "Lulécio", que buscava eleitores de Lula e Aécio, rifando a candidatura presidencial tucana em Minas Gerais. Houve também a adesão do então presidente do PSDB à candidatura de Ciro Gomes, em detrimento do desafeto José Serra. Mas, nada parecido com o ato de ontem que reuniu nove legendas, mais da metade dos prefeitos do Estado, centenas de pessoas e as principais lideranças regionais do partido num almoço de arromba para celebrar o oponente da presidente Dilma Rousseff por ora mais bem posicionado nas pesquisas. O movimento chama-se "Aezão", junção dos nomes de Aécio e (Luiz Fernando) Pezão, o vice-governador que assumiu com a renúncia de Sérgio Cabral Filho

e que agora concorre pelo PMDB. Com o apoio da presidente Dilma, a quem ele também confere todas as honras. Não a ponto de ter feito um gesto contrário ao ato oficial (sim, pois lá estavam todas as instâncias oficiais do PMDB regional) de adesão ao adversário. Nem o governador nem Cabral estiveram no almoço, mas digamos que não seria necessário. Ficou muito bem entendido: desta vez, o casamento com o PT é uma relação "aberta". O PMDB dá o tempo de televisão, recebe em troca a vicepresidência, mas não tem obrigação alguma de pôr sua mão de obra nos Estados a serviço da campanha pela reeleição da presidente. O apoio do PT em eleições anteriores foi um ativo para os partidos aliados. O desafio do governo é que não se transforme em um passivo. Enquanto o Planalto estava bem nas pesquisas, interessava aos políticos seguirem juntos. A virada dos ventos os leva à busca de alternativas. Note-se o que corre em São Paulo. O ex-prefeito havia declarado apoio a Dilma e já começa a reexaminar a escolha, considerando não apenas a hipótese de ser vice do inimigo Geraldo Alckmin, como de não firmar aliança nacional com o PT para Henrique Meirelles poder ser vice de Aécio. E Paulo Skaf? Diante da afirmação de Dilma de que ela teria duas candidaturas, a dele e a de Alexandre Padilha, para tentar derrotar o PSDB em São Paulo, deu um alto lá: "Aqui o PT é adversário". (Publicado n’O Globo 07/06/2014)

ANTES TARDE...

Pronto, finalmente está registrada no TRE a primeira pesquisa de intenção de votos com relação ao pleito eleitoral do Rio Grande do Norte. O Instituto Consult divulgará seus números na próxima semana, em levantamento feito com a parceria da 96 FM. O detalhe, no mínimo, curioso, é que os dados foram tabulados antes mesmo do registro. Pois é. Os questionamentos aos eleitores foram realizados entre 3 e 5 de junho, conforme revela o TRE.

... DO QUE NUNCA

Outro ponto a ser explicado, é porque o questionário perguntou aos eleitores em qual chapa ele votaria, se precisasse escolher entre uma delas. Ora, como muito bem percebeu a jornalista Thaisa Galvão em seu blog, o eleitor pode optar pelo nome que desejar, fazendo a salada que der na cabeça dele. De onde tiraram essa história de chapa completa?

SEM ÔNIBUS

Sem acordo com os empresários, os rodoviários aprovaram ontem o indicativo de greve para o próximo dia 12, exatamente a data de início da Copa do Mundo. Ou seja, se até lá não surgir nenhum entendimento, Natal só terá 30% da frota de ônibus, como determina a lei, nos dias de jogos das seleções que passarão pela capital potiguar.

SUSPEITA

Mas, há quem garanta que a insatisfação dos motoristas na véspera da Copa está sendo fomentada exatamente pelos empresários – leia-se, Seturn. Esta teria sido a forma encontrada pelo grupo para pressionar o prefeito Carlos Eduardo Alves a autorizar o reajuste da tarifa de ônibus, que está congelada em R$ 2,20 desde 2012. O que tem sido dito é que, sem aumentar o preço da passagem, não há recursos para pagar o aumento salarial dos motoristas. É a luta.

Gira Mundo Divulgação

A notícia em destaque n’O Globo também foi repercutida por todo o mundo. “Foi com bom-humor que a agência central de inteligência americana estreou nesta sexta-feira no Twitter e no Facebook. “Nós não podemos confirmar nem negar que este é o nosso primeiro tuíte”, diz o post que já foi retuitado mais de 69 mil vezes até esta tarde A CIA também abriu uma conta no Facebook, onde, em sua primeira postagem, prestou uma homenagem ao aniversário de 70 anos do Desembarque na Normandia. Obviamente, não serão postados segredos da espionagem americana.”

Megafone Wellington Rocha

“Temos tido um trabalho incessante para reverter o quadro de caos que era vivido na FUNDAC”

KALINA LEITE INTERVENTORA DA FUNDAC, SOBRE A SITUAÇÃO ENCONTRADA NO ÓRGÃO NA SUA CHEGADA .

SUCATEADO

Lamentáveis as informações reveladas pela interventora da Fundac, Kalina Leite, durante entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira (06). Primeiro, o governo não garantiu a contrapartida que permitiria a continuidade das obras dos Ceducs, paradas desde o ano passado. Depois, a questão dos mais de 60 cargos comissionados que foram demitidos, muitos porque, simplesmente, nem iam trabalhar. E, por último, a história de que nem um pedaço de sabão era destinado ao órgão. Fundo do poço.

ESPAÇO DO LEITOR

Leitora da coluna e servidora do Ipern enviou o e-mail a seguir. “Nós servidores do IPERN, estamos em greve desde o dia 20, sendo a nossa principal reivindicação a reestruturação do Plano de cargos, carreira e remunerações

implantado em 2009, porém, com tabelas salariais referentes a 2005, ou seja, fazem 6 (seis) anos que os servidores não tiveram nenhum reajuste acumulando uma perda de mais de 35%, reivindicamos também concurso público urgente para o Instituto, tendo em vista que o nosso quadro funcional é de 148 servidores ativos e todo o Estado e sessenta desses servidores já completaram seu tempo de aposentadoria”.

MINISTRO EM AÇÃO

O ministro Garibaldi Alves Filho informou que outras cinco agências do INSS estão sendo construídas no RN. Os municípios de Goianinha, Nísia Floresta e Martins ganharão novas agências. Santo Antonio e Ceará Mirim receberão prédios para substituir as unidades já existentes. APrevidência também está reformando a sede em Mossoró.


12 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 7 e 8 de junho de 2014

Sábado e Domingo

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w LUTA - I O deputado Henrique Alves ainda este ano pauta a discussão do fim da contribuição da previdência para os aposentados. Fim gradual, entre cinco e oito anos, e um sonho de quem pagou a vida inteira. w JUSTO - II Henrique sabe do déficit financeiro da previdência, mas sabe também que quem cumpriu um contrato e pagou ao longo de trinta e cinco anos não pode pagar, outra vez, por um direito legitimamente seu. w ALIÁS - III A solução será gradual, ano a ano, num tempo a ser definido em debates e estudos, o que já preocupa o ministro e seu primo Garibaldi Filho. É absolutamente consagrador para a presidência de Henrique. w IMPEACHMENT A força da Copa e mais o recesso de julho já vão empurrando para agosto a decisão em plenário do pedido de impeachment da Marcco. E segundo alguns deputados é de aprovação muito difícil. Muito. w ALIANÇA - I O PC do B pensou, pensou, fez suas contas, e decidiu: é melhor ser aliado do PSD de Robinson Faria e garantir mais chances na chapa de deputado estadual. A sua meta é uma só: eleger George Câmara. w ALIÁS - II O PC do B sabe que é uma chance real de sentar numa das 24 cadeiras da Assembleia mesmo que seu vereador fique na primeira suplência. Os comunistas sabem: o melhor caminho, às vezes, é pelo alto.

w RENÚNCIA - I Nem os democratas rosalbistas - já são poucos, mas ainda existem - acreditam numa renúncia para o governo cair nas mãos de Robinson Faria, comandante da oposição, mesmo com o gosto da vingança.

O decálogo do padre Cícero Iniciada já na gestão da presidência de Henrique Alves, a 'Coleção Estudos Estratégicos', da Câmara Federal, lança seu segundo volume - Desafios à Convivência com a Seca. É a continuação de um trabalho de documentação iniciado com A Revisão da Lei das Patentes. O Centro de Estudos e Debates Estratégicos é presidido pelo deputado Inocêncio Oliveira preocupado em documentar os seminários temáticos com bons ensaios e artigos técnicos sobre cada assunto estudado e debatido. Este segundo volume, sobre a convivência com a seca, abre com o texto da conferência do presidente da Embrapa, Maurício Antônio Lopes, sobre os novos paradigmas da empresa brasileira de pesquisa no campo da inteligência estratégica, e mais cinco temas, entre eles a palestra sobre a previsibilidade das secas no Nordeste, de Caio Augusto dos Santos Coelho, pesquisador do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, e questões como dívidas, financiamentos e pesquisas. O nariz de cera em torno de assuntos tão técnicos sobre os mistérios do tempo e das chuvas é para dizer que o organizador do volume sobre a seca teve a sensibilidade de abrir as suas páginas, antes até da apresentação de Henrique Alves, com o velho e sempre esquecido Decálogo do Padre Cícero Romão Batista, o santo do Juazeiro. Aquelas lições perfeitas que tanto encantavam Oswaldo Lamartine com o padre recomendando a seu povo que de vez em quando deixasse a terra descansar.

w PARA... - II Eles, os democratas rosalbistas, a governadora dispõe do empréstimo de R$ 800 milhões para sanar alguns déficits e vai antes de sair do governo deixar a folha em dia, dentro do seu calendário mensal.

Como hoje é sábado e o nunca esquecido poeta Vinícius de Morais dizia ser um dia de bares cheios de homens vazios, transcrevo o decálogo ecológico de Padre Cícero, com a linguagem dos velhos conselhos da tradição oral de um sertão arcaico com sua sabedoria ancestral.

w PIOR - III O mais injusto da decisão do DEM, na visão de seus amigos, foi ter sido cassada pelo próprio partido na hora em que tinha uma forte campanha no ar para mostrar todo seu volume de obras e realizações.

DECÁLOGO DO PADRE CÍCERO

l. Não derrube o mato nem mesmo um só pé de pau. 2. Não toque fogo no roçado nem na caatinga. 3. Não cace mais e deixe os bichos viverem 4. Não crie o bom bem o bode soltos; faça cercados e deixe o pasto descansar para se refazer. 5. Não plante em serra acima nem faça roçado em ladeira muito em pé; deixe o mato protegendo a terra para que a água não a arraste e não se perca sai riqueza. 6. Faça uma cisterna no oitão de sua casa para guardar água de chuva. 7. Represe os riachos de cem em cem metros, ainda que seja com pedra solta. 8. Plante cada dia pelo menos um pé de algaroba, de caju, de sabiá ou outra árvore qualquer, até que o sertão todo seja uma mata só. 9. Aprenda a tirar proveito ajudar a conviver com a seca. 10. Se o sertanejo obedecer a estes preceitos, a seca vai aos poucos se acabando, o gado melhorando e o povo terá o que comer. Mas se não obedecer, dentro de pouco tempo o sertão todo vai virar um deserto só.

w GARROTE - IV A cassação do DEM para beneficiar o filho do senador José Agripino, embora tenha o mesmo molde que beneficiou Rosalba quando DEM e PMDB abandonaram Geraldo Melo, terá efeitos desastrosos. w QUAIS - V A governadora sai cassada por um plenário onde estavam muitos amigos, derrotada em Mossoró, sem partido, com grande desgaste, um pedido de impeachment e trocada por Wilma, sua maior adversária. w GÁVEA Depois de mais de dois meses em Natal, com a família e os amigos, Elenir Fonseca bateu asas e voou. Pousou na Gávea, fica assim alguns meses, faz uma viagem, e só volta a Natal em novembro.

Cedida

Jantar de aniversário do prefeito Carlos Eduardo com secretários e auxiliares, realizado no Espaço Renata Motta, na noite desta quinta, contou com a presença do seu líder Júlio Protásio, mais os vereadores Eleika Bezerra e Junior Grafite

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br Cedida

w REAÇÃO

w SURPRESAS

Rosalbistas de carteirinha tomaram as dores da 'chefe' contra o DEM e o senador José Agripino Maia. E já anunciam aos quatro cantos que querem toda e qualquer indicação do presidente nacional do DEM fora do Governo. A varredura deve começar...

w PADRÃO DE VIDA Segundo uma fonte do meio jurídico, o Ministério Público está com as antenas apontadas para a gestão de um prefeito de município da Grande Natal. A linha de atuação do MP já estaria até definida: comparar salários de prefeito e de alguns auxiliares com o padrão de vida e o patrimônio obtido por eles ao longo dos últimos anos...

DeSaboya.com

Vestindo a camisa contra a violência com amigo-publicitário Jener Tinoco, a empresária Daniela Fonseca é só alegria: o conceito do seu condomínio-chique, Jardins Amsterdã, serviu de inspiração para a implantação, pela FGR Urbanismo, do condomínio horizontal Jardins Coimbra, no Pará

w NA BOCA DO POVO

O detalhe é que, recentemente, o nome do gestor em questão circulou pelas redes sociais... Os comentários eram de que ele teria gasto uma fortuna numa festa de casamento real. Se é verdade...

w SEM DIPLOMA, SEM CARGO...

Tem muitos ocupantes de cargo comissionado na Prefeitura do Natal pisando em ovos. O motivo: de acordo com uma nova Lei aprovada pela Câmara Municipal, ocupantes de cargos comissionados de primeiro e segundo escalões, para exercerem as funções, devem ter diploma de nível superior em cursos validados pelo MEC. O prefeito Carlos Eduardo, inclusive, já teria determinado ao secretário de Administração, Dionísio Gomes, o rigoroso cumprimento da nova legislação.

w AÇÃO

Dionísio Gomes deverá, nos próximos dias, solicitar a documentação dos comissionados. Para evitar constrangimentos públicos, Alves espera que quem não comprovar que se enquadra na nova Lei peça para sair...

w PESO...

Início da noite de anteontem em São Paulo, o governadorável Robinson Farias era só alegria. Com a manchete deste vespertino informando que a governadora Rosalba Ciarlini pode-

Fátima Nunes e Bruna Gosson prestigiando o lançamento do Anuário NDecor

rá fazer qualquer coisa para se vingar do DEM... As informações de que o desejo de Rosalba e de Carlos Augusto é de vingança, inclusive, já haviam sido publicadas nesta coluna dias atrás.

w ...PESADO

Ou seja, mesmo desgastada junto à opinião, e 'escanteada' pelos correligionários e aliados, Rosalba ainda poderá ser o "fiel da balança' no processo sucessório de outubro... Dando 'ibope' para o projeto do PSD, claro.

Resultado: o "puxa-sacômetro" registrou que essa semana a quantidade de 'tapinhas nas costas' de Robinson Faria triplicou de número. Eita!

w AVALIANDO

A Câmara Municipal de Natal realizou nesta sexta-feira (6) uma audiência pública, proposta pelo vereador Hugo Manso (PT), para discutir o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), criado em 2008 pelo Governo Federal. A iniciativa contou com a par-

Bobflash

Clarissa Alves e Rita Albuquerque em lançamento da revista Gente Chic, na Officina Interiores

ticipação de representantes da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Finanças (Sempla), da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), do Ministério da Cultura, da Caixa Econômica Federal e da Associação Comercial do RN. "Os acontecimentos não deixam margem para dúvida. O PAC preparou o Brasil para enfrentar crises econômicas como a de 2008.", avaliou o vereador Hugo Manso.

"Um olhar muda tudo" é o tema da Casa Cor deste ano. A mais completa mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas anuncia a segunda edição no Rio Grande do Norte e promete seguir a tradição de sempre inovar e surpreender. >>> A festa de celebração para os preparativos da mostra 2014 será realizada na próxima segunda-feira (9), às 17h, na sede social do América Futebol Clube, no bairro do Tirol, em Natal. >>> Os franqueados potiguares César Revorêdo e Luciano Almeida irão apresentar para fornecedores, arquitetos e imprensa as novidades da segunda edição da Casa Cor Rio Grande do Norte, que deverá acontecer no segundo semestre, em Natal.

w SEGURANÇA

A empresa potiguar Interfort Segurança passa a ser responsável pela segurança patrimonial referente à operação do Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante. >>> O contrato foi firmado no mês passado com o Consórcio Esparta/Inframérica, grupo administrador do aeroporto. >>> A segurança patrimonial das obras do complexo, por meio do Consórcio Inframérica e das empresas Engeport e Engevix, já era de responsabilidade da Interfort desde dezembro de 2012.

CMYK


Sรกbado e Domingo

Natal, 7 e 8 de junho de 2014

O Jornal de HOJE 13

CMYK


14 O Jornal de HOJE

Natal, 7 e 8 de junho de 2014

Cidade

Sábado e Domingo

Fotos: José Aldenir

Prefeitura de Parnamirim vai investir R$ 75 mil mensais para aumentar policiamento EM MEIO AO CRESCIMENTO DA VIOLÊNCIA, MUNICÍPIO TAMBÉM QUER REATIVAR POSTOS POLICIAIS COM APOIO DO ESTADO MARCELO LIMA REPÓRTER

A Prefeitura de Parnamirim assinou nesta semana, um convênio com o governo do Estado que vai aumentar a segurança da população. O município vai bancar até 50 diárias operacionais todos os dias com vistas a aumentar o policiamento ostensivo. Para o prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, a medida "é o início de um plano visando reduzir a criminalidade. Vamos aumentar o número de policiais com recursos próprios, pagando para aqueles policiais que estão de folga que queiram vir trabalhar em Parnamirim". O secretário estadual de Defesa Social e Segurança Pública, Eliéser Girão Monteiro, afirmou que não há impedimentos legais para que o município invista nessa área. "Existe um termo hoje que se fala no Ministério da Justiça que é incentivar cada vez mais a municipalização da segurança pública. Para você ter uma ideia, na quarta-feira, foi aprovado o uso de armas pelas guardas municipais. É claro que o ideal é que a guarda tenha um armamento de menor letalidade, mas a municipalização da segurança pública é uma realidade no Brasil há muito tempo", comentou. Também haverá incentivo para a metodologia da polícia comunitária. "A gente pretende dar melhores condições às bases comunitárias, inclusive estimulando a criação delas, permitindo que o policial na sua hora de folga possa trabalhar mediante indenização da diária operacional por meio da Prefeitura. É uma maior presença da Polícia Militar não só nos dias de escala, como também nos dias de folga", acrescentou o secretário. O investimento diário de Parnamirim vai ser de R$ 2,5 mil. Mensalmente, isso resultará em R$ 75 mil. Tudo com recursos municipais. "Parnamirim é uma cidade privilegiada porque ela cresce com recursos próprios", ressaltou Maurício Marques. O crescimento populacional da cidade também ajuda na arrecadação. Segundo o prefeito, a cada ano o terceiro maior município do Estado ganha mais seis mil habitantes, número que coloca o "Trampolim da Vitória" como uma das cidades que mais cresce no país. Na visão do secretário estadual de Segurança, esse tipo de parceria entre as diferentes esferas de governo evita que os policiais tenham vínculos com particulares nos horários de folga. "Também evita que o policial fique exposto no seu horário de folga a fazer o que se chama tradicionalmente de bico. A segurança privada não é o papel principal do policial militar, é a segurança pública", afirmou Monteiro. A partir deste convênio, será possível incentivar novos projetos na segurança pública do município. "Isso estimula as prefeituras para que elas criem suas guardas

Prefeito cobra ações do governo do Estado

Prefeito Maurício Marques enfatiza que o município é privilegiado por poder investir recursos próprios na segurança municipais e possam ter um convênio futuro a ser celebrado com a Secretaria Nacional de Segurança Pública por exemplo", acrescentou o secretário estadual. EFETIVO Conforme o comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM) do Estado, Jair Justino Pereira Júnior, os policiais deverão se oferecer voluntariamente para trabalhar no período de folga. Atualmente, o governo do Estado coloca a disposição dos municípios de Parnamirim, Nísia Floresta, São José de Mipibu e Monte Alegre, 350 policiais militares no 3º BPM. Como trabalham em escala, esse número até agora ficava reduzido a 75 agentes de segurança por dia. Na contagem, não entram os militares das unidades especializadas como Rocam, policiais de trânsito e ambiental. De acordo com o comandante do 3º BPM, todas as cidades da área de cobertura somadas resultam em cerca de 300 mil habitantes. Além do policiamento da rua, eles ainda têm a responsabilidade pela guarda externa do Presídio Estadual de Parnamirim (PEP), Presídio de Alcaçuz, três Centros de Detenção Provisória (dois masculinos e um feminino) e uma detenção de regime semiaberto. Isso significa cuidar também de uma população prisional de cerca de 2,5 mil pessoas. Com essa iniciativa da Prefeitura de Parnamirim, segundo o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, o número de militares vai dobrar. "O policial pode exercer a atividade de desempenho da diária operacional até 20 vezes por mês. Uma diária operacional está sendo orçada agora R$ 80,00 para cada seis horas de trabalho. Em termos matemáticos vai ter a capacidade de dobrar o policiamento que hoje existe em Parnamirim", afirmou.

Secretário Eliéser Girão enfatiza importância da parceria entre Prefeitura e governo CAÇA ESTATÍSTICA AO CRIME Baseado em dados do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), o comandante do batalhão afirma que um dos crimes que tem crescido muito é o assalto. "O assalto daquele cidadão que está na parada de ônibus, que vai lá alguém que quer trocar o celular dele por droga. Muitas vezes drogado que invade transporte coletivo", exemplificou Jair Neto. Segundo ele, o trabalho da polícia é baseado no georreferenciamento criminal. Isso significa que as estatísticas de crimes em determinada região da cidade levam a polícia a intensificar o trabalho onde os dados mostram a necessidade. Esse é outro motivo pelo qual o registro dos boletins de ocorrência e as ligações para o 190 não podem deixar de ser feitos

pelo cidadão, uma vez que essas são as principais fontes de dados que baseiam o policiamento ostensivo. "Isso nos dá uma condição mais técnica de atendimento à comunidade, nós temos o contato com as comunidades, fazemos reuniões e fazemos esses estudos. Recebemos esse dado estatístico, montamos nossas operações onde nossa estatística chamar", explicou o comandante do Batalhão de Parnamirim. Jair Neto preferiu não especificar qual bairro da cidade tem maiores índices de criminalidade. Isso porque, segundo o comandante, atuação dos criminosos migra de região para região de acordo com a ação do policiamento. "Se estigmatiza muito alguns bairros, como Passagem de Areia, Bela Vista, Parque Industrial. Não existe isso. O crime migra", acrescentou.

Minutos antes da assinatura do convênio, o prefeito de Parnamirim cobrou da governadora Rosalba Ciarlini outras melhorias em benefício dos parnamirinenses. Maurício Marques reuniu todos os 18 vereadores da cidade e os secretários municipais para cobrar, por exemplo, a reativação de postos policiais fechados. Nos bairros Jóquei Clube, Liberdade, Passagem de Areia, Parque Industrial e Cajupiranga, esses postos foram abandonados pela corporação. "Governadora, precisamos reabrir esses postos policiais", apelou o prefeito. Marques se prontificou inclusive em colocar os prédios à disposição para funcionamento, o que já foi feito em dois deles. Rosalba Ciarlini passou a bola para o secretário da pasta da Segurança. "Tentaremos transformar esses postos em bases da polícia comunitária. Poderemos voltar aqui para discutir esse funcionamento, inclusive com a participação dos vereadores", declarou Eliéser Monteiro. Em resposta, o Prefeito disse que a reunião poderia ser em duas semanas, em tempo de finalizar a mudança para o novo centro administrativo do município. "Estamos abertos para nos reunir tantas vezes quanto for necessário. O que queremos é resolver o problema", acentuou Marques. O chefe do Executivo de Parnamirim também cobrou soluções na área da Saúde Pública. "Precisamos também abrir a UPA [Unidade de Pronto Atendimento] de Nova Esperança. Eu já convoquei até os concursados. Já compramos os equipamentos, estamos esperando o governo entregar prédio e vamos fazer uma nova convocação de profissio-

nais", disse. A construção da Unidade de Pronto Atendimento é de responsabilidade do governo do Estado e quem deve colocar para funcionar é a Prefeitura. Outra reivindicação foi a pavimentação asfáltica do prolongamento da avenida Omar O'grady que precisa somente de mais 100 metros de asfalto para chegar finalmente a Parnamirim. A governadora afirmou que o empecilho tem sido o processo de desapropriação, mas que o governo do Estado colocará o asfalto. VEREADORES Todos os vereadores de Parnamirim também compareceram à solenidade de assinatura do convênio na área de Segurança. Os parlamentares municipais também estão preocupados com o tema. Por esse motivo, todos subescreveram uma lista de sugestões nessa área e entregaram para a governadora. São elas: aumentar efetivo das polícias civil e militar; plano metropolitano de segurança; 3º BPM tornar-se exclusivo de Parnamirim; 5º BPM atender Nova Parnamirim, dispensando o 3º BPM apenas desse bairro; pelotão de trânsito; criação da delegacia de plantão metropolitana da região Sul da Grande Natal; criação do pelotão de cavalaria sediado no Parque Aristófanes Fernandes; ativação dos postos policiais; câmeras de monitoramento; construção de uma sede do Corpo de Bombeiros; realização de operações policiais semanalmente; melhorar a estrutura das polícias; fixação de metas para redução das ocorrências policiais e maior atuação do Comando de Policiamento Metropolitano no município.

Solenidade da assinatura do convênio contou com presença de vereadores


Esporte

Sábado e Domingo

Natal, 7 e 8 de junho de 2014

O ARTILHEIRO VOLTOU DIRETORIA

DO

ABC

Apesar do recesso da Copa do Mundo, comissão técnica e diretoria alvinegra seguem trabalhando para fortalecer o plantel na sequência do Campeonato Brasileiro da Série B e Copa do Brasil, cujos jogos serão retomados a partir de 15 de julho. E o primeiro reforço anunciado pelo ABC foi o retorno do atacante Rodrigo Silva, que estava no Criciúma/SC. O Rodrigol, como ficou conhecido pela torcida abecedista, chegou ao ABC no segundo semestre de 2012, mas foi na temporada 2013 que assumiu a titularidade e foi peça fundamental na campanha da Copa do Brasil e na arrancada da Série B, contribuindo com seus gols na fuga do rebaixamento. Foram 30 gols marcados, conquistando as artilharias do Campeonato Potiguar, Copa do Nordeste. Os 14 gols marcados no Campeonato Brasileiro o tornaram o maior goleador alvinegro em uma única edição da competição. "Rodrigo Silva é um jogador de muita qualidade e que teve uma espetacular passagem pelo ABC, onde tornou-se ídolo da torcida e

ANUNCIA O RETORNO DO ATACANTE

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br Divulgação

RODRIGO SILVA Fotos: Divulgação

Rodrigo marcou 30 gols pelo alvinegro em 2013

esperamos que em seu retorno ele possa nos presentear com muitos gols e ajudar o Mais Querido a conquistar o seu acesso", disse o superintendente de futebol, Judas Tadeu. O atacante se apresenta à comissão técnica alvinegra na volta

do elenco aos trabalhos, marcado para o dia 16 de junho, quando fará os exames médicos e iniciará os treinamentos com o restante do grupo. Rodrigo Daniel Lopes da Silva tem 29 anos, é natural de Florianópolis-SC, e já atuou pelos seguintes clubes: Figueirense/SC

(2003-2005), Corinthians/AL (2006), Nacional/Portugal (20062008), Leixões/Portugal (20082009), Nacional/Portugal (20092010), União de Leiria/Portugal (2010-2011), Estoril/Portugal (2011/2012), ABC (2012-2013) e Criciúma/SC (2014).

> FUTEBOL AMADOR

NATAL TERÁ DOIS CAMPEONATOS A bola vai rolar pelos campos de Natal no segundo semestre. A Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal da Juventude, do Esporte e Lazer (Sejel), já confirmou a realização de duas competições. A partir de agosto terá início a 2ª edição da Copa Nossa Cidade de Futebol Sub-15. Já em novembro, dentro da programação do Natal em Natal, a Copa dos Campeões do Bairros promete agitar toda a cidade. Sucesso na sua primeira edição, a Copa Nossa Cidade de Futebol Sub-15 deve reunir os jovens talentos de Natal, em um momento de esporte e cidadania. "Sabemos a importância do esporte para o jovem, como forma de enfrentamento aos problemas sociais. Tive-

O Jornal de HOJE 15

Disputa entre times de bairros vai agitar a cidade mos uma grande aceitação no ano passado e esperamos repetir a dose em 2014", comenta Eduardo Ma-

chado, titular da Sejel. As inscrições estarão abertas, no horário das 9h às 12h, na pró-

pria Sejel. Serão oito chaves, com seis times cada. A competição começa no dia 2 de agosto e segue até o dia 15 de novembro. Em novembro será a vez da Copa dos Campeões dos Bairros. O evento pretende reunir os principais times de cada bairro da cidade e irá fazer parte da programação oficial do Natal em Natal. A data de início é 19 de novembro, com o encerramento em 21 de dezembro. "Essa competição visa valorizar os bairros da cidade. Sabemos que cada um realiza os seus campeonatos, e vamos reunir os melhores de cada bairro em uma grande competição. A expectativa já é extremamente positiva e devemos movimentar todos os cantos da cidade", finaliza Eduardo Machado.

Fábio Pacheco fabiopachecorn@gmail.com

Divulgação

NOSSO PONTO FRACO O amistoso do Brasil contra a Sérvia mostrou o que todo torcedor temia. O único jogador diferenciado, Neymar, ganhou marcação especial, jogou pouco e levamos sufoco da seleção que ocupa o 30º lugar no ranking da Fifa. Vai ser dureza essa Copa, já tem gente apostando que nossa seleção não passa das quartas de final. É verdade que o time de Felipão está pronto desde a conquista da Copa das Confederações, mas só que não é mais o mesmo. Um adversário mais esperto sabe que o time brasileiro gira em torno de Neymar. Sem falar que jogadores como Paulinho, Daniel Alves e Oscar caíram de produção e talvez não tenham tempo para se recuperar durante o Mundial. O aviso foi dado diante dos sérvios e caberá ao torcedor levar esse time nas costas. A torcida brasileira será o nosso diferencial, vai empurrar o Brasil para o ataque e caberá a Felipe Scolari melhorar a cobertura dos alas, caso contrário seremos aniquilados pelos contra-ataques de seleções mais competentes. POLÊMICA O retorno de Rodrigo Silva ao ABC gerou uma polêmica na torcida do América. Os torcedores alvirrubros estão inconformados com o técnico Oliveira Canindé que teria dito que não precisa de reforços. A verdade é que Canindé conhece pouco o mercado de jogadores de Série B e quem vem fazendo esse papel é a experiente diretoria alvirrubra.

FJERN PROMOVE TRÊS SELETIVAS A Federação de Judô do Estado do Rio Grande do Norte vai realizar neste sábado (7) as seletivas para os Campeonatos Brasileiros Sub13, Sub-15 e Sub-23. As disputas serão realizadas no ginásio do Colégio CEI, da avenida Romualdo Galvão, a partir das 13h30. A Copa Natal que seria disputada neste final de semana, foi adiada para 16 de agosto. De acordo com o presidente da FJERN, Tibério Maribondo, por conta da Copa do Mundo, as delegações da Paraíba, Pernambuco, Ceará e Alagoas não conseguiram hospedagem nos hotéis de Natal.

CLASSIFICAÇÃO No complemento da décima rodada da Série B, ontem, a Luverdense venceu o Paraná por 2 a 0, e assumiu a terceira colocação, passando a somar 18 pontos. Com o mesmo número de pontos do América-MG, 17, o ABC acabou sainda do G-4 por conta do saldo de gols ( 5 a 4), passando a ocupar o quinto lugar. No outro jogo, o Joinville venceu o Vila Nova por 1 a 0 e isolou-se na vice-liderança com 20 pontos. O líder Ceará tem 21.

ra-se que a reforma bancada pelo Governo do Estado não leve o mesmo tempo do Palácio dos Esportes que já completou um ano e ainda não tem data para a reinauguração.

ATRASO A previsão de entrega das obras do ginásio Professor Marcelo de Carvalho, mais conhecido como DED, é de 180 dias. Espe-

A HISTÓRIA SE REPETE De acordo com o site Vermelho de Paixão, quando o América conquistou o acesso em 2006 para a Série A, enfrentou a

RANKING MISTERIOSO De repente o Brasil pulou do 20º lugar para as primeiras posições do ranking da Fifa. Só quero ver quantos pontos irão valer a vitória sobre a Sérvia. Um dia ainda vou conseguir entender esse misterioso cálculo da Fifa.

mesma parada para a Copa do Mundo da Alemanha, e dos 10 jogos antes da interrupção, somou os mesmos 13 pontos. Será apenas mais uma coincidência do futebol ou premonição? Só o futuro dirá. PEDIDOS INUSITADOS O padrão Fifa de comportamento tem alguns pedidos inusitados, que não fazem parte da cultura dos brasileiros. Exemplo: impedir a entrada com quaisquer tipos de animais, exceto cães-guia utilizados por deficientes visuais. Outra proibição fora da realidade é o ingresso com grandes quantidades de pó, farinha e substâncias similares, ausentes nos estádios brasileiros desde os tempos do pó de arroz.

Conspiração de Copa do Mundo Em nossa rua, nenhuma artimanha ou conspiração evoluía sem autorização expressa do xerife Leco. Ele mandava e desmandava em todos nós, moleques, uns de infantaria, outros do planejamento, setor do qual me dedicava com intensa paixão. Professor de educação física, forte, zagueiro e jogador de futebol de salão, sempre foi disposto, bom de briga e nos livrava de valentões invasores. Hoje exilado em casa, vítima de diabetes, Leco sempre conversa comigo pelo telefone. Praticamente, não assiste aos jogos pela televisão, porque a doença tirou-lhe 70% ou mais da capacidade de enxergar. É vascaíno e do ABC. Do tipo teimoso. Ganha de petista radical. Mais moço, Leco não aceitava perder nem jogo de dama. Abusado, nunca admitiu mérito dos ganhadores. Sua birra que ainda sobrevive(com amenidade) era o Flamengo em fase maravilhosa, com Zico, Adílio, Carpegiani, Júnior, Júlio Cesar. O Flamengo a partir da cabeçada de Rondinelli que matou Leão na final do Carioca de 1978. O Vasco levava bailes homéricos no Maracanã e, aos domingos, quando chegávamos dos jogos no Castelão(Machadão), formávamos resenha esperando a hora de dormir ou o Fantástico com Sérgio Chapelin e Cid Moreira na sua voz funeral. A escolha do gaiato para provocar nosso herói inconformado se dava por sorteio, medo da reação. - E aí Leco, o Flamengo bateu no Vasco de novo? A resposta parecia carimbo de repartição pública: - Ganhou mas foi no roubo, no arrumadinho! Ninguém cometia o suicídio de rir porque a mão do bicho pesava e um cocorote poderia afundar crânios frágeis embora embalados por cabeças enormes(na circunferência). O fato é que Leco nunca tolerou derrota para o Flamengo ainda que fosse de 4x2, 3x1 ou 3x0. Repelia com xingamentos de corar estafeta de bordel argumentos sobre a ruindade do Vasco, dependente de Roberto Dinamite acompanhado pelo batalhão de nulidades: Toninho Vanuza, Zandonaide, Paulo Roberto Brasinha e Arquino. Nas batalhas locais, o início dos anos 1980 foi maravilhoso para o América de Didi Duarte, Norival, Paulo César Cascavel, Miltão, Silva, Severinho, Ailton. O América conquistou seu primeiro tetracampeonato e houve resistência apenas nos dois primeiros títulos, vencidos nos pênaltis. Nos últimos, venceu chupando laranja. - E aí, Leco, o América mereceu ser campeão? - De jeito nenhum! Foi arrumadinho, compraram o juiz e roubaram o ABC. Dizia na maior cara de pau depois de uma derrota alvinegra por 4x1 ou 3x0. Descontou o atrasado na temporada de 1983, tempo de timaço de 114 gols campeão na arte e na malandragem. Quando um americano perguntava se a arbitragem ajudara, Leco partia para responder na capoeira. >>>>>> Tenho certeza, sem consultá-lo, de que Leco faz parte do time convicto de que o Brasil será hexacampeão mundial baseado em complô para favorecê-lo. Já tem gente, como o meu vizinho companheiro de elevador, gastando aposta na frente. Segundo ele - com a indiscutível adesão de Leco -, os milhões gastos nas arenas, o superfaturamento e a submissão diante da Fifa integram a teoria conspiratória com participação do Governo Federal para que árbitros lesem adversários, resultados sejam manipulados e o time seja mero detalhe na farsa imaginada. Desde a derrota de 1998 que se insiste nessa balela. O Brasil perdeu em campo depois de tomar uma aula de futebol de Zidane. A Nike não armou nada. Ronaldo teve convulsão e amarelou simplesmente. Segredo, ensinou Tancredo Neves, se é para ser guardado só pode ficar com o dono. Quando é dividido por dois escapole, calcule se for para manipular jogadores, comissões técnicas, cartolas, árbitros, bandeirinhas, gandulas e mascotes. Na história das Copas do Mundo, dois campeões podem ser questionados pelo recebimento de ajuda. Em 1966, a Inglaterra fez um gol irregular na Alemanha. A bola não cruzou a linha de gol, por centímetros imperceptíveis à primeira vista até hoje. Nada parecido com o gol de Douglas do Vasco contra o Flamengo este ano, que entrou quase dentro da trave e foi anulado. A Inglaterra tinha time para ganhar a Copa e não cometeu safadeza alguma para sair de Wembley com a Taça Jules Rimet. E 1978, na Argentina, os Hermanos foram favorecidos pelo vergonhoso time do Peru, que abriu pernas e dignidades levando 6x0, placar responsável pela eliminação do Brasil. Quem assistiu o Mundial inteiro sabe que a Argentina tinha o melhor time e o único craque de desempenho soberbo dentre todos: Mário Kempes. A Ditadura agiu, mas os jogadores da Argentina de Fillol, Passarella, Ardiles, Bertoni e Kempes não faziam parte de nenhum Continental do Carrasco. Formavam um bom e agressivo time, enquanto o Brasil acabou invicto pela retranca, a convocação e escalações erradas do falecido técnico Cláudio Coutinho. Na minha opinião, o Brasil decide a Copa na segunda fase. Pela lógica - escanteada milhares de vezes quando o tema é futebol -, enfrentará a Espanha, campeã, ou a Holanda, vice de 2010. Será "O Jogo". No Mineirão em Belo Horizonte. Vencido esse duelo, imagino embalo do mediano time formado por Felipão e quimicamente dependente de Neymar. Ou Neymar Júnior, segundo o intragável Galvão Bueno. O Brasil enfrentará pedreiras e duvido que um alemão ou argentino, sem falar nos passionais italianos, possam abrir qualquer parada quando além de um troféu, estará em jogo a honra. A Copa do Mundo começou em 1930 e parou na década seguinte pela inexistência óbvia de condições de realizar um torneio intercontinental durante a Segunda Guerra. Ninguém entraria em avião sob ameaça de ser derrubado por torpedo inimigo. Retomada a Copa em 1950, no Brasil, derrotado pela superioridade uruguaia no jogo, donos da casa perderam sem reclamar. Pela tese esdrúxula, a Itália seria tetra desde 1990 e a Alemanha em 2006. As duas dançaram. Ou os anfitriões Suiça, Suécia, México e África do Sul também não deixariam escapar a chance de melar a disputa. Quem vencer, vencerá em campo. A Copa do Mundo é um torneio. É diferente de campeonato. Com turno e returno, Hungria em 1954, Holanda vinte anos depois e Brasil em 1982, não perderiam de jeito nenhum. A Copa do Mundo apaixona pelo imprevisível. Quem erra, morre. Não há esquema sórdido ou dinheiro que resolvam.


16 O Jornal de HOJE

Natal, 7 e 8 de junho de 2014

Sรกbado e Domingo

CMYK

07062014  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you