Page 1

Canindé Santos

Wellington Rocha

> ENCONTRO EM NATAL

> MARKETING MULTINÍVEL

Secretários do NE Promotores do RN lutarão unidos para vão definir 2afeira a fortalecer o turismo linha de investigação Novo presidente do CTI-NE, Alberto Feitosa quer malha aérea

CIDADE 6 Alexandre Cunha Lima diz que aguardava resultados do Acre

ECONOMIA 7

Sexta-feira

Ano XVI w

NATAL-RN, 5 DE JULHO DE 2013 w Nº 4.680

R$1,00 w jornaldehoje.com.br

> EXONERAÇÃO COLETIVA

Cardiologistas do HWG entregam cargos alegando falta de condições de trabalho CINCO DOS 9 MÉDICOS CARDIOLOGISTAS DO PRINCIPAL HOSPITAL DE URGÊNCIA DO RIO GRANDE DO NORTE ASSINAM PEDIDO DE EXONERAÇÃO. OS DEMAIS SÓ NÃO SEGUIRAM O MESMO CAMINHO PORQUE JÁ ESTÃO MUITO PERTO DE SE APOSENTAR "Não existe a menor condição de continuarmos exercendo a medicina dessa maneira, sem um mínimo de estrutura e sem medicamentos. A situação chega ao absurdo de termos de escolher um paciente entre dez, para fazer o atendimento, por conta da falta

José Aldenir

de leitos. É impossível trabalhar dessa maneira". É esta a justificativa que o médico George Fonseca, coordenador da equipe da UTI Cardiológica do hospital público dá para o pedido de demissão em massa. Apesar de tudo, governo tenta contornar a crise. CIDADE 6

> INVESTIGAÇÕES

Henrique poderá depor no caso do assalto ao assessor POLÍTICA 3

> “VOO DA ALEGRIA”

Publicitário garante que não fez nada de errado POLÍTICA 5

Cardiologistas se comprometem a trabalhar até o final do mês. Associação Médica entrou em negociação com o governo para melhorar a estrutura Canindé Santos

ESCREVEM ARTIGOS NA EDIÇÃO DE HOJE

> SEM DINHEIRO

Populares protestam contra o possível fechamento do CAPS de Parnamirim

Adauto Medeiros José Narcelio Marques Sousa Ricardo Tersuliano Adalberto Targino Ormuz Barbalho Simonetti Fernando R. C. de Oliveira Augusto Coelho Leal OPINIÃO - Página 2

CIDADE 8

> TRANSPORTE PÚBLICO

Desafios e soluções para melhorar a mobilidade urbana são discutidos em SP CIDADE 9 E 10

> SOLUÇÃO...

> SÉRIE B

ABC aposta em jovens para reduzir custos e vencer na temporada

América descarta o ex atacante do Botafogo e procura novos reforços

ESPORTE 15

ESPORTE 16

Túlio Lemos

Marcos A. de Sá

Danilo Sá

Daniela Freire

Vicente Serejo

Página 3

Página 7

Página 11

Página 12

Página 13

w O voo da alegria pode até ter prejudicado as pretensões políticas de Henrique Alves.

INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,26 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,33 R$ 2,26

w Tem produtor rural desviando milho da Conab para venda no mercado paralelo.

Euro x real R$ 2,89 Poupança 0,50%/ 0,41% Taxa Selic 8%

w É hora do Congresso Nacio- w Em reunião na Sesap, Luiz nal acabar com o passe livre Roberto culpa médicos pelo no Brasil, o aéreo. caos no Walfredo.

EMAIL REDAÇÃO:

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

w As ruas ensinaram aos palácios que Nação pobre é uma Nação que não tem líderes.

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 5 de julho de 2013

ADAUTO MEDEIROS, engenheiro civil e empresário (adautomedeiros@bol.com.br)

Amancio

Sexta-feira

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

50 anos de solidão

AUGUSTO COELHO LEAL, engenheiro civil (arteepiso@digi.com.br)

Há meio século mais ou menos, quatro famílias disputam e dividem o poder no Rio Grande do Norte, e com isso podemos dizer que estão até hoje gastando o dinheiro de todos nós, o dinheiro do contribuinte, e têm dado como contrapartida muito, mais muito pouco para a sociedade, a grande maioria do nosso povo, sendo beneficiada apenas uma minoria que tem relações com essas famílias. Que tipo de regime é esse comandado por famílias? Que tipo? Eles nos transformaram na verdade, em um principado (não o de Mônaco) e sim da Idade Média. Na Idade Média o príncipe (basta lembrar a obra de Maquiavel "O Príncipe") era quem decidia tudo, até mesmo qual a religião que os súditos deveriam ter. Ora, tais procedimentos entre nós, resultaram em atraso e nos atrasaram em relação a outros estados do Nordeste que optaram pela democracia. Aqui temos um regime político em que pai, filho, neto, bisneto se sucedem no trono. Até onde o povo aguentará tudo isso? Até onde iremos aguentar mais uma família no poder se tornando com certeza a grande beneficiada? O mais interessante é que os fatos mostram que essas famílias moram em palácios aqui ou em Brasília ou mesmo em férias permanente na Riviera Francesa ou em Miami. O interessante é que eles, os membros dessas famílias, conhecem o mundo melhor que o bairro do Alecrim, pois sempre estão em viagens de férias para o exterior, ou em missão oficial. Eles nunca viram uma seca. Talvez sequer saibam o que de fato é viver debaixo de uma seca.

Pijuriu

Artigo

E mais: pelos enormes privilégios que têm, que dispõem, eles nunca foram a um hospital no Rio Grande do Norte, e os filhos deles estudam sempre fora do RN ou mesmo do país, porque ninguém melhor do que eles para sabe a qualidade do nosso ensino (ou da nossa saúde, segurança) e assim caminhamos para o caos. Ou melhor, para aumentar o caos, porque nunca saímos dele. Ora diante desse quadro, não é preciso dizer que precisamos fazer com urgência uma mudança profunda nesse quadro. Para darmos um exemplo basta dizermos que agora a tão falada mobilidade é um exemplo dos mais gritantes em que pouco foi feito. Claro que os estádios de futebol serão entregues. No Brasil e consequentemente no estado do Rio Grande do Norte há dinheiro para tudo, menos para o nosso desenvolvimento. O país para essa gente não existe. No Brasil é claro que cidadão e classe política caminham em sentidos contrários. Diante dos manifestos das ruas, fica claro que precisamos de reformas urgentes e não de plebiscito. O que a sociedade necessita é melhores condições de educação, saúde, segurança e não de plebiscito. É bom saber que se tudo fosse resolvido com a Copa do Mundo de Futebol, ou seja, se tudo fosse feito, ainda assim precisaríamos de mais 20 anos para ter um resultado satisfatório. Mas os políticos continuam com suas discussões bizantinas. A nossa classe política, parafraseando o que disse certa vez o grande Winston Churchill, infelizmente não pensa na próxima geração e sim na próxima eleição. Até quando, senhor?

JOSÉ NARCELIO MARQUES SOUSA, engenheiro civil (narcelio@supercabo.com.br)

Foi-se a Copa, vem a Copa Foi-se a Copa das Confederações e ficaram estádios vazios sem perspectivas de novas superlotações até 2014. Foi-se a Copa e nada de obras de mobilidade urbana planejadas para aliviar o sufoco do trânsito nas cidades-sede das competições. Foi-se a Copa sem que a presidente desse o ar de sua graça na premiação da vitória brasileira. Foi-se a Copa e, com ela a Fifa, após arrecadar seu quinhão milionário pela participação no mega evento. Foi-se a Copa e restaram declarações elucidativas e preocupantes de Joseph Blatter, garantindo que oito estádios seriam suficientes para se jogar uma boa Copa do Mundo e, que o objetivo da entidade é deixar em cada país sede de Copa, um legado de investimentos em benefício da população. Eis algumas das inconfidências do todo poderoso dirigente da Fifa: "Nós estamos preocupados com o legado". "Nunca pedimos para criar estádios como se fossem obras de arte". "Ficou estabelecido, que os estádios seriam construídos com fundos privados". Com toda a euforia decorrente do soerguimento futebolístico do país algo pareceu diferente no comportamento do brasileiro nesses dias de Copa das Confederações. A impressão que se tem agora, como bem colocou o comentarista Tostão, é que o futebol deixou de ser o ópio do povo. Coisas mais importantes passaram a constar na lista de prioridades da população, além de pão e de circo. Caso contrário, como explicar as manifestações de protesto durante horários dos jogos – inclusive os do Brasil –, nas proximidades ou distantes dos estádios onde aconteciam as disputas. Com a atenuante de a maioria das passeatas transcorrerem ordeiras. Somos uma nação de contrastes. E isso nos torna diferente dos demais paí-

Artigo

ses do planeta. O deslumbramento inicial motivado pela escolha do Brasil para sediar a Copa do Mundo de 2014, arrefeceu. Agora prevalece a dúvida se valeu a pena tal privilégio. Serão as vantagens advindas da competição compatíveis com as dívidas assumidas? Num arroubo desmedido de insatisfação, a população rebela-se pelos gastos excessivos em circo, em detrimento de questões sociais mais urgentes. Pena que tais questionamentos aconteçam somente um ano antes da realização do evento, quando arenas deficitárias ou superavitárias estão em final de construção. O que inviabiliza qualquer modificação nas obras planejadas. Mas aí é que consiste a diferença de ser brasileiro. Um povo manso e ordeiro até o limiar da paciência, a partir de onde a explosão de entusiasmo pode mudar de rumo num estalar de dedos. Não é impossível que os gritos de alegria pelo desempenho da seleção brasileira nos estádios derivem, amanhã, para alardes nervosos, cobrando mudanças estruturais prometidas e esquecidas. E Deus queira que jamais, em tempo algum, tais manifestações saiam da racionalidade tal qual anda acontecendo em tantos outros países enfrentando verdadeiras guerras urbanas. Onze anos são passados desde a última grande conquista em gramados de futebol, mas isso já não soa como uma necessidade premente ou como uma questão de lesa pátria ferida nos brios. A falta do hexacampeonato não incomoda tanto quanto antigamente. Outros objetivos surgem como mais essenciais à quimera do brasileiro. O circo é bem-vindo, sim, desde que o povo disponha de segurança, saúde, moradia digna, transporte de qualidade, ética e honestidade na política e, primordialmente, boa educação.

RICARDO TERSULIANO (COBRA) presidente do IAPHACC

Caso Catita! Foi assim que chegamos à sentença proferida pela Excelentíssima Sra. Juiza de Direito Substituta da 4ª Vara da Justiça Federal do Rio Grande do Norte Dra. Gisele Maria da Silva Araújo Leite. O pesquisador Ricardo Tersuliano (Cobra), ao estudar a história da Ponte de Ferro de Igapó, em meados de 2003, descobriu que a referida locomotiva foi à máquina que fez a viagem inaugural da mesma, no dia 20 de abril de 1916, às 10 horas. Esta composição movida a vapor, puxada pela Catita, transportou nesta viagem os seguintes convidados: o governador do RN, Joaquim Ferreira Chaves e seu vice Henrique Castriciano, o médico Januário Cicco, o historiador Luis da Câmara Cascudo – aos 10 de idade, acompanhado do seu pai, o Coronel Cascudo, os deputados federais Juvenal Lamartine e José Augusto, entre outros. Na ocasião o jornalista Elói de Souza fez toda a cobertura do evento. No dia 26 de setembro de 1970 a locomotiva Catita foi restaurada para inaugurar a primeira ponte de concreto sobre o Rio Potengi (Ponte Presidente Costa e Silva), construída pelo governador Walfredo Gurgel. Levada para Recife no ano de 1975 para ornamentar o recém construido, escritório regional da Rede Ferroviária Federal - RFFSA, naquela cidade, onde até os dias atuais não recebeu tratamento condigno com sua importância histórica. Percebendo a necessidade de resgatar este patrimônio do nosso estado,

o pesquisador Ricardo Tersuliano e alguns amigos fundaram em 2004, o Instituto dos Amigos do Patrimônio Histórico e Artístico Cultural e da Cidadania - IAPHACC. Este Instituto ingressou com uma representação na 41ª Promotoria de Justiça, através do Dr. João Batista Machado Barbosa, dando origem a uma Ação Civil Pública que desencadeou na sentença citada acima. O Instituto dos Amigos do Patrimônio Histórico e Artístico Cultural e da Cidadania - IAPHACC, paralelo a luta da Catita, iniciou em 2005 o projeto de criação do primeiro museu de trens da cidade do Natal e do Estado do Rio Grande do Norte. Recentemente este Instituto firmou parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN - IFRN, para a implantação deste museu, (Museu Ferroviário Manoel Tomé de Souza), que funcionará no interior do IFRN/Campus/ Rocas, que está sendo restaurado, com previsão de término para o ano de 2014. Neste local a Locomotiva Catita Nº 3 e seu Reboque ficarão de forma definitiva sob a guarda e manutenção do IFRN. A vitória deste resgate deu-se com o total apoio da Companhia Brasileira de Trens Urbanos - CBTU, o IPHAN/RN, na gestão atual do Superintendente Onésimo Santos, o Ministério Público estadual e federal, o Sindicato dos Ferroviários - SINTEFERN, Ferroviários aposentados e todos os demais colaboradores.

Artigo

ADALBERTO TARGINO, procurador do Estado e presidente da Academia de Letras Jurídicas do RN (ceaf_pge@rn.gov.br)

Vítima: causa o efeito do crime? O tema é novo, polêmico, e de importância capital para a Criminologia, a Criminalística, o Direito Penal, a Psicologia, a Psiquiatria Forense, a Sociologia e as demais ciências voltadas para o estudo do homem em sociedade. Essa Doutrina da Vítima ou "Vitimologia", segundo acentua Paasch, teve como seu fundador o judeu B. Mendelson, conhecido advogado de Jerusalém, que a internacionalizou através da publicação de seus notáveis trabalhos de sociologia jurídica, editados restritamente em 1947 e, mais amplamente, em 1957, em Bucarest, sob o título "Um horizonte novo na ciência bio-psico-social: a Vitimologia". Sua meta central é observar os fenômenos de ordem psicológica e social, no tocante à vítima, como sujeito passivo e o crime em sua relação com o criminoso. Examina causas e efeitos, propondo a sistematização de pesquisa e estudos sobre o assunto, subordinados não a um simples departamento da ciência penal, mas à necessidade de se erigirem os conhecimentos e sua metodização sobre o tema em ciência, unida à Criminologia. Seu valor é imensurável, pelas conseqüências utilíssimas a que se chegará na melhor formulação e a aplicação da Lei

Artigo

Penal, bem como no ataque a um fator criminógeno. Diversos fatos, surgem como perturbação da ordem jurídica penal, exclusiva ou preponderadamente por decorrência e até culpa da própria parte ofendida. Se é verdade que o exemplo vale mais do' que um discurso, então exemplifiquemos para maior clareza e entendimento: a namorada que adentra, nua e sozinha, nos aposentos do namorado, mesmo de menor, é mais sedutora que seduzida; sair de uma agência bancária contando o dinheiro na rua, é o mesmo que pedir para ser assaltado; deixar a chave de ignição no carro com vidros abertos, ainda é grave falta de atenção que muitas vezes, faz o criminoso; a dona de casa que deixa dinheiro exposto para uma empregada doméstica mal paga, sem freios religiosos ou morais e, em geral, com numerosa família faminta, a estimula ao furto; a esposa infiel que cria os ingredientes causadores da violenta emoção, inclusive comprando uma arma para o marido ou debochando de sua reação, não raro com suas atitudes, estimula, provoca e determina o crime. Pelo que se pode ver, a vitimologia não é ponto secundário na criminologia,

nem particularmente no processo movido contra o acusado, mas de inestimável valia para a apuração real e concreta do fato delituoso. A relação deliquente-vítima é muito importante para o exame do dolo e da culpa do agente, quando analisado à luz dos elementos que a vitimologia possa apresentar. Por ser o delinqüente o ponto principal na apuração da ocorrência criminal, não pode permanecer simplesmente na dissecação exterior dos fatos e circunstâncias de que se revestiu a infração, obrigando o exame também da possível e eventual culpa da vítima, ou de sua participação inconsciente no fato, sem a qual o delito poderia até inexistir. Como é sabido, no Direito Penal não existe punição à vítima. Ela só será punida se, apesar de vítima de algum crime, agiu de modo culposo ou até doloso, integrando alguma figura típica de delito. Será, então, punida por seu crime ou contravenção e não na qualidade de vítima da infração de outrem. Contudo, "mutatis mutantis", não se pune a vítima, é certo, porém punir-se-á menos, ou não se punirá o agente, de conformidade com os elementos e fatores da valoração do ato criminoso.

ORMUZ BARBALHO SIMONETTI, presidente do Instituto Norte-rio-grandense de Genealogia e vice-presidente do Instituto Histórico e Geográfico do RN (ormuzsimonetti@yahoo.com.br)

Antigos blocos carnavalescos - parte IV Viva o Rei Tatu Foi no início dos anos 60, a época em que eram realizados os famosos "assaltos" na casa de Tatu, ou melhor, Mister Tátus, como Jorge Moura um dos integrantes da velha guarda do Lord's gostava de reverenciá-lo, quando o visitava para combinar o dia do "assalto", tratamento pomposo que o deixava extremamente envaidecido. Tatu era uma pessoa muito conhecida no populoso bairro do Alecrim, principalmente na Rua Ary Parreiras, onde residia. Nunca eu soube do seu verdadeiro nome, pois todos só o chamavam pelo cognome. Entretanto, lembro-me bem de sua figura singular: moreno, baixo, gordo, olhos amendoados - daí seu apelido - e sempre risonho o que deixava os seus miúdos olhos praticamente fechados. Gostava de ostentar em torno de seu diminuto pescoço, uma grossa corrente de ouro que pendia por cima de sua farta barriga. Comerciante bem sucedido no ramo de "empréstimos a particulares", modalidade atualmente muito utilizada por diversas casas bancárias e assemelhadas, que nos dias de hoje recebe o faustoso nome de factoring. Sua área de atuação era no bairro do Alecrim e tinha como seu principal reduto o entorno da Vila Naval. A marujada e os militares de menor patente constituíam os seus melhores fregueses, não obstante haver em sua organizada "carteira de clientes", também alguns membros do oficialato. Não se sabe como, corria à boca pequena, que os juros advindos dos empréstimos concedidos aos militares, já vinham devidamente descontados em seus soldos, o que fazia suas operações financeiras com

Carta

os militares, altamente seguras. Com essa bem sucedida atividade, o inesquecível Tatu ganhou fama e fortuna, motivo porque os "assaltos" em sua residência, sempre estiveram entre os melhores. Em todos os carnavais, invariavelmente, alguns privilegiados blocos de elite, que raramente se deslocavam até o distante bairro do Alecrim, desfrutavam desse privilégio. Recebia também em sua casa, com o mesmo espírito altaneiro e democrático, alguns blocos do próprio bairro compostos por troças, tribos de índios e até mesmo blocos de papangus, desde que devidamente organizados. Quando o bloco surgia na Rua Ary Parreiras, lá estava Tatu de braços para o alto ostentando orgulhoso um copo de uísque na mão; sabia-se, porém, na maioria das vezes contendo apenas gelo e água. Em frente de sua casa e já rodeados de amigos e curiosos, Tatu recebia com desvelo quase paternal e largo sorriso no rosto bochechudo, os foliões que o saudavam com o grito de guerra: viva o rei Tatu! Litros de uísque Old Eight, Drurys, Vat 69 e Passport do legítimo, pois, ainda não funcionava a famosa "fábrica no bairro de Igapó", cervejas Brahma e Antártica - as únicas existentes na cidade -, além do rum Merino e aguardente Pitú, eram franqueados sem limites, tanto aos foliões, como aos amigos do anfitrião, que nessas ocasiões lotavam sua residência. O horário do "assalto" era escolhido propositalmente próximo à hora do almoço, o que garantia aos foliões no final da tarde a participação no "corso" bem alimentados e com disposição para os bai-

les noturnos que aconteciam nas sedes sociais do América F.C. e no Aero Clube de Natal, com algumas escapadas para a ASSEN - Associação de Sargentos e Subtenentes de Natal. O tira-gosto à base de sarapatel, buchada de bode, panelada, feijão verde e assemelhados, eram servidos tanto aos foliões como também as convidados. O assédio dos blocos à casa de Tatu era tanto, que não raro, por ocasião do "assalto", percebíamos nas proximidades, outros blocos esperando sua vez de participar do deleitoso convívio residencial do alegre e bondoso Mister Tátus. Entretanto, como tudo que é bom dura pouco, seu reinado começou a desmoronar após a revolução de 1964, quando foi perseguido pelos militares que consideraram ilegal sua "atividade empresarial". Uma das razões alegadas é que sua factoring cobrava extorsivos juros de até 10% a.m. Fico imaginando o que diriam esses revolucionários militares, se em seus mais tresloucados devaneios pudessem imaginar, que décadas depois, bancos e algumas operadoras de cartões de crédito chegaram a cobrar aos seus indefesos usuários, até 25% de juros a.m., e pasmem, tudo rigorosamente dentro da lei? Aproveitando-se dessa inesperada e confortável situação, vários de seus fieis e cativos clientes, recusaram-se a liquidar suas dívidas o que tempos depois terminou por provocar, inevitavelmente a falência de sua atividade. Desaparecendo para sempre dos antigos carnavais, uma das figuras mais emblemáticas no patrocínio de "assaltos", aos blocos carnavalescos de nossa cidade.

FERNANDO ROBERTO C. DE OLIVEIRA, assinante/colaborador (fernandorco@hotmail.com)

INSEGURANÇA NO LIXO Sr. Editor: Quem pensava que não faltava acontecer mais nada nas ruas, nestes tempos de cidadania, um fato muito curioso aconteceu em Natal. Para macular o nosso pioneirismo nesses movimentos como a Revolta do Busão, coisa mais esquisita não poderia acontecer. 'Estamos assistindo todo dia assaltos a ônibus, salão de beleza, lanchonetes, bancos, igrejas, etc, mas a garis em serviço, ainda não tinha ouvido falar. E olhe-se para o fato que poucos entendem mais de rua do que eles. Será que estes profissionais, além da vassoura, sairão "armados" com rifles para

realizarem o seu nobre mister pelas ruas da cidade. Ou terão também, como o lixo, de se "reciclar", para bem desempenhar o seu nobre ofício. Somente uma boa "vassourada" não tem resolvido essa situação. Talvez tenham que ser antecedidos por um "mutirão" de segurança antes da limpeza propriamente dita. De imediato, é necessário que troquem a cor do seu fardamento. Aquele laranja não ajuda à noite. Se fosse só para a turma que recolhe restos de árvores o de camuflagem caía bem. No entanto, para transportar os marginais que estão lhes assaltando, até que já possuem veículos "apropriados", aqueles

caminhões - 'moinhos'. É verdade que são um pouco insalubres, mas moendo direitinho os "detritos" que lhes assaltaram não dá para notar. Pelo andar da coisa, as suas greves por baixos salários, terão outro motivo justo: contra altos salafrários. Em plena Av. Alexandrino de Alencar, neste de final de junho, meia dúzia de esforçados garis foram assaltados às vinte horas, quando se preparavam para um mutirão. Foi a maior sujeira que podia ocorrer-lhes. Levaram todos os seus pertences, e eles que se "lixassem". A polícia ainda não tem pistas, para passar tudo em pratos limpos.

Não sei o porquê do apelido, nem tão pouco sei o seu nome, mas sou uma das poucas pessoas que lhe chama pelo apelido e ele não se afoba, ao contrário. Gosto de conversar com ele, por ser parte da voz do povo, por dizer sinceramente o que o povo sente. Pois bem, estava eu na praia de Cotovelo, manhã chuvosa, mar calmo, céu acinzentado, pensativo, fitando o horizonte, quando passa Pijuriu e me cumprimenta - Bom dia "dotô" Guga. – Bom dia Pijuriu, como vai você, está tudo bem? – "Dotô" Guga, gosto de me sentar aqui e conversar com o senhor. O senhor me perguntou se tá tudo bem, num acho que tá não dotô Guga, acho que a coisa ta complicada e cada um pense melhor na vida. O senhor sabe que gosto de ler alguma coisa, pois bem li num jornal que professor para ensinar os meninos só ganha R$ 1.200,00 por mês, e que um garçom do Senado ganha R$ 15.000,00, isto é verdade? Sim dotô, ainda tem mais, num tem nem direito a merenda escolar, cumé que pode dotô Guga? Um médico ganha uma merreca, logo saúde e educação? Me diga, cumé que pode? – Olha Pijuriu, não devia poder, mas afinal estamos no Brasil, e "derna" que São Pedro era o chaveiro do presídio, que ele tenta botar os políticos ladrões na cadeia, morreu há muito tempo, e até hoje ainda não conseguimos, vou lhe contar mais. Você sabe que o Brasil tem 39 ministérios, muito deles sem serventia nenhuma, prestando apenas para acomodar políticos e torrar o dinheiro do povo? Você sabe quantos ministérios tinha no governo do presidente Juscelino? Doze amigo. Olha o governo e os políticos não têm interesse de investir na educação do povo, pois povo educado diminui muito esta patifaria e tem mais, você sabe quanto é o salário mínimo? R$ 678,00 você sabe quanto ganha um preso, cujo ganho tem o nome de auxilio reclusão? R$ 971,78. Dizem que o gasto estimado com a Copa do Mundo é de trinta e três bilhões, isto não é uma vergonha? Enquanto a saúde e a educação... – É dotô Guga, tirar os bandidos das favelas lá no Rio de Janeiro foi moleza, mas num se consegue tirar os bandidos de Brasília! Que coisa em dotô Guga? – Exatamente porque o povo não é educado, o povo aceita quase tudo, demora a reagir. Se o povo fosse esclarecido, politizado a coisa seria outra. A roubalheira neste país é muito grande, tem mais ladrão que mosquito da dengue. Olha o nosso sistema político e judiciário são tão perverso, que no Brasil o cidadão é condenado por roubar e como premio assume um mandato de deputado federal, não é estranho? Um foi preso agora, vamos esperar pelos outros. – Dotô Guga o senhor tem razão, o povo só fecha a porta depois de roubado, vou te contar uma história. Um aluno pergunta ao professor; – Mestre por que antes do sexo, cada parceiro ajuda o outro a ficar nu, e depois do sexo, cada um se veste sozinho? O mestre então responde Meu jovem, na vida ninguém te ajuda depois que você está fodido. É por isso dotô Guga que estamos assim, o povo só reage depois de lascado, e aí... – É Pijuriu, verdade, mas espero que as coisas agora mudem.

O JORNAL DE HOJE recebe colaboração pelo correio (Rua Dr. José Gonçalves, 687 Lagoa Nova - Natal-RN, CEP 59056-570), por fax (0xx84 3221-5058) e por e-mail: artigos@jornaldehoje.com.br. Pede-se que os textos sejam concisos e contenham nome completo, RG, CPF, endereço e telefone. O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de selecionar e publicar trechos.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Fernanda Souza Juliana Manzano EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Bruno Araujo EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Sexta-feira

Natal, 5 de julho de 2013

O Jornal de HOJE 3

Delegado poderá convocar Henrique para depor sobre assalto de assessor PRESIDENTE DA CÂMARA DOS DEPUTADOS É ENVOLVIDO EM MAIS UM ESCÂNDALOS APÓS REPERCUSSÃO DO “VOO DA ALEGRIA” ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, poderá depor na Delegacia de Repressão de Roubos e Furtos da Polícia Civil do Distrito Federal. A informação foi revelada na manhã desta sexta-feira, pelo delegado Fernando César Costa, que investiga o roubo de uma maleta contendo R$ 100 mil de um assessor da Presidência da Câmara dos Deputados. O fato aconteceu no último dia 13 de junho e foi revelado nesta quinta, por reportagem do jornal Correio Brasiliense, do Distrito Federal. De acordo com o jornal, a maleta estava dentro do carro do secretário parlamentar Wellington Ferreira da Costa, de 53 anos, que trabalha no gabinete de Henrique Alves. Informações locais apontam que Wellington conhece e trabalha com Henrique há muitos anos, sendo amigos desde a juventude. O crime ocorreu por volta das 13h30, quando dois homens armados com revólveres interceptaram o carro de Wellington quando ele e

sua família passavam pela L4 Norte, próximo ao Minas Tênis Clube. Os assaltantes em um Fiat Strada de cor branca jogaram o carro na frente do Ômega de Wellington. Sem conseguir frear, Wellington acabou colidindo com a traseira do outro veículo. No Ômega assaltado, estavam a mulher do secretário parlamentar e a filha dele. Os criminosos desceram sem encobrir o rosto e se identificaram como policiais civis. Inclusive apresentaram distintivos. Em seguida, revistaram o Ômega e encontraram a maleta com o dinheiro. Levaram ainda um telefone celular, um tablet, documentos pessoais e cartões de crédito de Wellington. Em depoimento à polícia, Wellington não forneceu outras características dos autores. Ele informou, através da assessoria de imprensa, que não comentaria o caso, nem mesmo a origem do dinheiro e para onde o montante seria levado. PLANEJADO O delegado Fernando César Costa, da Delegacia de Repressão

Divulgação

Presidente Henrique Alves poderia ter informações para passar à polícia sobre a origem do dinheiro roubado em assalto a assessor de Roubos e Furtos da Policia Civil do Distrito Federal, informou na noite desta quinta-feira, porém, não ter dúvidas de que as pessoas que levaram R$ 100 mil de Wellington participam de um grupo que tinha informações privilegiadas sobre a

vítima. Para o delegado, participaram do assalto ao funcionário do deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) outras pessoas além dois que cometeram o crime, no último dia 13. O delegado disse ainda

que chamou atenção no caso o fato de o dinheiro ter sido sacado por Wellington três dias antes do ocorrido. "Passou-se muito tempo entre o saque e o furto. Com certeza os envolvidos tinham informações pri-

vilegiadas. Sem dúvida, sabiam que a vítima estava com esse montante de dinheiro no carro. Geralmente, furtos de saques ocorrem minutos depois, horas depois do saque, e não dias depois", disse o delegado. O delegado disse também que a origem do dinheiro será investigada e que, se necessário, chamará para depor inclusive o presidente da Câmara. Wellington foi intimado para prestar novo depoimento nesta quinta e não compareceu. O delegado afirmou que ele será chamado novamente e se necessário poderá levá-lo a depor até de forma coercitiva. Os dois assaltantes apresentaram distintivos da Polícia Civil, mas muito provavelmente eles não são policiais, disse o delegado, que ressaltou que isso ainda está sendo apurado. Apesar de os ladrões terem levado R$ 100 mil que estavam no carro do assessor, o delegado Fernando Costa disse que não se surpreende com o valor, pois é comum em Brasília que pessoas andem com grandes quantias. Ele ressaltou que a cidade reúne muitos funcionários públicos e políticos.

> RECURSO

MP recorre ao Tribunal Superior Eleitoral para condenar João Maia no processo de Caixa 2 O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) já recebeu nesta semana o recurso movido pela Procuradoriaregional Eleitoral (PRE) - e que será enviado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) - contra a decisão da Corte Potiguar de absolver o deputado federal João Maia, presidente estadual do PR, das acusações de Caixa 2 na campanha de 2010, quando conseguiu se eleger para a vaga na Câmara dos Deputados. Detalhes da ação, no entanto, não foram revelados pela PRE, uma vez que o processo continua em segredo de justiça. Contudo, o procurador-regional eleitoral, Paulo Sérgio Rocha, já havia informado aO Jornal de Hoje que acreditava ter no processo informações suficientes para levar João Maia a cassação -e a inelegibilidade por oito anos. Contudo, o aparente desinteresse do TRE teria impedido que isso acontecesse no processo julgado na última semana. "Quando não se quer fazer, é dizer que não existem provas. Em todos os tribunais é assim e no TRE não é diferente. Na visão do MPE, há provas suficientes para a condenação de João Maia. Mas, é aquilo: quando não ser quer, não se vê essas provas", afirmou o procurador-regional eleitoral, Paulo Sérgio Rocha, após o julgamento, em que fez até

Heracles Dantas

Heracles Dantas

Paulo Sérgio Rocha recorreu da decisão que inocentou o deputado João Maia...

... Parlamentar foi acusado de fazer caixa 2 na campanha de 2010, quando foi eleito

sustentação oral pela condenação de João Maia, mas sem sucesso. Na Corte, os juízes eleitorais Nilson Cavalcanti, relator do processo, Verlano Medeiros, Carlos Virgílio e Zeneide Bezerra votaram pela absolvição de João Maia, alegando que as provas não eram suficientes. O magistrado Emanuel Maia alegou suspeição para não participação do julgamento. O único que viu provas suficientes foi o presidente da corte, o desembargador João Rebouças. Em contato com O Jornal de Hoje pela manhã, a Procuradoriaregional Eleitoral, no entanto, ainda não sabia dizer se iria ou não recorrer da decisão, mas é bem provável

tos ao lado) eletrônicos que podem ser interpretados como acertos para "caixa 2". As irregularidades na campanha de João Maia estariam ligadas ao fato do deputado federal, na época, ainda candidato ao cargo, ter contratado uma empresa para a locação de veículos, a "HA", mas também efetuado gastos "por fora" para outros profissionais. As irregularidades teriam sido confirmadas por meio dessas conversas. "Soa estranho, para dizer o mínimo, o fato de 18 dias após a doação para a empresa HA, João Maia ainda estar discutindo com seu assessor como seria feito o pagamento aos profissionais contratados", analisou Paulo Sérgio

que isso ocorra. "Preciso me inteirar melhor do voto do relator para saber se vou recorrer ou não. A tendência é recorrer, exceto se olhando o voto eu me convença do contrário", já havia antecipado Paulo Sérgio Rocha. PROCESSO A denúncia de suposto "caixa 2" de João Maia foi feita por outro procurador, Ronaldo Pinheiro de Queiroz, e se baseou em informações coletadas durante a prestação de contas eleitorais e que ganharam força quando o computador do assessor de João Maia, Flávio Giorgi, conhecido como Flávio Pisca, foi apreendido. Nele, estavam diálogos (transcri-

Túlio Lemos tuliolemosjh@gmail.com

CANDIDATURA A crise provocada pelo voo de Henrique Alves ao Maracanã, pode ter sepultado momentaneamente seu sonho de governar o RN. Afinal, quando há um desgaste vindo de cima pra baixo, é devastador na imagem de qualquer político, especialmente quando este disputa um cargo majoritário. CRISE O momento em que ocorreu essa crise com Henrique e Renan Calheiros, presidentes da Câmara e do Senado, foi perfeito para desviar o foco do desgaste que tomava conta do Palácio do Planalto. Embora os dois sejam aliados da presidente Dilma, não há qualquer interesse do Governo em diminuir as chamas que queimam os nordestinos nessa fogueira aérea. PREPARADO? Com a queda de Henrique em relação ao Governo do Estado,

PMDebistas históricos já voltam a falar no nome de Garibaldi e de Walter Alves para disputar a sucessão de Rosalba Ciarlini. ASSALTO Pior que o voo da alegria ao Maracanã é o assalto misterioso que ocorreu em Brasília, cuja vítima é um antigo assessor do deputado Henrique Alves. Os ladrões levaram R$ 100 mil de uma mala e a vítima não revela de onde veio o dinheiro e nem para onde iria ser levado. Esse assunto pode ser ainda mais desgastante para Henrique, com conseqüências imprevisíveis. MORTE O voo da alegria pode até ter prejudicado muito as pretensões políticas de Henrique Alves, mas a história reforça que não há político morto. Ele continua presidente da Câmara dos Deputados e tem condições de se recuperar e manter a força e o prestígio inerentes ao

cargo. Enfraquecimento é diferente de sepultamento. Dificilmente Henrique recupera o respeito que conquistou em tão pouco tempo como presidente da Câmara, o que o limita a evitar voos mais altos. SAÚDE A crise na saúde pública do RN continua desgastando a gestão Rosalba Ciarlini. A posse de um novo secretário não resolveu os principais problemas do setor e o Hospital Walfredo Gurgel permanece com péssima imagem perante a sociedade, em função do serviço precário que presta, prejudicando pacientes e profissionais que atuam na área. SUPREMO A viagem do ministro Joaquim Barbosa ao Rio de Janeiro, custeada pelo Supremo Tribunal Federal, é bem diferente da que foi feita pelo deputado Henrique Alves. O presidente do STF mora no Rio, o que

ampara o voo oficial. Se ele está na cidade em que reside, não há nada que determine seu itinerário; pode ir a jogo de futebol ou festa. Querer comparar os dois fatos distintos é tentativa de enfraquecer o ministro, símbolo de combate à corrupção. DESCASO Moradores de Morro Branco denunciam que o canteiro da Rua Rui Barbosa está tomado pelo matagal; dizem também que a Praça Dom Marcolino, pode servir para pasto de gado, diante do matagal que o local se transformou. ALUGUEL Empresas que locaram veículos à Polícia, estão há seis meses sem receber o pagamento e ameaçam mandar buscar os veículos, o que acarretaria um enorme desgaste para o Governo e um prejuízo ao trabalho policial. A turma só recebe promessa.

Rocha. O MPE ressaltou que "naquela planilha (encontrada com o assessor) consta, também um campo denominado 'contato', ou seja, o nome da pessoa que intermediava a contratação dos locadores dos veículos em questão. Ora, mais uma vez impõe questionar, se era a empresa 'HA' quem centralizou o serviço de locação de veículos em favor da candidatura do representado, porque então ele ter o nome dos 'contatos' que intermediavam as locações?". O MPE ressaltou também que após acesso à movimentação bancária de algumas das pessoas constantes naquela planilha, após autorização judicial neste sentido, constata-

se que, de fato, os valores lá especificados foram depositados na conta dos locadores. Cita-se o caso de Gilcelly Adriano da Silva, que teria recebido R$ 3 mil na data do dia 10 de outubro de 2010, como constava na planilha encontrada. "Apesar de não ter sido possível identificar quem teria realizado aquela transferência, o fato do valor e a data do depósito baterem com aqueles constantes na planilha elaborada por Flávio Giorgi demonstra que, de fato, quem realizou aquele depósito foi o representado ou alguém de seu mando". Além disso, segundo a alegação final do MPE, "não causa estranheza" o fato das testemunhas, dentre elas Flávio Giorgi, o proprietário da empresa "HA" e alguns donos de veículos cujos nomes constam na planilha, terem corroborado a versão da defesa de João Maia. "Os mesmos, ao que se vê dos autos, tiram o seu sustento, ou grande parte dele, da política, ou seja, um é assessor do representado e os demais veículos locam para campanhas eleitorais", apontou, acrescentando que se tivessem "testemunhado 'contra' o candidato/representado, não resta dúvida que eles estariam alijados, nas eleições posteriores, de participar da campanha de qualquer candidato, pois, como se diz no popular, estariam 'queimados'". (CM)


Política

Natal, 5 de julho de 2013

4 O Jornal de HOJE

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

A zorra total ao vivo Um empresário paulista com boa imagem nacional – como empreendedor e cidadão –, perguntou ontem aos companheiros de mesa do jantar, em restaurante brasiliense: – Aonde iremos se continuar a instabilidade política e a insegurança econômica? n n n Sucedem-se contradições e incertezas na República que é governada por uma senhora com pose de imperatriz. Gestora fraca e política ineficiente, Dilma Rousseff perdeu o rumo. Anuncia o que não pode fazer e faz o que não deve. n n n Para completar o cenário insólito, o circunspecto Michel Temer aceitou acumular na comédia-pastelão o papel de vice-presidente da República com o de emissário submisso da senhora Rousseff. Nessa quinta-feira, ele exagerou na solidariedade às desastrosas manobras da chefe do governo. Depois de anunciar, imponente, o recuo palaciano da ideia do plebiscito, ele emitiu, desconcertado, nota oficial para desmentir o que dissera e irritara a instável Presidente. O castigo veio à noite. O Planalto reconheceu a impossibilidade, neste ano, da consulta popular, sobre

Tom de lamento

Ah, Henrique Eduardo Alves. Político de prestígio e sucesso, sobre ele diz-se que briga com a sorte. Ora, o deputado potiguar chega à presidência da Câmara – portanto, segundo na linha sucessória da República – e resolve plantar vento. Claro que colheria tempestade. n n n E, agora, a chuva forte molhou o primo, também do PMDB, Garibaldi Alves, filho, senador-ministro da Previdência Social. Divulgação

Chávena e pires

À mesa para um chá com torradas. Na jornada de ontem para acertar ação conjunta na Câmara dos Deputados, reuniram-se os líderes do PMDB e do PT. Foi debalde a busca do entendimento. Eduardo Cunha, peemedebista fluminense, e José Guimarães (foto), petista cearense, defendem, quase sempre, interesses conflitantes. n n n Unem-se, entretanto, para criticar, com alergia ideológica, o que Guimarães considera “exagerada liberdade da imprensa brasileira a serviço da direita”. Cunha vai além: “Essa gente da esquerda brinca com a honra alheia. Precisa haver um limite. Nem a privacidade é respeitada.” n n n Guimarães, irmão de José Genoíno – deputado por São Paulo e réu na ação penal batizada Mensalão –, ganhou publicidade porque um de seus assessores foi flagrado com dólares escondidos na cueca. Eduardo Cunha coleciona denúncias por mau uso de dinheiro público. Um processo, pelo menos, tramita no Supremo Tribunal Federal.

LEITURA DINÂMICA t Marina Silva deixa a

sinceridade falar. Para a ex-senadora e uma das atrações na disputa pelo Palácio do Planalto, a crise – e lá se vai quase um mês – revela a deficiência política da presidente da República. Falta-lhe, sobretudo, porte de estadista, grifa a criadora do partido Rede Sustentabilidade. tApesar do protesto dos “coronéis” do PT, o deputado paulista Paulo Teixeira oficializa a candidatura à presidência nacional da sigla. Filiado à corrente Mensagem ao Partido, ele promete esquentar a campanha até a eleição, prevista para novembro. Teixeira tem o apoio do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e do governador gaúcho, Tarso Genro. t Em setembro, Aécio Neves visita o Nordeste. Para quem pretende concorrer à Presidência da República, o senador mineiro é pouco conhecido na região. A favor dele, porém, a ínfima rejeição. t Dilma Rousseff não foi

hoje a La Paz para o desagravo de governantes sul-americanos ao presidente da Bolívia, Evo Morales. Mandou como representante o secretário-geral do Itamaraty, Eduardo dos Santos. tQuando surgir oportunidade para acompanhar seu filho a uma livraria, não tergiverse. Leve-o e você o incentivará a frequentar esse templo do saber. t Crimes de violação da intimidade das mulheres, praticados na internet, serão enquadrados na Lei Maria da Penha. Assim determina o projeto de lei apresentado pelo deputado João Arruda (PMDBPR) e com o apoio da maioria dos colegas, independentemente da bandeira partidária. tHenrique da Silveira Sardinha Pinto vai representar o Brasil em Israel. Assume como embaixador extraordinário e plenipotenciário. tPara refletir: “Infância é destino” (Santiago Ramírez, psicanalista mexicano).

Sexta-feira

Júlio Queiroz: “Oposição pauta-se somente em críticas destrutivas” Arquivo

JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

Advogado com especialização em gestão pública, o atual secretário de Justiça e Cidadania, Júlio Queiroz, faz uma avaliação positiva das ações de governo na sua pasta e mostra-se otimista com o futuro político da governadora Rosalba Ciarlini. Ele diz que os baixos índices de aprovação do governo são resultado do que a governadora recebeu dos antecessores, mas existe determinação e disposição para reverter a situação através do trabalho em setores como segurança, saúde, educação e saneamento básico, por exemplo. O secretário também opinou sobre a oposição feita ao governo Rosalba: "a oposição exercida no nosso Estado, pauta-se somente em críticas destrutivas", disse ele. Segue a entrevista: O JORNAL DE HOJE - Diante do aumento da violência e de prisões cada ve mais frequentes, qual a realidade atualmente do sistema prisional do Estado? JÚLIO QUEIROZ - Não é diferente de nenhum Estado da federação onde reflete a situação de superlotação e carência de vagas. No País existem 550 mil presos para 300 mil vagas e no Estado são 6.500 presos com apenas 4.200 vagas. Embora reconhecendo que existe um déficit há de frisar que nosso problema é 1 por cento do nacional. JH - O que deve ser feito para minimizar o problema? JQ - O melhoramento vem embasado em investimentos como estamos apresentando com melhorias de infraestrutura, armamento, equipamento e pessoal qualificado. Apresentamos um plano que contempla melhoria da infraestrutura. Conseguimos viabilizar a aprovação de 2 unidades prisionais, sendo uma em Ceará-Mirim e outra funcionará como expansão da Penitenciária Mário Negócio em Mossoró, somandoa a ampliação e reforma da Penitenciária de Caicó. Será construída uma cadeia em Patu, reforma da Penitenciária de Pau dos Ferros e contrução de um Centro de Triagem e uma nova cadeia na Zona Norte de Natal. Estamos melhorando o sistema prisional com aquisição de

novos veículos cela, armamento, munição e coletes a prova de bala visando otimizar o desempenho das funções do agente penitenciário. JH - Agovernadora Rosalba Ciarlini tem dado condições para o senhor desenvolver um trabalho eficiente à frente da Secretaria de Justiça e Cidadania? JQ - A governadora e a equipe econômica têm sido sensíveis aos pleitos levados por nossa pasta. Apresentamos uma proposta orçamentária para 2013 que deu para atender a todas as demandas de custeio e fazer os investimentos que estamos colocando em prática. JH - O senhor defende a diminuição da maioridade penal? JQ - Não. Acredito que as medidas sócio-educativas é que devem ser melhor aplicadas de modo a recuperar nossas crianças e adolescentes para que haja a reinserção dos mesmos no convívio harmonioso da sociedade. JH - Na sua visão, quais as causas do aumento da violência no País e em particular no Rio Grande do Norte? JQ - Impunidade e leis brandas. Os sistemas de polícia, judiciário e penitenciário, têm que trabalhar de forma harmônica

com o fim de combater a violência com penas rigorosas. JH - No seu entendimento, o atual modelo prisional está falido? JQ - É necessário dar ocupação e incrementar o processo de trabalho e produção dos detentos. Posso afirmar que já existem ações de trabalho no sistema prisional do Rio Grande do Norte na preparação de alimentos dos próprios presos, fabricação de bolas de futebol e voleibol. Temos uma fábrica de enchimento de cartuchos de impressora, mas somos conscientes de que essa prática precisa ser expandida. JH - As dificuldades enfrentadas pelo governo Rosalba Ciarlini são responsáveis pelo baixo índice de popularidade até agora? JQ - A governadora recebeu um Estado falido, daí ser natural que isso aconteça. No decorrer dos 2 primeiros anos ela teve que trabalhar muito para equilibrar as finanças. Entretanto, acredito que a governadora, por ser uma pessoa determinada começa superar as dificuldades enfrentando todos os desafios. JH - Qual a maneira usada para superar os problemas? JQ - Implementar projetos nos setores de segurança, saúde, recursos hídricos e sa-

neamento básico, educação e sistema penitenciário. Esse trabalho, fatalmente vai melhorar os índices de aprovação do governo e consequentemente o desempenho eleitoral em 2014. JH - O senhor acredita que o PMDB continuará apoiando administrativamente a governadora e a sua reeleição no próximo ano? JQ - Acredito sim. O PMDB vem sendo um parceiro importante da governadora Rosalba Ciarlini. Ela tem contado com o apoio do ministro Garibaldi Filho na viabilização de projetos para o Estado. No momento oportuno, tenho certeza que a aliança política será discutida e definida no momento oportuno. JH - No seu entendimento, a oposição tem sido injusta com a governadora com críticas contundentes e até injustas? JQ - A oposição exercida no nosso Estado pauta-se somente em críticas destrutivas, o que não colabora em nada com a viabilização de obras e ações que impulsionem a economia e o desenvolvimento do Rio Grande do Norte. Mas, a governadora Rosalba Ciarlini tem conseguido com apoio dos aliados viabilizar obras estruturantes para o nosso Estado.

> ÚLTIMOS MOMENTOS

Termina segunda-feira prazo para as inscrições no concurso da Assembleia A Fundação Carlos Chagas, responsável pelas inscrições e realização do Concurso Público para o Parlamento Potiguar, informa que é preciso um cadastro prévio no site (www.concursosfcc.com.br), para preenchimento de informações como nome completo, endereço e número de RG e CPF. Segundo a FCC, os candidatos poderão se inscrever para vagas de nível médio e superior, pois as provas serão realizadas em turnos distintos: no período da manhã, serão aplicadas as avaliações para os cargos técnicos e no horário da tarde, para assessor e analista. Estando habilitado para tais cargos, o candidato poderá fazer as duas provas. Pela página da organizadora os candidatos poderão acompanhar o

andamento da inscrição e mais próximo à data do concurso, verificar o local de realização das provas. A Assembleia Legislativa oferece 85 vagas distribuídas entre os níveis médio e superior, com salário inicial que varia de R$ 2.609,48 a R$ 17.025,00. Após inscrição no site da FCC, o boleto bancário estará disponível no mesmo endereço eletrônico para pagamento do valor da inscrição em qualquer banco do sistema de compensação bancária, sendo: R$ 89,00 (oitenta e nove reais) para os cargos de Analista Legislativo, todas as habilitações; R$ 98,00 (noventa e oito reais) para o cargo de Assessor Técnico do Controle Interno e R$ 68,00 (sessenta e oito reais) para os cargos de Técnico Legislativo, todas Heracles Dantas

Assembleia Legislativa do RN tem vagas para candidatos do nível médio e superior

as habilitações. As 85 vagas estão assim distribuídas: Analista Legislativo (10 + 1 para candidato com deficiência), Arquitetura (1), Analista de Sistema (3), Biblioteconomia (2), Enfermagem (2), Engenharia Civil (1), Jornalismo (1), Medicina - Clínica Geral (2), Psicologia (2) e Assessoria Técnica de Controle Interno (1).De nível médio, os cargos são estes: Técnico Legislativo (43 + 3

para candidato com deficiência), Operador de Som (3), Programador (5+ 1 para candidato com deficiência), Taquigrafia (5+ 1 para candidato com deficiência) e Técnico em Hardware (4). As provas objetivas e discursivas (Redação/Estudo de Caso) serão realizadas em Natal, com previsão de aplicação para o dia primeiro de setembro, nos turnos manhã e tarde.


Política

Sexta-feira

Natal, 5 de julho de 2013

O Jornal de HOJE 5

Arturo: “Eu sabia que se fosse parar na opinião pública, ela iria rejeitar” IRMÃO DA NOIVA DE HENRIQUE ALVES ACRESCENTA: “SÓ NÃO IMAGINEI QUE A OPINIÃO PÚBLICA IRIA TOMAR CONHECIMENTO” CIRO MARQUES REPÓRTER DE POLÍCA

Um dos publicitários mais influentes do Estado e proprietário da principal agência potiguar, Arturo Arruda, irmão de Laurita Arruda, noiva do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, do PMDB, sabia que se o voo dos três (e mais quatro convidados) ao Rio de Janeiro para assistir a final da Copa das Confederações em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) chegasse à opinião pública, ela iria criticar a atitude deles - como criticou. O que ele não esperava era, justamente, que o povo ficasse sabendo. Bom, pelo menos foi isso que o publicitário deixou claro em entrevista concedida a Rádio Bandeirantes nesta quinta-feira. "Não. Não imaginava não (que a viagem iria causar tanta repercussão). Alias, eu sabia que se fosse parar na opinião pública, ela iria rejeitar, mas eu não fiz pensando que estava fazendo nada de errado não", afirmou ele em entrevista ao jornalista Agostinho Teixeira, repetindo depois que sabia que "se a opinião pública tomasse conhecimento, eu imaginei que iria reprovar o ato. Eu só não imaginei que a opinião pública iria tomar conhecimento". O curioso dessa história é que

os primeiros jornalistas que tomaram conhecimento da possibilidade de várias pessoas ligadas a Henrique Eduardo Alves terem ido ao Rio de Janeiro por meio do jato C99, da FAB, a convite do presidente da Câmara dos Deputados, fizeram isso, justamente, pelas fotos postadas pela mulher de Arturo, Larissa, em uma rede social. Tanto que, quando a Folha de São Paulo denunciou nacionalmente o fato, ilustrou a matéria com uma foto de Larissa e o publicitário. Apesar das críticas após a saída, Arturo Arruda fez questão de ressaltar que a ida dele, da mulher e de um amigo (que voltou no avião), não representou, necessariamente, custos para o poder público, até porque "a minha opinião é a seguinte: o custo da viagem do avião, tanto faz transportar uma pessoa ou quantas pessoas couberem no avião. Achei que não tinha nada demais. Não queria pegar vantagem de nada, a não ser pegar carona". "(O contribuinte não pagou uma parte) da minha (passagem), não. Da minha, não. Porque eu tenho dinheiro para pagar a minha. Não senhor. O senhor pagou o deslocamento do avião que iria levar o presidente, porque tanto faria o avião ir lotado como vazio. O custo é o mesmo da viagem". De qualquer forma, mesmo

Divulgação

Arturo Arruda e a mulher, Larissa, no jogo do Brasil: "Não fiz isso para economizar dinheiro. Fiz isso porque fui convidado” não concordando que causou prejuízo público com a viagem, Arturo se comprometeu a ressarcir os cofres com a quantia que Henrique Alves achar necessária. "Sei o momento que o Brasil está vivendo, as manifestações. Está se brigando por 20 centavos na passagem de ônibus e sei o quanto

que isso pesa" e que "não estou dizendo que a imprensa e a opinião pública está errada em criticar não, estou dizendo que se eu fiz, é porque eu achava que não tinha problema. É uma prerrogativa do cargo. Se ele usa o avião e pode nos convidar. Eu não me intrometi em nada".

AUTOCONFIANÇA Em outro momento da longa entrevista a Rádio Bandeirantes (foram mais de 12 minutos), Arturo Arruda se mostrou um homem acima de erros, diferentemente do presidente da Câmara dos Deputados, que assumiu o "equívoco" ao convidar pessoas para ir no voo do

avião oficial. "Não faço nada de errado na minha vida. Se achasse que era errado, não teria feito", garantiu, após dizer que é claro que "sabia (que se tratava de um avião da FAB), eu não sou maluco. Tem uma bandeira da FAB lá. Não tinha dúvida não". "Nunca faço nada se achar que está errado. Os meus princípios são maiores do que a legalidade de qualquer lei. Estou acompanhando o que Henrique achar. Se ele achar que deve ressarcir, eu vou ressarcir a minha passagem e a da minha mulher. Seja o preço de uma aérea, seja o preço equivalente de quanto custou uma viagem. Não sei quanto é que custa. Se ele fizer a conta, com querosene, o custo do piloto, se ele fizer a conta e der 'x' mil reais, eu vou pagar o equivalente a minha passagem e a da minha mulher. Não fiz isso para economizar dinheiro. Fiz isso porque fui convidado e achei que podia ir", afirmou. A garantia de ressarcimento de Arturo Arruda foi de encontro à outra informação publicada pela Folha de São Paulo, de que Henrique aceitou devolver R$ 9,7 mil (que é a média de preços de uma passagem aérea em voo comercial), mas na verdade os custos da viagem poderiam chegar aos R$ 200 mil (uma vez que se tratou de um voo fretado e não comercial).

Antonio Spinelli: “Henrique e Garibaldi se enfraquecem politicamente no Estado” Primeiro foi o "Voo da Alegria" do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, que bancou com dinheiro público a viagem da noiva e parentes para assistir ao jogo da seleção brasileira na final da Copa das Confederações. Depois, aparece a notícia de que o ministro da Previdência, Garibaldi Filho (PMDB), também usou o avião da FAB para ir ao Rio, fazer a mesma coisa. Para o cientista político Antonio Spinelli, Henrique e Garibaldi "se enfraquecem politicamente" com estes episódios, porque "cometeram isso num momento difícil, de questionamento da política, dos poderes constituídos, da representação". Ele disse que, além de o fato em si ter certa gravidade, acontece num momento delicado. "E isso os enfraquece politicamente". No caso de Henrique, lembrado como candidato a governador, a posição é mais grave, segundo o professor universitário. Entretanto, ele ressalta que ainda está cedo para o jogo eleitoral do ano que vem e não é possível prever se o "Voo da Alegria" terá efeito numa eventual candidatura majoritária do parlamentar. "No momento, (o "Voo da Alegria") enfraquece Henrique, como candidato em 2014. Mas, como essa discussão ainda tem muito tempo para ser feita, as candidaturas não estão definidas, só no pró-

José Aldenir

Garibaldi Filho também utilizou avião da FAB para ir ao Rio de Janeiro ver o jogo no Maracanã... ximo ano, tendo pelo menos até julho para definir, talvez o episódio seja diluído, mas, neste momento, conjunturalmente, o enfraquece", aponta. Para atenuar o fato, porém, Antonio Spinelli lembra que Henrique teve o gesto de devolver o dinheiro. "Ele pelo menos tomou a iniciativa de devolver o dinheiro, o que Renan (Calheiros, presidente do Senado), e Joaquim (Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal) não fizeram. Renan diz que não, que tinha usado o avião como representação, e Joaquim

Barbosa, o órgão colegiado (STF) justificou uso de bem público em atividade particular", acrescenta. Barbosa usou recursos da Corte para se deslocar ao Rio de Janeiro no final de semana, quando assistiu ao jogo Brasil e Inglaterra no estádio do Maracanã. O STF diz que a viagem foi paga com a cota que os ministros têm direito, mas não divulgou o valor pago nem qualquer regulamento sobre o uso da cota. Já Renan Calheiros afirmou nesta quinta-feira que não vai devolver para os cofres públicos os

José Aldenir

... Atitude que já teria sido feita por Henrique Alves que, além disso, ainda convidou parentes para o voo

recursos pelo uso de avião oficial. Ele usou a aeronave para ir ao casamento da filha do líder do PMDB na Casa, Eduardo Braga (AM), no dia 15 de junho, no município de Trancoso, na Bahia. "São quatro figuras da República - o presidente de Câmara, o presidente do Senado, o presidente do Poder Judiciário e um ministro. É a velha confusão que agentes públicos brasileiros fazem entre o público e o privado. É a privatização do público, um cacoete antigo da política brasileira. E, no momento delicado da vida nacional", acres-

centa ainda o professor Antonio Spinelli. Segundo ele, para Joaquim Barbosa o fato é mais chocante. "Até então com a imagem de vestal de homem puro, acima do bem e do mal, cantado e decantado como possível salvador da pátria, a direita aposta nele como espécie de ditador. Veja que esse voo desmascara. O candidato a ditador se desmascara", analisa Spinelli. Ainda segundo Antonio Spinelli, por bem menos que isso, ministros foram demitidos. Ele lembra o caso da ex-ministra da Assistência

e Promoção Social, Benedita da Silva, atingida por denúncias de mau uso de dinheiro público logo no primeiro ano de governo petista. O ex-ministro dos Esportes, Orlando Silva, teve o mesmo destino, após ser alvejado por acusações de desvio de dinheiro para abastecer o caixa do PC do B. "Lembremos que algum tempo atrás, sem movimento de rua, alguns ministros caíram por conta disso. Em coisas menos graves, alguém comeu um sanduíche, pagou com dinheiro público e caiu", disse. (AV)

> TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO

Ex-prefeitos são condenados a devolver mais de 5 milhões Os ex-prefeitos do município de São Francisco do Oeste, Anibal Lopes de Freitas e Raimundo Wellintto Costa, foram condenados pelo Tribunal de Contas do Estado, através da Primeira Câmara de Contas, a efetuarem o ressarcimento de R$ 5.551.352,92, em decorrência da omissão no dever constitucional de prestação de contas e realização de pagamentos indevidos. O processo, referente a inspeção extraordinária no exercício de 2010, foi relatado pelo conselheiro Thompson Fernandes, na sessão desta quinta-feira (04/07). O voto foi pela restituição de R$ 3.874.034,04 pelo Sr. Anibal Freitas e R$ 1.677.318,86 em desfavor do Sr. Raimundo Wellintto, além de aplicação de multas

e envio imediato das principais peças processuais para análise de ilícitos penais por parte do Ministério Público Estadual. O conselheiro Thompson ainda relatou processo do município de Pilões, prestação de contas do exercício de 2007, sob a responsabilidade do Sr. Augusto José de Aquino. O voto foi pelo ressarcimento de R$ 65.822,21, em decorrência da omissão no dever de prestar contas, além da aplicação de sanções administrativas. O conselheiro Gilberto Jales relatou processo da Câmara Municipal de Guamaré, prestação de contas do exercício financeiro de 2011, a cargo do Sr. Emilson Borba Cunha. O voto foi pela desaprovação, com

aplicação de multas que somatizam R$ 15.502,00, correspondentes à ausência do envio, da publicação e da remessa dos comprovantes dos relatórios de Gestão Fiscal referentes ao 1° e 2° semestre do referido ano. PESQUISA Uma pesquisa encomendada pela Associação dos Membros dos Tribunais de Contas - Atricon e Instituto Rui Barbosa - IRB, fará avaliação dos Tribunais de Contas do país, com base nos critérios de agilidade e qualidade dos serviços realizados. Este foi um dos pontos em destaque no 2º Encontro do Conselho Deliberativo da Atricon, realizado nos dias 2 e 3 deste mês, na sede do Tribunal de Contas do Distrito Fe-

deral, em Brasília (DF). Segundo o presidente do TCE, Paulo Roberto Alves, que participou do encontro, ainda foram debatidos temas como "Rede Nacional de Informações Estratégicas para o Controle Externo", "XXVII Congresso dos Tribunais de Contas", "I Feira Nacional de Programas, Sistemas e Publicações dos TCEs". E mais: "Medidas para Efetivação do Protocolo de Intenções da ENCCLA - Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro" e "Proposta de Plano Nacional de Capacitação de Conselheiros Estaduais e Municipais de Políticas Públicas". O relato foi feito pelo presidente, Paulo Roberto, na sessão plenária de quinta-feira, 04/07.

Wellington Rocha

TCE condenou ex-prefeitos de São Francisco do Oeste, Anibal e Raimundo Wellinton


6 O Jornal de HOJE

Natal, 5 de julho de 2013

Cidade

Sexta-feira

José Aldenir

WALFREDO GURGEL RESPIRA POR APARELHOS E SEM SEDATIVO CINCO CARDIOLOGISTAS PEDEM EXONERAÇÃO ALEGANDO FALTA DE CONDIÇÕES DE TRABALHO. ESTADO TENTA NEGOCIAÇÃO José Aldenir

CLEO LIMA CLEOLIMA86@GMAIL.COM

Segue o calvário da Saúde no Rio Grande do Norte. Amais nova bomba jogada no colo do povo é o pedido de exoneração feito por cinco cardiologistas da Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, alegando a total falta de condições de trabalho. Segundo os profissionais da saúde, os problemas da unidade são crônicos e vêm se arrastando há décadas, mas chegaram a um ponto crítico a partir de 2010. Eles alegam que tentaram marcar reuniões com a Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) por diversas vezes, para que se tentasse chegar a um acordo, mas nunca foram atendidos. Um dos médicos a pedir demissão foi o coordenador da UTI Cardiológica do hospital, George Fonseca. "Não existe a menor condição de continuarmos exercendo a Medicina dessa maneira, sem um mínimo de estrutura, sem medicamentos, sem leitos. A situação chega

“A situação chega ao absurdo de termos de escolher um paciente entre dez para fazer o atendimento” GEORGE FONSECA COORDENADOR DA UTI CARDIOLÓGICA, QUE FOI UM DOS MÉDICOS A PEDIR EXONERAÇÃO

ao absurdo de termos de escolher um paciente entre dez para fazer o atendimento, por conta da falta de espaço, sendo que todos requerem medidas urgentes. Impossível trabalhar dessa maneira", afirma, indignado, o coordenador. De acordo com uma das médi-

cas que permanecem no quadro, Marília Afonso, o sentimento de insatisfação é geral. "Nós apoiamos a decisão dos colegas que pediram afastamento, todos nós estamos revoltados com a situação. Os que ficaram só fizeram isso por já terem muito tempo de serviço e estarem

próximos da aposentadoria", explica. "Aqui no Walfredo nós temos que trabalhar como médicos e ainda resolver assuntos de setores administrativos e de assistência social. É um absurdo!", ressalta Marília Afonso. Um dos profissionais a deixar o quadro de funcionários da Sesap,

Luciano Pilla, explica que a decisão não foi tomada arbitrariamente. "Não decidimos isso de uma hora para a outra, são anos de descaso, de abandono. Existem goteiras e infiltrações dentro da UTI, falta medicamento, não temos aparelhos para realizar exames de ecocardiograma, nem de raio-X. A própria instalação da UTI é deficitária, pois existem duas áreas completamente separadas, o que impossibilita o monitoramento simultâneo e contínuo de todos os pacientes. Nós já interditamos leitos mais de uma vez, por falta até de segurança para os pacientes. Exercer a Medicina sob essas condições é inviável", desabafa Pilla. George Fonseca conta, ainda, que a equipe de cardiologia do Walfredo Gurgel era formada, até agora, por nove médicos, sendo ele na coordenação e mais oito plantonistas. Com a iminente saída dos cinco que solicitaram desligamento - os doutores Luciano Pilla, Rodrigo Sousa, George Fonseca, Cristiane Pita e Stefferson Duarte - e mais a aposentadoria de um dos profissionais, Antônio Tomás,

a situação atinge a um nível crítico. "A decisão é definitiva, já tentamos resolver o problema de todas as maneiras possíveis, mas não obtivemos respostas por parte da Secretaria de Saúde. O curioso é que bastou nós divulgarmos o pedido de exoneração para o Secretário anunciar que havia uma reunião marcada para hoje (5). Só que nem nós sabíamos disso ainda", finaliza. Apesar das declarações, logo após a entrevista, os médicos foram recebidos pelo titular da Sesap, Luiz Roberto Fonseca, para debater os pontos de reivindicação da classe junto à Associação Médica do Estado, que tenta intermediar a situação. Foi feita uma solicitação aos médicos para que a decisão fosse reconsiderada, e, de acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria, acertou-se que a palavra final será dada semana que vem. A Sesap garante que, independente da repercussão do caso, a UTI Cardiológica do hospital continua em funcionamento e que as escalas estarão mantidas até o final do mês.

Setor pediátrico da unidade também apresenta problemas

José Aldenir

No setor de ortopedia pediátrica do Hospital Regional Walfredo Gurgel, o problema é a falta de espaço. A crise é motivada pela interrupção no convênio entre a Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS) e um dos hospitais que absorvia a demanda de cirurgias ortopédicas para crianças. Segundo a pediatra Sônia Godeiro, a situação se repete com muita frequência. "Aqui no Walfredo não são realizados esses procedimentos cirúrgicos, que só podem ser viabilizados graças à parceria que a Secretaria de Saúde de Natal tem com o Hospital Médico Cirúrgico e o Hos-

pital Memorial. Só que o Médico Cirúrgico parou de receber os pacientes e nós não recebemos nenhuma explicação sobre o que está acontecendo. Não sabemos se é atraso de pagamento, se é problema com documentação, a gente ouve de tudo pelos corredores, mas na há uma posição oficial sobre a questão", afirma Godeiro. A reportagem d´O Jornal de Hoje tentou entrar em contato com a Secretaria Municipal de Saúde para esclarecer os motivos que levaram à atual crise na pediatria do hospital durante toda a manhã desta sextafeira (5), mas não obteve êxito.

Enquanto não se resolve o problema, crianças aguardam por cirurgia em condições precárias. "Temos pacientes que estão esperando há 13 dias e não temos sequer uma previsão para dar à família. Os pais têm de faltar trabalho para vir acompanhar os filhos, que, por sua vez, estão perdendo aulas. Além disso, toda essa espera pode fazer com que as fraturas cicatrizem da maneira errada e as crianças fiquem com sequelas para o resto da vida. Não sabemos mais o que fazer", lamenta Sônia Godeiro. Uma das mães, Maria Odete, não conseguia conter as lágrimas. "É um estado de

calamidade. Minha filha está há oito dias aqui esperando pela cirurgia, sentindo dores e eu não posso fazer nada. Não tem condições", desabafa. Ivanildo Nunes, esperando o atendimento do filho há quase duas semanas, afirma que entrou em contato com a SMS e que a Secretaria se comprometeu a dar uma posição hoje pela manhã. "Eles [a secretaria] disseram que iriam ligar às 8h da manhã, mas não teve contato nenhum. O menino está perdendo aula e eu faltando trabalho. Se eu perder o emprego, como vai ser?", questiona o pai.

Algumas crianças estão há 13 dias esperando pela realização de cirurgias ortopédicas

> SUSPEITA DE PIRÂMIDE

Ministério Público definirá linha de investigação contra empresas de marketing multinível na 2ª feira Um dos promotores de Defesa do Consumidor responsável pela investigação das empresas de marketing multinível citadas no Inquérito Civil, Alexandre Cunha Lima aguardou resultados da ação civil que corre no estado do Acre contra a Telexfree para definir a estratégia montada em âmbito local. Ele iniciará os trabalhos na próxima segunda-feira (8), após uma reunião com outros dois promotores de Justiça, em que as suspeitas da prática de pirâmide financeira serão analisadas. Ainda que nenhuma denúncia tenha sido feita contras as empresas, que incluem a NNex, Multiclick, BBom, Priples e Cidiz, no Rio Grande do Norte, o Ministério Público pretende proteger consumidores potiguares de possíveis golpes e separar o que é legal do ilegal. "Em vários Estados, através de órgãos, como a Secretaria de Direito Econômico, Polícia Federal, as investigações já começaram", diz o promotor Alexandre Cunha Lima, que estima em 100 mil o número de adeptos norte-riograndenses só no Telexfree.

Semelhanças com casos anteriores, em que recrutar pessoas com taxas de adesão ou compra de pacotes e fornecer lucro fácil e rápido, foi o estopim para o início da desconfiança dos promotores. "Quando li ou ouvir de pessoas que o vizinho estava ganhando tanto, sem se preocupar se a atividade é licita ou não, virou motivo de preocupação", diz o promotor. O inquérito civil no Estado foi aberto na última terçafeira (2), após decisão conjunta da Promotoria de Defesa do Consumidor e Investigação Criminal, e do Grupo Articulado de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). O prazo para finalizar as investigações é de 90 dias, com possibilidade de prorrogação. "As pessoas deveriam se informar mais, olhar para os órgãos públicos [de proteção do consumidor], antes de aderir a qualquer investimento novo. Sabemos de pessoas que pegaram empréstimo, insistiram com familiares e amigos para comprar um pacote. Sem emitir uma decisão de mérito final, mas esses investidores, se confirmada a prática ilegal das empresas, ali-

Wellington Rocha

Segundo o promotor Alexandre Cunha Lima, o prazo para finalizar as investigações é de 90 dias, com possibilidade de prorrogação mentaram uma rede criminosa". O promotor desacredita que os investidores sejam punidos, mas seis ações contra a Telexfree tramitam no Tribunal de Justiça do RN, após o bloqueio do dinheiro pela Justiça estima-se que o valor ultrapasse os

R$ 20 milhões, se calculado pelo mínino de R$ 100 depositados semanalmente para os divulgadores. Das pessoas que tiveram suas contas bloqueadas de forma unilateral, cinco conseguiram garantir a reativação dos contratos celebrados e o

acesso às contas. Todas as empresas serão notificadas. Caso seja detectada alguma irregularidade, e comprovada a pirâmide financeira, os responsáveis podem ser indiciados por crimes como estelionato e formação de quadrilha. Situação que

mantém Francisco Antônio da Nóbrega Júnior tranqüilo. Diretor da equipe BBom em Natal, ele vendeu uma loja de carros e apostou na novidade. Hoje, seus rendimentos atingem os R$ 16 mil por mês. "Está tudo na normalidade. Para nós do BBom, as investigações serão boas para separar o joio do trigo. Não vou dizer que a notícia sobre o Telexfree não abalou o mercado, mas estamos trabalhando em conformidade com a lei. Temos um bem físico [rastreadores de automóveis], um serviço diferenciado. Não atuamos com dinheiro por dinheiro para sustentar quem está no topo da pirâmide. Mas só existe culpado depois do julgamento. Vamos aguardar o que diz a Justiça". Das seis empresas alvo do inquérito civil, o montante de dinheiro investido é desconhecido do Ministério Público, que pretende diferenciar o marketing multinível (voltado para a compra e venda de serviços e produtos) e a pirâmide financeira, cujo foco é a captação de clientes.


Economia

Sexta-feira

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

administracao@jornaldehoje.com.br

Tem produtor rural desviando milho da Conab para venda no mercado paralelo n Entidades representativas do empresariado rural do estado, entre elas a Anorc (Associação Norterio-grandense de Criadores), estão se articulando para formular denúncia à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal dando conta de que existem pessoas se utilizando de fraude para obter, junto à Superintendência Regional da Conab (Companhia Brasileira de Abastecimento), o direito à aquisição de quotas mensais de milho dos estoques reguladores do governo a preço subsidiado. n Como a concessão e a fixação das quotas de milho são estabelecidas pela Conab com base no tamanho do rebanho declarado por cada criador ao Idiarn (Instituto de Defesa e Inspeção Animal do Rio Grande do Norte) por ocasião das campanhas semestrais de vacinação do gado bovino contra a febre aftosa, a fraude consiste basicamente em fazer declaração falsa de que se vacinou um número de animais muito acima do rebanho realmente existente na fazenda, com o que se conquista o direito a comprar uma quantidade maior de sacas de milho subsidiado. n Posteriormente, os fraudadores repassam o produto adiante, a preço de mercado, muitas vezes em cumplicidade com lojas de ração, usufruindo assim um lucro de até mais de 100 por cento sobre o valor de aquisição recolhido à Conab. n O esquema fraudulento é tão escancarado que quando falta milho nos armazéns da Conab em Natal e no interior, também falta milho em muitos estabelecimentos que comercializam rações animais. Calendário de pagamentos do Abono Salarial do PIS/Pasep para 2013/2014 n Conforme divulgação feita ontem pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) o pagamento do beneficio referente ao PIS/Pasep 2013/2014 aos trabalhadores cadastrados nesse programa social será iniciado nas agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil a partir do dia 13 de agosto próximo, estendendo-se até 30 de junho do ano que vem.

Distrito Industrial de Macaíba atrai novos lançamentos imobiliários n Depois de alcançar o patamar de 98 por cento de vendas no "Loteamento Santa Helena" (localizado nas proximidades do Distrito Industrial de Macaíba), a empresa Método Construtivo está lançando agora, em área contígua, o condomínio de casas "Idealle Santa Helena". n A meta da construtora é atender ao mercado constituído por milhares de famílias dos empregados das empresas instaladas na região do Distrito Industrial. n O "Idealle Santa Helena" contará com 167 casas, a serem construídas em diferentes etapas, com as primeiras sendo entregues dentro de 24 meses. Elas serão ven-

n O calendário detalhado dos pagamentos (fixado com base nas datas de aniversário dos trabalhadores com direito ao bônus financeiro anual) está publicado na edição de hoje do Diário Oficial da União, junto com a resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador que trata da liberação dos recursos (Codefat). n Poderão sacar o Abono Salarial as pessoas que trabalharam com vínculo empregatício por pelo menos 30 dias no ano anterior ao exercício e tenham recebido, em média, até dois salários mínimos. Também é preciso estar inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Púbico (PASEP) há pelo menos cinco anos. n Os trabalhadores cadastrados no PIS devem recorrer às agências da Caixa. Quem possuir o "Cartão Cidadão" pode fazer o saque em lotéricas, caixa de auto-atendimento e postos do "Caixa Aqui". Já os inscritos no Pasep só recebem o abono através do Banco do Brasil mediante apresentação de documento de identidade. Dirigentes da operadora CVC se reúnem com o secretário de Turismo da capital n A CVC, maior operadora de turismo do país, mandou a Natal esta semana os seus diretores nacionais Sandro Pinto Sant'Anna e Anselmo Breves, para se reunirem com o secretário municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Fernando Bezerril. n O encontro aconteceu na tarde de ontem, com a participação também do diretor da CVC/Natal, Klênio Rego, e serviu para que os executivos da operadora, líder absoluta no encaminhamento de turistas para o Rio Grande do Norte, apresentassem ao secretário de Turismo da capital as metas da empresa para este ano e seu planejamento para 2014. n Ainda se discutiu a possibilidade de serem firmadas parcerias entre a CVC e a Secretaria de Turismo de Natal para realização de eventos promocionais em São Paulo, principalmente no interior paulista, que é hoje o maior polo emissor de turistas para a nossa cidade.

didas a prazo, com parcelas a partir de R$ 490,00, sem entrada e sem balões, através de um esquema de autofinanciamento. MPA anuncia 10 parques aquícolas marinhos no RN n O Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) implantará em seis municípios costeiros do Rio Grande do Norte um total de 10 parques aquícolas marinhos que ocuparão 23 mil hectares, o que representará cerca de 30 por cento do total nacional de áreas favoráveis para a demarcação de parques aquícolas na costa brasileira. n Segundo a secretária de Planejamento e Ordenamento da Aquicultura do MPA, Maria Fernanda Nince, que esteve nesta quinta-feira em Natal para fazer o anúncio da iniciativa do Governo Federal, "a criação de pescado em cativeiro é uma atividade com grande potencial no Rio Grande Norte e deverá movimentar substancialmente a economia do estado". n Os municípios que serão beneficiados com os parques aquícolas serão Baía Formosa, Galinhos, São Miguel do Gostoso, Rio do Fogo, Porto

do Mangue e Touros. n Pelas projeções do MPA, os 10 parques terão capacidade de produção de mais de um milhão de toneladas de pescado por ano. n Os recursos para financiar o empreendimento federal advirão do Plano Safra da Pesca e Aquicultura para o período 2013/2014, que disponibiliza R$ 4,1 bilhões para o setor, tendo como objetivo elevar a produção nacional de pescado para 2 milhões de toneladas até o final do próximo ano. Saccaro inaugura franquia em Natal n A consagrada indústria de móveis Saccaro, com sede no Rio Grande do Sul, está inaugurando sua primeira franquia em Natal, num espaço de 600 metros quadrados que segue os padrões de Concept Store. n A marca, que é referência no mercado mobiliário nacional pelo design, qualidade e sofisticação de seus móveis e objetos de decoração, passa a ser representada pelos empresários Werneck de Carvalho e Tatiana Souza de Carvalho, cuja loja se localiza na Rua Mossoró, no bairro do Tirol.

Natal, 5 de julho de 2013

O Jornal de HOJE 7

Estados do NE querem lutar em bloco por malha aérea SECRETÁRIOS DO NORDESTE ESTÃO NO SALÃO ROTA 101 Fotos: Canindé Santos

MARCELO HOLLANDA HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COM

O secretário de Turismo de Pernambuco, Alberto Feitosa, escolhido nesta quinta-feira (11) para presidir a Fundação CTI-Nordeste, que congrega todos os secretários de turismo do Nordeste, para o biênio 2013-2015, disse nesta sexta-feira ao JH que é incompreensível o fato do Nordeste ainda não ter uma malha aérea regional num momento em que a alta do dólar deve diminuir o fluxo de passageiros para o exterior. "Países de dimensão continental como o Brasil não podem prescindir dessa malha aérea, que é o grande sonho de consumo das classes C e D que ascenderam socialmente nos últimos anos", afirmou Feitosa, que sucede Danielle Novis, secretária de Turismo de Alagoas, na presidência da CTI Nordeste. Hoje, Feitosa e Novis participaram de uma reunião fechada de todos os secretários estaduais de turismo do Nordeste no Centro de Convenções, que abriga até amanhã o Salão Rota 101 Nordeste, um evento voltado a fortalecer o turismo regional a partir da rodovia federal que cruza os estados vizinhos do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas. Alberto Feitosa lembrou uma pesquisa encomendada pelo Ministro do Turismo, Gastão Vieira, segundo a qual 60% dos brasileiros do Sul, Sudeste e Centro Oeste do Brasil têm o desejo de conhecer o Nordeste. "Não podemos esperar que um país grande como o nosso, que ainda luta contra muitas deficiências na sua malha rodoviária, estabeleça as bases desse crescimento turístico sem uma malha aérea regional, que nos conecte ao resto do país com rapidez e eficiência", acrescentou. Ele disse, ainda, que duas palavras marcarão sua gestão, que tem como primeiro vice-presidente o secretário de Turismo da Paraíba, Renato Feliciano, e na segunda vice-presidência da CTI o secretário de Turismo do RN, Renato Fernandes. "São elas criatividade e união, pois sem isso acredito que não venceremos essa luta", comentou. "Temos que deixar de lado a ideia de competir entre nós e reforçar a região como um destino integrado. Compartilhar destinos é uma alternativa para fomentar o desenvolvimento em toda a região", afirmou Feitosa. A secretária de Turismo de Alagoas, Danielle Novis, que transmitiu oficialmente hoje a presidência da CTI à Alberto Feitosa, destacou na pauta comum dos estados nordestinos dentro da entidade uma desoneração mais efetiva sobre o QAV - o querosene de aviação -, cujos custos têm um peso de 40% da operação para as companhias aéreas. Ela explicou que, com exceção da Bahia, Pernambuco e Ceará, todos os demais estados nordestinos enfrentam dificuldades maiores com as restrições impostas pela deficiente cobertura de aviões e que esse é um desafio prioritário a ser vencido. "A CTI, que é uma das entidades ligadas ao turismo mais anti-

Alberto Feitosa, novo presidente da CTI, é secretário de Turismo de Pernambuco

Danielle Novis, vice-presidente da CTI, é atual secretária de Turismo de Alagoas gas do país, surgiu justamente para unir os estados em torno de seus problemas comuns nessa área, já que o setor turístico é muito sensível às questões econômicas e climáticas e os problemas enfrentados se refletem diretamente na economia dos destinos", explicou Novis. Ela considera que será preciso aprofundar os entendimentos junto ao Confaz - o conselho que reúne todos os secretários de Tributação do país - para manter um debate sobre futuras desonerações no QAV que beneficiem os destinos do Nordeste como um todo. "As pesquisas indicam que o Nordeste já está na prateleira de consumo das famílias brasileiras, depois de atendidas as prioridades como a casa e o carro. E os turistas que já vieram uma primeira vez para a região voltaram uma segunda vez, o que nos coloca fortemente posicionados do contexto do turismo interno", lembrou a secretária de Turismo de Alagoas. Segundo ela, uma das provas que o setor cresce independentemente da crise internacional é o fato de que, nos últimos três anos, Alagoas inaugurou nada menos do que 19 hotéis construídos especialmente para atender a demanda. Outra prioridade lembrada por Danielle Novis, como não poderia deixar de ser, diz respeito à Copa do Mundo de 2014. "O Nordeste têm quatro das 12 sedes do

evento e precisamos trabalhar para dar mais visibilidade internacional para o que temos de bom e isso demandará um esforço muito grande em qualificação profissional e uma série de outras melhorias", afirmou. A secretária lembrou, ainda, a contribuição econômica da região Nordeste para o Brasil que, apesar do PIB inferior a 15% em relação ao nacional, vem registrando um crescimento superior às demais regiões. A exceção foi 2007, quando esse crescimento recorde foi brecado por problemas localizados em algumas indústrias da região, mas com diferença pequena: 5,7% do Brasil contra 5,1% do Nordeste. O Salão Rota 101 Nordeste tem 128 estandes montados no Centro de Convenções de Natal com produtos e serviços turísticos. Grupos folclóricos, apresentações culturais e culinária típica também estão entre as atrações do evento que termina neste sábado. Nesta sexta-feira, a programação do Salão começa mais cedo, às 15h, com o encontro de prefeitos e gestores de turismo da Rota 101 Nordeste. Entre as apresentações culturais, grupo de folguedo de Alagoas, grupo de Xaxado de Parnamirim e ainda uma atração paraibana. O evento termina às 22h. O acesso ao evento e ao estacionamento do Centro de Convenções é gratuito.

>PLANO SAFRA

Para Rosalba, sustentabilidade é manter o homem no campo A governadora Rosalba Ciarlini vem se especializando em previsões econômicas para o campo. Nesta quinta-feira, por exemplo, ela disse que o Plano Safra Semiárido, lançado em Salvador, pela presidenta Dilma Rousseff, " foi um marco para que a região Nordeste tenha condições de viver no semiárido". Rosalba, que estava acompanhada do secretário de Agricultura, Júnior Teixeira, acrescentou que o Plano é importante porque dá ao agricultor condições para ele investir em tecnologias de convivência do semiárido já aprovadas, o que permite a ocupação

e renda". Um dos pontos considerados dos mais importantes por ela é a "sustentabilidade do sistema, permitindo a permanência do homem no campo e, com isso, evitando o êxito rural." A presidenta Dilma Rousseff anunciou R$ 7 bilhões para enfrentar os efeitos da seca, estimular a agricultura familiar e recuperar a pecuária nordestina. A solenidade de lançamento do plano contou com a presença dos governadores do Nordeste, de ministros, senadores, deputados federais e prefeitos do interior do Estado da Bahia.

O Plano Safra Semiárido contém cinco linhas básicas: sistema produtivos com reservas de água, com a construção de cisternas e barragens, submersas; sistema rotativo para reserva de alimento para os animais, irrigação ou uso de plantas xerófilas; recuperação de cultivar alimentares, como a mandioca; recuperação da pecuária de ruminantes com destaque para a pecuária e estímulo à agroindústria. O anúncio dessas medidas foi adiado para ontem por causa das manifestações de rua que eclodiram pelo país desde o início do mês de junho.


8 O Jornal de HOJE

Natal, 5 de julho de 2013

Cidade

Sexta-feira

Greve na rede estadual de ensino "pode ser algo inevitável", afirma Sindicato MESMO APÓS DECISÃO DO STF, GOVERNO DESCUMPRE ORDEM DE PAGAMENTO DE HORAS EXTRAS TRABALHADAS PELOS DOCENTES Wellington Rocha

CAROLINA SOUZA ACW.SOUZA@GMAIL.COM

A novela sobre o pagamento das horas extras trabalhadas pelos professores da rede pública estadual de ensino no Rio Grande do Norte ainda tem muito que mostrar. Isso porque, a cada nova decisão acerca dos direitos dos profissionais, o Estado encontra uma maneira de fugir da sua obrigação com a categoria. É o que alega o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sinte/RN), o qual, no momento, só reforça a necessidade do indicativo de greve. "Eu já vinha dizendo que a greve pode ser algo inevitável. Agora, mais do que nunca", afirmou Fátima Cardoso, coordenadora geral do sindicato. O discurso da representante sindical vai de encontro à nova postura adotada pelo Governo do Estado. De acordo com a lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), os profissionais da Educação devem cumprir uma carga

Para Fátima Cardoso, postura do Governo de “voltar atrás” na decisão é “lamentável”

horária de 30h/aula semanais. Conforme dita Lei do Piso da categoria (Nº 11.738/2008), dois terços dessa carga horária (20h) devem ser trabalhadas em atividades presenciais com os alunos. O restante das horas, um terço (10h), é para planejamento pedagógico, formação profissional e atividade extraclasse. Entretanto, segundo os educadores, para que não haja prejuízo no calendário letivo, muitos profissionais são obrigados a pagar 24h semanais por desfalque no quadro de professores. O Estado reconhece a situação, mas não quer pagar as horas extras trabalhadas. Diante disso, por diversas vezes o Sinte entrou com processo judicial contra o Estado para que os professores recebam as horas extras, em medida retroativa a 2008. Recentemente, o processo foi julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que ficou ao lado da categoria e obrigou o cumprimento da ordem pelo Governo do Estado. Na semana passada, o Procu-

rador Geral do Estado, Miguel Josino, disse a O JORNAL DE HOJE que não havia outra saída para o Estado, "a não ser cumprir com a decisão do Supremo". Porém, hoje o discurso é outro. O procurador não foi encontrado pela reportagem, mas a Secretária de Educação, Betânia Ramalho, afirmou que a Procuradoria está aguardando uma nova posição jurídica do caso. "Além disso, é importante falar que nós estamos trabalhando a reestruturação da rede para que os professores cumpram, definitivamente, às 20h dentro das salas de aula e 10h para planejamento pedagógico. Aqueles que por ventura precisem prestar um serviço além das 20h serão remunerados. Até o final do mês de agosto esperamos estar com tudo resolvido, para cumprimento efetivo da Lei do Piso", afirmou a secretária Betânia. Além disso, a titular da Educação informou que a secretaria também está desenvolvendo mecanismos para acompanhar o cumpri-

mento das horas para planejamento pedagógico. "Isso significa que o professor não poderá passar esse tempo fora da escola ou trabalhando em outro emprego. Teremos uma fiscalização rigorosa", disse. Para a coordenadora do Sinte/RN, a nova postura do Estado é "lamentável". "É muito triste ver que o Estado, em determinados momentos, teve um reconhecimento da legitimidade do direito da categoria, e agora está voltando atrás, procurando meios para descumprir a ordem do Supremo. O próprio procurador reconheceu que deveria pagar, mas agora voltou atrás", destacou Fátima Cardoso. O Sindicato estará reunido nesta sexta-feira (5) para avaliar possibilidade de uma assembleia geral com a categoria, mesmo ela estando em recesso escolar. "Vamos começar a desencadear um processo de assembleia, para avaliar o indicativo de greve. Nossa situação está muito ruim e não podemos ficar quietos", afirmou Fátima.

> SEM ASSISTÊNCIA

CAPS Parnamirim pode ser fechado por falta de verba Cerca de 200 pessoas atendidas pelo Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) de Parnamirim podem ser prejudicadas pelo possível fechamento do espaço. Segundo denúncia de profissionais que trabalham na instituição, desde janeiro que o Centro não recebe o repasse advindo do Ministério da Saúde avaliado em aproximadamente R$ 30 mil reais por mês. O recurso, que antes de chegar ao CAPS é depositado na conta da Prefeitura de Parnamirim, é destinado para gastos com medicação dos pacientes, alimentação, pagamento dos profissionais e investimento na infraestrutura. Izabel Cristina Neri, psicóloga atuante no CAPS, informou que a prefeitura alega que também não está recebendo o recurso por parte do Ministério da Saúde. "Não sei o que iremos fazer daqui para frente, mas o que não podemos permitir é que esse serviço prestado à comunidade se acabe", disse a profissional, durante manifestação que aconteceu na manhã de hoje na Praça da Paz, localizada no centro da cidade. A reportagem tentou contato com o prefeito do município, Maurício Marques, mas ele não atendeu às ligações. Segundo a assessoria

Fotos: Canindé Santos

Usuário e profissionais realizaram protesto contra fechamento do Centro nesta manhã. Sem o serviço do CAPS, Ana Paula, que sofre de depressão, teme voltar a agredir filho do gestor, os recursos eram repassados normalmente para a instituição, sempre que era sendo declarada a prestação de serviço. Entretanto, como o dinheiro deixou de ser depositado na conta do município, a prefeitura não tem como destinar o recurso oficialmente. Uma das sugestões apresentadas

pela prefeitura é que seja criada uma outra instituição nos mesmos padrões do CAPS, existindo porém o vínculo necessário com a Prefeitura de Parnamirim. A ideia é atender diversas pessoas com problemas psicossociais, acolhendo os pacientes que eram atendidos pelo Centro. Entretanto, ainda segundo a assessoria

do prefeito, ainda não se sabe quando essa instituição será criada. Enquanto isso não acontece, usuários do CAPS e seus familiares demonstram preocupação com suas condições. Ana Paula Tomaz, 29, disse ser paciente do Centro de Atenção Psicossocial há quase dois anos, tempo que lhe permitiu não reviver

momentos de tensão dentro de casa. "Eu sofro de depressão, estresse e ansiedade em níveis muito fortes, e tenho total consciência de que não posso ficar sem o atendimento realizado pelos profissionais do Centro. Os medicamentos e as atividades oferecidas aos pacientes me ajudaram a não ser a pessoa agressiva

que eu era antes", disse Ana Paula. Segunda ela, um dos seus filhos, de apenas nove anos, chegou a ser vítima durante um dos seus momentos de crise. "Meu maior medo agora é imaginar que um dia posso voltar a agredir meu próprio filho. O que me levou a entrar no CAPS foi uma situação em que eu me estressei com meu menino e o joguei contra a parede, imprensando fortemente sua cabeça. Eu não sou agressiva, mas meu problema me deixa assim, sem controle nenhum. Por isso tenho medo de ficar sem o atendimento e voltar a prejudicar a minha família", declarou emocionada. Maria dos Prazeres, que também é usuária dos serviços do Centro de Atenção Psicossocial, disse à reportagem que foi o CAPS quem lhe ajudou a achar a sua família. Sem saber dizer a sua idade, a senhora, um pouco agitada, disse que não quer voltar a viver na rua. "Só lembro que eu fui abandonada pelos meus pais quando criança e sempre morei na rua. Até que eu cheguei aqui e eles estão me ajudando. Se não fosse por eles, não teria descoberto parentes que estão vivos", disse.

> ROTEIRO ALTERNATIVO?

Gestores e trade turístico unidos no projeto 'A Flor do Caribe é Aqui' Ainda que o título omita o nome da região ou do Estado, gestores públicos e o trade turístico potiguar reuniram a imprensa, na manhã desta sexta-feira (07), no Hotel Vila do Mar, para apresentar idéias sobre como explorar a mídia gratuita que o Rio Grande do Norte ganhou ao servir de locação para a novela da Rede Globo, Flor do Caribe. Com a beleza natural exposta em todo o Brasil e nos mais de 70 países que recebem o sinal da Globo Internacional, taxistas, barraqueiros, ambulantes, recepcionistas, garçons, agentes e todo cidadão que trabalhar com o turismo será estimulado a mencionar a associação dos des-

tinos observados na televisão e in loco para visitantes. Praias, como Baía Formosa, Genipabu e Barra do Cunhaú devem ser incluídas nessa comunicação. Ambas as secretarias da área (municipal e estadual) planejam ações em redes sociais e VTs comerciais nos intervalos da atração global. Domingo (7), a caminhada "A Flor do Caribe é Aqui" percorrerá o trajeto da Via Costeira onde o projeto Viva Costeira está armado. Com 91% das imagens externas e panorâmicas filmadas ou alusivas ao Estado, deixar de citar "aquela praia da novela da Globo" para vender o Litoral Potiguar é aceitar,

em definitivo, a coadjuvância em relação ao maior concorrente direto do turismo nordestino: o próprio Caribe. Situação complicada para quem deseja atrair norte-americanos, em detrimento aos nativos dos países europeus que mais enviaram turistas à Natal - Itália, Espanha e Portugal, todos em crise. "A Cidade Maravilhosa é aqui. É isso que queremos levar para as pessoas que vêm conhecer ou ainda estão em dúvida sobre visitar Natal e o Rio Grande do Norte, um dos destinos mais cobiçados do Brasil, que tem 30 mil leitos, enquanto São Paulo daquele tamanho tem 40. Vamos buscar atingir a massa e quem ainda

está indeciso sobre onde passará as férias", diz o secretário municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Seturde), Fernando Bezerril. Em tom de brincadeira, o secretário cita correntes marítimas oriundas do Caribe, que chegam ao litoral do Estado, como a única analogia possível entre o título da novela e o local das filmagens. A participação da Seturde será estendida, no segundo semestre, a um grande evento em uma feira agrícola na cidade de Leme, distante 190 km da capital paulista, reduto de quase 40 mil nordestinos, segundo Fernando Bezerril. "Será em um parque semelhante ao Aristófanes Fernandes [onde é organizada a Festa do Boi, em Parnamirim]. Além do material turístico, levaremos a arte e a gastronomia para um público com alto poder financeiro. Hoje, o interior de São Paulo é o segundo pólo emissor de turistas para o Nordeste. Temos que pensar que 45% das pessoas decidem seus destinos um mês antes de sair de férias, por isso nossa participação nessa feira é importante". Já para o titular da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), Renato Fernandes, uma cidade exibida em um dos programas de maior audiência da televisão brasileira deve saber aproveitar as panorâmicas do diretor Jayme Monjardim (responsável pela novela da extinta Manchete, Pantanal). "Natal tem águas com

Wellington Rocha

91% das imagens externas e panorâmicas exibidas na novela são alusivas ao Estado 26º [Celsius], em média, tem evento agendado no Centro de Convenções até 2018 e uma beleza que supera a do Caribe. Não posso reclamar do nome que foi dado à novela, porque quem não gostaria de sair na Globo? Foi um presente que recebemos. Mas bem que poderiam ter chamado de Flor Tropical, Flor dos Ventos ou qualquer outro, menos o do nosso maior concorrente". Por sua vez, a proprietária do Hotel Vilar do Mar, Emanuelle Barreto, faz uma análise econômica sobre o espaço gratuito na mídia nacional que Natal conseguiu e conclama o trade para abraçar a causa.

"Quanto custa 30 segundos na Globo? Estamos uma hora, seis vezes por semana, a custo zero. Entramos nesse projeto com o objetivo de criarmos um pacote para quem quer conhecer as praias e locações usadas em Flor do Caribe. Na televisão, o ator sai de São Miguel do Gostoso e chega em Pipa em menos de cinco minutos. Ele precisa saber o que existe nesse percurso. Temos uma grande oportunidade de mostrar ao mundo que somos educados, amáveis e que temos nosso estilo". Algumas agências vendem o pacote por valores que oscilam entre R$ 1,6 mil e R$ 2,2 mil.

CMYK


Cidade

Sexta-feira

Natal, 5 de julho de 2013

O Jornal de HOJE 9

Fotos: Divulgação/NTU

Seminário Nacional discute MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE TRANSPORTES URBANOS DISCUTE SOLUÇÕES SUSTENTÁVEIS E DESAFIOS DA MOBILIDADE PARA A COPA DO MUNDO FIFA 2014 ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

Projetos eficazes em mobilidade urbana, melhoria da qualidade do transporte público e redução da tarifa de ônibus. As manifestações que tomaram as ruas das principais cidades brasileiras nos últimos dias, impulsionadas pelo aumento de R$ 0,20 na tarifa do transporte público, trouxeram a tona essas temáticas, tão importantes para o desenvolvimento das cidades modernas, e as incluíram na agenda de discussão das três esferas de poder. No entanto, os gritos das ruas, na verdade, deram voz a reivindicações que os empresários do sistema de transporte já faziam há mais de duas décadas e sequer eram ouvidos. Enquanto a população cobra do poder público investimento em mobilidade urbana e melhoria do transporte público, empresários afirmam que estão operando no limite, pressionado pela ineficiência provocada pelo excesso de tráfego e queda de passageiros transportados. Durante dois dias do Seminário Nacional, 4 e 5 de julho, cujo tema é "Mobilidade Sustentável para um Brasil Competitivo", a Associação Nacional de Transportes Urbanos (NTU), tem como principais focos os grandes eventos internacionais que o Brasil sediará até 2016, e a crise de mobilidade urbana enfrentada por várias cidades. Os desafios e soluções sustentáveis para o desenvolvimento do Brasil e a qualidade de vida dos cidadãos também estão na pauta dos debates. O grande problema enfrentado pelas populações das grandes metrópoles brasileiras com os longos congestionamentos e a baixa velocidade comercial do transporte público, bem como o impacto que tudo isso pode provocar na saúde urbana, na competitividade e produtividade de vários setores, como a indústria, comércio, logística e serviços, e seu reflexo no Custo Brasil nortearão várias palestras no Seminário que está sendo realizado em São Paulo. Especialistas da Europa, das Américas e do Brasil estão presentes ao evento para discutir alguns exemplos internacionais sobre como a mobilidade urbana sustentável tornouse um forte fator de competitividade e inovação para as cidades. Além disso, a NTU trouxe cases do exterior sobre como operar sistemas BRT (Bus Rapid Transit) com qualidade. "Consideramos muito oportuno que o acréscimo de vinte centavos na tarifa de ônibus de São Paulo tenha dado partida a uma discussão que há muito tempo, nós empresários, tentávamos encaixar na agenda do Governo. Essa pauta chega com um atraso de, pelo

menos, 20 anos. Esse é o tempo que o país deixou de olhar para a mobilidade urbana. Muito antes dos eventos esportivos e dos sonoros gritos que vem das manifestações públicas, que operamos esse imenso sistema de transporte, já fazíamos prognósticos para mudanças. Nesses 20 anos, três bandeiras foram içadas pela NTU: prioridade ao transporte público, a desoneração as tarifas e a subvenção para as gratuidades, pois elas apontam para a redução da tarifa e melhoria da qualidade do transporte público", destacou o presidente executivo da NTU, Otávio Cunha. A NTU representa mais de 600 empresas e 80 entidades do setor, entre associações, sindicatos e federações. O Brasil conta com 1,8 mil empresas de ônibus, que possuem juntas uma frota de 107 mil ônibus, que transportam em média 40 milhões de passageiros por dia, em 3.311 cidades brasileiras. Isso gera 537 mil empregos diretos e

“Essa pauta chega com um atraso de, pelo menos, 20 anos. Esse é o tempo que o país deixou de olhar para a mobilidade urbana” OTÁVIO CUNHA PRESIDENTE EXECUTIVO DA NTU

1,6 milhão de empregos indiretos. "Transporte de qualidade custa mais caro. Mesmo em face da falta de um poder público atuante em nosso setor e da ausência de investimentos contínuos é preciso deixar claro que, por mais que se arvore em apontar os empresários do sistema como os únicos culpados dessa crise e pelo serviço de qualidade tão arranhada, não existe um só culpado, mas também não existem inocentes. Existem muitos erros estruturais que precisam ser corrigidos e construir redes de transportes públicos multimodais integrados e que atendam o interesse de deslocamento da população", afirmou Otávio Cunha. Para o presidente executivo da NTU, Otávio Cunha, o transporte coletivo urbano passa atualmente por um círculo vicioso. A demanda de passageiros está estagnada, apesar do crescimento populacional. Isso significa que o transporte individual está absorvendo cada vez mais passageiros do transporte coletivo. Segundo Cunha, também houve queda na quantidade de quilômetros rodados, em função dos congestionamentos que não permitem a realização do

mesmo número de viagens diárias e demandam mais veículos para produzir a mesma quantidade de serviços. "A percepção geral de lotação dos ônibus deve-se ao agrupamento de veículos operando em uma mesma linha. A conseqüência desse círculo vicioso é a tendência de aumento da tarifa média ponderada", destacou Otávio Cunha. Diante desse cenário, aproxima-se um quadro preocupante desenhado pela Associação Nacional dos Transportes Públicos: estimase que, em breve, o Brasil chegará a ter 65% da população utilizando o transporte individual e apenas 35% o transporte coletivo. Apesar de o Governo Federal ter tentado mudar essa realidade por meio de investimentos em infraestrutura, o que se tem percebido é que a concretização dos projetos em obra leva um tempo demasiadamente grande. "A falta de planejamento e projetos de engenharia certamente são as causas dessa inércia", considera o presidente da NTU. A efetivação da Lei de Mobilidade Urbana (12.587/2012), por meio da criação dos Planos de Mobilidade Urbana para os municípios com população acima de 20 mil habitantes também contribuirá para reverter essa situação apresentada. No entanto, pouco mais de um ano de vigência, pouco se viu em termos de avanços concretos e ainda faltam capacitação e conhecimento de alternativas para o desenvolvimento de projetos e propostas. Os municípios têm até 2015 para isto, pois após esse período deixarão de receber recursos federais aqueles que não tiverem seus planos implementados.

Seminário está sendo realizado em São Paulo e tem como um dos objetivos discutir a crise na mobilidade urbana do País

Sistema de transporte público na Copa das Confederações recebe nota 6 A Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) realizou um estudo, que foi apresentando nesta quintafeira (4), durante o Seminário Nacional da NTU, sobre os resultados da avaliação do planejamento de transportes para a Copa das Confederações, que foi realizada em seis cidades-sede entre 15 e 30 de junho. Apesar de toda a interferência da série de protestos e manifestações, que alteram a execução dos planos operacionais, os sistemas de mobilidade urbana foram considerados resilientes, ou seja, tiveram a capacidade de modificar-se e de operar sob condições extremas. A avaliação da NTU constatou que iniciativas adotadas para

a competição ficaram entre regular e satisfatório, em escala composta por péssimo, ruim, regular, satisfatório, bom, ótimo e excelente. O estudo foi feito para avaliar o legado das intervenções para a melhoria da mobilidade urbana, identificar boas práticas que deveriam ser replicadas para preparação de eventos futuros, especialmente a Copa do Mundo 2014 e preparar um Caderno Técnico com resultados observados, avaliação de desempenho e boas práticas para o setor. "Atribuímos grande parte da resiliência à flexibilidade do sistema de transporte brasileiro, que é maçicamente operado por ônibus. Mesmo com o bloqueio das principais vias de acesso aos es-

tádios, o sistema de ônibus foi suficientemente flexível para atender as demandas durante o evento. Sem essa flexibilidade, seria muito difícil lidar com todas as situações que os protestos geraram", avalia o diretor técnico da NTU e coordenador do estudo, André Dantas. Dois consultores contratados pela entidade acompanharam um jogo em cada uma das seis cidades-sede da competição: Brasília, Rio de Janeiro, Fortaleza, Recife, Brasília, Belo Horizonte e Salvador. Os dados foram apresentados a fim de ajudar a aprimorar os sistemas para a Copa do Mundo e ainda oferecer subsídios para melhorias também nos sistemas urbanos permanentes. Divulgação/Internet

TRANSPORTE E ECONOMIA Na tarde desta quinta-feira (4), os congressistas puderam conhecer experiências de sucesso adotadas nos Estados Unidos da América e na Europa, em relação ao transporte. No painel "Mobilidade Urbana Sustentável Como Fator de Competitividade e Produtividade", o especialista em Desenvolvimento Econômico Glen Weisbrod, de Boston (EUA), descreveu as múltiplas maneiras de como investimentos em transporte público afetam a economia. Baseado em pesquisa realizada nos Estados Unidos, ele falou sobre os benefícios imediatos do investimento em mobilidade, a capacidade de atração de investimento a partir de uma boa rede de transporte urbano e da importância de planejar o futuro do transporte durante as expansões urbanas. O diretor de Política e Promoção da Associação Internacional do Transporte Público (UITP), Jerome Pourbaix, abordou a mesma temática sob a ótima da experiência européia. CONTINUA NA PÁGINA 10

Estudo realizado durante Copa das Confederações servirá para aprimorar sistema de transporte público para Copa do Mundo


10 O Jornal de HOJE

Natal, 5 de julho de 2013

Cidade

Sexta-feira

CONTINUAÇÃO DA PÁGINA 9

Representante da OMS alerta para os riscos que o trânsito causa à saúde Os constantes congestionamentos, que já fazem parte da vida dos brasileiros, são causados, muitas vezes, pelo excesso de carros nas ruas. Porém, esse excesso tem impacto também na saúde das pessoas e na qualidade de vida. Os dados comparativos da Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que o tráfego provoca mortes por problemas cardíacos e pulmonares, além de acidentes e lesões graves decorrentes deles. O coordenador do Departamento de Saúde Pública e Meio Ambiente da OMS, o epidemiologista brasileiro Carlos Dora, explica que o modelo de urbanização atual, adotado no começo do século XX, está em ampla discussão no mundo. "Há muitos dados disponíveis sobre o impacto de intervenções, em outros setores, na saúde da população. As pessoas precisam ser informadas dos custos sociais e do custo de modelos alternativos", afirma. O especialista Carlos Dora ministrou uma palestra na manhã desta quinta-feira (4), sobre o tema "Saúde Urbana e Mobilidade Sustentável", durante o Seminário Nacional NTU. Ele abordou também sobre como o BRT, ônibus de trânsito rápido, concepção brasileira nascida na Curitiba, tem obtido protagonismo como solução de mobilidade urbana capaz de contribuir, em conjunto com outras medidas, para uma melhoria na saúde da população. "Atualmente, mais de seis milhões de pessoas morrem por ano só devido à poluição do ar. Muitas das causas dessas doenças são de-

EDITAL DE NOTIFICAÇÃO EXTRAJUDICIAL LOTEAMENTO CIDADE DAS FLORES Pelo presente Edital e em razão de endereço pessoa não localizado (a), ficam convidados os seguintes compromissários compradores abaixo identificados, a comparecerem a sede da MB EMPREENDIMENTOS E CONSTRUÇÕES LTDA, situada na Rua Paulo Barros de Góes, 1840, sala 104, Ed.Torre Miguel Seabra Fagundes, Lagoa Nova, nesta capital, no prazo improrrogável de 5 (cinco) dias a contar da presente publicação a fim de regularizarem pendências, referente ao Contrato Particular de Promessa de Compra e Venda de Imóvel Integrante do Loteamento Cidade das Flores, sob pena de rescisão automática conforme disposto na Cláusula Décima do Parágrafo Primeiro item D. COMP.COMPRADOR QUADRA/LOTE CONTRATO Maria Marcely de Melo 31/ 12 1187/07 Elenildo Antonio Fellipe 14/ 11 1231/08 José Ricardo de Souza 20/28 1326/08

Wellington Rocha

EDITAL DE NOTIFICAÇÃO EXTRAJUDICIAL LOTEAMENTO CIDADE DAS ROSAS

Pelo presente Edital e em razão de endereço pessoa não localizado (a), ficam convidados os seguintes compromissários compradores abaixo identificados, a comparecerem a sede da MB EMPREENDIMENTOS E CONSTRUÇÕES LTDA, situada na Rua Paulo Barros de Góes, 1840, sala 104, Ed.Torre Miguel Seabra Fagundes, Lagoa Nova, nesta capital, no prazo improrrogável de 5 (cinco) dias a contar da presente publicação a fim de regularizarem pendências, referente ao Contrato Particular de Promessa de Compra e Venda de Imóvel Integrante do Loteamento Cidade das Rosas, sob pena de rescisão automática conforme disposto na Cláusula Décima do Parágrafo Primeiro item D. COMP.COMPRADOR QUADRA/LOTE CONTRATO Paulo Roberto da Silva Marivanio de Moraes Cassiano Evanilson Martins

5208/10 6009/11 0285/09

EDITAL DE NOTIFICAÇÃO EXTRAJUDICIAL LOTEAMENTO CIDADE DAS ROSAS II Pelo presente Edital e em razão de endereço pessoa não localizado (a), ficam convidados os seguintes compromissários compradores abaixo identificados, a comparecerem a sede da MB EMPREENDIMENTOS E CONSTRUÇÕES LTDA, situada na Rua Paulo Barros de Góes, 1840, sala 104, Ed.Torre Miguel Seabra Fagundes, Lagoa Nova, nesta capital, no prazo improrrogável de 5 (cinco) dias a contar da presente publicação a fim de regularizarem pendências, referente ao Contrato Particular de Promessa de Compra e Venda de Imóvel Integrante do Loteamento Cidade das Rosas II, sob pena de rescisão automática conforme disposto na Cláusula Décima do Parágrafo Primeiro item D.

Atualmente, mais de 6 milhões de pessoas morrem por ano só devido à poluição do ar e os congestionamentos são agravantes correntes do modelo urbano adotado mundo afora. Entre 1940 e 1960, assumia-se que o carro seria suficiente para fazer a ligação entre as pessoas. As cidades foram construídas com base na perspectiva de que haveria transporte fácil, sem congestionamentos. Um modelo em que as cidades se estendem por muitos quilômetros, onde cada pessoa tem seu carro para deslocamentos individuais. Mas isso causa uma série de custos à sociedade e aos indivíduos porque é um modelo de desenvolvimento expansivo, obeso", afirmou o especialista. Para Carlos Dora, a questão não é tanto a mobilidade, mas sim

o acesso, o uso do espaço público. Segundo o especialista, o acesso tem que trazer benefícios à maior parte da população. "Temse que criar alternativas de um transporte público de qualidade e eficiente, espaço para pedestre e para ciclistas. A questão é como criar modelos de cidades que respondam a isso. O próprio código de planificação urbana tem que antecipar o acesso à mobilidade. Em princípio, para acessar o trabalho, lazer ou a escola, o que as pessoas querem é chegar: o ideal é que esses locais estejam próximos e que haja uma forma fácil, limpa, segura, previsível e que de-

more pouco para chegar até eles. Isso permitirá o uso de meios de transporte mais seguros e limpos, que trazem uma série de benefícios para saúde, como é o tripé transporte público de qualidade, bicicleta e caminhada. É preciso ter a noção de que ao privilegiar o carro se está desprivilegiando as demais alternativas e que isso tem um custo social", considera. De acordo com Carlos Dora, os BRT viabilizam essas mudanças radicais na organização urbana. "São sistemas rápidos, limpos, eficientes e com espaço dedicado só a eles, para que possam ser eficientes", destacou.

COMP.COMPRADOR

QUADRA/LOTE

Marcus Vinicius de França Uchoa

CONTRATO

12 / 1222

1222/12

Movimento dos Navios

> MADEIRA ILEGAL Cedida / PRF

APRONIANO CÉSAR

Policiais rodoviários federais apreenderam 13 m³ (metros cúbicos) de jurema, madeira nativa, cortada ilegalmente. A ação ocorreu no Km 235 da BR 226, região do Seridó, na manhã de ontem (04). A carga era transportada no caminhão GM/Chevrolet D60, placa MMS-8258, conduzido por José Erivaldo da Silva, 46 anos. A extração, o depósito e o transporte de madeira da flora nativa devem obedecer à legislação específica, a fim de se combater o processo de desertificação. No ano passado a PRF apreendeu 309 m³ de madeira, além de 93 m³ de carvão vegetal; neste ano as apreensões somam 73 m³. A ocorrência de ontem foi encaminhada ao posto avançado do IBAMA em Caicó/RN, onde foram lavrados Auto de Infração, Termo de Apreensão e Depósito e Termo Circunstanciado pelo crime ambiental.

52/08 60 / 09 35 / 14

apronianocfs@hotmail.com

Professor de Oceonografia Física do Dep. de Geofísica da UFRN percorre o mundo a bordo do navio de pesquisa alemão Meteor NATAL Navio BKM 104 Cornélius I Lagoa Paranaense Scorpius CMA-CGM Platon STF Spey P120-Amazonas P121-Apa Marfret Guyane Fritz Reuter

Bandeira Chipre Panamá Brasil Brasil United King Hong Kong Brasil Brasil França Libéria

Anglia

Bahamas

TBN

Malta

Agência W. Sons W. Sons W. Sons W. Sons CMA-CGM NML/JSF M. Brasil M. Brasil W. Sons W. Sons

Chegada No Porto No Porto No Porto No Porto 06/07 10/07 12/07 12/07 20/07 27/07

Destino Guamaré(RN) Guamaré(RN) --Algeciras/ESP Baia Blanca/ARG Rio de Janeiro (RJ) Rio de Janeiro (RJ) Algeciras/ESP Algeciras/ESP

Carga Descarga -Rebocador -Draga Em Operação -Em operação -Contêineres --Trigo Patrulha Oceânica -Patrulha Oceânica -Contêineres -Contêineres --

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN Petrobras

No Porto

Salvador (BA)

Óleo Cru

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN

Dia 05 06

Arrow

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 14:54 2.0 20:43 0.6 03:09 2.1 09:11 0.4

12/07

Santos(SP)

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

Sal

Nova

--

FASES DA LUA (08/07 - 04:14h)

Crescente

(16/07 - 00:18h)

Cheia

(22/07 - 15:15h)

Minguante

(29/07 - 14:43h)


Cidade

Sexta-feira

Natal, 5 de julho de 2013

O Jornal de HOJE 11

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

As manifestações e a crise de representação política no Brasil HOMERO DE OLIVEIRA COSTA PROFESSOR DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DA UFRN O mês de junho de 2013 deve passar para a história do país como o mês em que ocorreram as mais importantes manifestações de ruas desde o impeachment de Fernando Collor em 1992. O início das manifestações, como todos sabem, foram protestos em várias cidades contra o aumento do preço das passagens dos transportes urbanos. No entanto, à proporção que as manifestações foram ocorrendo, o espectro se ampliou. Não se tratava apenas do aumento do preço das passagens e, sim, expressão de insatisfações muito mais amplas, como os gastos excessivos para a realização da copa do mundo, contra os péssimos serviços de transportes urbanos, na saúde, educação, contra a corrupção e impunidade etc. foram portanto, insatisfações difusas e generalizadas. O aumento do preço das passagens serviu apenas como o estopim, a gota d'água. Muito já se disse e se escreveu sobre as manifestações. Já foi lançado até um livro ("O choque de democracia: as razões da revolta", de Marcos Nobre, professor de filosofia da Unicamp). Do que me foi possível perceber, tenho mais dúvidas do que certezas e mais perguntas do que respostas. Um das poucas certezas é a de que vivenciamos uma crise de legitimidade das instituições e um profundo mal-estar com a democracia no país. O problema central, portanto, me parece ser o da falta de legitimidade das instituições de representação. Há um esgotamento e uma descrença nelas que não é específica do Brasil, mas das democracias representativas de uma maneira geral e especialmente em relação aos partidos políticos. Existe assim uma crise da própria democracia representativa. Essencialmente, os cidadãos não se sentem representados nem pelos partidos e muito menos pelos governos. Uma crise da representação política, visível na descrença e desqualificação do parlamento, dos partidos e dos políticos, especialmente entre os jovens. Pesquisa do Instituto Data Popular publicada no dia 21/6/2013, com 1.502 pessoas entre 18 e 30 anos, em 100 cidades do país, revelou que 75% não confiam nos políticos, nem nos partidos (e 59% também não con-

fiam na justiça). Essa descrença explica, em grande parte, a ausência de partidos nas manifestações o que ocorreu também nas manifestações na Europa e na chamada "Primavera Árabe e revela que o problema não é específico do Brasil, como afirmou o sociólogo espanhol Manuel Castells, estudioso dessas manifestações em várias partes do mundo e que publicou recentemente um livro "Indignação e Esperança – Movimentos Sociais na Era da Internet" (Zahar Editora) uma das características desses movimentos é a rejeição aos partidos, "há um desprezo geral aos partidos políticos". Se por um lado, é compreensível em função da baixa qualidade dos partidos existentes, isso pode se constituir num perigo para a própria democracia. Uma coisa é a falta de legitimidade dos partidos como instituições democráticas, outra é a defesa de sua extinção. Não é possível prescindir do exercício da política via partidos. Nesse sentido, é preciso estar atento para os resultados de pesquisas como a do Instituto Latino-Barômetro na América Latina. Na pesquisa divulgada em 2011, que abrangeu 18 países e mais de 20 mil questionários aplicados, constatou-se que 57% dos pesquisados no Brasil, afirmaram que era possível o país viver sem partidos políticos (um dos maiores índices dos países pesquisados). E quem pode se beneficiar com essa descrença generalizada? A direita e isso pode abrir caminhos em direção à ditadura. Existem muitos exemplos nesse sentido, a começar da Alemanha dos anos 1920 e 1930, beneficiando a ascensão do nazismo, com todas as suas consequências. No Brasil o discurso antipolíticos e antipartidos foi uma das características da campanha de Fernando Collor nas eleições de 1989 (embora tivesse o apoio do que havia de pior na política partidária brasileira). O que nos parece fundamental é ampliar a democracia, que se vá além da frágil democracia representativa que temos. Democracia não é só votar de quatro em quatro anos, mas participação efetiva nas decisões do poder. Essas manifestações mostraram o abismo entre governo e sociedade e teve (e continua tendo), entre outros méritos, o de acelerar a aprovação de projetos que há muito estava no Congresso Nacional sem ser votados (como a PEC do trabalho escravo, o PLS 204/2011 que torna

a corrupção crime hediondo, fim do voto secreto no parlamento em casos de cassação de mandatos etc.) e em especial, a retomada da discussão sobre a reforma política, que certamente coloca a necessidade de se repensar o processo eleitoral no país. As eleições no Brasil, com o financiamento privado de campanhas, se transformaram em um grande negócio e os partidos, no dizer da filósofa Marilena Chauí "são clubes privados de oligarquias locais, que usam o público para seus interesses privados". Para ela "a qualidade dos legislativos, nos três níveis, é a mais baixa possível e a corrupção estrutural e como consequência a relação de representação não se concretiza, porque vigora a relação de favor, clientela, tutela e cooptação". Os partidos, com exceção dos pequenos partidos programáticos e ideológicos, como o PSTU e Psol, por exemplo, se transformaram em máquinas de disputar eleições, ocupar cargos na burocracia do Estado e gerir os recursos do fundo partidário e de doações para campanhas eleitorais. Uma característica marcante das manifestações de ruas é a ausência de lideranças (pelo menos reconhecidas como tal) e para alguns, como o sociólogo Manuel Castells, esse é um aspecto positivo, uma qualidade do movimento cujo sucesso está em que "As demandas ressoem para um grande número de pessoas, que não haja políticos envolvidos e que não haja líderes manipulando. Pessoas que se sentem fortes apoiam uma às outras como redes de indivíduos, não como massas que seguem qualquer bandeira". Uma das questões que se coloca hoje é: até quando durará o fôlego das ruas? Será suficiente para mudanças substanciais na sociedade e política brasileiras? Creio que ainda é muito cedo para juízos definitivos. Sem uma organização tradicional, como os partidos, com bandeiras muito genéricas, é difícil no "calor dos acontecimentos" uma análise mais precisa e substancial do significado das manifestações e de seus desdobramentos. Concordo com o sociólogo e economista Francisco de Oliveira, que em entrevista para o jornal Folha de S. Paulo, em 30/6/2013, afirmou que a ausência de direção pode impedir que os protestos tenham um legado duradouro. Para ele "uma coisa sem objetivo não se mantém por muito tempo". Vamos ver.

DA REDAÇÃO ATÉ TU?

Pegou muito mal para o ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, pagar com o dinheiro da viúva sua passagem para assistir ao jogo da seleção brasileira. Cotado – e bem – para disputar a Presidência da República, embora negue esta possibilidade, com o uso da cota do STF para bancar o deslocamento Barbosa terminou enfraquecendo o fomento a sua candidatura.

político/eleitorais. Com praticamente todos candidatos à reeleição, os parlamentares estão firmando alianças e compromissos com vistas à eleição de 2014.

JOVENS LEITORES I

Mais da metade das crianças brasileiras não são capazes de ler como deveriam. Esse é o resultado da Prova ABC, da ONG Todos pela Educação, divulgado no final de junho. Esse exame, que avalia a alfabetização, foi aplicado a 54 mil crianças do 3º ano do ensino fundamental privado e público, com faixa etáATÉ TU? 2 E mais: o paladino da moral brasilei- ria de 8 anos. ra, o temido relator do mensalão, também deverá sofrer achaques dos seus algozes JOVENS LEITORES II Os dados variam regionalmente, mas por conta do voo. Afinal, o presidente do Supremo ganha um bom salário e po- há uma média nacional. Desse total avaderia arcar com recursos próprios as des- liado, 55% não têm proficiência adequada em leitura, sendo que 25% das crianpesas da recreação. ças testadas não conseguem sequer encontrar informações importantes, como ATÉ TU? 3 No plano local, também foi surpre- dizer quem é o personagem principal ou sa o fato do ministro da Previdência, Ga- qual é o tema do texto lido, mesmo em ribaldi Filho (PMDB), ter feito uso do um material curto. A pesquisa também avião da Força Aérea Brasileira (FAB) revelou que 67% delas estão ainda mais para ir ao Rio de Janeiro. Uma semana defasadas em matemática e não conseantes, o ministro declarou que as mani- guem fazer as contas básicas esperadas festações de rua tinham abalado a cre- para sua idade. dibilidade dos políticos.

JOVENS LEITORES III

MUDANÇA

O deputado estadual, Ezequiel Ferreira de Souza vai se filiar ao PMDB, partido presidido nacionalmente pelo deputado Henrique Eduardo Alves. Ezequiel foi expulso do partido pelo ex-deputado Benito Gama, que foi secretário do governo Rosalba Ciarlini. Na oportunidade, a decisão do baiano, provocou insatisfações generalizadas na Assembleia Legislativa entre deputados da base aliada e parlamentares de oposição. Ezequiel Ferreira tem atuação política na região do Seridó e encontra-se no seu terceiro mandato.

E com as novas tecnologias virtuais, o livro impresso perdeu um grande espaço na formação de crianças e jovens. Por isso mesmo, é fundamental que os educadores aproveitem o espaço da sala de aula para despertar nos estudantes o interesse por ler sempre, e não só quando for obrigado para conseguir uma nota no boletim.

PROMOÇÃO

Primeiro foi o próprio Robinho, agora é o Milan que está abaixando a pedida para tentar concluir o negócio com o Santos e devolver o eterna promessa do futebol brasileiro a Vila Belmiro. Sem espaço no clube italiano e praticamente RESSARCIMENTO Os ex-prefeitos do município de São descartado da seleção, o atacante vê no Francisco do Oeste, Anibal Lopes de Brasil a chance de ressurgir. Freitas e Raimundo Wellington Costa, foram condenados pelo Tribunal de Con- PODER OFENSIVO Após gastar R$ 74 milhões para levar tas do Estado a ressarcir R$ 5.551.352, 96 aos cofres públicos em razão de ir- Neymar, o Barcelona está prestes a conregularidades em prestação de contas. cluir outro negócio milionário. A imO processo, referente ao exercício de prensa catalã noticia que o clube plane2010, foi relatado pelo conselheiro ja oferecer o passe do atacante David Villa e mais R$ 72 milhões para comThompson Fernandes. prar o centro-avante Wayne Rooney, titular do Manchester United e da seleção CONTATOS Deputados estão aproveitando o re- inglesa. A dupla pode formar um podecesso parlamentar para visitar suas bases roso trio ofensivo ao lado de Messi.

Danilo Sá jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br

PASSE LIVRE AÉREO

FAÇA O QUE EU DIGO... Divulgação

O mais novo escândalo da República, que atraíram o foco dos holofotes da mídia durante esta semana, é mais antigo do que muitos pensam. Não é de hoje, e já faz tempo, que as "autoridades" brasileiras, aqui do Rio Grande do Norte ou de qualquer outra parte do país, utilizam os aviões oficiais da Força Aérea Brasileira (FAB) para transportar amigos e parentes, para o endereço que bem entenderem. Mas, em tempos onde a população reclama de tudo e de todos, a classe política deveria ter sido mais precavida, como estava demonstrando publicamente nas seguidas sessões plenárias que votaram dezenas de projetos importantes até então engavetados. Em meio a tantos protestos, qualquer passo em falso seria cobrado pela população com juros e correção monetária. Agora, que os erros já foram cometidos, é hora da classe política decidir moralizar, ou ao menos diminuir a imoralidade, da situação. A sociedade não aceita mais tantas benesses para uma classe política tão ineficiente quanto é a representatividade brasileira. O mínimo a se fazer, neste momento, é decretar claramente em que condições podem ser utilizadas as aeronaves e por quem. Todas as demais alternativas, que sejam quitadas dos próprios bolsos dos parlamentares. Em apenas três dias, a imprensa nacional já noticiou que atitudes semelhantes foram tomadas pelo deputado federal Henrique Eduardo Alves, pelo senador Renan Calheiros e pelo ministro Garibaldi Alves Filho, todos flagrados utilizando os aviões para interesses particulares. E, pelo visto, há muito mais ainda por ser descoberto. Ou seja, o quanto antes o Congresso Nacional decidir moralizar a situação, mais rapidamente o caso será resolvido (ou amenizado). É hora de acabar com o passe livre, o aéreo.

MEDO DE AVIÃO

O uso indiscriminado de aviões oficiais pelas autoridades brasileiras, pelo visto, tem tudo para estar na pauta das próximas reivindicações populares. Na próxima semana, já estão agendados protestos em várias cidades do país e, certamente, o movimento vai reclamar bastante das denúncias divulgadas esta semana pela imprensa nacional. É bastante possível que, depois de pedir passe livre no transporte público, o povo também queira passe livre no aeroporto.

Quem diria. O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte (Sinte), possui quase 40 professores, concursados e servidores efetivos da Secretaria Estadual de Educação, à sua disposição. Todas estas pessoas trabalham no funcionamento da entidade e estão afastadas do trabalho diário em sala de aula ou nas escolas do Estado.

...NÃO FAÇA O QUE FAÇO

Enquanto isso, o RN enfrenta um déficit gigantesco de professores, obrigando escolas até mesmo a fazer rodízio de alunos. Muitos estudantes estão ficando sem aulas importantes no currículo escolar porque não há mestres contratados. É verdade que os 40 do Sinte não resolverão toda a carência da rede, mas não deixa de ser um absurdo existir tantos servidores “encostados” quando o Estado precisa tanto deles. Pior, quem sofre mais é a população.

SOCORRO

Totalmente lamentável a situação pela qual passa a rede pública de saúde. Pior é saber que esta realidade é bastante antiga e, há anos, muito pouco foi feito para diminuir o problema, que segue deixando vítimas no RN. A decisão dos médicos cardiologistas, que pediram exoneração em massa do Hospital Walfredo Gurgel, foi honrosa. Faltam melhores condições de trabalho e salários mais adequados a responsabilidade.

DEFENSORES

A Defensoria Pública do RN realiza neste sábado (6), no município de Pedro Velho, a partir das 9 horas, a 5ª edição do programa Defensoria Pública na Comunidade. O evento acontece na Escola Estadual Professora Maria Oscila Bezerril. O programa contará com atendimento jurídico das 9h às 14h. O atendimento beneficiará os moradores da cidade e da região.

Gira Mundo Divulgação

O apresentador Paulo Henrique Amorim, da TV Record, foi condenado à prisão por chamar o jornalista Heraldo Pereira, da TV Globo, de "negro de alma branca". A notícia ganhou destaque nos principais veículos do país. A pena, por crime de "injúria preconceituosa", foi fixada em um ano e oito meses de reclusão, e substituída por pena restritiva de direito a ser ainda definida.Como Amorim completou 70 anos em fevereiro, os desembargadores diminuíram a pena em três meses, conforme previsto em lei. Em 2009, o apresentador publicou um texto com críticas a Heraldo. Nele, disse que o jornalista era "negro de alma branca" que "não conseguiu revelar nenhum atributo para fazer tanto sucesso, além de ser negro e de origem humilde".

Megafone Divulgação

“A Força Aérea Brasileira ganhou uma incômoda aparência. Com pouca força e cada vez mais brasileira, virou uma espécie de casa da mãe joana com asas”

JOSIAS DE SOUZA JORNALISTA E BLOGUEIRO DO PORTAL UOL, SOBRE O USO DE AVIÕES DA FAB PELAS AUTORIDADES BRASILEIRAS

GÁS NOS ÔNIBUS

Ontem, em entrevista a 98FM, o vereador Júlio Protásio demonstrou seu empenho em levar adiante a lei da licitação do transporte público. O parlamentar acrescentou que vai sugerir a inclusão no processo, do uso de gás veicular no transporte, como forma de diminuir a poluição. Destaque também para sua preocupação com relação aos alternativos, que reivindicam, há anos, o direito a bilhetagem única.

CORREDORES

Júlio Protásio ainda enfatizou que o prefeito Carlos Eduardo deseja transformar em realidade, em breve, uma de suas propostas da última campanha. O objetivo é reservar faixas exclusivas para ônibus nas principais vias da cidade, como o próprio prefeito fez na Avenida Bernardo Vieira. A expectativa é que com a ideia os congestionamentos na cidade sejam reduzidos. A sociedade espera que os erros cometidos na Bernardo Vieira não sejam repetidos.

PROCURANDO SOLUÇÃO

Os moradores do Bosque das Colinas e Luar do Colorado, em São José de Mipibú, reclamam da falta de transporte público, iluminação e coleta de lixo. Também falta posto de saúde e escolas. Muitas reclamações já foram feitas para a Prefeitura da cidade e até agora nada foi feito. Os secretários municipais passam a reivindicação de um para o outro, sem nenhuma resolução. No final, é tudo ao contrário do que foi dito aos compradores das residências que estão sendo comercializadas na região.

DINHEIRO DEMAIS

Tem curso preparatório para concursos públicos precisando rever seus conceitos. Na ânsia por conseguir mais alunos, um deles não possui mais a mínima infraestrutura necessária para funcionar. Faltam dezenas de estacionamentos e o básico de conforto para os estudantes, que se aglomeram em salas de aulas e corredores. Lamentável.


12 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 5 de julho de 2013

Sexta-feira

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br w APONTANDO CULPADOS Ontem, numa reunião na Secretaria Estadual de Saúde sobre a situação crítica - e cada vez pior do Hospital Walfredo Gurgel, o secretário Luiz Roberto Fonseca garantiu aos presentes que, em grande parte, a culpa pelo caos instalado naquela unidade é dos próprios médicos. >>> Pois é! >>> Fonseca garantiu que a turma do jaleco branco "não trabalha" e afirmou que muitos médicos ainda colocam outras pessoas para realizarem as suas funções, principalmente durante os plantões. >>> Deve vir 'chumbo grosso'... w PARCELA DE CONTRIBUIÇÃO Luiz Roberto culpou também um colega secretário pela dificuldade em melhorar a qualidade no atendimento no Walfredo: Obery Rodrigues, do Planejamento. >>> Segundo o gestor, Obery não tem repassado os recursos devidos para a Saúde do RN. w EXEMPLO DE QUEM FAZ Porém... >>> ...enquanto isso, mesmo com poucos recursos, o secretário de Esporte e Lazer, Joacy Bastos, tem tido o trabalho bastante elogiado. E por onde ele passa, no Centro Administrativo, é parabenizado. >>> Isso porque Bastos conseguiu levar o esporte para o interior do RN e a sua fama é de que tira muitas crianças e adolescentes de situações de risco. >>> Além disso, banca muitas ações da pasta com recursos do próprio bolso!

Rosalba tentando um pouco de atenção da presidenta Dilma no lançamento do Plano Safra Seminário em Salvador A blogueira de moda Flávia Pipolo com as fashionistas Ju Flor Elali e Nathi Faria

BlogdaFlavia

Bobflash

Jandyra Escóssia prestigiando a nova Neurolife

Ézio e Michelle Costa marcando presença no niver de Flávia Diniz

Mulheresnods

w INSEGURANÇA JURÍDICA Segundo opinião de especialista em Direito Imobiliário, a 'querela' judicial entre a empresária Cyntia Delfino e o grupo cearense BSPAR (Beto Studart participações) poderá terminar sobrando para o consumidor... >>> Acusada de promover a dilapidação do patrimônio da Delphi, a BSPAR acaba de lançar comercialmente o Residencial Montoril, que já nasce "sub júdice", gerando insegurança jurídica para seus compradores. w PONTO IMPORTANTE De acordo com a fonte, até sair a sentença judicial final a corda poderá arrebentar no lado mais fraco, ou seja, o do consumidor. w ALIÁS... ...em Ação Cautelar que tramita na 9ª Vara Civil de Natal, o empresário Beto Studart é acusado de realizar "gestão fraudulenta" para beneficiar a BSPAR. >>> O processo acusa o cearense de desistir de dar continuidade a três empreendimentos da Delphi (Elegance Tirol, Splendor, Vivace Lagoa Nova), numa tentativa de sufocar a empresa. >>> Para o especialista que acompanha o caso, quem estiver para comprar um imóvel da BSPAR, tem que ficar atento. É mole? w EXPLICANDO... AAssessoria de Imprensa do TJRN enviou nota à coluna. Para esclarecer que o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, manteve a decisão do TJRN que julgou pedido da Associação dos Praças da Polícia Militar da Região Agreste do Estado relacionado à carga horária de trabalho. >>> A entidade argumentava existir omissão constitucional quanto à limitação da jornada de trabalho dos PMs, em afronta à Constituição, alegando que eles estariam com carga horária "rotineira e exaustiva".

Divulgação

BlogdaFlavia

Desfile "roupas de festa" Fina Flor

w RATIFICANDO No entanto, o pleito foi negado, à unanimidade no TJRN, sob a relatoria do desembargador Cláudio Santos, o que levou a Associação a mover o Recurso Extraordinário 725.180, junto ao STF. >>> Gilmar Mendes destacou que a entidade não trouxe argumentos novos ao caso e apenas rediscutiu a matéria na suprema corte. >>> Segundo o ministro, o TJ potiguar decidiu sobre a questão em acordo com a jurisprudência do STF. w MELHOR REMÉDIO Lançamento do Salão Rota 101 Nordeste, ontem à noite, contou com a presença de autoridades como o ministro da Previdência Social Garibaldi Filho. >>> Que aproveitou estande da Festa de Santana de Currais Novos para comprar um "lambedor" antes de deixar o evento. >>> Porque cuidar da saúde é preciso!

w VISITA IMPORTANTE O presidente do Sindicado dos Corretores de Seguros do Rio Grande do Norte - SINCOR/RN, Alderi Alves, e do e do diretor de benefícios, Domingos Sávio Sucar, receberam ontem a visita do Superintendente de Área da Bradesco Vida e Previdência, Nelson Boruszewski Júnior.

>>> O objetivo da visita foi estreitar o relacionamento do grupo segurador e corretores de seguros do mercado do RN, reafirmando a parceria já existente entre seguradora e Sincor-RN, na busca de melhorias e prestação dos serviços, visando o conhecimento de resultados dos ramos Vida e Previdência.

w GIRO PELO TWITTER... ...da vice-prefeita Wilma de Faria: "Sinceramente não dá para entender porque o governo do RN está acabando as Centrais do Cidadão. RN está indignado. Se não bastasse reduzir funcionamento de várias unidades, fecha sem qualquer aviso prévio, como fez em Parnamirim. Absurdo!"; ...da ministra da Cultura Marta Suplicy: "Estou muito feliz no Ministério: em 10 dias a conquista de um novo marco internacional para os cegos, Tratado de Marrakesh, e ontem o Ecad!"; ...do promotor de Justiça Claudinho Emerenciano: "O principal ponto pra mudar é a limitação rígida de gastos nas campanhas eleitorais. O povo tem que aprender a não se vender".


Cidade

Sexta-feira

Natal, 5 de julho de 2013

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w PIOR - I O deputado Henrique Alves conseguiu errar duas vezes: no uso familiar e claramente festivo do avião militar e no cálculo na hora de ressarcir o cofre federal revelando esperteza. O poder sempre foi alegre.

w VÁRZEA - I Salete Queiroz lança hoje o livro com a grande e justa homenagem que ela presta ao pesquisador e historiador da várzea do Açu, Manuel Rodrigues de Melo. No Palácio Potengi, início da noite, às 18h. w PROJETO - II Salete apresentou seu projeto à comissão da Lei Câmara Cascudo há uns dois anos e mereceu parecer favorável da jornalista Rejane Cardoso e aprovação unânime. Livro digno de financiamento público.

w RISCO - II Henrique, a manter esse estilo frenético que lhe rouba uma boa postura de serenidade sem ostentação, pode cedo pautar-se na relação dos maus exemplos da classe política em tempos de cobranças morais. w DETALHE - III Não foi poupado pela grande imprensa, os principais colunistas e os blogs mais importantes, mas tem prestígio na afiliada local da Globo, da qual é sócio. E que faz hoje o pior jornalismo de sua história. w CINISMO - IV Senhor da impunidade e presidindo o Senado, de onde saiu debaixo de graves acusações, o episódio teve ainda a marca do cinismo acintoso do senador Renan Calheiros. Ele é o retrato da classe política? w ALIÁS - V Os políticos ainda procuram saber a razão da revolta social do povo diante dos palácios de Brasília que espelham o Versailles mais de dois séculos depois, aquele que alimentou a guilhotina do povo francês. w PIORES - I A notícia navega nas águas virtuais do oceano da Internet: os bancos brasileiros, públicos e privados, estão entre os que mais lucram com cobrança de juros elevados no mundo. Estão, pois, entre os piores. w RASTRO - II Esses lucros absurdos dos bancos apenas reforçam o rastro de incompetência dos governos sociais do PT que há dez anos alimentam a fome dos banqueiros e não cobram imposto sobre as grandes fortunas.

N

O LÍDER E O CHEFE

ão, não deve ser humor, Senhor Redator. Se fosse, francamente, seria contra. Humor a favor, convenhamos, é graça, gracinha ou gracejo, pois é pobre daquele gosto de azinhavre que azeda o riso fácil do poder. Claro que hoje, aos 62 anos, a alma paga o preço de uma inevitável caturrice e os olhos ainda enxergam o que já deveriam relevar. Fica esse fogo ardendo na calma das horas, principalmente na mesmice de uma vida política que sequer vai além do apenas comum e do tristemente sempre igual. Mas, também devo ser justo e reconhecer o hilariante de certos instantes que vou anotando da minha rede nessas madrugadas chuvosas quando o sol, dorminhoco, demora a sair de casa. Outro dia, li num noticiário dito virtual, a notícia de que a Secretaria de Mobilidade Urbana da augusta e febril Prefeitura de Natal pedia a atenção dos motoristas nesses tempos de chuvas pesadas do inverno súbito que alaga as mesmas ruas desde quando, em tenra idade, fui um repórter nessa Natal de tantos chefes. Devo dizer que o pedido era bem educado e faria todo sentido se fosse apenas esse o bom dever dos motoristas desta cidade. Ocorre - e ai vem a gracejo oficial - que o pedido, por todas as razões da lógica, é antes de tudo um direito, mas se há dívida de atenção é da própria Secretaria de Mobilidade nesses tempos de chuvaradas, quando os tantos buracos se transformem em armadilhas. Quem pede a atenção da intendência somos nós que pagamos impostos, taxas, emolumentos e multas dos guardas.

Aliás, deve ser fruto da modernidade essa duplicidade de guardas de trânsito. Os que se vestem de cinza são da Polícia Militar e estaduais; os de amarelo, civis e municipais. Os dois atuam, diga-se, na mesma geografia urbana da cidade numa estranha divisão de multas estaduais e municipais que só eles sabem distinguir. No Detran, quando se vai pagar a conta, é que se descobre que foi multado aqui, pela Prefeitura, e ali, pelo Governo. E ambos, com suas burras cheias, nunca melhoram o trânsito. Tudo isso é pra dizer, mesmo sem esperança nenhuma e por pura teimosia, que a duplicidade só revela a ideologia da punição a que os cidadãos estão submetidos pelo Estado, ai posto como ente jurídico intocável e superestrutural. Tão superior à sociedade a quem deveria servir que uma vez eleito o gestor deixa de ser cidadão como os que andam a pé, de carro ou de ônibus pelas ruas da cidade, e se torna, estranhamente, um vaidoso e intolerante cobrador de impostos e de multas em nome do poder. O Estado é assim, quando a sociedade não tem líderes. Só chefes. Eles, os eleitos, tomam posse e se transformam. Passam a representar o Poder e não a Cidadania, cumprindo a tarefa perversa de ser só chefe. Por isso não se vexam. Não se torturam. Não se envergonham do novo ofício que é falsificar o grande destino de liderar a sociedade e defender seus direitos acima de tudo. A esses, o destino sabe punir: nega-lhes o bom orgulho de conduzir um povo, encantando-os com gabinetes e jatinhos. Helàs!

w APLAUSO - I Para o grande livro 'Provérbios.com - o saber dos antigos no novo milênio', da professora Maria L. G. Oliveira. É, com rigor e erudição, sem ser pedante, um novo passo no estudo da velha sabença popular. w MAIS - II Poucas vezes uma pesquisa universitária levou tão mais longe um estudo que parecia ter seu limite nas 'Locuções Tradicionais do Brasil', de Cascudo. Com suas quinhentas páginas numa edição da UFRN. w COMO? De Luís XVI ao Duque de Liancourt ao saber de agitações na Bastilha na França de 1789: 'É uma revolta?'. O duque responde numa frase curta que entraria para História: 'Não, Sire, é uma revolução'. w FRASE Do poeta Lívio Oliveira, no facebook, com inteligência afiada feito quicé de sapateiro, olhando a cena política nas folhas daqui e de longe: 'O RN já teve capítulos muito mais nobres na história da aviação'.

Carlos Magno

REINADO DA

FLASHES DO SERIDÓ - carlosm.dantas@hotmail.com

beleza seridoense Contagem regressiva...amanhã a partir das 21h,o Clube Municipal de Acari será cenário de uma noite de muita beleza e glamour, quando serão eleitos a Miss e o Mister Seridó 2012, títulos que serão disputados por candidatos de 24 municípios da nossa região. No primeiro desfile, os rapazes com ternos e elas com vestidos criados por estilistas seridoenses e com prêmio para o mais belo vestido da noite. No segundo, eles com sungas e elas com maiôs da badalada grife Matersol Moda Praia Definitiva, que há 17 anos é parceira do concurso e criou modelos exclusivos para os mais belos do Seridó. O prefeito de Acari, Isaias de Medeiros Cabral e a primeira-dama do município, Ana Maria recepcionarão os candidatos com almoço de confraternização no Terminal Turístico em Gargalheiras. O decorador top de Caicó, Emanoel Araújo assinará toda a decoração da noite. A festa e eleição dos mais belos do Seridó tem a parceria da Aldann Construções, Clínica Boucinhas, Rede Mais Supermercados, Inaraí Tour, Matersol, Clínica de Olhos Santa Beatriz, A Caserna, F. Sisters, Portal do Vale, La Femme, Jackson Iluminações, Governo do RN e Avohai. Num trabalho de Júnior Flash a coluna de hoje focaliza alguns dos 24 candidatos que estarão na briga pelo título de Mister Seridó 2013. As 23 beldades que disputam o título de Miss Seridó atualmente em poder da jardinense Letícia Karla, foram destaque na nossa coluna da última sexta-feira.

w FLORES Pedro Pereira vem aí com uma bela exposição nos salões da Capitania das Artes. E ninguém melhor do que ele para fazer a releitura da revolução de flores, sonho dos anos sessenta nas barricadas rebeldes.

1

4

5 6 FOTO 01 DESPEDIDAS - Letícia Karla e Wotson de Assis entregam amanhã, em Acari, as faixas de Miss e Mister Seridó 2012 aos seus sucessores. (Fotos Júnior Flash)

2

FOTO 02 CAICÓ – MIGUEL LUIZ

w QUEM VAI O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, a governadora Rosalba Ciarlini, deputado estadual Gilson Moura e os prefeitos Vilton Cunha(Currais Novos), Roberto Germano(Caicó), Nena Dantas(Cruzeta), Sérgio Medeiros(Carnaúba dos Dantas), Chilon Batista(Timbaúba dos Batistas),Berg Braz(Equador) e Isaias Cabral(Acari) entre as presenças confirmadas amanhã, na festa Miss e Mister Seridó 2013. w NO JÚRI O diretor de programação da InterTV Cabugi, Antônio Nápolis será o presidente da comissão julgadora que vai eleger amanhã, a Miss e Mister Seridó 2013. Também vão integrar o júri o hair stylist Sinval de Souza, a ex-Miss Seridó, Deborah Lorena, as socialites Maria das Graças Trindade e Edna Lucimar, empresária Fabiana Silva e o médico Jorge Boucinhas.

FOTO 03 SÃO FERNANDO -BRENO SANTOS FOTO 04 PARELHAS – LUCAS LEONARDO FOTO 05 IPUEIRA – ELTON SANTOS FOTO 06 JARDIM DE PIRANHAS ESDRAS PEREIRA FOTO 07 SÃO VICENTE MADSON THAYLON

3

7

8

FOTO 08 OURO BRANCO


14 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 5 de julho de 2013

Sexta-feira

Canal 1

BATE-REBATE w Depois de um breve sumiço, Glória Perez voltou a dar o ar da graça no twitter. w Pessoal da teledramaturgia da Record, no Rio, foi quem mais vibrou com a indicação de Marcelo Silva como substituto de Honorilton Gonçalves... w ... Todos acreditam que ninguém melhor do que ele para voltar a valorizar a teledramaturgia. w Tiago Leifert conseguiu. Mesmo com o trabalho da Copa das Confederações, ele engordou 3 quilos durante o período. w Além do seu banco de elenco, a Record, em sintonia com a produtora Academia de Filmes, está em busca de caras novas para “Os Milagres de Jesus Cristo”...

POR FLÁVIO RICCO - Colaboração: José Carlos Nery

Rede TV! tem como ficar pior É bem desanimadora a situação na Rede TV!. Quando se imaginava que tudo de ruim já tinha acontecido e não havia mais o que cortar, novas demissões foram anunciadas e efetivadas ao longo dos últimos dias. Já está uma coisa meio fora do controle e que ninguém sabe onde vai dar. Os que lá permanecem, entre diretores e funcionários, preocupados, se queixam que o quadro é ainda mais assustador. É como um carro desgovernado despencando ladeira abaixo e nada é feito para evitar o desastre. A Rede TV! tem uma história complicada desde o começo, em 1999, mas sempre houve o entendimento que as dificuldades eram próprias do processo e que, aos poucos, tudo iria se acertando. Passados 14 anos, verifica-se que, até agora pelo menos, nada disso aconteceu. Ao contrário. Não há perspectivas de melhora, mesmo a longo prazo. E o que mais dói é que nenhum dos seus dois donos parece muito preocupado com isso. Um está em férias no exterior e outro, segundo informações de gente da própria emissora, vai depois.

Crédito Globo

flavioricco@gmail.com.br

C´EST FINI Neste 2013, “A Grande Família” terá um número menor de episódios, porque o horário será ocupado pelo “The Voice”, segunda temporada. Mas já tem assegurada a sua volta em 2014, que aí sim será a última de todas. A Globo vai testar formatos para colocar no seu lugar. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

CENTÉSIMO

>> TV - TUDO w LUCIANO DE FÉRIAS Luciano Huck adiantou gravações do seu “Caldeirão”, para sair de férias com a família durante boa parte deste mês de julho. Só no seu retorno, aí sim, serão intensificadas as reuniões com o diretor de núcleo, Boninho, para avaliar mudanças no programa. w SINAL VERDE A Bandeirantes vai disparar a produção do próximo “Mulheres Ricas”, com a ordem de inventar algo absolutamente novo e diferente em relação às edições anteriores. A ideia mais suicida é juntar as participantes e os seus respectivos maridos, com todas as dificuldades que isto poderá representar. w SHOW CONFIRMADO Depois de superar o risco de não acontecer, o show do “Criança Esperança” acaba de ser confirmado para o dia 31 de agosto, sábado, no Citibank Hall, Rio. A Globo designou novamente Luiz Gleiser para dirigir os trabalhos. Ainda não existe uma lista dos artistas que irão participar, mas sabe-se que será um encontro com músicas que remetem ao

Hoje, sexta-feira, “Flor do Caribe”, novela de

tema da campanha: esperança e cidadania solidária.

Walther Negrão, chega à marca de 100 capítulos no ar. Um momento especial para toda sua equipe,

w GENTE GRANDE Beto Nóbrega gravou uma série de 8 chamadas de “Chiquititas”, que o SBT vai estrear no dia 15. Todas muito bem feitas, mas uma delas, de forma específica, chama atenção pelo plano sequência, com efeitos especiais. Trabalho de gente grande. w LIMA TAMBÉM NÃO Há muito tempo cotado para uma participação especial em “Amor à vida”, Lima Duarte, a exemplo de Flávia Alessandra, também não vai mais entrar. Foi o nome inicialmente pensado para formar dupla com Nathalia Timberg. Mas isto ficará também a cargo de Ary Fontoura, que já está na novela. w FALANDO NELA Longe da televisão, Flávia Alessandra é hoje uma das mais disputadas pelo pessoal da propaganda. Todos interessados em trabalhar com a atriz. Alguma coisa já começa a ser negociada. E, isto, sem contar o cinema. Ela está fechando com dois filmes.

w ... A minissérie estreia em 2014, com direção de João Camargo. w Os musicais, tão incomuns na TV brasileira, mas bem sucedidos em “Pé na Cova”, devem continuar na segunda temporada da série da Globo, em agosto... w ... Segundo Miguel Falabella, poucas alterações serão realizadas. w Algumas empresas estão se especializando em aplicativos sobre programas e séries... w ... Seja no sistema Android ou iOS, tem muita gente faturando. E as emissoras vendo a “boiada passar”... w ... Aliás, há uma questão em discussão sobre tudo isso, que seria o direito ao licenciamento de produtos.

sem dúvida. A produção, dirigida por Jayme Monjardim e Leonardo Nogueira, vive bom momento de audiência desde sua estreia.

w ANTIGA ORDEM O futebol da Globo volta agora a sua normalidade ou ao que sempre foi. Cleber Machado transmitindo os principais jogos, com a participação dos clubes paulistas, o mesmo acontecendo com Luis Roberto em relação aos clubes do Rio. Galvão, só na Fórmula 1.

w ESCALANDO O TIME Marcelo Silva começa a chamar pessoas de confiança para a sua equipe de trabalho na vicepresidência do Artístico e Programação da Record. Luciana Colin, que foi seu braço direito no Rio, está de mudança para São Paulo. Marcos Freire irá assumir no lugar dela, no RecNov.

w TAMBÉM TEM ISSO Fazer os jogos direto da cabine, nos estádios, tem quase tudo a favor, mas também tem os seus probleminhas. Durante a transmissão de Atlético Mineiro e Newells, pela Libertadores, na quarta-feira, um torcedor argentino cismou de aparecer, fazendo um gesto obsceno. Um perfeito idiota.

w EM MEIO A TUDO... Que a Record fez e anunciou nos últimos dias, também foram feitas novas demissões. A cenografia agora está reduzida a apenas dois profissionais e dispensadas cerca de 10 equipes completas. Aproximadamente 70 pessoas.

Binóculo

Viagem & turismo

Por Cristina Lira

Fotos: Divulgação

lira_cris@hotmail.com

FINAL DE SEMANA

Cristina Lira e Paulo Gaudenzi

Secretário de Turismo de Natal Fernando Bezerril entrega kit de boas vindas para Paulo Gaudenzi em sua visita a Seturde

SETURDE N0 SALÃO ROTA 101 A Prefeitura de Natal e a Secretaria de Turismo participam como patrocinadores do Salão Rota 101 Nordeste que será realizado no Centro de Convenções de 4 a 6 do corrente com um estande decorado mostrando o artesanato da região, além de dois aquários e degustação de tapioca com ginga e cachaça da terra. A secretaria estará exibindo um vídeo institucional sobre Natal com abertura feita pelo prefeito Carlos Eduardo convidando os turistas a conhecerem Natal. O secretário de Turismo, Fernando Bezerril, faz o encerramento do material promocional onde mostra que a integração regional começa efetivamente agora com esta iniciativa pioneira utilizando a BR 101 como rota de turismo entre Natal, João Pessoa, Recife e Maceió.

O convidado Paulo Gaudenzi com os participantes do Encontro ENCONTRO DAS BELAS O Encontro das Belas do Turismo de Natal, encontro fechado com profissionais do turismo promovido há três anos por esta colunista, recebeu no encontro mensal de julho, o convidado vip do trade nacional, o ex secretário de turismo da Bahia, Paulo Gaudenzi na última quarta-feira no salão Topázio do SERHS Natal Grand PORTO DE GALINHAS MARCA PRESENÇA NO SALÃO ROTA 101 O balneário de Porto de Galinhas será um dos destaques do Salão de Turismo Rota 101 Nordeste, que acontece desde ontem e segue até o dia 06 no Centro de Convenções de Natal (RN), das 16 às 20h. A Associação dos Hotéis de Porto de Galinhas (AHPG)estará presente no evento nos estandes 38 e 39, que divulgarão as atividades, programações e serviços oferecidos na região. FLOR DO CARIBE Nesta sexta-feira foi promo-

DICA

EVENTOS O Nordeste é a região brasileira que apresentou, em 2012, a maior expansão em atividades relacionadas ao turismo, de acordo com os empresários mais influentes do setor, entrevistados para a Pesquisa Anual de Conjuntura Econômica do Turismo (Pacet) do Ministério do Turismo. O mercado de feiras e eventos foi o que mais se destacou entre as cidades nordestinas. Isso se deve, especialmente ao aumento da procura do turista por destinos nacionais, revela a Pacet. Entre as operadoras de turismo, das 51% que detectaram aumento de demanda para alguma região ou destino nacional, 81% citou cidades nordestinas. Dos nove setores ouvidos na pesquisa, três registraram crescimento dos negócios no Nordeste. As cidades do Nordeste foram ainda apontadas ainda por 91% dos promotores de feiras como destinos em expansão neste mercado. Os destaques foram Recife e Fortaleza, ícones do turismo de sol e praia, que agora despontam para o turismo de negócios.

hotel. A palestra sobre eventos, Copa do Mundo, tendências e momentos do turismo, foi um sucesso. Nesta edição especia, o Encontro contou com apoio da Seturde, através do secretário de turismo de Natal, Fernando Bezerril, SERHS Natal Grand hotel e Luck receptivo. O evento contou com a participação de hoteleiros, empresários, e do secretário de turismo do Estado, Renato Fernandes.

vido um café da manhã no Hotel Vila do Mar para explicar as intenções da nova iniciativa da Setur. A novela Flor do Caribe exibida na Rede Globo - estampa em boa parte de suas cenas as belezas naturais do Rio Grande do Norte e, por conseguinte, o turismo do Estado potiguar. Então, por que não associar o título da novela às belezas do estado e vender o turismo do RN com a marca de que "nós somos a Flor do Caribe"? A ideia é despertar no imaginário do turista a associação com as cenas gravadas no RN e a oportunidade

FERIADÃO DA PADROEIRA EM PUNTA CANA De 15 a 21/11/2013 com TERRA BELLA TURISMO A Terra Bella Turismo leva para pacote maravilhoso a Punta Cana, na República Dominicana., Valor por pessoa: R$ 3.847,20, Par-

celado em 1 + 9x sem juros. O Valor inclui: n Par te Aérea Recife/Punta de Cana/Recife - Voando Copa n Traslado Aeroporto/Hotel/Aerporto n 6 Noites de hospedagem no Hotel

dele conhecer aquilo de perto.Há muito o turismo potiguar é elogiado dentro e fora do país. O que surgiu agora é uma marca a ser explorada comercialmente - e bem - tendo em vista a mídia gratuita veiculada na novela em rede nacional. Para tornar essa associação mais conhecida e incentivar o potiguar a divulgar essa marca, o trade turístico promoverá a caminhada 'A flor do Caribe é aqui' neste domingo, com concentração as 16hs no Hotel Vila do Mar, durante o projeto Viva Costeira, coordenado pela Secretaria de Estado do Turismo.

Grand Bahia Principe Bavaro - Com regime All Inclusive n Seguro viagem n Forma de Pagamento: 25% de entrada à vista + saldo em até 9x sem juros nos cartões Visa, MAster, Diners ou Amex.

FOGO & CHAMA É REPRESENTANTE EXCLUSIVA DO CHAMPAGNE OFICIAL DA COPA A Fogo & Chama Steak House, liderada pelos irmãos Paulo Gallindo e Bosco Galindo, ganha mais um título de exclusividade. A FIFA anunciou a Taittinger como o champagne oficial da Copa do Mundo 2014 e a Fogo & Chama é representante exclusiva da marca em Natal.A Taittinger é uma empresa familiar responsável pela produção de cerca de 5 milhões de garrafas por ano. A marca francesa estará presente em todas hospitalidades VIP da competição no Brasil e o contrato irá até o final de 2015. Além da representação do champagne, a Fogo & Chama tem as exclusividades em Natal, do Club Johnnie Walker e a Loja Expand com mais de 200 rótulos de vinhos, localizada no subterrâneo da loja, e disponíveis para os clientes das 11h30min às 23h30min. CURSO O chef Daniel Cavalcanti do Cascudo Bistrô, em Petrópolis, foi convidado para dar aula pelo Senac-RN para alunos do curso de auxiliar de cozinha, vinculado ao Pronatec. As aulas estão sendo ministradas em Parnamirim até meados de setembro e envolvem módulos como manipulação segura de alimentos, técnicas culinárias, entre outros assuntos gastronômicos. SHOCK BAR Para animar as férias de julho, o Shock Bar apresenta uma nova opção para as noites de quinta-feira em Petrópolis, o projeto "D'Vibe Convida". Todas as quintas de julho, Diogo das Virgens com sua banda, convida para o palco Devassa uma atração de nossa musica, sempre dedicado a um tema, como, reggae, MPB, internacionais e outros movimentos. SEGUE A PROGRAMAÇÃO COMPLETA: 11/jul - Pedro Lucas - Faz novas versões de sucessos de Cazuza, Lulu e Nando Reis 18/jul - Rebekka Martins - Com sua bela voz cantando as melhores de Cranberries, Amy Winehouse e Adele 25/jul - Vinicius Frota - O melhor do internacional Coldplay, Red Hotchilli Peppers e U2 Mais notícias de turismo acesse : WWW.turismocristinaliranatal.blogspot.com e WWW.ambitur.pt


Esporte

Sexta-feira

Natal, 5 de julho de 2013

O Jornal de HOJE 15

Gabriel Peres/Divulgação

“Não apenas o Felipe, todos são opções porque mostraram serviço quando convocados. Precisando utilizar, vamos utilizar” WALDEMAR LEMOS, TÉCNICO DO ABC, SOBRE A INTRODUÇÃO DE ATLETAS REVELADOS PELO CLUBE NO ELENCO QUE DISPUTA A SÉRIE

B

ABC APOSTA EM JOVENS NO ELENCO PARA REDUZIR CUSTOS E SAIR DA CRISE ABC

APOSTA NA JUVENTUDE PARA A RETOMADA DA TEMPORADA

O alto custo do futebol tem feito os clubes procurarem nas categorias de base a solução para seus problemas. Alguns com mais, outros com menos sorte. No ABC, a moeda parece ter virado para o lado certo - ao menos até aqui. Na última partida feita pelo clube, válida pela Taça Ecohouse na qual se sagrou campeão, contra o Náutico-PE, no último sábado, entre os 18 jogadores convocados, nove deles haviam sido formados nas categorias de base do clube potiguar. Para se ter uma ideia, contra o Timbu, dos nove jogadores vindos da base, oito atuaram. Cinco no início da partida e outros três que entraram no decorrer do jogo: o zagueiro Mael, o lateral Marcílio, os volantes Edson, Rafinha, Simão e Gleidson, o meia Erivélton e os atacantes Felipe Alves e Eugênio. "Com as dificuldades para escalar o time, o bom momento vivendo por esses jogadores vem justamente na época que a gente precisa. A gente treina o grupo, faz avaliações e pela mostra do que me deram aqui e o que a gente trabalho com todo o grupo, temos condições sim de chegar ao final do ano numa melhor situação", afirmou o técnico do ABC, Waldemar Lemos. Na partida de estreia, contra o Alecrim, dos 18 jogadores relacionados, sete eram atletas vindos das bases do Alvinegro. No segundo compromisso, o clássico diante do América, eram cinco entre os 18 da relação. Para o torneio, o treinador Waldemar Lemos optou por utilizar

jogadores que voltavam de lesão e aqueles que não vinham atuando com frequência, para que pudessem ganhar ritmo de jogo. Contra o Goiás, pela Copa do Brasil, na última quarta-feira, é fato que o número de jogadores revelados pelas categorias de base e que acabaram relacionados caiu bruscamente, mas o aproveitamento foi impressionante. O trio Edson, Felipe Alves e Mael, convocado para o jogo, entrou em campo, com os dois primeiros como titulares. "É muito importante. Professor veio com o intuito de valorização de todos, especialmente das categorias de base. Promoveu um incentivo à garotada, colocou para jogar e mostraram que tem força. Não serão necessárias tantas contratações quanto a gente imaginava", ponderou o vice-presidente de futebol do ABC, Bira Marques. ÉPOCA DE OPORTUNIDADES Melhor para jovens como Mael e Felipe Alves, dupla de destaque enquanto esteve em campo. O primeiro, na defesa, mostrou segurança e características semelhantes a do já experiente Flávio Boaventura, ídolo da torcida abecedista. O jogador, inclusive, havia até pensado em deixar o clube pelo fato das oportunidades após a profissionalização não terem chegado. E apesar da infelicidade contra o time goiano, no qual cometeu pênalti minutos depois de entrar no jogo, espera ter uma nova chance com o técnico Waldemar

2013.

DISPUTA DA TEMPORADA Wellington Rocha

Jogador é alvo de proposta do Náutico para disputa da Série A Lemos para ter a sequência sonhada com a camisa Alvinegra. "Nunca baixei minha cabeça, estou trabalhando dia após dia. Isso é uma grande oportunidade nesses três jogos. Agora o professor vai avaliar cada um para montar time titular para Copa do Brasil e Série B. Eu venho trabalhando, estou mostrando que tenho qualidade para jogar no time de cima", afirma o defensor. Já o atacante Felipe Alves teve a melhor atuação individual entre os jogadores das bases utilizados na Taça Ecohouse e, enquanto esteve em campo, era o melhor jogador alvinegro no confronto com o Goiás. Utilizado em outras oportunidades por treinadores que passaram pelo clube, a falta de sequência, a pressão por resultados e a falta de experiência pesaram para que o atleta não tivesse um bom desempenho. E

apesar da necessidade de pontuar ser, novamente, uma constante na retomada da temporada, o jogador garante estar pronto. Com três gols em três jogos na Taça Ecohouse e terror das defensivas adversárias durante a competição, Felipe se tornou uma opção para a disputa da Série B. "O professor me deixou à vontade. Falou para eu fazer o que eu sei, com os outros treinadores, não tive tanta oportunidade, mas com ele estou tendo e preciso aproveitar. O professor chegou, deu oportunidade e agora tenho que agarrar. Estou trabalhando muito forte no dia a dia e se tiver espaço para mim, eu vou chegar, marcar e ajudar a minha equipe. Só treinando não pega ritmo. A gente vai lutar (pela titularidade) e se ele optar por mim, estou pronto para ajudar", garantiu o jogador.

Bruno Araújo O nosso belo estado, de cenários paradisíacos, infelizmente, não passa disso. Enquanto celeiro de talentos, mesmo que nunca tenhamos sido um grande exportador de craques para qualquer que seja a modalidade, nos representa através de uma história distante e longe de exibir um futuro promissor. Somos nada além de um tímido legado sazonal do esforço individual. Personagem de uma história cada vez mais embaçada e esquecida pelas folhas rasgadas do calendário. A falta de reverências aos grandes esportistas e o descaso com sua memória revela um pouco do que somos enquanto povo. A falta disto implica na ausência de ídolos e, consequentemente, de espelhos para projetar sonhos de jovens aspirantes ao sucesso nas quadras, pistas e campos de futebol. E não vale apenas para o esporte. Não somos a terra de uma monarquia cultural dominada por Câmara Cascudo, mas de um ilustre parlamentarismo de talentos, tais quais os de Chico Daniel, Elino Julião, Dona Militana, Manoel Marinheiro, Deífilo Gurgel e tantos outros. Mas quantos, em termos proporcionais de população, conhecem sequer uma obra do escritor norte-riograndense ou de outros artistas? A cultura potiguar, e

do potiguar, é, em geral, algoz de si mesma, tal qual o esporte. Um estímulo constante à apropriação do que chega por download, em grandes produções ou espetáculos recheados por orçamentos milionários - no esporte e na arte. Longe de pregar um bairrismo vago ou xenofobia desnecessária ao que é produzido longe daqui, é fundamental que o Rio Grande do Norte deixe de ser "terra de Paraíba", um estado vizinho do Ceará ou um projeto de "Pernambuco que não deu certo". Longe dos rótulos, o estado, depois de 400 anos, ainda procura sua identidade. Mas ainda é tempo. Na verdade, sempre será tempo. Mas ninguém, além do potiguar, será capaz de promover a busca e a construção desta identidade particular. O esporte, sem dúvida, faz parte deste processo de promoção à autoestima e de consagração de um futuro ainda por nascer. A reforma e manutenção de quadras, incentivo à prática esportiva nos bairros e a interiorização do esporte são passos simples, de baixo custo e capazes de transformar o estado e tornar o Rio Grande do Norte um exemplo para todo o país. Porque mais do que sobreviver de migalhas de conquistas alheias e viver de onde os outros passam férias, o potiguar quer um estado para, com um orgulho ge-

O retorno abecedista à Série B ocorre neste sábado, às 16h20, no Frasqueirão, contra o Atlético-GO. Em má fase, na lanterna da Segundona com apenas dois pontos em 18 disputados, o técnico Waldemar Lemos afirma que mesmo diante da má fase, Felipe e os demais jogadores da base serão importantes diante da longa temporada que o ABC terá pela frente. "Não apenas o Felipe, todos são opções porque mostraram serviço quando convocados. Precisando utilizar, vamos utilizar", concluiu. XERIFE NA MIRA E o zagueiro Mael poderá ganhar ainda mais espaço na equipe. O colega de posição, Flávio Boaventura, está na mira do NáuticoPE para a sequência da Série A do Campeonato Brasileiro. O jogador recebeu um contato direto do empresário Ytalo Pontes que intermedia a negociação entre o atleta e o clube pernambucano. A saída de Boaventura, no entanto, ainda não é fato consumado, já que para poder contar com o jogador, o Timbu precisará desembolsar um valor próximo de R$ 400 mil, números correspondentes à multa rescisória do contrato do jogador com o Alvinegro. O superintendente de futebol do Náutico, Daniel Freitas, confirmou o interesse pelo jogador, mas não quis dar mais detalhes sobre o tema. "Não tenho nada para falar sobre o negócio", despistou. Ricardo Valois, membro do conselho de futebol do time pernambucano, no entanto, foi

ESTA SEMANA

mais direta. Apesar de reconhecer não haver pressa na definição do acordo, ele garante o interesse do clube no jogador. "A informação é de que ele é bom jogador e temos sim interesse. Conversamos com o agente dele e disse que tinha total interesse. O Ytalo ficou de conversar novamente com o jogador e o ABC. Estamos aguardando resposta. Estamos reforçando o elenco, mas é preciso ter calma nas coisas, não há a necessidade de tanta velocidade", comentou Valois. A forma como o negócio tem sido conduzido não tem agradado os cartolas abecedistas que chegaram a apontar o comportamento do clube pernambucano e do empresário como antiético, especialmente, pelo fato de o ABC não ter sido o último a tomar conhecimento do interesse do Náutico. Segundo Bira Marques, vice-presidente de futebol do ABC, o jogador só deixa a equipe se o pagamento da multa for concretizado. "Ele não é nem empresário do jogador e fez um contato com o Flávio Boaventura. O jogador falou com Ferdinando e demonstrou interesse na proposta. Ytalo ligou, falou sobre a questão de o ABC liberar e eu disse a ele que não teria a menor chance. Jogador esteve machucado e gastamos muito com ele e não podemos perder desta forma. Sabemos que pode ser interessante para o jogador, o Náutico vai pagar mais e ele vai estar na Série A. Pagou a multa, o ABC não tem alternativa senão liberar", afirmou Bira Marques.

PisandonaBola AMÂNCIO

BRUNO ARAÚJO - TWITTER: @brunoaraujo7 EMAIL: wesckley@yahoo.com.br PARA CHAMAR DE SEU A memória esportiva costuma trair muitos de nós. Seja para escalar o time preferido ou lembrar o ano daquela conquista não tão importante assim para o clube. E nesses lapsos de lembranças gastas pela voracidade do tempo encontramos - ou não - os grandes nomes do nosso esporte. Ao tempo em que se torna fácil enúmera-los, torna-se extremamente difícil reconhecer o quão pequenos somos do ponto de vista esportivo. Marinho Chagas, Virna, Oscar Schimdt, Vicente Lenilson, Magnólia Figueiredo e Clodoaldo Silva. Cinco nomes, de modalidades distintas entre si em sua maioria e que foram expoentes maiores do nosso estado no esporte mundial. Alguns, claro, ganharam fama internacional a ponto de serem tratados como grandes referências até hoje. Outros caíram no esquecimento da história esportiva e permanecem lembrados apenas em solo nacional, talvez num até reduto menor, o do nosso RN. A lembrança desses nomes, por mais simples que seja, prova o quanto o Rio Grande do Norte está atrasado na promoção de talentos no esporte. A falta de incentivo público à prática esportiva, ainda que em nível amador, é a principal razão para a dificuldade em se revelar grandes talentos.

2013

nuíno, chamar de seu. SHOW DE SALÃO Craques do futsal potiguar como Cacau, Serginho, Joan, Douglas, Felipe Magão e Barata estarão em quadra na noite do próximo sábado em um jogo festivo contra o URV, atual campeão da Taça Cidade de Natal e da etapa de Macaíba da Copa Rio Grande do Norte. Será a oportunidade dos moradores de São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal, para ver de perto alguns dos principais nomes do esporte. O evento servirá para que seja feita a entrega das faixas aos jogadores do URV pela conquista na Taça Cidade de Natal. PROVIDENCIAL A diretoria do Barcelona deve agradecer aos céus por ter conseguido contratar Neymar antes da Copa das Confederações e por ter gastado "apenas" 57 milhões de euros (R$ 168 mi). Segundo uma pesquisa feita pelo jornal "Marca", que consultou empresários experientes no mercado, o brasileiro poderia chegar a valer 100 milhões de euros (R$ 294 milhões) depois de ter sido o destaque da competição. Neymar escolhido o melhor jogador do torneio e ainda recebeu a chuteira de bronze como terceiro artilheiro da competição.

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Natal, 5 de julho de 2013s

Esporte

Sexta-feira

América descarta ex-Botafogo e projeta recuperação de Índio

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br CEDIDA: TRIBUNA DO NORTE.

APÓS DESISTIR DE CONTRATAÇÃO DO ATACANTE JOBSON, ALVIRRUBRO PROMETE IR AO MERCADO POR MAIS "UM OU DOIS" E QUER RECUPERAR ATACANTE DAS BASES Com mais nove dias para reorganizar a casa antes do próximo compromisso pela Série B do Campeonato Brasileiro, o América aposta num ambiente tranquilo após a primeira vitória conquistada na competição, sobre o Bragantino-SP, na terça-feira passada. Um dos passos para manutenção do clima ameno foi a desistência do clube na contratação do polêmico atacante Jobson, ex-Botafogo e atualmente no São Caetano-SP. O outro foi trazer de volta para o grupo o meia-atacante Índio Oliveira. Em relação ao negócio com o atacante de 25 anos, oferecido ao América, o presidente Alex Padang confirmou o encerramento das tratativas para contar com o jogador. Segundo ele, a possibilidade que já era mínima, chegou ao fim devido à questão financeira e do histórico de problemas do jogador. "Está descartado. As duas coisas pesaram na nossa decisão", afirmou o cartola. A proposta era de que o Botafogo bancasse integralmente o salário do atleta, o que segundo apurou a reportagem, não foi aceito pelo clube carioca que agora procura um novo destino para o jogador, afastado dos trabalhos no São Caetano. De acordo com o presidente, que busca reforços para o clube, o mercado está difícil sob todos os aspectos, seja financeiro ou mesmo técnico. "Sempre tem 200 empresários oferecendo 200 jogadores, mas que não se encaixam no perfil que o América procura. Queremos um ou dois jogadores, mas não chegam propostas sequer no perfil técnico para que possamos avaliar a viabilidade financeira das contratações", disse Alex que evita dar qualquer pista sobre quais as posições alvo de investidas do Alvirrubro no merca-

Wellington Rocha

Aílson Bonifácio

Presidente Alex Padang preferiu evitar jogador "polêmico" no grupo e acredita na recuperação de Índio Oliveira no América do. O meia Nenê Bonilha, do Corinthians, chegou a ser discutido como opção, mas não chegou a ser uma unanimidade no clube e acabou descartado. Em relação ao meia-atacante Índio, jogador do clube até 2015, a indefinição sobre a sequência do atleta no clube parece ter chegado ao fim. Após retomar os trabalhos com o grupo rubro, o jogador terá que cumprir algumas determinações para ser, de fato, reintegrado aos planos do clube. A primeira delas foi morar no Centro de Treinamento. O meia-atacante, antes de sair de Natal para visitar a família em Rondônia, morava no apartamento de seu empresário, em Ponta Negra. Agora, o jogador deverá morar no CT do clube. A outra imposição foi uma multa ao atleta - que recebe um salário mínimo (R$ 678)

mensal. "Índio tinha um problema que a gente acha que estava prejudicando. Morava num apartamento em Ponta Negra e achamos que ele vindo para o CT ficaria mais concentrado. Propusemos e ele aceitou. É um jogador que brigava diretamente pela vaga de titular e, se criar juízo, voltará a brigar. Se não criar esse juízo, ele vai ser discriminado no próprio mercado. O aumento dele estava prometido e condicionado ao cumprimento das atividades profissionais", disse Padang. O presidente americano destacou ainda as possibilidades que o esporte ainda pode oferecer ao jovem atacante de 19 anos, que apesar de pego no antidoping pelo uso de substância diurética - proibida no esporte por mascarar o uso de outras substâncias

-, tem uma longa carreira pela frente caso consiga focar no esporte. O jogador, inclusive, tem tido acompanhamento psicológico antes mesmo de "sumir" dos treinamentos na semana passada. "Vi uma notícia boa para o Índio. O Deco, pego no doping também por uso de diurético, foi punido com apenas 30 dias e foi liberado para atuar. O Índio ainda tem mais uma Série B e Copa São Paulo de Futebol Junior. Quando o América precisou, correspondeu. Muito tempo que um atacante da base não vinha, Tomara que assimile golpe do doping para que ele sofra apenas uma queda e consiga se levantar. É muito mais fácil ser disciplinado do que chutar de canhota quando se é destro. Ele consegue fazer isso, então, queremos o mínimo dele como atleta", concluiu.

> SÉRIE A

Torcida do São Paulo promete protesto em partida do Brasileirão Centenas de são-paulinos prometem se reunir em frente ao Morumbi no domingo, antes da partida contra o Santos, para protestar em especial contra a diretoria do clube. Organizado através do Facebook, o evento foi criado depois da derrota de quarta-feira para o Corinthians, pela primeira final da Recopa Sul-americana. O principal alvo da manifestação será a cúpula de futebol, chefiada pelo presidente Juvenal Juvêncio. Na descrição do evento, os organizadores pedem que os torcedores se vistam de preto e não façam cobranças a nenhum jogador individualmente. "Pedir raça, vontade e amor à camisa é valido", explicam. Outro mote prometido é pela saída de Ney Franco, caso o trei-

Divulgação

São-paulinos vão ao Morumbi na partida contra o Santos para protestar contra a má fase do clube na temporada nador ainda esteja à frente da equipe, já que, na noite de quinta-feira, a diretoria colocou o assunto em pauta e, ao contrário de outras

oportunidades, quando o bancou no cargo, não quis se manifestar. Os são-paulinos descontentes entendem que Juvenal "e sua turma"

têm mandado e desmandado sem serem incomodados. "Vamos tentar mudar algumas coisas. Chega de ditadura, chega de contratar errado, chega de jogador de empresário", prometem. "Torcedor, às vezes, tem razão. A gente protege (o time), protege, mas uma hora não tem mais como. Torcedor paga seu ingresso e, às vezes, tem razão. Para mim, pelo que a gente proporcionou a eles, a manifestação de quarta-feira foi até pouco", opinou o atacante Aloísio, a respeito das críticas no Morumbi. O clássico contra o Santos, válido pelo Campeonato Brasileiro, será às 16 horas (de Brasília) de domingo. O protesto dos torcedores está marcado para começar cerca de duas horas antes do duelo.

> FÓRMULA 1

FIA PROÍBE INVERSÃO DE PNEUS E LIMITA AJUSTES NA ALEMANHA A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) segue tomando medidas para que o problema de pneus na Fórmula 1 chegue ao fim. Após o caótico Grande Prêmio da Inglaterra, a entidade divulgou uma série de restrições dos ajustes para o fim de semana do GP da Alemanha, inclusive proibindo a inversão dos compostos na hora de montagem. Em Silverstone, os pneus da Pirelli apresentaram muito problemas e os colocados em quatro carros estouraram durante a corrida. A empresa italiana, única fornecedora da categoria, afirmou que os incidentes foram decorrentes de diversas falhas técnicas das equipes, como baixa pressão nos compostos, ângulos de cambagem muito agressi-

vos e inversão dos pneus na montagem, colocando os que eram para o lado direito no lado esquerdo do carro. "Por razões de segurança, a Pirelli pediu que garantíssemos que os pneus em todos os carros trabalhassem nas condições listadas. Será responsabilidade de cada time comprovar ao delegado técnico da FIA que o carro está de acordo com o exigido o tempo inteiro", diz uma nota enviada pelo diretor de provas Charlie Whiting aos times da F-1. Em Nurburgring, a pressão inicial mínima dos pneus traseiro e dianteiro deve ser de 16 psi. Com os compostos aquecidos, os da frente dos carros precisam estar ao menos em 20 psi. Os de trás, a 19 psi.

Divulgação/F1

Lá se vai mais um quadro da minha parede afetiva.Agora é Aílson Bonifácio do Nascimento. Bonifácio, chefe da equipe técnica “mais técnica do rádio brasileiro”. Aílson da Rádio Globo AM.?Aílson, sempre e eternamente, o Aílson da Rádio Cabugi, nome anterior e entranhado como uma chama de saudade na memória dos seus ouvintes.? Alguns dias atrás, encontro Teresa Cristina, filha de Aílson num banco. Ela e o filho, um homem feito.?Aílson Neto.Teresa me informava da internação do pai por diabetes.?Estava num apartamento da Casa de Saúde São Lucas. Disse a Teresa que iria visitar o amigo.Refleti.Não iria.Por pura intuição. Nada mais. Cansado de tantas pancadas emocionais. Dias antes, Ednalva Moura, a discotecária dos bolachões em silêncio, havia partido, fulminada pelo coração.?Aílson já estava bem doente.Eu sem forças para animá-lo.Impaciente.?Aílson morreu aos 78 anos, quartafeira à noite. Aílson foi um grande amigo e companheiro do meu pai. Aílson, um imenso mestre em minha vida durante cinco anos e meio.De segunda a sexta.Eu e ele gravávamos o programa Falando Francamente, com o governador Garibaldi Filho. De 1995 a 2001. ?Aílson, caprichava. Ria solto quando Garibaldi o citava nas cartas dos ouvintes. Aílson era gago. “A-qui-do-tô, a-qui-do-tô !”, era a senha. Foi um mágico.Perfeccionista. Sabia tudo de rádio.Botava uma transmissão no ar de cima de um poste da Cosern ou de uma maletinha de som. Em minutos resolvia o defeito que um mediano levava meses para encontrar. Versão morena de Q, o genial e engenhoso inventor das armas secretas e providenciais de 007 no cinema. Aílson era melhor do que Q. Era de verdade. Transmitiu a visita de Robert Kennedy a Natal, com equipamentos rudimentares. Há uma foto histórica. A inauguração do Colégio Kennedy. Estão registrados Bobby, o governador Aluizio Alves, Aílson e o jovem radialista José Wilde Cabral, hoje assessor de imprensa do Ministro Garibaldi Filho. Na noite de 3 de março de 1982, ele entrava em minha casa, cheio de fios e uma sisudez bicuda. Meninote curioso, fui logo afastado pelo meu pai, partícipe da trama. Aílson puxava conectores, cabos, fones e engenhocas distantes das facilidades tecnológicas atuais. A Rádio Cabugi AM mandara o narrador Marco Antônio Antunes, o saudoso Garotinho da Copa, a São Paulo transmitir direto do Morumbi o amistoso Brasil x Tchecoslováquia(1x1), gols do aniversariante Zico e Janecka. A grana era curta e o comentarista ficara em Natal. >>> Aílson tirou a solução do bolso de sua calça de tergal. Plugaria os telefones da rádio e de nossa casa e o meu pai comentaria como se estivesse no estádio. Hoje é a chamada transmissão off tube. A bem da verdade e da história, off Aílson. Foi bem divertido ouvir os vizinhos ligados na Rádio Cabugi e ouvindo o meu pai "direto das cabines"do Morumbi enquanto ele estava sentado, sem camisa e tomando uísque, torcendo para que nenhum chuvisco tirasse do ar a Rede Globo, silenciada providencialmente por Aílton Bonifácio. Uma comédia. Papai passou um dia trancado em casa e um táxi foi nos deixar na escola. A quem perguntava, nós diziamos que ele estava em São Paulo. Incrível a perfeição do som de Marco Antônio a milhares de quilômetros da Rua Abelardo Calafange, em Morro Branco, Natal. Só Aílson Bonifácio. Sempre quando viajava ao interior e via uma emissora de rádio instalada e o encontrava perguntava: "Doutor, aquela rádio bem bonitinha lá em Touros, foi um cara da Paraíba quem montou não foi? Ficou um brinco!" Ele me olhava fingindo raiva - nunca vi Aílson expressar ódio, apenas sobressalto típico de um gago e tomava a palavra: - Nã-Não, se-senhor! Fui, eu e-e-e-pooode per-guuuntar a quem quiiiser. Eu sabia que tinha sido ele. A rádio pertencia ao deputado estadual José Adécio que já tinha me dado a informação e elogiado a competência de Aílson, para ele o SAMU das emissoras interioranas: "Ailson é um pronto-socorro. Sabe demais. Monta, desmonta e ajeita uma rádio como um cientista. Nunca vi desse jeito." Dizia e repetia. Ontem à tarde , no cemitério, formou-se a patota. Eu me meti no meio da Velha Guarda. O líder sem precisar de patente, jornalista(professor) Woden Madruga, Ângelo Fernandes, a tentar esconder lágrimas teimosas, Wellington Medeiros, Zé Roberto e Ricardo Alves, Leonardo Aluizista, contando histórias de Aílson Bonifácio. A missa começou e um dos instrumentos musicais arranhava. Um dos integrantes da roda comentou, triste e preciso: "Falta um Aílson Bonifácio para ajeitar este som. Em dez segundos, estaria tudo ok."Se fez o silêncio. Cada qual foi para o seu canto. Chegava o crepúsculo. Todos com saudades de Aílson Bonifácio. Falando Francamente.

SACODE, ABC Não há mais tempo para lamentos. O ABC tem mesmo é que cuidar de vencer o Atlético de Goiás no sábado. E nem pensar noutra alternativa. É ganhar. De um a zero aos 44 minutos e meio do segundo tempo. Se for de mão sem o juiz ver, ok. Tem que fazer três pontos. NO TIROTEIO O ABC chegou ao pico da instabilidade. O técnico Waldemar Lemos, que vinha animando a torcida, por fazer de limões, limonadas, fez substituições absurdas em Goiânia. Retrancou o time. Tony e Erick Flores foram mal. Mas têm direito ao benefício da dúvida. Vinícius, esse não. É ir embora. LOPES Vem demonstrando insegurança e uma certa distração. Falta de um bom reserva. Bota o Rafael se for o caso. AINDA BEM O América demonstra prudência ao desistir do meia Jób-

Entidade divulgou uma série de restrições dos ajustes para o fim de semana

son. Já pensaram ele aqui ganhando R$ 110 mil por mês(é o que lhe pagam Botafogo e São Caetano) com praia e balada à vontade? Não, de jeito algum. Há outras formas de suicídio e o América merece viver para sempre. CASCATA Cascata volta e a torcida do América deve é festejar sua presença ao lado de Vinícius Pacheco. Quando os caras sabem jogar, tudo se ajeita. É problema para o técnico Roberto Fernandes resolver. Os dois se entendem. Com a bola, ao menos compõem uns sambinhas. COPA TARTARUGA O ABC bem poderia abrir uma Copa Tartaruga com dois competidores, dínamos em lentidão: Os meias Geovani e Diogo Barcelos. Ainda não se sabe o que vieram fazer em Natal. JUNINHO O Vasco quer Juninho Pernambucano de volta. Aproveita e traz Edmundo.


Cultura

Sexta-feira

Natal, 5 de julho de 2013

O Jornal de HOJE 17

Fotos: Divulgação

HQ ZONE COMEÇA

HOJE EM NATAL O herói pode ser de papel, lutar com capa e espada, usar máscara, ter super-força ou um intelecto privilegiado. O herói pode estar no cinema, nos confins do espaço ou fazer graça em desenhos animados. Muitos heróis circulam pela vizinhança, mas não são notados. Aproveite as férias e descubra que um desses heróis pode ser você! De 05 a 15 de julho, o Praia Shopping, o PortalGHQ e o Quadrinhos - estúdio e escola de desenho promovem a HQ Zone, trazendo uma porção de atividades, como: exposições, mesas-redondas, palestras, feirinha de venda e troca de quadrinhos usados, lançamentos de quadrinhos e sessões de autógrafos com renomados desenhistas, além de divulgar a crescente produção local. Durante o evento, os membros do coletivo potiguar K-ótica estarão lançando o quadrinho Condenável. Milena Azevedo e Brum apresentarão o novo selo de quadrinhos, MBP, com dois lançamentos: O Guardavidas e BRUMMM: não quero sou nerd. E, a programação ainda conta com sorteios, exposição interativa da coleção de board games (jogos de tabuleiro) do colecionador e boardgamer Tendson Arthur, na qual o público poderá conhecer jogos franceses, alemães, canadenses e norteamericanos, com diversos temas, como história antiga e medieval, piratas, zumbis, ficção científica, aventura e RPG, entre eles Game of Thrones, Battlestar Galactica, O Nome da Rosa e As 1000 Noites. O convidado especial da HQ Zone é o desenhista Eddy Barrows, artista exclusivo da DC Comics (Superman, Asa Noturna e Jovens Titãs), que estará em Natal pela primeira vez para lançar seu sketch book, expor e vender artes originais autografadas e ministrar palestra "Montando um portfólio", imperdível para quem sonha em desenhar para o mercado norteamericano. Para conversar com Eddy Barrows e bater um papo com o público numa mesa-redonda sobre brasileiros que desenham para o mercado norte-americano, estão convocados os potiguares Gabriel Andrade Jr. (Aliens, Die Hard, Lady Death, Ferals) e Wendell Cavalcanti (The Adventures of Paula Peril, The Undertaker´s daughter, O Duque, Cajun, BlackAcre), e o cearense radicado em Natal, Geraldo Borges (Mulher-Maravilha, Liga da Justiça, Tropa dos Lanternas-Verdes, Asa Noturna). Confira a entrevista que o desenhista Eddy Barrows concedeu para O JORNAL DE HOJE. O JORNAL DE HOJE - A arte de um desenhista geralmente é muito solitária. Como você vê esses eventos que proporciona o contato com o seu público? Eddy Barrows - Realmente, a vida de um desenhista é bem solitária, ir a eventos aqui no Brasil ou no exterior é a melhor forma de você ver o quanto o seu trabalho repercute, e o qual tocante ele é para os leitores, não existe coisa melhor para um artista do que, esse contato direto

com os leitores, nos eventos como HQ Zone é que isso se torna possível, afinal, os leitores são a peça fundamental da indústria do entretenimento. O JORNAL DE HOJE - Como você compara o segmento de HQs do tempo em que você começou para os dias de hoje? Eddy Barrows - Não tem muito tempo que eu iniciei nas HQs, creio que estou nisso a aproximadamente 10 ou 11 anos, de lá

para casa, pouca coisa mudou em termos de como fazemos uma história, o que mudou é que, hoje usamos mais os avanços tecnológicos do que usávamos antes, alguns artistas nem usam mais papel, preferem desenhar direto no computador. Outra coisa que mudou, é que as HQs digitais são lançadas quase juntas com a versão impressa, e esse mercado digital só vem crescendo, afinal um leitor que mora na China não precisa esperar um mês para a revista preferida dele chegar em sua casa, ele tem isso no mesmo dia em que é lançado nos Estados Unidos. O JORNAL DE HOJE - O que significa trabalhar com super herois? Eddy Barrows - Eu agradeço a DEUS por ter essa profissão, desenhar heróis que lia quando criança é a realização de um sonho, amo o que faço, e produzo isso com muito carinho e dedicação, sou pago para me divertir! Afinal, quem não quer ter uma vida assim? (risos) O JORNAL DE HOJE - Tem algum preferido? Eddy Barrows - Na DC é o Superman, provavelmente por causa do filme que assisti quando era criança, lógico que as histórias em quadrinhos também ajudaram ele a se tornar o meu herói preferido. Da Marvel, os meus preferidos são: Hulk, Homem-aranha e o Capitão América, outra coisa que gosto muito, é o Calvin e Haroldo do Bill Watterson, é a minha literatura preferida das HQs ou tiras se preferir. O JORNAL DE HOJE - O que lhe inspira? Eddy Barrows - É difícil falar sobre inspiração, por que ela

vem de formas diferentes, pode ser através de um bom filme, uma boa leitura, andando pela rua ou simplesmente olhando pela janela do meu apartamento direto para as montanhas que cercam Belo Horizonte, quando estou desenhando, gosto de ouvir musica instrumental, Bach, Bethoveen, Mozart, entre outros. O JORNAL DE HOJE - Um dos motivos que lhe trouxe a capital potiguar é que você vai lançar seu sketch book. Fale pra gente um pouco sobre isso? Eddy Barrows - Natal é uma das cidades que estão na minha lista de lugares que quero conhecer, associar isso ao lançamento do meu Sketch book é algo maravilhoso para mim.Meu Sketch Book é uma soma dos meus 9 anos de DC Comics, os leitores encontraram diversas artes minha e de como elas foram elaboradas, em setembro eu estarei lançando o meu novo Sketch Book (Inglês/portugues) chamada Black & White, será lançado nos Estados Unidos em setembro e outubro, no Brasil e na França em novembro O JORNAL DE HOJE - Outro motivo é que vai ministrar a palestra "Montando um portfólio". O que é essencial para um quadrinista que está começando a sua carreira colocar no seu portfólio? Eddy Barrows - A montagem de um portfólio bem elaborado chama a atenção dos editores e pra isso é necessário uma historia curta de cinco páginas que mostre todo o potencial do artista, artes de capas e pin-ups, quanto maior a diversidade do artista, mas chances ele tem. O JORNAL DE HOJE - Aproveitando a deixa, qual a dica que você dá para quem quer ingressar nessa

profissão mais ainda não se decidiu? Eddy Barrows - Primeiro etapa, é o quanto ele quer isso, afinal, é uma carreira muito difícil e poucos são os que chegam longe neste ramo, outra coisa é procurar uma boa escola de artes, na cidade de Natal tem a escola Quadrinho Studio do Geraldo Borges, ele é um grande profissional da indústria das HQs, trabalha para a DC comics, ter uma avaliação e as dicas de um profissional como ele faz a diferença na carreira de um artista que quer entrar nesse ramo. Visitar eventos de HQs é uma boa oportunidade também, lembro que foi indo a um dos eventos de comics aqui em Belo Horizonte que decidi me tornar um profissional. O JORNAL DE HOJE - Qual a sua opinião, sobre o segmento de HQs no Brasil? Eddy Barrows - Eu acho que estamos caminhando para futuramente termos uma indústria solida, ainda estamos um poucos distante disso, mas é notório nos eventos em que vou no Brasil, de ver novos artistas lançando suas revistas, e revistas cada vez melhores, de boa qualidade. Na minha opinião o que falta são

editores audaciosos, que apostem no segmento local, talento temos de sobra, veja o número de artistas que exportamos? De artistas brasileiros prêmios e reconhecidos mundialmente, temos excelentes escritores também, o que está faltando, são editores e empresários do mundo da literatura que tenham essa visão. O JORNAL DE HOJE - Conhece a produção local? Eddy Barrows - Infelizmente eu não conheço os artistas do Rio Grande do Norte, ou talvez até conheça alguns mais sem saber se eles são ou não, provavelmente o Geraldo Borges, pelo menos é o único que me vem a mente nesse momento. O JORNAL DE HOJE - E, conte pra gente quais são seus próximos projetos? Eddy Barrows - A DC (Warner Bros) renovou o meu contrato de exclusividade por mais dois anos, e sobre o projeto que estou fazendo, infelizmente não posso comentar nada a respeito, porque é ultra-secreto, tirando isso, eu tenho algumas histórias pessoais que gostaria de contar, talvez eu comece a trabalhar nisso quando encerrar o meu contrato com a DC.

Cultura HOJE DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com

com Dani Pacheco

"TIC-TAC - A TELEVISÃO ENCANTADA" Neste domingo, dia 7, tem garantia de boas risadas e muita emoção com os palhaços Fino e Piruá na apresentação do espetáculo "Tic Tac - A televisão encantada", às 17h, no Espaço Gira Dança. Com humor e irreverência a dupla transporta o espectador ao mundo fantástico dos canais de TV, transitando memórias, emoções e trazendo reflexões sobre a influência que os meios de comunicação exercem sobre o nosso cotidiano.

E, POR FALAR... Em 2012 o espetáculo foi assistido por públicos de diversos eventos no Brasil e na América Latina entre os principais podemos citar: III Encuentro Internacional de Mimo y Clown Salta 2012, em Salta - Argentina, Varieté Frio Polar e Varieté Trivenchi, em Buenos Aires - Argentina, VI Festival la Payasada, em Tandil - Argentina, V FETISM Festival de Teatro Independente de Santa Maria, Santa Maria/RS, SESC Festclown 2012, em Brasília/DF, GRITO ROCK Festival Integrado da América Latina, em Bauru/SP, IV Convenção Paulista de Malabarismo e Circo, em Ribeirão Preto/SP, entre outros.

LOUVA NATAL Nesta sexta-feira, dia 5, os dois fenômenos da música gospel, Fernandinho e PG se apresentam no Louva Natal. O show será realizado no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim/RN, a partir das 20h. O show intitulado Louva Natal, é promovido pela Louva Promoções que realiza o Louva João Pessoa, evento com três edições de sucesso na capital da Paraíba. REGISTRO Manhã de premiação para dança potiguar através do projeto Conexão Renda, agraciado com o Prêmio Funarte Petrobras Klauss Vianna/2012, nesta sexta-feira. Numa solenidade realizada no Hotel Rifólis, a coordenadora Diana Fontes entregou os prêmios para as três categorias: Solo: Cidade Vestida / Ana Cláudia Viana - Natal; Duo: Só Eu Sei / Anízia Marques e João Alexandre - Natal; e Trio:Poema em Três Palavras / Gesto Cia de Dança - Mossoró.

NATURA MUSICAL Termina nesta sexta-feira (05), o prazo para as inscrições do Edital Nacional 2013 do Natura Musical. Criado há oito anos, o Programa é uma das principais iniciativas de fomento à cultura musical brasileira e disponibilizará ao todo 2 milhões de reais para projetos que tenham como foco a música brasileira. Gratuito, o edital é voltado para pessoas físicas ou jurídicas, artistas, produtores, companhias ou outras instituições que desenvolvam atividades artísticas e culturais. Os interessados podem se inscrever no portal www.naturamusical.com.br. TALENTO POTIGUAR A cantora potiguar Lane Cardoso começa amanhã sua turnê pelo verão europeu, a primeira cidade em que vai se apresentar será em Genebra, na Suíça. HOJE A banda Blitz escolheu Natal para iniciar a turnê comemorativa de 30 anos de estrada. O show comemorativo será apresentado nesta sexta-feira, dia 5, no Teatro Riachuelo. A banda promete uma noite marcante e animada pelas canções que fizeram história nos anos 80 e acompanham a nova geração, como "A dois passos do paraíso", "Você não soube me amar" e muitas outras.


18 O Jornal de HOJE

Natal, 5 de julho de 2013

Cultura

Sexta-feira

Claquete Newton Ramalho O QUE ESTÁ EM CARTAZ Depois de uma semana com fortes chuvas, as férias escolares propiciam o lançamento de várias estreias e pré-estreias interessantes. As novidades são a animação "Meu Malvado Favorito 2", o policial "Truque de Mestre", e o drama espanhol "Depois de Lúcia", na Sessão Cine Cult, e as pré-estreias de "Homem de Aço" e "Cavaleiro Solitário". Continuam em cartaz a ficção-científica "Guerra Mundial Z" (vejam na Sessão Filme da Semana), com Brad Pitt, o besteirol "Todo Mundo em Pânico 5", a animação "Universidade Monstros", e a comédia nacional "Minha Mãe é uma Peça - O Filme".

ESTREIA 1: "MEU MALVADO FAVORITO 2" Um laboratório secreto, no meio do nada, acaba de ser roubado por um veículo misterioso usando um ímã gigante. A Liga Anti-Vilões (AVL) torna-se suspeita deste caso, pois o laboratório continha um composto químico mutante que pode transformar qualquer coisa em uma máquina de matar indestrutível. A Liga precisa encontrar alguém que entenda a mente dos vilões para encontrar os ladrões. O escolhido é Gru, que volta a ter pela frente seu inimigo Victor, enquanto lida com outro super vilão, El Macho, e seu filho Machito. A direção é de A direção é de Pierre Coffin e Chris Renaud. "Meu Malvado Favorito 2" estreia nesta sextafeira, nas Salas 1, 2 e 6 do Cinemark, e nas Salas 4 e 6 do Moviecom. Classificação indicativa livre. Exibição em 2D e 3D, cópias dubladas. (T. O.: "Despicable Me 2") ESTREIA 2: "TRUQUE DE MESTRE" Michael Atlas (Jesse Eisenberg) é o carismático líder do grupo de ilusionistas chamado The Four Horsemen. O que poucos sabem é que, enquanto encanta o público com suas mágicas sob o palco, o grupo também rouba bancos em outro continente e ainda por cima distribui a quantia roubada nas contas dos próprios espectadores. Estes crimes fazem com que o agente do FBI Dylan Hobbs (Mark Ruffalo) esteja determinado a capturá-los de qualquer jeito. Para tanto ele conta com a ajuda de Alma Vargas (Melanie Laurent), uma detetive da Interpol, e também de Thaddeus Bradley (Morgan Freeman), um veterano desmistificador de mágicos. A direção é de Louis Leterrier. "Truque de Mestre" estreia nesta sexta-feira, na Sala 3 do Cinemark, e na Sala 7 do Moviecom. Classificação indicativa 12 anos. (T. O.: "Now You See Me")

ESTRÉIA 3: "DEPOIS DE LÚCIA" (SESSÃO CINE CULT) Quando a esposa de Roberto (Gonzalo Vega Jr.) morre, a relação dele com a filha Alejandra (Tessa Ia), de 15 anos, fica muito abalada. Para escapar da tristeza que toma conta da rotina dos dois, pai e filha deixam a cidade de Vallarda e rumam para a Cidade do México em busca de uma nova vida. Alejandra ingressa em um novo colégio, e sentirá toda a dificuldade de começar de novo quando passa a sofrer abusos físicos e emocionais. Envergonhada, a menina não conta nada para o pai, e à medida que a violência toma conta da vida dos dois, eles se afastam cada vez mais. A direção é de Michel Franco. "Depois de Lúcia" será exibido somente quinta-feira (11/07), na Sala 5 do Cinemark, na sessão de 19h10. Classificação indicativa 16 anos. (T. O.: "Después de Lucía")

PRÉ-ESTRÉIA: "HOMEM DE AÇO" Quando a esposa de Roberto (Gonzalo Vega Jr.) morre, a relação dele com a filha Alejandra (Tessa Ia), de 15 anos, fica muito abalada. Para escapar da tristeza que toma conta da rotina dos dois, pai e filha deixam a cidade de Vallarda e rumam para a Cidade do México em busca de uma nova vida. Alejandra ingressa em um novo colégio, e sentirá toda a dificuldade de começar de novo quando passa a sofrer abusos físicos e emocionais. Envergonhada, a menina não conta nada para o pai, e à medida que a violência toma conta da vida dos dois, eles se afastam cada vez mais. A direção é de Michel Franco. "Depois de Lúcia" será exibido somente quinta-feira (11/07), na Sala 5 do Cinemark, na sessão de 19h10. Classificação indicativa 16 anos. (T. O.: "Después de Lucía")

PRÉ-ESTRÉIA: “CAVALEIRO SOLITÁRIO” Colby, Texas, 1869. John Reid (Armie Hammer) é um advogado que acaba de retornar à sua cidade-natal, disposto a cumprir a justiça ao pé da letra, levando os criminosos ao tribunal. Ao acompanhar o irmão e outros Texas Rangers em uma patrulha pelo deserto, o grupo é atacado pelos capangas de Butch Cavendish (William Fichtner). Todos são assassinados, com exceção de John, que fica à beira da morte. O índio Tonto (Johnny Depp) o encontra e, ao perceber que um cavalo branco escolhe John, passa a ajudá-lo. Tonto acredita que John foi escolhido por um mensageiro espiritual e que, como voltou da morte, não pode mais ser morto. A partir de então John passa a usar uma máscara e, ao lado de Tonto, faz de tudo para reencontrar Cavendish. A direção é de Zack Snyder. “Cavaleiro Solitário” terá préestreia neste sábado, na Sala 1 do Cinemark, na sessão de 23h10 (legendado), e todos os dias na Sala 3 do Moviecom, na sessão de 21h30 (dublado). Classificação indicativa 14 anos. (T. O.: “The Lone Ranger”)

Filme da Semana: "Guerra Mundial Z" Fotos: Divulgação

Um tema frequente no gênero apocalíptico são os filmes de zumbis, um ser humano que, após ser morto por outro zumbi, retorna a uma vida inconsciente, onde o único objetivo parece ser atacar outros seres humanos, que irão virar zumbis, por sua vez. Apesar de meio batido, o tema foi utilizado pelo escritor Max Brooks em um livro muito interessante, "Guerra Mundial Z", que serviu de inspiração para o filme homônimo, que estreou neste final de semana em nossos cinemas. Se pensarmos com alguma liberdade, até o Frankenstein, escrito por Mary Shelley em 1818, poderia ser classificado com zumbi, mas, as primeiras histórias de zumbis têm origem no sistema de crenças espirituais do Vudu afro-caribenhos, que contam sobre trabalhadores controlados por um poderoso feiticeiro. Reanimados com morte cerebral eles permaneceriam em estado catatônico, criando insegurança, medo e comendo os vivos que capturam. O site IMDB lista mais de 870 títulos do cinema relacionados com zumbis, vários deles na década de 50, incluindo títulos icônicos, como "Plan 9 From Outer Space", de Ed Wood, apelidado de "o pior diretor do mundo". Mas, o filme que revolucionou o tema foi "A Noite dos Mortos-Vivos", de George Romero, de 1968, mostrando-os como seres que voltam à vida para matar a fome

por carne humana. Dos filmes modernos, a série Resident Evil traz para a tela um famoso videogame, enquanto a comédia romântica "Meu Namorado é um Zumbi" traz uma visão filosófica do zumbi como o homem "desumanizado" e destituído de emoções. E o que traz de novo "Guerra Mundial Z"? Bem diferente do livro em que se inspirou, e que traz uma forte crítica sobre a condição humana, o filme mostra os zumbis como o resultado de uma epidemia de origem e causa desconhecidas, que reduz os humanos normais a um punhado de seres encurralados, frente a um número exponencial de mortos-vivos. Em um dia que parecia normal, Gerry Lane (Brad Pitt), um ex-investigador das Nações Unidas sai com a família para um passeio, quando a ameaça que era ignorada ou escondida pelos governantes simplesmente foge de qualquer controle. Lane e a família são resgatados por soldados da ONU, mas ele terá de se enfronhar nos piores lugares para tentar descobrir como a epidemia surgiu, e auxiliar um cientista a descobrir uma maneira de vencer os mortos-vivos. Essa busca faz Lane ir a lugares como Coréia do Sul, Israel e Reino Unido, enfrentando zumbis de todo tipo, e recolhendo fragmentos de

conhecimento que irão ajudar na sobrevivência da espécie humana. A produção de "Guerra Mundial Z" passou por diversas dificuldades: mudanças no roteiro, gravação de novas cenas, problemas com os efeitos especiais... Devido a todas essas alterações, o filme teve sua estreia adiada em mais de seis meses, com um orçamento de cerca de 200 milhões de dólares. Com todos esses contratempos, era de se esperar que o filme fosse mais um lixo milionário, mas, o que se vê nas telas é um filme de ação incessante, com um roteiro bem amarrado, e efeitos especiais absolutamente fantásticos. É visível a preocupação do estúdio em evitar cenas chocantes, de modo que nunca é mostrado um zumbi devorando alguém, ou mesmo alguma cena de ação mais violenta, mantendo o horror no nível subtendido. Brad Pitt deixa de lado a figura de galã bonitão e encarna o pai de família consciente e preocupado, mostrando o seu amadurecimento como ator. O resto do elenco é muito diversificado, com pouco tempo de participação. "Guerra Mundial Z" é um filme de ação para adolescentes e adultos, sem derrapar para o gore ou outras apelações, e sem dúvida é um dos melhores lançamentos de entretenimento do ano.

>> LANÇAMENTOS EM DVD/BLU-RAY "O VOO"

Whip (Denzel Washington) está separado de sua esposa e filho, é um experiente piloto da aviação comercial, mas tem sérios problemas com bebidas e drogas. Certo dia, ele acabou salvando a vida de diversas pessoas quando a aeronave que pilotava apresentou uma pane, mas sua frieza e conhecimento permitiu que uma aterrissagem, praticamente, impossível acontecesse. Agora, apesar de ser considerado um herói por muitos e contar com o apoio de amigos, ele se vê diante do jogo de empurra na busca pelos culpados da queda e das mortes ocorridas. É quando seus erros e escolhas do passado passam a ser decisivos para definir o que ele irá fazer de seu futuro. O disco traz o filme com formato de tela widescreen anamórfico e áudio em DD 5.1. (T.O.: "Flight"). "O AMANTE DA RAINHA" Século XVIII. Caroline Mathilde (Alicia Vikan-

der) é uma jovem britânica que se torna rainha da Dinamarca após se casar com o insano rei Christian VII (Mikkel Boe Folsgaard). Em viagem pela Europa, a saúde mental do monarca piora a cada dia e um acompanhamento médico torna-se necessário. O alemão Johann Struensee (Mads Mikkelsen) é escolhido e rapidamente conquista a confiança do rei, tornando-se seu confidente e principal conselheiro. Promovido a médico da corte, Struensee também se aproxima cada vez mais de Caroline. Aproveitando-se da fragilidade de Christian, os dois assumem o poder do país e iniciam uma surpreendente reforma de inspiração iluminista. Disco com formato de tela widescreen e áudio DD 5.1. (T. O.: "En Kongelig Affære")

"MINHA MÃE É UMA VIAGEM" Andy Brewster (Seth Rogen) está prestes a realizar a viagem de seus sonhos pelo país. Depois de decidir dar início a sua aventura com uma rápida visita a mãe Joyce (Barbra Streisand), Andy se vê forçado a levá-la com na viagem. Por cenários sempre diferentes, ele constantemente se irrita com as artimanhas da mãe, porém, com o tempo, percebe que suas vidas têm mais em comum do que imaginava. Os conselhos de sua mãe podem acabar sendo exatamente aquilo que ele precisa. O disco traz o filme com formato de tela widescreen e áudio Dolby Digital 5.1. (T. O.: "The Guilt Trip")

"GLÓRIA FEITA DE SANGUE" Em 1916, durante a Primeira Guerra Mundial, Mireau (George Meeker), um general francês, ordena um ataque suicida e como nem todos os seus soldados puderam se lançar ao ataque ele exige que sua artilharia ataque as próprias trincheiras. Mas não é obedecido neste pedido absurdo, então resolve pedir o julgamento e a execução de todo o regimento por se comportar covardemente no campo de batalha e assim justificar o fracasso de sua estratégia militar. Depois concorda que sejam cem soldados e finalmente é decido que três soldados serão escolhidos para servirem de exemplo, mas o coronel Dax (Kirk Douglas) não concorda e decide interceder de todas as formas para tentar suspender esta insana decisão. O disco traz o filme com formato de tela widescreen e áudio Dolby Digital 5.1. (T. O.: "Paths of Glory")


Cidade

Sexta-feira

Natal, 5 de julho de 2013

O Jornal de HOJE 19

WellingtonRocha

Diretora geral do TRE-RN, Andréa Toscano, destaca importância do eleitor fazer agendamento para não enfrentar filas

Divulgação

Expectativa é que o Rio Grande do Norte tenha 54 cidades com o recadastramento realizado até as eleições de 2014

Mais de 520 mil eleitores de Natal deverão se submeter ao recadastramento biométrico TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) começará no próximo dia 15 de julho o recadastramento biométrico para os mais de 520 mil eleitores de Natal. O órgão está terminando de organizar a estrutura para receber os eleitores da capital potiguar, que deverão comparecer de julho a dezembro ao Fórum Eleitoral, localizado por trás do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), em Tirol. A convocação será feita de acordo com o mês de aniversário de cada eleitor. A diretora geral do tribunal no Rio Grande de Norte, Andréa Carla Guedes Toscano, informou que para o recadastramento, o cidadão deverá portar o título de eleitor, documento de identidade com fotografia e comprovante de residência, sem ser necessária a cópia dos documentos, apenas os originais. "É importante que o eleitor possa fazer o agendamento do seu atendimento para evi-

DO

tar filas e burocracias", explicou. O agendamento estará disponível a partir da próxima semana no site do TRE (www.tre-rn.jus.br). Com o agendamento, o eleitor

ESTADO

VAI DISPONIBILIZAR SERVIÇO DE AGENDAMENTO PARA EVITAR FILAS

explica que as Centrais do Cidadão não estarão funcionando nos meses de recadastramento, com relação aos serviços oferecidos pelo órgão. "Haverá apenas um funcionário que es-

‘ ’ Até março do próximo ano pretendemos ter no RN 54 municípios com recadastramento realizado. Esse modelo é importante para evitar fraudes ANDRÉA TOSCANO DIRETORA DO TRE-RN

poderá escolher o melhor dia e horário para realizar o recadastramento biométrico, conforme período específico de acordo com o mês de aniversário. A diretora geral do TRE

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Associação de Apoio às Comunidades do Campo do RN – AACCRN

Assembléia Geral Extraordinária - Edital de Convocação: A Coordenador de Secretaria da AACC - Associação de Apoio às Comunidades do Campo do RN, no uso das atribuições estatutárias, convoca os associados e associadas para participar de uma Assembléia Geral Extraordinária, a ser realizada no dia 15 de julho de 2013, às 16:00 horas para primeira convocação, 16:30 horas para segunda convocação, e 17:00 horas para terceira convocação, no escritório da AACC, à Rua Dr. Múcio Galvão 449, Lagoa Seca - Natal/RN, para tratar da seguinte ordem do dia: a) Mudança de endereço b) outros assuntos. Natal, 04 de julho de 2013. Emerson Inácio Cenzi - 1º Coordenador Geral de Secretaria da AACC. Atenciosamente, Marialda Moura da Silva Coordenador Geral

tará realizando agendamento para aquelas pessoas que não têm acesso a internet", disse Andréa. O agendamento também poderá ser feito por telefone, através do número (84)

3654.5000. Nas últimas eleições ocorridas no Rio Grande do Norte, 14 municípios tiveram registro de voto biométrico. No primeiro semestre deste ano já foram contabilizados 26 municípios. A expectativa do Governo Federal é que todos os estados possam estar 100% incluídos nesse novo processo eleitoral até 2018. Atualmente, apenas os estados de Sergipe e Alagoas funcionam com o novo modelo em sua totalidade dos municípios. "Até março do próximo ano pretendemos ter no RN 54 municípios com recadastramento realizado. Esse modelo é importante para evitar possíveis fraudes conforme já foi registrado em anos anteriores, como pessoas que votaram mais de uma vez portando título de eleitor e identificação de um amigo ou parente", afirmou Andréa Toscano. Quem não comparecer ao re-

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

Natal/RN, 08 de julho de 2013. Marta Turra Coordenadora-Geral

missionados e efetivos; receber programas assistenciais do governo federal; tirar passaporte; assumir vaga em universidade pública e contrair empréstimos em bancos oficiais do governo.

Servidores do TRE foram capacitados para revisão A Secretaria de Tecnologia da Informação - STI do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte encerra nesta quinta-feira a capacitação dos servidores efetivos, requisitados e estagiários que atuarão na Revisão Biométrica de Natal. Esta etapa da Revisão

se mostra de grande importância para o sucesso do evento, já que a maioria dos participantes é composta de estagiários, os quais não detêm conhecimento sobre os procedimentos utilizados pela Justiça Eleitoral para o atendimento aos eleitores.

ASSOCIAÇÃO DOS SUBTENENTES E SARGENTOS DO EXÉRCITO EM NATAL - ASSEN CONSELHO DELIBERATIVO EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA

O Presidente do Conselho Deliberativo da ASSEN, no uso das suas atribuições estatutárias, convoca de acordo com o Inciso III do Art. 53, do Estatuto da ASSEN, os Sócios previstos no Art. 35, para uma ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA, para o dia 07 JULHO 2013 (DOMINGO), das 08:00 às 12:00 horas, que será realizada na sua sede social, “PALÁCIO SARGENTO CAVALCANTE”, na Av. Prudente de Morais, 828 – Tirol, nesta Capital, PARA REALIZAÇÃO DAS ELEIÇÕES PARA O CONSELHO DELIBERATIVO E FISCAL, BIÊNIO 2013/2015. NATAL-RN, 20 de Junho de 2013 Ass. PEDRO BERNARDINO DE MEDEIROS Presidente do Conselho Deliberativo

CARTÓRIO JAIRO PROCÓPIO DE MOURA 1º OFÍCIO DE NOTAS RUA MOSSORÓ, 332/340 - CENTRO - NATAL-RN - CEP 59.020-090 - FONES: (84)3222.0166/3222.2969 3222.4997/3222.3883/3221.3982 - FAX (84)3222.5621

EDITAL DE INTIMAÇÕES

O Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários no Estado do Rio Grande do Norte, por sua Coordenadora-Geral, convoca todos os empregados em instituições financeiras públicas e privadas, sindicalizados ou não, dos municípios de Acari, Afonso Bezerra, Alto do Rodrigues, Angicos, Caicó, Canguaretama, Carnaúba dos Dantas, Ceará-Mirim, Currais Novos, Florânia, Goianinha, Guamaré, Ipanguaçu, Jardim do Seridó, Jardim de Piranhas, João Câmara, Jucurutu, Lajes, Lagoa Nova, Macaíba, Macau, Monte Alegre, Natal, Nísia Floresta, Nova Cruz, Parelhas, Parnamirim, Pedro Avelino, Pedro Velho, Santa Cruz, Santana do Matos, Santo Antônio, São Gonçalo do Amarante, São José do Campestre, São José de Mipibu, São Paulo do Potengi, Tibau do Sul e Touros, para a Assembleia Geral Extraordinária que será realizada no dia 10 do mês de julho de 2013, em primeira convocação às 18h30 e em segunda convocação às 19h, na Sede do Sindicato dos Bancários RN, situada na Av. Deodoro da Fonseca, 419, Petrópolis, para discussão e aprovação da seguinte ordem do dia: 1. Deliberação sobre a possibilidade de deflagração de greve no dia 11 de julho de 2013: - Contra o PL 4330 das Terceirizações - Contra as Demissões - Contra o Fator Previdenciário - Contra o adoecimento e assédio moral - Por contratação e concurso público - Pelo reajuste geral de salário e recuperação das perdas salariais - Pela isonomia de direitos e salários

cadastramento biométrico terá o titulo de eleitor cancelado. Com isso, além de não poder votar nas eleições, a pessoa é considerada irregular com a justiça eleitoral, sem poder assumir cargos públicos, co-

Pelo presente, ficam intimados os devedores abaixo relacionados, para virem pagar títulos de suas responsabilidades ou darem as razões porque não o fazem, até o dia 09/07/2013. NOME: A F INDUSTRIA COMERCIO E SERVICOS MET ALARM SYSTEM SEGURANCA ALESSANDRO DE AZEVEDO NOGUEIRA - EPP ANA MARIA BRAZ SOUZA CARLOS ANTONIO DA SILVA DANTAS COBEL COMERCIO DE BEBIDAS LTDA - ME COMERCIAL PRAIAS BELAS LTDA COMPET COMERCIO LTDA ME CONARQ EMPREENDIMENTOS LTDA. CONARQ EMPREENDIMENTOS LTDA. CONARQ EMPREENDIMENTOS LTDA. E B DA SILVA VARIEDADES E.B. DA SILVA VARIEDADES EDNA MARLUCIA DE JESUS ELIZAMA DOS SANTOS SILVA F S DE MEDEIROS SUPERMERCADO F S DE MEDEIROS SUPERMERCADO ,F.BRAZ DE OLIVEIRA FILHO FERREIRA & FERREIRA COMERCIO DE ALIME FRANCISCA DAS CHAGAS DIAS FRANCISCO DE ASSIS DA CRUZ G DE FREITAS ME GIVALDO DE FARIAS FELIX GIVALDO DE FARIAS FELIX INTERFARMA LTDA - ME IVANIA CLEIDE CAVALCANTI DA SILVEIRA IVANILSON DA PEN HA SILVA JANELZA MEDEIROS MARINHO DA ROCHA JONAS FERREIRA DA SILVA JOSE GOMES NETO JULIO CESAR GOMES JUSSELINO DE ALMEIDA KALITIANE REGINA MARTINS DA CRUZ L S A LOPES DECORACOES E EVENTOS ME L S A LOPES DECORACOES E EVENTOS ME L S/A LOPES DECORACOES E EVENTOS ME L S/A LOPES DECORACOES E EVENTOS ME LIDIANE ALMEIDA DE LIMA LIDIANE ALMEIDA DE LIMA LSA LOPES DECORACOES E EVENTOS ME LUCIENE NOGUEIRA DE ARAGAO LUCIMAR BILRO ATALIBA ME LUIZ DE PINHO MACHADO FILHO LUIZ RODRIGUES DA SILVA MARCOS HENRIQUE DA SILVA MARIA HELANIA DA SILVA MARIA KATIANE CARDOSO DA SILVA NADIA PEIXOTO DA SILVA NATAL REEF CLUB EMP LTDA NICEAS JOSE BORGES DA SILVA NORMA COMERCIO E SERVICOS DE TINTAS POTYLIVROS DISTR LTDA POTYLIVROS DISTR LTDA POTYLIVROS DISTRIBUIDORA LTDA POTYLIVROS DISTRIBUIDORA LTDA. R A A FILHO R.C. LIMA CONFECCOES DE CAMA E MESA L RAMIRO FRANCISCO DE SOUZA SIMONE DE ARAUJO SOARES (FILIAL) TECNOPLAST LTDA - ME VALERIA ILA MENDES DE SOUZA WEIDE CARLOS DA SILVA - ME WEIDE CARLOS DA SILVA ME WEIDE CARLOS DA SILVA ME WEIDE CARLOS DA SILVA ME WEIDE CARLOS DA SILVA ME WILSON ALBUQUERQUE SILVA Natal, quinta-feira, 4 de julho de 2013.

CNPJ/CPF: 10.938.549/0001-85 70.159.108/0001-07 17.010.721/0001-85 008.942.594-40 019.069.144-19 07.842.556/0001-74 05.959.479/0003-73 11.747.199/0001-32 09.091.620/0001-58 09.091.620/0001-58 09.091.620/0001-58 14.235.111/0001-91 14.235.111/0001-91 262.620.702-06 032.205.634-90 17.474.401/0001-86 17.474.401/0001-86 08.886.466/0001-48 08.686.566/0001-20 182.903.704-82 413.388.474-49 12.894.699/0002-40 481.877.634-34 481.877.634-34 70.037.932/0001-94 634.381.194-04 037.552.264-64 061.652.054-96 024.892.634-98 242.062.704-06 024.963.184-99 060.364.214-43 17.159.743/0001-01 17.159.743/0001-01 17.159.743/0001-01 17.159.743/0001-01 071.489.704-31 071.489.704-31 17.159.743/0001-01 021.653.064-42 14.163.522/0001-19 068.221.808-18 025.069.224-40 829.185.544-72 096.144.084-80 023.131.944-42 15.485.703/0001-24 09.147.387/0001-88 07.791.871/0001-10 11.211.945/0001-79 40.783.516/0001-74 40.783.516/0001-74 40.783.516/0001-74 40.783.516/0001-74 40.989.535/0001-51 08.626.490/0001-48 025.855.374-04 11.986.877/0002-09 03.364.280/0001-05 703.078.574-68 06.939.526/0001-18 06.939.526/0001-18 06.939.526/0001-18 06.939.526/0001-18 06.939.526/0001-18 130.928.394-04

HENRIQUE PROCÓPIO DE MOURA Tabelião Substituto

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 7° OFÍCIO DE NOTAS LUIS CÉLIO SOARES Oficial Titular

Rua Leôncio Etelvino de Medeiros, 2935 - Capim Macio - Natal/RN

E D I T A L DE I N T I M A Ç Ã O Pelo Presente, fica(am) intimado(s) o(s) devedor(es) abaixo relacionado(s), para vir(em) pagar títulos de sua(s) responsabilidade(s) ou dar(em) a(s) razão(ões) porque não o(as) faz(em), ate o dia: 09/07/2013. NOME CNPJ/CPF A & A SERVICOS DE SAUDE LTDA ME 04.670.812/0001-03 ACUCENA E ARAUJO COM VAREJISTA 09.581.168/0002-93 AGUNA COMERCIO DE BIJUTERIAS LTDA 16.986.883/0001-90 ALDAIR COSTA AZEVEDO 15.791.972/0001-19 ANDRE FLAVIO CAVALCANTI DANTAS 008.315.394-29 APC. SOUZA MATERIAL DE CONSTRUCAO 5470 08.274.001/0001-36 APC. SOUZA MATERIAL DE CONSTRUCAO 5470 08.274.001/0001-36 APC SOUZA MATERIAL DE CONSTRUCAO 5470 08.274.001/0001-36 ATREVIDA COM DE CONFECCOES LTD 35.306.323/0001-92 ATREVIDA COM. CONF. LTDA 35.306.323/0001-92 ATREVIDA COMERCIO DE CONFECCOES LTDA 35.306.323/0001-92 C & S INDUSTRIA COMERCIO LTDA 02.737.788/0001-49 C M FAGUNDES ME 17.259.153/0001-50 C 0 DA SILVA ME 05.273.448/0012-55 CARLOS ROBERTO PEREIRA 078.619.586-04 CASTILHO FIGUEIREDO SANTOS 09.912.587/0001-80 CHEFS COMERCIO DE BEBIDAS LTDA 11.048.806/0001-76 D DA S GONCALVES COMERCIO E SERVICOS 13.331.173/0001-34 DJANILTON CABRAL MELO 429.109.783-20 ENTRE POLOS COM DE ARTIGOS HOS 03.948.998/0001-49 ENTRE POLOS COM DE ARTIGOS HOS 03.948.998/0001-49 ENTRE POLOS COM DE ARTIGOS HOS 03.948.998/0001-49 ENTRE POLOS COM DE ARTIGOS HOS 03.948.998/0001-49 ENTRE POLOS COM DE ARTIGOS HOS 03.948.998/0001-49 ENTRE POLOS COM DE ARTIGOS HOS 03.948.998/0001-49 ENTRE POLOS COM DE ARTIGOS HOS 03.948.998/0001-49 ENTRE POLOS COM DE ARTIGOS HOS 03.948.998/0001-49 ENTRE POLOS COM DE ARTIGOS HOS 03.948.998/0001-49 ENTRE POLOS COM DE ARTIGOS HOS 03.948.998/0001-49 EUGENIO NECO DA SILVA NETO 022.599.184-50 EXCELENCIA EM ENGENHARIA E EMPREENDIM 11.155.278/0001-54 FABIO HENRIQUE AMARO DE LIMA 553.340.244-68 FONSECA & SILVA COZINHA INDUSTRIAL LT 08.769.781/0001-95 HASTE HABITACAO E SERVICO TECNICO LTD 01.694.415/0001-75 INDUSTRIA CONSTRUCOES M. INGELEC S/A 08.237.411/0008-83 JC COMERCIO E SERVICOS DE PECAS EIRELI 16.746.241/0001-14 JOSE FERREIRA JUNIOR 073.682.394-85 JOSIAS JORDAO MENDES - ME 12.988.846/0001-60 LIMA & SANTOS AUTO PECAS LTDA 08.042.200/0001-19 LOUISE JAR PEREIRA DE ARAUJO 050.878.614-23 MARCELO FELIX DE LIMA ME 15.065.384/0001-06 MARCELO FELIX DE LIMA ME 15.065.384/0001-06 MARIA DA LUZ ANDRADE GOMES 904.116.684-04 MARIA JOSE JACOME DE LIMA 261.284.114-87 MARIA JOSE JACOME DE LIMA 261.284.114-87 MODULO ENGENHARIA LTDA 40.994.402/0001-73 NELSON MOTA DE SOUZA ME 03.343.540/0001-66 NILMAX COMERCIO E REPRESENTACOES LTDA 40.785.214/0001-35 NOBREGA E ARAUJO LTDA - GOURMET BURGU 15.606.128/0001-70 NOBREGA E ARAUJO LTDA - GOURMET BURGU 15.606.128/0001-70 NOVA CONSTRUCOES E COMERCIO LTDA 40.811.457/0001-09 NOVA ENGENHARIA LTDA-ME 40.811.457/0001-09 P M DOS SANTOS ME 13.891.407/0001-06 P S R CAMARA - ME 09.229.482/0002-01 PN RESTAURANTE LTDA ME 70.157.144/0001-31 PN RESTAURANTE LTDA ME 70.157.144/0001-31 PN RESTAURANTE LTDA ME 70.157.144/0001-31 PN RESTAURANTE LTDA ME 70.157.144/0001-31 PONTUAL UNIFORMES CONFEC. E COM. LTDA 11.054.774/0001-11 POTYFLORES - COOP DOS P DE P E F T DO RN 06.226.998/0001-23 REPRESENTACOES SERRA NEGRA 09.124.389/0001-51 RICARDO BEZERRA DE MELO 703.876.604-02 ROBERTO BERTULEZA DA CUNHA EPP 10.693.091/0001-41 ROLAND VIGILANCIA LTDA 07.573.987/0001-82 SANDREANE RAFAELE SILVA DOS SANTOS 008.341.864-46 SERGIO AUGUSTO DE CARVALHO COUTINHO 850.205.914-91 STYLO CONSTRUCOES EMPREENDIMENTOS LTD 03.529.381/0001-99 SUPER BRITA 04.023.281/0001-59 T DE CARVALHO MORENO AUTOMACAO COMERC 15.167.559/0001-88 TANIA MARIA AVELINO DA COSTA 222.350.604-63 TRADE SERVICOS E ADMINISTRACAO LTDA 39.413.414/0001-88 VERDES MARES CONST E INCOP LTDA 07.278.539/0001-56 VERDES MARES CONST E INCOP LTDA 07.278.539/0001-56 VERDES MARES CONST E INCORP LT 07.278.539/0001-56 VERDES MARES CONST E INCORP LTDA 07.278.539/0001-56 VERDES MARES CONSTRUCOES E INCORPORAC 07.278.539/0001-56 VERDES MARES CONSTRUCOES LTDA 07.278.539/0001-56 VIRGINIA MARIA B. FREIRE GALVAO 877.723.614-91 NATAL, NATAL, 4 DE JULHO DE 2013.

LUIS CÉLIO SOARES Oficial Titular


20 O Jornal de HOJE

Natal, 5 de julho de 2013

Cidade

Sexta-feira

Érika Nesi Moda & Atitude

erikamnesi@hotmail.com

Ah, quer saber...

Sephora prepara mês de festas para celebrar seu 1º aniversário no Brasil

Magna Carta Holy Grail Tom Ford é personagem do mais recente tema musical de JayZ. A faixa, com o nome do designer, faz parte do novo álbum Magna Carta Holy Grail recentemente lançado pelo rapper. t t t

"I rock Tom Ford" “I rock Tom Ford” afirma JayZ na música, ao ritmo de uma sonoridade diferente que acaba de ser divulgada ao mundo. O número quatro do álbum Magna Carta Holy Grail é uma verdadeira ode ao designer, que volta a marcar presença no mundo da música depois da colaboração com Justin Timberlake no álbum The 20/20 experience.

Eliana Lima recebe os amigos Liliana Borges, Gracinha Ferreira, Jarbas Bezerra e Gutinho Tinoco para o lançamento do seu Blog e revista Bzzz

Tatiana Mendes Cunha levou a turma do seu escritório para prestigiar a abelhinha

t t t

t t t

Eventos diários em todas as lojas no país

Lista de designers Tom Ford a partir de agora figura na lista dedesigners imortalizados pelo rap, ao lado de nomes como Karl Lagerfeld e Bernar Arnault. Qual será o próximo? É a pergunta que fica no ar... t t t

Casa de Piedade Tia Deusa A BSPAR Incorporações realizou a entrega de 90kg de alimentos à Casa da Piedade Tia Deusa. Os donativos foram arrecadados durante a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT), que ocorreu de 03 a 07 de junho.

O dia 13 de julho de 2013 será uma data especial para a Sephora Brasil: a maior loja de cosméticos do mundo comemora um ano da abertura de sua primeira loja no país. A Sephora transformou o conceito de lojas de beleza no Brasil trazendo marcas internacionais exclusivas, como Benefit, Kat Von D, MAKE UP FOR EVER, NARS, Oscar Blandi, Ouidad, Stila, Urban Decay, e proporcionando uma experiência de compra diferente: todas as clientes têm ao seu alcance os produtos para experimentar, além de ter à disposição um time de profissionais treinados para auxiliá-las.

Jarbas Bezerra com Evandro Mesquita no Temaki Lounge

A bela Danusa Alvarenga clicada pelo maridão Juliano Porciúncula ontem na frente do Solar Bela Vista

t t t

Bela ação A Casa da Piedade Tia Deusa cuida gratuitamente de 33 crianças carentes, filhos em sua maioria de empregadas domésticas, que não tem com quem deixá-las quando saem para trabalhar.

Para comemorar o primeiro ano no Brasil, a Sephora preparou uma série de atividades exclusivas. Uma delas é a vinda do fundador da marca para cabelos Oscar Blandi, que possui um dos salões mais badalados de Nova Iorque. Ele estará na nova loja do Shopping Eldorado, em São Paulo, no dia 19 de julho, ensinando como fazer looks incríveis e dando consultas personalizadas para as clientes. Além disso, eventos especiais, com marcas como bareMinerals, Biotherm, Dior, Lancôme, Nars, Shiseido e Yves Saint Laurent, serão realizados em todos os dias do mês de julho, em todas as lojas do país, com muitas atividades, experimentação de produtos, aulas gratuitas egifts. t t t

t t t

Comemoração... Tenha atitude, ajude você também... Dona Deusa, responsável pelo local, mantém o funcionamento através de doações e de uma pequena pensão de aposentadoria. Os interessados em ajudar podem se dirigir ao endereço Avenida São Miguel dos Caribos, 4471 - Conjunto Pirangi II. t t t

Espetáculo “Mamãe Retrô” se apresenta novamente em Natal

Pri Gimenez de férias com Pedro Henrique e Rochinha

Ana Sinedino com o maridão aniversariante do dia, todo poderoso da 96 FM, Enio Sinedino

Um programa para a família inteira! No próximo dia 07 de julho, a Cia de Teatro Dueto traz novamente para Natal o espetáculo Mamãe Retrô. A primeira sessão, às 10h da manhã, é uma alternativa de programação para os domingos dos pais e filhos. As sessões ainda se repetem em dois horários, às 16h e às 18h, no Teatro de Cultura Popular, no Tirol.

t t t

Balmain Hair A Balmain acaba de lançar uma nova linha de produtos para o cabelo. Uma novidade para criar e recriar os looks da passarela em casa, sendo o primeiro a se aventurar nesse segmento.

t t t

Roteiro revive clássicos que marcaram a década de 80 Balão Mágico, Trem da Alegria, Sítio do Pica-pau Amarelo, Xuxa e He Man. Forte Apache, Aquaplay, Pogobol, Boneca Susi, Fofolete, Boneco Falcon e Bala Xaxá. E com a chegada da adolescência, lá vêm os bailes no Clube América, regados ao som de Eliane e Beto Barbosa, as festas no Albatroz e Assen ou a pegada rockn´roll do RPM. Você por certo, se hoje passou dos 30, deve guardar todas estas lembranças! Já imaginou tudo isso reunido em um roteiro pra lá de divertido e embalado pelos clássicos que marcaram a época? Os ingressos antecipados já estão à venda na Loja PUC do Midway Mall, ao preço de R$ 30 (Inteira) e R$ 15 (Meia).

No dia em que a Sephora completa um ano (13 de julho), todas as lojas vão preparar uma festa com direito a bolo, drinques e atividades para as clientes. Quem compartilha a mesma data de aniversário ganhará um presente especial nas lojas. A Sephora também vai presentear quem esteve na inauguração da primeira loja do país. E para selar esse mês de comemorações, a multimarca preparou um concurso cultural, que vai premiar uma cliente com 365 segundos para escolher o quiser na loja.

t t t

Os cabelos da passarela na sua casa Marcio Guedes comemorando o aniversário do querido Habib Chalita que muda de idade hoje

Haydé Cunha Lima comemora idade nova com o neto André e toda a família

Os penteados de assinatura das modelos da marca francesa estão agora ao alcance de todas as mulheres com a nova adição de Balmain ao universo dos produtos para cabelo. A nova linha de proteção e styling promete aliar estilo a hidratação numa conjugação que permitirá recriar, de forma rápida e acessível os desejados looks dos desfiles da marca. Até amanhã!

05072013  
05072013  
Advertisement