Issuu on Google+

Terça-feira

Ano XV w NATAL-RN,

6 DE NOVEMBRO DE 2012 w Nº 4.484

R$ 1,00 w jornaldehoje.com.br

> PREFEITO ELEITO SOB RISCO DE NÃO ASSUMIR

Parecer do MP é pela manutenção do ato da Câmara que rejeita contas de Carlos Eduardo APESAR DA SÉRIE DE MEDIDAS JUDICIAIS QUE ATÉ AGORA O LIVROU DO ESTIGMA DE “FICHA SUJA”, O PREFEITO ELEITO DE NATAL PRECISA AGUARDAR O JULGAMENTO DO MÉRITO, EM PRIMEIRA INSTÂNCIA, DA AÇÃO QUE O TORNARIA INELEGÍVEL POLÍTICA 3 Wellington Rocha

> OPERAÇÃO ASSEPSIA

Acusados incluem Henrique Alves no plano de expandir contratos fraudulentos no RN POLÍTICA 5

> PREFEITURA ATRASA SALÁRIO

Poucos médicos aderem à paralisação de advertência organizada pelo sindicato CIDADE 6

> CRUZEX C2 2012

Maior exercício de guerra aérea simulada da América Latina acontece em Natal A Base Aérea de Natal recebe 300 militares de 12 países para duas semanas de treinamento, que de forma virtual tem todas as situações de uma guerra

CIDADE 6

> MARKETING DIGITAL

> AUTORIZADO

> REFLEXÃO...

Especialista aborda possibilidades de negócios através de mídias sociais

ABC negociará 7 apartamentos para “cumprir os compromissos”

IFRN recebe a 7a Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul

CIDADE 13

ESPORTE 15

CULTURA 17

> VANDALISMO Fotos: Canindé Santos

Ladrões quebraram parte de acrílico das portas e levaram televisão, computador e 20 quilos de carne. Secretaria de Educação prometeu instalar alarme no prédio

Escola municipal é arrombada três vezes em menos de um ano

CIDADE 6

Túlio Lemos

Marcos A. de Sá

Página 3

Página 8

Daniela Freire Página 12

Vicente Serejo Página 13

w MP mostra investigação mi- w João Nassar, responsável pe- w Secretária acusa Sintest de w As armaduras ainda hoje esnuciosa a respeito de fraudes e lo projetos estruturais da Haz- "usar" alunos de escola estadual condem o rosto dos novos caem protesto de sindicalistas. valeiros de triste figura. desvios na Operação Assepsia. bun, ganha prêmio nacional. INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,03 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,13 R$ 2,03

Euro x real R$ 2,60 Poupança 0,5% / 0,42% Taxa Selic 7,25%

EMAIL REDAÇÃO:

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

ESCREVEM ARTIGOS DA EDIÇÃO DE HOJE Armando Negreiros Sílvio Caldas Samar Timeni Afranio Pires Lemos João Felipe da Trindade Sérgio Luiz Bezerra Trindade OPINIÃO - Página 2 TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 6 de novembro de 2012

ARMANDO NEGREIROS, médico (negreiros@digi.com.br)

Amancio

Terça-feira

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

Eis o erro: o revisor!

AFRANIO PIRES LEMOS, escritor (afrapil@yahoo.com.br)

Era praxe atribuir-se todos os erros ao revisor, coitado do revisor. Hoje existe o revisor oculto, o revisor que não se incomoda com as atribuições indevidas, o revisor insensível que continua corrigindo erradamente o que foi escrito corretamente. É o revisor do Word. Pronto, aí está um exemplo que acabei de flagrar. Embora o Word seja nome próprio, marca registrada do editor de textos do Windows, escrevi a primeira letra minúscula e, imediatamente, sem me avisar, ele transformou em maiúscula (fez de novo com o vocábulo Windows!). Certa vez escrevi que determinado indivíduo era contumaz, ou seja, agia com obstinação, com contumácia, com teimosia. O revisor corrigiu para "costumaz", isto é, aquele que costuma fazer alguma coisa... isso na cabeça do revisor, pois simplesmente essa palavra não existe. Outra vez ele, sempre o revisor, trocou "mal" por "mau" e, consequentemente, "bem" por "bom". O autor do texto reclamou: – Mas, "mau" é um adjetivo, aquele que causa mal, prejuízo ou moléstia... malfeito, imperfeito, funesto, nefasto. Como todo adjetivo tem variação de gênero, o homem é mau, a mulher é má; o homem é bom, a mulher é boa. Pode também ser substantivo: homem mau. O adjetivo "Bom", o contrário de "mau", é o que tem todas as qualidades adequadas à sua natureza ou função. Bondoso; misericordioso. Que funciona bem. Favorável, proveitoso. Agradável, aprazível. Afável, cortês. Gostoso, saboroso. Válido, legítimo. Saudável. – Já "mal" é um substantivo, aquilo que é nocivo, mau. Substantivo masculino. Aquilo que se opõe ao bem, à virtude, à honra. Enfermidade, doença. Desgraça, infortúnio. O plural é males.

Dr. Dalton - I

Artigo

É também advérbio. De modo mau, ou diferente do que deveria ser. De modo imperfeito. De modo insatisfatório. De modo desfavorável. De modo rude. Escassamente; pouco. A custo; dificilmente. Gravemente enfermo. Conjunção: logo que. O contrário de "mal", "bem", é um substantivo masculino. Qualidade atribuída a ações e obras humanas, e que lhes confere um caráter moral. Austeridade moral; virtude. Felicidade, ventura. Favor, benefício. Vantagem, proveito. Pessoa muito amada. Mercadoria ou serviço que pode satisfazer uma necessidade humana. Pode ser também advérbio. Convenientemente. Com saúde. Com perfeição. Ou pronome indefinido, muito; bastante. Chega ainda a ser bem de capital. Bem de produção não consumido no processo produtivo. Bem de consumo. Bem econômico que se destina a ser comprado e utilizado por indivíduos. Bem de produção. Bem econômico que se destina a ser usado na produção de outros bens. Bem econômico. O que é objeto de compra e venda. Embora; ainda que. Se bem que, o que eu objetivava, no início da conversa, era pedir desculpas aos amáveis leitores pelo meu último artigo "Do semanário Dois Pontos ao O jornal de hoje" pela troca de "ex" por "eis": Luiz Gonzaga Cortez, Rejane Cardoso e outros eis colunistas poderão participar e colaborar com essa inestimável providência. Fui mal, a redação não foi boa; não me saí bem e isso não é bom. Ao contrário do que sugere o título o erro foi única e exclusivamente meu, nem do revisor, que não existe mais – ou atua muito pouco –, nem do editor de texto Word. Como diria Ibrahim Sued: cavalo não desce escada... sorry, periferia... ademan, que eu vou em frente!

JOÃO FELIPE DA TRINDADE, professor da UFRN, sócio do INRG e do IHGRN (jfhipotenusa@gmail.com)

Domingos João Campos, tetravô de João Café Filho (I) Um amigo, colega da UFRN, Domingos Fernandes Campos, foi quem me revelou que seu irmão, João Bosco Campos, escreveu um livro, ainda inédito, cujo titulo é Alferes Domingos João Campos, Senhor do Engenho Jundiahi, História e Genealogia. Estimulei a publicação do livro, mas até agora não foi possível. Por isso, resolvi fazer esse artigo com base nas minhas informações e nas contidas na palestra de João Bosco, quando tomou posse no IHGRN, em 29 de março 1989, ano em que João Café Filho completaria 90 anos de idade, se vivo fosse. O registro de casamento do português Domingos João Campos é de difícil leitura, mas que completaremos com outros registros. Ele casou com Rosa Maria de Mendonça, na capela de Nossa Senhora da Conceição de Jundiaí, em 24 de novembro de 1745. Foram testemunhas o capitão-mor da capitania do Rio Grande, Francisco Xavier de Miranda Henriques, e o Provedor-mor da Fazenda Real, Ignácio de Sousa Rocha Branco. Vejamos um registro de batismo de um filho de Domingos, que contém informações mais completas. Bernardo, filho do Alferes Domingos João Campos, natural da Freguesia de Nossa Senhora do Rosário do Campo, Bispado de Viseu, e de Dona Rosa Maria de Mendonça, natural desta Freguesia, exposta em casa do sargento-mor Hilário de Crasto Rocha, neto por parte paterna de Phelippe Francisco e Izabel Fernandes, naturais da Freguesia de Nossa Senhora do Rosário de Campo, Bispado de Viseu, nasceu aos vinte e oito de dezembro de mil setecentos e sessenta e cinco e foi batizado, com os santos óleos, de licença minha, na capela de Nossa Senhora da Conceição de Jundiaí, aos treze de janeiro de mil setecentos e sessenta e seis, pelo Reverendo Padre Miguel Pinheiro Teixeira. Foram padrinhos Manoel Álvares Correa, filho do sargento-mor Rodrigo Álvares Correa, e Bernarda de Araújo Correa, mulher do dito Rodrigo Álvares Correa, do que fiz este termo, em que por verdade me assino. Pantaleão da Costa de Araújo. Vigário do Rio Grande. Entre outros filhos de Domingos e Rosa, encontramos: Lourenço Fernandes Campos, que foi batizado em 6/03/1762; Joaquim Fernandes Campos, nascido em 12/1770 e batizado em 22/12/1770, tendo como padrinhos os irmãos tenente Manoel Fernandes Campos (batizado em 31/07/1749) e Anna Quitéria de Mendonça; Antonio Fernandes Campos, batizado em 1/10/1754; Francisco, batizado em 22/03/1757, que pode ser o Francisco de Borjas que casou, em 22/05/1801, com a preta forra, Bonifácia Maria, filha de José Ferreira e Anastácia da Conceição; João, batizado em 23/07/1759; José Fernandes Campos, que casou com Anna Antonia da Conceição, filha do capitão de infantaria Manoel da Silva Vieira e D. Anna Rita de Jesus; uma menina que fa-

leceu em 15/071769, no mesmo dia que nasceu; Além de Maria, exposta, em 1784, na casa de Domingos João e Rosa. Um registro que merece destaque é de um filho de Anna Quitéria. Manoel nasceu aos 5/7/1783, e foi batizado em Jundiaí, aos 16/9/1783, filho do capitão João Martins Praça e Anna Quitéria de Mendonça, neto por parte paterna de Antonio Martins Praça, da Villa de Penixe, Patriarcado de Lisboa e Maria Antonia das Neves, desta Freguesia, neto por parte materna de Domingos João Campos, natural de Viseu, e de Rosa Maria de Mendonça, desta. Teve como padrinhos José Vicente Monteiro, da cidade da Paraíba, e Maria Angélica, filha do Coronel Francisco da Costa, solteira. Outro registro, interessante, é de uma filha do Manoel Fernandes Campos. Maria, filha de Manoel Fernandes Campos e Dona Antonia Maria de Mendonça, foi batizada aos 29 de dezembro de 1767 e teve como padrinhos o Alferes Domingos João Campos e sua filha Anna Quitéria. Antonia Maria de Mendonça, da mesma forma que a mãe de Manoel, foi exposta na casa de Dona Maria Magdalena de Mendonça (esposa de Hilário de Crasto). Era, portanto, em certo sentido, tia de Manoel. O tenente Manoel Fernandes Campos teve uma filha natural com Damásia Rodrigues da Silveira, que casou em Jundiaí, com Eugenio Ferreira de Lima, filho natural de Matheus Rodrigues Ferreira e Anna de Nis. Uma filha de José Fernandes Campos e Anna Antonia da Conceição, de nome Anna Clara de Jesus, casou em 9/07/1789, com Francisco Xavier Câmara, filho do capitão Antonio da Câmara Silva e Anna Maria Torres, tendo como testemunhas, o Provedor da Fazenda Real Antonio Carneiro de Albuquerque Gondim e Domingos Barbosa Correa. Francisco Xavier da Câmara era neto, pela parte paterna de Manoel Raposo da Câmara e Antonia da Sylva, e pela materna de Manoel Frazão Caldeira e Francisca Joaquina de Sá. Uma das principais atividades do Alferes Domingos João Campos foi de demarcador de terras. Encontramos várias provisões desse ofício para ele. Foi vereador várias vezes, e em uma delas, como o mais velho, ocupou, temporariamente, o governo do Rio Grande. No próximo artigo daremos continuidade com informações colhidas pelo pesquisador da família, João Bosco Campos, que nos levará até João Café Filho, a partir do tenente Manoel Fernandes Campos. Cópia da palestra com essas informações foi nos enviada por Domingos Fernandes Campos, pois a que tinha no IHGRN não foi encontrada, nem está publicada em Revista do próprio Instituto.

Artigo

SÉRGIO LUIZ BEZERRA TRINDADE, professor do IF-RN (slbtrindade@yahoo.com.br)

Difícil aprender Vem eleição e vai eleição, entra ano e sai ano e não conseguimos aprender, nestes tristes trópicos, uma lição: o presidente da República, deveria saber a oposição, qualquer oposição minimamente responsável, não é responsável por tudo o que ocorre em seu governo. Resolvi escrever sobre isso depois de ler algo acerca da política econômica adotada no Brasil desde a criação do Plano Real, em meados da década de 1990. Desde aquela época (antes, apenas uma ou outra cabeça coroada do país dizia que crise cambial era algo sério), economistas brasileiros de várias tendências afirmam com sofreguidão que não cuidar do câmbio é um risco para a saúde econômica e financeira do país. A oposição, esta que está contra ao governo do PT e aquela que se contrapunha ao do PSDB, irresponsavelmente, ataca o presidente, o governo, lançando cacos na direção do (a) chefe do Executivo a culpa pelas mazelas econômicas advindas dos erros de política cambial. Sempre é possível deitar falação sobre os tropeços da política cambial de

Artigo

um governo. Câmbio errado pode ser apenas uma questão de referencial, diriam os mais céticos. Os desajuizados advogam que ele é o resultado natural de um fenômeno natural, como se a lei da oferta e da procura fosse apenas uma construção divina, obra do divino espírito santo e não uma questão de escolha dos homens. Ora, a história ensina que casos de inflação escabrosos, como o brasileiro das décadas de 1970/80/90, podem ser controlados com o aumento da taxa de juros, com todos os efeitos colaterais daí advindos. No caso do Brasil, os efeitos mais nocivos de tal escolha, nos anos 1990-2000, foram o aumento do déficit em conta corrente e da dívida líquida. A oposição nos anos FHC, como a oposição nos anos Lula/Dilma, exige que o presidente da República saiba detalhes da formulação e operacionalização da política econômica de seu governo como se fosse um burocrata do Ministério da Fazenda ou um operador de mesa do Banco Central. Qualquer presidente da República

de um país em que a democracia esteja institucionalizada é responsável por seus atos, mas não poderá ser responsabilizado por todos os atos de seus assessores, isto é, não pode ser responsável por todas as ações do poder Executivo. Daniel Webster, senador norteamericano, dizia que era impossível esse "indefinido e indefinível ideal de responsabilidade da autoridade junto à sociedade". Isso não significa omissão. As ações do governo devem ser, sempre, absolutamente transparentes e sujeitas às leis que também sujeitam os agentes públicos. São elas que definem o grau de responsabilidade de cada um. Hoje, mais do que nunca, os atos do governo são sujeitos e devem sê-lo cada vez mais, ao controle dos grupos interessados, da imprensa e do público em geral. Continua perfeitamente absurdo supor que o Presidente é responsável pelos atos "indefinidos e indefiníveis" de todos os agentes públicos, em última instância agentes da lei. E quem define a lei é o Congresso Nacional.

SÍLVIO CALDAS, juiz do Trabalho aposentado (jsc-2@uol.com.br)

Era só o que faltava! O Mensalão vai se arrastando. Também, não era para menos. Um saco com quase quarenta gatos. Processo complexo e complicado, além de outros fenômenos. De qualquer sorte, já restou provado que o Mensalão existiu e que Roberto Jefferson, bem ou mal, prestou inestimável serviço ao país, embora não seja também flor que se cheire. Fez delação espontânea, dispensando

Artigo

o pedido da famigerada delação premiada. A atuação do ministro Levandowsky, a meu ver, não engrandece a biografia dele, mas pelo menos refreia um pouco o ímpeto do ministro relator. Uma espécie de contraponto e que de qualquer maneira enriquece o debate jurídico. Não sei se o julgamento final satisfará a gregos e baianos. Talvez sim,

talvez não. Contudo, uma coisa acaba de me chamar a atenção. O "famigeradíssimo" Marcos Valério, em mais uma manobra (ele, verdadeira encarnação do gênio do mal), após tentar trair os antigos comparsas com um pedido de delação premiada, resolveu agora apelar para um pedido de proteção. Ora bolas! Quem precisa de proteção é o povo brasileiro!

SAMAR TIMENI, mestre em administração de empresas, consultor empresarial e professor universitário (samartimeni@yahoo.com.br)

Desenvolvendo a criatividade humana Com o avanço formidável da tecnologia, dos sistemas de informação, das redes de informática, muita coisa mudou. Em relação ao ambiente laboral a ao perfil do profissional do terceiro milênio, a transformação foi ainda mais radical. Enganam-se aqueles que pensam que o tipo de profissional mais demandado para os anos atuais seja a "enciclopédia ambulante". Não. Os profissionais mais valorizados atualmente são os criativos, solucionadores de problemas. É lógico que seria uma sandice dizer que o nível de informação não é importante para o indivíduo possuir maiores chances de sucesso nesse mercado competitivo. Porém não se pode ser ingênuo e pensar que a informação é tudo! A pessoa que possui conhecimentos e não consegue relacioná-los para a solução de um problema específico é um mero receptor de dados. Esse tipo de profissional é, facilmente, substituído pelas máquinas computacionais ou por outros profissionais. O mercado de trabalho necessita do grande articulador de informações. As empresas carecem de sistematizadores de conhecimentos e experiências adquiridas ao longo da vida com o propósito simples de perceber as disfunções organizacionais e refletir sobre as novas formas de solucionar algum problema. Dito tudo isso, é importante deixar um alerta: Para desenvolver e aprimorar a criatividade, é necessário seguir algumas dicas. Em outras palavras, para aperfeiçoar a habilidade de combinar ideias ou fazer associações incomuns entre ideias, é preciso atentar para alguns fatores. Primeiro, muito dificilmente al-

guém será uma pessoa criativa se o ambiente não contribuir para isso. Nesse sentido, o melhor nadador do mundo, não demonstrará sua habilidade num simples cimento molhado, ou seja, se o ambiente laboral é por demais burocrático, não desafiador, cheio de normas e regras que limitam o pensamento reflexivo e assunção de riscos, não haverá ser humano que desenvolva sua criatividade. Mais ainda: Possuindo líderes autocráticos, incapazes de empolgar liderados, incentivar talentos, estimular potencialidades, raramente ter-se-á uma equipe criativa. A segunda dica para desenvolver a criatividade é a flexibilidade. Para liberar o potencial criativo, as pessoas devem sair de suas rotinas psicológicas e libertar-se dos seus modelos mentais arraigados para que se desencadeie um processo de reflexão e pensamento não tradicional, mas original. É o que se chama de flexibilidade mental. A terceira dica para fomentar a criatividade é desenvolver a auto-estima. Há uma relação direta entre a criatividade e a auto-estima. Indivíduos com baixa auto-estima, normalmente são menos criativos. Ter a confiança de que é capaz de criar, inovar no seu ambiente profissional, são dos passos importantes para o sucesso criativo. A quarta dica para buscar a criatividade, é torná-la do seu exercício um hábito. As empresas devem incentivar os seus colaboradores terem o hábito de contribuir com ideias nas situações diárias, de lerem livros e revistas, estimulando assim o pensamento crítico e reflexivo de todos. Claro que os profissionais não podem ficar apenas esperando a iniciativa das organizações em proporcionar esse ambiente, as pessoas devem pensar que a criatividade muita

dependem delas próprias, e a partir daí, fazer com que ela possa surgir nos mais diversos meios e situações do cotidiano A criatividade, ao contrário do que muitos pensam, não é apenas um insight casual ou lampejo brilhante de inteligência que surge por acaso. Não. A criatividade está em função de dois conceitos: sólida preparação e persistência. Sólida preparação que dizer adquirir o máximo de experiências e conhecimentos possíveis para facilitar o processo de pensamento interdisciplinar e multidisciplinar - degrau relevante para o pensamento original, incomum e criativo. Persistência significa continuar tentando até ser bem sucedido num projeto determinado e que você acredita. Sobre isso, podemos nos lembrar dos grandes e criativos cientistas. Muitos deles fracassaram incisivamente, antes de suas grandes invenções, mas, exatamente porque persistiram, tiveram o reconhecimento mundial. Enfim, o mercado de trabalho não está demandando mais do acumulador de informações, porém do articulador de conhecimentos, isto é, daqueles que se utiliza de suas experiências e de sua formação técnica e intelectual para perceber problemas a partir de outros ângulos, e dessa forma, solucioná-los eficazmente. Sabemos, no entanto, que a criatividade não é algo que se consegue como num passe de mágica. Passos importantes para a liberação do potencial criativo devem ser levados em conta. Em outras palavras, o ambiente favorável, a flexibilidade mental, a persistência, ter hábitos e conduta disciplinada, dentre outros fatores, são elementos de suma relevância e atuam como catalisadores do processo de desenvolvimento da criatividade humana.

– Doutor Dalton Melo é um contemporâneo e amigo nosso, dos mais afilados. – Verdade? – Sim. Ele e seus irmãos, com quem tive o prazer de contemporizar. Filho de um dos mais conceituados comerciantes da antiga Rua Doutor Barata, onde o natalense da Grande Guerra viveu dias emocionantes, com reentrâncias a fervilhar de gente, como na Rua 25 de Março, em São Paulo. Conheci, praticamente, todos seus irmãos e seu povo e sua casa, uma das mais acolhedoras da capital. – Esteve lá? – Não. De entrar, não. Sempre que passava por ela, diminuía os passos, vendo-lhe detalhes e tudo o mais que se podia ver, ali de fora. Pra todos os efeitos, ela sempre me falava da nossa, em Jardim; daí a admiração. Casa com espaços amplos, sossego vasto, de ótima posição urbana, além da simplicidade, da qual se revestia e nos insinuava do quanto havia de acomodação e beleza interior. Ele já falou, dia desses, sobre ela. – Ficava onde? – Ali, pertinho do Juvenal Lamartine. Bem em frente, mesmo. Soqui na Rua Mossoró. Lá, desde o tempo em que o JL. era campo de futebol e orgulho da praça. E não se chamava Lamartinão. Simplesmente o JL, como sempre foi. – O JL? – Ponto de encontro com atletas, a alta sociedade, a frasqueira, os interessados em esporte e, num tempo mais à frente, dos admiradores de bingo. Lembram-se? Quando os bingos conquistavam a preferência dos natalenses? Menino; era desmantelo! Gente como beia, lápis à mão, marcador com caneta Bic, e pegue esperança. – Bingos? – E outras festividades, como o Juramento a Bandeira pelos novatos do Exército. e local de Educação Física do Atheneu, que jamais teve um lugar pra fazê-la. E algumas outras festividades sociais. – Cê falava no Doutor Dalton. – E falo. Mas a vida dele é extensa. É valiosa. Parente de Dr. Protásio, uma das pouquíssimas pessoas que falava inglês em Natal, no tempo da Guerra, serviu demais pras autoridades, pro Brasil e pros Aliados. Quebrou muito galho. Entrou em divididas. Deu passes que Didi nem sabia se era passe. Tudo que vinha em inglês, ele destrinchava ou era chamado a discutir, Inclusive falar com pessoas de fora. E ele, Dr. Dalton, com aquilo, se entusiasmou, e tratou de aprender inglês, mas já com outros pensamentos. – Quais sejam? – De ir pros Estados Unidos, onde veria o sol mais de perto. Aí chegou a hora. E viu a cor da chita. Conheceu tudo ali. Tommy Dorsey, Harry James. Xavier Cugat, Benin Goodman. Central Park, etc. – Central Park? – E queu só sei isso de Nova Iorque. E, pra mim, o nego dizendo Central Park tá falando por cima. – Mas voltando ao tempo de 1942; ele andou pelo Aero, aqui? – Dalton? Demais, demais. Cara, todo mundo bom, dançava no Aero! Ali era o salão de danças de Natal, que se vira livre dos oferecimentos de quem tinha palacetes e referencia de sala de visitas pra aquelas festas que já se perdiam, no horizonte. E ali, no Aero, se viveu muitos amores, muitos carnavais, alguns bingos, também. Foi lá que Mestre Antídio Azevedo tirou um Land Rover, talvez o primeiro de Natal. – Foi mesmo? – Tou dizendo. Até que o América virou aquela imponência de prédio, aquela beleza de sotaque, aquele império da moda e dos costumes de dança, e diversão, e o Aero se aquietou, foi se encolhendo, e terminou hoje, que ninguém sabe se ainda é o nosso Aero, aquele que Juvenal fez, ou se é um conglomerado de saudade, à espera de resolução para se definir o que se fazer com o patrimônio, muito de nossa família. – Verdade. A POESIA SERVE, SIM PECADOR Um beco na caminhada velha nossa portas sujas sem janelas e lá o chão O JORNAL DE HOJE recebe colaboração pelo correio (Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova - Natal-RN, CEP 59056570), por fax (0xx84 3221-5058) e por email: artigos@jornaldehoje.com.br. Pede-se que os textos sejam concisos e contenham nome completo, endereço e telefone. O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de selecionar e publicar trechos.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Fernanda Souza Juliana Manzano João Ricardo Correia EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos EDITOR DE ESPORTES

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r Gabriel Negreiros EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Terça-feira

Natal, 6 de novembro de 2012

O Jornal de HOJE 3

MP afirma que a Câmara de Natal tem poder para 'punir' Carlos Eduardo PARECER DO PROMOTOR CHRISTIANO BAIA PEDE CASSAÇÃO DA LIMINAR QUE AUTORIZOU CANDIDATURA DO EX-PREFEITO Divulgação

ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

Na semana passada, o prefeito eleito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), assistiu aos desembargadores Vivaldo Pinheiro (relator), Sulamita Pacheco (substituto) e André Medeiros (substituto), do Tribunal de Justiça, rejeitarem os agravos da Câmara e da Prefeitura que tinham como efeito a cassação da liminar que permitiu a candidatura do ex-prefeito. Tratou-se, porém, de uma disputa "secundária", já que o que se discutia era uma liminar. A liminar é a decisão urgente - provisória - do que se pleiteia na Justiça. Mais importante que a liminar é o mérito da ação. E este, no que diz respeito à reprovação das contas do ex-gestor, será julgado nos próximos dias pelo juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública. A novidade é que o Ministério Público se manifestou sobre este assunto. E mais: não foi favorável a Carlos Eduardo Alves. O promotor de Justiça Christiano Baia Fernandes de Araújo, da 33ª Promotoria da Comarca de Natal, emitiu parecer em que pede que o juiz Geraldo Motta rejeite a ação proposta por Carlos que visa anular o ato da Câmara que reprovou suas contas relativas ao exercício financeiro da Prefeitura de Natal do ano de 2008. Segundo o promotor, "o parecer prévio do Tribunal de Contas não vincula, nem delimita o que pode ser objeto de fiscalização pela Câmara Municipal, uma vez que o papel da Corte de Contas, enquanto órgão auxiliar, é subsidiar o papel fiscalizador do Legislativo Municipal, não determina-lo. Assim, tratando-se de julgamento de contas, todo e qualquer fato com relevo financeiro ou orçamentário, ocorrido no exercício, pode ser considerado pela Câmara Municipal". Na prática, tal entendimento legitima o ato da Câmara Municipal de Natal que reprovou as contas do ex-prefeito em março deste ano, com base em supostas irregularidades insanáveis praticadas pelo pedetista no decorrer do ano de 2008, como a venda da conta única do município; o saque de R$ 22 milhões de recursos da Previdência; e a implantação de mais de três mil atos administrativos em período eleitoral proibido por lei. MÉRITO O parecer do Ministério Público, disponibilizado na internet, contesta a defesa de Carlos Eduardo. Em síntese, Carlos Eduardo alega: a) que a Câmara Municipal fez jul-

Juiz Geraldo Motta concedeu liminar suspendendo os efeitos do decreto, mas ainda não julgou o mérito gamento sobre temas a respeito dos promulgará, atendidos os princípios quais o Tribunal de Contas não estabelecidos nesta Constituição, na havia se pronunciado, razão pela Constituição do respectivo Estado qual seria nula sua decisão; b) que, e os seguintes preceitos: XI - organo exame das contas anuais do nização das funções legislativas e Chefe do Executivo, não se apre- fiscalizadoras da Câmara Municipal ciam atos específicos de gestão ou (Art. 29); que "a fiscalização do ordenação de despesa de referida Município será exercida pelo Poder autoridade, sim contas gerais; c) Legislativo Municipal, mediante que não lhe foi controle externo, dada oportunidae pelos sistemas de para apresende controle intertar defesa; d) que no do Poder Exe“Os fatos invocados pela a rejeição de suas cutivo Municipal, Câmara para rejeitar as contas se deu com na forma da lei contas do Chefe do Exedesvio de finali(Art. 31)"; que "o cutivo têm a ver com dade, porque há controle externo animosidade dos da Câmara Muniexecução orçamentária e vereadores contra cipal será exerciemprego de receita em sua pessoa, os do com o auxílio 2008, estando, dentro da quais, ainda sedos Tribunais de competência julgadora do gundo a inicial, teContas dos EstaLegislativo” riam em mira sua dos ou do Municíinelegibilidade; e) pio ou dos Cone que os fatos inselhos ou Tribuvocados para renais de Contas jeição de suas contas não foram ile- dos Municípios, onde houver (§ gítimos, não tendo havido, inclusi- 1º)""; e que "o parecer prévio, emive, aumento de despesa com pessoal tido pelo órgão competente sobre no último ano de sua gestão. as contas que o Prefeito deve anualPara pedir que o juiz Geraldo mente prestar, só deixará de prevaMotta negue o mérito do pedido de lecer por decisão de dois terços dos Carlos Eduardo, o promotor Chris- membros da Câmara Municipal (§ tiano Baia Fernandes de Araújo enu- 2º)". mera uma série de artigos, leis e O promotor cita outros artigos normas constitucionais, além de para reforçar o papel fiscalizador farta jurisprudência, os quais ates- da Câmara Municipal. "A fiscalitam a supremacia absoluta da Câ- zação contábil, financeira, orçamenmara Municipal de Natal no que tária, operacional e patrimonial da concerne o julgamento de contas União e das entidades da adminisdo Executivo, dentre eles que "o tração direta e indireta, quanto à leMunicípio reger-se-á por lei orgâ- galidade, legitimidade, economicinica, votada em dois turnos, com o dade, aplicação das subvenções e interstício mínimo de dez dias, e renúncia de receitas, será exercida aprovada por dois terços dos mem- pelo Congresso Nacional, medianbros da Câmara Municipal, que a te controle externo, e pelo sistema

Heracles Dantas

Carlos Eduardo foi beneficiado por decisão provisória, mas Ministério Público quer cassar a liminar

de controle interno de cada Poder (Art. 70.)". "No caso em exame, os fatos invocados pela Câmara Municipal de Natal para rejeitar as contas do Chefe do Executivo têm a ver com execução orçamentária e emprego de receita em 2008, estando, a um só tempo, dentro da competência julgadora do Legislativo e dentro daquilo que trata a prestação anual de contas. A circunstância de tais fatos não terem sido objeto de apreciação pelo TCE não tem o condão pretendido pelo autor, de impedir que a Câmara Municipal os suscitasse e apreciasse; ao invés disso, a interpretação que se deve dar é que o TCE, em sua independência, os considerou irrelevantes, mas, exatamente porque a função da Corte de Contas é auxiliar e opinativa, a Câmara Municipal tinha o direito de discordar dessa valoração", alinhava o promotor, em seu parecer. O representante do Ministério Público conclui afirmando que "a distinção contas de Governo x atos de gestão não inibe a Câmara Municipal de, no julgamento das contas anuais, punir o Chefe do Executivo pelas irregularidades que entende terem se verificado, tratandose de julgamento político, como acima exposto, assim qualificado porque, no ambiente partidário do Legislativo, onde seus integrantes se posicionam previamente como oposição e situação, sem previsão de participação no ato de substitutos legais em hipóteses de impedimentos ou suspeições, até porque tais institutos não se aplicam ao direito parlamentar, não faz sentido invocar-se desvio de finalidade, como pretende o autor".

Ainda conforme o promotor do 2012. No dia 11, o juiz da 3ª Vara caso, no governo Carlos Eduardo da Fazenda, Geraldo Motta, conceAlves "o orçamento era conduzido deu a liminar deferindo "o pedido de maneira hiperdimensionada, de de tutela para suspender os efeitos forma a, todo final de exercício, o do Decreto Legislativo nº 1078/2012 previsível rombo ser ilegalmente co- expedido pela Câmara Municipal berto com recursos previdenciários do Natal que rejeitou as contas e, no exercício seguinte, o rombo anuais do autor, relativas ao exerprevidenciário ser recomposto com cício de 2008". recursos do EráTal medida rio Municipal, protegeu Carlos cujo orçamento, Eduardo dos efeimais uma vez hitos da Lei da Ficha “O orçamento era conduperdimensionaLimpa, asseguranzido de maneira hiperdido, usaria, mais do o registro da sua mensionada, de forma a, uma vez, ao final candidatura. Essa todo final de exercício, o do ano, esses liminar, porém, foi mesmos recurquestionada no Triprevisível rombo ser ilesos, num círculo bunal de Justiça, galmente coberto com revicioso, fruto da através de dois cursos previdenciários e, falta de vontade agravos (da Câmaser recomposto com repolítica de conra e da Prefeitura), cursos do Erário” duzir o orçamenque foram rejeitato dentro de suas dos na semana pasreais disponibilisada pela 3ª Câmadades". ra Cível, por três "Ante tais circunstâncias", con- votos a zero, do desembargador Viclui indagando o promotor, "como valdo Pinheiro e dos juízes Sulacaracterizar de manifestamente abu- mita Pacheco e André Medeiros. siva a decisão da Câmara MuniciApós ouvir as considerações das pal que rejeitou as contas do exer- partes, o juiz Geraldo Motta abriu cício 2008 pelo uso indevido dos vistas ao Ministério Público, para recursos previdenciários, dentre ou- proferir o parecer sobre a matéria. tras? Parece-me que isso não será O parecer do promotor Christiano possível, não sem o Judiciário cha- Baia Fernandes de Araújo foi expemar para si o direito de valorar os dido no último dia 31 de outubro. fatos apreciados pela Câmara Mu- O processo agora está concluso para nicipal de Natal, o que, entendo, decisão do juiz desde o dia 1º de noviola o princípio da separação de vembro. Poderes preconizado em nossa Como se trata de matéria da Lei Constituição Federal", finaliza. da Ficha Limpa, a expectativa é que o magistrado julgue antes do dia 17 PRAZOS de dezembro, data da diplomação A antecipação de tutela pleitea- dos eleitos em Natal. da por Carlos Eduardo na Justiça foi distribuída no dia 6 de junho de CONTINUA NA PÁGINA 4

Túlio Lemos POLÍTICA - TÚLIO LEMOS INVESTIGAÇÃO O Ministério Público mostrou que procedeu uma investigação minuciosa a respeito das fraudes e desvios na Operação Assepsia. Rastreou conversas e e-mails dos envolvidos, acompanhou o caminho feito pelo dinheiro, com seus respectivos depósitos, transferências e beneficiários. Para isso, precisou até de ajuda internacional. INFLUÊNCIA A investigação revelou também que essas conhecidas 'organizações sociais', não passam de empresas travestidas de filantrópicas para enriquecer alguns em detrimento de assalto ao erário. ATUAÇÃO Registre a atuação da Controladoria da Prefeitura de Natal diante do lamaçal que envolveu o contrato milionário com a Marca e suas filiais. A Controladoria não chancelou de imediato o pagamento de uma conta de R$ 2 milhões da empresa. Avaliou e constatou fraude em mais da metade do valor e só autorizou o pagamento de R$ 900 mil. ESTADO O esquema da Marca chegou ao Governo do Estado. Não foi a toa que o promotor de Mossoró questionou o contrato de R$ 15 milhões da Marca com a gestão Rosalba Ciarlini para gerenciar o Hospital

tuliolemosjh@gmail.com / www.tuliolemos.com.br / twitter: @tuliolemosrn

de Mossoró. Muita grana em tempo recorde e sem licitação; modus operandi semelhante com desfecho diferente. DIFERENÇA Sherloquinho quer saber: "Qual a diferença da influência do marido de Micarla para o marido de Rosalba em suas respectivas gestões?". PARECER O parecer do promotor de Justiça, Christiano Baia Fernandes de Araújo, é totalmente favorável a votação das contas de Carlos Eduardo pela Câmara de Natal. Além de concordar com a competência, o promotor também reforça que os vereadores poderiam realmente ter ignorado o parecer do TCE. Resta saber se o parecer do MP será levado em consideração pelo juiz Geraldo Motta ou simplesmente desprezado. ACERTO O prefeito eleito Carlos Eduardo acertou ao indicar o professor da UFRN, José Dionísio Gomes, para integrar sua equipe de transição, com sinalização que poderá aproveitá-lo no futuro secretariado. Além de ser capacitado, Dionísio representa a UFRN no MARCCO (Movimento Articulado de Combate à Corrupção). ALIANÇA O jornal O Globo traz matéria

em que o senador José Agripino admite aliança política com o PSB de Wilma de Faria e do governador Eduardo Campos para 2014. Para evitar isolamento e conseqüente derrota, o pai de Felipe guarda as mágoas locais, expande o oportunismo e questiona: "Existe algo que nos impeça de conversar com Eduardo Campos? Não.". ARREPIO José Agripino sabe que o nome de Eduardo Campos é o que provoca mais 'arrepio' no Palácio do Planalto. Caso o neto de Arraes deixe a base do Governo Dilma para ser candidato a presidente da República com o apoio de partidos da oposição, o quadro pode complicar para o PT. INDIGNAÇÀO O ex-deputado federal Ney Lopes ficou indignado com a entrevista à imprensa local de Olivier Girad, preposto da CNI, que justificou a exclusão do RN da ferrovia Transnordestina. Segundo Ney, o mais grave é que todos se calam, diante de tamanho desserviço à economia estadual. LUTA O ex-deputado potiguar lutou incansavelmente pela inclusão do RN na malha da ferrovia Transnordestina. Foi o único parlamentar estadual a protestar contra a

CORAGEM O Ministério Público é tão temido por quem não faz a coisa certa e tão corajoso contra os poderosos que o promotor José Augusto Peres foi ao extremo. Cutucou um leão feroz com as unhas e ficou esperando o resultado. Pense num homem corajoso o promotor de Defesa do Consumidor. decisão de Lula e transcreveu à época um estudo técnico de alto nível do professor Marcos Caldas, do núcleo de logística integrada e sistemas, da Universidade Federal Fluminense, graduado em Londres e autoridade mundial em ferrovias, que concluia pela total viabilidade da inclusão do RN no percurso de 355 km e recomendava o

prolongamento da ferrovia, através do Vale do Açu e Mossoró. Ney pediu o apoio da então governadora Wilma de Faria e das federações empresariais para evitar o crime que se praticava contra o RN. Todos preferiram calar e referendar a decisão do então presidente Lula para não se afastarem do poder.

SUGESTÃO O ex-deputado Ney Lopes sugere que se volte a discutir a inclusão do RN na malha ferroviária brasileira, a partir do estudo técnico do professor Marcos Caldas, da UFRJ, e dessa forma desmentir a conclusão da CNI, através de seu preposto, Olivier Girad. "Não se pode calar diante de tamanho despautério"- diz Ney.


Natal, 6 de novembro de 2012

4 O Jornal de HOJE

Política

Terça-feira

CONTINUAÇÃO DA PÁGINA 3 Heracles Dantas

Walter Gomes

Wellington Rocha

DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

O retrato da ignomínia Sabia-se da gravidade, mas não se imaginava que fossem estarrecedores os números da degradação social no Brasil, provocada pelo tráfico de pessoas. Ontem, amparada no mais recente levantamento da Organização das Nações Unidas – os dados nacionais são imprecisos –, a senadora Angela Portela (PT-RR) levou à perplexidade os colegas que ouviram o seu discurso-denúncia. nnn Há no país, informa a ONU, 241 rotas para a prática dessa perversidade – 131 delas são internacionais. Conforme o relatório da entidade, a região Norte concentra o maior número de roteiros: 76. Na sequência: Nordeste (69), Sudeste (35), CentroOeste (33) e 28 no Sul. nnn É bem estruturada a organização dos traficantes. A bandidagem usa equipe “altamente treinada” em tudo que exige eficiência. A partir do recrutamento, tem especialistas em transportar, alojar e explorar as vítimas. Integrante da CPI do Tráfico de Pessoas, a senadora, cearense de Coreaú e há anos radicada em Roraima, explica que os cooptados tanto podem ser explorados sexualmente quanto como mão de obra escrava; e, também, como doadores compulsórios de órgãos vitais na cirurgia de transplante. nnn Para o êxito dessa prática hedionda, há cobertura de agentes da polícia sob proteção de políticos.

Capistrano: “Se julgar pela improcedência até diplomação, pode gerar efeito em 2012”

Advogados divergem sobre efeitos da decisão DÚVIDA RECAI SOBRE SE FICHA LIMPA PASSARIA A VALER IMEDIATAMENTE OU NÃO

Linha do embate

Sumário da ata de uma reunião de astros da social-democracia. Feita a análise da eleição de outubro e a projeção para o pleito de 2014, a cúpula do condomínio tucano deu o tom da pré-campanha para a Presidência da República. nnn O indicado para representar o partido no desafio ao projeto da recandidatura de Dilma Rousseff precisa de destemor, doutrina o baronato do PSDB. Mais: além de intérprete do pensamento da oposição nacional, o ungido terá de apresentar “um discurso incisivo de crítica à fragilidade administrativa do governo”. Nada semelhante ao de 2010. nnn Único pretendente ao Palácio do Planalto que participou do encontro, Aécio Neves ouviu mais do que falou. Ele necessita de um curso intensivo para se adaptar à proposta dos companheiros tucanos. Simpatia tem, mas como orador nem parece que seja o herdeiro político de Doutor Tancredo, o criador da Nova República. nnn Comparação política ao avô é desfavorável ao neto.

Ação de aliados

Resultado imediato do jantar de hoje no Palácio do Planalto. A presidente Dilma Rousseff, com a ajuda de Lula da Silva e o apoio do PT, consolida as candidaturas peemedebistas ao comando das duas casas do Congresso Nacional. Eleição na primeira semana de fevereiro do ano que vem. O alagoano Renan Calheiros (foto) para a presidência do Senado; o potiguar Henrique Eduardo Alves, para a direção da Câmara. nnn Sobre o bis da chapa de 2010 na conquista do Palácio do Planalto, fica combinado que Michel Temer (PMDB-SP) tem a preferência para continuar vice-presidente. A dois anos do confronto eleitoral, qualquer aposta agora tem o carimbo de risco.

LEITURA DINÂMICA t Teori Albino Zavascki t O ministro Guido Man-

recebe, dia 29, a toga de ministro do Supremo Tribunal Federal. t Com a presença da presidente da República e dos nove governadores do Nordeste, o conselho deliberativo da Sudene reúne-se, nesta sexta-feira, em Salvador. t Logo após o término do julgamento da Ação Penal 470 – no vulgo, Mensalão –, o historiador e sociólogo paulista Marco Antonio Villa lança livro sobre o escândalo e os principais personagens-réus. t Até eleger-se presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves vai ser testado na capacidade de digerir o peixe de nome traíra, abundante nos açudes e rios que irrigam fazendas e sítios de deputados contrários ao projeto.

José Delgado: “Qualquer que seja a solução, irá para o Tribunal Superior Eleitoral”

tega trata amanhã, em Brasília, da reforma tributária com os governadores do Sudeste. À mesa, sentar-se-ão Geraldo Alckmin (São Paulo), Sérgio Cabral, filho (Rio de Janeiro), Antonio Anastasia (Minas Gerais) e Renato Casagrande (Espírito Santo). t Dilma Rousseff participa da Cúpula Ibero-Americana, em Cádiz (Espanha). Data: de 16 a 17 deste novembro. t Para refletir: “Somos todos retalhos de uma textura tão disforme e diversa que cada pedaço, a cada momento, faz o seu jogo. E existem tantas diferenças entre nós e nós próprios como entre nós e os outros” (Michel de Montaigne, escritor francês).

Diante da posição do Ministério Público, contrária ao pedido do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves, a expectativa é saber qual deverá ser a posição do juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública, Geraldo Motta: acompanha o MP ou vai contra o órgão ministerial?. Caso acompanhe o promotor, o juiz negará provimento à ação de Carlos Eduardo, validando os efeitos do decreto legislativo que reprovou as contas do ex-prefeito e o tornando ilegível. Caso vá contra o MP e dê razão a Carlos Eduardo, a Câmara será derrotada juridicamente e poderá recorrer ao pleno do Tribunal de Justiça. Para o advogado Wladimir Capistrano, o prazo 17 de dezembro é importante caso a decisão seja a favor da Câmara. "Se o juiz julgar pela improcedência da ação até a diplomação, pode gerar efeito para 2012, se for após, o efeito será para as eleições futuras", afirma. Isso porque, na avaliação do advogado, se a liminar ainda estiver vigente na data da diplomação, a Ficha Limpa não terá efei-

to sobre o prefeito eleito. "O diploma será expedido normalmente e não terá efeito sobre esse mandato conquistado agora". O advogado conclui afirmando achar difícil que a ação seja julgada até a data da diplomação, no dia 17 de dezembro. "Porque não é regra. Esse processo é de 2012 e devem existir na vara processos mais antigos, existem metas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A não ser que haja atenção diferente nesse processo", opinou. O advogado André Castro, contudo, discorda do entendimento de Wladimir Capistrano. Segundo ele, caso venha a cair a liminar da 3ª Vara da Fazenda, terá efeito sobre a condição jurídica do prefeito eleito Carlos Eduardo Alves. "Na verdade, há quem defenda que tem efeito e há quem defenda que não tem. Eu entendo que sim, tem efeito", explica ele. "O recurso contra expedição de diploma pode ser feito até três dias depois da diplomação. Depois disso, existem dúvidas. Eu entendo que a lei da Ficha Limpa é para ter efeito e aplicação a qual-

quer momento. Mas isso não foi enfrentado pela Justiça Eleitoral", diz Castro. Ainda segundo o advogado, hoje em dia há dúvidas se esse efeito seria imediato ou se dependeria de uma ação. "A aplicação da Ficha Limpa não foi apreciada pelos tribunais. Agora, vai ser apreciada pela primeira vez", conclui. EX-MINISTRO Ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), advogado José Augusto Delgado, explica que, qualquer que seja a decisão do juiz da 3ª Vara da Fazenda, desta caberá apelação para o Tribunal de Justiça. "Vai ser julgado o mérito. Do julgamento desse mérito poderá caber apelação. Se a decisão for favorável ao prefeito, tanto o Ministério Público vai poder apelar, que é parte do processo, como também a Câmara. Se for desfavorável ao prefeito, o prefeito também vai poder apelar. Apela-se para o TJ", explicou. Delgado reforça que tudo o que foi julgado até agora sobre o

caso foi em sede de liminar (provisório). "Agora que se vai para o julgamento definitivo". Ministro aposentado do Superior Tribunal de Justiça (STJ), José Delgado explica ainda que a apelação tem efeito devolutivo e suspensivo, o que significa que não haverá execução de imediato. "O prefeito, consequentemente, vai poder ser diplomado. Se, até a posse, não houver nenhum trânsito em julgado, ele está apto a tomar posse. Só não estará apto a tomar posse se houver trânsito em julgado desfavorável a ele", complementou. Além disso, o trânsito em julgado vai refletir no processo eleitoral, avança Delgado, o que significa que se o desfecho for desfavorável ao prefeito eleito, este será considerado ficha suja e terá anulado o registro da sua candidatura. "Essa decisão será pela Justiça Eleitoral, considerando o que foi decidido pela Justiça Estadual", observou, para concluir: "Qualquer que seja a solução, irá para o Tribunal Superior Eleitoral, a não ser que as partes desistam".

> MUTIRÃO DE LIMPEZA

Paulinho Freire apresenta “Operação Limpa Natal” amanhã cedo na Urbana José Aldenir

JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

O vereador Fernando Lucena, do PT, informou na manhã desta terça-feira que o prefeito Paulinho Freire estará amanhã logo cedo na Urbana para anunciar a "Operação Limpa Natal", cujo objetivo é mobilizar 400 homens para um mutirão de limpeza em toda a cidade. O mutirão, segundo Fernando Lucena, terá início no próximo sábado e mobilizará entre 400 e 500 homens. "Essa é a primeira vez que um prefeito de Natal vai a Urbana e reúne-se com garis para pedir o apoio de todos visando iniciar um processo de limpeza pública", ressalta o vereador do PT, que é também presidente do Sindicato dos Garis. Ele diz que o trabalho terá continuidade para que Natal esteja totalmente limpa no final de ano. É uma iniciativa que acontece pela primeira vez na história de Natal e que sirva de exemplo", ressalta Fernando Lucena. Fernando Lucena diz que aprova as medidas que estão sendo implementadas pelo prefeito Paulinho Freire, conclamando todos os políticos, independentemente de partidos, para que se unam em benefício de uma causa que é recuperar Natal e devolver a auto-estima do seu povo. Entre as medidas adota-

Prefeito Paulinho Freire toma atitude inédita de conversar com garis de Natal das pelo prefeito Paulinho Freire estão a diminuição de despesas e a possibilidade de fechamento de alguns órgãos públicos perdulários. O prefeito anunciou também que não gastará dinheiro público com festas de final de ano num momento em que o município enfrenta dificuldades para pagamento de funcionários, fornecedores e serviços essenciais como saúde, por exemplo, não estão sendo oferecidos condignamente à população. TRANSIÇÃO DO GOVERNO A equipe de transição formada por integrantes da administração municipal de Natal, terá um prazo

de 10 dias para entregar o relatório com informações sobre a situação de cada secretaria após exames detalhados de itens como convênios firmados, contratos assinados, débitos com fornecedores e custeio de cada público da atual administração. Segundo o presidente de honra do PV, professor Rivaldo Fernandes, que foi inicialmente indicado coordenador da equipe de transição, mas

cedeu lugar ao procurador-geral do Município, José Wilke, o prazo para entrega do relatório encerra-se no próximo dia 12 e todas as informações serão repassadas ao prefeito Paulinho Freire para que ele tenha um diagnóstico real da situação dos órgãos que integram a administração direta e indireta da Prefeitura de Natal. Segundo ainda Rivaldo Fernandes, a equipe é composta atualmente pelo procurador José Wilke (coordenador), João Bastos (Urbana), Alcedo Borges (Semtas), Caio Vitor (Gabinete Civil) e Jose Lucas (secretaria da Mulher), está incumbida de facilitar todas as informações a serem encaminhadas para o prefeito Paulinho Freire. Concluído o trabalho, haverá uma reunião da equipe de transição com o prefeito de Natal, tendo à frente o coordenador José Wilke, para entrega do relatório, segundo informa Rivaldo Fernandes, um dos auxiliares da prefeita Micarla de Sousa que assumiu vários cargos na administração municipal e é um dos fundadores do PV do Rio Grande do Norte.


Política

Terça-feira

Natal, 6 de novembro de 2012

O Jornal de HOJE 5

Acusados da Assepsia queriam apoio de Henrique para levar esquema a Rosalba NO PLANO DE EXPANSÃO DENTRO DO RN, ORGANIZAÇÃO PRETENDIA ENVOLVER NOMES DO PMDB, ALIADO DO GOVERNO Heracles Dantas

CIRO MARQUES REPÓRTER DE POLÍTICA

A organização de Tufi Soares Meres queria expandir seus negócios para todo o Rio Grande do Norte. Quem afirma é o Ministério Público, por meio da denúncia feita com base em conversas gravadas por e-mail e, até BBM (mensagens trocadas por celulares Blackberry). Em um desses diálogos interceptados, mais precisamente a conversa entre o lobista Cláudio Varela e Vicente Salek, sócio da empresa MEDSMART, é possível constatar que o grupo, pelo menos, pretendia envolver mais pessoas no esquema. O deputado federal Henrique Eduardo Alves; o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho; o senador Garibaldi Alves, todos do PMDB, mais o senador Paulo Davim, do PV, seriam os alvos em potencial. "Em comunicação ainda mais espantosa, ilustrativa da sociedade entre Tufi Soares Meres e Vicente Salek, o lobista Cláudio Varela tenta convencer Vicente Salek para que a organização de Tufi Soares Meres expanda seus negócios no Rio Grande do Norte", coloca o Ministério Público, em seguida, transcrevendo o diálogo entre Cláudio Varela e Vicente Salek (abaixo). Nesse diálogo, Cláudio Varella se diz próximo de Henrique e afirma que ele poderia ajudar nos planos da organização. Há de se ressaltar, porém, que esse diálogo por si só não confirma uma eventual participação do deputado. Nem mesmo, que ele esteve reunido com o lobista para conversar. Se na conversa não é possível constatar que e Cláudio Varella esteve com Henrique, em um e-mail enviado por Tufi Meres (o empresário apontado pelo MP como um dos lideres da organização crimino-

LOBISTA QUERIA PMDB NO ESQUEMA Cláudio Varella: Bom dia! E o seguinte: Nosso amigo ai havia pedido para marcar com o dep. para vor falar com ele, apesar de eu ter estado com o marido da prefeita que se prontificou a resolver ou tentar o problema da OS aqui no estado, que agora ta no supremo. Ok Vicente Salek: Ok, eu aviso ele. Ele ta muito atarefado.

Segundo lobista Cláudio Varella, Henrique teria dito que vai ser presidente da Câmara e estava sendo monitorado 24 horas por dia sa) para Vicente Salek e Monique Monteiro, é revelado o contato com Henrique Alves. "Estive com Henrique Eduardo Alves e já falamos sobre a Gestão do Hospital Est Com a prorrogação dos contratos, vamos falar sobre a participação dos nucleos em todas as unidades, mas falo pessoalmente com vc. Fale um pouco com Alexandre que já coloquei à par, e me falou que ficou muito satisfeito com esta nova interlocução". É importante ressaltar que não é de hoje que o contrato entre a Associação Marca e o Governo do Estado (de duração de seis meses e valor de R$ 15 milhões) é questionado pelo Ministério Público. Antes da Operação Assepsia, inclusive, o promotor Flávio Côrte já havia apontado a existência de um "jogo

de cartas marcadas" na contratação da OS para gerir o Hospital da Mulher. Isso porque, segundo o Ministério Público, antes mesmo de gerir a unidade médica em Mossoró, a Marca já havia sido contatada pelo Governo do Estado e, até, havia alugado um prédio onde poderia funcionar administrativamente a organização. Esse contato, também, foi anterior a decretação de contratação emergencial de uma OS para gerir a unidade médica, feita pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). O contrato, que tem, na visão do MP, irregularidades, teria sido assinado pelo médico Domício Arruda, então secretário da Sesap com o aval da procuradoria-geral do Estado e da própria governa-

dora Rosalba Ciarlini. Inclusive, em entrevista concedida nesta terça-feira a O Jornal de Hoje, Domício afirmou que "fui citado ainda na primeira denúncia, porque era o secretário da época quando o contrato foi feito, mas eu já prestei meus esclarecimentos espontaneamente sobre o caso", relembrou. Antes, porém, Domício Arruda já tinha afirmado que todas as reuniões com a Marca teria tido a presença do procurador, Miguel Josino, e também da governadora Rosalba Ciarlini. Por isso, não haveria nada que ele soubesse que a gestora e o procurador também não soubessem ou concordassem. Consequentemente, essas irregularidades apontas pelo MP também seriam do conhecimento dos dois.

Liminar seria vendida por R$ 600 mil no TJ Cerca de R$ 600 mil para conseguir uma liminar que garantiria o esquema funcionando por mais alguns meses. Esse foi um dos assuntos tratados nas conversas interceptadas pelo MP do grupo que comandava as organizações sociais contratadas pela Prefeitura

de Natal. O diálogo, neste caso, foi feito entre Rosi Bravo, que administrava a Marca na cidade; Anna Karinna (mulher do procurador Alexandre Magno) e Tuffi Meres. Nela, Anna Karina afirma que o desembargador, que não teve o nome revelado, pedia 2% de R$

30 milhões, ou seja, R$ 600 mil, dividido em duas parcelas de R$ 300 mil. A primeira deveria ser paga logo para garantir a liminar. Contudo, o esquema acabou não sendo continuado, visto que a organização se recusou a pagar porque achou muito alto o valor pe-

dido pelo desembargador. E mais: o procurador acabou conseguindo na Justiça, mesmo sem comprar a liminar, que o contrato continuasse por mais um período. "Maravilha. E de graça" comemora Tufi Meres a conquista judicial.

Anna Karinna: Me disse 30 milhões 2% - 1 agora e um daqui a 6 a 8 meses Anna Karinna: Posso detalhar a conversa toda depois. Rosi Bravo: Entendi Anna Karinna: O que eu faço? Rosi Bravo: Qual a garanti dele? Anna Karinna: So acerta com o pro resolvido Rosi Bravo: So 1 min Anna Karinna: Ok Rosi Bravo: É promotor ou desembargador?

Anna Karinna: Pergunta que eu preferia responder pessoalmente. Des. Rosi Bravo: Pela conversa q tive com Alexandre ontem, ele disse q tdo está certo pra 6 meses so e nova chamada! O q ele fez foi propor q se Bruno Macedo não conseguir reverter, o desembargador caça a desicao atraves de liminar, mas o custo é mt alto! Marest: Também acho, e não e assunto para este canal (...) Rosi Bravo: A promotora do MP fez de tudo para q fosse feito novo contrato emergencial de ate 6 meses, no entanto o juiz acatou q fosse feito renovacao por 12 apos mt discussao sobre o conselho de administracao e o Decreto q regulamentará a lei atual.

Merest: Maraviha. E de Graça... Rosi Bravo: O procurador fez uma boa conducao na preocupacao em romper os trabalhos q estao dando certo e questionou mt a promotora no sentido de: se a Marca faz bem o serviço, p q outra? (...) Merest: Vc viu quanto Alexandre queria levar? Rosi Bravo: Eu disse a ele q nao havia como e q iriamos correr o risco! O desembargador nao tem nocao de números. Dr, só pra efeito de conhecimento do Sr: segundo Thobias (procurador da SMS e filho de Wellington), a SMS vem recebendo visitas de OS! Ja passaram por la umas 5 a 6, e (o q me surpreendeu) o pai dele q tem levado!

Marido da prefeita atuou para liberar pagamentos As lideranças do PMDB no Rio Grande do Norte, porém, não são as únicas novidades citadas nos diálogos da organização interceptados pelo Ministério Público. Miguel Webber, companheiro da prefeita afastada Micarla de Sousa, do PV. Ele, diferente de Henrique Eduardo Alves, aparece efetivamente conversando com Tufi Meres. O diálogo teria sido via BBM, logo após conversarem no estacionamento de um restaurante em Natal. "Segue lembrete: Em 30.01 R$ 2.435m, 30.01 R$ 2.435m e 23.02 R$ 2.435m e hoje +ou- 2.4. +9% de reajuste. Mais 3.2 na sexta. Contabilize", envia Miguel Webber. Em outro momento, afirma: "Acabou de chegar ao Gabinete da Prefeita recomendação do MP para cancelamento de contrato. Nem sei se voce já sabe. Mas me senti na obrigação de avisar. Apesar de ter tido o silencia como respostas há

Wellington Rocha

Miguel Webber trocou mensagens com suposto líder da organização, Tufi Meres um bom tempo". Merest, que seria o Tufi Meres, responde dizendo que "o silencio e bom companheiro... Já falamos o que tinhamos pra falar ate entao e estou seguindo sua recomendação: contabilizando! Quanto ao MP, havia

sugerido a renovação! Rosi ta ai e ira ver pessoalmente". Mas Miguel Webber, novamente, sugere: "Mas não eh hora de brigar com o MP. Melhor eh atender". Merest então afirma que a decisão é deles (Miguel) e da Rosi.

Claudio Varella: Resumindo: 2 senadores, 1 ministro e 1 deputado. Ainda tenho dep. Paulo Wagner primeiro mandato que me procurou para lhe dar uma consultoria. Paulo Wagner e pessoa de Micarla. Vicente Salek: Ok. Claudio Varella: Voce tem que ter muito cuidado para não feri-lo. De ante mao, Henrique não falou nada, pois nem sabe sou eu que estou traduzindo a preocupacao dele diante o que me recomendou. Vicente Salek: Ok pode deixar. Claudio Varella: Poideria ir ai no RIo ou em Brasilia e falariamos pessoalmente, me davam imcubencia e eu trataria. Vicente Salek: Entendi. Claudio Varella: O importante sao os resultados e eu buscaria de forma sutil. Vicente Salek: OK

DIALOGO SOBRE VENDA DE LIMINAR Anna Karinna: Mas eh o seguinte. Ele sondou o contrato. Rosi Bravo: Sim

Claudio Varella: O dep chegou quarta da viagem e ja foi para alguns compromissos no interior e na segunda - dia que Tuffi quer vir - vai no Rio mais muito rapido numa audiencia. O fato é mais profundo e gostaria com sua sensatez que você me ajudasse a montar uma estrategia junto a Tuffi, se é que ele vai aceitar. Conversando com o dep, acertei que iria para Brasilia colar com ele para facilitar algumas coisas que vou resolver e foi ai que ele disse-me direto olhando nos meus olhos: por favor, serei o presidente da camara e estou sendo vigiado 24hs não posso fazer contatos que possam me prejudicar. Confio em voces mas quero que me preservem. Pedira a assessoria que os assuntos encaminhados passem por uma pesquisa antes de sentar com a pessoa. Fiz isso e vi que tem muita coisa na internet, queria montar uma estrategia com você para tratarmos dos assuntos sobre a empresa de forma diferente - eu poderia ser o elo de acordo com cada situação. Estadia entre o Rio e Brasília e dentro das prioridades e solicitações conduziria cada caso. Não sei se entendeu. Mas nosso amigo em Brasilia é o homem mais forte do congresso e ta tentando se proteger para a presidencia da camara. Eu terei la: ele, o ministro, o pai do ministro que e senador, e o senador que substituiu o ministro que é médico. Vicente Salek: Ok vou falar com ele sobre este assunto.

Em outro diálogo, Miguel Webber conversa com Tuffi, e demonstra ter participação na gerência das Ames. "Amigo, não sei qual o critério que esta sendo usado para demitir algumas pessoas das AMEs, mas gostaria que pudéssemos participar desse processo. por exemplo, na AME de Brasília Teimosa, há uma enfermeira que eh importantíssima para a gente. Já avisaram que ela não deve se apresentar amanhã". Depois, Miguel Webber dá o nome da enfermeira e afirma: "Inclusive eu preciso de mais uma vaga de enfermeira e dentista". Além disso, Miguel Weber também revela ter influência direta na liberação de pagamentos na gestão municipal. Em mensagem, Tufi diz que precisa de ajuda para receber pagamento e o marido da prefeita afirma que vai acionar Assis. "Mandei Assis na control. Acho que conseguimos liberar hj", diz Weber.

Claudio Varella: Melhor para todos. Esse dep ta com força total. Falou que Lula volta em 2014 com PMDB e PT. Vicente Salek: Opa isso e bom Cluaido Varella: Aguardo. Devo ir na outr semana para Brasilia, ai ficaria tudo mais fácil-qualquer estad e mesmo RN. Estarei juntinho ao ministro e o dep. Vicente Salek: Ok Claudio Varella: Abcs. Conto com a sua sapiencia na conducao do assunto, muito delicado. O importante sera preservamos todos. Você sabe do que falo, ele tambem. A questao e confiar em mim. Ate agora estou intocavel, terei acesso com transito total sem qualquer cerimoniatenho esse privilegio. Ando com o dep e ministro, fico la sem qualquer problema. São meus amigos e confiam em mim. 30 anos de amizade e discricao. Ok fico no aguardo. Vicente Salek: Ok. Claudio Varella: So para você ter uma ideia, ele não recebe empresario la no gab da lideranca do PMDB onde fica, pois a PF pega as fitas pra examinar quem entrou, e assim, todo mundo querendo colocar situacoes, pra poder criar noticias. Não ew facil! Sao 11 mandatos sem qualquer processo. 44 anos direto no congresso. Vicente Salek: ta certo. Claudio Varella: Se ele confiar em mim poderemos fazer um bom trabalho. Estando em Brasilia fica tudo mais facil. O secretario de saude do estado/RN e tio da esposa dele Henrique-tenho acesso a ele, e ele sabe da minha amizade com a família. Tenho um cunhado que e primo ligitmo de Henrique e Garibaldi. Foi quem montou a TV cabugi - concessao da Globo. Bom ! Era isso. Agora vai depender de como Tuffi vera tudo. Vicente Salek: Ok Claudio Varella: Qual lado do binoculo: perto ou longe rsrsrs. Vicente Salek: rsrs


6 O Jornal de HOJE

Natal, 6 de novembro de 2012

Cidade

Terça-feira

Sinmed decide suspender atividades médicas por dois dias, mas poucos aderem ao movimento ATRASO NO PAGAMENTO DOS SALÁRIOS MOTIVOU DECISÃO DE FECHAR AMBULATÓRIOS E REDUZIR ATENDIMENTOS DE URGÊNCIA Fotos: Wellington Rocha

GÉSSICA RIBEIRO GESSICAJORNALISTA.UFRN@GMAIL.COM

Com os salários do mês de outubro atrasados, os médicos do município de Natal decidiram realizar uma paralisação de advertência hoje e amanhã, em todas as Unidades de Saúde, hospitais e ambulatórios da cidade. A intenção é fechar os ambulatórios e reduzir os atendimentos de urgência em 30%. O que culminou a decisão foi o atraso no pagamento dos salários referentes ao mês de outubro, que até agora não foram efetuados. Além disso, a categoria reivindica o pagamento do terço de férias e o pagamento da primeira parcela do décimo terceiro salário. De acordo com o presidente do Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte (Sinmed/RN), Geraldo Ferreira, a categoria vem há meses enfrentando problemas causados por uma má administração da Prefeitura e afirma que é hora de tomarem uma decisão mais radical para garantir seus direitos. "Estamos há mais de um ano sofrendo com o descaso da Prefeitura para com a Saúde no município de Natal. Começou com a lei que a Prefeitura estabeleceu determinando que o 13º salário seria pago no mês de aniversário dos servidores e, posteriormente não cumpriu, atrasando o pagamento desse benefício. Também tem a questão do terço de férias que, ao longo do ano, a Prefeitura não pagou e agora,

Apesar da decisão de paralisação, unidades como o Sandra Celeste funcionaram normalmente como presente de final do ano, está atrasando o salário. É uma injustiça para com os médicos do Município e, por isso, decidimos paralisar as atividades, chamando a atenção dos gestores para que cumpram com os nossos direitos. Caso eles não o façam, será preciso tomar a decisão séria de deflagrar a greve, defasando ainda mais o setor de saúde no Município", disse Geraldo Ferreira. Apesar da decisão de paralisar as atividades ter sido tomada em assembléia junto ao Sinmed/RN, até o momento a adesão

foi pequena e, em algumas unidades de saúde, o atendimento funcionou em total normalidade. No Hospital Municipal Dra. Sandra Celeste, referência em pronto-atendimento de pediatria, o movimento hoje estava sendo realizado com todo o efetivo trabalhando e nenhum setor estava fechado. De acordo com a diretora do hospital, Telma Lúcia de Araújo, os médicos da unidade não irão aderir ao movimento e apesar das reivindicações, o atendimento permanecerá normalizado. "Não fomos informados diretamente

Segundo Telma, falta água mineral na unidade e alimentação tem sido feita com água da torneira fervida

sobre a paralisação. Eu soube porque li no jornal, e até agora, nenhum médico por aqui informou que pretende deixar de trabalhar. Hoje está tudo funcionando bem. Todos os médicos da escala estão presentes, apesar de reclamarem do salário atrasado. Na medida do possível, os pacientes estão sendo atendidos. Apesar dos problemas que enfrentamos, como falta de pagamento, equipamentos quebrados, falta de manutenção e até mesmo a falta condições básicas de trabalho. Água mineral, por exemplo, está faltando há uma se-

mana e a Prefeitura ainda não reabasteceu. Por isso, estamos fervendo água da torneira todos os dias para fazer a comida e o mingau das crianças internadas. Permanecemos aqui, fazendo o nosso trabalho. Mas esperamos que a Prefeitura resolva essa situação caótica na saúde do Município e cumpra com suas obrigações administrativas", afirmou Telma Lúcia de Araújo. A Prefeitura de Natal afirmou que o pagamento seria feito nesta segunda-feira (5), e como não foi efetuado, o sindicato deu um prazo

até a próxima quarta-feira (7) para que a Prefeitura deposite os atrasados. Caso isso não seja feito, os médicos do município poderão deflagrar mais uma greve ainda este mês. Hoje pela manhã, o Sinmed/RN enviou um ofício notificando a Secretaria Municipal de Saúde sobre a paralisação de advertência, solicitando mais uma audiência para discutir as pendências relacionadas aos médicos. O setor jurídico do Sindicato também deverá entrar com ações para garantir o pagamento do terço de férias do ano de 2012.

> INSEGURANÇA

Escola da Zona Norte sofre mais um arrombamento Na madrugada de domingo para esta segunda-feira, a Escola Municipal Professora Vera Lúcia Soares Barros sofreu o terceiro arrombamento em menos de um ano. Desta vez, os ladrões levaram 10 kg de carne de charque, a mesma quantidade de carne moída, uma TV de LCD e um computador completo da sala de apoio pedagógico para os alunos com necessidades especiais. A escola conta com dois vigias diurnos e um noturno. Nenhum deles usa armas de fogo. Segundo a direção da escola, após o primeiro roubo, ocorrido no segundo semestre de 2011, foi registrado um Boletim de Ocorrência (BO), mas nem por isso houve reforço na segurança. O fato também foi comunicado à Secretaria Municipal de Educação (SME). Todavia, o órgão da Prefeitura desconhece esse registro. Da segunda vez, quando aconteceu no mês passado, nem foi feito Boletim de Ocorrência nem foi comunicado à Secretaria. "Sinceramente, nem tomamos essas medidas porque da

Canindé Santos

E.M.Prof. Vera Lúcia Soares Barros já sofreu três arrombamentos em menos de um ano. O mais recente foi nesta segunda-feira outra vez foi feito ouvido de mercador ao caso" revela o diretor da escola, Wagner Domingos. Em relação ao recente ar-

rombamento, a vice-diretora da escola, Aparecida Confessor de Lima, acrescentou que os ladrões quebraram a parte de

acrílico da porta sala de aula do apoio pedagógico e abriram a passagem pela parte de dentro da sala. O professor Josenil-

do Pereira da Silva lastima as perdas porque no computador que foi roubado estavam as fichas com os registros de evoluções clínico-pedagógica dos 28 alunos com necessidades especiais que são atendidos na escola. Para ele "é um trabalho que vai ter que ser retomado do zero junto a maior parte dos alunos, já que só tinha sido feito o back up da ficha de oito alunos", diz o docente. Na cozinha, a vice-diretora conta que como a porta já havia sido substituída por uma peça feita inteiramente com madeira e dispunha de uma fechadura de segurança do tipo tetra, os ladrões arrobaram a janela para entrarem no espaço. Para ter acesso à despensa, eles violaram o ferrolho com o cadeado ainda fechado. Ainda na cozinha, os invasores defecaram no chão. Embora o Parque dos Coqueiros tenha um histórico de violência já conhecido, o secretário adjunto administrativo de Educação do Municí-

pio, Marcos Cleber Alves, disse que como não havia sido notificado antes sobre os casos de violência contra a Escola Municipal Vera Lúcia Soares, "não teve como pensar em alternativas de segurança. Até porque segurança é uma questão a ser tratada pelo Estado", esclareceu ele. Para Marcos, fica difícil de pedir reforço para a Polícia Militar, que já enfrenta redução no contingente, diante de uma única ocorrência comunicada (no caso a de domingo). No entanto, os diretores da escola informaram que a Secretaria prometeu instalar sistema de alarme no prédio. A assessoria da Secretaria Municipal de Educação informou também que o secretário, Walter Fonseca, vai apresentar um plano emergencial para o prefeito em exercício, Paulinho Freire, em reunião ainda a ser marcada. A Escola Municipal Professora Vera Lúcia Soares Barros atende atualmente 700 alunos do Ensino Fundamental, sendo que destes, 250 alunos passam o período integral na escola.

> CRUZEX 2012

Exercício de guerra aérea simulada acontece em Natal A Base Aérea de Natal recebe de hoje até o próximo dia 16 de novembro a CRUZEX C2 2012. O evento reúne cerca de 300 militares, com patentes que vão de Soldados até o Major-Brigadeiro, de 13 nacionalidades diferentes. Doze deles participam ativamente; como Argentina, Chile, Peru, Venezuela, Equador, França, Estados Unidos, Canadá, Suécia, Uruguai e Reino Unido. Portugal está participando dessa edição, como observador. A CRUZEX é o maior exercício de guerra aérea simulada da América Latina e está em sua 6ª edição, e este ano, com um diferencial, pois o exercício não será feito com aviões, como de costume. Esta edição difere das anteriores por se trata de um treinamento de planejamento, e não de execução em uma guerra, pois irá treinar os Comandantes nas tomadas de decisão necessárias em situações de conflito. No exercício de guerra simulada, países fictícios estarão em guerra, o país Vermelho, invadirá o país Amarelo e o país Azul irá intervir com uma coalizão, a partir daí, os militares terão que coordenar e pla-

nejar missões para combater o inimigo. Todas as atividades serão conduzidas de acordo com procedimentos adotados pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). Será uma guerra virtual, tudo será feito na tela do computador, já que este ano nenhum avião virá para o treinamento em Natal. A Base Aérea de Natal será uma arena de combate com tudo o que uma guerra envolve, como aviões de combate, cercos, refugiados e até ameaça nuclear. De acordo com o Tenente Coronel Aloísio Secchin, da Força Aérea Brasileira, a atividade é fundamental para integrar os militares sobre como devem trabalhar em caso de conflitos, embora o Brasil não seja um país que se envolva em guerras. "Esse é um verdadeiro treinamento para que os nossos oficiais e gerentes da Força tenham conhecimento pra dirigi-la em caso de conflitos. No Brasil nossa filosofia é apenas de defender nosso território, não é expansionista, por isso não enfrentamos conflitos com outros países, e mesmo não existindo conflitos, precisamos nos pre-

parar até mesmo para que se um dia for necessário, ajudarmos países aliados em uma guerra. Pra que nós não tenhamos guerra temos que estar preparados para defender nosso território", afirmou. Das seis edições da Cruzex, quatro foram realizadas em Natal, nos anos de 2004, 2008 e 2010, e agora em 2012. De acordo com o Tenente Coronel Aloísio Secchin, da Força Aérea Brasileira, a escolha repetida pela capital potiguar para sediar o treinamento se deve ao fato da cidade dispor de diversos fatores positivos. "O cenário aqui em Natal é muito propenso à eventos desse porte, além da grande infraestrutura hoteleira, a base tem uma excelente estrutura. Além disso o clima é muito favorável no período em que realizamos a Cruzex, que geralmente é novembro. A cidade é ótima e um fator importantíssimo é o baixo volume de tráfego aéreo, que possibilita maior quantidade e segurança em exercícios nos voos que geralmente fazemos", disse Secchin. A próxima edição da CRUZEX será realizada de forma "ativa", com exercícios de treinamento dos

pilotos em aviões de caça, seguindo o modelo de exercícios de guerra realizados em outros países. Na edição atual, o treinamento é baseado em conflitos recentes como os que aconteceram no Oriente Médio e Líbia, com a participação dos EUA. Com um recorde de participação, com os 13 países, a CRUZEX C2 proporciona aos militares trocas significativas de conhecimentos e experiências, pois há países que já estiveram em guerras e há os que nunca participaram. Para o Tenente da Força Aérea Argentina, Daniel Gimenez, o treinamento lado a lado com países que já vivenciaram a guerra poderá trazer novas perspectivas e formas de conduzir a forma militar em outros países. "Temos 18 oficiais e suboficiais da Argentina participando desse treinamento, e essa integração é muito bonita. Ao longo dos anos já estivemos em vários exercícios de guerra e agora, com a participação de tantos países, podemos conhecer como cada base trabalha, podemos trocar conceitos e opiniões e aprender muito com os países que já participaram ativamente de uma guerra. Essa

Wellington Rocha

Tenente Coronel Aloísio Secchin explica a importância do treinamento para o Brasil união de países pode gerar uma força militar muito importante para cada país, que saíra daqui repleto

de novos conhecimentos e perspectivas", disse o tenente argentino Daniel Gimenez.


Cidade

Terça-feira

Natal, 6 de novembro de 2012

O Jornal de HOJE 7

Canindé Soares

Lama e buraqueira atrapalha o intenso movimento de veículos na rua que também conta com o tráfego de ônibus

Alcineide mora no local há 18 anos e por conta dos problemas da rua, foi ‘obrigada’ a fechar o comércio que mantinha

Rua do Brasil Novo permanece como 'ilha' mesmo fora do período de chuvas MORADORES

RECLAMAM DA OBSTRUÇÃO DE BUEIROS E DE ÁGUA EMPOÇADA NA ESQUINA DA RUA

VINÍCIUS SILVA FSVINICIUS@HOTMAIL.COM

Não é período de chuvas, nem nenhuma novidade ter buracos nas ruas de Natal. Mas o que tem acontecido no cruzamento da rua Açude Flecha com a avenida Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, no Brasil Novo, é atípico. Lá alguns moradores estão ilhados mesmo no período da estiagem. Acontece que os bueiros deste cruzamento estão obstruídos e a água servida da rua está empoçada na esquina. O que por si só já é uma ameaça à saudade da população, piora à medida que os carros e ônibus passam e jogam a água para dentro das casas. Como o problema já se arrasta há mais de dois meses, alguns moradores já decidiram mudar do local. Quem não teve a mesma sorte, tem que ficar e amargar as consequências. Esse é o caso de Alcineide Dantas. "Infelizmente moro aqui há 18 anos, mas a situação como está agora, nunca tinha visto", admite ela. A moradora tem acumulado uma série de problemas. O primeiro deles foi o fechamento do seu pequeno co-

mércio de rações de animais. O negócio começou a "afundar na lama", desde quando o cruzamento das ruas passou a impossibilitar o acesso dos clientes. Diga-se de passagem, essa era a única fonte de renda da sua pequena família constituída por ela, um irmão e uma cunhada. Há 20 dias, ela adoeceu e sente muitas náuseas e dores de cabeça, ocasionadas pelo mau cheiro da rua. Como se não bastasse, ela diz que não consegue dormir de noite porque os carros atolam com frequência nos buracos e isso provoca barulho de freadas ou da lataria sofrendo pancadas. Para piorar ainda mais, Alcineide Dantas tem acumulado desavenças com os vizinhos por que alguns deles insistem em lavar carros nas calçadas ou jogar para a rua a água servida. O resultado é o mesmo, acúmulo de lama de frente a sua casa, que fica na parte mais baixa da rua. "Nesses anos todos nunca tive problema com nenhum vizinho meu. Mas agora por causa disso, perdi a minha paciência em explicar para cada um deles que o resultado do acúmulo de todos vem parar

Moradores contam que o problema piora quando os carros passam e jogam a lama para dentro das casas

AÇUDE FLECHA

na minha porta". Quem já se conscientizou sobre o assunto foi Jonnisson Barbosa de Lima, que estava lavando sua caminhonete na manhã desta terça-feira, na parte de barro da rua, para evitar entrar em conflito com a vizinha. Até porque, de um lado da poça de lama está a casa de Alcineide, do outro, uma escola mantida pela esposa de Jonnisson. Mas o trecho demanda cuidados não só de vizinhos, mas de autoridades competentes. Procurada, a Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura da Prefeitura (Semopi), disse que já tem a ciência do problema, mas segundo os técnicos do órgão, o problema de drenagem deve ser feito pela Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern). Por sua vez, a Companhia informou que enviará uma equipe ao local nesta tarde e que, em seguida, responderá a O Jornal de Hoje, esclarecendo se o problema é da alçada do Município ou da empresa. Caso seja da empresa, a Caern também informará o procedimento a ser seguido. O fechamento desta edição ocorreu por volta das 13h.

> PROTESTO

Juízes Federais e do Trabalho decidem boicotar a Semana Nacional de Conciliação a partir de amanhã A Semana Nacional de Conciliação está prevista para iniciar a partir desta quarta-feira (7). No entanto, juízes federais e trabalhistas insatisfeitos com os próprios salários prometem boicotar as atividades na quarta-feira e quintafeira (8), comprometendo a realização da Semana de Conciliação. O Tribunal Regional do Trabalho programou mais de 2,5 mil audiências de conciliação para o período. A medida é resultado da insatisfação com a proposta de 15,8% em três anos, incluída no Orçamento Geral da União. O movimento é liderado pelas duas maiores entidades de classe das categorias, a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e a Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra). A decisão pela não participação na Semana da Conciliação foi unânime entre os magistrados da Justiça do Trabalho, que se mostram indignados com o descumprimento da Constituição Federal no que se refere às garantias do Poder Judiciário, especialmente no que diz respeito ao dever de recomposição do valor dos subsídios. Diferente dos 15 estados brasileiros que optaram pela greve durante os dois dias, o RN optou apenas pela não participação na Semana da Conciliação. "Nossa decisão de não participar da Semana da Conciliação tem como objetivo mostrar que os juízes do Trabalho estão muito insatisfeitos com a situação de absoluto desrespeito ao Poder Judiciário. Os juízes também têm direitos e precisam ser ouvidos, como todo cidadão brasileiro",

José Aldenir

Juíza Rita Manzarra explica que audiências serão realizadas, mas ocorrendo o acordo, o juiz só homologará após o dia 14 disse a presidente da Associação dos Magistrados do Trabalho da 21ª Região (Amatra 21), juíza Maria Rita Manzarra. A magistrada explica que as audiências agendadas serão realizadas, mas que, em ocorrendo o acordo entre as partes, o juiz só irá homologar o acordo a partir do dia 14, quando se encerra a Semana Nacional de Conciliação. A ideia é que os acordos não entrem nas estatísticas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). "Nossa intenção é atingir o CNJ e não a população, tanto que as audiências serão realizadas. Os juízes ou já

homologaram os acordos ou farão posterior ao dia 14, de modo que o CNJ não contabilize nenhum acordo na Semana de Conciliação", afirmou a juíza Maria Rita Manzarra. As duas entidades, que representam cerca de cinco mil juízes, ainda não sabem qual será a taxa de adesão nem os efeitos da greve para a sociedade. "Mas, ressaltamos que haverá magistrados de plantão para emergências e que todas as audiências agendadas para o período da paralisação serão remarcadas", informa a assessoria da Ajufe.

Embora recebam salário entre os mais altos no funcionalismo público, quase R$ 22 mil em início de carreira, os juízes da União não concordam com a corrosão dos vencimentos nos últimos anos devido à inflação. Eles argumentam que, embora a Constituição preveja revisão anual dos subsídios, houve apenas um reajuste de 9% desde 2005. A categoria não concordou com o percentual oferecido pelo Executivo aos servidores federais em agosto deste ano, de 15,8% até 2015, e pede readequação para 28,86% apenas em relação às perdas dos anos anteriores.

Caberá ao Congresso Nacional bater o martelo sobre a taxa final de reajuste e, por isso, as entidades prometem procurar parlamentares durante a paralisação para negociar um novo patamar salarial. Os magistrados também querem negociar a atualização dos salários de acordo com o tempo de serviço. A juíza Maria Rita Manzarra, que está em Brasília, conta que tramitam no Congresso Nacional três projetos de lei que, somados, garante o reajuste de pouco mais 28%. "Caso não sejamos atendidos, faremos uma nova assembléia que poderá desencadear numa greve nacional da categoria", afirmou a magistrada. SEMANA DE CONCILIAÇÃO A Semana Nacional de Conciliação é uma campanha do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), realizada anualmente, e que este ano acontece de 7 a 14 de novembro. A Semana envolve todos os tribunais brasileiros, os quais selecionam os processos que tenham possibilidade de acordo e intimam as partes envolvidas para solucionarem o conflito. A medida faz parte da meta de reduzir o grande estoque de processos na Justiça brasileira. Em 2011 foram realizados, no Rio Grande do Norte, durante a Semana Nacional de Conciliação, 6.705 acordos e uma movimentação financeira de R$ 15.796.380,46. A expectativa para 2012 é que esses números sejam superados. A edição deste ano traz várias novidades. A primeira delas é a parceria entre o Tribunal de Justiça do RN, Tribunal Regional do

Trabalho 21ª região e Justiça Federal vão trabalhar juntas para realizar o maior número de audiências possíveis, além de incentivar a política de conciliação. Cada instituição ficou responsável para definir as suas pautas de audiência. O Tribunal de Justiça, por exemplo, agendou 1,4 mil audiências só em Natal, além dos processos do interior do Estado. O Tribunal Regional do Trabalho programou mais de 2,5 mil audiências de conciliação para o período. Na Justiça Federal, as audiências de conciliação ficarão a critério de cada Vara. No âmbito do Tribunal de Justiça, as audiências foram divididas de acordo com os tipos de processos e/ou empresas. No dia 7 estão marcados os processos de família, na quinta-feira (8) será a vez das bancas com o Banco Bradesco e audiências agendadas através do telefone da conciliação (0800 284 64 74). Ainda no primeiro dia da SNC serão realizados 100 casamentos comunitários. Outros 50 estão agendados para o dia 14. Na sexta-feira (9) estão agendadas as audiências com o Banco do Brasil e a Cosern. No dia 12 estão agendados os processos que tramitam no TJRN (Conciliação de 2º grau) com as empresas: OI, VIVO, IBI e Grupo Itaú. Na terçafeira (13) são as bancas de audiências do Santander/Itaú/Unibanco e audiências do 10ª juizado. No último (14)estão agendadas as audiências da Claro. Todos os dias haverá plantão judiciário que fará divórcios, separação judicial, registros de nascimento e óbito fora do prazo ou retificação de nome.


8 O Jornal de HOJE

Natal, 6 de novembro de 2012

Economia

Terça-feira Fotos: Heracles Dantas

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

marcossa@jornaldehoje.com.br

Desde ontem, potencial energético do RN está em discussão na Assembleia Legislativa n Desde a manhã de ontem está acontecendo no Palácio José Augusto, sede da Assembleia Legislativa, o I Forum Estadual de Energia, que trata da exploração de fontes energéticas alternativas e sustentáveis no Rio Grande do Norte, entre elas os biocombustíveis (através do cultivo de oleaginosas e microalgas), o gás natural, os parques aerogeradores e as placas fotovoltaicas. n Com a participação dos parlamentares, de autoridades governamentais, dirigentes e executivos de empresas do setor, pesquisadores do meio acadêmico e técnicos especialistas no tema, o evento foi organizado e está sendo coordenado pela Comissão de Minas e Energia do Legislativo Estadual, contando com a parceria do CTGás-ER (Centro de Tecnologia do Gás e Energias Renováveis) e do Cerne (Centro de Estratégas em Recursos Naturais e Energia). n O deputado Fernando Mineiro, presidente da Comissão de Minas e Energia, ao abrir o Forum, anunciou que a intenção é torná-lo periódico, para que ele sirva para o debate continuado das questões energéticas do Estado e da região, especialmente das demandas e da nossa potencialidade produtiva. n O gerente-geral da Petrobras no RN, Luis Ferradans elogiou a criação do Fórum e destacou a atuação da empresa estatal do petróleo no Estado, onde desde o ano de 1973 ela contribui diretamente para o desenvolvimento, a geração de empregos e a disseminação de novas tecnologias. n O diretor do Cerne e ex-secretário de Energia do Governo do Estado, Jean-Paul Prates, considerou que o RN possui uma diversidade de segmentos energéticos e passou a ser um exportador de energia, o que está proporcionando a atração de pesados investimentos que, em breve, terão enorme repercussão na vida social e econômica potiguar. Tarde inteira dedicada ao debate sobre energia eólica nA reabertura dos trabalhos do I Forum Estadual de Energia, no começo da tarde de hoje, foi marcada, entre as 14:00 e as 15:30 horas, pelo painel "Energia Eólica - Situação Atual e Desafios da Implantação dos Parques no RN", que teve como palestrantes Hugo Alexandre Menezes, diretor-executivo da Bioconsultants; Mário Augusto Lima e Silva, diretor de Energia da Serveng; Nicorray Santos, diretor técnico da MS Renováveis; Pedro Neto Nogueira Diógenes, diretor de Tecnologia do CTGás-ER; Maria Bernadete Cordeiro de Souza, presidente da Fapern; e Gustavo Szilagyi, diretor-geral do Idema. nApartir das 15:50 até as 17:00 horas, estará ocorrendo mais um painel sob o tema "Infraestrutura de Transmissão e Distribuição de Energia no RN", que terá como palestrantes Antônio Varejão, superintendente de Projetos da Chesf; Saulo José Nascimento Cisneiros, gerente executivo da NOS; José Roberto Bezerra de Medeiros, diretorpresidente da Cosern; Gustavo Szilagyi, diretor do Idema; e João Lima, presidente Conselho de Consumidores da Cosern. nDas 17:00 às 18:10, encerrando a programação, ocorrerá o painel "Energia Solar: A Próxima Fronteira da Geração Energética no RN", cujos palestrantes serão Ricardo Lucio de Araújo Ribeiro, professor do Departamento de Engenharia Elétrica da UFRN; Márcio Cezar Carvalho, diretor-administrativo da Solinova; José Roberto Bezerra de Medeiros, di-

Palestras do Forum tratam da importância da energia para o desenvolvimento do RN n No dia de ontem foram proferidas as seguintes palestras dentro do Forum: "A Produção de Biodiesel no RN e no Nordeste", a cargo do diretor da Petrobras Biocombustíveis, Alberto Oliveira Fontes Junior; "Atuação do Governo do Estado no Apoio à Produção de Oleaginosas", pelo diretor-geral da EmaterRN, Ronaldo Cruz; "A Planta Piloto de Cultivo de Microalgas para Produção de Biodiesel Petrobras/UFRN", pelo oceanógrafo da Petrobras, Leonardo Brantes Bacellar Mendes; e "O mercado de Gás Natural no RN e a Atuação da Potigás", pelo presidente da Companhia Potiguar de Gás - Potigás, Fernando Dinoá. n Para a manhã de hoje, a agenda de palestras foi a seguinte: "A Refinaria Potiguar Clara Camarão e Sua Importância Regional e Nacional", proferida por Daniel Sales Correia, gerente-geral da RPCC/Petrobras; "A Nova Base de Distribuição de Combustíveis de Guamaré e os Investimentos da ALE no RN", por Renato Rocha, gerente regional da ALE Combustíveis; seguindo-se o painel "Panorama Atual da Exploração e Produção de Petróleo e Gás no RN", tendo como palestrantes Luiz Ferradans, gerente-geral da Unidade de Negócios RN/CE da Petrobras; Anabal Santos Júnior, secretário-executivo da ABPIP (Associação Brasileira de Produtores Independentes de Petróleo e Gás) e Doryan Hilton Filgueira, coordenador da Redepetro RN. n Ainda no final da manhã aconteceram as palestras "Energia A Partir de Biomassa no RN e no Nordeste", proferida por Márcio Severi, diretor de Comercialização de Energia da CPFL Renováveis; e "Revolução Energética e o Potencial de Energias Renováveis no Brasil", por Ricardo Baitelo, coordenador nacional da Campanha de Energias Renováveis do GreenPeace.

retor da Cosern; e Paulo Fernando Isabel, coordenador da Unidade de Pesquisa Aplicada do CTGás-ER. 75º. Seminário da ABNT será realizado em Natal n Patrocinado pela Liquigás Distribuidora, empresa do Sistema Petrobras que atua no envase e distribuição de gás liquefeito de petróleo (GLP) em todo o país, Natal será sede, nesta quinta-feira, do 75º. Seminário da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). n O evento tratará especificamente sobre a utilização segura e eficiente do GLP por parte das empresas e dos profissionais a seu serviço que atuam com armazenamento, transporte e distribuição de gases combustíveis. n Os seminários técnicos da ABNT são periódicos e sempre realizados em diferentes pontos do território brasileiro, servindo para a divulgação de informações normativas de larga aplicação em projetos, execuções, aprovações e fiscalizações de instalações, dirigidas especialmente a profissionais que trabalham na prevenção e combate a sinistros. nDurante o Seminário em Natal o engenheiro Fernando Tadeu Ferreira Guedes, da Liquigás, fará palestra sobre a norma NBR 15514, focada nos critérios de segurança em áreas de armazenamento de recipientes transportáveis de GLP, destinados ou não à comercialização. nO público alvo do evento serão projetistas, construtores, instaladores, fornecedores de equipamentos a gás, profissionais das distribuidoras de gases

combustíveis, empresários e profissionais das revendas, oficiais do Corpo de Bombeiros, administradores de condomínios, agentes responsáveis pela regulação e fiscalização do sistema, entre outros. Engenheiro da Hazbun ganha prêmio nacional n João Nassar, engenheiro responsável por todos os projetos estruturais da construtora natalense Hazbun, recebeu da Associação Brasileira de Engenharia e Consultoria Estrutural (Abece) o prêmio "Talento Engenharia Estrutural 2012", na categoria Edificações. n Ele foi reconhecido como um dos melhores profissionais do Brasil, dentre dezenas competidores de praticamente todos os Estados. n A premiação aconteceu dia 24 de outubro. O prêmio foi disputado em quatro categorias, cada uma delas apresentando cinco finalistas: Infraestrutura, Edificações, Obras Especiais e Pequeno Porte. nAlém de diploma e troféu alusivos, João Nassar também ganhou, como reconhecimento, uma viagem a Nova York com direito a acompanhante, onde fará uma visita monitorada às novas instalações do World Trade Center (WTC). nO empresário George Hazbun, diretor da construtora que hoje responde pela edificação do prédio mais alto de Natal (o Edifício Issa Hazbun, na Avenida Getúlio Vargas) se declara honrado em poder contar nos quadros da empresa com um profissional reconhecido nacionalmente.

Betinho Rosado já admite deixar a pasta em janeiro de 2013

Benito Gama manteve agenda, mas também poderá sair

Betinho deixa Agricultura para reassumir mandato BENITO GAMA

TAMBÉM PODERÁ DEIXAR O GOVERNO

MARCELO HOLLANDA HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COM

O secretário da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, Betinho Rosado, reassume o mandato de deputado federal pela segunda vez na gestão Rosalba Ciarlini para acompanhar em Brasília a votação do projeto de lei orçamentária anual para 2013. A nomeação interina de seu adjunto José Simplício Holanda está na edição de hoje do Diário Oficial do Estado. A princípio, essa interinidade durará todo o resto do mês de novembro. Mas, desta vez, tudo indica que, quando ele voltar, será por pouco tempo. Hoje, numa entrevista por telefone a’O JORNAL DE HOJE, o secretário deu a entender que deverá mesmo se desligar da pasta no começo do ano que vem, reassumindo de vez seu mandato de deputado federal. Assessores próximos confirmaram a informação. Outro nome também lembrado da área econômica, quando o assunto é desligamento do governo estadual, é do secretário de Desenvolvimento Econômico, Benito Gama. Perguntado se seu colega de secretariado sairia ou não, confirmando insistentes boatos nesse sentido, Betinho Rosado deixou escapar: "Acho que a dele (exoneração) saiu hoje no Diário Oficial". Mas não saiu. Um assessor próximo de Benito disse não saber nada

sobre o desligamento do chefe, mas também deixou escapar ter ido dormir depois da uma da manhã esperando a versão on line do Diário Oficial do Estado. "O secretário (Benito) continua com agenda normal e não desmarcou nenhuma reunião", informou o assessor. O JH não obteve retorno a nenhuma das ligações feitas para o celular de Gama hoje pela manhã. Antes de trocar novamente Natal por Brasília, Betinho Rosado fez uma breve avaliação de sua gestão à frente da Secretaria de Agricultura. Classificou como “normais” as críticas de produtores potiguares contra o governo estadual. "Fazem parte do jogo democrático", amenizou. Mas, um dos argumentos usados com frequência pelos produtores e que acusam a administração de falta de agilidade no combate à seca, mereceu a resposta do secretário. Especialmente quando atribui o desaparecimento de 30% ou mais do rebanho potiguar à seca, considerada uma das mais rigorosas dos últimos 48 anos. “Mesmo em épocas de estiagem seguidas, como ocorreu entre os anos de 1979 a 1983, o nosso rebanho nunca diminuiu mais de 8%”, argumentou. No começo da semana passada, quando a governadora Rosalba reuniu a imprensa para fazer um balanço das medidas emergenciais e estruturantes tomadas por sua administração para diminuir os efei-

tos da estiagem no RN, Betinho chegou a usar a palavra "terrorismo" para definir a tese de redução do rebanho. Hoje, ao ser lembrado disso, ele não minimizou, mas também não polemizou. E recordou que o Estado foi o primeiro no Nordeste, depois da Bahia, a decretar situação de emergência. "E isso só não aconteceu antes porque o regime de chuvas lá (Bahia) começa cinco meses antes do nosso, em outubro", afirmou. Betinho Rosado sacou como pontos positivos do governo Rosalba a antecipação do garantia safra para 37 mil agricultores e os números finais da cobertura do seguro agrícola, cujo alcance de 25 mil trabalhadores em 2010 saltou para 52 mil este ano. A recuperação do Idiarn, que passou por drásticas mudanças políticas no começo da gestão Rosalba, também foi mencionada por Betinho como uma das vitórias de sua gestão. "Hoje estamos mais próximos do que nunca para atingirmos a condição de estado livre com vacinação de aftosa", lembrou. Além disso, segundo Betinho, o programa de distribuição de volumoso para ração animal aos criadores do estado deverá alcançar até o final deste mês 10 mil produtores e a parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) elevou de cinco para oito o número de armazéns que hoje recebem o milho dos estoques do governo federal.

> EVENTO

Convenção varejista movimenta Natal Está tudo pronto para a 53ª Convenção Nacional do Comércio Lojista, que acontecerá de 14 a 16 deste mês no Centro de Convenções de Natal, na Via Costeira. Empresários, representantes do segmento lojista de todo país, profissionais de outras área e estudantes já se movimentam para o evento, que trará um painel atualizado de todos os grandes temas do varejo na atualidade. Com o tema 'Craques no varejo, Campeões na vida', o evento trará à capital potiguar nomes de sucesso no meio empresarial, que apresentarão cases de sucesso e trocarão conhecimentos com os participantes. A convenção é

uma realização da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RN (FCDL/RN), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Natal), CDL Jovem e SPC Brasil. A programação é diversificada e vai contemplar vários segmentos do varejo nacional através de palestras, painéis e debates. Entre os palestrantes estão Flávio Rocha, Luiz Felipe Scolari, Fernanda Young, Paulo Barros, Rogério Mainardes, além de nomes do cenário local como Jussier Ramalho, Fred Alecrim e Glauber Gentil. A Convenção Nacional do

Comércio Lojista é considerada um dos maiores encontros de segmentos no Brasil. São esperadas cerca de cinco mil pessoas durante os três dias de evento. O 53ª Convenção Nacional do Comércio Lojista conta com a parceria do Governo do Estado do RN, Prefeitura do Natal, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, SEBRAE, FecomércioRN, SESC, SENAC, FIERN, Serasa Experian, UOL e Cielo. As inscrições ainda estão abertas no valor de R$ 549. Os interessados podem entrar em contato com a FCDL/RN ou com a CDL Natal, através do telefone (84) 4009-0000.

CMYK


Cidade

Terça-feira

Natal, 6 de novembro de 2012

O Jornal de HOJE 9

Ministério do Trabalho adia medida que dará maior proteção aos trabalhadores MODELO

ANTIGO DO

Ainda não é desta vez que o trabalhador desempregado vai poder contar com a obrigatoriedade do novo Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho (TRCT). Nesta segunda-feira, o ministro do Trabalho e Emprego, Brizola Neto, anunciou que o antigo modelo de recisão contratual ainda será aceito até o dia 31 de janeiro de 2013, podendo as empresas optarem pelo modelo antigo ou o novo. A medida que cria o novo TRCT foi vinculada na Portaria Ministerial Nº 1.057, de 2011, e prevê mudanças na descrição de quantitativos a receber pelo trabalhador dispensado. O mestre em Ciências Contábeis e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Josué Lins, revela que o novo Termo de Recisão de Contrato não traz exatamente novidades sobre as contas a serem recebidas pelo desempregado. "O novo documento apenas explicita dividendos relativos a gorjetas, comissões, periculosidade, remuneração correta de férias vencidas e outros direitos trabalhista", disse. O professor esclarece que os escritórios não preenchem os formulários de rescisão manualmente, mas sim, com a ajuda de softwares - desde os mais baratos até os mais caros que já contam com todas as novas opções obrigatórias. Para ele, "o que

TERMO

DE

RESCISÃO

acontece é que anteriormente a esta portaria, o empregador tinha o direito de descrever todos itens ou não. Com as mudanças, um trabalhador que tem férias vencidas tem direito a recebê-la em dobro após um ano de sua permissão, só que a partir de agora, esses valores tem que ser devidamente discriminados, tantos os usuais quanto os de penalidade. Outra situação: pelo novo TRCT, as horas-extras também deverão ter reflexos nos dias de descanso. Assim, se tomarmos o exemplo do último mês de outubro, um empregado que cumpra carga horária de 220 horas mensais, ou 44 semanais, vai poder conferir na sua recisão o cálculo da divisão dos dias inúteis (quatrodomingos e um feriado) pelos 26 dias úteis, multiplicado pelas horas-extras excedentes. Isso representa mais ganho ao trabalhador acompanhada de maior transparência", revela o professor. A rescisão foi segmentada em dois termos: (1) TRCT, que traz os valores credores e os descontos, (2) Termo de Homologação (contratos sujeitos à assistência à homologação) ou de Quitação (contratos não sujeitos à assistência à homologação), onde as partes - trabalhador e empregador - dão quitação/assinam em conjunto com o Assistente de Homologação, quando devida a homologação. Para

DE

CONTRATO

DE

TRABALHO

VALERÁ ATÉ

31

DE JANEIRO DE José Aldenir

Juiz Alexandre Érico: de 40 a 50% dos processos que tramitam no TRT-RN são de reivindicações de natureza rescisória efeito de habilitação ao saque do FGTS e ao Seguro-Desemprego só deve ser apresentado à Caixa Econômica o Termo de Homologação ou o de Quitação. De acordo com o último balanço divulgado pela Caixa, desde julho de 2011 até outubro de 2012, a adesão ao Novo Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho (NTRCT) che-

gou somente a 41% dos modelos empregados, percentual considerado baixo pelo Ministério do Trabalho e Emprego. A transição para o novo modelo de formulário foi iniciada em 2011 e era esperado um maior índice de uso do documento. Josué Lins lembra que os sindicatos têm papel fundamental para que a transparência ao trabalhador

seja cumprida. De acordo com o juiz coordenador da Central de Apoio a Execução de Processos (Coex), Alexandre Erico Alves da Silva, hoje, de 40 a 50% dos processos que tramitam no Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Norte (TRT21ª Região) dão conta de reivindicações de natureza rescisória, ou seja, justamente o que abrange o novo

2013

TRCT. Contudo, ele não acredita que essa demanda tende a cair com a implantação efetiva da Portaria Ministerial Nº 1.057. Para ele, "o fato de haver mais transparência para o trabalhador, só lhe dá precisão na hora de buscar a justiça. As empresas que não pagam o que devem, vão continuar agindo na ilegalidade, mas serão responsabilizadas mais pelos erros de descrição nas contas dos trabalhadores". Se em 2005 já houvesse a previsão de se descrever esses cálculos trabalhistas com detalhes, a ex-funcionária da companhia aérea Vasp, Maria Edvânia Gonçalves, não teria recebido uma recisão contratual com os valores todos zerados. Na época, ela preferiu não buscar a justiça com receio de não ser admitida novamente porque tinha um processo. Só quando se estabilizou em uma outra companhia aérea, em 2007 foi que ela deu entrada com um processo para que sua antiga empregadora pagasse o que deve. O novo TRCT deve ser impresso em 2 (duas) vias, sendo uma para o empregador e outra para o empregado, acompanhado do Termo de Homologação ou de Quitação impresso em 4 quatro vias, sendo uma para o empregador e três para o empregado, destinadas ao saque do FGTS e solicitação do seguro-desemprego.

> OPÇÃO

Cavernas integrarão o roteiro turístico do Estado O Rio Grande do Norte é mundialmente conhecido por seus pontos turísticos, clima agradável, pessoas hospitaleiras e, principalmente, pelas praias paradisíacas. Quem pensa em conhecer o RN inclui, prioritariamente, em seu roteiro visitas às principais praias e lagoas que existem aqui. No entanto, há muito mais belezas escondidas por aqui, que são pouco conhecidas e exploradas, sendo ofuscadas pelos investimentos e divulgações sobre o turismo nas praias e lagoas. Para tornar o conhecimento sobre esses pontos turísticos diferenciados, dois projetos para a expansão do turismo no interior do Estado e criação de novas opções turísticas foram elaborados pelo especialista em espeleologia do Centro de Estudos de Cavernas do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), Diego Bento, e apresentados ao secretário de Estado do Turismo, Renato Fernandes, ao gerente geral da Petrobras no RN, Luis Ferradans, e ao corpo técnico da estatal. Um dos projetos prevê a criação de um roteiro turístico com as cavernas existentes no Estado, e que poucos potiguares conhecem. Elas foram objeto de estudo do especialista Diego Bento, que catalogou 205 grutas no Estado, distribuídas nos municípios de Apodi, Martins, Governador Dixsept Rosado, Felipe Guerra e Severiano Melo. De acordo com Renato Fernandes, o Rio Grande do Norte tem um grande potencial turístico que vai além do que as pessoas conhecem, e que precisa estar ao alcance de todos. "Hoje, nosso turismo é abastecido

Heracles Dantas

Secretário Renato Fernandes: sonho de oferecer infra-estrutura para visitantes por sol e mar, pois temos Natal como a cidade do Sol, e nossas praia atraem muitos turistas. Mas precisamos oferecer outros atrativos para eles, pois há diversos tipos de turista. Há os que preferem o turismo rural, outros o radical, histórico, e outros, o simples lazer. Esse projeto de criar um roteiro turístico que envolva visitas às cavernas que existem no Estado, vai oferecer novas possibilidades a eles e o fato de o Rio Grande do Norte ter o maior número de cavernas do país pode torná-lo conhecido além de suas belas praias, por suas belas grutas também", disse o secretário de Turismo. Além das grutas existentes nesses municípios, o RN possui o mais novo parque ambiental, criado por Decreto Presidencial em 5 de junho de 2012, no Dia Mundial do Meio Ambiente. O Parque Nacional de

Furna Feia, fica entre os municípios de Mossoró e Baraúnas, que também comporta uma variedade de grutas que podem ser visitadas e exploradas por turistas. Esse projeto de criar um roteiro turístico que envolva visitas às cavernas que existem no Estado, vai oferecer novas possibilidades a eles e o fato de o Rio Grande do Norte ter o maior número de cavernas do país pode torná-lo conhecido além de suas belas praias, por suas belas grutas também. É um sonho que temos, e estamos trabalhando para que, o quanto antes, as cavernas tenham toda infra-estrutura necessária para receber visitantes", disse o secretário de Turismo O outro projeto apresentado à Petrobras trata da segurança dos futuros visitantes do Parque Nacional da Furna Feia, e da preservação total do espaço, com construção de Diego Bento/CECAV

Além das praias, Rio Grande do Norte também pode passar a ser conhecido internacionalmente por causa das cavernas

cercas ao longo de seus 80 quilômetros de extensão. O Parque Nacional da Furna Feia possui 205 cavernas em todo o seu território, além de imensa variedade de exemplares da flora, com 105 espécies de plantas, e da fauna nacional, com 101 espé-

cies de aves, 23 espécies de mamíferos e 11 espécies de répteis. Dentre as principais cavernas estão a Furna Feia, a Furna Nova e a Caverna do Lago, com uma beleza exótica e cênica, que vão deslumbrar a quem visitá-las.

O Rio Grande do Norte tem a maior quantidade de cavernas do Brasil, e essa atração vem ganhando espaço em todo o mundo, por isso, há interesse em investir nesse tipo turismo, e incluí-los no roteiro dos turistas.


10 O Jornal de HOJE

Natal, 6 de novembro de 2012

Cidade

Terça-feira

Dupla é flagrada vendendo drogas POLICIAIS

MILITARES DO

5º BATALHÃO

FAZIAM PATRULHAMENTO NA REGIÃO, QUANDO PERCEBERAM AÇÃO CRIMINOSA Divulgação

ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Dois homens acusados de tráfico de drogas foram detidos em flagrante com crack, cocaína e maconha, em uma rua do bairro de Ponta Negra, na zona Sul de Natal. Eles ainda tentaram esconder os entorpecentes, jogando-os em um jardim próximo a um estabelecimento comercial, mas os policiais militares perceberam a ação e encontraram os embrulhos. De acordo com informações da Polícia Civil, Clidson Alves e Erivaldo Fagundes da Rocha estavam vendendo as drogas na rua Teotônio Vilela, onde há uma grande concentração de bares e restaurantes em Ponta Negra. O local é conhecido das polícias por ser ponto de compra e venda de entorpecentes e por ser bastante freqüentado nos finais de semana. O delegado plantonista da Zona Sul, Pedro Paulo Falcão, autuou os dois acusados em flagrante por tráfico de drogas durante a madrugada de hoje e encaminhou os entorpecentes apreendidos – 25 pedras de crack, um tablete médio de maconha e uma quantidade indeterminada de cocaína para perícia no Instituto Técnico-Científico da Polícia (Itep/RN).

Na rua Teotônio Vilela há uma concentração de bares e restaurantes e movimento nos fins de semana atrai traficantes Além deste material, os policiais militares do 5º Batalhão também encontraram uma quantia em

dinheiro fracionado em cédulas de pequeno valor e moedas, com um dos acusados, caracterizando,

assim, o tráfico de drogas. Durante a abordagem, Clidson e Erivaldo ainda tentaram negar o

porte de drogas. A dupla estava rondando os estabelecimentos comerciais nas proximidades da rua Teotônio Vilela, quando uma equipe do 5º Batalhão da Polícia Militar passou pelo local durante patrulhamento de rotina e percebeu os acusados em atitude suspeita. Ao segui-los, os militares os acompanharam até a Teotônio, onde os homens perceberam que estavam sendo vigiados e tentaram se livrar dos entorpecentes. Conforme os relatos policiais, eles jogaram um embrulho em um jardim, mas foram abordados pelos militares, que revistaram o local onde a dupla estava e encontraram os entorpecentes. Diante do flagrante, Clidson e Erivaldo acabaram confessando onde estava o restante do material e foram levados para a Delegacia de Plantão da zona Sul, no bairro da Candelária. ACUSADO DE ROUBO É PRESO COM DROGAS NA ZONA NORTE Outras duas pessoas também foram presas em flagrante acusadas de tráfico de drogas, em Soledade, na zona Norte de Natal. Além disso, eles são responsabilizados por um assalto a mão armada e por porte ilegal de arma, já que os po-

liciais militares do 4º Batalhão encontraram ainda um revólver calibre 38 e uma bolsa com pertences pessoais de uma vítima. Eles assaltaram uma pessoa ontem à noite e se esconderam em uma vila próxima ao local do crime, que foi denunciado à polícia pela própria vitima. Ao chegarem ao ponto indicado, os militares flagraram Bruno Marcos da Silva Honorato com um vários embrulhos contendo crack, maconha e cocaína. Detido, ele confessou que conhecia a pessoa que havia roubado o homem e onde ele estava escondido, levando os policiais militares até o local. Quando chegaram à residência, localizada na mesma vila onde Bruno foi preso em flagrante por tráfico de drogas, os agentes encontraram Franklin da Silva. Ele foi reconhecido pela vítima e estava armado com um revólver calibre 38 e uma bolsa contendo vários objetos pessoais que haviam sido roubados horas antes. Franklin foi levado para a Delegacia de Plantão da zona Norte, onde foi autuado em flagrante. Ambos estão detidos, aguardando uma vaga em um dos centros de detenção provisória da Região Metropolitana de Natal.

> FLAGRANTE

Cubanos são acusados de arrombamento Um dia após arrombarem uma casa de shows no bairro de Ponta Negra, dois cubanos foram presos em flagrante com os equipamentos de som furtados do local e avaliados em mais de R$ 30 mil, em Natal. Eles foram detidos após os policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur) localizarem o taxista que fez o transporte do material do estabelecimento comercial até a morada de um deles. Os acusados moram no Rio Grande do Norte já há alguns anos. Segundo o delegado-adjunto da Defur, Herlânio Cruz, toda a ação criminosa foi gravada pelo sistema de monitoramento eletrônico de um bar vizinho ao prédio arrombado, o que auxiliou a identificação e localização dos dois acusados. Ele disse também que o taxista envolvido no furto foi enganado pela dupla e que, por isso, não sabia que se tratava de um crime. O DJ Antonio Gonzales Peres,

31 anos, e o gerente comercial Igor Veliz Almeida, 39, foram detidos em flagrante após os policiais da Defur terem identificado e localizado o taxista que aparecia nas imagens. Na ocasião, o homem disse que os acusados alegaram que trabalhavam no estabelecimento e que estavam carregando os equipamentos que pertenciam ao DJ. Acompanhado pelos policiais, o taxista foi até a residência de Antônio Gonzales, onde havia deixado e material, mas chegando a local constatou que os objetos que estavam lá não eram os mesmos que ele havia transportado naquela madrugada. "Foi nesse momento que Igor confessou que eles tinham furtados os objetos e que após saber que a vítima tinha registrado queixa na polícia, resolveram guardar o material numa pousada em Ponta Negra", explicou Herlanio. Os policiais foram até a pousada indicada, onde conseguiram apreender vários equipamentos de

som, amplificadores, cabos elétricos, equalizadores, caixas de som e microfones, tudo avaliado em mais de R$ 30 mil. Caracterizado o flagrante, os dois cubanos foram autuados por furto qualificado. "Nós temos dez dias para concluir o inquérito e nesse intervalo nós vamos entrar em contato com a Polícia Federal para saber qual a situação dos acusados no país e também vamos contatar a Interpol para saber se eles são procurados pela polícia em outros países. Se condenados, eles podem pegar de dois a oito anos de prisão", esclareceu o delegado. O arrombamento aconteceu na madrugada de domingo, quando os criminosos invadiram o local por uma das entradas do prédio. Ontem pela manhã, a vítima registrou queixa na Defur, cuja equipe foi ao local do crime e constatou que, no telhado da casa de shows, havia parte do material furtado, como pedaços de fios e cabos elétricos.

Assessoria de Imprensa da Degepol

Na madrugada de domingo, aconteceu o arrombamento e toda a ação foi registrada por sistema de monitoramento

Wellington Rocha

> ATAQUE AO BB

Assaltantes ‘desapareceram’

Deicor concentra esforços para localizar quadrilha que agiu na manhã de ontem

A Polícia Civil ainda não tem informações sobre os cinco integrantes da quadrilha que assaltou a agência do Banco do Brasil do Alecrim, na manhã de ontem. Três equipes da Divisão de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) continuam as diligências para identificar e localizar os bandidos, que trocaram de veículos três vezes antes de desaparecerem. Segundo o delegado da Deicor, Marcelo Maceiras, ainda não há uma hipótese fixa para a ação de ontem, que causou temor e rebuliço entre funcionários e clientes da agência bancária, que havia acaba-

do de ser aberta ao público. Ele disse que todas as suspeitas estão sendo analisadas e que a prioridade agora é identificar e deter os cinco acusados. "Eles conseguiram desaparecer do alcance da polícia, mas estamos concentrando esforços nesta investigação para conseguirmos colocálos atrás das grades o mais rápido possível. Ainda não temos nenhum suspeito de ter participado deste crime, mas não descartamos nenhuma das suspeitas levantadas", afirmou. O delegado disse também que todas as testemunhas do crime, que

aconteceu por volta das 9h30 de ontem na agência situada na esquina das avenidas Jaguarari e Presidente Bandeira, uma das mais movimentadas da cidade, estão sendo ouvidas em depoimento e que os relatos delas devem ser cruciais para a solução do caso. Isso porque os cinco ladrões, que estavam vestindo terno e gravata, não se importaram em agir com o rosto descoberto, sem usar nenhum tipo de capuz ou capacete que dificultasse o reconhecimento pelos policiais. Além dos depoimentos, as imagens captadas pelo sistema de monitoramento eletrôni-

co da agência também serão usadas nas investigações. O assalto aconteceu no momento em que uma empresa de transporte de valores fazia a entrega dos malotes de dinheiro à instituição bancária, para abastecer a agência e os caixas eletrônicos do setor de auto-atendimento local. Além dos malotes, a quadrilha levou ainda as armas de fogo usadas pelos vigilantes da agência bancária. Eles trocaram de veículo outras duas vezes durante a fuga, conforme o sargento do Batalhão de Policiamento de Choque (BP Choque), Joanildo Costa.


Cidade

Terça-feira

Natal, 6 de novembro de 2012

1 E1 den o O Ja H lrJ

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

INTERINO - CONRADO CARLOS - ccpsilva@hotmail.com

A FALÊNCIA DE ADRIANO

Desde a Copa de 2006 que o sujeito oscila entre lampejos de produtividade e meses de esgotamento. Seria mais honesto declarar aposentadoria. Inter de Milão, Roma e Corinthians pagaram nada menos que R$11,2 milhões em salários para apologista da favela. Só no atual campeão da Libertadores, foram quatro jogos em onze meses. O Flamengo, clube onde pinta e borda, administrado pelos amadores Zinho e Patrícia Amorim, gastou pouco dinheiro, mas perdeu muito com a falta de palavra do Imperador. Nem de graça e amarrado eu queria ele no Botafogo.

XAVANTES

O império do efêmero Como produto da Revolução Industrial, o jornalismo não está imune aos ciclos econômicos e tecnológicos que apagam ou iluminam a sociedade. Do mesmo jeito que a moda, as artes e as ideologias, ele sacoleja entre pretérito e futuro com resultados catastróficos ou extasiantes, de acordo com decisões de seus controladores. Músicos e estilistas, por exemplo, bebem na fonte dos 60s e 70s com frequência, para produzirem discos e coleções modernosas. Cabeleireiros, arquitetos e designers idem - perceba quantos prédios têm nomes de pintores e poetas; quantas madeixas sugerem uma Swinging London dos trópicos. O que hoje é 'in', amanhã é 'out'. Por isso, observando a crise por que passam veículos impressos de comunicação, faço a pergunta: Será que veremos os jornais virarem cult entre os jovens, em um futuro próximo? A gangorra estética faz parte do conceito político-econômico vencedor da peleja entre (1) Estado/Socialismo versus (2) Iniciativa privada/Capitalismo. A suspeita aumenta quando essa turma usa cabelo a la Beatles, veste calças apertas como os setentistas, promove o retorno do vinil como fetiche e assiste filmes do neorrealismo italiano ou da nouvelle vague. Outrora soberanos no quesito informação, os jornais ainda mantém primazia em relação à qualidade do conteúdo ofertado. Um New York Times ou mesmo O Estado de São Paulo apenas virtual, sem papel e dia-

gramações elaboradas que aguçam o interesse pelas notícias, é asséptico, impessoal e soturno. A diferença entre fazer o login e pegar a papelada embaixo da porta é grande - o cheiro resultante da mistura de café e papel jornal é inigualável. No entanto, levará tempo para que a geração criada com a internet aceite a ideia de pagar para consumir informação. A guerra será vencida por quem evitar a concorrência da instantaneidade virtual com uma mescla de boa escrita, precisão jornalística e entretenimento. O velho lead é o formato perfeito para a efemeridade da internet, não para quem almeja a reinvenção. Mais que quantidade, inovação e estilo devem ser estimulados, sob o risco de ofertar mais do mesmo para um público com opções variadas. A saída não é simplesmente rasgar o papel e investir tudo em um site. Pesquisas com leitores do 'antigo' formato atestam que a mesmice é a principal causa da redução de assinantes. Apostas em coberturas fora de sua área de abrangência (segundo análise dos maiores jornais do mundo, a editoria internacional é das mais prestigiosas); especializações dos profissionais por editorias, bem como reciclagens dos mesmos (nas redações, poucos leem livros); redução do número de pautas, em benefício de matérias aprofundadas; e por aí vai. Como reza a cartilha das principais teorias econômicas, produzir mais e melhor com o que já existe deve ser a meta. (C.C.)

A avenida em Cidade Satélite que pegou emprestado o nome indígena vira um caos, toda manhã, no trevo em que ela se encontra com a continuação da Prudente de Morais. Sem fiscalização, os picaretas invadem a contramão, andam em velocidade acima do permitido e ainda levantam o dedo anelar para quem soca a buzina. Far From Alaska A banda potiguar de nome curioso (e criativo) merece atenção. Em meio à falta de criatividade e talento da imensa maioria dos roqueiros nativos, os cinco jovens (duas meninas e três meninos), pintam como promessa. A vitória em uma seleção para abrir o Planeta Terra Festival, em São Paulo, onde tocaram para 30 mil pessoas, no último dia 20, é motivo de comemoração, mas também de ajustes entre os integrantes para não desintegrarem-se antes do tempo, como de costume na cena local.

MIA COUTO

O moçambicano acaba de lançar "A Confissão da Leoa", livro em que um leão atormenta uma aldeia no miserável país africano, até que o alarme chega a capital, para delírio e desconfiança de um caçador enviado ao rincão. É da Companhia das Letras e custa um prato de macarrão em qualquer bodega mais arrumada de Petrópolis.

LADY GAGA

O fracasso nas vendas dos ingressos para os três shows no Brasil (São Paulo, Rio e Porto Alegre) mostra o esgotamento desse tipo de artista. Com tanto festival bacana e apresentações semanais de novidades e medalhões, nem a boyzada quer sacolejar ao som de playback e daquela vozinha murcha da 'ícone fashion'. Nas três cidades, a menos de uma semana dos shows, nem a metade dos bilhetes foram vendidos.

ELEIÇÕES NORTE-AMERICANAS

Acho sensacional a polarização da campanha presidencial norte-americana entre dois candidatos distintos. Discurso, imagem, promessas, tudo oposto. Não como aqui, que a genética, os aliados e as vozes são sempre as mesmas.

MORTES NO FERIADÃO

Foram 95 mortes violentas em todo o Brasil, durante o feriado de Finados. 95. Juntando com a carnificina paulista, temos um cenário aterrorizante, sem a menor zoada do povo que gosta de gritar na rua por aumentos da passagem de ônibus; ou das vadias que marcham com raiva das cantadas mais afoitas.

PMDB GARANTE FUTURO

E Sarney anuncia que o partido apoiará Dilma, em 2014. Novidade. Já, já, Henrique entra no bolo. Como hoje é o Dia do Riso, gargalhemos, pois.

CHAMPIONS

Hoje tem a volta do jogão entre Real Madrid e Borússia Dortmund. Ainda pela fase de grupos, os bicampeões alemães bateram Cristiano Ronaldo e Cia por 2x1. A ESPN Brasil transmitirá o jogo, enquanto a ESPN exibirá Manchester City x Ajax e a ESPN+ passará Schalke 04 x Arsenal. Tudo a partir das 17h45.

LENNON E CLAPTON JUNTOS? Já pensou uma união entre o beatle mais criativo e o líder do Cream? Pois uma carta que irá a leilão no dia 18 de dezembro, escrita pelo marido de Yoko Ono em 1971, na qual convida o gênio da guitarra para montar uma banda, confirma o que seria um verdadeiro sonho para muita gente. Segue trecho: "Eric, sei que posso trazer algo realmente grande, na verdade maior para você do que tem sido evidente até agora na sua música. Espero que possamos trazer o mesmo tipo de grandeza em todos nós, o que eu sei que acontecerá se e quando ficarmos juntos". Na foto, ambos estão acompanhados por Keith Richards e Mitch Mitchell, o monstro da bateria que ajudou na concepção da sonoridade de Jimi Hendrix.

João Ricardo Correia jornalistajoaoricardocorreia@gmail.com / @joaoricardo_rn

CONFIANÇA Em recuperação há três meses seguidos, o otimismo dos empresários da construção civil na economia brasileira melhorou no trimestre encerrado em outubro último, segundo pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV). O índice apresentou queda de 5,1%, melhorou um pouco, mas permaneceu negativo em relação ao trimestre agosto a outubro de 2011. Na sondagem anterior, periodo de julho a setembro deste ano, a queda foi 7,8%.

RADIALISTAS Hoje, os alunos da oficina de rádio e TV do Sindicato dos Radialistas do RN, recebem, na aula de História do Rádio, do professor Luis Eduardo, o vereador-eleito Jacó Jácome, que irá interagir com a turma radialista Jorge Luiz. O encontro será às 19 horas, na Escola de Informática New Center, na avenida Deodoro, ao lado do Nordestão. PRA RELAXAR O velhinho de 85 anos passava na frente de um prostíbulo, quando uma ‘menina’ de 22 anos o chamou: – Vem cá, vovozinho lindo, vamos brincar um pouquinho. – Minha filha, não vai dar certo! – Dá sim, seu lindo, vem cá, terei toda paciência do mundo com você! – Tá bom, eu vou. Duas horas depois, a moça, surpresa, elogia o desempenho do cliente: – Vovô, e você disse que não daria certo! Você é demais. Estou com as pernas tremendo, morrendo de cansada! – Pois é, minha filha... O garanhão ia saindo, quando a ‘menina’ o chamou: – Ei, vovô, e os cem reais do meu serviço?! – Eu disse que não daria certo, menina. Eu não tenho um centavo no bolso. JARDIM LOLA O vereador eleito Luiz Almir retornou ontem à SimTV, apresentando ‘Sua Cidade’. Ele entrevistou a governadora Rosalba Ciarlini. Foram tantas as perguntas dos telespectadores, que, praticamente, os assuntos tratados foram apenas segurança e infraestrutura. Falando em segurança, foi feita uma reclamação que o posto policial de Jardim Lola, em São Gonçalo do Amarante, estaria todo destroçado, mas logo após o término do programa, Luiz Almir foi avisado que o prédio foi todo reformado pela prefeitura e pronto para ser utilizado. Só faltam policiais para ocupá-los. NOVIDADE A partir do próximo mês, Parnamirim terá um novo informativo. SEM DÚVIDA Bandido bom é bandido morto.

De virar a cabeça

ÁGUA Com o objetivo de garantir a qualidade da água distribuída à população da zona Norte de Natal, a Caern fará serviço de manutenção na Estação de Tratamento de Água (ETA) em Extremoz. O trabalho será amanhã, quarta-feira, das 7h30 às 17h30, e durante a limpeza dos equipamentos, o fornecimento de água será suspenso para 70% da Região, exceto para alguns setores dos conjuntos Gramoré, Pajuçara, Jardim Brasil, Jardim Progresso e Redinha.

Wellington Rocha

ECONOMIA Está certo o prefeito Paulinho Freire em economizar dinheiro para tentar, pelo menos, pagar ao funcionalismo municipal de Natal. Ele já avisou que nem o “Natal em Natal” haverá. Certíssimo! Mas e o Carnatal, evento promovido pela Destaque, empresa que Paulinho é um dos sócios, vai continuar recebendo patrocínio da prefeitura?

Estamos todos nas mãos dos bandidos, que são protegidos por leis fracas e por hipócritas que os tratam como vítimas.

ESPIRITISMO No período de 12 a 17 de novembro, sempre às 19h40 e com entrada franca, acontecerá a 16ª Semana Espírita de Ponta Negra, no Centro Espírita Irmãos do Caminho (CEIC), na rua Praia de Muriú, 9150. O evento, que terá por tema central “Casa Espírita: Uma Fonte de Luz”, reunirá seis palestras antecedidas de momentos artísticos enfocando a arte espírita e não espírita. Os palestrantes são conhecidos nomes de diversas partes do Brasi.

Caneco improvisado A tampa de uma garrafa térmica virou caneco na Unidade de Pronto-Atendimento Infantil Sandra Celeste. A falta de copos descartáveis é um problema antigo por lá. Aliás, é somente mais um problema. Mas esperar o quê de um lugar administrado pela prefeitura de Natal aberto à população carente? O pior é que o atendimento é para crianças! O desrespeito é total, lamentavelmente. Mas daqui a pouco tem carnaval fora de época, o carnaval 2013, o veraneio, a Copa 2014... Tudo é festa!!! Aqui se comemora até o Dia das Bruxas!!!


12 O Jornal de HOJE

Natal, 6 de novembro de 2012

Cidade

Terça-feira

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br Cedida

w GRAVÍSSIMO

Secretária de Educação do RN, a professora Betânia Ramalho, através da sua assessoria de imprensa, entrou em contato com esta colunista, na tarde de ontem, para esclarecer a participação de alunos da Escola Estadual Ana Júlia em episódio ocorrido na última quarta-feira na UFRN, quando se discutia a cessão do Hospital Onofre Lopes à empresa pública criada pelo governo federal para administrar os hospitais universitários e houve manifestação agressiva por parte de representantes do Sindicato dos Servidores da UFRN, contrários ao acordo. >>> Na nota enviada pela secretária à coluna, a acusação cai sobre representantes do Sintest, que teriam, segundo Betânia, 'armado' a participação dos adolescentes sem o conhecimento dos professores da escola. >>> Abaixo, a íntegra da resposta da secretária: >>> "A Secretaria de Estado da Educação vem a público esclarecer a participação de alunos da Escola Estadual Ana Júlia, na reunião do Conselho Universitário da UFRN CONSUNI, que ocorreu em 31 de outubro de 2012, para discutir a adesão da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH, ao sistema hospitalar da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. De acordo com a direção da Escola Estadual Ana Júlia, representantes do SINTEST entraram em contato com a unidade convidando seus estudantes, em nome da universidade, para participarem do debate. A diretora Maria José explicou que os dois sindicalistas que realizaram o convite já haviam sido professores da escola, portanto confiou que seria um debate sério e importante para os alunos, embora não tenha ficado claro o tema que seria discutido no CONSUNI. Até mesmo um ônibus foi disponibilizado pelo sindicato para que os alunos fossem transportados, assim como foi distribuído lanche e camisetas do SINTEST, o que deixou os estudantes com o mesmo padrão de vestuário dos sindicalistas que participavam da reunião. Somente aí os professores que acompanhavam os alunos perceberam que eles, na verdade, haviam sido enganados e estavam sendo usados para fazer número em favor do SINTEST, no momento em que os sindicalistas criaram um clima de hostilidade contrário ao debate. É necessário ressaltar que o Sindicato Estadual dos Trabalhadores em Educação do Ensino Superior - SINTEST, é contra a proposta de adesão da EBSERH e utilizou-se de gritos e instrumentos de som, para intimidar os contrários, além de envolver estudantes da escola pública em atos arbitrários. Foi lastimável o que ocorreu. A Secretaria de Estado da Educação soma-se aos integrantes do CONSUNI e da comunidade acadêmica, nesse momento de desrespeito aos princípios institucionais e democráticos tão bem preservados pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Betania Leite Ramalho, Secretária de Estado da Educação".

Cedida

Família Farmafórmula na X Convenção da empresa: Flávia, Júlio, Júlio Júnior e Fátima Maia

New-vereadores assistindo Washington Olivetto na festa de 15 anos deste JH: Dickson Júnior, Rafa Motta e Bertone Marinho Cedida

Mulheresnofds

Cris Figueiredo, Camila Coutinho, Andre Zanin, Simone Silva e Elisa Alves na badalada inauguração da Container Natal Coleção Alto Verão 2013 da Jogê

w MUDANÇAS TÉCNICAS

Não se deve esperar grandes novidades nos nomes que substituirão Jean Valério na Secretaria da Copa e Bosco Afonso da Semsur. >>> Em entrevista ao RNTV, hoje cedo, Paulinho Freire revelou que irá nomear técnicos para essas pastas.

Bobflash

w EM BUSCA DE UMA SAÍDA

GIRO PELO TWITTER

Aliás...

>>> ...ele ressaltou a vontade de permanecer na Prefeitura até dezembro, limite para a entrega do cargo para o sucessor. >>> Na mesma entrevista, ele disse que existe uma dúvida jurídica quanto ao fato de ter que sair da prefeitura antes disso por ter sido eleito vereador. >>> Paulinho ressaltou que vai em busca de um parecer junto à Procuradoria do Município.

w CORRETÍSSIMA Falando nisso...

>>> ...a atual primeira-dama de Natal, a esposa do prefeito Paulinho Freire, dá o exemplo e ajuda a reduzir o lixo - problema emblemático da atual gestão - quando passeia com o seu cachorro pelas ruas chiques desta capital. >>> Ecológica e politicamente correta, recolhe os dejetos do cãozinho pela calçada, ao contrário de muitas madames por aí.

w ELEITA PARA QUALQUER COISA

2012 está sendo um ano de vitórias para a deputada estadual Gesane Marinho. >>> Depois de eleger o irmão Bertone como vereador em Natal, e a mãe Fátima Marinho como prefeita de Canguaretama, ela acaba de ser eleita subsíndica de seu prédio. >>> Pois é! >>> Dizem que político em fim de carreira não ganha nem para isso... >>> Mas Gesane está em plena ascensão, do alto de seus 10 anos de vida pública, completados esse ano.

...da advogada e ex-Consultora do Estado Tatiana Mendes Cunha: "Parabéns ao Deputado Fernando Mineiro e ao amigo Jean-Paul Prate pelo Fórum Estadual de Energia do Rio Grande do Norte. O evento é um sucesso";

Paulo e Virgínia Gurgel recebendo em torno da inauguração da Clínica Dr. Paulo Gurgel

w MARQUETEIRO De olho no futuro e tentativa de reeleição em 2014... >>> Depois de comemorar o aniversário do pai, Carlos Augusto Rosado, na última quarta-feira, o caçula da governadora Rosalba, Kadu Ciarlini, arrumou as malas para participar do Seminário Especial de Campanhas Eleitorais da Universidade de Washington, que terá na lista de palestrantes nomes da publicidade que trabalham nas campanhas de Obama e Romney.

w MENINAS JURÍDICAS Está confirmado para amanhã o evento que reu-

...do médico Sebastião Paulino: "Não confundir "Aqui tem Farmácia Popular" com Farmácia Popular. O primeiro é do Governo Federal. O segundo é do Governo Estadual".

nirá as belas-jurídicas da cidade no “Gilson Buffet” para ouvir as propostas que o candidato a presidente da OAB Aldo Medeiros Filho tem para as advogadas do Rio Grande do Norte. >>> O “happy hour” das meninas-jurídicas começa a partir das 17h, com a presença da advogada-vicepresidente Lucia Jales.

w MAIS APOIOS E por falar na eleição da OAB, a chapa 2 recebeu na tarde de ontem mais um apoio de peso: a advogada-juiza aposentada Soledade Fernandes, que declarou apoio a Aldo Medeiros.


Cidade

Terça-feira

Natal, 6 de novembro de 2012

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w ESTILO O continuísmo em Mossoró ficou tão íntimo em Mossoró que a prefeita eleita, Cláudia Regina anuncia uma reforma no secretariado antes mesmo de tomar posse. A esperança é que mude muito pouca coisa. w MAIS Estranho é o nosso plano de recursos hídricos: falta água onde mais se gastou e anunciou que jamais faltaria. E sobra água onde nunca se imaginou que sobraria. É de uma engenhosidade surpreendente. w PETISMO As fontes desta coluna continuam convencidas de que o secretariado do prefeito Carlos Eduardo Alves vai contar com a presença de nomes petistas. Mesmo que alguns se licenciem diante do apoio crítico. w DÍVIDAS Para quem duvida das dívidas da Prefeitura de Natal na gestão Micarla de Sousa: só às empresas que servem à Urbana na coleta de lixo de Natal a dívida chega a R$ 50 milhões. E não há como pagá-la. w ALIÁS O sinal de insolvência está refletido na conta da arrecadação versus folha de pessoal: tributação chega a arrecadar R$ 60 milhões para uma folha de R$ 50 milhões. Sem contar os compromissos de custeio. w SETENTÃO Uma especial com 305 páginas marca os setenta anos de Zé Carioca, criado por Walt Disney em 1942. Para a escritora Denise Ramos, ele perpetua Macunaíma: vive sem trabalhar e espera tirar na loteria. w CARTAS A Companhia das Letras acaba de publicar a correspondência de Mário de Andrade e Sérgio Buarque de Holanda. São 31 cartas entre 1920 e 1940 com depoimentos pessoais sobre a obra de um e de outro.

O ofício da farsa Avisa um mesmo amigo e é sempre o mesmo aviso nesta mesma cidade, citando um verso de Afonso Ávila ou, se preferir, Afonso Celso Barros de Ávila e Silva, mineiro e poeta do Discurso da Difamação: 'Dentro da farsa / fora do perigo'. Acredito. Tenho visto e lido a habilidade desse jogo de inserir-se como se fora chamado. A busca desejada de um salvo conduto que o elogio fácil garante ao ir e vir nos escaninhos do poder que só os velhos heróis de pano, flexíveis como as bruxas, sabem ser. São aguerridos, quase sempre, que a agressividade é um bom escudo. Como os cavaleiros dos tempos medievais, suas armaduras são feitas do bom ferro forjado nas oficinas do rei, a quem servem como se fossem livres. E assim vão, enganando aos tolos, e incomodados apenas por um ou outro olho tanto mais perscrutador. É deles o balanceio na ginga bem disfarçada na servidão voluntária e na arte de engendrar o simulacro que, da farsa, é o instante de pura perfeição para quem não sabe percebê-lo. A ira é verdadeira na defesa do rei, mas é sempre de matéria plástica e se amolda a cada novo rei que ocupa o trono. E se muda o rei? Ora, ora, eles gritam: rei morto, rei posto! E nada muda. Basta um rei e sua alma de monarca e tudo será como antes e dantes no quartel de Abrantes. Os meneios, os salamaleques entre solilóquios, o riso fácil a adornar o bestunto. Eles sabem que a armadura esconde o cinismo e que a espada que um dia foi sinal de honra, agora é adorno para as

reverências maquinais. Segundo o amigo é preciso sempre voltar ao poema de Afonso Ávila. Ou, se preferir: Afonso Celso Barros de Ávila e Silva, o poeta desconfiado das gerais que no seu grave Discurso da Difamação avisa: estão todos dentro da farsa. E se estão, não correm risco. Só alguns lá do alto dos mastros com suas almas gajeiras avistam os navios corsários, envolvidos nas brumas da distância. E vão chegando sob o brilho fácil das armaduras. Caminham como se fossem livres e, no entanto, apenas seguem o rei. Que intensos e súditos ciúmes deixam no rastro de seus passos, na jactância da intimidade que ostentam, na glória de ser amigo como se aninhassem nas golas almofadadas do rei todas as vaidades. Nem notam que ficam e a vida passa. Nunca desconfiam que a vida é como um carrossel de cavalinhos correndo em torno de si mesmos. Protegidos por suas armaduras moldadas nas forjas do rei, não notam que o reino do poder é melancólico e que o riso um dia também morre no rosto triste do palhaço. E o próprio rei, o que será dele, com todos os seus cavaleiros e suas armaduras medievais? Os reis também fracassam e a vida passa. A diferença é que eles sempre serão reis. Nos palácios ou nos mausoléus. Já os cavaleiros, esses não. Serão tão anônimos quanto suas armaduras que um dia, mudas, sem brilho cobertas do azinhavre do tempo, se amontoarão inúteis num quarto de despejo. Até que outro rei mande lustrá-las. Como nos versos de Afonso Ávila: dentro da farsa / fora do perigo. Helàs!

w HERMINGWAY A editora Saraiva acaba de reunir numa caixa quatro grandes títulos de Ernest Hermingway: O Velho e o Mar, Por Quem os Sinos Dobram. Adeus às Armas e Paris é uma Festa. Para ser presente de Natal. w 2014 Não, não é invenção. Foi manchete de domingo no Estadão: o PT vai testar seu arsenal tático com os planos de conquista da classe média em 2014 em São Paulo: casa própria, saúde e transporte público. w ATENÇÃO O assalto ao Banco do Brasil, ontem pela manhã, não foi coisa de amador. Tipo saidinha de banco. Natal tem bandidos profissionais atuando e a polícia sabe disso. Estamos mais vulneráveis que nunca. w NORDESTE As edições de Nordeste 21 e EcoBrasil trazem nas edições de outubro textos de Benedito Vasconcelos sobre a pecuária nordestina na civilização da caatinga e as velhas e seculares carpintarias sertanejas. w PRESENÇA Em Natal, desde ontem, Luiz Rezende Puech. Foi um requintado livreiro-antiquário - Casa do Livro Azul - e hoje é investidor residindo em Areia Branca. Vai trazer duas escunas para turismo no Potengi. w GUERRA Domingo, dia 11, às 19h, no Circuito da Ribeira, os pesquisadores Fred Nicolau e Leonardo Dantas, da Fundação Rampa, falam sobre 'Natal na Segunda Guerra Mundial. Vai ser no atelier de Flávio Freitas. w SEGREDO De um deputado bem humorado ao saber que o secretário Benito Gama pode deixar o governo: 'Não é justo. Depois de dois anos sem se saber o que veio fazer não pode ir embora sem matar a curiosidade'.

Marketing Digital é tema de palestra amanhã em Natal MARTHA GABRIEL, ESPECIALISTA DA ÁREA, ABORDARÁ TEMAS DIVERSOS E TENDÊNCIAS, COMO VENDAS ATRAVÉS DE MÍDIAS SOCIAIS Martha Gabriel, um dos maiores nomes do Marketing Digital do Brasil faz palestra amanhã em Natal, a partir das 19h no Hotel Parque da Costeira. Ela é autora de quatro livros e apontada pela revista ProXXIma como uma das 10 profissionais mais inovadoras em marketing digital. Entre os temas a serem abordados no evento desta quarta-feira (7) estão Transformações no ambiente de marketing, Comportamento do Consumidor, Marketing: Tradicional & Digital, Plataformas Digitais de Marketing, Facebook, Twitter para Empresas, Redes Sociais: Ameaças e Oportunidades, Estratégias de Marketing Digital, Cases e Tendências. Na entrevista abaixo, ela defende que humanizar ao máximo as relações com o cliente e uma boa escolha do canal de comunicação são fundamentais para o sucesso de vendas nas mídias sociais. Vender usando como estratégia a mídia social é muito mais que aderir ao e-commerce? M.G. - Exatamente, quando a gente pensa em vender qualquer conversa pode se tornar mercados, começando com estratégias para divulgar, depois passa para conversar e aí vender usando as redes sociais, que é o que a gente chama de "Social Commerce", mas você não necessariamente precisa ter uma plataforma de e-commerce para isso, você pode, por exemplo, utilizar como acontece com as compras coletivas, utilizar a comunicação para trazer as pessoas para a loja física também. Então envolve todo um processo de marketing que vai além do simples ato de vender online, que é o e-commerce. Quais as melhores estratégias para conquistar e manter clientes através das redes sociais? M.G. - A primeira coisa é saber onde seu cliente está e quem ele é, em função disso as melhores estratégias são: conversar com ele, entender o que ele precisa e oferecer isso a ele.

Divulgação

Martha Gabriel é tida como uma das 10 profissionais mais inovadoras em marketing digital Nas redes sociais quando você entra nas conversas para vender, as pessoas tem um tipo de aversão, elas querem na realidade que você entregue alguma coisa bacana, converse com ela, entenda a necessidade e isso tudo deverá gerar a venda depois. Então eu costumo dizer que o capital social que você consegue adquirir nas redes sociais vira capital financeiro depois, então é preciso envolver a pessoa numa coisa que ela gosta, num aplicativo que ela goste de utilizar, num jogo e outras coisas para manter o cliente, fazer com que ele compre com você e continue com você. Envolver de uma maneira interessante sem de cara ir com a intenção de venda. A propaganda vira conteúdo e o conteúdo vira propaganda. As estratégias vão precisar prever também os riscos, por que com as mídias sociais um cliente descontente pode representar também um grande problema. Quais seriam eles? M.G. - Antes falávamos para 10 pessoas e hoje falamos para 10 mil. Então hoje, não importa o tamanho, todas as pessoas,

não importa se é famoso ou não, é preciso se preparar para a crise. Para isso, a primeira etapa é ter conteúdo on line bom, você é tão bom quando o conteúdo que você tem. Nenhuma marca é melhor do que o conteúdo online que ela tem. Nessa estratégia você tem que analisar que tipo de crise você pode passar, o tipo de pessoa que pode falar de você, por que existem consumidores legítimos e tem também aqueles que a gente chama de troll, que são apenas pessoas que querem desestabilizar o projeto. Crise é uma das coisas que todas as marcas têm que se preparar independente de ser pequena ou grande. Como deve ser tratado pela empresa um caso de cliente descontente que faça comentários negativos sobre a marca nas mídias sociais? M.G. - Depende do caso. Quando falamos em crise temos dois tipos, a chamada de evento, onde o cara está descontente, foi mal atendido pelo vendedor, ou comprou uma comida estragada, essa reclamação é verdade e não tem como voltar atrás, é crise de evento,

e sua atuação deve fazer com que as pessoas te perdoem, vejam que aquilo foi um evento isolado e que não faz parte de sua marca. Quando a crise é informacional, por exemplo, uma pessoa que é influente diz que não gosta do café da sua marca, isso não é questão de verdade ou mentira, é uma questão de gosto, mas pode impactar muito. Então em crises de informação você precisa atuar para isolar essa informação, conversar com a pessoa influenciadora sobre isso, ver por que ele gosta ou não, tentar dialogar. São processos distintos e às vezes mentiras, e aí às vezes não vale a pena nem responder. Alguns analistas acreditam que entre as estratégias de venda nas mídias sociais inclui a humanização da relação com o cliente. Você concorda com isso? M.G. - Muito. Estamos entrando num processo onde temos excesso de informação, a chamada infobesidade, as pessoas não tem tempo e atenção para ver tudo quando é tipo de coisa e elas começam a ficar num processo massificado e ninguém aguenta mais falsidade e maquiagem. Quando as marcas, as empresas e as pessoas começam a falar com você como ser humano e começam a se portar como ser humano, você acaba se engajando muito mais com aquilo e se sente muito mais a vontade. E uma das principais estratégias para humanizar é a utilização de vídeo, acreditamos que 68% do conteúdo consumido na internet até 2015 vai ser vídeo, pílulas de vídeo humaniza, elas mostram que por de trás das empresas, existem pessoas. SERVIÇO: Dia 7 de novembro Local: Hotel Parque da Costeira Hora: 18:30h Informações e vendas: (84) 94029400


14 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 6 de novembro de 2012

Terça-feira

Direito Vivido

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

RIBAMAR DE AGUIAR (ADVOGADOS ASSOCIADOS) - ribamar@ribamardeaguiar.com.br / www.ribamardeaguiar.com.br

Conduta indigna A Justiça Federal de Capão da Canoa (RS) determinou a suspensão do exercício profissional de um dentista acusado de lesionar seus pacientes com intuito de lucrar com implantes. A decisão, liminar, é da juíza federal Mariléia Damiani Brun. Com isso, o profissional fica impedido de clinicar até o julgamento do processo de cassação do registro no Conselho Regional de Odontologia (CRO-RS). Depois da divulgação das denúncias contra o dentista, o CRO-RS ingressou com Ação Civil Pública solicitando, em caráter liminar, a ordem restritiva para o exercício profissional em todo o país. É que

a legislação não autoriza os conselhos profissionais a aplicar medida suspensiva de exercício profissional enquanto não forem concluídos os procedimentos éticos instaurados. A inicial elencou os seguintes atos contrários à ética da Odontologia e ao bom conceito da profissão: "Comportamento profissional indigno; falta de zelo com a saúde e dignidade do paciente; falta de documentação para comprovar autorização dos pacientes para os procedimentos que realizou; prática de atos com interesse financeiro; abuso da confiança dos pacientes; falsidade de diagnóstico; não esclarecimento aos pacientes dos reais propósitos,

riscos, custos e alternativas do tratamento; execução de tratamentos para o quais não está capacitado; desrespeito aos pacientes; início de tratamentos sem consentimento dos pacientes; abuso da confiança dos pacientes". Ao analisar o pedido, a magistrada concluiu que "os fatos já registrados em relação à postura profissional do réu justificam providências imediatas no sentido de impedir a continuidade de sua atuação, de maneira a garantir a efetiva proteção dos direitos fundamentais da comunidade, o que é papel primordial do Poder Público em todas as suas esferas".

Decisão A 4ª câmara Cível do TJ/PE permitiu que uma mulher mantivesse um cachorro da raça dogue alemão em seu apartamento, apesar de norma interna do condomínio que proíbe a criação de animais de grande e médio porte. Segundo o desembargador Jones Figueirêdo Alves, relator, a regra do condomínio "deve ser interpretada

teleologicamente, apenas se aplicando quando restar demonstrado que está ocorrendo perturbação ao sossego, salubridade e segurança dos demais moradores". O relator afirmou que a norma não poderia ser tão restritiva, caso contrário um portador de deficiência visual ficaria proibido de ter em sua companhia no edifício seu cão-

guia. Além disso, o magistrado indagou se o animal seria mantido se ele fosse pequeno e feroz e causasse risco à segurança, saúde e sossego. "A proibição condominial não se refere a animal de grande e médio porte, mas os de grande e médio porte que violem o sossego, a salubridade e a segurança dos condôminos", concluiu.

TCU recomenda paralisação de 22 obras federais de infraestrutura nos estados do AM, BA, GO, MG, PA, RS, SP e TO. NATAL Navio Bandeira Lagoa Carioca Brasil Lagoa Paranaense Brasil Scorpius Brasil Toisa Crest Inglaterra CMA-CGM Homere Inglaterra CMA-CGM Aristote U. Kingdom Marfret Marajó França Silver Cloud Bahamas Azamara Quest Bahamas

Agência W. Sons W. Sons W. Sons Viamar CMA-CGM CMA-CGM W. Sons Superservice Superservice

va mas, com o passar do tempo, os pais perceberam atitudes agressivas e difíceis de lidar do jovem, uma vez que presente ainda vínculo forte com a família biológica. A exclusão do cadastro de pretendentes não foi aceita sob a alegação de que não podiam ser punidos após demonstrarem possuir condições para a adoção, atestadas em pareceres de psicólogo e assistente social. "Não podemos especificar que este casal não pode acolher uma criança, porque certamente a criança (é que) não acolheu o casal", opinou uma assistente social nos autos. Segundo o desembargador substituto Saul Steil, relator da matéria,

Libéria

Petrobras

Destino ---Designar Algeciras/ESP Algeciras/ESP Algecira/ESP Recife(PE) Recife(PE)

Carga Descarga Em Operação -Em Operação -Em operação -Reabastecimento -Contêineres -Contêineres -Contêineres --Turismo -Turismo

No Porto

Salvador (BA)

Óleo Cru

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN Miss Simona TBN

Dia 06 07

Itália Itália

A. Marítima 08/11 A. Marítima 12/11

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 15:02 0.9 21:32 1.8 04:06 0.8 10:26 1.7

"Evidentemente o insucesso ocorrido com os autores, em relação ao menor que acolheram, deve-se muito à falta absoluta de informações sobre a criança e de orientação da equipe multidisciplinar que atua nos encaminhamentos para acolhimento". Para o magistrado, de acordo com o que apurou dos autos, não houve um período de conhecimento mútuo entre a criança e o casal, nem acompanhamento efetivo durante a fase de adaptação com a nova família. A câmara votou de forma unânime pelo provimento do recurso, e determinou nova inclusão dos apelantes no cadastro de pessoas habilitadas para adotar.

Cooperativas & Negócios Jornalista Responsável: Gil Oliveira (gilbamar@gmail.com)

Chegada No Porto No Porto No Porto Ao Largo 10/11 17/11 24/11 08/12 12/12

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN Almi Star

Segunda chance A 3ª Câmara de Direito Civil do TJ/SC determinou a reinclusão de um casal no cadastro de pessoas habilitadas a adoção, mesmo após primeira experiência que resultou inexitosa por falha na adaptação entre pais e adotado. A posição reformou decisão de 1º grau, que havia determinado o cancelamento da segunda inscrição. O casal, após devidamente inscrito no cadastro, aceitou adotar uma criança de 9 anos. Após o período de adaptação de um mês, por problemas de convivência, a criança não permaneceu com o casal. Segundo a família adotante, a convivência inicial até ocorreu de maneira positi-

apronianocfs@hotmail.com

Portocel(ES) Santos(SP)

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Sal Sal

---

FASES DA LUA Minguante (06/11 - 21:36h) Nova

(13/11 - 19:08h)

Crescente

(20/11 - 11:31h)

Cheia

(28/11 - 11:46h)


Esporte

Terça-feira

Natal, 6 de novembro de 2012

Wellington Rocha

Só mais três! CONTAGEM

REGRESSIVA PELA PERMANÊNCIA.

O ABC

O Jornal de HOJE 15

VIVE A EXPECTATIVA

SÉRIE B DO FRASQUEIRÃO, PODE

DE HOJE A NOITE PODER COMEMORAR SUA MANUTENÇÃO NA

CAMPEONATO BRASILEIRO. SE

VENCER O

AVAÍ,

NO

ENCERRAR QUALQUER POSSIBILIDADE DE RISCO DE REBAIXAMENTO Quando pisar no gramado do Frasqueirão hoje às 20h50 (horário local), o ABC já saberá o que precisará fazer em campo diante do Avaí para carimbar o seu passaporte de permanência para a Série B de 2013. Para os matemáticos garantir os 45 pontos na tabela é a consolidação do objetivo cumprido. Com 42 e ocupando a 12ª colocação, o ABC briga com mais cinco equipes, todas fora da zona, para finalizar a temporada com tranquilidade. Além disso, as quatro que hoje ocupam o Z4, ainda tentam sair do fundo do poço.

Mas as contas para o ABC permanecer na segunda divisão passam também pelos resultados dos adversários. Com oito pontos de diferença para o Guaratinguetá, primeiro na lista atual dos rebaixados, o alvinegro poderá até empatar na noite de hoje para comemorar. Isso porque às 18h30, em Santa Catarina, o Guaratinguetá enfrenta o Joinville. Se for derrotado pelo time catarinense permanecerá com 34 pontos e manterá a distância inicial de oito pontos para o alvinegro potiguar. Restará aos paulistas apenas mais nove pontos em disputa. Ou seja,

um empate alvinegro no Frasqueirão impediria que os potiguares pudessem ser alcançados. Isso porque o número de vitórias do ABC seria primordial caso necessário utilizar os critérios de desempate. Outra combinação necessária seria um empate ou uma derrota do CRB, que hoje, em casa, às 20h50, enfrenta o Paraná Clube. Ambos ainda fazemos cálculos para se livrar do rebaixamento. O Paraná vive a mesma situação do ABC, porém perde para o alvinegro nos critérios de desempate. Já o CRB amarga a zona de rebaixamento na 18ª colo-

cação com 33 pontos. Outra disputa na parte de baixo da tabela envolve Ipatinga e Bragantino. O time mineiro é o vice-lanterna e jogando em casa espera não ser rebaixado ainda na rodada de hoje. Caso o Bragantino vença, além de permanecer fora da zona de rebaixamento, oficializa a queda do Ipatinga, que não conseguiria mais largar a zona. Outro que também pode oficializar sua queda na noite de hoje é o Grêmio Barueri, que em casa enfrenta o Ceará. Caso seja derrotado estará consolidado na terceira divisão do próximo ano.

Uma vitória hoje garante o ABC na Série B 2013 e pode ser fator primordial para a renovação de contrato de Givanildo Oliveira

Absolvido, Flávio Boaventura está no time titular A única indefinição do técnico Givanildo Oliveira para montar o time titular do ABC era em relação ao sistema defensivo. Era necessário aguardar o julgamento do zagueiro Flávio Boaventura, que acon-

teceu na noite de ontem, para formar o sistema defensivo. O atleta poderia pegar mais um jogo de gancho devido a expulsão diante do Atlético Paranaense. Por unanimidade o zagueiro foi absolvido e recebeu

apenas uma advertência. A suspensão automática por expulsão já havia sido cumprida. Além de Boaventura, a novidade no sistema defensivo pode ser o retorno do lateral Pedro Silva, que lesionado desfalcou o

time nos últimos jogos. Por coincidência o ABC vem de duas vitórias consecutivas utilizado o reserva imediato, Ivan. Pedro Silva foi convocado, mas dificilmente aparecerá entre os titulares.

O time do ABC que entra em campo na noite de hoje deverá ser formado com: Andrey, Ivan, Flávio Boaventura, Vinicius e Renatinho Potiguar; Bileu, Serginho, Guto e Cascata; Adriano Pardal e Éderson.

OS CONVOCADOS: Goleiros: Andrey e Camilo; Laterais: Ivan, Pedro Silva, Renatinho Potiguar e Esquerdinha; Zagueiros: Flávio Boaventura, Vinicius, Gladstone e Leandro Cardoso; Volantes: Guto, Serginho e Bileu; Meias: Cascata, Raul e Jérson; Atacantes: Adriano, Éderson, Rodrigo Silva e Baiano.

Reunião do Conselho autoriza venda de imóveis Enquanto a situação dentro de campo do ABC parece praticamente resolvida em relação a sua permanência na Série B, nos bastidores o clima ainda é quente e as dívidas acumuladas fizeram o clube reunir o Conselho Deliberativo na noite de ontem para votar em relação a venda de patrimônio para cobrir os prejuízos. Com maioria dos votos, grande parte por procuração, foi autorizada a venda de mais sete apartamentos que pertenciam ao clube ainda da negociação com a empresa Ecocil. Anteriormente, três já haviam sido negociados. "Conseguimos a autorização para venda de sete apartamentos que o ABC tinha. Isso foi realizado para que possamos cumprir os compromissos com o futebol do ABC. Foram 92 votos a favor e dois contras. Os conselheiros viram a seriedade e transparência da nossa gestão. Não tenho nada a esconder de ninguém. Não aceito contratos e negociações com sigilo", explicou o presidente Rubens Guilherme. Os votos contrários a aprovação foram do empresário Gláucio

Wellington Rocha

Rubens Guilherme: "os conselheiros entenderam a situação do clube. Foram 92 votos a favor e dois contras" Uchôa, do ex-presidente Leonardo Arruda e de Gilmar. Depois, por um pedido do presidente do Conselho Deliberativo, Gláucio Uchôa modificou o seu voto. Mesmo assim, o conselheiro reclama de algumas situações acontecidas na reunião. "O edital não fazia cessão direta em relação a venda de apartamentos. Sabia-se que duas reuniões não tinham conselheiros suficientes. Ontem conseguiram 49

procurações e os demais foram votos presentes para aprovar a venda de sete apartamentos. O presidente explicou os motivos da venda. Apenas três votos foram contra, o meu, Leonardo Arruda e Gilmar. O que me deixa chateado é a não divulgação dos valores dos apartamentos. Eram 10 e três foram vendidos antecipadamente e nem sequer falaram o valor. Considero um ato infeliz, inclusive do presidente do Conselho, por não

Divulgação

Gláucio Uchôa: "Mudei meu voto pelo compromisso de contratar uma auditoria independente para analisar todos os fatos" ter nos dado o direito de saber", reclamou Gláucio, que explicou o motivo de ter mudado o seu voto posteriormente. "Ficou faltando apenas um voto para a aprovação. Ives Bezerra me pediu educadamente para mudar meu voto e eu mudei. Eu dei uma carta de crédito ao presidente Rubens Guilherme. Porém, ontem vimos conselheiros que nunca sequer pagaram ou compareceram mandarem procurações. Foi o fato mais la-

mentável que presenciei em seis anos que sou conselheiro. A venda de patrimônio não é a solução. Como quase que a totalidade aprovou, não queria ser um calo para ninguém. Porém, a contrapartida foi o compromisso de contratar uma auditoria independente para analisar todos os fatos", finalizou. Sobre os valores, Rubens Guilherme explicou. "Foram vendidos três anteriormente por aproximadamente 85 mil reais. Não sei bem

ao certo os valores, mas posso checar. Os de ontem eu não tenho como divulgar valores porque não foram vendidos ainda. Uma empresa será responsável por comandar essas negociação." O presidente nega que as dívidas cheguem a 3 milhões de reais, como tem sido estipulado. "Nunca. Se chegassem eu estaria numa UTI do Hospital do Coração", explica. Questionado sobre os fatores que levaram o ABC a acumular tantos problemas, Rubens afirma que as previsões não foram cumpridas. "Os resultados no ano nos fizeram modificar a estrutura estabelecida. As dívidas são relacionadas a salários dos jogadores, esgotou a cota da CBF, o sócio torcedor chegou a 52% de inadimplência. A Timemania nós recebemos em torno de 92 mil reais. O maior valor que recebemos da Timemania esse ano foi 168 mil reais. As rendas na Série B não existem. Nem o bicho elas conseguem cobrir. Perdemos um patrocínio da Capemisa e da Alesat, que causaram impacto. Isso tudo contribuiu", finalizou.

América: Nada de experiências. Hoje, time completo Para quem espera que o América utilize as rodadas finais do Campeonato Brasileiro da Série B como uma espécie de laboratório de testes para os seus atletas, é bom esperar mais um pouco. Hoje, às 15h,

diante do Atlético Paranaense, no Ecostádio no Paraná, o América repetirá praticamente o mesmo time que empatou em 4 a 4 no Nazarenão com o Boa Esporte. O adversário de hoje não será

nada fácil. O Atlético tem crescido na competição. Hoje está no G4 e já conseguiu abrir quatro pontos de vantagem para o São Caetano, quinto colocado. Se vencer hoje, os paranaenses darão um passo impor-

tante rumo a Série A do Campeonato Brasileiro. Vale lembrar que o Atlético foi o primeiro time nesta Série B a conseguir quebrar a grande sequência invicta do América no estádio Nazarenão.

Gabriel Negreiros GABRIEL NEGREIROS - gabrielnegreiros@gmail.com - twitter: @gabrielnegreiro DÍVIDAS E PATRIMÔNIO Quando alguém da imprensa, ou até torcedores, afirma que os clubes do RN aos poucos vão delapidando o patrimônio os dirigentes logo torcem o nariz. O América fez isso com o centro de treinamento de Ponta Negra e a sede social. Ontem foi a vez do ABC queimar 10 apartamentos para cobrir dívidas adquiridas este ano. A grande diferença é que quando há crítica em relação a esse assunto não necessariamente significa que a afirmação é de roubo ou erro de gestão. No caso do ABC, fica claro que o erro foi nas escolhas dentro de campo e o exemplo principal é Washington. Em entrevista, o presidente do ABC, Rubens Guilherme, afirma que os prejuízos deste ano estão relacionados ao rendimento ruim em campo. Por isso o clube não conseguiu cumprir com o planejamento financeiro inicial. Há lógica nisso tudo, afinal o ABC precisou montar e remontar o time durante as competições deste ano em várias oportunidades. Erro de gestão no fu-

tebol. Segundo ele, o ABC também perdeu patrocinadores importantes. Falha na gestão de marketing. Isso tudo é uma engrenagem que caminha unida. Não há "case" de sucesso de marketing no futebol se dentro de campo o time não ajuda a consolidar o produto final. Talvez existam ações isoladas, mas no resultado geral, não. Lembrem-se. As dívidas acumuladas foram feitas em uma disputa de Série B. Imaginem então o valor da conta para disputar uma Série A. Vale lembrar, que desde os tempos de Judas Tadeu, os principais patrocinadores do ABC são empresas com ligações diretas com os seus dirigentes. No América também funciona nos mesmos moldes. Dificilmente empresas sem ligações emocionais investem nos clubes potiguares. A votação por 92 a 2 a favor da venda do patrimônio, deixa claro que o presidente Rubens Guilherme tem apoio incondicional do Conselho Deliberativo do clube. Apoio conquistado pela pessoa que Rubens é. Nunca vi ninguém acu-

sar a índole ou o caráter dele. Porém, já vi entrevistas em que o próprio Rubens admitia não conseguir frear a máquina de gastos que é o ABC. Seria fácil caso o ABC fosse uma empresa privada e as escolhas fossem apenas logísticas. Não são. Afinal, seria muito mais barato conquistar um acesso à Série B e utilizar a competição apenas como vitrine para seus próprios atletas. A Série B seria o supermercado e o ABC o fornecedor. Os outros clubes seriam consumidores e os empresários investidores. Mas não funciona assim, é necessário vencer, dar satisfação ao torcedor, brigar pela permanência acima de tudo. Inclusive do poder financeiro limitado. Gostaria muito de fazer um cálculo prático. Por exemplo: quanto custou a operação "Ademir Fonseca"? O salário do treinador, dos dois filhos auxiliares, estadia, alimentação e, principalmente, contratações bancadas por ele e seu empresário. Some tudo, divida pela quantidade de pontos conquistados. Não tenho esses valores, então o

O único problema de Roberto Fernandes é no ataque. Lúcio Curió segue entregue ao departamento médico do clube. Isac, vice-artilheiro da competição, terá a companhia de Pingo, com quem já atuou no últi-

PisandonaBola AMÂNCIO

cálculo é impossível. Faça o inverso, calcule o quanto o ABC perdeu com ele. E quando um treinador destrói um clube em campo, o resultado chega às arquibancadas. A pior gestão de marketing e patrimônio do Brasil é a do Flamengo. Nem por isso o clube deixa de realizar ações de sucesso. Mas nesse ponto a razão é outra: o tamanho da torcida faz com que qualquer ação seja um sucesso espontâneo. Em nossa realidade, é preciso matar um leão por dia. O Leão que o ABC "matou" ontem é emergencial. Não conheço a realidade financeira do clube para saber se era necessária ou não a venda. Penso apenas no aspecto mais amplo. E a realidade é que ontem o ABC queimou 10 apartamentos em Ponta Negra, sendo três com preços bem discutíveis e outros sete que podem ser negociados de forma bem vantajosa, caso o clube queira. A propósito, pretendo me casar em breve e preciso de um apartamento. Em Ponta Negra, por 85 mil, eu compro. Pago a vista.

ma rodada. O restante do time já é bem conhecido pelo torcedor: Thiago Schimidt; Norberto, Cléber, Edson Rocha e Wanderson; Ricardo Baiano, Márcio Passos, Fabinho e Netinho; Pingo e Isac.

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Esporte

Natal, 6 de novembro de 2012

Terça-feira

Fotos: DIvulgação

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

O Monsenhor

Ronny Markes está recuperado após lesão na mão e já treina normalmente, sem sentir dor; Tempo parado acabou sendo importante para melhor também o “psicológico”

Potiguar Ronny Markes comemora convocação para luta no UFC Brasil DE

VOLTA AO OCTÓGONO DEPOIS DE MESES LESIONADO, LUTADOR DE

VAI ENFRENTAR

ANDREW CRAIG

Agora é oficial: Ronny Markes vai lutar pelo UFC no Brasil. Depois de no octógono para lutar no Brasil e fazer campanha pela internet, o potiguar foi confirmado no card do primeiro evento da maior organização de MMA do mundo em 2013. Marcado para o dia 19 de janeiro, o quinto evento do UFC realizado no país ainda não tem local definido, mas sabe-se até o momento que Vitor Belfort e Michael Bisping vão fazer a luta principal da noite e Ronny Markes pegará o americano Andrew Craig no card preliminar. Sobre a volta ao octógono, Ronny Markes afirmou que não poderia ser em melhor hora. "Estou totalmente recuperado da lesão que eu tive na mão e confiante em treinar bem para a luta. Agora, posso dizer também que estou melhor psicologicamente. Ficar esse tempo parado me ajudou a ser mais paciência, a trabalhar esse lado da calma, de saber o momento certo. Afinal, tentei por duas vezes voltar antes do tempo e isso só me fez ficar ainda mais período mais longo parado", afirma Ronny Markes, que não luta desde a vitória de fevereiro, contra Aaron Simpson. Ao final dessa luta, inclusive, Ronny Markes pediu, ainda no octógono, uma chance a Dana White, chefão do UFC, de lutar no Brasil. A lesão na mão, porém, o impediu de ser confirmado no evento seguinte, realizado em junho, em Belo Horizonte. Depois, acreditando estar recuperado, o potiguar fez campanha no Twitter para estar no UFC realizado em outubro, no Rio. "BebezãonoUFCRIO", no entanto, acabou sendo novamente frustrada pelo fato de Markes, mais uma vez, sentir a lesão na mão. Por isso, a volta ao octógono festejada por Ronny Markes não só porque ocorre quando está totalmente recuperado da lesão na mão, mas também porque o potiguar terá a chance de realizar um sonho antigo, de lutar no Brasil pelo UFC. "Já fiz várias lutas no Brasil, mas agora é diferente porque estou no maior evento de MMA do mundo e isso faz a torcida brasileira

EM JANEIRO, NO PRIMEIRO EVENTO

MMA DE 2013

ajudando mais que eu estou ajudando ele", garante Ronny Markes. Além de Ronny Markes, Andrew Craig, Vitor Belfort e Bisping, o UFC Brasil em janeiro terá ainda Daniel Sarafian, recuperado de lesão que o tirou da final do programa, encarando C.B. Dollaway; Godofredo Pepey, finalista do peso pena, no confronto verde e amarelo contra Milton Vieira; e Thiago Bodão mede forças contra Michael Kuiper. "Como já havíamos antecipado, 2013 será um ano muito movimentado para os fãs brasileiros. Estamos muito felizes com esse evento de 19 de janeiro que, assim como fizemos em 2012, abre o calendário do ano do UFC", disse Marshall Zelaznik, diretor de desenvolvimento internacional do UFC, para depois explicar a questão do anúncio da cidade: "Faltam alguns detalhes para fecharmos a cidade. Estamos na expectativa de anunciarmos nas próximas semanas." O evento de 19 de janeiro será o 5º realizado no Brasil que, desde agosto de 2011, já sediou três no Rio de Janeiro e um em Belo Horizonte. Além dos eventos, os fãs brasileiros irão acompanhar em 2013 a segunda edição do reality show The Ultimate Fighter Brasil. Lutas definidas Ronny Markes lutou pela última vez em fevereiro deste ano, contra Aaron Simpson se mobilizar muito mais. Acho que é um sonho para qualquer brasileiro. Além de um momento de muita visibilidade, porque o Brasil praticamente inteiro se prepara para ver as lutas no Brasil, a torcida é também um combustível, uma motivação a mais dentro do octógono". Durante esse período em que não lutou, Ronny Markes afirma que aproveitou para treinar jiu jitsu, boxe e, claro, estudar os adversários. "Assisti praticamente a todas as lutas dos meus adversários nos pesos médios", garante, ressaltando que inclusive viu as lutas de Andrew Craig durante. "Vi as duas lutas dele e até cheguei a dizer que

ele poderia ser um dos meus futuros adversários, porque também tinha duas vitórias dentro da organização". Os treinos de jiu jitsu foram realizados na Nova União, no Rio de Janeiro, e na Kimura, em Natal. O de boxe está sendo com o campeão dos pesos pesados do UFC, Júnior Cigano, no Corinthians, em São Paulo. "Estou aprendendo muito. Todo mundo sabe que sou naturalmente um lutador de jiu jitsu e, por isso, estou aproveitando bastante essa preparação com Júnior Cigano para aprimorar meu boxe. Posso dizer que fui chamado para ajudálo na preparação, mas ele está me

CARD OFICIAL Card principal Vitor Belfort vs Michael Bisping C.B. Dollaway vs Daniel Sarafian Ben Rothwell vs Gabriel Napão Khabib Nurmagomedov vs Thiago Tavares CARD PRELIMINAR Godofredo Pepey vs Miltinho Vieira Andrew Craig vs Ronny Markes Nik Lentz vs Diego Nunes Justin Salas vs Edson Barboza Michael Kuiper vs Thiago Bodão George Roop vs Iuri Marajó Roger Hollett vs Wagner Caldeirão C.J. Keith vs Francisco Massaranduba

A figura frágil magnetizava quem tivesse o mínimo de sensibilidade. Baixinho, magro e falante, dominava qualquer ambiente em que chegava e era a primeira vez que o jovem repórter o via. Implacável verão em 1993 e o religioso de ombros arqueados e frases rebeldes reunia um pequeno grupo de políticos em São Paulo do Potengi para falar sobre seca. A seca em 1993 foi impiedosa. Lembro-me do açude da fazenda do meu sogro, nos Ingás, no Encanto, barrento, lamaçal e animais mortos. Matar a sede e tomar banho, só com garantias permitidas por um surrado poço tubular que servia aos familiares e aos moradores próximos que traziam galões na cabeça para carregar água. Um cenário que não sensibilizava os homens públicos há décadas. Eles apareciam no interior de dois em dois anos, em carros bonitos, desciam, eram recebidos com jantares que custavam dois meses de salário do pobre anfitrião, falavam em comícios, soltavam promessas carimbadas e retornavam para Natal, alguns sem sujar a roupa de linho. Em 1993, o religioso de São Paulo do Potengi decidiu chamar o rebanho eleito aos carretéis. Lá fui eu, o repórter, de ressaca, para o clube de São Paulo do Potengi. Lembro bem do então senador Garibaldi Alves Filho e do deputado estadual Elias Fernandes. Dos dois, me recordo. O Governo do Estado mandou representante. A figura miúda emocionava com sua mudança de tonalidade que unia ternura e revolta como um pastor de miseráveis sem crença que não fosse a Bíblia como anestésico espiritual. O Monsenhor Expedito Medeiros cobrava soluções e dizia que havia gente morrendo de sede, a procissão de famintos aumentava com o gado dizimado, a bacia leiteira acabava. O Monsenhor Expedito Medeiros falava exemplificando: "Fui esta semana a casa de comadre Maria e o filho dela bebia água amarela. Bebia água coisa nenhuma. Bebia barro molhado. E se fosse um filho dos senhores?" O Monsenhor Expedito Medeiros recitava a homilia da dor. >>> O Monsenhor ia e vinha, devagar de propósito, mergulhava nos grotões das agruras sertanejas, percorria com as palavras os caminhos áridos dos homens do campo sem colheita nem sementes para o plantio, brandia sua espada de revolta ante à indiferença dos poderosos. O Monsenhor Expedito falou uma hora, uma hora e meia e as autoridades começavam a se impacientar. Um dos integrantes da mesa, se abanando com uma folha de papel, chamou um funcionário da diocese e pediu que trouxesse água gelada para os convidados. O rapaz levou um sonoro carão do Monsenhor: "Aqui ninguém bebe água. Os senhores estão passando pelo que o povo do sertão passa o ano inteiro. Que fiquem com sede, para que brote no coração de vocês a sensibilidade e a solidariedade para com os seus irmãos." Os políticos caíram num constrangimento funeral. O apóstolo continuou sua pregação e o seu gesto de fazer com que provassem na pele ou na garganta o sacrifício da maioria, me pareceu o ponto de partida para o famoso Programa de Adutoras, iniciado no Governo de Garibaldi Alves Filho seguindo o Plano de Recursos Hídricos criado pelo também sedento daquele sábado, o deputado Elias Fernandes. Passados 19 anos, Monsenhor Expedito Medeiros morreu e as adutoras não foram suficientes para resolver o caos dos efeitos da estiagem, fenômeno natural. Mas melhoraram muita coisa. A seca de agora é grave. O gado morre, o açude murcha, o matuto reza por chuva, não se perfura um poço, nem se constrói uma cisterna, um açude. Em Luiz Gomes, faz um ano que o povo sofre sem um pingo saindo das torneiras. Saudades do Monsenhor Expedito Medeiros. Perdi a fé em orações, mas seria bom que ele voltasse, em forma de gente ou de visagem doce e atrevida, para berrar bem forte contra a arrogância e a insensibilidade, dos que acompanham em gabinetes de carpete e ar condicionado, o martírio de quem só serve para lhes dar o voto. HOJE Uma vitória sobre o Avaí e o ABC sacramenta a permanência na Série B com 45 pontos ganhos. Seria a confirmação das projeções de Givanildo Oliveira. No próximo ano, a Série B não vai ser mole pra milagre. Quem não se planejar, cai porque vem Palmeiras com uma vaga certa para o ano da Copa do Mundo. AMÉRICA De saco cheio com a Série B. Está jogando por obrigação de tabela e mesclará titulares e reservas até a partida contra o ABC no Frasqueirão. Há o desejo secreto de ganhar do principal adversário com o time reserva. ADRIANO EAENCERADEIRA Zinho, o diretor de futebol do Flamengo, encerou, encerou e encerou como nos tempos do tetra e não conseguiu enquadrar Adriano, o Imperador da Balada. Adriano avisou que não joga mais em 2012. Estará dedicado ao funk e às incursões à Vila Cruzeiro, onde nasceu e mantém amizades de primeira linhagem. RENOVAR COM PANTERA O Santa Cruz contrata uma excursão de reforços e o destaque é o veterano artilheiro Maurício Pantera, idolatrado pelos lados dos Inharés. Formará dupla com Alvinho, que deveria ser recrutado pelo ABC para o elenco de 2013. O goleiro do Santa Cruz tem nome de cangaceiro e fama

de bom pegador: Marcilon. MARCELO Ótimo ponta de lança formando dupla com Reinaldo no Atlético(MG), Marcelo Oliveira faz muito bem em deixar o Vasco(RJ), um timeco de quarta divisão. Marcelo não pode ensinar pernas de pau a jogar bola. Será substituído pelo ex-zagueiro Gaúcho, que destruiu as categorias de base do Vasco e é sintonizado com o baixo nível técnico do time atual. BOAS SURPRESAS Dois e-mails agradáveis. O médico Berilo Castro, talentoso quarto-zagueiro de Alecrim e América nos anos 1960, manda avisar que está à disposição para autografar seu ótimo livro do Futebol à Medicina, que li de um fôlego só. Uma biografia que transcende a história do homem e narra, com rara sensibilidade, a passagem de uma cidade aldeota à metrópole. MARLÚCIO José Marlúcio, o Zé Marlúcio, craque de futsal dos tempos de ABC do Ginásio Silvio Pedroza, me manda uma relíquia, com imagens do time alvinegro campeão de Natal em 1957, com ele, Bira Motta e Zé Silva, entre outros cobras. Zé Marlúcio, que mantém pernas de cowboy típicas do bom de futebol de salão, hoje preside o Instituto de Previdência dos Servidores do Estado(IPERN).


Cultura

Terça-feira

Natal, 6 de novembro de 2012

O Jornal de HOJE 17

Cinema, Desigualdade & Expressão A

PARTIR DE AMANHÃ,

DA

CIDADE ALTA,

7º FESTIVAL

DE

CINEMA

E

DIREITOS HUMANOS

DA

AMÉRICA

DO

SUL

EXIBIRÁ, NO

IFRN

TRINTA E SETE FILMES COM TEMÁTICAS QUE VÃO DA DIVERSIDADE ÉTNICA À VIOLÊNCIA QUE

ASSOLA O CONTINENTE MAIS DESIGUAL DO PLANETA; EVENTO OCORRERÁ EM TODAS AS CAPITAIS BRASILEIRAS CONRADO CARLOS CCPSILVA@HOTMAIL.COM

Uma das formas mais exitosas de um governo implantar uma ideologia, seja ela de qualquer natureza, é através das artes. Assim fizeram russos e norte-americanos durante a Guerra Fria com a construção de centros culturais e financiamento de artistas em países estratégicos, além da exportação de livros, filmes, filarmônicas, peças teatrais e demais produtos da indústria cultural. De forma plena, sensível e reflexiva, a possibilidade do diálogo e expansão do conhecimento ganha novos contornos – e, geralmente, atinge seu objetivo. A partir de amanhã, Natal será uma das vinte e seis capitais, mais o Distrito Federal, que receberá o “7º Festival de Cinema e Direitos Humanos da América do Sul”, projeto realizado pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos, em parceria com o Ministério da Cultura. São trinta e sete filmes, de diferentes países, cujas temáticas giram em torno da diversidade étnica, do respeito ao semelhante, das agruras sociais e da violência que assola um continente rico em matériasprimas e capital humano, porém desigual como nenhum outro. Com entrada franca, o evento deste ano homenageará o cineasta Eduardo Coutinho, um dos principais documentaristas do Brasil. Se no restante do país o festival

"Hoje", de Tata Amaral, vencedor de cinco prêmios no Festival de Cinema de Brasília funcionará até o dia 20 de dezembro, aqui na capital potiguar, os filmes serão exibidos no IFRN – Campus Avançado Cidade Alta, entre os dias 07 e 13 deste mês menos no dia 09, sexta-feira. A organização garante acessibilidade nas sessões com audiodescrição e closed caption; longas-metragens inéditos com atores renomados,

como Denise Fraga, Antonio Petrim e Caio Blat. No site oficial, a ministra de Estado Chefe da secretaria, Maria do Rosário, revela a expectativa. “Esperamos que todos os espectadores da Mostra reflitam sobre os temas abordados nos filmes. Que incorporem essas reflexões às suas práticas cotidianas ao longo de

suas vidas e sejam, desta maneira, promotores e defensores dos valores mais caros aos Direitos Humanos, ajudando a construir um País que garanta os direitos básicos de todo o seu povo” – com 50 mil assassinatos e 50 mil mortos no trânsito por ano, a iniciativa tem méritos. Um dos destaques da progra-

Cultura HOJE

mação é “Hoje”, de Tata Amaral, filme vencedor de cinco prêmios no Festival de Brasília de 2011 (melhor filme, roteiro, fotografia, direção de arte e atriz para Denise Fraga). A narrativa é transcorrida em um dia. Vera (Denise) tenta reconstruir sua vida, depois de viver na clandestinidade durante o Regime Militar, nos anos 1970. Ao receber uma indenização pelo desaparecimento do marido, vinte anos depois, ela sente nova angustia com o repentino retorno do cônjuge. Como homenageado, Eduardo Coutinho ocupará espaço com três películas: “Cabra Marcado para morrer” (1984) e “O fio da memória” (1991) e “Santo Forte” (1999). Todos imperdíveis para quem gosta da Sétima Arte ou alimenta a esperança de ver um país menos tacanho – mesmo que apenas na ficção das telas. Já "Batismo de Sangue", dirigido por Helvécio Ratton, trata da participação de frades dominicanos na luta clandestina contra a ditadura – é uma adaptação do livro homônimo de Frei Betto, o guru da Teologia da Libertação, vencedor do prêmio Jabuti de 1983. Dos internacionais inéditos comercialmente no país, o colombiano “Chocó”, de Johnny Hendrix Hinestroza, e “A demora”, indicado oficial do Uruguai ao Oscar deste ano, merecem atenção. Aquele foi lançado no Festival de Berlim 2012 e atingiu sucesso de público em sua terra natal, com meio milhão de expectadores. A obra des-

taca os problemas do desemprego e da violência doméstica. Este, também lançado em Berlim, mostra uma mulher de família pobre que não consegue internar seu idoso pai em um asilo e acaba tomando uma atitude drástica.

SERVIÇO 7ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul Dias 7 e 8 e de 10 a 13 de novembro, Local: IFRN - Campus Avançado Cidade Alta Auditório (148 lugares) Av. Rio Branco, 743, Cidade Alta – CEP 59025-003 (84) 4005.0950 Informações:www.cinedireitoshumanos.org.br Entrada franca

com Dani Pacheco

DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com - INTERINO - CONRADO CARLOS - ccpsilva@hotmail.com TEATRO Bacana esse projeto da Casa da Ribeira para selecionar cinco atores que encenarão uma peça custeada pelo Governo do Estado e pela Cosern, através do edital Cena Aberta Formação. Foram duas semanas de oficinas intensivas e simulações sobre o processo de montagem com aulas de corpo, voz e criação de cenas. Os escolhidos Glacyane Martins, Viturino Bezerra, Hugo Ferreira Santos, Jociel Luis de Oliveira, Luana Vencerlau, Marina Ataide Braga, começarão os ensaios amanhã (07). GANGNAM STYLE Povão é uma desgraça em qualquer lugar, como diria meu amigo Guilherme. Pois não é que vinte mil franceses saíram às ruas de Paris, atendendo um chamado via Twitter, para celebrar com o ‘rapper’ sul-coreano Psy e sua famigerada “Sexy Lady”? O Latino de Seul não para de bater recordes. RUA DO SAMBA A Rua Ângelo Vieira, em Petrópolis, nas imediações dos bares Pitanga, Cervantes e Dom Vinícius, será sacudida no próximo dia 10 (sábado). Com a promessa de transformar a região em um reduto do samba de raiz em Natal, o evento trará um dos principais compositores do samba atual, o mineiro radicado no Rio de Janeiro Toninho Geraes. Com dois discos na carreira, “Chances Reais” (1987) e “Samba de Botequim” (2001), e mais de duzentas composições interpretadas por gente do calibre de Zeca Pagodinho (seu padrinho musical), Bezerra da Silva, Agepê, Beth Carvalho, dentre outros, o músico é uma referência no gênero. Além de Toninho, a Rua do Samba vai contar com o melhor do ritmo ao som de Arquivo Vivo, Debinha, Bagadão e Vida Alheia além do Divina Xamma. A venda de ingressos para a festa acontece na loja Fulana da Rua Mipibu.

PETROBRAS DISTRIBUI CULTURA Já estão abertas as inscrições para a maior seleção pública específica para circulação de peças teatrais do país. O Programa Petrobras Distribuidora de Cultura contemplará peças profissionais, não inéditas, nas categorias adulto e infanto-juvenil. O valor total de investimento é de R$ 15 milhões para o biênio 2013-2014. Na última edição, o Rio Grande do Norte teve seis projetos contemplados. O período de inscrições vai até o próximo dia 04 de janeiro, exclusivamente pelo endereço www.br.com.br/cultura, mediante preenchimento de formulário específico e envio de documentos digitalizados, de acordo com regulamento da seleção pública. Os resultados da seleção serão divulgados em julho de 2013.

70 ANOS DO ZÉ CARIOCA A Editora Abril põe no mercado uma antologia com todas as tiras publicadas sobre o papagaio criado por Walt Disney, nos anos 1940, como parte da política norte-americana para atrair aliados durante a Segunda Grande Guerra. São dois volumes com 300 páginas, com o primeiro já disponível nas bancas (o segundo chega no próximo dia 30). Detalhes da viagem de Walt ao Brasil em 1941 e curiosidades sobre o processo de criação incrementam o material comemorativo. O personagem foi criado dentro do Copacabana Palace por um Walt deslumbrado com o animal dos trópicos.


18 O Jornal de HOJE

Cultura

Natal, 6 de novembro de 2012

Canal 1

BATE-REBATE

tomar cuidado com certas coisas. TelesÉpreciso pectador não é bobo. Merece respeito sempre e

não pode ser enganado, em situação nenhuma. Aliás, nos tempos de agora, toda e qualquer tentativa de querer trapacear o público em casa, é descoberta com muita facilidade, porque hoje sobram meios para isso. Inocente ou tonto é quem pensa de outra maneira. A participante do último "Esquadrão da Moda", do SBT, levado ao ar na noite de sábado, foi exatamente a mesma do quadro "Família pede socorro", apresentado recentemente, no programa da Eliana. Parece que é amiga de algumas pessoas da produção. O nome dela é Sueli. Como "prova do crime" aí estão os dois links denunciando claramente essa armação. Coisa mais feia. http://www.youtube.com/watch?v=NpyZ4sDkmDc http://www.sbt.com.br/esquadraodamoda/noticias/?c=11079

TV Globo/ Alex Carvalho

POR FLÁVIO RICCO - Colaboração: José Carlos Nery - flavioricco@gmail.com.br

Programas do SBT armam em cima do telespectador

X9 Em "Salve Jorge", Jéssica (Carolina Dieckmann) desconfia que Rosângela (Paloma Bernardi) está ajudando Russo (Adriano Garib), que a estuprou, e cobra satisfações. "E se estiver? Não quero passar pelo que você passou...", devolve.

>> TV - TUDO w TIROU DE LETRA No "Band E.C.", domingo, a apresentadora Marina Ferrari, provocando ou simplesmente desconhecendo, quis do Edmundo uma avaliação do trabalho do Vanderlei Luxemburgo no Grêmio. O comentarista, com a elegância de um lorde, elogiou o treinador. Os dois, como se sabe, têm uma pendenga judicial.

w FIM DE ANO - 1 Na última quinta-feira, final do expediente, a Bandeirantes dispensou cerca de 20 profissionais, em São Paulo, a maioria das produções de "Muito Mais" e "Quem fica em pé?" - programas com ciclo encerrado. Segundo se informa, outros cortes estão previstos no decorrer dos próximos dias.

w CTRL C? O assunto ainda gera discussão, mas há quem enxergue semelhanças entre o logotipo do "Se Liga Brasil", novo programa das manhãs na Rede TV!, e parte da cauda esquerda do tradicional pavão, marca registrada da rede americana NBC. Olhando bem, até pode ser.

w FIM DE ANO - 2 Na Record, a notícia também não é nada boa. Um grande corte é aguardado nas suas produções, ainda neste fim de ano. O clima, como não poderia deixar de ser, é de tensão. Quando a conta não fecha, sempre sobra pra folha.

w ASSIM VAI INDO Luciana Gimenez tem mais duas entrevistas acertadas para o seu novo programa da Rede TV!. Uma com o Olivier Anquier, gravada. Outra que ela vai fazer com a Ana Hickmann, liberada pela Record, nesses próximos dias. A data de estreia ainda não foi fixada.

w RÉDEA CURTA Ainda em relação à Record, fala-se num controle maior de gastos a partir de agora, coordenado pela Universal, mas não necessariamente num freio em relação a novos investimentos. Buscase uma política de pés no chão. Até porque, segundo setores da igreja, andaram gastando demais e os resultados não foram os desejados. Os jogos olímpicos estão entre os exemplos negativos.

w RECLAMAÇÃO Funcionários da Record reclamam que a direção da casa decidiu, na última semana, não pagar mais em dobro os feriados trabalhados. É aquela velha briga de sempre. Procurada, não foi possível localizar quem respondesse pela emissora.

w DOIS PROBLEMAS Fiquem, desde já, todos avisados de dois desfalques na "Escolinha do Gugu", no programa do próximo domingo.

A Cacau vai faltar, porque precisa fazer uma viagem ao exterior. A Geisy Arruda também não vai aparecer, porque marcou um recall no silicone do peito. w DESELEGÂNCIA E INSENSATEZ Sem entrar na seara do fanatismo ou preconceito, mexer com religião é sempre muito delicado. Requer um mínimo de respeito. Desconhecimento à parte, foi de um profundo mau gosto a brincadeira do Silvio Santos sobre o espiritismo, no seu programa de domingo, com as "participações especiais" da filha Patrícia e da Lívia Andrade. w REFORÇO William Waack e Alan Severiano, ambos da TV Globo - SP, estão desde a semana passada nos Estados Unidos, para auxiliar a equipe local na cobertura da recuperação de Nova York, depois do Sandy, e também para as eleições americanas no dia de hoje. w NA CONTA Um clima de euforia tomou conta dos corredores da Rede TV! no dia de ontem. Funcionários se abraçavam, comemoravam, e isso acabou chamando a atenção de pessoas de fora, que foram lá participar dos seus programas. Motivo tão logo esclarecido. Os salários referentes ao dia 5, foram pagos corretamente.

HORÓSCOPO Áries 21/03 a 20/04 Mudança da fase lunar traz vibrações positivas para você se esbaldar no amor, o clima está bem romântico e protege os mergulhos profundos nos sentimentos. Pergunta obsoleta: que poderes isto traz a você?

Leão 22/07 a 22/08 A minguante lunar acontece no seu signo, colocando você e suas necessidades na frente das exigências familiares. É seu jeito caloroso, intuitivo e animado de ser que ganha espaço. Os outros terão de se acostumar com isso.

Sagitário 21/11 a 21/12 nalmente uma luz no fim do túnel - surge com esta Lua minguante, promessa de revisões mais entusiastas da vida e de seus problemas. Mesmo que você tenha deixado pontas soltas e tenha segredos bem guardados.

Touro 21/04 a 20/05 Com o advento da minguante lunar começa um período bom para você revisar aspectos de sua vida intima e domestica. As relações com a família, por exemplo, que devem ser mais fonte de alegria do que palco para lutas por controle.

Virgem 23/08 a 22/09 É ótimo investigar assuntos complicados, elucidar mistérios e destravar segredos - você é ótimo nisso. Mas agora, surge a pergunta que não quer calar: pra que tudo isto? Qual o sentido destas investigações?

Capricórnio 22/12 a 21/01 O assunto desta minguante lunar é como tocar um projeto em comum sem contar com recursos de sócios ou parceiros. Além de problemático, isto implica em convencer essas pessoas, entusiasma-las.

Gêmeos 21/05 a 20/06 É a conclusão de um ciclo que começou há duas semanas - aquele da reorganização da casa e da rotina. Agora, a pedida é dar os últimos acabamentos nos que ainda falta. Bom para investir mais na luz e no calor do ambiente.

Libra 23/09 a 22/10 É preciso compar tilhar suas alegrias, seus dons e seus talentos - uma percepção que se impõe mais aguda agora. Você acredita que o mundo possa ser um lugar melhor, então tem de fazer a sua par te. Simples assim...

Aquário 21/01 a 19/02 Contradições no ar: ou bem você faz o que seu mestre mandar, ou segue seu parceiro. Ou você dá vazão á sua veia revolucionaria, ou concorda com posições conservadoras para manter uma sociedade. Tensões criativas....

Câncer 21/06 a 21/07 Depois de transformar condições ruins no trabalho, reciclar sentimentos, descartar trabalhos chatos e se virar do avesso no amor, você renasce revigorado se avaliar suas escolhas com base nos valores que considera importantes.

Escorpião 23/10 a 21/11 Por mais brilho e poder que você tenha, sempre há alguém que vai desafiar essa condição. Um chefe, por exemplo? É este o tema da minguante lunar de hoje. Liberdade pra agir sim, mas nunca abalando sua reputação, tá certo?

Peixes 20/02 a 20/03 A intuição é um norte poderoso para você, sempre foi e continuará sendo. Só que agora, com a condição imposta pela Lua minguante: nortear-se sim, desde que levando em conta a aplicação prática de suas decisões inspiradas.

Cinemark 3: 14h50 / 16h50 / 18h50 / 20h50 (exceto terça e quinta-feira) Moviecom 2 : 17h15 / 21h35

DIÁRIO DE UM BANANA 3 DIAS DE CÃO Cinemark 5: 12h50 / 15h05 / 19h20

GONZAGA DE PAI PARA FILHO (12 anos) Cinemark 1: 13h45 / 16h30 / 19h30 / 22h15 Cinemark 6: 13h00 / 15h45 / 18h40 / 21h30 Moviecom 3: 17h30 Moviecom 7: 15h50 / 18h35 / 21h20

MAGIC MIKE (16 anos) Moviecom 4: 14h25 / 16h45 / 19h05 / 21h25

CINEMA HOTEL TRANSILVÂNIA Livre - Cinemark 7: 13h10 ATÉ QUE A SORTE NOS SEPARE (12 anos) Cinemark 4: 12h40 / 15h00 / 17h30 / 19h50 / 22h10 Moviecom 2: 19h25 007: OPERAÇÃO SKYFALL (16 anos) Cinemark 2 : 14h00 / 17h10 / 20h20 (exceto terça-feira) Cinemark 7 : 15h20 / 18h25 / 21h40 (exceto terça-feira) Moviecom 1: 15h20 / 18h15 / 21h10 Moviecom 3: 14h35 / 20h10 ATIVIDADE PARANORMAL 4 (14 anos)

FRANKENWEENIE (10 anos) Cinemark 3: 12h45 Cinemark 5: 17h15 / 21h25 Moviecom 6: 15h00 / 17h00 / 19h00 / 21h00

Terça-feira

POSSESSÃO (14 anos) Moviecom 5: 15h35 / 17h40 / 19h45 / 21h50 A GUERRA DOS BOTÕES Cinemark 3: 20h50 (terça e quintafeira) QUEEN - HUNGARIAN RHAPSODY Cinemark 7: 21h00 (terça-feira)

w O "Extreme Makeover", da Record, está sendo apresentado, do sábado para domingo, da 0h50 à 1h25. w Apresentado ou escondido? w Ficou para janeiro do ano que vem o lançamento do livro "Proibida pra mim", de Gustavo Reiz. wAhistória relata um romance entre dois jovens e uma banda de rock iniciante. wARede TV! informa que não tem disputa nenhuma. O novo programa da Luciana Gimenez, o talk show, será apresentado às terçasfeiras. w Enquanto Daniela Albuquerque, com o "Sob Medida", entrará nas noites de quinta. Segundo a emissora, isso está valendo desde o começo. w As colunas "Bandnews Literatura" e "Bandnews Artes" estreiam hoje no Bandnews, com apresenta-

C´EST FINI

ções diárias. w Na mesma área, também nesta terça, 11 da manhã, começa o "Giro Artes", semanal. w Lucélia Santos é a convidada do "Provocações", do Antonio Abujamra, hoje, 11 da noite, na Cultura. w O "Esquenta", programa de temporada da Regina Casé, na Globo, volta agora no fim do ano. w Numa parceria com a Coca-Cola, o canal Nat Geo estreia hoje, às 19h15, a série "Viva Positivamente", em quatro episódios - um deles se passa no Brasil. w O programa descreve as ações de pessoas que superaram grandes desafios sociais. w No Rio de Janeiro, será mostrado o caso de Antonio Borges, que passou de indigente a presidente de uma das mais fortes cooperativas de reciclagem da cidade.

Letícia Dornelles, uma vez mais, foi procurada pela direção da Rede TV! para assumir os roteiros do "Saturday Night Live", que já está com sua temporada 2013 garantida. A autora agradeceu a lembrança, mas vai permanecer na equipe do "Programa da Tarde", da Record. Tá bem feliz lá. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!


Cidade

Terça-feira

Natal, 6 de novembro de 2012

O Jornal de HOJE 19

Agressões nas redes sociais podem ser punidas ADVOGADO

ESCLARECE COMO PESSOAS OFENDIDAS DEVEM SE COMPORTAR Divulgação

VINÍCIUS SILVA FSVINICIUS@HOTMAIL.COM

Não é de hoje que se sabe que alguns internautas usam de má-fé e do espaço virtual para publicizarem seus desafetos. E normalmente se faz isso de forma anônima, o que, constitucionalmente, é crime. Em 2010, o Facebook, rede social com 955 milhões de contas ativas, podia assegurar que 90% disso era de pessoas reais. Hoje, o percentual caiu para 75%. Ou seja, menos confiabilidade na rede. Aliás, tentando retomar este controle, o próprio Facebook tem enviado para seus usuários um pequeno questionário para saber se determinado amigo possui o nome e sobrenome registrados. Para quem quiser se antecipar, basta denunciar abusos a rede social. Para tanto, basta o usuário ir até o perfil do agressor, e no botão de configuração, ao lado do botão de "mensagem" e escolher a opção denunciar/bloquear. Em caso de agressão contra si, o ideal é que se dê um print screen na tela e salve a imagem como arquivo que possa ser analisado posteriormente pela Justiça. O advogado especialista em direito público Rômulo Dornelas Pereira explicou como deve ser o procedimento para quem se sentir com a honra violada graças a ações agressivas de terceiros. Veja, a seguir, a íntegra da entrevista: JH-Quem tiver a honra ofendida nas redes sociais, qual o procedimento a ser tomado juridicamente? Rômulo Dornelas - O ofendido pode pleitear judicialmente a responsabilização criminal do autor da ofensa diante da possível prática de crime contra a honra tipificados nos artigos 138 a 140, do Código Penal Brasileiro, podendo ser caracterizada a calúnia, a injúria ou a di-

Com 955 milhões de contas ativas, o Facebook é território utlizado por muitas pessoas para a prática de agressões famação, a depender do caso. Há também a possibilidade de se requerer a responsabilização cível por parte do ofensor, caso a ofensa tenha gerado um abalo psicológico ensejador de um dano moral ou até mesmo um dano de ordem patrimonial, que sejam passíveis de indenização. JH-E se o autor estiver usando perfil falso, como reconhecer o usuário? Quem se deve responsabilizar? Rômulo Dornelas - Segundo o artigo 5º, inciso IV, da Constituição Federal, é livre a manifestação de pensamento, embora seja vedado o anonimato. Sendo assim, no caso da ofensa oriunda de um perfil falso, é possível que o poder judiciário determine que a empresa provedora do site de relacionamento (Facebook, Twitter, Youtube, Google, por exemplo) lance

> FUNDAÇÃO JOSÉ AUGUSTO

Mês da Música oferece oficinas até dezembro e destacará potiguares Com o objetivo de ampliar e fomentar o conhecimento dos músicos e artistas potiguares, a Secretaria Extraordinária de Cultura e Fundação José Augusto (Secultrn/FJA) promove o ‘Mês da Música’. A abertura oficial aconteceu ontem, às 18h30, no Salão Nobre do Teatro Alberto Maranhão (TAM) com palestra de Cláudio Galvão, doutor em História pela USP, sobre ‘Os Clássicos Potiguares: Oriano de Almeida, Osvaldo de Sousa, Waldemar Almeida’, fazendo uma viagem no tempo, contando e redescobrindo os grandes clássicos do nosso Estado. Serão 310 horas de aulas de capacitação e formação musical em clássica, popular e técnica para montagem de estúdio, divididos em três segmentos: sons do clássico, Música Popular Potiguar e oficinas de áudio e vídeo. De acordo com a coordenadora do Centro Norteriograndense de Artes da Fundação José Augusto, professora Cléa Bacurau, promover eventos com este é uma obrigação que instituições culturais tem que cumprir. "Promover o acesso à cultura para a população é uma obrigação que nós, enquanto instituição cultural temos que desempenhar, então este mês da música foi mais uma iniciativa para dar oportunidade à população que busca ampliar suas áreas de conhecimento, neste caso, na área musical. Os recursos são próprios e temos incentivos do Ministério da Cultura, aém disso contamos com parceiros que tem o mesmo intuito de tornar a arte e a cultura acxessíveis a todos", disse a professora Cléa Bacurau. A primeira atividade será a oficina "Sons do Clássico", que visa qualificar os conhecimentos dos músicos potiguares em música clássica, com peças de Beethoven, Bach, Mozart, a música clássica francesa, alemã, espanhola, barroca, contempo-

rânea e as óperas mais conhecidas. Com carga total de 100 horas, as aulas acontecerão entre 5 e 29 de novembro, no Salão Nobre do Teatro Alberto Maranhão, e serão divididas por temas e com grandes conhecedores da erudição musical. A partir do dia 19 deste mês até 11 de dezembro, as oficinas "Música Popular Potiguar" oferecerão aulas sobre as características e peculiaridades da musica potiguar ministradas por músicos, professores e estudiosos da música potiguar. As aulas acontecerão das 14 às 19 horas, no Campus da UERN da avenida Ayrton Senna, somando 100 horas de aula. Também no dia 19 de novembro, às 18h30, acontecerá a palestra "A música na obra de Câmara Cascudo", ministrada pelo professor doutor Claudio Galvão, no auditório da UERN, aberta ao público. As ‘Oficinas de Áudio e Vídeo: Montando nosso Estúdio’ iniciam no dia 26 de novembro e seguem até o dia 22 de dezembro. Elas visam capacitar os interessados em montagem e organização de estúdio de som e imagem, com aulas ministradas por grandes profissionais com experiências no ramo. As aulas totalizarão 120 horas e as oficinas serão ministradas na Escola Estadual Edgar Barbosa, das 14 às 19 horas. Para os interessados em participar do mês da música da Secretaria Extraordinária de Cultura e Fundação José Augusto (Secultrn/FJA, as inscrições de cada curso podem ser feitas até a data de seu início no Instituto de Música Waldemar de Almeida (IMWA), na rua Açu, nº 666A, no bairro do Tirol. As isncrições são gratuitas e a programação completa está disponível no site da Secultrn/FJA www.cultura.rn.gov.br. Mais informações podem ser obtidas através do (84) 3232-5357.

mão de meios para a identificação do usuário autor da ofensa, através do rastreamento do registro do IP do computador ou por algum cadastro prévio ou email secundário eventualmente informado pelo mesmo. Importante salientar que, a jurisprudência pátria vem entendendo que as empresas detentoras de sites de relacionamento, dentro da lógica do Código de defesa do consumidor, têm o dever de promover a retirada dos conteúdos ilícitos, uma vez comunicado por algum usuário ou pelo próprio ofendido, sob pena de responder solidariamente com o ofensor, em virtude da omissão praticada. É também dever das empresas propiciar meios para que se possa identificar cada um desses usuários, afastando o anonimato e atribuindo a cada manifestação sua autoria.

JH-Deve-se procurar a Justiça Estadual ou Federal? Rômulo Dornelas - Acompetência para julgar os crimes contra a honra, em regra, é da Justiça estadual, podendo o caso ser processado perante os Juizados criminais por se tratarem de crimes de menor potencial ofensivo, ou seja, delitos em que a lei prever pena máxima não superior a dois anos, conforme os artigos 60 e 61, da Lei 9.099/95. No caso da responsabilidade civil, em regra, a competência também será da Justiça estadual, sendo possível a tramitação do processo nos juizados especiais, quando se tratar de causas de menor complexidade e que não excedam o valor de 40 (quarenta) salários mínimos. Nesses casos, é sempre importante a presença de um advogado que ficará atento às peculiaridades de cada caso.


20 O Jornal de HOJE

Natal, 6 de novembro de 2012

Cidade

Terça-feira

Érika Nesi Moda & Atitude erikamnesi@hotmail.com

Ah, quer saber...

Salve Jorge Théo, personagem de Rodrigo Lombardi, está protegido com as armas de São Jorge.Ao longo da novela Salve Jorge, ele usará um berloque e corrente do santo, em prata, assinados pela Vivara.

A história de Yves Saint Laurent virou filme

Com direção de Bertrand Bonello, a filme-biografia de Yves Saint Laurent já tem seu protagonista escolhido. Trata-se do queridinho do cinema francês, GaspardUlliel, que interpretará o estilista na produção que inicia suas filmagens em 2013. t t t

t

Luiz Couto, Neto Brasil, Clécio, Fred Queiroz e Saddock Neto

Esta colunista com o Alex Padang, Presidente do América, e Fred Queiroz

Gaspard já viveu personagens marcantes no cinema, como Hannibal Lecter, em "Hannibal - A Origem do Mal", ou Anton Malakian, em "Pacto de Sangue". O filme contará a história da lenda da moda durante os anos 60 com direito a participação especial do novo designer da marca, HediSlimane.

t

t

t

Fashion Party

Larissa Marinho

Marcoleiro e Lissa Emerenciano

Bolsa de negócios será realizada em São Conrado, no Fashion Mall e Hotel Royal Tulip

Se você ainda não sabia o que esperar da ambientação do Fashion Rio 2012, prepare-se! O Pier Mauá vai ficar ainda mais encantador, pois Filipe Jardim e suas ilustrações serão os responsáveis por deixar o local no clima exato para a semana de moda. t

t

t

Inspiração em Oscar Niemeyer

Neste novo formato, com as edições acontecendo em abril e outubro, as grifes conseguirão entregar a tempo todas as encomendas feitas durante o evento, diminuindo assim, os eventuais prejuízos com cancelamentos e devoluções. O preço da roupa para o consumidor final deve diminuir em até 10% com a mudança, aumentando a competitividade do setor.

O projeto inspira-se em Oscar Niemeyer e ao mesmo tempo traz um visual despretensioso e festivo. "Olhei para a Casa das Canoas, feita pelo Oscar para morar no meio da Floresta da Tijuca. É um local próximo da minha casa, passo sempre por lá. E apesar da fama do arquiteto, poucas pessoas conhecem. É um traço elegante e simples, bem ao estilo dele e ninguém como ele para representar tão bem as curvas da paisagem carioca", disse Filipe em entrevista ao site FFW.

t t t

Tempo

t

t

t

Um dos ilustradores mais requisitados do país Ariane Gaspar, Tázia Martins e Silvana Gadelha

Duda Santos e Tininha

t t t

Cenografia...

O "Tempo" também será apresentado no evento através da cenografia, assinada por Julia Liberati. Ela recria uma representação visual do passar do tempo através da luz que vai estar presente em toda a identidade visual do evento. Fotos e vídeos vão registrar os rastros da luz usando barras de led e processos de superexposição, gerando desenhos que marcam de forma física a passagem do tempo.Esses desenhos serão usados para ilustrar as peças gráficas e poderão se desenvolver de várias maneiras dentro da cenografia: em paredes de luzes coloridas, tubos de led, instalações de vídeo etc.

Jardim já esteve por trás de trabalhos com Louis Vuitton, Hermès, Água de Coco, Forum, Neon e Converse, se tornando um dos ilustradores mais prestigiados e requisitados do país. Com o tema, "Fashion Party", o Fashion Rio e o Rio-à-Porter acontecem do dia 6 ao dia 9 de novembro e trazem desfiles como Sacada, Espaço Fashion, Herchcovitch e 2nd Floor. O Finissimo estará, a convite da organização do evento, na cobertura da semana de moda. Confira line-up abaixo: Quarta-feira, 07 de novembro de 2012 11h00 - Rio Moda Hype 17h00 - Acquastudio 18h00 - Herchcovitch 19h00 - Oh Boy 20h00 - Ágatha 21h00 - Alessa 22h00 - TNG

t t t Cláudia Soares e Flavinha

Heriberto Neto e Orlando Gadelha

Quinta-feira, 08 de novembro de 2012 12h00 - Bianca Marques 17h00 - Oestúdio 18h30 - Sacada 19h30 - Filhas de Gaia 20h30 - 2nd Floor 22h00 - Espaço Fashion Sexta-feira, 09 de novembro de 2012 17h00 - R.Groove 18h00 - Nica Kessler 19h00 - Andrea Marques 20h00 - Patachou 21h00 - Coca-Cola Clothing 22h00 - Ausländer

t t t

Coleção Baby Dior

A coleção da Baby Dior acaba de desembarcar no Brasil. Marina Borges, diretora da loja multimarcasDhuif em São Paulo, e Rosangela Lyra, diretora da marca no Brasil, comemoram a chegada da coleção por aqui com um desfile no próximo dia 30 na capital paulista.

t

Enquanto o Fashion Business começa hoje, amanhã terá início o Fashion Rio e seguirá até sextafeira, dia 09/11 e conta com o lineUp repleto de marcas conhecidas.

Hoje começará a 21ª edição do Fashion Business, evento comandado por Eloysa Simão, terá fórum de debates com um fórum para lojistas com palestras com temas que abordarão a nova coleção inverno 2013, preview de consumo para o verão 2013/14, como se forma um bom vendedor, dentre outros assuntos.

Em São Conrado, o evento mantém uma excelente infraestrutura de restaurantes, serviços e atividades culturais, proporcionando a oportunidade de unir negócios, lazer e informação, aliados ao conforto do hotel Royal Tulip e do luxuoso shopping Fashion Mall.

t

Fashion Rio

O Fashion Business começa hoje

Luxo

As peças foram criadas pela joalheria brasileira e a coleção conta ainda com uma opção de berloque, uma pulseira e um anel com o tema. As joias já podem ser encontradas em todas as lojas da marca e o conjunto Berloque São Jorge, em prata com desenho do santo em ouro custa R$ 1.490,00 t

t t t

O tema desta edição é o "Tempo", associado à ideia de mudança e velocidade na moda, que está sempre em busca do que é novo e das referências do momento. "Com a era digital, as informações são transmitidas de forma muito rápida. É tempo de mudança em todas as esferas da sociedade - social, econômica, política e filosófica" diz Eloysa.

t

Coleção assinada pela Vivara

A lenda da moda durante os anos 60

t t t

t

Igor/Ana Elisa de Paula, Marcela Nogueira e Getúlio Soares

Juliana Xinoca e Lulinha

Até amanhã!


FLIP 06/11/2012