Issuu on Google+

Heracles Dantas

> APÓS SOFRER GOLEADA

> CAMPEÃO MUNDIAL DO UFC

ABC encara Santa Cruz Renan Barão dá aula de em busca de reabilitação Jiu-Jitsu para policiais ESPORTE 15

Sábado e Domingo

CIDADE 10

Ano XVI w NATAL-RN,

6 E 7 DE ABRIL DE 2013 w Nº 4.606

R$ 1,00 w jornaldehoje.com.br

> FINALMENTE!

Wellington Rocha

ROSALBA REÚNE ALIADOS E ASSINA ORDEM DE SERVIÇO PARA ACESSOS DO AEROPORTO SOLENIDADE REALIZADA NO TEATRO MUNICIPAL DE SÃO GONÇALO FOI CONCORRIDA A governadora Rosalba Ciarlini (DEM) assinou na manhã deste sábado, em solenidade realizada no Teatro Municipal de São Gonçalo que reuniu dezenas de políticos e auxiliares do governo,

a ordem de serviço para as obras rodoviárias que garantirão acesso ao novo aeroporto metropolitano. No evento, Rosalva conseguiu reunir, mais uma vez, os líderes políticos que compõem sua base

aliada, mesmo os mais insatisfeitos, como o ministro Garibaldi Alves Filho (PMDB). As obras ficarão sob a responsabilidade da construtora Queiroz Galvão e estão orçadas em R$ 73 milhões. ECONOMIA 7 José Aldenir

> SEM TETO

Usuários de ônibus sofrem com paradas destruídas Em praticamente toda a cidade, não há paradas de ônibus que ofereçam conforto para os usuários do transporte público. Os pontos não possuem mais cobertura e muitos não contam com assentos. O problema ocorre até mesmo em frente à Prefeitura. CIDADE 19

> CONTRA AGRIPINO

> REDUÇÃO DA MÁQUINA

Rosalba reafirma que irá votar em Dilma Rousseff para presidente em 2014

Carlos Eduardo anuncia reforma administrativa com extinção de Secretarias

POLÍTICA 3

POLÍTICA 3

ESCREVEM ARTIGOS DA EDIÇÃO DE HOJE

José Aldenir

Dalton Melo de Andrade Maria das Graças de M. Venâncio Ricardo Curioso Públio José Marco de Almeida Emerenciano Jurandyr Navarro OPINIÃO - Página 2

> PREVENÇÃO

Exercício faz simulação de deslizamento no Guarapes Cerca de 100 profissionais estiveram envolvidos em um exercício simulado, realizado hoje pela manhã, no bairro do Guarapes. O trabalho contou com a participação de bombeiros, policiais militares e agentes de defesa civil. CIDADE 8

Marcos A. de Sá

Daniela Freire

Vicente Serejo

Rubens Lemos F.

Hemetério Gurgel

Página 7

Página 12

Página 13

Página 16

Página 20

w Sebrae/RN lança manual que ensina produtores rurais a conviverem com a seca. INDICADORES: Dólar comercial R$ 1,99 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,08 R$ 1,99

Euro x real R$ 2,59 Poupança 0,50%/ 0,41% Taxa Selic 7.25%

w Saúde sob investigação. Há ação sigilosa correndo no Fórum Seabra Fagundes...

EMAIL REDAÇÃO:

w Feijoada, da senzala à dialé- w A equipe do Alecrim ficou tica, passando pelo método e a esnobe demais com futebol injusta omissão de Cascudo. de menos.

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

w Freddy’s é inaugurado. w Presidente do STF contra novos poderes para MP.

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 6 e 7 de abril de 2013

DALTON MELO DE ANDRADE, professor universitário aposentado (dandrade@ufrnet.br)

Amancio

Sábado e Domingo

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

JURANDYR NAVARRO, do Conselho Estadual de Cultura

Primeiro de abril Lembrado, mas que começa a ser esquecido. Dia da Mentira. Quando menino, a gente usava muito mais a brincadeira do que hoje. Lembro-me, tinha um colega no Colégio Pedro Segundo, depois Ginásio Ruy Barbosa, que se tornou um grande amigo e que já se foi, com quem brigava quase diariamente. Uma das últimas brigas foi exatamente por causa do 1º de Abril. Jogávamos bola de gude, umas bolas de vidro coloridas, bonitas (nunca mais vi), à vera, ou seja, apostando. Quando você "tilava" numa bola, a ganhava. No dia da mentira eu chamei-o para jogar e, quando ele ganhou a bola, gritei primeiro de abril e não quis pagar. Uma briga. Encontrei na internet, no site de "History", a história de como surgiu esse dia. São hipóteses várias. Uma delas diz que esse dia surgiu no ano de 1582, quando a França mudou do calendário Juliano para o Gregoriano. Pessoas desinformadas continuaram marcando o dia, ainda por algum tempo, pelo calendário extinto e foram as primeiras vitimas das gozações. Outros historiadores ligam esse dia aos festivais celebrados na antiga Roma, como o "Hilária", que era realizado no final de março e no qual as pessoas se fantasiavam. Também mencionam como a origem do dia o equi-

Artigo

nócio, quando a natureza enganava as pessoas, que esperavam com ansiedade o início da primavera e continuavam enfrentando o brabo inverno. Na Inglaterra, o evento começou em redor do século XVIII. Na Escócia, era hábito mandar as pessoas em missões erráticas, quando eram "gozadas" no final da incumbência, pela óbvia enganação do pedido. Nos tempos atuais, as brincadeiras ficaram mais sofisticadas. Tempos passados, a BBC anunciou que os fazendeiros na Suíça estavam colhendo espaguete das árvores, e mostrou um filme mostrando a colheita. Uma famosa empresa de "fast food", a Taco Bell, nos Estados Unidos, informou a compra da "Liberty Bell", em Filadélfia, e que o sino se passaria a chamar "Taco Liberty Bell". Este ano, a TV mostrou vários novos produtos de informática, operando milagres, todos invenções de primeiro de abril. E o "You Tube" anunciou um conteste para escolher o melhor vídeo encaminhado pelos seus usuários. Dos 150.000 escolhidos inicialmente o ganhador seria anunciado em 2023. E assim passam os dias, nem todos primeiros de abril, mas muito parecidos. Especialmente quando se olha o comportamento dos governos, e suas enganações.

MARIA DAS GRAÇAS DE MENEZES VENÂNCIO, professora aposentada da UFRN e mestre em Administração Pública pela EBAPE/FGV. (gracave@yahoo.com.br)

Uma releitura do turismo urbano na região Nordeste Na contemporaneidade, uma das preocupações com as cidades no mundo compreende o entendimento do desenvolvimento econômico, em contrapartida à fragmentação social. A questão consiste em como conciliar um desenvolvimento econômico num contexto de pressão dos empresários diante da concorrência exacerbada, enquanto os governantes tentam conter as insatisfações sociais e políticas e as constantes tensões sociais, derivadas do aumento da pobreza e da exclusão social e ainda o crescimento crescente da insegurança. Diante desses problemas emergem paradigmas que norteiam as políticas econômicas e sociais, algumas voltadas para a competitividade, à modernização e a concorrência e outras dirigidas a conter e amenizar as consequências mais desastrosas do processo de crescimento das cidades na globalização. Segundo Edmond Préteicelle autor consultado (Cidade globais e segmentação social) é possível identificar duas visões das tendências econômicas atuais: a) uma focada na produção industrial e, b) uma chamada de pós-industrial que analisa o terciário, compreendendo o modo de produção industrial e os serviços. É nesta segunda tendência que se insere o turismo, sobre o qual pretendemos fazer algumas colocações focalizando o turismo urbano das capitais da região Nordeste. Ao refletir sobre o turismo urbano, emergem as cidades turísticas, alicerçadas na criação de lugares que são objeto de técnicas e saberes especializados que as transformam em pontos luminosos e integrantes de roteiros regionais e globais. Na corrida por fazerem parte de um cenário global, onde prevalecem os redutos tradicionais de turismo localizados na Europa, as cidades paradigmáticas - como Bilbao e Barcelona e as metrópoles mais urbanizadas e cosmopolitas como Nova York, Tókio e Dubai, situadas noutros continentes, as cidades nordestinas ainda tem que competir com cidades do território brasileiro que oferecem além das atrações notáveis vantagens adicionais, como níveis de renda mais altos, melhores condições de vida, mercado de trabalho mais aquecido, saúde, segurança, dentre outras condições favoráveis à exploração do turismo. As políticas de turismo vendem a ideia do viver urbano saudável, com padrões de qualidade compatíveis com valores internacionais da cultura urbana, nos quais estão presentes os equilíbrios sociais, múltiplas opções de lazer e cultura, meio ambiente equilibrado, trânsito fácil, espaços urbanos revitalizados, outras centralidades e variedade de opções de consumo, tecnologias de comunicação avançadas e desenvolvimento econômico sustentável. Tais considerações analisadas tendo como foco Curitiba, tida como

modelo de planejamento urbano, por Fernanda Garcia (Estratégias comunicacionais para o desenvolvimento do turismo urbano) pode ser considerada como parâmetro para as cidades nordestinas que recebem maior fluxo de turistas, tendo como diferencial a venda do imaginário do destino natureza, em contrapartida ao imaginário da cidade urbana, que aparecem como espaços complexos e de ricas possibilidades. As capitais nordestinas são oferecidas nesse caldeirão de alta competitividade como detentoras de fatores indutores dessa urbanidade em torno do turismo centrada nas belezas do litoral, inúmeras atrações, temperaturas amenas, sociabilidade das populações nativas, acervo históricocultural importante, com destaque para a arquitetura, artes plásticas, artesanato, manifestações culturais das mais diversas, algumas tentando preservar uma identidade local e outras mais cosmopolitas, gastronomia tradicional e moderna e a criação e revitalização dos espaços para lazer e entretenimento. Por sua vez, as recentes políticas públicas destinadas ao turismo nordestino propiciaram outros desdobramentos, sobretudo o Programa de Desenvolvimento do Turismo do Nordeste (Prodetur/NE), que colocaram os atores que vivenciam o turismo diante de outras situações. Cada cidade nordestina tem a sua identidade, assim as capitais que recebem maior fluxos de turistas: Salvador, Recife, Natal e Fortaleza e agora João Pessoa, guardam suas particularidades, destacando-se a maneira como são gerenciados os impactos das atividades turísticas, como estão fortalecidas as estruturas institucionais gestoras, incluindo as parcerias público/privado. Mas, qual seria a identidade de Natal? Será que Natal não se conhece como cidade turística, ou será que não se reconhece como cidade mesmo, esquecendo-se de preservar sua memória, enquanto por impulsos incorpora os modismos de cada momento, incluindo alguns projetos mirabolantes, revelando ser tão controversa ao não resolver a contento o trivial em se tratando do turismo urbano. E o Rio Grande do Norte, como está trabalhando as demandas de turistas nacionais e internacionais? Será que as políticas públicas estão realmente avançando? São questões que precisam ser respondidas a fim de conhecermos as possibilidades que se abrem continuamente, algumas parecendo serem sujeitas a decisões que estão fora das esferas dos poderes e das autoridades locais. Enfim, as mudanças ocorridas exigem urgentemente outra abordagem dos problemas existentes e divulgados, o aprimoramento da chamada oferta turística atrações naturais e histórico-culturais e o real conhecimento das demandas (fluxos turísticos nacionais e internacionais).

Peregrino Júnior

Artigo

RICARDO CURIOSO, médico e superintendente da Liga Norte Riograndense Contra o Câncer

Plantar agora ou ficar na mão lá na frente O câncer é um grave problema de saúde pública. Atualmente a doença é a segunda causa de morte no Brasil, atrás apenas das doenças cardiovasculares. Contudo, a Organização Mundial de Saúde e o Ministério da Saúde alertam para o aumento exponencial de sua incidência em razão de maus hábitos de vida, má alimentação e obesidade. Além disso, com o desenvolvimento dos métodos terapêuticos, tem aumentado também a prevalência. O maior número de pacientes vivendo com a doença demanda, obviamente, maior estrutura de atendimento. Como profissionais dedicados à luta contra o câncer, acompanhamos ansiosos o planejamento e as ações pensadas e encaminhadas pelo poder público para fazer frente a esse quadro, por vezes, subestimado. A atenção oncológica é cara, de grande amplitude multidisciplinar e super especializada, o que exige tempo e grandes somas de recursos para ser consti-

Artigo

tuída ou ampliada. Razão pela qual, alertamos para a urgência de que os planos saiam dos papéis e gavetas e se transformem, o mais breve possível, em tijolos assentados, maquinário funcionando e pessoal capacitado. Se quisermos ter uma estrutura capaz de atender à demanda prevista para 2020, precisamos começar a erguê-la imediatamente. Para falar a verdade, não é nem preciso esperar sete anos para sentir o esgotamento da capacidade instalada. Basta ver as dificuldades enfrentadas hoje por instituições como a Liga Contra o Câncer, que operam no limite do uso de seus recursos técnicos, físicos e humanos. O planejamento da Liga determina o início imediato da construção de um novo e integrado centro de atenção oncológica. Uma unidade ambulatorial e hospitalar ampla a ser erguida ao lado do Centro Avançado de Oncologia, em Dix-Sept Rosado, para concentrar os diversos serviços e áreas da oncologia, Área física e projeto arquitetônico já

foram devidamente providenciados. Mas faltam os recursos financeiros para a construção e equipagem dessa obra vital para a saúde pública do Rio Grande do Norte. Como já se poderia esperar de uma instituição filantrópica de combate ao câncer que privilegia o acesso indiscriminado e a alta resolubilidade de sua atenção terapêutica, a delicada situação financeira não permite a formação de poupança suficiente para a execução de uma obra dessa magnitude. Em nossa realidade o "simples" fato de conseguirmos honrar nossas obrigações ordinárias e de custeio já representa grande felicidade. Por todo esse quadro, é preciso convocar todas as forças sociais e políticas do Rio Grande do Norte para que se unam, para que possam engajar-se altruisticamente nessa empreitada em favor da vida do povo desta terra. Não se pode esperar mais, sob pena de, em futuro bem próximo, condenarmos milhares de pessoas à desassistência e à falta de esperança.

PÚBLIO JOSÉ, jornalista (publiojose@gmail.com)

A volta e seus mistérios Alguém já falou numa certa ocasião que "ninguém se perde nos caminhos da volta". A expressão se refere a uma rota trilhada por alguém ao longo de um determinado período de sua vida que não deu certo. É também uma expressão que pretende tirar dos ombros dos que voltam o ranço do fracasso, do desacerto, da não conquista. É claro que ninguém se perde ao empreender o retorno a um lugar, a um posto, a uma situação deixada para trás em busca de um novo sonho. É claro que ninguém se perde. Entretanto, em que estado serão encontradas as realidades antigas, as amizades, os relacionamentos, se por acaso rompidos, esgarçados? Difícil o retorno, não é verdade? Muitas vezes acontece de a partida ser até festiva, entranhada de abraços, de efusivas comemorações. Será que a volta dar-se-á no mesmo diapasão, com o mesmo estrépito, a mesma intensidade? Ah, a volta e seus mistérios.... Certa ocasião mantive contato, através de um dos meus artigos, com uma pessoa cuja volta estava se afigurando extremamente traumática. Era uma senhora, solteira, que decidira tentar a vida nos Estados Unidos. Para conseguir tal intento explodira quase todas as pontes que a ligavam ao Brasil. Indispôs-

Artigo

se com a família, com os amigos, largou o trabalho numa situação praticamente conflituosa - e partiu em busca de novos horizontes profissionais. Os relacionamentos? Ah, estes ficaram ao léu, esperando, quem sabe um dia, o seu retorno vitoriosa ou com o rabo entre as pernas. Sua chegada aos Estados Unidos aconteceu uma semana após o atentado às torres gêmeas, no fatídico 11 de setembro. De cara, pegou a ressaca de toda a onda de rejeição aos estrangeiros que varreu o país. De tons rosados no início, seus sonhos, após a chegada, passaram a ter um matiz enegrecido, violáceo. Noites mal dormidas, promessas de emprego não cumpridas, horizonte nebuloso.... Começou a temer pelo futuro. Dinheiro escasseando, amigos envolvidos com suas próprias angústias e o contato com os americanos a cada dia mais seco, mais duro, mais árido, enfim. Certamente deve ter sentido saudade de papai, de mamãe, do aconchego dos amigos, da compreensão dos patrões. Seria hora de voltar? Mas como voltar? Como ultrapassar o terreno da humilhação e admitir o fracasso? Nesse momento, deu de cara, pela Internet, com um artigo meu que tratava do sucesso - e o preço, algumas vezes extremamente salgado, de

se chegar a ele. Segundo suas palavras, a leitura do texto foi um verdadeiro refrigério, um grande alento naqueles momentos de amargura. A leitura, se não deu para sugerir uma atitude de imediato, pelo menos lhe restaurou a segurança interior e criou condições para refletir com serenidade. Se voltou ao Brasil ou se permaneceu em solo americano não sei, não fui notificado. No mínimo se apercebeu, com a leitura, que a busca do sucesso cria, muitas vezes, situações difíceis de contornar - e deixa a volta, se necessária, e mesmo sendo possível, envolvida num carrascal de emoções de complexa operacionalidade. Isso acontece em outras plagas também. No casamento, nos negócios, numa sociedade e principalmente na política. Agora mesmo, com o fim dos embates eleitorais, tem muita gente se perguntando como empreender o rumo do retorno se as posições tomadas no caminho da ida tornaram quase impraticáveis as articulações na direção da volta. Ah, o retorno, a volta... As ruas, com certeza, estão no mesmo lugar; os móveis, as pessoas, os utensílios... Mas tudo está mesmo do jeito que era? Ou não será melhor seguir em frente e esquecer de onde se partiu? Ah, a volta e seus mistérios...

MARCO DE ALMEIDA EMERENCIANO, advogado (malmeme@yahoo.com.br)

Das touradas Ortega y Gasset, um dos filósofos espanhóis da primeira metade do século XX que mais influência teve dentro e fora dela, disse que 'a história das touradas está vinculada à da Espanha, tanto que sem conhecer a primeira, resultará impossível compreender a segunda'. García Lorca, contemporâneo dele, afirmava que 'os touros (touradas) são a festa mais culta que existe hoje em dia no mundo'. Fernando Savater, filósofo desses novos tempos, defensor da paz e da união entre províncias da Espanha, diz que 'se na tourada está presente a morte, como aliada, como cúmplice da vida; a morte se faz de comparsa para que a vida se afirme'. Hemimgway, conhecido entusiasta dos 'touros', também disse que 'é moral o que faz que uma pessoa se sinta bem, imoral o que faz que um se sinta mal. Julgadas segundo estes critérios morais que não trato de defender, as corridas de touros são muito morais para mim'. Sem entrar no mérito da discussão e sem olvidar da crueldade, a permanência ou não das touradas na Espanha divide opiniões. E trago aqui apenas aspectos culturais. A Catalunha é precursora na proibição do evento milenar, mas a tauromaquia é parte da cultura e se refe-

re a tudo relacionado à prática de lidar com touros, tanto a pé como a cavalo. Isso desde a 'idade do bronze'. Sua expressão mais moderna é a corrida de touros, um espetáculo que nasceu na Espanha do século XII e praticada também em Portugal, sul de França e em diversos países americanos de origem hispânica. As corridas de touros - assim são chamadas as touradas - envolvem polêmicas desde seu surgimento, entre os que defendem e contestam. Muitos espanhóis se referem a elas como um ato sangrento, cruel e bárbaro onde o touro sofre uma morte lenta por tortura. Em sentido amplo, a tauromaquia inclui além de toda a preparação prévia ao espetáculo, desde a cria do touro à confecção da vestimenta dos participantes, além do desenho e outras manifestações artísticas ou de caráter publicitário, que variam de acordo aos países e regiões onde seja parte da cultura nacional. O espetáculo propriamente dito se divide em atos. Primeiro, os participantes entram acompanhados por música típica para saudar os presentes. Isto se chama um 'paseíllo'. O matador se distingue facilmente por seu traje onde se destacam as aplicações em ouro. A seguir, o touro entra em cena para fazer-se ou fazer-lhe

a prova da ferocidade. O toureiro enfrenta o touro com sua capa, observando o seu comportamento enquanto realiza uma "tanda" (uma série de passos) para impressionar a multidão. Nesse momento surge em cena um homem a cavalo armado com lança com o intuito de furar o animal. Este cavalo é protegido por uma coberta contra as investidas do touro. Veja que durante a 'faena' ou trabalho, existe a figura dos 'banderilleros' que incrustam as 'banderillas', uma espécie de dardos compridos, no lombo do touro que foi atacado anteriormente pelo 'picador', o homem do cavalo. A partir de então começa a fase da agonia do touro. A maneira como o touro se aproxima oferece pistas para o matador saber qual ao melhor forma de aproximar-se e como atacá-lo. Durante a seguinte etapa, o matador entra armado com sua capa e espada. É um erro comum pensar que a capa vermelha impõe a ira do touro. A capa vermelha disfarça a cor do sangue e o matador utiliza sua capa para atrair o touro numa série de passos que servem para cansar o animal. Sempre sob a aclamação de 'Ole!'. Na Espanha, tradicionalmente, os toureiros são vistos como heróis nacionais. Será que um dia veremos touradas sem sangue?

Em Santa Cruz (RN), fundou o jornal "O Independente". Em Natal, "O Libertador" e o "Jornal da Manhã". E também um jornal literário - "O Espectador". Em Belém do Pará colaborou na "Folha do Norte" e na "Província do Pará". Esta sua atuação jornalística se deu no verdor da sua mocidade, iniciando uma carreira que se fez brilhante durante sua existência. Na metrópole amazônica citada lidou com os intelectuais José Rodrigues Pinagé e Augusto Meira. Em 1929, Peregrino Júnior editou o seu primeiro livro: "Passanga", que foi aplau-dido pela crítica e premiado pela Academia Brasileira de Letras. A sua formação profissional, como esculápio, transcorreu no calendário de 1929, pela Faculdade Nacional de Medicina. Foi ele Diretor do Hospital Policlínica Geral do Rio de Janeiro e lecionou nas Uni-versidades Federais Fluminense e Carioca, a disciplina Biometria. Trabalhos publicados: "Biotipologia e Educação"; "Pesquisas Biotipológicas nas Escolas Municipais do Rio de Janeiro"; "Fatores Patológicos da Pressão Arterial no Brasil"; "Desenvolvimento Normal do Brasileiro"; "Biometria Aplicada à Educação"; "Alimentação, Problema Brasileiro"; "Biotipologia Pedagógica" e "Alimentação e Cultura". Pertenceu aos quadros da Academia de Ciência de Lisboa, da Academia Brasileira de Letras, da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras, da Academia Paraense de Letras e da Academia Nacional de Medicina. Foi homenageado com distinções honoríficas tais: Ordem do Mérito Naval e Or-dem do Mérito Aeronáutico do Brasil. No Exterior, foi homenageado pelos Governos do Chile, de Portugal, da Noruega, da Finlândia, Bolívia e Estados Unidos da América (American International Academy). Foi o segundo potiguar a ser eleito para a Academia Brasileira de Letras, tendo sido seu Presidente. Pertenceu ao Conselho Federal de Cultura e presidiu, por algum tempo, a União Brasileira de Escritores. Raul Fernandes, no seu necrológio, selecionou algumas de suas produções, cien-tíficas e literárias: "Doença e Constituição de Machado de Assis"; "Testamento de uma Geração"; "O Tempo Interior da Poesia Brasileira"; "O Movimento Modernista"; "Origem e Evolução do Simbolismo"; "Ronaid de Carvalho - Poesia e Prosa"; "José Lins do Rêgo - Ficção"; "Estilo e Linguagem de José Lins do Rêgo" e "Três Ensaios - Modernismo, Graciliano e Amazônia". Dele disse Raimundo Nonato da Silva, acadêmico dos mais ilustres: "Era ele sem dúvida o mais brilhante, o mais comunicativo e impressionante dos norte-rio-grandenses com atividades no meio cultural do Rio de Janeiro". Para Dorian Gray Caldas, um dos seus biógrafos, ter sido Peregrino Júnior humanista, escritor, causeur, diplomata e jornalista. Enélio Petrovich, ex-Presidente na nossa Casa da História, foi o orador que representou a grei potiguar por ocasião do seu sepultamento, no Rio de Janeiro, no Mausoléu dos Imortais. Médico especialista em Endocrinologia, tendo fundado a Sociedade Brasileira de Endocrinologia, sendo o seu primeiro Presidente. Foi Professor da Cadeira dessa disci-plina na então Universidade do Brasil. Recebeu o Mérito Médico do Brasil e o Mérito da American International Academy. Nas Academias Brasileira e Norte-Rio-Grandense foi Peregrino Júnior saudado, respectivamente, pelo poeta Manoel Bandeira e pelo advogado Paulo Viveiros. "No seu trabalho "Interpretação Biotipológica das Artes Plásticas", edição de 1936, estuda as artes plásticas sob o ângulo dos temperamentos", assinala o seu melhor biógrafo Dorian Gray Caldas. E adianta: Foi ele inspirado em Émile Zola, que diz ser a arte, a natureza vista através de um temperamento e sintetiza o pensamento do autor sobre o assunto: 'uma autonomia estética'". Figuram ainda das suas publicações "Vida Fútil", 1923; Jardim de Melancolia", 1926; "O Cangaceiro Zé Favela", 1928; "Um Drama no Seringai", 1929; "Aspectos da Educação Feminina", 1933; "Matupá", 1933; "A Mata Submersa"; "Insuficiência Supra Renal e Tuberculose"; "Conceito Atual de Enxaqueca" e "Stress e Síndrome Geral da Adaptaçao". João Peregrino da Rocha Fagundes Júnior nasceu em Natal a 12 de março de 1898 e faleceu no Rio de Janeiro em 23 de outubro de 1983. Por toda uma existência cheia de empreendimentos culturais, o natalense Peregrino Júnior se apresenta aos nossos olhos como um dos filhos mais nobilitantes do Rio Grande do Norte.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Fernanda Souza Juliana Manzano EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Bruno Araujo EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Sábado e Domingo

Natal, 6 e 7 de abril de 2013

O Jornal de HOJE 3

Rosalba reafirma: “Eu voto em Dilma Rousseff para presidente da República” ÚNICA GOVERNADORA DO DEM CONFIRMA POSSIBILIDADE DE VOTAR EM PRESIDENTE PETISTA NAS ELEIÇÕES DE 2014 CIRO MARQUES REPÓRTER DE POLÍTICA

Pode não ter sido após uma ampla reflexão sobre a conjuntura eleitoral do Brasil, onde o partido dela, o DEM, é um dos principais opositores da gestão do presidente Dilma Rousseff, do PT, na presidência da República. Contudo, o fato é que Rosalba Ciarlini, única governadora Democrata na atualidade, afirmou que votará em Dilma numa provável candidatura dela a reeleição em 2014. A declaração foi dada nesta sexta-feira, em visita a cidade de Jardim do Seridó, ao lado do prefeito Padre Jocimar Dantas, do PMDB, e do vice-prefeito Dr. Anchieta Moura, do PT. Alheia a polêmica que a declaração dela, em março, de que poderia votar em Dilma caso fosse o "melhor para o Brasil", causou, Rosalba disparou, em resposta a um popular que se dirigiu ela e disse que era fã do ex-presidente, Lula (do PT): "E eu voto em Dilma Rousseff para presidente da República". A cena foi confirmada

pelo vice-prefeito e pelo prefeito e repassada aO Jornal de Hoje por meio da assessoria de imprensa de Jardim do Seridó. Dr. Anchieta, inclusive, chegou a dizer a pessoas próximas que ela reconhece que o partido transformou o Brasil. No entanto, mais consciente do que suas declarações poderiam causar, Rosalba Ciarlini afirmou em entrevista a imprensa do Seridó que votaria em quem fosse melhor para o país, basicamente, o que já havia afirmado anteriormente. "Eu tenho dito que eu vou votar naquele que for melhor para o Brasil", disse. E acrescentou. "Na realidade, a presidenta Dilma tem tido um tratamento republicano e é assim que nós devemos fazer. Não há discriminação, não há nenhuma dificuldade de relacionamento por eu ser de um partido e ela de outro, todos nós estamos trabalhando pelo povo e é isso que nos une", ponderou. É importante lembrar que foi com essa mera possibilidade de votar em Dilma que a governadora, aparentemente, desagradou um de seus maio-

Divulgação

Rosalba Ciarlini declarou o voto em Dilma, depois, considerou que o voto seria apenas se fosse o melhor para o Brasil res aliados políticos no Rio Grande do Norte, o senador José Agripino, que é presidente nacional do DEM e um dos maiores opositores da gestão federal. Em entrevista aO Jornal

de Hoje, inclusive, Agripino evitou comentar a tal possibilidade, e despistou: "Não vi (a declaração), não vi. Pergunta a ela". Enquanto isso, para os petistas, nada de satisfação

com a possibilidade de Rosalba se unir aos apoiadores da reeleição da presidente. "Ninguém quer o apoio de Rosalba, quanto mais o PT. Não exis-

te essa possibilidade. É mais uma medida para tirar voto da presidente do que algo bem intencionado. Parece até aquele anúncio de Micarla de Sousa (ex-prefeita), que na 'hora H' anunciou o apoio a Carlos Eduardo Alves (atual prefeito) para tirar voto dele (na eleição para Prefeitura de Natal em 2012)", avaliou o vereador Fernando Lucena, uma das lideranças petistas do Estado. Há quem analise que, precisando da liberação de recursos para obras importantes para o Rio Grande do Norte, deixar a possibilidade de votar em Dilma em suspense, seria uma estratégia de Rosalba para não permitir que a discussão política atrapalhe uma parceria administrativa. Porém, para Fernando Lucena, nem mesmo essa hipótese pode ser considerada. "Não existe isso. Dilma sabe quem é Rosalba e a avaliação que a população tem do Governo dela aqui no Estado", garantiu analisou Lucena, ressaltando que se Rosalba quiser mesmo votar em Dilma, "vai lá e vote, mas não precisa dizer a ninguém".

No interior, governadora também inaugura banco e responsabiliza gestão passada por obra parada Nem só de polêmicas declarações políticas foi marcada a visita de Rosalba Ciarlini aos municípios de Jardim do Seridó (onde falou que votaria em Dilma) e Jardim de Piranhas. Nessas cidades, a governadora também participou da inauguração de uma agência do Banco do Brasil e responsabilizou a gestão passada, dos ex-governadores Wilma de Faria e Iberê Ferreira, ambos do PSB, por atraso em obra de mercado público. Em Jardim de Piranhas, na inauguração da primeira agência do BB na cidade, Rosalba ficou ao lado do ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, que recentemente deu declarações nada animadoras a respeito do futuro da gestão estadual, e do deputado Federal João Maia. No evento, a governadora Rosalba Ciarlini prometeu que fará um levantamento junto a Secretaria de Estado da Infraestrutura da real situação do ginásio poliesportivo da cidade, que desabou em função de fortes chuvas. A gestora confirmou

que será analisada a atual estrutura e construída uma nova praça para garantir a prática de diversas modalidades aos cidadãos de Jardim de Piranhas. O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, falou que a agência do banco se constituiu "em uma justiça, uma vez que o município é um pólo econômico e representa uma cidade onde se gera emprego e renda, que contribuiu para o desenvolvimento direto do Rio Grande do Norte". Já em Jardim do Seridó, Rosalba Ciarlini atendeu a um convite do prefeito Padre Jocimar Dantas (PMDB) e foi conhecer o Açougue Público e o Mercado Publico Municipal. Este último encontra-se com as obras paradas há mais de três anos e por se tratar de uma realização do Governo do Estado, o prefeito fez questão de mostrar in loco como se encontra a situação. Porém, antes de chegarem ao local, a governadora foi cobrada por um popular que, com um cartaz na mão, cobrou da "governadora dê no-

Divulgação

Rosalba Ciarlini voltou a ficar lado a lado com Garibaldi Alves Filho, que tem demonstrado certa insatisfação com a gestão tícias da obra do Mercado Público!". Rosalba Ciarlini não fez vista grossa e respondeu ao mesmo os

motivos porque a obra se encontra paralisada, o que vem prejudicando os comerciantes jardinenses e a po-

pulação de modo geral. Segundo a governadora, quando assumiu o Governo do Estado

precisava liberar outra parcela de recursos para essa obra, mas a Caixa Econômica Federal não iria liberar porque a gestão passada deixou de prestar contas e estava inadimplente, entre uma série de questões burocráticas. "Inclusive, esta obra estava sendo investigada pelo Tribunal de Contas da União", disse Rosalba Ciarlini. No entanto, durante seu discurso aos presentes após visitar a obra, Rosalba anunciou que o seu governo já conseguiu ultrapassar esses gargalos. "Na próxima segundafeira, Padre Jocimar vai estar em Natal, onde visitará os órgãos competentes para começar os trâmites da liberação dos recursos, para que finalmente esta obra possa ser concluída e eu vim aqui inaugurar juntamente com o prefeito e a população", concluiu a governadora. É importante lembrar que a gestão anterior do Governo do Estado, da atual vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, e de Iberê Ferreira, ambos do PSB, encerraram-se em 2010, ou seja, há quase três anos.

Wellington Rocha

> 100 DIAS

Carlos Eduardo anuncia auditoria na folha de pagamento e extinção de secretarias

Carlos Eduardo fez uma avaliação dos 100 dias durante evento realizado pela CDL

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo afirmou que fará uma auditória na folha de pagamento da prefeitura para detectar possíveis irregularidades ocorridas na administração passada, já que segundo ele, quando deixou a prefeitura em 2009 entregou o cargo a prefeita eleita, Micarla de Sousa com uma folha de 24 milhões de reais e em janeiro deste ano recebeu a prefeitura com uma folha

de 52 milhões de reais. As declarações do prefeito foram feitas em reunião/almoço com o empresariado na última sexta-feira no Versailles. Carlos Eduardo confirmou que está sendo feita uma reforma administrativa objetivando diminuir custos com redução do número de secretarias e extinção de cargos comissionados. "Temos que recuperar a capacidade de in-

vestimentos para fazermos a maior obra de drenagem em Natal, resolvendo definitivamente os problemas de alagamento verificados todo ano na cidade", disse o prefeito, acrescentando que serão construídos 110 quilômetros de calçamento em toda a cidade. O prefeito prometeu também, "destravar" o trânsito com iniciativas pontuais em toda a cidade

e melhorar a segurança do natalense. "Instalamos 30 câmeras e estão previstas mais 57", disse ele, reconhecendo a necessidade de mais investimentos no setor. Outra iniciativa que segundo o prefeito requer urgência é a recuperação da orla marítima e do Parque da Cidade. "Estamos conversando com empresários para construção de uma marina para uma alternativa marítima.

moraliza totalmente seu discurso de oposicionista. Afinal, todo o esforço que o pai de Felipe faz no Senado para mostrar os erros de Dilma e a necessidade da mudança na gestão, a mulher de Carlos Augusto destrói, elogiando a amiga de Lula e até encenando que pode apoiar sua reeleição.

vetou a participação da banda em sua programação local. Paulo Ricardo afirmou que o veto poderia ter sido do senador José Sarney, proprietário da afiliada da Globo no Maranhão. O motivo seria a insatisfação do bigodudo com a inclusão de seu nome na nova versão de uma música que fala de escândalos nacionais.

eleição fora de época que será realizada neste domingo.

Túlio Lemos tuliolemosjh@gmail.com

INVESTIGAÇÃO Diante da falta de transparência na prestação de contas dos recursos milionários que entram no caixa da Federação Norteriograndense de Futebol, o Ministério Público avalia possibilidade de investigar como o dinheiro tem sido aplicado. Os clubes também teriam interesse em ver o detalhamento do montante que José Vanildo administra. FUTEBOL A FNF recebe dinheiro de pa-

trocinadores do Campeonato Estadual, mas há reclamação de que ninguém sabe quanto é e nem para onde vai o montante. Por causa de uma manobra bem trabalhada nos bastidores, que contou com a participação dos presidentes de clubes, José Vanildo vai permanecer no cargo até 2019. Com a investigação do MP, a coisa pode complicar. VOTO A governadora Rosalba Ciarlini voltou a dizer que pode votar

em Dilma Rousseff para presidente da República. Mesmo sabendo que a afirmação faz parte de uma estratégia política primária de tentar enganar a presidente e conseguir liberação de recursos, Sherloquinho não perdoa: "Se Rosalba continuar dizendo que vota em Dilma, alguém pode começar a acreditar na palavra dela". DIVERGÊNCIA Resta saber como o senador José Agripino vai reagir diante da infidelidade de Rosalba, que des-

VETO O cantor do RPM, Paulo Ricardo, disse durante seu show no Teatro Riachuelo, que a afiliada da Globo em São Luis, no Maranhão,

MEL A deputada Fátima Bezerra foi a Serra do Mel neste final de semana. A petista participa do dia da

PODER O jornalista Paulo Araújo deixou a secretaria de Comunicação do Governo sem nem esquentar a cadeira. O competente profissional alegou que iria imediatamente para São Paulo, onde trabalharia na revista Poder. Um mês depois da saída, Paulo Araújo ainda está em Natal. Sherloquinho afirma que, na verdade, quando viu o desmantelo, Paulinho pulou uma fogueira


4 O Jornal de HOJE

Política

Natal, 6 e 7 de abril de 2013

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

Fatos e bastidores > Oponente da cúpula nacional do PMDB, o senador paranaense Roberto Requião critica “a privatização e a desnacionalização dos portos brasileiros”. Responsabiliza a presidente Dilma Rousseff pelo modelo que “entrega um bem nacional aos interesses privados estrangeiros”. Requião pede a atenção para “o que está sendo feito pela privataria petista”. É um crime contra o Brasil, brada o ex-governador do Paraná. > No PPS federal há torcedores de cinco possíveis candidatos ao Palácio do Planalto. Pela ordem da preferência: Aécio Neves, Eduardo Campos, José Serra, Fernando Gabeira e Marina Silva. Em 2010, a legenda apoiou Serra. Agora, o coração de Roberto Freire, deputado-presidente da agremiação, cede maior espaço a Eduardo Campos. > Chance de vitória é quase nenhuma, mas haverá chapa de oposição à de Rui Falcão, recandidato a presidente nacional do PT, no pleito de novembro. Quem anuncia é o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, da linha dura do partido. Genro dirigiu a legenda no pós-escândalo do Mensalão. > Geraldo Alckmin, tucano paulista em campanha para renovar o mandato de governador, diz que está preparado para enfrentar o poder do PT. Perguntado sobre quem seria o adversário mais perigoso, respondeu: “(Luiz) Marinho.” Trata-se do prefeito de São Bernardo do Campo, amigão de Lula da Silva.

AMIGOS E RIVAIS Dilma Rousseff e Eduardo Campos voltam a dividir os aplausos, no Nordeste. Nesta segunda-feira, em Ribeirão das Neves (PE), a presidente da República e o governador entregam a chave simbólica de 1,6 mil casas à população carente da cidade, na região metropolitana do Recife.

n n n

Depois, a senhora Rousseff viaja a Belo Horizonte, aonde participa de encontro do Partido dos Trabalhadores. Divulgação

Sábado e Domingo

Vetos à lei de desoneração da folha deixam fruticultura de fora MELÃO E MELANCIA IRRIGADA, CASTANHA DE CAJU E TRANSPORTE RODOVIÁRIO A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta quarta-feira, a lei que amplia a desoneração da contribuição previdenciária sobre a folha de pagamento das empresas de diversos setores da economia, mas vetou todas as emendas que foram incluídas na MP pela Câmara dos Deputados. De acordo com a Presidência, a explicação para o veto desses itens foi que "Apesar de meritória, a proposta não veio acompanhada das estimativas de impacto e das devidas compensações financeiras, violando assim a Lei de Responsabilidade Fiscal". O veto deixou de fora empresas de transporte rodoviário, ferroviário e metroviário de passageiros, de táxi aéreo, de prestação de serviços de infraestrutura aeroportuária, alguns segmentos de transporte rodoviário de cargas, empresas de prestação de serviços hospitalares, empresas jornalísticas, de engenharia e arquitetura, indústria de reciclagem, fabricantes de armas e munições e empresas fabricantes de absorventes, fraldas, radares, mapas, jornais, livros, cadernos, fogos de artifício, gomas, resinas, óleos vegetais, castanha de caju, melão e melancia. O texto original da Medida Provisória 582/12, publicado no "Diário Oficial da União" em 1º de janeiro de 2013 sugeria a desoneração para 25 setores da economia. Porém, o relator do projeto na Câmara, deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), ampliou os efeitos da desoneração para 40 setores com ajuda de outros parlamentares. A inclusão do item 0807.1 (melão e melancia), expoentes do setor da agricultura irrigada no Rio Grande do Norte entre os setores beneficiados foi um trabalho junto do relator do deputado Betinho Rosado (DEM-RN), apoiado pelo deputado

Heracles Dantas

Betinho Rosado análise vetos de Dilma: “Apesar de meritória, a proposta não veio acompanhada das estimativas de impacto” Henrique Eduardo Alves (PMDBRN) presidente da Câmara. Hoje, em entrevista concedida ao Jornal da Câmara, o próprio relator criticou a decisão do Planalto: "Quantos meses trabalhamos sobre isso, quantos estudos fizemos, quantas pessoas ouvimos. Estudamos e aprofundamos para virar nada". Betinho Rosado, que havia comemorado a aprovação do texto integral da Medida pelo Senado Federal, hoje se diz decepcionado com os vetos da presidente, mas afirma: "Teremos uma nova ação de desoneração fiscal. Pediremos na ocasião, como incentivo à irrigação no Nordeste a redução dos custos da agricultura irrigada da área da SUDENE. O veto a essa cabeça de ponte que fizemos com o melão não nos desanima". Se incluídos na nova lei, vários

segmentos da agricultura, vetados pela Presidente, receberiam incentivos do Governo, recolhendo 1% de contribuição previdenciária sobre o valor do faturamento com a produção comercializada. Uma redução de 60% em relação aos atuais encargos que são de 2,5%. Com o veto, as empresas produtoras de melão, melancia e de produtos derivados do caju continuam sujeitas as mesmas alíquotas hoje vigentes. Muitas empresas que de alguma forma estão ligadas ao agronegócio deixarão de usufruir os benefícios que seriam gerados pela desoneração da folha de pagamento, que teriam reflexo na diminuição do custo de produção e aumento do poder competitivo e da demanda no mercado interno e externo. Além disso, também deixa de produzir positiva-

mente para o desenvolvimento do país, com o qual poderiam estar contribuindo com a geração de novos empregos, da renda e da estabilidade social. Outro item que havia sido incluído pela Câmara dos Deputados e também vetado antes da publicação da lei foi o setor de transporte rodoviário de cargas. Este, portanto, acabou sendo recebendo o benefício com a desoneração da folha de pagamento em uma nova Medida Provisória publicada pela presidente Dilma na edição extra do Diário Oficial da União do dia 04 de abril. Essa decisão beneficia o setor diretamente, podendo gerar uma economia nos custos de logística e consequentemente beneficiar diversos outros setores econômicos, com a redução de custo e do preço do produto final para os consumidores.

> SALÁRIOS DE R$ 2 MIL A R$ 27 MIL O NOVO CAMINHO A propósito da campanha antecipada para presidente da República. Maior produtor de soja do Brasil e um dos grandes do planeta, o senador Blairo Maggi (foto) pretende trocar o PR pelo PSB. Chefe do Executivo de Mato Grosso de 2003 a 2010 – à época, filiado ao PPS –, espera que a reforma (?) política, em vagaroso trâmite no Congresso Nacional, permita o troca-troca partidário para que ele possa mudar de legenda sem questionamentos jurídicos.

n n n

Ele está pronto para aliar-se ao governador Eduardo Campos (PE), possível candidato ao Palácio do Planalto e a quem denomina “novidade política e administrativa”

LEITURA DINÂMICA

t Virtual candidato à su-

cessão de Dilma Rousseff, Aécio Neves considera-se bem posicionado no embate caso consiga o apoio de 30% dos eleitores de São Paulo. Seriam 10 milhões de votos no estado, mais ou menos. t Em Brasília, Garibaldi Alves, filho, afirma e reafirma que não deseja ser candidato a governador do Rio Grande do Norte. O senador-ministro da Previdência Social é claro: “Já fui; cumpri minha missão.” Situações díspares na República Surrealista dos Trópicos. Mês passado, foi notável o crescimento do setor de bens de capital. Já o da indústria teve o pior desempenho dos últimos quatro anos. t Livro importante na praça: “O tempo retorna”. Autor: Michel Maffesoli. Páginas: 114. Preço: R$ 29,50. Na obra, o filósofo francês ensina que a crise econômica é a mais recente saturação da ideia de “salvação individual”. O movimento sindical desconfia que seja monitorado pela Abin. Por isso, o diretor da Agência Brasileira de Inteligência, Wilson Trezza, será convida-

t

t

do a dar explicações à Comissão de Trabalho da Câmara dos Deputados. t David Axelrod, arquiteto do projeto eleitoral de Barack Obama, vem ao Brasil como convidado do estadomaior tucano. Pauta: campanha presidencial do próximo ano. Na próxima pesquisa, o instituto Ideia incluirá Miro Teixeira (PDT) na lista de pretendentes ao Executivo do Rio de Janeiro. No levantamento divulgado no início da semana, Anthony Garotinho (PR) liderou as intenções de voto (23%), seguido do petista Lindbergh Farias (17%). O peemedebista Luiz Fernando Pezão, com 16%, em terceiro; e Cesar Maia (DEM), 6%. t Jean Wyllys (PSOL-RJ), deputado militante do movimento LGBT, cobra do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDBRN), punição ao pastor-deputado Marco Feliciano, “conforme o prometido”. Aproveite o fim de semana, e até terça-feira. Na segunda, Joaquim Pinheiro assina a coluna. t Para refletir: “A vida paga pedágio” (Marina Silva, política brasileira).

t

t

Concurso da Assembleia será realizado pela Carlos Chagas A Fundação Carlos Chagas vai realizar o primeiro concurso público da história da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. O edital do certame, elaborado pela organizadora, será publicado em maio e as provas realizadas até julho. Nos próximos dias, será designada a Comissão do Concurso Público e realizada a assinatura do contrato administrativo com a Fundação Carlos Chagas. A Assembleia Legislativa deflagrou o processo administrativo para realização do concurso observando a Resolução do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) n.º 008/2012, bem como a Lei Complementar Estadual n.º 303/05 e a Lei de Responsabilidade Fiscal. Com base no Termo de Referência, que definiu o número de vagas, área de atividade e critérios de ocupação, a Comissão Permanente de Licitação iniciou o procedimento para a definição da banca organizadora do concurso público. No dia 13 de fevereiro de 2013, a Assembleia Legislativa remeteu o Termo de Referência para colher propostas e manifestação de interesse das seguintes empresas prestadoras de serviço: Escola de Administração Fazendária (ESAF), Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB), Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (CESPE), Assessoria em Organização de Concursos Públicos LTDA. (AOCP), Contabilidade e Consultoria Empresarial (CONSULPLAN) e Fundação Carlos Chagas (FCC). Durante o prazo fixado no Termo de Referência, o Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (IDECAN) apresentou proposta para prestação de serviços. As Instituições CESPE/UnB e CONSULPLAN não encaminharam a documentação no prazo estabelecido. Já a ESAF remeteu à

José Aldenir

Realização do concurso público para a Assembleia Legislativa é um objetivo do presidente da Casa, Ricardo Motta, do PMN CPL mensagem eletrônica (email), com data do dia 7 de março de 2013, justificando a impossibilidade de apresentar proposta. Desse modo, foram analisadas as documentações do Instituto AOCP, IDECAN, Fundação Carlos Chagas e FUNCAB. Após examinados todos os requisitos de ordem jurídica, qualificação técnica, qualificação econômico-financeira, capacidade técnica, regularidade fiscal e trabalhista, conforme estabelece o artigo 26, parágrafo único, e artigo 27 da Lei Federal n.º 8.666/93 (Lei das Licitações), a Fundação Carlos Chagas foi a entidade que atendeu plenamente os requisitos para fins de contratação direta, especialmente por possuir experiência comprovada para a realização de certames similares, bem como ter reconhecido destaque para execução de concursos públicos de maior expressão no âmbito nacional. VAGAS, CARGOS E SALÁRIOS

No concurso público, serão oferecidas 85 vagas nos níveis médio e superior com salários que variam de R$ 2.609,48 a R$ 17.025,00. Para os cargos de nível superior – 25 no total – serão disponibilizadas 10 vagas de analista legislativo para qualquer área de formação, uma de arquitetura, duas de biblioteconomia, duas de enfermagem, uma de engenharia

civil, três de analista de sistema, uma de medicina, uma de jornalismo, uma de psicologia e uma de assistência social e uma de assessoria técnica de controle interno. Serão 60 vagas de nível médio, sendo 46 técnicos legislativos, três operadores de som, cinco programadores, cinco taquigrafistas e quatro técnicos em hardware.


Política

Sábado e Domingo

Natal, 6 e 7 de abril de 2013

O Jornal de HOJE 5

Governo do RN arrecadou R$ 200 milhões a mais do que o divulgado

VALOR DO SITE É SUPERIOR AO QUE A GESTÃO ESTADUAL DIVULGOU COMO TENDO SIDO ARRECADADO NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2013 CIRO MARQUES REPÓRTER DE POLÍTICA

Pouco mais de R$ 20,3 milhões. Esse foi quanto o Governo do Estado teve, no primeiro trimestre, para o pagamento de despesas imediatas. Pelo menos, foi isso que a Secretaria de Planejamento e Finanças (Seplan) divulgou no início da noite desta sexta-feira, baseado numa receita bruta do Tesouro do Rio Grande do Norte na ordem de R$ 1,9 bilhão conseguida durante o mesmo período de 2013. Apesar do que foi divulgado pela Seplan, há de se ressaltar que no portal da transparência do Governo do Estado é possível encontrar um valor consideravelmente diferente. Segundo o site que, como o próprio nome diz, tem o objetivo dar transparência as contas públicas e atender à Legislação, o Rio Grande do Norte arrecadou até o final de março cerca de R$ 2,13 bilhões. Ou seja: ao que parece, há uma disparidade de mais de R$ 200 milhões entre os números divulgados pela Secretaria de Planejamento e o Portal da Transparência. Ainda segundo o site, de receitas tributárias, que são impostos

como ICMS, IPVA, ITCD e IRRF, foram arrecadados mais de R$ 1,1 bilhão. De transferências correntes, provenientes do Fundo de Participação dos Estados (FPE), IPI de exportação e royalties, basicamente, foram outro R$ 1 bilhão para os cofres públicos estaduais. Porém, segundo a Secretaria de Planejamento e Finanças, o acumulado do trimestre identifica duas fontes de receita do Estado: a arrecadação própria (impostos) rendeu o valor bruto de R$ 1,067 bilhão, enquanto as transferências da União ficaram em, “apenas”, R$ 832 mil. Infelizmente, como as informações foram divulgadas já na noite desta sexta-feira, O Jornal de Hoje não teve como checar as informações disponíveis no Portal da Transparência e saber o porquê da disparidade de informações. De qualquer forma, seguindo as informações da Seplan, é possível destacar que do total arrecadado no primeiro trimestre (R$ 1,9 bilhão), foram deduzidos R$ 818 mil para pagamento de transferências constitucionais aos municípios, de repasses ao Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb/ Educação), União (Pasep) e

Heracles Dantas

Segundo dados do secretário de Planejamento, Obery Rodrigues, restaram pouco mais de R$ 20 milhões para despesas imediatas ao Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial (Proadi). Restou só R$ 1,081 bilhão. Ainda segundo a Seplan, com as despesas desse período com folhas de pagamento, por exemplo, representaram R$ 1,061 bilhão, podese calcular que a governadora Ro-

salba Ciarlini acabou ficando com, apenas, R$ 20,3 milhões para pagamento de despesas imediatas. Jà com os dados do Portal da Transparência, houve uma despesa de R$ 1,286 bilhão, ou seja, uma diferença entre informações de, também, quase de R$ 200 milhões.

Gastos de meio bilhão com folha salarial Em vários momentos, em contato com O Jornal de Hoje, o secretário de Planejamento, Obery Rodrigues, afirmou que o principal obstáculo do Governo do Estado para a manutenção das finanças públicas é, justamente, a folha salarial. E, segundo os números da Secretaria, realmente, os gastos são considerá-

veis. Afinal, representa mais de R$ 544 milhões em despesas. Baseado nas informações que a própria secretaria divulgou, se o Governo do Estado arrecadou R$ 1,9 bilhão, mas só ficou com 1,081 bilhão após as transferências para os municípios, os gastos com a folha salarial representaram 50% do total

das dívidas. Além disso, segundo a Seplan, no primeiro trimestre do ano, a receita realizada ficou abaixo da Receita prevista. A arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS), por exemplo, foi de R$ 927.398.051,58 bem abaixo da previsão de R$ 983.527.425,53.

Só no ICMS, o Tesouro deixou de arrecadar R$ 56.129.373,95. Outro exemplo de redução de Receita foi observado no Fundo de Participação dos Estados (FPE). Dos R$ 778.058.792,77 previstos, foram arrecadados R$ 756.165.341,39. A redução da arrecadação representou uma queda de R$ 21.893.451,38.

No primeiro trimestre, conforme apontou à Secretaria, o Poder Executivo transferiu aos Poderes Legislativo, Judiciário, Tribunal de Contas e ao Ministério Público representou R$ 285,3 milhões. Consequentemente, segundo a Secretaria, as transparências para os po-

deres representaram 26,4% da receita líquida, conforme as planilhas enviadas à Secretaria de Planejamento (Seplan), prevendo gastos com pessoal, custeio e investimento. Pela ordem dos valores, o Tribunal de Justiça ficou com a maior parte desse total: R$ 167.243.256,94. AAssembleia Legislativa recebeu R$ 55.275.275,88. Já o Ministério Público ficou com R$ 51.431.721,08. Finalmente, coube ao Tribunal de Contas o repasse de R$ 11.369.669. Conforme os dados apresentados pelo secretário da Seplan, Obery Rodrigues, é possível constatar que, com essa transferência, os valores de custeio foram consideravelmente distintos. Enquanto o Executivo pagou R$ 22.578.407,46, os demais Poderes previram gastos de R$ 37.348.175,42. Se considerando o Portal da Transparência, as transferências constitucionais ficaram em R$ 293 milhões, sendo R$ 172 milhões para o Tribunal de Justiça, R$ 57 milhões para a Assembleia Legislativa, R$ 52 milhões para o Ministério Público do RN e apenas R$ 11 milhões para o TCE.

RELAÇÃO DAS DESPESAS Pessoal

R$ 544.577.012,51

Custeio

R$ 22.578.407,46

Investimentos

R$ 11.285.344,04

Restos a Pagar

R$ 117.158.455,43

> MAIS UM ESCÂNDALO

Justiça recebe denúncia contra ex-secretário de Wilma Wagner Araújo, ex-secretário estadual de Planejamento e das Finanças (Seplan) da gestão Wilma de Faria, ex-governadora e atual viceprefeita de Natal, viu nesta sextafeira a denúncia contra ele por irregularidade em convênio firmado com a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn) ser recebida em forma de processo pelo juiz Bruno Lacerda Bezerra, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Natal. A Ação Civil de Improbidade Administrativa, ajuizada pelo Ministério Público, é referente às supostas irregularidades cometidas em 2004. De acordo com o promotor Giovanni Rosado Diógenes Paiva, que assina a Ação, o ex-secretário firmou convênio com a Femurn, em 2004, com o objetivo de promover o repasse de recursos financeiros destinados, em tese, a contribuir com o fortalecimento dos municípios potiguares. A ajuda se consolidaria na condição de "esclarecimentos técnicos e apoio". No entanto, frisou, o representante do MPE, as investigações empreendidas acerca da re-

gularidade do convênio revelaram que a intenção era, desde o princípio, custear despesas internas da entidade. O MPE sustenta que houve desvio de finalidade na feitura do convênio. Além disso, no curso das investigações, descobriu que, mesmo o objetivo central e aparente da parceria não seria possível porque não se inclui entre as incumbências da Seplan a celebração de convênios nos moldes travados com a Femurn. Ao receber a Ação Civil, o juiz Bruno Lacerda destacou que ao analisar as provas apresentadas pelo promotor - e diante da ausência de manifestação dos acusados - não se convenceu da inexistência de atos de improbidade no caso. "Pelas razões adiante expostas, entendo por bem receber a presente ação, possibilitando, através de um devido processo legal, a investigação dos fatos descritos na exordial", concluiu. O ex-secretário Wágner Araújo ingressou com embargos de declaração, recurso utilizado com a finalidade de eliminar possível existência de obscuridade, omissão ou con-

Heracles Dantas

Wagner Araújo foi secretário de Planejamento da gestão Wilma de Faria e chegou, também, a comandar o Gabinete Civil tradição na decisão proferida. O magistrado concedeu cinco dias para que a defesa do acusado apresente os fundamentos do efeito modificativo pretendido É importante lembrar que a no-

tícia negativa para o ex-Governo Wilma de Faria é divulgada na mesma semana que a atual vice-prefeita escapou do hall dos acusados pelo Ministério Público de Contas do processo que apura o caso co-

nhecido como "Foliaduto", denunciado ainda em 2006. No parecer do MP, o único responsável foi François Silvestre, ex-diretor da Fundação José Augusto, por contratar e pagar por shows que jamais ocorreram.

No processo sobre o mesmo caso que corre na Justiça Comum, no entanto, o irmão da governadora, Carlos Faria, que foi secretário chefe do Gabinete Civil na época em que o "Foliaduto" foi denunciado, é um dos réus. Wilma, porém, também ficou de fora da relação. Outro processo no TCE, que investiga as denúncias de superfaturamento da ponte Newton Navarro, relacionou outros auxiliares de Wilma de Faria na época em que ela era governadora. Entre eles, o atual deputado estadual, Gustavo Carvalho, do PSB, e o ex-secretário de Infra-Estrutura, Adalberto Pessoa. Wilma também ficou de fora desse caso. Ou seja, incluída em um processo por irregulares em sua gestão no Governo do Estado, Wilma de Faria só foi mesmo na ação resultante da Operação Sinal Fechado. O caso é referente a fraude em contratos para a inspeção veicular no Rio Grande do Norte e acabou por envolver, também, o ex-governador Iberê Ferreira e o suplente de senador João Faustino.

> HÁ JUSTIFICATIVA

MP cobrou da Prefeitura urbanização de Planalto e Lagoa Azul Ao que parece, depois da edição de sexta-feira do Diário Oficial do Estado (DOE), o anúncio do prefeito Carlos Eduardo Alves, do PDT, de que vai realizar a urbanizações do Planalto e de Lagoa Azul, teve um motivo: dar uma justificativa para o Ministério Público do RN. Explica-se: em recomendação assinada no dia 28 de março, mas somente hoje publicada, a promotora do Meio Ambiente, Gilka da Mata, cobrou agilidade em obras nas duas regiões de Natal. Segundo ela, ao instaurar o inquérito relacionado ao bairro da zona Oeste, o objetivo é "buscar celeridade, garantir a adequação ambiental e a implantação de todas as atividades, infraestruturas, instalações operacionais de coleta, transporte, tratamento e disposição final adequados dos esgotos sanitários para o Bairro do Planalto". Já sobre a área de Lagoa Azul,

o objetivo pode até ser, também, buscar a celeridade para adequação ambiental e a implantação de todas as atividades, infraestruturas, instalações operacionais de coleta, transporte, tratamento e disposição final adequados dos esgotos sanitários, a recomendação é válido também para Pajuçara, Potengi, Nossa Senhora da Apresentação, Redinha, Igapó e Salinas. E, para esses outros seis bairros, pelo menos até o momento, Carlos Eduardo não anunciou nenhum benefício no que diz respeito a essas obras. Segundo Gilka da Mata, por meio da recomendação, é necessário é importante lembrar que "todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondose ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras

José Aldenir

Gilka da Mata cobrou celeridade em obras de saneamento básico em sete bairros gerações". Além disso, que as atividades, infraestruturas e instalações operacionais de coleta, transporte, tratamento e disposição final adequados dos esgotos sanitários, desde

as ligações prediais até o seu lançamento final precisam atender os princípios fundamentais da Lei 11.445/2207, que estabelece diretrizes nacionais para o saneamento básico.

Segundo Gilka da Mata, por falta de instalação de sistema sanitário na integralidade dos bairros da zona norte e no Planalto, tem se ocasionado poluição dos recursos naturais e tem causado problemas sanitários à população. "A implantação de apenas parte do sistema de esgotamento sanitário no Bairro de Nossa Senhora da Apresentação sem compatibilidade com a instalação do sistema de drenagem tem ocasionado ligações clandestinas para o sistema de drenagem, ocasionando poluição no local do destino final das águas pluviais", acrescentou. É importante lembrar que na última terça-feira, já ciente dessa recomendação, o prefeito Carlos Eduardo Alves anunciou que vai promover a urbanização dos bairros do Planalto e de Lagoa Azul. Para o primeiro, os recursos já estão garantidos. São na ordem dos R$

196 milhões. Para a Lagoa Azul, que integra comunidades carentes, como a Câmara Cascudo, o recurso, segundo Carlos Eduardo, “está bem próximo de ser liberado”. O anúncio, por sinal, foi feito junto com a divulgação da mudança no projeto do Viaduto da Urbana, que teria reduzido para apenas 28 o número de desapropriações necessárias para a obra. Segundo Carlos Eduardo, a licitação sairia até o meio do ano, contudo, na edição de hoje do Diário Oficial do Município, as desapropriações foram revogadas (leia mais na página 6). No dia seguinte, ou seja, na quarta-feira, Carlos Eduardo e a governadora Rosalba Ciarlini discutiram outros planos para o saneamento urbano de Natal. A intenção é sanear 80% da capital com recursos conseguidos pelo Governo do Estado.


6 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 6 e 7 de abril de 2013

Sábado e Domingo

Para Manoel Onofre Neto, aprovação da PEC 37 significa um retrocesso na democracia brasileira COM ATIVIDADE INVESTIGATIVA EM AMEAÇA, PROCURADOR GERAL DE JUSTIÇA AFIRMA QUE ÓRGÃO NÃO QUER "PROTAGONISMO" Herácles Dantas

CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

A atividade investigativa do Ministério Público está sob ameaça, em razão da possível aprovação da Proposta de Emenda à Constituição nº 37, conhecida como "PEC da Impunidade", que confere poderes investigativos exclusivos às policias Civil e Federal no âmbito criminal. O assunto foi discutido neste sábado (6) pelo Procurador Geral de Justiça do Rio Grande do Norte, Manoel Onofre Neto, que convocou a imprensa local para apresentar os conceitos da campanha "Brasil contra a impunidade". Promotor Criminal e da Infância e da Juventude, Manoel Onofre declarou a gravidade da situação em relação a PEC que tornará inviável a atuação de outros órgãos do Estado em defesa da sociedade, entre eles o Ministério Público. "Questionando a imparcialidade da investigação feita pelo MP, a proposta definirá um órgão para investigar, acusar e julgar as ações criminais, situação que irá engessar todo o processo que já vem sendo realizado pelo Ministério

Membros do MP afirmam que PEC beneficiará crime organizado e de ‘colarinho branco’ Público. Nós não queremos protagonismo. Queremos apenas dar res-

posta à sociedade", afirmou. Em tramitação na Câmara dos

Deputados, a PEC contradiz, segundo o Procurador Geral do MPRN, tratados internacionais assinados pelo Brasil. A Associação Nacional dos Procuradores da República vem mobilizando a sociedade civil para que os protestos tomem um rumo maior e levem à reprovação desse documento na Comissão Especial da Câmara que trata do assunto. "Calar o MP em um país com índices tão altos de criminalidade significa um retrocesso na democracia brasileira. Certamente, só terá benefício com a aprovação dessa Emenda a criminalidade organizada e os 'colarinhos brancos'", declarou. Com a retirada do poder investigativo do Ministério Público, os procuradores estaduais e federais estarão impedidos de trabalhar no combate ao desvio do dinheiro público e à corrupção. A investigação será de ordem da Polícia Civil e Federal. Além de impedir o Ministério Público, as investigações de órgãos como o Ibama, Receita Federal, Controladoria-Geral da União, Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF),

Banco Central, Previdência Social e Controladorias Estaduais poderão ser questionadas e invalidadas em juízo, gerando impunidade. Para o promotor de Justiça do Patrimônio Público, Afonso de Ligório Bezerra Júnior, que também estava presente na coletiva de imprensa, as motivações de mudança na Constituição Federal são meramente políticas. "Condenações recentes de acusados por corrupção, tortura, violência policial e crimes de extermínio, por exemplo, contaram com a investigação do Ministério Público, nas quais muitas vezes a polícia foi omissa. O nosso questionamento e protesto à PEC valem para alerta de qualificação e pessoal que faltam à polícia", afirmou. O modelo da nova emenda definirá uma postura opostas àquelas adotadas por países desenvolvidos como Alemanha, França, Espanha, Itália e Portugal, segundo informou Manoel Onofre Neto. Segundo ele, nesses países os atos investigatórios são feitos pela Polícia sob a condução e a orientação do Ministério Público e do Judiciário, sendo suas instruções irrecusá-

veis. "Apenas três países estabelecem sistemas onde a polícia tem exclusividade da investigação criminal: Quênia, Uganda e Indonésia", apontou. Um dos pontos apresentados a imprensa pelo Procurador Geral do MPRN foi que a PEC não tem o apoio unânime de todos os setores da polícia. "A Federação Nacional dos Policiais Federais afirmou em nota que, diante das condições reais de trabalho, manifesta-se contrariamente à PEC, em atenção à estrutura interna da Polícia Federal e aos dados sobre a eficácia do inquérito policial no Brasil, com baixos índices de solução". As próximas movimentações em protesto à PEC nº 37 serão realizadas na próxima semana, com movimentação de todos os procuradores do estado em seus municípios. No próximo dia 12 de abril, o MPRN participará de Audiência Pública na Assembleia Legislativa, buscando a adesão de mais forças ao movimento. No dia 24, Manoel Onofre Neto participará de simpósio com procuradores do país, ato a ser realizado no Congresso Nacional, em Brasília.

> CONSULTA PÚBLICA

Governo do Estado dá início ao processo de construção do Hospital de Trauma de Natal Foi dado o pontapé inicial para a construção do Hospital de Trauma de Natal. O Governo do Estado publicou no Diário Oficial do Estado deste sábado (6), o Comunicado sobre o início da Consulta Pública sobre o Projeto de Parceria Público-Privada (PPP), na modalidade de Concessão Administrativa, para implantação e operação de serviços não assistenciais do Hospital Traumatológico de Urgência e Emergência de Natal, que deverá ser construído na zona Oeste de Natal. Foram disponibilizadas para consulta pública as minutas do Edi-

tal e do Contrato da Concorrência Pública a ser futuramente realizada, nos termos da Lei 8.666/93, para escolha do parceiro privado que se responsabilizará pelos investimentos na implantação e na operação dos serviços não assistenciais do futuro hospital de Trauma de Natal. O Hospital Traumatológico deve ser o quarto a entrar em funcionamento no Brasil através de uma PPP. A consulta será realizada num prazo de 30 dias dentro do qual também está programada a realização de audiência pública no dia 26 de abril de 2013. Também

ficará à disposição dos eventuais interessados na Secretaria de Planejamento, em meio magnético, toda a documentação referente aos estudos e levantamentos elaborados mediante o Termo de Autorização e Solicitação da Manifestação publicado em 22 de setembro de 2012, conforme disposto no Edital de Chamamento Público para procedimento de manifestação de interesse - PMI - SEDEC 001/2012 publicado em 22/08/2012. O hospital contará com 222 leitos de internação, 60 leitos de Unidade de Terapia Intensiva

(UTI), 12 leitos de estabilização, 15 leitos de hospital-dia, 10 salas cirúrgicas, uma de hemodiálise e uma de medicina diagnóstica, compreendendo uma área de edificação total de 37,5 mil metros quadrados, além de um estacionamento com 686 vagas. Ficarão disponíveis à sociedade as minutas do edital e do contrato da concorrência pública, que será realizada posteriormente para a escolha de um parceiro privado. Este ficará responsável pelos investimentos na implantação e na operação dos serviços não assistenciais do hospital.

O investimento total projetado é da ordem de R$ 294,6 milhões, em obras civis e equipamentos de ponta. O futuro hospital terá um custo anual de operação de serviços não assistenciais estimados em R$ 43,2 milhões, que serão assumidos pelo concessionário privado vencedor da concorrência pública. O prazo de implantação é de dois anos, em duas etapas, sendo a primeira prevista para ser entregue em maio do próximo ano. O projeto do novo hospital de trauma foi apresentado oficialmente em dezembro passa-

do. Inicialmente, a previsão era que de que as obras fossem iniciadas em maio deste ano. A conclusão da primeira etapa estava prevista para maio de 2014, em tempo de atender as demandas que surgirão por conta da Copa do Mundo. A expectativa é que a nova unidade seja a solução para a situação de crise que a Saúde passa. A proposta inicial é atender cerca de 12 mil pacientes de urgência mensalmente, além de mais quatro mil de caráter de emergência por mês e outros tipos de atendimento da área traumatológica.

> MUTIRÃO DE LIMPEZA

‘Nossa Cidade Mais Limpa’ chega ao viaduto de Ponta Negra Depois do Complexo Viário do Quarto Centenário, uma nova atividade conjunta entre a Companhia de Serviços Urbanos (Urbana) e as secretarias municipais de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), Serviços Urbanos (Semsur), Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi) e Mobilidade Urbana (Semob) foi montada para limpar o viaduto de Ponta Negra e a praça anexa. Com o objetivo de retirar propagandas irregulares, lixo e entulho, além de apagar pichações e pintar meio fios, a operação Nossa Cidade Mais Limpa reuniu 20 garis, na manhã deste sábado (6), para renovar a paisagem pública. O acúmulo de publicidade afixada no Viaduto de Ponta Negra e a falta de manutenção dos últimos anos criou dificuldades para a equipe coordenada pela assistente de operação da Urbana, Mércia Pinheiro. "Falo como cidadã e profissional, mas isso é revoltante. A sujeira está em todo lugar. No do Quarto Centenário, uma semana depois que fizemos a limpeza, já tinha pichação. Eles não respeitam nem o trabalho da gente. Isso tem que acabar". Munidos com varas de bambu, garis atingiram o topo do viaduto com espátulas e rodos para aplicar a tinta acrílica lavável na cor concreto. Para o diretor de operação da Urbana, Glauber Nóbrega, uma intervenção da Polícia Rodoviária Federal será necessária para o trabalho ser concluído na parte central do Viaduto. "Na próxima segunda-feira, faremos esse contato com a PRF para vermos o melhor dia. O trânsito terá de ser in-

Fotos: José Aldenir

Operação que reuniu cerca de 20 garis tem objetivo de retirar propagandas irregulares, lixo e entulho, além de apagar pichações e pintar meio fios. Viaduto de Ponta Negra é o segundo a sofrer intervenção de limpeza

‘ ’

terrompido, pois mesmo com andaimes, não temos como atingir toda a extensão com o fluxo de carros aqui em baixo. Com tudo

uma campanha educativa será feita nas imediações do viaduto de Ponta Negra para melhorar o aspecto estético da região que é porta

A sujeira está em todo lugar. No do Quarto Centenário, uma semana depois que fizemos a limpeza, já tinha pichação. Eles não respeitam nem o trabalho da gente. MÉRCIA PINHEIRO ASSISTENTE DE OPERAÇÃO DA URBANA

parado, creio que em até uma hora faremos todo o serviço". Nos próximos dias, a ação seguirá em direção ao viaduto da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e ao da própria Urbana. Paralelo as ações de limpeza,

de entrada de Natal. O local é subutilizado pela população por falta de estrutura e atividades culturais. Por isso, panfletos e lixeiras serão distribuídos. O mutirão das secretarias resultou 28 metros cúbicos de lixo e entulho, o que para o

chefe de produção do Horto Municipal, Adenildo Nunes, demonstra a falta de cuidado da sociedade para com seu patrimônio. "As pessoas não pensam que aquilo ali é delas, que aquilo é a entrada da cidade, nossa primeira imagem. Estou aqui para cumprir com meu trabalho, mas dá uma raiva muito grande quando vejo caixas de leite, saco plástico e outras coisas". Adenildo comandou 10 homens a serviço da Semsur, que durante quatro dias recolheu "quatro carradas de lixo". Segundo a assessoria da Semsur, a estrutura da Guarda Municipal será ampliada com a aquisição de novas viaturas para reforçar a fiscalização, ainda que inexista um plano para instalação de câmeras nos aparelhos públicos.


Economia

Sábado e Domingo

Natal, 6 e 7 de abril de 2013

O Jornal de HOJE 7

Fotos: Wellington Rocha

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

administracao@jornaldehoje.com.br

Sebrae/RN lança livro que ensina o produtor rural a conviver com a seca n A equipe técnica de consultores e assessores para as áreas agrícola e pecuária do Sebrae/RN, integrada por Fernando Viana Nobre, Ângelo Maciel Baeta Neves, José Ronil Rodrigues Fonseca e Valdemar Belchior Filho, produziu o manual "O Produtor Rural e o Rio Grande do Norte Semiárido - Sugestões Para Conviver Melhor com as Secas", que já está sendo distribuído em todo o Estado através dos escritórios regionais do órgão de apoio ao empreendedorismo. n Com tiragem de 2 mil exemplares, o livro tem merecido elogios generalizados, pois divulga e ensina, em linguagem simples e com farta ilustração, um sem número de tecnologias e procedimentos (a maioria de baixo custo) que qualquer agricultor ou agropecuarista pode adotar em suas propriedades e, assim, se proteger e poder sobreviver condignamente, mesmo diante dos efeitos destrutivos das longas estiagens que periodicamente acontecem na região. n Nas palavras do diretor-superintendente do Sebrae/RN, economista José Ferreira de Melo Neto, o manual "é uma ajuda na batalha diuturna de manter e desenvolver a produção agropastoril no nosso Estado". n E prossegue Zeca Melo: "Na época da abundância, os pesquisadores têm pouco a ensinar ao homem do campo, experiente na sua lida e conhecedor dos segredos da natureza. Mas, na adversidade, cresce a relevância da disseminação de tecnologias adequadas à melhor utilização de recursos nativos que, devidamente estudados pelos cientistas, são aproveitáveis durante as secas, épocas em que seu uso pode fazer a diferença na lucratividade de um negócio rural." n Com 170 páginas, o manual elaborado para os agricultores e pecuaristas pelo Sebrae/RN ensina, por exemplo, a proteger o solo e torná-lo mais produtivo; conservar e usar melhor a água; construir barragens subterrâneas; fazer o manejo correto de forrageiras nativas do semiárido (ramas e espinhos); produzir fenos alternativos e enriquecer alimentos grosseiros; fazer e usar misturas minerais múltiplas; utilizar carcaças de Convênio entre Abav-RN, Senac e Setur garante curso gratuito de idiomas n A secional estadual da Abav (Associação Brasileira de Agentes de Viagens) assinou esta semana convênio com o Senac/RN e com a Setur (Secretaria Estadual de Turismo) para capacitar com cursos gratuitos de idiomas (Inglês e Espanhol) todos os dirigentes e executivos das agências vinculadas à entidade de classe no Rio Grande do Norte. n Segundo informa a presidente da Abav-RN, empresária Diassis Rosado de Holanda (que também dirige a agência Harabello Turismo), os cursos serão iniciados brevemente e terão aulas com duas horas de duração, dois dias por semana. n As agências filiadas à Abav que tiverem interesse devem procurar a Secretaria Estadual de Turismo para maiores informações. Os cursos, patrocinados através do PronatecCopa (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e

animais para produzir farinha de osso; tirar proveito da fruticultura, da piscicultura e da apicultura; cultivar palma adensada; recorrer a alternativas baratas de irrigação etc. Hotel Villa Oeste, de Mossoró, está entre vencedores nacionais do MPE Brasil 2012 n O Hotel Villa Oeste, empresa que estava classificada entre as 127 ganhadoras das etapas estaduais em todo o país e, portanto, habilitada a concorrer ao "MPE Brasil 2012 - Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresa", foi declarado, em Brasília, o vencedor nacional na categoria "Serviços de Turismo" pelas melhores práticas de gestão. n A empresa mossoroense destacou-se por empregar novo conceito em hospedagem, caracterizado por serviços de excelência. "Temos o cliente como ponto de partida em tudo que fazemos, norteando assim as nossas ações, oferecendo conforto, eficiência e qualidade de forma única, respeitando a individualidade de cada um", ressalta a gerente de qualidade do Hotel, Paola de Saboya Coelho. n O "MPE Brasil" é realizado anualmente pelo Sebrae Nacional, em parceria com o Movimento Brasil Competitivo (MBC), o Grupo Gerdau e a Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). Na edição 2012, nada menos dos que 83 mil empresas de todo o país participaram da competição, sendo que apenas 127 (das quais 5 do Rio Grande do Norte) chegaram à etapa final, decidida ontem. n Também foram merecedoras do "MPE Brasil 2012" as empresas: Fazenda dos Patos, de Minas Gerais, na categoria Agronegócios; Cheville, da Bahia, em Comércio; Escola Caminho do Saber, do Rio Grande do Sul, em Educação; Termobrás, também do Rio Grande do Sul, em Indústria; Laboratório Vida, de Santa Catarina, em Saúde; Tecnoambi, do Rio Grande do Sul, em Serviços; e Bios Computadores, de São Paulo, em Tecnologia da Informação. nO prêmio é um incentivo às micro e pequenas empresas brasileiras na busca pela excelência, reconhecendo iniciativas de empresários que investem em novos conceitos e melhores práticas de gestão.

Emprego), serão ministrados pela excelente equipe de professores de idiomas do Senac em Natal. Dirigentes da Fiern e Codern falam sobre os resultados da Intermodal n O presidente da Federação das Indústrias, Amaro Sales, e o diretor-presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte, Pedro Terceiro de Melo, concederão entrevista coletiva na Casa da Indústria, nesta segunda-feira, às 10:30 horas. n O tema em pauta será a participação dos dois na 19ª. Intermodal South America, a maior feira latino-americana de logística, transporte de cargas e comércio exterior, ocorrida esta semana em São Paulo e na qual o RN contou com um estande. n Amaro Sales e Pedro Terceiro de Melo falarão aos jornalistas sobre os contatos feitos com empresários nacionais e estrangeiros interessados em direcionar investimen-

tos para o Rio Grande do Norte, especialmente para a expansão e o aproveitamento da nossa estrutura portuária que em breve passará a contar com um Terminal Marítimo de Passageiros. Grupo Industrial Potengy cresceu 16% em 2012 é líder de mercado com a Fortcola n O Grupo Industrial Potengy, fabricante dos produtos Fortcola e Fortnil (que respondem pelo abastecimento de aproximadamente 80 por cento do mercado potiguar de argamassas para pisos e revestimentos cerâmicos) atingiu um crescimento de 16 por cento em seu faturamento em 2012 e projeta continuar em ritmo de expansão em 2013. n Sua principal meta é inaugurar até o final do ano uma nova fábrica de argamassas, com o que aumentará a atual capacidade de produção do grupo e ampliará sua presença no mercado consumidor nordestino.

Rosalba, entre o presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves, e da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta

Assinatura de ordem de serviço vira evento político de Rosalba ESTAVAM TODOS LÁ, DE HENRIQUE EDUARDO A AGRIPINO MARCELO HOLLANDA HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COM

A assinatura pela governadora da Ordem de Serviço para execução dos acessos do aeroporto de São Gonçalo do Amarante com a Construtora Queiroz Galvão no valor de R$ 73 milhões, na manhã deste sábado (6), no Teatro Municipal Poti Cavalcanti, já pode entrar no livro dos recordes como a cerimônia mais ecumênica da administração Rosalba Ciarlini. Além dos declaradamente alinhados ao governo estadual, como o senador José Agripino e o deputado estadual Getúlio Rêgo e os mais ou menos alinhados, como deputado Henrique Eduardo Alves, presidente da Câmara dos Deputados, também estiveram presentes os menos assíduos como o Ministro Garibaldi Alves, da Previdência. Mais do que isso, todos eles colocaram suas assinaturas na ordem de serviço que, segundo o diretor geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Demétrio Torres, representará não apenas os acessos ao aeroporto, mas a principal obra de acessibilidade da Região Metropolitana de Natal, quando se juntar às antigas e nunca concluídas obras do Pro-Transporte, na zona Norte. Oficialmente, a construção dos acessos faz parte do conjunto de obras sob a responsabilidade do Governo do Estado para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 e a solenidade de assinatura (para a qual a governadora chegou com exatos 60 minutos de atraso) mostraram toda a importância institucional atribuída à obra. Dentro dos R$ 73 milhões a serem pagos à construtora Queiroz Galvão, com recursos da Caixa, estão os dois acessos ao aeroporto de São Gonçalo, totalizando 33,27 quilômetros em pista dupla. O primeiro acesso liga à BR406 e, por consequência, à zona Norte e ao litoral Norte, enquanto o segundo acesso ligará à BR-304, na altura do município de Macaíba, onde está em curso o projeto de instalação de uma Zona de Processamento de Exportação (ZPE), com foco no terminal de cargas a ser construído no novo terminal. Quando foi a vez do Ministro Garibaldi assinar a ordem de serviço, bem humorado, comentou baixinho no ouvido de Rosalba: “Só não tem dinheiro”. A reação da governadora e dos fotógrafos que estavam perto foi rir. Um pequeno detalhe para descontrair o ambiente cordial que colocou sempre a uma distância protocolar o deputado Henrique Eduardo (PMDB) do senador José Agripino (DEM) os únicos que, em comum, adotaram apenas os mocassins sem meia mais próprios no calor que anda fazendo esses dias. Quando estiverem completos, os acessos ao aeroporto de São Gonçalo oferecerão uma configuração compreensível ao Anel Viário Metropolitano, permitindo o acesso ao Estádio Arena das Dunas, à BR 101 e ao Aeroporto Internacional Augusto Severo. Na região metropolitana de Natal, a obra vai atender aos municípios situados na zona de crescimento norte, em ritmo acelerado de desenvolvimento urbano e econômico. A construção dos acessos ao novo aeroporto está prevista para ser entregue em maio de 2014. Para o prefeito de São Gonçalo, Jaime Calado, mais do que tudo isso, a melhoria nos acessos da hoje caótica região metropolitana de

Com Garibaldi num momento de descontração: “Só não tem dinheiro”

Rosalba com Henrique Eduardo, presenças constantes nos grandes eventos

Henrique Eduardo Alves com Carlos Augusto Rosado, chefe da Casa Civil Natal poderá quebrar um antigo paradigma onde a regra é a capital ter tudo e os municípios da região metropolitana não terem nada. "E eu estou falando de um paredão que existe não apenas em nosso Estado, mas em todo o Brasil", explicou Calado. Ele se referia à falta de faculdades e outras instituições que começaram olhar São Gonçalo com outros olhos depois que o processo de instalação do aeroporto, quer deverá ser um dos maiores da América Latina adquiriu ares de irreversibilidade. Segundo o cerimonial do governo, o terminal de São Gonçalo

do Amarante será o maior aeroporto de passageiros e de carga da América Latina e o sétimo maior do mundo, com custo estimado em R$ 1 bilhão e capacidade de aproximadamente 40 milhões de passageiros por ano. Na verdade, segundo o projeto, quando for inaugurada a primeira fase ele estará apto a receber cinco milhões de passageiros/ano. Só na quarta e última fase, não se fase quando, ele poderia receber os 40 milhões. A estimativa para o maior aeroporto do país em 2013 é de um movimento de cerca de 35 milhões de passageiros.


8 O Jornal de HOJE

Natal, 6 e 7 de abril de 2013

Cidade

Sábado e Domingo

Moradores do Guarapes participam de simulação para situações de alagamento e deslizamento de terra CERCA DE 100 PROFISSIONAIS ESTIVERAM ENVOLVIDOS NA SIMULAÇÃO ENTRE BOMBEIROS, POLICIAIS E AGENTES DE DEFESA CIVIL Fotos: José Aldenir

ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

Às 22h desta sexta-feira (5), a Secretaria Nacional de Defesa Civil, por meio dos serviços meteorológicos, enviou um comunicado para a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, alertando para a possibilidade de fortes chuvas na zona Oeste de Natal, em especial no bairro dos Guarapes, com probabilidade de alagamento e deslizamento de terra. De imediato, acionou a Coordenadoria da Defesa Civil de Natal, que começou a colocar em prática o Plano de Contingência Municipal. Às 5h da manhã deste sábado (6), a Secretaria Nacional da Defesa Civil confirmou, por meio de email e SMS, o alerta. Pouco depois das 8h da manhã do sábado, foi dado o alerta à comunidade, em que as famílias começaram a se preparar para evacuar a área. Às 9h, o alarme foi acionado, e por um sistema sonoro foi dado o sinal de evacuação à população. As famílias começaram a ser retiradas e encaminhadas para a Escola Municipal Professor Francisco Assis Varela Cavalcanti, poucos metros da área atingida, que funcionou como abrigo temporário. Cerca de 20 minutos depois, todas as vítimas foram retiradas, sem nenhuma intercorrência. A situação descrita foi realizada durante a manhã deste sábado (6), no bairro dos Guarapes, na zona Oeste de Natal e simulou a retirada e o acolhimento de pessoas em uma situação de alagamento e deslizamento de terra, dentro da Simulação de Ação de Emergência numa Área de Risco, sob a coordenação da Comissão Municipal de Defesa Civil, departamento vinculado à Secretaria Municipal de Defesa Social (Semdes). Essa foi uma situação simulada, mas a intenção é de que aconteça da mesma forma quando for uma situação real. Cerca de 30 famílias, totalizando uma média de 150 pessoas, participaram da ação. Durante a ação, os bombeiros simularam o princípio de desmoronamento em que o proprietário do imóvel ficou sob os escombros. A vítima foi tratada como se tivesse tido um trauma. Imediatamente a equipe do Samu e de resgate do Corpo de Bombeiros, resgatou a vítima que foi transferida para o hospital mais próximo. A área, por ser considerada como uma zona crítica foi isolada. Situações como estas, não estavam previstas, mas também foram simuladas, pois podem surgir repentinamente durante o sinistro real. Infelizmente, algumas famílias resistiram à ação e se recusaram em abandonar a casa e participar da simulação. O capitão Rudyard Paiva, da Defesa Civil de São Paulo, explicou que, em casos reais, em situações de extremo risco de alagamento e de deslizamento de terra, o Estado pode intervir e fazer valer o direito a vida das pessoas. O tenente André Góis, gerente do Corpo de Bombeiros na Operação, destacou a importância da simulação. "É uma ação importante tanto para a população, quanto para os órgãos, pois todos ficam cientes dos seus papéis numa eventual situação real. O sucesso em uma situação real depende do conhecimento da área. Não realizamos apenas situações de socorro, mas queremos evitar que isso venha a acontecer", disse o tenente que considerou a ação como positiva. Segundo o secretário nacional de Defesa Civil, Humberto Viana, atuar preventivamente é fundamental para a população do estado, tendo em vista que o ciclo de estiagem está prestes

Durante ação, foi simulado um princípio de desmoronamento com vítima sob os escombros. Para o Tenente Góis (foto), simulação deixa população ciente do seu papel a terminar. "Mesmo a gente considerando que o Nordeste ainda está em seca, temos um período de chuvas que já se aproxima no mês de maio", destacou. Durante a semana, foram realizadas palestras com foco em desastres naturais para alertar a comunidade, uma vez que o pilar dos simulados é a prevenção. "Nós estamos adotando no Brasil uma cultura que não se tinha antes e que a gente sabe com muita clareza e segurança que dá resultado", ressalta Humberto Viana. Cerca de 100 profissionais estiveram envolvidos na simulação, entre bombeiros, policiais militares, agentes de defesa civil estadual, municipal de 26 cidades, e da Secretaria Nacional de Defesa Civil. De acordo com o coordenador da Defesa Civil Estadual do RN, Josenildo Acioli, esse tipo de atividade também contribui para testar o tempo de resposta de equipes que atuam diretamente em situações de desastres, como a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros. "Um dos aspectos importantes dos simulados é o de motivar os órgãos e ver como eles estão se articulando. O simulado serve também para que as pessoas entendam a percepção do risco e se conscientizem de um possível desastre", explica o tenentecoronel Acioli. O coordenador da ação e secretário adjunto de Defesa Civil e Direitos Humanos da Semdes, Urbano Medeiros Lima, destacou a importância do simulado, em que foi colocado em prática o Plano de Contingência que tem por objetivo mapear as áreas de risco e estabelecer atribuições e responsabilidades de cada órgão envolvido. Durante a semana, a Semdes fez vistoria no Guarapes para conhecimento do espaço geográfico onde estão localizadas as residências que serão desocupadas durante a ação, bem como o local onde as pessoas serão alojadas, que é a Escola Municipal Francisco Varela Cavalcanti. Também foi conhecida a área onde ficará o Samu, o Corpo de Bombeiros e a Guarda Municipal. "Na Defesa Civil precisamos trabalhar de forma preventiva e articulada com os vários órgãos envolvidos para evitar surpresas no momento real de alagamento e de chuva intensa. Esses órgãos devem estar sempre preparados para agir e socorrer as pessoas evitando dessa forma a ocorrência de prováveis acidentes", destacou Urbano Medeiros. Para o coordenador, a ação é importante porque ensina como remover pessoas para locais de abrigo como se fosse um fato real. Guarapes tem cerca de 20 mil habitantes e a área escolhida sofre com alagamento, e por estar locali-

zada nas proximidades de dunas, o risco de deslizamento de massas é

iminente. "O papel da Defesa Civil é integrar e pactuar com os mais de

20 órgãos que estão envolvidos nessa ação para que todos estejam prontos

para atuar". Urbano Medeiros disse que esta não é uma ação isolada da Semdes, mas adiantou que na próxima semana será iniciado o monitoramento das áreas de riscos. De acordo com informações da Semdes, Natal tem 74 áreas de risco, sendo 22 dessas de alto risco, além de seis a oito pontos de altíssimo risco. São exemplos desses lugares a Lagoa do Jacó, próxima ao Centro de Turismo e a Lagoa do Taraocá, na zona Norte. Na quinta-feira, a (Semdes) entregou duas novas viaturas à Defesa Civil. Os veículos serão utilizados para fiscalização e identificação de áreas de risco de deslizamento de terra, áreas de lagoas pluviais e condições de estruturas prediais. Incluída nas práticas de inspeção, a Defesa Civil deve orientar, quando encontrada uma nova área de risco, os moradores de como devem proceder e esclarecer sobre as necessidades e for o caso, de sair do local.

CMYK


Cidade

Sábado e Domingo

Natal, 6 e 7 de abril de 2013

O Jornal de HOJE 9

Cresce procura por seguros residenciais IMPACTO

DAS IMAGENS DE DESASTRES NATURAIS E AUMENTO DO NÚMERO DE CONDOMÍNIOS IMPULSIONA MERCADO

Com o aumento do número de condomínios na cidade e das imagens de tragédias exibidas na mídia, uma modalidade de seguro ganhou impulso, nos últimos anos: o residencial. Há muito tempo presente na lista de produtos das corretoras, esse tipo de proteção contra sinistros costuma ser negligenciado na hora de fechar contratos de compra e venda ou aluguel, ainda que tenha preços abaixo da média de um automóvel e evite prejuízo financeiro, sobretudo, decorrente de incêndios e danos elétricos (principais causas de emergências prediais). Síndico do Edifício Jacumã, em Candelária, Hélio Nunes entendeu a necessidade de uma apólice residencial ao vivenciar uma forte experiência, em 2012: "Eu estava aqui no escritório do prédio quando um funcionário interfonou dizendo que um apartamento estava pegando fogo, e que era coisa grande". Causado pelo superaquecimento de um telefone sem fio ligado à tomada da sala, o incêndio rapidamente se propagou por outros cômodos, ajudado pelo material inflamável de uma cortina. "Por sorte, a vizinha estava em casa e sentiu a fumaça. Como os moradores estavam ausentes, tivemos de arrombar a porta". Do gesso aos móveis, vários bens foram perdidos. "Conseguimos apagar as chamas e esfriar as paredes com o hidrômetro e os extintores do corredor". Após a chegada do bombeiro e donos da casa, teve início o processo de execução do seguro. "Ele é calculado em cima do custo de reconstrução do bem, não do imóvel como um todo. Por

Fotos: Herácles Dantas

Após incêndio em um dos apartamentos do prédio que administra (foto), síndico Hélio Nunes entendeu necessidade de apólice residencial e passou a rever cuidados exemplo, se uma casa pega fogo por inteiro, é medido o custo de levantá-la novamente, pois o terreno continua intacto, sem alteração em seu valor", diz Marcos Paiva, sócio-proprietário da Grand Líder Corretora de Seguros, empresa há 26 anos no mercado. O condomínio foi indenizado, mas o susto serviu para Hélio rever cuidados como administrador de uma torre com 105 apartamentos, que é das mais antigas da capital potiguar. "Como manda a lei, temos seguro para o prédio em si, para as

áreas em comum. Qualquer coisa que acontecer de fora para dentro, por exemplo, um incêndio que comece no corredor, em uma tomada ou fiação do prédio, e invada um apartamento, ele cobre. Mas se for causado dentro da casa da pessoa, aí é com o seguro do morador. Se ele não tiver, fica no prejuízo". Desde então, o síndico tem usado a história para convencer quem esnoba o perigo. Catástrofes naturais, como as chuvas na zona serrana do Rio de Janeiro, entram no plano caso o con-

tratante escolha essa opção. "Não faz sentido a pessoa pagar por um serviço que não vai usar. Aqui em Natal não tem terremoto, nem maremoto, mas uma chuva forte pode causar sérios danos em moradias, estragando mobília e eletrodomésticos. Inundação é uma cláusula opcional. Se ela tiver segurada, receberá o dinheiro para comprar de novo o que perdeu", diz Marcos Paiva, corretor que defende o preço cobrado por seguros residenciais. "Todo mundo só pensa no carro e esquece da casa. Um carro custa

R$ 30 mil, R$ 40 mil. Já a casa custa R$ 300 mil, R$ 400 mil ou mais. É um bem de valor muito mais alto, portanto, merece, no mínimo, o mesmo cuidado. Para se ter uma ideia de como é barato garantir a segurança de onda mora sua família, uma casa de R$ 500 mil, que é o padrão desses condomínios fechados, o seguro fica em torno de R$ 400 por ano. É muito barato se pensarmos nos benefícios". Um vizinho que perdeu parte dos pertences em um incêndio serve de exemplo para o corretor.

"Uma extensão recebia a tomada de uma máquina de lavar e pegou fogo, com a labareda atingindo uma rede que estava secando no varal. Daí se espalhou por outros cômodos, estragando toda a cozinha e a área de serviço. Ele não tinha seguro, achava que só aconteceria com os outros, como todo mundo pensa. Mas isso está mudando. Antigamente, ninguém falava em seguro residencial. De uns quatro anos para cá, com o crescimento imobiliário de Natal e com o que vemos na mídia, a procura aumentou muito. O pessoal está mais consciente que tem que ter", registra Marcos Paiva. Localização e tipo de construção incidem no preço final. "Prédio é mais barato, por toda a proteção e vantagem no que diz respeito à segurança em relação às casas. Mas é claro que se você construí-la em uma área de risco, como é o caso da serra no Rio, as companhias não terão interesse em fazer". Marcos destaca que oscilações de energia e problemas com o sistema de gás também danificam objetos e que uma apólice prevê a cobertura para esse tipo comum de sinistro - o custo de um seguro residência completo fica, em média, entre 0,5% e 1% do valor do imóvel, ao passo que o de carro costuma variar entre 3% e 9% do valor do veículo. Olhar atento quanto às empresas contratadas é a principal dica do corretor. "Quando o contrato é bem vendido, não tem erro. Empresas sérias trabalham com clareza, com tudo bem explicado para o cliente não ter surpresas quando precisar do seguro".

> PROJETOS E RECURSOS

Secretário apresenta ações para Economia Solidária O secretário de Estado do Trabalho e da Assistência Social, Luiz Eduardo Carneiro Costa, apresentou na manhã desta sexta-feira (5), em Parnamirim, as ações da Sethas para o biênio 2013-2014 na área de Economia Solidária. Os projetos e recursos a serem executados nesse período foram apresentados na abertura do Encontro de Planejamento do Fórum Potiguar de Economia Solidária, que prossegue até este sábado (6), no Centro Pastoral da Igreja Católica, no conjunto Cohabinal. Entre as ações apresentadas pelo secretário estão recursos totais de R$ 18,8 milhões para a implementação de projetos de economia solidária no Rio Grande do Norte, sendo R$ 9,2 milhões da Secretaria Nacional de Economia Solidária (Se-

naes)/Ministério do Trabalho, e R$ 9,6 milhões do Banco Mundial, e a destinação de um espaço, exclusivo, na Casa da Cidadania, a ser inaugurada nos próximos dias, para funcionamento do Fórum e do Conselho Estadual de Economia Solidária, atendendo a uma solicitação dos conselheiros, que não dispunham, ainda, de uma estrutura adequada para trabalhar. O secretário Luiz Eduardo detalhou que em parceria com a Senaes/MTE serão investidos R$ 2,2 milhões para promover ações integradas de capacitação, formação, organização, produção, consumo e comercialização em cinco territórios de cidadania - Assu-Mossoró, Grande Natal, Mato Grande, Trairi e Agreste-Litoral Sul -, denominado Proje-

to Ecosol. Outros R$ 7 milhões serão destinados a um projeto voltado para catadores de resíduos sólidos (materiais recicláveis), que já está em fase de elaboração na Sethas. "O planejamento já está feito, as parcerias estão firmadas, os recursos já foram aprovados e agora vamos trabalhar juntos para executar estas ações", disse o secretário à plateia presente, formada por representantes das secretarias municipais de Assistência Social de Natal e Parnamirim, da Superintendência Regional de Trabalho e do Conselho e Fórum Potiguar de Economia Solidária. O deputado estadual Fernando Mineiro participou da abertura do evento, representando a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Divulgação

Projetos e recursos a serem executados entre 2013e 2014 foram apresentados por Luiz Eduardo Carneiro na abertura do Encontro


10 O Jornal de HOJE

Natal, 6 e 7 de abril de 2013

Cidade

Sábado e Domingo

Fotos: Heracles Dantas

Delegado geral da Polícia Civil Fábio Rogério também participou do treinamento com o campeão, um dos dez melhores lutadores do mundo de MMA, campeão da categoria peso-galo. Aula reuniu modalidades como jiu-jitsu, muay thai e técnicas de boxe

Policiais civis participam de aula de defesa pessoal com Renan Barão, campeão do UFC TREINO ESPECIAL REUNIU 30 POLICIAIS NA MANHÃ DESTE SÁBADO, NA SEDE DA DELEGACIA ESPECIALIZADA DE CAPTURAS ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Trinta policiais civis participaram de uma aula especial de treinamento de defesa pessoal na modalidade jiu-jitsu com o lutador potiguar Renan Barão, campeão mundial de MMA (Mixed Martial Art), na manhã deste sábado (6). Na ocasião, os alunos conheceram ainda técnicas de boxe, muay thai e também da luta praticada durante os

combates da MMA. Os treinos foram realizados nas instalações da Delegacia Especializada de Capturas (Decap), no bairro Cidade da Esperança, na zona Oeste de Natal. "Estou muito feliz e motivado com o convite feito para participar dessa aula, de poder demonstrar um pouco do jiu-jitsu, que é uma das raízes do MMA e também de outras artes marciais, como o muay thai. Aqui, preparei um plano que contém um pouco das principais

lutas praticadas hoje", explicou Barão, que é, atualmente, um dos dez melhores lutadores do mundo de MMA e atual campeão de Ultimate Fighting Championship (UFC) na categoria peso-galo, de até 61 quilos. Para o professor Alexandre Marques, a presença do campeão mundial durante o treinamento é uma honra e também um incentivo importante para os alunos. "Eles estão aqui para aprender uma téc-

nica importante de autodefesa e também para melhorar o condicionamento físico, a autoestima e aprender formas de imobilização e controle de situação sem o uso de arma de fogo, o que é muito importante para a profissão deles", explicou. O delegado geral da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, Fábio Rogério, também participou da aula especial com o lutador Renan Barão e destacou que há pro-

jetos para ampliar o espaço usado para a prática, para, assim, aumentar a quantidade de vagas oferecidas aos policiais civis. Segundo o diretor geral da Acadepol, Ricardo Sérgio, a aula integrou o treinamento de jiu-jitsu que é oferecido aos policiais civis do Rio Grande do Norte há um ano e meio, como forma de preparação para a atividade policial e também uma válvula de escape para o estresse inerente à profissão. Hoje,

22 policiais se dividem em duas turmas regulares. "O objetivo principal é oferecer uma atividade física que combine o treinamento do condicionamento físico com o relaxamento físico e mental, que beneficiam por extensão não apenas o policial, mas também a sociedade, que ganha um profissional bem preparado para uma possível intervenção sem armas na defesa das pessoas", explicou Ricardo Sérgio.

> TRÁFICO DE DROGAS

Mulher é detida com 3 kg de maconha em ônibus Cedida BP Choque

Uma mulher de 34 anos foi flagrada transportando três quilos de maconha em um ônibus que seguia de Natal para o município de Caraúbas, no Oeste potiguar, na noite da útima sexta-feira (5). O fato chamou a atenção dos demais passageiros e de todos que estavam nas proximidades de uma parada na BR101, no Parque Industrial, em Parnamirim. A acusada se negou a dizer os nomes das pessoas que a contrataram para o transporte e a quem ela iria entregar o material, no destino final. Conforme o oficial de operações do Batalhão de Polícia de Choque (BP Choque), tenente Marcelo Queiroz, a prisão de Régia Neide Costa dos Santos só aconteceu porque uma pessoa ligou para a Polícia Militar informando todos os detalhes sobre o transporte da droga, inclusive que o material estaria escondida dentro de uma bolsa de viagem. Uma equipe foi deslocada até

uma parada de ônibus intermunicipal e aguardou o momento em que o veículo onde a acusada estava passou pelo local, para efetuar a abordagem. Ao entrar no ônibus, os policiais militares abordaram Régia Neide e pediram para revistar sua bolsa, fazendo com que a mulher ficasse nervosa. "Apesar disso, ela não reagiu ou se negou a passar pela revista. Os oficiais encontraram os três quilos de maconha prensada embrulhada em um pacote, dentro de uma bolsa da acusada, que foi detida em flagrante e encaminhada para a Delegacia de Plantão da zona Sul, onde foi autuada por tráfico de drogas", explicou o tenente Queiroz. HOMEM É PRESO COM MACONHA E CRACK EM FISCALIZAÇÃO DA CPRE Um homem condenado por tráfico de drogas foi detido novamente pelo mesmo crime, na última

sexta-feira à noite, quando passava pela Ponte Newton Navarro, que liga as zonas Norte e Leste da Capital. Ele estava em uma motocicleta, quando foi abordado por policiais militares do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) que faziam uma fiscalização de rotina na área. De acordo com informações do CPRE, Rodrigo do Nascimento da Silva, de 26 anos, transportava um tablete de maconha e várias pedras de crack, escondidas debaixo da roupa. Diante do flagrante, ele alegou que os entorpecentes eram para seu uso próprio, mas, por causa da quantidade encontrada, recebeu voz de prisão. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Plantão da zona Norte, onde os policiais militares descobriram que ele foi condenado a oito anos de prisão por tráfico de drogas e que já tinha cumprido três anos da pena imposta.

Acusada se negou a dizer a autoria de quem a contratou para fazer o transporte da droga, encontrada em sua bolsa

> CONJUNTO SAN VALE

Quadrilha faz arrastão em casa de coronel da PM em Natal Um coronel da reserva da Polícia Militar teve sua residência invadida por quatro homens armados nesta sexta-feira (5) à noite, no conjunto San Vale, no bairro do Pitimbú, em Natal. Os criminosos aproveitaram o momento em que um dos moradores chegava ao imóvel, o renderam e o obrigaram a entrar no local. Lá dentro,

eles trancaram as outras pessoas que estavam na casa em um dos cômodos e fizeram um arrastão. De acordo com informações da Polícia Militar, os criminosos estavam em um veículo Celta de cor e placas não identificadas e todos armados com revólveres, bastante agressivos. A suspeita é que eles já estivessem montado

campana próximo à residência, localizada na Rua José Tavares da Silva, antes de abordar a primeira vítima, que estava em um Gol. Ao entrarem no imóvel, os criminosos renderam o militar aposentado, que não teve a identidade revelada, a esposa dele e mais dois filhos na cozinha. Um deles ficou ameaçando a família, en-

quanto os demais reviravam todos os cômodos da residência e roubavam objetos pessoais de valor, eletroeletrônicos, computadores pessoais, telefones celulares, jóias e outros produtos. Eles colocaram todos os objetos da família dentro do Celta e de um dos veículos da família, que estava na garagem, e fugiram

tomando rumo ignorado. Depois de alguns minutos, as vítimas conseguiram sair da residência e comunicaram o fato à Polícia Militar, que conseguiu localizar o automóvel roubado nas proximidades da Vila de Ponta Negra, na zona Sul de Natal. Imediatamente, os policiais militares iniciaram as diligências

por toda a cidade, para tentar identificar, localizar e prender os quatro criminosos que participaram do arrastão à residência do militar aposentado. No entanto, até a manhã deste sábado (6), nenhum deles foi detido ou os objetos roubados, recuperados. O caso foi registrado na Delegacia de Plantão da zona Sul.


Cidade

Sábado e Domingo

Natal, 6 e 7 de abril de 2013

O Jornal de HOJE 11

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

GOVERNADOR 2014

O fim do homem Um estudo científico aponta que o homem, o ser masculino, está perdendo definidamente a velha guerra dos sexos e será varrido da convivência com as mulheres num processo biológico e histórico que deverá se concluir em seis milhões de anos. Segundo a geneticista australiana Jenny Graves, o cromossoma responsável pelos genes masculinos está em processo de extinção. E aqui nem cabe a torcida das bibas e quetais, pois não se trata da mera substituição do macho clássico por um homem gay. Pela pesquisa, a Terra estaria condenada a transformar-se numa versão ampliada e cósmica da mítica ilha de Lesbos, da poetisa Safo; ou do reino de Cítia, da rainha das Amazonas, Hipólita; ou ainda da ilha Themyscira, berço da Mulher Maravilha. O problema genético está no cromossoma sexual masculino e sua fragilidade, diz Graves. Por exemplo, na mulher o "X" possui dois cromossomas saudáveis com mil genes aproximadamente cada um, enquanto o homem tem menos de cem genes. Nessa conta, está incluído também o gene "SRY", que seria o interruptor mestre masculino e que determina se um embrião será masculino ou feminino. Saliente-se que os cromossomas iguais nas células femininas permitem substituição se necessário. Já no homem não há tantas chances de mudança por não existirem companheiros celulares, e quando um cromossoma é danificado sua substituição se torna impossível. Seria a vingança da clássica troca de pneus num processo automático da mitose? Piadinha machista à parte, a verdade científica é que os genes masculinos entraram num processo gradual de desintegração e chegarão à extinção em cinco ou seis milhões de anos, garante a pesquisadora, destacando que é "uma má notícia para os homens". Para a professora de genética da Universidade de Camberra, capital da Austrália, esta realidade físicoquímica que ameaça os homens "é um encantador exemplo do chamado desenho mudo ou uma sorte

POP GAY

Parafraseando Odorico Paraguaçu, parece que agora é oficial, pelo menos no âmbito oficioso do PT potiguar. O deputado Fernando Mineiro disputa sozinho a condição de candidato do partido ao governo do RN nas eleições do próximo ano.

A condição sexual da cantora Daniela Mercury deu a ela o que o axé jamais conseguiu: as capas das duas mais importantes revistas semanais do Brasil, Veja e Época, e num mesmo dia. Seu casamento com a jornalista Manu Verçosa é o tema desse sábado.

VONTADE

OLHAR 49

Derrotado na disputa para prefeito de Natal que quase o levou ao segundo turno, Mineiro já manifestou a vontade de sair candidato a governador, pelo menos quando reivindicou que seu nome fosse colocado nos questionários das próximas pesquisas.

O craque de maior elegância no trato da bola que andou pelo Vasco ao lado da geração de Roberto Dinamite e Romário está fazendo hoje 49 anos. Geovani foi em talento a soma do futebol de algumas vestais que vestiram a camisa da seleção depois dele.

CONCURSO

DOBRADINHA

Cumprida a promessa do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta, de realizar o primeiro concurso público da história da casa, em julho próximo. A Fundação Carlos Chagas, uma referência nacional no assunto, tocará o certame.

Um vídeo está gerando discussões entre torcedores da Europa sobre o fantástico futebol jogado pelo argentino Lionel Messi junto com o brasileiro Daniel Alves. A imagem mostra ambos trocando passes de 40 metros no aquecimento para o jogo contra o PSG, em Paris. A bola passa de um para o outro e ambos realizam embaixadas incríveis antes de devolver. Um jornalista catalão diz que eles fazem isso às vezes de olhos fechados em Camp Nou.

ARTICULADO

de acidente evolutivo". Só falta deus ser uma madame. Entrevistados, estudiosos machos trataram logo de arrumar argumentos esperançosos, de que apesar de tudo há grandes perspectivas da medicina ter tempo suficiente para no futuro encarar o desafio e conseguir soluções para salvar a costela universal de Adão. "Cinco milhões de anos devem ser tempo mais que suficiente para que a ciência chegue a produzir uma cura que provavelmente se transformará num prêmio Nobel", disse o professor Chris Mason, da Universidade de Londres, tão macho que pensa no prêmio. Palpite daqui, previsões dali, a suposta extinção masculina ainda está tão longe que sequer os cientistas sabem como será a natureza humana no distante futuro. Há especialistas achando que os cromossomas podem até começar a substituírem entre si. Tal perspectiva celular sugere até que no trocatroca cromossomático uma nova espécie de homem seria criada. O diabo dessas teses científicas é que vão acabar alimentando os discursos boiolistas de Jean Wyllys e Zé de Abreu, que se acham homens de futuro. Ainda bem, dirão as mulheres como Halle Berry, que aos 46 anos engravidou de um homem, que até chegar a hecatombe masculina há tempo para estimular o assédio de meninos nas meninas e viceversa, desde que o namoro entre contrários não seja proibido por decreto. (AM)

O secretário Rogério Marinho tem feito mais para a imagem do governo Rosalba Ciarlini do que a própria política de comunicação. Argumenta com segurança mesmo quando a pergunta da mídia esconde uma tática de pegar político no contrapé.

BOAS AÇÕES

Marinho saiu-se extramente bem, mais uma vez, numa entrevista defendendo o que ele chama de acertos do governo. Foi ontem, na rádio CBN, diante do apresentador Salatiel de Souza. Sem negar os problemas do RN, mostrou as possibilidades de progresso.

100 DIAS

O prefeito Carlos Eduardo tem o que comemorar ao completar os primeiros cem dias da sua segunda gestão em Natal. Além das ações e projetos em andamento, conseguiu rapidamente livrar a cidade dos buracos e de uma grande parte da sujeira nas ruas.

LULA FICHA SUJA

Dessa vez a coisa não é só conjectura de procurador ou agente policial. O ex-presidente Luiz Inácio (PT) vai ser investigado pela Polícia Federal na participação no mensalão, pelo menos foi isso que o Ministério Público encaminhou formalmente à PF.

CIDADÃO

O repórter Joaquim Pinheiro, aqui do JH, vai receber o título de cidadão natalense no dia 23 de maio, a partir das 18h. A concessão é de autoria do ex-vereador Ney Junior. O renomado violeiro Pedro Bandeira fará uma cantoria com outros três colegas.

Iron man

O ator Jeremy Irons, protagonista do clássico "Lolita", deixou os ativistas GLBT do mundo em estado de ira. Disse que o casamento gay poderia abrir a porta ao incesto, em entrevista ao jornal Huffington Post Live. Detalhes em alexmedeiros.portalnoar.com.

Danilo Sá

Divulgação

jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br

MILHO PARA O POVO

INCOERÊNCIA I

Divulgação

As ruas do centro da cidade estavam um caos. O trânsito, interrompido em algumas das principais vias do local, denunciava algum acontecimento importante. Sem ter como seguir em frente, carros luxuosos, importados, paravam mesmo era no meio da rua, sem cerimônias. Homens bem arrumados, em sua maioria de ternos ou fraques, desciam dos veículos rumo a Assembleia Legislativa. No mesmo instante, chegava a Praça 7 de setembro mais uma dos milhares de ambulantes natalenses, que saem de casa em busca de dinheiro para sobreviver no dia seguinte. Seu Francisco já havia preparado o milho um dia antes. As panelas estavam bem limpas e a água já meio fervida. Enquanto estacionava seu carrinho em uma das esquinas da praça, podia observar, do outro lado da rua, o andar rápido de um conhecido ex-político do Rio Grande do Norte. Com sapatos italianos, bem engraxados, e um terno escuro dos mais alinhados, o senhor, já de idade, era acompanhado de vários auxiliares. Seu Francisco ousou oferecer um milho. "Só é dois reais", disse no seu modo popular de falar, como é comum a grande parte dos brasileiros. O ex-político olhou de lado, soltou um sorriso amarelo, levantou uma das mãos e acenou como fazia em décadas passadas para conquistar seus poucos votos. Depois, baixou a cabeça e resmungou algo para um dos homens que andava apressadamente ao seu lado. O auxiliar parou. Atravessou a rua e veio direto para o carrinho de milho. "Quanto custa?". "Dois reais pro senhor". Da carteira, saiu uma nota de 50 reais. "Olhe, tome este dinheiro, qualquer coisa na saída a gente come alguma coisa". O homem, humilde e envergonhado, tentou negar a ajuda em vão. O ajudante do político já havia atravessado novamente a via e desaparecido. Restou a Seu Francisco guardar os 50 reais no bolso sujo da bermuda, meio que olhando para os lados, procurando se esconder dos olhos alheios. O homem colocou mais milho para ferver e depois sorriu. Parecia feliz em saber que já tinha garantido o pão da família sem nem mesmo ter começado a trabalhar. Em um instante, levantou a cabeça por alguns segundos. Olhou para a fachada da Assembleia Legislativa e viu uma multidão se aglomerar nas escadarias da sua entrada. Era o então governador do Rio Grande do Norte que chegava. Seu Francisco, agora feliz, levantou um milho, e, como se estivesse oferecendo o produto ao novo mandatário do seu povo, falou sorrindo: "que jamais falte milho para o nosso povo". Como estava longe, a frase não foi ouvida por ninguém. E caíra no esquecimento.

SOCORRO I

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), estuda a possibilidade de aumentar os convênios com as Organizações Sociais que já prestam serviços para o município. O objetivo é contratar mais médicos para a cidade. Mas, o que poucos se lembram, é que estes contratos foram alvos de diversas críticas do próprio petista durante a última campanha eleitoral. Seu programa de governo dava a entender até que os convênios seriam rompidos.

Os moradores do bairro de Nova Parnamirim pedem ajuda. Diariamente, em diversos pontos da região, ocorrem delitos de toda espécie. Desde carros tomados de assalto à mão armada, até a arrastões em paradas de ônibus. Diante dessa realidade, a Associação de Moradores do bairro enviou a Secretaria Estadual de Segurança e para o Comando Geral da Polícia Militar uma carta onde pede algum tipo de ação contra a violência crescente.

INCOERÊNCIA II

SOCORRO II

Em Natal, as Organizações Sociais ficaram mal vistas desde que foram descobertas possíveis irregularidades em contratos firmados durante a gestão Micarla de Sousa. O fato colocou os líderes do PT potiguar contra este tipo de convênio. Seria interessante saber, agora, o que pensam os petistas do RN sobre a postura do aliado paulista.

Ainda de acordo com a Associação de Moradores de Nova Parnamirim, há um grupo de bandidos atuando livremente no entorno do terminal de ônibus do bairro, próximo das ruas Aroeira e Arassá, próximo a um condomínio chamado Itatiaia. Se todos já sabem da existência de crimes no local, porque a Polícia ainda não está por lá??? Divulgação

MASSACRE

Após mais de 20 anos do fato, começa na próxima segunda-feira (08) o julgamento dos acusados pela morte de 111 detentos do Carandiru. O júri popular está marcado para as 9 horas, no Fórum da Barra Funda, em São Paulo. O juiz designado para o caso é José Augusto Nardy Marzagão. Devido ao grande número de réus envolvidos, o julgamento será feito em etapas. A previsão é que a primeira dure entre uma e duas semanas. Na primeira fase, 26 réus serão julgados (seriam 28 policiais, mas dois deles já morreram). Serão julgados, no total, 79 policiais militares. O maior massacre do sistema penitenciário brasileiro ocorreu no dia 2 de outubro de 1992, quando 111 detentos foram mortos e 87 ficaram feridos durante a invasão policial para reprimir uma rebelião no Pavilhão 9 do Carandiru. Atualmente, três prédios do complexo foram demolidos para construção de um parque. Os outros vão abrigar centros educacionais.

"Isso é democracia" MINISTRO JOAQUIM BARBOSA, REFERINDO-SE A ELEIÇÃO DE MARCO FELICIANO PARA PRESIDIR A COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS DA CÂMARA E AOS PROTESTOS QUE SE SEGUIRAM AO FATO.

FOLIADUTO I

Apesar do processo ser restrito ao Tribunal de Contas do Estado, foi uma vitória para a vice-prefeita Wilma de Faria (PSB) ter seu nome excluído do processo sobre o escândalo do Foliaduto, ocorrido durante seu primeiro mandato como governadora do RN. Estranho foi o pedido de condenação exclusiva para o ex-presidente da Fundação José Augusto, François Silvestre.

FOLIADUTO II

Para quem não lembra, o Foliaduto ficou conhecido como o desvio de recursos públicos que deveriam ter sido utilizados para a realização de shows no estado. Na época da denúncia, o Ministério Público Estadual descobriu que parte dos R$ 2,1 milhões desaparecidos foram utilizados pelo então secretário do Gabinete Civil, Carlos Faria, irmão de Wilma.

DINHEIRO NA MÃO...

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos firmou contrato, sob dispensa de licitação, com a empresa Limpia Recursos Humanos Ltda. Por R$ 3,5 milhões, a firma vai prestar serviços de locação de mãode-obra terceirizada para funções operacionais em logradouros públicos e conservação. O documento tem validade de 180 dias a contar de 1º de fevereiro.

... É VENDAVAL

Outro contrato volumoso assinado pela Semsur diz respeito a prestação de serviços essenciais básicos de apoio operacional, manutenção e conservação de logradouros públicos do município, na área de iluminação. O valor deste, assinado com a Petrogás Serviços Técnicos, é pouco superior a R$ 1 milhão e tem validade de dez meses. Os contratos foram publicados hoje no Diário Oficial.


12 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 6 de abril de 2013

Sábado e Domingo João Neto

Daniela Freire

GIRO PELO TWITTER ...do Ministério do Turismo: "A beleza de #Natal, #RN, é tanta que até o sol aparece para admirá-la: graças à proximidade da cidade a Linha do Equador. #DicadeDestino";

POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br Cedida

w SAÚDE NA MIRA Está sendo cada vez mais investigada a Saúde do Estado. Tanto que pessoas da gestão Rosado estão sendo 'averiguadas'. >>> Estariam 'faturando' junto a empresas terceirizadas, no melhor estilo "Hígia" ou "Assepsia"... >>> Para apurar, há ação sigilosa correndo no Fórum Seabra Fagundes...

w BOM EXEMPLO? O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), vai ampliar o número de contratos com Organizações Sociais (OSs) responsáveis pela gestão de unidades de saúde, segundo informou o jornal Folha de S. Paulo no início dessa semana. >>> O petista tem convicção de que é o melhor modelo para ampliar o número de médicos e tornar o atendimento mais eficiente à população. >>> Mas o que o deputado estadual Fernando Mineiro (PT-RN) falaria a respeito?

w MESMO PARTIDO, DISCURSOS DIFERENTES Afinal, Haddad, responsável pela maior cidade do Brasil e decidido a investir na "seriedade" e "eficiência" das Organizações Sociais, é um colega de partido do parlamentar potiguar, que, por sua vez, é um grande crítico dos contratos entre Governo Rosado e as OSs aqui no RN.

w RELEMBRAR É PRECISO Inclusive, a matéria da Folha conta que os convênios que a ex-gestão Gilberto Kassab (PSD) fez com organizações sociais para gerenciar unidades de saúde foram um dos principais temas da campanha eleitoral do ano passado. "Haddad, então candidato, criticava os convênios, que, segundo ele, eram mal gerenciados. Seu programa de governo dava a entender até que os convênios seriam rompidos". >>> Porém, o prefeito Fernando Haddad (PT) já assegurou que a medida anunciada é emergencial, até que seja aprovado o novo plano de carreira dos médicos, que será encaminhado ainda neste ano à Câmara Municipal.

Marcos Sá e Guto Tinôco na balada por aí... João Neto

...do blogueiro Marcos Dantas: "Rosalba volta a repetir em Jardim do Seridó que vai votar em Dilma para presidente de República"; ...do ex-governador de SP José Serra: "O fato é o seguinte: o ditador maluco de um regime político maluco na Coreia do Norte ameaça a paz mundial";

Fátima e Ricardo Stuckert, fotógrafo do Instituto Lula, em momento relax no Uruguai, onde participa do “Foro Internacional de Sindicatos y Partidos Progresistas” DeSaboya.com

...do juiz Federal Marco Bruno Miranda: "TJSP demonstra seriedade e afasta um desembargador de seus próprios quadros suspeito de corrupção".

Mulheresnofds

Marcelo e Verlândia Porto circulando pela noite potiguar

Yone Álvares comemorando idade nova cercada por amigos

w RECONHECENDO E AGRADANDO... O presidente da Câmara Municipal de Natal, Albert Dickson, admite. Mudou de postura e passou a estar mais presente na Câmara Municipal de Natal, após muitas críticas dos edis, que reclamavam que o comandante estava "inacessível". >>> Albert justificou que estava atuando muito fora da Casa devido à futura construção da nova sede do Legislativo da capital potiguar, nas proximidades da Ponte Newton Navarro. "Eu precisava ver terrenos, contratos... e precisava ficar muito fora da Câmara", disse ele, que, no entanto, ressaltou: "Agora está tudo certo, estou mais presente". w CARACTERÍSTICA POSITIVA Por falar no pepista, ele acredita que o novo presidente do diretório estadual do PP, vereador Rafael Motta, "fará boa administração". >>> Motivo? Ele "é bom em ouvir". w DISPUTANDO A METRALHADORA O petista mais polêmico da Câmara Municipal, vereador Fernando Lucena, tem visto os parlamentares do Psol, Sandro Pi-

mentel, e do PSTU, Amanda Gurgel, conseguindo o lugar de protagonistas nas 'performances' esquerdistas na Casa. >>> Diante do cenário, Lucena explica que esse, digamos, afobamento deverá ser passageiro. "É o começo ainda da legislatura, é normal essa ansiedade", disse ele, que comentou a respeito da atuação dos colegas: "O discurso de Amanda não tem pé, nem cabeça. E Sandro Pimentel vive no mundo da lua".

w OPINIÃO

A deputada federal Fátima Bezerra está em Montevidéu, no Uruguai, onde participa do "Foro Internacional de Sindicatos y Partidos Progresistas". Na noite de ontem, Fátima acompanhou o debate "Transformações em risco? Perspectivas e tensões do progressismo na América Latina", que contou com a presença do ex-presidente Lula, do presidente uruguaio José Mujica e do secretário-geral da Confederação Sindical dos Trabalhadores das Américas - CSTA, Victor Báez. >>> "Abertura do Fórum ontem com Lula e Mujica foi uma verdadeira aula sobre a democracia. O desafio de consolidar e avançar o processo democrático na América Latina", disse Fátima.

Cantinho do Zé Povo BOB MOTTA - bobmottapoeta.com.br - bobmottapoeta@gmail.com - Telefone: 9965-6080

Uma coisa puxa ôta É isso aí, minha gente! Uma coisa puxa ôta e as duas puxa o resto... Esse dito popular é verdadeiro, "inté a tampa do chucáio"! Essa semana. Nas postagens dos meus amigos do facebook, Eduardo Alexandre Garcia, postou uma foto da Casa di Estudante, que era o Quartel da Polícia, em 1935, na intentona comunista. E isso remexeu nas prateleiras da minha memória, que inda guarda muita coisa através dos neurônios que a cachaça não conseguiu comer; durante meus 30 anos, seis meses e dezessete dias de "peregrinações biritológicas e prostibulares"... Mesmo não sendo ainda nascido nessa época, o que sei é por ouvir dizer meu pai e oas mais velhos, que foram verdadeiros mestres do nosso cotidiano, para mim. Mais tarde, na década de sessenta, quando comecei a namorar com minha companheira até hoje, Adele; conheci um figuraço, personagem marcante da intentona comunista de 1935, João Batista Galvão, que foi Governador Comunista durante três dias naquele evento. João Galvão morava na esquina da Rua Pte Passos com a Tv. Paula Barros, em frente ao meu sogro e colega, o poeta Arlindo Castor de Lima. Porém, o

...do colunista social Bruno Astuto: "Por causa do assédio, namorada de Daniela Mercury bloqueia perfil no Facebook";

João Galvão que conheci, não possuía absolutamente nadica de nada de austeridade; era, como diz Amaro Trezena da Silva, Máro Véio, ex-vaqueiro de meu pai; "o sumo da merda do cachorro qui come bosta"; no bom sentido da palavra; é claro!... Mexia só com duas pessoas; Deus e o mundo... Certa feita, chegou a me dizer: - Bob, o médico me disse que se eu souber do apelido de uma pessoa e não chamar, eu adoeço; principalmente se a pessoa se zangar em ser apelidada... Pois bem! Toda noite, quando eu ia falar com minha namorada, enquanto ela não vinha, eu ficava absorvendo as mentiras e ensinamentos da veiarada que se juntava na calçada de João Galvão. E quando se ajuntava ele, com meu sogro e Zé Fufú; tio de Adele; aí era que dava "cachorro in setenta e laigatixa in desenove"! Saía de tudo em termos de fuleragem. Numa noite; estávamos todos conversando, quando João Galvão soltou um sonoro peido; que com toda certeza, se o meu querido e saudoso Teimoso presenciasse; diria: - Ô peido fela da puta; o bicho era dessa grussura; dava munto mais de kilo... E o danado do peido foi daque-

les que "nem cachorro agüenta"! Seu Arlindo, meu sogro, levantouse ligeiro e falou bem sério para João Galvão: - João Galvão; peraí; não feche agora não que eu vou pegar o lixo lá de casa, que o carro do lixo não passou hoje não... Foi uma gaitada geral! Nisso, chegou um pedreiro que João Galvão havia mandado alguém chamar, para acertar do cara sentar um portão na casa dele. E por arte do "mufino"; o apelido do cara era "Guiné"! E o cara brigava até com o vento, se assim, alguém o chamasse. E João Galvão, sem ter como chamar o cara de Guiné, com naturalidade, saiuse com esta: - Ô Bob, vou já entrar, que eu estou com uma dor nos peitos; eu tô fraco; tô fraco; tô fraco... O cara, que de burro só devia ter mêrmo a pomba, s'ispoletô: - Tô fraco o quê, véio séiveigonho; você tá pensando qui pruquê tá me contratando pode ficá me apilidando, peste ? Guiné é a Puta Qui Pariu! E tem mais; pegue seu dinhêro e soque no rabo, qui eu num vô fazê mais serviço ninhum prá você, não!... E saiu, acompanhado da sonoridade das nossas gargalhadas!...

w MAIS Na manhã de hoje ontem, foram realizado dois painéis. O primeiro, "La democratización del Estado y la sociedade" e o segundo "La economía entre la emancipación y la dependência". >>> A delegação brasileira é composta pelos deputados Fátima Bezerra (PT/RN) e Paulo Teixeira (PT/SP); o ex-ministro e atual diretor do Instituto Lula, Luiz Dulci; o presidente da CUT, Vagner Freitas; o presidente do Instituto de Cooperação da CUT, Artur Henrique; Diretor da CSA, Rafael Freire; Jean Tible e Yesko Quiroga, ambos da Fundação Friedrich Ebert. >>> "Apenas começamos a resolver os problemas da América Latina", afirmou Lula durante discurso no Fórum.

Desfile Ellus no SPFW – Verão 2014


Cidade

Sábado e domingo

O Jornal de HOJE 13

Natal, 6 e 7 de abril de 2013

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w ABUSO - I É desrespeitosa a decisão do Patrimônio Histórico confiscando a administração da Fortaleza dos Reis, sob o argumento de que não vem sendo feita a conservação adequada. É confiscar a nossa identidade. w CULPA - II É verdade que o governo atual não cuidou, como fez o primeiro governo de Wilma de Faria quando a Fortaleza foi restaurada e iluminada na gestão de François Silvestre. Nem o Patrimônio ajuda em nada. w REAÇÃO - III O governo, mesmo tardiamente, vai reagir com emenda federal de R$ 19 milhões para um projeto de restauração. É hora de a governadora fazer sua parte mesmo que Lampião não tenha se acoitado por lá. w AZAR Até na pesquisa o Governo Rosalba Ciarlini tem tido pouca sorte, apesar das pompas e circunstâncias. A Fapern insiste em releases longos, complicados e delirantes, pregando a revolução modernizadora. w PERIGO O mais ineficiente na falta de policiamento ostensivo em Natal e nas investigações é quando alguém da PM anuncia que vai ser deflagrada uma 'Operação Tático-Móvel'. É o sinal de que nada vai acontecer. w GRANA O edital do Banco do Nordeste anuncia R$ 8 milhões para financiamento da cultura este ano. Para ter cópia de sua íntegra e fazer as inscrições até dia 19 de agosto próximo, basta acessar www.bnb.gov.br.

w SAÚDE A Secretaria da Saúde é de um destemor digo de elogio. Anuncia que vai festejar dia 8, das 8 às 11h, o Dia Mundial da Saúde. Mesmo diante de uma saúde estadual em estado de crise aguda já há dois anos.

A feijoada e o método

M

uito cedo, Senhor Redator, embora tenha vivido nas suas salas de professor ao longo de trinta e dois anos ou 64 semestres, e sem faltar a um só, fiquei desencantado com o método, tão caro à vida acadêmica. Faltou, sobretudo, tutano. Cadê quengo para compreender os mistérios metodológicos e suas ideologias, se não tinha olhos treinados para vê-los nem ouvidos para ouvi-los? Fiquei no limbo, contando os meses e os anos para um dia completar o tempo que a lei exigia, e pedir aposentadoria. Não reclamo da minha pobreza. Não fui capaz de ter méritos para ser aceito na meritocracia da vida acadêmica. Sou eu mesmo a causa e o efeito da minha própria pobreza. Ainda assim, e como não é proibido ter opinião - ao menos isto - continuo teimoso diante de certas idiossincrasias que vou encontrando aqui e ali, nas leituras nunca metódicas que faço a cada estação, e passageiro que sou dessa grande aventura que é percorrer alguns livros sobre assuntos de predileções simples e sem glória. O nariz de cera, bem de doze, tem sentido mais uma vez. É que outro dia, ao virar a última página do pequeno e interessantíssimo ensaio 'A vitória da Feijoada', do professor Almir El-Kareh, do Departamento de Geografia da Universidade Federal Fluminense, tive o cuidado de repassar suas 139 páginas, uma a uma, para ter certeza de que nas anotações de pé de página não citava a História da Alimentação no Brasil, de Câmara Cascudo, ainda que não tivesse nenhuma obrigação de fazê-lo. Nem falo do método - seria um método? - daquela 'Dialética da Feijoada', de Renato Pompeu a estudar a formação do capital nesta Pindorama de raízes portuguesas; nem do humor de Aracy Amaral a olhar o formador das nossas vanguardas entre a feijoada e o x-burguer, tão degustados que foram nos círculos acadêmicos dos anos oitenta. Fico aqui perto, no máximo uma ou duas esticadas, na esperança de entender, sem bairrismo, se certas omissões são por preconceito ou pura pobreza de conhecimento.

Explico melhor o ponto e o nó. O ensaio do professor Almir El-Kareh não tem a pretensão de ser perfeito, mas sua consistência é inegável naquilo que expõe e propõe. É cuidadosa sua caminhada pelas anotações dos viajantes, desde Saint-Hilaire, e dos que mais nos visitaram, registrando nosso povo, desde a mais tenra vida neste chão. O caldeamento ainda nem tinha processado os elementos catalisadores da identidade brasileira - os hábitos e costumes - na casa e na rua, na mesa e na cama. Ele sabe olhar a europeização das primeiras influências, como a reação de intolerância de um europeu comer sem ter pão à mesa, e misturar compotas e queijos. Principalmente não nega o fascínio dos estrangeiros diante da fartura da mesa brasileira. A ponto de fechar seu ensaio afirmando que a feijoada, mais do que o prato típico, é um dos traços culturais determinantes da identidade brasileira e chega a considerar um prato identificador da nossa cultura, até do nosso modelo de democracia racial. Assim, e que ao menos conheça pra citar, também acontece ao longo do ensaio 'Feijoada e Soul Food: notas sobre a manipulação de símbolos étnicos nacionais', de Peter Fry, em 'Para Inglês Ver', edição da Zahar, Rio, 1982. Também ali a História da Alimentação no Brasil não parece essencial para se fixar os traços da identidade brasileira e onde, aliás, Cascudo até questiona a tese de que esse prato nasceu das partes inservíveis à aristocracia branca, daí a mistura dos miúdos na panela dos negros. Não há testemunho mais extenso e erudito dos viajantes que visitaram o Brasil colonial do que a História da Alimentação, de Cascudo. Não é simples narrativa cronológica de leituras nascidas de costuras ou de habilidosas cerziduras acadêmicas. Cascudo vai às fontes primárias. Visita os povos africanos, é comensal em suas mesas - vendo, ouvindo, anotando. Vencendo seus próprios limites. Mas o método continua a desconhecê-lo e seus mestres a discriminá-lo. Como se fosse mérito não vê-lo.

w POSSE - I Benedito Vasconcelos, doutor no semiárido, toma posse dia 10 na Academia Norte-Riograndense de Letras de Letras na vaga de Vingt Rosado quando será saudado pelo médico e escritor Ernani Rosado. w ANTES - II Dois dias antes, na tarde do dia oito, grava o programa Memória Viva, da Tv Universitária, com duas presenças além de Tarcísio Gurgel: Ernani Rosado e deste seu amigo e colecionador dos seus livros. w ELEGÂNCIA - I De Karl Lagerfeld às madames feitas estilistas nas gamboas desta pobre aldeia: 'Se o que você veste tem a ver com você, seu estilo e seu espírito, perfeito. Não é se vestir para ser aceito por um grupo'. w DETALHE - II Ícone internacional da moda e milionário, Lagerfeld mostrou que não tem preconceitos e desenhou um sapato para a Melissa brasileira. Incense é o modelo que ele criou para os pés das morenas tropicais. w FENÔMENO De Luiz Fernando Veríssimo: 'Defendo, sem muita convicção, a tese de que a mudança da máquina de escrever para o computador determinou a migração da esquerda para a direita nas redações brasileiras'.

Cursinho Cidadão abre inscrições de preparatório para concurso da Caern PROPOSTA É OFERECER ENSINO DE QUALIDADE A BAIXO CUSTO O projeto Cursinho Cidadão está com inscrições abertas para as aulas preparatórias para o concurso da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), que acontecerá no próximo dia 5 de maio. A taxa cobrada é de R$ 53 mais um quilo de alimento e aulas serão realizadas aos sábados e com 4h de duração. Entre o conteúdo, estão as matérias cobradas no edital do concurso, Língua Portuguesa, Matemática e Informática, que serão ministradas pelos professores José Carlos, Tiago Bezerra e Roberval Junior, respectivamente. As aulas estão previstas para começarem no próximo sábado (13), a partir das 8h da manhã. Segundo o idealizador do Cursinho Cidadão, professor José Carlos, Oo objetivo do projeto é possibilitar que natalenses de diversas classes sociais, tenham a chance de se preparar para provas de concursos e vestibulares, sem precisar pagar por altos valores, como acontecem em alguns cursinhos do mercado. O professor José Carlos também reforça que essa é uma boa oportunidade para os candidatos, pois a taxa cobrada é simbólica se comparada aos valores do mercado. "Para o concurso da Caern, outros Cursinhos da cidade estão cobrando cerca de R$ 400. Nossa proposta é oferecer um valor bem abaixo desse, justamente para que qualquer candidato possa ter a chance de se preparar, principalmente aqueles que não têm condições financeiras de arcar com um custo tão alto", disse o professor. O Cursinho Cidadão é realizado desde 2006 em Natal, e já soma mais de 400 alunos aprovados em diversos concursos ao longo desses 7 anos. Inicialmente as aulas aconteciam na residência do professor José Carlos, mas devido grande procura de interessados, foi necessário buscar um lugar melhor. Então, recentemente o professor fechou um convênio com o Lar da Vovozinha, que cedeu o pátio da instituição para a realiza-

Arquivo

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

apronianocfs@hotmail.com

Por motivo de viagem aos portos do Itaquí e Aluma(MA) esta coluna ficará temporariamente sem ser publicada NATAL

José Carlos: alunos do cursinho têm obtido resultados satisfatórios ção das aulas. Segundo o professor, o interesse das pessoas vai além do baixo custo, pois a qualidade do ensino é boa e comprovada pelos resultados obtidos. "Apesar do valor do nosso cursinho ser simbólico, não deixamos nada a desejar em relação às

dicas de estudo. Os resultados obtidos são satisfatórios, pois até mesmo os alunos que não são aprovados na primeira tentativa, voltam para tentarem novamente no Cursinho Cidadão", ressaltou o professor José Carlos. Para as aulas preparatórias para

‘ ’ “Apesar do valor do nosso cursinho ser simbólico, não deixamos nada a desejar em relação à outras instituições” PROFESSOR JOSÉ CARLOS IDEALIZADOR DO CURSINHO CIDADÃO

outras instituições, pois apesar de serem semanais, as aulas são de ótima qualidade. Nossa metodologia é bem dinâmica e além de ajudar os alunos na resolução das questões, damos exemplos práticos e

o Concurso da Caern são esperadas cerca de 30 alunos. As inscrições podem ser realizadas através dos telefones 3213-7787 ou 8843-3720 e a taxa deve ser paga no primeiro dia de aula.

Navio New Glory U20-Cisne Branco Lagoa Paranaense Scorpius CMA-CGM Platon CMA-CGM Homere Marfret Guyane CMA-CGM Aristote Marfret Marajó CMA-CGM Herodote

Bandeira Panamá Brasil Brasil Brasil United King Inglaterra França U. Kingdom França United King

Agência NML/JSF M. Brasil W. Sons W. Sons CMA-CGM CMA-CGM W. Sons CMA-CGM W. Sons CMA-CGM

Orient Scorpius

Singapura Petrobras

Chegada No Porto No Porto No Porto No Porto 13/04 20/04 27/04 04/05 11/05 18/05

Destino Baia Blanca/ ARG Rio de Janeiro(RJ) --Algeciras/ESP Algeciras/ESP Algeciras/ESP Algeciras/ESP Algecira/ESP Algeciras/ESP

Carga -Veleiro Em Operação Em operação Contêineres Contêineres Contêineres Contêineres Contêineres Contêineres

Descarga Trigo ----------

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN No Porto

Salvador(BA)

Óleo cru

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN Said Joy

Dia 06 07

Itália

Arrow

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 13:58 2.1 19:58 0.4 02:32 2.2 08:15 0.4

07/04

Santos(SP)

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Sal

FASES DA LUA Minguante (03/04 - 01:36h) Nova

(10/04 - 06:35h)

Crescente

(18/04 - 09:31h)

Cheia

(25/04 - 16:57h)


Natal, 6 e 7 de abril de 2013

14 O Jornal de HOJE

Cultura

Sábado e Domingo

Canindé Soares/Divulgação

FESTIVAL DE CHORO E SAMBA PARA BRINDAR COM CHAVE DE OURO O INÍCIO DESTE PROJETO A ATRAÇÃO MUSICAL SERÁ O FLAUTISTA CARLOS ZENS DANIELA PACHECO EDITORA DE CULTURA

Uma coisa é certa os domingos do litoral sul de Natal serão mais animados, durante todo o mês de abril, com o ritmo do choro e o batuque do samba, pois a partir deste domingo, dia 7, às 14h, no restaurante Últimas Nuvens Azuis- Av. Praia de Cotovelo, 3017 (sentido de volta para Natal) acontecerá o Festival de Choro e Samba. A ideia partiu do empresário carioca Gilberto Souza Leão, em

comemoração ao Dia Nacional do Choro, festejado no próximo dia 23. E, a abertura será com o músico Carlos Zens e convidados. É importante lembrar que o projeto acontecerá sempre aos domingos deste mês. O choro existe há mais de 130 anos e apareceu oficialmente, em solo potiguar, em meados de 1942, destacando nomes como Sebastião Barros ( KXimbinho ) e Ademilde Fonseca. No festival, Zens traz para o público uma boa oportunidade

de reviver as belas interpretações na sua “flauta de ouro”, que foi tão bem registrada com grandes intérpretes potiguares e nacionais como Jararaca e Ratinho, Pedro Raimundo, Oswaldinho do Acordeon, Gereba, Márcio Almeida e Lucas Porto. Carlos Zens é um dos maiores representantes da cultura potiguar na atualidade. Como cantor, compositor, instrumentista, flautista, arranjador e defensor da cultura da sua terra e da sua gente. Domina como ninguém vários instrumentos de sopro,

que vai desde sax soprano até o pífaro. Sempre atento a mudanças e aberto ao novo. Promete fazer uma prévia do seu novo CD “Carlos Zens no Choro Potiguar”, que será lançado até o final do mês. Trata-se de uma coletânia de choros autorais e conhecidos dos amantes desse gênero, genuinamente brasileiro. Com 32 anos de carreira, Carlos Zens é considerado um dos melhores instrumentistas do país. Além de sua carreira solo consolidada, ele se destaca pelas

parcerias musicais com grandes nomes da música popular brasileira, entre elas, com Hermeto Paschoal e Dominguinhos. O músico potiguar já recebeu vários prêmios em homenagem ao seu talento e obra, como: o Prêmio Hangar de melhor instrumentista do ano 1999 , 2000,2001, e 2003. Em 2004 melhor cd Fuxico de Feira e Melhor Música Royal Cinema ; Melhor Instrumentista Prêmio Águia Potiguar de 2004. Em 2005 Prêmio Poti de Melhor Músico promovido pelo Diário

de Natal., “Troféu Cultura” Toinho Silveira de compositor do ano 2008, entre outros. No Festival de Choro e Samba Festival de Choro e Samba, Carlos Zens apresentase também no dia 21, com participação de convidados especiais. E, nos dias 14 e 28, a vez é do samba, com o grupo Nulance, que traz o bom Samba de Mesa, com sucessos de Cartola, Adoniram, Jorge Aragão, Zeca Pagodinho, Martinho da Vila, entre outros. Informações e reservas: (84) 9491-8427

Cultura HOJE DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com FEIRA DO LIVRO DE MOSSORÓ Nesta quarta acontece o lançamento da A 9ª edição da Feira do Livro de Mossoró que será realizada entre os dias 07 e 11 de agosto. Na ocasião, a Prefeita de Mossoró, Claudia Regina anunciará o valor disponibilizado para o cheque-livro. Temas como o Centenário de Vinícius de Moraes e o Forró, por exemplo, serão debatidos por autores de várias partes do país e do RN. A Feira do livro de Mossoró consolidada como um dos mais importantes eventos literários do Nordeste, a Feira do Livro de Mossoró teve sua primeira edição em 2005, desde então passaram pelo evento cerca 500 mil visitantes. Autores como Ariano Suassuna, Fabrício Carpinejar, Laurentino Gomes, Martha Medeiros, Danuza Leão, Fernando Moraes e os cantores Gabriel O Pensador e Humberto Gessinger. HOJE A banda potiguar SeuZé comemora 10 anos de estrada com uma grande festa, hoje, às 22h, no Centro Cultural DoSol (rua Chile, Ribeira). O grupo, formado por Lipe Tavares, Fell, Augusto Souza e Marcelo Carvalho, já lançou dois EP´s (“Realidade Não Tão Paralela” e “A Comédia Humana: Solidão”), dois CD´s (“Festival do Desconcerto” e “A Comédia Humana”) e duas coletâneas. No show, o SeuZé apresentará um setlist com canções que marcaram a sua trajetória, além de novas músicas que estão sendo lançadas na forma de singles no site da banda, a cada 15 dias. O Andróide Sem Par, projeto capitaneado por Juão Nin, será o convidado da noite.

E, POR FALAR... Na quarta-feira será lançado também o 7ª Prêmio Cosern Literatura de Cordel. Com o slogan “Um livro na mão e um sorriso no rosto”.

PONTOS DE CULTURA Segundo a Agência Brasil, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, manifestou preocupação quanto à viabilidade ao Programa Ponto de Cultura, que considerou como um dos mais importantes do ministério, mas, que enfrenta dificuldades por causa de questões relacionadas à prestação de contas. “Das políticas que eu encontrei no ministério, [a dos pontos de Cultura] é a mais abrangente e democrática. Mas ela periga naufragar se não tiver uma política de prestação de contas que a parte jurídica aceite”. SÓ PARA LEMBRAR... O Ponto de Cultura é uma ação que auxilia na promoção de atividades culturais nas comunidades populares. Não conta com um modelo pré-determinado de estrutura ou programação. A efetiva promoção dessas atividades depende da participação de agentes culturais.

TEATRO Baseado no texto de Rubem Fonseca publicado originalmente em 1979 (ano da Anistia), o espetáculo “O Cobrador” do Coletivo Atores à Deriva narra a história de um homem tomado pelo ódio à sociedade consumista e de valores superficiais. Num dia de fúria ele começa a sua batalha solitária, banhando as ruas de sangue e cobrando o que a injustiça social lhe negou desde o nascimento. A peça será apresentada às 19h, no Espaço à Deriva (Rua: Frei Miguelinho, 47a, Ribeira).


Esporte

Sábado e Domingo

Natal, 6 e 7 de abril de 2013

O Jornal de HOJE 15

Com futuro ameaçado, ABC encara

Santa Cruz por reabilitação EM MEIO À CRISE FINANCEIRA E COM CALENDÁRIO 2014 AMEAÇADO, ALVINEGRO QUER DAR CONTRA O SANTA CRUZ PRIMEIRO PASSO NA RECUPERAÇÃO EM BUSCA DAS VAGAS NA COPA DO BRASIL E COPA DO NORDESTE DO PRÓXIMO ANO Neste domingo, o ABC começa a trilhar um caminho que pode definir seu futuro para a temporada 2014. Com seis partidas ainda por jogar para tentar chegar à decisão do segundo turno do Campeonato Estadual, o Alvinegro terá a primeira decisão diante da boa equipe do Santa Cruz, no Estádio Iberezão, território adversário. Sem nenhum ponto marcado após a derrota na primeira rodada por 3 a 0 para o Potiguar, o ABC é o lanterna do turno e não pode sequer sonhar em sair derrotado da partida contra o Gavião do Inharé. No primeiro turno, a partida terminou com uma vitória abecedista no Frasqueirão por 2 a 1. A partida deste domingo começa às 17 horas. O Alvinegro vem sobressaltado pela goleada sofrida em casa e a queda do superintendente de futebol, Gustavo Mendes, que na última quinta-feira, pediu para deixar o clube. O resultado do meio de semana, também não agradou ao treinador Paulo Porto que promete fazer mudanças na equipe que vai para o jogo na cidade de Santa Cruz. "O grupo está bastante ciente da importância desse jogo. Hoje já passou a tristeza com o resultado da estreia, a preparação está sendo boa e o foco dos jogadores e total nessa partida contra o Santa Cruz", destacou o comandante abecedista. No treino coletivo realizado na sexta-feira, o comandante abecedista testou uma formação com três zagueiros com a entrada do recém-

Wellington Rocha

Paulo Porto promete mudanças na equipe que enfrenta o Santa Cruz neste domingo, no Estádio Iberezão, pela 2ª rodada do Estadual contratado Lino, ao lado de Vinícius e Leandro Cardoso. É muito provável, inclusive, que o treinador promova a estreia do zagueiro com a camisa do ABC. "Estou bem fisicamente, joguei domingo, jogaria pela Copa do Brasil com o Caxias e estou preparado para poder ajudar caso o treinador precise de mim", adiantou o defensor. O goleiro Lopes, que voltaria

ao time titular, sentiu dores novamente e deve ser vetado mais uma vez para a partida, assim, Rafael ganha mais uma chance para provar seu valor em campo. O lateral esquerdo Alexandre, o meio campo Jean Carioca e o atacante Vanderlei, também seguem com problemas musculares e só devem ter sua participação na partida confirmada horas antes da partida, antes da de-

legação deixar o Centro de Treinamentos, após o almoço, neste domingo, em direção a Santa Cruz. O lateral-direito Renato continua em recuperação junto aos preparadores físicos do ABC. Caso o meio de campo tenha os desfalques confirmados pelo departamento médico do clube, Porto também deverá ter mudanças na escalação do setor. Com o retorno de

Thiaguinho, recuperado de lesão, o atleta deverá ser utilizado na ala-direita. O meio será formado pelos volantes Hamilton e Edson e o meia Junior Xuxa, enquanto a lateral-esquerda ficará sob a tutela do jovem Marcílio que terá nova chance entre os titulares. "Fiz algumas observações e testes no coletivo desta sextafeira, mas vou aguardar a reavaliação dos jogadores que estão entre-

gues ao Departamento Médico para saber com quem irei contar, e daí definiremos o time quem entrará em campo", afirmou o treinador. RECOMEÇO O zagueiro Vinicius diz que grupo precisa tirar lições da derrota para o Potiguar, mas esquecer o que passou. "Não começamos o segundo turno da forma que planejamos. Vamos tomar como lição esse jogo contra o Potiguar, ver onde erramos para corrigir, mas temos que esquecer o que passou e focar na sequência da competição, pois temos totais condições de reverter essa situação e chegar à classificação", afirmou o defensor alvinegro. Vinicius espera que a volta por cima já comece no próximo domingo (7), contra o Santa Cruz. "Vamos trabalhar, acertar a equipe, pois temos um jogo importante no domingo, contra o Santa Cruz, e precisamos de um resultado positivo para mostrarmos que estamos na briga. Sabemos que será um jogo difícil, na casa do adversário, mas vamos em busca da nossa reabilitação". A reabilitação abecedista pode se tornar o começo da reação em busca das vagas na Copa do Nordeste e Copa do Brasil no próximo ano. Até aqui, América e Potiguar confirmaram presença na edição do próximo ano do torneio nacional, enquanto o Alvirrubro da capital norte-riograndense é o único com vaga garantida no torneio regional do ano que Gabriel Peres/AlecrimFC

> ESTADUAL

Em busca da recuperação, Alecrim desafia líder fora de casa Bem diferente do futebol apresentado na fase preliminar do Estadual, quando chegou a brigar pelas primeiras colocações, o Alecrim espera voltar a mostrar bom futebol e a oportunidade não poderia ser melhor. Neste domingo, o Alviverde enfrenta o líder Potiguar de Mossoró para deixar a vice-lanterna da competição e tentar entrar na disputa por posições na parte de cima da tabela. A partida, na casa do adversário, no estádio Nogueirão, começa às 17 horas. Para o duelo deste final de semana, o técnico Wassil Mendes pode

surpreender e promover as estreias dos novos reforços apresentados pelo clube na terça-feira passada, casos do lateral-esquerdo Índio, lateral-direito Gilberto Matuto, zagueiro Marcone e o meia-atacante Vitor Lessa. "São jogadores com passagens vitoriosas pelos clubes que passaram e possuem muita experiência. Acredito que eles trazer um diferencial para o nosso grupo", destacou Wassil. Aequipe Alviverde não vence há quatro rodadas, três no primeiro turno e outra na estreia desta segunda etapa da competição, quando foi

derrotado por 2 a 0 pelo Santa Cruz, no Ninho do Periquito. A última vitória do time da capital foi na quarta rodada da Copa RN, quando no dia 13 de março, derrotou o então lanterna da competição Baraúnas, por 3 a 2. Uma vitória hoje, diante do outro mossoroense, pode renovar as esperanças da equipe no campeonato estadual. Assu De olho no desempenho do Potiguar de Mossoró estará o Assu, que enfrenta no mesmo horário, o Corin-

tians de Caicó, no Estádio Edgarzao. O Camaleão do Vale entra em campo para tentar vencer a segunda partida na competição e subir algumas posições, o que só será possível se os rivais tropeçarem na rodada deste final de semana. O Corintians, por outro lado, busca a reabilitação após a terceira derrota seguida para o América. O Galo do Seridó terá uma motivação a mais em campo, já que contará com a presença do técnico Pedrinho Albuquerque, que assumiu a equipe após a demissão do técnico Neto Maradona.

Bruno Araújo

PisandonaBola AMÂNCIO

BRUNO ARAÚJO - TWITTER: @brunoaraujo7 EMAIL: wesckley@yahoo.com.br VENCER E ASCENDER A seis rodadas para o final do segundo turno do Campeonato Estadual, tudo pode acontecer. Sorte do ABC que, em campo neste final de semana, tem a chance de afastar a crise da forma mais fácil e simples: jogando um bom futebol. Condição para isso, o clube tem, já que no primeiro turno, ficou de fora das finais por apenas três pontos ou uma vitória. Mais do que isso, mesmo em crise, com salários atrasados e uma infinidade de problemas nos bastidores, vencer no futebol nunca foi remédio tão eficiente. Vide o rival América que, mesmo diante das dificuldades que passou no início do ano, que se assemelhavam aos problemas no ABC, contornou a situação com habilidade fora de campo, mas só conseguiu sucesso na empreitada graças aos resultados que vieram dentro de campo. Em esportes de alto rendimento, não existe alternativa para se manter em boas condições financeiras, senão através do êxito. É como um calmante com poder estimulante. Ao tempo que arrefece os ânimos e alivia a pressão, também provoca um engajamento entusiasmado em torno do objetivo maior que é o sucesso do clube. No primeiro turno, mesmo na terceira colocação ao final da dispu-

ta, o ABC teve o melhor ataque e a melhor defesa, mostrou bom futebol em algumas partidas, mas não teve o principal: equilíbrio para fazer as apresentações e os números se refletirem diretamente na classificação final. Goleou Assu e Corintians, líderes no momento em que os enfrentou, mas perdeu para Potiguar e empatou com o Baraúnas, respectivamente quarto colocado e último colocado da competição. A seis partidas para o final, não resta alternativa ao ABC senão vencer os obstáculos que terá pela frente. Literalmente, a situação é extrema para o clube abecedista que têm ameaçado não apenas a atual temporada, mas também parte do calendário do ano que vem, caso não saia com o título do 2º turno. Difícil tem sido com um semestre com três competições em disputa, imagine com apenas com o Estadual? Se essa não for motivação suficiente para o clube fazer as coisas acontecerem em campo - e fora dele -, não vejo qualquer outra que possa a realidade do Mais Querido. TEMOS VAGAS Após a saída do superintendente de futebol do ABC, Gustavo Mendes, o clube continua a busca por um substituto para o cartola que deixou o clube na última quinta-feira pela "mudança de rumo" que a crise fi-

nanceira provocou no ABC. Fora do estado, dificilmente o Alvinegro conseguirá algumém para a função, já que sem autonomia financeira para contratar, o cargo estará longe de ser um dos mais atrativos para se ter dentro de um clube de futebol. É como entrar em um campo de futebol sem direito a uma bola profissional, porque o a verba andava tão curta que só foi possível adquirir "uma dente de leite". QUEBRA-CABEÇA Quem pensa que a sequência de vitórias no América tem vindo fácil, está completamente enganado. O técnico Roberto Fernandes, invicto há nove partidas, tem se desdobrado para colocar o time em campo e, nesta edição do Campeonato Estadual, só conseguiu repetir a mesma escalação em duas oportunidades: contra o Alecrim, na última rodada do 1º turno, e contra o Corintians, no primeiro jogo da final. É, tá fácil para ninguém! NEXT LEVEL Uma seletiva nacional que passará por Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador e São Paulo, chega a Natal pela terceira vez nos dias 1 e 2 de junho. Realizada pela Next Level Sports, empresa que atua na área de programas esportivos e educacionais nos Estados Unidos,

Técnico Wassil Mendes quer recolocar o Alviverde no caminho das vitórias

as seletivas são responsáveis por buscar em cada capital novos atletas para terem a rica experiência em universidades americanas. A "peneira" contará com a participação, de coordenadores do projeto e treinadores de universidades americanas. Em duas edições realizadas, 20 potiguares já embarcaram para a "Terra de Tio Sam". Os interessados em participar da seletiva em Natal precisam se inscrever no site www.esportenoseua.com/seletivas/futebol. PUNIÇÃO A Conmebol abriu inquérito contra o Arsenal de Sarandí e dois de seus jogadores: o zagueiro Hugo Martín Nervo e o lateral-esquerdo Damián Pérez. A súmula do árbitro e o relato do delegado da partida responsabilizaram o clube argentino pela confusão envolvendo policiais militares no Independência, após a partida da última quarta-feira contra o Atlético-MG. Os atletas argentinos foram poderão pegar no mínimo três jogos de suspensão. Já o Arsenal pode ter uma punição que vai desde advertências e multas à perda de mando de campo e exclusão do torneio. O julgamento no Tribunal Disciplinar da Conmebol pode acontecer já na semana que vem, antes da última rodada do Grupo 3 da Libertadores, no dia 17.

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Natal, 6 e 7 de abril de 2013

Esporte

Sábado e Domingo

Victor Lyra/Cedida

AMÉRICA CORRE ATRÁS DOS 100%

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

Ele sempre será DO LIVRO A CABEÇA DO FUTEBOL COLETÂNEA DE CRÔNICAS ORGANIZAÇÃO DE CARLOS MAGNO ARAÚJO, GUSTAVO DE CASTRO E SAMARONE LIMA (EDITORA CASA DAS MUSAS,2010)

EMBALADO POR AULA DE DANÇA E VITÓRIA NA ESTREIA, ALVIRRUBRO ENFRENTA O BARAÚNAS DE OLHO NOS TRÊS PONTOS PARA SEGUIR NA PARTE DE CIMA DA TABELA Sem perder há nove partidas no Campeonato Estadual e embalado pela vitória na primeira rodada deste 2º turno, o América entra em campo correndo atrás dos 100% de aproveitamento na Copa Cidade do Natal. O adversário da vez, ao menos na teoria, não é dos mais difíceis. O Baraúnas, que chegou a brigar pelo título da fase preliminar da competição, não vence há 11 partidas. As duas equipes se encontram no Estádio Nazarenão, neste sábado, às 17 horas. Não bastasse a necessidade de vencer, o time entram em campo com um habilidade a mais: o suingue. O elenco rubro recebeu no último treino antes da partida deste final de semana a visita das dançarinas da banda Cavaleiros do Forró. O grupo formado por seis garotas fizeram a festa dos jogadores e aliviaram o clima de tensão antes do duelo pelo Estadual. As garotas dançaram e ensinaram a coreografia de uma das músicas da banda e divertiram comissão técnica que

observava de longe as brincadeiras entre os jogadores. O ala direito Norberto, titular novamente na equipe, gostou da festa, mas garante que a brincadeira não pode ir a campo. "Foi uma brincadeira, mas na hora da partida tem que ser sério. Eles não vencem há 11 jogos e não marcam gols há quatro partida e isso vai dificultar o nosso trabalho, já que o Baraúnas vai querer quebrar essa sequência negativa e, contra o América, as equipes jogam com mais vontade O Roberto Fernandes vem cobrando da gente uma melhora no futebol e não podemos repetir o segundo tempo da partida contra o Coríntians de Caicó, que jogamos bem abaixo do que vínhamos apresentando", comentou o jogador em referência à queda de produção da equipe contra o Galo que, por pouco, não custou a vitória da equipe em Caicó. Para a partida, o técnico Roberto Fernandes não poderá contar com os volantes Ricardo Baiano e

Daniel, além do meia Netinho, todos suspensos com o terceiro cartão amarelo. Fora também, o atacante Tiago Adan, vetado pelo departamento médico americano. Em contrapartida, o treinador terá de volta à equipe a defesa titular com o capitão Edson Rocha voltando a formar dupla com o zagueiro Índio, ambos de cabelos "dourados" em cumprimento a uma promessa feita pela conquista do título do primeiro turno. Também voltam à equipe o volante Fabinho e do meia Cascata após cumprirem suspensão automática. As grandes novidades, no entanto, vieram na relação de atletas para a partida. O goleiro Rodrigão e do atacante Itamar aparecem pela primeira vez na lista de atletas relacionados. O atacante, inclusive, tem chance de estrear no ataque titular, já que o treinador não tem outro centroavante à disposição no elenco. Na bronca com o rendimento da equipe na estreia do turno, mesmo

com a vitória, o treinador destaca que a equipe precisa merecer o resultado para chegar à sonhada ponta da tabela. "Liderança é merecimento, tínhamos chance de fazer o placar para sermos líderes e essa rodada serve de exemplo para o futuro", afirmou o treinador sobre a vitória por 2 a 1 sobre o Corintians. Novamente com desfalques, ele reconheceu que a perda de jogadores é um problema, mas afirma que para ser campeão, é preciso mais do que um time. "Desfalques influenciam, mas quem tá no grupo tem que ter condições de manter o ritmo. Time ganha jogo, mas quem ganha campeonato é elenco. Quem entrar tem que manter o nível da equipe. Isso sem dúvida é uma coisa que a gente precisa, principalmente que acabou inscrição de atletas. Se não fizermos nossa parte, os gols, quando as oportunidades aparecerem, em 15 ou 16 partidas assim, uma hora vai fazer falta", alertou o treinador.

> TORNEIO

CIRCUITO NACIONAL DE TÊNIS CHEGA A NATAL NESTE SÁBADO Desde o início da manhã de sábado, mais de 400 tenistas de elite na categoria infanto-juvenil do Brasil disputam o título da etapa potiguar do Circuito Correios de Tênis. Até o dia 14 de abril, as nove quadras do Aeroclube, localizado no bairro do Tirol, serão palco das disputas. Os duelos são válidos pela primeira etapa do Circuito que terá seu encerramento na Bahia. O Circuito é uma iniciativa da Confederação Brasileira de Tênis que chega ao terceiro ano. Em 2013 o Circuito passa por seis torneios de graduação máxima para o ranking nacional infanto-juvenil, passando que além de Natal, tem ainda São José do Rio Preto (SP), Manaus (AM), Brasília (DF) - Brasileirão, Rio de Janeiro (RJ) e Curitiba (PR). No final do ano, os melhores juve-

nis do país ainda se reunirão para o Correios Masters Juvenil de Tênis, na Costa do Sauipe, na Bahia. "Não foi fácil conseguir atrair esse mega evento para Natal. Graças ao apoio do Aeroclube do RN e da Confederação Brasileira de Tênis, esse sonho foi realizado", comentou o presidente da Federação Potiguar de Tênis, Aristides Barcellos. O presidente do Aeroclube do RN, o médico-cirurgião Fábio Macêdo, pede que a população e os esportistas do estado prestigie o evento e confira de perto todas as mudanças e novidades do clube, assim como prestigiem os jovens atletas brasileiros e potiguares. "O Aero estará de portas abertas para receber os atletas, familiares, esportistas e todos os admiradores do tênis. Será

uma chance única de interagir com o futuro do tênis brasileiro e assistir a partidas disputadas", ressaltou Fábio Macêdo. Ele enfatizou ainda que essa é: "Uma grande oportunidade para aproximar a sociedade do clube e mostrar todas as ações que estamos desenvolvendo com muita luta e apoio dos sócios e parceiros. O Aeroclube foi, é e será referência em esportes no estado e um exemplo na formação de pilotos, comissários e mecânicos de vôo para o mercado brasileiro". A competição dará um grande incremento à economia local durante quase 10 dias de evento. Mais de 200 leitos foram reservados em hotéis da capital do RN pelos competidores e familiares, que consumirão nos restaurantes, no comércio e con-

tratarão serviços como locação de veículos, vans e transportes em geral. Shoppings e o comércio também receberão centenas de pessoas ligadas ao evento para compras e necessidades diversas: vestuário, artigos esportivos, acessórios, farmácias, serviços bancários, entre outras coisas. Eventos esportivos movimentam toda a cadeia produtiva de uma cidade, gerando trabalhos diretos e indiretos, incrementando a economia, além de contribuir para a promoção da cidade e seus atrativos. "Um evento como esse movimenta vários setores da economia potiguar e deixará muitos recursos e divisas no estado. E quem gostar, ou ficará mais tempo ou voltará em breve com toda a família e/ou mais amigos", disse Aristides Barcellos.

Se o coadjuvante é a superioridade secundária,o ator Morgan Freeman é o seu retrato. Não existe um filme em que ele não supere o astro principal. Assim foi em Robin Hood, Os Imperdoáveis, Um Sonho de Liberdade e Menina de Ouro.??Ele brilha com o velho requinte também em Antes de Partir, contracenando com Jack Nicholson. São dois cancerosos terminais. Freeman, o pobre e Nicholson, menos histriônico como sempre, o milionário. ??Em sua lista de desejos finais de vida, Freeman inclui o direito de chorar de tanto rir.No cinema, o homem de sorriso de esfinge, nascido em Memphis, é a magistral suavidade. ?? No futebol, para mim - e é o que basta - , ela sempre se chamou Geovani Silva, um baixinho de Vitória(ES). Geovani do Vasco.??Devo a Geovani as minhas melhores lembranças de jogadas de efeito, lançamentos perfeitos, dribles sutis, chutes curvilíneos, postura imperial na grande sala do meio-campo.?? Geovani vem da cota dos estilistas. Nasceu na década errada. Tinha que ter jogado até os anos 70, quando a bola era um objeto de desejo e luxúria de quem sabia tratá-la, não uma máquina disputada por andróides. Teria se entendido bem com Didi, Zizinho, Gerson, Ademir da Guia. Geovani foi um deles.?? O Vasco naqueles anos 80 era Vasco. Geovani desfilava como um Morgan Freeman criativo armando gols de Roberto Dinamite, Romário, Cláudio Adão, Edmundo, Bebeto e Sorato, as vozes das suas composições e partituras.?? Um lance que nunca vou esquecer, numa tarde de agosto. Em 1984, contra o Flamengo, um duelo equilibrado. Ele regendo o Vasco, Andrade(sem Adílio), cadenciando o rubro-negro. O goleiro urubulino chamava-se Ubaldo Matildo Fillol, argentino campeão do mundo em 1978 e uma arrogância Monumental de Nuñez.?? >>> Cruzamento sobre a área flamenguista, prontamente rebatido pela zaga. Geovani mata a bola na coxa, no território da meia-direita. Está de cabeça erguida. Vê com os olhos de ilusionista, Fillol adiantado. ??Toca "de chapa", parte interna do pé direito. Vasco 1x0. Zagallo, o pai da retranca brasileira e então técnico do Fla, engole a derrota.Eu, vibrando com a intensidade dos moleques. Aquele foi o meu presente de 14 anos com 15 dias de antecedência.? ?Geovani, o melhor de uma geração que consagrou Jorginho, Dunga e Bebeto, reapareceu para mim em Natal, jogando pelo ABC em 96. A categoria que os idiotas chamavam de lentidão. Tenho, orgulhoso, uma foto dele com o meu filho, Caio, que tinha 3 anos e só não foi batizado Geovani por implicância materna.?? Em 2008, fiz o caminho inverso de Morgan Freeman em Antes de Partir. Revi Geovani numa matéria de 10 minutos do Esporte Espetacular. Ele de muletas, recuperando-se de uma doença - polineuropatia, que ataca as articulações e que o deixou de cadeira de rodas mais de um ano. Lembro-me de haver chorado de soluçar tanto só quando o meu pai morreu, na verdade uns três dias depois, quando cai a ficha.??Geovani lutando, agora pelo direito de andar direito.??Para alguns, Geovani tinha tudo para ter sido.?Para mim, ele sempre será. PS. Hoje é aniversário de Geovani. Ele completa 49 anos de vida. É meu grande ídolo no futebol. No Vasco é ele, mais até do que Roberto Dinamite. No ABC é Danilo Menezes. Geovani ganhou cinco campeonatos cariocas(é recordista ao lado de Roberto), foi o melhor do mundo, artilheiro e campeão mundial de juniores pela seleção brasileira, melhor jogador das Olimpíadas de 1988. Não jogou a decisão, suspenso pelo segundo amarelo e o Brasil perdeu a final para os soviéticos e conquistou a Copa América de 1989. Nunca foi a uma Copa do Mundo, pirraça do lazarento e medíocre entregador de camisas Sebastião Lazaroni. Geovani faz companhia a um seleto grupo de estrelas como Heleno, Dirceu Lopes, Djalma Dias, Djalminha, Adílio, Pita, Canhoteiro, Almir Pernambuquinho, Walter Marciano, Pagão e Toninho Guerreiro. Triste de um menino pobre que não teve um ídolo para compensar suas tardes de domingo. Eu tive. Eu tive Geovani. RODADA O América pode sacramentar sua boa e tranquila fase contra o Baraúnas. O ABC precisa desesperadamente vencer o Santa Cruz fora de casa. O adversário de ânimo novo depois de derrotar o Alecrim, time da colônia inglesa em Natal. O Alecrim perdeu a alegria charmosa da Fera, sua telúrica torcida organizada. Ficou esnobe demais com futebol de menos. MADRASTA Plantada na dobra do continente, Natal abriga alguns filhos especialistas em curvar a espinha para forasteiros. Péssima mãe, adorável madrasta.

Divulgação

PICARETAS Há casos que enchem a Fortaleza dos Reis Magos de picaretas bem recebidos com chiadeiras de boca e comportamento esnobe. SUPERINTENDENTE DO NADA Passada a euforia emergente do modelo de gestão, transformado em indigestão, o ABC se despede de um dos seus símbolos de muita pose e pouco resultado. O superintendente de futebol Gustavo Mendes.

Capital potiguar recebe mais de 400 jovens para a primeira etapa do Circuito Nacional realizado nas quadra do Aeroclube

PIÚBA Superintendente de futebol quer dizer cartola empregado pelo clube. Em tempo de salário atrasado, jogador respeita tanto quanto uma piúba de cigarro. Saiu por alegado acordo. Passou por quatro clubes: Fluminense, Avaí, Náutico e ABC. Fracassou nos quatro.

Sem perder o olhar empinado e o estilo bom de bico. CONTRATAÇÕES Bem tratado, adulado, foi o responsável por contratações terríveis: Jeff Silva, Márcio Marabá, Leandro e Diego Barcelos. POSE Costumava corrigir jornalistas em entrevistas, soltar piadinhas no twitter com críticos e desancar figuras respeitáveis da cidade, como o jornalista Edmo Sinedino, sutilmente apelidado de encosto, sem ser citado, só nas entrelinhas e nas rodas mais fechadas. Edmo apenas cometera o pecado de dissecá-lo, sem tirar nem por. Eu também. ROLANDO, JAMAIS Gustavo Mendes vai embora. Com apelido sacana deixado pela turma de repórteres que cobre o ABC: Rolando Lero. Injustiça com Rolando Lero, interpretado pelo saudoso Rogério Cardoso. GEOVANI Uma das vítimas da lábia de Gustavo Mendes foi justamente o ídolo Geovani. Enganado pelo ex-superintendente, que lhe garantiu uma chance para o seu filho, Andrey Rodrigues, no ABC, sem ter combinado com o então técnico Givanildo. Mentiu. Mandou uma resposta deselegante pelo celular. Por mensagem. Mundo gira. Lei do Retorno é dura. Implacável. Logo na semana do aniversário de Geovani. Incrível.


Cidade

Sábado e Domingo

Natal, 6 e 7 de abril de 2013

O Jornal de HOJE 17

Érika Nesi erikamnesi@hotmail.com

Ah, quer saber...

Lacoste Live lança Artist Tee-Shirts Lacoste Live lança, a sua coleção cápsula de t-shirts com a assinatura de 5 artistas internacionais.Ben Newman, Honet, Elzo, Andy Rementer e Stevie Gee são os protagonistas desta coleção. Cinco artistas, cinco percursos, e centenas de histórias que influenciam o estilo de cada um.

A Fabulosa Yolla Village

Nesta última sexta (5), à noite, a Yolla Village reuniu o beautiful people da cidade em torno do lançamento esperado do seu inverno 2013. Os anfitriões da noite, os irmãos Liti Senna e Laudemir Junior, receberam clientes, amigos e a imprensa para mostrar suas araras repletas do que há de melhor na nova coleção.

t t t

Moda &Arte Convidados a mostrar a sua arte em t-shirts, os resultados estão à vista e espelham as suas inspirações e ideais, que variam entre o contemporâneo, colorido e vibrante, e o gótico, bizarro e trashy.

t t t

Protagonista

Como protagonista da noite, surge a bela e loira Paula Aziz, empresária fashionista. Ela comanda a marca Fabulous,que vem se expandindo em todo o Brasil. Muito simpática, diferentemente de tantas outras celebrities desse mundo cheio de glamour, Paula circulou entre todos os convidados sem deslumbres, conversou com os presentes, tirou fotos, deu entrevistas para a imprensa e especialmente para o Moda & Atitude, que vai ser exibido neste domingo, ao meio dia, na SIM TV, afiliada da Rede TV.

t t t

Paulinha Gaspar, bela de Fabulous no lançamento do inverno na Yolla Village

Laudemir Junior, Rafaela Rosito, Victor Hugo Damasceno e Augusto Bezerril

t t t

DNA Fashionista

Paula usava um vestido de veludo preto, curtinho de mangas curtas e tinha em sua barra muitos bordados especiais, assim como sua coleção. A bela, que é antenada e nasceu dentro da fábrica da bem sucedida Agilitá, de propriedade de sua mãe Lucinda Aziz, cresceu nesse mundo e fincou raízes fashionistas fortes. Prova disso é que sua coleção é sucesso. Na própria Yolla Village suas peças somem rapidinho, pois meninas bem nascidas e antenadas como Paulinha Gaspar tratam logo de conferir e comprá-las.

A coleção tem uma modelagem que destaca as curvas da mulher brasileira, e os materiais que são usados são bem coerentes com o nosso clima. As estampas são sucesso, uma delas é o animal print, que foi usado por Claudinha Leite no programa The Voice Brasil, e é febre. No lançamento nesta sexta, mesmo, várias convidadas usavam a estampas, algumas em body, outras em top cropped com saia e babadinho na barra, outras que serviam como forro para vestido em renda preta, enfim, a criatividade reina e a Fabulous é um sucesso. Parabéns pela parceria Yolla Village & Paula Aziz. Na próxima segunda-feira traremos mais detalhes da grande noitada...

Quem ama o samba

Lindas e loiras: A "Fabulosa" Paula Aziz e Jan Faria

Top: Thiago Carvalho e Kaká Paiva

Liga Contra o Câncer recorre a endividamento para manter investimentos Liti Senna e Paula Aziz com Parmenas Augusto e Claudio Melo

Gatas: Maria Eduarda e Mariana Mamede com Camila Borja

Dior em exibição

Clássicos vestidos da Dior em exposição lado a lado com pinturas impressionistas, no Museu Christian Dior, na França. Localizado emGranville, o museu alberga a exposição que junta os mais de 70 vestidos da Christian Dior a pinturas impressionistas de diferentes museus - entre eles, o Musée d'Orsay e o Musée Marmottan Monet - durante o período de primavera e verão.

Dia Mundial de Combate ao Câncer - 08 de abril

Feminilidade

Amigos Sertanejos lançam novo CD em Natal

Neste sábado, dia 06, a festa no Pepper´s Hall fica por conta da banda pernambucana Amigos Sertanejos. O grupo volta a capital potiguar para lançar seu novo CD. A programação da noite terá ainda os sucessos do Forró da Moda e as pick-ups do DJ Gunner, residente da casa. Mais informações: (84) 3236-2886.

Manter-se atualizada e com elevada capacidade de resolutividade é um compromisso para a Liga Norte Riograndense Contra o Câncer. Tão forte quanto garantir a acessibilidade e o compromisso social. Mas em oncologia isso demanda muitos recursos financeiros. Equipamentos caros e sofisticados, equipe técnica especializada e atualizada, estrutura física adequada e serviço intensivo em mão de obra qualificada são alguns dos aspectos que tornam tão difícil e custoso esse compromisso. t t t

t t t

t t t

No palco, Jorge Aragão promete uma super apresentação, afinal canta e encanta porque não é apenas intérprete, mas também compositor. O cantor já escreveu músicas para outros ícones da música brasileira como Beth Carvalho, Zeca Pagodinho, Martinho da Vila e o grupo Fundo de Quintal, do qual fez parte durante muitos anos. A Praia Devassa, cenário perfeito para a festa por garantir o clima praiano e de descontração ao evento, receberá uma decoração especial e oferecerá ao público uma estrutura com conforto e diferenciais especiais. t t t

t t t

AArte e Moda ligadas numa fantástica exposição onde as cores, silhuetas e feminilidade das peças da Dior transmitem os mesmo sentimentos implícitos nas obras de artistas como Edgar Degas, Seurat Georges, Pierre-Auguste Renoir, Berthe Morisot entre outros. A exposição estará patente entre o dia 4 de maio e 22 de setembro.

Consagrado sambista carioca, Jorge Aragão é a atração principal deste sábado (06) em Natal. O cantor anima a Praia do Jorge, festa que reunirá muita gente jovem e bonita na Praia Devassa, na Via Costeira. A festa terá início às 17h e contará com muitas atrações, além do grande sambista de renome nacional. Também estão escaladas para animar a programação a banda Patusco, de Recife, e os grupos potiguares Tá no Dom e Mesa Doze. Os ingressos estão à venda na Ovni Games, Midway Mall. Mais informações: (84) 3620-5262. t t t

t t t

A coleção...

É hoje! Jorge Aragão é atração de festa em Natal

Palone & Fabulous: A novidade do momento é a parceria que Paula Aziz acaba de fechar com a Palone Designe

Poderosa: esta colunista com a poderosa Ione Álvares

O Dia Mundial de Combate ao Câncer, comemorado nesta segunda-feira, 08 de abril, encontra a Liga dividida entre a satisfação de conseguir manter o nível de excelência e a angústia com o endividamento decorrente disso. Hoje, a instituição paga cerca de R$ 400 mil por mês de parcelamento de empréstimo bancário. Boa parte disso veio da necessidade de investir continuamente. Um bom exemplo é a compra e instalação de mais um acelerador linear, equipamento central da unidade de radioterapia. O governo do Estado doou R$ 2,7 milhões para a compra do aparelho, mas a Liga já entrou com mais de R$ 1 milhão como contrapartida e com as obras da estrutura física. Bom fim de semana! CMYK


Natal, 6 e 7 de abril de 2013

18 O Jornal de HOJE

Cultura

Canal 1

BATE-REBATE w As mesmas queixas do pessoal da Record em Ribeirão Preto também são da cidade de Franca. w O SBT mandou Fernando Pelégio, Raimundo Lima e Roberto Franco para a NAB, feira em Las Vegas. w Ricardo Frota, da Comunicação da Fox, também foi. w Otávio Mesquita será o convidado de “A Máquina”, do Fabrício Carpinejar, terça-feira, na Gazeta. w Nova temporada de "Carrossel", que chegou a ser cogitada no SBT, não é mais mencionada nos interiores da emissora.

crédito Fox

POR FLÁVIO RICCO - Colaboração: José Carlos Nery - flavioricco@gmail.com.br

O rádio do Brasil está à beira da falência Estão cada vez mais curtas as

A Fox definiu a estreia da série “A Vida de Rafinha Bastos” no canal FX para julho, começo do mês. Falta apenas definir em que dia. O programa já está inteiramente gravado e conta com as participações de Dourado e Eliéser - ex-BBBs, Lucas - do Fresno, os atores Nico Nicolaievsky, Camila Raffanti, Togun e Fabio Helford, além dos comediantes Marco Gonçalves e Maira Charken. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

emissoras de rádio e é por aí que entra a tal questão colocada na propaganda do biscoito: - as verbas estão mais curtas por que o serviço é mal feito? Ou o serviço é mal feito por que as ver-

GENOINO NA REDE TV!

bas estão mais curtas? tes, inclusive dos grandes centros, estão vivendo uma realidade diferente de 10 ou 15 anos. A fase

Ontem, pela manhã, quebrando um longo silêncio, o deputado federal José Genoino (PT-SP), concedeu entrevista de uma hora ao Kennedy Alencar, no “É Notícia”, da Rede TV!. Falou de tudo e não correu de nenhuma pergunta. Sobre o Mensalão, disse textualmente que “foi um grande espetáculo, no qual não houve espaço ao contraditório”. Vai ao ar neste domingo, meia-noite e trinta, com reprise na segunda-feira, já terça, uma da manhã.

é incomparavelmente pior. Salvo raras e honrosas exceções, algumas já não têm onde correr.

>> TV - TUDO

Lamenta-se tudo isso, entre outros motivos, pela força que o rádio ainda representa. É natural que uma série de percalços contribuiu de maneira decisiva até se chegar ao estágio atual. Mas é impossível não colocar como principal deles a proliferação dos prefixos, a maioria destinados a pessoas que de rádio só conhecem ou ouviram o de cabeceira. E a tendência, para o que já está muito ruim, é de ficar ainda pior. Até mesmo os perniciosos compradores de horários, sabendo da importância que o dinheiro deles hoje representa, negociam com boa parte das emissoras da maneira que bem entendem. As perspectivas,

tristemente

se

consta, são as sombrias.

w XEPA REVOLUTIONS – 1 Que ninguém imagine Ângela Leal, por exemplo, desviando de tomates, batatas, cenouras, entre outras hortaliças, na apresentação de “Dona Xepa”, porque não é essa a ideia. A abertura, cantada por Eliana de Lima e gravada em dois tempos, na segunda e terça passadas, contou com a participação de um passista. w XEPA REVOLUTIONS – 2 Na captação das cenas da abertura de “Dona Xepa”, a Record fez uso de uma câmera especial, a Time Freeze, que proporciona o mesmo efeito do filme “Matrix”. No total foram usadas 60 desses equipamentos ao mesmo tempo, para pegar o movimento deste dançarino em vários ângulos e se chegar ao efeito desejado. w NO DESVIO Depois de toda a confusão com as declarações de Joelma na re-

vista “Época”, os agentes da banda Calypso se apressaram em emplacar participações em programas na TV. A maioria das produções procuradas, no entanto, preferiu nem responder. Além disso, existem especulações de que Deborah Secco não quer mais fazer o filme. w SÉRIE DA SURFISTINHA Paulo Franco, diretor da Fox, avisa que a série sobre “Bruna Surfistinha” continua nos planos. Mas só ganhará maiores atenções no ano que vem, e isso inclui a sua exibição. Portanto, ao contrário de informações de bastidores, o projeto não foi esquecido. w IMPASSE O comandante Hamilton, com os seus helicópteros, está em fim de contrato na Record. Termina em maio. O que se sabe é que a emissora já

HORÓSCOPO Áries 21/03 a 20/04 ocê continua saidinho, querendo mais da vida e com pouquíssima paciência para os outros. É claro que as pessoas não tem que aguentar isto o tempo todo. De vez em quando alguém estoura. Hoje, seja mais suave, receptivo, escute e converse.

Leão 22/07 a 22/08 Você pode ter ideias a respeito de ter filhos, ou o que fazer com sua criatividade borbulhante. Use uma parte do sábado para pesquisar como fazer isso. É bem capaz que você esteja dispersivo, distraindo-se com arte e poesia. Bom!

Sagitário 21/11 a 21/12 Amigos irão impulsionar você a agir, entendem e darão amparo a alguns sonhos que quer realizar. As coisas podem sair meio bagunçadas com eles, o importante é compartilhar e colaborar. Durma bastante.

Touro 21/04 a 20/05 Um sábado de música, arte, cultura - bom pra confiar nos pressentimentos, nas intuições e usar a inspiração pra bolar algo bacana e diferente no amor. Nem atividades mecânicas estão com força hoje.

Virgem 23/08 a 22/09 Inspiração continua forte, porem você terá de driblar altos e baixos emocionais - o parceiro não anda aqui, anda por ai, ligado em planos sutis, envolvido com quimeras, não importa.

Capricórnio 22/12 a 21/01 Hoje é o dia regido pelo sóbrio e realista Saturno, planeta que governa seu signo. Descanse bastante e diminua o ritmo, para aproveitar todo o potencial regenerador Viagens e passeios em alta.

Gêmeos 21/05 a 20/06 Foco mental e disciplina no estudo de temas práticos é o mais difícil pra hoje. E dia de folgar, você será sábio se usar a força dos astros a seu favor, como por exemplo vibrar em prol de uma síntese melhor. Ou criar uma tendência, porque não? Você, super antenado!

Libra 23/09 a 22/10 Tire um tempo para refletir sobre sua vida pregressa. Hoje você vai tirar conclusões ótimas a respeito. E cuide da alimentação e dos hábitos de saúde. Você pode trabalhar num projeto inspirador ligado a artes, estrangeiros, viagens.

Aquário 21/01 a 19/02 Quer provas de tem um sexto sentido agudo? Fique ligado no que sentir atração - pode ser em qualquer campo. Seus olhos não precisam enxergar, mas você sentirá. Riqueza interior pode ser compartilhada com alguém.

Câncer 21/06 a 21/07 Ritmo mais intenso neste sábado convoca de você mais disposição, prontidão e capacidade de lidar com urgências domesticas, cobranças familiares. Outro tema em alta: planos com amigos finalmente tomam pé, vá atrás sem demora.

Escorpião 23/10 a 21/11 Você pode se comunicar com seu amor sem palavras hoje - sua intuição forte beira a magia. Filhos tocam o coração. O sublime acontece a toa, de graça, por graça. Mistérios da vida que encantam. Palpite bom pra jogo.

Peixes 20/02 a 20/03 Simbolismo de Mercúrio em seu signo em conjunção com a Lua e Mercúrio é rico de sinais: sonhos, comunicação empática, intuição, capacidade de expressar seus mais intensos e secretos desejos. Você é o interprete de mundos, talvez extintos, ou ainda não manifestos.

MOVIECOM 3 - Hora:16:40 / 20:25; Hora:14:20 / 16:40 / 19:05 / 21:25 (Sáb e Dom) MOVIECOM 6 – Hora:17:00 / 21:30

OS CROODS - (Livre) MOVIECOM 5 - Hora:14:05 / 16:15 / 18:25 MOVIECOM 6 - Hora:14:50 / 19:20

INVASÃO A CASA BRANCA (12 Anos) MOVIECOM 4 - Hora:14:00 / 16:30 / 19:00 / 21:30

MAMA - (14 Anos) MOVIECOM 7 - Hora: 14:40 / 16:50 / 19:10 / 21:20

OZ-MÁGICO E PODEROSO (Livre) MOVIECOM 5 - Hora:20:40

OBS: A aprogramação pode ser alterada sem prévio aviso. Favor consultar o cinema para confirmar o filme do adia.

CINEMA VAI QUE DÁ CERTO - (12 Anos) MOVIECOM 1 - Hora:15:10 / 17:10 / 19:15 / 21:15 A HOSPEDEIRA - (12 Anos) MOVIECOM 2 - Hora:16:50 / 21:40 JACK - O CAÇADOR DE GIGANTES - (10 Anos) MOVIECOM 2 - Hora:14:30 / 19:20 GI JOE - RETALIAÇÃO - (12 Anos)

w Parece que esqueceram. w No “Estranha Mente”, que abre nova temporada no Multishow, quarta-feira que vem, o convidado será o comediante Fernando Caruso. w O narrador Jorge Vinícius, que trabalhava por cachê, agora é contratado do SporTV. w O futuro do Luciano Faccioli na Band agora está nas mãos de Fernando Mitre, diretor de jornalismo. w Rachel Sheherazade contratou os serviços de uma assessoria de imprensa para destacar as suas atividades profissionais.

C´EST FINI

verbas publicitárias destinadas às

Fato é que emissoras importan-

Sábado e Domingo

apresentou uma proposta de renovação, mas ele, particularmente, estaria preferindo voltar a trabalhar na Bandeirantes. O grande desejo dele é formar novamente parceria com José Luiz Datena. w MOMENTO DIFÍCIL – 1 Tanto na sede de Benfica quanto no complexo Recnov, no Rio de Janeiro, não é nada tranquilo o momento para os funcionários da Rede Record. As demissões estão acontecendo praticamente todos os dias. w MOMENTO DIFÍCIL - 2 Muitos funcionários já não suportam tamanha incerteza, convivendo com o medo de entrar na próxima lista de cortes. Agora se entende com que finalidade se trocou a direção geral da emissora há poucos meses. Em São Paulo também acontecem baixas, mas numa escala infinitamente menor.


Cidade

Sábado e Domingo

Natal, 6 e 7 de abril de 2013

Fotos: José Aldenir

No bairro da Ribeira, região por onde circulam dezenas de ônibus da cidade durante todo o dia, não há nenhuma parada com cobertura ou assentos para a população

Com paradas de ônibus destruídas, Prefeitura promete iniciar reformas MUNICÍPIO AINDA NÃO INFORMOU OS VALORES DOS PROJETOS DE RECUPERAÇÃO A maioria das paradas de ônibus de Natal se encontra em situação precária, muitas não têm cobertura ou assentos. Um exemplo dessa situação pode ser visto na Ribeira, por onde passa a maioria dos ônibus que circulam por todas as zonas da cidade, e até mesmo em frente ao Palácio Felipe Camarão, sede da Prefeitura. Esse problema é antigo, e a população sempre reclamou do abandono das paradas. Alguns acreditam que o estrago se deva má qualidade dos materiais utilizados. Para o aposentado André de Medeiros, por exemplo, as paradas de ônibus não duram muito porque não são bem projetadas. "Um dia essas paradas foram novas, mas em pouco tempo, o sol e a chuva destruíram. Fica enferrujado, o teto, que é de plástico, quebra e fica por isso mesmo. A Prefeitura devia construir paradas mais resistentes", disse André Medeiros. Para a dona de casa Eliete Lima, que mora no interior, mas vem à Natal com freqüência, o estado em que se encontram as paradas deixam a cidade feia. "As paradas de ônibus aqui em Natal são horríveis, a gente espera o ônibus sem conforto algum. A cidade já é quente e muitas delas não têm teto, e ficamos esperando debaixo do sol. Estou com uma criança e é muito ruim deixá-la nessa temperatura até

Em frente à Prefeitura, parada na Praça 7 de Setembro também precisa de reforma

o ônibus chegar, isso sem contar que em um local tão bonito como é essa praça na Ribeira, o estado de degradação das paradas tiram a beleza do ambiente", disse Eliete, em referência a Praça 7 de Setembro, que fica centralizada entre a Prefeitura, a Assembléia Legislativa e o Tribunal de Justiça. Por meio da Assessoria de Imprensa, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) informou que as paradas de ônibus serão restauradas em breve, com o objetivo de oferecer maior comodidade aos usuários que utilizam os abrigos para esperar o transporte. A Prefeitura do Natal, inclusive, já iniciou o processo de licitação para realizar as obras, que irão começar nos principais corredores da cidade, onde o fluxo é maior. Inicialmente serão reformados os terminais especiais de passageiros localizados ao longo do Corredor Cultural da cidade, saindo das Rocas, na altura do Hospital dos Pescadores, passando pela Ribeira, até o Centro. Além da restauração das estruturas danificadas, serão instalados abrigos nos locais onde estes não existem. O Jornal de Hoje tentou obter mais informações sobre o processo licitatório, os valores do investimento e o prazo de início das obras, mas não conseguiu manter contato com os responsáveis pela Secretaria.

> POLÊMICA

Entidade estudantil denuncia que cartão do Seturn só garante meia entrada nos ônibus Após o adjunto da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), Clodoaldo Trindade, ter afirmado em entrevista ao Jornal de Hoje, na última quarta-feira (3), que algumas entidades estudantis estão cobrando irregularmente o valor de R$ 15 reais para emissão da Carteira de Estudante, a União Norteriograndense dos Estudantes (URNE) se manifestou contrária às afirmações feitas.. De acordo com o presidente da URNE, Felipe Azevedo, a afirmação trata-se de uma tentativa de influenciar os alunos a emitirem exclusivamente as carteiras do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal (Seturn) "O secretário Clodoaldo Trindade se equivocou ao afirmar que é irregular a cobrança de R$15 pelas Carteiras. Acontece que as carteiras emitidas por essas entidades, inclusive pela URNE, oferecem os benefícios a que o estudante tem direito, ao contrário da disponibilizada pela Seturn, que só disponibiliza o benefício 50% nas passagens de ônibus. O valor de R$ 15 reais é cobrado justamente, pois a carteira garante além da meias passagem, a meia-entrada em cinema, teatros, show e até desconto em alguns cursos, além de ser válida em outros Estados", disse. Em relação à prorrogação da validade das Carteiras de Estudante, a União Norteriograndense dos Estudantes (URNE) acredita ser uma fraude, e segundo o presiden-

Wellington Rocha

Para ter direito ao pagamento de 50% da entrada em cinemas e teatros, por exemplo, é necessária a Identidade Estudantil

te da entidade, muitos estudantes estão sendo enganados. "De cada 10 estudantes que vêm à URNE, 4 estão com proble-

sem motivo aparente, e mesmo as que não estão, não são aceitas para a compra de passagens e alternativos ou garantia de outros direi-

“De cada 10 estudantes que vêm à URNE, 4 estão com problemas com a carteira de estudante, mesmo com o prazo de validade estendido. Muitas estão bloqueadas sem motivo aparente” FELIPE AZEVEDO URNE

PRESIDENTE DA

mas com a Carteira de Estudante, mesmo com o prazo de validade estendido. Muitas estão bloqueadas

tos. A validade das carteiras, por Lei é até o mês de março, e não há necessidade de prorrogar, como

todos esses problemas, e os bloqueios, muitos estudantes estão pagando as passagens inteiras em dinheiro, e com certeza, alguém está lucrando com essa mentira", afirmou Felipe Azevedo. O presidente da URNE também pediu mais transparência da Semob em sua relação com o Seturn. "Nós percebemos que a Semob está dando seqüência a um erro antigo, em relação à essa parceria com o Seturn, e gostaríamos muito que a Secretaria apresentasse com clareza o contrato desse convênio com o Seturn, que não defende os interesses dos usuários", disse Felipe Azevedo.

O Jornal de HOJE 19


20 O Jornal de HOJE

Gastronomia

Natal, 6 e 7 de abril de 2013

Hemetério Gurgel RECHEIO: 1 unidade (s) de batata cozida (s) 2 colher(es) (sopa) de cream cheese light 1 colher(es) (sopa) de queijo ralado 1 colher(es) (sopa) de uva passa sem semente.

www.hemeteriogurgel.com.br E mail: hemeterio@ uol.com.br DICAS DE GASTRONOMIA:

RECEITA DA CHEF : Bolinho de Carne e Batata INGREDIENTES: Rendimento: 6 porções 500 gr de patinho moído (s) 1 colher(es) (sopa) de cebola desidratada 1 colher(es) (chá) de noz-moscada 1 unidade(s) de clara de ovo 4 colher(es) (sopa) de aveia quanto baste de sal quanto baste de pimenta-do-reino branca quanto baste de glutamato monossódico

Sábado e Domingo

Hoje ABACATE e ALHO

Sanilly Faraj

MONTAGEM: 2 colher(es) (chá) de azeite 1 colher(es) (sopa) de molho inglês

ABACATE - CORTAR E NÃO ESCURECER Quando você cortar o abacate e usar apenas uma de suas partes, coloque um pouco de farinha de rosca na superfície da outra parte para ela não escurecer ou pode passar uma camada fina de manteiga na superfície da parte cortada. CREME DE ABACATE - NÃO ESCURECER O creme de abacate não escurece se você colocar dentro da vasilha o próprio caroço do abacate ou também uma colher de aço inoxidável, e guardar na geladeira. NÃO DEIXAR O ALHO RESSECAR Coloque os dentes de alho descascados dentro de um vidro com óleo de cozinha.

te, de Mossoró, conquistou o Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas 2012 na categoria Serviços de Turismo. Aconteceu última quinta (4), em Brasília. Um total de 127 empreendimentos concorreram nas 08 categorias da premiação, concedida pelo Sebrae Nac. e Fundação Nacional de Qualidade. O Hotel VillaOeste ganhou o Troféu, em nível nacional, pela qualificação em gestão e planejamente para o bem estar dos clientes. A ideia vitoriosa A Dirt. do Hotel, Paloma de Saboya, explicou que a vitória reconhecida nacionalmente foi o resultado obtido da aplicação do Procedimento Operacional Padrão (POP), método próprio criado pela administração do VillaOeste. O POP orienta os colaboradores acerca de cada ação desenvolvida nos três principais setores da hotelaria: governança, recepção e alimentos e bebidas. O método reduziu em mais de 90% , no Villa, a ocorrência de reclamações e erros que comprometem o bom funcionamento de um hotel. Um projeto Sebrae - Parabéns A implantação do método POP, do Hotel Villa Oeste, teve total assistência tecnicamente do pessoal do Sebrae/RN. Daí, além de parabenizarmos a Dirt. Paloma, também evidenciamos o exitoso trabalho que realiza junto as empresas do RN, o Sebrae/RN, na admirável administração do Sup. José Ferreira de Melo Neto. A MAIOR VAQUEJADA DO BRASIL

LUA DE MEL E HISTÓRIA Hoje estamos mesmo de hotel. Mas é uma história interessante. Sempre falamos em LUA DE MEL, mas não sabemos a razão do surgimento dessa denominação. Pois vamos lá: No princípio do milênio, o escambo - troca de mercadorias porque não havia dinheiro O dote da mulher que ia se casar, dizia a tradição até uns dois séculos passados, era sempre pela mercadoria mais valiosa.Nessa época se media a riqueza do cidadão pela quantidade de ANFORAS de mel que ele tinha em estoque, pois era a mercadoria de maior valor porque vinha das bandas da China. Então quando do casamento, a noiva mais cobiçada era a que tinha como dote a maior quantidade de anforas de mel. Pelo cerimonial imposto pelos sacerdotes, o casamento só poderia se concretizar em NOITES DE LUA. Daí surgia a denominação de LUA DE MEL; o Dote que vinha em Anfora de Mel e o Dia da Lua mais bela. E até hoje se chama o começo da vida de um casal de a fase da Lua de Mel.

Pronto. Estamos todos mais sabidos agora. E o Hotel que têm a Ideia de Mel Para completar recebo atencioso e mail do empresário Abdon Gosson, que entre seus negócios tem o Arituba Park Hotel, informando que abriu um pacote especial para casais em Lua de Mel. O pacote une conforto e beleza ao preço bastante acessível. Cestas de frutas, decoração especial com pétalas de rosas, café da manhã no apartamento,trufas e petit four, espumante e late check out (permanência no hotel até às 16h sem acréscimo no valor da diária), são oferecidos ao casal em sua noite de Núpcias. Todo o funcionalismo do hotel fez curso especial para ser o mais discreto possível e atender todos os desejos dos nubentes por mais diferentes que forem. Boa pedida. Congratulações pela ideia. Negócios se fazem êxitos com ideias inovadoras.Veja só que cama!

NELTER CUMPRIRÁ OU NÃO A PALAVRA EMPENHADA MORRE-SE DE RIR DEPOIS DE 10 ANOS O TCE ACUSAR FRANCOIS EXPECTATIVA NO SERIDÓ E ASSEMBLEIA RES.L A VERDE VIDA- Fui conhece-lo e me surpreendi com uma forte discursão entre três mesas

com umas 14 pessoas. Vi que eram do interior pois só falavam nos municipios de Caicó. Mas tinha um que era parlamentar, Deputado Estadual, pois ouvíaamos sempre sempre chamando Deputado! Mas vamos aos fatos: Diziam que o Dep. NELTER QUEIROZ que costuma ocupar a Tribuna da Assembleia Legislativa para acusar o Gov. Estadual, desta feita se estrepou: desafiando o Gov. Rosalba. Declarou perante seus colegas parlamentares,em plena sessão, ocupando oficialmente a Tribuna da Casa, que RENUNCIARIA ao mandato de DEPUTADO ESTADUAL se o Gov. provasse que tinha construído pelo menos 30km de Estrada no Estado. Quem fala muito....... Não deu outra. No dia seguinte o Governo manda uma Nota Oficial, emitida pela Secretaria de Comunicação, dizendo que o Governo do Estado do RN, Gov. Rosalba Ciarlini tinha feito 197km de Estradas Asfaltadas, sendo 97 novinhas, construídas totalmente; 95 reconstruídas, pois estavam intransitáveis e o restante em fase final.

Sempre eleita a bela das belas e a elegância em pessoa, essa figura amantíssima que é TEREZA TINOCO apresenta mais uma de suas inovadoras promoções, trazendo para a elegante mulher potiguar o que exis-

te de mais sofisticado na moda mundial. Não precisa de apresentações. Desfile chiquérrimo dia 09, terça, das 15h às 19h. O Freddy's Burger & Steak House foi inaugurado no dia 08/04 às 19h, à R. Potengi, pertinho do CCAB-Norte, Petrópolis, em Natal. É especializado em hamburgueres e cortes nobres de carnes. E mais: batatas fritas caseiras a hamburgueres, pães e molhos com receitas originais. Tudo é feito com ingredientes nobres, receitas próprias e sem aditivos químicos. MENU: Cupcake de Hamburguer, Costela Suína ao barbecue. Frutos do Mar:

Hamburguer poseidon de peixe e no camarão popcorn. Sobremesas: Cheese-Cakes com coberturas de uva com cassis, frutas vermelhas e doce de leite com castanha. Os restaurateurs são: Frederico Lima, Tásia Lopes Barreto e Jozimar Júnior. O Funcionamento: de seg. à sab. para Almoço e Jantar. Domingos a partir das 19h. Decoração: O charme do Freddy's começa ainda do lado de fora: o restaurante foi projetado com forte influência da arquitetura inglesa ou o casual dinning americano. A decoração também sofre forte influência do cinema contemporâneo, o que o torna agradável. O projeto é dos arquitetos Bernardo Morais e Roberto Rocha. Seu interior: um salão principal intimista, uma varanda convidativa para conversar e esquecer o tempo. Para atender às famílias, o restaurante conta com um Espaço Kids, que garante a diversão das crianças e a tranquilidade dos pais. Tudo muito bem planejado. Recomendamos.

são que o único culpado pelo famoso roubo do FOLIADUTO, Gov. Vilma de Farias, na época muito comentado por ter sindo transacionado nas ante câmaras do Gov. do Estado com inclusão de um funcionário do circulo íntimo da Governadora e até seu irmão, agora o Pro. Carlos Barros, só acusa o Proc. Francois Silveira, que era o Pres. da Fundação José Augusto e as firmas que foram contratadas. Francois e as firmas têm de devolver ao Estado 352 mil reais. A Firma M.A.Produções devolve 775 mil; e mais a F.C Produções a ACDLIS. E concluíram: bem o prazo de 10 ano para apurar é normal, daí a memória fica cansada e dá no que dá. Vai correr água podre muita.Aguardem....Tem gente rindo à toa. LUCRO DA GLOBO 2012 CAFFE DI MARIA - Um cara entendido neste negocio de balanço estava comentando o do Grupo Jornalístico TV Globo ano de 2012. O Lucro Líquido foi de 3 bilhões de reais; Os dividendos distribuiídos, trata-se de uma empresa de capital fechado familiar, constituido dos três filhos do, in memoriam, Roberto Marinho, foi de 2 bilhões ou seja em torno de 670 milhões para cada um. Lembre-se isso é só o dividendo anual. A GUARARAPES- A mesma pessoa comentou que o lucro do Grupo Guararapes, de Nevaldo Rocha aqui do RN, foi de 365 milhões em 2012. A Guararapes deu um lucro diário de um bilhão por dia o ano todo. UM ARTIGO COMENTADÍSSIMO

Bistrô Cascudo. Diziam que foi notável o artigo do jornalista Alex Medeiros na edição do Jornal de Hoje, dia 4, a respeito de determinado cidadão. Muitos aplausos. Só disse, como sempre, a verdade. Colocou o rei da cocada preta nuzinho da silva.

A MAIS BELA FAZ MOSTRA MELHOR

Será, mais um sucesso, na Capital do Oeste - Mossoró - de 10 a 14, quarta à domingo da próxima semana, a maior vaquejada do Brasil conhecida e chamada de a famosa Vaquejada de Abril no Porcino Park Center, também o mais bem equipado para este tipo de evento no País. Acompanha o evento muito forró e um verdadeiro festival gastronômico de comidas regionais. Isto comprova o desenvolvimento dos eventos de Mossoró, e do setor turístico-hoteleiro. São esperados uns 40 mil turistas.

FACILITAR O USO Para facilitar o seu trabalho, amasse os dentes Jor. M elissa Mafra de alho com sal e guarde num pote bem fechado, na geladeira. Assim, quando você precisar ele já estará pronto. CASCA DE ALHO Deixe os dentes de alho de molho em água durante dez minutos antes de usar. As casquinhas se soltarão facilmente e você não ficará com as mãos com o cheiro dele.

- CONVERSA DE RESTAURANTE -

- FAST - FOOD HOTEL DE MOSSORÓ PREMIADO Com 05 anos em funcionamento o Hotel VillaOes-

Assim, eles não ficam ressecados e o óleo pode ser usado depois como molho para saladas.

O tal chamado Dep. disse que iria cobrar que ele renunciasse, mas que já sabia que o supl. do Dep. Nelter, o Dr. Antônio Petronilio, anda dizendo que caso ele não cumprisse a palavra dada perante o Poder Legislativo iria denunciá-lo à Comissão de Ética Parlamentar visando cassar o seu mandato, pois a falta do cumprimento de palavra perante a Assembleia, se constitui falta gravíssima de DECORO PARLAMENTAR. Olhe aí o que dá esse negócio de se estar sempre com uma metralhadora atirando a torto e a direita sem medir as consequências! Já outro disse que se mostrava espantado porque pelos retratos publicados nos jornais ultimamente, só aparece o Dep. Nelter indo a lançamentos de obras da Gov. Rosalba, sentando ao seu lado e mantendo alegre papo e com sorriso largo. Mas outro disse que o homem seridoensse é cumpridor de palavra. Se Nelter disse que renunciaria, renunciaria sim, se a Governadora provar o contrário. Não custava os amigos aguardarem os acontecimentos. E concluiu garantindo que conhecia o pai do Dep. e seus irmãos e todos nunca correram do que afirmavam.O pai então atravessava um rio cheio e na enchente para cumprir a palavra dada. E ele não faltaria, de jeito nenhum a essa tradição familiar. Vamos aguardar. Todos disseram. VILMA É ANJO FRANCOIS É DEMÔNIO Self La Tavola -Mesa redonda da diretoria. Era risada muita. Comentavam que depois de 10 anos, 68 volumes,o Ministério P. do TCE chegou a conclu-

O PRE. DO STF É A FAVOR DA PEC 37 Res. Guinza, Midway - A cada dia cresce o movimento para a aprovação da PEC 37 no Congresso Nacional. Aliás dizem que o Pres. da Câmara, Dep. Henrique Eduardo, tem recebido constantes apelos de Ministros e Presidentes dos Tribunais Superiores a favor dessa PEC. Alegam, muito justamente, que não há razão de outorgar aos Ministérios Públicos Federal e Estadual os poderes de investigarem, já que a Constituição atribui esta função à Polícia. A maior argumentação é que o sitema atual é o mais moderno e eficiente, pois há um triplo sistema de garantias individuais. Pois a apuração de um crime tramita em três esferas: Polícia, MP e Judiciário, cada qual controlando um, o outro, conforme o ideal de Montesquieu; No inquérito Policial há o controle externo pelo Ministerio Público e o controle Judicial. Já o Ministerio Público tem o poder da destinação do inquérito, oferecendo denúncia ou solicitando o arquivamento ao Juiz. O MP é o autor da Ação Penal. No caso de acumular o poder de investigar pode desprezar provas essenciais a inocência do investigado. Aliás se a investigação for do M. Público fica este sem nenhum controle de outro órgão. Daí a Constituição já diz: A Polícia investiga, o Ministerio Público denuncia ou pede arquivamente e o Judiciário, julga. O Pres.do STF. Min. Barbosa declarou: o povo Brasileiro não merce tamanha vergonha de aceitar a esta imposição do Ministério Público de impor ao País a modificação da Cons. para fiucar como se fosse um novo Poder. Todos aplaudiram!

QUQUANDO EU ME VIREI, NÂO VI MAIS NINGUÉM!

CMYK


FLIP 06/04/2013